Page 1

Construsul A PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REGIÃO SUL

ANO XIII | SETEMBRO E OUTUBRO | 2019

81

ESPECIAL

NOVOS CONCEITOS EM TELHAS ATRAEM CONSUMIDORES ALÉM DOS REQUISITOS COMO CONFORTO TÉRMICO, RESISTÊNCIA, ESTANQUEIDADE, DURABILIDADE E DIFERENTES FORMATOS, A INDÚSTRIA APOSTA EM INOVAÇÃO E TECNOLOGIA COMO DIFERENCIAIS. ATUALIDADES

A 22ª Construsul atraiu aproximadamente 32 mil visitantes qualificados que conferiram lançamentos e inovações das empresas expositoras, além de conteúdo técnico e atualização profissional. TECNOLOGIA

Os EPI’s auxiliam na proteção do trabalhador, porém, é necessária a utilização correta para garantia de eficiência do equipamento e segurança do usuário.


l

Mundia


MARQUE UM GOLAÇO COM DENILSON SHOW E MUNDIAL PRIME


O LUGAR IDEAL PARA

CONSTRUIR NEGÓCIOS

/construsul

/feiraconstrusul


EDITORIAL

Por Daniela Manfron Gerente de Comunicação e Marketing Sul Eventos

OTIMISMO SINALIZADO O setor da construção civil ainda vive num cenário desafiador. A economia do país aponta sinais de retomada e fica mais evidenciada a confiança dos empresários e maior ânimo dos consumidores, ponto chave para estabilização sólida do setor. A realização da 22ª Feira Construsul, de 30 de julho a 2 de agosto de 2019, na Fiergs, em Porto Alegre, RS foi marcada por esta atmosfera otimista. Os empresários atentos demonstraram que a resposta positiva às adversidades está em políticas de relacionamento, marketing, incentivo à produtividade, buscar o fortalecimento de todos os elos da cadeia da construção. A feira contou com expressivo investimento para qualificar ainda mais o público visitante. A 22ª Feira Construsul foi uma amostra de reação do mercado, onde a indústria apresentou inovação, tecnologia, sustentabilidade, atraindo um público qualificado durante os quatro dias de realização. Os profissionais também contaram com ampla agenda de eventos paralelos, seminários, palestras, rodadas de negócios, ferramentas de atualização e network. Neste ano, o evento contou com 29% de visitação de lojistas e distribuidores e atacados da construção; 21% de construtoras e incorporadoras; 26% de profissionais liberais como engenheiros, arquitetos e designers. Chegamos a edição de número 81 da Revista Construsul, trazendo a mais completa cobertura jornalística da Construsul 2019. Um registro de tudo o que aconteceu nos quatro dias de feira, além de uma amostra de produtos e lançamentos destacados por alguns expositores. Outro destaque da edição fica por conta da matéria especial, que aborda o mercado de telhas. Os requisitos básicos para qualificar os produtos são itens como conforto térmico, resistência, estanqueidade e durabilidade. Cores, tamanhos e formatos diferentes contribuem para a escolha arquitetônica, combinado com o gosto de cada cliente. Na seção tecnologia, apresentamos algumas novidades sobre Equipamentos de Proteção Individual, os EPI’s, que auxiliam na proteção do trabalhador. Porém, é necessária a utilização correta para garantia de eficiência do equipamento e segurança do usuário. Agradecemos a todos que prestigiaram a Feira Construsul. Uma ótima leitura e bons negócios a todos.

8

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019


SETEMBRO/OUTUBRO 2019

ATUALIDADES

22

ATUALIDADES

ÍNDICE

REVISTA CONSTRUSUL

Foto: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro

10

20

A 22ª Construsul foi realizada de 30 de julho a 02 de agosto de 2019 e registrou o otimismo de cerca de 300 empresas expositoras. Promovida pela Sul Eventos Feiras Profissionais, a feira tem a chancela institucional de cerca de 50 entidades representativas, regionais e nacionais e contou com um público de aproximadamente 32 mil visitantes qualificados, como lojistas, construtoras, incorporadoras e empreiteiras.

Foto: Clóvis de Souza Prates

46

Foto: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro

Foto: divulgação Mundial Prime

12

O Selante PU 40 Construção Mundial Prime foi desenvolvido para colagens e vedações de materiais utilizados na construção civil e indústria. É um adesivo monocomponente à base de poliuretano, livre de solventes, com excelente colagem inicial e força elástica. Tem grande resistência a intempéries, podendo ser aplicado em ambientes internos ou externo. O produto tem nova embalagem e cores branca, preta e cinza.

Além das palestras, workshops e seminários, a Construsul contou, neste ano, com dois espaços distintos: o Espaço Construsul Construtechs e a Praça Tecnologia. O primeiro, reuniu startups que apresentaram soluções tecnológicas para a cadeia produtiva da construção civil. O segundo foi um ambiente em formato de arena ofereceu simultaneamente duas palestras silenciosas gratuitas.

Requisito básico para qualquer construção, as telhas são fabricadas em diferentes materiais, como: PVC, cerâmica, aço, policarbonato, fibrocimento e concreto. Os requisitos básicos para qualificar os produtos são itens como conforto térmico, resistência, estanquidade e durabilidade. Cores, tamanhos e formatos diferentes contribuem para a escolha arquitetônica, combinado com o gosto de cada cliente. Atualmente, a indústria aposta em inovação e tecnologia como diferenciais. As telhas que captam energia solar para geração de energia elétrica estão entre os exemplos.


Foto: divulgação Stihl

EXPEDIENTE

Foto: divulgação Carterpillar

A REVISTA CONSTRUSUL É UMA PUBLICAÇÃO DA SUL EVENTOS DIREÇÃO

Wilson Richter Ricardo Richter

58

MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

TECNOLOGIA

52

Equipamentos de Proteção Individual, os EPI’s, auxiliam na proteção do trabalhador, porém, é necessária a utilização correta para garantia de eficiência do equipamento e segurança do usuário. De acordo com a Associação Nacional de Medicina do Trabalho, em 2018 o Brasil ocupou o quarto lugar do ranking de acidentes de trabalho. Com mais de 30 mil acidentes em 2017, a construção civil contribui diariamente para essa posição.

A nova Carregadeira de Rodas Compacta 920K da Caterpillar possui uma classificação de potência líquida de 74 kW (99 HP) que reflete melhorias significativas de produto que contribuem para alta produtividade, versatilidade, conveniência e segurança do operador e facilidade de manutenção. Os novos recursos permitem que os operadores adaptem o desempenho da máquina às preferências.

GERÊNCIA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING E EDITORA RESPONSÁVEL

Daniela Manfron (MTB/RS 8.889) ASSISTENTE DE JORNALISMO

Aniele Cerutti (MTB/RS 19.683) DEPARTAMENTO COMERCIAL

Regina Manfron Silveira Brasil Eventos PARA ANUNCIAR

comercialrevista@suleventos.com.br FECHAMENTO DESSA EDIÇÃO

15/09/2019 CORRESPONDÊNCIA

Foto: divulgação

Foto: Shutterstock/TippaPatt

Sul Eventos Rua Miguel Tostes, 823, Bairro Rio Branco, Porto Alegre, RS, CEP 90430-061 Fone: 55 51 3225.0011 www.suleventos.com.br

As opiniões, entrevistas, artigos e colunas assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores. PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO

62 ARTIGO

INDICADORES ECONÔMICOS

60

O Sinduscon-RS divulgou no dia 2 de setembro, o Custo Unitário Básico por metro quadrado de construção do mês de agosto de 2019, com base na NBR 12.721/2006. Os insumos básicos da construção que mais subiram em agosto último são: Placa cerâmica (azulejo) 30x40cm, PB II e Tubo de ferro galvanizado com costura Ø 2 1/2.

A engenheira e sócia-proprietária da WRodacki, Camila Kleis Rodacki, aborda as novas tecnologias da construção civil como o laser scanner 3D. A nova ferramenta apresenta alguns benefícios: aumento de potencial produtivo, redução de visitas ao local e de equipe de campo, registro completo do ambiente, minimização de riscos e agilidade.

Pubblicato Editora Ltda. andrea@pubblicato.com.br Fone: 55 51 3013.1330 Projeto Gráfico e diagramação: Vitor Mesquita e Andrea Costa FOTO DE CAPA

Divulgação Terracotagres IMPRESSÃO

Gráfica Odisséia PARTICIPE DA PRÓXIMA EDIÇÃO

Para participar da próxima edição da Revista Construsul com sugestões, dúvidas e críticas mande seu email para: jornalismo@suleventos.com.br REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

11


BRASFORMA

FABRICA PISO ELEVADO COM VANTAGENS SUSTENTÁVEIS

APRESENTA SUPORTE UNIVERSAL INCLINÁVEL PARA TV DE 10” A 85”

Atualmente, o piso elevado é usado em vários ambientes corporativos, para ocultar fios e cabos elétricos, de dados e de telecomunicações e até instalações de ar-condicionado. Quando usado na área externa é uma solução construtiva sustentável. O sistema é composto por placas modulares e pedestais que permitem a elevação do piso, criando um vão livre. Na área externa, o pequeno espaço entre as placas facilita o escoamento de água da chuva e permite seu armazenamento temporário, tornando viável a reutilização da água para fins como limpeza, rega de jardins etc. O Grupo Astra fabrica um modelo de sistema produzido em polipropileno que tem como vantagem a leveza, alta resistência, a imunidade, a corrosão e a facilidade nos recortes, por se tratar de material plástico. Seu grande diferencial está em seus pedestais reguláveis, que proporcionam variação de altura de 7 a 45cm.

Foto: divulgação

EMPRESAS E PRODUTOS

GRUPO ASTRA

Visando benefícios ao consumidor, como aproveitamento de espaço, melhor ângulo de visão e segurança, a Brasforma destaca o Suporte para TV Universal Inclinável. Segundo informações da empresa, o modelo é exclusivo no mercado e possui dispositivo dupla função, que serve para facilitar o ajuste de inclinação e para manusear os cabos com mais praticidade.

ão

ivulgaç

Foto: d

Outro diferencial é que o produto permite engate rápido da TV, o que torna a instalação muito mais simples, possui trava de segurança, que garante a fixação da TV ao suporte e impede movimentos, evitando quedas. Proporciona uma visão frontal e superior. Indicado para televisão LED, LCD, Plasma, 3D e Smart TV de 10 a 85 polegadas, suportando até 100kg. Sua distância da parede é de apenas 7,35cm.

DURATEX ADQUIRIU CECRISA, DONA DA MARCA PORTINARI A Duratex anunciou no final de maio a assinatura do contrato para compra da totalidade da Cecrisa, produtora brasileira de revestimentos cerâmicos e detentora da marca Portinari. Para a aquisição de 100% das ações da empresa catarinense, o valor é de até R$ 539 milhões e será composto por: pagamento de R$ 264 mlhões em dinheiro e possível preço adicional de até R$ 275 milhões, na hipótese de verificação futura de determinadas condições suspensivas. O valor da dívida líquida da companhia era de R$ 442 milhões. A operação, que está sujeita à aprovação do CADE em conformidade com as normas legais, será realizada sem alterações relevantes na atual estrutura de capital e no endividamento da Duratex. O novo negócio permitirá a ampliação do portfólio da companhia,

12

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

que reúne atualmente as marcas Durafloor (pisos laminados e LVT), Deca (louças e metais sanitários), Hydra (produtos para aquecimento de água e válvulas), Duratex (painéis de madeira e revestimentos de paredes e forros) e Ceusa (revestimentos cerâmicos). Com a transação, a companhia espera capturar gradualmente sinergias operacionais e administrativas acima de R$ 250 milhões. Com capacidade de produção de 20 milhões m²/mês, a Cecrisa possui três unidades fabris no Brasil, sendo duas em Criciúma, SC e uma em Santa Luzia, MG, e cerca de 1.700 colaboradores. Apresentou receita líquida de R$ 652 milhões e EBITDA de R$ 112 milhões em 2018. Com a assinatura final do acordo, a empresa será incorporada aos resultados financeiros da Duratex.


Viva o Progresso.

www.liebherr.com.br info.lbr@liebherr.com www.facebook.com/LiebherrConstruction


DISCOS DE FIBRA ULTRA CERAMIC AUMENTAM DESEMPENHO DO TRABALHO

GERDAU Foto: divulgação

EMPRESAS E PRODUTOS

DEWALT

Com sua nova tecnologia de grãos cerâmicos, os discos de fibra Ultra Ceramic da Dewalt promete proporcionar trabalhos mais rápidos, produtivos e seguros. Produzidos para uso em processos de desbaste de metal, a novidade promete máxima eficiência na remoção de material como em processos de solda, chanfro em aço carbono, lixamento de ligas, aço inoxidável e metais duros. Os discos Ultra Ceramic são feitos com tecnologia que garante grãos afiados durante toda a vida útil do disco e remoção mais rápida e eficiente, inclusive de ligas de metais duras. Contam ainda com um revestimento especial. Trata-se de um aditivo para um corte mais frio, reduzindo a temperatura na área de contato, mantendo maior desempenho do corte sem queimar a peça, mesmo sob muito atrito. Os processos de desbaste são feitos mais rapidamente e os costados de fibra ultra resistentes aumentam desempenho e produtividade, resultando em menos paradas para troca de disco.

ANUNCIA NOVA MARCAÇÃO NO VERGALHÃO GG 50 A Gerdau anuncia uma mudança na marcação de um de seus produtos mais tradicionais: o vergalhão GG 50. A partir de agora, a barra traz o nome da empresa em alto relevo. As bitolas terão também numerais maiores, para facilitar a visualização do consumidor. Até então, as peças traziam apenas as letras e o número. Produzido de acordo com as especificações da norma NBR 7480 da ABNT, o Vergalhão Gerdau GG 50 pertence à categoria CA-50, com superfície nervurada, garantindo alta aderência do aço ao concreto, além de ser 100% soldável em todas as bitolas e apresentações. Está disponível em três formatos: barras retas nas bitolas de 6,3mm a 40mm; dobradas nas bitolas de 6,3mm a 20mm; e rolos e carretel nas bitolas de 6,3mm a 20mm. Os feixes de barras possuem comprimento de 12 metros e peso de 1.000 ou 2.000 quilos. “A mudança na marcação vai facilitar a conferência do nome do fabricante pelo consumidor. Nossa intenção é auxiliá-lo a adquirir a barra da Gerdau, produto com excelência em qualidade, resistência e soldabilidade”, afirma Rodrigo Rose, gerente geral de Marketing e Vendas da Construção Civil. Todas as unidades produtoras de vergalhão no Brasil já fabricam o produto com a nova identidade visual.

IMAB DESTACA MAÇANETA EM INOX

A Atom é produzida em aço inox escovado ou polido. As maçanetas produzidas em inox conferem beleza e sofisticação para ambientes práticos e modernos. O aço inox é bem aceito em ambientes com maresia, garantindo resistência à oxidação e uma longa vida para o produto.

14

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

Foto: divulgação

Mantendo os mais altos padrões de qualidade, ampliando sua linha de produtos, a Imab apresenta a maçaneta Atom, um modelo tipo alavanca retangular em aço inox, para portas de madeira ou metálicas. Seu design prima por linhas retas. Compõe o conjunto com fechaduras da linha 1300 ou 1700 com guarnição 041 ou 091.


EMPRESAS E PRODUTOS

INSTITUTO ALPHAGEOS DE TECNOLOGIA RECEBE ACREDITAÇÃO DO INMETRO PARA CERTIFICAR PROJETOS E OBRAS EM 12 SETORES O Instituto Alphageos de Tecnologia é o único totalmente nacional a receber Acreditação da Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro para inspecionar e certificar os Projetos e Obras de concessões em 12 setores, que incluem Aeroportos, Portos, Rodovias, Ferrovias, Mineração e Energia, entre outros. No Brasil, a certificação só pode ser feita por órgãos devidamente acreditados.

se pelo processo de inspeção acreditada. A certificação de conformidade deve ser emitida por um organismo independente, de terceira parte, devidamente acreditado. O Inmetro também ressalta a necessidade de entidades capacitadas para realizar o trabalho de certificação, a que o Instituto Alphageos está habilitado, preenchendo uma lacuna histórica. Foto: divulgação

O Instituto Alphageos foi criado e submetido a um minucioso processo de auditoria até receber certificação. A chegada do Instituto complementa o escopo de serviços oferecidos pelo Grupo Alphageos ao cobrir as áreas de qualidade, checagem, verificação, auditoria, inspeção e certificação. A Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (SPPI) do Governo Federal lançou, em dezembro de 2017, uma normativa recomendando que toda e qualquer concessão governamental pas-

LORENZETTI UNE DESIGN E PRATICIDADE NA LINHA FITT

O design minimalista pode ser notado nas formas ergonômicas e no match perfeito entre a bica e o corpo. A torneira para cozinha possui bica móvel, que permite mobilidade. O arejador, que acompanha o desenho da bica, mistura o ar com a água, uniformizando o jato e evitando respingos, capaz de economizar até 50% do consumo. O resultado é uma peça clean, harmoniosa e ecoeficiente. Os modelos apresentam moderna haste de acionamento que, aliada ao mecanismo de vedação cerâmico ¼ de volta, oferece praticidade no uso e economia de água, devido à rapidez na abertura e fechamento do fluxo.

16

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

Foto: divulgação

A presença de cores se mantém em destaque na decoração de ambientes. A partir da união da leveza dos traços e o acabamento na cor preta, a Lorenzetti apresenta a inovadora linha de torneiras plásticas Fitt. São modelos para lavatório, cozinha de mesa e parede, pia longa e tanque e jardim, disponíveis também na cor branca, que se destacam pelo excelente custo-benefício.


SOPRANO REFORÇA LINHA DE PRODUTOS PARA CONSTRUÇÃO CIVIL

APRESENTA O NOVO DIRETOR DE VENDAS NO BRASIL

Foto: divulgação

Foto: divulgação

EMPRESAS E PRODUTOS

SAINT-GOBAIN ABRASIVOS

A Unidade de Materiais Elétricos da Soprano está disponibilizando ao mercado da construção civil um novo conjunto de Base e Tampa para Quadro de Embutir 9 e 18 pólos. Os equipamentos, utilizados em construções para quadros de distribuição residenciais, são fabricados com material de primeira linha, garantindo o padrão dos produtos Soprano para este segmento. Entre as principais características técnicas dos produtos está a fabricação em material ABS e o modelo de embutir com base e tampas separadas ou juntas. Os itens mantêm atributos já conhecidos de profissionais da construção civil segmentados para instalações elétricas. São necessários para a distribuição de circuitos elétricos em residências.

Com larga experiência em desenvolvimento de relações com clientes, tanto em canais de distribuição como em distribuidores industriais, revendedores, atacadistas e indústrias diretas, sempre visando melhores resultados, Fraga está pronto para esta nova etapa da carreira. “Trabalhar na Saint-Gobain Abrasivos é uma oportunidade contínua de crescimento e aprendizado em função principalmente do dinamismo dos mercados em que a companhia está presente, e da extensa linha de produtos com aplicação nos mais diversificados segmentos no qual estamos organizados: AAM (reparação automotiva), MRO (manutenção, reparo e operação), B&C (construção) e Indústria (indústria direta e distribuição Industrial)”, avalia o novo diretor de Vendas.

MUNDIAL PRIME APRESENTA SELANTE PU 40 CONSTRUÇÃO O Selante PU 40 Construção Mundial Prime foi desenvolvido para colagens e vedações de materiais utilizados na construção civil e indústria. É um adesivo monocomponente à base de poliuretano, livre de solventes, com excelente colagem inicial e força elástica. Tem grande resistência a intempéries, podendo ser aplicado em ambientes internos ou externos. Com durabilidade, elasticidade e ótima aderência, o Selante PU 40 Mundial Prime é um material impermeabilizante que pode ser utilizado para vedar juntas de movimentação, fachadas de edificações e vedação de aço galvanizado, alvenaria e outros substratos porosos e não-porosos. O selante PU 40 Construção Mundial Prime está com nova embalagem e pode ser encontrado nas cores branca, preta e cinza.

Foto: divulgação

Fernando Cezar Santos Fraga é o novo Diretor de Vendas Brasil (Doméstico e Exportação) da Saint-­ Gobain Abrasivos empresa do grupo Saint-Gobain. O executivo, que é formado em Administração de Empresas, está no grupo há 30 anos, período em que teve oportunidade de atuar durante dez anos fora do Brasil, na Argentina e Peru.

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

17


EMPRESAS E PRODUTOS

STARRETT LANÇA REFORÇO PARA LINHA DE LUBRIFICANTES A Starrett lança mais um produto no mercado. Desta vez a novidade é o Lub Starrett, uma nova opção que integra a linha de óleos lubrificantes multiuso produzidos pela empresa. O produto é ideal para lubrificar, desengripar, além de proteger peças e superfícies contra a oxidação. Foto: divulgação

Entre os diferenciais, o Lub Starrett se destaca por possuir o Efeito FIX, substância que permite ao óleo melhor fixação junto à superfície, podendo ser utilizado em temperaturas de até 60º C. A embalagem funciona ainda com a sua válvula de cabeça para baixo e vem acompanhada de um tubo para facilitar as aplicações em locais de difícil acesso. Outro diferencial é o seu custo-benefício entre os produtos na categorias lubs. Produzida com matéria-prima mineral e vegetal, a nova solução da Starrett possui fragrância de baunilha e pode ser encontrada em latas aerossol de 300 ml. O produto fica exposto numa caixa display disponibilizada para os pontos de venda. A nova solução tem garantia de três anos, sendo ideal para reparos gerais na indústria, além de manutenção em prédios e residências.

THYSSENKRUPP DESENVOLVE NOVO CONCEITO DE ELEVADOR PARA O MERCADO DE MÉDIO E ALTO TRÁFEGO Foto: divulgação

A thyssenkrupp Elevadores lança o Evolution, um novo conceito de elevador para atender o mercado de edifícios comerciais e residenciais de médio e alto tráfego. O produto foi desenvolvido a partir de uma nova plataforma que contempla componentes especialmente projetados para o Evolution. São novos elementos mecânicos e de controle como o quadro de comando MHC2, a máquina de tração sem engrenagem com imãs permanentes para projetos com e sem casa de máquinas, e a tecnologia belt de tracionamento por cintas; além de uma nova cabina com design mundial e diferentes projetos de decoração, a partir de novas opções de materiais e cartela de cores. O resultado é um produto de alta performance, qualidade e design diferenciado que proporciona viagens confortáveis com baixo índice de vibração e ruído, devido ao isolamento acústico dos materiais, e mais segurança com o resgate automático, sistema que libera os passageiros automaticamente em caso de falta de energia. Na parte mecânica, o Evolution possui um melhor aproveitamento da caixa de corrida do elevador com dimensões que representam a menor área de poço do mercado. Economiza energia, com máquinas gearless, iluminação LED e modo stand by.

18

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019


VONDER

INVESTE EM ADESIVO DE ALTO DESEMPENHO

DESTACA NOVO DESENGRAXANTE COM ALTO RENDIMENTO E PODER DE LIMPEZA

Um chapisco bem feito garante a aderência da argamassa em diversas superfícies, contribuindo para uma obra segura e com qualidade. Líder no mercado de impermeabilização, a Vedacit indica o Bianco, adesivo de alto desempenho que aumenta a impermeabilidade, proporciona maior elasticidade e evita a retração da argamassa.

EMPRESAS E PRODUTOS

VEDACIT

A plasticidade do Bianco facilita a aplicação em diversas situações. Para a ancoragem do contrapiso na laje, por exemplo, a indicação é misturá-lo com o cimento e sobrepor a massa na laje para fazer a regularização, evitando assim uma massa mais seca, como acontece em alguns casos com o contrapiso.

Foto: divulgação

Outra situação recorrente é utilizá-lo na parede de blocos. Neste caso, o aumento da impermeabilidade é o diferencial. Ao fazer um chapisco com Bianco, a água que antes passava com facilidade, graças à permeabilidade da superfície, não consegue mais passar, impedindo assim as infiltrações. Em superfícies de gesso, o Bianco age também como retardador, mantendo a plasticidade por mais tempo e ampliando o tempo para aplicação. O produto também evita a retração das argamassas, proporciona maior resistência ao desgaste e aos choques e pode ser usado tanto em áreas externas quanto internas.

A Vonder lança seu novo desengraxante, com suave aroma cítrico, além do cuidado especial quanto à sustentabilidade, com fórmula especial com tensoativo biodegradável, que garante alto rendimento sem agredir o ambiente ou as mãos de quem o utiliza.

O chapisco com Bianco pode ser feito em tetos, paredes, pisos, vigas, pilares, concreto, alvenaria, em reparos de pouca espessura e até mesmo em isopor. A solução está disponível em embalagens de 1 kg (pote), 3,6 kg (galão), 18 kg (balde) e 200 kg (tambor).

Ideal para limpezas em geral, é muito utilizado na indústria para limpeza de máquinas, motores e equipamentos, implementos agrícolas, instalações industriais, pisos cerâmicos e cimentados, paredes e forros de oficinas mecânicas e galpões industriais. E ainda na limpeza residencial, em fogão, sanitários, calçadas em cerâmica e concreto, limpeza de paredes em geral, janelas, espelhos, vidros, superfícies de madeira, mármore, azulejo e metal.

Foto: divulgação

Para melhor rendimento e resultados, a empresa recomenda a diluição correta do produto, de acordo com o tipo de limpeza e superfície, deixando agir por alguns minutos. Depois, basta esfregar um pouco e, em seguida, fazer o enxágue com água em abundância. Para uma limpeza sem espuma, deve-se remover o produto apenas com um pano. Disponível em embalagens de 500 ml, 1 litro, 5 litros e 20 litros, o Desengraxante Vonder integra a Linha de Limpeza e Impermeabilização da Vonder com produtos que conferem máximo poder de ação e tecnologia inovadora para a limpeza, remoção e impermeabilização de diferentes superfícies. REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

19


REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

ATUALIDADES

Fotos: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro

20

22ª CONSTRUSUL: TERMÔMETRO DA CONSTRUÇÃO


Promovida pela Sul Eventos Feiras Profissionais, a Construsul tem a chancela de cerca de 50 entidades regionais e nacionais. Na solenidade de abertura do evento, o diretor da Sul Eventos, Paulo Richter agradeceu ao apoio das entidades, empresas e profissionais da construção e pontuou os desafios do segmento. “A melhor palavra que nos define é desafio. Um tipo de desafio positivo, em que vamos cres-

cendo a cada passo. Esta feira tem uma pretensão muito grande de, quem sabe, ser o pontapé inicial para o segundo semestre do ano”, declarou. O Secretário de Estado de Obras Públicas e Habitação, José Stédile, representando o Governador do Rio Grande do Sul na ocasião, enfatizou a importância do setor para o Estado. “A construção civil é um dos setores fundamentais do nosso Estado, pois representa não somente o movimento da economia e a geração de empregos, mas também a construção de moradias decentes para a população”, destacou Stédile. Com sede em Santa Catarina, a empresa expositora Lepono do Brasil participou pela primeira vez da Construsul e relatou que a experiência foi excelente. “Como a Construsul é uma referência de feira de construção no Sul do país, queremos estar presente porque também queremos ser essa referência em motobombas na re-

ATUALIDADES

Foto: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro

Em sua 22ª edição, a Construsul – Feira Internacional da Construção atraiu aproximadamente 32 mil visitantes qualificados entre os dias 30 de julho e 2 de agosto de 2019. Arquitetos, engenheiros, lojistas de materiais de construção, construtores, técnicos, estudantes, entidades do setor estiveram no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre, RS, conferindo lançamentos, novidades e inovações das 300 empresas expositoras, além de aproximadamente 90 horas de conteúdo técnico e atualização profissional divididos entre palestras, workshops e seminários.

gião. A experiência foi excelente, fizemos alguns contatos e clientes e o mais importante, a integração com a equipe, cliente e relacionamento”, afirma a coordenadora de marketing da Lepono do Brasil, Rafaela Melo. A Daikin, empresa japonesa, também participou pela primeira vez da Construsul. O vice-presidente, Norihisa Kitamura destacou que a empresa é forte em São Paulo e busca destaque na região Sul e a visibilidade da marca para o público segmentado, principalmente arquitetos, através da participação na feira. A Dagoberto Barcellos é expositora desde a terceira edição da Construsul. “Para nós, a Construsul é o principal evento para lançar produtos, tendências e estar em contato com o público. Esta edição foi positiva, percebemos que o público está bem qualificado, fechamos alguns negócios e encaminhamos diversos outros”, pontuou o gerente comercial, Mateus Britto. REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

21


ATUALIDADES

Fotos: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro

Já a Âncora Group, retornou à Construsul após alguns anos sem participar. “Percebemos que a feira cresceu muito, aumentando de forma significativa o público qualificado. Recebemos diversos distribuidores e lojistas, conseguindo ampliar o nosso relacionamento no Sul do país. Neste ano, apresentamos a nossa nova marca Einhell aos sulistas e a receptividade foi muito boa”, destacou o diretor comercial do grupo, Roberto Bernardi.

ESPAÇOS DE TECNOLOGIA E CONHECIMENTO Nesse ano, a Construsul contou com dois espaços distintos: o Espaço Construsul Construtechs e a Praça Tecnológica. No primeiro, foram reunidas startups que apresentaram soluções tecnológicas para a cadeia produtiva da construção civil. O diretor da Sul Eventos, Ricardo Richter salientou que a ideia surgiu de uma ação conjunta com o sócio da empresa Climb Consulting Group, Bernardo Etges e o CEO

22

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

do aplicativo Augin e sócio-diretor da Pauluzzi, Juan Carlos Germano. “Com base em dados, a construção civil é identificada como um dos setores menos inovadores da economia. Muitas empresas startups que estiveram presentes na Construsul buscam a industrialização do processo construtivo na construção civil. Acaba sendo um espaço onde as pessoas buscam soluções para os seus negócios e também buscam economia de recursos e cadeia de produtos e serviços novos apresentados, percebemos o interesse do público como um todo”, afirmou.

O Construsul Construtechs contou com participação de onze startups, entre elas, o aplicativo Augin desenvolvido pela Pauluzzi, uma ferramenta que utiliza a tecnologia de realidade aumentada na área de construção civil e por meio de plugins permite o envio de arquivos de imagem em 3D, possibilitando a visualização dos modelos e plantas em escala real no ambiente. Segundo CEO do aplicativo Augin, Juan Carlos Germano, a percepção de um movimento forte no setor como um todo na busca por inovação, foi uma das motivações para o projeto.

Para Etges, a inovação aplicada ao setor da construção civil crescerá ainda mais neste ano. “Vemos 2019 ainda com otimismo. Como empresa, estamos crescendo, mas melhor que isso, enxergamos o setor da construção em um caminho de melhoria, buscando ser mais produtivo, eficiente, conectado e colaborativo. E isso passa por inovação, por metodologia Lean e pessoas qualificadas. Isso vejo crescer”, afirmou.

A Praça Tecnológica, ambiente em formato de arena realizado na área da feira ofereceu simultaneamente duas palestras silenciosas gratuitas com temáticas e tendências tecnológicas do setor. Cada palestra contou com 20 lugares e tratou-se de uma parceria da Sul Eventos, promotora da feira, com o Instituto Tecnológico em Desempenho e Construção Civil – Unisinos (itt Performance). O local teve palestras


Fotos: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro

como: Estruturas de concreto armado em situação de incêndio; Premissas de projeto de estruturas protendidas; Manutenção e preservação dos sistemas construtivos de uma edificação residencial; Controle e gerenciamento de atividades do canteiro de obra. O analista de projetos do itt Performance, Hinoel Zammis salientou que a praça tecnológica foi uma oportunidade para conseguir elevar a técnica no evento.

PÚBLICO QUALIFICADO Tradicionalmente, a Construsul recebe as caravanas de Sinduscons e Acomacs da região Sul. Este ano, contou com a participação do Sinduscon Criciúma, Acomac Sul, Acomac Joinville/Florianópolis de Santa Catarina e Acomac Caixas do Sul, Sinduscon Pelotas do Rio Grande do Sul. Para o presidente da Fecomac-SC, Antenor Novaski, a Construsul é importante para todos os lojistas independente que participe do sistema ou não, pela proximidade com os lojistas da região Sul. “É uma feira que atinge direto a expectativa dos lojistas. Estar muito próxima é o que mais se identifica com a nossa região, isso faz com que o evento seja sucesso. Já na chegada sentimos a diferença pelo numero de carros, vendo o número de lojistas. Mais uma vez percebemos que formaram-se caravanas das Acomacs para prestigiar e trazer os lojistas para esse grande evento”, completou.

Integrantes da caravana do Sinduscon Criciúma, o diretor e empresário da Incorporadora e Construtora Galli Fontanella, Xadrus Galli e o diretor da Engenharia Castenhel, Carlos Del Castenhel percebem a Construsul ainda mais qualificada, tanto em expositores como em espaços. “No meu caso de incorporadora e construtora, aumentou o leque de produtos que estão sendo mostrados e ofertados e levamos para empresa um bom resultado obtido com informações da feira”, afirma Galli. Castenhel acredita que os estandes estavam mais consistentes, espaços melhores preenchidos e muitas empresas de gestão e inovação da construção civil, além de novos expositores.

ATUALIDADES

A coordenadora geral do Clube Mão de Obra, Márcia dos Santos, que foi para a Construsul juntamente com a Acomac Joinville/Florianópolis, ressaltou que a feira é referência para o segmento. “Os fornecedores mais próximos de nós, contatos fáceis de adquirir e resultados estão aqui. A organização da Construsul é sensacional, comparada com outras grandes feiras”, completou. Segundo o diretor executivo Federação das Associações dos Comerciantes de Materiais de Construção de Santa Catarina (Fecomac SC), Julio João Cesar, quando o lojista sai de uma feira, ele volta à empresa diferente, mais motivado, pode traçar uma aliança estratégica com os fornecedores, network, conhece novidades e lançamentos de produtos. “É um momento importante para indústria apresentarem seus lançamentos, o que direto com essa necessidade do lojista”, ressaltou.

EVENTOS PARALELOS A Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção de Porto Alegre (Acomac Porto Alegre) comemorou na noite do terceiro dia de evento seus 42 anos de fundação. Em clima de confraternização, o presidente da entidade, Paulo Gonzaga demonstrou seu entusiasmo. “É muito importante a realização do jantar da Acomac na Construsul, em Porto Alegre, pela proxi-

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

23


ATUALIDADES

Foto: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro

midade, junto com a indústria e a parceria que estamos fazendo há muito anos com a diretoria da Construsul. Mostra que estamos caminhando para o mesmo lado e isso nos fortalece”, afirmou. O Industrial Rafael Ribeiro foi reeleito para um novo mandato de mais três anos à frente do Sindividros-RS. O presidente foi empossado pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul Fiergs/Ciergs – Federação e Centro das Indústrias do Estado do RS , Gilberto Petry, em solenidade realizada durante a 22ª Construsul, no dia 1º de agosto.

INOVAÇÃO E ATUALIZAÇÃO O 7º Seminário de Tecnologia e Inovação da Construção Civil promovido pelo Sinduscon-NH foi realizado no dia 30 de agosto. O evento paralelo à Construsul contou com diferentes palestras, divididas em dois ciclos. O presidente do Sinduscon-NH, Eduardo Ernesto Frapiccini ressaltou que o seminário leva inovação, ideias para 350 pessoas. Uma das palestras foi a Certificação Leed e edifícios Net Zero-realidade no Brasil e benefícios no uso e operação ministrada pelo sócio-diretor da Petinelli, Guido Petinelli. “Nós temos a percepção que algo eficiente é mais caro e basicamente trabalhamos

24

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

para desfazer este mito, pois na verdade quando falamos em otimização, falamos em entregar recursos de uma forma melhor. Construir um prédio muito mais eficiente, auto-suficiente e mostrar que isso é economicamente viável’, ressaltou Petinelli. Em outro evento, Rogério Luiz Balbinot, presidente da Associação Sul-Rio-Grandense de Engenharia de Segurança do Trabalho (ARES) ministrou a palestra “eSocial em SST (Segurança e Saúde do Trabalho). Sua empresa está preparada?” O engenheiro explicou as legislações trabalhistas e previdenciária. Nas trabalhistas, questões como insalubridade, periculosidade e na previdenciária, a atividade especial (aposentadoria). “O objetivo do curso é esclarecer as pessoas sobre estas legislações”, afirmou. No mesmo dia, o Instituto de Arquitetos do Brasil, no departamento Rio Grande do Sul (IAB RS) apresentou o 21º Congresso Brasileiro de Arquitetos e o quadro atual da profissão. O ministrante, presidente do IAB RS, Rafael Passos destacou a necessidade de democratização do trabalho do arquiteto. “Pesquisa encomendada pelo CAU em 2014, a Datafolha constatou que somente 15% da população já contrataram um engenheiro ou arquiteto”, completa. O tema do Congresso Brasileiro de Arquitetos, promovido pelo IAB será “Espaço e Democra-

cia”. O 21º CBA será realizado em outubro de 2019 e vai promover palestras, debates, oficinas, minicursos e apresentação de trabalhos profissionais e acadêmicos em diversos locais de Porto Alegre. Os debates acontecerão em três eixos temáticos: Arquitetura, Cidade e Ambiente; Cultura e Memória; e Formação e Fazer Profissional. Outro evento realizado foi a palestra: “Soluções para Light Steel Frame”, promovida pela Infibra e Tamlyn, dividida em duas etapas, mostrando inovações e soluções em acabamentos para o sistema de construção a seco, como Steel Frame, Wood Frame e Drywall. O ministrante Roberto Monay apresentou na primeira parte placa cimentícia monolítica e em segundo, o tratamento de juntas, juntas de dilatação metálicas muito usadas nos Estados Unidos e hoje já fabricadas no Brasil.

SEGURANÇA, SUSTENTABILIDADE E DESEMPENHO O segundo dia da Feira Construsul, também foi repleto de conteúdo técnico. O engenheiro Marcio Aurélio de Carvalho Lopes falou sobre “A importância da Segurança do Trabalho na Construção” em evento promovido pelo SESI-RS. A ARES abordou “A importância da gestão e da liderança pós-reformas trabalhista e previdenciária”, levantando questões sobre fundamentos de gestão, com abordagem de normas de gestão, ISO, OHSAS, PPRA; análise da nova legislação trabalhista e previdenciária e seus impactos nos ambientes de trabalho; fundamentos de liderança com enfoque principal em liderança servidora; princípios adotados por pessoas eficazes e qualidades de liderança e diretrizes a serem adotadas na elaboração de programas de gestão em SST. O seminário do itt Performance/Unisinos apresentou a “Inspeção de estruturas em concreto armado: mecanismos de degradação, análises in loco, ações de reparo


Fotos: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro

ATUALIDADES

e reforço”. Segundo o analista de projetos do itt Performance, Hinoel Zamis, as estruturas de concreto armado são as mais utilizadas para edificações no país, alvenaria estrutural e estrutura de concreto armado. “Vemos que existem inúmeros problemas acontecendo como incêndios, corrosão, queda de marquise, estruturas com deformações excessivas e tentamos trazer isso para o evento, porque é uma ótima oportunidade de discutir essa temática em um evento desse tamanho”, afirmou. No seminário, o professor Dr. Enio Pazini Figueiredo, da Universidade Federal de Goiás falou sobre a Inspeção em estruturas de concreto armado: análises in loco, ações de reparo e reforço, o professor da Unisinos, Dr. Bernardo F. Tutikian explanou sobre os mecanismos de degradação das estruturas de concreto armado e o engenheiro civil, Flávio de Camargo Martins (MC BAUCHMIE) destacou as boas práticas e tecnologias disponíveis para reparo e reforço de estruturas em concreto armado. Já a palestra “Um passeio pelo mundo da construção a seco”, promovida pela empresa Masterwall, abordou como os sistemas Drywall e Light Steel Frame estão cooperando para modernizar a construção no Brasil e seus impactos na produtividade, sustentabilidade e no desempenho das edificações. Cases de obras no Brasil e nos Estados Unidos. Os ministrantes foram o diretor da Masterwall Sistemas Construtivos e idealizador do Canal Brazilian Builder, Leandro Rodrigues e a diretora de Engenharia da Marterwall Sistemas Construtivos, Marilucy Rodrigues. Segundo Marilucy, a palestra explorou três tripés da construção a seco: sustentabilidade, produtividade e performance, “São requisitos que a construção a seco ajuda a responder bem sempre linkando com cases de obras. Depois falamos sobre Light Steel Frame, normatização, todos os níveis de industrialização do sistema, linkando com cases de obras e falamos do que há de mais moderno em termos de conceito de vedação para Light Steel Frame”, completou. REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

25


ATUALIDADES

Fotos: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

REVISTA CONSTRUSUL

26


Fotos: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro

ATUALIDADES

Já as palestras promovidas pela Hilti, “Digitalização na Construção Civil” e “Soluções de Selagem de Shafts e Fachadas”, foram ministradas por Diego Araujo e Paulo Bellintani, respectivamente. “Sentimos que a digitalização é um movimento que tem que ocorrer com mais velocidade, por que é uma das indústrias menos digitalizadas do país”, ressaltou Bellintani. A segunda palestra foi sobre selagem corta-fogo de instalações prediais, normativas na área de proteção contra incêndio. “Explicamos um pouco do conceito e as principais aplicações e produtos que estamos usando para essa finalidade”, disse Bellintani.

do Trabalho) foi promovido pela Ares nos dias 1º e 2 de agosto. Foram realizadas oito palestras relacionadas à saúde, segurança e normas no trabalho. Entre elas, a palestra “As implicações da NR321 na prática da Auditoria da Segurança do Trabalho”, ministrada pela especialista em Biossegurança pela Escola Nacional de Saúde Pública, Claudia Bica. “Os infortúnios Laborais e doenças ocupacionais. Realidade Pré e Pós Reforma Trabalhista. Atuação proativa de técnicos e engenheiros de segurança do trabalho”, foi difundido pelo juiz titular da 6ª Vara do Trabalho de Caixas do Sul, Marcelo Porto.

O Sesi-RS promoveu o workshop “Construindo ambientes saudáveis: fatores psicossociais na construção civil”. A palestrante, Analista Técnico na Gerência de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação do SESI/RS, Alyne Barreto, promoveu a reflexão acerca dos fatores psicossociais no trabalho, principalmente aos relacionados à indústria da construção civil. “Tratamos de vários componentes do ambiente de trabalho, físico, interação com a comunidade, tudo o que ajuda a empresa a ter um ambiente de trabalho saudável. Mas o enfoque foi em fatores psicossociais, questões de como o individuo lida com suas

A ONG Mulher em Construção fechou o circuito de palestras do dia com “Sustentabilidade: Oportunidades e desafios da Mulher na Construção Civil – 2°edição”. Segundo a presidente da entidade, Bia Kern, a proposta foi ouvir histórias de mulheres que trabalham em construção, criar pontes entre as mulheres e apresentar à cooperativa.

PREOCUPAÇÃO COM O TRABALHADOR O 14º PREVESST (Encontro Sul-Rio-Grandense de Prevenção, Segurança e Saúde REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

27


ATUALIDADES

Fotos: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro

condições de trabalho, relacionamentos, apoio que possui dentro da empresa. A construção civil, além de ser um segmento que emprega muitas pessoas, existe muitos casos de adoecimento, acidente nessa área”, afirmou Alyne.

NOVOS CONHECIMENTOS EM ARQUITETURA E ENGENHARIA O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU/RS) promoveu no dia 1º de agosto uma palestra para profissionais e estudantes da área sobre a Tabela de Honorários e como elaborar contratos de Arquitetura e Urbanismo. Ministradas pela assessora Jurídica do CAU/RS, Suzana Gerchmann explorou o passo a passo sobre os principais itens de um contrato, com dicas e informações relevantes. A palestra foi dividida em três tópicos. A primeira parte foi sobre regras gerais dos contratos de prestação de ser-

28

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

viço (contrato mais usado por arquitetos e urbanistas e engenheiros), cláusulas especificadas que deve haver nesse contrato. “É como um guia geral com o que eles precisam para ter, contratação e por fim, casos práticos envolvendo contratos de arquitetos que chegaram ao Conselho”, completa Suzana. A Universidade Feevale realizou diversas oficinas no dia 1º de agosto, entre elas, “Minimizar geração de resíduos (caco cerâmico) através do uso de alvenaria racionalizada”. O palestrante, engenheiro civil Felipe Lima falou sobre a problemática que é a geração de resíduos da construção civil. “A indústria da construção civil é uma indústria que gera muito desperdício de materiais e resíduos e dentre esses resíduos, o que gera maior volume: o caco cerâmico (proveniente da quebra, recorde ou adaptação do bloco cerâmico). Uma das alternativas de reduzir ou até mitigar isso na obra é a questão da alvenaria

racionalizada, que é a aplicação de conceitos de racionalização as alvenarias”, explicou. A empresa Texius realizou a palestra “Pressurização após Reservatório Térmico (baixa pressão)” com o objetivo de mostrar para os clientes o mix de produtos e aplicabilidade. A palestra “Saneamento para um melhor meio ambiente”, ministrada por Nabor Torri e Eduardo Kayser Torri abordou o saneamento para um melhor meio ambiente, mostrando alguns tópicos gerais e cuidados em nível de projetos, finalização, execução, entrega de obra e manutenção. O outro ponto foi sobre juntas dos elementos que formam a infraestrutura. “Quando uma estrutura urbana entra em colapso basicamente se inicia por uma junta defeituosa que foi projetada, construída e não foi feita manutenção”, afirmou Nabor Torri. O Sindividros – RS promoveu a pales-


Fotos: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro

ATUALIDADES

tra “Acústica e conforto em vidros para as edificações”, entre os palestrantes: Edison Claro de Moraes, presidente da ProAcústica, Diretor da Atenua Som e Afeal, representando no evento a Abividros; Renata Xavier, coordenadora de vendas da Saint-Gobain Glass Vidros, Marco Ferreira da AGC Vidros; Nilson Viana, coordenador de mercado da Cebrace Vidros e Angelica Lima da Vivix. A indústria participou apenas como apoio para possíveis dúvidas da plateia. Cada uma das empresas dispôs de cinco minutos para explicar seus produtos. Moraes apresentou exemplos da interferência do ruído nos projetos de edificações e a maneira de minimizá-los. No último dia de Construsul, a palestra “Qual é o plano? Contribuições para construir um plano diretor em cidades contemporâneas” promovida pela Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA-RS), ministrada pelo arquiteto e urbanista, editor do site Caos Planejado,

Anthony de Barros Ling. Ele falou sobre o Plano Diretor e novas formas de pensar. “Abordamos sobre o que é o planejamento de uma cidade hoje. Tivemos um planejamento, que não foi muito bom e com o foco do planejamento do crescentemente ao longo dos anos, nos lotes privados e não nos espaços públicos que é onde deveria estar à prioridade do pensamento do urbanismo e mostrar alguns casos de outras cidades do mundo, que tem esse foco e que pensam a cidade menos como uma visão final do urbanismo, mas sim, gerenciar a cidade ao longo de sua evolução”, completou Ling. Parceira da AsBEA-RS, a empresa Di Veras Corretora de Seguro, apresentou palestro sobre segmento de responsabilidade civil, obras, seguro garantia, com destaque para painéis fotovoltaicos. “Falamos de seguros, sobre obras, instalação e montagem, um pequeno esboço sobre as preocupações que se tem em relação ao sinistro”, afirmou Vera Regina Gewehr.

A convite da Di Veras Corretora de Seguros, a Liberty Seguros falou sobre o produto Engenharia. “É um produto voltado a obras civis, especificamente a acidentes ocorridos em canteiros de obras, envolvendo instalação e montagem, falei também sobre painéis fotovoltaicos e sobre o que cada cobertura cobre e alguns cases que mostram o custo x beneficio do produto”, ressaltou Marina de Almeida Mello. A palestra promovida pela Sociedade de Engenheira do Rio Grande do Sul (Sergs) falou sobre contenções de escavações e fundações em Geral. O ministrante, engenheiro Luis Felipe Sana destacou principalmente os erros, tanto nas fundações, quanto nas contenções, exemplificando através de vídeos, fotografias de desastres. “Quando uma obra dá certo, você não fica nem sabendo das razões exatas. Mas quando dá errado, você aprende, pois outros técnicos são chamados, várias ideias são lançadas, até se chegar em um consenso”, definiu Sana. REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

29


ATUALIDADES

Confira agora alguns lançamentos dos expositores da 22ª Construsul Fotos: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro

ALLKAZ O destaque da Allkaz é a Profit foi a máquina semiautomática altamente produtiva.O produto ensaca materiais como areia, brita, seixo, asfalto frio, seixos e pode ser acoplado a uma balança digital. A novidade da máquina é que trabalha com moto trifásico, mas a entrada é monofásica, ou seja, o motor não possui capacitores.

ção para construção demonstrou a qualidade, inovação e tecnologia em seus produtos. Entre os destaques de seu portfólio, toda sua linha de ancoragem química com certificações ETA (EuropeanTechnicalAssessment), como o QEP585 (Epóxi), QEP 400 (Epóxi), QPO300 (Poliéster) e AQI380PRO (Metacrilato). Chumbadores pré-concretados também estiveram em destaque. Também com novidade para este ano, uma nova operação do Grupo Âncora, a Einhell Brasil, com ferramentas, baterias e produtos do segmento elétrico.

mado. O produto substitui a madeira e não exige que seja montado e desarmado. Além disso, as telhas em aço Arcelor Mittal são produzidas com aço galvalume, cumprindo as normas da ABNT.

ATLAS

ALUSIM ESQUADRIAS ANGELGRES

30

Alusim Esquadrias apresentou modelos de esquadrias para os projetos arquitetônicos. Um dos lançamentos é a porta em alumínio com pintura eletroestática que reproduz a madeira. A porta é feita sob medida e pode ser usada em diferentes ambientes.

A Angelgres inovou nas cerâmicas com impressões HD apresentadas na Construsul. Foram dois novos modelos que possuem linhas de cerâmica retificada, são esmaltadas e 100% impermeáveis.

ÂNCORA

ARCELOR MITTAL

A Âncora, fabricante de sistemas de fixa-

A novidade da Arcelor Mittal foi o aço ar-

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

Os destaques da Atlas foram os cinco modelos de discos abrasivos, sendo três telados; nos tamanhos 150, 225 e 180 mm; e dois de costado de papel 150 mm e 225 mm. Os produtos são antiempastante, não acumulam o pó na lixa, o que torna o produto mais duradouro. Outras novidades foram os saneantes: Tira Tinta, Limpa rejunte, Anti Mofo e Limpa Porcelanato. Na parte de lixas, a novidade é a lixa telada 115x280mm, pode ser usada dos dois lados e lavada, sendo a prova d’água. As esponjas Abrasivas flexíveis utilizadas para detalhes mais delicados, em três abrasões: 120, 180 e 220. Já na rígida: 80, 100 e 180mm.


parede com design único: em grande formato (58x118), a linha Pacific é apresentada em Mármore e Lux, duas estampas que imprimem sofisticação.

ATUALIDADES

BAKOF

80 volts até 150 volts e a lâmpada Tubular LED HO 2,40 metros indicada para uso industrial. Outro lançamento, já mais decorativo, são os trilhos de LED com Spot, além da linha de balizador e tartaruga de LED.

COBRECOM

A Bakof apresentou na Construsul o tanque de 310 e o tanque de 2.500 litros que completam o mix de modelos de caixas e tanques da marca. Dentro do perfil de tamanho no modelo de 2.500, a fossa de 2.500 litros e o biofiltro de 2.500 litros. Outra novidade é o separador de Água e Óleo feito em polietileno com Sistema de 300h/l com placas coalescentes, entradas e saídas com "sistema afogado".

CECAFI

BERWANGER ABRASIVOS

Um dos produtos apresentados pela Cecafi foi o revestimento Pedra Madeira. Inspirado na madeira para trazer elegância aos espaços, o revestimento é próprio para áreas externas.

CEJATEL Um dos destaques da Berwanger foi o disco de corte para madeira. O disco proporciona melhor acabamento e mais segurança. O disco de corte diamantado para corte de aços em geral também foi exposto durante o evento.

Entre os lançamentos da IFC/COBRECOM na 22ª Construsul estiveram os Materiais Encartelados ‘Medida Certa’ em embalagens de 25 metros e sua linha de Cabos Especiais como o Cabo para Sistema de Alarme de Incêndio 600 V. Cada embalagem contém 25 metros de Cabo Flexicom Antichama 450/750 V, nas seções nominais entre 1,5; 2,5; 4 e 6 mm² e nas cores azul claro, preto, vermelho e verde, além do Cordão Flexicom Paralelo 300 V, nas seções nominais 2 x 1,5 mm² e 2 x 2,5 mm², na cor branca. Além disso, a empresa ainda disponibiliza os Materiais Encartelados ‘Medida Certa’ nas embalagens com 15 metros e com as mesmas opções de produtos (Cabo Flexicom Antichama 450/750 V e Cordão Flexicom Paralelo 300 V nas mesmas cores e seções nominais das embalagens de 25 m).

COMFORT DOOR

BLUMENAU ILUMINAÇÃO A empresa apresentou alguns lançamentos para complementar a linha de painel de LED, além da nova linha de lâmpadas com

A Cejatel apresentou uma cerâmica de REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

31


ATUALIDADES

Os produtos apresentados pela Comfort Door foram o Veda Porta Adesivo e o Trava Porta Magnético fixado com adesivo, o que não requer furação de piso ou porta. Além do formato diferenciado, as cores e acabamentos foram elaborados para combinar com variados tipos de piso como granito, porcelanato, vinílico, concreto, laminados e outros.

CONSIGAZ

de comprimento, além de um dispositivo para o transporte de peças em grandes formatos. Também é destaque o cortador de piso elétrico Zapp 650 Fit, ideal para cortes em revestimentos cerâmicos, porcelanatos, mármores, granitos e pedras naturais. Suporta peças com espessura de até 3,5 cm e 65 cm de comprimento. A linha de serras de 110 mm, 180, 200, 230, 250 até 300 mm também foram destaques.

tantes através do showroom. Além disso, a empresa lançou uma linha de ar condicionado individual, Split Hi Wall Exclusive e também a linha de produtos que utiliza o fluido refrigerante R32 (gás). O fluido é ecológico e não ataca a camada de ozônio e também não tem relação com o efeito estufa, até 2021 toda a linha da Daikin terá este fluido refrigerante.

DABOGERTO BARCELLOS

DEGRAUS A Consigaz apresentou o sistema de fornecimento de GLP a granel, o combustível é transferido diretamente do veículo abastecedor (caminhão Bobtail) para um tanque fixo instalado. O sistema proporciona abastecimento rápido, regular e contínuo, evitando interrupções no consumo, e aumenta a segurança, pois torna desnecessárias a troca e a movimentação de cilindros.

CORTAG

A Dagoberto Barcellos apresentou alguns lançamentos e pré-lançamentos. Entre os lançamentos: a Finaliza Massa Niveladora que corrige imperfeições e proporciona maior resistência e fixação sobre a superfície; Cal Primor Seleção, cal virgem produzida através de matéria selecionada e alta relatividade e alvura superior; além de uma nova argamassa na linha Primex, a argamassa para projeção. Entre os pré-lançamentos, uma linha de tintas acrílica: a Finaliza Tinta Acrílica Premium e a Finaliza Tinta Acrílica Econômica; a massa para acabamento Finaliza em pasta já pronta para aplicação.

DAIKIN

O lançamento da Cortag foi Cortador para grandes formatos Infinity. É indicado para cortar pisos cerâmicos e porcelanatos com até 8 mm de espessura. A capacidade de corte é até 3,40 m

32

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

A Daikin é uma multinacional japonesa com 95 anos de fundação, que está presente no Brasil desde 2011, com foco de crescimento na região Sul. A Daikin apresentou uma linha de ar condicionado chamada Multi Split Advance, que climatização de múltiplos ambientes, pois permite conectar até cinco unidades internas em apenas uma única unidade externa. Essa tecnologia pode ser apreciada pelos visi-

A Degraus expôs plataformas elevatórias articuladas entre outros equipamentos e máquinas para locação. A empresa realiza a locação de equipamentos, máquinas e ferramentas para uso da construção civil e outros nichos. Entre os equipamentos: gerador, plataformas, plataformas tesouras, plataforma articuladas, betoneiras, compactador de solo, cortador de piso.

ECO METAIS O destaque da Eco Metais para a edição da Construsul foi a linha de mono comandos, acabamentos de banheiro e cubas em preto fosco, além da linha de cubas de decoração (vidro com pinturas especiais).


GOODYEAR A empresa destacou o desengraxante Goodyear para uso industrial e a parafusadeira de 12 volts da Hammer com bateria de lítio, acompanha duas baterias.

com relevos inspirados na cultura e arquitetura de vários países, com a essência da sustentabilidade já estabelecida pelos produtos In Out Porcelanatos. Foram desenvolvidos 26 modelos que levam modernidade e uniformidade aos ambientes. Além do design, os produtos têm como diferenciais o formato 35x60 cm, com fácil manuseio, aplicação e, relevos intensos e profundos que tornam o revestimento ainda mais singular.

ATUALIDADES

florestamento próprio com tampo de vidro de 80 cm.

FIDA A Fida apresentou o Fidalisa Regularização, argamassa para regularização e revestimento de paredes e tetos em ambientes internos. Já a A Fidalisa Acabamento é uma argamassa de revestimento de paredes e tetos em ambientes internos.

ILUMI INFIBRA

GAAM GABINETE O destaque da Ilumi foi a Linha modular de tomadas e interruptores Vivaz, toda fabricada em policarbonato com proteção UV e design com linhas mais retas, um pouco maior e autobrilho. Desta linha é derivada a linha Morano com acabamento acrílico, com 16 cores diferentes de placa. As luminárias tartarugas Decor em dois modelos com capa, sem capa, na cor preto e branco utilizada para área externa como jardins, garagens, toda em plástico com tampa em policarbonato. A Gaam Gabinetes participou da Construsul com dois grandes lançamentos inspirados nas tendências mundiais de décor. As novidades estão disponíveis em dois tamanhos. Um dos lançamentos é o Naturale, gabinete feito de madeira de re-

A Infibra expôs as placas cimentícias NTF que vão de 6 a 30mm de espessura. As Placas Cimentícias NTF Infibra fazem parte da Nova Tecnologia de Fibrocimento (NTF) – um novo conceito de forte apelo ecológico. As placas são resistentes aos esforços mecânicos e à ação da umidade e, por isso, são ideais para uso em paredes internas e externas. A empresa também apresentou a linha de telhas de fibrocimento.

INCEFRA

ISOMAF

A Incefra lançou a linha In Out Select da marca In Out Porcelanatos. A nova linha traz porcelanatos de encaixes perfeitos,

A Isomaf levou para a 22ª Construsul painéis monolíticos que substituem a alvenaria convencional. Os painéis proporcionam reREVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

33


ATUALIDADES

dução de tempo e custo de obra, isolamento térmico e acústico. Forros térmicos, linha de molduras internas em EPS, tavelas, laje nervurada, junta dilatação, mostruário de todos os tipos de EPS com densidades e características técnicas também estavam presentes no estande da empresa.

sidencial, industrial, submersa, motobombas autoaspirantese a linha de motobombas de esgotamento para esgotos, além das novidades como o LVR, da linha Multiestágio, para a pressurização de rede industrial. O sistema In Line facilita a manutenção e o selo mecânico é em cartucho.

LIEBHERR

L&V AUTOMAÇÃO

JACKWAL

A Jackwal lançou os reguladores para gás, de 5 kg e 7 kg. Além de apresentar os demais produtos da linha de gás, como conexões para reguladores, tubulações, chicotes flexíveis, mangueiras instalação gás central com botijões P45 e sua linha de metais.

A empresa apresentou um sistema compacto e de fácil uso, o Gmax. O sistema possui cadastro de mercadorias, cadastro de clientes, relatórios de vendas, relatório curva ABC, fornecedores, notas de entradas, vendas cupom fiscal/ NFC-e, relatório de margem de lucro, SPED, emissão de orçamentos, integração entre matriz e filial, nota eletrônica, entre outras funções.

A alemã Liebherr, especialista em fabricação de máquinas para construção, destacou as gruas, entre elas, a 85 EC- B5b produzida no Brasil. Uma novidade da Liebherr é o primeiro guindaste torre com cabo de fibra que é mais leve, manutenção mais simples já que não é necessário ficar lubrificando e a inspeção é visual, pois é possível ver o desgaste, além da flexibilidade da troca já que possui ¼ do peso. Os modelos que possuem o cabo têm no final do nome a palavra Fibra.

LIQUIGÁS

LEPONO DO BRASIL

JET POOL A Jet Pool expôs na Construsul o Spa Galaxie Acrílico Lucíte, uma banheira de SPA de 1.200 litros, com cinco poltronas e uma cama de relaxamento. Revestimento termo acústico em poliuretano expandido, 20 Hidrojatos em inox (médios, pulsadores), Cromoterapia (16 leds na linha da água) sete módulos (3 escreboscópicas, 3 fixas, 1 todas as cores em looping), e cascata iluminada, Sistema de automação digital e aquecimento 5000w.

34

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

A Lepono do Brasil apresentou as linhas de motobombas para abastecimento re-

A Liquigás levou para a 22ª Construsul, o sistema de Medição Individual para Gás LP, na qual se consegue ter medidores para cada estabelecimento. Com a solu-


LUMANTI A empresa gaúcha da cidade de Erechim levou para a 22ª Construsul os produtos em LED, com várias soluções para iluminação residencial, temperatura de cores diferentes, tanto a temperatura 6.500, 4.000k e 3.000k, chamada por algumas pessoas de branca, quente e morna. Duas linhas de painéis, uma mais popular e outra profissional. A Lumanti possui linhas completas de luminárias, lâmpadas, refletores, fitas LED e iluminação natalina.

MEGADOORS A Megadoors expôs a porta de enrolar que pode ser fabricada com até 15 metros de largura. Alguns componentes que diferenciam a porta de outras são borracha e perfil que diminuem o ruído, e o sistema de pintura é eletrostática e possui 24 cores. Outro destaque foi a Porta seccionada, residencial, de placa de aço com PU. Ela possui vedação de temperatura e acústica.

tox Cupim Base Água, que, além de atacar brocas e cupins, conta agora com uma formulação eficiente também no combate a formigas. A nova fórmula vem em embalagens de 400 ml (aerosol).

ATUALIDADES

ção, não é mais necessário fracionar para todo mundo de um condomínio, e cada um pode pagar o seu consumo de forma justa. No estande da Liquigás também foi possível desfrutar da experiência de conhecer o caminho do gás em 3D.

MÓVEIS SÃO JOÃO

MEGATINTAS

MATV SUL

A Megatintas apresentou uma solução para pinturas de madeira e metal: a Megalit - tinta esmalte sintético a base d'água. Máxima proteção e excelente acabamento. Sem cheiro, o material dispensa o uso de aguarrás e tem secagem rápida.

O lançamento apresentado pela Móveis São João foi o gabinete Havana. Disponível em versão suspensa e em pé, a mobília acompanha tampo de vidro, puxador em perfil e cuba. Feito em MDF/MDP, o móvel tem nichos e espelhadeira com engrossamento.

PABOVI

MONTANA QUÍMICA Os destaques da MATV Sul foram da linha de segurança, controladores de acesso da Intelbras, entre eles: fechaduras digitais, vídeoporteiro, telefonia e interfonia, leitor de tag para automóveis e energia solar fotovoltaica.

A Montana Química anunciou na 22ª Construsul parceria com a MTN Montana Colors, referência mundial em tintas sprays. A empresa também levou soluções completas da proteção ao acabamento final e as mais recentes novidades de seu portfólio, entre elas a nova formulação do PenREVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

35


ATUALIDADES

A Pabovi é uma referência em mangueiras e tubos para diferentes setores, como construção civil, indústria, casa e jardim. Um dos destaques foi a Mangueira Jardim linha Ouro. O produto é composto por duas camadas de PVC flexível e uma camada de fios de poliéster. A mangueira não torce e não dobra, o que permite o fluxo constante da água.

cm, é uma solução para ajudar as construtoras a evitar possíveis patologias.

PIETROBON

cada ponto de parafuso suporta até 50 quilos e não é necessário suporte de madeira. Já a placa Hábito, tecnologia Ultrawall para vedações internas que responde às principais exigências dos ambientes residenciais com alta eficáfica, oferecendo ótima capacidade de fixação de objetos, resistência a impactos e isolamento acústico.

PADO

A Pietrobon lançou os tubos de irrigação na 22ª Construsul. A empresa expôs também os tubos de esgoto para residências e prédios, tubos hidráulicos para encanamento. Além de tubos de carregamento aviário, linha jardins, linha PEBD e linha especial. A Pado apresentou uma nova linha de reguladores de gás para uso residencial, todos com vazão de um quilo, entrada para botijão convencional P13, saída convencionais para mangueira flexível, tubo de cobre e tubo flexível. Além dos cadeados de bloqueio, fechaduras de travas auxiliares e fechaduras digitais.

PAULUZZI

PLASBIL

PINHAL COMPESADOS Os destaques da Pinhal Compesados são as portas de madeira na Linha UV e na linha PU como a Linha Premium Branco PU, Linha Standart Branco UV, Linha Wood Impress Ipê Goiabão UV, Linha Wood Impress Curupixá UV, Linha Wood Impress Tauari UV, Linha Freijó Médio VZ, Linha Nature Freijó Escuro VZ, batentes de madeira revestidos de melamina e o batentes na linha natural.

Um dos destaques da Plasbil na 22ª Construsul foram os revestimentos vinílicos decorados com inspiração em madeira e tijolo para o forro e parede. O produto foi desenvolvido a partir da combinação de termoplásticos e possui a impressão em alta definição.

PORMADE A Pauluzzi expôs o novo bloco de encunhamento com resistência de Fbk 5MPA. Os blocos tradicionais de encunhamento no mercado são acima de 1,6 MPA e o lançamento é o primeiro bloco de encunhamento com essa resistência, tanto para as larguras de 14 quanto para 19

36

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

PLAQUES O destaque da Plaques foram as placas Drywall da Placo. Com a placa Impact,

A Pormade apresentou mais de 30 modelos de piso vinílico (residencial e comercial), 40 opções de papel de parede e diversas padronagens de portas de alto padrão, destacando o novo lançamento da marca, a Porta Preta. A linha residencial de piso vinílico conta com 22 modelos que reproduzem as características da


sibilidades muito além de um churrasco doméstico convencional. O revestimento, em Aço Inox Escovado, lhe confere mais resistência, durabilidade e higiene, além do visual moderno e sofisticado.

A Sol Soluções destacou as máquinas da Yammar, fabricação japonesa, desde uma tonelada até três toneladas estavam expostas no estande da empresa, mas a linha completa é até oito toneladas.

ATUALIDADES

madeira natural. A Porta Preta faz parte da linha de portas de alto padrão, com acabamento preto, nas folhas e nos batentes – nas medidas padrão (2,10 x 60, 62, 70, 72, 80, 82, 90, 92 cm, 1m e 1,05 cm).

SOLUFIX

PS PLAST

SINDIVIDROS-RS

A PS Plast apresentou diferentes modelos de plafon de sobrepor com sistema de rosqueamento para forro e parede, que possibilita agilidade na sua instalação e manutenção, além do vaso anti-dengue com prato rosqueado.

No estande do Sinvidros foi possível ver diferentes aplicações do vidro, entre eles: o box de banheiro temperado com kit em aço inox, guarda corpo em vidro temperado laminado para aplicação em piscina e quaisquer fechamentos que necessitem segurança.

SCHEER CHURRASQUEIRAS

SOL SOLUÇÕES

A empresa criou o sistema Lift Grill. Um elevador motorizado movimenta a grelha, garantindo assim o melhor resultado na perfeita cocção de carnes, aves, peixes, legumes. O mecanismo pode ser combinado com a opção de espetos giratórios, proporcionando uma experiência completa na arte de se fazer um bom churrasco. O equipamento é exclusivo e patenteado. Conta com dois motores independentes, o que comporta o uso simultâneo de meia grelha e espetos rotativos, com pos-

A Solufix apresentou diversos lançamentos. Entre eles, a Espuma Expansiva Solupur Universal a base de poliuretano, com cura através da umidade atmosférica. Utilizada principalmente para a fixação, vedação e isolamento de portas, janelas, preenchimento em dutos de ar condicionado e aberturas. Outro destaque foi o adesivo e selante de silicone Solusil Alta Temperatura. O adesivo selante profissional é monocomponente com resistência à alta variação de temperatura, suporta a picos de temperatura. A cola instantânea Solufix Multbond é um adesivo monocomponente multiuso a base de cianoacrilato, com viscosidade média (80120 CPS).

SOPRANO

A Unidade de Materiais Elétricos mostrou a linha de interruptores e tomadas REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

37


ATUALIDADES

e produtos para energia solar fotovoltaica, entre outro . A Unidade de Fechaduras e Ferragens destacou os recentes lançamentos, como a fechadura 3 em 1 e o cilindro tetra de embutir substituível, ambos patenteados pela Soprano. A Smart destacou o mix de fechaduras Smart One, apresentando o lançamento para portas com puxadores, na qual possuem a característica de abertura por celular. Também apresentou o seu mix de fechaduras digitais de sobrepor.

Urbana trouxe duas novidades para as lojas e consumidores finais, saboneteira em vidro e novas cores (Black, Rose, Gold e Onix). Ambas as novidades foram desenvolvidas com base na tendência em projetos de arquitetura.

ge contra batidas de chuva e ação cítrica do sol.

STARRETT A empresa relançou sua linha de lâminas de serra sabre. Produzidas em aço Bi-Metal, as novas serras possuem lâminas à prova de estilhaço, corte mais preciso, alcançam locais de difícil acesso, além de trazerem novo desenho dos dentes e do design da lâmina, disponíveis nas versões para corte de madeira, metal, multi-material e heavy duty para cortes mais agressivos. Outras novidades foram a serra Copo Deep Cut DCH, com nova dentição; a Trena de Profundidade para medição de tanques com fita em inox; o disco de carboneto de tungstênio multiuso, indicado para madeira limpa, com restos de cimento e pequenos pregos e grampos, acrílico, tubos de PVC.

TORRI ENGENHARIA E SANEAMENTO STUHLERT

A Torri expôs diversos lançamentos, como a tampa feita com produção mecanizada onde as medidas são todas uniformes. A tampa de dentro, a tampa da inspeção é embutida na tampa e promove uma boa vedação, o gancho é em inox e quando acumula água não oxidará. O selante butílico que proporciona agilidade na instalação e promove eficiência nas juntas nos elementos pré-moldados. A grelha de concreto para drenagem fluvial também é um lançamento, com 10 centímetros de espessura. O produto agüenta tráfego pesado. Outra inovação é o caixilho de concreto com acabamento prime.

A empresa apresentou a máquina Retífica Faceadora Corpo de Prova. O processo de retificação elimina o uso de produto químico, como, enxofre sólido, que é conhecido por provocar danos à saúde como, queimaduras na pele e olhos, é também um agressor aos cursos d’água tornando-os impróprios para uso em qualquer finalidade.

TINSUL TINTAS STEEL DESIGN A Steel Design lançou as linhas Città, Vidra e Class Urbana. A Linha Città traz uma composição equilibrada em suas formas e materiais. Seu nome vem do italiano e significa cidade, o que nos remete ao desenvolvimento constante. A Linha Class

38

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

A empresa levou para a 22ª Construsul toda a sua linha de produtos e alguns destaques como a Esmalte Sintético Ecológico, que possui uma tecnologia espacial, favorecendo a cobertura e o brilho. Entre as novidades, também estava a Tinta Emborrachada, que combate infiltrações, cobre pequenas fissuras e prote-

VEDATUDO O destaque da Vedatudo foi o Kit S.O.S e Vedatudo em embalagens diferenciadas, indicados para aplicação submersa. A Massa Adesiva Epóxi Secagem Rápida subaquática bi-componente faz parte desta linha. O produto veda, cola e seca


VONDER A Vonder apresentou a nova Bancada Portátil para Serras Esquadrias. Versátil, a bancada possui adaptadores de montagem universais, que se encaixam à maioria dos modelos de serras de até 12". Sua estrutura tubular dobrável é produzida em alumínio, que a torna leve, além das alças de transporte com liberação rápida acionadas por alavanca e suporte com rolos extensíveis e com batente do material, facilitando o corte no momento da operação. Também conta com travas das pernas com alavanca de liberação rápida, deixando mais fácil o dobramento e desdobramento das pernas, e sistema "clique e trave" na posição de operação. Outro diferencial são as rodas, que facilitam a movimentação com a serra fixada.

WALSYWA

ta de correr, três folhas com quatro metros e meio de altura. Cada folha com três metros, o peso de uma folha é quase 300 quilos. Um pré-lançamento apresentando foi o vidro laminado, além de ser um vidro de segurança também é possível usá-lo como revestimento. No estande da Weiku foi possível ver diferentes formas do uso do vidro laminado como revestimento. È possível a personalização com imagens em alta definição. Além do mix de esquadrias termo acústicas, portões de enrolar que são o carro chefe da empresa.

ATUALIDADES

embaixo d’ água em duas horas. A linha é composta também pela Cola Vedatudo, Massa Adesiva Secagem Normal, Massa Adesiva Normal Azul. Além do S.O.S Lub Desengripante Spray. A Cola Vedatudo também possui aplicação para áreas submersas, indicada para piscinas, caixa d’ água, barcos.

As novidades da Walsywa foram: Walsywa DTR35, ferramenta fixa pinos montados com acessórios; os chumbadores químicos, principalmente WQI 44 Plus 380ml, chumbador para estrutura metálica Steel Bolt. A bucha MU-X, o elevador de placa drywall e a perna mecânica para trabalhos em altura também foram destaques no estande.

WD-40 WORKER

As novidades da WD-40 foram o WD40 Specialist Desengraxante que remove graxas outras sujeiras difíceis de remover, sem agredir a peça e ainda protege contra ferrugem e o WD-40 Specialist Gel Anticorrosivo, anticorrosivo e lubrificante para mecanismos de médio atrito que protege peças metálicas por até um ano. No estande também foram realizadas demonstração de uso do tradicional WD-40 Multiusos.

A Worker expôs diferentes linhas entre elas: máquinas e equipamentos de solda, transformadores convencionais, inversores, máquinas mig da segunda geração de equipamentos e a linha de equipamentos de proteção individuais. Além da Worker, a Ferragens Negrão destacou as marcas próprias Kala no segmento de jardinagem e produtos para bricolagem e “Faça você mesmo”. Liege na linha de louças e acessórios sanitários. Collis, linha de ferramentas para agrícolas.

WEIKU Os principais produtos apresentados pela Weiku foram as esquadrias em PVC, a porREVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

39


O LUGAR IDEAL PARA CONSTRUIR NEGÓCIOS Fotos: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro/Divulgação Sul Eventos


PESSOAS E MOMENTOS Fotos: Guilherme Gargioni e Felipe Ribeiro/Divulgação Sul Eventos


NOVOS CONCEITOS EM TELHAS ATRAEM CONSUMIDORES

46

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

Foto: divulgação Terracotagres

ESPECIAL


ESPECIAL

cia, estanquidade e durabilidade. Cores, tamanhos e formatos diferentes contribuem para a escolha arquitetônica, combinado com o gosto de cada cliente.

Requisito básico para qualquer construção, as telhas são fabricadas em diferentes materiais, como: PVC, cerâmica, metálica, policarbonato, fibrocimento, concreto. Os requisitos básicos para qualificar os produtos são itens como conforto térmico, resistênFoto: Shutterstock

Atualmente, a indústria aposta em inovação e tecnologia como diferenciais. Empresas como a Eternit, apostam na energia fotovoltaica para inovar o conceito desses produtos. Outro exemplo é a Brastelha, que apostou na telha metálica com movimento que parecem as ondas do mar, além de intensificar os fatores segurança e durabilidade. O mercado segue as tendências do setor e algumas empresas registram crescimento no período. Segundo informações da indústria, a Eternit apresentou crescimento de 48% no volume de venda de telhas de fibrocimento no segundo trimestre desse ano em relação ao mesmo período de 2018, e de 34% no acumulado do ano. A produção e comercialização de telhas de concreto com a marca Tégula é de aproximadamente um milhão de unidades por mês. Conforme o diretor administrativo da Ziegel, André Luiz Buchmann, o mercado está bastante competitivo, ainda mais com a redução do seu tamanho. Para esse segundo semestre, o diretor acredita que haja um incremento nas vendas. “Historicamente, as vendas melhoram no segundo semestre e a economia está começando a dar sinais de melhorias”, afirma. CONFIRA ALGUNS DESTAQUES DO SEGMENTO DE TELHAS:

ARTGRES TELHAS CERÂMICAS DUAS ONDAS A linha New Premium é uma das novidades da Artgres. No formato de duas ondas apresentam beleza e design, além de atender uma demanda já existente no mercado. A linha possui resistência à salinidade, gretagem, alta resistência a quebra, de fácil limpeza e conforto térmico. As telhas são maiores que a tradicional americana tornando-as econômicas.

F oto :d ivu ção

lga

Segundo a coordenadora de vendas Artgres Telhas Cerâmicas, Jaqueline Hahn, o consumidor possui facilidade em adquirir informações com as redes sociais. “Apresentamos um produto com acabamento muito diferenciado, porém a venda é muito influenciada não só por um produto de qualidade, mas sim pelos atributos da compra (facilidade de parcelamento, entrega rápida, assistência técnica)”, afirma. Para Jaqueline, o processo da escolha da telha é influenciado muito antes de chegar às gôndolas das lojas. “O projeto arquitetônico quando está sendo elaborado vai definir as possibilidades de qual telha utilizar”, completa.

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

47


ESPECIAL

o: Fot

ção

lga

divu

BRASTELHA DIFERENTES TIPOS DE PINTURA De acordo com o gerente de marketing da Brastelha, Bruno Alvim, diferenciar-se no segmento requer muita habilidade e esforços mútuos. “Trabalhamos todos os setores, desde a aquisição das matérias primas, processos de produção, atendimento, suporte, engenharia, logística, pessoas, estratégia, todos os envolvidos devem estar cientes de seus papéis e responsabilidades, focados em um objetivo, satisfazer e superar as expectativas dos nossos clientes”, afirma Alvim. De acordo com Alvim, o processo de escolha do tipo de telha se dá pela necessidade. “Cada obra exige um modelo adequado, levando em consideração caimento, resistência mecânica, design”, ressalta. Já para o setor residencial, o fator segurança e durabilidade se sobressaem. O modelo Telha Colonial ON 24 da Brastelha é metálica em formato colonial, com linhas suaves e com um movimento que parecem as ondas do mar, dando um acabamento requintado e aconchegante à sua cobertura. Pode ser trabalhada em diferentes tipos de pintura, bem como incluir isolamento térmico e acústico. A empresa possui toda linha de acabamentos e fixação para as telhas. O produto possui características maior durabilidade, fácil montagem. As telhas são contínuas, sem emendas e podem ser na medida da obra, dispensa laje ou forro, não absorve água, resistência a vento e granizo. Telhas com transpasse e pingadeira e garantia de máxima estanqueidade, além de alta resistência a impactos e material leve (4,5Kg m²).

48

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2018 2019


ESPECIAL

ETERNIT A Eternit apresenta a primeira telha fotovoltaica com tecnologia desenvolvida no Brasil e aprovada pelo Inmetro, que capta energia solar para a produção de energia elétrica. A novidade, chamada de Eternit Solar, foi revelada pela primeira vez ao público durante a Intersolar South America, feira voltada à área de energia solar, realizada no final de agosto em São Paulo. A marca Eternit Solar também dará nome à empresa que está sendo aberta pelo Grupo Eternit para produzir e futuramente comercializar as linhas fotovoltaicas. “Estamos desenvolvendo o processo industrial para fabricação em larga escala desta que é a primeira geração de telhas fotovoltaicas a passar nos testes de certificação do Inmetro, o que representa um momento importante para a companhia”, afirma o presidente do Grupo Eternit, Luís Augusto Barbosa. O modelo de telha fotovoltaica aprovado é feito em concreto, com várias opções de cores e de acabamentos, as células fotovoltaicas são integradas no material. A empresa apresentou, durante a Intersolar, o modelo em concreto (com duas opções de acabamento e cinco cores: cinza grafite, cinza pérola, marfim palha, bege colonial e vermelha) e também a opção em fibrocimento (modelo fotovoltaico em desenvolvimento final). A empresa possui outra linha, em fase final de desenvolvimento para futura homologação, utilizando telhas de fibrocimento. “Escolhemos a telha de concreto como produto inicial por questões técnicas. Em paralelo, estamos na fase final de desenvolvimento da versão fotovoltaica do produto tradicional da

Foto: divulgação

ECONOMIA NA INSTALAÇÃO E NA CONTA DE LUZ

Eternit, a telha de fibrocimento. Por ser o tipo de telha de maior utilização nos domicílios do país e com o custo mais acessível, poderemos oferecer a possibilidade de adesão à energia solar a uma grande parcela da população brasileira, popularizando esse acesso”, explica o presidente do Grupo Eternit, Luís Augusto Barbosa. Segundo Barbosa, outra vantagem é para o consumidor que já possui o telhado com o produto Eternit. A telha solar será intercambiável com a telha tradicional da marca, podendo ser substituída nos pontos necessários sem precisar mudar a estrutura inteira da cobertura. “Feito isso, a ligação elétrica e a conexão com a rede de transmissão seguem os mesmos padrões e exigências dos sistemas tradicionais de placas fotovoltaicas”, diz.

GLOBAL PLÁSTICO A Global Plástico lançou a telha Zenix 40 visando atender as expectativas dos clientes por produtos alternativos que atendam a necessidade com um melhor custo. A telha possui um novo conceito de largura útil (420 mm). A telha diferencia-se pela melhor distribuição de linhas de luz, maior conforto térmico em relação a telhas standard de 1,10 m, proteção aos raios UV em ambas as faces, elevada transmissão luminosa, facilidade em ultrapassar a telha com maior segurança. O produto possui resistência ao impacto espessura 1,0 mm em policarbonato, elevadas transmissão luminosa e montagem simples e rápida.

Foto: divulgação

ELEVADA TRANSMISSÃO LUMINOSA

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

49


TECNOLOGIA

TERRACOTAGRES QUALIDADE COMPROVADA Priorizar o atendimento ao cliente e aprimorar todos os segmentos da empresa são algumas estratégias adotadas para se diferenciar no mercado. “Esses temas estão em nossas reuniões semanais com os nossos colaboradores. Ouvir o que de fato o cliente está procurando para então oferecermos o que melhor se encaixa no objetivo dele é essencial para estarmos cada vez mais próximos e unidos ao nosso propósito.

mos pela qualidade, encaixes perfeitos nos telhados, padronização das cores, e o melhor custo benefício. Nossos produtos atende a todos os gostos”, ressalta. O destaque da empresa é o modelo Brastile, uma telha desenvolvida para o mercado americano. O modelo cobre nove peças por m², é mais robusto e diferenciado, além de possuir opções de cores e acabamento esmaltado brilho ou esmaltado rústico.

Possuímos um processo produtivo rigoroso, no qual fabricar produtos de qualidade é nosso principal objetivo”, afirma a gerente Administrativa da Terracotagres, Cinára C. P. Pereira. A empresa possui a qualidade comprovada pelo certificado Miami Dade County.

Referente às expectativas de movimentação de mercado para os próximos meses, Cinára acredita que será ainda melhor, sendo um momento para alavancar as exportações com o mercado americano. “Acabamos de sair de um semestre extremamente produtivo e positivo, e isso fez com que nossas expectativas para o segundo semestre de 2019 sejam ainda melhores.”, afirma.

Segundo Cinára, o processo de seleção é minucioso. “Preza-

Foto: divulgação

50

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019


TECNOLOGIA

ZIEGEL

Diversificação de modelos é uma aposta da Ziegel. Hoje, a empresa trabalha com telhas cerâmicas, telhas grês, telhas de concreto e telhas shingle. A telha em destaque da Ziegel é do modelo Marselhesa esmaltada na cor mostarda. É uma telha cerâmica revestida, devido ao revestimento sua absorção de umidade é nula, com peso de 40 Kg por m². O modelo estilo europeu possui inclinação mínima de 22º ou 40%.

Foto: divulgação

ESCOLHA PARA TODOS OS GOSTOS

Alta produtividade para sua empresa

SACAREIA PROFIT

´ SEMIAUTOMaTICA

Rendimento de até 3,2 mil sacos de 20kg de areia por dia Acionamento automático da bandeja oscilante e do vibrador com temporizador ajustável de 0 a 15s Sistema de freio a motor, para maior precisão na pesagem das embalagens

[acessório]

PROLONGADOR DE SILO

SELADORA COM DUPLA SOLDA [acessório]

Possibilidade de acoplar balança digital

Aceitamos cartões de crédito, BNDES, Proger e Finame

2 GARANTIA

48 3285-7075 | 3285-7909 | 99175-2941 48 99189-8788 | 98464-8499 | 99973-0298 www.allkaz.com | comercial@allkaz.com

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

51

ANOS

Certicado CE Atende as normas NR 10 e NR 12


TECNOLOGIA

Foto: divulgação Vonder

ALTA TECNOLOGIA E QUALIDADE PARA GARANTIR SEGURANÇA EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL, OS EPI’S, AUXILIAM NA PROTEÇÃO DO TRABALHADOR, PORÉM, É NECESSÁRIA A UTILIZAÇÃO CORRETA PARA GARANTIA DE EFICIÊNCIA DO EQUIPAMENTO E SEGURANÇA DO USUÁRIO.

52

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019


Capacetes de Segurança, Óculos, Máscaras e Escudos para Solda, Abafadores de Ruído, Protetores Auditivos, Luvas, Botas, Botinas, Cones de Sinalização, Colete Refletivo, Fitas Refletivas, para Demarcação e Antiderrapantes são alguns Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) que visam garantir a redução do risco de acidentes.

A construção civil é um dos setores que mais registra caso de acidentes. Segundo dados do Anuário Estatístico de Acidentes do Trabalho (AEAT) divulgado pelo Ministério da Previdência Social e o Ministério do Trabalho e Emprego, em 2017 ocorreram 30.025 acidentes de trabalho na construção civil.

Segundo o presidente da Associação Sul-Rio-Grandense de Engenharia de Segurança do Trabalho (Ares), Rogério Luiz Balbinot, para consolidar a eficácia do EPI é preciso ensinar a utilizá-lo, como limpá-lo e a forma de retirar o equipamento sem se contaminar. “É necessário que o trabalhador tenha todo o procedimento de treinamento. Só fornecer não é suficiente, tem que treinar o usuário para a utilização adequada do equipamento”, ressalta.

As Normas Regulamentadoras (NR), conjunto de regras relativas as segurança do trabalho tentam realizar a prevenção destes acidentes, que muitas vezes são fatais. A NR18, uma das principais, tem como finalidade implementar medidas de controle e sistemas preventivos de segurança do trabalho em quaisquer que sejam os processos, condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção civil. Já a NR6- Equipamento de Proteção Individual (EPI’s) salienta que a empresa é obrigada a fornecer gratuitamente aos empregados os EPIs adequados ao risco. Neste ano, o governo anunciou a revogação da NR 2, que estabelecia a obrigatoriedade da inspeção de um estabelecimento por um fiscal do trabalho antes de sua abertura.

Ramos reforça a necessidade de fazer a instalação correta da máquina e o uso correto para que o EPI possa exercer a proteção. “O EPI não evita o acidente, mas garante que, caso aconteça alguma coisa, a pessoa vai estar mais protegida”, completa.

Foto: divulgação 3M

Além da NR 2, a NR 1 e a NR 12 passaram por modificações. Uma das mudanças na NR 1 foi a retirada da obrigatoriedade de microempresas e pequenas que desempenham atividades consideradas de baixo risco elaborarem programas de prevenção de riscos ambientais e de controle médico de saúde ocupacional. Já a NR 12 que estabelecia parâmetros para garantir a segurança de trabalhadores e prevenir acidentes no uso de máquinas e equipamentos foi flexibilizada para que a proteção seja de acordo com a avaliação de riscos de cada equipamento.

Uma questão levantada pelo engenheiro

é como fazer a comprovação do uso do equipamento: “Que evidências eu tenho que o equipamento foi fornecido ao trabalhador e que ele está usando correntamente? Muitas vezes esses questionamentos não são feitos. Esse controle gerencial é fundamental quanto se tratam de equipamentos de EPI’s. A área de segurança principalmente, não esta acostumada a operar softwares”, afirma Balbinot. Para o gerente de unidade da Degraus, Marlon Ramos, não usar Equipamentos de Segurança Individual é um risco. “O uso do EPI em uma plataforma vai garantir muitos itens de segurança. Então usar o cinto, capacete e verificar a posição da máquina são importantes, porque não é somente o uso do EPI que garante que tenha uma segurança”, ressalta.

TECNOLOGIA

CONSCIENTIZAÇÃO DA PROTEÇÃO

De acordo com a Associação Nacional de Medicina do Trabalho, em 2018 o Brasil ocupou o quarto lugar do ranking de acidentes de trabalho e a cada 48 segundos acontece um acidente de trabalho e a cada 3h38 um trabalhador perde a vida pela falta de uma cultura de prevenção à saúde e à segurança do trabalho.

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

53


TECNOLOGIA

CONFIRA ALGUNS DESTAQUES DO SEGMENTO DE EQUIPAMENTOS PARA PROTEÇÃO INDIVIDUAL: 3M EFICIÊNCIA NA RETENÇÃO DE PARTÍCULAS A 3M apresenta o novo Respirador Dobrável 3M. O equipamento possui válvula de exalação 3M, uma membrana flexível fixada na parte superior, o que proporciona uma respiração natural e maior conforto para o usuário. As válvulas 3M são 100% testadas para assegurar seu funcionamento (abertura e fechamento) e garantir mais proteção ao usuário.

to

Fo

ão

ulg

iv :d

Outra característica do produto é a manta com tratamento eletrostático e tramas mais abertas. Segundo a gerente de produto da divisão de Segurança Pessoal da 3M do Brasil, Cristiane Pinho Reyes, esta caracterísitca torna mais fácil a respiração, quando comparado ao modelo anterior de respirador dobrável da 3M. O novo produto possui a mesma eficiência na retenção das partículas, exigindo menos esforço do usuário e proporcionando mais produtividade. O desenho do respirador proporciona bom ajuste nos diferentes formatos de rosto e compatibilidade com óculos, além de possuir elástico revestido de tecido para maior conforto. Está disponível nas versões PFF1 e a PFF-2. A primeira é indicada para lixamento, corte, polimento, manuseio de pó e pintura base d’água em spray. A segunda é indicada para lixamento, corte, polimento, manuseio de pó, pintura base d’água em spray e operações de solda.

KADESH CALÇADOS LEVES E RESISTENTES

ão

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

ulg div

REVISTA CONSTRUSUL

to:

54

Fo

A Kadesh é uma empresa de calçados profissionais e produz, aproximadamente, três milhões de pares de calçados por ano. O destaque da empresa é a Linha nano pele Adventure. A nano pelo é um material em micro fibra, impermeável a água, mais leve e mais resistente que o couro. “Investimos maciçamente em pesquisa e desenvolvimento para trazer para nossos clientes o que há de melhor e artigos para confecções de calçados profissionais. O pátio de máquinas passa por constantes manutenções e a compra de novas máquinas com tecnologia mais avançada acontece de maneira natural, à medida que o mercado lança novos equipamentos nos adequamos a eles”, afirma o diretor comercial Kadesh,


TECNOLOGIA

NORTON SEGURANÇA E CONFORTO

Todos os equipamentos da linha de EPI’s são seguros e confortáveis. “Temos como objetivo conscientizar os profissionais da importância do uso de EPI’s. Para isso, buscamos desenvolver produtos que sejam mais confortáveis. E, quando identificamos que são necessárias melhorias efetuamos pequenas mudanças em produtos já existentes adicionando”, salienta o gerente de marketing Construção, Bruno Maldonado. Na parte de desenvolvimento de tecnologias, a marca busca que facilitem o dia a dia e a qualidade de vida dos profissionais que estão à frente dos processos de produção visando, minimizar ou eliminar os danos causados por determinada atividade.

Foto: divulgação

A Norton conta com uma linha de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), que dispõe de certificado de aprovação e inclui: Luvas de Algodão, Óculos, Máscaras descartáveis e o Respirador Semifacial, que é um dos destaques da linha. Produzido em borracha e silicone flexível, o respirador Semifacial Norton recebeu melhor desenho de septo nasal, permitindo que se adapte em qualquer face. Dessa maneira, assegura uma perfeita vedação, com maior segurança e conforto aos usuários.

PROTEFIX HIGIENIZAÇÃO E ARMAZENAMENTO ADEQUADO Foto: divulgação

Grandes alturas também exigem mais proteção. A Protefix destacou o Cinturão em fita de Aramida com alça de suspensão para espaço confinado. O equipamento conta com ponto de conexão para ancoragem, ponto de suspensão, ponto de conexão dorsal “A” e ponto de engate para posicionamento. O cinturão paraquedista indicado para uso em telecomunicações, elétrica, indústria, construção civil, maçariqueiros e soldadores; pode ser utilizado em atividades de mais de dois metros de altura do piso, nas quais haja risco de queda do trabalhador em trabalho estacionário (posicionamento). O equipamento foi confeccionado em fita aramida e possui: fita resistente a pingo de solda; duas alças para espaço confinado; duas meia-argolas para posicionamento, na cintura uma meia-argola com ponto de conexão dorsal; cinco fivelas duplas para ajuste, nas pernas, na cintura e nos ombros; dois laços frontais para ancoragem, ajuste peitoral e almofada para proteção lombar. Os cuidados com a higienização, armazenamento e transporte são fundamentais. O equipamento deve ser guardado em local seco, limpo e longe da luz e calor. A higienização para sujeiras leves é de responsabilidade do usuário, portanto, é importante verificar se alguma característica original do equipamento foi alterada. Se apresentar qualquer anomalia, o usuário deve inutilizar o produto ou enviar para análise do fabricante. REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

55


TECNOLOGIA

STIHL MELHOR EXPERIÊNCIA AO USUÁRIO Foto: divulgação

Segundo o supervisor de planejamento de produtos da Stihl Brasil, Fernando Pellegrini, o segmento de Equipamentos para Proteção Individual é fundamental para a segurança dos usuários. “A Stihl busca incessantemente identificar inovações que aprimorem a qualidade dos produtos. O objetivo é sempre oferecer a melhor experiência aos clientes, priorizando o bem-estar das pessoas e a praticidade e mobilidade dos equipamentos”, ressalta Pellegrini. Um dos produtos que fazem parte desse segmento é a calça de Proteção Frontal, resistente ao corte devido às suas oito camadas de tecido de proteção, com fibras que param a corrente da motosserra em caso de contato involuntário. O equipamento oferece, assim, segurança, conforto e liberdade de movimentos durante as atividades com motosserras. A calça proporciona uma cobertura de 230º para as pernas e permite que a parte posterior receba fluxo de ar, aliviando o calor intenso de regiões e estações brasileiras. Além disso, por seu design, é fácil de ser usada sobre as vestimentas de trabalho e possui três regulagens: cintura, altura e largura das pernas. Outro equipamento é a bota de Segurança Premium da Stihl, feita em couro hidrofugado, conta com cano longo de 25 cm. A bota possui 270º de proteção anti-corte em seu contorno, com cinco fibras especiais.

VONDER ALTA TECNOLOGIA A Vonder conta com uma expressiva linha voltada para a proteção individual e coletiva de profissionais que atuam em diferentes setores. Entre as novidades nesta linha, destacam-se as máscaras e escudos para solda, luvas de raspa, botinas e lentes, além das cortinas de proteção para solda. Um dos lançamentos é a Máscara de Escurecimento Automático, panorâmica, tonalidade 4 a 12, MSV 412 Vonder Plus, que permite visão panorâmica ao operador (180°), com duas possibilidades de ajuste de tonalidade: 8 a 12 e 4 a 8.

56

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

Foto: divulgação

Também as Luvas de Helanca da Vonder que estão disponíveis em dois modelos nas versões pigmentadas e brancas. A Luva de Helanca Pigmentada da Vonder conta com palma pigmentada, que confere maior aderência (pega). A Luva de Helanca Branca Vonder oferece ótimo tato, destreza e conforto a quem usa. Ambas são indicadas para atividades que demandam proteção das mãos sem perder a sensibilidade tátil em contato com objetos secos e abrasivos, como: operações com transporte de objetos leves, agricultura, manutenção e reparo, atividades de aspecto e uso geral em atividades que demandam proteção das mãos e do objeto manuseado.


TECNOLOGIA

WORKER ALTA QUALIDADE E ATENÇÃO ÀS NORMAS A linha de equipamentos de proteção da Worker oferece uma gama de opções para atender os trabalhadores nas mais variadas atividades e situações de risco. São produtos para proteção respiratória, dos olhos, audição, face, cabeça, pés e mãos, além de sinalização e ergonomia. Entre os lançamentos destacam-se o tênis de Segurança Worker e o sapato de Poliuretano Worker. O Tênis de Segurança Worker é confeccionado em couro nobuck, proporcionando resistência à água, umidade e proteção contra agentes abrasivos e escoriantes. Seu solado tem um formato mais estreito quando comparado aos demais produtos do mercado, o que contribui para uma estética mais agradável e moderna. O sapato de Poliuretano Worker protege contra agentes abrasivos e escoriantes,é produzido com poliuretano (PU) e seu principal atributo é o sistema antiderrapante (SRC - testado e aprovado em piso cerâmico contaminado com detergente e piso de aço contaminado com óleo) ideal para ambientes que necessitam deste nível de segurança como cozinhas industriais.

Atualmente, o mercado utiliza calçados feitos de EVA com solado de borracha colado para aumentar a aderência, porém quando entram em contato com água quente, como na higienização de cozinhas industriais,pode ocorrer o seudescolamento. De acordo com informações do marketing da Worker, o Sapato de Poliuretano Worker, no entanto, é completamente injetado em poliuretano (PU), proporcionando maior resistência a essas condições, garantindo maior segurança e vida útil. A Worker garante que seus produtos atendam às normas regulamentadoras e possuem Certificado de Aprovação (CA) emitido pela Secretaria de Trabalho. Segundo informações da Worker, o mercado consumidor de EPI’s está passando por transformações, como consumidores mais exigentes, atento às novidades e em busca de produtos de alta qualidade. Outro aspecto que tem se observado é a preocupação com o conforto e a estética, os EPI’s que conseguem aliar estas características têm maior aceitação, penetração de mercado e usabilidade quando comparados aos demais, mesmo que com valor superior.

ção

ulga

: div

Foto

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

57


MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

CATERPILLAR APRESENTA NOVA CARREGADEIRA DE RODAS COMPACTA CAT® 920K A nova Carregadeira de Rodas Compacta 920K, com uma classificação de potência líquida de 74 kW (99 HP), reflete melhorias significativas de produto que contribuem para alta produtividade, versatilidade, conveniência e segurança do operador e facilidade de manutenção. Os novos recursos permitem que os operadores adaptem o desempenho da máquina às preferências individuais para maior eficiência operacional e uma opção de sistemas hidráulicos auxiliares expande o uso de ferramentas de trabalho para ampliar a utilidade. O motor Cat® C4.4 satisfaz o nível de emissões equivalente ao Tier 3 dos EUA e Estágio IIIA da UE e foi projetado para eficiência de combustível. O C4.4 permite que os operadores escolham entre os modos de potência: Eco ou Padrão. No modo Eco, o motor proporciona maior economia de combustível, operando a uma rotação máxima mais baixa (1.925 rpm). O modo padrão permite que o motor opere em velocidades a 2.350 rpm, fornecendo mais torque de roda e mais potência hidráulica em ambas as faixas de transmissão para aplicações exigentes. A 920K também incorpora um sistema de gerenciamento de energia inteligente, que equilibra o desempenho e a eficiência de combustível, adicionando potência quando a máquina detecta al-

tas demandas, como rampas de subida. O ajuste de potência sob demanda significa a produtividade ideal e a velocidade hidráulica sob carga. Os recursos de economia de combustível incluem um ventilador de arrefecimento sob demanda que proporciona aquecimento rápido da máquina e níveis de som mais baixos, evitando o superaquecimento em climas quentes. A cabine de luxo da 920K tem duas portas de entrada lateral, joystick eletro-hidráulico de baixo esforço, pedais suspensos, volante de direção com inclinação e um assento com suspensão a ar. O controlador do joystick fornece controle de alavanca única de funções de carregamento e também integra controles da transmissão e da trava do diferencial. O joystick também acomoda controles para dois ou três sistemas hidráulicos, incluindo o controle proporcional dos circuitos auxiliares. A 920K foi projetada para cargas de tombamento elevadas, aumentando a estabilidade durante o manuseio de cargas pesadas e grandes ferramentas de trabalho. A 920K conta com a articulação da barra em Z otimizada, projetada para fornecer a capacidade de levantamento paralelo da articulação do IT (Integrated Tool Carrier™), bem como a força de desagregação e a capacidade de escavação agressiva da articulação em Z convencional. Foto: divulgação

58

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019


AMPLIA PORTFÓLIO COM ESCAVADEIRA 360X3E Incorporando o time de peso que compõe a nova série de escavadeiras  X3E, da Link-Belt, a companhia acaba de anunciar o lançamento do modelo  360X3E. Assim como os outros equipamentos da linha (210X3E, 130X3E e  180X3E), a escavadeira  360X3E  também carrega o “E” em seu nome para reforçar a evolução destas máquinas com relação à série X2. Com peso operacional total de 37.500 kg, a máquina é indicada para trabalhos de aplicação pesada, como os realizados em grandes terraplanagens e minerações, e projetada para atender um mercado muito exigente e com necessidades especiais.

hora do dia/noite), sistema centralizado de lubrificação e o sistema de rastreamento e telemetria RemoteCARETM. Com uma cabine 5% maior e 16% mais espaço no piso, o equipamento oferece mais visibilidade ao operador. Ela segue os parâmetros internacionais de segurança, de acordo com as normas da ISO classificadas como ROPS (Estrutura Protetora contra Capotamento) e FOPS (Estrutura Com Proteção Contra Queda de Objetos).

MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

LINK-BELT

Quando o assunto é segurança, a máquina da Link-Belt também dá um show. O equipamento vem com cabine ROPS/FOPS, câmera de ré, cinco pontos de iluminação (dois na cabine, dois na lança e um na dianteira, que proporcionam visibilidade a qualquer

Foto: divulgação

Robusta, versátil e com uma cabine altamente confortável e tecnológica, o modelo 360X3E é um dos destaques da Link Belt para 2019. Ele segue o padrão de economia de combustível com alta produção característico da Link-Belt. Iniciando pela eficiência, a escavadeira é mais econômica, graças à combinação de tecnologias Sumitomo, agregando mais inteligência na hidráulica e no gerenciamento das bombas com motor ISUZU. Além disso, a 360X3E tem maior capacidade de escavação, maiores velocidades de giro e elevação simultâneas que proporcionam ciclos de trabalhos mais rápidos – tudo isso graças ao sistema hidráulico avançado que acompanha o novo equipamento.

KOMATSU ADQUIRE A IMMERSIVE PARA OTIMIZAR O TRABALHO EM MINERAÇÃO No mês de julho, a Komatsu Ltd. copncluiu as negociações para a aquisição da Immersive Technologies Pty Ltd., empresa de otimização da força de trabalho em mineração. Através de sua subsidiária na Austrália, a Komatsu realiza os procedimentos de compra da doravante Immersive, também situada naquele país.   Com essa aquisição, a multinacional japonesa reforçou o novo plano de gestão de médio prazo (2019-2021), iniciado em abril deste ano, sob o título “Valor DANTOTSU: AVANTE Juntos, para o Crescimento Sustentável”. De acordo com o presidente e CEO da Komatsu Ltd, Hiroyuki Ogawa, juntamente com seus clientes, a empresa visa proporcionar locais de trabalho mais seguros, altamente produtivos, inteligentes e limpos, num futuro breve. “Ao integrar as soluções da Immersive à nossa linha, a

Komatsu contribuirá ainda mais para melhorar a segurança e a produtividade dos clientes de mineração e otimizar suas operações”, sintetiza Ogawa. Isso será possível pois a Immersive desenvolve, fabrica e vende simuladores de equipamentos de mineração para o treinamento dos operadores de equipamentos para minas a céu aberto e subterrâneas. Peter Salfinger, CEO da empresa, esclarece que a Immersive também oferece programas educacionais desenvolvidos para melhorar a segurança e a produtividade das operações de campo dos clientes, utilizando simuladores e provendo soluções de treinamento desenvolvidas para promover a otimização operacional, e propor recomendações de melhoria. REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

59


INDICADORES ECONÔMICOS

PREÇOS E CUSTOS DA CONSTRUÇÃO CUB/RS DO MÊS DE AGOSTO/2019 – NBR 12.721- VERSÃO 2006 PADRÃO DE ACABAMENTO

PROJETOS

VARIAÇÃO %

CUSTO R$/M2

CÓDIGO

MENSAL

ANUAL

12 MESES

RESIDENCIAIS Baixo

R 1-B

1.480,59

2,82

2,33

2,60

Normal

R 1-N

1.879,10

3,13

2,99

3,60

Alto

R 1-A

2.359,24

2,81

3,03

3,97

Baixo

PP 4-B

1.362,57

2,54

3,02

3,70

Normal

PP 4-N

1.804,08

2,87

2,85

3,65

Baixo

R 8-B

1.294,48

2,46

2,85

3,75

Normal

R 8-N

1.562,69

2,90

3,13

4,16

Alto

R 8-A

1.913,50

2,55

2,97

4,09

Normal

R 16-N

1.520,10

2,86

3,23

4,24

Alto

R 16-A

1.966,23

2,72

3,06

4,42

PIS (Projeto de Interesse Social)

PIS

1.065,64

2,55

3,28

4,03

RPQ1 (Residência Popular)

RP1Q

1.574,24

3,51

3,91

4,43

Normal

CAL 8-N

1.864,53

2,62

2,90

4,35

Alto

CAL 8-A

2.055,22

2,41

2,87

4,45

Normal

CSL 8-N

1.547,65

2,82

2,86

4,07

Alto

CSL 8-A

1.775,25

2,57

2,92

4,10

Normal

CSL 16-N

2.071,84

2,80

2,98

4,22

Alto

CSL 16-A

2.372,04

2,56

3,03

4,26

815,83

2,72

2,25

3,71

R-1 (Residência Unifamiliar)

PP (Prédio Popular)

R-8 (Residência Multifamiliar)

R-16 (Residência Multifamiliar)

COMERCIAIS CAL-8 (Comercial Andar Livres)

CSL-8 (Comercial Salas e Lojas)

CSL-16 (Comercial Salas e Lojas) GI (Galpão Industrial)

GI

Fonte: DEE – Sinduscon-RS

Tendo em vista a publicação da NBR 12.721/2006, os Custos Unitários Básicos por m2 de construção passaram, a partir de fevereiro/2007, a ser calculados de acordo, com os novos projetos-padrão e, em conseqüência, de novos lotes de insumos. Essa atualização invalida, portanto, a comparação direta dos Custos Unitários obtidos a partir da NBR 12.721/2006 com aqueles obtidos com base na NBR vigente até janeiro/2007 (NBR12.721/1999).

“Na formação destes custos unitários básicos não foram considerados os seguintes itens, que devem ser levados em conta na determinação dos preços por metro quadrado de construção, de acordo com o estabelecido no projeto e especificações correspondentes a cada caso particular: fundações, submuramentos, paredesdiafragma, tirantes, rebaixamento de lençol freático; elevador(es); equipamentos e instalações, tais como: fogões, aquecedores, bombas de recalque, incineração, ar-condicionado, calefação, ventilação e exaustão, outros; playground (quando não classificado como área construída); obras e serviços complementares; urbanização, recreação (piscinas, campos de esporte), ajardinamento, instalação e regulamentação do condomínio; e outros serviços (que devem ser discriminados no Anexo A – quadro III); impostos, taxas e emolumentos cartoriais, projetos: projetos arquitetônicos, projeto estrutural, projeto de instalação, projetos especiais; remuneração do construtor; remuneração do incorporador.”

INDICADORES ECONÔMICOS IGP-M

INCC-M

Variação %

MÊS Nº Índice

SET/18

712,373

OUT/18 NOV/18

Mês

Ano

IGP-DI (Col. 2)

Variação % 12

meses

Nº Índice

Mês

Ano

INCC (Col. 35)

Variação % 12

Nº Índice

meses

1,52

8,29

10,04

739,432

0,17

3,23

3,86

706,834

718,684

0,89

9,25

10,79

741,859

0,33

3,57

4,00

707,441

-1,08

7,54

7,54

744,699

0,13

3,97

3,97

DEZ/18

667,524

0,64

1,47

0,20

720,953

0,23

0,65

JAN/19

707,488

0,01

0,01

6,74

747,656

0,40

0,40

FEV/19

713,747

0,88

0,89

7,60

749,111

0,19

MAR/19

722,707

1,26

2,16

8,22

750,558

0,19

ABR/19

729,346

0,92

3,10

8,64

754,203

MAI/19

732,595

0,45

3,56

7,64

JUN/19

738,421

0,80

4,38

6,51

JUL/19

741,346

0,40

4,79

AGO/19

736,402

-0,67

4,09

Mês

Ano

Variação % 12

meses

Nº Índice

Mês

Ano

12

meses

1,79

8,54

10,33

741,305

0,23

3,21

3,92

708,694

0,26

8,83

10,51

743,866

0,35

3,56

3,96

697,446

-0,45

7,10

7,10

745,856

0,13

3,84

3,84

3,47

659,665

0,56

1,30

0,76

723,163

0,24

0,68

3,69

4,09

697,923

0,07

0,07

6,56

749,517

0,49

0,49

4,03

0,59

4,14

706,660

1,25

1,32

7,73

750,180

0,09

0,58

3,99

0,79

4,11

714,243

1,07

2,41

8,27

752,524

0,31

0,89

4,06

0,49

1,28

4,32

720,695

0,90

3,33

8,25

755,373

0,38

1,28

4,15

754,859

0,09

1,36

4,09

723,577

0,40

3,75

6,93

755,625

0,03

1,31

3,95

758,177

0,44

1,81

3,76

728,142

0,63

4,40

6,04

762,304

0,88

2,21

3,86

6,39

765,053

0,91

2,73

3,95

728,084

-0,01

4,39

5,56

766,699

0,58

2,79

3,82

4,95

767,682

0,34

3,09

4,00 Fonte: FGV – Fundação Getúlio Vargas

60

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019


CATEGORIAS

VARIAÇÃO %

SALÁRIO MÉDIO* R$/H

Mês

Ano

12 meses

MESTRE DE OBRAS Até 25 subordinados

19,43

-0,05

2,21

6,12

Acima de 25 subordinados

23,68

3,91

2,47

-22,82

Média

20,55

1,18

2,70

-4,68

PEDREIRO

7,55

5,59

5,01

5,30

SERVENTE

6,11

5,53

5,89

6,63

CARPINTEIRO

7,64

4,09

3,38

3,24

FERREIRO (ARMADOR)

7,58

3,69

4,12

4,99

PINTOR

7,50

5,19

5,19

5,19

15,10

6,64

2,72

59,28

APONTADOR

INDICADORES ECONÔMICOS

SALÁRIOS MÉDIOS – AGOSTO/2019

ELETRICISTAS Oficial

7,80

4,00

3,17

3,31

Meio Oficial

6,42

0,63

2,23

2,23

Ajudante

5,92

2,96

4,04

4,96

Oficial

8,03

1,77

4,02

4,29

Meio Oficial

6,42

0,16

2,23

2,23

Ajudante

5,92

2,96

4,96

4,96

45,20

1,89

-3,07

-6,20

INSTALADORES HIDRÁULICOS

ENGENHEIRO

Fonte: DEE – Sinduscon-RS *Não estão incluídos os encargos sociais, bonificações e outras despesas.

PREÇOS MÉDIOS DOS MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO – AGOSTO/2019 INSUMOS BÁSICOS

UNIDADE

PREÇO

VARIAÇÃO % Mês

Ano

12 Meses

Placa cerâmica (azulejo) 3Ocm x 4Ocm, PB II

m

2

23,07

2,53

2,17

5,01

Tubo de ferro galvanizado com costura Ø 2 1/2"

m

52,99

2,40

-2,63

-2,63

Brita nº 02

m3

62,97

2,04

3,86

5,85

l

25,40

2,01

7,86

14,47

Emulsão asfáltica impermeabilizante

Kg

18,76

1,85

6,83

5,04

Tijolo 9 cm x 19 cm x 19 cm

unid

0,62

1,64

3,33

1,64

Locação de Betoneira

dia

37,00

1,62

12,12

12,12

Fechadura para porta Interna, em ferro, acabamento cromado

unid

40,69

1,50

6,66

11,45

m

184,30

1,44

-0,11

-0,99

Disjuntor tripolar 70 A

unid

113,97

1,33

7,92

7,08

Porta lisa p/pintura

unid

132,99

1,27

3,79

2,89

Areia Lavada

m3

65,25

1,19

1,16

0,77

Chapa compensado plastificado 18mm

m2

35,32

0,48

0,71

2,47

Registro de pressão cromado Ø 1/2"

unid

50,42

0,42

11,23

10,21

Bancada de pia de mármore branco 2,00 m x 0,60m

unid

1.135,31

0,00

2,91

2,55

Esquadria de correr tamanho 2,00 x 1 ,40m , em alumínio

m2

791,53

0,00

1,45

8,69

Placa de gesso

m2

11,01

0,00

0,00

0,00

Vidro liso transparente 4 mm

m2

69,33

0,00

5,05

13,66

Tubo de PVC-R rígido reforçado para esgoto Ø 150 mm

m

29,05

-0,31

-1,76

-4,09

Tinta látex PVA

Janela de correr tamanho 1,20m x1,20m em ferro

Fio de cobre anti-chama, Isolamento 750V,#2,5 mm2

m

1,34

-0,74

5,51

0,75

288,38

-1,09

0,40

-1,69

m2

19,59

-1,26

-9,56

-11,48

Concreto fck=25 Mpe

m3

341,71

-1,49

2,22

1,84

Cimento CP-32 II

Kg

0,53

-1,85

-3,64

-5,36

Aço CA-50 Ø10 mm

Kg

4,64

-2,11

-7,20

1,09

Bloco de concreto sem função estrutural 19 x 19 x 39 cm

unid

3,97

-2,46

-2,46

3,93

Bacia sanitária branca com caixa acoplada

unid

Telha fibrocimento ondulada 6 mm

Variação percentual no mês, em ordem decrescente. Fonte: DEE – Sinduscon/RS

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

61


Foto: divulgação

ARTIGO

Por Camila Kleis Rodacki Engenheira e sócia-proprietária da WRodacki

NOVAS TECNOLOGIAS NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL O setor da construção civil é um dos mais importantes para a economia do Brasil, correspondendo a 4,5% do PIB brasileiro, segundo o banco de dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), de 2018, sofrendo quedas até então. A escassez de mão de obra qualificada, a inexistência de investimentos em novas tecnologias e, sobretudo, a falta de ousadia em gestão e novas soluções, contribuíram para este cenário. No entanto, a previsão para 2019 é diferente. De acordo com o Sindicato da Indústria da Construção do Estado de São Paulo (Sinduscon/SP), e da fundação Getúlio Vargas (FGV), a construção civil tem previsão de crescimento para este ano, podendo atingir 2% a mais em relação à 2018. É preciso ter cautela, visto que segundo especialistas, o número de desemprego na construção civil no Brasil tende a aumentar caso fatores como burocracia, falta de incentivos e de investimentos continuem a afetar o mercado. Para fazer com que a indústria brasileira embarque nos novos rumos da construção civil, eventos, apresentom diversas tecnologias que podem ser adotadas de imediato nas empresas de construção civil, além de ressaltarem o crescimento das startups que estão transformando essa indústria. A Construtech Ventures, empresa que investe na cadeia da construção civil e no mercado imobiliário, levantou que em 2019 o Brasil já conta com mais de 12 mil startups, sendo que 562 são voltadas para a construção civil. Os estados brasileiros

62

REVISTA CONSTRUSUL

SETEMBRO/OUTUBRO 2019

com mais construtechs são São Paulo, com 230, Santa Catarina, com 79 e Minas Gerais, com 58. Robótica, Impressão 3D, Machine Learning, Realidade Virtual, IoT, Drones e muitas outras tecnologias estarão cada vez mais presentes nos canteiros de obras pelo mundo e prometem alavancar o setor nos próximos anos. Uma destas soluções inovadoras e que fornece material rico, preciso e ágil para diversos fins, é o Laser Scanner 3D. Com o objetivo de automatizar o processo de medição, este equipamento permite uma precisão milimétrica para documentação e pesquisas em 3D. Alguns benefícios do laser scanner 3D são: aumento de potencial produtivo, redução de visitas ao local e de equipe de campo, registro completo do ambiente, minimização de riscos, agilidade, interoperabilidade, qualidade de dados, redução de retrabalhos e eliminação de atividades sem valor agregado. O mercado de imóveis aumentou 10% em relação ao ano passado, e está perto de um novo salto tecnológico. As construtechs, startups da área da construção civil e do setor imobiliário, são empresas com propostas inovadoras e que podem ser protagonistas no processo de renovação do setor. De acordo com dados do ConstruTech Conference 2019, já existem doze construtechs avaliadas em mais de um bilhão de dólares, conhecidas como unicórnios, e a perspectiva é só aumentar. Certamente essas inovações virão para mudar o cenário, possibilitando obras mais rápidas, sustentáveis e com menores custos.


O LUGAR IDEAL PARA

CONSTRUIR NEGÓCIOS

/construsul

/feiraconstrusul

Profile for suleventos

Revista Construsul - Ed. 80  

Há doze anos no mercado, a Revista Construsul é destinada às empresas anunciantes que desejam dar destaque aos seus produtos e apresentar a...

Revista Construsul - Ed. 80  

Há doze anos no mercado, a Revista Construsul é destinada às empresas anunciantes que desejam dar destaque aos seus produtos e apresentar a...

Advertisement