Page 1


OS PAÍSES DO PLANETA TERRA EM VERSOS. Direitos reservados ao autor.

Antonio Ilson Kotoviski Filho Almirante Tamandaré 2008

2


Em especial para todos os amantes da Geografia.

3


APRESENTAÇÃO

N

a perspectiva, que toda a poesia nasce sob a luz de um cenário e realidade que cerca o poeta, se criou a obra “Os países do Planeta Terra em versos”. Pois, o poeta tem sua alma forjada pela cultura

e tradições o qual convive. Sendo assim, a idéia geral desta obra é apresentar todos os países existentes no Planeta Terra. Porém, esta apresentação tem um caráter poético, e não técnico. No entanto a de se ressaltar que as informações que serviram de base para a criação das poesias redigidas nesta obra, são informações verídicas, colhidas junto a documentos redigidos por órgãos oficiais e de idoneidade reconhecida pela sociedade. Neste contexto, as poesias são uma mescla de informações verídicas com a expressão do mundo poético. A de ressaltar ainda, que o leitor deverá estar ciente que a geopolítica global sofre constantes mudanças. Países somem, países surgem. O contexto de criação destas poesias se dispõe a descrever os países que existem no pertinente ano de 2008. Sendo assim pode ocorrer, que uma Nação aqui citada, não venha mais existir num futuro próximo. As presentes poesias, por serem uma criação poética, carecem de informações. Pois, o que se utilizou foram informações básicas, porém que aparecem dentro do corpo das criações, de forma resumida. Não esperem encontrar uma gama de informações, pois nesta obra só existem informações suficientes para se identificar os paises. Se queres mais informações, a pesquisa em obras técnicas se tornará necessária e prudente. Este é o resumo da obra. Um resumo que apresenta “resumos poéticos”, de povos que possuem uma história e contextos cotidianos, físicos,..., incapazes de serem descritos por qualquer trabalho de pesquisa do mundo. Pois, a quantidade de informações ultrapassa um único campo de visão.

Antonio Ilson Kotoviski Filho kotovski@ig.com.br

4


Capítulo I

Continente Americano América do Sul

5


Os países do Planeta Terra em versos. Territórios habitados, Que formam organizados Estados. Que possuem na alma de sua população, Um contexto criado pela cultura e tradição. Hoje são cento e noventa e duas Nações, Distribuídas pelas mais diversas regiões, Deste Planeta Terra que vivemos, Mas, pouco conhecemos. Cada país uma realidade, Ditada por uma sociedade, Que vive de acordo com seu espaço natural, Criando uma personalidade comum nacional. Podem ser versos, Mas são de um universo, Que existe e que pode ser encontrado, Mesmo que ninguém nunca tenha sobre ele falado. América do Sul. A porção sul do continente americano, É marcado por uma grande diversidade étnica de seres humanos. Representados por diversos povos nativos, E descendentes de europeus, asiáticos e africanos cativos. O território meridional, Possui a maior floresta equatorial, Além de ser abrangido pelo clima tropical e sub-tropical, Que possuem variações devido ao seu relevo especial. Formado por antigos planaltos, E no litoral oeste por dobramentos modernos muito altos. No centro se destacam as planícies e uma vasta rede hidrográfica, Desempenhando uma importante fonte de evolução demográfica. Uma contrastante porção, Com paises estagnados e outros em crescente evolução. Da primitiva agricultura a campos de alta industrialização, De desérticas regiões a cidades com imensa população.

6


Argentina. Território da região platina, Faz parte do extremo sul da América Latina, A República da Argentina é presidencialista, E o sistema econômico capitalista. Sua população, É oriunda das conseqüências da colonização, Que desencadeou a miscigenação, Entre nativos e espanhóis que forjaram uma nova Nação. Com uma cultura diversificada, O tango é a sua marca registrada. Além de suas turísticas terras geladas, Mas pouco povoada. Com uma desenvolvida industrialização, A região da capital Buenos Aires concentra um terço da população, Que desfruta de um bom índice de desenvolvimento humano, No solo sul-americano. Uruguai Nação da região platina, Que faz divisa com o Brasil e a Argentina, Um pequeno território do sudeste sul-americano, Com regime político presidencialista republicano. Com poucos recursos energéticos e minerais, Não consegue desenvolver eficientes programas industriais. Um setor intermediário, Já que o país se funda em um sistema agrário. Sua população de descendência ibérica, Teve origem na colonização da América. Tem língua espanhola como oficial, Assim como a própria característica cultural. No litoral, Se encontra Montevidéu, sua capital, Uma típica região de clima-subtropical, O mesmo que predomina em todo território nacional.

7


Paraguai. Localizado na porção centro-sul do continente, O Paraguai desde 1811 é independente. A indígena população, Predomina na Nação. A paraguaia republica presidencialista, Tem sua sede governista, Na cidade de Assunção, Localidade que cresce com a industrialização. A cultura deixada pelo espanhol domínio colonial, Se misturou as tradições Guaranis local. Apesar de falar guarani, o espanhol é a língua oficial. É um país que depende do comércio e da terra, Já que colhe as conseqüências da guerra, Que travou com o Brasil, por causa da ganância da Inglaterra. Chile. Situado entre a Cordilheira dos Andes e o mar, A República do Chile é um belo lugar. Com paisagens variadas, De paraísos tropicais a regiões geladas. O país mais estreito do planeta na atualidade, Possui uma boa social realidade, Marcada por um nível de desenvolvimento de vida elevado, Que é pela população desfrutado. Depende da exportação, Do cobre e de frutas para outras nações, Devido as limitadas condições, De sua estagnada industrialização. Santiago é sua capital, Mas a Ilha de Páscoa é seu cartão postal, Assim como o Deserto do Atacama, o Pico Aconcágua e o Vulcão Lascar, Muita aventura que acaba sempre em Viña del Mar.

8


Bolívia. Numa vasta área altiplana, A República boliviana, Se dispõe soberana. Localizada no centro-oeste continental, É uma região rica em gás natural. Porém sua geografia o torna um país singular, Além de não lhe dar uma saída para o mar. La Paz sua capital, É a mais alta do mundo atual. Mas o seu cartão-postal, É o Lago Titicaca, um raro elemento natural. O povo boliviano, Infelizmente desfruta de um baixo nível de desenvolvimento humano, Conseqüência da colonização e de conflitos com seus vizinhos sul-americanos. Peru. O seu espaço territorial, É extremamente cultural, Pois abriga ruínas da Inca Civilização, Destruída pela espanhola colonização. Localizada no oeste sul-americano, Seu território formado por altiplanos, Que limitam um desértico litoral, Muito explorado pela pesca nacional. A desigualdade social, É um problema nacional, Que atinge a população, Que sobrevive em precária condição. A Republica do Peru guarda em seu espaço territorial, Muitos segredos que ao serem desvendados, colaborariam com a história universal. Pois são descendentes de uma civilização, Que dominou uma vasta região.

9


Equador. País da América Andina, Onde predomina a população indígena, Grande parte descendente, Da Civilização Inca, que nesta região se fez presente. Localizado no noroeste do continente, Possui um clima predominantemente quente. Saindo do litoral, A altitude vai influenciar o clima equatorial. Com uma fraca industrialização, O ponto forte é a exportação, Do cacau, café e banana, A base da economia equatoriana. As Ilhas Galápagos que possuem espécies únicas no reino animal, É um importante patrimônio natural mundial. Assim como Quito, sua capital, Que guarda ruínas do patrimônio inca imperial. Colômbia. No noroeste sul-americano, Se estabelece o povo colombiano, Num território de grande diversidade geográfica, Que muito influencia na sua distribuição demográfica. Suposta localidade da cidade de El Dorado, O território foi violentamente explorado, E seu nativo povo praticamente exterminado. Atualmente a Republica da Colômbia é um país agro-exportador, Sendo um grande produtor, De café, cacau e minerais. Mas limitado nos seus projetos industriais. Santa Fé de Bogotá é sua capital, Localizada no centro do território nacional, Cidade que iniciou a independência estatal.

10


Venezuela. Com fronteiras com a Colômbia, Brasil e a Guiana, A terra venezuelana, Já fez parte da Grã Nação Colombiana. Grande parte de sua população, Se concentra no litoral da Nação, Vivendo da exportação, De produtos destinados a alimentação. O petróleo é a sua maior fonte de riqueza, Mas que não consegue eliminar a pobreza, Que se espelha em grandes favelas, Dentro da Republica da Venezuela. Caracas sua capital, Se localiza no litoral, Concentrando um grande contingente populacional. Guiana. A República Cooperativa da Guiana, O único território que sofreu colonização britânica, Em terras sul-americanas. Com uma grande população de indianos, E afros-americanos, Este território setentrional, Tem uma baixa concentração populacional. Com uma economia pouca desenvolvida, E a baixa condição de vida, Pois depende da exportação, De produtos oriundos da mineração. Georgetown, sede administrativa, É a cidade mais populosa e desenvolvida. Já que as outras se desenvolvem dentro de uma baixa perspectiva. Suriname. Comprometida pela Floresta Tropical, E um pantanoso litoral, A República do Suriname tem um baixo índice populacional,

11


Grande parte vive em Paramaribo, sua capital. Sua população, É em grande parte formada por africanos e pessoas vindas da Índia e do Paquistão. E poucos descendentes do povo que impôs a colonização. Mas a língua holandesa prevalece na Nação. Sua economia depende da exportação, De sua agrícola produção, Além do resultado da sua mineração, A principal fonte da economia da Nação. Brasil A ex-colônia portuguesa, Já expressava sua grandeza, Que após se tornar independente, Tornou-se a maior potencia da porção sul do continente. Com grandes centros industriais, Diversificada reservas minerais, E uma das maiores agriculturas entre as nações internacionais, Além de possuir fartos cenários turísticos naturais. Brasília, sua capital, É o marco inicial, Do crescimento econômico e social, Que se propaga pelos quatros cantos territorial. Um país de marcante manifestação cultural, Que é expressada na literatura, música, folclore e carnaval. Mas a República Federativa do Brasil possui muitas realidades, Um contraste pela social desigualdade.

12


Capítulo II

Continente Americano.

América Central

13


América Central. A menor porção continental, Mas a mais dividida em territórios nacionais. Conseqüência da corrida colonial, Que marcou este espaço regional. Totalmente localizado na região tropical, A América Central, É cercada por ricos paraísos naturais, Muito explorado pelo turismo local. Território de importantes e desenvolvidas civilizações, Que deixaram varias contribuições, Ainda esconde mistérios e muitas questões. Uma sub-desenvolvida região, Que sofre com a herança deixada pela colonização, E pelos ativos vulcões e ciclones que só trazem a destruição. Panamá. Uma faixa estreita continental, No sul da América Central. Ganha fama internacional, Por causa de seu importante canal. Com clima equatorial, Que prevalece em seu pequeno espaço territorial, Regula uma agricultura limitada, Mais intensamente explorada. Com uma pequena industrialização, E uma baixa perspectiva trazida pela mineração, A Republica do Panamá a pesar de ser politicamente independente, Possui uma economia do exterior dependente. A Cidade do Panamá é a sua capital, A de maior concentração populacional. População que possui o espanhol como língua oficial, E formada da mistura do colono com o nativo local.

14


Costa Rica. O “paraíso da América Central”, Se destaca pela estabilidade política nacional. Com um alto índice de alfabetizados, E um sistema previdenciário muito bem organizado. Com um relevo montanhoso que influencia o clima equatorial, Com exceção no litoral, Banhado pelo Atlântico e o Pacifico, Formando um cenário magnífico. Com grandes parques nacionais, Ruínas coloniais, E Irazú e Poás seus vulcões, São as suas turísticas atrações. São José, sua capital, Localizada na parte central, De sua porção territorial, Possui a maior concentração populacional. Nicarágua. O maior país da América Central, Mas que tem concentrada sua população no lado ocidental, Devido a seus dois vulcões ativos, O litoral do Pacifico, se tornou um ponto seguro e alternativo. Com clima tropical, Amenizado pela altitude do relevo central, A cadeia vulcânica e dois grandes lagos isolam o lado oriental. A República da Nicarágua produz café, açúcar e algodão, Seus principais produtos de exportação. Mas devido a prolongada guerra civil, sua economia esta em recuperação. A capital da Nicarágua, É Manágua, Onde se encontra a maior parte da população, Representada por euramerindios em grande proporção.

15


Honduras. O centro dos cerimoniais maia da América Central, Copán é um patrimônio cultural mundial. Um magnífico cartão-postal. Com um relevo montanhoso, E um terreno pantanoso, Apenas nos vales do sul que se desenvolve a agrícola produção, De onde sai os produtos que vão para a exportação. A República de Honduras possui uma população, Formada pela união, Dos índios com os antigos colonos da região. Que além da cultura, deixaram o espanhol como língua oficial da Nação. Tegucigalpa, a sede do governo central, É também a cidade mais prospera e a principal, Que concentra um grande contingente populacional. El Salvador. A pequena porção territorial, que concentra um grande contingente populacional, é cortado norte a sul por cones vulcânicos, o que agrava a situação nacional. Já que limitam os vales centrais e possui uma estreita planície no litoral. A República de El Salvador, Colhe as conseqüências do terror, Causado pela violenta guerra civil que causou a destruição, Da estrutura sócio-econômica da Nação. Devido a super-população, Até cratera de vulcão, Serve como área de plantação. San Salvador, sua capital, É o marco principal, Para reconstruir o orgulho nacional. Guatemala. Com picos e vulcões que ultrapassam 4.000 m de altitude, O clima tropical pouco impõem suas virtudes. É a “terra da eterna primavera” da América Central.

16


A mais populosa Nação dessa porção continental. Sua população, majoritariamente rural, Tem forte composição indígena, com influencia marcante na vida nacional. Descendente da maia civilização, Já que eles dominavam a região. A República da Guatemala é presidencialista, Porém esta condição foi fruto de uma bélica conquista. Que comprometeu sua economia de essência capitalista. A capital guatemalteca, recebe o mesmo nome de sua Nação, Que vive da exportação, De sua agrícola produção. Belize. Pequeno território peninsular, Belize tem muita história para contar. Berço da Civilização Maia e um maravilhoso acervo natural, Que se tornaram o seu maior cartão-postal. Com um clima tropical chuvoso, Um território baixo e pantanoso, Mas com um patrimônio natural, Representado pela magnífica barreira de coral. O inglês é a língua oficial, Mas o dialeto maia e o espanhol soam em território nacional. Falado por uma população, Composta de afro-americanos, crioulos, mais e gente oriunda da colonização. Sua economia é limitada a agricultura, No entanto se desenvolveu uma infraestrutura, Para explorar o ecoturismo e o turismo cultural, Que possui um amplo potencial. Belmopan sua capital, Localizada na parte central, Do pequeno espaço territorial, Ao contrario de outras capitais, não é a cidade principal. Cuba. A ilha proibida para a América capitalista,

17


Por causa de seu regime socialista, Só alterando-se essa condição, Com o fim da mundial bipolarização. A nação continua socialista, Mas aberta ao mundo capitalista. Que deseje desfrutar de seus recantos equatoriais, E de famosos pontos culturais. Com uma avançada medicina e excelente educação, É referencia para qualquer Nação. Porém sua economia socialista baseada na auto-sustentação, Vem sofrendo um processo de modernização. Sua população afro-americana e ibérica, Fruto da colonização espanhola na América, Se concentram em grande parte em Havana, a capital, Que como a sua economia sofre uma modernização estrutural. Bahamas. O “paraíso fiscal”, Muito utilizado por multinacionais, Que fazem de sua capital Nassau, Um centro de operações financeiras internacionais. Por ser um paraíso tropical, O turismo recebe atenção especial, Pois limitado territorialmente, Sua produção agrícola e industrial é quase inexistente. A Comunidade das Bahamas é uma Monarquia parlamentarista, De economia capitalista. Sua população formada por afro-americanos e europeus meridionais. Oriundo da chegada de ingleses e africanos ainda em tempos coloniais. O inglês é sua língua oficial, E seu povo desfruta de melhor índice de desenvolvimento humano entre as Nações, Do Caribe, América do Sul e Central, Mesmo cercado de naturais limitações. Jamaica. O gênero musical reggae é sua marca registrada, É a ilha encantada,

18


Devido a sua estrutura turística, Que é a fonte de riqueza junto com a produção de cana, banana e frutas cítricas. Com um relevo montanhoso e fontes termais, Sofre a ação do clima tropical, Que regula a dura vida de seus nacionais. Que vivem no pequeno espaço insular territorial. Kingston é sua capital, E o inglês é a língua nacional oficial, Pois faz parte da Comunidade Britânica, Mesmo tendo inicialmente sofrido a colonização hispânica. Haiti. A religião Católica é a oficial, Mas o vodu é uma pratica normal. Nesta Nação que predomina a descendência africana, Foi o primeiro país a abolir a escravidão em terras americanas. É o país mais pobre da América Central, Marcado por graves problemas nacionais, Agravado por uma grave guerra civil em seu espaço territorial. A pesar do clima tropical, O seu turismo não é a fonte econômica principal. Pois depende da agricultura, a base da economia nacional. Porto Príncipe é a sua capital, E o francês é seu idioma oficial, A República do Haiti tem um governo misto, O que gera muito conflito. Republica Dominicana. A História Americana, Começou na Republica Dominicana. Um país insular, Limitado pelo Haiti e o mar. Com uma grande reserva natural, O turismo se destaca na economia nacional. Além da agricultura e um pequeno campo industrial. Um país pobre mas densamente povoado,

19


Cujo seu povo é formado, Por euro-africanos, europeus meridionais e afro-americanos, Além de muitos imigrantes ilegais haitianos. Santo Domingo é a sua capital, Um patrimônio cultural, Em terra de clima tropical.. São Cristóvão e Névis. Formado por duas ilhas de origem vulcânicas, Sofreu colonização britânica, Tem no turismo sua principal fonte econômica, Além de uma indústria de manufaturas eletrônicas. Apesar de exportar, Coco e açúcar. Tem que importar, Muitos produtos alimentícios para abastecer o seu mercado popular. Basseterre é a sua capital, É a cidade com grande contingente populacional. Que sofre a influencia do clima tropical, E possuem o inglês como língua oficial. Antígua e Barbuda. Pertencente a Comunidade Britânica, Desenvolve uma indústria de manufatura eletrônica. Mas seu potencial, Se resume no turismo local. Com terrenos ondulados, E um território com espaço limitado, O arquipélago é por três ilhas, formado, Sendo o território de Redonda, desabitado. Saint John’s é sua capital, E os afro-americanos predominam no espaço territorial, Que tem o inglês como língua oficial, E desfruta de clima tropical. Dominica. Ilha de origem vulcânica,

20


Ex-colônia britânica, Que ocupa apenas uma ilha, Nas Pequenas Antilhas. Com uma agricultura voltada para as exportações, Infelizmente sofre as ações, Dos terríveis furacões, Que destroem suas plantações. Roseau é sua capital, A cidade principal, Sede do governo republicano parlamentar, Que o baixo desenvolvimento humano tem de enfrentar. Santa Lucia. De origem vulcânica, Esta porção insular, Foi disputada entre as Nações Francesa e Britânica. Seu governo é uma monarquia parlamentar. Sua pequena população, De origem afro-americana, Sobrevivem da agricultura e de uma pequena industrialização, Com destaque para a produção de banana. Castries é a capital, Deste território de clima tropical, Que fala inglês e o francês dialetal, Deixado como herança colonial. Barbados. De relevo plano, encostas suaves e um planalto central, Que convive com o clima tropical, Esta pequena porção insular, é densamente povoado, Com um índice de desenvolvimento humano bem destacado. Com estabilidade política e social, O turismo e o petróleo se destacam na economia nacional. Além de uma pequena industrialização, Que trazem a prosperidade para a população. Bridgetown é sua capital, E o inglês é a língua oficial,

21


Falada por um povo de origem afro-americana, Que seguem o cristianismo de tendência anglicana. São Vicente e Granadina. Formado por diversas ilhas, Situa-se nas Pequenas Antilhas. Arquipélago de origem vulcânica, É o país mais pobre da Comunidade Britânica. Depende da exportação, De sua agrícola produção. A pesca ganha importância, E o turismo é explorado com grande relevância. Esta Nação tropical, Tem Kingstown como sede do governo central. O inglês é a língua oficial, Falado por uma população que vivem em grande parte na zona rural. Granada. A menor Nação do continente, É politicamente independente, Mas economicamente dependente. Sob o governo de uma monarquia parlamentar vigente. A “Ilha das especiarias”, se destaca, Na produção de noz-moscada. Que é totalmente exportada, Porém sua economia é limitada. St. George’s, sua capital, É a cidade principal. Esta ilha vulcânica, Faz parte da Comunidade Britânica. Trinidad e Tobago. Com uma economia dinâmica, Esta ex-colônia britânica, Busca a consolidação, Como uma independente Nação. O petróleo é a sua riqueza principal,

22


Que impulsiona a indústria nacional, E mantém o segundo maior contingente populacional, Da América Central. A população multirracial, Possui o inglês como língua oficial. Port of Spain, sua capital, É o segundo maior centro populacional nacional.

23


Capítulo III

Continente Americano.

América do Norte

24


América do Norte. A porção setentrional, É uma das mais desenvolvidas no cenário mundial. Devido a sua alta tecnologia, E sua dinâmica economia. Com um relevo diversificado, Climas variados, E um espaço geográfico bem modificado. O centro, o sul e o litoral, são extremamente povoado. Apenas três nações formam esta porção, Originadas pela colonização, Que deixou marcas nessas regiões, Forjando suas populações e tradições. México. Berço das civilizações Maia e Asteca, Seu território se torna uma grande biblioteca, Contando história da colonização, E de suas civilizações que viviam na região. Com um relevo montanhoso que abrange quase todo espaço territorial. Uma área desértica na parte setentrional, E ao sul uma úmida floresta tropical, E relevos baixos no litoral. Sua população, É resultado da miscigenação, Entre colonos e a local população. Prevalecendo a cultura imposta pela colonização. A Cidade do México é a capital, Uma megalópole mundial, Que representa o desenvolvido campo industrial, E a farta exploração mineral. Estados Unidos. Uma potencia mundial, Pois representam um quarto da produção global, Ocupando a posição central, No comércio e nas finanças internacional.

25


Com um imenso espaço territorial, Não existe um típico clima predominante no território nacional. Seu relevo diversificado, É raramente em outra nação encontrado. Com alta tecnologia civil, militar e aéreo-espacial, Recebe atenção mundial, Da mesma forma, a manifestação cultural, Ganha no cinema e na musica sua atração principal. São muitos seus cartões postais, E diversas cidades principais. Washington sua capital, É apenas a sede governamental. Canadá. Segundo maior país do mundo em extensão, Mas que possui baixa população, Devido principalmente ao seu clima gelado, Que dificulta o país ser povoado. Com um excelente desenvolvimento social, E uma diversificada economia industrial e mineral, Possui uma curiosa dualidade lingüística e cultural, Além de um relevo que forma um raro cartão postal. Montreal, a cidade principal, Não é sua capital. Pois Ottawa é a sede governamental, Do governo geral. Sua população formada por grande parte de ingleses, E uma parcela considerável de franceses. Se dispõe em uma terra com rica historia natural, Que responde perguntas do remoto passado global.

26


CapĂ­tulo IV

Continente Europeu.

27


Europa. A porção européia se limita aos Montes Urais, Além dos mares Mediterrâneo, Negro e Cáspio que servem de fronteiras naturais. Composta de quarenta e nove Nações, E variadas culturas e tradições. É o centro global, De desenvolvimento técnico e cultural. É a história mundial, Que se pode observar em qualquer parte deste espaço territorial. Berço da civilização ocidental, Que impôs o sistema colonial, Além do próprio sistema movido pelo capital, Que alterou o cenário mundial. A diversificada população, Vive com boa situação. Com raras exceções, Devido a crises internas de certas Nações. Islândia. A “Terra do Gelo” é uma ilha setentrional, Muito próximo da região glacial, O que faz prevalecer o clima sub-polar, Em todo o território insular. Seu relevo vulcânico e montanhoso, Faz da região um país pouco populoso. Pois os vulcões ativos tornam parte do país, um lugar perigoso, Porém a energia deles, é explorada com resultado vantajoso. Sua economia se baseia na pesca e na mineração, Sendo a principal fonte de riquezas da Nação, Que garante uma ótima vida para a população. Reykjavík é sua capital, E a cidade principal. O islandês é a língua oficial.

28


Noruega. Localizado na Europa Setentrional, Este reino tem uma das maiores frotas navais. Além de desfrutar da maior produção pesqueira da Europa Ocidental, O que equilibra a limitação industrial. Sua população concentrada no sul e no litoral, Desfruta de boa condição social, E um alto grau intelectual. Pois a Educação recebe atenção especial. Oslo sua capital, Localizada no litoral, E a cidade principal. O norueguês é a língua oficial. Suécia. O seu elevado padrão social, É a marca nacional, Deste reino setentrional, Localizado na porção da escandinava central. Com avançado campo industrial, E uma planejada exploração mineral, E um importante centro cultural, O Reino da Suécia, se destaca no cenário internacional. O sueco é a língua oficial, Mas se fala finlandês e o lapão no espaço territorial, Que tem Estocolmo como capital, A cidade com a maior concentração populacional. Finlândia. Apesar de estar na mesma região, Das nórdicas Nações, A sua língua não possui ligação, Com as outras línguas das escandinavas populações. Com uma grande reserva florestal, Que ocupa oitenta por cento do espaço territorial, A “Terra dos Mil Lagos” desenvolve no campo industrial, O aproveitamento da madeira desde ao papel e derivados, à gráfica e editorial.

29


Helsinque sua capital, Possui um acervo histórico cultural, Além de abrigar um grande contingente populacional, Localizado no litoral. Rússia. O maior país do mundo em extensão territorial, Maior que a Oceania e a Europa continental. Com este tamanho é rico em paisagem natural. E não falta recurso natural. Já foi uma superpotência bipolar, Hoje é apenas uma potencia nuclear. Pioneira na corrida aéreo-espacial, E uns dos maiores produtores de alimento no mundo atual. Terra que experimentou o comunismo, Rivalizando com o capitalismo, Que se reflete na atual população, Que vive ainda sob os efeitos da econômica transição. Moscou sua capital, É uma megalópole mundial. Um centro histórico cultural, No lado ocidental. Estônia. A República da Estônia é o país báltico mais ocidentalizado. Possui um litoral recortado, E um clima continental temperado, Estando no nordeste europeu localizado. Com um território pantanoso, O que torna o solo pobre, sendo pra agricultura, muito oneroso. Porém desenvolve uma industrialização, Suficiente para manter a economia da Nação. Tallin sua capital, Possui um importante festival. Que atrai grande parte da população, Para participar dessa rica folclórica tradição.

30


Letônia. Com um clima temperado continental, Que regula a agricultura nacional. Que se desenvolve no planalto central, E mais de mil lagos na parte oriental. Se mantém devido a economia industrial, Porém depende do petróleo e do gás natural, Para manter suas bases estruturais, Já que possui poucos recursos minerais. Riga sua capital, É um importante centro histórico cultural, Que mistura prédios art nouveau, Com construções do período medieval. Lituânia. A República da Lituânia possui uma extensa planície central, E relevos baixos com dunas e lagunas no litoral, Além de cadeias com colinas no sul e na parte oriental, Predominando sempre o clima temperado continental. Com uma limitada mineração, E uma pequena petrolífera produção, Depende da importação, Do gás natural e do petróleo da russa federação. Vilnius sua capital, É um patrimônio cultural internacional, Que se localiza no interior do território nacional, Que possui o lituano como língua oficial. Belarus. Ex-republica soviética que tem que enfrentar as conseqüências da transição, Entre o socialismo e o capitalismo, Que se refletem na baixa produção industrial e na inflação, Mas seu desenvolvimento econômico promissor, não perdeu o otimismo. Com muitos pântanos, lagos e baixas planícies, Sua superfície, É coberta por uma preservada floresta heterogênea que abriga o bisão, Um animal em extinção.

31


Com o vazamento na usina nuclear de Chernobyl, que se propagou além das fronteiras ucranianas, Sem obstáculos e em poucas semanas, A radiação deixou as terras aráveis de Belarus contaminadas, Onde se passaram vinte e dois anos, e ainda estão para a utilização, limitadas. Minsk sua capital, Localizada na porção central, É foco de atração populacional, Sendo a cidade principal. Polônia. Formada por planícies, Onde o rio Vístula corta sua superfície, Sempre foi o elo entre a Rússia e a Europa Ocidental, Devido a sua estratégica localização central. O clima temperado continental, Não limita a agricultura nacional. No entanto sua economia industrial, Desenvolve-se aproveitando todas as perspectivas de potencial. A eslava população, Recebe uma boa educação, Herança de sua tradição cultural, Historicamente reconhecida no cenário internacional. Varsóvia sua capital, É patrimônio cultural mundial. O polonês é a língua oficial, Além de ser a nação com a maior porcentagem de católicos no mundo atual. Alemanha. A potência econômica europeia principal, A segunda maior no âmbito mundial. É um berço de manifestações políticas, filosóficas, cientificas e intelectual, Que marcaram a historia global. Com relevo de característica ondulada, Planície baixa e alagada, Que ao sul são pelos Alpes Bavarios, cortada, Além da Floresta Negra, ali estar localizada.

32


Com uma economia dinâmica, Que produz desde de alimentos a sofisticadas manufaturas mecânicas, Possui ainda um desenvolvido setor de serviços, E um explorado diversificado campo turístico. Berlim é a sua histórica capital, Mas não é a principal, Apesar de lá estar a maior concentração populacional, Ela concorre com outras cidades com desenvolvido campo industrial e cultural. Dinamarca. A pátria dos antigos vikings apresenta um desenvolvido parque industrial, E uma alta qualidade de vida entre as nações do mundo atual. O Reino da Dinamarca se localiza numa região estratégica, Muito disputada em outras épocas. Com relevo baixo e plano, Com um litoral recortado por pântanos, Tem um clima temperado oceânico, Que não atrapalha o seu desenvolvimento econômico dinâmico. Sua população se distribui por seu território continental, Nas grandes cidades próximas ao litoral, E na sua porção insular, Se localiza a sede da monarquia parlamentar. Com dois belos patrimônios da humanidade, A capital Copenhague esboça uma espetacular prosperidade, Demonstra uma realidade, Nunca sonhada pelos primórdios habitantes da antiguidade. Países Baixos. Com metade do território abaixo do nível do mar, E muitos diques para esta condição não se agravar, Recebe a denominação de Holanda para designar, O conjunto territorial de administração monárquica parlamentar. Com um importante desenvolvimento comercial, E uma poderosa mercante frota naval, O porto de Roterdã é o principal, Já que ele escoa grande parte das importações e exportações da Europa continental.

33


Bosch, Rembrandt e Van Gogh, são a representações da cultura nacional, De expressão histórica internacional. Com duas capitais, Amsterdã a principal, E Haia, a sede governamental. Bélgica. O pluralismo lingüístico e cultural, Constitui fonte permanente de tensão étnica regional, Mesmo tendo uma pequena porção territorial, Localizada no centro-norte da Europa continental. Antuérpia, antigo porto e centro de ourivesaria, E Brugge com suas construções medievais e poética magia, Representam o ponto forte da turística economia, Desta nação que é administrada por uma parlamentar monarquia. Bruxelas sua capital, Não é a cidade principal. O Reino da Bélgica possui o francês, alemão e o flamengo como língua oficial, E o cristianismo é seguido por grande parte da população nacional. Luxemburgo. Este pequeno espaço territorial, Localizado na parte central, Se destaca por uma área de planalto, que pelos rios Alzette e Mosela é cortado, Que pouca influencia tem no clima oceânico temperado. Sua economia é composta de uma indústria leve, um amplo setor de serviços, e centro financeiro, Que recebe a força de trabalho de muitos estrangeiros, Notada na composição de sua população, Formada por luxemburgueses, portugueses, franceses, italianos e alemães. A capital do Grão-Ducado, É pelo nome da Nação denominado, É um patrimônio da humanidade, Cercada de uma visível prosperidade. República da Irlanda. Porção insular com recortado litoral, E uma vasta planície central, Limitada por montanhas e lagos na região setentrional.

34


O país é denominado de Eire na língua tradicional. Com uma população, Descendente da gaélica civilização, Possuem a maior concentração, De seguidores da tendência católica na britânica região. Sua economia diversificada, Começa a ser potencializada, Já que a União Européia abriu uma promissora estrada, Antes pela Inglaterra limitada. Dublin é sua capital, Próxima ao Val do Boyne que é um importante patrimônio cultural, De destaque mundial, Devido ao seu acervo arqueológico especial. Reino Unido. Formado pela Escócia, País de Gales e Inglaterra, Que se concentram na mesma insular terra, E a Irlanda do Norte, localizada na parte setentrional, Da Ilha da Irlanda, que fica ao lado vizinho ocidental. Com um relevo muito irregular, Formado no norte e oeste pelos Montes Cambrianos, E os Montes Grapianos. Possui regiões de planícies, estuários, fiordes e pântanos. Berço da Revolução Industrial, Recebe o status de potencia mundial, Pois possui territórios nos quatro cantos do mundo atual. Impondo sua política e cultura nacional. Londres, sua famosa capital, É um acervo cultural, Que conta a história do mundo ocidental, Pois já foi sede da maior nação imperialista colonial. França. A revolucionária Nação, De histórica expressão, A mais visitada no mundo atual, Propagadora da arte e cultura no mundo Ocidental.

35


Com um vasto espaço territorial, Que lhe permite a ela ser uma potencia mundial, Pois desfruta da mineração, agricultura e um desenvolvido parque industrial, Além da exploração turística de seu diversificado patrimônio cultural. Com avançada tecnologia aéreo-espacial, Ponto de referência científico intelectual, Potencia militar, Devido a seu amplo e dominado desenvolvimento nuclear. Paris, sua eterna capital, É a poesia nacional, Reverenciada em âmbito internacional, O ponto de referencia global. Portugal. A geografia do mundo atual, Começou a se desenhar graças ao pioneirismo de Portugal. Que com suas limitadas embarcações, Iniciaram o período histórico das Grandes Navegações. Hoje o republicano país de Portugal, Não desfruta mais do status de potencia mundial. Porém os frutos colhidos no período colonial, Ainda rende lucros para a sua economia atual. Com um relevo que limita sua agrícola produção, E uma fraca industrialização, Portugal tem no turismo uma boa fonte de recurso da Nação. Lisboa sua capital, É um rico acervo cultural, Tombado como patrimônio mundial. Espanha. Em outros tempos o Reino da Espanha, Alcançou a difícil façanha, De dividir com Portugal, O titulo de potencia mundial. Atualmente se contenta como potencia turística global, Pois mesmo desfrutando de um moderno parque industrial,

36


Não acompanhou o desenvolvimento, Da economia mundial que se altera a todo momento. Com um grande espaço territorial, Formado por serras, a cordilheira Cantábria e o planalto da Meseta Central, Seu clima varia entre o mediterrâneo e o oceânico tropical. Madri sua capital, É o ponto de partida para uma viagem cultural, Dispersa em seu espetacular território nacional. Andorra. Com pequeno espaço territorial, Encravado entre a França e a Espanha, Esta Nação cortada por montanhas, Tem o turismo como atividade econômica principal. O Principado de Andorra, apesar de independente, É influenciado diretamente, Pelas decisões das suas vizinhas Nações, Que não lhe afronta a soberania, mas recebem indiretas imposições. Andorra la Vella é sua capital, E o catalão é a língua oficial, Falada por uma população, Que vive em boa situação. Mônaco. O minúsculo principado, É completamente marcado, Pelo seu luxuoso turismo, muito bem explorado, Devido a forma como ele é estruturado. O Grande Prêmio de Formula 1 é o seu maior cartão postal, Um templo sagrado do automobilismo mundial. Desfruta de um pequeno e limitado campo industrial, E a pesca como fonte de recurso para a economia nacional. Mônaco Ville é sua capital, E o francês é a língua oficial, Que possui um baixo contingente populacional, Conseqüência devida ao pequeno espaço territorial.

37


Suíça. No centro do continente, A Confederação Helvética se faz presente, Com uma superfície de relevo muito irregular, E sem saída para o Mar. Sua economia diversificada, Possui o setor da relojoaria como o mais destacado, Porém sua indústria farmacêutica e maquinaria, Formam uma forte economia. Com uma produção de leite e derivado de alta qualidade, É também a terra dos melhores “chocolates” da atualidade. Com a Cordilheira dos Alpes formando um cenário magnífico, Desenvolve um importante campo turístico. Berna sua capital, Possui um magnífico patrimônio cultural. E o alemão, francês e o italiano são considerados os idiomas oficiais, Que representa bem sua diversidade étnica populacional. Liechtenstein. Considerado um paraíso fiscal, Na Europa Continental, Concentra a sede de muitas multinacionais, Atraída pela inexistência de tributos fiscais. Com um limitado parque industrial, E uma inexistente exploração mineral, O turismo é a atividade econômica principal, Já que possui a Cadeia dos Alpes Réticos e um clima de montanha em seu espaço nacional. Vaduz é a capital do principado, Característica da remota porção feudal que foi herdado, Assim como o idioma alemão, E a própria populacional composição. Áustria. O berço de artistas, pensadores e cientistas, E atualmente uma republica parlamentarista. Que possui uma economia dinâmica e planejada, Que é puxada principalmente pela sua necessidade de ser industrializada.

38


Cortada pelo rio Danúbio, o rio da integração, Que serve como principal fonte de escoamento de sua produção, Já que não possui litoral, Devido a sua localização central. Viena, histórica capital, É um centro musical, E sede de organismos internacionais, Além de ser a cidade principal. Itália. A República Italiana, É a herança, Da grande Civilização Romana, Que faz divisa com a Eslovênia, Áustria, Suíça e França. Com um relevo de origem vulcânica na parte meridional, E a Cordilheira dos Alpes na região setentrional, Com um clima contrastante, O sul é mediterrâneo, e o norte é temperado oceânico, que é no território predominante. Com a quinta maior economia mundial, Possuem importante parque industrial, Que é muito diversificado, no território nacional. Roma é a espetacular capital, Rica em história universal, Assim como todo o seu espaço territorial. San Marino. Encravado em território italiano, Este país republicano, Tem um limitado espaço territorial, Independente desde a época medieval. Com fortalezas medievais bem preservadas, É uma nação muito visitada, O que permite que o turismo seja explorado, Já que seu universo econômico é limitado. Sua capital San Marino, Esta localizada na cadeia montanhosa dos Apeninos.

39


Politicamente independente, Mas economicamente da Itália dependente. República Tcheca. Praga sua capital, É a mais bela cidade do mundo atual, Tradicional centro artístico cultural, Localizado em uma rica área industrial. Com clima temperado continental, Limita no inverno a agropecuária nacional, Porém por ter um forte parque industrial, Consegue manter o equilíbrio da economia local. A República Tcheca nasceu da divisão, Da antiga Tchecoslováquia, em duas Nações, Que corresponde a ocidental porção, De tcheca cultura e tradição. Eslováquia. Com a separação pacifica e consensual, A Eslováquia busca uma identidade nacional, Ocupando a porção oriental, Da antiga Tchecoslováquia territorial. Com uma razoável industrialização, Importante mineração, E uma média agrícola produção, Que forma a base da economia da Nação. Bratislava sua capital, É um grande porto fluvial, De importância fundamental, Para a economia regional. Hungria. O país mais industrializado do Leste Europeu, Com o fim do comunismo, pouco cresceu, Pois enfrenta problemas de transição, No sistema econômico da Nação. Com um rico acervo cultural,

40


Budapeste se destaca por ser um grande porto fluvial, Escoando a produção nacional, Para além do seu estaco territorial. Sua população, Formada por descendentes de antigos habitantes da região, Desenvolve uma própria cultura e tradições, Que não se perdeu no contexto das diversas invasões e anexações. Ucrânia. O escudo soviético no período da Guerra Fria, Tem uma razoável economia, Com destaque para a química, maquinário e metalurgia. Garante sua econômica soberania. É uma potencia nuclear que esta sendo desarmada, Condição que da antiga União soviética foi Herdada. Privilégio ou não, Isto divide vários setores da população. Kiev sua capital, É um centro cultural, De grande concentração populacional, As margens do Dnieper, um rio de importância nacional. Vaticano. O menor Estado soberano, Encravado em território italiano, Com característica especial, Este território possui “soberania espiritual”. Sede mundial, Da Igreja Católica desde o período medieval, É um patrimônio cultural, Localizada na italiana capital. Com um papado vitalício, O Estado pontifício, Se resume na administração, De sua global instituição. A Cidade do Vaticano é a capital, Que na verdade se resume a um prédio central,

41


Que tem o latim e o italiano como língua oficial, E vive do donativo mundial. Moldávia. Com uma população rural, Já que a agricultura ocupa mais da metade do seu espaço territorial, Que também possui um parque industrial, Destacando-se o setor alimentício, que representa grande parte do PIB nacional. A República da Moldávia, Já ocupou a Bessarabia. Hoje seu espaço territorial, Não corresponde mais ao espaço original. Chisinau, sua capital, É uma região industrial, E um estratégico porto fluvial, Que concentra um grande contingente populacional. Romênia. Romênia ou România, Terra dos Alpes da Transilvânia, Por planícies rodeadas, Sendo a leste pelos montes Cárpatos recortada. Possui uma razoável produção industrial, Além de explorar a extração de minerais, Mas sua forte agricultura nacional, Tem caráter econômico especial. Drácula o personagem mais famoso da literatura nacional, É o “romeno” mais famoso no mundo atual. Cuja a fama, traz o turismo para sua “terra natal”. Bucareste, sua capital, Desfruta de uma estrutura cultural, E do maior parque industrial. Bulgária. A República da Bulgária, Desenvolve uma importante atividade agropecuária, Que somada a mineração,

42


Compensam o fraco desenvolvimento de sua industrialização. Com grande influencia da Russa federação, Que forjou a cultura e a tradição, Notoriamente na sua população, Expressada no alfabeto cirílico e na cristã ortodoxa religião. Com um relevo que torna limitada, A possibilidade da região ser intensamente povoada. Sua população, Se concentra sempre próxima as zonas de comércio e produção. Com uma diversidade cultural, Presente em todas as regiões habitadas do espaço territorial, Duas grandes reservas naturais e um turístico litoral, Formam juntos com Sofia, sua capital, um patrimônio histórico-cultural mundial. Turquia. O mais ocidentalizado, Entre os paises de cultura islâmica, Característica herdada de um passado, Devido a sua historia dinâmica. Possuindo seu território disperso sobre dois continentes, Se torna um elo eficiente, Na comunicação entre o oriente e o ocidente. Condição marcante no passado e no presente. A agricultura é predominante, Mas a mineração traz recursos importantes, Que somados com sua estratégica industrialização, Produz um equilíbrio econômico para a Nação. Ancara sua capital, É um grande centro populacional. Porém a eterna Istambul, devido a sua característica sócio-econômica-cultural, Se torna a cidade principal. Macedônia. Já chegou a ser um gigantesco império mundial, Atualmente se resume a um pequeno espaço territorial, Que não corresponde a amplitude do território turístico-original, Devido as diversas invasões e separações sofrida ao longo de sua historia nacional.

43


Com relevo montanhoso cortado pelo vale do rio Vardar, Não possui saída para o Mar. Sua economia é deficitária, Dependendo muito da atividade agrária. Skopje, sua capital, É o centro principal, Com um limitado parque industrial, Que tenta se desenvolver, junto com a economia nacional. Grécia. Considerada o berço da ocidental civilização, Herdou o território e a história de uma população, Que foi marcada por uma impressionante cultural evolução. A Grécia atual, É rota obrigatória do turismo internacional, Devido a seu acervo histórico cultural, Disperso em todo espaço territorial. Com a maior frota européia mercantil naval, E um forte setor pesqueiro nacional. Garante um equilíbrio econômico-social, Mesmo não possuindo um amplo parque industrial. Atenas localizada no litoral, É a capital milenar, Da Republica Helênica atual. Albânia. Com fortes distorções sociais, Ocasionado pelas crises estruturais, Nos setores produtivos nacionais, O Estado encontra dificuldade de adaptação as tendências econômicas internacionais. Com grandes reservas minerais, Mas sem condições estruturais, Para uma coerente e lucrativa exploração, A Albânia é a mais pobre européia Nação. A Republica da Albânia, cuja a capital é Tirana, Era o antigo Reino da Ilíria, que sofreu dominação romana.

44


De origem albanesa, sua população, Sofre os efeitos da economia em transição. Chipre. Situada numa turística região, Esta insular Nação, Possui uma dividida população, Onde um lado luta pela separação, e o outro para não alterar a situação. Sua economia se funda no setor agropecuário, E na indústria de vestuário, E em um grande centro turístico e comercial, Localizado em seu litoral. Lefkosia é sua capital, Praticamente localizado na parte central, Concentrando um grande contingente populacional, Por causa de seu parque industrial. Malta. Arquipélago de beleza natural, Localizado no Mediterrâneo central. Que mistura elementos culturais árabes, ingleses e italianos, Que atraem uma grande massa de turista, todos os anos. Grande parte de sua área é cultivada. Sua Capital Valletta é industrializada, Além de ser um porto muito movimentado, O maior deste Estado. A República de Malta, Tem uma costa litorânea recortada, E relevo de colinas baixas, muito habitadas, Sendo por uma republica parlamentar, administrada. Eslovênia. Com um relevo formado pelos Alpes Julianos e Karavanos. Este Estado republicano, Possui uma população, Que pouco castigo sofreu com a luta pela independência da Nação. Com uma desenvolvida agropecuária e uma moderada industrialização,

45


Destaca-se na exploração do carvão, Importante fonte energética que alimenta a Nação, Que passa por um processo de econômica reconstrução. Liubliana sua capital, É a cidade principal. Possui uma pequena saída para o mar, este espaço territorial, Que possui o esloveno como língua oficial. Croácia. Com um desenvolvido parque industrial, Representado pelo setor químico, metalúrgico e naval, Explorando em grande escala o petróleo e o gás natural, É complementado pela agropecuária, a pesca e o turismo local. Com diversificados patrimônios culturais, Muito que remonta a antiguidade e o período medieval, Que foram preservados, mesmo com a ocorrência da luta pela libertação nacional, Mas que abalou importantes setores estruturais. Zagred sua capital, Concentra um grande contingente populacional, E o maior parque industrial, Mesmo distante do litoral. Bósnia-Herzegóvina. A luta pela independência, Deixou uma sangrenta conseqüência, Que força a reconstrução, Da infraestrutura da jovem Nação. Com um território montanhoso nos Alpes Dinaricos, localizado, Por planícies férteis do rio Sava, Drina e Uma circundado, Pelos agropecuaristas utilizados, Mas pelo clima temperado continental, limitado. Com um restrito parque industrial, Concentrado em Sarajevo, sua capital, Sede republicana presidencialista tripartite, notoriamente influenciada, Pela formação étnica que a sua população é formada.

46


Geórgia. No sudeste da Europa, Uma população com identidade própria, E de interessante história, Forma a Republica da Geórgia. Rica em recursos minerais, Entre eles o petróleo e o gás natural, O que compensa as grandes áreas florestais, E as altas montanhas do Cáucaso que limitam a economia nacional. Tbilisi sua capital, Fica na parte oriental, Do seu espaço territorial, Que concentra um grande contingente populacional. Armênia. Com uma economia debilitada, Já que possui dependência da energia importada, Do Azerbaidjão, Que guerreia por Nagorno-Karabakh região. Com um modesto parque industrial, E com limitada mineração, Depende muito da agropecuária para manter a economia da Nação, Que se localiza por sorte, numa fértil região. Yerevan, sede da republica parlamentar, De um território sem saída para o mar. Com uma população que tem o armênio como língua oficial, E o Monastério do Haghpat como patrimônio cultural mundial. Azerbaijão. A República do Azerbaijão, Ocupa uma era montanhosa do cáucasa região. Rica em jazidas de petróleo e gás natural, Que representa a base da economia nacional. Com uma importante agropecuária, Que se estende por extensas áreas, Mas que sofre influencia do clima temperado continental, Principalmente no inverno local.

47


Baku, sua capital, Localizada no litoral, Possui importância portuária e industrial, Além de ser um grande centro comercial. Montenegro. Uma pequena montanhosa Nação, Cuja população, Sofre consequências deixadas pela guerra, Em suas destruídas terra. Composta por uma diversidade étnica notória, Devido a sua marcada história, De invasão e lutas para se tornar independente, Que se repetiu em dois mil e seis novamente. Podgorica, sua capital, Concentra mais da metade da população nacional, Já que possui o maior parque industrial no seu espaço territorial. E a população possui o sérvio como língua oficial. Sérvia. A atual Republica da Sérvia, Fez parte da antiga província romana da Nésia, Com uma história cercada de confusão, Marcada por períodos independentes de pouca duração. Com uma economia limitada, Praticamente no turismo e agricultura estruturada, Pois não possui litoral, O que dificulta o crescimento da economia nacional. Belgrado sua capital, Possui uma grande concentração populacional, Formada por uma maioria sérvia, de origem local, Que carrega a tradição e a cultura nacional.

48


CapĂ­tulo V

Continente AsiĂĄtico.

49


Ásia. A maior porção continental, Do mundo atual, Separado da Europa pelos montes Urais, Mas marcado pela cultura islâmicas e orientais. O berço da humanidade, Das primeiras urbanizadas cidades, Das primeiras religiões e outras manifestações, Que até hoje regulam nossa cultura e tradições. Composta por quarenta e quatro nações, E diversificadas naturais regiões, Não possui um clima padrão, Concentrando mais da metade da mundial população. Muitos contrastes demográficos, Muitos cenários geográficos, Muitos mistérios e riquezas, Mas muitas pessoas vivendo na pobreza. Síria. Localizado no oeste da Ásia, Banhado pelo Mediterrâneo que forma belas praias. Seu território atual, Não corresponde a sua área original. A República Árabe da Síria é presidencialista, Sendo um país islâmico, que não sofre a ação fundamentalista. Damasco sua histórica e cultural capital, Possui uma grande concentração populacional. A base econômica da Nação, É relacionada diretamente com a petrolífera exploração, Além do fosfato, gás natural e de carvão, Que trazem divisas a esta soberana porção. Líbano. Com mais de dois mil anos de história, Herdando da Fenícia sua trajetória, É um Estado que sobreviveu, As diversas invasões que ao longo de sua vida sofreu.

50


Sua economia sofre um processo de reconstrução, Já que a Guerra Civil que só trouxe devastação, Fragilizou a Nação, Que tenta voltar a ser o centro financeiro e turístico da região. Beirute sua capital, Se parlamentarista governamental, Concentra grande parte da população nacional, Que tem o árabe como língua oficial. Israel. O Estado de Israel tem uma história de tensão, Que começou a partir de sua criação, Mas que remonta o passado da região, Que a dois mil anos foi habitada por sua original população. Com uma desenvolvida industrialização, E uma frutífera produção, Que lhe permite a exportação, Mesmo com o deserto comprometendo parte da Nação. Jerusalém deveria ser sua capital, Mas não é reconhecida pela comunidade internacional, Que considera Telavive a sede nacional. Israel foi palco das Cruzadas, Expedições armadas, Pela Igreja Católica instigada. Jordânia. Com um clima árido subtropical, Que pouco influencia na economia nacional, Já que tem um parque industrial, E vive da exploração mineral. O reino Hachemita da Jordânia, é parlamentarista, Com um povo de religião islâmica sunita, Sendo o país mais ocidentalizado, Mesmo estando no Oriente Médio localizado. Amã sua capital, Possui o maior contingente populacional,

51


Estando muito longe do litoral, Devido seu vasto deserto que abrange mais de oitenta por cento do espaço territorial. Iraque. Localizado quase totalmente num território historicamente importante para a humanidade. Correspondente a Mesopotâmia, primeira região civilizada da antiguidade, Que continua sendo habitada, Por uma população com a tradição e a cultura mudada. Pois a islâmica religião, Dita a cultura e a tradição, Além da própria humana evolução, Forjada na influencia da própria globalização. O rio Tigre e o Eufrates continuam trazendo fertilidade para a terra, Que vive a triste realidade da guerra, Que por este motivo deve a estrutura econômica abalada, Que atualmente esta sendo restaurada. Bagdá sua capital, Sendo a sede governamental, Porém outras cidades possuem importância nacional, Devido ao comércio e o petroquímico parque industrial. Kuwait. Pequeno país desértico, Banhado por águas do Golfo Pérsico, Governado a duzentos anos por uma dinastia absolutista, Habitada por uma população árabe islâmica sunita e xiita. Com uma agropecuária limitada a costeira região, Desenvolve a mineração, E possui uma petroquímica industrialização, Que estrutura a economia da nação. A Cidade do Kuwait é a capital, Apesar de ser a sede governamental, Não é a cidade principal, Porém a maior parte da população vive próxima ao litoral.

52


Arábia Saudita. Com a maior reserva petrolífera mundial, Permite com os recursos desse precioso mineral, Desenvolver projetos na área social, E incentivar o desenvolvimento industrial. A lei islâmica é rigorosamente aplicada, Pois é o pais sede das cidades sagradas, Que recebem muitos peregrinos que enfrenta longas jornadas, Para realizar visita que pelo Alcorão é pregada. Riad é a sede do reinado, Concentradamente habitada. Jidá é a sede administrativa nacional, Localizada no litoral. Iêmen. A terra onde o “cafezinho” foi inventado, Ao sul da península arábica localizada, Praticamente em solo árido, Mas com uma grande extensão de terra fértil pelo deserto limitado. Produzindo frutas, cereais e algodão, Uma parte na área fértil, outra na região do golfo do Ádem que recebe irrigação, O que traz um alento para a população, Que não colhe os frutos da grande petrolífera produção. Sanaa sua capital, Guarda um patrimônio cultural, Sendo sede da Republica Nacional, Com a maior concentração populacional. Omã. O Sultanato de Omã, Situa-se entre a cadeia montanha Hajar, E a península do Musadã, Sendo o sul e o leste banhado pelo mar. Tem uma economia agropecuária, E a população esta concentrada próximo ao Mar da Arábia, Mas sua petrolífera produção, Corresponde a noventa por cento do produto interno bruto da Nação.

53


Mascate sua capital, Localizado no litoral, Não concentra o maior contingente populacional, Mas é a sede da monarquia islâmica, sendo sede religiosa e estatal. Emirados Árabes Unidos. Permeado por oásis, mas cercado por um território desértico, Localizado na entrada do Golfo Pérsico, É uma rica região, Que vive da petrolífera produção. Com subsídios a saúde e a educação, É um país tolerante quando aos rigores da religião, No entanto seu sistema penal inclui até a crucificação, E o absolutismo prevalece na Nação. Abu Dhabi é sua insular capital, Mas Dubayy é a cidade principal, Localizada no litoral, Devido a seu desenvolvimento comercial industrial. Catar. Encravado no Golfo Pérsico, É o mais rico pais, desse local desértico, Ex-proletariado Britânico, que aposta no gás natural como compensação, Para enfrentar o esgotamento das jazidas de petróleo da Nação. Grande importador de alimentos, Para manter o populacional sustento, Já que sua agropecuária sofre limitação, Devido a disposição árida da região. Doha sua capital, Concentra grande parte da população nacional, Que se limita a um pequeno espaço territorial, E tem que se concentrar no litoral. Barein. O arquipélago bareinita, Possui uma monarquia islâmica absolutista, E suas reservas petrolíferas estão condenadas,

54


A serem completamente esgotadas. Diante desta notória previsão, O estado de Barein busca desenvolver a industrialização, Nos campos naval e de satélites de comunicação, Além de criar um centro financeiro que administre os recursos de paises petrolíferos da região. Manama sua capital, É a cidade principal, Pois concentra um grande contingente populacional, E o mais desenvolvido centro estrutural e social. Irã. Herdeiros da Persa Civilização, Pouco restou de sua antiga tradição, Que foram substituídos pelos preceitos do Alcorão, Desde a islâmica revolução. Com uma agricultura desenvolvida, se observar a região, Se destaca na mineração, Onde o petróleo e o gás natural, são os grandes produtos de exportação, Mas que possui uma limitada industrialização. Com uma população formada por islâmicos fundamentalistas, Surpreende a republica presidencialista, Rico em patrimônios culturais, Com destaque a Persepolis, capital de seus ancestrais. Teerã, sua capital, É o centro islâmico cultural, Uma das maiores cidades do continente, Que pouca influencia sofre do Ocidente. Turcomênia. Com um deserto central, Montanhas e rios na porção oriental, Que permite uma grande produção de algodão, Principal produto de exportação. Devido a mineração, O petróleo e o gás natural ganham importância na economia da Nação. Que permite manter a estrutura vital da população,

55


Que seguem a muçulmana religião. Ashkhabad sua capital, É a sede da republica presidencialista governamental, Que possui apenas um único partido político legal, Que representa um povo que tem o turcomano como língua oficial. Cazaquistão. Regado pela bacia do rio Ural, Mas sofrendo conseqüências do planalto desértico do mar Aral, Banhado por águas do mar Cáspio a oeste, E limitada por cadeia de montanhas, vales e lagos, no sul e no leste. Com um importante setor de mineração, Representado pela exploração de petróleo e do gás natural, Que complementam os recursos trazidos pelo seu parque industrial, E pela agropecuária nacional. A República do Cazaquistão, Tem Aqnola como sede da Nação. Sendo Alma-Atá sua cidade principal, Um grande centro industrial e populacional. Uzbequistão. Localizado no centro-oeste, Com território desértico e montanhas no sudeste, Com nascentes de rios que correm para o Mar Aral, Sendo o clima árido- frio predominante nesta porção territorial. Sua mineração destaca-se na exploração, Do petróleo, gás natural, urânio e carvão. Além de ser um grande produtor de algodão, Devido a vasta rede de irrigação. Tashkent é a capital da Republica do Uzbequistão, Mas Samarqand e Bukhoro são os cartões-postais da Nação. Pois são patrimônios culturais, com grande potencial turístico, Devido a seus encantos místicos. Quirguízia. Com relevo irregular, Sem saída para o mar,

56


Com picos com mais de sete mil metros de altitude no nordeste, E terras baixas no norte e sudeste. Com uma população rural, E importante exploração mineral, De ouro e do mercúrio, além de uma especifica industrialização. Que dão equilíbrio a economia da Nação. Bíshkek sua capital, É a cidade principal, Localizada no norte do território nacional, Sede da republica de regime misto governamental. Tadjiquistão. Entre territórios montanhosos, Com vales e lagos, numerosos, Possui uma agricultura limitada, Já que apenas dez por cento de suas terras são para essa finalidade adequada. Sua islâmica população, Sobrevive da agricultura e da mineração, Pois o território possui grandes reservas minerais, Que fornecem muitas matérias-primas para as atividades industriais. A República do Tadjiquistão, Apesar de sua rica mineração, é a mais pobre da região. Dushanbe sua capital, Concentra grande parte da população, devido ao seu centro comercial e industrial. Afeganistão. Montanhoso e árido localizado no centro oeste asiático, Apresentando um território com enormes contrastes climáticos, Que só agravam a situação, Da despedaçada Nação. Com uma economia em reconstrução, A agricultura é a maior alternativa de sustento para a população, Além da mineração, Que trás recursos para manter a estrutura básica da Nação. Cabul sua capital, Possui uma grande concentração populacional, Grande parte refugiados que saem das interiores terras,

57


Para fugirem da guerra. Paquistão. Surgido com o fim do domínio colonial, Separando-se da Índia, formando um novo espaço nacional, Composto por uma população, Que segue a islâmica religião. Apesar de possuir importantes jazidas de recursos naturais, Depende de auxilio internacional, Devido aos seus intermináveis conflitos locais e regionais, O qual coloca em risco a paz global. É uma potencia nuclear, Que possui rivalidade com seu vizinho de mesmo status militar. Que disputa o controle da Caxemira região, Onde os islâmicos são a maioria da população. Islamabad sua capital, É a sede governamental. Karachi no litoral, Possui a maior concentração urbana nacional. Nepal. O Reino do Nepal, Abriga o Everest em seu espaço territorial, Além de um histórico patrimônio cultural, Localizado no Vale Katmandu, próximo a sua capital. Com sua economia voltada para a subsistência, Impossibilitando a existência, De um sistema de integração econômica nos padrões internacionais, Já que exporta e importa conforme as necessidades populacionais. Katmandu sede governamental, É uma aglomeração urbana territorial, Já que grande parte da população nacional, Vive na zona rural. Índia. Sua população, Supera a marca de um bilhão,

58


Que se espalha por uma milenar região, Que foi habitada pela hindu civilização. Com tecnologia nuclear. De leste a oeste banhado pelo mar. Com tecnologia aéreo-espacial, Contrastando com a miséria que vivem grande parte da sua população nacional. Seu vasto espaço territorial, Permite a exploração de diversos recursos naturais, Além de um diversificado parque industrial, Que complementa a agropecuária nacional. Porém os recursos da diversificada produção, Não circula igualitariamente entre a população, Que se concentra em grandes centros urbanos de humana aglomeração., Como Nova Deli, a capital da Nação. Sri Lanka. A “Ilha Resplandecente”, Que devido ao império colonialista, Só em 1948 se tornou independente, Mas com conseqüência para a soberania nacionalista. Com uma grande produção de pedras preciosas, E a importação de matérias-primas valiosas, E um limitado parque industrial, Que garante recursos para o desenvolvimento nacional. Colombo sua capital, Localizada no litoral, É a cidade principal, Que concentra um grande contingente populacional. Maldivas. Mais de mil e duzentas ilhas formam esta insular Nação, Que no passado pertenceu ao Ceilão. Um paraíso equatorial, Que corre o risco de desaparecer por causa do desgelo glacial. Com um limitadíssimo parque industrial, O povo vive da pesca e da atividade artesanal, Além do turismo internacional,

59


Que é a sua fonte de recursos principal. Male sua capital, É a cidade principal, Que concentra o maior porto nacional, E o maior contingente populacional. Bangladesh. Com uma das maiores concentrações demográficas mundiais, É dependente de ajuda econômica internacionais, Pois se localiza numa área muito afetada por fenômenos naturais, Que deixam destruições e conseqüências fatais. Apesar de ser o maior produtor de juta a nível global, E ter uma média produção de petróleo e gás natural, É um pais que vive em constante reconstrução, Causado pelos ciclones e inundações que atingem toda a Nação. Daca sua capital, Possui um grande aglomeramento urbano populacional. É a sede da republica parlamentar, De um território que não tem saída para o mar. Butão. Situado entre a China e a Cordilheira do Himalaia, No centro sul da Ásia, O Reino do Butão, Possui a agricultura, como atividade principal da Nação. Um país que proibi a televisão, Imposição da religião, Que se mistura a administração, Regulando a vida da população. Timfu sua capital, É a cidade principal, O centro cultural, E o centro comercial. Mongólia. Um vasto espaço territorial, Na parte central continental,

60


Cercado pelo Deserto de Gobi no centro e sudeste, E pelo planalto da Mongólia e cadeia montanhosa a oeste. A agropecuária é a atividade principal, Mesmo esta nação possuindo importante jazidas minerais, Pouco explorada pelos nacionais, Que vivem grande parte na zona rural. Ulan-Bator, sede governamental, Da republica parlamentarista nacional, É a cidade principal, Por ser o centro cultural e comercial. China. Com uma gigantesca dimensão, Concentra a maior população, Da historia atual, Que vive sob o sistema político-econômico comunista governamental. Uma terra de historia milenar, Que chega a impressionar, As façanhas dessa civilização, Que é poderosa como um dragão. Sua economia dinâmica e estruturada, Produz desde matérias-primas, artesanato, à manufaturas de tecnologia avançada. Possuem uma cultura autônoma e especial, Que influencia a vida ocidental. Pequim sua capital, Possui sozinha a população total de muitos territórios nacionais. Porém não é a cidade chinesa com a maior concentração populacional. Mas é a sede governamental e centro financeiro territorial. Mianmar. A União de Mianmar, Tem a costa oeste banhada pelo mar. Tendo uma grande rede hidrográfica, Que contribui para a local disposição geográfica. Grande produtor agropecuário regional, Possui uma importante reserva mineral, Mas limitado parque industrial.

61


Porém começa a receber investimento ocidental. Yangun sua capital, É o posto principal, E centro comercial, Que concentra o maior contingente populacional. Tailândia. Com uma vasta hidrografia, Que colabora muito com a economia, Já que permite o bom desenvolvimento da agropecuária, Quase que em toda totalidade de sua territorial área. Com belos templos budistas e monumentos seculares, Que atraem visitantes de todos os lugares, O turismo é uma grande opção, Explorada pelo governo da Nação. Bangcoc sua capital, É o porto principal, Que possui um centro industrial, Além de ser uma importante zona comercial local. Laos. Com mais de sessenta grupos étnicos que dificultam a integração nacional, Que contribuem para constantes conflitos locais, Transformam o Laos em um dos pises mais pobres no cenário mundial, Já que sua população é praticamente rural. Abençoado com rica hidrografia, Que colabora com sua agrícola economia. Já que os recursos da mineração, Não compensam a baixa industrialização. Vientiane sua capital, Se destaca por ser um importante porto fluvial, E concentra o maior entreposto comercial, Do território nacional. Vietnã. Cenário de uma histórica guerra, Que devastou sua terra,

62


A Republica Socialista do Vietnã, se encontra num processo de transição, No que tange a economia da Nação. O arroz é o seu principal produto de exportação, Além do petróleo e do carvão, Que junto com os recursos de sua emergente industrialização, Trazem recursos para desenvolver a Nação. Hanói sua capital governamental, Era a sede do antigo Vietnã setentrional. Ho Chi Minh City, antiga Saigon era capital do Vietnã meridional, Atualmente é a maior cidade nacional. Camboja. Extensa planície de Aluvião, Cercada de montanhas e banhadas pelo rio Mekong, o mais importante da região. O Camboja sofre com os diversos conflitos que visam o poder da Nação, Que se refletem nas precárias condições de vida da população. Com uma agropecuária de importância fundamental, Já que seu povo vive na zona rural. A mineração e a industrialização, Permite um parcial equilíbrio econômico para a Nação. Phnon Penh é a capital, E principal porto fluvial, Além de ser uma região de intensa comercialização, Que atrai grande população. Malásia. Seu território é dividido entre uma parte insular e outra continental, No mar da China meridional, Influenciado pelo clima equatorial, Seu relevo não dificulta a agricultura nacional. Considerado um “Tigre Asiático”, Já que possui um crescimento econômico fantástico, Impulsionado pelo investimento estrangeiro no setor industrial, Que também é beneficio da exploração de petróleo e do gás natural. Kuala Lumpur, sua capital, Localiza-se na porção continental, Sendo a sede da monarquia parlamentar federal,

63


Com grande aglomeração urbana populacional. Cingapura. A pequenina insular Nação, Mas que possui grande crescimento de economia, Que beneficia muito sua população, Que desfruta da conseqüência de produzir produtos de alta tecnologia. Com um grande centro financeiro, Já que é um entreposto comercial onde circula muito dinheiro, Além de ter estruturado o setor turístico, Favorecido por um cenário “místico”. A capital Cidade de Cingapura, Goza de uma moderna estrutura, Mesmo tendo um sistema político fechado, É um pais com um nível de vida dos mais elevados. Coréia do Norte. A Coréia socialista, É uma republica com ditadura presidencialista! Pouco desenvolvida, Com uma economia falida. Composta de uma população rural, E pequenos centros industriais, A economia nacional, É o reflexo do fim do comunismo mundial. Pyongyang sua capital, Sede governamental, Começa a se abrir para o investimento internacional, E uma futura fusão territorial. Coréia do Sul. A Coréia capitalista, É extremamente bem vista, Pelos investidores internacionais, Que apostam lucrar ainda mais. É um dos Tigres Asiáticos que mais cresceram, E ao mesmo tempo, os que mais se desenvolveram.

64


Pois investiram na exploração da alta tecnologia, E isto fez bem para a sua economia. O milenar espaço territorial, Possui Seul como capital. Uma megalópole mundial, De grande influencia regional. Brunei. Com regime ditatorial, Regido por uma monarquia islâmica nacional, É um pequeno espaço territorial, Banhado pelo mar de clima meridional. Possui uma grande reserva de petróleo e gás natural, O que equilibra a sua balança comercial. Pois tem que importar quase tudo que a população consome, Já que não produz alimento de forma uniforme. Bardar Seri Bagawan é sua capital! Centro cultural, Entreposto comercial, E maior centro populacional. Japão. A “Terra do Sol Nascente”, Possui uma economia poderosa e coerente, Que mantém o alto nível de vida da população, Desfrutando da alta tecnologia que se desenvolve na Nação. Uma civilização milenar, Completamente insular, Que resistiu até a duas explosões atômicas, Que transformou a vida social e econômica. Um grande espaço cultural, De historia e lendas muito admiradas no cenário mundial. Porém é um grande importador de alimentos devido a limitada produção. Da agricultura da Nação. Tóquio sua capital, É uma megalópole mundial, Com um gigante parque industrial,

65


E um moderno e tecnológico campo urbano e social. Formosa. Território insular, Que separou-se da China Popular, Formando um país independente, Que continua gerando diplomáticos incidentes. Taiwan é um Tigre Asiático, De crescimento econômico fantástico. Devido a sua intensa industrialização, E a auto suficiente agrícola produção. Sua população de origem chinesa e budista, Mantém as tradições e cultura da antiga Nação, Porém seu sistema é capitalista. Taipe sua capital, É uns dos centros industriais, Que se espalham pelo território nacional. Filipinas. Uma nação insular, Que sobrevive praticamente da mineração e do mar. Possui uma agropecuária de subsistência, Mas que não diminui a pobreza nem as suas conseqüências. Formada por malaios, sua população, Seguem o cristianismo, herança da espanhola colonização, Desfrutam de boa educação, Mas falta emprego para a população. Manila sua capital, Guarda importante patrimônio cultural, Tornando-se um centro turístico e um importante entreposto comercial. Abrigando a sede da republica presidencial. Indonésia. O maior arquipélago no cenário mundial, Com mais de trezentos grupos étnicos no seu espaço territorial, Que dificultam a união nacional,

66


Sem contar os mais de quinhentos dialetos que concorrem com o indonésio, a língua nacional. Mesmo seguindo o islamismo, Exploram o turismo, E sobrevivem da exploração do gás natural, Sendo um dos maiores produtor mundial. Jacarta sua capital, Se localiza numa ilha rica em patrimônio cultural, Além de concentrar uma enorme aglomeração populacional, Reflexo de ser o quarto país mais populoso no cenário mundial. Timor Leste. Localizado no Arquipélago da Indonésia, na porção oriental, A pequena porção insular que conseguiu sua independência nacional, Após décadas de conflitos sangrentos, Que estagnaram seu econômico desenvolvimento. Sua população de maioria católica, Resistiu à imposição do islamismo, de forma heróica. Como também lutou para manter as tradições e a língua oficial, Herdada no período da colonização imposta por Portugal. É um país de economia dependente, Já que a estrutura existente, Começa a ser reconstruída e replanejado, Já que não tem mais a sua soberania limitada. Díli sua capital, É o centro cultural, E entreposto comercial, E sede da republica nacional.

67


CapĂ­tulo VI

Continente Africano.

68


África. O berço da humanidade, Que hoje vive uma triste realidade, Já que sente as conseqüências da colonização, Que ocorreu sobre grande parte de sua vasta porção. Muito rico em recursos naturais, Porém pouco desenvolvido nas questões sociais, Fruto das rivalidades e intolerâncias locais, Provocadas ainda em épocas coloniais. Um continente que possui um clima diversificado, Que pelo relevo é influenciado, Mas é bem irrigado, Pelo menos, na região que pelo Deserto do Saara não limitado. Sua população, Desenvolve diversificadas culturas e tradições, Mesmo as influenciadas pelas cristã e islâmica religiões, Nas cinqüenta e três Nações. África do Sul. Com litoral estreito, planalto limitado por escarpas íngremes a oeste, Influenciado pelo clima tropical e árido-tropical no noroeste, Que abriga uma população, Que ainda sofre conseqüências da racial segregação. Com uma economia independente, Com um desenvolvimento emergente, Impulsionado pela industrialização, E pelo fruto da mineração. O cristianismo prevalece entre a população, Mesmo havendo vários grupos étnicos na sua composição, Mas que vivem e precária condição, Contrastando com a elite “branca” da Nação. Pretória é a capital administrativa, A Cidade do Cabo é a sede legislativa. E Bloemfontein é a judiciária capital. São o exemplo da divisão de competências do poder estatal.

69


Lesoto. Incrustado na África do Sul, esta pequena territorial porção, Possui a mais homogênea população, Entre as africanas Nações, Mas que sobrevive sob restrita econômica condições. Com uma economia dependente, Da economia sul-africana praticamente, Faz com que a população nacional, Seja praticamente rural. Maseru é a capital, Da monarquia parlamentar, Que governa esta porção territorial, Com grave problema social. Suazilândia. Pequeno território nacional, Que sobrevive graças a exploração mineral, E um pequeno parque industrial, Porém essencialmente rural. Com uma homogênea população, Que segue a religião cristã, E se agrupa em clãs, Que tem a poligamia como tradição. Mbabane é sua capital. A sede governamental, Da monarquia parlamentarista nacional, Com baixo índice populacional. Moçambique. A ex-colônia portuguesa, Sofre com o problema da extrema pobreza, Conseqüência da devastadora guerra, Que comprometeram as estruturas básicas desta terra. Vivendo um processo de reconstrução, Que se processa no campo social, político, econômico e estrutural da Nação, Mas que traz consequência para a população.

70


A agricultura é a principal fonte de renda popular, Além dos recursos fornecidos pelo mar. Pois a limitada mineração e o seu pequeno parque industrial, Sofrem com a falta de estrutura nacional. Maputo a sede governamental, É o centro cultural e entreposto comercial, E maior aglomeração urbana territorial. Zimbábue. Com um bom desenvolvimento local, Fruto do bom desempenho da economia nacional, Que evoluiu dentro de um contexto limitado, Graças a maneira como esta sendo administrado. Com uma importante extração mineral, E importante patrimônio cultural e natural, Rota do turismo internacional, Tornam-se a estrutura da economia nacional. Harare sua capital, Sede da republica presidencial, Que ainda enfrenta o desafio de encontrar solução, Para a desigualdade de distribuição de renda na Nação. Botsuana. Com planaltos elevados e o deserto de Kalahari na porção meridional, Pântanos e depressões na região setentrional, Depende tanto da chuva o seu espaço territorial, Que a moeda tem este significado na língua nacional. Sua economia depende dos frutos da mineração, Além dos recursos oriundos de sua media industrialização. E do alento que a agricultura trás para a rural população, Que também beneficia-se dos recursos turísticos explorados pela Nação. Gaborone sua sede presidencial, É o entreposto comercial, E aglomerado centro urbano populacional, Por causa de sua atividade industrial.

71


Namíbia. Com metade do espaço territorial, Localizado no planalto central, Limitado pelo Deserto da Namíbia ao litoral oeste, E pelo Kalahari ao norte, nordeste e leste. Com um clima árido-tropical, Pouco espaço fértil sobra para a agricultura nacional. Por este motivo a exploração mineral, É regulada por dispositivos especifico constitucional. Windhoek, sua capital, Se localiza na região central. O centro urbano principal, Num país que vive na zona rural. Madagáscar. Uma reserva natural especial, Pois é berço de especiais animais que só existem no seu espaço territorial, Que sofre grave ameaça ambiental, Devido a erosão e o desmatamento feito de forma irracional. Com uma economia limitada, Pouco industrializada, Dependendo da sua pequena mineração, E da agropecuária pouco desenvolvida da Nação. Antananarivo sua sede governamental, É um entreposto comercial, E centro urbano principal, De grande concentração populacional. Maurício. De origem vulcânica e linhas de recifes de coral, Com elevações que cercam o planalto central, É uma região com um turístico potencial, Já que é um país de clima tropical. Com a criação da zona franca, se tornou um grande entreposto comercial, Além de se firmar com centro financeiro internacional, Que desenvolve a exploração da cana-de-açúcar, Produto cultivado para a finalidade de exportar.

72


Port Louis sua capital, É o centro comercial, E porto principal, De um país cuja população se concentra na zona rural. Comores. Arquipélago de origem vulcânica, com área montanhosa e um vulcão, Terrenos aráveis, colinas baixas e vales férteis correspondem ao relevo da Nação. Influenciado pelo clima tropical, Que impulsiona o setor turístico nacional. Sua agricultura produtora de especiarias, Colabora com a economia, Mas não com o sustento da população, Cujos alimentos chegam através da importação. Moroni, sede da republica federal, Possui regime misto governamental, Sendo o centro comercial, E principal centro islâmico cultural. Seicheles. Abriga dois patrimônios da humanidade, O que lhe proporciona uma turística realidade, Que aproveita o clima tropical, Para sustentar a economia nacional. Um paraíso fiscal, Que o transforma num centro financeiro mundial, Compensando o baixo potencial industrial, E limitada extração mineral. Vitória, sede nacional, Da republica presidencial, Com um importante porto naval, Habitada por um terço da população territorial. Malauí. Formada de planalto em sua maior parte, declinada no sentido leste-oeste, E cortado de norte a sul pelo vale da Grande Fenda, e o lago Maui a leste. Influenciado pelo clima tropical,

73


Sendo o clima e o lago Malauí, muito aproveitado pelo turismo nacional. Sua economia passa por um processo de recuperação, Pois sofreu as conseqüências diretas da guerra civil na vizinha Nação, Por onde passa a ferrovia que o liga com o mar, Que o permite mais intensamente exportar. Lilongue sede do governo presidencial, Concentração urbana populacional, Num país onde a população se concentra na zona rural, E tem o inglês como língua oficial. Zâmbia. Com diversos parques nacionais, E atrações naturais, Que muito beneficia a economia da Nação, Que é uma das mais equilibradas da região. Com uma vasta hidrografia que beneficia a produção rural, É um diversificado parque industrial, Além de importantes reservas minerais, Que abastece seus parceiros comerciais. Lusaka sua capital, É um grande centro urbano populacional, Assim como sua Nação, Que possui um elevado índice de urbanização. Angola. O sangue e a destruição que persistem sobre a sua terra, É fruto de uma civil guerra, Que agravaram as conseqüências do colonialismo, Neste país, onde prevalece o cristianismo. Com um grande espaço territorial, Regado pelo clima tropical e o árido-tropical, Que não limitam as plantações, devido a hidrografia farta na região. Porém, comprometida por minas terrestres, colocam em risco a vida da população. Sua população, Rica no desenvolvimento cultural de tradições, É fruto de sua diversificada étnica composição, Que sofre com a situação da Nação.

74


Luanda sua capital, É um importante entreposto comercial nacional, Além de concentrar grande parte da população Que buscam melhores vitais condições. Tanzânia. País famoso por suas atrações naturais, Como os parques que abrigam os selvagens animais, E o monte Kilimanjaro, o pico mais alto continental, Além do Lago Vitória, um dos mais belos no mundo existente. Formado por uma população, Composta de diversas etnias e seguidores de diferentes religiões, Que sobrevivem da agropecuária e da rica mineração, Além de se concentrarem em Dar es Salaam por causa da industrialização. Dodoma sua capital, É a sede presidencial, Localizada na parte central, De sua porção central. Burundi. A violenta rivalidade tribal, Provocou um triste cenário nacional, Que se resume no status de pertencer ao grupo dos dez países mais pobres no contexto mundial. Herança deixada pelo domínio colonial. Com uma população rural. A agricultura é uma necessidade fundamental, Para amenizar a situação, De um país que não colhe frutos da indústria, turismo e mineração. Bujumbura sua capital, É um importante porto fluvial, E principal centro comercial, Muito importante para a vida nacional. Ruanda. É o país africano com maior densidade populacional, Que sofre com a guerra civil em sua porção territorial,

75


Gerada pelo conflito entre as etnias tutsi e hutu que ceifou milhões, E que agrava as precárias estruturais condições. A zona rural, É a principal concentração populacional, Já que possui uma pequena industrialização, E uma limitada atividade de mineração. Kigali sua capital, Sede governamental, Centro comercial, É a região de grande atração populacional. Uganda. Com população predominantemente rural, E um básico centro industrial, Sua economia tem no café, o grande produto de exportação, Que movimenta a economia da Nação. Com uma etnia diversificada, Que de certa forma é controlada, Pois conflitos poderiam prejudicar sua economia limitada, E a precária situação da população poderia ser agravada. Campala sede presidencial, Centro industrial e comercial, Sendo uma região de forte atração populacional, Já que possui a melhor infraestrutura básica no espaço nacional. Quênia. Formado de planícies áridas com savanas, Dividido pelo vale da Grande Fenda e cordilheiras vulcânicas, Ao norte o lago Turcana, Além de uma parte do Lago Vitória, o maior em terras africanas. Com uma agricultura diversificada que responde por 27% do produto interno bruto, A República do Quênia ainda colhe frutos, De seu médio parque industrial, E do turismo de caça, muito bem estruturado no território nacional. Nairóbi sua capital, É uma metrópole regional, Além de ser um porto fluvial,

76


Com bom desenvolvimento infraestrutural. Congo. Combinando as heranças coloniais, Com duas décadas de regime comunista, E mais as antigas divisões tribais, Forjaram uma sociedade, que enfrenta a transição para o sistema capitalista. Sua mineração representa noventa por cento da receita da nação, Que explora o petróleo e o gás natural, Já que possui uma população predominantemente rural, Devido a baixa industrialização. Brazzaville sua capital, Além de ser um porto fluvial, Representa a maior concentração populacional, Do nacional espaço territorial. Republica Democrática do Congo. Com uma vasta hidrografia, Que de certa forma até atrapalha a economia, Devido ao clima equatorial chuvoso, E um território muito pantanoso. Coberto por florestas equatoriais, O solo rico em recursos minerais, Que pouco é transferido para a população, Que vive em precária situação. Kinshasa sua sede governamental, É um grande aglomerado urbano populacional. Capital do terceiro maior país em espaço territorial continental. Mesmo assim, possui um estreito litoral. Gabão. Com planície costeira de arenito e aluvião, Alargando-se na setentrional direção, Praticamente de clima equatorial, Com um bem aproveitado litoral. Com importantes reservas minerais, Que trazem muitos recursos para a economia nacional,

77


A tornando um dos países mais rico da porção continental, Que concentra o maior índice de urbanização populacional. Libriville sede da republica ditatorial, Que tem o Frances como língua oficial, Herança colonial, Que somou-se as culturas étnicas local. Guiné Equatorial. É o único país africano que tem o espanhol como língua oficial, Localizada no litoral ocidental, É rico em recursos minerais, Mas que são pouco explorados pelos seus nacionais. Coberto por florestas, desenvolve pouca atividade econômica, O que torna crônica, A situação da população, Que é um dos mais pobres da região. Malabo sua capital, Se localiza na ilha de Bioko no litoral, E concentra a maior população territorial, Dessa republica com regime misto governamental. Somália. Pais semi desértico situado no chamado Chifre Africano, na porção oriental, Com uma região montanhosa as margens do Golfo de Aden, na região setentrional, E uma planície que acompanha o oceano Índico, na parte meridional, Com savanas e fauna diversificada, que formam um belo cenário natural. Sua população, Enraizada a milenar na região, Em maioria são nômades que vivem da pecuária, Outros sobrevivem da limitada mineração. Mogadíscio sua sede governamental, Vive sobe a tensão de conflitos nacionais. Que agravam as precárias condições, De sua miserável população.

78


Djibuti. Solo de origem vulcânica, Coberto em grande parte por deserto que deixa a situação crônica, Já que os serviços e o comercio, são as principais atividades econômicas, Desta ex-francesa colônia. Localizada em posição estratégica, Tanto como elo de comunicação, quanto para intenções bélicas, O que leva sua ex-metrópole a investir na modernização, Da infraestrutura da região. Djibuti, sua capital, Concentra mais da metade da população nacional. É um porto naval, E importante entreposto comercial. Eritréia. Seu relevo corresponde a planaltos no noroeste, E planície litorânea no leste, Influenciado pelo clima árido tropical, Que dificulta a economia agrícola nacional. Os trinta anos da Guerra da Secessão, Devastaram a estrutura produtiva da Nação, Que com a pacificação, Busca atrair investimentos para a região. Asmará, sede da republica presidencial, A maior cidade nacional, Que abriga diferentes manifestações étnicas culturais, Notoriamente percebida pela grande diversidade lingüística regionais. Etiópia. Um dos pises mais antigo no cenário global, Evitou o domínio colonial, Porém o clima árido-tropical, É o seu inimigo principal. Com um território rico em patrimônios culturais, E o petróleo sendo o principal produto de exportação nacional, Que ameniza as conseqüências da guerra civil que separou seu espaço territorial. E da ação implacável dos fenômenos climáticos naturais.

79


Adis-Abeba sua capital, E um grande centro de aglomeração populacional, Centro comercial, E sede do governo federal. Sudão. O maior país africano, Com um grande contingente de mulçumanos, Que se distribuem por seu território com relevo diversificado, Com regiões férteis e diversificadas. Grande parte da população é rural, Já que possui um limitado campo industrial, E que depende do petróleo, seu principal recurso mineral, Mas que não se desenvolve mais, por causa da guerra civil em seu espaço territorial. Cartum, sede da “ditadura” presidencial, É a segunda cidade em concentração populacional, Porém forma uma região com grande aglomeração urbana nacional, Localizada numa importante bacia fluvial. República Centro Africana. Importante via de transito regional, Devido a hidrografia nacional, E a sua privilegiada localização, Situado no africano coração. Com auto-suficiência na alimentar produção, Exporta café e algodão, Além do cobre e diamante, fruto de sua mineração, Mas que não ameniza a dependência econômica da Nação. Bangui sua capital, É a maior concentração populacional, E importante entreposto comercial, Já que é um porto fluvial de integração regional. Camarões. Com litoral arenoso e pantanoso, Sendo o território cortado de norte a sul por vale maciço e montanhoso, Influenciado pelos climas equatorial e tropical,

80


Possuindo grande cobertura florestal. Com economia voltada para exportação, Já que o petróleo é a principal fonte de renda da Nação, Além da auto-suficiência na produção, De produtos voltados para a exportação. Iaundê sua capital, É a segunda cidade em quantidade populacional, Já que é centro cultural e comercial, Com desenvolvimento industrial. Nigéria. Metade da população vive na zona rural, Porém é um país com diversificado parque industrial, E uma mineração que desfruta de grande produção, Geralmente voltada para a exportação. E o país mais populoso da África, O que na pratica, Causa muitos conflitos devido as divergências étnicas culturais, Que ganha força pelas rivalidades religiosas regionais. Abuja, capital federal, De uma ditadura militar, Com baixa concentração populacional, Já que a principal cidade é Lagos, no litoral. Chade. Com um relevo formado por uma depressão desértica cortada por montanhas no norte e sudeste. E o planalto do Tibeste na porção setentrional, O lago Chade no oeste, E a planície tropical na porção meridional. Sua fraca economia, tem reflexo na vida da população, Que esta entre as mais pobres Nações, Além de possuir um baixo índice de alfabetização, E a falta de infra-estrutura para desenvolver suas exportações. Nadjamena sua capital, É a cidade principal, Centro comercial.

81


É a cidade que possui um mínimo de desenvolvimento infra-estrutural. Níger. Um dos mais baixos índices de desenvolvimento humano, A Republica do Níger é um país africano, Quase totalmente muçulmano, Que vive da extração do urânio. Sua agricultura esta comprometida pela desertificação, Provocada pelo deserto do Saara, que já consome metade do território da Nação. Apesar de ser um país independente, Esta se tornando economicamente dependente. Niamei sua pequena capital, É o centro mais “desenvolvido” nacional, Que sobrevive por ser um centro comercial, E sede governamental. Benin. As crenças tradicionais, Prevalecem em território nacional, Mas as tensões sociais, Ainda são réstia dos problemas deixado pelo período colonial. Com uma população rural, Mesmo o país sofrendo um desenvolvimento industrial, A economia cresceu, Mas pouco disso se colheu. Porto Novo sede administrativa é a menor capital, Pois, Cotonou sede governamental, É a cidade principal, E único porto nacional. Togo. Localizado no noroeste continental, É um país estreito de clima equatorial chuvoso no litoral, E tropical no interior da Nação, Que vive em precária condição. Lomé sua capital, É um importante centro comercial regional,

82


Pois grande parte da população, Habita próxima a litorânea região. Com uma vida rural, Já que a agricultura é a base da economia nacional, A República Togolesa, Ainda sofre conseqüências da colonização francesa. Gana. A população de Gana é festiva, Comemora colheita, nascimento, puberdade, casamento,... Com forte tradição, cultural, religiosa e nativa, Possui uma realidade de evolução no seu social desenvolvimento. O cacau é o seu grande produto de exportação, Junto com o ouro, manganês e diamante que sofrem intensa exploração. Em contra partida se colhe problemas ambientais, Já que a mineração provoca a poluição de rios e devastações florestais. Acra sua capital, Localizada no litoral, É a sede presidencial, Com regime militar ditatorial. Burkina Fasso. Terra dos homens honrados, É assim que este país é denominado. Mas que sua história registra uma profusão de golpes de Estado, O que deixou o país, muito debilitado. É um país com o quarto pior desenvolvimento humano, Conseqüência do colonialismo no continente africano, Que sugou tanto a região, Que o país não tem recursos para investir na infraestrutura de mineração. Uagadugu sua sede governamental, Localizada na porção central, É uma região comercial, E a maior concentração urbana nacional.

83


Costa do Marfim. Com litoral rochoso na parte ocidental, E com lagunas na costa oriental, Formado de planície que não passam de duzentos metros na regional meridional, Além de planaltos no centro e na região setentrional. É o maior produtor de cacau no cenário mundial, Além de possuir importante área de exploração de recursos minerais, Como diamante, ouro, petróleo e gás natural, Que traz o crescimento para a economia nacional. Yamoussoukro sua administrativa capital, E Abidjan sede governamental, A cidade principal, Já que possui uma grande população e é um porto naval. Libéria. Fundada por ex-escravos africanos dos Estados Unidos, Foi a primeira republica no continente surgido. Possui a maior frota mercante mundial, Devido a vantagem fiscal. A guerra civil provocou grande devastação, Que limitou sua econômica produção e exportação, Porém agrava a situação da população, Que sofre com a falta de paz na Nação. Monróvia sua capital, E sede da republica presidencial, Localizada no litoral, Praticamente o centro comercial e industrial. Serra Leoa. Densa floresta tropical, Que cobre vasta área territorial, Com uma planície pantanosa no centro oriental, E montanhas elevadas na região setentrional. Tem o mais baixo índice de desenvolvimento humano, Praticamente um cenário desumano, Pois os frutos de sua econômica produção, Pouco traz alento para a população.

84


Freetown sua capital, Sede da ditadura militar governamental, Concentra uma grande massa populacional, Sem ter condição estrutural. Guiné. Com planície costeira arenosa e pantanosa, Com vales e ilhas e cadeias montanhosas, Planaltos no centro e planícies fluviais, Além da bacia do Rio Níger, muito importante para seus nacionais. Com grande área de exploração mineral, A bauxita é o produto principal. A agropecuária bem aproveitada pela população, Porém, ainda depende de ajuda externa devido a sua situação. Conacri sede da república presidencial, É a maior cidade nacional, Além de ser o porto principal. Mas com baixa condição estrutural. Guiné-Bissau. Com rios navegáveis, mas costa pantanosa, O que deixa a agricultura muito onerosa. É um país pobre e dependente, Já que sua economia é ineficiente. A agricultura de subsistência, Garante a difícil sobrevivência, De sua população, Que sofre conseqüência da portuguesa colonização. O crioulo é a língua oficial, Além dos dialetos regionais. Bissau sua capital, E a cidade principal. São Tomé e Príncipe. Arquipélago no golfo da Guiné, é o menor país africano, Cercado pelo Atlântico Oceano. O cacau responde por noventa por cento de sua pequena exportação,

85


Mas depende de alimentos vindos via importação. Com um turístico potencial, Pouco explorado pela economia nacional. Sua população é rural, Já que é um país que depende da ajuda internacional. O português é a língua oficial. São Tomé é sua capital, Porto principal, É a maior cidade nacional. Cabo Verde. Formado por dez ilhas vulcânicas e um litoral rochoso, Possui um cenário turístico famoso. Sua estratégica posição, É muito importante para a intercontinental aviação. Sua agricultura limitada pelas climáticas condições, Depende muito de sua pequena industrialização, E do dinheiro enviado pela população, Que vive em outras Nações. O português é a língua oficial, E a Cidade da Praia é sua capital, Da republica parlamentar, Nessa terra insular. Gâmbia. É uma estreita faixa encravada no Senegal, Cortada pelo Rio Gâmbia, um estratégico canal, Já que o escoamento de mercadoria do interior da África, se faz via fluvial, Tornando o país um grande centro comercial. Com uma economia limitada, Praticamente desestruturada, Depende do comercio e do turismo mal explorado, Devido a estrutura rural e pesqueira em que a economia é forjada. O inglês é a língua oficial, Dessa republica presidencial, Que tem a sede governamental, Em Banjul, centro comercial,

86


Mais segunda cidade principal. Senegal. Com relevo plano coberto por savanas, planície litorânea e dunas no noroeste, Estuário de rios no oeste, Vale fluvial navegável no norte e maciços vulcânicos no leste, E o território da Gâmbia encravado no centro ao sudeste. Com uma população rural, Uma pequena extração mineral, E um pequeno parque industrial, Além do turismo por causa dos seis patrimônios naturais e um patrimônio cultural. O Frances é a língua oficial, E Dacar é capital, Da Republica do Senegal, País localizado na costa ocidental. Mali. Formado de planícies desérticas do Saara no norte e na região meridional, Planalto no sudoeste, Terras mais elevadas no leste, E uma região pantanosa formada pelo delta do rio Níger no centro e porção oriental. De colonização francesa, É um país que sofre de intensa pobreza. Com uma população rural, Que sofre com a limitada economia nacional. O Frances é o idioma oficial, E o islamismo prevalece como religião predominante nacional. Bamaco é a sede governamental, De um país que possui varias regiões culturais. Mauritânia. O deserto do Saara se concentra na maior parte territorial, Litoral baixo e plano, com elevações na porção ocidental, Planície arenosa no norte e bacia arenosa ao longo do rio Senegal, Além da Bacia do rio Níger na porção oriental. O povoamento do país exprime o contraponto de duas realidades culturais, O norte de maioria árabe mulçumana,

87


E o sul de etnias negras africanas. Que sobrevivem da pesca, agropecuária e da exportação de recursos minerais. O árabe é o idioma oficial, Tendo a República Islâmica da Mauritânia um regime misto governamental, Sediado em Nuakchott, a cidade principal, Localizada no litoral. Marrocos. Com um litoral escarpado no Mediterrâneo e pelo Atlântico, planície costeira e planalto no leste, Quatro sistemas montanhosos da cadeia dos Atlas no centro e no oeste, No norte, o Estreito de Gibraltar, de importância internacional, Ao sul o território anexado do Saara Ocidental. O turismo é uma importante fonte de recurso nacional, Além da exploração mineral, Que compensa o baixo desenvolvimento industrial, Mas não substitui a agricultura, uma base fundamental. O islamismo sunita prevalece na população, E o árabe é o idioma oficial da Nação, Rabat sede governamental, Da monarquia parlamentar nacional. Argélia. O deserto do Saara consome oitenta por cento do território nacional, Porém é dessa região que sai o petróleo e o gás natural. Sua população se concentra no litoral, Inclusive Argel, sua capital. O islamismo é a predominante religião, Que vivem em boas condições, Porém sobre focos de tensões, Causado por conflitos pelo poder na Nação. Rica em patrimônios culturais, Tornam-se especiais, Para a história da humanidade, Além de colaborar com a argelina turística realidade. Tunísia.

88


Trata-se de um dos países mais estáveis do mundo árabe e muçulmano, E um dos mais ricos do continente africano, Mesmo tendo clima árido-tropical, E mediterrâneo no litoral. O petróleo é seu principal produto de exploração, Assim como a sua média industrialização, Que dão a necessária sustentação, Para a economia da Nação. O árabe é o idioma oficial, E Tunis sua capital, Além de vastas ruínas do entreposto fenício e islâmica cultural manifestação. Que enriquecem a cultura da Nação. Líbia. Com atitude isolacionista e anti-ocidental, O país alimenta a tensão mundial, Por este motivo as fronteiras territoriais, Estão fechadas aos não nacionais. Sua economia vive do petróleo e do gás natural, Mas de pouca produção industrial, O que faz com que grande parte da população nacional, Vivam na zona rural. O árabe é o idioma oficial, E a ditadura é o sistema governamental, Com sede em Trípoli a capital, Localizada no litoral. Egito. A dádiva do Nilo, ainda resiste, Com outras tradições e culturais, mas persiste. Não é mais o centro de poder mundial, Mais é importante território histórico cultural. O Nilo continua sendo importante para a agricultura Nacional, Além do petróleo e do gás natural. No entanto o turismo é muito explorado, Devido as marcas de um glorioso passado. O árabe é o idioma oficial,

89


E o islamismo é o culto nacional, Cairo é a capital. O Faraó, hoje é um presidente, De um país independente, Na divisa de três continentes.

90


CapĂ­tulo VII

Continente da Oceania.

91


Oceania. O novíssimo continente, De clima predominantemente quente, Quase totalmente localizado na parte meridional, Sendo a menor região continental do mundo atual. A Austrália é a maior massa continental, O resto são ilhas de pequeno tamanho territorial, Dependendo intensamente do turismo local, Devido ao privilegiado cenário natural. Com animais diferentes, Só na região existente, Assim como sua população, Formada de nativos e descendentes vindo com a colonização. Austrália. Sexto país em extensão territorial, A Comunidade da Austrália tem uma vasta diversidade de paisagem natural. O isolamento com os outros continentes e totalmente limitado pelo mar, Proporcionou o desenvolvimento de uma fauna particular. Embora apenas dez por cento de sua terra são aráveis, o que não limita sua produção, Já que o trigo e frutas são seus grandes produtos de exportação, Com uma crescente industrialização. Ainda se beneficia do turismo que esta em expansão. O inglês é seu idioma oficial, E o cristianismo é a religião nacional. Camberra sua capital, É apenas a sede governamental. Fuji. Arquipélago de origem vulcânica, Que sofreu colonização britânica, Com mais de oitenta ilhas, pouco afastadas, Mas apenas cem delas habitadas. A agropecuária é a atividade econômica principal, Pois sua população é praticamente rural. Porém o turismo começa a ser desenvolvido, Já que gera bons recursos a serem colhidos.

92


O idioma fijiano e o híndi são os oficiais. E o clima predominante é o tropica. Suva sua capital, É o grande centro nacional. Ilhas Marshall. O domínio da política é feito pelos chefes tribais, Que administram trinta e dois atóis, que forma o espaço territorial, Que depende muito da ajuda internacional, Devido a limitada produção nacional. Kugalein, porção insular, É uma base nuclear, Mantida pelos Estados Unidos, Que é a fonte de renda desse país subdesenvolvido. O inglês é o idioma oficial, E o clima é o equatorial. Marujo além de ser a capital, É o centro cultural e comercial principal. Ilhas Salomão. Com vales cobertos por florestas tropicais, E o clima equatorial, que prevalece em território nacional, E um arquipélago de origem vulcânica, Que teve dominação espanhola, alemã, japonesa e britânica. A população é rural, E o coco e o cacau, são os produtos principais, Além da pesca e de um pequeno parque industrial, E do turismo que trazem recursos para os nacionais. O inglês é o idioma oficial, E o cristianismo a religião principal. Horaira é a sede governamental, E o principal centro nacional. Kiribati. Formado por trinta e três atóis e ilhas de coral, Que se estende pelos dois lados da Linha Internacional, Que demarca a data mundial.

93


No lado oriental é sábado. E domingo no lado ocidental. Sua população é predominante rural, Com básico e pequeno parque industrial, Dependente do turismo internacional, Que se desenvolve graça ao cenário especial. O ikiribati é a língua oficial, E o cristianismo é a religião nacional. Bairiki é a sede governamental, E o centro populacional principal. Micronésia. Apesar de independente, Continua dependente, Do auxilio internacional, Que para prover o desenvolvimento nacional. A agricultura, pesca e o turismo são as atividades fundamentais, Num pais com poucas condições estruturais, Já que são mais de duas mil ilhas separadas, Mas poucas habitadas. Sua população fala línguas regionais, E o cristianismo é cultuado entre os nacionais, A sede da república presidencial, Fica em Palikir, principal centro populacional. Nauru. Ilha cercada por recifes e coral, Com rica vegetação tropical, Que depende da extração mineral, E do turismo local. É uma republica parlamentar, Que tem que importar, Grande parte do alimento consumido, Além de seu principal recursos estar sumindo. O nauruense é o idioma oficial, E o cristianismo é a religião oficial, Sendo Yaren a sede governamental, E o centro urbano principal.

94


Nova Zelândia. Um país desenvolvido, Sendo pelas águas do Pacifico banhado. A marca do país são suas magníficas paisagens de montanhas, lagos, fiordes e glaciares. Que atraem turistas de todos os lugares. A agropecuária ganha destaque por sua produção, Além da mineração, destacando-se o carvão, Além de sua desenvolvida industrialização, Que garante o equilíbrio econômico da Nação. O inglês é a língua oficial, Em um território com diferentes espécies de animais, Sendo o morcego o único mamífero local original, Wellington é sua capital. Palau. Território independente, Formado por duzentas ilhas aproximadamente, Mas que possui pouca infraestrutura em seu território existente, Devido a sua soberania recente. Com águas translúcidas, e importante costa formada por recifes de coral, É um paraíso natural, Pouco explorado pelo turismo local, Mas que traz bons recursos financeiros para a economia nacional. O inglês e o palauense são os idiomas oficiais, Desta republica presidencial, Que depende da ajuda internacional, Koror é sua capital. Papua Nova Guiné. O território nacional, É cercado de belezas naturais, E grande reservas de recursos minerais, Coberto por densa floresta tropical. A agricultura e a mineração, Empregam grande parte da população, Além de sua média industrialização,

95


Que muito colabora com a economia da Nação. O território insular, É uma monarquia parlamentar, Com sede governamental, E Port Moresby, sua capital. Samoa Ocidental. Localizado no Pacifico meridional, O arquipélago concentra uma vasta floresta tropical, Composto por nove ilhas, quatro habitadas, Historicamente por holandeses, alemães e neozelandeses ocupar. A madeira e as frutas são seus produtos de exportação, Além da pecuária que sustenta o mercado interno da Nação, E de incipiente industrialização, Que atende as necessidades básicas da população. Com clima tropical, O Estado independente da Samoa Ocidental, Tem Apia como sua capital, E centro nacional. Tonga. Arquipélago com cento e setenta e duas ilhas com cadeia montanhosa no nordeste e sudoeste, Planície com savanas no norte, sul e leste, Banhado pelo clima tropical, Que beneficia a agropecuária nacional. A pesca é a atividade econômica principal, Porém o crescimento populacional, Aumenta a necessidade de se importar alimentos, Para garantir o nacional sustento. O Reino de Tonga tem o tonganês como língua oficial. Nukualofa é a sede governamental, E importante centro nacional, Além de ser o porto principal.

96


Tuvalu. Nove habitados atóis de coral, Formam o espaço territorial. É uma das menores porções de território soberano do mundo atual. Que corre o risco de desaparecer se persistir o aquecimento global. Sua economia nacional, Depende da atividade agrícola e artesanal, Além da pesca e de um modesto parque industrial, Já que possui um limitado espaço territorial. O Tuvaluano é o idioma oficial, E Fongafale é a capital, Porto principal, E centro comercial. Vanuatu. Falam-se cento e cinco dialetos tribais, Nas oitenta e duas ilhas que formam o espaço territorial, Cobertas por florestas tropicais, Mas que sofre a influencia do clima equatorial. Com doze ilhas povoadas, Sua economia possui uma economia limitada, Porém por ser um paraíso fiscal, Torna-se um centro financeiro internacional. O bislama, francês e o inglês são as línguas oficiais, Além do cristianismo e crenças tradicionais. Sua republica parlamentar, Tem sede em Porto-Vila, a capital deste país insular.

97


Capítulo VIII

Continente da Antártida.

98


Antártida. Não é uma Nação, Tão pouco possui uma permanente população, Sua economia é inexistente. É na verdade um congelado continente. Abriga estações de pesquisas de vinte e cinco Nações, Que analisam as condições, Desse importante elemento geográfico ambiental, Muito importante para a vida da população mundial. É uma grande reserva de água doce congelada, Que poderá um dia ser aproveitada. Sem reserva de outros minerais, É descartada sua exploração comercial, como também pode causar conseqüências ambientais.

99


BIOGRAFIA. Antonio Ilson Kotoviski Filho, nascido no dia dez de outubro de 1976, época de primavera no hemisfério sul. Descendente de imigrantes vindo da Polônia por parte de pai, e de imigrantes vindo da Itália por parte de mãe. Mas forjado, nas tradições e cultura local, de raízes coloniais portuguesa, e tinguis. Nasceu na cidade Curitiba, capital do Estado do Paraná. Já que a sua cidade (Almirante Tamandaré) distante dez quilômetros da capital, não dispunha de hospitalmaternidade naquela época. Estudou no Colégio São José, (Instituição Vicentina) de doutrina Cristã Católica, localizado no bairro Abranches, (de origem polonesa, ucraniana e alemã) da capital Curitiba. Onde conclui o ensino fundamental. O ensino médio foi cursado no Colégio Unificado, no centro da capital, de origem colonial portuguesa. Cursou até o 2º. Ano do Ensino Médio, se transferindo para o Colégio Estadual Ambrosio Bini em Almirante Tamandaré (Região Metropolitana de Curitiba), onde concluiu o Ensino Médio. Cursou Estudos Sociais com licenciatura em História na UNOESTE na cidade de Presidente Prudente, oeste do Estado de São Paulo, região que no final do século XIX, era formada por fazendas, cujos os donos representavam as oligarquias políticas nacional. Mestre em Ciências da Educação, cursado no continente Europeu, mas precisamente em Lisboa, capital de Portugal. Por fim, cursou Direito na UNIBRASIL, instituição localizada em Curitiba. Posteriormente se especializou em História do Brasil e Geografia do Brasil. Desportista por natureza, já foi atleta da categoria Cobrinha e Infantil, de futebol, do Clube Atlético Paranaense. Tradicional clube do futebol brasileiro, e o maior do Estado do Paraná. Fui praticante de mountain bike, onde disputei mais de cento e oitenta provas oficiais, entre competições regionais, nacionais e internacionais. Fui o primeiro ciclista de mountain bike a representar Almirante Tamandaré nos Jogos Abertos do Paraná. Como poeta e escritor, escrevi até o momento mais de duas mil poesias, porém, as fiz mas por que eu gosto de escrever, não com intuito de ser um grande poeta. É lógico, que o dom poético foi despertado por uma paixão.

100


DIVULGANDO 1. AMOR DESCRITO POR UM APAIXONADO PELA VIDA! (Poesias); 2. SONHANDO ESCREVI SOBRE O AMOR, (Poesias); 3. VERSOS IMPERFEITOS. INTENÇÕES VERDADEIRAS, (Poesias); 4. VIAGEM VERSADA, (Poesias); 5. POESIAS: O REFUGIO DE UMA ALMA ROMÂNTICA, (Poesias); 6. INSPIRAÇÃO DERRADEIRA, (Poesias); 7. ESCRITURAS ROMÂNTICAS, (Poesias); 8. VOZ INTERIOR! (Poesias); 9. REFLEXOS DE MUITOS MOMENTOS, (Poesias); 10. A HISTÓRIA DA HUMANIDADE EM VERSOS, (Poesias); 11. A HISTÓRIA BRASILEIRA EM VERSOS, (Poesias); 12. OS PAÍSES DO PLANETA TERRA EM VERSOS, (Poesias); 13. LIVRO NEGRO. O LADO OPOSTO DO AMOR, (Poesias); 14. HORIZONTE TERMINAL. (Romance); 15. A INDISCIPLINA NO CONTEXTO ESCOLAR. (Dissertação); 16. O INTEGRALISMO NO BRASIL. (Monografia); 17. RELATOS DE UM TAMANDAREENSE. HISTÓRIA DO MUNICÍPIO DE ALMIRANTE TAMANDARÉ, (Histórico Científico).

101

Os países do planeta terra em versos  

Poesias descritivas dos países do planeta.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you