Page 1

Inscrição para o 12º Acampamento da Canção Nativa Página 6

al

O FATO

n Jor

Ano XXXVIII | Edição n.° 2003 | R$ 1,50

CAMPO BOM | Sexta-feira, 04 de janeiro de 2013.

Prefeito, vice e vereadores empossados

Em solenidade realizada no Teatro Marlise Saueressing, lotado, foram empossados o prefeito Faisal Karam que vai para seu segundo mandato, o vice Marcos Riegel e os vereadores para a legislatura 2013 e 2016. Um clima descontraído, com discursos emocionados, marcaram a presença dos vereadores, principalmente os de primeira experiência no Legislativo. Após em solenidade realizada no saguão da Prefeitura, foi feita a investidura e posse do prefeito e vice que contou também com a presença de secretários, vereadores e comunidade em geral. Mais detalhes nas páginas centrais desta edição.

IPTU com 15% de desconto para quem pagar até dia 29

Turismo no RS Página 3

Página 8

Confira as notícias da Brigada Militar Página 7

Vice-prefeito Marcos Riegel e Prefeito Faisal Karam

Dedicação envolvimento e eficiência.

Roupas & Acessórios

(51) 9803-2623 ( Quiksilver, Billabong, Adidas, Ecko e outros)

Contato com Elisa 9212.0732

TELE-TINTAS

3597.3436

3529.3043

R. Santa Helena, 348 (fundos) Bairro Centenário - Sapiranga

Presentes,Bijuterias e Utilidades em Geral Cartões Telefônicos

Agora com: Pronto Socorro Elétrico e Hidráulico (Diariamente das 13hs às 21hs,inclusive Feriados)

Rua Benno Bauer, 213-Quatro Colônias-Campo Bom


GERAL

2

O Fato do Vale

Sexta-feira, 04 de janeiro de 2013.

Episódio de minha infância Em 1938 minha família mudou-se para Porto Alegre, vinda de Rosário do Sul. Minha mãe (dona Alfa) eu, o Caico, o Covinho, o Canrobert e a Yolanda, esta ainda com dois ou três meses de idade e nossa viagem foi feita em um trem da antiga Viação Férrea do Rio Grande do Sul. Meu pai havia cumprido pena de prisão por razões políticas no vetusto Cadeiam da Volta do Gasometro onde ficou por dois meses. Ali entre outros teve como companheiro de cela o médico Wolfran Metzler, benquisto cirurgião aqui no Vale do Sinos. Como fora jornalista em Rosário – editando o “Independente” – conseguira emprego de repórter no Diário de Notícias. Fomos morar provisoriamente na casa de minha tia Maria, irmã de meu pai, que era casada com o tenente Otavio Meireles de Azevedo, farmacêutico da Brigada Militar. Ali ficamos por pouco tempo. Pois fôramos morar no longínquo Passo da Mangueira, naquele tempo uma zona rural de Porto Alegre, depois (e até hoje) chamado de bairro Sarandi. A casa era um bangalô novinho, de madeira mas sem água e sem luz, isolado no meio de um descampado. Um poço nos fornecia água que nos vinha por meio de uma roldana em cuja extremidade havia um balde. À noite usávamos velas em castiçais. A vida naquela casa era precária. O bonde em que meu pai ia e vinha para o trabalho tinha o seu fim de linha onde hoje é o Viaduto Obiricy, no Passo da Areia. Dali após o seu plantão nas madrugadas – meu pai percorria cerca de dois quilômetros a pé, cruzando, inclusive, um riacho onde existia uma precária pontezinha. Certa noite, sob chuva intensa, o riacho transbordou, a ponte ruiu e meu pai atravessou o trecho a nado, chegando em casa molhado como um pinto na chuva. Foi o que bastou para que nos mudássemos daquela simpática casinha do Passo da Mangueira para o bairro da Glória, em uma rua não muito distante da gruta de Lourdes, lugar de peregrinação religiosa. Fomos habitar um sobradinho na rua Manduca Rodrigues, próximo onde era o fim da linha do bonde Glória. Ali se localizava um bar chamado “Ponto Chic” muito frequentado pelas famílias do bairro, devido a um famoso sorvete que ali era fabricado. A casinha era modesta com uma escadinha interna levando a um sótão onde eu e meu irmão Caico fizemos nosso quarto, nosso dormitório. Nos fundos do terreno corria um córrego de águas limpidas que vinham de vertente no alto do Morro da Polícia. Ali a garotada da zona fazia uma represa nos dias de verão e no local nós nos divertíamos a valer. Era a nossa praia. Em uma rua próxima ficava a bela casa onde morava um rapaz chamado Alberto do Canto que todas as tarde dedilhava um piano, para alegria de toda vizinhança. Mais tarde ele se consagrou como um compositor de música popular no mundo artístico do nosso Estado. Aqui fecho um pequeno capitulo de meus dias de adolescência.

O FATO VALE

Abertas as inscrições para o GDE 2013 Já é possível se matricular para a terceira edição do curso Gestão e Desenvolvimento para a Excelência (GDE), que inicia em março. Implementado pela CDL de Campo Bom em Parceria com o Comitê Regional Vale do Sinos e Assessoria Gerencial e Organizacional Pirâmide (AGOP), o curso capacita os gestores a melhorar os resultados de suas empresas, ampliando suas capacidades gerenciais. O programa tem duração de 10 meses, com uma aula por semana, totalizando 102 horas/aula, além de duas visitas técnicas e 15 horas de assessoria empresarial por participante. O curso é direcionado a diretores, gerentes, acadêmicos e outros profissionais interessados em administrar os negócios utilizando a metodologia e ferramentas da Qualidade Total, facilitando a tomada de decisão na construção de melhores resultados. As inscrições devem ser realizadas pelo telefone 3597-1226 ou pelo e-mail cdlcampobom@ cdlcampobom.com.br.

Circula às sextas-feiras em Campo Bom, Sapiranga, Araricá e Nova Hartz

Fundado em 20/06/1975 - CNPJ: 72.560.014/0001-70 Diretor Editor | Joelci Luiz Mello (Reg. Prof. 4465) Diretora Comercial | Evanir Eloisa Martini Criação e Produção Gráfica | Rosiane Mello Assistente de Produção | Mariane Mello SEDE: C. Bom - R. Lima e Silva, 29 - Sl 03 - Centro - 3598.6411 Sapiranga - R. São Pedro, 399 - Centro - 3559.5411 e-mail: jornal.js@netwizard.com.br | site: www.jornaljs.com.br As colunas assinadas são de inteira responsabilidade dos autores e não representam necessariamente a opinião do jornal. Também não representam vínculo empregatício com a empresa.

MINUTO DE SABEDORIA

Caminhe seguro, porque aqueles que falam de você vão ficar parados atrás, sem progredir. E, quando eles perceberem, você já progrediu tanto, que eles o perderam de vista... Fonte: Livro Minutos de Sabedoria de C. Torres Pastorino

CINEMA NO CEI PROGRAMAÇÃO DAS SALAS DE AUDIOVISUAL DO CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA – CEI

CEI - SALA BÁRBARA PAZ - 01 AMANHECER: O FINAL

Paris F 117 min. 12 Anos Scope DUBLADO

2º Liquida Tchê em fevereiro Mais de 800 prêmios entre geladeiras, ar-condicionados, TVs LCD, tablets e vale-compras serão oferecidos na tradicional campanha Liquida Tchê, que terá início em fevereiro de 2013. A iniciativa, que promove grandes ofertas ao consumidor, produtos de qualidade e preços competitivos, é promovida pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS) e CDLs dos municípios. Para participar da campanha basta confirmar a adesão junto a CDL Campo Bom, preparar a equipe e oferecer descontos ao consumidor. Conforme o presidente da entidade, Omar Hoffmeister, a campanha é a oportunidade para os associados movimentarem as vendas no mês de fevereiro. “É o momento ideal para investir em promoções e descontos para atrair o consumidor nesta época do ano em que as vendas são mais baixas”, observa ele. Maiores informações pelo telefone 3597-1226.

Responsabilidade social O projeto Responsabilidade Social, promovido pela CDL de Campo Bom, repassou em novembro e dezembro de 2012, por meio das doações dos associados da CDL, um total de R$ 2.846,00 para entidades beneficentes do município. Confira: Liga Feminina de Combate ao Câncer, Lilian Reuter: R$ 947,00 - Apae: R$ 970,00 - Consepro: R$929,00

Theodoro Ernani de Menezes Nunes Tel.: 35978191

do

INFORMATIVO

PROGRAMAÇÃO: Sexta 04/01/2013 - 18h30min - 20h30min Sábado 05/01/2013 - 15h - 18h30min - 20h30min Domingo 06/01/2013 - 15h- 18h30min - 20h30min Quarta 09/01/2013 - 15h - 18h30min - 20h30min Quinta 10/01/2013 - 15h- 18h30min - 20h30min Sinopse: Em ‘Amanhecer - Parte 2’, a felicidade dos recém-casados Bella Swan (Kristen Stewart) e Edward Cullen (Robert Pattinson) é interrompida quando uma série de traições e desgraças ameaça destruir o mundo deles. Após dar a luz a Renesmee (Mackenzie Foy), Bella desperta já vampira. Ela descobre que Jacob (Taylor Lautner), seu melhor amigo, teve um imprinting com a filha e passa a acompanhar seu rápido desenvolvimento. Bella não aceita esse fato no início, mas depois compreende e eles convivem em harmonia.

CEI – SALA ALFREDO BLOS - 02 OS PENETRAS Warner 97 min. 14 Anos Scope DUBLADO PROGRAMAÇÃO: Sexta 04/01/2012 - 18h40min - 20h40min Sábado 05/01/2012 - 15h10min - 18h40min - 20h40min Domingo 06/01/2012 - 15h10min - 18h40min - 20h40min Quarta 09/01/2013 - 15h10min - 18h40min - 20h40min Quinta 10/01/2013 - 15h10min - 18h40min - 20h40min Sinopse: A dois dias do réveillon, o apaixonado Beto (EduardoSterblitch) vai ao Rio de Janeiro tentar reatar com Laura (Mariana Ximenes) e,desprezado, tenta o suicídio. Quem o salva da morte é o vigarista Marco Polo(Marcelo Adnet), que promete ajudar o seu novo e excêntrico amigo a reatar coma amada. Junto a seu comparsa Nelson (Stepan Nercessian), eles usam todos ostruques possíveis para invadir as festas da alta sociedade carioca, mas nemsempre as coisas saem como o planejado.

VALOR INGRESSOS: R$ 8,00 comunidade; R$ 4,00 estudantes, acima de 60 anos, crianças até 12 anos; R$ 3,00 na promoção de quarta, quinta-feira, sábados e domingos somente nas sessões da tarde. OBS: A programação das Salas de Audiovisual está disponível no site: blog: salasdeaudiovisualcei.blogspot.com - www.campobom.rs.gov.br

Fone: 3597-0435 - Av. Dos Estados, 1080 – Centro – CB

SOLICITE O SEU ORÇAMENTO material.f5@gmail.com

- Cartões de Visita - Convites Personalizados - Postais Comemorativos - Fotolivro - Banners - Folders - Panfletos - Artes gráficas em geral


GERAL

O Fato do Vale

3

Sexta-feira, 04 de janeiro de 2013.

Até 29 de janeiro para pagar o IPTU com 15% de desconto

Contribuinte que pagar antecipado concorrerá a 15 prêmios na campanha IPTU dá Sorte. Carnê 2013 será enviado a partir do dia 8 pelo correio

M

ais uma vez, o contribuinte campo-bonense que pagar seus tributos em dia será recompensado com descontos e sorteios de prêmios. Quem pagar o seu IPTU até o dia 29 de janeiro, à vista, receberá 15% de desconto além de concorrer a 15 prêmios, entre eles um carro zero km, no primeiro sorteio da campanha IPTU dá Sorte 2013. Já o contribuinte que pagar até o dia 27 de fevereiro receberá desconto de

7% na quitação do tributo. Quem participar dessa segunda modalidade de desconto também concorre na campanha, que incluem outros 15 prêmios, entre eles uma moto zero km, no segundo sorteio da promoção. Quem pagar o IPTU parcelado, em até sete vezes (com o primeiro vencimento no dia 27 de fevereiro e o último em 27 de agosto) também participa do segundo sorteio da campanha, mas não recebe desconto. Para participar, basta pagar em dia, sendo que o sorteio

Deputado faz apelo em favor da RS 010 O deputado João Fischer – Fixinha (PP), em pronunciamento da tribuna da Assembleia, no último dia de sessões do ano legislativo, fez um apelo ao governador do Estado para que se manifeste de forma efetiva em relação ao processo de construção da RS 010, a Rodovia do Progresso, estrada que deve servir de alternativa à BR 116, entre Porto Alegre e Sapiranga. Prevista para ser construída através de Parceria Público Privada, ainda no final do governo passado, a licitação foi suspensa e desde então o processo vem sendo discutido internamente pelo atual governo e com ameaça de ser definitivamente sepultado. “Grande parte do nosso Estado é refém diário da BR 116, cujo trajeto entre Porto Alegre e Ivoti encontra-se praticamente congestionado em sua totalidade”, explica. Segundo Fischer, que

coordena a Frente Parlamentar em favor da RS 010, quando um novo governo assume geralmente se renovam as esperanças da população. “Confesso que mesmo um pouco cético, esperava mais, aliás, muito mais desse governo, que infelizmente, começa a construir uma história de profunda ineficiência, de paralisia e retrocesso. Algo vergonhoso e talvez sem comparação na história de nosso Estado, já tão marcado por disputas políticas que ao longo dos tempos nos flagelaram com perdas históricas”, alerta. Para o deputado o que está acontecendo agora é algo igual ou pior. “Os presídios que seriam construídos através de Parceria Público Privada, em Canoas simplesmente foram riscados do mapa e até agora nada aconteceu. A saúde piorou e muito. O que falar da segurança então? Instituições como Daer, CEEE, o

será feito a partir do número da matrícula do contribuinte, automaticamente. A data dos sorteios para 2013 será definida e divulgada em breve. O titular da Secretaria Municipal de Finanças, Jerri de Moraes, avisa que os carnês do IPTU 2013 serão enviados via Correios a partir do dia 8 de janeiro, e reforça que se o contribuinte não receber em casa até próximo da data de vencer o prazo, uma segunda via pode ser pedida no setor de Protocolo do Centro Administrativo ou imprimir a se-

gunda via pela internet, por meio do site da Prefeitura. “O pagamento do IPTU é revertido nos diversos investimentos feitos pela Administração na cidade e este ano o foco é a ampliação do Hospital Lauro Réus, com a construção de nova UTI e de mais leitos”, ressalta Jerri. Para concorrer na campanha, o contribuinte não deve ter débitos de anos anteriores com a Prefeitura e pagar em dia o imposto. O contribuinte também não pode estar em débito com nenhum outro tributo municipal.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.406/2012, de 12 de dezembro de 2012. ABRE CRÉDITOS SUPLEMENTARES E REDUZ DOTAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais e autorizado conforme parágrafo 1º, inciso IV do artigo 4º da Lei Municipal nº 3.802/2011 de 13/12/2011.

DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado abrir Créditos Suplementares no valor de R$ 78.000,00 (setenta e oito mil reais), sob as seguintes classificações orçamentárias: 0203.02.061.0112.2.010.3.1.90.11.00.00.00 – Serviços Jurídicos – Desp. 52010.......................................................................R$ 28.000,00 0604.12.361.0047.2.066.3.1.90.04.00.00.00 – Manutenção da Educação Fundamental Fundeb – Desp. 32066.......................R$ 30.000,00 0801.10.301.0107.2.114.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serviços de Saúde – Desp. 52114...........................................R$ 20.000,00

Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura dos Créditos Suplementares abertos no artigo 1º deste Decreto, a redução de igual valor das seguintes dotações orçamentárias:

Deputado Fixinha

Ipê, entre outras, começam a perder a credibilidade em meio a problemas graves de gestão. Mas entre tudo isso, talvez a questão mais lastimável desse governo seja sua atitude em relação à RS 010. As centenas de milhares de pessoas que utilizam a BR 116 diariamente como eu sabem que essa estrada já ultrapassou seu limite há algum tempo. Está mais do que na hora de sair do discurso e ir para prática. Não dá mais pra aguentar do jeito que está” apelou.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.408/2012, de 14 de dezembro de 2012. ABRE CRÉDITOS SUPLEMENTARES E REDUZ DOTAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais e autorizado pela Lei Municipal nº 3.802/2011 de 13 de dezembro de 2011. DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado abrir Créditos Suplementares no valor de R$ 11.600,00 (onze mil e seiscentos reais), sob as seguintes classificações orçamentárias: 0201.04.122.0111.2.006.3.3.90.39.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 302006.............................................................................R$ 2.500,00 0702.08.244.0030.2.182.4.4.90.52.00.00.00 – Manuteção PAIF Programa Atenção Integral Família – Desp. 412182....................R$ 900,00 0803.10.301.0107.2.197.3.3.90.39.00.00.00 – Incentivo para Atenção Básica – Desp. 302197........................................................R$ 800,00 0803.10.305.0036.2.134.3.3.90.30.00.00.00 – Serviços de Vigilância em Saúde – Desp. 242134....................................................R$ 7.400,00

0602.12.365.0051.2.049.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção da Educação Infantil MDE – Desp. 52049......................................R$ 20.000,00 0603.12.366.0045.2.062.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção da Educação de Jovens e Adultos MDE – Desp. 52062................R$ 10.000,00 0605.13.392.0031.2.072.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552072............................................................R$ 8.000,00 0801.10.301.0031.2.109.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62109..............................................................R$ 20.000,00 0801.10.301.0107.2.114.3.1.90.04.00.00.00 – Manutenção dos Serviços de Saúde – Desp. 32114...........................................R$ 20.000,00

Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 12 de dezembro de 2012. Registre-se e Publique-se FAISAL MOTHCI KARAM, MÁRCIA ELISA ALVES, Prefeito Municipal. Secretária Municipal de Administração. Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.415/2012, de 26 de dezembro de 2012. ABRE CRÉDITOS SUPLEMENTARES E REDUZ DOTAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais e autorizado Lei Municipal nº 3.802/2011 de 13/12/2011.

DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado abrir Créditos Suplementares no valor de R$ 21.100,00 (vinte e um mil e cem reais), sob as seguintes classificações orçamentárias: 0401.04.122.0006.2.026.3.3.90.39.00.00.00 – Serviços de Atos Oficiais – Desp. 302026....................................................................... R$ 1.000,00 0603.12.361.0047.2.057.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção da Educação Fundamental MDE – Desp. 242057..................................... R$ 7.400,00 0801.10.301.0107.2.114.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção dos Serviços de Saúde – Desp. 242114..................................................... R$ 4.200,00 0902.15.451.0069.2.137.3.3.90.30.00.00.00 – Conservação de Vias Urbanas – Desp. 242137.............................................................. R$ 7.000,00 0902.15.451.0069.2.137.3.3.90.39.00.00.00 – Conservação de Vias Urbanas – Desp. 302137.............................................................. R$ 200,00 0903.18.541.0064.2.150.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção da Limpeza Pública – Desp. 302150.......................................................... R$ 1.300,00

Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura dos Créditos Suplementares abertos no artigo 1º deste Decreto, a redução de igual valor das seguintes dotações orçamentárias:

0702.08.244.0030.2.182.3.3.90.39.00.00.00 – Manuteção PAIF Programa Atenção Integral Família – Desp. 302182....................R$ 900,00 0803.10.301.0107.2.197.4.4.90.52.00.00.00 – Incentivo para Atenção Básica – Desp. 412197........................................................R$ 800,00 0803.10.305.0036.2.134.4.4.90.52.00.00.00 – Serviços de Vigilância em Saúde – Desp. 412134....................................................R$ 7.400,00 0902.26.782.0069.2.141.3.3.90.39.00.00.00 – Conservação de Pontes e Passarelas – Desp. 302141............................................R$ 2.500,00

0602.12.365.0051.2.049.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção da Educação Infantil MDE – Desp. 92049.................................................. R$ 6.500,00 0603.12.361.0047.2.057.3.3.90.92.00.00.00 – Manutenção da Educação Fundamental MDE – Desp. 342057..................................... R$ 1.900,00 0702.08.244.0030.2.097.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção de Centros Comunitários – Desp. 302097.................................................. R$ 2.000,00 0902.26.782.0101.2.142.3.1.90.11.00.00.00 – Conservação de Estradas – Desp. 52142....................................................................... R$ 2.900,00 0902.26.782.0101.2.142.3.1.90.16.00.00.00 – Conservação de Estradas – Desp. 72142....................................................................... R$ 1.800,00 0903.18.541.0064.2.150.3.1.90.34.00.00.00 – Manutenção da Limpeza Pública – Desp. 82150............................................................ R$ 2.700,00 1402.27.812.0103.2.202.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção do Departamento de Lazer – Desp. 242202............................................... R$ 3.300,00

Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 14 de dezembro de 2012.

Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 26 de dezembro de 2012.

Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura dos Créditos Suplementares abertos no artigo 1º deste Decreto, a redução de igual valor das seguintes dotações orçamentárias:

Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária Municipal de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária Municipal de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.


4

GERAL

Sexta-feira, 04 de janeiro de 2013.

O Fato do Vale

Prefeito, vice e vereadores são empossados

“As projeções para os próximos anos não são animadoras. As dificuldades financeiras encontradas nos últimos meses tendem a se repetir, com reduções de receitas em decorrência da retração econômica e da desaceleração da produção industrial, entre outro fatores que dificultarão nosso trabalho na gestão que se inicia. A força de nossa comunidade por meio do trabalho e da crença no dia a dia de sua cidade é que nos ajudará a superar essas dificuldades, mas precisamos pensar nossa região como um todo. Pela profunda identidade entre os municípios do Vale do Sinos, precisamos pensar e formatar um plano regional de desenvolvimento. A capacidade empresarial que temos, o ambiente industrial que desfrutamos e a qualidade estrutural de nossa região, nos impõe essa atitude que é urgente e necessária”. Com o prognóstico de dificuldades financeiras enfrentadas pelos municípios nos próximos anos, o prefeito Faisal Karam (PMDB) e o vice-prefeito Marcos Riegel (PP) foram empossados ontem, para a gestão 2013/2016 que, conforme o prefeito, será ‘desafiadora’  no que diz respeito a investimentos. Na solenidade realizada no teatro Marlise Saueressig, no Centro de Educação Integrada (CEI), onde os dois tomaram posse junto com os 11 vereadores da cidade, Faisal fez um discurso propositivo, pormenorizando ações que devem pautar sua gestão. Além de defender ações coletivas regionais pelo desenvolvimento econômico e social da região, ratificou compromissos da campanha à reeleição, como investimentos na área de saúde.  “Nossa maior prioridade é a obra de ampliação em 30 leitos e a construção de uma Unidade de Tratamento Intensivo em nosso hospital (Lauro Réus). Entendemos que mesmo com as dificuldades financeiras, iremos edificar esta obra que ficará pronta em até dois  anos.   O maior desafio desta obra será colocar e manter os recursos

Vereadores tem mandato até 2016

Posse aconteceu no Teatro Marlise Saueressig

humanos, mas para isso a comunidade será chamada para ser parceira do poder público em ações que nos permitam ter um hospital que corresponda em parte à expectativa de nossa gente”.  Em sua fala, o prefeito comprometeu-se em investir ainda mais na qualidade de vida da comunidade e manter projetos bem sucedidos na área de educação. “Neste novo mandato que inicia teremos como prioridade ainda mais a qualidade de vida de nossa população. Ao melhorarmos a cidade, equipando-a dos itens básicos, estaremos atraindo investidores, visitantes e dando melhores condições àqueles que aqui residem. Para que isto aconteça, é necessário planejamento público através de medidas, tais como a reformulações das secretarias municipais; revisão do plano diretor e código de obras e ações voltadas à mobilidade urbana”, defendeu.  Aos cerca de 500 espectadores da solenidade de posse o

prefeito explanou as prioridades em cada área da administração, garantindo que a área de educação continuará recebendo atenção de forma especial. “Entendemos que este é o principal investimento que um gestor pode e deve realizar”.

ceu ao prefeito Faisal pela confiança, liberdade de trabalho, ‘infinita paciência’ e capacidade de ouvir. “Sobretudo lhe agradeço pelo convite mais honroso que já recebi. Muito, muito  obrigado mesmo”. Para Riegel o trabalho daqui pra frente é revestido de responsabilidade ESCOTEIRO e respaldado pela vontade popular. “Se “Sou o chefe escoteiro Marcos Rie- posso me atrever a dar uma dica sobre gel e estou pronto para servir a minha como desempenhar com prazer esta comunidade como vice-prefeito! Sem- missão, cito as palavras do general inpre Alerta”. O juramento dos escoteiros  glês Robert Baden-Powell, um homem resumiu, na solenidade de ontem, o com- a frente de seu tempo, que há mais de promisso do vice-prefeito Marcos Rie- 100 anos disse: “A verdadeira felicidagel com a comunidade de Campo Bom, de consiste em fazer as outras pessoas onde é conhecido também por seu traba- felizes.” lho nesta área. «Como escoteiro que sou Após a solenidade de posse no CEI, pouco posso fazer além de executar bem Faisal e Riegel foram recepcionados meu trabalho e cumprir com ótimo de- pela comunidade no Centro Administrasempenho a missão que me é confiada». tivo Municipal onde ocorreu o ato de inRiegel classificou como  «desafiadora, vestidura e posse do Prefeito e do Vice e difícil, absorvente, dura, interminável que teve a participação também dos setalvez” a missão que se inicia e agrade- cretários já anunciados da nova gestão.

Comunidade subiu a rampa do Centro Administrativo para prestigiar Faisal e Riegel


O Fato do Vale

GERAL

Sexta-feira, 04 de janeiro de 2013.

Registro da Solenidade no Centro Administrativo

Prefeito Faisal e vice-prefeito Riegel chegando ao Centro Administrativo com familiares

Prefeito Faisal destacou a experiência de passar por duas eleições

Secretários acompanham pronunciamento de Faisal

Saguão da Prefeitura estava lotado

Vice-prefeito Marcos Riegel destaca seu compromisso com o governo e comunidade

Assinatura da ata de posse

Secretários assinaram como testemunhas da posse

Prefeito Faisal e vice Marcos, juntamente com secretários municipais

5


GERAL

6

O Fato do Vale

Sexta-feira, 04 de janeiro de 2013.

Segue até o próximo dia 08 as inscrições para o 12º Acampamento da Canção Nativa

S

eguem até a próxima terça-feira, dia 8, as inscrições para o 12º Acampamento da Canção Nativa, que ocorre em março, paralelamente ao 11º Bivaque da Poesia Gaúcha e ao 35º Rodeio de Campo Bom, no Parque Municipal do Trabalhador. O objetivo da competição é incentivar a criação artístico-cultural no universo da música gaúcha, além de oportunizar a revelação de novos talentos e proporcionar o intercâmbio da cultura nativista. Serão selecionadas 12 músicas para a apresentação no evento, no dia 2 de março, no palco do Acampamento, quando serão conhecidos os vencedores. Podem participar compositores de qualquer parte do Brasil, desde que as composições estejam ligadas à tradição e cul-

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

Poema da Quinta Lua foi a vencedora do 11º Acampamento Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.418/2012, de 28 de dezembro de 2012. ABRE CRÉDITOS SUPLEMENTARES E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais e autorizado conforme parágrafo 1º, inciso IV do artigo 4º da Lei Municipal nº 3.802/2011 de 13/12/2011,

D E C R E T A: Art. 1° - É o Poder Executivo Municipal autorizado a abrir Créditos Suplementares no valor de R$ 782.500,00 (setecentos e oitenta e dois mil e quinhentos reais), sob as seguintes classificações orçamentárias: 0201.04.122.0031.2.005.3.1.90.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp. 62005 ........................................................................ R$ 21.300,00 0201.04.122.0031.2.005.3.1.91.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.552005 ......................................................................... R$ 4.900,00 0401.04.122.0004.2.023.4.6.91.71.00.00.00 Coord.e Manut.dos Serviços – Desp.592023 .........................................................R$ 15.100,00 0401.04.122.0031.2.027.3.1.90.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.62027 ........................................................................ .R$ 14.200,00 0401.04.122.0031.2.027.3.1.91.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.552027 ........................................................................R$ 25.700,00 0501.04.123.0031.2.038.3.1.91.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.552038 .......................................................................R$ 12.300,00 0602.12.365.0031.2.048.3.1.91.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.552048 ........................................................................R$ 13.300,00 0602.12.365.0105.2.106.4.6.91.71.00.00.00 Manut. do Serviço da Dívida – IPASEM Desp.592106 .............................................R$ 2.400,00 0603.12.361.0031.2.056.3.1.90.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.62056 .........................................................................R$ 22.000,00 0603.12.361.0031.2.056.3.1.91.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.552056 ...................................................................... R$ 342.200,00 0603.12.361.0105.2.129.4.6.90.92.00.00.00 Manut.do Serv.da Dívida-MDE Desp.592129 ....................................................... R$ 75.000,00 0605.13.392.0031.2.072.3.1.90.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.62072 ....................................................................... R$ 100,00 0605.13.392.0031.2.072.3.1.91.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.552072 ................................................. .................... R$ 6.600,00 0701.08.244.0031.2.088.3.1.90.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp. 62088 ...................................................................... R$ 7.900,00 0701.08.244.0031.2.088.3.1.91.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.552088 ..................................................................... R$ 5.000,00 0801.10.301.0031.2.109.3.1.90.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp. 62109 ...................................................................... R$ 57.000,00 0801.10.301.0031.2.109.3.1.91.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.552109 .................................................................. R$105.000,00 0801.10.301.0107.2.114.4.6.91.71.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.592114 ................................................................... R$ 20.600,00 0901.04.122.0031.2.136.3.1.90.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.62136 ...................................................................... R$ 11.800,00 0901.04.122.0031.2.136.3.1.91.13.00.00.00 Contrib.Patronais – Desp.552136 .................................................................... R$ 14.500,00 0905.15.452.0008.2.157.4.6.91.71.00.00.00 Controle e Fiscalização do Transito Municipal – Desp. 592157 ............................. R$ 1.200,00 0905.15.452.0031.2.159.3.1.91.13.00.00.00 Contrib. Patronais – Desp.552159 .................................................................. R$ 4.400,00 . Art. 2º - Servirá de recurso para a cobertura dos Créditos Suplementares abertos no artigo 1º deste Decreto, a arrecadação à maior prevista no exercício, conforme prevê o Inciso II do § 1º do artigo 43 da Lei Federal nº 4.320/1964 no valor de R$ 782.500,00( setecentos e oitenta e dois mil e quinhentos reais). Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 26 de dezembro de 2012. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária Municipal de Administração.

tura gaúcha. Cada composição inscrita deverá estar gravada em CD identificado apenas com o nome da composição. Segundo Gerson Rama, uma dos organizadores do evento, a meta é superar o número de inscrições do ano passo que, junto com as inscrições do Bivaque, somaram cerca de 400. INSCRIÇÕES – A inscrição das composições poderá ser feita pessoalmente, no horário de expediente (das 12h30min às 18h30min), ou pelo Correio, destinadas à Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo (Sictur) pelo endereço Av. Independência, 800 – Centro – Campo Bom/ RS – CEP 93700-000. A ficha de inscrição e regulamento estão disponíveis no site www. campobom.rs.gov.br.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.411/2012, de 20 de dezembro de 2012. ABRE CRÉDITOS SUPLEMENTARES E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais e autorizado pela Lei Municipal nº 3.802/2011 de 13/12/2011.

DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado abrir Créditos Suplementares no valor de R$ 206.500,00 (duzentos e seis mil e quinhentos reais), sob as seguintes classificações orçamentárias: 0201.04.122.0111.2.006.3.3.90.39.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 302006.............................................................................R$ 100,00 0203.02.062.0112.2.012.3.1.90.91.00.00.00 – Sentenças Judiciais – Desp. 632012........................................................................R$ 7.000,00 0401.04.122.0004.2.023.3.3.90.39.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 302023.....................................R$ 1.200,00 0401.04.122.0006.2.026.3.3.90.39.00.00.00 – Serviços de Atos Oficiais – Desp. 302026.................................................................R$ 6.200,00 0401.15.451.0009.2.028.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção de Prédios Públicos – Desp. 302028....................................................R$ 4.700,00 0402.04.122.0004.2.030.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 302030...............................................................R$ 200,00 0801.10.301.0107.2.114.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção dos Serviços de Saúde – Desp. 302114...............................................R$ 8.000,00 0803.10.301.0107.2.122.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção Programa HIV/AIDS e Outras DST – Desp. 242122............................R$ 4.600,00 0803.10.301.0107.2.124.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção do PAB – Desp. 302124........................................................................R$ 19.500,00 0803.10.301.0107.2.197.3.3.90.39.00.00.00 – Incentivo para Atenção Básica – Desp. 302197........................................................R$ 117.000,00 0903.15.451.0058.2.145.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção da Infra-estrutura Urbana (Rec.Min) – Desp. 302145..........................R$ 38.000,00

Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura dos Créditos Suplementares abertos no artigo 1º deste Decreto, a arrecadação a maior prevista no exercício, conforme prevê o Inciso II do § 1º do artigo 43 da Lei Federal nº 4.320/1964 no valor de R$ 125.000,00 (cento e vinte e cinco mil reais) e a redução de R$ 81.500,00 (oitenta e um mil e quinhentos reais), das seguintes dotações orçamentárias: 0201.04.122.0111.2.006.3.3.90.36.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 292006.............................................................................R$ 1.000,00 0203.02.061.0112.2.010.3.3.90.39.00.00.00 – Serviços Jurídicos – Desp. 302010...........................................................................R$ 1.500,00 0203.02.062.0112.2.012.4.4.90.91.00.00.00 – Sentenças Judiciais – Desp. 432012........................................................................R$ 7.000,00 0401.04.122.0004.2.023.3.1.90.16.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 72023.......................................R$ 6.200,00 0401.04.122.0004.2.023.3.3.90.30.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 242023.....................................R$ 3.500,00 0402.04.122.0004.2.030.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 242030...............................................................R$ 200,00 0803.10.301.0107.2.122.3.3.90.14.00.00.00 – Manutenção Programa HIV/AIDS e Outras DST – Desp. 232122............................R$ 1.990,00 0803.10.301.0107.2.122.3.3.90.33.00.00.00 – Manutenção Programa HIV/AIDS e Outras DST – Desp. 272122............................R$ 1.450,00 0803.10.301.0107.2.122.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção Programa HIV/AIDS e Outras DST – Desp. 302122............................R$ 1.160,00 0803.10.301.0107.2.124.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção do PAB – Desp. 242124........................................................................R$ 9.800,00 0803.10.301.0107.2.124.4.4.90.52.00.00.00 – Manutenção do PAB – Desp. 412124........................................................................R$ 9.700,00 0902.15.453.0099.2.140.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção de Terminais e Paradas de Ônibus – Desp. 242140............................R$ 2.500,00 0902.26.782.0101.2.142.3.3.90.39.00.00.00 – Conservação de Estradas – Desp. 302142...............................................................R$ 12.000,00 0903.15.451.0058.2.145.4.4.90.51.00.00.00 – Manutenção da Infra-estrutura Urbana (Rec.Min) – Desp. 402145..........................R$ 23.500,00

Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 20 de dezembro de 2012. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária Municipal de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.


O Fato do Vale Preso por pichação

GERAL

Sexta-feira, 04 de janeiro de 2013.

No dia 28/12/2012, às 13h30min, na Av Brasil, próximo ao Mercado Rissul, Centro, a Brigada Militar atendeu a seguinte ocorrência: Relata os PMs que receberam denúncia anônima pelo 190, sobre uma pessoa que estava pichando patrimônio público ( parada de ônibus) em frente ao Mercado Rissul, na Avenida Brasil, sendo dado as características da pessoa que vestia boné preto, calça jeans e regata preta, em seguida foi visualizado o mesmo individuo com as características dadas, estando ele sentado ao lado da placa pichada da parada de ônibus e de posse de uma caneta marcador para janelas, vidros e vitrines, que em verificação ao local pichado constatou-se que a tinta ainda estava fresca, que diante das circunstancias foi dado voz de prisão ao individuo identificado como A.G.S, nascido em 02/11/1986, e conduzido até a DP local.

Acidente de trânsito

7

No dia 30/12/2012, às 21h45min, na Avenida dos Municípios, nº 2254, a Brigada Militar atendeu a seguinte ocorrência: Relata os PMs que deslocaram para atender ocorrência de Acidente de Trânsito com Lesões, chegando no local foi informado que ambos os veículos deslocavam no mesmo sentido, Campo Bom / Novo Hamburgo, sendo que o veículo conduzido por P.J.O.L, nascido em 19/01/1971, vinha logo atrás e não conseguiu parar quando o veiculo da frente reduziu para passar uma lombada. Foi constatado que o condutor estava com hálito etílico, então foi lhe oferecido fazer teste do bafômetro o qual no primeiro momento quis fazer, mas depois se negou. Encontrado no interior do veiculo uma garrafa de whisky e um copo, juntamente com o condutor estavam sua esposa e o filho de sete anos. Conduzido até a DPPA.

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul – Brasil

DECRETO MUNICIPAL Nº 5.400/2012, de 04 de dezembro de 2012. ABRE CRÉDITOS SUPLEMENTARES E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal de Campo Bom, no uso de suas atribuições legais e autorizado conforme parágrafo 1º, inciso IV do artigo 4º da Lei Municipal nº 3.802/2011 de 13/12/2011. DECRETA: Art. 1º - É o Poder Executivo Municipal autorizado abrir Créditos Suplementares no valor de R$ 2.221.240,00 (dois milhões, duzentos e vinte e um mil, duzentos e quarenta reais), sob as seguintes classificações orçamentárias: 0201.04.122.0031.2.005.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552005................................................................... R$ 7.000,00 0203.02.061.0112.2.010.3.1.90.11.00.00.00 – Serviços Jurídicos – Desp. 52010.............................................................................. R$ 3.000,00 0204.04.121.0057.2.013.3.1.90.11.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 52013........................................ R$ 3.000,00 0204.04.121.0057.2.013.3.1.90.46.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 92013........................................ R$ 100,00 0401.04.122.0004.2.023.3.1.90.46.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 92023........................................ R$ 400,00 0401.04.122.0004.2.023.4.6.91.71.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 592023...................................... R$ 18.000,00 0401.04.122.0004.2.024.3.1.90.46.00.00.00 – Manut.dos Serviços de Vigil.Almoxarifado e Patrimônio – Desp. 92024.................... R$ 200,00 0402.04.126.0017.2.032.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 92032.................................................................. R$ 60,00 0501.04.123.0012.2.036.3.1.90.46.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 92036........................................ R$ 400,00 0502.28.843.0105.2.041.4.6.90.71.00.00.00 – Manutenção dos Serviços da Dívida – Desp. 462041................................................ R$ 14.000,00 0503.04.125.0012.2.042.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 52042.................................................................. R$ 10.000,00 0503.04.125.0012.2.042.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 92042.................................................................. R$ 300,00 0603.12.361.0047.2.057.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção da Educação Fundamental MDE – Desp. 52057.................................. R$ 246.000,00 0603.12.361.0047.2.057.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção da Educação Fundamental MDE – Desp. 92057.................................. R$ 2.000,00 0603.12.361.0105.2.129.4.6.91.71.00.00.00 – Manutenção dos Serviços da Dívida – Desp. 592129................................................ R$ 7.000,00 0604.12.361.0031.2.065.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552065................................................................... R$ 290.000,00 0604.12.361.0047.2.066.3.1.90.04.00.00.00 – Manutenção da Educação Fundamental Fundeb – Desp. 32066.............................. R$ 53.000,00 0604.12.361.0047.2.066.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção da Educação Fundamental Fundeb – Desp. 52066.............................. R$ 490.000,00 0604.12.361.0105.2.203.4.6.91.71.00.00.00 – Manutenção dos Serviços da Dívida Fundeb – Desp. 592203.................................. R$ 63.000,00 0604.12.365.0051.2.071.3.1.90.05.00.00.00 – Manutenção da Educação Infantil Fundeb – Desp. 42071......................................... R$ 4.000,00 0604.12.365.0051.2.071.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção da Educação Infantil Fundeb – Desp. 52071......................................... R$ 425.000,00 0604.12.367.0052.2.098.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção da Educação Especial Fundamental Fundeb – Desp. 52098................ R$ 30.000,00 0604.12.367.0052.2.098.3.1.90.16.00.00.00 – Manutenção da Educação Especial Fundamental Fundeb – Desp. 72098................ R$ 1.000,00 0605.13.392.0054.2.075.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção da Biblioteca e do Centro de Ludicidade – Desp. 92075....................... R$ 100,00 0607.08.243.0031.2.085.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62085..................................................................... R$ 1.000,00 0701.08.244.0031.2.088.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62088..................................................................... R$ 7.000,00 0701.08.244.0031.2.088.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552088................................................................... R$ 2.000,00 0703.08.244.0029.2.102.3.1.90.11.00.00.00 – Manut.Serviço Carater Social Atenção Especial.CREAS – Desp. 52102.......................................... R$ 3.000,00 0703.08.244.0030.2.184.3.1.90.46.00.00.00 – Manut.PAIF Programa Atenção Integral a Família – Desp. 92184............................. R$ 200,00 0801.10.301.0107.2.114.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serviços de Saúde – Desp. 52114.................................................. R$ 460.000,00 0801.10.301.0107.2.114.4.6.91.71.00.00.00 – Manutenção dos Serviços de Saúde – Desp. 592114................................................ R$ 24.000,00 0801.10.303.0107.2.116.3.1.90.04.00.00.00 – Manutenção do PACS – Desp. 32116........................................................................ R$ 36.000,00 0903.15.451.0104.2.147.3.1.90.46.00.00.00 – Conservação de Praças, Parques e Jardins – Desp. 92147...................................... R$ 100,00 0904.04.122.0004.2.154.3.1.90.16.00.00.00 – Manutenção dos Serv.de Carpintaria e Obras em Geral – Desp. 72154................... R$ 2.000,00 0904.04.122.0004.2.154.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção dos Serv.de Carpintaria e Obras em Geral – Desp. 92154................... R$ 30,00 1201.04.122.0004.2.166.3.1.90.11.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 52166........................................ R$ 15.000,00 1201.04.122.0004.2.166.3.1.90.46.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 92166........................................ R$ 250,00 1301.18.541.0031.2.189.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Sociais – Desp. 62189......................................................................... R$ 3.000,00

WALDIR FLECK FILHO, Oficial Designado do Registro Civil das Pessoas Naturais de Campo Bom, RS, Faz saber que pretendem casar-se os seguintes nubentes: 12154 - RENATO LEONARDO FERNANDES e PÂMELA TAINARA DE BRITO; 12155 - LUIZ ANTONIO DOS SANTOS e CARINI FERNANDES DOS SANTOS; 12156 - JOCEMAR FERNANDO ALVES DA ROSA e MARILENE CLAUS; Quem souber de algum impedimento acuse-o na forma da Lei. Campo Bom, 02 de janeiro de 2013. Waldir Fleck Filho Oficial Designado

1401.27.812.0103.2.201.3.1.90.46.00.00.00 – Manutenção do Departamento de Esporte – Desp. 92201........................................ R$ 100,00

Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura dos Créditos Suplementares abertos no artigo 1º deste Decreto, a arrecadação a maior prevista no exercício, conforme prevê o Inciso II do § 1º do artigo 43 da Lei Federal nº 4.320/1964 no valor de R$ 764.000,00 (setecentos e sessenta e quatro mil reais) e a redução de R$ 1.457.240,00 (um milhão, quatrocentos e cinquenta e sete mil, duzentos e quarenta reais), das seguintes dotações orçamentárias: 0201.04.122.0111.2.006.3.3.90.39.00.00.00 – Direção Superior – Desp. 302006.............................................................................. R$ 10.000,00 0401.04.122.0004.2.023.3.1.90.34.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 82023........................................ R$ 20.000,00 0401.04.122.0004.2.023.3.3.90.39.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 302023...................................... R$ 10.000,00 0401.04.122.0004.2.030.3.3.90.39.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 302030...................................... R$ 10.000,00 0501.04.123.0012.2.036.3.1.90.11.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 52036........................................ R$ 12.000,00 0602.12.365.0031.2.048.3.1.91.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 552048................................................................... R$ 20.000,00 0602.12.367.0052.2.047.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção da Educação Especial Infantil MDE – Desp. 242047............................ R$ 10.000,00 0603.12.361.0047.2.057.3.3.90.33.00.00.00 – Manutenção da Educação Fundamental MDE – Desp. 272057................................ R$ 25.000,00 0603.12.361.0047.2.057.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção da Educação Fundamental MDE – Desp. 302057................................ R$ 16.000,00 0604.12.365.0051.2.071.4.4.90.51.00.00.00 – Manutenção da Educação Infantil Fundeb – Desp. 402071....................................... R$ 88.000,00 0702.08.306.0038.2.179.3.3.90.30.00.00.00 – Manut.do Programa de Segurança Alimentar PMSA – Desp. 242179....................... R$ 10.000,00 0704.16.482.0059.2.107.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serviços – Desp. 52107.................................................................. R$ 15.000,00 0705.16.482.0059.2.108.3.3.90.39.00.00.00 – Atendimento ao Fundo Municipal de Habitação – Desp. 302108.............................. R$ 12.000,00 0705.16.482.0059.2.108.4.4.90.51.00.00.00 – Atendimento ao Fundo Municipal de Habitação – Desp. 402108.............................. R$ 79.000,00 0706.08.241.0025.1.045.4.4.90.51.00.00.00 – Implantação Centro Comunitário para Idosos – Desp. 401045.................................. R$ 13.000,00 0801.10.301.0107.2.114.3.1.90.34.00.00.00 – Manutenção dos Serviços de Saúde – Desp. 82114.................................................. R$ 18.000,00 0802.10.305.0036.2.117.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção da Vigilância Sanitária – Desp. 52117................................................... R$ 15.000,00 0901.04.122.0010.2.135.3.3.90.39.00.00.00 – Coordenação e Manutenção dos Serviços – Desp. 302135...................................... R$ 12.000,00 0902.15.451.0069.2.137.3.1.90.11.00.00.00 – Conservação de Vias Urbanas – Desp. 52137........................................................... R$ 13.000,00 0902.15.452.0069.1.026.4.4.90.51.00.00.00 – Implantação e Recuperação de Vias Urbanas – Desp. 401026................................. R$ 592.000,00 0903.18.541.0064.2.150.3.1.90.34.00.00.00 – Manutenção da Limpeza Pública – Desp. 82150....................................................... R$ 40.000,00 1202.22.333.0092.2.171.3.3.90.39.00.00.00 – Qualificação de Mão-de-Obra no Município – Desp. 302171..................................... R$ 17.000,00 1202.22.661.0113.2.173.3.3.90.39.00.00.00 – Promoção de Crescimento Econômico – Desp. 302173............................................ R$ 10.000,00 1202.22.661.0113.2.173.4.4.90.52.00.00.00 – Promoção de Crescimento Econômico – Desp. 412173............................................ R$ 10.000,00 1203.23.691.0096.2.174.3.1.90.11.00.00.00 – Manutenção dos Serviços em Comércio – Desp. 52174........................................... R$ 14.000,00 1204.23.695.0094.2.175.3.3.90.39.00.00.00 – Diversas Promoções Turísticas – Desp. 302175........................................................ R$ 10.000,00 1206.20.601.0075.2.035.4.4.90.51.00.00.00 – Atend.Fundo Municipal Desenvolvimento Rural Fumder – Desp. 402035................. R$ 38.000,00 1301.18.182.0023.2.186.3.3.90.39.00.00.00 – Ações de Defesa Civil – Desp. 302186...................................................................... R$ 15.000,00 1301.18.541.0063.1.049.4.4.90.51.00.00.00 – Recuperação de Área Degradada – Desp. 401049................................................... R$ 20.000,00 1301.18.541.0063.2.190.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção do Fundo de Defesa do Meio Ambienta – Desp. 302190...................... R$ 173.000,00 1301.18.541.0073.2.191.3.3.90.30.00.00.00 – Manutenção do Projeto Floração – Desp. 242191..................................................... R$ 25.000,00 1301.18.601.0085.2.187.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção de Áreas Produtivas/Horto – Desp. 302187.......................................... R$ 19.000,00 1401.27.812.0031.2.200.3.1.90.13.00.00.00 – Contribuições Patronais – Desp. 62200..................................................................... R$ 12.000,00 1401.27.812.0103.2.146.4.4.90.51.00.00.00 – Implant.Recuperação e Manut.de Módulos Esportivos – Desp. 402146.................... R$ 29.000,00 1401.27.812.0103.2.201.3.3.90.39.00.00.00 – Manutenção do Departamento de Esporte – Desp. 302201...................................... R$ 24.000,00 1401.27.812.0103.2.201.4.4.90.52.00.00.00 – Manutenção do Departamento de Esporte – Desp. 412201...................................... R$ 1.240,00

Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Campo Bom, 04 de dezembro de 2012. Registre-se e Publique-se MÁRCIA ELISA ALVES, Secretária Municipal de Administração.

FAISAL MOTHCI KARAM, Prefeito Municipal.


O FATO do Vale

38 anos de jornalismo com credibilidade.

Campo Bom, Sexta-feira, 04 de janeiro de 2013.

Turismo no RS: Caminhos de Pedra

Um dos roteiros de turismo rural mais charmoso do Rio Grande do Sul é o famoso “Caminhos de Pedra”, em Bento Gonçalves-RS. Idealizado pelo Engenheiro Tarcísio Vasco Michelon e pelo Arquiteto Júlio Posenato o roteiro Caminhos de Pedra visa resgatar, preservar e dinamizar a cultura que os imigrantes italianos trouxeram a serra gaúcha a partir de 1875. Com uma paisagem maravilhosa e um passeio repleto de cultura rural italiana. Nos últimos anos, os Caminhos de Pedra vem atraindo a atenção dos turistas que visitam a Serra Gaúcha. Com propriedades particulares de descendentes dos imigrantes com atendimento realizado geralmente pelos proprietários, onde há demonstração ou degustação e explicação local - o passeio se torna inesquecível.

Tratoria Del Piaceri Totalmente construída em pedra irregular. Entre 1877 e 1883 foi propriedade de Giovanni Carlin. Desde 1920 é propriedade da família Cantelli. É um dos exemplares mais rústicos e que melhor conservam a arquitetura dos primeiros tempos da imigração. Devido à mudança de traçado da estrada ficou desabitada por mais de 40 anos. Por iniciativa da Associação Caminhos de Pedra teve seu restauro acompanhado pelo arquiteto Fernando Pasquali, a partir de 2001. De abril de 2003 até abril de 2009 foi moradia e atelier do escultor João Bez Batti. Desde junho 2010 a mesma foi adaptada para funcionar como Restaurante e Pousada. A Casa de Pedra oferece dois quartos para hospedagem e restaurante com um cardápio a base de carnes especiais como: coelho, codorna e cordeiro, acompanhados de vinhos e massas artesanais, com saladas provenientes de hortas ecologicamente cultivadas nos arredores, livres de produtos tóxicos, pela família Cantelli. Casa da erva-mate Construída no local onde funcionava o antigo moinho Cecconello, a casa é exemplo de um processo de aculturação. A Erva-Mate, planta muito comum na região, era conhecida e utilizada como bebida pelos Índios (bugres), que a chamavam de “Caá-i”. O imigrante, além de absorver o hábito de consumi-la, agregou-lhe a tecnologia que permitiu a produção em grande escala. No local é feita a demonstração do processo de produção artesanal com históricos soques movidos á roda d’água. No varejo, que funciona no porão da residência da família Ferrari, é oferecida degustação de chimarrão e uma grande variedade de artigos ligados ao mesmo.

Il Cantuccio del Pomodoro e DelLa Gasosa – Casa do Tomate A família Lerin, fiel às suas raízes, desde 1996 vem concebendo o estabelecimento que abriu suas portas em julho de 2005 atendendo o visitante em prédios típicos da arquitetura italiana. No local são produzidos e comercializados derivados de tomate: extrato, molho, suco, tomate desidratado (seco), bem como refrigerantes de sabores: limão, laranja e abacaxi, produzidos pelo processo natural, sem uso de conservantes químicos. O varejo funciona no porão em pedra da casa onde reside a família. O visitante poderá observar o processo de fabricação na agra-indústria que funciona em frente à residência. A Foto à moda antiga, localizada junto à Casa do Tomate, permite o registro fotográfico caracterizando o visitante em atividades do cotidiano dos imigrantes como: cortar lenha, amolar de ferramentas, roçar, plantar. Tudo em cenários naturais oferecidos pelos Caminhos de Pedra, local propício para quem procura vivenciar a cultura italiana. O serviço é oferecido por fotógrafos, que vestem o visitante com roupas cenográficas de época, masculinas, femininas ou infantis. A vestimenta, típica, aliada os recursos tecnológicos permite retratar os tempos da imigração italiana, oferecendo às fotos uma aparência nostálgica e envelhecida. As fotos podem também ser utilizadas na personalização de rótulos em garrafas de vinho, espumante ou suco de uva.

Vinícola Salvati Sirena Funciona num prédio em formato octogonal, construída com pedras basálticas irregulares, extraídas no próprio local. O atendimento é realizado por membros da família com degustação de vinhos finos varietais de uvas resgatadas e suco de uva. Além de contar com varejo são servidas refeições típicas italianas para grupos, sob agendamento prévio. Casa Righesso - Salumeria Moradia construída em 1889, com pedras de basalto irregular de cor preta, unidas entre si com uma mistura de feno, palha de trigo e estrume de vaca. Destaca-se o sótão, também chamado de “granaro”, que servia para armazenagem de grãos e forragens, e também como isolante térmico no inverno. Originalmente era coberta de tabuinhas, também conhecidas como “scandole”. As telhas em cerâmica, muito utilizadas pelos alemães, só mais tarde foram incorporadas à arquitetura italiana.

A casa foi adquirida por Ângelo Righesso em 1902 que residiu na mesma até 1919. A partir de 1924 passou a ser propriedade e moradia da família Merlo. Em maio de 1992 os casais Avelino e Maria Merlo receberam nesta casa o primeiro grupo de turistas, procedente de São Paulo, marcando o início do Roteiro Caminhos de Pedra, atividade que mantiveram até sua morte. No ano de 2007 o imóvel foi readquirido por Orlando Righesso, neto de Ângelo Righesso, o qual, a partir de 2011, restaurou o imóvel. Por esse motivo, a partir desta data, a casa passa a denominar-se Casa Righesso, onde, em novembro de 2012, passa a funcionar a Salumeria Caminhos de Pedra, estabelecimento especializado em embutidos (salame, copa, culatello...). Historicamente o salame representa uma das mais antigas formas de conservação da carne. O seu nome deriva do latim medieval SALUMEN, ou seja, o melhor das coisas temperadas. Na parte superior, antigo “granaro”, está localizado o memorial onde é detalhada a história da casa e a história dos produtos Aida, tradicional empresa de embutidos que funciona em Bento Gonçalves desde 1920 e é propriedade da família Gasperin que tem parentesco com a família Righesso. Na parte inferior da casa, encontra-se o varejo, onde é feita a degustação e comercialização dos produtos, em um ambiente que nos remete ao passado. Restaurante Nona Ludia – Casa Bertarello Tendo como primeiro proprietário Francesco Macalós, a casa foi construída por volta de 1880 pelo imigrante Giuseppe Dall’Acqua. Foi adquirida da família Mancaluzzi pela família Bertarello, por volta de 1925, e rebocada em 1930, ficando totalmente descaracteriza por mais de 60 anos. Em 1994 readquiriu a beleza original sendo a primeira casa restaurada pelo Projeto Cultural Caminhos de Pedra com recursos do Hotel Dall’Onder. Atualmente é propriedade de Hari Bertarello, e abriga restaurante típico colonial italiano dirigido pela família Cantelli. Ao lado da casa destaca-se a enorme Maria Mole (ou Umbu) sob seu tronco e raízes formam uma pequena gruta que foi utilizada como abrigo provisório pelos primeiros imigrantes. Atelier João Bez Batti Considerado um dos maiores escultores em atividade no país, Bez Batti, destaca-se por ter

como matéria prima o basalto (pedra duríssima, de origem vulcânica) abundante na região numa infinidade de tonalidades e colorações. O escultor reside nos Caminhos de Pedra desde 2003, sendo que, desde 2009, dispõe de um novo ambiente onde, além de trabalhar e residir, disponibiliza para o visitante a observação de uma galeria com inúmeras esculturas de sua autoria. No local podem também ser adquiridas publicações referentes à obra do artista. Casa da Tecelagem O velho casarão construído pelo imigrante Ângelo Giacomin em 1915 no município de Flores da Cunha - Travessão Hortência, Lote N° 50, foi desmontado e transferido para São Pedro em 2004. Manteve todas as características originais, sendo-lhe acrescentado o porão em pedras irregulares. No velho casarão relocado passou a instalar-se em dezembro de 2008 a Casa da Tecelagem, propriedade da família de Justina Foresti, mantendo a produção manual de tecidos, (mantas, tapetes, etc.) em históricos teares artesanais. Além de presenciar o processo de produção o visitante poderá adquirir artigos confeccionados na casa. Magma Art Instalada no porão rústico feito em pedras, no subsolo da Casa da Tecelagem, o empreendimento proporciona ao visitante a possibilidade de conhecer, admirar e adquirir peças artesanais em pedras semi-preciosas como: ágata, citrino, ametista, tudo exclusivo aliando a arte da natureza às mãos hábeis do artesão representando usos e costumes próprios da serra gaúcha. Dispomos também de toda uma linha de semi-jóias feitas com exclusividade em pedras naturais e em prata pura. Além disso o visitante poderá observar o trabalho de um escultor em madeira e mandar esculpir na hora toda espécie de pequenos trabalhos em madeira como: chaveiros com nomes, pequenas imagens. Informações ao turista Junto ao Posto de combustíveis e Restaurantes do Barracão o visitante poderá obter informações sobre o roteiro, bem como esclarecer suas dúvidas e, inclusive, adquirir o Mapa-Guia dos Caminhos de Pedra (R$ 2,80) que conta com distâncias, localização de todas as casas: tanto das 13 que recebem visitação: Pontos para Visitação e das 48 casas históricas que podem ser observadas externamente: Pontos para observação externa.

O Fato do Vale - 04 de janeiro de 2013  

Edição n. 2003 - Notícias de Campo Bom e região

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you