Page 1

20 DE MARÇO DE 2014

A1

Q U I N T A - F E I R A , 2 0 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 3

QUINTA-FEIRA nº 1113, ANO 10 R$ 2,00

WENCESLAU BRAZ

Escola deve beneficiar 600 alunos em 2015 A retomada da construção da escola da vila Santa Madalena, em Wenceslau Braz, representa a melhoria na qualidade do ensino para cerca de 600 alunos, que deverão ter aulas na nova instituição de ensino, se o cronograma não falhar, a partir já de

2015. Qualquer construção de uma escola é sempre importante, mas essa significa mais para a rede de ensino municipal de Wenceslau Braz: será de uso exclusivo do município, não abrigando colégios estaduais no mesmo espaço físico. PÁGINA A8 DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Fábrica da Klabin é símbolo dos novos tempos do Paraná, afirma Richa

Taxistas de Ibaiti recebem os primeiros táxis financiados pela Fomento Paraná na cidade Os primeiros táxis financiados pela Fomento Paraná no município de Ibaiti foram entregues aos proprietários nesta semana. O agente de crédito Reinaldo Fernandes Ribeiro acompanhou os taxistas Estevan Cezar de Oliveira e Rosinei Veronez de Aguiar na retirada dos novos veículos da concessionária. PÁGINA A8 DIVULGAÇÃO

SIQUEIRA CAMPOS

O governador Beto Richa (PSDB) afirmou nesta quarta-feira (19), no lançamento da pedra fundamental da fábrica da Klabin em Ortigueira que o empreendimento, considerado o maior investimento privado da história do Estado, é emblemático do novo tempo de desenvolvimento econômico e social do Paraná.

PÁGINA A3

ALERTA

Com outono, previsão é de geadas já na segunda quinzena de abril no Paraná

Jovem que se matou tinha histórico de agressões contra marido Vítima de si própria, ou da própria insanidade. Esse é o trágico caso de Gabriela de Souza Sene, a jovem de 25 anos que atirou contra a cabeça após disparar contra o marido, o soldado da Polícia Militar Rinaldo Alberto Sene, também de 25 anos. O caso que chocou não só Siqueira Campos, local onde aconteceu a tragédia, mas também a toda a região e a classe militar, porém, não foi um fato meramente isolado na vida do casal, que era casado há aproximadamente três anos. PÁGINA A5

Prefeito Taidinho faz entrega de kimonos

Prefeitura brazense entrega kimonos para crianças de projeto social

O Instituto Simepar divulgou nesta quarta-feira (19) a previsão do tempo para o Outono, que começa hoje. A estação será típica no quesito chuvas, que devem se concentrar mais em maio que em abril e junho. Com as temperaturas em queda, o risco de geadas no Paraná, segundo o Simepar, começa já na segunda quinzena de abril. PÁGINA A3

ARTIGO

Nessa quarta-feira (19) foi realizada a entrega de kimonos para as crianças atendidas pelo projeto que ensina Karatê para crianças do CRAS (Centro de Referencia a Assistência Social) de Wenceslau Braz. Na entrega estavam presentes o prefeito do município, Atahyde Ferreira dos Santos, o Taidinho (PSD) e a primeira dama, além da secretária municipal da Assistência Social, Claudete Costa.

Prejuízo para a educação

PÁGINA A6

PÁGINA A2


Q U I N T A - F E I R A , 2 0 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 3

Prejuízo para a educação Por VINICIUS DE AZEVEDO Folha Extra DIVULGAÇÃO

Como ser justo com uma classe tão importante e ao mesmo tempo tão negligenciada quanto os professores? Para mim, a profissão exige uma série de fatores que não condizem com os pagamentos que recebem. Um professor estuda, se forma e se especializa tudo para ter um salario digno, nada de exorbitante. Qual profissão tem mais responsabilidade do desenvolvimento intelectual e profissional das pessoas do que o professor? São horas e horas em salas de aula, muitas vezes superlotadas, em épocas de provas são noites corrigindo provas, enfrentando mais que limitações, recebendo os alunos com seus preconceitos, religiões, manias, traumas e em alguns casos sua falta de interesse. Se o índice de reprovação é grande, tendem a culpá-lo, mas durante o ano pouco se faz para que o trabalho do professor em sala seja digno. E tem quem diga que sua vida é fácil, porque têm os finais de semana de folga, duas férias ao ano. Mas a simples ideia de ter de explicar a um grupo de 40 pais numa sala que seus filhos não atingiram boa nota, muitas vezes por motivos alheios aos professores, dá calafrios em qualquer um. Então é justo e direito que essa classe, injustiçada e mal remunerada lute por seus direitos, por melhores condições de trabalho e remuneração. Mas pro outro lado penso que, com as paralisações,

muitas vezes promovidas pelos professores para pressionar o governo a tomar uma atitude, prejudicam pessoas que não tem a ver com essa briga, os alunos. Os professores poderiam protestar sim, mas que tentassem fazer isso de uma forma que prejudicasse só o sistema e não os alunos em si. Em São Paulo as constantes greves dos metros e trens fazem os transportes da cidade, que já são caóticos, virarem verdadeiras cruzadas para quem esta tentando ir trabalhar. Sempre digo que esses funcionários deveriam para exigir do governo providências, continuar o serviço, mas com as catracas livres, prejudicando assim o verdadeiro culpado pelas condições de trabalho irregulares, as empresas. Sei que a situação não se aplica aos professores, mas se os valores e horários praticados pelo governo ou instituição que eles representam não pagam como eles acham que devem, que os professores achem um meio de pressionar os verdadeiros culpados pela fase que a educação brasileira enfrenta, e não os alunos, que são também vitimas do sistema.

Comente o artigo http://issuu.com/ folhaextra

CHARGE DA EXTRA

A2

OPINIÃO

O culpado pela carga tributária Por HENRIQUE BARROS Jornal do Leitor

M

uito se fala a respeito da alta carga tributária brasileira, de como ela onera nossos produtos e como torna difícil a vida dos empresários na tentativa de sobreviver a um mercado cada vez mais competitivo. Alguns defendem que o Brasil possui a maior carga tributária do mundo, outros defendem que ficamos em segundo ou terceiro lugar. Na verdade isso não importa muito, pois figurar entre as cinco primeiras já denota bastante sacrifício na vida dos contribuintes. Mas de quem é culpa por uma carga tão pesada? Primeiro precisamos esclarecer que a carga tributária recai com toda sua força e peso nas costas do consumidor e do contribuinte comum e não dos empresários. Afinal toda carga que recai sobre eles é redirecionada ao preço final de todos os produtos e serviços sendo arcada pelo consumidor. É claro que se as indústrias e empresas “pagassem” menos impostos poderiam não repassá-los aos seus custos e isso acarretaria em uma diminuição dos preços finais, ocasionando, assim, um aumento no consumo e conseqüentemente, na produção. Mas isso seria discussão para um outro momento. Por ora gostaria de levantar a discussão sobre quem é, ou quem são os culpados por tamanha carga tributária. Matéria de extrema relevância no Direito Tributário, os princípios do Direito Tributário

podem nos dar uma pista ou um norte no sentido de alcançar a resposta desejada. Reza o princípio da legalidade, expresso na Constituição Federal, em seu art. 5º, inciso II, que ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei. Este é um princípio constitu-

Ora, se apenas o Legislativo pode criar ou majorar tributos então é dele a culpa pela alta carga tributária de nosso país, correto? Em parte. Pois somos nós que escolhemos o nosso poder legislativo. Apesar das discrepâncias eleitorais criadas pelo instituto do coeficiente eleitoral, somos nós que esco-

eleitores. E essa é uma das grandes máculas de nosso processo eleitoral. Mácula esta que está intimamente ligada com o nosso dia-a-dia e com a carga tributária brasileira. Afinal, neste país, pagamos sempre duas vezes por tudo. Pagamos nossos tributos para receber a contrapartida em educação, saúde,

Mas não é o Poder Legislativo quem tem interesse, a princípio, de criar ou aumentar tributos. Estes são usados, em regra, para o custeio do Estado em toda sua atuação (educação, saúde, segurança, etc.), ou seja, são de direto interesse do Poder Executivo com o intuito de dar sustento a sua atuação. cional que já deixa claro que não seríamos obrigados a fazer algo (pagar um tributo) senão por força de lei. Mas o Direito Tributário vai mais fundo e no princípio da estrita legalidade nos diz que nenhum tributo poderá ser criado ou majorado senão por força de lei. Sendo assim, a única maneira de se criar ou de se alterar para mais um tributo é através da força de um ato legislativo. Mas não é o Poder Legislativo quem tem interesse, a princípio, de criar ou aumentar tributos. Estes são usados, em regra, para o custeio do Estado em toda sua atuação (educação, saúde, segurança, etc.), ou seja, são de direto interesse do Poder Executivo com o intuito de dar sustento a sua atuação. Neste sentido é sob provocação do Executivo que o legislador se vê compelido a apreciar a matéria em questão.

lhemos os nossos representantes nas Assembléias Legislativas e na Câmara dos Deputados. Neste sentido, é NOSSA a culpa pelo peso que carregamos. O brasileiro, de forma geral, não acompanha o trabalho de seus “representantes” após as eleições. Queixa-se de pagar tanto, mas não se aprofunda na questão do motivo pelo qual paga tanto. A reforma política se faz necessária para verificar o motivo de termos uma minoria eleita pelo próprio voto e uma grande massa de políticos arrastada para nos representar sem ter tido votos suficientes para tanto. Artistas, jogadores de futebol, pessoas famosas e outras figuras estranhas aos processos que envolvem o ato legislativo são envolvidas no processo eleitoral para levar em suas costas políticos profissionais e descompromissados com “seus”

segurança e depois pagamos novamente para ter educação particular, planos de saúde e previdência privada, grades e alarmes em nossas casas e assim por diante. Diante de tais fatos torna-se de extrema importância a atenção para o grande custo do nosso voto. O custo de eleger pessoas descompromissadas com nossas reais preocupações e o custo altíssimo do não acompanhamento do trabalho dos eleitos. O voto, além de obrigatório, é caro!

Comente o artigo http://issuu.com/ folhaextra

O amor e outras drogas Por HUGO RODRIGUES

Escritor

E

u sou uma pessoa comum. Tenho aflições comuns e anseios normais como qualquer bancário ou advogado. Vivo atrasado como qualquer motoboy e, vez em quando, sou paciente como médicos em noites de plantão. Sofro pelo amor como uma manicure em TPM ou juiz de futebol em dias de final de campeonato. E morro de medo – como uma criança vendo filme de terror – de um dia você enjoar da minha presença. Sou fascinado por músicas francesas e por meninas de saias longas. Apequeno meus olhos já pequenos quando fumo cannabis. E adoro chocolates com refrigerante. Adoro quebrar paradigmas. Circulo entre o que sou e o que dizem ser. Ouço

Beatles e Sandy&Jr. Admiro o Matanza, mas também bato palma para o Forfun. Leio Fernando Pessoa e malho pesado na academia. Tenho aparência de marginal, mas me derreto todo ao brincar com as crianças. Sou recheado de tatuagens, mas escrevo poesias. Falo palavrões aos berros, mas, também, faço declarações puras ao pé do ouvido. Sorrio do mundo e tenho recíproca. Sorrio ao mundo e amo a vida. Digo besteiras demais quando fico acordado até tarde. E acordo de mau humor quando é muito cedo – que pode ser sete da manhã ou duas da tarde. Mas se recebo um sol ou um cafuné de bomdia, a vida me parece uma eterna gargalhada alucinógena. Quando vou te ver, nunca sei se

coloco o tênis cano alto ou vou de chinelo mesmo tentando parecer qualquer falso despretensioso que acha normal alguém como você rir das piadas sem graça de um cara como eu. Mas por dentro, entre meus órgãos e pensamentos, tudo está em transe como um daqueles loucos da bolsa de valores em dias de queda da Nasdaq. Mas sei ser sereno, também, quando teus olhos me acalmam como uma tarde em Itapuã ou como nas vezes que você me coloca em teus braços e me transporta para o melhor spa que já inventaram: o teu colo. Ali, pareço um drogado no auge do relaxamento entorpecido pelos teus carinhos. Aí percebo que, talvez, o amor – aquele verdadeiro que não

foge na primeira discussão, que entende as lágrimas femininas sem motivo aparente e que perdoa o estresse masculino com coisas fúteis – seja a droga mais procurada do mundo. A maconha boa é aquela direto da planta, sem alterações. A cocaína boa é aquela fina e branca, se possível, direto da Colômbia. Uísque bom é tomado no copo baixo, sem gelo, apenas uma boa dose de Jack Daniels ou afins. E o amor bom é aquele puro, sem adulterações ou farsas. Aquele que sai direto do peito e do fundo da alma.

Comente o artigo http://issuu.com/ folhaextra


Q U I N T A - F E I R A , 2 0 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 3

A3

ESTADO

DESENVOLVIMENTO

Fábrica da Klabin é símbolo dos novos tempos do Paraná, afirma Richa O projeto Puma, como é conhecido, é apoiado pelo governo estadual, por meio do programa Paraná Competitivo. Serão aplicados R$ 6,8 bilhões, dos quais R$ 5,8 bilhões na construção da fábrica. Cerca de R$ 776 milhões serão investidos em infraestrutura da região, em parceria com o Estado DIVULGAÇÃO

DAS AGÊNCIAS

NOVAS RECEITAS O governador Beto Richa (PSDB) afirmou nesta quartafeira (19), no lançamento da pedra fundamental da fábrica da Klabin em Ortigueira que o empreendimento, considerado o maior investimento privado da história do Estado, é emblemático do novo tempo de desenvolvimento econômico e social do Paraná. O projeto Puma, como é conhecido, é apoiado pelo governo estadual, por meio do programa Paraná Competitivo. Serão aplicados R$ 6,8 bilhões, dos quais R$ 5,8 bilhões na construção da fábrica. Cerca de R$ 776 milhões serão investidos em infraestrutura da região, em parceria com o Estado. A fábrica vai produzir 1,5 milhão de toneladas de celulose tipo fluff por ano e a previsão é que comece a funcionar no primeiro trimestre de 2016. “Hoje é um dia especial, porque além do início da construção desta fábrica, há a consagração do valor do diálogo, do respeito e da segurança jurídica traduzidos em investimentos, público e privado, para o bem da população”, afirmou o governador, na presença do presidente da Klabin, Fábio Schvartsman, diretores da empresa, dos diretores do BNDES, Roberto Zuli e Julio Ramundo, lideranças do setor produtivo do Paraná, prefeitos e lideranças da região.

Nova fábrica da Klabin é considerado o maior investimento privado da história do Paraná Ele ressaltou que essa postura do governo estadual permitiu a criação de um ambiente receptivo aos negócios, que resulta na atração de cerca de R$ 30 bilhões em novos investimentos industriais, com potencial para criar 188 mil novos empregos, sendo que mais de 70% no interior. “Não se trata apenas de industrialização, mas de interiorização dos investimentos, de levar e consolidar dinamismo a regiões e a municípios”, afirmou. “Contamos, desde o início do projeto, com um apoio sem paralelos do Governo do Estado. O governador Beto Richa teve uma atuação decisiva para a construção desta fábrica em Ortigueira”, afirmou o presidente da Klabin, Fábio Schvartsman. Ele afirmou que o início das obras é um

grande momento para a Klabin, que tem 115 de história e completa neste ano 80 anos de presença no Paraná. “Com este empreendimento, vamos reforçar a exportação de celulose e nos tornaremos uma das empresas mais produtivas do mundo na área. A construção do Projeto Puma mostra que a Klabin continua se renovando e se lança em projetos de grande porte, com esta planta que dobrará o tamanho da empresa”, afirmou ele. TRABALHO No pico da obra de construção da nova fábrica, a Klabin empregará 8,5 mil pessoas, dos quais 85% paranaenses, a maior parte dos municípios da região. Segundo a empresa, 1,6 mil pessoas já foram capacitadas, com curso gratui-

tos, em parceria com o governo estadual. Quando entrar em atividade, a unidade de Ortigueira vai criar 1,4 mil postos diretos de trabalho. A empresa vai gerar R$ 700 milhões em impostos na fase de investimento e R$ 300 milhões anuais quando entrar em atividade. O empreendimento conta também com um inédito acordo para a divisão do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) gerado pela fábrica. O ICMS será repartido entre Ortigueira e outros 11 municípios fornecedores de matéria-prima. “Com esse projeto, e mais os investimentos públicos em todos os setores, a melhoria da qualidade de vida das pessoas terá ainda mais ganho. É a consequência natural deste

tipo de parceria”, afirmou o governador. Ele explicou que, na região, o governo estadual possui obras já concluídas ou em andamento, que somam R$ 1,1 bilhão em investimentos públicos, nas áreas de saneamento, infraestrutura, habitação, saúde, segurança, educação, meio ambiente. Estão sendo ofertados cursos gratuitos de treinamento e capacitação, cursos técnicos de nível implantados nas escolas estaduais e outros cursos ofertados em parceria da Klabin com instituições de ensino profissional. “A soma dos esforços do governo, a recuperação da confiança dos empreendedores, a parceria entre os setores público e privado representam o resgate econômico e social desta importante região”, disse Richa.

Um convênio assinado entre o Governo do Estado, Klabin e os municípios da região definiu que o ICMS proveniente das operações da nova fábrica de celulose seja dividido entre doze municípios dos Campos Gerais e Norte Pioneiro. Ortigueira, sede da indústria ficará com 50% do tributo e os 50% restantes serão partilhados entre todos os municípios fornecedores de matéria prima. São eles: Cândido de Abreu, Congoinhas, Curiúva, Imbaú, Reserva, Rio Branco do Ivaí, São Jerônimo da Serra, Sapopema, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania. Pelo acordo firmado com a Klabin, o Governo do Paraná outorgou à empresa a responsabilidade para aplicar em melhoria da infraestrutura da região parte dos impostos que deveria recolher aos cofres do Estado. Entre as obras estão a construção de um ramal ferroviário de 23,1 quilômetros ligando a unidade a Ferrovia Central do Paraná, de linhas de transmissão ligadas ao sistema da Copel e obras em cerca de 100 quilômetros de estradas como a pavimentação da Estrada da Campina, a melhoria da PR-340, a pavimentação da Estrada Minuano e a melhoria da Estrada Margem Direita.

ALERTA

Com outono, previsão é de geadas já na segunda quinzena de abril no Paraná DAS AGÊNCIAS

O Instituto Simepar divulgou nesta quarta-feira (19) a previsão do tempo para o Outono, que começa hoje. A estação será típica no quesito chuvas, que devem se concentrar mais em maio que em abril e junho. Com as temperaturas em queda, o risco de geadas no Paraná, segundo o Simepar, começa já na segunda quinzena de abril. Aliás, a estação do outono normalmente apresenta uma maior amplitude térmica diária (diferença entre a maior temperatura e a menor temperatura diária) em todas as regiões paranaenses. Ou-

tro fenômeno característico do Outono está confirmadíssimo: os nevoeiros estarão mais presentes nas manhãs das cidades paranaenses. As temperaturas apresentam gradativa diminuição em seus valores médios à medida que a estação do inverno se aproxima. O deslocamento de massas de ar frio na retaguarda dos sistemas frontais pelo Estado é comum. A partir da segunda quinzena de abril, o risco climático de geadas aumenta nas regiões mais altas do Estado (Palmas, Guarapuava e Inácio Martins). Em maio e junho o risco abrange todas as regiões do Paraná. Recomenda-se aos usuários acompanharem as previsões de tempo diárias (entre 24h a 72h) sobre a possibilidade de ocorrência de geadas no Paraná.


Q U I N T A - F E I R A , 2 0 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 3

A4

CIDADES

Prefeitura entrega kimonos para crianças de projeto social

COLUNA DA PÁGINA AGRONEGÓCIOS

Paraná vai fortalecer produção de frutas

DIVULGAÇÃO

Secretária de Assistência Social de Wenceslau Braz, Claudete Costa VINICIUS DE AZEVEDO Wenceslau Braz

Nessa quarta-feira (19) foi realizada a entrega de kimonos para as crianças atendidas pelo projeto que ensina Karatê para crianças do CRAS (Centro de Referencia a Assistência Social) de Wenceslau Braz. Na en-

trega estavam presentes o prefeito do município, Atahyde Ferreira dos Santos, o Taidinho (PSD) e a primeira dama, além da secretária municipal da Assistência Social, Claudete Costa. “Nosso projeto de Karatê já acontece há quatro meses, os alunos vem recebendo as aulas desde o ano passado, porém agora conseguimos a verba para a compra dos Kimonos. Foi uma idealização da secretaria de Assistência Social, mas é um mérito de todos os envolvidos. As aulas de Karatê estão

sendo ministradas para ensinar os alunos a importância da disciplina e autocontrole por ser considerado um esporte de mãos limpas”, afirmou a secretária.

“Oferecemos aulas de reforço e capoeira além de professores de violão, violino e teclado. Aqui abrimos o espaço às crianças e oferecemos alimentação e atividades para que elas não fiquem nas ruas. Estamos CENTRO SOCIAL ainda com um projeto de acompaHoje transformado em Centro de nhamento a gestantes sendo reaReferencia a Assistência Social, o lizado aqui, para que elas possam antigo Centro Social atende crian- ter um acompanhamento de préças de 6 a 15 anos e disponibiliza natal, que é tão importante para a diversas atividades pedagógicas e saúde do bebe”, descreveu Clauderecreativas. te durante a entrevista.

SIQUEIRA CAMPOS

Jovem que se matou tinha histórico de agressões contra marido Rinaldo, que levou um tiro na perna esquerda antes da esposa se suicidar, passará por cirurgia hoje para reconstrução do fêmur DA REDAÇÃO

Vítima de si própria, ou da própria insanidade. Esse é o trágico caso de Gabriela de Souza Sene, a jovem de 25 anos que atirou contra a cabeça após disparar contra o marido, o soldado da Polícia Militar Rinaldo Alberto Sene, também de 25 anos. O caso que chocou não só Siqueira Campos, local onde aconteceu a tragédia, mas também a toda a região e a classe militar, porém, não foi um fato meramente isolado na vida do casal, que era casado há aproximadamente três anos. De acordo com amigos do casal, Gabriela já teria um histórico de agressões contra o marido, sendo quase uma triste rotina de Rinaldo e sua esposa. No entanto, a mesma fonte faz questão de relatar que Gabriela era uma boa pessoa, mas que teria sido diagnosticada com bipolaridade, e passava por tratamento psico-

DIVULGAÇÃO

lógico. Rinaldo, alvejado na perna esquerda pela esposa antes dela cometer o suicídio, foi transferido para Jacarezinho e hoje deve passar por uma cirurgia para reconstrução do fêmur. Após se recuperar, o soldado deve passar por acompanhamento psicológico na própria corporação antes de regressar às ruas. SEPULTAMENTO Em um misto de incredulidade e muita tristeza, o corpo de Gabriela foi sepultado na tarde desta quarta-feira (19), no cemitério de Siqueira Campos. Centenas de amigos, além dos familiares, prestaram as últimas homenagens à jovem. O CASO Gabriela de Souza Sene atirou no marido, o soldado da PM Rinaldo Alberto Sene, e depois se suicidou atirando contra a própria cabeça. A tragédia aconteceu na casa onde os dois moravam, no centro de Siqueira Campos, na tarde da última terça-feira (18). O casal não tinha filhos e estava

A Secretaria estadual da Agricultura e do Abastecimento assinou nesta segunda-feira (17) um acordo de cooperação técnica entre o Iapar, Emater e Prefeitura da Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba, para disponibilizar modernas tecnologias de produção para fortalecer a produção de frutas de clima temperado na região Centro-Sul do Estado. Participaram da assinatura do termo de cooperação o secretário da Agricultura, Norberto Ortigara, o diretor do Iapar, Adelar Motter, o diretor presidente da Emater, Rubens Niederheitmann; e a prefeita da Lapa, Leila Klenk. Para Ortigara, essa é uma oportunidade para ousar mais no processo de produção de frutas de clima temperado e oferecer alternativas viáveis aos produtores da região Centro-Sul do Estado. “Qualquer ação, desde que bem feita, organizada, articulada, como essa que está sendo adotada aqui, vai ajudar muito o produtor”, disse. A prefeita Leila Klenk manifestou otimismo com a parceria que visa reforçar a difusão de tecnologia e assistência técnica na região, que tem suas peculiaridades de clima e solo. “Hoje é preciso produzir com qualidade aliada à boa tecnologia. E eu sentia que os agricultores estavam distantes desses recursos”, afirmou. A prefeita disse ainda que essa parceria representa uma retomada do Estado no estímulo à produção de frutas de clima temperado. O termo de cooperação prevê intensificar a pesquisa e a assistência técnica em cultivos de variedades de maçãs, pera, ameixa, nectarina, pêssego, caqui e uva. Também poderá haver difusão de tecnologia para o cultivo de framboesa e amora, frutas que têm proporcionado uma renda superior ao morango na região, observou a prefeita. Os recursos necessários para compra de mudas de frutíferas, de equipamentos e insumos serão captados pelos parceiros.

Rinaldo, à esquerda, e Gabriela, à direita

a sós na residência quando o crime aconteceu. Gabriela teria usado a arma do marido, uma .40 e feito o primeiro

disparo, que acertou a perna esquerda do soldado, e na sequência atirado contra si, morrendo na hora.

VITRINE TECNOLÓGICA - O termo de cooperação prevê a instalação de uma vitrine tecnológica tendo como objetivo a produção de frutas de clima temperado, com qualidade, na unidade do Iapar instalada na Lapa. Essa vitrine será um modelo para difusão de tecnologias para técnicos, estudantes e produtores rurais, contribuindo para o crescimento da fruticultura de clima temperado comercial no município da Lapa e de toda região Centro-Sul do Paraná. Estão previstas várias ações na unidade do Iapar, como testes de validação para novas tecnologias relacionadas à fruticultura temperada, avaliação do comportamento de novas espécies e variedades de frutíferas adequadas para a região, aprimoramento dos tratos culturais e fitossanitários e apoio na condução dos pomares. Haverá também ações de difusão de tecnologias como manejo dos pomares por meio de dias de campo, treinamentos e outros métodos de difusão. A região da Lapa é ideal para instalação dessa vitrine porque o clima, caracterizado por geadas frequentes durante boa parte do ano, é ideal para o cultivo de frutas temperadas e representativo para os municípios de Araucária, Campo do Tenente, Palmeiras, Porto Amazonas, Ponta Grossa, Contenda, Campo Largo, Rio Negro, Balsa Nova, Irati, São Mateus do Sul e outros. As culturas da macieira, pessegueiro, nectarineira, ameixeira, caquizeiro e videira têm expressão e potencial econômico na região, o que justifica o investimento. Recentemente, a instalação da unidade industrial para produção de sucos de uva em Campo Largo está estimulando o plantio de uva na região Centro-Sul, que precisa de um suporte da pesquisa e da tecnologia para alcançar bons resultados em produção e produtividade.


Q U I N T A - F E I R A , 2 0 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 3

A5

EDITAIS

PINHALÃO ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO EXTRATO CONTRATUAL Contrato Nº..: 10/2014 Contratante..: PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO Contratada...: J O JORGE - COMBUSTIVEIS Valor............: 187.200,00 (cento e oitenta e sete mil e duzentos reais) Vigência.......: Início: 19/03/2014 Término: 19/03/2015 Licitação......: PREGÃO ELETRÔNICO Nº.: 2/2014 Recursos.....: Dotação: 2.002.3.3.90.30.00.00.00.00 (14), 2.003.3.3.90.30.00.00.00.00 (26), 2.003.3.3.90.30.00.00.00.00 (27), 2.003.3.3.90.30.00.00.00.00 (28), 2.006.3.3.90.30.00.00.00.00 (42), 2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (46), 2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (47), 2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (48), 2.012.3.3.90.30.00.00.00.00 (53), 2.013.3.3.90.30.00.00.00.00 (56), 2.013.3.3.90.30.00.00.00.00 (57), 2.013.3.3.90.30.00.00.00.00 (58), 2.015.3.3.90.30.00.00.00.00 (64), 2.014.3.3.90.30.00.00.00.00 (70), 2.016.3.3.90.30.00.00.00.00 (71), 2.017.3.3.90.30.00.00.00.00 (75), 2.018.3.3.90.30.00.00.00.00 (86), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (108), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (109), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (110), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (111), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (134), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (135), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (136), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (137), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (138), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (139), 2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (156), 2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (157), 2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (158), 2.028.3.3.90.30.00.00.00.00 (169), 2.029.3.3.90.30.00.00.00.00 (178), 2.030.3.3.90.30.00.00.00.00 (196), 2.033.3.3.90.30.00.00.00.00 (212), 2.037.3.3.90.30.00.00.00.00 (215), 2.037.3.3.90.30.00.00.00.00 (216), 2.061.3.3.90.30.00.00.00.00 (221), 2.041.3.3.90.30.00.00.00.00 (226), 2.043.3.3.90.30.00.00.00.00 (228), 2.040.3.3.90.30.00.00.00.00 (235), 2.051.3.3.90.30.00.00.00.00 (242), 2.048.3.3.90.30.00.00.00.00 (256), 2.048.3.3.90.30.00.00.00.00 (257), 2.048.3.3.90.30.00.00.00.00 (258), 2.048.3.3.90.30.00.00.00.00 (259), 2.052.3.3.90.30.00.00.00.00 (268), 2.057.3.3.90.30.00.00.00.00 (299), 2.057.3.3.90.30.00.00.00.00 (300), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (318), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (319), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (320), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (321), 2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (354), 2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (355), 2.012.3.3.90.30.00.00.00.00 (356), 2.015.3.3.90.30.00.00.00.00 (357), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (363), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (365), 2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (369), 2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (370), 2.028.3.3.90.30.00.00.00.00 (371), 2.028.3.3.90.30.00.00.00.00 (372), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (383), 2.033.3.3.90.30.00.00.00.00 (389), 2.057.3.3.90.30.00.00.00.00 (393) Objeto..........: Aquisição de 60.000 (sessenta mil) litros de gasolina comum destinados a todas as secretarias do município. Pinhalão, 19 de Março de 2014 Prefeitura Municipal de Pinhalão Estado do Paraná

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO EXTRATO CONTRATUAL Contrato Nº..: 11/2014 Contratante..: PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO Contratada: AGRICOPEL COMERCIO DE DERIVADOS DE PETROLEO LTDA Valor............: 899.000,00 (oitocentos e noventa e nove mil reais) Vigência.......: Início: 19/03/2014 Término: 19/03/2015 Licitação......: PREGÃO ELETRÔNICO Nº.: 2/2014 Recursos.....: Dotação: 2.002.3.3.90.30.00.00.00.00 (14), 2.003.3.3.90.30.00.00.00.00 (26), 2.003.3.3.90.30.00.00.00.00 (27), 2.003.3.3.90.30.00.00.00.00 (28), 2.006.3.3.90.30.00.00.00.00 (42), 2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (46), 2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (47), 2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (48), 2.012.3.3.90.30.00.00.00.00 (53), 2.013.3.3.90.30.00.00.00.00 (56), 2.013.3.3.90.30.00.00.00.00 (57), 2.013.3.3.90.30.00.00.00.00 (58), 2.015.3.3.90.30.00.00.00.00 (64), 2.014.3.3.90.30.00.00.00.00 (70), 2.016.3.3.90.30.00.00.00.00 (71), 2.017.3.3.90.30.00.00.00.00 (75), 2.018.3.3.90.30.00.00.00.00 (86), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (108), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (109), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (110), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (111), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (134), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (135), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (136), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (137), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (138), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (139), 2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (156), 2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (157), 2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (158), 2.028.3.3.90.30.00.00.00.00 (169), 2.029.3.3.90.30.00.00.00.00 (178), 2.030.3.3.90.30.00.00.00.00 (196), 2.033.3.3.90.30.00.00.00.00 (212), 2.037.3.3.90.30.00.00.00.00 (215), 2.037.3.3.90.30.00.00.00.00 (216), 2.061.3.3.90.30.00.00.00.00 (221), 2.041.3.3.90.30.00.00.00.00 (226), 2.043.3.3.90.30.00.00.00.00 (228), 2.040.3.3.90.30.00.00.00.00 (235), 2.051.3.3.90.30.00.00.00.00 (242), 2.048.3.3.90.30.00.00.00.00 (256), 2.048.3.3.90.30.00.00.00.00 (257), 2.048.3.3.90.30.00.00.00.00 (258), 2.048.3.3.90.30.00.00.00.00 (259), 2.052.3.3.90.30.00.00.00.00 (268), 2.057.3.3.90.30.00.00.00.00 (299), 2.057.3.3.90.30.00.00.00.00 (300), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (318), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (319), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (320), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (321), 2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (354), 2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (355), 2.012.3.3.90.30.00.00.00.00 (356), 2.015.3.3.90.30.00.00.00.00 (357), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (363), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (365), 2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (369), 2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (370), 2.028.3.3.90.30.00.00.00.00 (371), 2.028.3.3.90.30.00.00.00.00 (372), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (383), 2.033.3.3.90.30.00.00.00.00 (389), 2.057.3.3.90.30.00.00.00.00 (393) Objeto..........: Aquisição de 300.000 (trezentos mil) litros de óleo diesel biodiesel S-500 e 100.000 (cem mil) litros de óleo diesel S-10, destinados a todas as secretarias do município. Pinhalão, 19 de Março de 2014 Prefeitura Municipal de Pinhalão Estado do Paraná PORTARIA Nº 39/2014 O Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhe são conferidas por Lei;

PORTARIA Nº 38/2014 O Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhe são conferidas por Lei; RESOLVE RESOLVE Incorporar Função Gratificação, sobre os vencimentos do Sr. MARCUS VINICIUS ALVES DE PAULA, portador do RG nº 8.347.954-0/PR, na proporção de 01/10 (Um décimo) , conforme artigo 66 e 67 da Lei 273/93 de 28/01/93, referente ao período de 01/10/2010 a 21/03/2011, onde o mesmo exerceu o Cargo de Chefe da Divisão de Material e Patrimônio. Pinhalão, 19 de março de 2014REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE CLAUDINEI BENETTI Prefeito Municipal

Prefeitura Municipal de Pinhalão Estado do Paraná

Incorporar Função Gratificação, sobre os vencimentos do Sr. LUCIANO BARBOSA NOGUEIRA, portador do RG nº 9.313.268-8/PR, na proporção de 02/10 (Dois décimos) , conforme artigo 66 e 67 da Lei 273/93 de 28/01/93, referente ao período de 18/04/2008 a 18/04/2010, onde o mesmo exerceu o Cargo de Chefe da Divisão de Material e Patrimônio. Pinhalão, 19 de março de 2014.REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE CLAUDINEI BENETTI Prefeito Municipal Prefeitura Municipal de Pinhalão Estado do Paraná PORTARIA Nº 38/2014 O Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhe são conferidas por Lei;

Portaria Nº 40/2014

RESOLVE Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, usando das atribuições Incorporar Função Gratificação, sobre os vencimentos do Sr. MARCUS que lhe são conferidas por lei: VINICIUS ALVES DE PAULA, portador do RG nº 8.347.954-0/PR, na proporção de 01/10 (Um décimo) , conforme artigo 66 e 67 da Lei 273/93 Resolve: de 28/01/93, referente ao período de 01/10/2010 a 21/03/2011, onde o mesmo exerceu o Cargo de Chefe da Divisão de Material e Patrimônio. Nomear uma comissão para Enquadramento do Pessoal do Quadro Próprio do Magistério e Especialista da Educação, ficando Revogada a Portaria de Nº Pinhalão, 19 de março de 201454/2011 de 04/05/2011. Representantes da Administração: Maria de Fátima Barbosa Nogueira Lucélia Aparecida Teixeira Ione Dias Chaves dos Santos Charles Vanzeli Nicolau

REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE CLAUDINEI BENETTI Prefeito Municipal

Registre-se e Publique-se

RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 001/2014 O Município de Pinhalão, por seu Prefeito Municipal Claudinei Benetti, no uso de suas atribuições legais, e nos termos do que dispõem os artigos 11, IV e 19, § 5º da Lei Federal 11.445/2007, do Decreto Federal 7.217/2010, torna público que foi cancelada Audiência Pública que seria realizada no dia 20/03/2014 por decisão do comitê gestor do plano de saneamento, para ser realizado algumas alterações no Plano. Em atendimento ao artigo 24, § 1° do Decreto Federal 7.217/2010. Pinhalão, 18 de março de 2014.

Claudinei Benetti Prefeito Municipal

CLAUDINEI BENETTI Prefeito Municipal

Representantes dos Professores: 1- Marina Marta Vilela da Silva 2- Mário Nogueira da Silva 3- Lucinéia de Fátima dos Santos Loureiro Pinhalão, 19 de Março de 2014.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALÃO ESTADO DO PARANÁ EDITAL N0 06/2014 PREGÃO ELETRÔNICO A Comissão de Pregão, da Prefeitura Municipal de Pinhalão, no exercício das atribuições que lhe confere a Portaria nº 04/2014, de 08/01/2014, torna público, para conhecimento dos interessados que receberá até às 08:30 horas do dia 01/04/2014, propostas para os seguintes produtos: Objeto da Licitação: Aquisição de ovos de páscoa destinados aos alunos das escolas municipais, conforme especificações constantes no edital. Critério de Julgamento – Menor Preço POR ITEM. O recebimento será exclusivamente por meio de sistema eletrônico: www.bll.org.br Os interessados poderão obter maiores informações e retirar o edital completo pelo sites: http:// www.bll.org.br, http://diario.pinhalao.pr.gov.br e no setor de licitações, localizado na rua Domingos Calixto, 483, centro, Pinhalão-PR, no horário das 08:00 às 11:30 e das 13:00 às 16:00 horas. Pinhalão, 19 de março de 2014. Rodrigo Baldim Pregoeiro Prefeitura Municipal de Pinhalão Estado do Paraná PORTARIA Nº 36/2014 O Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais; RESOLVE CONCEDER a partir desta data, Licença à Gestante (Licença Maternidade) por um período de 180 (cento e oitenta) dias, conforme Artigo 207 da Lei 273/93 de 28/01/93, à Servidora JILIANI GRACIELI DE OLIVEIRA, portadora do RG nº 9.189.943-4 ocupante do Cargo de Professora. Edifício da Prefeitura Municipal de Pinhalão Em 18 de fevereiro de 2014 REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE CLAUDINEI BENETTI Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALÃO ESTADO DO PARANÁ PORTARIA Nº 37/2014 O Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais; RESOLVE Conceder 30 (trinta) dias de férias a partir de 01/03/2014, aos servidores abaixo relacionado: - Antonio Carlos de Camargo - Edilaine Luvizeto da Silva - Francisco das Chagas Soares - Ítalo Dias Chaves - Ivan Ferreira - Luzimara de Fátima do Vale - Nair da costa Ribeiro - Nilson Alves de Melo - Regiane Inocência Tavares -Rosenilda Marcondes dos Santos -Tony Wilson Cordeiro Bueno -Valdemir Decol Edifício da Prefeitura Municipal de Pinhalão Em 19 de março de 2014 REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE CLAUDINEI BENETTI Prefeito Municipal Prefeitura Municipal de Pinhalão Estado do Paraná PORTARIA Nº 42/2014 O Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais; RESOLVE INDICAR o Senhor, SIDNEI BUENO DE OLIVEIRA, portador o RG nº 5.304.395-0 e do CPF nº 205.843.939-20 para ocupar o Cargo de Representante da Prefeitura junto a SDH. Edifício da Prefeitura Municipal de Pinhalão Em 19 de março de 2014.REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE CLAUDINEI BENETTI Prefeito Municipal


Q U I N T A - F E I R A , 2 0 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 3

Prefeitura Municipal de Pinhalão Estado do Paraná PORTARIA Nº 41/2014 Súmula: Designa os responsáveis pela UGT – Unidade Gestora de Transferências. Senhor Claudinei Benetti, Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, usando de suas atribuições legais, em cumprimento a disposição na Resolução - TC nº 03/2006, art. 2º, XXI, que dispõe sobre a Unidade Gestora de Transferências, segmento do Sistema de Controle Interno da entidade tomadora de transferências voluntárias (municipais e estaduais): RESOLVE Art. 1º - SUBSTITUIR a servidora Ana Carolina Alves Rodrigues, indicada na Portaria nº 19/2007 de 30/01/2007, pelo também servidor, Sr. CELSO RODRIGUES DE SOUZA FILHO, para juntamente com outros membros fazer parte da Unidade Gestora de Transferências. Parágrafo único – Os mesmos servidores ficarão responsáveis pelas seguintes atribuições: a) Avaliação do cumprimento de metas pactuadas com a entidade repassadora; b) Controle na aplicação dos recursos; c) Encaminhamento da prestação de contas das transferências voluntárias estaduais ao Tribunal; e d) Observância das normas da Resolução nº 03/2006 e demais atos normativos do Poder Público aplicáveis. Edifício da Prefeitura Municipal de Pinhalão, Em 19 de março de 2014 REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE C LAU D I N E I B E N E T T I Prefeito Municipal

JUNDIAÍ DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná TERMO DE ADJUDICAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2014 O Senhor Pregoeiro designado pela Portaria nº. 002 de 04 de janeiro de 2012,vinculada a Portaria 002 de 14 de fevereiro 2014, torna público a ADJUDICAÇÃO do Pregão Presencial nº. 002/2014 – que tem como objetivo a COMPRA, através de REGISTRO DE PREÇOS, de Gêneros alimentícios para as escolas municipais, Centro Municipal de Educação infantil Nice Braga e Pré Escola José Augusto de Andrade e Escola de Educação Especial Paulo Fogaça/APAE, a serem retirados conforme a necessidade, atendendo a solicitação do Departamento de Educação, às seguintes empresas: TEREZA ERNESTINA DAYEH, os itens: 07, 08, 11, 15, 18, 24, 29, 33, 36 e 39 no valor de R$ 30.719,04 (trinta mil setecentos e dezenove reais e quarenta centavos), L. DE LIMA MINIMERCADO ME, os itens: 03, 04, 06, 12, 13, 14, 21, 22, 34, 35, 37 e 43 , no valor de R$ 49.775,40 (quarenta e nove mil setecentos e setenta e cinco reais e quarenta centavos), KLEBER ARRABAÇA EPP, os itens 01, 02, 09, 16, 17, 19, 23, 25, 26, 28, 30 e 38 no valor de R$ 29.539,10 (vinte e nove mil quinhentos e trinta e seis reais e dez centavos) e SUPERMERCADO BRUNHARI LTDA, os itens 05, 10, 20, 27, 31, 32, 40, 41 e 42 no valor de R$ 39.954,30 (trinta e nove mil novecentos e cinqüenta e quatro reais e trinta centavos), perfazendo o valor total entre todos os itens de R$ 149.987,84 (cento e quarenta e nove mil novecentos e oitenta e sete reais e oitenta e quatro centavos). Assim sendo, fica as proponentes acima citadas vencedoras do certame e sugere à autoridade superior a homologação do presente Pregão. Jundiaí do Sul-Pr,19 de março de 2014 WALDERLEI LEME FERNANDES PREGOEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná TERMO DE ADJUDICAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2014 Homologo a decisão do senhor Pregoeiro, o qual foi nomeado através da Portaria nº. 002 de 04 de janeiro de 2012, vinculada a Portaria 002 de 14 de fevereiro de 2014, que adjudica o Pregão Presencial 002/2014 que tem como objetivo a COMPRA, através de REGISTRO DE PREÇOS, de Gêneros alimentícios para as escolas municipais, Centro Municipal de Educação infantil Nice Braga e Pré Escola José Augusto de Andrade e Escola de Educação Especial Paulo Fogaça/APAE, a serem retirados conforme a necessidade, atendendo a solicitação do Departamento de Educação, às seguintes empresas: TEREZA ERNESTINA DAYEH, os itens: 07, 08, 11, 15, 18, 24, 29, 33, 36 e 39 no valor de R$ 30.719,04 (trinta mil setecentos e dezenove reais e quarenta centavos), L. DE LIMA MINIMERCADO ME, os itens: 03, 04, 06, 12, 13, 14, 21, 22, 34, 35, 37 e 43 , no valor de R$ 49.775,40 (quarenta e nove mil setecentos e setenta e cinco reais e quarenta centavos), KLEBER ARRABAÇA EPP, os itens 01, 02, 09, 16, 17, 19, 23, 25, 26, 28, 30 e 38 no valor de R$ 29.539,10 (vinte e nove mil quinhentos e trinta e seis reais e dez centavos) e SUPERMERCADO BRUNHARI LTDA, os itens 05, 10, 20, 27, 31, 32, 40, 41 e 42 no valor de R$ 39.954,30 (trinta e nove mil novecentos e cinqüenta e quatro reais e trinta centavos), perfazendo o valor total entre todos os itens de R$ 149.987,84 (cento e quarenta e nove mil novecentos e oitenta e sete reais e oitenta e quatro centavos)., conforme realização de Pregão Presencial nº. 002/2014. Jundiaí do Sul - Pr,19 de março de 2014. MARCIO LEANDRO DA SILVA PREFEITO MUNICIPAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAI DO SUL Estado do Paraná RATIFICAÇÃO DO ATO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO 004/2014, Vinculado ao Edital de Credenciamento 002/2014. Ratifico o ato da Comissão de Licitação, nomeados através da Portaria nº. 031/2014 de 10 de março de 2014, que declarou Inexigível a Licitação, com fundamento extensivo no artigo 25, da LLCA, cujo dispositivo admite extensão a outras situações similares aquelas do itens I,II e III, a favor da Profissional 1ª Colocada Andréia Regina Gonçalves de Oliveira, CPFnº 899.210.039-68, com 88( oitenta e oito) pontos, sendo a mesma credenciada e apta a assinar o contrato com esta administração, Conforme Ata de Credenciamento do dia 07 de março de 2.014. Para Prestação de Serviços de Profissional especializado com Nivel Superior na Categoria de Enfermeiro Padrão para cumprimento de 40 horas semanais no Hospital Municipal São Francisco de Assis, por um periodo de 180 dias. No valor de R$ 2.888,09 (dois mil oitocentos e oitenta e oito reais e nove centavos) mensal, perfazendo o valor de R$ 17.328,54 (dezessete mil trezentos e vinte e oito reais e cinquenta e quatro centavos), valor estimado para o período de 180 dias. Informamos ainda que as Profissionais 2ª Colocada Francislene Petrocelli Gabriel, CPF nº 055.792.309-31, com 20 (vinte) pontos. 3ª Colocada Leticia de Freitas, CPF nº 669.509.459-49, com 09 (nove) pontos. Conforme Ata de Credenciamento do dia 07 de março de 2.014. Em atendimento a requisição emitida pelo Departamento Municipal de Saúde, face ao disposto no Art. 26 da Lei nº 8.666/93, vez que o processo se encontra devidamente instruído. PUBLIQUE-SE Jundiaí do Sul – PR, 19 de março de 2014. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

A6

EDITAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná TERMO DE ADJUDICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 003/2014 O senhor Pregoeiro designado pela Portaria nº 002/2012, de 04 de janeiro de 2012, não havendo nenhuma interposição de recurso por parte das licitantes, torna público a ADJUDICAÇÃO do Pregão Presencial nº. 003/2014 – COMPRA, através de REGISTRO DE PREÇOS de insumos para a execução de Asfalto nas ruas do Município, a serem retiradas confome a necessidade, sendo: Rua Arquimeds Franco do Prado,Rua Edgar Bueno de Mello , Rua Anchieta , Rua Rui Barbosa , Rua 9 de novembro e Rua Frei Henrique, às seguintes empresa: Ficando o valor e total dos itens conforme demonstrativo abaixo: Item Qtd/Un Especificação dos produtos V.Total Empresa Vencedora 1 400/M3 Brita de 16 à 19 mm 24.000,00 Pedreira Rezende Ltda 2 400/M3 Pedrisco de 6 à 8 mm 24.000,00 Pedreira Rezende Ltda 3 200/M3 Pó de Pedra 12.000,00 Pedreira Rezende Ltda 4 50/Ton Emulsão asfáltica RR-1C 69.000,00 Casa do Asfalto Dist. Ind. e Com. de Asfalto Ltda Diante do disposto, nos termos descritos no edital de licitação, atendendo assim as necessidades da administração, perfazendo um valor total estimado de R$ 129.000,00 (cento e vinte e nove mil reais) Assim sendo, fica as proponentes acima citadas vencedoras do certame e sugere à autoridade superior a homologação do presente Pregão. Jundiaí do Sul -PR, 18 de março de 2014. Walderlei Leme Fernandes PREGOEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná TERMO DE HOMOLOGAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 003/2014 Homologo a decisão do senhor Pregoeiro designado pela Portaria nº 002/2012, de 04 de janeiro de 2012, que adjudica o Pregão Presencial nº. 003/2014 – do Pregão Presencial nº. 003/2014 – COMPRA, através de REGISTRO DE PREÇOS de insumos para a execução de Asfalto nas ruas do Município, a serem retiradas confome a necessidade, sendo: Rua Arquimeds Franco do Prado,Rua Edgar Bueno de Mello , Rua Anchieta , Rua Rui Barbosa , Rua 9 de novembro e Rua Frei Henrique, às seguintes empresas: Ficando o valor e total dos itens conforme demonstrativo abaixo: Item Qtd/Un Especificação dos produtos V.Total Empresa Vencedora 1 400/M3 Brita de 16 à 19 mm 24.000,00 Pedreira Rezende Ltda 2 400/M3 Pedrisco de 6 à 8 mm 24.000,00 Pedreira Rezende Ltda 3 200/M3 Pó de Pedra 12.000,00 Pedreira Rezende Ltda 4 50/Ton Emulsão asfáltica RR-1C 69.000,00 Casa do Asfalto Dist. Ind. e Com. de Asfalto Ltda No valor global, fixo, para execução integral do objeto supracitado é de R$ 129.000,00 (cento e vinte e nove mil reais), conforme realização de Pregão Presencial nº. 003/2014. Jundiaí do Sul -PR, 19 de março de 2014. Marcio Leandro da Silva PREFEITO MUNICIPAL

JABOTI ATO HOMOLOGAÇÃO TOMADA DE PREÇO Nº. 02/2014 HOMOLOGO os atos de julgamento e de classificação por parte da Comissão de Licitação, referente à Licitação Modalidade Tomada de Preço nº. 02/2014, do tipo menor preço global; que tem como objeto referente á locação de um imóvel destinado a abrigar a instalação de uma confecção têxtil dentro do programa de fomento a industrialização e a expansão econômica do município, vencedora à proponente PAMMELLA KHENNYA DE MORAES DE AZEVEDO & CIA LTDA –ME, inscrito pelo CNPJ nº. 07.031.788/0001-42 estabelecido na rua Expedicionários, centro da cidade de Wenceslau Braz, pelo valor de R$ 1.400,00 (um mil e quatrocentos reais) mensais perfazendo R$ 12.600,00 (doze mil e seiscentos reais) no período de abril a dezembro de 2014, para que produza seus efeitos legais. Jaboti, 13 de março de 2014. Vanderley de Siqueira e Silva, Prefeito Municipal. EXTRATO DO CONTRATO Nº. 23/2014 REFERENTE A TOMADA DE PREÇO 02/2014 CONTRATANTE: PREFEITURA MUNCIPAL DE JABOTI, CNPJ Nº. 75.969.667/0001-04, praça Minas Gerais 175. CONTRATADO:PAMMELLA KHENNYA DE MORAES DE AZEVEDO & CIA LTDA –ME, inscrito pelo CNPJ nº. 07.031.788/0001-42 estabelecido na rua Expedicionários, centro da cidade de Wenceslau Braz. OBJETO: Locação de um imóvel destinado a abrigar a instalação de uma confecção têxtil dentro do programa de fomento a industrialização e a expansão econômica do município. VALOR DO CONTRATO: R$ 1.400,00 (um mil e quatrocentos reais) mensais perfazendo R$ 12.600,00 (doze mil e seiscentos reais) no período de abril a dezembro de 2014. VIGENCIA: O Prazo de execução do presente contrato a partir de 01 de abril de 2014 ate 31 de dezembro de 2014, podendo ser prorrogado mediante termo aditivo de acordo com as necessidades da administração, na forma da lei 8.666/93. FORO: Comarca de Tomazina, Estado do Paraná. Jaboti, 13 de março de 2014. Vanderley de Siqueira e Silva, Prefeito Municipal. Pammella Khennya de Moraes de Azevedo, Representante Legal.

JOAQUIM TÁVORA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAQUIM TÁVORA - ESTADO DO PARANÁ TERMO DE HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 007/2014 – PMJT PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 010/2014 – PMJT OBJETO: Contratação de empresa para aquisição de Materiais Gráficos, Impressão Digital e Carimbos, conforme necessidade, pelo período de 12(doze) meses, destinados ao diversos Departamentos do Município de Joaquim Távora/PR, conforme descritos no Anexo 01- Termo de Referencia do presente edital. Tendo em vista a Ata de Julgamento do Pregão em epígrafe, elaborada pela Pregoeira deste Município; o Senhor GELSON MANSUR NASSAR, Prefeito Municipal de Joaquim Távora, no uso de suas atribuições legais RESOLVE: HOMOLOGAR A LICITAÇÃO MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 007/2014 – TIPO MENOR PREÇO e ADJUDICAR o objeto da licitação para as empresas: TOMAZGRAF GRAFICA E PAPELARIA LTDA, inscrita no CNPJ nº 04.303.158/0001-91, vencedora dos itens 12,18,19,24,26,27,29,31,35,42,44,45,46,47,49,51,53 e 54 , com um valor máximo contratual de R$ 16.248,00 ( dezesseis mil duzentos e quarenta e oito reais); PONTUAL CARIMBOS IMPRESSOS E COMUNICAÇÃO VISUAL LTDA, inscrita no CNPJ nº 17.828.846/0001-17, vencedora do itens 1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,11,13,14,15,16,17,20,21,22,23,25,28,30,32,33,34,36,37,38,40,41,43,48,50,51,52,53 e 54, somando no valor total de R$ 47.308,50 ( quarenta e sete mil trezentos e oito reais e cinquenta centavos); GRAFICA EDITORA VALENTE FARTURA LTDA inscrita no CNPJ nº 02.364.672/0001-01, vencedora do item 39, com um valor máximo contratual de R$ 780,00 (setecentos e oitenta reais). E para que produza seus efeitos jurídicos e legais, Convoca-se o vencedor do certame para comparecimento ao Departamento de Licitação da Prefeitura de Joaquim Távora para assinatura do contrato num prazo máximo de 05 (cinco) dias. PUBLIQUE-SE Joaquim Távora, 19 de Março de 2014. GELSON MANSUR NASSAR - PREFEITO MUNICIPAL


Q U I N T A - F E I R A , 2 0 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 3

A7

EDITAIS

WENCESLAU BRAZ

CODREN CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO TERRITÓRIO DIVISA NORTE DO PARANÁ Salto do Itararé – Santana do Itararé – São José da Boa Vista – Siqueira Campos – Wenceslau Bráz

PORTARIA nº. 116/2014

PORTARIA Nº 001/2014

O Sr. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de Wenceslau Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei,

O PRESIDENTE DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO TERRITÓRIO DIVISA NORTE DO PARANÁ – CODREN, NO USO DAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS QUE LHE CONFERE O ARTIGO 14 DO ESTATUTO,

RESOLVE: Artigo 1º - CONCEDER FÉRIAS, regulamentares ao Servidor ELIAS MALUF, portador do R.G. sob o nº. 3.279.232-4/PR, na função de AUXILIAR ADMINISTRATIVO, a gozar férias de direito de 20 de Março de 2014 a 08 de Abril de 2014, referente ao período aquisitivo de 2013/2014. Artigo 2º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Wenceslau Braz, 19 de Março de 2014. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR PREFEITO MUNICIPAL

PORTARIA nº. 117/2014 O Sr. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de Wenceslau Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei, RESOLVE: Artigo 1º - CONCEDER FÉRIAS, regulamentares ao Servidor ADILSON BACELAR DA SILVA, portador do R.G. sob o nº. 4.127.882-0/PR, na função de ATENDENTE SOCIAL, a gozar férias de direito de 09 de Abril de 2014 a 28 de Abril de 2014, referente ao período aquisitivo de 2011/2012. Artigo 2º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Wenceslau Braz, 19 de Março de 2014.

RESOLVE:

Artigo 1º - Constituir a Comissão Permanente de Licitações do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional do Território Divisa Norte do Paraná – CODREN (CNPJ/MF nº 16.834.978/0001-99), para o exercício de 2014, em conformidade com o disposto no artigo 51, da Lei Federal nº 8.666/93, composta pelos seguintes servidores: 1 - Presidente: Fernando Maluf (CODREN) 2 - Secretario: Wilson Wollz Filho (Wenceslau Bráz) 3 - Membro: Ademir Gonzales Silveira (Siqueira Campos) 4 - Membro: Fernando Marques Lima (Salto do Itararé) 5 - Membro: João Vanderlei Amaro (Santana do Itararé)

CPF/MF 836.791.709.04 CPF/MF 532.760.009-20 CPF/MF 493.215.959-53 CPF/MF 040.553.589-97 CPF/MF 650.140.309-04

Artigo 3º - Os casos omissos na presente Portaria reger-se-ão pela Legislação aplicável a espécie. Artigo 4º - A presente portaria entra em vigor em 19 (dezenove) de Março de 2014, revogada as disposições em contrário. Wenceslau Bráz-Pr, 19 de Março de 2014.

ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR PREFEITO MUNICIPAL

Atahyde Ferreira dos Santos Júnior Presidente do CODREN PORTARIA nº. 118/2014 O Sr. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de Wenceslau Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei, RESOLVE: Artigo 1º - CONCEDER FÉRIAS, regulamentares ao Servidor AILTON PEDRO DA SILVA, portador do R.G. sob o nº. 4.561.107-8/PR, na função de OPERÁRIO, a gozar férias de direito de 21 de Março de 2014 a 22 de Abril de 2014, referente ao período aquisitivo de 2013/2014. Artigo 2º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Wenceslau Braz, 19 de Março de 2014. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR PREFEITO MUNICIPAL

PORTARIA nº. 119/2014 O Sr. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de Wenceslau Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei, RESOLVE: Artigo 1º - CONCEDER FÉRIAS, regulamentares ao Servidor BRAZ PINTO DA SILVA, portador do R.G. sob o nº. 4.019.673-0/PR, na função de PEDREIRO, a gozar férias de direito de 01 de Abril de 2014 a 20 de Abril de 2014, referente ao período aquisitivo de 2012/2013. Artigo 2º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Wenceslau Braz, 19 de Março de 2014. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR PREFEITO MUNICIPAL

SANTANA DO ITARARÉ PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DO ITARARÉ – PARANÁ AVISO DA CHAMADA PUBLICA N° 01/2014 Encontra-se aberta na Prefeitura Municipal de Santana do Itararé, Estado do Paraná, CHAMADA PÚBLICA N° 01/2014, que trata da compra de gêneros alimentícios para a merenda escolar provenientes da agricultura familiar, conforme anexo do edital. O credenciamento dos interessados será no dia 14/04/2014, até as 08:45 horas e a abertura da sessão pública com recebimento dos envelopes com “proposta” e “documentos de habilitação’’ dia 14/04/2014, às 09:00 horas. O edital em inteiro teor estará a disposição dos interessados, de segunda à sexta-feira das 08:00 horas às 11: 30 horas e das 13: 00 horas às 17:00 horas, na Praça Frei Mathias de Gênova, 184, Centro, CEP 84970-000, RUA EXPEDICIONÁRIOS, Nº 200 –3526 CENTRO1458 – WENCESLAU BRÁZ1459, - PARANÁramal 202. Município de Santana do Itararé Telefone (43) / 3526 CEP 86.940-000 – FONE 43 3528-1010 – E-MAIL: codren@hotmail.com JOSE DE JESUS ISAC PREFEITO MUNICIPAL AVISO DE EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 001/2014 Encontra – se aberta na Câmara Municipal de Santana do Itararé, Estado do Paraná, o PREGÃO PRESENCIAL Nº. 001/2014, TIPO MENOR PREÇO, objetivando á aquisição de materiais de construções em gerais visando á construção do Prédio do Poder Legislativo deste Município, conforme especificado no anexo I do edital. O credenciamento dos representantes das empresas interessadas será no dia 03/04/2014 (quinta – feira), até às 08:45 horas, e a abertura da sessão pública com recebimento dos envelopes com “proposta de preços”, “documentos de habilitação” e abertura dos envelopes de “proposta de preços”, 03/04/2014 (quinta-feira), às 09:00 horas. O edital em inteiro teor estará a disposição dos interessados, de segunda à sexta-feira das 08:00 horas às 12:00 horas e das 13:00 horas às 17:00 horas, no recinto da Câmara Municipal no Paço Municipal localizado a Praça Frei Mathias de Gênova, 184, Centro, CEP. 84.970-000, Município de Santana do Itararé, Telefone: (43) 3526.1302. O edital será fornecido a partir do dia 21 de março de 2014 no Departamento de licitações na Câmara Municipal e seus respectivos modelos e anexos impressos. GILMAR EGIDIO PEREIRA PRESIDENTE

Renato Aragão recebe alta de hospital DIVULGAÇÃO

DAS AGÊNCIAS

O humorista Renato Aragão deixou o hospital por volta das 15h desta quarta-feira (19), um dia antes do previsto. Aragão apresentou melhora evolutiva e está respirando espontaneamente, ou seja, sem a ajuda de aparelhos — após ter sofrido um infarto agudo do miocárdio no sábado (15). “Já está em casa. Ele está muito bem, saiu tranquilo do hospital. Agora vai descansar. Está

um garotão”, disse o cunhado Reivaldo Taranto. O humorista passou por cirurgia para desobstruir a artéria do coração. Segundo o médico, o infarto foi grave e ele tinha duas lesões. “Posso dizer que ele vai ter uma vida melhor do que ele tinha há uma semana”, afirmou. A recuperação de Renato é considerada excelente pelos médicos. Antes de sair, ele já fazia planos de uma vida ainda mais saudável. E, pra garantir isso, já até comprou um brinquedo. “Olha, gente, assim que sair daqui, me aguarde. Estarei lá no

meu campinho, jogando futebol. Estamos aí, rapaziada”, disse ainda no quarto, nesta terça, com a bola na mão. 'NÃO ME LEVA AGORA' O eterno Didi, dos "Trapalhões", que alegra o Brasil há mais de 50 anos, se emociona quando se lembra do risco da morte. “Quando eu vinha pra cá, a dor era tão grande. Eu falava: ‘Meu Deus, não me leva agora, não me leva agora que não está na hora. Tem muita coisa para fazer. Olha, tem dois seriados para fazer...”, disse, interrompido pela emoção.


Q U I N T A - F E I R A , 2 0 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 3

WENCESLAU BRAZ

Escola deve beneficiar 600 alunos em 2015 Construção ficou parada por quase dois anos após empreiteira responsável pela obra falir; retomada da construção será ainda este mês LUCAS ALEIXO - FOLHA EXTRA

Empreiteira promete terminar obra até o início do ano que vem LUCAS ALEIXO Wenceslau Braz

A retomada da construção da escola da vila Santa Madalena, em Wenceslau Braz, representa a melhoria na qualidade do ensino para cerca de 600 alunos, que deverão ter aulas na nova instituição de ensino, se o cronograma não falhar, a partir já de 2015. Qualquer construção de uma escola é sempre importante,

mas essa significa mais para a rede de ensino municipal de Wenceslau Braz: será de uso exclusivo do município, não abrigando colégios estaduais no mesmo espaço físico. Até o momento, a única escola exclusivamente municipal da cidade é a José Richa, localizada na vila Formosa, que tem um espaço físico bem limitado. A nova instituição irá abrigar turmas da Educação Infantil até o 5º Ano do Ensino Fundamental, atendendo crianças a partir de quatro anos. A escola deve ainda contar com alunos não só

do seu bairro, mas de todos os bairros vizinhos – localidades com grande número de crianças em idade escolar. Com 11 salas de aula, laboratório de informática, biblioteca e ginásio de esportes, a nova escola tem um investimento total de R$ 3,5 milhões, distribuídos nos seus 2,3 mil m². “Essa escola é fundamental para a rede municipal. Temos que dividir espaços com as escolas estaduais, o que acaba nos limitando muito, então essa obra vai resolver boa parte deste problema, além de oferecer aos alunos

Copel 60 anos. Energia para o presente. Tecnologia para o futuro.

A8

DESTAQUES

um prédio novo e projeto para isso, sem adaptações”, afirma a secretária municipal de Educação, Dagmar Toaldo Feliciano. RETOMADA As obras ficaram paradas por quase dois anos em virtude da falência da empreiteira responsável pela construção, que tinha contrato com o governo do Estado. Depois do problema, a prefeitura assumiu a responsabilidade, fez uma nova licitação e uma empresa de Tomazina foi a vencedora, devendo retomar as obras ainda em março.

Taxistas de Ibaiti recebem os primeiros carros financiados pela Fomento Paraná na cidade

AEN

dito Banco do Empreendedor – Taxistas permitem uma melhora no atendimento aos passageiros. “Temos as taxas mais baixas do país e os recursos necessários para facilitar a vida dos pequenos empreendedores. No caso dos táxis, os veículos mais modernos aumentam o conforto e a segurança dos passageiros, melhoram a qualidade do serviço prestado pelos taxistas e aumentam a renda desses profissionais”, disse o presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa.

Os primeiros táxis financiados pela Fomento Paraná no município de Ibaiti foram entregues aos proprietários nesta semana. O agente de crédito Reinaldo Fernandes Ribeiro acompanhou os taxistas Estevan Cezar de Oliveira e Rosinei Veronez de Aguiar na retirada dos novos veículos da concessionária. Os profissionais estão satisfeitos com a compra dos veículos. “Foi um sonho que se tornou realidade”, comentou Oliveira, que adquiriu um VW Voyage. “Foi um excelente negócio. Nunca fiquei tão satisfeita com a compra de um veículo zero”, comemorou Rosinei, que também financiou um novo carro. Os recursos da linha de cré-

LINHA DE CRÉDITO A linha de crédito Banco do Empreendedor - Taxistas é destinada a financiar a compra de veículos novos para a prestação de serviços de táxi, para conversão do veículo ao uso de Gás Natural Veicular (GNV ) ou ainda para adaptar o automóvel para transporte de passageiros com dificuldade de mobilidade. Nesta linha é possível financiar entre R$ 3 mil e R$ 50 mil, com taxa de juros a partir de 0,55% ao mês, conforme o enquadramento de cada processo. Os prazos para pagamento são de até 60 meses, com carência de até 75 dias para a primeira parcela. Podem solicitar o financiamento pessoas físicas, titulares de autorização, permissão ou concessão, devidamente registradas nos órgãos municipais que regulam a atividade.

Os recursos da linha de crédito Banco do Empreendedor Taxistas permitem uma melhora no atendimento aos passageiros

www.copel.com

Rafael Francisco Pereira, Leiturista da Copel desde 2010.

A Copel completa 60 anos e o Paraná completa uma marca ainda mais impressionante. Agora o nosso Estado é 100% digital, o primeiro do país com fibra óptica em todas as regiões. E é por isso que a gente pode dizer com muito orgulho: quando a tecnologia da Copel chega a todos os paranaenses, o futuro chega junto.


FOLHA EXTRA ED 1113  

FOLHA EXTRA ED 1113

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you