Page 1

03


04


05


Triênio 2011/2013

E

sta é a última mensagem da diretoria que encerra, neste ano, a gestão triênio 2011 – 2013. Quando a maioria dos atuais diretores assumiu o mandato, em 2008, uma das primeiras providências foi licitar os serviços prestados pela revista, bem como mudar a formatação em prol da Associação. A capa passou a evidenciar a Girolando, além de aumentarmos de 40% para 60% o conteúdo técnico de interesse dos associados, o que se mantém até neste número. Chega o momento de prestarmos contas e aguardarmos o julgamento, soberano dos associados, relativo ao nosso trabalho. Foi um período intenso e diversificado, em várias frentes. Atuamos na infraestrutura física da casa, adequamos e modernizamos nossa sede, fizemos obras para manter a funcionalidade e atender a nova fase da entidade, agora com todos os serviços informatizados. E adotamos nova filosofia gerencial, privilegiando a atuação de Escritórios Técnicos Regionais – ETR próprios, aumentando a efetividade de atendimento e a segurança trabalhista. O Programa de Melhoramento Genético da Girolando – PMGG mereceu atenção especial, desde o controle leiteiro, passando pela utilização de tablets para os registros; reforço da frota para a distribuição de sêmen; inspeções, e pela implantação e funcionamento pleno do Centro de Performance Girolando – CPG, onde machos e fêmeas poderão ser atendidos em vários projetos; além da pré-seleção de touros, com ganhos de tempo e qualidade. Destacamos que o Centro de Capacitação Girolando – CCG, idealizado por esta diretoria, deverá ser construído em terreno que foi cedido à Associação, em comodato, no ano de 1983, pela Embrapa. Naquela época, o período de cessão desse terreno era de três anos, renováveis, que conseguimos fosse aumentado para 30 anos. Os projetos estão prontos e carecemos, apenas, dos recursos do governo federal, com pequena contrapartida de nossa parte. Aliás, já conseguimos nos anos de 2010 e 2012, por meio de emendas parlamentares, os valores de R$1.400.000,00 e R$5.000.000,00, respectivamente. O primeiro, embora incluído no orçamento, não foi liberado pelo governo federal e o segundo, contamos com o apoio do Excelentíssimo Ministro de Agricultura e temos expectativa de sua liberação. Agora, com a aprovação do orçamento impositivo, pelo Congresso Nacional, as futuras emendas serão, obrigatoriamente, liberadas e as que forem obtidas para a construção do CCG levarão a Girolando a um patamar diferenciado. Temos a certeza de que a entidade tem hoje credibilidade e sustentabilidade; só depende de empenho e determinação das futuras diretorias. A Ouvidoria, implantada em 2012, está em pleno funcionamento. Enfim, fizemos o que foi possível. A Girolando está saudável financeira e administrativamente. Estamos prontos para colher muitos frutos, pois a informatização, que concluímos neste último trimestre, possibilitará, de imediato, redução de custos. Acreditamos que estamos prontos para ganhar o mercado internacional, já em conversações com o Ministério, para prestar consultoria e transferir conhecimento, tecnologia e experiência para outros países, preservando e divulgando este patrimônio brasileiro que é a raça Girolando. A gestão está se encerrando, o trabalho realizado, e como fazemos a cada final de Megaleite, iniciativa vitoriosa idealizada por Marcos Amaral, há 10 anos, desejamos que a próxima gestão seja muito melhor do que esta que termina. Como já dissemos, cabe aos associados a avaliação deste triênio. A nós, só restam agora três falas: desculpem pelo que não conseguimos fazer ou pelo que não fizemos a contento; por favor, continuem acreditando, trabalhando e contribuindo para que a Girolando seja tão forte e pujante quanto é a raça que representa; e muito obrigado pela paciência, confiança e apoio que nos deram. Foi um privilégio e uma honra representá-los. Feliz Natal, que o novo ano seja pródigo para todos nós e para nossa Girolando. Um abraço fraterno e até sempre.

04


05


Editorial

Esta edição da revista O Girolando é especial. Trazemos um balanço sobre todas as ações e os projetos realizados pela Associação nesta última gestão, comandada pelo presidente José Donato Dias Filho. O banco de dados já conta com mais de 1,3 milhão de animais certificados. Nos últimos anos, os investimentos feitos em tecnologia da informação contribuíram para agilizar o processo de registro. Hoje, os serviços realizados pelos técnicos nas propriedades chegam de forma rápida e segura, via internet, à entidade, reduzindo consideravelmente o tempo para emissão dos certificados. Outra inovação foi a Pré-Seleção de Touros, implantada em 2013 para garantir que os reprodutores do Teste de Progênie tenham alta qualidade reprodutiva. A prova é realizada no Centro de Performance Girolando, inaugurado neste ano. A entidade também ampliou sua estrutura de atendimento, contando atualmente com sete escritórios técnicos regionais em diversos estados. Nesta última edição do ano, você vai acompanhar o resultado de diversas exposições, incluindo os novos recordes da raça em torneio leiteiro, e uma parcial do Ranking 2013/2014. Os componentes do leite e suas propriedades para a saúde humana é outro assunto de destaque desta edição. Além de estar relacionada com produção de leite e de queijo, a presença de determinados alelos em alguns genes pode estar associada à intolerância a lactose, alergia e outras intercorrências clínicas causadas em consumidores destes produtos. A genotipagem das vacas para suas variantes genéticas poderia ajudar a classificar o leite e o queijo para que as pessoas intolerantes ou alérgicas a algum constituinte do leite possam consumir o produto. Quero aproveitar para desejar a todos Boas Festas e que em 2014 continuemos a promover o crescimento da raça Girolando. Ao novo presidente da Associação, Jônadan Ma, votos de sucesso e sabedoria para comandar a entidade nos próximos três anos a um patamar ainda mais alto. Larissa Vieira Editora

06

Expediente Revista O Girolando - Órgão Oficial da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando Editora: Larissa Vieira - lamoc1@gmail.com Depto. Comercial: Mundo Rural (34) 3336-8888, Míriam Borges (34) 9972-0808 e Walkiria Souza (35) 9133-0808 ogirolando@mundorural.org Design gráfico, ilustrações e arte: Jamilton Souza (34) 9187-0365, Yuri Silveira Fotos: Jadir Bison Revisão: Maria Rita Trindade Hoyler Conselho editorial: Leandro Paiva, Fernando Brasileiro, Milton Magalhães, Jônadan Ma, José Donato Dias Filho, Maria Inez Cruvinel, Mauricio Silveira Coelho, Miriam Borges Impressão CTP: Gráfica 3 Pinti (34) 3326-8000 - Distribuição gratuita e dirigida aos associados da Girolando, ABCGIL e órgãos de interesse ligados à cadeia produtiva de leite. Redação: Rua Orlando Vieira do Nascimento, 74 - CEP: 38040-280 - Uberaba/MG - Telefax: (34) 3331-6000 Assinaturas: ogirolando@mundorural.org - Telefax (34) 3336-8888 - Walkiria Souza

Curta nossa página: www.facebook.com/revistaogirolando

Siga-nos: www.twitter.com/ogirolando

Leia a versão digital em: issu.com/girolando.com.br/docs


07


Componentes do leite e as propriedades de suas proteínas para a saúde - 12

Adaptabilidade ao extremo - 16

Exposições - 22

Relatório 2011-2013 - 35

Mensagem da Diretoria

4

Editorial

6

Novos Associados

10

Teste de Progênie

15

Colostro

20

Ranking Nacional 2013-2014

30

Jônadan Ma vence eleição na Girolando

32

Giro Lácteo

33

08


09


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE GIROLANDO TRIÊNIO 2011/2013 ESTES SÃO OS NOVOS CRIADORES, E ENTIDADES DE CLASSE QUE PASSARAM A INTEGRAR O QUADRO SOCIAL DA GIROLANDO NOS MESES DE SETEMBRO, OUTUBRO E NOVEMBRO DE 2013.

PROP. Nº 7489 7530 7529 7536 7537 7523 7514 7515 7433 7493 7437 7486 7487 7496 7517 7507 7501 7528 7543 7525 7535 7510 7538 7522 7506 7508 7355 7546 7495 7488 7547 7545 7531 7527 7554 7520 7526 7483 7521 7518 7436 7491 7513 7500 7497 7540 7544 7549 7516 7485 7503 7555 7519 7498 7505 7349 7490 7524 7512 7542 7502 7539 7499 7548 7541 7533 7534

10

CRIADOR Antônio Fernando Barbosa Gonzaga Aluysio de Almeida Rocha Filho Ademir Novo Agropecuária Ltda Adelino Junqueira Franco Neto Aroldo Teodoro Campos Antônio Carlos Gallo Adriano Heleno Henriques Ayrton Gomes de Mello Filho Agropecuária Terra Real Ltda Carlos Emanuel de Carvalho Miranda Condomínio Irmãos Dutra Claudio Cunha Melo Moreira dos Santos Elizeth Maria da Cunha Valle Eduardo Ritz Mendonça Eduardo Augusto Querino Flávio Daniel Alves Pinto Gil Wadson Moura Gilberto Ferreira de Castro Helena Delfina de Faria Hélio Thomaz de Aquino Neto Iraci Antônio de Oliveira Isnei José Garcia Faria José Alberto Oliveira Murta José Gouveia Franco Neto José Helidey Ferreira de Oliveira José Roberto da Costa João Viannay Silva da Cunha Juliano Silva Melo Leite Júlio Braz Serra Machado Kátia Aparecida Valladares Serfiotis Luciano Correa de Araújo Leonni Dascani Zini Moreira Leandro Alves Lima Leandro Batista Fernandes Luiz Antônio Morais Soares Luiz Altamiro Garcia Nogueira Leonardo Jamel Saliba de Souza Lamar Agropecuária Ltda Marcos de Moraes Furtado Marcos Augusto Pontes Nogueira Marcelo Marques Gontijo Marcelo Mello Mascarenhas Viana Maria Inez Buosi Hachich Milton Résio Netto Mário Lúcio Zumpano Onofre Eustáquio Ribeiro Osmar de Oliveira Tosta Osnir Yoshime Watanabe Paulo Fernando Ematne Paulo Roberto Dutra / Outros Rodrigo Silva Toledo Robertson Carlos de Menezes Ronim Emilio Onibene de Oliveira Ricardo Heitor Brenner Ricardo da Eira Peixoto Ricardo Martins Ribeiro Saulo Marcondes Gomes Júnior Silas Vicente Barbosa Júnior Sandra Prado Nogueira Teotônio Donizete Sabino Thaueny Moura Stival Valpadana Produtos Lácteos Ltda Vera Sidnei Corrêa Wendell de Farias Cortez Weber Luís da Cunha Wellington Rodrigues da Cunha Wilson de Matos Silva

MUNCÍPIO Mirassol D’Oeste - MT Rio de Janeiro - RJ São Paulo - SP Redenção - PA Belo Horizonte - MG Areado - MG Lagoa da Prata - MG Uberaba - MG Belo Horizonte - MG Rio de Janeiro - RJ Manhuaçu - MG Belo Horizonte - MG Lima Duarte - MG Nova Lima - MG Nova Serrana - MG Gouveia - MG Goiânia - GO Conceição do Rio Verde - MG Monte Alegre de Minas - MG Colider - MT Goiânia - GO Martinho Campos - MG Uberaba - MG Ituiutaba - MG Serro - MG Araxá - MG Santa Rita da Sapucai - MG Palmeiras dos Índios - AL Pompéu - MG Porto Real - RJ Recife - PE Guaçuí - ES Rio de Janeiro - RJ Conceição do Rio Verde - MG Petrópolis - RJ Niteroí - RJ Sete Lagoas - MG Belo Horizonte - MG Uberaba - MG Rio das Ostras - RJ Bom Despacho - MG Belo Horizonte - MG São José do Rio Preto - SP Anápolis - GO Belo Horizonte - MG Paraopeba - MG Monte Alegre de Minas - MG Cravinhos - SP Aiuruoca - MG São Sebastião do Paraíso - MG Muriaé - MG Pancas - Es São Francisco do Glória - MG Lins - SP Santa Maria do Suaçuí - MG Belo Horizonte - MG Sacramento - MG Cuiaba - MT São Caetano do Sul - SP Itapagipe - MG Tucumã - PA Irecê - BA Belo Horizonte - MG Natal - RN Ituiutaba - MG Ituiutaba - MG Maringá - PR

Presidente: José Donato Dias Filho 1º Vice-presidente: Fernando Antonio Brasileiro Miranda 2º Vice-presidente: Maurício Silveira Coelho 3º Vice-presidente: Jônadan Hsuan Mim Ma 4º Vice-presidente: Ivan Adhemar de Carvalho Filho 1º Diretor-administrativo: Milton de Almeida Magalhães Júnior 2º Diretor-administrativo: Adolfo José Leite Nunes 1º Diretor-financeiro: Maria Inez Cruvinel Rezende 2º Diretor-financeiro: Eugênio Deliberato Filho Relações Institucionais e Comerciais: João Domingos Gomes dos Santos

Conselho Fiscal Jeronimo Gomes Ferreira Silvio de Castro Cunha Júnior Marcelo Machado Borges Suplentes Conselho Fiscal Eduardo Jorge Milagre José Alberto Paiffer Menk Luiz Carlos Rodrigues Conselho Consultivo Antônio José Junqueira Villela Joaquim Luiz Lima Filho Nelson Ariza Roberto Antônio Pinto de Melo Carvalho Rodrigo Sant’anna Alvim Suplentes Conselho Consultivo Geraldo Antônio de Oliveira Marques Guilherme Marquez de Rezende Leonardo Moura Vilela Rubens Stacciarini Tomaz Sérgio Andrade de Oliveira Júnior

Membros Conselho Deliberativo Técnico 2011/2013 Membros Natos Alisson Luis Lima Leandro de Carvalho Paiva

Representante do MAPA Superintendente Técnico

Membros Efetivos

Membros Suplentes

Limírio Cezar Bizinotto Marcello A. R. Cembranelli Milton de Almeida Magalhães Neto Valério Machado Guimarães

Juscelino Alves Ferreira Walter Roriz de Queiroz Tiago Moraes Ferreira Daniella Martins da Silva

CONSELHO DE REPRESENTANTES ESTADUAIS: AL – Paulo Emílio Rodrigues do Amaral AM – Raimundo Garcias de Souza BA – José Geraldo Vaz de Almeida BA – Luiz Tarquinio Duarte Pontes BA – Jorge Luiz Mendonça Sampaio CE – Cristiano Walter Moraes Rola DF – Dilson Cordeiro de Menezes DF – Erotides Alves de Castro DF – Ismael Ferreira da Silva ES – Rodrigo José Gonçalves Monteiro GO – Elmirio Monteiro Marques Júnior GO – José Mário Miranda Abdo GO – Léo Machado Ferreira GO – Itamir Antônio Fernandes Vale MG – Anna Maria Borges Cunha Campos MG – Carlos Eduardo Fajardo de Freitas MG – Horácio Moreira Dias MG – José Ricardo Fiuza Horta MG – Júlio Cesar Brescia Murta MG – Paulo Henrique Machado Porto MG – Salvador Markowicz Neto MS – Aurora Trefzger Cinato Real MS – Ronan Rinaldi de Souza Salgueiro

MS – Rubens Belchior da Cunha PA – Zacarias Pereira de Almeida Neto PB – Antônio Dimas Cabral PB – Yvon Luiz Barreto Rabelo PE – Cristiano Nobrega Malta PE – Eriberto de Queiroz Marques PR – Antônio Francisco Chaves Neto PR – Bernardo Garcia de Araújo Jorge PR – João Sala RJ – Filipe Alves Gomes RJ – Herbert Siqueira da Silva RJ – Jaime Carvalho de Oliveira RJ – Luciano Ferreira Guimarães RO – José Vidal Hilgert SE – Lafayette Franco Sobral SE – Ricardo Andrade Dantas SP – Adriano Ribeiro de Oliveira SP – Braulio Conti Júnior SP – Decio de Almeida Boteon SP – Eduardo Falcão de Carvalho SP – Pedro Luiz Dias SP – Roberto Almeida Oliveira SP – Virgilio Pitton TO – Eli José Araújo


11


Componentes do leite e as propriedades de suas proteínas para a saúde

N

os últimos anos, o estudo do DNA avançou de forma impressionante. Com o mapeamento do genoma bovino, os pesquisadores passaram a estudar maneiras de utilizar essa ferramenta em favor do aumento da produtividade leiteira, por meio da identificação e da seleção para genes relacionados à produção. Aumentar a produtividade é de interesse tanto dos produtores quanto dos pesquisadores, que visam diminuir o intervalo de gerações e aumentar o ganho genético. Com o avanço dessas tecnologias já é possível selecionar animais com características desejáveis ao objetivo final do produtor. Se o objetivo for aumentar a produção de leite, serão selecionados animais portadores de alelos responsáveis para essa característica. Se o objetivo for o aumento na produção de queijo, da mesma forma serão selecionados os animais com genótipo favorável para tal. Para aumentar o número de animais com alelos favoráveis no rebanho, são realizados estudos que associam variações em genes candidatos com constituintes do leite, que envolvem as características de teor de gordura, proteína e composição do mesmo e também a interação desses elementos com a produção. É importante ressaltar que a seleção pode ser realizada para mais de uma característica ao mesmo tempo, e não somente para uma característica de cada vez, porém, dessa forma, os ganhos em cada uma vão ser reduzidos. Além disso, conhecendo-se a composição genética dos animais e a composição

12

química do leite, as técnicas de produção podem ser aperfeiçoadas, gerando aumento na produção de leite. O leite bovino é um alimento composto por 87,5% de água, 12,5% de sólidos totais, 4,8% de lactose, 3,5% de gordura, 3,2% de proteína, 0,8% de minerais e 0,2% de outros componentes (vitaminas, enzimas, hormônios, etc.) em diferentes estados de dispersão. A composição do leite de rebanhos bovinos das raças Holandesa e Girolando é constituída por cerca de 3,2% de proteína, das quais 80% são caseínas (CN) e 20% proteínas do soro do leite, como β-lactoglobulina (β-LGB) e α-lactoalbumina (α-LA). As caseínas são classificadas em quatro grupos: αS1-CN, αS2-CN, β-CN e k-CN. Os índices dessas proteínas variam de acordo com a raça, a saúde, a nutrição, o estádio da lactação e o manejo alimentar do animal. A αS1-CN é a caseína mais prevalente no leite (40%), apresenta nove variantes e está relacionada com alergia e intolerância a leite e derivados. A αS2-CN apresenta quatro variantes, representa aproximadamente 10% das caseínas do leite e está relacionada com atividade antibacteriana. A betacaseína (β-CN) apresenta 13 variantes, sendo A1 e A2 as mais comuns e A2 o alelo mais frequente (90100%). O alelo A1 tem atividade em vários tecidos e órgãos e tem sido correlacionado com diabetes tipo I e uma série de reações alérgicas, enquanto o alelo A2 vem sendo associado à redução do risco


de doenças cardíacas e diabetes tipo I em crianças. Além disso, o alelo A2 está associado favoravelmente com a produção de leite, informação que tem levado pesquisadores e produtores a selecionar animais da raça Gir Leiteiro, que apresentam maior frequência do alelo A2, com este alelo e, consequentemente, aumentar sua frequência nas populações de animais participantes de programas de melhoramento. Muitos criadores de Gir Leiteiro estão vendo como oportunidade de mercado o oferecimento de leite produzido por animais livres do alelo A1 (correlacionado com uma série de reações alérgicas). Em rebanhos da raça Girolando a frequência desse alelo ainda não está disponível. A kappa-caseína (k-CN) está relacionada com estabilização das micelas de caseína e sua influência sobre as propriedades de fabricação do leite e rendimento na produção de queijo. A k-CN possui 11 variantes, sendo A e B as mais comuns. Animais com genótipo BB estão associados com maior produção de proteínas, menor tempo de coagulação e formação de coágulo com maior densidade, enquanto animais AA possuem o genótipo menos favorável para produção de queijo. Animais AB apresentam rendimento intermediário entre os genótipos BB e AA. Estudos mostram que na raça Gir Leiteiro

animais BB apresentam rendimento 12% superior de queijo muçarela e 8% de queijo tipo Cheddar em relação aos animais com o genótipo AA. Os genes responsáveis pela produção das proteínas do soro do leite, α-LA e β-LGB, estão presentes nos cromossomos 5 e 11 dos bovinos, respectivamente. A α-LA possui três variantes (A, B, C) e a β-LGB possui 11 variantes (A, B, C, E, F, G, H, I, J, W), sendo A e B os alelos mais frequentes. A α-LA é uma subunidade da enzima lactosesintetase, responsável pela síntese da lactose, e apresenta somente duas variantes genéticas: A e B. A variante B é a mais comum, sendo encontrada em todas as raças ocidentais, enquanto a variante A foi encontrada somente em populações de B indicus e parecia ser peculiar dessa espécie. Para β-LGB, o alelo A está associado favoravelmente com a produção de leite e o alelo B com maior taxa de gordura e de proteína. Dessa forma, produtores que desejam aumentar a produção de leite podem selecionar touros com o genótipo AA para fazer inseminação de seus rebanhos. Da mesma forma, os produtores que querem aumentar o rendimento de queijo devem escolher touros com genótipo BB, uma vez que esses animais possuem os alelos que favorecem a formação de micelas para produção de queijo.

13


Mas, além de estar relacionada com produção de leite e de queijo, a presença de determinados alelos em alguns genes pode estar associada à intolerância a lactose, alergia e outras intercorrências clínicas causadas em consumidores desses produtos. A genotipagem das vacas para suas variantes genéticas poderia ajudar a classificar o leite e o queijo para que as pessoas intolerantes ou alérgicas a algum constituinte do leite possam consumir o produto. Uma intercorrência clínica que pode ocorrer em consumidores de leite é a alergia, que aparece em pessoas com predisposição genética ou em pessoas que consumiram leite antes dos seis meses de vida, quando ainda não são capazes de digerir as proteínas do leite bovino. Outra consequência que o consumo do leite pode causar é a intolerância. A intolerância à lactose, que afeta 25% dos brasileiros, é causada pela dificuldade de digestão da lactose pelo organismo, gerando dores abdominais, diarreia e gases. Pessoas intolerantes à lactose podem ser capazes de consumir produtos lácteos, em baixas quantidades, sem danos à saúde. Um caso ocorre com a beta-caseína, em que o alelo A1 está relacionado com diabetes tipo I e o alelo A2 está relacionado à redução de doenças cardíacas e diabetes tipo I em crianças. Uma solução para que essas pessoas possam consumir o leite, seria identificar animais que apresentassem genótipo A2A2, e que fossem colocadas nas embalagens dos produtos essa informação. Dessa forma, os riscos à saúde seriam amenizados e os produtores teriam animais com maior produção de leite em seus rebanhos. Para que isso fosse possível, todos os animais das fazendas deveriam ser genotipados e, assim, selecionados apenas aqueles portadores do alelo A2. Assim, somente o leite contendo esse alelo iria para o tanque e seria repassado aos laticínios que deveriam identificar nas embalagens dos produtos a referência a esse alelo. Mas qual seria o custo de uma análise? Seria economicamente viável para os produtores? Uma coisa é certa: produtores e consumidores sairiam ganhando com essa identificação dos animais, pois aumentaria a produtividade dos animais e reduziria possíveis males à saúde do consumidor. Na prática já são realizadas genotipagens de touros para alguns genes relacionados com a produção e/ou qualidade do leite, como k-CN e β-LGB. Dados estão disponíveis no Sumário de Touros da raça Girolando, publicado anualmente pela Embrapa Gado de Leite e Associação Brasileira de Criadores de Girolando. A partir das informações contidas no Sumário, produtores podem selecionar os animais portadores dos alelos mais favoráveis ao seu objetivo, aumentando, assim, a frequência desses alelos em seus rebanhos e, consequentemente, sua produção. Isabella Silvestre Barreto Pinto

Estudante de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas Universidade Federal de Juiz de Fora

Isabela Fonseca

Estudante de Doutorado do Programa de Genética e Melhoramento - Universidade Federal de Viçosa

Alessa Siqueira de Oliveira dos Santos

Bolsista de Pós-doutorado PNPD/CAPES - Universidade Federal de Juiz de Fora

Wagner Antonio Arbex

Analista da Embrapa Gado de Leite

Katia Cristina Lage dos Santos Analista da Embrapa Gado de Leite

Marcos Vinícius Gualberto Barbosa da Silva

Pesquisador da Embrapa Gado de Leite

Marta Fonseca Martins

Pesquisadora da Embrapa Gado de Leite

14


Selecionados para Teste de Progênie

O

s resultados da 1ª Prova de Pré-Seleção de touros para o Teste de Progênie GIROLANDO/EMBRAPA foram divulgados no dia 6 de dezembro, durante o descerramento da placa de

inauguração do Centro de Performance Girolando, em Uberaba (MG). Somente foram divulgados os touros aptos ao Teste de Progênie, os quais obtiveram Índice Final superior a 60 pontos.

RGD – registro definitivo; CE – Circunferência escrotal; MORFOL – Nota da avaliação da conformação; IFCT - Índice Final de Classificação de Touros.

15


Adaptabilidade ao extremo Girolando é destaque em exposições no Rio Grande do Sul e no Rio Grande do Norte, comprovando cada vez mais sua alta capacidade de adaptação.

Leandro de Carvalho Paiva

Superintendente Técnico da Girolando

É

notório o grande crescimento que o gado Girolando vem tendo por todo Brasil, não só em regiões onde estão sendo formadas novas bacias leiteiras, mas também naquelas regiões já tradicionais na pecuária de leite. Em todas essas regiões, existe uma necessidade comum, a de se reduzir ao máximo os custos de produção e ao mesmo tempo aumentar a produção de leite, fazendo com que a atividade seja cada vez mais rentável. Neste contexto, o gado Girolando se tornou peça fundamental, pois além de produtivo é um animal rústico, que se adapta facilmente aos diversos tipos de clima e aos vários sistemas de produção utilizados. Estes e outros fatores também estão contribuindo para que a raça Girolando conquiste cada vez mais espaço nas principais feiras e exposições do Brasil, através da iniciativa de entidades regionais e do trabalho desenvolvido pela Girolando. O ano de 2013 foi marcado pela participação da raça em dois grandes eventos, em regiões extremas do país, no Rio Grande do Sul e no Rio Grande do Norte, comprovando mais uma vez sua alta capacidade de adaptação e a grande procura de animais Girolando nestes estados. Na cidade de Esteio, no Rio Grande do Sul, aconteceu entre os dias 24 de agosto e 01 de setembro a EXPOINTER 2013, feira de âmbito internacional, considerada a maior feira agropecuária da América Latina. Durante a feira, foi realizada a 1ª Mostra Oficial da Raça Girolando na Expointer, promovida pelo Núcleo Gaúcho dos Criadores de Gir Leiteiro com o apoio da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando. A mostra, considerada pelos organizadores como a grande novidade da Expointer 2013, contou com a participação de 14 animais, os quais eu tive a honra de julgar. Pude avaliar a qualidade dos animais e o excelente trabalho que vem sendo realizado pelos criadores do estado, que começaram a registrar seus animais a pouco mais de um ano e que já estão colhendo bons frutos. O julgamento aconteceu no dia 24 de agosto, abrindo a programação oficial da Ex-

16

pointer. Todas estas iniciativas foram conduzidas pelo Núcleo Gaúcho, que não mediu esforços para que toda uma estrutura de apoio fosse montada, dando todo o suporte necessário para a atuação da Girolando no evento. As ações tiveram inicio em 2012, oportunidade em que uma comitiva da Girolando visitou a feira para fomentar a criação da raça e realizar parceiras com entidades locais. As primeiras ações ainda tiveram continuidade no início deste ano, quando foi realizado um encontro técnico na cidade de Triunfo-RS, onde realizamos uma palestra técnica para os criadores e iniciamos a inspeção de animais para obtenção do registro genealógico em todo o estado. Com a realização da mostra oficial em 2013 na Expointer, a concretização de uma exposição homologada já em 2014 se torna realidade, principalmente pelo aumento do número de novos criadores gaúchos, tanto de holandês como de Gir Leiteiro, que estão também iniciando a criação de Girolando e realizando todos os procedimentos necessários para a obtenção do registro genealógico. Além do registro genealógico os criadores gaúchos já podem também realizar o controle leiteiro oficial das matrizes, através dos controladores credenciados que atuam no estado.

Pavilhão de Girolando na Expointer 2013


Aurora das Nogueiras. Matriz que representou a raça no desfile da Expointer 2013

Fernando Brasileiro entrega premiação ao criador Carlos Jacob Wallauer

Grupo de criadores durante a Expointer 2013

Julgamento de Girolando na Expointer 2013

Já na outra ponta do país, no Rio Grande do Norte, de clima totalmente diferente, quente e seco, historicamente com índices pluviométricos bem menores do que o xará do Sul, aconteceu entre os dias 12 e 20 de outubro de 2013, a 51ª FESTA DO BOI, na cidade de Parnamirim-RN, organizada pela ANORC – Associação Norte-Rio-Grandense de Criadores. Durante o evento foi realizada uma exposição ranqueada de Girolando, com a participação de 136 animais em pista. O julgamento aconteceu no domingo, dia 13 de outubro. Como jurado, pude também avaliar de perto o nível de evolução e qualidade genética dos animais apresentados em pista. Expositores de outros estados também participaram do evento e demonstraram que a região nordeste tem uma grande vocação para a produção de leite e para a criação de Girolando. Mesmo após uma forte seca em toda a região pudemos observar que os animais resistiram bem às condições de ambiente e clima, não somente pela dedicação dos criadores e pelas técnicas de manejo utilizadas, mas também devido à rusticidade e capacidade de adaptação dos animais ao meio. Além da exposição ranqueada, a primeira do Rio Grande do Norte, foi promovida também pela Girolando, com o apoio do Núcleo dos Produtores de Leite do Rio Grande do Norte – NULEITE e do SEBRAE, uma Jornada Técnica Girolando, nos dias 10 e 11 de outubro, que proporcionou aos participantes conhe-

17


cer um pouco mais sobre a raça Girolando e todo o trabalho e os serviços prestados pela Associação. As palestras e atividades de campo também foram ministradas e conduzidas pelos técnicos Juscelino Ferreira e Pétros Medeiros. 35 pessoas participaram da Jornada Técnica Girolando em Parnamirim-RN, entre criadores, técnicos, estudantes e profissionais do setor. A participação da raça nestes dois importantes eventos, em regiões extremas do país, reforça a importância do Girolando para a pecuária leiteira nacional e sua alta capacidade de adaptação, produzindo leite de qualidade e em quantidade, proporcionando maior retorno econômico ao produtor. Abertura da Jornada Técnica Girolando

Aula prática durante a Jornada Técnica Girolando

Participantes da Jornada Técnica em Parnamirim-RN

Animais participantes da 51ª Festa do Boi

Julgamento durante a 51ª Festa do Boi

18


Melhor criador/expositor: ALEXANDRE SARAIVA DE MORAES Girolando 3/4 Melhor Fêmea Jovem: ENIGMATICA BRAXTON FIV BARBARA RS DO RANCHO Proprietário: ANTÔNIO FERNANDES SOBRINHO Melhor Vaca Jovem: TAINHA FIV EMORY JGVA Proprietário: ALEXANDRE CARLOS MENDES Grande Campeã: ANDROMACA BRADLEY FIV DA XAPETUBA Proprietário: ALEXANDRE SARAIVA DE MORAES Grande Campeão: ALONSO FIV APIPUCOS Proprietário: ALEXANDRE SARAIVA DE MORAES

Melhor Vaca Jovem: BARAUNA MENINO F.CONGONHAS Proprietário: JOSÉ ADILSON DA SILVA Grande Campeã: EVA DO CATOLE Proprietário: JOSÉ ADILSON DA SILVA Girolando 1/2 Melhor Fêmea Jovem: AFRODITE TEATRO DUNDEE FIV APIPUCOS Proprietário: MÁRIO GILBERTO DA F. S. DE MORAES Melhor Vaca Jovem: CANELA TEATRO FIV MAUA Proprietário: MÁRIO GILBERTO DA F. S. DE MORAES Grande Campeã: ARAUCÁRIA GREATLY FIV DO CONDE Proprietário: CRISTIANO NÓBREGA MALTA

Girolando 5/8 Melhor Fêmea Jovem: NARRATIVA RINCÃO ITAIPU Y Proprietário: JOSÉ ADILSON DA SILVA

19


Leandro de Carvalho Paiva Superintendente do SRGRG

COLOSTRO Atenção, criador! Informações importantes! Com o objetivo de informar aos criadores as recentes mudanças promovidas pelo Conselho Deliberativo Técnico no Regulamento do Serviço de Registro Genealógico da Raça Girolando, aprovado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), estamos divulgando, nesta edição, as principais alterações feitas no documento. Ressaltamos a importância da leitura do Regulamento, na íntegra, que se encontra disponível no site www.girolando.com.br, e que também poderá ser obtido junto à Girolando. Além disso, iremos enviar aos criadores um comunicado, contemplando todas as mudanças realizadas. A seguir, veja as principais mudanças feitas na nova versão do Regulamento: Cobrança obrigatória das multas por atraso no envio das comunicações Desde o final de 2011, quando foi implantado o sistema Pure GH, a Girolando suspendeu a cobrança das multas por atraso no envio das comunicações, devido à migração do sistema manual para o eletrônico e aos constantes atrasos na liberação de material e nos atendimentos técnicos. Embora a cobrança de multas fosse uma prática comum até 2011, não era uma obrigatoriedade prevista no Regulamento. En-

20

tretanto, por orientação do Mapa, a nova versão do Regulamento de registro passa a exigir a cobrança das multas das comunicações enviadas com atraso à Girolando. Dessa forma, a partir de janeiro de 2014 todas as comunicações enviadas após o último dia do mês seguinte à data do evento, seja cobrição ou de nascimento, informadas pela Web Girolando ou através dos formulários impressos, serão consideradas em atraso e submetidas obrigatoriamente à cobrança de multa. Os valores das multas estão disponíveis na tabela de taxas da Girolando e serão cobradas de acordo com a quantidade de cruzamentos ou animais informados nas comunicações. Portanto, orientamos a todos os criadores que realizem suas comunicações dentro do prazo regulamentar, para que não sejam submetidas à multa. Aos criadores iniciantes, que nunca tiveram seus rebanhos inscritos na Girolando, as primeiras comunicações poderão ser enviadas de forma retroativa sem a cobrança de multa. Porém, independentemente da situação, nenhum animal poderá ter o nascimento comunicado após os 12 (doze) meses de idade, como já se encontra em vigor desde 1º de janeiro de 2010, válido para todos os criadores. Fotografia dos animais registrados A partir de agora, após os técnicos começarem a realizar os registros através de tablets, pelo módulo Pure M, todos os animais registrados, com ou sem genealogia conhecida, serão fotografados no ato na inspeção. A foto será impressa no certificado de registro, sendo considerada uma identificação permanente do animal junto à Girolando. A única exceção será para as fêmeas submetidas ao cadastro de Rebanho de Fundação (Gir ou Holandês), por não se tratar de um registro genealógico. Os animais portadores de controle de nascimento (CGN), identificados pelo sistema antigo, não serão fotografados por ocasião do seu definitivo. Apenas os animais portadores de bottons ou com genealogia desconhecida, conhecidos como LA, serão fotografados. As fotografias serão realizadas pelos técnicos e podem ser feitas do lado esquerdo ou direito do animal, desde que feitas lateralmente, de forma a identificar o animal da melhor forma possível. Prazos de gestação de produtos de FIV e TE Devido aos procedimentos técnicos realizados na FIV e na TE, seja embrião congelado ou a fresco, o


período de gestação passará a ser contado a partir do implante dos embriões na matriz receptora, variando de 255 a 305 dias de gestação. Pendências de prazo de gestação (FTG ou APG) Nos casos em que o prazo de gestação for inferior ou superior em até 15 (quinze) dias além dos limites estipulados, o animal poderá ser liberado para inspeção mediante consulta das anotações de campo pelo técnico de registro no ato da inspeção. Após análise da anotação de campo, da cobrição e do nascimento, caso as datas das anotações de campo estejam condizentes com as datas das comunicações enviadas à Girolando ou que seja identificado que o animal nasceu prematuramente, a critério do técnico poderá ser concedido o registro genealógico ao animal. Exame de DNA para animais cujos nascimentos foram comunicados com atraso Visando dar mais credibilidade às informações de pedigree, serão submetidos à coleta técnica de material para exame de DNA, os animais com nascimento comunicado com atraso, conforme a seguir: • A partir de 1º de janeiro de 2014, todos os animais comunicados após 180 dias do nascimento;

• A partir de 1º de janeiro de 2015, todos os animais comunicados após 150 dias do nascimento; • A partir de 1º de janeiro de 2016, todos os animais comunicados após 120 dias do nascimento; • A partir de 1º de janeiro de 2017, todos os animais comunicados após 90 dias do nascimento. Vale lembrar que desde 1º de janeiro de 2010, conforme determinação do CDT, os animais com o nascimento comunicado após os 12 (doze) meses de idade estão impedidos de ter sua genealogia conhecida pelo SRGRG. Auditorias em rebanhos A escolha dos rebanhos a serem submetidos às auditorias de rotina do SRGRG será feita considerando como parâmetro o número de criatórios ativos do ano anterior, que efetuaram controles ou registros de nascimento. As auditorias serão realizadas em no mínimo 5% do total desses rebanhos, por técnicos designados pela Superintendência Técnica, sendo todas as despesas com alimentação, hospedagem e deslocamento dos técnicos arcadas pela Girolando. Vale ressaltar que essas auditorias são uma exigência do Mapa e passarão a ser realizadas com mais intensidade a partir de 2014.

21


Interláctea 2013: Dois recordes quebrados

D

ois novos recordes foram registrados no concurso leiteiro da Interláctea 2013 (Exposição Internacional do Agronegócio do Leite), que ocorreu de 11 a 16 de novembro, em Avaré (SP). Dezoito fêmeas concorreram em duas categorias. Entre as vacas, Beija Ocidente HPJ bateu o recorde das 1/2 sangue, que tinha sido registrado este ano no Camaru (Uberlândia- MG), com a produção de 283,540 kg/leite e média de 94,513 kg/leite. O animal é do expositor Hamilton Pereira Junqueira. Entre as vacas 1/4 sangue, venceu Obra Prima da Centrogen FIV, do expositor Cleiton Gonzaga Castilho. Ela obteve 135,790 kg/leite e média de 45,263 kg/leite. A vaca Germina Benta, do expositor Bernardo Garcia de Araújo Jorge, venceu entre as 3/4 sangue ao obter a produção de 272,350 kg/leite e média de 90,783kg/leite. Natali Harmonia da Prata JAC, do expositor Cleiton Gonzaga Castilho, venceu entre as vacas 5/8. Ela produziu 149,170 kg/leite e obtece média de 59,723 kg/leite. As três melhores vacas da competição foram, respectivamente, Beija Ocidente HPJ, Germina Benta e Arieta Finest FIV da Xapetuba. A categoria Novilha também conta com uma

22

nova recordista. Entre as 1/4 sangue, Celebridade da Alcachofra Tannus, do expositor Delcio Vieira Tannus, passa a ser a atual recordista, superando a marca registrada na Megaleite 2013. Ela produziu 163,350 kg/leite e média de 54,450 kg/leite. Entre as 1/2 sangue, venceu Lafe 316 Aquarela Wildman FIV, do expositor João Domingos Gomes dos Santos. A produção total da novilha foi de 167,500 e média de 55,833 kg/leite. Borja Wildman FIV da Xapetuba, do expositor José Antônio da Silveira, venceu entre as novilhas 5/8 sangue, com a produção de 170,500 kg/leite e média de 56,833. As três melhores novilhas fora, respectivamente, Borja Wildman FIV da Xapetuba, Lafe 316 Aquarela Wildman FIV, Celebridade da Alcachofra. Já na pista de julgamento do parque de exposições de Avaré os 239 animais inscritos competiram entre os dias 14 e 15 de novembro. O responsável pela escolha dos grandes campeões da feira foi o jurado Juscelino Ferreira. Todas as competições da raça fizeram parte da XX Exposição Interestadual de Girolando, que integrou a programação da Interláctea 2013. Confira a seguir, os resultados da pista.


Melhor criador/expositor: EUGÊNIO DELIBERATO FILHO Girolando 3/4 Melhor Fêmea Jovem: BALI BLITZ GUNBALL DA SANTA LUCRÉCIA Proprietário: JOSÉ ORLANDO BORDIN Melhor Vaca Jovem: TEL ANISTIA DA S.L.G FIV DA SLG Proprietário: CELSO CERAVOLO PAOLIELLO Grande Campeã: BARONEZA JURIST SANTA LUZIA Proprietário: DELCIO VIEIRA TANNUS Girolando 5/8 Melhor Fêmea Jovem: BRIOSA BUCKEYE SERRA DO LUAR Proprietário: JEAN VIC M. E AGUIAR A. DE M. VICENTE Melhor Vaca Jovem: BARILOCHE SHOTTLE FIV DA XAPETUBA Proprietário: JOSÉ ANTÔNIO DA SILVEIRA Grande Campeã: BARILOCHE SHOTTLE FIV DA XAPETUBA Proprietário: JOSÉ ANTÔNIO DA SILVEIRA Melhor Macho Jovem: FUTURO FIV EXTREME GAM Proprietário: GERALDO ANTÔNIO DE OLIVEIRA MARQUES

Grande Campeão: IMPERADOR BAXTER VOLTA FRIA Proprietário: JOÃO DOMINGOS GOMES DOS SANTOS Girolando 1/2 Melhor Fêmea Jovem: 0212 CATIA TEATRO FIV CAIO Proprietário: JANDIRA ALVES DE SOUZA Melhor Vaca Jovem: KAMUELA FIV TEATRO CAFALLONI Proprietário: REGINALDO CAFALLONI DA ROSA Grande Campeã: ARMA FIV MEGATON MUTUM Proprietário: GENÉTICA AVANÇADA E PARTICIPAÇÕES ALCÂNTARA

23


ULTRALEITE 2013

R

ealizada de 3 a 8 de setembro na cidade de Mirassol D´Oeste (MT), a ULTRALEITE 2013 teve exposição da raça Girolando. No dia 6 de setembro ocorreu o quarto julgamento oficial da raça no estado do Mato Grosso e teve o comando do jurado Jesus Lopes Junior e com auxílio da zootecnista Glaucia Rodrigues. A pista contou com mais de nove expositores de várias regiões do estado, somando mais de 60 animais, e mostrou a notória evolução da raça em Mato Grosso, conforme afirmou o jurado Jesus Lopes em sua fala ao final do julgamento. Já entre os dias 3 e 5 de setembro houve concurso leiteiro, que contou com o patrocínio da Prefeitura de Mirassol D´Oeste. O técnico da Girolando Dagmar Rezende ministrou palestra sobre a raça. A ULTRALEITE 2013 foi realizada pela ASSERU MT (Associação dos Empreendedores Rurais de Mato Grosso) e teve co-realização da GIROLANDO MT. O prefeito Elias Leal elegeu o leite e a raça Girolando como uma das atividades propulsoras da economia local devido à vocação natural e tradicional da região para produção do alimento.

24

Girolando 5/8 Melhor Fêmea Jovem: VITÓRIA RECANTO DO BACURI Expositor: Flávio Donizete Freitas Girolando 3/4 Melhor Fêmea Jovem: FÁBRICA WILDMAN LSJ Expositor: Luciano Lacerda Melhor Vaca Jovem: INTENCIONADA CÓRREGO BRANCO Expositor: Agrop. N.S. Medalha Milagrosa Girolando 1/2 Grande Campeã: ABIORANA BETHANIA Expositor: Agrop. N. Sra. Medalha Milagrosa Melhor Vaca Jovem: CRISTAL RECANTO BACURI Expositor: Flávio Donizete Freitas Melhor Fêmea Jovem: JADE FIV AFTER LAGOA DO SERVO Expositor: Luciano Lacerda


Expotrês

A

46ª EXPOTRÊS sediou a 1ª Ranqueada Girolando. A feira ocorreu entre os dias 12 e 14 de setembro na cidade mineira de Três Corações.

Melhor criador/expositor: RAFAEL TADEU SIMOES Girolando 3/4 Melhor Fêmea Jovem: ESCALADA PLANET CIBALENA MAUÁ Proprietário: HAMILTON PEREIRA JUNQUEIRA Melhor Vaca Jovem: CADENCIA WILDMAN RS DO R.ALEGRE Proprietário: MARCELO WEICKERT VALENTE Grande Campeã: JOICE M Proprietário: RAFAEL TADEU SIMÕES Girolando 5/8 Melhor Fêmea Jovem: SANDY AFTERSHOCK CAFALLONI Proprietário: REGINALDO CAFALLONI DA ROSA Girolando 1/2 Melhor Fêmea Jovem: EVITA OCIDENTE HPJ Proprietário: HAMILTON PEREIRA JUNQUEIRA Melhor Vaca Jovem: SUSY DA CENTROGEN FIV Proprietário: HELOÍSA HELENA JUNQUEIRA DOS SANTOS Grande Campeã: CRISTAL ORBIT SI Proprietário: HELOÍSA HELENA JUNQUEIRA DOS SANTOS

25


GRANEXPO ES 2013

A

GRANEXPO ES 2013, realizada de 7 a 11 de agosto, contou com a participação de várias raças leiteiras. O julgamento da raça Girolando teve cerca de 100 exemplares e foi conduzido pelo jurado Fábio Fogaça. Girolando 1/2 Melhor Fêmea Jovem: LIATRIZ FIV EDUARD LAGLORIA Proprietário: MISAEL ARTUR FERREIRA VARELLA Melhor Vaca Jovem: 0461 VALE OURO MB ARIRANHA Proprietário: JEAN VIC M. E AGUIAR VICENTE Grande Campeã: DIVA JM MONTE ALVERNE Proprietário: REGISMAR RIBEIRO ALVES

Girolando 3/4 Melhor Fêmea Jovem: 018 TURQUEZA JAYZ GR GOLDEN RIACHO Proprietário: LUIZ PAULO LEVATE Melhor Vaca Jovem: CAMILA MIC SANTA LUZIA Proprietário: SÔNIA SCHUELER DE AQUINO Grande Campeã: MILA DF AGROPECUÁRIA Proprietário: DF AGROPECUÁRIA FARIA LEMOS TOMBOS LTDA. Girolando 5/8 Melhor Fêmea Jovem: LEID FIV EDUARD VOLTA FRIA Proprietário: CRISTOVÃO JOSÉ RABELO

Paracatu 2013

A

27ª Expo Paracatu 2013, realizada de 7 a 11 de setembro, na cidade mineira de Paracatu teve julgamento da raça Girolando entre os dias 8 e 10. Melhor criador/expositor: JOSÉ ANTÔNIO DA SILVEIRA Girolando 3/4 Melhor Fêmea Jovem: ATUAL DAZZLER ECONOMIA Proprietário: RANGEL GONTIJO DE QUEIROZ Melhor Vaca Jovem e Grande Campeã: ALFAVACA BRADLEY FIV DA XAPETUBA Proprietário: JOSÉ ANTÔNIO DA SILVEIRA Girolando 5/8 Melhor Fêmea Jovem: CELESTE FIV VILÃO AGRO SD Proprietário: JOÃO DOMINGOS GOMES DOS SANTOS Melhor Vaca Jovem: VITRINE FR RECREIO

26

Proprietário: JOÃO DOMINGOS GOMES DOS SANTOS Grande Campeã: MEDALHA SHADY IT Proprietário: JOÃO DOMINGOS GOMES DOS SANTOS Girolando 1/2 Melhor Fêmea Jovem: ATUAL RHOELANDT TEATRO DEMOLIDORA FIV Proprietário: FRANCISCO RANGEL DE QUEIROZ Melhor Vaca Jovem: HIERARQUIA FIV BRADLEY VOLTA FRIA Proprietário: JOÃO DOMINGOS GOMES DOS SANTOS Grande Campeã: HIERARQUIA FIV BRADLEY VOLTA FRIA Proprietário: JOÃO DOMINGOS GOMES DOS SANTOS


25ª Exposição de Oliveira

A

25ª Exposição Agropecuária e Industrial de Oliveira, ocorrida de 16 a 19 de maio, com o apoio do Sindicato Rural e Prefeitura Municipal, teve a retomada de julgamentos da raça Girolando que estava sete anos sem participar do evento. A exposição contou com a presença de 20 expositores de diversas regiões do estado.

Melhor criador/expositor: OLAVO DE RESENDE BARROS JÚNIOR Girolando 3/4 Melhor Fêmea Jovem: ATUAL DAZZLER ECONOMIA Proprietário: RANGEL GONTIJO DE QUEIROZ Melhor Vaca Jovem: TACA GARTER DO MORRO Proprietário: OLAVO DE RESENDE BARROS JÚNIOR Girolando 5/8 Melhor Fêmea Jovem: BELEZA FIV AC SÃO GABRIEL Proprietário: ADILSON CANDIDO DA SILVA Melhor Vaca Jovem: UVA BOLTON DO MORRO

Proprietário: OLAVO DE RESENDE BARROS JÚNIOR Grande Campeã: AMETISTA DEJOTA DO SEGREDO VELHO Proprietário: OLAVO DE RESENDE BARROS JÚNIOR Melhor Macho Jovem: GINETE PLANET ANJ Proprietário: ANDRÉ NOGUEIRA JUNQUEIRA Grande campeão: RBC EQUADOR FAUSTO Proprietário: ROBERTO ANTÔNIO PINTO DE MELO CARVALHO Girolando 1/2 Melhor Fêmea Jovem: ATUAL RHOELANDT TEATRO DEMOLIDORA FIV Proprietário: FRANCISCO RANGEL DE QUEIROZ Melhor Vaca Jovem e Grande Campeã: LUANDA FIV RAC Proprietário: RAIMUNDO TEIXEIRA CAMPOLINA/ ADAUTO A. DO NASCIMENTO FEITOSA

27


Muriaé

A

58ª Expo Agropecuária de Muriaé, em Minas Gerais, aconteceu de 3 a 7 de setembro. O julgamento da raça Girolando ocorreu nos dias 6 e 7. Melhor criador/expositor: MILA DE CARVALHO LAURINDO E CAMPOS Girolando 3/4 Melhor Fêmea Jovem: 000018 TURQUEZA JAYZ GR GOLDEN RIACHO Proprietário: LUIZ PAULO LEVATE Melhor Vaca Jovem: FINAL CUT DANCE FIV BLU Proprietário: LUIZ PAULO LEVATE Grande Campeã: AMBIÇÃO LHL SANTA HELENA Proprietário: LUIZ PAULO LEVATE Melhor Macho Jovem: JACK WINDBROOK FIV BABITONGA 1880 Proprietário: OTTO DE SOUZA MARQUES JÚNIOR Girolando 5/8 Melhor Fêmea Jovem: BRIOSA BUCKEYE SERRA DO LUAR Proprietário: GABRIELA DIETTRICH SILVEIRA

Melhor Vaca Jovem: BERLINDA LEDUC SAO CRISTOVÃO TC Proprietário: CRISTOVÃO JOSÉ RABELO Grande Campeã: LEOPOLDINA FR RECREIO Proprietário: MILA DE CARVALHO LAURINDO E CAMPOS Melhor Macho Jovem: FALCON FIV FR RECREIO Proprietário: MILA DE CARVALHO LAURINDO E CAMPOS Grande campeão: DANILO BABITONGA Proprietário: OTTO DE SOUZA MARQUES JÚNIOR Girolando 1/2 Melhor Fêmea Jovem: BELLA TEATRO DA RACHAPAU Proprietário: FILIPE ALVES GOMES Melhor Vaca Jovem: ANGÉLICA ESPELHO WADE XIMBE Proprietário: LUIZ CARLOS BANDOLI GOMES Grande Campeã: MBF BOINA BRADLEY FIV Proprietário: SÉRGIO R.PEIXOTO/VERÔNICA A.R.F.PEIXOTO

Porciúncula 2013

A

4ª Exposição Agropecuária de Porciúncula, no Estado do Rio de Janeiro, foi realizada de 21 a 25 de agosto e teve julgamento da raça Girolando nos dias 23 e 24. O julgamento ficou a cargo do jurado Rodolfo Junqueira Pereira. Melhor criador/expositor: MILA DE CARVALHO LAURINDO E CAMPOS Girolando 3/4 Melhor Fêmea Jovem: GOLDWYN JIOCONDA FIV JABOTICABA PR Proprietário: PAULO ROBERTO D ANELLO Girolando 5/8 Melhor Fêmea Jovem: LEID FIV EDUARD VOLTA FRIA Proprietário: CRISTOVÃO JOSÉ RABELO Melhor Vaca Jovem: BERLINDA LEDUC SAO CRISTOVAO TC

28

Proprietário: CRISTOVÃO JOSÉ RABELO Grande Campeã: LEOPOLDINA FR RECREIO Proprietário: MILA DE CARVALHO LAURINDO E CAMPOS Melhor Macho Jovem: JOEL BANDOLI Proprietário: LUIZ CARLOS BANDOLI GOMES Grande campeão: URANO FR RECREIO Proprietário: MILA DE CARVALHO LAURINDO E CAMPOS Girolando 1/2 Melhor Fêmea Jovem: BELLA TEATRO DA RACHAPAU Proprietário: FILIPE ALVES GOMES Melhor Vaca Jovem e Grande Campeã: ANGÉLICA ESPELHO WADE XIMBE Proprietário: LUIZ CARLOS BANDOLI GOMES


Ibiá 2013

A

Exposição da Raça Girolando em Ibiá aconteceu de 4 a 8 de setembro no Parque de Exposições Manoel Terra Cruz. Sob o comando do jurado Fernando Boaventura, as disputas na pista ocorreram no dia 6 de setembro e contaram com 62 animais. O evento foi organizado pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Ibiá.

Girolando 1/2 Melhor Fêmea Jovem: GALOCHA SHOTTLE 923 SI II Expositor: JOSÉ TOBIAS RIBEIRO DE PAIVA

Melhor Criador/Expositor Geral: ANDRÉ GUSTAVO DE CARVALHO PAIVA Girolando 3/4 Melhor Fêmea Jovem: 382 REFLECTOR BML Expositor: BERNARDO FRANÇA CHAGAS Girolando 5/8 Melhor Fêmea Jovem: GATA FIV THOR SI II Expositor: ANDRÉ GUSTAVO DE CARVALHO PAIVA

29


Ranking Nacional 2013-2014

30


31


Jônadan Ma

vence eleição na Girolando

A

Associação Brasileira dos Criadores de Girolando será comandada, a partir de janeiro, pelo engenheiro agrônomo e pecuarista Jônadan Hsuan Min Ma. Ele venceu a eleição, ocorrida no dia 3 de dezembro, com 68% dos votos válidos. Votaram 1.214 associados, sendo 120 de forma presencial na sede da entidade, em Uberaba (MG) e o restante por correspondência. Jônadan Ma obteve 655 votos contra 304 votos do candidato adversário Eugênio Deliberato. Foram considerados nulos, inválidos ou brancos 255 votos. A posse deve ocorrer em janeiro, em data a ser definida pelo presidente eleito. Jônadan Ma comandará a entidade durante o triênio 2014/2016. A diretoria é composta por: Magnólia Martins da Silva (1º vice-presidente), Nelson Ariza (2º vice-

32

presidente), João Domingos Gomes dos Santos (3º vice-presidente), Olavo de Resende Barros Júnior (4º vice-presidente), José Antônio da Silva Clemente (1º diretor-administrativo), Jorge Luiz Mendonça Sampaio (2º diretor-administrativo), Luiz Carlos Rodrigues (1º diretor-financeiro), Odilon de Rezende Barbosa Filho (2º diretor-financeiro), Ronan Rinaldi de Souza Salgueiro (Relações institucionais e comerciais). Com quase três mil associados, a Associação Brasileira dos Criadores de Girolando é delegada do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para o registro genealógico da raça leiteira Girolando. O número de registros efetuados anualmente pelos técnicos da associação é de 95 mil, em média. O banco de dados da entidade tem mais de 1,3 milhão de registros. A associação conta com sete escritórios técnicos no país nos estados de Minas Gerais, Goiânia, Pernambuco, Bahia, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro, além da sede em Uberaba, para atender os criadores da raça de Norte a Sul do Brasil. Perfil - Natural de São Paulo, Jônadan Ma, de 54 anos, é diretor Executivo do Grupo Boa Fé - Ma Shou Tao, em Conquista (MG), e criador de Girolando, Holandês e Gir Leiteiro. É associado da Girolando há 28 anos. Também integra a atual diretoria da associação, ocupando o cargo de 3º vicepresidente. Outros cargos que ocupa são: vice-presidente da COTRIAL (Cooperativa dos Produtores Rurais do Triangulo e Alto Paranaíba), diretor da Associação dos Empresários Canavieiros do Vale do Rio Grande, presidente do Instituto Boa Fé de Apoio ao Combate ao Câncer.Casado com Ângela Toledo Ma, com quem tem três filhos: Enos, Samuel e Ana. É avô das pequenas Catherine e Constance.


Parceria As empresas Cenatte e Semex firmaram parceria para ampliar a oferta de serviços de transferência de embriões, fertilização in vitro e de soluções genéticas avançadas. "Estamos entusiasmados com a nossa parceria com Cenatte", diz Paul Larmer, CEO Semex. "Nós sabemos que estamos vivendo em um mercado global e estamos olhando para além das nossas fronteiras, a fim de fornecer soluções genéticas. O Cenatte será integrado à nossa tecnologia de fertilização in vitro canadense através da Boviteq, fortalecendo ainda mais nossa linha de produtos, oferecendo as tecnologias mais avançadas e soluções genéticas para nossos clientes brasileiros". Luto A pecuária leiteira perdeu e dezembro um de seus defensores. Faleceu no dia 9 de dezembro, em Veríssimo (MG), o pecuarista Luiz Evandro Aguiar, vítima de infarto. Ele era criador de Girolando e Gir Leiteiro na Fazenda Boa Esperança, em Veríssimo, e titular da marca LE. Desenvolveu um trabalho de seleção de grande importância para as raças leiteiras. Luiz Evandro deixou os filhos Bruno, Fernanda, a enteada Vitória e a esposa Janine. Minhas sinceras condolências à família.

Aplicativos A CRV Lagoa lançou seu novo aplicativo para dispositivos que operam com o Android. A plataforma, que pode ser baixada gratuitamente, contém informações de todos os reprodutores e também os catálogos e revistas publicados pela Central. Para fazer o download, basta acessar o Google Play no celular ou tablet e digitar “CRV Lagoa” na busca. Em seguida, é só instalar o aplicativo e todas as informações serão disponibilizadas no aparelho. É possível acessar informações detalhadas sobre todos os reprodutores dos segmentos de Corte e Leite que integram a bateria da Central, divididos por raça, inclusive com opção de busca dos touros. Cursos Durante todo o ano de 2013, a central de inseminação Alta realizou cursos de inseminação em diversas cidades do norte ao sul do Brasil. Em dezembro, 11 cidades receberam o curso, que já formou mais de nove mil inseminadores aptos a realizar uma inseminação artificial com todas as boas técnicas que resultem no sucesso do melhoramento genético do rebanho.

Linhagem EVA Numa iniciativa do deputado estadual Fred Costa (PEN), o saudoso selecionador de gir Evaristo Soares de Paula será homenageado em Sessão Solene, no plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, no dia 20 de fevereiro de 2014, às 20h, em comemoração ao seu Centenário de Nascimento. Evaristo construiu a linhagem EVA, uma das mais sólidas e respeitadas da raça gir.

33


34


35


Tecnologia da Informação

A

Rubio Marra

Associação Brasileira dos Criadores de Girolando lançou em 2011 o portal de serviços on line WEB Girolando. Nele, o criador pode realizar de maneira rápida, segura e sem qualquer custo uma série de procedimentos, dentre eles as comunicações de cobertura e de nascimento dos animais, consulta de pendências e de relatórios de produção. O sistema conta com 2.108 usuários e já recebeu 65.060 comunicações, sendo que a média diária é de 85. O número de animais inseridos no banco de dados da entidade via Web Girolando é de 86.611 e o de cruzamentos é de 164.787. Os investimentos em tecnologia também permitiram agilizar os serviços prestados pelos técnicos. Desde outubro de 2013, eles deixaram de cadastrar as informações dos serviços prestados nas fazendas em formulários de papel e passaram a fazer o cadastramento direto na internet, por meio de um aplicativo móvel instalado em tablet. Levantamento dos primeiros atendimentos realizados em criatórios da raça Girolando utilizando o novo sistema on line apontou queda no tempo de execução dos serviços. Enquanto o processo manual tem o prazo mínimo de execução de 20 dias, na versão on line esse tempo cai para dois dias. Como as informações enviadas pelos técnicos chegam ao banco de dados da associação imediatamente após a realização do registro, a maior parte dos RGs comunicados tem o certificado de registro genealógico emitido e ficam prontos para serem enviados aos criadores. O aplicativo foi desenvolvido pela equipe de Tecnologia da Informação da Girolando, que também é responsável pela criação do Sistema Web Girolando.

36


Evolução dos equipamentos de tecnologia • Servidores Investimentos em alta disponibilidade de servidores. • Segurança Aquisição de equipamentos para aprimorar ainda mais a segurança dos dados da Girolando. • Armazenamento Investimentos em equipamentos pra aumentar e agilizar o armazenamento de dados. • Mobilidade Aquisição de 18 tablets para possibilitar o controle de animais e a execução de diversos serviços mantendo a sincronia direta com os sistemas de informação da Associação • Licenciamento Compra de licenças de Windows, office e Kaspersky (antivírus) para manter todo o parque computacional da Girolando em conformidade com as leis de utilização de software

Total investido: R$ 150 mil

Total investido: R$ 18 mil

Total investido: R$ 90 mil

Total Investidos: R$21 mil

Total Investidos: R$80 mil Total dos investimentos: R$ 359 mil

Sistema de controle de animais pureGH • Sistema com 80% de implantação concluída. • Completa integração entre todos os setores e também o campo • Controle leiteiro disponível na WEB • Dois colaboradores específicos para a parte Web e para os sistemas Móveis. • Dois colaboradores para os sistemas executados internamente • Um colaborador exclusivamente para controle e manutenção do banco de dados.

Aquisição de um sistema de gestão financeira - RM • Controle financeiro e de planejamento empresarial. • Sistema já se encontra integrado com o sistema de controle de animais (pureGH) • Criação da WEB Girolando. • Agilidade nas informações trocadas entre associados e associação • Agilidade na liberação dos serviços de campo • Maior integração e controle

37


Serviços disponibilizados pela Web Girolando • Consulta da avaliação genética do plantel • Consulta de dados do controle leiteiro dos animais • Solicitar alteração dos dados cadastrais • Solicitar correção de dados dos animais • Inscrever-se em eventos (Megaleite, Interláctea, etc...) • Liberar informações do plantel para consulta de terceiros • Rastreamento dos serviços técnicos • Solicitar atendimento técnico na modalidade de Zoneamento

Dados estatísticos de utilização da Web Girolando ITENS

VALORES

Qtd. Usuários

2086

Qtd. Associados com acesso

1703

Comunicações Realizadas *

63922

Média Diária de comunicações Animais inseridos * Cruzamentos inseridos * Serviços liberados *

85 85124 161702 14747

* Dados obtidos levando-se em consideração a data de implantação da Web Girolando em 29/09/2011

Os técnicos da Girolando receberam treinamento sobre a forma correta de utilizar o aplicativo móvel. Como o sistema funcionará em modo off-line, o atendimento com o tablet poderá ser realizado em qualquer localidade, mesmo que não haja sinal de internet. Os dados serão enviados à Girolando assim que o técnico conectar o equipamento à internet e estarão à disposição do criador no sistema Web Girolando.

38


Programa de Melhoramento Genético da Raça Girolando - PMGG

O

número de animais inscritos no PMGG vem crescendo a cada ano. Algumas novidades foram implantadas para garantir que as ferramentas de seleção do programa sejam acessíveis a todos os criadores da raça. As parcerias firmadas também permitiram a consolidação do PMGG. A frota de veículos do PMGG foi ampliada para quatro carros (Parati, dois Unos e uma Montana). Com a expansão do programa, a Girolando contratou novos técnicos para atuarem nas provas zootécnicas.

Serviços de Controle Leiteiro O Serviço de Controle Leiteiro no ano de 2011 passou a ser executado por técnicos credenciados pela Girolando. Com isso, as pesagens deixaram de ser feitas pelo produtor. Outra novidade implantada foi o envio do Relatório Mensal de Produção Individual (RMPI) e do Relatório de Pesagem de Leite (RPL) por e-mail, a partir de 2012. Anteriormente, os documentos eram enviados aos associados e aos controladores via Correios. Esta medida visou principalmente trazer rapidez e segurança para os associados no recebimento das informações das pesagens realizadas. A qualificação dos controladores do SCL também foi priorizada. Quase 100 técnicos de todo o Brasil participam em novembro de 2011 do 2º Workshop do Programa de Melhoramento Genético da Girolando e Encontro de Controladores. O evento teve como objetivo apresentar os procedimentos e critérios para execução do Controle Leiteiro em todo o Brasil, além de discutir diversos assuntos referentes ao programa de melhoramento genético da raça. As lactações das fêmeas participantes do SCL podem ser consultadas pela internet desde 2012, quando foi lançada a primeira edição do Anuário do Serviço de Controle Leiteiro.

39


Número de rebanhos ativos: 2011 390 2012 442 2013 494 (janeiro/outubro de 2013) Número de lactações encerradas: 2011 9.753 2012 11.361 2013 11.653 (janeiro/outubro de 2013) Número de supervisões realizadas em fazendas: 2011 38 2012 12 2013 18 (janeiro/outubro de 2013)

Teste de Progênie Vários convênios foram firmados nos últimos três anos para ampliar o número de rebanhos colaboradores do Teste de Progênie de Girolando e, consequentemente, o número de touros avaliados. • Em 2011, dois acordos de cooperação técnica entre a Associação Brasileira dos Criadores de Girolando e a Emater-MG foram assinados durante a ExpoZebu 2011, em Uberaba (MG). Todos os convênios tiveram como objetivo a prestação de serviços aos associados da entidade para garantir o melhoramento genético do rebanho mineiro. Um deles tem como objetivo viabilizar a prestação de serviços técnicos pela Emater-MG aos associados em Minas Gerais. O outro termo de cooperação prevê o desenvolvimento e execução de ações que visem o melhoramento genético do plantel leiteiro do estado de Minas Gerais através da implantação do PMGG nas propriedades assistidas pela Emater-MG. Assinaram os acordos o presidente da Emater-MG, Maurílio Soares Guimarães, e o vice-presidente da Girolando, Fernando Brasileiro. • Outra parceria importante para a Girolando foi realizada em 2012 com a prefeitura de Córrego Dantas, em Minas Gerais. Produtores rurais da cidade mineira passaram a receber gratuitamente doses de sêmen de touros da raça Girolando para aumentar a produção de leite e a qualidade genética de seus rebanhos. As doações foram viabilizadas graças ao convênio firmado entre a Associação Brasileira dos Criadores de Girolando e a Prefeitura de Córrego Dantas. O governo municipal desenvolve o programa chamado “Nova Geração”, cujo intuito é promover o melhoramento genético do rebanho local. • A Associação Brasileira de Criadores de Girolando e o Instituto de Agronegócios do Maranhão (Inagro) assinaram em setembro de 2012 um termo de cooperação técnica para implementar o PMGG no estado. O documento foi assinado pelo vice-presidente da Girolando, Fernando Brasileiro, e pelo presidente do Inagro José Ataíde. O acordo prevê a distribuição de sê-

40


men de touros do Teste de Progênie de Girolando para propriedades cadastradas como Rebanho Colaborador.

Sumário de Touros • Publicação de cinco novas características de conformação, entre elas comprimento corporal e amplitude, de 14 touros. Outros dados importantes que o Sumário trouxe foram sobre marcadores moleculares e provas de leite. 2011 • Divulgação do resultado do 7º grupo de touros – 12 touros, sendo 5 positivos e 7 negativos para PTA leite; • Resultado geral do teste de progênie 2011 – 48 touros, sendo 18 positivos e 30 negativos para PTA leite; • Número de touros em fase de teste de progênie (8º ao 12º grupo) – 57 reprodutores; • Número de touros selecionados para o 13º grupo (em fase de coleta de sêmen) – 28 reprodutores; • Número de fazendas colaboradoras ativas – 483 fazendas. 12º Grupo de Touros do Teste de Progênie (distribuição em 2011) • Número de doses de sêmen distribuídas em 2011 (12º grupo) 8592 doses; • Número de rebanhos participantes em 2011 (12º grupo) – 155 rebanhos; • Número de touros participantes do 12º grupo – 19 touros, sendo 12 touros 5/8 e 7 touros 3/4. 2012 • Lançamento do Sumário de Touros Girolando em três línguas (português/inglês/ espanhol); • Divulgação do resultado do 7º grupo de touros: 12 touros, sendo 6 positivos e 6 negativos para PTA leite; • Resultado geral do teste de progênie 2012: 48 touros, sendo 24 positivos e 24 negativos para PTA leite; • Número de touros em fase de teste de progênie (8º ao 13º grupo): 82 reprodutores; • Número de touros selecionados para o 14º grupo (em fase de coleta de sêmen): 35 reprodutores; • Número de fazendas colaboradoras ativas: 469 fazendas. 13º Grupo de Touros do Teste de Progênie • Número de doses de sêmen distribuídas em 2012 (13º grupo): 9.770 doses (*); • Número de rebanhos participantes em 2012 (13º grupo): 201 rebanhos (*); • Número de touros participantes do 13º grupo: 25 touros, sendo 05 touros PS, 15 touros 5/8 e 05 touros 3/4. (*) Ainda em fase de distribuição de sêmen.

41


2013 • Divulgação do resultado do 8º grupo de touros: 9 touros, sendo 5 positivos e 4 negativos para PTA leite; • Resultado geral do teste de progênie 2013: 57 touros, sendo 22 positivos e 35 negativos para PTA leite; • Número de touros em fase de teste de progênie (9º ao 14º grupo): 96 reprodutores; • Número de touros selecionados para o 14º grupo (em distribuição): 23 reprodutores; • Número de fazendas colaboradoras ativas: 510 fazendas. 14º Grupo de Touros do Teste de Progênie • Número de doses de sêmen distribuídas em 2012 (14º grupo): 11.500 doses (*); • Número de touros participantes do 14º grupo: 23 touros, sendo 8 touros PS, 9 touros 5/8 e 6 touros 3/4. (*) Ainda em fase de distribuição de sêmen.

Sumário de Vacas Lançada na Megaleite de 2013 a primeira edição da Avaliação Genética de Vacas, que traz informações de mil fêmeas de maiores PTAs para a produção de leite. Foram utilizados todos os registros zootécnicos, com informações de controle leiteiro e genealogia, disponibilizados pela Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, oriundos dos criatórios com rebanhos supervisionados pelo Serviço de Controle Leiteiro.

Pré-seleção de Touros Inaugurado na Megaleite de 2013, o Centro de Performance Girolando sedia a 1ª PréSeleção de Touros. Foram inaugurados os dois módulos de pastejo rotacionado (capim MG5), onde estão mais de 60 touros Girolando. No local, ainda haverá um auditório, laboratório de reprodução, armazém de insumo e casa do vaqueiro, cujas obras serão concluídas até o final do ano. Os touros da Pré-Seleção estão sendo avaliados em relação a várias características. Na parte reprodutiva, será verificada a capacidade de congelamento e descongelamento do sêmen, a quantidade de espermatozoide produzido e se algum apresenta defeito. Na parte de sanidade, será testado se o animal tem alguma doença reprodutiva. Além disso, serão observados: libido, desempenho do ganho médio diário, temperamento, aptidão reprodutiva, termotolerância. Todos passarão por exames andrológicos e mensuração de Perímetro Escrotal, que serão conduzidos pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig). A entidade também ficará a cargo do manejo da pastagem da área. O resultado do primeiro grupo da Pré-Seleção de Touros foi anunciado em novembro 2013. A prova definirá os reprodutores que participarão do Teste de Progênie da raça em 2014. Além da Embrapa Gado de Leite, da Epamig e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM), a Girolando firmou parceria com a empresa Plantar, que forneceu a madeira usada na construção das cercas e de outras dependências do Cen-

42


tro de Performance. O segundo grupo da Pré-Seleção terá 100 vagas, 40 a mais que o primeiro grupo. A seleção ocorrerá na primeira semana de dezembro e os touros deverão entrar no Centro de Performance Girolando, entre os dias 20 e 24 de janeiro de 2014. O resultado desta bateria será divulgado durante a Megaleite 2014.

Projeto de Eficiência Alimentar de Animais Girolando Com o apoio fundamental da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais e parceria da Embrapa Gado, IFTM e Epamig, a Girolando usará o Centro de Performance para a realização deste projeto, que envolve machos e fêmeas Girolando.

Projeto de Seleção Genômica A Girolando assinou em 2013 convênio com a Embrapa Gado de Leite e o consórcio formado pela CRV Lagoa e Zoetis para realização do projeto de Seleção Genômica da Raça. A validade é até 2015.

Banco de DNA Coleta de amostras biológicas de bovinos de leite visando a criação de um banco de DNA e de fenótipos da raça Girolando,, que conta com a participação direta da Embrapa Gado de Leite. O projeto foi encaminhado através do MAPA e já está inserido no Sistema de Gestão de Convênios. O pleito de recursos é no valor de R$199.870,00 com contrapartida de R$24.036,00 da Girolando. A vigência é de 2014/2015. O projeto está em tramitação com perspectiva favorável de liberação.

Pró-Genética O Governo de Minas atendeu a solicitação da Girolando e autorizou a participação de reprodutores de grau de sangue 3/4 e 5/8 nas feiras do programa para melhoria do rebanho bovino mineiro, o Pró-Genética. Anteriormente, o programa só permitia a venda de animais PS nas feiras, além de touros das raças zebuínas.

Parcerias com a Fundação Triângulo e Prefeitura de Uberaba Com o intuito de promover a sustentabilidade do pequeno produtor de leite do município de Uberaba através da socialização de uma das técnicas de reprodução animal FIV “Fecundação in Vitro”, a Fundação Triângulo assinou no dia 16/03/12 um contrato de parceria com a Associação Brasileira dos Criadores de Girolando. O projeto visa ainda consolidar a região como uma referência no Brasil de animais de alto valor agregado, beneficiando toda cadeia produtiva do leite.

Pecuária Familiar No mesmo sentido, a Girolando assinou convênio com a Secretaria de Agricultura de Uberaba para melhoramento genético das propriedades inseridas na categoria pecuária familiar, através de IATF e utilização de touros Girolando.

Registro Genealógico O Sistema de Identificação Unificado – SIU foi implantado em 2012, após aprovação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA. Este novo sistema conta com uma identificação única de registro que é válida tanto para o Registro Genealógico de Nascimento (RGN) quanto para o Registro Genealógico Definitivo (RGD). É utilizada também uma identificação particular de cada criador, composta por três ou quatro letras e por quatro números (seguindo a mesma sequência do RGN atual). Este sistema, além de moderno, é mais seguro e eficiente.

43


O MAPA aprovou novas versões do Regulamento de Registro Genealógico da Raça Girolando, em 2012 e 2013. O documento traz algumas novidades, como o SIU. Registro internacional - O superintendente Técnico da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, Leandro Paiva, registrou no Canadá quatro machos e uma fêmea, nascidos naquele país. Os registros aconteceram nas cidades de Balzac e Conrich, próximas à cidade de Calgary, estado de Alberta, oeste do Canadá. Os embriões que deram origem a esses exemplares foram produzidos no Brasil, a partir de acasalamentos feitos com material genético das vacas Grenda das Três Passagens e Engraçada Twist das Três Passagens, ambas do criador Carlos Eduardo Ferreira, e do touro Caxi OG, de propriedade de Vilmar Pereira Pires e cujo criador é Olavo Gonçalves. Os embriões foram enviados há quatro à matriz da central de inseminação Alta Genetics. A iniciativa faz parte de uma estratégia para impulsionar a exportação da genética brasileira, já que o Canadá é um país que tem protocolo sanitário com quase todos os países. Os Estados Unidos também manifestaram interesse em registrar os animais Girolando nascidos naquele país. A solicitação já foi encaminhada ao MAPA. O registro deve ser efetuado em 2014. Clones - Primeiros registros de clones da raça ocorreram em julho de 2013. Dois animais, de grau de sangue 1/4, foram registrados em Tamarana (PR), pelo técnico da entidade Jesus Lopes. Eles pertencem à Agropecuária Laffranchi Comércio e Indústria Ltda. Qualificação – Com o tema “Certificação de Qualidade”, a Atualização Técnica Nacional reuniu 28 técnicos de registro da Girolando. O evento aconteceu em 2012 na cidade de Uberaba (MG). Entre os assuntos apresentados, estavam: Identificação animal com a utilização de brincos e bottons; estratégias de cruzamentos e acasalmentos com touros Girolando; padrão racial; como funciona o novo Sistema Integrado de Gestão de Dados da Girolando – PureGH, permitindo que os criadores realizem uma série de serviços pela internet. A atualização Técnica é realizada a cada dois anos.

Evolução da Certificação Animal (2008 a 2013)

44


Modernização da sede

C

om o intuito de proporcionar maior conforto ao associados e aos colaboradores, as instalações da sede da Girolando, em Uberaba (MG), passaram por uma série de reformas. Foram construídos novos banheiros, área de almoxarifado; trocada a cobertura do refeitório; reforma do setor de Genealogia, da cozinha, da recepção, que também ganharam nova mobília, do estacionamento, pintura da sede, etc. Também foi ampliada a quantidade de veículos da entidade com a aquisição de uma Tucson. Dados dos Associados Associados ativos em 01/01/2011: Novos associados no período: Associados que retornaram ao quadro: Desligamento de associados: Associados em 26/11/13:

2.138 1.123 86 437 2.911

45


Girolando pelo Brasil

C

om a expansão da raça no Brasil, foram inaugurados Escritórios Técnicos Regionais (ETR) da Girolando nos Estados de São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Bahia e Pernambuco. O presidente da entidade, José Donato Dias Filho, reinaugurou no dia 08 de fevereiro de 2011, em Belo Horizonte (MG), o escritório da capital mineira, que foi totalmente reformado, ganhando estrutura mais moderna e funcional. Em Itaperuna (RJ), a solenidade de inauguração da unidade ocorreu no dia 2 de março de 2011. O ETR de Jacareí (SP) foi inaugurado no dia 18 de março de 2011. A unidade funciona nas dependências da escola agrícola ETEC Cônego José Bento graças a um convênio firmado com a instituição de ensino. Os criadores da raça Girolando nos estados de Goiás e do Distrito Federal passaram a contar com um escritório no dia 26 de maio de 2012. A Girolando firmou convênio com a Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura para instalação da unidade no Parque Agropecuário de Goiânia. O ETR do Mato Grosso do Sul foi inaugurado no dia 16 de setembro de 2012. A unidade está localizada no Parque de Exposições Laucídeo Coelho. A instalação do escritório em Campo Grande tem o apoio da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) e do Núcleo de Criadores de Girolando do MS. O Nordeste tem dois escritórios da Girolando. Em Pernambuco, o ETR de Recife começou a funcionar no dia 29 de abril de 2011. Já na Bahia, a unidade está instalada na cidade de Feira de Santana e funciona desde o mês de dezembro 2013.

Inauguração do ETR de Itperuna

Inauguração do ETR de Jacareí

46

Girolando conta agora com 7 ETR's e a sede para atender os criadores de todo o Brasil.


Ouvidoria Girolando

A

Ouvidoria da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, criada pela atual diretoria, iniciou suas atividades em fase de teste no mês de setembro de 2012, sendo consolidada em 2013. Projeto este desenvolvido e em pleno funcionamento, contemplando uma visão holística da organização, relacionando-se com o público externo e interno, com vistas a tornar o atendimento ao associado mais proativo e personalizado. Tendo como principal objetivo atender as demandas do público externo, procurando analisar e solucionar, de forma imparcial, o que cada caso requer, respondendo ao representado no menor prazo possível, com clareza e objetividade. Para tanto, foi desenvolvido um Programa online específico, pelo qual o associado pode abrir um chamado e verificar o status de sua solicitação. Sendo disponibilizado ainda o contato direto com o setor de Ouvidoria através do email, telefone, carta ou pessoalmente. A Ouvidoria Girolando apresenta abaixo alguns dados com relação aos atendimentos realizados desde sua implantação, estabelecendo parcerias internas em prol da qualidade e efetividade do atendimento aos criadores em geral. Nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro de 2012, quando o projeto estava em fase de adaptação, a Ouvidoria Girolando atendeu um total de 269 chamados, entre o público interno e externo. Quando então se deu o retorno das atividades, em meados de janeiro de 2013 até novembro de 2013, o número de atendimentos ultrapassa a 2500 chamados de diversas naturezas, entre Informações, Sugestões, Reclamações, Críticas, Dúvidas e Elogios. Desses atendimentos, de complexidades diferentes, uns com características mais simples, outros que necessitaram de tratamento mais acurado, a situação das demandas são apresentadas no gráfico abaixo. Ressaltamos que as solicitações são analisadas caso a caso e acompanhadas até sua resolução.

47


Colégio de Jurados

O

s julgamentos da raça Girolando são comandados por membros do Colégio de Jurados, hoje composto por 40 efetivos e um grande número de auxiliares. • Para aprimorar os conhecimentos técnicos dos membros do Colégio de Jurados, foi realizado o “3º Seminário de Revisão, Atualização e Harmonização dos Critérios de Julgamento da Raça Girolando”, em Uberaba, no ano de 2012. Participaram 35 jurados efetivos das aulas práticas e palestras sobre o novo regulamento do Serviço de Registro Genealógico da Raça Girolando, regulamento das exposições, código de ética, etc. • Com o intuito de formar novos jurados, o Curso Intensivo de Julgamento da Raça Girolando teve duas edições na gestão 2011/2013 . Participaram mais de 100 pessoas.

Exposições A raça Girolando esteve nas pistas de exposições de vários lugares do Brasil. Exposições homologadas 2011 10 2012 12 2013 19 (dados até novembro) Exposições ranqueadas 2011 40 2012 39 2013 23 (dados até novembro)

48


Megaleite

Presidente da Girolando apresenta o projeto do Centro de Capacitação Girolando ao então ministro da Agricultura Mendes Ribeiro Filho e ao secretário de Agricultura de Minas Gerais Elmiro do Nascimento.

A

s últimas três edições da Megaleite confirmaram o crescimento e a evolução da raça Girolando. Além de ser a mais importante vitrine da genética bovina leiteira do país, a feira conta em sua programação com debates, divulgação do sumário de touros, audiências públicas, palestras e projetos culturais. Nos últimos anos, a Megaleite contou com a participação de dois ministros da Agricultura (Mendes Ribeiro Filho e Antônio Andrade). A edição de 2011 teve 13 leilões, 5 shoppings de animais e reuniu as raças Girolando, Gir Leiteiro, Pardo-Suíço, Sindi, Guzerá Leiteiro, Indubrasil Leiteiro, Simental Leiteiro, além de bubalinos. No Torneio Leiteiro da raça Girolando, foram registrados três recordes. Em 2011, foi criado o Mérito Girolando para homenagear personalidades do setor leiteiro e ocorreu a primeira edição do Fórum Zebu Leiteiro. Já foram homenageados com o Mérito Girolando Gabriel Donato de Andrade, Orostrato Olavo Silva Barbosa, José Coelho Vitor, Paulo Piau, Ellos Nolli, Nazareth Dias Pereira, Magnólia Martins Silva, Olavo Gonçalves e Companhia de Alimentos do Nordeste e o ministro da Agricultura Antônio Eustáquio Andrade Ferreira. Em 2012, a feira teve competições das sete raças presentes no ano anterior, 12 leilões e dois shoppings de animais. Foram registrados três recordes nacionais de produção de Girolando. Além de mostrar o avanço genético do rebanho leiteiro do Brasil, a Megaleite 2012 foi palco de importantes debates para o setor, como a audiência pública externa da Subcomissão do Leite da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados. O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, participou da abertura da Megaleite 2012. Já em 2013 a Megaleite completou 10 anos e teve o número de raças participantes ampliado para 8, passando a contar também com o Jersey. Oito novos recordes foram registrados nos Torneios Leiteiros, sendo quatro da raça Girolando e quatro zebuínos. As negociações de animais ocorreram em 12 leilões e um shopping. Mais de 50 estrangeiros de diversos países visitaram a feira interessados na genética das raças lei- Megaleite teve audiências públicas que debateram temas importantes para o setor

49


teiras. Comitivas da Colômbia, Guatemala, México, Panamá, entre outros países, demonstraram interesse em firmar parceria com a Associação Brasileira dos Criadores de Girolando para registro de animais e realização de cursos técnicos. Além de mostrar o avanço genético do rebanho leiteiro do Brasil, a Megaleite 2013 foi palco de cursos, palestras técnicas sobre melhoramento genético, debates, premiação dos vencedores do Ranking 2012/2013, homenagens, mostra cultural dos 10 anos da feira e projetos socioeducativos. Também foi inaugurado o Centro de Performance Girolando, local onde acontece a Pré-Seleção de Touros com a participação de mais de 60 reprodutores. Empresas de diversos segmentos pecuários comercializaram produtos na feira.

Promoção da Raça

Vários eventos foram realizados nos últimos três anos para promover a raça Girolando no Brasil.

Congresso Brasileiro da Raça Girolando A primeira edição do congresso aconteceu em 2011 na cidade mineira de Araxá e contou com a participação de mais de 400 produtores rurais e pesquisadores. O evento debateu as inovações da pecuária leiteira.

Jornada Técnica Com o objetivo de difundir a raça e os procedimentos necessários para desen-

50


volver um trabalho de seleção animal de qualidade, a Jornada Técnica passou a ser realizada em várias regiões do Brasil. A primeira edição ocorreu em 2012, em Minas Gerais. Outras localidades que sediaram o curso foram São Paulo, Pernambuco Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo visando o registro genealógico e o melhoramento genético do rebanho. O curso conta com aulas práticas e teóricas sobre a evolução da raça Girolando; estratégias de cruzamento; melhoramento genético; seleção animal; características econômicas de vacas leiteiras; morfologia de animais leiteiros; escrituração zootécnica; utilização do sistema Web Girolando; controle leiteiro.

Exposições e palestras O trabalho de divulgação da raça Girolando também foi realizado em feiras agropecuárias. Diversas delas contaram com a presença de diretores da entidade e técnicos, que puderam esclarecer dúvidas e promover a raça para os visitantes dos eventos. Além da Megaleite, a Girolando coordenou a participação da raça na Superagro, Feileite e Interláctea. Os representantes da entidade ainda fizeram palestras em diversos eventos para mostrar o potencial produtivo da raça.

51


Mercado Internacional

O

mercado internacional para o Girolando é promissor, mas a falta de protocolos sanitários que permitam a exportação de material genético e animais vivos da raça para vários países ainda preocupa. O assunto foi tema de reunião entre o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, o presidente da Associação, José Donato Dias Filho, e o prefeito de Uberaba, Paulo Piau. O encontro ocorreu em Brasília (DF) no dia 17 de setembro de 2013. Donato apresentou ao ministro reivindicações relacionadas à maior participação da entidade no mercado internacional. A Girolando encaminhou em novembro proposta ao MAPA sugerindo que os países interessados em registrar a raça fundem associações em seus países. Também foi sugerido que os países assinem contrato com a Associação Brasileira dos Criadores de Girolando para a prestação de consultoria na área de melhoramento genético, tecnologia, dentre outros serviços, para garantir que a raça seja registrada e fomentada nos mesmos moldes praticados no Brasil. A entidade também participou de eventos internacionais para promover a raça. Durante o 8º Seminário Internacional de Leite e Carne, ocorrido em outubro de 2012, em Medelín (Colômbia) o vice-presidente da Girolando, Maurício Silveira Coelho, ministrou palestra sobre a pecuária leiteira tropical. O seminário fez parte da programação da Expocolanta. Os visitantes da feira puderam conhecer o trabalho da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, apresentado pelo cordenador Operacional do Programa de Melhoramento Genético da raça, Marcello Cembranelli.

Visitantes estrangeiros Com o intuito de realizar negócios e conhecer o potencial da raça, diversas comitivas estrangeiras visitaram a sede da Girolando, em Uberaba (MG), e a Megaleite. • Uma das economias de maior crescimento nos últimos anos, a Índia tem importado genética leiteira brasileira. Os indianos Ramesh Rawal e Suresh Gokhale visitaram a sede da Girolando em 2012 e conheceram como funciona o Programa de Melhoramento Genético da raça Girolando e o sistema de seleção animal. Eles trabalham na Baif Development Research Foundation, organização não governamental que atua em prol do desenvolvimento sustentável da pecuária indiana.

52


• O rei da Holanda, Orange Willem-Alexander, acompanhado da rainha Máxima, esteve no Brasil em novembro de 2012 e conheceu o potencial da pecuária nacional. Durante visita à sede da CRV Lagoa Holanda, a rainha recebeu das mãos do presidente José Donato uma réplica do touro Girolando Napolitano, recordista em venda de sêmen na CRV Lagoa, representando a genética tropical de qualidade. Os monarcas estavam acompanhados de uma centena de empresários e representantes de institutos holandeses, que vieram ao Brasil estreitar os laços econômicos entre os dois países. • O melhoramento genético Rainha da Holanda recebe réplica de Girolando da raça Girolando foi um dos temas do encontro entre o presidente José Donato Dias Filho, e os gerentes do grupo francês Genes Diffusion, Olivier Duterte e Lieven Carron. A reunião aconteceu no dia 13 de março de 2013, na sede da associação. O presidente da Girolando apresentou as ações da entidade para promover o melhoramento genético e expansão da raça no Brasil e em outros países. Já o coordenador Operacional do Programa de Melhoramento Genético da Raça Girolando (PMGG), Marcello Cembranelli, mostrou como funciona o programa e a nova prova de pré-seleção de touros para o Teste de Progênie que a associação implantará este ano. A reunião contou também com a presença do diretor comercial da Forcegen, João Batista da Silva. A Forcegen, que integra o grupo de Parceiros Master da Girolando, é uma distribuidora do grupo Genes Diffusion para várias regiões brasileiras. • O ministro da Agricultura da Guatemala, Antonio Ibánez, anunciou durante a Megaleite 2013 que pretende promover um intercâmbio com o Brasil para levar aos criadores guatemaltecos informações sobre a raça Girolando. Ele solicitou ao vice-presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, Fernando Brasileiro, a realização da "Jornada Técnica de Girolando" na Guatemala. • Criadores mexicanos solicitaram que a Girolando atue junto aos Ministérios da Agricultura dos dois países para viabilizar a abertura do comércio bilateral para a comercialização de sêmen, embriões e animais vivos. Atualmente, como não há protocolo sanitário entre Brasil e México, as exportações de genética são proibidas. A reunião ocorreu durante a Megaleite 2013. • Já a comitiva colombiana que visitou a feira em 2013 demonstrou interesse na transferência de tecnologias e na genética leiteira. Eles informaram que a Colômbia tem clima parecido com o de Uberaba e que o manejo da raça adotado pelos brasileiros será referência para a Colômbia. Outra comitiva que esteve na Megaleite 2013 foi do Panamá. Representantes do Banco Estadual daquele país conheceram a pecuária brasileira com o intuito de futuramente promover intercâmbio de informações e negócios.

Comitiva francesa na sede da Girolando e representantes da entidade

53


Comunicação

A

Associação Brasileira dos Criadores de Girolando investiu em marketing nos últimos três anos. Em 2011, foi criado o Departamento de Comunicação e Marketing para desenvolver a comunicação estratégica organizacional junto ao mercado nacional e internacional, promovendo a raça, além de seus produtos e serviço. As ações desenvolvidas foram: • Padronização da Identidade Visual e de layouts institucionais (papelaria, eventos, grife, materiais internos, calendários, wallpapers); • Materiais institucionais da área técnica: Folder Teste de Progênie - PMGG; Novo Regulamento de Registro Genealógico da Raça Girolando, Cartilha do Controle Leiteiro (vantagens, benefícios e como utilizar); Folder sobre uso de bóttons; • Manual Web Girolando (Como utilizar); • Informativo Ouvidoria; • Criação dos selos: PROVADO e EM TESTE; • Campanha Institucional “Touros Girolando - Eu uso, Eu Confio, Eu Recomendo”; • Anúncios; Placas; Brindes, Camisetas e Bonés Promocionais; • Identidade e Padronização Visual do CPG; • PMGG – Padronização layout Sumário de Touros e Vacas – 2012 e 2013 • Padronização do layout da MEGALEITE (impressos, catálogos, convites, credenciais, anúncios, adesivos, placas, troféus, mídia); • Comercialização dos banners de Estratégias de Cruzamento para formação da Raça Girolando;

Eventos O Departamento organizou, produziu materiais de divulgação e de premiação de diversos eventos: • 1º Congresso Brasileiro da Raça Girolando (2011); • Endomarketing – Eventos e comemorações internas; • Atualização Técnica do Serviço de Registro Genealógico da Raça Girolando (2012); • Seminário de Revisão, Atualização e Har-

54


monização dos Critérios de Julgamento da Raça Girolando (2012); • 1ª Exposição de Girolando Gado Jovem – Guaratinguetá/SP (2012) • 2ª Exposição de Girolando Gado Jovem – Sete Lagoas/MG (2013) • 6 Jornadas Técnicas (2012 e 2013) • 2 Cursos de Julgamento (2011 e 2012) • Formatação dos Patrocinadores da MEGALEITE e toda área de merchandising do evento;

Comunicação A Girolando conta com diversas ferramentas de comunicação, entre elas a revista O Girolando, o site (www.girolando.com.br), página no Facebook e twitter (@girolandoleite). Site da Girolando – Desde 2012, conta com novo visual e ferramentas para facilitar a vida do associado, como o Portal WEB Girolando. Em 2013, ganhou uma área para anunciantes. Newsletter Girolando – Mais novo canal de comunicação da entidade, traz as principais notícias de interesse dos associados. É enviada a cada 15 dias a todos os associados e para o público em geral;

Parceiros Master Desde 2011, a Girolando conta com a parceria de 10 empresas no projeto Parceiros Master. O objetivo do projeto é a promoção da raça no cenário nacional e nos principais eventos do setor. O trabalho de marketing desenvolvido em conjunto com as empresas inclui os principais eventos da raça, como, por exemplo, a MEGALEITE, jornadas e palestras técnicas sobre as novas tecnologias voltadas o público em geral e também técnicos e jurados, entre outras ações. Durante a gestão 2011-2013, os Parceiros Master foram: 2011 - Nutron, Embriosemen Sersia-France, Elanco, Pfizer, Semex, Intervet, CRV Lagoa, GEA Farm Technologies, Real H e ABS Pecplan. 2012 - Nutron, Embriosêmen, Elanco, Pfizer, Semex Brasil, MSD Saúde Animal, CRV Lagoa, Real H, ABS Pecplan e Alta Genetics. 2013 -Nutron, Forcegen, Elanco, Semex, MSD Saúde Animal, CRV Lagoa, Real H, ABS Pecplan, Alta Genetics e CRI Genética.

55


Financeiro

56


Você não precisa de muitos para chegar aos melhores. OCIDENTE LONDON DO MORRO

Destaques da bateria Girolando da CRI, os touros Ocidente e Diamante possuem alto PTA leite e filhas de ótima produção. Evolua mais rápido com a genética da CRI.

PTA leite

LONDON x OCIDENTE JFR

+237kg

DIAMANTE BILLY DA CACÁ

BILLY x BOAGY-ET

PTA leite

+235kg

A escolha certa para o futuro do seu negócio.

Sêmen Sexado

www.CRIgenetica.com.br

57


58

O GIROLANDO 93  

Órgão Oficial da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando | Ano XV | Nº 93 | Novembro/Dezembro de 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you