Issuu on Google+

CAMPO Aud EM GRUPO / GROUP WORK 2007-2012

| INTRODUÇÃO INTRODUCTION | 02 APRESENTAÇÃO DO ESCRITÓRIO OFFICE PRESENTATION | 04 EQUIPE PRINCIPAL MAIN TEAM | 06 CAPACITAÇÃO TÉCNICA & LOGÍSTICA TECHNICAL PROFICIENCY & LOGISTICS | ARQUITETURA ARCHITECTURE | 08 CONVERSÃO DO HOTEL NACIONAL CONVERSION OF THE ‘HOTEL NACIONAL’ RIO DE JANEIRO, BR | 12 NOVA SEDE DO IPHAN NEW HQ FOR THE NATIONAL HERITAGE INSTITUTE BRASÍLIA, BR | 16 MERCADO PÚBLICO PUBLIC MARKET BLUMENAU, BR | 20 MUSEU ANTÔNIO PARREIRAS ANTÔNIO PARREIRAS MUSEUM NITERÓI, BR | 26 BIBLIOTECA PÚBLICA DE SANTA CATARINA SANTA CATARINA PUBLIC LIBRARY FLORIANÓPOLIS, BR | 28 MUSEU DO MEIO AMBIENTE MUSEUM OF THE ENVIRONMENT RIO DE JANEIRO, BR | 32 CENTRO DE FUTEBOL EM SANTA CRUZ FOOTBALL TRAINING CENTER IN SANTA CRUZ RIO DE JANEIRO, BR | INTERIORES INTERIOR DESIGN | 36 SALA DE DANÇA - SESC QUITANDINHA DANCE STUDIO - SESC QUITADINHA CULTURAL CENTER PETRÓPOLIS, BR | 40 COBERTURA NO LEBLON PENTHOUSE IN LEBLON RIO DE JANEIRO, BR | 44 CASA NO JARDIM BOTÂNICO HOUSE IN JARDIM BOTÂNICO RIO DE JANEIRO, BR | PLANEJAMENTO & DESENHO URBANO URBAN PLANNING & DESIGN | 48 URBANIZAÇÃO DA COMUNIDADE ‘A VITÓRIA É CERTA’ URBANIZATION OF THE ‘A VITÓRIA É CERTA’ COMMUNITY CABINDA, AO | 58 URBANIZAÇÃO DA COMUNIDADE ‘COLÔNIA JULIANO MOREIRA’ URBANIZATION OF THE ‘COLÔNIA JULIANO MOREIRA’ COMMUNITY RIO DE JANEIRO, BR | 64 NOVA CENTRAL DO BRASIL NEW ‘CENTRAL DO BRASIL’ STATION RIO DE JANEIRO, BR | PROJETO DA PAISAGEM LANDSCAPE DESIGN | 70 PARQUE OLÍMPICO 2016 OLYMPIC PARK 2016 RIO DE JANEIRO, BR | 74 DEL LAGO PARK LAKE PARK QUITO, EC | 78 VAZIOS ESPONTÂNEOS SPONTANEOUS VOIDS RIO DE JANEIRO, BR PORTUGUÊS / ENGLISH


sócios business partners

Arq, Msc GABRIEL DUARTE Arq, MA RENATA BERTOL Arq RICARDO KAWAMOTO

endereço address

Rua Francisco Muratori, 75, Santa Teresa Rio de Janeiro, RJ – BRASIL – 20230-080

tel/fax tel/fax

+55 21 3233-1581

e-mail e-mail

campo@campoaud.com.br

website website

FIM DA TARDE NA RUA FRANCISCO MURATORI, 75 EARLY EVENING IN 75, FRANCISCO MURATORI STREET FOTO PHOTO DEMIAN JACOB

www.campoaud.com.br

CAMPO Aud EM GRUPO / GROUP WORK 2007-2012


4

APRESENTAÇÃO DO ESCRITÓRIO OFFICE PRESENTATION Diferente de um escritório tradicional, o CAMPO esforça-se em servir como uma plataforma colaborativa para profissionais extremamente motivados, os quais procuram, acima de tudo, dedicarem-se à arquitetura, ao planejamento urbano e ao paisagismo através de suas características multidisciplinares. Um conceito fundamental para o escritório tem sido de que o projeto – seja ele o projeto de cidades inteiras ou de uma pequena parte destas – é fundamentalmente o resultado de um processo constante de debate, uma conclusão que leva em conta idéias simultaneamente convergentes e divergentes. Com uma equipe internacional de profissionais experientes em arquitetura, tecnologia construtiva, gestão de projeto, planejamento e desenho urbanos, paisagismo e planejamento ambiental, o CAMPO é capacitado para desenvolver projetos que sejam ao mesmo tempo economicamente eficientes e inovadores. Operando através de um sistema altamente colaborativo, a estrutura da equipe do CAMPO não segue uma hierarquia vertical usual, possibilitando assim uma alta performance de produção sob constante reflexão. O CAMPO objetiva distinguir-se de práticas meramente comerciais através de um compromisso contínuo com processos rigorosos de pensamento crítico que são refletidos diretamente na qualidade de seu de trabalho e de sua produção. Esta condição leva ao desenvolvimento de uma metodologia de projeto bastante particular, a qual considera uma relação mais horizontal entre sua equipe e seus clientes. Nesse contexto, o CAMPO busca oferecer uma contribuição para o entendimento da arquitetura e do urbanismo como ferramentas de desenvolvimento de potenciais ao invés de instrumentos para limitações e restrições.

O método de trabalho do escritório envolve um tipo distinto de posicionamento crítico, o qual sincroniza ações diretas com intensa pesquisa conceitual e colaboração com seus clientes. As diferentes escalas – de detalhes arquitetônicos a decisões de planejamento – são trabalhadas através de ciclos constantes de aproximação. Dessa forma, a equipe é capaz de dar respostas de projeto objetivas e estratégicas a diferentes estímulos dos ambientes urbano e natural. Reconhecendo a natureza transitória das nossas cidades contemporâneas, o escritório entende os limites expandidos do projeto arquitetônico e urbano essencialmente como campos transdisciplinares.

CAMPO strives to set itself apart from merely

Unlike a traditional practice, CAMPO

The office’s working methods involve a

strives to serve as a collaboration

distinct kind of critical positioning, one that

platform for extremely motivated

synchronizes direct action with intensive

professionals who seek – above all – to

conceptual research and client collaboration.

engage architecture, urban planning

The different scales – from architectural

and landscape design through their

details to planning decisions – are dealt

complex and multi-disciplinary

within constant cycles of approximation.

juxtapositions. It has been a key concept

Thus, the team is able to promote direct

to the practice that design – be it the

design and strategic responses to different

design of entire cities or of a small

stimuli from the urban and natural

part of it – is fundamentally the result

environments. Recognizing the transient

of a paradoxical process of debate,

nature of our contemporary cities, the office

a conclusion of both converging and

understands the expanded boundaries of

diverging ideas.

architectural and urban design as trans-

commercial practices through a continuous engagement on processes of rigorous critical thinking that reflect directly onto the qualities of its work methodology and production. This condition led to the development of a very particular design methodology in the practice, one that considers a more horizontal relationship within its team and with its clients. In this context, CAMPO aims at making a contribution towards understanding architecture and urbanism as tools for the development of potentials rather considering them merely as sets of strict limitations and rules.

disciplinary fields. With an international team of experienced professionals in architecture, building technology, project management, urban planning, landscape design and environmental planning, CAMPO is able to develop projects that are both economically efficient and innovative. Operating within a highly collaborative framework of fragmented authorship, CAMPO’s team structure does not follow ordinary top-down hierarchies, which allows for a high performance of reflexive production.


INTRODUÇÃO INTRODUCTION

5

09:00

09:30

10:00

10:30

11:00

11:30

12:00

12:30

13:00

13:30

14:00

14:30

15:00

15:30

16:00

16:30

17:00

17:30

18:00

18:30

19:00

19:30

20:00

20:30

21:00

21:30

22:00

22:30

23:00

23:30

00:00

00:30

01:00

01:30

02:00

02:30

BRAINSTORMING BRAINSTORMING

DEBATE DISCUSSION

CONCENTRAÇÃO CONCENTRATION

DESCANSO CHILL OUT

EQUIPE CAMPO, 25.11.2009 TEAM CAMPO, NOV 25, 2009


6

EQUIPE PRINCIPAL MAIN TEAM

GABRIEL DUARTE (Niterói, BRASIL)

RENATA BERTOL (Strasbourg, FRANÇA)

RICARDO KAWAMOTO (Rio, BRASIL)

Arquiteto e Urbanista Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil

Arquiteta e Urbanista Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil

Arquiteto e Urbanista Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil

Mestre em Urbanismo Universidade Técnica de Delft, Holanda (com bolsa do Ministério das relações Exteriores da Holanda)

Mestre em Habitação e Urbanismo Architectural Association School of Architecture, Reino Unido (com bolsa Banco Interamericano de Desenvolvimento)

Registrado no CREA-RJ 200262727-1

Registrado no CREA-RJ 200132050-7 e no Serviço Holandês de Registro de Arquitetos (SBA) 2.060101.001 Trabalhou com Fábrica Arquitetura; Sérgio Rodrigues; Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico; SeARCH Architects – Bjarne Mastenbroek; Professor Visitante Architectural Association, MIT & Harvard; Professor FAU-UFRJ & PUC-Rio

Registrada no CREA-RJ 200254905-2 Trabalhou com Carla Belletti; Maria Lúcia Pecly & James Miyamoto (Studio XV); Lilian Fessler Vaz (PROURB-UFRJ); Ângela Leite Barbosa

Trabalhou com Mário Ceniquel; Heitor Derbli; Mário Arthur Moreira; Pablo Benetti & Marco Silva (coordenação de projetos de urbanismo, Fábrica Arquitetura) born in Rio de Janeiro, BRAZIL Architect and Urbanist Federal University of Rio de Janeiro, Brazil;

born in Strasbourg, FRANCE

Registered in the Brazilian Federal Engineering

Architect and Urbanist Federal University of Rio de

Council (CREA-RJ 200262727-1)

Janeiro, Brazil;

Worked with Mário Ceniquel; Heitor Derbli; Mário

born in Niterói, BRAZIL

MA in Housing and Urbanism Architectural

Arthur Moreira; Pablo Benetti & Marco Silva

Architect Federal University of Rio de Janeiro, Brazil;

Association School of Architeture, United Kingdom

(coordination of urban planning and design comissions,

(with a scholarship from the Interamerican Development

Fábrica Arquitetura)

MSc in Urbanism Delft University of Technology, Netherlands (with a scholarship from the Dutch Ministry of Foreign Affairs)

Bank) Registered in the Brazilian Federal Engineering

Registered in the Brazilian Federal Engineering

Council (CREA-RJ 200254905-2)

Council (CREA-RJ 200132050-7) and in the Dutch

Worked with Carla Belletti; Maria Lúcia Pecly & James

Architectural Registration Board (SBA 2.060101.001)

Miyamoto (Studio XV); Lilian Fessler Vaz (PROURB-

Worked with Fábrica; Sérgio Rodrigues; Rio de Janeiro State Department of Planning and Development; SeARCH Architects; Visiting Professor AA, MIT & Harvard; Professor FAU-UFRJ & Catholic Univ. of Rio

UFRJ); Ângela Leite Barbosa


PRINCIPAIS CLIENTES / MAIN CLIENTS

PRINCIPAIS PRÊMIOS / MAIN AWARDS Premiado no Concurso Morar Carioca / Winner in the Morar Carioca Competition (Rio de Janeiro, 2010) Finalista no Concurso Internacional para um Centro de Treinamento de Futebol em Santa Cruz, Architecture for Humanity / Finalist in the International Compettion for a Football Training Center in Santa Cruz, Architecture for Humanity (Rio de Janeiro, 2009) Primeiro Prêmio no Concurso para a Barreira Sonora do Viaduto da Perimetral / First Prize in the National Competition for the Design of the Perimetral’s Acoustic Barrier (Rio de Janeiro, 2004) Primeiro Prêmio no Congresso Brasileiro de Arquitetos / First Prize in the Brazilian National Congress of Architects (Rio de Janeiro, 2003)

Menção Honrosa no Concurso Nacional para a Nova Estação de Trens de São Cristóvão / Mention of Honour in the National Competition for the New São Cristóvão Train Station (Rio de Janeiro, 2000) Prêmio José Miguel Aroztegui de Arquitetura Bioclimática / José Miguel Arostegui Award for Sustainable Architecture (São Paulo, 2001) Prêmio Takashi Inuye da Federação Internacional para Habitação e Planejamento / Takashi Inuye Award of the International Federation for Housing and Planning (Barcelona. 2001) Moção de Louvor Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro / Mention of Praise from the Rio de Janeiro State Chamber of Deputies (Rio de Janeiro, 2001)

Prêmio Wolf Tochtermann da União Internacional dos Arquitetos / Wolf Tochtermann Prize of the International Union of Architects / UNESCO (Berlim, 2002)

Coca-Cola, Brasil / Brazil Concrejato Serviços Técnicos e Engenharia, Brasil / Brazil Destek, Turquia / Turkey Even Construtora e Incorporadora, Brasil / Brazil Geointer International, Angola / Angola Governo da Província de Cabinda, Angola / Angola ITDP – Institute for Transportation and Development Policy, EUA / USA Jannuzzi & Castaneta Advogados Associados, Brasil / Brazil Kongsberg Maritime, Noruega / Norway Queiroz Galvão Desenvolvimento Imobiliário, Brasil / Brazil Governo do Estado do Rio de Janeiro, Brasil / Brazil Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Brasil / Brazil SESC-RJ – Serviço Social do Comércio, Departamento do Rio de Janeiro, Brasil / Brazil Vinlanda Incorporadora, Brasil / Brazil Willpower Group, Bélgica / Belgium Wonderwonings, África do Sul / South Africa

EQUIPE CAMPO CAMPO TEAM

Márcio Costa FA-UTL, PT

Henrique Sanson PUC-Rio, BR

Pilar Tejero UChile, CL

Pedro Varella FAU-UFRJ, BR

Monique Bastos FAU-UFRJ, BR

Carolina Martinez PUC-Rio, BR

Gwendal Hervé ÉNSAB, FR

Gabriel Duarte FAU-UFRJ, BR TU Delft, NL

Renata Bertol FAU-UFRJ, BR AA School, UK

Piotrek Ciura PoliGdansk, PO

Ricardo Kawamoto FAU-UFRJ, BR

INTRODUÇÃO INTRODUCTION

7


8

CAPACITAÇÃO TÉCNICA E LOGÍSTICA TECHNICAL PROFICIENCY AND LOGISTICS Por conta da amplitude de escalas de atuação do CAMPO – que é capaz de atender aos mais variados clientes, desde projetos de interiores a planos urbanos – foi necessária a implementação de ferramentas de gestão de projeto e de metodologia de projeto adequadas a diferentes níveis de complexidade projetual. Desde sua criação, o CAMPO tem investido pesado na consolidação de suas estruturas física, operacional e de recursos humanos. A partir destes investimentos e da experiência anterior de seus fundadores na coordenação de projetos de alta complexidade, o CAMPO desenvolveu um sistema exclusivo de gerência de projetos chamado CAMPO-SIS.

Due to the amplitude of CAMPO’s scales of action – which is able to provide answers to a wide variety of queries, from interior design to urban planning – it was necessary to implement appropriate project management and methodology tools to deal with different levels of design complexities. Since its creation, CAMPO has heavily invested in setting its physical, operational and human resources structures. From these investments, and from the previous experience of its founders in coordinating highly complex projects, CAMPO has developed an exclusive

O sistema é facilmente acessado pela equipe do CAMPO através de sua rede interna. Sessões de treinamento são organizadas constantemente, onde cada funcionário recebe um conjunto de manuais de consulta e instruções passoa-passo sobre como operar o sistema. Estes procedimentos permitem total clareza dos procedimentos do escritório, dando aos clientes a certeza de que os dados de seus projetos estão sendo constantemente monitorados. Revisões do sistema são feitas regularmente para garantir seu aprimoramento contínuo. Além disso, o CAMPOSIS foi criado para ser dinâmico e flexível, podendo adaptar-se a circunstâncias específicas de cada cliente ou parceiro.

management system called CAMPO-SIS.

CAMPO-SIS

CAMPO-SIS

Sistemas de TI e de Segurança de Dados

Desenvolvido como um sistema de gerência, o CAMPO-SIS uniformiza todas as diretrizes de organização interna do escritório, seu sistema de TI e de seus projetos. O CAMPO-SIS segue todos os princípios definidos pela norma ISO 9001:2008 para sistemas integrados de qualidade, pelo qual receberemos, em breve, a certificação adequada. Para garantir maior rapidez, eficiência e preços competitivos na execução de nossos serviços, o sistema CAMPO-SIS garante os seguintes itens: padronização de todos os processos-chave de organização; capacidade de monitoramento e medição dos serviços; verificação de indicadores de performance; manutenção dos registros adequados e necessários para garantir a rastreabilidade dos serviços; inspeção de qualidade e meios apropriados de ações corretivas, quando necessário; entre outros.

Developed as a management system

Pensando em assegurar o grau máximo de segurança de dados e rapidez, o CAMPO possui um sistema de TI em constante atualização e aprimoramento. Atualmente, contamos com 12 estações gráficas de trabalho

for the office, CAMPO-SIS unifies the policies for internal organization of the practice, its IT system and its projects. CAMPO-SIS follows the principles set down by ISO 9001:2008 for integrated quality management systems, for which the practice will be soon certified. In order to guarantee efficiency and competitive fees in the execution of our services, CAMPO-SIS follows the following presets: standardization of all key organizational processes; ability for monitoring and measuring its services; verification of performance indexes; maintenance of the adequate registries


necessary to guarantee the traceability of its services; implementation of quality inspection and the use of the appropriate corrective actions whenever required; among others. All employees can easily access this quality management system through the office’s intranet system. Training sessions are held regularly, when every employee receives a set of reference manuals

(PC) de alto desempenho, todas equipadas com processadores Intel i7 e placas de processamento de vídeo Ge-Force rodando em sistemas de 64 bits Windows 7 Ultimate. Complementando este quadro, o escritório possui 3 notebooks PC e 1 MacBook Pro. Todos os computadores estão interligados por redes internas de alta velocidade LAN (1/100/1000Mbps) e Wi-Fi ao servidor dedicado do escritório com capacidade de armazenamento de 2.5Tb.

the system operates. This provides a consistent and professional approach and gives clients the assurance of a clear and manageable set of processes and procedures within the office and that data is handled with care. Regular revisions to the quality system are made through carefully controlled procedures to ensure its continuous enhancement. Also, the system is dynamic and flexible, allowing it to be adapted to the specific needs of a client or of a specific project. This guarantees the professionalism of our services and the appropriate deployment of staff. IT System and Data Security In order to ensure the maximum level of data security and access speed, CAMPO possesses an IT system that undergoes constant updates and upgrades. At this moment, the office counts with 12 high-performance graphic work stations (PC), all equipped with Intel i7 multi-core processors and 1Gb Ge-Force graphic boards running on 64-bit Windows 7 Ultimate systems. The office is also equipped with 3 PC notebooks and 1

MacBook Pro. All computers are linked to a dedicated server with 2.5Tb data storage capacity through a highperformance LAN (1/100/1000Mbps), which also offers Wi-Fi connectivity. In addition, CAMPO has a professional in-house printing facility, which is able to provide high quality large-scale (plotter) and laser prints for technical and presentation purposes. Our server CAMPO-SERVER operates

with step-by-step instructions on how

O servidor CAMPO-SERVER opera através do sistema operacional Windows Server 2003, onde todos os privilégios de acesso dos usuários são definidos. O CAMPO-SERVER possui um sistema duplo de backup: um local que mantém cópias atualizadas a cada hora de seus arquivos, e outro localizado remotamente e atualizado constantemente para casos de emergência. Este sistema de backup garante total segurança contra perda acidental de dados ou em decorrência de eventos externos.

INTRODUÇÃO INTRODUCTION

9

with Windows Server 2003, where the accessibility privileges of all users are defined. CAMPO-SERVER has a dual automatic backup system: a local one that makes hourly backups of all modified files and folders, and a remote one that is updated via highspeed internet. These backup systems guarantee comprehensive safety against accidental loss of data due to human errors or external events.

EQUIPE CAMPO, 25.11.2009 TEAM CAMPO, NOV 25, 2009 FOTO PHOTO JÚLIO PARENTE


10

01

02


11

CONVERSÃO DO HOTEL NACIONAL CONVERSION OF THE ‘HOTEL NACIONAL’ Este estudo tem por objetivo a transformação do antigo Hotel Nacional, no bairro de São Conrado – fechado desde 1995 –, em um edifício residencial sobre embasamento comercial. A proposta tira proveito de alguns princípios arquitetônicos do projeto original de Niemeyer tais como a pureza formal, a estrutura independente, a modulação e a compartimentação radial. Para cada apartamento-matriz (definido pelo número de módulos) há diversas soluções de compartimentação interna e layout. Cozinhas e banheiros localizam-se próximos ao core, aproveitando os shafts existentes. Externamente, painéis corrediços de alumínio garantem o conforto térmico dos apartamentos, sem detrimento da vista ou da pureza formal, e oferecem uma nova imagem, mais comercial, ao edifício.

The main goal of this study is the

RIO DE JANEIRO, RJ

transformation of the former Hotel

localização location

Nacional, which remains closed since 1995, into a residential building

cliente client

proposal deals with some architectonic principles present in Niemeyer’s

área area

original design, such as the formal

orçamento budget

pureness, independent structure,

situação status

modulation and radial partition. For

parceiros partners

each matrix-apartment (defined by a

2008

2009

2010

62.670,00 m2

674,575.00 sqf

R$ 188.010.000,00

US$ 119,220,040.00

Estudo Conceitual

Conceptual Design

Flavio Castellotti

arquitetura / architecture

many partition and layout proposals. Kitchens and bathrooms were located by the core of the building, taking advantage on the existing shafts. Externally, sliding aluminum panels 01

RENDER DO EXTERIOR EXTERIOR RENDER 02 RENDER DO EXTERIOR EXTERIOR RENDER 03 SITUAÇÃO ATUAL CURRENT SITUATION 04 SITUAÇÃO ATUAL CURRENT SITUATIO 05 PLANTA DE SITUAÇÃO LOCATION PLAN

guarantee the thermal comfort of the units, without hindering the view or the the abandoned building a new sales image.

04

05

2011

ASTANI ENTERPRISES, US

certain number of modules) there are

pureness of the volume. Plus, they give

03

2007

ARQUITETURA ARCHITECTURE

duração duration

above a commercial podium. The


12

01

01

PLANTAS TÍPICAS TYPICAL FLOORPLANS 02 PLANTAS GERAIS GENERAL PLANS 03 DETALHE DA PELE DA FACHADA DETAIL OF EXTERNAL SKIN 04 LOFT LOFT 05 SALA DE ESTAR LIVING ROOM

02


13

ARQUITETURA ARCHITECTURE

CONVERSÃO DO HOTEL NACIONAL CONVERSION OF THE ‘HOTEL NACIONAL’

01

03

01

04

05


14

01

VISTA AÉREA BIRD’S-EYE VIEW 02 CORTE LONGITUDINAL LONG SECTION 03 PÁTIO CENTRAL CENTRAL COURTYARD


15

NOVA SEDE DO IPHAN NEW HQ FOR THE NATIONAL HERITAGE INSTITUTE

01

BRASÍLIA, DF localização location

cliente client

O projeto para a nova sede do IPHAN deriva de um diálogo entre conceitos sobre a “constituição do lugar” e algumas idéias que organizam o ordenamento espacial de Brasília – mistura de escalas, condições geográficas e sistema de tráfego. Em termos formais, a proposta lida com a dimensão estética da arquitetura. Explorando relações dialéticas entre o edifício e a cidade, o indivíduo e o lugar e tempo e espaço, o projeto se impõe como um “fato plástico”. O pátio central constitui seu principal elemento. Vazio e lugar ao mesmo tempo, ele expressa os desejos da instituição por descentralização e vigor, ao mesmo tempo em que promove uma instigante mistura de escalas. O pátio trapezoidal está envolvido por três blocos edificados que representam, cada um, um macro-setor funcional da instituição.

The design for IPHAN’s new HQ originates from a dialogue between concepts on the “constitution of place” and some ideas which organize Brasilia’s spatial ordering, such as the mix of scales, geographical conditions and the traffic system. In formal terms, the proposal deals with the aesthetic dimension of architecture. By exploiting dialectical relations between building and city, individual and place, and time and space, the design asserts itself as a “plastic fact”. The central court constitutes its main element. Void and place in one time, it expresses the institution’s requests for decentralization and strength. At the same time, it promotes an interesting mix of scales. The trapezoidal court is surrounded by three volumes, each of them representing a macro-function of the institution.

área area

2007

2008

2009

2010

13.500,00 m2

145,310.00 sqf

orçamento budget

R$ 17.000.000,00

US$ 10,779,960.00

situação status

Estudo Preliminar

Preliminary Design

parceiros partners

Flavio Castellotti arquitetura / architecture Luiz Santos arquitetura / architecture José Carlos Filizola estrutura / structure Paulo Silva instalações prediais / infrastructure Wagner Dias orçamento / budget

02

03

2011

IPHAN, BR

ARQUITETURA ARCHITECTURE

duração duration


16

01

01

ENTRADA ENTRANCE 02 BILIOTECA LIBRARY 03 CIRCULAÇÃO ABERTA OPEN CIRCULATION 04 PÁTIO CENTRAL CENTRAL COURTYARD

02

03

04


17

ARQUITETURA ARCHITECTURE

NOVA SEDE DO IPHAN NEW HQ FOR THE NAT. HERITAGE INSTITUTE

05

06 05 PLANTA DO NÍVEL TÉRREO GROUNDFLOOR PLAN 06 PLANTA DO PRIMEIRO PISO FIRST FLOOR PLAN 07 CORTE LONGITUDINAL LONG SECTION

07


18

01

ALA DE ALIMENTAÇÃO E VARANDA FOOD COURT AND VARANDA 02 FACHADA OESTE WESTERN ELEVATION 03 CORTE TRANSVERSAL CROSS SECTION


19

MERCADO PÚBLICO DE BLUMENAU BLUMENAU PUBLIC MARKET

01

BLUMENAU, SC localização location

cliente client

Uma celebração às relações, este é o objetivo principal deste projeto. Não apenas relações comerciais, mas de toda ordem: trocas de experiências, de conhecimentos, de práticas, de sabedorias, até trocas físicas com o meio ambiente, enfim, relações. Em sua dimensão urbana, o mercado estabelece relações com a cidade, seus habitantes e visitantes (turistas). Por meio de elementos arquitetônicos expressivos, posicionados nas esquinas (a varanda em balanço e o torreão), atrai o público do entorno; acena para os passantes com quiosques e mesas localizados no térreo, diretamente ligados à rua; e, através de múltiplas aberturas (nos módulos da cobertura e nas paredes de tijolo), estabelece trocas físicas com o meio, permitindo a entrada controlada do ar e da luz natural.

área area

2007

2008

2009

2010

2011

PREFEITURA DA CIDADE BLUMENAU, BR 6.942,00 m2

74,725.00 sqf

orçamento budget

R$ 3.444.000,00

US$ 2,183,895.00

situação status

Estudo Preliminar

Preliminary Design

parceiros partners

ARQUITETURA ARCHITECTURE

duração duration

Flavio Castellotti arquitetura / architecture José Carlos Filizola estrutura / structure Paulo Silva instalações prediais / infrastructure Paulo Melo orçamento / budget

02

A celebration of relationships, this is the main goal of this project. Not only commercial relationships, but of all sorts: exchange of experiences,

MERCADO PÚBLICO DE BLUMENAU

of knowledge, of practices, of wisdom, even physical exchanges with the environment, relationships. In its urban dimension, the market establishes relationships with the city, its inhabitants and visitors. Through expressive architectural devices, positioned on the corners

03

(the cantilevered balcony and the tower), attracts passers-by from the surroundings; calls the attention of

+10.40

pedestrians with a food court located on the ground floor, directly linked to the street; and, through diverse

COPA

CHOPERIA

PASTELARIA

CAFÉ

RESTAURANTE

ADMINISTRAÇÃO

COZINHA

DEPÓSITO

+7.15

+4.50

openings (on the roof modules and on the brick walls), allows controlled

PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO

INFO

0.00

BANH. MASC.

access to natural lighting and ventilation.

GARAGEM

-3.00


20

02

01

INTERIOR DO MERCADO INTERIOR OF THE MARKET HALL 02 VISTA AÉREA BIRD’S-EYE VIEW 03 PLANTA DO NÍVEL TÉRREO GROUNDFLOOR PLAN 04 PLANTA DO PRIMEIRO PISO FIRST FLOOR PLAN 05 ELEVAÇÃO NORTE NORTHERN ELEVATION

01


MERCADO PÚBLICO DE BLUMENAU BLUMENAU PUBLIC MARKET

21

Rua Alberto Stein

corte A

corte A

A

B

C

D

E

F

G

A

B

C

10.00

9.90

6.90

6.55

3.30

6.70

3.30

6.70

3.30

6.70

2.95

6.20

4.00

10.00

8.25

D

10.00

E

10.00

7.35

F

G

10.00

10.00

47.55

ENTRADA GARAGEM 0.00

DEPÓSITO

6.35

0.00

SERV

SERV

SERV

SERV

CALHAS COLETORAS

SERV

0.00

F/V

F/V

F/V

F/V

F/V

COZINHA

3.10

SERV

RAMPA i = 17%

SERV

LOJA 1

10.00

9.70

ENGRAXATES

1

1

PADARIA CHOPERIA

F/V

F/V

F/V

F/V

ART

F/V

F/V

F/V

F/V

F/V

FORNOS

6.70

F/V

10.00

TEL. PUB.

CAIXAS 24h ART

6.35

2 LOJA 2

LOJA 3

5.00

2

CARNE/PEIXE

PASTEL.

corte B 0.00

corte B

corte B 10.00

3.30

10.00

corte B PRAÇA ALIMENTAÇÃO

F/V

F/V

F/V

F/V

ART

F/V

F/V

F/V

F/V

F/V

53.40 CARNE/PEIXE

CAFÉ

PRAÇA ALIMENTAÇÃO

ART

F/V

F/V

F/V

F/V

F/V

ART

F/V

F/V

F/V

F/V

F/V

RESTAURANTE

4 LOJA 6

1.65

5.00

CARNE/PEIXE

5.00

LOJA 5

5.00

4

3

10.00

5.00

3.30

10.00

CARNE/PEIXE

6.70

PONTO DE ÔNIBUS

LOJA 4

5.00

3

+4.50

49.20

F/V

6.70

ART

+4.50

5.00

CARNE/PEIXE

46.45

0.00 PRAÇA ALIMENTAÇÃO

0.00

F/V

F/V

F/V

F/V

F/V

RAMPA i = 17%

ART

GÁS

DOCA CAMINHÕES

LIXO

PREPARO CARNES

VENTILAÇÃO GARAGEM

7.65

DEP.

SANIT. FEMININO

LIXO

2.30

BAR / PREPARO

SANIT. MASCULINO

+0.60

0.00

COZINHA

+4.50

5

DOCA VANS

SANIT. MASCULINO

VENTILAÇÃO GARAGEM

11.20

ART

6.10

6.10

ACESSO SERVIÇO SANIT. FEMININO

ART

0.00 +0.80

ENFERM.

ART

12.05

11.10

SANIT. ACES.

FRALD.

ART

5.00

PREPARO PEIXES ART

SANIT. ACES.

SAÍDA GARAGEM 0.00

21.60

15.45

9.70

Rua Humberto de Campos

5.00

ESPAÇO GOURMET INFO 0.00

5

4.05

11.20

10.00

50.75

71.95

Rua Mariana Bronnemann

COPA +7.15

corte A

corte A

ADM 1

03

PLATAFORMA DE OBSERVAÇÃO

RECEPÇÃO

ADM 2

ADM 3

04

05

ARQUITETURA ARCHITECTURE

10.00

3.30

0.00 PRAÇA ALIMENTAÇÃO


22


23

MUSEU ANTÔNIO PARREIRAS ANTÔNIO PARREIRAS MUSEUM O Museu Antônio Parreiras foi criado em 1941 e instalado na antiga residência de Parreiras, um famoso pintor de paisagens e retratista do século XIX. No entanto, o conjunto arquitetônico de sua residência nunca foi devidamente adaptado para exercer tal função. Este projeto tem como objetivo sanar este problema e ampliar as atividades do museu, melhor adequando-o às exigências museológicas contemporâneas. Em parceria com escritórios de restauro e paisagismo, os espaços do museu foram projetados para a total integração entre os percursos internos e o jardim romântico que o cerca, também obra de Parreiras. O novo anexo serve como extensão da exposição e nó de circulação geral e de serviços (com bistrô, loja e outras conveniências). Arquitetura e paisagem fundem-se para oferecer uma experiência mais ampla e rica aos visitantes. Será possível não apenas admirar as obras de Antônio Parreiras e o conjunto arquitetônico de Ramos de Azevedo (um importante arquiteto paulista), mas também acessar e permanecer confortavelmente nos jardins do museu.

The Antônio Parreiras Museum was

NITERÓI, RJ

created in 1941 and installed in

localização location

the former residence of Parreiras, a famous landscape a portrait painter residence was never properly adapted

cliente client

to house a museum. This project aims

área area

at correcting this inconvenience by

orçamento budget

improving and optimizing the museum

situação status

for contemporary museological

parceiros partners

requirements. In collaboration with restoration and landscape architecture studios, the museum spaces were

2007

2008

4.110,00 m2

US$ 3,735,230.00

Projeto Básico

Design Development

Ópera-Prima

restauro / restoration

Pierre Martin

paisagismo / landscape

estrutura / structure

Consult-Ar

surrounding romantic gardens, also

Gisdesign

created by the painter. The new annex

Edson Cravo

climatização / HVAC programação visual / graphic design

Paulo Melo

exhibition areas and as an articulation

2011

44,240.00 sqf

of the museum internal paths and the

works both as an extension to the

2010

R$ 5.890.455,55

CERNE

designed to ensure the full integration

2009

FUNARJ / SEC-RJ, BR

instalações prediais / infrastructure

orçamento / budget

of the general circulation scheme, providing easy access to several services (café, shop, administration, among others). In this museum, architecture and landscape are strongly merged to offer a wide and rich experience to its visitors. It will be possible not only to fully experience the work of Antônio Parreiras works and the architectural complex designed by Ramos de Azevedo (an important Beaxu-Arts architect from São Paulo), but also to comfortably wander and rest in the museum gardens.

NOVO! ATELIER

NOVO! VILLA OLGA RESIDÊNCIA

01 01

ACESSO AO NOVO ANEXO ACCESS TO THE NEW ANNEX 02 NOVAS INTERVENÇÕES NEW INTERVENTIONS

02

ARQUITETURA ARCHITECTURE

duração duration

from 19th century. However, the


24

01

02

03


01 02 03 04 05 06 07 08

CORTE TRANSVERSAL CROSS SECTION CORTE TRANSVERSAL CROSS SECTION ANEXO ANNEX PLANTA PISO ADMINISTRAÇÃO PLAN ADMINISTRATION LEVEL PLANTA PISO EXPOSIÇÕES PLAN EXHIBITIONS LEVEL GALERIA GALLERY JARDIM ROMÂNTICO ROMANTIC GARDEN ELEVADOR ELEVATOR 04

05

06 / 07

08

ARQUITETURA ARCHITECTURE

MUSEU ANTÔNIO PARREIRAS ANTÔNIO PARREIRAS MUSEUM 25


26

01


27

BIBLIOTECA PÚBLICA DE SANTA CATARINA SANTA CATARINA’S PUBLIC LIBRARY How is it possible to merge a

FLORIANÓPOLIS, SC

meditation and study atmosphere

localização location

with a context of intensive public participation? The contemporary

duração duration

libraries long for becoming protagonists

cliente client

in urban public life, with a wide social, cultural and politic representation,

área area

not limited to being an access point

orçamento budget

to information – offering a quiet

situação status

environment suitable for concentration.

parceiros partners

The concepts developed for the new

2007

2008

3.030,00 m2

2010

2011

32,615.00 sqf

R$ 6.151.016,85

US$ 3,900,455.00

Estudo Preliminar

Preliminary Design

Carlos Alberto Fragelli & José Carlos Filizola

BPSC are motivated by the concept

estrutura / structure

of architecture as an equalization

Paulo Silva

device of opposite qualities demanded

2009

FUNDAÇÃO CATARINENSE DE CULTURA, BR

instalações prediais / infrastructure

Paulo Melo orçamento / budget

by the nature of the contemporary

Tancredo Noronha

library. That equalization is given by

climatização / HVAC

the graduated layout of the spaces in two different levels of public uses and closed spaces demanded by the new BPSC. Thus, the space is organized in a

and the opaque volumes in the

vertical layout which prioritizes the

library is given by the openings in its

direct access to the ground level.

exterior opaque skin. This strategy

Lecture, reference and administration

looks for giving to new BPSC an

spaces are located in the upper levels

iconic identity, able to impulse the

and the collection storage in the

cultural conservation, diffusion and

basement. The visual transition

participation of the Santa Catarina

between translucent ground level

01

VISTA PRINCIPAL MAIN VIEW 02 SALA DE EXPOSIÇÕES EXHIBITION ROOM

inhabitants. 02

ARQUITETURA ARCHITECTURE

Como conciliar um ambiente de recolhimento e estudo a um espaço vibrante, de intensa participação pública? As bibliotecas hoje almejam ser protagonistas da vida pública urbana, com um papel fundamental de representação social, cultural e política, não se limitando apenas ao abrigo e acesso à informação – em um ambiente silencioso, propício à concentração. Os conceitos desenvolvidos para a Nova BPSC procuram responder a esse duplo caráter do programa fazendo da arquitetura um dispositivo equalizador das necessidades opostas exigidas pela natureza da biblioteca contemporânea Desta forma, a distribuição programática da biblioteca se dá em um esquema vertical de gradação de privacidade. Privilegia o acesso direto e irrestrito ao seu nível térreo, organizando os ambientes de leitura, consulta e administrativos em seus pavimentos superiores e de acervo no subsolo. Este partido reforça visualmente a vocação do térreo como espaço agregador e público, enquanto o restante do edifício – como uma rocha perfurada – colocase em destaque conferindo à nova BPSC um caráter icônico, capaz de dar destaque à conservação e difusão e cultural catarinense.


28

01

02

03

ILUMINAÇÃO NATURAL INDIRETA

SAÍDA DE AR QUENTE

O

ADO

O

01

ESQUEMA CLIMÁTICO CLIMATE SCHEME 02 DEMOLIÇÕES DEMOLITIONS 03 CONSTRUÇÕES CONSTRUCTIONS 04 HALL PRINCIPAL MAIN ENTRANCE 05 ESQUINA E VARANDAS CORNER AND BALCONIES

06 FACHADA LATERAL LATERAL FAÇADE 07 CORTE TRANSVERSAL CROSS SECTION 08 FACHADA PRINCIPAL MAIN FAÇADE 09 CORTE LONGITUDINAL LONG SECTION 10 VISTA NOTURNA NIGHT VIEW 04

05


BIBLIOTECA PÚBLICA DE SANTA CATARINA SANTA CATARINA PUBLIC LIBRARY 29 A

B

C

D E

F

Biblioteca Pública de Santa Catarina

07

08

09

ARQUITETURA ARCHITECTURE

06

10


30


31

MUSEU DO MEIO AMBIENTE MUSEUM OF THE ENVIRONMENT RIO DE JANEIRO, RJ localização location

cliente client área area

2007

2008

2009

2010

13.838,00 m2

148,950.00 sqf

orçamento budget

R$ 14.000.000,00

US$ 8,877,615.00

situação status

Estudo Preliminar

Preliminary Design

parceiros partners

2011

ICMBIO, BR

Pierre Martin Paulo Silva

paisagismo / landscape

instalações prediais / infrastructure

Paulo Melo orçamento / budget Tancredo Noronha

O projeto para o MuMA foi concebido a partir da reflexão a respeito das transformações na arquitetura e em como arquitetura responde à passagem do tempo se relacionando com o meio envolvente. Consideramos que a maneira mais eficaz de se fazer arquitetura e paisagismo sustentáveis é compreendendo e explorando os potenciais dos processos de transformação de um determinado território. O projeto baseiase no reaproveitamento máximo de todos os recursos locais disponíveis no terreno, com a escolha integrada de processos construtivos e de gestão de recursos. Encarados como elementos vivos e em constante adaptação, os novos jardins possuem funções ecológicas e pedagógicas complementares às atividades do Jardim Botânico. O MuMA tem a oportunidade de pôr em prática conceitos entendem a intervenção arquitetônica e paisagística de forma indissociável e como ferramenta de renovação. O desenho do projeto emerge naturalmente da interface edifício-paisagem e de seus fluxos, havendo uma estruturação mútua que torna difusa a oposição entre eles.

climatização / HVAC

The project for MuMA was conceived from a reflection on the transformations in architecture and in how architecture responds to the time lapse relating with the surrounding environment. We consider that the most efficient way to engage sustainable architecture and landscape design is by understanding and exploring the potentials of the transformation processes in a certain territory. In this sense, the project is grounded on the maximum reuse of local resources available at the site, combined with an integrated selection of building processes and the management of resources. Faced as diverse living elements in constant adaptation, the new gardens have ecological and pedagogical functions, which are complementary to the Botanical Garden activities. MuMA has the opportunity to put in practice wider methods that understand architectural and landscape interventions as one and as a tool for renovation. The design of the project emerges naturally from the relations between building-landscape and the flows, structuring each other

01

01

VISTA DO NOVO ANEXO VIEW OF THE NEW ANNEX

and turning their opposition diffuse.

ARQUITETURA ARCHITECTURE

duração duration


32

01 01

02 03 04 05 06 02

03

PLANTA BAIXA MASTER PLAN AUDITÓRIO E ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRATION BUILDING ELEVAÇÃO ELEVATION ESCADA PRINCIPAL MAIN STAIRWAY PISO DE EXPOSIÇÕES EXHIBITIONS LEVEL VISTA A PARTIR DO PARQUE VIEW FROM THE PARK


MUSEU DO MEIO AMBIENTE MUSEUM OF THE ENVIRONMENT 33 05

ARQUITETURA ARCHITECTURE

04

06


34

1ST PHASE

FOOTBALL

MAIN PATH

EDUCATION

ADDITIONAL PATHS

COMMUNITY / ENTERPRISE

EVENTUAL PATHS LAST PHASE

ADDITIONAL USES

01

01

DIAGRAMA DE SETORIZAÇÃO SECTORIZATION DIAGRAM 02 FASES DE CONSTRUÇÃO CONSTRUCTION PHASING 03 DIAGRAMA DE FLUXOS FLOWS DIAGRAM 04 VISTA GERAL GENERAL VIEW

02

GATHERING SPACES

03

O bairro de Santa Cruz é muito diferente (e distante) da cultura de praia carioca que todos conhecemos. A falta de equipamentos urbanos que sirvam como local de encontro e entretenimento para a população local forçou o bairro a estabelecer uma dinâmica social peculiar. A interação social se dá quando as comunidades locais juntam-se ao redor de eventos coletivos, como, por exemplo, um jogo de futebol. Futebol não é somente um esporte em Santa Cruz. Um jogo de futebol é um evento coletivo que ativa a comunidade como um todo. Foi precisamente a intensificação desta qualidade do esporte, a de catalisar a união social, o que originou o conceito primário deste projeto, que funciona como um dispositivo urbano que gera, ao mesmo tempo, movimento e permanência no terreno. O centro de treinamento foi projetado como uma estrutura híbrida. Seus elementos arquitetônicos e paisagísticos se combinam para criar um equipamento vivo e representativo para a comunidade. O centro cria regimes flexíveis de circulação e uso, desempenhando um papel de portal, circulação sombreada e ícone. Sua posição dentro do bairro convenientemente media a circulação entre diversos pontos importantes. Através deste potencial, foi possível converter o terreno em um ponto de articulação, tornando-o um local de circulação e reunião.


35

CENTRO DE FUTEBOL EM SANTA CRUZ FOOTBALL TRAINING CENTER IN SANTA CRUZ The Training Center was designed as

from the ‘beach-culture extravaganza’

a hybrid device. Its architectural and

Rio that we all know. Its almost

landscape elements combine powers

complete lack of devices for community

to create a representative and lively

gathering and entertainment forced

equipment for the community. It

the neighborhood to tacitly establish

creates flexible regimes of circulation

very peculiar social dynamics. Social

and uses, playing the role of portal,

engagement is only able to happen

shaded circulation and landmark.

when local communities gather around

Its position within the neighborhood

collective events, such as a football

conveniently intermediates circulation

match. Football is not only about the

through pivotal local points. Through

game in Santa Cruz. It means much

this potential, we were able to turn the

more than that. A football match

site into an actual point of articulation,

is the collective tour-de-force that

becoming a place for circulation and

activates the whole community. And it

reunion.

RIO DE JANEIRO, RJ localização location

duração duration cliente client área area orçamento budget situação status parceiros partners

2007

2008

2009

2010

2011

ARCHITECTURE FOR HUMANITY, US 2.075,00 m2

22,335.00 sqf

R$ 285.226,00

US$ 180,865.00

Estudo Preliminar Luciano Alvares

Preliminary Design

arquitetura / architecture

Paulo Melo orçamento / budget

is precisely the intensification of this local quality of football to catalyze social empowerment that formed the primary concept of this project – an urban device to boost flow and permanence throughout the site.  04

ARQUITETURA ARCHITECTURE

Santa Cruz is very different (and far)


36

01

01

ELEVAÇÃO SUL SOUTH ELEVATION 02 ELEVAÇÃO NORTE NORTH ELEVATION 03 CORTE LONGITUDINAL LONG SECTION 04 PLANTA BAIXA MASTER PLAN 05 HALL DE ESPOSIÇÕES EXHIBITION HALL 06 PLANTA DO EDIFÍCIO BUILDING PLAN 07 BAR E CAFÉ BAR AND CAFE

02

03 04

05


06

07

CLASSROOMS

ADMIN.

FOOTBALL MEMORABILIA

37

CAFÉ / BARBECUE

WC MALE

BUSINESS UNITS

FITNESS ROOM

EQUIP. ROOM

LOCKER MALE

LOCKER FEM.

WC FEM.

NORTH

ARQUITETURA ARCHITECTURE

DAYCARE UNIT

FOOTBALL MEMORABILIA DISPLAYS

CENTRO DE FUTEBOL EM SANTA CRUZ FOOTBALL CENTER IN SANTA CRUZ


38

01

SALA DE DANÇA DANCE STUDIO 02 SITUAÇÃO EXISTENTE CURRENT SITUATION

01


39

SALA DE DANÇA - SESC QUITANDINHA DANCE STUDIO - SESC QUITANDINHA CULTURAL CENTER Juntamente com a reforma dos camarins do teatro principal do SESC Quitandinha (antigo hotel de arquitetura eclética), o programa exigia a criação de uma sala para apresentações de dança e teatro em um espaço subutilizado localizado entre a laje de forro do palco do teatro e uma das coberturas inclinadas do hotel, que remete à arquitetura de chalés. Apesar do aspecto rústico do exterior, o interior da cobertura é composto por lajes de concreto inclinadas apoiadas sobre vigas também inclinadas gerando um espaço não-ortogonal extremamente rico. Este espaço foi então projetado para oferecer usos flexíveis, servindo tanto como área para pequena apresentações como para ensaios. As vigas existentes foram utilizadas para a instalação de iluminação difusa ao ambiente, enquanto as janelas laterais, em formato triangular, dão acesso a iluminação e ventilação naturais.

PETRÓPOLIS, RJ localização location

duração duration

2007

2008

cliente client

SESC-RJ, BR

área area

1.475,00 m2

orçamento budget situação status parceiros partners

2009

2010

15,875.00 sqf

R$ 4.253.750,00

US$ 2,697,370.00

Estudo Preliminar

Preliminary Design

Paulo Silva

2011

instalações prediais / infrastructure

Luiz Moreira sonorização / audio systems climatização / HVAC

INTERIORES INTERIOR DESIGN

Tancredo Noronha

Alongside the renovation of the dressing and rehearsal rooms of the SESC Quitandinha cultural center (a former hotel designed in eclectic German style), the program also demanded the creation of a dance studio in an underused area on between of the theaters technical ceiling and one of the hotel’s inclined chalet-like roofs. Despite the roofs rustic exterior, its interior is made of inclined concrete slabs and beams, which generate a compelling nonorthogonal space. This space was designed to offer flexible alternatives for small dance presentations and rehearsal. The existing beams were used as the basis for the lighting system, which provides diffuse lighting while also existing side windows, in triangular shape, give access to natural lighting and ventilation.

02


40

03

01

SALA DE DANÇA DANCE STUDIO 02 PLANTA BAIXA FLOOR PLAN 03 CORTE LONGITUDINAL LONG SECTION 04 CORTE TRANSVERSAL CROSS SECTION 05 CORTE LONGITUDINAL GERAL GENERAL LONG SECTION 02

01

04


41

INTERIORES INTERIOR DESIGN

SALA DE DANÇA - SESC QUITANDINHA DANCE STUDIO - SESC QUITANDINHA

05


42

02

03


43

04

COBERTURA NO LEBLON PENTHOUSE IN LEBLON O apartamento foi totalmente remodelado para abrigar uma família de quatro pessoas. Sua arquitetura, típica dos anos 60, apresentava uma organização dos espaços de circulação e íntimos bastante equivocada. Haviam duas circulações paralelas, uma que levava aos quartos e outra que servia como acesso às dependências de serviço. A posição destas impedia tanto a iluminação natural de boa parte da área íntima, como uma distribuição mais agradável dos quartos. Com a supressão de boa parte da circulação de serviço, foi possível converter todos os quartos em suítes e oferecer luz e ventilação natural à circulação da área íntima. Além disso, o acesso ao pavimento superior foi totalmente redesenhado, criando um hall interno com pé-direito duplo e iluminação natural. A reforma incorporou dispositivos sustentáveis como aquecimento de água por energia solar e a criação de um jardim vertical na cobertura.

RIO DE JANEIRO, RJ localização location

duração duration cliente client área area

2007

2008

2009

2010

405,00 m2

4,360.00 sqf

orçamento budget

R$ 2.000.00,00

US$ 1,268,230.00

situação status

Obra Concluída

Built Work

parceiros partners

2011

PRIVADO

Lattoog Design design de interiores / interior design Studio Domi obras / construction Pierre-Andre Martin Armando Mendes

estrutura / structure

instalações prediais / infrastructure

INTERIORES INTERIOR DESIGN

Evandro Bastos

paisagismo / landscape

The apartment was completely remodeled in order to house a four-people family. Its architecture, with a typical floor plan from the 60’s, presented a rather inadequate organization of the circulation spaces and bedrooms’ area. There were two parallel corridors, one for the bedrooms and the other to access the service area. Their position obstructed both natural lighting of the bedroom area and a more enjoyable distribution of the bedrooms. With the suppression of a big portion of the service corridor, it was possible to convert all the bedrooms into suites (with ensuite WCs), and offer natural lighting and ventilation to the bedrooms’ circulation corridor. Besides that, the access to the upper floor was

01

totally redesigned, creating an internal

01

hall with a double-height ceiling, with natural lighting. The renovation also embodied sustainable devices, such as water heating by solar energy, and a vertical garden on the top floor 05

FOTOS PHOTOS DENILSON MACHADO

CORTES - ANTES E DEPOIS SECTIONS - BEFORE AND AFTER 02 HALL COM PÉ-DIREITO DUPLO DOUBLE-HEIGHT CEILING HALL 03 LAVABO TOILET 04 COZINHA KITCHEN 05 SALA DE ESTAR LIVING ROOM


44

01

01 02 03 04 05 06 07 08

HALL COM PÉ-DIREITO DUPLO DOUBLE-HEIGHT CEILING HALL HALL COM PÉ-DIREITO DUPLO DOUBLE-HEIGHT CEILING HALL SALA DE ESTAR LIVING ROOM PLANTA DO 1O PISO 1ST FLOOR PLAN PLANTA DA 2O PISO 2ND FLOOR PLAN CORTE LONGITUDINAL GERAL GENERAL LONG SECTION ELEVAÇÃO DO 2O PISO 2ND FLOOR ELEVATION CORTE TRANSVERSAL 2O PISO 2ND FLOOR CROSS SECTION FOTOS PHOTOS DENILSON MACHADO

02

03


COBERTURA NO LEBLON PENTHOUSE IN LEBLON 45

05

INTERIORES INTERIOR DESIGN

04

06

07

08


46

03

01

02


47

CASA NO JARDIM BOTÂNICO HOUSE IN JARDIM BOTÂNICO RIO DE JANEIRO, RJ localização location

duração duration cliente client área area orçamento budget situação status parceiros partners

2007

2008

2009

225,00 m2

US$ 760,940.00

Em Construção

Under Construction

Pedro Varella

co-autor e construção / co-author and contracting

Evandro Bastos

estrutura / structure

instalações prediais / infrastructure

Tancredo Noronha

climatização / HVAC

FACHADA FRONTAL FRONT FAÇADE RENDER 02 CASA ANTES DA RENOVAÇÃO HOUSE BEFORE RENOVATION 03 QUARTO BEDROOM

housing a five-people family, this project had to considerably increase the gross floor area of a 1,506.00 sqf house built in a condominium of former workers houses at the Jardim Botânico neighborhood while maintaining the

FOTOS PHOTOS FEINESBILD Antonia Cattan Christopher Baasner

qualities of its internal spaces and patios. The plot had a narrow and deep shape, which led the project to open up internally to two patios: a central one adjacent to the living and which integrates a garden to the service areas while providing a nice view and sunlight to the bedrooms and home offices on the upper floors. The original staircase was modified

frames of the bedrooms are able to

in order to reach the new third floor,

control the intensity of light into

created to be a space for working and a

the rooms, and also play the role of

terrace, taking advantage of the views

brises-soleils, defining the image od the

and local vegetation. A new skylight

house to its exterior on its only external

allows natural lighting to reach the

façade. The garage was merged with

stairs, which was designed to allow

the living room, moving the main

indirect light to the interior spaces

access to the opposite side of the

while promote visual integration

house, facilitating the distribution of

between the floors. The new window

internal flows.

INTERIORES INTERIOR DESIGN

01

With the challenge of comfortably

dining rooms, and one in the back,

A escada original é modificada e prolonga-se (em uma nova estrutura metálica) ao novo pavimento de cobertura, criado para ser um espaço de trabalho e um terraço que tiram partido das vistas e da vegetacão local. Uma clarabóia ilumina a escada, projetada para trazer luz indireta ao interior e promover a integração entre os pavimentos. As esquadrias propostas para os quartos frontais controlam a entrada de luz (com janelas tipo “camarão” que funcionam também como brises pivotantes) e definem a imagem da casa para o exterior na sua única fachada externa. A garagem lateral foi incorporada à sala de estar levando o acesso da casa para lateral oposta, o que facilita a distribuição dos fluxos internos da casa.

2011

2,420.00 sqf

R$ 1.200.000,00

Armando Mendes

Com o desafio de abrigar confortavelmente uma família de cinco pessoas, este projeto teve que aumentar consideravelmente a área de uma casa de 140,00 m2 construída em um condomínio de residências originalmente operárias no Jardim Botânico, enquanto as qualidades de seus espaços e pátios internos eram mantidas. O lote estreito e profundo levou o projeto a voltar-se internamente para dois pátios: um central, para onde abre-se a sala, e um de fundos, que integra um jardim à area de serviço e para onde voltamse alguns quartos e os escritórios.

2010

PRIVADO


48

01

SALA DE ESTAR DA COBERTURA PENTHOUSE LIVING ROOM 02 ELEVAÇÃO FRONTAL FRONT ELEVATION 03 SALA DE JANTER E PÁTIOS DININD ROOM AND PÁTIOS 04 PLANTA 1O PAVIMENTO PLAN 1ST FLOOT

05 PLANTA 2O PAVIMENTO PLAN 2ND FLOOR 06 CONSTRUIR X DEMOLIR 1O PAV. CONSTRUCTION X DEMOLITION 07 SALA DE ESTAR LIVING ROOM 08 NOVA ESCADA - 2O PAVIMENTO NEW STAIRCASE - 2ND FLOOR

02

01

03


CASA NO JARDIM BOTÂNICO HOUSE IN JARDIM BOTÂNICO 49

05

06

INTERIORES INTERIOR DESIGN

04

07

08


50


51

URBANIZAÇÃO DA COMUNIDADE ‘A VITÓRIA É CERTA’ URBANIZATION OF THE COMMUNITY ‘A VITÓRIA É CERTA’ CABINDA, AO localização location

cliente client área area orçamento (projeto) budget (design) orçamento (construção) budget (construction) situação status parceiros partners

2007

2008

2009

2010

2011

GOVERNO DA PROVÍNCIA DE CABINDA, AO 402.600,00 m2

4,333,550.00 sqf

R$ 806.488,00

US$ 468,888.00

R$ 77.400.400,00

US$ 45,000,000.00

Em Construção

Under Construction

Fábrica Arquitetura arquitetura / architecture DPC Desenvolvimento infraestrutura / infrastructure

URBANISMO URBAN PLANNING & DESIGN

duração duration

01


52

02

Cabinda é um enclave angolano entre o que antes chamavam-se Congos Belga e Francês e é o segundo maior produtor de petróleo do continente africano (atrás apenas da Nigéria). Após o fim da Guerra Civil Angolana, o novo governo da Província de Cabinda passou a investir uma parte significativa da renda originada com a venda do petróleo em programas de desenvolvimento urbano. Estes programas incluem projetos de renovação urbana em diversos assentamentos de baixa renda, tendo sida a comunidade “A Vitória é Certa” a primeira a ser contemplada.

Cabinda is an Angolan enclave between the former Belgian and French Congos, and is the second largest extractor of petroleum in Africa (right after Nigeria). After the end of the Angolan civil war, the new government was able to invest profits from petroleum extraction and initiated numerous urban renewal projects throughout its slums. ‘A Vitória é Certa’ is the first slum in Cabinda to benefit from this kind of project. 03

The plan takes all necessary measures

O projeto toma todas as medidas necessárias para integrar a comunidade de maneira eficaz às dinâmicas sociais e econômicas da capital através da renovação de sua rede viária e da implantação de um sistema coeso de articulação de seus espaços públicos. As vias de circulação internas e externas à comunidade asseguram um acesso rápido e confortável a outras comunidades e ao Centro da cidade de Cabinda. O projeto também inclui a construção de inúmeras novas unidades residenciais para famílias que viviam em condições inadequadas, ou cujas casas estejam em áreas de risco. O princípio fundamental do projeto é o de explorar as oportunidades oferecidas pelas condições físico-espaciais da comunidade ao máximo, potencializando a vivacidade dos espaços públicos já utilizados e reconhecidos pela população local. Deste modo, a riqueza prévia da comunidade não á apenas mantida, mas fortalecida. Diversos edifício públicos também estão sendo projetados e terão papéis decisivos no processo de estruturação urbana da comunidade.

towards effective changes in the slum’s urban situation by designing proper infrastructure networks and a cohesive system of public spaces. The circulation routes within and toward the slums will enable fast and comfortable connections to other neighborhoods and to Cabinda’s downtown area. The plan also includes the construction of several new houses for the families who lived in extremely fragile conditions, and whose houses will have to me removed due to construction

04

works.  The fundamental principle of the plan is to explore the existing spatial framework of the slum to the most, providing added livelihood to public areas already in use by the local population. Thus, the social richness of their community is not only maintained, but boosted. Many public buildings are also being designed and will play an important role in the regeneration process. 05


URBANIZAÇÃO DA COMUNIDADE ‘A VITÓRIA É CERTA’ URBANIZATION OF THE COMMUNITY ‘A VITÓRIA É CERTA’ 53

15

01

MERCADO PÚBLICO STREET MARKET 02 RUAS E CAMINHOS DE PEDESTRE PEDESTRIAN STREETS AND PATHS 03 MERCADOS E PRAÇAS MARKETS AND SQUARES 04 CONSTRUÇÕES / DEMOLIÇÕES CONSTRUCTIONS / DEMOLITIONS 05 PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE COMMUNITY PARTICIPATION 06 PLANTA GERAL MASTER PLAN 07 A EQUIPE LOCAL THE LOCAL TEAM 08 PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE COMMUNITY PARTICIPATION 09 REUNIÃO COM A COMUNIDADE MEETING WITH THE COMMUNITY

20

PARADA DOS UNIDOS 15

P MINARS ) ZI UÇÃO HIA XEC E C O EM E

25

RUA DA PEN SÃO

A RU DO IRO ZE CA

O

PARADA DO BOFA SKU PRAÇA KIMBANGO

TA

RIN

30

IXO

S

AT RU

NE PIO

R

A RU P

ANG

EZA

A GENTIL AD RU

SE

VIA CA NA RU L AD OG IKA

P

NOVAS S ÕE HABITAÇ

RU AK

IMB

AN

GO

A1 RU PARAGEM YABI

PARAGEM YEMA

GIKA

IA IZUD

ADA

NTR

a. E

RUA

L DO 4

CANAL DO GIKA 3

A CAN

D

S VA ES NO AÇÕ PALANCAS BIT AS

A RU

IO

AP RU

O BEC O DO

ADAS S ARM ) ORÇA EXECUÇÃO DAS F RA EM RUA(VIA COM OB

O

30

25

30

30

25 25 30 30

NORTE

URBANISMO URBAN PLANNING & DESIGN

A RU

O

AD

KIMB

HA

20

RUA

AN

S

C

IO ) MA UÇÃO . DE EXEC A 1o A EM RUOM OBR

(VIA

MERCADOS STREET MARKETS NOVAS HABITAÇÕES NEW HOUSING UNITS PRAÇAS SQUARES ESPAÇOS PÚBLICOS PUBLIC SPACES DEMOLÇÕES DEMOLITIONS RUAS DE PEDESTRES PEDESTRIAN STREETS RUAS SECUNDÁRIAS SECONDARY STREETS RUAS PRIMÁRIAS PRIMARY STREETS NOVA VIA CANAL NEW CANAL STREET

S E VA ÇÕ NO ITA AB

PRAÇA PIO

H

IO AP RU

R

PE

S RUA DA E

R CU

P

PARADA DO DESTINO

IO

N TÔ

O NT SA

O

A

CENTRO DE SAÚDE 1o. DE MAIO

ÇA AN

O

APRASÍVEL

GIK

A

A RU

P MP TE

EZ

P

OM

D

IL

LA CO

AL

VAS NO ÇÕES A BIT O

A1

NT

QUADRA DA ESCOLA

ES

HA

N CA

GIK

GE

GIKA 2

DA

DO

DA

CANAL DO

AB RU

A RU

A RU

AL CAN

P

RU A

PO

PR

ESCOLA A VITÓRIA É CERTA

O ST

DO

OS

REA

A FEL RUA D IC ID AD E

ER

AS

DO

(VIA

CENTRO INFANTIL

A RU

D UE PROJET DUQA COM RUABILITAD

RU AD

15


54

01

02

03

04


URBANIZAÇÃO DA COMUNIDADE ‘A VITÓRIA É CERTA’ URBANIZATION OF THE COMMUNITY ‘A VITÓRIA É CERTA’ 55

01 02 03 04 05 06

PLANTA DO MERCADO STREET MARKET PLAN CORTE DO MERCADO STREET MARKET SECTION MERCADO PÚBLICO STREET MARKET CENTRO COMUNITÁRIO COMMUNITY CENTER PLANTA CENTRO COMUNITÁRIO COMMUNITY CENTER PLAN CENTRO COMUNITÁRIO COMMUNITY CENTER

05

URBANISMO URBAN PLANNING & DESIGN

06


56

01

POSTO POLICIAL POLICE STATION 02 PLANTA DO POSTO POLICIAL POLICE STATION PLAN 03 POSTO DE SAÚDE HEALTHCARE CENTER 04 PLANTA DO POSTO DE SAÚDE HEALTHCARE CENTER PLAN 01

02

03


URBANIZAÇÃO DA COMUNIDADE ‘A VITÓRIA É CERTA’ URBANIZATION OF THE COMMUNITY ‘A VITÓRIA É CERTA’ 57

URBANISMO URBAN PLANNING & DESIGN

04


58


59

URBANIZAÇÃO DA COMUNIDADE ‘COLÔNIA JULIANO MOREIRA’ URBANIZATION OF THE ‘COLÔNIA JULIANO MOREIRA’ COMMUNITY RIO DE JANEIRO, RJ localização location

cliente client

2007

2008

2009

2010

área area

2.001.660,00 m2

orçamento (projeto) budget (design)

R$ 2.133.250,80

US$ 1,333,281.7

R$ 150.400.000,00

US$ 94,000,000.00

Em Construção

Under Construction

orçamento (construção) budget (construction) situação status parceiros partners

2011

SECRETARIA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO, BR 21,545,690.00 sqf

Fábrica Arquitetura arquitetura / architecture BES arquitetura / architecture DPC Desenvolvimento infraestrutura / infrastructure

URBANISMO URBAN PLANNING & DESIGN

duração duration

01


60

A Colônia Juliano Moreira é atualmente uma extensa área do município do Rio de Janeiro, reservada as unidades hospitalares de saúde mental que ainda se encontram em funcionamento. Ela está englobada pela Área de Proteção Ambiental do Maciço da Pedra Branca e do Morro Dois Irmãos e pela Área de Proteção Histórica do Núcleo Histórico da Colônia Juliano Moreira. Nos últimos anos, nota-se um gradual desuso das unidades hospitalares e a ampliação das favelas adjacentes e loteamentos informais de antigos funcionários e familiares. O projeto objetiva a coibir e proteger as áreas de nascentes de rios importantes e um relevante patrimônio histórico e cultural. Consiste na implantação de um novo bairro, de baixa e média densidade, urbanização das comunidades interiores e regularização fundiária dos loteamentos informais.

The ‘Colônia Juliano Moreira’ slum was established in the area of a former sugar mill farm that afterwards became a mental care settlement. Today, there are 8 different communities (favelas) in the area, with approximately 25,000 inhabitants. Despite its urban occupation, it still preserves some of its rural aspects, which are extremely valorized by its inhabitants. Historic buildings from the sugar mill farm are also a strong presence in the area, even though they present very bad conditions and inadequate occupation. This project intends to create a new paradigm of residential neighborhood, by balancing

02

NOVOS NÚCLEOS HABITACIONAIS NEW HOUSING COMPLEXES NOVAS PRAÇAS NEW SQUARES RECUPERAÇÃO MATA CILIAR RECOVERY OF ORIGINAL VEGET. MITIGAÇÃO EFEITO DE BORDA RECOVERY OF SWAMPS RECUPERAÇÃO ÁREAS ABERTAS ECOLOGICAL RECOVERY RECUPERAÇÃO MATA CILIAR RECOVERY OF ORIGINAL VEGET. RIOS EXISTENTES EXISTING RIVERS CRECHE DAYCARE FACILITY

historical and environmental aspects and working with limited financial possibilities. During the process of the project the interaction between all the actors involved, including the community, was essential to determine the final result.


URBANIZAÇÃO ‘COLÔNIA JULIANO MOREIRA’ URBANIZATION OF ‘COLÔNIA JULIANO MOREIRA’

61

03

550.0 m

R]

ULA

ULO

IC RT PA

EÍC

ES

[V

NT ITA

O

DE

VIS

SS

E AC

500.0 m [U] HOTEL ALOJAMENTO [SEM FOTO]V

PRAÇA DE ACESSO [SEM FOTO]

[A] IGREJA DE NA. SRA. DOS REMÉDIOS [FOTO 1]

ITE

LIM

[B] ANEXO CONTEMPORÂNEO - SALÃO DE ATIVIDADES IGREJA NA. SRA. DOS REMÉDIOS

DE E RV

TE

IN

450.0 m

ÃO NÇ

U

[C] ESTACIONAMENTO DE VISITANTES [SEM FOTO]

01

B

C

A

[D] CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO [FOTO 6]

HORTO FLORESTAL DO MUNICÍPIO

[E] ANEXO CONTEMPORÂNEO - AUDITÓRIO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

400.0 m

D AQUEDUTO [FOTOS 03 & 02]

[F] BAR / BISTRÔ [FOTO 9] 06

E

04

[G] LOJA DE PRODUTOS ORGÂNICOS [FOTO 9]

09

05

LIM DE

08

03

INTE

[I] CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL / SOUVENIRS [SEM FOTO]

O ÇÃ

RVEN

[T] OFICINAS DE ARTES [FOTOS 02 & 10]

[H] RUÍNAS

F

ITE

350.0 m

05

G

07

T

]

ES

TR ES

ED

S [P

H

TE

N ITA

SO

DE

VIS

I

02

R

ES

AC

ENTRADA CAMPUS FIOCRUZ

[S] TERMINAL DE ÔNIBUS E VANS [FOTO 10]

URBANISMO URBAN PLANNING & DESIGN

300.0 m

[J] RESTAURANTE CENTRO GASTRONÔMICO [FOTO 13]

T

S

10

[K] CHAFARIZ [SEM FOTO]

J

250.0 m [L] CENTRO DE ATIVIDADES INFANTO-JUVENIS [FOTO 11]

Q 12

11

LIMITE

DE INT

ERV

13

P

RUÍNAS DO PAVILHÃO DOS AGITADOS

ENÇÃ O

L

200.0 m

[R] MUSEU BISPO DO ROSÁRIO [FOTO 07]

[Q] FACILIDADES PÚBLICAS LIM

NORTE

ITE DE

K

INTE

[P] RESERVADO PARA FUTURA EXPANSÃO [FOTO 12]

14

SO DE VIS

[N] RESERVADO PARA FUTURA EXPANSÃO [FOTO 15]

15

AN VISIT

M

TES

M

RES]

DEST

[PE

100.0 m

50.0 m

04

O DE

DE

O] LETIV

. CO ANSP

CARG A

SO

ES [TR

ACES

ITANT

N

ACESS

150.0 m

O

O ÇÃ

RVEN

ACES

[O] RESERVADO PARA FUTURA EXPANSÃO [FOTO 14]

[M] ESTACIONAMENTO PARA FUNCIONÁRIOS [SEM FOTO]

ACESSOS ACCESSES EDIFÍCIOS COM NOVOS USOS BUILDINGS WITH NEW FUNCTIONS EDIFÍCIOS EXPANSÃO FUTURA FUTURE EXPANSION BUILDINGS ANEXOS CONTEMPORÂNEOS CONTEMPORARY ANEXES PARQUES PARKS

01

NOVAS HABITRAÇÕES NEW HOUSING UNITS 02 PLANTA GERAL MASTER PLAN 03 NÚCLEO HISTÓRICO HISTORICAL DISTRICT 04 PLANTA DO NÚCLEO HISTÓRICO HISTORICAL DISTRICT PLAN 05 IGREJA NO NÚCLEO HISTÓRICO HISTORICAL DISTRICT CHURCH


62

0

01

1

2.5

5

PLANTA 1ยบPAV.

02

03


URBANIZAÇÃO ‘COLÔNIA JULIANO MOREIRA’ URBANIZATION OF ‘COLÔNIA JULIANO MOREIRA’ 63

01 02 03 04 05 06

PLANTA PAVILHÃO EGAS MUNIZ EGAS MUNIZ PAVILLION PLAN PAVILHÃO EGAS MUNIZ EGAS MUNIZ PAVILLION PAVILHÃO EGAS MUNIZ EGAS MUNIZ PAVILLION CORTE UNIDADE HABITACIONAL HOUSING UNIT SECTION ELEVAÇÃO UNID. HABITACIONAL HOUSING UNIT ELEVATION NÚCLEO ULISSES VIANNA ULISSES VIANNA COMPLEX 05

URBANISMO URBAN PLANNING & DESIGN

04

06


64 02

01

0

1

2.5

5

PLANTA 1ยบPAV.

03


URBANIZAÇÃO ‘COLÔNIA JULIANO MOREIRA’ URBANIZATION OF ‘COLÔNIA JULIANO MOREIRA’ 65

05

01

PAVILHÃO ULISSES VIANNA ULISSES VIANNA PAVILLION 02 PAVILHÕES ULISSES VIANNA ULISSES VIANNA PAVILLIONS 03 PAVILHÕES ULISSES VIANNA ULISSES VIANNA PAVILLIONS 04 VILA DOS IDOSOS ELDERLY VILLAGE 05 UNIDADE VILA DOS IDOSOS ELDERLY VILLAGE UNIT 0

1

2.5

5

URBANISMO URBAN PLANNING & DESIGN

PLANTA 1ºPAV.

04


66


67

NOVA CENTRAL DO BRASIL NEW CENTRAL DO BRASIL STATION RIO DE JANEIRO, RJ localização location

cliente client área area orçamento budget situação status parceiros partners

2007

2008

2009

2010

2011

ITDP, US 10.500.00,00 m2

113,020.00 sqf

Não Revelado

Undisclosed

Estudo Preliminar

Preliminary Design

Pablo Benetti

arquitetura / architecture

URBANISMO URBAN PLANNING & DESIGN

duração duration

01


68

03

02

01 02 03 04 05

VISTA AÉREA BIRD’S EYE VIEW PLANTA GERAL MASTER PLAN VISTA AÉREA - EXISTENTE BIRD’S EYE VIEW - EXISTING SITUAÇÃO EXISTENTE EXISTING SITUATION CONEXÕES METROPOLITANAS METROPOLITAN CONNECTIONS

FOTOS PHOTOS CÉSAR DUARTE

Finalizada em 1943, a estação de trem Central do Brasil, no Rio de Janeiro, foi batizada de acordo com o seu propósito original, o de ser o mais importante hub de transporte do Brasil. Estatísticas relacionadas à Central do Brasil mostram um cenário futuro bastante assustador, a não ser que intervenções radicais sejam propostas para o local. Este projeto tira vantagem da monumentalidade da própria Central para propor intervenções igualmente monumentais, não para contrastar e se opor, mas para domesticar e equalizar sua situação atual.

In this project we take on the site’s monumentality with interventions that are equally monumental, and use this feature to domesticate and equalize the current situation, not to clash and contrast. This project takes the concourse of the station out, and the street in: exo- and endo-. It is based on the redesign of the station’s surrounding urban fabric, closely interweaving it with a large-scale and continuous canopy that expands its main concourse, connecting different areas on the same level. Aiming at energizing the connectivity

No lugar de reforçar os limites da estação, em contraste com os espaços públicos dos arredores, este projeto leva o saguão da estação para o exterior e o espaço da rua para o interior: exo- e endo-. O projeto é baseado no redesenho cuidadoso da malha urbana que circunda a estação, associando-se a uma grande marquise contínua que expande o saguão principal da estação, conectando diferentes áreas em um mesmo nível.

of its surrounding communities, the station was set up to have a more active local role. The new urban tissue around the station allows for more diverse connections between Downtown and the neighborhoods on the hills (favelas). The axis created by the canopy culminates at two key-elements: a linear park climbing up the hill, and an elevator cluster.


NOVA CENTRAL DO BRASIL NEW CENTRAL DO BRASIL STATION 69

04

MAIN PUBLIC TRANSPORTATION CIRCULATION CORRIDOR (PLANNED / BRT BASED) SECONDARY PUBLIC TRANSPORTATION CIRCULATION CORRIDOR (PLANNED) SUBWAY (EXISTING) RAILWAY (EXISTING) CABLE CAR (PLANNED) PROJECT AREA (1.0 Km x 1.0 Km)

SISTEMA DE TRANSPORTE PRINCIPAL MAIN TRANSPORTATION SYSTEM SISTEMA DE TRANSPORTE SECUNDÁRIO SECONDARY TRANSPORTATION SYSTEM LINHA DE METRÔ (EXISTENTE) SUBWAY (EXISTING) LINHA DE TREM (EXISTENTE) RAILWAY (EXISTING) TELEFÉRICO (PROJETADO) CABE CAR (PLANNED) ÁREA DE PROJETO (1KM X 1KM) PROJECT AREA (1KM X 1KM)

URBANISMO URBAN PLANNING & DESIGN

05


70

01

02

01 02 03 04 05 06 07 08

AV. PRESIDENTE VARGAS PRESIDENTE VARGAS AVE. CORTE TRANSVERSAL CROSS SECTION ENTRADA DA ESTAÇÃO ENTRANCE TO THE STATION EXTENSÃO DO SAGUÃO (MARQUISE) CONCOURSE EXTENSIOS (CANOPY) CONEXÕES LOCAIS - ANTES LOCAL CONNECTIONS - BEFORE CONEXÕES LOCAIS - DEPOIS LOCAL CONNECTION - AFTER DEMOLIÇÕES DEMOLITIONS NOVAS CONSTRUÇÕES NEW CONSTRUCTIONS


NOVA CENTRAL DO BRASIL NEW CENTRAL DO BRASIL STATION

LOCAL CONNECTIONS LOCAL CONNECTIONS

03

MAIN PEDESTRIAN PATHMAIN PEDESTRIAN PATH

BICLYCLE PARKING

BICLYCLE PARKING

SECONDARY PEDESTRIAN SECONDARY PATH PEDESTRIAN PATH

SUBWAY ACCESS

SUBWAY ACCESS

BUS PATH

BUS PATH

BRT STATION

BRT STATION

BRT PATH

BRT PATH

ELEVATOR / CABLE CAR STATION ELEVATOR / CABLE CAR STATION

CYCLEWAY

CYCLEWAY

PEDESTRIANS CROSSINGS PEDESTRIANS CROSSINGS

71

05

06

07

08

DEMOLITIONS X NEW BUILDINGS DEMOLITIONS X NEW BUILDINGS DEMOLITIONS

DEMOLITIONS

GREEN AREAS TO DEMOLISH GREEN AREAS TO DEMOLISH NEW BUILDINGS

NEW GREEN AREAS / PARKS NEW GREEN AREAS / PARKS NEW WATER SURFACES NEW WATER SURFACES

NEW BUILDINGS

URBANISMO URBAN PLANNING & DESIGN

04


72

A implantação de uma infraestrutura verde, que pode propiciar uma ocupação urbana mais duradoura, garantirá um futuro mais sustentável para o Parque Olímpico Rio 2016. Com o desenvolvimento de uma rede integrada de elementos de infraestrutura verde, uma ampla gama de valiosos serviços ambientais ficarão assegurados par as futuras gerações. Nós podemos visualizar esta rede como uma árvore do mangue estilizada, com suas várias raízes de sustentação se dirigindo às águas da Lagoa do Jacarepaguá, a partir do seu tronco principal e, assim, conectando todos os espaços com um Parque na Orla da Lagoa de características inovadoras, ao mesmo tempo que permitirá um fluxo desimpedido das pessoas, das águas e da vida selvagem, através de paisagens intensamente produtivas. A estratégia de projeto do principal espaço aberto pode ser sintetizada por três táticas adotadas: elevar, visualizar e integrar. Elevar refere-se à Passarela que se estende desde a Praça de Acesso principal, com seus três principais ramos orientando os espectadores para os locais dos eventos, para a Orla da Lagoa e para além do Parque. Visualizar diz respeito a importância fundamental dada à conexão dos visitantes com a Lagoa do Jacarepaguá, inspirando a restauração

01

PASSEIO OLÍMPICO OLYMPIC PROMENADE

de todo o complexo lagunar da Barra da Tijuca. Esta intensa fruição do espaço é estimulada ao longo de toda a orla da Lagoa, através de um rico entremeado de ilhas, enseadas, dunas e pequenas lagoas construídas para oferecer uma experiência única num Parque público. Integrar, finalmente, refere-se ao desenvolvimento de um Tecido Cívico público, composto de ruas, passagens, praças e espaços verdes. Este conjunto de espaços abertos públicos expressa o enfoque tomado aqui, da necessidade de criar uma forte matriz geradora, mas ao mesmo tempo flexível, que possa unificar os diversos projetos arquitetônicos que virão dar as formas das arenas esportivas e dos futuros empreendimentos imobiliários.


73

PARQUE OLÍMPICO RIO 2016 OLYMPIC PARK RIO 2016 A sustainable future for Rio 2016

Elevate refers to the undulating

Olympic Park requires that we first

walkways that make up the Skywalk.

rebuild the green infrastructure on

Emanating from the entrance plaza,

which enduring human habitation

the Skywalk’s three main pedestrian

depends. By growing a robust green

corridors branch out to the Olympic

duração duration

infrastructure network, a wide range

venues, the Waterfront, and beyond.

cliente client

of valuable ecosystem services can

Appreciate relates to the fundamental

be secured for future generations. We

importance of reconnecting park

might envision this network like a

visitors with the Jacarepaguá Lagoon

mangrove tree’s branching roots growing

and inspiring the restoration of Barra’s

out toward the waters of Jacarepaguá

lagoon complex and the surrounding

Lagoon. These multi-purpose greenway

watershed. This profound appreciation

“roots” link the entire Olympic Park

is stimulated along the Waterfront,

with a world-class waterfront while

where a rich tapestry of islands, coves,

facilitating flows of people, water

dunes and ponds offers diverse outdoor

and wildlife through a profoundly

experiences and adventures. Integrate

productive landscape.

refers to the development of a Civic

RIO DE JANEIRO, RJ localização location

área area orçamento budget situação status parceiros partners

2007

2008

2009

2010

2011

COMITÊ OLÍMPICO BRASILEIRO, BR 1.137.307,00 m2

12,241,972.00 sqf

Não Revelado Undisclosed Estudo Preliminar Turenscape, CN Embyá, BR SvR, US

Preliminary Design

paisagismo / landscape architecture

paisagismo / landscape architecture

infraestrutura / infrastructure

Fabric of streets, walkways, plazas, and The main open space design

gardens. Our approach to this web of

strategies for the Olympic Park can

public realm interventions recognizes

be characterized in three key moves:

the need for a potent yet flexible

elevate, appreciate and integrate.

organizing matrix to unify the diverse architectural agendas which will come

04

to shape the sports venues and mixed-

01

PAISAGISMO LANDSCAPE DESIGN

use developments.


74

01

02


75

03

01 02 03 04 05 06

VISTA AÉREA DO PARQUE BIRD’S-EYE VIEW OF THE PARK COMPLEXO COMERCIAL E DE NEGÓCIOS COMMERCIAL AND BUSINESS COMPLES CORTE ESQUEMÁTICO DA PASSARELA SKYWALK SCHEMATIC SECTION RAMPAS DE ACESSO À PASSARELA ACCESS RAMPS AND CANOPIES OF THE SKYWALK ÁREAS SOMBREADAS SOB A PASSARELA SHADED AREAS UNDER THE SKYWALK VISTA AÉREA DAS PASSARELAS BIRD’S-EYE VIEW OF THE SKYWALKS

06

05

PAISAGISMO LANDSCAPE DESIGN

04


76

PARQUE DEL LAGO LAKE PARK QUITO, EQ localização location

duração duration cliente client área area orçamento budget situação status parceiros partners

2007

2008

2009

2010

ALCALDÍA METROPOLITANA DE QUITO, EQ 1.203.149,70 m2

12,950,595.00 sqf

Não Revelado Undisclosed Estudo Preliminar Pierre Martin

Preliminary Design

paisagismo / landscape

2011


77

01

Parque del Lago is not merely a landscape design challenge, nor its scale allows us to conceptually reduce its features to deal with a simple park. This new territory is a metropolitan entity and its anatomy should allow for a myriad of adaptations: urban, natural and architectural. The sudden absence of the airport will leave a void – a hiatus – in the urban fabric, that needs to be re-stitched. Thus, a key-concept for the park is based on transforming its edges into linear public spaces that do not connect the park through specific spots, but multiply its entrance possibilities. Like a metropolitan boardwalk, the edges of the park will be an intensively used urban space, whose qualities will be unfolded throughout the park and will activate different uses and environments within it. Unfolding the edges create a mesh permeated by membranes of tension, where the different programs and equipments of the park take place.

PAISAGISMO LANDSCAPE DESIGN

O Parque del Lago não é um mero desafio de paisagismo. Sua escala não nos permitiu que reduzíssemos sua problematização para lidar com um simples parque urbano. Este novo território é uma entidade metropolitana e, por isso, sua anatomia deve promover diferentes tipos de adaptação e transformações: urbanas, naturais e arquitetônicas. A repentina ausência do aeroporto deixará um hiato na malha urbana que necessita ser cuidadosamente recosturada. Desta forma, o conceito fundamental do parque baseia-se na transformação de suas bordas em espaços púbicos lineares que não conectam o parque em pontos específicos, mas multiplicam suas possibilidades de entrada e conexões. Como um “calçadão” metropolitano, as bordas do parque se tornarão um novo espaço público relevante na cidade de Quito e terão suas qualidades desdobradas para o interior do parque, ativando diferentes usos e ambientes. O desdobrar das bordas cria uma malha permeada por superfícies de tensão, onde os diferentes programas e equipamentos do parque estão localizados.


78

01 02 03 04 05 06 07 08

PLANTA GERAL MASTER PLAN CORTE TRANSVERSAL CROSS SECTION COMMERCIAL CENTER CENTRO COMERCIAL PISCINAS TÉRMICAS THERMAL BATHS DETALHE DAS PISCINAS DETAIL OF THE POOLS DIAGRAMA DE USOS FUNCTIONS DIAGRAM CENTRO DE CONVENÇÕES CONVENTIONS CENTER VISTA AÉREA AERIAL VIEW

02 03

04

05


PARQUE DEL LAGO LAKE PARK 79

06

USO CULTURAL CULTURAL USE EDIFÍCIOS INSTITUCIONAIS INSTITUTIONAL BUILDINGS CENTRO DE CONVENÇÕES CONVENTIONS CENTER CINEMA / TEATRO CINEMA / THEATER APOIO AO PARQUE PARK SERVICES

08

PAISAGISMO LANDSCAPE DESIGN

07

LAGOS LAKES ÁREA PARA EVENTOS EVENTS LAWN PRAIA ARTIFICIAL BEACH POND ÁREA PARA ESPORTES SPORTS AREA TOPOGRAFIA CONSTRUÍDA BUILT TOPOGRAPHY


80


81

VAZIOS ESPONTÂNEOS SPONTANEOUS VOIDS RIO DE JANEIRO, RJ localização location

duração duration cliente client área area orçamento budget situação status parceiros partners

This project is the result of a 24-hour

takes place whenever a disaster occurs

collaboration between CAMPO and

and need immediate assistance, or

OKRA architects. Both offices were

when a veiled potential is uncovered.

invited to develop a project for the Lapa

What would be the case if a situation

district in Rio de Janeiro as part of a

arises where these two approaches

workshop organized by the Netherlands

apply? How does one operate in a

Institute of Architecture (NAi) and

scenario where the transition from a

Columbia University’s Studio-X. The

traditional lifestyle is rapidly forced

scope of the workshop dealt with a

to abide to a new market-driven

peculiar strategy for design activism

logic needs to be mediated? The

called ‘unsolicited architecture’, which

‘spontaneous voids’ project engages on

we further developed as ‘unsolicited

this kind of mediation.

2008

2009

2010

2011

Columbia GSAPP, US / NAi, NL Indefinida

Undefined

Não Revelado Undisclosed Estudo Conceitual Caio Calafate

Conceptual Design

arquitetura / architecture

urbanism’. The term ‘unsolicited architecture’ was coined by Ole Bouman in his homonymous article written for Volume magazine in 2008. In summary, the idea behind this term is that architects should have more proactive standings toward the contexts where they operate. However, the scope of this term does not incorporate any kind of uncommissioned projects. Bouman’s concept dwells on the idea that ‘unsolicited architecture’ (or urbanism in this specific example)

01

PAISAGISMO LANDSCAPE DESIGN

O CAMPO em parceria com a arquiteta holandesa Zineb Seghrouchni (OKRA) participou de um workshop de 24h organizado pelo Studio X Rio da Columbia University, GSAPP e pelo NAi (Instituto de Arquitetura da Holanda). A partir do tema “unsolicited architecture” o CAMPO foi convidado a pensar em propostas para a região em que o escritório está localizado, o bairro da Lapa. Este bairro – zona boêmia periférica ao centro financeiro da cidade – tem passado por um processo acelerado de recuperação, para o bem e para o mal. De caráter extremamente informal e popular, a Lapa tornou-se símbolo de um estilo de vida noturna profundamente carioca e também caótico. A figura do “malandro carioca” surge como metonímia deste contexto sóciocultural, tendo a estrutura física do bairro com seu rico, porém decrépito, casario eclético como pano de fundo de um jogo simbólico extremamente forte e relevante para a cidade. Com o “estilo de vida carioca” definindo-se por uma cultura de praia muito forte durante o dia, este possui uma versão noturna que encontra na Lapa seu signo máximo de representação.

2007


82 02

01

VAZIO ESPONTÂNEO SPONTANEOUS VOID 02 CONFIGURAÇÃO DE USOS LOCAL LOCAL CONTEXT OF USES 03 SITUAÇÃO EXISTENTE EXISTING SITUATION 04 PROPOSTA PROPOSAL 05 SITUAÇÃO EXISTENTE EXISTING SITUATION

VAZIOS VOIDS COMÉRCIO LOCAL LOCAL COMMERCE BARES E RESTAURANTES BARS AND RESTAURANTS ANDARES SUPERIORES VAZIOS EMPTY UPPER FLOORS


VAZIOS ESPONTÂNEOS SPONTANEOUS VOIDS 83

05

04

PAISAGISMO LANDSCAPE DESIGN

03


duA OPMAC / OPURG ME KROW PUORG 2102-7002

“Condições de campo movem-se do único ao múltiplo, dos indivíduos aos coletivos, dos objetos aos campos... – uma condição de campo poderia ser qualquer matriz formal ou espacial capaz de unificar elementos diversos enquanto a identidade de cada um é respeitada.”

“Field conditions move from the one

Stan Allen – Points + Lines, Diagrams for the City, p.92

Stan Allen – Points + Lines,

O CAMPO foi criado no Rio de Janeiro, em 2007, por Flavio Castellotti, Gabriel Duarte, Renata Bertol, Ricardo Kawamoto e Vitório Benedetti. No momento da impressão deste portifólio o CAMPO era composto por Gabriel Duarte, Renata Bertol, Ricardo Kawamoto, Vitório Benedetti, Marcel Pereira, Márcio Costa, Javier Nuño, Ricardo Vergara, Matteo Beccia, Pedro Varella, Juliana Sicuro, Ana Cecília Tourinho e Cauê Capillé. Entre 2007 e 2010 fizeram parte da nossa equipe Diogo Taddei, Valérie Daoust, Thomas Wenz, Thaís Lopes, Vitor Garcez, Rodrigo Kalache, Erika van Doellinger, Fernando Coronel, Philippe Sepúlveda, Samuel Coelho, Pablo Vergara, Cecília Paiva, Leonardo Acquarone, Gabriel Koslowzki, Bruno Cornélio, Elize le Duc, Alice Tepedino, Carlos Diego Uribbe, Matías Ocaranza, Carolina Martinez, Piotrek Ciura, Gwendal Hervé, Monique Bastos, Andrea Gironda, Clarissa Paes, Hervé Logeat, Henrique Sanson, Lucas Mongin, Omar Kadiri, Pilar Tejero, Antero Lopes, Emmanuel Métrard, Amandine Hernandez e Yasmin Assad. Sem o esforço e dedicação sobrehumanos dessas pessoas nada neste portifólio teria sido possível. Muito obrigado a todos!

CAMPO was created in Rio de

toward the many, from individuals to collectives, from objects to fields... – a field condition could be any formal or spatial matrix capable ot unifying diverse elements while respecting the identity of each.’ Diagrams for the City, p.92

Janeiro, in 2007, by Flavio Castellotti, Gabriel Duarte, Renata Bertol, Ricardo Kawamoto e Vitório Benedetti. While this portfolio was being printed, CAMPO’s team was Gabriel Duarte, Renata Bertol, Ricardo Kawamoto, Vitório Benedetti, Marcel Pereira, Márcio Costa, Javier Nuño, Ricardo Vergara, Matteo Beccia, Pedro Varella, Juliana Sicuro, Ana Cecília Tourinho e Cauê Capillé. Between 2007 and 2010 our team was composed by Diogo Taddei, Valérie Daoust, Thomas Wenz, Thaís Lopes, Vitor Garcez, Rodrigo Kalache, Erika van Doellinger, Fernando Coronel, Philippe Sepúlveda, Samuel Coelho, Pablo Vergara, Cecília Paiva, Leonardo Acquarone, Gabriel Koslowzki, Bruno Cornélio, Elize le Duc, Alice Tepedino, Carlos Diego Uribbe, Matías Ocaranza, Carolina Martinez, Piotrek Ciura, Gwendal Hervé, Monique Bastos, Andrea Gironda, Clarissa Paes, Hervé Logeat, Henrique Sanson, Lucas Mongin, Omar Kadiri, Pilar Tejero, Antero Lopes, Emmanuel Métrard, Amandine Hernandez e Yasmin Assad. Without the

CRÉDITOS Projeto Gráfico CAMPO & Júlio Parente Fotos CAMPO, César Duarte, Demian Jacob, Denilson Machado & Júlio Parente

superhuman effort of all these people nothing in this portfolio would have been made possible. Thank you all! CREDITS Graphic Design CAMPO & Júlio Parente Photos CAMPO, César Duarte, Demian Jacob, Denilson Machado & Júlio Parente


duA OPMAC / OPURG ME KROW PUORG 2102-7002

ACITSÍGOL & ACINCÉT OÃÇATICAPAC 60 | MAET NIAM LAPICNIRP EPIUQE 40 | NOITATNESERP ECIFFO OIRÓTIRCSE OD OÃÇATNESERPA 20 | NOITCUDORTNI OÃÇUDORTNI | ,ORIENAJ ED OIR ’LANOICAN LETOH‘ EHT FO NOISREVNOC LANOICAN LETOH OD OÃSREVNOC 80 | ERUTCETIHCRA ARUTETIUQRA | SCITSIGOL & YCNEICIFORP LACINHCET UESUM 02 | RB ,UANEMULB TEKRAM CILBUP OCILBÚP ODACREM 61 | RB ,AILÍSARB ETUTITSNI EGATIREH LANOITAN EHT ROF QH WEN NAHPI OD EDES AVON 21 | RB ,SILOPÓNAIROLF YRARBIL CILBUP ANIRATAC ATNAS ANIRATAC ATNAS ED ACILBÚP ACETOILBIB 62 | RB ,IÓRETIN MUESUM SARIERRAP OINÔTNA SARIERRAP OINÔTNA NI RETNEC GNINIART LLABTOOF ZURC ATNAS ME LOBETUF ED ORTNEC 23 | RB ,ORIENAJ ED OIR TNEMNORIVNE EHT FO MUESUM ETNEIBMA OIEM OD UESUM 82 | RB RETNEC LARUTLUC AHNIDATIUQ CSES - OIDUTS ECNAD AHNIDNATIUQ CSES - AÇNAD ED ALAS 63 | NGISED ROIRETNI SEROIRETNI | RB ,ORIENAJ ED OIR ZURC ATNAS ,ORIENAJ ED OIR OCINÂTOB MIDRAJ NI ESUOH OCINÂTOB MIDRAJ ON ASAC 44 | RB ,ORIENAJ ED OIR NOLBEL NI ESUOHTNEP NOLBEL ON ARUTREBOC 04 | RB ,SILOPÓRTEP É AIRÓTIV A‘ EHT FO NOITAZINABRU ’ATREC É AIRÓTIV A‘ EDADINUMOC AD OÃÇAZINABRU 84 | NGISED & GNINNALP NABRU ONABRU OHNESED & OTNEMAJENALP | RB YTINUMMOC ’ARIEROM ONAILUJ AINÔLOC‘ EHT FO NOITAZINABRU ’ARIEROM ONAILUJ AINÔLOC‘ EDADINUMOC AD OÃÇAZINABRU 85 | OA ,ADNIBAC YTINUMMOC ’ATREC EUQRAP 07 | NGISED EPACSDNAL MEGASIAP AD OTEJORP | RB ,ORIENAJ ED OIR NOITATS ’LISARB OD LARTNEC‘ WEN LISARB OD LARTNEC AVON 46 | RB ,ORIENAJ ED OIR RB ,ORIENAJ ED OIR SDIOV SUOENATNOPS SOENÂTNOPSE SOIZAV 87 | CE ,OTIUQ KRAP EKAL KRAP OGAL LED 47 | RB ,ORIENAJ ED OIR 6102 KRAP CIPMYLO 6102 OCIPMÍLO


CAMPO AUD - EM GRUPO / GROUP WORK 2007-2012