Page 1

N Ú M E R O

247

A N O

X X I I I . A B R I L . 2 0 1 8

Tênis

COMEÇA A TEMPORADA 2018 DOS FESTIVAIS DA ESCOLINHA DE TÊNIS


edi ção/

247

ação de atualização cadastral Receber um evento internacional pelo 8º ano consecutivo é uma honra. O Circuito Feminino Future de Tênis trouxe ao convívio de associados e convidados a oportunidade de assistir em sua cidade grandes partidas com promessas do tênis mundial. O Graciosa tem quadras com iluminação e estrutura nos padrões mundiais, o que faz dele uma referência nacional para sediar eventos desta magnitude. Confiram nessa edição a cobertura do evento. Convido a todos a lerem com atenção a matéria sobre a atualização cadastral obrigatória, tema sobre o qual temos feito alertas constantes, o qual influencia diretamente a rotina do associado: caso seu cadastro não esteja correto, para a segurança de todos, sua entrada ficará bloqueada até que a situação seja regularizada junto à secretaria. Lembramos que estes são deveres dos associados e seus dependentes previstos no Estatuto Social. Contamos com a compreensão e colaboração de todos. Os meses de abril e maio oferecem muitos eventos Culturais, Sociais e Esportivos interessantes para todas as faixas etárias e para a família. Acessem nosso site e confiram a programação.

GLAUCIO FERNANDO BLEY FILHO presidente

3


SUMÁRIO /08 news comunicados do clube /18 normas e regimentos atualização cadastral obrigatória /20 cultura palestras pensando o brasil . novos títulos na biblioteca . livros mais lidos do mês . freguesia do livro . sócio escritor /40 eventos poker /42 cp agenda e horários das modalidades esportivas em 2018 . tire suas dúvidas /56 recursos humanos dia da mulher /58golf torneio de abertura da temporada 2018 . taça abertura . taça da mulher . taça aniversariantes /70 tênis agradecimento . circuito feminino future de tênis 2018 . diretoria feminina de tênis . torneio feminino relâmpago de duplas . festival das escolinhas . campeonato paranaense de duplas . tenistas que brilham

4

EXPEDIENTE JORNALISTA RESPONSÁVEL / Caroline Nogarolli > MTB 5271 FOTO DE CAPA / Lucas Lopes

IMPRESSÃO / Maxigráfica

DIREÇÃO DE CRIAÇÃO / Alessandra Saltori > Ideale Design

DIAGRAMAÇÃO / Teca Bussmann e Gabriela Spisla

VENDA DE PUBLICIDADE / Saltori Mídia Estratégica > renato@saltori.com.br . 41. 3016-9094 / 99996.9995

A Revista Graciosa Country Club não se responsabiliza pelos espaços publicitários comercializados, bem como pelos artigos assinados, sendo as duas formas de promoção de inteira responsabilidade de seus anunciantes e autores. revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


ALGUNS SONHOS S ÃO TÃO R E A I S Q U E VO C Ê P O D E AT É T O C Á- L O S .

by

PÁT I O B AT E L E PA R K S H O P P I N G B A R I G Ü I


S E JA O QUE VOCÊ SEMPRE QUIS.

Exclusivo nos acabamentos

Exclusivo na personalização

Sofisticação, qualidade e cuidado em cada detalhe.

Adapte paredes e instalações como quiser.

w w w. r i o r h o n e . c o m . b r VISITE O ESPAÇO THÁ E SAIBA MAIS OU LIGUE(41)4042-6657


4 SUÍTES

4 A5

3 0 0 M²

VAGA S D E

ÁREA

GA R AGE M

P R I VAT I VA

Um empreendimento com exclusividades no acabamento, na personalização e na localização.

B E N T O V I A N A , 1 0 7 8 - B AT E L

Exclusivo na localização Na região mais nobre do Batel, cercado de conveniências.

REALIZAÇÃO:


NEWS

n ovidades

d o

c lub e

COMUNICADOS

8

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

247

COMUNICADOS

9


NEWS

n ovidades

d o

c lub e

COMUNICADOS

Jantar em comemoração ao Dia dos Namorados

10

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

247

COMUNICADOS

11


NEWS

n ovidades

d o

c lub e

COMUNICADOS

CANAL ABERTO Estreitamos ainda mais a relação com nossos associados mantendo apenas dois canais, deixando o retorno ainda mais dinâmico.

ouvidoria Sugestões, elogios e reclamações podem ser encaminhadas através do e-mail ou do site: E-MAIL

ouvidoria.gcc@g raciosa.com.br SITE

www.g raciosa.com.br/contato/ouvidoria

12

DIA DAS MÃES NO CLUBINHO DA CRIANÇA data horário

revista

/

rac i o s a

05 de maio das 14h30 às 17h

co u nt r y

c l u b


edi ção/

247

13


NEWS

n ovidades

d o

c lub e

COMUNICADOS

GASTRONOMIA COMIDA JAPONESA

Toda terça feira a partir das 19 horas delicioso buffet de comida japonesa na Sede Social. BUFFET DE FEIJOADA

Todos os sábados a partir das 11h30 no Restaurante do Golf. BUFFET DE DOMINGO

Almoço a partir das 12 horas na Sede Social.

14

NO BAR DO TÊNIS TODA 5ªFEIRA ACABA EM PIZZA. O sabor e aroma das deliciosas pizzas, a partir das 19 horas.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

247

COMUNICADOS

15


NEWS

n ovidades

d o

c lub e

COMUNICADOS

CHÁ DA TARDE Reúna suas amigas para uma deliciosa tarde.

horário

25 de abril 30 de maio 27 de junho 15 horas

local

Sede Social

data data data

/ In for maç õ es e res er va s 41 . 3025 - 1333

16

HAPPY HOUR Venha curtir o melhor da MPB, Pop, Rock em um dos ambientes mais charmosos e aconchegantes do Clube. Programe-se!

data data data horário local

27 de abril 25 de maio 29 de junho 19 horas Sede Social

/ In for maç õ es e res er va s 41 . 3025 - 1333

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


UNIQUE

SPACES,

INFINITE

POSSIBILITIES

bontempo.com.br • @bontempo_oficial R. Padre Germano Mayer, 1944, Hugo Lange • Curitiba/PR • (41) 3015.3018


AVISOS

n or ma s

e

regimen tos

AÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CADASTRAL OBRIGATÓRIA

18

A

ssociado, com o intuito de zelar e preservar a segurança de todos, a partir de 01 de abril de 2018, ao entrar nas portarias e demais dependências do Clube, nossa equipe de segurança e funcionários poderá abordar para conferência de informações cadastrais, solicitação de atualização de foto quando desatualizada e registro da mesma quando não houver. Bem como notificar para que compareça a secretaria para atualização cadastral quando necessário. Lembramos que estes são deveres dos associados e seus dependentes, previstos no Estatuto Social. Pedimos a gentil colaboração de todos com o fornecimento das informações solicitadas. O não comparecimento, bloqueara o próximo acesso, que será liberado apenas após a atualização junto a secretaria.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

O Clube é do associado. Caso você identifique um não sócio dele usufruindo, por favor, denuncie!


Foto: Pablo Vaz

C O N F O R M E E S TAT U TO S O C I A L . T Í T U LO V I I DOS DIREITOS E DOS DEVERES

///

DEVERES DOS ASSOCIADOS E SEUS DEPENDENTES

SEÇÃO I /// DOS CONVIDADOS ART. 28. > São deveres dos associados e de seus dependentes, implicando seu descumprimento em infração disciplinar:

I /

Defender as cores e os símbolos do GCC;

II /

Pagar pontualmente as obrigações pecuniárias ao GCC e aos seus prepostos;

III /

Apresentar as credenciais sociais oficiais quando solicitadas por conselheiro, diretor ou funcionário do GCC, especialmente por ocasião do acesso às suas dependências.

IV / Não ceder credencial social para terceiros estranhos ao quadro social.

V /

Responsabilizar-se pelos associados temporários que indicar e pelos convidados que trouxer ao GCC.

VI / Manter conduta social e moral compatível com os bons costumes.

XI / Não patrocinar ou promover interesses contrários ao GCC. XI I / Observar as disposições estatutárias, o regimento in-

terno e as resoluções dos órgãos do GCC, acatando as decisões definitivas da administração, além de observar as normas disciplinares regimentais específicas, sujeitando-se à decisão soberana dos órgãos competentes para apreciar e julgar matéria disciplinar, inclusive no que respeita à imposição e ao cumprimento de penalidade imposta.

XIII / Colaborar na manutenção da ordem e do bem estar de toda a comunidade graciosana.

XIV / Agir sempre com respeito e urbanidade em relação aos associados e seus convidados, aos conselheiros, aos diretores e aos funcionários do GCC.

XV / Manter a secretaria e a tesouraria informadas de alterações de endereço e estado civil, bem como de quaisquer modificações no quadro familiar.

VII / Zelar pelo patrimônio do GCC, indenizando quais-

XVI / Não agredir física ou moralmente, nas dependências

VIII / Indenizar prontamente os prejuízos ou danos causa-

XVII /Prestar informações, por escrito ou verbalmente, relati-

quer prejuízos ou danos causados por si, seus dependentes ou seus convidados.

dos por si, seus dependentes ou seus convidados, a bens de propriedade de associados ou de terceiros, quando tenham ingressado regularmente nas dependências do GCC.

IX / Cooperar para o desenvolvimento e prestígio do GCC. X /

Não pregar a desagregação da comunidade graciosana, ou de parte dela.

do GCC, associados, seus dependentes, funcionários ou qualquer outra pessoa.

vas a assuntos de interesse do GCC, quando solicitado por um dos órgãos diretivos.

Os deveres estatutários aqui previstos, e os regimentais, não excluem os deveres e as obrigações derivadas da lei, dos usos e costumes e da tradição do GCC, que serão invocados nas lacunas e nas dúvidas que surgirem na aplicação do direito interno do GCC, em qualquer grau da administração.

19


C U LT U R A

pen san do

o

b ra sil

ESCRITOR JORGE CALDEIRA REALIZA PALESTRA NO GRACIOSA COUNTRY CLUB historiador palestrou e respondeu a perguntas durante evento F OTO S

20

O

Graciosa Country Club, com organização da Diretoria Cultural que tem a frente Liana Leão, idealizadora do ciclo de palestras Pensando o Brasil, recebeu no dia 22 de março o escritor, considerado um dos maiores estudiosos sobre a história da economia brasileira, Jorge Caldeira. Caldeira lançou o seu último livro “História da Riqueza do Brasil: cinco séculos de pessoas, costumes e governos”, autografou exemplares, palestrou e depois respondeu às perguntas do público. Quem estava presente ainda assistiu a vídeos sobre a carreira do escritor e um depoimento do ex-presidente e sociólogo Fernando Henrique Cardoso, que assina a orelha do livro. O escritor, durante 40 minutos, explicou porque e como preparou a obra: “Eu escrevi este livro para mostrar o todo do Brasil e para nós enxergarmos as nossas virtudes e os nossos defeitos. Colocar na balança: o que são os cinco séculos de virtudes e defeitos do Brasil em relação à riqueza? Dos 518 anos, 400 são bons anos. Quatro séculos em que a economia brasileira ficou acima da média da produtividade mundial e foi considerada uma boa economia. 400 anos construídos dentro do Brasil com o esforço dos brasileiros e, portanto, uma nação com potencial. Os outros 118 anos não foram bons. Deles, 70 no Império e outros 50 anos de 1970

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

LUCAS

LOPES

até os dias de hoje. E isto por quê? Por não enxergar o que está acontecendo no mundo e insistirmos em coisas que deram certo antes, mas que agora podem não funcionar ”. Para a educadora do UniBrasil Centro Universitário, Wanda Camargo, “Jorge Caldeira é hoje um dos melhores representantes daqueles estudiosos capazes de análises objetivas e independentes sobre a situação brasileira, isentas das paixões políticas, profundamente bem embasadas” diz.

O CONVIDADO Jorge Caldeira é escritor, doutor em ciência política e mestre em sociologia pela Universidade de São Paulo (USP). Foi editor da “Ilustrada” e da “Revista da Folha” (suplementos do Jornal Folha de São Paulo), editor de economia da revista IstoÉ, editor-executivo da revista Exame, editor da Revista Bravo!, consultor do Projeto Brasil 500 Anos da Rede Globo. É autor de, entre outros livros, “Mauá: empresário do Império”, “O banqueiro do sertão” e “Júlio Mesquita e seu tempo”. O evento contou com a parceria do UniBrasil Centro Universitário, o Solar do Rosário, e o escritório Casillo Advogados


edi ção/

> Paulo Freitas Santos e Nagib Fattouch

247

> Marcela Peixoto, Jorge Caldeira e Liana Leão

21

> Erica Barsalimi, Tatiana Eliza Vacari Passos, Milene Aguiar e Jorge Caldeira

> Lygia e Eduardo Guy de Manuel

> Marisa Leal e Miran Joyce Gianello

> Luiz Otávio Leão, Jorge Caldeira e Odette Leão Camargo


C U LT U R A

pen san do

o

b ra sil

> Ruy e Ana Demeterco

> Sueli e Henrique Gossling

22

> Wanda Camargo, Esther Proveller, JĂ´ Bibas e Marisa AragĂŁo

> Laudalio e Janete Veiga

revista

/

rac i o s a

> Alcy Vilas Boas Junior e Fernando Santos

> Gilberto e Maria Helena Monastier e Maria Cristina e Carlos Henrique Giglio

co u nt r y

c l u b


edi ção/

247

> Glaucio Bley, Jorge Caldeira, Liana Leão e Gustavo Milani

23

> João e Regina Casillo e Jorge Caldeira

> Roberto Aguiar e Ernani Pechmann

> Ubirajara Costodio e Tarcisio Araujo Kroetz

> Jorge Caldeira e Adriana Hapner


C U LT U R A

pen san do

o

b ra sil

24

N E L S O N M OT TA A Diretoria Cultural recebe na sede social do Clube no dia 24 de maio, às 20h, o jornalista, compositor, escritor, roteirista, produtor musical, teatrólogo e letrista Nelson Motta, q ue irá falar sobre a MÚSICA NA ER A DIGITA L

A

caixa mágica. A invenção que supera a “science fiction” mais delirante. A TI mudou a forma de fazer e de ouvir música. De produzir e de vender música. Em benefício da música, a era digital barateou as gravações e acabou com os formatos rígidos, determinados pela capacidade dos LPs, das fitas e dos CDs. Tecnologia é como droga: não dá talento a quem não tem. Nesse momento que estou falando estão sempre produzidas dezenas, centenas de músicas no mundo inteiro. E uma boa parte delas logo vai estar na internet. O lado bom é que nunca foi tão fácil e barato produzir música. E por isso mesmo, pela quantidade avassaladora, nunca foi tão difícil fazer sucesso. Nunca os artistas tiveram a sua disposição um meio tão

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

formidável de promoção, em texto, foto, áudio e vídeo, de graça. Ou quase. Facilidade no estabelecimento de nichos. A cultura das identidades em vez de nacionalidades, raças, religiões, etc. Motta, é autor de mais de 300 músicas e entre os seus parceiros estão Lulu Santos, Rita Lee, Ed Motta, Guilherme Arantes, Dori Caymmi, Erasmo Carlos e a banda Jota Quest. Produziu espetáculos de artistas como Elis Regina, Marisa Monte e Gal Costa. É o autor de sucessos musicais como Dancing Days (com Ruben Barra), Como uma Onda (com Lulu Santos), Coisas do Brasil (com Guilherme Arantes) e da canção de final de ano da Rede Globo, “Um Novo Tempo” (com Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle).


AMERICAN ACADEMY. THE BEST OPTION FOR A BRIGHTER FUTURE. O American Academy é o programa ideal para estudantes que querem um futuro brilhante e globalizado. Uma iniciativa pioneira da PUCPR com a Kent State University que traz o melhor do ensino superior americano para a melhor Universidade do Paraná*. No American Academy, os estudantes não precisam escolher qual carreira seguir na hora de fazer a matrícula. Durante os dois primeiros anos, serão desenvolvidas competências para o século XXI, com aulas em inglês na PUCPR e professores da Kent State University. Nos anos seguintes, os estudantes escolhem qual carreira seguir e onde completar os estudos, com mais de 300 opções de cursos no Brasil ou nos Estados Unidos. THE HORIZON IS OVER HERE. PARA SABER MAIS, ACESSE PUCPR.BR/AMERICANACADEMY *De acordo com Times Higher Education Latin America University Rankings 2017.


C U LT U R A

b ib liotec a

NOVOS TÍTULOS Preocupada em manter seu acervo sempre atualizado, a Biblioteca Bento Munhoz da Rocha Netto, faz a aquisição de novos livros mensalmente. Não deixe de conferir as nossas prateleiras, são mais de 4000 títulos de gêneros variados a sua disposição, além de um espaço tranquilo e agradável para estudar, ler e pesquisar.

26

A L I V R A R I A M Á G I CA D E PA R I S Nina George

O livreiro parisiense Jean Perdu sabe exatamente que livro cada cliente deve ler para amenizar os sofrimentos da alma. Em seu barco livraria, ele vende romances como se fossem remédios. Infelizmente, o único sofrimento que não consegue curar é o seu: a desilusão amorosa que o atormenta há 21 anos, desde que a bela Manon partiu enquanto ele dormia. Tudo o que ela deixou foi uma carta que Perdu não teve coragem de ler. Até um determinado verão o verão que muda tudo e que leva Monsieur Perdu a abandonar a casa na estreita rua Montagnard e a embarcar numa jornada que o levará ao coração da Provence e de volta ao mundo dos vivos. Sucesso de público e crítica, repleto de momentos deliciosos e salpicado com uma boa dose de aventura, A livraria mágica de Paris é uma carta de amor aos livros perfeito para quem acredita no poder que as histórias têm de influenciar nossas vidas.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

247

O DESTINO DE UMA NAÇÃO Anthony McCarten

Um novo olhar sobre a Segunda Guerra Mundial. Logo após assumir o posto de primeiro-ministro da Grã-Bretanha em maio de 1940, Winston Churchill proferiu três discursos que mudaram o rumo da Segunda Guerra Mundial. São falas memoráveis que deram o tom da resistência britânica. Com palavras, ele mudou o clima político e mobilizou uma reticente e amedrontada população. Em “O Destino de uma Nação”, Anthony McCarten analisa como isso foi possível e conta nos mínimos detalhes como foram aquelas ‘horas escuras’ pré-guerra. A partir de pesquisas nos Arquivos Nacionais, onde teve acesso às atas das reuniões do Gabinete de Guerra que Churchill chefiava, McCarten traz revelações impressionantes. A mais importante delas: a possibilidade real de um acordo de paz entre Grã-Bretanha e Alemanha. Pelo menos em duas ocasiões, o primeiro-ministro, apresentado à história como o maior inimigo de Hitler, disse que não faria objeções a negociações se o ditador alemão fizesse algumas concessões. ‘Será que Churchill considerava seriamente entrar em conversações de paz com um maníaco homicida que ele abominava mais do que qualquer outra pessoa? Parece que sim’, conclui McCarten. Transformado em filme, O destino de uma nação vai comover e impressionar todos os que se interessam pela história do mundo.

CÉREBRO E CRENÇA Michael Shermer

O livro “Cérebro e Crença” é fruto de um grande esforço para integrar neurociência e ciências sociais e explicar como crenças irracionais se formam e se reforçam, deixando-nos confiantes de que nossas ideias são válidas. É uma leitura obrigatória para todos os que se perguntam por que crenças religiosas e políticas são tão rígidas e polarizadas – ou por que o outro lado está sempre errado, mas em geral não percebemos isso.

O LIVRO DE JÔ: UMA AUTOBIOGRAFIA DESAUTORIZADA Jô Soares

Em seu aguardado livro de memórias (desautorizadas!), Jô Soares ilumina os bastidores da própria vida com humor e inteligência irresistíveis. Com verve mais afiada do que nunca, Jô Soares compartilha sua trajetória de astro midiático num livro de memórias escrito para fazer rir, chorar e, sobretudo, não esquecer. O primeiro volume resgata fatos, lugares e pessoas marcantes da juventude de Jô e reconstitui seus primeiros passos no mundo dos espetáculos, nas décadas de 1950 e 1960. Entre a infância dourada no Copacabana Palace e a dura conquista do estrelato, acompanhamos o autor do nascimento aos trinta anos. Os antecedentes familiares, a meninice privilegiada nos palácios da elite carioca, a mudança para um internato na Suíça, os marcos da formação cultural do futuro showman na adolescência, a paixão pelo jazz, a estreia modesta em pontas no cinema e na televisão, o primeiro casamento e, finalmente, a conquista do sucesso numa São Paulo fervilhante: tudo que você sempre quis saber sobre Jô, ele mesmo conta, com o talento narrativo do romancista de “O Xangô de Baker Street” e “O homem que matou Getúlio Vargas”.

27


C U LT U R A

b ib liotec a

MUITO ALÉM DO INVERNO

Daniel Galera

Isabel Allende

Um romance que reflete sobre importantes questões da humanidade, com paixão, humor e sabedoria. Da mesma autora do best-seller “A Casa dos Espíritos”. Tudo começa com um leve acidente de trânsito – que se transforma no catalisador de uma inesperada e tocante história de amor entre duas pessoas que acreditavam estar no inverno de sua vida.

28

BA R BA E N S O PA DA D E SA N G U E

Em meio a uma nevasca no Brooklyn, aos 60 anos, Richard Bowmaster, um professor universitário, bate na traseira do carro de Evelyn Ortega, uma jovem imigrante ilegal da Guatemala. O que a princípio parecia apenas um pequeno incidente toma um rumo imprevisto e muito mais sério quando Evelyn aparece na casa do professor em busca de ajuda. Confuso com a situação e sem entender o espanhol falado pela jovem, ele pede ajuda a sua inquilina, Lucía Maraz, uma chilena de 62 anos, que está passando uma temporada nos Estados Unidos como palestrante na mesma universidade em que Richard dá aula. Juntas, essas pessoas tão diferentes embarcam em uma dramática e incrível aventura, que vai do Brooklyn do presente à Guatemela de um passado recente, do Chile dos anos 1970 ao Brasil dos anos 1980, e na qual descobrem sua força interior. Para Lucía e Richard, além de tudo, significa uma nova chance para o amor.

No quarto e tão aguardado romance de Daniel Galera, um professor de educação física busca refúgio em Garopaba, um pequeno balneário de Santa Catarina, após a morte do pai. O protagonista (cujo nome não conhecemos) se afasta da relação conturbada com os outros membros da família e mergulha em um isolamento geográfico e psicológico. Ao mesmo tempo, ele empreende a busca pela verdade no caso da morte do avô, Gaudério, que teria sido assassinado décadas antes na mesma Garopaba, na época apenas uma vila de pescadores.

A IRMÃ DA PÉROLA Lucinda Riley

Em “A Irmã da Pérola”, quarto volume da série “As Sete Irmãs”, duas jovens de séculos diferentes têm seus destinos cruzados numa emocionante história sobre amor, arte e superação. Ceci D’Aplièse sempre se sentiu um peixe fora d’água. Após a morte do pai adotivo e o distanciamento de sua adorada irmã Estrela, ela de repente se percebe mais sozinha do que nunca. Depois de abandonar a faculdade, decide deixar sua vida sem sentido em Londres e desvendar o mistério por trás de suas origens. As únicas pistas que tem são uma fotografia em preto e branco e o nome de uma das primeiras exploradoras da Austrália, que viveu no país mais de um século antes. A caminho de Sydney, Ceci faz uma parada no único local em que já se sentiu verdadeiramente em paz consigo mesma: as deslumbrantes praias de Krabi, na Tailândia. Lá, em meio aos mochileiros e aos festejos de fim de ano, conhece o misterioso Ace, um homem tão solitário quanto ela e o primeiro de muitos novos amigos que irão ajudá-la em sua jornada. Ao chegar às escaldantes planícies australianas, algo dentro de Ceci responde à energia do local. À medida que chega mais perto de descobrir a verdade sobre seus antepassados, ela começa a perceber que afinal talvez seja possível encontrar nesse continente desconhecido aquilo que sempre procurou sem sucesso: a sensação de pertencer a algum lugar.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

247

OS 10 LIVROS MAIS LIDOS DE ABRIL

29

01

02

03

04

05

A F I L H A J A N E S H E M I LT

O R I G E M DA N B R OW N

O GRANDE CULPADO V I K TO R S U VO R OV

A S E G U N DA G U E R R A F R I A LU I Z A L B E R TO M O N I Z B A N D E I R A

S T L B

06

07

08

09

10

F É R I A S M A R I A N K E Y E S

O L H E O U T R A V E Z L I S A S C OT TO L I N E

Z A C P OW E R : I L H A D O V E N E N O H . I . L A R RY

D I Á R I O D E U M Z U M B I D O M I N E C R A F T Z A C K Z O M B I E

A O B S E S S Ã O N O R A R O B E R T S

I G O VO C Ê O DA N O I T E U C A I A N C H I N I


C U LT U R A

f reguesia

do

liv ro

VOCÊ TEM LIVROS PARADOS EM CASA? Potencializar e acelerar a transformação pela leitura é simples e a Freguesia do Livro facilita a jornada de todos que querem transformar o mundo num lugar habitado por leitores

Que livro você está lendo? Há quanto tempo seus livros estão parados na prateleira de casa?

30

A Freguesia do Livro se interessa por fazer livros circularem e, assim, estimular a leitura. Nesses 6 anos de atuação, acredita que ler se ensina, gostar de ler se incentiva. Atua em duas pontas: a do leitor que pode doar livros e, na outra, daqueles que têm pouco acesso a boa literatura e podem ser beneficiados pelos livros doados. Higienizados, consertados, carimbados e classificados, esses livros são espalhados por Curitiba e cidades vizinhas em Pontos de Leitura, caixas cheias de livros livres para quem quiser ler e aproveitar. Os livros ganham o mundo mais uma vez e chegam a bibliotecas comunitárias de instituições e aos pontos de leitura, que já chegam a 200. Os livros são selecionados para cada caixa de acordo com o perfil de seu público e estão em locais diversos: cafés, lojas, portarias de prédios e condomínios, associações de moradores, asilos, presídios, salas de espera de clínicas, em hotéis, pousadas, frutarias, escolas rurais, escolas de yoga, restaurantes, empresas e fábricas, salas de espera de clínicas, salões de beleza, barbearias, em táxis... As possibilidades são infinitas. Em Curitiba, basta se cadastrar no site da Freguesia para receber uma caixa. A premissa do projeto é o empréstimo livre e a colaboração: pode pegar qual-

quer livro, não há ficha nem controle, o único desejo da ONG é que os livros sejam lidos e circulem e que as caixas continuem vivas e alimentadas. Em cada ponto de leitura é incentivada a arrecadação e doação de livros, e a leitura para clientes e comunidade. A Freguesia do Livro é coordenada pelas sócias do Graciosa Country Club Ângela Marques Duarte e Josiane Mayr Bibas. Elas acreditam na leitura democratizada, nas ações sociais que, mesmo pequenas, podem fazer alguma diferença. Se você se identificou com o projeto, comece por olhar sua estante, ver que livros pode doar e sugerir lugares para multiplicarem os Pontos de Leitura. O Graciosa apoia o movimento desde 2017: uma caixa com livros está disponível para quem frequenta o Centro Poliesportivo. Muitos sócios levam livros para casa e depois contribuem com livros seus. A Freguesia do Livro fez uma revitalização na biblioteca dos funcionários do clube e incentivou a permanência do livre acesso ao espaço. O Bazar Solidário também é grande parceiro, encaminhando para a ONG os livros que recebe e que podem atender a tantos novos leitores. A ideia de que livros lidos podem ser compartilhados vai assim, se espalhando. Livros precisam circular.

Ao fazer com que pessoas comecem a ler um livro e não parem, querendo saber o que acontecerá na outra página, a literatura força as pessoas a aprenderem novas palavras, novas formas de pensar, e com isso descobrir o prazer da leitura. Esse prazer, uma vez descoberto, leva as pessoas a lerem tudo. Vivemos num mundo de palavras, a internet é essencialmente feita por palavras, precisamos compreender o que lemos, e nos entender, para que possamos nos expressar melhor e assim trocar ideias”.

– N e i l Gai m an –

www.freguesiadolivro.com.br revista

/

rac i o s a

www.facebook.com/freguesiadolivro

co u nt r y

c l u b

fregues@freguesiadolivro.com.br

instagram:@freguesiadolivro


C U LT U R A

sóc io

esc r itor

edi ção/

247

SÓCIO ESCRITOR

> Escritora Maria Rosa Cartaxo Moura

LIVROS Ernani Guarita Cartaxo, Paradigma de um Tempo Crepúsculo O Canto do CIsne

A

moda até ser expulsa através da sutileza das palavras e da musicalidade dos versos. É gratificante, causa alegria e felicidade.”, diz a autora, acrescentando que é muita honra contribuir com algum trabalho de sua lavra para o avultamento Em 1977 escreveu e publicou sua prida Biblioteca do Graciosa Country meira crônica na Gazeta do Povo que Club e aplaudindo a empreendese sucederam outras, dominicalmente, O COU N T RY dora responsabilidade do ativo Depelos próximos dois anos. Enfeixou-as partamento Cultural do Clube. “O CLU B FAZ em seu primeiro livro, “Caleidoscópio”. Country Club faz parte da história de Em 1996, lançou no Tribunal de Justiça PART E DA minha vida, continua. Em suas piscido Paraná, o livro “Ernani Guarita Carnas, nadei, na infância e juventude; HIST ÓRIA DE taxo, Paradigma de um Tempo” sobre em seus salões fiz meu “debut”, asa vida de seu pai. Magistrado, jornaMIN H A V IDA sim como minhas netas. Também, lá, lista, professor universitário, escritor e festejamos importantes eventos fapoeta, presidiu o Clube em 1957/1958. miliares, casamentos e aniversários. Hoje, meus filhos e noras praticam o Inclinou-se, então, à poesia. Publicou golf, com assiduidade, em seu excelente campo e meus “Só...Poesias”, seguido por “O Canto do Cisne” e “Crepúsculo”. bisnetos correm pelos seus jardins, divertem-se no par“A inspiração poética é possessiva e caprichosa. Às vezes que infantil, fazem natação em sua academia e aguardam, dói, sofre-se! São como filhos que querem vir à luz. Ela se pressurosos, a melhor festa junina de Curitiba.” instala, gera a semente da ideia que cresce, invade, incoDiretoria Cultural agradece imensamente a gentileza da escritora Maria Rosa Cartaxo Moura, que doou ao acervo do Clube 3 de suas obras. Ela nos contou um pouco da sua trajetória:

31


ARTIGO

ga stron omia

C H A MPA G NE , M UI TO A LÉ M D O CHAM PA G NE

32

© Atout France/ Olivier Roux

Dividida em cinco itinerários que serpenteiam pelos vinhedos, a Rota Turística do Champag ne apresenta uma vista esplendorosa de vilarejos autênticos, antigos monastérios e imponentes castelos e igrejas

TE X TO

EL IS

N

CABAN IL HAS

GL ASER

ão precisa de muito para descobrir os melhores champagnes do mundo! É só seguir a Rota Turística do Champagne, que se estende por aproximadamente 500 quilômetros em Marne et l’Aube com 80 pontos de parada. Essa Rota Turística é dividida em cinco itinerários que serpenteiam pelos vinhedos, apresentando uma vista esplendorosa de vilarejos autênticos, antigos monastérios e imponentes castelos e igrejas.

rodoviários e ao TGV (o trem de alta velocidade francês, moderno e confortável), é rápido e fácil chegar à região. Por exemplo, ao sair do centro de Paris de TGV, é possível chegar ao centro de Reims, local onde estão as grandes Maisons, em apenas 45 minutos.

É usual os produtores de vinhos proporcionarem uma visita personalizada, familiar e artesanal àqueles que reservam com antecedência uma visita em suas propriedades. As visitas podem ser pagas ou gratuitas, depende do formato proposto e do número de pessoas. As visitas guiadas das caves, geralmente, terminam com uma boa degustação desse precioso néctar, sinônimo de alegria e de festa, e que reflete tão bem a atmosfera que reina em Champagne.

UM TURISMO QUE VAI ALÉM DO VINHO...

Champagne-Ardenne fica a leste de Paris e se estende da fronteira belga até as portas da Borgonha. Graças aos grandes eixos

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

Setembro, na época das colheitas, é uma ótima escolha para viver essa experiência única. É nessa época que o bom humor e a paixão por esse vinho reúnem todos os amantes do champagne.

A UNESCO escolheu inscrever cinco lugares de Champagne na lista do Patrimônio Mundial da Humanidade, reconhecendo assim seu importante valor universal. Uma consagração para esses lugares dotados de uma forte conotação histórica, como a Catedral de Reims, onde foram coroados durante oito séculos os Reis da França, ou a Igreja Notre-Dame-en-Vaux de Châlons-en-Champagne e a Basílica de l’Epine, etapas no caminho de Santiago de Compostela.


01

CAT E D R A L N OT R E - DA M E REIMS

A Catedral onde foram sagrados 33 reis da França é um dos mais belos símbolos da arte gótica. Entre seus 2.303 motivos esculpidos, o célebre “Anjo sorrindo”. A admirar também, no coro, os vitrais desenhados por Chagall.

02

A N T I G A A BA D I A R E A L SA I N T- R E M I REIMS A basílica conserva o baú de Saint-Remi, o cardeal que batizou Clovis em 498. Quanto à antiga abadia real, ela abriga o museu de história e arqueologia da cidade.

03

PA L A I S D U TAU REIMS O palácio era a residência dos reis da França quando participavam do coroamento. Até hoje abriga as esculturas da catedral e seu tesouro real.

AS MAISONS DE CHAMPAGNE Confira algumas propriedades que aceitam visitas mediante reserva:

REIMS Champagne Vranken - Pommery www.pommery.com

Champagne G.H. Mumm www.mumm.com

Champagne Veuve Clicquot - Ponsardin www.veuveclicquot.fr

Champagne Taittinger www.taittinger.com

04

E P E R N AY

Essa obra de arte do gótico espanta por seu teto e pirâmides esculpidas e também pelas centenas de gárgulas. Vale também visitar a tribuna de pedra e o sarcófago.

Champagne Mercier

BA S Í L I CA N OT R E - DA M E L’ E P I N E

05

247

fotos: © Atout France/ Michel Angot

edi ção/

Champagne Moët & Chandon www.moet.com

www.champagnemercier.com

Champagne De Castellane www.decastellane.com

I G R E JA N OT R E - DA M E E N VAU X C H A LO N S - E N - C H A M PA G N E

AU B E

A antiga igreja tem duas torres com imponentes flechas cobertas por chumbo e magníficos vitrais do século XVI. Seu carrilhão é um dos mais importantes da Europa.

Champagne Drappier

Champagne Château de Bligny

www.champagnechateaudebligny.com www.champagne-drappier.com

33


ARTIGO

saúd e

USO DO CELULAR À NOITE inibe a produção de melatonina e prejudica processo de emagrecimento

Luzes emitidas pelo celular confundem o relógio biológico, impedindo o organismo de entrar em processo de descanso e atrapalhando a produção hormonal

34 TE XTO

C ER ES

BATTISTEL L I

O

uso excessivo do celular no período noturno “Se a televisão do quarto estiver ligada, a produção de mepode comprometer a saúde e dificultar o prolatonina não ocorre”, comenta. cesso de emagrecimento de quem busca entrar Em paralelo, hormônios como o cortisol, que deveriam diminuir em forma. Diversos estudos já vêm demonstrando que as nesse período, permanecem em proluzes dos equipamentos eletrônicos dução, pois o organismo entende que inibem a produção de melatonina, o corpo continua ativo. “E isso pode que é o hormônio do sono, deseresultar em um desequilíbrio. A pessoa quilibrando o organismo de pessoas pode aumentar de peso em função O ideal é seguir um estilo saudáveis. dos hormônios desregulados”, analisa. de vida com hábitos De acordo com a médica Loana VaA médica fala que estudos já deliati, especialista em medicina prevensaudáveis, seguindo um monstraram que pessoas que trabativa do Espaço Medicina Inteligente, lham no período noturno estão mais processo de reeducação a luz emitida por celulares, tablets e propensas a desenvolver alguns tipos outros dispositivos eletrônicos alteram alimentar, associado à de doenças, entre elas obesidade, o chamado ciclo circadiano – o ciclo atividade física e sono câncer de mama e diabetes. do sono – e interferem na produção de melatonina e de outros hormônios modulado” “O ideal é seguir um estilo de vida com fundamentais para o equilíbrio do corhábitos saudáveis, seguindo um procespo humano, como é o caso do cortisol so de reeducação alimentar, associado à – o hormônio do estresse. atividade física e sono modulado”, comenta Loana, que recoLoana fala que o pico de liberação de melatonina ocorre algumas horas depois que uma pessoa adormece. Para isso, no entanto, é necessário um ambiente escuro de verdade, caso contrário o corpo não produz essa substância.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

menda evitar o uso de dispositivos eletrônicos por pelo menos duas horas antes de dormir. “As luzes nesse momento diminuem a qualidade do sono e confundem o relógio biológico”, enfatiza Loana, que atua na área de equilíbrio hormonal.


ARTIGO

susten ta b ilid ade

S U S T E N TA B I L I D A D E E SUAS CONTRADIÇÕES TE XTO

E

36

WAN DA

CAMAR GO

mbora ainda existentes e preocupantes, não são mais as guerras que parecem ter o poder de destruir o futuro da raça humana. Pela primeira vez na história, o descontrole dos modos de produção, a ausência de iniciativas verdadeiramente sustentáveis, o desejo do lucro imediato que elimina a preocupação com as gerações futuras, podem devastar a vida do planeta. A perplexidade que nos imobiliza diante das crises econômicas, de concepções e de paradigmas, parece nos impedir de escolher um bom caminho para nosso amanhã. Imóveis, parecemos ter perdido qualquer possibilidade de desenvolvermos utopias, projetos, esperanças.

de nos indicar um percurso seguro para o incremento educacional num planeta em rápidas e imensas transformações.

Embora sustentabilidade, em seus vários aspectos: econômico, ambiental, social, esteja sendo discutida nos ambientes escolares de todos os níveis, a verdade é que não conseguimos ainda sequer universalizar a educação básica com relativa qualidade: o Brasil possui milhões de analfabetos e alfabetizados precários que apenas conseguem “desenhar” o próprio nome, tanto adultos quanto crianças, vergonha de que demoraremos a nos livrar e que colabora para com a insustentabilidade de nosso crescimento em ritmo adequado às novas demandas mundiais; nem também estabelecemos um projeto cultural de médio ou longo prazo capaz

A solução, portanto, embora complexa, deve ser holística, na lógica do vivente – princípio unificador do conhecimento em torno do ser humano – que valoriza o cotidiano, a singularidade, o entorno e suas decisões. O futuro chega, queiramos ou não, estejamos preparados ou não, melhorar nossa capacidade de educar para a sustentabilidade é essencial.

Escolas capazes de relacionar-se autonomamente com o mundo do trabalho, o Estado e a própria sociedade, funcionando de forma democrática e ao mesmo tempo eficiente ainda é um ideal a ser perseguido, e enquanto discutimos se a finalidade desta é a transmissão cultural ou a transformação social, não realizamos bem qualquer uma delas, detendo-nos em discussões intermináveis e improfícuas sobre ideologias já superadas pela realidade.

Enquanto persistirmos na dificuldade de compreensão dos efeitos de nossas atitudes atuais nos processos de subsistência das Herbert George Wells, conhecido como H. G. Wells, escritor nasnovas gerações, teremos mais discursos politicamente corretos cido em 1866, foi professor e é considerado por muitos o pai da que efetividade; passar do enfoque individual para o social, alteficção científica, devido a romances como A máquina do tempo, rar nossa política de curto prazo para uma política de sustentabiO homem invisível, A guerra dos lidade de longo prazo exige uma mundos, e vários outros, nos quais pedagogia permanente e intermostrou-se verdadeiramente visionacionalizada, já que não somos nário quando às perspectivas de uma ilha, e nenhum país poderá guerras e mesmo na manipulação evoluir e atender às demandas de NENHUM PAÍS PODERÁ genética dos animais e na ética em bem estar de seus cidadãos se os nossa relação com eles. Já ao início E VO LU I R E AT E N D E R À S demais estiverem famintos e sem do século XX, Wells declarava que “a condições de proverem aos seus. D E M A N DAS D E B E M ES TA R História da Humanidade é cada vez O terrorismo está ativo como mais a disputa de uma corrida entre DE SEUS CIDADÃOS SE OS nunca, e os problemas migratórios a educação e a catástrofe”, e isso foi demonstram claramente o quanto D E M A I S E S T I V E R E M F A M I N T O S antes das duas guerras que marcaa solução deve ser conjunta, sob ram o período, com tudo indicando E SEM CONDIÇÕES DE pena de tragédias e horrores para hoje que a catástrofe venceu. PROVEREM AOS SEUS todos. Albert Einstein, indagado A solidariedade, mesmo que apesobre como seria a terceira guerra mundial declarou não saber, mas nas como um sonho utópico, pater certeza de que a quarta seria rece, cada vez mais, trocada pela competitividade e a indiferença em travada a flechas e tacapes entre relação aos demais, a progressiva extinção de animais, tudo nos os poucos sobreviventes da anterior; e aparentemente nem precisaremos dela, nosso egoísmo e consumo desenfreado podequestiona sobre o papel da educação na era das informações, e rão ser suficientes para destruir a humanidade. quais serão as perspectivas para este terceiro milênio.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

WAN DA CAM AR GO Educadora e assessora da presidência do Complexo de Ensino Superior do Brasil – UniBrasil.


ARTIGO

saúd e

O AVA N Ç O DA TECNOLOGIA NO UNIVERSO ODONTOLÓGICO saiba como isso pode beneficiar o seu sorriso

T

odo mundo conhece alguém que tem receio de ir ao dentista. Mas, a tecnologia vem permitindo que a experiência de pacientes nos consultórios odontológicos se tornem cada vez mais práticas, precisas e seguras.

38

Entre muitos avanços, o CAD/CAM é um dos fenômenos que mais tem contribuído com a odontologia, e ele significa “desenho assistido por computador” ou “manufatura assistida por computador”, que nada mais é do que a capacidade de realizar o desenho de uma prótese no computador. Hoje, o que mais se usa é o scanner intrabucal, no qual coloca-se uma ponteira dentro da boca do paciente, fazendo todas as imagens necessárias para o planejamento de procedimentos odontológicos. Essa imagem vai para o computador totalmente digitalizada, e a partir disso você consegue ver toda a boca do paciente, realizando tratamentos de forma mais eficiente, segura, rápida e acertiva. Conversamos com o Professor Dr. Italo Nogiri Filho e a Dra. Larissa Michaelis, sobre três técnicas que foram beneficiadas com a tecnologia do CAD/CAM: os implantes, as cirurgias gengivais e a harmonização do sorriso.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

IMPLANTES DENTÁRIOS N A E R A D I G I TA L / Conforto em uma cadeira de dentista pode soar estranho, ainda mais quando você é um paciente que precisa de implante dentário, não é mesmo? Bom, na verdade isso mudou, e muito. Agora, graças a tecnologia odontológica, os profissionais conseguem fazer cirurgias minimamente invasivas, proporcionando muito mais conforto, segurança e precisão nos implantes dentários. Por meio do planejamento computadorizado, a odontologia consegue proporcionar cirurgias rápidas e sem incisões para pacientes que necessitam de implante. De acordo com o Dr. Italo Nogiri Filho, o fato de saber o posicionamento dos implantes, estrutura óssea e gengiva de cada paciente facilita na hora de instalar os implantes. “Por meio desse procedimento conseguimos criar guias e instalar novas próteses com menos trauma e desconforto ao paciente que já está passando por uma situação delicada”, explica Nogiri. Hoje, apenas se perfura a gengiva e faz a instalação por meio das guias computadorizadas, sendo a instalação das próteses quase que imediata. “


edi ção/

A cirurgia é muito mais rápida: é só fixar o guia, não precisa de ponto e não precisa se preocupar com posicionamento correto de implantes, pois todo o planejamento é feito antes. Os guias também minimizam a chance de erros, preservando nervos, vasos sanguíneos e raízes de dentes que frequentemente eram lesionados em cirurgias de instalação de implantes dentários. A recuperação é rápida, sem dor, sem sangramento e sem inchaço”, finaliza Nogiri.

CIRURGIAS PLÁSTICAS G E N G I VA I S / Quando se fala em estética do sorriso pensamos primeiramente no formato, alinhamento e coloração dos dentes. Mas, vale ressaltar que muitas vezes a gengiva tem papel importante no sorriso, pois ela funciona como uma espécie de moldura para os dentes, que acaba resultando em uma maior harmonização facial de cada paciente

247

Dessa forma, é possível dar ao paciente um sorriso mais harmônico, simétrico e natural, tudo de acordo com os traços faciais de cada indivíduo. Se você ainda não conhece, o Digital Smile Design (DSD) é uma tecnologia usada por dentistas para o redesenho do sorriso, sendo, sem dúvidas, a tecnologia mais atual da odontologia estética. Larissa Michaelis, especialista em odontologia estética, explica que o DSD é um procedimento em que o dentista consegue ver a posição, forma e dimensões de cada um dos dentes para alcançar o resultado ideal para cada paciente. “É uma perspectiva de tratamento e planejamento em que mostramos o sorriso final ideal e os mecanismos, procedimentos e intervenções necessárias para chegarmos neste resultado”, afirma a doutora Larissa.

O processo consiste em analisar o paciente e as proporções faciais odontológicas, no qual são tiradas fotos e vídeos em HD. Todos os traços que irão alinhar e aperfeiçoar o tecido gengival, dentes e oclusão, são medidos com uma régua digiO Digital Smile Também conhecida como gengivoplastia, essa tal, que auxilia durante a concepção do tratatécnica é uma plástica que visa reconstruir a Design (DSD) é mento em duas dimensões, dando as medidas gengiva para que esta se torne esteticamenuma tecnologia precisas do novo dente ao laboratório de próte mais harmônica e simétrica ao sorriso, seja usada por tese. “Hoje, o DSD foi ainda mais aprimorado para casos de deficiência ou excesso de tecido com a tecnologia CAD/CAM, pois assim condentistas para gengival. De acordo com o periodontista Dr. seguimos planejar e simular o sorriso virtualo redesenho do Italo Nogiri, essas cirurgias podem ser planemente para a realidade clínica ainda mais rásorriso jadas e simuladas em programas de computapido e com maior precisão. A tecnologia já faz dor, o que permite mais eficiência na hora de as sobreposições das imagens obtidas com as realizá-las. “Uma vez que se remove a gengiva fotografias inicias e com a escolha dos dentes, em excesso fica difícil repor. Portanto, a simue esses se sobrepõem ao sorriso inicial, dando lação computadorizada nos permite operar com segurança uma perspectiva do sorriso final”. sem o risco de remover pouca ou muita gengiva”. De acordo com a dentista Larissa Michaelis, o DSD ajuda Com fotos do rosto do paciente, escaneamento bucal e too paciente a ter uma imagem virtual do que ele imagina mografias computadorizadas, é possível simular todo o proantes da transformação acontecer. “Tudo fica mais comprejeto do novo sorriso de uma maneira única e individual, busensível e atraente para o paciente. Antes de qualquer incando trazer mais harmonização e naturalidade ao sorriso. tervenção, o indivíduo tem a oportunidade de visualizar o “Tratamos cada paciente de acordo com sua vontade. E, com seu sorriso de acordo com suas características físicas e até a era digital, conseguimos simular e personalizar nossos trade personalidade, além de diminuir a ansiedade e expectamentos, o que nos faz ganhar tempo e nos permite mostrar tativa que cada paciente possui sobre seu próprio desejo”, simulações dos resultados, ajustando o planejamento às neenfatiza Larissa. cessidades e vontades de cada indivíduo”, finaliza Nogiri.

D I G I TA L S M I L E DESIGN (DSD) / Um sorriso natural e confiante pode ser a chave para abrir portas em nossas vidas. Mas, algumas vezes é preciso recorrer a tratamentos integrados para conseguir o sorriso dos sonhos. Graças a equipamentos da mais alta tecnologia, uma nova ferramenta permite criar o desenho do sorriso antes de começar o tratamento com seu dentista.

P RO F ES S O R D R . ITA LO N O GIR I F IL HO E D RA . L AR IS SA M IC HAEL I S Atelier 32

39


EVENTOS

poker

CIRCUITO GRACIOSA D E P O K E R 2018 F OTO S

LUCAS

LOPES

No dia 19 de março aconteceu a 2ª etapa do Circuito Graciosa de Poker 2018 na Casa de Festas. Acompanhe o calendário e não perca as próximas etapas! O Circuito conta com o apoio da Liga Curitibana de Texas Holdem.

40

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

> José Renato Duarte e Luiz Carlos Hauer

> Cosme Gomm e Cid Campelo

247

> Roberto Barrionuevo e Oscar Pimpão

41 > Zoca Paraná, Leonardo Cassi Moro e Flavio Prestes

> Mesa Final

> Fernando Araujo, Felipe Barrinuevo, Guilherme Zornig e Marcelo Gomm Santos


CP

m od a l idades

BASQUETE

42

O

basquetebol ou bola ao cesto é um jogo desportivo coletivo inventado em 1891 pelo professor de Educação Física canadense James Naismit, na Associação Cristã de Rapazes de Springfield, Massachusetts, Estados Unidos. É disputado por duas equipes de 10 jogadores (5 em campo e 5 suplentes) que têm como objetivo passar a bola por dentro de um cesto e evitar que a bola entre no seu cesto colocado nas extremidades da quadra, seja num ginásio ou ao ar livre. Os aros que formam os cestos são colocados a uma altura de 3 metros e 5 centímetros. Os jogadores podem caminhar no campo desde que driblem (batam a bola contra o chão) a cada passo dado. Também é possível executar um passe, ou seja, passar a bola em direção a um companheiro de equipe. O basquetebol é um desporto olímpico desde os Jogos Olímpicos de Verão de 1936 em Berlim. O nome vem do inglês basketball, que significa literalmente “bola no cesto”. É um dos esportes mais populares do mundo. Em Dezembro de 1891, o professor de educação física canadense James Naismit, do Springfield College (então denominada Associação Cristã de Rapazes), em Massachusetts,

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

Estados Unidos, recebeu uma tarefa de seu diretor: criar um desporto que os alunos pudessem praticar em um local fechado, pois o inverno costumava ser muito rigoroso, o que impedia a prática do Baseball e do Futebol Americano. James Naismith logo descartou um jogo que utilizasse os pés ou com muito contato físico, pois poderiam se tornar muito violentos devido às características de um ginásio, local fechado e com piso de madeira. Logo escreveu as treze regras básicas do jogo e pendurou um cesto de pêssegos a uma altura que julgou adequada: 10 pés, equivalente a 3,05 metros, altura que se mantém até hoje; já a quadra possuía, aproximadamente, metade do tamanho da atual. Em contrastes com as redes de basquete moderno, em cesta de pêssegos manteve a sua parte inferior, e as bolas tinham que ser retiradas manualmente após cada “cesto” ou ponto marcado, o que provou ser ineficaz. Dessa forma, um buraco foi perfurado no fundo da cesta, permitindo que as bolas fossem retiradas a cada vez com uma longa vara. Os cestos de pêssegos foram utilizados até 1906, quando foram finalmente substituídos por aros de metal com tabela.


edi ção/

Uma outra alteração foi feita logo cedo, de forma que a bola apenas passasse pela cesta, abrindo caminho para o jogo que conhecemos hoje. Uma bola de futebol foi usada para acertar as cestas. Sempre que uma pessoa arremessava uma bola na cesta, a sua equipe ganharia um ponto. A equipe com o maior número de pontos ganhava o jogo. As cestas foram originalmente pregadas ao balcão do mezanino da quadra de jogo, mas isto se provou impraticável quando os espectadores no balcão começaram a interferir nos arremessos. A tabela foi introduzida para evitar essa interferência, que teve o efeito adicional de permitir rebotes. Esse desporto chama-se “basquetebol”.

247

James Naismith, o inventor do basquetebol

O PRIMEIRO JOGO O primeiro jogo de Basquetebol foi disputado em 20 de janeiro de 1892, com nove jogadores em cada equipe e utilizando-se uma bola de futebol, sendo visto apenas por funcionários da ACM. Cerca de duzentas pessoas viram o jogo, que terminou com o placar de 1 a 0, sendo a cesta feita de uma distância de 7,6 metros. Equipes de cinco pessoas passaram a ser o padrão por volta de 1897-1898. O basquete feminino iniciou em 1892 quando a professora de educação física do Smith College, Senda Berenson, adaptou as regras criadas por James Naismith. A primeira partida aconteceu em 4 de Abril de 1896. A Universidade de Stanford venceu a Universidade da Califórnia.

HISTÓRIA DO BASQUETE NO BRASIL A prática do basquetebol no Brasil começou quando o norte-americano Augusto Louis introduziu o desporto na Associação Atlética Mackenzie College de São Paulo, em 1896. Primeira quadra de basquetebol no Springfield College

VENHA JOGAR BASQUETE NO CLUBE

No Rio de Janeiro, teriam acontecido, em 1912, os primeiros jogos de basquete, na rua da Quitanda, com o América Football Club tendo sido o primeiro clube carioca a introduzir o desporto nesta cidade, incentivado por Henry J. Sims, diretor da Associação Cristã de Moços.

O clube disponibiliza aulas as terças e quintas às 19 horas na categoria mista (masculino e feminino), acima de 14 anos. Venha conhecer o nosso time e fazer uma aula experimental.

43


CP

m od a l idades

44

BALLET

A

Escola Le Grand Ballet é especializada em Ballet Clássico e ministra aulas no Clube. Está na sua atual formatação desde 2005 e sua Direção Artística conta com mais de 20 anos de experiência em Ballet, inclusive no exterior. Utilizando o método Vaganova de Ballet Clássico (russo) a escola oferece aulas de Ballet para os associados a partir dos 3 anos completos. Confira abaixo os horários disponíveis.

As turmas que estão com a marca “NOVA!” favor confirmar seu interesse na secretaria do CP.

/

rac i o s a

SEGUNDA E QUARTA

09h

INICIANTE - ADULTO I NOVA!

16h

PRE BALLET - INICIANTE CRIANÇA I NOVA!

17h15

BALLET BABY CLASS

TERÇA E QUINTA

I M P O RTA N T E

revista

HORÁRIOS

co u nt r y

c l u b

10h

BALLET BABY CLASS

18h30

PRE BALLET

19h30

INICIANTE - ADULTO I E II


brisa

Nova Amarok V6. Força que vem de dentro. Venha conhecer na Servopa o motor mais forte da categoria

Descubra a potência e esportividade do motor V6 3.0 TDI com 225 cv.

Versões à vista a partir de

Rodas aro 19”

R$ 187.710,00

Transmissão automática com 8 velocidades

AGENDE SEU TEST-DRIVE Servopa Matriz

413330

2001

Chile c/ Rockefeller, 1118

Servopa Mário Tourinho

Mal. Floriano, 3764

Mário Tourinho, 1225

6000

Servopa P. Grossa Oficinas

Servopa P. Grossa Nova Rússia

Leopoldo G. da Cunha, 233

Ernesto Vilela, 1040

423220

4700

www.servopa.com.br

Servopa Marechal

413213 423227

4700

Infotainment Discover Media com indicadores off-road

Bancos elétricos

413583

1800

Servopa Castro

423232

8550

Bento Munhoz R. Neto, 103

Minha escolha faz a diferença no trânsito.

Servopa Pinheirinho

413341

9200

Francisco Raitani, 7350 Servopa Irati

423421

Volkswagen Amarok V6 TDI, ano/modelo 2018/2018, cor sólida, à vista a partir de R$ 187.710,00. Os opcionais apresentados neste anúncio condizem com o modelo ofertado. Estoque de 1 unidade do modelo anunciado por concessionária. Antes de contratar o crédito, escolha o tipo mais adequado ao seu objetivo. www.bancovw.com.br. Oferta válida até 30/04/2018. Veículos em conformidade com o Proconve.

6000

Vírgilio Moreira, 41

Servopa Paranaguá

413420

4800

Cel. Elísio Pereira, 523 Servopa Maringá

443027

1000

Av. Colombo, 3887


CP

m od a l idades

STREET DANCE

T

ambém conhecido como Dança de Rua. É composto por vários estilos, dentre eles Free Style, Ragga, Popping, Locking. Pode ser praticada por qualquer pessoa, é uma aula cheia de energia, ritmo marcante e ótimo trabalho aeróbico além de desenvolver coordenação motora, força e equilíbrio. O Studio D1 é nosso parceiro nesta modalidade e juntamente com a professora Mariana Minetto (Maka) estão aguardando todos vocês para uma aula experimental.

HORÁRIOS TERÇA E QUINTA

16h30

STREET DANCE - ACIMA DE 05 ANOS

46

M U AY THAI

T

HORÁRIOS SEGUNDA E QUARTA

17h30

MUAY THAI - ACIMA DE 14 ANOS

19h30

MUAY THAI - ACIMA DE 14 ANOS

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

ambém conhecido como boxe Tailandês o Muay Thai é uma arte marcial que tem técnicas de ataque e defesa, onde existe muito atrito com o adversário sendo caracterizado um esporte de combate. Com o uso dos cotovelos, joelhos, chutes e também golpes giratórios. O Muay Thai é uma modalidade intensa, e sua perda calórica em uma aula de 60 minutos é bem alta. O principal objetivo das aulas é fortalecer o condicionamento físico e simular em forma de exercícios os movimentos da luta.


edi ção/

247

J A Z Z E S A PAT E A D O

A

través de sua didática a professora consegue tornar a dança fácil, leve e prazerosa para todos os níveis de experiência.

HORÁRIOS SEGUNDA, QUARTA E SEXTA

09h

JAZZ AVANÇADO ADULTO

10h

JAZZ INICIANTE ADULTO

SEGUNDA E QUARTA

11h

JAZZ INICIANTE ADULTO

TERÇA E QUINTA

17h30

JAZZ INICIANTE ADULTO

18h30

SAPATEADO AVANÇADO ADULTO

47

GINÁSTICA RÍTMICA

A

pesar da Ginástica Rítmica não ser considerada uma atividade exclusivamente de dança, e sim um esporte onde as ginastas devem executar uma série que combina elementos corporais e de dança com o uso de um dos cinco aparelhos: arco, bola, corda, fitas e maças. A GR é uma atividade olímpica que é disputada apenas por mulheres, nas categorias: individual e em conjuntos. As aulas tem duração de 1 hora.

HORÁRIOS SEGUNDA, QUARTA E SEXTA

10h

GINÁSTICA RITMICA - 06 A 11 ANOS

TERÇA E QUINTA

10h

GINÁSTICA RITMICA - 04 A 06 ANOS


CP

m od a l idades

JUDÔ

C

riado no Japão, em 1882, pelo professor de Educação Física Jigoro Kano. Tinha como objetivo criar uma técnica de defesa pessoal, além de desenvolver o físico, espírito e mente. Esta arte marcial chegou ao Brasil no ano de 1922, em pleno período da imigração japonesa. É uma luta que tem como objetivo o Ippon, quando conquistado a luta é encerrada.

/ G R A D UA Ç Õ E S ( FA I X A S ) No Brasil, as graduações do judô são feitas através das cores das faixas, que são amarradas no quimono (espécie de roupão usado pelos judocas). São elas (de menor nível para o maior): branca, branca com pontas cinzas, cinza, cinza com pontas azuis, azul, azul com pontas amarelas, amarela, amarela com pontas laranja, laranja, verde, roxa, marrom e preta. A Unesco em 2017 e 2018 escolheu junto do COI o judô como melhor esporte a se praticar com jovens de 03 a 21 anos.

48

HORÁRIOS SEGUNDA E QUARTA

09h

JUDÔ - 04 À 10 ANOS

TERÇA E QUINTA

19h30

JUDÔ - ACIMA DE 10 ANOS NOVA!

PERSONAL FIGHT

É

um treinamento personalizado voltado para indivíduos que querem aumentar o seu desempenho físico, através de técnicas de artes marciais. As aulas podem mesclar diversas técnicas para atender às expectativas do aluno, respeitando suas necessidades individuais e limitações. Será montado um programa de exercícios com base no nível de condicionamento do aluno, o profissional lhe dará atenção individual tendo como prioridade sua saúde e de alcançar seus objetivos físicos de forma mais eficiente. Confira a disponibilidade de dias e horários na secretaria do CP.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


CP

m od a l idades

JIU JITSU

HORÁRIOS SEGUNDA, QUARTA E SEXTA

11h

JIU JITSU KIDS - 4 À 10 ANOS NOVA!

14h30h JIU JITSU JUVENIL - ACIMA DE 4 ANOS

50

TERÇA E QUINTA

11h

JIU JITSU KIDS - 4 À 10 ANOS

17h45

JIU JITSU KIDS - 4 À 10 ANOS

19h30

JIU JITSU ADULTO - ACIMA DE 14 ANOS NOVA!

O

termo é derivado do japonês, de onde o esporte é originário. Ele significa suavidade e brandura, e Jitsu remete à arte e técnica. É uma luta que consiste em movimentos de imobilização, foi criada por uma casta guerreira do Japão, tem influência indiana. Esta arte é indicada principalmente para quem quer aprender golpes para se defender sem machucar o adversário, por tanto os lutadores treinam golpes que imobilizam os oponentes. Ao contrário de outras lutas o Jiu Jitsu permite que o adversário mais leve vença o mais pesado, caso ele saiba utilizar técnicas. A inteligência para combinar boas ações é a principal arma dentro dessa arte marcial. A organização responsável por avaliar as regras é a Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu, fundada em 1994. Em parceria com a GRACE BARRA, nossa grade é repleta de opções.

GAN H A D O RES DA P ROMOÇÃ O

Ganhadores que responderam à pesquisa durante a semana de inauguração dos novos equipamentos.

> Giovana Lemos Torres Demeneck

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

> Rafael Eduardo Andrioli


DATA DA VIAGEM: 06 A 28 DE JULHO DE 2018.

IN THE USA

LET THE JOURNEY BEGIN Prepare-se para viver uma experiência inesquecível no Talken in the USA na Stetson University, em DeLand, Flórida. Impulsione seu inglês em uma imersão na cultura norte-americana e aproveite suas férias de julho. • • • •

Aulas de segunda a sexta. Atividades extraclasse no campus da universidade e na região. Campus Stay com supervisão da equipe Talken em período integral. Passeios nos principais parques e shopping centers de Orlando.

Inscrições abertas. Participe! Para mais informações, visite uma de nossas unidades ou acesse www.talken.com.br. Av. dos Estados, 1345

Rua Fernando Simas, 1239

Av. Senador Souza Naves, 1047

Av. José Richa, 10546 - Linha Verde

Rua Dona Francisca, 1415

Água Verde, Curitiba.PR

Champagnat, Curitiba.PR

Cristo Rei, Curitiba.PR

(Col. Medianeira), Jardim Botânico

Saguaçu, Joinville.SC

80610-040

80710-660

80050-152

Curitiba.PR | 81690-100

89221-006

41 3345.2595

41 3336.4401

41 3264.3264

41 3362.0001

47 3472.0500


CP

52

ti re

sua s

d úvid as

TIRE SUAS DÚVIDAS P E R G U N TA / Co m o posso m e m anter liv r e de les õ es pratic an do co r r id a? Um dos maiores medos dos praticantes de corridas são as lesões, o treinamento de força para corredores é um aspecto muito importante na prevenção e no processo de preparação para competições. Mas ao contrário do que muitos pensam não precisamos apenas treinar membros inferiores e com baixas cargas e volume alto. O treino de força para corredores precisa ser específico, com alta intensidade, muito peso, treinar o corpo todo e com poucas repetições.

da velocidade de contração muscular, os quais estão relacionadas a melhoras na economia da corrida e consequentemente no desempenho esportivo. Então moçada converse com o seu professor e comece agora a realizar o seu programa de força máxima para obtenção de melhores resultados em suas corridas.

Há um consenso entre os pesquisadores que o treinamento de força máxima é capaz de influenciar em uma maior economia de corrida, que é a energia metabólica despendida necessária para manter a velocidade constante durante a corrida. Força máxima é a capacidade de desenvolver força capaz de levantar uma carga máxima sem que haja variação da velocidade de execução. Ela consiste na realização de exercícios em altas intensidades a um menor volume (series de 2 a 6 repetições máximas (RM)). As justificativas que indicam a importância desse método de treinamento para corredores baseiam-se em mudanças das fibras musculares de contração rápida, num aumento

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

IN STRU TO R M AU R IC IO KRO IN Educador Físico. Pós Graduado em Ciências do esporte e Medicina esportiva.


Conheça nossas soluções. Fale com nossos consultores:

0800 600 6070 www.tecnhogym.com


RH

d i a

da

mulh er

DIA INTERNACIONAL DA MULHER 08 de março F OTO S

56

N

este ano para comemorar esta data e homenageá-las, o departamento de recursos humanos inovou. Foi promovido na tarde do dia 08 de março, um evento especial, dedicado e pensado exclusivamente para elas, nossas colaboradoras. O tema abordado foi “Autoestima – a arma do sucesso pessoal”, com palestra proferida pela Psicóloga Daniela Knapp Varga, que abordou a importância da mulher na família, na empresa e na sociedade, trazendo a todas um momento de reflexão positiva. A tarde finalizou com a confraternização das participantes e um delicioso chá da tarde, gentilmente oferecido pelo Buffet Elegance, e distribuição de rosas.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

LUCAS

LOPES


RESPONSABILIDADE SOCIAL

s olidariedade

edi ção/

247

COMUNICADOS

57


GOLF

to r n eios

TORNEIO DE ABERTURA DA TEMPORADA 2 0 1 8

58

E C L A S S I F I C AT Ó R I A WO R L D C O R P O R AT E G O L F CHALLENGE 2018

A

abertura da temporada de golf 2018 aconteceu no dia 17 de março com o Torneio de Duplas, que classificou duas duplas que irão disputar a semi-final do World Corporate Golf Challenge 2018 em Terras de São José, no dia 18 de maio. A dupla vencedora irá jogar em Cascais, Portugal no The Oitavos, nos dias 20 e 24 de junho. O Torneio foi disputado na modalidade stableford aggregate, e contou com a participação de 42 duplas.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

DUPLAS CLASSIFICADAS PARA SEMIFINAL NOMES

PONTOS

Dupla Campeã

Sergio Moura e Mario Braga

66

Dupla Vice-Campeã

Edgar Prim e Fernando Barrionuevo

63

TORNEIO DE ABERTURA DA TEMPORADA 2018 CATEGORIA GROSS Dupla Campeã

Jose Ricardo Muricy e Carlos Alexandre Kalache

54

Dupla Campeã

Andre Schelbauer e Felipe Antunes de Souza

70

Dupla Vice-Campeã

Sergio Moura e Mario Braga

66

CATEGORIA A


edi ção/

> Glaucio Bley Filho, Cosme Gomm, Jacirlei Santos e Ricardo Mueller

247

> Guilherme Costa, Hugo Peretti Neto, Felipe Costa e Joel Fleischfresser Neto

59

> Dupla Campeã Mario Braga e Sergio Moura

> Campeões Gross José Ricardo Muricy e Carlos Alexandre Kalache

> Dupla Vice Edgar Prim e Fernando Barrionuevo

> Mauricio Roorda, Marisa Leal, Gilka e Marco Feres


GOLF

to r n eios

60

> Roberto Almeida, Francisco Furtado Filho, Felix Hoette e Marcos Zanier revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

> Luiz Caggiano, Manoel Diniz Neto, Marino Garofani e Delfim Correa


edi ção/

> Marcelo Bendhack, João Guimarães, Rosana Nigro Moura e Vanda Hauer

247

> Alexandre Matschinske, Giovani Gionedis Filho, Walfrido e Guilherme Avil

61

> Vladimir Pesenti, Alfredo Lincoln Pedroso, Luiz Augusto Rego Barros e Luiz Geraldo Costa

> Ricardo Toccafondo, Manoel Schwartz, Francisco Coral e Marcelo Seixas

> Norton e Caio Bianeck, Bernardo Bendhack e Lucas Ribeiro

> João Carlos Boscardin, Marcel Melhem, Luiz Costacurta e William Weishof


GOLF

to r n eios

> Eduardo Pierri, Rui Bocchino Macedo, Marcelo Ferraz e Antonio Rodrigues

> Arlindo e Fabricio Brun, Bruno Castro e Mauricio Leão

62

> Álvaro Quadros Neto, Oilson Negrelle, Andre Fauth e Carlos Pinho

> Carlos Schwabe, Tobias de Macedo, Ruy e Andre Carnasciali

> Rafael Faucz, Rafael Braz, Luiz Claudio Vieira e Olivério do Vale Gonçalves

> Arthur Leme Neto, Sergio Marder, Faruk El Khatib e Claudio Kiryla


G O L F

DE PAR TAM E N T O

FEM I N IN O

TA Ç A A B E R T U R A Após as férias, o departamento feminino abriu a temporada com a primeira taça no dia 01 de março. As golfistas aproveitaram para homenagear e agradecer a funcionária Maria Carla que se aposentou, por todo carinho e dedicação com o esporte e as golfistas.

64

> Maria de Fatima Thá, Solange Arnizaut e Neusa Moro

> Roberta Comodo

Resultados CATEGORIA GROSS Campeã

Roberta Comodo

72 tacadas

CATEGORIA INDEX ATÉ 19,4 1º lugar

Ivete Chemin

66 tacadas

2º lugar

Marisa Leal

73 tacadas

CATEGORIA INDEX 19,5 A 28,2 1º lugar

Neusa Moro

68 tacadas

2º lugar

Solange Arnizaut

77 tacadas

CATEGORIA INDEX 28,3 A 32,9

> Marisa Leal, Carla e Vanda Hauer

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

1º lugar

Clarissa Brik

79 tacadas

2º lugar

Maria de Fatima Thá

82 tacadas


edi ção/

247

TA Ç A DA M U L H E R Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, as golfistas entraram em campo e mostraram a beleza e delicadeza com que nossas atletas executam fortes e derradeiras tacadas. A taça comemorativa aconteceu no dia 08 de março e deixou o campo ainda mais belo.

Resultados CATEGORIA INDEX ATÉ 20,9 1º lugar

Roberta Comodo

67 tacadas

2º lugar

Lucia Pupo

72 tacadas

3º lugar

Monika Voswinckel

73 tacadas

CATEGORIA INDEX 21,0 A 32,3 1º lugar

Gilka Feres

72 tacadas

2º lugar

Rosely Rego Barros

83 tacadas

3º lugar

Gilda Pereira

84 tacadas

CATEGORIA INDEX 32,4 A 33,8 1º lugar

Maria Lucia Fagnani

77 tacadas

2º lugar

Liria Amarante

87 tacadas

3º lugar

Thereza Rispoli

88 tacadas

> Thereza Rispoli, Liria Amarante e Maria Lucia Fagnani

65

> Gilda Pereira, Rosely Rego Barros e Gilka Feres


G O L F

DE PAR TAM E N T O

FEM I N IN O

TA Ç A ANIVERSARIANTES 15 DE MARÇO Em ritmo de bate tacos “madeira & ferro”, a Taça Aniversariantes que aconteceu no dia 15 de março, brindou o novo ano das aniversariantes dos meses de janeiro, fevereiro e março. O parabéns aconteceu com muitas g uloseimas e bate-papo na casa das golfistas.

Resultados CATEGORIA GROSS Campeã

Monika Voswinckel

45 tacadas

CATEGORIA INDEX ATÉ 20,9

66

1º lugar

Ivete Chemin

39 tacadas

2º lugar

Lucia Pupo

43 tacadas

CATEGORIA INDEX 19,5 A 32,8 1º lugar

Rosely Rego Barros

35 tacadas

2º lugar

Gunilla Linderström

37 tacadas

CATEGORIA INDEX 32,9 A 33,8 1º lugar

Liana Reis

37 tacadas

2º lugar

Thereza Rispoli

38 tacadas > Monika Voswinckel, Lucia Pupo e Ivete Chemin

> Thereza Rispoli e Liana Rosa Reis

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

> Gunilla Linderström e Rosely Rego Barros

c l u b


GOLF

n o vid ades

n o

golf

GOLF GRACIOSA EM SOLO AMERICANO Sócias do Graciosa em passagem por Miami, aproveitaram para aprimorar suas tacadas em campos diferentes. As golfistas dedicaram dois dias a prática do esporte, e os desafios aconteceram no TPC - Tournament Players Club, dia 13 de março, e Plantation Preserve Golf Course Club no dia 15 de março.

68

NOVO E Q U I PA M E N T O O departamento de golf, na figura dos seus capitães e golfistas, agradece a Diretoria e Conselho pela aquisição da nova máquina, que irá otimizar o tempo e melhorar a qualidade nos cortes dos greens.Essa é mais uma conquista do capitão, Guilherme Costa, que após pesquisas, aprova um maquinário importante para manutenção do campo e melhora das condições de jogo.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


A COZINHA. O LUGAR. A EXPERIÊNCIA.

Av. Munhoz da Rocha , 757 - Cabral 41 3057-3375 | bobardi.com.br Aberto todos os dias para o jantar. Sábados e domingos aberto também para o almoço.


TÊNIS

a gra d ec imen to

ENTRE DOIS AMORES

O

amor pelo tênis, vem de longa data... Ter sido Diretora de Tênis Feminino GCC, no último semestre de 2017, foi uma experiência enriquecedora e muito gratificante! Não foi fácil a decisão em deixar o cargo, mas não poderia perder a oportunidade de passar este ano em Miami, reciclando e agregando conhecimentos e novas técnicas na pintura e nas artes (minha outra paixão)! Agradeço ao Presidente Glaucio, a todos os Diretores, e à Secretaria de Tênis, pelo apoio recebido, e pelo incansável esforço em proporcionar o melhor para as nossas tenistas! Neste período, alcançamos grandes vitórias. Conquistamos o segundo lugar no Torneio Interclubes de Classes em Maringá. O Graciosa foi representado pelas nossas tenistas que treinam no clube, com muita garra, determinação e união, sem contratações! Esta foi a nossa maior vitória!

70

Conquistamos o Bicampeonato do Torneio Interclubes Adultos e Seniors. Grande número de tenistas participaram, e a nossa garra e a união entre as equipes, fizeram a diferença! Tivemos vários momentos de confraternização. O almoço durante o Torneio Kbça Bowl, reuniu mais de 60 tenistas,

> Silvana Coelho

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

resgatando aquelas que estavam afastadas, e proporcionando para a categoria Super Damas, o entrosamento entre classes e idades! No Torneio da Independência, muita alegria na gincana, com danças, cantorias e brincadeiras. No Torneio Halloween nas Quadras, muita energia, descontração e até um vídeo clip das Trillers Girls. Finalizamos o Torneio de Natal, com um lindo passeio até o Ecoresort Capivari. Passamos um dia, com muita alegria, sol, piscina, toboágua, almoço, lanche... confraternizando entre as amigas tenistas, e comemorando as conquistas do nosso querido Tênis Feminino! Ficamos muito felizes com a indicação da tenista Ana Victória Sperandio para a nova Diretoria do Tênis Feminino, pelo Presidente Glaucio. Tenho certeza que ela fará um excelente trabalho, com novas ideias e projetos! Às minhas queridas amigas tenistas, agradeço a participação e a alegria em todos os eventos! Continuaremos juntas nas quadras, e principalmente, fortalecendo a nossa amizade e união! Um grande abraço, Silvana Coelho


edi ção/

247

DIRETORIA FEMININA DE TÊNIS Conheça a trajetória e Victória Sperandio e seu novo olhar que chega para agregar ainda mais os esportes de raquete CONVITE / No começo do ano recebi uma ligação da Silvana Coelho, para assumir a diretoria do Tênis, Padle, Squash e Beach Tennis feminino. Concretizado o convite, fiquei muito feliz e grata com a notícia. Tive a sorte que na sequência recebemos um torneio ‘’Future’’ nas quadras do Graciosa Country Club. Torneios abertos que trazem tenistas do mundo inteiro, são eventos que mexem com as emoções de todos que assistem. As crianças e adolescentes ficam eufóricos querendo autógrafos, e idealizando seguirem os mesmos passos dos profissionais, no futuro. Os jogadores de tênis adultos, se inspiram e entram nas quadras com muito mais entusiasmo. Para os que não jogam (não são poucos na torcida), é um evento divertido e cheio de novidades. Para os atletas brasileiros é um incentivo enorme, pois podem aumentar sua pontuação no ranking mundial ‘’jogando em casa’’ com a torcida incentivando e a facilidade de não ter que ir à Europa ou América do Norte (onde a maioria das disputas acontecem), para participar dos campeonatos.

HISTÓRIA / Comecei cedo nas quadras do Graciosa Country Club, aos 6 anos de idade pedi para minha mãe me inscrever nas aulas de tênis, com o passar do tempo entrei para a equipe do Clube

> Equipe de tênis do Graciosa Country Club do ano de 2000

(motivo de muito orgulho receber este convite), nesta fase participei de campeonatos pelo Paraná e Brasil, dos 11 aos 18 anos. Fui primeira do ranking paranaense por muitas vezes. Ganhei também título brasileiro. Aos 19 anos representei por 1 ano a equipe de tênis da faculdade McKenzie nos Estados Unidos. Sempre estive por perto das quadras, sendo competitivamente ou apenas por lazer. No momento tenho me dedicado a uma nova modalidade de raquete, que é o beach tennis. Esporte muito difundido na Itália e que está crescendo bastante no Brasil. Neste esporte já disputei mundial em Niterói ano passado e alguns outros campeonatos pelo Brasil.

ACONTECIMENTOS / Há aproximadamente 1 ano ganhamos 2 quadras de beach e 2 de padle no GCC, e alguns eventos interessantes já aconteceram. No início de abril fizemos uma clínica com a ex nº 1 do mundo Joana Cortez e sua parceira oficial Marcela Vita, atual nº 11 do mundo, que também sempre jogou comigo pelo Graciosa. Eventos como esse são os que agitam e alegram as quadras. Estou animada com a oportunidade de fazer parte da organização e desenvolvimento de novas ideias para o tênis e raquetes do clube, que já é impecável em toda sua trajetória. Obrigada por tudo. Victória Sperandio

> Victória Sperandio

71


TÊNIS

tor n eios

CIRCUITO FEMININO FUTURE DE TÊNIS 2018

72

> Gincana e recreação entre as partidas

E

ntre os dias 16 e 25 de fevereiro, as quadras do Graciosa sediaram pelo 8º ano consecutivo uma etapa do Circuito Feminino Future de Tênis. Passaram por aqui grandes nomes do cenário mundial em busca de resultados importantes para o ranking internacional. A atleta Teliana Pereira, a poucos dias da estreia sofreu uma lesão no cotovelo e não pode representar o Brasil nesta etapa. A campeã do torneio, foi a eslovena Tamara Zidansek, que venceu a francesa Fiona Ferro pelo placar de 7/5 6/4, na final de simples. Já nas duplas, as campeãs foram Chieh-Yu Hsu (China – Taipei) e Marcela Zacarias (México), que aplicaram 6/0 6/3, contra as tenistas Audrev Albie e Harmony Tan, ambras da França.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

É espetacular, receber novamente um evento deste porte, o que oficializa o Graciosa no calendário mundial de tênis, servindo como trampolim para nossos futuros atletas. O ambiente perfeito do nosso Clube com a qualidade das profissionais que vieram jogar, proporciona uma experiência de televisão aos associados e ao público em geral. Uma oportunidade sem dúvida de muito aprendizado para nossos tenistas de competição sentirem de perto as dificuldades, as diferenças e vivenciarem as glórias alcançadas através de muito treinamento”. GUILH ERME LOBO Diretor de Tênis do Graciosa


edi ção/

247

> Presente e futuro na premiação do torneio

73

> Victória Sperandio, Tamara Zidanzek, Fiona Ferro e Guilherme Lobo

> Sessão de autógrafos

> Grande público nos jogos


TÊNIS

tor n eios

TORNEIO FEMININO RELÂMPAGO DE DUPLAS último suspiro de carnaval

74

> Participantes do Torneio

Resultados No dia 13 de março as tenistas disputaram o Torneio Relâmpago de Duplas em comemoração a uma das festas mais tradicionais do nosso país, o carnaval. E foi com muito confete, serpentina ao som das marchinhas que elas deram o último suspiro. O evento contou com a participação de 30 atletas de diversas idades e classes, que fizeram questão de vir caracterizadas para deixar as disputas divertidas. Confira os resultados na tabela ao lado.

CAMPEÃS Victória Sperandio Lilian Nisio VICE-CAMPEÃS Claudia Dedini Silvana Poletto TERCEIRO LUGAR Vanusa R. Loures Manoela Heineberg

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

> Ala das Havaianas

247

> Cristiane Keinert, Miriam Amaral, Ana Paula Alvarez e Heloisa Carraro

75

> Desfile de Fantasias

> Priscila Santos e Fabiola Gandolfi

> Maristela Prado, Victória Sperandio, Claudia Dedini, Vanusa R. Loures, Manoela Heineberg, Maria do Rocio Zagonel e Lucia Carla Achy


TÊNIS

esc olin h as

FESTIVAL DAS ESCOLINHAS N

o dia 10 de março aconteceu a etapa 1ª etapa dos Festivais da Escolinha, ao todo serão 9, e as crianças que participarem de no mínimo 5, ao final ganharão a mandala, estrutura desenvolvida para agrupar todas as medalhas conquistadas durante o ano. Os festivais são eventos onde as crianças participantes das Escolinhas tem a oportunidade de demonstrar aos seus familiares e amigos, aquilo que aprenderam, compartilhando novas experiências. As atividades desses eventos são minuciosamente traçadas pelos professores, com o objetivo de integrar todos os presentes, visando o crescimento técnico, físico e interpessoal dos pequenos atletas.

76

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

247

77


TĂŠNIS

esc olin h as

78

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

247

79


TÊNIS

DE S TAQUES

CA M P EO N ATO PA RA N A E N S E DE PADEL

E

ntre os dias 02 e 04 de março o clube, representado pelas atletas Angela Torres e Claudia Surugi participou da 1ª Etapa do Campeonato Paranaense da Modalidade. O torneio foi disputado em Curitiba e contou com a participação de atletas vindas de diversos lugares do estado. Nossas atletas conquistaram o título de campeãs na categoria 2ª classe. Parabéns Angela e Claudia!

80

T E N I STAS Q U E B R I L H A M NOS ESPORTES DE RAQUETE

TORNEIO DE TÊNIS FPT JUNIORS SERIES 500 / CLUBE CURITIBANO 22 a 25 de Fevereiro Curitiba / PR

TORNEIO DE TÊNIS INTERNACIONAL DE PORTO ALEGRE / INFANTO JUVENIL 23 de Fevereiro a 04 de Março Porto Alegre / RS

SIMPLES

revista

/

Campeões

Gabriela e Felipe Sperb, 10 anos

Vice-Campeã

Julia Machado, 11 anos

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

DUPLAS Vice-Campeã

Bianca Binhara, 11 anos


DIRETORIA

G ES TÃO

.

2 0 1 9

PR ES I D E N T E

ME MBROS NATOS

Glaucio Fernando Bley Filho

Fernando Antonio Miranda Geroldo Augusto Hauer Norberto F. F. de Castilho Marcos Antonio Hauer Rubens Pinho Edgard Luiz Cavalcanti Albuquerque João Carlos Ribeiro Nelson Menicucci Rezende João Manoel de Oliveira Franco Tobias de Macedo Antonio Alves de Araújo Filho Gerson de Sá Tavares Filho Jorge Nacli Neto João Candido da Cunha Pereira Antonio Luiz C. Teixeira de Freitas Cleverson Marinho Teixeira José Candido Muricy Nelson Luiz Velloso Filho Paulo Henrique Rocha Loures Demchuk

VI CE- P RES I D E N T E

Gustavo Mussi Milani VI CE- P RES I D E N T E ADMI NI ST RAT I VO

José Hillani VI CE- P RES I D E N T E FI NANCE I RO

Alexei Affonso Schrappe Antoniuk CA P I T Ã D E GO L F

Marisa Leal CA P I T Ã O D E GO L F

Guilherme Ferreira Da Costa CO O R D E N A D O RA DE R ES P O N SA B I L I DA D E SOCI AL

Sueli Marlene Steffen Gossling D I RE TO R D O C P

Alcy Vilas Boas Júnior D I RE TO RA D O C P E D O C LU B I N H O DA CR I ANÇA

Nicole Molteni Lopes

82

2 01 7

D I RE TO RA CU LT U RAL

Liana De Camargo Leão D I RE TO R D E I N FO RMÁT I CA

Roberto Artigas Faucz D I RE TO R J U R Í D I CO

Guilherme Jacques Teixeira De Freitas D I RE TO R M É D I CO

Alcy Vilas Boas Júnior D I RE TO R O U V I D O R

Gustavo De Pauli Athayde D I RE TO R D E SAU NA

Guilherme Godinho Zornig D I RE TO R D E S E GU RANÇA

Luiz Alberto Cartaxo Moura

ME MBROS ELEITOS

Adalberto Scherer Filho Andre Diniz Affonso Da Costa Attilio Comodo Neto Carlos Alberto Santos Pinho Carlos Eduardo De Athayde Guimarães Carlos Eduardo De Leao Rosenmann Cassio Fernando De B Prestes Cosme Bueno Gomm Daniel Valente Isfer Freddy Jacques S Lima Kesselring José Aristeu Pereira Neto José Eduardo Moraes Sarmento Leslie De Oliveira Bocchino Luigi Antonio Cini Muffone Luiz Affonso Borrelli Costacurta Luiz Afonso Coelho Hauer Marcelo Iwersen Marco Antonio Simões Oilson Centa Negrelle Omar Camargo Filho Osvaldir Benato Ricardo Garmater Ricardo Michelin Ricardo Mueller Rogerio Menta Rubens Curi Sergio Luis Keinert Silvio Luhm Tarcisio Araújo Kroetz Wilson Do Rosário CONSE L H O F ISCAL

D I RE TO RA S O C I A L

Eliana Fadel Farracha De Castro

Andre Luiz Malucelli Luiz Claudio Maia Vieira Nagib Georges Fattouch

D I RE TO RA D E T Ê NI S

Ana Victória Sperandio Santos

CONSE L H O F ISCAL SUP LENTE

D I RE TO R D E T Ê N I S

Alvaro De Quadros Neto Argemiro Gomes Filho Lauro Alves De Oliveira Junior

Guilherme Luis Buffara Lobo

GRACIOSA COUNTRY CLUB / Av. Munhoz da Rocha, 1146 tel. 41 3015.5005 revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

SE CRE TA RI A G E RA L

De segunda a sexta, das 9 às 19 horas. R AMAIS: 1325, 1385 e 1367 CLU B I N HO DA CRI A N Ç A

Seg unda das 8h40 às 12h50. De terça a sábado das 8h40 às 18h20. Domingo e feriados das 8h40 às 17h20. R AM A L: 1383 SE CRE TA RI A D O TÊ N I S

De segunda a sexta, das 8 às 21 horas. Sábado, das 8 às 15 horas. Domingo e feriados das 8 às 14 horas. R AMAIS: 1337 e 1348 SE CRE TA RI A D O G O LF

Segunda, das 7h30 às 17h30. De terça a sexta, das 7h30 às 18 horas. Sábado, das 8 às 15 horas. Domingo só abre em dias de torneio. R AMAIS: 1361, 1380 e 1387 STA RTE R

De terça a domingo, das 7 às 17 horas. R AMAL: 1360 SE C. D O CE N TRO P O LI ESP O RTI VO

De segunda a sexta, das 7h às 20 horas. Sábado, das 8 às 18 horas. Domingo e feriados, fechado. RAMAIS: 1352 e 1338 RAVI CA FÉ

De segunda a sexta-feira, das 08h às 20h30. Sábado das 08h às 16h. R AMAL : 1354 SAU N A MASCU LI N A

Segunda a sexta, das 14h às 22h30. Sábado, das 14h às 21h30. Feriados, das 14 às 20h30. Domingo, não abre. R AMAIS: 1353 e 1375 BA RB E A RI A

De segunda a sexta, das 17h30 às 22h30. Sábado, das 16 às 21h30. Domingo, não abre. R AMAL: 1324 A CQ UA SPA

Segunda das 13h às 20h Terça a sábado das 9h às 20h30 Domingo, não abre. R AMAL: 1378 B I B LI OTE CA

Segunda a sexta, das 9h30 às 18h30. Sábado das 9h30 às 13 horas horas. Domingo, não abre. R AMAL: 1335 RESTAU RA N TE E BA R DA SE D E

Segunda a sábado, das 18 às 23 horas. Domingo, das 11h30 às 17 horas. RAMAL: 1322 RESTAU RA N TE D O G O LF

Segunda a sexta-feira, das 11h30 às 15 horas. Sábado, das 11h30 às 16 horas. Domingo, não abre. R AMAIS: 1336 e 1330 BA R D E PASSA G E M

Aos sábados buffet de café das manhã das 7 às 9 horas. Segunda-feira das 15 às 21 horas. Terça a sábado das 7 às 21 horas. Domingodas 7 às 19 horas. R AMAL: 1347 RESTAU RA N TE D O TÊ N I S

Aos domingos delicioso buffet de café da manhã das 8 às 10 horas. Segunda-feira das 12 às 21 horas.Terça a sábado: 10 às 21 horas Domingo das 7 às 19 horas. R AMAL: 1373 CASA D E FESTAS

Segunda a sexta, das 9 às 18 horas. R AMAL: 1333


UM LUXO. E PONTO!

• MOTOR 2.0 TURBO DE 238CV E TRAÇÃO 4X4 • TETO SOLAR PANORÂMICO • MULTIMIDIA CENTRAL EM LCD DE 10,3” COM GPS, BLUETOOTH® E ESPELHAMENTO

• 8 AIRBAGS, CONTROLE DE TRAÇÃO E ESTABILIDADE E FREIOS ABS COM EBD • HEAD-UP DISPLAY - PROJEÇÃO DE INFORMAÇÕES NO PARABRISA

MIRACAST • BANCOS DIANTEIROS COM AQUECIMENTO E RESFRIAMENTO

MANUTENÇÃO DE BAIXO CUSTO

NX 300 DYNAMIC POR

R$ 41 3021.2700

199.900 LEXUSBARIGUI.COM.BR

RUA PADRE AGOSTINHO COM MÁRIO TOURINHO, CURITIBA, PR

ACESSE LEXUSBARIGUI.COM.BR E FAÇA SUA ESCOLHA! TRÂNSIO SEGURO: EU FAÇO A DIFERENÇA. IMAGEM NX 300 F SPORT, NX 300 DYNAMIC. NX 300 DYNAMIC À VISTA POR R$ 199.990,00. QUATRO ANOS DE GARANTIA SEM LIMITE DE QUILOMETRAGEM PARA USO PARTICULAR. PARA USO COMERCIAL, QUATRO ANOS DE GARANTIA OU 100 000KM, PREVALECENDO O QUE OCORRER PRIMEIRO. CONSULTE O MANUAL DO PROPRIETÁRIO PARA OBTER MAIS INFORMAÇÕES. IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS.

Revista graciosa country club ed 247 abril de 2018  
Revista graciosa country club ed 247 abril de 2018  
Advertisement