7Partilhas nº33 - novembro

Page 1

Este boletim tem como objetivo fundamental divulgar o trabalho realizado no âmbito da Autonomia e Flexibilidade Curricular.

7 PARTILHAS porque somos 7 escolas. 7 PARTILHAS porque o 7 significa renovação. 7 PARTILHAS porque sai próximo do dia 7 de cada mês. Nº33 - Novembro 2022

Conferência Sessão de Esclarecimento sobre o Modelo Educativo do Agrupamento das Escolas de Azeitão No dia 8 de outubro, realizou-se na Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense o evento “Educar para o Futuro”, promovido pela Associação de Pais da Escola Básica 2,3 de Azeitão. Oradores:

- Prof. Dr. João Costa: Ministro da Educação e Ex-Secretário de Estado da Educação - veio falar-nos sobre o Crescimento da flexibilidade curricular em Portugal e na Europa. O caminho; - Vera Charneca: Encarregada de Educação - testemunho de um Encarregado de Educação: a visão do projeto; - Prof. Ariana Cosme - Benefícios e vantagens da flexibilidade curricular, (participação online); - Prof. Clara Félix: Diretora do Agrupamento de Escolas de Azeitão - Projeto de flexibilidade curricular no agrupamento. Na Audiência estavam pais e avós, professores e educadores, encarregados de educação, estudantes e outros.


Nº33

Agrupamento de Escolas de Azeitão O Objetivo da sessão era esclarecer os presentes sobre o modelo educativo previsto para o Agrupamento de Escolas de Azeitão.

Juntos ouvimos falar sobre como os modelos educativos estão e precisam de mudar em todo o mundo, dando resposta às grandes e rápidas mudanças que se fazem sentir e de como os novos modelos que se têm vindo a implementar em Portugal, concretamente em Azeitão, seguem diretrizes de investigação e boas práticas em pedagogia. Partilhamos da ideia dos vários convidados que uma educação de futuro tem que ser uma educação em que os alunos são encarados como sujeitos de ação e donos das duas próprias aprendizagens, autónomos, dotados de pensamento crítico, capazes de trabalhar em equipa e conscientes do seu papel cívico na sociedade. A visão do sistema/estrutura do programa educativo, tal como está montado, parece-nos numa análise quântica, eficaz. Mas deixa-nos dúvidas quanto à sua aplicabilidade, nomeadamente aqui em Azeitão. Não por falta de vontade ou esforço ou trabalho de todas as partes. Talvez por ausência de propósito nos objetivos estratégicos do ministério da educação. E uma ação consertada entre todas as partes interessadas. Onde o objetivo seria pôr em prática a estratégia pensada.


Nº33

Agrupamento de Escolas de Azeitão Claro que existem problemas e desafios a ultrapassar, mas será sempre mais fácil se estivermos com os olhos postos numa visão partilhada: o melhor para os alunos, os nossos filhos, e uma aprendizagem de qualidade que os sirva pela vida fora. Este foi o primeiro de vários encontros que queremos promover entre todos os envolvidos na comunidade educativa de Azeitão. Recordando que o objetivo da sessão foi esclarecer os pais e demais interessados. Mais ações podem ser dinamizadas sempre com o intuito de ir ao encontro de todas as partes interessadas.

Deixamos uma reflexão: Juntos podemos chegar a melhores ideias e mais resultados. E como podemos aplicá-las? Queremos agradecer a todos os que ajudaram este evento a ser realizado. Pelo seu tempo Pelo seu propósito Pela sua boa vontade Obrigado, mais uma vez, a todos os que participaram e continuaremos a dar notícias. A Associação de Pais da Escola Básica de Azeitão


Nº33

Agrupamento de Escolas de Azeitão Reciprocidade Reciprocidade... conceito sobre o qual a turma D, do 6ºano, se debruçou em várias aulas de Cidadania/Assembleia, no âmbito do tema “Relações Interpessoais”. A turma decidiu mimar uma encarregada de educação que gosta de enviar à turma presentes que eles tanto gostam. Assim, chegou a vez de esta mãe ser presenteada sem saber. Os alunos organizaram-se e decoraram uma caneca que rechearam com chocolates, criaram um postal, e nele escreveram um acróstico com elogios que depois foi assinado por todos. Na semana passada, sob representação dos delegado, subdelegado e presidente da assembleia, os alunos tiveram a oportunidade de entregar em mãos o presente da turma, deixando a senhora sem palavras, coisa rara, segundo a própria nos afirmou. No final, a turma fez o balanço da atividade, concluindo que é bom fazer os outros felizes e que esta será uma atividade a ter continuidade, dando origem a um cenário de aprendizagem desta turma.

Os Alunos do 6ºD


Nº33

Agrupamento de Escolas de Azeitão Desafios SeguraNet 2022/2023 - 16.ª edição

A Direção-Geral da Educação promove a 16.ª edição do concurso Desafios SeguraNet dinamizada no âmbito do Centro de Sensibilização SeguraNet. Esta iniciativa tem como objetivos alertar, fomentar e estimular as comunidades educativas, alunos, professores e encarregados de educação para a relevância da Educação para a Cidadania Digital. Este trabalho foca-se em grande parte na utilização crítica da Internet, através do debate destas questões no seio das comunidades educativas, contribuindo, para o uso seguro dos ambientes digitais. Os Desafios organizam-se a partir das escolas, envolvendo equipas com professores e seus alunos e/ou com encarregados de educação que terão como missão responder aos desafios que vão sendo lançados ao longo de cada edição. As equipas receberão apoio se necessário, por parte do Centro de Competência TIC do IPSantarém e do Centro Sensibilização SeguraNet. As turmas do Agrupamento de Escolas de Azeitão, de 2º e 3º ciclos, irão participar ao longo do ano letivo 2022/2023 em todos os desafios, num Universo de escolas inscritas a nível nacional. Esta é a oportunidade perfeita para introduzir ou reforçar os temas atuais da Literacia/Cidadania Digital, que nos deparamos no nosso dia-a-dia nas nossas escolas. A Professora de TIC Cristina Lopes


Nº33

Agrupamento de Escolas de Azeitão Vou apresentar um Livro Na disciplina de Português, em cada Plano de Trabalho, costumo pedir aos meus alunos para fazerem apresentações orais. Assim, de forma alternada, solicito a apresentação denominada "2 minutos da vossa atenção", onde cada aluno pode preparar uma apresentação oral sobre um tema à sua escolha, ou “Vou apresentar um livro”, onde cada aluno apresenta aos colegas a leitura de uma obra à sua escolha. Como a Escola não deve isolar-se e manter-se fechada a todos os intervenientes no processo de ensino-aprendizagem, este ano, resolvi lançar igualmente o desafio aos pais e encarregados de educação da minha direção de turma, o 5ºF. Assim, no dia 4 de novembro, a mãe do aluno Leonardo Caetano, a senhora Andreia Silva, foi à aula de Tutoria apresentar a atividade “Vou apresentar um livro”, onde falou com a turma sobre uma coleção relativa a diversos volumes sobre a autoajuda para crianças, com temas importantes nesta fase de infância / pré-adolescência dos alunos da minha direção de turma.

A turma fica agora a aguardar a presença e partilha de mais momentos com outros pais, encarregados de educação e/ou familiares. Serão sempre bem recebidos e bem-vindos à nossa sala na Escola Básica de Azeitão. O Diretor de Turma do 5ºF Paulo Bonito


Nº33

Agrupamento de Escolas de Azeitão

Responsável Editorial Paulo Bonito

Colaboração Mª Adelaide Rodrigues