Page 1

A1

Q U A R T A - F E I R A , 0 9 D E A B R I L D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 2 3

MENINO E MENINA NO PILÃO - JOSÉ SAVOGIM - SAIBA MAIS NA PÁGINA A8

O JORNAL DO NORTE PIONEIRO

10 anos DIRETOR ALCEU OLIVEIRA DE ALMEIDA

09 DE ABRIL DE 2014

QUARTA-FEIRA

acesse folhaextra.net

Nº 1123 ANO 10

R$ 2,50

WENCESLAU BRAZ

Beneficiários assinam contrato para construção de mais 22 casas rurais

Mais 22 pequenos produtores rurais assinaram nesta terça-feira (8) o con- sentantes do Banco do Brasil, responsável pelo financiamento, e o prefeito trato para a construção de moradias populares em suas propriedades, es- de Wenceslau Braz, Atahyde Ferreira dos Santos Júnior, o Taidinho (PSD), palhadas pela zona rural de Wenceslau Braz. Além dos beneficiários, repre- também estiveram presentes no ato. PÁGINA A4

Câmara de Tomazina estuda lei de isenção fiscal de terrenos para fins industriais

Uma rotina especial LUCAS ALEIXO - FOLHA EXTRA

Na reunião ordinária da câmara de vereadores de Tomazina realizada na terçafeira (8), os vereadores votaram e aprovaram por unanimidade um projeto de auxílio ao programa Mais Médicos, e foi discutido um projeto que isenta de pagamento do IPTU terrenos para fins industriais, que ainda está sendo discutido e sendo feitas emendas para que fique completo. PÁGINA A3

Criança é atropelada no centro de wenceslau braz

VINICIUS AZEVEDO - FOLHA EXTRA

Alunos com celular na sala de aula, alerta para “namorinhos” e adolescentes que não querem usar uniformes – ou só os colocam para entrar na escola. A rotina é de uma instituição de ensino público comum, exceto por um detalhe: todos os alunos têm necessidades especiais. A manchete de hoje da Folha Extra retrata a rotina de uma escola para alunos especiais, no caso a Escola Especial Salomão Andraus, em Wenceslau Braz. PÁGINA A8 - Por Lucas Aleixo

Um menino de 8 anos foi atropelado por uma motocicleta na tarde desta terça-feira (8), na esquina entre as ruas 7 de setembro e Paraná, ao lado do Hospital São Sebastião, centro de Wenceslau Braz. De acordo com testemunhas, a criança estava na faixa de pedestre quando foi atingida por uma Honda Biz, que trafegava pela rua 7 de setembro. De imediato tanto a criança quanto a mulher que guiava a motocicleta foram socorridas, porém sem maiores ferimentos. PÁGINA A5

ARAPOTI

Câmara aprova moções de aplauso e pesar Um dos propositores, o vereador Claudinei José Moreira, o Toddynho (PTC), apresentou um profundo voto de pesar à família de Valdenir Rosa, por motivo de seu falecimento. “Nosso pranto é de dor e de saudade. PÁGINA A3

JAGUARIAÍVA

Novo secretário de comunicação promete proximidade entre prefeitura e população O novo secretário de Comunicação Social da prefeitura de Jaguariaíva, Capistrano Cunha, assume a pasta definido uma meta clara: aproximar o Poder Executivo e a população local. Com a experiência de ter sido vereador no último mandato e durante a atual administração ter atuado como secretário de Administração e Recursos Humanos, Capistrano afirma que embora a responsabilidade seja grande, o desafio foi aceito de imediato. PÁGINA A3 ANDRÉ LUIZ FARIA REIS- FOLHA EXTRA

Definida empresa que fará projeto do Ciretran em Joaquim Távora O governo do Paraná escolheu a empresa que fará os projetos da nova sede da Ciretran de Joaquim Távora. A empresa vencedora foi a Arch’3 Arquitetura e Construções LTDA- ME. O projeto prevê a construção de pista de concreto para teste de moto e baliza, nos padrões do Detran, além de agências bancárias e estacionamento para veículos apreendidos. PÁGINA A4

ARTIGO

Onde está Deus na Depressão? PÁGINA A2


OPINIÃO A 2

Q U A R T A - F E I R A , 0 9 D E A B R I L D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 2 3

O sorriso amarelo do Norte Pioneiro

C

om o sorriso nas orelhas e prestes a se tornar pólo do ensino superior em medicina e odontologia o Norte Pioneiro ainda vive dias de angústia com a incerteza da implantação dos cursos universitários. Anunciado na semana passada, o curso de odontologia chegou a ser confirmado pela Amunorpi (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro), através do novo presidente da entidade, Edimar de Freitas Alboneti – prefeito de Barra do Jacaré, que ainda declarou vestibular do curso já para 2015. Porém, menos de uma semana da declaração do presidente

da Amunorpi os ânimos foram apagados, com a última declaração do reitor da UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná), Rinaldo Bernadelli Júnior, que desmentiu a garantia do curso para Jacarezinho, apostando que há uma série de questões a serem levantadas antes do anúncio oficial. Cabe lembrar que o anúncio oficial já havia sido feito na semana retrasada pelo próprio governador, em visita a Santo Antônio da Platina. Bernadelli, apesar do otimismo, adianta que existe um esboço de projeto em andamento, mas que precisa ser refeito para que sejam reavaliados fatores como estrutura

física e financeira do plano. Já o tão sonhado, cobiçado e surreal curso de medicina parece estar a milhas e milhas de qualquer lugar, ainda mais de

– a Petrobrás por exemplo. Um campus em SAP, como já apontam os estudos de uma comissão do MEC, seria inviável, já a avantajada Cornélio

Sim, a região tem ótimos cursos, mas estão longe de encabeçar os primeiros lugares das preferências dos futuros universitários. Santo Antônio da Platina. A formação de médicos no Norte Pioneiro se tornou uma novela que ainda não desenrolou em Brasília, já que o curso é de oferta do governo federal, que tem outras preocupações

Procópio já tem em execução obras de um hospital base que poderia sediar a ramificação universitária. Cabe lembra outra vez que Cornélio está a 50 km de Londrina que já tem curso de medicina ofertado

pela UEL. Desta forma os jovens nortepioneirenses que concluem o ensino médio ainda traçam planos fora do eixo da ciência biológica, pelo menos aqueles que não pretendem morar fora ou que não têm condições para o esbanjo. Sim, a região tem ótimos cursos, mas estão longe de encabeçar os primeiros lugares das preferências dos futuros universitários. No entanto, para aqueles que mudam de cidade para concluir os estudos, caso de 5 a 10% dos jovens, a realidade pode ser outra e literalmente outra realidade. Parte de um ciclo comum para os que encaram essa jornada, pais e filhos se

doam para os cinco ou seis anos mais complicados de suas vidas. Exemplos matemáticos para o aluno: chance de aprovação no vestibular da federal: 1,2% (total de vagas em 2014: 141 – total de inscritos 11.280). Exemplos matemáticos para o pai (ou quem for bancar): R$ 4.300 a mensalidade do curso na Unoeste, em Presidente Prudente (SP). Total em seis anos: R$ 309.600,00. Diante da recaída, o sorriso amarelo volta nas faces dos pais, alunos e torcedores do desenvolvimento regional, que aguardam entusiasticamente o Norte Pioneiro ser, de fato, visto com bons olhos diante do poder público.

COMENTE O ASSUNTO. ACESSE WWW.FOLHAEXTRA.NET E DÊ SUA OPINIÃO.

Charge

Onde está Deus na Depressão? Por PADRE JEFERSON Fãs da Psicanálise

T

Turma da Mônica, virtudes e narigudos Por BRUNO PAULINO Jornal do Leitor

D

esde menino que sou leitor voraz das revistinhas em quadrinhos da Turma da Mônica, invenção do genial Mauricio de Sousa para homenagear sua

olha o que foi dito!

filha. Ainda hoje me divirto e reflito muito lendo as aventuras da turminha, sou fã de carteirinha dos planos traquinos e absolutamente falíveis do Cebolinha para roubar o coelho de pelúcia azul Sansão, de propriedade da “golducha” Mônica. Não fico muitos dias sem que surja aquela vontade louca de comprar uma revistinha nova e através da leitura me sentir participante de uma aventura da Mônica, Cebolinha, Cascão, Chico Bento, Magali e companhia. Quando a saudade aperta e eu estou sem dinheiro (isso é muito comum), o jeito é correr para o meu razoável acervo e

pegar uma revistinha antiga. Então dia desses reli uma historinha muito interessante intitulada “Mônica e o maior narigudo do mundo” que como nos remete o titulo, narra o encontro da Mônica com o maior narigudo do mundo, de nome Anésio, mas apelidado de Anasão, a historinha a partir desse encontro nos leva a (re) pensar e reconsiderar o que de fato seriam nossos “defeitos” ou “deficiências”, pois no caso de Anésio, ter o narigão - o que aparentemente para outras pessoas é um defeito – se torna uma qualidade, já que é através do uso do narigão que ele consegue ajudar Mônica e seus

“A nossa luta é para que os pequenos produtores daqui ganhem cada vez mais em qualidade de vida, o que influencia diretamente na produção.” Athayde F. dos Santos Júnior prefeito de Wenceslau Braz

amigos a sair de umas tantas enrascadas que se metem. Enfim fiquei refletindo: Todos nós temos trevas e luz em nosso ser, disso não tenho dúvidas. Mas será que aquilo que supomos como defeito ou falha em nossa personalidade ou constituição física, não é afinal também parte importante do que de bom e virtuoso podemos carregar conosco?

COMENTE O ASSUNTO. ACESSE WWW.FOLHAEXTRA.NET E DÊ SUA OPINIÃO.

odos nós sabemos que a depressão é um estado de sofrimento psíquico caracterizado fundamentalmente por rebaixamento do humor (isto é, do estado afetivo básico apresentado pela pessoa), acompanhado por diminuição significativa do interesse, prazer e energia. Normalmente, acrescemse alterações do sono e apetite, retardo psicomotor, sensação de fadiga, falta de concentração, indecisão, diminuição da autoconfiança, pessimismo, ideias de culpa, desejo recorrente de morrer, entre outros sintomas. Depressão deve ser diferenciada de tristeza, que é uma experiência humana universal e esperada diante de experiências desfavoráveis, como o luto, por exemplo. O diagnóstico de depressão implica na correta avaliação das características e intensidade dos sintomas, bem como o tempo de evolução e suas repercussões. Nessa situação de depressão nos perguntamos onde está Deus. Como exemplo bíblico, temos o Livro de Jó que relata uma depressão profunda que Jó vivencia em sua vida. Principalmente quando ele perdeu todos os seus bens – era um homem mais rico do oriente – e todos os seus filhos em um único dia ( Jó 1.13-22). Perdeu sua saúde ( Jó 2.1-10) e sua elevada posição social ( Jó 19. 9; 30.9-11). Perdeu a solidariedade religiosa da esposa ( Jó 2. 9-10) e sofreu críticas tremendamente injustas da partes dos amigos ( Jó 4. 1-11). Tudo isso o levou a uma grande depressão cuja proporções ele mesmo descreve: “Não sou capaz de me ajudar a mim mesmo, e não há ninguém que me socorra” (6,13). “O meu coração está

“Resolvemos dificuldades pontuais e nossas forças policiais estão capacitadas para ir às ruas e combater a criminalidade de forma árdua e implacável.” Leon GrupenmacherSecretário da Segurança Pública do Paraná

cheio de amargura” (7,11). “Detesto a vida; não quero mais viver (…) minha vida não vale mais a pena” (7. 16). “Agora já não tenho vontade de viver; o desespero tomou conta de mim” (30. 16). “O meu coração está agitado e não descansa (…) levo uma vida triste, como um dia sem sol” (30. 27-28). m meio a essa sentida depressão, Jó soube manter a fé e a esperança em Deus: “Eu sei que o meu Redentor vive, e que no fim se levantará sobre a terra” (19. 25). O que esperava aconteceu: “O Senhor abençoou a última parte da vida de Jó mais do que a primeira” (42. 12). O Deus dos Cristãos, o Deus da revelação, o Deus das Escrituras é uma pessoa que ama, que se apaixona, que enxerga e enxuga lágrimas, que ouve e responde à oração que se compadece da fraqueza humana e perdoa pecados, que compreende o ser humano e o trata com bondade e paciência, que gosta de ser chamado de Pai Nosso. Ao contrário da visão pessimista de Epicuro, o Deus dos cristãos não é nem impotente nem mau. Ele quer e pode eliminar o mal do mundo – à sua maneira e a seu tempo. A culminação dessa obra aguarda a volta em poder e muita glória daquele que é chamado de Emanuel, que quer dizer “Deus conosco”. Sendo assim, para aprender a lidar com sabedoria e acerto com os incômodos da presente vida, não é preciso esperar o fim do mundo. Por ser uma realidade acima de qualquer outra realidade ou por ser uma ficção criada ou alimentada pela preocupação com a morte, “a ideia de Deus jamais morrerá, ou melhor, morrerá apenas com o último homem”.

"Ele [André Vargas] é vice-presidente de uma instituição importante, e acho que quando você está em um cargo desse, você tem que ser exemplo.” Luís Inácio Lula da SilvaEx-presidente


POLÍTICA A 3

Q U A R T A - F E I R A , 0 9 D E A B R I L D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 2 3

JAGUARIAÍVA

CAPISTRANO CUNHA ASSUME COMUNICAÇÃO

Dois Tempos

Novo secretário revela planos

CÂMARA DE WENCESLAU BRAZ

Legislativo parabeniza “Patrulha do Campo”

Ao assumir secretaria de Comunicação da prefeitura de Jaguariaíva, Capistrano Cunha promete empenho para ampliar o diálogo entre Poder Legislativo e população ANDRÉ LUZ FARIA - FOLHA EXTRA

DA REDAÇÃO Jaguariaíva editorial@folhaextra.net

Os vereadores brazenses destacaram o desempenho a união dos produtores rurais e funcionários da prefeitura pelo bom resultado no projeto, na última sessão da câmara, nesta terça (8). “Quem torna isso viável, alem do prefeito que disponibiliza funcionários e maquinário, é a parceria dos produtores rurais. Temos de parabenizar a todos por tornar o projeto realidade” afirmou o presidente da câmara, Ademar Gardenal (PSD).

POLÍCIA CIENTÍFICA O novo secretário de Comunicação Social da prefeitura de Jaguariaíva, Capistrano Cunha, assume a pasta definido uma meta clara: aproximar o Poder Executivo e a população local. Com a experiência de ter sido vereador no último mandato e durante a atual administração ter atuado como secretário de Administração e Recursos Humanos, Capistrano afirma que embora a responsabilidade seja grande, o desafio foi aceito de imediato. “Aceitamos com grande alegria assumir essa responsabilidade, porque é mais uma oportunidade de trabalhar em um setor de grande importância para a administração local e poder cumprir o papel de atuar em prol da nossa população”, destaca. O novo secretário também deixa claro sua meta na pasta. “O objetivo é aproximar cada vez mais o Poder Executivo da população. É muito importante que a população saiba de tudo que a prefeitura tem feito, e a forma como tem feito, afinal de contas, é o dinheiro público sendo investido e o

Richa sanciona nova lei para peritos oficiais O governador Beto Richa sancionou a lei que regulamenta o Quadro Próprio dos Peritos Oficiais do Paraná – QPPO. A principal alteração será na tabela de promoção dos servidores da Polícia Científica, formado pelo Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal. Para evolução de classe por tempo de serviço o período será reduzido de 15 para 8 anos, tornando a promoção viável. “A mudança da lei corrige uma distorção histórica sofrida pela categoria de peritos do Estado, cometidas em governos passados”, disse. Capistrano Cunha é o novo homem forte da Comunicação Social da prefeitura de Jaguariaíva

“O objetivo é aproximar cada vez mais o Poder Executivo da população. É muito importante que a população saiba de tudo que a prefeitura tem feito, e a forma como tem feito, afinal de contas, é o dinheiro público sendo investido e o cidadão, que é contribuinte, precisa estar ciente de como o bem público é gerido” cidadão, que é contribuinte, precisa estar ciente de como o bem público é gerido”, detalha. “No caminho inverso, também queremos estar próximos da

população e estar cientes das opiniões e vontades dos cidadãos de Jaguariaíva. Queremos que cada vez mais, como já vem acontecendo, prefeitura e população falem a mesma

língua, e estejam sempre atuando em sintonia”, continua. Capistrano Cunha tem 42 anos e sua família está no município há cerca de 150 anos. “É uma responsabilidade a mais o fato da minha família estar instalado há tanto tempo aqui em Jaguariaíva. Existe toda uma história que precisa ser respeitada, além, claro, do fato de quem trabalha remunerado pelo dinheiro público ter obrigação de exercer a função da melhor maneira possível”, finaliza.

COMENTE O ASSUNTO. ACESSE WWW.FOLHAEXTRA.NET E DÊ SUA OPINIÃO.

INDUSTRIALIZAÇÃO EM TOMAZINA

Vereadores debatem isenção fiscal ALCEU JUNIOR - FOLHA EXTRA

DA REDAÇÃO Tomazina editorial@folhaextra.net

Na reunião ordinária da câmara de vereadores de Tomazina realizada na terça-feira (8), os vereadores votaram e aprovaram por unanimidade um projeto de auxílio ao programa Mais Médicos, e foi discutido um projeto que isenta de pagamento do IPTU terrenos para fins industriais, que ainda está sendo discutido e sendo feitas emendas para que fique completo.

Vereadores: incentivo à industrialização

“A base aliada do prefeito dá todo o apoio para a os projetos apresentados e eles têm também forte apoio social, sempre assessoramos o prefeito da me-

lhor forma possível, quando o projeto é assim até mesmo os vereadores de oposição vem e votam a favor, porque isso é de interesse comum da popula-

ção. Estamos avaliando ainda a construção de um canil municipal, mas esse é um projeto para o futuro, além da construção do prédio próprio da câmara dos vereadores. Essa é nossa reunião ordinária e sempre conseguimos aprovar nossos projetos para auxilio da população”, afirmou o vereador Wesley José Marques (PDT) , que também é 1º secretário da câmara. Segundo o presidente da câmara, Hélio Targino Ribeiro (PSD), os vereadores atuam buscando o progresso da cidade. “São assuntos de muita importância pra Tomazina e vamos atuando de forma que o município e a população sempre sejam beneficiados”.

Câmara aprova moções de aplauso e pesar DA ASSESSORIA Arapoti editorial@folhaextra.net

A câmara de Arapoti aprovou na Sessão Ordinária desta segunda-feira (07) duas moções de pesar e duas de aplauso. Um dos propositores, o vereador Claudinei José Moreira, o

Toddynho (PTC), apresentou um profundo voto de pesar à família de Valdenir Rosa, por motivo de seu falecimento. “Nosso pranto é de dor e de saudade. Mas a lembrança mais forte que Valdenir Rosa nos deixa é de riso, alegria, felicidade, pois cada solo de violão e cada roda de amigos ficarão marcados pela sua vida bem vivida entre nós”, lembrou Toddynho.

O vereador Marineo Ferreira (PTB) apresentou homenagem póstuma a Dioclei Cesar Baroni, seu amigo de longa data, que faleceu no último dia 20 de março decorrente de problemas de saúde. O professor Nestor José Martini recebeu moção de aplauso, proposto pelo vereador Vilson Soares (PSB), pela a conquista do prêmio Talento Olímpico

Paranaense 2016, na categoria Formador. O vereador Wesley Carneiro Ulrich, o Lelo (PT) foi o propositor da Moção de Aplauso à Academia de Boxe M.M.A. Kings NFT pela vitória no evento de Vale Tudo XFC Extreme Fisiomaq Combat Arapoti, realizado no último dia 29 de março, que teve 16 lutas amadoras e três profissionais.

DIVULGAÇÃO

NOVOS INTEGRANTES

Três secretários tomam posse no Conselho do Paranacidade O Conselho de Administração do Serviço Social Autônomo Paranacidade, em sua 11ª Reunião Extraordinária, empossou nesta terça-feira (08) três novos integrantes. Assumiu como membro honorário o novo secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e superintendente do Paranacidade, João Carlos Ortega. Também foram empossados, como membros natos, o novo presidente do Conselho, atual secretário de Estado da Fazenda, Luiz Eduardo Sebastiani; e o secretário de Estado do Meio Ambiente, Antônio Caetano de Paula Junior.

MP-PR

Giacoia de novo A cerimônia de recondução no cargo do procurador-geral de Justiça Gilberto Giacoia será realizada nesta quarta-feira (9), às 10 horas, no auditório do edifício-sede do Ministério Público do Paraná, em Curitiba. A solenidade contará com a presença de várias autoridades. Essa será a segunda gestão consecutiva de Gilberto Giacoia como procurador-geral de Justiça do MP-PR. Ele já ocupou o cargo anteriormente, no período de 1998 a 2000. Agora, permanecerá na função até 2016.

DIVULGAÇÃO


Q U A R T A - F E I R A , 0 9 D E A B R I L D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 2 3

COLUNA DA PÁGINA

WENCESLAU BRAZ

Beneficiários assinam contrato para construção de mais 22 casas rurais LUCAS ALEIXO - FOLHA EXTRA

Representantes da Cohapar e do Banco do Brasil ao lado de beneficiária e prefeito de Wenceslau Braz, Taidinho DA REDAÇÃO

Mais 22 pequenos produtores rurais assinaram nesta terça-feira (8) o contrato para a construção de moradias populares em suas propriedades, espalhadas pela zona rural de Wenceslau Braz. Além dos beneficiários, representantes do Banco do Brasil, responsável pelo financiamento, e o prefeito de Wenceslau Braz, Atahyde Ferreira dos Santos Júnior, o Taidinho (PSD), também estiveram presentes no ato. A construção das casas acontece graças à parceria da prefeitura local com a Cohapar e com o governo Fe-

deral, através do Banco do Brasil. A iniciativa é voltada exatamente para pequenos produtores. O valor dessas construções gira em torno dos R$ 30 mil. Os beneficiários pagarão apenas quatro parcelas anuais de R$ 500, totalizando R$ 2 mil – valor irrisório perante o tamanho da benfeitoria. “Estamos muito felizes por ajudar em mais uma conquista para o homem do campo de Wenceslau Braz. A nossa luta é para que os pequenos produtores daqui ganhem cada vez mais em qualidade de vida, o que influencia diretamente na produção”, destaca Taidinho. “A família que tem uma casa digna para morar, seja no campo ou na cidade, já começa a ver as coisas diferentes. Se de repente o filho pen-

sava em vir pra cidade, com uma boa casa, e boas oportunidades no campo, muda de idéia e acaba muitas vezes se dando muito melhor no próprio sitio do que se tivesse mudado para a cidade”, continua o prefeito. As terraplanagens nos sítios onde as novas casas serão construídas também já tiveram início e na próxima semana as 22 casas terão suas obras começadas. MONTANTE No total, com essas novas assinaturas, Wenceslau Braz tem 120 famílias rurais beneficiadas com a construção de moradias – seja casas já construídas ou com o processo em andamento. Taidinho ainda adianta que na pró-

xima semana outros 30 beneficiários também assinarão contrato para a construção de mais moradias no campo. “No total serão 150 famílias de Wenceslau Braz beneficiadas com a construção de novas casas, o que representa uma nova realidade para elas”. Por fim, o prefeito revela que em breve tentará buscar subsídios para que produtores de maior porte também sejam beneficiados com programas habitacionais. “Essas casas por enquanto foram para pequenos produtores, mas agora queremos que produtores com uma renda maior também consigam ingressar nesses programas. Claro que aí a contrapartida deles será maior, mas ainda assim é um ótimo negócio”.

Definida empresa que fará projeto do Ciretran em Joaquim Távora DA ASSESSORIA

O governo do Paraná escolheu a empresa que fará os projetos da nova sede da Ciretran de Joaquim Távora. A empresa vencedora foi a Arch’3 Arquitetura e Construções LTDA- ME. O projeto prevê a

construção de pista de concreto para teste de moto e baliza, nos padrões do Detran, além de agências bancárias e estacionamento para veículos apreendidos. O projeto elaborado será usado como padrão para as próximas construções de Ciretrans no Paraná. A nova Ciretran ficará na rua do Ipê Branco, em Joaquim Távora, região Norte do Estado. Segundo a Comissão Permanente de Licitação da Paraná Edificações. “O

CIDADES A 4

critério de escolha foi o menor valor proposto. A empresa vendedora terá 120 dias corridos para a conclusão do projeto”, explica o diretor-geral da Paraná Edificações, Luiz Fernando de Souza Jamur. A Arch’3 Arquitetura e Construções venceu com o valor de R$ 29 mil, sendo o preço máximo de R$ 55 mil. A ordem de serviço será lançada em breve, para que as obras sejam iniciadas.

POLÍTICA

DETRAN A Paraná Edificações também definiu a empresa que fará a reforma na associação dos funcionários do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), localizado na Avenida Victor Ferreira do Amaral, n.º 2940, Curitiba. A empresa vencedora foi a SR Construção Civil LTDA-ME, com o valor de 104 mil, sendo o preço máximo de R$ 122 mil.

AGRONEGÓCIOS

Ação do Estado ajuda frigorífico a ganhar mercado russo O governador Beto Richa e o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, visitaram nesta sexta-feira (04) as instalações da empresa Frigoastra, em Cruzeiro do Oeste, no Noroeste do Estado. O frigorífico é um dos maiores exportadores de carne bovina país, com produção de 4,5 milhões de toneladas ao mês. De fevereiro até hoje, o Frigoastra exportou 55 conteineres para a Rússia. No encontro, o diretor-presidente da empresa, Jeremias Silva Junior, disse que depois da articulação feita pelo governador Beto Richa, quando ele, e também o secretario Ortigara, visitaram a Rússia, em maio de 2013, o Frigoastra foi habilitado a exportar seus produtos para aquele país, que é um dos principais mercados de carne. “A articulação do governo estadual foi fundamental para abrir mercado ao nosso produto. Essa conquista foi muito positiva para a nossa empresa. Com a habilitação, em fevereiro de 2014, a exportação teve elevação de 25%. Hoje nosso recorde de exportação é para a Rússia e cada vez geramos mais empregos e desenvolvimento", disse. A empresa possui 900 colaboradores diretos e, somados os indiretos, cria 1.300 empregos na região. O governador Beto Richa destacou a importância do diálogo para o restabelecimento das vendas externas à Rússia. Ele esteve na Rússia durante missão ao leste europeu e à França. Em Moscou, tratou da questão do mercado para os produtos paranaenses em encontro na Embaixada do Brasil. A visita do governador abriu caminho para a visita técnica feita, depois, pelo secretário Norberto Ortigara, o presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Inácio Afonso Kroetz, e o representante da Federação da Agricultura do Estado do Paraná, Ronei Volpi. Em fevereiro último, após quase nove anos de embargos à exportação de carne bovina, o serviço veterinário russo habilitou dois frigoríficos paranaenses: além do Frigoastra, também o VPR Brasil, de Colorado. CONFIANÇA - Segundo o secretário Norberto Ortigara, as políticas públicas para o controle da febre aftosa no Paraná contribuíram para a confiança dos importadores de carne. "Todo grande importador faz exigências sanitárias, que são normais para garantir a qualidade da carne. O ambiente sanitário adequado, bom controle e a criação da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná contribuíram para ganharmos confiança lá fora", disse. Ortigara ressaltou, ainda, que a reabertura do mercado externo do Paraná mostra que o estado tem bons controles e um ambiente adequado. PRODUÇÃO - O Noroeste possui o maior rebanho bovino do Estado. A farta matériaprima, a fácil ligação com o porto e a localização estratégica em relação ao Mercosul, outro importante mercado, contribuíram para instalação do Frigoastra em Cruzeiro do Oeste. A empresa exporta cerca de 40 conteiners/mês. A produção é de 4,5 milhões de toneladas de carne ao mês. Fundado em 1994, o Frigoastra, segundo seu presidente, dispõe de planta moderna, com mais de 15.000 metros quadrados de área construída. Mais de 130 itens formam um mix de produtos em diversas linhas especiais. O relacionamento com o criador é valorizado e os animais passam por um rigoroso sistema de seleção, que inclui a melhor procedência e precocidade, sempre primando pelas boas práticas de produção. A empresa possui tecnologias modernas, que garantem maior segurança alimentar e agilidade no preparo das carnes, mantendo suas propriedades originais. É assim no sistema a vácuo e nas câmaras frias, com temperatura ideal em todo o processo.


Q U A R T A - F E I R A , 0 9 D E A B R I L D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 2 3

COLUNA DA PÁGINA OCORRÊNCIAS

PM de Ibaiti recupera moto roubada

A Polícia Militar de Ibaiti, representada por policiais militares da Agência Local de Inteligência e radiopatrulha, nesta segundafeira (7), por volta das 15h, durante investigações acerca de motocicletas furtadas recentemente, realizaram a apreensão da motocicleta de marca Honda/CG 125 TITAN KS, cor prata, sem placa de identificação, bem como a numeração do motor e chassi prejudicada (pinado), que a princípio havia sido subtraída em meados do mês de março do corrente, no município de Conselheiro Mairinck. A referida motocicleta foi apreendida numa propriedade rural localizada no Bairro dos Carneiros, município de Ibaiti, cujo possuidor alegou ter adquirido-a naqueles dias pelo valor de R$ 1.200,00, de um morador próximo dali, que inclusive já foi identificado pelos policiais militares, e tão logo, será processado e responsabilizado. Ato contínuo, o atual possuidor recebeu voz de prisão, em tese, pelo crime de receptação, sendo na sequência encaminhado juntamente com a mencionada motocicleta para a Delegacia de Polícia Civil de Ibaiti. “Mais uma vez louvo a ação desses policiais militares, que de maneira perspicaz sempre acabam não medindo esforços para a manutenção da ordem pública, principalmente quando se trata da satisfação de devolver para a vítima um bem que estava perdido.”, comentou o Comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, Ten. Cel. Antonio Carlos de Morais.

COTIDIANO A 5

WENCESLAU BRAZ

Criança é atropelada ao lado do hospital VINICIUS AZEVEDO - FOLHA EXTRA

Menino foi atingido por uma motocicleta quando atravessava uma rua no centro de Wenceslau Braz DA REDAÇÃO

Um menino de 8 anos foi atropelado por uma motocicleta na tarde desta terça-feira (8), na esquina entre as ruas 7 de setembro e Paraná, ao lado do Hospital São Sebastião, centro de Wenceslau Braz. De acordo com testemunhas, a criança estava na faixa de pedestre quando foi atingida por uma Honda Biz, que trafegava pela rua 7 de setembro. De imediato tanto a criança quanto a mulher que guiava a motocicleta foram socorridas, porém sem maiores ferimentos. Ainda segundo relato de testemunhas, um motorista que passou no momento do acidente acabou se distraindo pelo ocorrido e acertando um carro que

Vizinhos reclamam que motoristas não respeitam faixas de pedestres

estava estacionado na rua. Moradores das redondezas aproveitaram para reclamar da alta velocidade empreendida por alguns motoristas e o não respeito às faixas de trânsito. A

criança que foi atropelada é aluna da escola municipal que funciona anexa ao Colégio Estadual Sebastião Paraná, situado há poucos metros de onde ocorreu o acidente.

Vale lembrar que no ano passado foram registrados em Wenceslau Braz pelo menos quatro incidentes envolvendo crianças em horário de entrada ou saída das escolas.

ESPORTES

EDITAIS PINHALÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALÃO ESTADO DO PARANÁ DESERTO ====================== O Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais: R E S O L V E: Declarar deserta a licitação na modalidade Pregão Eletrônico nº 07/2014, que tinha por objeto aquisição de veículo 0km destinado a Secretaria Municipal de Sáude - Recurso Vigiasus, considerando que não houveram interessados na mesma. Gabinete do Prefeito Municipal de Pinhalão Em 07 de abril de 2014. CLAUDINEI BENETTI Prefeito Municipal CONTRATO Nº..: 15/2014 CONTRATANTE..: PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO CONTRATADA...: MACARI & PLACA PRESTACAO DE SERVICOS MEDICOS LTDA VALOR............: 268.800,00 (DUZENTOS E SESSENTA E OITO MIL E OITOCENTOS REAIS) VIGÊNCIA.......: INÍCIO: 08/04/2014 TÉRMINO: 08/04/2015 LICITAÇÃO......: PREGÃO ELETRÔNICO Nº.: 5/2014 RECURSOS.....: DOTAÇÃO: 2.030.3.3.90.39.00.00.00.00 (197), 2.033.3.3.90.39.00.00.00.00 (213), 2.035.3.3.90.39.00.00.00.00 (214), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (330), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (331), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (332), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (333), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (334), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (381), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (382), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (384), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (385), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (386), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (387), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (388) OBJETO..........: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS DESTINADOS A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE -------------------------------------------------------------------------------PINHALÃO, 8 DE ABRIL DE 2014

ESTADO DO PARANÁ

São Paulo acerta com volante Hudson, do Botafogo

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO EXTRATO CONTRATUAL ------------------------------------------------------------------------------------Contrato Nº..: 14/2014 Contratante..: PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO Contratada...: CARLOS MARIA LUNA PASTORE - CLINICA MEDICA - ME Valor............: 180.000,00 (cento e oitenta mil e reais) Vigência.......: Início: 08/04/2014 Término: 08/04/2015 Licitação......: PREGÃO ELETRÔNICO Nº.: 5/2014 Recursos.....: Dotação: 2.030.3.3.90.39.00.00.00.00 (197), 2.033.3.3.90.39.00.00.00.00 (213), 2.035.3.3.90.39.00.00.00.00 (214), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (330), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (331), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (332), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (333), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (334), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (381), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (382), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (384), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (385), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (386), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (387), 2.032.3.3.90.39.00.00.00.00 (388) Objeto..........: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS DESTINADOS A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE -----------------------------------------------------------------------------------Pinhalão, 8 de Abril de 2014

CONTRATO Nº..: 16/2014 CONTRATANTE..: PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO CONTRATADA...: LUIZ CARLOS MUNHOZ - SUPERMERCADO VALOR............: 7.020,00 (SETE MIL E VINTE REAIS) VIGÊNCIA.......: INÍCIO: 08/04/2014 TÉRMINO: 08/07/2014 LICITAÇÃO......: PREGÃO ELETRÔNICO Nº.: 6/2014 RECURSOS.....: DOTAÇÃO: 2.026.3.3.90.32.00.00.00.00 (91) SALDO: 10.000,00 OBJETO..........: AQUISIÇÃO DE OVOS DE PÁSCOA DESTINADOS AOS ALUNOS DAS ESCOLAS MUNICIPAIS -------------------------------------------------------------------------------------------------------PINHALÃO, 8 DE ABRIL DE 2014

O São Paulo anunciou, nesta terça-feira, a contratação do volante Hudson, de 26 anos. O jogador, que disputou o Campeonato Paulista pelo Botafogo, estava livre e assinou contrato até o fim do ano, mas com a possibilidade de estender o vínculo por mais dois anos. “Hudson é um jogador que obteve destaque durante a disputa do Campeonato Paulista. Ele tem algumas características que nos agradaram muito e que qualificará ainda mais o nosso elenco”, explica o vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes. Revelado na base do Santos, o meio-campista foi um dos destaques da equipe do interior, que chegou até as quartas de final do torneio. Ele, porém, ficou marcado pelo pênalti desperdiçado na decisão da vaga para a semifinal, contra o Ituano, após o empate por 0 a 0 no tempo normal. Hudson também acumula passagens por Santa Cruz, Ituano, RB Brasil, Comercial, Oeste e Brasiliense. No Tricolor, brigará por posição com Souza, Wellington, Denilson e João Schmidt, além do jovem Rodrigo Caio, que também pode atuar no setor. Vale lembrar que na última segunda-feira, a diretoria afastou Fabrício, que não está nos planos do técnico Muricy Ramalho.


Q U A R T A - F E I R A , 0 9 D E A B R I L D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 2 3

editais A 6

JABOTI ATO HOMOLOGAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 08/2014 HOMOLOGO os atos de julgamento, de classificação e adjudicação por parte da Pregoeira, do objeto licitado, referente à Licitação Modalidade Pregão Presencial nº. 08/2014, do tipo menor preço por item, referente Aquisição de um veiculo sedan zero km, na cor braca, ano de fabricação mínimo de 2013 e modelo 2014, com a potencia de 130 cavalos, Flex, Automático, ar condicionado, com freios ABS, Airbag duplo, rodas de liga leve aro 15, computador de bordo, piloto automático, radio CD mp3 integrado e vidros e travas elétricos, R$ 58.400,00 (cinqüenta e oito mil e quatrocentos reais) a proponente SAMP AUTOMOVEIS LTDA, inscrito pelo CNPJ nº. 78.066.800/0001-00 e Inscrição Estadual nº. 51.301.181-45 estabelecida na Rua Dep Benedito Lucio Machado, 31 Santo Antonio da Platina, Paraná CEP nº. 86.430-000, para que produza seus efeitos legais. Jaboti, 24 de março de 2014. Vanderley de Siqueira e Silva, Prefeito Municipal. ATO HOMOLOGAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 06/2014 HOMOLOGO, para que produza seus efeitos legais, os atos de julgamento, de classificação e adjudicação por parte da Pregoeira, do objeto licitado, referente à Licitação Modalidade Pregão Presencial nº 06/2014, do tipo menor preço Por item referente à formação de Registro de Preços aquisição de gêneros alimentícios confeccionados em pararia e confeitaria, visando futuras aquisições destinados a manutenção da Secretaria Municipal de Educação Cultura e Esporte, da Secretaria Municipal de Viação, Obras, Urbanismo e Serviços Públicos, Secretaria Municipal de Administração e Finanças, Secretaria municipal de Agricultura Pecuária e Meio Ambiente, Departamento de Assistência Social e da Secretaria Municipal de Saúde para exercício de 2014, à proponente ROGERIO OTAVIO LOPES, inscrito pelo CNPJ nº. 08.362.817/0001-11, estabelecida a Rua XV de novembro 900, centro da Jaboti CEP Nº. 84.930-000 , pelo valor R$ 21.283,65 (vinte e um mil duzentos e oitenta e três reais e sessenta e cinco centavos). Jaboti, 05 de março de 2014. Vanderley de Siqueira e Silva, Prefeito Municipal. EXTRATO DO CONTRATO Nº 21/2014 REFERENTE PREGÃO PRESENCIAL Nº06/2014 E A ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 18/2014 CONTRATANTE: FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE JABOTI CNPJ nº 09.350.164/0001-13, situado na Praça Minas Gerais, 175, Jaboti Paraná, CEP 84.930-000. CONTRATADO: ROGERIO OTAVIO LOPES, inscrito pelo CNPJ nº. 08.362.817/0001-11, estabelecida a Rua XV de novembro 900, centro da Jaboti CEP Nº. 84.930-000. OBJETO: Aquisição pães, destinados a manutenção da Frota da Secretaria Municipal de Saúde de Jaboti. VALOR DO CONTRATO: R$ 4.599,00 (quatro mil quinhentos e noventa e nove reais). VIGENCIA: O prazo de vigência do contrato é a partir da data da sua assinatura em 05 de março de 2014 até 04 de março de 2015, podendo ser podendo ser prorrogado, mediante termo aditivo, nos termos da Lei 8.666/93 em conformidade com as necessidades da administração. Jaboti, 05 de março de 2014. Leandro Moreira dos Reis, Gestor do Fundo Municipal de Saúde de Jaboti. Contratado, Rogério Otavio Lopes, Responsável Legal EXTRATO DO CONTRATO Nº. 22/2014 REFERENTE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 06/2014 E A ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº. 18/2014 CONTRATANTE: FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL DE JABOTI, CNPJ nº. 14.738.677/0001-36, situado na Praça Minas Gerais 175, Jaboti Paraná, CEP 84.930-000. CONTRATADO: ROGERIO OTAVIO LOPES, inscrito pelo CNPJ nº. 08.362.817/0001-11, estabelecida a Rua XV de novembro 900, centro da Jaboti CEP Nº. 84.930-000. OBJETO: Aquisição gêneros alimentícios confeccionados em padaria e confeitaria, destinados a manutenção do departamento de Assistência Social. VALOR DO CONTRATO: R$ 4.599,00 (quatro mil quinhentos e noventa e nove reais). VIGENCIA: O prazo de vigência do contrato é a partir da data da sua assinatura em 05 de março de 2014 até 04 de março de 2015, podendo ser podendo ser prorrogado, mediante termo aditivo, nos termos da Lei 8.666/93 em conformidade com as necessidades da administração. Jaboti, 05 de março de 2014. Eliete Barbosa, Gestora do Fundo Municipal de Assistência Social de Jaboti. Contratado, Rogério Otavio Lopes, Responsável Legal EXTRATO DO CONTRATO Nº. 29/2014 REFERENTE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 08/2014 CONTRATANTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI, inscrito pelo CNPJ nº. 75.969.667/000104, situado na Praça Minas Gerais, 175, Jaboti Paraná, CEP 84.930-000. CONTRATADO: SAMP AUTOVEÍCULOS LTDA. CNPJ 78.066.800/0001-00, IE 51.301.181-45, localizada à Rua Deputado Benedito Lucio Machado, 31, em Santo Antonio da Platina – PR, CEP 86.430-000. OBJETO: Aquisição de um veiculo sedan zero km, na cor braca, ano de fabricação mínimo de 2013 e modelo 2014, com a potencia de 130 cavalos, Flex, Automático, ar condicionado, com freios ABS, Airbag duplo, rodas de liga leve aro 15, computador de bordo, piloto automático, radio CD mp3 integrado e vidros e travas elétricos. VALOR DO CONTRATO: R$ 58.400,00 (cinqüenta e oito mil e quatrocentos reais). VIGENCIA: O prazo de vigência do contrato é a partir da data da sua assinatura em 17 de março de 2014 até 31 de dezembro de 2014, podendo ser podendo ser prorrogado, mediante termo aditivo, nos termos da Lei 8.666/93 em conformidade com as necessidades da administração. Jaboti, 24 de março de 2014. Vanderley de Siqueira e Silva, Prefeito Municipal. Marcelo de Paula Schimidt, Representante Legal. EXTRATO DO CONTRATO Nº. 31/2014 REFERENTE À TOMADA DE PREÇO 03/2014 CONTRATANTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI, CNPJ n.º, 75.969.667/0001-04 Praça Minas Gerais, 175, Centro - Jaboti – PR. CONTRATADO: METROENGENHARIA CONSTRUTORA LTDA – ME, inscrito pelo CNPJ nº. 17.133.465/0001-13 estabelecido na Rua Nossa Senhora de Fátima, 1033, sala 3, centro da cidade de Siqueira Campos Paraná CEP 84.940-000. OBJETO: Execução de Obra de Calçamento do Bairro da Água Branca, referente ao Termo de Convênio nº 073/2013, celebrado entre o Estado do Paraná, por intermédio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano, O Serviço Social Autônomo PARANACIDADE e o Município de Jaboti, sob regime de empreitada por preço global, tipo menor preço, em consonância com os projetos, especificações técnicas e demais peças e documentos da licitação Tomada de Preço 03/2014. VALOR DO CONTRATO: R$ 339.675,22 (trezentos trinta e nove mil seiscentos e setenta e cinco reais e vinte e dois centavos). PRAZO DE EXECUÇÃO E DE VIGÊNCIA: O prazo de execução é de 180 (cento e oitenta) dias, contados a partir do 10° (décimo) dia da data da assinatura do Contrato e o prazo de vigência é de 240 (duzentos e quarenta) dias contados a partir da data da assinatura do contrato. DATA DA ASSINATURA DO CONTRATO: 08 de abril de 2014. Vanderley de Siqueira e Silva - Prefeito Municipal. Rodolfo Millarch Barbosa de Azevedo - Representante Legal. EXTRATO DO QUARTO TERMO ADITIVO DO CONTRATO N. 41/2012 REF. PREGÃO PRESENCIAL 32/2012 CONTRATANTE: FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE JABOTI, Pessoa jurídica de Direito Público Interno inscrito no Cadastro nacional da Pessoa Jurídica sob n.º, 09.350.164/0001-13 estabelecido na Praça Minas Gerais, s/n, nesta cidade. CONTRATADO: ALEXANDRE MACHADO OLIVEIRA, RG nº 6.136.965-1 e do CPF nº 026.377.32997 CRM nº 18552, residente na Rua Estevão Szulck 363, centro da cidade de Ibaiti. CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO DO TERMO ADITIVO: O Objeto do presente termo aditivo é a prorrogação do prazo de execução e de vigência do Contrato n. 41/2012. CLÁUSULA SEGUNDA – DA PRORROGAÇÃO: Fica prorrogado, mediante Termo Aditivo nº.4 do contrato de número 41/2012, a partir de 01 de abril de 2014 ate 31 de abril de 2014. CLAUSULA TERCEIRA – DA RATIFICAÇÃO: As partes ratificam as demais cláusulas presentes no contrato nº. 41/2012, desde que não colidam com as constantes neste termo aditivo. Jaboti, 31 de março de 2014. Leandro Moreira dos Reis Gestor do Fundo Municipal de Saúde. Alexandre Machado Oliveira, Contratado.

EXTRATO DO SEGUNDO TERMO ADITIVO DO CONTRATO N. 117/2013 REF. PREGÃO PRESENCIAL 63/2013 CONTRATANTE: FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE JABOTI, Pessoa jurídica de Direito Público Interno inscrito no Cadastro nacional da Pessoa Jurídica sob n.º, 09.350.164/0001-13 estabelecido na Praça Minas Gerais, s/n, nesta cidade. CONTRATADO: ALVARO CESAR BOGACZ, CNPJ 14.059.565/0001-59. Rua Betito de Oliveira, 102, centro da cidade de Jaboti, Estado do Paraná, CEP 84930-000. CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO DO TERMO ADITIVO: O Objeto do presente termo aditivo é a prorrogação do prazo de execução e de vigência do Contrato n. 117/2013. CLÁUSULA SEGUNDA – DA PRORROGAÇÃO: Fica prorrogado, mediante Termo Aditivo nº.2 do contrato de número 117/2013, a partir de 01 de abril de 2014 ate 31 de maio de 2014. CLAUSULA TERCEIRA – DA RATIFICAÇÃO: As partes ratificam as demais cláusulas presentes no contrato nº. 117/2013, desde que não colidam com as constantes neste termo aditivo. Jaboti, 31 de março de 2014. Leandro Moreira dos Reis Gestor do Fundo Municipal de Saúde. Alvaro César Bocacz, Contratado. EXTRATO DO SEGUNDO TERMO ADITIVO DO CONTRATO N. 118/2013 REF. PREGÃO PRESENCIAL 63/2013 CONTRATANTE: FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE JABOTI, Pessoa jurídica de Direito Público Interno inscrito no Cadastro nacional da Pessoa Jurídica sob n.º, 09.350.164/0001-13 estabelecido na Praça Minas Gerais, s/n, nesta cidade. CONTRATADO: ALVES E CHAVES DIAGNOSTICOS MÉDICOS LTDA, inscrito pelo CNPJ nº. 10.422.479/0001-08, estabelecida na Rua Rui Barbosa, 368, centro da cidade de Ibaiti, Paraná cep nº. 84.900.00,. CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO DO TERMO ADITIVO: O Objeto do presente termo aditivo é a prorrogação do prazo de execução e de vigência do Contrato n. 118/2013. CLÁUSULA SEGUNDA – DA PRORROGAÇÃO: Fica prorrogado, mediante Termo Aditivo nº.2 do contrato de número 118/2013, a partir de 01 de abril de 2014 ate 31 de maio de 2014. CLAUSULA TERCEIRA – DA RATIFICAÇÃO: As partes ratificam as demais cláusulas presentes no contrato nº. 118/2013, desde que não colidam com as constantes neste termo aditivo. Jaboti, 31 de março de 2014. Leandro Moreira dos Reis Gestor do Fundo Municipal de Saúde. Antonely de Cássio Alves de Carvalho, Contratado. EXTRATO DO SEGUNDO TERMO ADITIVO DO CONTRATO N. 119/2013 REF. PREGÃO PRESENCIAL 63/2013 CONTRATANTE: FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE JABOTI, Pessoa jurídica de Direito Público Interno inscrito no Cadastro nacional da Pessoa Jurídica sob n.º, 09.350.164/0001-13 estabelecido na Praça Minas Gerais, s/n, nesta cidade. CONTRATADO: HMS SERVIÇOS MÉDICOS S/S LTDA, inscrita pelo CNPJ nº. 09.070.609/0001-01, estabelecida na Rua Marechal Deodoro, 214, centro da cidade Siqueira Campos Pr, CEP 84.940-000. CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO DO TERMO ADITIVO: O Objeto do presente termo aditivo é a prorrogação do prazo de execução e de vigência do Contrato n. 119/2013. CLÁUSULA SEGUNDA – DA PRORROGAÇÃO: Fica prorrogado, mediante Termo Aditivo nº.2 do contrato de número 119/2013, a partir de 01 de abril de 2014 ate 31 de maio de 2014. CLAUSULA TERCEIRA – DA RATIFICAÇÃO: As partes ratificam as demais cláusulas presentes no contrato nº. 119/2013, desde que não colidam com as constantes neste termo aditivo. Jaboti, 31 de março de 2014. Leandro Moreira dos Reis Gestor do Fundo Municipal de Saúde. Hermes Miguel da Silva, Contratado. EXTRATO DO TERMO ADITIVO Nº 2 DO CONTRATO N. 48/2013 REF TOMADA DE PREÇO 02/2013 CONTRATANTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI, Pessoa jurídica de Direito Público Interno inscrito no Cadastro nacional da Pessoa Jurídica sob n.º, 75.969.667/0001-04- estabelecido na Praça Minas Gerais, 175, nesta cidade de Jaboti/PR. CONTRATADO: CONSTRUTURA C.A.S LTDA –ME, inscrita pelo CNPJ nº. 09.435.307/0001-90 sediada na Rua Jose Candido nº. 177, centro da cidade de Jaboti. CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO DO TERMO ADITIVO O Objeto do presente termo aditivo é a prorrogação do prazo de execução e de vigência do Contrato n. 48/2013 referente a prestação de serviços de licenciamento de uso de programas de informática e suporte técnico operacional para utilização no Exercício Municipal. CLÁUSULA SEGUNDA – DA PRORROGAÇÃO: Fica prorrogado, mediante Termo Aditivo nº 1o contrato de número 48/2013, a partir de 01 de abril á 31 maio de 2014. CLAUSULA TERCEIRA – DA RATIFICAÇÃO: As partes ratificam as demais cláusulas presentes no contrato nº. 48/2013, desde que não colidam com as constantes neste termo aditivo. Jaboti, 19 de dezembro de 2013. Vanderley de Siqueira e Silva Prefeito Município Carlos Avelino da Silva, Representante Legal EXTRATO DO TERMO ADITIVO Nº 5 DO CONTRATO N. º 08/2012 REF. PREGÃO PRESENCIAL 50/2011 CONTRATANTE: FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL DE JABOTI, CNPJ nº. 14.738.677/0001-36, situado na Praça Minas Gerais 175, Jaboti Paraná, CEP 84.930-000 CONTRATADA: ANDRESSA KUGLER IGLESIAS SIQUEIRA, RG 7.193.308-3, CPF 054.292.649-03, residente e domiciliado no Sitio Boa Sorte Bairro dos Maias, na cidade de Jaboti estado do Paraná. CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO DO TERMO ADITIVO: O Objeto do presente termo aditivo é a PRORROGAÇÃO do prazo de execução e de vigência do contrato nº. 08/2012. CLÁUSULA SEGUNDA – DA ALTERAÇÃO: Fica PRORROGADO, mediante Termo aditivo nº.5 o prazo de execução e de vigência do contrato nº 08/2012 a partir de 01 de abril de 2014 ate 31 de maio de 2014. CLAUSULA TERCEIRA – DA RATIFICAÇÃO: As partes ratificam as demais cláusulas presentes no contrato nº 08/2012, desde que não colidam com as constantes neste termo aditivo. Jaboti, 31 de março de 2014. , Eliete Barbosa Gestora do Fundo Municipal de Assistecia Social Andressa Kugler Iglesias Siqueira, Contratada.

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná RATIFICAÇÃO DO ATO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 012/2014 Ratifico o ato da Comissão de Licitação, nomeada através da Portaria nº.031 de 10 de março de 2014, que declarou Dispensável a Licitação, com fundamento no Art. 24, Inciso II, a favor da (s) empresa(s): KLEBER ARRABACA BARBOSA-ME - CNPJ Nº 11.507.711/0001-73 para Contratação de Empresa especializada para prestação de serviços de manutenção e concertos com reposição de peças novas nos computadores do tele centro e nos computadores do Departamento Municipal de Assistência Social/SEDE/CRAS, importa em R$ - 1.865,00 (um mil oitocentos e sessenta e cinco reais) sendo R$ 661,00 (seiscentos e sessenta e um reais) em prestação de serviços e o valor de R$1.204,00 (um mil duzentos e quatro reais) em peças, face ao disposto no Art. 26 da Lei nº 8.666/93, vez que o processo se encontra devidamente instruído. PUBLIQUE-SE Jundiaí do Sul – PR, 08 de abril de 2014 Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal


EDITAIS A 7

Q U A R T A - F E I R A , 0 9 D E A B R I L D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 2 3

SALTO DO ITARARÉ TERMO DE HOMOLOGAÇÃO Tendo em vista as manifestações e atos precedentes, face aos autos do presente Processo Licitatório, referente ao Pregão Presencial 010/2014, HOMOLOGO o pro-cedimento licitatório, com fundamento no Inciso VI, do art. 43, da Lei nº 8.666/93. Salto do Itararé, 7 de abril de 2014. ISRAEL DOMINGOS PREFEITO MUNICIPAL TERMO DE HOMOLOGAÇÃO Tendo em vista as manifestações e atos precedentes, face aos autos do presente Processo Licitatório, referente ao Pregão Presencial 011/2014, HOMOLOGO o pro-cedimento licitatório, com fundamento no Inciso VI, do art. 43, da Lei nº 8.666/93. Salto do Itararé, 21 de março de 2014. ISRAEL DOMINGOS PREFEITO MUNICIPAL

EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇO 18/2014 REFERENTE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 06/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI, CNJP Nº. 75.696.667/0001-04, situado na Praça Minas Gerais 175, Jaboti Paraná, CEP 84.930-000. BENEFICIARIO ROGERIO OTAVIO LOPES, inscrito pelo CNPJ nº. 08.362.817/0001-11, estabelecida a Rua XV de novembro 900, centro da Jaboti CEP Nº. 84.930000. OBJETO: Registro de Preços aquisição de gêneros alimentícios confeccionados em pararia e confeitaria, visando futuras aquisições destinados a manutenção da Secretaria Municipal de Educação Cultura e Esporte, da Secretaria Municipal de Viação, Obras, Urbanismo e Serviços Públicos, Secretaria Municipal de Administração e Finanças, Secretaria municipal de Agricultura Pecuária e Meio Ambiente, Departamento de Assistência Social e da Secretaria Municipal de Saúde para exercício de 2014. Lote Item Código do produto/serviço Descrição do produto/serviço Unidade de Quantidade Preço Preço total medida unitário 1

1

4989

PÃO TIPO FRANCES EM FORMATO FUSIFORME E COM PESTANA, COM APROX. 50 G.

KG

2.510,00

7,30

18.323,00

2

1

4995

APRESUNTADO NIVEL MINIMO DE GORDURA

KG

20,00

16,00

320,00

2

2

5062

QUEIJO TIPO MUSSARELA FATIADA

KG

20,00

20,63

412,60

2

3

9012

ROCAMBOLE DOCE DE LEITE - QUILO

KG

25,00

18,00

450,00

2

4

9013

ROCAMBOLE DOCE DE GOIABA QUILO

KG

25,00

17,66

441,50

2

8

9017

BOLACHA DE NATA, OU LEITE OU CHOCOLATE

KG

15,00

19,33

289,95

2

9

9018

BOLO DE FUBÁ - QUILO

KG

20,00

14,50

290,00

2

10

9019

BOLO DE CHOCOLATE - QUILO

KG

20,00

15,33

306,60

2

11

9020

BOLO DE CENOURA - QUILO

KG

30,00

15,00

450,00

21.283,65 VIGENCIA: VIGENCIA: O prazo de vigência do contrato é a partir da data da sua assinatura em 05 de março de 2014 ate 04 de março de 2015. FORO: Comarca de Tomazina, Estado do Paraná. Jaboti, 05 de março de 2014. Vanderley Siqueira Silva, Prefeito Municipal de Jaboti. Rogério Otavio Lopes, Representante Legal.

JUNDIAÍ DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL ESTADO DO PARANÁ DECRETO N. º 009/2014 SUMULA: REGULAMENTA A LEI Nº 440/2013, DE 12 DE JUNHO DE 2013, QUE DISPÕE SOBRE A INSPEÇÃO SANITÁRIA E INDUSTRIAL DOS PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL. O Prefeito Municipal de Jundiaí do Sul, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e na forma do art. 73, inciso X da Lei Orgânica Municipal e da Lei Municipal nº 440/2013 de 12 de junho de 2013. DECRETA: I. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O presente Regulamento estabelece as normas que regulam, em todo o território do Município de Jundiaí do Sul, a inspeção e a fiscalização industrial e sanitária para produtos de origem animal, destinadas a preservar a inocuidade, a identidade, a qualidade e a integridade dos produtos e a saúde e os interesses do consumidor. [...]

EXTRATO DO TERMO ADITIVO Nº.7 DO CONTRATO N. 120/2009 REF. PREGÃO PRESENCIAL 29/2009 CONTRATANTE: FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE JABOTI, Pessoa jurídica de Direito Público Interno inscrito no Cadastro nacional da Pessoa Jurídica sob n.º, 09.350.164/0001-13 estabelecido na Praça Minas Gerais, s/n, nesta cidade. CONTRATADA: ERICA GONÇALVES PORFIRIO, RG. 871548-0, CPF. Nº 057.054.889-63, CREFITO 4193 LTT-F residente e domiciliada a Avenida Tiradentes, centro da cidade de Jaboti, estado do Paraná, CEP 84.930-000. CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO DO TERMO ADITIVO: O Objeto do presente termo aditivo é a prorrogação do prazo de execução e de vigência do Contrato n. 120/2009 CLÁUSULA SEGUNDA – DA PRORROGAÇÃO: Fica prorrogado, mediante Termo Aditivo nº 6 o contrato de número 120/2009, a partir de 01 d abril de 2014 ate 24 de maio de 2014. CLAUSULA TERCEIRA – DA RATIFICAÇÃO: As partes ratificam as demais cláusulas presentes no contrato nº. 120/2009, desde que não colidam com as constantes neste termo aditivo. Jaboti, 31 de março de 2014. Leandro Moreira dos Reis Gestor do Fundo Municipal de Saúde. Érica Gonçalves Porfírio, Contratada.

Art. 630 – Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Jundiaí do Sul, 08 de abril de 2014. MARCIO LEANDRO DA SILVA Prefeito Municipal Observação: Os anexos I,II,III e os artigos 2º ao 629 constantes deste Decreto, serão publicados no Átrio e no site do Município e a disposição dos interessados junto a esta administração.

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUK ESTADO DO PARANÁ DECRETO Nº . 010/2014 Súmula: Dispõe sobre o pagamento dos recursos pecuniários e demais obrigações assumidas com o projeto “Mais Médicos para o Brasil”, no âmbito do Município de Jundiaí do Sul - Paraná e dá outras providências. O Prefeito do Município de Jundiaí do Sul – Estado do Paraná, no uso de suas atribuições, e Considerando a instituição, por meio da Medida Provisória nº 621/2013, do projeto “Mais Médicos para o Brasil”, no âmbito do “Programa Mais Médicos”, que tem por finalidade garantir atenção à saúde às populações em situação de vulnerabilidade econômica e social, inclusive nas capitais e regiões metropolitanas; Considerando que a Medida Provisória nº 621/2013, fora convertida em Lei pelo Congresso Nacional, Lei n. 12.871/2013; Considerando que, no projeto “Mais Médicos para o Brasil”, a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios atuarão de forma articulada e em cooperação com instituições de educação superior, programas de residência médica e escolas de saúde, objetivando prover as regiões prioritárias para o Sistema Único de Saúde - SUS de serviços de atenção básica à saúde e proporcionar o aprimoramento profissional de médicos neste segmento, mediante integração ensino-serviço; Considerando que a Portaria Interministerial nº 1369/2013 MS/MEC, que regulamenta o Projeto, atribui aos Municípios elegíveis contemplados pelo Programa, o ônus relativos ao adimplemento com os custos de moradia, transporte e alimentação dos médicos participantes; Considerando que a Portaria n. 23/2013 da SGTES/MS estabelece parâmetros mínimos e procedimentos a serem observados pelo Distrito Federal e pelos Municípios que tenham efetivado adesão ao projeto “Mais Médicos para o Brasil”, no cumprimento dos deveres e exercício das competências que lhes são inerentes em conformidade com a Portaria Interministerial/MS/MEC nº 1.369, de 8 de julho de 2013, em especial nos artigos 9º, 10, 11, quanto à recepção, deslocamento, garantia de moradia, alimentação e água potável aos médicos participantes do Projeto; Considerando que o Município de Jundiaí do Sul - PR manifestou interesse em participar do Projeto e, para tanto, celebrou o respectivo termo de adesão e compromisso, na forma do Edital nº 39/2013, da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde/Ministério da Saúde; DECRETA: ART. 1º. Aos médicos participantes do projeto “Mais Médicos para o Brasil” alocados para atuação no Município de Jundiaí do Sul, serão assegurados alimentação, transporte, moradia e fornecimento de água potável. ART. 2º. O fornecimento de moradia aos médicos participantes do projeto “Mais Médicos para o Brasil” poderá ser feito nas seguintes modalidades: I. Imóvel físico II. Recurso pecuniário, ou III. Acomodação em hotel ou pousada. § 1º. As modalidades de que tratam os incisos I e II deste artigo devem ser prioritárias nas situações em que o médico participante esteja acompanhado dos familiares. § 2º. Na modalidade prevista no inciso I deste artigo, o imóvel poderá ser do município ou locado e deverá ter padrão suficiente para acomodação do médico e seus familiares. § 3º. Na modalidade de que trata o inciso II deste artigo, o município adotará, como referência para o recurso pecuniário para locação de imóvel, em padrão suficiente para acomodar o médico e seus familiares, o valor de R$500,00 (quinhentos reais) mensais observados os padrões mínimos e máximos da Portaria 23/2013 da SGTES/MS. § 4º. Na modalidade prevista inciso II deste artigo, o médico participante deverá comprovar que o recurso pecuniário está sendo utilizado tão somente para a finalidade de despesa com moradia, encaminhando cópia do contrato de locação de imóvel ou qualquer outro instrumento hábil à comprovação de utilização do recurso com custeio de sua moradia. § 5º. Na modalidade prevista no inciso III, o Município deverá disponibilizar acomodação em hotel ou pousada para os médicos participantes, mediante anuência destes, por escrito, quanto a aceitação

por esta opção de moradia em detrimento daquelas previstas nos incisos I e II deste artigo. ART. 3º. Caberá ao Departamento Municipal de Saúde definir qual a modalidade de moradia que será fornecida ao médico participante. ART. 4º. A oferta de moradia aos médicos participantes do Projeto Mais Médicos para o Brasil deverá atender às condições mínimas de habitabilidade e segurança. ART. 5º. São critérios para aferição de condições mínimas de habitabilidade: I. Infraestrutura física e sanitária do imóvel em boas condições; II. Disponibilidade de energia elétrica; III. Abastecimento de água. § 1º. Os critérios previstos neste artigo devem ser assegurados em qualquer das modalidades de oferta de moradia de que trata o art. 2º deste Decreto. §2º. A moradia deve ser disponibilizada em plenas condições de uso para o médico participante quando da chegada deste no Município para início das atividades. ART. 6º. O município providenciará o deslocamento dos médicos participantes desde o aeroporto mais próximo até as respectivas moradias, quando da chegada destes para início das atividades e disponibilizará transporte adequado e seguro para ao local de desenvolvimento das atividades de rotina do Projeto, para os locais de difícil acesso, quando necessário. ART. 7º. O fornecimento de alimentação ao médico participante deverá ser feito mediante: I. Recurso pecuniário; ou II. “In natura”. ART. 8º. Fica estabelecido o valor de R$500,00 (quinhentos reais) mensais para o fornecimento de alimentação mediante recurso pecuniário, observados os padrões mínimos e máximos da Portaria 23/2013 da SGTES/MS (parâmetros mínimo e máximo os valores de R$ 371,00 (trezentos e setenta e um reais) e R$ 500,00 (quinhentos reais). ART. 9º. Na hipótese do município adotar o fornecimento de alimentação in natura o Departamento Municipal de Saúde deverá providenciar a observância do “Guia alimentar para a população brasileira: promovendo a alimentação saudável” do Ministério da Saúde (Secretaria de Atenção à Saúde, Coordenação Geral da Política de Alimentação e Nutrição. Brasília: Ministério da Saúde, 2006) e celebrar acordo formal com o médico participante. ART. 10. Será assegurado ao médico participante água potável no decorrer de suas atividades no projeto “Mais Médicas para o Brasil”. ART. 11. Os recursos pecuniários serão pagos aos médicos participantes com atuação no município até o 5º dia útil do mês, mediante depósito em conta corrente. Parágrafo Único. O médico participante deverá fornecer, no prazo de 10 (dez) dias da publicação deste Decreto, ao Departamento Municipal de Saúde ou ao Departamento de Planejamento e Finanças, os dados bancários para pagamento dos recursos pecuniários de que tratam o § 3º, do artigo 2º e artigo 8º deste decreto. ART. 12. Os pagamentos previstos e demais obrigações decorrentes deste decreto e compromisso assinados como Ministério da Saúde não gera para o médico participante, vínculo empregatício de qualquer natureza com o Município. ART. 13. Os pagamentos dos recursos pecuniários de que trata este Decreto tem natureza de verba meramente indenizatória, não configurando, em hipótese alguma, retribuição ou contraprestação por serviços prestados. ART. 14. O médico participante perderá o direito à percepção da complementação pecuniária nas seguintes hipóteses: I. Abandono ou desistência do Projeto; II. Desligamento do Projeto. Parágrafo Único. A ausência injustificada do médico participante de suas atividades, por prazo superior a 30 (trinta) dias, ensejará a suspensão do benefício e a notificação do ocorrido à Coordenação do Projeto. ART. 15. As obrigações assumidas em decorrência da adesão do município ao projeto “Mais Médicos para o Brasil” serão custeadas, pelo município, até o encerramento do Projeto ou enquanto estiver em vigor e eficaz, o Termo de Adesão e Compromisso celebrado com a União, por meio do Ministério da Saúde. ART. 16. As despesas decorrentes da aplicação deste Decreto correrão à conta das verbas orçamentárias próprias, previstas para o Departamento Municipal de Saúde, neste exercício e nos subseqüentes. Parágrafo Único. A Divisão de Contabilidade do Município deverá providenciar a abertura de dotação orçamentária específica para fazer frente às despesas decorrentes deste decreto acaso não exista previsão no orçamento. ART. 17. O diretor do Departamento Municipal de Saúde poderá expedir as instruções complementares que se fizerem necessárias ao fiel cumprimento deste Decreto. ART. 18. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Jundiaí do Sul PR, em 08 de Abril de 2014.

Marcio Leandro da Silva Prefeito


Q U A R T A - F E I R A , 0 9 D E A B R I L D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 2 3

DESTAQUES A 8 LUCAS ALEIXO - FOLHA EXTRA

Uma rotina

especial Dia a dia da Escola Especial Salomão Andraus, em Wenceslau Braz, é marcado por amor dos lunos pela instituição e dedicação total de professores e funcionários LUCAS ALEIXO Wenceslau Braz

Alunos com celular na sala de aula, alerta para “namorinhos” e adolescentes que não querem usar uniformes – ou só os colocam para entrar na escola. A rotina é de uma instituição de ensino público comum, exceto por um detalhe: todos os alunos têm necessidades especiais. A instituição em questão é a Escola Especial Salomão Andraus, de Wenceslau Braz, que atende há mais de 30 anos exclusivamente alunos com algum tipo de deficiência intelectual. A rotina da escola começa às 8h, quando boa parte dos 151 alunos matriculados chega para o período da manhã. Antes do início das atividades, porém, os alunos tomam um café da manhã reforçado. “Muitos dos alunos não tomam café em casa, então para começar bem o dia a gente oferece um café da manhã completo para os alunos”, destaca a vicediretora e coordenadora pedagógica da escola, Maria Apareci-

da Toniazzo. Depois disso, as turmas, divididas por idade e nível de desenvolvimento, vão para as aulas. Entre ensino regular e profissionalizante, os alunos ainda desfrutam de aulas de música, arte, educação física e informática. Detalhe: enquanto o aluno mais novo tem apenas 8 meses, o mais velho tem 56 anos. Apesar disso, Maria Aparecida faz questão de relatar que boa parte das questões vividas em colégios de ensino regular também passa ali. “Temos problemas com celulares na sala de aula, alunos com paquerinha e tudo que acontece em uma escola regular se repete aqui”. No entanto, a diretora da instituição, Sirilei da Silva Camargo, faz questão de apontar uma grande diferença. “Aqui os alunos adoram a escola e não há indisciplina ou desrespeito com os professores, como infelizmente tem acontecido em algumas escolas”. Atualmente, apenas uma das turmas fica em tempo integral na escola, que anualmente “libera” de oito a 10 alunos para o ensino regular. Outro ponto

ESPECIAL

Alunos recebem grande atenção durante aulas onde a instituição prima pela independência é com relação ao transporte. “Deixamos os alunos que conseguem vir para a escola por conta, seja a pé ou de circular, porque é importante tenham essa independência e convívio com o mundo exterior”, explica Sirilei, advertindo porém, que o ensino regular para deficientes intelectuais não é o certo. “Existe um limite nessa independência. Quando há a possibilidade, fazemos questão de mandar

Copel 60 anos. Energia para o presente. Tecnologia para o futuro.

os alunos para escolas regulares, agora a maioria precisa de atenção especial. O que vemos em outros estados onde as escolas especiais acabaram são os exalunos abandonando o ensino, por mil questões, como bullying e a falta de atenção a eles, por exemplo”. Para ingressar na escola, os alunos passam por uma avaliação multidisciplinar, com assistente social, psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta e terapeuta ocupacional. Uma vez matricu-

lados, eles contam diariamente com todo esse aparato a seu dispor, além de pediatra uma vez por semana e neurologista mensalmente. As famílias também recebem orientação desta equipe individualmente, de forma a melhor atender os alunos nos lares. Assim, a conclusão que se pode chegar é que o que de fato é especial é o tratamento que esses alunos recebem – e a forma com que retribuem aos profissionais que tanto se dedicam a eles.

Arte na Folha Extra Hoje a obra do artista José Savogin reproduzida no layout da Folha Extra é a tela “Menino e Menina no Pilão”, pintada em acrílico no ano de 1999.

www.copel.com

Rafael Francisco Pereira, Leiturista da Copel desde 2010.

A Copel completa 60 anos e o Paraná completa uma marca ainda mais impressionante. Agora o nosso Estado é 100% digital, o primeiro do país com fibra óptica em todas as regiões. E é por isso que a gente pode dizer com muito orgulho: quando a tecnologia da Copel chega a todos os paranaenses, o futuro chega junto.

Ed 1123  

Ed 1123

Advertisement