Page 1

RECEITA DE ANO NOVO

P ró-Vocações e Missões Franciscanas PROVÍNCIA FRANCISCANA DA IMACULADA CONCEIÇÃO DO BRASIL SÃO PAULO |Nº 144 - 2013| E-MAIL: pvf@franciscanos.org.br

Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta. Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumidas nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver. Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre. Carlos Drummond de Andrade


|2|

E

|7|

Tempo de AGRADECIMENTO e de esperança Caríssimos benfeitores e amigos do Pró-Vocações, Paz e Bem!

Q

ue bom chegar até você, mais uma vez, principalmente neste tempo forte das festas de fim de ano. Aliás, esta é a última edição do Boletim Pró-Vocações neste ano de 2013. No próximo, já estaremos diante de novos sonhos e novas perspectivas, afinal de contas já será 2014. E, neste clima festivo, convidamos Frei Gustavo Medella para nos falar sobre o Natal e o sentido desta data tão simbólica e significativa. Aproveite este texto para sua reflexão pessoal ou para estudo em grupo, nas diversas novenas de Natal espalhadas por este nosso imenso Brasil, aí na sua casa, na sua comunidade. No mesmo espírito de alegria, esta edição apresenta a profissão perpétua (definitiva) dos votos religiosos dos frades: Alexandre Rohling e Alex Ferreira da Silva. Estes irmãos prometeram “diante de Deus e dos homens” viver por todo o tempo de suas vidas em pobreza, castidade e obediência. A eles nosso abraço sincero e os desejos de uma vida religiosa plena e feliz. O primeiro deles, Frei Alexandre Rohling, mais carinhosamente chamado de “Frei Xandão”, exerce seu trabalho pastoral conosco no Pró-Vocações. Enfim, você percebeu, que desta vez o Boletim veio acompanhado de um calendário para o ano 2014. Trata-se de uma lembrança nossa a você, benfeitor e benfeitora, uma forma que encontramos de estar todos os dias em sua casa e no seu dia a dia. Nele, você poderá acompanhar nossas principais atividades e se programar para estar conosco em alguma delas. Destaque ainda para o dia 4 de cada mês, dia que escolhemos para ser nosso “dia de preces pelos benfeitores franciscanos”. Estaremos unidos em todos os nossos conventos e seminários, rezando por você e sua família. Pedimos, também, que você reze, sempre no dia 4 de cada mês, por todos

Na casa de Maria e de Frei Galvão

os benfeitores franciscanos. Gostaria de aproveitar para agradecer a cada um por tantos gestos de carinho manifestados a nós, franciscanos. Ao longo deste ano foram tantas as cartas, os e-mails, as mensagens que recebemos. Em cada um deles, um sinal de afeto e de reconhecimento pelo que fazemos como frades franciscanos. Neste ano de 2013 estivemos unidos pelos laços da caridade que nos fazem irmãos. A você, caro benfeitor e benfeitora, o nosso muito obrigado por tudo e por sempre acreditarem em nós. Juntos, pouco a pouco, vamos construindo o Reino de Deus já aqui nesta terra! Nós, família Pró-Vocações e Missões Franciscanas, desejamos a você um

FELIZ e SANTO NATAL Que 2014 seja repleto das melhores coisas e pleno da graça de Deus! Frei Alvaci Mendes da Luz

Como acontece todos os anos, o Pró-Vocações realiza um passeio com os benfeitores para o Santuário Nacional de Aparecida, a Casa de Nossa Mãe Maria, em Guaratinguetá, cidade natal de nosso primeiro santo brasileiro: Santo Antônio de Sant’Ana Galvão. Partimos do Convento São Francisco no domingo, 27 de outubro, para Aparecida, onde tivemos um tempo para a visita à Imagem de Nossa Senhora e, como sempre, cada um teve seu “momento de colo” da Mãe. É sempre emocionante ver a quantidade de pessoas de vários lugares que lotam a Basílica para pedir, agradecer ou simplesmente fazer uma visita. Depois de recebermos a bênção de Nossa Senhora, continuamos nossa romaria em direção ao Seminário Frei Galvão, em Guaratinguetá, casa de formação da Província da Imaculada.

Ao chegarmos fomos recepcionados por Frei João Francisco da Silva, Frei Airton da Rosa Oliveira (Frei Soneca) e pelos aspirantes, que fizeram o almoço. “Estava uma delícia!”. À tarde, tivemos a celebração eucarística, presidida por Frei Diego Melo. Na sua homilia, Frei Diego contou a história de Frei Feliciano (90 anos) que todos os dias após o almoço, pedia que o levassem ao sacrário e que passados alguns minutinhos ele acabava dormindo. Ao ser contestado por um outro frade que não entendia por que ele não iria diretamente para o quarto dormir, Frei Feliciano respondeu com toda a sabedoria de seus bons anos vividos: “Os cães velhos também dormem aos pés do seus donos”. Com esse exemplo de confiança e pertença nos mostrou o verdadeiro sentido da oração. No momento da oração eucarística, Frei Diego convidou a todos

para participarmos junto ao altar como uma grande família franciscana. Frei Soneca fez uma síntese da vida e convívio franciscano no seminário Frei Galvão. Tiramos a foto oficial aos pés de Nossa Senhora de Fátima, imagem da praça que fica em frente ao Seminário. Depois, nosso destino foi a Fazenda da Esperança, no bairro das Pedrinhas, em Guaratinguetá. A capela da Fazenda lembra uma tenda e foi abençoada pelo Papa Bento XVI. Ela abriga as relíquias de Santa Crescência e do 1º Santo Brasileiro: Frei Galvão. Fomos recebidos pelos jovens, ex-dependentes químicos, que ainda estão em tratamento. Cada um contou sua história de vida e a luta para deixar seus vícios. Foi emocionante! Muito obrigada por esse privilégio. Vanda Cuxinier Gola, Benfeitora


|6|

l

V

|3|

Programe-se, benfeitor! JANEIRO 27 a 02 – Campanha PVF – Balneário Camboriú/SC

JUNHO 08 - Encontro regional PVF – Benfeitores de SP 13 – Santo Antônio 22 – Campanha PVF – Amparo/ SP

FEVEREIRO 03 a 09 – Semana Missionária – Curitibanos/ SC

JULHO 21 a 27 – Semana Missionária – Vila Velha/ES

MARÇO 23 - Dia com Maria e Frei Galvão – AparecidaAGOSTO Guará/SP 11 – Santa Clara 25 a 30 – Missões 24 – Campanha PVF – São Seminário Santo Antônio, Agudos, São Paulo. Franciscanas Botucatu/SP Sebastião/SP Local do Retiro anual dos benfeitores do Pró-vocações. 30 – Campanha PVF Bauru/SP (Paróquia Santa Clara) SETEMBRO 28 - Dia com Maria e Frei Galvão – Aparecida-Guará ABRIL 21 a 28 – Oitavário de Nossa Senhora da Penha OUTUBRO PVF/SAV (Vila Velha/ES) 04 – São Francisco de Assis 19 - Encontro regional PVF – Benfeitores do PR MAIO Curitiba/PR 01 a 04 – Retiro dos Benfeitores 21 – Campanha PVF – Florianópolis/SC – Agudos/SP 22 a 26 – Campanha PVF – Concórdia/SC 11 – Dia das Mães – Campanha PVF – Convento São 25 – Santo Antônio de Sant’Ana Galvão Francisco 25 – Encontro regional PVF – Benfeitores de SC – DEZEMBRO Angelina/SC 01 a 07 - Semana Missionária – Niterói/RJ

EXPEDIENTE

INTENÇÕES DE MISSA

Nome:_________________________ Data: _

/

/

Use este espaço para solicitar aos Franciscanos que celebrem a Santa Missa nas suas intenções. Caso não queira recortar este Boletim, você também pode usar uma outra folha de papel, ou até mesmo fazer xerox deste formulário e enviar para: Caixa Postal 900 - 01031-970 - São Paulo - SP. Um meio mais rápido é fazer pela Internet, através do email: pvf@franciscanos.org.br

O Boletim do PVF é uma publicação bimestral do Pró-Vocações e Missões Franciscanas da Província da Imaculada Conceição do Brasil. Ministro Provincial: Frei Fidêncio Vanboemmel Equipe: Frei Alvaci Mendes da Luz (coordenador); Frei Diego Atalino de Melo, Frei Alexandre Rohling e Frei Walter de Carvalho Jr. (colaboradores); Moacir Beggo (jornalista). Endereço: Largo São Francisco, 133, Centro, São Paulo (SP), CEP 01005-010. Telefone: 3291-2416 Site: www.pvf.com.br Email: pvf@franciscanos.org.br

M

ais uma vez vem o Natal para

de nascer junto. Ele vem! Vem menino: pobre, simples,

nos ensinar preciosa lição:

desprotegido, dependente, frágil... Vem criança: brinca,

“Viver é nascer e renascer a

aprende, mama, cai, cresce... Vem cercado de carinho

cada dia, a cada instante”.

e atenção por Maria, “Presépio vivo” que, desde seu

Nascemos para novas ex-

corajoso “sim”, acolheu em seu ventre aquele que nem o

periências, para novas fases da vida. Nascemos para a

universo conseguiria conter. Vem cuidado pelo olhar atento

presença e a ausência daqueles a quem amamos. Quando

do justo José, que deixou-se nascer pai adotivo do Filho

um homem e uma mulher se casam, nascem um esposo

de Deus! Vem cercado de animais na gruta de Belém.

e uma esposa que escolheram abraçar o projeto de vida

Atrai pastores, Reis Magos, atrai a estrela e manifesta

a dois. Quando nasce um filho, nascem juntos um pai e

que o Natal mobiliza toda a criação. De nascimento em

uma mãe. Quando nasce um neto, vêm à luz também

nascimento, Deus afirma e reafirma que jamais nos deixa

“vovô” e “vovó”. Quem começa em um novo emprego,

a sós! Ele sempre está conosco, dirigindo nossos passos

nasce para aquela atividade. Quando alguém se encanta

e caminhando ao nosso lado.

com a missão dos franciscanos e escolhe se tornar um

Que este Natal, mais uma vez, seja tempo de reacen-

benfeitor do Pró-Vocações e Missões Franciscanas, nasce

der em nosso coração a chama da certeza e da esperança

um evangelizador que acredita no sonho de São Francisco

de que, no Senhor, somos sempre chamados a renascer,

de Assis. Quem se aposenta, nasce para o justo descanso

dia após dia, cada vez mais plenos, felizes e realizados

depois de anos de trabalho e dedicação, ou nasce para

em Deus! Que o Menino de Belém nos ensine mais uma

o desafio de permanecer trabalhando, pois precisa com-

vez esta lição.

plementar a aposentadoria. Quem morre, nasce para a vida eterna, conforme nos atesta e garante nossa fé em Cristo Ressuscitado. E, em todos estes nascimentos, Deus faz questão

FELIZ NATAL! Frei Gustavo Wayand Medella


|4|

V

|5|

VOCACIONAL

NOVOS PROFESSOS

FREI ALEX FERREIRA DA SILVA

FREI ALEXANDRE ROHLING Conduzida pelo Ministro Provincial, Frei Fidêncio Vanboemmel, a celebração eucarística da Profissão Solene de Frei Alexandre Rohling, no dia 27/09, foi um misto de oração, alegria e emoção na comunidade de Cerro Negro, Ituporanga (SC). Depois da leitura do evangelho, iniciou-se o rito de profissão solene e, na homilia, Frei Fidêncio enfatizou o presente que são os confrades que o Senhor nos dá. São Francisco, conta o celebrante, agradece a Deus a graça de ter-lhe dado irmãos e que todos aqueles que são conduzidos à Ordem pelo Senhor, são dádi-

vas de Deus. Contando com a presença significativa de confrades de opção laical na celebração, o ministro aproveitou o momento para citar o empenho missionário de muitos ali presentes, que por vários anos trabalharam em terras estrangeiras: Frei Plínio (missionário em Angola); Frei Odorico Decker (missionário em Angola); Frei Sérgio Calixto (missionário na Terra Santa); Frei Jorge Lázaro (missionário em Marrocos), enfim, frades que não fizeram a opção sacerdotal, assim como Frei Alexandre, mas trabalharam e trabalham incansavelmente na evangelização. Não faltaram ainda os abraços, as

saudações e as tão esperadas homenagens, que, no final de cada celebração de profissão, dão um toque especial. A pequena Joana Berri cantou a Oração de São Francisco, cuja letra inspirou o tema de profissão, e o povo capixaba, cantando o hino “Virgem da Penha”, conduziu uma réplica da imagem de Nossa Senhora da Penha, cujo convento e santuário são cuidados pelos frades e onde Frei Xandão fez estágio e amigos, até o altar e a entregou à mãe do professando, Dona Rita Rengel. Por fim, as palavras do professando eram só de agradecimento.

Chegando o grande dia da Profissão Solene de Frei Alex Ferreira da Silva, no dia 10 de novembro, a comunidade da Paróquia Senhor Bom Jesus, na Ferraria, em Campo Largo (PR), que tanto já celebrara durante o Tríduo Preparatório, se reúne para a máxima ação de graças. E era tanto a agradecer...As famílias visitadas, as bênçãos e os encontros... Muito vieram para rezar junto e celebrar com alegria. A igreja ficou pequena... Reunidos no salão paroquial, a comunidade, familiares, confrades, amigos de todo dia e alguns que há muito não se viam... A procissão seguiu com alegria, já prenunciando o clima feliz de toda a liturgia. “Eu, Frei Ferreira da Silva, com o auxílio

de Deus (...), humildemente peço a ti, Frei Fidêncio Vanboemmel, e aos teus irmãos, ser admitido na Ordem dos Frades Menores, para o louvor de Deus e o serviço da Igreja”. Esse foi o pedido feito por Frei Alex diante do Ministro Provincial. Pedido aceito e celebrado com verdadeira alegria. Frei Fidêncio, na homilia, ressaltou a necessidade de mediações na resposta à vocação de cada um. Família, amigos, religião, tudo deve concorrer para nos levar a Deus. Tudo tem o seu papel. Uma vocação como a de Frei Alex contou com muitos que participaram ativamente, rezando, incentivando, acompanhando, ajudando no possível nesse caminho em companhia de Deus.

Fez questão de fazer menção ao tempo de missão em Angola, e o quanto isso contribuiu para seu discernimento. Após a homilia, Frei Alex é interrogado acerca dos compromissos que desejava assumir. Respondendo positivamente, invocou-se sobre ele a intercessão de todos os santos e santas de Deus. Assumido o compromisso não apenas perante a fraternidade, mas com toda a fraternidade, o frade é incorporado à fraternidade com um caloroso abraço. Nos agradecimentos, ao falar de sua família, amigos e quanto lhe significavam enquanto base de sua vocação, se emocionou. Fez especial agradecimento ao pároco da paróquia Senhor Bom Jesus, ali na Ferraria, por todo apoio e acolhida.


|4|

V

|5|

VOCACIONAL

NOVOS PROFESSOS

FREI ALEX FERREIRA DA SILVA

FREI ALEXANDRE ROHLING Conduzida pelo Ministro Provincial, Frei Fidêncio Vanboemmel, a celebração eucarística da Profissão Solene de Frei Alexandre Rohling, no dia 27/09, foi um misto de oração, alegria e emoção na comunidade de Cerro Negro, Ituporanga (SC). Depois da leitura do evangelho, iniciou-se o rito de profissão solene e, na homilia, Frei Fidêncio enfatizou o presente que são os confrades que o Senhor nos dá. São Francisco, conta o celebrante, agradece a Deus a graça de ter-lhe dado irmãos e que todos aqueles que são conduzidos à Ordem pelo Senhor, são dádi-

vas de Deus. Contando com a presença significativa de confrades de opção laical na celebração, o ministro aproveitou o momento para citar o empenho missionário de muitos ali presentes, que por vários anos trabalharam em terras estrangeiras: Frei Plínio (missionário em Angola); Frei Odorico Decker (missionário em Angola); Frei Sérgio Calixto (missionário na Terra Santa); Frei Jorge Lázaro (missionário em Marrocos), enfim, frades que não fizeram a opção sacerdotal, assim como Frei Alexandre, mas trabalharam e trabalham incansavelmente na evangelização. Não faltaram ainda os abraços, as

saudações e as tão esperadas homenagens, que, no final de cada celebração de profissão, dão um toque especial. A pequena Joana Berri cantou a Oração de São Francisco, cuja letra inspirou o tema de profissão, e o povo capixaba, cantando o hino “Virgem da Penha”, conduziu uma réplica da imagem de Nossa Senhora da Penha, cujo convento e santuário são cuidados pelos frades e onde Frei Xandão fez estágio e amigos, até o altar e a entregou à mãe do professando, Dona Rita Rengel. Por fim, as palavras do professando eram só de agradecimento.

Chegando o grande dia da Profissão Solene de Frei Alex Ferreira da Silva, no dia 10 de novembro, a comunidade da Paróquia Senhor Bom Jesus, na Ferraria, em Campo Largo (PR), que tanto já celebrara durante o Tríduo Preparatório, se reúne para a máxima ação de graças. E era tanto a agradecer...As famílias visitadas, as bênçãos e os encontros... Muito vieram para rezar junto e celebrar com alegria. A igreja ficou pequena... Reunidos no salão paroquial, a comunidade, familiares, confrades, amigos de todo dia e alguns que há muito não se viam... A procissão seguiu com alegria, já prenunciando o clima feliz de toda a liturgia. “Eu, Frei Ferreira da Silva, com o auxílio

de Deus (...), humildemente peço a ti, Frei Fidêncio Vanboemmel, e aos teus irmãos, ser admitido na Ordem dos Frades Menores, para o louvor de Deus e o serviço da Igreja”. Esse foi o pedido feito por Frei Alex diante do Ministro Provincial. Pedido aceito e celebrado com verdadeira alegria. Frei Fidêncio, na homilia, ressaltou a necessidade de mediações na resposta à vocação de cada um. Família, amigos, religião, tudo deve concorrer para nos levar a Deus. Tudo tem o seu papel. Uma vocação como a de Frei Alex contou com muitos que participaram ativamente, rezando, incentivando, acompanhando, ajudando no possível nesse caminho em companhia de Deus.

Fez questão de fazer menção ao tempo de missão em Angola, e o quanto isso contribuiu para seu discernimento. Após a homilia, Frei Alex é interrogado acerca dos compromissos que desejava assumir. Respondendo positivamente, invocou-se sobre ele a intercessão de todos os santos e santas de Deus. Assumido o compromisso não apenas perante a fraternidade, mas com toda a fraternidade, o frade é incorporado à fraternidade com um caloroso abraço. Nos agradecimentos, ao falar de sua família, amigos e quanto lhe significavam enquanto base de sua vocação, se emocionou. Fez especial agradecimento ao pároco da paróquia Senhor Bom Jesus, ali na Ferraria, por todo apoio e acolhida.


|6|

l

V

|3|

Programe-se, benfeitor! JANEIRO 27 a 02 – Campanha PVF – Balneário Camboriú/SC

JUNHO 08 - Encontro regional PVF – Benfeitores de SP 13 – Santo Antônio 22 – Campanha PVF – Amparo/ SP

FEVEREIRO 03 a 09 – Semana Missionária – Curitibanos/ SC

JULHO 21 a 27 – Semana Missionária – Vila Velha/ES

MARÇO 23 - Dia com Maria e Frei Galvão – AparecidaAGOSTO Guará/SP 11 – Santa Clara 25 a 30 – Missões 24 – Campanha PVF – São Seminário Santo Antônio, Agudos, São Paulo. Franciscanas Botucatu/SP Sebastião/SP Local do Retiro anual dos benfeitores do Pró-vocações. 30 – Campanha PVF Bauru/SP (Paróquia Santa Clara) SETEMBRO 28 - Dia com Maria e Frei Galvão – Aparecida-Guará ABRIL 21 a 28 – Oitavário de Nossa Senhora da Penha OUTUBRO PVF/SAV (Vila Velha/ES) 04 – São Francisco de Assis 19 - Encontro regional PVF – Benfeitores do PR MAIO Curitiba/PR 01 a 04 – Retiro dos Benfeitores 21 – Campanha PVF – Florianópolis/SC – Agudos/SP 22 a 26 – Campanha PVF – Concórdia/SC 11 – Dia das Mães – Campanha PVF – Convento São 25 – Santo Antônio de Sant’Ana Galvão Francisco 25 – Encontro regional PVF – Benfeitores de SC – DEZEMBRO Angelina/SC 01 a 07 - Semana Missionária – Niterói/RJ

EXPEDIENTE

INTENÇÕES DE MISSA

Nome:_________________________ Data: _

/

/

Use este espaço para solicitar aos Franciscanos que celebrem a Santa Missa nas suas intenções. Caso não queira recortar este Boletim, você também pode usar uma outra folha de papel, ou até mesmo fazer xerox deste formulário e enviar para: Caixa Postal 900 - 01031-970 - São Paulo - SP. Um meio mais rápido é fazer pela Internet, através do email: pvf@franciscanos.org.br

O Boletim do PVF é uma publicação bimestral do Pró-Vocações e Missões Franciscanas da Província da Imaculada Conceição do Brasil. Ministro Provincial: Frei Fidêncio Vanboemmel Equipe: Frei Alvaci Mendes da Luz (coordenador); Frei Diego Atalino de Melo, Frei Alexandre Rohling e Frei Walter de Carvalho Jr. (colaboradores); Moacir Beggo (jornalista). Endereço: Largo São Francisco, 133, Centro, São Paulo (SP), CEP 01005-010. Telefone: 3291-2416 Site: www.pvf.com.br Email: pvf@franciscanos.org.br

M

ais uma vez vem o Natal para

de nascer junto. Ele vem! Vem menino: pobre, simples,

nos ensinar preciosa lição:

desprotegido, dependente, frágil... Vem criança: brinca,

“Viver é nascer e renascer a

aprende, mama, cai, cresce... Vem cercado de carinho

cada dia, a cada instante”.

e atenção por Maria, “Presépio vivo” que, desde seu

Nascemos para novas ex-

corajoso “sim”, acolheu em seu ventre aquele que nem o

periências, para novas fases da vida. Nascemos para a

universo conseguiria conter. Vem cuidado pelo olhar atento

presença e a ausência daqueles a quem amamos. Quando

do justo José, que deixou-se nascer pai adotivo do Filho

um homem e uma mulher se casam, nascem um esposo

de Deus! Vem cercado de animais na gruta de Belém.

e uma esposa que escolheram abraçar o projeto de vida

Atrai pastores, Reis Magos, atrai a estrela e manifesta

a dois. Quando nasce um filho, nascem juntos um pai e

que o Natal mobiliza toda a criação. De nascimento em

uma mãe. Quando nasce um neto, vêm à luz também

nascimento, Deus afirma e reafirma que jamais nos deixa

“vovô” e “vovó”. Quem começa em um novo emprego,

a sós! Ele sempre está conosco, dirigindo nossos passos

nasce para aquela atividade. Quando alguém se encanta

e caminhando ao nosso lado.

com a missão dos franciscanos e escolhe se tornar um

Que este Natal, mais uma vez, seja tempo de reacen-

benfeitor do Pró-Vocações e Missões Franciscanas, nasce

der em nosso coração a chama da certeza e da esperança

um evangelizador que acredita no sonho de São Francisco

de que, no Senhor, somos sempre chamados a renascer,

de Assis. Quem se aposenta, nasce para o justo descanso

dia após dia, cada vez mais plenos, felizes e realizados

depois de anos de trabalho e dedicação, ou nasce para

em Deus! Que o Menino de Belém nos ensine mais uma

o desafio de permanecer trabalhando, pois precisa com-

vez esta lição.

plementar a aposentadoria. Quem morre, nasce para a vida eterna, conforme nos atesta e garante nossa fé em Cristo Ressuscitado. E, em todos estes nascimentos, Deus faz questão

FELIZ NATAL! Frei Gustavo Wayand Medella


|2|

E

|7|

Tempo de AGRADECIMENTO e de esperança Caríssimos benfeitores e amigos do Pró-Vocações, Paz e Bem!

Q

ue bom chegar até você, mais uma vez, principalmente neste tempo forte das festas de fim de ano. Aliás, esta é a última edição do Boletim Pró-Vocações neste ano de 2013. No próximo, já estaremos diante de novos sonhos e novas perspectivas, afinal de contas já será 2014. E, neste clima festivo, convidamos Frei Gustavo Medella para nos falar sobre o Natal e o sentido desta data tão simbólica e significativa. Aproveite este texto para sua reflexão pessoal ou para estudo em grupo, nas diversas novenas de Natal espalhadas por este nosso imenso Brasil, aí na sua casa, na sua comunidade. No mesmo espírito de alegria, esta edição apresenta a profissão perpétua (definitiva) dos votos religiosos dos frades: Alexandre Rohling e Alex Ferreira da Silva. Estes irmãos prometeram “diante de Deus e dos homens” viver por todo o tempo de suas vidas em pobreza, castidade e obediência. A eles nosso abraço sincero e os desejos de uma vida religiosa plena e feliz. O primeiro deles, Frei Alexandre Rohling, mais carinhosamente chamado de “Frei Xandão”, exerce seu trabalho pastoral conosco no Pró-Vocações. Enfim, você percebeu, que desta vez o Boletim veio acompanhado de um calendário para o ano 2014. Trata-se de uma lembrança nossa a você, benfeitor e benfeitora, uma forma que encontramos de estar todos os dias em sua casa e no seu dia a dia. Nele, você poderá acompanhar nossas principais atividades e se programar para estar conosco em alguma delas. Destaque ainda para o dia 4 de cada mês, dia que escolhemos para ser nosso “dia de preces pelos benfeitores franciscanos”. Estaremos unidos em todos os nossos conventos e seminários, rezando por você e sua família. Pedimos, também, que você reze, sempre no dia 4 de cada mês, por todos

Na casa de Maria e de Frei Galvão

os benfeitores franciscanos. Gostaria de aproveitar para agradecer a cada um por tantos gestos de carinho manifestados a nós, franciscanos. Ao longo deste ano foram tantas as cartas, os e-mails, as mensagens que recebemos. Em cada um deles, um sinal de afeto e de reconhecimento pelo que fazemos como frades franciscanos. Neste ano de 2013 estivemos unidos pelos laços da caridade que nos fazem irmãos. A você, caro benfeitor e benfeitora, o nosso muito obrigado por tudo e por sempre acreditarem em nós. Juntos, pouco a pouco, vamos construindo o Reino de Deus já aqui nesta terra! Nós, família Pró-Vocações e Missões Franciscanas, desejamos a você um

FELIZ e SANTO NATAL Que 2014 seja repleto das melhores coisas e pleno da graça de Deus! Frei Alvaci Mendes da Luz

Como acontece todos os anos, o Pró-Vocações realiza um passeio com os benfeitores para o Santuário Nacional de Aparecida, a Casa de Nossa Mãe Maria, em Guaratinguetá, cidade natal de nosso primeiro santo brasileiro: Santo Antônio de Sant’Ana Galvão. Partimos do Convento São Francisco no domingo, 27 de outubro, para Aparecida, onde tivemos um tempo para a visita à Imagem de Nossa Senhora e, como sempre, cada um teve seu “momento de colo” da Mãe. É sempre emocionante ver a quantidade de pessoas de vários lugares que lotam a Basílica para pedir, agradecer ou simplesmente fazer uma visita. Depois de recebermos a bênção de Nossa Senhora, continuamos nossa romaria em direção ao Seminário Frei Galvão, em Guaratinguetá, casa de formação da Província da Imaculada.

Ao chegarmos fomos recepcionados por Frei João Francisco da Silva, Frei Airton da Rosa Oliveira (Frei Soneca) e pelos aspirantes, que fizeram o almoço. “Estava uma delícia!”. À tarde, tivemos a celebração eucarística, presidida por Frei Diego Melo. Na sua homilia, Frei Diego contou a história de Frei Feliciano (90 anos) que todos os dias após o almoço, pedia que o levassem ao sacrário e que passados alguns minutinhos ele acabava dormindo. Ao ser contestado por um outro frade que não entendia por que ele não iria diretamente para o quarto dormir, Frei Feliciano respondeu com toda a sabedoria de seus bons anos vividos: “Os cães velhos também dormem aos pés do seus donos”. Com esse exemplo de confiança e pertença nos mostrou o verdadeiro sentido da oração. No momento da oração eucarística, Frei Diego convidou a todos

para participarmos junto ao altar como uma grande família franciscana. Frei Soneca fez uma síntese da vida e convívio franciscano no seminário Frei Galvão. Tiramos a foto oficial aos pés de Nossa Senhora de Fátima, imagem da praça que fica em frente ao Seminário. Depois, nosso destino foi a Fazenda da Esperança, no bairro das Pedrinhas, em Guaratinguetá. A capela da Fazenda lembra uma tenda e foi abençoada pelo Papa Bento XVI. Ela abriga as relíquias de Santa Crescência e do 1º Santo Brasileiro: Frei Galvão. Fomos recebidos pelos jovens, ex-dependentes químicos, que ainda estão em tratamento. Cada um contou sua história de vida e a luta para deixar seus vícios. Foi emocionante! Muito obrigada por esse privilégio. Vanda Cuxinier Gola, Benfeitora


RECEITA DE ANO NOVO

P ró-Vocações e Missões Franciscanas PROVÍNCIA FRANCISCANA DA IMACULADA CONCEIÇÃO DO BRASIL SÃO PAULO |Nº 144 - 2013| E-MAIL: pvf@franciscanos.org.br

Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta. Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumidas nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver. Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre. Carlos Drummond de Andrade

boletim_144_121113_alta  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you