Page 1

NÚMERO 5

JUNHO 2018

GLOBAL NEWS Distribuição gratuita a todos os nossos clientes, fornecedores e amigos

Marcas de sonho para um verão total Agitamos o verão de 2018 com as nossas ativações de marca

QUINTA DA BOA VISTA

WINE&SPIRITS

ATIVAÇÃO

Cabriz listado

Top 100 destaca Global Wines

Fernando Mendes vende Cabriz

A marca referência do Dão já se encontra disponível num dos mais emblemáticos e representativos restaurantes da Cidade Maravilhosa, Rio de Janeiro.

O Top 100 da conceituada publicação Wine&Spirits destaca três vinhos da Global Wines, todos eles com pontuações acima dos 88 pontos.

O ator Fernando Mendes encarna o papel de Custódio Reis, um vendedor de bebidas espirituosas, na sua mais recente peça: Insónia. Cabriz apoia a cultura.

Leia tudo na página 5

A história completa na página 4

Saiba mais na página 5


Global News - Número 5 / Junho de 2018

Editorial

MARCAS DE SONHO PARA UM VERÃO TOTAL

O

s meses de verão são de intensa atividade para as nossas marcas. Pela sua qualidade, versatilidade, presença no mercado e preferência junto dos consumidores, difícil, mesmo, é não escolher uma marca Global Wines (GW), seja em que ocasião for. Veja o que andamos a fazer no que à ativação de marcas diz respeito neste verão.

VITOR CASTANHEIRA A D M I N I S T R A D O R G LO B A L W I N E S

Qualidade e autenticidade

N

u nca duvidámos do potencial da região on de nascemos. Hoje recon hecido por todos, o Dão apresen ta-se como uma região capaz de disp onibilizar vinhos que en chem a alma e despertam os sen tidos. Au tenticidade, saber-fazer medido n uma simples expressão: “terroir”. A mesma autenticidade qu e aportamos aos nossos néctares, seja qu al for a região onde estamos presen tes. Nesse sentido, é com u ma forte dinâmica comercial e de marketin g que abraçamos o verão deste ano. Um pouco por todo o país é, ou vai ser, possível ficar a con hecer melhor as nossas marcas e o que cada uma delas pode oferecer. Seja comerciante ou consumidor final, confio que n inguém ficará indiferente aos n ossos vinhos. Cada vez mais conhecidos dentro e fora de portas, temos enveredado por u m percurso que nos tem permitido esta r em algumas das mais repu tadas garrafeiras e restau rantes, assim como em gran des superfícies comerciais, um pou co por todo o mundo. Qu eremos estar onde se pretenda beber bom vinho e o nosso con sumidor sabe que somos capazes de o surpreender. Esteja on de estiver. É para isso que trabalh amos quotidianamente. Boas leitu ras e boas provas.

2

Cabriz e Vinha Maria no Festival da Comida Continente Nos passados dias 7 e 8 de julho, a GW esteve presente no Festival da Comida Continente, inserida no Mercado de Vinhos, Queijos e Enchidos do certame, com as suas marcas Cabriz e Vinha Maria, esta última um exclusivo Continente no mercado nacional. Foram dois dias de muita animação, provas e conversas, num evento que compreendia variadíssimas atividades, tais como showcookings, workshops, concertos, etc. Por este festival passaram muitos milhares de pessoas e a GW não poderia deixar de estar presente junto de todos os consumidores. Happy Hour Cabriz no Archi Summit 2018 Cabriz foi o parceiro vínico oficial da 4.ª edição do Archi Summit 2018, que este ano se realizou nos dias 12 e 13 de julho, no Lx Factory, em Lisboa. Ao todo, estiveram reunidos cerca de 1.500 participantes, entre arquitetos, engenheiros

civis e empresários, naquele que é o maior evento de arquitetura do país. Sob o mote Os Novos Desafios da Habitação e o Ordenamento do Espaço Público, o Archi Summit 2018 proporcionou momentos de debate, conjugados com a apresentação de projetos de arquitetura e com um espaço de exposição destinado ao “networking” empresarial e à promoção de negócios no sector da indústria e construção. Para refrescar estes dois dias, Cabriz promoveu uma Happy Hour, onde todos puderam relaxar ao sabor dos seus vinhos e espumantes. Pontos de Encontro Quinta do Encontro Este verão voltámos a implementar a campanha Ponto de Encontro. Esta ação da nossa marca da Bairrada pretende transformar pontos de venda “trendy” em verdadeiros pontos de encontro entre amigos, fomentando o consumo de espumante Quinta do Encontro (QdoE) e fornecendo todas as condições para o seu serviço. Os Pontos de Encontro espalham-se um pouco por quase todo o território português e alguns exemplos são o Restaurante Wish (Porto), o Salgaboca (praia de Mira), os Lagoa ó Mar (bares das praias de Melides e de Santo André), o Marriott Beach Resort, os Topo de Belém e do Chiado (Lisboa), o Olivalmar (Armação de Pêra), o Anantara (Vilamoura) e a garrafeira Rossio (Portalegre). Nos Pontos de Encontro, os consumidores podem desfrutar dos espumantes QdoE a


www.globalwines.pt

copo - quem não adora beber um flute de espumante à beira-mar?! -, em esplanadas/ terraços/bares decorados com motivos da marca bairradina. Paralelamente, existirão ainda ações de ativação da marca, que pretendem levar a QdoE ainda mais perto dos consumidores. Viseu Folk No ano em que Viseu se declara Cidade Europeia do Folclore, recebe o maior, mais relevante e mais histórico dos eventos europeus de etnografia e folclore: o EUROPEADE. O evento conta com cerca 5.400 participantes inscritos, de 203 grupos, provenientes de 24 países europeus. Durante cinco dias, estes ocuparão as praças, ruas e jardins da cidade, criando uma verdadeira montra viva da diversidade e riqueza cultural das tradições europeias. Do resto da Europa, participam 40 grupos de Espanha, 22 grupos da Alemanha, 18 grupos de França, 15 grupos da Bélgica,

13 grupos da Letónia, 12 grupos da Estónia e da Finlândia, 10 grupos de Itália, oito grupos da Hungria, três grupos da Suécia, da Eslovénia, da Suíça, do Chipre e da Polónia, dois grupos da República Checa, da Lituânia, da Roménia e da Eslováquia e um grupo em representação da Irlanda, da Rússia, da Bulgária, do Luxemburgo e da Áustria. Por estes dias, no Parque Aquilino Ribeiro, será instalado o Fórum EUROPEADE, coração da atividade do festival, ponto de apresentação de várias cidades europeias participantes e “mercado” do folk, com artesanato, workshops e oferta gastronómica internacional. Já no Mercado 2 de Maio, são os sabores da região que sobem ao palco. Aqui, será instalada uma Praça de Alimentação, nos dois pisos existentes, que conta com cerca de uma dezena de operadores gastronómicos locais. A oferta será diversificada e adaptada ao evento,

harmonizando a “street food” com os sabores da gastronomia local. Quanto aos vinhos para acompanhar todas estas iguarias, só poderiam ser Cabriz. A copo, à garrafa ou em forma de pack, para que estes visitantes possam levar um pouco do Dão para os seus países. Cabriz vinho oficial do festival EDP Vilar de Mouros 2018 Cabriz é o vinho oficial do festival de música EDP Vilar de Mouros, que se realiza nesta freguesia de Caminha, entre os dias 23 e 25 de agosto. Com nomes já confirmados como John Cale e Peter Murphy, entre outros, o festival conta com a marca referência do Dão como vinho oficial. Feira de São Mateus Cabriz é o Vinho Oficial da 626.ª edição da Feira de São Mateus, a mais antiga feira franca da Península Ibérica. Mais de um milhão de visitantes são esperados nesta feira de

Viseu, que irá decorrer de 9 de agosto a 16 de setembro. Para além de poder encontrar os vinhos Cabriz em todos os operadores da restauração presentes no certame, a marca terá também o seu próprio Wine Bar, onde os visitantes poderão beber Cabriz a copo, bem como comprar packs de garrafas como recordação da feira. Para animar ainda mais a festa, Cabriz irá promover variadíssimas ações de ativação pelo certame, em vários espaços. Feira de Vinhos do Dão-Nelas De 30 de agosto a 2 de setembro, a GW estará presente em mais uma edição da Feira de Vinhos do Dão, em Nelas. Como é habitual, serão quatro dias de muita animação, provas e conversas à volta do vinho. A GW estará presente com as suas marcas da região do Dão e promete ter algumas novidades e ativações no certame, onde poderá ficar a conhecer, se ainda não conhece, o seu portefólio. 3


Global News - Número 5 / Junho de 2018

BREVES

Cabriz no Rally Vinho do Dão Cabriz esteve no Rally Vinho do Dão, uma iniciativa promovida pelo Município de Nelas e pelo Clube Automóvel do Centro, enquanto patrocinador oficial do piloto Hugo Lopes da AMSPORT. A 4.ª edição do Rally Vinho do Dão, que decorreu nos dias 26 e 27 de maio, em Nelas, contou com 27 participantes em prova, registando-se uma forte adesão do público, que acompanhou as provas durante os dois dias, tendo ainda a oportunidade de provar o espumante Cabriz e as novas colheitas branco e rosé de Cabriz Colheita Selecionada.

VINHA DOS AMORES BRANCO CONQUISTA MACAU...

A

Global Wines esteve presente no Perfect Portuguese Pairings – Macau 2018, uma experiência enogastronómica dedicada à harmonização de gastronomia macaense com vinhos portugueses, que decorreu no dia 26 de maio e contou com 100 profissionais e 150 consumidores. No final, Casa de Santar Vinha dos Amores branco trouxe para casa um dos três prémios entregues. Este evento incluiu uma prova de vinhos em formato inovador, limitada a 18 empresas, onde a Global Wines esteve em destaque com as suas marcas. Estiveram presentes sommeliers e chefs que explicaram cada uma destas combinações e mobilizaram os visitantes a provar os vinhos de cada um dos produtores. Durante o evento, os participantes votaram na melhor harmonização e elegeram três vencedores: Casa de Santar Vinha dos Amores branco foi um deles.

...E O VINHA DOS AMORES TINTO 2013 JÁ ESTÁ NO MERCADO

C

om apenas 13 mil garrafas produzidas, e disponível em caixas de três unidades de 75 cl, o Vinha dos Amores Touriga Nacional 2013 já se encontra disponível no mercado e traz consigo o que de melhor a vinha da Casa de Santar pode proporcionar. De cor granada intensa, com notórios tons violáceos, é um vinho intenso e complexo. São evidentes os frutos do bosque, frutos vermelhos bem maduros e geleia dos mesmos. Apresenta também notas florais e notas de especiarias. Estagiou 18 meses em barricas de Carvalho Francês e seis meses em garrafa. Um ícone a descobrir e a desfrutar.

Cabriz na prova de ciclismo JN Cabriz esteve com a equipa Continental UCI Miranda - Mortágua, em Viseu, na 28.ª edição do Grande Prémio de Ciclismo Jornal de Notícias. Naquela que é uma das mais emblemáticas provas do ciclismo nacional, a equipa da região do Dão correu, durante uma semana (de 28 de maio a 3 de junho), tendo percorrido mais de 800 quilómetros, sempre com o apoio de Cabriz.

GLOBAL WINES CONQUISTA TOP 100

A

Global Wines continua a convencer a crítica nacional e internacional. Desta feita, foi a Wine&Spirits que destacou no seu Top 100 nada mais, nada menos do que três marcas do grupo: Vinha Maria, Monte da Cal e Cabriz. Do Dão ao Alentejo, o denominador comum foi o facto de todos eles terem superado a fasquia dos 88 pontos, demonstrando, assim, a consistência e qualidade dos vinhos produzidos pela Global Wines. Vinha Maria Dão Branco Premium

4

2016, Monte da Cal Colheita Selecionada Tinto 2016 e Cabriz Colheita Selecionada Tinto 2015 foram os vinhos destacados nesta prova.


www.globalwines.pt

Cabriz no histórico restaurante Quinta da Boa Vista A marca referência do Dão já se encontra disponível num dos mais emblemáticos e representativos restaurantes do Rio de Janeiro

O

Restaurante Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, transpira história e histórias, ou não fossem as suas instalações situadas na antiga capela da residência da Família Real Portuguesa nesta cidade brasileira. A marca de vinho do Dão mais vendida no mundo entra, agora, para também fazer história nesta história cheia de tradição, sabores, clima tropical e laços Portugal/Brasil.

Onde atualmente funciona a cozinha do restaurante foi, em tempos, a casa do sacerdote. Da antiga capela da residência oficial do Rei D. Pedro I, no Brasil – transformada em restaurante em 1954 – mantém-se a arquite-

tura, cuidadosamente preservada, e o ambiente, enriquecido com pinturas antigas e móveis do século XVI. A própria ementa do restaurante espelha a herança histórica do lugar. Aqui, são oferecidos aos clientes pratos como o bacalhau à D. Pedro (lombo de bacalhau grelhado, batatas portuguesas, “petit-pois” e palmito) ou o café de filtro, feito da maneira que o Rei D. Pedro apreciava.

com os trajes da época. A ideia foi tão elogiada pelos clientes e amigos da Quinta da Boa Vista, que essa passou a ser a farda oficial dos funcionários. Da próxima vez que for saborear um copo de Cabriz a este emblemático restaurante, não estranhe se perucas, corpetes ou sobrecasacas fizerem parte

da indumentária. Os jardins palacianos que envolvem o restaurante também merecem uma visita prolongada: são lindos e um cenário maravilhoso para degustar, com calma e tempo, e em boa companhia, um copo de Cabriz. Encontramo-nos à mesa? Até já!

Mas ir à Quinta da Boa Vista é uma experiência, não apenas para o paladar, mas para todos os sentidos. Em homenagem aos 200 anos da chegada da Família Real ao Brasil (que se mudou para o país para fugir a Napoleão Bonaparte), em 2018, os funcionários do restaurante vestiram-se 5


Global News - Número 5 / Junho de 2018

Custódio Reis, o vendedor de Cabriz

Fernando Mendes protagoniza a peça Insónia, onde a marca do Dão está em destaque

Global Wines - Estamos mais habituados a vê-lo na televisão do que nos palcos de teatro. O que é que prefere? Fernando Mendes - Embora seja, normalmente, associado ao meu trabalho em televisão, prefiro, claramente, o teatro. GW - Quais são as principais diferenças entre o trabalho que desenvolve na televisão e o que está a fazer com o espetáculo Insónia? FM - A primeira grande diferença prende-se com o facto de se tratar de duas plataformas completamente diferentes: televisão e teatro. No programa O Preço Certo, que faço há quase 15 anos, não tenho guião. É tudo feito de improviso. Na peça de teatro Insónia, tenho um guião, a peça tem uma história, foi escrita e encenada pelo talentoso Roberto Pereira e, como penso que está tão 6

bem escrita, não há lugar para muito improviso.

é o reflexo de muitas famílias portuguesas.

GW - Costuma dizer que prefere ser um ator popular a um ator conhecido. Pode explicar? FM - Ser popular, na minha opinião, é ter o carinho do público e preciso dessa energia para representar.

GW - Como é que tem sido a recetividade dos espectadores ao espetáculo? FM - Felizmente, está a ser muito boa. Já fizemos 28 sessões e tem corrido tudo muito bem.

GW - É apreciador de vinho? Como é que se preparou para encarnar a personagem de Custódio Reis, um vendedor de vinhos e licorosos? FM - Sou, sim. Com muitos ensaios (risos)! É a primeira vez que estou sozinho em palco, o que exige mais de mim. A responsabilidade é grande, por isso, tive de trabalhar muito. Para fazer este personagem, analisei algumas das famílias que conheço, porque, na verdade, este Custódio Reis

GW - E qual é que tem sido o feedback relativamente à “entrada em cena” de Cabriz? FM - É uma grande marca e muito acarinhada. Assim que “aparece em cena”, o público identifica-a de imediato. GW - Qual a sua opinião sobre o Dão e Cabriz, em particular? FM - O Dão é uma região muito querida para mim, de onde saem vinhos únicos. E Dão é Cabriz, como diz o

slogan, por isso, sempre que penso em vinhos do Dão, é a marca Cabriz que me vem à cabeça. É uma marca com quase três décadas de existência e que já me acompanhou em momentos muito felizes. Faz parte da minha vida, como da vida de muitos portugueses, e, felizmente, de cada vez mais estrangeiros também. GW - Se tivesse que oferecer um vinho Cabriz a um amigo qual seria e porquê? FM - Só posso oferecer um (risos)?! Oferecia uma caixa com o Cabriz Reserva branco e o Cabriz Reserva tinto. São dois vinhos de que gosto imenso e que são excelentes companheiros para a mesa, muito gastronómicos. E não sei se sabem, mas eu adoro gastronomia (risos)!


www.globalwines.pt

EUA

AIDIL WINES: QUALIDADE E SERVIÇO EM TERRAS DO TIO SAM

A

Aidil Wines foi fundada em 1984, em Nova Jérsia, nos Estados Unidos da América, pelo empresário português Lee Cruz, que batizou o seu negócio com o nome da esposa, Lídia, mas lido ao contrário. O anagrama Aidil/Lídia pode ser igualmente compreendido como a expressão inglesa para ideal [ideeal] e que tem ajudado à notoriedade deste negócio. Inicialmente criado com o fim de importar cerveja e alguns vinhos portugueses para o negócio da construção onde Lee Cruz estava envolvido, a Aidil Wines evoluiu de forma consistente, com operações em Nova Iorque e Nova Jérsia. Em 2002, foi, finalmente, vendida ao empresário António Seabra, que tornou a companhia num parceiro de escala na importação e distribuição nas duas costas dos EUA, assim como a nível nacional, através de parceiros locais. Apesar do portefólio da Aidil Wines ter-se, recentemente, expandido para outras regiões do mundo, o compromisso com a comercialização de vinhos, vinho do Porto, cervejas e licores de Portugal mantém-se inalterado. A companhia assume a ambição de continuar a “educar o consumidor americano acerca desse país maravilhoso, as suas pessoas, cultura e, claro está, os seus grandes néctares provenientes de castas autóctones”.

Construída com base em princípios de qualidade, integridade e serviço prestado por intermédio de uma equipa dedicada, a Aidil Wines aposta na retenção de profissionais que facilmente se identifiquem com “os nossos vinhos e sejam, igualmente, apaixonados pela nossa cultura”. Um parceiro Global Wines, com certeza!

Global Wines levou o melhor do Dão ao Porto A iniciativa Dão Invicto teve lugar nos dias 29 e 30 de junho na Alfândega do Porto

A

Global Wines marcou presença na iniciativa Dão Invicto, que se realizou nos dias 29 e 30 de junho, na Alfândega do Porto. Efeméride na qual foram dados a conhecer os vinhos Cabriz e Casa de Santar, muito solicitados por portugueses e estrangeiros. “Fomos visitados por muitos turistas e é muito bom ver que a recetividade dos consumidores internacionais aos nossos vinhos é a melhor”, refere Patrícia Gonçalves, responsável pelo mercado nacional da Global Wines. “Esta boa aceitação geral vem confirmar o que tem sido o percurso de sucesso destas duas marcas, tanto em Portugal, como além-fronteiras”, acrescenta. Mas a presença da Global

Wines não se ficou por aqui, pois também Osvaldo Amado, diretor de Enologia da Global Wines, e o chef executivo do Grupo Global Wines, Henrique Ferreira, marcaram presença no evento, com atividades distintas onde puderam, em cada uma delas, dar a conhecer o que o Dão tem para oferecer. E se Osvaldo Amado ministrou um workshop subordinado ao tema Grandes Ouros do Dão – Concurso Nacional de Vinhos 2018, no qual destacou o vinho da Global Wines premiado neste concurso, o Casa de Santar Reserva tinto 2013, já o chef Henrique Ferreira assumiu o leme da bancada Dão Invicto por Henrique Ferreira, onde esteve a confecionar e vender “iguarias portuguesas com uma abordagem de autor”. “O feedback foi muito bom, em especial do público internacional, que reage sempre de forma muito

positiva à gastronomia portuguesa”, destacou o chef, acrescentando que “o Dão é, cada vez mais, motivo de interesse, o que justifica o grande número de visitas do evento”. Ao longo dos dois dias do Dão

Invicto, para além de provas de vinhos, foi ainda possível assistir a workshops com enólogos de renome e harmonizações gastronómicas, a que se juntou uma exposição da Maserati, marca patrocinadora do evento.

7


Global News - NĂşmero 5 / Junho de 2018

8

Profile for 19|90 Premium Wines

19|90 Premium Wines Magazine #5 Português  

Marcas de sonho para um verão total - Agitamos o verão de 2018 com as nossas ativações de marca. Quinta da Boavista - Cabriz listado. Wine&S...

19|90 Premium Wines Magazine #5 Português  

Marcas de sonho para um verão total - Agitamos o verão de 2018 com as nossas ativações de marca. Quinta da Boavista - Cabriz listado. Wine&S...

Advertisement