Page 1

w w w . j o r n a l e d i c a o d o b r a s i l . c o m . b r

Belo

Horizonte/Brasília

a

8

de

abril

de

2012

1509

R$

1,00

Divulgação

Região Metropolitana ganha novo aeroporto de grande porte Segundo Nery Braga, a acessibilidade rápida e segura é fundamental para o desenvolvimento do turismo do município

Autoridades governamentais e empresários estão empenhados no projeto de construção de um aeroporto de grande porte em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo

Horizonte, que poderá suprir a atual saturação dos aeroportos de Confins e da Pampulha. O local já está escolhido e a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) emitiu parecer

favorável à construção. Ao ser procurado pelo Edição do Brasil, o secretário de Governo da prefeitura local, Nery Braga, afirma que o projeto tem um custo previsto de R$

Leite produzido em Minas abastece o mercado nacional

DER vai ajudar na duplicação do Anel Rodoviário da Capital Há anos os belo-horizontinos sofrem com a falta de obras no Anel Rodoviário. Agora, para tentar diminuir a agonia da população, inclusive de famílias que residem nas proximidades, o DER fechou convênio com o Dnit e se tornou responsável por grande parte da duplicação da via. Cidades – Página 9

Minas Gerais produz 8,3 bilhões de litros de leite por ano, sendo o maior produtor do país, com média de 27% do total nacional. O diretor executivo do Sindicato das Indústrias de Laticínios, Celso Costa, lembra que metade da produção abastece outros estados em diversas regiões do país. Opinião – Página 2

Fábrica de semicondutores gera empregos em Neves

Divulgação

O diretor Celso Costa revela a produção mineira de leite

Considerada uma das cidades mais pobres de Minas, Ribeirão das Neves, na Grande Belo Horizonte, será beneficiada com a instalação de uma unidade da Companhia Brasileira de Semicondutores. Serão gerados 288 empregos diretos, após um investimento da ordem de US$ 500 milhões, para produzir circuitos eletrônicos de semicondutores. Economia – Página 5

Belo Horizonte tem 50 mil casais com problemas de infertilidade peso dividido: 40% para as mulheres e 40% para os homens. Os outros 20% são resultado de uma situação mista. O especialista afirma que o tratamento é ministrado de acordo com cada caso. Vida – Página 8

Liderança do Governo na Assembleia já tem nome: Bonifácio Mourão É a primeira vez que deputados estaduais se manifestam na hora da indicação do nome do líder do Governo na Assembleia. Resultado: o parlamentar tucano, Bonifácio Mourão, em seu quinto mandato, passou a exercer o cobiçado cargo, que antes era reivindicado por Lafayette Andrada. Política - Página 3

Divulgação

Almg

Dados médicos apontam que cerca de 50 mil casais, somente em Belo Horizonte, apresentam algum problema de fertilidade. O médico João Pedro Junqueira Caetano explica que a dificuldade de engravidar tem um

183 milhões. Segundo ele, as instalações têm a finalidade de incrementar o turismo e a economia, servindo também para a exportação dos produtos mineiros. Economia – Página 4

A criança complementa a felicidade dos casais

Mourão conta com o apoio de todos os colegas da base aliada


2

O P I N I Ã O

EDITORIAL

N

o período em que dirigiu a Prefeitura de Belo Horizonte, Fernando Pimentel era considerado um cidadão de hábitos simples, típico chefe de família, que fazia questão de chegar em casa mais cedo para se juntar à esposa e aos filhos. Por conta destes costumes, não comparecia a eventos noturnos. Todos já conheciam a sua predileção por curtir o aconchego do lar. Foi um tempo de muitas conquistas para Pimentel. Ele se tornou um administrador respeitado e um político coerente. Na época, conseguiu sua reeleição ainda no primeiro turno, quando disputou a PBH com o tucano João Leite. A partir de então, projetou-se nacionalmente, passando a ser respeitado como um político habilidoso, inclusive no âmbito do PT. Logo que deixou a prefeitura, surgiram os primeiros sinais de desgaste. Uma denúncia veiculada na imprensa nacional o colocou na linha de frente de um negócio milionário, envolvendo contratação irregular de firma para instalação do projeto Olho Vivo na Capital mineira. Seu primeiro teste eleitoral para um cargo majoritário foi em 2010, quando disputou uma vaga para senador. Porém, foi derrotado por Aécio Neves e Itamar Franco. Sua amizade com a presidente Dilma Rousseff o fez ministro da importante Secretaria de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Foi quando começaram os seus reais problemas, tanto pessoais quanto políticos. Não bastasse a denúncia em relação ao caso “Olho Vivo” no final do ano passado, Pimentel foi envolvido em um escândalo de mais de R$ 2 milhões, por uma consultoria que, ao que parece, não foi concretizada. Estes dois fatos levaram o nome do ministro a ser investigado pelo Supremo Tribunal Federal e pelo temido Conselho de Ética da Presidência da República. Nos últimos tempos, os costumes de Fernando Pimentel mudaram e ele deixou de ser aquele homem caseiro. Desde outubro, abandonou sua antiga família em BH e passou a residir em São Paulo, com uma nova mulher. Com tantas atribulações, o ex-prefeito deixa de prestar assistência e manter o diálogo com os líderes políticos do interior do Estado. Os parlamentares mineiros de vários partidos se queixam da falta de acesso ao gabinete do ministro, quase sempre ocupado com seus compromissos internacionais. Diante deste quadro, respondendo a denúncias graves, ele certamente não está pensando em se envolver em disputas eleitorais. Aliás, o Pimentel de outrora já não existe. Agora, passou a ser um ministro cuja imagem transmitida pela televisão deixa a sensação de um cidadão que beira a arrogância.

EDIÇÃO DO BRASIL Julho Editorial Ltda Cooperativa de Comunicação Social Editado sob a responsabilidade de Julho Editorial Ltda. (C.003)

ARTHUR LUIZ FERREIRA (Fundador do Edição do Brasil) EUJÁCIO ANTÔNIO SILVA Diretor-Responsável ESCRITÓRIO CENTRAL - BELO HORIZONTE AV. FRANCISCO SÁ, 360 - PRADO CEP 30.411-145 TELEFONE: (0 xx 31) 3291-9080 Endereços Eletrônicos: jornaledicaodobrasil@terra.com.br e.brasil@yahoo.com.br Site: www.jornaledicaodobrasil.com.br

José Alves Neto

M

inas Gerais produz e consome muito leite. O Estado é responsável por cerca de 27% da produção nacional, um volume considerável dentro da realidade brasileira. O diretor executivo do Sindicato das Indústrias de Laticínios do Estado (Silemg), Celso Costa, em entrevista ao Jor-

nal Edição do Brasil, faz uma análise do setor, traçando um panorama do mercado. “Nossa produção é a maior do país. Minas, atualmente, produz 8,3 bilhões de litros por ano”, ressalta. A representatividade do mercado interno também é notável, segundo revela o diretor. “Metade do que é produzido no Estado é consumido aqui. A outra parte vai para as demais regiões do país”, revela.

Divulgação

Pimentel arrogante!

Leite produzido em Minas supre a demanda de outros estados

EDIÇÃO DO BRASIL 1º a 8 de abril de 2012

* Eduardo Guedes

Novo cenário Parecia ser a hora e a vez do Brasil. Afinal, atravessamos a grave tormenta de 2009 como nunca antes na história do país. Se perdemos dinâmica econômica e milhares de empregos, as medidas anticíclicas deram conta do recado, ainda que transitoriamente: o mercado interno, movido a crédito farto, generosas isenções de impostos e estímulos artificiais ao consumo, que comprometeram inclusive parte relevante da renda das famílias brasileiras, não deixaram que a engrenagem do crescimento travasse, à reboque da quase-recessão alheia, especialmente de mercados tradicionalmente compradores dos nossos produtos e que habitam o centro da crise mundial. Pouco importou o risco da inflação rediviva. Durou pouco. Pouquíssimo, aliás. Menos que o esperado pelas autoridades monetárias e muito menos ainda do que imaginava a própria presidente Dilma Rousseff. Não fosse assim, não teria distribuído receita tupiniquim contra a crise, como fizera no recente road-show pelo mundo desenvolvido, gerando perplexidade e inusitada percepção de arrogância. O fato é que, quer goste ou não a apaixonada torcida da nova versão de “Brasil Grande”, tocada a ufanismo, comparativismo salvacionista e expectativas irrealizadas, o quadro econômico vai se deteriorando a olhos vistos.

Desempenho de 2011

CELSO COSTA: “Nossa produção é a maior do país” O mercado já superou completamente os episódios de adulteração do leite ocorridos em 2007? Claro que sempre traz um impacto negativo. A quebra de confiança em qualquer relação é muito ruim. No que diz respeito à questão do leite, foi um fato pontual. A opinião pública pesou, mas quando ela teve o

conhecimento que foi uma situação restrita a empresas que não deveriam nem ter qualificação, a população acabou voltando a consumir normalmente. O consumo de lácteos tem tido uma crescente nos últimos anos.

Qual o panorama econômico do segmento lácteo no Estado? O setor de laticínios em Minas Gerais tem uma atividade pujante, importante do ponto de vista cultural, econômico e social. Nossa produção é a maior do país. Minas atualmente responde por 8,3 bilhões de litros por ano, o que significa

algo em torno de 27% da produção brasileira. No Estado, temos toda a gama de lácteos. Trabalhamos também com pesquisas na área nutricional para que se consuma mais derivados a base do soro (whey protein).

E o mercado interno mineiro? A maior parte do que é produzido aqui vai para outros Estados? Vamos dizer que é mais ou menos meio a meio. Metade da produção é consumida aqui em Minas e a outra parte vai para as demais regiões. Temos uma necessidade

de vender para outros estados, na mesma proporção que eles têm necessidade do leite mineiro, pois não conseguem produzir o volume necessário para o consumo interno.

O leite é um produto extremamente perecível. Isso requer uma maior logística principalmente para a exportação? O grande volume de venda em distâncias maiores já acaba acontecendo em formatos que independam dessas questões que você colocou. O formato in natura, captado nas fazendas, realmente exige uma logística muito ágil. Depois de industrializado, o leite pasteurizado ainda requer muitos cuidados, porém ele não está na relação de produtos

mais importantes na relação comercial com outros Estados. Dentre os mais negociados, estão o leite longa vida, que não depende de refrigeração, os queijos, dentre outros, com logística facilitada pelos seus equipamentos. O que interessa a Minas é industrializar o produto aqui, gerar empregos. O produto deve sair pronto para os outros Estados.

Gostaria que o senhor tecesse um comentário sobre o trabalho desenvolvido pelo Silemg junto às cooperativas e indústrias do ramo visando o aprimoramento do leite mineiro. O Silemg tem 150 indústrias associadas, que respondem por 80% do leite industrializado aqui no Estado. O sindicato tem sido muito bem recebido pelas secretarias de governo, onde dialogamos, levamos nossa contribuição para um aprimoramento da nossa legislação, do ponto de vista tributário, da sanidade animal e até do marketing, para levar aos consumidores a informação da necessidade do consumo diário, como uma forma preventiva para diversas doenças, dentre elas a osteopo-

rose. Temos trabalhado em um programa que chamamos “Programa Mineiro de Melhoria da Qualidade do Leite”, envolvendo algumas entidades, universidades e o próprio governo do Estado. Considero que este seja o programa mais importante que desenvolvemos aqui no Silemg, creio que é a melhor maneira de obtermos um leite de melhor qualidade, de levar ao produtor rural uma forma que ele tenha melhor renumeração, tanto na qualificação quando no volume produzido.

Amargamos o menor crescimento da América Latina, muitíssimo abaixo da rival Argentina e pelo menos duas vezes menor que players muito mais modestos, como Peru, Chile Colômbia e Uruguai. A economia latino-americana cresceu a 4,3% e apenas Guatemala e El Salvador, à bordo de suas limitações, conseguiram apresentar taxas de crescimento inferiores à brasileira. Cá entre nós, que ninguém nos ouça: na prática, trocamos a posição de liderança do processo de crescimento no continente pela quase lanterna no ranking latino-americano. Mais: 2012 começou pífio, com a economia em marcha à ré e desempenho menor do que o registrado no final do ano passado. O estranho – e contraditório – é que em fevereiro a arrecadação de tributos federais atingiu R$ 71,9 bilhões, um recorde para o mês, com crescimento de 5,91% acima da inflação na comparação com o mesmo período de 2011. Isso significa que o governo tem suas receitas tributárias crescendo a um ritmo duas vezes maior do que o da economia em geral. Ou seja, para cada passo que o PIB brasileiro consegue dar, o leão avança dois. Nos dois primeiros meses do ano, foi arrecadada a espetacular quantia de R$ 174,5 bilhões, que pode se traduzir de forma muitíssimo interessante: significa dizer que, a cada dia de 2012, útil ou não, caíram R$ 2,9 bilhões nos cofres da receita. Se há perspectiva de queda da receita derivada da indústria – em curva declinante, acompanhando o grave processo de desindustrialização em curso no país –, cresceu o que o governo toma dos salários dos brasileiros: 16,5% em fevereiro! Este não é, como pode parecer à primeira vista, fato isolado. Desde 2002, o volume arrecadado junto às pessoas físicas dobrou – passou de R$ 45 bilhões para R$ 91 bilhões. Certo é que os incômodos do novo cenário vão obrigar o Brasil a deixar a zona de conforto. Forma-se, progressivamente, o consenso de que já não nos basta apenas o esquartejamento das taxas de juros para retomarmos o curso do crescimento nacional, assim como se esgotam as medidas paliativas adotadas aqui e ali. O país precisa de reformas que equalizem o câmbio supervalorizado, as taxas de juros ainda nas alturas, especialmente as que incidem sobre financiamentos internos; ajuste no alto custo dos insumos essenciais à produção e sobre o desarranjo de uma das maiores cargas de impostos do mundo. Mas não é só isso: não pode haver crescimento sustentado e duradouro sem infraestrutura adequada e investimento concentrado em pesquisa, ciência e tecnologia (que quer dizer competitividade), nicho onde repousa, inerte, quase esgotada, a nossa capacidade de inovar e superar o que tem prevalecido até aqui – mais do mesmo. E só.

* Jornalista


P O L Í T I C A

EDIÇÃO DO BRASIL 1º a 8 de abril de 2012

Almg

Liderança de Bonifácio Mourão é consenso entre os deputados Tércio Amaral

P

ressão dos deputados de todas as correntes, partidos e tendências. Essa realidade foi percebida nos bastidores da Assembleia, como há muito não se via naquela casa. E tudo isso para que o deputado tucano Bonifácio Mourão fosse indicado para a liderança do Governo no lugar de Luiz Humberto, agora candidato a prefeito de Uberlândia. A celeuma sobre este tema ocupou boa parte dos noticiários nos últimos 30 dias. A rigor, a coordenação política do governador Antonio Anastasia se viu obri-

BONIFÁCIO Mourão promete fazer um bom trabalho para o governo

gada a usar de toda tática possível para evitar que o caldeirão entornasse. Tudo teve a ver com a saída do deputado tucano Lafayette Andrada da Secretaria de Defesa Social. Ele, a princípio, resistiu ao seu próprio afastamento. Mas, diante dos conhecidos desgastes no comando da pasta, não teve como se manter no cargo. No início do mês de março, começou a circular a informação, segundo a qual, Andrada se tornaria o líder do Governo, cargo considerado de grande relevância pelo Executivo estadual.

3

V I G Í LI A S Prefeito x promotores Com seu velho estilo eloquente, o prefeito de Montes Claros, Luiz Tadeu Leite, perante uma plateia de 40 prefeitos, reunidos na sede da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (AMAMS), bateu pesado nos promotores de Justiça. Em sua opinião, os representantes do Ministério Púbico têm extrapolado em suas funções na região, provocando um verdadeiro pavor entre chefes do Executivo, vereadores e outros agentes públicos.

Procurando emprego Diante da decisão do PT de ficar com a aliança visando à reeleição de Marcio Lacerda, o atual vice-prefeito Roberto Carvalho vive um drama. Tanto é verdade que começa a negociar um bom cargo na esfera federal, de preferência com altíssimo salário e pouco trabalho.

Emater bagunçada... O deputado federal José Silva ouviu de alguns prefeitos que a Emater, empresa do governo mineiro, está completamente desorganizada. “O senhor bem que podia orientar aquele pessoal a trabalhar direito”, comentam os chefes do Executivo. O parlamentar ouviu tudo, mas preferiu o silêncio, claro...

Almg

Dnit sem ação

LAFAYETTE Andrada não resistiu ao seu próprio afastamento agora quem dá as cartas por lá é Bonifácio Mourão. A ele é creditado um bom trabalho de aglutinação das bases do

Como a tese do governo se tornou pública, logo veio a reação dos parlamentares na Assembleia, com o argumento de que a oposição ficaria o tempo todo criticando o trabalho de Lafayette Andrada. Com isso, o governador Anastasia recuou e não quis comprar briga com sua base aliada. Mandou seu secretário para o sacrifício, sem ter condições de fazê-lo seu líder no Legislativo mineiro. Lafayette se contentou em comandar apenas o Bloco Trabalho e Transparência, uma espécie de segunda instância na hierarquia entre os nomes fortes do governo no parlamento. Ungido pelos colegas e acatado pelo governador,

governo durante debates e votações de projetos importantes. Considerado um político conciliador, Mourão cumpre o seu quinto mandato como parlamentar. Foi prefeito de Governador Valadares e, além de orador brilhante, é bacharel em Direito com tino de político intelectual. “Ele está preparado para enfrentar o embate com a turma do PT, que não deixa o governo em paz, fazendo pressão o tempo todo. A partir de agora, os opositores terão uma reposta à altura quando nos fizerem oposição raivosa no plenário da Assembleia”, confidencia uma alta fonte da esfera política da Cidade Administrativa.

Indefinições rondam a sucessão de Ipatinga

O

isso, o céu fica ainda mais cinzento na disputa eleitoral para o comando do principal município da Região Metropolitana do Vale do Aço (RMVA). Ipatinga é sede de empresas como

Divulgação

Partido Republicano Brasileiro (PRB) confirmou a candidatura do ex-comandante do 14º Batalhão da Polícia Militar de Ipatinga, Alfredo Ramalho, à prefeitura. Com

ALFREDO Ramalho pode ser candidato em Ipatinga

Usiminas e Usimec e tem orçamento estimado em mais de R$ 800 milhões. Alfredo Ramalho aposentou-se como coronel PM em 2010, após quase 30 anos na corporação.

Foi comandante dos batalhões de Uberlândia, Juiz de Fora e Itabirito, além de ter integrado o setor de inteligência da Polícia Militar no Governo de Minas, na gestão de Itamar Franco.

Ficha Limpa A incursão do milita r da reserva na política se dá num mo mento de grande indefinição na disputa pelo comando da cidade, já que a Lei da Ficha Limpa atingiu pelo menos dois pesos-p esados na política local: os ex-prefeitos Sebastião Quintão (PMDB) e Chico Ferra menta (PT). O ex-vice-prefeito Altair Vil ar (PSB), cassado junto com Quintão em 2010, também se vê às voltas com a Le i da Ficha limpa. Uma pré-convenção de seu partido indicou recentemente o fisioter apeuta Fabiano Moreira como pré-candida to socialista. O atual prefeito Robson Gomes (PPS) e o secretário extraordiná rio de Gestão Metropolitana do Governo Anastasia, Alexandre Silveira (PSD), ou tras duas lideranças políticas no município, por enquanto não falam nada sobre a sucessão de 2012. Outras opções naturais , a deputada estadual Rosângela Reis (PV) e o presidente da Câmara, Nardyello Rocha (PSD), ainda tentam um consenso em torno de seus próprios nomes para a disputa. Segundo o jornalista Joel Souto, presidente do PRB, seu partido conta com a possibilidade de co nstruir sua própria trajetória, sem fechar as portas para composições partidárias.

Desde o final do ano passado, o túnel da BR-040, ao lado do Ponteio Lar Shopping, está fechado, causando transtornos a milhares de moradores da região sul da Capital. O Dnit, que deveria se responsabilizar pelos reparos, não tem ideia sobre quando poderá resolver o problema. Um horror.

Vereador coerente Mostrando coerência com o seu passado, o vereador de BH, Joel Moreira, apresentou projeto propondo que os vereadores da Capital passem a receber um salário diferenciado e opcional. O teto máximo seria de R$ 9.288,00 e o mínimo de R$ 622,00. Cada edil faria a sua opção. Resta saber se este projeto será aprovado pelo plenário da Casa, claro.

A vez do Miguel Na semana passada, em Brasília, o deputado federal do PT, Miguel Corrêa Júnior, já estava sendo tratado como candidato a vice-prefeito de Marcio Lacerda. Ele nada falava, apenas abria um largo sorriso. Aí tem coisa, ora se tem...

Briga no PMDB Apesar de pequeno e com pouca expressão eleitoral na Capital, o PMDB, neste momento, encontra-se completamente rachado. A ala do deputado federal Leonardo Quintão defende uma linha de raciocínio, enquanto o grupo do deputado Sávio Souza Cruz tem pensamento oposto. Trocando em miúdos, a verdade é que ambos querem se candidatar à prefeitura, embora estejam na mesma sigla. Uma verdadeira briga de foice.

Nova Porteirinha... Esta vem lá do Norte de Minas. Consta que o atual prefeito de Nova Porteirinha, Wilmar Soares, quando candidato a prefeito pela primeira vez, pedia votos no município pedalando uma bicicleta ou montado em um cavalo. Agora, prestes a completar oito anos de mandato, é proprietário de muitos bens: fazendas, gado, etc. Êta cidadão de sorte...

Sucessão em BH Na falta de outra ideia melhor, o senador Clésio Andrade estaria tentando reabilitar o ex-ministro Hélio Costa e transformá-lo em candidato a prefeito de BH. Costa, derrotado três vezes na tentativa de se tornar governador, pode caminhar para mais uma aventura desastrada. Esta é a análise dos matemáticos da política da Capital mineira.

João Leite X PT Ao conceder entrevista ao programa Mundo Político, da TV Assembleia, o deputado tucano João Leite disse com todas as letras: “Os vereadores do PT na Câmara de BH estão sempre votando contra os projetos do prefeito. Não é uma bancada confiável, pois constantemente colocam o chefe do Executivo municipal em alguma situação complicada”, detonou o parlamentar.

PDT enquadrado Quando chegar a BH, com o intuito de tentar, mais uma vez, conquistar outra secretaria estadual para seu partido, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, ouvirá as reclamações do governador Antonio Anastasia, sobre a falta de alinhamento dos políticos da sigla com o governo mineiro. Atualmente, o PDT tem o deputado Carlos Pimenta como titular da pasta do Trabalho. Porém, eles querem mais, aliás, sempre mais.

Outra da Ricardo Eletro Segundo divulgou o Procon da Assembleia Legislativa, a Ricardo Eletro é recordista de reclamações. Pelo visto, os clientes estão sempre sendo enganados por estas grandes redes de lojas. Até quando?


E C O N O M I A VIGÍLI AS DOBRADAS Discurso de candidato Os tucanos comemoram o discurso inflamado do senador Aécio Neves pontuando as inúmeras falhas do Governo Dilma Rousseff. Para os analistas, foi uma fala de quem será candidato à presidência. Cena Final: Resta saber se o nobre político mineiro terá condições de manter a homília durante os próximos dois anos.

Pestana governador? Sem a mínima densidade eleitoral, pelo fato de não ser conhecido junto ao povão de todo o Estado, o atual presidente do PSDB mineiro, deputado federal Marcus Pestana, espera ser candidato a governador em 2014. Aliás, este era também o projeto do ex-presidente dos tucanos em Minas, Narcio Rodrigues, que terminou sendo apeado da presidência e teve de se contentar apenas com o mandato de deputado federal. Coisas da política.

Sucessão em Contagem O deputado Newton Cardoso já trabalha pela indicação do vereador Gil Diniz, o Teteco, como candidato a vice-prefeito de Carlin Moura, do PCdoB, em Contagem. Uma aliança complexa e sem nexo. Aqui, mais uma vez, se aplica o adágio popular: em política pode tudo, menos a derrota. É isso aí...

Sucessão em JF Por enquanto, o prefeito de Juiz de Fora, Custódio Mattos, não colocou sua campanha de reeleição nas ruas. Estaria apenas conversando nos bastidores, para formar uma aliança. Enquanto isto, a petista Margarida Salomão segue em frente na preferência do eleitorado local. Será, sem dúvida, um duelo para não deixar grama no chão.

Sucessão em Itaúna Considerada uma das cidades mais influentes do Oeste mineiro, Itaúna se vê em clima de indecisão no que diz respeito à sucessão do prefeito Eugênio Pinto. Ele, se fosse hoje, não elegeria seu sucessor. Por sua vez, o deputado Neider Moreira deve efetivamente continuar como parlamentar. Se assim for, o comando do município pode voltar a cair no colo do veterano político Osmando Pereira, do PSDB.

Sucessão em Ipatinga Com o deputado federal Alexandre Silveira fora das articulações, o grupo do atual prefeito de Ipatinga, Robson Gomes, fica enfraquecido, facilitando a ascensão de Cecília Ferramenta, que sonha em chegar à prefeitura local. Se for eleita, ela será a primeira mulher a comandar a Capital do Vale do Aço.

Sucessão em Esmeraldas Consta nos bastidores que Breno Lucas, filho de Ademir Lucas, não pode ser candidato a prefeito de Esmeraldas, por questões relacionadas com a Lei da Ficha Limpa. Ele, no pleito passado, perdeu a eleição por uma pequena margem de votos, mas sua prestação de contas não foi aprovada. Agora, terá de ficar de fora da disputa por mais quatro anos.

Nilo Simão X transportes Semana passada, a imprensa diária citou o nome do empresário Nilo Simão, afirmando que sua empresa, a Transimão, uma das maiores empresas de transportes da Região Metropolitana de BH, está atuando com ônibus sucateados em diversas linhas. É bom ele ficar de olho, pois, num passado não muito distante, a Novalimense também começou a se deteriorar. Isso fez com que a empresária Dalva Camilo, sem alternativa, saísse do páreo, transferindo a concessão para a Saritur, de Rubens Lessa. Cena Final: Rubens Lessa vem a ser o atual presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana, onde Nilo Simão é diretor. É bom o homem da Transimão tomar uma atitude, se não quiser ter o mesmo destino de sua ex-amiga Dalva Camilo. Ufa...

E LO Y LANNA Fotógrafo Profissional

FOTO - JORNALISMO - CONGRESSOS - EVENTOS SOCIAIS

TELEFONES: 3450-0980 / 9603-4396 Rua Tamóios, 62 - Sala 100 - Centro Belo Horizonte / Minas Gerais

1º a 8 de abril de 2012

Aeroporto em Brumadinho muda a realidade turística e social da região Maria Miranda Brumadinho deve se tornar em breve uma cidade polo da Região Metropolitana de Belo Horizonte e por que não dizer de Minas Gerais. A notícia surge após a confirmação de que o município ganhará um aeroporto de grande porte, que irá beneficiar a população local e atrairá ainda mais turistas que estão atrás de belas e bucólicas paisagens. A Agência Nacional de Aviação Civil emitiu, em dezembro de 2011, um parecer favorável à construção do aeroporto. Após isso, políticos e entidades localizadas na região começaram a trabalhar para tirar o projeto do papel. De acordo com o secretário municipal de Governo, Nery Braga, Brumadinho tem grande vocação para o turismo sustentável. Ele acredita que o aeroporto proporcionará transporte mais rápido e seguro para atender turistas brasileiros e estrangeiros. “A acessibilidade rápida e segura é fator predominante para o desenvolvimento de diversos setores da economia do município”, ressalta ele. Vale lembrar que Brumadinho abriga o Inhotim, considerado o maior centro de arte ao ar livre da América Latina. De acordo com informações de bastidores, a credibilidade do museu foi fundamental para que o projeto tomasse corpo e ganhasse apoio das autoridades. A localização já está definida. Trata-se de uma fazenda situada no Varjão. O espaço é ideal para a implantação e já foi aprovado pelas autoridades e órgãos competentes. A previsão é que até o fim deste ano as obras de construção do novo empreendimento comecem, para que em 2014 o aeroporto entre em operação. Vale lembrar que Brumadinho está incluída no roteiro turístico da Copa do Mundo. Segundo Nery Braga, o empenho do prefeito Avimar Barcelos e do Inhotim foram fundamentais para o parecer da Anac. “A atitude foi extremamente profissional, já que, em aviação, qualquer detalhe pode gerar consequências graves”. Com relação aos custos e recursos para construção e implementação da obra, Braga afirma: “Esta questão ainda está em fase de estudo, mas certamente haverá parceria com o Estado e outros entes de importância vital. Com relação aos custos, a previsão inicial é de R$ 183 milhões”.

Divulgação

4

EDIÇÃO DO BRASIL

PARA Nery Braga, a população e os turistas serão beneficiados com o aeroporto

Inhotim A presença do Inhotim na cidade é muito importante, pois o museu vem atraindo turistas de todas as partes do Brasil e do mundo. A instituição tem sido parceira na luta pela implantação do aeroporto. O turismo local tem essa demanda e os profissionais do setor sabem que ele desempenhará papel decisivo para o crescimento econômico e social de Brumadinho. Questionado sobre a influência do Inhotim nesse processo, Nery relata: “Neste tipo de investimento, todas as forças se igualam, porque é graças ao empenho de cada parceiro em sua esfera de atuação que os grandes investimentos se concretizam”. A construção do aeroporto permitirá o acesso mais rápido e de melhor qualidade a essa atração turística. É grande o número de visitantes que procuram o museu, mesmo com um acesso que ainda precisa de melhorias. O Inhotim recebeu, só na terça-feira de Carnaval, seis mil pessoas. O aeroporto aumentará o fluxo de visita ao Inhotim e ao município. Braga afirma que muitos serão os beneficiados. “Ganham todos, ainda que o turismo seja o foco central. Ganha a população, que tem de se preparar para receber os visitantes, e ganha o turista, ao encontrar uma estrutura adequada, com hotéis, comércio ativo, restaurantes, artesanatos, gastronomia, etc”. A maior parte população já tem conhecimento do projeto, embora muitos ainda não consigam mensurar a importância do investimento para o futuro de Brumadinho. “Para aqueles que acreditam, o futuro está aí, a notícia é auspiciosa e é sinônimo de progresso. Os mais incrédulos aguardam que o fato se concretize. O certo é que todos sabem que, a partir da construção do aeroporto, Brumadinho entrará em uma nova fase desenvolvimento”.

Boa gestão se faz com a criação de agregado social * Lázaro Luiz Gonzaga

P

romover o desenvolvimento sustentável é a grande proposta das empresas, independe do porte e da categoria do produto fabricado e comercializado. Isso implica num trabalho em rede, ou seja, participativo e integrado para todos os componentes das cadeias de valor. Cada vez mais, aumenta a responsabilidade das decisões e ações tomadas pelos empresários, por meio dos produtos e serviços que oferecemos em nossas lojas, pelas escolhas de nossos parceiros, fornecedores e pelas relações que estabelecemos com os nossos funcionários, clientes, concorrentes, com a comunidade local e, por que não dizer, com o mundo. O varejo de bens e serviços tem o diferencial de atuar como canal direto de comunicação entre consumidores e produtores. Assim, é fundamental que atue como parceiro e multiplicador natural das boas práticas realizadas pelos setores industriais e de agronegócios, expandindo a sua responsabilidade sustentável. O arcabouço de práticas do varejo se orienta por meio da procedência dos produtos comercializados, de políticas de valorização das relações humanas, da transparência e do respeito nas operações com

fornecedores, parceiros e clientes, dos impactos sociais, econômicos e ambientais no sistema de logística, concessão de crédito responsável e por atuar de forma interativa com órgãos públicos, para garantir um ambiente negociável, cujo pilar seja o crescimento das pessoas e a preservação dos recursos naturais. Nesse contexto, o Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac e Sindicatos e o Sebrae-MG assumem o papel de fomentadores de práticas que sejam informativas, inclusivas e motivadoras, em prol da construção de uma moldura sustentável. Incorporar a sustentabilidade em suas operações diárias e nos investimentos garante a criação do valor agregado econômico e social, fundamentais para o empreendedor que deseja se destacar no mercado. O Sistema, em todo o seu conjunto, com raio de atuação estadual, abre suas portas para a disseminação de boas práticas através do treinamento e capacitação de empregados e empregadores, leva a educação financeira no uso do crédito aos lares com foco no jovem, discute e potencializa ações sobre a política de resíduos sólidos, premia e reconhece as práticas inovadoras de gestão sustentável, estimula a qualidade de vida e das relações nas empresas com suas carretas do saber e da saúde que

cortam toda Minas Gerais levando cursos, palestras, oficinas e atendimento, estreitando as relações com a comunidade local, inclui o menor no mercado de trabalho através do programa de aprendizagem comercial, desenvolve e apoia campanhas para reabilitar viciados e ações positivas para enfrentar as drogas, fomenta a cultura local e nacional, realiza e apoia eventos em prol de processos sustentáveis como o uso das sacolas plásticas, participa de forma ativa em grupos de trabalho orientados para o modelo de varejo sustentável, dentre outras ações. Nós, líderes empresariais, temos o papel de despertar, estimular e reconhecer aqueles que buscam e investem na qualidade dos processos e produtos, que inovam e capacitam com vistas na geração de valor para a sociedade e as gerações futuras.

* Presidente do Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac, Sindicatos e do Sebrae-MG


E C O N O M I A

EDIÇÃO DO BRASIL 1º a 8 de abril de 2012

5

Governo de Minas

Companhia de Semicondutores vai gerar empregos em Minas O anúncio oficial sobre a instalação da empresa no Estado será feito no próximo dia 3 de abril, em Brasília, com a participação da presidente Dilma Rousseff. O empreendimento irá operar por meio de uma joint venture, formada por capital nacional, tanto privado quanto estatal, e investimento estrangeiro. O fundamental é termos empresas que tragam tecnologia. Conseguimos agora algo que estávamos discutindo desde 2003, que foi a instalação em Ribeirão das Neves da Companhia Brasileira de Semicondutores (CBS), que será lançada de maneira especial. Será a primeira fábrica brasileira com condições de se inserir em um mercado mundial muito competitivo. É significativa para o Estado a implantação dessa fábrica com US$ 500 milhões de investimentos, afirmou o governador. A unidade industrial será instalada em uma área de 160 mil metros quadrados em Ribeirão das Neves. Com os novos investimentos, o município vai se tornar um polo tecnológico de grande porte em nível nacional. A cidade possui inúmeras vantagens competitivas, como a proximidade com o Aeroporto Internacional Tancredo Neves (AITN), em Confins, e o acesso viário por meio de importantes corredores logísticos do país. A implantação já possui licença de instalação concedida pelo Conselho de Política Ambiental (Copam), vinculado à Secretaria de Estado de Meio-Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad). A licença inclui, além da implantação da unidade de produção de componentes eletroeletrônicos, reformas em rodovias de acesso, para beneficiar o escoamento da produção.

O fundamental é termos empresas que tragam tecnologia para o Estado”

O

município de Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, sediará a nova unidade da Companhia Brasileira de Semicondutores (CBS), conforme informou o governador Antonio Anastasia. O empreendimento se diferencia pelo alto valor agregado da produção de pastilhas de silício para microprocessadores, além da captação de mão de obra especializada. Com investimentos de US$ 500 milhões e geração de 288 empregos diretos, a CBS vai produzir, em Minas, circuitos eletrônicos de semicondutores.

Gestão reconhecida O governador Antonio Anastasia explicou, para cerca de 100 líderes empresariais, durante o encontro, no dia 27, detalhes sobre os trabalhos executados em Minas, por meio da Gestão para a Cidadania, terceira fase do Choque de Gestão. “O Governo e a sociedade civil organizada precisam estar em constante diálogo para a melhoria dos serviços públicos e da qualidade de vida dos mineiros”, afirmou. Ele contou que, durante reunião com o vice-presidente do Banco Mundial, Makhtar Diop, ouviu elogios à gestão adotada pelo Estado. Ele esteve conosco e fez referência de que hoje, não só para o Banco Mundial, mas para todos os organismos internacionais, sem exceção, o caso mais aplaudido de planejamento bem sucedido de um Estado subnacional, ou seja, que não é uma nação, é o caso de

O GOVERNO e a sociedade civil organizada precisam estar em constante diálogo

Empresários mineiros otimistas para a Páscoa

Feira do Empreendedor 2012 recebe mais de 30 mil visitantes Felipe José de Jesus

M

JEditorial

ontar um negócio próprio vem se tornando cada vez mais uma realidade para muitos brasileiros. Prova disto é que, de 2010 para 2011, o número de empreendedores individuais cresceu 11%, de acordo com dados do Anuário do Trabalho na Micro e Pequena Empresa do Sebrae. Na onda deste aumento, foi realizada a Feira do Empreendedor 2012. A mostra gratuita aconteceu de

20 a 24 de março no Minascentro. Cerca de 34 mil pessoas passaram pelo local. No evento, os visitantes tiveram acesso a oficinas, orientação empresarial, palestras sobre o mercado digital e estratégias de marketing. Além disso, houve rodadas de negócios, que geraram cerca de R$ 18,9 milhões em expectativas de novos empreendimentos. A coordenadora e analista da Unidade de Atendimento ao Empreendedor Individual (UAEI), Iza-

DURANTE a feira, cerca de 500 sites foram criados para inserir empresas na web

bela Andrade Lima, afirmou que a mostra é uma vitrine e acontece de dois em dois anos, sendo um dos seus principais focos o estímulo ao empreendedorismo. Ela ressaltou que uma das opções apresentadas pelo Sebrae são os negócios digitais. “Este comércio, conhecido também como e-commerce, cresceu 26%. A tendência é de avanço. Ele cria através dos sites e das redes sociais novas estratégias de marketing. Além disto, dá uma cara nova para a instituição. Este comércio é fundamental para o sucesso financeiro dos microempresários”, disse. Nos cinco dias de feira, cerca de 241 batismos digitais e 500 sites foram criados para inserir empresas na web. Uma iniciativa do Sebrae, em parceria com a Google e Yola, que disponibilizou mil domínios gratuitos.

Adalberto Lustosa de Matos Advogado Telefones: (31) 3221-3447 (31) 3282-3447 (31) 9983-3312

Minas Gerais. Servimos de modelo para nações do mundo todo. Isso é muito positivo porque mostra o valor da nossa gente, ressaltou. Segundo o governador, esse esforço de planejamento e ações, garantidas por meio do Choque de Gestão, do Estado para Resultados e, agora, pela Gestão para a Cidadania, estão possibilitando a atração de grandes investimentos e a geração de mais emprego, renda e qualidade de vida para os mineiros. Ele citou a unidade da Panasonic em Extrema, as fábricas da Alpargatas e de tratores da linha Fiat em Montes Claros, da Coca-Cola em Itabirito, a expansão da Ambev e a unidade de locomotivas da Caterpillar em Sete Lagoas e a expansão da GE em Contagem, entre os investimentos em andamento no Estado.

A Páscoa abre o calendário de datas comemorativas do varejo. E este ano tem tudo para ser doce para os segmentos que estão diretamente envolvidos com a comemoração religiosa. Impulsionados pelo chocolate, os pescados, artigos religiosos e de decoração, 77% dos lojistas entrevistados esperam vendas melhores que em 2011. Otimismo notável, já que no ano passado os empresários esperavam um aumento de 53,6% em relação a 2010. Até o próximo domingo de Páscoa, 29,6% dos entrevistados esperam um aumento de até 10%, 38,9% apostam entre 10 e 20% e 16,7% acreditam que as vendas podem chegar a 50%. Esses números são registros da Sondagem de Opinião do Lojista – Expectativas para a Páscoa 2012, realizada pelo Departamento de Economia da Fecomércio Minas. De acordo com os empresários, o ticket médio de consumo para esta data deverá ficar entre R$ 30,00 e R$ 50,00. Isso é o que estimam 40% dos entrevistados. Metade disso, 20%, acredita que os consumidores irão gastar entre R$ 50,00 e R$ 70,00. O mesmo percentual acredita que as pessoas podem ser mais generosas, gastando entre R$ 70,00 e R$ 100,00. O cartão de

Copa 2014 Além do uso da web, Izabela falou sobre as oportunidades para a Copa do Mundo. “A Copa é uma oportunidade, tanto que no espaço Mostra Negócio Cor oferecemos aos visitantes ambientes decorados, como sugestão para montar um negócio: pousada, armazém, loja de material esportivo, escritório de publicidade, loja de artesanato e bar. Fora isso, como montar, quanto ele vai gastar e, claro, quais são os tipos de fornecedores que ele terá que procurar. Tudo para ter bons rendimentos em 2014”. Outro tema destacado foi o uso de materiais recicláveis para produção de artesanato. De acordo com a artista plástica e expositora Lourdes Sena, do Vale do Jequitinhonha, os artesãos precisam valorizar mais as matérias-primas oferecidas pelo Brasil. “A sustentabilidade está voltada principalmente para a economia. O artista não precisa de produtos tão sofisticados, ou seja, ir para o exterior para comprar artefatos. Estamos em uma terra tropical, temos muitas opções, contudo, menos de 50% do lixo é aproveitado. Produzo porta objetos com jornais velhos, árvores com papelão e pintadas com tinta de folhas. Fora isso, estátuas com serragem e gesso. Isto é fazer algo sustentável, lucrar com responsabilidade”, concluiu a expositora. Informações: www.mg.agenciasebrae.com.br.

crédito parcelado será o meio de pagamento mais utilizado pelo consumidor, principalmente nas compras de maior volume, na opinião de 44% dos empresários entrevistados. Estima-se que o pagamento a vista/dinheiro será 12% e no cartão de débito/vista ficará em 8%. Conforme explica a gerente do Departamento de Economia da Fecomércio Minas, Silvânia Araújo, em 2012, as expectativas otimistas em relação à conjuntura econômica favorável ao consumo deverão estimular a comemoração. “Contudo, isso não dispensa que os empresários reforcem a disposição com ações para potencializar as oportunidades de negócios geradas pelas datas comemorativas”, orienta. Entre essas ações para aumentar as vendas, os entrevistados citaram: diversificação do mix de produtos (25%), visibilidade da loja – vitrines (20,8%), promoção dos itens temáticos (16,4%), melhorar o atendimento (12%) e contratação de temporários (11,5%). Por outro lado, fatores como o alto endividamento e os preços elevados, (48% e 43%, respectivamente), foram mencionados como as principais ameaças. Confira a pesquisa completa em www. fecomerciomg.org.br

SP Consultoria Empresarial e Institucional Ltda. Estratégias em Saúde Consultoria, Treinamento e Capacitação em áreas estratégicas das Secretarias de Saúde: Planejamento Estratégico e Situacional Programação em Saúde Gestão Hospitalar Gestão Contábil e Financeira de recursos do SUS

Fontes de Financiamento/Captação de Recursos Auditoria Assistencial, Contábil e Financeira Direito Constitucional e Administrativo Políticas Governamentais de Saúde Participação e Controle Social

Rua São Paulo, 1071 - Sala 1715 Centro Empresarial São Paulo - Centro Belo Horizonte - MG - CEP 30.170-907 dr.lustosa@bol.com.br / drlustosa@hotmail.com

Avenida Nossa Senhora do Carmo, 1890 - Conjunto 1108 - Bairro Sion - BH / MG - CEP 30320-000 Fones: (31) 2555-5179 / 2535-5180 / 7816-1151 / Fax: (31) 2555-1807 - E-mail: sp.consultoria@yahoo.com.br


6

G E R A L

EDIÇÃO DO BRASIL 1º a 8 de abril de 2012

JORNAL DO ACIR ANTÃO Email: acir.antao@ig.com.br

Márcia Vieira/PMC

Troféu Bola Cheia O JORNALISTA Chico Maia com o desportista Denart D’ávila. Chico foi o convidado especial para participar do 10º Troféu Bola Cheia/Unimontes, a maior premiação do esporte regional de Montes Claros

DA COCHEIRA

A NI V E RS A RI A NT E S

Para assumir um cargo importante nos próximos dias, o jornalista Walter Pernambuco está cuidando de sua silhueta que ficou um pouco arredondada nos últimos anos. Está fazendo belas caminhadas na Via Expressa Leste/Oeste desde o Coração Eucarístico, seu bairro, até a Estação do Metrô no Eldorado. Indo e vindo em ritmo acelerado. Ufa!

Domingo, dia 1º de abril Edézio Lucas Diniz Elder Piranguense

Segunda-feira, dia 02

O Jornal Hoje em Dia, que perdeu alguns nomes nos últimos tempos, deverá ter Eduardo Costa entre seus articulistas. A conversa tem sido fácil, pois Eduardo já é apresentador da TV Record Minas. O Rei da Feijoada, liderada pelo empresário João Dias, deve promover nos próximos dias uma grande feijoada para homenagear o prefeito Marcio Lacerda, que sancionou o projeto criando o Dia Municipal da Feijoada.

Terça-feira, dia 03 Claudio Augusto Chaves de Mendonça Jornalista Lúcio Portela, diretor regional da Rede TV! Léia Leda Antônio Ministério Comandante José Afonso Assumpção

Os chorões já estão em movimento para comemorar o Dia Nacional do Choro. Vai ser no dia 22, nas dependências da Funart, na antiga Casa do Conde.

Quarta-feira, dia 04

Cavalgada

Pianista Tânia Mara Lopes Cançado César Peixoto Maciel - Contagem Sandra Veneno Lúcia Helena Cicarini Nunes

Arquivo Pessoal

ANASTASIA - O governador Antonio Anastasia realmente mudou os hábitos do Governo de Minas, ao passar quase todos os finais de semana viajando pelo interior, conversando com as pessoas, reunindo-se com prefeitos, vereadores e lideranças políticas. Ele tem recebido verdadeiras manifestações de carinho do povo, que estava ávido por uma liderança que estivesse identificada com os valores de Minas. Outro dia, na cidade de São Lourenço, por ocasião da entrega da Comenda Estância Hidromineral daquela cidade a várias autoridades, Anastasia recebeu uma grande manifestação de carinho. Tem sido assim por todo o Estado. O governador está visitando municípios que nunca haviam recebido a presença do supremo mandatário do Estado. Ele vem priorizando o interior e conseguindo com isso levar uma mensagem positiva, materializada na instalação de novas empresas que colocam Minas em posição de destaque no crescimento econômico. Anastasia anunciou recentemente a criação de mais um projeto, para dar sequência ao ProAcesso, que asfaltou antigas estradas vicinais que ligam pequenos municípios às rodovias importantes do Estado. Cria com isso maior facilidade no escoamento da produção agrícola de Minas. A presença do governador no interior do Estado é o sinônimo de que o governo está funcionando a todo vapor.

Publicitário Álvaro Resende Débora Mendonça Cardoso

Quinta-feira, dia 05 Ana Lucia Vilaça Cançado Tarcísio Resende Luiza Dantas

VICE - Depois da última decisão do PT, que se reuniu para decidir se participa ou não da chapa de Marcio Lacerda, o nome que vem emergindo para ser o vice é o do ex-deputado Virgílio Guimarães, que tem trânsito fácil com Aécio Neves e Fernando Pimentel.

Sexta-feira, dia 06

FALANDO EM PIMENTEL, ele tem sido o interlocutor mais frequente de Dilma Rousseff. Na solidão do Planalto, a presidente recorre sempre a Pimentel para conversar sobre os problemas do governo. A intimidade do ministro com a presidente o acumula de funções, já que muitos colegas de governo levam a ele preocupações que às vezes ficam difíceis de serem expostas com a presidente numa simples audiência. O cacife de Pimentel está em alta. COPA DO MUNDO - O Brasil prometeu e agora tem que cumprir. A bebida vai voltar aos estádios durante o torneio em 2014. Para muitos, a cerveja nunca deveria ter deixado as arenas. Aqui, em Minas, o tropeiro ficou sem graça. AINDA SOBRE BEBIDA - O Supremo decidiu que as únicas maneiras de comprovar que o cidadão estava bêbado ao volante são o teste do bafômetro ou o exame de sangue. O resto é balela.

Ronaldo Augusto Ferreira Sandra Rodrigues

Sábado, dia 07 de Abril José Ephifânio Camilo dos Santos Joseane Vieira

O EMPRESÁRIO Luciano Alves, de Juatuba, vai participar da Cavalgada da Serra com seu cavalo “Pop”, em Lagoa da Prata

A todos, os nossos Parabéns!

CULTURA E EDUCAÇÃO

Alternativa Z lança disco com influência oitentista

PMSL

A PRIMEIRA-DAMA Jane Dorneles, Tramonte e o prefeito Gilberto Dorneles

U

m presente para Santa Luzia. Em comemoração aos 320 anos do município, o programa “Balanço Geral nos Bairros”, da TV Record, esteve na Praça da Juventude, no Bairro Cristina. Com o apoio da prefeitura, mais de 10 mil pessoas participaram do evento, no dia 24 de março, que foi transmitido ao vivo para todo o Estado de Minas Gerais. Corte de cabelo, campanha de conscientização da Dengue, aferição de pressão, cama elástica, 2ª via de identidade e CPF. A ação participativa contou com o apoio das secretarias de Administração, Saúde e de Desenvolvimento Social, com o atendimento do Bolsa Família, além do apoio da Guarda Municipal e Defesa Civil. Segundo os organizadores, mais de 300 pessoas receberam atendimento de aferição de pressão e mais de

200 receberam orientação do Bolsa. Nas atrações, dança, bandas, duplas sertanejas e grupos de pagode agitaram o público da Praça da Juventude. Durante o evento, o prefeito de Santa Luzia, Gilberto Dorneles, disse que a ação é uma maneira de levar prestação de serviço aos luzienses, e ainda um presente para a cidade. “Santa Luzia completa 320 anos de história, e esse evento é uma forma de retribuir à comunidade todo o nosso carinho. A população merece”, disse Dorneles. “Minha identidade ficou no bolso da calça e molhou. Tenho que tirar outra”, explicou o promotor de vendas Fernando Luiz dos Santos Pereira, de 32 anos, morador do Bairro Cristina. “Hoje, aqui está ótimo, muito movimentado. Ter estes serviços aqui é muito bom para a comunidade”, afirmou o operador de telemarketing Fabrício dos Santos.

na

R

eviver o bom Pop Rock da década de 80. Com esta proposta, a banda mineira Alternativa Z lançou, no dia 31 de março, o seu terceiro álbum, Tô Vivo na Parada. Cazuza, Legião Urbana, Plebe Rude, Capital Inicial e Paralamas são algumas das influências. Destaque para a música Podia Mais, que lembra o som do cantor Leoni. Formado em 2002, o grupo conta com os integrantes Fred Rodrigues, vocalista, Diogo Nascimento, guitarra, Flávio Pessoa, baixo, e Maurício Barbosa, bateria. Nestes anos, eles vêm em-

balando o público em seus shows, com sucessos autorais e também com hits conhecidos. De acordo com Fred, Tô Vivo na Parada traz mais atitude do que os dois álbuns anteriores. “Foi o primeiro trabalho sem a interferência de um produtor musical. Apenas nós quatro dentro do estúdio, focados para que o disco virasse um trabalho bem democrático. Acrescentamos mais distorções de guitarra. Estamos em uma fase de sinceridade com nós mesmos”, conta o vocalista.

Pantalo

Felipe José de Jesus

Marina

“Santa Luzia 320 anos” agita o Bairro Cristina

Novidades na música mineira Os mineiros vão se surpreender com a participação especial de Marina Araújo no DVD, cantando a música Pra você. “Ela é uma cantora jovem e certamente terá um futuro brilhante. Com certeza, uma das revelações de 2012. Estamos honrados em tê-la conosco nesse trabalho”, afirma. Questionado se o Emo Rock pode estar ganhando espaço no mercado, Fred lembra que há lugar para todos, mas que a internet é que impulsionou este

estilo. “Acreditamos que o Emo Rock é um som importado dos EUA. O mundo maluco da internet e da TV fez com que a nova geração se afastasse da literatura, consequentemente as letras ficaram mais pobres. Porém, isso é um pensamento romântico da situação. A cena Emo está forte atualmente, mas não há ninguém fazendo nada de errado. Achamos que existe espaço para todo mundo no mercado musical”, conclui.

FRED RODRIGUES: “Existe espaço para todo mundo, mas foi a internet que impulsionou o estilo Emo”

Veja a agenda de shows: http://www.alternativaz.tnb.art.br


7

C O T I D I A N O

EDIÇÃO DO BRASIL 1º a 8 de abril de 2012

Editada por Mili Santos

mili.edicaodobrasil@globo.com

A ASSOCIAÇÃO das Caminhantes da Estrada Real (ACER) esteve em Hartford, Estados Unidos, para receber a premiação “Mulheres Distintas 2012”, pelo trabalho ecológico da entidade com o projeto “Árvore é Vida”. As caminhantes participaram do Fórum Social de Mulheres Imigrantes, realizado no III Meeting Brazilian Women in Power no Hilton Hartford, presidido pela mineira Ester Sanches-Naek, também conselheira titular do Conselho de Representantes Brasileiras no Exterior da presidência da República.

Fotos: Pedro Paulo Machado de Sousa

JEditorial

MULHERES MAIS QUE IMPORTANTES

MARIA ELVIRA e o casal anfitrião Rashid e Ester Naek

A

lberto Pinto Coelho, atual vice-governador, com o presidente da Assembleia, Dinis Pinheiro. Dizem que um deles poderá ser governador em 2014. Até lá, no entanto, muitas costuras políticas vão acontecer, obviamente.

INTERCÂMBIO MINAS & MARANHÃO A CADA ANO que passa, a Feijoada do Maranhão fica mais sofisticada. Com as datas das duas feijoadas já marcadas, a de Belo Horizonte, que acontece no Porcão, no dia 25 de agosto, e a de São Luis, que ocorre no Hotel Luzeiro, no dia 22 de setembro, as surpresas começam a aparecer. As mulheres vão adorar saber que as camisetas este ano vão ser assinadas por, nada mais nada menos, que o famoso estilista mineiro Victor Dzenk.

ALÉM DISSO, as atrações já estão programadas e preparadas para embalar o público. O Porcão irá receber o cantor PP Júnior (ídolo maranhense) além, da consagrada Bartucada, que fez o maior sucesso no ano passado. Já o Luzeiro estará à espera de duas grandes chefs mineiras, Nelsa Trombino, do Restaurante Xapuri, e dona Lucinha, do Restaurante Dona Lucinha, que levarão todo o sabor de Minas para os 400 anos da cidade de São Luís. Imperdível!

CIDADÃO PRESENTE NO ÚLTIMO dia 21 de março, o prestigiado Dr. Fernando Pereira Gomes Neto, médico da cidade de Lagoa Santa e do Pronto Socorro João XXIII, recebeu, em sessão solene no Palácio Francisco Bicalho, o Título de Cidadania Honorária de Belo Horizonte, por indicação do vereador Toninho Pinheiro.

APÓS receber o merecido título, pois o médico sempre se empenhou na ajuda ao próximo, tanto em BH quanto em Lagoa Santa, Dr. Fernando ofereceu um coquetel, ao som dos teclados de Antônio Balbino, para os amigos e familiares que estiveram presentes na solenidade.

DESTINOS EXISTEM certos mitos que precisam ser quebrados quanto ao turismo no Brasil. Uma vez alguém disse: “Viajar para Fernando de Noronha é tão caro quanto uma viagem a Paris”. Desde então existe um misticismo em torno do arquipélago, ou você adora a natureza e é fã de ecologia ou você arruma as malas e vai a Paris. COM A “popularização” turística no país e com os brasileiros viajando mais, esse mito foi quebrado. Fernando de Noronha está mais acessível, tanto para

AINDA MAIS GIGANTE A GIGANTE Rede Netimóveis acaba de credenciar mais uma associada, a Leal Netimóveis, localizada na região do bairro Palmares. Com a credenciada, a Rede passa a somar 67 associadas em Minas Gerais. De acordo com o diretor da imobi-

de 100 mil pessoas. Houve participação de vários estados brasileiros e também de importantes agências e empresas daqui.

liária, Jamerson Leal, a região é muito promissora e a valorização imobiliária chega a 70% se comparada a 2009, após a criação da Linha Verde e da Cidade Administrativa. A expectativa com a parceria é de 60% de aumento em volume de negócios.

INSPIRAÇÃO DESDE QUE a Apple passou a fazer parte do nosso dia-a-dia, começamos a endeusar um homem que foi persistente e que nunca desistiu de seus ideais. As frases profetizadas por Steve Jobs estão por todos os lados, coisas simples e óbvias, mas que nos incentivam no cotidiano. A editora Novo Século lança, em abril, a biografia de Steve Jobs,

como incentivo para jovens empreendedores. FOI DE UM discurso ministrado por Jobs para formandos da universidade de Stanford, que a escritora de sua biografia, Karin Blumenthal, teve a inspiração para o livro Steve Jobs – O homem que pensava diferente. Vale a pena conferir quem admirou e admira o trabalho do empresário.

INTERNACIONAL O GRUPO de Empresas Mineiras de Arquitetura e Urbanismo (Gemarq) está organizando a sua primeira missão empresarial internacional para junho próximo. O destino é Chicago, onde acontecerá entre os dias 11 e 13, o “NeoCon World’s Trade Fair 2012”, maior evento corporativo da América do Norte. NA FEIRA anual são apresentas as principais tendências de design, tecnologia e arquitetura. Lá o grupo que reúne renomados arquitetos mineiros

nativos quanto para estrangeiros. Por ano, as ilhas têm recebido mais de 60 mil visitantes e trabalhado com uma alta taxa de ocupação entre os meses de julho e fevereiro. ATUALMENTE, programando-se bem, consegue-se fazer essa viagem com menos de R$ 1 mil de custo e aproveitar a tranquilidade e a natureza em um dos lugares mais belos do mundo. Quem quiser conhecer é bom procurar seu agente de viagens e descobrir as melhores condições!

DO BRASIL PARA O MUNDO NESTE FINAL de semana, foi realizada em Lisboa a 10ª edição da Feira de Viagens – Mundo Abreu. O evento recebeu mais

OS DEPUTADOS Geraldo Thadeu, Liza Prado e Luzia Ferreira emolduram o casal Ester Sanches e Rashid Naek

O FÓRUM, com o tema “Dignidade Humana – um direito de todos e de todas”, reuniu mulheres de várias nacionalidades e muitas brasileiras residentes em vários países do mundo. De Belo Horizonte, participaram 16 caminhantes da Estrada Real, tendo a frente à ex-deputada Maria Elvira Salles Ferreira. Estiveram presentes também os deputados Luzia Ferreira, Liza Prado e Geraldo Tadeu. AS CAMINHANTES também foram “diplomadas” pelo governador de Connecticut e o prefeito de Hartford, além de serem recebidas pelo embaixador Luiz Felipe de Seixas Correa, no consulado brasileiro em Nova Iorque.

pretende buscar a abertura de negócios e pesquisar práticas corporativas que conduzam a melhores desempenhos. Além disso, a diretoria do Gemarq – presidida pelo arquiteto Emmerson Ferreira – planeja visitar vários escritórios de arquitetura da cidade. ATUALMENTE, o NeoCon é sinônimo de conceito e inovação e conta com cerca de 700 showrooms e expositores do mundo inteiro. Em 2011, mais de 40 mil pessoas participaram dessa feira. Esse encontro promete bons frutos para Minas.

DEPOIS de excelente show de stand up comedy em BH, Sérgio Malandro foi apreciar o delicioso Buteco do Maranhão. Na foto, ele e o fotógrafo e empresário Valdez Maranhão

SÔNIA GARZON em seu aniversário no restaurante Vitello’s, acompanhada dos amigos Marquinhos Souza Lima e Maria das Graças Souza Lima


V I D A

JEditorial

Andreza Cruz

M

uitas pessoas sonham em ter filhos. Porém, esse sonho pode se transformar em frustração quando é descoberto algum tipo de problema relacionado à fertilidade. De acordo com o médico da Associação de Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerais (Sogimig), João Pedro Junqueira Caetano, de 10% a 15% dos casais em geral apresentam alguma dificuldade para engravidar. Com base nestes dados, é possível estimar que de 30 a 50 mil casais passem por esse problema em Belo Horizonte. Caetano explica que entre as causas de infertilidade, 40% são femininas, 40% masculinas e 20% mistas, isto é, os dois contribuem com algum fator. Ele frisa o impacto que a idade tem na fertilidade da mulher. “Entre 30 a 34 anos, a incidência de infertilidade é de 10 a 15%. Dos 35 a 39 anos, esse número dobra. E dos 40 aos 44 anos as chances de infertilidade aumentam 400%. Depois dos 43 anos, engravidar se torna um evento raro, digno de comemoração”, complementa. Os tratamentos disponíveis variam de acordo com o caso de cada paciente. Indo de uma simples correção de algum distúrbio endócrino, como alteração na glândula tireóide, até tratamentos mais complexos, como a fertilização in vitro. “A fertilização deve ser utilizada para tratar ou abordar os casos mais severos de infertilidade, quando os tratamentos menos complexos não tiveram efeito ou não se

Chocolate pode ajudar no processo de emagrecimento

O De 30 A 50 MIL casais apresentam algum problema de fertilidade em BH

aplicam”, informa o médico. João Pedro explica que a principal diferença entre inseminação artificial e fertilização in vitro é que, na primeira opção, o encontro do óvulo e dos espermatozóides continua ocorrendo no mesmo lugar da concepção natural, ou seja, nas trompas. O processo ocorre todo dentro do organismo e é chamado de in vivo. Na fertilização in vitro, os óvulos e espermatozóides são retirados e levados para o laboratório, onde ocorre a fertilização. Quando esses procedimentos falham, o problema pode estar não no tratamento em si, mas em outros fatores como a qualidade do embrião. Manter o otimismo pode ser difícil, porém é necessário. Como explica a psicóloga coordenadora da equipe de apoio emocional do Centro Pró-Criar, Cássia Avelar, “não existe uma correlação cientificamente comprovada entre o fator emocional e o resultado do tratamento, porém é de

fundamental importância que o casal esteja bem para conseguir transitar pelo tratamento, com paciência, persistência e insistência, até chegar ao resultado desejado”. É importante reconhecer as diferenças pessoais, de sentimentos e de enfretamento do problema, pois cada pessoa vivencia este momento de uma forma. Cássia aconselha que, para lidar com a infertilidade, os casais devem buscar informações e esclarecimentos sobre todos os procedimentos disponíveis. “Acredito que os avanços tecnológicos na área da Medicina Reprodutiva precisam ser acompanhados por uma atuação humanística, que ofereça acolhimento aos pacientes que chegam a um centro de Medicina Reprodutiva para realizar um tratamento, buscando atenuar agentes geradores de estresse e possibilitar uma travessia mais tranquila e positiva em busca do objetivo final: a gravidez”, conclui Cássia.

consumo moderado – mas regular – de chocolate pode contribuir para o emagrecimento, indicam os resultados de um estudo recente da Universidade da Califórnia, em San Diego (EUA). Ele foi realizado em 1.081 pessoas de 20 a 85 anos (não portadoras de doenças cardiovasculares ou diabetes) e observou suas dietas, ingestão de calorias e Índice de Massa Corporal (IMC), que mede a obesidade. Segundo o estudo, apesar de o chocolate ser um alimento em geral bastante calórico, ele contém ingredientes que favorecem a perda de peso, em vez do acúmulo de gordura. Por isso, o alimento pode ajudar na redução do IMC. “O chocolate mostrou ter associações metabólicas favoráveis com a pressão sanguínea, sensibilidade à insulina (hormônio que promove a absorção de glicose pelas células) e nível de colesterol. Além disso, é rico em antioxidantes que podem contribuir para a sensibilidade à insulina e pressão sanguínea”, diz a pesquisa. O elo foi encontrado mesmo levando-se em conta outros fatores, como o exercício físico praticado pelos indivíduos estudados. Mas há uma ressalva: “Como o chocolate contém calorias, há preocupações quanto à sua ingestão”, prossegue o estudo. Aparentemente, o mais importante é a frequência com que o chocolate é consumido, e não a sua quantidade. Sendo assim, a hipótese é de que os benefícios do consumo moderado e frequente ajudam na redução da deposição de gordura, potencialmente contrabalanceando as calorias adicionadas.

PARA muita gente, o chocolate é uma tentação

Composição “A composição das calorias, e não apenas o número delas, importa para determinar seu impacto final no peso do indivíduo”, afirma Beatrice Golomb, pesquisadora da Universidade da Califórnia em San Diego. De acordo com os pesquisadores, há apenas uma chance em cem de que as descobertas apontadas no estudo sejam causadas pelo acaso. O trabalho da Universidade da Califórnia não é o primeiro a apontar benefícios na ingestão de chocolate, em geral considerado um vilão das dietas. O doce, em especial do tipo meio amargo, contém antioxidantes que podem ajudar a limpar radicais livres – químicos instáveis que podem danificar as células do corpo humano. Golomb e sua equipe acreditam, a partir de estudos feitos com roedores, que esses compostos antioxidantes também podem melhorar a massa muscular e reduzir o peso. Camundongos alimentados durante 15 dias com um antioxidante do tipo catequina melhoraram o desempenho em exercícios físicos e tiveram mudanças notáveis na composição muscular. Agora, dizem os especialistas, são necessários testes clínicos para verificar se isso se repete em seres humanos. Mas antes que você agarre sua barra de chocolate, lembre-se de que ainda há perguntas a serem respondidas. E, na ausência de evidências conclusivas, os especialistas sugerem cautela. Ainda que não haja mal em comer chocolate de vez em quando, o consumo excessivo traz problemas, já que o alimento costuma ser rico em gorduras e açúcar.

Montes Claros alerta para o diagnóstico precoce do câncer

C

om o objetivo de levar à população informações sobre como prevenir uma das doenças que mais mata no Brasil e no mundo, além da importância de um diagnóstico precoce, a Secretaria Municipal de Saúde de Montes Claros realizará, no próximo dia 13 de abril, o I Mutirão de Prevenção ao Câncer. A iniciativa acontecerá graças à parceria entre a Prefeitura de Montes Claros, o 55º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro, Santa Casa, Inter TV Grande Minas, Universidade Estadual de Montes Claros, laboratórios Santa Clara e Siper e Projeto Presente. Tendas serão montadas na Praça Doutor Carlos Versiani, no centro de Montes Claros, e a população terá acesso a informações sobre diversos tipos de câncer, como os que afetam a boca, as mamas, a próstata e a pele; além de alguns exames gratuitos como mamografia para mulheres acima dos 50 anos e o PSA (Antígeno Prostático Específico), que possibilita o diagnóstico do câncer de próstata, para os homens com idade superior a 60 anos.

Fábio Marçal/PMC

Atuação humanística é importante durante tratamento de fertilidade

1º a 8 de abril de 2012

JEditorial

8

EDIÇÃO DO BRASIL

TENDAS serão montadas na Praça Doutor Carlos Versiani

Números Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), anualmente, são registrados cerca de um milhão de novos casos de câncer de mama no mundo. Estimativas do Institu-

to Nacional do Câncer preveem que haverá, em 2012, 52.680 novos casos de câncer de mama no Brasil, sendo que a maior parte será diagnosticada na região Sudeste do país.

Tuberculose Em recente estudo realizado pelo Ministério da Saúde, Montes Claros obteve destaque no diagnóstico e no tratamento da tuberculose. No Índice de Desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (Idsus), que faz uma aferição contextualizada do desempenho da rede pública de saúde quanto ao acesso e à efetividade da atenção básica, das atenções ambulatorial e

hospitalar e das urgências e emergências, no item “proporção de cura de casos novos de tuberculose pulmonar bacilífira”, a maior cidade do Norte de Minas recebeu nota 8,47 (em 10 pontos possíveis). Para se ter uma ideia, cidades como Betim, Contagem, Ribeirão das Neves e Belo Horizonte tiveram notas inferiores à da capital do Norte de Minas.


C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL 1º a 8 de abril de 2012

9

BELO HORIZONTE

A

Federal decidiu, neste último mês, que novos trechos serão de responsabilidade do DER. “O processo de desapropriação do km zero do Anel, no bairro Olhos D´Água, até o Viaduto da Cristiano Machado será de responsabilidade do DER. O Dnit vai assumir o trecho da Cristiano Machado até a BR 381, por meio da Urbel”, afirmou. Ele disse ainda que a minuta do termo de compromisso entre o Dnit e a Urbel foi assinada em fevereiro de 2011 e desde então o processo está parado, dependendo da decisão do Governo Federal. “Acho que a assinatura do convênio só vai ocorrer quando começarem as obras de duplicação. O assentamento está vinculado a elas”, alertou. Neste sentido, foi aprovado requerimento do presidente da Comissão de Direitos Humanos, deputado Durval Ângelo (PT) e dos deputados Duarte Bechir (PSD) e Paulo Lamac (PT) pedindo à presidente Dilma Rousseff e ao Dnit de Brasília agilidade na assinatura. Dos mesmos deputados, também foi aprovado requerimento encaminhando cópia das notas taquigráficas da reunião para os órgãos envolvidos no processo de assentamento destas famílias.

Marcelo Metzker/Almg

transferência de parte das obras de duplicação do Anel Rodoviário (Região Metropolitana de Belo Horizonte) para o Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG) foi anunciada no dia 28, na Comissão de Direitos Humanos da Assembleia de Minas, durante reunião para discutir o processo de desapropriação das famílias que vivem às margens do Anel. A informação, dada pelo representante do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Edson Aires dos Anjos, surpreendeu as autoridades presentes no encontro e aumentou a insatisfação dos moradores do Anel, que reclamaram também das promessas não cumpridas, do atraso na resolução do caso, da indefinição de prazos e das ameaças de invasão de suas casas. Atualmente, a condução das obras de duplicação, com o consequente processo de desapropriação e assentamento das famílias que vivem às margens do Anel Rodoviário, estava a cargo do Dnit e da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), por meio da Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel). Segundo Edson, o Governo

Assentamento O gerente da divisão de Empreendimento Habitacional da Urbel, Aluísio Rocha Moreira, confirmou que está aguardando a assinatura de um termo de compromisso entre os dois órgãos, com a consequente liberação de recursos, para iniciar o processo. Essa informação também foi dada pelo representante da PBH, procurador James Henrique Souza Peixoto. “A Prefeitura de Belo Horizonte terá um papel importante, conduzindo o assentamento, mas depende da assinatura do convênio”, disse. Segundo o representante da Urbel, a transferência desses moradores será adequada, com a participação das famílias, de acordo com o que está previsto no Programa de Habitação Social da Prefeitura, e que o início do trabalho depende do repasse dos recursos. Já o chefe de gabinete do DER, César Pomárico, disse que a entrada do DER neste processo ainda está em fase de negociação e que nenhum convênio foi assinado para iniciar as desapropriações. “Não temos competência legal sobre este assunto. Temos apenas um convênio que diz respeito ao projeto de engenharia”, ressaltou César Romárico. De acordo com o superintendente de Patrimônio da

União (SPU) do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Rogério Veiga Aranha, equipes técnicas da SPU e da Caixa Econômica Federal estão vistoriando duas áreas na cidade que podem garantir o assentamento das famílias. Após esta vistoria, ele disse que será feito um levantamento topográfico e a posterior regularização das áreas. A gerente do Departamento de Urbanização de Assentamentos Precários, Alessandra Vieira, representando a Secretaria Nacional de Habitação, disse que os assentamentos farão parte do programa do governo federal Minha Casa, Minha Vida. “Nós estamos aguardando a formalização deste termo de compromisso do Dnit com a Urbel para realizar o plano”, afirmou. Durval Ângelo sugeriu flexibilidade no modelo de assentamento, com opções de compra do imóvel no interior do Estado, para os que quiserem. O deputado Paulo Lamac reclamou da demora na assinatura do convênio. Já o deputado Duarte Bechir acredita que a reunião vai conduzir a um encaminhamento no sentido de que a população atingida tenha garantia de um local digno para morar.

“Não temos competência legal sobre este assunto”

O DEBATE com os moradores aconteceu na Assembleia

IPI deverá ter impacto de R$ 31 milhões nos municípios O Governo Federal anunciou a prorrogação da desoneração do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) até 30 de junho. A Associação Mineira de Municípios (AMM) estima que, nos próximos meses, o impacto negativo da medida na composição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) deve ultrapassar os R$ 16,3 milhões. Na cota parte do IPI Exportação, os municípios deverão perder R$ 1,8 milhões, totalizando 18,1 milhões. A redução das alíquotas do IPI incidentes sobre itens da chamada linha branca (refrigeradores, congeladores, máquinas de lavar e secar de uso doméstico e fogões de cozinha) que entrou em vigor no dia primeiro de dezembro e terminaria no dia 31 de março. Segundo a Receita Federal durante os quatro primeiros meses, a renúncia fiscal relativa a esses produtos foi de R$ 361 milhões. Com a prorrogação da redução do IPI, o governo estima deixar de arrecadar R$ 489 milhões. Destes, R$ 271 milhões para Linha branca, estendendo também para móveis e laminados PET o que implicará numa renúncia de R$ 198 milhões. Para papel de parede, luminárias e lustres, o governo deixará de arrecadar R$ 20 milhões. Pelos cálculos da AMM, nos quatros primeiros meses da renúncia fiscal, o impacto no FPM dos municípios mineiros foi de R$ 12 milhões, além de R$ 1,4 milhão da cota parte do IPI Exportação, totalizando R$ 13,4 milhões. Com o novo prazo, estima-se que o impacto total nos repasses do FPM e IPI aos mineiros chegará a R$ 31,5 milhões.

AMM

Comissão pede agilidade na duplicação do Anel Rodoviário

ÂNGELO Roncalli: “Mais uma vez os municípios estão pagando a conta da União”

“A União não considerou o impacto dessa decisão nos locais que já têm uma enorme dificuldade em arrecadar recursos. Estamos deixando de coletar uma quantia significativa para os cofres das cidades mineiras. Mais uma vez os municípios estão pagando a conta da União”, disse o presidente da AMM, Ângelo Roncalli. A medida só vale para produtos com selo “A” de eficiência energética do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). A preocupação da AMM está no fato de o FPM ser composto pela repartição de 23,5% das receitas do Imposto de Renda (IR) e do IPI. No caso do IPI, ele corresponde a 15,9% do total do FPM e o IR corresponde com 84,1% do total. “Existe uma preocupação do orçamento por parte dos municípios, uma vez que já foi aprovado no exercício de 2011 e o reflexo dessas medidas compromete o planejamento desse ano”, completa o presidente da AMM.

Chapa registrada para as eleições do Automóvel Clube

NOVA LIMA

Diretoria para o biênio de 2012 – 2014

Inaugurado Centro Municipal de Promoção da Empregabilidade

Diretoria Presidente: Saulo Levindo Coelho (ex-diretor da Aço Minas, ex-presidente da Telemig, ex-deputado Federal por quatro mandatos, provedor da Santa Casa de Belo Horizonte) 1º vice-presidente: Sacha Calmon Navarro Coelho (Professor da UFMG, advogado tributarista, ex-juiz federal e empresário) 2º vice-presidente: Laércio Nogueira Branco (procurador do Estado de Minas Gerais aposentado e empresário ) 1º secretário: Fernando Luiz Soares Rodri-

gues (Jornalista e advogado) 2º secretário: Dolor Santos (empresário) 1º tesoureiro: Getulio Barbosa de Queiroz (Advogado e empresário) 2º tesoureiro: Carlos Renato Ladeira Martins (empresário) Diretor de patrimônio: Sebastião Braga (ex-diretor do Cred Real, Bemge e advogado) Diretor de eventos sociais: Wandyr de Assis (procurador do Ministério Público aposentado e

empresário) Diretor de Eventos Culturais: Amilcar Vianna Martins Filho (empresário e ex-vereador de Belo Horizonte) Diretora de Obras: Lígia Bonow Lemieszek (engenheira civil, viúva do ex-presidente do ACMG e ex-reitor da UFMG, Celso Pinheiro) Diretor de Projetos Estratégicos: Luiz Magno Dias (advogado civilista e empresário) Diretor de Informática: Ricardo Gomes Ribeiro Castro (empresário e engenheiro)

Conselho Fiscal •

Delcir Antonio da Costa (médico-psiquiatra e professor )

• Gilberto Maia (clínico-geral) • Margil Mourão Gil Nunes (economista e ex-auditor

da Receita Federal, membro do Conselho Nacional do Contribuinte)

• Alberto Luiz Santoro Pinheiro de Lima (empresário) • Gilberto Oswaldo de Andrade (Engenheiro Civil) • Comissão de Informações • Abrahão Leite Uchoa (médico) • Aloísio Antônio Andrade de Freitas (médico

psiquiatra)

• Maurício José Flores Louwerens (empresário) • Sérgio Nogueira Drumond Júnior (médico orto-

pedista)

• Seleme Isac Seleme (ex-diretor do Bradesco e empresário)

Conselho Deliberativo • Aristóteles D.A.Atheniense (advogado e ex-presidente OAB-MG e do Conselho Nacional da OAB)

• Geraldo Luiz de Moura Tavares (advogado tributarista) • Geraldo Augusto de Almeida (desembargador do

• Alberto de Lima Vieira (empresário, advogado,

TJMG)

• Arnaldo Antonio Elian (médico cardiologista) • Brutus Campos Cortez (empresário) • Carlos Alberto Teixeira de Oliveira (economista,

• José Afonso Bicalho Beltrão da Silva (secretário

professor da Faculdade Milton Campos)

• Hilton da Cunha Peixoto (empresário e administrador) • João Maurício Villano Ferraz (titular do Cartório Ferraz)

ex-presidente do BDMG e presidente da revista Mercado Comum)

municipal de Finanças da prefeitura, economista e professor da UFMG)

• Carlos do Carmo Andrade Melles (ex-ministro

• José Arthur de Carvalho Pereira Filho (advogado

• Carlos Alberto Bottrel Coutinho (Administrador de empresa)

do governo FHC, deputado Federal, secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas)

• Cláudio Renato Santos Costa (presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais)

• Elídio Lana Neto (engenheiro e consultor da Se-

cretaria da Fazenda)

• Elson Barros Gomes Júnior (cônsul adido da Índia

em Minas Gerais)

• Fernando Viana Cabral (presidente do Instituto

Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais)

• Francisco José Lopes de Albuquerque (Desembargador aposentado)

• José Alonso Dias (empresário e presidente da Liderança Veículos (Concessionária da Honda Fit)

e empresário)

• José Lúcio Costa (presidente do Grupo Suggar) • José Anchieta da Silva (empresário e advogado

tributarista)

• Maurício Camargos (empresário) • Maurílio Brasil (Juiz do Tribunal

Trabalho)

Regional do

• Orlando Vaz Filho (presidente da Academia Mineira de Letras e professor da Faculdade de Paris], advogado e empresário)

• Roberta Espinha Corrêa (advogada e empresária) • Ronaldo Nogueira Drummond (Engenheiro Civil) • Ronaldo Alves Horta (Empresário) • Robson Gonçalves Valadares (procurador da Receita Federal)

• Sebastião Nelson Edy Guerra (médico cirurgião

plástico)

Sérgio Santos Sette Câmara (conselheiro da OAB-MG)

• Lauro Pacheco de Medeiros Filho (desembargador

• Sérgio Rodrigues Leonardo (advogado criminalista e empresário)

Vicente Tarcísio Gonzaga Amorim (advogado, ex-diretor do Bemge Seguros)

aposentado)

Lauro José Bracarense (desembargador aposentado)

• Luiz Carlos Motta Costa (diretor-presidente do

Jornal Diário do Comércio)

Luiz Cláudio da Silva Chaves (advogado e presidente da OAB-MG e professor da Faculdade Milton Campos)

• Wander Paulo Marotta Moreira (desembargador do Tribunal de Justiça de MG)

• Wanderley Salgado de Paiva (desembargador do Tribunal de Justiça de Minas Gerais) • Zélia Savala Resende Brandão (aposentada)

RECARGA DE TONERS E TINTAS MANUTENÇÃO DE IMPRESSORAS CARTUCHOS COMPATÍVEIS E CARTUCHOS ORIGINAIS LOCAÇÃO DE IMPRESSORAS

U

m verdadeiro sucesso que transforma a vida de alunos, pais e toda comunidade nova-limense. O Centro Municipal de Promoção da Empregabilidade (Cempre) é um verdadeiro presente para a cidade ao levar a oportunidade de estudar inglês e espanhol gratuitamente aos moradores. E o melhor: tudo isso perto de casa, com professores qualificados e parceria com as melhores instituições de ensino de línguas de Nova Lima, como CCAA, Carmem Idiomas e Number One. A prefeitura inaugurou, na semana passada, a sexta unidade do Cempre, desta vez, no Bairro Rosário. Com cerca de 250 alunos divididos entre os dois cursos. Os estudantes, contam com turmas reduzidas e professores qualificados, receberam todo material didático gratuito. O Cempre é um programa inédito no país e já atendeu quase 8 mil alunos. Nele, os nova-limenses têm, perto de casa, a oportunidade de estudar idiomas gratuitamente e com a qualidade que as grandes instituições particulares oferecem. Como resultado, diversos alunos de regiões carentes de Nova Lima conseguiram boas vagas mercado de trabalho, bolsas de estudo no exterior e aprovação no vestibular.


11

C I D A D E S

EDIÇÃO DO BRASIL 1º a 8 de abril de 2012

MONTES CLAROS

PAU LO C E SA R P E D R O SA

APAS entrega certificados de qualificação profissional André Senna/PMC

E

A PRIMEIRA-DAMA de MOC, Stela Gleide Martins Leite, fez a entrega dos certificados dade, a presidente da APAS falou da importância da qualificação profissional nos dias de hoje. “Quem se qualifica, tem emprego garantido”, destacou. Alessandra Costa, que recebeu seu certificado, ficou muito feliz com a conclusão do curso: “Agora já tenho um certificado que me abrirá portas para o mercado de trabalho”, frisou. O público alvo desse projeto foram pessoas moradoras de bairros periféricos e menos favorecidos do município de Montes Claros.

MERCADO ILEGAL O combate ao mercado ilegal é um dos principais desafios do país e tem merecido atenção especial das autoridades. Os resultados vêm mostrando avanços significativos, com aumento da apreensão de produtos contrabandeados e pirateados. Entre 2004 e 2010, o valor total das mercadorias confiscadas saltou de R$ 452 milhões para R$ 1,27 bilhão. O volume de cigarros ilícitos apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal nesse mesmo período, por exemplo, passou de 3,42 milhões de pacotes para 4,52 milhões. No topo desse mercado, figuram artigos como CDs, DVDs e cigarros. Os dados da Receita Federal alimentam o Relatório Brasil Original, que centraliza os principais resultados das políticas dessa área no país.

paulocesarpedrosa@yahoo.com.br

Advogado & Jornalista RP: 098523 / 296

CINCO ESTRELAS Levantamento do site Hoteis. com, que atua no mercado de reservas de hospedagem, indica que no último ano, em comparação a 2010, a cidade do Rio foi o destino com preço mais alto do mundo em hotéis cinco estrelas, com uma tarifa média de R$ 1.178 por noite. Nova York foi a segunda no ranking. A cidade americana tem uma diária média de R$ 970 em hotéis de alto padrão. A pesquisa avaliou os preços de 142 mil propriedades instaladas em 19.800 cidades, localizadas em mais de 60 países. Divulgação

m clima de alegria e descontração, foram entregues, pela primeira-dama de Montes Claros e presidente da Associação de Promoção e Ação Social (APAS), Stela Gleide Martins Leite, os certificados de qualificação profissional da Caravana da Aprendizagem. Cerca de 200 jovens e adolescentes participaram da entrega. O evento aconteceu no último dia 23, no Bairro Chiquinho Guimarães, e contou com a participação de autoridades municipais, vereadores e do deputado estadual Tadeu Martins Leite. A Caravana da Aprendizagem é um projeto desenvolvido com o objetivo de qualificar e profissionalizar jovens e adolescentes com idade entre 12 e 18 anos em diversos cursos profissionalizantes, como serviço e recreação para festas e eventos, arte culinária, gastronomia para barraquinhas e carrinhos de alimentos, confecção de lembrancinhas e brindes artesanais, pintura em painel e letreiros, customização de roupas e objetos de decoração. O projeto aconteceu graças à APAS e seus parceiros em potencial, como Petrobras e prefeitura, além da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Durante a soleni-

QUEM SABE, SABE

SANTA LUZIA

Prefeitura e Sebrae/MG iniciam capacitação de empreendedores Prefeitura de Santa Luzia

Capacitação e mudança de postura do pequeno empresário, contribuindo para o crescimento das empresas formais. Geração de emprego e renda para o município e, por consequência, a ampliação da arrecadação. O desafio proposto pelo Sebrae/MG, em parceria com a Prefeitura de Santa Luzia, deu mais um passo na semana passada, pois mais de 40 empreendedores começaram o treinamento em Empreendedorismo do “Programa de Desenvolvimento Empresarial e Formação de lideranças Locais” do Sebrae/MG. De acordo com a responsável técnica do Sebrae/ MG, Carmen de Almeida Naves, o primeiro passo para a implantação do programa foi o mapeamento das lideranças e redes institucionais, ou seja, do capital humano da cidade, para fomentar ideias e articular estratégias de desenvolvimento local. “Com o apoio da prefeitura, conversamos com os principais atores no processo. Hoje damos mais um passo para a formação

Valdez Maranhão, o presidente da Belotur, Fernando Rios, e Macoud Patrocínio

MAIS DE 40 empreendedores já começaram o treinamento do empresário da região”, afirma a técnica. Segundo Carmen, os cursos e ações que serão executadas daqui por diante devem estimular e orientar o empresário para gerir melhor a sua empresa e evitar a “morte” do empreendimento em menos de três anos. “Os cursos estão programados até junho deste ano, e o empresário terá a oportunidade de se instruir em palestras de motivação, empreendedorismo, organização das finanças, viabilidade do negócio, ges-

tão, RH e marketing para a melhor tomada de decisão”, conclui. Durante o evento, a secretária de Desenvolvimento Social e primeira-dama, Jane Dorneles, disse que o microempreendedor é muito importante para o desenvolvimento da cidade. “A Prefeitura de Santa Luzia e o Sebrae/MG são parceiros dos empreendedores na expansão do emprego e da permanência da renda para aumentar a economia da cidade. Contem conosco”, concluiu. Contato 3649-7924.

Conheça os melhores restaurantes das seguintes cidades: SANTA LUZIA: Rest. e Lanchonete Colher de Chá Espaguete na Chapa Bar Ltda MONTES CLAROS: Churrascaria Chimarrão Churrascaria e Pizzaria Papaula Bar do Toco Churrascaria Restaurante Sabor e Saúde Chicos Pizzaria e Churrascaria Uai Tchê Cervejaria Lumas Churrascaria Armandos Restaurante Restaurante Favorito Bar e Restaurante Quintal

Restaurante PauTerra CORONEL FABRICIANO Restaurante Angra Restaurante Cantina da Nona Restaurante Amigão Pizzaria do Jayme JUIZ DE FORA: Restaurante Bacco Restaurante Brazão Restaurante Belas Artes Restauante Bertu’s

IPATINGA Restaurante Tempero Mineiro Restaurante Sabor e Aroma Restaurante Bom Apetite Restaurante D’Lucas Restaurante Vovó Efigênia Restaurante Popular

VESPASIANO Restaurante Vespagril Restaurante Taberna Restaurante Vovó Marguerita Restaurante Tropic Restaurante B&N

SABARÁ Restaurante e Pizzaria 314 - Sabarabuçu Barroco Cekisabe

BETIM Restaurante e Pizzaria Hudson Churrascaria Carro de Boi Cantina da Vovó Ana

CANAL ABERTO OAB Minas 80 anos. O grande Teatro do Palácio das Artes foi palco da cerimônia festiva de comemoração dos 80 anos de fundação da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção de Minas Gerais. O evento aconteceu em março com a presença de várias autoridades. Entre elas, o presidente do Conselho Federal da Ordem, Ophir Cavalcante, e o presidente da Seccional, Luiz Cláudio Chaves, além de toda a diretoria da OAB de Minas. A solenidade marcou também o encerramento da Conferencia Internacional de Advogadas e Mulheres de Carreira Jurídica, realizada no dia anterior. Na data foi feita a entrega da “Medalha Professor Raymundo Cândido”, criada em dezembro de 2010 e destinada a homenagear pessoas ou instituições que se destacaram em suas atividades no mundo da Justiça e do Direito. Entre os agraciados estavam o presidente e o ex-presidente do TJMG, desembargadores Cláudio Costa e Sérgio Resende, o vice-presidente desembargador Joaquim Herculano, além de outras dezenas de autoridades.

considerar a nudez sem conotação sexual, registrada, por exemplo, em documentário ou filmes sobre tribos indígenas, livre para todas as idades.

Onde há fumaça, há fogo. O departamento jurídico da fabricante de cigarros Souza Cruz estuda uma ação judicial contra a resolução da Agência Nacional de Vigilância (Anvisa) que proibiu o uso de aditivos nos cigarros. A empresa irá à Justiça pela primeira vez contra uma medida de restrição à produção de cigarros.

Ministro vai ter que se explicar. A Comissão de Ética Pública da Presidência resolveu dar continuidade ao processo contra o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, e deu prazo de dez dias para ele apresentar esclarecimentos sobre as consultorias que lhe renderam R$ 2 milhões, antes de integrar o governo Dilma Rousseff. A decisão foi apertada, os conselheiros Américo Lacombe, Roberto Caldas e Padre José Ernanne Pinheiro votaram pelo arquivamento. O relator Flávio Coutinho, Marília Muricy e o presidente da comissão, Sepúlveda Pertence, votaram pela continuidade do processo.

Dinheiro público. O Ministério da Cultura aprovou a capacitação de R$ 884.175,62 para um site sobre música chamado Farofafá, coordenado por Pedro Alexandre Sanches. Gênio do humor. Com a morte do humorista Chico Anysio, nosso amado mestre, o Brasil perdeu o maior gênio do humor da sua história. Comediante brilhante, observador aguçado do comportamento humano, o cearense Chico Anysio disse, em sua última entrevista: “Sou muito franciscano e, agora, acredito muito em São Jorge, que me ajudou nessa empreitada. Mas não sou católico, não sou ateu. Tem horas em que não acredito em Deus. Quando vejo a Etiópia, não acredito. Acredito na força enorme dos que rezam por mim. O povão para o qual trabalho. Essa foi a grande força que eu tive”. Pau que dá em Chico dá em Francisco. O governo espanhol considera “injusto” o tratamento que está recebendo do Brasil, segundo o jornal catalão La Vanguardia. O diário, de tiragem nacional, afirma que, desde o dia 2 de março, seis espanhóis que desembarcaram em Guarulhos foram impedidos de entrar no país. Desta maneira, o Brasil estaria demonstrando que decidiu, de surpresa, antecipar, de acordo com o meio de comunicação espanhol, a adoção do princípio de reciprocidade, que começaria a ser posto em prática no dia 2 de abril. Acabou a censura. O Ministério da Justiça elaborou uma detalhada cartilha com a atualização indicativa ilustrando o que crianças e adolescentes podem ou não assistir nas TVs e nos cinemas. Em alguns casos, houve uma flexibilização, como

O sexo na cartilha. *Livre: nudez de qualquer natureza, desde que exposta sem apelo sexual, mas com contexto cultural. *Para maiores de 10 anos: diálogos e imagens não estimulantes sobre sexo e no contexto educativo, como aula sobre o sistema reprodutor. *Para maiores de 12 anos: nudez velada, sem nus frontais, seios e nádegas. Insinuação sexual e carícias sexuais. Masturbação, mesmo cena não explicita. *Para maiores de 14 anos: cena em que são exibidos seios, nádegas e/ou órgãos genitais. Erotização, como imagem de mulher de biquíni para seduzir alguém, strip-tease, danças eróticas e prostituição. *Para maiores de 16 anos: relação sexual intensa, como a cena de um casal transando, sem visualizar a penetração. *Para maiores de 18 anos: sexo explícito. Masturbação. Situações de forte impacto, com incesto, sexo grupal, fetiches, sadomasoquismo.

Congresso Ciências do Desporto e Educação Física. A Comissão Organizadora do XIV Congresso Ciências do Desporto e Educação Física convida para abertura do congresso, que será realizada no dia 02 de abril, às 19 horas, no Minascentro. O congresso foi idealizado para integrar as mais expressivas ideias de cada país, atendendo a exposição de boas práticas e a reunião de profissionais responsáveis pela construção do fenômeno desportivo e da Educação Física. 35 anos da Fundação Dom Cabral. O presidente executivo da Fundação Dom Cabral, Emerson de Almeida, empossou suas novas diretorias, Estatutária e Executiva, no dia 27 de março, durante almoço do conselho curador, com apresentação da trajetória dos 35 anos da Fundação Dom Cabral. A solenidade contou com a presença do governador de Minas, Antonio Anastasia, e do presidente do Conselho Curador Cardeal Dom Serafim Fernandes de Araújo. Operadores de turismo. Foi realizado no Imperador Recepções, no dia 28 de março, promovido pela Associação Federativa de Executivas de Empresas de Turismo de Minas (AFEET/ MG), o XXIII Salão Profissional dos Operadores de Turismo. O evento contou com a presença de diretores, gerentes e equipes de vendas das agências de viagens.

Pratique educação respeitando os deficientes físicos e os idosos. “Se você diverge de mim, não é meu inimigo, você me completa”.

Dom Helder Câmara

“A imagem que gostaria que ficasse de mim é a imagem de um irmão”.

Exploração sexual não é turismo. É crime. Disque 100 e denuncie. PROTEJA NOSSAS CRIANÇAS. EM CASO DE VIOLÊNCIA, DENUNCIE. TELEFONE: 0800-311119 Cartas, críticas, convites e sugestões enviar para a redação do Edição do Brasil. Av. Francisco Sá, 360, CEP: 30.411-145, BH, MG.


12

E S P O R T E

EDIÇÃO DO BRASIL 1º a 8 de abril de 2012

Campeonato Brasileiro pode ter árbitros auxiliares atrás do gol CBF

O

Campeonato Brasileiro de 2012, que começa no dia 20 de maio, deve ter pela primeira vez a presença de dois árbitros auxiliares posicionados atrás do gol, como já ocorre em fase experimental em outros torneios ao redor do mundo. A implementação da equipe, formada por um árbitro e quatro assistentes no Brasileiro, ainda depende de aprovação da Fifa. O pedido oficial para adicionar os dois assistentes já nesta temporada foi feito em Zurique, pelo presidente da CBF, José Maria Marin, que teve audiência privada com o presidente da entidade máxima do futebol, Joseph Blatter, na semana anterior. Confiante na rápida aprovação do pedido, a Confederação Brasileira já determinou inclusive a compra dos equipamentos de comunicação para os quintetos de arbitragem. A CBF está preocupada com a situação da arbitragem no Brasil e pretende tomar outras medidas para evitar polêmicas em relação às decisões tomadas no gramado. “O setor tem sido a nossa prioridade no momento”, disse Marin. A entidade também vai

Os três primeiros meses dos times da Capital

*Emanuel Carneiro

O

JOSÉ Maria Marin pretende acabar com a polêmica criar nas próximas semanas uma ouvidoria e uma corregedoria para acompanhar a atuação dos árbitros durante o campeonato. Os órgãos serão preenchidos por ex-profissionais do setor que serão escolhidos pelo presidente da CBF. Com a inclusão de árbitros atrás das metas, a CBF também pretende evitar polêmicas em relação à marcação de pênaltis e agressões dentro da área, que geralmente passam despercebidas pelo árbitro.

da linha de fundo depois da Copa e de toda a repercussão negativa de um lance do jogo entre Inglaterra e Alemanha. A bola chutada por Lampard bateu no travessão, dentro do gol (a pelo menos meio metro da linha), mas nem o árbitro, nem o bandeirinha perceberam. A utilização dos dois novos auxiliares foi bastante elogiada nas ligas da Europa e agora é adotada pelas principais federações do país. É bem provável que seja estendida ao Brasileirão.

Campeonatos Paulista e Carioca Quem assistiu a alguns jogos dos Campeonatos Paulista e Carioca pode perceber que as duas competições adotaram o auxiliar atrás da linha de fundo, repetindo a experiência que a Europa vem fazendo desde que a Fifa autorizou a mudança. A entidade apressou a utilização dos auxiliares atrás

JEditorial

Vem aí o 4º Encontro Nacional do Sindloc/MG Da Redação do Sindloc-MG

Já é tradição. De dois em dois anos, o setor de locação de automóveis do Brasil faz uma pausa de quatro dias, no Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá, para discutir seu passado, refletir o presente e planejar o futuro. Em 2012, esses dias serão de 23 a 26 de agosto. “O trabalho de organização está funcionando a todo vapor. Várias empresas sinalizaram interesse em patrocinar, inúmeros profissionais do segmento entraram em contato para se inscreverem e claro, diversos palestrantes estão sendo sondados para suas apresentações”, resume a gerente executiva do Sindloc-MG, Rejane Ribeiro. Nem tudo pode ser divulgado. Por hora, o sindicato garante várias novidades e aperfeiçoamentos em relação aos anos anteriores. “Manteremos nosso lema de unir relacionamento, capacitação e entretenimento. Porém, ampliaremos todos esses pilares. Por exemplo, teremos uma feira de exposição maior, com mais atrativos”, revela o presidente do Sindloc-MG, Leonardo Soares.

Termas de Araxá

coquetéis de abertura e encerramento e do almoço na piscina, a organização do 4º Grande Encontro Nacional do Sindloc-MG promete outros importantes atrativos. “Já podemos divulgar que teremos sorteios de passagens aéreas para turismo internacional e carro zero quilômetro”, conta Rejane. Já pensou sair de Araxá com um veículo novo para sua frota?.

Histórico

“Queremos ampliá-la quantitativa e qualitativamente. Isso será um desafio, já que o número de estandes foi, em 2010, o triplo do que foi no primeiro encontro, em 2006. Sabemos do potencial deste evento, logo a Feira pode ser ainda maior”, esclarece o diretor de eventos Antônio Mansueto. Porém, toda a programação só se completa de fato com a presença dos associados. “É para ele e por ele que o Sindloc-MG trabalha. Então, tudo isso, melhorias, programação, a união entre

entretenimento, capacitação e relacionamento, só faz sentido se o associado estiver presente”, reafirma Rejane. Então não perca tempo. As inscrições serão abertas em breve. Quem quiser saber detalhes do processo de cadastro poderá entrar em contato com o Sindloc-MG no telefone (31) 3337-7660 ou pelo email: sindlocmg@ sindlocmg.com.br.

Sorteios Além dos tradicionais

Atualmente, o maior evento de locação de automóveis do Brasil, o Grande Encontro Nacional do Sindloc-MG, é considerado um excelente local para visibilidade das empresas, relacionamento e bons negócios. Ele nasceu em 2006, em Araxá, e atraiu mais de 250 participantes, entre empresários, representantes dos principais fornecedores do segmento e fabricantes de automóveis das maiores marcas brasileiras. Em 2008, o evento aconteceu em Tiradentes, também Minas Gerais, e o número chegou aos 350. Na última edição, em 2010, de volta a Araxá, o encontro recebeu mais de 400 pessoas.

tempo passa rápido. A volta dos jogadores após as férias, os exames médicos, a pré-temporada, os primeiros jogos e a avaliação dos novos contratados. Time - já disse um dos teóricos do futebol - não é receita de bolo. É obrigatório o olho clínico. É preciso paciência até que as peças se encaixem. Para isso serve o Campeonato Regional e depois de oito rodadas é hora de pensar o que de bom e ruim aconteceu nos primeiros três meses. Agora os jogos passam a ter caráter mais decisivo, exigindo mais empenho dos jogadores, preparo físico e talento. E são inevitáveis as perguntas sobre os times. O que ainda não dá para concluir é se temos elencos para o Campeonato Brasileiro, que começa no dia 20 de maio. Antes, entra o mata-mata da Copa do Brasil, quando os adversários se tornam mais fortes. Com sinceridade, é preciso esperar um pouco mais. Os 100% de aproveitamento do Atlético podem estar escondendo dificuldades. Cuca tem feito o possível para dar qualidade ao meio-campo, que mostrou progressos na marcação, mas fica devendo um talento na animação de jogadas. O Galo precisa de reforços pra ontem. O Cruzeiro sobe de produção na hora certa e a briga por posições no ataque, ainda vai durar um pouco até que os titulares se definam e os laterais ganhem confiança. Mancini considera o time de 2012, melhor do que o do ano passado. Concordo com ele. O América se prepara para a Segunda Divisão e sonha com o título mineiro. Na série B, há adversários fortes como o Vitória, Atlético Paranaense, Ceará, Goiás, além dos paulistas. A volta do Independência ajuda muito. Vem muita emoção por aí.

Villa Nova, vida nova... Fui a Nova Lima ver o jogo do centenário Atlético e Villa Nova. Cheguei cedo, dei uma volta geral e parei na sala de troféus do clube, onde estava o Arizona, de 82 anos, um dos três campeões de 51 vivos (os outros são Escurinho e Vaduca). A sala modesta, com umidade, relíquias do Leão do Bonfim espalhadas pelo chão, quebradas, cheias de poeira. Fotos antigas sem tratamento, entulhadas num desmazelo total. Andei mais um pouco. Vestiários inadequados, goteiras (havia chovido antes), tudo dando a impressão de abandono e maus tratos. A cada momento encontrava um vilanovense antigo, pessoas amigas, renovando o carinho que a população tem para com a Itatiaia. Daí a pouco fui para as cabines, aonde para se chegar há uma dificuldade incrível. A mídia esportiva mineira estava toda lá representada pelos seus veículos mais importantes. Do lado de fora os inúmeros caminhões de externa. Durante toda a semana o clássico foi assunto, provocando lembranças antigas. Estou fazendo este relato como vice-presidente do Conselho Deliberativo do Villa e, por tantos anos de convívio, sinto que chegou a hora do Leão pensar em vida nova. O estádio não lhe pertence, é da prefeitura, e a ela cabe cuidar do seu funcionamento em condições mínimas. Há muito se fala em desapropriação de casas numa rua lateral e conseguir upgrade do estádio. O Villa já não faz resultados no seu campo, o que era a única justificativa para mandar seus jogos para lá. O time joga melhor fora de casa. Com todo carinho e com muita sinceridade estou deixando meu desabafo na certeza de que o Castor Cifuentes ficou pequeno para o Villa e para a cidade. Alguma coisa precisa ser feita. O Pedrinho Lourenço, o Jairo Gomes e o prefeito Carlinhos Rodrigues não vão salvar o clube sozinhos. Em nome de uma história gloriosa de 104 anos estou sugerindo o SOS Villa. A cidade precisa abraçar esta ideia.

jornal Edição do Brasil  

de 1º a 8 de abril de 2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you