Page 1

18 DE MARÇO DE 2014

A1

T E R Ç A - F E I R A , 1 8 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 1

TERÇA-FEIRA

nº 1111, ANO 10 R$ 2,00

Wenceslau luta para ter pólo da UAB

Wenceslau Braz caminha a largos passos para sediar um pólo da Universidade Aberta do Brasil, que oferece cursos à distância de universidades estaduais e federais de todo o país. A princípio, as universidades “favoritas” para trabalharem no município através deste pólo são a UEL (Universidade Estadual de Londrina) e UEM (Universidade Estadual de Maringá). De acordo com a secretária de Educação de Wenceslau Braz, Dagmar Toaldo Feliciano, o município já cumpriu metas estipuladas pelo MEC e aguardará o parecer final do órgão. PÁGINA A6

IBAITI

DIVULGAÇÃO

Guapirama recebe R$ 300 mil em equipamentos do PAM DIVULGAÇÃO

Fotografia mostra que viagem da Giovanna à capital teve com finalidade o trabalho em pról de Ibaiti

Assessoria esclarece acusações contra prefeito Políticas e sem fundamento. Assim a assessoria do prefeito de Ibaiti, Roberto Regazzo, o Betão (PSB), descreve as denúncias veiculadas na semana passada contra o chefe do Poder Executivo do município. PÁGINA A8 - por Lucas Aleixo

Portal da Folha Extra está no ar

Emendas parlamentares garantem R$ 6,4 milhões para obras de infraestrutura da Cohapar DIVULGAÇÃO

O deputado estadual e secretário do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Claudio Romanelli repassou equipamentos no valor de R$ 300 mil à Prefeitura de Guapirama. A entrega aconteceu no parque de máquinas da prefeitura, sábado (15) de manhã.Os recursos são do Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (PAM), conquistados por meio da economia obtida na Assembleia Legislativa do Paraná e repassados ao Executivo estadual. PÁGINA A4

ANDIRÁ

Prefeito de é multado por contratação irregular

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Foram assinados nesta segunda-feira (17) convênios para repasse de recursos para 11 municípios do Paraná, garantidos por emendas parlamentares de autoria dos deputados federais Abelardo Lupion (DEM), Leopoldo Meyer (PSB) e Reinhold Stephanes (PSD), atual secretário-chefe da Casa Civil do governo do Estado. Os municípios serão beneficiados com recursos de R$ 6,4 milhões, repassados pelos governos estadual e federal, e que serão investidos em obras de infraestrutura em conjuntos habitacionais executados pela Cohapar. PÁGINA A3

Com o objetivo de suprir uma certa “carência” da região nesse aspecto e se tornar o portal de notícias de todo o Norte Pioneiro e parte dos Campos Gerais, está no ar o site da Folha Extra, que ainda vem após inúmeros de pedidos por parte de PÁGINA A8 leitores e parceiros da edição impressa do jornal.

Seleção Brasileira Master da show para mais de 2 mil pessoas em Ibaiti PÁGINA A4

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) multou o prefeito de Andirá, José Ronaldo Xavier (PTB), em R$ 2.901,06. A sanção aplicada refere-se à contratação, em maio de 2009, do médico Paulo Cesar Lopes. O profissional foi admitido sem concurso público e entrou na justiça, requerendo indenização por danos morais e reclamando verbas remuneratórias às quais teria direito, mas não recebeu. PÁGINA A3


T E R Ç A - F E I R A , 1 8 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 1

Mulher bela e forte Por MAICELMA MAIA SOUZA

Pedagoga, pós-graduanda em psicopedagogia institucional Ao longo do tempo, a figura feminina sempre foi associada aos cuidados domésticos e familiares, haja vista o caráter educativo, cuidadoso e sensível que a mulher adquiriu neste processo. Ser mulher no século 21 é desafiar a história machista, construída e solidificada pelos interesses econômicos, sociais e políticos. Entretanto, uma nova realidade desponta nesta conjuntura, emergindo criticamente “o sexo frágil” de nossa atual sociedade. Queria fazer um texto bem formal, bem organizado morfo-sintaticamente e com expressões fortes, mas não em terceira pessoa. Não consigo me colocar fora deste contexto fantástico e nem perder de vista o alvo mais marcante deste objeto de leitura: a beleza. Isso mesmo! Porque falar sobre mulher é deixar florescer a beleza que este ser transmite em sua plurisingularidade. Escrever sobre a mulher é retratar, com graciosidade e ousadia, a história grandiosa, protagonizada por elas que almejam gozar dos iguais direitos, assim como os homens. CORAÇÃO PARA AS MULHERES É próprio do ser feminino a arte de educar com cuidado e sensibilidade os seres que a rodeiam, ao mesmo tempo em que os torna fortes e autônomos pela sua firmeza. Atribuir à mulher vivências domésticas não significa torná-la inferior, desde que estas não sejam usadas exclusiva e unicamente para a manutenção da hierarquia e do poder atribuído ao homem neste processo. Muito pelo contrário, é dentro de casa que mulher e homem interagem e buscam o equilíbrio de uma vida harmoniosa e socialmente complementada. Até porque não cabe mais, dentro do século 21, tanto preconceito. A mulher atual

emerge, consideravelmente, com o apoio ferrenho deste modo de produção, a fim de fazer crescer a vida familiar e enraizar nesta sociedade machista valores mais éticos, capazes de humanizar os seres que aqui habitam. O nosso modelo econômico gosta de ver a mulher no mercado de trabalho, porque sabe que só tem valor o ser humano que consome, e quanto mais consome, melhor. Não estou aqui recriminando as mulheres que trabalham (até porque estou neste parâmetro também), o que pretendo é apenas apresentar a intencionalidade de todas as ações nesta sociedade regida pelo neoliberalismo. O direito ao trabalho deve ser assegurado e garantido por todo e qualquer governo, para todo cidadão e toda cidadã, entretanto não devemos cair nas armadilhas do consumismo e reduzir nosso poder de transformação social ao de meras consumidoras inconseqüentes. Tudo é muito bem planejado e nada é por acaso. A mesma sociedade que faz a mulher crescer e reconhece seu suor, ainda paga seu salário inferior ao do homem, mesmo ela exercendo a mesma função que ele. Valoriza-se o ser original e diferente esteticamente, quando também define os padrões de beleza, criando as anoréxicas, bulímicas e depressivas. É tudo muito contraditório, mas é na contradição que a mulher se fortalece... É na dialética que a vida acontece! Neste século, o coração que não for das mulheres tem que ser para elas! Axé!

Comente o artigo http://issuu.com/ folhaextra

CHARGE DA EXTRA

A2

OPINIÃO

Ensaio sobre a cegueira Por ROSANA BRAGA Consultora

D

ificilmente uma explosão emocional acontece de uma hora para a outra – isso é fato! O rumo dos acontecimentos sempre nos serve para, de uma forma ou de outra, indicar o que está por vir. Por isso o dito popular “cego é aquele que não quer ver” faz tanto sentido em algumas situações. Bem, é verdade também que os sinais nem sempre são tão claros ou óbvios, especialmente para quem está intimamente envolvido na história. E talvez seja por isso que tantos casais só se dão conta do quanto suas relações estão desgastadas quando a tolerância e o desejo já acabaram há tempos. Existem também os que preferem fingir que está tudo bem só para não terem de lidar com os conflitos. Ok, concordo que discutir a relação toda hora pode se tornar chato e cansativo. Além disso, tratar qualquer discussão ou desentendimento como se fosse uma questão a ser resolvida, pode ser um grande engano. Levar um relacionamento “a ferro e fogo” pode terminar significando um sem-fim de picuinhas que terminam em brigas e discussões absolutamente desnecessárias. Como saber o que considerar

e o que relevar? Em primeiro lugar, vale se questionar: você está ignorando dores, incômodos e irritações, fingindo que está tudo bem com a expectativa de que isso sirva para que realmente fique tudo bem? Se sua resposta for sim, fique atento – é muito provável que esta estratégia não funcione por

esperar, já terá se esquecido do que estava te irritando. Não se deixe enganar pelo orgulho ou pelo medo. Encha-se de bom senso e de inteligência afetiva e não perca tempo com bobagens. Lembre-se de que toda história tem dois lados: o seu e o da outra pessoa. Cada um enxerga o

Quanto mais você olhar de frente, quanto mais você se ver e reconhecer o que é seu, diferenciando-se do outro e admitindo que os dois estão em busca de prazer e felicidade, mais fácil será se implicar com esse cenário divertido. Quando você simplesmente relaxa e deixa ir embora suas exi-

Existem também os que preferem fingir que está tudo bem só para não terem de lidar com os conflitos. Ok, concordo que discutir a relação toda hora pode se tornar chato e cansativo. Além disso, tratar qualquer discussão ou desentendimento como se fosse uma questão a ser resolvida, pode ser um grande engano. muito tempo. Mas se concluir que o que está te roubando o humor são questões pequenas, cotidianas, sem importância real, que tal pegar leve e relaxar um pouco? Amor combina com prazer e prazer inclui aprender a rir de si mesmo, de suas próprias chatices. Não seja tão ranzinza e endurecido porque essa dinâmica só serve para acelerar o envelhecimento e – pior do que isso – repelir aqueles de quem mais gostamos. Assim, respire fundo e apenas se dê um tempo! Vá ao cinema ou, quem sabe, tomar um café. Mude o foco e, quando menos

que está acontecendo a partir de suas crenças, de seus valores e do modo como aprendeu a validar cada um deles. Mas, mais do que isso, enxerga também a partir deste momento e do que está acontecendo ao seu redor. E tudo isso pode ser efêmero demais para ser levado tão a sério! Amar é um exercício diário que tem muito mais a ver com flexibilidade, ajustes e amadurecimento do que com posturas enrijecidas e inflexíveis ou decisões absolutas. Nada é absoluto no amor porque ele é vivo, pulsa, vibra e transforma – a si, ao outro e ao mundo!

gências, muitas vezes infantis, o que fica é uma humanidade linda, mais alegria e compreensão. E, sobretudo, a percepção de que não existe nada mais incrível do que aproveitar este momento para fazer tudo isso valer muito a pena!

Comente o artigo http://issuu.com/ folhaextra

Procurar entender-se PADRE JEFERSON Fãs da Psicanálise

C

onhece-te a ti mesmo, famosa frase de um filosofo grego. Será que eu me conheço? Ora, somos mais que uma definição conceitual de possibilidades e ideias. Há aqueles que dizem que somos intelecto, psíquico e espiritual. Na verdade somos uma jardim, uma paisagem, muitas vezes desconhecida para nós mesmo. Temos tudo que uma paisagem possa ter. Porém, não percorremos e nem visitamos. Existe até esconderijos sombrios que todos e, até, nós mesmo, tudo fazemos para desconhecer, ocultar e esquecer. Por isso, Jesus nos alerta dizendo que o que torna o homem impuro é o que sai do interior do seu coração. Ele elenca uma lista que nos torna impuros. Más intenções, imoralidades, roubos, assassínios, adultérios, ambições desmedidas, malda-

des, fraudes, devassidão, inveja, calúnia, orgulho, falta de juízo. O bem e o mal fazem parte da nossa paisagem. O bonito e o feio vivem de mãos dadas em nosso pequeno mundo. Somos ao mesmo tempo, um animal feroz e uma ovelhinha inofensiva; um urso esfaimado e a pombinha branca e inocente da paz. Se não reconhecermos isso em nós, pode transformar-se em graves frustrações e de desilusões, a longo prazo dolorosa. Nenhum pecado nos afasta mais de Deus e dos irmãos do que a presunção de sermos justos. Paulo é incisivo: “Vocês que buscam a justiça na Lei se desligaram de Cristo e se separaram da Graça” (Gl 5,4). A auto justificação esvazia a justificação. Tira-nos a verdadeira consciência de nós mesmo como miséria e de Deus como misericórdia. Obriga-nos a fazer de tudo, até a amar, mas não aceita que se-

jamos amados gratuitamente. Desta maneira, o nosso coração continua duro, calcificado, morto, surdo e cego diante do amor e da vida que o amor suscita. Nossos olhos não veem, nossos ouvidos não ouvem (Mc 8,18). É importante passear pela paisagem de nossa vida (interior) sem nos assustarmos demasiadamente com os minotauros que vivem em nossos labirintos e sem nos encantarmos infantilmente com os leões (vaidade, presunção e prepotências) que circundam nosso mundo mais ensolarado. Uns e outros somos nós. Este entendimento de nós mesmo deveria abrirnos para uma certa condescendência, que não é aprovação de nossas covardias, mas aceitação de nossas pobrezas e apoio bem-humorado para uma autoestima saudável. A resposta está em mim. É fato!

Mas como encontra-la nessa paisagem que é o meu interior? No aceitar-se a si mesmo há uma capítulo que é, normalmente, muito difícil: o de perdoar-se. Perdoar os outros pode não ser tão difícil, porque nós fazemos, nestes casos, protagonistas da ação. Perdoar a si mesmo já não é tão fácil, porque a ação perde qualquer brilho de vaidade. É algo que se passa na austeridade de um deserto, que tem um único e silencioso espectador: Deus. Aceitar-se e perdoar-se! Não é preciso dizer que estes gestos são fonte de grande alegria.

Comente o artigo http://issuu.com/ folhaextra


T E R Ç A - F E I R A , 1 8 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 1

VIDA PÚBLICA

A3

ENTREVISTA

"A era Requião acabou", diz Stephanes Jr DIVULGAÇÃO

Deputado estadual ainda garante apoio à reeleição de Richa DAS AGÊNCIAS

O deputado estadual Reinhold Stephanes Júnior foi eleito presidente do PMDB de Curitiba no último dia 23, derrotando o deputado federal João Arruda, candidato do senador Roberto Requião. E não mede as palavras para dizer que sua vitória significa “o fim da era Requião” no partido. “O Requião é uma farsa eleitoral”, afirma ele, afirmando que o senador construiu sua carreira política com base em “fraudes” como a do caso Ferreirinha, na qual acusou o então adversário na disputa pelo governo, José Carlos Martinez, de envolvimento com grilagens de terras, usando para o depoimento de um suposto pistoleiro na propaganda eleitoral. Não por acaso, Stephanes Jr defende com todas as letras que o PMDB deve apoiar a

reeleição do governador Beto Richa (PSDB). E ataca duramente o PT e o governo federal, corroborando as acusações de perseguição contra o Estado por motivação política. 1- O senhor assumiu em definitivo a presidência do PMDB de Curitiba. Quais os seus planos e metas para o partido? Stephanes Júnior – Eu considero que a minha eleição foi uma mudança de rumo dentro do partido. Com isso abriu espaço para novas lideranças. O partido tende a crescer em Curitiba. O partido vem diminuindo na cidade. Já chegamos a ter mais de 20 vereadores, agora temos uma vereadora. Então é uma oxigenação. Há mais de 30 anos o (senador Roberto) Requião mandava em Curitiba. Estava na hora de mudar. Independente de ser meu nome ou não, o grupo novo que assu-

miu tinha que mudar. As coisas não estavam indo bem. E é bom essa renovação. E é claro que significa também o fim da era Requião. Eu acho que eu deixei muito claro, até usei o slogan dele: ‘voltar atrás nunca mais’. 2- Mas o senhor já tem algum plano no sentido, por exemplo, de lançar candidato próprio à prefeitura de Curitiba em 2016? Stephanes Jr – Sim. Primeiro eu já estou trazendo novas filiações para disputar a eleição de vereador daqui a dois anos. Isso já tenho feito, buscado contatos para lançar uma boa chapa. Meu sonho é ser prefeito de Curitiba. Mas independente do meu nome, podem surgir outros nomes dentro do partido para disputar a prefeitura de Curitiba. E além disso, eu pretendo estar em todos os segmentos da cidade, desde os bairros, os

movimentos sociais, federação das indústrias, associação comercial, sindicatos. Eu pretendo que o partido se infiltre mais na cidade. E todo mundo pode ter voz e vez, eu não sou dono do partido. Era diferente, a posição era de um ditador antigamente. Isso agora muda. 3- O senador Requião foi destituído da presidência do PMDB de Curitiba sob o argumento de baixo desempenho do partido na eleição municipal de 2012. Mas muitos peemedebistas, inclusive o senhor, não apoiaram o candidato a prefeito do partido, Rafael Greca. Não é uma contradição? Stephanes Jr – Veja, o Requião sempre impõe aquilo que ele quer. Foi o que aconteceu. Ele impôs o (deputado federal Ângelo) Vanhoni (PT), o (ex-reitor da UFPR, Carlos)

Emendas parlamentares garantem R$ 6,4 milhões para obras de infraestrutura Arapoti, Barra do Jacaré, Ibaiti, Tomazina e Wenceslau Braz fazem parte da lista dos beneficiados DIVULGAÇÃO

Moreira, impôs o Rafael. Não que o Rafael fosse um mau candidato. Mas essa imposição, eu pelo menos não aceito. Se fosse um processo que surgisse, tivesse prévias, as pessoas participassem. Não, na verdade era ‘eu quero tal pessoa, acabou, não tem diálogo’. Eu acho que isso é que acabou com o partido. E o próprio Requião, na minha opinião, se elegeu a primeira vez prefeito de Curitiba em uma eleição muito discutida em termos de fraude. E foi eleito governador, se a lei eleitoral fosse cumprida ele não poderia ter sido nem diplomado. Porque ele inventou que o ( José Carlos) Martinez tinha matado pessoas, botou o coveiro enterrando as crianças da família, tudo mentira. Ele nunca teria existido se a lei fosse cumprida. O Requião foi uma farsa eleitoral. 4- Na convenção estadual do PMDB de 2012 o grupo de Requião também fez pouco mais de 40% dos votos. E o grupo do ex-governador Orlando Pessuti também defende a candidatura própria ao governo. Isso não favorece essa tese contra a aliança? Stephanes Jr – Quem ganhou a convenção foi o Orlando Pessuti e os deputados. Mas o Orlando Pessuti não vai se unir ao Requião. Ou ele vem conosco, ou nós vamos com ele. Mas, vamos dizer assim, a tendência é de que ainda exista um diálogo, uma composição entre os deputados e o Pessuti. Que eu não sei se vai ser pela candidatura própria, ou se vai ser pela aliança. Eu defendo a aliança, com o PMDB indicando o vice-gover-

Prefeitos participam de solenidade para assinatura de convênios bitacionais já existentes, em andamento ou que ainda vão iniciar. O secretário estadual da Habitação e presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche, destacou o empenho dos deputados para destinar verbas aos pequenos municípios. “Estas emendas são muito importantes, pois viabilizam obras que vão transformar as cidades e proporcionar ainda mais qualidade de vida às famílias”, disse.

O prefeito de Tomazina, um dos municípios beneficiados, Guilherme Costa (PSD), agradeceu o empenho de todos e disse que a cidade inteira ganha com os investimentos. “Melhoramos a vida de todos, tanto das pessoas que moram nestes conjuntos quanto de quem passa pelo local e encontra uma boa infraestrutura”, afirmou. O município de Barra do Jacaré foi um dos beneficiados pelas emendas. “Essas emen-

das nos ajudam muito, pois não conseguimos arcar com as despesas. A parceria com o governo do Estado é fundamental para o crescimento das cidades do interior”, disse o prefeito Edimar de Freitas Alboneti, o Edão (PP). Municípios beneficiados por recursos de emendas parlamentares: Arapoti, Ariranha do Ivaí, Barra do Jacaré, Campo do Tenente, Ibaiti, Ivaí, Jataizinho, Jesuítas, Piên, Tomazina e Wenceslau Braz.

5- Porque o senhor considera que seria melhor para o partido apoiar a reeleição do atual governador? Stephanes Jr – Primeiro porque eu acredito que o Beto só não faz um governo melhor em função do boicote do governo federal ao Paraná. Segundo, que ninguém quer mudar para PT no Paraná. E depois, o Beto foi um bom prefeito, é um bom governador. Isso que o governo federal fez de não liberar os empréstimos, de fazer um PAC da infraestrutura e não ter dez centavos para o Paraná, aonde foram bilhões para Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, e o Paraná ficou de fora. Essas coisas as pessoas têm que perceber que infelizmente o governo federal acha que ganha a eleição no Paraná prejudicando o Estado. 6 - O Requião tem aparecido com cerca de 20% das intenções de voto para o governo. Não seria natural o PMDB ter candidato próprio? Stephanes Júnior – Primeiro que eu acho que o Requião não ganha eleição de governo se ele fosse candidato. Ninguém quer mudar para Requião. Quer renovar. Teria que ter uma outra opção que não fosse PT ou Requião. Não há. E depois, o Requião nunca se preocupou em fazer um partido. Nós só temos quatorze candidatos a deputado estadual e seis a federal. Isso é uma brincadeira de mau gosto.

Prefeito de Andirá é multado por contratação irregular DA ASSSESSORIA TCE

AEN

Foram assinados nesta segunda-feira (17) convênios para repasse de recursos para 11 municípios do Paraná, garantidos por emendas parlamentares de autoria dos deputados federais Abelardo Lupion (DEM), Leopoldo Meyer (PSB) e Reinhold Stephanes (PSD), atual secretário-chefe da Casa Civil do governo do Estado. Os municípios serão beneficiados com recursos de R$ 6,4 milhões, repassados pelos governos estadual e federal, e que serão investidos em obras de infraestrutura em conjuntos habitacionais executados pela Cohapar. A Cohapar é responsável pela elaboração dos projetos, licitação e fiscalização das obras. Os recursos das emendas serão investidos em obras de infraestrutura que podem ser realizadas em conjuntos ha-

nador e vai ter aliança na proporcional.

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) multou o prefeito de Andirá, José Ronaldo Xavier (PTB), em R$ 2.901,06. A sanção aplicada refere-se à contratação, em maio de 2009, do médico Paulo Cesar Lopes. O profissional foi admitido sem concurso público e entrou na justiça, requerendo indenização por danos morais e reclamando verbas remuneratórias às quais teria direito, mas não recebeu. O TCE entendeu ser procedente a Representação (Processo nº 714239/12) ajuizada pela Vara de Trabalho de Bandeirantes, que deu ganho de causa ao servidor contratado como "Médico de Saúde da Família Comunitária". Em seu voto, o conselheiro corregedor-geral do TCE, Ivan Bonilha, destaca que o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) registra o médico como empregado do Município de Andirá. O provimento do cargo deve-

ria ter se dado por concurso público, conforme determina o Artigo 37, Inciso II, da Constituição Federal, aponta Bonilha em sua proposta de voto. Adicionalmente, a atividade exercida por Lopes constitui atividade fim da administração pública, o que torna ainda mais evidente a necessidade de concurso. Devido às irregularidades na contratação e exercício da atividade médica, a Justiça do Trabalho condenou o Município a pagar ao reclamante "indenização pelos serviços prestados sem remuneração, bem como a depositar as contribuições sociais no importe de 8% incidentes sobre a remuneração mensal paga e devida". Também determinou o pagamento de danos morais no valor de R$ 5 mil, decorrentes da falta de pagamento de salários. O prazo para interposição de Recurso de Revista, quando cabível contra decisão do TCE, é de 15 dias, contados após a publicação do acórdão no Diário Eletrônico do TCEPR, veiculado de segunda a sexta-feira, no site do TCE: www.tce.pr.gov.br.


T E R Ç A - F E I R A , 1 8 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 1

A4

CIDADES

Guapirama recebe R$ 300 mil em equipamentos do PAM

COLUNA DA PÁGINA AGRONEGOCIOS DIVULGAÇÃO

DA ASSESSORIA

O deputado estadual e secretário do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Claudio Romanelli repassou equipamentos no valor de R$ 300 mil à Prefeitura de Guapirama. A entrega aconteceu no parque de máquinas da prefeitura, sábado (15) de manhã. Os recursos são do Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (PAM), conquistados por meio da economia obtida na Assembleia Legislativa do Paraná e repassados ao Executivo estadual. Segundo Romanelli, o município de Guapirama está inserido em todos os programas de desenvolvimento do Governo do Estado, que está investindo na melhoria da qualidade de vida dos paranaenses. Romanelli destacou ainda o trabalho e compromisso do prefeito Pedro de Oliveira, o Pedro Banzé (PMDB) com o município. “É um prefeito que tem buscado recursos em Curitiba e tem apresentado um excelente trabalho administrativo e,

Entrega das chaves do novo maquinário da prefeitura de Guapirama por isso, não tem como dizer não, pois suas solicitações são para investimento em benefícios que atendam toda a população de Guapirama”, diz Romanelli. Já o prefeito Pedro Banzé lembrou-se do compromisso que Romanelli tem com todo o Norte Pioneiro. “É um deputado que tem lutado pelo nosso município e região todos os anos, desde o seu primeiro mandato. Por isso, todas as vezes que batemos na porta do seu gabinete na Assembleia ou nas secretarias em que atuou, sempre en-

contramos um amigo pronto a nos atender”, comemora o prefeito. Com os investimentos do PAM, Guapirama recebeu um caminhão e uma máquina de triturar galhos, além de uma carreta para transportar os galhos triturados para um depósito, onde serão distribuídos a produtores rurais para utilização como adubo, na agricultura familiar. Todos os equipamentos são novos e adquiridos com recursos do PAM. Além do prefeito Pedro Banzé e da primeira-dama Helena Leal de Oli-

veira, o vice-prefeito Santo Yoshimi Sumizawa (PTB) também participou da solenidade. Eles entregaram, junto com Romanelli, a chave do caminhão para um motorista e também a um operador da máquina de triturar galhos. O ex-prefeito Sérgio Chaek, a secretária de Educação Vanessa e as professoras Leni, diretora da Escola São Roque e Lislene, diretora do CEMEI também participaram da solenidade, além de várias lideranças comunitárias locais.

Seleção Brasileira Master da show para mais de 2 mil pessoas em Ibaiti DIVULGAÇÃO

PINHEIRO DE MOURA Ibaiti

Uma tarde que jamais será esquecida por todos que estiveram no Estádio Municipal Jorge Banuth, em Ibaiti, neste domingo (12). Em um dia ensolarado, mais de 2 mil pessoas disputaram as sombras das arvores. Autoridades como o secretário Executivo de Futebol profissional Ricardo Gomide, presidente da câmara de vereadores de Ibaiti, Adauto Cunha (PCdoB), vereadores Verinha do Julinho (PSDB), Lede do Açougue (PSB), prefeito de Ibaiti, Roberto Regazzo, o Betão (PSB), e sua esposa a primeira dama Geovana Magalhães, estiveram no estádio – Betão que, mais tarde iria tentar defender no gol a seleção de Ibaiti. Às 14 horas entraram em campo 44 jogadores, dois árbitros, quatro bandeirinhas, e duas bolas rolaram pelo gramado, disputaram Sapopema X Tomazina e Jaboti X Figueira simultaneamente.

Campo Largo abre Caminhadas na Natureza 2014 O Circuito das Colônias Polonesas, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, abre oficialmente neste sábado (08), o calendário de 2014 das Caminhadas Internacionais na Natureza no Paraná. Promovidas pelo Governo do Estado, por meio Secretaria de Agricultura e do Abastecimento e Instituto Emater Paraná, o projeto conta também com o apoio das prefeituras municipais que auxiliam na organização e na escolha dos roteiros percorridos. Para 2014 estão previstas 103 caminhadas. Segundo Ivaldete Zarpellon, coordenadora estadual do projeto Turismo Rural, da Emater Paraná, as Caminhadas Internacionais na Natureza já estão integradas ao desenvolvimento do turismo rural no Estado e também auxiliam a movimentar as economias locais onde elas acontecem. “Estamos entrando no sétimo ano consecutivo deste projeto. O retorno tem sido cada vez maior, com a inclusão de novos municípios e roteiros a cada temporada”, diz Ivaldete. “Muitos destes roteiros são novos e mostram que o Paraná tem potencial e uma diversidade muito grande no turismo rural, com as comunidades agrícolas integradas ao projeto. Além de divulgar o turismo da região e belezas naturais de cada local, as caminhadas ajudam a divulgar e fortalecer a agricultura familiar, a agroindústria e o artesanato, que agregam valor e renda ao município”, afirma a coordenadora da Emater. PERCURSO A 2ª Caminhada Internacional na Natureza de Campo Largo será no “Roteiro das Colônias Polonesas”, na região da Colônia Figueiredo. “O circuito escolhido passará por estradas rurais e propriedades com produção de flores, vinhos, hortigranjeiros, criação de pequenos animais e confecção de artesanato. Além disso, o evento oferece a possibilidade de conhecer carreiros na roça, trilhas na mata e a comida típica polonesa”, explica Bernadeth Kulka, diretora geral do Departamento de Turismo de Campo Largo. Podem participar pessoas de qualquer idade. A inscrição deve ser feita antecipadamente no site da caminhada ou pessoalmente no dia do evento. Basta levar um quilo de alimento não perecível. A doação dos alimentos arrecadados será administrada pela Associação de Turismo Rural das Colônias Polonesas. CREDENCIAMENTO

Seleção Brasileira desfila categoria no gramado de Ibaiti Mas a grande atração da tarde estava ainda por vir: às 16h entrou em campo sob os aplausos dos presente as duas seleções másteres. Jogando pelo time de Ibaiti no primeiro tempo Betão, Valmir, Ulisses, Pindoca, Edson Candido, Vilmar, Amarildo, Dunga, Franja, Pimpão e Gandula, já no segundo tempo atuaram os jogadores, Girley, Pé de Pato, Dinho, Ferro Velho, J D, João Curiuva, Nerei, Caca do HSBC, Candó,

Tonhão, Alã, Paulo Fadel e Amauri. Pela Seleção Brasileira Máster atuaram os atletas Veloso, Vitor, Capone, Batata, Fubá, Zenon, Edu, Careca, Robert e Biro Biro, e os eternos craques que representaram o Brasil pelo mundo, deram um verdadeiro show de bola, balançando a rede do goleiro Betão por três vezes no 1º tempo e no 2º tempo foi a vez do goleiro Girley levar mais três

gols, totalizando um placar de 6 x 0. Mas nenhum dos atletas Ibaitienses se importaram com o resultado, pois todos se sentiram honrados em disputar a bola com grandes ídolos do futebol nacional. O evento contou com o apoio da prefeitura municipal de Ibaiti da secretaria de Cultura Esporte e Lazer, da imprensa local e regional.

O credenciamento da Caminhada começa às 7h30, com concentração na Capela Nossa Senhora da Luz, na Colônia Figueiredo. Quem quiser pode tomar um café da manhã com comidas típicas do ambiente rural. Após a abertura oficial e um aquecimento físico, todos partem para um percurso de aproximadamente 11 quilômetros. Orientados por placas, os caminhantes poderão parar em três pontos de apoio, onde haverá água, banheiros e atrativos para visitar. A primeira parada será na Chácara Caminho das Flores e Vinhos Monjolo. Em seguida, será a Chácara Camila e, por último, a RF Orquídeas, que exibe um belo orquidário. Em cada ponto, os participantes receberão um carimbo na caderneta oficial das caminhadas para validar o trajeto. No retorno à Capela será possível conferir uma grande feira de produtos coloniais da região, com bolachas, pães, geleias, vinhos, flores, mel e chás, além de artesanato local. “Para finalizar, os caminhantes poderão saborear um almoço típico polonês, em uma propriedade onde haverá passeios gratuitos de balsa e de “carroção”, puxado por um trator decorado com lambrequins, símbolo típico polonês. No caminho para o restaurante, também será possível visitar o Museu da Etnia Polonesa. Para o percurso, serão distribuídas sacolas plásticas para coleta do lixo gerado pelo caminhante ou encontrados no caminho. No final, a sacola pode ser trocada por mudas de plantas nativas”, diz Bernadeth Kulka. As Caminhadas na Natureza no Paraná são uma ação do Governo do Estado, realizada pela Secretaria da Agricultura e Emater. As caminhadas têm ainda apoio das prefeituras, da organização não governamental Anda Brasil, da Federação dos Esportes Populares – IVV, do Grupo de Turismo e Produção Associada, e Turismo Rural na Agricultura Familiar - Rede Traf. Em Campo Largo, a caminhada conta com a organização do Departamento de Turismo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, em parceria com a Associação de Turismo Rural das Colônias Polonesas.


T E R Ç A - F E I R A , 1 8 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 1

COLUNA DA PÁGINA OCORRÊNCIAS

Jovem se enforca em Tomazina Um jovem de 25 anos foi encontrado morto pela Polícia Militar de Tomazina após denúncia de populares, no inicio da tarde do último domingo (17), na zona rural do município. Uma ligação levou os policiais até o bairro de Gabiroval onde encontraram o pai do jovem e este relatou que seu filho havia se enforcado, próximo de onde morava. Chegando ao local a equipe da policia encontrou o jovem em óbito, então a Polícia Civil foi chamada para realizar a perícia que indicou que o mesmo poderia ter se suicidado com um fio. Foi aberto inquérito e será realizada investigação sobre o caso. O corpo do jovem foi enviado ao IML (Instituto Médico Legal) de Jacarezinho e posteriormente liberado para a família.

PM prende homem por desacato No último sábado (15) policiais militares de Joaquim Távora receberam uma denúncia informando que em um bar no centro da cidade havia aglomeração de pessoas utilizando som alto, incomodando os vizinhos, e fazendo manobras proibidas com veículos. O proprietário do estabelecimento juntamente com outras pessoas agrediram os policias verbalmente, e estavam com tacos de sinuca nas mãos. Diante dos fatos, com apoio dos PMs de Quatiguá e Guapirama, foi realizada abordagem no local, o proprietário recebeu voz de prisão por desacato à autoridade, e encaminhado juntamente com uma máquina de som apreendida, à Delegacia de Polícia Civil.

Polícia do Paraná incinera 17 toneladas de drogas apreendidas no Estado DIVULGAÇÃO

Governo faz a incineração de drogas apreendidas pelas polícias no Paraná AEN

A Secretaria Estadual da Segurança Pública realizou nesta segunda-feira (18) a última etapa de incineração de cerca de 17,1 toneladas de drogas apreendidas pela polícia em operações realizadas no Estado. A incineração foi realizada em uma empresa de calcário na Região Metropolitana de Curitiba. Incinerações simultâneas também ocorreram nas cidades de São Mateus do Sul, Umuarama, Maringá, Cornélio Procópio, Jacarezinho, Ponta Grossa, Guarapuava, Cascavel, Campo Mourão e Toledo. Depois de apreendida, toda droga é recolhida como prova junto aos inquéritos policiais e, depois, esse

entorpecente tem que ser destruído. Para que haja a incineração é necessária a autorização do Poder Judiciário. De acordo com informações da polícia civil, foram incineradas cerca de 16,8 toneladas de maconha, 66,3 quilos de cocaína, 146,8 quilos de crack, 19,6 quilos de haxixe, além de 11.525 frascos de lança-perfume e 24 pontos de LSD. As drogas incineradas foram apreendidas em ações da Divisão Estadual de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc), nos núcleos da Região Metropolitana de Curitiba, Curitiba, Cascavel, Londrina, Maringá, Foz do Iguaçu e Ponta Grossa; pelas 20 subdivisões que formam a Divisão Policial do Interior (DPI) e em operações conjuntas com outras forças policiais. “Essa quantidade de entorpecentes

destruída hoje é mais uma comprovação do excelente trabalho de combate ao crime organizado que as polícias do Paraná estão fazendo nas ruas, todos os dias”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Leon Grupenmacher. O delegado-geral da Polícia Civil, Riad Braga Farhat, enfatizou que a instituição recebeu determinação do governo do Estado para priorizar investigações de homicídios e de tráfico de drogas. “O número de homicídios dolosos já caíram 20% e as drogas têm batido todos os recordes de apreensão. O investimento do governo em viaturas e em efetivo foram essenciais para esse resultado. Policiais sem condições de trabalhar não conseguem fazer o combate efetivo ao narcotráfico como é devido”,

Desde 2008 longe da elite do futebol brasileiro, o Paraná Clube também viu sua força no Estado do Paraná reduzir nos últimos anos, com o time ficando de fora da luta pelo título nas últimas seis edições do estadual. Desde o ano passado, contudo, houve um resgate do orgulho paranista, com a torcida apoiando massivamente a equipe, que esteve perto do retorno à Primeira Divisão do futebol brasileiro na temporada passada. Agora, o Tricolor tem a chance de voltar a mostrar sua força no campeonato estadual. A última vez que o Paraná disputou uma final do estadual foi em 2007. O time comandado por Zetti, contudo, acabou derrotado na decisão pelo Paranavaí. Naquele ano, o Tricolor disputou a Copa Libertadores, mas acabou sendo rebaixado no Brasileiro. Desde então, a equipe da Vila Capanema alternou maus e bons momentos no Paranaense. Em 2008, o time cambaleou na pri-

meira fase – foi apenas o sexto colocado, com 23 pontos – mas se recuperou na segunda fase, ficando na liderança em um grupo que tinha ainda Paraná e Atlético Paranaense. Acabou, porém, sendo eliminado na semifinal da competição, após ser derrotado duas vezes pelo Coritiba, que viria a ser o campeão naquele ano. Em 2009, a competição trazia um novo regulamento. Na 1ª fase, os 15 times se enfrentaram e os oito primeiros seguiram na luta pelo título. Mas tinha um detalhe: o time de melhor classificação iniciaria a segunda fase com dois pontos a mais e ainda jogaria todas as partidas em casa, enquanto o segundo começaria com um ponto de vantagem e jogaria apenas a partida contra o líder fora de casa, o terceiro jogaria apenas contra o 1º e o 2º fora de casa, e assim por diante. Novamente o Tricolor fez uma campanha fraca na primeira fase, somando apenas 20 pontos em 14 jogos e ficando na 5ª colocação – ou seja, na segunda fase faria quatro jogos fora e apenas três em casa. Acabou longe do título, ficando nove pontos atrás do Atlético-

COLUNA DA PÁGINA RAPIDINHAS DIVULGAÇÃO

Clube faz boa campanha neste estadual PR, o campeão. Em 2010, com o mesmo regulamento, uma campanha um pouco melhor. Quarto lugar na primeira fase, quarto lugar na segunda. Mesmo assim, longe do título – 12 pontos a menos que o Coxa, que se sagrou campeão com 100% de aproveitamento na segunda fase. Em 2011, o time viveu um de seus piores momentos na história. Com uma campanha pífia (para não dizer ridícula), o Tricolor conseguiu ser rebaixado no Campeonato Paranaense. Foram apenas 23 pontos soma-

destacou o delegado. Na semana passada, a Delegacia do Adolescente de Curitiba também incinerou drogas. Foram cerca de 2,3 quilos de crack, cocaína e maconha, queimados em uma empresa também na RMC. A droga foi o resultado dos 55 Boletins de Ocorrência Circunstanciados (BOC) ou apreensões em flagrante realizados pela delegacia especializada. Nos últimos meses, outras grandes incinerações isoladas foram feitas em cidades como Astorga, Cascavel, Laranjeiras do Sul, Apucarana, Cafelândia, Colorado, Maringá, Irati, Jacarezinho, Faxinal, Ponta Grossa, Guaraniaçu e Pato Branco. Já em 2012, outra grande incineração foi promovida pela Polícia Civil, totalizando 14 toneladas.

ESPORTES

Após sete anos, Paraná volta a sonhar com título estadual DAS AGÊNCIAS

A5

COTIDIANO

dos em 22 jogos, com o Paraná encerrando a competição na penúltima colocação. Campeão da Série Prata, o Paraná retornou à elite do estadual em 2013 sedento para retomar o título de campeão Paranaense. E o time, comandado por Toninho Cecílio, até foi bem, em especial na primeira fase, quando chegou a liderar o estadual. Contudo, polêmicas com a arbitragem em um jogo contra o J. Malucelli acabaram minando a moral da equipe, que caiu muito de rendimento e acabou o estadual apenas com a quarta melhor campanha.

Muricy dá recado a corintianos: 'Não coloquem meu caráter à prova' Os corintianos Mano Menezes e Romarinho estão entalados na garganta do são-paulino Muricy Ramalho. Em entrevista à Rádio Globo, o técnico tricolor voltou a falar nesta segunda-feira sobre as acusações feitas pelos corintianos de que o Tricolor teria facilitado o jogo para o Ituano a fim de eliminar o Alvinegro do Campeonato Paulista. Muricy deixou claro seu desconforto com o colega e o atacante. Com um tom bem mais duro do que o usado na coletiva ainda no estádio do Morumbi, após a derrota por 1 a 0 para o time de Itu, ele exigiu que os rivais provem que houve corpo mole do São Paulo. Após o empate sem gols do Corinthians com o Penapolense, Romarinho foi direto: disse ter certeza de que o São Paulo havia entregado o jogo. Já Mano não foi tão direto, mas, irônico,deixou claro que pensa como o atacante. “Eu estou no futebol há muito tempo e ainda não me ensinaram a dar preleção pedindo para os meus jogadores entregarem um jogo. Trabalhei com muita gente boa e não aprendi a fazer isso. Não dá para admitir esse tipo de coisa. Quando falam o que foi falado, se questiona o caráter, o ser humano, e isso é inadmissível. Não aceito que coloquem meu caráter à prova”, afirmou o treinador. Muricy voltou a dizer que o São Paulo não pode ser responsabilizado pela eliminação do rival. “Se o Corinthians tivesse ganho da gente no Pacaembu, estaria brigando pela vaga. Se tivesse vencido o Penapolense, estaria brigando pela vaga. Sempre o outro é culpado. É uma filosofia muito usada no nosso país. Comigo não tem jeitinho brasileiro. Entramos em campo para ganhar, mas o adversário foi melhor. Não tem historinha. Aqui no Brasil, todo mundo fala o que quer e ninguém prova nada”, ressaltou.


A6

EDITAIS

T E R Ç A - F E I R A , 1 8 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 1

PINHALÃO DECRETO nº 17/2014 SÚMULA: Declara a utilidade pública, para fins de desapropriação, um terreno urbano de 760,00 metros quadrados, devidamente matriculado no Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Tomazina sob nº 12.070, para a construção de uma rodoviária, rotatória e avenida. O Prefeito Municipal de Pinhalão, senhor Claudinei Benetti, considerando a necessidade do Município de Pinhalão em ceder um espaço para que o governo do Estado do Paraná possa construir uma quadra de esportes, vem por meio deste, com fulcro no art. 56, inciso XV da Lei Orgânica Municipal e Decreto-lei 3.365/41, art. 5º, alínea “m”: DECRETAR Art. 1º A utilidade pública, para fins de desapropriação amigável ou judicial, na forma da legislação vigente, do imóvel descrito na matrícula nº 12.070, do Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Tomazina, contendo a seguinte descrição: um imóvel urbano de formato irregular, situado na cidade de Pinhalão, nesta comarca, na Vila Guarani, de frente para a rodovia PR-T 272, medindo e confrontando 39 m de frente para a rodovia PR-R272, 27,5 metros à direito com Djalma Ubirajara Nogueira, 11 m à esquerda com Tereza Vasconselos e finalmente 40 m aos fundos com Clarindo Benedito Rodrigues e Francisco Pereira da Silva, totalizando uma área de 760,00 metros quadrados. Art. 2º O imóvel descrito no art. 1º será utilizado em um projeto que contemplará a construção de uma rodoviária, rotatória e avenida. Art. 3º Serão utilizadas as seguintes dotações orçamentárias para fazer frente às despesas oriundas da desapropriação do imóvel descrito no art. 1º: 11.01-20.695.0014.1.041-336 e, sendo necessário, complementada através de abertura de crédito suplementar. Art. 4º O processo de desapropriação deverá inicialmente ser realizado via administrativa, mediante prévia avaliação do bem a ser desapropriado e posterior acordo com o proprietário do mesmo, atendendo aos interesses públicos e preservando os direitos das partes negociantes. Parágrafo único: Em não ocorrendo à desapropriação amigável, será realizada a desapropriação através de meio judicial. Art. 5º Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná em 25 de fevereiro de 2014. Claudinei Benetti Prefeito Municipal

Prefeitura Municipal de Pinhalão Estado do Paraná PORTARIA Nº 35/2014 O Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais; RESOLVE

DECRETO nº 20/2014 SÚMULA: Declara a utilidade pública, para fins de desapropriação, uma parte de 4.303,09 metros quadrados, parte integrante da matrícula nº 1767 do Cartório de Registro Civil da Comarca de Tomazina, o qual será utilizado no projeto de construção de ponte duplicada, avenida, trevo de acesso à cidade e construção de um lago e pista de caminhada. O Prefeito Municipal de Pinhalão, senhor Claudinei Benetti, considerando a necessidade do Município de Pinhalão em regularizar o sistema viário desta cidade, diante do grande número de acidentes que vem acontecendo na principal via de acesso da cidade de Pinhalão; Considerando ainda a necessidade de abertura, conservação, melhoramento de vias e logradouros públicos, bem como o embelezamento da cidade; Considerando ainda a necessidade de melhorar a saúde pública dos munícipes, fomentando a prática de esporte, Vem por meio deste, com fulcro no art. 56, inciso XV da Lei Orgânica Municipal e Decreto-lei 3.365/41, art. 5º, alínea “i”: DECRETAR Art. 1º A utilidade pública, para fins de desapropriação amigável ou judicial, na forma da legislação vigente, uma parte ideal de 4.303,09 metros quadrados, do imóvel descrito na matrícula nº 1767, do Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Tomazina, cujas medidas, metragens e demais características se encontram descritas na matrícula acima nominada. Art. 2º O imóvel descrito no art. 1º será utilizado para a construção de ponte duplicada, avenida, trevo de acesso à cidade e construção de um lago e pista de caminhada. Art. 3º Serão utilizadas as seguintes dotações orçamentárias para fazer frente às despesas oriundas da desapropriação do imóvel descrito no art. 1º: 11.01-20.695.0014.1.041-336 e, sendo necessário, complementada através de abertura de crédito suplementar. Art. 4º O processo de desapropriação deverá inicialmente ser realizado via administrativa, mediante prévia avaliação do bem a ser desapropriado e posterior acordo com o proprietário do mesmo, atendendo aos interesses públicos e preservando os direitos das partes negociantes. Parágrafo único: Em não ocorrendo a desapropriação amigável, será realizada a desapropriação através de meio judicial. Art. 5º Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná em 17 de março de 2014. Claudinei Benetti - Prefeito Municipal

SANTANA DO ITARARÉ

EXONERAR a pedido o Senhor MARCO ANTONIO DE FARIAS, portador do RG nº 2.834.316-11 e do CPF nº 180.835.758-28, do cargo de Operador de Maquinas Pesadas. Edifício da Prefeitura Municipal de Pinhalão Em 28 de Fevereiro de 2014.- REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE CLAUDINEI BENETTI Prefeito Municipal

Departamento Municipal de Licitação e Contratos

EXTRATO DE CONTRATO

JABOTI

REFERENTE À TOMADA DE PREÇO N° 003/2014. CONTRATANTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DO ITARARÉ - PR CONTRATADA: VALLE & ASSIS LTDA - ME.

PORTARIA Nº 36/2014, de 17 de março de 2014. O Prefeito Municipal de Jaboti, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei: R E S O L V E: Art. 1º- Nomear Vitor Hugo Santos de Oliveira, RG N.º10.469.376-4 CPF N.º 096.707.819-90, para Cargo de Provimento em Comissão Chefe do Setor de Promoção ao Esporte, símbolo CC-7 a partir 17/03/2014. Registre-se, Publique-se e Cumpre-se.

OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE - UBS (MATERIAIS E MÃO DE OBRA), REFERENTE ÀO CONVENIO FUNDO A FUNDO – FUNDO NACIONAL DE SAUDE – FNS MINISTERIO DA SAÚDE.

Valor: R$ 474.444,00 (quatrocentos e setenta e quatro mil quatrocentos e quarenta e quatro reais).

Data da Assinatura do Contrato: 12/03/2014. Data da Vigência do Contrato: 12/07/2014.

Gabinete do Prefeito Municipal de Jaboti, 17 de março de 2014. VANDERLEY DE SIQUEIRA E SILVA PREFEITO MUNICIPAL PORTARIA N.º35 de 17 de março de 2014.

Departamento Municipal de Licitação e Contratos O Prefeito Municipal de Jaboti, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por Lei: R E S O L V E: Art. 1º -DESIGNAR, a partir de 17 de março de 2014 , a servidora Lucimara Aparecida dos Reis, professora efetiva de 20 horas, CPF Nº 864.854.749-00 e RG Nº 7.199.267-5,para substituir a Servidora,Valeria Regina da Cunha,no período de 17/03/2014 a 17/ 06/2014, por 20 horas. Correspondente ao piso inicial do professor. Registre-se, Publique-se e Cumpre-se. Gabinete do Prefeito Municipal de Jaboti, 17 de março de 2014. VANDERLEY DE SIQUEIRA E SILVA PREFEITO MUNICIPAL

JUNDIAÍ DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná Aviso de Licitação Edital de Tomada de Preços Nº.001/2014 O MUNICÍPIO de Jundiaí do Sul torna público que fará realizar, às10h10min. do dia 28 de fevereiro do ano de 2014, na rua Anchieta nº 260 Praça Pio X, em Jundiaí do Sul, Paraná, Brasil, TOMADA DE PREÇOS, sob regime de empreitada, a preço global, a preços fixos e sem reajuste, para Contratação de Empresa de Consultoria objetivando a Elaboração e execução de PLANO DIRETOR MUNICIPAL, conforme Plano de Trabalho e Termo de Referencia disponobilizado pelos orgãos concendente e intervenientes“SEDU PARANACIDADE”. A Pasta Técnica com o inteiro teor do edital e seus respectivos modelos, adendos e anexos poderá ser examinada no endereço acima em horário comercial, e será fornecida mediante a apresentação do recibo de pagamento no valor de R$ 30,00 (trinta reais). No caso de empresa, com sede fora do Município de Jundiaí do Sul, a Pasta Técnica poderá ser adquirida através do correio, mediante depósito do valor supracitado à conta nº 088-5, agência 0405 do Banco Caixa Econômica Federal, Operação 006. Quando da solicitação da mesma, a empresa deverá anexar o comprovante do depósito efetuado. O LICITADOR não assume responsabilidade com a proposta da proponente que não recebeu esta tomada, seus modelos e anexos diretamente do LICITADOR. Informações pelo fone: (43) 3626-1490, email: pmjundiaicompras@ yahoo.com Local: Prefeitura Municipal de Jundiaí do Sul, Praça Pio X, nº 260, Centro, Jundiaí do Sul-Pr. Os envelopes deverão ser entregues na sede da Prefeitura até o dia 28 fevereiro de 2014, até às 09hrs30min. para protocolo, iniciando-se o julgamento às 10h10min. do mesmo dia. Jundiaí do Sul-Pr, 11 de fevereiro de 2014. Joana D’Arc Guimarães da Silva Presidente da Comissão Permanente de Licitação

EXTRATO DE CONTRATO REFERENTE À TOMADA DE PREÇO N° 004/2014. CONTRATANTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DO ITARARÉ - PR CONTRATADA: VALLE & ASSIS LTDA - ME. OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA A AMPLIAÇÃO DE UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE (MATERIAIS E MÃO DE OBRA), REFERENTE ÀO CONVENIO FUNDO A FUNDO Nº 09300003000113001 – FUNDO NACIONAL DE SAUDE – FNS - MINISTERIO DA SAÚDE

Valor: R$ 248.790,00 (duzentos e quarenta e oito mil setecentos e noventa reais).

Data da Assinatura do Contrato: 12/03/2014. Data da Vigência do Contrato: 12/07/2014.

TERMO DE HOMOLOGAÇÃO Tendo em vista as manifestações e atos precedentes, face aos autos do presente Processo Licitatório, referente a Tomada de Preço 003/2014 HOMOLOGO o procedimento licitatório, com fundamento no Inciso VI, do Artigo 43, da Lei 8.666/93. Santana do Itararé, 12 de março 2014. JOSE DE JESUS ISAC PREFEITO MUNICIPAL TERMO DE HOMOLOGAÇÃO Tendo em vista as manifestações e atos precedentes, face aos autos do presente Processo Licitatório, referente a Tomada de Preço 004/2014 HOMOLOGO o procedimento licitatório, com fundamento no Inciso VI, do Artigo 43, da Lei 8.666/93. Santana do Itararé, 12 de março 2014. JOSE DE JESUS ISAC


T E R Ç A - F E I R A , 1 8 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 1

JOAQUIM TÁVORA

OUTRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAQUIM TÁVORA- ESTADO DO PARANÁ AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO 021/2014 MODALIDADE – TOMADA DE PREÇOS 004/2014 - TIPO - MENOR PREÇO GLOBAL OBJETO DA LICITAÇÃO: Contratação de Profissional e/ou Empresa para Levantamento Planialtimetrico cadastral com localização e identificação de: quadras, testada de lotes, meio fio, calçadas existentes e inexistentes, guias rebaixadas (garagens), postes, arvores, lixeiras, placas de transito, boca de lobo, equipamentos públicos, etc, para elaboração de projetos de pavimentação de calçadas no Bairro São Sebastião, Município de Joaquim Távora. DATA E HORÁRIO DE APRESENTAÇÃO E ABERTURA DOS ENVELOPES: DATA DA ENTREGA DOS ENVELOPES: 04/04/2014 das 08h30min às 08h59min. DATA DA ABERTURA E JULGAMENTO: 04/04/2014 às 09h00min. LOCAL DA ABERTURA: Prefeitura Municipal de Joaquim Távora, Rua Miguel Dias, 226, Estado do Paraná. Joaquim Távora, em 14 de Março de 2014. GELSON MANSUR NASSAR - PREFEITO MUNICIPAL MARCOS ROGERIO DE OLIVEIRA - PRESIDENTE CPL

PODER JUDICIÁRIO - VARA CÍVEL E ANEXOS DE IBAITI – PARANÁ - Praça dos Três Poderes, 23 – CEP: 84.900-000 - EDITAL DE LEILÃO Pelo presente, faz saber a todos os interessados, que será levado a LEILÃO o bem dos executados Granja Mizumoto Exportação e Importação Ltda, Ademar Iwao Mizumoto e Yukata Mizumoto, na seguinte forma: Processo: Carta Precatória n.º 0000674-30.2013.8.16.0089, em que Banco do Brasil S/A move em face de Granja Mizumoto Exportação e Importação Ltda, Ademar Iwao Mizumoto e Yukata Mizumoto. 1ª PRAÇA: 26/03/2014 – 12h30min, por preço não inferior ao da avaliação. 2ª PRAÇA: 09/04/2014 – 12h30min, para venda pelo maior lanço, não sendo aceito preço inferior a 60% da avaliação do bem. LEILOEIRO: Magno Rocha, Jucepar 08/020-L, fone: 41-3077-8880, cuja comissão foi fixada: em caso de arrematação, 5% (cinco por cento) sobre o valor da avaliação, a cargo do arrematante; em caso de remição, adjudicação, pagamento ou parcelamento do débito no período de dez dias úteis que antecedem ao leilão, a parte interessada deverá pagar 2% (dois por cento) sobre o valor da avaliação, a título de ressarcimento das despesas do Leiloeiro. Em todos os casos o pagamento da comissão do Leiloeiro será à vista. BEM: Uma área de terreno rural com 35 alqueires (trinta e cinco alqueires), equivalente a 84,70ha, na fazenda Jaboticabal e Marimbondo, no município de Conselheiro Mairinck, no lo nº. 08, com as seguintes confrontações: João Praxedes de Siqueira, Sebastião Moreira de Castro, Joel Pereira, Gastão Pereira Amorim, Neilson Galdino, tendo como benfeitorias uma casa sede construída em alvenaria, uma tulha de tijolo, coberta com telhas e 04 (quatro) casas em madeira, cobertas com telhas, com as demais características, medidas em confrontações constantes na Matrícula de nº. 4.513 do CRI desta Comarca. AVALIAÇÃO DO BEM: R$ 1.085.000,00 (um milhão, oitenta e cinco mil reais), em 03/07/2013. VALOR DO DÉBITO: R$ 1.128.156,88 (um milhão, cento e vinte e oito mil cento e cinquenta e seis reais com oitenta e oito centavos), em 12/03/2013. Ônus: R.57-4.513: Penhora a favor de GECIONI DE SOUZA FABIANO e OUTROS, autos CP 00082/2005 e OS 00261/2003-VT, da Vara do Trabalho de Jacarezinho; R.60-4.513: Penhora a favor de SIRLENE DA LUZ QUEIROZ e OUTROS, autos CP 0152/2005 e PS 0044/2004 e outros, da Vara do Trabalho de Jacarezinho e Processo CPE 026/2005 da Vara do Trabalho de Wenceslau Braz; R.61-4.513: Penhora a favor de ARI CARVALHO, Processo RT 203/2004 da Vara do Trabalho de Wenceslau Braz; R.62-4.513: Penhora a favor de ADEMIR DE CARVALHO, Processo RT 200/2004 da Vara do Trabalho de Wenceslau Braz; R.63-4.513: Penhora a favor de JOÃO ROBERTO CARVALHO, Processo RT 201/2004 da Vara do Trabalho de Wenceslau Braz; R.64-4.513: Penhora a favor de JÚLIO CELSO CARVALHO, Processo RT 202/2004 da Vara do Trabalho de Wenceslau Braz; R.66-4.513: Penhora a favor de ATAÍDE DE CARVALHO, Processo RT 199/2004 da Vara do Trabalho de Wenceslau Braz; R.67-4.513: Penhora a favor do INSS, Autos nº 2004.61.11.001682-3 da 3ª Vara Federal de Marília/PR; DEPOSITÁRIO: Sr. Ademar Iwao Mizumoto. INTIMAÇÃO: Ficam desde logo intimados os executados Granja Mizumoto Exportação e Importação Ltda, Ademar Iwao Mizumoto e Yukata Mizumoto, das datas acima, se porventura não forem encontrados para intimação pessoal, bem como para os efeitos do art. 687, parágrafo 5º do Código de Processo Civil e de que, antes da arrematação e da adjudicação do bem, poderão remir execução, consoante o disposto no artigo 651 do Código de Processo Civil, bem como que poderá oferecer embargos à arrematação ou à adjudicação, dentro do prazo de 05 (cinco) dias, nos termos do artigo 746 do referido diploma legal. E, para que chegue ao conhecimento de todos e no futuro ninguém possa alegar ignorância, expediu-se o presente edital que será publicado e afixado na forma da lei. DADO E PASSADO nesta cidade e Comarca de Ibaiti, Estado do Paraná. Ibaiti, 09 de Dezembro de 2013. (a) RICARDO JOSÉ LOPES - JUIZ DE DIREITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAQUIM TAVORA - PARANA EXTRATO DO 1º TERMO ADITIVO REFERENTE AO CONTRATO 071/13 PREGÃO PRESENCIAL N.º 015/2013 – PMJT PARTES: O MUNICIPIO DE JOAQUIM TAVORA e SILVIO ADRIANO BANDEIRA ME. OBJETO: De conformidade com as especificações e quantidades constantes no Pregão Presencial 011/2013 e contrato 059/2013, firmado em 06/05/2013, documentação que passa a fazer parte integrante deste contrato, como se nele estivesse integral e expressamente reproduzida. DO REEQUILIBRIO ECONOMICO DO CONTRATO: De comum e tempestivo acordo, por força deste Aditivo Contratual referente ao reequilíbrio econômico- financeiro, sendo: 05 – Carne Bovina de Músculo Traseiro: do Valor de R$ 9,35 para o valor de R$ 10,47; 06 – Carne Bovina de Músculo c/ Osso: do Valor de R$ 7,30 para o valor de R$ 8,17; 07 – Carne Bovina Miolo da Paleta: do Valor de R$ 11,99 para o valor de R$ 13,42; 08 – Carne Suína Pernil s/ Osso e s/ Pele: do Valor de R$ 8,39 para o valor de R$ 9,90; 14 – Linguiça Bovina Defumada: do Valor de R$ 8,99 para o valor de R$ 10,06, ficando mantidas as demais condições. FORO: Comarca de Joaquim Távora, Estado do Paraná. Joaquim Távora (PR), 17 de Março de 2014. PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAQUIM TAVORA - PARANA EXTRATO DO 6º TERMO ADITIVO REFERENTE AO CONTRATO 025/2011 - PMJT PREGÃO PRESENCIAL N.º 006/2011 – PMJT PARTES: O MUNICIPIO DE JOAQUIM TAVORA (PR) e PORTO SEGURO CIA DE SEGUROS GERAIS. OBJETO: De conformidade com as especificações e quantidades de serviços constantes do PREGÃO PRESENCIAL N.º 006/2011 e contrato firmado em 21 de fevereiro de 2011, documentação que passa a fazer parte integrante deste contrato, como se nele estivesse integral e expressamente reproduzida. DA VIGÊNCIA: De comum e tempestivo acordo, nos termos do Artigo 57, § 2º da Lei 8.666/93, por força deste Aditivo Contratual, fica prorrogado o prazo de vigência para 21/02/2015, do referido contrato, ou seja, pelo prazo de 01 (um) ano, ficando mantidas as demais condições. FORO: Comarca de Joaquim Távora, Estado do Paraná. Joaquim Távora (PR), 20 de Fevereiro de 2014.

A7

EDITAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAQUIM TAVORA - PARANA EXTRATO DO 2º TERMO ADITIVO REFERENTE AOS CONTRATOS 006,007,008,009,010 e 011/2013 - PMJT PREGÃO PRESENCIAL N.º 002/2011 – PMJT PARTES: MUNICIPIO DE JOAQUIM TAVORA e MARIO SERGIO DA COSTA, MARIO CESAR ANDRINI, SILVANO SANCHES, FERNANDES VITORINO DE SOUZA, VIAÇÃO NASCENTE DO SOL LTDA, EDENILSON DOS SANTOS REVELINO ME. OBJETO: De conformidade com as especificações e quantidades de serviços constantes do PREGÃO 002/13 e contrato de 29/01/2013, documentação que passa a fazer parte integrante deste contrato, como se nele estivesse integral e expressamente reproduzida. DA VIGÊNCIA DO CONTRATO: De comum e tempestivo acordo, nos termos do Artigo 57, § 2º da Lei 8.666/93, por força deste Aditivo Contratual, fica prorrogado o prazo de vigência para 15/04/2014, do referido contrato, ficando mantidas as demais condições. FORO: Comarca de Joaquim Távora, Estado do Paraná. Joaquim Távora, 14 de Março de 2014.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO A Cooperativa Agrícola Mista do Norte Pioneiro – CANOPI, inscrita no CNPJ sob o número 03.033.002/0001-75, através de seus Diretores CONVOCA todos os cooperados para a realização da VIGÉSIMA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA, às 18:00 horas do dia 01 de Abril de 2014, na sede da CANOPI, localizada na Alameda Manoel Ribas, 08 , centro, na cidade de Wenceslau Braz – PR, sendo esta a primeira Convocação que realizar-se-á com presença mínima de 2/3 dos cooperados; A segunda Convocação às 18:00 horas,com a presença mínima de metade ou mais dos cooperados. Caso ainda persista a inobservância do prescrito anteriormente, imediatamente realizar-se-á as 19:00 horas, a terceira convocação com o mínimo de 10 cooperados. A fim de deliberarem a seguinte Ordem do dia: A – APRECIAÇÃO DO BALANÇO DE 2012. Wenceslau Braz, 17 de Março de 2014

WENCESLAU BRAZ PREFEITURA MUNICIPAL DE WENCESLAU BRAZ- PR EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇO PREGÃO PRESENCIAL Nº 13/2014 Órgão Gestor e gerenciador da ata de Registro: Prefeitura Municipal de Wenceslau Braz -PR Objeto: “Seleção de propostas visando ao registro de preços para Aquisição de Medicamentos (injetáveis) destinados a Secretaria Municipal de Saúde”. Processo: 22/2014 Modalidade: Pregão Presencial – Registro de Preço Validade da Ata: 12 meses Valor Empresa Item Qtde Und Descrição Unit. (vencedora) R$ 1 Amp 600 Aminofilina 240 mg 0,89 Farmativa Butilbrometo de 2 Amp 1000 0,94 Farmativa escopolamina 20 mg 3 Amp 1200 Cetoprofeno 100 mg 4,88 Altermed 4 Amp 250 Cloridrato de dopamina 1,11 Farmativa Diclofenaco de Farmativa 5 Amp 1000 0,88 potássio 75 mg 6 Amp 2000 Dimenidrinato 1,70 Farmativa 7 Amp 700 Fitomenadiona 2 mg 1,58 Farmativa 8 Amp 3500 Gentamicina 20 mg 0,42 São Marcos 9 Amp 2000 Gentamicina 40 mg 0,79 São Marcos Hemissuccinato de Altermed 10 Amp 1000 4,02 hidrocortisona 100 mg 11 Amp 1500 Prometazina 50 mg 2,47 São Marcos Cloridrato de Farmativa 12 Amp 3500 1,30 clopromazina 25mg Fernorbabital 100mg/ 13 Amp 700 1,48 São Marcos ampola de 2ml 14 Amp 600 Ampicilina sódica 1,54 São Marcos 15 Amp 600 Betametasona ampola 7,28 Farmativa 16 Amp 80 Bicarbonato de sódio 0,66 Altermed 17 Amp 450 Ceftriaxona sódica 3,82 Farmativa 18 Amp 450 Ceftriaxona sódica 500 5,96 Farmativa 19 Amp 2500 Cimetidina 150 mg/ml 0,48 São Marcos 20 Amp 2000 Cloranfenicol 1 gr. 1,77 Altermed 21 Amp 500 Cloreto de potássio 0,25 São Marcos 22 Amp 500 Cloreto de sódio 0,20 0,20 Farmativa 23 Amp 300 Cloreto de sódio 0,9 gr. 0,198 Farmativa Cloridrato de 24 Amp 2500 3,09 Farmativa lincomicina 300 mg Cloridrato de 25 Amp 2500 1,23 São Marcos lincomicina 600 mg 26 Amp 4500 Complexo B 0,92 Farmativa 27 Amp 7000 Dipirona sódica 1 gr 0,93 Farmativa Fosfato sódico de Farmativa 28 Amp 3500 0,93 dexametasona 2 mg Fosfato sódico de Farmativa 29 Amp 5000 1,16 dexametasona 4 mg 30 Amp 3500 Gentamicina 80 mg 0,71 São Marcos 31 Amp 4500 Glicose 2,5 gr. (25%) 0,21 Altermed 32 Amp 2000 Glicose 5,0 gr. (50%) 0,25 São Marcos 33 Amp 2000 Heparina SC 5.000UI 8,97 Altermed 34 Amp 4000 Ranitidina 25 mg 0,765 Farmativa 35 Amp 7500 Ácido ascórbico 1g 1,17 Farmativa 36 Amp 3000 Cloridrato de Petidina 2,25 São Marcos 37 Amp 700 Adrenalina ampola 1,24 São Marcos Benzilpenicilina 38 Amp 1000 1,26 Farmativa 1.200.000 UI Benzilpenicilina 39 Amp 600 0,98 São Marcos 600.000 UI Benzilpenicilina São Marcos 40 Amp 400 1,24 procaína 400.000 UI Butilbrometo de Altermed 41 Amp 4000 1,24 escopolamina 42 Amp 300 Cefalotina sódica 1 gr. 2,17 Farmativa 43 Amp 1200 Cetoprofeno 100 mg 2,08 São Marcos 44 Amp 5000 Cloridrato de lidocaína 2,60 São Marcos 45 Amp 1000 Diazepam 5mg/ml 2,40 São Marcos 46 Amp 3500 Diclofenaco sódico 75 0,79 Farmativa Dimenidrinato(50 Altermed 47 Amp 2000 mg)+Cloridrato de 1,49 piridoxina(10mg) 48 Amp 5000 Furosemida 20 mg 0,67 São Marcos Hemissuccinato de Altermed 49 Amp 2500 7,80 hidrocortisona 500 mg 50 Amp 5500 Metoclopramida 5 mg 0,31 Altermed

Diclofenaco de 0,93 Farmativa potássio 75 mg 52 Fr 100 Mucosolvan 3,42 São Marcos 53 Fr 100 Bromidrato 8,07 São Marcos 54 Fr 100 Berotec (uso inalatório) 2,97 Farmativa 55 Fr 100 Brometo de ipratropio 0,81 Altermed São Marcos = Distribuidora de Medicamentos São Marcos Ltda. Farmativa = Farmativa Distribuidora Famaceutica Ltda. Altermed = Altermed Material Médico Hospitalar Ltda. As descrições dos itens, e mais informações, estão disponíveis na Prefeitura Municipal, pelo fone: (43) - 35281157. 51 Amp 8000

Wenceslau Braz-Pr, em 17 de março de 2014. JOSÉ CARLOS MOREIRA DE SOUZA COOPERATIVA AGRÍCOLA MISTA DO NORTE PIONEIRO - CANOPI

Mônica de Oliveira Pregoeira Municipal


T E R Ç A - F E I R A , 1 8 D E M A R Ç O D E 2 0 1 4 - E D. 1 1 1 1

DESTAQUES DIVULGAÇÃO

A8

Assessoria esclarece acusações contra prefeito de Ibaiti Afirmações teriam cunho político, alega assessoria, esclarecendo polêmicas envolvendo o uso de carro da prefeitura por um funcionário, feito sem autorização pelo prefeito, e o uso de diárias por parte da primeira dama, que pegou benefício quando era secretária de Assistência Social

Fotografia mostra que viagem da Giovanna à capital teve com finalidade o trabalho em pról de Ibaiti LUCAS ALEIXO Ibaiti

Políticas sem fundamento. Assim a assessoria do prefeito de Ibaiti, Roberto Regazzo, o Betão (PSB), descreve as denúncias veiculadas na semana passada contra o chefe do Poder Executivo do município. Uma das denúncias acusavam Betão de ter pedido para um

funcionário da prefeitura usar o carro oficial para a realização de um favor particular ao prefeito, enquanto a segunda dizia que a primeira-dama do município, Giovanna Magalhães, teria recebido diárias da prefeitura sem ter direito ao benefício. No entanto, a assessoria negou que as afirmações sejam verdadeiras, e explicou em detalhes as situações que geraram essas duas acusações. Na primeira situação, um ex-

Portal da Folha Extra está no ar

funcionário gravou um vídeo quando usava um carro da prefeitura para ir até uma cidade vizinha fazer um favor particular para o prefeito Betão. A assessoria confirmou o pedido, que foi feito originalmente do prefeito para um assessor, que ocupado, repassou o favor para este funcionário que acabou fazendo o vídeo, contudo, o favor deveria ser feito com carro particular. A assessoria aponta que o exfuncionário teria desobedecido

a ordem superior e usado um carro da prefeitura sem que a chefia do Executivo tivesse conhecimento. O fato do ex funcionário ter filmado o fato é apontado pela assessoria do prefeito já como uma prova de má fé, com o objetivo de usar o acontecido de forma política contra Betão. O favor em questão seria o pagamento de um bolão por parte do prefeito, feito inclusive em horário fora do expediente da

prefeitura, também embasando a versão de que deveria ser realizado sem qualquer vínculo com o bem público. Já na segunda situação, a primeira-dama ocupava o cargo de secretária de Assistente Social do município sem gastos á prefeitura, trabalhando de forma voluntária. Assim, durante uma viagem à Curitiba para um encontro com a primeira-dama do Paraná, Fernanda Richa, que rendeu uma grande doação de

roupas ao município, Giovanna de fato teria feito uso de diárias já que atuava como secretária municipal. O fato aconteceu nas primeiras semanas da atual administração, e a assessoria alega que quando o prefeito soube da impossibilidade de Giovanna ser secretária, ainda que sem custos ao município, baixou a portaria que lhe atribuía esse cargo e o uso de diárias por parte da primeira dama nunca mais se repetiu.

Wenceslau luta para ter pólo da UAB

Município pode contar com pólo de universidades estaduais e federais, que oferecerão cursos à distância gratuitos; se concretizado, primeiro vestibular pode acontecer já no final de 2014 DIVULGAÇÃO

Novo endereço eletrônico é www.folhaextra.net e tem todo o conteúdo diferenciado do jornal além de dezenas de atualizações diárias DA REDAÇÃO

Com o objetivo de suprir uma certa “carência” da região nesse aspecto e se tornar o portal de notícias de todo o Norte Pioneiro e parte dos Campos Gerais, está no ar o site da Folha Extra, que ainda vem após inúmeros de pedidos por parte de leitores e parceiros da edição impressa do jornal. Com o endereço www.folhaextra.net o novo portal já disponibiliza todo o conteúdo diferenciado da Folha Extra, como as premiadas séries de reportagens e matérias especiais, além de dezenas de atualizações diárias, trazendo tudo que acontece na região, sempre com a reconhecida

qualidade editorial do jornal. Desta forma, quem acessar o portal da Folha Extra poderá usufruir de um endereço dinâmico, porém com a garantia de imparcialidade e sem matérias tendenciosas e/ou distorcidas. Divididos em editorias, como os portais dos grandes veículos de comunicação, e com plataforma para vídeos, o endereço de antemão já se compromete a ser diferente do trivial: amplo e completo, invariavelmente mantendo o profissionalismo da equipe da Folha Extra. Artigos, matérias sobre o cotidiano, política regional, política estadual abordado por outro ângulo, policial, esporte, além das já citadas matérias especiais irão compor o conteúdo do portal.

Representante do MEC dá orientações para Wenceslau Braz sediar o pólo da Universidade Aberta do Brasil LUCAS ALEIXO Wenceslau Braz

Wenceslau Braz caminha a largos passos para sediar um pólo da Universidade Aberta do Brasil, que oferece cursos à distância de universidades estaduais e federais de todo o país. A princípio, as universidades “favoritas” para trabalharem no município através deste pólo são a

UEL (Universidade Estadual de Londrina) e UEM (Universidade Estadual de Maringá). De acordo com a secretária de Educação de Wenceslau Braz, Dagmar Toaldo Feliciano, o município já cumpriu metas estipuladas pelo MEC e aguardará o parecer final do órgão. “Nos inscrevemos para receber um pólo da Universidade Aberta do Brasil, fomos selecionados e desde então estamos caminhando para chegar à meta de poder ter aqui na nossa cidade cursos à distância gratuitos. Um representante

do MEC veio para Wenceslau na semana passada e deve voltar em 120 dias para mais orientações, e estamos seguindo o que nos pedem para conseguir esse grande avanço para nosso município”, afirma. Otimista, Dagmar afirma que o parecer final deverá acontecer apenas no segundo semestre, mas já faz previsões em caso de concretização da vinda do pólo. “Estamos todos muito confiantes. A prefeitura tem dado total apoio e se der tudo certo poderemos já ter nosso primeiro

vestibular no final de 2014”, projeta. A secretária ainda adianta que os primeiros cursos devem ser na área da educação, porém cita a possibilidade de uma futura ampliação do pólo. “Vamos ouvir a população e estudar sobre o que o mercado local precisa, mas a princípio os primeiros cursos serão na área da educação. Mas futuramente poderemos trabalhar com mais universidades e mais cursos, inclusive podendo contar com cursos técnicos oferecidos pelo Cefet”.

FOLHA EXTRA ED 1111  

FOLHA EXTRA ED 1111

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you