Page 1

FIM DE SEMANA, 12 e 13 de janeiro de 2019 edição nº 167

Luz, câmera, Instagram Com quase 17 mil seguidores, Franciele Tamara ficou famosa pelos tutoriais de maquiagem feitos para todos os orçamentos.

Natural de Lajeado, a influenciadora digital revela os bastidores de sua vida com os leitores

Páginas 8 e 9


Objeto de desejo

Sol, calor e proteção!

Potencial de beleza Sempre ouvi dizer que “não existe mulher feia, existe mulher mal cuidada” e de certa forma passei bons anos concordando com isso até, finalmente, entender que na verdade o que existe são padrões diferentes e modos diversos de se enxergar a beleza. Particularmente a maquiagem para mim sempre foi muito presente. Acho lindo, divo e digno sentar na frente do espelho e pintar o rosto. Isso um pouco tem a ver com o ato de cuidar de si mesma e muito tem a ver com o ato de se enxergar no reflexo, se reconhecer e, acima de tudo, desenvolver e praticar o autoamor. E, bom, cada uma tem a sua forma de amar a si mesma e o próprio corpo. Umas arrumam o cabelo, outras fazem cirurgias, algumas contemplam suas sardas ou simplesmente não se olham no espelho por já se amarem por essência. A matéria de capa desta edição traz um desses tipos de amor e autocuidado, feito através da maquiagem. Dividindo um pouco de sua vida, a influenciadora digital Franciele Tamara, de Lajeado, opina um pouco sobre os paradigmas da beleza. Neste mesmo caminho das maquiagens, trouxe uma matéria com uma sugestão de make. Conversei com outra excelente profissional, a Mirella Andrade, que trouxe um passo a passo de maquiagem para que as aman-

tes da make não derretam tão fácil neste calor escaldante da nossa região. Foi muito divertido! E já que toquei no assunto verão, as férias escolares por si só são ou já foram um marco no ano de todas as pessoas. Ser criança e ficar de férias é mágico, mas para os pais pode ser um problemão. Pensando nisso reuni sugestões com relatos para que os pais de plantão tenham algumas ideias do que fazer e como planejar as próximas férias com os filhos. Para finalizar, o tema do ArqIdeias me chamou atenção na Serra Gaúcha. Localizado em Gramado, o novo empreendimento da Construtora Diamond tem conquistado muitos lajeadenses a adquirir um imóvel no melhor destino de inverno do Brasil, Gramado. Desejo uma ótima leitura e um fim de semana cheio de abraços e carinho.

Guess Redondo

O

s óculos escuros já são acessório indispensável para a maioria dos brasileiros, seja no verão ou nas estações mais frias. Além de ser muito fashion e gritar para o mundo qual o seu estilo e personalidade, os óculos protegem seus olhos dos raios solares nocivos à visão, deixando mais confortável de se enxergar. Outro ponto positivo muito levado em consideração é a prevenção das famosas rugas ao redor dos olhos (os temidos “pés de galinha”). Por isso, escolhemos três kits de óculos e relógios lindíssimos nas Óticas Debianchi como sugestão para quem quer arrasar neste verão. 10x R$ 49,90

RayBan Relógio Technos 10x R$ 43,90

,90 10x 59,90

Victória Lieberknecht victoria@jornalahora.inf.br

Guess ss com alhe dourado detalhe

Relógi Relógio Technos com pulseira pu de mármore m

10x R$ 37,90

R$ 573,30 ,30 à vista

RayBan Masculino io Relógio nos Technos 10x R$ 45,90

QUEM FEZ ESTA EDIÇÃO voce@jornalahora.inf.br

2 | Você. |

R$ 587 à vista

Direção Editorial e Coordenação: Fernando Weiss - Produção: Victória Lieberknecht - Arte: Gianini Oliveira Revisão: Viandara Rempel - Tiragem: 7.000 exemplares. Disponível para verificação junto ao impressor (ZH Editora Jornalística)

FIM DE SEMANA, 12 E 13 DE JANEIRO DE 2019


Faça você mesmo

Alô, refresco! uito original, ecológico e excelente para refrescar seus convidados nas festas desta estação, esse barril de melancia dá um toque divertido e fresco a qualquer ocasião. Essa ideia é do blog superdivertido Um doce dia.

M

Materiais – 1 melancia – Torneiras de rosca ou para suqueira – 1 suporte para bolos – Veda rosca – Faca e colher – Furadeira e cola de silicone

1º passo

2º passo

3º passo

Corte uma fatia fina da parte inferior da sua melancia, isso dará mais estabilidade, evitará que escorregue e a deixará de pé. Agora apoie-a em uma superfície lisa e corte uma tampa da parte superior. Usando uma colher, retire toda a polpa e reserve.

Em seguida, defina onde ficará a torneira e faça um pequeno furo. Aos poucos vá aumentando o furo até ficar alguns milímetros menor que a circunferência da torneira.

Passe veda rosca na rosca da torneira e encaixe-a com cuidado no furo que acabou de fazer. Se, mesmo usando veda rosca você tiver problemas com vazamento, use um pouco de cola de silicone. Apoie a melancia em um suporte (pode ser um prato de servir bolo ou uma bacia pequena) e encha a melancia com suco.

FIM DE SEMANA, 12 E 13 DE JANEIRO DE 2019

| Você. | 3


CONTEĂšDO PATROCINADO

Prepare-se, em breve tem Carnaval no CTC ENTRE A GENTE

Inscreva-se no Ranking de TĂŞnis

Criançada vai se divertir com as brincadeiras e música

Carnaval Infantil e Enterro dos Ossos prometem muita diversĂŁo para os sĂłcios de todas as idades

DIVULGAĂ‡ĂƒO

Competição ocorre de março a novembro no CTC

Sócios recebem nova edição da Revista CTC ENTRE A GENTE

O tempo passa råpido e quando percebemos jå Ê Carnaval. Os preparativos para a festa da alegria jå estão a todo o vapor no Clube Tiro e Caça (CTC), então jå reserve as GDWDVHQ¼RƂTXHGHIRUD2&DUQDYDO,QIDQ til serå no dia 23/02, das 16h às 20h. Explore a criatividade e capriche na fantasia das crianças porque a folia estå garantida! Piratas, super-heróis, bailarinas, e tudo mais que a imaginação permitir, serão bem-vindos à nossa festa! Neste ano, a programação terå muita música com Companhia Aprendiz e Ricar-

do Petter. O professor Paulinho coordenarå as brincadeiras e outras atividades de integração para os pequenos. A entrada Ê gratuita para sócios e não sócios podem participar desde que apresentem um convite retirado por um sócio na Secretaria do Clube mediante a doação de 1 litro de leite UHT. A festa não para por aí. O Enterro dos Ossos CTC estå marcado para o dia 09/03, a partir das 22h. A noite terå show do Grupo Samba Bom e participaçþes especiais da Bateria do Cascata e Escola de Samba Imperadores do Samba. 2FDUQDYDODGXOWRVHU£EHQHƂFHQWHV¾FLRV podem trocar 1 litro de leite UHT por um ingresso, na Secretaria do Clube. O ingresso antecipado para não sócio custa R$ 20. Na bilheteria do evento, o ingresso Ê R$ 15 para sócio e R$ 30 para não sócio.

Estão abertas as inscriçþes para o Ranking de Tênis CTC/Engemori/ à gua da Pedra 2019. Quem não participou do torneio no ano passado, pode participar desta edição nas 1ª, 2ª 3ª, 4ª e 5ª Classes ou Categoria Iniciantes. As inscriçþes devem ser feitas pelo e-mail esporte2@ctclajeado.com.br ou diretamente com o Setor de Esportes e Lazer do Clube. O valor Ê R$ 120 e parte serå reverWLGDSDUDXPDHQWLGDGHEHQHƂFHQWH de Lajeado. As disputas iniciam-se em março e estendem-se atÊ novembro. Garanta sua inscrição e faça parte desse torneio solidårio! Em 2018, mais de 100 tenistas movimentaram as quadras do CTC em busca das melhores colocaçþes.

Venha encontrar os amigos e brincar o carnaval no CTC! ENTRE A GENTE

A Revista CTC chega à 20ª edição e os sócios jå estão conferindo o material. A publicação conta com mais de 30 påginas de conteúdo sobre as atividades desenvolvidas no Clube ao longo de 2018, os eventos sociais, programação esportiva, investimentos em infraestrutura e outras novidades. AlÊm do editorial do presidente Luis Fernando Cardoso de Siqueira, a revista ainda tem entrevistas com os sócios e fotos dos eventos que movimentaram o CTC nos últimos meses. A distribuição Ê gratuita. Boa leitura!

Revista apresenta novidades e registros da programação de 2018

AGENDA CTC 15/01: InĂ­cio do Torneio de FĂŠrias 2019 15, 16 e 17/01: Brinca CTC 22, 23 e 24/01: Brinca CTC 23/02: Carnaval Infantil 09/03: Enterro dos Ossos CTC Tradicional festa de Enterro dos Ossos terĂĄ escola de samba


Estilo

Adeus, carne Conheça a experiência de pessoas que se tornaram vegetarianas e veganas

mais contêm muita proteína e eles não comem outros animais para obtê-las, bem pelo contrário, se alimentam de vegetais. Não faria mais sentido nós humanos também buscarmos as proteínas diretamente na fonte?”, questiona.

Fontes de cálcio

“C

omer carne é mais cultural do que necessidade”, afirma a nutricionista especialista em dietas vegetarianas e veganas, Jéssica Schuster, 27. No Brasil, 14% da população se declara vegeteriana, segundo pesquisa do Ibope Inteligência, conduzida em abril de 2018. A estatística representa um crescimento de 75% em relação a 2012. Hoje o número de vegetarianos representa 30 milhões de brasileiros. Há quase três anos vegana, conta que decidiu mudar o estilo de vida quando percebeu a crueldade pela qual os animais passavam somente para servir os humanos. “Eu estava no final do curso de Nutrição e já tinha todo o conhecimento para entender que uma dieta sem carne era tão ou mais saudável do que a carnívora. Foi automático. Deixei de consumir carne e derivados de animais e tomei mais consciência a respeito do sofrimento dos bichinhos”, conta. Esse caminho também foi natural para a fotógrafa Alessandra Vigolo, 24, de Teutônia. Ela parou de consumir

qualquer tipo de carne em 2015 e no ano seguinte extinguiu os ovos e o mel do cardápio. Em 2017, foi a vez dos laticínios. “Depois de assistir ao documentário What the health, não tive mais coragem de continuar consumindo leite e derivados, digamos que ali percebi que não era só por eles, mas era importante por questão de saúde também”, relembra. Ser vegano para a grande maioria dos adeptos não é apenas deixar de consumir carne, mas não usufruir de todos os produtos que utilizam animais de alguma forma. “Sejam marcas que tes-

tam os produtos em animais, não comprar itens feitos de couro animal, shampoos que utilizem o tutano do boi ou qualquer outro derivado. É uma causa pela qual lutamos por completo. Os animais merecem viver”, ressalta Jéssica.

E a proteína? De acordo com a nutricionista, a alimentação sem carne é cercada de muitos tabus e crenças, mas garante que qualquer pessoa pode ser perfeitamente saudável sem os derivados de animais. Logo de cara, a primeira pergunta feita à profissional gira em torno da obtenção de proteínas. “Acho até curiosa essa pergunta. Temos que pensar que os ani-

Largar o consumo de leite e ovos parece ser um dos maiores desafios para quem em algum dia já foi adepto das carnes. A preocupação com a obtenção de cálcio, por exemplo, é sempre questionada. “Temos muitas fontes vegetais de cálcio, por exemplo, cinco pedaços de couve-flor equivalem ao cálcio obtido em um copo de leite. Não temos por que nos preocupar”, esclarece. Estudo recente realizado por dois professores de Harvard, Dr. David Ludwig e Dr. Walter Willett, demonstrou que não há qualquer evidência científica de que o consumo de leite e derivados faça bem para os ossos, ajude a perder peso ou traga benefícios à saúde em geral. Segundo Willet, “os humanos não têm necessidade de leite animal, que foi adicionado muito recentemente à nossa dieta quando pensamos na evolução da nossa espécie. Somos os únicos animais do mundo que continuam tomando leite mesmo depois de adultos”, disse em entrevista ao National Post. “Na verdade, o leite de vaca tem os hormônios ideais para que o bezerro tenha tudo o que precisa e não os humanos. Temos que pensar que

o bezerro cresce oito vezes o seu tamanho a partir da nutrição com o leite bovino. Existem muitas alternativas mais saudáveis, como os leites de amêndoas e de soja”, ressalta Jéssica.

Saudade do sabor da carne “Ninguém gosta de comer uma carne sem sal e tempero, né? Foi então que descobri que o que dá o verdadeiro sabor às carnes são justamente os elementos não animais”, reflete. A partir desse pensamento, Jéssica começou a cozinhar utilizando muitos temperos para saborizar vegetais como a carne de soja, pimentões e diversos outros alimentos.

Saúde renovada Ao analisar a própria saúde, Alessandra conta que sentiu melhoras desde que deixou de consumir derivados de animais. “Hoje é difícil ficar gripada e, se eu ficar, não dura mais de três dias. Também emagreci e minhas unhas ficaram mais fortes, logo comecei a me sentir mais disposta”, relata. A fotógrafa relata que normalmente, quando as pessoas são carnívoras ou até mesmo onívoras, pouco se preocupam em como está nutricionalmente a alimentação. “Mas posso garantir que sendo vegetariana minha alimentação é muito mais saudável e variada do que antes, pois comecei a comer alimentos que antes eu não comia e variei muito mais o cardápio”, relata.

FIM DE SEMANA, 12 E 13 DE JANEIRO DE 2019

| Você. | 5


Família

Crianças em férias, e agora Conciliar trabalho com o extenso tempo livre das crianças pode ser um desafio para alguns pais

S

inônimo de diversão e descanso, o entendimento dos pais sobre as férias escolares pode passar bem longe da descontração quando precisam trabalhar e não sabem muito bem com quem deixar as crianças. Afinal, o mercado de trabalho continua a toda mesmo que as escolas entrem em recesso. Mas será possível conciliar trabalho com a folga das crianças sem gastar demais

ou terminar o período de cabelos brancos? Se por um lado existem os pais preocupados com as atividades dos filhos nesta época, do outro, estão as crianças, ávidas pela diversão e, nos dias de hoje, concorrendo com os telefones celulares pela atenção dos adultos. Não raro, os pequenos acabam por reproduzir o vício dos grandes e muitas vezes passam as férias inteiras com os olhinhos vidrados nos jo-

gos e vídeos dos celulares e tablets. E quando as aulas voltam, o que será que escreverão na clássica redação sobre as férias? Estar de férias não significa necessariamente viajar para longe ou ir para a praia, mas usar o tempo livre da criança para despertar nela o apreço pelos momentos em família, o contato mais responsável com a própria casa, além de promover uma infância mais sadia, com memórias afetivas.

Férias em casa, mas com diversão Com o filho em casa durante o mês de janeiro, Iasmine Abdala, 26, mãe do Arthur, 3, conta com o apoio da família para dividir o tempo com o pequeno. Trabalhando como representante comercial na empresa da família, logo no início das férias do pequeno, organizou os dias de atendimento externo e interno no trabalho. “Nos dias que teria que atender, deixava o Arthur com minha mãe ou às vezes com a cunhada. Tinha dias que ele pedia para que eu o levasse junto e prometia ser bem querido. Eu levei e realmente se comportou muito bem”, compartilha. Aproveitando o período de recesso da empresa, Iasmine fica em casa com o filho e aproveita para promover muitas atividades ao longo do dia. “Levo para passear, tomar banho de piscina, andar de bicicleta e brincar na pracinha. Criança tem muita energia e precisa gastar”, explica.

6 | Você. |

FIM DE SEMANA, 12 E 13 DE JANEIRO DE 2019


Ajudinha dos avós Para driblar os compromissos do dia a dia, Rafael Antunes, 27, conta com a ajuda dos avós da filha Valentina, 4, para ocupar o tempo da criança de forma saudável e familiar. Trabalhador freelancer, o pai da menina não tem horário fixo, mas possui bastante flexibilidade de tempo para ficar com a filha. Por outro lado, sua profissão também necessita saídas em horários alternativos. É aí que a ajuda dos avós facilita no período de férias da pequena. A mulher, Deise Regina Bergmann, 26, trabalha no comércio e o casal combina com os pais quem cuidará da menina. “A mãe da Deise fica com a Valentina durante a semana e, quando necessário, os meus pais tomam conta dela nos fins de semana. Sempre temos alguém disposto a ajudar”, comenta.

Viajar é possível? Para a agente de viagens Patrícia Delawi, da Free Viagens e Turismo, para a maioria das famílias, viajar fica muito mais fácil se houver planejamento. Pensar nas férias apenas algumas semanas antes de elas chegarem pode inviabilizar a viagem no orçamento familiar. “Hoje existem muitas facilidades que ajudam as pessoas a se organizar e realizar os planos das férias. Aqui na agência, por exemplo, temos desde parcelamentos a mais longo prazo até a modalidade Poupança Viagem, na qual a pessoa junta um determinado valor mesmo sem saber o destino e escolhe apenas quando estiver pronta”, esclarece. Mãe de uma menina de 8 anos, Patrí-

cia conta que nem sempre é possível fazer viagens grandes. “É legal viajar com as crianças, mas se o orçamento não permitir, existem muitas soluções baratas aqui por perto que também tornarão as férias inesquecíveis. O mais importante das férias escolares, antes de tudo, é a convivência familiar e as boas memórias afetivas”, conta. Fazer com que a filha participe da arrumação da casa e tarefas diárias também são tarefas para as férias. “Realizar tarefas juntos aproxima pais e filhos, os faz aprender a serem independentes e também a valorizar tudo o que é feito em casa. E o celular, nesses momentos, fica guardado, Fazemos questão”, afirma.

É legal viajar com as crianças, mas se o orçamento não permitir, existem muitas soluções baratas aqui por perto que também tornarão as férias inesquecíveis.” Patrícia Delawi Agente de viagens

Brincando nas Férias Outra alternativa para quem não conseguiu tirar férias junto com a das crianças é o programa do Sesc de Lajeado, o Brincando nas Férias. Conforme o sub-gerente da unidade, Leandro Ferreira, o projeto tem capacidade para até 70 crianças previamente inscritas, com atividades ocorrem entre 7 de janeiro e 1º de fevereiro, de segunda a sexta-feira das 13h às 18h. “Esse espaço é um momento para a criança se divertir, brincar, gastar as energias e ainda aprender. Diferente das atividades do ano letivo, entendemos que as férias são para a criança parar e aproveitar o lado mais divertido da infância”, explica. Com taxas semanais que variam entre R$ 65 e R$ 95, as atividades contemplam cinema, biblioteca, banho de mangueira, passeios de bicicleta e ao ar livre, lanches, sala de jogos e uma infinidade de outras brincadeiras. De acordo com o auxiliar de cultura e lazer Roger Rieger, 27, muitas das crianças acabam não tendo a oportunidade de realizar tantas brincadeiras diferentes e em grupo. “Seja por falta de tempo dos pais, ou de espaço mesmo, os pequenos acabam ficando apenas em casa em seus celulares e tablets, sem gastar toda a energia que todos sabemos que eles têm”, observa. Interagindo com os pequenos em uma rua fechada exclusivamente para que brincassem com suas bicicletas, patins e patinetes, Rieger e os demais monitores do programa se divertiam junto da meninada. “Criança precisa disso, correr, pular, dar risada. A infância não deveria se passar na tela do celular. Isso me entristece”, comenta. Logo na frente de Rieger, uma menina de cerca de 6 anos olha para a câmera e dispara “Essas estão sendo as melhores férias, tia”, saindo em seguida, embalando seu patinete. Andando alguns metros em direção ao meio da rua, outra menina com cerca de 10 anos tratou logo de se expressar “Eu poderia brincar na rua o dia inteirinho”, sorri.

FIM DE SEMANA, 12 E 13 DE JANEIRO DE 2019

| Você. | 7


Comportamento

“A maquiagem é a nossa pintura de guerra” Conheça uma das maiores influenciadoras digitais de beleza do Vale do Taquari

O auge do seu potencial de beleza é se sentir bem e feliz com ou sem maquiagem.” Franciele Tamara Maquiadora e Influenciadora Digital

C

om 10, 5 mil seguidores no Instagram pessoal e 6,4 mil no profissional, Franciele Tamara, 26, uma das mais relevantes influenciadoras digitais da região, compartilha sua história e os significados da maquiagem em sua vida. Com muita simplicidade, leveza e dedicação, a moça fez do amor à profissão uma maneira de se comunicar com o mundo. Natural de Lajeado, a maquiadora e proprietária de um ateliê que leva seu nome conquistou o público feminino não só ddo Vale, mas de todo o Brasil.

Como e quando decidiu virar uma influencer digital? De que forma isso aconteceu? Tudo aconteceu muito sem querer e também não faz tanto tempo. Inicialmente maquiando no ateliê, eu tinha sempre muito presente essa vontade e interesse de mostrar um pouco do que estava fazendo para que as pessoas também pudessem compartilhar. Posso dizer que foi um processo natural, mesmo porque hoje o influenciador é alguém muito próximo das pessoas e que ilustra uma certa representatividade no seu segmento, no meu caso, da maquiagem. E essa proximidade cria um vínculo maior com as pessoas e eu amo isso! Tenho tido muitos feedbacks de pessoas que me acompanham e que confiam naquilo que eu transmito. E as empresas que investem em mim como influenciadora sempre salientam essa proximidade com o público, até mesmo porque números de seguidores e likes

8 | Você. | FIM DE SEMANA, 12 E 13 DE JANEIRO DE 2019


FOTOS VICTÓRIA LIEBERKNECHT

não significam influência. O que significa saber que muitas pessoas dentro e fora do RS tem você como uma referência em maquiagem? É muito gratificante, eu me sinto extremamente feliz e honrada por esse reconhecimento! E posso confessar que o segredo está na dedicação, persistência e compromisso. Porque dedicamos uma grande parte das nossas vidas ao nosso trabalho, e embora algumas pessoas se conformem em sobreviver, outras fazem do seu trabalho uma forma de vida. Quando uma pessoa ama o seu trabalho, ela se destaca entre as demais, porque se torna capaz de viver intensamente o seu propósito. E viver intensamente o propósito pra mim é se perguntar: “O que você ama tanto fazer, que faria mesmo se fosse de graça?” O que veio primeiro: o sucesso nas redes sociais ou seu ateliê? Qual é a relação entre essas duas partes da sua vida? Quem veio primeiro foi o ateliê e consequentemente um crescimento diante das redes sociais pelo fato de conseguir expor mais o meu trabalho diante das mídias. É difícil no início, porque maquiador não tem vida social logo ali no começo. Não tem horário pra trabalhar, se tem que acordar 5h da manhã pra produzir, tem que estar lá e ponto. No início, você precisa juntar dinheiro e ir trocando os seus produtos por outros cada vez melhores e isso faz você correr contra o tempo. Mas hoje a relação entre as duas partes é o comprometimento e dedicação para oferecer sempre o melhor. Como é o seu dia a dia? Como trabalho em diversos segmentos desse mercado da beleza, meu dia a dia é intenso. Faço maquiagens para fotos, eventos, formaturas, casamentos, realizo trabalho como modelo para publicidade. Atualmente tenho ficado mais no ateliê, onde ministro cursos ligados também à beleza. Lá ministro cursos de automaquiagem e cursos profissionalizantes, para quem, assim como eu, sonha em ingressar nesse mercado de trabalho. O ateliê é meu cantinho de ideias, onde eu produzo

conteúdos, recebo clientes, administro as parcerias.. enfim, é o meu melhor lugar! Quem são as duas influenciadoras referências pra você? Tenho uma infinita lista de influenciadores que eu admiro muito e que servem de inspiração. No cenário nacional, posso citar as três maquiadoras gaúchas que me inspiraram desde o início: Bruna Malheiros, Gabih Machado e Duda Fernandes. Depois abre um leque gigantesco de nomes conceituados mundialmente e que servem diariamente de inspiração, como Nikkie Tutorials, Helder Marucci, Priscilla Lessa e Michelly Palma. A internet, principalmente o Instagram, gera uma discussão polêmica sobre a beleza perfeita, ideais de beleza, padrões e autoestima. Como você encara isso e de que maneira busca se expressar em relação a isso? Na internet, principalmente com a influência da mídia e do uso das redes sociais, temos enfrentado quase uma ditadura da beleza. As pessoas, principalmente mulheres, estão cada vez

mais obcecadas em atingir o inatingível padrão estético, deixando de lado a sua forma natural e até mesmo alguns riscos que isso pode trazer para a própria saúde. Elevar a autoestima não significa seguir um padrão específico! E a maquiagem na minha opinião tem um papel que é de extrema importância para quem luta diariamente com a aceitação da sociedade. Mulheres com problemas de acnes, vitiligo, cicatrizes aparentes e outros traços, muitas vezes, sentem necessidade de disfarçar essas características com maquiagem, ficando mais confiantes com a transformação que um pouco de base e correti-

vo podem fazer. Mas cada mulher é de um jeito, tem o seu tipo de corpo, cabelo, rosto, unha e cada uma é linda do jeito que é. Ninguém tem obrigação de se sentir mal do jeito que é. Se quiser emagrecer, alisar o cabelo, fazer plástica, tudo bem, é uma opção e ela pode fazer isso se for pra se sentir bem consigo mesma. O que não pode é fazer isso por se sentir mal ou por não ser igual a modelo da revista. Se eu me sinto bem do jeito que eu sou, é a única coisa que importa. Certa vez conversei com a Alice Salazar e ela me disse “As

mulheres não deveriam ser taxadas como bonitas ou menos bonitas, porque na verdade todas têm potenciais diferentes de beleza e a maquiagem nos ajuda a chegar ao auge desse potencial”. Qual é a sua relação da maquiagem? Eu concordo com a Alice, porque para algumas mulheres trabalhar a autoestima é um processo que dura anos. É inevitável, todas temos alguma insegurança relativa à aparência que acaba influenciando até mesmo a forma como vivemos e como nos comportamos. O auge do potencial é se sentir bem e feliz com ou sem maquiagem. Mas a partir do contato com a maquiagem parece que vira a sua “pintura de guerra” para enfrentar o mundo com leveza, sentindo-se mais poderosa e mais você mesma. Fora das redes, a Frã usa maquiagem o tempo todo? A Frã não usa maquiagem o tempo todo, mas grande parte dele sim! Acaba virando hábito, rotina, a maquiagem faz parte do que eu sou hoje. Mas garanto que pela manhã me encontram de cara lavada mesmo!

FIM DE SEMANA, 12 E 13 DE JANEIRO DE 2019

| Você. | 9


Beleza

1 Saúde da pele A limpeza da pele é fundamental para a manutenção da saúde e boa aparência. De acordo com a maquiadora Mirella Andrade, nem mesmo a melhor base do mundo ficará bonita em uma pele com pouca hidratação e com impurezas. “Por estar desidratada, a nossa pele suga a água da composição da base e acaba por deixar a maquiagem com aspecto enrugado, podendo dar aparência instantânea de rosto envelhecido. E por outro lado, se a pele ficar suja por baixo, aumentam as chances de você ter acnes e cravos”, revela. Por isso, limpe bem a pele com um demaquilante (sim, antes da maquiagem) ou água micelar, para retirar as partículas de sujeira e poluição depositadas ali. Para quem tem a pele oleosa, utilizar um tônico facial evita que a oleosidade se manifeste tão rapidamente. Já para as peles mais secas, é indicado pular essa etapa. “Em seguida é preciso, sempre e sem exceções, aplicar um hidratante facial adequado ao seu tipo de pele. Isso faz toda a diferença no aspecto da base”, ressalta.

8

dicas para a make para não derreter no calorão

Corretivo

3

Aprenda alguns truques para continuar linda, mesmo nos dias mais quentes do ano

O “pulo do gato” ao se utilizar corretivo é que ele seja mais claro do que o tom da sua pele. Aplique sempre fazendo um desenho de triângulo retângulo abaixo dos olhos, acompanhando o desenho do nariz. Aplicar corretivo apenas na zona de olheiras evidencia, ao invés de disfarçar o problema. Use uma esponjinha e esfume o corretivo com batidinhas até se fundir com a base. O corretivo também serve para iluminar o rosto e melhorar a sensação de profundidade.

2

4

Passo indispensável

Primer e base

Antes de aplicar a base, quem tem poros muito dilatados pode usar um primer. “O ideal é massagear bem todo o rosto em movimentos circulares, principalmente na região das olheiras”, explica. Quando secar, aplique a base de sua preferência. Pode ser com pincel ou até mesmo com as mãos. Não economize tanto na quantidade, que deve ser em torno de uma colher de café. “Muita gente acha que é muito, mas depois, ao finalizar com a esponja, retira-se todo o excesso”, garante. Para dar acabamento natural, o ideal é usar uma esponjinha de maquiagem em forma de gota, umedecida previamente com água. “A base é um produto que leva óleo, então, a água da esponja umedecida não deixa que a ferramenta sugue para si toda a base e estrague o acabamento”, indica. Para utilizar a esponjinha, dê batidinhas leves por todo o rosto e pescoço, sem arrastar.

I

r trabalhar de maquiagem durante o verão pode ser um verdadeiro desafio de beleza para as mulheres que ainda não encontraram um jeitinho de fazer a produção render o dia todo. Com as temperaturas muito elevadas, fazer a maquiagem resistir ao suor e oleosidade excessivos exige um pouco de pesquisa e prática com os produtos. Pensando nas nossas leitoras mais vaidosas, conversamos com a maquiadora Mirella Andrade, 23, de Lajeado, que nos deu dicas valiosas na hora de aprontar a make do dia a dia.

10 | Você. | FIM DE SEMANA, 12 E 13 DE JANEIRO DE 2019

Após aplicar todos os produtos cremosos, está na hora de selar tudo com um pó translúcido. Isso permite que você não carimbe e suas roupas com base, além de segurar a oleosidade e o suor. Utilize uma esponjinha limpa e aplique com batidinhas, passando por todo o rosto e pescoço e deixando acumular na zona T (testa, nariz e queixo). Nunca arraste a esponja! Assim que terminar de aplicar, varra o excesso com um pincel limpo e fofinho.


5

Profundidade

7

Sobrancelha Para facilitar todos os passos anteriores, a sobrancelha fica nos últimos passos. Use uma pasta para sobrancelhas e a preencha utilizando um pincel chanfrado fino, para facilitar o desenho.

Endometriose, um mal que acomete mulheres e afeta os seus homens

Com todos os produtos utilizados até agora, está na hora de fazer os contornos e devolver o aspecto natural da pele. Use um pó de contorno e esfume-o abaixo das maçãs do rosto, imaginando uma linha reta entre a orelha e a boca, porém, parando logo após a metade da bochecha. Utilize um blush coral para dar um ar de saúde nas maçãs do rosto e depois, com um terceiro pincel, passe um pó iluminador logo acima das maçãs e no topo do nariz.

6

Fixador hidratante

Para assentar tudo e a pele ficar mais viçosa, opte por espirrar em todo o rosto uma água termal ou um fixador hidratante para fazer a make durar ainda mais.

8

Sombra, batom e arraso Para quem gosta de mais vida na make esfumar de leve uma única sombra dourada por toda a pálpebra dá o toque final. Passe rímel ou, se fizer questão, cole os cílios postiços. Aplique um batom nude e, se quiser arrasar, passe um gloss! Prontinho!

Dicas rápidas – Se você estiver maquiada e suar, utilize um lenço ou um guardanapo e seque o suor apenas encostando o lenço levemente sobre a pele, sem arrastar. O suor sai pelos poros, mas a maioria das bases continuam na pele! – Opte por uma base que já venha com um bom fator de proteção. Além de economizar, você ainda evita ter que lidar com a textura do protetor por baixo da base. – Ao comprar uma base, teste a cor ideal entre o pescoço e o maxilar. Isso evitará que você fique com um aspecto de máscara ao invés de maquiagem. – O calor do dia não faz a sua pele ser mais ou menos oleosa. Mantenha ela hidratada, tome muita água e perceba como o resultado melhora.

FIM DE SEMANA, 12 E 13 DE JANEIRO DE 2019

| Você. | 11

Até a década de 1980 pouco ou nada se falava a respeito da endometriose. Ou alguém lembra de alguma tia de mais idade ou avó que recebera no passado esse diagnóstico? Tratava-se de algo que quase não era comentado, por constituir alteração benigna e, assim, não colocar em risco a saúde ou a vida das pessoas. A presença do endométrio – camada que gera as menstruações – fora do útero era considerada apenas como uma das hipóteses para explicar os casos de fortes cólicas menstruais. Por ser um diagnóstico de difícil confirmação, essa suspeita era pouco investigada e os seus sintomas algumas vezes tratados com descaso. Foi nos anos 90 que o enfoque se voltou para o fato de se tratar de um problema crônico, uma vez que poderia atormentar boa parte da vida de mulheres desde a menarca (primeira menstruação) até a menopausa (a última menstruação da vida). Começou-se também a verificar outra faceta da doença: o progressivo agravamento, ou seja, a tendência a piorar com o passar do tempo. Por fim, recentemente uma nova abordagem veio à tona, o potencial de causar inflamação, o que veio a explicar com mais clareza as principais consequências da endometriose: dismenorreia (dor ao menstruar), dores no baixo ventre, dispareunia (dor/desconforto nas relações) e dificuldade para engravidar. Ainda há muito por desvendar, mas hoje sabemos bem mais sobre essa enigmática doença ginecológica benigna, crônica, progressiva e inflamatória. Trata-se de um problema que acomete cerca de 10% das mulheres em idade reprodutiva (talvez

Dr. Marcos Höherr ro Médico Especialista do Centro de Reprodução Humana na Bruno Born

A endometriose acomete cerca de 10% das mulheres em idade reprodutiva e está presente em 30 a 50% dos casos de infertilidade feminina.” mais) e está presente em 30 a 50% dos casos de infertilidade feminina. Um mal que, pelos seus sintomas, atinge diretamente as mulheres e, pelas suas repercussões, pode afetar relacionamentos por prejudicar a vida sexual e/ou reprodutiva dos casais. Com o uso de medicamentos ou com a realização de procedimentos, é possível ter uma melhor qualidade de vida, viver sem dor, sem prejuízo à vida sexual dos casais e engravidar de forma natural ou, se necessário for, mediante algum tipo de tratamento.


INFORME COMERCIAL

e

o

a o

Bogotá &SKSXɧɯEGETMXEPISGIRXVSƤRERGIMVSHE'SPɹQFMEɯYQEGMHEHILMWXɸVMGEGSQZɧVMSW QYWIYWYQFIPSQMVERXIYQE'EXIHVEPHI7EPIYQGIRXVSLMWXɸVMGSQYMXSMRXIVIWWERXI 4SVMWWSXIQEXVEɳHSGEHEZI^QEMWXYVMWXEWIWXVERKIMVSW &SKSXɧɯYQEGMHEHIMRXIVIWWERXIQEWRɩSɯRIQHIPSRKIETVMRGMTEPEXVEɭɩSUYIPIZE SWXYVMWXEWIWXVERKIMVSWɦ'SPɹQFME3WHIWXMRSWUYIQEMWEXVEIQSWXYVMWXEWWɩS'EVXE KIREHEWɘRHMEWI7ER%RHVɯW4SVɯQGSQSQYMXSWZSSWJE^IQIWGEPEIQ&SKSXɧZEPI ETIREƤGEVEPKYRWHMEWREGMHEHITEVEGSRLIGIVSWIRGERXSWHEGETMXEPGSPSQFMERE 3GIRXVSLMWXɸVMGSɯGLEQEHSHI0E'ERHIPEVMEIɯYQPYKEVMRXIVIWWERXIIFSRMXS 3WTVMRGMTEMWQYWIYWPSGEPM^EQWIRIWWETEVXIHEGMHEHI8EQFɯQɯPɧUYIIWXɩSEW MKVINEWLMWXɸVMGEWIE4VEɭE&SPɳZEVSRHIƤGEQS4EPɧGMS4VIWMHIRGMEPS'SRKVIWWSS Palácio de Justiça e a Catedral. %'EXIHVEPHI7EPɯETVMRGMTEPEXVEɭɩSXYVɳWXMGEHI&SKSXɧ3UYITSYGEKIRXIWEFIɯ UYIIPERɩSƤGEIQ&SKSXɧQEWREGMHEHIHI>MTEUYMVɧEOQHEGETMXEPGSPSQFMERE 4SVɯQEPSGEPM^EɭɩSɯETIREWYQHIXEPLINɧUYIZMWMXEVE'EXIHVEPHI7EPɯYQHSWTEW WIMSWQEMWXVEHMGMSREMWHSWXYVMWXEWUYIZMWMXEQ&SKSXɧ 3PSGEPSRHIIWXɧPSGEPM^EHEE'EXIHVEPɯYQEQMREHIWEPUYINɧIVEI\TPSVEHEGSQS WEPMRETIPSWTSZSWTVɯGSPSQFMERSWIUYIEMRHELSNIGSRXMRYEIQEXMZMHEHIXIRHSWEP TEVEEFEWXIGIVETSTYPEɭɩSTSVZɧVMSWWɯGYPSW

A BRASIL VIAGENS TEM UM PACOTE PARA COLÔMBIA DE 19/9 A 29/9/2019, VISITANDO BOGOTÁ, MEDELLÍN E CARTAGENA


Cartagena A cidade de Cartagena foi fundada por Pedro de Heredia em junho de 1533 e, durante o período colonial, foi um dos principais portos nas Américas para transporte de ouro e prata, além de local para o comércio de escravos oriundos da África. A cidade murada de Cartagena é muito fotogênica e colorida e tem aquele ar descontraído de praia e calor. A população lembra muito a das nossas cidades praianas da Região Nordeste. A arquitetura colonial espanhola, porém, é mais imponente que a portuguesa, com pés-direitos altos, grandes espaços internos e varanHEWƥSVMHEWUYIXSVREQGEHEGEWEGEHEIWUYMREYQEJSXSIQTSXIRGMEP%GMHEHIɯGLIMEHIQSRYQIRXSW igrejas, praças e bandeiras de Cartagena e da Colômbia Dentro da cidade murada, as atrações são todas bem perto e para todo lado que se ande há pontos a visitar: a Torre do Relógio que é uma das entradas da cidade murada, a Plaza de Los Coches, a Alcaldía Mayor (a prefeitura), a Plaza de la Aduana, a Catedral, entre muitas outras. O recinto onde funciona Las Bóvedas foi construído para ser abrigo militar e para armazenamento de suprimentos. Desde a restauração, entre 1969 e 1972, funciona como principal local de concentração de souvenirs para turistas por metro quadrado da cidade e por esse motivo fervilha durante o dia.


Conforto e luxo na Serra Gaúcha Empreendimento da Construtora Diamond chega a Gramado e conquista os amantes do clima serrano

E

m qualquer estação do ano ou momento da vida, estar em Gramado é sempre uma experiência singular. Premiado como o melhor destino de inverno do Brasil, é o maior roteiro turístico do estado. Harmonizando com traços da colonização europeia e o clima elegante da serra, a Construtora Diamond, de Lajeado, lançou seu novo empreendimento, o Diamond Garden. Ajustando-se à estética incon-

fundível da cidade, as duas torres de quatro pavimentos cada foram projetadas pela arquiteta Cátia Schmidt. Com referências neoclássicas aliadas às influências arquitetônicas inglesas, o projeto recebeu materiais como pedra, madeira e, claro, a preservação da vegetação existente, com área de mais de 4,3 mil metros quadrados em terreno com ajardinamento. De acordo com o diretor da construtora, Gustavo Schmidt, a conclusão da obra está proje-

PATROCINADORES

14 | Você. |

FIM DE SEMANA, 12 E 13 DE JANEIRO DE 2019

tada para julho deste ano. “É o nosso primeiro empreendimento na serra e diversas famílias e investidores da região já se encantaram e garantiram espaço no Diamond Garden”, revela. Conforme Schmidt, os apartamentos em condomínios fechados na serra têm sido uma boa opção tanto para quem deseja adquirir um imóvel de lazer quanto para aqueles que desejam investir no setor imobiliário de Gramado, movimentado em todas as épocas

do ano. As torres, já na fase dos acabamentos, têm acesso ao jardim impecável e arborizado do terreno, playground, chimarródromo, salão de festas mobiliado e decorado e com sistema de vigilância a distância. “Estamos instalando um sistema com o qual será possível o dono do imóvel acompanhar as movimentações do seu apartamento e ter mais controle sobre ele. As fechaduras terão esquema de segurança ligadas à

internet, sendo inteiramente digitais”, acrescenta Schmidt. No geral, os apartamentos de dois e três dormitórios e cobertura têm de 126 a 150 metros quadrados de área útil, com esperas de automação residencial, churrasqueira, lareira, calefação, água quente e split. O empreendimento fica a três quadras da Vila de Natal de Gramado e a uma quadra da principal rota da cidade, a avenida das Hortênsias.


REALIZAÇÃO

FIM DE SEMANA, 12 E 13 DE JANEIRO DE 2019

| Você. | 15


16 | FIM DE SEMANA, 12 E 13 DE JANEIRO DE 2019

Você - 12 de janeiro de 2019  
Você - 12 de janeiro de 2019