Page 1


introdução o selo apic conceituação

3

logotipo construção versões redução área de proteção restrições

13

recursos gráficos cores tipografia grafismos fotografia aplicações

27


introdução Nesse manual a marca APIC ganhará seu devido destaque, terá todo o seu universo visual descrito e especificado, permitindo que cada associado conheça e se identifique.


MANUAL DA MARCA

INTRODUÇÃO

o selo apic Nascida da necessidade de reunir em um órgão de classe os profissionais ativos do campo da interpretação simultânea e consecutiva, a APIC – Associação Paulista de Intérpretes de Conferência – foi criada em julho de 1971 por oito intérpretes de São Paulo, seguindo os moldes da AIIC – Associação Internacional dos Intérpretes de Conferência – com sede em Genebra. Ao longo dos anos, a APIC cresceu, passou a se chamar Associação Profissional de Intérpretes de Conferência, e se tornou referência nacional no setor, aumentando o número de membros efetivos e correspondentes dentro e fora do Brasil, passando a se chamar Associação Profissional de Intérpretes de Conferência. Sempre dedicada ao esforço de manter no mais alto nível a qualificação técnica e o desempenho profissional de seus membros, a Associação conta com membros nas principais praças do

país – São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Santa Catarina – além de membros correspondentes em países como Alemanha, Argentina, Barbados, Bélgica, Bolívia, Canadá, Chile, Estados Unidos, Marrocos, Porto Rico e Suíça. Desde o ano 2000, com o significativo crescimento econômico do Brasil, foi notável verificar a expansão da Associação, não só pelo aumento do número de membros – hoje são mais de 170 profissionais, mas principalmente pelas novas oportunidades do mercado de trabalho. Atuando num cenário positivo para o desenvolvimento do trabalho do intérprete de conferências em suas várias áreas de atuação e modalidade , a APIC se consolida, cada vez mais, como um órgão sério e representativo dos intérpretes profissionais no Brasil.


5

conceituação A conceituação é o ponto de partida de toda a nova identidade visual da APIC. Selecionar o contextos e os valores norteadores da associação e seus integrantes permitiu o desenvolvimento de uma marca atual, mas que não abandona sua história e tradição. Ao todo foram desenvolvidos 3 conceitos, cada um com uma citação e palavras de apoio para que todas as nuances e abrangência daquele valor fossem perceptíveis.


MANUAL DA MARCA

“A Dio innalzavo l’anima serena; e dalla casa un suon di care voci mi giungeva, e l’odore della cena.” Para Deus, levantei a alma serena; e da casa veio até mim um som de vozes queridas, e o cheiro do jantar.

umberto saba

INTRODUÇÃO


7

l’ospitalità A Hospitalidade A APIC se apresenta cada vez mais como anfitriã e demonstra seu entusiasmo em receber aqueles que, com afinco, desejam se associar. Ela valoriza os momentos de união e debate, porque acredita que assim terá uma instituição mais forte e coesa.


MANUAL DA MARCA

“Unsere Eigenschaften müssen wir kultivieren, nicht unsere Eigenheiten.” Devemos cultivar as nossas qualidades, e não as nossas particularidades.

goethe

INTRODUÇÃO


9

der erbe O Patrimônio Assim como um patrimônio cultural, a APIC é reconhecida por sua importância e história no cenário de intérpretes brasileiros, asseguramos sempre os profissionais mais qualificados para o mercado. Uma validação da excelência preservada e transmitida como um legado às gerações futuras.


MANUAL DA MARCA

“Vous ne pouvez pas acquérir l’expérience en faisant des expériences. Vous ne pouvez pas créer l’expérience. Vous devez la subir.“ Você não pode ganhar experiência fazendo experimentos. Você não pode criar a experiência. Você deve vivenciá-la.

albert camus

INTRODUÇÃO


11

le facilitateur A Facilitadora Mais do que apenas uma associação de profissionais, a APIC é uma associação de comunicadores. Portanto, valoriza a pluralidade de experiências, culturas e línguas. Nosso papel é garantir a interação por meio da atividade do intérprete, encurtando distâncias e gerando vínculos entre as pessoas.


13

logotipo Ao longo deste capítulo será apresentada a Identidade Visual APIC para estampar a nova fase dessa associação com tanta história.


MANUAL DA MARCA

construção Assim como a APIC preza por um ambiente mais convidativo, com relações mais claras e envolventes, o logotipo apresenta essas mesmas características em sua construção gráfica. A escolha da tipografia geométrica e sem serifa demonstra certeza, simplicidade e apresenta ótima legibilidade, enquanto o ícone conversa diretamente com a figura do associado ao remeter a uma impressão digital. Além disso ela traz graficamente a ideia do envolvimento entre associados bem como transmissão de conhecimento e perpetuidade.

LOGOTIPO


15


MANUAL DA MARCA

versões Para funcionar em diversos contextos diferentes o logotipo APIC apresentação versões com o texto da sigla completo, como também uma versão exclusivamente com o ícone e sem texto algum. Além disso, todas as três versões podem ser encontradas na cor institucional da marca, preto e branco.

LOGOTIPO


17


MANUAL DA MARCA

LOGOTIPO


19


MANUAL DA MARCA

redução A redução se refere ao limite máximo que a marca pode ser diminuída. Para definir este parâmetro é levado em conta a legibilidade da marca, para que ela continue sendo percebida confortavelmente quando reduzida. É importante frisar que cada versão da marca possui uma redução máxima diferente.

LOGOTIPO


21

35mm

30mm

6mm


MANUAL DA MARCA

área de proteção É imprescindível que a marca tenha uma distância segura de elementos adjacentes. Para isso, foi projetada uma área de proteção que cumpre o papel de assegurar à APIC uma boa legibilidade em composições que elementos externos possam comprometer sua integridade. Essa margem será sempre proporcional às dimensões do próprio logotipo, em que cada uma das versões respeita as relações x, y e z respectivamente.

LOGOTIPO


23

x

y

z


MANUAL DA MARCA

restrições Aqui consta tudo que não pode ser feito com o logotipo. Essas restrições devem ser respeitadas para que não haja distorções da marca, permitindo sua consolidação e memorização com seus stakeholders.

LOGOTIPO


25

Não cortar.

Não alterar as cores.

Não alterar as proporções.

Não alterar as tipografias.

Não distorcer as proporções.

Não utilizar em baixa resolução.

Não girar.

Não utilizar contornos.

Não utilizar nenhum tipo de efeito.

APIC ASSOCIAÇÃO PROFISSIONAL DE INTÉRPRETES DE CONFERÊNCIA


27

recursos gráficos Responsáveis por compor o universo APIC, os recursos gráficos são importantes para fixação da marca na memória de todos que entram em contato com ela.


MANUAL DA MARCA

cores As cores são um ponto fundamental na construção da nova APIC. O azul petróleo traz à tona tradição e contemporaneidade enquanto o cinza transmite equilíbrio e solidez. Ambos em contraste com o branco geram um acorde cromático confiável e inovador. Como cor de apoio o cinza pode variar em opacidade ficando mais transparente dependendo da situação, desde que não prejudique o contraste entre conteúdo e fundo.

RECURSOS GRÁFICOS


29

cores institucionais

petrรณleo

branco

c90 m40 y45 k30 r50 g94 b104 #325e68

c0 m0 y0 k0 r255 g255 b255 #ffffff

cor de apoio

cinza c42 m33 y33 k12 r150 g150 b151 #969697

75% opacidade

50% opacidade


MANUAL DA MARCA

tipografia Tão importante quanto preservar as cores da marca deve-se preservar as tipografias que a sustentam. Nelas podem ser vistos principalmente as características referentes a clareza, precisão e leveza. A Novecento, tipografia exclusivamente em caixa alta é geométrica e bem uniforme, sendo ótima para usos em títulos. A Source Sans Pro é leve, com legibilidade altamente otimizada e perfeita para aplicações digitais, todos os textos mais extensos devem se utilizar dela.

RECURSOS GRÁFICOS


31

NOVECENTO SANS WIDE ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUWXYZ 123456789

Source Sans Pro ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUWYZ abcdefghijklmnopqrstuwxyz 123456789


MANUAL DA MARCA

grafismo Esse recurso além de versátil, é importante para fortalecer a retórica conceitual de APIC. Ele deve ser usado sempre que necessário levando em consideração o parâmetro de sangramento. O sangramento ocorre quando um elemento excede os limites visíveis de uma composição.

RECURSOS GRÁFICOS


33

Estabelecido o recurso do ícone sangrado, priorizar a lateral direita da forma, pois ela apresenta a maior parte das curvas da imagem assim como é responsável pela sensação de propagação que esse ícone carrega.


MANUAL DA MARCA

fotografia Esse é outro recurso muito relevante para consolidar a marca visualmente. Fotografia possui historicamente o poder de contar uma narrativa pela captura de um momento. Logo, se utilizada corretamente, expressa muito mais que uma ideia, expressa a renovação constante da marca e preocupação com a excelência. O nome do recurso que dá para a fotografia a alma de APIC é o Duotônico. Nele é usado a cor institucional azul petróleo e branco.

RECURSOS GRÁFICOS


35

original Partir sempre de fotos de alta qualidade, considerando iluminação, contraste e resolução compatível com as dimensões a serem utilizadas.

duotônico O modo duotônico deve estar configurado no Photoshop para variar entre as cores petróleo e branco. Fotos que não tenham bastante contraste não terão resultado interessante com esse tratamento.


MANUAL DA MARCA

aplicações A nova APIC é muito mais que uma nova identidade visual. É a alegoria de uma instituição que preza pela tradição de um trabalho bem executado por seus intérpretes. É a cara nova de uma associação que se preocupa com seus membros e com seus clientes. Sendo assim, as aplicações nos mostram como a APIC se comporta no mundo em seus mais diversos pontos de contato.

RECURSOS GRÁFICOS


37


MANUAL DA MARCA

RECURSOS GRÁFICOS


39


MANUAL DA MARCA

RECURSOS GRÁFICOS


41


MANUAL DA MARCA

RECURSOS GRÁFICOS


43


Identidade Visual desenvolvida pela Empresa JĂşnior PUC-Rio

APIC | Manual da Marca  
APIC | Manual da Marca  
Advertisement