Page 1

O Celeiro Jornal

Quinta-feira, 14 de março de 2013

1

Ano XXI - Edição 2169 - Campos Novos - SC, 14 de março de 2013 - R$ 2,00

Novos repertórios para a Cultura Sociedade de Campos Novos defende mais ações culturais Páginas 4 e 5

Inclusão social

Universitários

Portadores de necessidades especiais conquistam espaço no mercado de trabalho

P. 3

Prefeitura repassará subsídio financeiro de R$ 70,00 por mês

Empreendedorismo

P. 6

Curso de Liderança, Gestão e Empreendedorismo para Jovens Rurais é lançado

P. 19


2

Quinta-feira, 14 de março de 2013

Editorial Cultura e

Foto Ricardo Silva/Especial

desenvolvimento Enxergamos cultura em toda a trama social. A cultura humana é tudo que resulta da ação humana, de suas interferências sobre o mundo; é tudo que torna visível o pensamento do homem sobre si mesmo e sobre o ambiente que o cerca. Todo desenvolvimento material corresponde a um dado desenvolvimento intelectual. Toda a ideia de desenvolvimento está marcada por uma busca de superação da condição animal. A chamada luta contra a natureza foi um dos maiores motes do processo civilizatório ocidental até a bem pouco tempo. A palavra cultura nasce impregnada desse sentido, nasce no centro de um conflito entre o homem e natureza. Está na raiz de sua definição ser algo que nasce em oposição ao natural. Sua meta, em primeira instância, está associada à superação da condição de primata. Cultivar é de fato alterar a ordem natural das coisas; a agricultura e o fogo foram nossas duas primeiras interferências no meio ambiente. A cultura passou a ser o nosso grande diferencial frente aos outros animais, sobretudo pela capacidade de transformação que ela tem, para o bem e para o mal. Entre as muitas condições necessárias para que possamos enfrentar o desafio de superar nossas mazelas históricas e as fragilidades mais recentes, está a qualificação da educação em todos os níveis e o desenvolvimento cultural, compreendido como desenvolvimento da dimensão simbólica em geral e das artes em particular, a ampliação do acesso pleno aos bens e serviços culturais e a sua completa universalização para todos os brasileiros, junto ao fortalecimento da economia da cultura.

É necessário fortalecer a relação entre cultura e desenvolvimento em nosso país, lugar em que 53% dos municípios não têm instituição pública de cultura, a maioria das cidades estão sem museus, bibliotecas, teatros e cinemas. Segundo levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), os municípios com mais de 100 mil habitantes (apenas 4% do total) concentram 74% do consumo cultural do Brasil. É possível que esta tenha sido a motivação do governo federal para a criação do Vale Cultura que foi aprovado em dezembro último, pelo Senado. Após a regulamentação da lei, trabalhadores da iniciativa privada e servidores públicos que recebem até cinco salários mínimos terão direito ao vale, no valor de R$ 50, via cartão magnético, para gastar com ingressos de cinema, teatro, museu, espetáculos, livros, CDs e DVDs, entre outros produtos culturais. Os aposentados também serão beneficiados com R$ 30, mas em nosso caso, como município com pouquíssimas alternativas culturais cabe a pergunta: como vamos usar este recurso extra? Não resta dúvida de que é possível comprar bons livros, DVDs e CDs, inclusive à distância, quando determinado produto não figurar nas prateleiras de nosso comércio, mas não seria interessante aproveitar a novidade, pagando por um bom espetáculo, uma boa produção local? Bem, não costumamos reconhecer o valor daquilo que é nosso nem temos acesso fácil ao apoio financeiro suficiente para iniciar uma indústria cultural, por menor que seja. Daí a necessidade de começamos a discutir a questão.

De fato, nosso talento bruto precisa ser burilado, mas não precisa ser desconsiderado. Temos cantores, atores, imitadores, humoristas, artistas em potencial e, com tudo isso, nossas tardes de domingo, especialmente, seguem cheias de vazio e de tédio. Apesar da exclusão cultural histórica que persiste, os interessados e as interessadas pela área podem começar a se organizar porque tudo já foi bem mais difícil e agora o quadro dá sinais de mudança. Nesse campo do desenvolvimento, como em muitos outros, o que conta, no fim das contas, é o entusiasmo, a força de atores sociais locais.

Chuva causa alagam de terça-feira (12) causa alagamento em alguns locais dos no Bairro Nossa Senhora de Lourdes.

“Esses novos colaboradores, que são nossos alunos, tem muito a ganhar. Sabemos da importância que é o trabalho na vida de todo cidadão. Nós percebemos que esses que entraram no mercado de trabalho, não voltaram mais para a Apae, o que atinge nosso objetivo, que é incluí-los na sociedade.”

Luiz Augusto de Souza - Diretor do Caesp Menino Deus, falando sobre inclusão social no mercado de trabalho.

Leia reportagem na página 3

“As atividades culturais e artísticas atuam no campo da sensibilização, agindo diretamente na formação dos indivíduos, portanto, são ricas fontes de educação e conhecimento”.

Luciano Corrêa – Presidente da OAB, falando sobre incentivos culturais.

Leia reportagem na página 4

Expediente

Reportagem: Gisiane Agostini – MTB 4440/SC-JP Diagramação: Herton Farias – MTB 4198/SC-JP

E-mail: celeiro@brturbo.com.br | Fone/Fax: (49) 3541-0597 Rua Marechal Deodoro, 335 - Centro - Campos Novos (SC)

Circulação: Abdon Batista, Celso Ramos, Campos Novos, Ibiam, Vargem, Brunópolis, Monte Carlo e Zortéa.


Quinta-feira, 14 de março de 2013

GERAL

3

Portadores de necessidades especiais conquistam espaço no mercado de trabalho Empresas de Campos Novos dão exemplo de cidadania ao cumprirem a lei que determina a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho A política de inclusão de portadores de deficiência no mercado de trabalho, adotada pelo Governo Federal, através do Artigo 93 da Lei nº 8.213/91, obriga uma empresa com até 200 funcionários a ter no quadro 2% de portadores de deficiência (ou reabilitados pela Previdência Social); as empresas com 201 a 500 a ter 3%, empresas com 501 a 1.000 a ter 4%; e mais de 1.000 empregados 5% de portadores de deficiência. Em Campos Novos, há empresas que estão dando exemplo de respeito à Lei nº 8.213/91 e acima de tudo, de cidadania, ao promoverem a inclusão social, como, por exemplo, a Iguaçu Celulose e Papel, Bruno Industrial e o Supermercado Copercampos. Na Iguaçu, a direção deu oportunidade de emprego a três estudantes do Centro de Atendimento Especializado Menino Deus (Caesp/Apae): Elias Reinaldo (42), João Paulo Antunes (18) e Edmilson do Amaral (23). Os três novos trabalhadores da indústria foram contratados na semana passada para desempenhar a função de Auxiliar de Coladeira. De acordo com a psicóloga Daniela Morais, Analista de Recursos Humanos da Iguaçu, a empresa, com apoio multiprofissional da Apae, se preparou cinco meses para recebê-los no quadro funcional e o fato dos três possuírem deficiência mental não foi obstáculo para desenvolverem a função. “De forma alguma a deficiência foi obstáculo. Houve todo um estudo por parte da escola e também por parte da empresa sobre quais funções inicialmente eles se sairiam melhor. Dentro das habilidades que eles já possuíam e algumas outras possíveis de se desenvolver, encontramos a função mais adequada. No primeiro dia, já se saíram muito bem”, destaca a psicóloga. De acordo com o Diretor do Caesp, Luiz Augusto de Souza, há 85 alunos no Caesp, sendo que 20 possuem condições de entrar no mercado de trabalho. “Temos alunos trabalhando, mas ainda é pouco porque são

poucas as empresas que fazem a inclusão social de pessoas com deficiência”. Além desses três estudantes da Apae na empresa Iguaçu, há mais duas pessoas com deficiência no mercado de trabalho: Ivanir Miguel, que trabalha como terceirizada na empresa que faz as refeições na Iguaçu e Vagner Zanon Luques, empacotador do Supermercado Copercampos. Há previsão que neste ano, sejam empregados entre 10 a 20 alunos da Apae, em empresas como a BRFoods e Bruno Industrial. “Esses novos colaboradores, que são nossos alunos, tem muito a ganhar. Sabemos da importância que é o trabalho na vida de todo cidadão. Nós percebemos que esses que entraram no mercado de trabalho, não voltaram mais para a Apae, o que atinge nosso objetivo, que é incluí-los na sociedade. As principais armas para a inclusão, é através do trabalho e do ensino regular, os alunos precisam desse contato com as outras pessoas. A maior dificuldade ainda é o preconceito”, aponta o diretor do Caesp. Para um portador de necessidades múltiplas, o modo de perceber o mundo é o mesmo que para qualquer pessoa na sociedade. “Deve-se cobrar igual, eles precisam trabalhar igual, porque cidadania é isso. Não existe uma sociedade para deficientes e outra para normais”, explica Luiz Augusto. Um trabalhador dito normal, para desempenhar suas funções geralmente possui uma série de reclamações e queixas, um portador de necessidades especiais aguarda tanto por uma oportunidade, que a única maneira de retribuir é através de muito empenho e dedicação e isso ilustra bem o sentimento de Elias Reinaldo. “Eu não via a hora de começar, estou muito feliz com o novo trabalho. Pra mim o trabalho é uma coisa única e importante, porque é uma oportunidade para minha vida, ganhar um dinheiro, ajudar em casa e conhecer pessoas novas. Em vez da gente ficar pensando besteira, estamos lá trabalhando, fazendo a coisa certa e hoDivulgação

Em Campos Novos, há empresas que estão dando exemplo de respeito à Lei nº 8.21391 e acima de tudo, de cidadania, ao promoverem a inclusão social.

nesta. Eu só tenho que agradecer, a Deus em primeiro lugar, aos professores da Apae que nos ajudaram e a Iguaçu que nos recebeu”, destacou Elias. João Paulo Antunes garantiu que adorou trabalhar na indústria de papel. “Fazia tempo que aguardava essa vaga. Pra mim vai ser muito bom, estou muito contente em trabalhar”. Edmilson do Amaral espera que tudo ocorra bem em seu primeiro emprego. “Pra mim significa uma grande oportunidade que nunca tive, estou muito feliz, espero que eu tenha um bom desempenho e consiga ajudar minha família”. Os três cumprem carga horária das 14h às 18h, em contrato de experiência de três meses e de manhã permanecem na Apae. Após esse período, vão começar a trabalhar em período normal, de oito horas e deixarão a escola. Daniela Morais defendeu que é importante inseri-los no mercado de trabalho, um dever previsto em lei e na consciência da sociedade. “Mais do que cumprir uma lei, nós acreditamos que essa é uma responsabilidade de cunho social. Cada um de nós colaboradores, atualmente possui a consciência da importância deste trabalho. Nós somente abrimos o caminho. A verdadeira inclusão social acontece quando a sociedade de modo geral compreende e aceita essas pessoas como parte de um contexto. Ainda, infelizmente eles estão na borda, a beira da sociedade. Esperamos que com o fato de possuírem um trabalho remunerado, as pessoas os vejam como são: pessoas com alguma deficiência e desabilidades, como todos

nós, inclusive, mas verdadeiramente capazes”. As empresas interessadas em contratar pessoas com necessidades especiais podem procurar a Apae. Há cerca de um mês, a Bruno Industrial contratou dois trabalhadores portadores de deficiência auditiva, estudantes da Acadav. De acordo com a coordenadora do RH da Bruno Industrial, Celine Loss Franken, os novos colaboradores estão tendo ótimo desempenho, são responsáveis, inteligentes e muito interessados. Na opinião da Gestora, a inclusão dos deficientes não deve acontecer somente na comunidade, mas também nas instituições de ensino e principalmente no mercado de trabalho. “As pessoas portadoras de necessidades especiais têm os mesmos direitos e deveres, não é a deficiência que o torna menos ou mais competente, melhor ou pior que alguém”, destaca Celine, completando que, baseando-se neste pressuposto, é preciso deixar o preconceito de lado e começar a inclusão no próprio processo seletivo. “Ao derrubar as barreiras, a empresa acaba percebendo que, oferecendo condições de trabalho, respeitando as limitações dos colaboradores, todos os colaboradores são capazes de exercer funções e serem bem sucedidos no que fazem, destacando-se em seus trabalhos, trazendo resultados positivos para o desenvolvimento da organização e confirmando assim a premissa da pessoa certa no lugar certo”. Um dos projetos futuros da Bruno Industrial é oferecer curso de libras aos colaboradores para que haja uma boa interação e comunicação entre todos.

Ensino na Apae De acordo com o diretor do Caesp, a entidade trabalha com programa social de inclusão no mercado de trabalho desde 2006, mas ainda de forma tímida, envolvendo mais os alunos na inclusão no ensino regular. Este ano, a expectativa é que um programa direcionado para a inclusão de portadores de deficiências no mercado de trabalho seja implementado no Caesp, graças a um convênio entre a Iguaçu, Universidade Livre para Eficiência Humana (Unilehu) e Caesp, previsto para acontecer em 2013. A universidade oferece formação específica em 37 funções diferentes, apostando na preparação dos alunos para o mercado de trabalho. “O processo seria a abertura de uma extensão da Unilehu na Apae, com tutor preparado por eles. A Iguaçu seria mais uma empresa parceira da Universidade, financiado os cursos, e nós em contrapartida, entramos com o espaço e professores. Com a necessidade das empresas, conseguiremos dar o pontapé inicial”,

destacou Luiz Augusto. Antes e depois da inserção no mercado de trabalho, o aluno é acompanhado pelo tempo necessário, desde o levantamento de suas aptidões profissionais. A equipe multiprofissional visita as empresas, conversam com os empregadores, que explicam a adaptação e o desenvolvimento do funcionário para os cargos, além de desmistificarem ideias sobre deficiência mental, conversam com a família do aluno e a fase final do processo, é a preparação dos futuros empregados, quanto aos atos e atitudes no trabalho, responsabilidade, assiduidade e respeito aos colegas, explica a psicóloga da Apae Clínica, Gleice Aparecida dos Santos. “Para desenvolver as aptidões profissionais de cada um, adaptações e análises ambientais e da própria função são necessárias para não limitá-los pela deficiência, para não frustrá-los no futuro”, destacou a terapeuta ocupacional Juliana de Mello Moura Brito.


4

GERAL

Quinta-feira, 14 de março de 2013

Sociedade de Campos Novos defende mais ações na área da cultura

Novos repertórios para a

cultura camponovense Projeto de lei do legislativo que propõe a criação do Conselho Municipal de Cultura deve ser encaminhado para sanção do prefeito Nelson Cruz esta semana. O projeto de lei, de autoria do vereador Adavilson Telles, Mancha, (PP), aprovado por unanimidade pelos vereadores em sessão do dia 05 de março, objetiva relacionar a administração municipal e os setores da sociedade, promovendo a participação destes na elaboração, na execução e na fiscalização da Política Cultural de Campos Novos. Para o vereador Mancha, a implantação do Conselho Municipal de Cultura traz importantes resultados, já que a política pública legítima deve ser democrática, debatida e pactuada com a sociedade. “Nós temos deficiências na área, principalmente no quesito suporte a cultura de nosso município. O município investe significativamente na cultura local, só que de forma desordenada. E a organização da política cultural tem que partir da base, através do conselho. A participação da comunidade é de extrema importância para que o conselho possa formular política cultural que venha de encontro aos anseios da população”. O conselho também seria responsável por formular projetos com objetivo de captar recursos na esfera federal. Ao contrário de outros países que mostram sua pujança cultural, como Estados Unidos, onde as iniciativas culturais são 99% privadas, o acesso de cada brasileiro a leitura, cinema, teatro, dança, artes visuais é ainda restrito, e passa pelo modelo de financiamento público da cultura, através do orçamento para cultura nas três esferas, na criação de uma economia da cultura formal, nos desafios da exclusão cultural, e no pressuposto de que usufruir arte e cultura

é direito de todos. O valor destinado para a Fundação Cultural Camponovense, cerca de R$ 230 mil dos R$ 82 milhões previstos no orçamento de 2013 da Prefeitura, vai praticamente para pagar os salários dos funcionários, dos professores de música contratados e para manutenção da estrutura – Casa da Cultura, Auditório e Arquivo Histórico, sendo que recursos e apoios para eventos são repassados diretamente pelo gabinete do prefeito. Permite-se, por meio desse dispositivo, que toda sorte de projetos sem qualquer vínculo com o interesse público receba o aval do Poder Público Municipal. Consultados pela reportagem do Jornal O Celeiro, sobre a necessidade da criação de uma política cultural por meio do Conselho, atores da sociedade organizada, desejosos de ver o desenvolvimento social por meio da cultura, foram unânimes em afirmar a importância da criação de um instrumento de democratização da gestão cultural. Todos tiveram contato com o projeto, em 1ª mão. Esse amplo interesse em discutir a situação da cultura se justifica. O IBGE aponta que apenas 14% dos brasileiros vão ao cinema uma vez por mês; 92% nunca frequentaram museus; 93% nunca foram a exposições de arte; 78% nunca assistiram a um espetáculo de dança; e 92% dos municípios não têm cine-

A última casa da rua

Convite Grandioso torneio de Futebol Suíço, dia 10, no sítio do Tio Neco – comunidade de Marundim, Vargem. Início às 9hs. Valor da inscrição de R$ 60,00. Haverá almoço e bebidas no local. Grandiosa Festa na Comunidade de Laranjeira – Vargem, dia 10. Programação: 10 hs: Santa Missa, 12hs: churrasco e bebidas em geral, à tarde jogos e diversão. Grandiosa Macarronada do Salão da Capela do Bairro Integração, a realizar-se no dia 10 de março de 2013, a partir das 11 horas. Valor do ingresso R$ 10,00. A comunidade e o novo CAEP da Capela São Benedito de Rio dos Touros – Brunópolis – convidam para a Tradicional Festa em Louvor ao Padroeiro São Benedito. Dia 31 de março de 2013. Programação: 7hs: início da venda de churrascos, 10hs: Santa Missa, 12hs: almoço, 14hs30: Matinê animado pela Banda Mixagem, do Paraná.

Problemas entre mãe e filha, além de conflitos com os vizinhos, vem à tona quando as duas se mudam para uma grande casa, cuja a vizinhança foi palco de um duplo assassinato.

ma, teatro e museu. “Sempre são bem aceitos projetos que valorizem e incentivem o desenvolvimento cultural. Desejo que a missão primordial do Conselho Municipal de Cultura seja formular e implementar políticas públicas visando o estímulo da produção artística, preservação do patrimônio cultural e garantia de livre acesso da população camponovense”, ressaltou Dr. Luciano Corrêa, advogado e presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção de Campos Novos. Quanto a composição do Conselho, o projeto relaciona 15 membros, representantes da sociedade organizada, como Acircan, professores de música, Unicampo, CDL, entre outros. A composição do Conselho foi uma preocupação do advogado e presiden-

te do Conselho da Comunidade, Mayck Wilhian Fagundes. “Este Conselho seria uma ferramenta interessante na colaboração de mais programações e eventos. Minha única preocupação é que este organismo precisaria ter uma independência maior do que aquela prevista no projeto, estando desvinculado de qualquer poder constituído para não esbarrar, em interesses políticos partidários ou até particulares dos governantes”. Mayck ainda completa que a iniciativa é bem vinda para fortalecer os trabalhos realizados pela Fundação Cultural. “Tudo o que diga respeito ao desenvolvimento da atividade cultural é bem vindo. Reconheço que a Fundação Cultural já vem fazendo um ótimo trabalho e nosso município hoje é bem visto quando o assunto é cultura. Contudo, acho que pode ser feito mais”. Para Derly Pedro Souza, o Kifas, autor camponovense de dois livros que retratam a história do município e das famílias, já com encaminhamentos para o terceiro, a iniciativa é louvável. “O projeto de lei é uma iniciativa louvável dos seus elaboradores. A implantação do Conselho não apenas estabelece a institucionalização da cultura local, uma referência indispensável e basilar de qualquer município e seu respectivo povo, mas articula a conscientização dos seus valores históricos e culturais a cada munícipe, promove o incremento das atividades artísticas e o conhecimento da própria história de formação do seu povo. Ainda mais:

Vereador Mancha apresentou Projeto de Lei para criação de Conselho Municipal da Cultura.


GERAL

Quinta-feira, 14 de março de 2013 fomenta o desenvolvimento intelectual de cada cidadão com respeito ao contexto sociocultural da sua região, bem como superlativa as tradições e mantém vívida a memória e os costumes dos antepassados locais”. Já Lôise Albuquerque e Cordi disse que o Conselho virá ao encontro de uma necessidade da sociedade. “Acredito que as coisas acontecem quando estão maduras para acontecer. Há algum tempo, grupos de pessoas da comunidade vinham se ressentindo de mais espaços para a cultura em seu sentido amplo, uma vez que o município está crescendo e se desenvolvendo em todas as direções. Já não é sem tempo que esse projeto surge provocando uma discussão neces-

sária entendendo-se que uma sociedade se constrói sobre bases sólidas, apoiada em sua cultura, através de suas tradições, costumes, valores, produção artística e literária”. Quanto a composição do Conselho, as entidades terão a responsabilidade de indicar nomes de pessoas ligadas a área da cultura. “A indicação dos membros não pode ser feita de forma aleatória, ela tem que partir da sociedade civil organizada. Serão 15 membros que serão indicados por diversas entidades. Essas por sua vez, devem ter a preocupação de indicar pessoas notáveis na esfera cultural de Campos Novos”, destacou o vereador Mancha.

Mais ações culturais

em Campos Novos

Não restam dúvidas, que a transformação da sociedade se dará, sem dúvida, pela cultura e educação de qualidade. A grande diversidade e riqueza cultural existente no país e seu potencial transformador impele a esta certeza. Algumas ações para o desenvolvimento da cultura também foram sugeridas. “Devem ser protegidos e valorizados o patrimônio histórico, artístico e cultural de Campos Novos; devem ser construídos novos espaços culturais como Centro de Eventos que poderá acolher peças teatrais, cinema, shows musicais, shows de danças, workshop, palestras etc.; construção de novas e modernas bibliotecas e centros de estudos com acesso público, livre e gratuito de toda população à internet”, sugeriu Luciano Corrêa. Benito Zandoná, um entusiasta da cultura tradicionalista, recordou de tantos eventos de sucesso que marcaram época e que simplesmente desapareceram do calendário de eventos do município: as comemorações da Semana Farroupilha, o Festival Camponovense de Música (Fecam), o Baile do Soja onde os produtores doavam parte da safra de soja para realização do evento, as feiras agropecu-

árias, o carnaval, encontros de violeiros e os bailes disputados nos clubes. Benito conseguiu aprovação de recursos junto ao governo federal para a realização das festividades da Semana Farroupilha. Mayck ressalta que em nossa cidade há um grande número de excelentes músicos, com talento e virtuosidade pouco observada em outras regiões. “Eu gostaria imensamente de ver o nosso tradicional Fecam de volta. Com o apoio público isso seria possível, um importante resgate cultural. O que percebo é que os músicos camponovenses estão dispersos, organizando-se somente em pequenos grupos. Com o retorno do Fecam poderíamos novamente ver grades talentos reunidos”. “Realizar projetos culturais itinerantes, alcançando grupos mais distantes do meio urbano e com menos possibilidades de acesso. De igual importância é o levantamento de valores novos, artísticos, culturais e esportivos, com maior atenção á crianças e adolescentes. Acredito que a Casa da Cultura é um excelente ambiente, porém, o município está crescendo e já se faz necessário ampliar esses locais. Outro aspecto que pode ser con-

Desejo que a missão primordial do Conselho Municipal de Cultura seja formular e implementar políticas públicas visando o estímulo da produção artística, preservação do patrimônio cultural e garantia de livre acesso da população camponovense

5

Luciano Corrêa, presidente da OAB, Subseção de Campos Novos.

Já não é sem tempo que esse projeto surge provocando uma discussão necessária entendendo-se que uma sociedade se constrói sobre bases sólidas, apoiada em sua cultura, através de suas tradições, costumes, valores, produção artística e literária Lôise Albuquerque e Cordi.

siderado é a criação de um espaço cultural, onde se possa frequentar e receber, autoridades, professores convidados e palestrantes, vindos de outras cidades, para a troca de experiências com a população, que após suas atividades do dia possam participar e interagir com a comunidade, desfrutar de momentos agradáveis em nosso município, um local tipo um “café com cultura’, já existente em outras cidades, onde possa abrigar exibições artísticas, companhias de teatro, entre outras exibições; contendo periódicos, revistas e a produção literária local”, aponta Lôise. Kifas conta um velho sonho particular, que pode ser implementado para o público, com investimentos não muito altos. “Desde o meu período de vida acadêmica, quando tive os primeiros contatos com o conhecimento básico de Astronomia, é a implantação em algum ponto elevado dos campos ao derredor de Campos Novos de um observatório de astronomia provido de biblioteca sobre o assunto, pequena sala de palestra, computadores e, mais importante, provida de um telescópio de longo alcance para a observação do cosmo e seus astros. Por considerar um

assunto muito atual, tenho a plena certeza que iria despertar o interesse das gerações mais novas e de pessoas de todas as idades. Estou convicto de que o investimento faria de Campos Novos uma referência pioneira em astronomia na região”. A parceria entre empresas e sociedade, incentivada pelo poder público, ainda está por se firmar. A produção voltada para os interesses do conjunto da população, para o desenvolvimento social e para o acesso e formação culturais das populações menos privilegiadas ainda é um sonho a ser conquistado. A existência do Conselho pode significar maior transparência na gestão cultural, porque permite um acompanhamento mais próximo, por parte da sociedade, das ações de governo no campo cultural. Um dos principais resultados esperados é o de que o município adote uma política cultural, em lugar de uma série de ações desencontradas. Com maior participação de representantes dos setores é possível uma maior aproximação com as aspirações da população.


GERAL

6

Quinta-feira, 14 de março de 2013

Universitários terão auxílio do Poder Público

Enercan viabiliza parque móvel em Escola Infantil

Na próxima semana, a Polícia Militar de Campos Novos dará

Prefeitura repassará subsídio financeiro de R$ 70,00/

início às aulas nas escolas dos municípios de abrangência da

mês por acadêmico que precisa se deslocar a outra cidade

3ª Companhia de Polícia Militar

para estudar

A Enercan – Campos Novos Energia viabilizou, através do Fundo para a Infância e Adolescência (FIA) em parceria com o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente, um parque infantil móvel para o Centro de Educação Infantil Municipal José Carlos Pisani – Caio, que foi inaugurado na última sexta-feira (08) e estiveram presentes pais, professores, alunos, autoridades municipais e representantes da Enercan. O parque recebeu um aporte de R$ 14 mil da Enercan, que pôde proporcionar a aquisição de brinquedos adequa-

dos a crianças de 0 a 6 anos, garantindo a diversão, o exercício físico, a coordenação motora e a socialização dos 128 alunos matriculados no Centro Infantil. A diretora Terezinha Favaretto informou que durante uma vez por semana as crianças da comunidade que não estão matriculadas no Centro de Educação poderão utilizar o parque. Este é o segundo projeto apoiado pela Enercan na mesma escola. Anteriormente, uma brinquedoteca também foi viabilizada para que auxiliasse no desenvolvimento físico e psicológico das crianças. Divulgação

Depois de mais de 30 dias desde o pedido oficial dos universitários que estudam em outros municípios solicitando ajuda de custo para pagamento do transporte escolar, o Prefeito Nelson Cruz determinou auxílio financeiro por aluno de R$ 70, valor que deve ser abatido pelo transportador na mensalidade paga pelos acedêmicos com o deslocamento. A prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, repassará cerca de R$ 25 mil por mês diretamente aos nove transportadores, que levam os estudantes às cidades de Joaçaba, Videira e Curitibanos. A reunião para definição do auxílio aconteceu na sexta-feira (08), na sala de reuniões da Prefeitura. Aproximadamente 360 universitários serão beneficiados com a ajuda de custo, uma reivindicação histórica da classe de estudantes. De acordo com o levantamento da comissão de acadêmicos, o valor desembolsado por mês varia entre R$ 170 a R$ 280, dependendo a distância e o transportador escolhido.

“Por ora estamos satisfeitos com a ajuda do município, mas vamos brigar por mais”, destacou o presidente da comissão de acadêmicos, João Marcelo Machado Vargas, que inicialmente solicitaram subsídio de 50% de desconto na mensalidade do transporte. João também informou sobre a intenção dos acadêmicos em estruturar uma nova associação ou mesmo reativar a Associação Camponovense de Acadêmicos (ACA), com objetivo de fortalecer e organizar o setor. João explica que os transportadores devem providenciar as documentações dos alunos para receberem o montante. Para isso, os acadêmicos deverão comprovar residência no município e apresentar documentações pessoais. “Cada universitário deve procurar seu transportador e entregar a documentação para comprovação”, explicou João Marcelo. A proposta do auxílio aos acadêmicos deve passar para apreciação da Câmara de Vereadores.

Parque móvel fará parte das atividades físicas das crianças.

Aproximadamente 360 universitários serão beneficiados com a ajuda de custo.

Divulgação


GERAL

Quinta-feira, 14 de março de 2013

7

Sicredi Altos da Serra reúne imprensa regional O evento aconteceu em Sananduva e reuniu representantes dos meios de comunicação dos municípios que têm Unidades da cooperativa de crédito

Na noite de quarta-feira da última semana, dia 06, a Sicredi Altos da Serra reuniu representantes dos meios de comunicação parceiros da cooperativa de crédito com diretores e colaboradores da cooperativa, em Sanaduva (RS). O objetivo da coletiva de imprensa foi além de confraternizar, repassar aos participantes a programação que o setor de relacionamento e marketing está preparando para comemorar os 25 anos de fundação. “Queremos estreitar a relação entre a cooperativa e a imprensa, com isso nos aproximando mais e melhorando o relacionamento com nossos parceiros representantes dos órgãos de comunicação”, destacou o presidente da Sicredi Altos da Serra, Mário Maurina. O presidente, um dos sócios fundadores da Sicredi Altos da Serra, descrever parte da história, mostrando a evolução da cooperativa nestes 25 anos de atuação no sul do país. A direção do Sicredi atua pautada no planejamento, em estudos de mercado e análise interna e externa. Durante o evento o Superintendente Paulo da Rosa, repassou dados e falou da estrutura da cooperativa que vem crescendo significativamente em todo o país. Segundo a Revista Exame, o Sistema Sicredi, no ano de 2012, ficou em 3º lugar em volume concedido no crédito rural; está na 14ª posição entre as maiores empresas do RS, SC e PR (das 54 cooperativas de créditos está em 10º lugar), no ranking 500 maiores do Sul, segundo Revista Amanhã e ainda, está entre as melhores empresas para trabalhar, conforme a Revista Você S/A. O reconhecimento é o resultado do trabalho entre cooperados e cooperativa. Segundo o Superintendente da Sicredi Altos da Serra em dezembro de 2012, a cooperativa estava com 46 mil associados. “A Sicredi pensa nos asso-

Imprensa com A diretoria da cooperativa. Abaixo a equipe da Área de Relacionamento e Marketing.

Na coletiva, Mário Maurina falou dos projetos da Sicredi para comemorar os 25 anos neste ano. ciados, mas pensa também no desenvolvimento sustentável de toda a comunidade, realizando ações efetivas seja no âmbito econômico, ambiental ou social”, explica Paulo Rosa. O coordenador da área de relacionamento e marketing, Marcelo Zanchetta, aproveitou a oportunidade e anunciou a programação em comemoração aos 25 anos, pedindo a colaboração dos meios de comunicação para divulgação. Um dos projetos é a publicação, no mês de setembro, do livro com resgate histórico da cooperativa. Os associados também participarão da campanha “Milhões de Amigos. Milhões de Prêmios”, que iniciará dia 08 de abril e segue até o final do mês outubro. Serão sorteados prêmios de até R$ 40 mil além de raspadinhas com cinco mil e trezentos produtos diversos.

Assembleias Sicredi 2013 Quem pensa no futuro da sua cooperativa se encontra aqui. sicredi.com.br

Participe das Assembleias Sicredi 2013 e ajude a decidir o futuro da sua cooperativa, o seu futuro e o da sua comunidade. Se você já é um associado, informe-se na sua unidade de atendimento. Se ainda não é, venha fazer parte do Sicredi. SAC Sicredi - 0800 724 7220 / Deficientes Auditivos ou de Fala - 0800 724 0525. Ouvidoria Sicredi - 0800 646 2519.


8

P U B LI C I D A D E

Quinta-feira, 14 de marรงo de 2013


Quinta-feira, 14 de março de 2013

GERAL

Corpo de Bombeiros sob novo comando

9

Na quinta-feira aconteceu a solenidade de passagem de comando do Corpo de Bombeiros de Campos Novos para o Cabo BM Sérgio Nei Jurek, que assume também como responsável pelo expediente

O auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) sediou na quinta-feira (07) solenidade de Passagem de Comando do 3º Pelotão Bombeiro Militar de Campos Novos na área de abrangência do 2º Batalhão de Bombeiros Militar, com sede em Curitibanos. O Cabo BM Sérgio Nei Jurek assumiu interinamente o comando do Corpo de Bombeiros Militar de Campos Novos, em substituição ao Subtenente BM RR Dhiêmis Metz Pinheiro, que transferiu-se para a reserva remunerada. A despedida do militar, após 13 anos de serviços prestados na unidade do município, foi marcada pela emoção. “Elogiar a quem de fato o merece é fácil e natural. Por outro lado, paradoxalmente, torna-se difícil, pois é complexo expressar toda uma vida dedicada ao serviço de bombeiro nas econômicas palavras que o protocolo exige. Deixa de ser um ato de fria formalidade para transcender-se na mais pura forma de reconhecimento legítimo. As linhas desse elogio não serão suficientes para satisfazer tudo aquilo que o Subtenente Dhiêmis merece. Ele vai fazer falta não só para Campos Novos, mas para a toda a nossa instituição pela sua alta qualidade técnica que poucos bombeiros tem”, disse o Tenente-Coronel BM João Valério Borges, comandante do 2º Batalhão

de Bombeiros Militar. Dhiêmis foi homenageado com a entrega de placa em nome da Associação de Bombeiros Comunitário, presidida atualmente por Sidney Carvalho de Almeida. Dhiêmis relembrou em seu discurso, as dificuldades superadas pela unidade do Corpo de Bombeiros nesses 13 anos em que esteve a frente da corporação, recém criada na época. “Não precisava ser o Sargento Dhiêmis para fazer com que as coisas acontecessem, pois todos nós bombeiros temos o compromisso de dar as melhores condições possíveis para que a comunidade sinta-se segura e bem atendida”, disse o ex-comandante. Dhiêmis foi indicado pelo 2º Batalhão para receber a medalha de 50 Anos de Salvamento Aquático. Como comandante substituto da unidade operacional de Campos Novos, Cabo BM Jurek acumula 22 anos de serviço no Bombeiro e além de comandar o grupo, também terá a função de responsável pelo expediente do 3º Pelotão Bombeiro Militar do 2ºBBM. O Tenente-Coronel desejou sucesso ao novo comandante, dizendo que é um grande conhecedor da corporação. Jurek fica no comando até a instituição ter oficiais disponíveis para a função. Encerrando a cerimônia, houve o tradicional banho dos comandantes substituído e substituto.

Encerrando a cerimônia, houve o tradicional banho dos comandantes substituído e substituto.

Novo caminhão para o Bombeiro de CN O Corpo de Bombeiros de Campos Novos será beneficiado com novo chassi de caminhão de combate a incêndios, confirmou o Tenente-Coronel BM João Valério Borges, comandante do 2º Batalhão de Bombeiros Militar, durante a solenidade. O caminhão faz parte de investimentos anunciados pelo governo do estado, com a compra de R$ 30 milhões em veículos e equipamentos individuais

para a corporação de todo estado. O Tenente-Coronel explicou que esse equipamento vai ajudar a aumentar e melhorar a atuação dos bombeiros em Campos Novos. “Campos Novos precisa de um caminhão novo. Dentro de poucos meses, a corporação receberá um novo chassi e a comunidade vai transformar em caminhão de combate a incêndio com recursos do Fundo Municipal”, destacou.

Ciclistas participam de Desafio na Serra do Rio do Rastro Sete ciclistas de Campos Novos encararam um percurso de 24km morro acima no final de semana

A equipe de ciclistas Sicoob/Ciclista Campos participou do 3º Desafio da Serra do Rio do Rastro no sábado (09). A prova que teve sua largada em Lauro Müller e chegada em Bom Jardim da Serra foi destinada a ciclistas de estrada e de mountain bike, amadores e profissionais. A largada aconteceu às 18 horas da Praça Henrique Lage, no Centro de Lauro Müller, com a presença do presidente da

Federação Catarinense de Ciclismo (FCC), João Andrade. Esse evento noturno de ciclismo, contou com a participação de mais de 500 atletas. A desafiadora Serra do Rio do Rastro, que possui paisagens paradisíacas, foi o palco principal dos competidores que pedalaram 24Km em subida, até atingirem uma altitude de 1,9 mil metros acima do nível do mar, na chegada ao mirante em Bom Jardim da Serra.

Campos Novos esteve representado pelos ciclistas Anselmo Chiamolera Neto Souza, Gilson Antes, Julio Cesar Zanon Rezende, Leonardo Falcão e Pedro Cesar Vezaro, os quais fazem parte da Acican (Associação Camponovense de Ciclismo), assim como pelos ciclistas e amigos do grupo Gustavo Chiodi e Tarcísio Manfroi, sendo que todos conseguiram completar o desafio, com muita garra, determinação e no limite de seus esforços. Junto com a equipe de ciclistas de Campos Novos, participaram dois ciclistas de Joaçaba, sendo que Carlos Eduardo Scaini conquistou o 4º lugar na categoria Master A1 Mountain

Bike, com o tempo de 1h24m. A Acican realiza no próximo dia 24, a Pedalada de Outono, com saída da Praça Lauro Müller, com trajeto constituído de 10 km pela BR-282, ingressando em frente a BRFoods na estrada do Caxambu/Guarani, com percurso (26Km) e depois mais 12 km de asfalto pela BR-470. Após concluírem o desafio, os ciclistas realizarão almoço na sede social da Gerwal. Interessados em participar, as inscrições estão abertas no site da Ciclista Campos. 65 ciclistas já estão confirmados para participarem da Pedalada, que faz parte da programação de aniversário do município.


VA R I E D A D E S

10

Quinta-feira, 14 de março de 2013

HORÓSCOPO [21/03 a 20/04]

Começa uma chuvinha aqui, um arzinho fresco ali, e o outono vem chegando. Assim como a Coleção de Outono-Inverno 2013 que já está na Via Ouro Boutique! Como é chamada de “meia-estação”, as roupas são um meio termo entre o calor e frio. E o ideal é que use peças que se possa tirar, caso esquente, ou sobrepor, caso esfrie. Olhem só estes looks: Pantalona estampada Tricô e Turbante

Conjuntinhos

O tricô vem sobrepondo a básica branca, levemente despojado. O jeans rasgado dá um ar jovial, e pede ocasiões casuais. O toque fashion fica por conta do cinto dourado em forma de corrente, e o lenço de cetim formando o turbante no cabelo!

Top Cropped A tendência cropped realmente agradou, principalmente para a balada! Top preto em estampa tipo jacquard, com a saia de couro sintético vazado, mostrando a base nude (DIVA!).

A moda é cíclica, e o que está de volta são os: conjuntinhos! Mas nada como uma modelagem atual para quebrar o ar de “antigo”. O blazer bege e a saia com babado mullet são um exemplo. Para destacar, uma regata de seda estampada e cinto de placa.

Colares São Jorge Super tendência da novela Salve Jorge!

Aproveite esta semana para tomar a iniciativa e mostrar que sabe como agir para melhorar o ambiente de trabalho. Em família, sentirá necessidade de se isolar e assim evitará brigas. No campo sentimental, se precisar decidir algo, mantenha a calma.

[semanal]

[21/04 a 20/05]

Troque ideias com seus amigos e os colegas de trabalho, eles podem ajudar você a melhorar sua produtividade agora. No cenário familiar, aproveite as boas energias do Sol para demonstrar o seu carinho ao pessoal que tanto ama.

[21/05 a 20/06]

[21/06 a 20/07]

É uma excelente fase para observar o que se passa no seu trabalho e avaliar o que precisa de mudanças. Em casa, mostre seu lado extrovertido e interaja mais com o pessoal. No amor, é preciso um pouco de isolamento para perceber o que deseja do seu par.

No trabalho, não tenha receio de expor suas ideias. Elas podem não se realizar neste momento, mas estará plantando para colher mais tarde. Nos momentos de folga, curta a companhia dos familiares: eles vão trazer conforto. Na paixão, quebre a rotina!

[21/07 a 20/08]

[21/08 a 20/09]

Dedique-se a tarefas inacabadas e evite problemas mais adiante. Antes de se entregar a um novo projeto, investigue todas as possibilidades de fazê-lo deslanchar. Mudanças na rotina familiar e doméstica serão muito bem-vindas neste período.

Deixe sua individualidade de lado e invista em trabalhos em grupo, pois vão render e trazer resultados duradouros. Controle as suas exigências com o pessoal de casa ou poderá arrumar conflitos à toa. Nas questões amorosas, aprenda a valorizar a relação. [21/10 a 20/11]

[21/09 a 20/10]

Ainda nos looks para trabalho, a pantalona se encaixa perfeitamente. A ousadia fica por conta da estampa, que é sutil. O bom é que este modelo favorece tanto para quem tem mais quadril, como para quem não tem. Use uma blusa mais certinha para equilibrar. O blazer completa, dando um ar “terninho”.

Invista nos trabalhos em equipe e verá como seus projetos vão fluir naturalmente. Em casa, há uma tendência a ser muito exigente com os parentes: cuidado! É melhor apostar na diplomacia natural do seu signo para conquistar os seus desejos.

É tempo de mostrar a sua criatividade no serviço e os resultados não tardarão a surgir. Controle a sua impulsividade em seu lar, pois suas atitudes podem gerar desentendimentos com pessoas queridas. Na paixão, mostre o seu romantismo. [21/12 a 20/01]

[21/11 a 20/12]

Caso um colega precise de ajuda, estenda a mão! Mas evite assumir responsabilidades que não são suas ou poderá se ver em apuros mais adiante. Esta semana, você estará com mais vontade de curtir seu lar e os seus familiares: almoços e reuniões favorecidos.

Batalhe por seus objetivos e crie boas oportunidades de crescimento em sua carreira. Um certo clima de competição pode rondar o universo familiar: exercite sua paciência e evite desentendimentos. Há sinais de instabilidades no campo afetivo.

[21/02 a 20/03]

[21/01 a 20/02]

No campo profissional, não desanime se os resultados demorarem a surgir: continue firme em seus propósitos. Sua generosidade estará em evidência, principalmente nos assuntos familiares. Só não permita interferências de terceiros em sua vida sentimental.

Não tenha preguiça e procure deixar o seu trabalho em dia. Marte reforça sua dedicação a tarefas lucrativas. Curta os momentos alegres na companhia dos seus parentes, mas evite conversas polêmicas. No campo afetivo, esqueça o passado e siga em frente!

ANIVERSARIANTES DA SEMANA 07.03 a 13.03 14 Luiz Eduardo Devilla Rodrigo Alfredo Grisner 15 Carlos Eduardo Zandoná, Antônio Eleo da Fonseca Jr. Mauricio R. Viel 16 Ademar Rupp Tereza Zancanaro 17 Marilene Dalamico Foppa 18 Marilene Valescan Borsoi Micheli Barcarolo Clevy Gonçalves Kemer Ademir Donizete Varela Marisete Farias L. Souza Zelir Rocha 19 Luciano Josué Corrêa João Eduardo da Costa 20 Ediná T. G. de Oliveira Moacir Schaly Ida Cristina Grubert Patricia Balestrin


Quinta-feira, 14 de março de 2013

Nossa história em foto

VA R I E D A D E S

Palavras Cruzadas

11

Foto do centenário de Campos Novos Desfile - Senhor Italo Boff.

1 lata de leite condensado; 1 lata de leite (a mesma medida); 5 gemas; 4 colheres (sopa) de chocolate em pó; 1 colher (sobremesa) de café solúvel; Manteiga para untar a forma; Chocolate granulado para decorar.

Cerveja Brahma Chopp Inter e Grêmio latão 473 ml | Un.

R$ 1,99 Aqueça um pouco do leite e dissolva o café solúvel e o chocolate. Bata o leite com o café e o chocolate, o leite condensado e as gemas no liquidificador. Despeje a mistura em uma fôrma de pudim untada. Cubra com papel alumínio e leve ao forno pré aquecido, em temperatura média (180º), em banho-maria por 60 minutos. Retire do forno e espere esfriar. Coloque na geladeira por 3 horas. Retire da fôrma. Decore com o chocolate granulado.

R$ 5,99 R$ 5,69 Paleta Suína | Kg

R$ 15,00 Cerveja Sub Zero 350ml |cx c/12

R$ 3,99 Pernil Suíno | Kg

Pepsi e Guaraná 3,3L | Un.

R$ 2,99 Pepsi 2,5L | Un.

R$ 1,99 Cerveja Sub Zero 600ml | Un.

R$ 14,28 Cerveja Kaiser 350ml |cx c/12

R$ 2,49 Refrigerante Schin 2L | Un.

Ofertas válidas para esta sexta e sábado

*Imagens ilustrativas. Não entregamos bebidas à domicílio. Beba com moderação.

Pudim de brigadeiro de café


12

G eral

Quinta-feira, 14 de março de 2013

Acircan Jovem busca novos nucleados Formado há dois anos, o Núcleo de Jovens Empreendedores quer fortalecer a classe de jovens empresariais de Campos Novos

Na noite de segunda-feira (11), os membros do Núcleo de Jovens Empreendedores da Associação Empresarial, Rural e Cultural Camponovense (Acircan) realizou encontro com jovens de diversos segmentos empresariais de Campos Novos. O objetivo do encontro foi apresentar o trabalho dos nucleados e convidar para que mais jovens para que também façam parte do Núcleo Acircan Jovem. Com a presença do Vice-presidente da Acircan, Laércio Zanchetta, da Diretora Executiva Acircan, Eliane Lopes, além do Coordenador do Núcleo Valdenir de Amorim e demais nucleados, o evento mostrou a importância do associativismo para fomentar novos negócios. O Núcleo Acir-

can Jovem é o braço jovem da Acircan, filiado ao Conselho Estadual do Jovem Empreendedor de Santa Catarina (Cejesc), órgão ligado Confederação Nacional dos Jovens Empresarios (Conaje) e tem como missão trabalhar em prol do desenvolvimento das classes comerciais e empresariais. O Núcleo Multissetorial da Acircan recebeu gestores de mais de dez empresas camponovenses. “Tivemos grandes conquistas nestes dois anos de ações envolvendo o Núcleo, e com orgulho podemos afirmar que nosso Núcleo é destaque em Santa Catarina, sendo um dos mais lembrados nas Assembleias realizadas mensalmente em diversas regiões do estado”, observou Amorim. No total são 46 Núcleos de Jovens Empresários,

Tivemos grandes conquistas nestes dois anos de ações envolvendo o Núcleo, e com orgulho podemos afirmar que nosso Núcleo é destaque em SC

O Celeiro

A finalidade do Núcleo a aumentar em mais de 80% o número de nucleados. em Santa Catarina. “Entendemos que precisamos crescer, precisamos dar espaços para quem quer crescer, por isso, pensamos juntos e decidimos formalizar o convite para vocês”, disse Amorim, durante o encon-

tro, observando que o nome dos participantes foi acolhido por todos os nucleados. A finalidade do Núcleo a aumentar em mais de 80% o número de participantes. Hoje 16 empresas fazem parte do Núcleo, entre elas o Jornal O Celeiro.


Quinta-feira, 14 de março de 2013

da i à atração fo k c ro p o (08), o p çaba. exta-feira ola, de Joa y d a R a A última s d n da Ba u pequeno animação spaço fico e o e noite, com a ç n se marcou pre O público urtição. c e gistrado ersão iv d ta n da festa, re ta s to n e para m o e alguns m Acompanh . anabalada pelo site T

es r o h l e m s A as r i e f sextas da região

13


14

Final de semana tradicionalista

GERAL

Quinta-feira, 14 de março de 2013 Divulgação

Cavalgada fez parte das comemorações do aniversário de 132 anos de Campos Novos A programação iniciou no sábado com missa de São Gonçalo e Noite Cultural no Galpão Crioulo, onde cerca de 20 artistas locais apresentaram seus talentos. No domingo (10) a tradicional cavalgada reuniu mais de 80 cavaleiros, que seguiram do trevo da Copercampos até o Centro de Eventos

Galpão Crioulo, onde as atividades foram concentradas. Apresentações da Invernada Artística CTG Porteira Camponovense, Jóia e Banda e Conjunto Sem Fronteiras animara à tarde. Para encerrar os festejos tradicionalistas, Gaúcho da Fronteira fez um grande show, cantando sucessos ao longo de 40 anos de sua carreira.

Camponovenses são destaques no 3° Rodeio Estadual de Campeões O evento aconteceu no inicio deste mês em Chapecó. Lívia Coelho Canali ficou em 3º lugar na modalidade Laço Bonequinha Individual

No início deste mês, nos dias 01, 02 e 03 aconteceu em Chapecó, o 3° Rodeio Estadual de Campeões e 17 regiões tradicionalistas participaram de provas artísticas e campeiras, que selecionaram peões e prendas que participarão do Rodeio Nacional em Jataí (Go), em julho. Na prova de Vaca Parada categoria menininha de 7 a 12 anos Lívia Coelho Canali obteve 3º lugar no estadual e garantiu vaga para o nacional. Lívia tem 8 anos de idade e desde os 5 anos participa de rodeios. Em 2011 ficou em 2º lugar no Rodeio de Vacaria. Ela representa o CTG Laço da Saudade.

Divulgação

Acompanhe o desempenho dos representantes de Campos Novos:

Laço Prendinha Individual 1º lugar – Thais Paes Padilha;

Laço Prendinha Equipe

2º lugar – Júlia Fagundes; Keila Poliana e Nayara Bridi;

Laço Bonequinha Equipe – Vaca Parada

2º lugar – Andressa Gomes, Isadora Mozer e Lívia Coelho Canali;

Laço Bonequinha Individual 3º lugar – Lívia Coelho Canali;

Laço Veterano

2º lugar – Osni Noriler;

Laço Piazito Equipe – Vaca Parada 2º lugar – João Gabriel Noriler, Lucas Silva, Gabriel Amaral, Matheus Ceni e Leonardo Márcio Pereira.

Lívia Coelho Canali está classificada para a fase nacional.

CDL promove Semana do Consumidor A Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos Novos (CDL) promove a Semana do Consumidor, alusiva ao Dia do Consumidor, comemorado no dia 15 de março. A CDL lançou a campanha para os lojistas do município, solicitando a montagem de vitrines atrativas e promoções diferenciadas em homenagem ao consumidor, responsável pela movimentação do comércio local. De acordo com Jânio Eustáquio Pereira, presidente da CDL, a contrapartida da entidade, será o investimento em publicidade nos meios de comunicação, com objetivo de alavancar as vendas, anunciando as promoções ao público. Jânio também informou, sobre o horário especial do comércio no dia 30 de Março, das 08 às 12h e reforçou o convite para o Encontro Empresarial que acontecerá na sexta-feira (15), no auditório da Casa da Cultura, com a palestra de Darci Piana, presidente da Fecomércio do Paraná, com o tema: Desenvolvimento da Indústria, Comércio e Turismo, com entrada gratuita. “No decorrer desta semana também finalizaremos com o Sindicato dos Empregados no Comércio, as tratativas sobre o horário dos supermercados no dia 30 de março, já que o período da tarde ainda está por definir. Todas essas ações foram planejadas com a preocupação em privilegiar o consumidor, e também para aproveitar a data da Páscoa e gerar incremento de vendas para o comércio camponovense”, destacou Jânio. Todas as atividades apresentadas pelo presidente fazem parte das festividades programadas para o aniversário do município.


R E G I ÃO

Quinta-feira, 14 de março de 2013

15

Abdon Batista terá “Painel da Transparência” Com a intenção de divulgar os atos da atual administração, painel de Led em frente à prefeitura municipal O “Painel da Transparência”, como será chamado, terá 3,84 metros largura por 1,92 de altura. O equipamento já foi licitado e deve ser posto em funcionamento nas próximas semanas em caráter temporário em frente ao antigo colégio estadual, onde se encontram também, provisoriamente, as instalações da prefeitura, já que a estrutura titular passa por reformas. O painel será realocado junto à nova prefeitura quando do complemento da obra. A instalação do painel integra um novo modelo de gestão implementado pelo prefeito Lucimar.”Esta ação faz parte do compromisso que assumimos com a população, de fazermos uma administração transparente e eficiente, de maneira clara e de acordo com todas as leis”, explica o prefeito. Instalar o painel é uma das alternati-

vas do prefeito para informar à população sobre os atos praticados pela administração. Despesas, destinação de recursos e até mesmo imagens de ações realizadas pela prefeitura serão exibidas no aparelho. Para o prefeito, esta é uma forma de fazer com que a população avalie o trabalho da atual administração. “Com o painel, estaremos nos submetendo todos os dias a julgamento. As pessoas vão dizer se estamos fazendo a coisa certa ou errada e, se estivermos errando, vamos ter como ferramenta importante para a administração a identificação imediata do erro”, afirma. Além do painel a ser instalado, a prefeitura possui um portal na internet que é atualizado diariamente. Informações também são enviadas à mídia regional e estadual. São todas ferramentas para melhores resultados na divulgação dos atos e transparência.

Divulgação

Painel da Transparência será instalado nas próximas semanas em Abdon Batista.

VIII Encontro da Mulher Zorteense supera as expectativas

Com a intenção de divulgar os atos da atual administração, painel de Led em frente à prefeitura municipal

Para valorizar o Dia Internacional da Mulher celebrado na última sexta-feira (08), a Prefeitura Municipal de Zortéa através da Secretaria de Assistência Social realizou no Salão da Capela Santa Catarina o VIII Encontro da Mulher Zorteense, uma tarde dedicada às mulheres com todo o glamour e atenção que elas merecem. A festa já é tradição em Zortéa e conta com superação de público e organização a cada ano. Na oportunidade estiveram presentes várias autoridades, servidores públicos, entre elas a Vice-prefeita Márcia Jung, o Secretário de Assistência Social Valdecir Panho e o Prefeito Paulo Francescki, que abriu o evento destacando sobre os diversos papéis que a mulher desempenha sua força e coragem para enfrentar os desafios do dia a dia. A Vice-prefeita Márcia enfatizou o verdadeiro papel que a mulher vem assumindo no lar e na sociedade, e

que o objetivo do evento foi proporcionar momentos de lazer e de reflexão sobre a importância de suas vidas nos meios que estão vivendo. A tarde prosseguiu com Almir Isganzela que cantou, motivou e descontraiu todas as homenageadas falando da verdadeira beleza da mulher, abordando conceitos antigos e atuais de diversas culturas para discutir a importância e beleza da mulher. Além das homenagens as presentes puderam desfrutar de um coquetel e ao fim levaram para casa uma pequena lembrança.

No dia 08 de março, Prefeitura de Zortéa homenageia as mulheres.

Objetivo da Data

A data é comemorada na maioria dos países com conferências, debates e reuniões e o objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e quem sabe um dia acabar, com o preconceito e a desvalorização da mulher.

O Melhor preço está aqui! Venha Conferir! Fone: 3541.2929 Coronel Farrapo - Campos Novos

Divulgação

Mulheres Brasileiras No Brasil, pode-se dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na vida da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. Depois de

muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e de serem eleitas para cargos no executivo e legislativo foi finalmente conquistado.


16

Publicação Legal

Quinta-feira, 14 de março de 2013

Edital n.º 01/2013

Dispõe sobre as inscrições para o Processo de Escolha dos Membros Do Conselho tutelar do município de vargem, estabelecendo os critérios para candidatura, calendário eleitoral e dá outras providências. O Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - CMDCA de Vargem – SC HILDEBRANDO GREGORIO DE JESUS FERREIRA no uso de suas,atribuições legais, atribuída pela Lei Municipal nº. 0057 de 23 de maio de 1994, atendendo ao disposto na Lei Federal nº. 8.069 de 13 de julho de 1990 torna público que estão abertas as inscrições para escolha dos membros do Conselho tutelar de Vargem – SC. Serão eleitos 2(dois) membros titulares e Suplentes,aprovados na ordem de votação de acordo com a legislação em vigor. CARGO – Conselheiro Tutelar Nº de vagas - 2 (dois) I – DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES: - Será responsável pela operacionalização do processo de escolha dos Conselheiros Tutelares, O CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE , CONFORME PRECONIZA A LEI MUNICIPAL 0057/94 EM SEU ARTIGO 010 - ITEM VIII. - A participação no processo de eleição está condicionada à comprovação pelo candidato, dos requisitos constantes deste edital. - Este edital será divulgado no mural da Prefeitura Municipal de Vargem, Secretaria do Desenvolvimento social , bem como nos jornais de circulação no município e nos Órgãos Públicos Municipais. - Compete AO CMDCA: a) Regulamentar, organizar e coordenar o processo eleitoral para escolha dos membros do Conselho Tutelar; b) Decidir dos recursos e das impugnações; c) Designar os membros da Mesa Receptora dos votos; d) Receber os pedidos de inscrições dos candidatos ; e) Providenciar as credenciais para os fiscais; f) Receber e processar toda a documentação referente ao processo eleitoral; g) Decidir os casos omissos neste Edital h) Dar posse aos membros do Conselho Tutelar; II- DAS INSCRIÇÕES: Período - de 08 de março a 22 de março Horário – Das 8;00 às 12;00 (2ª a 6ª feira) Das 13:30 às 17:00 (2ª a ª feira) Local – Setor de RH do Município de Vargem, Rua Benjamim Margott, 214, centro. III – DOS REQUISITOS: - São requisitos para candidatar-se a membro do Conselho Tutelar: a) - ter reconhecido idoneidade moral; b) - ter idade superior a 21 (vinte e um) anos; c) - residir no Município de Vargem ; d) - ensino Fundamental Completo ou cursando os anos finais; e) - noções básicas de informática; IV - DOCUMENTAÇÃO PARA INSCRIÇÃO: a) Carteira de Identidade e CPF - documento original e 1(uma) fotocópia simples; b) Certidões Negativas emitidas pelos Cartórios Cíveis e Criminais; c) Comprovante de escolaridade (histórico escolar ou comprovante de freqüência); d) Comprovante de curso de informática básica ou declaração; e)- Fotocópia do comprovante de residência no município (conta de água,luz,telefone,ou contrato de locação); f)-Cópia de Título de Eleitor e comprovante de votação na última eleição ou declaração da Justiça Eleitoral onde conste estar em dia com seus direitos político; g) - Fotocópia do certificado de reservista ou de dispensa de incorporação; se do sexo masculino; h) - A comprovação da reconhecida idoneidade moral do interessado, dar-se-á através da apresentação do Atestado de Bons Antecedentes emitido por órgão competente (Delegacia de Policia Civil) e Antecedentes Criminais (Fórum), sendo vedada a habilitação como candidato o interessado que possua certidão positiva, cível ou criminal, que contenha medida judicial incompatível com o exercício da função de Conselheiro Tutelar. i) – É vedada a inscrição por Procuração, condicional ou por correspondência bem como com a falta de qualquer documento exigido ; j) - O protocolo do pedido de inscrição implica por parte do candidato no conhecimento e aceitação de todos os termos fixados no presente edital e em prévia aceitação do

cumprimento do que estabelece a Lei Federal 8.069, de 13 de julho de 1990 e Lei Municipal n° 0057/1994, de 23 de maio de 1994. k) - O pedido de inscrição que não atender às exigências deste edital será cancelado, bem como anulados todos os atos dele decorrentes. V- DOS IMPEDIMENTOS: V.1 - São impedidos de servir, no mesmo Conselho Tutelar, parceiros com união estável, ascendente e descendente, sogro, genro ou nora, irmãos, cunhados durante o cunhadio, tio, sobrinho, padrasto ou madrasta e enteado, conforme o Artigo 140 do Estatuto da Criança e do Adolescente. VI- DA ELEIÇÃO: Data – 27 de março de 2013 Local – Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social Endereço – Rua Vitorino Chiochetta- Centro vargem- SC A Resolução, com o detalhamento do processo de seleção e respectivo calendário estará à disposição dos interessados, na sede da Secretaria do desenvolvimento Social e será entregue aos candidatos no ato da inscrição. Vargem, 08 de março de 2013.

__________________________ Presidente da Comissão Eleitoral

____________________ Presidente do CMDCA

Anexo 01 CALENDÁRIO ELEITORAL Inscrições:11/03/2013 a 22/03/2013 Relação da nominal dos candidatos inscritos:25/03/2013 Homologação das inscrições:26/03/2013 Eleição: 27/03/2013 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Vargem, no uso de suas atribuições, torna publico a abertura das inscrições para complemento de cargo para Conselheiro Tutelar . O edital se encontra no site do município.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA Nº 13 O Presidente da Cooperativa Agropecuária Boa Esperancense-COPERBOA, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 14 do Estatuto Social, convoca os Senhores associados para Assembléia Geral Ordinária a realizar-se dia 28 de março de 2013, nas dependências da Cooperativa, sito ás margens da Rodovia SC-456, Km 01, Boa Esperança, Campos Novos(SC), ás 8,00 horas em primeira convocação, com a presença mínima de 2/3 (dois terços) do número de Associados em condições de votar; ás 9,00 horas, em segunda convocação, com metade mais um do número de Associados; e em terceira e última convocação, ás 10,00 horas, com a presença de no mínimo 10 (dez) associados, com a seguinte ordem do dia: 1º - Apresentação do relatório do Conselho de Administração 2º -Apresentação, Análise e aprovação do Balanço Geral e Demonstração do Resultado do exercício encerrado em 31/12/2012 3º - Destinação das sobras ou perdas do exercício de 2012 4ª - Renovação de 2/3 (dois terços) dos membros do Conselho Fiscal 5º - Autorização para o Conselho de Administração, contrair financiamentos, EGFs, repasses, junto ao Banco do Brasil e quaisquer outras instituições Financeiras, bem como, oferecer bens móveis e imóveis em garantia, Avais, penhor ou hipoteca. 6º - Outros assuntos de interesse da sociedade OBS.: - Para efeito de cálculo de quorum, o número de associados é de 26 Campos Novos(SC), 06 de março de 2013 NEI REMI RIGO PRESIDENTE


GERAL

Quinta-feira, 14 de março de 2013

17

Conselho Regional se reúne em Treze Tílias

Cinco escolas da SDR devem ser beneficiados pelo Pacto

Aconteceu no dia 08 de março (sexta-feira), em Treze Tílias a primeira reunião estatutária coordenada pela Conselheira Regional do Meio Oeste, Luiza Turela Dogenski, do município de Vargem. A pauta da reunião foi além da homenagem pelo Dia Internacional da Mulher; repasse das informações da Federação Estadual; Olimpíadas Regionais. Os participantes também discutiram ações para serem realizadas neste ano de 2013. A presidente da Apae de Treze Ti-

lias, Claudete Rabuscki, apresentou ao grupo de Apaenos, um vídeo que conta a história do município. Também tiveram oportunidade de conhecer alguns pontos turísticos da cidade. A reunião encerrou com lanche de confraternização. O grupo agradeceu o empenho da Conselheira Regional, Luiza Dongeski e a Diretora da APae de Treza Tilias, Claudete Rabuscki. O Conselho acompanha o trabalho da direção das Apaes e auxilia nas organizações de eventos regionais.

Novas prisões na Operação Mulheres do Tráfico

Na semana passada, o secretário de Desenvolvimento Regional da SDR Campos Novos, Luiz Antonio Zanchett, o Abelha, esteve em uma audiência com o diretor de Infraestrutura Sergio Boebel e o diretor de Apoio ao Estudante, Osmar Matiola, da Secretaria de Estado da Educação, para tratar das cinco escolas da SDR Campos Novos que estão incluídas no Pacto por Santa Catarina. Acompanharam o encontro o ex-secretário regional Alaor Gotz, que hoje ocupa o cargo de supervisor de Apoio ao Estu-

dante, o chefe de gabinete da Secretaria de Estado da Educação, Mauro Tessari, e o deputado estadual Romildo Titon. Todas as cinco unidades - EEB Paulo Blasi (Campos Novos), EEB Profª Virginia Paulina Silva Gonçalves (Monte Carlo), EEB Major Cipriano R. de Almeida (Zortéa), EEB José Cesario Brasil (Celso Ramos), e EEB Henrique Rupp Júnior (Campos Novos) - devem ser beneficiadas com reformas, ampliações e adaptações, já que todas possuem o Ensino Médio Integrado.

Conselho de Trânsito analisa pedidos da comunidade

Dando continuidade na Operação Mulheres do Tráfico, a Polícia Civil de Campos Novos (SC), através da Delegacia de Investigação Criminal e Delegacia da Comarca, desmantelou mais um ponto de tráfico de drogas “chefiado” por mulheres. A venda do material ilícito vinha ocorrendo em uma residência localizada na Rua Nereu Ramos, no Bairro Santo Antônio. Durante as investigações, os policias

civis constataram um grande movimento de pessoas adquirindo entorpecentes no local, predominando o comércio de cocaína. Em razão dos fatos, na noite de sexta-feira, dia 08, por volta das 22h, foram presos em flagrante delito pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores um homem e duas mulheres, além de encaminhar à Delegacia de Polícia um menor de idade.

O Conselho Municipal de Transito de Campos Novos (Comutran) realizou na quarta-feira (6), a primeira reunião do ano de 2013, sendo que um dos assuntos em pauta foi analise de solicitações da comunidade. Entre as definições, será encaminhado a administração pública municipal pedido para revitalização e melhoria da sinalização na Avenida JK. O Comutran também deve solicitar alguns

decretos do Executivo para mudanças no trânsito, entre outras deliberações. Com relação ao pedido de Decreto, referente à “mão inglesa”; demarcação de estacionamentos individuais de veículos; estacionamentos de motos; e criação de área de estacionamento (uma) vaga em frente às farmácias; ainda não teve nenhuma posição do poder Executivo.


18

Quinta-feira, 14 de março de 2013

Secretário de Desenvolvimento Regional faz agenda de visitas aos oito municípios que compõem a SDR


Quinta-feira, 14 de março de 2013

agro n eg ó cio

19

Curso de Liderança, Gestão e Empreendedorismo para Jovens Rurais é lançado em Campos Novos Primeira turma iniciou as atividades nesta semana no Cetrecampos. No total serão 240 horas/aulas, direcionadas para jovens de 10 municípios da Amplasc e Ammoc

Desde segunda-feira (11), quando aconteceu a abertura oficial do Curso de Liderança, Gestão e Empreendedorismo para Jovens Rurais, que os 28 jovens de dez municípios da Associação dos Municípios do Planalto Sul de Santa Catarina (Amplasc) e da Associação dos Municípios do Meio Oeste Catarinense (Ammoc), iniciaram as aulas do Curso que está sendo ministrado no Centro de Treinamentos (Cetrecampos) da Regional da Epagri de Campos Novos. O programa está sendo oferecido em 12 Centros de Treinamentos das Regionais da Epagri de Santa Catarina. Em Campos Novos, as aulas serão realizadas de março a dezembro e ministradas por profissionais da Empresa de pesquisas de diversas regionais. De acor-

Vagner Walter Bressan é um dos alunos da primeira turma.

do com o Gerente do Cetrecampos, Dari Scarabotto, o Curso é oferecido por meio do Programa SC Rural. “Serão 240 horas de aulas teóricas e práticas, sendo que no final do curso os alunos deverão apresentar projeto para implantar em suas propriedades”, explica Dari. O curso tem como objetivo, entre diversas questões, desenvolver as potencialidades humanas, liderança, despertar os jovens para o empreendedorismo e instrumentalizá-los para as atividades agrícolas e não agrícolas. A aula inaugural em Campos Novos, contou com a presença alem dos jovens, pais, autoridades políticas e representantes de órgãos ligados ao agronegócio. No total, cerca de 500 jovens de todo o estado irão ser capacitados, conforme esclarece Dari Scarabotto. O Programa tem como meta, formar seis turmas em cada uma das 12 regionais, num período de cinco anos. A meta é que, em cada propriedade seja instalado um projeto na área em que o participante se encaixe melhor. O desenvolvimento do projeto será acompanhado por técnicos da Epagri. “Os instrutores estarão repassando informações como desenvolvimento sustentável, aproveitamento de espaços, entre outros temas ligados ao crescimento financeiro das famílias, desta forma, assegurando que os jovens continuem no campo”, dis-

Pais e alunos participaram da aula inaugural, na segunda-feira. se o Gerente do Cetrecampos. Vagner Walter Bressan tem 18 anos de idade, mora na Comunidade Cerro Azul em Ibiam e é um dos participantes da primeira turma. Ele espera agregar conhecimentos para ajudar a família buscar formas para aumentar a produtividade na propriedade. “Existem dificuldades para focar em apenas uma cultura, por isso, quero aprender agregar valores com as possíveis diversidades do setor”, salientou Vagner. Na propriedade de aproximadamente 20 hectares, a família já trabalha com pecuária, agricultura e fruticultura. Todo o estudo será custeado pela administração estadual. O Gerente da Regional da Epagri de Campos Novos, Claudemir Durli, lembra

que o Cetrecampos tem ótima localização, podendo receber representantes de diversos municípios é desta forma, a empresa de pesquisas irá investir mais no município. “A nossa regional é privilegiadas, pois, temos todas as Unidades necessárias, ou seja, nossa regional tem Estação Experimental e o Centro de Treinamentos, sendo assim, seremos uma das três regionais que receberá investimentos do Governo do estado neste ano”. Por Campos Novos estar bem localizado geograficamente, para a Epagri é importante estrategicamente, já que facilita o deslocamento de funcionários, diminuindo custos. “Para Campos Novos também é importante receber pessoas de outras regiões”, destaca Durli.


20

PUBLICIDADE

Quinta-feira, 14 de marรงo de 2013

Jornal, O Celeiro  

Edição 2169 - 14 de março de 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you