Page 1

Edição nº 1.347 - Ano 26 | 21 a 27 de novembro de 2018 | www.panrotas.com.br

R$ 11,00

Marta Rossi, diretora da Rossi e Zorzanello

Eduardo Zorzanello, diretor da Rossi e Zorzanello

NOSSAS FAÇANHAS

Com três décadas, Festuris serve de modelo a todo Turismo brasileiro ao mostrar que determinação do setor privado e boa vontade do poder público são os precursores do sucesso – além de bom relacionamento e profissionalismo

Capa.indd 1

14/11/2018 21:32


Untitled-1 1

14/11/18 16:24


PRESIDENTE

ÍNDICE

nº 1.347 | 21 a 27 de novembro de 2018 | www.panrotas.com.br

José Guillermo Condomí Alcorta CHIEF EXECUTIVE OFFICER (CEO) José Guilherme Condomí Alcorta (guilherme@panrotas.com.br)

DIRETORA DE MARKETING E EVENTOS Heloisa Prass

CHIEF TECHNOLOGY OFFICER (CTO) Ricardo Jun Iti Tsugawa REDAÇÃO

CHIEF COMMUNICATION OFFICER (CCO) E EDITOR-CHEFE: Artur Luiz Andrade

(artur@panrotas.com.br) Coordenadores: Henrique Santiago, Raphael Silva e Rodrigo Vieira Reportagens: Karina Cedeño, Marcel Buono e Renato Machado Estagiários: Felipe Lima, Leonardo Ramos, Marcos Martins e Marina Marcondes (RJ) Fotógrafos: Emerson de Souza, Jhonatan Soares e Marluce Balbino (RJ) MARKETING Gerente de Marketing e Eventos: Patricia Brandão (patricia@panrotas.com.br) Analista: Erica Venturim (erica@panrotas.com.br) PRODUÇÃO Aline Monteiro (aline@panrotas.com.br) Pedro Moreno (pedro@panrotas.com.br) COMERCIAL Executivos: Flávio Sica (sica@panrotas.com.br) Priscilla Ponce (priscilla@panrotas.com.br) Renato Sousa (rsousa@panrotas.com.br) Rene Amorim (rene@panrotas.com.br) Ricardo Sidaras (rsidaras@panrotas.com.br) Sônia Fonseca (sonia@panrotas.com.br) Big Data: Igor Vianna (igorvianna@panrotas.com.br) Jéssica Andrade (jessica@panrotas.com.br) Assistentes: Ítalo Henrique (italo@panrotas.com.br) Rafaela Aragão (rafaela@panrotas.com.br) FALE CONOSCO Matriz: Avenida Jabaquara, 1.761 – Saúde São Paulo - Cep: 04045-901 Tel.: (11) 2764-4800 Brasília: Flavio Trombieri (flavio@panrotas.com.br) Tel: (61) 3224-9565 Rio de Janeiro: Simone Lara (simone@panrotas.com.br) Tel: (21) 2529-2415/98873-2415 MARKETING DE DESTINOS Pires e Associados (jeanine@pireseassociados.com.br) ASSINATURAS Chefe de Assinaturas: Valderez Wallner Para assinar, ligue no (11) 2764-4816 ou acesse o site www.panrotas.com.br Assinatura anual: R$ 468 Impresso na Referência Gráfica (São Paulo/SP)

Media Partner

SEÇÕES 04 Editorial

Como crescer com passado, presente e futuro

06 Check-in

Michael Barkoczy deixa a Flytour MMT Viagens

12 Infográfico

5 tendências para a indústria em 2019

27 Memória

As queixas dos consumidores na linha do tempo

36 LGBTravel

Riotur de olho no público LGBT

38 Diagnóstico

Previna-se das fraudes na compra de bilhetes

44 Follow

A Agaxtur nas redes sociais

14 Festuris 2018

30ª edição é marcada por inovações e recados a Bolsonaro

23 Wood

Novo hotel conceito em Gramado (RS)

28 Melhores Promotores

Os mais votados da consolidação do Rio

41 Gol inaugura o Max

E promete um destino inter por trimestre

45 Visit Florida

Os atrativos de fim de ano do Estado

Associações

Parceria Estratégica

21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

3.indd 3

3

14/11/18 20:44


Editorial

O MELHOR (E O PIOR) DO PASSADO

O

Festuris, do alto de seus 30 anos de realização, é um dos eventos mais prestigiados do Turismo nacional, e também um ótimo local para analisarmos como passado, presente e futuro são encarados, tanto pelos organizadores quanto pelos participantes. Sabemos que é muito difícil desapegar do passado, temendo não valorizar o que nos trouxe até aqui. Ingratidão é, sem dúvida, um defeito que não queremos. Mas não desapegar de algumas coisas pode significar não seguir adiante com força total. E um presente trôpego pode representar um futuro inexistente, tudo culpa das amarras do passado. A feira em si tem evoluído muito bem. A dupla Marta e Silvia, que desbravou a indústria brasileira de Turismo, a partir de uma Serra Gaúcha ainda longe da potência turística que é hoje, encontra em Marta e Eduardo uma nova composição que faz muito bem ao evento. O Espaço Luxury, o LGBT e o Mice são exemplos de como o evento soube ouvir o que o público B2B dessa indústria queria. Bons ouvidos e um olhar aguçado são importantes para essa sensibilidade do que mudar em um evento, e também ousadia e relacionamento. Esse último, um dos pilares do festival, às vezes atravanca o evento, em especial na noite de abertura e nos eventos paralelos. Muita gente vivendo somente do passado e muitas autoridades para discursar sem proposição sobre o futuro (às vezes nem sobre o presente). Uma abertura mais moderna, em outro local, seria uma quebra de paradigma, mas deve ser pensada com cuidado e com um objetivo certo em mente. O mesmo vale para a valorização da cultura local. Gramado vive Turismo e um dos charmes do evento é andar pelas ruas vivendo e admirando a força da indústria. Por que então não levar essa abertura para um

dos ícones da cidade? E diminuir os discursos ou encaminhá-los para outro momento, seguidos de debates e ações com foco profissional. Por que não integrar mais o Festuris à cidade? O Festuris é um evento de muitos amigos e as histórias de cada um poderiam ser valorizadas para que a nova geração conheça os passos que levaram o encontro e a cidade até esse ápice. Usar a experiência de tantos para ensinar, trocar ideias e não apenas celebrar, o que é bom, claro, mas hoje em dia não é mais suficiente. A coincidência do evento com o Natal Luz é excelente e deveria haver mais sinergia entre as partes, pois temos 15 mil profissionais sendo capacitados sobre um dos grandes atrativos nacionais. E aí vale lembrar do passado: o Natal Luz começou modesto e pequeno. E se hoje é um sucesso, amanhã pode ser desafiado e precisa de uma base sólida de relacionamento, como o Festuris tem, para continuar relevante. Gramado é Turismo. Festuris é Gramado. Marta e Eduardo não apenas comandam o evento, mas acolhem a todos como poucos. Em que outra feira os organizadores são gente como a gente e não autoridades inacessíveis e ocupadas? Em que outra feira vemos as transformações e os frutos sendo colhidos por todos? Há três anos o espaço de luxo tinha apenas nove expositores. Neste ano, 37. O Meeting Festuris foi uma criação deste ano. O Mice, com apoio da Alagev, e o espaço LGBT, com participação da Câmara, já estão integrados ao Festuris... Olhar para frente sempre, com um afago carinhoso no passado, com um presente participativo. Essa é a fórmula do Festuris. Intuída por Marta e Silvia 30 anos atrás, e hoje ensinada para quem quiser aprender e deixar um legado importante para sua cidade, sua indústria, seu País.n

Artur Luiz Andrade Editor-chefe e Chief Communication Officer da PANROTAS artur@panrotas.com.br

4 4.indd 4

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:23


Untitled-1 1

14/11/18 16:21


Check-in Gente

+Lidas da semana Portal PANROTAS 1 Fraudes no Turismo: parte 1 -

nosso mercado é um alvo fácil?

2 Fraudes no Turismo: parte 2 -

como agentes podem combatêlas

3 Gol voará de Guarulhos para Bonito (MS) em 2019

4 Universal lança plataforma on-line Michael Barkoczy entre Eloí Oliveira, diretor de Marketing do Grupo Flytour, Fabio Oliveira, que agora acumula Flytour Franchising, Vai Voando e Flytour MMT, Christiano Oliveira, CEO, e Rui Alves, VP do Grupo Flytour

Sucessão na Flytour MMT Viagens

Fundador da Flytour Viagens, ex-diretor da CVC Viagens e também empreendedor no Turismo há mais de 30 anos, Michael Barkoczy deixou o Grupo Flytour após sete anos. Tanto ele quanto o CEO Christiano Oliveira dizem que foi um processo natural e em consenso, negociado há cerca de um ano. Tão harmonioso que Barkoczy sai sem cláusula de non compete, ou seja, pode fazer o que quiser profissionalmente, depois de um período sabático que pretende tirar. Período esse que, para quem conhece o executivo, pode ser bem curto. “Sou inquieto, gosto de novidades, estava precisando de novos ares”, garante. Para suceder Barkoczy, Christiano escolheu seu irmão, Fabio Oliveira, que assume uma diretoria executiva

de treinamento a agentes

5 5 tendências que devem guiar a indústria de viagens em 2019

6 Conheça os destinos de luxo que brasileiros buscarão em 2019

7 Novo VP da Avianca promete

aproximação com trade nacional

no grupo, comandando a operadora Flytour MMT, a Vai Voando e a Flytour Franchising, da qual cuida há cinco anos. Nessa última, contará com Alessandra Antunes, promovida a diretora geral. Fábio Oliveira responderá ao vice-presidente Rui Alves. CRONOLOGIA FLYTOUR MMT VIAGENS 2011 – Criação da Flytour Viagens, projeto levado a Elói D’Ávila de Oliveira por Michael Barkoczy. Na diretoria, diversos ex-colaboradores da CVC, que na época tinha sido vendida ao Carlyle e efetuava trocas de executivos. 2011 – Um mês após a criação da operadora, Claiton Armelin, da CVC, foi anunciado como reforço e ele e Barkoczy alternaram a presidência até dezembro de 2014.

Acompanhe essas e outras notícias no

PANROTAS.COM.BR Siga a PANROTAS portalpanrotas portalpanrotas

8 Visual comemora 'sinergia' com CVC e vê 2019 com otimismo

9 Azul e Copa Airlines anunciam acordo de codeshare

10 Fraudes no Turismo: parte 3 a tecnologia contra o hacker

Fonte: Portal PANROTAS

2014 – Armelin deixou a Flytour Viagens e retornou à operadora de Santo André, onde é diretor de Produtos Nacionais para a CVC Corp. 2015 – Grupo Flytour anuncia a fusão com a Gapnet e a operadora MMTGapnet, que tinha força no internacional e em um público de nível financeiro mais elevado, passou a fazer parte do portfólio. Sylvio Ferraz (ex-Tam Viagens) passou a dirigir a MMTGapnet, com Barkoczy na Flytour Viagens. Fevereiro 2018 – Fusão das duas operadoras do Grupo Flytour, já com Ferraz na CVC Corp e o novo nome Flytour MMT Viagens. Novembro 2018 – Michael Barkozy é substituído por Fábio Oliveira no comando da Flytour MMT, às vésperas de um mega fam para Orlando, com mais de 80 agentes de viagens. 2018 – Previsão é de a operadora fechar o ano com R$ 600 milhões em vendas e o Grupo Flytour com R$ 6,2 bilhões. n

PANROTAS Editora portalpanrotas

6 6 a 10.indd 6

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/2018 21:28


Untitled-1 1

14/11/18 16:23


Política

+Lidas Aviação

Witzel promete atenção O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson José Witzel, acompanhado de seu futuro secretário de Turismo, o deputado federal Otávio Leite, teve um breve encontro com lideranças da aviação comercial brasileira no início do mês. Witzel e Leite compareceram ao evento de premiação do 6° Prêmio Abear de Jornalismo, em Brasília, e o futuro governador reforçou compromisso com a Aviação e o Turismo. O investimento pesado em segurança pública, segundo ele, irá beneficiar moradores e visitantes. "Queremos que quem nos visita tenha segurança total para circular não apenas pela Zona Sul, mas por toda a cidade e o interior do Estado. Turistas e moradores poderem andar com celular livremente nas ruas, registrando a beleza do Rio", afirmou. Segurança, de acordo com ele, será prioridade total no novo governo e o Turismo um de seus pilares para a retomada do de-

1 Gol voará de Guarulhos para Bonito (MS) em 2019

2 Novo VP da Avianca promete aproximação com trade nacional

3 Azul e Copa Airlines senvolvimento no Estado do Rio. Witzel prometeu a interlocutores como Jerome Cadier, da Latam, José Mário Caprioli, da Azul, Sérgio Quito, da Gol, e Eduardo Sanovicz, da Abear, que em 1º de janeiro assina decreto para poder reduzir ainda mais o ICMS sobre o combustível de aviação, usando programa de renúncias fiscais e com contrapartida de mais voos pelas aéreas. "E faremos tudo o mais que for preciso para termos mais voos para o Rio e desenvolver também nossos aeroportos regionais, como Paraty e Volta Redonda", prometeu. O governador eleito disse que as portas do Palácio do Governo estarão abertas e que Otávio Leite será o interlocutor para toda a indústria. "Ética. Transparência. Seriedade. Podem esperar isso do novo governo do Rio", afirmou aos representantes das companhias aéreas.n

anunciam acordo de codeshare

4 Aeroporto de Brasília poderá

receber até 68 voos por hora

5 Boeing diz que sensor pode ter causado acidente na Indonésia

6 Skyteam reúne TMCs e

sugere acordos globais; veja fotos

7 Air Europa amplia frequência de voos de Madri para o Recife

8 Tap muda programa de fidelidade e adota novo nome: Miles&Go

9 Taag amplia frequência São Paulo e Luanda; veja como fica

10 Embratur negocia novos

voos da Europa para o Brasil

Fonte: Portal PANROTAS

Wilson Witzel e Otavio Leite entre autoridades da aviação, em Brasília

8 6 a 10.indd 8

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/2018 21:28


Aviação

Prêmio Abear de Jornalismo

Sergio Quito, da Gol, e Artur Andrade, da PANROTAS

6 a 10.indd 9

A PANROTAS foi uma das seis vencedoras do Prêmio Abear de Jornalismo 2018, com a reportagem A Gol Além do Emprego, publicada em março na revista PANROTAS. O vice-presidente de Operações da Gol, Sérgio Quito, entregou o troféu ao editor-chefe da PANROTAS, Artur Luiz Andrade. Inclusão, mobilidade social e diversidade estiveram no enfoque da matéria, que trazia entrevistas com o diretor de RH da Gol, Jean Nogueira, e o coordenador do programa de diversidade da empresa, Rodrigo Menossi. A reportagem trouxe ainda um raio-X dessa diversidade na Gol, em números e programas implantados, e ainda três perfis. A repórter Janize Colaço falou com Nicole Alonso, primeira comissária trans do País, e Gabriela Duarte, comandante da companhia, ambas durante o voo pelo Dia Internacional da Mulher, e Artur Andrade registrou a trajetória de Marco Gallinaro e sua carreira ascendente e cheia de oportunidades na área de manutenção da empresa, mostrando que mobilidade social e valorização dos colaboradores também fazem parte da filosofia da companhia.n

14/11/2018 21:28


+Lidas Corporativo 1 Azul e Copa Airlines anunciam acordo de codeshare

2 Skyteam reúne TMCs e sugere acordos globais; veja fotos

3 Viagens corporativas aumentam risco de estresse e ansiedade

4 Tecnologia transformará políticas de viagens corporativas

5 Tap muda programa de fidelidade e adota novo nome: Miles&Go

6 Empresa de Chieko Aoki lança representação de hotéis

7 Veja fotos do evento promovido pela Maringá Turismo em SP

8 Liga Eventos, de Gramado, é

absorvida pela marca Brocker

9 Gol amplia codeshare com

Aeromexico e oferece novas rotas

10 CWT usa inteligência artificial para geração de relatórios

Fonte: PANROTAS Corporativo

Eduardo Murad, diretor executivo, e Giovana Jannuzzelli, gerente executiva da Alagev

Pancorp

Alagev pelo Brasil Apesar de ter a América Latina no nome, a Alagev está ciente de que é necessário realizar um trabalho de aproximação com importantes mercados do Brasil. A associação está buscando os gestores de Viagens e Eventos de Estados como Minas Gerais e Rio Grande do Sul. De 2017 para 2018, houve salto de 20% no número de associados e, segundo o diretor-executivo da associação, Eduardo Murad, o crescimento é reflexo dessa expansão regional. A promessa é de que o Nordeste será o próximo alvo dos esforços da Alagev, ainda este ano. A importância dessa expansão é colocar em contato os gestores de todos os lados do País. Se as práticas já mudam de empresa para empresa, de região para região essa diferença é ainda maior. "Todos saem ganhando. Os gestores dessas regiões, pela capacitação, mas nós também, pois assim compreendemos as dores que afligem o mercado em todos os sentidos”, afirma Eduardo Murad. GRATUIDADE PARA GESTORES A expectativa também é grande para a 14ª edição do Lacte, principal evento do calendário da Alagev. O evento, que ocorre em 25 e 26 de fevereiro de 2019, no WTC Golden Hall, em São Paulo, traz facilidades para os gestores de viagens. O programa hosted buyers dará gratuidade para essa parcela do mercado, principal alvo dos eventos da Alagev. "Acreditamos nisso para trazer mais gestores e multiplicar ainda mais os pontos de vista no Lacte 14”, explica Murad, que credita a ações como está o aumento de 23% no número de inscritos em relação a 2017. “Gestores de viagens associados ou não à Alagev entrarão sem custos no evento. Os associados estão garantidos, enquanto os não-associados precisam preencher alguns requisitos", complementa. MAIS MANTENEDORES A Alagev chegou recentemente a dez mantenedores, o maior número de sua história, após a entrada de Air Europa, April, GJP e Tour House. "Eles entram com aporte maior e por conta disso ganham benefícios maiores do que os outros." Essas quatro empresas se juntam a Aerolíneas Argentinas, Best Western, Gol, Delta e Air France-KLM (entram como um só), Omnibees, R1 Soluções Audiovisuais e HRS.n

10 6 a 10.indd 10

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/2018 21:28


Untitled-1 1

14/11/18 16:23


Infográfico

Consumidores mais autônomos, conectados, em busca de experiências... Muito se estuda sobre os hábitos de consumo dos viajantes do futuro, e a maioria das pesquisas de fato leva a resultados semelhantes. Mas como a indústria pode acompanhar esse “novo turista?” Afinal, estamos falando de clientes...

12 12 e 13.indd 12

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:25


INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL Apesar de muitas companhias já dominarem e usarem a inteligência artificial em seu cotidiano, a expectativa da Data Art é que essa implementação chegue a níveis recordes em 2019. “A capacidade dessa tecnologia aprimorar significativamente o atendimento ao cliente se encaixa de forma perfeita ao setor.”

SOFTWARES ABERTOS Certas empresas ainda se esforçam para dominar algumas esferas ainda “intocadas” do mundo da tecnologia. A proliferação de softwares abertos deve auxiliar parte do mercado nesse sentido, “permitindo uma comunicação efetiva e a sincronização entre toda a potencialidade tecnológica utilizada na indústria”.

REALIDADE AUMENTADA Tecla batida há tempos na indústria, a realidade aumentada segue com ares de tendência para a Data Art. “Apesar de a indústria de viagens e hospitalidade ter utilizado a tecnologia de forma lenta, 2019 será o momento para a realidade aumentada ganhar destaque como uma ferramenta inovadora de marketing.”

ASSISTENTE DE VOZ Muito popularizada em mercados norte-americanos e na Europa, os assistentes de voz têm ganhado espaço globalmente. Essa proliferação em casas e celulares aprimorou a tecnologia e abriu espaço para que ela chegue a novos mercados, como o Turismo. “O consumidor aguarda conveniência e agilidade como nunca, e a tecnologia de assistência de voz será um componente vital para que a indústria esteja a par dessa demanda.”

SELF-SERVICE A interação humana será mais rara em processos, aposta a Data Art. Segundo a empresa, “o aumento na velocidade e conveniência no dia a dia são benéficos tanto para empresas quando para consumidores”. “Avanços nessa tecnologia reduzirão problemas com sistemas self-service, ao passo que garantirão ao tema mais confiança e sucesso no longo prazo.”

Fonte: Data Art. A consultoria global é especializada em criação de soluções em software, com escritórios em 20 cidades e mais de 2,5 mil funcionários

21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

12 e 13.indd 13

13

14/11/18 21:25


Eventos Marcel Buono e Rodrigo Vieira

PIONEIRISMO NO SUL

Eduardo Zorzanello e Marta Rossi, diretores do Festuris

A principal feira do Turismo do Sul e uma das principais do Brasil teve um 2018 à altura. O Festuris indiretamente fica incumbido em “passar a régua no ano” além de traçar as perspectivas para o ano seguinte. Natural por se tratar do último grande evento anual da indústria em território nacional e que, em sua 30ª edição, encerra também um ciclo político. No próximo Festuris, Jair Bolsonaro será o presidente da República, mas suas responsabilidades com o Turismo já começaram, se tomado por base o tom da cerimônia de abertura do evento. "Nada é tão forte quanto uma ideia cujo tempo chegou", ilustrou o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, parafraseando o pensador francês Victor Hugo. Para que a ideia de fazer do Turismo um motor do desenvolvimento no Brasil 14 Festuris.indd 14

se concretize, Lummertz sugere pleitos de sua trajetória como presidente da Embratur e nos oito meses à frente do MTur. O discurso foi principalmente por maior liberdade ao setor e pela abertura do capital. Segundo ele, há um preconceito contra o Turismo, e cabe ao ministério e iniciativa privada evidenciarem do que indústria é capaz de fazer pelo Brasil. “O Turismo sempre foi ao Palácio do Planalto, mas nunca pediu nada a não ser que o Estado pare de impedi-lo de avançar. Só pedimos liberdade para trabalhar, para pagar preços mais justos. Fluidez. Precisamos reorganizar o Brasil, fazer mudanças, reformas. A reforma trabalhista teve algumas conquistas, mas é preciso mais, e a reforma da previdência terá de ser feita”, apontou Lummertz. “O Turis-

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:30


mo teve algumas reformas, como o visto eletrônico, os céus abertos com Estados Unidos e Europa, a regulação dos charteres. Há grandes avanços no âmbito da terceirização dos parques naturais, mas podemos ser muito maiores. Não há necessidade de faltar emprego no País nos próximos 30 anos: ainda não entraram em campo as nossas marinas, nossos portos turísticos, nossas cidades históricas, setor de eventos e acessibilidade. Não entraram em campo para valer. A diferença entre o potencial e o que já executamos é abismal”, completa o ministro. O fundador da CVC e presidente de honra da GJP, Guilherme Paulus, também pediu menos entraves no que ele chama de “nova era da República”. Para ele isso de fato acontecerá, pois “é impossível que seus novos componentes não vejam o Turismo como de fato ele deve ser enxergado: um grande gerador de emprego e renda.” “Mas tudo passa pela relação com as pessoas e com muita dedicação. Está nas mãos do poder público, sim, porém com nossa devida ajuda”, bradou o empresário. “Nossa ajuda com muito trabalho e dedicação. Sem pessoas competentes é impossível evoluir. Vejo, por exemplo, Luiz Eduardo Falco, responsável por fazer a grande empresa de Turismo de nove anos atrás se transformar na terceira maior do mundo no setor”, completou, também homenageando Valter Patriani. QUEBRA DE RECORDES Corredores mais cheios e com mais idiomas sendo ouvidos. Luxo, nichos, viagens corporativas, negócios e até casamento! Este 30º Festuris realmente se reinventou em comparação com as últimas edições. Registrou 15 mil participantes que serão responsáveis pela

Vinicius Lummertz, ministro do Turismo

Guilherme Paulus, da CVC e GJP

BANCO DE DADOS 30º Festuris // 15 mil participantes // R$ 300 milhões em geração de negócios para os próximos 12 meses // 62 destinos internacionais; // R$ 20 milhões de impacto econômico para a Região das Hortênsias // 5% de aumento em número de expositores com relação a 2017 // 24 mil metros quadrados de feira // 250 palestras e workshops 21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

Festuris.indd 15

15

14/11/18 21:30


geração de R$ 300 milhões em negócios para os próximos 12 meses, de acordo com estudo da Universidade de Caxias do Sul. A feira ainda quebrou recordes de participantes internacionais, com 65 destinos e produtos de fora do Brasil em exposição. Destaque para o Brand USA, dono do maior estande dos corredores do Serra Park nos dois dias de evento. Cerca de 250 palestras e workshops compuseram o conteúdo educacional do Festuris em 2018. A CVC contou com uma sala exclusiva de capacitação de agentes multimarcas durante a feira e foi a patrocinadora cultural do espaço Viagem pela Cultura e Costumes, por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura. Nas manhãs, antes da abertura da feira, o estreante Meeting Festuris ocupava ambiente separado dedicado à capacitação do trade sobre temas pertinentes às atividades de vários setores da cadeia. ESPAÇO LUXURY E NICHOS Uma tacada certeira (e elegante). Em 2016, o Festuris criava o Espaço Luxury, um ambiente reservado, no meio da feira, para players do alto padrão da indústria. Naquele ano, apenas nove expositores compraram a ideia, mas o sucesso foi tão grande junto aos buyers que, no ano seguinte, esse número triplicou. Já em 2018, 37 expositores, entre hotéis destinos, OTAs e cruzeiros, marcaram presença no Espaço Luxury. Um sucesso que segue sendo disputadíssimo, como conta o curador do espaço, Marcelo Zingalli. “E para o ano que vem tem fila de espera, além das prioridades. Estamos avaliando como distribuiremos o espaço.” Há três modelos de exposição: lounge, mesa e bistrô, e os compradores só podem ser atendidos mediante horário marcado. Além do luxo, o Festuris dedicou uma área ao corporativo, cuja 16 Festuris.indd 16

protagonista foi a Alagev (leia mais na página 10), ao Turismo LGBTI+, ao nicho de aventura e aos casamentos, com o Espaço Wedding, que inclusive abusou do senso inovador ao realizar a cerimônia civil dos agentes de viagens Rose Larrat e João Carlos Albano em plena feira. “Quando a gente sabe que o evento foi muito bem-sucedido, é o feedback que recebemos nos corredores. Estamos muito agradecidos”, destacou a diretora do Festuris Marta Rossi. “Trouxemos uma feira diferenciada, com inovação, novos, espaços, novo layout e muito crescimento qualitativo”, completou Eduardo Zorzanello, o outro diretor.n

PELOS CORREDORES

Rudzani Mudau, Cacilda Kawagoe e Shanaaz Ebrahim, do Consulado da África do Sul, Diogo Caldeira, da Sat, Rafaela Oliveira, da TGK Travel, e Fabio Marasca, da South African Airways

ÁFRICA DO SUL O câmbio é um dos principais motes da África do Sul no Brasil para 2019, além de continuar reforçando a conectividade desde que a Latam Airlines lançou a rota direta a Joanesburgo. ARGENTINA Quem também aposta no câmbio favorável é a Argentina. Atualmente, R$ 1 compra dez pesos argentinos. “Continuaremos apostando nisso para trazer viajantes mais experientes, que já conhecem Buenos Aires. Há muito destino diferente para conhecer e explorar, locais que são completamente distintos na Argentina. É como comparar o Nordeste ao Sul do Brasil.”

Natalia Pisoni, do Inprotur

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:30


TROFÉU INFINITO

BROCKER Como em todos anos, o receptivo Brocker, que agora absorveu a marca Liga Networking para se tornar Brocker Receptivo, Viagens e Eventos, premiou os maiores vendedores de seus produtos. Confira o Top 10 da 13ª edição:

O top 10 de vencedores da Brocker Receptivo, Viagens e Eventos

1 - Flytour MMT 2 - Visual Turismo 3 - Azul Viagens 4 - Latam Travel 5 - FRT Operadora 6 - Abreu 7 - Masterop 8 - New It 9 - BWT Operadora 10 - MGM

21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

Festuris.indd 17

17

14/11/18 21:30


Rodrigo Morales, da EZ Link, com Viviane Amadei, Karen Schmidt e Tatiane Ferreira, da Best Western

Daniel Guijarro, da rede Bourbon

BOURBON A rede Bourbon assumirá o Mendes Plaza, de Santos (SP), que foi renomeado Bourbon Santos Convention Hotel, o Rio by Bourbon Cambará, no Paraná, e o Rio By Bourbon Campinas (SP). Os dois primeiros serão inaugurados já em dezembro de 2018, enquanto o terceiro está previsto para março do próximo ano.

BEST WESTERN A Best Western realizou um verdadeiro rali comercial no Sul do Brasil em parceria com a EZ Link. Juntas, em veículo personalizado, a broker e a rede hoteleira saíram do Vale do Itajaí, passando pelo Vale Europeu, percorrendo a Rota do Sol e finalizando na Serra Gaúcha, aproveitando a realização do Festuris. EZ Link e Best Western devem repetir a campanha em 2019 no próximo Festuris, mas também promete levar o rali a outros mercados brasileiros em breve.

Representantes da Empetur e Secretaria de Turismo de Recife: Felipe Gomes, Vanessa Garmes, Adaílton Feitosa, Danielly Aguiar, Ana Paula Vilaça, Paula Gouveia e Mustafá Dias

Dyogo Schroeder, gerente de Vendas do Grupo Trend para o RS

TREND A Trend está otimista para 2019. Regionalização está na pauta da empresa baseada no ABC Paulista, que já vê o lazer abocanhar quase metade de seu total de vendas. “Vamos intensificar nossas ações visando ao crescimento dos negócios em cidades do interior dos Estados, principalmente explorando oportunidades de novas bases de atendimento. Cidades como Chapecó, em Santa Catarina, e Juiz de Fora, em Minas Gerais, já são exemplos desse investimento da empresa”, aponta Dyogo Schroeder. 18 Festuris.indd 18

RECIFE A capital de Pernambuco vai em busca de se distinguir dos outros destinos nordestinos com o mote “Recife, Capital da Criatividade”. “Somos muito mais do que sol e praia”, defende Ana Paula Vilaça. História, gastronomia e cultura são alguns desses argumentos.

Equipe da Visual Turismo liderada por Edson Akabane (centro) na 30ª edição do Festuris

VISUAL TURISMO Tradicional nos destinos domésticos, a Visual continuará buscando mais share no internacional, como já fez em 2018, promete Edson Akabane. “Além dos embarques para o Exterior, as vendas de cruzeiros marítimos também tendem a crescer em 2019, pois ambas apresentam taxas de crescimento superiores às relacionadas ao mercado nacional.”

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:31


Untitled-1 1

14/11/18 16:20


30º FESTURIS

A diretora da New Age, Ingrid Davidovich, entre Duda Aguiar, Karin Gaiatto, Rosani Aguiar e Elisângela Corsi Gustavo Souza e Glauco Zebral, da Localiza Hertz

Jorge Souza e Roberto Sanches, da Orinter Tour & Travel

Mariana Garcia, da Expedia Taap

Márvio Mansur e Peter Weber, da Skyteam

20 Festuris.indd 20

Rafaela Gross Brown, do Visit Florida

Renato Gonçalves, da Universal Orlando

Fernanda Meneghetti, Daniela Rocco, Leonardo Pereira e Catherine Axelson, da Aviva

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:31


30º FESTURIS

Roberto Wagner, da Gol, Cesar Ciconet, da Delta, Maria da Gloria, da Air France-KLM, e Adriana Motta, Renata Pestana, Tiago Barrionuevo, Ricardo Jimenez e Tania Alves da Gol

Cristian Carneiro, Bruno Cordaro e Marcos Vinicius de Souza, da MSC Cruzeiros

Luiz Araújo, da Disney Destinations Carla Cecchele e Juliana Oliveira, da RCD Hotels

Carla Reis, João Faria e Nathalia Lemeszenski, da Iberostar Hotels & Resorts Nilton Tavone, da Europcar

Jacqueline Ledo e Emerson Sanglard, da Copa Airlines

Gisele Abrahao, do Visit Monaco

21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

Festuris.indd 21

21

14/11/18 21:31


Aviação Artur Andrade

EM BUSCA DO CORPORATIVO

Tarcísio Gargioni e Alberto Weisser à frente de parte da equipe comercial da Avianca Brasil, no 30º Festuris; com eles a diretora de Marketing da Avianca, Thais Grinberg, e o secretário de Turismo de Gramado, José Carlos Almeida

O novo vice-presidente de Vendas e Marketing da Avianca Brasil, Alberto Weisser, está há poucas semanas no cargo e esteve no Festuris 2018, dentro de sua estratégia de aproximação com o trade e intensificação de relacionamentos comerciais. O mercado de viagens corporativas é uma prioridade e para isso foi contratada a ex-Gol Carolina Gaete, como diretora da área. Malha nas principais cidades brasileiras, os benefícios do Programa Amigo, o conforto a bordo (inclusive com poltronas que receberam o selo A da Anac), frota jovem e parceria com as empresas da Star Alliance, permitindo conexões internacionais para todo o mundo, são alguns dos diferenciais. Ele lembra que, em 2009, a companhia tinha 14 Fokker 100 e voava para 31 rotas. Hoje são 56 Airbus e 260 rotas, atingindo 29 destinos, quatro deles internacionais: Miami, Nova York, Bogotá e Santiago. Buenos Aires será o quinto, ainda este ano, em codeshare 22 22.indd 22

com a Avianca Argentina. Este ano a companhia inaugurou voos para Belém e Vitória e aumentou a capacidade em 13% no geral. Deve fechar 2018 com 13 milhões de passageiros transportados. A Avianca Brasil tem 14% de share na aviação brasileira e 27% nas rotas que opera. Segundo Weisser, a empresa vai focar na divulgação ao trade e aos clientes desses diferenciais de conforto e atendimento, também melhorando a experiência tecnológica e o relacionamento B2B. “Tanto no corporativo quanto no lazer a parceria com o trade faz parte de nossa estratégia comercial”, adianta ele. Para o novo vice-presidente, além das oportunidades com os viajantes de negócios, a Avianca vê potencial no trabalho com os operadores e os grupos. “Trabalhamos pouco com as operadoras e com grupos e podemos usar a tecnologia que temos para facilitar essa relação”, afirma.n

BANCO DE DADOS Avianca Brasil // Frota: 56 Airbus // Rotas: 260 // Destinos: 29 // Internacionais: 4 // Próxima abertura: Buenos Aires (codeshare com Avianca Argentina) e segundo voo diário GRU-MIA (para a alta temporada) // Aumento de oferta em 2018: 13% // Share doméstico: 14% // Share nas rotas que opera: 27% // Passageiros em 2017: 10 milhões // Passageiros em 2018: 13 milhões // Principais hubs: Brasília, Fortaleza e Guarulhos // Tipos de tarifas: Promo, Flex e Economy // Diretores de Vendas: Carol Gaete e Leandro José // Membros Programa Amigo: 6 milhões

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/2018 21:39


Hotelaria Artur Luiz Andrade, Gramado (RS)

Rede Conceito Divulgação

O diretor de Marketing do Grupo Casa da Montanha, Rafael Peccin, está às voltas com o lançamento do quarto empreendimento da rede do Sul do Brasil, o Wood Hotel, em Gramado, e que tem o conceito de um hotel mais informal e despojado, com o DNA de serviços das demais unidades da rede. Peccin falou à revista PANROTAS sobre o novo hotel, os rumos do grupo e a Serra Gaúcha, destino que mudou bastante nos últimos anos e que hoje atrai, no ano todo, de famílias a participantes de eventos.

wood.indd 23

23

t

21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

14/11/2018 21:32


t

Divulgação

PANROTAS — Como nasceu a ideia do Wood? A expansão do grupo está planejada ou foi uma oportunidade? RAFAEL PECCIN — A expansão tem como foco fazer hotéis com conceitos próprios. Investir em experiências diferenciadas. O Casa da Montanha surgiu em 1997 e preencheu uma lacuna em Gramado. Faltava um hotel de luxo, com o conceito de uma casa na montanha, e hoje é um ícone na cidade. Depois, em 2001, abrimos o Parador Casa da Montanha, na região dos cânions, com o conceito de integração com a natureza. Fomos inovadores na implantação das barracas termais, e hoje esse é um dos produtos que mais crescem no luxo mundial, com a denominação de glamping. Depois veio o Pétit Casa da Montanha, em uma casa que era da nossa família, com 12 apartamentos e estilo mais B&B, também pet frienldy. Com o Wood, queremos atingir um público de espírito jovem. Ele foi pensado para a cidade de Gramado, mas poderia estar em qualquer lugar do mundo, pois seu conceito é bem atual: despojado, leve, com atendimento informal e atencioso. Mas com o DNA do Casa da Montanha de cuidar dos mínimos detalhes. PANROTAS — Qual o diferencial da gastronomia do hotel, já que a comida é ponto alto de todos os hotéis Casa da Montanha? PECCIN — É a cozinha de natureza, ou slow food. Valorizando os produtos em um raio de 60 quilômetros, frescos e sazonais. O chef premiado Rodrigo Bellora preparou um cardápio bastante criativo. PANROTAS — Como você compara o Wood com o Casa da Montanha? PECCIN — O Casa da Montanha é um hotel mais clássico, mais imponente, com foco no charme e no aconchego de uma casa na montanha. Tem opções de lazer, spa... O Wood está bem perto, mas é menor, não tem recepção e o hóspede é recebido no bar, com um drinque cortesia. É uma tendência mais jovem. PANROTAS — O Wood é o primeiro hotel do grupo com investimentos de terceiros. A expansão vai seguir essa tendência? PECCIN — Investiremos em hotéis próprios ou administrados. Nosso plano de expansão prioriza a Serra Gaúcha e só depois fora dessa região. Somos um grupo familiar, está em nosso DNA acompanhar as operações bem de perto. Vamos primeiro ver as oportunidades fora do centro de Gramado, depois na região dos vinhedos. PANROTAS — Como você vê a Serra Gaúcha posicionada atualmente enquanto produto turístico? PECCIN — É um destino único no Brasil e no mundo. Gramado e Canela são um parque a céu aberto. Os cânions possuem uma natureza exuberante e

24 wood.indd 24

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/2018 21:32


t

Divulgação Divulgação

Divulgação

Rafael Peccin

há ainda a região das vinícolas. É um destino para famílias, tem crescido muito como experiência gastronômica, oferece uma diversidade incrível de passeios e compras, e dá aos visitantes experiências que vão do pequeno e aconchegante ao grandioso. PANROTAS — A região dos cânions realmente tem uma beleza incrível, mas como você avalia a infraestrutura dos parques naturais da região? PECCIN — A estrutura desses parques ainda é precária, precisa de mais investimento e organização. É um produto único, acreditamos muito nele.

wood.indd 25

25

t

21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

14/11/2018 21:32


t

Conhecemos o

Divulgação

em Gramado (RS)

Sim, sabemos que um hotel recém-inaugurado ainda está azeitando as engrenagens, mas aproveitando o Festuris 2018 fomos conhecer, a convite do Grupo Casa da Montanha, o Wood Hotel, novo empreendimento da rede de Gramado. O conceito é ser um hotel mais despojado e informal, com foco na cultura regional e no atendimento com espírito mais jovem. O prédio é belíssimo e dá uma ideia de que entraremos em ambientes de muito bom gosto, o que é verdade: do lobby, que integra vários espaços, aos quartos, tudo é muito bonito e de qualidade. A recepção é no bar, com direito a drinque de boas-vindas. No quarto, muito conforto na cama e nos travesseiros, na boa iluminação e nos mimos, como frigobar incluso e amenidades L’Occitane. Meu perfil de viajante corporativo requer mais serviços, mas entrei na proposta do hotel. Em vez de room service, que não existe, desci para comer no restaurante, que realmente é fantástico. Chef Marko, no café da manhã e no jantar, se superou e foi superatencioso comigo. No café quase não consegui sair da mesa de tantas delícias que ele sugeria. O café da manhã, aliás, vai até as 11h, mas um mini café pode ser pedido a qualquer momento, até as 17h. Meu quarto não tinha uma mesa de trabalho e em pleno Festuris isso fez falta. 26 wood.indd 26

Pelas fotos, vi que havia outros apartamentos com um desk apropriado. Alguns detalhes precisam ser ajustados: havia uma garrafa térmica, que depois descobri, pelo chef Marko, se tratar de chocolate quente, pois não havia qualquer indicação. Alguns objetos ou disposição de itens, como no banheiro, servem mais ao design do que à funcionalidade, mas nada que atrapalhe a experiência do hóspede. A iluminação é um ponto alto. Os chocolates de boa noite são deliciosos, mas como prezo pela consistência no serviço de um hotel, devo registrar que em uma noite não foi colocado no quarto. O mesmo vale para o tapete do banheiro. Lembro que já “criei caso” por isso (falta de tapete no banheiro) uma vez no Renaissance São Paulo – afinal, a consistência é o que determina a qualidade. O serviço tem que ser ótimo sempre. Se for ótimo um dia e bom no outro, a média será muito bom. Outra vez voei de Qatar Airways para a China, e peguei vários voos. O serviço era excepcional em todos eles, independentemente se a comissária tinha levantado com o pé esquerdo. E esse até hoje é o padrão que persigo nos produtos de luxo que consumo a trabalho. Os funcionários do Wood são no geral atenciosos, mas em pouca quantidade. Isso faz falta às vezes. O ambiente do lobby é muito bonito, e os funcionários de A&B é que fazem a diferença. Os da “recepção” parecem crus ainda, mas

nada que um treinamento não resolva. Fui informado que poderia usar as áreas de lazer do Casa da Montanha, que fica do outro lado da rua, mas por conta da agenda do Festuris, só consegui olhar de longe. O Wood tem boas sacadas, como uma sacola com água e fruta para a viagem de volta; chave do quarto que vira uma etiqueta de bagagem (de couro, em parceria com uma loja local); minibar incluso; café da manhã rico e com produtos locais e sazonais (o mesmo vale para o menu de almoço e jantar e mais que recomendo a costela); o bar bem servido (como não bebo, não pude experimentar as receitas do barman) e há uma flexibilidade bem grande em relação ao que o hóspede deseja fazer, o que está em linha com o conceito. Ou seja, o DNA do Casa da Montanha está mantido. Esperando que o serviço esteja 100% em breve (quando fiz check-out o sistema estava fora do ar e minha nota fiscal ficou de ser enviada pelo e-mail, o que não tinha acontecido ainda 72 horas depois de minha saída), o Wood é mais que recomendado e os que foram conhecê-lo durante o Festuris, depois dos posts que publiquei no meu Instagram, aprovaram e prometem experimentar na próxima viagem a Gramado.

NOTA: 9 Saiba mais em www.woodhotel.com.br.

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/2018 21:32


Memória

Henrique Santiago

O RECLAME AQUI DO PASSADO O Reclame Aqui foi o responsável por notícias de grande audiência recentemente no Portal PANROTAS. A plataforma de críticas de consumidores a atendimento e serviço de empresas lançou suas categorias de Turismo, com o desempenho das companhias aéreas, hotéis, parques temáticos, agências de viagens e outros itens. Um formato digital, de fácil acesso e muito apelo popular, mas nada inédito. O Procon realizava uma inspeção completa no segmento há muitos anos. Sem a existência da internet como se tem hoje, a autoridade no assunto computou uma alta de 60% nas queixas sobre os serviços turísticos entre janeiro e outubro de 1995. Entre as avaliadas estavam operadoras, agências de viagens, transportadoras aéreas, hotéis, receptivos etc. Até aquele período foram registrados 320 processos administrativos, enquanto no ano anterior foram “apenas” 200.

A diretora do Procon em São Paulo, Maria Lumena, refletiu que o aumento da demanda de serviços fez com que as reclamações aumentassem. “Será que o segmento estava preparado para atender a essa procura?”, ponderou a executiva. A existência de muitos intermediadores também contribuía para a má prestação de serviço. Pela lei, o agente que compra os serviços de uma operadora não é considerado consumidor, tornando-o responsável pelos eventuais complicadores. As principais reclamações de consumidores incluíam mudança de hotel; hotel não qualificado; falta de transporte terrestre; pagamento de serviço extra não contratado; cancelamento de viagens por não se ter número suficiente de passageiros; propaganda enganosa; perda de mercadoria; entre outros. 21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

27.indd 27

27

14/11/18 21:27


Felipe Coimbra, Carlos Sardo, Roberto Paixão e Ricardo Moreira. Flytour Gapnet emplacou quatro no Top 10

OS MELHORES PROMOTORES DO RIO DE JANEIRO

CONSOLIDADORAS Marcos Martins e Rodrigo Vieira

Com a dobradinha de Felipe Coimbra e Carlos Sardo, a Flytour Gapnet levou a melhor no ranking de promotores de vendas das consolidadoras do Rio de Janeiro em 2018. Em votação realizada pelo Portal PANROTAS, quase mil leitores votaram na categoria, e a consolidadora do grupo paulista mostrou sua força em território fluminense. Desbancou grandes concorrentes e emplacou quatro nomes no Top 10. E na consolidação a batalha é acirrada. Um meio em que a tecnologia é de vital importância, sim, mas de nada adianta sem bons profissionais por trás dos sistemas de vendas, sem promotores confiáveis para atender integralmente, para solucionar os problemas dos agentes e ter bom relacionamento com os fornecedores. Fique atento! Depois de aviação e agora consolidação, traremos aos poucos os rankings de outras categorias como Operadoras, Seguro Viagem, Hotelaria, Cruzeiros e Locadoras de Veículos.

28 28 a 34.indd 28

POR EQUIPE Como algumas empresas têm mais executivos de Contas do que outras, também separamos o ranking por equipe. Para isto, somamos os votos destinados a cada companhia, independentemente do profissional apontado. Veja como fica:

CONSOLIDADORAS 1o Flytour Gapnet

5o Ancoradouro

2o High Light

6o Elitravel

3o Rextur Advance

7o Volare

4o Esferatur

8o Skyteam

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:21


1O LUIZ FELIPE COIMBRA EMPRESA: Flytour Gapnet IDADE: 45 anos CARGO: Executivo de Contas TEMPO DE TURISMO: 20 anos TEMPO DE EMPRESA: 19 anos OUTRAS EMPRESAS: Rio Travel e Citur QUALIDADES: disponibilidade, bom atendimento e sempre oferecer ajuda aos clientes PROFISSIONAIS DE INSPIRAÇÃO: Flavio Correa (gerente comercial) e Douglas Azevedo (gerente operacional), da Flytour Gapnet DESAFIOS: mercado não muito empolgante com as variações de câmbio, crise política e social, além da necessidade de atualização com a tecnologia DICAS: não ter limites, buscar aquilo que deseja, ter brilho nos olhos e mostrar a sua capacidade e sabedoria, deixando o cliente seguro METAS PROFISSIONAIS: assumir um cargo de gerência O QUE BUSCA NA PANROTAS: recebe a edição digital pelo Whatsapp e acompanha notícias sobre consolidadoras no site

BOA PRAÇA Exemplo de perseverança, o executivo começou na agência corporativa Rio Travel como office boy e depois foi realocado para o Atendimento de uma empresa estatal. Cresceu, ganhou uma oportunidade na área de emissão de bilhetes e depois ficou responsável pela logística dos office boys, direcionando-os na entrega de bilhetes, até surgir uma oportunidade na Citur, onde atuou mais na área de consultoria. No início dos anos 2000 foi chamado para fazer uma entrevista na Flytour, atuando na área de atendimento até 2012. Há seis anos integra a equipe comercial, após pedir uma oportunidade por conta da sua identificação e aceitação com os clientes. Para Coimbra, não há nada como um dia após o outro e a vida é uma roda-gigante, sendo indispensável correr atrás dos sonhos e ter bom relacionamento no trade.  21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

28 a 34.indd 29

29

14/11/18 21:21


2O CARLOS SARDO

EMPRESA: Flytour Gapnet IDADE: 40 anos CARGO: Executivo de Contas TEMPO DE TURISMO: 19 anos TEMPO DE EMPRESA: 4 anos (dois apenas de Gapnet) OUTRAS EMPRESAS: Best Destinations, Citur e Net Price QUALIDADES: ter disponibilidade, boa vontade com os agentes de viagens, antenado, conectado e presente PROFISSIONAIS DE INSPIRAÇÃO: Emerson Camilo (CEO), Marcela Braga (gerente regional), Douglas Azevedo (gerente operacional) e Flavio Correa (gerente comercial), da Flytour Gapnet DESAFIOS: competitividade, entrega de resultados, se reinventar para vestir a camisa da empresa e se superar a cada dia DICAS: ser presente, disponível, ter boa vontade e não encarar os problemas como obstáculo, mas como uma oportunidade de oferecer soluções METAS PROFISSIONAIS: continuar crescendo e manter-se na empresa O QUE BUSCA NA PANROTAS: acompanha a newsletter e notícias em geral no site

30 28 a 34.indd 30

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:21


3O JÚLIA MANTOVANI EMPRESA: High Light IDADE: 36 anos CARGO: Executiva de Contas TEMPO DE TURISMO: 17 anos TEMPO DE EMPRESA: 10 anos QUALIDADES: Sou feliz fazendo o que gosto, assim as coisas fluem de maneira mais fácil. As pessoas percebem quem faz o trabalho com amor PROFISSIONAIS DE INSPIRAÇÃO: Trabalho em uma empresa exemplar, com uma equipe muito boa. Agradeço toda a diretoria: Wania Fasulo, Andras Fulop, Magda Medeiros e Monica Afonso DESAFIOS: estar sempre à frente com informações, sempre solucionar as necessidades dos clientes prontamente DICAS: Comprometer-se, dedicar e persistir. Sem isso, não se consegue superar nenhuma meta O QUE BUSCA NA PANROTAS: fico de olho no que a concorrência pratica, no que eles divulgam ao mercado

4O ROBERTO PAIXÃO EMPRESA: Flytour Gapnet IDADE: 51 anos CARGO: Executivo de Contas TEMPO DE TURISMO: 20 anos TEMPO DE EMPRESA: 6 meses OUTRAS EMPRESAS: Rextur Advance e Citur QUALIDADES: bom atendimento ao cliente, resposta rápida de e-mails e auxílio quando necessário PROFISSIONAL DE INSPIRAÇÃO: Flavio Correa (gerente comercial), da Flytour Gapnet DESAFIOS: lidar com o mercado competitivo, conquista de novos clientes e necessidade de atualização DICAS: ter cuidado ao escolher para quem vende, ser correto, honesto e verdadeiro, sabendo dizer sim e não METAS PROFISSIONAIS: crescer no segmento e buscar novas oportunidades na empresa O QUE BUSCA NA PANROTAS: notícias de mercado, blogs e notícias em geral no site

 21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

28 a 34.indd 31

31

14/11/18 21:21


5O ANA PAULA CAFIEIRO

EMPRESA: Ancoradouro IDADE: 47 anos CARGO: Executiva de Contas TEMPO DE TURISMO: 26 anos TEMPO DE EMPRESA: 1 anos e 2 meses OUTRAS EMPRESAS: Bavaria Viagens e Turismo e High Light QUALIDADES: proativa, presente, conectada, otimista, motivadora e sabe o que vende PROFISSIONAIS DE INSPIRAÇÃO: Marcelo Cruz (gerente operacional) e Solange Ferreira (gerente de Vendas), da Ancoradouro DESAFIOS: quantidade de concorrentes e a crise econômica no Brasil DICAS: entender a sua função e buscar conhecimento sobre a área METAS PROFISSIONAIS: continuar trabalhando e sendo feliz, porque faz o que gosta, ajudando as pessoas a crescerem O QUE BUSCA NA PANROTAS: notícias em geral no site e edição digital da revista PANROTAS

6O GABRIELLY MELO

EMPRESA: High Light IDADE: 33 anos CARGO: Executiva de Contas TEMPO DE TURISMO: 14 anos TEMPO DE EMPRESA: 11 meses OUTRAS EMPRESAS: Lab, Copa Airlines e Rio Travel QUALIDADES: Eu me coloco no lugar do cliente, luto por ele, batalho por ele, tento o máximo para que consiga batalhar pela venda. Em momentos complicados é isso que tem de ser feito INSPIRAÇÃO: Gilson Azevedo, gerente comercial da Copa Airlines para Rio e Nordeste, meu marido DESAFIOS: Conseguir, lado a lado com os agentes, ganhar a venda contra as OTAs. É um desafio muito grande, pois os passageiros têm acesso a tudo pela internet, mas lutamos para reverter esse cenário, venda a venda. Na consolidação, a guerra é levar a agência ao seu lado. Por isso o atendimento é tão importante DICAS: Estudem! Façam cursos profissionalizantes. Nós vemos no Turismo muita gente que não está preparada. Não basta gostar de viajar, tem de estudar o que o Turismo pode fazer METAS: Meu objetivo é crescer, de forma saudável, estudando, me aprimorando e galgando novas funções O QUE BUSCA NA PANROTAS: Ficar por dentro do que está acontecendo no setor inteiro: aviação, consolidação e busca maneiras de me destacar diante de uma concorrência tão difícil

32 28 a 34.indd 32

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:21


7O RICARDO MOREIRA EMPRESA: Flytour Gapnet IDADE: 48 anos CARGO: Executivo de Contas TEMPO DE TURISMO: 33 anos TEMPO DE EMPRESA: 1 ano e 10 meses OUTRAS EMPRESAS: Varig, Rio Sul e Rextur Advance QUALIDADES: Empatia, resolução de problemas, disponibilidade, conhecimento técnico PROFISSIONAL DE INSPIRAÇÃO: Flavio Correa (gerente comercial) e Douglas Azevedo (gerente operacional), ambos da Flytour Gapnet DESAFIOS: cenário econômico do País, variação de câmbio e prospecção de clientes DICAS: se manter atualizado sobre o mercado METAS PROFISSIONAIS: se manter na função como bom executivo de Contas O QUE BUSCA NA PANROTAS: notícias em geral no site

8O RICARDO COSTA

EMPRESA: Esferatur IDADE: 57 anos CARGO: Executivo de Contas TEMPO DE TURISMO: 30 anos TEMPO DE EMPRESA: 9 anos OUTRAS EMPRESAS: MLM Viagens e Turismo, Shangri Lá Operadora, Viagens Marsans, Citur e Flytour QUALIDADES: carismático, bom profissional, experiente, humilde e mantém bons relacionamentos PROFISSIONAIS DE INSPIRAÇÃO: Fábio da Luz (diretor) e Ana Cláudia Motta (supervisora), da Esferatur DESAFIOS: crescer e aprender mais do que sabe na sua função, atingir as metas de vendas DICAS: ter disposição, amar o que faz e fazer networking METAS PROFISSIONAIS: buscar também desafios fora do Turismo, sem prejudicar a atual função O QUE BUSCA NA PANROTAS: notícias em geral no site, além das edições impressa e digital

 21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

28 a 34.indd 33

33

14/11/18 21:21


9O ROBERTA CORTES

EMPRESA: Elitravel IDADE: 40 anos CARGO: Supervisora de Vendas TEMPO DE TURISMO: 20 anos TEMPO DE EMPRESA: 17 anos e meio OUTRAS EMPRESAS: prefere não citar nomes, mas já atuou no setor de eventos e com agências QUALIDADES: gosta do que faz, determinada, sempre está disponível e conectada via telefone e e-mail PROFISSIONAL DE INSPIRAÇÃO: Paulo Guimarães (diretor comercial), da Elitravel DESAFIOS: competição acirrada, mostrar mais serviço e enfrentar o mercado fraco com a crise econômica DICAS: vestir a camisa da sua empresa, dar o máximo de si, gostar do que faz e estar sempre perto dos clientes para resolver os problemas META PROFISSIONAL: continuar exercendo o seu trabalho O QUE BUSCA NA PANROTAS: notícias em geral no site

10O LIDIANE CARDOSO EMPRESA: Rextur Advance IDADE: 33 anos CARGO: Executiva de Vendas TEMPO DE TURISMO: 10 anos TEMPO DE EMPRESA: 3 anos OUTRAS EMPRESAS: Elitravel e High Light QUALIDADES: determinada, estrategista e possui empatia com os clientes para ajudá-los PROFISSIONAL DE INSPIRAÇÃO: Leonardo Mignani (diretor comercial), da Rextur Advance DESAFIOS: concorrência forte, problemas do cotidiano e crescer no cenário de economia instável DICAS: ser simpático e dar retorno para os clientes, buscar mais aprendizado e não se acomodar apenas na sua área de atuação para levar mais informação e diferenciais aos parceiros METAS PROFISSIONAIS: crescer na empresa atual O QUE BUSCA NA PANROTAS: notícias em geral no site

34 28 a 34.indd 34

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:21


Untitled-1 1

14/11/18 16:21


LGBTravel Marcos Martins e Marina Marcondes

LUGARES SEGUROS

A Geo Sure, que fornece dados de segurança em tempo real para viajantes de lazer e negócios, divulgou uma lista com os cinco endereços mais seguros para o público LGBTI+. As informações foram baseadas nos índices do aplicativo da empresa e a ferramenta avalia cerca de 30 mil localizações. A interface possui classificações de segurança que variam de um a 100 – quanto menor a pontuação, mais seguro é o local.

A lista de regiões com menor probabilidade de discriminação é liderada pelo bairro de Castro, em São Francisco nos Estados Unidos (índice 17), à frente de Schöneberg (24) em Berlim, na Alemanha, e Centrum (27), de Amsterdã, na Holanda. O ranking das cinco regiões mais seguras é finalizado com o distrito de Eixample (30), em Barcelona, na Espanha, e o Tel Aviv’s City Center/ Florentin (31), em Israel.n

São Francisco, nos Estados Unidos, tem bairro em primeiro lugar de ranking

MAIS CAPACITAÇÃO A Riotur promoveu na última semana o evento “A Diversidade é Maravilhosa”, uma série de palestras para conscientizar o Turismo carioca sobre a importância do segmento LGBTI+ para o desenvolvimento do setor e capaciJordhan Lessa, da Ceds, Nélio tá-lo em questão de Georgini, Maurício Werner e Marcelo Alves, da Riotur atendimento. “Grande parte do trade não sabe como lidar com estes viajantes, então acabam ofendendo-os. Precisamos capacitar estes profissionais para consolidar a cidade dentro do segmento”, afirma o diretor da Riotur, Maurício Werner. Para esclarecer dúvidas e instruir os profissionais, especialistas da Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual (Ceds) marcaram presença.n

36 36.indd 36

• No Reino Unido, a Escócia tornou-se o primeiro país do mundo a aprovar o ensino sobre LGBTI+ nas escolas • A gigante de produtos de beleza Avon aderiu aos Padrões de Conduta Empresarial da ONU para combater a LGBTIfobia • Jared Polis é o primeiro homem abertamente gay a ser eleito governador nos Estados Unidos e comandará o Colorado n

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:27


PATROCINADO

Mario Ponticelli e Guilherme Alcorta

PANEMPREGOS GANHA NOVOS SERVIÇOS EM PARCERIA COM A TRAVELTECA Referência para quem busca emprego e para recrutadores no setor de Turismo, o serviço do PanEmpregos, no Portal PANROTAS, vai ganhar novos recursos. Uma parceria entre PANROTAS e a Travelteca possibilitará a oferta de consultoria e assessoria aos usuários da seção do Portal PANROTAS, que hoje apresenta anúncios de currículos e vagas da indústria. Para as empresas, os consultores especializados em Recursos Humanos da Travelteca podem ajudar com a definição de cargos e salários, planos de carreira dos funcionários, pesquisas de clima, além de atuarem em processos de recrutamento e seleção, onde realizam a busca, triagem e entrevistas com os candidatos. Além disso, os serviços da Travelteca englobam campanhas de venda/ motivacionais e planejamento tributário. Já para quem está procurando uma colocação no mercado, é possível contratar consultoria para montar um currículo compatível com as necessidades do mercado, além de mentorias e cursos. O cadastro do CV do profissional de viagens também ficará disponível de maneira gratuita, em um

banco de dados exclusivo para esse mercado e poderá ser acessado por diversas empresas do segmento de turismo. “Essa é uma forma de dar mais opções a empresas e a candidatos e de melhorar o serviço que já oferecemos há tantos anos, com reconhecimento de todo o trade”, acredita o CEO da PANROTAS, José Guilherme Alcorta. “Com um processo seletivo mais adequado às suas necessidades, a empresa ganha tempo e não perde energia. A Travelteca vai permitir que as agências de viagens tenham seu próprio departamento de RH”, afirma Mário Ponticelli, ex-CEO da Amadeus Brasil e sócio advisor da Travelteca. Ainda que alguns dos novos serviços sejam pagos, o uso do PanEmpregos seguirá sendo gratuito para o cadastro de vagas e currículos, frisa o CEO da PANROTAS. A PANROTAS conta com a seção desde 1992. Diariamente, são inseridas novas vagas e novos currículos na plataforma, que teve mais de 7,6 milhões de acessos no ano passado.n 21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

37.indd 37

37

14/11/18 21:29


Diagnóstico Leonardo Ramos

FRAUDES NO TURISMO

O assunto é antigo, e desde que o meio do Turismo é profissional como hoje, ações fraudulentas o acompanham, e infelizmente evoluem em velocidade semelhante à da própria tecnologia do setor. A aviação é alvo principal globalmente quando se fala em fraude. Ela representa 46% de todos os golpes que acontecem no mundo. No Brasil as notícias não animam. O País está na quarta colocação global em número de fraudes tipo phishing – ato de enviar e-mail, ou até site falso fingindo ser uma empresa que não é, solicitando dados e informações pessoais, como senhas e documentos de identidade; “um modo de ludibriar a vítima”, resumiu o gerente de Economia da Associação Latino-Americana de Transporte Aéreo (Alta), Juan Sarmiento, fonte das demais informações acima. Entretanto, há mais modelos. Phishing, Cavalo de Troia, roubo de dados... As fraudes estão aí, e seu método mais comum é por cartão de crédito clonado. O agente, muitas vezes, se limita a pegar o número do cartão, a data de validade e o código de segurança e mandar para o banco. “Se [o banco] falar que o crédito é suficiente para a compra, pronto, vende, sem pedir mais dados que comprovem a autenticidade do viajante. Para ter uma ideia do nível disso, 75% dos calotes que levamos são fraudes, pagamentos com cartões clonados que as agências aceitaram sem conferir. O dinheiro nunca chega”, lamenta o sócio e vice-presidente da BRT Consolidadora e Operadora, Marco Di Ruzze.

38 38 a 40.indd 38

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/2018 21:29


Marco Aurélio Di Ruzze, diretor da BRT Consolidadora

COMO EVITAR Entender o perfil do golpista é o primeiro passo. É meio caminho andado, mas não é nada fácil. O criminoso pode ser inventivo. Suas abordagens são das mais diversas, assim como os meios de comunicação que eles usam para atingir uma empresa. O perfil do produto que o fraudador vai atrás, porém, segue uma lógica oposta. Boa par-

38 a 40.indd 39

te das vezes ele conta com algumas características bem semelhantes – pouca antecedência em relação à data de embarque, categorias tarifárias altas, rotas sem relação com a cidade da compra, isto é, em que a cidade agência não faz parte nem da origem, nem do destino... Detalhes tão repetidos nos golpes que sua própria perpetuação entre as agências de viagens leva um “puxão de orelha” das consolidadoras. “Acaba sobrando também para o agente de boa fé. Penalizo sim, nisso, esse profissional. Ele se esforça muito, mas se tem um prejuízo desse tamanho, quebra e não tem escapatória, por algo que é comum em nosso mercado. E não é nosso interesse, afinal, dependemos das agências”, comentou Marco Di Ruzze, da BRT. Isso porque o fato de conhecer tal perfil de compra seria, por si só, o melhor modo de se precaver deste golpe. Identificá-lo faz com que ele seja evitado. E estudar o mercado para saber qual é esse perfil, e quais os tipos de produtos mais visados pelo golpistas, é mais que um diferencial – é algo obrigatório em um mercado que concentra quase 50% de todas as fraudes mundiais. “Por mais que o fraudador possa criar novas armadilhas para tentar enganar o agente, certos fatores não vão mudar muito. E só por saber disso você já consegue evitar 90% das tentativas de golpe”, defende Mansur t

TURISMO: UM ALVO FÁCIL? Uma série de fatores fazem do Turismo um terreno fértil para golpistas, mas dois deles são cruciais para isso. O primeiro é o alto volume de dados que são transacionados diariamente entre cliente-agência-operador-consolidadora. O segundo é o principal deles: a informalidade dessa troca de informações. O uso constante do Whatsapp e e-mails para enviar os dados de cartões de crédito do cliente para a agência, ou da agência para operadoras e consolidadoras como modo de agilizar os negócios, faz das empresas de Turismo um prato cheio para o cracker [nome técnico de quem rouba dados] que quer raptar dados de cartões para clonar e, enfim, realizar a compra. Essa informalidade é também a arma do golpista na hora de enganar a agência. São diversas as maneiras utilizadas pelo “falso cliente” para chegar no agente e efetuar tal compra, mas o mais comum é que o fraudador mande os dados ou foto do cartão pelo Whatsapp ou e-mail pedindo para emitir o bilhete, colocando apenas o nome do passageiro como informação pessoal. A agência muitas vezes aceita a compra, mesmo sem conhecer o cliente – afinal, vender é vender. “O golpista faz o pedido pela rede social e infelizmente a agência muitas vezes dá sequência à compra. Quando descobrir que o cartão era clonado e o pagamento não chegar será tarde demais, o voo já terá acontecido e a dívida sobra para a agência”, descreve o diretor comercial da Skyteam Consolidadora, Márvio Mansur.

Márvio Mansur, diretor comercial da Skyteam

14/11/2018 21:30


DADOS

O Brasil é o

46% PERFIL DE COMPRA DAS FRAUDES PROXIMIDADE DO VOO – Característica mais batida do mercado quando se pensa em compras fraudulentas. Comprar uma passagem extremamente próximo da data de embarque torna mais difícil que as diversas empresas envolvidas na compra descubram a artimanha antes de que o voo seja realizado. ROTAS SEM RELAÇÃO COM LOCAL DA COMPRA – O fraudador se vale do benefício de não necessitar estar presencialmente na agência para realizar uma compra, e adquire a passagem de empresas em Estados distantes do País – usando a própria distância como argumento para fazer o processo por meio de redes sociais e e-mails. CLASSES ELEVADAS E PREÇOS ALTOS – Classes mais elevadas, como executiva e primeira classe, são escolhidas pelos valores maiores – com isso, a quantia embolsada pelo golpista é também maior. O preço alto (média de US$ 1,9 mil no continente), porém, se relaciona também à pouca antecedência das passagens que os golpistas adquirem, já que quanto mais próximo do voo, mais caro o bilhete. CLIENTES DESCONHECIDOS E POUCOS DADOS DO PASSAGEIRO – Quase sempre o comprador que for tentar dar um golpe na agência é um cliente novo da empresa. É comum que o fraudador ligue para uma agência citando uma indicação qualquer, como meio de passar maior veracidade. Os dados do passageiro fornecidos pelo golpista também costumam ser limitados, por vezes apenas com o nome completo. 40 38 a 40.indd 40

4o

país do mundo em número de fraudes tipo phishing

das fraudes no globo são relacionadas à aviação

Fonte: Associação Latino-Americana de Transporte Aéreo

US$ 1,9 MIL é o preço médio das passagens adquiridas em fraudes na América Latina

SOLUÇÕES ANTI-FRAUDE PROGRAMAS DE AUTENTICAÇÃO – Programas plugados no sistema de venda que consideram uma série de parâmetros para aprovar, ou não, uma venda de forma automática. Entre os critérios analisados, o período de antecedência da compra, a origem ou destino da rota coincidir com a cidade da agência, a categoria do voo, os documentos fornecidos… TOKEN – O método mais repetido entre as consolidadoras. Utilizar tokenização como segundo fator de aprovação em etapas e transações como acesso ao sistema, emissões, cancelamentos e remissões. INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL, BIG DATA E MACHINE LEARNING – Tecnologias utilizadas em consonância para coletar dados dos viajantes, aprender seus costumes e tipos de compra e, assim, identificar as emissões suspeitas – quando uma sai do comum para o cliente, a aquisição é barrada, e a empresa checa as informações para confirmar a veracidade da compra.

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/2018 21:30


Aviação

Gol inaugura seus voos diários e diretos de Fortaleza e Brasília à Flórida, nos Estados Unidos. Miami e Orlando são atendidas das duas cidades

AGORA SIM, O MAX!

A encomenda vem sendo entregue gradualmente, e os Boeing 737 Max 8 da Gol finalmente começam a voar com o propósito pelo qual chegaram: ir além da fronteira do Brasil. No dia 4 de novembro, Fortaleza e Brasília ganharam serviços diretos da aérea com destino a Miami e Orlando. A inauguração foi histórica, feita simultaneamente das duas cidades brasileiras às duas cidades da Flórida, nos Estados Unidos. Os novos voos são diretos, diários e... simbólicos. Simbolizam uma nova era para a companhia aérea. Palavras do presidente Paulo Kakinoff, que esteve em Brasília para acompanhar um dos lançamentos, enquanto o vice-presidente de Marketing e Vendas, Eduardo Bernardes, foi o principal porta-voz de Fortaleza. “Em Brasília serão quatro voos: além de Miami e Orlando, Buenos Aires em 1º de dezembro, e Cancun em junho de 2019. A ideia é oferecer ao passageiro uma nova experiência internacional com o 737 Max, de Brasília, Fortaleza e Guarulhos, nossos principais hubs”, afirmou. Entre 2018 e 2020, Kakinoff promete um novo voo internacional por trimestre. Quito é outra operação que a

Gol já anunciou que também vai operar com o 737 Max. Da capital do Ceará, Bernardes reiterou que o momento é o início de uma nova fase. “Estamos buscando conquistas também no mercado internacional, nos quais observamos que temos significativas oportunidades de atuação e crescimento. Tanto em Brasília como em Fortaleza, nosso novo hub do Nordeste, a atual malha aérea permite com que os clientes façam conexões rápidas e eficientes de ou para mais de 30 destinos da América Latina.” O B737 Max 8 tem uma autonomia de aproximadamente 6,5 mil quilômetros. A Gol destaca o serviço de bordo e uma plataforma de entretenimento com filmes, séries e TV ao vivo, oferecidos sem custo adicional, mas pela tela do dispositivo do próprio cliente, que pode ser apoiado à sua frente. Bancos de couro ecológico, assim como mais espaço entre as poltronas e serviço de bordo gratuito, com bebidas e refeições, estão inclusos em qualquer tarifa. A internet em breve estará disponível, promete a companhia. As cinco primeiras fileiras são Premium, com o assento do meio bloqueado.

21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

41 a 43.indd 41

41

14/11/18 21:19


CONEXÃO DELTA Como não poderia ser diferente, a parceria cada vez mais estreita entre Gol e Delta também tem sua influência neste novo serviço. Da Flórida, os passageiros da companhia brasileira poderão se conectar a Atlanta, Salt Lake City, Cincinnati, Nova York/LaGuardia, Detroit, Los Angeles Indianápolis e Mineápolis. São oito cidades norte-americanas atendidas em codeshare, com um só bilhete. Por falar em parceria, a Air FranceKLM comemora as vendas do hub com a Gol na capital cearense, poucos meses após o início das operações, a companhia europeia voava com mais de 90% de ocupação a partir da capital cearense.

Joseph Zumpano, da Zumpano Patricios Advogados, Esther e Ricardo Constantino, e Paulo Kakinoff

Luciano Macagno (Delta), Guillermo Alcorta (PANROTAS), Joe Docal (Miami CVB), Rogério Guerra (Gol), Debora Prass e Daniela Bergamini (Miami CVB/Imaginadora)

42 41 a 43.indd 42

Luciano Macagno, da Delta, e Paulo Kakinoff, da Gol

MAIS FACILIDADE Além de utilizar a parceria com a Delta, a Gol promete facilitar o fluxo entre Estados Unidos e Brasil com suas conexões. Paulo Kakinoff recebeu convidados em Miami, na primeira noite após o voo inaugural, com a presença de Ricardo Constantino, um dos membros da família fundadora e acionista da Gol, e outras autoridades como o novo cônsul do Brasil em Miami, João Mendes Pereira, e o diretor do Greater Miami CVB, Joe Docal. “Cerca de 30 cidades brasileiras têm conexão imediata com os voos de Brasília e Fortaleza para Miami e Orlando. E da Flórida, a parceria com a Delta Air Lines conecta a outras oito cidades americanas”, reforçou o presidente da Gol. Joe Docal, do Greater Miami CVB, comemorou dois novos voos para a “segunda casa dos brasileiros”, prometeu parceria constante e disse que em breve visitará Fortaleza (Brasília ele conheceu há pouco tempo). Já João Mendes Pereira realçou o convite para americanos visitarem o Brasil nas asas dos novos Boeing da Gol. Às vésperas da inauguração do serviço, a Gol realizou cerca de 40 encontros com dois mil profissionais, entre agências, operadoras e consolidadoras, para destacar a nova fase internacional. Em uma dessas ocasiões, a gerente comercial da aérea, Renata Pestana, deu ao trade alguns dos principais argumentos de vendas: horários premium, localizações privilegiadas das cidades brasileiras e produto acessível ao novo perfil de viajante corporativo. “Os horários são especiais, pois em todos os voos chega-se aos Estados Unidos em momento de check-in nos hotéis, entre 14h e 15h e, no retorno, o voo é noturno, desembarcando no Brasil de manhã”, afirma. “As empresas estão reduzindo os custos com classe business, e o B737 Max 8 proporciona conforto em sua configuração.” A possibilidade de embarque em Congonhas, e conexão em Brasília ou Fortaleza, é outro diferencial.n

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:19


CONECTIVIDADE Em Fortaleza, a Gol espera ligar os passageiros de todo Norte e Nordeste. Belém, Manaus, Teresina, São Luis, Salvador, Natal e Recife são as cidades conectáveis dessas regiões. Já em Brasília “as conexões são inúmeras, com todo o Brasil, mas também tem muita demanda no mercado local”.

VOO

ORIGEM

DESTINO

FREQUÊNCIA

G3 7600 G3 7601 G3 7654 G3 7655 G3 7748 G3 7749 G3 7732 G3 7733

BRASÍLIA 9H50 ORLANDO 21H30 FORTALEZA 8H35 ORLANDO 21:45 BRASÍLIA 9H50 MIAMI 21H45 FORTALEZA 8H35 MIAMI 22H

ORLANDO 14H50 BRASÍLIA 8H20 ORLANDO 14H25 FORTALEZA 7H50 MIAMI 14H25 BRASÍLIA 8H20 MIAMI 14H05 FORTALEZA 7H15

TODOS OS DIAS TODOS OS DIAS TODOS OS DIAS TODOS OS DIAS TODOS OS DIAS TODOS OS DIAS TODOS OS DIAS TODOS OS DIAS

ENCOMENDAS BOEING 737 MAX 8 Encomenda total: 135 unidades Perspectiva de chegada: um jato a cada 40 dias, entrega total até 2028 em 2018: 6 unidades – já chegaram 5 Upgrade: 30 B737 Max 8 foram convertidos em B737 Max 10, que comporta 216 passageiros versus 186 do Max 8

21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

41 a 43.indd 43

43

14/11/18 21:19


Follow

Leonardo Ramos

AGAXTUR VIAGENS Ser direcionada tanto ao agente de viagens quanto ao cliente final faz das redes sociais da Agaxtur uma miscelânea de conteúdo. Com mais de 240 mil seguidores, o Facebook poderia ser mais bem trabalhado para receber maior engajamento, mas em um post ou outro, entre vídeos e fotos, a empresa consegue certo destaque, embora ainda possa ir mais longe. Já no Instagram, há um longo caminho a ser percorrido. A falta de uma unidade e concisão de suas publicações tira pontos da operadora, que mesmo com seus de 17,2 mil seguidores poucas vezes ganha mais que 100 curtidas em fotos e vídeos. É importante realçar que a Agaxtur também atua por meio de franquias e, em muitos casos, os próprios franqueados regionais administram suas contas, o que pode pulverizar a atenção dos internautas em relação à marca.

É raro, mas a operadora consegue alcançar mais de 500 curtidas em um post ou outro no Facebook. No exemplo, um pacote de cruzeiro com reservas exclusivas contou com 1.044 curtidas, 30 comentários e 75 compartilhamentos. Um bom caminho a ser seguido.

ID: @Agaxtur Facebook: 240,7 mil seguidores Instagram: 17,2 mil seguidores Twitter: 9,3 mil seguidores 44 44.indd 44

No Instagram falta uma identidade visual. Os posts pulam de destinos para dicas, para aviões, para cruzeiros. A imagem escolhida para capa dos vídeos postados muitas vezes não está de acordo – no exemplo ao lado, dois vídeos foram postados com uma tela branca como apresentação

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/2018 21:27


46. Os principais musicais do mundo na Flórida 48. O melhor da Black Friday nas ruas e estradas do Estado 50. A combinação perfeita entre Disney e Natal

21 a 27 de novembro de 2018 — PANROTAS

45.indd 45

45

14/11/18 21:22


PATROCINADO

Felix Mizioznikov/ Shutterstock

HORA DO SHOW NA FLÓRIDA A Broadway pode ser a casa dos grandes espetáculos em Nova York, mas quando os melhores shows dos Estados Unidos entram em turnê, todos os caminhos os levam à Flórida. Desde outubro, as melhores produções em turnê fazem paradas em diversos locais por todo o Estado, de Miami a Orlando, Fort Lauderdale e muito mais. O novo musical da Broadway, Hamilton, desembarca em Orlando, Tampa Bay e Fort Lauderdale nesta temporada, com datas oficiais e vendas de ingressos ainda a serem anunciadas. O On Your Feet! abriu sua primeira turnê nacional em Miami, cidade natal dos Estefans, em outubro, e agora segue rumo a Orlando. As novas sensações da Broadway juntam-se aos vencedores do Prêmio Tony e aos clássicos favoritos dos apreciadores da arte teatral para atrair o público aos teatros. O Rei Leão, Wicked, Jersey Boys, Kinky Boots e The Book of Morman são alguns dos exemplos de espetáculos que chegam à Flórida até abril. Ingressos individuais, geralmente, custam entre US$ 35 e US$ 150, dependendo dos assentos. Confira, abaixo, uma lista de locais onde assistir aos shows da Broadway na Flórida.

46 46.indd 46

ONDE ASSISTIR? O principal palco de Fort Lauderdale é o Au-Rene Theater, com capacidade para 2,6 mil espectadores e um dos mais visitados de todo o país. Já em Miami, o Adrienne Arsht Center conta com o Ziff Ballet Opera House, o segundo maior palco de artes cênicas dos Estados Unidos, atrás apenas do renomado Metropolitan Opera, de Nova York. O Walt Disney Theatre, em Orlando, tem pouco mais de 2,7 mil lugares projetados para receber grandes espetáculos, mas não é o único preparado para tal. O destino também conta com o Dr. Phillips Center for the Performin Arts, que constantemente recebe os famosos shows da Broadway. Em Tampa Bay, o Straz Center for the Performin Arts é o grande ponto para os espetáculos, abrigando cinco teatros, três restaurantes e até um conservatório de artes cênicas. O local realiza uma série de oito shows, chamado Best of Broadway Tampa Bay, que, nesta temporada, contará com o show Caminhos da Floresta, Estranho Caso do Cachorro à Noite, Um Americano em Paris e Hamilton. Clearwater, Sarasota, Naples, Fort Myers, Jacksonville, Orange Park e Daytona Beach também entram na lista de destinos que receberão grandes espetáculos, como Chicago, Mamma Mia! e O Fantasma da Ópera, nesta temporada, que termina em abril de 2019.

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 20:51


Untitled-1 1

14/11/18 16:24


PATROCINADO

EMBARQUE NA BLACK FRIDAY

COM A ALAMO A Black Friday, na próxima sexta-feira (23), é um dos eventos mais esperados do ano e a Flórida é um dos destinos que mais recebem turistas do mundo todo. Para ajudar os viajantes a aproveitarem ao máximo as compras, a Alamo Rent A Car preparou o mapa do tesouro para quem não quer perder tempo e aproveitar as melhores ofertas. Mas atenção, pois grande parte das lojas já começa sua promoção na véspera, quinta-feira, após às 17h. Confira: DOLPHIN MALL Enquanto a maioria dos americanos passa o Dia de Ação de Graças com suas famílias e amigos em casa, alguns deles já estão no clima para compras! Um destino popular nesse feriado é o Dolphin Mall, onde muitas lojas começam as promoções a partir das 17h na quinta-feira. Siga do aeroporto de Miami direto para o Dolphin Mall: 11401 NW 12th St, Miami, FL 33172, EUA

LINCOLN ROAD Com metade da sua viagem de compras completa, é hora de reabastecer! Siga para a Lincoln Road, um destino de compras ao ar livre em Miami e que oferece vários estacionamentos e garagens, moda, galerias de arte e muitos restaurantes. Além de petiscos deliciosos você também vai conhecer alguns dos destinos mais populares da sua lista de viagem. Lincoln Road: Miami Beach, FL 33139, EUA SAWGRASS MILLS Se o seu destino final é Orlando, há ótimas opções para conferir ao longo do caminho! Continue sua jornada no Sawgrass Mills, em Fort Lauderdale, um dos maiores destinos de compras e varejo nos Estados Unidos. Sawgrass Mills: 12801 W Sunrise Blvd, Sunrise, FL 33323

BEST BUY Chegou a hora dos produtos mais procurados: os eletrônicos! A Best Buy abre suas portas entre 5h e 6h da manhã da sexta-feira, os primeiros consumidores da fila ganham as primeiras senhas para entrar na loja. Best Buy: 10760 NW 17th St, Miami, FL 33172

FLORIDA MALL Depois de experimentar as lojas sofisticadas do Sawgrass Mills, dirija para o norte até o Florida Mall, um destino obrigatório para a Black Friday em Orlando. As vendas começam na sexta-feira à 1h da manhã e continuam até o sábado, terminando às 5h da manhã. Dica: Os primeiros produtos vendidos pelas lojas costumam ter os maiores descontos. Florida Mall: 8001 S Orange Blossom Trail, Orlando, FL 32809, EUA

WALMART E TARGET Após uma parada na Best Buy, dirija até o Walmart e Target mais próximos. Existem muitas lojas dessas franquias pelo caminho, então escolha a mais conveniente com a sua hospedagem em Miami. Assim que decidir qual a melhor opção, prepare uma lista de compras para focar nas suas prioridades. Chegar algumas horas antes também pode garantir um melhor lugar na fila. Target: 8651 NW 13th Terrace, Doral, FL 33126 Walmart: 10101 W Flagler St, Miami, FL 33174

MAIS OUTLETS! Ah, os outlets! Como as lojas outlet já oferecem preços com desconto, as ofertas podem não ser tão impressionantes, mas ainda vale a pena conferir. Entre os outlets que merecem uma visita estão o Orlando International Premium Outlet, o maior destino de compras de outlet da Flórida, com mais de 180 lojas de grife. Localizado no coração de Orlando, este destino é o final perfeito para a Black Friday. Orlando International Premium Outlets: 4951 International Dr, Orlando, FL 32819, Estados Unidos. 

48 48.indd 48

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:26


Untitled-1 1

14/11/18 16:22


PATROCINADO

SINTA O CLIMA DO NATAL Luzes, enfeites e árvores de Natal já tomam conta da paisagem dos quatro parques, resorts e em Disney Springs. O período natalino conta com muitas novidades no complexo de Walt Disney World, em Orlando, na Flórida. Os brinquedos de Andy estão a caráter no Toy Story Land em Disney’s Hollywood Studios, que está com decoração, iluminação especial e trilha sonora. Também por lá, o Sunset Seasons Greetings traz a “neve” e novos efeitos de laser no show de projeção que transforma o Hollywood Tower Hotel. No dia 22 de dezembro, mais interação com a estreia do Disney Junior Dance Party, com participação especial do Mickey. Os sabores das festas de fim de ano ao redor

50 50.indd 50

do mundo estão no Epcot International Festival of the Holidays. No reino dos animais, em meio à natureza, a novidade no Disney’s Animal Kingdom é o Diwali, o Festival das Luzes da Índia, que faz parte do show ao vivo UP! Uma grande aventura de pássaros. Uma “festa dentro da festa”. É a Tony’s Most Merriest Town Square Party, uma opção para saborear doces e salgados com lugar reservado para a parada de Natal da famosa Mickey’s Very Merry Christmas Party, que acontece no Magic Kingdom em noites selecionadas até dezembro, com ingresso à parte. Outra novidade neste parque é um grupo que se apresenta à capela com um repertório natalino na Tomorrowland.

PANROTAS — 21 a 27 de novembro de 2018

14/11/18 21:24


Untitled-1 1

14/11/18 16:22


Untitled-1 1

14/11/18 16:23

Profile for PANROTAS Editora

PANROTAS 1.347  

Com três décadas, Festuris serve de modelo a todo Turismo brasileiro ao mostrar que determinação do setor privado e boa vontade do poder púb...

PANROTAS 1.347  

Com três décadas, Festuris serve de modelo a todo Turismo brasileiro ao mostrar que determinação do setor privado e boa vontade do poder púb...

Profile for panrotas