Page 1


2

Trabalhadores(as) rurais de Nazaré da Mata se inscrevem para o Programa Chapéu de Palha 2015 A edição 2015 do programa Chapéu de Palha da Zona Canavieira já inscreveu os(as) trabalhadores(as) do corte da cana–de–açúcar de 28 municípios pernambucanos. O lançamento dessa nova edição reuniu, em Nazaré da Mata, o deputado estadual Aluísio Lessa, o se-

cretário de Planejamento e Gestão de Pernambuco, Danilo Cabral, o presidente do sindicato dos trabalhadores rurais de Nazaré da Mata, José Pereira, e a suplente do senado, Eliane Rodrigues. Em entrevista à Rádio Comunitária Alternativa FM/Amunam, o secretário Danilo Cabral

ressaltou a importância do Chapéu de Palha 2015, iniciada pelo ex-governador de Pernambuco, Miguel Arraes e reafirmado no governo de Eduardo Campos, falecido em 2014.

Sabe quando a gente percebe que o espaço (do Jornal Mulher Cidadã) é pequeno, para expressar as alegrias e as vitórias alcançadas? Pois é com esse sentimento que escrevemos esta edição: com o coração cheio de alegrias e com muitas histórias bonitas para contar. Histórias de explosões de alegria, como foram as vivenciadas no carnaval desde ano; histórias de vitórias, como o diálogo intersetorial que tem levado à

E DI TO RIA L

conquista conjunta da Amunam com seus parceiros. Histórias que são feitas de muitas histórias. E, para nossa alegria, muitas delas contadas pelos canais da

Eliane Rodrigues

os atos de violência que ainda, em pleno século XX!, são praticados contra a mu-

Coordenadora Executiva da AMUNAM

mídia – eletrônica, rádios, jornais, canais de televisão – mostrando que sim, é possível fazer o dia diferente. E dia em dia se faz a vida! Este é o jeito Amunam de ser e fazer acontecer! Para algumas pessoas, o Dia Internacional da Mulher, no calendário, é apenas um dia a ser lembrado. Para nós, é muito mais! É dia de celebrar, mas também de acordar. De promover o despertar. De tocar o trombone e, dele, deixar sair a canção, que convida cada um e cada uma a ser protagonista da vida! A lutar contra lher. Por isto a nossa luta. Por isto este espaço de divulgação, que transmite nossa alegria, nossas vitórias, mas também nossas lutas!


3

Amunam é tema de entrevista para canal mundial de TV Os projetos sociais desenvolvidos pela Amunam, para crianças, adolescentes, jovens e mulheres foram mostrados pelo canal televisivo internacional de esportes – ESPN Brasil - canal de TV mais influente do gênero esportivo do País. A reportagem, realizada em parceria com a Disney, a Unicef e o Instituto Esporte & Educação, foi exibida para mais de 193 milhões de lares, em mais de 190 países. A jornalista e coordenadora da Caravana do Esporte e Caravana da Música, Adriana Saldanha, esteve na sede da

Associação, durante a programação da Caravana realizada em Nazaré da Mata, para contar um pouco sobre os trabalhos da Amunam e entrevistou a coordenadora executiva da Associação, Eliane Rodrigues, que falou sobre os desafios de se manter uma organização atuante, há 27 anos, com visibilidade no desenvolvimento social e local. “Tudo isto é fruto de um trabalho sério, determinado e comprometido com uma sociedade mais justa e igualitária. Exige muita responsabilidade. Mas o nosso foco é construir história e

Amunam participa de cerimônia de abertura da Caravana do Esporte e da Música Crianças e adolescentes do projeto Dando a Volta Por Cima, o Maracatu Coração Nazareno e o Grupo Cultural Feminino Flores do Coco, além do grupo de Flauta Doce do Colégio Dom Mota e da Banda Revoltosa deram verdadeiro show na cerimônia de abertura da Caravana do Esporte e da Música, realizada na última semana de fevereiro de 2015. A Caravana, que teve como objetivo motivar professores(as) e alunos(as) para a importância da arte e do esporte no desenvolvimento de crianças e jovens, atendeu cerca de três mil alunos das escolas locais e cerca de 150 professores(as) e educadores(as). O evento foi idealizado pelo Instituto Esporte e Educação (IEE), da ex-atleta Ana Moser, e realizado em parceria com a ESPN Brasil, UNICEF, Disney e a Associação das Mulheres de Nazaré da Mata.

transformar vidas”, enfatiza. Para Eliane, a apresentação da Associação no canal ESPN Brasil é mais um momento histórico para a organização: “No mês da mulher, a Amunam faz história na mídia nacional e internacional”, comemora. A coordenadora fez menção à divulgação dos projetos da Amunam e das apresentações do Coração Maracatu Nazareno, que foram pautas da mídia escrita, falada e televisiva, como: Band Folia, TV Jornal/SBT e Rede Globo e jornais.


4

Carnaval... O combate à violência contra a mulher é vivenciado pela Amunam, literalmente, de janeiro a janeiro, independente das festividades do calendário. Em outras palavras, a Associação aproveita os eventos comemorativos do ano para enfatizar a importância do enfrentamento da violência contra a mulher! Foi assim, por exemplo, no carnaval de 2015, quando, em parceria com a Coordenadoria Municipal da Mulher, a Secretaria da Mulher do Estado de Pernambuco, a Secretaria Municipal de Saúde, a Amunam fez o carnaval de

Nazaré da Mata ter mais brilho, através das agentes comunitárias de saúde e das mulheres atendidas nos projetos da Associação, que distribuíram panfletos com os carnavalescos, na campanha de enfretamento da violência contra a mulher. “Carnaval é também momento de trabalhar a sensibilização para uma conscientização. Temos feito essa campanha e sabemos que, nos dias do momo, quando ânimos podem ficar acirrados e mulheres serem ameaçadas ou até mesmo espancadas, elas sabem a quem recorrer.

O ideal é que a bandeira branca prevaleça e a violência seja vencida”, comentou a coordenadora executiva da Amunam, Eliane Rodrigues. Eliane, inclusive, entregou ao Governador Paulo Câmara, uma gola de cabocla, indumentária do Maracatu, que foi confeccionada, caprichosamente por Rute Chagas, uma das mulheres atendidas pela Associação. “Foi uma emoção a mais, ver o nosso Governador receber a gola do nosso Maracatu”, comentou Eliane Rodriges.


5

e coisa e tal... Um figurino impecável, onde predominaram as cores rosa e lilás nas indumentárias das setenta e duas brincantes. Assim se vestiu o Maracatu Feminino Coração Nazareno, levando alegria e muito ritmo pelas ruas por onde passou. Criado pela Amunam, em 2004, é o único Maracatu de Baque Solto formado só por mulheres, no estado de Pernambuco. “O Coração Nazareno nasceu do que trazemos no nosso coração. Ouvir o batuque, as vozes, ver os passos, as rodadas...acelera o coração e dá uma alegria que só quem conhece a vida dessas pessoas que estão no Maracatu e que são guerreiras, que lutam arduamente para vencer as batalhas da vida”, enfatiza Eliane Rodrigues, coordenadora executiva da Amunam e idealizadora do Coração Nazareno. Por isso, não lhe falta emoção dos membros do Coração Nazareno, a maioria trabalhadoras da cana-de-açúcar. “O Coração Nazareno é, para essas mulheres, a certeza de que a arte pode dar vida às suas vidas”, complementa. Para o carnaval de 2015, a Amunam inovou na apresentação do Maracatu, com a primeira dama de passo mirim. E foi com muita habilidade que a pequena Rita de Cássia, de apenas cinco anos de

idade, estreou no Coração Nazareno. “Historicamente, não é permitido ter duas Damas de Passo no Maracatu. Mas a Amunam, em mais um desafio de inovar, apresentou esse grande feito”, explicou Rodrigues. É por essas e muitas outras que o belíssimo trabalho do Maracatu da Amunam, foi pauta, no Dia Internacional da Mulher (08 de março), do programa Esquenta, exibido pela Rede Globo Nacional. Foi uma tarde de emoções! As vinte, das setenta e duas integrantes do Coração Nazareno que viajaram para o Rio de Janeiro, onde participaram do programa, emocionaram os telespectadores contando a história de vida das brincantes do folguedo popular. A apresentadora do Esquenta, Regina Casé, recebeu, das mãos da coordenadora executiva da Amunam, uma gola confeccionada pelas mulheres do Maracatu. Mesmo antes de ser apresentado pela TV Globo e ser visto pelo Brasil e pelos países onde a Rede Globo tem alcance, o sucesso do Maracatu da Amunam espalhou-se localmente: extrapolou o município de Nazaré da Mata, foi além da região da Mata Sul e chegou à capital pernambucana. No carnaval deste ano,

a agenda foi intensa, com apresentação em seis cidades do Estado: Nazaré da Mata, Condado, Itaquitinga, Tracunhaém, Lagoa de Itaenga e Recife – onde as mulheres se apresentaram nos pólos descentralizados de Casa Amarela e de Três Carneiro. Nas ruas do Recife Antigo, da Rua da Moeda à Praça do Arsenal o Coração Nazareno fez muitos corações baterem ao ritmo do Maracatu e uma multidão seguiu as mulheres caboclas de lança, ao som dos chocalhos e dos instrumentos de sopro e de percussão. Ao final da apresentação na capital pernambucana, a mestra Gil, com versos e cantos, homenageou o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, morto em um acidente aéreo em agosto de 2014, e o escritor Ariano Suassuna, falecido em 23 de julho de 2014.


6

Para saber mais sobre o Maracatu Coração Nazareno

Foi no dia 08 de março de 2004 Dia Internacional da Mulher – que a Amunam apresentou ao público a sua nova proposta de alegria e encantamento, que nasceu também para provar que no difícil trabalho do corte de cana, as mulheres sonham, acreditam e buscam a realização através da arte popular. “Esse Maracatu foi pensado para elas e por elas. São protagonistas. Pioneiras. Setenta e duas mulheres que, lindamente vestidas, transformam-se em reis, rainhas, mestra, contramestra, musicistas, baianas, valetes e luministas”, comemora Eliane. “ As golas, os estandarte

e os chapéus, de uma fantasias das caboclas de lanças, beleza que dá cor e alegra o nosso olhar, é tudo feito à mão pelas brincantes”, complementa. O Coração Nazareno já gravou dois Cds: no ano de 2007, A Rosa do Maracatu e, em 2012, Coração Nazareno de Nazaré da Mata, ambos inspirados nos principais temas: mulher, desenvolvimento, violência, gênero e cidadania. Assim, assuntos tão “pensados”, são poemas cantados em versos, na voz da mestre contramestra, com arranjo musical das musicistas.

Coordenadora da AMUNAM participa do I Encontro Intersetorial da Rede e Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência da Mata Norte O I Encontro Intersetorial da Rede e Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência foi realizado pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social - CREAS Mata Norte, no dia 07 de abril, no auditório do Colégio Dom Mota, localizado em Nazaré da Mata, na manhã desta terça-feira (07/04), Estiveram presentes a Coordenadora Executiva da Associação das Mulheres de Nazaré da Mata - Eliane Rodrigues; Comandante do 2° BPM - Coronel Lindjhonson; a coordenadora do CREAS Regional Mata Norte - Camila Borba; Cláudia Torre do departamento de Polícia Civil da Mulher de Pernambuco; Coordenadora Regional de políticas Públicas para Mulheres da Mata Norte, da Secretaria da Mulher de Pernambuco, Otenilda Oliveira; e a representante da Diretoria de Enfrentamento à Violência de Gênero, da Secretaria da Mulher de Pernambuco, Sileide Oliveira; além das gestoras municipais de políticas para as mulheres da Região de Desenvolvimento da Mata Norte.

Amunam promove 11ª campanha de doação de sangue Sucesso! É assim que definimos a campanha de doação de sangue, promovida pela Amunam em parceria com a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope), Coordenadoria Municipal da Mulher e a Secretaria de Saúde de Nazaré da Mata. O evento fez parte da programação do Mês da Mulher contou com a participação de 80 doadores(as).


7

Nazaré da Mata constroi agenda sociopolítica para as Mulheres O mês de março, que traz no calendário o Dia Internacional da Mulher, foi de boas realizações para a Amunam e parceiros. Uma dessas realizações foi a elaboração da agenda sociopolítica para as mulheres, que contou com a participação da Amunam, da Coordenadoria Municipal de Políticas para as Mulheres, da Secretaria Municipal de Educação, da Secreta-

ria Municipal de Saúde, da Secretaria Municipal de Assistência Social, da Gerência Regional de Educação - GRE Mata Norte, do 2º BPM e da Secretaria da Mulher de Pernambuco. A comissão elaborou e realizou a agenda, promovendo reflexões ao Dia Internacional da Mulher. “Foi de suma importância essa elaboração, de forma Intersetorial. O mês de março ganhou mais

Flores do Coco realiza apresentação no domingo de Páscoa

espaço na agenda de muitos e de muitas pessoas. E esse era nosso propósito. Socializar os conhecimentos, empoderar as mulheres, dar sentido à comemoração, além da festividade”, comentou Gilcélia Barboza, que integra a Amunam e a Coordenadoria Municipal da Mulher. Veja como foi montada a agenda!

O Grupo Cultural Feminino Flores do Coco, da Amunam, completou dois anos de existência, no Dia Internacional da Mulher (8 de março). O Grupo é composto por 15 mulheres e tem como objetivo inserir as mulheres na cultura popular, representa a continuidade das manifestações tradicionais da região. As crianças e adolescentes do Projeto Dando a Volta Por Cima da AMUNAM realizaram uma apresentação cultural. Eliane Rodrigues palestrou sobre “A aplicação da Lei Maria da Penha para a garantia dos Direitos Humanos das Mulheres e seus paradigmas” e pontuou o papel da instituição no enfrentamento contra a mulher.


8

Desde cedo, elas aprendem o valor da natureza Elas são crianças e adolescentes e participam do Projeto Dando a Volta Por Cima, da Amunam. Cedo, aprendem que a mulher tem valor na sociedade, que violência, seja qual for o motivo, é sempre um erro e aprendem a olhar a violência contra a mulher como um problema de saúde pública, que, para ser vencido, precisa da participação de todos e de todas, inclusive das crianças e dos adoles-

centes, que podem denunciar agressões contra as mulheres e contra a si próprias. Mas, na agenda dessas crianças e adolescentes cabe também o tempo para cuidar da natureza. A valorização do meio ambiente é vista, na Amunam, na prática, o que levou a instituição, no ano de 2005, a conquistar o prêmio Vasconcelos Sobrinho, do Governo do Estado. É com essa percepção de que os cuidados ambientais

começam “no quintal da gente”, que a Associação trabalha a horta orgânica com as crianças e com as adolescentes. A horta é feita em garrafas pets. “Elas preparam a terra, plantam e acompanham o desenvolvimento das hortaliças até a colheita. O que é colhido é utilizado no preparo da alimentação servida na Amunam”, comenta Marliete Silva. Coordenadora do projeto Dando a Volta por Cima.

Centro de Atendimento à Mulher tem nome de vítima da violência Será chamado Centro de Atendimento à Mulher Eliane Brito de Barros, o equipamento público especializado no atendimento das mulheres, que será implantado na Rua Dom Carlos Coelho, no Centro de Nazaré da Mata (antigo prédio do Clube da Mulher do Campo), e que é resultado do Projeto de Lei 05/2015, de autoria da vereadora Maristela Maribel (PSC). O nome do Centro é uma homenagem a Eliane Brito de Barros, nazarena, filha de Alcir Gomes de Barros e Maria Dolores Brito de Barros, que foi auxiliar de serviços administrativos, na Escola Maciel Monteiro, em Nazaré da Mata. Uma vida promissora que foi encerrada violentamente: aos 26 anos de idade,

após passar o dia trabalhando como voluntária na Campanha de Vacinação contra Poliomielite, Eliane foi barbaramente assassinada pelo seu ex-noivo, a golpes de punhal. O rapaz a assassinou por não aceitar o fim do relacionamento amoroso, que durou 12 anos.O episódio ocorreu no dia 15 de outubro de 1988, em frente à Amunam. Para a coordenadora executiva da Associação, Eliane Rodrigues, que idealizou a homenagem, a aprovação do projeto significa uma conquista. “O nome dessa mulher, vítima da violência, está imortalizado. Que ao se falar em Eliane Brito, possa-se também se levantar em prol da defesa da vida da mulher. A violência é

sempre sinal de morte”, comentou. João Bosco, irmão da jovem assassinada, comemorou a atitude dos(as) parlamentares de Nazaré da Mata: “Quero agradecer a homenagem da vereadora Maristela Maribel e dos demais vereadores, e também a Eliane Rodrigues, da Amunam, que teve essa brilhante ideia. Minha irmã era uma pessoa muito querida, disse, emocionado. O Centro de Atendimento à Mulher Eliane Brito de Barros está sendo construído em parceira articulada pela Amunam, entre o do Governo de Pernambuco e a Coordenadoria Municipal de Políticas para as Mulheres, através da Prefeitura de Nazaré da Mata.

Informativo Mulher Cidadã - Amunam - Edição nº 30  

De Janeiro a Maio de 2015

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you