Issuu on Google+

20

DE OLHO NOS FATOS

Gazeta São Mateus 1ª Quinzena de Fevereiro 2013

ANO XIX -  Nº 350

Acidente à vista

O

muro da Escola Municipal José Maria Witaker, no Jardim Santa Bárbara está desabando e muito rapidamente com o peso da enorme grade de proteção de ferro, colocando a vida e dos munícipes em

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

O mistério da ilha

perigo. Junte a isso a situação da calçada que é péssima. Resultado: sem manutenção urgente do muro e da calçada que dá acesso ao estabelecimento de ensino, o perigo é evidente como esta registrado nas fotos desta edição. Página 6

Da noite para o dia apareceu em meio a Rua das Estrelas no Parque São Lourenço uma ilha, pintada de amarela, meio disforme e que vem aguçando a curiosidade dos transeuntes causando acidentes e prejuízos aos motoristas.

Sem a sinalização adequada, a rua que tinha uma largura invejável estreitou o acesso e vem causando alguns sustos aos motoristas que utilizam o trajeto pela primeira vez ou que não se lembram da nova intervenção. Veja as fotos nesta edição. Página 6

Cinco motociclistas morrem por dia em SP Em dois anos as mortes por este tipo de acidente aumentaram 18%; internações e gravidade dos casos também cresceram Página 2

Opinião

Sai daí, Renan!

E

ncomenda pro Senado, e dessa vez não é pizza! Ativistas entregaram aos senadores a petição com 1,6 milhões de assinaturas que pede a saída de Re-

nan Calheiros da presidência do Senado. “No dia que o Povo acordar os governantes não conseguirão dormir” - circulando pelo Facebook Página 2

E ditorial

Preocupado com o quê?

P

reocupado com o quê? Aque- ocupações para todos os gostos. Se não cimento global, chacinas, tiver nenhuma, comece a se preocupar triunfo da idiocracia: há prePágina 2

Policia Metropolitana faz Delegado da 8ª Seccional da segurança no meio do mato Polícia Civil recebe representantes da entidade Proasa

P

raça entre as Rua Libra com Nebulosas, no Jd. Santa Barbara São Mateus esta cheia de mato como se vê nas fotos: árvores enormes, sem poda. Assaltos e insegurança os moradores vem sofrendo neste local. Poda é necessárias, como se vê na foto esta Pata de Vaca está com os galhos esbar-

rando no chão. Ali os marginais se aprovei-

tam para se esconder e assaltar as pessoas. Página 7

Calçadas mau cuidadas: um mal exemplo no Jardim da Conquista

Q

uase todo o Jardim da Conquista, aglomerado urbano resultado de ocupação irregular intensa apresenta problemas dos mais diversos, entre eles podemos

lembrar a falta de árvores e a intensa impermeabilização do solo. Para ser claro cimentar qualquer tipo de espaço disponível dificulta a absorção das águas de chuva. Página 6

Representantes do Projeto Ação Social Anjos da Guarda – Proasa que desenvolve trabalhos em prol de melhoria dos trës distritos. A aproximação visa construir pautas de ações comuns que possa ter a colaboração da seccional. O delegado agradeceu a distinção e se comprometeu a contribuir dentro da legalidade e de suas possibilida-

des. Com o seu retorno o delegado trouxe de volta a saudável prática de manter contato, reuniões e afinar ações e comportamentos entre o aparato de segurança e as comunidades e entidades organizadas. A finalidade, como ele explicou, é promover ajustes, iniciativas e ações que contribuam com a segurança pública.

Página 5


Página 2

Gazeta  São  Mateus

E ditorial

Preocupado com o quê?

Preocupado com o quê? Aquecimento global, chacinas, triunfo da idiocracia: há preocupações para todos os gostos. Se não tiver nenhuma, comece a se preocupar

C

omo faz todos os anos desde 1998, o agente literário John Brockman despachou por e-mail uma pergunta provocativa à legião de cientistas, intelectuais, acadêmicos e artistas que lotam sua agenda de amigos e parceiros no site Edge.org., e ficou esperando. Em poucas semanas recebeu 154 respostas, assinadas por notórias figuras do mundo científico e habitués de sua enquete anual (Steven Pinker, Sam Harris, Daniel C. Dennett) e gente do show business (Brian Eno, Terry Gilliam, Richard Foreman). A pergunta de 2013 – “Com o que devemos nos preocupar?” – lhe foi soprada pelo entendido em história da ciência George Dyson. O próprio Dyson foi o primeiro a pedir cautela com o alarmismo: “As pessoas tendem a se preocupar com coisas que não valem a pena, desprezando outras com as quais deveriam se preocupar”. Concordando com o historiador, a jornalista Virginia Hefferman parafraseou Roosevelt, substituindo o medo da exortação original: “A única coisa que nos deve preocupar é a própria preocupação”. Até porque, como observou o cientista social Dan Sperber, “quando inócuas e descabidas, certas preocupações nos trazem mais danos que benefícios”. Ansiedade, estresse, por exemplo. Meia dúzia de especialistas em ciência cognitiva pegaram essa linha de raciocínio. Um deles, Joseph Le Doux, chegou a sugerir que aprendêssemos a tornar a ansiedade produtiva, a usá-la em vez de sermos usados por ela. Estaremos psicológica e politicamente capacitados para só nos preocuparmos com o que mais precisaríamos nos preocupar?, indagou o psicólogo e neurocientista Brian Knutson, há tempos preocupado com o que batizou de “misplaced worries” (inquietações inoportunas). Só o tempo dirá. A debacle do euro? O abismo fiscal americano? A tensão permanente no Oriente Médio? Os flagelos causados pelo aquecimento global? As chacinas em shoppings, cinemas e escolas? A finitude dos recursos naturais? Tais questões, embora inquietantes e oportunas, só foram abordadas em duas ou

três respostas, nem sempre de frente. O biólogo e paleontólogo Scott D. Sampson foi o único a meter a colher nos desastres naturais e nas agressões do homem ao meio ambiente, e apenas o físico Giulio Boccaletti chamou a atenção para a assustadora redução dos recursos hídricos do planeta. Jonathan Gottschall inocentou a violência na ficção, tão demonizada a cada morticínio em locais públicos. Não mais do que dois participantes se revelaram preocupados com o crescimento econômico atrelado à especulação financeira. Detalhe: um deles, Satyajit Das, é financista. O psicólogo e linguista canadense Steven Pinker teme uma nova guerra mundial, tantos são os fatores negativos aptos a provocá-la. Terrorismo nuclear não parece tirar o sono de ninguém (nem o mais bilionário nerd teria condições de fabricar um artefato nuclear e detoná-lo de seu laptop, racionalizou o filósofo Daniel C. Dennett), mas outras modalidades de terrorismo digital, sim: hackers invadindo sistemas, roubando senhas bancárias, derrubando portais, espalhando vírus, a trivial delinquência eletrônica. “Por erro ou de caso pensado, um bioterrorista pode deflagrar um colapso social”, adverte o cosmólogo Martin Rees, criador da expressão “antropoceno”, a era presente, em que as ameaças globais são provocadas mais pelos homens (e suas máquinas e inovações) do que pela natureza. “Receio que o mundo natural esteja ficando naturalmente desnaturado”, desabafou a bióloga Seirian Sumner, especialmente grilada com os avanços da biologia sintética. Mais generalistas, o também biólogo Colin Trudge lastimou a gradativa “perda da integridade da ciência” e o cientista social Nicholas A. Christakis, sua transformação de vilã em vítima do homem. Outras calamidades, algumas hipotéticas, outras reais ou em gestação, entraram em pauta: uma explosão de novas drogas ilegais; a possibilidade de pleno êxito de um projeto de I.A. (Inteligência Artificial) e a consequente escravização do homem por cérebros eletrônicos; nossa atual incapacidade para prever com exatidão como seria

G azeta S ão M ateus Empresa Jornalística Gazeta São Mateus Administração, Publicidade e Redação: Rua Libra, 85 - Jd. Santa Bárbara São Mateus - São Paulo - Cep: 08330-370 Fone:/Fax: 2962-3172 - Cel: 9 9431-7658 e-mail: gazetamateus@terra.com.br Diretora: Luci Mendonça Diretora Comercial: Cristina Mendonça da Silva Jornalista Responsável: Luci Mendonça – Mtb 43029-SP Redação: J. de Mendonça Neto Colaboradores: Marcelo Doria, Dra. Cibelle Mendes e Cristiane Ortega WebDesigner: Guilherme Celestino - guilherme@gcelestino.com.br Diagramação: Guilherme Celestino - Cel: 9 6398.2360 (Obs: Matérias assinadas não representam, necessariamente, a opinião do jornal) Fotolito e Impressão: Gráfica Pana - Fone: 3208-2487 CNPJ - 02.740.573/0001-87 Proibida a reprodução total ou parcial dos textos Tiragem: 20 mil exemplares Circulação: São Mateus, Itaquera, Guaianazes, Vila Formosa, Mooca, Vila Prudente, São Miguel, Tatuapé e Mauá Distribuição gratuita

um mundo cheio de robôs e nanotecnologicamente avançado; a emergência de uma nova desigualdade em escala mundial com a eventual concentração em poucas mãos do acesso a bancos de dados fundamentais; o exorbitante papel dos mecanismos de busca na internet (que agora não apenas informam, mas também opinam e manipulam o gosto e as ideias dos usuários, alertou o físico W. Daniel Hillis); a desassistência à educação de 40% dos adolescentes; o desmedido culto dos pais ao pragmatismo educacional, em detrimento do estímulo à imaginação e à criatividade; a homogeneização da cultura e da experiência humana em escala global; a epidemia mundial de mentiras, fraudes, plágios e falsificações (destaque para o ciclista Lance Armstrong); a incompetência e o possível esgotamento da democracia liberal; a peste fundamentalista; a praga anti-intelectualista. Os efeitos colaterais da Quarta Cultura, ou seja, os desacertos causados pelas novas tecnologias, alcançaram alto índice de preocupação. Sofreremos ainda mais com o déficit de atenção e paciência, com a prevalência do conhecimento rápido, ligeiro, superficial, googlado, com a perda das habilidades manuais e do senso histórico (sufocado pelo presentismo) e sua mais danosa consequência, a amnésia coletiva, porta aberta para o primado da estupidez e o triunfo da idiocracia. A nunca esquecida explosão demográfica ganhou novos contornos com a eugenia (menos e melhores filhos) praticada na China pós-Mao como parte de suas ambições hegemônicas. A China, insiste o psicólogo Geoffrey Miller, não quer tornar-se apenas a maior potência militar, econômica, industrial, comercial e cultural do século 21, mas também a mais biopoderosa, com os seres mais saudáveis e bem-dotados intelectualmente da Terra. Miller, contudo, confessa estar menos preocupado com os sonhos de grandeza dos chineses do que com uma reação ocidental movida a preconceitos ideológicos, xenofobia e pânico bioético. Sérgio Augusto é jornalista e escritor.

Aqui seu anúncio é LEGAL! ANUNCIE AQUI: 2962-3172 9 9431.7658

20

DE OLHO NOS FATOS

1ª Quinzena de Fevereiro 2013

o ã i in

Op

O

Sai daí, Renan!

h Renan, sai daí vai. Está todo mundo pedindo, somam-se aos milhares de milhares as assinaturas de petições pela sua saída e vossa excelência, nada! Se junta a esses milhares de brasileiros a turma aqui da redação deste modesto veículo. Por favor, senador! Dá linha! Pede pra sair! O fato é que diversos movimentos anticorrupção organizaram e apoiaram uma petição que circulou fortemente pela internet, mas podia ainda ir mais longe, pedindo a saída do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) da Presidência do Senado, alguns destes, inclusive, estendendo uma enorme bandeira do Brasil, de 150 metros quadrados, no gramado nas proximidades do Congresso Nacional. No mesmo dia foi protocolada a entrega do abaixo assinado ao expediente do Senado. Desde o dia 2, o político alagoano está irritando os cidadãos que tem alguma consciência a ponto de 1% do eleitorado brasileiro e isso não é pouco ter assinado a petição pela sua saída. A quantidade de eleitores seria o suficiente para viabilizar a apresentação de um projeto de lei de iniciativa popular, mas não é isso que vai acontecer. Junto com as assinaturas, os manifestantes protocolaram dia 21 no Supremo Tribunal Federal (STF) uma carta na qual pedem ao presidente da Corte, ministro Joaquim Barbosa, que acelere a análise da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da

República (PGR) contra Renan, no dia 25 de janeiro. Na denúncia, o senador é acusado de peculato, falsidade ideológica e falsificação de documento por ter desviado verba de gabinete para pagar pensão a um filho. Um trecho da carta diz, “Desejamos assinalar que a nossa solicitação a essa Corte reflete a apreensão e a repulsa da população com a constatação de que a demora no julgamento configura efetiva absolvição do acusado, que continuará exercendo um dos mais importantes cargos da República”. Entretanto, segundo a Secretaria da Mesa Diretora do Senado para um processo dessa natureza tramitar em forma de projeto lei deveria começar com uma denúncia no Conselho de Ética da Casa, e não como um projeto de lei. Como se vê, dificuldades não faltam. O tal do Renan, presidente do Senado, não deu um ‘pio’ sobre a movimentação, apenas divulgou uma nota, no dia 15, dizendo que “a mobilização na internet é lícita e saudável, principalmente, entre os jovens”. Onde quero chegar – Trata-se de mais uma demonstração da falta de apreço que os políticos têm para com a população que só viram gente na época da caça aos votos. Tem exceções, é claro, mas a maioria entre vereadores, deputados estaduais, federais e senadores não dão a mínima para a opinião pública. Nem um

Lucy Mendonça jornalista responsável pelo Jornal Gazeta São Mateus MTB 43029-SP vexame dessa natureza, com o alto índice de rejeição é capaz de demover o congressista da sua confortável cadeira no Congresso com todas as suas benesses. O que a maioria desse povo acha mesmo é que eles têm a força e a clarividência de saber o que pode ser bom para o ‘populacho’. Mais ainda, sabem, de fato, o que é bom, mas na base do “na falta de farinha, meu pirão primeiro”, cuidam de seus interesses e dos seus pares e se mantem estrategicamente afastados dos cidadãos que só tem a atenção destes nas campanhas eleitorais. Se fosse só o Renan, até que o prejuízo era menor, mas em se tratando desse nosso Brasil a coisa fica pesada. Basta consultar a quantidade de nomes que circulam nas listas oficiais e oficiosas da Ficha Suja para ver que a parada é indigesta. Da nossa parte continuamos entendendo o mandato parlamentar e até mesmo dos executivos como uma missão pública da maior importância, muito bem paga por sinal, e isso deveria ser o suficiente para um exercício correto e limpo dos mandatos. Para os nossos políticos, entretanto, quando é para encher os bolsos e se dar bem o céu é o limite. Lamentável! (LM)

Cinco motociclistas morrem por dia em SP

L

Em dois anos as mortes por este tipo de acidente aumentaram 18%; internações e gravidade dos casos também cresceram

evantamento inédito realizado pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paula revela que em dois anos o número de motociclistas mortos em acidentes de trânsito aumentou 18%. Além disso, os gastos com internações por este tipo de acidente quase dobrou neste período. Os dados apontam que em 2009 morreram no Estado 1.479 motociclistas. Em 2011, o número subiu para 1.721. O estudo aponta ainda que somente no ano passado foram internados cerca de 55 motociclistas por dia no estado. Em 2011 foram gastos no Estado cerca de R$ 27,2 milhões com internações de motociclistas, valor 76% superior aos R$ 15,4 milhões gastos em 2008. “Esse aumento nos gastos se deve a maior complexidade dos casos ao longo dos anos. Os acidentes estão cada vez mais violentos, provavelmente por causa da imprudência e excesso de velocidade”, explica Julia Greve, médica do Instituto de Ortopedia e Traumatologia (IOT) do Hospital das Clínicas da

Faculdade de Medicina da USP. Em um comparativo regional, quem lidera o ranking de internações é a região de Araçatuba, onde a taxa de internação foi cinco vezes maior em dois anos. Em 2008 foi registrada uma taxa de 1,13 internações por 10 mil habitantes e em 2011 esse índice subiu para 6,06 internações por 10 mil habitantes. A única região do Estado a apresentar queda no número de internações foi Barretos, onde a taxa foi de 3,21 internações por 10 mil habitantes em 2008 e 2,94

internações por 10 mil habitantes em 2011. Na Grande São Paulo foram internados 7.299 motociclistas em 2008 e 10.674 em 2011. Apesar de ser um número bem superior ao de outras regiões, a taxa de internação não é a mais alta, visto que a população da região também é maior. Em 2008 a taxa de internação de motociclistas na região foi 3,72 e em 2011, 5,38, um aumento de 44,72%. Até setembro de 2012 foram internados na região 7.647 motociclistas vítimas de acidentes de trânsito. Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo

Gazeta São Mateus


1ª Quinzena de Fevereiro 2013

O

Haddad pressiona Alckmin a criar inspeção veicular em todo Estado

prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), cobrou o governador Geraldo Alckmin (PSDB) para que a inspeção veicular ambiental seja implantada em todo o Estado ou pelo menos na região metropolitana. Ao apresentar projeto que muda regras da inspeção, Haddad disse que, caso o Estado não implante a vistoria estadual, ele irá exigir que veículos licenciados em outras cidades e que circulem pelo menos 120 dias por ano na capital sejam obrigados a fazer a inspeção. O controle será feito, segundo Haddad, por meio dos radares que fiscalizam o cumprimento do rodízio, que têm sistema de leitura de placa. Para o prefeito, o objetivo é “estancar a sangria” de recursos públicos. A Secretaria de Finanças tem estudo que aponta que a cidade pode

perder R$ 1 bilhão em quatro anos por causa da inspeção. Veículos estariam sendo licenciados fora da cidade para fugir do teste --com isso, a cidade não recebe o IPVA. “Estamos criando um desequilíbrio na região metropolitana e sem ganhos ambientais. A cidade não pode ficar sem creche, corredor de ônibus, hospital, porque ficamos sozinhos na defesa do ambiente”, disse Haddad. Funcionário faz inspeção veicular em carro no pátio da Controlar em São Paulo; Haddad adia ‘alívio’ prometido Em nota, o governo Alckmin disse que atua “fortemente” na redução da poluição veicular e citou a redução de impostos para o etanol (combustível menos poluente) e os investimentos no transporte sobre trilhos. Disse, ainda, que há projeto sobre a inspeção estadu-

A

al tramitando na Assembleia, “que é um poder independente”. O projeto foi enviado por José Serra (PSDB) em 2009. A possibilidade de exigir inspeção de veículos “forasteiros” está no projeto que chega hoje à Câmara. Ele prevê que donos de veículos aprovados na inspeção tenham direito a reembolso da taxa --R$ 47,44-- já este ano. O custo anual para a prefeitura será de R$ 150 milhões. Haddad recuou em pon-

tos polêmicos: tornar a inspeção obrigatória apenas a cada dois anos (hoje é anual) e só para veículos com cinco anos ou mais de fabricação. Ele decidiu contratar o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) para definir como deve ser feita a inspeção. Com isso, deve diminuir as resistências na Câmara, no primeiro grande teste que Haddad enfrentará na Casa. EVANDRO SPINELLI DE SÃO PAULO

Licitação para troca e manutenção de todos os semáforos do centro expandido deve ocorrer ainda no primeiro semestre

A

Subprefeitura São Mateus recebeu a certificação de qualidade ISO 9001:2008 graças à aplicação de normas voltadas para melhorias no ambiente de trabalho e no atendimento às demandas da população Na última quinta-feira (14/2), a Subprefeitura São Mateus recebeu a placa de certificação de qualidade ISO 9001:2008 da Praça de Atendimento. A certificação foi obtida graças à aplicação de normas voltadas para melhorias no ambiente de trabalho e no atendimento às demandas da população. Em outubro de 2011, a Subprefeitura São Mateus começou a implantação do sistema de qualidade ISO 9001, em sua Praça de Atendimento, e contou com a dedicação e o trabalho em conjunto de seus funcionários para a me-

lhoria na organização e qualidade no atendimento, com o objetivo principal de atender as necessidades e garantir a satisfação dos munícipes, buscando sempre uma melhoria contínua e excelência. A certificação ISO 9001:2008, determina a aplicação de normas que auxiliam na melhoria dos processos internos, incentivam a capacitação dos colaboradores, aprimoram o monitoramento do ambiente de trabalho, e criam ferramentas para a verificação da satisfação dos munícipes, colaboradores e fornecedores, em um processo continuo de melhorias do sistema de gestão da qualidade. O projeto mostra o compromisso da Prefeitura da Cidade de São Paulo em contribuir com a melhoria da qualidade do serviço prestado ao cidadão.

Estádio do Corinthians é a arena mais cara de todas aberturas de Copa desde 98 Arena de Itaquera tem valor superior a estádios de Paris, Seul, Munique e Johannesburgo

Prefeito Fernando Haddad e o deputado federal Devanir Ribeiro menda foi clara.”, completou o prefeito. A conclusão do edital e o processo licitatório que vai definir a empresa responsável pela manutenção dos semáforos da cidade devem ocorrer ainda no primeiro semestre. Em curto prazo, Haddad disse que já determinou a compra imediata dos estoques de reposição das peças necessárias para que os semáforos voltem a funcionar.

“O contrato de manutenção atual não prevê a obrigatoriedade de a empresa repor a peça, só trocar, mas não existia um estoque de peças. Então determinei a compra imediata dos estoques de peças de reposição.” Monitoramento das chuvas Desde a última quinta-feira o prefeito Fernando Haddad monitora as chuvas

em São Paulo. Sua avaliação é de que as medidas anunciadas no começo do ano estão em andamento e ajudaram a atenuar os efeitos das fortes chuvas. Entre as medidas estão as limpezas de 120 mil bocas de lobo, 130km de galerias e ramais, 308km de córregos, além de mais de 1.400 toneladas de entulho recolhido durante a operação Cara-Bagulho.

Educação oferece 11.732 vagas neste semestre para cursos de Espanhol e Inglês Online na Região Metropolitana de SP

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo disponibiliza neste semestre 42,5 mil vagas em cursos de Inglês e Espanhol Online para alunos do Ensino Médio regular e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). São 12,5 mil vagas para aulas de espanhol com cadastro aberto até o dia 28 deste mês. Para os estudantes interessados em aprender inglês, há 30 mil vagas com pré-inscrições até

Subprefeitura São Mateus recebe a certificação ISO 9001:2008

A

Prefeitura anuncia investimento de mais de R$ 100 milhões na rede de semáforos da cidade Prefeitura de São Paulo vai investir mais de R$100 milhões na manutenção e substituição da rede de semáforos da cidade. De acordo com o prefeito Fernando Haddad, a CET – Companhia de Engenharia de Tráfego recebeu ordem para elaborar um edital que solucione o problema do mau funcionamento dos semáforos de São Paulo em dias de chuva. “A ordem foi dada desde quinta-feira. Eu quero que a CET elabore um edital que ponha fim a esse transtorno. Vamos fazer o investimento estrutural necessário para acabar com esse problema e esse investimento pode superar os R$ 100 milhões”, disse o prefeito, depois de audiência com a bancada federal de São Paulo no Palácio dos Bandeirantes. “Estou inconformado com a situação pedi um relatório de todo o problema. E o que eu constatei, inclusive por fotografias, é de que a rede de semáforos da cidade de São Paulo está toda precarizada. Vamos trocar o que for necessário para garantir um sistema semafórico de primeiro mundo. A enco-

Página 3

Gazeta  São  Mateus

11 de março. Na Região Metropolitana de São Paulo, são 6.301 vagas para espanhol e 5.431 vagas para inglês. O cadastro para ambos os cursos, gratuitos, deve ser feito pelo endereço eletrônico www.educacao.sp.gov.br/ projetos/evesp, onde também está disponível o regulamento completo. Os candidatos serão selecionados com base em critérios como frequência, melhor rendimento escolar e região.

O objetivo é proporcionar aos estudantes oportunidades para o desenvolvimento de novas formas de expressão linguística, enriquecimento curricular e acesso a outros povos e culturas. A lista de aprovados na primeira chamada poderá ser consultada no Portal da Educação (www.educacao. sp.gov.br) e os alunos contemplados deverão comparecer à escola de origem para efetuar a matrícula. Caso

restem vagas, haverá segunda chamada (veja as datas nas tabelas ao fim do texto). As aulas a distância de espanhol terão início em dia 25 de março e vão até 25 de setembro. O curso de inglês começa em 27 de março e segue até 31 de julho deste ano. Até o fim de 2013 serão, no total, 85 mil vagas para os dois cursos, sendo 25 mil para espanhol e 60 mil para inglês.

O guindaste responsável pela colocação dos módulos da estrutura metálica da cobertura do prédio leste. O nono, e último módulo do setor, será colocado neste mês. Foto: Odebrecht

O

estádio do Corinthians que está sendo construído no bairro de Itaquera e que vai abrir a Copa do Mundo de 2014 é o mais caro em relação ao palco de abertura dos últimos quatro Mundiais. Um levantamento do Portal da Copa, aponta que cada assento da Arena Corinthians custará R$ 17,1 mil. Valor superior ao gasto nos estádios de Paris, Seul, Munique e Johannesburgo nas últimas Copas. O valor foi obtido a partir do número de assentos previstos no projeto inicial sem a implantação das estruturas provisórias. A previsão de gastos é de R$ 820 milhões para a construção de 48 mil lugares. A arquibancada removível, com 20 mil cadeiras, orçada em R$ 35 milhões, não será mantida após o Mundial. O estádio que mais se aproxima do valor gasto em Itaquera é a Allianz Arena. O estádio de Munique, inaugurado em junho de 2005, custou R$ 918 milhões. Como tem 66 mil lugares, cada um saiu a um preço de R$ 13,9 mil. Em 1998, o Stade de France, onde o Brasil venceu a Escócia por 2 a 1 na abertura daquela Copa, custou R$ 900 milhões ou R$ 11,1 mil por cada um dos 81 mil assentos.

O Soccer City, em Johannesburgo, e o Sang-am, em Seul, saíram bem mais baratos na relação preço total/ assentos. No estádio da Copa de 2010, com capacidade para 94 mil pessoas, cada lugar custou R$ 8,9 mil dos R$ 840 millhões gastos na obra. Em 2002, na Coreia do Sul, cada cadeira custou R$ 5,9 mil. O estádio que recebeu Senegal e França na abertura daquela Copa tem capacidade para 67 mil pessoas. O valor que seria gasto nos 12 estádios da Copa sofreu uma inflação entre o anúncio do Brasil como sede, em 2007, e as mais recentes estimativas. Os gastos anunciados inicialmente seriam de R$ 2,3 bilhões e hoje já batem nos R$ 7,03 bilhões, um acréscimo é de 205%. Depois da Arena Corinthians, os assentos mais caros da Copa são os instalados no Mané Garrincha (R$ 14,3 mil), seguido por Fonte Nova, Arena da Amazônia e Arena Pantanal (R$ 11,8 mil). Mineirão e Maracanã custarão R$ 10,7 mil por lugar. O Castelão, já reaberto, saiu por R$ 9,4 mil por lugar. A Arena das Dunas, em Natal, tem valor previsto por cadeira em R$ 7,8 mil. Arena da Baixada sairá por R$ 5,6 mil e o Beira-Rio por R$ 5,5 mil. iG São Paulo


Página 4

P

Gazeta  São  Mateus

1ª Quinzena de Fevereiro 2013

Como fazer a Dieta do Vinagre

A Cromoterapia como complemento no tratamento de algumas doenças

odemos destacar os Egípcios, os Gregos, os Chineses e Indianos. Veja abaixo alguns dos casos onde a Cromoterapia pode ajudar: Anemia: respiração, ingestão de água e alimentos da cor vermelha. Aplicação de luz vermelha na sola de cada pé por 5 minutos, prosseguindo pelo mesmo período pela barriga da perna, joelhos, coxas e base da coluna. Encerrar a aplicação, com a irradiação da cor verde ou azul, por alguns minutos. Ansiedade: Banhos de luz, azul e verde no corpo todo e ingestão de água solarizada. Asma: Respirar e ingerir água na cor laranja e ter uma atitude mental positiva e otimista. Aplicar a cor laranja no peito e na garganta, por 10 minutos. Quando apresentar melhoras, usar a luz azul na garganta por 15 minutos. Azia: banhos de luz amarelo e verde, localizados. Bronquite: Respirar a cor laranja e tomar suco de limão e laranja. Aplicar a luz laranja no estômago e abdome, por 10 a 15 minutos ou mais de acordo com as necessidades do paciente.

Texto: Teresa Kam Teng Cansaço: banhos de luz azul e verde no corpo todo. Catarata: Respirar o raio índigo. Banhar os olhos com água solarizada índigo. Coloca panos embebidos na água solarizada índigo na fronte. Num segundo estágio, aplicar a cor índigo nos olhos e na fronte por 30 minutos. Coceira: banhos de luz azul e verde ou compressas com água solarizada Conjuntivite: banhos de luz azul e violeta ou compressas com água solarizada. Constipação: Respirar e tomar pequenas quantidades de água solarizada amarela. Aplicar luz amarela no estômago e abdome, durante 20 minutos, à noite e pela manhã. Cortes: Aplicar água solarizada ou banhos de luz índigo para estancar a hemorragia. Dispepsia: Respiração e ingestão de água com raios amarelos. Aplicar no plexo solar, durante 30 minutos a cor amarela, 2 vezes ao dia. Dor de cabeça: banho de luz azul, localizado e ingestão de água solarizada, quantas vezes for necessário.

Dor de Garganta: aplicar luz azul na garganta durante 15 minutos, Fazer gargarejos com água solarizada azul a cada 2 horas. Espinhas no rosto: banhos de luz localizados azul e verde e banhos com água solarizada azul. Falta de apetite: banhos de luz laranja, visualizar a cor laranja. Febres: Aplicar a luz azul no centro da inflamação e ingestão de água solarizada azul. Flatulência: Tomar, pequenas quantidades de água solarizada amarela entre as refeições. Friagem: banhos de luz

vermelha no corpo todo. Inflamação nos ouvidos: Aplicar luz índigo e ingerir água solarizada índigo, 2 vezes por dia. Insônia: Aplique a luz azul e índigo. Irritabilidade: Banhos de luz, verde e azul, no corpo todo e água solarizada (3 copos por dia). Queimaduras: Aplicar luz azul para aliviar a dor. Rouquidão: Tomar água solarizada azul em pequenos goles. Aplicar luz azul na garganta a cada meia hora. Respirar o raio azul no amanhecer. Obs: a Cromoterapia não dispensa o tratamento médico

N

essa matéria você vai ficar por dentro de como emagrecer com dieta do vinagre, sem dúvida nenhuma, é um grande aliado na perda de peso, ele pode ser usado para tempero de carnes e saladas. Pesquisadores japoneses descobriram que quem utiliza 2 colheres de sopa do vinagre por dia, tem uma perda de peso 5x maior que aquele que não consome. Basta adicionar ele nas suas refeições! Algumas propriedades do vinagre ajudam nessa perda de peso, pois ele é consi-

Pastel de feira

Fique por dentro Cuide dos seus pés Mergulhar seus pés no enxaguante bucal Listerine por 15-20 minutos, duas vezes por dia, pode curar a maioria dos casos de fungos nas unhas. Listerine contém ingredientes anti-sépticos e desinfetantes, que tem sido usados para tudo, de cura para gonorréia até a limpeza de pisos. Listerine também é bom para curar as bolhas e caspas. Soluço tem solução Soluços são irritantes, mas agora você pode impedi-los dentro de um minuto, simplesmente engolindo uma colher de chá cheia de açúcar seco. Especialistas acreditam que a doçura súbita, sobrecarrega as terminações nervosas da boca e da

O

língua o que faz com que os soluços parem. Acabe com o chulé Que tal limpar os pés com um pano encharcado de vodka para acabar com o chulé?. Vodka contém álcool, um anti-séptico de secagem rápida. O álcool destrói os fungos e bactérias causadoras do odor e também elimina a umidade que permite esses organismos crescerem.

Ingredientes Massa Água morna 1 colher (café) de álcool ou cachaça (pinga) Sal a gosto ½ kg de farinha de trigo 1 colher (sopa) de óleo para a massa

Dor de cabeça Dores de cabeça são muito irritantes e difíceis de irem embora. Uma dica simples para se livrar delas é morder um lápis, pois a força dos músculos da mandíbula podem relaxar e aliviar a sua dor de cabeça.

Os principais benefícios do repolho

repolho e um alimento que pode ajuda no combate contra anemia, o chá de suas folhas faz bem ao estomago, ele acelera o metabolismo e até ajuda a deter o câncer de mama. Também serve de remédio contra ferida, inflamações, hemorróida e reumatismo. Existem muitos tipos de repolho, os principais são o roxo e branco, cada um tem um beneficio diferente: o beneficio do repolho roxo e que ele é muito rico em antocianina, tem um grande poder de afastar o risco do infarto. Além disso, eles contem selênio um nutriente que ajuda a manter a pele saudável e também fortalece os ossos, e auxilia na queima das gorduras. Já

derado um redutor natural de apetite podendo chegar a 80% a redução da “vontade de comer”, ele deixa a digestão bem mais lenta, com isso demora mais para se ter fome. Também controla a produção de insulina, o que ajuda a não estocar gordura – os famosos pneus, pois o ácido acético combate a gordura do corpo quando ativa os genes que criam as proteínas que estão envolvidas na quebra da gordura. Mas é necessário aliar o vinagre com uma reeducação alimentar e exercícios físicos.

o repolho branco ele tem o poder de combater o tumor, ou seja, ele tem mais ácido fólico, vitamina que ajuda diminuir o risco de câncer. É muito rico em vitamina A, que previne males contra catarata, e tem também um mineral que fortalece os músculos, muito rico em potássio. O repolho branco também auxilia no combate a tuberculose e em todos os casos de cansaço. Sabia que a cada 100 gramas de repolho contem cerca de 20 kcal, sendo assim ideal para regime. Além disso, ele estimula no crescimento do cabelo, age contra infecção, contra envelhecimento precoce e fortalece a parede do estomago. Você pode consumir o repolho

20

DE OLHO NOS FATOS

Recheio 300 g de carne moída duas vezes Azeite Limão Pimenta verde Sal a gosto Cebolinha verde picadinha 1 colher (sopa) de cebola batidinha 3 colheres (sopa) de azeitona

picadinha 200 g de queijo minas 100 g de queijo gruyère 100 g de tomate seco Modo de preparo Misture a farinha com o sal, o óleo e a pinga. Vá acrescentando a água morna aos poucos até dar ponto de sova. Sove bem e abra com o rolo. Recheie e frite os pastéis em 1 litro de óleo bem quente. Enquanto os pastéis estiverem sendo fritos, use a escumadeira para cobri-los o tempo todo com óleo, de modo que cresçam bastante. Escorra os pastéis em papel toalha.

Fonte: http://www.comidaereceitas.com.br/salgados/pastel-de-feira.html#ixzz24PrsyX8k

N de diversa forma, consumido, refogado, sopa, suflê,

mais o ideal e ser consumido cru ou o suco.

Reflexão

ão importa se você é um grão de areia, uma pedra pequena ou uma rocha brutal. O universo está em constante movimento e ainda que alguns habitem as profundezas escuras, haverá um momento especial de se encontrarem com a luz através do chamado das correntezas. Se estamos aqui

é porque temos um motivo especial para existir e uma obra a ser feita. O importante é descobrir essa consciência e se doar ao mundo de alguma forma, seja ela qual for. Quando unimos nossas forças em prol da humanidade, podemos ainda construir algo maravilhoso. André Victtor


1ª Quinzena de Fevereiro 2013

Delegado da 8ª Seccional da Polícia Civil Recebe representantes Proasa

O

delegado da 8ª Seccional de Polícia, Antonio Mestre Junior recebeu no dia 13, representantes de entidades, algumas lideranças que marcaram o encontro onde puderam ouvir um pouco de uma espécie de prestação de contas do seu trabalho e comandados em seu recente retorno a região. Antes, porém, foi saudado com alegria e satisfação entre os representantes da comunidade, conforme a reportagem já havia registrado por ocasião da comemoração dos 20 anos da Gazeta São Mateus. Entre os presentes estavam representantes do Projeto Ação Social Anjos da Guarda – Proasa que desenvolve trabalho em prol de melhorias nos trës distritos. A aproximação visa construir pautas de ações comuns que possas ter a colaboração da seccional. O delegado agradeceu a distinção e se comprometeu a contribuir dentro da legalidade e de suas possibilidades. Com o seu retorno o delegado trouxe de volta a

com as estatísticas nos quesitos indicados, principalmente no que diz respeito ao tráfico de drogas mais severo e o roubo de automóveis. Destaques negativos; é claro, mas reais e não adianta mascarar a realidade. Com amplo conhecimento de caso, Mestre ilustra que as dificuldades no combate ao roubo de veículos, por exemplo, são crescentes. “Antigamente o ladrão de carro o fazia aleatoriamente, depois tentava desmontar e vendia em ferro velhos. Com o tempo algumas lojas de peças usadas passaram a fazer parte do esquema sendo os principais receptadores. Mais isso ainda foi mais longe.”, considera o delgado. “Agora, em alguns lugares tem até uma divisão entre quem puxa o carro, deixando-o em outro local, para um intermediário que, por sua vez, tem contato com os receptadores e por ai vai”. Conclusão as dificuldades no combate a esse tipo de crime é sempre crescente. O delegado seccional fez inúmeras considerações sobre as distintas ocorrências

entre o poder público e como representante da Segurança vai fazer sua parte e os poderes públicos para que novas demandas sempre crescente sejam atendidas. A região de São Mateus que ele conhece bem tem demandas enormes e no que diz respeito à segurança cabe novas delegacias, o aumento do efetivo seja da polícia civil, seja da polícia militar e uma maior acessibilidade aos serviços do Judiciário aos cidadãos. Mestre fez essa assertiva, após ter ouvido dos presentes as dificuldades que as representações do Judiciário na região têm para prestar serviços. Foi além, se prontificou a acomodar nas dependências do 54 DP ou de alguma entre as suas delegacias os pequenos ‘Justiça de Pequenas Causas’ ou assemelhados que sejam viáveis, dentro da legalidade e com o apoio dos órgãos superiores do Magistrado, da prefeitura ou do governo do estado. Independente das possibilidades de trabalhos conjuntos, como o sugerido

saudável prática de manter contato, reuniões e afinar ações e comportamentos entre o aparato de segurança e as comunidades e entidades organizadas. A finalidade, como ele explicou é promover ajustes, iniciativas e ações que contribuam com a segurança pública. E o delegado tem história nesse quesito. Em sua passagem anterior diversas iniciativas foram realizadas e permitiram aos atores envolvidos até mesmo a resolver conflitos em determinadas comunidades. Para tanto foram incentivados projetos próprios que através do seu desenvolvimento contribuíram com a cultura de paz localmente. O delegado explicou aos presentes que a retomada do contato vai ajudar a segurança pública a dar uma direção mais realista e ajustada aos esforços de segurança. Mesmo, assim, lembrou o delegado que a prioridade da seccional e do conjunto de suas delegacias serão as investigações de homicídios, tráfico e roubos. Em São Mateus e bairros vizinhos como a Cidade Tiradentes, por exemplo, lembrou o delegado, contribuem

em sua área de atuação, tem uma visão crítica e entende que nem tudo que se refere à segurança tem origem em ser criminoso ou não. As condições sociais, de educação e de vulnerabilidade social jogam um peso enorme em determinadas circunstancias. “Tenho observado casos de violências entre ou contra os adolescentes, cujas mães foram atendidas, nas mesmas circunstancias em anos anteriores. Isso indica que a condição de vulnerabilidade social se mantém e se reproduziu entre as gerações”. Um claro indicativo que a segurança pública e uma adoção e cultura da paz não é tarefa apenas das polícias e dos anexos aos sistemas se segurança. Educação, justiça social, melhores condições de vida são insumos importantes para que se alcance tão almejada meta.

acima, o delegado seccional destaca duas outras prioridades para o próximo período: reforçar a Delegacia do Idoso, que está sediada nas proximidades do Parque do Carmo e a otimização das Delegacias da Mulher. Nos dois casos, destaca a fragilidade da situação de ambos os segmentos. “O idoso, às vezes, sofre calado, desafetos e maus tratos por parte de parentes que com o passar do tempo, em alguns casos, chegam até a tomar os bens materiais do idoso. Quantos casos vemos o idoso morando nos fundos da casa que foi ele, tempo atrás, que construiu?”, indaga. Com relação às mulheres, observa que vem crescendo os crimes que são caracterizados agora como estupro e que quase 98% destes são cometidos por parentes próximos e até por pais ou padrastos em situação de predominância financeira, onde a vítima e, em geral sua mãe dependem financeiramente do agressor. Também para esses casos o delegado reafirma a necessidade das ações preventivas e posteriormente de recuperação da agredida ser desenvolvidas por distintas secretarias.

Os tempos mudaram e as exigências são enormes Mestrinho lembrou de que o esforço da sociedade civil, anos atrás, conseguiu resultados mais expressivos e algumas conquistas foram visíveis. Atualmente, entende o delegado, a que se reforçarem os entendimentos

Página 5

Gazeta  São  Mateus

GCMs mediadores de conflitos participam da comemoração dos 10 anos da atuação do MP em Justiça Terapêutica

Da esquerda para a direita: Vice-Presidente da OAB/Santana, Adriano Graça Américo; Comandante Operacional Norte, Marcos Bazzana Delgado; Vice-Prefeito de Santos, Eustázio Alves Pereira Filho; Procurador de Justiça, Mário Sérgio Sobrinho e Presidente da OAB/Santana, Eliana Malinosk Casarini)

O

Ministério Público do Estado de São Paulo, por meio da Promotoria de Justiça Criminal do Fórum de Santana, lançou, na manhã de 19/02, o vídeo “Justiça Terapêutica: é possível fazer!”, um documentário de 23 minutos produzido com apoio da Procuradoria-Geral de Justiça e da Associação Paulista do Ministério Público. O lançamento aconteceu no Auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Santana e contou com a presença do Procurador-Geral de Justiça, Márcio Fernando Elias Rosa, que presidiu a abertura da solenidade. Curiosos para aprender, conhecer de perto o funcionamento da Justiça Terapêutica e encontrar pontos comuns que podem ser incorporados no processo de Mediação de

A

Conflitos da GCM, mediadores das sete unidades do Comando Operacional Norte participaram do evento. Na ocasião, puderam verificar os bons resultados dos mais de 1.300 atendimentos realizados pelo órgão nos últimos 10 anos e conhecer mais um setor que pode ser indicado àqueles que comparecem nas unidades da GCM em busca de solução para seus problemas. A Justiça Terapêutica é um modelo penal no qual o consumidor de drogas ilegais escolhe entre cumprir uma pena ou receber tratamento de saúde “Essa oportunidade foi muito importante, pois os mediadores de conflito puderam trocar experiências, criar contatos para aprofundarem o tema e formar parcerias que possam contribuir com a melhoria dos

processos de mediação promovidos pela GCM”, ressaltou o Comandante Operacional Norte Marcos Bazzana Delgado. Também estiveram presentes na solenidade Juízes, Promotores de Justiça, Delegados de Polícia, o Inspetor Renato Sampaio e os Guardas Civis Mediadores de Conflito Landuar Alencar Filho, da Inspetoria Regional de Santana; Renato Rodrigues de Oliveira, Inspetoria Pirituba/ Jaraguá; Marta Inocêncio, Inspetoria Regional Vila Maria/Guilherme; Nerciana da Silva Santos, Inspetoria Regional Jaçanã/Tremembé; Mauricio Mendonça Villar, Inspetoria Regional Casa Verde e Vera Lúcia da Silva Vignoto, Inspetoria Regional Freguesia do Ó.

Conflitos suportados pelas crianças

novela das 21 horas exibida pela tv g l o b o , ” S A LV E JORGE”escrita pela autora Glória Perez, trás mais uma vez, os conflitos do direito de família, e como não podia deixar de abordar, a questão da separação do casal e o sofrimento que causa principalmente aos filhos, que a exemplo da novela, onde a menina Raissa sofre as conseqüências das atitudes egoístas de seu pai, o Celso personagem interpretado pelo ator Caco Ciocler, que não mede esforços para atingir a ex mulher Antonia, personagem vivida pela atriz Letícia Spiller, no entanto, a novela aborda de forma direta os conflitos suportados pelas crianças, que sofrem no dia a dia a indiferença de pais irresponsáveis e na maioria dos casos é provocado pelo pai, que não aceitando a separação passa a usar os filhos, ora como objeto de disputa, ora para atingir a ex mulher sem se quer respeitar a saúde mental e a auto-estima dessas crianças,

que por serem dependentes desses mesmos pais negligentes, muitas das vezes não tem a quem recorrer, pois como se pode perceber o homem brasileiro em um número relevante só considera os filhos como membro da família quando está bem com a mulher mãe de seus filhos e esse estar bem, entenda estar tendo uma vida sexual com ela, pois quando é preterido ou não é mais aceito como o marido ou companheiro, usa de todo tipo de perseguição para prejudicar a ex, passando por cima até dos filhos, é bom lembrar que esse comportamento não se restringe a classes menos favorecidas, pois a exemplo da novela o comportamento atinge a todos, ricos e pobres sem distinção, fica aqui o alerta para familiares, professores, conselho tutelar, religiosos e toda sociedade e do poder público, como um todo, prestarem mais atenção em nossas crianças, uma vez que a Lei Maior C. F. artigo 227 caput, e o ECA (Estatuto da

Criança e do Adolescente), prescreve em seu artigo 4º “Que é dever da família, da comunidade, da sociedade e do poder público assegurar, com absoluta prioridade a proteção de crianças e adolescentes primando por sua saúde, respeito e dignidade” fica aqui o alerta a todos nós, para garantirmos que crianças não sejam massacradas por quem tem o dever de amparar e proteger. Por: Drª Cristina R. de Souza, pós graduada em direito de família e Sucessão

ANUNCIE CONOSCO | 2962-3172


Página 6

Gazeta  São  Mateus

Calçadas mal cuidadas: um mau exemplo no Jardim da Conquista

Q

uase todo o Jardim da Conquista, aglomerado urbano resultado de ocupação irregular intensa apresenta problemas dos mais diversos, entre eles podemos lembrar a falta de ‘arvores e a intensa impermeabilização do solo. Para ser claro cimentar qualquer tipo de espaço disponível dificultando a absorção das águas de chuva. Mas, de imediato outro problema sério diz respeito as condições das calçadas nas ruas do bairro que pela legislação transfere para o morador a responsabilidade de seus cuidados. Se eles não cuidam, cabe ao poder público exigir o cumprimento. A Travessa Violeteira é um bom exemplo da precariedade de algumas calçadas como pode ser conferido nas fotos dessa matéria. Ali, com

certeza, o poder público teria muita providëncia para tomar acionando os responsáveis sejam eles particulares ou mesmo público. Se sabe que preocupar-se com as calçadas não é coisa comum para as pessoas. No máximo querem e desejam elas limpas e desimpedidas, mas não tem muita preocupação em como e em que condições elas serão usadas pelas pessoas que precisam transitar por elas. Muita gente se preocupa com a conservação do imóvel, mas parece que a calçada não lhe pertence. Ledo engano e pode gerar punições. A obrigação do morado é construir, recuperar e manter a calçada em frente a sua residência, empresa ou condomínio para evitar acidentes com terceiros. Alguém que possa ser prejudicado pode

1ª Quinzena de Fevereiro 2013

Em Santa Bárbara continua a luta pela instalação de semáforo

A

até mover uma ação reparatória do relapso proprietário. É hora de mudarmos de atitude e começarmos a nos preocupar de verdade com a conservação deste espaço. A recuperação das calçadas valoriza o imóvel, melhora a paisagem urbana, garante acessibilidade respeitando as diferenças e necessidades do outro, socializa os espaços, evita acidentes e promove a civilidade. A prefeitura de São Paulo deu um passo a frente lançando o programa Passeio Livre focado na fixação de um novo conceito para passeio público, padronizando calçadas, melhorando a drenagem, garantindo a circulação e organizando os imóveis urbanos.

instalação de um semáforo entre a Rua das Nebulosas e a Avenida Satélite no Jardim Santa Bárbara em São Mateus é uma reivindicação que entra e sai da pauta sem um atendimento adequado por parte da Companhia de Engenharia de Tráfego – CET que, em avaliações anteriores, considerou desnecessária a sua instalação. Não é o que acham os moradores e usuários das escolas públicas próximas quando do acompanhamento de crianças que frequentam as duas escolas públicas locais. Entre elas está Aparecida da Costa Morroni, que com mais de 70 anos ainda se envolve nas reivindicações e lutas da comunidade do entorno. Apesar da existência de uma faixa no rolamento instalada nas proximidades das entradas principais das escolas, a segurança na travessia da rua não está garantida. Uma repintura seria bem vinda, mas o crucial; entendem as mais de mil pessoas que compuseram um abaixo assinado organizado pela liderança, seria a instalação do semáforo no encontro das duas ruas. É certo que o espaço é reduzido no encontro entre

elas, entretanto, os vários sentidos que os carros utilizam naquele encontro precisa ser disciplinado e o semáforo pode servir para isso e para baixar a tensão entre os condutores de veículos no local que, por vezes, travam aquele pedaço. Aparecida conta que percorreu muitas casas nas ruas próximas com o abaixo assinado e que as mais de mil assinaturas foram entregues em 04 de dezembro para reforçar o primeiro pedido ao CET feito em 20 de setembro de 2012 com o protocolo 0025143051280 e que até o presente momento não teve resposta convincente ou positiva. Enquanto isso o encontro das ruas registra momentos tensos entre motoristas entre si e pedestres.

Subprefeitura Itaquera aplica mais de 350 multas pela nova lei das calçadas Em 2012, a Supervisão de Fiscalização da Subprefeitura de Itaquera aplicou 364 multas aos proprietários e locatários de imóveis, comercial ou residencial, que desrespeitaram a lei 15.442/01, que dispõe sobre as regras que estabelecem a responsabilidade pela construção, conservação, reforma e manutenção de calçadas, muros e limpeza de terrenos da cidade

N

o início de janeiro, a nova legislação municipal que dispõe sobre a conservação das calçadas completou um ano em vigor. Pelas novas regras tanto os proprietários como os locatários de imóveis, comerciais ou residenciais, devem manter suas calçadas bem conservadas. Além disso, a lei nº 15.442 determina que os terrenos não edificados devem estar murados e permanentemente limpos. No ano que passou, os fiscais da Subprefeitura receberam diversas denúncias de imóveis sem passeio, com calçadas contendo obstáculos ou em mau estado de conservação, ou ainda em desacordo com o Programa Passeio Livre, criado pela Prefeitura de São Paulo, que visa conscientizar e sensibilizar a população sobre a importância de construir, recuperar e manter as calçadas da cidade em bom estado de conservação. Outros dois problemas graves, previstos pela legislação, são a falta de limpeza e a construção de muro nos terrenos e imóveis. Conforme os autos de intimação e de multa, nos locais fiscalizados foram encontra-

Defesa Civil São Mateus 24 horas em alerta ao combate às enchentes A Defesa Civil São Mateus intensifica trabalhos de monitoramento ao combate às enchentes nos distritos de São Mateus, Iguatemi e Parque São Rafael

A

o todo onze funcionários se revezam em 24 horas de trabalho, e as equipes fazem o atendimento a ocorrências diárias e o monitoramento de áreas de riscos, como pontos de alagamentos, áreas de encostas e margens de córrego sujeitas a escorregamentos. Segundo o coordenador da Defesa Civil São Mateus, o órgão atende cerca de 40 ocorrências por mês, e a maior parte dessas ocorrências são

dos lixo, detritos, resíduos e falta de capinação. No total, foram aplicadas 364 multas. Devido à falta de passeio ou calçada em más condições de conservação, foram multados 170 imóveis. A falta de muro resultou em 55 multas e pela sujeira, 139 responsáveis por imóveis, edificados ou não, receberam multas. O valor de cada

multa é de R$ 300 por metro linear. A lei estabelece que os lindeiros a vias e logradouros públicos dotados de guias e sarjetas, são obrigados a executar, manter e conservar as respectivas calçadas na extensão correspondente a sua testada. Ou seja, um imóvel que possuir 5 metros de frente, sem calçada, receberá multa correspondente a R$

1.500. A legislação define ainda que a largura mínima para a passagem de pedestres em calçadas deve ser de 1,20 metros. A lei anterior fixava a largura em 0,90 metro. As denúncias e dúvidas podem ser feitas pelo Disk-Calçadas, por meio do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) da Prefeitura.

Anuncie em nosso site | www.gazetasaomateus.com.br

em relação à queda de arvores que tem grande incidência nesse período de chuva, além disso o monitoramento a margens de rios e córregos é feito diariamente para evitar o risco de enchentes. Em caso de emergência ou queda de árvore entre em contato com a Defesa Civil São Mateus, pelo telefone 2013-9878, ou pelo telefone de emergência da Defesa Civil da Cidade de São Paulo, que atende pelo número 199.

ANUNCIE EM NOSSO SITE www.gazetasaomateus.com.br (11) 2962-3172 (11) 99431-7658


1ª Quinzena de Fevereiro 2013

O

Acidente à vista

muro da Escola Municipal José Maria Witaker, no Jardim Santa Bárbara está desabando e muito rapidamente com o peso da

enorme grade de proteção de ferro, colocando a vida e dos munícipes em perigo. Junte a isso a situação da calçada que é péssima. Resultado: sem manuten-

Página 7

Gazeta  São  Mateus

O mistério da ilha

ção urgente do muro e da calçada que dá acesso ao estabelecimento de ensino, o perigo é evidente como esta registrado nas fotos desta edição.

Da noite para o dia apareceu em meio a Rua das Estrelas no Parque São Lourenço uma ilha, pintada de amarela, meio disforme e que vem aguçando a curiosidade dos transeuntes causando acidentes e prejuízos aos motoristas.

Subprefeituras intensificam cuidados com as árvores

S

Intervenções imediatas colaboram para melhorar a qualidade de vida da população

ão Paulo, uma metrópole com mais de 11 milhões de habitantes e intensamente urbanizada, optou pela arborização de suas praças, ruas e avenidas, em busca de uma melhor qualidade de vida para seus moradores. Sendo assim, a Prefeitura atua para garantir a conservação da vegetação presente na cidade e, com medidas imediatas, contribui para a integração e o equilíbrio entre o meio ambiente e o desenvolvimento da capital. Todas as medidas relacionadas ao assunto são balizadas por leis e fundamentadas em avaliações do poder público. Para plantar uma árvore, por exemplo, é preciso verificar se, com o desenvolvimento da planta, suas raízes não serão sufocadas ou danificarão o passeio público, se a copa não interferirá na rede elétrica e na a visualização de placas de trânsito, e se sua largura não prejudicará o fluxo de pedestres. O trabalho da Prefeitura começa com o plantio e prossegue com os serviços de manutenção, como poda e tratamento fitossanitário (descupinização e remoção de pragas), entre outras. Antes

Sem a sinalização adequada, a rua que tinha uma largura invejável estreitou o acesso e vem causando alguns sustos aos motoristas que utilizam o trajeto pela primeira vez ou que não se lembram da nova intervenção. Veja as fotos nesta edição.

Subprefeitura sobrevoa a região para monitoramento de áreas de risco e piscinões

E

m complemento à fiscalização e monitoramento terrestre, que visa identificar áreas vulneráveis a deslizamentos e inundações, Subprefeitura realiza sobrevôo na região de São Mateus. Dando prosseguimento aos trabalhos do Plano Antienchentes conforme solicitação do Prefeito e determinação do Subprefeito de São Mateus, a Subprefeitura

Aqui no Jd. Santa Barbara na rua libra ainda nada aconteceu, é só ver o tamanho desta árvore pata de vaca que está esbarrando no chão. de realizar o manejo de um exemplar arbóreo, é necessário analisar a situação do logradouro, suas características, instalações, equipamentos e mobiliários e, simultaneamente, respeitar as características da espécie, como dimensão, folhagem, raízes e frutos, de forma a adequar a arborização do local. Além disso, as intervenções sempre são orientadas por um profis-

sional habilitado, com base em legislações municipais, estaduais e federais. Quem tem competência para identificar se um espécime arbóreo tem, de fato, risco de queda, é um profissional com conhecimento técnico em botânica e solo, como um engenheiro agrônomo, ambiental ou biólogo. No entanto, sinais como ocos abertos, fungos, rachaduras e fendas

longitudinais também podem indicar o risco. Nesses casos, é importante que o munícipe contate a Subprefeitura responsável por seu bairro, para que a situação da árvore seja avaliada e o melhor manejo para o exemplar seja indicado. Um corte ou poda realizada por pessoa não habilitada ou autorizada pode gerar multa e ainda ser considerado crime ambiental.

São Mateus realizou, em 04 de fevereiro, mais um sobrevôo para monitorar as áreas de risco e picinões da região. O monitoramento, realizado periodicamente, complementa a fiscalização terrestre e visa monitoramento de áreas vulneráveis a deslizamentos e inundações. Neste sobrevôo de monitoramento participou a equipe da Coordenadoria de Planejamento e Desenvolvimento

Praça sem manuteção causa transtorno aos moradores

P

raça entre as Rua Libra com Nebulosas, no Jd. Santa Barbara São Mateus esta cheia de mato como se vê nas fotos: árvores enormes, sem poda. Assaltos e insegurança os moradores vem

Gazeta São Mateus

A redação já entrou em contato com a subprefeitura de São Mateus solicitando esclarecimentos que até o fechamento da edição não aconteceu. Enquanto isso, cada um imagina o que aquilo significa e no que se transformará.

sofrendo neste local. Poda é necessárias, como se vê na foto esta Pata de Vaca está com os galhos esbarrando no chão. Ali os marginais se aproveitam para se esconder e assaltar as pessoas.


Página 8

Gazeta  São  Mateus

Poder de consumo dos moradores de favela no país chega a R$ 56 bi por ano

O

s moradores das favelas brasileiras consomem cerca de R$ 56 bilhões por ano, o que equivale ao Produto Interno Bruto (PIB) da vizinha Bolívia. A constatação é de pesquisa realizada pelo instituto Data Popular, em parceria com a Central Única de Favelas (Cufa) divulgada dia 20. De acordo com o estudo, feito a partir de entrevistas e do cruzamento de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) com os da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), o consumo popular triplicou nos últimos dez anos. No entanto, apesar do enorme potencial de consumo de uma população de cerca de 12 milhões de habitantes, esse nicho de mercado ainda é pouco explorado devido ao preconceito, segundo o diretor do Data Popular, Renato Meirelles. “O morador de favela não quer sair da favela, ele quer capitalizar isso nas marcas que ele usa. Esse era um mercado invisível, pois estava debaixo dos nossos narizes, mas as pessoas só enxergavam a favela pela ótica da violência e do tráfico”, disse Meirelles. Segundo ele, dois terços dos moradores de fa-

O

velas do país pertencem à metade mais rica do mundo. A pesquisa revela que a classe C cresceu muito mais nas comunidades das metrópoles do que no interior do país, com alta de quase 50% na última década (de 45% para 66%), assim como a média de escolaridade, que subiu de quatro para seis anos no mesmo período. O dono da empresa Vai Voando, Tomas Rabe, é um dos empresários que apostou no consumidor de baixa renda e hoje não se arrepende. Com cerca de 70 lojas de vendas de passagens áreas somente em favelas, sobretudo do Rio e São Paulo, a empresa, criada há pouco mais de dois anos, tem planos de abrir mais 50 lojas este ano, apenas no Rio de Janeiro. “Este mercado é invisível para quem não está atento”, disse o empresário. Segundo ele, menos de três anos depois, a empresa está embarcando uma média de 3 mil passageiros por mês, com 43 mil passageiros embarcados até hoje. Rabe explicou que, uma vez rompido o preconceito, é importante entender esse público e se adequar aos hábitos de consumo e à realidade dessa população. “A maioria não usa cartão de crédito e muitos não têm nem conta

em banco. Então, nossa forma de pagamento é por boleto pré-pago”, explicou ele. Segundo o estudo, 69% dessas populações utilizam dinheiro como forma de pagamento, 9% usam cartão de crédito de terceiros e 10%, cartão de crédito próprio. Além disso, cerca de 69% dos moradores de comunidades vão ao shopping toda a semana e 50% comem fora semanalmente. Nos próximos 12 meses, 49% pretendem comprar móveis; 36%, querem um novo eletrodoméstico; e 24% pretendem contratar serviços de TV por assinatura. O empresário Elias Targilene é outro exemplo de sucesso entre os que investiram nas classes C, D e E. Com cinco shoppings populares construídos em um período de três anos, ele pretende lançar daqui a três meses o primeiro shopping do Brasil dentro de uma favela, no Complexo do Alemão, zona norte do Rio. “Não podemos mais falar que ser popular é ser feio, sujo, fedido e desorganizado. Hoje, somos uma nação rica e ser pop hoje significa ter serviço, ser bonito, atender bem”, declarou o empresário. Agência Brasil FOTO: favela do RJ

Fumo ‘apodrece’ cérebro, diz estudo britânico

cigarro “apodrece” o cérebro ao danificar a memória, o aprendizado e o raciocínio lógico, segundo um estudo feito por pesquisadores da universidade King’s College London, na Inglaterra. A pesquisa feita com 8,8 mil pessoas com mais de 50 anos mostrou que alta pressão sanguínea e estar acima do peso também afetam o cérebro, mas não na mesma medida. Cientistas envolvidos na pesquisa afirmam que as pessoas precisam perceber que o seu estilo de vida afeta tanto a mente quanto o corpo. A pesquisa foi publicada na revista científica “Age and Being”. Os pesquisadores investigaram o elo entre o cérebro e as probabilidades de ataque cardíaco e derrame. Os voluntários da pesquisa — todos com mais de 50 anos — participaram de testes de memorização de novas palavras. Eles também eram instigados a dizer o maior número de nomes de animais em um minuto. Os mesmos testes foram realizados após quatro anos e depois oito anos.

Os resultados mostraram que o risco de ataque cardíaco e derrame “estão associados de forma significativa com o declínio cognitivo”. As pessoas com maior risco foram as que mostraram maior declínio. Também foi identificada uma “associação consistente” entre fumo e baixos resultados no teste. “O declínio cognitivo fica mais comum com o envelhecimento e para um número cada vez maior de pessoas interfere com o seu funcionamento diário e bem-estar”, diz Alex Dregan, pesquisador que trabalhou no estudo. “Nós identificamos uma série de fatores de risco que poderiam ser associados ao declínio cognitivo, e todos

eles podem ser modificados. Nós precisamos conscientizar as pessoas para a necessidade de mudanças de estilo de vida por causa do risco de declínio cognitivo”. Para Simon Ridley, pesquisador da entidade Alzheimer’s Research UK, o declínio cognitivo ao longo dos anos pode levar a doenças como demência. Outra entidade britânica de estudo do Alzheimer — a Alzheimer’s Society — emitiu uma nota na qual elogia o estudo da King’s College London. “Todos sabemos que cigarro, alta pressão sanguínea, altos níveis de colesterol e alto índice de massa corpórea fazem mal ao coração. Essa pesquisa acrescenta vários indícios de que isso pode fazer mal à cabeça também”.

1ª Quinzena de Fevereiro 2013

Saúde alerta para os riscos de doenças durante período de chuvas e enchentes

Leptospirose, Hepatite A e Febre Tifoide são algumas das doenças que podem ser transmitidas por contato com água contaminada

A

Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo faz uma alerta para os cuidados que devem ser tomados durante o período de chuvas fortes e tempestades. O objetivo é evitar o risco de contágio de doenças infectocontagiosas transmitidas pelo contato com a água de áreas com alagamentos, enchentes e transbordamento de esgotos e rios, normalmente com presença de diversos vírus e bactérias nocivos à saúde humana. Entre essas principais doenças está a leptospirose, que pode ocorrer após o contato com urina de ratos contaminados com a bactéria leptospira. Ao entrar em contato com a pele humana, por meio das águas de inundações, a bactéria pode penetrar no organismo causando sintomas como febre, dores de cabeça e nos músculos e náuseas. Quando não diagnosticada com antecedência, a leptospirose pode levar a morte. Segundo o infectologista Jean Gorinchteyn, do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, os sinais da doença podem aparecer no dia seguinte após o contato com as águas de chuva, ou até depois de um mês. “Os primeiros sintomas podem ser febre, dores na cabeça e no corpo, principalmente na panturrilha. Na ausência de tratamento de urgência, alguns casos podem ser mais graves, provocando riscos de insuficiência renal com sangramento nos pulmões”, explica o médico. Assim como a leptospirose, outras doenças podem se manifestar após o contato com águas contaminadas pelo transbordamento de esgoto humano como a Hepatite A, diarreia e Febre Tifoide, causada pela salmonella typhi, bactéria encontrada nas fezes de animais. De acordo com Gorin-

chteyn, a principal recomendação neste período é evitar ao máximo o contato com a água contaminada e seguir à risca os procedimentos de higiene e limpeza da residência ou estabelecimentos comerciais caso esses locais sejam atingidos pelas enchentes. “Evite pisar em poças d´água, principalmente em águas de inundações. Caso seja inevitável, fique atento aos primeiros sintomas e procure um médico”, adverte. Confira dicas para evitar a contaminação por água da chuva: - Não deixe que crianças nadem ou brinquem na água e na lama das enchentes, pois, além do perigo das enxurradas, elas podem ficar doentes. - Evite manusear objetos que tenham sido atingidos pela água ou lama. Proteja os pés e as mãos com botas e luvas de borracha ou sacos plásticos duplos. - Evite contato com as águas das enchentes. Caso isto seja inevitável, é recomendável permanecer o menor tempo possível na água ou na lama. - Jogue fora medicamentos e alimentos (frutas, legumes, verduras, carnes, grãos, leites e derivados, enlatados etc.) que entraram em contato com as águas da enchente, mesmo que estejam embalados com plásticos ou fechados, pois, ainda assim, podem estar contaminados. - Se sua casa for atingida pela enchente, após o recuo da água providencie a limpeza e desinfecção dos ambientes, utensílios, móveis e outros objetos. Usando luvas, botas de borrachas ou outro tipo de proteção para as pernas e braços (como sacos plásticos duplos), descarte para a coleta pública tudo o que não puder ser recuperado e remova – com escova,

sabão e água limpa – a lama que restou nos ambientes, utensílios, móveis e outros objetos da casa. - No caso dos utensílios domésticos (panelas, copos, pratos e objetos lisos e laváveis), lave-os normalmente com água e sabão. Depois, prepare uma solução desinfetante, diluindo um copo (200 ml) de água sanitária (hipoclorito de sódio a 2,5%) em quatro copos de água (800 ml). Mergulhe na solução os objetos lavados, deixando-os ali por, pelo menos, uma hora. - No caso dos pisos, paredes, móveis e outros objetos, após retirar a lama, lave o local com água e sabão e, a seguir, prepare uma solução diluindo um copo (200ml) de água sanitária (hipoclorito de sódio a 2,5%) para um balde de 20 litros de água. Umedeça um pano na solução e passe nas superfícies, deixando-as secar naturalmente. - Lave bem as mãos antes de preparar alimentos e ao se alimentar. Procure beber sempre água potável, que não tenha tido contato algum com as enchentes, e a utilize no preparo dos alimentos, especialmente das crianças menores de um ano. - Para garantir que a água é segura para consumo, ferva-a por ao menos um minuto, ou adicione duas gotas de hipoclorito de sódio com concentração de 2,5% (água sanitária) para cada litro de água. - Os frascos de hipoclorito de sódio a 2,5%, próprios para diluir na água de beber e cozinhar, podem ser encontrados em farmácias ou supermercados. Na falta dessas opções, utilize água sanitária, tomando o cuidado de adquirir apenas aquelas que tenham registro e não contenham outras misturas, como perfumes. Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo

Gazeta São Mateus


1ª Quinzena de Fevereiro 2013

Página 9

Gazeta  São  Mateus

Reflexão

Ritual para arranjar emprego e ter um ótimo ano com muito dinheiro

Texto retirado das Crônicas do Lordello

Dicas da sensitiva Márcia Fernandes

Pó do Dinheiro

Este pó é para tornar seu rico dinheirinho muito mais forte e para que ele não pare de crescer nunca. Ingredientes:

C

erta vez, um jovem chegou á beira de um oásis e, aproximando-se de um sábio perguntou-lhe “Que tipo de pessoas vive neste lugar? E o velhinho respondeu-lhe com uma indagação: “Que tipo de pessoas vive no lugar de onde você vem?”. “Ah! Um grupo estranho de pessoas, egoístas e malvadas, ruins aos extremos. Foi por esse motivo que sai daquele lugar!”, disse o rapaz. E o mestre replicou: “Meu jovem, vá embora dessas terras, pois a mesma coisa você haverá de encontrar aqui”. No mesmo dia, outro jovem chegou ao oásis e, vendo o mesmo ancião, questionou:

“Querido mestre, que tipo de pessoas vive nesta região?”. O velho respondeu: “Que tipo de pessoas vive no lugar de onde você vem?”. O jovem prontamente respondeu: “Pessoas magníficas, amigas e hospitaleiras. Fiquei muito triste por ter de deixá-los, porém a situação me exigia!”. O sábio respondeu com empolgação: “Pois bem meu jovem, o mesmo você encontrará por estas bandas”. Um homem que a tudo assistira, retrucou: “Como é possível dar respostas tão diferentes à mesma pergunta?”. O velhinho concluiu: “Cada um encontra na vida exatamente aquilo que traz dentro de si mesmo”.

Quando o sol se põe

- 01 colher (sopa) de canela - fermento - açucar branco - alpiste - notas de dinheiro Como e quando fazer: Em uma quinta-feira (dia maioral Júpiter) de Lua Cheia, misture uma colher (sopa) de canela, fermento, açúcar branco e alpiste em um potinho de madeira. Com as mãos sobre este pó, ore o Salmo 23 em voz alta e deixe sob o potinho uma nota qualquer do dinheiro vigente durante todo o dia. Na sexta-feira, enrole a nota e coloque-a na sua carteira. O que fazer com o potinho? Use-o jogando pitadas em sua carteira, em seu local de trabalho, nos seus currículos, cheques, projetos, em tudo que puder lhe trazer dinheiro.

Ritual para conseguir emprego

Infelizmente, há muita gente desempregada em nosso país. Pensando nisso, com-

V

Q

uando o Sol se põe , a Lua se entrega à noite... Por um breve momento, eles podem ver um ao outro, mostrando o contraste da luz e da escuridão, da paixão e da sedução. Mesmo eles sabendo que não podem ficar juntos, eles se completam. Um não pode existir sem o outro.

Mas por um momento da magia cósmica, eles podem se encontrar... No eclipse, a aura vermelha como amor, misturada ao negro quente da paixão revelam uma das mais belas uniões entre dois eternos amantes. A distância entre eles não impede que ambos, por um momento que sejam, se toquem e mostrem ao mundo seu amor.

O tempo é como um rio

O

bre-se: Nunca busque boas aparências, porque elas mudam com o tempo. Não procure pessoas perfeitas, porque elas não existem. Mas busque acima de tudo, um alguém que saiba o seu verdadeiro valor.

Ingredientes: - 1 maçã vermelha com casca - 2 pregos Como fazer: 1. Finque os pregos na maçã, um de cada lado na horizontal 2. Deixe em um jardim florido orando um Pai Nosso Quando fazer: Faça em uma terça-feira de Lua Crescente.

Dicas para que consiga emprego no astral

- Não use roupas escuras. Evite também marrom e vermelho. - Não use joias douradas. - Tenha uma pedra de rubi e outra de ônix. Friccione uma na outra diariamente para atrair dinheiro. - Tenha um vaso de dinheiro em penca em casa com uma pedra pirita ao lado também para atrair prosperidade financeira. - Ore diariamente, em voz alta, Salmo 41. - Todas as quartas-feiras, ore o “Pai Nosso” em homenagem a São Pedro por doze

vezes consecutivas e peça o seu emprego no astral. - O melhor dia para se procurar emprego é terça-feira. Coma feijão preto, abacaxi e milho com mel toda semana. - Tomar um banho de sal grosso e fazer um chá de louro. Tomar banho do pescoço pra baixo também ajuda.

Dicas especiais para um ótimo ano

- Devemos usar roupas brancas e azuis, pois o branco está associado à ideia de paz e pureza enquanto o azul representa a cor do céu, simbolizando assim a lealdade,

fidelidade, sutileza e personalidade. - É legal termos rosas brancas e palmas em casa, pois simbolizam a paz no ambiente. - Devemos pelo menos uma vez ao ano irmos à praia para tomarmos banho de mar, assim descarregaremos as energias negativas de nosso corpo. - Comer tudo à base de milho, óleo de milho, por exemplo, pois o milho simboliza fartura, prosperidade, sucesso nos negócios. - Ter sempre na fruteira a fruta do conde, abacaxi e melão, pois significam abundância.

Flores indicadas para cada Signo

ocê sabia que cada signo tem sua flor específica? Abaixo, uma listinha de arranjos para cada signo do Zodíaco. Desta forma, você não correrá risco de errar quando for presentear alguém. Áries: Arranjos que tenham em sua composição flores em cores quentes, práticos de serem abertos e guardados. Gérberas ou Rosas em tons vermelho, laranja, ou amarelo. Frésias, Astromélias completam o arranjo. Touro: Arranjos com flores em tons bem suaves, envoltos em peças caras, chiques e sofisticados, acompanhados de bons chocolates importados e perfumes adocicados. Rosas, Callas, Orquídeas. Gêmeos: Pedem arranjos mais modernos e coloridos com Flores do Campo, Tulipas, Frésias, Astrómelias em tons variados e alegres. Gosta de brinquedos ou brindes acompanhando. Câncer: Pede arranjos

mais clássicos, previsíveis e com pouca ousadia. Lírios, Camélias, Copo de Leite, Rosas brancas são bem vindas. Leão: Arranjos sofisticados, suntuosos, caros, vistosos, com flores em cores fortes e quentes, utilizando Girassol, Gérberas, Cravos, Tulipas, Rosas, Orquídeas, Orquídeas Chuva de Ouro. Virgem: Prefira arranjos com flores delicadas, em tons alaranjados, amarelos, rosas e discretos, em vasos artesanais, porém, sofisticados. Azaléia, Begônia, Cravos, Lisianthus, Margaridas,

Tuia, Amor Perfeito, Libra: Atende para arranjos mais chiques, de bom gosto e preferencialmente sofisticados com Rosas colombianas, Callas ou Orquídeas em tons claros e discretos, decorados com elementos simétricos. Escorpião: Agrada-se com arranjos com flores marcantes, em vermelho vivo, que indiquem, paixão explicita. Nada muito delicado! Cravos, Rosas ou Gérberas vermelhas adornados com fitas e laços em cores quentes. Peças intimas escondidas

podem surpreendê-los. Sagitário: Gosta de arranjos assimétricos, com flores exóticas com muitas ramificações, algo que possa evocar natureza. Plantas em vaso em geral, Bromélias, Brincos-de-Princesa, Damas-da-Noite também são interessantes. Capricórnio: Gosta de arranjos mais estruturados construídos numa base de madeira, nada muito caro, pois não tolera desperdícios. Tuia, Bromélias, Copos-de-Leite, Ciclames, Orquídeas brancas, Bonsai, Rosa de Pedra, Aquário: Flores em arranjos diferentes e inovadores, que unam o metal e vidro, o antigo e moderno. Flores exóticas, raras, diferentes em tons de azul ou lilás. Orquídeas, Lisianthus, Agerato, Ciclames, Callas. Peixes: Sensíveis, preferem arranjos simples, com flores em tons brancos, azuis claro, violeta, lilás ou rosa em vasos transparentes. Orquídeas, Rosas, Lirios, Lisianthus, Ciclames.

Dicas para dominar o seu gênio 1ª Dica: Administre seus sentimentos Pessoas de difícil convivência são sentimentais e, por isso, especialistas em guardar mágoa. Se você tem esse problema, saiba que a única saída é vencer as suas emoções e perdoar quem lhe ofendeu.

tempo é como um rio. Você nunca poderá tocar na mesma água duas vezes, porque a água que já passou, nunca passará novamente. Aproveite cada minuto de sua vida e lem-

partilho um ritual para conseguir emprego, algo que muitas pessoas desejam e muito atualmente.

2ª Dica: Vença o orgulho Quem é genioso não aceita conselho e sempre acha que está certo. É preciso entender que enquanto você não der “o braço a torcer”, reconhecendo os seus erros, nunca vai vencer a sua personalidade. 3ª Dica: Tenha equilíbrio A pessoa geniosa geralmente age de forma agres-

siva e petulante. Isso porque não pondera as suas atitudes, tornando-se insuportável. Saiba que ter opinião formada é uma excelente qualidade, desde que haja equilíbrio. 4ª Dica: Vença o autoritarismo O autoritarismo é característica comum dos geniosos, uma vez que eles sempre querem estar sob o controle da situação. Por isso, busque fazer uma autoanálise, verificando a causa do autoritarismo, o que dificulta a convivência na relação. 5ª Dica: Não intimide Não use a sua personalidade forte como uma forma de intimidar a pessoa amada a se

submeter aos seus caprichos. Saiba que, agindo assim, você pode até ter a pessoa ao seu

lado, porém não conseguirá aproveitar o melhor que ela pode lhe oferecer.


Página 10

Gazeta  São  Mateus

1ª Quinzena de Fevereiro 2013

Bom Prato

O maior programa social de alimentação popular do Brasil. 100 milhões de refeições servidas. Todas por R$ 1. O Governo do Estado de São Paulo está comemorando uma marca impressionante: 100 milhões de refeições servidas no Bom Prato. Esta iniciativa do Governo do Estado deu tão certo que transformou o Bom Prato no maior programa social de alimentação popular do Brasil. As refeições são balanceadas e saborosas e o prato servido é diferente todos os dias. O que não muda há 12 anos é o preço: apenas 1 real. Acesse o site www.saopaulo.sp.gov.br e conheça a unidade mais próxima.

GRANDES IDEIAS. COMPROMISSO COM VOCÊ.

www.saopaulo.sp.gov.br Secretaria da Educação

Espaço Vida & Harmonia O ponto de encontro da sua saúde.

Anuncie Conosco | www.gazetasaomateus.com.br

Ismael Ramos profissioSecretaria da Educação na área nal qualificado da saúde e estética. O Espaço Vida & Harmonia nasceu em 1995 com a missão de proporcionar o bem estar as pessoas.

Especialista em acupuntura Massagem bioenergética Drenagem linfática

Agende sua avaliação (11) 954130366

WDL Creci 071128

Dra. Cristina R. de Souza

Advogada

Cívil, Família, IPTU Desdobro de Lotes Escrituração de Imóveis, Consumidor Juizado Especial e Contratos em Geral

asambapo@bol.com.br

Fones: (11) 2015-3479 / (11) 9820-6481 Av. Francisco de Sta. Maria, 1262 - São Mateus - SP Profº Janilson das Neves Pinheiro CRA/SP 45.080 OAB/SP 102.159-E CRC/SP 1SP156862/0-9

• Administração: De bens, empresas e condomínios; • ADVOCACIA: Causas Cíveis, Família e Trabalho; • ARQUITETURA: Projetos, Decoração e Desdobro; • CONTABILIDADE: Abertura, Alterações e Encerramentos; • INFORMÁTICA: Organização, Sistema e Programa; • ENGENHARIA: Plantas, Regularização e Construções;

G  ASSESSORIA E CONSULTORIA Site: www.geassessoria.com.br @Mail: geassessoria@geassessoria.com.br

F: 2010-0543 - Fax: 2015-0883 Av. Satélite, 539 – Cidade Satélite – São Mateus

Restaurante e Casa do Norte

Recordações Nordestinas

ASSESSORIA PREVIDENCIÁRIA

• Aposentadoria em Geral • Amparo assistencial ( Homem/ Mulher) • Deficiente (qualquer idade) • Auxílio doença

De terça a domingo pizza e esfihas (à partir das 18)

A melhor cozinha típica nordestina da região

Telefones: 2751-7673 2751-7607 w w w. r e c o r d a c o e s n o r d e s t i n a s . c o m . b r

Av. Sapopemba, 16.048 - Jd. Rodolfo Pirani - SP

CEMESMA - CENTRO MÉDICO SÃO MATEUS S/C LTDA Várias Especialidades FONES: 2919-5146 Dr. Mitsuo Koshimizu 2962-5176

Oftalmologia CRM 35459

Av. Mateo Bei, 3471 - São Mateus - SP EXAME MÉDICO PARA MOTORISTA CREDENCIADO PELO DETRAN Rua Elísio Ferreira, 544 – São Mateus – SP (Próx. ao Cartório de São Mateus) – Fone: 2919-0769

(Falar com Geraldo) Rua Ernesto Manograsso 78, (A 50 mts da av. Mateo Bei)

•2962-9236 •2013-3183 •9881-4776

IMÓVEIS

Engenharia - Advocacia

Dr. Jair Hessel Jr. Diretor Jurídico

Ricardo Hessel Corretor Imobiliário Engenheiro Civil CREA 5061362089 Acadêmico de Direito

w w w.etruriaimoveis.com.br Av. Sapopemba, 13.874 - São Mateus - SP Fone: (11) 2919-0077 / 8414-1000


Gazeta São Mateus - Edição 350