Issuu on Google+

Economia 29/05/2014 às 11h55 - Atualizado em 29/05/2014 às 11h55

Setor de logística pode gerar 20 mil oportunidades de emprego no Espírito Santo TV Vitória Redação Folha Vitória

O crescimento das operações de comércio exterior e construção naval tem alavancado outros setores da economia Foto: TV Vitória Os cursos na área da logística têm crescido e a mão de obra está se qualificado cada vez mais. A nona reportagem da Série “Logística é a Solução”, exibida nesta quinta-feira (29), no programa ES no AR da TV Vitória/Record, mostra, que segundo especialistas, nos próximos anos vão ser criadas 20 mil vagas no setor no Estado. Gabriele Prazeres da Conceição se formou em mecânica no Ifes de São Mateus, em 2011. Com apenas 22 anos de idade, a jovem acaba de retornar de Singapura, onde passou 14 meses estudando. “A minha expectativa é a melhor. Eu estou bastante animada para aprender. No momento nós vamos ficar na parte de construção, então é uma experiência, já que eu vou ver a parte civil e naval. Eu estou bem empolgada”, afirma. Mas Gabriele não está sozinha. Ela faz parte da primeira turma de funcionários do estaleiro Jurong que cursou uma especialização em construção naval no país asiático. Essa qualificação provocou mudanças na carreira desses jovens. “Foi uma excelente experiência. Nós pudemos aprender diferentes tipos de tecnologias navais e oceânicas. É uma grande honra para mim trazer esse conhecimento de Singapura para o município de Aracruz”, disse o gestor de projetos, Mateus Fanchiotti Del Caro.


Em todo o Estado, o desenvolvimento do comércio exterior, o crescimento das operações off shore e a chegada de grandes operadores logísticos chamou a atenção de jovens que estão à procura de uma vaga neste novo segmento econômico. Em uma faculdade particular de Vitória, o curso de logística é um dos mais procurados. O coordenador do curso explica que a demanda por profissionais especializados na área aumentou bastante nos últimos anos. “Muitos estão pedindo um profissional de qualificação específica em logística, já compreendendo que é uma área muito específica. Não dá para pegar uma pessoa que fez administração. Não desmerecendo, mas você estuda uma ou duas matérias só em logística. Já o profissional de logística vai estudar dois anos todas as características e, com isso, ele se torna muito mais qualificado para pensar cada detalhe da operação”, destaca o professor Paulo Roberto Simões. A coordenadora do curso de logística de uma faculdade de Vila Velha, Ana Paula Correia Vitorino, acredita que pelo menos 20 mil vagas serão criadas no setor nos próximos anos no Espírito Santo. “As perspectivas são grandes, levando em consideração a grande carteira de projetos que o Estado está desenvolvendo. Hoje nós temos projetos que foram desenvolvidos pela Secretaria de Desenvolvimento. Esses projetos devem gerar em torno de 20 mil empregos iniciando agora em 2014. Essa demanda é que vai fazer com que os profissionais de insiram no mercado”, explica . De acordo com o mapa do trabalho industrial elaborado pelo Senai, até 2015, o Brasil precisa formar 570 mil novos trabalhadores. Desse total, pelo menos 14%, o equivalente a quase 80 mil vagas, é para profissionais de nível técnico. No Espírito Santo, os setores que mais vão demandar profissionais são as indústrias de alimentos, vestuário, móveis, metal mecânico e mineração. A mão de obra qualificada é apontada pelos empresários do setor como mais um diferencial do Espírito Santo no que diz respeito à logística. “O Espírito Santo tem vocação sim para o comércio internacional e tem capacitação, tem muita gente boa aqui”, disse o empresário Otto Andrade. O crescimento das operações de comércio exterior e construção naval acaba puxando outros setores da economia. O estudante Michel Luiz de Lima trabalha com manutenção mecânica e enxergou no curso de logística a oportunidade de dar um salto na carreira. “O curso tem beneficiado muito o meu crescimento profissional. A logística em si tem um crescimento muito bom. Você aprende a parte de custo, a contabilidade, os métodos quantitativos... Enfim, você cresce profissionalmente e isso traz um bom relacionamento dentro da empresa. Através disso você consegue reduzir custos, ser um bom profissional, trazer ótimos resultados”, disse. Para assegurar que as oportunidades de trabalho serão aproveitadas pela população local, o Governo do Estado também está investindo em qualificação. Em Viana será construída a primeira escola técnica da rede estadual de educação profissional. “As obras já iniciaram para a escola estadual e nós estamos muito felizes de estar conseguindo atrair esses equipamentos de educação para que a nossa população esteja preparada para o novo mercado que a cidade está vivendo”, destaca o prefeito Gilson Daniel.

Link do Video: http://m.folhavitoria.com.br/economia/noticia/2014/05/setor-de-logistica-pode-gerar-20-miloportunidades-de-emprego-no-espirito-santo.html


Folha vitoria 29 maio 2014