2021 - Notícias - Julho/Agosto

Page 1

NOTÍCIAS ProvínciaFranciscanadeSantoAntôniodoBrasil

JUlho - Agosto/ 2021 - Ano LXVI nº 501

Louvado sejas meu Senhor pela irmã morte (São Francisco de Assis)


SUMÁRIO

03 PALAVRA DA COMUNICAÇÃO

04

08 13 14

17 18 19 20 21

22 22 23

25 26 27 28 29

32

MENSAGENS - Mensagem do Ministro Geral por ocasião da Festa de Santa Clara VIDA FRATERNA - Últimas do III Definitório 2021-2023 - Encontro dos Irmãos de Vocação Laical - Retiro Provincial

FORMAÇÃO - Admissão dos Postulantes - Noviços Fazem Primeira Profissão - Frades Renovam os Votos em Salvador - Frades Renovam os Votos em Lagoa Seca - Frades Renovam os Votos em Fortaleza

EVANGELIZAÇÃO E MISSÃO - Encontro do Conselho Econômico - Reunião do Secretariado de Evangelização - Encontro dos Párocos e Leigos CAPÍTULO GERAL - Partilha do Frei Amilton sobre o Capítulo - Apresentação do Relatório Ministro Geral - Eleição do Ministro Geral - Eleição do Vigário Geral - Eleição dos Definidores Gerais EM MEMÓRIA - Frei Mendelson Branco da Silva


PALAVRA DA EQUIPE DE COMUNICAÇÃO

C

aros irmãos e irmãs,

Essa edição da Revista Notícias da Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil equivalente aos meses de Julho e Agosto de 2021 traz marcas de alegria, esperança e fé, apesar das dificuldades dos tempos presentes. Se em cada bimestre temos o cuidado de selecionar as notícias que são marcantes na vida da Província, os meses de Julho e Agosto ocupam uma atenção especial porque são nesses meses que, provincialmente, vivenciamos importantes momentos. Enquanto o mês de Julho favorece a alegria pelos encontros dos frades nas etapas de vida, formação e missão que, normalmente, culmina no Retiro Provincial, o mês de Agosto nos abre ao horizonte da esperança. É o mês em que os nossos jovens frades renovam o compromisso vocacional na Ordem dos Frades Menores pela profissão e renovação dos conselhos evangélicos. Além desses acontecimentos que no Notícias se tonam textos e imagens, nessa edição se encontram registros do importante momento da Ordem que foi a realização do seu Capítulo Geral em Roma de 3 a 18 de julho. Traz ainda a memória de Santa Clara, celebrada no dia 11 de agosto, por meio da Mensagem do Ministro Geral e em tom de pesar, a notícia do falecimento do Frei Mendelson Branco da Silva que tão precocemente realizou sua páscoa, sendo contado como um daqueles que foram vitimados pela Covid-19. Realmente, a vida não é só alegria, é também dor e tristeza. O acontecimento da morte do Frei Mendelson, que homenageamos com a capa e as ultimas páginas dessa edição, nos tirou o chão. Mas por conta da fé e pelo que aprendemos de São Francisco, acolhemos a morte como a irmã que possibilitou a ele o abraço eterno junto de Deus. Que ele descanse na Paz do Senhor.

Tenham todos uma boa leitura.

Frei Faustino dos Santos, OFM

Coord. da Equipe de Comunicação Provincial


MENSAGENS

4

JUL-AGO/ 2021 NOTÍCIAS


MENSAGENS

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

5


MENSAGENS

6

JUL-AGO/ 2021 NOTÍCIAS


MENSAGENS

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

7


VIDA FRATERNA

8

JUL-AGO/ 2021 NOTÍCIAS


VIDA FRATERNA

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

9


VIDA FRATERNA

10

JUL-AGO/ 2021 NOTÍCIAS


VIDA FRATERNA

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

11


VIDA FRATERNA

12

JUL-AGO/ 2021 NOTÍCIAS


VIDA FRATERNA

FRADES DE VOCAÇÃO LAICAL SE REÚNEM EM LAGOA SECA EM ENCONTRO ANUAL

O

Encontro de Irmãos de Vocação Laical aconteceu nos dias 17 e 18 de julho no Convento Santo Antônio de Lagoa Seca-PB e contou com 25 participantes, entre estes estiveram presentes alguns frades presbíteros tanto da Província de Santo Antônio: Frei Walter Schreiber (Definidor, Mestre dos Professos Temporários em Fortaleza-CE e Secretário Provincial para a Formação e Estudos) e Frei Sérgio Moura Rodrigues (Vigário Provincial, Mestre no Noviciado Comum e Moderador da Formação Permanente), quanto da Província de Nossa Senhora da Assunção: Frei Ronaldo César Lima (Vice-Mestre de Noviciado Comum) e Frei Miguel Kleinhans (Vigário Provincial da Província Franciscana de Nossa Senhora da Assunção, Bacabal-MA). Frei Gilton Rezende é o atual representante provincial dos Irmãos de Vocação Laical que também está na função de Definidor, Guardião e Vice-Mestre dos Postulantes em Triunfo-PE. Na manhã do dia 17 de julho, José Gabriel Ferreira de Araújo, psicólogo que atua no CREAS Regional (Centro de Referências de Assistência Social) no governo do Estado da Paraíba, assessorou o encontro a partir do tema: “A saúde mental na pandemia: cuidados e necessidades”. Ele partilhou sobre as suas experiências no acompanhamento de pessoas e grupos atingidos pelas fragilidades cotidianas. Dada a singularidade do grupo de Irmãos, ele procurou aproximar o que ele vive com as vivências dos confrades. Frei Ronaldo César Souza (,) realizou a transição ao tema seguinte, a partir de um texto do teólogo e ex-frade franciscano Leonardo Boff, intitulado “Francisco de Assis: Cuidado, Simpatia e Ternura”.

Na tarde do mesmo dia, Fr. Gilton Rezende, também psicólogo, deu continuidade ao encontro discorrendo sobre “Os modos de sofrimentos na pandemia”, fundamentando sua fala no pensamento de Sigmund Freud, de onde parte a reflexão que o maior sofrimento humano advém das relações com os outros seres humanos (Afetividade). Os modos de sofrimentos foram vistos a partir de várias perspectivas: perspectiva existencial, perspectiva teológica e antropológica, perspectiva temporal-espacial-racional e a perspectiva psicoafetiva. Tamanha a importância destes temas e a originalidade das abordagens, o Encontro de Irmãos se caracterizou pelas transparências nas partilhas e buscas de horizontes para animar a vocação. Diante das reflexões dos modos de sofrimentos, questionou-se como os Irmãos de Vocação Laical poderiam enfrentar/superar os desafios que a pandemia provoca. O Encontro foi finalizado com a leitura do relatório do ex-ministro geral, Fr. Michel Perry, no que concerne a identidade do Irmão de Vocação Laical; e com a dinâmica de conversa em pequenos grupos, foram apresentadas sugestões sobre as aspirações dos Irmãos para serem apresentadas no Congresso de Formação da Província, previsto para 2022, bem como sugestões de temas para o próximo encontro anual. Foi também realizada uma avaliação sobre o Encontro. E, às 12h, encerrou-se o Encontro dos Irmãos com a oração do Angelus. Fr. Marcos Almeida e Fr. Gilton Rezende. JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

13


Dia 1

O início

Na noite do dia 19 de julho, com parte dos frades que formam a Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil, iniciou-se o 1º Retiro Provincial de 2021. O início do retiro foi marcado pela chegada dos confrades provenientes dos sete estados que compõem a Província. Por volta das 18h realizou-se o jantar e, em seguida, às 19h30, no auditório, deu-se início com o momento de oração, conduzido pelo Serviço Litúrgico Provincial. Neste primeiro momento, os frades suplicaram a assistência do Espírito Santo para conduzir este momento de espiritualidade a fim de colher bons frutos. A pregação do retiro ficará por conta de Dom Severino Batista de França, OFMCap, Bispo Emérito de Nazaré da Mata-PE, que ajudará os confrades a refletir sobre “A sinodalidade na vida consagrada e franciscana”. Pedimos que você, amigo e/ou amiga leitor/leitora, se una pela oração, aos nossos confrades para que possam, assistidos pelo Espírito Santo, vivenciar dias frutíferos de oração, silêncio, meditação e encontro pessoal com Deus.

Dia 2

I RETIRO PROVINCIAL 14

JUL-AGO/ 2021 NOTÍCIAS

Um convite à interioridade que leva a um contato consigo mesmo e com Deus

Motivado pela Palavra e pela Eucaristia, o segundo dia de Retiro da Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil teve seu início com a celebração Eucarística presidida por Frei Sérgio Moura, OFM, e homilia do Dom Severino Batista de França, OFMCap. No auditório do Convento de Lagoa Seca/PB, Dom Severino motivou os frades a refletir sobre o interior de cada um, provocando a reflexão sobre a importância do autoconhecimento. Apesar da exterioridade com que cada um se apresente, se faz necessário mergulhar no interior para ir além da superficialidade das aparências externas. No interior de si é possível encontrar tanto a voz de Deus quanto um conhecimento mais apurado sobre si mesmo. Durante a segunda parte do retiro, à tarde, Dom Severino refletiu acerca da sinodalidade na espiritualidade Franciscana. Para isso, o pregador do retiro mostrou que a Igreja atualmente busca crescer no caminho da escuta e da comunhão. Essa é uma busca autêntica pelo caminho com Jesus Cristo, escutando os clamores do povo em especial os mais necessitados. Dom Severino animou os presentes a seguir o exemplo de São Francisco para aprender dele a ouvir as vozes do povo. O dia se encerrou pela meditação da Via Sacra que anima a caminhada dos frades para a doação de suas vidas a Deus nos irmãos e irmãs, sobretudo os mais necessitados.


Dia 3

Um chamado à santidade

O terceiro dia de retiro provincial teve seu início com a celebração da eucaristia presidida por Dom Severino, sendo acompanhado no presbitério por Frei Walter Scheiber, guardião da fraternidade Nossa Senhora das Dores, e Frei Urbano Kaup, que celebrou 84 anos de vida. Na homilia desta celebração, Dom Severino ressaltava que, a exemplo da vida de São Lourenço de Brindisi, santo que se festejou neste dia, todos são chamados a viver a santidade. E este é o tema que guiou toda a manhã de retiro: SANTIDADE. No início da primeira meditação, Dom Severino perguntou: “O que significa a santidade?” A partir desta questão, ele destacou que falar de santidade hoje, a partir do que ensina a Teologia do Papa Francisco, é viver os sete dons do Espírito Santo, recebidos no Batismo e confirmados no Crisma. Assim, a santidade vai sendo construída paulatinamente, no dia a dia. Aquecidos os corações com estas inquietações, os frades retirantes partiram para vivenciar a manhã de silêncio, recolhimento e diálogo com Deus. Dando continuidade ao caminho iniciado pela manhã, a segunda parte deste dia de retiro foi um convite para reconhecer e olhar as enfermidades espirituais que cada ser humano possui. Partindo do exemplo de vida de Santa Teresa de Calcutá, Dom Severino mostrou que mesmo na correria, afazeres e trabalhos, é possível viver a santidade no cotidiano. No entanto, faz-se necessário tratar, sanar e superar as enfermidades espirituais que muitas vezes afetam o caminho de santidade, mesmo que estas façam parte da vida de cada ser humano. Para encerrar este terceiro dia de retiro, os frades se encontraram na igreja conventual e rezaram o Terço de São José, recorrendo à proteção do patrono universal da Igreja Católica Apostólica Romana, neste ano a ele dedicado. Vale destacar que, ao rezar cada mistério do Terço, muitos confrades falecidos foram recordados. Eles que nos precederam (tanto) na dedicação das suas vidas ao anúncio do Reino de Deus e também na Jerusalém celeste e agora vivem “bem felizes no reino que para todos preparastes” (Oração Eucarística V). Continuamos pedindo a você, irmão/irmã leitor/leitora, que esteja unido a nós pela oração para podermos vivenciar bem estes dias de retiro, para que seja uma verdadeira “pausa restauradora na caminhada rumo ao céu”. é a vida em fraterDia 4 A mística franciscana nidade

VIDA FRATERNA

O quarto dia de retiro (22/07) iniciou com a Celebração Eucarística presidida por Dom Severino e concelebrada por Frei Alleanderson Brito. Aí meditou-se o testemunho de vida de Santa Maria Madalena, dia de sua festa na litúrgica. Na primeira meditação do dia em vista do deserto, Dom Severino refletiu sobre a mística no carisma franciscano, apresentando o testemunho de São Francisco de Assis e seus primeiros frades. Perguntando sobre “que mística estamos vivenciando?” Dom Severino recordou que a mística de Francisco de Assis está em relação com o seu Senhor e os seus irmãos. Ele vivencia a mística da fraternidade universal. Francisco não é aquele que foge do mundo, mas aquele que está no meio do mundo e cultiva a relação com o Altíssimo Senhor. Na segunda parte, meditou-se sobre o despojamento de Cristo e como Francisco compreendeu a vontade do Senhor para também se despojar e abraçar aquela que ele chamava de “dona pobreza”. A reflexão conduziu à importância do ser ao invés do ter. O dia de retiro foi encerrado com a adoração ao Santíssimo Sacramento em fraternidade, em quem os frades confiaram suas vidas.

Dia 5

A misericórdia deve ser concreta

O quinto dia do Retiro Provincial se iniciou em torno à mesa da Palavra e da Eucaristia, onde os frades foram alimentados pela Palavra e pelo Corpo e Sangue de Cristo. A celebração foi presidida por Dom Severino, tendo sido acompanhado pelos freis Hermano Schwartbeck e Sérgio Moura. A primeira meditação do dia teve como tema a Misericórdia. Partindo do texto de Lc 15, 11-32 e dum fragmento da Carta de São Francisco a um Ministro, Dom Severino mostrou aos frades que as atitudes de misericórdia devem sair da perspectiva teórica e se dar de modo prático, pois, mais que teoria, a misericórdia se traduz em gestos concretos. Nos escritos de São Francisco encontramos gestos misericordiosos dele para com os irmãos. Gestos esses que revelam sua preocupação com os frades para que eles não se envolvessem em fofocas ou quaisquer ações que ferissem a vida dos irmãos e da fraternidade. Francisco ensinou aos frades que houvesse entre eles, cada vez mais, ações/atitudes de misericórdia. Com essas motivações os frades retirantes partiram para refletir no silêncio, recolhimento e oração, sobre como estão vivendo a misericórdia com seus irmãos e na fraternidade. Dando prosseguimento ao percurso deste dia de retiro, a parte da tarde foi marcada pela reflexão sobre a perspectiva franciscana acerca da encarnação JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

15


VIDA FRATERNA

do Verbo. Francisco de Assis foi um apaixonado pelo Cristo de Belém pobre, nu e crucificado. Além disso, ele teve especial amor pela Eucaristia, pois é nela que Jesus vem ao encontro do ser humano. Como ensina a doutrina católica, a Eucaristia edifica a Igreja e isso é possível de perceber na Teologia do Papa Francisco que ensina que precisamos ter gestos de carinho para com a Eucaristia, o que requer de nós no nosso tempo, mais do que antes, mostrar que ela [a Eucaristia] é, de fato, a fonte e cume da Igreja, como ensina a Sacrossanctum Concilium número 10. Com essas motivações, os frades partiram para o momento de recolhimento, silêncio e encontro com Jesus para adorá-lo. Como é possível ver no relato, esse dia foi marcado pela vivência da misericórdia e para encerrar nesse tom, aconteceu a celebração penitencial onde os frades puderam vivenciar o sacramento da reconciliação e celebração penitencial com confissão individual. Estamos nos aproximando do final de nosso retiro Provincial. Queremos pedir a você, irmão/irmã leitor/leitora, que continue unido a nós pela oração para podermos vivenciar bem estes dias de retiro.

Dia 6

O Encerramento Maria, um modelo de missão

No último dia de retiro, Dom Severino convidou os frades a mergulhar na espiritualidade franciscana com ênfase na devoção mariana. Na Mãe de Jesus, São Francisco de Assis medita tanto a sua humildade, quanto a humildade do seu Filho que foi gerado no ventre por obra do Espírito Santo, assumindo assim a nossa humanidade. Além disso, Dom Severino falou sobre o aspecto missionário de Maria que levou a alegria a sua prima Isabel. Seguindo seu exemplo, os frades devem levar ao mundo a alegria do Evangelho, como quem leva, tal qual Maria, o Filho de Deus ao mundo. O retiro foi encerrado às 17h do dia 24 de julho com a celebração da Santa Missa presidida por Dom Severino que, em sua homilia, destacou a importância da partilha inspirado pelo “Evangelho da multiplicação dos Pães”, pois somente um coração aberto a partilhar sacia a fome dos irmãos e irmãs, não somente de pão, mas também de atenção, afeto, justiça entre outras coisas. Que a alegria do Evangelho do Senhor nos anime a viver nossa vida fraterna e frutifique em virtudes para amar os mais pobres anunciando o Reino do Senhor.

16

Frei Artur Bruno Secundino Medeiros, OFM Frei Mendelson Branco da Silva, OFM JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS


FORMAÇÃO

QUATORZE JOVENS SÃO ADMITIDOS AO POSTULANTADO NA PROVÍNCIA DE SANTO ANTÔNIO DO BRASIL

N

a tarde do dia 03 de julho, no Convento São Boaventura, Triunfo-PE, Frei Sérgio Moura Rodrigues, Vigário Provincial, sob delegação do Ministro Provincial, Frei João Amilton dos Santos, que não pôde estar presente por se encontrar em Roma na celebração do Capítulo Geral da Ordem dos Frades Menores, admitiu à etapa formativa do Postulantado 14 jovens de diversos lugares do Nordeste. Destes, 13 são da Província de Santo Antônio (PFSAB) e 1 da Província de Nossa Senhora da Assunção (PRONOSA). PFSAB: Bahia (Victor, Samuel, Guilherme, Gabriel, Wesley, Diego, Manoel, William), Sergipe (Abraão, Eduardo, Cleones e Jorge) e Paraíba (Fábio), PRONOSA: Maranhão (Gustavo). A celebração aconteceu internamente e foi rica de sentido. Os cânticos e a condução do Rito de Admissão ajudaram os presentes a entrarem na intimidade daquele momento singular. Alguns frades se fizeram presentes: Fr. Wellington Buarque, Fr. Jailson Mercês, Fr. João Pedro, Fr. Ronaldo César Souza, Fr. César Lindemberg e Fr. Miguel Evaristo de outras fraternidades da Província. Na fraternidade de Triunfo, os jovens postulantes foram acolhidos por Fr Gilton Rezende, guardião, Fr Adriano Ferreira, mestre dessa etapa de formação, Fr Ronaldo César Lima, que é oficialmente vice-mestre do Noviciado mas que ajudará durante um período na formação dos postulantes, e Fr Hilton Botelho. Além destes, na casa há outros postulantes que já caminham há cerca de um ano nessa etapa de formação e se preparam para em 2022 seguir para a etapa do Noviciado. Com os corações cheios de alegria, os jovens assinaram os documentos de admissão e se confraternizaram na alegria. Que Santo Antônio (do Brasil) interceda a Deus pela caminhada e perseverança desses jovens no seguimento de Jesus e de São Francisco! Paz e bem!

Jorge Lobão Postulante

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

17


FORMAÇÃO

NOVIÇOS EMITEM OS PRIMEIROS VOTOS NA ORDEM DOS FRADES MENORES “Ama totalmente Aquele que se entregou inteiramente por seu amor.”. (3 CtIn 15b) “Eu, Frei Francisco, pobrezinho, quero seguir a vida e a pobreza de nosso altíssimo Senhor Jesus e de sua Mãe Santíssima e nela perseverar até o fim.” (Última Vontade à Santa Clara de Assis)

O

Noviciado Franciscano Comum é realizado entre as Províncias de Santo Antônio e Nossa Senhora da Assunção em Lagoa Seca-PB. Essa etapa da formação é um ano da graça, tempo que favorece o revestimento das vestes da provação. Como num útero, os noviços são nutridos pelas orações e testemunhos de ambas as Fraternidades Provinciais que rezam para que os noviços se desenvolvam conforme a graça de Deus no dom da oração e da fraternidade. E, assim como em qualquer gestação, uma hora é preciso nascer. Por isso, no dia em que a Família Franciscana celebrou o Perdão de Assis, 02 de agosto, também conhecido como Dia de Santa Maria da Porciúncula, Iluminados pelas palavras de Santa Clara de Assis, os noviços Frei Igor Bibi dos Santos, Frei José Airton da Silva Júnior, Frei Mateus Jansen de Brito, Frei Pedro Henrique Cândido da Silva, Frei José Carlos Araújo da Silva, Frei Mateus Antony Nonato Barreto e Frei Thálysson da Silva Carvalho fizeram votos a Deus de viver como São Francisco, em obediência, sem nada

18

JUL-AGO/ 2021 NOTÍCIAS

de próprio e em castidade, com o intuito de amar cada vez mais “Aquele que se entregou inteiramente por seu amor.” Santa Clara dizia que era a plantinha de São Francisco. Com a entrega à Deus na Ordem dos Frades Menores, esses jovens se fizeram também como plantinhas que entregam suas vidas pelo Reino. Durante o Noviciado, os noviços receberam os hábitos outrora usados por outros confrades, símbolo de continuidade da missão de tantos que já doaram suas vidas. Esse gesto é também um sinal de gratidão. Com a Primeira Profissão eles ganharam os seus próprios hábitos, como folhas em branco que, com a graça de Deus, serão marcados com a doação da vida no caminho rumo ao Altíssimo Senhor. Neles serão guardados os sinais do testemunho de minoridade e amor fraterno, como sal da terra e luz do mundo. Que Maria Santíssima interceda por todos eles, irmãos menores, e que a exemplo do seu sim, eles possam sempre caminhar juntos rumo “à perfeição da caridade, no serviço de Deus, da Igreja e da humanidade”. Frei Mateus Antony, OFM Neo-professo. .


FORMAÇÃO

PROFESSOS TEMPORÁRIOS DE SALVADOR RENOVAM OS VOTOS

S

ob o olhar de Maria com o título de Nossa Senhora dos Anjos, serva de Deus muito amada, os frades de profissão temporária que moram no Convento São Francisco de Salvador, renovaram o seu sim por amor ao Cristo pobre e crucificado. A celebração ocorreu no dia 02 de agosto, Festa do Perdão de Assis, às 17 horas, na Igreja e Convento de São Francisco e contou com a participação de uma representação da família franciscana e do povo de Deus que, reunidos, elevaram preces e súplicas pelos que ali renovaram seus Conselhos Evangélicos. A renovação dos votos é um modo de renovar a vida e fazer dela uma oblação. É deixar-se reconhecer diante desta graça, sendo humilde, servo e pecador. É entender que a caminhada franciscana tende a se tornar cada vez mais autêntica quando se encara os desafios da missão, mantendo os olhos e ouvidos bem atentos aos clamores do povo sofredor. Em Francisco aprendemos que aquilo que aparentemente parece ser o fim se torna início e/ou recomeço. Recomeçar é a palavra chave para aqueles que não desistem no meio do caminho. A renovação dos votos é a disposição de ir à fonte constantemente e buscar a Água da Vida que aquece e faz arder o nosso coração, tal qual o anseio do primeiro chamado, ainda proclamado no ventre materno. Neste itinerário, cada um vai se dando conta que dentro de um infinito misericordioso, estes são chamados a compor uma ínfima parte deste amor-misericórdia. Falar do amor-misericórdia em Deus é aden-

trar em fecunda maternidade espiritual, de compromisso e cuidado. Na Ternura e no vigor que fazem parte do equilíbrio do caminho de Francisco, cada um, hoje, é convocado a atualizar a mensagem do amor misericordioso de Deus. A Festa do Perdão de Assis que evoca a memória Maria Imaculada, mulher que se fez Igreja, recorda a docilidade da maternidade divina que, por amor, deu à humanidade um filho humano, divino e encarnado. A Virgem Maria que é carregada pelos anjos de Deus, se deixa carregar pelas mãos e os corações dos frades menores quando estes sustentam a fé no seu Filho Jesus. Sendo testemunhas da indulgência plenária que foi concedida a Francisco de Assis no seu tempo e no desejo da fidelidade aos Conselhos Evangélicos, Frei Clebson de Carvalho Cruz, Frei Welivelton Felix dos Santos, Frei Francisco José Sampaio, Frei Clodoaldo de Jesus e Frei Felipe Ferreira de Almeida Cruz, renovaram os votos nas mãos de Frei Pedro Júnior Freitas da Silva, sob delegação do Ministro Provincial, Frei João Amilton dos Santos. Que esse compromisso os tornem autênticos franciscanos pelo abraço da Cruz de Jesus e que sejam como peregrinos e forasteiros no mundo sedento e chagado de paz e bem. Frei Felipe Ferreira, OFM

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

19


FORMAÇÃO

FREI WILAMES E FREI CARLOS ROBERTO RENOVAM OS VOTOS EM FORTALEZA/CE

I

nspirados na liturgia do dia 02 de Agosto, Solenidade de Santa Maria dos Anjos da Porciúncula e Perdão de Assis, que apresenta um verdadeiro convite ao abraço total a vontade de Deus, os frades Frei Willames Batista e Frei Roberto Alves, que compõem a Fraternidade de Fortaleza-CE na etapa da Profissão Temporária, envolvidos pela Festa Mariana e cercados da comunidade paroquial e da fraternidade local, renovaram seus votos com o desejo de viverem por mais um ano em castidade, em obediência e sem nada de próprio. A celebração eucarística contou com a participação da Família Franciscana local (JUFRA e OFS). Durante a homília, o Guardião e Formador dos Junioristas e responsável pela Formação Inicial Provincial, Frei Walter Schreiber, que também foi o delegado do Provincial para receber os votos dos jovens frades, frisou que São Francisco se entendeu como instrumento de paz e de fraternidade no mundo, assim sendo, ele compreendeu que servir não significa só dizer algo, ser exemplo, mas, deixar-se inspirar pelo povo de Deus em nossa caminhada. E lembrou aquilo que nos pede o Papa Francisco aos religiosos: “que tenhamos o cheiro do povo, tenhamos a sensibilidade para perceber os sofrimentos e a alegria do povo, suas angústias e esperança.” Frei Willames Batista do Nascimento, OFM

20

JUL-AGO/ 2021 NOTÍCIAS


FORMAÇÃO

FREI MENDELSON BRANCO, FREI JAILSON DAS MERCÊS, FREI FLÁVIO LORRANE, FREI JOÃO PEDRO E FREI JOSÉ HÉLIO RENOVAM OS VOTOS EM LAGOA SECA/PB

O

dia 2 de gosto para o carisma francisclariano é celebrado de forma especial, pois é o dia em que se celebra a misericórdia abundante do Senhor que inundou aquela igrejinha que foi o berço do carisma de Francisco e Clara, cuja dedicação é feita à Virgem Maria pelo título de Nossa Senhora dos Anjos. O texto do Missal e da liturgia das horas nos revelam o significado deste pequeno lugar. “O Seráfico Pai Francisco, por singular devoção à Santíssima Virgem, consagrou especial afeição à capela de Nossa Senhora dos Anjos ou da Porciúncula. Aí deu início à Ordem dos Frades Menores e preparou a fundação das Clarissas; e aí completou felizmente o curso de seus dias sobre a terra. Foi aí também que o Santo Pai alcançou a célebre Indulgência , que os Sumos Pontífices confirmaram e estenderam a outras muitas igrejas. Para celebrar tantos e tão grandes favores ali recebidos de Deus, instituiu-se também esta Festa Litúrgica, como aniversário da consagração da pequenina ermida”. E foi neste dia especial que a fraternidade provincial testemunhou com alegria a renovação dos votos de cinco frades menores, Frei Mendelson Branco da Silva, Frei Jailson das Mercês de Olivei-

ra, Frei Flávio Lorrane Clementino de Almeida, Frei João Pedro Lima Costa e Frei José Hélio Vieira da Silva. Esse fato aconteceu na oração matinal, às 6h30 da manhã, na igreja do convento de Lagoa Seca-PB durante o ofício divino da liturgia das horas. O Ministro Provincial, Frei João Amilton dos Santos, foi quem recebeu a renovação dos votos dos frades. Ao passo que a solene oração ia acontecendo, os jovens frades preparam os seus corações através dos salmos e leituras bíblicas. As antífonas os remetiam à alegria da intercessão da Virgem Maria e à graça da misericórdia do Senhor. Foi neste espírito do Perdão de Assis que foram renovados os seus votos de consagração. Que a espiritualidade do Seráfico São Francisco de Assis e de Santa Clara os inspire profundamente a seguir os passos de Jesus e a viver seu Santo Evangelho.Que a rainha e advogada da Ordem, a Virgem Maria Santíssima, os inspire à docilidade de coração e às práticas das virtudes que levaram Francisco a uma vida de despojamento, fraternidade, minoridade e docilidade. Frei Mendelson Branco da Silva, OFM JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

21


EVANGELIZAÇÃO E MISSÃO

III REUNIÃO DO CONSELHO ECONÔMICO PROVINCIAL

N

o dia 13 de Agosto aconteceu a reunião do conselho econômico provincial. Com a participação de: Frei Severiano Alves, Frei Francisco Alexandre, Frei Walter S, Frei Pedro Júnior e Frei Rogério Lopes. A reunião teve inicio com um momento de oração, inspirado no Subsidio : “Adminstração Franciscana da economia”, retomando assim, o momento formativo que tivemos na reunião anterior, onde refletimos o capitulo I do referido documento, intitutado : Fundamento evangélico Franciscano. Neste documento somos Admoestados a refletir sobre “os três critérios fundamentais para o uso evangélico e franciscano dos recursos econômicos : transparência, solidariedade e ética, para coloca-los melhor em prática e assim tornarmo-nos testemunhas dos valores do Reino e da possibilidade de que sem bens, vivendo uma vida de pobreza e generosidade se pode ser feliz.” Logo depois tivemos um momento de partilha sobre o documento e ao mesmo tempo refletimos sobre a realidade econômica da província e os efeitos da crise econômica gerada pela pandemia em nossas fraternidades. Em seguida discutimos algumas demandas de algumas realidades provinciais: Canindé, Lagoa Seca e Salvador, e fizemos alguns encaminhamentos para serem aprofundado nos definitório. Frei Rogério Lopes da Costa, OFM

22

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

III ENCONTRO DO SECRETARIADO PROVINCIAL DE EVANGELIZAÇÃO E MISSÃO

N

o dia 23 de agosto ocorreu o terceiro encontro do Secretariado Provincial de Evangelização e Missão (SPEM) do triênio 2021 – 2023 através da plataforma Google Meet. Neste encontro, o Secretariado retomou o subsídio da Ordem “O Reino de Deus está próximo – Orientações para a Evangelização Missionária Franciscana”, na parte que relata os passos para a elaboração do Plano Missionário. Em seguida, levantou-se a seguinte questão: Quais seriam os passos práticos para a elaboração deste projeto? Cada frade apresentou reflexões pertinentes a partir do contexto atual. Diante das reflexões, surgiram os seguintes encaminhamentos: 1- Em vista da comunhão com a Igreja da América Latina e Caribe, será enviado o questionário sobre a Escuta da Assembleia Eclesial da América Latina para as fraternidades responderem e contribuírem com esta Assembleia; 2- Diante da realidade de pandemia, o serviço de Comunicação da Província motivará as paróquias a partilharem suas atividades com o intuito de ajudar as outras paróquias com as suas experiências de criatividade e atuação missionária; 3- Propor ao Definitório que no próximo Conselho Plenário da Província haja um espaço para a sensibilização dos participantes em vista da elaboração do Plano Missionário. O próximo encontro será on-line no dia 19 de novembro. Frei Gilmar Nascimento da Silva, OFM


EVANGELIZAÇÃO E MISSÃO

SECRETARIADO PROVINCIAL PARA A EVANGELIZAÇÃO E MISSÃO PROMOVE O I ENCONTRO DE PÁROCOS E LEIGOS DO TRIÊNIO

N

o dia 27 de agosto, o Secretariado Provincial para a Evangelização e Missão (SPEM) promoveu o I Encontro Provincial de Párocos e Leigos do Triênio 2021-2023. O encontro realizou-se na modalidade online, através da plataforma Zoom, na noite daquele dia. Foi um encontro muito positivo em termos de participação, embora o pouco tempo disponível limita em termos de uma interação maior entre os presentes. O Encontro foi conduzido pelo Secretário Provincial para a Evangelização e Missão, Frei Gilmar Nascimento, OFM, e contou com o apoio institucional do Movimento Laudato Sí (antigo Movimento Católico Global pelo Clima), para a utilização e administração da plataforma. A convite do SPEM, Frei Wellington Buarque assessorou o tema do encontro, que tratou da relação da Pastoral com a Espiritualidade Franciscana, que foi refletida a partir da seguinte provocação: “Como refletir a nossa prática pastoral à luz da Espiritualidade Franciscana?”. Frei Gilmar iniciou a apresentação de Frei Wellington, relembrando sua experiência vivenciada no Instituto Teológico Franciscano (ITF), de Petrópolis-RJ, onde ele realizou a sua Especialização em Evangelização na ótica franciscana, convidando-o a trazer presente, em forma de partilha, o que o curso lhe trouxe de perspectivas. A exposição da temática foi apresentada tendo presente alguns desafios encontrados

na vivência pastoral de nossas fraternidades e comunidades, nas quais nós, frades menores presentes no Nordeste do Brasil, atuamos junto aos nossos leigos e leigas, além de propor meios concretos para a vivência da Espiritualidade Franciscana a partir de uma compreensão sobre a maneira franciscana de evangelizar. O tema foi apresentado à luz de cinco eixos temáticos: o testemunho da Palavra (Martyria), a forma franciscana de orar (Liturgia), a comunhão como sinal concreto de fraternidade (Koinonia), o serviço aos mais simples e pobres (Diaconia) e o ‘ir pelo mundo’ (Missio). Ao final, o Ministro Provincial, Frei João Amilton dos Santos, OFM, como também Frei Francisco de Assis Beserra, Definidor Provincial e Representante dos Párocos no Secretariado de Evangelização e Missão, ressaltaram a importância de criarmos laços de fraternidade entre nossas paróquias, para que cada possamos colaborar uns com os outros na perspectiva de que experiências locais ganhem visibilidade, e as instâncias de animação provincial possam continuar incentivando e promovendo mais momentos formativos, a partir dos quais se reforce o rosto de uma evangelização que seja autenticamente franciscana. Frei Wellington Buarque de Souza, OFM

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

23


CAPÍTULO GERAL

24

CAPÍTULO GERAL

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS


CAPÍTULO GERAL

FREI JOÃO AMILTON NARRA SOBRE SUA IDA E PARTICIPAÇÃO NO CAPÍTULO GERAL DA ORDEM DOS FRADES MENORES EM ROMA

O

Capítulo Geral da Ordem dos Frades Menores que acontece, normalmente, de seis em seis anos no período da celebração de Pentecostes, em 2021, em detrimento da Pandemia, precisou ser transferido para o mês de julho na data de 3 a 18. Herança desde o tempo de São Francisco, o Capítulo é o mais importante momento da vida da Ordem Franciscana no mundo. Nesta edição, a Ordem escolheu por tema: “Renovemos nossa Visão. Abracemos nosso Futuro” e como lema: “Desperta… e Cristo te Inundará de Luz”. Partilhando sobre sua viagem a Roma e narrando rapidamente sobre como o Capítulo procedeu, Frei João Amilton dos Santos, Ministro Provincial da Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil, nos disse em entrevista:

“A viagem foi planejada para ser realizada junto com os demais Provinciais e Custódios da Conferência dos Frades Menores do Brasil. No meu primeiro trecho da viagem (Recife-São Paulo) houve um pouco de atropelo. Não pude embarcar nesse voo doméstico porque carecia de um importante documento que só iria providenciar em São Paulo. Porém, como esse voo estava vinculado aos demais vôos internacionais, o documento me foi exigido desde Recife. Às pressas, tive que comprar outra passagem e cheguei em São Paulo três horas mais tarde.

Aí pude providenciar, em tempo hábil, a documentação necessária. Encontrei-me com os demais membros da Conferência e juntos viajamos saindo de São Paulo para Amsterdã e, em seguida, Amsterdã para Roma. Chegando em Roma, todos fomos hospedados no Colégio Internacional São Lourenço de Brindisi pertencente aos Capuchinhos, local onde aconteceu. De caráter eletivo, o Capítulo Geral elegeu o novo Ministro Geral e os demais membros do Definitório Geral. As expectativas eram muitas e as decisões, como não poderia ser diferente, revelou o interesse da maioria dos capitulares. O que esperamos, tenha sido o melhor para a Ordem e para a Igreja. Refletimos sobre nossa missão evangelizadora, sobre os meios como difundir o dom do Evangelho, mantendo sempre vivos o espírito de oração, devoção, fraternidade e missionariedade, conforme o carisma franciscano nos exige. O clima que acompanhou todo o Capítulo foi de tranquilidade, bem como as decisões e eleições. Retornamos ao Brasil alguns dias depois do fim do Capítulo e agora esperamos que as decisões e reflexões sejam colocadas em ação’”. Comunicação Provincial

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

25


CAPÍTULO GERAL

MINISTRO GERAL FREI MICHAEL PERRY APRESENTA SEU RELATÓRIO AOS CAPITULARES

N

a apresentação do “Relatório do Ministro Geral ao Capítulo”, o Frei Michael Perry, falou das realidades e orientações da Ordem hoje, e partilhou o seu sonho de uma Ordem fraterna e vital que promova uma profunda transformação humana, espiritual e social, e que responda ao grito dos pobres e ao grito do planeta. O Ministro Geral também falou apaixonadamente da necessidade da nossa Ordem regressar ao caráter fraterno original do nosso fundador, e de os frades rejeitarem o poder e o privilégio de uma mentalidade clericalista para, em vez disso, viverem como irmãos menores em oração e missão. Insistiu muito na necessidade de acesso comum a recursos e igualdade de tratamento para todos os irmãos, começando com a aplicação mais generalizada de termos mais franciscanos como “Casas de Formação Inicial” em vez de “Seminários” e “Irmãos” em vez da divisão entre “Padres e Irmãos”. Para além das recomendações do relatório emitido pelo Ministro Geral, o Frei Michael salientou a importância de uma comunicação aberta e de um diálogo fraterno entre os irmãos a todos os níveis, e de assegurar que os mandatos do Capítulo sejam implementados especialmente a nível local. O desafio apresentado pelo Ministro Geral a todos os irmãos é que todos nós examinemos a nossa vocação hoje, a fim de discernir e traçar o curso da nossa vocação amanhã, para sermos fontes de inspiração, alegria e esperança. Isto inclui estar disposto a olhar para a realidade

26

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

à nossa volta com honestidade, a viver a nossa identidade evangélica com autenticidade, e a ser guiado pela fé em vez do medo na tomada de decisões proféticas. Especificamente, o desafio inclui a integração da fé e da caridade na vida fraterna diária e no alcance pastoral criativo, ligando Formação, Missão e Evangelização, e JPIC de uma forma holística. Como parte da sua apresentação, o Ministro Geral convidou o Frei Jaime Campos, Respondeu da Ofinica Geral de Justiça, Paz e Integridade da Criação, a partilhar sobre os desenvolvimentos de JPIC que são parte integrante da vida da Ordem. Estas incluem um centro de formação “Laudato Si” em linha e a animação de várias iniciativas JPIC. O Frei Jaime enfatizou a necessidade de aprofundar o estilo de vida profético e a identidade carismática da Ordem, com um diálogo contínuo num espírito de sinodalidade. Como parte da sua comunicação e partilha de recursos com a Ordem em geral, a Oficina Geral tem o seu próprio website: www.ofmjpic.org, bem como um website Laudato Si’ Revolution em www.laudatosirevolution.org. Os capitulares reuniram-se em pequenos grupos de discussão para partilhar as suas respostas ao Relatório do Ministro Geral, e também trabalharam em grupos linguísticos sobre orientações para a Ordem hoje, que encontra o seu significado e direcção em Cristo, para a vida do mundo. Fonte: OFM/Capítulo Geral


CAPÍTULO GERAL

FREI MASSIMO FUSARELLI É ELEITO O NOVO MINISTRO GERAL DA ORDEM DOS FRADES MENORES

N

ascido em Roma em 30 de março de 1963, Frei Massimo recebeu o hábito franciscano em 28 de julho de 1982. Em 30 de julho de 1983 emitiu os votos temporários; professou os votos solenes em 8 de janeiro de 1989. Em 30 de setembro de 1989, recebeu a ordenação sacerdotal. Após o Curso de Teologia Institucional no Antoniano de Roma, obteve a Licença em Ciências Patrísticas no Agostiniano de Roma. Foi Definidor Provincial, Promotor da Pastoral Vocacional e depois de Formação Permanente; várias vezes Guardião; Secretário Geral de Formação e Estudos de 2003 a 2009; Visitador Geral para a Província de Nápoles e depois para o processo de unificação das Províncias do Norte da Itália. Em 2020, quando atuava como Guardião e Pároco em São Francisco de Ripa e era responsável pelo projeto de acolhida aos pobres, Frei Massimo Fusarelli foi eleito Ministro Provincial da Província de Abruzzo. Na terça-feira, 13 de julho de 2021, no Colégio Internacional São Lourenço de Brindisi (Roma), o Cardeal João Braz de Aviz, Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, designado pelo Papa Francisco como Cardeal Delegado para presidir ao Capítulo Geral OFM 2021, anunciou com alegria que o Frei Massimo Fusarelli foi eleito novo Ministro Geral para o sexênio 20212027. Eleito como o 121º na sucessão de São Francisco de Assis. Que o Espírito Santo o conduza à frente da Ordem dos Frades Menores, auxiliado pelo Vigário Geral e os membros do Definitório. Dados:fb/OFM e Província de São Boaventura / Itália JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

27


CAPÍTULO GERAL

FREI ISAURO ULISES COVILE LINFATI É ELEITO O NOVO VIGÁRIO GERAL DA ORDEM DOS FRADES MENORES

O

12º dia do Capítulo Geral (14/7), no Colégio Internacional São Lourenço de Brindisi, em Roma, começou com a eleição do Vigário Geral. Os 116 frades capitulares escolheram na manhã do dia 14 de julho, o chileno Frei Isauro Ulises Covili Linfati para o serviço de Vigário da Ordem dos Frades Menores. Ele é o Ministro Provincial da Província da Santíssima Trindade do Chile. Ao lado do Ministro Geral, ele animará a Ordem no sexênio de 20212027. Frei Isauro foi eleito Ministro Provincial no dia 16 de outubro de 2016 para o sexênio de 2017-2022. Na ocasião, ele era pároco em “São José Operário” do setor La Antena e Vigário Provincial da Província chilena. Frei Isauro é natural de Lumaco, Diocese de Temuco, onde nasceu no dia 22 de março de 1961, filho de Pablo e Cecília Linfati. Ingressou no Noviciado dos Frades Menores em 16 de julho de 1981 e professou temporariamente em 16 de janeiro de 1983. Fez a Profissão definitiva na Ordem dos Frades Menores em 20 de março de 1987 e foi ordenado sacerdote no dia 23 de novembro de 1990, na Igreja São Francisco da Alameda de Dom Carlos Oviedo Cavada, junto com seus confrades Claudio Salgado e Jorge Guajardo. Frei Isauro tem pautado sua vida por uma evangelização inclusiva e transforma-

28

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

dora. Viveu durante oito anos em uma fraternidade de inserção numa zona periférica de Santiago e durante dez anos trabalhou como membro da entidade de não violência Sebastián Acevedo (ações nas ruas), contra a tortura em tempos de Augusto Pinochet; e foi membro de um grupo de formação contra a impunidade no início dos anos 90. Frei Isauro também dividia o tempo na animação do serviço de Justiça, Paz e Integridade da Criação (JPIC) e na Pastoral Vocacional. No seu currículo, foi moderador da Formação Permanente, secretário da Formação Inicial na Província e na Conferência do Cone Sul; foi Visitador Geral da Província de São Francisco Solano do Peru e da Província de São Pedro e São Paulo no México; foi Definidor Provincial, Vigário Provincial e participou do Conselho Plenário da Ordem em 2018. Moacir Beggo

Disponível em: PROVÍNCIA DA IMACULADA CONCEIÇÃO


ELEITOS OS DEFINIDORES GERAIS DA ORDEM DOS FRADES MENORES

N

CAPÍTULO GERAL

o dia 15 de julho de 2021, quando a Ordem dos Frades Menores celebra a festa litúrgica de São Boaventura de Bagnoregio (12171274) foram eleitos os oito Definidores Gerais que auxiliaram o Ministro Geral e o seu Vigário na condução da Ordem dos Frades Menores.

Frei César Külkamp América Latina Frei César é natural de Ituporanga, onde nasceu no dia 26 de maio de 1969. É filho de Reinilda e Fredolino Külkamp. Vestiu o hábito franciscano na Ordem dos Frades Menores em 11 de janeiro de 1988 e se tornou professo solene em 24 de setembro de 1993. Foi ordenado presbítero no dia 16 de dezembro de 1995. Frei César formou-se em Filosofia, pelo Instituto Filosófico São Boaventura e Universidade São Francisco, e Teologia, pelo Instituto Teológico Franciscano (ITF) e em Pedagogia na Universidade Católica de Petrópolis (UCP), títulos obtidos em 1995. Depois concluiu, em 2000, o mestrado em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e a pós-graduação em Administração de Empresas pela Faculdade Getúlio Vargas. Aos 52 anos, Frei César tem uma história de dedicação à educação e à formação religiosa franciscana. Tanto que assumiu a direção pedagógica do Colégio “Canarinhos” de Petrópolis em 1994, onde ficou até o final de 2000. No final deste ano, foi transferido para Agudos, onde assumiu como reitor e orientador do Seminário Santo Antônio. Em 2003 foi eleito para o primeiro mandato como Definidor (2004-2006), assumindo também a função de secretário para a Formação e Estudos e vice-mestre no Postulantado Frei Galvão (Guaratinguetá). No Capítulo Provincial de 2006, foi reeleito Definidor para o triênio 2007-2009.Em 2007, fez o curso de formadores da OFM, no mês de maio, em Roma, e deste ano até 2010, foi Secretário de Formação da CFMB. Acumulou as funções de guardião da Fraternidade de Rondinha e Secretário para a Formação e Estudos. Mas no Capítulo de 2009, ele seria mais uma vez confirmado como Definidor até o ano de 2012, também acumulando a função de Secretário para a Formação e Estudos e Mestre para os professos temporários no tempo de Teologia em Petrópolis. No Capítulo de 2012, Frei César continuou como Secretário para a Formação e Estudos, assumindo também como guardião da Fraternidade do Sagrado, em Petrópolis. Foi Visitador Geral da Custódia Franciscana das Sete Alegrias em 2010 e 2014 e Secretário de Evangelização da CFMB de 2015 a 2018. Voltou a ser Visitador Geral, desta vez da Custódia São Benedito da Amazônia em 2016. JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

29


CAPÍTULO GERAL

Em 2016 foi eleito novamente Definidor, mas ficou por pouco tempo no cargo, pois foi eleito Vigário Provincial. O Vigário anterior, Frei Evaristo Spengler, fora nomeado bispo. Frei César também desempenhou a função de Secretário da Evangelização antes de ser eleito Ministro Provincial, no Capítulo Provincial de 2018. Neste mesmo ano, em julho, Frei César foi eleito presidente da Conferência Brasileira dos Frades Menores, mandato que terminou no começo deste mês. Frei Joaquin Echeverry América Latina Fray Joaquín Echeverry, da Província Franciscana de Santa Fé, Colômbia, nasceu no dia 26 de fevereiro de 1955. Ele faz parte da Fraternidade dos Frades das Obras Sociais do Santo Irmão Pedro. Foi Diretor do Colégio Franciscano Pio XII. Frade que se destaca pela vocação e pelo serviço, mostrando os valores franciscanos. Ele luta pelas crianças com deficiência, para que sejam aceitas em qualquer estabelecimento, dando-lhes não só terapias e carinho, mas também a oportunidade de se desenvolverem e se defenderem.

Frei John Wong Ásia Frei John Wong é natural da Malásia, onde nasceu no dia 3 de julho de 1966. Fez a profissão solene na Ordem dos Frades Menores no dia 29 de novembro de 1999 e foi ordenado presbítero no dia 2 de dezembro de 2000. De 1985 e 1991 estudou Arquitetura na Universidade Nova Gales do Sul, na Austrália, e lecionou Inglês para estrangeiros. Desde 2020, está matriculado no Curso de Mestrado em Educação. De 1994 a 1995, ingressou no Postulantado e Noviciado, em Cingapura. Neste mesmo país, fez Filosofia e Teologia (1996-2000). Ingressou no Curso de Formadores Franciscanos (2004-2005) no Franciscan International Study Centre (Canterbury, Reino Unido). Foi eleito Custódio, de 2010-2019, da Custódia de Santo Antônio (Malásia-Cingapura-Brunei); de 2012-2019, esteve também à frente da Conferência de Superiores Maiores Religiosos (Malásia-Singapura-Brunei), como Secretário (2012-2014) e Presidente (2014-2019); membro da Comissão Geral OFM para o Diálogo Ecumênico e Inter-religioso (2018-2021); Visitador Geral na Província Franciscana de São Francisco do Vietnã (2019-2020); Vice-Secretário Geral do Capítulo OFM 2021; além de fazer parte da Comissão Geral da Ordem para a

30

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

Fundação de São Francisco de Assis em Mianmar; e presidir a Comissão Geral para a Fundação de Santa Maria dos Anjos na Tailândia.

Frei Albert Schmucki Europa Central Frei Albert Schmucki nasceu em Degersheim (Suíça), no dia 20 de julho de 1963. Fez sua profissão simples em 1989 e recebeu a ordenação sacerdotal em 1992. Após seus estudos teológicos na Suíça e em Roma, obteve o doutorado em Teologia Dogmática na Pontifícia Universidade Antonianum em Roma (PUA). À frente de seu serviço, no contexto da formação inicial, obteve a Licenciatura em Psicologia (Pont. Univ. Gregoriana). Na Custódia Suíça ocupou os cargos de guardião, definidor, vice-mestre do noviciado e Secretário para a Formação e os Estudos. De 2000 a 2006 foi coordenador das secretarias de Formação e Estudos do Congresso Cotaf. De 2011 a 2019, foi membro da comissão científica “Fidelidade e perseverança” da Cúria Geral OFM. De 2006 a 2017 foi co-moderador do Master (agora Diploma) Formação em Vida Consagrada no Instituto Franciscano de Espiritualidade (PUA). Ele ofereceu vários cursos no campo psicopedagógico, atuando como Vice-Reitor do mesmo Instituto até 2020. Fala os idiomas: alemão, italiano, inglês, francês.

Frei Cesare Vaiani Ibéria, Itália e Albânia Frei Cesare Vaiani, nascido em Milão em 20 de outubro de 1954, ingressou na Ordem dos Frades Menores, na Província da Lombardia “São Carlos Borromeu”, em 14 de setembro de 1974. Fez a profissão temporária no convento de San Damião, em Assis, em 17 de setembro de 1975 e a profissão solene no convento de Santo ngelo, de Milão, em 22 de abril de 1979. Foi ordenado sacerdote pelo Cardeal Carlo Maria Martini no Duomo de Milão, em 14 de junho de 1980. Obteve o diploma de bacharel em Teologia na Faculdade de Teologia do Norte da Itália em 1979, a Licenciatura em Teologia (seção Dogmática) do PUA de Roma em 1981, a Licenciatura em Filosofia na Faculdade de Letras e Filosofia da Universidade Católica do Sagrado Coração de Milão, em 1989, e um doutorado em Teologia Espiritual na Faculdade de Teologia da Itália Norte em 29 de setembro de 2011. Na Província ocupou os cargos de Vigário local (1983-85; 2000-09), Guardião (1988-91;


1994-2000; 2009-2016), Assistente do Oratório (1982-83), Vigário de Paróquia (1988-91), Mestre de Noviços (1981-82), Reitor do Colégio Seráfico de Saiano (1983-85), Diretor da Biblioteca Franciscana de Milão (1985-88; 2000-03), Definidor provincial (1991-94; 1997-2000; 2007-2013), Secretário para a Formação e Estudos (1991-97), Responsável pela formação aos ministérios (1994-2000), Moderador para a Formação Permanente (2003-2013) e responsável pelos frades professos solenes com menos de dez anos de profissão / “Menores de dez” (20072013). Professor de filosofia no Colégio Teológico dos Salesianos de Nave (BS) (1984-86) e no Liceu Luzzago em Brescia (1991-2000). Professor de Teologia da Vida Religiosa na Escola de Teologia de Brescia USMI (1983-85), na Escola de Formação Intercongregacional para Noviços em Milão (198690), na Faculdade de Teologia do Norte da Itália e no Estudo Teológico San Bernardino dos Frades Menores em Verona (desde 1989), da qual foi Vice-Reitor de 1997 a 200. Professor de Teologia Espiritual e Franciscana no Estudo Teológico dos Frades Capuchinhos de Milão (1987-89), na Universidade Católica de Milão (1989-94), na Faculdade de Teologia do Norte da Itália; Vice-assistente central do Instituto Secular dos Missionários da Realeza (ISM) (1997-2001), Assistente Central de 2001 a 2015. Em 2015 foi nomeado Secretário-Geral para a Formação e Estudos da Ordem dos Frades Menores. Frei Konrad Cholewa Eslávica Frei Konrad Grzegorz Cholewa nasceu em 23 de julho de 1981, na Sucha Beskidzka (Polônia). Após o exame do ensino médio em 2001, ingressou na Ordem dos Frades Menores, na Província da Imaculada Conceição da Beata Virgem Maria, em Cracóvia. Depois do postulantado e noviciado, ele começou seus estudos filosóficos e teológicos em Kalwaria Zebrzydowska. Em 2006, fez seus votos perpétuos e em 2008 foi ordenado sacerdote. Depois disso, por dois anos exerceu o ministério pastoral no convento e na paróquia em Tęczyca (no centro da Polônia) e trabalhou como professor de religião no colégio. De 2010 e 2013, ele completou a Licenciatura de Espiritualidade Franciscana na Pontifícia Universidade Antonianum de Roma. Em 2013 foi nomeado vice-reitor e vice-mestre de estudantes em Kalwaria e Vigário da Fraternidade do Seminário Maior. Então ele continuou seus estudos de Doutorado na Pontifícia Universidade João Paulo II em

CAPÍTULO GERAL

Cracóvia, concluídos com a tese de doutoramento sobre o tema da Formação Permanente em Documentos Pós-conciliares da Ordem dos Frades Menores. Foi eleito Definidor de sua Província em 2017 e reeleito em 2020. Desde 2017 é o guardião da Fraternidade e guardião do Santuário em Kalwaria Zebrzydowska, o maior santuário da Província e um dos centros de peregrinação mais populares na Polônia. Frei Victor Luis Quematcha Região Africana Frei Victor Luis Quematcha nasceu em 27 de abril 1967 em Guiné-Bissau, é frade da Província Santo Antônio dos Frades Menores, Itália. Ingresso no Noviciado em 17 de setembro de 1990, fez a profissão simples no dia 17 de setembro de 1991 e profissão solene no dia 30 de agosto 1997. Foi ordenado presbitero no dia 2 de maio de 1998 Frei Victor é Pároco e Custódio dos Frades Franciscanos da Custódia de São Francisco na Guiné Bissau, dependente da Província veneziana de Santo Antônio de Pádua. Foi Mestre dos Professos Temporários e Noviços, e Reitor do Seminário Menor. Antes de entrar para a Ordem dos Frades Menores, foi professor de Teologia Moral no seminário maior de Bissau e membro do Conselho Presbiteral e consultor da Diocese de Bissau. Foi o responsável pelo Hospital Cumura e, portanto, por todos os frades envolvidos no projeto. Frei Jimmy Zammit Região Anglófona (língua inglesa) Frei Jimmy Zammit, 65 anos sendo 47 anos de professo solene. Sendo de família maltesa, nascido no Canadá, Frei Jimmy vive na Província da Imaculada Conceição. É Bacharel em Filosofia pelo St. John’s Seminary, Arquidiocese de Boston, EUA. Concluiu a teologia no INSERM, Instituto de Comunidades Religiosas em Malta. Concluiu o Mestrado em Teologia na University of St Michael’s College, diploma emitido em conjunto com a Universidade de Toronto. Frei Jimmy foi Ecônomo Geral de 1997-2003. De 2003 a 2012 foi Pároco na Paróquia Imaculada Conceição, Toronto, de 2012a 2019 Pároco na Paróquia de São Francisco de Assis, Toronto, e de 20192020 Mestre na Formação para Professos Simples, Convento São Francisco, Roma. Moacir Beggo Fonte: Província da Imaculada Conceição JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

31


IN MEMORIAM

PÁSCOA DO FREI MENDELSON BRANCO DA SILVA, OFM * 07.11.1989 +20.08.2020

F

rei Mendelson Branco da Silva, filho de Sara do Nascimento e Mastroiane José Branco da Silva, nasceu aos 07 de novembro de 1989 em Recife-PE. Após vivenciar o Postulantado nos anos de 2013 e 2014 no Convento São Boaventura em Triunfo-PE, foi admitido ao Noviciado no dia 20 de janeiro de 2015, no Convento Santo Antônio de Lagoa Seca-PB, e no dia 02 de fevereiro de 2016, ele emitiu os primeiros votos na Ordem dos Frades Menores. Renovou os conselhos evangélicos por cinco vezes, de 2017 a 2021. Entusiasmado com o carisma de São Francisco, Frei Mendelson já havia concluído os estudos filosóficos em Salvador-BA, fez a Experiência Fraterno-Missionária por um ano em Campo Formoso-BA e, no ano de 2021, recebeu a transferência para Olinda-PE, onde começou os estudos teológicos. Ele aspirava e sonhava com a profissão dos votos solenes na Ordem dos Frades Menores. No entanto, no dia 09 de agosto de 2021, após sentir alguns sintomas, testou positivo para Covid-19. Precisou ficar sob observação médica no último dia 12 de agosto e desde lá seu quadro de agravamento se deu de modo muito rápido. O que no início era uma dificuldade para respirar, desembocou em complicações de outros órgãos: rins, fígado, sangue etc., até seu falecimento no final da tarde do dia 20 de agosto de 2021, quando foi acometido por duas paradas cardíacas, uma ele superou e outra causou o seu falecimento. Para evitar o risco de contágio, Frei Mendelson não pôde ser velado. O sepultamento aconteceu no dia 21 de agosto de 2021 no Cemitério de Santo Amaro, em Recife, e contou com a participação de alguns confrades e parentes.

“Deus é Bom” DADOS GERAIS

• Dia, mês e ano do falecimento: 20.08.2021 • Sobrenome: Branco da Silva • Nome Religioso: Mendelson • Nome de Batismo: Mendelson • Lugar de Nascimento: Recife - Pernambuco • Província: Santo Antônio do Brasil Frei Faustino dos Santos, OFM • Lugar do falecimento: Recife - Pernambuco • Idade: 31 anos Secretário Provincial • Anos de vida religiosa: 6

32

JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS


IN MEMORIAM

CARTA DE UM CONFRADE AO FREI MENDELSON

C

aro Irmão Mendelson, Neste momento da chegada da notícia que você foi chamado pela nossa Irmã Morte, a tristeza tomou conta dos nossos corações, de cada Irmão nesta nossa Fraternidade de Fortaleza e certamente dos Irmãos em todas as Fraternidades da Província, e mais particularmente dos corações de sua família: de sua mãe, de seu pai, de sua irmã e dos demais familiares. Lembro-me da nossa última conversa durante o retiro. Lembro-me de sua alegria e serenidade, do seu gosto de preparar e conduzir as liturgias durante o retiro, a sua alegria de ser religioso franciscano, de ser Irmão. Conversamos sobre o seu desejo de emitir a sua profissão solene, de seu sonho de viver a vida religiosa franciscana mais como eremita. Iniciamos esta conversa para ser aprofundada posteriormente, como poderia ser uma vida de oração e contemplação e em que lugar: numa realidade rural ou numa realidade urbana tão desafiante hoje para o testemunho da fé. Mas Deus teve outros planos com você, não quis que você fizesse o caminho mais tortuoso passando como eremita num eremitério. Ele decidiu que você deve fazer o caminho mais cur-

to e mais direto para poder contempla-Lo já face a face. Para você é já a alegria plena. Mas antes, Deus quis que você fizesse ainda a experiência de milhares e milhares de homens e mulheres, de jovens e idosos que sofrem e sofreram o impacto do Coronavirus no próprio corpo. Isso fez você experimentar o sofrimento destes nossos irmãos e irmãs na própria pele e assim participar da paixão de nosso Senhor e Irmão Jesus Cristo. Para nós os confrades e a sua família restam neste momento a dor. Fica para nós a lembrança, a sua serenidade, sua alegria, seu sorriso e o exemplo de sua fé. A sua plenitude chegou, ela não depende de anos cronológicos, para Deus o tempo é outro. Fica para nós este consolo: Irmãos, não fiqueis tristes por aqueles que morreram como os outros que não tenham esperança. Se cremos que Jesus morreu e ressurgiu, também cremos que aqueles que morreram em Jesus, Deus há de conduzi-los para a sua companhia. (1Ts 4,13s). Mendelson, descanse em paz. Shalom. Paz e Bem, interceda por todos nós! Frei Walter Schreiber, OFM JUL-AGO / 2021 NOTÍCIAS

33


Serviço Provincial de Comunicação Arte: Erick Ramon Diagramação: Frei Faustino dos Santos, OFM Revisão: Frei Faustino dos Santos, OFM Frei Marcos Almeida, OFM Frei Artur Bruno S. Medeiros, OFM Expedição: Secretaria Provincial

Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil Rua Imperador, 206, Recife - PE. CEP: 50010 - 240 - Tel: (81) 3424-4556 www.ofmsantoantonio.org / E-mail: ofmnordeste@gmail.com