Issuu on Google+

ANO VI . NÚMERO 61 . OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

OPINIÃO 03

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

TECNOLOGIA AVANÇADA EM GNV

O jornal dos taxistas da Bahia

www.eitaxi.com.br

Eleições às escuras: Outubro de 2015 | Salvador - Bahia | ANO VI - nº 61 |

Edição mensal - Distribuição Gratuita - 10.000 exemplares

Descumprimento do estatuto, sonegação de informações e fraude marcam escolha da nova diretoria do Sinditaxi.

O Sindicato dos Condutores Autônomos de Táxi de Salvador (Sinditaxi) é acusado de fraude no processo eleitoral que aconteceu no dia 24/09. As denúncias foram feitas pelo taxista Gilberto Silva, que apresentou documentos e testemunhas à nossa redação. Segundo ele, dados foram adulterados para permitir que associados inaptos votassem.  PÁGINA 10 Fotos da capa: Ei, Táxi

Para quem o carro é mais que um meio de locomoção

Seguro de verdade!!! - Indenização Integral - Atendimento rápido - Assistência 24 horas - Diárias por acidente - Seguros para passageiros

Contato: (71) 3351-7278 www.hitnerseguros.com.br

TAXISTA, CONTE SUA HISTÓRIA!

Taxista em Lauro de Freitas há três anos, Denilton dos Santos conversou com o Ei, Táxi sobre sua profissão.  PÁGINA 23

SE LIGUE, TAXISTA

Temporada de cruzeiros começa em novembro  PÁGINA 06

Categoria discute o Uber em audiência pública proposta por Alfredo Mangueira  REGIÃO METROPOLITANA

Associação dos taxistas de Simões Filho realiza eleições  PÁGINA 08

DENÚNCIA

Taxistas reclamam de empresas de vistoria de gás  PÁGINA 11

PÁGINA 07

APLICATIVOS

Easy Táxi atrasa pagamentos a taxistas  PÁGINA 17


02

EDITORIAL

ANO VI. NÚMERO 61. OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

Ei,Táxi

Sinditaxi mente e obstrui cobertura das eleições

E

m setembro, após sermos avisados por um permissionário que o Sinditaxi realizaria eleições no dia 25/09, nossa redação entrou em contato com o vice-presidente da instituição, Luiz Santana. Tínhamos por objetivo confirmar a informação e dar publicidade ao ato eleitoral, pois acreditamos que desta forma poderíamos contribuir com a legitimidade da escolha da nova diretoria. Na ocasião, a informação foi negada pelo vice-presidente. Segundo ele, não havia eleição marcada e, quando houvesse, o Ei, Táxi seria informado para que fizesse a cobertura. Luiz Santana mentiu! Sim, houve eleições! Não no dia 25, mas no dia 24/09 e nós não fomos informados. Esse é o início da série de fraudes que apuramos. Confira a matéria completa na página dez. Você pode conferir também, na página 3, o que aconteceu na audiência pública, proposta pelo vereador Alfredo Mangueira, que aconteceu no dia 23/09, no Espaço Cultural da Câ-

mara Municipal de Salvador, na Praça da Sé. Assuntos da Região Metropolitana de Salvador também estão em pauta. Na página oito, entre outras, você confere o perfil dos três candidatos que pleiteiam a presidência da Associação dos taxistas de Simões Filho (Atasf). Zé Nilton, Adilson Sena e Jesival Xavier, serão votados no dia 31/10. Outra matéria que trazemos nesta edição, na página 11, fala sobre a centralização dos locais aptos a fazerem vistorias no sistema de gás veicular. Na Região Metropolitana de Salvador, apenas quatro lugares estão aptos, o que obriga o taxista a acordar de madrugada para pegar uma senha. Em páginas distintas, os nossos colunistas Edval Landulfo, Conrado Matos e Ednei Teófilo falam sobre educação financeira, comportamento e empreendedorismo, respectivamente. Confira os ótimos textos produzidos pelos profissionais das áreas. A demora nos pagamentos das corridas feitas pelo Easy Táxi também está em pauta. Taxistas reclamaram e nós fomos ouvir a empresa para saber sobre o acontecido. Confira na página 17.

Helton Carlucho jornalismo@eitaxi.com.br

Construa o Ei, Táxi conosco. Envie sua mensagem, entre em contato pelos canais: 71 3498-9731 | 99729-6464 jornalismo@eitaxi.com.br | www.eitaxi.com.br

Expediente

Diretor Executivo: Adriano Rios, Jornalista e Editor: Helton Carlucho, Revisão: Anariel Rios, Diagramação: Helton Carlucho, Edição: mensal, Tiragem: 10.000 exemplares, Distribuição Gratuita: Salvador e Região Metropolitana de Salvador - RMS (Lauro de Freitas, Simões Filho, Camaçari, Mata de São João, Dias D’Ávila, Candeias e Pojuca), Impressão: Gráfica do Correio. O conteúdo das colunas, anúncios e informes publicitários são de responsabilidade dos autores e não, necessariamente, expressam a opinião do jornal. Anuncie: (71) 3498-9731 | 99729-6464 | comercial@eitaxi.com.br | Jornalismo: jornalismo@eitaxi.com.br

RUA DIRETA Nº 19 VILA CANÁRIA (EM FRENTE AO CONDOMÍNIO) - www.capotariadoeverton.com.br

ENDEREÇO ENDEREÇO

NOVOS PONTOS DE RETIRADA COM EXPOSITORES EM SALVADOR LOCAL

Vale dos Lagos Paralela sentido Rodoviária Paralela sentido Rodoviária Rodoviária Rodoviária Rodoviária Pernambués Pernambués Acesso Norte BR 324 Baixa do Santo Antônio Av. Barros Reis sentido Retiro BR 324 BR 324 Av. San Martin Av. San Martin R. Conde de Porto Alegre - IAPI R. Conde de Porto Alegre - IAPI Pero Vaz Av. Barros Reis sentido Rótula Via Expressa São Joaquim (Ferry boat) Largo da Madragoa Rua Chile - Centro

Sede da Táxi Paralela Posto Narandiba - Shell Banco Desenbahia Estoque da fila de Táxi Posto Rodoviária - BR Posto Mataripe Sede da Elitte Táxi Sede da Bahia Táxi Posto Tic - Shell Sede da Coastaxi Posto Barros Reis - Shell Posto Jaqueira - Shell Posto Porto Seco - BR Posto Plus Brasil Sede do Ceat Sede da Rodotáxi Sede da Alô Táxi Sede da Use Táxi Posto Sol - Shell Posto Gás Online - Ipiranga Estoque da fila de Táxi Posto Unicom - BR Sede da Chame Táxi

ENDEREÇO ENDEREÇO

LOCAL

Largo Dois Leões Ladeira do Capoteiro - Vila Laura Vale do Ogunjá Vale do Ogunjá Bonocô sentido Iguatemi Av. Dom João VI - Brotas R. das Pitangueiras - Brotas Av. ACM Iguatemi (Shopping da Bahia) Av. Tancredo Neves Av. Tancredo Neves Costa Azul Jardim Armação Av. Manoel Dias - Pituba Amaralina sentido Rio Vermelho Amaralina sentido Pituba Av. Octávio Mangabeira Av. Jorge Amado Paralela sentido Aeroporto Paralela sentido Aeroporto Av. Dorival Caymmi Aeroporto - Graer Aeroporto - Acesso Bambuzal

Posto Dois Leões - BR Posto Coopmetro Posto Ogunjá - Shell Sede do Sinditaxi Postos Mataripe - BR Sede da Ligue Táxi Sede da Coopteletaxi Posto Nota 10 - BR Estoque da fila de Táxi Posto Escola - BR Sede da Teletaxi Posto Flamingo - BR Posto Coopmetro Posto Pituba - Shell Posto Gás Online - Shell Posto Gás Online - Shell Posto Camuripim - BR Sede da Top Táxi Posto Alphaville - BR Posto Coopmetro Posto Adota Ponto da Coometas Sede da Atalema

NOVOS PONTOS DE RETIRADA COM EXPOSITORES NA REGIÃO METROPOLITANA CIDADE/ENDEREÇO

Lauro de Freitas - Acesso Bambuzal Lauro de Freitas - Itinga Simões Filho - Rod. BA 093 Simões Filho - Av. Washington Luiz

LOCAL Posto Coopmetro Sede da Comtas Posto Paraki 2 Sede da Atasf

CIDADE/ENDEREÇO

Camaçari - Av. Radial B, 783 Dias D'Ávila - Av. Raul Seixas Candeias - Rod. BA 552, KM 10 Pojuca - R. JJ Seabra, Centro

LOCAL Posto Radial Posto Casanova Posto Milênio Sede da Astap

Taxista repórter - WhatsApp: (71) 99693-7852

Clandestinos caras de pau A atuação de carros clandestinos não tem limites. Um taxista que preferiu não se identificar flagrou a ação de um carro clandestino em frente ao shopping da Liberdade, em Salvador. Na foto você confere a ação. Em áudio de WhatsApp, um taxista mostrou sua indignação com a ousadia apresentada em outro caso. Ele descreve um flagrante que fez na Estação Pirajá, onde um carro, também com o acrílico escrito "Táxi", sobre o teto, puxa a fila. Não houve registro fotográfico.


ANO VI . NÚMERO 61 . OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

Vereadores e taxistas discutem futuro do Uber em Salvador Fotos: Ei, Táxi

Projeto de Lei nº 251/15 tem por objetivo combater o transporte clandestino

A

s discussões em torno do Uber continuam a crescer, mesmo sem o aplicativo ter chegado à capital baiana. No dia 23/09, em audiência pública no auditório do Centro Cultural da Câmara Municipal de Salvador, na Praça da Sé, aproximadamente 100 pessoas se posicionaram sobre o assunto. Além de representantes da categoria, como Vicente Barreto (Presidente da Táxi Coometas e delegado da Abracomtaxi), Gilberto Silva (Presidente da

Coastaxi), Flávio Cerqueira (Presidente da Táxi Comtas) e representantes da Teletáxi e 99 Táxi, o evento contou com a participação de cinco vereadores: Alfredo Mangueira (PMDB), idealizador da audiência; Pedrinho Pepe (PMDB); Euvaldo Jorge (PP); Moisés Rocha (PT) e Gilmar Santiago (PT). O Secretário de Mobilidade Municipal, Fábio Mota, e o Coodenador de Táxi e Transportes Especiais, Marcelo Tavares, também marcaram presença.

LEGISLAÇÃO

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

Os pronunciamentos, quase por unanimidade, defenderam a proibição do aplicativo. A defesa do Uber foi feita apenas pelo entusiasta e estudante de Direito, Rodrigo Rara. “Entendemos o Uber como um transporte clandestino. A competição com os taxistas não é justa. O Uber não é bem vindo em Salvador e iremos combater com todas as forças. Estamos finalizando uma legislação específica para os taxistas e o aplicativo é muito mal vindo à cidade.

O que não é legal não terá o nosso apoio” prometeu Fábio Mota. Mangueira, que é ex-taxista, apresentou o Projeto de Lei nº 251/15 com o objetivo de combater o transporte clandestino, incluindo o “de pessoas em veículos cadastrados através de aplicativos fixos ou móveis”. Segundo ele, o objetivo é que o Uber não venha tirar o ganha-pão do taxista. “Quando você vê chegar cinco vereadores é porque a discussão está boa. Pelo que vi na Casa [legislativa], vai ser unanimidade. Mas estou pedindo a presença do taxista no dia da votação para a gente pressionar. Acredito que em mais 30 dias, conforme o andamento da Câmara, a gente leve o projeto para votação”. A audiência teve saldo positivo, acredita Vicente Barreto. “A gente conseguiu dirimir as dúvidas de alguns e o debate é sempre saudável. Estamos defendendo o trabalho de pais de família”, destacou.

03

Prefeitura de SP cria alvará de 'táxis-pretos' para tentar regular Uber

O

prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), informou ontem que vai regulamentar o uso de aplicativos de mobilidade urbana na capital, classificados pela prefeitura como "táxi-preto". Serão disponibilizados cinco mil alvarás, porém só poderão participar profissionais que já possuam o Condutax junto ao DTP (Departamento de Transporte Público). Embora não tenha citado nominalmente o Uber como aplicativo a ser enquadrado nos termos da nova categoria, as exigências feitas pela prefeitura para conceder o novo alvará batem com o tipo de serviço que o aplicativo presta, bem como as características exigidas de seus motoristas e formato de funcionamento.


04

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO VI. NÚMERO 61. OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA


ANO VI . NÚMERO 61 . OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

05

Cidade limpa, povo civilizado. Não jogue este impresso em via públi


06 SE LIGUE, TAXISTA!

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO VI. NÚMERO 61. OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

Temporada de cruzeiros Documentação deve começa em novembro ser atualizada antes do vencimento Foto: CODEBA

Foto: Divulgação

14 táxis foram apreendidos por documentação atrasada

5.754 turistas desembarquem na capital baiana

A

temporada de cruzeiros no porto de Salvador, no Comércio, terá início em novembro. A expectativa é que 5.754 turistas desembarquem na capital baiana, somente entre os dias 05 e 26/11, em cinco navios.

A chegada dos transatlânticos deve aquecer o mercado de transporte de passageiros e movimentar taxistas. Confira a tabela com datas e horários de chegada dos navios, além da estimativa de passageiros:

CRUZEIROS - NOVEMBRO DE 2015 NAVIO

CHEGADA E SAÍDA

PASSAGEIROS

Empress

05/11 às 7h - 05/11 às 14h

2005

MSC Armonia

09/11 às 9h - 09/11 às 18h

2902

MSC Lirica

19/11 às 13h - 19/11 às 21h

1560

Corinthian

23/11 às 8h - 23/11 às 14h

2284

Sovereign

26/11 às 7h - 26/11 às 14h

2852

24x19 Nissan Taxi SSA 1410.indd 1

A

pós ações da Coordenadoria de Táxi e Transportes Especiais (Cotae), no aeroporto Luis Eduardo Magalhães, em Salvador, apreenderem 14 táxis por irregulari-

dades em diversas documentações exigidas pelo órgão, permissionários iniciaram discussões sobre um prazo de adequação após o vencimento. Um taxista que preferiu

Aplicativo do Detran amplia serviços ao cidadão

J

á está disponível para download a nova versão do aplicativo do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA). O cidadão pode solicitar a Permissão Internacional para Dirigir (PID) e a segunda via da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CLRV). Atendendo a suges-

tões de usuários, o Detran disponibiliza ainda a consulta a veículos suspeitos de roubo e com outras restrições, que estão na base de dados do Estado. Também existe a possibilidade de consultar informações sobre a pontuação de multas, gravame, resultado de exames e simulado de prova teórica da Escola Pública de Trânsito.

não se identificar reclamou que teve o carro apreendido por um atraso de apenas 11 dias no selo do sistema de gás. O chefe de setor de fiscalização do órgão, Mário Silva, esclareceu à nossa reportagem que, após o vencimento, “não há prazo para que o taxista se regularize. A adequação deve ser feita dentro do tempo de validade da documentação anterior”. Segundo o artigo 231 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) “transitar com o veículo em desacordo com a autorização especial, expedida pela autoridade competente para transitar com dimensões excedentes, ou quando a mesma estiver vencida” é Infração grave, penalizada por multa e apreensão do veículo.

Transalvador muda setor de multas para o Vale dos Barris

O

Setor que atua no atendimento aos condutores que precisam dar entrada em processo para recorrer das infrações, foi transferido para a sede da autarquia, no Vale dos Barris. O atendimento continua de 9h às 16h e os novos telefones são 3202-9088 e 3202-9089.

14/10/15 11:04


ANO VI . NÚMERO 61 . OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

• AR-CONDICIONADO • DIREÇÃO HIDRÁULICA • TRAVAS ELÉTRICAS • VIDROS ELÉTRICOS DIANTEIROS

FIORI.FIAT

FIORI_FIAT

FIORI.COM.BR

R$ 28.990,00

07


08 REGIÃO METROPOLITANA

Associação dos taxistas de Simões Filho realiza eleição

A

Associação dos Taxistas de Simões Filho (Atasf) elegerá sua nova diretoria neste mês. A votação

acontece na sede do órgão, no dia 31/10. Além de José Nilton, atual presidente, que tenta a reeleição, Jesival Xavier e Adil-

son de Sena pleiteiam a vaga. Veja o perfil e as propostas enviados à nossa redação pelos candidatos:

58 anos Taxista há 20 anos Alvará: 0440

ADILSON DE SENA

55 anos Taxista há 15 anos Alvará: 0029

JESIVAL XAVIER DA CONCEIÇÃO

PERFIL - Zé Nilton, como é conhecido desde 1995, é taxista em Simões Filho. Em 2009, foi eleito presidente da Associação dos Taxistas de Simões Filho (Atasf) e atua sempre priorizando o bem estar de todos os colegas e colaboradores, cumprindo o seu trabalho com zelo, carinho, respeito e dedicação.

PERFIL - Referência na luta em prol da categoria, Adilson de Sena é reconhecido pelo profissionalismo, respeito, transparência e dedicação. Casado e pai de dois filhos, interessado na qualidade de serviços prestados à comunidade e ao colega taxista; tem por objetivo lutar por uma Atasf digna, com prestação de contas e cumprimento do Estatuto.

PERFIL - Jesival foi presidente da Atasf por três mandatos e é ex-vice-prefeito de Simões Filho. Conhecido como Jesival do Táxi, ele foi responsável pela estruturação da associação. Em seu período de mandato, viabilizou a renovação da frota de táxi da cidade, através da Desenbahia, além de organizar toda a documentação da Atasf.

PROPOSTAS - Entre suas prometas estão ações de apoio ao taxista. Adilson pretende implantar a central de chamada rádio táxi, serviços de apoio (lava jato, borracharia,venda e troca de óleo e filtro), limpeza e manutenção dos pontos de táxi e sorteio de brindes mensalmente: 1 par de pneus, troca de óleo + filtro e lavagem.

PROPOSTAS - Compra de área para construção do clube recreativo; Isenção de pedágio para os taxistas nos limites do município; parceria forte com empresas, para que o taxista possa pagar a prestação do veículo; qualificação através de cursos gratuitos para melhorar a qualidade do serviço, são suas principais propostas.

JOSÉ NILTON REBELO CAMPOS

PROPOSTAS - Um dos principais objetivos de Zé Nilton é a construção da sede própria da instituição, localizada atrás do Supermercado Dia. A área contará com espaço para casamentos, aniversários e outros eventos; disponibilizado para os associados, sem custo adicional. Outra proposta é a realização de atendimento médico na sede da instituição, uma vez por mês.

ANO VI. NÚMERO 61. OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

49 anos Taxista há 21 anos Alvará: 0567

Taxistas de Santo Amaro entram em entendimento com a Agerba

A

situação dos taxistas de Santo Amaro que possuíam análises de recursos atrasados na Agerba há mais de três anos teve uma resolução. Através de entendimento entre a Associação dos Taxistas Autônomos de Santo Amaro (Atasa) e o órgão, permissionários estão livres das sanções impostas até que o processo seja julgado. Anteriormente, como noticiamos na edição do Ei, Táxi

no mês de agosto, mesmo sem saber se o recurso tinha sido deferido ou indeferido, o taxista ficava impedido de vender seu veículo, já que existia uma restrição no Detran. Em alguns casos, por essa situação, o permissionário era forçado a fazer o pagamento da multa, no valor de R$3.012,00, mesmo antes do processo finalizado. A necessidade da venda do veículo, para a compra de um novo, é um exemplo.

Taxista é agredido em Lauro de Freitas

J

á denunciada em edições anteriores do Ei, Táxi, a situação dos carros clandestinos em Lauro de Freitas teve mais um capítulo. Dessa vez, um permissionário da cidade foi agredido por um motorista irregular no mercado Atakadão Atakarejo, na Estrada do Coco, no dia 03/10. Segundo a vítima, que preferiu se identificar como K.J. Barreto, a ação aconteceu após um desen-

tendimento devido à atuação dos clandestinos. “Eles estão entrando no mercado para aliciar os clientes”, explicou. Ainda segundo ele, a agressão aconteceu de surpresa, no momento que conversava com o agressor sobre as irregularidades cometidas. O taxista registrou um Boletim de Ocorrência e o caso está sendo investigado pela 23° delegacia, localizada no Centro de Lauro de Freitas.

Cooperativa de Transportes de Táxi Especial de Camaçari – Disk-Táxi CNPJ 09.492.509/0001-73 EDITAL DE CONVOCAÇÃO - ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA A Diretoria da Cooperativa de Transportes de Táxi Especial de Camaçari – Disk-Táxi, no uso das suas atribuições estatutárias, previstas no art. 17 e seguintes do Estatuto Social, convoca os Srs. Associados para participares da Assembleia Geral Extraordinária, a realizar-se na sua sede social, na Rua Alameda de Humaitá nº 08, Ala C, Guarajuba, Camaçari, Bahia, CEP. 42827-000, no dia 25 DE OUTUBRO DE 2015 às 08h30 (oito horas e trinta minutos), em primeira convocação, com 2/3 dos associados, às 09h30 (nove horas e trinta minutos), segunda convocação com metade e mais um dos associados, e em terceira e ultima convocação às 10h30 (dez horas e trinta minutos), com no mínimo dez associados, para deliberar sobre a seguinte ordem do dia: 1) Deliberação e votação de Recursos apresentados por associado eliminado pela Diretoria em reunião extraordinária realizada no dia 19/02/2015, cf. §3º do art. 11 do Estatuto Social; 2) Ratificação e Retificação dos assuntos discutidos e resolvidos na ata datada de 24 de maio de 2015; 3) Demissão de associado; 4) Inclusão de associados; 5) Prestação de contas do ano 2014; 6) Eleição complementar para o ano de 2015 do Presidente do Conselho Fiscal; 7) O que ocorrer. Camaçari, 09 de outubro de 2015 - Manoel Francisco de Oliveira Neto (Presidente)

Teletaxi reúne taxistas em festa de 35 anos

A

comemoração começou com uma missa na Igreja do Senhor do Bonfim, às 9h da manhã. Logo após, os participantes seguiram em carreata até o Estádio de Pituaçu onde, aproximadamente, 150 taxistas estiveram presentes. Parceiras dos taxistas, as empresas Indiana e Frutosdias (patrocinadoras do evento), Rodegás e Hitne/ Porto Seguro marcaram presença. Para o gestor da Teletaxi, Adolfo Gonçalves, o objetivo do evento foi cumprido: “queremos exatamente confraternizar os motoristas e familiares, além do pessoal que trabalha na central, para que todos tenham uma tarde legal e de muita alegria”, explicou.

Fotos: ACadeFoto

Fotos: Ei, Táxi

Taxistas seguiram em carreata até o Estádio de Pituaçu, após missa celebrada na Igreja do Senhor do Bonfim


ANO VI . NÚMERO 61 . OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

09


Sinditaxi é acusado de fraude nas eleições 10 CAPA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

O

Sindicato dos Condutores Autônomos de Táxi de Salvador (Sinditaxi) é acusado de não cumprir os tramites exigidos pelo estatuto da entidade para realização de eleições e adulterar documentos com o objetivo de permitir que associados inaptos votassem no pleito realizado no dia 24/09. As denúncias partiram do presidente da Associativa de Assistência dos Taxistas (Coastaxi), Gilberto Silva, e do taxista Josué Morais, que, mesmo sendo taxista auxiliar e não estando em dias com o pagamento exigido pela entidade, votou na chapa apresentada. “A assistente do presidente me telefonou avisando que minha carteira já estava pronta e me chamou para comparecer no dia 24/09. Quando cheguei lá, ela pediu que assinasse e votasse”, explicou Josué que ainda votou no lugar da esposa, que se quer compareceu ao local. Eles afirmam que a manobra teria por objetivo legitimar o pleito que reelegeu a atual diretoria por mais cinco anos. Gilberto menciona ainda a falta de publicação do edital de convocação das eleições em um veículo de grande circulação. A redação do Ei, Táxi apurou com taxistas da categoria que afirmaram também não terem conhecimento. De acordo com um advogado especialista na atuação sindical consultado pela nossa redação, a divulgação das eleições deve ser feita de forma eficiente com objetivo de oportunizar aos membros interessados a inscrição de chapas. Questionado, o Sinditaxi informou que a pu-

Fotos: Ei, Táxi

Eleições aconteceram no dia 24/09, na sede da instituição

Há dez anos à frente do Sinditaxi Carlos Augusto (presidente) e Luiz Santana (vice) foram eleitos para mais cinco

Comprovantes de pagamento foram indevidamente validados

blicação foi feita no jornal Tribuna da Bahia, mas não soube precisar a data. O diário negou a informação. Eles analisaram as publicações de 11/05 até o dia da eleição e nada foi encontrado. O estatuto do órgão exige que a divulgação aconteça em até três meses antes da eleição. A intenção do sindicato

em não informar o taxista sobre o pleito é evidente. No dia 07/09, após sermos avisados por um permissionário que o Sindicato realizaria eleições no dia 25/09, entramos em contato com o vice-presidente Luiz Santana. Nosso objetivo era confirmar a informação e dar publicidade ao ato, pois acreditamos

ANO VI. NÚMERO 61. OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

que desta forma poderíamos contribuir com a legitimidade da escolha da nova diretoria. Na ocasião, a informação foi negada pelo vice-presidente. Segundo ele, não havia eleição marcada e, quando houvesse, o Ei, Táxi seria informado para que fizesse a cobertura. Luiz Santana mentiu! Como sabemos, sim, houve eleições! Não no dia 25, mas no dia 24/09 e nós não fomos informados. O processo eleitoral teria acontecido sem a devida publicidade “para não atrapalhar o processo”. A afirmação entre aspas foi dita pelo próprio vice-presidente em conversa no dia 13/10. Ainda segundo o advogado, o descumprimento desse preceito por si só já poderia ser fundamento de anulação das eleições e de imediata convocação de outra. A hipótese de comprovação da acusação de adulteração de documento no intuito de obter votação de inapto caracterizaria mais um elemento demonstrativo da ilegitimidade das eleições. Desligado do sindicato após denunciar má gestão da atual diretoria no mês de agosto, Gilberto Silva está impossibilitado de mover uma ação pedindo anulação do processo eleitoral. A atitude só pode ser tomada por um membro apto da instituição. Ele afirma que medidas estão sendo adotadas visando sua reintegração no corpo de associados, assim possibilitando o início do processo contra o órgão.

Opinião – Uma institui-

ção que tem como prerrogativa estabelecida em estatuto “prestar melhor assistência social à cate-

goria, colaborar com o estado, como órgão técnico e consultivo no estudo e solução dos problemas que se relacionam com a sua classe” parece ter perdido sua finalidade original. Talvez, esse seja o motivo de, em um território de 7.200 táxis, o que compreende, aproximadamente, 14 mil taxistas (permissionários e auxiliares) apenas sessenta participem do sindicato. Sonegação de informações e falta de prestação de contas tornam o Sinditaxi uma verdadeira caixa-preta, dirigida e monopolizada há 10 anos pelo mesmo grupo, que poderá permanecer por mais cinco, caso a eleição seja consolidada. Talvez, esse seja o motivo de tanto descrédito.

Perguntas que não querem calar: Por que

a diretoria do Sinditaxi mentiu, negando o pleito eleitoral? Por que não utilizou o jornal da categoria, o Ei, Táxi, para divulgar a convocação das eleições? Constatado que não houve edital de convocação, o processo eleitoral terá validade? Por que este grupo não larga o sindicato, já que alegam que a instituição está falida? Até quando a categoria irá permanecer inerte ao caos instaurado no Sinditaxi? Essas e outras perguntas precisam de respostas e a categoria precisa cobrá-las. Precisamos tirar como exemplo sindicatos que verdadeiramente atuam pela sua classe. A diferença se faz com transparência e atuação. Em meio a muitas dúvidas, uma certeza: o sindicato precisa abrir a caixa preta e o taxista precisa lutar por uma verdadeira representação.


ANO VI . NÚMERO 61 . OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

Taxistas reclamam de centralização em pontos de vistorias de gás

M

esmo com a alta no preço, o Gás Natural Veicular (GNV) ainda é o melhor custo-benefício para quem percorre grandes quilometragens. Ao menos 50%, aproximadamente cinco mil veículos, da frota de táxi de Salvador e Região Metropolitana é adaptada para o uso de gás natural como combustível, segundo o Ei, Táxi apurou com cooperativas da categoria. Esse alto índice esbarra na centralização das empresas aptas a realizar as inspeções anuais em veículos adaptados com o sistema na Bahia: apenas dez locais atendem os 417 municípios baianos. A situação é ainda mais precária na RMS, que representa um quarto de toda a Bahia em número de habitantes, segundo senso realizado pelo IBGE em 2015. Quatro empresas são cadastradas pelo Inmetro para realizar o ser-

Fotos: Wikipedia

Atendimento acontece um mês após marcação

viço na região, o que tem gerado transtornos ao taxista. A Salvador Inspeções Veiculares LTDA (Valéria), a Inspeserv Inspeções Veiculares (Pernambués), a Fit Inspeção Veicular LTDA (Cabula), localizadas na capital baiana, e a Fit Inspeção Veicular LTDA (Pitanga dos Palmares), em Simões Filho, não dão conta do fluxo diário. “Temos que chegar às 4h da madrugada e pegar uma senha para poder

Ar-condicionado | Chave canivete com telecomando para abertura das portas, vidros e porta-malas | Computador de Bordo (distância, consumo médio, consumo instantâneo, autonomia, velocidade média e tempo de percurso) | Direção hidráulica | Faróis de neblina | HSD (High Safety Drive) Airbag duplo (motorista e passageiro) e ABS com EBD | Kit GNV (2 cilindros de armazenamento com capacidade total de 13 m³, Válvulas de segurança e abastecimento, Tubulações de alta e baixa pressão, Redutor de pressão, Galeria de distribuição, injetores) | Logo Push (Sistema de abertura elétrica do porta-malas) | Travas elétricas + Trava automática das portas a 20 km/h | Vidros elétricos dianteiros com one touch e antiesmagamento.

VISTORIAS

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

fazer a vistoria às 8h da manhã. Perdemos o dia de trabalho e ainda pagamos R$ 185,00”, explicou à nossa redação o taxista de Salvador, José Ângelo, que esperou por uma semana a marcação do atendimento. “As empresas cadastradas, que além de táxis atendem a veículos de passeio, distribuem 20 senhas diárias, número muito baixo”, reclama o taxista José Souza, de Lauro de Freitas.

Em contato com a Fit Inspeção Veicular no dia 06/10, fomos informados que, através de agendamento, só havia vaga disponível para o dia 04/11, quase um mês depois. Outra alternativa dada pela empresa, foi o atendimento através de fichas, que demandaria a chegada ao local às 3h da manhã, como taxistas já haviam denunciado à nossa redação. O carro pego com a documentação do sistema de gás em atraso é enquadrado no artigo 231 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que prevê infração grave, penalizada por multa e apreensão do veículo. A nossa reportagem entrou em contato com o Detran para saber sobre o assunto. A assessoria de comunicação do órgão nos informou que “a vistoria do sistema de gás em táxis não compete ao Detran e sim ao Inmetro”. Em contato com o Inmetro, fomos informados que, anteriormente, seis empresas prestavam o serviço na capital, e, diante da pouca demanda, algumas desistiram. Sobre a possibilidade de novas empresas serem habilitadas, representantes do órgão disseram não haver informações.

11

Aleluia vai cobrar ressarcimento de valor pago por vistoria ilegal

Fotos: Divulgação

Deputado Aleluia

N

o último mês de junho, o Deputado Federal Aleluia solicitou em carta aberta ao governador Rui Costa a suspensão das vistorias veiculares ilegais. Sem respostas, o deputado acionou o Supremo Tribunal Federal (STF), quando a ação já conta com pareceres favoráveis da Advocacia Geral da União (AGU) e da Procuradoria Geral da República (PGR). Aleluia já estuda com sua assessoria jurídica nova ação para cobrar do governo estadual o ressarcimento do valor pago pelos cidadãos baianos. Aleluia esclarece que a medida é válida para todo o tipo de veículo, incluindo táxi, e, caso o governo faça a exigência à categoria, a ação será considerada ilegal.


12 COMPORTAMENTO

O foco é na ação

R

ecordei-me do passado, revivi ingratidões, decepções e perdas. Lembrei, depois, que neste presente, estou grato por esse passado, e continuo me amando. Quanto ao futuro, estou só esperando no que vai dar. Qual a roupa que vou vestir amanhã. Lembrei da minha infância, do meu aviãozinho de papel que lançava para alto para vê-lo voar. Meu aviãozinho subia e caia. Seus motores ainda estavam sendo testados, experiências e sentimentos também. Um dia o meu aviãozinho subiu de vez e não caiu. Consegui, dessa vez, experimentar os meus potenciais plenamente, atitudes de autoafirmação e autocriatividade. Com essa história do aviãozinho comecei a entender que, às vezes, todos nós subimos e caímos.

ANO VI. NÚMERO 61. OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

Foto: Wikipedia

diferente. A atitude de autocriatividade pode nos remover desse campo destrutivo. A estratégia ajuda a vencer os obstáculos. Pensei agora sobre as pipocas que pulam quando estão no fogo e lembrei que têm alguns milhos que não conseguem pular na panela com tanto fogo. Esses grãos de milhos não

"Para sair de uma morrinha é preciso de automotivação, e se afastar dos maus hábitos. " Mas, quando a nossa autoconfiança é bem desenvolvida, nós estamos preparados para uma possível queda, e mesmo, com uma das nossas asas quebradas, nós seguiremos em frente para uma nova batalha. Ninguém é incapaz, quando acredita na sua autoestima; de que tem a competência de superar o novo. O foco na ação é importante. As estratégias podem reverter o mau

hábito. Têm pessoas que buscam viver em zona de conforto. Se aborrecem, resmungam, e transformam tudo isso numa morrinha. Não saem do mesmo lugar, não se locomovem, não são móveis e vivem se queixando que não conseguem atingir metas. Para sair de uma morrinha é preciso de automotivação e se afastar dos maus hábitos. Temos que nos habituar às coisas novas. Buscar por algo

querem ser pipocas. Preferem ser restos e são jogados fora. Têm pessoas que preferem ser como esses milhos duros, que não desabrocham como pipoca. São acomodadas e não pulam para cima, para o lado e nem para frente. São pessoas que agem como esses milhos inúteis, que não querem virar pipocas. O vencedor que quer ser realmente um vencedor,

deve começar vencendo a si mesmo, conquistando a si mesmo. A maior vitória é de você mesmo em si mesmo, o título é a partir de si mesmo. O seu troféu tem que vir de você mesmo para si mesmo. Seu sucesso começa a partir de si mesmo; sucesso interior. Um vencedor se vence nele todo e nele mesmo. Se enche nele mesmo, e goza o êxtase dentro dele. O sucesso começa em seu interior. Pense nisso!

Conrado Matos é Psicanalista com Consultório em Salvador (BA). Licenciado em Filosofia e Bacharel em Teologia. Pós-graduado em Teoria Psicanalítica. E-mail: psicanaliseconrado@hotmail.com

DICAS CULTURAIS

Senna Emotion

P

ela primeira vez no Nordeste, a exposição, que já passou por São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais e Brasília, ocupa

240 metros quadrados do estacionamento do Shopping da Bahia. Além de atrações interativas, os visitantes também podem conferir objetos Fotos: Divulgação

Mandela Poster Project

A

exposição que está disponível no espaço Caixa Cultural Salvador até o dia 29/11, reúne 95 cartazes feitos por designers do mundo todo,

11ª Mostra Sesc de Artes

O

festival tem por objetivo colocar a Bahia no circuito das Artes Cênicas nacionais e internacionais

e promover um diálogo mais amplo acerca da criação, produção e difusão no seguimento. O FIAC aposta na diversidade que for-

Foto: Divulgação

originais do acervo pessoal do piloto. Óculos de realidade virtual permitem que qualquer pessoa pilote um carro de Fórmula1. A exposição Senna Emotion segue com temporada gratuita até 8 de novembro.

talece a riqueza das artes cênicas e busca refleti-la em sua programação, com espetáculos de gêneros diversos, oficinas e debates.

além de outros materiais sobre a vida e obra de Nelson Mandela, incluindo um documentário, destacam o legado humanitário do líder mundialmente

conhecido e ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 1993. A entrada é grátis. Mais informações através do telefone 71 3421-4200. Foto: Divulgação

Os eventos acontecem de 23/10 a 1/11. Informações como locais e valores podem ser conferidos no site: www.fiacbahia.com.br


ANO VI . NÚMERO 61 . OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

13


14

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO VI. NÚMERO 61. OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA


ANO VI . NÚMERO 61 . OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

15


16

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO VI. NÚMERO 61. OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA


ANO VI . NÚMERO 61 . OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

DENÚNCIAS 17

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

táxis Easy táxi atrasa pagamentos 99 possibilita e causa transtornos a taxistas transporte irregular,

L

ançado em 2012 com o objetivo de aproximar o taxista dos passageiros, o aplicativo Easy Táxi está causando transtornos à categoria. Neste mês, a redação do jornal Ei, Táxi recebeu diversas denúncias que envolvem a empresa. O taxista Ademiltom Paim alega não estar recebendo pagamentos do aplicativo, que promete ao taxista o dinheiro da corrida enviado automaticamente para a conta bancária, em até dois dias úteis. “Tenho mais de quinze dias sem receber um centavo do Easy Táxi. Eles não estão depositando o dinheiro do aplicativo em cartão de crédito, tão pouco empresarial”. Ademiltom entrou em contato com a startup por diversas vezes a fim de resolver a situação, mas não obteve uma resposta satisfatória. Segundo ele, os responsáveis pelo App pedem que aguarde o valor ser depositado. “Em con-

Foto: Ei, Táxi

Empresa admite atrasos e diz ter regularizado a situação

versa com um colega, fui informado que o prazo de pagamento agora é de 30 dias”, revela uma informação não oficial obtida. As reclamações não param por aí. Usuário do aplicativo desde quando foi criado, o taxista de Salvador Rupert Kapfer, está bloqueado para receber pagamento via cartão de crédito. “Fiz a corrida solicitada pelo passageiro. Após dois meses, fiquei sabendo que estou bloqueado por que o cliente contestou a despesa jun-

CURIOSIDADE

873

É o número de reclamações do Easy Táxi no site ReclameAqui. 76,2% dos usuários que reclamaram voltariam a negociar com a empresa. to à operadora de cartão de crédito”, explicou. Ele questiona o procedimen-

to adotado pela empresa, que não deu a possibilidade de defesa e o bloqueou por tempo indeterminado. O Ei, Táxi entrou em contato com a assessoria de comunicação do aplicativo para saber sobre a situação. Segundo eles, realmente ouve um problema nos pagamentos em todo o país. “Por ser uma empresa de tecnologia, a Easy Taxi investe constantemente no aperfeiçoamento do aplicativo, considerando as necessidades dos taxistas e dos usuários. Neste processo, alguns transtornos ocorrem, mas sempre em prol de melhorias. Em relação à questão de pagamentos, tivemos alguns atrasos por conta do sistema”, explicou. A assessoria explicou ainda que mesmo depois de feito o pagamento, alguns taxistas podem não ter recebido o valor em suas contas e creditou o transtorno aos trâmites de alguns bancos.

denunciam taxistas

É comum ver taxistas de cidades próximas a Salvador, como Lauro de Freitas e Simões Filho, atendendo passageiros da capital através do aplicativo 99 táxi”, denunciam taxistas à nossa reportagem. O cadastro de táxis no aplicativo é feito através do DDD, que em toda Região Metropolitana é o número 71. Esse fator dá margem ao erro, pois todo taxista cadastrado pelo prefixo 71 pode atender passageiros do mesmo prefixo. Nossa reportagem entrou em contato com representantes do aplicativo, mas não obteve reposta.


18

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO VI. NÚMERO 61. OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA


ANO VI . NÚMERO 61 . OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

19


20 EMPREENDEDORISMO

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO VI. NÚMERO 61. OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

Tempos de Superação! O

perança: Mantenha sempre a esperança renovada, acredite na capacidade de alcançar suas metas, seu propósito e tenha força para encarar as dificuldades, remover as pedras do caminho e fazer renascer a cada dia a motivação.

o cenário apresentado; ao contrário, devemos usar o extraordinário poder da superação como fator motivacional para sair desta situação; buscar a capacidade interna de transformação de ações em resultados. Não existe receita de bolo para ensinar sobre superação, sobre a arte de criar alternativas para sair da situação contrária, contudo algumas atitudes podem ser tomadas para orientar e buscar motivação nos momentos de superação. Renove o Ciclo de Es-

Inove, pense diferente, seja criativo e não esteja só: Inove, faça algo novo, crie e busque ajuda, apoio em quem pode ajudar nestes momentos; compartilhar situações contrárias com pessoas certas ajudam a aliviar o peso e alavancar a superação. Tenha Atitude e seja comprometido: Transforme o ciclo de esperança, o pensamento positivo, o medo vencido e o enorme potencial criativo que surgem nas crises, em ações; atitudes que

POR EDNEI TEÓFILO*

lá, amigos leitores! No artigo anterior falamos sobre Crise ou Oportunidade; de como encarar o momento em que nosso país vive; e que o melhor caminho neste cenário é encarar, transformando crise em oportunidade. Mas como fazer isso sem desanimar para superar os obstáculos? É o que abordaremos nesta edição– Tempos de superação trará a percepção do grande poder da superação. Estamos inseridos em uma Sociedade que sofre transformações intensas; infelizmente nem sempre estas transformações são positivas ou de fácil aceitação. Cada momento de crise que vivemos revela diversas emoções, dúvidas, incertezas e sensações. Uma delas é a sensação que o cenário negativo nunca chega ao seu final. Perguntamo-nos os porquês de tantos acontecimentos contrários;

Foto: Courtesy of Shutterstock

questionamos tudo e a todos. Aí é que está o grande problema, quando chega à tempestade, na maioria das vezes empreendemos tempo e energia somente nas sensações negativas; focamos nos problemas e esquecemos de olhar para a grande oportunidade de transformação, olhar o cenário com solução, colocar um grande holofote nas zonas cinzentas que se apresentam no horizonte, buscar ideias luminosas mesmo na escuridão. Não estou falando de deixar de ser realista com

Pensamento Positivo: gastamos muito tempo em nossas vidas, olhando o passado e vendo o que deu errado, mude o foco, pense positivo, não esquecendo o passado, mas em tudo que você aprendeu com ele, vencendo o medo para transformar o futuro.

mudem a situação. Seja comprometido com a sua força de superação, faça dela a sua energia para ir além, para buscar seu propósito. Meu amigo taxista, empreendedor e agente de transformação, não se conforme com o que está imposto; seja você a ferramenta que precisa para mudar sua vida e das pessoas que estão ao seu redor. Para isso é preciso atitude, posicionar-se de forma firme, tirar o foco do problema e direcionar suas ações para a solução, para a reconstrução dos seus caminhos, através da superação. Até o próximo artigo!

*Ednei Teófilo Moreira é Consultor, Coach e Palestrante. www.novocaminhoconsultoria.com.br

Educação Financeira nas empresas: Preparando o futuro da sociedade

C

POR EDVAL LANDULFO*

aro leitor, apesar do avanço da tecnologia e a crescente globalização dos mercados que faz com que empresas fiquem cada vez mais competitivas e agressivas, vejo, ainda de maneira tímida, a preocupação das instituições brasileiras com a situação financeira dos seus funcionários. É bem verdade que já houve uma corrida a fim de não perder competitividade e várias melhorias foram colocadas em prática e direcionadas ao ambiente laboral, mas é preciso começar a olhar mais para os detalhes, porque tudo agora faz a diferença entre crescer ou fechar as portas. Vários estudos mostram que o bem estar dos colaboradores interfere diretamente nos resultados das empresas. Pois um ambiente saudável, no qual se encontram trabalhadores satisfeitos, gera lucros para as organizações. Sabemos que a finalidade empresarial visa a atender aos interesses do sistema capitalista: gerar riquezas. Mas, muitos não sabem que é, também nes-

Foto: Wikipedia

te século XXI, papel das empresas fornecer melhorias para a nossa sociedade com bens e serviços de qualidade. Diante desse contexto, no qual grande parte da população trabalha por dinheiro para suprir os seus desejos e as suas necessidades, mas que, efetivamente, não sabe como gerir as suas finanças, a Educação Financeira passa a ser indispensável na vida de todos os cidadãos. Pois, assim como o ser humano aprende a ler e a escrever, ele também precisa aprender sobre finanças pessoais a fim de que possa tomar as melhores decisões em relação ao consu-

mo e viver de acordo com os seus rendimentos. A Educação Financeira deveria ser uma disciplina básica em todas as escolas brasileiras, desde o ensino fundamental até o ensino médio, seja nas escolas particulares, seja nas públicas. Mas, infelizmente, convivemos com essa lacuna. Estudos de profissionais renomados da área de finanças comprovam que a deficiência na gestão financeira dos colaboradores gera perda na produtividade e consequentemente afeta toda a estrutura organizacional. Assim sendo, a solução encontrada por algumas instituições, através dos

seus departamentos de Recursos Humanos foi a de inserir em sua política de benefícios um Programa de Educação Financeira (PEF) para proporcionar aos seus funcionários bem estar e crescimento profissional e ao mesmo tempo desfrutar das seguintes vantagens: • Aumento do engajamento dos seus funcionários • Redução do Turnover (rotatividade de funcionários) • Redução de absenteísmo/presenteísmo • Redução do risco de fraudes internas • Aumento considerável de produtividade, dentre outros. Desse modo, já que as pessoas não tiveram a oportunidade de aprender quando crianças e, por isso, têm dificuldades em estabelecer metas e prioridades financeiras, tornando-se consumistas e não consumidores sustentáveis; as empresas passam a contribuir para reduzir o comprometimento da renda e o endividamento dos

seus funcionários, aplicando um programa que os proporcionem conhecimentos para uma boa gestão de recursos. Enfim, é bom sempre lembrar que os recursos financeiros não podem ser totalmente comprometidos; é preciso viver plenamente o hoje, preocupando-se com o amanhã e, desse modo, obter o equilíbrio. Mas, para que isso ocorra, é necessária uma Educação financeira que proporcionará a almejada qualidade de vida que todos buscam. Lembre-se de que “dinheiro pode até não trazer felicidade, mas felicidade traz dinheiro”.

*Edval Landulfo é Economista, Coach e Educador Financeiro. www.landulfofinancas.com.br


ANO . NÚMERO . OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA ANO V . VI NÚMERO 60 .61 OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

Saúde do motorista: quais os perigos enfrentados no dia a dia da profissão

Q

uem passa horas a fio no comando de um veículo, seja no trânsito ou cruzando estradas pelo país, enfrenta situações adversas no seu dia a dia. Essas situações acabam por contribuir com o surgimento de doenças como apneia do sono, depressão, diabete e colesterol, e além delas, determinados comportamentos se tornam os grandes vilões na vida desse profissional: longas jornadas sem descanso, falta de atividade física e consumo de alimentos não saudáveis estão entre as práticas mais comuns que resultam em danos à saúde de quem transporta pessoas diariamente. “Alimentação saudável é fundamental. Reduzir o consumo de amido e produtos processados ricos em sal e açúcar também é o ideal. Refeições leves geram menos sono pós alimentar, o que é bom para o motorista no momento em que retorna ao volante. Levar consigo lanches

como castanhas, vegetais e frutas pode facilitar a manutenção de hábitos saudáveis e diminuir o consumo de alimentos tipica-

mente encontrados em estabelecimentos ao longo da estrada”, alerta o endocrinologista Marcelo de Oliveira Macedo. É recomendado que homens acima de 40 anos de idade, ou aqueles que já apresentem fatores de risco (obesidade, histórico familiar de doença cardíaca ou tabagismo) a realizar exames de rotina que devem incluir rastreamento para diabetes, alteração de colesterol, provas de função hepática e renal, exame de PSA e dosagens

SAÚDE

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

Foto: Wikipedia

hormonais. Também é importante respeitar os limites do corpo; as jornadas de trabalho não devem ser superiores a 10 horas de direção por dia. Além de todos os fatores físicos, outro ponto enfrentado na rotina da profissão é o estresse recorrente da função. O

trânsito e o vai e vem das cidades, passageiros sempre com pressa, motoristas em seus carros de passeio que não respeitam as leis de trânsito. Inúmeros são os percalços que podem afetar a saúde psicológica do motorista que não obstantes, acabam acarretando em males ao corpo. Depressão, ansiedade, dependência química, fadiga, pressão alta, transtornos alimentares, dores no corpo, problemas respiratórios, ataques cardíacos, derrames e doenças respiratórias, além da Síndrome do Pânico, são as consequências mais comuns. Para amenizar ou prevenir essas possíveis consequências, é indicado ao motorista que o mesmo estabeleça uma rotina na qual possa compensar e amenizar o desgaste, cansaço e o estresse do dia a dia. “É preciso adquirir hábitos mais saudáveis e que promovam sentimentos e sensações boas e de bem estar”, finalizou Denardi. Fonte: busclub.com.br

21

OUTUBRO

O

Rosa

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa, que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Esse movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e/ou mamografia no mês de outubro. Posteriormente, com a aprovação do Congresso Americano, o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama. Se ligue, taxista! Oriente sua companheira sobre a campanha.


22

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

Classificados

ANO VI. NÚMERO 61. OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA


ANO VI . NÚMERO 61 . OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

TAXISTA, CONTE SUA HISTÓRIA! 23

“O sistema de táxi está degradado em Lauro de Freitas”

D

enilton Santana dos Santos é taxista em Lauro de Freitas há, aproximadamente, três anos e começou sua jornada na profissão como auxiliar. Casado há nove anos e morador do bairro de Itinga há mais de 30, ele foi contemplado com seu próprio alvará, a partir de cadastro na Prefeitura Municipal. Mesmo com o pouco tempo de praça, é perceptível sua luta em prol da categoria. Não é difícil encontrá-lo nas discussões na Câmara de Vereadores da Cidade ou nos órgãos que competem à classe de taxista. Sobre o cenário da categoria, especificamente a questão do número de alvarás na cidade, Denilton enfatiza que a quantidade está além do limite e que as contemplações não foram satisfatórias. “As pessoas que foram

Foto: Ei, Táxi

Há apenas 3 anos como taxista, Denilton atua em prol da classe em Lauro de Freitas

contempladas na ocasião deveriam ser aquelas que se encontravam como auxiliares no sistema de táxi. Eram 130 táxis, se cada auxiliar fosse contemplado, iríamos para 260”. A cidade vizinha a Sal-

vador vive os mesmos problemas da capital, ele analisa. “A degradação do sistema de táxi é muito grande. As pessoas não estão sentindo um pouco da dor que o taxista sente. Precisamos acordar 3h ou

4h da manhã para fazer roteiro, perdemos noites e ainda tem a questão do transporte clandestino. Muitos colegas que estão na praça, hoje, não conseguem pagar seus carros e suas contas. Existem cole-

gas com busca e apreensão expedida para o veículo.

Estrutura – Apesar do grande número de táxi na cidade (350) a estrutura oferecida para a categoria não é satisfatória. “Já pedimos várias vezes os pontos de táxis, mas nada é definido”, explica. “Ainda tem a questão dos clandestinos. Eles também são vítimas do sistema, por que são baseados em algumas promessas que foram feitas a eles. Mas são um problema para o taxista. A gestão municipal precisa nos proporcionar a estrutura, não basta apenas o taxista cumprir com suas obrigações e a prefeitura não fazer a parte dela. Nós prestamos um serviço para a cidade, e para que esse serviço seja prestado com eficiência e qualidade, é preciso que a classe seja assistida”, desabafa.


24

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO VI. NÚMERO 61. OUTUBRO 2015 . SALVADOR-BA


Jornal Ei, Táxi - Outubro de 2015