On Startups Magazine Angola - #1 Março 2021

Page 1

1

Eduardo Clemente

Administrador Executivo do Standard Bank Angola

“O apoio a jovens empreendedores é um dos caminhos para aumentar a oferta de emprego” “Supporting young entrepreneurs is one of the ways to increase employment” EDIÇÃO/EDITION:

ANGOLA

MARÇO/MARCH 2021


2

INVESTIR

EM S U S T E N TA B I L I D A D E

EXPERIÊNCIA

COMPROMISSO

TRANSPARÊNCIA

CONFIANÇA

A VSM Capital é uma Sociedade Anónima de Gestão de Participações Sociais, criada em Maio de 2016 por um grupo de Business Angels orientados para o investimento em empresas comprometidas com objetivos de sustentabilidade financeira, ambiental e social. Por essa razão, a sociedade possui uma linha de co-investimento aprovada até 3.000.000€ com o IFD - Instituição Financeira de Desenvolvimento, para investimento em Startups das zonas Norte, Centro, Alentejo, Algarve e Ilhas e já investiu em 10 projetos. JUNTOS PODEMOS CRIAR UM PLANETA MAIS SUSTENTÁVEL JUNTE-SE A NÓS!

w w w.v s m c a p i t a l . p t


3

Índice

Table of Contents 38 05 06 10 20 24 26 30

Editorial: Chegámos a Angola! Editorial: We are in Angola! Notícias News Entrevista: Eduardo Clemente Interview: Eduardo Clemente Appy Saúde

40 42 48 52

Nawabus A revolução digital está a desenvolver

56 68

34

AfCFTA File Angola integra a maior área comercial do mundo Angola integrates the largest commercial

36

Interview: Filipe Lourenço WEDO BRAND WEDO BRAND 9 Razões pelas quais você precisa de

your business Entrevista: Haymée Cogle Interview: Haymée Cogle Política de Preços: Como escolher o preço certo para o seu produto ou serviço? Pricing: How to choose the right price for

Digital revolution is developing Startups Dossier ZCLCA

Entrevista: Filipe Lourenço

9 Reasons why you need Digital Mareting for

as Startups

32

Países membros da ZCLCA

Marketing Digital na sua empresa

Empreendedorismo no feminino Nawabus

Impact of the AfCFTA in angolan economy Member countries of the AfCFTA

Appy Saúde Woman’s Entrepreneurship

Impacto da ZCLCA na economia angolana

70 74

your product or service? Incubadoras de Startups Startups Incubators Agenda Calendar

area in the world Impacto da ZCLCA no comércio intra-africano Impact of the AfCFTA on intra-african commerce

FICHA TÉCNICA: Propriedade: Finy Ventures I NIF 514176806 I Morada: Rua dos Murças, N.º 71, 3.º Andar 9000-058 Funchal I Editor: Luis Barroca Monteiro COLABORAM NESTE NÚMERO: Eva Rosa Santos, Daniela Rodrigues, Osvaldo Cruz, Pedro Candelária AGRADECIMENTOS: Eduardo Clemente, Filipe Lourenço, Haymée Cogle Publicação Isenta de Registo na ERC ao abrigo do Dec. Reg. 8/99 de 9/6 Art. 12º nº 1 - a)


4

TUDO O QUE A SUA STARTUP PRECISA!

STARTUP SERVICES | STARTUP FUNDING BO.x é o local onde encontra todo o apoio para começar a criar e desenvolver a sua Startup.


5

Luís Barroca Monteiro

Editor e CEO Finy Ventures

Chegámos a Angola! We are in Angola! É com grande felicidade que escrevo este texto! Ao longo de algum tempo, esta novidade foi pensada, reavaliada e, acima de tudo, acreditada. Estamos neste momento a lançar a On Startups, a Magazine de empreendedorismo, em Angola. Esta revista mensal nasceu há poucos meses em Portugal, está a ter um grande sucesso, e esta é a nossa primeira edição num País com o qual temos um vínculo social, cultural e linguístico indiscutíveis. A On Startups aproxima quem está a lançar-se no vibrante mundo das startups, promove os seus projectos e dá a conhecer carreiras brilhantes e inspiradoras. Angola e o empreendedorismo de Angola interessamnos por acreditarmos que podem ser uma parte importante na criação desta rede que liga empreendedores e investidores de todo o mundo. Quero, hoje, oferecer as minhas palavras de incentivo àqueles que têm uma ideia e que querem avançar com ela. Mas que, por falta de qualquer coisa, não conseguem fazê-lo. Muitas vezes essa coisa é insignificante, mas acaba por nos prender, seja por não acreditarmos em nós próprios, por não acreditarmos no que queremos desenvolver, ou porque, infelizmente, ninguém acredita em nós. Um conselho de quem já anda nisto há algum tempo? Vão na mesma. Acreditem em vocês e vão. Acreditar, persistir e ser teimosos, talvez ser um pouco loucos: o segredo fundamental. Eu sou Português, mas tenho fortes ligações a Angola. A minha mãe e toda a sua família é de Angola e tenho, por isso, muita família nesse País que me diz tanto. Já tive o prazer de o visitar e quero, com certeza, lá voltar. Um dos meus objetivos pessoais é levar a minha mãe a ver a sua terra novamente, já que saiu de Angola há mais de 40 anos. Faço-o porque, afinal, sou empreendedor também por causa dela. Angola representa a ambição, a motivação e a luta por tudo em que os Angolanos acreditam. Eu, pessoalmente, acredito que Angola e os Angolanos são uma parte importante do futuro do Mundo e estou cá para ver isso na primeira fila! O meu desejo é que se sintam tão felizes por nos receber, quanto nós estamos felizes por vos conhecer.

I am very happy to write this text! Over some time, this new venture was thought, re-evaluated and, above all, trusted. We are currently launching On Startups, the Entrepreneurship Magazine, in Angola. This monthly magazine was born a few months ago in Portugal, is having a great success, and this is our first edition in a country with which we have an unquestionable social, cultural and linguistic bond. On Startups brings together those who are launching into the vibrant world of startups, promotes their projects, and showcases bright and inspiring careers. Angola and Angolan entrepreneurship interest us because we believe they can be an important part of creating this network that connects entrepreneurs and investors around the world. Today I want to offer my words of encouragement to those who have an idea and want to move forward with it. But who, for lack of something, can’t do it. Many times this something is insignificant, but it ends up holding us back, either because we don’t believe in ourselves, or because we don’t believe in what we want to develop, or because, unfortunately, nobody believes in us. A word of advice from someone who’s been at this for a while? Go anyway. Believe in yourself and go. Believe, persist and be stubborn, maybe be a little crazy: the fundamental secret. I am Portuguese, but I have strong ties to Angola. My mother and all her family are from Angola, so I have a lot of family in that country that means so much to me. I have already had the pleasure of visiting it and I certainly want to go back. One of my personal goals is to take my mother to see her land again since she left Angola more than 40 years ago. I do it because, after all, I am an entrepreneur also because of her. Angola represents ambition, motivation, and the fight for everything that Angolans believe in. I believe that Angola and Angolans are an important part of the future of the world, and I am here to see that from the front row! My wish is that you feel as happy to welcome us as we are to meet you.


6 6

Tech21 África lança startup de análise e gestão de dados

Notícias News

A Tech21 África no âmbito da sua missão de impulsionar as tecnologias emergentes da Quarta Revolução industrial em Angola, lançou recentemente por intermédio do seu laboratório de inovação, a Symbiodata: análise e gestão de dados. A Symbiodata nasce com a missão de apoiar às médias e grandes empresas angolanas a tornarem-se data-driven e ganharem vantagens competitivas, numa era onde os dados são considerados como o novo petróleo. Tech21 Africa launches data management and analytics startup Tech21 Africa, as part of its mission to promote the emerging technologies of the Fourth Industrial Revolution in Angola, recently launched, through its innovation lab, Symbiodata: data analysis and management. Symbiodata was born with the mission to support medium and large Angolan companies to become data-driven and gain competitive advantages in an era where data is considered as the new oil.

FMI: Angola não precisa de reestruturar dívida porque é sustentável O FMI avaliou a dívida de Angola como sustentável sem mais reestruturações tendo a espectativa de que esta se mantenha sustentável a médio e longo prazo. Algumas das recomendações do relatório da quarta avaliação ao programa de assistência financeira, aprovado recentemente, e permitiu o desembolso de mais 487,5 milhões de dólares, pouco mais de 410 milhões de euros.

IMF: Angola does not need to restructure debt because it is sustainable The IMF has assessed Angola’s debt as sustainable without further restructuring and expects it to remain sustainable in the medium and long term. Some of the recommendations of the report of the fourth evaluation of the financial assistance program approved recently, and allowed the disbursement of an additional US$ 487.5 million, a little more than 410 million euros.


7

ONDE vence o concurso Startups de Turismo O Concurso Startups de Turismo em Angola é uma competição que visa encontrar e fomentar o desenvolvimento de startups que ajudem a transformação digital no sector do turismo. ́ A Aplicação ONDE (www.onde. info) da Startup “SEG-ONDE” é um sistema de endereçamentos e georreferenciação desenvolvido para resolver o problema da situação da localização ou endereçamento geográfico em Angola.

ONDE wins Tourism Startups contest The Angola Tourism Startups Competition is a competition that aims to find and foster the development of startups that help the digital transformation in the tourism sector. The ONDE A pplication (www.onde.info) of the Startup “SEG-ONDE” is an addressing and geo-referencing system developed to solve the problem of geographic location or addressing in Angola.

Angola vai privatizar parcialmente Sonangol e Endiama até 2022 Angola aponta para o final de 2021 ou início de 2022 para iniciar o processo de privatização das grandes empresas como a Sonangol ou a Endiama. A venda faz parte da intenção do segundo maior produtor de petróleo na África subsaariana para angariar verbas e reiniciar o crescimento económico positivo que não acontece há cinco anos.

Angola to partially privatize Sonangol and Endiama by 2022 Angola aims for the end of 2021 or early 2022 to begin the process of privatizing major companies such as Sonangol or Endiama. The sale is part of the intention of the second-largest oil producer in sub-Saharan Africa to raise money and restart positive economic growth that has not happened for five years.

Angola com 21 projetos de investimento chinês superiores a 200M dólares em dois anos A Agência de Investimentos Privados e Promoção de Exportações (AIPEX) de Angola registou, nos últimos dois anos, 21 projetos, que somam o valor de 206 milhões de dólares (quase 170 milhões de euros).

Angola with 21 Chinese investment projects over US$200M in two years Angola’s Private Investment and Export Promotion Agency (AIPEX) has registered, in the last two years, 21 projects, totaling the value of 206 million dollars (almost 170 million euros).


8

Sócia eleita a melhor Startup de Angola no Seedstars A quinta edição da Seedstars competição de Startups em mercados emergentes para África, elegeu a Startup angolana, Sócia, como a melhor. A Sócia é uma aplicação que permite às pessoas comprarem um produto partilhando a conta e o produto em partes iguais.

Sócia elected the best Startup in Angola at Seedstars The fifth edition of Seedstars emerging markets startup competition forAfrica, elected the Angolan startup, Sócia, as the best. Sócia is an application that allows people to buy a product by sharing the account and the product in equal parts.

Africell formaliza contrato com Angola para lançar operadora em 2021 Em comunicado, a empresa referiu que pretende investir “várias centenas de milhões de dólares” em infraestruturas e serviços durante a primeira fase do projeto, estimando que nos próximos cinco anos sejam criados 6.500 postos de trabalho.

Africell signs a contract with Angola to launch operator in 2021 In a statement, the company said it plans to invest “several hundred million dollars” in infrastructure and services during the first phase of the project, estimating that in the next five years 6,500 jobs will be created.

Angola prepara aplicação móvel para verificar seguro automóvel pela matrícula

Numa conferência realizada em Luanda, Elmer Serrão, presidente da entidade supervisão de seguros em Angola, apresentou uma perspetiva da situação atual no setor, objetivos e ações em curso. Entre eles está um mecanismo público de verificação do seguro por via da matrícula, dispondo de ferramentas que irão promover uma maior aproximação entre o Regulador e o mercado, que será posto em prática através de uma app para IOS e Android. Angola prepares a mobile application to check car insurance by license plate number At a conference held in Luanda, Elmer Serrão, president of the insurance supervisory entity in Angola, presented an overview of the current situation in the sector, goals, and actions underway. Among them is a public mechanism for insurance verification through the license plate, with tools that will promote greater proximity between the Regulator and the market, which will be put into practice through an app for IOS and Android.


9

JOGO DA TORRE

€ 5

2

Conhece mais e compra em https://jogodatorre.tudecides.pt/


10

Entrevista / Interview

Eduardo Clemente

Business Angel Administrador Executivo do Standard Bank Angola


11 Eduardo Clemente é Administrador Executivo do Standard Bank Angola, que tem vindo a apoiar directamente o empreendedorismo e o seu desenvolvimento no País. É também empreendedor, mentor de projectos e Business Angel, o que o levou a fundar recentemente a Igniting Potential, uma iniciativa que nasceu da crença do próprio de que em Angola é preciso aproximar todas as partes necessárias à realização do sucesso de todo o ecossistema e fechar alguns gaps existentes. Otimista por natureza, acredita que o futuro está nos jovens Angolanos e que é preciso apoiar o mais possível os projectos nacionais.

Eduardo Clemente is Executive Director of Standard Bank Angola, which has been directly supporting entrepreneurship and its development in the country. He is also an entrepreneur, project mentor and Business Angel, which led him to recently found Igniting Potential, an initiative born from his own belief that in Angola it is necessary to bring together all the necessary actors for the success of the entire ecosystem and close some existing gaps. Optimistic by nature, he believes that the future lies in young Angolans and that national projects need to be supported as much as possible.

“A colaboração é importante no ecossistema de empreendedorismo”

“Collaboration is important in the entrepreneurial ecosystem” Eduardo, sabemos que em Angola a economia depende muito das importações. As empresas começam a querer substituir essa situação? É verdade que em Angola o volume de importações tem ainda um peso bastante elevado na economia, o que, numa economia que maioritariamente exporta petróleo (representando mais de 90% das exportações) causa uma extrema dependência da volatilidade do preço desse produto. Nos últimos anos, temos assistido a uma intensificação de políticas e programas que visam fomentar a diversificação da economia e a substituição de importações, do qual talvez destaque o PRODESI. Na sequência destas medidas temos assistido a um crescimento de projectos locais que se focam essencialmente em substituir importações, maioritariamente no sector agrícola e industrial. O apoio a estes projectos nacionais é muito importante, não apenas pelo foco da substituição de importações, mas por outros benefícios como a criação de emprego, o fomento do desenvolvimento de infraestruturas e a redução dos preços finais para os consumidores.

Eduardo, we know that the economy in Angola depends a lot on imports. Are companies starting to want to replace this situation? It is true that in Angola the volume of imports still has a very high weight in the economy, which, in an economy that mainly exports oil (representing more than 90% of exports) causes an extreme dependence on the volatility of the price of this product. In recent years, we have witnessed an intensification of policies and programs that aim to promote the diversification of the economy and the substitution of imports, of which PRODESI perhaps stands out. As a result of these measures, we have seen a growth of local projects which focus essentially on import substitution, mostly in the agricultural and industrial sectors. The support for these national projects is very important, not only for the focus on import substitution, but for other benefits such as job creation, fostering the development of infrastructure, and reducing final prices for consumers.


12 Recentemente, o Eduardo criou a Igniting Potential para apoiar o empreendedorismo em Angola e estabelecer uma ligação mais sólida entre os investidores e os empreendedores Angolanos. É por falta deste apoio, de certa forma, que o empreendedorismo angolano ainda não se diversificou mais? Em qualquer mercado há um gap entre os investidores, pessoas ou instituições com alguma capacidade financeira, e os empreendedores, com ideias, força de vontade e um propósito, muitas vezes relacionado com as dificuldades específicas da geografia onde operam, mas sem recursos financeiros para as fazer avançar. Em Angola não é diferente, esse gap existe também, mas com uma dificuldade acrescida, talvez pelo facto de o tema do empreendedorismo ser um pouco recente ainda, mas a verdade é que os dois lados dessa equação não se conhecem. Se eu for um empreendedor com uma ideia e um bom plano de negócio, eventualmente até já com alguma actividade e necessitar de capital para crescer o potencial do meu negócio, não sei com quem devo falar, a maioria tenta abordar os Bancos, mas sabemos que os Bancos não são a solução para o financiamento directo de startups, há um conjunto de restrições e condicionamentos que não permitem aos Bancos centrarem-se neste tipo de financiamento directo. Por outro lado, não temos em Angola fundos de capital de risco pelo que os empreendedores ficam muitas vezes sem perceber como podem dar o passo necessário para crescerem. Também, se eu for um investidor com vontade e disponibilidade de apoiar projectos novos e com potencial, não existe um fórum, uma plataforma onde eu facilmente possa encontrar diferentes projectos, avaliar o seu potencial e chegar ao contacto dos empreendedores responsáveis. Não tenho dúvida que esta dificuldade é um dos motivos para que não haja ainda uma maior dinamização do empreendedorismo e para que boas ideias e projectos possam sair do papel. Um dos grandes objectivos da Igniting Potencial é fechar este gap e aproximar os dois lados da equação para que haja maior visibilidade de soluções para os empreendedores e uma maior facilidade para os investidores de avaliarem as opções no mercado a cada momento.

Eduardo recently created Igniting Potential to support entrepreneurship in Angola and make a stronger connection between investors and Angolan entrepreneurs. Is it for lack of this support, in a way, that Angolan entrepreneurship has not yet diversified more? In any market, there is a gap between investors, people, or institutions with some financial capacity, and entrepreneurs, with ideas, willpower, and a purpose, often related to the specific difficulties of the geography where they operate, but without financial resources to make them move forward. In Angola it is no different, this gap also exists, but with an added difficulty, perhaps due to the fact that the subject of entrepreneurship is still a little recent, but the truth is that the two sides of this equation do not know each other. If I am an entrepreneur with an idea and a good business plan, eventually even with some activity already and need capital to grow the potential of my business, I don’t know who I should talk to, most of them try to approach Banks, but we know that Banks are not the solution for the direct financing of startups, there is a set of restrictions and constraints that do not allow Banks to focus on this type of direct financing. On the other hand, we do not have venture capital funds in Angola, so entrepreneurs are often left without understanding how they can take the necessary step to grow. Also, if I am an investor with the willingness and availability to support new projects with potential, there is no forum, no platform where I can easily find different projects, evaluate their potential, and get in touch with the entrepreneurs in charge. I do not doubt that this difficulty is one of the reasons why there is not yet a greater dynamism in entrepreneurship and why good ideas and projects cannot get off the paper. One of the great goals of Igniting Potential is to close this gap and bring the two sides of the equation closer together so that there is greater visibility of solutions for entrepreneurs and greater ease for investors to evaluate the options on the market at any given time.


13 O facto de as empresas angolanas dependerem ainda de mão de obra e capacitação externas também o motivou a desenvolver esta iniciativa? Tenho uma visão muito particular sobre esse tema. Dividiria esta questão em duas partes: a primeira, é que temos de deixar de politizar estas questões, o mundo é cada vez mais globalizado e em todos os países que pretendem captar investimento estrangeiro com a entrada de empresas internacionais é perfeitamente natural que esses investimentos e empresas queiram trazer pessoas da sua estrutura para o novo país onde estão a investir, isso nada tem a ver com a qualificação das pessoas do mercado para onde se dirigem, mas com a cultura da empresa, a confiança que é necessária na equipa que vai gerir o investimento, etc... Se pensarmos em casos como empresas inglesas que investem em mercados como os Estados Unidos da América, também vemos ingleses que vão trabalhar para os EUA, e isso nada tem a ver com a qualificação dos americanos.

Did the fact of Angolan companies still depending on external manpower and training also motivate you to develop this initiative? I have a very particular view on this subject. I would divide this subject into two parts: the first is that we have to stop politicizing these issues, the world is becoming more and more globalized and in all countries that intend to capture foreign investment with the entry of international companies it is perfectly natural that these investments and companies want to bring people from their structure to the new country where they are investing, this has nothing to do with the qualification of the people from the market where they are heading, but with the culture of the company, the trust that is needed in the team that will manage the investment, etc... If we think about cases like English companies that invest in markets like the United States, we also see English people going to work in the US, and this has nothing to do with the qualification of the Americans.


14 O investidor quer e deve ter a autonomia para definir o seu quadro de trabalhadores para lhe garantir a confiança e retorno pretendido, bem como uma ligação cultural ao Grupo ou à Casa Mãe. A segunda parte é que é necessário investir nos colaboradores que vão constituir a maioria da mão de obra e essa será sempre claramente local e isso sim é algo que nem sempre vemos feito da melhor forma e que tem de ser melhorado. Em Angola, particularmente, não creio que haja dependência de mão de obra externa, há, claro, empresas focadas em tecnologias ou competências técnicas que nos obrigam a ir buscar especialistas em outras geografias, mas mais uma vez, isso é verdade em qualquer geografia. O que vemos, no entanto, e que deve ser corrigido, é um conjunto de empresas que apesar de terem representações locais em Angola, acabam por não investir intensamente na formação de uma equipa local forte, o que requer fortes investimentos em formação e em políticas de retenção de talentos, e se refugiam numa solução mais fácil de trazerem

The investor wants and should have the autonomy to define his workforce to guarantee him the confidence and return he wants, as well as a cultural connection to the Group or the Mother Company. The second part is that it is necessary to invest in the employees that will make up the majority of the workforce and that will always be local and this is something that we don’t always see done in the best way and that has to be improved. In Angola, particularly, I do not believe that there is dependence on external labor, there are, of course, companies focused on technologies or technical skills that force us to go get specialists in other geographies, but again, this is true in any geography. What we see, however, and that must be corrected, is a set of companies that despite having local representations in Angola, end up not investing intensely in the formation of a strong local team, which requires strong investments in training and talent retention policies, and take refuge in the easier solution of bringing in external resources, such as consultants, for example, to respond to all requests.


15 No entanto, o foco da Igniting Potencial não está bem neste segmento em particular nesta fase, mas sim, na preocupação com o futuro da empregabilidade dos jovens. Temos um país extremamente jovem, onde todos os anos há mais jovens a entrarem para a idade activa do que novos empregos a surgir. Esta situação não será resolvida apenas pelas grandes empresas ou as PME já existentes. Na minha opinião, o apoio a jovens empreendedores com ideias novas e projectos viáveis que possam ser desenvolvidos é um dos caminhos para aumentar a oferta de emprego no médio prazo. É por isso que para mim a principal métrica de sucesso da Igniting Potential é o número de empregos que foram criados por empresas ou projectos onde tenhamos participado ou dado algum apoio.

However, Igniting Potential’s focus is not really on this particular segment at this stage, but rather, on the concern with the future of youth employability. We have an extremely young country, where every year there are more young people entering working age than new jobs emerging. This situation will not be solved only by large companies or existing SMEs. In my opinion, supporting young entrepreneurs with new ideas and viable projects that can be developed is one of the ways to increase employment in the medium term. This is why for me Igniting Potential’s main metric of success is the number of jobs that have been created by companies or projects where we have participated or given some support.

Na sua opinião, quais são os principais desafios que se encontram atualmente no empreendedorismo Angolano? Diria que há sempre alguns desafios, de um deles já falámos há pouco, que é a dificuldade de ligação entre empreendedores e investidores. Mas, claro, existem outros, um em particular para Angola é o perfil dos investidores que encontramos, ainda há muito poucos investidores focados em capital paciente, ou investimento de longo prazo, o que dificulta a tarefa dos empreendedores. Há ainda uma cultura dos investidores de obter retorno elevado e rápido, de investir hoje para receber no curto prazo e este é um dos temas que temos por corrigir e devemos ir corrigindo. Alguns outros que penso relevantes mencionar são a dificuldade em encontrar apoio na preparação de planos de negócio sólidos e bem elaborados que facilitem a conversa com investidores, a falta de soluções tecnológicas locais que por vezes obrigam a ter disponibilidade de moeda estrangeira para poder avançar e uma cultura de colaboração ainda muito insipiente.

In your opinion, what are the main challenges currently in Angolan entrepreneurship? I would say that there are always some challenges, one of them we have already talked about, which is the difficulty of connection between entrepreneurs and investors. But, of course, there are others, one in particular for Angola is the profile of investors that we find, there are still very few investors focused on patient capital, or long-term investment, which makes the entrepreneurs’ task more difficult. There is still a culture of investors getting high and quick returns, of investing today to get paid in the short term, and this is one of the issues that we have to correct and should be correcting. Some others that I think are relevant to mention are the difficulty in finding support in the preparation of solid and well-designed business plans that facilitate a conversation with investors, the lack of local technological solutions that sometimes require the availability of foreign currency in order to move forward, and a culture of collaboration that is still very insipient.

Enquanto Administrador Executivo do Standard Bank Angola, de que forma nos pode revelar que existe por parte do Banco uma aposta grande no empreendedorismo e crescimento de empresas de jovens Angolanos? O Banco tem um propósito muito claro de mudar a vida das pessoas, sendo “Mais do Que um Banco” - isso é extremamente abrangente e faz-nos olhar para Angola como um todo e não apenas com foco em produtos ou serviços financeiros.

As executive director of Standard Bank Angola, how can you reveal to us that the Bank is strongly committed to entrepreneurship and the growth of young Angolan companies? The Bank has a very clear purpose of changing people’s lives by being “More than a Bank”, this is extremely inclusive and makes us look at Angola as a whole and not just focusing on financial products or services.


16 No caso particular do empreendedorismo, o Banco é um dos membros fundadores da Orange Corners em Angola e apoia este projecto que visa formar e suportar empreendedores na sua jornada para o sucesso. Para além disso, o Banco tem dado liberdade a membros experientes dos seus quadros para actuarem como mentores e como membros activos no apoio aos jovens empreendedores. O futuro há de trazer outras novidades, mas sobre essas terão de ficar atentos. Em relação a empresas Angolanas que já estão no mercado, o Banco tem aumentado muito o seu foco neste segmento, por exemplo, foi um dos Bancos que mais crédito concedeu em 2020 no âmbito dos PAC e do Aviso 10 do BNA, apoiando projectos que visam fomentar a substituição de importações e potenciando o crescimento de empresas locais.

In the particular case of entrepreneurship, the Bank is one of the founding members of Orange Corners in Angola and supports this project which aims to train and support entrepreneurs on their journey to success. Also, the Bank has given freedom to experienced members of its staff to act as mentors and as active members in supporting young entrepreneurs. The future will bring other developments, but you will have to keep an eye on these. Regarding Angolan companies that are already in the market, the Bank has greatly increased its focus on this segment, for example, it was one of the Banks that granted the most credit in 2020 under the PAC and Aviso 10 of the BNA, supporting projects that aim to promote import substitution and empowering the growth of local companies.

A digitalização em Angola pode ser uma forma de agilizar todo o processo entre empreendedorismo e investimento? Sem dúvida que sim, a digitalização tem potencial para agilizar praticamente todas as actividades e sem dúvida que a digitalização do processo entre empreendedorismo e investimento tem imensas vantagens, não apenas a redução do gap de que já falámos, mas também de simplificar depois a comunicação entre as partes, de agregação de informação e de ligação com desenvolvimentos tecnológicos que venham a simplificar também as tarefas de tomada de decisão de investidores e empreendedores.

Can digitization in Angola be a way to speed up the whole process between entrepreneurship and investment? No doubt about it, digitalization has the potential to speed up practically all activities, and no doubt that digitalizing the process between entrepreneurship and investment has immense advantages, not only in reducing the gap we have already talked about, but also in then simplifying communication between the parties, aggregating information, and connecting with technological developments that will also simplify the decision-making tasks of investors and entrepreneurs.

O que é que o levou a abraçar o projeto On Startups Magazine e porque é que faz sentido para si promovê-lo em Angola? Penso que é uma extraordinária e excelente iniciativa que promove o ecossistema do empreendedorismo nas suas várias dimensões, com conteúdos que são interessantes para todos os envolvidos no processo. É uma revista que permite dar a conhecer projectos e investidores, mas também que permite a partilha de conhecimento e de experiências entre vários membros deste ecossistema.

What made you embrace the On Startups Magazine project and why does it make sense for you to promote it in Angola? I think it is an extraordinary and great initiative that promotes the entrepreneurial ecosystem in its various dimensions, with content that is interesting for everyone involved in the process. It is a magazine that allows making projects and investors known, but also allows the sharing of knowledge and experiences among various members of this ecosystem.


17 Não há nada deste género em Angola e a mim, em particular, parece-me excelente que possamos promover uma ideia como esta que vem enriquecer o conhecimento geral sobre o empreendedorismo. Cada vez mais é importante aprendermos, conhecer novas ideias e soluções. Partilhar experiências e ter esta possibilidade numa publicação de acesso fácil para todos os Angolanos é algo que me pareceu que não poderíamos deixar passar.

There is nothing of this kind in Angola and to me, in particular, it seems excellent that we can promote an idea like this that enriches the general knowledge about entrepreneurship. It is increasingly important to learn, to know new ideas and solutions. Sharing experiences and having this possibility in a publication that is easily accessible to all Angolans is something that I thought we could not let pass.


18 Há sinergias a explorar entre Angola e Portugal? Se procurarmos bem, há quase sempre sinergias possíveis entre dois países, entre mercados, culturas e experiências diferentes. No entanto, entre Portugal e Angola há vários aspectos que criam uma maior união e uma maior proximidade, a língua claramente é um deles e não podemos descurar que é um ponto importante que aproxima os dois povos e que torna as interações, as trocas de experiências e as conversas mais fáceis, sem que algo se perca na tradução. Um outro aspecto que cria ligações próximas entre os dois países é que há muitos angolanos com família em Portugal e também bastantes portugueses em Angola, isto potencia um conhecimento mútuos dos dois países, o que facilita a integração na cultura e o entendimento de como funcionam os dois mercados e como é possível gerar colaborações favoráveis aos dois países. Um outro tema que penso que tem sido menos explorado mas que me parece interessante é que Portugal tem uma população cada vez mais envelhecida e estagnada em cerca de 10 milhões de habitantes. Angola por seu turno, para além de ter cerca de 30 milhões de habitantes, tem uma população maioritariamente jovem e que cresce anualmente bem acima do crescimento do PIB. Se os dois países trabalharem em conjunto, estes temas demográficos abrem portas a que jovens Angolanos tenham acesso a oportunidades interessantes em Portugal para crescer na sua carreira, assim como empresas e investidores Portugueses que queiram escalar o seu negócio e que de momento estão num mercado com pouco crescimento possam olhar para Angola e investir num mercado maior e com população em crescimento acelerado. Mais uma vez, assim como referi, a colaboração é importante no ecossistema de empreendedorismo. Entre países, os maiores sucessos surgem de colaborações activas, abertas e onde todos saem a ganhar.

Are there any synergies to explore between Angola and Portugal? If we look hard enough, there are almost always possible synergies between two countries, between markets, cultures, and different experiences. However, between Portugal and Angola, there are several aspects that create a greater union and proximity, language is clearly one of them and we cannot neglect that it is an important point that brings the two peoples closer together and makes interactions, exchanges of experiences and conversations easier, without something getting lost in translation. Another aspect that creates close ties between the two countries is that there are many Angolans with family in Portugal and also many Portuguese in Angola; this fosters mutual knowledge of the two countries, which facilitates integration into the culture and an understanding of how the two markets work and how to generate favorable collaborations for both countries. Another topic that I think has been less explored but which seems interesting to me is that Portugal has an increasingly aging population, stagnating at around 10 million inhabitants. Angola, on the other hand, besides having about 30 million inhabitants, has a mostly young population that is growing annually well above the GDP growth. If the two countries work together, these demographic issues open doors for young Angolans to have access to interesting opportunities in Portugal to grow their careers, as well as Portuguese companies and investors who want to scale their business and who are currently in a market with little growth, can look to Angola and invest in a larger market with a fast-growing population. Again, as I mentioned, collaboration is important in the entrepreneurial ecosystem. Between countries, the greatest successes come from active, open, win-win collaborations.


19


20

A APPY é uma startup Angolana na área da Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC), que nasceu da necessidade de encontrar informação fidedigna e em tempo real. Criada em 2015, definiu a visão de ligar todos a todos os serviços de utilidade pública. Iniciando-se no sector da saúde com o lançamento da plataforma Appy Saúde em 2017, o grande objectivo é ligar todos a todos os serviços de saúde. Para tal, capacitamos as pessoas com informações e soluções inovadoras para acederem a serviços de saúde, melhorando a eficiência destes. E hoje podemos afirmar que a Appy Saúde é a maior plataforma de saúde em Angola. O aplicativo móvel que se pode ter em qualquer smartphone permite aos utilizadores encontrarem e reservarem medicamentos, que antes eram difíceis de encontrar, marcar consultas em 4 passos e aderir a seguros de saúde num único local, onde e quando quiserem.

APPY is an Angolan startup in the area of Information and Communication Technology (ICT), which was born out of the need to find reliable, real-time information. Created in 2015, it set its vision to connect everyone to all public utility services. Starting in the health sector with the launch of the Appy Saúde platform in 2017, the major goal is to connect everyone to all health services. To do this, we empower people with information and innovative solutions to access health services, improving their efficiency. And today we can say that Appy Saúde is the largest health platform in Angola. The mobile app that can be had on any smartphone allows users to find and book medicines that were previously hard to find, book appointments in 4 steps, and join health insurance in a single place, wherever and whenever they want.


21

Como surgiu a Appy Saúde? A Appy Saúde surgiu da necessidade! Acreditamos que o caminho de África para a prosperidade só pode ser cruzado através da melhoria do acesso a serviços de saúde para todos. Informações de saúde precisas permitem que as pessoas tomem decisões melhores e mais rápidas. Um acesso melhorado à saúde pode restaurar a dignidade, a justiça e o crescimento das nossas sociedades. A Appy Saúde rompe completamente o status social e económico. Colocamos as informações no centro e capacitamos todos os usuários, para terem acesso gratuito às informações de saúde. Os usuários podem consultar os preços dos medicamentos em diferentes farmácias, ou até mesmo consultar os preços de diferentes consultas e exames antes de se deslocarem até aos mesmos. Torna o mercado da saúde transparente e menos assimétrico.

How did Appy Saúde arise? Appy Saúde was born out of a sense of necessity! We believe that Africa’s path to prosperity can only be crossed by improving access to health services for all. Accurate health information allows people to make better and faster decisions. Improved access to health can restore dignity, justice, and growth to our societies. Appy Saúde completely breaks the social and economic status. We put information at the center and empower all users, to have free access to health information. Users can check the prices of medicines at different pharmacies, or even check the prices of different consultations and exams before going to them. It makes the health market transparent and less asymmetric.

Em que patamar se encontra? A Appy Saúde conta com mais de 2.000 estabelecimentos de saúde registados, entre os quais, farmácias, clínicas privadas, hospitais públicos, centros de fisioterapia, oftalmologia, ginecologia/ obstetrícia, clínicas dentárias, centros médicos, e muito mais. Todos os estabelecimentos têm um perfil com toda a informação sobre contacto, localização, horário de funcionamento, serviços disponíveis, entre outros. Para as reservas de produtos online, trabalhamos com cerca de 50 farmácias concentradas maioritariamente em Luanda, mas também em Benguela, Huíla e Huambo. Estaremos também em breve em Malanje e no Kwanza-Sul. No aplicativo, o utilizador poderá encontrar mais de 17 mil produtos farmacêuticos com toda a informação de nome, tipologia, categoria, formato, tamanho e mais detalhes.

What level is Appy Saúde at? Appy Saúde has more than 2,000 registered health establishments, including pharmacies, private clinics, public hospitals, physiotherapy centers, ophthalmology, gynecology/obstetrics, dental clinics, medical centers, and many more. All establishments have a profile with all the information about contact, location, opening hours, services available, among others. For online product reservations, we work with about 50 pharmacies concentrated mostly in Luanda, but also in Benguela, Huíla, and Huambo. Soon we will also be in Malanje and Kwanza-Sul. In the app, the user can find more than 17,000 pharmaceutical products with all the information of name, type, category, shape, size, and more details.


22

3DWays Resumindo, a Appy Saúde já apresenta um conjunto

de serviços consideráveis e relevantes no sector da Saúde, nomeadamente: - Reserva de Medicamentos - Entregas de produtos de puericultura (bebés) e bem-estar - Marcação de Consultas Online - Adesões a Planos ou Seguros de Saúde - Perfil de Saúde pessoal e dos Dependentes - Perfil dos Médicos - Informações de milhares de Farmácias listadas por geolocalização - Informações de diversos Hospitais listados por geolocalização.   Quais são os benefícios de adquirir um produto através da Appy Saúde? São diversos benefícios, como: - Pagar menos (descontos exclusivos) - temos parcerias com algumas farmácias, o que permite aos utilizadores pagarem menos se reservarem online; - Tempo – em alguns minutos, através de um smartphone, o utilizador encontra o produto pretendido com toda a informação sem ter de se deslocar; - Infalibilidade – ao reservar o produto, a farmácia recebe o pedido e ao confirmar compromete-se a retirar o produto de venda e a guardá-lo para o cliente, durante 24h, dando assim a garantia de que o mesmo irá encontrar o produto; - Conforto – tanto com as entregas como com as marcações e pagamentos online, sem gastar saldo, sem ter de esperar muito tempo, o utilizador consegue, através do seu telefone, encomendar um produto e recebê-lo onde estiver ou marcar qualquer consulta.

In short, Appy Saúde already presents a considerable and relevant set of services in the health sector, namely: - Booking of Medications - Delivery of Childcare and Well-being products - Online Appointments - Adherence to Health Plans or Insurance - Personal Health Profile and Dependents - Doctor Profiles - Information from thousands of pharmacies listed by geolocation - Information from several hospitals listed by geolocation. ● What are the benefits of purchasing a product through Appy Saúde? There are several benefits, such as: Payless - Exclusive discounts - we have partnerships with some pharmacies, which allows users to pay less if they book online; Time - in a few minutes, through a smartphone, the user finds the desired product with all the information without having to move around; Infallibility - when reserving the product, the pharmacy receives the request and when confirming it commits to remove the product from sale and keep it for the customer for 24 hours, thus giving the guarantee that the customer will find the product; Comfort - with both deliveries and online appointments and payments, without spending any balance, without having to wait a long time, the user can, through his phone, order a product and receive it wherever he is or make an appointment.

Perspetivas de futuro? Sem dúvida continuar a melhorar a jornada do cliente na adesão aos serviços de saúde, com soluções inovadoras que facilitem o acesso aos fornecedores e produtos necessários. Queremos trabalhar com mais farmácias em todo o país, aumentando consideravelmente a rede de farmácias e clínicas que trabalham connosco. Estamos a trabalhar em novos módulos, ainda em fase piloto, mas que consideramos que podem ser interessantes, nomeadamente um módulo de telemedicina. Queremos aproximar os médicos dos utilizadores, possibilitando uma maneira mais célere e digital dos nossos parceiros (clínicas) poderem interagir com os seus pacientes.

Prospects? Without a doubt to continue to improve the customer’s journey to health services, with innovative solutions that facilitate access to the necessary providers and products. We want to work with more pharmacies throughout the country, increasing considerably the network of pharmacies and clinics that work with us. We are working on new modules, still in the pilot phase, but which we think may be interesting, namely a telemedicine module. We want to bring doctors and users closer together, enabling a faster and more digital way for our partners (clinics) to interact with their patients.


23


24

Eva Rosa Santos

Fundadora do Projecto Liderança Feminina

Empreendedorismo no Feminino Women’s Entrepreneurship

Ser empreendedor está na moda, ser empreendedora é “fashion”. Talvez tenha agora mais glamour falar-se de empreendedorismo, sendo algo muito associado aos jovens. Mas, na realidade, o empreendedorismo sempre existiu no nosso País, o que está a acontecer é apenas o facto de lhe darmos uma visibilidade maior. Exemplo: as nossas zungueiras, que diariamente ao longo de anos trazem o seu sustento, fruto das suas actividades. A Mulher Zungueira é pois um símbolo do que é ser empreendedora. Mulher resiliente, que se supera diariamente.

Being an entrepreneur is trendy, being an entrepreneur is fashionable. Maybe now it’s more glamorous to talk about entrepreneurship, as it is something very much associated with young people. But, in reality, entrepreneurship has always existed in our country, what is happening is just that we are giving it greater visibility. Example: our Zungueira women, who daily over the years bring their sustenance, the fruit of their activities. The Zungueira Woman is therefore a symbol of what it means to be an entrepreneur. A resilient woman, who overcomes herself daily.


25

Mas, ser empreendedora é mais do que isso, já que é muitas das vezes ser líder de si mesma, sem equipa e assumindo as diversas responsabilidades associadas ao seu negócio ou serviço, permitindo-se fazer com que o seu negócio floresça e prospere. O desafio da mulher empreendedora é o de muitas vezes conseguir equilibrar a sua via familiar, conjugal, com o seu negócio, para que este continue a ser rentável. Nem sempre um desafio fácil, já que o empreendedorismo representa estar focado, resiliente, organizado, sonhador, líder. Exige-se, mas nem sempre o empreendedor tem as competências necessárias, então, entre tentativas de maiores insucessos e sucessos, com alguma formação (nem sempre possível), consegue ser um empreendedor que gera negócio. Mas ser empreendedor não é apenas concretizar um sonho, ser empreendedor é construir algo que seja rentável e que acrescente suporte, estabilidade (nem sempre existente) da família. Há ainda um longo caminho a ser percorrido, que permita alcançar-se a igualdade de género ao nível do empreendedorismo. Este caminho, deverá ser realizado sobretudo pela mulher, mas em conjunto com os homens. Podemos ter a percepção de existirem mais mulheres empreendedoras e, se olharmos para as actividades rurais e informais, é o que evidencia, mas quando analisados os números, o que eles apresentam são indicadores de que o empreendedorismo ainda é realizado a nível global no masculino. Se, por um lado, as mulheres estão na agenda mundial, com o 4º Objectivo dos ODS – Objectivos e Desenvolvimento Sustentável, iniciativa criada em 2015 quando 150 líderes mundiais, incluindo Angola, assinaram o acordo da ONU – Organização Nações Unidas, com a definição de 17 objectivos, das metas a serem cumpridas até 2030, adoptando uma agenda formal de desenvolvimento sustentável. São inúmeras as acções, que visam fomentar o desenvolvimento de uma economia mais sustentada e propícia a gerar novos negócios. Tudo começa por um sonho, ou seja, por um propósito. Acreditar em si, ter um propósito, acreditar nesse propósito e consequentemente ser líder de si mesmo, explorar, persistir, inovar, desafiar-se, este é o grande desafio do Empreendedorismo Feminino!

But being an entrepreneur is more than this, since it is often being the leader of herself, without a team and assuming the various responsibilities associated with her business or service, allowing her to make her business flourish and prosper. The challenge for the woman entrepreneur is often to be able to balance her family and marital life with her business so that it remains profitable. Not always an easy challenge, since entrepreneurship means being focused, resilient, organized, a dreamer, a leader. It is required, but not always the entrepreneur has the necessary skills, then, between attempts of major failures and successes, with some training (not always possible), manages to be an entrepreneur who generates business. But being an entrepreneur is not only about making a dream come true, being an entrepreneur is about building something that is profitable and that adds support, stability (not always existing) to the family. There is still a long way to go to achieve gender equality in entrepreneurship. This road should be taken mainly by women, but together with men. We may have the perception that there are more women entrepreneurs, and if we look at rural and informal activities, this is what is evidenced, but when we analyze the numbers, what they present are indicators that entrepreneurship is still performed globally by men. If, on the one hand, women are on the world agenda, with the 4th Objective of the SDGs Sustainable Development Goals, an initiative created in 2015 when 150 world leaders, including Angola, signed the agreement of the UN - United Nations Organization, with the definition of 17 objectives, of the goals to be met by 2030, adopting a formal sustainable development agenda. There are countless actions, which aim to promote the development of a more sustainable economy, propitious to generate new businesses. Everything starts with a dream, that is, with a purpose. To believe in yourself, to have a purpose, to believe in that purpose and consequently to be the leader of yourself, to explore, to persist, to innovate, to challenge yourself, this is the great challenge of Female Entrepreneurship!


26

Nawabus é a primeira plataforma Angolana de frete, para viajantes de autocarro entre cidades.

Nawabus is the first Angolan freight platform for intercity bus travelers.

Porque não ter opções, se a vida corre melhor? A diversificação das transportadoras interprovinciais em todo o país é o futuro, pois não só reduzirá o custo dos bilhetes, como também dará segurança às famílias angolanas, que neste momento arriscam-se nos transportes informais. Por este motivo, criou-se a Nawabus, uma Plataforma de venda e compra de bilhetes para viagens de autocarro interprovinciais, aproximando a relação entre as operadoras de transporte e os passageiros de forma sustentável, eficiente e actual através da 4ª Revolução Industrial, dando resposta à questão da mobilidade no nosso país, a preço justo de Cabinda ao Cunene.

Why not have options, if life is better? The diversification of interprovincial carriers throughout the country in the future, will not only reduce the cost of tickets but also give security to Angolan families, who are currently risking informal transportation. For this reason, Nawabus was created, a Platform for the sale and purchase of tickets for interprovincial bus trips, bringing the relationship between transport operators and passengers closer in a sustainable, efficient, and current way through the 4th Industrial Revolution, answering the question of mobility in our country, at a fair price from Cabinda to Cunene.

Tecoa Pedro Founder Nawabus


27

Como surgiu a Nawabus? Em Junho de 2018, a meio de uma emergência, Tecoa Pedro (Founder da Nawabus) foi chamado para levar a mãe e tias a um terminal rodoviário, para apanhar um autocarro que as levaria a uma das províncias de Angola - Benguela. Porém, no terminal que Tecoa Pedro conhecia, não havia autocarros a sair nas próximas duas horas. Em função disso, teve de percorrer mais de 30Km para ter acesso a informação e descobrir que a 4Km da zona em que vive existe um terminal rodoviário. Passados alguns meses, deu início às pesquisas em Angola e visitou alguns países, tais como a Namíbia, a África do Sul, Portugal e Espanha, para perceber de perto como é que funcionavam as plataformas digitais que operam neste sector. Tecoa Pedro sempre contou com o apoio de familiares e amigos e, em Janeiro de 2020, levou o projecto até à Founder Institute, a maior aceleradora de Startups do Mundo em fase de pré-investimento.

How did it come about? In June 2018, in the middle of an emergency, Tecoa Pedro (Founder of Nawabus) was called to take his mother and aunts to a bus terminal to catch a bus that would take them to one of Angola’s provinces - Benguela. However, at the terminal that Tecoa Pedro knew, there were no buses leaving for the next two hours. As a result, he had to travel more than 30Km to access information and find out that 4Km away from the area where he lives there is a bus terminal. After a few months, he started researching in Angola and visited some countries, such as Namibia, South Africa, Portugal, and Spain, to understand up close how the digital platforms that operate in this sector work. Tecoa Pedro always had the support of family and friends, and in January 2020 he took the project to the Founder Institute, the largest accelerator of startups in the world in the pre-investment phase.


28

Em que patamar se encontra a Nawabus? Actualmente, a Nawabus conta com uma equipa local jovem, dinâmica e com experiência para enfrentar os problemas de mercado. Estamos a melhorar a relação entre as operadoras de transportes e passageiros, facilitando a aquisição de bilhetes e proporcionando a melhor qualidade de experiência ao passageiro nos transportes colectivos interprovinciais. Relativamente à implementação, já passámos a fase de testes. Estamos a trabalhar na ativação de pontos, bem como na criação de novos pontos de embarque e desembarque de passageiros.

What level is Nawabus at? Currently, Nawabus has a young, dynamic, and experienced local team to face the market problems. We are improving the relationship between transport operators and passengers, making it easier to buy tickets, and providing the best quality of passenger experience in interprovincial public transport. Regarding implementation, we have already passed the test phase. We are working on the activation of points, as well as the creation of new passenger boarding and alighting points.

Perspetivas de futuro? Conquistar o mercado nacional, vendendo mais de cinco milhões de bilhetes de passagens por ano, bem como conquistar os países da África Austral, nomeadamente Namíbia, África do Sul, Botswana, Moçambique e Zâmbia.

Prospects? To conquer the domestic market, selling more than five million tickets per year, as well as conquering the Southern African countries, namely Namibia, South Africa, Botswana, Mozambique, and Zambia.


29


30

Osvaldo Cruz

Docente Universitário e Consultor financeiro em Angola

A revolução digital está a desenvolver as startups Digital revolution is developing startups

As startups por si só enfrentam vários desafios, e estes vão desde os desafios humanos aos financeiros e tecnológicos. A componente financeira é sem sombras de dúvidas daqueles desafios a que as startups não podem escapar, pois nesta fase embrionária os meios de financiamento são sempre muito reduzidos, e normalmente o que acontece nesta fase são os financiamentos recorrendo aos capitais próprios, i.e., o empreendedor acredita no seu negócio e decide fazer o investimento recorrendo aos seus meios financeiros, pois, nesta fase embrionária os mesmos têm dificuldades de aceder a financiamentos externos. Em Economia, o aumento da produção depende dos fatores de produção utilizados pela sociedade. E quando analisamos os fatores de produção salta-nos à vista o fator ‘tecnologia’, que é um elemento fulcral para o desenvolvimento das startups, e eu continuo a acreditar que Angola só está atrasada face à concorrência porque o fator ‘tecnologia’ ainda é pouco utilizado nas empresas. E a utilização das tecnologias é um elemento impulsionador no aparecimento das startups.

Startups in themselves face several challenges, ranging from human to financial and technological. The financial component is undoubtedly one of those challenges that startups cannot escape because at this embryonic stage the means of financing are always very small, and usually what happens at this stage is financing using their own capital, that is, the entrepreneur believes in his business and decides to invest using his financial means because at this embryonic stage it is difficult to access external financing. In Economics, the increase in production depends on the factors of production used by society. And when we analyze the factors of production, the ‘technology’ factor stands out, which is a key element for the development of startups, and I continue to believe that Angola is only lagging behind the competition because the ‘technology’ factor is still little used in companies. And the use of technology is a driving element in the emergence of startups.


31

Sendo assim, o que define uma startup é a

Thus, what defines a startup is the innovation

inovação por trás da solução que oferece e um

behind the solution it offers and a business model

modelo de negócio que pode ser alavancado e

that can be leveraged and replicated to reach a

replicado para alcançar um público maior que

larger audience that has a certain demand.

possua uma determinada procura.

There are so far several examples of startups in

Existem até ao momento vários exemplos de

Angola, most prominently in Luanda, where the

startups em Angola, com maior realce em Luanda,

Seedstars Luanda competition was held in 2019

onde decorreu em 2019 a competição Seedstars

with the following startups as finalists: Angola

Luanda com as seguintes startups finalistas:

Desportiva, E-Bina, Menos Lixo, ONDE! - all of

Angola Desportiva, E-Bina, Menos Lixo, ONDE! -

which are heavily digitally enabled.

todas elas com grande utilização digital.

Artificial intelligence is a reality that is increasingly

A inteligência artificial é uma realidade cada vez

present in the performance of companies, at the

mais presente no desempenho das empresas, aos

most diverse levels and applications, and this

mais diversos níveis e aplicações, e este elemento

element must be leveraged in light of the

deve ser aproveitado em função do contexto

pandemic context that the country and the world

pandémico que o país e o mundo enfrentam,

are facing, pushing customers and suppliers to

pressionando clientes e fornecedores a interagirem

interact more and more.

cada vez mais.


32

Zona de Comércio Livre Continental Africana African Continental Free Trade Area


33

A criação da Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA) representa uma enorme oportunidade para os países africanos retirarem da pobreza extrema 30 milhões de pessoas e para aumentarem rendimentos de outros 68 milhões que vivem com menos de USD 5,50 por dia. Com a aplicação da ZCLCA, medidas de facilitação do comércio que reduzem a burocracia e simplificam os procedimentos aduaneiros irão dar origem a cerca de USD 300 000 milhões dos USD 450 000 milhões em potenciais ganhos de rendimento. A execução da ZCLCA irá contribuir para pôr em marcha as diversas reformas profundas necessárias para aumentar o crescimento a longo prazo nos países africanos.

The creation of the African Continental Free Trade Area (AfCFTA) represents an enormous opportunity for African countries to lift 30 million people out of extreme poverty and to increase the incomes of another 68 million who live on less than USD 5.50 a day. With the application of the AfCFTA, trade facilitation measures that reduce bureaucracy and simplify customs procedures will give rise to approximately USD 300 billion of the USD 450 billion in potential income gains. The implementation of the AfCFTA will help to set in motion the various in-depth reforms needed to increase long-term growth in African countries.

A criação de um mercado continental único de bens e serviços, negócios e investimento irá reformular as economias africanas The creation of a single continental market for goods and services, business and investment will reshape African economies Nos últimos dois séculos, a economia mundial experimentou um crescimento económico positivo sustentado e, no mesmo período, esse processo de crescimento económico foi acompanhado por um crescimento ainda mais rápido do comércio global. No geral, a evidência disponível sugere que a liberalização do comércio melhora a eficiência económica. Essa evidência provém de diferentes contextos políticos e económicos e inclui medidas micro e macro de eficiência. Esse resultado é importante, pois mostra que há ganhos com o comércio que implicam aumento do PIB.

In the past two centuries, the world economy has experienced sustained positive economic growth, and, over the same period, this process of economic growth has been accompanied by an even faster growth in global trade. Overall, the available evidence suggests that trade liberalization improves economic efficiency. This evidence comes from different political and economic contexts and includes micro and macro measures of efficiency. This result is important, as it shows that there are gains with trade that imply an increase in GDP.


34

Angola integra a maior área comercial do mundo Angola integrates the largest commercial area in the world

Angola foi o 30º país a subscrever a Zona de Livre Comércio Continental Africana que vigora desde o dia 1 de janeiro deste ano e pretende criar a maior área comercial sem barreiras do mundo e inaugurar uma nova era de desenvolvimento para o continente. Cinquenta e quatro Estados aderiram à iniciativa, com a excepção da Eritreia e mais de 40 já ratificaram o Acordo de Adesão. Os acordos ratificados com alguns instrumentos fundamentais ainda têm de ser finalizados. Contudo, prevêem reduções tarifárias em 90 por cento de bens transaccionáveis, liberalização do comércio de serviços, regras claras sobre a origem, identificação de barreiras não tarifárias e, numa fase posterior, livre circulação de mão-de-obra, capital e, por fim, uma união monetária. As estimativas apontam que a introdução do comércio livre em África poderá retirar dezenas de milhões de pessoas da pobreza até 2035.

Angola was the 30th country to subscribe to the African Continental Free Trade Area that has been in force since January 1 this year and intends to create the largest barrier-free commercial area in the world and inaugurate a new era of development for the continent. Fifty-four states joined the initiative, except for Eritrea and more than 40 have already ratified the Accession Agreement. Agreements ratified with some key instruments have yet to be finalized. However, they provide for tariff reductions of 90 percent for tradable goods, liberalization of trade in services, clear rules on origin, identification of non-tariff barriers and, at a later stage, free movement of labor, capital and, finally, a monetary union. Estimates suggest that the introduction of free trade in Africa could lift tens of millions of people out of poverty by 2035.


35

Vai juntar 1,3 milhões de pessoas num bloco económico avaliado em 3,4 triliões de dólares, sendo a maior área de comércio livre desde o estabelecimento da Organização Mundial de Comércio. O impacto real será sentido ao longo dos próximos 15 a 20 anos, tudo dependendo do nível de integração da economia angolana, particularmente das Pequenas e Médias Empresas nos canais de distribuição regionais e, consequentemente, nas Cadeias de Valor existentes, tanto em termos do comércio de mercadorias como do comércio de serviços. O objectivo estabelecido pelos Estados-Membros é o de alcançar a meta de 90 por cento das linhas tarifárias livres de direitos aduaneiros nos cinco (5) anos que seguem a data de início de implementação da ZCLCA, sendo que no caso de Angola, esse período estende-se por um limite de 10 anos. A previsão é que o resultado desta interação seja um aumento do comércio internacional que acarretará um crescimento mais acelerado do Produto Interno Bruto (PIB). Em princípio um aumento do comércio internacional leva a um crescimento do PIB. Para que o acordo dê resultados é natural que alguns desafios terão que ser ultrapassados. Outras regiões já passaram por isso e agora é a vez da África. Importante é que este processo consiga atenuar o pessimismo que reina na sociedade africana, sobretudo nos países ideológica ou economicamente menos próximos do continente. O acordo que estabelece a Zona de Comércio Livre foi rubricado em Kigali, no Ruanda, em Março de 2018 e entrou em vigor, após adiamentos provocados pela pandemia, a 1 de janeiro deste ano.

It will bring together 1.3 billion people in an economic bloc valued at 3.4 trillion dollars, being the largest free trade area since the establishment of the World Trade Organization. The real impact will be felt over the next 15 to 20 years, all depending on the level of integration of the Angolan economy, particularly Small and Medium Enterprises in the regional distribution channels and, consequently, in the existing Value Chains, both in terms of trade goods and trade in services. The objective set by the Member States is to reach the target of 90 percent of tariff lines free of customs duties in the five (5) years following the start date of implementation of the ZCLCA, in the case of Angola, this period extends over a 10-year limit. The forecast is that the result of this interaction is an increase in international trade that will lead to a more accelerated growth of the Gross Domestic Product (GDP). In principle, an increase in international trade leads to GDP growth. For the agreement to work, it is natural that some challenges will have to be overcome. Other regions have gone through this and now it is Africa’s turn. It is important that this process can mitigate the pessimism that prevails in African society, especially in countries that are ideologically or economically less close to the continent. The agreement establishing the Free Trade Area was initialed in Kigali, Rwanda, in March 2018 and came into force, after postponements caused by the pandemic, on January 1 this year.


36

Impacto da ZCLCA no comércio intra-africano Impact of the AfCFTA on intra-African trade

Dados recentes da Conferência das Nações Unidas para o Comércio sobre o Desenvolvimento Económico em África, indicam que o comércio de bens e serviços realizado entre os países africanos movimentou, em 2019, um fluxo financeiro de 69 mil milhões de dólares. Este valor representa só e apenas 15 por cento do total de trocas realizadas. Ou seja, as relações comerciais do continente são, maioritariamente, com o resto do mundo.

Recent data from the United Nations Conference on Trade on Economic Development in Africa indicate that trade in goods and services between African countries in 2019 generated a financial flow of US $ 69 billion. This value represents only and only 15 percent of the total exchanges made. In other words, the continent’s commercial relations are mostly with the rest of the world.


37 Estes números denotam algumas preocupações, de acordo com as Nações Unidas, se tomados em consideração os 16,6 por cento que representaram, em 2017, os negócios intra-africanos em relação aos efectivados com os outros parceiros mundiais. Para além de ser um nível ínfimo de comércio entre vizinhos, ainda revelou uma queda significativa em dois anos. Acresce que a esmagadora maioria das exportações se deve às matérias primas. Uma projeção recente da Comissão Económica das Nações Unidas para a África (UNECA) indica que o valor do comércio intra-africano seja entre 15% e 25% mais alto em 2040 devido à ZCLCA. A análise também mostra que se espera que os países menos desenvolvidos experimentem o maior crescimento no comércio intra-africano de produtos industriais até 35%. Não havendo dúvidas que a inserção numa zona de comércio livre aumenta o comércio externo dum país, tal deverá acontecer em Angola, apontando-se, face aos dados das Nações Unidas, para um reforço em pelo menos 25% do comércio externo com a restante África até 2031.

These figures denote some concerns, according to the United Nations, if we consider the 16.6 percent that represented, in 2017, intra-African businesses in relation to those carried out with other world partners. In addition to be a low level of trade between neighbors, it also showed a significant drop in two years. In addition, most exports are due to raw materials. A recent projection by the United Nations Economic Commission for Africa (UNECA) indicates that the value of intra-African trade is between 15% and 25% higher in 2040 due to the AfCFTA. The analysis also shows that least developed countries are expected to experience the greatest growth in intra-African trade in industrial products by up to 35%. There is no doubt that insertion in a free trade area increases a country’s external trade, this should happen in Angola, aiming, in view of the United Nations data, for a reinforcement of at least 25% of foreign trade with the rest of Africa until 2031.

51


38

Impacto da ZCLCA na economia angolana Impact of the AfCFTA on the Angolan economy

Não havendo dúvidas de que a inserção numa zona de comércio livre aumenta o comércio externo dum país, tal deverá acontecer em Angola, apontando-se, face aos dados das Nações Unidas, para um reforço em pelo menos 25% do comércio externo com a restante África até 2031.

There is no doubt that the insertion in a free trade area increases the foreign trade of a country, this should happen in Angola, aiming, in view of the United Nations data, for a reinforcement of at least 25% of the foreign trade with the rest Africa until 2031.


39 Este incremento resulta de factores específicos em curso em Angola como a aposta política na liberalização e diversificação da economia, a operacionalização de algumas estruturas de transportes internacionais como a finalização do Aeroporto Internacional de Luanda, a entrada em funcionamento do porto de águas profundas do Caio, bem como o funcionamento do Corredor ferroviário do Lobito. É difícil calcular o impacto no PIB de um incremento de 25% até 2031 do comércio entre Angola e o resto de África mas é importante realçar que, para que esse aumento seja significativo, será necessário que algumas condicionantes se verifiquem, nomeadamente o efetivo funcionamento da zona de comercio livre, a liberalização e diversificação da economia angolana e a concretização e operacionalização de projetos logísticos de transportes. Em resumo: é possível antever um crescimento do comércio externo de Angola com África em 25% até 2031 se a Zona de Comércio Livre Africana for realmente implementada e as políticas internas forem as adequadas. Esse crescimento poderá originar um crescimento médio anual da economia nesses anos de 0,75 % a 1%.

This increase is the result of specific factors underway in Angola, such as the political commitment to liberalization and diversification of the economy, the operationalization of some international transport structures such as the completion of Luanda International Airport, the entry into operation of the deep water port of Caio, as well as the operation of the Lobito Railway Corridor. It is difficult to calculate the impact on GDP of a 25% increase until 2031 in trade between Angola and the rest of Africa, but it is important to emphasize that, for this increase to be significant, it will be necessary for some constraints to occur, namely the effective functioning of free trade zone, the liberalization and diversification of the Angolan economy and the realization and operation of logistical transport projects. In summary: it is possible to foresee a 25% growth in Angola’s external trade with Africa by 2031 if the African Free Trade Area is really implemented and the internal policies are adequate. This growth may result in an average annual growth of the economy in those years of 0.75% to 1%.


40

Países membros da Zona de Livre Comércio Continental Africana Member countries of the African Continental Free Trade Area

Assinado e Ratificado Mauritânia Mali Senegal Gâmbia Serra Leoa Costa do Marfim Gana Togo Nigéria Chade Egipto Etiópia Uganda Quénia Ruanda Zimbabwe Namíbia África do Sul Suazilândia

Signed and Ratified Mauritânia Mali Senegal Gambia Sierra Leone Cote d’ Ivoire Gana Togo Niger Chad Egypt Ethiopia Uganda Kenya Ruanda Zimbabwe Namíbia South Africa Swaziland

Assinado Marrocos Saara Ocidental Argélia Líbia Sudão Sudão do Sul República Centro Africana Libéria Burkina Faso Benim Camarões Guiné Equatorial Gabão Rep. Democratica Congo Burundi Malawi Moçambique Madagascar Lesoto

Comprometido a Assinar Commited to Sign

Não Comprometido

Tanzânia Zimbabwe Botswana

Eritreia Nigéria Guiné-Bissau

Tanzania Zimbabwe Borswana

Signed

Morocco Western Saara Algeria Libya Sudan Southern Sudan Central African Republic Liberia Burkina Faso Benin Cameroon Equatorial Guinea Gabon Copenhaga / Copenhagen Democratic Rep. of Congo Burundi Malawi Mozambique Madagascar Lesotho

Not Commited Eritrea Nigeria Guinea Bissau


41

Mapa Map

Copenhaga / Copenhagen

Assinado e Ratificado / Signed and Ratified Assinado / Signed Comprometido a Assinar / Commited to Sign Não Comprometido / Not Commited Amesterdão / Amsterdam


42

Entrevista / Interview

Filipe Lourenço

Presidente da União dos Jovens Empresários e Empreendedores (UJE) Conversámos com Filipe Lourenço, Presidente da União dos Jovens Empresários e Empreendedores (UJE) e CEO da PROCIFISC. Engenheiro Civil e com muita experiência no ramo da internacionalização, foi chamado para liderar este projecto, que visa ajudar outros empresários a ir além-fronteiras, auxílio que não teve quando quis internacionalizar a sua empresa e que revela ser de carácter muito importante.

We talked to Filipe Lourenço, President of União dos Jovens Empresários e Empreendedores (UJE) and CEO of PROCIFISC. Civil Engineer and with much experience in internationalization, he was called to chair this project, which aims to help other entrepreneurs to go beyond borders, an aid that he did not have when he wanted to internationalize his company and that he reveals to be very important.


43 O Filipe é engenheiro civil. O que o levou a criar a União dos Jovens Empresários e Empreendedores (UJE) da CE-CPLP? Acima de tudo a responsabilidade de tentar ajudar a criar sinergias entre os empresários que falam a Língua Portuguesa, pois eu como empresário, quando iniciei o meu processo de internacionalização, senti (em 2010) que faltavam mecanismos e veículos para ajudar os empresários. Tendo na altura identificado essas necessidades, em 2014, quando comecei a me relacionar nos meios da CPLP e mais tarde quando me lançaram o desafio de criar e de assumir eu próprio a Presidência de um projecto, que seria um dos pilares económicos da CPLP, eu aceitei esse desafio como uma responsabilidade para ajudar os empresários nesta troca de experiências, de cultura e de continuação daquilo que é a História que nos liga a todos, que é a CPLP.

Filipe is a civil engineer. What led you to create the União dos Jovens Empresários e Empreendedores (UJE) of the EC-CPLP? Above all, the responsibility of trying to help create synergies between entrepreneurs who speak the Portuguese language, because as an entrepreneur, when I started my internationalization process, I felt (in 2010) that there was a lack of mechanisms and vehicles to help entrepreneurs. Having identified these needs at the time, in 2014, when I began to relate in the CPLP circles and later when I have launched the challenge of creating and assuming myself the Presidency of a project, which would be one of the economic pillars of the CPLP, I accepted this challenge as a responsibility to help entrepreneurs in this exchange of experiences, culture and continuation of that which is the History that binds us all, that the CPLP.

A UJE nasce enquanto braço económico, condutor e facilitador de negócios no seio da Confederação da CPLP. Depois de quase 3 anos, quais as conquistas até hoje? Bom, o nosso caminho ainda é um caminho muito curto, até porque somos ainda um bebé que ainda está na incubadora. São três anos nesta conjuntura completamente adversa. Inclusive, a nossa Casa Mãe, que é a Confederação Empresarial (CE), que já tem muitos mais anos, também não tem tido a vida facilitada. Mas de facto já fizemos muitas coisas, já tivemos momentos importantes, como algumas Feiras, algumas viagens de promoção de criação de sinergias, mas sentimos que em 2021… e também aproveitando esta conjuntura, temos de pensar que das dificuldades iremos fazer as oportunidades para os nossos associados.

UJE was born as an economic arm, conductor and business facilitator within the CPLP Confederation. After almost 3 years, what are the achievements to date? Well, our path is still a very short one, not least because we are still a baby in the incubator. It is three years in this completely adverse conjuncture. Even our Mother House, which is the Business Confederation, which has been around for many years, has not had an easy time of it. But in fact, we have already done many things, we have already had important moments, such as some trade fairs, some promotional trips to create synergies, but we feel that in 2021... and also taking advantage of this conjuncture, we have to think that out of the difficulties we will create opportunities for our associates.

A UJE emergiu em 2018 para resolver que tipo de problemas? Eu não gosto de lhe chamar problemas, eu gosto de lhes chamar soluções. A UJE surge como veículo facilitador de negócios. Basicamente, nós somos o elo de ligação entre quem vende e quem compra, para facilitar essa transacção. É como ter dois pólos e a UJE ser o elemento entre os dois que os liga, e que de outra forma não conseguiriam ligar-se ou demorariam muito mais tempo para se ligar.

The UJE emerged in 2018 to solve what kind of problems? I don’t like to call them problems, I like to call them solutions. UJE emerges as a business facilitator vehicle. We are the link between those who sell and those who buy, to facilitate that transaction. It’s like having two poles and UJE being the element between the two that connects them, and which otherwise wouldn’t be able to connect or would take much longer to connect.


44 Ao longo do tempo, certamente, os desafios têm sido muitos, tendo em conta a novidade que representou a criação da UJE. Enquanto Presidente, quais continuam a ser os maiores desafios? O maior desafio neste momento, enquanto Presidente, é tentar fazer diferente dos outros todos. E quando digo isto, é fazer da UJE um veículo de referência para os jovens empreendedores. Para aquele empresário que está a começar, e mal está a começar já está a ouvir falar de um organismo que o vai ajudar, que somos nós. Portanto, o meu grande objectivo é tornar a UJE um organismo de referência para os jovens empresários e empreendedores.

Over time, certainly, the challenges have been many, given the novelty that the creation of the UJE represented. As President, what remain the biggest challenges? The biggest challenge right now, as President, is to try to do differently than everyone else. And when I say this, it is to make UJE a reference vehicle for young entrepreneurs. For that entrepreneur who is just starting, and as soon as he starts he is already hearing about a body that is going to help him, which is us. Therefore, my great goal is to make the UJE a reference body for young businessmen and entrepreneurs.

Que mais valias tem uma empresa que se torna membro da UJE? As vantagens associadas de entrar para uma Família onde toda a gente fala a mesma língua. Portanto, a Língua Portuguesa é o elo de ligação com a cultura associada, com a História associada, e de sentir que nesta Família vai poder projectar negócios para outros países com outras culturas, continuando a falar a mesma língua. Com os benefícios que isso, obviamente, acarreta e com os esforços que isso obviamente também acarreta. Mas a vantagem de um auxiliado é sempre poder projectar a sua internacionalização, algo que eu quando internacionalizei a minha empresa não tive ao meu dispor. O fenómeno da internacionalização que surge a partir de 2005 é um fenómeno que faz com que um empresário repense todo o seu negócio para o poder projectar para fora do seu país. Isso abriu aqui novos paradigmas e, hoje em dia, tornar-se sócio da UJE é poder contar com pessoas que o vão ajudar nesse processo.

What added value does a company that becomes a member of the UJE have? The advantages of joining a Family where everyone speaks the same language. Therefore, the Portuguese language is the link to the associated culture, to the associated history, and to the feeling that in this family you can project business to other countries with other cultures, while still speaking the same language. With the benefits that this brings and the efforts that this also brings. But the advantage of an assisted party is always to be able to project its internationalization, something that I didn’t have at my disposal when I internationalized my company. The phenomenon of internationalization that arose after 2005 is a phenomenon that makes an entrepreneur rethink his whole business to be able to project it outside his country. This has opened up new paradigms here, and today, becoming a member of the UJE means being able to count on people who will help you in this process.

De que forma tem decorrido este processo de internacionalização das empresas? Como há pouco expliquei, nós ainda somos um bebé na incubadora. Como é que isso se processa? Através dos eventos que nós organizamos, das missões empresariais que nós organizamos, todas elas têm áreas específicas de intervenção. Por exemplo, uma viagem de prospecção de negócios a Angola, em que se vai focar no sector agrícola.

How has this process of internationalization of the companies progressed? As I explained earlier, we are still a baby in the incubator. How does this happen? Through the events that we organize, the business missions that we organize, all of which have specific areas of intervention. For example, a business prospecting trip to Angola, which will focus on the agricultural sector.


45

Vamos tentar levar nessa missão empresarial empresários portugueses do sector agrícola que vão, in loco, dialogar com os agentes económicos Angolanos, com os empresários Angolanos, no sentido de criar sinergias, no sentido de criar riqueza, no sentido de fazer a troca daquilo que uns têm para dar aos outros. O empresário Português muitas vezes tem o know-how que os empresários Africanos não têm, mas que precisam. E o empresário Africano tem recursos que nós em Portugal não temos e, portanto, é esta facilitação, é nós sermos um organismo que está directamente ligado à diplomacia e que nos permite estar em contacto directo com os órgãos decisores nos países para onde pretendemos fazer e desenvolver acções. É nessa base que nós somos efectivamente um organismo de diferenciação.

In this business mission, we will try to take Portuguese businessmen from the agricultural sector who will, in loco, dialogue with Angolan economic agents, with Angolan businessmen, to create synergies, to create wealth, to exchange what they have to give to others. The Portuguese businessman often has the know-how that African businessmen don’t have, but that they need. And the African businessman has resources that we in Portugal do not have and, therefore, it is this facilitation, it is us being an organism that is directly linked to diplomacy and that allows us to be in direct contact with the decision making bodies in the countries where we intend to do and develop actions. It is on this basis that we are effectively an organism of differentiation.


46 Qualquer empresa, de qualquer sector, pode fazer parte da UJE? Qualquer empresa, de qualquer sector, qualquer empresário, ou mesmo um empresário em nome individual, que seja uma pessoa entendida por exemplo na área da informática, e que pretende lançar-se a solo… qualquer empresário, qualquer microempresário é bem vindo para a nossa rede. O tratamento será o mesmo desde os pequenos aos grandes.

Can any company, in any sector, be part of UJE? Any company, in any sector, any entrepreneur, or even a sole proprietor, who is an expert in the area of information technology, for example, and who wants to launch himself on his own... any entrepreneur, any micro-entrepreneur is welcome to join our network. The treatment will be the same from the small to the big ones.

Em que se destaca a UJE da Confederação Empresarial, da União dos Exportadores e da Federação das Mulheres Empresárias e Empreendedoras da CE-CPLP? Todos estes quatros pilares - ainda não mencionou o quarto porque ainda não está criado, que é a União de Bancos da CPLP - têm targets diferenciados. A União de Exportadores foi criada para dar corpo às exportações das empresas, portanto, será mais focada para um determinado tipo de empresários; a Federação das Mulheres é um organismo criado para mulheres com espírito empreendedor e que sejam empresárias; A União dos Jovens surge para efectivamente representar a franja empresarial dos jovens empresários, dos jovens empreendedores.

How does the UJE stand out from Confederação Empresarial, União dos Exportadores and Federação das Mulheres Empresárias of the CE-CPLP? All these four pillars - you have not mentioned the fourth because it has not yet been created, which is the Union of CPLP Banks - have differentiated targets. The Exporters’ Union was created to give substance to companies’ exports, therefore it will be more focused to a certain type of businessmen; the Women’s Federation is an organism created for women with entrepreneurial spirit and who are businessmen; the Youth’s Union was created to effectively represent the business fringe of young businessmen, of young entrepreneurs.


47 É mais ligada ao sector da inovação, mais ligada às Universidades, mais ligada ao futuro, porque a juventude é futuro. A União dos Jovens, sendo o organismo mais jovem dentro dos quatro pilares que eu nomeei, acaba por ser o organismo que tem mais projecção e mais futuro. Porquê? Porque a franja empresarial que ele representa é a franja empresarial do futuro, do jovem. Portanto, a diferenciação acaba por ser o target que vai operacionalizar directamente.

It is more connected to the innovation sector, more connected to Universities, more connected to the future, because youth is the future. The Youth Union, being the youngest organization within the four pillars that I named, ends up being the organization that has more projection and more future. Why is this so? Because the business fringe that it represents is the business fringe of the future, of the young. Therefore, the differentiation ends up being the target that it will directly operationalize.

Qual é a estratégia para o sucesso dos associados? A estratégia será consertada individualmente. Mas, fundamentalmente, a estratégia é o foco. Sermos focados naquilo que é pretendido, sermos pragmáticos e, acima de tudo, cada empresário tem que ter um tratamento diferenciado e específico. Ou seja, se considerarmos uma missão empresarial em que vão empresários de vários sectores, a missão empresarial tem esse objectivo e esse propósito, mas depois cada empresário quando regressa traz informação que ele próprio acabou por triar, e retirou daquilo tudo aquilo que para ele é importante. E no follow up dessas missões empresariais é que tem que haver esse pragmatismo para depois fazer um trabalho individualizado e a estratégia tem de ser sempre personalizada. Nunca será possível fazer uma estratégia igual para todos. A UJE tem a estratégia de se tornar um organismo de referência mundial no apoio aos empresários e é uma estratégia do campo da macroestratégia. Mas a estratégia que nós vamos desenvolver com os associados será sempre uma estratégia diferenciada.

What is the strategy for the associate’s success? The strategy will be fixed individually. But, fundamentally, the strategy is the focus. Being focused on what is intended, being pragmatic, and, above all, each entrepreneur has to have a differentiated and s pecific treatment. In other words, if we consider a business mission in which businessmen from various sectors go on a business mission, the business mission has that objective and that purpose, but afterward, each businessman, when he returns, brings back information that he has been able to sort out and has taken from there everything important to him. And in the follow-up of these business missions, there has to be this pragmatism to then do an individualized work and the strategy must always be personalized. It will never be possible to make a strategy the same for everyone. The UJE has the strategy of becoming a world reference organization in support of entrepreneurs and it is a strategy of the macro-strategy field. But the strategy that we will develop with the associates will always be a differentiated strategy.

Quais os objetivos a alcançar em 2021? Este ano, 2021, o objectivo seria a organização do primeiro grande evento da UJE. Está pensado poder vir a ser entre setembro e outubro num país do qual eu gosto bastante, que é São Tomé e Príncipe. Gosto particularmente de São Tomé e Príncipe, embora todos os países da CPLP sejam todos países com os seus encantos e em todos eles me revejo e gosto muito de estar. Mas São Tomé e Príncipe faz parte dos primeiros países onde eu internacionalizei a minha empresa e é um país onde tenho muitos amigos. O nosso grande objectivo para este ano é esse, e para já não lhe posso adiantar nada porque ainda há muitas ideias em cima da mesa e, como não está nada fechado, vamos aguardar pelos próximos capítulos, mas até final de Maio provavelmente isso vai ficar decidido.

What are the goals to be reached in 2021? This year, 2021, the goal would be to organize the first big UJE event. It is planned to take place between September and October in a country that I like a lot, which is São Tomé and Príncipe. I particularly like São Tomé and Príncipe, although all the CPLP countries have their charms, and in all of them, I see myself and like to be there. But São Tomé e Príncipe is one of the first countries where I internationalized my company and it is a country where I have many friends. That is our great objective for this year, and for now, I can’t tell you anything because there are still many ideas on the table and, as nothing is closed, we will wait for the next chapters, but by the end of May this will probably be decided.


48

A WEDO BRAND é uma agência de branding e design que nasceu com o propósito de potencializar negócios, oferecendo serviços de desenvolvimento e gestão de marcas com o objectivo de torná-las únicas, credíveis, consistentes, valiosas e com uma comunidade de consumidores. Somos movidos pelo desafio de transformar os sonhos dos nossos clientes em realidade, criando estratégias de branding que aumentam a credibilidade, reconhecimento da marca e assim estimular o desenvolvimento do negócio. Depositamos a nossa atenção nas startups angolanas, preferencialmente de base tecnológica, escalável e disruptivas focando na redução de riscos através de parcerias estratégicas com um modelo de custo flexível à sua realidade.

WEDO BRAND is a branding and design agency that was born with the purpose of business, offering services of brand development and management to make brands to make them unique, credible, consistent, valuable, and with a community of consumers. We are driven by the challenge of turning our client’s dreams into reality, creating branding reality, creating branding strategies that increase the credibility of brand recognition and thus stimulate business development. We focus our attention on Angolan startups, preferably technology-based scalable and disruptive, focusing on risk reduction through strategic partnerships with a flexible cost model to their reality.

Como surgiu? Todos os dias nascem novas marcas (negócios) no mercado angolano e mundial. Notámos que a maior parte destes negócios nascem sem uma estratégia de marca. Pelo alto número de marcas inconsistentes, apercebendo-nos disto e sabendo da importância da construção de uma marca consistente, nasceu a WEDO BRAND, para ajudar a desenvolver marcas fortes e firmes. Decidimos nos focar nas startups de base tecnológica, por termos um maior conhecimento deste mundo e pela oportunidade de ajudar a construir negócios escaláveis.

How did it come about? Every day new brands (businesses) are born in the Angolan market and worldwide. We noticed that most of these businesses are born without a brand strategy. Because of the high number of inconsistent brands, realizing this and knowing the importance of building a consistent brand, WEDO BRAND was born to help develop strong and solid brands. We decided to focus on technology-based startups, for having a greater knowledge of this world and for the opportunity to help build scalable businesses.


49


50 Em que patamar se encontra? Somos uma equipa de jovens com muita energia e sonhos, creio que a nossa maior regalia é o nosso espírito empreendedor e a criatividade na execução dos nossos projectos. Temos uma visão ampla do que poderia ser participar num mercado bem competitivo de agências de comunicação em Angola. Contudo, não imaginávamos que em menos de 1 ano estaríamos a viver o que estamos a presenciar hoje, podemos afirmar que estamos no melhor momento da WEDO BRAND, apesar do momento que o mundo está a atravessar, a aposta em comercializar o serviço de branding e Humanização de Marca trouxe resultados acima do esperado e nos diferenciou das demais agências no mercado. Em curto tempo de existência, ajudámos a construir mais de 20 marcas angolanas e internacionais, não esperávamos que o nosso crescimento fosse assim tão rápido, acreditamos que a internet e as parcerias estratégicas nos ajudaram muito.

On what level is WEDO BRAND? We are a team of young people with a lot of energy and dreams, I believe that our greatest asset is our entrepreneurial spirit and creativity in the execution of our projects. We have a broad vision of what it would be like to participate in a very competitive market of communication agencies in Angola. However, we did not imagine that in less than a year we would be living what we are experiencing today, we can say that we are in the best moment of WEDO BRAND, despite the moment that the world is going through, the bet in marketing the branding service and Brand Humanization brought results above the expected and differentiated us from other agencies in the market. In a short time of existence, we helped build more than 20 Angolan and international brands, we did not expect our growth to be this fast, we believe that the internet and strategic partnerships helped us a lot.

Perspetivas de futuro? Apesar da felicidade que vivemos, ainda assim não estamos satisfeitos, há muita coisa para melhorar e muita estrada para percorrer. Hoje o mundo evolui dia a dia e os modelos de negócios estão a mudar e no nosso sector não é diferente. A internet trouxe mais interação de pessoas e marcas, estamos a desenvolver processos para tirar proveito das ferramentas disponíveis hoje e, no futuro, desejamos unir o branding e os dados para construir marcas mais humanas. Além disto, desejamos ser uma agência global.

Prospects? Despite the happiness we are experiencing, we are still not satisfied, there is a lot to improve and a lot of road to travel. Today the world is evolving day by day and business models are changing, and in our sector, it is no different. The internet has brought more interaction of people and brands, we are developing processes to take advantage of the tools available today and in the future, we wish to unite branding and data to build more human brands. Beyond this, we wish to be a global agency.


51

Juntos Seremos Mais Fortes!


52

Pedro Candelária Business Development Manager na Finy Ventures

9 razões pelas quais você precisa de Marketing Digital na sua empresa 9 Reasons Why You Need Digital Marketing for Your Business

1. Oportunidades iguais para todos os negócios

1. It offers equal opportunities for all businesses

Poderá ver a sua pequena empresa a crescer porque o marketing digital oferece oportunidades iguais para todas as empresas. Não é uma estratégia restrita apenas a grandes corporações ou multinacionais. As pequenas empresas podem realmente alavancar os seus negócios com a ajuda do marketing digital. Podem competir perfeitamente com empresas estabelecidas. Além disso, podem aproveitar ao máximo o marketing digital, envolvendo diferentes clientes em diferentes plataformas.

You can see your small business growing because digital marketing offers equal opportunities for all companies. It is not a strategy restricted only to large corporations or multinationals. Small businesses can really leverage their business with the help of digital marketing. They can compete perfectly with established companies. In addition, they can take full advantage of digital marketing, involving different customers on different platforms.

2. O marketing é económico

2. Marketing is cost-effective

O marketing digital não requer grandes investimentos. As pequenas empresas podem encontrar canais digitais que funcionam e não exigem muito custo ou numa fase inicial mesmo nenhum custo acrescido.

Digital marketing does not require large investments. Small businesses can find digital channels that work and don’t require a lot of cost or at an early stage even no added cost.

3. Ajuda nas conversões

3. It helps with conversions

As conversões podem ser rastreadas pela compreensão do tráfego que se transforma em assinantes, leads e negócios. Boas notícias: As conversões com marketing digital são maiores quando comparadas a outras formas de marketing. Portanto, as pequenas empresas devem esforçar-se para desenhar estratégias digitais fortes que visem a conversões mais altas.

Conversions can be tracked by understanding the traffic that turns into subscribers, leads and deals. Good news: Conversions with digital marketing are higher when compared to other forms of marketing. Therefore, small businesses must strive to design strong digital strategies aimed at higher conversions.


53

5. Direciona-se para o público certo

5. It targets the right audience

Uma das razões pelas quais o marketing digital está a ter mais impacto que o marketing tradicional é que o digital ajuda a atingir um segmento específico. As interações com o público-alvo são voltadas para resultados. Eles ajudam a atingir objetivos predeterminados. Por exemplo, com o e-mail marketing, pode-se atingir diretamente uma pessoa específica. Portanto, o marketing digital é considerado a forma mais personalizada de marketing.

One of the reasons why digital marketing is having more impact than traditional marketing is that it helps to reach a specific segment. Interactions with the target audience are focused on results. They help to achieve predetermined goals. For example with email marketing, you can directly reach a specific person. Therefore, digital marketing is considered the most personalized form of marketing.

6. Ajuda o marketing móvel

6. It helps Mobile Marketing

O marketing digital também inclui o marketing móvel. Não há dúvida de que as pessoas estão cada vez mais a utilizar a rede móvel para tudo, daí a necessidade das empresas de tornarem os seus sites responsivos para as diferentes plataformas que hoje em dia utilizamos.

Digital marketing also includes mobile marketing. There is no doubt that people are increasingly using the mobile network for everything, hence the need for companies to make their websites responsive to the different platforms we use today.

7. Aumenta a reputação da marca

7. It enhances brand reputation

Todos os negócios são iniciados com o objetivo de atrair clientes. O mesmo se aplica ao marketing digital. As empresas começam com o objetivo de obter o máximo possível de cliques nos seus sites e plataformas de marketing. Gradualmente, mais pessoas começam a reconhecer a sua marca e quando a empresa lhes oferece exatamente o que elas procuram, a reputação da marca aumenta. Isso também ajuda na conquista da confiança dos seus clientes.

Every business is started with the aim of attracting more customers. The same applies to digital marketing. Companies start with the goal of getting as many clicks as possible on their websites and marketing platforms. Gradually, more people start to recognize your brand and when the company offers them exactly what they are looking for, the brand reputation increases. This also helps in gaining the trust of your customers.


54

8. Influencia

8. It has an effect

Ferramentas como o YouTube, o Twitter e o Instagram têm o poder de influenciar o público em geral. A inclusão de ferramentas de rede social deu origem a influenciadores que têm o incrível poder de influenciar a decisão do público em geral. A beleza do marketing influente é que mesmo pessoas comuns, sem nenhuma credencial extra, também podem tornar-se influenciadoras e gerar interesse para milhões de pessoas, não sendo necessariamente influenciadores mediáticos. O marketing digital estabelece ainda uma combinação de técnicas digitais que impactam a decisão de potenciais clientes. Call-to-Actions ou CTAs orientam os usuários sobre o que fazer a seguir.

Social networking tools like YouTube, Twitter and Instagram have the power to influence the general public. The inclusion of social networking tools has given rise to influencers who have the incredible power to influence the decision of the general public. The beauty of influential marketing is that even ordinary people, without any extra credentials, can also become influencers and generate interest for millions of people, not necessarily being a media influencer. Digital marketing establishes a combination of digital techniques that impacts the decision of potential customers. Call-to-Actions or CTAs guide users on what to do next.

9. Oferece resultados mensuráveis

9. It offers measurable results

Com a ajuda de ferramentas específicas, você pode medir facilmente os resultados de cada plataforma de marketing digital. Isso ajudá-lo-á a avaliar o desempenho e a tomar decisões.

With the help of specific tools, you can easily measure the results of each digital marketing platform. This will help you evaluate performance and make decisions.

Olhando para a lista de razões acima, as empresas definitivamente devem optar pelo marketing digital. Muitas startups e pequenas empresas adotam métodos tradicionais de marketing, mas os resultados com os métodos tradicionais são muito lentos e conseguem atrair clientes apenas a nível local. Visto que o grupo de potenciais clientes encontrados online é muito grande comparativamente aos potenciais clientes que são encontrados localmente. Com o marketing digital, as pequenas empresas podem atrair um grande número de público. O marketing digital é uma forma económica de transformar a sua empresa. Portanto, é aconselhável que as pequenas empresas utilizem o potencial do marketing digital e façam progredir os seus negócios. Nós, Finy Ventures, temos serviços que poderão ajudar a sua startup a aumentar a sua visibilidade digital e assim conseguir atingir mais facilmente o target pretendido e os investidores certos para o seu negócio. Então deixamos-lhe uma pergunta: o que espera para fazer parte da nossa rede?

Looking at the list of reasons above, businesses should definitely opt for digital marketing. Many startups and small businesses adopt traditional marketing methods, but the results with traditional methods are very slow and are able to attract customers only at the local level. Since the group of potential customers found online is very large compared to the potential customers that are found locally. With digital marketing, small businesses can attract a large number of audiences. Digital marketing is a cost-effective way to transform your business. Therefore, it is advisable for small businesses to utilize the potential of digital marketing and advance their business. We, Finy Ventures, have services that can help your startup increase its digital visibility and thus more easily reach its intended target and the right investors for your business. S o we leave you a question: what are you waiting for to become part of our network?


55

A nossa empresa tem como visão melhorar a qualidade de vida dos Angolanos potenciando a criação de empregos de qualidade. Apoiamos PME’s e grandes empresas em temas como a melhoria da sua capacidade de execução e mudanças culturais e/ou organizacionais visando a dinamização dos seus negócios

www.ip.co.ao I Condominio Dolce Vita, Predio 9C, 7ºB, Talatona, Luanda I info@ip.co.ao


56 72

Entrevista / Interview

Haymée Cogle

Business Angel e Team Leader da Founder Institute Luanda Haymée Cogle é a Directora da Founder Institute Luanda, a maior aceleradora pre-seed de startups do mundo. É uma mulher empreendedora, Business Angel, e tem uma carreira vasta em Business Development, marketing, vendas, mas sempre ligada ao ramo das telecomunicações, inovação e tecnologias. Vive há 30 anos em Angola e garante que estudar e ganhar conhecimento são pontos fulcrais para que qualquer pessoa, homem ou mulher, seja bem sucedida. O seu percurso académico passou por vários países e isso trouxe-lhe uma experiência de mercado bastante sólida.

Haymée Cogle is the Team leader of Founder Institute Luanda, the largest pre-seed accelerator of startups in the world. She is an entrepreneurial woman, a Business Angel, and has a vast career in Business Development, marketing, sales, always linked to the telecommunications industry, innovation, and technology. She has been living in Angola for 30 years and guarantees that studying and gaining knowledge are key points for any person, man or woman, to be successful. Her academic path passed through several countries and that brought her a very solid market experience.


57 A Haymée tem uma formação académica vasta, e ganhou conhecimento empresarial em países como Cuba e Ucrânia. O desenvolvimento do mercado de Angola está muito afastado destes? Eu vivo aqui em Angola há 30 anos, estudei fora e acabei os meus estudos universitários com 23 anos, com formação de base similar a Engenharia Industrial, com grau de Master em Economia. Sempre estive muito ligada às tecnologias de informação, principalmente depois de estudar. Em Cuba, no início do meu percurso profissional, e uma vez que fazia parte de uma equipa de projecto em Comunicações Electrónicas, tive que estudar Sistemas de Informação à noite durante três anos, para perceber esta indústria, que era nova para mim. Assim, por exigência da própria indústria, que era muito dinâmica, e por exigência dos projectos em que estava envolvida, fui me especializando na vertente Business das TICs (Comercial, Vendas, Marketing e depois Desenvolvimento de Negócios). De facto, investi sempre muito na minha formação e no meu conhecimento e, durante estes anos todos, fiz muitos cursos e várias pós-graduações, sempre ligados à transformação digital e ao empreendedorismo tecnológico.

Haymée has a vast academic background and gained business knowledge in countries like Cuba and Ukraine. Is the development of the Angolan market far removed from these? I have lived here in Angola for 30 years, studied abroad, and finished my university studies at the age of 23, with a degree similar to Industrial Engineering, with a Master’s degree in Economics. I have always been very involved in information technology, especially after my studies. In Cuba, at the beginning of my professional career, and since I was part of a project team in Electronic Communications, I had to study Information Systems at night for three years, to understand this industry, which was new to me. So, by demand of the industry itself, which was very dynamic, and by demand of the projects I was involved in, I specialized in the Business side of ICTs (Commercial, Sales, Marketing, and then Business Development). I have always invested heavily in my training and knowledge, and during all these years I have taken many courses and several post-graduate courses, always related to digital transformation and technological entrepreneurship.

“O povo Angolano é empreendedor por natureza” “The Angolan people are entrepreneurial by nature” Entre Angola e estes países, a diferença que eu noto é precisamente em termos de infraestruturas, não no facto de as pessoas quererem aprender ou estudar, porque acho que o povo Angolano é empreendedor por natureza, jovem e tem garra, mas há de facto grandes problemas de infraestrutura. Evidentemente, ao longo destes anos, Angola tem mudado para melhor nestes aspectos, mas ainda temos muitos gaps a preencher. Por exigência da própria pressão da população jovem, da necessidade que há de o país ter de ir para a frente, deste impacto tecnológico e de inovação tão forte que existe, é algo que evidentemente vamos ter que abraçar porque de outra maneira o país não vai poder avançar. Se não se investe em inovação, não há outra maneira.

Between Angola and these countries, the difference that I notice is precisely in terms of infrastructure, not in the fact that people want to learn or study, because I think the Angolan people are entrepreneurial by nature, young, and have guts, but there are major infrastructure problems. Evidently, over these years, Angola has changed for the better in these aspects, but we still have many gaps to fill. As a result of the pressure from the young population itself, of the country’s need to move forward, of this very strong technological and innovation impact that exists, it is something that we will have to embrace because otherwise, the country will not be able to move forward. If you don’t invest in innovation, there is no other way.


58 Portanto, são estes os principais desafios deste desenvolvimento. Temos vários desafios, o primeiro deles tem a ver com a cultura de pensamento. E sobre isto, há um famoso escritor ligado à Gestão, que é o Peter Drucker, que dizia que “o maior perigo em tempos de turbulência não é a turbulência, é agir com a lógica de ontem”. E é isto que eu acho que é verdadeiramente importante, principalmente nos nossos países em desenvolvimento. Temos que romper certos paradigmas, temos que olhar para os problemas com novas soluções e não podemos resolvê-los como resolvíamos antigamente. E aqui a tecnologia é a aliada mais importante para que isso aconteça. Temos que nos focar nas vertentes das infraestruturas básicas e serviços (energia, água, estradas, acesso a cobertura das telecomunicações). Tem sido feito um esforço muito grande neste sentido, mas ainda assim temos muitas dificuldades. Da educação: é importantíssimo adaptar os nossos currículos às novas condições, preparar os nossos estudantes para as competências, em Ciências, em Tecnologia, Matemática, Física, Biologia, porque efetivamente a Ciência é que nos vai levar à inovação e, fundamentalmente, à inovação disruptiva. Assim como é preciso apostar na Literacia financeira, alterar os métodos de ensino. E para que toda esta população de jovens que temos fora das escolas tenha acesso a isso, temos de ver como é que podemos resolver esta situação, porque de repente não podemos construir escolas e alterar tudo, não temos tempo para isso. O Capital Humano hoje nas empresas e nas instituições precisa mesmo de um processo de upskilling, focar na criatividade, na resolução de problemas. Outro aspecto que eu acho que afecta muito é o nosso doing business no País, que é muito baixo e por muitos motivos já conhecidos. E, obviamente, temos que criar um framework, uma base legislativa, que permita que se crie empreendedorismo, porque de outra forma as empresas não vão conseguir evoluir. O Estado tem que ter um papel menos interventivo e mais de apoio, de acompanhamento, de criação de mais condições - como infraestruturas -, e deixar as empresas fazerem o seu trabalho. São desafios não apenas para Angola.

So these are the main challenges of the current development. We have several challenges, the first of which has to do with the culture of thought. And about this, there is a famous writer connected to Management, who is Peter Drucker, who said that “the greatest danger in turbulent times is not the turbulence, but acting with yesterday’s logic. And this is what I think is important, especially in our developing countries. We have to break certain paradigms, we have to look at problems with new solutions, and we cannot solve them the way we used to solve them. And here technology is the most important ally for this to happen. We have to focus on basic infrastructure and services (energy, water, roads, access to telecommunications coverage). A great effort has been made in this direction, but we still have many difficulties. Education: it is extremely important to adapt our curricula to the new conditions, to prepare our students for competencies in Science, in Technology, Mathematics, Physics, and Biology, because it is effectively Science that will lead us to innovation and, fundamentally, to disruptive innovation. We also need to invest in financial literacy and change teaching methods. And for all this population of young people we have outside of schools to have access to this, we have to see how we can solve this situation because suddenly we can’t build schools and change everything, we don’t have time for that. Human Capital today in companies and institutions needs an upskilling process, focus on creativity, on problem-solving. Another aspect that I think affects a lot is our doing business in the country, which is very low and for many reasons already known. And we have to create a framework, a legislative base, that allows entrepreneurship to be created because otherwise, companies won’t be able to evolve. The State has to play a less interventionist role and more of a supportive, accompanying role, creating more conditions - such as infrastructures - and letting companies do their work. These are challenges not only for Angola.


59

O empreendedorismo é uma alternativa para resolver problemas da pobreza, fome, saúde, educação, emprego, mas é necessário investir neste ecossistema sobre um framework que facilite o seu funcionamento, crescendo com inovação tecnológica. Aqui, todos os agentes do ecossistema têm um papel, mas o sector público tem responsabilidades acrescidas.

Entrepreneurship is an alternative to solve problems of poverty, hunger, health, education, and employment, but it is necessary to invest in this ecosystem over a framework that facilitates its operation, growing with technological innovation. Here, all the agents of the ecosystem have a role, but the public sector has added responsibilities.

O que significou para si trazer para Luanda uma aceleradora que está presente em mais de 180 cidades e é considerada a maior aceleradora de startups a nível mundial? Foi um desafio, mas ao mesmo tempo uma satisfação muito grande. Eu, por natureza, gosto de empreender e de criar coisas. Com a experiência que eu tenho, eu e várias pessoas que se uniram para construir este projecto, achámos que podíamos incidir e contribuir bastante para criar uma base de suporte que permitisse que os jovens direccionassem o seu talento empreendedor para solucionar problemas reais e importantes, e não pôr elitismo ou pelo facto de empreender ser “chique”. O Founder Institute nasceu há 10 anos em Silicon Valley [EUA], e obviamente que as condições lá não têm nada a ver com as nossas, mas nunca foi objetivo copiar.

What did it mean to you to bring to Luanda an accelerator present in more than 180 cities and is considered the largest startup accelerator in the world? It was a challenge but at the same time a great satisfaction. I, by nature, like to enterprise and create things. With the experience that I have, I and several people who came together to build this project, felt that we could focus and contribute a lot to create a support base that would allow young people to direct their entrepreneurial talent to solve real and important problems, and not by elitism or the fact that entrepreneurship is “chic”. The Founder Institute was born 10 years ago in Silicon Valley [USA], and obviously, the conditions there have nothing to do with ours, but it was never the goal to copy.


60 E algo que gostei desta rede internacional é que é valorizada a adequação e o contexto de cada cidade, porque o empreendedorismo tem a ver muito com as comunidades. E, de facto, esse foi o maior desafio: tratar de promover este mindset empreendedor, de inovação, destas boas práticas, de utilizar esta postura e trazer isto para o nosso contexto, que é totalmente diferente. Mas ao longo dos dois primeiros dois programas fomos conseguindo ultrapassar estas diferenças e, com a ajuda dos outros chapters em África - estamos em cinco cidades -, com este intercâmbio de experiência, conseguimos adequar esta plataforma global no nosso contexto africano e, especificamente, aqui em Angola. Em paralelo aos negócios, vamos trabalhar o inglês porque toda a plataforma faz com que as pessoas sintam que é importante dominar a língua inglesa.

And something I liked about this international network is that the suitability and context of each city are valued because entrepreneurship has a lot to do with communities. And that was the biggest challenge: trying to promote this entrepreneurial mindset, of innovation, of these good practices, of using this attitude and bringing this to our context, which is different. But throughout the first two programs we were able to overcome these differences and, with the help of the other chapters in Africa - we are in five cities - with this exchange of experience, we were able to adapt this global platform to our African context and, specifically, here in Angola. In parallel to business, we are going to work on English because the whole platform makes people feel that it is important to master the English language.

Nós focamo-nos na ideação e na validação dos negócios porque achamos que é ali que se define o sucesso da ideia. E muitas startups e negócios convencionais falham porque esta fase inicial não é bem gerida. E falo também pela minha própria experiência, porque passei por esta fase de criar um negócio tecnológico e de facto não é fácil.

We focus on ideation and business validation because we think that is where the success of the idea is defined. And many startups and conventional businesses fail because this initial phase is not well managed. And I speak also from my own experience because I went through this phase of creating a technology business and it is not easy.


61 Qual é, então, o principal papel da Founder Institute Luanda? O papel principal é ajudar a criar negócios e startups de base tecnológica com impacto social, que resolvam grandes problemas reais do País. E que estas soluções sejam soluções que podem ser, de facto, escaláveis, que tenham crescimento para conseguir as nossas empresas de sucesso.

What is the main role of Founder Institute Luanda? The main role is to help create technology-based businesses and startups with social impact, that solve big real problems in the country. And that these solutions are solutions that can be scalable, that have the growth to make our businesses successful.

O que é preciso para um negócio ser considerado escalável e vir a ser apoiado pela Founder? O nosso founder, o nosso empreendedor, finaliza o Programa com um modelo de negócio validado, com uma certeza de como é que o negócio vai funcionar, com os fundamentos e o feedback do mercado de que de facto esse negócio tem pernas para andar. Uma vez graduado do Programa de Aceleração, com a empresa totalmente estruturada, com todo o suporte em termos legais, ele vai continuar a ser acompanhado, pois a nossa pretensão é continuar em “lifetime support”. O que é importante para um negócio ser escalável é saber se o produto responde adequadamente às necessidades. Isto leva tempo, porque o founder, depois que acaba o Programa, tem que testar e focar-se totalmente no negócio para conseguir a sua primeira versão do produto, a primeira versão real no mercado. O negócio deve ter o elemento importante “Product/ Market Fit” validado pelo mercado. Mas o que é que interessa ao Founder Institute para dar apoio em termos de financiamento? O projecto tem que provar várias coisas. São quatro características importantes: primeiro, ele tem que ter o produto provado no mercado e os clientes têm que estar a pagar, tem que ter tracção, tem que ter receita. Não importa a quantidade, o problema aqui não está no volume, o volume vamos conseguir depois; a característica seguinte é a dedicação full time desse empreendedor no seu negócio, porque para nós o negócio é importante, mas mais importante é o empreendedor e a equipa, a responsabilidade assumida; a terceira coisa que ele tem que ter é o mínimo de equipa estruturada, porque nós não aprendemos sozinhos, precisamos de uma equipa para distribuir tarefas; e a última: o negócio tem que estar estruturado com um plano preparado para iniciar este processo de fundraising, de procura de financiamento.

What does it take for a business to be considered scalable and to be supported by Founder? Our founder, our entrepreneur, ends the Program with a validated business model, with a certainty of how the business will work, with the fundamentals and the feedback from the market that in fact, this business has legs to walk. Once graduated from the Acceleration Program, with the company fully structured, with all the support in legal terms, it will continue to be monitored because we intend to continue in “lifetime support”. What is important for a business to be scalable is to know if the product responds adequately to the needs. This takes time, because the founder after he finishes the Program, has to test and fully focus on the business to get his first version of the product, the first real version on the market. The business must have the important element “Product/Market Fit” validated by the market. But what does the Founder Institute care about in terms of funding support? The project has to prove several things. There are four important characteristics: first, it has to have the product proven in the market and the clients have to be paying, it has to have traction, it has to have revenue. The next characteristic is the full-time dedication of this entrepreneur in his business because for us the business is important, but more important is the entrepreneur and the team, the responsibility assumed; the third thing he has to have is the minimum of a structured team because we don’t learn alone, we need a team to distribute tasks; and the last one: the business has to be structured with a plan prepared to start this fundraising process, the search for funding.


62 Ainda sobre o conceito de fundraising: a actividade de fundraising é desconhecida para muitos ou demasiado complicada e fechada para outros. Acho que o foco, no contexto Angolano, deve ser: negócios com impacto , na fase Seed, com o objetivo de conseguir que os projectos prometedores não morram por falta de suporte financeiro. Queremos fazer parcerias com VC funds, como braço financeiro do Founder Institute Luanda, sendo a oportunidade que, adicionada ao resto dos benefícios do Programa, irá fazer a diferença no mercado. Uma oportunidade para atrair os investidores privados através de um instrumento financeiro qualificado. Para um empreendedor que já tenha o seu pitch deck, o Founder Institute já tem um programa específico para ele: o Founding Lab, onde o ajudamos a preparar-se para as entrevistas, a sair para o mercado para conversar com os potenciais investidores. Ainda não chegamos a esta fase, pois temos duas edições de startups, e ainda nenhuma das startups entrou neste processo porque se encontram ainda a afinar as suas soluções.

Still on the concept of fundraising: the activity of fundraising is unknown to many or too complicated and closed to others. I think the focus, in the Angolan context, should be: impactful businesses, at the seed stage, with the goal that promising projects do not die for lack of financial support. We want to partner with VC funds, as the financial arm of Founder Institute Luanda, being the opportunity that, added to the rest of the benefits of the Program, will make a difference in the market. An opportunity to attract private investors through a qualified financial instrument. For an entrepreneur who already has his pitch deck, the Founder Institute already has a specific program for him: the Founding Lab, where we help him prepare for the interviews, to go out into the market to talk to potential investors. We haven’t reached this stage yet, because we have two editions of startups, and none of the startups have entered this process yet because they are still refining their solutions.


63 A Haymée é também Business Angel. Sendo este, ainda, um mundo considerado maioritariamente masculino, como é que é ser uma mulher de negócios de sucesso? Eu não me considero mulher de sucesso (risos). Eu não conhecia o que era ser Business Angel há anos atrás, tinha uma ideia, como ainda muita gente tem, de que era algo difícil e fora de alcance, muito complicado e que havia que ser quase rico para poder investir em startups. Com este envolvimento do Founder Institute a nível global, conheci de facto o que é investir em startups e, sendo mentora de negócios para empreendedores, já estava a investir nelas, porque o conhecimento, aconselhamento e acompanhamento já são investimentos, é o chamado “mentor capital”. É verdade que é um mundo geralmente dominado por homens de negócios. Comecei a conhecer Investidores Anjos aqui e fora daqui, entrei em contacto com a ABAN, tive a oportunidade de conhecer pessoalmente os seus fundadores e líderes, como Tomi Davies e outros, também os “Anjos do Brasil”. É um mundo que me apaixona de facto. Eu nunca senti qualquer dificuldade neste ramo por ser mulher, porque eu desde o início estou numa indústria (telecomunicações, internet) que é dominada por homens.

Haymée is also a Business Angel. This is still a largely male-dominated world, what is it like to be a successful businesswoman? I don’t consider myself a successful woman (laughs). I didn’t know what it was to be a Business Angel years ago, I had an idea, as many people still have, that it was something difficult and out of reach, very complicated and that you had to be almost rich to be able to invest in startups. With this involvement of the Founder Institute globally, I got to know what it is to invest in startups and, being a business mentor for entrepreneurs, I was already investing in them, because the knowledge, advice, and accompaniment are already investments, it’s the so-called “mentor capital”. It is indeed a world generally dominated by businessmen. I started meeting Angel Investors here and abroad, got in touch with ABAN, had the opportunity to personally meet its founders and leaders, like Tomi Davies and others, also the “Angels of Brazil”. It is a world that I am passionate about. I have never felt any difficulty in this business because I am a woman, because I have been since the beginning in an industry (telecommunications, internet) that is dominated by men.


64 E algo que nós podemos fazer, eu como mãe fiz, é tratar de tirar esse paradigma e essa ideia de que as meninas, as jovens, as senhoras não têm condições para estar envolvidas com a Ciência e a Tecnologia. Isto é algo que temos colocado na cabeça durante muito tempo. Se se começa desde o início a dar todo o acesso, a empoderar a mulher como deve ser para que de facto possamos ter acesso, possamos ter esse estudo e essas possibilidades, o resto acontece. E hoje em Angola nós temos muitas mulheres nas Tecnologias, na Indústria Química… temos espaço para mais se continuarmos de facto a fazer esse empoderamento. Sei que sempre houve essa situação, mas consegui sempre dar a volta porque sempre me preparei para isso. É muito importante estar preparado, ter o conhecimento necessário para, quando se vai discutir um assunto, se poder mostrar que se sabe. Quando uma mulher demonstra que sabe, não tem problemas. Não tem como ter.

And something that we can do, I as a mother did, is to try to take away this paradigm and this idea that girls, young women, ladies are not able to be involved in Science and Technology. This is something that we have put in our heads for a long time. If you start from the beginning to give all the access, to empower women as it should be so that we can have access, we can have this study and these possibilities, the rest happens. A nd today in Angola we have many women in Technologies, in the Chemical Industry... we have room for more if we continue in fact to do this empowerment. I know that this situation has always existed, but I have always managed to get around it because I have always prepared myself for this. It’s very important to be prepared, to have the necessary knowledge so that when you go to discuss an issue, you can show that you know. When a woman shows that she knows, she has no problems. You can’t have any.

“Quando uma mulher demonstra que sabe, não tem problemas. Não tem como ter”

“When a woman shows that she knows, she has no problems. You can’t have any” Ser membro do Conselho do Women’s Indian Chamber of Commerce and Industry é importante porquê? Eu fiquei muito surpresa com o convite que me fez a Presidente do Conselho, aqui em Angola, que é a Lúcia Stanislas. Vejo a minha contribuição como membro deste Conselho mais ligada à promoção do empoderamento da mulher enquanto criadora e gestora de empresas. Em particular, de inovação tecnológica. Ajudo a promover a troca de experiências e suporte de mentoria, o envolvimento nos projectos e a potencial oportunidade de financiamento de experts indianas, instituições e empresas que estas pessoas dirigem. A Índia tem uma expertise e um capital humano invejáveis, em termos das condições em que se tem desenvolvido.

Why is being a board member of the Women’s Indian Chamber of Commerce and Industry important? I was very surprised with the invitation that the President of the Council, here in Angola, Lúcia Stanislas, made to me. I see my contribution as a member of this Council more linked to the promotion of women empowerment as creators and managers of companies. In particular, technological innovation. I help to promote the exchange of experiences and mentoring support, the involvement in projects, and the potential funding opportunity for Indian experts, institutions, and companies that these people run. India has enviable expertise and human capital, in terms of the conditions under which it has developed.


65 81

As mulheres têm precisado de um esforço adicional e hoje temos representantes mulheres indianas em muitos sectores a nível industrial e tecnológico. A minha contribuição aqui em Angola é tratar de promover o empoderamento de outras mulheres e outras jovens aqui no País. E, em especial, aproveitar a expertise que têm as indianas para empoderar e para atrair a atenção delas sobre o que é que nós aqui em termos de empreendedorismo e de liderança feminina estamos a fazer. Acho que aqui há muito espaço para parcerias.

Women have needed additional effort and today we have Indian women representatives in many sectors at the industrial and technological level. My contribution here in Angola is to try to promote the empowerment of other women and other young women here in the country. And, in particular, to take advantage of the expertise that Indian women have to empower and to attract their attention about what it is that we here in terms of entrepreneurship and female leadership are doing. I think there is a lot of room for partnerships here.

Angola precisa de mais mulheres nos negócios? Sim, a mulher Angolana é empreendedora por natureza. Vemos isto na luta da mulher por manter a família, por colocar recursos em casa. Encorajar e facilitar o acesso da mulher, desde menina, às Ciências e Tecnologias, romper com paradigmas do passado. É, também, importante ir mais longe através do “capacity building”. É importante, é justo e necessário para o País. Temos capacidade natural para multi-tasking e não precisamos de ser iguais ao homem, precisamos sim de ser nós próprias. E, uma vez empoderadas , encontrar o nosso caminho , o nosso lugar na sociedade, e juntos fazer melhor todos os dias. Criar , adicionar valor, melhorar a vida das pessoas.

Angola needs more women in business? Yes, the Angolan woman is entrepreneurial by nature. We see this in the woman’s struggle to maintain her family, to put resources at home. Encourage and facilitate the access of women, from a young age to Science and Technology, breaking with the paradigms of the past. It is also important to go further through capacity building. It is important, fair, and necessary for the country. We have a natural capacity for multi-tasking and we don’t need to be equal to men, we need to be ourselves. And, once empowered, find our way, our place in society, and together do better every day. Create, add value, improve people’s lives.


66 A Haymée fala publicamente, e várias vezes, em “empreendedorismo com propósito”. O que é que isto quer dizer? Eu falo disto várias vezes porque é algo que também tratamos de promover muito na rede do Founder Institute. Às vezes criam-se muitas startups, muitos produtos que por vezes são interessantes, mas o impacto que têm na vida das pessoas é mínimo. Em países como o nosso, em que existem problemas sociais e económicos sérios, temos que olhar para o empreendedorismo como uma via para resolver problemas reais. Isto tem que ter impacto positivo na melhoria da vida das pessoas. Isto é empreender com propósito. Empreender não é elitista, requer esforço, requer escolhas e requer deixar de fazer muitas coisas que gostamos de fazer para nos dedicar totalmente a uma que vai exigir de nós muito esforço. Mas esta também é uma jornada que é preciso desfrutar com coragem e com gosto, e é uma jornada que começa e não acaba, passamos de um ciclo para outro ciclo e assim sucessivamente.

Haymée has spoken in public, and several times, about “entrepreneurship with purpose.” What does this mean? I talk about this several times because it’s something we also try to promote a lot in the Founder Institute network. Sometimes a lot of startups are created, a lot of products that are sometimes interesting, but the impact they have on people’s lives is minimal. In countries like ours, where there are serious social and economic problems, we have to look at entrepreneurship as a way to solve real problems. This has to have a positive impact on improving people’s lives. This is entrepreneurship with purpose. Entrepreneurship is not elitist, it requires effort, it requires choices, and it requires giving up doing many things we like to do to fully dedicate ourselves to one that will require a lot of effort from us. But this is also a journey that must be enjoyed with courage and with gusto, and it is a journey that begins and does not end, we go from one cycle to another cycle and so on.

“Aqui, todos os agentes do ecossistema têm um papel,

mas o sector público tem responsabilidades acrescidas” “Here, all the agents of the ecosystem have a role, but the public sector has added responsibilities” O que é um projecto de impacto social? Conheço uma grande empresa, que gera muito lucro, que dedica 1% do mesmo a ajudar a vida animal na África Subsariana. Isso tem impacto social. No Founder Institute também vamos passar a ter especialistas para medir o resultado do impacto que as startups irão ter. Também avaliamos o nível de empregabilidade: se cada uma destas startups conseguir gerar três, quatro empregos, já é um impacto social.

What is a social impact project? I know a large company, which generates a lot of profit, that devotes 1% of it to helping animal life in sub-Saharan Africa. That has social impact. At the Founder Institute we are also going to have specialists to measure the impact that the startups will have. We also evaluate the level of employability: if each one of these startups manages to generate three, four jobs, it is already a social impact.

Qual o melhor conselho que pode dar a um empreendedor em Luanda neste momento? O melhor conselho que eu posso dar é que se foquem no negócio, que não queiram fazer tudo ao mesmo tempo. Peçam ajuda se não sabem, partilhem, porque não se empreende sozinho. Que se preparem, têm que se preparar, têm que estudar.

What is the best advice you can give to an entrepreneur in Luanda right now? The best advice I can give is to focus on the business, not to do everything at once. Ask for help if you don’t know, share, because you can’t do it alone. Prepare yourself, you have to prepare yourself, you have to study.


67 E a um investidor? Eu, na verdade, estou também na minha curva de aprendizagem, mas o que eu posso dizer, segundo a minha experiência, é que investir em startups na fase inicial, de pre-seed é de alto risco, pode não ter o final esperado. A pessoa tem que saber qual é o seu perfil enquanto investidor. Tem que saber o que procura. Pode iniciar a investir com valores cuja perda não seja crítica para a sua própria vida, porque pode não resultar, faz parte do processo. É muito importante conhecer o negócio, conhecer a equipa e desenvolver empatia por ela e estudar a startup para poder dar o suporte ideal.

And to an investor? I am actually on my learning curve as well, but what I can say, from my experience, is that investing in startups in the early, pre-seed phase is a high risk, it may not have the expected end. The person has to know what his profile is as an investor. You have to know what you are looking for. You can start investing with amounts whose loss is not critical to your own life, because it may not work out, it’s part of the process. It is very important to know the business, to know the team and develop empathy for them, and to study the startup to provide the ideal support.

O que falta em Angola para que a transformação do empreendedorismo aconteça? Nós temos um ecossistema que se está a iniciar, é recente. Contudo, já temos os diferentes agentes desse ecossistema. Primeiro que tudo, já temos startups, que representam o talento, e que são o mais importante. Depois, temos todas as organizações que dão suporte para que essas startups e os seus negócios aconteçam. O ecossistema existe porque os empreendedores e o talento existem. Senão, o resto não tem sentido nenhum. Outro factor importantíssimo é a mentoria, ou seja, a transferência de experiência, conhecimento e capital. Porém, o capital é atraído pelo valor criado através da inovação. A inovação aberta tem um papel essencial em países como o nosso, poderá catalisar o desenvolvimento socioeconómico , atrair a criação de mais infraestruturas de serviços, empregos, parcerias, entre outros. Precisamos de um ecossistema que promova a inclusão, a abertura, a mobilidade de recursos (capital, pessoas), com um framework legislativo adequado e que promova a inovação e o empreendedorismo, onde o papel do Governo seria promover o investimento, encorajar, monitorar o impacto. Precisamos de casos de sucesso no nosso ecossistema e acredito que vai acontecer, mas as premissas, envolvimento e suporte de todos os agentes do ecossistema são críticos.

What is missing in Angola for entrepreneurship transformation to happen? We have an ecosystem that is just beginning, it is new. However, we already have the different agents of this ecosystem. First of all, we already have startups, which represent the talent, and which are the most important. Then we have all the organizations that provide support for these startups and their businesses to happen. The ecosystem exists because the entrepreneurs and the talent exist. Otherwise, the rest is meaningless. Another very important factor is mentoring, that is, the transfer of experience, knowledge, and capital. But capital is attracted by the value created through innovation. Open innovation has an essential role in countries like ours, it can catalyze socio-economic development, attract the creation of more service infrastructures, jobs, partnerships, among others. We need an ecosystem that promotes inclusion, openness, mobility of resources (capital, people), with an appropriate legislative framework that promotes innovation and entrepreneurship, where the government’s role would be to promote investment, encourage, monitor the impact. We need success stories in our ecosystem and I believe it will happen, but the premise, involvement, and support of all the players in the ecosystem are critical.


68

Daniela Rodrigues

Business Development Manager Finy Ventures

Política de preços: Como escolher o preço certo para o seu produto ou serviço? Pricing: How to choose the right price for your product or service?

O preço é essencial na estratégia de marketing de qualquer empresa. Um preço baixo, por exemplo, poderá atrair muitos clientes, mas tornará difícil a obtenção de uma boa margem de lucro, assim como poderá impossibilitar um futuro aumento dos preços. Por outro lado, um preço elevado poderá garantir uma boa margem de lucro, mas irá atrair poucos clientes. A definição do preço irá determinar se o cliente compra o seu produto ou serviço, a margem de lucro da sua empresa e o seu posicionamento no mercado. É por isso importante definir uma boa política de preços e revê-la frequentemente.

Price is essential in any company’s marketing strategy. On one hand, a low price can attract many customers but make it hard to obtain an acceptable profit margin. It can also make it difficult for a future price increase. On the other hand, a high price can guarantee a satisfying profit margin, but it will attract few customers. The price-setting will determine whether the customer buys your product or service, your company’s profit margin, and its positioning in the market. It is, therefore, key to define an adequate pricing policy and to review it frequently.

Olhe para dentro do seu negócio

Look inside your company

O preço do seu produto ou serviço deve ser suficientemente elevado para garantir a sustentabilidade do seu negócio e gerar ainda uma margem de lucro. Conheça por isso: o seu custo de produção, custos de transporte e armazenamento, investimentos em marketing e publicidade e custos de distribuição. Reflita ainda sobre a margem de lucro desejada, o seu posicionamento ou marca, assim como os objetivos a curto, médio e longo prazos da empresa.

The price must be high enough to guarantee the sustainability of your business and generate a profit margin. Know your numbers: your production cost, transport and storage costs, investments in marketing and advertising, and distribution costs. Also reflect on the desired profit margin, positioning, or brand, as well as the company’s short, medium and long term objectives.


69 Olhe para a sua concorrência

Look at your competition

Definir o preço conforme os preços praticados pela concorrência é uma estratégia muito utilizada. Porém, tal nem sempre é possível ou mesmo vantajoso. Imaginemos, por exemplo, uma mercearia, esta dificilmente irá conseguir competir pelo preço com as grandes cadeias de supermercado. Quando não é possível competir com o preço, há que encontrar outras formas de acrescentar valor ao produto ou serviço, como a personalização, a conveniência, o atendimento ao cliente, criação de programas de fidelização ou ter uma localização estratégica do negócio. Quanto mais diferenciado o seu produto for da concorrência maior o preço que poderá cobrar. Por outro lado, se o seu produto não se diferenciar da concorrência a escolha do consumidor será baseada no preço.

Setting the price according to the ones charged by the competition is a widely used strategy. However, this is not always possible or even advantageous. Imagine a grocery store will hardly be able to compete with price along the big supermarket chains. When it is impossible to compete with the price, it is necessary to find other ways to add value to the product or service. Forms of adding value to your product/service include personalization, convenience, customer service, creation of loyalty programs, or having a strategic location of the business. The more differentiated your product is from the competition, the higher the price you can charge. On the other hand, if your product does not differ from the competition, the consumer’s choice will be based on price.

Compreenda a sua proposta única de venda

Understand your unique selling proposition

É importante olhar bem para o seu produto ou serviço e saber o que o diferencia da concorrência. Pergunte-se a si mesmo “O que faço eu melhor do que a minha concorrência?”. Perceba o que o seu cliente valoriza no seu produto ou serviço, e todos os fatores que o fazem escolher ir ao seu negócio em vez de o da concorrência. Na verdade, vai sempre existir um produto mais barato que o seu, mas os seus concorrentes não têm a relação que estabeleceu com o seu cliente.

It is useful to take a good look at your product or service and know what sets it apart from the competition. Ask yourself, “What do I do better than my competition?”. Realize what your customer values in your product or service, and all the factors that make you choose to go to your business instead of the competition. There will always be a cheaper product than yours, but your competitors don’t have the relationship you use with your customer.

Pergunte aos seus clientes

Ask your customers

Não tenha medo de fazer perguntas aos seus clientes ou a potenciais clientes. Pode obter informação valiosa ao conversar com os seus clientes e ouvir as suas opiniões. Pergunte o que pensam do seu produto e o valor que tem para eles. Pergunte qual o preço que estariam dispostos a pagar pelo seu produto/serviço e o modo de pagamento que preferem. Pode também perguntar se estariam interessados num plano de fidelização. Que melhor do que receber feedback diretamente da fonte e não pagar nada por isso?

Don’t be afraid to ask questions of your customers or potential customers. You can get valuable information by talking to your customers and listening to their opinions. Ask them what they think of your product and the value it has for them. Ask what price they would be willing to pay for your product/ service and their preferred payment method. You can also ask if they would be interested in a loyalty plan. What better than receiving feedback directly from the source and paying nothing for it?


70

Incubadoras e Aceleradoras de Startups Startup Incubators and Accelerators

O Acelera Angola é uma incubadora e aceleradora de micro e pequenas empresas, que proporciona as ferramentas necessárias para ajudar a alavancar ideias de negócio ou empresas já estabelecidas. No Acelera Angola há também um espaço de co-working, especialmente concebido para garantir comodidade e a logística necessária para acesso à Internet. Além de criar uma base de apoio, o Acelera Angola desenvolve ainda um importante networking para que os empreendedores passam criar uma rede de contactos crucial para os seus negócios.

Acelera Angola is an incubator and accelerator for micro and small businesses, which provides the necessary tools to help leverage business ideas or established companies. At Acelera Angola there is also a co-working space, specially designed to ensure convenience and the necessary logistics for Internet access. In addition to creating a support base, Acelera Angola also develops important networking so that entrepreneurs can build a network of contacts crucial to their businesses.


71

Incubadoras e Aceleradoras de Startups Startup Incubators and Accelerators

O Founder Institute é o principal acelerador de estágio de ideias e programa de lançamento de startups do mundo. Se você estiver à altura do desafio, o nosso programa abrangente passo a passo lhe dará a estrutura, o suporte do mentor e a rede global de que você precisa para iniciar uma empresa duradoura. Além disso, o Founder Institute é o único programa do género que aceita fundadores individuais (Solo) e fundadores com trabalhos diurnos e compartilha o património com todos os participantes. Os líderes das empresas de crescimento mais rápido do mundo usaram nosso programa para fazer a transição de funcionário para empresário, testar suas ideias de startups, formar uma equipe, obter seus primeiros clientes, levantar fundos e muito mais.

Founder Institute is the world’s leading idea-stage accelerator and startup launch program. If you’re up to the challenge, our comprehensive step-by-step program will give you the structure, mentor support, and global network you need to start a lasting company. Also, Founder Institute is the only program of its kind that accepts individual founders (Solo) and founders with day jobs and shares assets with all participants. Leaders of the world’s fastest-growing companies have used our program to transition from employee to entrepreneur, test their startup ideas, build a team, get their first customers, raise funds, and more.


72

Incubadoras e Aceleradoras de Startups Startup Incubators and Accelerators

Bantu Makers é um estúdio startup que constrói empresas usando as nossas próprias ideias e recursos. Somos investidores e empreendedores, construímos empresas e investimos em líderes para resolverem grandes desafios dos mercados africanos.

Bantu Makers is a startup studio that build companies using our own ideas and resources. We are investors and entrepreneurs who build companies and invest in leaders to solve great challenges in the African markets.


73

Incubadoras e Aceleradoras de Startups Startup Incubators and Accelerators

A Fábrica de Sabão é um ecossistema que visa impulsionar a educação inovadora, a criatividade e o empreendedorismo em todos os sectores nacionais. A mesma é uma combinação de centro incubador e acelerador, um espaço de trabalho e MakerSpace, e uma plataforma de intercâmbio criativo e cultural.

The Fábrica de Sabão is an ecosystem that aims to boost innovative education, creativity and entrepreneurship in all national sectors. It is a combination of an incubator and accelerator center, a workspace and MakerSpace, and a platform for creative and cultural exchange.


74

Agenda Calendar

Expo Namibe A primeira edição da Expo Namibe tem como principais objectivos, entre outros, estimular o desenvolvimento económico da província, promover a capacidade produtiva real e potencial, atrair novos parceiros e investidores, criar novas indústrias e aumentar os postos de emprego e consequentemente o crescimento sustentado da província e da sua sociedade. Data: 25 a 28 de março de 2021 Local: Largo 1º de Maio - Namibe

Expo Namibe The first edition of Expo Namibe has as main objectives, among others, stimulate the economic development of the province, promote real and potential productive capacity, attract new partners and investors, create new industries and the increase of jobs and consequently the sustained growth of the province and its society. Date: March 25-28, 2021 Location: Largo 1º de Maio - Namibe

Webinar: Conheça as mulheres que estão a construir negócios de tecnologia de rápido crescimento Apesar do fato de que as mulheres recebem menos de 10% do financiamento de capital de risco, ainda há uma abundância de empresas de rápido crescimento lideradas por mulheres. Neste webinar, podem-se conhecer e construir relacionamentos com fundadoras de negócios de tecnologia. Data: 9 de março de 2021 Local: Online

Webinar: Meet the Women Building Fast-Growth Technology Businesses Despite the fact that women receive less than 10% of VC funding, there is still an abundance of fast-growth women-led companies. On this webinar, you can meet and build relationships with Female Founders that are building interesting and fast-growing technology businesses. Date: Mar 9, 2021 Location: Online


75

FIMA Os principais objectivos da 2ª Edição da FIMA são, entre outros, a satisfação das necessidades locais no desenvolvimento da Indústria do sector, criação de cursos técnicoprofissionais, escolas e universidades, aumento da oferta e consequente incremento do comércio, identificação da produção florestal nacional para a selecção das melhores e mais nobres espécies para a exportação. Data: 12 a 15 de maio de 2021 Local: Baía de Luanda

FIMA The main objectives of the 2nd Edition of FIMA, among others, are meeting local needs in the development of the industry in the sector, the creation of technical and professional courses, schools and universities, increase in supply and consequent increase in trade, identification of national forest production for the selection of the best and most noble species for export. Date: May 12th to 15th, 2021 Location: Luanda Bay

Feira Internacional de Benguela Principais Objectivos: Promover e desenvolver o potencial económico e industrial da Região Sul do País, atrair investimentos nacionais e internacionais, reunir os principais agentes económicos e sociais e propocionar um ambiente educativo, propício a negócios de entretenimento Data: 26 a 29 de maio de 2021 Local: Estádio Nacional de Ombaka, Benguela

Benguela International Fair Main Objectives: Promote and develop the economic and industrial potential of the southern region of the country, attracting National and International Investments, bring together the main economic and social agents and provide an educational environment, conducive to entertainment business Date: May 26th to 29th, 2021 Location: Ombaka National Stadium, Benguela

Alimentícia Feira da indústria alimentar, bebidas, distribuição e logística

Principais Objectivos: Apresentar novidades e tendências de mercado, dar ênfase a ecologia associada ao sector alimentício, promover o encontro de diversos players do mercado, promover e valorizar a produção nacional e melhorar a qualidade alimentar, potencializar a troca de informações e experiências e alavancar a exportação em angola. Data: 9 a 12 de junho de 2021 Local: Baía de Luanda

Alimentícia

Food, beverage, distribution and logistics fair

Main Objectives: Present news and market trends, emphasize ecology associated with the food sector.promote the meeting of several market players, promote and enhance national production, enhance the exchange of information and experiences and leverage exports in angola. Date: June 9-12, 2021 Location: Luanda Bay


76

Feira Internacional de Luanda Principais Objectivos: Expor produtos e serviços, prospecção de clientes, formação de novas parcerias, promover e desenvolver o potencial económico e industrial do pais, atrair investimentos nacionais e internacionais, reunir os principais agentes económicos e sociais, fomentar o emprego, incremento da competitividade entre as indústrias nacionais, incentivo ao investimento privado e diversificar a economia. Data: 6 a 10 de julho de 2021 Local: ZEE-Zona Económica Especial Luanda-Bengo

Luanda International Fair Main Objectives: Expose products and services, prospecting customers, formation of new partnerships, promote and develop the country’s economic and industrial potential, attract national and international investments, bring together the main economic and social agents, fostering employment, increased competitiveness among national industries, encouraging private investment and diversifying the economy. Date: July 6-10, 2021 Location: ZEE-Zona Económica Especial Luanda-Bengo

Webinar: Fundamentos de crescimento para startups com Kieran Flanagan Nesta masterclass, Kieran Flanagan, vice-presidente sênior de marketing da HubSpot, abordará um dos pilares essenciais de crescimento: atrair novos clientes. Flanagan analisará diferentes manuais que as startups podem adotar para atrair novos clientes. Localização: Online Data: 24 de março de 2021

Webinar: Growth Essentials for Startups with Kieran Flanagan In this masterclass, Kieran Flanagan, Senior Vice President of Marketing at HubSpot, will go through one of the essential pillars of growth: attracting new customers. Flanagan will review different playbooks that startups can adopt to attract new customers. Location: Online Date: Mar 24, 2021

Projekta A Feira Internacional de Equipamentos e Serviços para a Construção Civil, Obras Públicas, Urbanismo,Arquitectura e Decoração de Interiores e imobiliário é uma organização da Eventos Arena e do Ministério da Construção e Obras Públicas, com o apoio da AIMCA. Data: 24 a 27 de novembro de 2021 Local: ZEE-Zona Económica Especial Luanda-Bengo

Projekta The International Fair of Equipment and Services for Civil Construction, Public Works, Urbanism, Architecture and Interior Decoration and real estate is an organization of Eventos Arena and the Ministry of Construction and Public Works, with the support of AIMCA. Date: November 24th to 27th, 2021 Location: EEZ-Luanda-Bengo Special Economic Zone


77


VAMOS

INOVAR

78

JUNTOS?

ventures

CLUBE DE INVESTIDORES EM STARTUPS

Acrescentámos conhecimento à tecnologia para potenciar o know-how da nossa equipa e assim alcançar os empreendedores que procuram o investidor certo para o seu negócio.

Finy Club O Finy Club apresenta as melhores startups a investidores pré-validados, de acordo com critérios de investimento pré-estabelecidos, favorecendo assim o contacto entre os melhores investidores para determinado projeto.

INVESTIDORES Aceda a projetos pré-selecionados e alargue a sua rede de contactos.

STARTUPS É hora de procurar investidores? Podemos ajudá-lo a alavancar os seus negócios.

TORNE-SE MEMBRO Seja parte do clube e tenha acesso a oportunidades exclusivas.

/finyventures

+351 291 224 216

/finyventures

www.finy.pt

/finy-club

info@finy.pt


Issuu converts static files into: digital portfolios, online yearbooks, online catalogs, digital photo albums and more. Sign up and create your flipbook.