Page 1

O Celeiro Jornal

Ano XXI - Edição 2166 - Campos Novos - SC, 21 de fevereiro de 2013 - R$ 2,00

Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

1

onda de ataques chega a campos novos Um ônibus foi incendiado na madrugada de sábado. A Polícia Civil prendeu os dois autores poucas horas depois da ação criminosa. Página 3

Núcleo do IGP

Pacto pela Educação

Jornal O Celeiro levanta um assunto relevante é necessário para Campos Novos e região P. 4 e 5

Escolas de Campos Novos poderão ser beneficiadas com o Programa lançado nesta semana P. 6 e 7

Dia de Campo Coocam apresenta as novidades do agronegócio aos filiados, em Barracão(RS) P. 15


2

Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Editorial Ataques em SC: onde tudo começou A onda de atentados que tomou conta de Santa Catarina é o ponto mais agudo de um conflito entre o poder instituído e o crime organizado. Mas não foi o primeiro e não vai ser o último dessa guerra no Estado. O conflito teve seu ponto de partida ainda no ano passado. Os detentos se queixavam do rigor do novo diretor do presídio de São Pedro de Alcântara, em Florianópolis - o maior do estado. Sargento do Exército, Carlos Alves tinha fama de rigoroso: acabou com regalias que alguns presos tinham dentro da cadeia. Integrantes do Primeiro Grupo Catarinense (PGC), facção criminosa que atua nos presídios do estado, perderam poder de barganha. Mas a atuação do diretor também envolveu relatos de excessos no trato com os detentos. Em outubro do ano passado, a mulher de Alves, Deise, foi assassinada, em uma emboscada que aparentemente tinha como alvo o próprio diretor. Era uma represália à atuação do militar. Rodrigo de Oliveira, um dos líderes do PGC, é acusado de ordenar o crime. Ele estava detido em São Pedro de Alcântara. Os criminosos queriam um novo diretor para a unidade. Apesar disso, o Governo preferiu não passar a imagem de que estava cedendo e manteve o militar no comando do presídio. Após a morte de Deise, Rodrigo de Oliveira teria sido agredido por agentes prisionais. Foi quando surgiram os primeiros atentados, no mês de novembro. Carlos Alves acabou afastado do posto, e a situação se normalizou - temporariamente. Começamos contando essa história, porque essa é a cronologia dos fatos, mas podemos ir além. Recentemente, ao ver mais uma das tantas matérias sobre o abandono das escolas, por parte do Estado, concluímos que se não tivermos escolas em condições de receber os estudantes, se não tivermos professores bem pagos e um conteúdo curricular minimamente apropriado, não podemos esperar que tenhamos cidadãos educados, esclarecidos, produtivos e honestos. O resultado, um Estado nas mãos de bandidos. Com os atentados que voltaram a assolar Santa Catarina, há que se responsabilizar o Estado pelo abandono da educação, pela formação de terroristas e bandidos. E esse abandono é visível por aqui, conforme a televisão mostrou: escolas estaduais interditadas por absoluta falta de condições de receber alunos e professores, caindo aos pedaços, uma até já desabou. Na segunda-feira, o Pacto pela Educação foi lançado, mas será que os R$ 500 milhões conseguirá amenizar a situação precária das escolas? Com esse tratamento à educação, como não esperar a escalada de terrorismo que se instalou em Santa Catarina? O descaso com a educação, responsável pela formação de bons cidadãos, é o principal deles mas não é o único. É com a saúde, com a segurança. Não há policiais suficientes e os que existem estão prestando serviço em gabinetes de repartições públicas. No que diz respeito à saúde, as pessoas continuam empilhadas nos corredores de hospitais, esperando serem atendidas. Já estamos ultrapassando a terceira semana do início dos atentados e eles continuam.

Lançamento oficial do filme “1º Assalto ao Trem Pagador”, será nesta sextafeira em Piratuba. A trama se passa em outubro de 1909, no então município de Campos Novos, local onde mais tarde se originaria o município de Pinheiro Preto.

“Eu vejo sempre um jogo de empurraempurra, onde me parece que não há interesse suficiente para que seja formado um Núcleo de Perícias em Campos Novos. Fizemos projeto para a instalação do órgão em Campos Novos, fomos atrás do próprio IGP, fiz diversos contatos, mas até o momento não se tem uma definição.” Cristiane Rupp Ferreira – Perita Criminal, falando sobre a instalação do IGP em Campos Novos. Leia reportagem na página 4

“Nós precisamos convencer o Secretário Estadual de Educação para que o governo do estado inclua essas duas escolas no novo Pacto pela Educação. Essa é a única alternativa que temos no momento.” Romildo Titon – Deputado falando sobre a construção de um novo prédio nas escolas Henrique Rupp Junior e José Faria Neto.

Leia reportagem na página 7

Expediente

Reportagem: Gisiane Agostini – MTB 4440/SC-JP Diagramação: Herton Farias – MTB 4198/SC-JP

E-mail: celeiro@brturbo.com.br | Fone/Fax: (49) 3541-0597 Rua Marechal Deodoro, 335 - Centro - Campos Novos (SC)

Circulação: Abdon Batista, Celso Ramos, Campos Novos, Ibiam, Vargem, Brunópolis, Monte Carlo e Zortéa.


Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

GERAL

3

Campos Novos é vítima de ataques

Um ônibus foi incendiado na madrugada de sábado. A Polícia Civil prendeu os dois autores poucas horas depois da ação criminosa Campos Novos não escapou da onda de violência que vem ocorrendo no Estado, com registro de ataques a ônibus, bases da Polícia Militar e Polícia Civil e veículos particulares, desde o dia 30 de janeiro. Na madrugada de sábado (16), um ônibus de transporte de trabalhadores rurais estacionado na Rua João Gonçalves de Araújo, Bairro Aparecida, foi incendiado. Em resposta rápida da Polícia Civil, poucas horas depois do crime, foram presos em flagrante Jadson Gonçalves (18) e Giovane Samuel Pereira (19). A dupla teria colocado fogo no ônibus após receber ordens de detentos da Unidade Prisional Avançada (UPA) de Campos Novos. De acordo com o Delegado de Comarca, Lucas Fernandes da Rosa, os ataques estavam previstos para acontecerem ainda no início do mês em Campos Novos, no entanto, a Polícia agiu antes, o que postergou a ação criminosa, em virtude da prisão, no início do mês, do responsável por organizar os ataques. Airton Muniz é integrante do PGC, facção criminosa acusada como a responsável pelos ataques, e estava em liberdade condicional quando foi preso em flagrante por tráfico de drogas. Ele havia saído da Unidade Prisional com a missão de coordenar os ataques na região. Na ausência dele, a ordem foi repassada para Jadson e Giovane. A prisão de Airton no dia 12 de fevereiro foi preventiva, pois, conforme investigações preliminares, o suspeito teria ligação com a facção. “Buscava-se apreender na residência do investigado armas, drogas e apetrechos de origem ilícita que poderiam ser utilizados em ataques pela facção”, disse Rosa. De acordo com o Delegado, as prisões foram efetuadas graças a depoimentos de

testemunhas que ouviram os dois assumirem a prática do delito e também diante das versões apresentadas pelos conduzidos, totalmente contraditórias em confronto com o que a família apontou. A investigação policial também concluiu que os dois presos, integram uma quadrilha composta por diversos menores, os quais tiveram participação nos atentados. O caso foi encaminhado a Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) para apurar a participação de outros menores. Para a conclusão definitiva do caso, a Polícia ainda investiga quem foi a pessoa que emitiu a ordem para a ação criminosa. O suspeito de ser um dos principais mandantes dos ataques em Santa Catarina foi preso na madrugada de terça-feira (19) em Florianópolis. Maykon Aurélio Saturnino (29) foi preso em flagrante em uma cobertura de luxo por volta das 4h. Maycon é cunhado de Rodrigo da Pedra, que comandava o tráfico no Morro do Horário e que foi transferido para um presídio federal no sábado, junto com outros 39 detentos. Somando todas as prisões efetuadas pela Polícia Civil e pela Militar, desde o início dos atentados, até o início da tarde de segunda-feira (18), o número de presos, ou apreendidos, por envolvimento em facções criminosas ou em atentados, chega a 146 pessoas. Ao todo, são 111 casos em 36 municípios do Estado, contabilizados até a madrugada de segunda-feira (18). Na última semana, o Ministério da Justiça disponibilizou 350 soldados da Força Nacional para ajudar no combate ao crime em SC e transferiu cerca de 40 detentos vinculados a facções criminosas para presídios federais. O plano de

segurança é executado de forma sigilosa.

OAB de Campos Novos, lança nota oficial

A Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção de Campos Novos manifestou-se em nota oficial a imprensa na terça-feira (19), sobre as ações criminosas e atentados ocorridos, especialmente em Campos Novos. A OAB reclama medidas urgentes para contenção desses atentados, com a identificação e prisão dos responsáveis e envolvidos, e que confia nas políticas do Governo para enfrentar a onda de ataques. Cita o pronunciamento da OAB estadual, sobre a necessidade do

Estado reconhecer suas falhas, investir no aumento de efetivo, agentes penitenciários, capacitação e boa remuneração desses profissionais, em tecnologia e equipamentos, ampliação de vagas do sistema prisional e em políticas efetivas de inclusão social e educação para os detentos. Os advogados que integram a Subseção se colocaram ao lado das autoridades constituídas para auxiliar na construção de uma política de Segurança Pública eficaz, e esperam que os direitos humanos e as garantias individuais dos cidadãos sejam respeitados e que nenhum abuso seja cometido. A Nota foi assinada pelo presidente da OAB/Subseção de Campos Novos, Luciano Josué Corrêa.

Três pontos do Jogo do Bicho são fechados em Campos Novos A Polícia Civil de Campos Novos fechou três pontos do Jogo do Bicho em operação desencadeada na manhã do dia 14 (quinta-feira). O jogo de azar era realizado em três filiais da Trimania, franquia que comercializa títulos de capitalização popular, em que o cliente ao adquiri-lo participa dos sorteios e concorre a diversos prêmios. As investigações iniciaram após João Maria Pedroso e Eulicéia Petrui, proprietários das três lojas, encaminharem várias cartas a diversas residências, inclusive na caixa de correio do Delegado, convidando para fazer “uma fezinha no Bicho”. De acordo com o Delegado de Comarca, Lucas Fernandes da Rosa, a finalidade da empresa não era vender a Trimania, mas realizar o Jogo do Bicho. “Eles faziam muito mais Jogo do Bicho, o que nos leva a concluir que esta era uma empresa de fachada. Anotações da funcionária, que é menor de idade, revela que em seis dias, quase 20 apostas no bicho foram feitas e apenas 4 Trimanias”, destaca. A Polícia apreendeu várias máquinas, bilhetes, calendários, cadernos de anotação de contabilidade e pouco mais de R$ 4 mil em dinheiro. Quatro pessoas foram

conduzidas a Delegacia. O Jogo do Bicho é uma contravenção penal que impõe prisão simples ou multa, mas geralmente os proprietários de bancas são penalizados com transação penal, uma espécie de acordo com o Ministério Público, onde o contraventor se compromete pagar multa ou prestar serviços à comunidade, em contrapartida, o promotor se compromete a arquivar o processo, sem que haja julgamento do mérito. Não sendo condenado, sua ficha criminal continua limpa. Em resumo, a legislação brasileira não faz nada ao contraventor, a não ser mexer no seu bolso. “O dinheiro do bicho é um dinheiro sujo. Milhões de reais em dinheiro do bicho vão para financiar corrupção de todos os níveis, de políticos a policiais, paga campanhas. Aqueles que atuam aqui são uma ponta, mas a Polícia tenta impedir para que aqui não seja palco de cometimento de crimes”, explica o Delegado Lucas. João Maria Pedroso e Euliceia Petrui foram autuados em flagrante por corrupção de menores, pois contrataram uma adolescente para realizar os jogos ilegais, e pela contravenção do jogo do bicho.


4

GERAL

Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Núcleo do IGP, uma necessidade para Campos Novos

Novamente o Jornal O Celeiro levanta um assunto relevante para Campos Novos e região: a instalação de um núcleo estruturado do IGP, onde abrigue o IML, no entanto, falta organização da sociedade para a instalação do órgão

Geralmente as pessoas não têm boas impressões quando se fala em IML. Talvez seja por isso que a maioria não saiba justamente a indubitável importância e serventia desse órgão público. Embora seja um tema delicado, porque invariavelmente, a atuação do IML está ligada ao sofrimento de muitas famílias, que tem seus entes vitimados por crimes, é de extrema necessidade saber quais foram as causas da morte, demonstrando os motivos e circunstâncias em que ela ocorreu – instrumento de extrema necessidade e utilidade à Polícia e ao Judiciário na elucidação do crime e punição dos responsáveis. No IML são realizados, além das necrópsias, vários outros exames de corpo de delito e demais perícias como: exame de lesões corporais, exame de constatação de embriaguez ou intoxicação por substância de qualquer natureza, exame de constatação de violência sexual, exame de constatação de idade, exame de constatação de doença sexualmente transmissível, e todas as demais perícias que interessem à Justiça e que demandem a opinião de especialistas em Medicina Legal. A necessidade da implantação do IML em Campos Novos é de fundamental importância, pelo fato do município ser sede de comarca e uma cidade sede regional, onde se verifica a concentração de um número elevado de habitantes que necessitam urgentemente da im-

plantação do referido instituto. Medida esta que evitaria o envio do cadáver à cidade de Joaçaba para realização dos exames, que já está sobrecarregada. Com a decisão que impediu o funcionamento do IML de Joaçaba, nos últimos dias, alguns exames precisaram ser realizados em cidades ainda mais distantes, como Concórdia e Videira. Os familiares dos falecidos, vitimados por homicídios, acidentes, doenças desconhecidas e outras, sofrem com a demora no atendimento e encaminhamento dos cadáveres, além das despesas com deslocamento e alimentação até a liberação dos corpos. O IML é apenas um dos órgãos vinculados ao Instituto Geral de Perícias (IGP), que ainda possui outros três institutos: Instituto de Análises Forenses (IAF), Instituto de Criminalística (IC) e o Instituto de Identificação Civil e Criminal (II). O IGP em Campos Novos está estruturado em condições mínimas de trabalho, onde uma contratada trabalha na parte de identificação, com a confecção das Carteiras de Identidade e apenas uma Perita Criminal faz o levantamento dos locais de crimes de morte, em acidentes e atropelamentos com vítima fatal, homicídios, suicídios, perícias em incêndio, veículos, armas, drogas, documentos, enfim, uma gama bem diversificada de serviços. Em sua ausência, como em período de férias, por exemplo, um Perito de outro município é destacado e se desloca até Campos Novos para pres-

Amor sem escalas A FOBRAN Distribuidora de Bebidas é agora revendedora dos Produtos SCHINCARIOL para Campos Novos, Curitibanos e toda a região. Na FOBRAN você encontra a Cerveja Nova Schin e Devassa, além de Chopp, Refrigerante e Água Mineral da Schin. Com os produtos da Schincariol, com certeza sua festa ficará muito mais divertida e refrescante! FOBRAN Distribuidora de Bebidas fica na Rua Henrique Rupp, 468. Fone 3541-0363.

A patronagem e os peões do Piquete Lico Antunes, convidam os tradicionalistas e o povo em geral para um Rodeio Crioulo a realizar-se nos dias 23 e 24 de fevereiro de 2013, na sede do CTG Mágoa de Boiadeiro no Distrito de Encruzilhada – Campos Novos.

Ryan Bingham voa o mundo a trabalho sem parar, até que conhece Alex e descobre que a vida não vale pelas viagens, mas pelas conexões que fazemos pelo caminho.

A Perita Criminal Cristiane Rupp Ferreira que atua há 10 anos no IGP. Neste tempo, trabalha sozinha realizando todos os tipos de perícias. tar o serviço. “O Estado não nos contempla com funcionários porque não há uma estrutura, em contrapartida, não há uma estrutura porque o Estado não providencia. Eu vejo sempre um jogo de ‘empurra empurra’, onde me parece que não há interesse suficiente para que seja formado um Núcleo de Perícias em Campos Novos. Encaminhamos projeto para a

instalação do órgão em Campos Novos, buscamos o próprio IGP, diversos contatos foram efetuados, mas até o momento não se tem uma definição”, informou a Perita Criminal Cristiane Rupp Ferreira, que atua há 10 anos no Núcleo do IGP de Campos Novos. Nesse tempo, a Perita trabalha sozinha realizando todos os tipos de perícias, enfrentando os locais de crimes em condições de trabalho


GERAL

Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 insuficientes. “Eu sou uma cidadã camponovense e me compadeço da dificuldade que as pessoas enfrentam quando procuram a Delegacia ou quando são vítimas, porque se você vem parar na Delegacia, infelizmente algo de bom não aconteceu. Eu acho que as pessoas que estão nesta situação, merecem uma resposta rápida ao seu problema, merecem ser atendidas de pronto e nosso trabalho, como funcionários públicos, é atender bem a população”, destaca. A Polícia Civil, legalmente responsável pela investigação criminal, sempre necessitou do auxílio da perícia técnica na busca pela verdade real. A ausência do Instituto Médico Legal em nossa cidade tem causado inúmeros prejuízos à DPCAMI (Delegacia de Proteção a Criança, Adolescente, Mulher e Idoso), e consequentemente à sociedade componovense, na medida em que os exames de corpo de delito precisam ser realizados, em regra, na cidade de Joaçaba, localizada a aproximadamente 45km de Campos Novos. Atualmente, nos crimes mais graves, a própria DPCAMI tem disponibilizado um policial civil para que conduza as vítimas até Joaçaba, o que, inegavelmente, traz prejuízo financeiro, operacional e para a investigação, já que trabalha com um reduzido quadro de servidores. “Nos casos que envolvem violência doméstica, por exemplo, a não realização de exame de corpo de delito

pode acarretar na desclassificação de um crime de lesão corporal, cuja pena pode chegar a 3 anos, para a contravenção penal de vias de fato, que prevê sanção de 15 dias a 3 meses. Nesse norte, resta indubitável a necessidade da instalação do Instituto Médico Legal em Campos Novos. A segurança pública precisa valorizar a área científica em nossa cidade”, destaca o Delegado Paulo Caixeta Braga Júnior da DPCAMI. O Delegado de Comarca Lucas Fernandes da Rosa, também ressalta a importância da instalação do órgão na Comarca. “O IGP é essencial para a Polícia e para a população. Todos os procedimentos policiais dependem de Laudos Periciais, nós trabalhamos em cima de provas e todas as provas dependem de uma comprovação através de um órgão oficial. Não é possível conduzir a investigação apenas com depoimentos, precisamos provar através de perícias a materialidade do crime. Para a população também é bom, porque não precisará mais se deslocar a Joaçaba para se submeter a exames que embasarão um laudo pericial e também seria mais rápida a liberação do corpo”, destaca o Delegado. Como a maioria das pessoas que precisam dos serviços dos peritos criminais são pessoas humildes, muitas vezes elas não tem condições de pagar o deslocamento, fato que ocasiona inquéritos incompletos, o que acaba gerando a tão

Campos Novos tem demanda, é sede regional de Polícia e pela distância do Núcleo mais próximo, tem todas as condições para receber uma sede do Núcleo do IGP - Delegado Regional Thiago Reis

temida “impunidade” pela sociedade. “É um trabalho fundamental para quem trabalha com investigação e pretende a condenação a posteriori. Sem IGP/IML, pesa o fato da família de vítimas ou as próprias vítimas precisarem se deslocar até a unidade mais próxima, que em regra é Joaçaba, o que acaba gerando uma dupla vitimização ou desistência na realização do exame”, destaca o Delegado Regional Thiago Reis. O Delegado ainda informou que já en-

5

trou em contato com o IGP no Estado. “Nós já fizemos contatos com o IGP e há necessidade de abertura de concurso para os profissionais e construção da estrutura física. Acredito que quanto a estrutura física não é o maior problema, porque conseguiríamos através de parcerias. Campos Novos tem demanda, é sede regional de Polícia e pela distância do Núcleo mais próximo, tem todas as condições para receber uma sede do Núcleo do IGP”.

Articulação política é fundamental Para a instalação do IGP, um órgão que beneficiaria a comunidade, é necessário a união de esforços das autoridades políticas dos quatro municípios da comarca – Vargem, Zortéa, Campos Novos e Brunópolis, do Estado, do Judiciário e de toda sociedade organizada. “Eu acredito que se houver uma parceria do Estado com os órgãos competentes na comarca, seria possível a instalação do Núcleo de Perícias em Campos Novos. Havendo essa estrutura, o Estado forçosamente realiza concurso para contratação dos profissionais”, destaca Cristiane. O Jornal O Celeiro também procurou um posicionamento do IGP. A Diretora do Instituto de Criminalística no Estado, Margarete Goulart, explicou que o IGP tem trabalhado no sentido de descentralizar suas unidades e desvincular das Delegacias os serviços prestados, cuja demanda cresce em consonância com o aumento da criminalidade no Estado, mas que depende de estrutura física e profissional. Ela também ressaltou que o IGP está concentrado na instalação de unidades em Joaçaba, Jaraguá do Sul e Chapecó e que não há previsão para a instalação do órgão em Campos Novos, mas que não é uma hipótese distante. Ela citou o problema de Joaçaba, onde a população não aceitou a instalação do IGP em um bairro residencial, e que tudo isso precisa passar por uma análise detalhada. A Diretora também falou do apoio político necessário para que o órgão seja estruturado. “Quando há manifestações públicas reivindicando junto ao Secretário de Segurança Pública, as coisas acontecem”, destaca. O Prefeito de Campos Novos, Nelson Cruz disse que apoia todas as iniciativas que tornem o município um polo regional. “A competência para instalar o órgão é do Estado, mas meu papel é cobrar, e estamos agindo neste sentido junto às autoridades. Tudo que contribua para Campos Novos se tornar um polo regional tem nosso apoio”. O Secretário Regional, Alaor Götz estava em viagem até o fechamento desta edição.


6

E D U C AÇ ÃO

Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Escolas de Campos Novos poderão ser beneficiadas com o Pacto pela Educação O deputado Romildo Titon se comprometeu marcar audiência com o secretário de educação e representantes de Campos Novos

Na manhã de sábado (16), a direção e representantes da Associação de Pais e Professores (APP) da Escola de Educação Básica Henrique Rupp Junior se reuniram com vereadores de Campos Novos, o Prefeito Nelson Cruz, o gerente da Oitava SDR Alaor Götz, a gerente regional de educação Patrícia Tomazoni Pelentir, também Luiz Antonio Zancheti, que assume a gerência da SDR de Campos Novos dia 01 de março e o deputado Romildo Titon. A pauta da reunião foi reivindicação às autoridades representativas do município, para construção de um novo espaço físico para abrigar os alunos da instituição. “Nossa Escola só não está em situação pior porque a APP está investindo recursos arrecada-

dos, mas isso não é nossa obrigação e não vamos mais amenizar”, disse a presidente da APP Professora Tânia Ross. As verbas do Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE) e dos eventos feitos pela APP da escola estão sendo direcionadas para reformas de salas de aula e outras melhorias do espaço físico, destino incorreto, conforme afirmou Tânia Ross. Durante a entrega do documento ao Deputado Titon, a diretora da Escola Henrique Rupp Junior, Mônica de Mattia, observou que a reunião com os representantes públicos estava sendo uma grande conquista. “Trazer as autoridades públicas aqui, seja municipal ou estadual, para nos escutar, já é uma

grande conquista”. No mesmo momento foi levantada a possibilidade da Escola de Educação Básica José Faria Neto, do Distrito do Ibicui também ser beneficiada com o Programa Pacto pela Educação. “Eu me comprometi com os moradores do Ibicui e quero que a escola seja inclusa nesse Programa”, disse o prefeito Nelson Cruz. Romildo Titon alertou a importância da participação e comprometimento das autoridades públicas municipais e dos representantes das escolas, reforçando a necessidade da união de todos. “Para quem quer ajudar eu vou dizer qual é a fórmula: Nós precisamos convencer o Secretário de Educação, para assim, o governo do estado incluir es-

sas duas escolas no novo Pacto pela Educação. Essa é a única alternativa que temos no momento”. Segundo o deputado sua luta para construção de um novo prédio no Henrique Rupp Junior iniciou há dois anos. “Não queremos reforma, queremos uma escola nova e moderna, pois, temos terreno e disponibilidade de espaço para construir. O Henrique Rupp sempre foi referência para Campos Novos e é o momento de reivindicar porque o município cresce a cada dia e faltam espaços físicos nas escolas”. Após uma nova construção, a ideia é reformar o atual prédio do Henrique Rupp para abrigar definitivamente o Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja).


Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 O Deputado se comprometeu agendar audiência com o secretário de educação Eduardo Deschamps, para que as autoridades públicas e a direção e APPs das escolas possam se manifestar diretamente com o governo do estado. “Não sou eu quem determina é o governador e o secretário, mas estou fazendo minha parte como legislador, colocando isso dentro das prioridades e do orçamento

E D U C AÇ ÃO do estado, com a pressão grande podemos conseguir que nossas reivindicações sejam atendidas, tudo tem que ser pressionado”, concluiu o Romildo Titon. A reunião foi intermediada pelo professor e vereador Antonio Rosa.

Pacto pela Educação

O governador do Estado, Raimundo Colombo assinou na segunda-feira (18),

durante o lançamento do Pacto pela Educação, autorização de aberturas de editais para a revitalização e construção de 30 novas escolas, quadras poliesportivas, além de aparelhamento e sistemas de segurança das instituições de ensino. Romildo Titon observa que as demais 14 escolas da Oitava SDR já foram reformadas e estão em boas condições de uso.

Autoridades públicas se comprometeram participar da audiência com o secretário de educação.

7

Nos próximos dois anos, a Secretaria de Estado da Educação investirá mais de R$ 500 milhões, por meio de recursos do Ministério da Educação (MEC) e do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES). Vamos torcer e lutar para que as duas escolas de Campos Novos sejam beneficiadas.

Ceja está instalado no Henrique Rupp Junior

De acordo com o Gerente da Oitava SDR, Alaor Götz, a partir desse ano o Ceja já está funcionando na escola Henrique Rupp. Conforme Alaor, o principal objetivo da mudança é cortar gastos, já que o espaço era locado. “Com a mudança do Ceja para o Henrique Rupp, vamos ter economia do aluguel e ainda estar num espaço apropriado, onde temos laboratório de informática e biblioteca”. Com o Ceja instalado dentro da escola, as autoridades acreditam que será mais fácil reivindicar a construção do novo prédio do Henrique Rupp Junior.

Assembleias Sicredi 2013 Quem pensa no futuro da sua cooperativa se encontra aqui. sicredi.com.br

Participe das Assembleias Sicredi 2013 e ajude a decidir o futuro da sua cooperativa, o seu futuro e o da sua comunidade. Se você já é um associado, informe-se na sua unidade de atendimento. Se ainda não é, venha fazer parte do Sicredi. SAC Sicredi - 0800 724 7220 / Deficientes Auditivos ou de Fala - 0800 724 0525. Ouvidoria Sicredi - 0800 646 2519.


VA R I E D A D E S

8

Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

HORÓSCOPO [21/03 a 20/04]

No trabalho, não é um bom período para acumular atividades, pois poderá se sobrecarregar. Entre familiares, tente falar mais de suas expectativas e evite ocultar suas opiniões. O diálogo será um grande aliado no convívio em seu lar.

Leitores (as), na coluna da semana passada eu coloquei imagens com os ternos, meias e sapatos, porém o texto na imagem ficou muito pequeninos, peço desculpas. E para consertar, vou repetir nesta semana, agora o texto com uma letra maior, ok?

Que cor de sapato e meia, usar com cada terno? É um detalhe pequeno, mas que na hora de compor o visual de trabalho, se torna importante para uma imagem de elegância e seriedade. Se quiser, pode recortar estas imagens, e colar ou deixar perto do guarda-roupa.

Terno PRETO

Terno BEGE

Terno CINZA

Terno

MARINHO

[21/05 a 20/06]

[21/06 a 20/07]

Concentre-se em suas atividades profissionais, pois além de aumentar a sua produtividade, você vai simplificar os problemas. Viagem ou mudança vai mexer com os ânimos dos seus parentes. Mantenha discrição nos assuntos do coração e tudo vai fluir melhor.

[21/07 a 20/08]

[21/08 a 20/09]

No trabalho, faça suas tarefas sem chamar a atenção dos demais. No cenário familiar, alguém pode mudar de comportamento e te surpreender. Aprenda a ceder um pouquinho e os momentos em casa serão mais felizes. Sexualidade em alta na paixão.

Mudanças não estão descartadas no ambiente de trabalho, mas aceite-as sem se rebelar ou poderá se prejudicar depois. Entre as pessoas da sua estima, principalmente seus familiares, aproveite ao máximo os momentos juntos e traga qualidade ao convívio.

[21/09 a 20/10]

[21/11 a 20/12]

Marrons

Marrons claros

Bege

Pretos

Pretas

Pretos

Pretas

Marrons

Marinho

Pretos

Pretas

Marrons

Cinzas ou Marrons

Pretos

Pretas ou Marinho

[21/04 a 20/05]

A semana pede agilidade com as suas tarefas: nada de enrolar ou poderá se ver em apuros mais adiante. O universo familiar estará no centro das suas atenções e você estará mais à vontade entre o pessoal de casa.

É tempo de seguir em busca dos seus anseios profissionais e cumprir suas metas! Em casa, demonstre o seu carinho e ajude um familiar que precise, assim, você ainda aumenta sua popularidade com os demais. No amor, fuja da rotina!

Tudo o que fizer em grupo tende a render mais neste momento, então, prefira trabalhar em conjunto com os colegas. Em casa, o convívio estará harmonioso, mas é preciso cuidado com perdas, inclusive financeiras. Cumplicidade com sua alma gêmea.

Marrons

[semanal]

Há uma certa tendência a levar trabalho para casa neste período. Reserve um tempo para relaxar e pensar em ideias para melhorar seus rendimentos. Divergências podem se fazer presente em seu lar, mas com carinho e cooperação, tudo tende a se resolver.

[21/01 a 20/02]

Tarefas desenvolvidas com a ajuda dos colegas de trabalho tendem a fluir com facilidade. Você sentirá necessidade de estar perto de seus familiares, mas cuidado para não fazer muitas críticas e prejudicar a relação. No amor, conflitos não estão descartados.

[21/10 a 20/11]

Manter a discrição no emprego será sua melhor alternativa nesta semana, pois assim conseguirá descobrir soluções para os problemas que vem enfrentando. O contato com os familiares mais velhos não será dos melhores, mas exercite a compreensão. [21/12 a 20/01]

Invista no diálogo com seus colegas de trabalho e melhore o relacionamento com as pessoas ao seu redor. Questões familiares merecem mais atenção neste momento: ofereça ajuda aqueles que precisam. Na paixão, abra-se ao seu amor e fale de suas inseguranças.

[21/02 a 20/03]

Você conta com a força do Sol em seu signo neste período, aumentando suas capacidades no trabalho. Quando o assunto é família, você vai querer retomar contato com parentes distantes. Bons ventos sopram em sua vida sentimental.

ANIVERSARIANTES DA SEMANA 21 a 27 de fevereiro

21 Reginaldo Del Castanhel Luiz Carlos Foppa Márcio José Nohato 22 Margarida Colla Fadel Sebastião M. Almeida Boff Carolina Sarmento Antonio Padilha 24 Jorge Roberto Manfrói Elizabete Mecabô André Felipe Biolchi Silvio Gonçalves Kemer 25 Felipe Scapini 26 Alan Fabrício Melo Gabriel Machado André Noriler 27 Lurdes T. Andonini Sophia Lourena Santos


Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Nossa história em foto

VA R I E D A D E S

Palavras Cruzadas

9

1969 - Portal da

Avenida JK, na época era considerado cartão postal e os camponovenses usavam para tirar fotos. Nesta foto Isa e Basto Rupp com sua kombi.

2 ovos; 1 colher de sopa de fermento em pó; 2 xícaras de chá de farinha de trigo; 2 xícaras de chá de caldo de casca de abacaxi; 2 xícaras de chá de açúcar.

R$ 8,90 Para obter o caldo da casca do abacaxi, antes de descascá-lo dê uma boa lavada na casca com uma escovinha, retire sua casca e ferva com 4 xícaras de água por 15 minutos. Reserve. Bata as claras em neve, misture as gemas e continue batendo. Misture aos poucos o açúcar, a farinha de trigo (sem desligar a batedeira), ainda sem parar de bater acrescente 1 xícara do caldo e o fermento. Asse em forma untada e enfarinhada por aproximadamente 35 minutos. Depois de assado, desenforme ainda quente, fure com um garfo e jogue o restante da calda com 1 colher de sopa de açúcar. Esse bolo além de muito saboroso é super nutritivo.

Sorvetes Sorvsul 1L | Un.

R$ 0,49

R$ 0,79

Refresco Nutrinho 25g |Un.

Cerveja Nova Schin Lata 269 ml| Un.

R$ 14,88 Cerveja Sub Zero 350ml | Cx c/12 Un.

R$ 1,69 Maçã Gala | Kg

R$ 2,99 Pepsi e Guaraná 2L | Un.

R$ 3,99

Coxa e Sobrecoxa Kg

Ofertas válidas para sexta e sábado

*Imagens ilustrativas. Não entregamos bebidas à domicílio. Beba com moderação.

Bolo de abacaxi com caldo da casca


10

P U B LI C I D A D E

Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013


Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

o as festas d regiĂŁo sĂŁo a d s a ir fe s sextass da As melhore uns flashe Confira alg o. de fevereir xta-feira, 15 se a da.com.br la im a lt Ăş b a festa da www.tan : te si o n confira Mais fotos

r. Kabuki Ba

11


12

PUBLICAÇÃO LEGAL

Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

PODER JUDICIÁRIO JUÍZO DE DIREITO – 1ª VARA CÍVEL COMARCA DE CAMPOS NOVOS (SC). EDITAL DE LEILÃO E INTIMAÇÃO (Extrato arts. 686, 687 CPC) 1° LEILÃO/PRAÇA: 06 de março de 2013 - (Lanço não inferior à avaliação). 2° LEILÃO/PRAÇA: 20 de março de 2013 - (A quem mais der). HORÁRIO: 14hs30min LOCAL: Átrio do Fórum da Comarca, sito à Praça Lauro Müller, 121, Centro, Campos Novos (SC). Fabiane T. Baldissera de Souza, Leiloeira Oficial, Jucesc AARC 0086, devidamente autorizada pelo(a) Excelentíssimo(a) Senhor(a) Doutor(a) Juiz(a) de Direito da 1ª Vara Cível da Comarca de Campos Novos (SC), venderá em Público Leilão/Praça, na forma da Lei, em dia, hora e local, supracitados os bens penhorados: PROCESSO Nº 014.10.003189-0 – EXECUÇÃO POR QUANTIA CERTA CONTRA DEVEDOR SOLVENTE EXEQÜENTE: AGRO LÍDER LTDA (PROCURADOR: JOSÉ L. DE MOURA) EXECUTADO(A): AGROPECUÁRIA BRASIL LTDA ME (PROCURADOR: RICARDO FELIPPE) BEM(NS): “Imóvel matriculado no CRI desta Comarca sob o nº 24.386: lote urbano nº 03, com a área de 981,06m² (novecentos e oitenta e um metros e seis centímetros quadrados), nesta cidade, confrontando: Norte, em 26,00m com os lotes 04 e 05; Sul, em 14,15m com terras de Feraldo Mafioletti e 11,96m com terras de Alcides Ferreira da Silva; Leste, em 38,20m, com Servidão (testada principal) e ao Oeste, 19,80m com o lote nº 09 e 16,50m com o lote nº 08, avaliado em R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais)”. ÔNUS: AV-3/24.386: Cédula de Crédito Bancário, em 1º grau, em favor da Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Associados Altos da Serra; R-4/24.386: Certidão informando distribuição de Ação de Execução nº 014.11.001133-7 em que é Exequente: Cooperativa dos Agricultores de Plantio Direto Ltda – Cooplantio; R-5/24.386: Certidão informando distribuição de Ação de Execução por Quantia Certa Contra Devedor Solvente nº 014.11.003220-2, da 2ª Vara Cível desta Comarca, em que é Exequente: Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Associados Altos da Serra – SICREDI Altos da Serra; R-7/24.386 – Penhora nos autos 014.11.001133-7, da 1ª Vara Cível desta Comarca, Exequente: Cooperativa dos Agricultores de Plantio Direto Ltda - COOPLANTIO. Nos processos relacionados. ÔNUS/RECURSOS: Nada consta, ou está informado no respectivo processo. As avaliações poderão ser atualizadas quando dos pregões. Sobre o valor da arrematação, acordo, remição da execução, suspensão ou adjudicação, incide Comissão de Leiloeiro conforme disposto no Provimento nº 31/99 de 05/05/99 da Corregedoria Geral de Justiça, que é responsabilidade do arrematante, remitente ou adjudicante. Ficam as partes intimadas do presente Edital, seus cônjuges ou companheiros, se casados forem, bem como os Credores Hipotecários, Pignoratícios ou Anticréticos, Usufrutuários e o Senhorio Direto, caso não sejam encontrados, por qualquer razão, pelo Sr. Oficial de Justiça, valendo o presente como Edital de Intimação, conforme artigos 687, § 5º e 698, CPC, encaminhando cópia a ser afixada no local de costume. Aos interessados em adquirir os bens objeto deste Edital, poderão arrematar à vista, ou pagamento até 15 (quinze) dias, mediante caução idônea. Para arrematação na forma parcelada para bens imóveis, realizar-se-á através de proposta escrita, por valor não inferior ao da avaliação, com oferta de pelo menos 30% (trinta por cento) à vista, e o saldo garantido por hipoteca sobre o próprio imóvel, na forma do artigo 690, CPC. Será(ão) excluído(s) da hasta pública os(as) agente(s) que flagrado(s) ofertando vantagem indevida com o intuito de afastar concorrente(s) ou licitante(s), segundo art. 358, do Código Penal (crime de violência ou fraude em arrematação judicial), alcança, além da citada conduta, aquela em que o(s) arrematante(s), após ter o lanço declarado vencedor, emite cheque como principio de pagamento à vista, sem a devida provisão de fundos, obstando o prosseguimento da medida expropriatória. Maiores informações no Fórum da Comarca, ou com a Leiloeira Oficial, através dos telefones (49) 3522.5077 ou 9987.0672. Site: www.baldisseraleiloeiros.com.br (e-mail:fabiane@baldisseraleiloeiros.com.br).

FABIANE T. BALDISSERA DE SOUZA Leiloeira Oficial


R E G I ÃO

Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

13

Prefeito de Ibiam fala sobre seus projetos Clóvis Busatto foi vereador na gestão passada e neste ano, assumiu o Executivo com desafio de aumentar a arrecadação do município. Ele garante que vai trabalhar para toda a população “Ver que o povo confiou em nós e em nossos projetos, faz com que nossa responsabilidade dobre, por isso, eu vou buscar apoio dos deputados, do governo estadual, do governo federal para conseguir emendas e recursos e assim, fazermos uma boa administração com resultados direcionados aos munícipes”, disse Clóvis Busatto, prefeito eleito em Ibiam com 927 votos, 54,15% dos votos válidos. Clóvis e o vice-prefeito Pelé tiveram 142 votos além dos votos recebidos pelos candidatos da situação. “Tivemos a maior diferença de votos e isso nos compromete ainda mais com a população de Ibiam”. De acordo com Clóvis sua campanha eleitoral foi direcionada aos projetos para a comunidade. “Com o trabalho que fiz na Câmara, surgiu meu nome para ser o candidato e fomos para a disputa, onde fizemos uma campanha limpa mostrando um bom plano de governo, colocando o bem estar da população sempre em primeiro lugar. Desta forma, tivemos o a maior diferença de votos desde da história do município de Ibiam”. Sobre a economia do município, Clóvis destaca que este primeiro ano de gestão deverá ser de redução de gastos, já que a arrecadação de Ibiam caiu em cerca de 40%. Os gastos com a folha de pagamento dos servidores chega a 52%, número ato em seu ponto de vista. “Precisamos economizar,

já que mais de 50% da arrecadação é gasta com a folha de pagamento. A renda de nosso município caiu muito, pois, antes tínhamos 48 aviários produtores de frangos e hoje estamos com 17 aviários e, esses números são prejudiciais para os cofres do município”. Para reverter essa situação, o prefeito vai incentivar os pequenos produtores e buscar estimular empresas para se instalarem no município. Quanto ao trabalho iniciados na atual administração, Clóvis observa que o poder público está organizando a Prefeitura, revendo os contratos e buscando formas para economizar. “Já conseguimos licitar combustíveis com custo inferior; vamos contratar o assessor jurídico como cargo de confiança com o custo inferior a Gestão passada; terceirizamos uma patrola para arrumar as estradas do interior e contratamos um médico no Posto de saúde”. Segundo Clóvis, não houve contratação de cargos de confiança além dos secretários e um diretor. São eles: Secretário de Saúde: Jocimar de Oliveira; Secretário de Educação: Marcelo Reinaldi; Secretário de Administração e Finanças: Laélcio Cassaniga; Secretário de Obras: Milton Perosa; Secretário de Agricultura: Sérgio Ramos; Secretário de Urbanismo, Esporte e Cultura: Elcir da Costa e Diretor de Obras: Celmo Laidnes.

O Melhor preço está aqui! Venha Conferir! Fone: 3541.2929 Coronel Farrapo - Campos Novos

O Celeiro

Clóvis Busatto destaca que este primeiro ano de gestão deverá ser de redução de gastos

Carreira política Clóvis Busatto iniciou sua carreira política no ano de 2000, mesmo ano que se filiou no PMDB e já assumiu cargo no diretório do partido, sendo eleito tesoureiro e em seguida presidente do PMDB. Na última Gestão (2009/2012) foi vereador. Para concorrer às eleições 2012, Clóvis lembra que não houve disputa interna no Partido, seu nome foi escolhido por unanimidade. Clóvis Busatto foi escolhido, pelo PMDB, para ser o candidato ao Executivo de Ibiam, com apoio do PT e PSDB.


GERAL

14

Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

1ª Assembleia Estadual do Núcleo de Automecânicas Núcleo de Automecânicas da Acircan participou do evento em Fraiburgo Na manhã de sábado (16), aconteceu em Fraiburgo a Assembleia dos Núcleos de Automecânicas do Estado de Santa Catarina (NEA). A reunião foi realizada no auditório da Associação Empresarial, onde empresários de 15 municípios, incluindo Campos Novos, participaram do evento. Representando Campos Novos esteve a Diretora Executiva e consultora da Associação Empresarial Rural e Cultural Camponovense (Acircan), Eliane Lopes e os representantes do Núcleo de

Autoreparadores da Acircan (Narcan), Cidney Pedro Simon (Mecânica CD) e Lori João Devilla (Auto Elétrica Devilla). O Narcan está formado em Campos Novos, deste agosto de 2000 e é composto por onze empresas do setor de reparação automotiva com o objetivo de organizar e fortalecer a categoria. Interessados em participar poderão entrar em contato na Acircan pelo telefone (49) 3544-0812 ou com os integrantes do Núcleo. Divulgação

Empresários de 15 municípios participaram do evento.

Convites Baile animado pela Banda Talagaço, no dia 01 de março no Clube Aqua Camponovense. A comissão e Festeiros da Capela Santa Rita Sarandi, convidam para a grande Festa, dia 03 de março com Missa Festiva às 10hs30; 12hs00 churrasco tradicional; à tarde jogos e diversões. A Comunidade de Jardim Alegre São José do Ouro (RS) convida para a 37ª Romaria em honra a São Peregrino, dia 10 de março. Reservas de passagens com Valdecir Manfron pelos fones 9932-3188 ou 8803-2118, ou pelo endereço: Rua Juvelino Fernandes da Silva, 692 (ao lado mercearia Gabriel) Passagens Limitadas!

Fone/Fax (49) 3541-0341 / 3541-0479 - E-mail: germanofoppa1@hotmail.com

Oportunidade única

Vende-se apartamento no edifício Verdes Campos (em frente ao Caic). Valor R$ 135.000,00, com cozinha e bancada montada e sacada fechada de vidro. Interessados entrar em contato pelos telefones: (49) 3541-0160 / 8413-4130. Aluga-se apartamento em Florianópolis próximo

a UFSC. Com três quartos, uma suíte, completamente emobiliado e garagem. Condomínio fechado com elevador, no Bairro Trindade. Interessados entrar em contato pelos telefones (49) 3544 0771 ou 9988 9796.


Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

agro n eg ó cio

15

Dia de Campo da Coocam em Barracão reúne produtores associados Associados e clientes da Coocam prestigiaram o evento que contou com a participação de 10 empresas parceiras, das mais diversas áreas, demonstrando duas potencialidades

Divulgação

O Dia de Campo da Cooperativa Agropecuária Camponovense - Coocam, na cidade de Barracão (RS), que aconteceu no último sábado (16), novamente superou as expectativas. Isso, porque os produtores rurais da unidade compareceram em massa, prestigiando as empresas parcerias e utilizando do espaço para a obtenção de conhecimento e troca de experiências. Mais de 250 produtores rurais do Rio Grande do Sul passaram pelo Campo Demonstrativo, que contou com as empresas Syngenta, Bayer e Basf (Defensivos Agrícolas), Fecoagro e Fertiplan (Fertilizantes), Braxmax e Fundacep (Semente de Soja) e ainda Syngenta Seeds, Dekalb e a estreante no evento, a Agroeste (Híbridos de Milho). Participando do Dia de Campo da Coocam pela primeira vez, o Representante Comercial da Agroeste, Renato Vargas elogiou a dinâmica do evento, que conta com a participação de grupos pequenos, formados por 30 produtores, que juntos visitam cada um dos espaços destinados as empresas, e ainda a qualidade técnica dos participantes, que se mostram atentos as novidades do mercado. “Para nós, o Dia de Campo da Coocam foi uma excelente oportunidade para termos acesso aos produtores dessa região, e assim, mostrarmos nossos produtos. A dinâmica do evento é excelente, e acaba por proporcionar aos produtores um contato próximo com as empresas de tecnologia. Sem contar que por serem grupos menores de trabalho, não há dispersão do público, nem tampouco falta de interesse por par-

te dos presentes”, disse Renato. A Agroeste, que está iniciando ainda sua participação entre os produtores rurais da Coocam, trouxe para a 6ª edição do Dia de Campo um lançamento em híbrido de milho, que mostrou bastante resistência, sanidade da planta e qualidade de grão. Já o produtor rural de Barracão e gerente da Sicredi, Junior Braganholo ressaltou que participa todos os anos do evento, por acreditar que ele é um momento de suma importância para o contato com novas tecnologias, além de conseguir observar no campo o comportamento do que é apresentado. “Através do Dia de Campo da Coocam, nós produtores temos acesso a métodos que permitem aumentar a rentabilidade da propriedade. É um momento de transmissão de conhecimento, onde as empresas trazem as novas tecnologias, e o produtor adapta-as a realidade de sua produção”, explicou. Junior é produtor de soja e milho e ainda trabalha com gado leiteiro. O presidente da Coocam, João Carlos Di Domenico abriu o evento dizendo que é um prazer para a Cooperativa, ao longo dos seus 20 anos, poder acompanhar de perto a realidade de seus produtores e mais, trazer para eles, métodos que proporcionem maior desempenho da produção, bem como melhor gerenciamento da lavoura. “Nós, produtores rurais somos empresários do campo, ou seja, precisamos estar atentos às novidades e inserir as novas tecnologias em nossas lavouras nos sentido de procurar a maior produtividade, lucratividade, manejo e qualidade

Os produtores associados da Coocam prestigiaram o evento para aperfeiçoar o conhecimento, com troca de experiências.

Na abertura do evento, João Carlos Di Domenico observou que os produtores precisam estar atentos às novidades e assim, inserir as novas tecnologias em suas lavouras.

em nossa produção.”, disse. Da mesma forma, o vice-presidente da Coocam, e responsável pelo departamento técnico da Cooperativa, Riscala Miguel Fadel Júnior, lembrou que a missão do homem do campo é árdua e de grande responsabilidade frente à população mundial. “O produtor rural é o grande responsável por combater a fome do povo e isso não é tarefa fácil de levarmos em conta que estamos a mercê das ocorrências climáticas e da legislação que cada vez mais traz obrigações ao produtor rural. Porém esta é uma missão nobre, principalmente para nós, produtores brasileiros, já que o Brasil é considerado a horta do mundo.”, finalizou. No dia 02 de março, acontece mais um evento de Dia de Campo da Coocam, pela primeira vez na filial de Lebon Régis, que será inaugurada nesta mesma data.


16

PUBLICIDADE

Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Jornal, O Celeiro  

Edição 2166 - 21 de fevereiro de 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you