Page 1

JORNAL

ANO V . NÚMERO 58 . JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

Ei, Táxi JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

O jornal dos taxistas da Bahia

www.eitaxi.com.br

Governador do Estado trata o taxista baiano com Junho 2015. Salvador - Bahia | ANO V - nº 58 | Edição mensal. Distribuição Gratuita. 10.000 exemplares

indiferença

Foto: Juh Almeida/Varela Notícias

Fotos: Ei,Táxi.

POLÍTICA Pág. 16

A PARTIR DE JULHO, O EI, TÁXI SOFRERÁ ALGUMAS MUDANÇAS NO SEU PROCESSO DE DISTRIBUIÇÃO PARA FACILITAR O ACESSO DOS TAXISTAS AO JORNAL. SAIBA MAIS NA MATÉRIA DA PÁG. 03!

Foto: Ei,Táxi.

ESPORTES Pág.06 Conheça a história do taxista Celso e seu filho Luciano, campeão da Copa do Brasil Sub-17

Foto: Carine Andrade

Foto: ATAS

POLÍTICA Pág.07 Pág.16 Taxistas ganham uma forte aliada no senado

PROTESTO Pág.10 Taxista é assassinado em Camaçari e a categoria protesta


www.eitaxi.com.br 02

EDITORIAL

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 58. JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

Ei,Táxi “A CATEGORIA CLAMA POR MUDANÇAS” O Ei, Táxi tem a missão de informar a categoria e dar voz ao taxista. É assim que temos trabalhado durante os quase cinco anos de existência do Jornal. Entendemos que uma categoria que tem cerca de 7.200 taxistas, só na capital, se fortalece ainda mais quando tem acesso à informação. É um fato que nos últimos três meses, vários acontecimentos demonstraram que a categoria vêm tentando chamar a atenção dos governantes e órgãos públicos. Primeiro foi a manifestação nacional, depois os protestos dos taxistas auxiliares no dia do trabalho, e esse mês a categoria se mobilizou mais uma vez contra a insegurança e o transporte clandestino. Tudo isso é prova que os taxistas baianos clamam por mudanças. Dessa vez, o assassinato brutal do taxista Rodrigo Dantas, 42 anos, em Abrantes foi o estopim para a categoria protestar mais uma vez, cobrando das autoridades públicas soluções para os problemas que afligem o cotidiano dos taxistas baianos. Os protestos pareceram surtir efeito, já que a Secretaria de Mobilidade (SEMOB), através da Coordenação de Coordenação de Táxis e Veículos Especiais de Salvador (COTAE), iniciou uma série de operações de combate ao transporte clandestino. Somado a isso, o comando da Polícia Militar também prometeu realizar blitze nos táxis da capital baiana para dar mais segurança à categoria. Agora, resta apenas aguardar para ver se algo vai realmente mudar. O Ei, Táxi continuará acom-

panhando de perto essas questões. Nessa edição, vamos perguntar ao Governo do Estado quais são os planos e intenções da nova gestão para a categoria. Muitos taxistas cobram do Ei, Táxi, repostas, que, na verdade, devem ser respondidas pelo Governador Rui Costa. A redação do Ei, Táxi vem buscando há três meses essas respostas, através da assessoria de comunicação do Governador, mas as solicitações de entrevista nunca foram atendidas, até mesmo quando enviamos as perguntas por e-mail. Vocês podem conferir essas perguntas na nossa matéria de capa (pág. 10). O Jornal Ei, Táxi é entregue na Assessoria Geral de Comunicação (AGECOM) do Governo do Estado, desde a primeira edição. Esse mês, não será diferente. Portanto, esperamos que o atual Governo entenda que esse é um dos principais papéis do Ei, Táxi: ser um canal de comunicação dos taxistas com as autoridades públicas. Ainda nessa edição vamos falar sobre: o encontro da Senadora Lídice da Matta com representantes dos taxistas baianos, na nossa editoria de Política; o filho do taxista Celso Fernandez, campeão da Copa do Brasil Sub-17 pelo EC Vitória, na inauguração da nossa seção de Esportes; os preparativos para o São João da Bahia, na capital e no interior, na nossa editoria de Cultura; a história do poeta taxista Acacio Vidal, na seção Taxista, Conte sua História; e muito mais. Um grande abraço e boa leitura!

Jordan Mendes jordanmendes@hotmail.com

Construa o Ei, Táxi conosco. Envie sua mensagem, entre em contato pelos canais: 71 3498-9731 | 71 8135-9002 jornalismo@eitaxi.com.br | www.eitaxi.com.br

Expediente

Diretor Executivo: Adriano Rios, Jornalista e Editor: Jordan Mendes, Revisão: Anariel Rios, Diagramação e charge: Abel Marcelino, Edição: mensal, Tiragem: 10.000 exemplares, Distribuição Gratuita: Salvador e Região Metropolitana de Salvador - RMS (Lauro de Freitas, Simões Filho, Camaçari, Mata de São João, Dias D’Ávila, Candeias e Pojuca), Impressão: Gráfica do Correio. O conteúdo das colunas, anúncios e informes publicitários são de responsabilidade dos autores e não, necessariamente, expressam a opinião do jornal. Anuncie: (71) 3498-9731 | 8135-9002 | comercial@eitaxi. com.br | Jornalismo: jornalismo@eitaxi.com.br

"EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÃO" Aos Associados deste Sintac - Sindicato dos Motoristas de Táxi e Autônomos de Camaçari e Região Metropolitana, CNPJ 34.326.611/0001-46, com sede na Rua da Bandeira, 249 - Centro - Camaçari - BA, convoca seus associados para preenchimento dos cargos da DIRETORIA EXECUTIVA e CONSELHO FISCAL, gestão 2015/2018, que será realizada nos dias 17 e 18 de julho de 2015, das 8h às 12hs. Se faça ciente, A Comissão Eleitoral.


ANO V . NÚMERO 58 . JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

TAXISTA, SE LIGUE! 03

Taxista, entenda as mudanças na distribuição do Jornal Ei, Táxi ENDEREÇO ENDEREÇO

PONTOS DE APOIO COM EXPOSITORES EM SALVADOR LOCAL

Paralela / Aeroporto Paralela / Aeroporto Av. Dorival Caymmi Paralela / Rodoviária Rodoviária Rodoviária Rodoviária Acesso Norte BR 324 Av. Barros Reis / Retiro BR 324 BR 324 Av. San Martin Av. Barros Reis / Rótula Via Expressa São Joaquim (Ferry boat)

Posto BR Alphaville Posto Coopmetro Posto Adota Posto Shell Narandiba Estoque da fila de Táxi Posto BR Rodoviária Posto Mataripe Posto Shell Tic Posto Shell Barros Reis Posto Shell Jaqueira Posto BR Porto Seco Posto Plus Brasil Posto Shell Sol Posto Ipiranga Gás Online Estoque da fila de Táxi

ENDEREÇO ENDEREÇO

Largo da Madragoa Dois Leões Vila Laura - Ladeira do Capoteiro Vale do Ogunjá Bonocô / Iguatemi Av. ACM Iguatemi (Shopping da Bahia) Av. Tancredo Neves Costa Azul Jardim Armação Av. Manoel Dias Amaralina / Rio Vermelho Amaralina / Pituba Av. Octávio Mangabeira

LOCAL Posto BR Unicom Posto BR Dois Leões Posto Coopmetro Posto Shell Ogunjá Postos BR Mataripe Posto BR Nota 10 Estoque da fila de Táxi Posto BR Escola Posto BR Flamingo Posto Coopmetro Posto Shell Pituba Posto Shell Gás Online Posto Shell Gás Online Posto BR Camuripim

PONTOS DE APOIO COM EXPOSITORES NA REGIÃO METROPOLITANA CIDADE/ENDEREÇO Lauro de Freitas - Acesso Bambuzal Simões Filho - Rod. BA 093 Simões Filho - R. Rui Barbosa, box 1 e 2 Camaçari - Av. Radial B, 783

LOCAL Posto Coopmetro Posto Paraki 2 ATASF Posto Radial

CIDADE/ENDEREÇO Dias D'Ávila - Av. Raul Seixas Candeias - Rod. BA 552, KM 10 Pojuca - R. JJ Seabra, Centro

LOCAL Posto Casanova Posto Milênio ASTAP

O Jornal Ei, Táxi sofrerá algumas alterações no seu processo de distribuição. A partir de julho, o taxista encontrará o nosso jornal nos nossos Pontos de Apoio (PAs), localizados nos postos de combustíveis parceiros do Ei, Táxi. Para saber quais são os postos de combustíveis de Salvador e Região Metropolitana que possuem expositores abastecidos com exemplares do Ei, Táxi, consulte a tabela de expositores ao lado: Essa mudança na distribuição do Ei, Táxi vai facilitar o acesso do taxista ao jornal, já que os nossos Pontos de Apoio serão reabastecidos diariamente até o fim da tiragem mensal. Além dessa maior facilidade para ter o Ei, Táxi em mãos, os taxistas poderão desfrutar da segurança, conforto, melhor atendimento, produtos e serviços oferecidos pelos postos de combustíveis

parceiros do Ei, Táxi. Caso ainda não exista um expositor do Ei, Táxi no posto de combustíveis que você abastece, entre em contato conosco e solicite a inclusão do mesmo no nosso roteiro de distribuição. Em breve, novos postos também farão parte do itinerário de distribuição do Ei, Táxi. Além dos postos de combustíveis parceiros, o Ei, Táxi também continuará disponível no sindicato, cooperativas, associações, empresas de rádio táxis, concessionárias, empresas públicas (Desenbahia e outras), gabinetes dos representantes do legislativo e no nosso site na internet. A intenção é sempre garantir que o Jornal Ei, Táxi esteja disponível para os taxistas nas melhores condições possíveis, trazendo mais agilidade, conforto e segurança aoFoto: profissional do CBN Salvador táxi. Foto: CBN Salvador

Prefeitura libera entrada e saída de táxis na Barra Após uma série de mudanças no trânsito, a Prefeitura autorizou que táxis soteropolitanos credenciados possam trafegar e parar na nova orla da Barra. A medida restringe-se apenas ao embarque e desembarque de passageiros, sem o risco

do taxista sofrer notificações por controle eletrônico de acesso realizado pelos radares da região. A Superintendência de Trânsito (Transalvador) programou os equipamentos da área para que, além de moradores, os táxis possam acessar o local

sem restrição. A liberação não abarca estacionamento e, de acordo com o superintendente Fabrizzio Muller, a medida beneficia tanto os taxistas quanto os residentes e comerciantes locais. A iniciativa não se aplica a táxis da região metropolitana.

Redação Ei,Táxi

Prefeitura libera tráfego de táxis na nova orla da Barra.

Fonte: AGECOM


04

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 58. JUNHO 2015 . SALVADOR-BA


ANO V . NÚMERO 58 . JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

05

Cidade limpa, povo civilizado. Não jogue este impre


06 ESPORTES

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 58. JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

Filho de taxista de Salvador é campeão da Copa do Brasil Sub-17 Fernandez, taxista baiano que tem 16 anos de praça. Celso apostou no sonho do filho e acompanha de perto o desenvolvimento dele como atleta. “É necessário que o pai de um atleta tenha uma visão um pouco mais ampla. Além de pai, ele tem que ser um pouco empresário e tem que ter a visão de observador. Não é porque é o seu filho que é o melhor jogador do mundo”, afirmou Celso que conta com o apoio da mãe de Luciano e da cuidadora Lilia que segue todos os passos do jogador do Vitória. Foto: Rafael Ribeiro (CBF)

A divisão de base do Esporte Clube Vitória é nacionalmente e internacionalmente reconhecida. São vários títulos conquistados em todas as categorias de base. No mês passado, foi a vez do time sub-17 rubro negro conquistar o importante título da Copa do Brasil. Porém, além da importância da conquista de um título nacional, o que chamou a atenção do Jornal Ei, Táxi foi o fato de um dos jogadores campeões ser filho de um taxista. Luciano, que está no Vitória desde os 10 anos de idade, é filho de Celso

O time do Vitória conquistou a Copa do Brasil Sub-17 vencendo o Botafogo nos pênaltis.

O início

Segundo Luciano, tudo começou da brincadeira. Foi jogando bola com os amigos na rua que o talento para o futebol começou a

aparecer. “Os rapazes falavam para o meu pai que eu levava jeito e que era pra ele investir em mim”, disse Luciano. A partir daí, veio o iní-

POR:

Foto: Lilia Costa

Foto: Ei,Táxi

O taxista Celso diz que não é o pai que tem que ter o sonho; é o filho que tem que sonhar.

cio no futsal e logo depois a escolinha de futebol de campo. Depois de um tempo treinando, Luciano foi aprovado em um teste no

Vitória, clube com o qual, depois de tanta história na base, assinou o seu primeiro contrato profissional em abril desse ano.

O táxi nessa história

renda para sustentar a família e, ao mesmo tempo, a flexibilidade de poder acompanhar a carreira de Luciano de perto. “Eu tenho que fazer até um agradecimento aos meus clientes que muitas vezes aceitam fazer uma corrida quando estou levando Luciano pra algum lugar. Aí quando eles me ligam eu digo a eles: olha, eu estou com o cobrador aqui no carro”, brinca Celso que roda 80 quilômetros por dia para levar e trazer Luciano dos treinos.

A história de Celso com o táxi se confunde com a história de vida do próprio Luciano. O táxi e o filho estão entrelaçados através do tempo, entre as idas e vindas dos treinos, jogos e campeonatos. “Ultimamente eu estou até com um lema... Eu sou motorista da família e nas horas vagas taxista”, brinca Celso. Segundo ele, além da grande contribuição da esposa que é professora, o táxi foi fundamental para que ele pudesse ter uma

POR:

Luciano comemorando com a taça da Copa do Brasil Sub-17

O segredo da vitória Para conquistarmos os nossos objetivos na vida é necessário trabalharmos duro e fazermos muitos sacrifícios. Luciano vem conseguindo, dia após dia, realizar o sonho que muitos garotos brasileiros têm: ser um jogador de futebol. “Sempre vai ter alguma coisa pra te abater, às vezes a gente sai cansado... Mas em qualquer coisa que a gente se propõe a fazer, temos que ultrapassar barreiras... Nada é fácil. Então, nunca desista”, disse Luciano para todos os filhos de taxistas que sonham ser um jogador de futebol. Redação Ei, Táxi


ANO V . NÚMERO 58 . JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

POLÍTICA 07

Senadora Lídice da Mata se reúne com representantes dos taxistas baianos Foto: Carine Andrade

Taxistas ganham apoio importante no senado

Por Carine Andrade A Senadora Lídice da Mata (PSB-BA) quer rigor no combate ao transporte clandestino de passageiros. Autora de um projeto que visa regulamentar vans para o traslado de turistas entre estados com até 540 km de distância, Lídice vai apoiar os taxistas regularizados que enfrentam a concorrência de transportadores ilegais em Salvador. No último dia 29 de maio, a parlamentar baiana recebeu os representantes das cooperativas de táxi Reginald Cohim (Comtas) e Vicente Barreto (Coometas) em seu escritório, em Salvador, e disse que cobrará rigor na fiscalização aos veículos irregulares e motoristas que atuam sem licença.

Na oportunidade, ela ouviu dos representantes dos taxistas que uma das principais dores de cabeça da categoria é o aplicativo Uber, que permite ao usuário solicitar uma “carona remunerada” a um motorista particular. O problema é que estes motoristas não trabalham diretamente para o Uber. Eles apenas pagam uma taxa à empresa para serem cadastrados, o que permite que qualquer pessoa exerça de forma ilegal a função que deveria ser exercida exclusivamente pelo taxista. Embora o serviço só esteja disponível em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, a possibilidade do Uber chegar ao Estado é vista com preocupação. “Queremos saber por

que este aplicativo está funcionando como transporte de táxi. Os motoristas não são legalizados, os veículos não têm placa vermelha e não passam por vistoria”, denuncia Vicente Barreto, presidente da cooperativa Coometas e representante da seção baiana da Associação Brasileira de Cooperativas de Motoristas de Táxi (Abracomtaxi). Barreto adianta que a Abracomtaxi ingressará com uma ação judicial para barrar o uso do Uber no Brasil. A entidade, juntamente com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), o diretor da Uber no Brasil e lideranças de vários estados participam, esta semana, de uma audiência pública com os deputados que integram a Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop) para debater o tema.

CLANDESTINOS Motoristas irregulares continuam atuando livremente no Aeroporto Internacional Dep. Luís Eduardo Magalhães. O problema é antigo e resultou em um

inquérito, em tramitação desde 2011, no Ministério Público Estadual e Federal, para apurar a culpabilidade da prefeitura de Salvador e do governo do Estado na ação dos clandestinos. Autor da denúncia, o ex-diretor da Comtas e taxista cooperado, Reginald Cohim, alerta que 60 motoristas clandestinos agem no Aeroporto e que a prática põe em risco a integridade dos usuários. “Muitos desses motoristas são marginais ou pessoas desempregadas que usam o carro comum, de placa cinza, para fazer o transporte irregular. Já houve casos de vermos no jornal a foto de um clandestino que era procurado pela polícia como assaltante de banco”, lembra Cohim. Sensível às demandas da categoria, a Senadora Lídice da Mata mostrou-se preocupada com o avanço da atividade irregular. “Eu entendo que para exercer uma atividade de transporte de passageiros, seja ele turístico ou urbano, é preciso estar com o carro vistoriado, com os itens

de segurança em dia, regularizado com os órgãos competentes e pagar os devidos impostos. Do contrário, trata-se de um transporte clandestino, portanto ilegal”, afirmou a senadora. Na semana passada, representantes da Comtas e Coometas estiveram reunidos com o comandante geral da Polícia Militar, Anselmo Brandão e com o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, para discutir ações como a realização de blitzes em táxis nas principais saídas da capital e em locais com grande fluxo de passageiros, como o Aeroporto, Ferry Boat, Shoppings Centers e Supermercados. Outro pleito da categoria é a reativação do convênio entre a Transalvador e a Polícia Militar para retomar as ações de fiscalização conjunta contra o transporte clandestino no Aeroporto de Salvador. “É preciso fechar o cerco contra o transporte clandestino de passageiros”, concluiu a Senadora Lídice da Mata.


08 CULTURA

ANO V . NÚMERO 58. JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

São João na Bahia

Forró embala as celebrações juninas na capital e interior baiano

Junho é um mês de muitas celebrações na capital e, principalmente, no interior da Bahia. Santo Antônio (13/06), São João (24/06) e São Pedro (29/06) são os santos católicos homenageados e festejados pelos baianos dos quatro cantos do estado. Essa é a época do ano em que várias cidades do interior da Bahia recebem milhares de visitantes com muita vontade de tomar um licor, comer uma canjica e danFoto: Site Biossaude

çar muito forró à beira da fogueira. Dentre as três datas comemorativas, o feriado de São João é o que mais atrai as pessoas para o interior do estado. É nesse período que várias cidades baianas se preparam para as festividades de São João, sempre com diversas atrações musicais e as típicas decorações juninas com muitos enfeites, balões e bandeirolas coloridas.

Apesar de toda essa influência católica e portuguesa, o São João se tornou, aqui no Brasil, uma festa tipicamente nordestina. Além das cidades do interior baiano, várias cidades da região nordeste comemoram o São João. Caruaru, em Pernambuco, e Campina Grande, na

Trajes, enfeites, comidas e bebidas

A forte presença da cultura nordestina na festa de São João é perceptível também nos trajes, comidas e bebidas. Na época de São João, os homens, mulheres, idosos, jovens e crianças se vestem de caipira, trajes típicos dos nordestinos que moram na roça. Essa tradição fica bem evidente durante as apresentações das quadrilhas juninas. A fogueira, bandeirolas, balões e o pau de

A Interior da Bahia fica em festa nessa época do ano.

Uma festa nordestina

O licor, o milho e a canjica fazem parte da culinária junina.

Tradição milenar

Foto:João Ramos (Bahiatursa)

Paraíba, são duas cidades nordestinas que se destacam pela tradição de realizar grandes celebrações juninas durante todo o mês de junho. O forró, por exemplo, é o ritmo e dança típicos da região Nordeste que é parte integrante e fundamental da festa de São João.

Foto: Site Escola Britannica

sebo são os enfeites que ornamentam as praças e ruas durante os festejos juninos. Além dos trajes e enfeites juninos, no São João não pode faltar a canjica, o milho e o bolo de tapioca. Essas são as comidas típicas da festa que também é regada a muito licor; bebida feita à base de cachaça e frutas que aquece os corpos dos forrozeiros que querem enfrentar o frio das cidades do interior.

O forró é o ritmo que embala os casais durante os festejos juninos.

Os festejos juninos tiveram origem na Idade Média na celebração dos chamados Santos Populares (Santo Antônio, São João e São Pedro). Essas festividades são celebrações que acontecem em vários países e que são historicamente relacionadas com a festa do santo de verão (no hemisfério norte) e de inverno (no hemisfério sul), que é celebrado no dia 24 de junho, segundo o calendário juliano (pré-gregoriano). Em Portugal, os festejos juninos marcam o início das festas católicas por todo o país.

Forró

São João sem forró não é São João. Ritmo musical popularizado pelo Pernambucano Luiz Gonzaga, conhecido como Rei do Baião, o forró embala os festejos juninos todos os anos na Bahia e no Nordeste. A sanfona, zabumba e triângulo têm o poder de unir os nordestinos num só ritmo que acaba com qualquer diferença, e levanta a poeira do salão. Aqui na Bahia tem festa de São João para todos os gostos; basta escolher o lugar, vestir o traje caipira e dançar forró até o sol raiar. Redação Ei, Táxi com informações do Wikipédia

DICAS CULTURAIS Foto: Site Vale Notícias

São João em Salvador Quem ficar em Salvador vai poder curtir os festejos juninos no tradicional São João do Pelô, que acontece há vários anos no Centro Histórico da capital baiana. Os shows de Elba Ramalho, Zé Ramalho, Estakazero, Adelmário Coelho e Zelito Miranda serão as principais atrações da festa no Pelô, que ocorrerão entre os dias 20 e 24 de junho. Além do Pelourinho, os soteropolitanos poderão curtir também shows de forró em Paripe, subúrbio ferroviário. Para mais informações acesse: http://www.bahiatursa. ba.gov.br/ Fonte: Site oficial da Bahiatursa

Foto: Site Amargosa Notícias

O São João de Amargosa atrai milhares de pessoas todos os anos.

Amargosa

O São João no Pelô começa a partir do dia 11/06.

Considerado uma das maiores festas juninas da Bahia, o São João de Amargosa, que fica a 240km de Salvador, terá mais de 20 atrações esse ano. Wesley Safadão, Adelmário Coelho, Simone e Simaria, Zezé Di Camargo e Luciano, Cangaia e Casadões do Forró são alguns dos artistas que irão se apresentar na cidade entre os dias 19 e 24/06. Além das apresentações na praça principal da cidade, o Forró do Piu Piu 2015, famosa festa privada da cidade, acontece no dia 21/06 na Fazenda Colibri. Para mais informações acesse: http://confiramais.com.br/sao-joao-amargosa-programacao-bahia/ Fonte: Site Confira Mais

Mucugê

Foto: Site São João na Bahia

A Chapada Diamantina é outro destino que atrai muitas pessoas durante os festejos juninos. Isso porque, além de muito forró, os visitantes podem conhecer o cemitério bizantino e desfrutar das cachoeiras, rios e grutas da região. Em Mucugê, que fica a 450km da capital, a tradição das casas enfeitadas, das alvoradas e do forró pé de serra é mantida, acompanhada do frio da pequena cidade rodeada de morros rochosos. Serão 22 atrações musicais entre os dias 14 e 25/06. Para mais informações acesse: http://www.mucuge.ba. gov.br/ As casas enfeitadas foró pé de serra são tradições do São João de Mucugê Fonte: Site oficial da Prefeitura de Mucugê


ANO V . NÚMERO 58 . JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

09


10 SEGURANÇA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 58. JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

Taxista baiano é assassinado brutalmente em Abrantes, categoria realiza protesto e Polícia Militar promete mudanças falecido em 2010 em decorrência de complicações cardíacas. Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) removeu o corpo de Rodrigo que foi encaminhado para perícia técnica. Apesar da motivação do assassinato de Rodrigo ainda ser desconhecida, os primeiros indícios apontam que o taxista pode ter sido vítima de latrocínio, roubo seguido de morte. O caso está sendo investigado pela 26ª Delegacia Territorial (DT/Vila de Abrantes).

Protesto

e com o apoio de um carro de som da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) iniciaram as manifestações, chamando a atenção das pessoas que transitavam no local. Por volta das 9h, os taxistas saíram, escoltados por policiais militares e agentes da Transalvador, em carreata rumo à Secretaria de Segurança Pública no Centro Administrativo da Bahia

Na manhã do dia 11/06, taxistas auxiliares associados à Associação de Taxistas Auxiliares de Salvador (ATAS) realizaram um protesto contra a falta de segurança, o transporte clandestino e as condições abusivas de trabalho impostas pelos permissionários e locadoras de táxi. O taxistas começaram a se concentrar em frente ao Shopping da Bahia por volta das 8h

Foto: adelsoncarvalho.com.br

Foto: Bahia no Ar

O corpo do taxista baiano Rodrigo Gonçalves Lopo Dantas, 42 anos, foi encontrado na manhã do dia 09/06 em Cajazeiras de Abrantes, Camaçari. Segundo informações da Central de Polícia, o corpo de Rodrigo, que estava ao lado do táxi que ele trabalhava, tinha marcas de tiros na cabeça e nas costas. Ainda de acordo com a Polícia, o Chevrolet Meriva com placa de Salvador foi encontrado com a porta-malas aberto. Rodrigo era filho do jornalista Jânio Lopo Dantas, 51,

Taxista Rodrigo Dantas foi encontrado morto com dois tiros em Abrantes.

para uma reunião com assessores do Secretário Maurício Barbosa. “Nós estamos reivindicando à Secretaria de Segurança Pública que é necessário fazer blitze nos táxis. Eu, particularmente que rodo a noite, passo pela blitz da polícia e eles sempre mandam o taxista passar... As vezes a gente pode estar transportando um ladrão, um traficante”, afirmou o taxista auxiliar Carlos Costa, 57 anos. Foto: Ei,Táxi.

Taxistas Auxiliares protestam em frente ao Shopping da Bahia.

PM promete mudanças

No dia 13/06, a Polícia Militar (PM) divulgou que, a pedido dos próprios taxistas, passará a abordar táxis nas blitze de trânsito da capital baiana. Uma reunião entre o comandante de Operações Policiais Militares (COPPM), coronel Paulo Uzêda, e

representantes da ATAS definiu que a PM revistará os veículos de forma mais rigorosa a partir de agora. "Os assaltos são constantes. Por dia, de quatro a oito táxis costumam ser assaltados", explica o presidente da ATAS, Jairo Conceição. O comandante,

Operação contra clandestinos Foto: AGECOM

Veículos clandestinos apreendidos na operação realizada no Largo dos Mares.

No mesmo dia do protesto, 11/06, A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), através da Coordenadoria de Táxi e Transportes Especiais (COTAE) iniciou uma série de operações de combate ao transporte clandestino. No primeiro dia desta nova fase das ações, que ocorreu durante todo o dia na região do Largo dos Mares, cinco veículos irregulares foram apreendidos e os motoristas foram conduzidos voluntariamente ao pátio da COTAE. “Começamos agora

zação contra o transporte clandestino com operações diárias em diferentes pontos da cidade. Estamos em negociação com a Secretaria de Segurança Pública para que a Polícia atue em conjunto com a COTAE e sejamos mais eficientes. O transporte irregular não passa por nenhuma vistoria e não obedece aos itens de segurança. Então, o usuário fica completamente vulnerável”, afirmou o secretário de Mobilidade, Fábio Mota.

Municipal de Mobilidade, Fábio Mota, o apoio da PM é fundamental para ampliar o alcance da fiscalização, já que equipes da COTAE costumam ser ameaçadas. O Ei, Táxi continuará acompanhando os desdobramentos do assassinato

do taxista Rodrigo Dantas, dos protestos dos taxistas auxiliares e das mudanças prometidas pela PM e COTAE.

uma nova fase da fiscali-

no entanto, rebate. "Não sabemos a quantidade de taxistas assaltados por dia para confirmar esse número. Quanto a esse dado, ou existe um exagero, ou existe uma subnotificação", ponderou o coronel Paulo Uzêda. Segundo o Secretário

Redação Ei, Táxi com informações da AGECOM, Correio 24h, Bahia Notícias e Bahia no Ar.


ANO V . NÚMERO 58 . JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

TAXISTA, SE LIGUE!

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

11

Taxista destrata cliente em Salvador e é afastado pela COTAE ma, mostrei como cortava O maior bem do taxista é o passageiro. Infelizmente, alguns profissionais do táxi demonstram não entender isso e acabam denegrindo a imagem da categoria na sociedade. No dia 20/05, a jovem Mirela Maia, 22 anos, foi destratada por um taxista ao pegar um táxi no bairro da Graça, em Salvador. O motorista reclamou do roteiro sugerido por ela e teve um acesso de raiva ao ficar preso em um engarrafamento no percurso. "Eu entrei no táxi e falei para onde ia, expliquei o caminho que ele poderia seguir e ele foi. Só que logo na frente, aqui no morro Gavazza (no bairro da Graça), estava congestionado e ele começou a gritar comigo dizendo que ele me pegou, mas que era pra pegar outro passageiro. Ele queria pegar outro caminho que daria um volta na cidade pra chegar na Barra, sendo que eu estava próxi-

caminho. Eu falei para ele: 'se acalme'. E ele gritava", relatou Mirela. Mirela disse que chegou a sugerir ao taxista que a deixasse descer do carro. Entretanto, ao tirar R$ 50 para pagá-lo, relata que ele disse que não tinha troco e passou a gritar mais ainda. "Eu estava a alguns metros de onde tinha entrado no táxi, mas dava para descer. Eu fiquei tão nervosa, com medo, então disse: 'me deixe aqui'. Tirei R$ 50, ele falou que não tinha troco e disse: 'agora você vai dar voltas comigo até que (o taxímetro) chegue a um valor que eu tenha troco para te dar. Como o trânsito estava lento, eu abri a porta e saí. Fui em direção a um mercadinho da região para trocar o dinheiro e pagar. Ele parou e largou o carro no meio da ladeira. Eu tinha que pagar R$ 8,55. As pessoas que viam a situação começaram a ficar ao meu favor. O dono do

mercadinho disse que não era justo eu pagar a ele. Paguei, ele foi embora, mas fiquei com muito medo", revelou a jovem.

Foto: G1

AFASTAMENTO

A Secretaria Municipal de Mobilidade (SEMOB), por meio da Coordenadoria de Táxis e Transportes Especiais (COTAE), infor-

mou, através de uma nota

oficial, que localizou a passageira e identificou o taxista citado, que não é o permissionário da licença. O taxista já foi afastado da função para posterior deliberação e entregou o crachá na COTAE no dia 21/05. "Eu disse a ele que faria a denúncia. No dia seguinte liguei para a prefeitura e relatei a situação. Não sabia que o resultado seria tão drástico para ele, afinal ele deve ter família, mas minha denúncia

A estudante fotografou o alvará e denunciou o taxista.

foi pra que ele não fizesse mais esse tipo de coisa. Se ele estava com algum problema ele não deveria descontar em quem não tem nada a ver. Foi terrível fiquei com medo de acontecer alguma coisa. Acho que vou ficar um bom tempo sem pegar um táxi", concluiu Mirela. O Ei, Táxi chama a atenção dos taxistas baianos

para esse mau exemplo que só prejudica a categoria, denegrindo a imagem do profissional do táxi. O táxi é um serviço de transporte público que visa o benefício da população e, por isso, a satisfação do passageiro deve ser uma prioridade para o taxista.

Fonte: G1

Obras de Requalificação vão alterar trânsito no Rio Vermelho A primeira etapa das obras de requalificação da orla do bairro do Rio Vermelho vai provocar mudanças no trânsito do local. As intervenções começaram na noite do dia 15/06 e foram realizadas pela Transalvador. A Rua João Gomes, que liga o Largo da Mariquita ao Largo de Santana, está com tráfego em meia pista. Foram interditadas a Rua Almerinda Dutra e um trecho da Rua Vieira Lopes. A Rua José Taboada Vidal teve fluxo invertido, estacionamento proibido e impedimento da conversão à esquerda para a Rua Canavieiras. Fonte: AGECOM

Ar-condicionado Banco do motorista com regulagem de altura Direção hidráulica

Pular fogueira, ENCARAR O PAI DA NOIVa, segurar rojão.

Faróis de neblina Chave canivete com telecomando para abertura das portas, vidros e porta-malas HSD (High Safety Drive) Airbag duplo (motorista e passageiro) e ABS com EBD

Quer facilidade esse mês? traga seu ipi e icms para a cresauto.

Logo Push ( Sistema de abertura elétrica do porta-malas ) Rodas de liga leve 6.0 x 16" + Pneus 195/55 R16 (Baixa resistência a rolagem) Rádio Connect CD MP3/WMA integrado ao painel com RDS, entrada USB, Viva-voz Bluetooth® e função Audio Streaming

GRAND SIENA ESSENCE 1.6 16V FLEX 4P 2o16

32.4oo,

R$

OFERTA VÁLIDA DE 10/06/2015 ATÉ 15/07/2015. COR: BRANCO BANCHISA. CARRO NÃO DISPONÍVEL NO ESTOQUE DA CONCESSIONÁRIA. VENDA SOB ENCOMENDA.

PEDESTRE, USE SUA FAIXA.

á VISTA


12

ANO V . NรšMERO 58. JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

Ei,Tรกxi


ANO V . NÚMERO 58 . JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

POLÍTICA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

Táxis Especiais

13

Vereador Leo Prates é escolhido Presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência

O Vereador Leo Prates (DEM) foi escolhido Presidente da Comissão Temporária Especial para a Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência. Além do democrata, fazem parte do grupo de trabalho os vereadores Suíca, Edvaldo Brito, Alberto Braga, Aladilce de Souza, Euvaldo Jorge, Leandro Guerrilha, Atanázio Júlio e Antônio Mário. Esteve pre-

sente na reunião Raimundo Nonato, coordenador de acessibilidade da Secretaria Municipal de Ordem Pública. "Essa comissão vai permitir que a Câmara acompanhe mais de perto as necessidades dessa parcela da população que tanto necessita de políticas públicas e atenção do poder público", frisou Prates.

Táxis especiais Foto: Site Manchete Online

Salvador não tem nem um táxi especial.

Foto: Site Oficial do Vereador Leo Prates

O Vereador Leo Prates (DEM) é o Presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência.

A falta de táxis especiais em Salvador é um dos problema já apontados pelo Ei, Táxi em edições anteriores. É um absurdo que a terceira capital do país em número de habitantes ainda não tenha sequer um táxi adaptado para pessoas com necessidades especiais. Um dos entraves para solucionar a questão é o alto investimento que o taxista precisa fazer para poder adaptar o seu veículo, isso sem ter qualquer incentivo do governo. Mesmo com o Projeto de Lei 12/2012, do então

Senador Sérgio Souza (PM-

DB-PR), que obriga as empresas de táxis com 20 ou mais veículos a adaptarem ao menos 5% de suas frotas para táxis inclusivos, nada é feito. "É fundamental que Salvador possua um percentual de táxis adaptados às pessoas com deficiência e, eventualmente, a taxistas que possam ter algum tipo de deficiência. Tenho conversado com secretário da SEMOB, Fábio Mota, que se mostrou muito sensível a esta causa, e com o prefeito, ACM Neto, profundo conhecedor da causa da

pessoa com deficiência e dos taxistas, que, na reforma administrativa, criou uma coordenação de acessibilidade dentro desta Secretaria. Estamos atentos a isso, e juntos pela causa a favor de táxis adaptados à cidade do Salvador. Eu tenho certeza que em breve teremos uma frota muito mais acessível. Uma cidade só é socialmente justa quando é para todos os seus cidadãos!", afirmou o Vereador e Presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência, Leo Prates.

Redação Ei, Táxi com informações do Site Oficial do Vereador Leo Prates


14

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 58. JUNHO 2015 . SALVADOR-BA


ANO V . NÚMERO 58 . JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

15


16 CAPA

ANO V . NÚMERO 58. JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

Os taxistas baianos enfrentam vários problemas que o Ei, Táxi vem noticiando ao longo de seus quase cinco anos de existência. Informar o taxista é a nossa missão e, por isso, sempre buscamos ouvir a Prefeitura e o Governo do Estado sobre todas as questões que envolvem os taxistas, sem qualquer res-

trição. Desde março deste ano, o Ei, Táxi vem tentando ouvir os planos e intenções do novo Governo do Estado para a categoria, mas, apesar das diversas tentativas, nossas solicitações de entrevista com o Governador Rui Costa, através de sua assessoria, vêm sendo ignoradas nos úl-

timos três meses. O Ei, Táxi entende que é fundamental que o Governo do Estado se coloque sobre as questões que envolvem as necessidades e os interesses dos taxistas baianos. Por isso, publicamos abaixo as perguntas que a categoria quer que o Governador Rui Costa responda.

1) Excelentíssimo Senhor Governador, quais foram as suas impressões acerca da Manifestação Nacional dos Taxistas, realizada no dia 08 de abril de 2015, que mobilizou milhares de profissionais da categoria em todo país? O que os taxistas baianos podem esperar do Governo no combate ao transporte clandestino ?

ICMS, cerca de 17% do valor do veículo. Isso gera impactos nas contas públicas. O governo tem conhecimento disso? O que o Governo pretende fazer para que essa farra acabe?

dos pela AGERBA quando faziam o transporte intermunicipal de passageiros. O Ministério Público entende que o taxista apenas não poderia pegar de volta um passageiro que não fosse o mesmo transportado na primeira viagem, ou seja, não poderia fazer ponto em outro município. Assim, recomenda que o taxista ande com todos os dados da viagem e do passageiro como nome, local de origem e destino, data, hora etc. Apesar deste entendimento pelo MP, os taxistas não têm tido vida fácil com os fiscais do órgão estadual. O governo pretende rever essa situação? As multas aplicadas chegam a R$ 3 mil, um valor pesado para este profissional. Há possibilidades de anistia dessas multas, uma vez que eles não estavam cometendo qualquer infração, segundo Fotos: Ei,Táxi. a compreensão do MP? Não está na hora de haver uma regulamentação mais clara sobre esse assunto, a fim de evitar novos casos?

2) Senhor Governador, quais são os projetos voltados para os taxistas que serão prioridade durante a sua gestão? 3) Senhor Governador, uma outra situação que afeta a categoria é a concessão indiscriminada de placas de táxi por várias prefeituras do Estado. Em muitos casos, os beneficiados por essas concessões não são taxistas. De posse do alvará concedido pela prefeitura, o suposto taxista obtém da Secretaria da Fazenda, por exemplo, a isenção do

4) O ex-governador, Jaques Wagner, baixou a portaria de nº 2045 em 27 de dezembro de 2012, que obriga veículos utilitários como táxi, ainda que novos a passarem por uma vistoria anual. Com isso, os taxistas têm sofrido duas vezes, pois eles já são obrigados por lei realizarem vistorias anuais cobradas pela prefeitura por exemplo. O atual Governo pretende rever essa portaria ou determinar alguma compensação para a categoria nesse caso? 5) O transporte intermunicipal de passageiros tem gerado alguns transtornos para os taxistas do Estado. Durante a gestão passada, muitos taxistas do interior foram multa-

Foto: Carlos Casaes / Ag. A Tarde

Governador Rui Costa ignora a categoria

Rui Costa tem seguido a mesma linha do seu antecessor.

6) Há alguns anos, muitos taxistas vêm optando pelo Gás Natural (GNV) como alternativa aos elevados preços da gasolina. O atual governo tem a intenção de ampliar a área de cobertura do sistema de abastecimento de gás da Bahiagás? 7) O carro é o instrumento de trabalho do taxista e o investimento em novos veículos é uma prioridade da categoria. O programa de Renovação da Frota de Táxi do Estado da Bahia (Protáxi) vem contribuindo nessa questão através da disponibilização de linhas de crédito para os taxistas. Haverá aumento na linha de crédito do Protáxi na nova gestão? O atual governo pretende ampliar o atendimento do órgão para as regiões polo do estado, otimizando tempo e dinheiro dos taxistas que não precisariam vir à capital e diminuindo a burocracia?

8) Há muitas solicitações da categoria para que o Governo consiga uma redução na tarifa para os taxistas junto às concessionárias das vias pedagiadas. O Senhor pretende atender a essa demanda da classe? 9) As estações de metrô da capital baiana não estão contemplando os pontos de táxis. Esta situação é importante para as questões de mobilidade de Salvador e Região Metropolitana, pois é a ligação dos modais. Qual é o posicionamento do Governo sobre essa situação? Existirão projetos para rever esse problema? 10) Excelentíssimo Governador Rui Costa, o Ei, Táxi é o jornal dos taxistas Bahia. O senhor gostaria de deixar uma mensagem para os taxistas do Estado? “Com a palavra, o Governo do Estado...” Redação Ei, Táxi.

Imperial Honda realiza café da manhã na sede da COMTAS A Imperial Honda realizou no dia 05/06 um café da manhã na sede da COMTAS (Cooperativa Mista de Motoristas Autônomos de Salvador). Durante o evento, os taxistas cooperados tiveram a oportunidade de conhecer de perto carros como o Honda Civic e, especialmente, o HR-V

2016, mais novo lançamen-

to da marca. A Diretoria da COMTAS ficou muito satisfeita com a iniciativa da Imperial Honda e prestou agradecimentos especiais ao Gerente de Vendas da concessionária, João Carlos.

Redação Ei, Táxi

Fotos: Ei,Táxi.

Os taxistas conheceram os veículos da COMTAS de perto.


ANO V . NÚMERO 58 . JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

TÁXISTA, SE LIGUE! 17

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

Jovens brasileiros inventam sistema que automatiza uso da seta

Uma das situações que mais provoca acidentes de trânsito é a negligência dos motoristas no momento de sinalizar. Entrar em uma rua ou fazer uma ultrapassagem sem usar a seta do carro, pode, muitas vezes, ser fatal. Foi pensando nisso que três jovens brasileiros, Carolina

Heimann, Pedro Delboni, e Thierry inventaram um sistema que automatiza o uso da seta dos veículos. O sistema funciona através de um sensor. “Esse sensor de movimentos consegue identificar todas as direções. Tanto para frente, quanto para trás, como para os lados.

Ele é muito sensível e tem a capacidade de captar pequenas variações de movimentos”, explica o estudante Pedro Delboni. Além do sensor de curvas, os jovens também inventaram um sensor de desaceleração que sinaliza, através de um pisca alerta, o momento em que o carro está

reduzindo a velocidade, assim como acontece com os carros da Fórmula 1. Os dois sensores diminuem bastante a probabilidade de acidentes e já estão disponíveis no mercado para instalação nos carros. Redação Ei, Táxi com informações do Site AutoEsporte.

Foto: Site Uol Carros

O sistema aciona a seta do veículo automaticamente.

Transalvador realiza intervenções viárias no entorno da Feira de São Joaquim A Transalvador iniciou no dia 03/06 uma série de intervenções viárias para melhorar a fluidez do trânsito na Avenida Engenheiro Oscar Pontes, nas imediações da Feira de São Joaquim. O local passará por completa requalificação, que envolve alargamento de pista para cinco faixas de tráfego, retirada do canteiro central em

frente à feira, nova pavimentação da calçada, criação de 68 vagas de estacionamento somadas às 50 já existentes, relocação de pontos de ônibus e nova sinalização. Haverá ainda uma ciclofaixa de 760 metros e dois portaciclos com capacidade total para 80 bicicletas. Além disso, há a previsão de construção, pela Secretaria

Municipal de Manutenção (Seman), de duas passarelas que permitirão a remoção de dois conjuntos semafóricos, rendendo mais fluidez ao tráfego e segurança à travessia de pedestres. As intervenções estão orçadas em R$ 600 mil e devem ser concluídas até o final de agosto. Fonte: AGECOM

Táxi elétrico começa a rodar em Campinas Campinas é a primeira cidade do país a ter carros elétricos na frota táxis da cidade. A BYD, empresa chinesa, entregou os dois veículos aos novos proprietários no dia 22/05, durante cerimônia com o prefeito da cidade, Jonas Donizette. Os dois taxistas pioneiros, Juraci Soriano Lima

e Luciano Roberto Santos, atuam em Campinas há muitos anos e avaliam a aquisição dos veículos como um bom investimento, que, além de economia, beneficia o meio ambiente. “Fiz o test drive e gostei muito do carro, que além de trazer grande economia,

também é muito confortável. Hoje, com R$ 12,00 é possível circular 300 quilômetros com este carro”, disse Santos. Os dois veículos do modelo e6 devem entrar em operação ainda esse mês. A recarga de energia hoje é feita em dois pontos, po-

Foto: AGECOM

Várias intervenções viárias ocorreram na Av. Engenheiro Oscar Pontes.

rém a previsão é de que nos próximos meses sejam instalados outros 58 locais de abastecimento na cidade. Uma carga completa garante autonomia de 300 quilômetros ao veículo. Fonte: Site da Prefeitura de Campinas

Foto: Carlos Bassan

Prefeito de Campinas entrega a chave do primeiro táxi elétrico do país ao taxista Luciano Santos


18

Classificados

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 58. JUNHO 2015 . SALVADOR-BA


ANO V . NÚMERO 58 . JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

TAXISTA, CONTE SUA HISTÓRIA! 19

Taxista por profissão e poeta por paixão

Não é todo dia que a gente conhece um poeta... Mas, e um poeta taxista? Na última edição, o Ei, Táxi prestou uma homenagem ao mês das mães, publicando a poesia Divinas, de autoria de Acacio Vidal Almeida, o poeta taxista. Acacio, 59 anos, trabalhou no Polo Petroquímico durante 12 anos, antes de encarar a vida de taxista. Nascido e criado no Nordeste de Amaralina, Acacio é casado há 29 anos. Pai de três filhos, o poeta taxista já tem 26 anos de praça. “No Polo, eu trabalhava de turno. Não tinha tempo pra família. Quando houve o processo de terceirização nas empresas do Polo petroquímico, nós perdemos vários benefícios. Aí, eu me estabilizei depois de um tempo; construí umas casas pra alugar e comprei o táxi”, disse Acacio que não se arrepende de ter trocado de profissão. “Como taxista, autônomo, eu pude aproveitar mais a família e acompanhar o crescimento dos meus filhos”, complementou o poeta taxista que afirma ser um bom profissional com uma clientela fiel.

O táxi

Foto: Ei,Táxi

Acacio tem orgulho de ser taxista e ama a profissão.

Para ele, o segredo para ter sucesso como taxista é tratar bem o cliente. “O problema é que tem muita gente na profissão só pelo dinheiro. Se um passageiro pede uma corrida pra um lugar perto, muitos taxistas fazem cara feia, tratam mal o cliente... Ele não pensa que aquele usuário pode precisar dele para ir ao aeroporto dois dias depois. Ele tem que entender que a função dele é servir ao público”, afirmou o poeta taxista. Acacio fez até um cordel para os colegas taxistas, dando dicas de como se dar bem na praça. “Eu tenho todo tipo de cordel e poesia. Tenho um cordel sobre Salvador que dou aos meus clientes que estão visitando a cidade. Sou doador de sangue há muitos anos e fiz um cordel para conscientizar as pessoas sobre a importância de doar sangue”, explicou Acacio que agrada seus clientes com a sua poesia e simpatia.

Acacio é um poeta taxista que ama a sua profissão Foto: Ei,Táxi

Cordel do Taxista

Acacio presenteia clientes e colegas com suas poesias e cordéis

A poesia Logo no início da entrevista, Acacio pegou um classificador azul que fica no táxi, abriu e começou a ler, com orgulho, várias das suas poesias e cordéis. São muitas. Políticos, taxistas, clientes, amigos e amores; nada escapa das rimas do poeta taxista. Nem o Padre Pinto. “Eu já escrevo desde jovem. Fazia a poesia para as namoradas. Pra conquistar. Aí, eu continuei escrevendo e foi assim que eu fui pegando o fio da meada”, conta sorrindo o poeta taxista. No táxi, o caderninho azul e a caneta não podem faltar, até porque a inspiração do poeta pode surgir a qualquer momento. “Quando eu paro no ponto e bate uma ideia, eu pego o caderninho e começo a escrever”, disse Acacio. Segundo ele, a sua poesia tem Foto: Ei,Táxi

Foto: Ei,Táxi

É no seu caderninho azul que sua poesia ganha vida.

uma linguagem mais popular, pois ele também se inspira muito no que vê nas ruas. “O cara que se dedica a fazer poesia tem uma mente mais aberta para as coisas boas. É uma pessoa mais envolvida com as questões sociais... Eu sempre digo aos meus colegas para trabalharem e serem honestos. Serem simples e humildes. Tratar todo mundo bem. Do gari ao doutor”, concluiu o poeta taxista que ajuda as pessoas através das palavras. Redação Ei,Táxi

Meus amigos taxistas Da praça de Salvador Meus nobres companheiros Categoria de valor Devotos de São Cristovão Nosso Santo Protetor Eu também sou taxista Faço praça em Salvador Há 15 trabalho na praça Faço isso com muito amor Orgulho-me do que faço Porque sei o meu valor Neste cordel que te escrevo Algumas dicas vou lhe dar Pra você se dar bem na praça E muito dinheiro ganhar Vou começar pela matéria prima Que não podemos deixar escapar Ele se chama usuário Sua excelência passageiro O cliente em primeiro lugar Depois do primeiro passo É estar com o carro em dia Detran, Ibametro e Getax O selo de vistoria Agora é só correr pro abraço A praça é só alegria

Acacio tem orgulho de ver as suas poesias no papel.

Acacio Vidal Almeida, o poeta taxista


20

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 58. JUNHO 2015 . SALVADOR-BA

Jornal Ei, Táxi n° 58 - Junho 2015  
Jornal Ei, Táxi n° 58 - Junho 2015  
Advertisement