Page 1

HiPath 1100 Manager Documentação


*1PA31003-K1270-M100-03-V4A9* 1P A31003-K1270-M100-03-V4A9

As informações neste documento contêm apenas descrições gerais ou facilidades, que nem sempre correspondem, na forma como estão descritas, e que podem sofrer alterações devido ao desenvolvimento dos produtos. As facilidades desejadas apenas serão vinculativas, se tiverem sido estabelecidas por expresso nos termos do contrato.

Ajuda em caso de problemas Em caso de falhas, contactar primeiro o técnico de suporte do sistema. Se não for possível corrigir a falha, este deverá contactar a Assistência Técnica!

© Siemens Ltda 2006 Information and Communication Networks, Pedro Gusso, 2635 Curitiba/Paraná Nº de encomenda: A31003-K1270-M100-03-V4A9 Reserva-se a possibilidade de entrega e o direito de alterações técnicas. ●


AdminToolTOC.fm Só para a utilização interna

Índice

Índice

0

1 Informações gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.1 Generalidades sobre o trabalho com o HiPath 1100 Manager . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.2 Inicialização . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.3 Funções e Facilidades . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

1-1 1-3 1-3 1-5

2 Interface de Usuário . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.1 Barra de menus . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.1.1 Gerenciador de Perfis . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.2 Barra de ferramentas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.3 Barra de atalhos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.4 Lista de pastas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.5 Barra de Estado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.6 Menu Popup . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

2-1 2-2 2-5 2-7 2-7 2-8 2-9 2-9

3 Configuração básica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-1 3.1 Atendedores de linha . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-1 3.1.1 Guia "Configurações" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-1 3.1.2 Guia "Diurno". . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-3 3.1.3 Guia "Noturno" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-5 3.2 MSN . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-6 3.2.1 Guia "Configurações" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-7 3.2.2 Guia "Diurno". . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-10 3.2.3 Guia "Noturno" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-11 3.3 Agenda do Sistema . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-13 3.4 Ramais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-14 3.5 Tarifação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-14 3.6 Tempo limite de chamada . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-15 4 Configurações avançadas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-1 4.1 Ramais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-2 4.1.1 Guia "Geral" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-2 4.1.2 Guia "Interface CD" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-10 4.1.3 Guia "Programação de Teclas" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-11 4.1.4 Guia "Número Flexível" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-13 4.1.5 Guia "Telefones RDSI" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-14 4.1.6 Guia "Desvio em caso de não atendimento". . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-14 4.2 PABX Trace . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-15 4.3 Serviço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-16 4.3.1 Guia "Geral" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-17 4.3.2 Guia "Ramais" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-17 4.3.3 Guia "MSN" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-18 4.3.4 Guia "Linhas Externas" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-19 HiPath 1100 Manager, Documentação

0-1


AdminToolTOC.fm

Índice

Só para a utilização interna

4.4 Entry Voice Mail - EVM . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.4.1 Guia "Geral" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.4.2 Guia "Caixa postal padrão" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.4.3 Guia "Configuração de Anúncio" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.4.4 Guia "Acesso EVM" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.4.5 Guia "Porta virtual" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.5 SNMP . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.5.1 Configuração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.5.2 Comunidade . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.5.3 Comunidade "Trap" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.6 Código de Custo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.7 Classe de Serviços . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.7.1 Guia "Categoria Diurna" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.7.2 Guia "Categoria Noturna" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.7.3 Guia "Listas de Permissões" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.7.4 Guia "Listas de Proibições" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.8 Grupos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.8.1 Guia "Grupos de Captura" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.8.2 Guia "Grupos de Chamada" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.8.3 Guia "Grupos de Busca" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.8.4 Guia "Grupo de WMI externo" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.8.5 Guia "Grupos UCD" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.8.6 Guia "Grupos Associados" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.8.7 Guia "Grupos de Música em espera" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.9 RDSI . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.9.1 Guia "Configurações" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.9.2 Guia "Slot S0". . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.9.3 Guia "Configurações Avançadas" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.10 Linhas Externas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.10.1 Guia "Geral" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.10.2 Guia "Grupos de linhas" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.10.3 Guia "Número Flexível" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.11 LCR . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.12 ACS. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.13 Definições do Sistema . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.13.1 Guia "Geral" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.13.2 Guia "Lista de chamadas" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.13.3 Guia "Música em espera" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.13.4 Guia "Ramal de fuga" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.13.5 Guia "Operador" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.13.6 Guia "Tarifação" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.13.7 Guia "Definições Regionais" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.13.8 Guia "Códigos de Facilidades" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.13.9 Guia "Data e Hora" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

0-2

4-19 4-20 4-22 4-24 4-25 4-26 4-26 4-28 4-29 4-30 4-31 4-32 4-33 4-33 4-34 4-35 4-36 4-36 4-37 4-38 4-39 4-40 4-42 4-43 4-45 4-45 4-46 4-47 4-49 4-49 4-53 4-54 4-55 4-60 4-63 4-63 4-71 4-72 4-73 4-73 4-74 4-75 4-77 4-78

HiPath 1100 Manager, Documentação


AdminToolTOC.fm Só para a utilização interna

Índice

4.13.10 Guia "Números de Emergência" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-78 4.13.11 Guia "Atualização de Software" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-79 4.13.12 Guia "Administração Remota" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-80 4.13.13 Guia "Modem" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-82 4.13.14 Guia "Senhas" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-83 4.13.15 Guia "Bilhetes" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-84 4.13.16 Guia "Anúncio" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-86 4.13.17 Guia "Feriado" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-86 4.13.18 Guia "Porta virtual" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-86 4.14 Calendário . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-87 4.15 Porteiro Eletrônico interno . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-88 4.15.1 Guia "Posição da Interface" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-88 4.15.2 Guia "Atendedores". . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-88 4.15.3 Guia "Permissão de abertura". . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-89 4.16 Sensor e Relé . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-90 4.17 MSN . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-93 4.17.1 Guia "Entrante Diurno" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-94 4.17.2 Guia "Entrante Noturno" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-95 4.17.3 Guia "Sainte Diurno" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-96 4.17.4 Guia "Sainte Noturno" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-97 4.17.5 Guia "Associação de Linhas" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-97 4.18 Atendedor/FAX . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-98 4.18.1 Guia "Ramal Virtual" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-99 4.18.2 Guia "Menu de atendimento" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-100 4.19 Temporizadores . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-102 4.19.1 Guia "Geral" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-102 4.19.2 Guia "Ramais" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-103 4.19.3 Guia "Linhas". . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-104 4.20 Informações do PABX . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-104 4.20.1 Guia "Informações Gerais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-104 4.20.2 Guia "Layout do PABX". . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-107 4.20.3 Guia "Alocação de Slots" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-107 4.20.4 Guia "Configurações de Placas" . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-107 5 Status Monitor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5-1 6 CommServer . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-1 6.1 Menu SysTray . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-2 6.1.1 Propriedades . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-2 7 Software Update . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-1 8 MOH Transfer . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-1 8.1 Interface de Usuário . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-1 9 Diversos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9-1 9.1 Lista de Códigos de Facilidades . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9-1 HiPath 1100 Manager, Documentação

0-3


AdminToolTOC.fm

Índice

Só para a utilização interna

9.2 Plano de numeração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9-13 9.3 Administração Remota . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9-13 9.3.1 Administração Remota solicitada pelo usuário para um Suporte Técnico (Server Mode) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9-13 9.3.2 Administração remota iniciada diretamente pelo Suporte Técnico. . . . . . . . . . . . 9-15 Abreviaturas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Y-18 Índice remissivo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Z-2

0-4

HiPath 1100 Manager, Documentação


Só para a utilização interna

1

1_Admin.fm Informações gerais

Informações gerais O HiPath 1100 Manager é um aplicativo do Windows, com a qual o sistema HiPath 1100 pode ser configurado e administrado para efetuar a programação dos sistemas HiPath 1100, através de uma interface gráfica e sem necessidade de utilização dos códigos de programação. O Look and Feel da interface de utilização está adaptada ao padrão do Windows (Microsoft Outlook) e, com isso, possibilita uma utilização simples e intuitiva do HiPath 1100 Manager. A interface de utilização do HiPath 1100 Manager está disponível em vários idiomas e pode ser trocada após a instalação. .

>

Considerações: ●

A instalação dos aplicativos HiPath 1100 versão 6.0 sobrescreve a instalação dos aplicativos HiPath 1100 versão 5.2. Durante o processo de instalação não será apresentada nenhuma mensagem avisando que os aplicativos do HiPath 1100 versão 5.2 estão sendo removidos;

Um PABX do tipo HiPath 1100 versão 5.2 pode ser administrado através dos aplicativos do HiPath 1100 versão 6.0 pois, são compatíveis;

Não é possível ter os aplicativos HiPath 1100 da versão 5.2 e HiPath 1100 da versão 6.0 instalados no mesmo computador. Caso isto ocorra, ambos não funcionarão;

O HiPath 1100 Manager pode acessar a central: ●

Localmente: através da conexão de uma interface USB, interface UP0/E do optiPoint 500, interface V.24;

Remotamente: através de uma rede LAN, desde que um computador da rede esteja conectado ao HiPath 1100 via interface serial, Interface USB ou um dos módulos de interface LAN (módulos ADSL, SLIMC, SADSLIM, LIMC ou ADSLIM);

> ●

No caso de uma administração remota através de uma linha digital RDSI onde não se detecte o tráfego de dados entre o sistema e o programador remoto, pode-se encerrar a conexão em um período de tempo pré-configurado (1minuto a 60 minutos) ou manter a conexão por um tempo indeterminado. O padrão é um timeout de 30 minutos.

Modo de programação Offline: permite que uma base de dados do HiPath 1100 possa ser lida, editada e armazenada em um computador que não está conectado ao PABX naquele momento e mais tarde possa ser transferida para o PABX.

Funcionamento O Manager Offline tem as seguintes funções: HiPath 1100 Manager, Documentação

1-1


1_Admin.fm

Informações gerais

Só para a utilização interna

1. Novo, cria uma nova base de dados offline vazia (*.bup). Para criar isto os seguintes dados serão pedidos: • Nome do arquivo e diretório de destino; • Informações adicionais: empresa, autor, produto e comentários; • Tipo do PABX (HiPath 1100); • País. A base de dados gerada não possui módulos configurados e todos os ramais e linhas são visíveis. 2. Abrir, esta opção permite abrir um arquivo de base de dados (*.bup) no computador. O usuário pode editar a base de dados “offline”, ou seja, as mudanças feitas não afetam no funcionamento do PABX. As mudanças apenas passarão a funcionar no PABX depois que forem transferidas para o mesmo. O Manager pode abrir apenas um arquivo por vez. 3. Salvar, a base de dados configurada pode ser salva no arquivo. A extensão do arquivo é sempre *.bup. 4. Salvar Como, a base de dados ativa pode ser salva em um arquivo com nome diferente. 5. Fechar, fecha a base de dados ativa. 6. Transferir a Base de Dados, envia o Backup da base de dados para o PABX. Na transferência da base de dados do computador para o PABX os seguintes dados serão pedidos: • A senha (igual senha do sistema). • Os módulos configurados devem estar conectados no sistema. • Não existir conflito de Números Flexíveis, por exemplo, não podem existir códigos de acesso de grupo e ramais com o mesmo número..

>

O usuário irá receber uma mensagem se ocorrer algum problema. É possível adicionar e remover módulos do sistema. A remoção dos módulos implicará na remoção das posições dos slots configurados.

A senha padrão para o primeiro registro no HiPath 1100 Manager é "31994".

7

1-2

É recomendável alterar a senha padrão (senha de acesso ao Manager) após o primeiro registro, na Guia "Senhas".

HiPath 1100 Manager, Documentação


1_Admin.fm Só para a utilização interna

Informações gerais Generalidades sobre o trabalho com o HiPath 1100 Manager

Após a inicialização do HiPath 1100 Manager e a introdução da senha padrão, os dados do sistema (definições padrão) estarão disponíveis no HiPath 1100 Manager. Apenas as opções de hardware e software instaladas podem ser configuradas.

>

Existe a opção para "Imprimir" a base de dados do HiPath 1100 Manager no Modo Offline.

Também é possível efetuar a atualização de software do HiPath 1100 através do HiPath 1100 Software Update e armazenar a base de dados com as programações do sistema.

1.1

Generalidades sobre o trabalho com o HiPath 1100 Manager

Após a inicialização do HiPath 1100 Manager através de Início/Programas/Siemens HiPath 1100/Manager e introdução da senha, os dados do sistema (definições padrões) estarão disponíveis no HiPath 1100 Manager. Todos os dados editáveis podem ser acessados mediante Pasta/Subpasta/Guia da lista de pastas, através de símbolos da barra de ferramentas ou de atalhos, ou através das funções da barra de menus. Se acessar uma subpasta ou uma guia, as definições padrões (dados) serão carregadas automaticamente pelo HiPath 1100 Manager e indicadas na tela de entrada da janela da subpasta ou da guia. Os dados alterados podem ser exportados para o HiPath 1100, através da opção "Atualizar o PABX" na Barra de Ferramentas ou do Menu Popup (clicar com a tecla direita do mouse). Se abrir uma outra subpasta ou guia sem efetuar a atualização, uma caixa de aviso se abrirá perguntando se confirma ou descarta as alterações. Se não efetuou nenhuma alteração na respectiva subpasta/guia, o aviso não é indicado e o botão permanece desativado. Nas subpastas, ou nas guias com listas, é possível selecionar várias linhas ao mesmo tempo. É possível importar/exportar registros de ou para outras aplicações dentro das diversas guias ou telas através de Copiar (Ctrl+C) e Colar (Ctrl+V).

1.2

Inicialização

Para inicializar o HiPath 1100 Manager, selecionar: Iniciar/Programas/Siemens HiPath 1100/Serviços/Manager A senha padrão para o primeiro registro no HiPath 1100 Manager é "31994".

HiPath 1100 Manager, Documentação

1-3


1_Admin.fm

Informações gerais Inicialização

7

Só para a utilização interna

É recomendável alterar a senha padrão (senha de programação) após o primeiro registro na Guia "Senhas".

Ao inicializar o HiPath 1100 Manager pela primeira vez, é apresentada a janela do Assistente de instalação para que se possa efetuar as definições básicas do Sistema.

Através dos botões Seguinte e Voltar, pode-se navegar nas telas de entrada. Toda vez que realizar uma modificação e avançar uma tela com o botão Seguinte, será consultado se deseja atualizar as alterações. Estão disponíveis as seguintes telas de entrada: ●

Definições Regionais: definição do País, Prefixo e Estrutura da numeração.

Configurações: introdução do número múltiplo MSN da sua linha digital, assim como configuração do tempo de ativação e do modo de sinalização de chamada por MSN.

Dia: atribuição do MSN aos ramais para o funcionamento diurno.

Noite: atribuição do MSN aos ramais para o funcionamento noturno.

Agenda do Sistema: criar uma Agenda do Sistema central.

Ramais: atribuição de nomes aos ramais.

Tarifação: distribuição de limites de tarifação.

1-4

HiPath 1100 Manager, Documentação


1_Admin.fm

Informações gerais Funções e Facilidades

Só para a utilização interna

Clicando no botão Fim, obtém-se a vista padrão do HiPath 1100 Manager, que será apresentada em sua inicialização.

Mais informações acerca deste tema e sobre como alterar a configuração padrão do sistema HiPath 1100, poderão ser encontradas nos próximos capítulos.

1.3

Funções e Facilidades Configuração básica

Atendedores de linha Configuração do Primeiro e Segundo atendedores de linha externa e o período do dia (dia ou noite). MSN

Atribuição dos números múltiplos MSN (Multi Subscriber Number) aos ramais (recebidas) e o período do dia (diurno ou noturno)

Agenda do Sistema

Cria uma agenda telefônica do sistema

Ramais

Atribuição de nomes aos ramais

Tarifação

Configura algumas características para avaliar os gastos dos ramais com as chamadas externas.

Tempo limite de cha- Configura, para cada ramal, o tempo limite para efetuar chamadas exmada ternas. Configurações avançadas Ramais

Definições para os ramais

PABX Trace

Monitora os eventos ocorridos no PABX em um determinado intervalo de tempo.

Serviço

Apresenta informações gerais sobre os serviços disponíveis.

Entry Voice Mail EVM

Definições para um sistema de correio de voz

SNMP

Possibilita a supervisão da central e a gestão do PABX.

Código de Custo

Permite associar as informações das chamadas externas a determinados códigos denominados “Códigos de custo” sendo apresentados nos bilhetes de tarifação para permitir o controle dos custos de telefonia de cada ligação.

Classe de Serviços

Distribuição das classes de serviços

Grupos

Criação de grupos de ramais (Captura, Chamada, Busca, Mensagem de espera (WMIe), UCD, Grupo Associado, MOH (música em espera).

RDSI

Configuração das linhas RDSI

HiPath 1100 Manager, Documentação

1-5


1_Admin.fm

Informações gerais Funções e Facilidades

Só para a utilização interna

Configurações avançadas Linhas Externas

Configuração, distribuição dos grupos e numeração flexível para as linhas externas

LCR

Definições para Operadoras de LCR (Least cost routing), que oferecem tarifas mais baratas em determinadas dias/horas.

ACS

Definições para operadoras de ACS (Alternative Carrier selection), para se configurar regras de conversão de números discados pelo usuário para, por exemplo, fixar uma operadora para todas as ligações externas independentemente da operadora que for discada.

Definições do Sistema

Definições do sistema (desde definições regionais até senhas)

Calendário

Definições semanais para serviço noturno

Porteiro Eletrônico in- Definições para os porteiros eletrônicos terno Sensor e Relé

Definições para funções de controle e alarme e música em espera

MSN

Classe de serviços MSN (Dia/Noite - recebidas/efetuadas)

Atendedor/FAX

Configuração da facilidade Atendedor/FAX

Temporizadores

Definição geral para reconhecimento de flash, flash no ramal e flash na linha externa.

Informações do PABX

Informação a respeito das caracteristicas físicas do PABX.

1-6

HiPath 1100 Manager, Documentação


2_BOF.fm Interface de Usuário

Só para a utilização interna

2

Interface de Usuário

A figura seguinte mostra a janela principal do HiPath 1100 Manager. A B C

F

D

E

G

H Estrutura da janela principal A- Barra de menus B- Barra de ferramentas C- Barra de atalhos – seleção direta a partir das pastas Básico e Avançado D- Lista de pastas – um grupo de subpastas ordenadas segundo complexidade e objetivos E- Pastas/subpastas – área da janela para a introdução de dados (máscara de entrada) F-Guia – Organiza as posições de configuração necessárias do respectivo tema numa subpasta/numa guia G- Posição de configuração Uma propriedade programável do sistema HiPath 1100 Campo de listas– uma lista (por ex., Ramais/Linhas/Entrada da Agenda, etc.) com diversas definições (posições de configuração) para uma determinada configuração. H- Barra de Estado HiPath 1100 Manager, Documentação

2-1


2_BOF.fm

Interface de Usuário Barra de menus

2.1

Só para a utilização interna

Barra de menus

Menu "Arquivo" Posição

Descrição

Conectar

Conecta o HiPath 1100 Manager ao PABX.

Desconectar

Desconecta o HiPath 1100 Manager do PABX.

Novo

Abre uma janela popup que permite a configuração de um novo Ctrl+N arquivo do HiPath 1100 Manager.

Abrir

Abre um arquivo do HiPath 1100 Manager (*.bup) já existente. Ctrl+O

Fechar

Fecha o arquivo do HiPath 1100 Manager que está sendo executado.

Gerenciador de Perfis

Permite configurar os parâmetros de um projeto. (ver Gerenciador de Perfis)

Salvar Perfil

Salva o Gerenciador de Perfis em um arquivo (*.bup).

Salvar Perfil Como...

Permite salvar o Gerenciador de Perfis em um arquivo (*.bup) com nome e/ou local diferente.

Salvar

Salva a base de dados do PABX em um arquivo (*.bup).

Salvar Como...

Permite salvar a base de dados do PABX em um arquivo (*.bup) com nome e/ou local diferente.

Transferir base de dados

Transfere a base de dados atual do Modo Offline para o Modo Online.

Salvar cópia de segurança

Seleciona a base de dados do PABX e salva em um arquivo. A base de dados salva pode conter configurações gerais do Sistema (ex.: Agenda, LCR, etc) e/ou configurações dos serviços e/ou facilidades dos Ramais (ex.: Programação de teclas) Podem-se anotar informações importantes sobre a base de dados a ser salva em uma Caixa de Diálogo para uma futura localização, por ex.: empresa, autor, produto e observações

2-2

Comandos

Ctrl+S

HiPath 1100 Manager, Documentação


2_BOF.fm Só para a utilização interna

Interface de Usuário Barra de menus

Restaurar cópia de segurança

Abre uma cópia de segurança anteriormente salva e a envia ao PABX. Para se localizar o arquivo da cópia de segurança desejado, utilize as informações preenchidas na Caixa de Diálogo quando a cópia foi feita, as respectivas informações serão indicadas na Caixa de Diálogo por "Informação:". Caso se tenha salvado previamente a base de dados de versões anteriores (HiPath 1100 V5.1 e HiPath 1100 V5.2) e se queira fazer a atualização da base de dados para o HiPath 1100 V6.0, basta restaurar o arquivo *.bup e a atualização é realizada automaticamente pelo sistema. Ao final do processo de restauração é comunicado ao usuário, através de mensagens popup, as alterações feitas devido à restauração executada.

Converter base de dados

Permite converter a base de dados a partir da versão HiPath 1100 V6.0 para uma base de dados em uma versão posterior. Ao selecionar esta opção é indicada uma Caixa de Diálogo para que seja selecionada a versão da base de dados.

Salvar as informações do PABX

Salva as informações gerais do PABX.

Imprimir

Imprime a configuração da base de dados do PABX. Selecio- Ctrl+P nando esta opção é aberto um documento em Word com as configurações do PABX, caso o sistema não possua o aplicativo Word é aberto um documento em html.

Informação do PABX

Apresenta as informações sobre o PABX (por ex., modelo, ver- Ctrl+I são, país, ramais existentes, montagem com módulos, etc.).

Voltar à Configu- Ativa as configurações padrões de fábrica do PABX (antes de ração Padrão executar esta ação, é indicado uma Caixa de Diálogo com o respectivo aviso). Neste caso, a pasta atual é fechada e todas as alterações são perdidas. Sair

Sai do aplicativo.

Menu "Editar" Posição

Descrição

Desfazer

Desfaz o último processo executado sob "Editar" durante a con- Ctrl+Z figuração da subpasta (antes de ativar o botão "Atualizar"). É possível que esta opção não esteja disponível e, portanto, estará desativada.

HiPath 1100 Manager, Documentação

Comandos

2-3


2_BOF.fm

Interface de Usuário Barra de menus

Só para a utilização interna

Refazer

Refaz o último processo cancelado através do botão "Desfazer". Ctrl+Y É possível que esta opção não esteja disponível e, portanto, estará desativada.

Copiar

Copia uma posição de um campo de entrada.

Ctrl+C

Colar

Insere uma posição anteriormente copiada na área selecionada.

Ctrl+V

Deletar

Apaga a posição selecionada

Del

Selecionar tudo Seleciona todas as posições.

Ctrl+A

Reinicializar itens

Ativa a definição padrão de fábrica para a posição selecionada. F3

Atualizar o HiPath 1100

Transmite os dados alterados via HiPath 1100 Manager para o F5 PABX/Atualiza a base de dados do arquivo atual. Somente para o Modo Online.

Aplicar

Aplica as mudanças no arquivo atual do HiPath 1100 Manager. Somente para o Modo Offline.

Menu "Visualizar" Posição

Descrição

Barra de ferramentas

Inclui/exclui a barra de ferramentas.

Barra de Estados

Inclui/exclui a barra de estado.

Lista de Pastas

Inclui/exclui a lista de pastas.

Barra de Atalhos

Inclui/exclui a barra de atalhos.

Validação do Plano de Nume- Indica a validação do plano de numeração. ração Menu "Ferramentas" Posição

Descrição

Configurações

Inicia o assistente de ajuda da Microsoft e permite visualizar os ramais que não estão conectados no sistema.

Assistente de Configuração do Inicia o assistente de configuração do PABX. HiPath 1100 HiPath 1100 Software Update Inicia o HiPath 1100 Software Update aplicativo para atualização do software do PABX (Software Update).

2-4

HiPath 1100 Manager, Documentação


2_BOF.fm

Interface de Usuário Barra de menus

Só para a utilização interna

Configuração do CommServer

Abre uma Caixa de Diálogo para a configuração da porta e endereço IP do CommServer. ●

A Porta de comunicação TCP/IP onde o HiPath 1100 Manager irá se conectar ao CommServer para realizar as operações no PABX. O endereço válido é 3100.

O Endereço IP do local onde esta instalado o aplicativo CommServer.

Modo Servidor

Abre uma Caixa de Diálogo, que indica que o HiPath 1100 Manager está aguardando uma ligação remota de um sistema HiPath 1100. Isto é utilizado para que um “Técnico” possa realizar uma programação remota no sistema.

Idioma

Possibilita a mudança do idioma do HiPath 1100 Manager.

Menu "Ajuda" Posição

Descrição

Comandos

Tópicos da Ajuda

Inicia a função de ajuda do programa.

F1

Sobre o Manager ...

Indica as informações a respeito do aplicativo HiPath 1100 Manager.

2.1.1

Gerenciador de Perfis

O Gerenciador de Perfis permite que o usuário crie, abra, edite ou exclua perfis de conexão ou abertura de base de dados. Os perfis são estruturas que ajudam o usuário a organizar cenários diversificados, por exemplo, clientes ou conexões distintas. Para realizar estas tarefas, ao selecionar a opção Gerenciador de Perfis, uma Caixa de Diálogo é aberta com as seguintes opções: Botão “Criar Perfil” O botão Criar Perfil cria um novo perfil. Ao selecionar esse botão uma nova Caixa de Diálogo é aberta com os seguintes campos: Campo “Nome” No campo Nome deve ser inserido o nome do perfil. O máximo de caracteres é de 255 e não é permitido um nome em branco. Campo “Tipo de conexão” O campo Tipo de conexão define como o HiPath Manager irá acessar o PABX. HiPath 1100 Manager, Documentação

2-5


2_BOF.fm

Interface de Usuário Barra de menus

Conexão USB;

Conexão USB optiPoint;

Conexão via modem analógico externo;

Conexão RDSI S0 ;

Conexão ADSL;

Conexão Serial;

CommServer em outra máquina.

>

Só para a utilização interna

Caso o tipo de conexão escolhido seja o “CommServer em outra máquina”, será habilidada a configuração do endereço e port do CommServer e a configuração do CommServer local não será modificada.

Botão “Propriedades” O botão Propriedades apresenta as informações do Campo “Tipo de conexão” e permite alterá-las. Campo “Modo de conexão” O campo Modo de conexão seleciona o modo de conexão do Manager: Offline ou Online. Se a opção escolhida for online, não é possível configurar o arquivo de base de dados. Campo “Arquivo da base de dados” O campo Arquivo da base de dados insere o caminho para a base de dados atual. Botão “Procurar” O botão Procurar permite buscar os arquivo de base de dados disponíveis no sistema. Botões “Ok” e “Cancelar” O botão Ok e Cancelar salva ou cancela os dados configurados nos campos anteriores. Botão “Editar Perfil” O botão Editar Perfil permite a edição de um perfil já configurado. A janela aberta será a mesma onde é criado um perfil (ver Botão “Criar Perfil”). Botão “Deletar Perfil” O botão Deletar Perfil apaga um perfil já existente.

2-6

HiPath 1100 Manager, Documentação


2_BOF.fm Só para a utilização interna

Interface de Usuário Barra de ferramentas

Botão “Conectar/Abrir” O botão Conectar/Abrir carrega todas as propriedades do perfil selecionado.

>

Caso exista uma conexão estabelecida no momento e os parâmetros das conexões não sejam os mesmos, os parâmetros são somente comparados. Neste caso, a conexão não é modificada e o usuário é informado através de uma caixa de aviso.

Botão “Fechar” O botão Fechar encerra a Caixa de Diálogo.

2.2

Barra de ferramentas

A Barras de ferramentas contém ícones de atalho para as principais funções do menu: ●

Conectar (do Menu "Arquivo") Se não existir uma conexão com o PABX, estará ativo apenas o botão "Conectar".

Atualizar o PABX ou Aplicar (do Menu "Editar")

Desfazer (do Menu "Editar")

Copiar (do Menu "Editar")

Colar (do Menu "Editar")

Refazer (do Menu "Editar")

Reinicializar itens (do Menu "Editar")

Validação do Plano de Numeração (do Menu "Visualizar")

Assistente de Configuração do HiPath 1100 (do Menu "Ferramentas")

Tópicos da Ajuda (do Menu "Ajuda")

Podem-se alterar a visualização desta barra . Para tal, basta clicar com a tecla direita do mouse na área da Barras de ferramentas ou Barras de Menus e selecionar o modo de visualização.

2.3

Barra de atalhos

Existem duas Barras de atalhos para o rápido acesso às funções mais importantes: ●

Básico – contém as posições da pasta Básico descritas a seguir.

Avançado – contém as posições da pasta Avançado descritas a seguir.

Pode-se visualizar os ícones em miniatura ou de forma expandida. Para tal, basta clicar com a tecla direita do mouse na área da Barras de atalhos e selecionar o modo de visualização. HiPath 1100 Manager, Documentação

2-7


2_BOF.fm

Interface de Usuário Lista de pastas

2.4

Só para a utilização interna

Lista de pastas

As posições de configuração estão reunidas em duas pastas com a seguinte estrutura: Básico ●

Atendedores de linha (para definir os atendedores de linhas externas)

MSN (para distribuição e atribuição dos MSN)

Agenda do Sistema (para criar uma agenda telefônica geral)

Ramais (para a atribuição de nomes aos ramais)

Tarifação (para determinar os gastos por ramal)

Avançado ●

Ramais (para a configuração das ramais)

Entry Voice Mail - EVM (correio de voz)

Classe de Serviços (para a atribuição de classes de serviços)

Grupos (para a criação de grupos)

RDSI (para a configuração das interfaces S0; RDSI externa, Bus S0 interno)

Linhas Externas (para a configuração das linhas externas)

LCR (para a criação de um calendário para LCR (least cost routing))

ACS (para a criação de um calendário para ACS (Alternative Carrier selection))

Definições do Sistema (para a configuração geral do sistema)

Calendário (para a definição do serviço diurno/noturno)

Porteiro Eletrônico interno (para a configuração de até 20 posições de porteiros)

Sensor e Relé (para a configuração do Módulo opcional de Música do HiPath 1120)

MSN (para a atribuição do MSN à categoria Diurno recebidas/efetuadas e Noturno recebidas/efetuadas)

Atendedor/FAX (para a configuração da facilidade Atendedor/FAX)

Temporizadores (para a definição do período de reconhecimento de flash)

Informações do PABX (para informações gerais sobre o PABX conectado)

2-8

HiPath 1100 Manager, Documentação


2_BOF.fm Só para a utilização interna

2.5

Interface de Usuário Barra de Estado

Barra de Estado

Os seguintes estados da conexão são indicados na Barras de Estados: ●

Barra de progresso (campo da esquerda - informa o andamento do comando/facilidade solicitado)

Online/Offline (informar se há um sistema conectado ou não)

Mode:Normal/Server (Normal - PABX conectado ao aplicativo; Server - sistema remoto conectado ao aplicativo)

CAP/NUM/SCRL (indicam Caps Lock, Num Lock e Scroll Lock respectivamente - estado das teclas do teclado)

Pode-se alterar a visualização desta barra . Para tal, basta clicar com a tecla direita do mouse na área da Barras de ferramentas ou Barras de Menus e selecionar o modo de visualização.

2.6

Menu Popup

Se clicar na Posição de configuração com a tecla direita do mouse surge um menu com as mesmas opções do Menu Editar: Posição

Descrição

Desfazer

Desfaz o último processo executado sob "Editar" durante a Ctrl+Z configuração da subpasta (antes de ativar o botão "Atualizar"). É possível que esta opção não esteja disponível e, portanto, estará desativada.

Refazer

Refaz o último processo cancelado através do botão "Des- Ctrl+Y fazer". É possível que esta opção não esteja disponível e, portanto, estará desativada

Copiar

Copia uma posição de um campo de entrada.

Colar

Insere uma posição anteriormente copiada na área selecio- Ctrl+V nada.

Deletar

Apaga a posição selecionada

Selecionar tudo Seleciona todas as posições.

Comandos

Ctrl+C

Del Ctrl+A

Reinicializar itens

Ativa a definição padrão de fábrica para a posição selecio- F3 nada.

Atualizar o HiPath 1100

Transmite os dados alterados via HiPath 1100 Manager F5 para o PABX/Atualiza a base de dados do arquivo atual. Somente para o Modo Online.

Aplicar

Aplica as mudanças no arquivo atual do HiPath 1100 Mana- F5 ger. Somente para o Modo Offline.

HiPath 1100 Manager, Documentação

2-9


2_BOF.fm

Interface de Usuário Menu Popup

Só para a utilização interna

A opção "Reinicializar itens" só está disponível quando a tecla direita do mouse for acionada dentro da área de Posição de configuração. Este procedimento ativa as definições padrões de fábrica para as posições selecionadas.

>

2-10

É possível importar/exportar dados para outras aplicações nas diversas guias/máscaras através de Copiar e Colar.

HiPath 1100 Manager, Documentação


Só para a utilização interna

3

3_Basic.fm Configuração básica Atendedores de linha

Configuração básica

Na pasta Básico (Configuração básica), pode-se configurar as seguintes funções: ●

Atendedores de linha

MSN

Agenda do Sistema

Ramais

Tarifação

Tempo limite de chamada

3.1

Atendedores de linha

Na subpasta Atendedores de linha, são definidos os ramais que irão receber as chamadas entrantes. Esta configuração é realizada através das três guias a seguir: A subpasta Atendedores de linha contém as guias a seguir: ●

Guia "Configurações"

Guia "Diurno"

Guia "Noturno"

>

Caso seja configurada uma caixa postal EVM como atendedor de linha, todos os outros atendedores da linha externa estarão relacionados com a caixa postal, independentemente se a caixa postal está na configuração do período diurno ou noturno.

3.1.1

Guia "Configurações"

Nesta Guia são configuradas as linhas externas em função dos parâmetros existentes nas colunas a seguir. Nota: Todas as linhas externas conectadas são indicados nesta guia. Introduzir: As configurações possíveis/desejáveis para cada linha externa nas Colunas a seguir: Coluna "Linha externa" A coluna Linha externa apresenta as linhas externas que podem ser configuradas. HiPath 1100 Manager, Documentação

3-1


3_Basic.fm

Configuração básica Atendedores de linha

Só para a utilização interna

Coluna "Código de acesso" Na coluna Código de acesso (até 5 dígitos), pode ser alterado o código de acesso à linha externa. Coluna "Tempo de Espera" Na coluna Tempo de Espera, é selecionado o intervalo de tempo, em segundos, durante o qual uma chamada entrante sinaliza no Primeiro Atendedor da linha externa. Caso não venha a atender a chamada, dentro deste intervalo de tempo, esta será direcionada para o Segundo atendedor. Coluna "Toque" Na coluna Toque, é possível selecionar entre 4 diferentes tipos de toque de chamada (ring) para a chamada entrante sinalizar no ramal atendedor. Coluna "Modo de Atendimento" A coluna Modo de Atendimento é utilizada quando o sistema deseja utilizar uma das seguintes facilidades de atendimento: Desativado As facilidades Atendedor/FAX não são utilizadas. FAX Neste modo de funcionamento, a facilidade detecta apenas sinais de FAX. No recebimento de uma chamada externa, é inserido um anúncio de saudação. Se o chamador deseja enviar um Fax, pode iniciar a transmissão logo após o anúncio. Se nenhum sinal de Fax for recebido em 10 segundos após o anúncio de saudação, outro anúncio é apresentado e a chamada é transferida para o atendedor. Atendedor Neste modo de funcionamento, a facilidade detecta ramais ou dígitos selecionados e transfere a chamada. Quando uma chamada externa é atendida, um anúncio de saudação é apresentado para instruir o chamador. Exemplo de anúncio: "Você ligou para a Siemens. Disque o ramal desejado, 22 para falar com o departamento de vendas ou 23 para falar com o departamento de suporte". Se nenhum sinal de MF válido for recebido pelo Atendedor em 10 segundos após o anúncio de saudação, outro anúncio é apresentado e a chamada é transferida para o atendedor.

3-2

HiPath 1100 Manager, Documentação


3_Basic.fm Só para a utilização interna

Configuração básica Atendedores de linha

Atendedor/FAX Neste modo de funcionamento, a facilidade detecta sinais de FAX e número de ramais ou dígitos. Quando uma chamada externa é atendida, um anúncio é apresentado para instruir o chamador. Exemplo de anúncio: "Você ligou para a Siemens. Para enviar um FAX iniciar agora a transmissão. Disque 22 para falar com o departamento de vendas ou 23 para falar com o departamento de suporte". Se nenhum sinal de FAX, número de ramal ou dígito válido for recebido dentro de 10 segundos após o anúncio de saudação, outro anúncio é apresentado e a chamada é transferida para o atendedor. Anúncio Um anúncio de saudação é apresentado no atendimento de chamadas externas e a chamada é transferida para o atendedor. Exemplo de anúncio: "Você ligou para a Siemens. Sua chamada está sendo transferida". Auto-FAX Neste modo, o sistema detecta sinais de Fax durante os 10 primeiros segundos de conversação e transfere a chamada para o ramal definido como atendedor de FAX. Se nenhum sinal de Fax for recebido a conversação continua normalmente. Coluna "Ramal para FAX" Na coluna Ramal para FAX, é determinado qual ou quais os ramais que possuem um aparelho de FAX conectado. Coluna "Anúncio" Na coluna Anúncio, é atribuído um anúncio a um MSN. Mais definições encontra-se na Guia "Configuração de Anúncio", na subpasta EVM.

3.1.2

Guia "Diurno"

Nesta Guia os Ramais, Portas Virtuais EVM, Grupos de chamada, Grupos de busca e Grupos de chamada UCD são associados às linhas externas como Primeiros Atendedores ou Segundos Atendedores das chamadas entrantes para o período Diurno. Nota: ●

Grupos de chamada (CG) - 770 a 779

Grupos de busca (HG) - 780 a 789

Grupos de chamada UCD - 790 a 799

HiPath 1100 Manager, Documentação

3-3


3_Basic.fm

Configuração básica Atendedores de linha

Só para a utilização interna

Introduzir: Os Ramais, Portas Virtuais e Grupos para Primeiros Atendedores e os Ramais e Portas Virtuais para Segundos Atendedores das linhas externas no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal, a Porta Virtual ou o Grupo e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "Linha externa" A coluna Linha externa, apresenta as linhas externas que podem ser configuradas. Coluna "Primeiro Atendedor" A coluna Primeiro Atendedor, esta associada as informações contidas no campo Primeiro Atendedor e apresenta os Ramais, Portas Virtuais e Grupos disponíveis para realizar o atendimento das chamadas entrantes. Coluna "Segundo Atendedor" A coluna Segundo Atendedor, esta associada as informações contidas no campo Segundo Atendedor e apresenta os Ramais, Portas Virtuais e Grupos disponíveis para atendimento caso os Primeiros atendedores estejam indisponíveis ou não atendam as chamadas dentro do intervalo de tempo definido na Guia "Configurações" - Coluna "Tempo de Espera".

>

3-4

Caso uma porta virtual EVM esteja configurada como Segundo Atendedor e o Primeiro Atendedor esteja configurado com o desvio por não atendimento: ●

Tempo para desvio em caso de não atendimento < Tempo de Espera, a chamada é desviada para o destino do desvio em caso de não atendimento. Se a chamada for atendida antes do Tempo de Espera terminar, esta é completada e o Tempo de Espera é cancelado. Caso o Tempo de Espera termine antes da chamada ser atendida pelo destino, esta será direcionada para o EVM e a mensagem de saudação será reproduzida.

Tempo para desvio em caso de não atendimento >= Tempo de Espera, a chamada é direcionada para o EVM e a mensagem de saudação será reproduzida.

HiPath 1100 Manager, Documentação


3_Basic.fm Só para a utilização interna

>

Configuração básica Atendedores de linha

Para se adicionar um Segundo Atendedor é necessário primeiro definir o Primeiro Atendedor; O ramal definido com Primeiro Atendedor não pode ser configurado como Segundo atendedor; 10 ramais são o número máximo de Atendedores ou 1 Grupo para cada linha externa; Grupos não podem ser Segundos Atendedores.

3.1.3

Guia "Noturno"

Nesta Guia os Ramais, Portas Virtuais EVM, Grupos de chamada, Grupos de busca e Grupos de chamada UCD são associados as linhas externas como Primeiros Atendedores ou Segundos Atendedores das chamadas entrantes para o período Noturno. Nota: ●

Grupos de chamada (CG) - 770 a 779

Grupos de busca (HG) - 780 a 789

Grupos de chamada UCD - 790 a 799

Introduzir: Os Ramais, Portas Virtuais e Grupos para Primeiros Atendedores e os Ramais e Portas Virtuais para Segundos Atendedores das linhas externas no Campo "Selecionado". Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal, a Porta Virtual ou o Grupo e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado". Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo clic no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "Linha externa" A coluna Linha externa apresenta as linhas externas que podem ser configuradas. Coluna "Primeiro Atendedor" A coluna Primeiro Atendedor esta associada às informações contidas no Campo Primeiro Atendedor e apresenta os Ramais, Portas Virtuais e Grupos disponíveis para realizar o atendimento das chamadas entrantes.

HiPath 1100 Manager, Documentação

3-5


3_Basic.fm

Configuração básica MSN

Só para a utilização interna

Coluna "Segundo Atendedor" A coluna Segundo Atendedor, esta associada as informações contidas no Campo Segundo Atendedor e apresenta os Ramais, Portas Virtuais e Grupos disponíveis para atendimento caso os Primeiros atendedores estejam indisponíveis ou não atendam as chamadas dentro do intervalo de tempo definido na Guia "Configurações" - Coluna "Tempo de Espera".

>

>

3.2

Caso uma porta virtual EVM esteja configurada como Segundo Atendedor e o Primeiro Atendedor esteja configurado com o desvio por não atendimento: ●

Tempo para desvio em caso de não atendimento < Tempo de Espera, a chamada é desviada para o destino do desvio em caso de não atendimento. Se a chamada for atendida antes do Tempo de Espera terminar, esta é completada e o Tempo de Espera é cancelado. Caso o Tempo de Espera termine antes da chamada ser atendida pelo destino, esta será direcionada para o EVM e a mensagem de saudação será reproduzida.

Tempo para desvio em caso de não atendimento >= Tempo de Espera, a chamada é direcionada para o EVM e a mensagem de saudação será reproduzida.

Para se adicionar um Segundo Atendedor é necessário primeiro definir o Primeiro Atendedor; O ramal definido com Primeiro Atendedor não pode ser configurado como Segundo atendedor; 10 ramais são o número máximo de Atendedores ou 1 Grupo para cada linha externa; Grupos não podem ser Segundos Atendedores.

MSN

O HiPath 1100 pode ser equipado com um módulo opcional para acesso básico (S0 ), acesso E1 CAS ou acesso S2 . Isto transforma uma linha telefônica convencional, em uma linha digital, tornando suas comunicações mais rápidas e com maior eficiência (consultar a Operadora Local).

>

Caso um atendedor de MSN não atenda uma chamada externa, esta ficará armazenada na lista de chamadas não atendidas especificando o Nome/Número da chamada e/ou Nome/Número chamado (MSN). Os campos que devem aparecer no display devem ser configurados em Definições do Sistema->Guia "Geral".

O sistema HiPath 1100 permite a operação de dois tipos de acesso básico:

3-6

HiPath 1100 Manager, Documentação


3_Basic.fm Só para a utilização interna

Configuração básica MSN

Acesso básico ponto-multiponto Os números múltiplo MSN (Multi Subscriber Number) podem ser atribuídos ao acesso básico ponto-multiponto. Esses números possibilitam a conexão de sistemas diferenciados na linha digital (por exemplo, PABX, telefones, PC, etc.). Se um chamador discar para um MSN, o respectivo sistema conectado à linha digital que reconhecer o número chamado será sinalizado. Acesso básico ponto-a-ponto O Acesso do sistema (acesso ponto a ponto) trata-se de um acesso básico para o funcionamento de apenas um sistema com a opção de discagem direta para os respectivos ramais (DDR).

>

Para saber qual é o tipo de Acesso disponibilizado para o seu PABX, consulte a Operadora Local. O tipo de acesso à linha é configurado na pasta Avançado →RDSI.

Na subpasta MSN (Multi Subscriber Number), são associados/alterados os números múltiplos (MSN) da sua linha digital aos Ramais, aos Grupos de ramais e as caixas postais (através das portas virtuais EVM) que irão receber as chamadas entrantes. Esta configuração é realizada através das três guias a seguir: A subpasta MSN contém as guias a seguir: ●

Guia "Configurações"

Guia "Diurno"

Guia "Noturno"

3.2.1

Guia "Configurações"

Nesta Guia são registrados os seus MSN atribuídos à sua linha digital e configurados em função dos parâmetros existentes nas colunas a seguir. Nota: As posições disponíveis e os MSN já configurados são indicados nesta guia. O MSN reservado para o acesso DISA não é indicado nesta tabela. Introduzir: Os números MSN e as configurações possíveis/desejáveis para cada MSN nas Colunas a seguir: Coluna "Posição" A coluna Posição, apresenta as 140 posições disponíveis que podem ser configuradas em função do HiPath 1100. HiPath 1100 Manager, Documentação

3-7


3_Basic.fm

Configuração básica MSN

Só para a utilização interna

Coluna "MSN" A coluna MSN, apresenta os MSNs disponíveis que podem ser configurados. Os números MSN podem ser preenchidos manualmente ou automaticamente através do botão Assistente para MSN ou do botão Buscar. Coluna "Nome" Na coluna Nome, inserimos os nomes que serão utilizados pelos números MSN. Coluna "Tempo de Espera" Na coluna Tempo de Espera, é selecionado o intervalo de tempo, em segundos, durante o qual uma chamada entrante sinaliza no Primeiro Atendedor da linha externa. Caso não venha a atender a chamada, dentro deste intervalo de tempo, esta será direcionada para o Segundo atendedor. Coluna "Toque" Na coluna Toque, é possível selecionar entre 4 diferentes tipos de toque de chamada (ring) para a chamada entrante sinalizar no ramal atendedor. Coluna "Modo de Atendimento" A coluna Modo de Atendimento é utilizada quando o sistema possui a facilidade Atendedor/FAX configurada e se deseja utilizar uma das seguintes facilidades de atendimento: Desativado As facilidades do Atendedor/FAX não são utilizadas. FAX Neste modo de funcionamento, a facilidade detecta apenas sinais de FAX. No recebimento de uma chamada externa, é inserido um anúncio de saudação. Se o chamador deseja enviar um Fax, pode iniciar a transmissão logo após o anúncio. Se nenhum sinal de Fax for recebido em 10 segundos após o anúncio de saudação, outro anúncio é apresentado e a chamada é transferida para o atendedor. Atendedor Neste modo de funcionamento, a facilidade detecta ramais ou dígitos selecionados e transfere a chamada. Quando uma chamada externa é atendida, um anúncio de saudação é apresentado para instruir o chamador. Exemplo de anúncio: "Você ligou para a Siemens. Disque o ramal desejado, 22 para falar com o departamento de vendas ou 23 para falar com o departamento de suporte". Se nenhum sinal de MF válido for recebido pelo Atendedor/FAX em 10 segundos após o anúncio de saudação, outro anúncio é apresentado e a chamada é transferida para o atendedor. 3-8

HiPath 1100 Manager, Documentação


3_Basic.fm Só para a utilização interna

Configuração básica MSN

Atendedor/FAX Neste modo de funcionamento, a facilidade detecta sinais de FAX e número de ramais ou dígitos. Quando uma chamada externa é atendida, um anúncio é apresentado para instruir o chamador. Exemplo de anúncio: "Você ligou para a Siemens. Para enviar um FAX iniciar agora a transmissão. Disque 22 para falar com o departamento de vendas ou 23 para falar com o departamento de suporte". Se nenhum sinal de FAX,número de ramal ou dígito válido for recebido dentro de 10 segundos após o anúncio de saudação, outro anúncio é apresentado e a chamada é transferida para o atendedor. Anúncio Um anúncio de saudação é apresentado no atendimento de chamadas externas e a chamada é transferida para o atendedor. Exemplo de anúncio: "Você ligou para a Siemens. Sua chamada está sendo transferida". Auto-FAX Neste modo, o sistema detecta sinais de Fax durante os 10 primeiros segundos de conversação e transfere a chamada para o ramal definido como atendedor de FAX. Se nenhum sinal de Fax for recebido a conversação continua normalmente. Coluna "Ramal para FAX" Na coluna Ramal para FAX, é determinado qual ou quais os ramais que possuem um aparelho de FAX conectado. Coluna "Anúncio" Na coluna Anúncio, é atribuído um anúncio a um MSN. Mais definições encontra-se na Guia "Configuração de Anúncio", na subpasta EVM. Botão "Assistente para MSN" Ao selecionar este ícone, abre-se uma Janela Pop up com o Assistente de configuração para os números MSN. Isto agiliza o processo de entrada dos MSN no HiPath 1100 Manager de forma seqüencial. Botão "Buscar" Nas linhas digitais, que suportam a facilidade Desvio na rede pública (também depende da operadora), é possível, através do botão Buscar, consultar os MSNs disponíveis e registrar automaticamente na lista.

HiPath 1100 Manager, Documentação

3-9


3_Basic.fm

Configuração básica MSN

Só para a utilização interna

Os números MSN apenas serão registrados automaticamente se o modo de operação remota estiver configurada como PMP (Ponto a multiponto). Caso esteja configurado como PP (Ponto a ponto) apenas será registrado o número do sistema na pasta Avançado-> Definições do Sistema->Definições Regionais, sendo necessário configurar os números MSN na pasta Básico->MSN->Configurações.

3.2.2

Guia "Diurno"

Nesta Guia os Ramais, Grupos de chamada, Grupos de busca, Grupos de chamada UCD Grupo de correio de voz e Caixas Postais são associados aos números MSN como Primeiros Atendedores ou Segundos Atendedores das chamadas entrantes para o período Diurno. Nota: O sistema suporta até 140 MSN, sendo que a cada um desses 140 números pode ser atribuída uma lista de até 10 Ramais, um Grupo ou uma caixa postal através de uma Porta Virtual EVM. O sistema suporta ainda configurações independentes para chamadas diurnas e noturnas recebidas. O MSN pode ter no máximo 20 dígitos. ●

Grupos de chamada (CG) - 770 a 779

Grupos de busca (HG) - 780 a 789

Grupos de chamada UCD - 790 a 799

Portas Virtuais EVM - 744 a 747

Introduzir: Os MSN a serem associados/alterados aos Ramais e Grupos de ramais para Primeiros Atendedores e os Ramais para Segundos Atendedores das linhas externas no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal ou Grupo e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo clic no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado.

>

Um grupo de correio de voz apenas poderá ser selecionado como segundo atendedor, caso apenas um ramal seja selecionado como primeiro atendedor e o grupo esteja configurado como EVM (ver Definições do Sistema->Guia "Geral", Campo Correio de voz). Caso o grupo EVM seja alterado e o grupo antigo esteja configurado como segundo atendedor, esse grupo deve ser removido, manualmente, da lista de segundo atendedor e o novo grupo deve ser inserido na lista.

Coluna "MSN" A coluna MSN, apresenta os MSNs disponíveis que podem ser configurados.

3-10

HiPath 1100 Manager, Documentação


3_Basic.fm Só para a utilização interna

Configuração básica MSN

Coluna "Primeiro Atendedor" A coluna Primeiro Atendedor, esta associada as informações contidas no Campo Primeiro Atendedor e apresenta os Ramais, Grupos e Portas Virtuais EVM (caixas postais) disponíveis para realizar o atendimento das chamadas entrantes. Coluna "Segundo Atendedor" A coluna Segundo Atendedor, esta associada as informações contidas no Campo Segundo Atendedor e apresenta os Ramais, Grupos e Portas Virtuais EVM (caixas postais) disponíveis para atendimento caso os Primeiros atendedores estejam indisponíveis ou não atendam as chamadas dentro do intervalo de tempo definido na Guia "Configurações" - Coluna "Tempo de Espera".

3.2.3

Guia "Noturno"

Nesta Guia os Ramais, Grupos de chamada, Grupos de busca, Grupos de chamada UCD Grupo de correio de voz e Caixas Postais são associados aos números MSN como Primeiros Atendedores ou Segundos Atendedores das chamadas entrantes para o período Noturno. Nota: O sistema suporta até 140 MSN, sendo que a cada um desses 140 números pode ser atribuída uma lista de até 10 Ramais, um Grupo ou uma caixa postal através de uma Porta Virtual EVM. O sistema suporta ainda configurações independentes para chamadas diurnas e noturnas recebidas. O MSN pode ter no máximo 20 dígitos. ●

Grupos de chamada (CG) - 770 a 779

Grupos de busca (HG) - 780 a 789

Grupos de chamada UCD - 790 a 799

Portas Virtuais EVM - 744 a 747

Introduzir: Os MSN a serem associados/alterados aos Ramais e Grupos para Primeiros Atendedores e os Ramais para Segundos Atendedores das linhas externas no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal ou Grupo e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado.

HiPath 1100 Manager, Documentação

3-11


3_Basic.fm

Configuração básica MSN

>

Só para a utilização interna

Um grupo de correio de voz apenas poderá ser selecionado como segundo atendedor, caso apenas um ramal seja selecionado como primeiro atendedor e o grupo esteja configurado como EVM (ver Definições do Sistema->Guia "Geral", Campo Correio de voz). Caso o grupo EVM seja alterado e o grupo antigo esteja configurado como segundo atendedor, esse grupo deve ser removido, manualmente, da lista de segundo atendedor e o novo grupo deve ser inserido na lista.

Coluna "MSN" A coluna MSN, apresenta os MSNs disponíveis que podem ser configurados. Coluna "Primeiro Atendedor" A coluna Primeiro Atendedor, esta associada as informações contidas no Campo Primeiro Atendedor e apresenta os Ramais, Grupos e Portas Virtuais EVM (caixas postais) disponíveis para realizar o atendimento das chamadas entrantes. Coluna "Segundo Atendedor" A coluna Segundo Atendedor, esta associada as informações contidas no Campo Segundo Atendedor e apresenta os Ramais, Grupos e Portas Virtuais EVM (caixas postais) disponíveis para atendimento caso os Primeiros atendedores estejam indisponíveis ou não atendam as chamadas dentro do intervalo de tempo definido na Guia "Configurações" - Coluna "Tempo de Espera". A configuração MSN para chamadas "Entrante/Sainte Diurna" e "Entrante/Sainte Noturna " é efetuada na pasta Avançado →MSN.

>

3-12

Para se adicionar um Segundo Atendedor é necessário primeiro definir o Primeiro Atendedor;

O ramal definido com Primeiro Atendedor não pode ser configurado como Segundo atendedor;

10 ramais são o número máximo de Atendedores ou 1 Grupo para cada linha externa ou 1 Porta Virtual EVM (caixa postal);

Grupos não podem ser Segundos Atendedores.

HiPath 1100 Manager, Documentação


3_Basic.fm Só para a utilização interna

3.3

Configuração básica Agenda do Sistema

Agenda do Sistema

Na subpasta Agenda do sistema , adicionamos ou alteramos as informações referentes a Agenda do Sistema. Esta configuração é realizada nas três colunas a seguir: Nota: Podem ser introduzidos, no máximo, 250 registros para discagem abreviada com nomes e número. A Agenda Individual para a discagem abreviada para cada ramal não podem ser configurados por meio do HiPath 1100 Manager. É possível importar/exportar nome e números da Agenda do sistema para outras aplicações ou vice-versa através de Copiar e Colar. A última posição da Agenda do sistema está reservada para o sensor e relé do módulo opcional Música do HiPath 1120. Introduzir: Os Nomes e Números da Agenda são configurados ao editar o respectivo campo de cada Colunas. Podem-se introduzir números externos (com código externo 0) e internos. Ao introduzir o nome, recomendamos que siga um determinado padrão (por exemplo, Apelido, Nome próprio), pois assim, é facilitada a Procura na subpasta Agenda do sistema e também com a facilidade "Pesquisa na agenda" nos ramais com telefones de sistema. Coluna "Número abreviado" A coluna Número abreviado apresenta os números abreviados através dos quais os números/nomes associados poderão ser chamados pelos ramais. Coluna "Nome" Na coluna Nome, inserimos os nomes que serão utilizados pela facilidade "Pesquisa na agenda" através dos Telefones de Sistema ou pela opção de Procura no campo logo abaixo.

>

Os telefones de sistema do tipo KS (E 822 ST e Profiset 3030) não suportam caracteres do tipo “Ç” e “Ô .

Coluna "Número" Na coluna Número (até 20 dígitos), inserimos os números desejados. Campo "Localizar" O campo Localizar permite procurar por determinadas palavras quando necessário. HiPath 1100 Manager, Documentação

3-13


3_Basic.fm

Configuração básica Ramais

Só para a utilização interna

Botão "Localizar" O botão Localizar inicia a procura.

3.4

Ramais

Na subpasta Ramais associamos os nomes aos ramais do sistema. Nota: O sistema suporta até 20 caracteres por Ramal. Introduzir: Os Nomes, para cada ramal editando os campos da coluna Nome. Coluna "Ramal" A coluna Ramal, apresenta os números disponíveis para os ramais. Coluna "Nome" Na coluna Nome, inserimos os nomes que serão utilizados pela facilidade "Pesquisa na agenda" e apresentados no visor dos Telefones de Sistema ..

>

Os telefones de sistema do tipo KS (E 822 ST e Profiset 3030) não suportam caracteres do tipo “Ç” e “Ô .

3.5

Tarifação

>

A facilidade Tarifação (limite de custo de chamada por ramal) somente está disponível para os entroncamentos digitais (RDSI e CAS) dos sistemas HiPath 1100. Adicionalmente, é necessário também verificar junto a operadora local (CO) se este tipo de serviço pode ser ofertado.

Na subpasta Tarifação, é possível configurar algumas características para avaliar/limitar os gastos dos ramais com as chamadas externas, em determinado período de tempo. Nota: Quando o ramal atingir o valor de gastos configurado e estiver com a caixa de verificação marcada, não poderá mais realizar chamadas externas. Introduzir:

3-14

HiPath 1100 Manager, Documentação


3_Basic.fm Só para a utilização interna

Configuração básica Tempo limite de chamada

O Valor que pode ser gasto, confirmar se existe limite para este gasto e o dia para reinicializar as tarifas. Coluna "Ramal" A coluna Ramal, apresenta os números dos ramais. Coluna "Valor" Na coluna Valor, pode-se definir os limites de tarifação para cada ramal (máximo 6 dígitos). Coluna "Gasto" Na coluna Gasto, são indicados os valores gastos até o momento. Coluna "Com limite" Se a caixa de verificação Com Limites não estiver selecionada (definição padrão), significa que não há limites de tarifação para o respectivo ramal. Campo "Reinicialização Mensal" O campo Reinicialização mensal (um ou dois dígito(s)) representa um dia do calendário (mensal) para reiniciar a tarifação. Selecionando a caixa de verificação Reinicialização mensal (mensal, 00:00), pode introduzir um Dia para o limite de tarifação.

> 3.6

Para o Dia, deve introduzir um valor (um ou dois dígito(s)) de 1 até 28 (nota: se introduzir o valor 31, o limite de tarifação será reinicializado apenas nos meses com 31 dias). A hora da Reinicialização é 00:00 h do dia informado.

Tempo limite de chamada

Na subpasta Tempo limite de chamada é possível configurar, para cada ramal, o tempo limite para efetuar chamadas externas. Quando o tempo total das chamadas externas realizadas atingir o limite do tempo configurado as chamadas em andamento serão interrompidas e nenhuma outra poderá ser feita até uma liberação de um novo "crédito" de tempo. Nota: As chamadas podem também ser interrompidas caso o ramal tenha sido configurado com as facilidades: ●

”Temporizador para chamada externa sainte” , a contagem do tempo limite também é interrompida.

HiPath 1100 Manager, Documentação

3-15


3_Basic.fm

Configuração básica Tempo limite de chamada

Só para a utilização interna

”Tarifação para ramal", a chamada somente será iniciada ou poderá continuar se o tempo e o crédito limite não forem atingidos.

No caso de chamadas simultâneas, o tempo será contado para as chamadas separadamente. Caso a chamada termine antes de completar um intervalo de 5 segundos, o tempo será contabilizado como se a chamada estivesse completado. Introduzir: O tempo limite para efetuar chamadas externas para cada ramal. Campo “Ramal” No campo Ramal são visualizados os números dos ramais disponíveis. Campo “Tempo total” No campo Tempo total é configurado o tempo limite para chamadas externas. O tempo pode ser configurado de 0 até 90 horas em intervalos de 5 segundos. Campo “Tempo gasto” No campo Tempo gasto é mostrado o tempo que já foi gasto pelo usuário com chamadas externas. Campo “Habilitar tempo” No campo Habilitar tempo ativa ou desativa o tempo limite de chamada externa para cada ramal. Na configuração padrão, o tempo limite está desabilitado. Caixa de verificação “Reinicialização mensal” A caixa de verificação Reinicialização mensal permite definir um dia do mês para a inicialização do tempo limite para chamadas externas de todos os ramais. Ao selecionar a caixa de verificação será habilitado o campo Dia onde deverá ser selecionado o dia para a reinicialização mensal. Na programação padrão este campo está desabilitado.

3-16

HiPath 1100 Manager, Documentação


Só para a utilização interna

4

4_Advanced.fm Configurações avançadas

Configurações avançadas

Na pasta Avançado (Configurações avançadas), pode efetuar as definições para as seguintes funções: ●

Ramais

PABX Trace

Serviço

Entry Voice Mail - EVM

SNMP

Código de Custo

Classe de Serviços

Grupos

RDSI

Linhas Externas

LCR

ACS

Definições do Sistema

Calendário

Porteiro Eletrônico interno

Sensor e Relé

MSN

Atendedor/FAX

Temporizadores

Informações do PABX

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-1


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Ramais

4.1

Só para a utilização interna

Ramais

A subpasta Ramais contém as guias a seguir: ●

Guia "Geral"

Guia "Interface CD"

Guia "Programação de Teclas"

Guia "Número Flexível"

Guia "Telefones RDSI"

Guia "Desvio em caso de não atendimento"

4.1.1

Guia "Geral"

Nota: Todos os terminais analógicos ligados assim como os Telefones de sistema existentes são indicados nesta guia. As Colunas indicam o estado atual de configuração dos ramais para cada item disponível nos campos logo abaixo. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: As configurações desejadas ordenadas por ramal nos campos indicados: Campo "Ramal" No campo Ramal, selecione o ramal que se deseja configurar (isso também é possível, selecionando uma seqüência de ramais). Campo de entrada "Nome" No campo Nome (até 16 caracteres), pode-se alterar o nome introduzido na subpasta Ramais nas Configurações Básicas. Nos telefones de sistema, o nome é indicado no lugar do número, ou com este. Campo "Modo de Discagem" O campo Modo de Discagem está disponível apenas para as linhas analógicas para as quais podemos configurar o modo de discagem do ramal, selecionando uma das seguintes opções: ●

4-2

Automático (definição padrão).

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Pulso (modo de discagem por pulsos),

Tom (modo de discagem por multifrequência MF) ou

Configurações avançadas Ramais

Nota: Os telefones modernos têm como padrão o modo de discagem por MF ( multifrequência) ou DTMF (Dual-Tone Multifrequency), contudo, na maioria das vezes, é possível mudar para o modo DEC (decádico). Os telefones mais antigos como, por exemplo, os telefones com disco trabalham com o modo de discagem por impulsos DEC. Na definição padrão Automático, o sistema HiPath 1100 tenta reconhecer o modo de discagem com base no primeiro impulso. Esta definição é útil, por exemplo, em caso de telefones desconhecidos, ou para os ramais com telefones trocados com muita freqüência. No caso dos telefones com MF, a consulta é efetuada geralmente através de uma tecla de consulta (ou seja, é gerada uma rápida interrupção de enlace). O tempo de interrupção de enlace pode ser alterado em Temporizadores, Guia Geral Tempo de Reconhecimento de Flash. Campo "Tipo" O campo Tipo, define o tipo de equipamento conectado na posição de ramal a/b ou S0, selecionando uma das opções: ●

Normal (telefone de sistema, telefone RDSI ou analógico)

Dados (Fax/Modem)

Secretária eletrônica

Porteiro eletrônico externo

Nota: Na opção Dados (Fax/Modem), são utilizados os mesmos tons de discagem e seqüência de chamadas com a rede pública, para evitar problemas no reconhecimento de interrupções, sinais de discagem internos, e /ou chamadas duplicadas. Além disso, é impedida a intercalação e o sinal de chamada em espera, para evitar falhas na transmissão.

>

Ao ligar um equipamento de Fax, não são necessárias outras configurações (por exemplo, reconhecimento de Fax).

Na opção Secretária eletrônica, é efetuada a mesma configuração como em " Dados (Fax/Modem)". Todavia, é possível o atendimento da chamada se o atendimento automático do equipamento estiver ativado. A opção Porteiro eletrônico externo suporta aparelhos conectados diretamente nas portas analógicas a/b ou no barramento do módulo S0 da seguinte forma:

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-3


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Ramais

Só para a utilização interna

O aparelho de Porteiro eletrônico externo analógico deve ter comportamento como um telefone analógico (discagem, detecção e controle DTMF);

O aparelho de Porteiro eletrônico externo RDSI deve ter comportamento como um telefone RDSI. Também deve ser controlado através de sinais DTMF.

>

Consultar o manual do Porteiro eletrônico externo para verificar suas configurações.

Campo "CLIP/COLP" O campo CLIP/COLP, permite que o ramal chamado receba as informações sobre o chamador (número e/ou nome). Caso o ramal configurado possua conectado um telefone com display que reconheça a sinalização enviada pela Operadora Local (DTMF ou FSK), as informações do chamador, ou as informações para onde a chamada de origem foi transferida serão indicadas no display. ●

Nenhum para os telefones sem display e sem a função Clip (definição padrão),

DTMF antes de sinalizar indica no display dos telefones analógicos com função CLIP por meio do protocolo DTMF o número do chamador antes de sinalizar.

DTMF durante a sinalização indica no display dos telefones analógicos com função CLIP por meio do protocolo DTMF o número do chamador durante as duas primeiras sinalizações.

FSK antes de sinalizar indica no display dos telefones analógicos com função CLIP por meio do protocolo FSK o número do chamador antes de sinalizar.

FSK durante a sinalização indica no display dos telefones analógicos com função CLIP por meio do protocolo FSK o número do chamador durante as duas primeiras sinalizações.

FSK antes de sinalizar ou em conversação indica no display dos telefones analógicos com função CLIP por meio do protocolo FSK o número do chamador antes de sinalizar ou em conversação.

FSK durante a sinalização ou em conversação indica no display dos telefones analógicos com função CLIP por meio do protocolo FSK o número do chamador durante a sinalização ou em conversação.

Nota: Com o protocolo DTMF ou FSK, é definido o modo para a transmissão do número e/ou do nome do ramal. Esta configuração necessita coincidir com o modo suportado pelo aparelho telefônico (ver documentação do telefone).

4-4

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Ramais

O serviço CLIP/COLP deve estar disponibilizado para o PABX através da Operadora Local. Campo "Tarifação" O campo Tarifação, determina se deve existir uma cobrança para o respectivo ramal e, em caso positivo, com qual Fator o Cálculo foi efetuado (Fator 1, Fator 2) definido na Guia "Geral" da pasta Definições do Sistema. ●

Padrão, tarifação padrão

Fator 1, tarifação normal

Fator 2 tarifação mais alta, por exemplo, nas linhas com telefones de moeda.

Caixa de verificação "Intercalação" Com a caixa Intercalação selecionada, pode ser configurada a permissão para o ramal, em casos urgentes, efetuar uma chamada Urgente ou Intercalar outro ramal que esta em conversação e falar com os membros da ligação. Neste caso, todos ouvem um toque de aviso. Caixa de verificação "Pulsos para Tarifação" Com a caixa Pulsos para Tarifação selecionada, é possível enviar os pulsos de tarifação da chamada para um ramal analógico (com 12kHz/16kHz). Assim, o aparelho telefônico do ramal pode indicar os pulsos ou o valor da chamada se o mesmo possuir esta facilidade. Consulte a documentação do telefone analógico para saber se a indicação dos pulsos de tarifação é suportada e qual o modo de recepção utilizado. Caixa de verificação "Permissão DISA" Com a caixa Permissão DISA selecionada, permiti ao ramal acessar funções do sistema HiPath 1100, a partir de um sistema externo, através de discagem MF (o MSN para DISA é configurado na Guia "Geral" da subpasta Definições do Sistema). Além disso, deve ser configurado, no ramal, a Senha de Cadeado (definição padrão 00000) (ver no Manual de Usuário). Caixa de verificação "Atendimento Automático" Com a caixa Atendimento Automático selecionada, ocorre o atendimento automático pelo respectivo telefone de sistema conectado à posição de ramal. Ao configurar esta facilidade, o microfone é ativado imediatamente após o toque de atenção. Assim, é possível transmitir uma mensagem através do viva-voz do telefone de sistema. Responder à mensagem só é possível após a habilitação do microfone.

7

Caso o telefone não possua microfone (por exemplo, telefones analógicos, optiPoint Entry e Basic) a caixa Atendimento Automático não será habilitada.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-5


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Ramais

Só para a utilização interna

Campo "Hotline" No campo Hotline, se configura a facilidade que permite que, ao se levantar o monofone, ou ativar a tecla do viva-voz, é discado automaticamente o número armazenado na respectiva posição da Agenda do Sistema. Campo "Warmline" No campo Warmline, pode-se definir o intervalo de tempo (0 - 9 segundos) entre levantar o monofone, ou ativar a tecla de viva-voz e o estabelecimento da chamada. Neste caso, o número armazenado na posição da Agenda do Sistema não é chamado imediatamente, mas com o atraso configurado no campo Warmline. Assim, este ramal pode ser utilizado como um telefone normal ou se, durante o tempo determinado, não for efetuada nenhuma discagem, será chamado automaticamente o número armazenado na posição da Agenda do Sistema configurada no campo Hotline. Caixa de verificação "Transferência Externa - Externa" A caixa Transferência Externa - Externa permite que seja feita uma transferência de uma chamada externa (entrante ou sainte) para uma outra chamada externa por um determinado ramal.

7

Uma chamada Externa para Externa em linha analógica é encerrada em três situações: • Tempo Limite para conexão Externa para Externa (código 218); • Caso seja detectado tom de ocupado; • Inversão de polaridade (código 158)

7

A Transferência Externa - Externa é possível quando pelo menos uma das linhas externas for digital e uma das chamadas for sainte.

Caixa de verificação "Monitoração silenciosa" Com a caixa Monitoração silenciosa selecionada, o ramal pode realizar a Intercalação em outro sem que os participantes da conversação ouçam um tom de aviso. Caixa de verificação "Transferência de COS" Com a caixa Transferência de COS selecionada, o ramal pode transferir temporariamente a sua Classe de Serviço para outro ramal do sistema com classe de serviço inferior, para realizar chamadas como se estivesse em seu próprio ramal. Caixa de verificação "Bloqueio de chamadas a cobrar" Com a caixa Bloqueio de chamadas a cobrar selecionada, todas as chamadas a cobrar para o ramal são automaticamente rejeitadas pelo sistema. 4-6

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Ramais

Caixa de verificação "Ocultar prefixo de grupo" A caixa de verificação Ocultar prefixo de grupo permite que um ramal receba uma chamada externa através de uma linha externa que pertença a um grupo de linhas externas oculte o número do grupo de linhas externas mostrada no display. Caso uma chamada seja efetuada com acesso específico e seja transferida para um ramal que esteja com essa facilidade ativa, o número da linha externa não será mostrada no display. (por exemplo, um ramal analógico recebe uma ligação externa, através de uma linha externa que pertence ao grupo 890, do número 24987049 e está com esta caixa de verificação ativada, o display indica somente o número 24987049, caso a caixa de verificação não esteja ativada o display indica o número 89024987049 = grupo de linhas externas + número externo).

7

Ramais analógicos necessitam estar configurados com a facilidade CLIP para que esta facilidade funcione.

Campo "Tempo da chamada" No campo Tempo da chamada, define-se, para cada ramal, um tempo máximo de duração de uma chamada externa sainte. A contagem do tempo inicia-se logo após a chamada ser estabelecida e nunca será reiniciada durante uma mesma chamada (por exemplo, transferência). Quando o tempo configurado terminar, a chamada será interrompida. Campo "Grupo de linha de acesso padrão" No campo Grupo de linha de acesso padrão, pode-se configurar, para cada ramal, a forma de acesso a um grupo de linhas externas.

7

Exemplo: As linhas externas 801 e 802 são programadas no grupo de linhas 890. No código 002, o ramal 11/101 é atribuído ao grupo 890, ou seja, quando ele digitar o código externo "0", será procurada uma linha livre do grupo 890. Caso no código 002, o ramal 11/101 seja atribuído ao grupo 0, então, quando for digitado o código externo "0", será procurada uma linha livre no grupo 0. Se não houver linha livre no grupo e o grupo estiver programado com o código 099 "Transbordo para grupos de linhas externas" na pág. 34 o sistema fará a busca em um outro grupo definido.

Caixa de verificação "Ocupação automática de linha" Com a caixa de verificação Ocupação automática de linha selecionada, permite ao sistema HiPath 1100 de maneira que, ao levantar o monofone, seja possível realizar diretamente uma ligação externa sem código de acesso externo (por exemplo, 0). Com esta definição, é preciso introduzir um código para as ligações internas ou ativar a tecla Ramal (ver também Manual de instruções do respectivo tipo de telefone). HiPath 1100 Manager, Documentação

4-7


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Ramais

7

Só para a utilização interna

A ativação desta facilidade pode afetar a programação do Campo "Modo de Discagem", quando a opção "Identificação automática" estiver selecionada. Assim recomendamos reconfigurar o modo de discagem dos ramais (Tom ou Pulso).

Campo "COS de ramal bloqueado" O campo COS de ramal bloqueado permite que possa ser definido uma das 8 classes de serviço (COS=Class of Service) para um ramal que esteja bloqueado. Assim, mesmo que o ramal esteja com o cadeado ativo, ele pode ter sua classe de serviço alterada para qualquer tipo. ●

Sem permissão, as chamadas externas só podem ser estabelecidas através da Agenda do Sistema;

Lista de Proibição 1, podem ser efetuadas chamadas externas, exceto para números da lista de proibição (4 posições);

Lista de Proibição 2, podem ser efetuadas chamadas externas, exceto para números da lista de proibição (10 posições).

Lista de Proibição 3, podem ser efetuadas chamadas externas, exceto para números da lista de proibição (35 posições).

Lista de Permissões 1, as chamadas externas só podem ser estabelecidas através da Agenda do Sistema ou da lista de permissão (4 posições);

Lista de Permissões 2, as chamadas externas só podem ser estabelecidas através da Agenda do Sistema ou da lista de permissão (10 posições).

Lista de Permissões 3, as chamadas externas só podem ser estabelecidas através da Agenda do Sistema ou da lista de permissão (25 posições).

Permissão Total, podem ser estabelecidas todas as chamadas externas.

Nota: O administrador do sistema é responsável por manter o equilíbrio das classes de serviços utilizadas pelo ramal quando este estiver bloqueado ou livre. Isto impedirá situações onde um ramal que tenha uma classe de serviço restrita quando esta sem cadeado ativo, posa ter uma categoria privilegiada quando o cadeado for ativado. Campo "Tom DTMF para sinalização de atendimento" O campo Tom DTMF para sinalização de atendimento permite configurar um tom DTMF que será enviado pelo PABX para cada ramal como sinal de atendimento em caso de chamadas externas, o que permite que aparelhos de tarifação (por exemplo, cabines telefônicas) sejam conectados entre o ramal e o PABX.

4-8

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Ramais

Os tipos de tom DTMF são: A, B, C, D e Desligado (padrão), para desabilitar a facilidade. Caixa de verificação "Ativar desvio condicional" Com a caixa Ativar desvio condicional selecionada, o ramal poderá encaminhar as chamadas de entrada para uma lista com outros destinos, dependendo das condições estabelecidas através da utilização de um aplicativo do tipo TAPI, por exemplo, o TAPI Browser do Windows. A configuração da lista anterior ou o desvio incondicional será substituído pela configuração da nova lista.

7 7

A configuração do Desvio Condicional Limitado por ramal é disponibilizada via interface CTI. ●

O número máximo de desvios no sistema é de 50.

O desvio condicional tem prioridade sobre o desvio incondicional.

Não é possível marcar um desvio condicional em um ramal S0.

Funcionamento: O ramal possui permissão para desvio condicional e o sistema esta conectado a um computador com um aplicativo TAPI disponível. 1.

Configure no Aplicativo TAPI do Windows as condições/regras do desvio condicional para o ramal desejado;

2.

Aplique as configurações no ramal desejado;

3.

A partir de agora o ramal é desviado.

Caixa de verificação "Desvio em caso de ocupado através de desvio em caso de não atendimento" Com a caixa de verificação Desvio em caso de ocupado através de desvio em caso de não atendimento selecionada é permitido que uma chamada de entrada para um ramal que esteja configurado com o desvio em caso de não atendimento (veja no Manual do Usuário, Desvio de chamadas - em caso de não atendimento) possa ser desviada para o mesmo destino configurado caso o ramal esteja ocupado quando a chamada for efetuada.

7

As facilidades Chamada urgente e Call back em caso de ocupado não irão funcionar quando o desvio em caso de ocupado e por não atendimento estiverem ativados. Se o ramal chamado esteja configurado com a facilidade Não Perturbe e com o desvio em caso de ocupado, a chamada será desviada. Caso a facilidade Não Perturbe esteja configurada no destino do desvio, o chamador irá escutar um tom de ocupado.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-9


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Ramais

Só para a utilização interna

Caixa de verificação "Permissão para Desvio Externo" A caixa de verificação Permissão para Desvio Externo permite habilitar e desabilitar o desvio externo no ramal. Botão "Próximo" O botão Próximo avança para a próxima linha externa disponível. Botão "Excluir" O botão Excluir apaga todas as configurações do número MSN selecionado.

4.1.2

Guia "Interface CD"

Nota: Todas as posições CD disponíveis no sistema para conexão de Telefones de Sistema estão indicadas nesta guia. As Colunas indicam o estado atual de configuração dos ramais para cada item disponível. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: A associação dos ramais às posições desejadas. Coluna "Posição" A coluna Posição, apresenta as posições CD disponíveis no sistema para conexão de Telefones de Sistema e Módulos de Expansão de Teclas. Coluna "Ramal" Na coluna Ramal, selecione o ramal que deseja associar uma posição CD, ou seja, o ramal onde será conectado um Telefone de Sistema ou Módulo de Expansão de Teclas. Coluna "Função" A coluna Função, apresenta a função associada à interface CD: ●

Principal - esta conectada na posição/ramal um Telefone de Sistema;

Primeira Expansão - esta conectada na posição/ramal um Módulo de Expansão de Teclas;

Segunda Expansão - esta conectada na posição/ramal um outro Módulo de Expansão de Teclas;

4-10

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

4.1.3

Configurações avançadas Ramais

Guia "Programação de Teclas"

Na guia Programação de Teclas, programam-se as teclas dos Telefones de Sistema e dos Módulos de Expansão de Teclas. Nota: Para detalhes sobre as facilidades programáveis nas teclas, consultar o Manual de Usuário do HiPath 1100 no capítulo Programação de teclas. O sistema HiPath 1100 reconhece os telefones de sistema automaticamente. Introduzir: O Ramal onde esta conectado o Telefone de Sistema e selecionar uma Tecla Programável, para configurar a facilidade desejada. Se ao seu HiPath 1100 estiverem conectados Módulos de Expansão de Teclas, podem-se configurar as teclas de operação através do campo Expansão. Campo "Ramal" No campo Ramal, selecione o ramal que se deseja configurar. Campo "Módulo" No campo Módulo, selecione o módulo que se deseja configurar. Os módulos deste campo são definidos no botão Alterar Opções. Botão "Alterar telefone" O botão Alterar telefone, selecione o tipo de telefone que se deseja configurar. Nota: Se possuir telefones optiPoint, conferir a posição em que se encontra a placa UPN. O primeiro ramal que poderá ser configurado com telefones optiPoint será aquele que estiver na primeira posição da placa. Campo "Tipo" No campo Tipo, selecione o tipo do telefone que se deseja configurar. Botão "Alterar Opções" O botão Alterar Opções permite a abertura de uma janela popup para a configuração do telefone. Campo "Módulos de Teclas" O campo Módulos de Teclas permite definir a quantidade de Módulos de Teclas para a ampliação das teclas programáveis. A quantidade máxima de Módulos é de 2 por telefone. HiPath 1100 Manager, Documentação

4-11


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Ramais

Só para a utilização interna

Ver também Manual do optiPoint (A31003-H8400-B988-**-6Z19). Caixa de verificação "Módulo de Memória" A caixa de verificação Módulo de Memória disponibiliza a conexão de um Módulo de Memória que facilita, por exemplo, a configuração de agenda. Caixa de verificação "AT S0" A caixa de verificação AT S0 permite a conexão, por exemplo, de um telefone S0, um modem S0, etc. Caixa de verificação "AT analógico" A caixa de verificação AT analógico permite a conexão de um telefone analógico. Caixa de verificação "AT telefone" A caixa de verificação AT telefone permite a conexão de um outro telefone optiPoint 500.

7

Caso o número de telefones de sistema tipo optiPoint 500 (Master ou Slave) seja maior que 4 no sistema HiPath 1120 é necessário o uso de uma fonte adicional ao sistema. (ver Manual de Serviço - A31003-K1160-S100-*-**20 Capítulo 3 (Relação dos módulos)).

3

Caixa de verificação "BLF" A caixa de verificação BLF permite a conexão de um console optiPoint BLF. O optiPoint BLF é um terminal adicional que possibilita a indicação do estado de cada extensão. Campo "Códigos de Facilidades" No campo Códigos de Facilidades, selecione a facilidade desejada na lista. Dependendo da facilidade, são necessários um ou dois Parâmetros (campos Primeiro Parâmetro e Segundo Parâmetro estão ativos). Botão "Teclado Virtual" O botão Teclado Virtual, alterna entre o Teclado Principal e o Teclado Virtual dos telefones de sistema do tipo KS. O Teclado Virtual possibilita a ampliação do número de teclas programáveis. A mesma tecla pode indicar o estado de duas diferentes facilidades, por exemplo, no teclado principal indica a ativação do Serviço noturno e no teclado virtual ativa a Monitoração de ambiente.

4-12

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Ramais

Botão "Impressão de legenda de tecla" O botão Impressão de legenda de tecla, permite a impressão de uma etiqueta com as facilidades/serviços programados no Campo "Códigos de Facilidades" para cada tecla. Ao pressionar o botão Impressão de legenda de teclas é aberto um arquivo tipo Word (.doc) contendo a etiqueta com as facilidades/serviços programados em cada tecla, podendo ser impressa ou alterada alguma informação. Botão "Apagar consoles desconectados" O botão Apagar consoles desconectados deve ser utilizado caso apareça a mensagem "Key memory is full" no display ao se conectar um console, tipo optiPoint key module ou optiPoint BLF, no telefone optiPoint 500 ou ativar um teclado virtual (ver Manual de Usuário - A31003-K1270-U102-*-* ) no telefone de sistema (KS).

7 4.1.4

Caso este código seja utilizado todas as teclas programadas dos consoles desconectados serão perdidas.

Guia "Número Flexível"

Na guia Número Flexível, podem-se alterar os números internos predefinidos. Nota: Podem ser atribuídos números com, no máximo, 5 dígitos. Todos os ramais conectados são indicados nesta guia. As Colunas indicam o número/nome atual dos ramais. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: O novo número de ramal na coluna Ramal assim como e o nome na coluna Nome, caso necessário. Coluna "Porta" A coluna Porta apresenta a posição lógica dos ramais no sistema. Coluna "Ramal" Na coluna Ramal, selecione o ramal que se deseja configurar e digite o novo número.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-13


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Ramais

Só para a utilização interna

Coluna "Nome" Na coluna Nome (até 16 caracteres), pode-se alterar o nome introduzido na subpasta Ramais nas Configurações Básicas. Nos telefones de sistema, o nome é indicado no lugar do número, ou com este.

4.1.5

Guia "Telefones RDSI"

Coluna "Ramal" A coluna Ramal, apresenta as posições disponíveis para as conexões de telefones RDSI. Coluna "Slot e Porta Física" O campo Slot e Porta Física, indica o Slot onde está conectado o Módulo S0 e o número lógico do Port S0. Caso se esteja utilizando a facilidade Distribuição Interna Automática de MSN se podem configurar vários números MSN para cada interface S0 (ver Manual de Programação A31003-K1270-U100-X-XX19).

4.1.6

Guia "Desvio em caso de não atendimento"

Na guia Desvio em caso de não atendimento é possível configurar um novo destino para a chamada caso esta não seja atendida. Campo "Ramal" No campo Ramal selecione o ramal que se deseja configurar (isso também é possível, selecionando uma seqüência de ramais). Campo "Configuração do desvio" Campo "Destino" O campo Destino permite configurar o destino do desvio. O destino pode ser configurado como: Desligado, Ramal, Grupos de linhas externas, Grupos de chamada, Grupo UCD ou Portas Virtuais.

7

Caso a opção Grupo de linhas externas seja escolhida, o desvio será habilitado mesmo que a caixa de verificação Desvio de Externo esteja desabilitada.

Campo "Número a ser chamado" No campo Número a ser chamado deve ser inserido um número, até 20 dígitos, para onde as chamadas serão desviadas. Para que este campo seja habilitado, o destino configurado deve ser um Grupo de linhas externas. 4-14

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas PABX Trace

Nota: É possível configurar o Desvio Externo para até 8 ramais. Caso o usuário tente configurar mais ramais do que o permitido uma mensagem será mostrada.

4.2

PABX Trace

O PABX Trace é uma ferramenta utilizada para monitorar os eventos ocorridos no PABX em um determinado intervalo de tempo. Nota: Este serviço também pode ser iniciado/finalizado através dos códigos de facilidades (ver no Manual de Usuário). Introduzir: Os itens que se deseja analizar: Campo "Perfis" No campo Perfis são configurados os perfis do PABX devem ser monitorado através do trace. É possível selecionar mais de um perfil do PABX. Os possíveis perfis são: ●

Customizado (esta opção indicará que um perfil criado com o XTracer está armazenado no PABX);

Ramais analógicos;

Linhas externas analógicas;

Ramais optiPoint;

Ramais KS;

Telefones RDSI;

Linhas externas RDSI;

Correio de voz;

CLIP/FDW;

Conexões Internas;

Sensor/Relé;

RDSI/CAS Layer 3;

RDSI Layers 1 e 2;

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-15


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Serviço

Só para a utilização interna

optiPoint Layers 1 e 2.

Botão "Deletar" O botão Deletar permite deletar a configuração dos perfis, incluindo a opção customizado. Campo "Trace estendido" No campo Trace estendido é possível salvar as informações do trace em uma memória não volátil. Caixa de verificação "Habilitar" A caixa de verificação Habilitar permite habilitar o trace estendido. Campo "Trace" No campo Trace é possível salvar as informações do trace em uma memória volátil. Após desligar ou fazer uma atualização de dados não é necessário configurar novamente o trace, entretanto, apenas a configuração e o estado serão salvos. Os dados serão perdidos quando algum destes eventos acontecer. Botão "Iniciar" O botão Iniciar envia uma mensagem para o PABX iniciar o trace. Caso exista alguma modificação na configuração, esta será inserida antes de iniciar o trace. Botão "Parar" O botão Parar envia uma mensagem para o PABX parar o trace. Botão "Download" O botão Download gera um arquivo *.dtr que deve ser enviado ao suporte técnico. O download deve ser feito após terminar o trace.

> 4.3

Esta opção somente estará disponível no Modo Restrito (CTRL+SHIFT+F5), onde, o técnico de suporte, deve possuir a senha de desenvolvimento para acessar esta opção. A Guia Trace, não estará visível no modo Offline do Manager e não será impressa no Manager Report. Consulte o suporte técnico para saber mais detalhes.

Serviço

A guia Serviço apresenta informações gerais sobre os serviços disponíveis. A subpasta Serviço contém as guias a seguir:

4-16

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Guia "Geral"

Guia "Ramais"

Guia "MSN"

Guia "Linhas Externas"

Configurações avançadas Serviço

salvar uma cópia de segurança da base de dados dos serviços em > Éumpossível arquivo .bup.

4.3.1

Guia "Geral"

A guia Geral permite a visualização do estado dos serviços (ativos ou não ativos). Campo "Serviço" No campo Serviço é mostrado a lista de serviços que podem ser visualizados. Os serviços que podem ser visualizados são: ●

Desvio de linha externa;

Desvio de linha externa por não atendimento;

Desvio de linha externa em caso de ocupado;

Serviço noturno;

Trace estendido.

Campo "Estado" No campo Estado é mostrado o estado do serviço (ativado ou desativado). Campo "Destino" No campo Destino é mostrado o destino dos desvios.

4.3.2

Guia "Ramais"

A guia Ramais permite a visualização do estado dos serviços de acordo com cada ramal (ativos ou não ativos). Campo "Serviço" No campo Serviço é mostrado a lista de serviços de cada ramal que podem ser visualizados. Os serviços que podem ser visualizados são: ●

Desvio;

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-17


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Serviço

Desvio em caso de não atendimento;

Desvio condicional;

Logon no grupo UCD;

Atendimento automático em viva-voz;

Transmissão de dados;

Fone de cabeça;

Senha de cadeado;

Logon no Grupo de Chamada;

Logon no Grupo de Busca;

Restrição de envio de MSN;

Não perturbe;

Tom de chamada em espera.

Só para a utilização interna

Campo "Estado" No campo Estado é mostrado o estado do serviço de cada ramal (ativado ou desativado). Campo "Destino" No campo Destino é mostrado o destino dos desvios.

4.3.3

Guia "MSN"

A guia MSN permite a visualização do estado dos serviços de acordo com cada MSN (ativos ou não ativos). Campo "Serviço" No campo Serviço é mostrado a lista de serviços de cada MSN que podem ser visualizados. Os serviços que podem ser visualizados são: ●

Desvio;

Desvio em caso de não atendimento;

Desvio em caso de ocupado;

Sinalização de ocupado.

Campo "Estado" No campo Estado é mostrado o estado do serviço de cada MSN (ativado ou desativado).

4-18

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Entry Voice Mail - EVM

Campo "Destino" No campo Destino é mostrado o destino dos desvios.

4.3.4

Guia "Linhas Externas"

A guia Linhas Externas permite a visualização do estado dos serviços de acordo com cada linha (ativos ou não ativos). Campo "Serviço" No campo Serviço é mostrado a lista de serviços de cada linha que podem ser visualizados. O serviço que pode ser visualizado é: ●

Acesso à Internet.

Campo "Estado" No campo Estado é mostrado o estado do serviço de cada linha (ativado ou desativado). Campo "Destino" No campo Destino é mostrado o destino dos desvios.

4.4

Entry Voice Mail - EVM

O EVM (Entry Voice Mail) é uma solução de correio de voz para os sistemas HiPath 1100. Suas funções são controladas através das teclas dos telefones de sistema ou de qualquer outro equipamento com discagem MF. Visão geral das funções: ●

24 caixas postais standard, sendo 2 caixas postais de encaminhamento (anúncio para serviço diurno/noturno).

A configuração automática das caixas postais é possível ou os usuários podem configurar as próprias caixas postais.

Anúncio/inserção de música antes do atendimento.

No máximo duas saudações diferentes.

A seleção das saudações utilizadas pode ser executada manualmente ou conforme a hora do dia para o serviço diurno/noturno.

Guia de utilização sensível ao contexto.

Os anúncios informam o usuário sobre as opções que estão disponíveis no menu atual.

São possíveis até 2 ações paralelas de comutação de chamada e anúncio (2 portas).

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-19


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Entry Voice Mail - EVM

Só para a utilização interna

Capacidade de gravação de voz de 120 minutos.

Tempo máximo de gravação para uma mensagem de voz por caixa postal = 5 minutos, configurável entre 1 e 5 minutos, valor standard = 2 minutos.

Indicação da data e hora para cada mensagem.

Sinalização de sobrecarga da memória em mais de 80%.

>

Durante a configuração do Entry Voice Mail (Correio de voz), ambos os canais encontram-se bloqueados, ou seja, as definições nas Guias EVM só podem ser utilizadas após sair da subpasta EVM.

>

Caso uma chamada de um ramal seja desviada para uma caixa postal EVM através dos desvios por não atendimento ou desvio em caso de ocupado, será reproduzida uma mensagem de aviso com a razão do desvio. As mensagens são reproduzidas antes da mensagem de saudação e não podem ser regravadas. Mensagens: ●

desvio em caso de ocupado através do desvio por não atendimento: "A conexão do usuário está ocupada".

desvio em caso de não atendimento: "O usuário desejado não responde".

A subpasta Entry Voice Mail - EVM contém as cinco guias a seguir: ●

Guia "Geral"

Guia "Caixa postal padrão"

Guia "Configuração de Anúncio"

Guia "Acesso EVM"

Guia "Porta virtual"

4.4.1

Guia "Geral"

Nota: As Colunas indicam o estado atual de configuração dos ramais para cada item disponível nos campos logo abaixo. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar.

4-20

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Entry Voice Mail - EVM

É possível ter o Módulo EVM funcionando simultaneamente com a facilidade Atendedor/ Fax com uma exceção: o EVM não pode ser configurado com Auto-atendimento, pois esta facilidade é coberta pela facilidade Atendedor/Fax. Introduzir: As configurações desejadas ordenadas nos campos indicados: Campo "Mensagens" No campo Mensagens, através da lista de Duração máxima (minutos), podem-se determinar o tempo disponível que o chamador possui para gravar a sua mensagem. Nota: Margem de definição: 1 até 5 minutos Valor padrão: 2 minutos Campo "Cópia de segurança" No campo Cópia de segurança, com o botão Cópia de segurança, pode-se guardar o conteúdo das caixas postais onde foram gravadas saudações individuais e mensagens. Com o botão Restaurar, pode-se recuperar os conteúdos das caixas postais, que foram guardadas no arquivo selecionado. Campo de entrada "Comprimento máximo do número" No campo Comprimento máximo do número, determina o comprimento do número de destino para o Auto-atendimento. Nota: Margem de definição: 2 a 20 dígitos Valor padrão: 5 dígitos Campo "Quant. máx. de caixas postais auto-conf." No campo Quant. máx. de caixas postais auto-conf., podem-se determinar quantas caixas postais podem ser configuradas pelo próprio usuário. Para as caixas postais auto-configuráveis não são necessárias outras definições. Se a quantidade de caixas postais for ultrapassada, não será mais possível efetuar uma atribuição própria de caixa postal selecionando o EVM. Se já foram configuradas caixas postais através do Manager, estará disponível um número menor de caixas postais para a auto-configuração. Por exemplo, se a quantidade para a auto-configuração for 12, sendo que 10 caixas postais já foram configuradas através do Manager, então restarão 2 caixas postais para serem configuradas pelo próprio usuário. Nota: HiPath 1100 Manager, Documentação

4-21


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Entry Voice Mail - EVM

Só para a utilização interna

Margem de definição: 01 a 24 caixas postais Valor padrão: 12 caixas postais Campo "Qualidade do áudio" O campo Qualidade do áudio determina com qual qualidade as Saudações e Mensagens serão reproduzidas. ●

Otimizada para saudações e mensagens.

Alta qualidade para saudações / Otimizada para mensagens

Alta qualidade para saudações e mensagens.

Campo "Prompt de voz" No campo Idioma, pode-se definir o idioma para as caixas postais.

>

Se for selecionado um idioma não disponível em EVM, será ativado o idioma inglês. Se o inglês também não estiver disponível, será ativado automaticamente o primeiro idioma disponível no EVM.

Campo "Opções EVM" No campo Opções EVM, podem-se efetuar as seguintes funções: ●

Com o botão Atualização de firmware, pode-se carregar um novo firmware.

Com o botão Atualizar o arquivo de idioma, pode adicionar ou apagar um novo idioma.

Com o botão Redefinir módulo, pode reinicializar o Entry Voice Mail.

Com o botão Redefinir a configuração padrão, pode apagar todas as mensagens e saudações pessoais do Entry Voice Mail.

4.4.2

Guia "Caixa postal padrão"

Na guia Caixa postal padrão, pode-se efetuar as definições para as caixas postais pessoais. Nota: As Colunas indicam o estado atual de configuração dos ramais para cada item disponível. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: A associação das caixas postais aos ramais desejados.

4-22

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Entry Voice Mail - EVM

Caixa postal Através da coluna Caixa postal, campo Caixa postal, ou do botão Próxima caixa postal, são apresentadas as caixas postais disponíveis no sistema para associação aos ramais. Campo "Ramal" No campo Ramal, selecione o ramal que se deseja associar a uma caixa postal ou no caso de se utilizar Atendedores para números MSN, as "Portas virtuais EVM - 744 a 747" que se desejam associar a uma caixa postal para atuarem como Atendedores para números MSN. Coluna "Configurações das saudações" Na coluna Configurações das saudações é definido qual o tipo de saudação será utilizada por uma caixa postal. ●

Na opção "Manual" será selecionado o Tipo de Saudação (1 ou 2) que foi configurada para a caixa postal na coluna Saudação

Na opção "Dia/Noite" a caixa postal irá assumir: – Saudação 1 - Dia – Saudação 2 - Noite.

Coluna "Saudação" A coluna Saudação, define qual o tipo de saudação que será utilizado por uma caixa postal em função da configuração da coluna "Configuração da saudação" estar configurado como "Manual" ou "Dia/Noite". Coluna "Gravação" A coluna Gravação, permite a gravação de anúncios ou mensagens para serem usados pelo EVM. Campo "Configuração da caixa postal do ramal" O campo Configuração da caixa postal do ramal disponibiliza as seguintes opções para a configuração da caixa postal: Saudações Pessoais Possibilita salvar os anúncios (saudações) pessoais 1 e 2 gravados pelo sistema HiPath 1100 no seu PC, ou atribuir novamente saudações já salvas no sistema HiPath 1100 a uma respectiva caixa postal. Redefinir a senha Permite redefinir a senha alterada para o valor padrão 1234. HiPath 1100 Manager, Documentação

4-23


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Entry Voice Mail - EVM

Só para a utilização interna

Cópia de segurança Com o botão Cópia de segurança, são salvas as saudações e as mensagens da caixa postal selecionada. Com o botão Restaurar, pode-se atribuir novamente uma saudação e as mensagens à caixa postal selecionada.

4.4.3

Guia "Configuração de Anúncio"

Na guia Configuração de Anúncio, efetua-se as definições para as caixas postais de encaminhamento (anúncio com possibilidade de transferência, funcionamento diurno/noturno, seleção de atalho). Nota: As Colunas indicam o estado atual de configuração dos ramais para cada item disponível. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: A configuração das caixas postais de encaminhamento. Caixa postal Através da coluna Caixa postal, campo Caixa postal ou do botão Próxima caixa postal, é selecionada a caixa postal de encaminhamento que será configurada. Campo "Porta de Anúncio" No campo Porta de Anúncio, define-se em qual porta estará disponível a saudação, selecionada na coluna Saudação, que será utilizada por uma caixa postal. Coluna "Configurações das saudações" Na coluna Configurações das saudações, define qual o tipo de saudação será utilizada por uma caixa postal. ●

Na opção "Manual" será selecionada o Tipo de Saudação (1 ou 2) que foi configurada para a caixa postal na coluna Saudação

Na opção "Dia/Noite" a caixa postal irá assumir: – Saudação 1 - Dia – Saudação 2 - Noite.

4-24

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Entry Voice Mail - EVM

Coluna "Saudação" A coluna Saudação, define qual o tipo de saudação que será utilizado por uma caixa postal em função da configuração da coluna "Configuração da saudação" estar configurado como "Manual" ou "Dia/Noite". Campo "Configurações da caixa postal" O campo Configurações da caixa postal disponibiliza as seguintes opções: Saudações Pessoais Possibilita salvar os anúncios (saudações) pessoais 1 e 2 gravados pelo sistema HiPath 1100 no seu PC, ou atribuir novamente saudações já salvas no sistema HiPath 1100 a uma respectiva caixa postal. Redefinir a senha Permite redefinir a senha alterada para o valor padrão 1234.

4.4.4

Guia "Acesso EVM"

Na guia Acesso EVM, efetua-se as definições para o acesso à caixa postal. Nota: As Colunas indicam o estado atual de configuração das caixas postais disponíveis. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: As informações solicitadas para configuração das caixas postais. Campo "Acesso EVM" No campo Acesso EVM apresenta os acessos EVM disponíveis. Campo "Código de acesso" No campo Código de acesso, define-se o número de acesso, com o qual as caixas postais auto-configuráveis serão configuradas ou consultadas no Entry Voice Mail (definição padrão 790). Campo "Tempo de transbordo" No campo Tempo de transbordo, define-se o tempo de espera em segundos até que o chamador na fila de espera seja transferido para o ramal configurado no campo Destino de transbordo. HiPath 1100 Manager, Documentação

4-25


4_Advanced.fm

Configurações avançadas SNMP

Só para a utilização interna

Campo "Fila de espera" No campo Fila de espera, define-se quantas chamadas devem permanecer nesta fila. Campo "Nome" No campo Nome, define-se o nome que será indicado no display do respectivo telefone de sistema ao desviar um ramal para a caixa postal configurada. Na falta de um nome, será indicado no display o número de acesso. Campo "Destino de transbordo" No campo Destino de transbordo, define-se o ramal que receberá a transferência depois de encerrado o tempo de espera.

4.4.5

Guia "Porta virtual"

Na guia Porta virtual é possível definir um número flexível para as portas virtuais EVM e para as portas virtuais Atendedor/FAX. Campo "Porta virtual" No campo Porta virtual apresenta as posições das portas virtuais disponíveis. Campo "Número flexível" No campo Número flexível, podem-se alterar os números das portas virtuais predefinidas. Nota: Podem ser atribuídos números com, no máximo, 5 dígitos.

7

4.5

Portas virtuais: ●

De 0 a 3 - Portas virtuais Atendedor/FAX

De 4 a 7 - Portas virtuais EVM

SNMP

O "Simple Network Management Protocol - SNMP’ representa dentro dos protocolos TCP/IP uma confortável plataforma para as tarefas de gestão de software para sistemas conectados à rede TCP/IP. O SNMP é utilizado praticamente como um "Agente de gestão" no HiPath 1100, possibilitando a supervisão central e a gestão do PABX.

4-26

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas SNMP

Cada central gerenciada pelo SNMP possui um conjunto de variáveis que armazenam as informações referentes ao seu estado atual. Este volume de dados gerenciados pelo SNMP é definido nas bases de informação de gestão (MIBs - Management Information Bases). As MIBs são modelos de dados que descrevem todas as informações necessárias para a gerência da rede. Para ter acesso a estas informações é necessário estar instalado e conectado à rede TCP/IP os ports LAN dos módulos de interface LAN (módulos SLIMC, SADSLIM, LIMC ou ADSLIM), desta forma as informações disponíveis podem ser acessadas a partir de aplicativos de gerenciamento externo, como por exemplo, o HP Open View, ou seja, a monitoração do PABX é efetuada através de um software de gerenciamento executado em uma estação servidora. O serviço SNMP irá fornecer informações do PABX através do Agente quando receber requisições do Gerente que está conectado via rede TCP/IP. Os Agentes e Gerentes se comunicam através de mensagens SNMPs que controlam as aplicações externas: Mensagens SNMP As mensagens de SNMP para a comunicação entre o Agente de gestão SNMP (HiPath 1100) e as aplicações externas são controladas através dos seguintes comandos: ●

Get, utilizada quando o gerente solicita que o Agente obtenha um dado.

Get Next, utilizada quando o gerente solicita que o Agente obtenha uma leitura sequencial de dados.

Set, utilizada quando o gerente solicita que o Agente altere um dado.

Trap, utilizada pelo agente para comunicar o acontecimento de um evento, previamente determinado, ao gerente.

Está integrado um mecanismo para gerar "traps" de SNMP ao surgir um erro da classe B. O Agente de gestão do SNMP avalia as mensagens de erro e caso se trate de erros que já possuem definição correspondente, são gerados determinados "traps"e estes são transmitidos como conjuntos de dados IP a um endereço IP configurável (são possíveis no máximo cinco aplicações que suportem o SNMP versão 1.0, como por exemplo, o HP Open View). A subpasta SNMP contém as seguintes guias: ●

Configuração

Comunidade

Comunidade "Trap"

>

Esta pasta somente estará ativa caso um módulo de Interface LAN (módulos SLIMC, SADSLIM, LIMC ou ADSLIM) esteja configurado. (ver Informações do PABX -> Guia "Configurações de Placas").

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-27


4_Advanced.fm

Configurações avançadas SNMP

4.5.1

Só para a utilização interna

Configuração

Na guia Configuração é possível configurar as propriedades da LAN e os campos de identificação do sistema. Caso a configuração da LAN seja modificada, todas as conexões do módulo serão perdidas. Campo "Interface LAN" No campo Interface LAN é necessário inserir o endereço IP do módulo de interface LAN caso a caixa de verificação Usar o seguinte endereço de IP esteja selecionada. Também é possível obter o IP automaticamente ao deixar a caixa de verificação Obter IP automaticamente selecionada. Máscara de sub-rede: a máscara da rede serve para a criação de sub-redes dentro de uma estrutura de rede do sistema com apenas um endereço IP oficial. Para equipar cada componente com uma rede IP própria, é possível dividir o endereço IP oficial em "diferentes redes IP" com ajuda de uma máscara de sub-rede. Todavia, esta nova divisão só é válida numa rede interna do sistema. Campo "Identificação do Sistema" No campo Identificação do Sistema são efetuados os registros para o MIB. Estas informações poderão ser enviadas por leitura do MIB (Get) à estação do Gerente. Os sistemas não estão sujeitos a restrições de conteúdo e servem unicamente para facilitar a identificação do sistema de comunicação que esteja utilizando o SNMP. Campo "Pessoa de contato" No campo Pessoa de contato deve ser inserido o nome do técnico responsável pelo PABX. Campo "Nome do sistema" No campo Nome do sistema pode ser inserido o nome do PABX. No SNMP é comum utilizar o nome do domínio. Campo "Localidade" No campo Localidade deve ser descrita a localização do PABX. Campo "Serviço" Caixa de verificação "Habilitar SNMP" A caixa de verificação Habilitar SNMP ativa e desativa o serviço SNMP.

4-28

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

4.5.2

Configurações avançadas SNMP

Comunidade

Na guia Comunidade é possível configurar os Gerentes que possuem direitos administrativos através do SNMP sobre o PABX. Nota: O acesso aos dados SNMP apenas são liberados se os respectivos endereços de IP e Nomes da comunidade coincidirem. As Colunas indicam o estado atual de configuração dos Gerentes disponíveis. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: As informações solicitadas para configuração da comunidade. Campo "Posição" O campo Posição apresenta as 5 posições disponíveis para a configuração dos Gerentes. Campo "Nome da comunidade" No campo Nome da comunidade deve ser inserido o nome da comunidade, que serve como uma senha de acesso. Para ter acesso ao PABX por SNMP, o Gerente deve indicar o nome da comunidade. Nota: Por motivos de segurança, recomenda-se a alteração das comunidades padrões segundo as especificações dos clientes. Campo "Rótulo" No campo Rótulo deve ser inserido o endereço do IP da máquina do Gerente ou um wildcard (everybory = todos). ●

Todos;

Endereço específico de IP.

Caso a opção selecionada seja Endereço específico de IP, um campo será habilitado para que seja inserido o endereço IP. Campo "Acesso" No campo Acesso é definido o tipo de controle que se pode ter sobre as MIBs, podendo ser: ●

Ler, permite que o endereço do IP associado somente tenha acesso a leitura.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-29


4_Advanced.fm

Configurações avançadas SNMP

Só para a utilização interna

Ler/Escrever, permite que o endereço do IP associado tenha acesso a leitura e a escrita.

Nenhum, o endereço do IP associado não tem direito de acesso. Com esta opção é possível desativar registros temporariamente sem apagá-los completamente.

4.5.3

Comunidade "Trap"

Na guia Comunidade "Trap" é possível configurar os destinos para as mensagens de erro do SNMP (alarmes). Nota: Caso seja configurado um destino de "trap", todos os campos correspondentes devem ser preenchidos. As Colunas indicam o estado atual de configuração dos destinos disponíveis. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: As informações solicitadas para configuração do destino. Coluna "Posição" A coluna Posição apresenta as 5 posições disponíveis para a configuração dos destinos. Coluna "Nome da comunidade" Na coluna Nome da comunidade deve ser inserido o nome da comunidade para identificar à qual comunidade está sendo atribuída o "trap". Este nome também serve como uma senha de acesso. Campo "Endereço IP" Na campo Endereço IP deve ser inserido o endereço do IP do destino de "trap". Não são permitidos wildcards para "trap". Coluna "Proprietário do Destino" Na coluna Proprietário do destino é possível armazenar um texto com a descrição do destinatário do "trap". Coluna "Estado do Destino Ativo" Na coluna Estado do Destino Ativo é possível ativar ou desativar temporariamente a configuração do destino do "trap".

4-30

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

4.6

Configurações avançadas Código de Custo

Código de Custo

As informações a respeito das chamadas externas podem ser associadas a determinados códigos denominados "Código de custo" sendo apresentados nos bilhetes de tarifação permitindo assim um controle dos custos de telefonia de cada ligação. Este código de custo é definido pelo usuário sendo composto por uma seqüência de até 10 dígitos (0...9) aleatórios que podem ser, por exemplo, o número de um processo judicial. Nos telefones de sistema, dependendo da programação da central, esta facilidade pode ser selecionada antes de uma chamada ou durante, através do menu, código de custo ou tecla programável. Também é possível definir se a entrada do Código de custo é obrigatória para efetuar uma chamada e se o código de custo a ser utilizado deve estar previamente configurado no sistema. Coluna "Posição" A coluna Posição apresenta 500 posições disponíveis para armazenamento dos códigos de custo. Coluna "Código de custo" Na coluna Código de custo são inseridos os códigos com até 10 dígitos cada. Somente caracteres numéricos são permitidos na configuração dos códigos. Campo "Configuração do Sistema" Campo "Código de Custo" No campo Código de Custo é definido se é obrigatória ou opcional a entrada do Código de custo para se efetuar uma chamada e se o Código de custo utilizado deve estar previamente configurado. Caixa de verificação "Obrigatório" Com caixa de verificação Obrigatório selecionada é necessário inserir o Código de custo no início da chamada, caso contrário a chamada não será completada. Caixa de verificação "Opcional" Com a caixa de verificação Opcional selecionada não é necessário inserir o código de custo no início da chamada para que esta seja completada. Caixa de verificação "Confirmar entrada do Código de custo" Com a caixa de verificação Confirmar entrada do Código de custo selecionada somente os códigos de custo previamente configurados podem ser utilizados. Caso seja digitado um código de custo inválido, um tom negativo ou uma mensagem via display será mostrada.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-31


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Classe de Serviços

Só para a utilização interna

Se a caixa de verificação não estiver selecionada, qualquer código de custo pode ser utilizado.

> 4.7

Em telefones analógicos e telefones S0, caso a caixa de verificação não esteja selecionada apenas códigos de custo com 10 dígitos serão aceitos. Caso contrário, a chamada não será completada.

Classe de Serviços

São as permissões que podem ser concedidas aos ramais oferecendo mais ou menos liberdade no acesso as linhas externas do PABX agrupadas na pasta Ramais na Guia "Geral" Campo "COS de ramal bloqueado". Assim, é possível bloquear o estabelecimento de chamadas para determinados números externos ou permitir as chamadas somente para alguns destes números. Existem 8 categorias para acesso as linhas externas que podem ser associadas as categorias: Diurno e Noturno. Estes modos são caracterizados conforme ativação da facilidade de Noturno. Se o Noturno não estiver ativado, o ramal adota a classe de serviço do modo Diurno. Com o Noturno ativado, a classe de acesso do modo Noturno é que será adotada. Todas as classes de serviço habilitam o atendimento de chamadas externas e o estabelecimento de chamadas internas. Categorias ●

Sem Permissão

As chamadas externas só podem ser estabelecidas através da Agenda do Sistema. ●

Lista de Proibição 1, 2 e 3

Os ramais não poderão selecionar os números de telefone que começam com estas combinações. Caso tente selecionar algum destes números, o ramal irá receber o sinal de ocupado. Mesmo com as restrições impostas pelas listas, os números programados na Agenda do sistema poderão ser acessados através da discagem abreviada. ●

Lista de Permissão 1, 2 e 3

Os ramais só poderão selecionar os números de telefone que começam com estas combinações. Ao selecionar qualquer outro número, ouve-se o sinal de ocupado. Mesmo com as restrições impostas pelas listas, os números programados na Agenda do sistema poderão ser acessados através da discagem abreviada. ●

Permissão total

Podem ser estabelecidas todas chamadas externas. Nota:

4-32

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Classe de Serviços

As Colunas indicam o estado atual de configuração dos ramais para cada item disponível nos campos logo abaixo. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: As configurações desejadas ordenadas por ramal nos campos indicados. A subpasta Classe de Serviços contém as seguintes guias: ●

Guia "Categoria Diurna"

Guia "Categoria Noturna"

Guia "Listas de Permissões"

Guia "Listas de Proibições"

4.7.1

Guia "Categoria Diurna"

Na guia Categoria Diurna, podem-se atribuir classes de serviços aos ramais para o período Diurno. Campo "Ramal" No campo Ramal, selecione o ramal que se deseja configurar uma Classe de acesso a um determinado Grupo de linhas externas. Campo "Grupo de linhas" No campo Grupo de linhas, selecione o Grupo de linhas externas que receberá uma Classe de acesso. Campo "Categoria" No campo Categoria, selecione a Categoria para o Grupo de linhas externas.

4.7.2

Guia "Categoria Noturna"

A guia Categoria Noturna tem as mesmas funções do Guia "Categoria Diurna", todavia esta trata o período "Noite" como definido na pasta Calendário. Campo "Ramal" No campo Ramal, selecione o ramal que se deseja configurar uma Classe de acesso a um determinado Grupo de linhas externas.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-33


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Classe de Serviços

Só para a utilização interna

Campo "Grupo de linhas" No campo Grupo de linhas, selecione o Grupo de linhas externas que receberá uma Classe de acesso. Campo "Categoria" No campo Categoria, selecione a Categoria para o Grupo de linhas externas.

4.7.3

Guia "Listas de Permissões"

Na guia Listas de Permissões, são configuradas as listas de permissão. Nestas listas, definem-se os números que podem ser discados. Nota: Cada uma das três listas dispõe de um campo de entrada para dados. Introduzir: Em cada lista, o prefixo de um número (por ex., 089722) ou um número de telefone completo pode ser: ●

registrado, clicando em

e introduzindo o número de telefone;

alterado, editando o registro no campo de listas ou;

apagado, selecionando o respectivo campo de listas e clicando em

.

Com isso, definem-se os números que podem ser discados a partir do respectivo ramal. Campo "Lista 1" No campo Lista 1, introduza o prefixo do número ou número completo ao qual o ramal terá acesso. Podem ser introduzidos até 10 números. Campo "Lista 2" No campo Lista 2, introduza o prefixo do número ou número completo ao qual o ramal terá acesso. Podem ser introduzidos até 25 números. Campo "Lista 3" No campo Lista 3, introduza o prefixo do número ou número completo ao qual o ramal terá acesso. Podem ser introduzidos até 25 números.

4-34

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Classe de Serviços

Só para a utilização interna

4.7.4

Guia "Listas de Proibições"

Na guia Listas de Proibições, tem as mesmas funções da guia Listas de Permissões. Nestas listas, definem-se os números que não podem ser discados. Nota: Cada uma das três listas dispõe de um campo de entrada para dados. Introduzir: Em cada lista, o prefixo de um número (por ex., 089722) ou um número de telefone completo pode ser: ●

registrado, clicando em

e introduzindo o número de telefone;

alterado, editando o registro no campo de listas ou;

apagado, selecionando o respectivo campo de listas e clicando em

.

Com isso, definem-se os números que podem ser discados a partir do respectivo ramal. Campo "Lista 1" No campo Lista 1, introduza o prefixo do número ou número completo ao qual o ramal não terá acesso. Podem ser introduzidos até 10 números. Campo "Lista 2" No campo Lista 2, introduza o prefixo do número ou número completo ao qual o ramal não terá acesso. Podem ser introduzidos até 25 números. Campo "Lista 3" No campo Lista 3, introduza o prefixo do número ou número completo ao qual o ramal não terá acesso. Podem ser introduzidos até 35 números.

>

Tanto para as listas de permissões como listas de proibições, existem alguns números pré-programados que, caso necessário, podem ser modificados.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-35


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Grupos

4.8

Só para a utilização interna

Grupos

Na subpasta Grupos, são configurados diferentes tipos de Grupos em cada uma das Guias a seguir: ●

Guia "Grupos de Captura"

Guia "Grupos de Chamada"

Guia "Grupos de Busca"

Guia "Grupo de WMI externo"

Guia "Grupos UCD"

Guia "Grupos Associados"

Guia "Grupos de Música em espera"

4.8.1

Guia "Grupos de Captura"

Nesta Guia são configurados os Grupos de Captura, permitindo que um ramal do grupo atenda as chamadas que sinalizam nos outros ramais pertencentes ao mesmo Grupo. Nota: São possíveis, 16 Grupos de Captura. Serão indicados nesta guia apenas os ramais disponíveis. Se um ramal de um grupo de atendimento for chamado, todos os Telefones de Sistema deste grupo indicarão a chamada no display. Os telefones analógicos e Telefones de Sistema sem display são informados da entrada de uma chamada apenas através da ativação do Toque de Atenção. Introduzir: Os Ramais que irão compor o Grupo de Captura no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "Grupos de Captura" A coluna Grupos de Captura apresenta os grupos que podem ser configurados. Coluna "Ramais no Grupo" A coluna Ramais no Grupo mostra os ramais que estão associados a um determinado Grupo. 4-36

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Grupos

Caixa de verificação "Ativar o toque de Atenção" Com a caixa Ativar o toque de Atenção selecionada, pode ser configurado o tempo do toque de atenção (0 - 59 segundos), isto é, se uma chamada não for atendida dentro do tempo programado, será enviado um curto toque para o grupo de captura.

4.8.2

Guia "Grupos de Chamada"

Nesta Guia são configurados os Grupos de Chamada, permitindo reunir vários ramais em um mesmo grupo de chamadas. Se este grupo for chamado, isso será sinalizado em todos os ramais livres deste grupo. Em caso de ausência, o respectivo usuário pode desligar-se do grupo. Nota: É possível configurar, no máximo, 10 grupos para Grupos de Chamada (Código de acesso do grupo 770 até 779). Introduzir: Os Ramais que irão compor os Grupos de Chamada no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "Grupos de Chamada" A coluna Grupos de Chamada apresenta os grupos que podem ser configurados. Coluna "Código de acesso" A coluna Código de acesso apresenta os códigos para chamar cada Grupo. É possível alterar o código caso seja necessário. Coluna "Nome" Na coluna Nome, pode-se inserir um nome para o Grupo de Chamada. Nos telefones de sistema, o nome é indicado no lugar do número, ou com este. Nota: O campo da coluna Nome permite até 16 caracteres. Nos telefones optiPoint é possível visualizar os 16 caracteres e nos telefones de sistema (E822 ou Profiset 3030) apenas 15 caracteres. Coluna "Ramais no Grupo" A coluna Ramais no Grupo mostra os ramais que estão associados a um determinado Grupo. HiPath 1100 Manager, Documentação

4-37


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Grupos

4.8.3

Só para a utilização interna

Guia "Grupos de Busca"

Nesta Guia são configurados os Grupos de Busca, que constituem grupos de ramais que são designados a atender chamadas destinadas a um número específico que identifica o grupo. Se o ramal não atender a uma chamada interna ou externa dentro de um determinado tempo, a chamada será sinalizada consecutivamente nas outras extensões livres e ocupadas do grupo. Em caso de ausência, o ramal pode desligar-se dos Grupos de Busca. Nota: Você pode reunir os ramais em até 10 Grupos de Busca (de 780 a 789). Serão indicados nesta guia apenas os ramais disponíveis. Introduzir: Os Ramais que irão compor os Grupos de Busca no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "Grupos de Busca" A coluna Grupos de Busca apresenta os grupos que podem ser configurados. Coluna "Código de acesso" A coluna Código de acesso apresenta os códigos para chamar cada Grupo. É possível alterar o código caso seja necessário. Coluna "Nome" Na coluna Nome (até 16 caracteres), pode-se inserir um nome para o Grupo de Busca . Nos telefones de sistema, o nome é indicado no lugar do número, ou com este. Coluna "Tempo para desvio no grupo" Na coluna Tempo para desvio é possível determinar um intervalo de tempo no qual a chamada externa ou interna deve ser atendida pelo membro do grupo, sendo possível programar um tempo diferente para cada grupo. Caso o tempo para desvio termine antes do membro do grupo atender, a chamada será sinalizada consecutivamente nas outras extensões livres do grupo.

4-38

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Grupos

Os tempos são determinados de 01 a 24 em ciclos de 5 segundos. grupo de busca não seguirá nenhum desvio ou ramal de fuga devido ao não > Oatendimento. Coluna "Ramais no Grupo" A coluna Ramais no Grupo mostra os ramais que estão associados a um determinado Grupo. Campo "Modo da Busca" No campo Modo da Busca, define-se para cada Grupo a maneira com a qual será feita a procura de um ramal livre: linear ou cíclica. ●

Na seleção linear a procura sempre começa com o primeiro ramal do Grupo.

Na seleção cíclica a procura começa depois do último ramal selecionado.

4.8.4

Guia "Grupo de WMI externo"

Nesta Guia é configurado o Grupo de WMI externo, que constitui um grupo de ramais que é designado a atender chamadas destinadas a receberem a Indicação de Mensagem em Espera (WMI) do Servidor externo de Correio de Voz. Nota: A Indicação de Mensagem em Espera é sinalizada através de uma tecla nos Telefones de Sistema e um tom diferenciado nos telefones comuns. Caso o telefone comum tenha a facilidade CLIP FSK disponível com o serviço WMI, esta sinalização também pode ser feita através de ícones no display ou outro tipo de sinalização em particular. Introduzir: Os Ramais que irão compor o Grupo de WMI externo no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Caixa de verificação "Habilitar WMI externo" A caixa Habilitar WMI externo, habilita a facilidade WMI para o grupo de ramais.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-39


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Grupos

4.8.5

Só para a utilização interna

Guia "Grupos UCD"

Um Grupo UCD (Uniform Call Distribution) constitui um grupo de ramais que são designados a atender chamadas destinadas a um número específico que identifica o grupo. As chamadas, internas ou externas, começam a ser distribuídas de modo uniforme entre os membros do grupo ou agentes, considerando o ramal que estiver livre a mais tempo. As chamadas realizadas para um ramal específico não influenciam na distribuição de chamadas e as não atendidas não são redirecionadas dentro do Grupo. Nota: Cada usuário pode incluir ou excluir seu ramal do grupo UCD (veja no Manual do Usuário, Logon e logoff no grupo UCD). Também é possível visualizar as estatísticas de atendimento dos grupos UCD, através do software de Call Center Interaction Center Smart. Você pode reunir os ramais em até 10 grupos UCD (790 a 799). As Colunas indicam o estado atual de configuração dos grupos/ramais para cada item disponível nos campos logo abaixo. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: As configurações desejadas ordenadas por grupo nos campos indicados. Coluna "Grupos UCD" A coluna Grupos UCD apresenta os grupos que podem ser configurados. Campo "Código de acesso" O campo Código de acesso apresenta os códigos para chamar cada Grupo. É possível alterar o código caso seja necessário. Campo "Nome" No campo Nome (até 16 caracteres), pode-se inserir um nome para o Grupo UCD. Nos telefones de sistema, o nome é indicado no lugar do número, ou com este. Campo "Selecione os ramais para criar o Grupo" O campo Selecione os ramais para criar o Grupo seleciona os Ramais que irão compor os Grupos UCD no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. 4-40

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Grupos

Campo "Mensagem de espera" No campo Mensagem de espera, selecione o ramal que se deseja conectar um equipamento de anúncio para o envio de Mensagens ou de Música externa, para o grupo UCD, quando todos os ramais do grupo estiverem ocupados. Campo "Tempo de Transbordo" No campo Tempo de Transbordo, é possível configurar um tempo de conexão da Mensagem de espera diferente para cada Grupo UCD. Na programação padrão, a conexão ocorre imediatamente após a chamada entrar na fila. Caixa de verificação "Mensagem de espera prévia" Com a caixa Mensagem de espera prévia selecionada, uma Mensagem em espera é conectada diretamente à chamada de entrada antes desta sinalizar em um ramal do grupo UCD. Caixa de verificação "Seleção Cíclica" Com a caixa Seleção Cíclica selecionada, a chamada é automaticamente sinalizada para o próximo agente desocupado. Se não houver mais agentes "logados", a chamada é desviada para o destino da chamada de transbordo. Caixa de verificação "Bloqueio de chamadas a cobrar" Com a caixa Bloqueio de chamadas a cobrar selecionada, todas as chamadas a cobrar para o Grupo UCD são automaticamente rejeitadas pelo sistema. O sistema ignora o bloqueio de chamadas a cobrar para os membros do Grupo UCD, isto é, somente é verificado o bloqueio para o grupo.

>

Se a chamada foi pelo menos uma vez "atendida" pelo sistema, o bloqueio de chamada a cobrar deixa de funcionar para esta chamada. Se a chamada de entrada via uma linha digital é desviada por não atendimento (*14) e a programação de chamada a cobrar esta ativada, a chamada é sinalizada no Primeiro Atendedor da linha externa.

Caixa de verificação "Estado do Agente após tempo de sinalização" A caixa de verificação Estado do Agente após tempo de sinalização permite determinar o estado do agente após o término do tempo de sinalização. Ao selecionar esta caixa de verificação, após o término do tempo de sinalização, a chamada é transferida para outro membro do grupo e o agente continua disponível no grupo UCD (ver Manual de Usuário - Agente Disponível/indisponível no grupo UCD), caso contrário o agente se torna indisponível. HiPath 1100 Manager, Documentação

4-41


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Grupos

Só para a utilização interna

Campo "Tamanho da Fila" No campo Tamanho da Fila, é definido para cada Grupo UCD o tamanho da Fila UCD, isto é, quantas chamadas poderão ficar na Fila de espera caso todos os agentes do Grupo UCD estejam ocupados ou indisponíveis no momento. Nota: As chamadas são distribuídas para os membros do grupo de acordo com a prioridade da chamada e o tempo de espera. Campo "Tempo para auto-anotações" No campo Tempo para auto-anotações, é configurado um intervalo de tempo para que o Agente fique fora do Grupo e possa fazer anotações sem receber novas chamadas logo após o término de um atendimento. Campo "Destino da chamada de transbordo" No campo Destino da chamada de transbordo, é definido o destino da chamada UCD quando: ●

Todos os agentes estiverem "deslogados";

A fila UCD chegar ao número máximo de chamadas em espera;

O tempo de transbordo da fila expirar.

Campo "Tempo mínimo de Mensagem em espera" No campo Tempo mínimo para Mensagem em espera, é configurado um tempo mínimo de reprodução de uma mensagem para a Fila UCD. Campo "Tempo para conexão da Mensagem" No campo Tempo para conexão da Mensagem, é configurado um tempo para conexão da Mensagem de espera diferente para cada Grupo UCD. Campo "Tempo de sinalização no Agente" No campo Tempo de sinalização no Agente, é definido o tempo de sinalização de uma chamada entrante para um Agente do grupo.

4.8.6

Guia "Grupos Associados"

Nesta Guia são configurados os grupos para a facilidade Grupos Associados, deste modo podem ser atribuídos vários ramais a um telefone master. Nota:

4-42

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Grupos

Para garantir um funcionamento perfeito, todos os ramais devem ter Telefones de sistema. Um ramal pode pertencer a vários grupos ao mesmo tempo. Estão disponíveis 8 grupos com até 16 ramais cada. Introduzir: Os Ramais que irão compor os Grupos Associados no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "Posição" A coluna Posição apresenta as posições para os grupos que podem ser configurados. Coluna "Chefe" A coluna Chefe mostra os ramais que podem ser associados como master a um determinado Grupo Associado. Coluna "Ramais no Grupo" A coluna Ramais no Grupo mostra os ramais que estão associados a um determinado Grupo Associado.

4.8.7

Guia "Grupos de Música em espera"

Nesta Guia são configurados os grupos para a facilidade Música em espera, deste modo será possível inserir uma melodia para chamadas externas em espera (MOH) através de uma fonte de música: ●

Interna: o interlocutor em espera ouve a melodia gerada pelo sistema;

Externa: o interlocutor ouve a música de uma fonte externa (por exemplo: rádio) conectada diretamente na entrada de música externa do sistema;

Externa ligada a um ramal: o interlocutor ouve a música de uma fonte externa (por exemplo: rádio) conectada a um ramal.

Nota: Os ramais podem ser inseridos em dois Grupos de Música em espera ou permanecerem sem associação. Introduzir:

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-43


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Grupos

Só para a utilização interna

Os Ramais que irão compor os Grupos de Música em espera no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "Grupo de Música" A coluna Grupo de Música apresenta os dois Grupos de Música em espera que possam ser configurados. Coluna "Tipo" A coluna Tipo, define a fonte para a Música em espera. Coluna "Fonte" A coluna Fonte, define o ramal onde está conectada a fonte de música. Coluna "Ramais no Grupo" A coluna Ramais no Grupo mostra os ramais que estão associados a um determinado Grupo de Música em espera.

4-44

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

4.9

Configurações avançadas RDSI

RDSI

Cada acesso RDSI disponibiliza 2 canais de comunicação (de 64 Kbps cada) permitindo que outras aplicações como videoconferência ou acesso à Internet sejam compartilhadas. Algumas facilidades como identificação de chamadas, supressão da indicação do número, discagem direta ao ramal, entre outras, podem ser disponibilizadas dependendo de habilitação pela Operadora Local. Na subpasta RDSI, são configurados os dados para os Módulos S0 e Módulo TME1 (com acesso E1 CAS ou acesso S2) nas Guias a seguir: ●

Guia "Configurações"

Guia "Slot S0"

Guia "Configurações Avançadas"

4.9.1

Guia "Configurações"

Estão disponíveis os seguintes tipos de linhas: ●

Ponto-multiponto (PMP) Ver também Acesso básico ponto-multiponto

Ponto-a-ponto (PP) Ver também Acesso básico ponto-a-ponto e

Bus interno S0 para a ligação de Telefones RDSI.

Nota: Quando somente linhas RDSI estiverem sendo usadas, as facilidades de prefixo de Atendedor, cadastro de número externo, código de área do país e código de área local devem estar programadas. Introduzir: A seleção do modo de operação (ponto-a-ponto, ponto- multiponto e Bus S0) é efetuada através da respectiva lista na coluna Modo de Operação. Campo "Posição" O campo Posição, indica o número de Ports S0 disponíveis no Sistema. Campo "Interface RDSI" O campo Interface RDSI, indica o Slot onde esta conectado o Módulo S0 ou o Módulo TME1 e o número lógico do Ports S0. ●

Módulo S0: S0 (slot - n° lógico);

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-45


4_Advanced.fm

Configurações avançadas RDSI

Só para a utilização interna

Módulo TME1: S2 (slot - n° lógico); Caso se queira utilizar a facilidade Distribuição Interna Automática de MSN deve-se configurar a Interface S0 no Modo de Operação S0 Bus.

Campo "Modo de Operação Remota" O campo Modo de Operação Remota indica o tipo de conexão, entre as linhas digitais do e as linhas da Operadora local. ●

Ponto-multiponto (PMP)

Ponto-a-ponto (PP)

Bus interno S0 para a ligação de Telefones RDSI.

Nota: Para o Módulo TME1 somente a conexão PP será possível. Para que todos os números MSN sejam registrados no sistema ao se apertar o botão Buscar (Menu Básico->MSN->Configurações) o modo de operação remota deve ser PMP (Ponto a multiponto). Para que seja registrado apenas o número do sistema (Menu Avançado->Definições do Sistema->Definições Regionais) ao se apertar o botão Buscar (Menu Básico -> MSN -> Configurações) o modo de operação remota deve ser PP (Ponto a ponto).

4.9.2

Guia "Slot S0"

Permite configurar o modo de funcionamento do Módulo S0 e Módulo TME1, otimizando a utilização dos ports do sistema. Essa opção é mais adequada ao HiPath 1190 devido a sua grande capacidade de ports e com a finalidade de atingir o máximo número de ramais/linhas externas, em função das seguintes regras de reconhecimento dos ports do módulo: ●

Linha externa e ramal (padrão): cada port irá subtrair 2 posições de linha externa e 1 posição de ramal. A conexão pode ser PP, PMP ou linha Bus S0;

Apenas linha externa: cada port irá subtrair 2 posições de linha externa. A conexão deve ser PP ou PMP. Caso tenha sido configurado anteriormente como linha Bus S0, a conexão será automaticamente revertida para PP (pois é padrão);

Apenas ramal: cada port irá subtrair 1 posição de ramal. A conexão deve ser linha Bus S0. Caso tenha sido configurado anteriormente como PP ou PMP, a conexão será automaticamente revertida para linha Bus S0.

Coluna "Slot S0" A coluna Slot S0, indica o Slot onde esta conectado o Módulo S0 ou Módulo TME1 e o número lógico do Port S0 . 4-46

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas RDSI

Coluna "Modo" A coluna Modo, indica o tipo de conexão entre as linhas digitais. ●

Ramal;

Linha externa;

Ramal e Linha externa.

4.9.3

Guia "Configurações Avançadas"

Na guia Configurações Avançadas, podem ser configurados os dados para as linhas digitais pelo técnico de suporte de sistema com base nas informações da Operadora local. Campo "Layer 1" O campo Layer 1 permite que alguns parâmetros padrões RDSI para determinado país possam ser ajustados. Campo "Layer 2" O campo Layer 2 permite que alguns parâmetros padrões RDSI para determinado país possam ser ajustados. Campo "Layer 3" O campo Layer 3 permite que alguns parâmetros padrões RDSI para determinado país possam ser ajustados. Caixa de verificação "Ausência de Setup ACK" A caixa Ausência de Setup ACK pode ser selecionada ou não, em função das informações da Operadora Local. Caixa de verificação "Enviar Notify" A caixa Enviar Notify pode ser selecionada ou não, em função das informações da Operadora Local. Caixa de verificação "No DIV.LEG Info" A caixa de verificação No DIV.LEG Info permite escolher se quando uma chamada for desviada para um destino externo, o número mostrado no telefone deve ser o MSN/Atendedor ou o número do chamador original.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-47


4_Advanced.fm

Configurações avançadas RDSI

Só para a utilização interna

Caso esta opção esteja desativada e a Operadora Local disponibilize o serviço "Diversion" para linha RDSI, o ramal que realizar um desvio de suas chamadas externas para um destino externo poderá apresentar para os participantes da chamada os números originais dos participantes. Caso contrário, será disponibilizado para os participantes da chamada somente o número do MSN/Atendedor da central. Na configuração padrão, esta opção esta ativa para os seguintes países: Austrália, Grécia e Países Baixos.

7

Esta facilidade funciona apenas em linhas RDSI no modo PP ou PMP somente com T-Reference Point.

Campo "Operação de Chamada" No campo Operação de Chamada, deve ser configurado se a chamada é Simétrica ou Assimétrica em função das informações da Operadora Local. Nota: As definições para Ausência de Setup ACK e Enviar Notify, assim como as operações Simétrico e Assimétrico são predefinidas na instalação. Como essas definições têm efeito sobre o protocolo RDSI para a rede pública (definição específica das Operadoras), elas devem ser alteradas apenas pelo técnico de suporte. Campo "Canal B" No campo Canal B, deve ser configurado se o canal é Master ou Slave. Campo "Modo de ocupação" No campo Modo de ocupação, deve ser selecionado entre o modo Ascendente ou Descendente, em função das informações da Operadora Local.

4-48

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

4.10

Configurações avançadas Linhas Externas

Linhas Externas

Na subpasta Linhas Externas, podem-se configurar as características para todas as linhas externas do sistema. Há três guias: ●

Guia "Geral"

Guia "Grupos de linhas"

Guia "Número Flexível"

4.10.1

Guia "Geral"

Nota: Todos os Ports das placas instaladas são indicados nesta guia. As Colunas indicam o estado atual de configuração dos Ports das placas instaladas para cada item disponível nos campos logo abaixo. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: As configurações desejadas ordenadas linha externa nos campos indicados. Campo "Linha externa" No campo Linha externa, selecione a linha externa que se deseja configurar (isso também é possível, selecionando uma seqüência de linhas externas). Campo "Sentido de chamada" No campo Sentido de chamada, é configurada a forma de acesso às linhas externas no momento de receber ou realizar uma chamada, selecionando uma das seguintes opções: ●

Bidirecional;

Entrante ou

Sainte.

Nota: Este serviço normalmente é contratado junto à Operadora Local para garantir a melhor otimização das linhas disponíveis.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-49


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Linhas Externas

Só para a utilização interna

Campo "Identificação analógica" O campo Identificação analógica - CLIP permite que o sistema HiPath 1100 receba as informações sobre o chamador (número e/ou nome) através da sinalização enviada pela Operadora Local (protocolo DTMF ou FSK), estas informações, serão indicadas nos ramais habilitados. ●

Desabilitado

DTMF 1

DTMF 2

FSK

Nota: Esta configuração necessita coincidir com o serviço disponibilizado na Operadora Local. Quando um país específico é programado, o correspondente protocolo é selecionado.

7

No HiPath 1190 existe uma limitação de no máximo 16 linhas configuras com a opção CLIP DTMF o que resulta em restrições na facilidade de conferência em função do número de linhas que estejam utilizando em determinado momento o CLIP DTMF. Isto se deve ao motivo que tanto o CLIP DTMF como a Conferência utilizam recursos comuns no sistema. Assim temos, por exemplo: ●

Em um sistema com 16 linhas CLIP DTMF são possíveis 2 conferências com 3 participantes;

Em um sistema com 8 linhas CLIP DTMF é possível 1 conferências com 8 participantes ou 2 conferências com 4 participantes;

Em um sistema sem linhas CLIP DTMF são possíveis 2 conferências com 8 participantes. Para liberar ports adicionais para serem utilizados pela facilidade de Conferência sem que haja a dependência da utilização do CLIP DTMF, é necessário desabilitar esta função para algumas linhas. ●

Campo "Linha DISA" O campo Linha DISA, permite estabelecer uma chamada externa a partir de um telefone externo (como se fosse um ramal) através do seu sistema. ●

Nunca, não é efetuado nenhum atendimento DISA.

Apenas de noite;

4-50

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Apenas de dia;

Sempre.

Configurações avançadas Linhas Externas

Nota: Apenas uma chamada externa ou uma facilidade pode ser executada por vez. Após a ativação com êxito de uma facilidade, a chamada é cortada imediatamente. No caso de uma chamada, é cortada logo que um dos interlocutores terminar. Se uma chamada DISA está em curso, outra chamada para linha externa DISA ou com atendimento DISA será tratada como uma chamada normal. Se uma chamada chega por uma linha externa configurada com Atendedor/FAX e DISA, é atendida pela facilidade DISA caso esteja disponível.

7

No caso de se utilizar uma linha digital para a facilidade DISA, o número MSN DISA desta linha ("MSN DISA" - código 019), sempre estará ativo para atendimento DISA.

Campo "Modo de Discagem" O campo Modo de Discagem está disponível apenas para as linhas analógicas para as quais podemos configurar o modo de discagem, selecionando uma das seguintes opções: ●

Pulso (modo de discagem por pulsos) ou

Tom (modo de discagem por multifrequência MF)

Campo "Protocolo" No campo Protocolo, define qual é o protocolo de ocupação de linha externa analógica a ser utilizado pelo sistema com base na informação da Operadora Local. ●

Ground Start (padrão para Canadá).

Loop Start (padrão para outros Países);

Caixa de verificação "Presença de linha" A caixa Presença de linha indica a existência da linha externa conectada ao sistema. Caso não utilize todos os acessos externos do sistema, desmarque esta caixa (sem linha externa conectada). Nota: No caso de linha digital, se for desmarcar esta caixa, duas interfaces serão desabilitadas.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-51


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Linhas Externas

Só para a utilização interna

Caixa de verificação "Detector de tom" Com a caixa Detector de tom selecionada, o sistema executa duas funções em uma linha externa analógica: 1.

Define que o sistema deve aguardar o recebimento/reconhecimento do tom de linha da pública para então liberá-la para o envio do número selecionado. Caso não tenha tom de discar (por exemplo, linha não instalada) o sistema automaticamente bloqueia a linha. Em telefones MF, o número selecionado será transmitido para a linha externa cerca de 45 segundos após a entrada do último dígito do número (discagem 1A).

2.

Detecta o encerramento de uma chamada entrante através do tom de ocupado (busy tone detection) nos seguintes casos: –

Desvio externo;

Transferência externa;

Entrante para Atendedor/FAX;

Entrante para secretária eletrônica;

Entrante para módulo EVM;

Entrante para VMI.

Botão "Próximo" O botão Próximo avança para a próxima linha externa disponível. Campo "Sinalização de Atendimento" O campo Sinalização de Atendimento permite configurar o tipo de sinalização que será recebida da Operadora Local através da linha externa analógica. A sinalização pode ser do tipo: ●

Nenhum;

Inversão de polaridade;

Tom DTMF.

Caso o tipo de sinalização escolhida seja DTMF é habilitado um campo para a escolha do tom DTMF, são eles : A (padrão), B, C e D.

7

4-52

Os campos Inversão de Polaridade e Tom DTMF apenas serão habilitadas se o campo Protocolo esteja configurado como Loop Start.

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

4.10.2

Configurações avançadas Linhas Externas

Guia "Grupos de linhas"

Permite que o acesso a uma linha externa ou grupo de linhas externas seja feito por um código diferente do "0". Por exemplo, 890 a 899 Nota: Todas as linhas externas conectadas são indicadas nesta guia. As Colunas indicam o estado atual de configuração das linhas externas para cada item disponível nos campos logo abaixo. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Campo "Linhas externas" As Linhas externas que irão compor o Grupo Linhas externas no Campo "Selecionado". Para isto, selecione com o mouse no Campo "Disponível" o Ramal e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "Grupos" A coluna Grupos, apresenta os grupos que podem ser configurados. Coluna "Código da linha" A coluna Código da linha apresenta os códigos para acessar cada Grupo. É possível alterar o código caso seja necessário. Campo "Tipo de conexão" O campo Tipo de conexão define se a linha externa analógica conectada no sistema HiPath 1100 está interligada à Operadora Local ou a outro PABX: ●

Direta (Conexão com a Operadora Local);

Via SUB-PABX (Conexão com outro sistema PABX).

Campo "Grupo de Transbordo" O campo Grupo de Transbordo permite que um Grupo de Linhas externas seja associado a um grupo de linhas externas de transbordo. ●

Desligado, não existe Transbordo para grupos de linhas externas para o Grupo de Linhas externas selecionado;

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-53


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Linhas Externas

Só para a utilização interna

Um grupo qualquer (por exemplo, 0, 890, 891, etc.), quando todas as linhas externas configuradas para o grupo estiverem indisponíveis a linha externa a ser usada será uma das linhas externas do grupo configurado no Transbordo para grupos de linhas externas;

Todas, quando todas as linhas externas configuradas para o grupo estiverem indisponíveis a linha externa a ser usada será uma das linhas externas de qualquer outro grupo que esteja configurado com o mesmo Tipo de conexão (Direct/Sub-PBX).

Coluna "Tempo para LCR fallback" A coluna Tempo para LCR fallback permite ativar/desativar o tempo para que a chamada seja feita através da operadora padrão caso a operadora configurada na regra LCR não esteja disponível (ver Campo "Tempo para LCR fallback"). Coluna "Linhas no Grupo" A coluna Linhas no Grupo mostra as linhas que estão associadas a um determinado Grupo.

4.10.3

Guia "Número Flexível"

Na guia Número Flexível, podem-se alterar os números internos para acesso as linhas externas predefinidos. Nota: Podem ser atribuídos números com, no máximo, 5 dígitos. Todas as linhas externas conectadas são indicadas nesta guia. As Colunas indicam o número atual das linhas externas. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: O novo número de linha externa na coluna Linha Externa. Coluna "Linha Externa" A coluna Linha Externa apresenta a posição lógica das linhas externas no sistema. Coluna "Número da Linha Externa" Na coluna Número da Linha Externa, selecione a linha que se deseja configurar e digite o novo número.

4-54

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

4.11

Configurações avançadas LCR

LCR

O LCR (Least Cost Routing) é uma facilidade que tem como objetivo minimizar os gastos com telefonia. Através do LCR é feita uma programação para que todas as chamadas originadas sejam feitas da forma mais econômica possível. Uma tabela contendo horários, dias da semana e operadoras de telefonia (regras) é criada para garantir que as menores tarifas sejam usadas. Depois de programada, basta fazer a ligação sem se preocupar com o código da operadora, pois o LCR automaticamente acrescentará a operadora mais adequada ao horário em que ligação está sendo feita. Nota: No LCR, devem ser configurados todos os códigos de área, que não devem ser discados através da Operadora padrão. Todos os outros, que podem ser discados através da Operadora padrão, não podem ser inclusos. Os códigos de área configurados serão utilizados como critério de exclusão para ocupar diretamente a linha (se não estiver registrada em LCR). Recomendamos a criação de um campo próprio (Guia) segundo a categoria do destino (celular, nacional, internacional). Se a estrutura das tarifas for diferente entre as categorias de destino, ou até dentro de uma categoria, deve ser criado um campo próprio (Guia). É possível conectar GSM/SIP Boxes ao HiPath 1100 através módulo S0 onde as linhas RDSI devem ser configuradas dentro de um grupo de linhas de acordo com o tipo de operadora: GSM ou SIP. Os GSM Boxes funcionam como se a ligação fosse originada de um celular GSM e os SIP Boxes funcionam como se a ligação fosse feita através de um computador. Assim, de acordo com a analise do destino da chamada pela regra configurada no LCR, a chamada pode ser rotiada para o caminho com o menor custo. Campo "Configuração da Guia" O campo Configuração da Guia define uma operadora padrão para cada guia. Caso não seja possível efetuar a chamada através da operadora configurada na tabela de horários da regra, a operadora que irá realizar a chamada será a que está configurada como operadora padrão. Campo "Operadora padrão" No campo Operadora padrão pode ser selecionada uma das Operadoras configuradas para ser utilizada caso não haja disponibilidade no momento de linhas externas para a facilidade LCR. Para avisar ao usuário que uma outra Operadora esta sendo acessada, selecione a caixa de verificação Tom de Aviso. Assim, os telefones comuns ouviram um tom de aviso e os Telefones de sistema indicaram em seu display a nova Operadora. Botão "Aplicar em todas as guias" O botão Aplicar em todas as guias configura todas as guias com a operadora padrão da guia atual.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-55


4_Advanced.fm

Configurações avançadas LCR

Só para a utilização interna

Botão "Criar Guia" O botão Criar guia cria uma nova guia LCR. Ao selecionar esse botão, uma janela popup será aberta para definir o nome da nova guia (por exemplo, celular, Nacional ou Internacional). Botão "Apagar Guia" O botão Apagar Guia apaga a guia atual. Ao selecionar esse botão, será mostrada uma mensagem de aviso alertando o usuário dizendo que ao eliminar a guia, todos os destinos e regras serão eliminadas também. Campo "Configuração do intervalo de tempo" No campo Configuração do intervalo de tempo é possível selecionar um intervalo de tempo de acordo com a operadora desejada. Para isto, é necessário escolher uma Operadora existente (campo Operadora) e depois definir o intervalo de tempo. O intervalo de tempo também pode ser definido manualmente, pressionando e segurando a tecla esquerda do mouse no campo de visualização "Dia da Semana" (logo abaixo das colunas de horário) na hora inicial e o arrastando até a hora final desejadas. Introduzir: ●

A lista de Operadoras, na qual são definidos os códigos de área da Operadora e os seus respectivos nomes, que serão indicadas em todas as Guias.

A indicação dos horários abrange três linhas para: Dias da Semana, Sábado e Domingo/Feriados. Acima destas linhas, encontra-se uma escala de horários com a indicação das horas (aqui podem ser definidos intervalos com uma resolução de 15 minutos).

Para apagar um intervalo de tempo registrado, selecionar o botão Apagar Intervalo de Tempo e selecionar o intervalo desejado com .

A configuração ou a remoção dos campos (Guias) é efetuada através dos botões Criar nova guia respectivamente Apagar Guia.

Campo "Definir o intervalo de tempo" O campo Definir o intervalo de tempo permite inserir ou eliminar um intervalo de tempo de acordo com o dia da semana. Nos campos de seleção Hora Inicial e Hora Final, definir o intervalo de tempo desejado, no campo Dia selecionar o dia desejado e, com os botões Adicionar Intervalo de Tempo ou Eliminar Intervalo de tempo, atribuir ou eliminar o intervalo do dia escolhido. O intervalo de tempo é indicado na respectiva cor da Operadora que são predefinidas. Nota:

4-56

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas LCR

A resolução para a indicação do horário é de 15 minutos. É possível definir, no máximo, 8 campos (Guias), 15 Operadoras, 100 destinos (locais para todas as guias) e 21 intervalos de tempo (para todos os campos). Botão "Eliminar Intervalo de tempo" O botão Eliminar Intervalo de tempo permite apagar um intervalo de tempo definido anteriormente. O intervalo pode ser apagado manualmente, selecionando o botão e clicando com o mouse sobre o intervalo desejado com , que aparecerá na tela ao pressionar o botão, ou através do campo Definir intervalo de tempo. Botão "Adicionar Intervalo de tempo" O botão Adicionar Intervalo de tempo permite adicionar um intervalo de tempo de acordo com o intervalo de tempo definido no campo Definir Intervalo de tempo e a operadora selecionada na coluna Operadora. Exemplo de definições LCR em uma rede local Este exemplo mostra a distribuição dos destinos nas guias: Criar a guia "Nacional" ●

Selecionar Criar nova guia e definir um nome para a guia, por exemplo, Nacional.

Adicionar a(s) Operadora(s) às Operadoras existentes, que devem ser utilizadas para chamadas nacional.

Introduzir todos os códigos de área desejados, ou partes do código de área, com as quais é possível abranger a completa margem dos números para as chamadas nacionais.

Introduzir os intervalos de tempo na tabela de horários. Com os intervalos de tempo "vazios", a linha da Operadora padrão será ocupada de imediato.

Selecionar o grupo de linhas por onde as chamadas serão realizadas e o grupo de linhas de transbordo para serem utilizadas quando o grupo de linhas estiver ocupado.

7

Atualmente, podem ser definidos, no máximo, 100 destinos para todas as Guias.

Coluna "Destino" Na coluna Destino devem ser definidos os destinos de chamada. O número máximo de destinos que podem ser configurados é de 100. HiPath 1100 Manager, Documentação

4-57


4_Advanced.fm

Configurações avançadas LCR

Só para a utilização interna

Coluna "Código" Na coluna Código devem ser definidos os códigos de área correspondentes aos destinos configurados. Coluna "Tipo" Na coluna Tipo, classificar o código de área do destino, ou seja, se é Local (ligação local), Nacional (ligação nacional) ou Internacional (ligação internacional). Coluna "Operadora" Na coluna Operadora são inseridas as Operadoras que oferecem tarifas baratas e os seus códigos de área na coluna Número. Esta tabela é igual para todos os campos (Guias) e pode ser editado em qualquer Guia. O número máximo de operadoras é de 15. Coluna "Número" Na coluna Número é possível inserir até 16 dígitos. Ainda neste campo, caso se utilize uma linha externa analógica, é possível inserir uma pausa entre os dígitos através de um caractere "P". Cada caractere "P" causa uma pausa de 2 segundos na ligação. Podem ser inseridas longas pausas utilizando mais de um caractere (por exemplo, para uma pausa de 10 segundos deve-se utilizar "PPPPP" entre os dígitos). O caractere "P" não causa efeito nas chamadas em linhas digitais.

7

Dois campos Número podem ser configurados com um mesmo número desde que os campos Grupo de linhas sejam diferentes, o contrário também é valido.

Coluna "Grupo de Linhas" Na coluna Grupo de Linhas selecionar o Grupo de Linhas que se deseja associar a Operadora. Nota: Caso o usuário realize uma chamada através de uma rota onde possa ocorrer uma demora ou problemas nas conexões (por exempo, SIP Boxes), a chamada será realizada através das linhas externas configuradas na operadora padrão após o término do tempo para LCR fallback. A ativação do tempo para LCR fallback deve ser feita para cada Grupo de linhas externas (ver Campo "Tempo para LCR fallback"), já o tempo para LCR fallback é configurado para todo o sistema ( ver Coluna "Tempo para LCR fallback").

7

4-58

Dois campos Número podem ser configurados com um mesmo número desde que os campos Grupo de linhas sejam diferentes, o contrário também é valido.

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas LCR

Coluna "Grupo de linhas de transbordo" Na coluna Grupo de linhas de transbordo selecionar o Grupo de Linhas para transbordo que se deseja acessar caso o primeiro grupo de linhas associado a Operadora esteja ocupado. Botão "Importar arquivo LCR" O botão Importar arquivo LCR permite importar um arquivo LCR de um site que forneça este serviço no formato tipo .xml, como, por exemplo, no site www.telefonsparbuch.de. Ao importar um arquivo LCR, se existir alguma operadora configurada, uma caixa de mensagem será mostrada perguntando se as regras (Operadora, Número, Grupo de linhas e Grupo de linhas de transbordo) devem ser mantidas ou deletadas. Caso escolha a opção de manter, a configuração das regras será mantida, caso contrário a configuração do arquivo importado irá sobrescrever a configuração existente. A configuração das linhas externas podem ser incluídas no arquivo LCR. Caso linha esteja sendo usada para acesso à Internet, ou o tronco SIP/GSM esteja sendo usado em paralelo, o usuário pode configurar os troncos manualmente após importar o arquivo.

7

Caso o usuário tente abrir um arquivo que não seja .xml, uma caixa de mensagem informará que o formato do arquivo é inválido. As regras podem ser importadas pelo Manager no modo offline.

Botão "Exportar arquivo LCR" O botão Exportar arquivo LCR permite exportar um arquivo de segurança LCR com as regras configuradas. Se após a configuração das opções LCR for discado um dos códigos de área registrados no Sistema a partir de um ramal, a ligação a ser estabelecida (por exemplo, 41 + número de destino para uma ligação nacional) segundo as condições definidas (Calendário e Operadora), assim como as definições efetuadas na subpasta Definições do Sistema - Guia "Definições Regionais" (campo Estrutura do número) será completada, ou alterada (por exemplo, no Brasil 021 41 + Número de destino) e cobrada de acordo com as novas definições.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-59


4_Advanced.fm

Configurações avançadas ACS

4.12

Só para a utilização interna

ACS

Na subpasta ACS, pode-se configurar um plano para a seleção alternativa de uma operadora.

7

O ACS não afeta a facilidade Números de Emergência se o usuário discar diretamente.

Definir as "Regras de Conversão" Deve-se definir o nome da regra (coluna Nome da Regra) e o Grupo de linha externa (destino/rota) desejado (coluna: Destino). Coluna "Número Selecionado" Na coluna Número Selecionado, digitar o número que será convertido. Coluna "Número Alternativo" Na coluna Número Alternativo digitar o número que deve substituir o Número Selecionado. Coluna "Destino Alternativo" Na coluna Destino Alternativo selecionar o Grupo de linha externa (destino/rota) desejado que deve substituir o Destino assim que o Número Selecionado tenha sido substituído pelo Número Alternativo. Se o campo da coluna Destino Alternativo estiver desabilitado o Grupo de linha externa (destino/rota) do campo Destino será usado. Coluna "Destino de transbordo" Na coluna Destino de transbordo selecionar o Grupo de linha externa (destino/rota) desejado que deve substituir o Destino Alternativo ou o Destino no caso da rota que esteja sendo usada não esteja disponível no momento da ligação. Coluna "Número Alternativo de transbordo" Na coluna Número Alternativo de transbordo digitar o número que deve substituir o Número Alternativo caso o Destino de transbordo seja utilizado. Nota: A coluna Número Alternativo de transbordo deve ser preenchida. Coluna "Nome do Período" Na coluna Nome do Período selecionar o nome do período em que deve ser aplicada a conversão. Se nenhum nome for selecionado a conversão será feita a cada vez que for discado o número.

4-60

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas ACS

Caso se queira fazer a conversão de um número que seja seguido de outros números quaisquer se deve utilizar o caractere "x",onde para cada número deve-se usar um caractere ("x" equivale a um número de 0 a 9).

7

Evite utilizar regras ambíguas como, por exemplo, "04X" e 041. Mas, caso venha a utilizar regras deste tipo, esta terá uma prioridade menor.

Caso se queira inserir uma pausa entre dígitos deve-se inserir o caractere "P" na coluna Número Selecionado, Número Alternativo ou Número Alternativo de transbordo. Cada caractere "P" causa uma pausa de 2 segundos na ligação. Podem ser inseridas longas pausas utilizando mais de um caractere (por exemplo, para uma pausa de 10 segundos deve-se utilizar "PPPPP" entre os dígitos). É possível utilizar apenas uma vez o caractere "P#" na coluna Número Alternativo ou Número Alternativo de transbordo para que uma pausa de 2 segundos seja causada e os dígitos sejam discados em MF - para linhas analógicas - ou in-band - para linhas RDSI. Outros caracteres ("#" e/ou "*") podem ser acrescentados depois do caractere "P#". Se após a configuração das opções ACS for discado um dos números da coluna Número Selecionado pelo Grupo de linha externa (destino/rota) selecionado na coluna Destino de alguma das regras de conversão registradas no Sistema, estes serão substituídos pelo número da coluna Número Alternativo e Grupo de linha externa (destino/rota) da coluna Destino Alternativo. Caso o Grupo de linha externa (destino/rota) da coluna Destino Alternativo não esteja disponível esta será substituída pelo Destino Alternativo da coluna Destino de transbordo. Configurar o campo "Nome do Período" No campo à direita, na coluna Nome do Período, pode-se definir o nome do período em que se deve fazer a conversão. Para cada regra de conversão deve-se selecionar um determinado período. Um período pode ser utilizado em mais de uma regra. Configurar a "tabela de horários" Na tabela de horários, pode-se registrar o Período desejado. Para isto, selecionar um Período existente (tabela à direita, em baixo); selecionar a hora inicial e definir o intervalo de tempo, pressionando a tecla esquerda do mouse na coluna da tabela de horários desejada ou selecionar o dia no campo Definir o intervalo de tempo (sem usar a seleção com o mouse). Nos campos de seleção Hora Inicial e Hora Final, definir o intervalo de tempo desejado e, com o botão Adicionar Intervalo de Tempo, atribuir o intervalo ao respectivo dia da semana. O intervalo de tempo é indicado na respectiva cor do Período. As cores para os períodos são predefinidas. Nota:

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-61


4_Advanced.fm

Configurações avançadas ACS

Só para a utilização interna

A resolução para a indicação do horário é de 15 minutos. É possível definir, no máximo, 21 nomes de período, 121 regras de conversão e 21 intervalos de tempo (para todos os campos). Introduzir: A lista de Nomes dos Períodos, na qual são definidos os períodos, que serão indicadas nas regras de conversão. A indicação dos horários abrange três linhas para: Dias da Semana, Sábado e Domingo/ Feriados. Acima destas linhas, encontra-se uma escala de horários com a indicação das horas (aqui podem ser definidos intervalos com uma resolução de 15 minutos). Para apagar um intervalo de tempo registrado, selecionar o botão Apagar Intervalo de Tempo e selecionar o intervalo desejado com . Exemplo de definições ACS em uma rede local Este exemplo mostra como acontece o processo de conversão: Criar um novo Código ●

Selecionar a coluna Nome do Código e definir um nome para o código, por exemplo, Única Operadora.

Registrar o(s) Nome(s) do(s) Período(s) que devem ser utilizados para realizar as substituições dos números do código Única Operadora.

Preencher todos os campos necessários do código Única Operadora.

7 ●

Introduzir os intervalos de tempo na tabela de horários. Com os intervalos de tempo "vazios", a conversão será feita de acordo com os códigos configurados no sistema.

7

4-62

Os números de posição das regras de conversão são gerados automaticamente assim que o nome da regra de conversão for definido.

Atualmente, podem ser definidas, no máximo, 40 Regras de Conversão.

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

4.13

Configurações avançadas Definições do Sistema

Definições do Sistema

A subpasta "Definições do Sistema" contém as seguintes guias: ●

Guia "Geral"

Guia "Lista de chamadas"

Guia "Música em espera"

Guia "Ramal de fuga"

Guia "Operador"

Guia "Tarifação"

Guia "Definições Regionais"

Guia "Códigos de Facilidades"

Guia "Data e Hora"

Guia "Números de Emergência"

Guia "Atualização de Software"

Guia "Administração Remota"

Guia "Modem"

Guia "Senhas"

Guia "Bilhetes"

Guia "Anúncio"

Guia "Feriado"

Guia "Porta virtual"

4.13.1

Guia "Geral"

Na guia Geral, pode efetuar as configurações comuns no PABX. Nota: Os Campos indicam o estado atual de configuração do sistema para cada item disponível. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: As configurações desejadas ordenadas por ramal nos campos indicados. HiPath 1100 Manager, Documentação

4-63


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Definições do Sistema

Só para a utilização interna

Campo de entrada "Nome da Empresa" No campo Nome da Empresa (até 10 caracteres), pode-se introduzir o nome da sua empresa. Campo "DISA MSN" No campo DISA MSN, pode-se definir se a facilidade DISA deve ser utilizada no sistema HiPath 1100 e, em caso positivo, através de qual MSN essa facilidade deve ser executada. Pode definir quais os ramais podem ter a permissão de acesso a funções do sistema HiPath 1100, em caso de discagem a partir de um sistema externo através da discagem MF (Permissão DISA). Esta definição é efetuada no Guia "Geral" da pasta Avançado/Ramais. Além disso, deve ser configurada, no ramal, a senha para Cadeado (padrão 00000) (ver no Manual de Usuário - Cadeado).

>

A lista de opções deste campo mostra somente os números MSN que não estão associados a um ramal ou a um MSN local para administração remota.

Campo "Tempo de não atendimento (s)" No campo Tempo de não atendimento (s), é definido o intervalo de tempo no qual a chamada externa deve ser atendida pelo Primeiro Atendedor. Caso contrário, a chamada é desviada para um Segundo Atendedor. Campo "Porta de Administração Local" No campo Porta de Administração Local, é configurada a porta utilizada para a Administração local via RDSI. O valor deste campo é deve ser copiado no campo Tipo de Conexão « conexão RDSI « Tel n° , nas Propriedades do CommServer quando a opção conexão RDSI for escolhida. Campo "Servidor de Mensagem em Espera" No campo Servidor de Mensagem em Espera, introduzir o MSN que será discado externamente quando houver mensagens (desde que a Operadora suporte esta facilidade). Campo "Segundo Código de Acesso externo" O campo Segundo Código de Acesso externo, permite configurar o código utilizado para acessar as linhas externas no PABX principal. Este código serve para verificar a disponibilidade de tom de linha externo e gerar uma pausa na discagem, rediscagem ou no uso da agenda. O valor da programação padrão para o segundo código é "0". Pode chegar até "99".

> 4-64

Caso não seja digitado nenhum valor, a verificação de tom de linha não ocorrerá.

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Definições do Sistema

Campo "MSN Piloto" No campo MSN Piloto, introduzir o MSN que será discado externamente quando houver uma chamada sem identificação de MSN. A chamada seguirá as configurações do MSN Piloto configurado. Campo "Limite do desvio de chamada condicional por ramal" No campo Limite do desvio de chamada condicional por ramal, digitar a quantidade máxima de números que podem ser programadas para os ramais com permissão (5 números é o padrão).

7 7

A configuração do Desvio Condicional Limitado por ramal é disponibilizada via interface CTI. ●

O número máximo de desvios no sistema é de 50.

O desvio condicional tem prioridade sobre o desvio incondicional.

Não é possível marcar um desvio condicional em um ramal S0.

Funcionamento: O ramal possui permissão para desvio condicional e o sistema esta conectado a um computador com um aplicativo TAPI disponível. 3.

Configure no Aplicativo TAPI do Windows as condições/regras do desvio condicional para o ramal desejado;

4.

Aplique as configurações no ramal desejado;

5.

A partir de agora o ramal é desviado.

Campo "Tempo de Pausa entre dígitos" O campo Tempo de Pausa entre dígitos, permite configurar o tempo do tom pausa, a pausa pode ser de 1 a 5 segundos (2 segundos é o padrão). Ver também Definir as "Regras de Conversão". Campo "Tempo para LCR fallback" O campo Tempo para LCR fallback, permite configurar o tempo para ativação do LCR fallback para os grupos de linhas desejados ( ver Coluna "Tempo para LCR fallback") . Assim que este tempo terminar, a chamada será encaminhada para a Operadora Padrão definida na regra do LCR.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-65


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Definições do Sistema

Só para a utilização interna

Campo "Seleção do tipo de linha externa" No campo Prioridade de ocupação por tipo de linha externa, pode-se definir qual tipo de linha será acessada prioritariamente. ●

Independente do tipo de linha - Neste caso, a ocupação é seqüencial e cíclica.

Digital serão ocupadas como primeira opção.

Analógica serão ocupadas como primeira opção.

Campo "MSN temporário" O campo MSN temporário permite escolher, temporariamente um MSN da própria lista (Básico/MSN/Configurações) para realizar uma chamada externa ou através da facilidade de "Programação de tecla" (veja Guia "Programação de Teclas") associar uma tecla a um MSN para monitorar as ligações entrantes e saintes. ●

Entrar com o Índice, utilizando as informações da coluna Índice, por exemplo: 001, 002, etc.;

Entrar com o MSN, utilizando as informações da coluna MSN, por exemplo: 3415000, etc.

Campo "Parceiro de desvio em Cascata" O campo Parceiro de desvio em cascata permite escolher de que maneira vai ser mostrado o parceiro de desvio no display do telefone em um desvio em cascata. (ver Manual de Programação - A31003-K1270-U100-*-*, capítulo Desvio em cascata). Caso se tenha a seguinte situação: o destino 1 tem um desvio para o destino 2 e o destino 2 tem um desvio para o destino 3, o display pode ser configurado das seguintes maneiras: ●

Último: será mostrado no display do chamador: " desviado para: destino 3" e no display do destino 3 será mostrado: "do: destino 1.

Primeiro: será mostrado no display do chamador: " desviado para: destino 2" e no display do destino 3 será mostrado: "do: destino 2".

>

Caso o destino 3 seja um VMI: ●

Último: a mensagem é armazenada na caixa postal do destino 1. Se o destino 1 não possuir caixa postal o Voice Mail deve pedir o port para a gravação da mensagem;

Primeiro: a mensagem é armazenada na caixa postal do destino 2.

Campo "Seleção de Operadora" O campo Seleção de Operadora permite escolher qual modo de operação é o melhor para a sua necessidade (LCR ou ACS).

4-66

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Definições do Sistema

LCR, para realizar uma chamada externa com uma configuração que permite definir as operadoras que oferecem tarifas mais baratas.

ACS, para se configurar regras de conversão de números digitados pelo usuário para, por exemplo, fixar uma operadora para todas as ligações externas independentemente da operadora que for discada.

Caixa de verificação "Keypad Automático" Apenas para Países com discagem por teclado. Com a caixa de verificação Keypad Automático selecionada, é configurado o sistema HiPath 1100 de maneira que seja possível ativar a respectiva função RDSI no telefone sem código de acesso externo (ver também Manual de instruções do respectivo tipo de telefone). Em alguns países é possível programar as funções RDSI da Operadora através da seleção de códigos. Solicite a Operadora que informe quais são as funções RDSI possíveis de controlar por códigos no seu País. Caixa de verificação "Agenda sem verificação de COS" Com a caixa de verificação Agenda sem verificação de COS selecionada, possibilita que todos os números armazenados na subpasta Agenda do Sistema da pasta Básico possam ser discados, por exemplo, a partir de ramais sem permissão. Isso significa que as definições (classes de serviços) existentes na pasta Classe de Serviços não serão consideradas para a utilização dos registros da Agenda do Sistema. Caixa de verificação "Tom Falso" Com a caixa de verificação Tom Falso selecionada, um tom de linha externa será gerado mesmo que não exista uma linha externa disponível.

>

Caso esteja com a facilidade LCR ou Números de Emergência configurado, o usuário irá receber um Tom Falso.

Caixa de verificação "Impressão serial" Com a caixa de verificação Impressão serial selecionada, as informações referentes a Bilhetagem estarão disponíveis através da Interface Serial do sistema. Caixa de verificação "Sinal de desvio (Grupos de Chamada)" Com a caixa de verificação Sinal de desvio (Grupos de Chamada) selecionada, é possível fazer o desvio do ramal (que pertence ao grupo de chamada) que estiver configurado com a facilidade de desvio. Quando uma chamada for direcionada para um grupo de chamada ela será sinalizada em todos os ramais do grupo ao mesmo tempo, o ramal que esHiPath 1100 Manager, Documentação

4-67


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Definições do Sistema

Só para a utilização interna

tiver configurado com desvio irá sinalizar no seu destino. Caso o destino do ramal atenda, os outros ramais não voltam a sinalizar, caso contrário os outros ramais e o destino continuarão sinalizando até que um deles atenda a chamada.

>

Não se deve utilizar o Desvio externo para um membro do grupo se a facilidade "Deflexão de chamada" na pág. 123 (código 228) estiver ativa. Nesta situação o sistema não recebe nenhuma informação que a chamada desviada foi atendida. Em conseqüência da falta desta informação o sistema continua a sinalizar nos outros membros do grupo.

Caixa de verificação "Sinal de desvio (Grupos de Busca)" Com a caixa de verificação Sinal de desvio (Grupos de Busca) selecionada, é possível fazer o desvio do ramal (que pertence ao grupo de busca) que estiver configurado com a facilidade de desvio. Quando uma chamada for direcionada para um grupo de busca ela vai ser sinalizada em cada ramal de acordo com a configuração do grupo (linear ou cíclica) e ao sinalizar no ramal configurado com o desvio esta será desviada para o destino do ramal. Se a chamada for atendida pelo destino do ramal os outros ramais do grupo não voltam a sinalizar, caso contrário a chamada volta a ser sinalizada nos demais grupos de acordo com a configuração do grupo de busca.

>

Não se deve utilizar o Desvio externo para um membro do grupo se a facilidade "Deflexão de chamada" na pág. 123 (código 228) estiver ativa. Nesta situação o sistema não recebe nenhuma informação que a chamada desviada foi atendida. Em conseqüência da falta desta informação o sistema continua a sinalizar nos outros membros do grupo.

Caixa de verificação "Transferência direta ao ramal ocupado" Com a caixa de verificação Transferência direta ao ramal ocupado selecionada, é possível transferir uma chamada para um ramal que esteja ocupado. O ramal que receber a transferência irá escutar um tom de sinalização ao fundo da chamada indicando que existe uma chamada em espera. Nota: Depois de um tempo ou no caso do ramal que irá receber a transferência estiver configurado com o serviço Não Perturbe ou o serviço Chamada Urgente a chamada irá ser sinalizada no ramal que transferiu a chamada. Caixa de verificação "Deflexão de chamada" A caixa de verificação Deflexão de chamada selecionada, permite que uma chamada de entrada cujo ramal de destino esteja com o serviço de Desvio externo ativo (*11), seja encaminhada diretamente para o destino externo através da rede pública ou utilize o sistema HiPath 1100.

4-68

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Definições do Sistema

Nota: Esta facilidade deve ser contratada na Operadora Local. Campo "Mostrar Nome/Número da Chamada" No campo Mostrar Nome/Número da Chamada, selecione a opção desejada: ●

Nome e Número;

Nome (se disponível);

Número.

>

Caso a opção Nome e Número seja escolhida, o campo Exibir Número Chamado (MSN) não será habilitado.

Campo "Exibir Número Chamado (MSN)" No campo Exibir Número Chamado (MSN), selecione a opção desejada: ●

Nenhum, nenhuma indicação;

Nome (se disponível), a indicação do nome chamado;

Número, a indicação do número chamado.

>

Para habilitar esse campo, a opção Nome e Número não deve estar habilitada no campo Mostrar Nome/Número da Chamada.

Campo "Correio de Voz" No campo Correio de Voz, define-se qual o tipo de Correio de Voz será utilizado pelo sistema e qual e o Grupo UCD que passa a ter a função de interface com o equipamento Servidor de Correio de Voz. Campo de entrada "Tipo" ●

Nenhum - não será utilizado nenhum tipo de correio de voz;

EVM - será utilizado o correio de voz do tipo Entry Voice Mail - EVM;

VMIe - será utilizado um equipamento de correio de voz associado ao sistema;

Servidor de correio de voz interno O servidor de correio de voz interno funciona em conjunto com um Grupo de Chamada UCD definido durante a programação do sistema. Esta parceria é chamada de Interface para Grupo VMIe. HiPath 1100 Manager, Documentação

4-69


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Definições do Sistema

Só para a utilização interna

Para que a Interface Grupo VMIe funcione corretamente, são necessárias algumas considerações durante a programação do Grupo de chamada UCD associado: ●

não pode ser Atendedor de linha externa;

um Local de Transbordo (overflow) não deve estar programado;

o Tempo para auto-anotações do agente deve estar programado com pelo menos 5 segundos;

O Tamanho da fila de espera deve estar programado com o máximo (valor padrão)

Campo de entrada "Grupo" No campo Grupo, define-se qual o Grupo UCD que passa a ter a função de interface com o equipamento Servidor de Correio de Voz .

>

Caso o grupo EVM seja alterado e o grupo antigo esteja configurado como segundo atendedor, esse grupo deve ser removido, manualmente, da lista de segundo atendedor e o novo grupo deve ser inserido na lista.

Campo de entrada "Conexões Externa - Externa" O campo Conexões Externa - Externa permite a configuração de um tempo limite para conexão entre duas chamadas externas, quando nenhum ramal estiver mais envolvido na chamada. Antes do tempo de duração terminar o usuário escutará um tom de sinalização. O tom de sinalização ocorre 10 segundos antes do término do tempo. Se o tempo de duração acabar, e a chamada for entre duas linhas externas sem nenhum ramal interno envolvido esta será interrompida. Caixa de verificação "Ativar Tempo Limite" A caixa de verificação Ativar Tempo Limite habilita o serviço de tempo limite de uma chamada externa para externa, ou seja, a duração de chamada poderá ser configurada. Antes do tempo de duração terminar o usuário escutará um tom de sinalização. O tom de sinalização ocorre 10 segundos antes do término do tempo. Campo "Tempo" O campo Tempo permite configurar o tempo de duração da chamada externa para externa. O tempo máximo configurável é de 23:59:55h e o tempo padrão é de 1h. Campo "Porteiro eletrônico externo" O campo Porteiro eletrônico externo permite configurar o sistema com as informações necessárias para o controle de até 4 dispositivos de porteiro eletrônico externo utilizados.

4-70

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Definições do Sistema

Campo "Sequência DTMF para abrir a porta" No campo Sequência DTMF para abrir a porta deve ser configurado o código DTMF para a abertura da porta. Campo "Sequência DTMF para término de chamada" No campo Sequência DTMF para término de chamada deve ser configurado o código DTMF para sinalizar o término da chamada. Campo "Sequência DTMF para atendimento de chamada" No campo Sequência DTMF para atendimento de chamada deve ser configurado o código DTMF para permitir o atendimento das chamadas do porteiro.

>

4.13.2

A sequência dos códigos DTMF envias para todos os dispositivos instalado são as mesmas e devem ser configurados de acordo com o manual do fabricante do porteiro eletrônico. Após configurar os códigos DTMF e o tipo de ramal em Configurações Avançadas/Ramais/Guia "Geral"/ Campo "Tipo"os dispositivos conectados nas respectivas posições passam a funcionar como porteiros normalmente.

Guia "Lista de chamadas"

Na guia Lista de chamadas, pode efetuar as configurações da lista de chamadas do PABX. Nota: Os Campos indicam o estado atual de configuração do sistema para cada item disponível. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: As configurações desejadas nos campos indicados. Campo "Tipo da Lista de Chamadas" No campo Tipo da Lista de Chamadas, é definido se devem ser indicadas apenas as ligações externas ou todas as ligações externas e internas. Isso é determinado através das opções: ●

Externa ou

Externa e interna.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-71


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Definições do Sistema

Só para a utilização interna

Campo "Exclusão de dígitos da lista de chamadas" No campo Exclusão de dígitos da lista de chamadas, os dígitos configurados não são selecionados quando a lista de chamadas for usada. Por exemplo: O seguinte número é armazenado na lista de chamadas: 0893415000 e os dígitos configurados para a exclusão 089 (código DDD). Quando uma chamada externa é iniciada através da lista de chamadas, o sistema selecionará apenas o número 3415000 e o código 089 não será selecionado.

4.13.3

Guia "Música em espera"

Na guia Música em espera, efetue as configurações para música em espera para o PABX. Nota: Os ramais podem ser inseridos em dois grupos MOH ou permanecerem sem associação. Os Campos indicam o estado atual de configuração do sistema para cada item disponível. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: As configurações desejadas nos campos indicados. Campo "Música em espera" No campo Música em espera, é associada uma melodia para chamadas externas em espera (MOH) através de uma fonte de música: ●

Sem música - sem reprodução de música em Espera;

Interna - o interlocutor ouve uma música fornecida com o software do sistema. Esta música pode ser alterada utilizando o software HiPath 1100 MOH Transfer (ver MOH Transfer).

Interna PCM - o interlocutor ouve uma música gravada no sistema do tipo PCM.

Externa - placa opcional - o interlocutor ouve a música de uma fonte externa (por exemplo: rádio) conectada diretamente na entrada de música externa do sistema.

Externa - ramal - o interlocutor ouve a música de uma fonte externa (por exemplo: rádio) conectada a um ramal (par a/b). O ramal onde a fonte esta conectada deve ser selecionado na lista logo abaixo.

4-72

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

4.13.4

Configurações avançadas Definições do Sistema

Guia "Ramal de fuga"

Na guia Ramal de fuga, efetue as configurações para o ramal de fuga do PABX. Nota: Os ramais podem ser selecionados nas listas ou permanecerem sem associação. Os Campos indicam o estado atual de configuração do sistema para cada item disponível. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: As configurações desejadas nos campos indicados. Campo "Ramal de fuga" No campo Ramal de fuga, é definido o destino das chamadas quando o ramal chamado não está disponível selecionando em uma das opções a seguir um ramal da lista. ●

Número Incorreto,

Ocupado e

Não Atendimento. O desvio para Número Incorreto, Ocupado e/ou Não Atendimento pode ser desativado, selecionando o registro Desligado nas respectivas listas.

4.13.5

Guia "Operador"

No HiPath 1100 é possível configurar a facilidade Terminal de Operador para PABX, cuja função é concentrar o fluxo de chamadas em até dois postos de atendimento que estejam equipados com Telefones de Sistema com display. Nota: Os ramais para função Terminal de Operador podem ser selecionados nas listas ou permanecerem sem associação. Os Campos indicam o estado atual de configuração do sistema para cada item disponível. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: As configurações desejadas nos campos indicados.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-73


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Definições do Sistema

Só para a utilização interna

Coluna "Operador" A coluna Operador apresenta as posições lógicas para Terminal de Operador. Coluna "Ramal" Na coluna Ramal, selecione o ramal que deseja associar uma posição de Terminal de Operador , ou seja, o ramal onde será conectado um Telefone de Sistema.

> 4.13.6

O Terminal de Operador não recebe "Mensagem direta para alta-voz" e nem pode pertencer ao Grupo Associado.

Guia "Tarifação"

Para que os custos das chamadas sejam exibidos em unidades monetárias, deve ser definido uma Unidade de Tarifação, pelo qual serão multiplicados os pulsos. Uma Unidade de Tarifação é um pulso enviado pela Operadora Local através da linha, para apresentar informações de custo da chamada de acordo com o tipo da chamada (Local, DDD, Internacional, etc.) e outros critérios definidos pela Operadora. Nota: A relação entre a tarifação indicada e a cobrada pode ser também diferente da Unidade de Tarifação definida (Fator 1 ou Fator 2) ou Multiplicador, dependendo dos métodos de cobrança de cada Operadora, por exemplo: ●

Ofertas para as ligações acima de 10 minutos;

serviços especiais livres de tarifação;

Introduzir: O Valor da Unidade de Tarifação e o Fator de Tarifação desejado. Campo "Unidade de Tarifação" No campo Unidade de Tarifação, pode-se definir o valor da unidade de tarifação que será multiplicada pelo Fator 1 ou Fator 2 (máximo 6 dígitos). Campo "Fator 1" No campo Fator 1, selecione o valor para multiplicação da Unidade de Tarifação. Por exemplo, este campo pode determinar uma tarifa normal. Campo "Fator 2" No campo Fator 2, selecione o valor para multiplicação da Unidade de Tarifação. Por exemplo, este campo pode determinar uma outra tarifa qualquer.

4-74

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

4.13.7

Configurações avançadas Definições do Sistema

Guia "Definições Regionais"

Nesta guia são configuradas as seguintes características locais do País: Campo "Prefixo" No campo Prefixo, define os campos de entrada: ●

Código de Área Local, o prefixo (por exemplo, 41 para Curitiba);

Código de País, o prefixo do país (por exemplo, 55 para Brasil);

Prefixo Nacional, o código de acesso à rede pública (por exemplo, 0 no Brasil);

Prefixo Internacional, o prefixo de outros países (por exemplo, 00 no Brasil).

Campo "Definição de País" No campo Definição de País, são definidos os parâmetros para os países no sistema HiPath 1100: ●

País Com a seleção do País, são definidos os parâmetros específicos de cada País, caso não tenham sido definidos na instalação (por exemplo, sinais acústicos, horas, unidade monetária, etc.) no sistema HiPath 1100.

7

Ao selecionar outro país, o sistema HiPath 1100 é reinicializado, ou seja, todas as ligações/chamadas serão desligadas. Em seguida, o HiPath 1100 Manager deve ser ligado novamente ao sistema.

>

A definição do país pode ser efetuada no Ramal Programador com o código de serviço *953199465 e introdução do respectivo código do país (ver Manual de Programação).

Idioma Com a seleção do idioma, a indicação dos textos no display dos Telefones de Sistema é alterada. Português, Espanhol, Inglês, Francês, Italiano, Turco e Customizado.

> ●

A opção Customizado é selecionada quando foi utilizado o software TTT (Telephone Text Translator) para traduzir os textos do sistema para um novo idioma que será indicado no campo Idioma Customizado.

Campo Unidade Monetária A unidade monetária serve para o cálculo correto dos custos da ligação no sistema HiPath 1100 e é definida automaticamente ao selecionar o país na lista Países.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-75


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Definições do Sistema

Só para a utilização interna

Campo "Estrutura de Numeração utilizada no LCR" No campo Estrutura de Numeração utilizada no LCR, é definida a seqüência numérica específica do País, na qual os componentes do número devem ser discados para uma chamada. Esta seqüência é utilizada para a facilidade LCR. ●

Prefixo + Código da Operadora + Código de destino;

Código da Operadora + Prefixo + Código de destino;

Prefixo + Código de destino + Código da Operadora.

Campo "Número do Sistema" No campo Número do Sistema, é definido o número do sistema que será identificado pela operadora. Para que o Número do Sistema seja preenchido automaticamente deve-se apertar o botão Buscar na pasta Básico->MSN->Configurações e o modo de ocupação remota deve ser configurado como PP (Ponto a ponto). Nota: Para que a operadora identifique o sistema pelo número o serviço deve ser contratado com a operadora. Campo "Tipo de Números" No campo Tipo de Números, é definido como a configuração de MSN do sistema a ser enviada a operadora deve ser transmitida. ●

Desconhecido;

Número do Sistema;

Código de Área Local;

Código de País.

Campo "Código de acesso interno para Ocupação Automática de linha" O campo Código de acesso interno para Ocupação Automática de linha, permite que qualquer telefone que esteja configurado com a facilidade Ocupação automática de linha externa possa efetuar chamadas internas discando o número que estiver configurado neste campo seguido do ramal desejado.

4-76

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

4.13.8

Configurações avançadas Definições do Sistema

Guia "Códigos de Facilidades"

A guia Códigos de Facilidades, apresenta os códigos atribuídos a determinadas funções (Facilidades) do sistema HiPath 1100. Estes códigos são utilizados pelos ramais para ativar as respectivas facilidades via teclado ou, no caso dos Telefones de Sistema com display, através do menu de serviço. .Nota: Os Códigos das facilidades podem ser selecionados nas listas e alterados. Os Campos indicam o estado atual de configuração do sistema para cada código de facilidade. Esta disponível uma vista geral dos diferentes Códigos de Facilidades na Lista de Códigos de Facilidades. Introduzir: As configurações desejadas nos campos indicados. Coluna "Nome da Facilidade" A coluna Nome da Facilidade apresenta os nomes das facilidades disponíveis para os ramais. Coluna "Código Padrão" A coluna Código Padrão apresenta os códigos de acesso padrão as facilidades disponíveis para os ramais. Coluna "Código Atual" A coluna Código Atual apresenta os atuais códigos de acesso as facilidades. A alteração dos Códigos de Serviço é efetuada nesta coluna no respectivo campo. Campo "Substituição" No campo Substituição, podem ser alterados os códigos substitutos de "* "e "#" para a introdução de um código de serviço através de telefones DEC (definição padrão para * = 75 e # = 76). Campo "Ativação por Excesso de Tempo" No campo Ativação por Excesso de Tempo, é definida qual das duas facilidades, Chamada Urgente ou Rechamada, é ativada automaticamente, após aproximadamente 6 segundos, em caso de chamada de um ramal interno para outro ramal interno ocupado.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-77


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Definições do Sistema

4.13.9

Só para a utilização interna

Guia "Data e Hora"

Na guia Data e Hora, são configuradas a data e a hora do Sistema. Nota: A correta programação de data e hora também é importante para o registro dos dados de chamada e a visualização no display dos Telefones de Sistema. Introduzir: A configuração é efetuada através da seleção correspondente no calendário e horário. Caixa de verificação "Atualização automática via Operadora" Com a caixa de verificação Atualização automática via Operadora selecionada, a data e a hora serão sincronizadas automaticamente através da operadora local durante uma chamada externa.

> 4.13.10

Os parâmetros ajustados automaticamente são: mês, dia, hora e minuto. O ano não está incluso nos parâmetros de mensagem FSK, este será definido como o ano de produção do software, podendo ser ajustado apenas manualmente.

Guia "Números de Emergência"

Na guia Números de Emergência, são configurados até cinco números de emergência. A configuração padrão tem dois números de emergência (por exemplo, para o Brasil: 190 para Polícia e 193 para Bombeiro).

>

Se um desses números for discado e as linhas de rede estiverem ocupadas, automaticamente será cortada a primeira ligação externa do sistema, sendo esta utilizada para a chamada de emergência.

Nota: Somente no caso de chamadas entrantes através linhas externas analógicas a chamada não será desconectada. Introduzir: As configurações desejadas nos campos indicados. Coluna "Posição" A coluna Posição, apresenta as posições dos Números de Emergência disponíveis.

4-78

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Definições do Sistema

Coluna "Nome" A coluna Nome, apresenta o nome do serviço de emergência disponível. O nome associado aos Números de Emergência poderá ter até 15 caracteres. Coluna "Número" A coluna Número, apresenta os Números de Emergência disponíveis. Podem ser inseridos até cinco números de emergência com dez dígitos cada.

7

As regras LCR programadas podem ter impacto sobre os Números de Emergência! Exemplo: se for introduzido 041 como Números de Emergência e se este número estiver registrado nas regras LCR em Destino Curitiba, como o seu código de área local, será efetuada uma ligação para Curitiba.

>

As chamadas de emergência nunca utilizarão linhas externas configuradas com:

4.13.11

Acesso a Internet;

Linha externa ausente;

Linha externa configurada para aceitar apenas chamadas entrantes;

Guia "Atualização de Software"

Nesta guia, são configurados os dados para a atualização automática de software, através de um Servidor externo. Nota: Se for definido no campo de entrada Número Externo o número (MSN de serviço) do Servidor externo (por exemplo, Posto de serviço), mas a caixa de verificação Executar Atualização de Software Automática não está ativada, pode ser efetuada uma atualização automática do software através do ramal programador com código de serviço *992 (ver Manual de Usuário - Programação Remota). Introduzir: As configurações necessárias nos campos indicados. Campo "Número Externo" No campo Número Externo, informe o número do Servidor externo (por exemplo, Posto de serviço) através do qual será efetuada a atualização de software (Solicitar o número do seu Posto de serviço). HiPath 1100 Manager, Documentação

4-79


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Definições do Sistema

Só para a utilização interna

Caixa de verificação "Executar Atualização Automática de Software" Com a caixa de verificação Executar Atualização Automática de Software selecionada, é executada uma atualização automática do software do sistema nas datas programadas nos campos seguintes. Campo "Configurações" No campo Configurações, informe os seguintes dados: ●

Dia, define o dia para o início da transferência dos dados (processo de transferência).

Hora Inicial, define a hora inicial para discar para o Servidor externo (por exemplo, Posto de serviço).

Freqüência (em mês), define o intervalo de tempo para a transferência dos dados (durante a transferência o telefone funciona normalmente). Por exemplo, 01= 1 atualização por mês (padrão) ... 12 = 1 atualização de 12 em 12 meses na data configurada.

Hora da comutação, define quando os dados transferidos serão carregados na memória do sistema HiPath 1100. Durante este tempo (aproximadamente 3 minutos) o telefone não funciona.

Para mais informações e possibilidades de atualização de software, ver Software Update.

4.13.12

Guia "Administração Remota"

Nesta guia, informe os números externos e as senhas para acessar um Servidor externo (por exemplo, Posto de serviço) e deixar que a administração seja executada através da chamada estabelecida. Nota: A Administração Remota pode ser feita através de linhas digitais e linhas analógicas com conexão de um Modem. Introduzir: As configurações necessárias nos campos indicados. Caixa de verificação "Administração Remota por código DTMF" Com a caixa de verificação Administração Remota por código DTMF selecionada, é habilitada a administração remota do sistema HiPath 1100 através de telefones DTMF. Caixa de verificação "Administração Remota" Com a caixa de verificação Administração Remota selecionada, é habilitada a administração remota do sistema HiPath 1100.

4-80

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Definições do Sistema

Campo "Números externos autorizados" No campo Números externos autorizados, informe os seguintes dados: ●

Com a caixa de verificação Não verificar números selecionada, é habilitado o campo Nenhuma verificação de MSN que permite a administração remota para todas as chamadas entrantes originadas por um HiPath 1100 Manager remoto e que forneça a Senha correta definida no botão Senha do campo Nenhuma Verificação de MSN. Caso caixa de verificação Não verificar números não seja selecionada, será necessário fornecer os números externos MSN autorizados a realizar a interconexão entre o HiPath 1100 remoto e o PABX.

>

Caso o usuário faça a atualização do software (Software Update) e esteja com as caixas de verificação Administração Remota e Não Verificar Números ativas, a senha do campo Nenhuma Verificação de MSN passará a ser 00000 após a atualização. Ao terminar a atualização de software será mostrado um aviso de que a senha mudou para 00000.

>

Quando a Administração Remota ocorrer através de um modem analógico e a linha externa não possuir a facilidade CLIP disponível, o usuário deve selecionar esta caixa. Se a facilidade CLIP está disponível para a linha externa, o usuário pode selecionar ou não esta caixa. Em ambos os casos uma ou mais senhas devem ser programadas. Se forem programadas mais de uma senha, qualquer uma delas poderá ser aceita. É recomendável que a senha de Administração remota seja diferente da senha local.

Nos campos de entrada 1 até 4, são inseridos os números externos (MSN de serviço sem código externo 0), que poderão efetuar a Administração Remota (esses são fornecidos pelo Servidor externo). Com os botões Senha, abre uma nova janela de diálogo na qual pode ser atribuído ou alterado a Senha (até 5 dígitos) a ser utilizada para a Administração Remota do respectivo número externo MSN (MSN de serviço).

Campo "MSN local para administração remota" No caso de uma chamada de entrada para Administração Remota, o número introduzido no campo MSN local para administração remota é comparado com o(s) número(s) do campo Números Externos. Se esses Números Externos coincidirem e a Senha fornecida corresponder àquela introduzida na janela do diálogo, a ligação será estabelecida.

>

O sistema HiPath 1100 só aceita uma administração remota através deste MSN remoto.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-81


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Definições do Sistema

Só para a utilização interna

Para mais informações e possibilidades da Administração Remota, ver Capítulo 9, "Administração Remota". Campo "Modo de Operação" No campo Modo de Operação, selecione o modo pelo qual a Administração Remota será executada. ●

RDSI, para o caso de se utilizar uma linha digital;

Modem analógico, para o caso de se utilizar um Modem conectado a entrada serial do HiPath 1100 e a uma posição de ramal.

4.13.13

Guia "Modem"

Nesta guia, são inseridas as configurações do Modem utilizado. Estas informações podem ser obtidas no manual do próprio Modem. Caso utilize o modem Trendnet V.92 56K - TFM-560X ou D-Link V.90 56K - DFM - 560EL é necessário utilizar o Cabo adaptador para modem analógico (ver no Manual de Serviço - Cabo adaptador para modem analógico) e fazer a configuração/verificação do código de inicialização e reinicialização do modem conectado a central via HiPath 1100 Manager. Caso o modem seja interligado no PC (modem remoto), o cabo do modem deve ser utilizado e a configuração do código de inicialização e reinicialização deve ser feita via CommServer. Campo "Controle do modem" Campo "Reinicializar" No campo Reinicializar são mostrados os valores padrões do sistema: ●

US-ROBOTICS é : ATZH0

TrendNet é: ATZH0

D-LINK é: +++,,,ATHATZH0

Campo "Inicialização" No campo Inicialização, o valor padrão para o modem: ●

US-ROBOTICS é : AT&F0&B1F1S0=0

TrendNet é: AT&F0&B1F1&D0S0=0.

D-LINK é: AT&F0&D0S0=0

4-82

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

4.13.14

Configurações avançadas Definições do Sistema

Guia "Senhas"

Nesta guia são configuradas as Senhas do Sistema que o protegem contra acessos não autorizados, seja para Alterações ou para Consultas. Nota: A Senha de Programação para o primeiro acesso no HiPath 1100 Manager e a Senha de Ativação Noturna são "31994". A senha deve ter cinco dígitos.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-83


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Definições do Sistema

Só para a utilização interna

Introduzir: As configurações desejadas nos campos indicados. Campo "Senha do Sistema" No campo Senha do Sistema, ao selecionar o botão Senha abre-se a janela de diálogo Alterar senha, onde pode ser efetuada a alteração da senha. Campo "Senha de Ativação Noturna" No campo Senha de Ativação Noturna, ao selecionar o botão Senha abre-se a janela de diálogo Alterar senha, onde pode ser efetuada a alteração da senha para Serviço Noturno. Campo "Senha dos Ramais" Toda ramal possui uma senha padrão (PIN), cujo valor predefinido é "00000". Com esta senha, o usuário tem acesso as configurações do ramal. Caso tenha sido alterada a senha do ramal e esquecida, utilize este campo Senha dos Ramais para recuperar o valor padrão "00000". ●

Com a lista Ramal, selecione o ramal cuja senha deve ser recuperada.

Com o botão Reinicializar – ativa novamente o valor padrão de fábrica "00000".

Campo "Senha de Programação Básica" No campo Senha de Programação Básica, ao selecionar o botão Senha abre-se a janela de diálogo Alterar senha, onde pode ser efetuada a alteração da senha de acesso a Pasta Básica (4 dígitos).

7 4.13.15

É recomendável alterar essa senha básica após o primeiro acesso. Anote e guarde as duas senhas num lugar seguro.

Guia "Bilhetes"

Se o sistema estiver habilitado a receber a identificação de chamadas através de linhas digitais (E1 CAS) ou analógicas mediante ativação do serviço na Operadora, é possível visualizar no bilhete os dados de chamada. Nota: Os Campos indicam o estado atual de configuração do sistema para cada item disponível. Introduzir: As configurações desejadas nos campos indicados.

4-84

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

7

Configurações avançadas Definições do Sistema

Em caso de falta de energia durante o envio de bilhetes, todos os bilhetes que estavam sendo enviados durante a conexão serão reenviados quando uma nova conexão for estabelecida. Exemplo: Caso existam 300 bilhetes armazenados na memória. 1. o usuário estabelece uma conexão e a encerra após enviar 100 bilhetes; 2. depois o usuário estabelece uma nova conexão para enviar os 200 bilhetes restantes, e durante a conexão ocorre falta de energia; 3. após a falta de energia, quando o usuário voltar a trabalhar, é estabelecida uma nova conexão. Durante esta conexão os bilhetes reenviados serão os 200 da conexão onde houve a falta de energia.

Campo "Bilhetes de chamadas" No campo Bilhetes de chamada, selecione o tipo de bilhetagem para as chamadas. ●

Entrante/Sainte - São bilhetadas chamadas saintes após o término da chamada e as chamadas entrantes (com ou sem identificação do originador da chamada) após o término da chamada.

Sainte - As chamadas de saída são bilhetadas após o fim da ligação.

CLIP + Entrante/Sainte - As chamadas de entrada e as chamadas de saída são bilhetadas após o fim da ligação, também são fornecidos bilhetes de CLIP analógico (identificação do originador de uma chamada externa entrante);

CLIP + Sainte- As chamadas de saída são bilhetadas após o fim da ligação, também são fornecidos bilhetes de CLIP analógico (identificação do originador de uma chamada externa entrante);

Campo "Supressão de dígitos na bilhetagem" No campo Supressão de dígitos na bilhetagem, selecione o número de dígitos que serão suprimidos no bilhete. Estes serão substituídos por um "?". Campo "Filtro de bilhetagem" No campo Filtro de bilhetagem, insira os primeiros dígitos (máximo 4) do número/destino que deverá ser bilhetado durante uma chamada sainte. Por exemplo: Para bilhetar somente as chamadas saintes internacionais é necessário programar os dígitos "00". Caixa de verificação "Código de custo" Com a caixa de verificação Código de custo selecionada, as informações relativas aos Código de Custo serão apresentadas no bilhete.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-85


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Definições do Sistema

4.13.16

Só para a utilização interna

Guia "Anúncio"

Esta guia permite atribuir um anúncio a um dos dois canais B do Entry Voice Mail (EVM), sendo que este anúncio também pode ser atribuído a um MSN na subpasta MSN.

7

Se for atribuído um anúncio fixo a um canal B, estará disponível apenas um canal B para outras atividades no Entry Voice Mail (EVM) .

Coluna "Porta" Na coluna Porta (valor padrão 7491 ou 7492), define a linha do Entry Voice Mail, através da qual o anúncio será transmitido. Coluna "Tipo" Na coluna Tipo, define se o anúncio será reproduzido apenas uma vez ou, repetido. Fazer a Configuração de Anúncio no canal B para definir qual anúncio será transmitido (valor padrão 7491 ou 7492). Ver também Entry Voice Mail - EVM.

4.13.17

Guia "Feriado"

Nesta guia são inseridos/indicados os feriados para o calendário do Sistema. Nota: As Colunas indicam os feriados configurados. Introduzir: Os nomes/datas dos feriados nos campos indicados. Coluna "Feriado" Na coluna Feriado, entre com o nome do feriado. Coluna "Data" Na coluna Data, selecione no calendário as datas dos feriados.

4.13.18

Guia "Porta virtual"

Na guia Porta virtual é possível definir um número flexível para as portas virtuais EVM e para as portas virtuais Atendedor/FAX.

4-86

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Calendário

Campo "Porta virtual" No campo Porta virtual apresenta as posições das portas virtuais disponíveis. Campo "Número flexível" No campo Número flexível, podem-se alterar os números das portas virtuais predefinidas. Nota: Podem ser atribuídos números com, no máximo, 5 dígitos. Portas virtuais:

7

4.14

De 0 a 3 - Portas virtuais Atendedor/FAX

De 4 a 7 - Portas virtuais EVM

Calendário

No campo Calendário, é definido o dia e a hora para ativar/desativar o serviço noturno. Nota: Para cada dia da semana podem ser definidos até 4 intervalos. Introduzir: O campo Calendário é formado por uma tabela de horários, que contém linhas separadas para dias da semana e feriados. Acima destas linhas, encontra-se uma escala de horários com a indicação das horas (resolução de 15 minutos/horas). Para configurar o tempo para ativação (máximo 20 intervalos de tempo), selecionar a hora inicial e definir o intervalo de tempo, pressionando a tecla esquerda do mouse na coluna da tabela de horários desejada ou selecionar no campo Definir o intervalo de tempo (sem usar a seleção com o mouse) o dia e horário. Nos campos de seleção Hora Inicial, Hora Final e Dia da semana definir o intervalo de tempo desejado e com o botão Adicionar Intervalo de Tempo, confirmar. As posições não selecionadas correspondem ao período de desativação. Para apagar o período de ativação, clicar no botão Eliminar Intervalo de Tempo e selecionar o intervalo desejado com .

>

Os períodos de ativação e desativação são os mesmos para todos os feriados configurados.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-87


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Porteiro Eletrônico interno

4.15

Só para a utilização interna

Porteiro Eletrônico interno

É possível a conexão de até 20 Porteiros Eletrônicos internos. Cada porteiro eletrônico utiliza uma posição de ramal analógico (a/b) e deve ser ativado individualmente no sistema. Para que isto seja possível, é utilizada uma interface entre os dispositivos de Porteiro e o PABX, denominada Interface de Porteiro. A configuração desta Interface depende do tipo de adaptador TFE que será utilizado (ver no Manual de serviço e Manual de Programação - Porteiro Eletrônico). A subpasta Porteiro Eletrônico interno contém as guias a seguir: ●

Guia "Posição da Interface"

Guia "Atendedores"

Guia "Permissão de abertura"

4.15.1

Guia "Posição da Interface"

Nesta Guia são configuradas as posições de ramais onde serão conectadas as Interfaces de Porteiro. Nota: Todas as posições de ramais conectadas e disponíveis para a configuração são apresentadas nesta guia. Introduzir: As configurações possíveis/desejáveis para cada posição de ramal nas Colunas a seguir: Coluna "Porteiro" A coluna Porteiro apresenta as posições que podem ser configuradas. Coluna "Posição da interface" A coluna Posição da interface apresenta as posições de ramais disponíveis que podem ser configuradas. Caixa de verificação "Fechadura" Com a caixa de verificação Fechadura selecionada, é indicado a existência de um dispositivo de fechadura na posição de ramal.

4.15.2

Guia "Atendedores"

Na Guia Atendedores são definidos os ramais que irão receber as chamadas entrantes dos dispositivos de Porteiros.

4-88

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Porteiro Eletrônico interno

Nota: Todos os ramais conectados são indicados nesta guia. Introduzir: Os Ramais para Atendedores de Porteiro no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "Porteiro" A coluna Porteiro, apresenta as posições que podem ser configuradas. Coluna "Ramais no Grupo Diurno" Na coluna Ramais no Grupo Diurno, são visualizados os ramais que receberão as chamadas dos Porteiros no período diurno. Coluna "Ramais no Grupo Noturno" Na coluna Ramais no Grupo Noturno, são visualizados os ramais que receberão as chamadas dos Porteiros no período noturno.

4.15.3

Guia "Permissão de abertura"

Na Guia Permissão de abertura, são definidos os ramais que terão Permissão para abertura de "portas" através dos dispositivos de Porteiros. Nota: Todos os ramais conectados são indicados nesta guia. Introduzir: Os Ramais com Permissão de Abertura no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "Porteiro" A coluna Porteiro, apresenta as posições que podem ser configuradas.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-89


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Sensor e Relé

Só para a utilização interna

Coluna "Ramais no Grupo" Na coluna Ramais no Grupo, são visualizados os ramais com permissão para abertura de "portas".

> 4.16

Para mais informações acerca da instalação e colocação em funcionamento, consultar a documentação do adaptador TFE.

Sensor e Relé

Na subpasta Sensores e Relés, é configurado o relé e sensor do Módulo Música. O módulo oferece 1 Relé, 1 Sensor e uma interface para a reprodução de dados de áudio externos (Anúncios/Música em Espera). Campo "Relé" Neste campo é definida a forma (manual ou automática) pela qual o Relé será ativado no sistema. Nota: Os contatos permitem o controle de outros equipamentos periféricos como, por exemplo, um portão, fechadura elétrica, alarmes, etc. Quando o Relé é ativado, os contatos se fecham e quando é desativado os contatos se abrem. Introduzir: As configurações possíveis/desejáveis para cada item dos Campos a seguir: ●

Nome: entre com o nome do relé.

Comutador: O Relé só pode ser ligado a partir de um ramal através da introdução do respectivo código de facilidade (*90 = Ligado/#90 = Desligado).

Monoflop: O Relé é fechado por um tempo determinado (introdução no campo de entrada. Tempo de Relé). Como alternativa, o Relé pode ser aberto também antes do período programado, através da introdução do código de facilidade ( #90) num ramal.

Pêndulo: O atual estado do Relé é invertido com cada (*90).

Música em Espera: Ao selecionar esta opção, o Relé pode ser utilizado para ativar um equipamento ligado externamente para a reprodução de anúncios/música em espera externos, dependendo do estado do sistema do HiPath 1100 (nas chamadas em espera externas, por exemplo, consulta, alternar, etc.).

4-90

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

> ●

Configurações avançadas Sensor e Relé

Na reprodução de melodias de equipamentos de áudio externos para música em espera, devem ser respeitadas as regulamentações de direitos autorais de seu País.

Sinal Externo: Selecionando esta opção, é possível utilizar o Relé para o controle de uma segunda campainha para um ramal a ser selecionado na lista no campo ao lado.

Campo "Sensor" Neste campo são definidas as ações que devem ser efetuadas com a alteração do estado do contato do Sensor. Nota: A lógica de ativação a partir da posição inicial dos contatos do sensor assim com as ações decorrentes, são programáveis. Os contatos permitem monitorar o estado de equipamentos periféricos como, por exemplo, um portão, fechadura elétrica, alarmes, etc. Introduzir: As configurações possíveis/desejáveis para cada item dos Campos a seguir: Campo "Nome" No campo Nome, entre com o nome do Sensor. Caixa de verificação para "Ativar Relé" Com a caixa de verificação Ativar Relé selecionada, o Sensor pode ser associado a um determinado relé e ativado quando necessário; neste caso, são programáveis as seguintes funções de relé: ●

Comutador: O Relé só pode ser ligado a partir de um ramal através da introdução do respectivo código de facilidade (*90 = Ligado/#90 = Desligado).

Monoflop: O Relé é fechado por um tempo determinado (introdução no campo de entrada. Tempo de Relé). Como alternativa, o Relé pode ser aberto também antes do período programado, através da introdução do código de facilidade (#90) num ramal.

Pêndulo: O atual estado do Relé é invertido com cada (*90).

Música em Espera: o relé pode ser utilizado para ativar um equipamento ligado externamente para a reprodução de anúncios/música em espera externos.

Sinal externo: É possível utilizar o relé para o controle de uma segunda campainha para um ramal analógico.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-91


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Sensor e Relé

Só para a utilização interna

Caixa de verificação "Discar número programado" Com a caixa de verificação Discar número programado selecionada, o sistema estará habilitado a discar para um número interno ou externo introduzido no Campo "Número a chamar". Caixa de verificação "Reconhecer Código" Com a caixa de verificação Reconhecer Código selecionada, define que o número chamado deve confirmar ou não a chamada de alarme através do código de reconhecimento (sinal DTMF "#"). Campo "Número a chamar" No campo Número a chamar, entre com o número que deve ser discado automaticamente quando o sensor for ativado. Este número é armazenado na Agenda do Sistema. Se o número for alterado na Agenda do Sistema, este campo é atualizado (e vice-versa). Campo "Usar MSN" O campo Usar MSN, define o MSN do sistema que será usado para efetuar a chamada sainte. Através deste MSN o destino poderá identificar a origem da chamada. Campo "Sinais DTMF" No campo Sinais DTMF, pode-se definir uma seqüência de números. Estes números são convertidos para sinais DTMF, que são enviados após o atendimento da chamada. O destino da chamada deve ser configurado no Campo "Número a chamar". Campo "Número de tentativas" No campo Número de tentativas, define a quantidade de tentativas de ligação (valor entre 1 e 100) para um número interno ou externo introduzido no Campo "Número a chamar" (ver também o campo Tempo entre tentativas (minutos)). Cada tentativa é utilizada no caso de não atendimento (destino ocupado) ou quando o Caixa de verificação "Reconhecer Código" está habilitada e a confirmação não foi recebida. Nesses casos a chamada será encerrada e uma nova tentativa será iniciada. Campo "Tempo entre tentativas" No campo Tempo entre tentativas, é configurado o tempo (em minutos) no qual o ramal será novamente chamado se estiver ocupado, se não foi introduzido nenhum Código DTMF de confirmação ou o código Código DTMF digitado for incorreto (se configurado).

4-92

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas MSN

Campo "Lógica Sensor (Estado Inativo)" No campo Lógica Sensor (Estado Inativo) , é configurado o estado do sensor, ou seja, o sensor pode reconhecer qualquer alteração no estado de comutação do relé ligado (por exemplo, quando os contatos abertos se fecham e vice-versa), através dos campos de opções Normalmente Fechado e Normalmente Aberto. A posição básica do sensor pode ser definida do seguinte modo: ●

A opção Normalmente Fechado significa que o sensor será ativado quando o contato ligado for aberto.

A opção Normalmente Aberto significa que o sensor será ativado quando o contato ligado for fechado.

> 4.17

Se for ativado adicionalmente um equipamento de alarme, o qual foi ativado através do relé configurado, o mesmo pode ser desativado a partir de qualquer ramal com o código de serviço #9414 + senha de programação.

MSN

Na subpasta MSN, são atribuídos os números múltiplos (MSN) da sua linha digital aos ramais e aos Grupos de ramais (ver também MSN na pasta "Básico"). Nota: O MSN reservado para o acesso DISA não é indicado nesta tabela. Introduzir: Os Ramais, Grupos de ramais e as linhas digitais desejadas nos campos indicados. A subpasta MSN contém as guias a seguir: ●

Guia "Entrante Diurno"

Guia "Entrante Noturno"

Guia "Sainte Diurno"

Guia "Sainte Noturno"

Guia "Associação de Linhas"

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-93


4_Advanced.fm

Configurações avançadas MSN

4.17.1

Só para a utilização interna

Guia "Entrante Diurno"

Nesta Guia os Ramais, Grupos de chamada, Grupos de busca, Grupos de chamada UCD e Caixas Postais são associados aos números MSN como Primeiros Atendedores ou Segundos Atendedores das chamadas entrantes para o período Diurno e ainda pode ser associada a facilidade de "Sinalização de ocupado" (Busy by Busy group) para os números MSN individualmente ou em grupo (mais de um MSN no mesmo Grupo de Sinalização de Ocupado). Nota: O sistema suporta até 140 MSN, sendo que a cada um desses 140 números pode ser atribuída uma lista de até 10 Ramais, um Grupo ou uma caixa postal através de uma Porta Virtual EVM. O sistema suporta ainda configurações independentes para chamadas diurnas e noturnas recebidas. O MSN pode ter no máximo 20 dígitos. ●

Grupos de chamada (CG) - 770 a 779

Grupos de busca (HG) - 780 a 789

Grupos de chamada UCD - 790 a 799

Portas Virtuais EVM - 744 a 747

Introduzir: Os MSN a serem associados/alterados aos Ramais e Grupos de ramais para Primeiros Atendedores e os Ramais para Segundos Atendedores das linhas externas no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal ou Grupo e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "MSN" A coluna MSN, apresenta os MSNs disponíveis que podem ser configurados. Coluna "Sinalização de ocupado" Na coluna Sinalização de ocupado, são apresentados os Grupo para a facilidade de Sinalização de Ocupado. Caso deseje associar mais de um MSN a um mesmo Grupo, basta selecionar o campo da coluna relativa ao número MSN desejado e digitar o novo grupo. Esta facilidade se ativada permite que todos os telefones do grupo "sinalização de ocupado" comutem automaticamente para "ocupado" quando um ramal do grupo (que ativou essa facilidade) estiver em uma chamada. As chamadas externas não são mais sinalizadas (o chamador ouve o sinal de ocupado). Isso é útil, por exemplo, quando apenas uma pessoa do grupo está presente e não deseja ser incomodada por outras chamadas externas enquanto atende uma chamada. Além disso, o chamador pensa que a pessoa chamada está ocupada no momento.

4-94

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas MSN

Coluna "Primeiro Atendedor" A coluna Primeiro Atendedor, esta associada as informações contidas no Campo Primeiro Atendedor e apresenta os Ramais, Grupos e Portas Virtuais EVM (caixas postais) disponíveis para realizar o atendimento das chamadas entrantes. Coluna "Segundo Atendedor" A coluna Segundo Atendedor, esta associada as informações contidas no Campo Segundo Atendedor e apresenta os Ramais, Grupos e Portas Virtuais EVM (caixas postais) disponíveis para atendimento caso os Primeiros atendedores estejam indisponíveis ou não atendam as chamadas dentro do intervalo de tempo definido na Guia "Configurações" - Coluna "Tempo de Espera".

4.17.2

Guia "Entrante Noturno"

Nesta Guia os Ramais, Grupos de chamada, Grupos de busca, Grupos de chamada UCD e Caixas Postais são associados aos números MSN como Primeiros Atendedores ou Segundos Atendedores das chamadas entrantes para o período Noturno e ainda pode ser associada a facilidade de "Sinalização de ocupado" (Busy by Busy group) para os números MSN individualmente ou em grupo (mais de um MSN no mesmo Grupo de Sinalização de Ocupado). Nota: O sistema suporta até 140 MSN, sendo que a cada um desses 140 números pode ser atribuída uma lista de até 10 Ramais, um Grupo ou uma caixa postal através de uma Porta Virtual EVM. O sistema suporta ainda configurações independentes para chamadas diurnas e noturnas recebidas. O MSN pode ter no máximo 20 dígitos. ●

Grupos de chamada (CG) - 770 a 779

Grupos de busca (HG) - 780 a 789

Grupos de chamada UCD - 790 a 799

Portas Virtuais EVM - 744 a 747

Introduzir: Os MSN a serem associados/alterados aos Ramais e Grupos de ramais para Primeiros Atendedores e os Ramais para Segundos Atendedores das linhas externas no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal ou Grupo e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "MSN" A coluna MSN, apresenta os MSNs disponíveis que podem ser configurados. HiPath 1100 Manager, Documentação

4-95


4_Advanced.fm

Configurações avançadas MSN

Só para a utilização interna

Coluna "Sinalização de ocupado" Na coluna Sinalização de ocupado, são apresentados os Grupo para a facilidade de Sinalização de Ocupado. Caso deseje associar mais de um MSN a um mesmo Grupo, basta selecionar o campo da coluna relativa ao número MSN desejado e digitar o novo grupo. Esta facilidade se ativada permite que todos os telefones do grupo "sinalização de ocupado" comutem automaticamente para "ocupado" quando um ramal do grupo (que ativou essa facilidade) estiver em uma chamada. As chamadas externas não são mais sinalizadas (o chamador ouve o sinal de ocupado). Isso é útil, por exemplo, quando apenas uma pessoa do grupo está presente e não deseja ser incomodada por outras chamadas externas enquanto atende uma chamada. Além disso, o chamador pensa que a pessoa chamada está ocupada no momento. Coluna "Primeiro Atendedor" A coluna Primeiro Atendedor, esta associada as informações contidas no Campo Primeiro Atendedor e apresenta os Ramais, Grupos e Portas Virtuais EVM (caixas postais) disponíveis para realizar o atendimento das chamadas entrantes. Coluna "Segundo Atendedor" A coluna Segundo Atendedor, esta associada as informações contidas no Campo Segundo Atendedor e apresenta os Ramais, Grupos e Portas Virtuais EVM (caixas postais) disponíveis para atendimento caso os Primeiros atendedores estejam indisponíveis ou não atendam as chamadas dentro do intervalo de tempo definido na Guia "Configurações" - Coluna "Tempo de Espera".

4.17.3

Guia "Sainte Diurno"

Nesta Guia são configuradas as chamadas Saintes para o período Diurno, permitindo que um ramal do grupo possa realizar chamadas saintes através de um dos MSN selecionados. Nota: Serão indicados nesta guia apenas os ramais disponíveis. Introduzir: Os Ramais que irão compor o Grupo no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "MSN" A coluna MSN, apresenta os MSNs disponíveis que podem ser configurados. 4-96

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas MSN

Coluna "Ramais no Grupo" A coluna Ramais no Grupo, mostra os ramais que estão associados a um determinado MSN.

4.17.4

Guia "Sainte Noturno"

Nesta Guia são configuradas as chamadas Saintes para o período Noturno, permitindo que um ramal do grupo possa realizar chamadas saintes através de um dos MSN selecionados. Nota: Serão indicados nesta guia apenas os ramais disponíveis. Introduzir: Os Ramais que irão compor o Grupo no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado. Coluna "MSN" A coluna MSN, apresenta os MSNs disponíveis que podem ser configurados. Coluna "Ramais no Grupo" A coluna Ramais no Grupo, mostra os ramais que estão associados a um determinado MSN.

4.17.5

Guia "Associação de Linhas"

Nesta Guia são associadas as Linhas externas aos MSN disponíveis. Nota: Serão indicadas nesta guia apenas linhas disponíveis. Introduzir: As Linhas que irão compor o Grupo no Campo "Selecionado" . Para isto, selecione como mouse no Campo "Disponível" o Ramal e através do botão ">" passe para o Campo "Selecionado" . Os botões "< " e "<< " são utilizados para retornar os itens selecionados para o Campo "Disponível". Também é possível fazer a seleção com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre o elemento selecionado.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-97


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Atendedor/FAX

Só para a utilização interna

Coluna "MSN" A coluna MSN, apresenta os MSNs disponíveis que podem ser configurados. Coluna "Linhas" A coluna Linhas, mostra as linhas digitais que estão associadas a um determinado MSN.

4.18

Atendedor/FAX

O HiPath 1100 pode utilizar a facilidade de Atendedor/FAX (Discagem direta ao ramal), que permite o Atendimento automático de chamadas externas, reprodução de mensagens e reconhecimento do sinal de FAX. O chamador pode discar o ramal desejado ou o dígito configurado no Menu de Atendimento e ser transferido para um ramal ou grupo. O número máximo de atendimentos simultâneos para o sistema é de 8 chamadas. Esta facilidade possui os seguintes modos de funcionamento: Modo FAX Neste modo de funcionamento, a facilidade detecta apenas sinais de FAX. No recebimento de uma chamada externa, é inserido um anúncio de saudação. Se o chamador deseja enviar um Fax, pode iniciar a transmissão logo após o anúncio. Se nenhum sinal de Fax for recebido em 10 segundos após o anúncio de saudação, outro anúncio é apresentado e a chamada é transferida para o atendedor. Modo Atendedor Neste modo de funcionamento, a facilidade detecta ramais ou dígitos selecionados e transfere a chamada. Quando uma chamada externa é atendida, um anúncio de saudação é apresentado para instruir o chamador. Exemplo de anúncio: "Você ligou para a Siemens. Disque o ramal desejado, 22 para falar com o departamento de vendas ou 23 para falar com o departamento de suporte". Se nenhum sinal de MF válido for recebido pelo Atendedor/FAX em 10 segundos após o anúncio de saudação, outro anúncio é apresentado e a chamada é transferida para o atendedor. Modo Atendedor/FAX Neste modo de funcionamento, a facilidade detecta sinais de FAX e número de ramais ou dígitos. Quando uma chamada externa é atendida, um anúncio é apresentado para instruir o chamador. Exemplo de anúncio: "Você ligou para a Siemens. Para enviar um FAX iniciar agora a transmissão. Disque 22 para falar com o departamento de vendas ou 23 para falar com o departamento de suporte".

4-98

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Atendedor/FAX

Se nenhum sinal de FAX,número de ramal ou dígito válido for recebido dentro de 10 segundos após o anúncio de saudação, outro anúncio é apresentado e a chamada é transferida para o atendedor. Modo Anúncio Um anúncio de saudação é apresentado no atendimento de chamadas externas e a chamada é transferida para o atendedor. Exemplo de anúncio: "Você ligou para a Siemens. Sua chamada está sendo transferida". Modo Auto-FAX Neste modo, o sistema detecta sinais de Fax durante os 10 primeiros segundos de conversação e transfere a chamada para o ramal definido como atendedor de FAX. Se nenhum sinal de Fax for recebido a conversação continua normalmente. Na subpasta Atendedor/FAX, são atribuídos os números para acessar a facilidade Atendedor/ FAX . Nota: As mensagens armazenadas neste módulo podem ser programadas como Segundo Atendedor de uma chamada externa ou como Destino de Desvio de um Ramal (ver no Manual do Usuário, Desvio de chamadas). Introduzir: Os números para destino do desvio, ramais, Grupos de ramais e as demais configurações desejadas nos campos indicados. A subpasta Atendedor/FAX contém as guias a seguir: ●

Guia "Ramal Virtual"

Guia "Menu de atendimento"

4.18.1

Guia "Ramal Virtual"

Na guia Ramal Virtual podem ser associados novos números para as posições, assim como a proteção contra chamadas a cobrar. Na programação padrão temos as seguintes associações: ●

740 - Modo Fax;

741 - Modo Atendedor (discagem direta a ramal);

742 - Modo Atendedor/FAX;

743 - Modo Anúncio.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-99


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Atendedor/FAX

Só para a utilização interna

Nota: Podem ser atribuídos números com, no máximo, 5 dígitos. Todos os Ports disponíveis são indicados nesta guia. As Colunas indicam o número atual e a configuração das Posições. É possível importar/exportar configurações para outras posições ou vice-versa através de Copiar e Colar. Introduzir: O novo número para a Posição do Ramal Virtual e a Proteção contra chamadas a cobrar, caso necessário. Coluna "Ramal Virtual" A coluna Ramal Virtual apresenta a posição lógica para os Ports da facilidade Atendedor/ FAX. Coluna "Número Flexivel" Na coluna Número Flexivel, selecione o Port que se deseja configurar e digite o novo número. Caixa de verificação "Bloqueio de chamadas a cobrar" Com a caixa Bloqueio de chamadas a cobrar selecionada, todas as chamadas a cobrar para a Posição do Ramal Virtual são automaticamente rejeitadas pelo sistema.

>

4.18.2

No caso de chamadas transferidas para o Atendedor/Fax o bloqueio não funciona. Se a chamada foi pelo menos uma vez "atendida" pelo sistema, o bloqueio de chamada a cobrar deixa de funcionar para esta chamada. Se a chamada de entrada via uma linha digital é desviada por não atendimento (*14) e a programação de chamada a cobrar esta ativada, a chamada é sinalizada no primeiro atendedor da linha externa.

Guia "Menu de atendimento"

Na guia Menu de atendimento pode ser criado um menu de atendimento personalizado, transferindo a chamada para um ramal ou grupo, de acordo com o dígito selecionado. A chamada é transferida para o destino, previamente configurado, após 3 segundos. Se um outro dígito for enviado antes deste tempo, será analisado novamente e a chamada será encaminhada ao novo destino, que pode ser um outro ramal ou grupo. Nota: 4-100

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Atendedor/FAX

Quando o menu de atendimento não está configurado, a facilidade Atendedor/FAX reconhece apenas os números de ramal e grupo. A operação do Relé do Módulo Música do HiPath 1120 e a Administração Remota também podem ser configuradas nesta guia. As Colunas indicam o estado atual de configuração para os Números de encaminhamento. Introduzir: A associação dos ramais, relé (Módulo Música do HiPath 1120) e administração remota aos Números de encaminhamento desejados. Coluna "Posição" A coluna Posição, apresenta os dígitos que podem associados aos ramais, relé e administração remota para o encaminhamento de uma chamada. Coluna "Destino" Na coluna Destino, selecione o ramal, ou a opção Relé (Módulo Música do HiPath 1120), ou Administração Remota que deseja associar um dos Números de encaminhamento. Com a opção Ramal associado a um Número de encaminhamento é possível direcionar uma chamada para o ramal escolhido nesta lista logo após o atendimento, através da facilidade Atendedor/FAX, e a identificação do dígito escolhido como número de encaminhamento para o ramal. Com a opção Relé associada a um Número de encaminhamento é possível ligar /desligar o relé do Módulo Música do HiPath 1120 após o atendimento, através da facilidade Atendedor/FAX, e a identificação do dígito escolhido como número de encaminhamento para esta opção (facilidade ativada/desativada relé - *90/#90 + senha do sistema) (ver Sensor e Relé). Com a opção Administração Remota associada a um Número de encaminhamento é possível inicializá-la após o atendimento, através da facilidade Atendedor/FAX, e a identificação do dígito escolhido como número de encaminhamento para esta opção (ver Guia "Administração Remota").

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-101


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Temporizadores

4.19

Só para a utilização interna

Temporizadores

Na subpasta Temporizadores, é possível redefinir os tempos padrões de algumas facilidades e sinalizações devido às características particulares de usuários ou País. A subpasta Temporizadores contém as guias a seguir: ●

Guia "Geral"

Guia "Ramais"

Guia "Linhas"

4.19.1

Guia "Geral"

Na guia Geral são configurados os seguintes campos: Campo "Linha" Campo "Tempo entre toques" No campo Tempo entre toques, é possível alterar o tempo entre toques da chamada entrante, isto é, o intervalo de tempo entre dois impulsos de chamada da Operadora Local. Após este intervalo, o sistema derruba a conexão com a linha externa e fica pronto a receber novas chamadas.

>

A duração da pausa entre os impulsos de chamada é diferente em alguns países. Neste caso, programa-se o intervalo desejado.

Campo "Carência para reocupação (100ms)" No campo Carência para reocupação, é possível alterar o tempo para reocupação da linha externa, isto é, o intervalo no qual a linha fica bloqueada depois que uma chamada de saída tiver sido encerrada. Campo "Monitoração externa de ambiente (s)" No campo Monitoração externa de ambiente, é possível definir o tempo para que ocorra o corte automático da chamada externa de monitoração, isto é, o intervalo tempo que um usuário poderá acessar o sistema através da facilidade Atendedor/FAX e executar a monitoração de ambiente (babyphone) a partir de um telefone externo. Campo "Permanência na Fila do Atendedor/FAX (s)" No campo Permanência na Fila do Atendedor/FAX, é possível definir o tempo máximo que um chamada externa pode permanecer na Fila.Depois desse tempo, a chamada é desconectada ou é encaminhada para o destino da chamada de transbordo.

4-102

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Temporizadores

Campo "Transferência Externa - Externa" Campo "Tempo para desconexão após transferência" No campo Tempo para desconexão após transferência, é possível definir o tempo para desconexão, em linhas analógicas, de uma chamada externa após ser transferida por um ramal autorizado para um outro destino externo. O tempo para desconexão varia de 20 a 600 segundos, sendo 300 segundos o valor padrão. Campo "Código para tempo de desconexão" No campo Código para tempo de desconexão, é possível definir um código para reiniciar o tempo para desconexão, em linhas analógicas, de uma chamada externa após ser transferida por um ramal autorizado para um outro destino externo. O número máximo de dígitos é de 2 e o código padrão é 00.

>

4.19.2

Após a ligação ter sido transferida e atendida pelo destino, é iniciada uma temporização para a desconexão da chamada (padrão 5 minutos). Antes da desconexão da chamada um tom de aviso será enviado para ambas as partes por 20 segundos. Para continuar a chamada, o destino chamado deve inserir este código (MF - padrão "00") em seu telefone para reiniciar a temporização.

Guia "Ramais"

Na guia Ramais são configurados os Tempos de Reconhecimento de Flash para cada ramal. Nos telefones analógicos MF com tecla Flash (também chamada de tecla de consulta ou tecla de sinalização), é iniciada uma chamada de consulta com esta tecla(por exemplo, para Alternar, Conferência ou apenas Consulta) . Para que o sistema HiPath 1100 possa reconhecer a sinalização desta tecla Flash, o tempo de reconhecimento de Flash deve coincidir com o valor definido pelo fabricante do aparelho telefônico analógico MF. Para informações sobre o tempo de reconhecimento de Flash, consultar a documentação do respectivo aparelho. Coluna"Ramal" A coluna Ramal apresenta todos os ramais disponíveis no sistema. Coluna "Tempo de detecção de Flash" Na coluna Tempo de detecção de Flash, digite o tempo (de 001ms a 250 ms) de detecção de flash máximo que o sistema precisa para identificar um sinal de flash que foi gerado por um telefone interno.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-103


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Informações do PABX

4.19.3

Só para a utilização interna

Guia "Linhas"

Na guia Linhas são configurados os Tempos de Duração de Flash para cada linha externa analógica. O tempo do sinal de flash que o sistema emite para cada linha externa analógica pode ser individualmente definido. A duração de flash depende da respectiva programação de País. Para informações sobre o tempo Flash necessário na linha externa, consultar a Operadora Local. Coluna"Linha externa" A coluna Linha externa apresenta todas as linhas analógicas disponíveis no sistema. Coluna "Tempo de Duração de Flash" Na coluna Tempo de Duração de Flash, selecione o tempo de duração de flash na linha externa que o sistema precisa enviar para a Operadora Local.

4.20

Informações do PABX

Na subpasta Informações do PABX, são apresentadas as configurações do sistema HiPath 1100 acessado no momento pelo HiPath 1100 Manager. A subpasta Ramais contém as quatro guias a seguir: ●

Guia "Informações Gerais

Guia "Layout do PABX"

Guia "Alocação de Slots"

Guia "Configurações de Placas"

4.20.1

Guia "Informações Gerais

Na guia Informações Gerais são apresentadas as seguintes informações: ●

Modelo do PABX;

Release do PABX;

Versão do PABX;

Número específico da versão;

País para o qual está configurado;

Número de ramais presentes;

Número de máximo de ramais;

4-104

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Número de linhas externas presentes;

Número máximo de linhas externas;

Módulos conectados e posições ocupadas nos slots.

Configurações avançadas Informações do PABX

Composição dos sistemas HiPath 1100 Os seguintes sistemas compõem o HiPath 1100: ●

Hipath 1120 ;

Hipath 1150 ;

Hipath 1190

Acessos do HiPath 1100: ●

Linhas externas: Acesso básico S0 digitais (para Módulo S0 ); Acesso primário com sinalização E1 CAS (para Módulo TME1); Acesso primário com sinalização S2 (para Módulo TME1); Acesso ADSL e interface LAN(Módulos ADSL, SLIMC, SADSLIM, LIMC ou ADSLIM); Linha analógica;

Ramais internos: Telefones de Sistema modelos E3030, E821 ST e E 822 ST; Telefones comuns com seleção por impulsos (DEC) ou multifreqüência (MF); Secretária eletrônica; Fax; Porteiro eletrônico/Abertura de porta através do adaptador TFE;

1 sensor e 1 relé: Hipath 1120 - existentes no Módulo Música.

Adaptador V.24 e Adaptador USB possibilitam a programação do sistema utilizando o Programa de administração " HiPath 1100 Manager", utilizar as funções CTI, imprimir informações CDR e relatórios de programação,etc.

Ampliações O sistema HiPath 1100 possui os seguintes módulos de ampliação: ●

EB202: 2 linhas externas analógicas e 2 ramais analógicos.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-105


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Informações do PABX

Só para a utilização interna

EB204: 2 linhas externas analógicas e 4 ramais analógicos.

EB206: 2 linhas externas analógicas e 6 ramais analógicos.

EB210: 2 linhas externas analógicas e 10 ramais analógicos.

EB 200: 2 linhas externas analógicas.

EB 400: 4 linhas externas analógicas.

EB 800: 8 linhas externas analógicas.

EB 010: 10 ramais analógicos.

EB 012: 12 ramais analógicos.

Módulos opcionais ●

Módulo S0 : Permite que seja solicitada a Operadora Local a conversão de sua linha telefônica analógica em uma linha digital com sinalização EDSS1. Esta linha digital através de um acesso básico S0 disponibiliza algumas facilidades de uma rede RDSI.

Módulo TME1: Permite que seja solicitado a Operadora Local a conversão de sua linha telefônica analógica em uma linha digital com acesso E1 CAS ou acesso S2. Esta linha digital através de um acesso primário disponibiliza algumas facilidades de uma rede RDSI.

Módulos de interface LAN: Disponibilizam uma interface de LAN ethernet através de seus conectores RJ45, que propiciam a montagem/acesso de/a uma rede local. Existe ainda a possibilidade do módulo utilizado estar equipado com um modem com a tecnologia ADSL (Asymetric Digital Subscriber Line), onde é possível receber no mesmo par de fios da linha telefônica comum (POTS - Plain telephone system), voz e dados em alta velocidade (podendo-se atingir até 8Mbit/s). ●

No HiPath 1100 V6.0, temos o Módulo ADSL equipado com as funcionalidades modem ADSL e interface LAN agrupadas na mesma placa.

No HiPath 1100 V7.0, temos o módulo LIM (LAN Interface Module) e o modem ADSL como opcional a ser montado sobre esta placa. - HiPath 1120 : Módulo SLIMC e Módulo SADSLIM; - HiPath 1150/1190 : Módulo LIMC e Módulo ADSLIM;

> ●

O modem ADSL utilizado no HiPath 1100 V7.0 é modelo da Siemens SpeedStream 4100 e as suas instruções de configuração podem ser consultas no seu manual que se encontra no CD de instalação.

Módulo Música (H1120) : Possibilita inserir uma melodia para chamadas externas em espera (MOH) através de uma fonte música externa (por exemplo, rádio) conectada diretamente na entrada de música externa do módulo. Também está disponível um relé e um sensor, cujo objetivo é trabalhar em conjunto ou individualmente com outros aparelhos, como por exemplo, porteiro eletrônico, dispositivo de abertura de porta, alarmes, etc.

4-106

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_Advanced.fm Só para a utilização interna

Configurações avançadas Informações do PABX

Módulo CDB 16 (H1190): Possibilita a conexão de até 16 Telefones de Sistema.

4.20.2

Guia "Layout do PABX"

Na guia Layout do PABX é apresentado um desenho esquemático da MB do PABX e dos Módulos conectados. Este layout é dinâmico em relação as informações e desenhos dos tipos de módulos conectados em cada slot. Os desenhos representam uma visão do DG do PABX, com o propósito de mostrar fisicamente o posicionamento dos módulos e a conexão dos ramais e linhas externas no sistema. Também é possível visualizar a numeração dos ramais e linhas externas e o número lógico dos Ports associados a estes números. Para uma melhor visualização do desenho esquemático, estão disponíveis os controles: ●

Mais Zoom - aumenta a área de visualização;

Menos Zoom - diminui a área de visualização;

Ajustar a tela - encaixa o desenho esquemático na tela;

Tela Pan view - passando o cursor do mouse sobre esta tela, e pressionando o botão esquerdo, é possível mover a tela de visualização.

4.20.3

Guia "Alocação de Slots"

Na guia Alocação de Slots é apresenta uma visão dos Slots disponíveis e qual a atribuição de cada um deles. Campo "Posição" No campo Posição, é selecionada a posição do slot que se deseja visualizar. Caixa de verificação "Limpar slot" Com a caixa de verificação Limpar slot selecionada, são removidos todos os ports atribuídos aos slot selecionado. Caixa de verificação "Limpar todos slot" Com a caixa de verificação Limpar todos slot selecionada, são removidos todos os ports atribuidos aos slot.

4.20.4

Guia "Configurações de Placas"

Na guia Configurações de placas é possível configurar os Slots disponíveis e qual o tipo de placa para cada um deles.

HiPath 1100 Manager, Documentação

4-107


4_Advanced.fm

Configurações avançadas Informações do PABX

Só para a utilização interna

Coluna "Posição" Na coluna Posição, é selecionada a posição do slot que se deseja visualizar. Coluna "Placa" Na coluna Placa é seleciona a placa para cada posição. Campo "Opções" No campo Opções é possível configurar os módulos para o sistema, a caixa de verificação de cada módulo estará habilitada de acordo com a capacidade de cada sistema. ●

CD - permite a utilização de mais 16 interfaces no HiPath 1190 ;

MOHE- permite inserir uma melodia para chamadas externas em espera no HiPath 1120;

EVM - permite que sejam usados os serviços de Voice Mail nos sistemas;

UPN - permite a conexão de telefones optipoint 500 no sistema através de 8,4 ou 2 interfaces nos sistemas HiPath 1150/1190 e de 4 ou 2 interfaces no sistema HiPath 1120.

Campo "Portas disponíveis TME1" Na campo Portas disponíveis TME1 é possível definir o número de portas disponíveis no módulo TME1. Nota: Para que este campo esteja habilitado, algum dos slots deve estar configurado com a placa E1.

4-108

HiPath 1100 Manager, Documentação


4_LED_Status.fm Status Monitor

Só para a utilização interna

5

Status Monitor

O Status Monitor é um aplicativo desenvolvido para informar os estados das conexões do PABX . Após sua instalação através do CD fornecido com o sistema, é possível iniciá-lo através de: Iniciar/Programas/Siemens HiPath 1100/StatusMonitor. Quando inicializado no Menu Iniciar Programas é apresentado na Barra de Tarefas no campo Sys Tray o ícone que informa que o Status Monitor está ativo. Visualização dos Indicadores de Estado Pressionando o botão esquerdo do mouse sobre ícone os quatro Indicadores de Estado:

é apresentada uma Janela com

- Indica que existe o sistema HiPath 1100 está ligado/desligado; - Indica que existe uma chamada externa em andamento; - Indica que existe uma mensagem guardada na caixa postal; - Indica que o HiPath 1100 está ligado a um PC remoto (é efetuada Administração Remota ou Atualização de Software); Para minimizar a janela Status Monitor, clique no “X” na margem direita superior desta janela.

HiPath 1100 Manager, Documentação

5-1


4_LED_Status.fm

Status Monitor

Só para a utilização interna

Visualização do Menu Sys Tray Pressionando o botão direito do mouse sobre ícone nitor:

é apresentado o Menu do Status Mo-

Item

Descrição

Status Monitor

Habilita/desabilita a visualização da Janela dos Indicadores de Estado.

Conectar

Conecta/desconecta o Status Monitor.

Configuração

Abre a Janela de configuração para: Idioma - selecione o idioma desejado; Configuração do CommServer - entre com o "Endereço" e "Porta" utilizados.

Ajuda

Habilita a "Ajuda" para o aplicativo.

Sobre o Status Monitor...

Indica as informações a respeito do aplicativo Status Monitor.

Sair

Sai do aplicativo.

5-2

HiPath 1100 Manager, Documentação


Só para a utilização interna

6

5_CommServer.fm CommServer

CommServer O CommServer é o aplicativo responsável por realizar a interface com o HiPath 1100. Assim todos os aplicativos que precisem se conectar ao HiPath 1100 primeiro se comunicam com o CommServer.

>

Caso esteja instalado um dos módulos de interface LAN (módulos SLIMC, SADSLIM, LIMC ou ADSLIM) no HiPath 1100 V7.0, não será necessário utilizar o CommServer instalado na sua máquina, pois estes módulos já possuem um CommServer incorporado denominado de eCommServer. Assim é possivel um acesso autorizado via LAN ao PABX de um aplicativo externo, como por exemplo, os que utilizem a plataforma SNMP. A configuração do endereço IP e Port do módulo de interface LAN é feita no HiPath 1100 Manager, no menu Ferramentas/Configuração do CommServer. Padrões: – Porta:3100 – IP padrão do módulo: 192.168.254.253;

Para acessar o CommServer instalado em seu PC temos as seguintes opções: ●

Através do Menu Iniciar do Windows podemos ativar o CommServer: Iniciar/Programas/Siemens HiPath 1100/CommServer.

Através da Barra de Menu do HiPath 1100 Manager podemos configurar o CommServer : Ferramentas/Configuração CommServer

Através da Barra de Tarefas no campo Sys Tray podemos configurar as propriedades do CommServer : ●

O ícone

informa que o CommServer está ativo e conectado ao HiPath 1100.

O ícone

informa que o CommServer está ativo e desconectado do HiPath 1100.

O ícone 1100.

informa que o CommServer está desativo e desconectado do HiPath

O ícone

informa que o CommServer está tentando se conectar ao HiPath 1100.

O ícone informa que o CommServer está aguardando uma chamada do HiPath 1100 para iniciar o Modo de Servidor ou para o Software Update.

Na pasta Menu SysTray , pode-se fazer as configurações do Menu do CommServer: ●

Menu SysTray

HiPath 1100 Manager, Documentação

6-1


5_CommServer.fm

CommServer Menu SysTray

6.1

Só para a utilização interna

Menu SysTray

Pressionando o botão direito do mouse sobre ícone ver:

é apresentado o Menu do CommSer-

Item

Descrição

Propriedades

Abre a Janela de configuração das propriedades do CommServer.

Sobre o CommServer ...

Indica as informações a respeito do aplicativo CommServer.

Sair

Sai do aplicativo.

Na pasta Propriedades, pode-se fazer as configurações do Menu SysTray ●

Propriedades

6.1.1

Propriedades

As propriedades do CommServer podem ser acessadas através do Menu Sys Tray ou com duplo “clic” no botão esquerdo do mouse sobre ícone : Campo "Configuração do Idioma" No campo Idioma, selecione o idioma desejado para o CommServer. Campo "Configuração do CommServer" A opção Configuração do CommServer, abre uma janela onde pode ser configurado ou verificado onde o CommServer está instalado: ●

A Porta de comunicação TCP/IP onde o HiPath 1100 Manager irá se conectar ao CommServer para realizar as operações no PABX. O endereço válido é 3100.

O Endereço IP do local onde esta instalado o aplicativo CommServer.

Os dados inseridos neste campo deverão ser os mesmos a serem configurados no HiPath 1100 Manager, no menu Ferramentas/Configuração CommServer.

6-2

HiPath 1100 Manager, Documentação


5_CommServer.fm Só para a utilização interna

CommServer Menu SysTray

Campo "Tipo de Conexão" Na opção Tipo de Conexão, é selecionada como o HiPath 1100 Manager irá acessar o PABX. ●

Conexão USB É realizada uma conexão via a interface USB (PC →Sistema).

Conexão USB Optipoint É realizada uma conexão via Optipoint (PC →Optipoint →Sistema).

Conexão via Modem analógico externo A conexão entre o PC (Modem analógico) →Sistema (Modem analógico) será feita através de um modem analógico externo. Para isto é necessário configurar alguns parâmetros: ●

Configurações Gerais:

Caixa de verificação "Ativar modo servidor": É habilitada a ligação para o servidor de atualização externo por meio do MSN de serviço registrado no campo "N° telefone".

Caixa de verificação "Detecte Porta padrão": O Sistema detecta automaticamente a porta onde o Modem esta conectado ou o usuário pode selecionar a porta na qual conectou o Modem.

Configurações Avançadas:

Nestes campos são inseridas as configurações do Modem utilizado. Estas informações podem ser obtidas no manual do próprio Modem ou utilizar os valores padrões. –

Caso utilize o modem Trendnet V.92 56K - TFM-560X ou D-Link V.90 56K - DFM - 560EL é necessário utilizar o Cabo adaptador para modem analógico (ver no Manual de Serviço - Cabo adaptador para modem analógico) e fazer a configuração/verificação do código de inicialização e reinicialização do modem conectado a central via HiPath 1100 Manager.

Caso o modem seja interligado no PC (modem remoto), o cabo do modem deve ser utilizado e a configuração do código de inicialização e reinicialização deve ser feita via CommServer.

Campo "Controle do modem" Campo "Reinicializar" No campo Reinicializar são mostrados os valores padrões do sistema: ●

US-ROBOTICS é : ATZH0

TrendNet é: ATZH0

D-LINK é: +++,,,ATHATZH0

HiPath 1100 Manager, Documentação

6-3


5_CommServer.fm

CommServer Menu SysTray

Só para a utilização interna

Campo "Inicialização" No campo Inicialização, o valor padrão para o modem:

US-ROBOTICS é : AT&F0&B1F1S0=0

TrendNet é: AT&F0&B1F1&D0S0=0.

D-LINK é: AT&F0&D0S0=0

Conexão RDSI S0 A conexão entre o PC (placa RDSI) →Sistema (Módulo S0) será feita através de um modem RDSI.

Caixa de verificação "Ativar modo servidor": É habilitada a ligação para o servidor de atualização externo por meio do MSN de serviço registrado no campo "Tel n°".

O campo "MSN próprio": É identificado o MSN da porta na qual a placa RDSI do PC está conectada.

Conexão ADSL A conexão entre o PC →Sistema (módulo de interface LAN) será feita através de uma rede LAN. –

Caixa de verificação "Adquira automaticamente o n° do IP": O Sistema pode detectar automaticamente ou não o endereço IP do Módulo de Interface LAN.

O campo "Port": Identifica o porta padrão do Módulo de Interface LAN (Port 9366).

>

Para o HiPath 1100 V 6.0 caso esteja instalado um dos módulos de interface LAN (módulos SLIMC, SADSLIM, LIMC ou ADSLIM) será necessário utilizar o IP padrão do módulo (192.168.254.253) ou o IP configurado no SW de administração dos novos módulos denominado Siemens Admin Console (ver Manual de Serviço - Aplicativos do HiPath 1100) Para o HiPath 1100 V 7.0 caso esteja instalado um dos módulos de interface LAN (módulos SLIMC, SADSLIM, LIMC ou ADSLIM) esta opção estará desabilitada e a conexão deve ser efetuada através do eCommServer do módulo.

Conexão Serial A conexão entre o PC →Sistema será feita através da interface Serial. –

6-4

O campo "Port": Indica para o Sistema a porta onde a Interface Serial esta conectada.

HiPath 1100 Manager, Documentação


5_CommServer.fm Só para a utilização interna

CommServer Menu SysTray

O campo "Baud rate": Define a velocidade de troca de dados durante a conexão.

Campo "Configuração Avançada" A opção Configuração Avançada, define a Porta de comunicação TCP/IP onde o HiPath 1100 Manager irá se conectar ao CommServer para realizar as operações no PABX. O endereço válido é de 3100. Campo “Coletar Log de aplicações” A opção Coletar Log de aplicações, pemite salvar informações das aplicações do PABX/ PC em determinado diretório e enviá-las através de um e-mail. O processo para realizar esta tarefa tem a seguinte ordem: 1.

Selecionar o botão Iniciar/Parar Log;

2.

O usuário deve reproduzir o problema no sistema;

3.

Selecionar o botão Iniciar/Parar Log;

4.

Selecionar o botão Enviar/Salvar informações atuais (depende da configuração;

Campo “Aplicações” No campo Aplicações é permitido escolher de quais aplicações se deve obter informações. As aplicações disponíveis são: ●

CommServer Serviço;

CommServer GUI;

Manager;

Software Update;

Telephone Texts Translator.

Campo “Configurações” No campo Configurações é selecionado se as informações das aplicações devem ser salvas ou enviadas via e-mail. Caixa de verificação “Enviar e-mail” Com a caixa de verificação Enviar e-mail selecionada é possível enviar via e-mail um arquivo com as informações do PABX/PC. Ao selecionar a opção Enviar e-mail todas as informações coletadas serão comprimidas em um arquivo e anexadas a um e-mail. No corpo de texto existirá uma mensagem informando que o usuário está enviando suas infomações. HiPath 1100 Manager, Documentação

6-5


5_CommServer.fm

CommServer Menu SysTray

Só para a utilização interna

Caixa de verificação “Salvar em um diretório” Com a caixa de verificação Salvar em um diretório selecionada é possível salvar o arquivo com as informações em um diretório específico. Ao selecionar a opção Salvar em um diretório todas as informações coletadas serão comprimidas em um arquivo e salvas no diretório selecionado. O diretório padrão é o temporário. Após salvar o arquivo, uma caixa de mensagem irá avisar que todas as informações foram salvas. Botão “Iniciar/Parar Log” O botão Iniciar/Parar Log inicia ou para o processo para gerar o arquivo com as informações do PABX/PC. Inicialmente o botão aparece como Iniciar Log, ao pressionar o botão ele será substituído pelo botão Parar Log. O campo Aplicações e os botões Enviar/Salvar informações atuais serão desabilitados. Botão “Enviar/Salvar informações atuais” O botão Enviar/Salvar informações atuais envia ou salva o arquivo de informações do PABX/PC gerado. A opção de enviar ou salvar as informações depende da configuração do campo Configurações, que define o destino dos arquivos.

6-6

HiPath 1100 Manager, Documentação


Só para a utilização interna

7

5_SWUpdate.fm Software Update

Software Update

O Software Update é o aplicativo responsável pela atualização de software dos sistemas HiPath 1100. Para iniciar o Software Update existem duas opções: ●

Através do Menu Iniciar do Windows: Iniciar/Programas/Siemens HiPath 1100/Software Update.

Através da Barra de Menu do HiPath 1100 Manager: Ferramentas/Atualização de Software

O aplicativo permite que passo a passo sejam fornecidas as informações necessárias para efetuar o processo de atualização. Através do botão "Próximo" avança-se na configuração, enquanto que o botão "Voltar" permite redefinir informações de passos anteriores. A atualização de software é efetuada em dois passos: 1.

Transferência de dados do software do sistema para o HiPath 1100 os ramais funcionam durante este período

2.

Carregar o software do sistema na memória os telefones não funcionam durante este período (aproximadamente 3 minutos).

Configuração do Idioma No campo Idioma, selecione o idioma desejado para o Software Update. Configuração do CommServer A opção Configuração do CommServer abre uma janela onde pode ser configurado ou verificado onde o CommServer está instalado.

HiPath 1100 Manager, Documentação

7-1


5_SWUpdate.fm

Software Update

Só para a utilização interna

Configurações da base de dados A opção Configurações da base de dados, abre uma janela onde é possível definir se desejamos fazer uma importação dos dados contidos no PABX antes de efetuar a atualização do software, caso a base de dados do sistema acessado seja diferente da nova base de dados a ser carregada. Isto é importante, pois a atualização pode efetuar a carga da base de dados padrão da central, ocasionando a perda da configuração anteriormente existente. No caso em que a base de dados existente no sistema e a nova base de dados a ser carregada possuam diferenças identificados pelo Software Update, existem as seguintes opções: ●

Manter a base de dados (Modo Manual) Quando esta opção estiver selecionada, ao se clicar no botão "Próximo" no Software Update, inicia-se a importação da configuração da central. Entretanto, antes de clicar no botão, é necessário definir qual pasta de configuração receberá os dados importados. Isto é definido no campo "Caminho da base de dados".

Manter a base de dados (Modo Automático) Quando esta opção estiver selecionada, abrem-se duas novas opções para importar a base de dados da Central: ●

Salve a imagem . bup

Os dados contidos na Central são salvos automaticamente no endereço indicado no campo "Diretório .bup". Caso ocorra algum erro é possível refazer a importação clicando novamente no botão "Próximo"; ●

Não mantenha a base de dados Quando esta opção estiver selecionada, a base de dados do sistema não será salva.

Antes da importação dos dados do PABX é possível inserir as informações referentes a esta base de dados em uma janela de identificação que será aberta. Configuração do MOH Permite salvar o MOH do PABX antes de efetuar o software update. Após a atualização dos dados o sistema faz automaticamente a restauração do MOH salvo. ●

Salvar MOH (Modo Manual);

Não salvar MOH.

Configuração do EVM Permite salvar o EVM antes de efetuar o software update. Após a atualização dos dados o sistema faz automaticamente a restauração do EVM salvo.

7-2

HiPath 1100 Manager, Documentação


5_SWUpdate.fm Só para a utilização interna

Salvar EVM (Modo Manual);

Não salvar EVM.

Software Update

Configurações para download de Versões APS A opção Configurações para download de versões APS, abre uma janela onde é possível para o Usuário configurar o download das mais novas versões APS disponíveis na Home page da Siemens. ●

Sempre verifique novas versões APS Sempre que o Usuário utilizar o Software Update, uma janela Pop-up perguntará se deseja verificar se não existe uma versão mais atual, utilizando a conexão de Internet.

Pergunte se Eu desejo verificar novas versões APS Sempre que o Usuário utilizar o Software Update, será verificado se não existe uma versão mais atual, utilizando a conexão de Internet.

Nunca verifique novas versões APS Novas versões APS não serão verificas via internet.

Verifique primeiro novas versões APS em: ●

Na Home Page Siemens: o usuário acessa a Home Page Siemens onde estão armazenadas as versões APS.

No diretório de versões APS: o usuário determina o diretório onde serão armazenadas as versões APS.

Configuração padrão Retorna as configurações de fábrica.

Atualização Local A opção Atualização local implica em se ter disponível o Software Update no PC ligado ao HiPath 1100. A atualização é efetuada através do PC local. Na atualização de software local não é necessário efetuar definições no HiPath 1100 Manager. Requisito ●

O novo pacote de software (Update do software do sistema PABX) deve estar disponível no PC onde foi instalado o Software Update (por exemplo, no CD ou carregado da Internet).

Para a configuração padrão verificar as seguintes informações no aplicativo CommServer no campo "Tipo de Conexão":

HiPath 1100 Manager, Documentação

7-3


5_SWUpdate.fm

Software Update

Só para a utilização interna

Na Conexão USB PC →Sistema

Tipo de Ligação: USB

Na Conexão RDSI S0 PC (placa RDSI) →Sistema (Módulo S0)

Tipo de Ligação: RDSI - N.º tel: 800 (padrão) - MSN próprio: ---

Na Conexão ADSL PC →rede LAN →Sistema (Módulo de interface LAN)

Tipo de Ligação: Rede IP n.º : localhost Port: 9366

Na Conexão Serial PC →Sistema

Tipo de Ligação: Serial Port: COM 1 Baud Rate: 115200

Execução 1.

Após a verificação das configurações na janela inicial selecione o botão "Próximo" para avançar na configuração;

2.

Na tela seguinte, é solicitado o caminho do diretório onde está o arquivo *.B86 com a atualização de software (por exemplo, diretório onde foi guardada a atualização de software transferida da Internet). Aqui, estão disponíveis as seguintes variantes de atualização:

Atualizar o software do HiPath 1100

ou ●

Atualizar Música em espera (interno - fixo) do HiPath 1100

3.

No terceiro passo, é necessário introduzir a senha de programação. No estado predefinido (caixa de verificação Imediato ativada), o software do sistema é transferido para a memória do sistema imediatamente após a transferência dos dados. Para efetuar a transferência mais tarde, (caixa de verificação Imediato desativada) determine a hora e a data para esta ação (comutação do sistema).

4.

Finalmente, a transferência dos dados é iniciada pelo utilizador. O processo de transferência é indicado através de uma barra de andamento. Após o êxito da transferência (aproximadamente 3 minutos), o software do sistema transferido é preparado na memória do sistema para ser carregado.

5.

Fechar a janela de instalação com Terminar.

7

7-4

Depois de transferido o software a central verifica se foi programada alguma hora especifica para carregar o software, senão, a central pára e o software começa a ser descompactado durante esse processo a central fica inoperante (menos de 1 minuto).

HiPath 1100 Manager, Documentação


5_SWUpdate.fm Só para a utilização interna

Software Update

Ao iniciar o HiPath 1100 Manager, através do menu Arquivo e seleção da função Informação de PABX, pode verificar o estado atual da Versão do HiPath 1100 (software do sistema). Atualização automática de software a partir de um servidor de atualização externa O Software Update está disponível num servidor de atualização funcionando no Modo de servidor (configurado no CommServer). A atualização é ativada pelo respectivo sistema HiPath 1100.

7

Uma atualização automática de software está prevista apenas para versões de correção. As atualizações com uma nova versão de software (por exemplo, com funções avançadas) serão possíveis apenas através do Software Update ou de uma Administração Remota!

Há duas possibilidades para iniciar uma atualização automática de software a partir de um Servidor de atualização externo através do HiPath 1100: ●

Para ativar a atualização automática de software programada através do HiPath 1100 Manager, ver Guia "Atualização de Software" .

Autorizou a administração remota através da posição do ramal programador (ramal 11) com código de facilidade *992

Ativação imediata da atualização automática de software, através da posição do ramal programador (ramal 11) com código de facilidade *9415. Após a introdução do código de facilidade *9415, é estabelecida a ligação para o servidor de atualização externo por meio do MSN de serviço registrado na Guia "Atualização de Software" e, efetuada a atualização automática do software.

Requisito ●

Recebeu um MSN de serviço, que deve ser discado na inicialização da atualização automática de software do seu HiPath 1100.

O MSN de serviço foi configurado no campo Número Externo (sem código externo "0") no Guia "Atualização de Software" do HiPath 1100 Manager.

Para a atualização automática de software controlada segundo a data, os valores (datas) no Guia "Atualização de Software" foram definidos para a transferência de dados e o armazenamento na memória.

HiPath 1100 Manager, Documentação

7-5


Só para a utilização interna

8

6_MusicOnHold.fm MOH Transfer Interface de Usuário

MOH Transfer

O MOH Transfer é um aplicativo desenvolvido para converter um arquivo MIDI ou um arquivo WAVE para o um formato reconhecido pelo HiPath 1100 e transmiti-lo para o sistema. Deste modo o PABX poderá possuir mais melodias para a facilidade Música em Espera (Music on hold MOH) interna. Como a maioria dos arquivos MIDI possui uma grande variedade de canais que, por sua vez, contêm diversos comprimentos de notas, alturas de som e efeitos, apenas arquivos MIDI uníssonos devem ser utilizados para a conversão para o formato do HiPath 1100. Após sua instalação através do CD fornecido com o sistema, é possível iniciá-lo através de: Iniciar/Programas/Siemens HiPath 1100/MOH Transfer. Na pasta Interface do Usuário, pode-se configurar a Barra de Menus: ●

Interface de Usuário

8.1

Interface de Usuário

Barra de Menus Menu "Arquivo" Opção

Descrição

Comandos

Abrir

Abre o arquivo MIDI ou WAVE do diretório selecionado.

Ctrl+O

Transferir música Transfere o canal do arquivo MIDI ou WAVE convertido para o Ctrl + T para o PABX PABX. (necessita a senha do sistema) Programar melo- Programa a melodia padrão do MOH. dia padrão para (necessita a senha do sistema) Música em espera

Ctrl + M

Programar Programa a melodia Wave padrão do MOH. WAVE padrão (necessita a senha do sistema) para Música em espera

Ctrl + P

Arquivos recentes

Apresenta os últimos arquivos utilizados

Sair

Sai do aplicativo.

HiPath 1100 Manager, Documentação

8-1


6_MusicOnHold.fm

MOH Transfer Interface de Usuário

Só para a utilização interna

Menu "Reproduzir" Posição

Descrição

Reproduzir música original

Reproduz o arquivo no formato original.

Reproduzir como o HiPath 1000

Reproduz o arquivo já convertido para o formato do HiPath 1100.

Parar

Para a reprodução do arquivo.

Menu "Ferramentas" Posição

Descrição

Comandos

Configurações

Abre a caixa de definições do CommServer.

Ctrl + S

Nível de áudio

Abre a caixa de controle de volume (Apenas para arquivos WAVE).

Volume

Idioma

Possibilita a mudança do idioma do MOH Transfer.

Idioma

Posição

Descrição

Comandos

Tópicos da Ajuda

Inicia a função de ajuda do programa.

F1

Sobre o MOH Transfer...

Indica as informações a respeito do aplicativo MOH Transfer.

Menu "Ajuda"

HiPath 1100 Manager, Documentação

8-2


6_MusicOnHold.fm

MOH Transfer Interface de Usuário

Só para a utilização interna

Barra de Ferramentas A Barra de ferramentas contém ícones de atalho para as principais funções do menu: - Abrir (do Menu "Arquivo");

- Reproduzir música original (do Menu "Reproduzir");

- Transferir música para o HiPath 1100 (do Menu "Arquivo");

- Reproduzir como o HiPath 1100 (do Menu "Reproduzir");

- Parar (do Menu "Reproduzir"); Campo "Canal" O campo Canal apresenta os canais ativos de um arquivo MIDI aberto com a opção Abrir, e que podem ter o resultado da conversão transmitido para o sistema HiPath 1100 com a opção Transferir música para o HiPath 1100. Nota: É recomendado ouvir o resultado da conversão antes da transmissão, através das respectivas opções Reproduzir como o HiPath 1100/Parar. O assistente de transmissão MIDI converte o arquivo MIDI para o formato HiPath 1100, que está limitado a 1 MB. Se a conversão resultar num arquivo > 1 MB, é indicada uma janela de diálogo com o aviso correspondente. Nesse caso, pode cancelar o processo ou aceitar uma redução do arquivo. Após a transmissão, os dados de áudio são atualizados automaticamente. Durante a atualização, a música em espera não está disponível. As ligações em espera não ouvem nenhum sinal durante este tempo (silêncio).

7

8-3

No sistema HiPath 1100, pode ser carregado apenas um arquivo de áudio, ou seja, ao transferir um arquivo MIDI ou WAVE convertido, serão substituídos os dados de áudio existentes no sistema HiPath 1100 até o momento. O tamanho do arquivo de áudio convertido não pode passar de 1MB. Na transmissão de conteúdos de áudio para música em espera, devem ser respeitadas as regulamentações de direitos autorais de seu País.

HiPath 1100 Manager, Documentação


7_Other.fm Diversos Lista de Códigos de Facilidades

Só para a utilização interna

9

Diversos

Estão disponíveis as seguintes opções: ●

Lista de Códigos de Facilidades

Plano de numeração

Administração Remota

9.1

Lista de Códigos de Facilidades A tabela seguinte mostra, quais facilidades podem ser controladas por códigos (seqüência numérica). O código de facilidade definido nesta tabela pode ser adequado pelo Usuário no Guia "Códigos de Facilidades", na coluna Valor Atual. Na inicialização do sistema estão ativados por predefinição os seguintes códigos de facilidades:

Símbolos

ll, r, p...

w n/t s Menu serviço

Explicação Digitar os números, teclas, senha, número interno ou externo, etc Sinalização com um breve tom (Bip) Retirar/Colocar o monofone do gancho Iniciar a conversação Menu de Serviço Tecla programável acesa Tecla programável apagada Tecla programável intermitente

< >e :

Teclas de navegação

HiPath 1100 Manager, Documentação

9-1


7_Other.fm

Diversos Lista de Códigos de Facilidades

Só para a utilização interna

As facilidades podem ser selecionadas utilizando-se: 1.) Menu principal através das teclas de navegação; 2.) Tecla Feature e depois navegando na lista de opções de facilidades; 3.) Tecla Feature e o respectivo código de facilidade; 4.) Tecla Programável. Facilidade

Código

Funções do telefone de sistema Acesso à caixa postal

Caixa Postal

Consulta de tarifação

qji

tecla programada com WMI

p

Desvio

Desvio

Desvio Desativação

Desvio

Estacionamento

Estacionamento

d a m posição

Estacionamento Retomando chamada

Estacionamento

d a m posição

Lista de chamadas

r lf

Programando tecla para uma função

q me

Rediscagem

lista <

>e :

Escolher uma tecla

facilidade a ser programada e :

<>

Rediscagem

Atende/encerra viva-voz Alto falante

Alto-falante

Ativa/desativa alta-voz

s Verificação do estado do Relé

9-2

Alto falante

qmheh

HiPath 1100 Manager, Documentação


7_Other.fm

Diversos Lista de Códigos de Facilidades

Só para a utilização interna

Facilidade

Código

Ocupação de linha externa Chamada externa

dp

Chamada externa através de grupo de linhas externas

lmd.lmm p externo

Ocupação de linha externa específica

lde.lhi p

Acesso à Internet Ativação

qhmg p linha externa

Acesso à Internet Desativação

rhmg p linha externa 1º) Aguardar w

externo

t O telefone toca n

p externo s Reserva de linha externa Ocupada

ou 2º)

qil t

Menu Servico

O telefone toca n

p externo s

Funções usadas na realização de chamadas Agenda do sistema

qk + ddd . fhm

Agenda individual

qk + qd.qh

Agenda individual Programação Atendimento automático em viva-voz Ativação

HiPath 1100 Manager, Documentação

qmf + qd.qh p número

SALVAR?

ALTERAR?

:

:

aguardar w

qmj aguardar w

9-3


7_Other.fm

Diversos Lista de Códigos de Facilidades

Só para a utilização interna

Facilidade

Código

Atendimento automático em viva-voz Desativação

rmj aguardar w

Chamada com comunicação direta

qld p ramal com telefone de sistema aguardar w

s pronunciar a mensagem

Chamada interna

p ramal

Chamar grupo de chamada (CG)

kkd.kkm

Chamar grupos de busca (HG)

kld.klm

Chamar grupo de chamada UCD

kmd.kmm 1º) n

Chamada urgente Ramal ocupado

p

(ocupado) Aguardar w s

p

(ocupado)

ou 2º) n

Menu Servico

qil s Hotline (Caso programado)

ns

Warmline (Caso programado)

n Aguardar s

Intercalação No ramal ocupado

p ramal ocupado

LCR Bypass

qhi + p Operadora + número s

Visualizar tempo limite

rji

Monitoração silenciosa (No ramal ocupado)

qmhh p ramal ocupado s

9-4

Menu Servico

qjf s

HiPath 1100 Manager, Documentação


7_Other.fm

Diversos Lista de Códigos de Facilidades

Só para a utilização interna

Facilidade

Código 1º) p não atende ALTERAR?

Rechamada Ativação (Ramal não atende ou ocupado)

qil w

ou

Aguardar. O telefone toca n s

ou 2º) Aguardar w t Aguardar. O telefone toca n

Rechamada Desativação

ril

Operadora

m

Chamada através de um MSN temporário

:

s

qhe p Posição MSN ou Número MSN p linha externa p número externo

Funções usadas durante a chamada Código de custo Conferência Consulta (Para encerrar a Consulta, aguarde desligar) Estacionamento

qjd p código de custo r p número

s

Consulta

s

Menu Servico

s

Consulta

s

Menu Servico

p número qg s p s

qij + d.m

Recuperação de chamada estacionada

rij + d.m s

Estacionamento Geral

s

Recuperação de chamada externa estacionada

HiPath 1100 Manager, Documentação

Est. Geral

qjg + p linha

t s 9-5


7_Other.fm

Diversos Lista de Códigos de Facilidades

Só para a utilização interna

Facilidade

Código

Pêndulo (Utilizar após Consulta, para atendi mento de Segunda Chamada ou Chamada Urgente)

s

Pós-discagem Recuperação de uma chamada em espera

qf s

Menu Servico

s p dados s Menu Servico

(caso ocupado ou não atende)

Transferência (Quando uma linha externa analógi- Interna: ca programada com “Inversão de Polaridade”ou uma linha externa s p ramal t digital estiver sendo utilizada, é necessário aguardar o atendimento para a transferência. Caso contrário Externa: não é necessário esperar o atendi s < > TRANSFERENCIA? mento para a transferência sem consulta)

qd

: p número (s)

Funções usadas no recebimento de chamadas Acesso à caixa postal

p

Grupo de Correio de Voz

qii

Menu Servico

ou Atendimento de chamada em espera

s

qf s

Menu Servico

ou ATD.C.ESP ?

Captura em grupo

qik ou

CH P/ GRP ATEND?

Captura individual

: :

qim p ramal

Desvio em linha analógica:

9-6

HiPath 1100 Manager, Documentação


7_Other.fm

Diversos Lista de Códigos de Facilidades

Só para a utilização interna

Facilidade

Código

Desvio para número externo

qee p externo :

Desvio interno

qee p ramal, Grupo de Correio de Voz, Grupo de Chamada ou Atendedor/FAX :

Desvio Desativação

ree

Desvio em caso de não atendimento ou ocupado Ativação

qeh p ramal, Grupo de Correio de Voz, Grupo de Chamada ou linha externa :

Desvio em caso de não atendimento ou ocupado Desativação

reh

Não perturbe Ativação

qmk

Não perturbe Desativação

rmk

EVM: Consulta no próprio ramal

kmd

Grupo VM

p senha

Consulta à partir de outro ramal

kmd

Grupo VM

p senha p ramal s

Consulta à partir de um ramal externo

s p seu número externo + q p senha p ramal Funções diversas Menu Servico

qje

Porteiro eletrônico Abertura de porta

ou

Alarme geral Desativação

rmheh p senha

HiPath 1100 Manager, Documentação

Menu Servico

qje p ramal

9-7


7_Other.fm

Diversos Lista de Códigos de Facilidades

Facilidade

Mudança de senha de cadeado

Só para a utilização interna

Código

qmg p senha atual p nova senha p confirmar nova senha w

Cadeado Ativação

qjj p senha

Cadeado Desativação

rjj p senha

Sinalização de ocupado quando o ramal esta ocupado Ativação

qmhee :

Sinalização de ocupado quando o ramal esta ocupado Desativação

rmhee

Programação do sistema Ativação

qmi p senha p códigos

Desativação de facilidades (Desvios, Não perturbe, Proteção de dados, Despertador, Rechamada e Atendimento em viva-voz)

rd

Configuração do Idioma/País

qmhef p código do país

Logon no grupo chamada (CG) e Grupos de busca (HG)

qli p grupo (caso pertença a mais de um)

Logoff no grupo chamada (CG) e Grupos de busca (HG)

rli p grupo (caso pertença a mais de um)

Monitoração de ambiente (Babyphone)

qll

Música em espera Ativação

qmhed

Música em espera Desativação

rmhed

9-8

música

HiPath 1100 Manager, Documentação


7_Other.fm

Diversos Lista de Códigos de Facilidades

Só para a utilização interna

Facilidade

Código

Programação remota HiPath 1100 Manager

qmmf 1º) O ramal programador está em conversação com o Programador remoto:

qmme w t Programação remota Através de um telefone MF

Programador remoto deve fornecer: p senha p códigos de programação ou 2º) Programador remoto disca para o sistema e é atendido através da facilidade Atendedor/FAX: qmi psenha p códigos de programação

Proteção de dados Ativação

qhmd

Proteção de dados Desativação

rhmd

Relé Ativação (Apenas para HiPath 1120)

qmd

Relé Desativação (Apenas para HiPath 1120)

rmd

Serviço noturno Ativação

qhh p senha

Serviço noturno Desativação

rhh p senha

Tom de chamada em espera Ativação

n rlk w t

Tom de chamada em espera Desativação

n qlk w t

HiPath 1100 Manager, Documentação

9-9


7_Other.fm

Diversos Lista de Códigos de Facilidades

Só para a utilização interna

Facilidade

Código

Transferir classe de serviço (COS)

qidl p ramal p senha

PABX Trace log Inicia

qekk

PABX Trace log Para

rekk

PABX Trace log estendido Habilita

qekl

PABX Trace log estendido Desabilita

rekl Despertador

Despertador (Diário)

qhje p hora (por exemplo, 1230):

Despertador (Diário, exceto fim de semana)

qhjf p hora (por exemplo, 1230):

Despertador (Após tempo determinado)

qhjg p hora (por exemplo, 1230) :

Despertador (Em data e horário definido)

qhjh p data/hora (por exemplo, 24121830):

Despertador Desativação

rhj : Funções de Grupo de chamada UCD

Agente disponível

qhdf

Agente indisponível

rhdf

Chamar grupo de chamada UCD

kmd.kmm

Logon no grupo de chamada UCD

qhde pgrupo

9-10

(Caso pertença a mais de um )

HiPath 1100 Manager, Documentação


7_Other.fm

Diversos Lista de Códigos de Facilidades

Só para a utilização interna

Facilidade

Código

Logoff no grupo de chamada UCD

rhde

Agente UCD em serviço

qhdg

Agente UCD fora de serviço

rhdg

Mostrar o tamanho da fila para agente UCD

qhdi Sub PABX

Flash na linha externa analógica Operação como Sub-PABX

Menu Servico

qie

lmd.lmm p número da linha

Funções exclusivas de linhas RDSI Desvio imediato para MSN Ativação

qjhe p externo w p MSN

Desvio imediato para MSN Desativação

rjhe w

Desvio em caso de não atendimento para MSN Ativação

qjhf p externo w p MSN

Desvio em caso de não atendimento para MSN Desativação

rjhf w

Desvio em caso de ocupado para MSN Ativação

qjhg p externo w p MSN

Desvio em caso de ocupado para MSN Desativação

rjhg w

Identificação de chamadas anônimas (Trace) HiPath 1100 Manager, Documentação

Menu Servico

qlh 9-11


7_Other.fm

Diversos Lista de Códigos de Facilidades

Só para a utilização interna

Facilidade

Código

Restrição de envio de MSN Ativação

qlj

Restrição de envio de MSN Desativação

rlj

Utilização das facilidades da operadora na rede RDSI

qidg p externo p código RDSI

7

9-12

Nota: ●

Para a Coréia o plano de numeração sofre as seguintes alterações: a) O acesso ao grupo de linhas externas será feito pelo dígito "9" ao invés de "0"; b) A chamada ao terminal de operadora será feito pelo dígito "0" ao invés de "9"; c) A captura em grupo será feita pela seqüência "*0" ao invés de "*57"; d) A recuperação de uma chamada estacionada será feita pela seqüência "*57" ao invés de "*0";

Os códigos das facilidades podem ser alterados através do HiPath 1100 Manager. Neste caso um especialista deve ser consultado.

HiPath 1100 Manager, Documentação


7_Other.fm

Diversos Plano de numeração

Só para a utilização interna

9.2

Plano de numeração A tabela seguinte mostra a atribuição de números na configuração padrão do sistema HiPath 1100. Descrição

HiPath 1120

HiPath 1150

HiPath 1190

Linha externa

801 a 808

801 a 832

801 a 845

Ramal, incluindo S0

11 a 30

11 a 60 610 a 645

101 a 240

Grupo de linhas externas

0, 890 a 899

Grupo de chamada CG

770 a 779

Grupo de chamada HG

780 a 789

Grupo de chamada UCD

790 a 799

Operadora

9

EVM - Número interno padrão

790

EVM - Portas de anúncio

7491 e 7492

EVM - Portas virtuais

744 a 747

Atendedor/FAX - Portas virtuais de anúncio

740 a 743

Linha para USB - CAPI Substituto da tecla * e #

9.3

10

100

75 e 76 (respectivamente)

Administração Remota

A administração remota permite que uma central HiPath 1100 possa ser configurada por um técnico em um PC remoto (Suporte Técnico), ela é efetuada com o auxílio do HiPath 1100 Manager, que está ligado ao sistema através de linhas digitais ou linhas analógicas com conexão de um Modem Analógico. Há dois tipos de administração remota: ●

Administração Remota solicitada pelo usuário para um Suporte Técnico (Server Mode);

Administração remota iniciada diretamente pelo Suporte Técnico.

9.3.1

Administração Remota solicitada pelo usuário para um Suporte Técnico (Server Mode)

Neste tipo de Administração Remota, a configuração do sistema HiPath 1100 poderá ser efetuada por um técnico do Suporte quando um usuário solicitar.

HiPath 1100 Manager, Documentação

9-13


7_Other.fm

Diversos Administração Remota

Só para a utilização interna

Requisito ●

O HiPath 1100 Manager deve ser conectado localmente com o HiPath 1100

Abrir a pasta Basic->MSN-> Configurations e configurar o MSN local, ou seja, o MSN da central.

Abrir a pasta Advanced->System Settings->Remote Administration.

No campo "Local MSN for Remote Administration" o usuário deverá escolher o MSN local para a conexão remota RDSI. É este MSN que será utilizado pelo suporte técnico para a conexão RDSI. Este campo pode estar desativado se a conexão for através de um modem analógico.

No quadro “Remote Operation Type” deve-se escolher qual o meio pelo qual será feita a conexão ao servidor (RDSI ou Modem analógico). Caso a opção escolhida seja Analogue Modem, o campo “Extension” deve ser preenchido com o ramal analógico do PABX que está conectado ao Modem analógico externo.

O suporte técnico deve informar o MSN ou o número analógico através do qual um suporte técnico com o HiPath 1100 Manager funcionando no modo de Servidor (Server Mode) pode ser acessado.

Na Guia "Administração Remota" do HiPath 1100 Manager não foram efetuadas quaisquer definições (a definição continua padrão) e o campo “Remote Administration” não influencia na conexão do servidor, podendo ficar desativado.

O PC da central deve estar com o HiPath 1100 Manager desligado.

Se o usuário for fazer uma atualização remota no software da central, o que implica em conexão remota com a ferramenta Software Update, então o campo “External Number” na pasta Advanced->System Settings->Software Update deverá ser configurado da seguinte maneira: ●

Conexão via RDSI: MSN de destino.

Conexão via Modem analógico: 0 + número analógico de destino.

Ativação da Administração Remota A ativação da Administração Remota é iniciada através de um ramal programador (ramal 11 ou primeiro ramal com telefone de sistema). A conexão pode ser feita ao HiPath 1100 Manager ou ao Software Update da seguinte maneira: ●

Conexão a HiPath 1100 Manager: ●

Via RDSI: discar *994 + MSN de destino;

Via Modem analógico: discar *994 + Código de acesso a linha externa (por exemplo, 0) + número externo autorizado + #.

9-14

HiPath 1100 Manager, Documentação


7_Other.fm Só para a utilização interna

Diversos Administração Remota

Conexão ao Software Update: ●

Discar *9415.

Se a conexão ao HiPath 1100 Manager for estabelecida, o usuário irá escutar um tom de confirmação (se o telefone for de sistema aparecerá no display “start”), caso contrário o usuário irá escutar um tom de negação (se o telefone for de sistema aparecerá no display “invalid enter”) (por exemplo, se o suporte estiver ocupado ou estiver fazendo outra administração remota). O servidor de comunicação (Comm Server) do HiPath 1100 Manager (Modo do Servidor) no Suporte Técnico aceita a solicitação de ligação e ativa uma conexão de dados com o sistema HiPath 1100 que solicitou a ligação . Assim que a conexão for estabelecida será solicitada uma senha (padrão) para o suporte, se a senha for correta a "Administração Remota" pode ser efetuada, caso contrário a chamada será interrompida. Se a conexão ao Software Update for estabelecida o suporte irá mandar a versão do software mais recente e será comparada com a versão do software da central. Se as versões forem diferentes a atualização do software será feita automaticamente, caso contrário não.

9.3.2

Administração remota iniciada diretamente pelo Suporte Técnico.

Há duas variantes de administração remota, que podem ser iniciadas diretamente pelo posto de serviço: Após autorização do cliente Requisito A central do usuário deve estar configurada para que o suporte técnico consiga fazer a conexão remota. A seguir estão os passos necessários: ●

O HiPath 1100 Manager deve ser conectado localmente com o HiPath 1100.

Na pasta Basic->MSN->Configurations deve constar o MSN local que será usado para a conexão remota (Para conexão RDSI).

Abrir a pasta Advanced->System Settings->Remote Administration e habilitar a opção “Remote Administration”

No quadro “External Numbers Authorized” há o campo "Do not check numbers" que permite dois níveis de segurança para a conexão remota. Em uma conexão RDSI, quando esta opção está desativada o MSN ou o número analógico bem como sua respectiva senha irá ser verificada. Mas se a opção estiver ativada somente a senha do suporte técnico irá ser verificada.

HiPath 1100 Manager, Documentação

9-15


7_Other.fm

Diversos Administração Remota

Só para a utilização interna

Em uma conexão com modem analógico, esta opção poderá estar desativada, pois não irá influenciar este tipo de conexão. Nota: em ambos os casos a senha deverá ser configurada. ●

No campo "Local MSN for Remote Administration" o usuário deverá escolher o MSN local para a conexão remota RDSI. É este MSN que será utilizado pelo suporte técnico para a conexão RDSI. Este campo pode estar desativado se a conexão for através de um modem analógico.

No quadro “Remote Operation Type”, escolher a opção ISDN ou Analogue Modem. Caso a opção escolhida seja Analogue Modem, o campo “Extension” deve ser preenchido com o ramal analógico do PABX que está conectado ao Modem analógico externo.

O PC ligado ao sistema HiPath 1100 está desligado.

Ativação da Administração Remota A ativação da Administração Remota é iniciada através do Servidor de Comunicação (Comm Server) do HiPath 1100 Manager no Suporte Técnico, que está ativo num PC remoto. É estabelecida uma ligação de dados RDSI ou através de um Modem Analógico para o MSN remoto do seu sistema HiPath 1100 (ver na guia CommServer). O seu sistema HiPath 1100 recebe e verifica a solicitação de ligação, a análise para que seja permitida a administração possa ser efetuada de acordo com a caixa “Do not check numbers” da seguinte maneira: ●

Ativada ●

Com a introdução de uma senha incorreta no HiPath 1100 Manager do Suporte Técnico, é transmitida uma recusa para a Administração Remota e a ligação é cortada.

Se a senha estiver correta, é estabelecida uma ligação de dados e a "Administração Remota" pode ser efetuada.

Desativada

Tendo sido configurado um ou mais número(s) externo(s) no campo "Administração Remota" do HiPath 1100 Manager do usuário, é válido o seguinte: ●

Se o número do Suporte Técnico fornecido (MSN Remoto) coincidir com um dos números armazenados no campo “Número Externo”, a chamada será aceita.

Se o número do Suporte Técnico fornecido (MSN Remoto) não coincidir com nenhum número armazenado no campo “Número Externo”, a chamada será rejeitada.

Se a chamada for aceita e uma conexão de dados for estabelecida, é solicitada a introdução de uma senha pelo Suporte Técnico que será enviada a central do usuário. Em seguida, a senha recebida pelo HiPath 1100 é comparada com a senha atribuída ao respectivo Número Externo (MSN Remoto).

9-16

HiPath 1100 Manager, Documentação


7_Other.fm Só para a utilização interna

Diversos Administração Remota

Sendo a senha inválida, isso será sinalizado ao Suporte Técnico e a ligação, desativada.

Se a senha estiver correta, é estabelecida uma conexão de dados e a "Administração Remota" pode ser efetuada.

7

Nenhuma administração remota é permitida se não foram efetuadas as configurações no HiPath 1100 da central com o HiPath 1100 Manager no Guia "Administração Remota" ou se a estrutura de hardware não estiver de acordo com as especificações (consultar o Manual de Serviço). Se a caixa de verificação ativar Administração Remota está desativada, todas as tentativas do Suporte Técnico para discar o MSN remoto do sistema HiPath 1100 a ser administrado serão rejeitadas, neste caso o Suporte poderá solicitar a ativação desta caixa, que poderá ser feita pelo usuário através do código de facilidade *992 (ramal 11 ou primeiro ramal com telefone de sistema).

HiPath 1100 Manager, Documentação

9-17


Begriffe1.fm Só para a utilização interna

Abreviaturas

Abreviaturas

Y

A lista a seguir contém algumas abreviaturas utilizadas na presente documentação. Abreviatura

Definição

ACS

Automatic Carrier Selection

ADSL

Asymmetric Digital Subscriber Line (Linha de assinante digital assimétrica)

CAPI

Common ISDN Application Program Interface (Interface comum para programação de aplicações RDSI)

CbC

Call by Call (Antecipação de prefixo)

CDR

Call Detail Recording (Dados de tarifação)

CLIP

Calling Line Identification Presentation ( (Indicação do número do chamador)

CLIR

Calling/Connected Line Identification Restriction (SS); supressão da indicação do número do chamador no display do ramal chamado.

COLP

Connected Line Identification Presentation (Indicação do número acessado).

COLR

Connected Line Identification Restriction (SS); supressão da indicação do número do chamador no display do ramal chamado.

DDI

Direct Dialing Inward (Marcação direta); possibilita encaminhar chamadas que entram através da rede pública para determinados ramais do cliente, sem qualquer intervenção por parte do utilizador.

DISA

Direct Inward System Acess; permite a um utilizador chamar o HiPath 1100 a partir de um sistema externo com discagem MF, para acessar às funções do sistema.

DSS1

European Digital Subscriber Signaling No. 1

DTMF

Dual-Tone Multifrequency (Marcação por multifrequência); procedimento para a transmissão de informações numéricas com ajuda de determinados pares de frequência, através dos quais são apresentados os dígitos 0-9, assim como os caracteres especiais * e #.

EC

European Community

HiPath 1100 Manager, Documentação

Y-18


Begriffe1.fm Só para a utilização interna

Abreviaturas

Abreviatura

Definição

EVM

Entry Voice Mail (correio de voz)

FSK

Frequency Shift Keying (Modulation) (Desvio de frequência)

FW

Firmware

HDLC

High-level Data Link Control (procedimento de controle baseado em bits para a transmissão de dados)

ISDN

Integrated Services Digital Network (rede digital de serviços integrados RDSI)

LCR

Least Cost Routing (Roteamento para optimização de custos); uma facilidade do sistema, que disca automaticamente a rota mais barata para as chamadas efetuadas.

MoH

Música em Espera (MoH)

MSN

Multiple Subscriber Number (Número múltiplo de assinante)

PBX

Private Branch Exchange (Sistema de ramais privado ou PABX)

S0

Interface de ramal RDSI (64 KBit)

SF

Francos Suíços

SW

Software

TFE

Interface de Porteiro Eletrônico

VCAPI

Virtual Common ISDN Application Program Interface (Interface comum virtual para programação de aplicações RDSI)

XDSL

(General) Digital Subscriber Line (Linha de assinante digital geral)

HiPath 1100 Manager, Documentação

Y-19


AdminToolIX.fm Só para a utilização interna

HiPath 1100 Manager, Documentação

-1


AdminToolIX.fm

Índice remissivo

Só para a utilização interna

Índice remissivo

Z

A ACS Exemplo 4-62 Regras de Conversão 4-60 ACS - Alternative Carrier Selection 4-52, 458, 4-60 Administração Remota 4-80, 9-13 Assistente de instalação 1-4 Atendimento Automático 4-5 Atualização de Software 4-79, 7-1 Configuração do CommServer 7-1 Configuração do Idioma 7-1 Configurações da base de dados 7-2 Configurações para download de Versões APS 7-3 Atualização de software a partir de um servidor de atualização externo 7-5 Atualização de Software Local 7-3 Aviso de Tarifação para Ramal Analógico 45

B Barra de atalhos 2-1 Barra de ferramentas 2-1 Barra de menus 2-1 Bilhete 4-84, 4-86 Bloqueio de chamadas a cobrar 4-6, 4-100

C Classe de serviço Categorias 4-32 Códigos de Facilidades 4-77 CommServer 6-1 Configuração avançada 6-5 Configuração do CommServer 6-2 Configuração do Idioma 6-2 Menu SysTray 6-2 Propriedades 6-2 Tipo de conexão 6-3 Configuração básica 3-1 HiPath 1100 Manager, Documentação

Agenda do Sistema 3-13 Atendedores de linha 3-1 MSN 3-6 Ramais 3-14 Tarifação 3-14 Tarifação com Limites 3-15 Configurações avançadas 4-1 Atendedor/FAX 4-98 Calendário 4-87 Classe de serviços 4-32 Entry Voice Mail 4-19 Grupos 4-36 LCR 4-55 Linha 4-49 MSN 4-93 Porteiro Eletrônico 4-88 Ramal 4-2 RDSI 4-45 Sensor e Relé 4-90 Serviço 4-16 Temporizadores 4-102 Trace 4-15

D Data e Hora 4-78 Definições de Sistema Guia Geral Ver Nome/Número da Chamada 4-66, 4-69 Definições Regionais 4-75 Detector de tom 4-52 DISA MSN 4-64 Discagem automática por teclado 4-67 DTMF Dual-Tone Multifrequency 4-3

E Estrutura da janela principal 2-1 EVM 4-19 Acesso EVM 4-25 Caixa postal padrão 4-22 Comprimento máximo do número 4-21 Configuração de Anúncio 4-24 Cópia de segurança 4-21 Prompt de voz 4-22 Qualidade do áudio 4-22 Z-2


AdminToolIX.fm

Índice remissivo

Quant. máx. de caixas postais auto-conf. 4-21 Saudação 4-21

Só para a utilização interna

Acesso básico ponto-a-ponto 3-7 Acesso básico ponto-multiponto 3-7 Música em espera 4-72

F

N

Feriados 4-86 Funções e Facilidades 1-5 Configuração básica 1-5 Configurações avançadas 1-5

Número Flexível 4-13 Números de Emergência 4-78

G

O Ocupação automática de linha 4-7

Grupos Grupo Associado 4-42 Grupo de WMI externo 4-39 Grupo para Música em espera 4-43 Grupo UCD 4-40 Grupos de busca 4-38 Grupos de Captura 4-36 Grupos de Chamada 4-37 Grupos de linhas 4-53

P

H

R

Hotline Warmline 4-8

I

Ramal de fuga 4-73 Registros para discagem abreviada 3-13 Restaurar 2-3 Restaurar cópia de segurança 2-3

Idioma dos textos de display 4-75 Intercalação 4-5

S

L LCR Least cost routing 4-55 Linha Verde de atendimento 4-6 Lista de chamadas 4-71 Lista de pastas 2-1 Listas de Permissões 4-34 Listas de Proibições 4-35

M Modem 4-82 Modo de discagem 4-2, 4-51 Modo de discagem por multifrequência MF 4-3 MOH Transfer 8-1 Monitoração silenciosa 4-6 MSN

Z-3

Password standard 1-2 Pasta/Subpasta 2-1 Permissão DISA 4-5 Plano de numeração 9-13 Ponto-a-ponto (PP) 4-45 Ponto-multiponto (PMP) 4-45 Presença de linha 4-51 Protocolo 4-51

Salvar cópia de segurança 2-2 Senhas 4-83 Sentido de chamada na linha externa 4-49 Separador 2-1 Software Update 7-1 Status Monitor 5-1

T Tarifação 4-5, 4-74 Dia de reinicialização da tarifação 3-15 Tempo de Reconhecimento de Flash 4-3, 4103 Terminal de Operador 4-73 Transferência da Classe de Serviço 4-6 Transferência de externa para externa 4-6

HiPath 1100 Manager, Documentação


AdminToolIX.fm Só para a utilização interna

Índice remissivo

U Unidade monetária 4-75

HiPath 1100 Manager, Documentação

Z-4

Manager_M100br  

HiPath 1100 Manager Documentação Em caso de falhas, contactar primeiro o técnico de suporte do sistema. Se não for possível corrigir a falha...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you