Page 1

Revista

Pará+ JULHO 2015

BELÉM-PARÁ

WWW.PARAMAIS.COM.BR

ISSN 16776968

EDIÇÃO 161

R$ 8,00

ESPECIAL verão

CAPA 161.indd 1

23/07/2015 18:48:23


2

Parรก+

ANUNCIO UNIMED.indd 2

www.paramais.com.br

23/07/2015 14:28:36


www.paramais.com.br

ANUNCIO 49ª AGROPEC.indd 3

Pará+

03

23/07/2015 11:21:34


Pará+

Revista

N E S TA E D I Ç ÃO EDIÇÃO 161 - JULHO/2015

05

Belém receberá, em 2016, evento preparatório do 8º Fórum Mundial das Águas

06

VII Fórum TCE-PA e Jurisdicionados

08

Prefeitura de Belém apresenta Operação Verão 2015

Férias em casa

12

Esteja pronta para o verão…

14

Grana para as Férias

18

O Verão e sua pele pede hidratação

* Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores.

C A PA

Pará+

Para curtir o Verão e não se arrepender depois

32

Como cuidar de seus cabelos no verão

34

Cuidado com o que você come neste Verão

.COM.BR

MAIS WWW.PARA

BELÉM-PA

JULHO 2015

EDIÇÃO 161

22

6968

30

ÍNDICE DIRETOR e PRODUTOR: Rodrigo Hühn; EDITOR: Ronaldo Gilberto Hühn; COMERCIAL: Alberto Rocha, Augusto Ribeiro, Rodrigo Silva, Rodrigo Hühn; DISTRIBUIÇÃO: Dirigida, Bancas de Revista; REDAÇÃO: Ronaldo G. Hühn; COLABORADORES*: Amauri Nobrega, Celso Freire, Dani Filgueiras, Edson Oliveira, Henrique Mol, Joyce Rodrigues, Maria Leonor Saraiva, Wesley Dmitruk; FOTOGRAFIAS: Arquivo Ag. Pará, Arquivo Comus, Arquivo Os Pará 2000, Ascom Pro Paz, Cláudio Santos e Cristino Martins/ Ag. Pará, Celso Freire, Claudio Mangano, Divulgação, Flavya Mutran, Geraldo Ramos Os Pará 2000, José Pantoja - Ascom Sespa, Mirthes Vargas, Oswaldo Forte; DESKTOP: Mequias Pinheiro; EDITORAÇÃO GRÁFICA: Editora Círios

Como proteger as crianças do Sol, no Verão

ISSN 1677

Férias de julho

10

Revista

16

PUBLICAÇÃO

Editora Círios SS Ltda CNPJ: 03.890.275/0001-36 Inscrição (Estadual): 15.220.848-8 Rua Timbiras, 1572A - Batista Campos Fone: (91) 3083-0973 Fax: (91) 3223-0799 EDITORA CÍRIOS ISSN: 1677-6968 CEP: 66033-800 Belém-Pará-Brasil www.paramais.com.br revista@paramais.com.br

R$ 8,00

VERÃO ESPECIAL

24

Alguns dados alarmantes sobre foto proteção no Brasil Ser feliz ou obter sucesso? Escolha as duas opções! Paraense é destaque durante a Feira de Ciências nos Estados Unidos

Farinha de pupunha na mesa do paraense

Nesta Edição (161).indd 4

FAVOR POR

CIC

RE

40

38

Água para aliviar o calor

ST A

36 37

Tereza Haianne, modelo Beckmodel, natural do município de Augusto Correa, atual Garota Pérola Fm considerado o maior concurso de beleza da região bragantina, vencedora da seletiva estadual, ao programa Domingão do Faustão. Em SalinópolisPará. Fotos Miro Jr e Celso Lobo

I LE ESTA REV

www.paramais.com.br

23/07/2015 14:33:57


Em Belém, evento do 8º Fórum Mundial das Águas

A

realização do 8º Fórum Mundial das Águas no Brasil, em 2018, já começa a costurar iniciativas proveitosas para o Estado. Belém foi escolhida como a cidade que vai representar a Amazônia e sediar o primeiro evento preparatório do fórum. Uma equipe do Conselho Mundial da Água se reuniu com o governador Simão Jatene e as secretarias envolvidas no evento para definir o plano de trabalho. O governador recebeu a equipe junto com os secretários de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Luís Fernandes; de Educação, Helenilson Pontes; Cultura, Paulo Chaves; e o Chefe do Núcleo de Representação do Estado do Pará no Distrito Federal, Ophir Cavalcante Junior. “Não poderia ter lugar melhor para realização desse evento. Ele vem para o Estado que tem a maior quantidade de água doce no Brasil. E vem ao encontro da política do Governo do Estado que é criar uma política de meio ambiente. Já estávamos trabalhando nessa direção, principalmente quando a secretaria mudou para meio ambiente e sustentabilidade; e ainda dentro dela criou uma secretaria adjunta de recursos hídricos. Um evento desses vem para ajudar e muito nesse trabalho”, comenta Fernandes. O Fórum vai ocorrer pela primeira vez no hemisfério sul do planeta, e a capital fede-

ral será a sede dessa recepção. Mas, antes, serão realizados eventos iniciais, denominados “Rumo a Brasília 2018”, em algumas capitais brasileiras e de países latino-americanos. “O fórum acontece a cada três anos, o último foi na Coreia do Sul. A nossa ideia é chegar em Brasília com uma visão brasileira e latino-americano que contemple toda essa diversidade. Para isso vamos percorrer cidades como Belém, Salvador, São Paulo, Foz do Iguaçu, Santiago, Buenos Aires e Cidade do México. Belém receberá o primeiro evento, programado já para o primeiro trimestre do ano que vem”, explica o governador do Conselho, Newton Azevedo. O objetivo do Conselho é despertar cada vez mais interesse da população acerca dos problemas que pairam sobre os recursos hídricos no mundo.

Meta

O Conselho Mundial da Água é uma plataforma internacional de agentes que par-

“Belém receberá o primeiro evento, programado já para o primeiro trimestre do ano que vem”, explica o governador do Conselho, Newton Azevedo

tilham da mesma preocupação sobre as questões da água do mundo. Ela foi criada em 1996 por iniciativa de organizações internacionais, com o objetivo de promover a consciência, e aumentar o compromisso político sobre questões hídricas. Com isso, facilita a conservação, proteção, desenvolvimento, planejamento, gestão e uso eficiente da água em todas as suas dimensões em uma base ambientalmente sustentável para o benefício de toda a vida no planeta.

Uma equipe do Conselho Mundial da Água se reuniu com o governador Simão Jatene e as secretarias envolvidas no evento para definir o plano de trabalho

www.paramais.com.br

Belém receberá, em 2016, evento preparatório do 8º Fórum Mundial das Águas.indd 5

Pará+

05

23/07/2015 15:43:16


VII Fórum TCE-PA e Jurisdicionados Fotos Rodrigo Lima e Fábio Carvalho

C

om o tema “Os Tribunais de Contas no Controle da Aplicação dos Recursos Públicos”, o Tribunal de Contas do Estado do Pará (TCEPA) realizou entre os dias 24 e 26 de junho, o VII Fórum TCE e Jurisdicionados, no Hangar. Foram três dias de muito conhecimento, com grandes juristas, especialistas, ministros e conselheiros de Tribunais de Contas. Abrindo a parte científica do VII Fórum, o ministro do TCU, Augusto Nardes, proferiu a palestra magna, com o tema “Os TC’s no Controle da Aplicação dos Recursos Públicos”, abordando também alguns elementos da Governança Pública, objeto do livro que lançou em Belém no dia 23 de junho, dentro da programação do evento. Nardes concluiu a palestra magna ressaltando que a boa governança existe quando, pelo uso eficiente dos recursos públicos, a corrupção é evitada, e que governar bem “é induzir o desenvolvimento para produzir melhores serviços à sociedade”. À tarde, o ex-Ministro Chefe da CGU, Jorge Hage Sobrinho, apresentou o painel “Por um Modelo integrado de Controle Interno e Combate à Corrupção”. O ex-ministro observou que “as instituições em defesa do Estado vêm atuando de forma articulada, porém muita coisa precisa ser feita para avançar nas ações de combate a essa verdadeira praCons. Nelson Chaves

06

Pará+

VII Fórum TCE- PA e Jurisdicionados.indd 6

Ministro Gilmar Mendes do STF

ga social que é a corrupção”. A última palestra do 1º dia do VII Fórum foi ministrada pelo ex-Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Machado, cujo tema foi “Custos e Qualidade dos Gastos”, ressaltando que saber “quanto custa uma escola, um hospital, uma penitenciária”, pode evitar o retrabalho, que gera perdas contínuas de tempo e dinheiro, acentuou. No 2º dia do Fórum, o conselheiro Odilon Teixeira, ouvidor do TCE-PA, apresentou o painel “Ouvidoria – Instrumento de Cidadania na transformação do processo de gestão”, em que apresentou o conceito de ouvidor como o responsável por ouvir as queixas dos cidadãos em busca de melhores serviços junto aos governantes e que a criação da Ouvidoria do TCE-PA “foi assegurar ao cidadão a participação social, e dessa forma assegurar o fortalecimento do controle social bem como o aprimoramento da gestão do tribunal.” Encerrando a programação desse dia, o painel “A Boa Governança como Mecanismo de Combate ao Desvio de Recursos Públicos”, em que a conselheira substituta Milene Cunha asseverou que o papel da Governança é “criar mecanismos de freio que levem a administração pública a reavaliar suas políticas, realinhando-as às demandas exigidas pela sociedade, a partir do controle social, e gerando, com isso, uma melhor aplicação dos recursos públicos”, concluiu. O último dia do VII Fórum TCE e JurisdiCons. Luis Cunha O ministro do TCU Augusto Nardes proferiu a presidente do TCE palestra magna e apresentou o sistema de controle da aplicação dos recursos públicos

www.paramais.com.br

23/07/2015 09:23:46


TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARÁ

Mesa oficial da abertura do VII Fórum TCE- PA e Jurisdicionados

cionados, começou pela manhã com o Painel “Gestão e Controle de Recursos Hídricos”, durante o qual o conselheiro Nelson Chaves afirmou que o Brasil ainda sofre com problemas ligados à fome, ao analfabetismo, à segurança pública, à violência contra a mulher, às drogas e à corrupção, e que, “em relação à água, tão importante para a vida e para a saúde, é absolutamente inadmissível que em uma região como a nossa, um país como o nosso, com a maior bacia hidrográfica do mundo, milhões de pessoas, especialmente as crianças, não tenham direito de beber um copo de água potável por dia, e essa é uma situação perversa que exige a união de todos para que possa mudar”, ressaltou.

O ministro do TCU Augusto Nardes proferiu a palestra magna e apresentou o sistema de controle da aplicação dos recursos públicos

Ministro Gilmar Mendes encerra programação

Jatene falou do momento que o Brasil atravessa e destacou a postura e a iniciativa do TCU em se reinventar e contribuir para o desenvolvimento do país www.paramais.com.br

VII Fórum TCE- PA e Jurisdicionados.indd 7

À tarde, encerrando o ciclo de palestras do VII Fórum, o ministro Gilmar Mendes falou sobre “A Eficácia das Decisões dos Tribunais de Contas”. O ex-presidente do STF afirmou que em relação à eficácia das decisões dos tribunais de contas, em que se pensa na possibilidade deles executá-las judicialmente, alguns aspectos sobre o caráter judicial ou não dos TC’s estão sendo discutidos atualmente. Por isso, afirmou, “mudanças, seja na Constituição, seja na legislação própria, podem ampliar a eficácia das ações praticadas pelos TC’s, tornando a execução possível, discutindo-se apenas se será feita de modo autônomo ou com o auxílio da Procuradoria Geral”, finalizou. Pará+

07

23/07/2015 09:23:50


Prefeitura de Belém apresenta

Operação Verão 2015 Fiscalizar os balneários mais visitados no mês de julho e proporcionar lazer e segurança.

E

Texto Edson Oliveira Fotos Arquivo Comus, Oswaldo Forte

sse é o objetivo da “Operação Verão 2015”, da Prefeitura de Belém, que iniciou desde sexta-feira, 3. A operação recebe o apoio do Governo do Estado, por meio do Sistema de Segurança Pública e foi apresentada no Comando Geral do Corpo de Bombeiros. Na ocasião, o Governador do Estado, Simão Jatene, afirmou a importância das parcerias na operação 2015. “Eu vim agradecer o empenho de cada órgão, pois sem isso não teríamos as férias que queremos. Desejo sucesso a essa operação”, disse. Em um mês intenso de atividades, os veranistas da capital contarão com o trabalho de cerca de 1.200 agentes que atuarão nos Distritos de Mosqueiro, Outeiro, Icoaraci e Ilha de Cotijuba. No Distrito de Icoaraci, shows e torneios serão realizados no anfiteatro da orla, Praia do Cruzeiro, Feira de Artesanato do Paracuri, Praça da Matriz e Trapiche, onde um efetivo de 45 servidores atuarão na segurança, ordenamento e fiscalização. Em Outeiro, o estacionamento e a arena da Praia Grande servirão de espaço para a realização de atividades recreativas

O Governador do Estado, Simão Jatene, afirmou a importância das parcerias para que a operação 2015 seja bem-sucedida

e torneios esportivos. Já em Mosqueiro, a agência distrital vai atuar na fiscalização da Praia do Farol, Praça Matriz, Praça do Carananduba, Praça da Vila, Portal e Orlas. O trabalho recebe o reforço da Secretaria Municipal de Economia (Secon). A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) vai gaA ação integrada da PMB vai de 3 julho a 4 de agosto

rantir a fluidez tanto de veículos, quanto de pedestres, no veraneio 2015. Na capital paraense, durante os finais de semana, um total de 40 agentes estará nas ruas, atuando em escalas diurnas e noturnas. “A operação está dividida em Belém, Mosqueiro, Outeiro, Icoaraci e Cotijuba. Vamos dividir um efetivo semanal de 120

Em um mês intenso de atividades, os veranistas da capital contarão com o trabalho de cerca de 1.200 agentes que atuarão nos Distritos de Mosqueiro, Outeiro, Icoaraci e Ilha de Cotijuba.

08

Pará+

Prefeitura de Belém apresenta Operação Verão 2015.indd 8

www.paramais.com.br

23/07/2015 09:49:02


Operação Verão 2015, da Prefeitura de Belém, conta com apoio do governo do Estado

Para o atendimento aquático os Bombeiros utilizarão caiaques, lanchas, pranchão, tubo de salvamento e nadadeiras Os balneários de Belém e no Portal da Amazônia serão animado por atrações musicais durante todo o mês de julho

agentes de trânsito. De segunda a sexta, oito agentes estarão em Mosqueiro com uma viatura e duas motos. Outeiro contará com o serviço de sete agentes. Em Icoaraci, o trabalho será realizado com quatro agentes e uma viatura para dar o apoio”, afirmou o coordenador de trânsito, Pedro Paulo Oliveira. A Secon estará no Portal da Amazônia, Orla de Icoaraci e Mosqueiro, com um efetivo de 15 servidores que fiscalizarão o ordenamento do comércio informal nas vias públicas. A Guarda Municipal de Belém (GMB) e Ouvidoria Geral do Município (OGM) também trabalharão nos distritos durante todo o verão. A Secretaria Municipal de Esporte, Juventude, e Lazer (Sejel) terá uma programação repleta de atividades esportivas e recreativas para os veranistas. Já a Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) realizará a coleta de entulho, capinação, raspagem, caiação, roçagem e varrição em Mosqueiro e Outeiro. Durante todo o veraneio, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) atuará com ações de educação ambiental, fiscalização e monitoramento nos distritos. A Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) reforçará a equipe do Hospital Geral de Mosqueiro, e unidades básicas de Outeiro, Icoraci e Contijuba, além de organizar ações educativas em terminais rodoviários e hidroviários, fiscalizações e inspeções em feiras, mercados, farmácias, hotéis, e ações preventivas contra as DSTs, HIV e Sífilis. A ação integrada da PMB vai de 3 julho a 4 de agosto, e conta com a parceria do Governo do Estado e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A Guarda Municipal de Belém (GMB) e Ouvidoria Geral do Município (OGM) também trabalharão nos distritos durante todo o verão www.paramais.com.br

Prefeitura de Belém apresenta Operação Verão 2015.indd 9

Pará+

09

23/07/2015 09:49:07


Férias em casa

Passeios ecológicos com a criançada

Pesquisadora da UFPA dá dicas de como distrair os pequenos neste veraneio

P

Fotos Ascom Pro Paz, Arquivo Os Pará 2000, Divulgação, Geraldo Ramos Os Pará 2000

ara muitas famílias, o mês de julho pode se tornar um problema devido a incompatibilidade de horários entre pais e filhos, já que em algumas situações a criança fica de férias e os responsáveis não. Pensando nisso, a doutora em Psicologia da Educação da Universidade Federal do Pará, Ivany Pinto, elaborou algumas dicas para ajudar quem for ficar em casa durante este período. Para aquelas famílias que não podem viajar, uma boa maneira de estabelecer um contato mais dinâmico entre a família é esquematizar e planejar as atividades. É preciso entreter os filhos em casa, principalmente nos finais de semana. “É importante que os filhos saibam que seus pais estão trabalhando e ele está de férias. Porém, também é necessário que os pais procurem se fazer presentes em inúmeros momentos das férias de seus filhos, conversar, trocar ideias com eles, saber como estão se sentindo. Acompanhá-los é de vital valor para a rela10

Pará+

Férias em casa.indd 10

Colônia de Férias do Mangal é uma opção

ção entre pais e filhos” destaca a psicóloga da UFPA. O momento de lazer pode ser o mais

diverso possível, desde jogar videogame em casa até visitar uma exposição em um museu próximo. Cabe a cada família deter-

www.paramais.com.br

23/07/2015 09:52:55


Professora Ivany Pinto, da Universidade Federal do Pará

minar aquilo que as crianças mais gostam de fazer e o importante é combinar com os pequenos aquilo que pode ou não ser feito durante o mês de folga. Uma alternativa é a colônia de férias que muitos clubes e espaços da cidade oferecem, com jogos, brincadeiras e pinturas. Mas Ivany Pinto ressalta que “as colônias de férias podem ajudar, mas não deve ser motivo para os pais não se ocuparem de seus filhos”.

É comum também que neste período as crianças sintam vontade de sair com os amigos. Geralmente os filhos marcam de dormir na casa dos colegas, ir ao cinema ou fazer outras atividades juntos. Mas os pais devem ficar atentos. “O aconselhável é que eles já conheçam os colegas dos seus filhos e também que os pais destes amigos estejam de acordo quando um for visitar a casa do outro”, recomenda a pesquisadora. Ivany Pinto

assegura que se os pais realizarem pelo menos algumas atividades, já será o suficiente para deixar as crianças felizes sem gastar quase nada. Quando as férias estiverem próximas de terminar é preciso que os pais adequem a rotina dos filhos para o retorno das aulas. Voltar aos poucos com as atividades de antes e acordar as crianças mais cedo são alternativas para evitar a tradicional preguiça no início das aulas. Ivany Pinto conclui que “os pais não devem esquecer que após as férias o esquema muda e quem sabe iniciar a mudança principalmente nos horários das brincadeiras uns dias antes de terminar o período das férias”.

01. Convide amigos dos seus filhos para brincarem na sua casa; 02. Faça a noite da pizza: vocês fazem a pizza; 03. Karaokê: promova um concurso de canto e dança; 04. Uma tarde para fazer picolé: coloque suco de frutas de vários sabores e leve ao freezer; 05. Faça um diário de férias: fotografe as brincadeiras, passeios, etc; 08. Realize uma sessão pipoca com cinema em casa; 09. Para as meninas, faça o dia do “Salão”, chame as amigas delas e deixem que arrumem

o cabelo umas das outras, pintem as unhas, etc; 10. Para os menores: faça máscaras de super-herói (Ex. Homem Aranha, Zorro, Batman). Utilize cartolina, tintas ou tecido; 11. Façam juntos objetos e brinquedos de sucata tais como: robôs, porta-retrato, barcos, fantasias, etc; 12. Façam fantoches e/ou bonecos e bolas utilizando meias velhas; 13. Aprenda jogos de tabuleiro: dama, xadrez, monopólio, soletrando, etc; 14. Façam um jardim ou uma horta. Se não tiver quintal, usem uma jardineira;

15. Façam um piquenique; 16. Leve as crianças a um parque ou pracinha para soltar pipa; 17. Visite um Museu, Exposição ou Biblioteca; 18. Vá ao Cinema; 19. Visite alguém solitário em um asilo, ONG, abrigo, hospital, etc; 20. Vá pescar e/ou acampar; 21. Procure atividades gratuitas oferecidas pelos Shoppings 22. Programe passeio de bicicleta em família; 23. Deitem na grama e brinquem de adivinhar formas com as nuvens.

Aproveitar as férias para fazer esporte

Dicas para entreter as crianças em casa durante as férias escolares

MATERIAIS ELÉTRICOS MATERIAIS HIDRÁULICOS AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

Av. Dr. Freitas, 101

entre Pedro Alvares Cabral e Pass. 3 de Outubro

www.paramais.com.br

Férias em casa.indd 11

Pará+

11

23/07/2015 09:52:56


Esteja pronta para o verão…

V

Texto Joyce Rodrigues*

ocê já está pronta para o verão? Não? Com a ajuda da tecnologia cosmética e de um pouco de empenho, ainda dá tempo de preparar o corpo e o rosto para a estação mais badalada do ano. “A boa notícia é que, mesmo que já estejamos em julho, ainda dá tempo de se preparar para o alto verão”, incentiva Joyce Rodrigues, Farmacêutica Bioquímica e Cosmetóloga, especialista no desenvolvimento de dermocosméticos e cosmecêuticos. Além de começar a investir em uma alimentação mais saudável e na prática de atividades físicas – hábitos que fazem bem em qualquer estação do ano – Joyce diz que muitos procedimentos estéticos, se realizados a partir de agora, já podem mostrar seus efeitos benéficos até o fim da primavera. A seguir, ela destaca seis dicas – três para o rosto e três para o corpo – que vão turbinar qualquer “projeto verão”:

o aspecto de cansaço. A revitalização cutânea repõe vitaminas e nutrientes – como proteínas e oligoelementos – por meio de aparelhos que ajudam na penetração desses componentes na pele. Uso de antioxidantes – os antioxidantes combatem os radicais livres – átomos ou moléculas produzidas em processos metabólicos naturais do organismo, que desestabilizam o organismo e provocam o envelhecimento dos tecidos e das células. O envelhecimento acontece em função do “ataque” que os radicais livres fazem às es-

Para o rosto

Revitalização cutânea – este procedimento auxilia na renovação celular e reestabelece a hidrofilia da pele por meio da retenção hídrica “A finalidade da hidratação é restabelecer hidrofilia da pele por meio da retenção hídrica, permitindo que o manto hidro-lipídico mantenha seu teor de água adequado.” Como tonifica, hidrata e nutre a pele, melhora sua aparência, diminuindo

Uso de antioxidantes

Para turbinar qualquer projeto verão

truturas celulares, danificando-as e causando alterações na pele, como descoloração, ressecamento, perda de elasticidade e formação acelerada de rugas. Os antioxidantes como as vitaminas C e E, quando presentes na formulação de cosméticos, impedem esse processo, mantendo a pele rejuvenescida.

Hidratação – independente da estação, a hidratação deve ser um procedimento constante na pele do rosto, pois ajuda a mantê-la bonita, luminosa e jovem. E não é porque na primavera o tempo é mais úmido que devemos descuidar da hidratação. Beber água e usar hidratantes faciais é fundamental. O melhor é aplicá-lo logo depois do banho – quando a pele está devidamente limpa e os poros, mais receptivos – e antes do protetor solar. Outra dica valiosa é esperar pelo menos um minuto antes de continuar com os cuidados com a pele, seja passando filtro solar ou maquiagem, para que a pele absorva bem o produto. Revitalização cutânea

Drenagem linfática

12

Pará+

Esteja pronta para o verão….indd 12

www.paramais.com.br

23/07/2015 09:54:57


Para o corpo Drenagem linfática – técnica de massagem que acelera o sistema linfático, mobilizando linfa e gânglios linfáticos. Com isso, há eliminação de toxinas e de excesso de líquido acumulado, desinchando o organismo e dando a sensação de “emagrecimento”. Pode ser usada como aliada no combate à celulite, linfoedema e inchaços de várias naturezas, inclusive em processos de pós -operatório. Pode ser feita manualmente ou com a ajuda de aparelhos e não necessariamente deve causar dor para ser eficaz. As manobras devem ser precisas, lentas, leves e superficiais. O profissional deve estar muito bem-preparado para aplicar a técnica para que ela não cause prejuízos a quem a recebe – o que pode ocorrer se não for bem -executada. É contraindicada para pessoas Massagem modeladora

com diagnósticos de tumores, abscessos, nódulos não-identificados,infecção aguda, insuficiência cardíaca ou renal e trombose.

Redutores de medidas – Graças a ativos como cafeína, centella asiática, rutina, xantalgosil C, amarashape, argisil C, chá verde e erva mate, os produtos para o corpo que prometem reduzir medidas ajudam a quebrar a gordura, além da melhora na circulação. Por isso, muitas vezes eles são associados a procedimentos anticelulite. Como dependem de uma boa circulação de sangue local para ter esse efeito, os cremes redutores de medida devem ser sempre associados a massagens, que estimulam a parte circulatória e ajudam os ativos a penetrar na camada de gordura. Também são poderosos aliados para melhorar o problema da gordura localizada. Para que sejam eficazes, exigem disciplina na aplicação, que deve ser periódica. Massagem modeladora – Muitas vezes confundida erroneamente com drenagem linfática, a massagem modeladora tem como objetivo definir melhor os contornos do corpo. Por isso, é muito procurada por quem está em dieta. Ao contrário da drenagem linfática – que não atua diretamente na redução de gordura –, é feita por meio de movimentos vigorosos e firmes, pres-

Redutores de medidas

sionando os pontos de gordura. Durante a aplicação da técnica – que pode ser feita manualmente ou com aparelhos –, cremes específicos para redução de medidas, combate de gordura, celulite e flacidez potencializam os resultados desejados. Ela pode melhorar a elasticidade da pele e a circulação sanguínea. (*) Farmacêutica e Bioquímica de formação, Joyce Rodrigues tem pós-graduação e MBA em Cosmetologia e é Mestranda na Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP), onde estuda filtros solares.

<<

ESSA DUPLA É A MAIOR LIMPEZA! P R O D U T O S

Qualidade que você confia Rod. Artur Bernardes, KM 14 www.paramais.com.br

Esteja pronta para o verão….indd 13

(91) 3204-1400 Pará+

13

23/07/2015 09:54:59


Grana para as Férias

Férias requer planejamento

Gastos extras são comuns durante este mês de julho

J

Fotos Divulgação, Foto Cláudio Santos e Cristino Martins/Ag. Pará

ulho é aquele mês em que os pais tentam tirar uns dias de folga do trabalho, colocam a criatividade para funcionar e fazem um esforço financeiro para realizarem uma viagem e passar mais tempo junto de sua família, principalmente quando se tem filhos, pois eles entram em férias escolares. Entretanto, outro cenário bem comum é as pessoas não se programarem para as férias escolares, com-

14

Pará+

Grana para as Férias.indd 14

prometendo o orçamento financeiro. “Se você é daqueles que toda vez, no mesmo período do ano, senta com a família, faz um diagnóstico da vida financeira, analisa a situação e já se planeja para todas as ocasiões que podem ser previstas – gastos repetitivos e com datas comemorativas e férias, por exemplo –, parabéns! Você é educado financeiramente e tem condição de realizar todos os seus objetivos e sonhos, bem como os de sua família, sem frustrações”, disse o educador Reinaldo Domingos, terapeuta fi-

nanceiro, presidente da DSOP Educação Financeira, Abefin. No entanto, infelizmente, essa não é a realidade de boa parte da população, que não recebeu orientação alguma de hábitos corretos em relação ao uso e à administração dos recursos financeiros, apenas aprendeu a gastar, para depois se preocupar em como irá honrar com seus compromissos. Segundo Reinaldo Domingos, que é autor do best-seller Terapia Financeira, a consequência desse comportamento impulsivo e

www.paramais.com.br

23/07/2015 10:16:09

L r


Preço das passagens deve entrar no orçamento das férias

É preciso levar em consideração todas essas despesas no momento em que estiverem calculando o valor total da viagem

não consciente é de transformar sonhos em pesadelos, pois, mesmo quando se consegue realizar, pagar por ele pode ter efeitos desastrosos para as finanças. “Então, o primeiro passo para que a tão desejada viagem em família não se transforme em uma constante preocupação é planejamento”, ressaltou. Um passeio possui gastos intrínsecos, como transporte, estadia, alimentação, telefonia, dentre outros. Por isso, é preciso levar em consideração todas essas despesas no momento em que estiverem calculando o valor total da viagem. Daí o motivo de se programar com antecedência, para avaliar todos os aspectos, pesquisar os melhores preços e condições e poupar para pagar à

vista, se possível. “Minha orientação para quem não viu nada sobre viagem até o momento é começar a se planejar para realizar um passeio muito melhor no final do ano ou até mesmo no meio do ano que vem”, afirmou. “Sei que a ansiedade de curtir o momento é grande, mas tomar atitudes mais conscientes tem mais vantagens, tanto em curto quanto em longo prazo”, concluiu. Outra dica do terapeuta financeiro é analisar bem qual destino cabe melhor no orçamento financeiro e, se for necessário, mude o local da viagem, para aproveitarem melhor. Segundo Reinaldo Domingos, “tendo educação financeira e planejamento, as

Educador Reinaldo Domingos, terapeuta financeiro

férias serão o que devem ser: um momento de descontração e união”.

Curso de Taxista

Obrigatório para o exercício da profissão Legalize sua profissão e rode com tranquilidade.

Novas turmas às segundas-feiras Toda semana o SEST SENAT abre uma nova turma para que você regularize sua situação e evite multas e punições. Taxista, não perca tempo e aproveite!

Curso obrigatório conforme Resolução nº 456 do CONTRAN Belém - Unidade B37 - Mário Martins (91) 3297-8500 / 3297-8501 / 3297-8502 Rod. Augusto Montenegro, 765 - próximo a Icoaraci carolinesales@sestsenat.org.br www.paramais.com.br

Grana para as Férias.indd 15

Conclusão em apenas 10 aulas Serviço Social do Transporte

Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte

facebook.com/SestSenatBelem Pará+

15

23/07/2015 10:16:12


É comum as famílias tirarem alguns dias para se reunir e conhecer novos lugares

Férias de julho: encontre e planeje sua próxima viagem P

Texto Henrique Mol* Fotos Divulgação

oucas coisas na vida são tão boas quanto viajar. O brasileiro descobriu isso nos últimos anos e agora não perde mais oportunidades para colocar o pé na estrada. Assim, durante as férias de julho é comum as famílias tirarem alguns dias para se reunir e conhecer novos lugares. Mas para aproveitar esse mês de folga bem no meio do ano letivo e encontrar uma viagem que caiba no sonho e no bolso é fundamental se planejar. Confira nove dicas da Encontre Sua Viagem para programar suas férias de julho gastando menos, aproveitando mais e evitando possíveis aborrecimentos. 1. Programe-se financeiramente – Viajar é uma delícia, mas voltar e encontrar várias dívidas acumuladas não é nada bom. Saber como e quanto pode gastar é parte indispensável na hora de planejar as férias

Para quem consegue se programar com antecedência, os descontos podem variar de 5% a 20%. Conseguindo um desconto à vista, até sobrará um dinheirinho para gastar à vontade com presentes, compras e passeios. Isso sem falar na possibilidade de parcelar a viagem em até 10 vezes sem juros. 2. Defina o destino e o roteiro - Destinos e opções não faltam para esta época do ano. Se, por um lado, muitos preferem as praias do nordeste ou destinos famosos como o Rio de Janeiro, por outro lado, muitos aproveitam esse momento para conhecer outros países. Escolhendo o destino, você já pode começar a planejar o roteiro. Para isso, tenha sempre em mente a quantidade de dias disponíveis e considere sempre o tempo que vai gastar em aeroportos, estradas, rodoviárias, traslados e, é claro, não esqueça de incluir as horas de sono, pois o descanso também é necessário para aproveitar.

Para destinos com muitas opções de locais a serem visitados, defina períodos maiores. Consulte também os principais pontos turísticos de cada local, para não perder nada de importante. Pesquise e peça opinião de amigos que já estiveram no local para escolher as melhores atrações, hotéis e restaurantes. 3. Use a Internet a seu favor - Pesquisar e comparar preços é uma ação fundamental para encontrar as melhores opções. Nesse processo a internet é uma ferramenta importante, uma vez que coloca o consumidor em contato direto com passagens, hotéis, passeios, aluguel de carros, etc. Nessa hora é importante avaliar também as condições oferecidas por cada empresa e informar-se sobre os juros cobrados em caso de parcelamento. No caso de passagem aérea, verifique se já estão incluídas as taxas de embarque. 4. Defina a data - Escolher a data da viagem é essencial. Comprar com antecedência é um fator importante, pois pode ajudar você a economizar com preços menores e também a parcelar a viagem em um maior número de vezes, para que, quando chegue a data, você já tenha pago a maior parte das despesas. Procurar horários alternativos de voos, isso também pode contribuir para ter um bom desconto. 5. Escolha o meio de transporte – De carro, de ônibus ou de avião? Tudo vai depender do destino, da quantidade de pessoas e do perfil de cada viajante. O avião tem a vantagem de ser mais confortável e rápido, sendo assim é a principal opção para destinos com maior distância. Porém, dependendo do local pode ser mais caro e burocrático, como no caso do limite de C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

As férias de julho geralmente são ditadas pelo recesso escolar das crianças

16

Pará+

Férias de julho.indd 16

www.paramais.com.br

23/07/2015 10:10:44


Férias em Salinas

bagagem. Existem as promoções de final de semana com preços bem menores do que os praticados durante a semana. Milhas acumuladas em programas de fidelidade são outra opção para economizar com a passagem, para pagar menos ou até viajar de graça. Para quem gosta de aproveitar as paisagens nas viagens, não tem pressa para chegar ao seu destino ou escolheu lugares mais próximos, viajar de ônibus e de carro são as melhores opções. Se for viajar de carro, é imprescindível fazer uma revisão completa e conferir se a documentação está em dia. De ônibus é necessário ficar atento à quantidade de horas de viagem, pois ao contrário de viajar de carro, que você pode parar sempre que quiser, neste caso as paradas são limitadas. Quem estiver pensando em alugar um carro durante as férias, deve ficar atento às leis do país, no caso de via-

gens para o exterior. 6. Verifique os documentos - Programe a viagem verificando todos os documentos necessários, validade dos passaportes, necessidade de vistos e de vacinas específicas exigidas em alguns destinos. Antes de sair de casa, faça um check list de todos os documentos dos viajantes. Dessa forma não corre o risco de embarcar sem as documentação necessária. 7. Prepare as Bagagens - Na hora de arrumar as malas, certifique-se de que os limites de peso estipulados pela Anac não sejam ultrapassados. Em viagens nacionais, nas aeronaves com mais de 31 assentos, cada passageiro tem direito a 23kg de bagagem. Se excedido, o transporte da bagagem ficará sujeito à aprovação da empresa e à cobrança por excesso de peso. Para voos internacionais, são utilizadas duas formas de franquia, por peça ou por peso, a depender do país de destino. 8. Atenção às crianças – As férias de julho geralmente são ditadas pelo recesso escolar das crianças. Desde o roteiro escolhido até o transporte a ser utilizado, devese levar em conta a possibilidade de levar as crianças. Bebês de colo, em viagens de avião, precisam de assento especial e você deve checar com antecedência junto à companhia aérea se há necessidade ou não de pagar e a dis-

ponibilidade de assentos especiais. De carro, nunca abra mão da cadeirinha de acordo com a idade estipulada por lei, para evitar acidentes e até multas. Na escolha do hotel, verifique a possibilidade de fornecimento de berços e cheque a programação dos passeios para não entediar as crianças, afinal, elas também merecem aproveitar. Se o tempo de trajeto da viagem for muito grande, não esqueça de levar brinquedinhos, joguinhos e lanchinhos para distrai-los, eles costumam ficar ansiosos e esgotados durante a viagem. 9. Cuidado com o exagero - Tudo que você faz em excesso é prejudicial. Quando se trata de viagem essa máxima também prevalece. Muita atenção na hora de escolher o que vai comer. Provar novos pratos é um hábito muito comum em viagens, mas fique atento para alimentos que possam causar alergia ou indisposição. Exagerar na exposição ao sol, sobretudo nos horários de maior incidência de raios solares, também é algo que pode causar problemas. Não se exceda nas compras, para quando voltar à sua rotina, possa lembrar da viagem com alegria e não com tristeza e, principalmente, com arrependimento ao conferir a fatura do cartão de crédito. (*) Especialista em turismo e sócio-fundador da Encontre Sua Viagem, franquia de turismo

<<

M

M

Y

Y

Y

www.paramais.com.br

Férias de julho.indd 17

Pará+

17

23/07/2015 10:10:45


Durante o verão, precisamos devolver a água e a gordura que foram retiradas da pele

O Verão e sua pele pede hidratação Texto Maria Leonor Saraiva*

O

Museu de Londres coloca em exibição um pote de creme milenar, encontrado em um templo celta-romano. Acreditam os especialistas tratar-se de uma espécie de hidratante feito à base de leite de cabra. As mulheres que o utilizavam há 2 mil anos ficariam encantadas com o avanço e as aplicações da tecnologia no desenvolvimento de produtos específicos para a hidratação da pele. Nem mesmo Cleópatra a rainha do Egito que, já naquela época banhava-se com o leite de cabra a fim de conservar sua pele jovem e macia, poderia imaginar a evolução dos ingredientes utilizados para a hidratação da pele. Cleópatra tinha bons motivos para se banhar com o leite de cabra que possui micro moléculas de gorduras, facilmente incorporadas à pele, recompondo a camada oleosa e natural. Além de ser fonte importante de cálcio, fósforo, vitaminas A e D.

18

Pará+

O Verão e sua pele pede hidratação.indd 18

Cleópatra a rainha do Egito, naquela época banhava-se com leite de cabra

www.paramais.com.br

23/07/2015 10:38:15


A água é a grande responsável pelo bom funcionamento e aparência saudável da pele

ajuda a pele a manter o manto hidrolipídico (mistura imperceptível de água e óleo que protege a pele das agressões dos agentes externos) e/ou atraem água. Isso vai depender das características dos componentes do hidratante. A classificação mais aceita divide os hidratantes em três grandes categorias: oclusivos, umectantes, matrizes hidrofílicas e emolientes. Na prática, alguns componentes atuam de mais de uma maneira.

Muito tempo se passou, a tecnologia da indústria cosmética se desenvolveu, mas os desejos e a busca por uma pele saudável e macia continuam os mesmos. O que as mulheres do século XXI têm a seu favor é a diversidade de produtos disponível no mercado, voltados especificamente para os mais diferentes tipos de pele. Aí vem a dificuldade, como escolher o produto certo para a sua pele?. O primeiro passo é saber como os hidratantes agem em função da presença de determinadas substâncias presentes em suas fórmulas. Até por conta da origem do prefixo grego Hidrus (água), pode-se imaginar que são os hidratantes que fornecem água à pele, o que não é verdade. O que eles fazem é criar uma barreira que impede a evaporação da água e

Muitas pessoas no verão esquecem como é importante manter a hidratação do corpo

Abuse dos sucos naturais

Os Hidratantes Oclusivos são aqueles que impedem a evaporação da água da pele para a atmosfera. Normalmente são compostos por substâncias mais oleosas que impedem que a água passe através delas. Há várias categorias de oclusivos e entre eles estão os hidrocarbonetos (como petrolato, óleo mineral), os silicones (dimeticone e ciclometicone), os óleos vegetais, as gorduras animais, os ácidos graxos, os álcoois graxos e poliídricos, os ésteres de cera e os esteróis. Os hidratantes que pertencem ao grupo dos Umectantes, são considerados pelos médicos os hidratantes “ativos” justamente pelo fato de as suas substâncias atraírem água para a pele. São os hidratantes compostos principalmente por uréia, glicerina e propilenoglicol. Já na categoria Matrizes Hidrofílica, encontramos substâncias de alto peso molecular que formam uma barreira contra a

(91) 3210-1500 AV.GENTIL BITTENCOURT, 527 - NAZARÉ WWW.COLARESMOVEIS.COM.BR

www.paramais.com.br

O Verão e sua pele pede hidratação.indd 19

Pará+

19

23/07/2015 10:38:17


evaporação da água através da pele. Alguns exemplos são o ácido hialurônico e a aveia coloidal. Outro grupo de substâncias que encontramos no hidratante são chamados Emolientes. Eles podem agregar diversas características ao produto como um toque seco ou mais oleoso, uma ação mais prolongada e até mesmo um poder adstringente. Sua principal função é a de preencher os espaços entre as escamas da pele deixando-a macia e suave ao toque. Os silicones, óleos de jojoba e de castor são bons exemplos de emolientes. Durante o verão, precisamos devolver a água e a gordura que foram retiradas da pele. É que as substâncias abrasivas passam varrendo a sujeira da superfície, mas carregam igualmente parte do manto hidrolipídico, importante camada protetora da epiderme composta especialmente por água - obtida do suor produzido pelas glândulas sudoríparas e também das células das camadas mais profundas da pele - e por gordura. Nessas condições, a pele fica receptiva como uma esponja aos princípios ativos dos hidratantes. Ao contrário do que se pode imaginar, as pessoas com pele oleosa também precisam de hidratação, pois além de a produção maior de sebo não impedir a perda de água, a pele oleosa sofre com uso maior de produtos de limpeza e abrasivos. Um bom motivo para entender a necessidade da hidratação para todos os tipos de pele é o fato de o corpo humano ser constituído por cerca de

Para quem não tem costume de ingerir bastante líquidos, use legumes e folhosos, que servem também para facilitação de digestão e absorção dos nutrientes, ou seja, maior consumo de fibras, antioxidantes

75% de água. Toda essa quantidade de água é a grande responsável pelo bom funcionamento e aparência saudável da pele. Uma vez que a perda de água para o meio externo é constante, perdemos água por meio do suor, do ressecamento provoca-

do pelo ar-condicionado, das agressões do meio ambiente como o vento e excesso de sol, desencadeia-se a desidratação cutânea. Toda a água perdida precisa ser reposta para manter a qualidade e a saúde da pele. Precisamos de água e umectação.

Hidratação/alimentação

>> Para quem não tem costume de ingerir bastante líquido, a dica é o consumo de frutas como melão, melancia, laranja, coco verde, legumes e folhosos - que repõem a perda hídrica provocada pelas altas temperaturas e mantêm o bom funcionamento dos órgãos e a pressão arterial. A ingestão de bebidas como cerveja, isotônicos e refrigerantes diets, segundo especialistas, atrapalham o processo para manter a boa forma, devido à quantidade de calorias presentes nelas. “Biscoitos, enlatados, salsicha, salame, presunto, picles e amendoim são alguns dos alimentos que devem ser evitados durante a estação mais quente do ano”. Alimentos muitos salgados, como os defumados e os condimentados, também precisam ser deixados de fora da alimentação. Para preparar alimentos mais saudáveis, use ervas frescas para substituir o sal, como cebolinha, coentro, menta, salsa e hortelã. A falta de água constante no organismo pode causar dores de cabeça, falta de memória, cãimbras, constipação, entre outros. Portanto, invista em um cardápio diário, com receitas que facilitem a absorção de todos os nutrientes.

Academia

(91) 3085-8857

RUA DOS CARIPUNAS, 1615 (C/ PADRE EUTÍQUIO) - BATISTA CAMPOS @upfitbatistacampos 20

Pará+

O Verão e sua pele pede hidratação.indd 20

/UpfitBatistaCampos

upfitbatistacampos@gmail.com www.paramais.com.br

23/07/2015 10:38:22


Câncer de pele: IBCC lembra a importância da prevenção no verão

C

om a chegada do verão é preciso intensificar os cuidados para evitar o câncer de pele. A doença é o tipo de câncer mais frequente no Brasil e corresponde a 25% de todos os tumores malignos registrados no país, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer- INCA. Os principais fatores para o desenvolvimento da doença são as queimaduras solares adquiridas ao longo da vida por isso, para preveni-lo é importante o cuidado com a pele desde a infância evitando a exposição aos raios ultravioletas do Sol sem proteção. “Utilize protetor solar todos os dias. Se for à praia, chegue cedo e evite ficar exposto ao Sol entre os horários das 10 horas e 15 horas. Procure sombra de árvores e prefira ficar sobre uma cobertura vegetal escura (gramado). A areia reflete a luz do Sol, intensificando a exposição à radiação solar”, explica Aldo Toschi, coordenador do Departamento de Dermatologia do IBCC. O melanoma, câncer de pele mais grave, se manifesta como uma pinta escura de bordas irregulares, acompanhada de coceira e descamação ou pela alteração na coloração e no formato de uma pinta antiga. O tratamento é cirúrgico, quimioterápico e/ou radioterápico, dependendo do estágio da doença. Quando há metástases as possibilidades de cura diminuem, mas hoje existem novos medicamentos biológicos (imunoterapia) que controlam melhor o crescimento e a evolução da doença. Nesses casos, o tratamento alivia os sintomas e tenta garantir melhor qualidade de vida.

Exame dermatoscópico

Desde o final de 2013, o IBCC dispõe do exame dermatoscópico que é capaz de realizar o diagnóstico do câncer de pele melanoma em sua fase inicial, o que é fundamental para a cura. “Antes da Dermatoscopia, o único exame realizado era o clínico. Com a ajuda de uma lupa. o médico analisava assimetria, bordas, cores, diâmetros e elevação das pintas para diagnosticar a doença que muitas vezes o câncer já estava em fase

www.paramais.com.br

Câncer de pele IBCC lembra a importância da prevenção no verão.indd 21

eventual melanoma que esteja surgindo”, finaliza o médico.

Sobre IBCC

O Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC) foi fundado em maio de 1968 no bairro da Mooca. em São Paulo. Atualmente, o hospital é referência no tratamento do câncer. Em 2013, o hospital realizou 99.545 consultas, 7.596 cirurgias, 7.248 internações, 15.707 mamografias, 21.380 ultrassonografias, 11.946 tomografias computadorizadas, 20.334 aplicações de Quimioterapia e 35.334 sessões de Radioterapia. O melanoma, câncer de pele mais grave

Só o da direita. Câncer de pele é o tipo de câncer mais frequente no Brasil e corresponde a 25% de todos os tumores malignos registrados no País. Evite ficar exposto ao Sol entre os horários das 10 horas e 15 horas

avançada’”, explica Toschi. Com o exame dermatoscópico o diagnóstico precoce do câncer de pele vai além: fotografando pinta por pinta detecta-se seu potencial de gravidade e, como as imagens são gravadas e arquivadas, é possível acompanhar o desenvolvimento de cada uma delas e indicar a remoção das mais perigosas. Há também o mapeamento corporal total, quê PANIFICADORA MOURA serve de instrumenCGC: 04.318.432/0001-04 INSCRIÇÃO - ESTADUAL: 15.101.285-7 to importante para a detecção precoce de novas lesões pigmentadas que antes não existiam. “Com este exame conseguimos identificar mínimas pintas novas e, entre elas, um 25 de Setembro (esq. com a Humaitá) Fone: 3226-3236

Antecipe suas encomendas

Pará+

21

23/07/2015 10:33:36


Entre seis meses e dois anos de idade a criança já pode usar protetor solar

Como proteger as crianças do Sol,

no Verão Fotos Divulgação, Claudio Mangano, Mirthes Vargas

A

pesar de ter a estrutura da pele igual à dos adultos, a das crianças é bem mais fina e, consequentemente, muito mais sensível. Por isso, o cuidado com os pequenos no verão deve ser prioridade dos pais nestes dias mais longos, ensolarados e que convidam a uma maior exposição ao sol. Sem falar que, quanto mais cedo os cuidados com a pele começarem, melhor. De acordo com Luis Julian, coordenador de serviços técnicos de Care Chemicals da BASF para América do Sul, muitas dúvidas pairam na cabeça dos pais quando o assunto é a fotoproteção dos filhos. Qual produto é mais indicado? De quanto em quanto tempo ele deve ser reaplicado? Essas são apenas algumas das questões e a preocupação não é em vão, já que os raios ultravioleta e o calor encontram menor resistência na pele das crianças, podendo provocar brotoejas e queimaduras solares intensas. Para aproveitar melhor a estação mais

22

Pará+

Como proteger as crianças do Sol, no Verão.indd 22

solares em crianças com menos de seis meses de idade, a menos que indicado por um pediatra ou dermatologista. Crianças nesta idade somente devem ser expostas ao sol de acordo com as recomendações do pediatra. Entre seis meses e dois anos de idade a criança já pode usar protetor solar, mas ainda é importante conversar com o pediatra sobre os cuidados que devem ser tomados tanto na escolha do protetor como quanto seu uso correto.

É necessário proteger a pele não só na praia, mas também nas outras atividades ao ar livre

quente do ano, sem deixar marcas que podem ficar para a vida inteira, Luis Julian respondeu às principais dúvidas dos pais. Confira:

A partir de que idade é recomendado o uso de protetor solar?

Não se recomenda o uso de protetores

Qual tipo de produto é mais recomendado para crianças? Spray, creme, gel...

As diferentes formas de aplicação (spray, creme ou gel) devem garantir a mesma proteção à pele – de acordo com a indicação do rótulo do produto. Para as crianças, os sprays têm sido bastante procurados por serem mais práticos de passar. Muitas marcas desenvolvem produtos “divertidos” com cores e cheiros diferentes, o que pode ser mais www.paramais.com.br

23/07/2015 10:41:06


Além da pele, é bom lembrar o quanto é importante se preocupar com a segurança das crianças

Idealmente os pequenos deveriam ir à praia apenas até às 11 horas da manhã e ao final da tarde

atrativo. Mas independentemente da embalagem do protetor, o mais recomendado para os pequenos é o uso de protetores com resistência à água e com FPS’s altos. A pele infantil é bem sensível e deve ser muito cuidada, com protetores acima de 30. Sempre que usar protetor solar em Spray, é melhor fazer a aplicação em um local sem vento, e depois de aplicar deve-se espalhar com as mãos para que se tenha um filme homogêneo sobre a pele. Bebês com menos de 6 meses somente devem ser expostas a pequenas doses de radiação solar como indicado por pediatras, e só devem usar proteção solar com o conhecimento do médico.

E a necessidade de reaplicar? É a mesma?

Independentemente do tipo de produto, se spray, creme, gel, ou outro, tanto para os adultos como para as crianças, o protetor deve ser reaplicado a cada duas horas, ou antes, caso tenha ocorrido remoção do protetor solar por uso de toalha, recostar em cadeiras ou se houve sudorese intensa ou chance do protetor ter sido removido pela água. Com as crianças, devido a sua maior atividade brincando na areia e água, devemos ter ainda mais atenção para verificar se o protetor está saindo, e em caso de dúvida, é melhor reaplicar.

www.paramais.com.br

Como proteger as crianças do Sol, no Verão.indd 23

Existem bloqueadores solares? Não. O termo “bloqueador” foi proibido pela legislação que entrou em vigor em junho passado, para os países do Mercosul. Não se pode chamar nenhum produto de bloqueador, pois é impossível bloquear 100% da radiação solar.

Preciso utilizar protetor solar após as 16h?

Sim. Apesar da incidência dos raios UVB serem mais fortes durante o período mais quente do dia (entre 10h e 16h), os raios UVA – que causam o câncer de pele - são quase constantes durante o dia todo. Por isso, é importante usar o protetor em qualquer horário em que se esteja exposto ao sol.

O que é o FPS?

O Fator de Proteção Solar de um produto indica quantas vezes mais de tempo uma pessoa pode se expor ao sol até que tenha uma queimadura como se não estivesse usando o protetor. Por exemplo, uma pessoa de pele clara sem protetor solar pode sofrer uma queimadura após 10 minutos de exposição ao sol; se ela usar adequadamente um protetor solar de FPS 30, ela somente terá a

queimadura após 300 minutos (10 minutos X FPS = 300 minutos = 5 horas). Porém, somente se tem a proteção indicada pelo FPS quando o produto é aplicado de maneira generosa na pele. Se aplicarmos uma camada muito fina, a proteção será menor. É importante lembrar também que mesmo antes de se verificar a queimadura evidente na pele, a pele já sofreu danos. O protetor solar apenas reduz a taxa de dano.

Qual a importância da proteção UVA?

A queimadura da pele está mais relacionada à radiação tipo UVB. A radiação UVA penetra mais profundamente na pele e gera radicais livres que causam em longo prazo o envelhecimento precoce porque destrói as fibras de colágeno e elastina que dão sustentação à pele. Tanto o UVB quanto o UVA podem causar câncer de pele.

É importante que a criança ande sempre que possível de chapéu ou boné quando estiver ao sol

Pará+

23

23/07/2015 10:41:09


Alguns dados alarmantes sobre foto proteção no Brasil

O

maior levantamento já feito nos últimos anos no Brasil com o objetivo de mapear os hábitos da população em relação ao uso de filtros solares e prevenção dos malefícios da radiação solar foi realizado pelo Instituto Maurício Pupo de Educação e Pesquisa, o IPUPO, de Campinas. A pesquisa foi liderada pelos Farmacêuticos e Cosmetólogos Dr, Lucas Portilho e Prof. Maurício Gaspari Pupo. Foi realizada pesquisa direta (entrevistas pessoais) com 1.024 pessoas de ambos os sexos, entre 18 e 65 anos de idade, nas cidades de São Paulo, Campinas, Porto Alegre e Recife.

Conhecimento e Prevenção do Câncer de Pele

De acordo com o Farmacêutico e Professor de Cosmetologia Maurício Pupo, autor do livro Tratado de Fotoproteção, 2013, o principal objetivo da pesquisa foi coletar dados e alertar a população e a comunidade científica da necessidade de melhorar os canais de informação da população em relação ao uso correto e escolha adequada dos fotoprotetores em função do tipo de pele. “Vale lembrar que o Brasil é um dos países com maiores índices ultravioleta do mundo por se localizar numa região tropical do planeta e onde a exposição solar é uma cultura que está comumente associada a hábitos saudáveis, o que como já se sabe, nem sempre é verdade”, alerta Pupo. Pupo ainda ressalta que segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o câncer 70% dos brasileiros não aplica fotoprotetor em dias nublados. Na foto o clima nublado e a chuva em Salinas

24

Pará+

Alguns dados alarmantes sobre foto proteção no Brasil.indd 24

57% dos entrevistados não aplicam filtro solar diariamente

de pele não melanoma (não maligno), causado pelo sol, é o mais incidente no Brasil dentre todos os outros tipos desta doença com cerca de 134.000 novos casos em 2012 e 2013. Também de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o Brasil registrou em 2013 aproximadamente 6.230 novos casos de melanoma (maligno), o mais letal e agressivo dos tumores cutâneos, sendo 3.170 em homens e 3.060 em mulheres. Estes dados justificam, segundo Pupo, uma maior atenção das autoridades para a questão da foto proteção uma vez que o câncer de pele já se tornou um problema de saúde pública no País.

Foto envelhecimento em foco

Já para o Farmacêutico e Consultor em

Desenvolvimento Cosmético, Dr. Lucas Portilho, o uso do filtro solar é, sem dúvida, uma ferramenta importantíssima, senão a mais importante e crucial, para prevenir o chamado foto envelhecimento - envelhecimento da pele causado e acelerado pela exposição aos diferentes tipos de radiação solar - e o uso adequado e consciente do foto protetor contribui para a manutenção de uma pele livre de sinais precoces do envelhecimento, como rugas, manchas e flacidez, e em casos mais avançados, da elastose solar. “Estudos científicos já demonstraram que o excesso da radiação ultravioleta emitida pelo sol é a principal responsável pelo envelhecimento precoce da pele”, afirma o Especialista que já viajou o mundo estudando novas moléculas que protegem a pele da radiação solar. “Ninguém quer chegar aos 30 anos com rugas, manchas e flacidez. Por outro lado, é muito fácil chegar aos 50 e até aos 60 anos livre de rugas, basta usar filtro solar de modo adequado desde cedo, uma vez que os danos provocados pela radiação solar são acumulativos”, complementa Portilho.

O espectro da radiação solar abrangida pelos fotoprotetores

Embora a radiação ultravioleta emitida pelo sol seja muito mais ampla do que se costuma ver nos rótulos dos fotoprotetores, a grande maioria deles se destina a proteger a pele contra as radiações UVA e UVB por serem as que estão mais relacionadas à tumor gênese e, também, por serem as únicas exigidas pela legislação em vigor.

Raios UVA (Ultra Violeta A)

A radiação UVA está presente na natureza em níveis muito maiores e mais expressivos que a radiação UVB e, embora menos energética, é uma das mais perigosas. Diferente da UVB, a radiação UVA atravessa vidros e janelas e penetra profundamente na pele, chegando até a derme, camada mais profunda da pele e onde se localizam as fibras de colágeno e elastina, gerando uma quantidade altíssima de radicais livres. Os radicais livres gerados por esta radiação causam aumento da degradação das fibras de colágeno e elastina que dão sustentação à pele, sendo a principal responsável pelo fotoenvelhecimento, incluindo rugas, linhas de expressão, flacidez e manchas. Vale ainda lembrar que www.paramais.com.br

23/07/2015 18:27:31


Você considera o bronzeamento algo saudável?

Frequência

Frequência relativa %

Sim

274

40

Não

300

43

Não sei

116

17

TOTAL

690

100

a radiação UVA, por ser uma grande geradora de radicais livres, que produz danos profundos e irreparáveis ao DNA, está relacionada à praticamente todos os tipos de câncer de pele. A radiação UVA, ao contrário do que se acredita, está presente o ano todo, inclusive no inverno, e em níveis muitas vezes intoleráveis em todos os horários do dia (entre 9h e 17h) e quando se leva em conta que a grande maioria da população passa a maior parte do dia em escritórios e casas, sempre perto de janelas, podemos dizer que esta é a radiação que atinge a pele em maior quantidade quando comparada com a UVB. Em rótulos de produtos fotoprotetores, o PPD é a sigla que indica o quanto um determinado produto protege contra a radiação UVA.

exerce seu poder destrutivo por impacto direto sobre a pele - como no caso das queimaduras solares. Sendo assim, apesar de não penetrar profundamente, a radiação UVB também pode lesar o DNA e causar fotoenvelhecimento e câncer de pele. Uma vez que vidros são capazes de filtrar

Raios UVB (Ultra Violeta B)

A radiação U VB é mais energética e, embora não atrevesse vidros e nem janelas,

A pesquisa revelou ainda que 19% dos entrevistados aplicam o fotoprotetor apenas quando vão à praia, piscina ou caminhada

a radiação UVB, podemos dizer com segurança que a maior parte da população se expõe pouco a esta radiação, a menos que possua atividade prevalentemente ao ar livre. A radiação UVB está ainda presente na natureza em níveis muito menores que a radiação UVA e sua incidência é maior no verão do que no inverno e também nos horários próximos ao meio dia - entre 11 h e 14h, ao passo que a radiação UVA está presente o ano todo e também durante todo o dia praticamente. Em rótulos de produtos fotoprotetores, o FPS é a sigla que indica o quanto um determinado produto protege contra a radiação UVB.

77% da população ignora a proteção UVA ao comprar o filtro solar

O primeiro dado alarmante da pesquisa realizada pelo IPUPO sobre Fotoproteção no Brasil revela que 77% dos entrevistados ignora os dados de proteção anti-UVA constantes na rotulagem dos produtos solares ou por não saber ou por acreditar que a proteção UVB é a mais importante, sendo que 31% alega não saber a diferença entre os dois tipos de radiação. Apenas 8% dos entrevistados compra o fotoprotetor baseado na proteção UVA mesmo levando em conta que a maior parte da

Venha saborear o tempero da Vovó Comida di

Cozinha Industrial - Refeições Coletivas e Congelados Rua dos Caripunas próx a 3 de Maio - Cremação www.paramais.com.br

Alguns dados alarmantes sobre foto proteção no Brasil.indd 25

Café da Manhã e Buffet

(91) 3038-8837 / 98443-3449 Pará+

25

23/07/2015 18:27:32


radiação absorvida no nosso dia-a-dia seja a UVA ao invés da UVB.

40% ainda considera o bronzeamento uma prática saudável

40% ainda considera o bronzeamento uma prática saudável

40% dos entrevistados pelo IPUPO na pesquisa sobre Fotoproteção no Brasil alega considerar o bronzeado uma prática saudável, apesar de centenas de estudos científicos sérios relacionarem esta prática com o fotoenvelhecimento precoce e com o câncer de pele. 17% dos entrevistados não souberam responder a pergunta o que mostra que um número considerável de pessoas carece de informações. Numa visão mais otimista podemos dizer que é muito positivo o fato de 43% dos entrevistados estarem cientes que bronzear-se não é um hábito saudável para quem quer evitar os malefícios do sol.

55% da população se expõe ao sol pela manhã por acreditar ser este o horário mais seguro

Outro dado alarmante e revelado pela maior parte dos entrevistados pelo IPUPO na pesquisa sobre Fotoproteçâo no Brasil é que a maioria deles acredita ainda que se expor ao sol no período da manhã seria mais seguro - 55% - ignorando o fato que a radiação UVA é praticamente onipresente e seus efeitos nocivos já se fazem sentir a partir das 9h através de graves lesões ao DNA celular e geração de quantidades altíssimas de radicais livres que levam ao fotoenvelhecimento e ao câncer de pele prematuramente.

Qual o período de exposição ao sol mais seguro?

Frequência

Frequência relativa %

Manhã

525

55

Tarde

281

29

Dia Todo

154

16

TOTAL

960

100

57% dos entrevistados não aplicam filtro solar diariamente Outro dado preocupante revelado pela pesquisa realizada pelo IPUPO sobre Fotoproteçâo no Brasil é que mais da metade dos entrevistados - 57% - não aplica filtro solar diariamente. Considerando que o Brasil é um País que está na mira do sol, independente da estação do ano e do horário do dia, e a incidência de raios ultravioleta no País - expressa pelo índice Ultravioleta - é

Aplica filtro solar diariamente?

Frequência

Frequência relativa %

Sim

419

43

Não

364

38

Apenas em praia, piscina e caminhada

186

19

TOTAL

969

100

Segurança 24 horas

Diga SIM a segurança do seu patrimônio

VENDA - ALUGUEL - MANUTENÇÃO - INSTALAÇÃO • Circuito Interno de TV com visualização via internet • Câmera escondida • Alarme Monitorado 24h • Portões Automáticos • Cerca Elétrica • Fechadura Elétrica • Concertina • Interfone • Centrais telefônicas (91) 3230-5009 www.simseguranca.com 8828-4442 Rua Antônio Barreto, 1191, Umarizal 26

Pará+

Alguns dados alarmantes sobre foto proteção no Brasil.indd 26

muito alta, o uso diário do filtro solar é obrigatório. A pesquisa revelou ainda que 19% dos entrevistados aplicam o fotoproteter apenas quando vão à praia, piscina ou caminhada e apenas 42% dos entrevistados utilizam o filtro solar diariamente. E importante lembrar que mesmo as pessoas que trabalham em locais fechados, mas onde há janelas por perto, estão sujeitas a serem irradiadas, principalmente, pela radiação UVA, que atravessa facilmente os vidros penetrando profundamente na pele.

71% dos entrevistados não reaplicam filtro solar

O dado mais alarmante revelado pela pesquisa realizada pelo IPUPO sobre Fotoproteçâo no Brasil aponta que 71% dos en-

Lisbôa ACEITAMOS ENCOMENDAS

TORTAS

DOCES

Av. Fernando Guilhon, 1382 (91) Esquina com Apinagés

SALGADOS

3272-9054

ENTREGAMOS EM DOMICÍLIO

www.paramais.com.br

23/07/2015 18:27:38

INS MA

SP RE M


Apenas 8% utilizam roupas para se proteger do sol

trevistados não reaplica o filtro solar como recomendado pela ANVISA e pelos fabricantes dos produtos. A reaplicação do fotoprotetor deve ser feita a cada duas horas, uma vez que a grande maioria dos filtros solares perde de maneira significativa ou até completamente seu poder de filtrar as radiações UVA e UVB após duas horas da aplicação inicial. Desta maneira, é fácil deduzir que a maioria das pessoas acredita estar protegida com apenas uma aplicação diária do produto quando na verdade o mesmo costuma deixar de agir após 2 horas da aplicação. Dos entrevistados que utilizavam diariamente filtros solares, apenas 29% reaplicavam o produto.

Somente 14% dos entrevistados recorrem ao dermatologista para indicação do melhor filtro a ser utilizado

Embora a grande maioria dos entrevistados que declara usar filtro solar esteja ciente de sua importância para a manutenção da saúde apenas 14% recorre ao dermatologista para uma indicação correta, revelou a pesquisa realizada pelo LPUPO sobre Fotoproteção no Brasil. Levando-se em conta que a escolha do protetor solar adequado inclui a análise de fatores como fototipo cutâneo, hábitos ocupacionais, atividades recreativas, histórico de doenças de pele, grau de envelhecimento ou de fotoenvelhecimento, dentre outros, a indicação do fotoprotetor por um profissional

Reaplica o filtro solar durante o dia?

Frequência

Frequência relativa %

Sim

199

29

Não

444

65

Somente após transpiração excessiva

44

6

especializado seria de grande importância.

FPS 30 e 50 são os preferidos dos brasileiros

Segundo a pesquisa realizada pelo IPUPO sobre Fotoproteção no Brasil os FPS preferidos pelos brasileiros são o FPS 30 e o FPS 50. Ao contrário do que se imaginava apenas 17% revelou utilizar protetores solares

Por que aplica o filtro solar?

Frequência

Frequência relativa %

Saúde

388

59

Indicação Médica

93

14

Indicação de Farmacêutico

5

1

Indicação de Balconista

9

1

Prevenção do câncer de pele

146

22

Não Sei

17

3

TOTAL

658

100

INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO

Split

SPLIT REFRIGERADORES MÁQUINA DE LAVAR

Center

S

54

ICÍLIO

Travessa Curuzu, 1383 - Esq. Duque de Caxias

(91) 3031-5099 / 3033-0477 / 3236-1937 www.paramais.com.br

Alguns dados alarmantes sobre foto proteção no Brasil.indd 27

com FPS igual a 60 e uma parcela mínima dos entrevistados - 4% - declarou preferir utilizar FPS considerados altíssimos como 80 e 100. Vale ressaltar que um fotoprotetor com FPS 30 - que já é considerada uma alta proteção - absorve mais de 96% da radiação UVB, e que um FPS 50 absorve cerca de 98% desta radiação, de modo que não existe razão lógica para uso de produtos com FPS maiores ou os chamados “altíssima proteção”. *Ressalta-se que embora 1 entrevistado tenha declarado utilizar FPS igual a 100 os mesmos foram proibidos pela ANVISA por ocasião da última atualização na legislação para fotoprotetores comercializados no Brasil por levar o consumidor a acreditar que estaria 100% protegido contra a radiação solar, o que obviamente não é uma verdade.

Bolos Artísticos, Cupcakes, Doces finos para Casamentos, Bodas, 15 anos, Infantil etc.

(91) 3233-7280 / 98230-1574 Trav. 14 de Março, 993 - Umarizal (entre D. Marreiros e Antônio Barreto)

www.quitutedavovo.com.br

/quitutedavovo

@quitute_da_vovo Pará+

27

23/07/2015 18:27:42


70% dos brasileiros não aplica fotoprotetor em dias nublados Um dado muito preocupante revelado pela pesquisa realizada pelo IPUPO sobre Fotoproteção no Brasil é que 70% dos entrevistados não aplicam o filtro solar em dias nublados ou chuvosos, indicando uma necessidade de maior conscientização da população. Sabe-se que as nuvens não filtram a radiação solar e que graves queimaduras de pele podem ocorrer em dias nublados uma vez que os raios UVA e UVB possuem a capacidade de atravessar as nuvens. Sendo assim, os fotoprotetores devem utilizados diariamente e inclusive nos dias nublados e chuvosos.

Qual o fator de proteção você utiliza?

Frequência

Frequência relativa %

10 a 15

42

7

30

188

33

Utiliza filtro solar em tempo nublado ou chuvoso?

Frequência

Frequência relativa %

Sim

192

30

Não

502

77

Apenas 8% utilizam roupas para se proteger do sol

A pesquisa Fotoproteçào no Brasil realizada pelo IPUPO revelou que apenas 8% dos entrevistados utiliza roupas para se proteger do sol apesar desta forma de proteção adicional ser altamente eficiente, econômica e de fácil acesso da população. Outro dado interessante é que 49% dos entrevistados declararam utilizar apenas óculos para auxiliar na proteção contra o sol, sendo que apesar de protegerem a retina, pouco ou nada fazem para proteger a pele.

O Brasil é um dos países com maiores Índices ultravioleta do mundo por se localizar numa região tropical do planeta

Utiliza outros meios de proteção?

Frequência

Frequência relativa %

Chapéus

155

23

Roupas

57

8

Luvas

7

1

Óculos

332

49

Outros

44

6

Não

84

12

TOTAL

679

100

28

Pará+

Alguns dados alarmantes sobre foto proteção no Brasil.indd 28

Conclusão

Podemos concluir que são necessárias medidas de larga escala para esclarecer a população sobre os malefícios da radiação UV, principalmente no que diz respeito à radiação uva e que ainda se fazem necessárias campanhas de conscientização sobre o uso correto dos filtros solares, como a reaplicação, aplicação no corpo todo, horário de aplicação do produto e a importância de aplicar filtros mesmo em dias nublados e locais fechados com janelas, dentre outros.

www.paramais.com.br

23/07/2015 18:27:44


EDIÇÃO

2015

Participe da 14ª edição do mais importante concurso de projetos de sustentabilidade da América Latina com auditoria independente de procedimentos

INSCRIÇÕES ABERTAS Para mais informações: www.premiovonmartius.com.br Patrocínio

www.paramais.com.br

ANUNCIO PRÊMIO VON MARTIUS.indd 29

Realização

Pará+

29

23/07/2015 10:56:06


O fator de proteção solar deve ser no mínimo 15. Aplique-o 30 minutos antes da exposição

Para curtir o Verão e não se arrepender depois Evite o sol entre 10 e 16 horas

30

Pará+

Para curtir o Verão e não se arrepender depois.indd 30

O

verão chegou e, em busca de uma cor dourada, muitas pessoas se expõem de forma inadequada ao sol, causando inúmeros prejuízos à pele e ao cabelo. A boa notícia é que há formas de adquirir um bronzeado bonito e saudável, sem consequências que podem levar ao arrependimento depois. “O crime não compensa”, disse a dermatologista Kamila Santarosa Monteiro. “Até os 20 anos, os malefícios do sol ainda não são tão evidentes. Mas a partir dos 30 começam a aparecer manchas e rugas… A exposição inadequada pode fazer com que uma pessoa aparente ter até 10 anos mais”, destacou a médica. www.paramais.com.br

23/07/2015 10:57:55


Por isso, a dermatologista disse que nunca é demais lembrar as conhecidas recomendações de uso de boné, óculos e protetor solar e de evitar o sol no horário entre 10 e 16 horas. Além disso, Camila contou que o ideal é aplicar o filtro solar em casa, pelo menos

meia hora antes da exposição ao sol e totalmente sem roupa, espalhando por igual em todas as partes do corpo. Camila destacou que o sol tomado até os 15 anos de idade é que vai determinar 85% dos riscos de desenvolvimento de câncer de pele. Use boné, óculos e protetor

Passe nos cabelos um creme com filtro solar

Crianças devem tomar sol até as 9h, com protetor

Cuidados Indispensáveis

Se o batom não tiver filtro solar, use um protetor labial

TUDO PARA VOLTA AS AULAS

1-Use boné, óculos e protetor 2-Evite o sol entre 10 e 16 horas 3-O fator de proteção solar deve ser no mínimo 15 4-Aplique-o 30 minutos antes da exposição 5-Crianças devem tomar sol até as 9h, com protetor 6-Se o batom não tiver filtro solar, use um protetor labial 7-Passe nos cabelos um creme com filtro solar 8-Mesmo para ficar na sombra, passe protetor. A areia reflete 50% dos raios solares 9-Não dispense o protetor mesmo em dias nublados, pois as nuvens filtram apenas 10% dos raios 10-Passe filtro em todo corpo…nas mãos, orelhas e pés.

apelaria

Despachamos para todo o estado do Pará VAREJO E ATACADO

dos Estudantes Jovem como você

Material de escritório, informatica e presentes Papelaria em geral Brinquedos educativos

www.papelariaestudantes.com.br BELÉM

(91) 3271-0568 www.paramais.com.br

Para curtir o Verão e não se arrepender depois.indd 31

ABAETETUBA

3751-2307

(91) 3751-1968

BARCARENA

VILLA DOS CABANOS

(91) 3753-1451

(91) 3754-2320 Pará+

31

23/07/2015 10:58:00


Use chapéus, lenços e bonés para proteger os cabelos da exposição ao sol

Como cuidar de seus cabelos no verão

A

estação mais quente do ano chegou e com ela as tão esperadas férias e atividades ao ar livre. Nesse período importante ressaltar que é possível aproveitar os dias ensolarados na piscina e viajar para praia, sem abrir mão dos cuidados com a saúde de seus cabelos. Para ajudai” nesta tarefa, o Dermatologista Dr. Rodrigo Rodrigues Motta ensina como curtir o sol e manter seus fios saudáveis e bonitos. A água do mar e da piscina agridem os cabelos, pois além de diminuírem o manto gorduroso responsável pela proteção dos fios, fragilizam a cutícula (camada externa dos fios). O dermatologista explica, “A consequência dessa diminuição do manto gorduroso e a fragilização da cutícula, aumenta a perda de água dos cabelos, resultando em fios ressecados, quebradiços e com pontas duplas. A água da piscina contém cloro e a água do mar contém altas concentrações de sal, ambas são substâncias que agridem os fios”. Para quem pretende curtir o verão man-

32

Pará+

Como cuidar de seus cabelos no verão.indd 32

Se você tiver uma dose de paciência e claro tomar os devido cuidados, é possível sim atravessar a estação mais deliciosa do ano com os fios brilhantes e tratados

tendo os cabelos bonitos e minimizando os efeitos dessa época do ano, o profissional orienta “Uma dica muito valiosa e de baixo custo é sempre enxaguar os cabelos com água doce após sair do mar e piscina, para eliminar o excesso de sal ou cloro e evitar que eles continuem agindo nos fios. Nesta época opte por produtos que combinem hi-

dratantes e filtros solares. Produtos a base de silicone também são uma boa pedida antes de se jogar sem culpa no mar ou piscina, pois forma uma barreira protetora no fio”. “Uma vez por semana utilize um shampoo anti-resíduos para remover os resquícios de protetores solares, cremes, cloro e sal. Após isso faça uma hidratação com um produto de qualidade”, indica o dermatologista. Ele comenta que muitas vezes utilizamos máscaras capilares na praia e piscina na intenção de proteger os fios, mas explica que não é um procedimento indicado, pois muitas vezes seus princípios ativos reagem com o cloro e sal colaborando para potencializar os danos causados. Ele também ressalta que é importante manter uma alimentação saudável com ingestão de água e sucos naturais, pois além de manter o corpo hidratado deixarão seus cabelos mais saudáveis e bonitos. A top Renata Kuerten, famosa no cenário fashion, revela como cuida das suas madeixas no verão, “Tenho alguns hábitos para que www.paramais.com.br

23/07/2015 11:10:02


fiquem saudáveis e brilhantes. Hidratar é essencial, principalmente nessa época do ano, porque o sol maltrata muito os fios. Gosto de usar produtos sem enxágue que tenham protetor solar, e sempre uso cremes de tratamento noturno que ajudam na hidratação do dia seguinte”, diz ela. “Uma boa alimentação também é fundamental paia mantê-los fortes e saudáveis. Beber muita água e ingerir alimentos ricos em nutrientes e minerais faz toda a diferença” afirma Renata. Após o término do verão o Dr. Rodrigo indica “Depois da temporada de sol, vento, piscina e mar, é importante que seja feito um bom corte de cabelo para eliminar as pontas danificadas, mantendo o uso do shampoo anti-resíduos e hidratação uma vez por semana”. Ter cabelos lindos na estação mais quente do ano depende de pequenos cuidados. O Dermatologista lista dicas essenciais pai a manter seus cabelos bonitos e saudáveis: Use chapéus, lenços e bonés para proteger os cabelos da exposição ao sol; Evite químicas, chapinhas e secadores antes da temporada; Não mantenha os cabelos presos, pois isso agride a estrutura dos fios, principalmente se já estão ressecados; Lembre-se sempre de enxaguar os cabelos com água doce após contato com o mar e água da piscina.

Não mantenha os cabelos presos, pois isso agride a estrutura dos fios, principalmente se já estão ressecados

Av. Generalíssimo, 1479 (entre Nazaré e Bráz) Fone: 3224-4470 www.amovivi.com.br www.paramais.com.br

Como cuidar de seus cabelos no verão.indd 33

Pará+

33

23/07/2015 11:10:03


Cuidado com o que você come neste Verão Especialista alerta para alimentação que podem causar problemas de infecção intestinal Médico Marcelo Magalhães alerta sobre os perigos da má alimentação

ta Marcelo Magalhães, faz um alerta para os perigos de uma má alimentação e dá dicas para o veranista não sofrer com problemas estomacais.

Pará+ Por que aumentam os riscos de infecção intestinal neste período? Marcelo Magalhães – Neste período nós temos as férias, e com isso, as pessoas começam a procurar alimentos mais rápidos. Temos que ter cuidado com o armazenamento desses produtos. Em virtude da alta temperatura, os alimentos ficam mais sensíveis e podem estragar, ficando mais fácil a proliferação de germes. Então, o armazenamento e a limpeza do local devem ser avaliados.

Fotos Flavya Mutra, arquivo Ag. Pará, José Pantoja Ascom Sespa, Tássia Barros

C

om a férias de Verão é preciso ficar atento à saúde, pois este é o período de maior proliferação de micro-organismos que podem causar infecção intestinal, acabando com a alegria das férias. Em entrevista à Revista Pará +, o médico gastroenterologisFeirantes do Ver-o-Peso recebem orientações sobre Doença de Chagas

Pará+ Esse problema de higiene é muito comum? M.M. - Exatamente. Sabemos que as nossas mãos são os principais focos de transmissão de doenças. Então, a higiene das mãos é fundamental e a luva é um mecanismo de defesa. O vendedor deve utilizar uma luva para cada manipulação que fizer. Pará+ Como as pessoas devem suspeitar que estão com infecção intestinal. Tem alguns sintomas próprios? M.M. - Sim. O principal sintoma da in-

fecção vem logo após ingerir um alimento suspeito em um lugar também suspeito. A pessoa tem cólicas, dores abdominais leves e a diarreia, que seria o grande fator para suspeitar da infecção. Pará+ E o vômito, doutor, é um sintoma? M.M. - O vômito não é tão comum nesses casos. Ele é mais comum numa intoxicação alimentar, numa fase mais avançada da infecção. É quando o alimento já vem com a contaminação de bactérias, germes, fungos. Aí seria muito mais grave. Pará+ As infecções intestinais podem se transformar em riscos maiores para a saúde? M.M. - Sim. A infecção causa desidratação e a diarreia é intensa, principalmente em crianças e idosos. Pode haver problemas de saúde grave. Pará+ Então, o que se pode comer nesta época do ano? M.M. - Inicialmente não podemos nos esquecer da hidratação. A água potável, sucos, frutas e legumes, de preferência cozidos e bem lavados com hipoclorídrico.

Pará+ E o que evitar comer ou beber neste Verão? M.M. - Evitar o álcool (bebida alcoólica), que é o grande vilão. Evitar as frituras e as gorduras, que são mais fáceis de serem encontrados. Pará+ Por que esses alimentos como fritura, gorduras atraem mais as pessoas? M.M. - Isso é do nosso organismo. Gordura, fritura e doces estimulam mais o sistema nervoso e nos dá mais euforia.

34

Pará+

Cuidado com o que você come neste Verão.indd 34

Pará+ O que fazer quando a pessoa exagera na comida, doutor? M.M. - O ideal seria uma boa hidratação, tomar água potável. Como a infecção intestinal tem um período de início e de fim, normalmente de 3 a 4 dias. A pessoa fica boa só com a hidratação ou com o soro caseiro. Se passar desse período, e o indivíduo desenvolver dores abdominais intensas e febre, aí sim, tem que procurar o seu médico. www.paramais.com.br

23/07/2015 11:34:43

A SA DA FAM 1º L

Av.


Água é o ideal

Comer bastante frutas e verduras

Pará+ Falando em água, especialistas da Universidade Federal do Pará divulgaram que a água mineral vendida no Estado não é potável e muito menos mineral. Quais os riscos de consumir esse tipo de água, que segundo a pesquisa, está muito ácida? M.M. - Quando a pessoa ingere esse produto, ela pode ter um desenvolvimento de infecção intestinal, fora outras infecções.

Pará+ Quantos litros de água, uma pessoa deve tomar por dia? M.M. - Ela deve tomar dois litros de água por dia, aí você supre as necessidades do corpo. Devemos tomar durante o dia, e não só de uma vez. Pará+ Pode-se tomar qualquer líquido ou só água potável? M.M. - As pessoas fazem um pouco de confusão. Ás vezes tomam suco, leite ou cerveja e acham que beberam o suficiente. O ideal é a água. Pará+ E as pessoas que não tem filtro em casa, não tem como comprar água mineral, o que deve fazer? M.M. - A água tem que ser fervida. Tem

que deixar entrar em ebulição, mas as pessoas reclamam do gosto que fica na água logo após. Para amenizar esse sabor, basta sacudir a água que ela volta a ter mais oxigenação e melhora o paladar.

Pará+ E o café é mesmo o vilão do estômago? M.M. - O café aumenta a acidez, a produção do HCL (ácido clorídrico) então, em paciente que tem maior sensibilidade no estômago, pode causar dores e piora do quadro. Se a pessoa tomar uma pequena dose de café, ao dia, não vai trazer tantos transtornos. O problema é tomar o tempo, aquele cafezinho. É nessa hora que ele se torna o vilão. Pará+ A Região Norte tem um alto índice de problemas gastrointestinais. Qual é o grande problema, doutor? M.M. - Na nossa Região, não temos a cultura de comer legumes. Vemos muita farinha e pouca ingestão de água. No consultório temos pacientes que consomem poucas fibras.

Av. Pedro Miranda, 1401 - Pedreira - Belém (91) 3233-1035 / 3244-8096

Experimente nossos diversos espetos. Domingo a Domingo de 11h às 15h DELIVERY somente na Conselheiro

ANTECIPE RESERVAS PARA EVENTOS

Tavares Bastos (91) 3252-5202

Cuidado com o que você come neste Verão.indd 35

Pará+ Todo mundo sabe que não se pode exagerar nas comidas gordurosas. O que dizer para essas pessoas que teimam em comê-las? M.M. - Primeiramente, ter o cuidado em procurar locais que tenham cuidado com o preparo dos alimentos. Depois é incluir alimentos mais coloridos, fibras e diminuir a comida gordurosa e os doces.

Pará+ O açaí, muito consumido no Norte, também causa muitos problemas intestinais? M.M. - Temos que ter cuidado. Ele pode

A SAÚDE DA SUA FAMÍLIA EM 1º LUGAR

www.paramais.com.br

ser foco e via de transmissão de doenças. A pessoa deve adquirir o açaí em um local seguro e higiênico. A dica é deixá-lo dez minutos no congelador para que não haja contaminações, como por exemplo, a Doença de Chagas.

Av. Conselheiro Furtado, 1864 Vileta próximo a Duque (91) 3242-5521 (91) 3246-2124

Entrega das 19h as 23h de 2ª a sábado 3228-0210 Pará+

35

23/07/2015 11:34:46


Água para aliviar o calor Cuidados com a hidratação são fundamentais durante o verão amazônico

Cuidados com a alimentação no veraneio

Fotos José Pantoja

S

empre com a chegada do verão, a recomendação dos especialistas é a mesma: beber bastante água. O alerta tem razão de ser. Com as altas temperaturas do verão amazônico, as pessoas suam mais e devem redobrar os cuidados com a hidratação. A gerente de Relacionamento com o Mercado do Laboratório Sabin, Elisa Goulart afirma que a desidratação é uma doença potencialmente grave que se caracteriza pela baixa concentração não só de água, mas também de sais minerais no corpo, a ponto de impedir que ele realize suas funções normalmente. “Nos dias quentes perdemos mais líquidos. A desidratação ocorrerá se a Beba água em grande quantidade, sempre

água eliminada pelo organismo através da respiração, suor, urina, fezes e lágrimas, não for recuperada por meio da ingestão suficiente de líquidos”, explica. Segundo a especialista, não é necessário sentir a sensação de sede para beber água. “Quando sentimos sede, o nosso organismo já está, em média, 2% desidratado”, afirma. Para manter o corpo hidratado, a nutricionista recomenda consumir, em média, dois litros de água por dia. Segundo Elisa, para calcular a quantidade exata de água que seu organismo necessita, basta multiplicar 30 ml de água pelo seu peso corporal. Para as gestantes e lactantes, a recomendação é multiplicar 60 ml por quilo. Ou seja, futuras mamães e as que estão amamentando devem beber o dobro de água. Outro grupo que precisa de cuidados especiais para evitar a desidratação é idoso. Ao chegar a terceira idade, as pessoas per-

dem a sensação de sede devido à adaptação fisiológica do organismo. “Nesse grupo etário, é necessária atenção redobrada quanto à ingestão de líquidos, devido a um risco aumentado de desidratação”, conclui a especialista.

Confira algumas dicas para manter-se hidratado:

- Beba água em grande quantidade, sempre. A recomendação é ingerir, em média, dois litros por dia; - Verifique se as crianças e os idosos estão tomando a quantidade de líquido necessária para manter a boa hidratação do organismo; - Lembre-se de tomar água ou água de coco, após a prática de atividades físicas; - Vista roupas leves em dias quentes para evitar a perda excessiva de água pelo suor.

PORTAS

DA

AMAZÔNIA

Rua Dr. Malcher, 15 – Cidade Velha em frente a Catedral da Sé - Cidade Velha - Belém Fone/Fax: 55 ( 91) 3222-9952 / 3212-9575 www.portasdaamazoniabelempara.com.br info@portasdaamazoniabelempara.com.br 36

Pará+

Água para aliviar o calor.indd 36

www.paramais.com.br

23/07/2015 11:37:33


Vivenciar emoções, ser feliz

Ser feliz ou obter sucesso? Escolha as duas opções! Texto Amauri Nóbrega*

V

ocê se sente realizado profissionalmente? É feliz no seu trabalho? Quando você acorda cedo, senta na cama e coloca o pé no chão, o que vem em sua mente em primeiro lugar? Você confia, acredita em si? Se a reposta para a maioria dessas questões for “não”, sugiro que você pare agora o que está fazendo e “fuja” para uma autoanálise de tudo o que está acontecendo em sua vida. Para realizar esse trabalho de se conhecer, você precisará de ajuda psicológica, entretanto, se partimos do princípio que não existe nada internamente te prejudicando, um trabalho de coaching será mais adequado. Agora, gostaria de dar uma dica que lhe ajudará muito nessa análise: ambição pessoal. Este é o ponto inicial desse processo. Quais são as suas ambições? É de suma importância você ter isso escrito e “tatuado” em sua mente. É a partir dela que você fará uma reflexão sobre tudo que está realizando. A derivação da sua ambição é a sua razão de ser, ou seja, a sua missão de vida. Da mesma forma que um negócio tem que ter uma razão para existir, nós também, creio eu, temos que ter essa razão bem definida, senão, nada valerá a pena. Bom, alguns acreditam que vieram a esse mundo a

www.paramais.com.br

Ser feliz ou obter sucesso Escolha as duas opções!.indd 37

Realize atividades que você gosta de fazer, planeje cada passo

passeio, mas deixemos esse grupo fora da discussão. A sua missão deve se concentrar naquilo que você deseja ser (caráter), fazer (contribuições e conquistas) e nos valores/princípios nos quais o ser e o fazer estão enraizados. Não sou aquele tipo de pessoa que separa o lado profissional do pessoal, pois acredito que ambos devem andar juntos e alinhados. Os dois lados e as outras dimensões da existência são afetadas pelo seu conceito de missão de vida. Mapear ou mesmo construir a missão é a primeira ação de quem deseja buscar a equivalência entre o que se faz e o que se deveria estar fazendo para atingir a

realização plena. Acredito ser esse o seu primeiro “dever de casa”, afinal, você não conquistará o sucesso pleno e não será feliz naquilo que faz sem essa etapa. Quando você é feliz, se torna mais criativo, inova muito mais, cria e, assim, produz plenamente. Com isso, você acabará criando um círculo virtuoso de autodesenvolvimento, pois aparecerão diversas oportunidades de aprendizado. Comece agora e não olhe para trás, pois você não tem tempo a perder! (*) Consultor executivo, palestrante, coach, escritor, conselheiro e especialista em estratégia e finanças

Pará+

<<

37

23/07/2015 11:38:28


Paraense é destaque durante a Feira de Ciências nos Estados Unidos Jovem cientista Maurício Pantoja cria projeto para ajudar ribeirinhos do Estado do Pará

O

Fotos Arquivo pessoal

que recebeu incentivos para dar o melhor em sua apresentação nos Estados Unidos. “Conheci pessoas que vão estar sempre no meu coração e que jamais vou me esquecer de cada um daqueles”, disse. O jovem cientista não se esquece dos professores. “Foram eles que nos apoiaram a cada momento. Agradeço a todos que nos apoiaram em cada momento dessa grande conquista,

jovem Maurício Pantoja, de 19 anos, mostrou ao Pará e principalmente ao mundo, que é possível superar as adversidades e se destacar no ramo da ciência, mesmo não tendo condições sociais e muito menos financeiras. Ele foi o único representante do Estado e da Região Norte numa das maiores feiras de ciências do mundo, a Intel IESEF (Intel International Science and Engineering Fair), nos Estados Unidos, realizado no mês de maio deste ano. O evento reuniu mais 1,6 mil jovens cientistas, no David L. Lawrence Convention Center, em Pittsburg, Pensilvânia. Além de apresentarem projetos e vivenciarem um intercâmbio cultural, os alunos concorreram a US$ 4 milhões em prêmios e bolsas de estudo. E o paraense Maurício Pantoja foi mostrar como transformou os resíduos do buriti em ração para suínos e carvão ativado. “Tive a oportunidade de mostrar meu projeto para os mais diversos Maurício Pantoja cientistas do mundo”, conta eu- durante a Feira fórico o universitário, que teve de Ciências nos uma grande conquista: Prê- Estados Unidos mio da Organização dos Estados das Américas, que reco- foi um verdadeiro show. Realmente, aqui é nhece projetos que buscam o mundo e as melhores ideias para melhomelhorias para regiões das rá-lo”. Américas. Ele afirma que conseguiu mostrar sua ideia e receber inúmeros eloOs objetivos do projeto, segundo Maugios de grandes pesquisa- rício, são a valorização do buritizeiro e a dores de todo reutilização de seus resíduos na produção o mundo. “Apesar de carvão ativado e rações para animais, do meu inglês não gerando emprego e renda na região amatão bom, foi muito inte- zônica. No projeto esses resíduos passaram por um processo de secagem e desfibrilaressante”. Medalha recebida Maurício ressalta ainda ção, transformando a bucha (mesocarpo)

Projeto vencedor

durante o evento

38

Pará+

Paraense é destaque durante a Feira de Ciências nos Estados Unidos.indd 38

em ração animal e por meio da queima da amêndoa (semente) em um forno de barro se obteve carvão. Foi feito um estudo da viabilidade social e ambiental da mobilização econômica que a pesquisa gera na região, com o desenvolvimento de oficinas para a capacitação dos agricultores em colheita e beneficiamento de sua produção. Maurício se diz feliz em poder ajudar sua comunidade. “É bom saber que as pessoas poderão ter renda e uma qualidade de vida melhor com a água tratada pelo filtro. Hoje o filtro pode ser vendido para colocar em aquários e nas caixas d’água. Para o futuro, espero ajudar muitas pessoas”. E a ideia do projeto surgiu por acaso. Observando o rio pela janela de sua casa, Maurício Pantoja viu os caroços de buruti trazidos pela subida das águas. “Como moramos em palafitas, eu ficava observando os porcos comendo aqueles caroços”, contou. Então o jovem estudante resolveu criar um alimento para animais, algo que gerasse renda e emprego para as pessoas da região. O universitário conta que já tinha conhecimento de que existiam outros projetos com o resíduo do buriti. “Na escola fazem mingau do fruto, então comecei a coletar os caroços. Fui para o forno da escola para assá-los e depois fazer o farelo no liquidificador. As primeiras tentativas deram errado. Queimei dois liquidificadores na escola e outro da minha casa”, lembra. Para chegar ao ponto exato do experimento, o estudante precisou adicionar outras substâncias até reunir todos os nutrientes da ração. “Além do caroço, usamos o sal como conservante e 15% de polpa para ter mais textura, cor, gosto, proteína, carboidrato e vitaminas”, ensinou. Após a mistura dar certo, o próximo passo foi apresentar o projeto em sua escola. Coube ao professor Gilberto Luís, de

www.paramais.com.br

23/07/2015 11:39:30

P


Durante a exposição dos projetos

Representantes de todo o Brasil foram aos Estados Unidos

Abaetetuba, orientar o estudante. “Foi com ele que fui pela primeira vez ao Rio Grande do Sul para concorrer à possibilidade de ir para a feira nos Estados Unidos. Mas em 2013 não ganhei”, conta. A derrota serviu de incentivo para aperfeiçoar ainda mais seu experimento. “Em 2014, nós levamos outro projeto, que é o uso do carvão do caroço de buriti para filtrar água. Se nós fôssemos colocar para vender, seria muito barato. Então, como a população ribeirinha não tem água tratada e usa a do rio para abastecer suas casas, seria melhor utilizado.” Maurício tem o sonho de ver seu projeto sendo comercializado, mas ele ainda não tem condições de arcar com os custos iniciais. “Mas, como diz meu avô, de onde sai uma ideia, sai duas”, diz sorrindo. “Não quero que o projeto gere renda pra mim, e sim para os ribeirinhos”, destacou o estudante que pretende ser um microempresário.

A Intel IESEF reuniu mais 1,6 mil jovens cientistas no David L. Lawrence Convention Center, em Pittsburg, Pensilvânia

velou o jovem cientista, que leva uma vida simples ao lado da mãe Orlandina Pantoja, os irmãos João e Daniel, e o avô Raimundo. Ninguém tem um trabalho formal, com carteira assinada. O irmão mais velho trabalha na agricultura familiar e a mãe é dona de um terreno onde trabalha com a plantação de açaí, por alguns meses. “É o que sustenta a nossa família”, disse.

Vida simples

Mas para chegar até esse projeto vencedor, o atual universitário teve que superar diversos obstáculos. Entre eles, a falta de condições financeiras e de estudos. Maurício Pantoja mora na comunidade de Anapuzinho, região ribeirinha de Igarapé-Miri, nordeste do Estado, e cursa Ciências Biológicas, no Instituto Federal do Pará (IFPA), polo Abaetetuba. “Dificilmente consigo ir e voltar todos os dias. Por isso, fico geralmente na casa do meu professor aqui em Abaetetuba”, re-

Pai Você merece o melhor Padre Eutíquio, 1198 PRÓXIMO AO SHOPPING

@casa_contente

/casacontente

@casacontente

www.paramais.com.br

Paraense é destaque durante a Feira de Ciências nos Estados Unidos.indd 39

Certificado do Prêmio recebido pelo estudante

Sua casa é modesta e fica às margens do rio, a chamada palafita. O colégio onde tudo começo, a escola Bom Jesus I, que foi anexada pela escola estadual de ensino médio Manoel Antônio de Castro, também foi construído em cima do rio e é sustentada apenas por madeiras. O projeto iniciou ali, durante o ensino fundamental. Depois, Maurício trabalhou durante os três anos do ensino fundamental para desenvolvê-lo. Ele lembra que o acesso à internet e ao telefone era quase impossível. Ele contava apenas com os livros disponibilizados na escola para terminar o projeto. Torcedor do Paysandu e do Corinthians, Maurício também é engajado nas atividades religiosas. Ele está sempre presente na Pastoral da Juventude, da Igreja Católica. Quando está em casa, gosta de assistir filmes de ação e de super-heróis. Seus preferidos são Iron Man, Homem de Ferro e Vingadores. Seu seriado preferido é o Chaves. A leitura também faz parte do seu dia a dia. Ele destaca o livro Diary of a Wimpy Kid. Romance de ficção realista escrito pelo autor e cartunista americano Jeff Kinney, o segundo da série Diário de um Banana , e é a sequência de Diário de um Banana. Nos estudos, Maurício gosta de repassar seus conhecimentos. Recentemente ele palestrou durante a Mostra de Ciências e Cultura da Escola Araci Corrêa, na Vila Maiauatá, em Igarapé-Miri. “Espero ajudar, levar isso para muitos outros alunos em todos os cantos dessa nossa terrinha... queremos ver muitos jovens cientistas ganhando o mundo e saindo daqui”, finalizou.

POLTRONA CHARLES EAMES RIVATTI Pará+

39

23/07/2015 11:39:31


Farinha de pupunha na mesa do paraense Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará viabiliza produtos mais saudáveis que podem ser feitos com o fruto

S

Texto Celso Freire Fotos Celso Freire, Divulgação

em dúvida alguma, a pupunha é uma paixão do paraense. Ela está por todos os lados, seja em cachos pendurados nas barracas dos vendedores ou mesmo dentro dos copos de plásticos nos tabuleiros dos camelôs. Comer “umas” pupunhas tomando um cafezinho é uma tentação, que poucos resistem. Mas, será que os paraenses aprovariam comer um bolo feito com a farinha de pupunha ao invés da farinha de trigo?! Ou quem sabe, tomar um sorvete com a casquinha feita da farinha do fruto?! Ou, melhor ainda, saborear um macarrão feito com a farinha da pupunha?! Por enquanto ainda não há respostas para essas perguntas. A farinha de pupunha 40

Pará+

Farinha de pupunha na mesa do paraense.indd 40

não está sendo comercializada. Pelo menos por enquanto. Ela está sendo estudada e produzida nos laboratórios do curso de Tecnologia de Alimentos, da Universidade Federal do Pará (UFPA). “Ela já está sendo utilizada em pães, bolos, massa de macarrão e casquinha de sorvete”, disse a doutoranda do curso da UFPA, Márlia Barbosa Pires. Orientada pelos professores Antônio Manoel da Cruz Rodrigues e Luiza Helena Meller da Silva, que coordenam o Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos (PPGCTA), do Instituto de Tecnologia da UFPA, Márlia elaborou um projeto que destacava os diferentes tipos de farinha de pupunha: com casca e sem casca; cozida e não cozida, de uma variedade que não é muito consumida pela população, por ser considerada “muito seca”. O tipo Vaupés

apresenta uma pupunha de polpa com menor teor de lipídios, ou seja, é menos gordurosa do que a pupunha tradicional. Por não agradar a maioria dos consumidores, esse tipo Vaupés tem um valor comercial inferior, como revelou o professor Antônio Rodrigues. Márlia revela que a ideia principal do projeto é estudar as propriedades funcionais da farinha de pupunha para verificar em quais produtos ela poderia ser utilizada. “O meu trabalho definiu que a farinha de pupunha pode ser utilizada na elaboração de produtos na panificação, molhos, mingaus e etc”.

Produtos sem glúten

O trabalho defendido por Márlia Pires fomentou outros estudos, como o Trabalho

www.paramais.com.br

23/07/2015 11:47:15

(


de Conclusão de Curso da graduanda em Engenharia de Alimentos Yasmin Nóvoa e do bolsista de Iniciação Científica Paulo Chada. Ambos orientados pela professora Luiza Helena da Silva. Yasmin desenvolveu um macarrão a partir da farinha da pupunha. Ela ressalta que a massa não apresenta glúten em sua composição, o que toma uma característica que poderá atender uma parcela diferenciada de consumidores. “O macarrão tem apenas um leve sabor da pupunha”, garante Yasmin. Já Paulo Chada desenvolveu a casquinha de sorvete também a partir da farinha da pupunha. “Ela não contém glúten e não apresenta sabor muito diferente do da casquinha tradicional. O sabor é agradável e não atrapalha nenhum outro sabor”, disse. Márlia Pires aprovou os produtos feitos com base em seus estudos. “Foram bem elaborados”, disse ela, ressaltando ainda que a pupunha seca é rica em gordura de boa qualidade, caroteno, minerais e fibras, além de ser um ótimo energético. “A farinha de pupunha vai enriquecer os outros produtos que forem agregados a ela”, garante a doutoranda.

Antônio Rodrigues, Márlia, Paulo e Yamin responsáveis pelos estudos da farinha de pupunha

A farinha de pupunha ainda não está sendo comercializada, mas tem grande potencial para a indústria. O professor Antônio Rodrigues observa que empresas de pequeno e médio porte conseguem desenvolver a produção da farinha. “Nossa intenção é otimizar as etapas e tornar prático a sua utilização pela industria”, afirma o orientador. A

Pupunha cozida, rica em fibras e carboidratos, normalmente é cozida em água e sal

Ainda sem mercado

Antônio Rodrigues, Márlia, Paulo e Yamin responsáveis pelos estudos da farinha de pupunha

professora Luiza Helena da Silva ratifica as palavras do professor Antônio. Ela ressalta que a farinha de pupunha pode concorrer em igualdade de condições ou até mesmo mais em conta do que as farinhas de trigo, que são importadas da Argentina e dos Estados Unidos. “Podemos chegar a um produto economicamente competitivo”, disse Luiza. O trabalho está em fase de registro de patente, consequência positiva dos resultados encontrados nas análises da pupunha e dos processos aos quais foi submetida. As conclusões da pesquisa podem possibilitar aos empreendedores uma alternativa de comercialização dessa variedade de pupunha. “A comercialização vai nos trazer benefícios com fomentos de outros trabalhos. Estamos

CHAVES & CARIMBOS Desde 1965 de Bons Serviços

AMOLA-SE FACA, TESOURA E ALICATE DE MANICURE ABERTURA DE COFRES, PORTAS E CARROS

CHAMADOS EM DOMICÍLIO Rua Presidente Pernambuco S/N (em frente a Escola José Verissimo) (91)

99981-6822 / 98057-5822

www.paramais.com.br

Farinha de pupunha na mesa do paraense.indd 41

dando resposta à sociedade com o desenvolvimento das pesquisas. Nosso objetivo é atender o setor produtivo e o consumidor”, finalizou professor Antônio.

Alimentos sem glúten

Frutas e vegetais; Arroz e seus derivados; Milho e seus derivados; Fécula de batata; Carnes e peixe; Açúcar, chocolate, cacau, gelatinas e sorvetes; Sal; Óleos, azeite e margarinas.

Alimentos que contém glúten

Os alimentos que contém glúten são todos aqueles que podem ser feitos com trigo,

AÇAÍ DELIVERY 3087-6216 (91) 3088-3315 (91) 3081-2038 98195-0615 (91)

AÇAÍ

ener gy

CANUDOS

(91)

3087-1598

NAZARÉ: TV. BENJAMIN CONSTANT, 1064 CANUDOS: RUA SILVA ROSADO COM FRANCISCO MONTEIRO, 692 EMAIL: ORLANDOCOELHO27@GMAIL.COM Pará+

41

23/07/2015 11:47:19


O mercado interno brasileiro de palmito é cerca de cinco vezes maior do que o externo, que, no entanto, apresenta uma demanda crescente, devido ao crescente uso do produto na culinária internacional. O cultivo da pupunha é economicamente importante também para a Costa Rica.

Composição por 100 g de polpa da pupunha (mesocarpo) 164 calorias, 2,5 g de proteínas, 28 mg de cálcio, 31 mg de fósforo, 3,3 mg de ferro, 1.500 mmg de pró-vitamina A, caroteno 0,06 mg de vitamina B1 34 mg de vitamina C.

cevada, centeio ou aveia como bolachas, bolos, biscoitos, pão, torradas, cerveja e qualquer massa que leve farinha de trigo, como a massa de pizza, por exemplo.

Pupunha (Bactris gasipaes)

A planta pupunheira pode crescer até 20m e é originária das florestas tropicais do continente americano. É muito conhecida e consumida pelas populações nativas da América Central até a Floresta Amazônica, sendo há séculos utilizada na sua alimentação.

das para a substituição, com vantagens, de outras palmeiras nativas, como o açaí (Euterpe oleraceae) e a juçara (Euterpe edulis), que são exploradas de forma extrativista e predatória e, por isso, apresentam restrições legais e risco de extinção.

Sem dúvida alguma, a pupunha é uma paixão do paraense

Características

Os frutos são frequentemente consumidos depois de cozidos em água e sal ou na forma de farinha ou óleo comestíveis. Contudo, também podem ser matéria-prima para a fabricação de compotas e geleias. Detalhe do fruto da pupunha No Brasil, essa planta é uma solução viável para a indústria palmiteira porque apresenta características agronômicas adequa-

Sem dúvida alguma, a pupunha é uma paixão do paraense

beckmodel AGÊNCIA DE MODELOS

Agende seu horário!

Avaliações ter, qua e qui 10h ou 16h

/gustavo.beckman

w w w. m i r o j r. c o m . b r 3229-7191 / 98157-7907 42

Pará+

Farinha de pupunha na mesa do paraense.indd 42

91

98159-5390 98747-4169

Rua Antônio Baena, 128

(próx à Duque de Caxias) Marco 32 anos de Luz www.paramais.com.br

23/07/2015 11:47:23


PRÊMIO SDSN

amazônia RECONHECENDO AS BOAS Práticas VOLTADAS AO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NA AMAZÔNIA CONTINENTAL. O Prêmio SDSN Amazônia visa identificar, reconhecer e dar visibilidade às ações, projetos, programas e iniciativas de organizações públicas, das empresas, da academia e de organizações não governamentais que, frente aos desafios impostos pelo desenvolvimento socioeconômico da região da Amazônia Continental (Bolívia, Brasil, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela), trazem soluções aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). A iniciativa pretende disseminar práticas bem sucedidas como alternativas viáveis por meio de cinco categorias: Educação, Mineração, Gestão de Áreas Protegidas, Gestão de Terras Indígenas e Infraestrutura.

INSCRIÇÕES ABERTAS!

www.paramais.com.br

ANUNCIO SDSN AMAZÔNIA.indd 3

©2015 - Prêmio SDSN Amazônia. Todos os direitos reservados.

Pará+

3

23/07/2015 11:49:04


facebook.com/oncologica

4

Parรก+

AN_ONCO_205X275_junho.indd 1 ANUNCIO ONCOLร“GICA.indd 4

www.paramais.com.br

21/05/15 17:32 23/07/2015 14:29:21

Pará+ 161  

Especial Verão

Advertisement