Page 1

Ei, Táxi

JORNAL

ANO V . NÚMERO 60 . AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

O jornal dos taxistas da Bahia

Agosto de 2015 | Salvador - Bahia | ANO V - nº 60 |

Rode GÁS NATURAL

VEICULAR

TECNOLOGIA AVANÇADA EM GNV FINAL DO BONOCÔ SENTIDO IGUATEMI (AO LADO DA LOJA PNEUS PIRELLI).

www.eitaxi.com.br

Edição mensal - Distribuição Gratuita - 10.000 exemplares

TEL:3382-5111 / 3381-5198 www.rodegas.com.br

Lauro de Freitas aprova lei que regulamenta o serviço de táxi

 Após denúncias de taxistas e pressão do Ministério Público através

de um Acordo de Ajustamento de Conduta (TAC), a prefeitura de Lauro de Freitas enviou à Câmara Muncipal o projeto de lei n° 1.571 que regulamenta o serviço de táxi na cidade. A nova lei dispõe desde os requisitos para o exercício da profissão, até o serviço de táxi adaptado.

 Aprovada, a lei foi publicada no Diário Oficial do dia 03/08 com veto a algumas das emendas apresentadas pelos vereadores. Segundo o secretário Municipal de Governo, Márcio Leão, as propostas eram inconstitucionais. A vereadora Mirela Macedo (PSD) discorda e tentará derrubar os vetos na Câmara. Foto: Ei, Táxi

PÁGINA 10

Seja um taxista repórter

Através do novo número de WhatsApp o taxista pode colaborar de forma mais intensa e ágil com a nossa redação. Nesta edição, na página 2, apresentamos o novo espaço que manteremos como quadro fixo. Lá postaremos as denúncias e sugestões que nos forem apresentadas. O conteúdo também será disponibilizado em nossos canais na web, através do site www.eitaxi.com.br e da nossa página no Facebook, atavés do link www.facebook.com/ JornalEiTaxi.

WhatsApp (71) 9693-7852

Táxista, olho aberto com os oportunistas PÁGINA 3

Taxista denuncia Sinditáxi PÁGINA 6

Vistorias veiculares anuais 2015 PÁGINA 7

Frutosdias e Bahia Táxi é Sintac realizam tradição e eventos inovação PÁGINA 13

PÁGINA 16


02

EDITORIAL

ANO V . NÚMERO 60. AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

Ei,Táxi

Informação à serviço da cidadania

E

ntre todas as matérias que publicamos, ressaltamos a que estampa a capa desta edição, que é, sem dúvida alguma, o resultado concreto do Jornalismo à Serviço da Cidadania, conceito que carregamos e impomos nas nossas edições. Acreditamos que não há motivo para informar, se não para que haja resultados concretos, melhorias e avanços sociais. O jornalismo precisa ser precedido por resultados. A aprovação da lei 1.571 que regulamenta o serviço de táxi na cidade de Lauro de Freitas é conseqüência da ação conjunta da categoria, do Ministério Público, de políticos responsáveis e do Ei, Táxi. Através da nossa cobrança, o poder público se atentou para a situação em que se encontrava a cidade. Agora, por exemplo, a distribuição de alvarás precisa seguir critérios palpáveis e estabelecidos por lei, evitando assim que seja moeda de troca política, como denunciamos em algumas das nossas edições. Em relação à edição de modo geral, na pági-

na 3, trazemos a cobertura dos eventos realizados pela Frutosdias e Sintac, em homenagem ao dia do taxista. Outro texto que estampa esta edição é o da denúncia feita pelo taxista Gilberto Silva sobre o Sindicato dos Taxistas de Salvador (SindiTáxi). Ele alega perseguição por parte da diretoria. O motivo seria suas cobranças por transparência na gestão. Trazemos também a tabela com as datas das vistorias veiculares anuais, divulgada pela Semob. O Atendimento acontece entre os dias 31/08 e 30/11, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 16h30. Como já é de costume, ouvimos mais um guerreiro da categoria que conversou conosco no quadro Taxista, Conte sua História. Desta vez, ouvimos Rupert Kapfer, que está há 16 anos na praça.

Nesta edição, também temos um texto opinativo do Diretor Executivo do Ei, Táxi, Adriano Rios. Com o título “Taxista, olho aberto, cuidado com os oportunistas” ele faz uma ótima reflexão sobre o cenário da categoria atualmente.

Helton Carlucho jornalismo@eitaxi.com.br

Construa o Ei, Táxi conosco. Envie sua mensagem, entre em contato pelos canais: 71 3498-9731 | 9729-6464 jornalismo@eitaxi.com.br | www.eitaxi.com.br

Expediente

Diretor Executivo: Adriano Rios, Jornalista e Editor: Helton Carlucho, Revisão: Anariel Rios, Diagramação: Helton Carlucho, Edição: mensal, Tiragem: 10.000 exemplares, Distribuição Gratuita: Salvador e Região Metropolitana de Salvador - RMS (Lauro de Freitas, Simões Filho, Camaçari, Mata de São João, Dias D’Ávila, Candeias e Pojuca), Impressão: Gráfica do Correio. O conteúdo das colunas, anúncios e informes publicitários são de responsabilidade dos autores e não, necessariamente, expressam a opinião do jornal. Anuncie: (71) 3498-9731 | 9729-6464 | comercial@eitaxi.com.br | Jornalismo: jornalismo@eitaxi.com.br

RUA DIRETA Nº 19 VILA CANÁRIA (EM FRENTE AO CONDOMÍNIO) - www.capotariadoeverton.com.br

ENDEREÇO ENDEREÇO

NOVOS PONTOS DE RETIRADA COM EXPOSITORES EM SALVADOR ENDEREÇO ENDEREÇO

LOCAL

Vale dos Lagos Paralela sentido Rodoviária Paralela sentido Rodoviária Rodoviária Rodoviária Rodoviária Pernambués Pernambués Acesso Norte BR 324 Baixa do Santo Antônio Av. Barros Reis sentido Retiro BR 324 BR 324 Av. San Martin Av. San Martin R. Conde de Porto Alegre - IAPI R. Conde de Porto Alegre - IAPI Pero Vaz Av. Barros Reis sentido Rótula Via Expressa São Joaquim (Ferry boat) Largo da Madragoa Rua Chile - Centro

Sede da Táxi Paralela Posto Narandiba - Shell Banco Desenbahia Estoque da fila de Táxi Posto Rodoviária - BR Posto Mataripe Sede da Elitte Táxi Sede da Bahia Táxi Posto Tic - Shell Sede da Coastaxi Posto Barros Reis - Shell Posto Jaqueira - Shell Posto Porto Seco - BR Posto Plus Brasil Sede do Ceat Sede da Rodotáxi Sede da Alô Táxi Sede da Use Táxi Posto Sol - Shell Posto Gás Online - Ipiranga Estoque da fila de Táxi Posto Unicom - BR Sede da Chame Táxi

Largo Dois Leões Ladeira do Capoteiro - Vila Laura Vale do Ogunjá Vale do Ogunjá Bonocô sentido Iguatemi Av. Dom João VI - Brotas R. das Pitangueiras - Brotas Av. ACM Iguatemi (Shopping da Bahia) Av. Tancredo Neves Av. Tancredo Neves Costa Azul Jardim Armação Av. Manoel Dias - Pituba Amaralina sentido Rio Vermelho Amaralina sentido Pituba Av. Octávio Mangabeira Av. Jorge Amado Paralela sentido Aeroporto Paralela sentido Aeroporto Av. Dorival Caymmi Aeroporto - Graer Aeroporto - Acesso Bambuzal

LOCAL Posto Dois Leões - BR Posto Coopmetro Posto Ogunjá - Shell Sede do Sinditaxi Postos Mataripe - BR Sede da Ligue Táxi Sede da Coopteletaxi Posto Nota 10 - BR Estoque da fila de Táxi Posto Escola - BR Sede da Teletaxi Posto Flamingo - BR Posto Coopmetro Posto Pituba - Shell Posto Gás Online - Shell Posto Gás Online - Shell Posto Camuripim - BR Sede da Top Táxi Posto Alphaville - BR Posto Coopmetro Posto Adota Ponto da Coometas Sede da Atalema

NOVOS PONTOS DE RETIRADA COM EXPOSITORES NA REGIÃO METROPOLITANA CIDADE/ENDEREÇO

Lauro de Freitas - Acesso Bambuzal Lauro de Freitas - Itinga Simões Filho - Rod. BA 093 Simões Filho - Av. Washington Luiz

CIDADE/ENDEREÇO

LOCAL Posto Coopmetro Sede da Comtas Posto Paraki 2 Sede da Atasf

Camaçari - Av. Radial B, 783 Dias D'Ávila - Av. Raul Seixas Candeias - Rod. BA 552, KM 10 Pojuca - R. JJ Seabra, Centro

LOCAL Posto Radial Posto Casanova Posto Milênio Sede da Astap

Taxista repórter - WhatsApp: (71) 9693-7852 Ruas esburacadas em Camaçarí Por meio do número de WhatsApp da redação Ei, Táxi, o taxista Candido Alencar envio esta foto da avenida Henry Ford. È visivel a dificuldade que os motoristas enfretam diariamente no local. Também recebemos outras fotos que mostram a falta de infraestrutura nas demais ruas da cidade. Exemplos são a Cascalheira e a via Cetrel.

Lauro de Freitas também precisa de infraestrutura A má condição das ruas na Região Metropolitana de Salvador (RMS) voltou a ser denunciada à nossa redação. Um taxista de Lauro de Freitas que preferiu não se indentificar, nos enviou fotos da rua Priscila Dultra, em Vilas do Atlântico, que tem ordem de serviço para manutenção, mas está intransitável.


ANO V . NÚMERO 60 . AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

OPINIÃO 03

Taxista, olho aberto, cuidado com os oportunistas POR ADRIANO RIOS*

O

s taxistas, ultimamente, têm sido motivo de matérias na imprensa nacional e até internacional. No âmbito internacional, o assunto pautado é o surgimento do aplicativo de carona renumerada, Uber, que avança por várias cidades do mundo rapidamente. Já aqui, no Brasil, não só o Uber causa dor de cabeça aos taxistas, mas também temas conhecidos como transporte clandestino e insegurança pública continuam a aterrorizar a vida desta categoria. Falando especificamente do nosso estado, criminalidade, transporte clandestino e Uber, nessa sequência de importância, ganharam destaque na imprensa baiana. Embora o Uber ainda não atue por aqui, a categoria já está apreensiva com a possibi-

lidade da chegada do aplicativo. Um fato que é corriqueiro em momentos como este é velha prática de falsos representantes tentarem ganhar notoriedade em cima do trabalho de outros. O verdadeiro papagaio de pirata que quer sair bem na foto, mas não merecia estar ali. Isso é muito comum em todas as categorias, e com o taxista não seria diferente. O fanfarrão aproveita que a imprensa não especializada desconhece os verdadeiros líderes e anda por aí posando de bom moço como se fosse o grande defensor da classe. A verdade é que não passa de aproveitador de quinta categoria, porque quando a categoria não o segue, revolta-se contra os seus e a máscara cai. Hoje, com a velocidade de compartilhamento de

informações pelas redes sociais, percebe-se que muitas pessoas espalham áudios ou postagens, muitas vezes levados pelo novo hábito de querer compartilhar aquela informação rapidamente, ainda que se trate de uma inverdade. Isso é um perigo! Temos acompanhado esses e outros problemas que atingem a categoria. Os verdadeiros líderes, apesar de não buscarem holofotes, merecem que o taxista reconheça os seus esforços. Por exemplo: acompanhamos a luta de Reginald Cohim, taxista da Comtas, e Vicente Barreto, presidente da Coometas, contra o transporte clandestino; presenciamos a participação de Gilberto Silva, presidente da Coastaxi, no combate ao clandestino e na conquista da redução da contribuição sindical; tivemos o prazer

de ver surgir, recentemente, uma liderança jovem para os taxistas auxiliares, o revolucionário Jairo Conceição, presidente da Atas; temos visto, o quanto Vicente Barreto tem corrido o país na busca de proteger os direitos do taxista brasileiro ameaçado pelo Uber; em Camaçari, somos prova de que o sindicato funciona e a prefeitura respeita a instituição, méritos para seu unânime presidente, Edson Fernandes; e, no interior, temos em Santo Amaro, José Roberto, presidente da Atasa e José Garibaldi França, diretor da Coopetax de Feira de Santana, ambos lutando contra os abusos da Agerba. São apenas alguns exemplos de cidadãos que têm feito pelo taxista, buscando a melhora da categoria e não interesses pessoais. É importante que os

pontos sejam colocados nos “Is” e a categoria saiba quem é quem. 2016 vem aí e com ele a velha conhecida campanha eleitoral. O taxista precisa ficar de olho aberto, porque liderança não está no apito, mas na mesa de reunião. O Jornal Ei, Táxi está com a máquina ligada e não deixará que panos sujos se misturem aos limpos. Vamos em frente!

*Adriano Rios é Diretor Executivo do Jornal Ei, Táxi. E-mail: adriano@eitaxi.com.br


04

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 60. AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA


ANO V . NÚMERO 60 . AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

05


06 DENÚNCIA

ANO V . NÚMERO 60. AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

Taxista acusa Sinditáxi de má gestão e perseguição

F

alta de transparência nos processos eleitorais e má gestão são algumas das denuncias que Gilberto Oliveira fez à nossa redação, sobre a atual diretoria do Sindicato dos Taxistas de Salvador (Sinditáxi), sob responsabilidade do presidente Carlos Augusto. Responsável pela ação no Ministério Público que declarou

Fotos: Divulgação

Gilberto foi o responsável pela redução da contribuição sindical

indevida a cobrança de contribuição sindical no valor de cerca de R$ 50,00, reduzindo-a para R$ 5,70, Gilberto, desta vez, denuncia ser perseguido pelos diretores, em conseqüência da sua atuação de fiscalização. “Ingressei na Justiça do Trabalho, ganhei a liminar inicialmente para quatro pessoas, depois conseguimos estender

24x19 Nissan Taxi SSA 1408.indd 1

para todos os taxistas”, explica. Segundo ele, a ação gerou queda nas receitas do órgão e foi o início da série de perseguições impostas a ele pelo sindicato. “O sindicato, descontente com isso, vem a todo o momento tentando me jubilar da categoria”, reclama. Segundo Gilberto, a última investida contra ele foi uma suspensão e

advertência pelo período de 90 dias, sem direito a recurso ou defesa. O motivo seria um depoimento dado à imprensa sobre a saúde do atual presidente. “No dia 30 de junho, junto com quatro testemunhas, fui ao sindicato com objetivo de pagar a mensalidade e recebi um documento de eliminação do quadro de associados do sindica-

to. Eu não concordei, tivemos uma discussão e fomos colocados para fora.”, explicou. Após o episódio, o vice-presidente prestou queixa à delegacia alegando ter sido agredido por Gilberto, que nega o fato. Gilberto entrará com uma ação pedindo a destituição da diretoria do sindicato e a marcação de novas eleições. Em contato com o SindiTáxi, nossa redação foi atendida pelo vice-presidente da instituição, Luiz Santana. Segundo ele, as medidas tomadas foram em defesa e respeito ao estatuto do Sindicato e que a conduta de Gilberto desrespeita suas normas. “Demos uma advertência, ele rasgou. Inclusive há uma queixa na delegacia contra ele. Isso não acontece aqui com ninguém”, justificou Santana.

Deputado pede "botão de pânico nos táxis da capital

O

deputado estadual Sargento Isidório (PSC), pediu à mesa diretora da Câmara que solicite do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), a implantação do chamado “botão de pânico” nos táxis da capital baiana. O parlamentar justificou o pedido devido ao aumento de assaltos e da violência que atinge motoristas e passageiros. No documento, Isidório explica que se trata de dispositivo de segurança online a ser utilizado em caso de emergência pelos taxistas para acionar a central de polícia do estado, facilitando a ação da polícia.

14/08/15 16:59


ANO V . NÚMERO 60 . AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

Vistorias dos táxis de Salvador acontecem de 31/08 a 30/11 A Secretaria de Mobilidade de Salvador (SEMOB) divulgou o calendário das vistorias veiculares anuais ENDEREÇO

dos táxis da capital, que acontecem entre os dias 31/08 e 30/11. O atendimento acontece das 7h30

às 11h30 e das 13h às 16h30. Mas informações podem ser obtidas através do telefone 3202-9064 / 3202-9070.

VISTORIA DE TÁXI 2015

DATA

ALVARÁ

DATA

ALVARÁ

DATA

ALVARÁ

31/08 01/09 02/09 03/09 04/09 08/09 09/09 10/09 11/09 14/09 15/09 16/09 17/09 18/09 21/09 22/09 23/09 24/09 25/09 28/09

0001 a 0120 0121 a 0240 0241 a 0360 0361 a 0480 0481 a 0600 0601 a 0720 0721 a 0840 0841 a 0960 0961 a 1080 1081 a 1200 1201 a 1320 1321 a 1440 1441 a 1560 1561 a 1680 1681 a 1800 1801 a 1920 1921 a 2040 2041 a 2160 2161 a 2280 2281 a 2400

29/09 30/09 01/10 02/10 05/10 06/10 07/10 08/10 09/10 13/10 14/10 15/10 16/10 19/10 20/10 21/10 22/10 23/10 26/10 27/10

2401 a 2520 2521 a 2640 2641 a 2760 2761 a 2880 2881 a 3000 3001 a 3120 3121 a 3240 3241 a 3360 3361 a 3480 3481 a 3600 3601 a 3720 3721 a 3840 3841 a 3960 3961 a 4080 4081 a 4200 4201 a 4320 4301 a 4440 4441 a 4560 4561 a 4680 4681 a 4800

28/10 29/10 30/10 03/11 04/11 05/11 06/11 09/11 10/11 11/11 12/11 13/11 16/11 17/11 18/11 19/11 20/11 23/11 24/11

4801 a 4920 4921 a 5040 5041 a 5160 5161 a 5280 5281 a 5400 5401 a 5520 5521 a 5640 5641 a 5760 5761 a 5880 5881 a 6000 6001 a 6120 6121 a 6240 6241 a 6360 6361 a 6480 6481 a 6600 6601 a 6720 6721 a 6840 6841 a 6960 6961 a 6996

COMTAS - 25 e 26/11 COOMETAS - 27 e 30/11

• AR-CONDICIONADO • DIREÇÃO HIDRÁULICA • TRAVAS ELÉTRICAS • VIDROS ELÉTRICOS DIANTEIROS

FIORI.FIAT

FIORI_FIAT

VISTORIAS 07

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

FIORI.COM.BR

Tarifas podem ser pagas em qualquer banco

A

Cotae acaba de resolver uma das reivindicações antigas da categoria, agora, os pagamentos de tarifas do órgão poderão ser realizados em qualquer instituição bancária ou em casas lotéricas. O taxista continuará retirando o boleto na Coate,

no Politeama de Baixo, porém terá opções de locais para pagamento. De acordo com Marcelo Tavares, coordenador municipal do setor de táxi em Salvador, a prefeitura pretende disponibilizar o boleto pelo site do órgão, em breve.

Aleluia vai ao Supremo contra vistorias veiculares anuais

O

deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) deu entrada no Supremo Tribunal Federal (STF), em uma ação de Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF), com pedido de medida cautelar, para acabar com a obrigatoriedade das vistorias veiculares periódicas, determinadas inconstitucionalmente pela portaria nº

R$ 29.400,00

2045/2007 do Departamento Estadual de Trânsito do Estado da Bahia (Detran-BA). “Já existe entendimento no STF sobre a inconstitucionalidade das vistorias veiculares periódicas implantadas em outros estados”. Segundo o deputado baiano, legislar sobre o trânsito é competência privativa da União.


08

EDUCAÇÃO FINANCEIRA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 60. AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

LCA e LCI - Investimentos em Renda Fixa POR EDVAL LANDULFO*

É

bem verdade que a nossa economia está enfraquecida, entretanto, é uma situação passageira e uma das soluções para a retomada do crescimento será estimular o empreendedorismo “produtivo” - aquele que gera novos empregos - além da aplicação de recursos do setor publico/privado na capacitação continuada da população sobre: renda, consumo e investimentos, ou seja, Educação Financeira de qualidade para todos. Claro que o governo terá uma participação relevante, deverá realizar os ajustes necessários a fim de propiciar o retorno da confiança dos investidores no mercado quando começar a cortar os gastos públicos e estimular investimentos em todos os setores ao reduzir impostos nas empresas. Até lá, o cidadão deve continuar consumindo apenas o necessário, sem desperdícios, e investir com sabedoria o percentual dos valores destinado para a realização dos

seus sonhos, que por sinal, sempre lembramos nessa coluna sobre a importância da Orientação Financeira para esclarecimentos de algumas modalidades existentes no nosso país que oferecem o mesmo ou menor risco que a poupança e uma rentabilidade muito maior. Nessa coluna falaremos das LCAs e LCIs, investimentos em Renda Fixa para construção de uma carteira diversificada para cada tipo de objetivo. Uma excelente oportunidade para “fazer” dinheiro, pois a taxa básica de juros, a Selic, continua aumentando na desesperada tentativa do Banco Central em conter o crédito e o consumo na expectativa à longo prazo de controlar a inflação. A LCA – Letra de Crédito do Agronegócio é um título que as instituições bancárias emitem para financiamento do agronegócio, enquanto que a LCI – Letra de Crédito Imobiliário é um título de crédito emitido pelos bancos para

captar recursos no mercado e investir nos financiamentos de imóveis. As aplicações em LCI e LCA têm como principal vantagem à isenção do imposto de renda (IR), dada pelo governo para atrair investidores. Características das LCAs e LCIs: - Rentabilidade acima da poupança; - O Investimento mínimo (aporte inicial) é maior que o do CDB, geralmente a partir de R$ 30.000,00,devido à isenção de IR e varia de banco para banco; - Garantia do FGC – Fundo Garantidor de Crédito – até o limite de R$ 250.000,00 por instituição financeira, a mesma garantia da poupança; - A Acessibilidade (compra) é menor que dos CDB’s, visto que, algumas instituições oferecem apenas para clientes diferenciados; - Possui prazo de carência (liquidez), ou seja, será necessário cumprir o período do investimento para não perder a rentabilida-

de; - Podem ser pré-fixadas ou corresponder a um percentual do CDI (mais comum). Antes de investir o dinheiro poupado em renda fixa, será necessário realizar um comparativo entre os produtos (CDB, LCA e LCI) verificando seus respectivos retornos e sempre conciliando com o prazo para a realização dos seus objetivos financeiros visando garantir uma excelente compensação. Em geral a rentabilidade em percentual do CDI para os CDBs, as LCAs e as LCIs são: - Quanto MAIOR o prazo/carência = MAIOR será o percentual do CDI - Quanto MAIOR o investimento = MAIOR será o percentual do CDI - Quanto MAIOR o banco = MENOR será o percentual do CDI Enfim, existem investimentos com as mesmas garantias que a Caderneta de Poupança e que oferecem uma rentabilidade muito maior. Nesse momento de transição da

economia brasileira, onde qualquer ganho de rentabilidade será bem vindo, o investidor brasileiro precisa ousar mais em outras aplicações e deixar apenas uma quantia suficiente na poupança para utilizar em caso de emergência. Lembre-se que o aprendizado de ontem deve ser aplicado no presente para colher os frutos no futuro. Investir é para todos, entretanto, apenas alguns conseguem dar o primeiro passo para prosperar e realizar sonhos!!! Até o nosso próximo encontro.

*Edval Landulfo é Economista, Coach e Educador Financeiro. www.lanfulfofinancas. com.br

Dilma veta proposta que poderia coibir o Uber no país A

Foto: Divulgação

inda no centro das discussões em todo o país, a legalização ou proibição do Uber teve mais alguns capítulos. Enquanto na cidade do Rio de Janeiro o motorista do Uber que for flagrado transportando passageiros pagará uma multa de R$ 1.360,29 e terá o veículo apreendido, em Brasília, Dilma vetou e impediu que um artigo da Medida Provisória 673 modificasse as punições para certas infrações ao Código de Trânsito Brasileiro. Como noticiamos na edição de julho, o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) foi o relator da MP. Para ele, o veto é um sinal de que Dilma está do lado do Uber.

No Rio, motorista Uber será multado em R$ 1.360,29

Rio de Janeiro - O decreto foi publicado pelo prefeito Eduardo Paes e também trata dos demais

transportes, como vans não legalizadas. Anteriormente, o condutor era levado à delegacia para

responder por exercício ilegal da profissão e pagava uma multa de menos de R$ 100, ligada ao Códi-

go de Trânsito Brasileiro (CTB). O texto diz que há "necessidade de coibir o transporte clandestino",

que prejudicaria "toda a coletividade" e a prestação dos serviços públicos.

São Paulo – Ainda em Discussão na cidade, taxistas e representantes do aplicativo participaram de debate na Câmara Municipal sobre o modelo de transporte público individual para a cidade. Houve manifestações de reprovação durante as falas, interrupções e até provocações pessoais entre os participantes e público ouvinte. Os Deputados Estaduais paulistas também discutem a situação. Através do projeto de lei 1090/2015 eles avaliam a proibição do uso de carros particulares cadastrados em aplicativos para o transporte remunerado individual no estado. A medida busca inibir o uso do Uber em todos os 645 municípios do estado.


ANO V . NÚMERO 60 . AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

09


10 CAPA

ANO V . NÚMERO 60. AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

Lei foi publicada com veto às emendas dos vereadores P

or diversas vezes citada nas matérias do Ei, Táxi, a situação dos taxistas de Lauro de Freitas tem mais um capítulo. Dessa vez, noticiamos a provação da lei n° 1.571, publicada no Diário Oficial do Município no dia 03/08, que “disciplina, no âmbito do Município de Lauro de Freitas a exploração do serviço de transporte de passageiros e seus pertences em veículo de aluguel a taxímetro, atividade de interesse público denominada genericamente de Serviço de Táxi”. Foram regulamentados requisitos para o exercício da atividade, transferência de permissão, serviço de táxi adaptado, cadastro de motorista auxiliar, especificação do veículo, vistorias, tarifas, pontos de táxi e estacionamentos, obrigações e responsabilidades, fiscalização, infrações e penalidades, entre outros. Em relação aos veículos, a tão polêmica regulamentação da idade máxima do carro foi fixada em cinco anos, como descrito no Inciso I da seção V da lei. Novidade na cidade, agora regulamentado, o texto também versa sobre o serviço de táxi adaptado: “cabe à Secretaria de Trânsito Transporte e Ordem Pública – SETTOP disponibilizar o equivalente a 5% (cinco por cento) das permissões existentes para o serviço”. A aprovação da nova lei acontece após denúncias de falhas na regulamentação do serviço na cidade, além de pressão por meio do Ministério Público (MP), através de um Termo

Fotos: Divulgação

Categoria se manifestou contra a liberação de alvarás na cidade

de Ajustamento de Conduta (TAC). Segundo o Secretário Municipal de Governo, Márcio Leão, que trata as questões políticas da cidade e é responsável pelo relacionamento com a Câmara de Vereadores, o município foi provocado pelo MP a cerca da liberação de algumas permissões para o serviço de táxi. “Foi identificado, através de um procedimento instaurado no Ministério Público, uma fragilidade legal que pudesse subsidiar essas liberações, tendo em vista que o município se baseava, até recentemente, no decreto municipal 1.053, do ano de 1995. De 1995 até os dias de hoje, houve a promulgação do novo Código de Trânsito Brasileiro e algumas outras leis específicas ao serviço de táxi no Brasil e o município estava fora desse contexto”. A lei publicada no Diário Oficial após a aprovação na Câmara causou algumas divergências. Segundo Leão, “Houve emen-

Mirela discorda da inconstitucionalidade e tentará derrubar vetos das de alguns vereadores que foram acatadas, outras não, porque contrastavam juridicamente tanto com o objeto do TAC, quanto com as regras que autorizam um parlamentar a fazer uma emenda legislativa sobre o projeto”. A vereadora Mirela Macedo (PSD), que atua sobre a questão em Lauro de Freitas, apresentou propos-

Fotos: Ei, Táxi

Secretário Márcio Leão

Vereadora Mirela Macedo

tas à lei. “Logo quando assumi o mandato, em 2013, um grupo de taxistas me procurou falando das in-

satisfações que existiam em relação à distribuição de alvarás de táxis no município. Depois de diversas

reuniões com a promotoria, com o Poder Executivo, foi elaborado o TAC pra essa questão de liberação de alvará. A promotoria pediu que o executivo enviasse um projeto de lei para a Câmara até 30/07, antes do nosso recesso, para que o projeto tivesse validade a partir do segundo semestre. O Executivo manda o projeto de lei e a gente faz algumas emendas, principalmente em relação à transparência e a publicidade dessa questão de como esses alvarás são distribuídos, claro que respeitando e entendendo o lado dos taxistas”, explicou a vereadora sobre o conteúdo das emendas que apresentou. Uma das propostas de Mirela propõe que a quantidade de permissões seja estabelecida em razão do número de habitantes do município, conforme critérios estabelecidos no art. 9° da lei, e seja oficialmente publicada pelo chefe do poder executivo, após aprovação precedida de audiência pública, por maioria absoluta dos vereadores. “Simplesmente a prefeitura vetou todas essas emendas e, agora, a gente vai tentar quebrar esse veto, para que a lei que fique valendo seja a lei que dê transparência a esses atos, porque é uma concessão pública e precisa ter transparência", argumentou. Ainda segundo ela, a proposta que pede que o veto seja derrubado já está em tramite na Câmara e deve ser votada ainda neste mês.


ANO V . NÚMERO 60 . AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

O valor da amizade

H

POR CONRADO MATOS*

oje, as pessoas vivem falando em diversas formas de amizades: a amizade do Facebook (Facebookianos), a amizade do WhatsApp (WhatsAppianos), a dos e-mail's, a dos barzinhos, as rapidinhas, sem falar nas diversas amizades virtuais que ocorrem pela própria internet. As amizades via carta e dos bancos de praças, e cadeiras nas portas, onde os vizinhos sentavam para bater papo, deixaram de existir. Uma outra amizade é a conhecida como "ficar", que não vai para lugar nenhum, e é tudo passageiro. Outra amizade infeliz é

COMPORTAMENTO

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

aquela que ocorre durante o carnaval em meio há vários beijos e abraços, acabando logo após a Quarta-Feira de cinzas. Alguns trocam os números dos seus telefones e dá um até logo para sempre. O que seria uma boa amizade? Será que nós seres humanos estamos vivendo uma amizade sincera? Alguém tem sentido falta de um abraço, um aperto de mãos, um "Bom dia"? Pois é, a amizade começa logo por aí, entre os calores humanos e uma fala sincera. Para nos tornarmos bons companheiros, de-

vemos nos conhecer de perto. Entre um olhar, um sorriso e um abraço. E daí, aumentando nosso convívio, afeto e carinho. Um bom companheiro é aquele que está perto do seu amigo. Quando é necessário estar distante, envia um e-mail e telefona, para pelo menos ouvir a voz do seu amigo. A amizade só é amizade, quando sentamos para ouvir a história de um amigo, seja essa, triste ou alegre. Podemos perguntar de perto ao amigo: “Como vai meu amigo?” Apertar a sua mão e lhe dar um forte abraço. Amigos têm que ser assim, cor-

diais e afetuosos. Esse companheirismo, lamentavelmente, não vimos ocorrer atualmente. Tudo está virtual, descartável e passageiro. Quando passamos por um vizinho do condomínio, alguns nos viram a cara. Outros quando entram no elevador, não nos cumprimentam com um "Bom Dia", elevam o olhar para cima, acompanhando os andares, doido que chegue o seu andar, e não olhar para nossa cara. Para finalizar esse texto, fica como reflexão um pequeno trecho da música cantada por Paulinho da Viola, que diz o seguinte: “Cada um trata de si/Irmão desconhece irmão/E aí dinheiro na mão é vendaval/Dinheiro na mão é solução/E solidão”. Então, o que fala mais alto hoje em dia é a po-

11

sição, o dinheiro; e, infelizmente, as amizades saudáveis e sinceras deixaram de existir. As amizades são virtuais, falsas e materialistas. Só tem amigo quem tem dinheiro. Isso é amizade?

*Conrado Matos é Psicanalista, Filósofo e Teólogo. Pós-graduado em Teoria Psicanalítica. E-mail: psicanaliseconrado@hotmail.com

Sintac apresenta nova diretoria da instituição

O

Sindicato dos Motoristas de Táxi Autônomos de Camaçarí e Região Metropolitana (Sintac) elegeu sua nova diretoria

no dia 18/07, como previsto no edital divulgado. O presidente Edson de Almeida foi reconduzido ao cargo. Além dele com-

põem a diretoria: Leonardo Almeida (vice-presidente), Raimundo Souza (diretor financeiro), Jonas Rios (diretor administrati-

vo e patrimonial), Edésio Santos (diretor assistencial), José de Sena (diretor de esporte e cultura), Juvenal Veloso, Jurandir Silva e

Daniel Silva (conselheiros) e Benedito Rocha, Nelson Santos e Ednaldo Oliveira (suplentes). O mandato é pelo perído de três anos.

traga seu ipi e icms para a gente e aproveite nossas ofertas especiais.

Ar-condicionado Chave canivete com telecomando para abertura e fechamento das portas Direção hidráulica Drive by Wire (Controle eletrônico da aceleração) HSD (High Safety Drive) - Airbag duplo (motorista e passageiro) e ABS com EBD My Car Fiat (personaliza várias funções do carro) Rodas de liga leve 6.0 x 16" + Pneus de uso misto 205/60 R16 Rádio Connect CD MP3/WMA integrado ao painel com RDS, Viva-voz Bluetooth® e entrada USB Sensor de estacionamento traseiro

WEEKEND GRAND SIENA ESSENCE 1 .6 16V ADVENTURE FLEX 4P 2o16 1 .8 16V FLEX 4P 2o16

OFERTA VÁLIDA DE 10/08/2015 ATÉ 15/09/2015. COR: BRANCO BANCHISA. REVESTIMENTO: MALHA KETTENS ALAG UNI CINZA. CARRO NÃO DISPONÍVEL NO ESTOQUE DA CONCESSIONÁRIA. VENDA SOB ENCOMENDA.

PEDESTRE, USE SUA FAIXA.

R$ R$

32..40 400 0,, 39 ÀÀ vista vista


12

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 60. AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA


ANO V . NÚMERO 60 . AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

DIA DO TAXISTA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

13

Frutosdias e Sintac realizam eventos pelo dia do taxista

O

dia do taxista, comemorado em 25 de julho, mais uma vez não passou em branco. A Frutosdias de Água de Meninos realizou um café da manhã para a classe. No evento, além de boa comida e descontração, houve sorteio e distribuição de brindes. Segundo a supervisora de vendas diretas da concessionária, Roberta Souza, o objetivo é ter um momento com o taxista. “Hoje a Frutosdias é a maior vendedora de táxi da Bahia e a gente não podia deixar passar o dia do taxista em branco. Estamos trabalhando o mês inteiro, criamos uma ação de marketing do mês do taxista com vários descontos diferenciados, brindes, campanha, além de fechar com chave de ouro com o café da manhã”, explicou. O taxista Adalberto França, que está na praça há 35 anos, e já é cliente da Frutosdia, comemora a iniciativa: “Esse momento é excelente. Temos

Fotos: Ei, Táxi

Evento da Frutosdias foi realizado no dia 25/07

vez comemorou na igreja de São Cristóvão, no Limoeiro, em Camaçarí. A festa foi iniciada com a tradicional missa do Santo que é o Padroeiro do taxista. Em seguida, foi servida uma feijoada. Para o presidente do sindicato, Edson Fernandes, "a data é a única chance do taxista se confraternizar. É uma oportunidade de conversar, distrair, brincar e ficar juntos", comentou. Na ocasião foram distribuídos brindes entregues pela Fiori, Baviera e Frutosdias.

o privilégio de estar aqui. Eles ganham com o taxista e nós ganhamos com essas ações.” A festa contou com o apoio da RodeGás, parceira da Frutosdias, que comemorou a data com 4.816 kit's gás instalados. A empresa é a primeira do ramo na Bahia e terceira no Brasil.

Sintac comemora com missa e feijoada

O sindicato dos Taxistas de Camaçari (Sintac) mais uma

Festa do Sintac contou com a participação de concessionárias


14

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 60. AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA


ANO V . NÚMERO 60 . AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

15


16 INFORME PUBLICITÁRIO

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 60. AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

Bahia Táxi é tradição e inovação

A

BAHIA TÁXI está sempre atenta às mudanças no negócio de serviços de transporte de passageiros por táxi. Ciente da alta competitividade existente no ramo, onde a tecnologia dos App’s é uma presença no nosso dia a dia, entendemos que a solução não é o combate, mas a adequação a nova realidade. Segundo o diretor Administrativo, Israel Silva, “A sobrevivência de um, necessariamente, não requer a extinção do outro, mas a aliança e adaptação das antigas às novas metodologias de mercado.” C o mp e t it iv i d a d e para Liderar A BAHIA TÁXI acredita que para continuar sendo uma empresa interessante e competitiva é preciso lançar novas propostas e buscar um diferencial que atraia novos clientes e associados, além de fidelizar os existen-

Fotos: Ei, Divulgação

Israel Silva - Diretor Adm

Bahia Táxi terá novas parcerias a partir de setembro

tes. Partindo dessa visão buscamos novas parcerias para captação desses clientes, oferecendo-lhes atrativos que nos tornem prioridade no serviço de chamadas de táxis. Além de ser detentora de uma carteira de clientes formada por grandes empresas locais e nacionais, a BAHIA TÁXI tem buscado novas parcerias para exclusividade em chamadas de táxis para corridas particulares, criando um mix de clientes, transformando os funcionários das empresas já conveniadas em clientes fidelizados com

preferência nos táxis da BAHIA TÁXI. Muito mais Rentabilidade para o Associado Confira algumas das novas parcerias exclusivas de trabalho, onde a BAHIA TÁXI terá prioridade nas solicitações de táxi, garantindo trabalho e maiores ganhos aos nossos associados, a partir de Setembro de 2015: - Parceria e divulgação na CEPEs MAGAZINE (Revista da Petrobrás), distribuída em todo Sistema Petrobrás, escritórios, clubes da empresa e funcionários

ativos; - Parceria e divulgação na Revista Negócios & Cia, distribuída em mais de 40 condomínios localizados na Paralela, Orla e Lauro de Freitas, a exemplo de Colina de Piatã, Greenville, Le Park e Alphaville; - Parceria e divulgação junto aos Clientes Fidelidade da PREVENCARD (GRUPO BIO), que atua com uma carteira de 70 mil clientes/mês, consumindo e comprando serviços em suas clínicas, laboratórios e conveniadas. Bem como nossos associados também receberão estes cartões e poderão usufruir dos mesmos benefícios e descontos; - Divulgação da empresa em uma das Rádios de maior audiência em Salvador;

- Lançamento do Cartão Fidelidade da BAHIA TÁXI para distribuição em toda Região Metropolitana de Salvador; - Disponibilização na Play Store e App Store e divulgação do aplicativo da BAHIA TÁXI para solicitação de corridas dos nossos clientes através dos seus Smartphones e Iphones. Qualidade e Segurança para o Cliente Em contrapartida, para atender essa demanda de clientes, a BAHIA TÁXI continua cadastrando novos associados, facilitando da melhor maneira possível o ingresso do taxista à nossa empresa. Oferecemos benefícios exclusivos e pioneiros aos nossos associados, os quais podem ser conferidos em nossas promoções. Venha fazer parte desta família!


ANO V . NÚMERO 60 . AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

INFORME PUBLICITÁRIO 17

Ligue Táxi melhora serviços através das tecnologias

A

mpliar a qualidade dos serviços prestados pela empresa é o maior objetivo do presidente Jorge Souza Santana. Através do uso de novas tecnologias, a Ligue Táxi, que está há 29 anos no mercado, busca oferecer mais comodidade, segurança e celeridade aos seus clientes. Recentemente, a empresa lançou um aplicativo próprio, dis-

ponível para download na Play Store, para celulares que utilizam Android, e na App Store, para Iphones, que liga o cliente diretamente a um dos 250 taxista da Ligue Táxi. “Uma das novidades é que, através do aplicativo, o cliente tem um acesso direto ao presidente, para fazer reclamações e apresentar sugestões”, explica Jorge Santana. De fácil utilização, após um breve cadastro, o aplicativo disponibiliza o

Fotos: Ei, Táxi

Jorge, Presidente da Ligue Táxi

veículo mais próximo do cliente, identificado por meio de GPS, e abre instantaneamente uma conversa entre o motorista e o passageiro para facilitar o acesso. Outra novidade apresentada pela empresa é a utulização do aplicativo WhatsApp para facilitar o contato com o cliente. Através do número (71) 96724487.


18

Classificados

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 60. AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA


ANO V . NÚMERO 60 . AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

TAXISTA, CONTE SUA HISTÓRIA! 19

"Enxerguei na atuação como taxista a minha profissão" A

cordar cedo e nas madrugadas para atender clientes é rotina nas jornadas exaustivas do dia a dia de um taxista. No exercício de sua função, vale trabalhar até 14h para atingir a meta diária. A história que pode ser de muitos, também é a de Rupert Kapfer, que é baiano, mas filho de uma Austríaca com um Alemão, que vieram ao Brasil por conta da Segunda Guerra Mundial. Há 16 anos na praça, casado e pai de um filho, ele encontrou na vida de taxista a sua profissão. “Antes de trabalhar como taxista, tinha um restaurante com minha mãe, onde trabalhei durante dez ou doze anos. Em seguida, comecei a trabalhar na indústria, na Bosch, onde permaneci por quase dois anos. Quando sai da empresa, comprei um carro branco, pois tinha

pretensão de trabalhar com turismo, mas também pensando sobre a possibilidade do táxi”, explicou sobre o início. O começo efetivo na vida de taxista veio através de um colega da Bosch, permissionário de um alvará de táxi, Rupert está há 16 anos na praça que lhe ofereceu algumas diárias como Crise financeira, alto índimotorista auxiliar. “Na ce de criminalidade, difiépoca, rodei uma semana, culdades no trânsito são no máximo dez dia, entre- as primeiras reclamações guei o carro dele e comecei de Rupert, quando pera procurar um alvará para guntado sobre o trabalho rodar. Fiquei, durante três como taxista. “Vem ficanmeses trabalhando com do mais difícil a cada dia”, entrega de pãozinho, até explicou ressaltando que o que encontrei o alvará que trabalho “já foi bom”. Mas, estou até hoje.” ainda assim, considera a profissão recompensante. A profissão “É muito árduo, você es-

Foto: Ei, Táxi

tabelece uma meta e precisa correr atrás dela. Não são todos os dias que você consegue atingir, mas, se a gente for comparar, existe muita gente que possui nível superior e não ganha o que um taxista ganha. Mas é muito trabalho para conseguir.”

Satisfação

Ao falar sobre seu dia a dia

é fácil perceber a satisfação em exercer a função de taxista: “Não me vejo trabalhando para ninguém. É onde eu tenho a liberdade de fazer o meu horário, de ser independente”. Mas os perigos da profissão fazem não querer que seu filho siga o mesmo caminho. “Te dá um retorno se você correr muito atrás. Eu saio de madrugada para poder atingir uma meta, mas para ele eu digo não, porque acho que ele pode fazer algo mais estável e seguro, estudar para não ficar nesse sol e chuva que eu fico.”

Reflexão

“Como taxista, gostaria de dizer a quem for aderir à profissão, que abrace e faça com profissionalismo. Você ser taxista é fazer como se não houvesse outra profissão, fazer com primor.


20

JORNAL EI,TAXI - WWW.EITAXI.COM.BR

ANO V . NÚMERO 60. AGOSTO 2015 . SALVADOR-BA

Jornal Ei, Táxi - Agosto de 2015  
Jornal Ei, Táxi - Agosto de 2015  
Advertisement