Page 1

PUB

PUB

Quarta-feira,

22 de Dezembro de 2010

Director: Henrique Ribeiro

// N.º

373 Ano XII

www. novaod ive la s. pt

| informação regional

PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS INVESTIGADAS PELO MINISTÉRIO PÚBLICO

MISSÃO SOLIDÁRIA RODAR

NESTE NÚMERO ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ●

SORRISOS EM TROCA DE BRINQUEDOS

SUSANA AMADOR FAZ BALANÇO DA ACTIVIDADE MUNICIPAL

● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ●

Entre Tanto 2 Horóscopo 2 Duodécimos 3 Posto de Comando 3 Directas 4 Câmara quer eliminar construções precárias 4 Almoço de Natal nos Bombeiros de Caneças 4 Junta de Odivelas entregou Cabaz do Natal 4 MRG investigada pelo Ministério Público 5 Ponto e Vírgula 6 Dualidades 6 Mundo das Tropelias 6 Isaura Francisco 7 Marisqueira Queda D’Água 7 Natal solidário sobre rodas 8 Afonso dos Leitões em Negrais 10 Directas Desporto 11 100 alunos no 1º Encontro concelhio de Gira Volei 11 Odivelas perdeu com Sporting 11 Juniores da SMDC vencem o Alhandra 11 Resultados desportivos 11 PSAAC na Casa do Gaiato 12 Funerária do Casal de Cambra 13 Restaurante Hacienda D. Luisa 14 Intermitências 14 Realmente! 15 Nobres Confissões 15 Guarda Real 15 Flash do Reino 15 Consilcar 16 PUB


2

Nova Odivelas

22 Dezembro 2010

Horóscopo DE 23 A 2 0 DE DEZ EMBRO

ENTRE TANTO QUARTA 22 DE DEZEMBRO

Informalidades O programa na NO TV Informalidades é hoje gravado ao vivo na Junta de Freguesia da Ramada e para além do habitual painel residente, António Pedro, Graça Peixoto, Miguel Ramos e Xara Brasil, estará como convidado Francisco Bartolomeu, presidente da Junta de Freguesia da Ramada. O público que assiste à gravação também pode intervir na discussão. A moderação é de Henrique Ribeiro. OUTROS DIAS

O Vendedor de Fósforos A peça infantil O Vendedor de Fósforos, de Fátima Éffe com encenação de Hélder Gamboa pode ser vista até 30 de Janeiro de Terça a Sexta-feira, às 11h00 e 14h00 para escolas, por marcação, na Malaposta. Para o público em geral aos Sábados às 16h15 e aos Domingos às 11h15. Sala Experimental. Preço 5 único 5 euros. 60’ minutos. M/4.

Cinema para Escolas O Centro Cultural Malaposta apresenta o filme O Garoto, de Charlie Chaplin, até 31 de Dezembro, para escolas, por marcação. As sessões realizam-se de Segunda a Sexta-feira à 15h00, na Sala de Cinema. Preço único 2 euros. 60’. M/6.

Garrett no Coração A nova comédia de Fernando Gomes continua na Malaposta. Pode ser vista de Quinta a Sábado às 21h30 e aos Domingos às 16h00. Preço 12,50 euros sujeito a descontos. 120’. M/12.

Exposição de Presépios Escolares Na Casa da Juventude de Odivelas está patente até 09 de Janeiro, uma Exposição de Presépios Escolares elaborados por alunos e professores das Escolas Básicas do 1º Ciclo da Amoreira, Maria Máxima Vaz, nº

AGENDA. Mais eventos em www.diariodeodivelas.com

5 de Odivelas e Porto Pinheiro e das EB1 e JI nº 7 de Odivelas, Eça de Queiroz, Maria Lamas, Barbosa du Bocage, D. Dinis e Rainha Santa.

Workshop de Tango Argentino Nos dias 27, 28 e 29 de Dezembro, vai decorrer na Casa da Juventude, em Odivelas, entre as 20h30 e as 22h30, um Workshop de Tango Argentino orientado pelo Professor Carlos dos Anjos que se destina a jovens com idades entre os 13 e os 35 anos. Valor de inscrição: 20€, pagos no primeiro dia, ao professor.

Biblioteca Municipal D. Dinis Para além do funcionamento habitual deste tipo de equipamentos a Biblioteca Municipal D. Dinis dispões de alguns serviços especiais que hoje aqui relembramos. Bibliófilo Vai a Casa Serviço de Empréstimo Domiciliário, para residentes no Concelho de Odivelas que por dificuldades motoras, visuais ou outras, não se possam deslocar, autonomamente, à Biblioteca. Bibliófilo vai à escola Um baú com livros permanece durante um mês no jardim-deinfância, para ser explorado e trabalhado pelos alunos e educadores. No dia da entrega do novo baú realiza-se uma hora do conto. Iniciativa direccionada para jardins-de-infância que ocorre de Outubro a Dezembro. Dois braços para embalar, uma voz para contar Laboratório de sensibilização para a leitura que tem por objectivo fornecer ferramentas e técnicas de animação do livro e da leitura às crianças e aos pais, que podem ser realizadas em ambiente familiar. De Setembro a Dezembro, e para crianças dos 9 meses aos 3 anos acompanhadas por 1 adulto mediante inscrição prévia.

Histórias na palma da mão Laboratório de animação do livro e da leitura que emprega as histórias contadas em língua portuguesa e a tradução simultânea em língua gestual; projecto de inclusão e socialização entre crianças surdas e ouvintes. De Outubro a Dezembro, para crianças surdas e ouvintes, entre os 3 e os 5 anos, acompanhadas por 1 adulto (mediante marcação). Hora do Conto “NA SELVA…HISTÓRIAS COM PEGADAS!" O projecto visa dinamizar e animar um conto ou uma pequena história, que servirá de base para a realização de ateliês; pretendese estimular a expressão criativa dos alunos e apelar para a participação de todos. Iniciativa para jardins-de-infância e escolas de 1º Ciclo que decorre de Outubro a Dezembro 2010, mediante marcação. Mais informações na Biblioteca Municipal D. Dinis ou pelo telefone 219 327 770.

E AINDA... > Até 30 de Dezembro: Exposição individual de pintura de Ana Cassiano, Microtonalidades, no Centro Cultural Malaposta. > Até 31 de Dezembro: Exposição colectiva de pintura Concelho de Odivelas e a Arte, na Biblioteca Municipal D. Dinis. > Até 20 de Dezembro: Zen ou o sexo em paz. Peça com Amélia Videira. De Terça a Sexta-feira duas sessões para escolas por marcação. Para público em geral aos Sábados às 21h30. > Até 27 de Fevereiro de 2011: Exposição D. Dinis e as artes da guerra nos Paços do Concelho. > Todo o ano: Exposições Conhecer para Proteger e Pedras para a História do Território de Odivelas no Centro de Exposições de Odivelas.

MAIS INFORMAÇÃO À DISTÂNCIA DE UM CLIQUE + + + +

PDF INTEGRAL DO NOVA ODIVELAS EM www.novaodivelas.pt FOLHEAR A EDIÇÃO IMPRESSA www.jornal.novaodivelas.pt AS NOTÍCIAS DIÁRIAS PARA LER EM www.diariodeodivelas.com AS NOTÍCIAS COM ROSTO PARA VER EM www.novaodivelas.tv

Um Mundo de Comunicação

CARNEIRO Carta Dominante: 4 de Ouros, que significa Projectos. Amor: Demonstre, com mais entusiasmo, as suas emoções. Procure não ter discussões com o seu companheiro. Não entre em conflitos desnecessários. Saúde: A sua vitalidade estará à vista de todos, mas tenha calma. Dinheiro: Reflicta sobre a sua vida profissional, poderá ser o momento ideal para reciclar os seus conhecimentos. Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 22

TOURO Carta Dominante: 6 de Copas, que significa Nostalgia. Amor: Não deixe transparecer tanto os seus ciúmes e fraquezas, poderão afectar a sua relação. Saúde: Poderá sentir algum desgaste físico. Tenha cuidado com as mudanças de temperatura. Dinheiro: Poderá surgir uma oportunidade de obter rendimento extra, através de um part – time. Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 22 GÉMEOS Carta Dominante: Rei de Paus, que significa Força, Coragem e Justiça. Amor: Tenha cautela, não deixe que a sua vida amorosa caia na rotina. Saúde: O seu sistema nervoso poderá estar mais abalado, reflectindo-se no funcionamento do seu organismo. Dinheiro: Altura propícia para enfrentar novos desafios. Não seja conformista, avance. Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 22

CARANGUEJO Carta Dominante: 4 de Copas, que significa Desgosto. Amor: Esta semana estará disposto a fazer de tudo para agradar a sua cara-metade. Existirá um clima favorável ao diálogo e ao romance. Saúde: Tudo correrá pelo melhor devido ao seu optimismo e confiança. Dinheiro: Por influência de terceiros poderão surgir alterações neste domínio. Para cumprir os seus objectivos, vai ter que se esforçar a duplicar. Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 22 LEÃO Carta Dominante: A Justiça, que significa Justiça. Amor: Tente não ser tão possessivo e dominador, para poder reencontrar o equilíbrio que a sua relação necessita neste momento. Saúde: Aja com prudência, não exceda os seus limites físicos. Dinheiro: A sua vida financeira encontra-se num período francamente positivo. Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 22

VIRGEM Carta Dominante: 7 de Ouros, que significa Trabalho. Amor: É prioritário que deixe de exigir tanto do seu par. Não se tem dado o devido valor, deve acreditar mais em si, e ver que é uma pessoa com muito valor. Saúde: Não se prive de pequenos prazeres apenas porque deseja ter uma boa aparência física. Dinheiro: Não fique triste se não conseguir atingir o sucesso que merecia profissionalmente. Para atingir os seus objectivos deverá trabalhar com mais afinco. Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 22 BALANÇA Carta Dominante: 4 de Paus, que significa Ocasião Inesperada, Amizade. Amor: Boas perspectivas neste campo, continue a investir. Aproveite bem este período pois goza um momento favorável. Saúde: Aprenda a controlar os seus nervos, será benéfico para si. Dinheiro: Invista na organização para melhorar a funcionalidade do seu departamento. Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 22

ESCORPIÃO Carta Dominante: 3 de Copas, que significa Conclusão. Amor: Respeite a forma de expressar os sentimentos da sua cara-metade. Deverá falar abertamente com aqueles que ama, não se iniba a expor os seus sentimentos. Saúde: Tendência para se sentir um pouco depressivo. Dinheiro: Deverá agarrar todas as oportunidades que lhe vão surgir, esteja sempre de olhos bem abertos. Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 22

SAGITÁRIO Carta Dominante: 6 de Ouros, que significa Generosidade. Amor: Favoreça a sua relação através do carinho e do companheirismo. Saúde: Controle melhor os seus horários de sono. Deverá visitar o seu médico regularmente, faça um check-up. Dinheiro: Aposte na disciplina e motivação para atingir os seus fins. Obterá benefícios se cultivar o relacionamento interpessoal. Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 22 CAPRICÓRNIO Carta Dominante: A Temperança, que significa Equilíbrio. Amor: Arrisque mais no amor, pode ser que se surpreenda. Lembre-se que só gozará de uma maior felicidade se for mais aberto a revelar os seus desejos à sua cara-metade. Saúde: Poderá andar com o ritmo cardíaco muito acelerado. Dinheiro: Evite entrar em confrontos com um colega. Seja mais comunicativo, partilhe as suas ideias com os colegas de trabalho e daí poderão advir ideias mais aliciantes. Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 22

AQUÁRIO Carta Dominante: A Estrela, que significa Protecção, Luz. Amor: Não ponha em causa a sua relação por coisas de pouca importância. Seja mais afectuoso. Dê uma maior atenção à sua família, é um período que as relações familiares são bastante importantes. Saúde: O seu aparelho digestivo poderá estar mais vulnerável. Dinheiro: Ouça com mais atenção a opinião dos seus colegas. Deve gerir bem os seus negócios se não quer ter surpresas desagradáveis. Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 22 PEIXES Carta Dominante: 3 de Espadas, que significa Amizade, Equilíbrio. Amor: Esta poderá ser uma semana muito intensa a nível do romantismo e da aventura. Saúde: Psiquicamente poderá sentir-se cansado. Tenha mais atenção ao seu sistema nervoso, não deixe que o stress tome conta de si. Dinheiro: Momento favorável para aplicações financeiras. Horóscopo Diário Ligue já! 760 30 10 22


22 Dezembro 2010

Nova Odivelas 3

DUODÉCIMOS PODER LOCAL

O Balanço da actividade municipal em Novembro Susana Amador, presidente da Câmara de Odivelas, fez para o programa da NO TV, Duodécimos, o balanço da actividade municipal durante o mês de Novembro de 2010, destacando também os aspectos negativos e positivos para o município.

O

impacto do Pavilhão Multiusos no quotidiano odivelense «Que neste curto período de existência, já contou com a realização de grandes iniciativas, como o UEFA Futsal Cup e a Conferência As Mulheres e a República» foi um dos aspectos positivos sublinhados pela edil assim como a Sessão Solene do 12º Aniversário do Município de Odivelas com a atribuição de Medalhas Municipais e Prémios de Mérito e o lançamento da marmelada branca de Odivelas. Do ponto de vista negativo Susana Amador voltou a referir «Os constrangimentos financeiros da Autarquia, face à redução dos valores transferidos pelo Estado e à necessidade de liquidar os investimentos efectuados com a construção de infra-estruturas e realização da restante obra de proximidade elevada no Concelho, nas mais variadas áreas, como a Educação, Saúde, Área Social e vertente lúdica». Outro aspecto negativo é «A preocupante onda de actos de vandalismo nos espaços de lazer criados e em outros equipamentos municipais, e a consequente destruição das suas infra-estruturas, que causam o progressivo afastamento dos munícipes destes locais». No que á actividade municipal diz respeito, no capitulo ambiental, foi referida a colocação de mais quatro oleões no concelho estando neste momento

todas as freguesias com o seu primeiro equipamento para a recolha de óleos alimentares usados com vista à sua reciclagem, assim como foram concluídos os trabalhos de Limpeza e Estabilização da Ribeira da Póvoa, uma obra executada pela Câmara Municipal de Odivelas, que teve um custo associado de 23.835,00. Esta intervenção consistiu no corte e remoção de vegetação e resíduos existentes no leito e margens da referida ribeira, desde a ponte da Rua 25 de Abril até à Travessa da Amiteira, nas Freguesias da Póvoa de Santo Adrião e de Olival Basto. Referidas também as conferências Os jardins e a Sociedade, realizadas nos Paços do Concelho e a Reunião Nacional do Pacto de Autarcas, no âmbito da Energy For Smart Cities, e na qual Susana Amador esteve presente. Também a plantação da primeira de 12 oliveiras no jardim da Ribeirada, a 23 de Novembro, Dia da Floresta Autóctone, e de 80 árvores no Pinhal da Paiã a 27 de Novembro, foi sublinhada pela edil no que ao ambiento respeita. Quanto ao espaço público foram executadas várias obras em várias artérias, construída a estrada de acesso ao Lar Casas da Granja, feitas reparações no Polivalente de Odivelas, construído o Recreio Coberto na Escola EB1/JI Barbosa du Bocage e concluídas várias obras de renovação de pavimentos e lombas redutoras de velocidade. Foi também inaugurado o Parque Infantil, no âmbito de uma requalificação que foi feita ao nível de vários espaços verdes em várias artérias da Arroja. No âmbito do Orçamento participativo a edil referiu a repavimentação de troços de arruamentos e requalificação de passeios. No âmbito da acção social e inclusão foi feito mais um realojamento, inaugurada a teleassistência que abrange idosos das freguesias de Caneças, Odivelas e Póvoa de Santo

> Vão ser 105 oleões em todo o concelho

Sessão de Divulgação do PROALV – Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida, numa iniciativa conjunta entre a CMO e a Agência Nacional PROALV, direccionada a professores, alunos ou profissionais ligados ao sector da Educação. Na cultura Susana Amador assinalou a exposição de artesanato, Arte Urbana, que levou à Casa da Juventude, durante um mês, trabalhos dos associados das duas associações de artesãos do concelho. Uma conferência realizada na escola António Gedeão, sobre a República, que trouxe a Odivelas Mário Soares e Duarte Pio; o São Martinho foi festejado na Igreja do Casal da Silveira, em Famões; e a terceira edição do Ciclo de Conferências da

O caso do Senhor Roubado III parte

Liberdade, com a participação de Adelino Gomes; a exposição dos 25 anos da AMI (Assistência Médica Internacional); o colóquio As Mulheres e a República a iniciativa, 800 Anos de Poesia e o espectáculo “Mundo Andersen” foram ainda eventos assinalados em Novembro. No desporto o destaque de Susana Amador foi para o UEFA Futsal CUP que decorreu no Pavilhão Multiusos; para o protocolo Formar e Qualificar para Melhor Dirigir assinado entre a câmara e a Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto que visa formar e acrescentar contributos valiosos aos conhecimentos

Fotografias: Henrique Ribeiro

Henrique Ribeiro henrique_ribeiro@simpruspress.pt

Adrião e o projecto Convida a Vida concelho que foi implementado junto da população sénior das freguesias de Olival Basto e Pontinha e que «Alberga os munícipes mais carenciados e com maiores dificuldades em estabelecer relações interpessoais no seu quotidiano devido a razões de mobilidade reduzida ou outras». Na área da educação foi lançado o Concurso de Banda Desenhada, Contar Abril em BD que visa promover e dinamizar o Núcleo Museológico do Posto de Comando do MFA junto da população escolar do Concelho de Odivelas, realizados os ateliês de informática SATE Online e uma

dos dirigentes de associações culturais, recreativas, desportivas, sociais e juvenis; o arranque dos Centros de Mini Ténis Escolar (CMTE) e as sessões de formação dirigidas ao movimento associativo ligado ao futsal. Ainda como actividades de Novembro, Susana Amador referiu a adesão de Odivelas à iniciativa Cidades para a Vida – Cidades Contra a Pena de Morte, com a colocação de 95 velas no Monumento ao Senhor Roubado; as Jornadas de Turismo do ISCE, com o apoio da CMO; a visita de uma delegação da República Popular da China, e o aniversário do município a 19 de Novembro.

O ladrão da Igreja Matriz de Odivelas, António Ferreira, foi sujeito a tortura para confessar o inconfessável, porque, entre outras razões, faltavam as meias encarnadas do Menino Jesus… Condenado à amputação das mãos em vida, ao garrote e à fogueira, o réu confesso do Caso de Odivelas seria executado, em 23 de Novembro de 1671, como se de um judeu se tratasse, embora nem sequer se tenha provado a sua ascendência cristã-nova. Desta situação, resultaria a crescente perseguição antijudaica pela Inquisição, enquanto proliferavam os sermões de desagravo nas igrejas e os versos afixados nas suas portas, acusadores da perfídia judaica. Assim se criou um dos piores períodos para os judeus portugueses, que levariam os Papas Clemente X a decretar a suspensão do exercício dos inquisidores em 1674 e Inocêncio XI a suspender o próprio Tribunal do Santo Ofício em 1678. O Caso do senhor Roubado, que chegou até nós como se de um sacrílego acto hebraico se tratasse, não foi mais do que um simples roubo perpetrado por um inimputável camponês de 19 anos, que adormeceu na Igreja durante a noite do roubo e comeu as hóstias, em consequência da fome, ampliada pela ingestão de dois litros de vinho sem nada ter comido. Nem o Padre Miguel Leite, Procurador das Cadeias da Corte e confessor de António – que atestou que o réu era bom cristão –, conseguiria que só lhe cortassem as mãos depois de morto, «Devido ao risco de, com este tormento, se perder a alma deste homem bruto, simples e vil», nem os apelos no mesmo sentido por parte de Manuel Álvares Pegas, célebre jurisconsulto da época e advogado de defesa do réu, demoveram os juízes a alterar a sentença, que se cumpriu exactamente como convinha aos desígnios inquisitoriais: «(…) seu corpo será queimado, e feito por fogo em pó, para que dele não haja memória (…)».

Programa integral

www.novaodivelas.tv

Jorge Martins postodecomando@gmail.com


Nova Odivelas

4

22 Dezembro 2010

QUOTIDIANOS

Teatro sénior Cala o bico papagaio é a primeira peça de teatro infantil levada à cena pelo Grupo de Teatro Sénior de Odivelas e que teve a sua estreia no dia 14 de Dezembro, na Malaposta. Baseada num texto de António Torrado a peça teve na sua estreia as crianças da Associação Comunitária Infantil e Juvenil da Ramada, convidadas pelo Município.

INFORMAÇÃO COM ROSTO www.novaodivelas.tv PUB

Câmara quer eliminar todas as construções precárias s 108 famílias que ainda vivem nos bairros de habitações precárias do concelho de Odivelas deverão ser realojadas até ao final deste mandato autárquico, segundo anunciou a presidente da Câmara de Odivelas, Susana Amador, durante uma visita ao concelho do presidente do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) que apoiará a CMO nesses realojamentos. A visita de António Batista começou nos Paços do Concelho, em Odivelas, onde foi apresentado o desenvolvimento do sector

A

da habitação social no concelho, desde a sua criação em 1998, bem como os projectos existentes, no âmbito da habitação social, até 2013. O arquitecto urbanista, Sidónio Pardal fez uma breve intervenção sobre A importância da requalificação urbana no desenvolvimento do território do concelho de Odivelas. De seguida foram visitados os empreendimentos de habitação social ou de construção a custos controlados, apoiados pelo IHRU e situados nas Patameiras, no Bairro Gulbenkian, na Arroja, em Famões e o projecto da Amoreira.

Segundo a Câmara Municipal, desde a criação do concelho, em 1998 já foram erradicados 30 núcleos de construções precárias e realojadas mais de duas mil pessoas Susana Amador reconheceu que o IHRU, tem como outras instituições do pais constrangimentos financeiros mas afirmou não querer que «Por haver crise os projectos possam parar» e por isso aproveitou esta visita de António Batista para o sensibilizar para esta questão sublinhando que «Uma das missões do Poder Local é a promoção de igualdade de oportunidades»

Um dos primeiros núcleos precários a desaparecer será o do Barruncho, na freguesia da Póvoa de Santo Adrião, onde vivem cerca de 130 pessoas. Para este local está previsto o projecto Odivilas que venceu o prémio do Europan. António Batista também invocou as dificuldades financeiras do IURU mas prometeu que vai fazer tudo para «Ajudar a concretizar os projectos de habitação social» da Câmara de Odivelas. HR

SOLIDARIEDADE

Junta de Odivelas entregou Cabaz do Natal

A

Junta de freguesia de Odivelas voltou a realizar este ano a Campanha Solidariedar que com o apoio de voluntários, recolheu bens alimentares à porta de estabelecimentos comerciais da freguesia. O resultado dessa recolha, completado com bacalhau, azeite e bolo-rei adquirido pela Junta de Freguesia, foi distribuído por 63 cabazes de Natal, que num ambiente festivo foram distribuídos a igual número de famílias necessitadas da freguesia de Odivelas. Para Vítor Machado, presidente da Junta de Freguesia de Odive-

> Um bocadinho de Natal

las esta iniciativa que a junta anualmente desenvolve entrega a estas famílias «Um bocadinho de

Natal, amor e carinho». O autarca, que na entrega dos cabazes esteve acompanhado pelas vogais Ana Isabel, Maria de Fátima e Maria dos Anjos, afirmou que «É um bem maior para o executivo da junta de freguesia «Servir e ajudar as famílias mais carenciadas a terem uma consoada de natal mais feliz e alegre». Vítor Machado agradeceu a colaboração dos suFotografia: Henrique Ribeiro

Acidente com vítima mortal Cerca das 08h15 de Sexta-feira, ocorreu uma colisão entre um motociclo e um veículo ligeiro de passageiros, na EN 259, perto dos Campos de Caneças, da qual resultou uma vítima mortal, o condutor do motociclo, um jovem de 25 anos residente há pouco tempo em Caneças. Segundo conseguimos apurar uma ultrapassagem mal efectuada resultou no forte embate do motociclo no ligeiro provocando a morte do motociclista. A primeira assistência à vítima foi prestada por um motorista da Rodoviária de Lisboa e Bombeiro Voluntário de Odivelas que passava no local com um autocarro da RL. Os Bombeiros Voluntários de Caneças que rapidamente chegaram ao local «Prestaram assistência de forma exemplar e com os procedimentos correctos» segundo uma testemunha que assistiu à ocorrência. No local estiveram os bombeiros de Caneças com duas viaturas, a PSP e uma Viatura Médica de Emergência do INEM. A vítima acabou por falecer no local do acidente tendo sido transportada para o Instituto de Medicina legal pela PSP: O acidente ocorreu perto de uma passadeira de peões onde na passada semana se registou um atropelamento que deixou a vítima em estado grave.

URBANISMO

permercados e hipermercados que permitiram a recolha, aos voluntários que participaram e à população de Odivelas que colaborou na campanha porque «Sem a sua disponibilidade em ajudar não seria possível levar a cabo esta acção de solidariedade». Ouvimos alguns dos beneficiados com esta iniciativa solidária da junta de Odivelas e todos foram unânimes em dizer que sem este cabaz a sua noite de Natal seria mais triste porque não seria possível comprar algumas das coisas do cabaz como o bolo-rei e o bacalhau. HR

VOLUNTARIADO

Almoço de Natal nos Bombeiros de Caneças

O

s Bombeiros Voluntários de Caneças realizaram no dia 17 de Dezembro, o seu tradicional almoço de Natal que juntou bombeiros e familiares e onde foram também distribuídos presentes aos filhos dos bombeiros. Habitualmente este almoço é promovido pela direcção da associ-

> Um dia de festa e confraternização

Fotografia: Henrique Ribeiro

DIRECTAS

ação mas as dificuldades financeiras levaram a que este ano tivesse havido a decisão de não o promover. Perante esta situação um grupo de bombeiros chamou a si a iniciativa e com o trabalho de muitos

voluntários conseguiu angariar os produtos necessários à confecção do almoço bem como as prendas. No parque de viaturas improvisou-se um restaurante onde nada faltou. Um insuflável fez a alegria das muitas crianças presentes e as mesas bem recheadas permitiram o convívio e a confraternização entre bombeiros, famílias e convidados.


22 Dezembro 2010

PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS

DIRECTAS

MGR investigada pelo Ministério Público

A

notícia foi avançada pelo jornal i e em causa estarão as diferenças entre o valor das obras e o valor da facturação, que segundo o referido jornal podem rondar no total os 75 milhões de euros. A empresa, autarquias e a Caixa Geral de Depósitos podem estar envolvidas. Na base da investigação do Ministério Público, ainda segundo o jornal i está uma queixa que refere as parcerias público-privadas da empresa com as «Câmaras de Oeiras, Odivelas e Alcobaça, com obras no valor de 36 milhões de euros, mas com uma facturação associada de 83 milhões. Uma diferença de cerca de 46 milhões de euros pagos, segundo a queixa, com intervenção injustificada de entidades públicas. O documento que está, ao que o i apurou, nas mãos da Polícia Judiciária de Coimbra, já conta um número de processo atribuído». No que diz respeito a Odivelas a

> O Pavilhão Multiusos é um dos equipamentos da parceria

queixa refere que o custo das obras «Se situou nos 7,5 milhões de euros, mas a facturação atingiu os 18,3 milhões». Para perceber melhor a situação no que a Odivelas se refere o Nova Odivelas ouviu a presidente da Câmara Municipal, Susana Amador e o vereador Paulo César Teixeira responsável pelo pelouro do Desenvolvimento Estratégico e representante municipal na Odivelas Viva, – Construção e Manutenção de Equipamentos, SA, sociedade comercial que resultou desta parceria. A presidente da Câmara disse-nos estar «Completamente tranquila» quanto a esta investigação. «Nós fomos surpreendidos pela notícia. Desconhecíamos que existisse alguma investigação que envolvesse a empresa e neste momento não sabemos sequer se é real». Susana Amador garantiu que a Câmara não recebeu qualquer notificação do Ministério Público nem nenhuma investigação sobre esta matéria. A edil afirmou também que todo o processo foi legal e transparente. O capital da Odivelas Viva é composto pela participação de 49% do Município de Odivelas e 51% do agrupamento de empresas,

constituído para o efeito e que são: MRG – Engenharia e Construção, SA; Equipav – Gestão de Equipamentos, Lda; Arser – Areias da Serra da Estrela, Lda; e Investrela – Sociedade de Investimentos da Serra da Estrela, SA. Susana Amador disse que foi realizado um concurso público que foi ganho pelo agrupamento de empresas referido «Por ter apresentado a candidatura que preenchia os requisitos apresentados pelo Município». Toda a obra foi fiscalizada por uma entidade independente. «Todos os autos de medição eram sempre visados por essa entidade e só depois pagos pela Caixa Geral de Depósitos» entidade bancária responsável pelo financiamento. Os valores referidos na notícia do i são confirmados por Susana Amador. Os 18,3 milhões de euros são a soma dos 6.358.469,08 euros da construção da Escola Básica 1/Jardim-de-Infância da Ramada, no Casal dos Apréstimos, aos 12.009.776,56 de euros do Pavilhão Multiusos. Quando ao alegado custo global da obra ter sido de 7,5 milhões de euros a edil garante não ter qualquer fundamento. «A notícia compara valores que não são comparáveis. A

Fotografia: Eduardo Sousa/CML

Henrique Ribeiro henrique_ribeiro@simpruspress.pt

A empresa MRG - Engenharia e Construção S.A, está a ser investigada pelo Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Coimbra por alegada utilização irregular de dinheiros públicos em negócios que mantém com diversas autarquias no país. Em Odivelas a empresa faz parte da parceria público-privada que construiu o Pavilhão Multiusos e a escola dos Apréstimos.

Nova Odivelas 5

escola pode ter uma tipologia de 12 salas de aula e 3 de JI. Mas eu com esse standard tanto posso fazer uma escola de 1,5 de euros como de 3 milhões e temos de reconhecer que a escola dos Apréstimos é a melhor do concelho e uma das melhores do país pela qualidade dos acabamentos». Também o vereador Paulo César está tranquilo quanto a esta questão. «Estamos absolutamente seguros quanto a tudo o que foi feito». Paulo César referiu que este modelo resulta de uma opção política do município e que é legitimo que possa haver quem esteja contra esta opção do ponto de vista político ou técnico mas que «Outra coisa é que possa haver dúvidas á forma como o modelo foi montado e sobre isso não tenho absolutamente dúvidas nenhumas». O grupo de empresas que se constituiu em consórcio para participar no concurso público, «Não concorreu para a construção para a constituição de uma sociedade que iria construir e manter, durante 25 anos, os dois equipamentos, recorrendo à banca para financiar o projecto», explicou o vereador, dizendo que essa sociedade é solidária, na prática, com a dívida e com o risco. «Quando constituímos a sociedade a Câmara ficou com 49% do capital social e os privados ficaram com 51%» o que leva a que os privados também queiram que o processo corra bem. «Estou certo que a Câmara vai honrar e cumprir os seus compromissos financeiros com a sociedade, ou seja pagar mensalmente a renda, os privados terão de assumir o capital que foi investido pela banca. Esta conjugação de factores leva a que Câmara e privados tenham todo o interesse em que isto corra bem».

Entrevista completa

www.novaodivelas.tv

Doação de Medula Óssea Com uma adesão classificada como muito boa pela organização, decorreu no dia 13 de Dezembro, no Odivelas Parque a Campanha Ser Dador de Medula é Salvar uma Vida um projecto do CEDACE, (Centro Nacional de Dadores de Células de Medula Óssea, Estaminais ou de Sangue do Cordão. Esta campanha tem por objectivo aumentar as listas de voluntários na doação de Medula Óssea, uma vez que, segundo as estatísticas, apenas 25% dos doentes portugueses têm um dador familiar compatível. Susana Amador, presidente da Câmara de Odivelas esteve presente na iniciativa tendo feito a sua inscrição como dadora de medula óssea. Cursos de Socorrismo A Câmara Municipal de Odivelas, através da Divisão de Educação e do Serviço Municipal de Protecção Civil, realizou, de 6 a 17 de Dezembro, dois Cursos Básicos de Socorrismo, para os profissionais da educação que trabalham nos estabelecimentos de ensino do Município de Odivelas. Estes cursos, promovidos no Centro de Exposições, tiveram uma duração de 15 horas e contaram com a participação de 24 formandos. «Com esta formação, os agentes educativos adquiriram conhecimentos básicos de socorrismo, como o suporte básico de vida, para que possam ter uma primeira intervenção imediata, em caso de ocorrência de acidentes na população escolar» segundo a CMO. Os formadores dos Cursos pertencem ao Serviço Municipal de Protecção Civil, estando devidamente credenciados com Certificado de Aptidão Profissional. Palestras Jardins e Sociedade No Sábado, 11 de Dezembro, realizou-se a última das quatro palestras mensais Jardins e Sociedade que se realizaram nos Paços do Concelho no âmbito do Ano Internacional da Biodiversidade, numa parceria da Câmara Municipal de Odivelas com o Jardim Botânico do Museu de História Natural da Universidade de Lisboa. Esta palestra, teve como tema Flora olisiponense e o Jardim de Famões, e como oradoras convidadas Joana Magos Brehm, e Teresa Rego. PUB


6

Nova Odivelas

22 Dezembro 2010

98

Ponto & Vírgula

O ponto-e-vírgula marca uma pausa mais longa que a da vírgula (para que se aprenda a respirar), no entanto menor que a do ponto (para que não se perca a oportunidade de agir).

Acreditar

Dualidades

Mundo das Tropelias

O insustentável peso da crise

Quase 100 edições… de Partilha!

Carlos Manuel Castro

Teresa Salvado teresa_salvado@coisas.info

or todo o lado vejo mensagens de optimismo, de que devemos acreditar, de que nos devemos esforçar para levar o país e as empresas onde trabalhamos para a frente. Adoro. Acho máximo. Até sinto um pequeno ânimo a renascer. Mas… Mas quando ao fim de um dia, de Dezembro, de 2010, saio de um trabalho que fui fazer lá para os lados da Baixa de Lisboa não há iluminações de Natal que me valham, e lá se vai o ânimo por água abaixo. Dentro do meu casaco quentinho, no percurso da Rua do Carmo até aos Restauradores, é o desalente em forma de pessoas sem forma… amontoados que respiram e que preparam uma cama de cartão e cobertores rotos no chão, há porta de lojas que já fecharam, há porta de bancos e seguradoras. Sim, não devemos baixar os braços… não podemos. Por estas pessoas em que tropeçamos diariamente, e cada vez mais, na rua. Pelas crianças e idosos que estão institucionalizados. Pelas famílias que vivem uma pobreza recente e envergonhada. Por todos nós. Porque nunca podemos esquecer que os outros somos nós! Porque nunca nos podemos esquecer que os sorrisos não são só para distribuir no Natal! E não me venham com frases de optimismo e esperança ridículas e hipócritas de quem nada faz e arruma assim a sua pequeníssima consciência entre as prateleiras de um qualquer gabinete almofadado. Por isso, um abraço muito especial, e os desejos de um ano maravilhoso, para todos os que durante todo o ano tiram um bocadinho de si e do seu tempo para dar a mão e um sorriso a quem está a precisar. Só a esses cabe o direito de proferir frases de alento, de optimismo, de esperança. Conquistaram-no.

P

E

stamos a poucos dias de celebrar uma das quadras mais especiais do ano, quando o momento para estar e conviver com a família, o Natal, e perspectivar os desafios do ano que vem, no final do ano, surgem. Actualmente, muito mais do que em anos anteriores, temos bem presente no nosso quotidiano a pesada e nefasta realidade da crise. Hoje, não há ninguém alheio à actual situação que vivemos, apesar de uns sentirem bem mais o fardo do que outros. O desaparecimento da esperança, a falta de alento e a desmotivação tendem a reinar, num período em que mais precisamos destas energias para encarar os difíceis momentos que atravessamos. Não é fácil lidar com um temporal que se abate, deixando-nos mais fracos e vulneráveis. Mas este é um tempo determinante e deve incentivar-nos, não obstante os muitos problemas, a não deixar cair na tentação da irresponsabilidade, tão propícia a singrar nesta altura e que se limita a vendernos a gratuita ilusão de nos agradar num mau momento, condenando tudo e todos; quando, no fundo, apenas nos enreda e prende a atitudes poucos aliadas da melhoria que ambicionamos para a nossa condição. Queiramos ou não, estamos condenados a ter de encarar a complexa realidade em que vivemos e perceber como tudo à nossa volta está a mudar de forma imprevisível. O certo de ontem é o indefinido do hoje e o improvável do amanhã. A poucos dias de entrarmos na nova década deste novo século, é tempo de procurarmos saber lidar com os anos vindouros, que serão de grande desafio, pois não têm precedentes e devem ter pouco em comum com o modelo de sociedade que concebemos na Europa há pouco mais de meio século, logo após o fim da grande guerra. Razão pela qual o temor destes dias é maior. O choque da globalização sente-se. Se outras partes do hemisfério começam a retirar milhões de pessoas da miséria, depois de séculos agrilhoadas na escravidão e na miséria, no nosso canto europeu, outrora poderoso, as dificuldades agravam-se e a pobreza começa a dar alguns sinais devido aos hábitos a que nos acomodámos. Habituámo-nos a condições acima das nossas possibilidades e a direitos despidos de responsabilidades, sem, no entanto, sabermos inovar e estar na liderança das transformações. A factura, da incúria, começa a ser paga. Não sou, porém, dos que encaro a situação como uma fatalidade, mas, tal como estamos hoje, se não percebermos e não quisermos adaptar-nos aos tempos actuais, teremos muito mais dificuldade sem superar com sucesso este momento. Afinal, o sentimento reinante é o desejo do ontem e não o conquistar amanhã. Como sabemos, quem não olha e não quer andar para a frente tende a perder. Votos de um Feliz Natal e um Óptimo 2011!

Esta é a última edição deste ano do Nova Odivelas. Estamos de volta no dia 08 de Janeiro de 2010.

Aqui ficam os nossos votos Do Mundo das Tropelias em acção Boas Festas a todos Os leitores desta edição Ao longo destas quase cem edições, foi com enorme prazer e profissionalismo que nós, Mundo das Tropelias, nos fomos dando a conhecer. A nossa forma de pensar e agir, tendo em conta o bem-estar físico e psicológico das “nossas” crianças, bem como o seu desenvolvimento cognitivo, reflectiu-se em todas as actividades lúdico-pedagógicas realizadas com elas, sempre rodeadas de “colo”, amor e carinho. Diversas temáticas educacionais foram abordadas no sentido de informarem, ajudarem e orientarem os Pais e Encarregados de Educação no seu complexo e difícil papel de educadores. Aprendemos e crescemos todos juntos e acreditamos que só assim podemos evoluir e desempenhar cada vez melhor as nossas funções. Neste momento, chegou a hora de fazermos um interregno para reflexão, por isso …até breve e um bem-haja.

O Mundo das Tropelias

PUBLIRREPORTAGEM


22 Dezembro 2010

Nova Odivelas 7 PUB

PUB


8

Nova Odivelas

22 Dezembro 2010

ACTUALIDADE SOLIDARIEDADE

Pais e mães Natal distribuíram a A Operação Solidária Rodar, juntou cerca de 100 pais e mães Natal, sobre rodas para entrega de brinquedos às crianças do Bairro do Barruncho, na Póvoa de Santo Adrião e Bairro na Cassapia, no Olival Basto, bem como roupas e brinquedos à obra do Padre Abel, em Caneças.

E

m 2009, a Associação de Pais e Encarregados da Educação da EB 2,3 António Gedeão em colaboração com o clube de cicloturismo Colinas Bike Tour fizeram uma recolha de brinquedos que foram entregues a instituições de solidariedade do concelho de Odivelas por cerca de 50 ciclistas vestidos de pai Natal. Também o Motoclube de Odivelas Doninhas do Asfalto fez uma iniciativa semelhante tendo recolhidos roupas, brinquedos e alimentos que foram entregues à Obra da Imaculada Conceição e Santo António (conhecida como obra do Padre Abel) em Caneças pelos sócios do clube, com as suas motas e vestidos de pai Natal. Este ano as duas entidades resolveram unir as iniciativas num grande evento conjunto ao qual aderiram também o Colinas On-line, e os clubes de BTT e cicloturismo PasPUB

> 80 Pais e mães Natal deram uma cor diferente ao Mosteiro D. Dinis

satempo Bike Team, da Arroja, Clube de Cicloturismo da Quintinha, da Póvoa de Santo Adrião e o Clube de BTT Chapim & Companhia, da Urbanização do Chapim na freguesia de Odivelas. Até 17 de Dezembro, em cinco pontos de recolha, foram entregues brinquedos, sendo que no Clube Motard Doninhas do Asfalto foram também recolhidas roupas, livros e alimentos, uma vez que a campanha deste clube já estava na rua quando aderiram à iniciativa conjunta, como nos explicou Ricardo Camilo, presidente do clube. Muitas pessoas aderiram à iniciativa oferecendo brinquedos novos e usados juntando mais de quatro centenas, que na noite de Sexta-feira foram embrulhados em papel de presente, oferecido pelo Modelo e pelo Pingo Doce, por cerca de 50 voluntários. No Domingo de manhã a rua em frente à escola António Gedeão começou a encher-se de cor com as dezenas de pais e mães Natal que vestidos a preceito iam chegando a pedalar as suas bicicletas, acelerando as suas motos ou

ao volante das viaturas de apoio que iriam transportar os bens a oferecer. Um grande cortejo com cerca de dez dezenas de veículos de duas rodas partiu então para a Operação Solidária Rodar. Antes das entregas duas paragens em sítios emblemáticos para as fotografias de grupo: Convento de S. Dinis e S. Bernardo e Jardim do Rio da Costa. Após as fotos o grupo partiu com destino ao Barruncho onde já era esperado por muitas crianças no meio de grande alegria e expectativa, bem como pelo presidente da Junta de Freguesia da Póvoa de Santo Adrião, Rogério Breia, e vários membros do seu executivo. Antes da entrega às cerca de 80 crianças que esperavam à entrada do bairro foi feita uma entrega especial. Por atalhos sinuosos e enlameados um grupo de pais Natal foi a casa da Estela, uma jovem de 16 anos, paraplégica, para, de forma muito emocionada, entregar um MP3 que vai permitir romper um pouco a solidão de uma jovem a quem as saídas de casa são muito condi-

Fotografias: Eduardo Sousa

Henrique Ribeiro henrique_ribeiro@simpruspress.pt

cionadas pela falta de acessibilidades. Para ir para a escola é uma aventura diária com o pai a levá-la ao colo, numa enorme distância, até á estrada onde a cadeira de rodas já pode andar, contounos uma moradora que apoiou na entrega dos brinquedos. Voltando ao local de concentração, começou a distribuição de alegria em embrulhos coloridos. Muitos olhos brilhantes de alegria, também uma lágrima aqui ou ali quando o brinquedo não era aquele que a publicidade das televisões tinha levado à sua infantil ilusão. Mas passada a primeira reacção a alegria também se espelhava naqueles

que efémera, é também uma alegria para os seus autores. Do Barruncho a caravana partiu para o Bairro da Cassapia. Depois de uma subida muito íngreme e difícil, onde o esforço se tornou visível nos rostos de todos os ciclistas, chegámos ao bairro onde uma multidão aplaudiu a chegada dos pais Natal sobre rodas. A aguardar a caravana estavam também Joaquim Farinha, presidente da Junta de Freguesia do Olival Basto e o tesoureiro Carlos Fortes. De novo os pais e mães Natal foram distribuindo pacotes de alegria. Rapidamente as prendas eram desembrulhadas e os sorrisos abriam-se nos rostos

> As Crianças do Barruncho viveram um dia diferente

pequenos rostos. Também nos adultos, que naquele dia encarnavam a mais conhecida personagem do Natal, uma lágrima surgia, de quando em vez, porque os homens são feitos de emoções e proporcionar assim alegria às crianças, ainda

de olhos brilhantes. A última visita foi à obra do Padre Abel, em Caneças, com os motards do Doninhas do Asfalto a repetir a visita de 2009. Para além dos brinquedos da organização conjunta os Doninhas entregaram muitas caixas com roupas, livros e ali-


22 Dezembro 2010

Nova Odivelas 9

alegria em forma de brinquedos mentos tendo convivido um pouco com as crianças da instituição que mais uma vez não tiravam os olhos daquelas máquinas barulhentas que os motards conduziam. António Martins, presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação (APEE) da EB 2,3 António Gedeão explicou-nos que após o sucesso de 2009 decidiram continuar com estas realizações alargando o âmbito da organização a outros clubes de duas rodas «Que faziam iniciativas semelhantes e nós achámos por bem dar outra dimensão ao evento e juntar todos num projecto comum». A Associação divulgou a iniciativa junto dos 700 alunos da escola através de cartazes e «Conseguimos reunir uma quantidade muito significativa de brinquedos, com muitos brinquedos novos mas todos entregues por pessoas individuais». A escolha dos dois bairros foi feita com recurso aos técnicos de acção social da Câmara de Odivelas «Que tem identificadas as crianças necessitadas. Foi através deles que chegámos à fala com os presidentes de junta e posteriormente com as Comissões de Moradores que localmente reuniram as crianças no dia do evento». Para a APEE «Foi muito gratificante ver a alegria daquelas crianças ao receber os brinquedos. Já assim tinha sido em 2009, e foi isso que nos levou a repetir. É sempre gratificante quando conseguimos reunir toda esta gente, tantos brinquedos e ver os sorrisos das crianças enche o coração a qualquer um». António Mar-

tins disse-nos ainda que esta iniciativa é para continuar em próximos anos. «Nós estamos disponíveis se continuamos na associação porque todos os anos há eleições mas seguramente que quem ficar vai querer manter esta tradição». Depois de já ter chamado todos os clubes de cicloturismo e motard actualmente existentes no concelho há a intenção de no próximo ano alargar a outras associações de pais «Para dar uma dimensão cada vez mais global a nível concelhio». O presidente da APEE do António Gedeão agradeceu a todas as pessoas que contribuíram com os presentes e a todos os que participaram na distribuição de forma tão

António Gedeão e este foi o ponto de partida para a iniciativa em 2009. «Quer no Plano de Actividades da APEE que do clube nós incluímos uma actividade solidária». A ideia partiu do Colinas Bike Tour, que lançou o desafio à APEE que foi logo aceite. Este clube de cicloturismo das Colinas do Cruzeiro tem cerca de 50 associados desenvolvendo várias actividades ao longo do ano, como a ligação em bicicleta entre o concelho e Odivelas, no Alentejo e vários passeios temáticos assinalando várias efemérides. Também Adelino Ramos considera importante manter este tipo de evento, estando já marcado o dia 18 de Dezembro de 2011, a próxima edição. «A

> Alegria também no Bairro da Cassapia

calorosa. Adelino Ramos, presidente do Colinas Bike Tour é também membro da APEE da escola

ideia é que esta iniciativa se prolongue, que vá crescendo e consiga chegar ao coração de mais participantes quer de bi-

> Um presente em troca de um sorriso

cicleta quer da sociedade civil do concelho». Ricardo Camilo, presidente do Doninhas do Asfalto, considerou benéfica esta junção de todos os eventos que resultou muito bem. «Este ano foi melhor que o anterior e certamente que em cada ano irá ser melhor. Juntar motos e bicicletas deu mais impacto a nível de Odivelas e foi muito mais engraçado». Tal como em 2009, também este ano o Motoclube de Odivelas escolheu a obra do Padre Abel para entregar os bens recolhidos pelo clube porque «É muito importante para nós e ao longo do próximo ano já estão pensados novos eventos envolvendo as crianças da instituição». Também Ricardo Camilo defende a continuação e crescimento desta iniciativa que põe pais e mães Natal a rodar solidariamente. Rogério Breia, presidente da Junta de Freguesia da Póvoa de Santo Adrião, onde o Bairro do Barruncho pertence explicou que «Aquele é um bairro complicado, com muitas carên-

cias e foi importante levar esta iniciativa ao bairro». O autarca disse que a iniciativa foi um sucesso e que as pessoas do bairro gostaram muito e que lamentaram ser apenas uma vez por ano. Também Joaquim Farinha, presidente do Olival Basto considerou que o evento foi um sucesso e que a Comissão de Moradores e os moradores ficaram muito satisfeitos com a iniciativa. «As pessoas disseram-me que não se lembravam de ninguém até agora se ter lembrado deles daquela forma. Ficaram maravilhados». Para o autarca são importantes estas iniciativas da sociedade civil e «Estamos de facto numa altura em que é indispensável que as organizações da sociedade civil pensem nestas coisas». Joaquim Farinha considera que este tipo de eventos que partem das pessoas são olhados com mais carinho do que se partissem dos políticos porque ainda há quem pense que «Os políticos dão com uma mão e tiram com a outra».

PUB


10 PUB

Nova Odivelas

22 Dezembro 2010


22 Dezembro 2010

Nova Odivelas 11

DESPORTIVAMENTE

Sarau do SCP No dia 18 de Dezembro, realizouse no Pavilhão Multiusos de Odivelas o Sarau de Natal do Sporting Clube de Portugal, uma organização do Sporting e da Câmara Municipal de Odivelas, que foi aberto a população, mediante aquisição de um bilhete ao preço simbólico mínimo de um euro, podendo os interessados dar quantias maiores. A receita do espectáculo foi entregue a duas instituições de solidariedade para crianças, uma escolhida pela Câmara de Odivelas (Associação Comunidade Lusófona) e outra escolhida pelo Sporting. Para além de metade da receita de bilheteira a Comunidade Lusófona recebeu também cerca de 400 brinquedos provenientes dos mais de 400 atletas de todas as classes de competição e demonstração do Sporting presentes no sarau, uma vez que cada atleta levou um brinquedo para esse fim. I Torneio Municipal Sénior Wii Esta Terça-feira teve lugar no Centro de Exposições de Odivelas a abertura oficial do I Torneio Municipal Sénior Wii, promovido pela Câmara Municipal de Odivelas, em parceria com a Nintendo Portugal que contou com a presença de cerca de 100 munícipes seniores do concelho de Odivelas, acompanhados pelos seus respectivos netos ou outros familiares jovens. Esta iniciativa, está inserida no âmbito das actividades da autarquia que visam ampliar as oportunidades de acesso ao conjunto de potencialidades das Novas Tecnologias para os munícipes seniores, tem por finalidade proporcionar o contacto com a realidade dos videojogos e dos seus benefícios ao nível da saúde mental e física para esta população. Pretende-se, igualmente, proporcionar um agradável momento de ocupação criativa, possibilitando experiências em grupo e a participação inter-geracional, sensibilizando a comunidade em geral para o papel dos seniores no desenvolvimento social. No final do torneio, haverá prémios (consolas e jogos Wii) para as equipas que obtiverem melhores prestações no decurso do mesmo.

RESULTADOS

100 alunos no 1º Encontro concelhio No dia 14 de Dezembro, realizouse no Pavilhão Municipal Susana Barroso, no Casal do Rato, freguesia da Pontinha, o 1º Encontro Concelhio de Gira Volei, evento organizado pela Câmara de Odivelas em parceria com a Federação Portuguesa de Voleibol e a Associação de Voleibol de Lisboa, no âmbito do Programa de Actividade Física e do Desporto na Escola. O encontro contou com a participação de 100 alunos oriundos dos Centros de Gira Volei das EB2/3 dos Castanheiros e da Pontinha e das EB1 Maria Lamas, Cesário Verde, Vale Grande e Olival Basto. O gira volei é uma variante do Voleibol e tem, em relação ao desporto que lhe dá origem, regras

FIM-DE-SEMANA [18 e 19 DEZ] ANDEBOL Seniores: Costa D'Oiro 25 ● 18 Gin. Odivelas Iniciados: CSJ Brito 27 ● 19 Gin. Odivelas Infantis: Gin. Sul 33 ● 8 Gin. Odivelas

Fotografias: David Braga

GINÁSTICA Festa de Natal do Clube do Movimento Realizou-se a 14 de Dezembro, no Pavilhão Multiusos de Odivelas a Festa de Natal do Clube do Movimento. A iniciativa consistiu numa Manhã Dançante com os alunos do Clube do Movimento a protagonizarem outro tipo de ginástica, dançando ao som da música que embalou os pares na pista de dança improvisada. «A Câmara Municipal pretendeu, com esta iniciativa, promover um alegre convívio entre todos os alunos, fortalecendo o conceito de grupo nesta quadra, fomentando a solidariedade, fraternidade, amizade e partilha».

GIRA VOLEI

momento, com 1775 centros em todo o país. Em Odivelas são cerca de 800 as crianças que praticam esta actividade desportiva, distribuídas por sete centros.

simplificadas e outras condições que facilitam a sua prática e treino, e é uma aposta da federação para chamar os mais novos para a prática do Voleibol. O Projecto Gira Volei projecto foi iniciado em 1998 e conta, neste

FUTEBOL

Odivelas perde com o Sporting Em jogo da Divisão de Honra de iniciados da Associação de Futebol de Lisboa o Odivelas Futebol Clube recebeu o Sporting Clube de Portugal num jogo bem disputado. O Odivelas entrou em campo com a ambição de obter um resultado positivo para conseguir manter o sonho de subir ao campeonato nacional, mas foi o Sporting que inaugurou o marcador, sem resposta do Odivelas no primeiro tempo partindo para os balneá-

Fotografias: António Mota

DIRECTAS

rios a vencer por uma bola a zero. No regresso a equipa da casa esforçou-se para conseguir a igualdade, mas foi o Sporting a marcar mais dois golos. O Odivelas ainda conseguiu reduzir marcando mais um golo que foi insuficiente para obter a vitória. Jogo muito correcto com boa arbitragem.

FUTEBOL Seniores: SL Olivais 5 ● 2 CAC Seniores: Peniche 1 ● 0 Odivelas SAD Juniores: Casa Pia 2 ● 1 CAC Juniores: Caneças 3 ● 0 Alhandra Juniores: Odivelas FC 7 ● 0 Sertanense Juniores: Mafra 6 ● 1 Tenente Valdez Juvenis: CAC 3 ● 1 Lourel Juvenis: CAC B 1 ● 1 SJ Brito B Juvenis: Mafra 1 ● 2 Caneças Juvenis: Belenenses 3 ● 2 Odivelas FC Iniciados: Lourel 1 ● 4 CAC Iniciados: Sporting C 0 ● 2 CAC B Iniciados: Ponte Frielas 2 ● 2 Caneças Iniciados: Odivelas FC 1 ● 3 Sporting Iniciados: Odivelas FC B 2 ● 2 Fonte Grada Iniciados: Unidos Lisboa 1 ● 0TenenteValdez Iniciados: Tenente Valdez B 2 ● 2 Camarate Infantis: Belenenses 2 ● 0 CAC Infantis: Alta Lisboa 12 ● 0 Caneças Infantis: Lourinhanense 0 ● 2 Caneças Infantis: CIF 7 ● 1 Odivelas FC Infantis: Odivelas FC B 1 ● 11 Povoense Infantis: Lisboa e Águias 9 ● 2 Santa Maria Infantis: Tenente Valdez 1 ● 0 Povoense FUTSAL Seniores: Famões 6 ● 2 Marista Lisboa Seniores fem.: Os Paulenses 11 ● 0 Caneças Juniores: ACO 4 ● 1 Bons Dias Juniores: Arroja 8 ● 2 Fonsecas e Calçada Juniores: Vilafranquense 3 ● 1 GROB Juvenis: ACO 9 ● 1 Sassoeiros Iniciados: Valejas 3 ● 9 ACO Iniciados: Bons Dias 1 ● 3 Patameiras Iniciados: Casal do Rato 2 ● 1 Sassoeiros Infantis: Arroja 0 ● 5 ACO Infantis: SJ Tojal 0 ● 5 Bons Dias Infantis: Brandoa 1 ● 4 Casal Rato Infantis: GROB 2 ● 5 São Brás Infantis: Infantado 0 ● 5 Patameiras Escolas: UDA 1 ● 1 Arroja Escolas: Bons Dias 2 ● 7 Patameiras Escolas: Portela 2 ● 5 GROB Escolas: PSAAC 7 ● 0 SJ Tojal

António Mota

FUTEBOL

Juniores da SMDC vencem o Alhandra Excelente exibição da equipa de Juniores A, na recepção ao Alhandra, conseguindo uma vitória justíssima (3:0), que podia (e devia) ter sido por números mais largos não fosse o desperdício diante do guarda-redes adversário. Depois de uma primeira parte repartida, com os sectores defensivos de ambas as equipas a darem conta do recado, o Caneças arrancou para a segunda metade com outra dinâmica e dos primeiros dez minutos resultaram dois golos que tranquilizaram a equipa e por outro lado desnortearam os visitantes. A partir daí nunca mais o Caneças perdeu o controlo/domínio do jogo, (os de Alhandra fizeram o primeiro remate à baliza caseira apenas ao 25.º minuto

após o reatamento) e foram-se sucedendo as investidas por ambas as faixas com óptimas assistências, sucessivamente desaproveitadas, para além da meia distância utilizada que foi sendo defendida pelo guarda-redes contrário ou desviada no ferro da baliza à sua guarda. Já nos descontos, o Caneças chegou ao terceiro golo, numa altura em que o jogo estava necessariamente mais aberto, embora os de Alhandra o fizessem já sem grande convicção. Exibição muito agradável do Caneças, segura no sector mais recuado e criativa e rápida daí para a frente. Sem querer destacar individuais, porque o global foi bastante bom, devemos dizer que

ressaltaram três ou quatro elementos que, a continuar assim, vão dar muitas alegrias às nossas cores. Não se pense no entanto que tudo foram facilidades. Cabe aqui uma palavra de apreço ao esforço dos Alhandrenses que, especialmente na primeira parte, foram sempre criando algum perigo junto da nossa baliza, mas hoje era decididamente dia de Caneças. Agora o topo está logo ali e o primeiro lugar será disputado no confronto directo e os candidatos dependem apenas de si próprios. Força equipa! Site da SMDC

Envie-nos as notícias do seu clube desportivamente@novaodivelas.pt


12

Nova Odivelas

22 Dezembro 2010

DESPORTIVAMENTE ASSOCIATIVISMO

Grande vitória da solidariedade!

> José Amoedo, Andreia Santa Maria e António Parreira

David Braga davidbraga@diariodeodivelas.com

A equipa de futsal de Benjamins do Póvoa de Santo Adrião Atlético Clube deslocou-se no passado domingo ao Tojal, para visitar a Casa do Gaiato e conviver com as crianças da referida instituição englobada numa iniciativa de solidariedade apoiada pelo clube. egundo João Marçal, treinador da equipa povoense e principal mentor desta acção o objectivo foi o de «Proporcionar aos meus jovens atletas um contacto com realidades diferentes das deles, incentivando-os a ajudar quem precisa». O mister da equipa da Póvoa ficou «Muito sensibilizado com a receptividade e apoio que teve dos pais dos atletas, dirigentes e sócios do clube» que inclusive se deslocaram em grande número ao Tojal para acompanhar o culmi-

S

nar deste evento. João Marçal não quis deixar de agradecer «A todos os que contribuíram para o sucesso desta iniciativa», prometendo «Que vai ser repetida». Por fim deixou um «Muito obrigado à Direcção da Casa do Gaiato que nos recebeu calorosamente, bem como a todas as crianças que foram espectaculares.» Na chegada à Casa do Gaiato os pequenos atletas do PSAAC foram entregar os bens alimentares, roupas, produtos de higiene e limpeza, bem como alguns donativos monetários, recolhidos por entre os pais, dirigentes, técnicos e outras pessoas que fizeram questão de participar nesta campanha. Seguiu-se no programa um jogo entre as equipas do PSAAC e da Casa do Gaiato. E aqui começou a grande festa. Com ambas as equipas trajadas a rigor (o PSAAC emprestou o seu equipamento alternativo à equipa da casa) os pequenos grandes jogadores entraram no pavilhão perfilando perante o público e fazendo a saudação da praxe. Foi emocionante ver o brilhozinho nos olhos de todos eles, disputando cada lance com alegria e vivacidade

oferecido pelos pais dos atletas do PSAAC. Parabéns ao João Marçal e todos os intervenientes por esta tarde diferente mas tão enriquecedora.

Fotografias: David Braga

evento terem erguido a gigantesca Taça da Solidariedade, ainda houve tempo para os cansados mas felizes jogadores se deliciarem com um pequeno lanche

tão normal nestas idades, sem maldades, mas com muita vontade de jogar à bola. A festa estava bonita, os golos iam acontecendo em catadupa ao ponto de se perder a conta. As equipas trocaram de jogadores inúmeras vezes, fazendo assim com que todos participassem nesta festa. E houve de tudo, jogadas vistosas, pormenores técnicos de nível superior, grandes golos, lesões (sem gravidade!), polémica nas decisões do árbitro, enfim tudo o que um grande jogo merece ter! Uma hora depois o árbitro apitou pela última vez. Resultado final: uma grande vitória do convívio e da amizade. Mais uma vez o desporto fez a ponte entre realidades diferentes, mais uma vez o desporto provou que é um dos caminhos para evitar comportamentos desviantes, mais uma vez o desporto demonstrou que pode e deve ser uma Festa! No final da partida e depois de todos os participantes deste

PUB


22 Dezembro 2010

Nova Odivelas 13 PUB

PUB

PUB


PUB

Nova Odivelas

22 Dezembro 2010

Intermitências

Rei Leão na Ramada

Fotografias: A: Boa-Nova

14

s crianças do ATL da Escola João Villaret da Ramada, subiram ao palco no dia 10 de Dezembro, no Polivalente de Odivelas para representarem o Musical O Rei Leão. Os jovens artistas, dos 4 aos 10 anos, conseguiram interiorizar na plenitude as suas personagens e retratar toda a história, recorrendo às diferentes expressões artísticas como a dança contemporânea, ginástica acrobática e expressão dramática. Baseada numa história comovente os pequenos actores preconizaram momentos emocionantes e cheios de magia. O nascimento do pequeno Leão, Simba, foi um dos momentos altos da noite assim como a morte de seu pai, onde o público deixou cair uma lágrima, mas no final tudo acabou em pleno com o jovem Leão a tornar-se rei, transformando o palco num local de grande alegria. Foi um verdadeiro musical!

A

António Boa-Nova

Mais Odivelas em: www.novaodivelasodivelas.tv

NovaOdivelas web TV regional Informação com rosto


22 Dezembro 2010

Realmente! «O Máximo da Trapalhada ou a Trapalhada do Máximo? Uma loja que é de todos nós (Loja Municipal no Odivelas Parque). Os marmeleiros sem nada pagarem, sem terem um protocolo, um acordo ou contrato, que os obrigue a cumprirem com as regras de utilização do espaço ou da confecção/produção da Marmelada. Uma loja onde não se pode pagar com multibanco e uma loja que não emite factura dos produtos que vende, só o marmeleiro presente (regime rotativo), pode passar factura e só sobre os que fabrica. Uma loja municipal onde os comerciantes/marmeleiros não são obrigados a registar automaticamente as suas vendas, tal como obriga a lei. Isto tudo, imagine-se, promovido pelo Vereador das Actividades Económicas do Município de Odivelas. Já para não falar da forma como encerrou o último P.A.O.D. na Assembleia Municipal, a falar das confrarias e quem paga o quê, o mínimo que posso dizer é: G’anda exemplo!». Miguel Xara Brasil Blogue Um Rumo «A Iniciativa RODAR foi um sucesso! Um concelho com associações desta natureza, que se organizam de forma tão profissional e que conseguem chegar a centenas de crianças e a bairros onde muito poucos vão, tem seguramente Futuro. Para alguns a palavra solidariedade está apenas no dicionário...para outros está na acção...de... várias rodas...que continuem a rodar e a agarrar as asas do sonho Parabéns!» Susana Amador Facebook «O Orçamento da CMO, foi votado hoje por grande maioria dos membros da Assembleia Municipal e com votos de louvor por parte de alguns membros da oposição. A bancada da CDU, como habitualmente, votou contra, omitindo o seu passado na autarquia de Loures e que influenciou decisivamente o panorama deficitário herdado por Odivelas. O PS nestes 12 anos tem feito um trabalho hercúleo para inverter o paradigma deixado pelo PCP».

E

Nobres Confissões Confesso, sim confesso…

stou muy baralhadita. Disse nesta coluna que uma tigela de Marmelada Branca de Odivelas, na loja da Marmelada no Odivelas Parque, custava 15 euros. E disse-o porque foi o preço que me disseram lá no dia da inauguração da loja. No entanto, o meu leitor Armando Sousa enviou-me um indignado e-mail onde diz que a tigela custa dez euros. E, diz mais: «Já nos chega - e de sobra - políticos que nos enchem de mentiras, não precisamos de comentadores de tigela inteira, que nos façam o mesmo. Faça a sua obrigação de corrigir o erro num próximo número». Bom, depois de receber este e-mail fui verificar e parece que a tijelita custa mesmo dez euros, mas quando disse que me tinham dito 15 euros disseram-me que tinha sido engano. Prontos fico contente por o custo ser cinco euritos mais barato mas ainda assim, 550 gramas dois contitos não deixa de ser carito pois não? Ainda falando de marmeladas. Segundo o Xara Brasil no seu blogue a Loja da Marmelada no Odivelas Parque não tem nenhum controlo e está mal organizada. Oh Xara não percebo a admiração, afinal está consentânea com o objectivo da coisa… Então não estamos a falar de marmelada? É verdade, se durante muitos anos ninguém abria a boca para falar de Marmelada agora é um vê se te avias toda a minha gente fala da marmelada. Vamos lá ver como vai acabar. Se calhar terá o triste fim de outras modas que já conhecemos… Espero e desejo sinceramente que assim não seja.

F

alando de outras coisas. A Secção Sectorial rosinha da Carris veio fazer o seu jantar de Natal a Odivelas. Como seria natural convidaram o coordenador da Secção Residencial de Odivelas e a presidente da Comissão Política Concelhia. Pois bem, se o Nuninho disse presente a doutora presidenta declinou o convite. Há coisas que a Ricardina tem dificuldade em perceber mas que querem a política não é cá para o meu feitio. Mas gostei de ver que os presidentes das Assembleias Municipais de Odivelas e Loures marcaram presença no jantar.

No Domingo mais de oitenta pais e mães Natal, vestidos a preceito e pedalando as suas bikes ou acelerando as suas motos percorreram ruas de quatro freguesias do concelho levando a marca da solidariedade aos bairros da Cassapia, no Olival Basto e Barruncho, na Póvoa de Santo Adrião e à Obra do Padre Abel em Caneças, fazendo brilhar os olhos de mais de duas centenas de crianças. Numa sociedade desumanizada as imagens destes pais e mães Natal trouxeram as lágrimas aos olhos da Ricardina e certamente a de todos os que assistiram à passagem daquele cortejo de bicicletas e motos. Um beijinho muito grande da viscondessa da Memória para todos aqueles que entraram nesta grande aventura solidária. Mas para além desta iniciativa, foram muitas outras que um pouco por todo o concelho mostraram que ainda pudemos ter fé nesta raça que anda na vertical e às vezes pensa bem. Sei que vou correr o risco de me esquecer de alguém mas, pedindo desculpa se assim acontecer, tenho de

~ Gu ard a R eal ~

Nova Odivelas 15

Maria Ricardina de Marmelo e Sá Viscondessa da Memória confissoes@novaodivelas.pt

nomear aqui os casos que conheço. Nas juntas de Freguesias conheço quatro casos mas acredito que são mais. Caneças, Odivelas, Olival Basto e Pontinha desenvolveram campanhas solidárias de recolha de bens alimentares, roupas e brinquedos para distribuir às famílias mais carenciadas das suas freguesias. Na sociedade civil destaco o Movimento Odivelas no Coração que está a seguir uma linha de cidadania solidária que a Ricardina tem de saudar. Estando já há alguns meses a apoiar cerca de 30 famílias, o MOC assinou recentemente um protocolo com o Banco Alimentar Contra a Fome e fez também a sua recolha de bens tendo entregue no passado Sábado esses bens em forma de Cabaz de Natal. Não posso dar mais mas para todos aqueles que pensam nos outros vai um grande e repenicado beijinho da Ricardina lembrando o grande poeta popular algarvio, António Aleixo: A vida só poderá ser Melhor do que até aqui Quando consigas fazer Mais pelos outros que por ti.

A

inda bem que não sou Very Important Person, porque se não desta é que ficava assim para o redondito. Vocês nem sabem quantos jantares e almoços de natal estão a acontecer… Ui, é das jotas, é dos partidos, é dos clubes, é das instituições, é dos blogues, enfim muito jantarito se está a fazer! Mas mesmo assim tinha aceitado dois ou três convites mas ninguém se lembrou de mim. Por falar em almoços e jantares, parece que num restaurante da Póvoa de Santo Adrião funciona um grande serviço de comunicações e informações onde tudo se diz e tudo se sabe. Prometo que pelo menos uma vez por semana vou lá almoçar para ficar mais actualizadita. Mas também começo a ficar preocupadita porque assim ainda fico desempregada. Que chatice!

Prontos caros e caras leitores e leitoras cá a Ricardina vai despedir-se, com muito amor e carinho desejando a todos um bom Natal e umas entradas tão grandes como as do meu director. Fiquem bem que eu fico também.

~ Flas h d o Re ino ~

José Francisco Guerreiro

Facebook SIMPRUS PRESS, COMUNICAÇÃO LDA Av. de Lisboa, 103 B - 2605-002 Casal de Cambra TLF: 219 817 000 FAX: 219 817 009 || NIPC: 509 172 962 || DIRECTORA GERAL: Helena Figueira [helena_figueira@simpruspress.pt] TLM: 925 429 118 || DIRECTOR DE INFORMAÇÃO: Henrique Ribeiro [henrique_ribeiro@simpruspress.pt] TLM: 962 646 230 || DIRECTORA FINANCEIRA: Manuela Escoval || CONTABILIDADE: Adélia Santos [adeliasantos@simpruspress.pt] || PUBLICIDADE: [publicidade@simpruspress.pt] TLM: 925 429 118 NOVA ODIVELAS - Semanário do Concelho de Odivelas Av. de Lisboa, 103 B - 2605-002 Casal de Cambra TLF: 219 817 000 FAX: 219 817 009 || DIRECTOR: Henrique Ribeiro [henrique_ribeiro@simpruspress.pt] || PUBLICIDADE: Helena Martins [publicidade@simpruspress.pt] TLM: 925 429 118 || DESIGN: Nuno P. Silva [nunopsilva@simpruspress.pt] || COLABORADORES: Eduardo Sousa, Miguel Lopes (Fotografia), Lina Manso, Sérgio Mendonça (Desporto) || COLUNISTAS: Edgar Valles, Fernando Tudela, Helena Jardim, Manuel Varges, Maria Máxima Vaz, Paula Paçó, Sofia Mendes, Teresa Salvado || CORRESPONDENTES: Olival Basto - Sara Sousa; Desporto - David Braga, Pedro Beato, Sandra Braga || REGISTO NO ERC: 123252 || DEPÓSITO LEGAL N.º: 105904/9 || IMPRESSÃO: GRAFEDISPORT Impressão e Artes Gráficas, SA - Rua Consiglieri Pedroso, Casal de Santa Leopoldina Queluz de Baixo || DISTRIBUIÇÃO: Casa-a-casa Distribuidores Lda. || TIRAGEM DESTE NÚMERO: 20 mil exemplares - Interdita a reprodução de textos e imagens sem o devido consentimento. || As crónicas e artigos de opinião ou de leitores são da inteira responsabilidades dos seus autores e podem não corresponder à orientação editorial do jornal.


Nova Odivelas PUB

Informação credível e completa

Edição 373 do Nova odivelas  

Edição de 22 de Dezembro de 2010