Revista Information Management OUT | NOV 2021

Page 1

www.informationmanagement.com.br

A revista dos profissionais da informação Ano 15 - Número 102 Outubro/Novembro - 2021

BLACK FRIDAY 2021 traz impactos da pandemia e estratégias para aumentar vendas e receita A estimativa é ultrapassar os 7,6 milhões de compras online e mais de R$ 5 bilhões de faturamento de 2020 Como o WhatsApp vem impactando no relacionamento das empresas com os consumidores no aplicativo - Pag 16 www.informationmanagement.com.br

Um ano de LGPD: os efeitos da Lei Geral de Proteção de Dados para o mercado de seguros no Brasil - Pag 22

Por que tanto se fala em ataques hackers no Brasil? - Pag 29


CONHEÇA OS APPS

RH – PRONTUARIOS, ADMISSÕES, GESTÃO DE DOCUMENTOS – FISC

Reduza custos, agilize os processos de contratação da sua empresa de forma descomplicada, ágil e segura por meio do APP e sistema WEB. Você efetua o cadastro do funcionário de maneira simples e descomplicada com captura da foto, assinatura e aceite de documentos para admissão, manutenção e demissão. Tudo isso com captura de documentos pessoais e profissionais mantidos em sistema de gestão com total segurança e controle. Seguindo a tendência do mercado corporativo, o grupo Arktec desenvolve projetos e soluções em BPO (Business Process Outsourcing) por meio de sistemas específicos, em conformidade com a necessidade de sua empresa.

Disponibilização de sistema web para a consulta; Velocidade na recuperação da informação; Baixo custo de pesquisa; Preservação da integridade do documento original; Auditoria de login; Armazenagem das imagens nos servidores da Arktec.

2 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

ENTRE EM CONTATO

 arktec@arktec.com.br

✉ www.arktec.com.br www.informationmanagement.com.br


para documentos de:

CAL – CTE’S – DANFE’S – POD’S – JURIDICO – CONTRATOS

to Go e Sit

Unidade Barueri, Avenida Gupê, 10.565 Jardim Belval – Barueri/SP - (11) 4707 3351 www.informationmanagement.com.br

Unidade Campinas, Estrada Municipal Joannine Caumo, 302 Aparecida – Campinas/SP - (19)INFORMATION 3281 0154MANAGEMENT | (19) 3282 | 0204 2021 3


BLACK FRIDAY 2021 traz impactos da pandemia e estratégias para aumentar vendas e receita

Conteúdo do Mês Como o WhatsApp vem impactando no relacionamento das empresas com os consumidores no aplicativo

página 16 Um ano de LGPD: os efeitos da Lei Geral de Proteção de Dados para o mercado de seguros no Brasil

página 22 Por que tanto se fala em ataques hackers no Brasil?

página 29 www.informationmanagement.com.br


MATÉRIA DE CAPA

página 08

PUBLISHER

Eduardo David eduardo@iima.com.br CONSELHO EDITORIAL

Walter Koch - Wilton Tamane - José Guilherme Junqueira Dias Angelo Volpi - Cinthia Freitas - Luiz Alfredo Santoyo - Christian Ribas Marcio Teschima - Carlos Bass ATENDIMENTO AO CLIENTE

Gicelia Azevedo

gicelia@iima.com.br

Luciana Gottsfritz luciana@iima.com.br REPÓRTER/EDITOR

Prado Junior

pradojr@iima.com.br

PRODUÇÃO GRÁFICA

Kevin Habara WEB DESIGNER

Igor de Freitas

igor@iima.com.br

ADMINISTRAÇÃO

Tadeu Nunes tadeu@iima.com.br Mariana Dantas mariana@iima.com.br CENTRAL DE ATENDIMENTO - (11) 3392-4111 INFORMATION MANAGEMENT – Revista especializada no tema Gerenciamento de Informações, Documentos e Digital Business. Distribuição Nacional. Publicação oficial do INSTITUTO INFORMATION MANAGEMENT – IIMA - Rua do Bosque, 1589, Cjs. 809 e 810 Barra Funda - São Paulo – SP - 01136-001

O admirável mundo híbrido dos modelos operacionais na nuvem

página

45

O INSTITUTO INFORMATION MANAGEMENT - IIMA é uma organização que reúne profissionais e empresas que trabalham com processos envolvendo o gerenciamento de documentos e informações. Sua missão é promover a capacitação profissional e o desenvolvimento do mercado por meio um amplo portfólio de serviços como Cursos, Congressos, Consultoria, Livros e Publicações, Certificações, Workshops, Programas Educacionais ao vivo, entre outros. Um corpo multidisciplinar composto por Consultores, Analistas, Professores, Jornalistas e Pesquisadores está na base da produção do conhecimento gerado diariamente pelo INSTITUTO com o objetivo de ajudar os profissionais e empresas a lidarem com o Caos da Informação e a constante evolução tecnológica. O IIMA conta hoje com 40 mil profissionais participantes. DIREÇÃO

Eduardo David eduardo@iima.com.br

As oito melhores práticas para manter seguras as aplicações empresariais em nuvem

Tadeu Nunes tadeu@iima.com.br CONSULTORIA E CURSOS

Wilton Tamane consultoria@iima.com.br ATENDIMENTO AO ASSOCIADO

Gicelia Azevedo

gicelia@iima.com.br

CONSELHO TÉCNICO:

página 65 Preparação é peça-chave para o mercado de inovação e tecnologia

Walter Kock consultor, autor, palestrante Wilton Tamane consultor, professor e palestrante Márcio Teschima empresário, palestrante Tadeu Cruz professor, autor , palestrante Angelo Volpi notário, professor, autor e palestrante Carlos Bassi consultor, professor e palestrante José Guilherme J. Dias professor, consultor e palestrante Cínthia Freitas professora, autora consultora e palestrante PARA SE ASSOCIAR LIGUE: (11) 3392-4111 ramal 29 ou acesse: www.abeinfobrasil.com.br INSTITUTO INFORMATION MANAGEMENT - IIMA Rua do Bosque, 1589, Cjs. 809 e 810 Barra Funda - São Paulo – SP - 01136-001 Tel: (11) 3392-4111

página 81 www.informationmanagement.com.br

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 5


14 anos fazendo do seu negócio a melhor notícia!

Nossos serviços:

• Assessoria de Imprensa e PR • Mídias sociais • Linkedin para executivos • Blog, Newsletters e Editoriais • SEO


A NB Press Comunicação é uma agência de assessoria de imprensa, conteúdo e redes sociais com soluções 360º que cria valor e dá visibilidade às marcas após um criterioso planejamento estratégico de comunicação. A agência tem 14 anos de mercado, e apesar dessa longa data percorrida, nunca deixou de lado o espírito inovador. Seu lema é ser proativo e surpreender o cliente diariamente, entendendo seu negócio e trabalhando sua estratégia a cada pauta montada.

Mais de 80.000 pautas entregues

250 clientes satisfeitos

Índice de 90% de satisfação

Clientes de diversos setores

99% dos clientes vem de indicação

Equipe proativa

Método diferenciado de atendimento

Nossos clientes

to Go e i St

www.nbpress.com.br faleconosco@nbpress.com Telefones: (11) 3254-6464 (11) 99937-3715


MATÉRIA DE CAPA

BLACK FRIDAY 2021 traz impactos da pandemia e estratégias para aumentar vendas e receita A estimativa é ultrapassar os 7,6 milhões de compras online e mais de R$ 5 bilhões de faturamento de 2020 Por Prado Junior www.informationmanagement.com.br


MATÉRIA DE CAPA

D

iferente das demais datas sazonais, a Black Friday é esperada pelos consumidores, única e exclusivamente, pela intenção de compra de produtos e serviços com descontos e ofertas que antes não foram oferecidos pelas empresas. Por essa razão, o poder de consumo aumenta de forma exponencial em comparação ao restante do ano transformando a data na mais importante para o varejo online e físico brasileiro. Uma recente pesquisa desenvolvida pela Neotrust mostra que só em 2020 foram realizadas 7,6 milhões de compras online que passaram de R$ 5,1 bilhões de faturamento, o que é 31% maior do que no ano anterior, tudo isso já no período pandêmico. “As pessoas adotaram um comportamento de restrição de gastos, em decorrência da instabilidade mundial causada pela pandemia, entenderam as limitações do momento, se adaptaram, bem como as empresas, o que surtiu em um poder de consumo ainda maior”, explica Guilherme Kapos, Sales Director LATAM da Adjust. Assim, é importante considerar que as pessoas estão cada vez mais preparadas e exigentes quanto às novidades e, por isso, a principal ação das marcas, para esta data deve ser suprir as expectativas deste público. Até mesmo porque, toda a concorrência e mercado estão se preparando e desenvolvendo estratégias perante a mesma causa. www.informationmanagement.com.br

cursos etc. Empresas não podem estranhar esse fenômeno, elas precisam esperar por novidades e estarem preparadas”, destaca Juliana Assunção, sócia-fundadora e CMO da RankMyApp.

Guilherme diz que os consumidores estão mais preparados e exigentes. Estratégias para aumentar a receita

Por outro lado, há uma necessidade de preparo muito maior por parte delas e este é o grande desafio. Muitas marcas são prejudicadas neste evento porque investem mais em promoções e ofertas do que na real efetividade da jornada do cliente/compra pelo site, apps mobile etc.

Com o sucesso em faturamento da Black Friday, outras datas foram criadas com o intuito da venda também, como a Cyber Monday e a Black Week, consideradas uma extensão deste evento e que detém uma grande movimentação monetária. Isso mostra que estes desdobramentos não podem ser desconsiderados pelas marcas que estão aproveitando e se beneficiando do poder de consumo e necessitam de um planejamento com timing certo. O que pode ser levado como uma estratégia diferenciada no mercado. “Estamos vivenciando a democratização da Black Friday. Antes, não havia tanta relevância fora do varejo. De uns tempos para cá, fintechs começaram a fazer campanhas para aberturas de contas e até houve uma mobilização no mercado de edtechs, com sistemas de treinamentos,

Para Juliana Assunção as empresas precisam esperar por novidades e estarem preparadas. Isto é, sistemas que não suportam a quantidade de usuários ativos e falhas técnicas que dificultam a conclusão das compras, por exemplo. Por isso, uma ação que não deve ficar de lado é o investimento de boas tecnologias e sistemas para o bom funcionamento do Customer Experience. “A diversificação das formas de envio de pushes, como o uso de INFORMATION MANAGEMENT | 2021 9 9 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


MATÉRIA DE CAPA

push notifications, SMS, e-mails marketing, para alertar o público da aproximação da data, faz parte das estratégias de aumento de conversão incluídas na jornada do cliente/ compra, porque a marca vai trabalhando essa questão de reter o usuário até a Black Friday”, explica Luiz Lima, Sales Manager da CleverTap Brasil. Luiz concorda que a pandemia acelerou a digitalização, tanto para empresas como para consumidor, e que pode ser um fator de crescimento nas vendas da Black Friday deste ano.

Para Luiz Lima a pandemia acelerou a digitalização e facilitou a jornada de compra. Segundo ele, a jornada de compra do cliente está bem facilitada, atribuindo poucos minutos para realizar a aquisição de um produto, o que significa mais vendas em menos tempo. Em paralelo e por conta desta digitalização acelerada, as empresas devem esperar e se preparar para uma quantidade de público ainda maior.

10 INFORMATION MANAGEMENT | 2021 10 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

Por isso é preciso capacitar os seus aplicativos, sites e/ ou sistemas de vendas. Esta é uma ação primordial a ser seguida, para que não haja problemas de queda, por exemplo, o que certamente trará prejuízos para a marca. “Também é importante entender que, o público em 2020 se manteve em alerta com seus gastos, em decorrência das incertezas econômicas causadas pela crise sanitária. Com isso, tiveram um tempo para analisar toda a situação e se adaptarem, o que faz com que em 2021 o poder de consumo seja mais consciente, mas ao mesmo tempo, maior”, aponta o executivo. Ainda, a venda nesta data permeia um público físico e virtual, que carregam ciclos de atração e vendas diferentes, diante disso, segmentar a audiência e as estratégias para cada um garante resultados ainda mais certeiros. Para o público engajado pelo mobile, “estudar os touch points para gerar estratégias e analisar interações pode ser o insight necessário para o desenvolvimento e aperfeiçoamento do canal de venda/ compra durante a Black Friday”, completa Luiz Lima.

do consumidor na Black Friday’, desenvolvida pela All iN | Social Miner - empresa que une dados de consumo, tecnologia e humanização para ajudar empresas a aumentar a conversão - em parceria com a Opinion Box. O estudo ouviu 1018 brasileiros, de todas as regiões e classes sociais, entre os dias 13 e 18 de outubro de 2021. De acordo com Ricardo Rodrigues, head de produto da All iN | Social Miner, o estudo busca entender a expectativa para esse grande evento e se a percepção dos consumidores sobre a data está alinhada ao que o varejo trabalha para construir. Para ele os dados da pesquisa apontam para algo que já observamos há algum tempo através de relatórios pós-evento.

Pesquisa: 60% dos entrevistados pretendem comprar na Black Friday

Para Ricardo Rodrigues, Black Friday vai além do dia de vendas.

O consumidor vai comprar na Black Friday? O quê? Como se programa para a data? Como pesquisa preços? Essas e diversas outras perguntas são respondidas na pesquisa ‘A jornada

A Black Friday abre oportunidades não só durante, mas também antes e depois, para cobrir diversas etapas da jornada de compra, desde a conversão de visitantes em consumidores cadaswww.informationmanagement.com.br


MATÉRIA DE CAPA

trados, até a retenção de quem já comprou ou o incentivo para quem ainda não comprou, mas já deu a dica sobre o que procura. “Daí a necessidade de mapear e entender o comportamento de quem chega nas lojas. Só assim os times de marketing e vendas vão poder oferecer uma comunicação mais personalizada, que coloque as marcas em destaque, especialmente em períodos de grande concorrência”, afirma Ricardo.

Para 2021, itens de supermercado subiram 10 pontos percentuais (p.p) no interesse de compra do público, em relação ao estudo de 2020. Com o avanço da vacinação,

O levantamento mostra que 60% dos respondentes têm certeza de que vão às compras na data, enquanto 24% ainda estão em dúvida. Os clientes também estão mais interessados em comprar itens de necessidade do que de desejo, pensando sempre na melhor promoção. Outro fato a se destacar é

que 26% das pessoas pretendem adiantar as compras de Natal e 22% estão abertas a comprar itens que não planejaram, mas que seriam interessantes se encontrassem ofertas. www.informationmanagement.com.br

desafios do lojista na data é se destacar diante de uma infinidade de lojas, produtos e ofertas.

parece crescer também o interesse do público por viagens e turismo, uma vez que a categoria apresentou um salto de 7 p.p. na intenção de compra, sendo que vale destacar também que 31% do público A e B demonstra interesse neste segmento - contra 18% daqueles das classes C, D e E. Além disso, as mulheres têm a maior intenção de compra em itens de Casa e Decoração - 36% do público feminino contra 22% do masculino. Para Ricardo, um dos grandes

“A disputa por atenção na Black Friday é imensa e as redes sociais se tornaram uma importante ferramenta de exposição e uma máquina de vendas para as lojas. É inclusive o que mostra a nossa pesquisa sobre as tendências do Social Commerce”, aponta. E os anúncios parecem estar surtindo efeito: 48% dos entrevistados afirmaram interagir com campanhas nas redes sociais e 26% especificamente pelo WhatsApp. E o e-mail marketing continua com tudo: 47% dos consumidores afirmam que interagem com as promoções que recebem por este meio. “Utilizar os dados de seus clientes de forma estratégica pode ser crucial para diminuir o envio de comunicações em massa e números de opt-out trabalhar a segmentação do público INFORMATION MANAGEMENT | 2021 11 2021 | INFORMATION MANAGEMENT 11


MATÉRIA DE CAPA

tas mais importantes do comércio. Apesar da concorrência, com planejamento e conhecimento das necessidades dos consumidores é possível construir uma excelente estratégia e vender mais na data que inaugura a temporada de compras do fim de ano”, finaliza o head. Para acessar a completa, clique aqui.

pesquisa

Transporte de Cargas de acordo com seu comportamento no site, no app, com os itens colocados nos favoritos (wishlist), para criar um relacionamento personalizado”, diz o executivo. Outro ponto que o estudo revela é que, entre as diversas datas sazonais do ano, a Black Friday é a que deixa o público mais disposto a investir grandes quantias: a maioria dos consumidores (16%) tende a gastar entre R$ 1.001 e R$ 2.000, enquanto 14% têm intenção de comprar itens com valores de R$ 500 e R$ 1.000. “A Black Friday é uma das da-

A Black Friday também afeta positivamente o setor de transporte de cargas. Afinal de contas, é preciso levar os produtos até o comércio e até os consumidores. Apesar do aumento de preços e das dificuldades logísticas neste momento de pandemia, o mercado em geral está bem aquecido em relação às vendas neste período de Black Friday. Um dos fatores primordiais para essa forte retomada foi a expansão dos horários de funcionamento do comércio, graças à vacinação em massa no País

na alta temporada de vendas, como Black Friday e Natal. Setores como vestuário e eletroeletrônicos são os campeões na importação neste período. A falta de equipamentos para o transporte marítimo é um dos fatores que desencadearam o aumento do lidetime, que é o tempo de fabricação do produto até sua chegada ao consumidor final. “Com um planejamento antecipado, as indústrias estão conseguindo suprir a diferença de prazos e entregar ao mercado o que está sendo demandado”, comenta Rafael Dantas, Diretor Comercial da Asia Shipping no Brasil. Alguns segmentos, que não são tão voltados para a Black Friday, também estão conquistando o mercado. A crise energética, por exemplo, tem gerado uma grande movimentação de cargas, assim como o segmento de energia solar.

A Asia Shipping, multinacional brasileira, líder no agenciamento de cargas, prevê um crescimento superior a 10% na movimentação de cargas durante este período, se comparado a 2020. Mesmo com os impasses no setor, como falta de espaço em contêineres e aumento dos fretes, a companhia consegue atender com um planejamento antecipado junto aos clientes - as demandas INFORMATION MANAGEMENT | 2021 12 12 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

Rafael Dantas diz que setores como vestuário e eletroeletrônicos são os campeões na importação. “As perspectivas do mercado neste segundo semestre de 2021 www.informationmanagement.com.br


MATÉRIA DE CAPA

são bem positivas, comparando ao mesmo período de 2020. Neste ano, além das datas sazonais, algumas crises setoriais acabaram resultando em um forte impulso de produtos específicos, como, por exemplo, os painéis e placas solares”, relata Dantas. Dicas para não cair em golpes na Black Friday A FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) alerta que quadrilhas aproveitam época de mega liquidação no varejo para cometer crimes. Abordagens comuns são a criação de páginas falsas que simulam e-commerce, promoções fraudulentas e perfis falsos em redes sociais. A Black Friday, realizada tradicionalmente nos Estados Unidos na última sexta-feira de novembro, um dia depois do feriado de Ação de Graças e que neste ano será dia 26, caiu no gosto dos brasileiros. Desde o início de novembro os sites e lojas virtuais brasileiros já começaram divulgar as ofertas, que atualmente duram por todo o mês. Embora as tentativas de golpes ou fraudes ocorram durante todo o ano, a FEBRABAN alerta que quadrilhas aproveitam o momento de euforia com o grande volume de ofertas para aplicar golpes que causam grande prejuízo. Os bandidos agem, especialmente, usando a tática da engenharia social, que consiste na manipulação do usuário para que ele lhe forneça informações confidenciais e para o roubo de dados pessoais. www.informationmanagement.com.br

Veja a seguir 10 dicas para evitar cair em golpes da Black Friday: 1 - Ao utilizar sites de busca, verifique cuidadosamente o endereço (URL) para garantir que se trata do site que deseja acessar. Fraudadores utilizam-se de “links patrocinados” para ganhar visibilidade nos resultados de buscas. 2 - Dê preferência a sites conhecidos. Verifique a reputação de sites não conhecidos, lendo comentários de clientes que já utilizaram as plataformas. 3 - Não clique em links desconhecidos. Desconfie das promoções cujos preços sejam muito menores que o valor real do produto, pois criminosos se utilizam da empolgação dos consumidores em fazer um grande negócio para coletar informações e aplicar golpes que geram grandes prejuízos. 4 - Não preencha formulários com dados pessoais para ter acesso às promoções da Black Friday. 5 - Dê preferência para

usar os cartões virtuais para fazer suas compras online. 6 - Sempre confira o valor na maquininha de cartão antes de digitar a sua senha. 7 - Se for pagar a compra com boleto, confira quem é a empresa beneficiária que aparece no momento do pagamento do boleto, no aplicativo ou site do banco. Se o nome for diferente da marca ou empresa onde a compra foi feita, a transação não deve ser concluída. 8 - Após fazer uma compra de maneira presencial, sempre confira se o cartão devolvido é realmente o seu cartão. 9 - Nunca use um computador público ou de um estranho para efetuar compras e digitar seus dados bancários. 10 - Sempre use em seu computador ou smartphone, softwares e aplicativos originais e mantenha sempre um antivírus atualizado. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 1313 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


14 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit www.informationmanagement.com.br

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 15


to Go e i St

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 16 16 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


POR CASSIANO MASCHIO

Diretor de vendas e marketing da Inbenta Brasil

Como o WhatsApp vem impactando no relacionamento das empresas com os consumidores no aplicativo

F

alar sobre transformação digital tem se tornado algo cada vez mais natural. Há anos, a tecnologia vive em constante evolução, mas com a pandemia, as estratégias para lidar com as adversidades foram redirecionadas para soluções focadas em resoluções de problemas, assim como opções mais completas de atendimento ao cliente.

www.informationmanagement.com.br

Quando falamos sobre o mundo digital, não estamos mais nos limitando apenas ao uso pessoal, mas também ao uso de recursos facilitadores para estreitar relacionamentos com empresas e clientes. Temos à nossa disposição uma vasta gama de aplicativos, que estão cada vez mais preparados para atender a diversos tipos de demandas,

como o WhatsApp, por exemplo. A maneira como as pessoas preferem realizar uma compra, resolver um problema ou esclarecer uma dúvida, mudou muito com o passar do tempo. A procura por canais digitais, como plataformas de e-commerce e marketplaces, cresceu de forma exponencial durante o período de isolamento so-

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 1717 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e Sit

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 18 18 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

cial. Desta maneira, era esperado que o atendimento via aplicativos de mensagem também se tornasse indispensável. Aprimorar diferentes plataformas de comunicação, como o WhatsApp, facilita o contato com os consumidores, além de ser um bom investimento para prospectar clientes e garantir que eles tenham suas solicitações atendidas dentro do próprio aplicativo, sem terem que recorrer necessariamente a uma ligação, encontro presencial, e-mail ou mesmo baixar outro aplicativo da empresa (espaço na memória do celular hoje é ouro!). No entanto, o WhatsApp está preparando algumas mudanças para o próximo ano, e a cobrança será por conversa em vez de notificação (contato da empresa). A novidade valerá mesmo quando a sessão for iniciada pelo usuário. Hoje, o sistema do WhatsApp cobra por sessão de 24 horas, mas somente quando a primeira mensagem é disparada pela empresa (geralmente uma notificação). Assim, com a crescente necessidade de atingir as expectativas dos usuários e otimizar recursos, muitas empresas já perceberam ser inviável restringir seu atendimento apenas a sites e agentes humanos, é preciso estar onde o consumidor está - ou seja, aqui no Brasil, no WhatsApp. Segundo um levantamento realizado pela empresa de pesquisas Opinion Box, em abril deste ano, cerca de 76% das pessoas se comunicavam com empresas por meio do WhatsApp; já 52% compram produtos ou serviços pelo

www.informationmanagement.com.br

SEGUNDO UM LEVANTAMENTO REALIZADO PELA EMPRESA DE PESQUISAS OPINION BOX, EM ABRIL DESTE ANO, CERCA DE 76% DAS PESSOAS SE COMUNICAVAM COM EMPRESAS POR MEIO DO WHATSAPP. aplicativo; e apenas 6% dos usuários consideram que esse tipo de interação entre cliente e empresa seja inadequado. A ideia de oferecer suporte rápido e personalizado, em um mundo cada vez mais imediatista, significa atuar em novas modalidades de atendimento e investir em recursos interativos que se adequem às necessidades, ao tempo e aos principais canais onde os clientes se encontram. Apesar da modernização de muitos recursos, o SMS não faz parte dessa mudança, pois continua sendo utilizado como ferramenta de notificação ou autenticação para muitas organizações ou serviços. No Brasil, o recurso acabou perdendo força conforme a tecnologia avançou e novos aplicativos de mensagens instantâneas começaram a surgir sem custo para uso e advindos da popularização de planos de internet móvel no país, no

entanto, ainda é uma ferramenta importante e complementar na comunicação das marcas. Uma curiosidade, é que, nos Estados Unidos, menos de 20% da população possui o aplicativo do WhatsApp instalado em seus aparelhos celulares. Isso acontece porque a maioria dos americanos possui planos de telefonia que oferecem ligações ilimitadas e serviços de SMS gratuitos, fazendo com que essa ferramenta ainda seja uma das mais populares no país. A troca de mensagens entre clientes e empresas faz parte de uma nova tendência, que torna aplicativos como o WhatsApp mais permissivos a soluções customizadas. Com os chatbots, os métodos de autoatendimento não só possibilitaram um suporte personalizado, como também se adequaram à nova maneira como as pessoas esperam ser orientadas. Com o intuito de otimizar e acelerar a comunicação, essa tecnologia tem gerado ótimos resultados entre as companhias e a devolutiva sobre as experiências dos usuários. As necessidades mudam de acordo com empresas e casos de uso e, embora não seja possível replicar nos bots para WhatsApp serviços exatamente iguais aos sites, alguns recursos podem ser replicados e programados, de acordo com as estratégias de comunicação. O chatbot é agora uma tecnologia fundamental para desenvolver, gerenciar, alcançar escalabilidade e melhores resultados em relação à canais convencionais.

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 1919 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e Sit

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 20 20 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

POR CLEYTON LEAL

Líder de Serviços de Aplicativos da SoftwareONE

Como a modernização de aplicativos pode alavancar os negócios no setor varejista?

D

esde o início da pandemia, o setor varejista foi afetado, seja por conta das incertezas no volume de consumo, ou pelas mudanças rapidamente impostas pelo “novo normal”. De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel), com empresários do segmento, 32% revelaram que tiveram dificuldades em reagir às mudanças geradas pela pandemia em suas empresas. Por isso, estar tecnologicamente preparado para enfrentar situações adversas e inesperadas torna-se ainda mais importante e estratégico. www.informationmanagement.com.br

Neste cenário, a modernização de aplicativos surge como uma solução para auxiliar as empresas a atualizarem seus sistemas, oferecerem um atendimento mais eficiente aos consumidores e alavancarem seus negócios. Mas, de que maneira a modernização de aplicações pode apoiar o setor varejista, especialmente em datas sazonais e circunstâncias singulares? Benefícios da Modernização de Aplicativos Aplicações modernas são resilientes o suficiente para que possam

ser escaláveis e utilizadas o quanto forem necessárias, além de oferecer mais flexibilidade, uma vez que se caracteriza como arquitetura moderna, capaz de agregar componentes próprios ou de terceiros, para se adaptar às necessidades de negócios propostas. As organizações que modernizam seus aplicativos obtêm diversos ganhos, os quais podem ser chamados de “fatores da competitividade”, como custo, qualidade, agilidade, flexibilidade e inovação. Com relação aos custos, ao modernizar aplicativos, é possível utilizar infraestruturas ou arquiteturas moINFORMATION MANAGEMENT | 2021 2121 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e Sit

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 22 22 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

dernas que reduzem os custos das aplicações em média de 40% a 50%, com casos de redução de até 70% dos gastos. Já em relação à qualidade, as atividades operacionais são automatizadas, permitindo que o tempo dos colaboradores seja investido em outras tarefas estratégicas. No quesito agilidade, a modernização de aplicativos não apenas simplifica o processo de implantação de novos recursos, como oferece suporte às estratégias de tecnologias ágeis e aumenta a velocidade de entrega da empresa. Enquanto a flexibilidade, garante, independentemente da situação, adaptação sem se preocupar com dependências, ou seja, mudar e crescer com as transformações do mercado e da empresa. Por fim, o último benefício, a inovação, torna-se possível pois as aplicações modernas permitem conexão com outras aplicações, além de realizar buscas de informações nas redes sociais e personalização para o cliente. Modernização de Aplicativos x Black Friday Na última sexta-feira do mês de novembro acontece a Black Friday, dia mundialmente conhecido por oferecer os maiores descontos aos consumidores e abrir a temporada de compras para o Natal. Deste modo, o volume de compras aumenta significativamente nesta data, sendo um período de extrema importância para o setor de varejo, o qual deve estar preparado, especialmente na área tecnológica, com seus aplicativos modernizados. Com uma estrutura de aplicação

www.informationmanagement.com.br

COM A CHEGADA DA BLACK FRIDAY E O CRESCIMENTO EXPRESSIVO NO VOLUME DE COMPRAS NESTE SEGMENTO, PREPARAR A ESTRUTURA TECNOLÓGICA DAS EMPRESAS PODE SER A CHAVE PARA UMA OPERAÇÃO DE SUCESSO NESTE PERÍODO. moderna, a infraestrutura é utilizada como código e passa a escalar automaticamente de maneira muito ágil para que a aplicação continue operando de modo resiliente. Além disso, a modernização de aplicativos garante o monitoramento contínuo do tráfego, bem como a obtenção e acesso a todos os dados, a fim de observar se está ocorrendo algo fora do normal. Se uma empresa está trabalhando com uma aplicação antiga, é essencial escalar toda a infraestrutura para suportar o crescimento da demanda, ou seja, contemplar todos os componentes: e-commerce, vendas e financeiro. Diferentemente da aplicação moderna, que escala um componente de cada vez, garantindo uma redução de custo na escalabilidade e aumento da velocidade, além de con-

tar com as automações para escalar on-demand. Principais desafios da modernização de aplicativos no Varejo As empresas do segmento varejista não devem ter dúvidas: modernizar suas aplicações é o caminho ideal para ao menos começar a alavancar os negócios. Porém, existem alguns desafios neste processo, sendo o primeiro deles, a falta de expertise sobre o processo. Ou seja, as organizações sabem que é importante modernizar, mas não por onde e como começar. Além disso, há uma ausência de capacidade de investimento, tanto de recurso, quanto de mão de obra. Atualmente, muitas organizações ainda lutam com uma lacuna de habilidades de TI e a escassez de profissionais especializados no mercado. Por fim, com o envelhecimento de algumas tecnologias, as empresas também sofrem com a falta de suporte dos provedores de aplicativos não preparados para aconselhar sobre determinada modernização. Mais do que nunca, é fundamental considerar um parceiro qualificado para conduzir o processo de modernização de aplicativos, que esteja preparado para oferecer o suporte necessário durante qualquer situação, especialmente em datas sazonais, como a Black Friday. Se o ritmo da inovação está aumentando a passos largos, a modernização de aplicativos pode ser o diferencial estratégico para garantir um retorno sobre o investimento das empresas, mantendo-as competitivas e atraentes no mercado. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 2323 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e Sit INFORMATION MANAGEMENT | 2021 24 24 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


POR DANIEL AZEVEDO DPO da Provider IT

Um ano de LGPD: os efeitos da Lei Geral de Proteção de Dados para o mercado de seguros no Brasil

A

pós um ano de sua chegada, a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), aliada ao avanço de novas tecnologias da informação e comunicação, vem despertando os olhares e uma consciência coletiva dos consumidores sobre questões que envolvam a privacidade e a proteção de dados. No caso do mercado de seguros no Brasil, estas atualizações são ainda mais relevantes, uma vez que, para as seguradoras, o tratamento dos dados se faz ne-

www.informationmanagement.com.br

cessário, inclusive, para a elaboração e execução do próprio contrato de prestação de serviços ou de seus procedimentos preliminares. De acordo com uma pesquisa recente da Superintendência de Seguros Privados (Susep), em 2020, mais de R$ 40 milhões foram pagos por operadoras de seguros em decorrência de roubos e vazamentos de informações na internet, valor que corresponde ao dobro de 2019.

Com a entrada em vigor desta legislação, em setembro do último ano, e agora, com a vigência das sanções administrativas, os titulares estão ávidos por informações sobre como os seus dados são utilizados, compartilhados, processados e tratados de modo geral pelas empresas. Neste sentido, a nova legislação tende a fortificar este cenário, exigindo maiores responsabilidades para as empresas de seguros, que INFORMATION MANAGEMENT | 2021 2525 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e Sit

26 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

devem cumprir as regras e princípios desta lei, sob pena de sofrerem multas, bloqueios de dados, proibições de exercício de atividades e, até mesmo, a publicação da infração cometida, o que poderá afetar fortemente a imagem da companhia perante o mercado. Entendendo o conceito da LGPD A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) versa, expressamente, sobre dados de natureza pessoal, isto é, qualquer tipo de informação que possa, de forma direta ou indireta, identificar um indivíduo ou torná-lo identificável. A legislação estabelece que o tratamento destes dados apenas será possível em certas e determinadas situações com bases legais. O tratamento fora dessas hipóteses será considerado ilícito. Para que se possa entender, trata-se de dados pessoais nome, RG, CPF, data de nascimento, endereço, voz, imagem, dados de geolocalização, endereço IP e dados bancários. Entre todas as informações que podem ser atribuídas a um indivíduo, destacam-se também aqueles dados que possuem natureza “sensível”, ou seja, que propiciam ao seu proprietário uma maior carga de vulnerabilidade, abrindo margem para questões discriminatórias. Nesta categoria podemos incluir opinião política, orientação sexual, dados biométricos e relativos à saúde, por exemplo. Desta maneira, diferente do que muitos sustentam, esta é uma legislação que não tem como principal foco as empresas. A LGPD - e todas as legislações sobre dados pessoais

www.informationmanagement.com.br

ao redor do mundo - firma como real destinatário de suas regras o próprio titular. Isto é, a pessoa física a quem os dados pessoais se referem. Precisamos ressaltar, no entanto, que a LGPD não é uma legislação de viés punitivo. Apesar de estabelecer uma lista de sanções administrativas, elas devem ser compreendidas como mecanismos que visam assegurar a efetividade da lei. Os impactos diretos da LGPD para o mercado de seguros no Brasil As empresas do setor de seguros, assim como as demais, estão

vertendo os olhos para dentro de seus processos, conhecendo a fundo a dinâmica de suas atividades e, com isso, mapeando os fluxos de tratamentos de dados pessoais para identificar os gaps e falhas que deverão ser sanadas. Neste sentido, o mercado de seguros no Brasil sofrerá fortes impactos com a legislação, na medida em que as seguradoras - e seus respectivos parceiros de negócios deverão conferir maior transparência sobre a realização do tratamento de dados pessoais, garantindo que os titulares possam exercer seus

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 27


to Go e Sit

28 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

dados pessoais. Essa responsabilidade aumenta consideravelmente nos seguros da área de saúde, tendo em vista que este segmento trabalha com dados considerados sensíveis e, por esta razão, precisam ser tratados de forma específica, conforme sinaliza o artigo 11 da LGPD.

direitos, tais como acessar seus dados, obter informações sobre com quais outras empresas seus dados são compartilhados, realizar a portabilidade para outras entidades, bem como eliminar dados pessoais em algumas situações. Por outro lado, o corretor, por lidar constantemente com informações de natureza pessoal, seja em meios físicos ou digitais, deve garantir que o tratamento seja realizado para propósitos legítimos, específicos, explícitos e informados previamente ao consumidor, sem possibilidade de tratamento posterior de forma incompatível com essas finalidades, assegurando exatidão, clareza, relevância e atualização dos dados, e ainda, implementando fortes medidas de segurança, técnicas e administrativas, aptas a proteger estes

www.informationmanagement.com.br

Uma das maiores dificuldades desse tipo de empresa é saber identificar todos os processos de tratamento de dados pessoais e inventariar tais informações, facilitando o gerenciamento, justamente pelo enorme fluxo de dados com que estas empresas lidam. Desta forma, é essencial a boa organização e articulação da equipe para a realização de um trabalho que assegure a proteção das informações de situações acidentais ou ilícitas de destruição, perda, alteração, comunicação ou difusão. Diante deste cenário, a tecnologia pode ser uma verdadeira aliada na proteção de dados, em especial a criptografia, os softwares de gerenciamento de senhas, firewalls, sistemas operacionais seguros (e sempre atualizados), antivírus, VPNs, ferramentas de controles de acesso e registro de logs, sistemas de backups e outros meios que, articulados de maneira correta, podem garantir a segurança das informações, desde a sua coleta até a sua destruição. No entanto, com a aceleração das novas tecnologias da informação e da comunicação, o número de ataques cibernéticos vem aumentando gradativamente, surgindo, assim, novas oportunidades

de mercado para corretores, como cobertura de danos causados por vazamento de dados pessoais e os seus prejuízos. Neste contexto, a LGPD representa uma tensão entre dois polos: de um lado, a inovação e o desenvolvimento econômico e tecnológico, de outro, o respeito à privacidade, a inviolabilidade da intimidade, da honra e da imagem. O que se busca, com essa legislação não é a prevalência de um lado sobre o outro, mas sim, o equilíbrio entre eles. Ou seja, a garantia de que a tecnologia irá avançar e, em igual proporção, que os dados pessoais e a privacidade das pessoas sejam respeitados, acompanhando esta evolução tecnológica e de mercado.

MAIS DE R$ 40 MILHÕES FORAM PAGOS POR OPERADORAS DE SEGUROS EM DECORRÊNCIA DE ROUBOS E VAZAMENTOS DE INFORMAÇÕES NA INTERNET, VALOR QUE CORRESPONDE AO DOBRO DE 2019. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 29


to Go e Sit

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 30 30 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


POR GABRIEL PACI

Country Manager da ELSA Speak Brasil

Os impactos da inovação no ensino de línguas em comparação às metodologias tradicionais para a democratização do acesso à internet no Brasil como um todo, principalmente por meio dos dispositivos móveis, onde segundo o Painel TIC Covid-19, o telefone celular foi o principal dispositivo usado para acompanhar as aulas e atividades remotas, sobretudo diante das classes D e E (54%).

M

esmo antes da crise sanitária, o mercado brasileiro já apostava na inserção da tecnologia no ensino em geral. É certo que o cenário causado pela pandemia evidenciou essa necessidade de forma grosseira, em especial com o distanciamento social e a indispensabilidade do cumprimento do plano de ensino. Só no primeiro trimestre de 2021, as startups de educação (edtechs) do país movimentaram mais de US$ 222 milhões de investimento, o que equivale a um aumento de 770% em comparação ao mesmo período do ano passado, de acorwww.informationmanagement.com.br

Com o passar dos tempos e com o fortalecimento dos nativos digitais na população, a inovação tem contribuído para uma maior aproximação entre o processo educativo e a informática.

Por outro lado, essa grande movimentação também tem chamado a atenção das escolas de idiomas e universidades, pois o sistema de ensino híbrido resulta na conquista de mais um perfil de público ao negócio e as diferentes ferramentas digitais proporcionam mudanças significativas na compreensão da língua, tornando o aprendizado mais assertivo, dinâmico e atrativo, fora a praticidade de poder aprender de qualquer lugar que você esteja.

Tal característica tem implementado diferentes abordagens que são mais específicas e adaptadas para atender as necessidades dos alunos de forma mais rápida. Um bom exemplo é a criação de novas políticas públicas

Se voltarmos em um passado não tão distante, onde o ensino era baseado em metodologias tradicionais, que partem do princípio de ter o professor como narrador dos fatos e os alunos apenas como ouvintes, sem grandes envolvimentos,

do com o levantamento feito pela plataforma de inovação Distrito.

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 3131 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e Sit

32 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

enxergamos um contexto composto por estudantes desmotivados, não engajados e desacreditados em seu potencial. De acordo com o levantamento do Instituto British Council, apenas 5% dos brasileiros sabem se comunicar em inglês, e dessa porcentagem, só 1% alcançou a fluência, e um dos grandes causadores desses fatos é o uso demasiado e engessado das técnicas convencionais. Posto isto, também é fundamental a capacitação do professor, pois a tecnologia facilita o seu trabalho atribuindo mais responsabilidade e autonomia ao aluno. E, sobretudo no ensino de

www.informationmanagement.com.br

idiomas, viabilizando o acompanhamento das transformações e variações que as línguas sofrem, e no desenvolvimento do raciocínio lógico e da oralidade. Diante do que foi mencionado, percebemos que há muitos benefícios em atrelar inovação e tecnologia no ensino em geral, e em especial, no de línguas. De fato, potencializa o aprendizado de forma mais ágil e efetiva. E, ainda, abrange uma maior gama de público, por atender novas necessidades que antes não eram possíveis com as metodologias tradicionais.

DE ACORDO COM O LEVANTAMENTO DO INSTITUTO BRITISH COUNCIL, APENAS 5% DOS BRASILEIROS SABEM SE COMUNICAR EM INGLÊS, E DESSA PORCENTAGEM, SÓ 1% ALCANÇOU A FLUÊNCIA.

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 33


Provendo transformação digital e ac e l e ra n d o a a uto ma ç ão de pr oc e s sos !

Suíte de aplicativos

SCAN

Com a suíte Ellos, organizações têm acesso a inúmeras vantagens na gestão de documentos eletrônicos em nuvem e automatização de fluxos de processos em empresas de todos os portes e segmentos de mercado.

to Go e Sit

Solução voltada a digitalização, tratamento de imagem, classificação, validação e exportação de documentos. A partir do armazenamento em nuvem você gerencia seus documentos por soluções tecnológicas diversas, tais como, GED/ECM, ERP, CRM, entre outras.

ECM Tenha processos ágeis, seguros e personalizados com tecnologia de ponta na gestão de conteúdo empresarial, com recursos de inteligência artificial e robôs de automação, você otimiza sua rotina, tarefas e departamentos do seu negócio.

Entre em contato e faça INFORMATION MANAGEMENT | 2021parte dessa 34 34 INFORMATION MANAGEMENT | 2021 evolução tecnológica para a sua empresa!

contato@osas.com.br www.informationmanagement.com.br www.osas.com.br


ARTIGO

GUSTAVO DUANI

Chief Information Security Officer da Claranet

Por que tanto se fala em ataques hackers no Brasil?

O

crescente aumento de ataques hackers às empresas brasileiras têm se tornado pauta recorrente. A expansão da tecnologia, com o avanço da inteligência artificial e implantações de redes 5G, possuem grande influência sobre o aumento de invasões a sistemas e ataques de cibercriminosos. Essa ampliação, somada ao aumento na utilização das ferramentas digitais, portanto, chama a atenção para um www.informationmanagement.com.br

grande problema: um cenário de fragilidade na proteção das informações no país e, consequentemente, elevação no número de ataques cibernéticos. Se analisarmos, as ameaças e ataques hackers não eram tão comuns há 10 anos. Afinal, o acesso ao computador pelas famílias brasileiras e o avanço da tecnologia ainda caminhavam para estar presente na vida da maioria da popu-

lação. Hoje, com um mundo cada vez mais tecnológico e digital, é inevitável que os crimes cibernéticos não ocorram. Para termos uma ideia, apenas no primeiro semestre de 2021 já foram registrados mais de 3,2 bilhões de tentativas de ataques, segundo relatório da Fortinet, e os setores mais afetados foram companhias de energia elétrica e a área da saúde. O governo também está na mira dos criminosos internautas. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 3535 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e Sit INFORMATION MANAGEMENT | 2021 36 36 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

Ao invadirem sistemas ou a interface de uma empresa, criminosos podem utilizar diversas ferramentas para conseguir o que desejam, sendo a mais famosa delas o ransomware. Esse tipo de malware sequestra o computador da vítima de forma que ela não consegue mais acessar o sistema e, normalmente, os hackers cobram valores em dinheiro pelo resgate dos dados sigilosos. Sua difícil detecção e disfarce tornam este vírus extremamente perigoso, a invasão ocorre seja através de sites maliciosos, links suspeitos enviados por e-mail ou ainda a instalação de aplicativos vulneráveis. Para que o ataque ocorra, basta que o computador esteja interligado à rede da empresa ou instituição. O ransomware também pode surgir em links enviados por redes sociais, meio bastante utilizado para espalhar vírus atualmente. A comercialização dessas informações, que geralmente são sigilosas, custa e muito para as empresas. Estima-se que no ano passado, o ransomware desembolsou cerca de U$ 20 bilhões às instituições em todo o mundo – valor quase que 75% maior ante 2019, conforme relatório de inteligência de ameaças da Check Point Software. Estas informações reforçam o potencial dos ataques em comprometer o pleno funcionamento de infraestruturas desatualizadas. No Brasil, o grande problema está no comportamento das empresas e pessoas comuns, que na maioria das vezes não recorrem às informações sobre segurança de dados. No caso das instituições, o que vemos é que por muito tempo

www.informationmanagement.com.br

os empresários trataram a cibersegurança como um problema isolado de T.I. A teoria por trás dos números, portanto, nos revela que muitos dos problemas existentes neste campo estão ligados diretamente à falta de conscientização sobre o risco e armazenamento de dados sigilosos. Paralelamente, com o aumento de ataques hackers muitas empresas têm procurado serviços especializados, o que também pode explicar a relação positiva entre medidas associadas à proteção tecnológica e a ocorrência de problemas de segurança da informação, com o número de ocorrências e identificação dos problemas.

AO INVADIREM SISTEMAS OU A INTERFACE DE UMA EMPRESA, CRIMINOSOS PODEM UTILIZAR DIVERSAS FERRAMENTAS PARA CONSEGUIR O QUE DESEJAM, SENDO A MAIS FAMOSA DELAS O RANSOMWARE.

Agora, com as sanções da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) em vigor desde o início de agosto, espera-se que as proteções de dados pessoais ou sigilosos da interface de uma empresa sejam mais rígidas e robustas, a fim de detectar, impedir e traçar ações contra invasões cibernéticas. Às empresas, é fundamental que sejam criados departamentos específicos nas corporações e que todos os profissionais e demais colaboradores tenham pleno conhecimento sobre o tema. Apenas com prevenção e disseminação da informação é que conseguiremos ter um ambiente relativamente mais seguro, para que, em um futuro próximo, não seja noticiado a invasão e perda de informações para cibercriminosos, mas o bloqueio dessas ações e educação sobre segurança da informação.

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 3737 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e Sit

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 38 38 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


POR GUSTAVO TOZZO

Gerente de desenvolvimento de negócios da Universal Robots BRASIL

Indústria 4.0 e Lean Manufacturing, combinação fundamental para escalar o potencial das empresas versão (mão-de-obra direta e despesas gerais de fabricação) em até 40% em cinco a dez anos, além de ser um espelho importante para a eficiência de processos produtivos. Sendo assim, benefícios iminentes começam a fazer parte do dia a dia dessas indústrias, fazendo com que todas estejam um passo à frente daquelas que seguem aderindo a métodos arcaicos.

O

desafio da ambidestria organizacional trouxe a gestão da manufatura a necessidade em otimizar processos a serem ainda mais customizáveis ou flexíveis, a ofertar conforme demanda de mercado, além de manter competitividade. Isto gerou diversos caminhos e métodos para empresas conquistarem resultados mais rápidos. Um dos conceitos que está em evidência no linguajar mundial é a Indústria 4.0, incorporando tecnologias de ponta e o Lean Manufacturing, por mais de meio século, trazendo a jornada e métodos para

www.informationmanagement.com.br

eliminar desperdício e/ou atividades que não geram valor agregado. Diante disso, combiná-las significa trilhar maneiras eficientes para escalar o potencial das companhias. Tanto o Lean quanto a Indústria 4.0 não são para qualquer corporação, mas segundo recente pesquisa global do Boston Consulting Group, empresas líderes já reconhecem a importância da gestão Lean munida a uma cultura digital em seu planejamento. Além disso, afirmam que as organizações que aderiram puderam reduzir os custos de con-

Vale comentar ainda que, se os fabricantes adotarem uma metodologia enxuta juntamente com ferramentas da indústria 4.0, é mais fácil realizar tarefas com mais sucesso do que se tivessem implementado essas iniciativas separadamente. O CPS - sistemas ciberfísicos - e a IoT - Internet das Coisas - podem tornar o chão de fábrica realmente enxuto. Os dados em tempo real e a comunicação entre pessoas, máquinas e sistemas fornecem uma visão holística da produção e capacitam os funcionários da linha de frente a fazer ajustes em tempo real. A mesma pesquisa do Boston Consulting Group, afirma que a combinação de ambos gera um aumento de 100% na economia em relação à aplicação de cada um deles separadamente. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 3939 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e Sit

40 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

Para que tudo isso funcione de forma eficaz, é necessário definir os esforços e entender o porquê se faz necessária cada uma dessas tecnologias. Depois disso, é preciso convencer a organização de que esse investimento é preciso, para que isso aconteça basta mostrar a real necessidade da organização, definir o budget, produzir um projeto piloto e entender como eles impactam outras áreas. Além disso, aprenda a compartilhar conhecimento com sua equipe, pense em condições não óbvias do que pode atenuar o seu

www.informationmanagement.com.br

SEGUNDO RECENTE PESQUISA GLOBAL DO BOSTON CONSULTING GROUP, EMPRESAS LÍDERES JÁ RECONHECEM A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO LEAN MUNIDA A UMA CULTURA DIGITAL EM SEU PLANEJAMENTO.

negócio, revisite seus objetivos e os ganhos esperados. Se desafiar é o melhor ponto de partida para resultados. Não posso deixar de ressaltar a infinidade de oportunidades que essas tecnologias trazem para o setor. Estamos vivendo em uma constante evolução, então precisamos implementar soluções que nos acompanhem para o sucesso. Não tem mais como acreditar que os modelos tradicionais conservadores são eficientes e não permitem aderir a disrupções. Se isso ainda acontecer, pode ter certeza de que a empresa ficará para trás e perderá mercado.

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 41


to Go e Sit INFORMATION MANAGEMENT | 2021 42 42 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

POR IGOR VALOTO

Especialista em Segurança Cibernética da SoftwareONE

Ataques cibernéticos na saúde: como garantir a segurança dos dados sensíveis?

N

os últimos meses, os ataques cibernéticos intensificaram-se em todo o mundo e a cibersegurança tornou-se assunto recorrente entre os líderes das instituições. De acordo com a consultoria americana Frost & Sullivan, houve um crescimento mundial de 715% nas tentativas de ataques entre junho de 2019 e junho de 2020. O setor da saúde

www.informationmanagement.com.br

foi um dos mais afetados, como revela uma pesquisa realizada pela Check Point Research, na qual destaca que apenas no Brasil, ocorreu um aumento de 66% nos ciberataques entre novembro e dezembro de 2020. As instituições de saúde, sejam operadoras, laboratórios de exames ou hospitais, contêm inú-

meros dados pessoais de seus pacientes considerados “dados sensíveis”, ou seja, informações que podem causar constrangimento ou discriminação a uma pessoa. Com a pandemia e as mudanças por ela ocasionadas, muitas fragilidades tecnológicas de organizações de saúde brasileiras vieram à tona, tornando-se um prato cheio para os criminosos virtuais atacarem INFORMATION MANAGEMENT | 2021 4343 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e Sit

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 44 44 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

aqueles que deveriam ser os dados mais protegidos de todo o sistema. Como se proteger dos ataques cibernéticos? Quando os sistemas da instituição de saúde são atacados, ocorre o que é chamado de indisponibilidade, ou seja, a organização fica total ou parcialmente indisponível até conseguir resolver a situação. Essa indisponibilidade pode atrapalhar tanto o médico, que depende do sistema para registrar suas ações, como o paciente, desde o cadastro na recepção, até a realização e retirada de exames. Portanto, é muito mais vantajoso ao menos tentar não chegar ao ponto de sofrer um ciberataque, por meio de investimentos em cibersegurança. A prática eficaz de segurança virtual proporciona chances muito maiores de evitar que uma organização sofra algum tipo de ataque cibernético. Os benefícios e desafios da cibersegurança A cibersegurança oferece uma série de vantagens às instituições de saúde. Uma delas é a confidencialidade, que garante que os dados sensíveis fiquem armazenados e que os pacientes tenham sua privacidade resguardada. Outro benefício é a integridade, que mantém as informações sem perigo de alterações por quem não tem permissão para acessar o sistema. Existe ainda a disponibilidade, que assegura que todos os serviços estejam disponíveis para os médicos, enfermeiros, pacientes e todos que dependem do sistema de saúde.

www.informationmanagement.com.br

ATUALMENTE, A CIBERSEGURANÇA CONTA AINDA COM O APOIO DA LGPD, RESPONSÁVEL POR RESGUARDAR OS DIREITOS À PRIVACIDADE DE DADOS DO CIDADÃO E IMPLICAR SENSAÇÕES ÀS EMPRESAS EM CASO DE VAZAMENTO DE DADOS. É necessário lembrar que os desastres naturais podem surgir a qualquer momento, ou seja, os ataques cibernéticos podem ocorrer quando menos se espera. Desta forma, as instituições devem estar totalmente preparadas e equipadas para enfrentá-los e bloqueá-los de maneira ágil. Por isso, a segurança virtual deve ser implementada em qualquer projeto de tecnologia, e precisa ser encarada como uma prática e não como um conceito.

dados do cidadão e implicar sensações às empresas em caso de vazamento de dados. Além disso, as organizações de saúde americanas, por exemplo, contam com uma lei que define um conjunto de normas a serem cumpridas a fim de preservar os dados. A regulamentação leva o nome de HIPAA (Lei de Portabilidade e Responsabilidade de Seguro Saúde) e, apesar de ainda não ter validade em solo brasileiro, muitas instituições aplicam suas normas com o propósito de construírem um ambiente mais maduro. Levando isso em conta, as instituições de saúde devem investir cada vez mais em programas de conscientização e cultura de segurança de dados, provedores de softwares que tenham soluções e ainda profissionais especializados em cibersegurança e novas tecnologias. Seguindo essas diretrizes, os ataques cibernéticos ao setor de saúde poderão ser mitigados e os dados sensíveis estarão, de fato, protegidos.

Atualmente, a cibersegurança conta ainda com o apoio da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), responsável por resguardar os direitos à privacidade de INFORMATION MANAGEMENT | 2021 4545 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e i St

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 46 46 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


POR IVAN CAVILHA

Fundador e CEO da Yoface

Por que as startups devem investir em conteúdos próprios?

A

s pessoas do mundo inteiro estão cada vez mais conectadas nas redes sociais e isso é reflexo de inúmeros fatores, como o avanço da tecnologia, a implementação de transformação digital nas empresas e, inclusive, a pandemia de Covid-19, que contribuiu para a aceleração de diversos processos tecnológicos. Um estudo promovido neste ano pelo Hootsuite, em parceria com a agência We Are Social, www.informationmanagement.com.br

aponta que aproximadamente 4,7 bilhões de pessoas estão conectadas à internet atualmente, sendo que seis em cada dez pessoas acessam a rede por meio de computador, tablet ou smartphone.

de pessoas. A China agregou 85 milhões de novos usuários de redes sociais nos últimos 12 meses e a Índia, Indonésia e Brasil também foram destacados como grandes propulsores dessa ascensão.

Ainda de acordo com o estudo, as redes sociais superaram o equivalente à metade da população mundial em base de usuários, contando atualmente com 4,33 bilhões

Com esse crescimento exponencial, as empresas tiveram que se adaptar ao mundo virtual e oferecer diferenciais para que os seguidores se sintam atraídos pelos produtos INFORMATION MANAGEMENT | 2021 4747 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


Conheça o que a Transformação Digital pode fazer pela sua área fiscal e Contábil. Reduza tempo de seus processos e ganhe eficiência e mais competividade! A TSCTI - Soluções Fiscais possui soluções exclusivas que automatizam, gerenciam e higienizam as informações de entradas dos ERP´s, garantido o máximo de Compliance das operações transacionadas e posteriormente a apuração e automação de geração de obrigações acessórias. A solução baseada em RPA | IA proporciona o mínimo de investimentos de implementação, manutenção e rápida instalação.

Se conecta aos principais ERP´s do mercado

Solicite um especialista e conheça a solução!

to Go e i St

R. Dr. Geraldo Campos Moreira, 164 - 7° andar Brooklin | 04571-020 São Paulo - SP 48 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.tscti.com.br

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

oferecidos nas redes sociais. Para isso, muitas startups passaram a investir em conteúdos próprios para alavancarem a imagem de seus negócios. Isso é ótimo, pois os clientes criam uma afinidade maior com a empresa, e, consequentemente, a marca acaba conquistando uma personalidade própria em seu mercado de atuação. O mercado óptico, setor em que atuo há mais de 18 anos, ainda é visto como tradicional e conservador, por isso, quando criei a minha startup decidi investir em diferenciais e um deles são as redes sociais. Por meio da internet, consigo manter um relacionamento mais humanizado com meus clientes, além de oferecer vídeos para que os consumidores possam entender como são realizados todos os processos. Isso é muito atrativo para os seguidores, pois eles conseguem compreender e valorizar ainda mais os nossos serviços.

em conteúdos próprios aquilo que acreditam e defendem em relação a causas sociais e à sustentabilidade do planeta, por exemplo. Portanto, é fundamental que as marcas coloquem o seu espírito nas informações repassadas, visto que isso será refletido para seus seguidores e possíveis clientes. O fato é que os clientes são a parte mais importante do nosso trabalho. Por esse motivo, atender bem sempre será a nossa tarefa diária mais importante. E quando eu falo sobre atender bem, significa assumir uma postura em que a marca represente seus clientes, defendendo os propósitos que a fizeram existir, razões pelas quais um consumidor nos escolhe.

A CHINA AGREGOU 85 MILHÕES DE NOVOS USUÁRIOS DE REDES SOCIAIS NOS ÚLTIMOS 12 MESES E A ÍNDIA, INDONÉSIA E BRASIL TAMBÉM FORAM DESTACADOS COMO GRANDES PROPULSORES DESSA ASCENSÃO.

Vale lembrar que as redes sociais se tornaram um espaço para discussões e compartilhamento de experiências, sendo positivas ou negativas. Por isso, quando levamos as redes sociais para o mundo corporativo, é possível notar que exercem um impacto sobre a forma com que os consumidores se relacionam com as marcas, representando uma fonte de informação sobre o produto e serviço oferecido para possíveis clientes. Ou seja, se o consumidor gostar da sua marca, ele facilmente compartilhará com conhecidos e amigos, da mesma forma que poderá dividir opiniões negativas se tiver uma má experiência. Assim como para atrair os clientes, as redes sociais também são utilizadas para mostrar os valores das empresas, destacando www.informationmanagement.com.br

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 49


to Go e Sit INFORMATION MANAGEMENT | 2021 50 50 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

POR JOSÉ LUIS VARGAS

Vice-presidente executivo e gerente-geral da Provenir América Latina

Dados alternativos capacitando decisões sobre risco de crédito: Todos Ganham!

H

oje, os dados alternativos revelam um novo mundo de informações - localização, presença em redes sociais, histórico de mensagens de texto, histórico de empregos, educação e buscas na internet, e todas podem ter um papel significativo em conduzir uma mudança na tomada de decisões sobre risco de crédito, que não dependa de um relatório de crédito tradicional ou uma declaração de Imposto de Renda, beneficiando quem busca e quem concede crédito.

Latina tenham um smartphone, mas apenas 30% possuem uma relação com algum banco. Portanto, há uma grande necessidade e uma boa oportunidade de atender a essa população mal assistida, oferecendo-lhe formas alternativas de acessar fundos.

Os dados alternativos capacitam as financeiras a obterem melhor entendimento dos clientes atuais e em potencial. Além disso, usar tipos adequados de dados alternativos permite uma visão mais abrangente e precisa do risco de crédito.

A inclusão financeira tem o poder de também impactar setores como o de Pequenas e Médias Empresas, que representam cerca de 99% de todas as empresas latino-americanas e empregam aproximadamente 67% dos profissionais da região, segundo dados da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL).

Atualmente, os credores dependem de métodos tradicionais para criar o raio-x de um potencial cliente. Embora esse possa ser um indicador sólido de risco de crédito, frequentemente há muito mais a se ver, especialmente se não houver uma pontuação de crédito tradicional disponível. Ao mesmo tempo, pessoas sem histórico financeiro no sistema bancário tradicional têm mais chance de obter crédito com base em outros comportamentos digitais não financeiros. Para dar uma ideia, estima-se que mais de 70% dos adultos na América www.informationmanagement.com.br

Dados alternativos se tornam uma porta de entrada para serviços financeiros e trazem essa população desbancarizada ao ecossistema de empréstimos.

Considerado um motor de recuperação econômica, especialmente após a pandemia, esse grupo frequentemente encontra mais obstáculos do que portas abertas ao crédito. PMEs podem achar o acesso a crédito um pesadelo - exigências de papelada e checagens de histórico podem ser tediosas e demoradas, o que significa que elas não têm acesso rápido a fundos, de que muitas empresas pequenas precisam desesperadamente. Os dados alternativos podem ajudar a superar essas

barreiras e ajudar empreendedores a obter acesso a crédito ao criar um perfil mais preciso e completo com rotatividade mais rápida. Esses dados criam novas oportunidades para credores ao ampliar sua base de clientes, além de oferecer a oportunidade de melhorarem seu entendimento sobre os clientes atuais ao suplementar sua visão. Dados alternativos para prevenção a fraudes Como o resto do mundo, a América Latina teve um aumento dramático nas fraudes em 2020. Fontes de dados alternativos, como e-mail, titularidade de telefone, fotos e mais, podem ser usadas para verificar a identidade e, por sua vez, prevenir fraudes. Além disso, financeiras online podem melhorar suas taxas de detecção de fraude, minimizando seus prejuízos por fraudes. Incorporar pontos de dados alternativos em um modelo de risco de crédito pode ajudar a aprimorar o processo de subscrição e permitir decisões mais fortes em que empresas não ficam limitadas na determinação do risco. A exatidão melhora e dados alternativos apoiam estratégias de precificação mais precisas. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 5151 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e i St

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 52 52 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

Modelos de risco de crédito pontuam mais precisamente 90% dos candidatos que teriam sido considerados inexistentes ou com arquivos parcos usando apenas dados tradicionais. Na América Latina, onde quase 56% dos tomadores de decisões de fintechs veem a inclusão financeira como a maior oportunidade para 2022, encontrar uma maneira de prever o risco exato de crédito é um passo essencial para o sucesso. Dados alternativos podem identificar eventos de vida que geram novas necessidades financeiras, como comprar uma casa, ter um filho, ir à faculdade e mais. Essas informações ajudam os credores a entender melhor os clientes adequados para ofertas de upsell e venda cruzada, capacitando-os a oferecer os produtos certos na hora certa, conduzindo uma experiência personalizada e valiosa do cliente. As financeiras podem encontrar e usar dados alternativos usando canais diferentes. Através de um mercado de dados como o oferecido por empresas como a Provenir, os credores podem acelerar e melhorar a precisão de decisões de risco ao selecionar diversas fontes de dados no ecossistema de empréstimo para atender a necessidades individuais. Ao escolher um mercado, as empresas devem selecionar fornecedores de dados que possam apoiar sua estratégia de dados alternativos agora e no futuro. Encontrar os dados alternativos certos é crucial. Combiná-los e criar um modelo de risco de crédito que maximize o ROI pode atingir prospectos, criar novas oportunidades para clientes atuais e oferecer uma experiência www.informationmanagement.com.br

aprimorada de cliente meio de velocidade de chegada ao mercado e menos papelada. Eis alguns dados alternativos possíveis que podem ajudar os credores a construir o perfil de crédito certo por pessoa ou empresa e emprestar com base em uma pontuação ajustada de risco de crédito sem sacrificar a velocidade ou o risco financeiro. • Telecomunicações: Uso de dados, cartão SIM, texto e voz para determinar a probabilidade de inadimplência. • Open banking: Dados financeiros compartilhados entre bancos e outras instituições para obter informações financeiras e transações de pagamentos em tempo real para ampliar base de clientes. • Fluxo de caixa/Finanças: Analisar histórico de rendimento e pagamento, incluindo serviços de TV a cabo, telefonia, utilidades e locação, para prever o risco de crédito quando há dados insuficientes sobre pontuação de crédito tradicional. • Presença nas redes sociais: Posts, seguidores, contatos e fotos em diversas redes sociais que servem para verificar a identidade. • Renegociação de empréstimos: Dados de empréstimo, como datas de pagamento, prazos e locação com opção de compra, que determinam os padrões de pagamento para candidatos de mais alto risco. Empresas na América Latina já estão tendo sucesso em usar alguns dos dados alternativos mencionados. A micro credora sediada no México Baubap, por exemplo, foca em clientes sem histórico de crédito, usando tecnologia própria de subscrição para criar classificações de crédito do cliente por meio

de dados alternativos - tudo que os clientes precisam é ter um título de eleitor válido e um celular Android. Isso permite que recebam um micro empréstimo aprovado de 500 a 5.000 pesos em questão de minutos. Já a argentina Findo utiliza um algoritmo de crédito para analisar dados de aplicativos, renda, contatos e outros no smartphone para criar uma pontuação de crédito móvel, permitindo que a fintech avalie o risco de crédito e ofereça empréstimo instantâneo. Estes são apenas dois exemplos das muitas empresas de empréstimo que encontraram uma forma de expandir sua visão sobre possíveis clientes de crédito, o que abriu as portas para pessoas físicas e jurídicas que encontraram obstáculos ao acesso a boas opções de crédito. Dados alternativos são uma forma de ampliar a tomada de decisões sobre riscos de crédito que podem ajudar consumidores e credores a vencer!

MODELOS DE RISCO DE CRÉDITO PONTUAM MAIS PRECISAMENTE 90% DOS CANDIDATOS QUE TERIAM SIDO CONSIDERADOS INEXISTENTES OU COM ARQUIVOS PARCOS USANDO APENAS DADOS TRADICIONAIS. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 5353 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


Única empresa a mapear e atualizar diariamente operações mercantis para todos os segmentos, nas 27 UF. São mais de 21 milhões de regras tributárias!

Juntos por menos esforço e tributação mais inteligente

to Go e Sit

Gestão, Guarda e Auditoria de Documentos Fiscais Eletrônicos

DFE

Docs

O Systax DFE foi desenvolvido para Gestão, Guarda e Auditoria de variados Documentos Fiscais Eletrônicos, principalmente, as Notas Fiscais Mercantis (“NF-e”).

O módulo DOCS, serve como um repositório de documentos diversos, tendo como sua principal finalidade a padronização de documentos que, por sua natureza, não possuem um padrão definido, principalmente, das Notas Fiscais de Serviços (“NFS-e”). Essa base de padronização conta com cerca de 800 municípios mapeados.

Validação Tributária das NF-e emitidas e recebidas.

Para mais informações sobre nossas soluções para área fiscal e tributária: comercial@systax.com.br

(11) 3177-7707

R. Pamplona, 145 - 11º andar São Paulo/SP

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 54 54 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

systax.com.br www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

POR LUIS ALBEJANTE

Diretor de Produtos da HPE Brasil

O admirável mundo híbrido dos modelos operacionais na nuvem

E

mpresas de todos os tamanhos têm em comum o desejo pela distribuição segura de dados em ambientes na nuvem, a fim de aumentar a agilidade e acelerar a inovação. Elas também buscam conselhos e melhores práticas sobre como fazer isso de forma eficaz para alcançar melhores resultados em seus negócios, evitando custos desnecessários. Embora a maioria dos dados ainda se encontre nos próprios da-

www.informationmanagement.com.br

tacenters das empresas, e não na nuvem pública, outros tipos de dados coletados, processados e gerenciados na borda - fora dos data centers tradicionais ou nuvens públicas - devem crescer para mais de 50% na borda em 2023, de acordo com o Gartner - e gerenciar fluxos de trabalho nesses sites remotos, além dos locais, para garantir conectividade, conformidade e segurança sempre ativas da maneira mais econômica, não é uma tarefa fácil.

Requer plataformas, recursos e serviços de assessoria e consultoria para construir um modelo que permita que sistemas e aplicações se conectem e se comuniquem rapidamente, de forma que a organização possa gerenciar, proteger e capitalizar todos os seus dados, da borda à nuvem. Abrir caminho para diferentes experiências na nuvem, com uma estrutura mais abrangente é o modelo que permite que as organizações INFORMATION MANAGEMENT | 2021 5555 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e i St

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 56 56 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

encontrem a combinação certa para suas estratégias híbridas, diminuindo o risco em sua jornada de experiências, além de adotar modelos operacionais que visem o processamento de dados, geração de insights e garantia de proteção e soberania, não importa onde estejam localizados. Ao contrário das estruturas, que são amplamente focadas na transição para ambientes na nuvem pública, é possível optar por transformações mais amplas. Na nuvem privada, nuvem pública e na borda, o que permite as empresas avaliarem seus níveis de maturidade em todos os domínios-chave é a comparação com seus pares e outros modelos do setor. Os serviços na nuvem, que incluem suporte para armazenamento, IA, machine learning, computação de alto desempenho e ge-

www.informationmanagement.com.br

renciamento de contêiner, permitem que as organizações executem perfeitamente qualquer tipo de aplicação e escalem onde haja demanda. Empresas que adotam um ambiente na nuvem em qualquer lugar estão, ao mesmo tempo, não apenas reduzindo riscos, mas optando por agilidade e simplicidade, com a governança, conformidade e transparência. É uma adaptação que deixa de ser tendência para se tornar uma realidade global, independentemente do mercado, em diferentes setores. Ao optarem por um conjunto mais robusto de metodologias, serviços e modelos operacionais da borda à nuvem do setor, estão transformando seus ambientes, gerando valor mais rapidamente e melhorando as experiências para seus clientes.

ABRIR CAMINHO PARA DIFERENTES EXPERIÊNCIAS NA NUVEM, COM UMA ESTRUTURA MAIS ABRANGENTE É O MODELO QUE PERMITE QUE AS ORGANIZAÇÕES ENCONTREM A COMBINAÇÃO CERTA PARA SUAS ESTRATÉGIAS HÍBRIDAS.

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 5757 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


Aumente a produtividade da sua empresa digitalizando processos burocráticos. A Latourrette Consulting tem diversas soluções que simplificam sua gestão de negócio. Faça parte da transformação digital. saiba mais

58 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ACOMPANHE A TRANSFORMAÇÃO DAS EMPRESAS D E S U C E S S O.

to Go e Sit

www.informationmanagement.com.br

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 59


MARCELLO BOSIO

Head de Digital Solutions da Meta

A inovação requer que sejamos todos os dias “inconformados positivos”

Q

ue o mundo está em constante mudança isso todos sabemos, mas depois de quase dois anos da pandemia do Coronavírus é possível enxergar diversas transformações no jeito em que se vive, principalmente no cenário mercadológico. Para além disso, entraram em pauta os conceitos de inovação e transformação digital e o quanto ambos são importantes para a vida profissional. Muitas pessoas se sentem travadas por não saberem o ponto de partida desse movimento. Mas, afinal, o que é inovação e até onde ela está ligada ao digital? Antes de querer mudar o externo, a mudança deve começar em si. O modo como a mente trabalha está ligada à maneira como os indivíduos se posicionam e agem no cotidiano, aqui pensando, acima de tudo, no dia a dia corporativo. Logo, a mudança de mindset e o inconformismo gerado por essa reconfiguração mental são os primeiros passos em direção à inovação, ainda mais quando sua casa passa a ser também seu ambiente de trabalho. Quando a decisão de modificar a mentalidade é tomada, é formada uma inquietação, a qual resulINFORMATION MANAGEMENT | 2021 60 60 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

ta na necessidade de partir para a ação. É válido lembrar que nada em excesso faz bem, logo esse sentimento deve ser equilibrado e não se tornar uma revolução, porque bom mesmo é ser um “inconformado positivo”.

Por mais que a teoria pareça fácil, sair da zona de conforto sempre é desafiador para qualquer indivíduo. E no ambiente corporativo, nós gestores devemos estar sempre atentos às possíveis renovações de modelos de atuação. www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

Quando demonstramos confiança em nossa equipe e passamos a ela segurança, como por exemplo o fato de que se algo não sair como planejado, eles serão compreendidos, a iniciativa de sair daquele lugar que já não nos cabe fica mais acessível. Em geral, o medo da punição é o que trava esse novo passo. E, veja bem, essas ações não requerem o uso direto de tecnologia. A opção tech é um dos meios para se alcançar a inovação, mas não tem um lugar absoluto nesse processo. Do que adianta o colaborador ser mestre no digital, mas ter insegurança e não ser incentivado a se reinventar? Pois bem, isso mostra como a cultura de inovação faz o conhecimento técnico ser secundário nessa adoção. Na matéria da Forbes publicada em janeiro desse ano que destaca as empresas mais inovadoras do Brasil, a professora de inovação e pensamento crítico da escola de negócios Insper e sócia da Mauá Capital Carolina da Costa, explora bem esse conceito: “Inovação, a partir da realidade que vemos hoje, deve ter três eixos: qual o impacto dos produtos para o planeta; se a forma como são produzidos é inclusiva; e qual é a sua visão de longo prazo”.

QUANDO DEMONSTRAMOS CONFIANÇA EM NOSSA EQUIPE E PASSAMOS A ELA SEGURANÇA, COMO POR EXEMPLO O FATO DE QUE SE ALGO NÃO SAIR COMO PLANEJADO, ELES SERÃO COMPREENDIDOS, A INICIATIVA DE SAIR DAQUELE LUGAR QUE JÁ NÃO NOS CABE FICA MAIS ACESSÍVEL.

motivador para nos mantermos inquietos: comece aos poucos, pois até as pequenas mudanças podem ser inovadoras. Assim como sugere a inovação incremental, que pode ser elucidado como um lego, cada bloco colocado vai formando coisas novas, vai melhorando suas habilidades e criando novas capacidades. A partir do momento que a mente se reconfigura, uma atitude é tomada e, consequentemente, é gerada a mudança, e assim a inovação está começando a se realizar. Para você dar o seu start, fica a dica: almoce com alguém que nunca imaginou. Veja pontos de vista diferentes do seu, adquira conhecimentos de mundo, converse com pessoas mais velhas e com mais experiência, conheça pessoas mais novas e entenda o mundo atual. Vire a chave e se inove!

Esses três pontos não necessariamente incluem soluções altamente tecnológicas para que leve uma empresa a ser considerada inovadora. “Ser inovador é se adiantar, é olhar na frente e entender as dores da sociedade para que eu cumpra meu papel social como empresa”, completou a acadêmica. Que essa interpretação seja um www.informationmanagement.com.br

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 6161 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e i St INFORMATION MANAGEMENT | 2021 62 62 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

POR MATHEUS RAPOSO

Consultor master em Riscos e Performance na ICTS Protiviti

Biometria comportamental: eficácia e redução de custos nas plataformas digitais guem concluir suas jornadas nas plataformas digitais.

P

revenir fraudes e chargebacks, aumentar a taxa de aprovação das transações e reduzir os custos com ferramentas antifraude certamente são alguns dos principais objetivos e resultados-chave presentes em praticamente todas as estruturas antifraude de plataformas digitais, como e-commerces, fintechs e até mesmo bancos digitais. No entanto, orquestrar um sistema de prevenção a fraudes que seja capaz de garantir a superação

www.informationmanagement.com.br

Além disso, a eficácia das avaliações fica comprometida nas abordagens transacionais de antifraude, já que temos vivenciado cenários de mega vazamentos de dados, sendo o maior deles de 223 milhões de brasileiros, que aconteceu no início de 2021. Como tais algoritmos basicamente comparam os dados cadastrais e transacionais de usuários ao histórico de transações previamente realizadas pelo usuário para direcionar a tomada de decisão quanto a aprovação ou reprovação da transação, um fraudador, em posse de dados de usuários com bom histórico, pode burlar estas camadas de proteção tradicionalmente utilizadas. das expectativas em todos esses quesitos pode ser uma tarefa desafiadora. Isso porque, muitas vezes, as abordagens tradicionais das ferramentas antifraude transacionais operam de modo a torná-los parte de um trade-off. Por exemplo, para garantir um nível de controle de chargeback, as taxas de aprovação geralmente costumam cair, o que pode gerar comprometimento da experiência de usuários e até mesmo a frustração de clientes fiéis que não conse-

A abordagem da biometria comportamental parte do pressuposto de que o indivíduo mal-intencionado pode até conseguir fraudar os dados inseridos para efetuar transações, mas não consegue enganar o comportamento adotado durante a sessão. Sua conduta no decorrer de toda a jornada, desde o momento que começa a interagir com a aplicação ou com a plataforma web, mesmo antes de efetuar seu login, já começa a ser avaliada para identificar riscos de fraudes antes da monetização, ou INFORMATION MANAGEMENT | 2021 6363 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


#outubrorosa

UMA RELAÇÃO DE CONFIANÇA

Transformação Digital Gestão de Dados Digitalização Guarda de Documentos Cloud Storage Automação de Processo @paarquivos www.paarquivos.com.br

(71) 99106-9938

to Go e Sit INFORMATION MANAGEMENT | 2021 64 64 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

seja, quando aquela sessão se converte em uma transação. Isso aumenta o tempo para reação e permite, por exemplo, criar desafios para se certificar de que realmente se trata do próprio titular da conta realizando uma transação, e não um fraudador com o objetivo de se beneficiar financeiramente com as transações. Tudo isso sem nenhum tipo de comprometimento da fluidez da experiência do usuário na plataforma. Pela biometria comportamental, são avaliadas mais de 200 variáveis de comportamento do usuário, desde a navegação e padrão de uso, passando pelos atributos de dispositivo e da rede. Tudo por meio de um algoritmo de inteligência artificial, que além de atribuir um score para o risco de fraude, oferece insights que explicam o que disparou o alerta, permitindo conhecer casos e modus operandi de fraude, além de facilitar a integração com outras soluções desta esteira. Outro ponto que merece destaque é que geralmente o custo com as ferramentas antifraude transacional é variável e depende da quantidade de transações analisadas no ambiente da empresa, sejam elas aprovadas ou não. Assim, ao adotar uma camada adicional de proteção que analisa as características da sessão, é possível reduzir o volume de análises solicitadas para as soluções de antifraude transacionais, reduzindo os custos totais, uma vez que a licença da ferramenta de biometria comportamental é anual e tem um custo fixo acordado no início do período, sem surpresa ou valores adicionais. Recomenda-se incialmente projetar uma redução de custos www.informationmanagement.com.br

baseada naquelas sessões de score de riscos mais elevados. Num segundo momento, com maior segurança na camada de biometria comportamental e com o avanço do treinamento do algoritmo para identificar transações com baixo risco de fraude, é comum que as empresas passem a abrir mão também das análises de ferramentas transacionais para aquelas sessões com risco de fraude muito baixos, otimizando ainda mais sua estrutura de custos com antifraude. Mesmo para aquelas sessões com score de fraude mediano em que a abordagem mais recomendada continua sendo a utilização de pelo menos mais uma camada de proteção composta por uma ferramenta de antifraude transacional, existem soluções cuja proposta é garantir a maior taxa de aprovação possível, se comprometendo com a restituição de todo o chargeback em virtude da aprovação de falsos positivos.

PELA BIOMETRIA COMPORTAMENTAL, SÃO AVALIADAS MAIS DE 200 VARIÁVEIS DE COMPORTAMENTO DO USUÁRIO, DESDE A NAVEGAÇÃO E PADRÃO DE USO, PASSANDO PELOS ATRIBUTOS DE DISPOSITIVO E DA REDE.

Desse modo, por meio da orquestração de um sistema de prevenção a fraudes composto de camadas integradas de proteção considerando toda a jornada, desde o início da sessão, com a avaliação da biometria comportamental, e as análises otimizadas de uma ferramenta de antifraude transacional que assegure os diagnósticos, é possível vencer o desafio de aumentar a taxa de aprovação, controlar fraudes e chargebacks e diminuir custos com ferramentas antifraude transacionais sem comprometer a experiência de clientes em plataformas digitais. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 6565 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


POR NATÁLIA CABRINI

Diretora de Estratégia de Mercado e Vendas da Wolters Kluwer para a América Latina.

Como analisar o retorno das iniciativas digitais das instituições de saúde?

A

adesão de novas tecnologias sempre esteve na agenda prioritária das instituições de saúde, no entanto, a irrupção da pandemia impulsionou este movimento de maneira ainda mais significativa. De acordo com um estudo realizado pela International Data Corporation, o investimento em tecnologias no setor de saúde, na América Latina, deve atingir US$ 1.931 milhões até 2022. Nesse sentido, o mercado de saúde digital vem se destacando justamente INFORMATION MANAGEMENT | 2021 66 66 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

por oferecer uma série de benefícios que aprimoram a operação dos hospitais. Mas, como e por que analisar o retorno das iniciativas digitais nas instituições? De acordo com CEO da FOLKS, Dr. Claudio Giulliano, o retorno sobre investimento (ROI) na área da saúde digital tornou-se um indicador fundamental. Segundo o especialista, métricas como o ROI, podem ajudar as instituições de saúde a obterem métodos efetivos para

estimar e comprovar a importância de se investir na saúde digital. No entanto, é necessário considerar que os hospitais contam com diferentes realidades, especialmente no Brasil. Por isso, é preciso analisar primeiramente, o modelo de negócio da instituição para então determinar se realmente a aplicação de determinadas tecnologias são válidas. Além do ROI, outras métricas como Payback e Net Present Value (Valor Presen-

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

e custo. Calcular o ROI não é uma tarefa fácil, pois, muitas vezes, demanda uma avaliação de custos ocultos. Por essa dificuldade, muito frequentemente, as instituições de saúde costumam elencar os benefícios qualitativos. B e n e f í c i o s qualitativos das ferramentas digitais na área da saúde

te Líquido) - que considera a taxa de atratividade, têm sido cada vez mais utilizadas no setor. No cálculo do ROI, por exemplo, incluir os ganhos financeiros com o projeto, as despesas e os custos são requisitos indispensáveis para garantir um resultado assertivo. Por que vale a pena calcular o ROI? Principalmente no caso de novos projetos, o ROI é um meio de justificar o recurso investido, uma vez que comprova a existência do retorno financeiro. Isto significa mensurar os resultados e analisar o impacto para garantir a priorização. Neste caso, é importante utilizar quadrantes para medir a priorização, impacto e retorno, tempo e custo. Este processo permite identificar os projetos de alto impacto, alto retorno e baixo tempo

www.informationmanagement.com.br

Certamente a área da saúde digital conta com diversos benefícios que podem ser explorados qualitativamente. As ferramentas digitais aplicadas à área da saúde trazem segurança ao paciente e qualidade assistencial, além de oferecer ao hospital maior eficiência operacional e redução de custo. Ainda com relação às vantagens qualitativas, pode ser que, com a implementação de um novo projeto, ocorra uma melhoria clínica que se reverta, no futuro, em aprimoramento operacional, gerando retorno financeiro. Desta forma, é possível otimizar, por exemplo, a assertividade de um diagnóstico, evitar um evento adverso ou, até mesmo, reduzir o tempo médio de permanência do paciente no hospital, fatores que impactam diretamente o financeiro, uma vez que resultam em economia de diárias e aumento do giro de leito na instituição. Os modelos de cálculo de retorno sobre o investimento buscam sim-

plificar uma realidade complexa, já que o cenário de saúde e de medição de impacto de soluções digitais são bastante desafiadores. Alguns exemplos de medidas operacionais importantes incluem a redução do tempo de desfecho, da quantidade de erros ao longo da jornada de cuidado do paciente, além do aumento da segurança do paciente. Vale ressaltar que no segmento da saúde todo o ecossistema está interligado, por isso, é essencial determinar o retorno em áreas críticas como clínica, operacional e financeira. O investimento em saúde digital não apenas promove um controle sobre todos esses aspectos, como garante ganhos significativos inclusive aos pacientes, que, ao final, são o objeto de preocupação prioritário de qualquer instituição de saúde.

AS FERRAMENTAS DIGITAIS APLICADAS À ÁREA DA SAÚDE TRAZEM SEGURANÇA AO PACIENTE E QUALIDADE ASSISTENCIAL, ALÉM DE OFERECER AO HOSPITAL MAIOR EFICIÊNCIA OPERACIONAL E REDUÇÃO DE CUSTO.

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 6767 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


68 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


to Go e i St

www.informationmanagement.com.br

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 69


SOLUÇÕES EM BPO E GESTÃO

DE DOCUMENTOS SOLUÇÕES EM BPO E GESTÃO DE DOCUMENTOS

Conjunto de soluções com foco em automatizar os processos de negócio e a gestão documental de sua empresa

A Central Inf atua no segmento de BPO (Business Process Outsourcing) e de Gestão de Documentos disponibilizando soluções e processos com o mais alto padrão de qualidade e tecnologia, além de equipe treinada e especializada. Através de uma acessoria personalizada, desenhamos soluções exclusivas para os departamentos e verticais de sua empresa. Nosso objetivo é ser maisque um fornecedor, é ser seu parceiro de negócio, trazendo melhorias significativas nas operações de backoffice e permitindo que você concentre seus esforços em ações estratégicas.

to Go e Sit

SISTEMAS ESPECIALIZADOS PARA AUTOMAÇÃO DE PROCESSOS E GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS

SIMPLIFICANDO PROCESSOS

INOVAÇÃO

EFICIÊNCIA

Soluções Web integradas para o Gerenciamento de processos, informações e Documentos.

Serviços executados com adoção de melhores práticas do mercado e equipe permanentemente treinada e capacitada.

SEGURANÇA

INFRAESTRUTURA DE PONTA

Controles e procedimentos rigorosos para garantir a segurança física e lógica de nossas instilações e operações.

Data Center com servidores virtualizados de última geração com redundância de dados, link dedicado, geradores de energia entre outros.

A POLÍTICA DE QUALIDADE DA CENTRAL TEM O COMPROMISSO DE ATUAR COM OS SEGUINTES VALORES: Confiabilidade

Qualidade na prestação de serviços e aprimoramento constante de nossos processos internos.

Desenvolvimento pessoal

Treinamento e qualificação de nossos colaboradores com foco no trabalho em equipe.

Visão estratégica

Busca constante por inovação tecnológica.

Contato Matriz INFORMATION MANAGEMENT | 2021 Avenida Francisco Matarazzo, 524 Bloco 01 (11)3665-2000 | (11)3668-2000 70 70 INFORMATION MANAGEMENT | 2021 falecentral@centralinf.com.br Água Branca / CEP: 05001-000 | São Paulo/SP

Filial Avenida Piracema, 1411 Galpões 11 e 12 www.informationmanagement.com.br Tamboré / CEP: 06460-030 | Barueri/SP


ARTIGO

PAULO HENRIQUE PICHINI

CEO & President da Go2neXt Digital Innovation

O difícil equilíbrio entre a UX e o atrito causado pela cyber segurança: grande desafio para o Brasil em 2022

P

or meio de um smartphone ou de um notebook, um usuário interage com uma aplicação. Visitando uma loja física, o consumidor vivencia um ambiente digitalizado por meio de sensores. Nos dois casos, a pessoa percebe, com maior ou menor clareza, a presença de tecnologias em sua jornada profissional ou pessoal. O que o usuário raramente vê, no entanto, é a imensa infraestrutura de TI, Telecom e Segurança que se organiza em camadas, em ambientes on-premises e na nuvem, gerenciadas por centenas ou milhares de pessoas empenhadas em atingir uma meta: oferecer a melhor UX possível. Há uma disputa acirrada entre empresas para conquistar essa vitória – o prêmio é alto. Segundo pesquisa realizada pela Forrester em 2019, nos EUA, cada dólar investido na evolução da UX produz um retorno de 100 dólares, um ROI de 9.900%. A UX ou User Experience é focada no modo como o usuário interage diretamente com um prowww.informationmanagement.com.br

duto ou um serviço. A usabilidade de um ambiente físico ou de uma interface digital tem de ser funcional, intuitiva, demandando o mínimo de suporte ou treinamento. Na era da instantaneidade, uma das métricas principais é a velocidade de resposta. Um estudo da consultoria eCon-

sultancy mostra, por exemplo, que a baixa performance de portais de e-Commerce norte-americanos causou perdas de US$ 2 bilhões em 2020. Dados como esse apontam para uma ambição primordial: criar um espaço físico, digital ou phygital – que integra esses dois tipos de ambientes – persuasivo, com uma UX que dê prazer ao usuário. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 7171 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


+55 (61) 3521-5600 www.provervnext.com.br

O jeito inteligente de organizar os documentos da sua empresa

to Go e Sit

Digitalização Documentos impressos também no ambiente online

OPTICAL CHARACTER RECOGNITION Converta imagens de texto em texto real

DOCUMENTO MODELO Criação de templates com preenchimento online

ASSINATURA ELETRÔNICA OU DIGITAL Solicite ou envie assinaturas com validação jurídica

ARMAZENAMENTO EM NUVEM Gerenciamento de arquivos em nuvem, fácil e seguro

APPLICATION PROGRAMMING INTERFACE Integração entre sistemas que possuam linguagem totalmente distintas INFORMATION MANAGEMENT | 2021 72 72 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

Hoje essa busca é feita em um contexto diferente de períodos anteriores O Brasil se tornou um dos maiores alvos globais de ciberataques. Somente no primeiro semestre de 2021, o país foi vítima de mais de 9 milhões de ataques de ransomware. Essa realidade faz com que, diariamente CIOs, CISOs e líderes das áreas de negócio lutem com um desafio: como entregar a melhor UX e, ao mesmo tempo, proteger a organização de ações criminosas cada vez mais inovadoras e eficazes? O ponto central dessa disjuntiva é que, onde há ameaças, há a presença de controles de segurança digital. A necessidade de proteger os negócios e os dados de clientes e colaboradores contra ações de gangues digitais coloca pedras no caminho da boa UX, gerando atritos que irritam os usuários e podem levar a perdas financeiras reais. O estudo Zero Friction Future, do Facebook IQ, que utiliza BigData/ Analytics para realizar descobertas sobre os usuários dessa rede social, mostrou que esse problema levou o e-Commerce brasileiro a perder 38 bilhões de reais em vendas em 2019. Esse quadro é corroborado por um estudo realizado em dezembro de 2020 pela consultoria em melhoria contínua UX Center UIE. A partir da análise dos logs de um gigante de e-Commerce norte-americano, descobriu-se que problemas com senhas levaram 75% dos clientes a desistirem da compra. Como, então, equilibrar a perfeita UX e a necessidade de manter o ambiente digital seguro?

www.informationmanagement.com.br

A resposta passa pela adoção da abordagem “Security By Design” em todas as fases de desenvolvimento do ambiente virtual ou físico. Estudo produzido pela EY norte-americana em 2021 a partir da entrevista com 1300 CISOs mostra que, em 65% das empresas consultadas, os bloqueios de cyber segurança só entram em cena quando vulnerabilidades no ambiente digital já foram exploradas. Embora esse estudo seja focado nos desafios de segurança, essa descoberta aponta, também, para os problemas em UX causados por essa visão gerencial. O fato de se adicionar os controles de segurança depois que todo o

ambiente digital foi implementado irá implicar, fatalmente, em maior atrito para os usuários. Inteligência Artificial e Machine Learning Do ponto de vista de tecnologia, o mercado já conta com ofertas baseadas em Inteligência Artificial e Machine Learning que conseguem, a partir de uma análise comportamental sobre o perfil de cada usuário, ir além de estratégias de autenticação tradicionais como senhas. Trata-se de uma abordagem que explora a riqueza de Biglakes/Analytics para identificar padrões, separando usuários lícitos de criminosos digitais.

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 7373 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


automação de

CONTAS A PAGAR Robôs para lançamento de notas fiscais Buscadores de documentos nas origens Extração de dados de documentos Validações automáticas dos campos

Com uma visão integrada, automatizamos processos de pagamentos desde a captura da imagem ao lançamento no sistema, alinhando as regras de negócio aplicáveis à cada tipo de documento fiscal ou não fiscal pertinente, utilizando as tecnologias de OCR e RPA.

Robôs personalizados para o seu ERP Mais produtividade com zero digitação Redução de custos operacionais Suporta o crescimento do negócio

go to site to Go e Sit

Base de conhecimento de documentos:

NFS-e NF-e CT-e

Energia Boletos Notas de Água débitos Telefonia bancários e recibos

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 74 74 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

(011) 2429-9160 vendas@earqconsultoria.com www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

na, o quanto redes que têm de atuar de forma segmentada estão efetivamente isoladas umas das outras. Em termos de UX, a meta inicial é verificar a usabilidade desse novo ambiente. Num segundo estágio, é recomendável realizar testes-pilotos com grupos de usuários. Quanto mais variado esse grupo de pessoas em termos geracionais, mais precisa será a avaliação sobre o nível de atrito e, também, o grau de encantamento da UX gerada pelo projeto. A aceleração digital trazida pela pandemia avança, em 2022, para uma era em que a maturidade dos ambientes determinará o sucesso de uma organização. Quem conseguir aliar desde o momento zero de um novo projeto a melhor UX e a melhor cyber segurança conquistará um diferencial real.

É recomendável, também, contar com serviços consultivos que aliem inovação e cyber segurança desde o momento zero. O provedor de serviços irá primeiramente entender o desafio de negócios da empresa e, a partir daí, desenvolver um projeto sob medida para essa demanda. Esse integrador tem de ter expertise em UX e, também, contar com profissionais com expertise nas mais avançadas ameaças digitas e nas tecnologias para enfrentar esses desafios. Testing, testing, testing Um ponto essencial para o sucesso dessa empreitada é a fase

www.informationmanagement.com.br

de testing. A complexidade do projeto que alia infraestrutura e segurança desde seu nascimento exige que se realizem testes em laboratório durante todo o processo, simulando não só o ambiente de produção, mas, também, a experiência do usuário. Essa ultra estratégica fase checa – em relação à cyber segurança – pontos como o reconhecimento de qual é a nova superfície de ataques, se essa superfície está sendo monitorada 24x7 em busca de vulnerabilidades ou incidentes (tentativas de ataques), quais respostas de segurança são default e quais são acionadas com intervenção huma-

A NECESSIDADE DE PROTEGER OS NEGÓCIOS E OS DADOS DE CLIENTES E COLABORADORES CONTRA AÇÕES DE GANGUES DIGITAIS COLOCA PEDRAS NO CAMINHO DA BOA UX, GERANDO ATRITOS QUE IRRITAM OS USUÁRIOS.

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 7575 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


POR RAFAEL LATEGAHN

Diretor da área Digital Business da Engineering

Integração via APIs: novos modelos de negócios e aumento de marketshare quesito integração, há facilidade ao conectar dois ou mais aplicativos para interagirem entre si, tornando as conexões on-lines diversificadas e necessárias. Entre as muitas funcionalidades, podemos citar as plataformas que se conectam com um site externo, como o Google ou portais de pesquisas de viagem; os pagamentos on-line via Mercado Pago e PicPay, por exemplo; as mensagens instantâneas por chatbots e WhatsApp integrado com e-commerce e o compartilhamento entre redes sociais.

C

om o dinamismo que as novas tecnologias vêm proporcionando ao mercado, as empresas buscam cada vez mais melhorar a produtividade, a experiencia e o time-to-market de produtos e serviços. Um ponto importante nessa busca é o fator agilidade somada à inovação e, nesse quesito, a integração via API (em português, Interface de Programação de Aplicativos) se torna uma importante aliada, uma vez que seu conjunto

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 76 76 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

de rotinas e normas de programação possibilita a comunicação entre diferentes plataformas, oferecendo mais segurança e praticidade na integração de parceiros e clientes. Esses padrões mantidos na API contribuem para a entrega de produtos cada vez mais ricos para os usuários, como por exemplo, a criação de aplicativos e demais plataformas de uma maneira mais ágil e simples. No

Assim como as diversas funcionalidades com APIs contribuem para a melhor experiência dos usuários, os benefícios também se estendem às empresas que se utilizam da integração desses dados. Grandes empresas estão conseguindo escalar e criar modelos de negócios, além de ampliar o leque de produtos e serviços, ou seja, estão otimizando o modo como se relacionam com os parceiros e, ao mesmo tempo, ampliando seu market share por meio da capitalização daquilo que não

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

pois eliminam a necessidade de desenvolver todas as aplicações do zero e criar as funcionalidades pertinentes à proposta do projeto e integrá-las, sem contar na contribuição para uma gestão otimizada, o que proporciona uma comunicação clara entre os sistemas. A integração via APIs tem sido fundamental na construção de plataformas robustas, capazes de atender as exigências dos consumidores com suas diversas funcionalidades. Inovar com agilidade, ampliar os serviços sem ter a necessidade de criar uma plataforma do zero e ainda com gastos enxutos e maior eficiência deixou de ser apenas uma tendência e se transformou em um conjunto de definições e protocolos que vieram para ficar.

faz parte do seu negócio. Ou seja, ganha a empresa, ganha o parceiro e ganha o consumidor, que passa a acessar um leque de produtos ou serviços a partir de uma mesma plataforma. Um exemplo prático acontece quando uma empresa de telecom, que vende celulares, abre suas APIs para uma seguradora. Numa mesma plataforma, o cliente compra um aparelho mais o seguro. Neste cenário, a empresa de telecom amplia sua oferta e, consequentemente sua capitalização, ganhando assim, uma fatia da transação de seguros. Em contrapartida, a seguradora tem acesso a todos os clientes da telecom, ampliando suas possibilidades de vendas.

www.informationmanagement.com.br

Quando avaliamos a questão da gestão, de maneira macro, a integração em um mesmo ambiente beneficia amplamente as atividades e a produtividade das empresas, visto que, em vez de lidar com diversos sistemas, cada um com parâmetros específicos, será possível controlá-los e acessá-los em um único lugar. Já numa visão mais detalhada, também há vantagens ao lidar com dados que trafegam em ambientes integrados. Outro ponto positivo do uso dessa tecnologia é o aumento da segurança das informações devido aos padrões e à sua estrutura, que possibilitam uma troca de dados com o máximo de segurança. Além desses benefícios, as APIs proporcionam redução de custos,

ASSIM COMO AS DIVERSAS FUNCIONALIDADES COM APIS CONTRIBUEM PARA A MELHOR EXPERIÊNCIA DOS USUÁRIOS, OS BENEFÍCIOS TAMBÉM SE ESTENDEM ÀS EMPRESAS QUE SE UTILIZAM DA INTEGRAÇÃO DESSES DADOS. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 7777 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


PLATAFORMA ADAPTÁVEL

ECM/BPMS Adaptável ao seu modelo de negócio, de acordo com os processos vigentes da sua empresa. Impulsionamos a transformação digital garantindo a

governança da informação

COM O GREENDOCS VOCÊ PODE • Ter acesso rápido a documentos digitais e físicos, disponibilizados conforme normas e padrões exigidos. • Armazenar e visualizar arquivos online, dispensando downloads, instalações ou licenças. • Ter uma interface responsiva, permitindo acesso através de tablets e celulares.

• Sistema disponível em diferentes

• Ter relatórios, dashboards, formulários

idiomas, integrando clientes e

e listas personalizáveis.

fornecedores ao redor do mundo. • Controle total das alterações realizadas nos itens, aprovações, prazos e treinamentos. • Histórico acurado e rastreabilidade dos acessos. Saiba quem fez o que e quando. • Implantação, implementação, automatização e integração com outros sistemas.

to Go e i St

Aponte a câmera do seu celular para o código e tire todas as suas dúvidas através do WhatsApp

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 78 78 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

RANJITH RAJ GNANAPRAGASAM

Gerente de Produto na ManageEngine

As oito melhores práticas para manter seguras as aplicações empresariais em nuvem

O

crescimento exponencial dos serviços de nuvem pública para ambientes de trabalho indica que informações críticas para os negócios estão sendo carregadas, baixadas e amplamente compartilhadas diariamente. Segundo o relatório da IDC As 10 previsões de TIC para 2021, os gastos somados com infraestrutura (IaaS) e plataforma (PaaS) em nuvem pública no Brasil devem atingir US$3 bilhões em 2021, o que representa um crescimento de 46,5% em relação a 2020. Por isso, há uma necessidade urgente de avaliar e controlar o uso de recursos corporativos on-line, a fim de evitar roubos e exposição de dados, além de perdas de informações digitais valiosas por conta de negligências ou distrações. Além disso, de acordo com o relatório de custo da violação de dados de 2021, realizado pela IBM, a migração constante para a nuvem é o terceiro principal fator que mais aumenta o custo de uma violação de dados.

protocolos rígidos de rede e medidas de segurança ajudarão a garantir o uso seguro de aplicações cloud em toda a organização.

Muitos dos incidentes de invasão resultam de erros humanos, malwares, credenciais fracas, entre outros fatores. Nesses casos,

Aqui estão algumas das melhores práticas que empresas podem implementar para proteger a infraestrutura de TI:

www.informationmanagement.com.br

Reforce as medidas de controle de acesso Uma boa dica é aplicar um modelo de Zero Trust ou de privilégio mínimo para garantir que os funcionários tenham, inicialmente, apenas as autorizações necessárias para realização das suas INFORMATION MANAGEMENT | 2021 7979 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e Sit

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 80 80 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

funções em aplicações cloud. As empresas também podem empregar autenticações multifatoriais que utilizem credenciais adicionais do usuário final - incluindo aquelas que devem ser de propriedade física do usuário, como uma impressão digital para verificar a identidade e reduzir a possibilidade de credenciais comprometidas. Segurança do tráfego de rede Por padrão, para proteger os dados contra intercepções não autorizadas em sistemas cloud, as organizações devem usar somente aplicações com o padrão HTTPS, que codifica o tráfego de rede. Nesse momento, a sugestão é que as companhias rastreiem e examinem as solicitações e transmissões HTTP não seguras, que contornam a camada de soquete seguro (SSL) dentro da organização e confirmem sua legitimidade. Ganhe visibilidade no uso de aplicações cloud Áreas responsáveis dentro das empresas devem acompanhar tanto as solicitações de falhas de acesso quanto as bem-sucedidas, entendendo quem acessou qual aplicação, em qual data e de qual localização, a fim de obter informações sobre o tráfego de rede na organização. Além disso, é interessante observar detalhes sobre as atividades de upload e download de dados, aplicando a inspeção profunda de pacotes.

www.informationmanagement.com.br

Habilite buscas proativas de ameaças

Garanta a proteção contra malware

Outra dica valiosa é utilizar o Machine Learning para detectar e investigar atividades suspeitas no ambiente virtual das empresas, incluindo picos ininteligíveis na taxa de atividade, uso de endereços IP de risco e padrões de compartilhamento de dados que violem as políticas de DLP. As organizações podem executar testes de penetração de rotina que verifiquem periodicamente possíveis vulnerabilidades no ambiente da nuvem.

O serviço Safe Browsing, da equipe de segurança de TI do Google, registrou um total de 2.145.013 sites de phishing e 28.803 sites de malware em 17 de janeiro de 2021, o que representa um aumento de 25% em relação ao mesmo período do ano passado. Para uma navegação segura, as companhias podem habilitar a filtragem de URLs para bloquear aplicações cloud que sejam consideradas inseguras, inadeINFORMATION MANAGEMENT | 2021 8181 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


A ATS Tecnologia está no mercado há mais de 20 anos, oferecendo soluções inovadoras capazes de tornar mais simples e mais ágeis as operações diárias de seus clientes, garantindo o aumento de produtividade e a total segurança de seus dados.

to Go e Sit

AUTOMATIZE SUAS TAREFAS! A ATS utiliza as melhores ferramentas, oferecidas por parceiros considerados referências mundiais, como UiPath, OpenText, Workshare, SoftExpert, Litera, Alfresco, Equinix entre outros. O conhecimento técnico e a empatia a torna capaz de personalizar as soluções na medida exata para cada um de seus clientes.

Automação da Elaboração de documentos

Comparação automática de documentos

Repositório inteligente de documentos (ECM)

Automação do fluxo de trabalho com dashboard (BPM)

Automação de tarefas com robôs (RPA)

Infraestrutura em nuvem e Plano de Continuidade de Negócios

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 82 82 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

11 3871-4119 www.atstecnologia.com.br www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

companhias devem realizar a codificação de dados críticos ao negócio antes de movê-los para novas plataformas, ou utilizar soluções cloud que garantam a encriptação dos dados em repouso. Preserve dados cloud usando CASB Um corretor de segurança de acesso cloud (CASB) ajuda a inspecionar o tráfego de entrada e saída da rede por meio de soluções cloud sancionadas, não sancionadas ou de sombra.

quadas, ou que poderiam expor os funcionários a malwares, fraudes de phishing, tentativas de roubo de credenciais, spywares, campanhas de spam, entre outras.

Organizações podem usar um CASB para alavancar e reforçar as políticas de prevenção contra vazamento de dados (DLP) usadas em soluções on-premise para várias aplicações cloud. Uma integração perfeita entre as soluções CASB e DLP ajuda a proteger dados sensíveis contra vazamento, roubo e exposição.

Criptografe dados em plataformas cloud

Restrinja o uso de dispositivos inseguros e não gerenciados

Empresas também podem codificar ou tornar os dados armazenados em sistemas anônimos, com o objetivo de garantir e resguardar a privacidade dos consumidores. Nas mãos de invasores, dados criptografados se tornam inúteis sem suas chaves.

Com a recente tendência de BYOD (Bring Your Own Device), que consiste na utilização de equipamentos próprios, o uso de dispositivos não gerenciados disparou.

Um ponto de atenção é que as

www.informationmanagement.com.br

De acordo com o relatório de segurança BYOD de 2018 da Bitglass, quase 85% das organizações aderiram à tendência. Para

administrar esses dispositivos não gerenciados, empresas podem aplicar políticas rigorosas de controle de aparelhos, que bloqueiem o download de dados sensíveis para dispositivos de alto risco e restrinjam o acesso a certas aplicações cloud. Um programa robusto de segurança de aplicações cloud requer uma combinação de múltiplas funcionalidades de segurança como filtragem de URL, prevenção de perda de dados, gerenciamento de acesso, antivírus e varreduras SSL. Para isso, as companhias devem proteger seus sistemas cloud, testando-os continuamente e implementando os produtos em fases. Além disso, é necessário aperfeiçoar as políticas, perfis e regras de segurança para reduzir falsos positivos, aumentar a efetividade e alinhar-se às mudanças nas exigências do negócio.

HÁ UMA NECESSIDADE URGENTE DE AVALIAR E CONTROLAR O USO DE RECURSOS CORPORATIVOS ON-LINE, A FIM DE EVITAR ROUBOS E EXPOSIÇÃO DE DADOS, ALÉM DE PERDAS DE INFORMAÇÕES DIGITAIS VALIOSAS. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 8383 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


ROGÉRIO PIRES

Diretor do segmento de Healthcare da TOTVS

Tecnologia pode salvar vidas no controle de infecções hospitalares

I

nfecções hospitalares, infelizmente, são complicações bastante comuns em pacientes hospitalizados. De acordo com dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), cerca de um milhão de pacientes morrem por ano por este tipo de ocorrência em todo o mundo e, no Brasil, estima-se que a taxa de infecção hospitalar possa chegar a 14%, segundo da-

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 84 84 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

dos do Ministério da Saúde. Portanto, as Comissões de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) são certamente uma das áreas mais importantes de um hospital. Instituídas por lei em 1998, as CCIHs são departamentos obrigatórios em qualquer hospital, sendo responsáveis por ações voltadas à vigilância e redução do risco

de os pacientes contraírem infecções hospitalares, especialmente os que estão internados, por meio de avaliações e orientações de técnicas relacionadas a procedimentos invasivos, controle do uso de antibióticos, treinamentos preventivos, monitoramento constante para controle de surtos e até mesmo dos serviços de limpeza e desinfecção.

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

que venham a ocorrer, além de fazer o cruzamento automático de dados individuais de pacientes, como locais de contaminação, antibióticos ministrados e informações dos prontuários, e até mesmo em comunicações depois da alta, após o paciente ter deixado o hospital. O setor de saúde é um dos mais impactados pela transformação digital. Tanto no que diz respeito à gestão, quanto ao atendimento, tratamento e diagnóstico de pacientes, a digitalização de processos se torna um diferencial de qualidade e competitividade entre as instituições do segmento, que carecem de necessidades operacionais, regulatórias e administrativas bastante específicas. O problema é que, até hoje, poucas instituições utilizam o poder da tecnologia para modernizar e, principalmente, dar mais eficiência aos seus departamentos de CCIH. Hoje já existem soluções no mercado que permitem digitalizar todo este processo, conferindo mais segurança e produtividade para as equipes médicas. São soluções que trabalham de forma integrada ao sistema de gestão hospitalar da instituição, independente de qual seja, importando as informações dos pacientes para sua base de dados, gerando sugestões de como proceder em determinadas situações. A tecnologia ajuda, portanto, na realização de uma gestão completa de casos de infecção

www.informationmanagement.com.br

A inteligência artificial, por exemplo, tornou-se o principal atalho para uma maior eficiência de processos que demandam tempo e atenção das equipes médicas. Além disso, essa tecnologia também pode capacitar o próprio paciente a ter mais controle de sua saúde, ajudando-o a compreender suas necessidades. Recentemente, a OMS publicou um relatório global sobre inteligência artificial na saúde, que, entre outros pontos, apontou que a IA pode e deve ser usada para: melhorar a velocidade e a precisão do diagnóstico e da triagem de doenças, auxiliar no atendimento clínico, fortalecer a pesquisa em saúde e o desenvolvimento de medicamentos e apoiar diver-

sas intervenções de saúde pública, como vigilância de doenças, resposta a surtos e gestão de sistemas de saúde. Ainda que a ação humana continue sendo primordial para a palavra final e para qualquer ação ou decisão a ser tomada pelas equipes médicas, a tecnologia já é capaz de identificar padrões e apontar caminhos em meio ao grande volume de dados e planilhas com bastante precisão. Para processos preventivos, como as infecções hospitalares, ela ajuda a diminuir a sobrecarga dos profissionais, automatizando a coleta e gerenciamento dos dados dos pacientes internados e otimizando rotinas de trabalho dos departamentos de CCIH, para que os profissionais possam se dedicar ao que realmente importa: a vida dos pacientes.

A TECNOLOGIA AJUDA, PORTANTO, NA REALIZAÇÃO DE UMA GESTÃO COMPLETA DE CASOS DE INFECÇÃO QUE VENHAM A OCORRER, ALÉM DE FAZER O CRUZAMENTO AUTOMÁTICO DE DADOS INDIVIDUAIS DE PACIENTES.

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 8585 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


/metrofileoficial

/company/metrofilebrasil

A VELOCIDADE que os processos

de RH

PRECISAM to Go e Sit

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 86 86 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

Solução para acompanhamento & gestão das informações dos colaboradores

Processos automáticos e mais ágeis de RH

Acompanhamento de atividades e status via dashboard

Lembretes de prazos e documentos faltantes

Formalização e análise documental dos prontuários ativos e inativos

Soluções de digitalização e guarda de documentos gerenciada

Assinatura eletrônica de documentos para validação

Tecnologia na identificação automática de documentos, armazenamento e extração de dados

www.metrofile.com.br www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

POR ROMINA SELTZER

Head de Soluções para a Visa América Latina e Caribe

De olho no futuro: Tendências digitais e de consumo na América Latina e no Caribe à inovação. Levamos o futuro a sério e sabemos que ele começa com as pessoas. Quando investigamos o futuro da LAC nos próximos 10 a 20 anos, analisamos o comportamento do consumidor e a inovação que impulsionará e acompanhará essa jornada, e esses insights nos dizem muito sobre quem seremos. O consumidor do futuro A confluência de movimentos revolucionários sociais e de gênero está levando a uma geração de pessoas movidas por propósito, identidade e ética.

O

modo de vida na América Latina e no Caribe está mudando rapidamente. Considerando que o futuro é influenciado por vários fatores - a dinâmica digital, transformações econômicas, a crescente polarização política, movimentos sociais, mudanças www.informationmanagement.com.br

climáticas e, claro, a pandemia, nem sempre é fácil vislumbrar como ele será. A Visa tem um compromisso histórico com o design centrado no ser humano, filosofia que respalda nossa abordagem

Até 2030, quase 60% de nossa força de trabalho será composta por millennials e indivíduos da geração Z, uma geração combinada que aceita muito mais tranquilamente identidades fluidas e flexibilidade de modo geral. Para esses nativos digitais, a conectividade é parte de seu jeito de trabalhar, se divertir e consumir. Eles esperam que suas experiências sejam perfeitamente integradas, algo que a plataformas digitais continuarão proporcionando. A economia gig continuará INFORMATION MANAGEMENT | 2021 8787 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


Experimente uma maneira mais inteligente de trabalhar! O M-Files entrega os documentos que você precisa e automatiza tarefas tediosas. Com ele, você economiza tempo e dinheiro para reinvestir no que faz sua empresa crescer. Gestão de seus contratos, cláusulas críticas, assinaturas digitais, Gestão de RH ou Contas a Pagar. Tenha uma visão 360° centralizada, integrando seu Teams, Salesforce, G Suite, recuperando automaticamente o conteúdo que você precisa e quando você precisa. Não importa o que seja ou onde esteja salvo.

Simplifique as tarefas com o uso intensivo de documentos, minimize o erro humano e agilize os processos. As informações fluem com facilidade e segurança, mantendo os negócios e os cronogramas em dia. Acesse, de forma simples, os fluxos de trabalho de cada documento dentro de um processo e na etapa em que se encontra. Aumente sua produtividade e a satisfação de seus clientes.

M-Files é flexível e se adapta ao seu dia a dia. Solicite uma avaliação: www.ibsdocs.com.br INFORMATION MANAGEMENT | 2021 88 88 INFORMATION MANAGEMENT | 2021 (11) 3877-0047

to Go e Sit

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

crescendo, acelerada pelo ponto de prova apresentado ao mundo pela Covid: com as ferramentas digitais certas, praticamente qualquer um pode trabalhar de qualquer lugar. Essas gerações esperam comprar da mesma maneira. Ou seja, como e onde quiserem.

virtuais de aprendizagem inéditas e o crescimento de 37% no e-commerce da região provocado pela pandemia no ano passado - e essa tendência só deve crescer.

Os millennials e geração Z continuarão insistindo nessa flexibilidade, e as empresas e os inovadores se adaptarão a essa tendência. Isso já está acontecendo, a julgar pela profusão de formas de colaboração, acesso a plataformas

Os pagamentos em dinheiro ainda predominam nos mercados da América Latina e do Caribe. Isso acontece principalmente porque grande parte da população e dos comerciantes de menor porte da região não têm acesso a ferramen-

www.informationmanagement.com.br

Como ficam o dinheiro e os pagamentos

tas bancárias e de pagamento. No entanto, nossa experiência financeira toda está evoluindo. A popularização das carteiras digitais e das criptomoedas e a necessidade de consumir via comércio eletrônico durante a pandemia criaram uma rota clara para um ecossistema de troca de valor invisível e digital. Os governos da região estão reconhecendo que esta é a onda do futuro e vários Bancos Centrais da LAC já anunciaram que vão explorar o CBDCs, ou moedas digitais emitidas por um Banco INFORMATION MANAGEMENT | 2021 8989 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


Business Solution ELO Contract

Todos os contratos sob controle.

to Go e Sit

O

ELO Contract permite o gerenciamento e monitoramento de todos os tipos de contratos durante o seu ciclo de vida. A gestão de contratos digital da ELO é uma forma eficaz e segura para controle dos termos, durações e prazos dos seus contratos atendendo todos os requisitos legais, nunca perdendo dados ou datas importantes. As informações e os documentos relevantes são facilmente acessíveis em um local central no repositório do

ELO. Os fluxos de trabalho do ELO automatizam e unem processos em um único sistema, melhorando a colaboração interdepartamental e otimizando a produtividade. Esta solução baseia-se em métodos das melhores práticas para processos contratuais e pode ser personalizada para se ajustar aos seus requisitos. ELO Contract é uma solução testada e aprovada na prática. Você cria contratos, o ELO cuida do resto. www.elo.com/pt/contract · www.elo.com

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 90 90 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

Central. Alguns países até já lançaram pilotos, entre os quais, Brasil e Bahamas. Essa migração para pagamentos digitais de todos os tipos permite que o dinheiro venha acompanhado de informações e ofereça uma nova camada de valor personalizado aos consumidores, impulsionada simplesmente pela forma como eles escolhem pagar. Nossa forma de comprar foi fundamentalmente alterada. Com o aumento nas vendas P2P, 30% dos consumidores atualmente afirmam que fariam compras por meio da mídia social. De plataformas de consumo puramente digitais a tendências de produtos personalizados produzidos sob demanda, simplesmente não há como prescindir de soluções de pagamento digital. O sucesso dos novos modelos de varejo também depende de uma experiência de cliente fluida no checkout. Para concorrerem, as plataformas precisarão oferecer opções que reduzem a fricção, como pagamentos móveis e por aproximação, pagamentos com um clique, renovação automática de assinaturas, carteiras digitais e outras soluções de pagamento convenientes. Segundo o Futurist Group Study, quase 40% dos consumidores já consideram a ausência de contato uma funcionalidade básica dos pagamentos. Como líder em pagamento por aproximação, a Visa foi pioneira na habilitação dessas soluções de pagamento inovadoras em toda a América www.informationmanagement.com.br

Latina e o Caribe - de pagamentos P2P a carteiras eletrônicas, passando por opções bancárias inovadoras criadas para melhor atender a população com pouco ou nenhum acesso a serviços bancários e mais. Estamos olhando para frente. Tecnologia e dados moldarão o futuro das cidades, do bem-estar e das viagens Ficção científica à parte, tecnologia e dados parecem uma dupla natural no dia a dia do futuro que enxergamos, onde humanos conectados que fazem questão de flexibilidade podem pagar de várias formas inovadoras. Tecnologia e dados estarão presentes em nosso cotidiano de uma forma inédita, desde o boom de cidades inteligentes que veremos nos próximos anos até os jogos ativistas - com pessoas trabalhando em harmonia com inteligência artificial e Internet das Coisas (IoT) para expandir e enriquecer a própria vida. Já vemos sinais claros disso no fenômeno dos jogos no metaverso, onde realidade virtual e pagamentos integrados se combinam, envolvendo crianças e adultos. Ou na telemedicina, com dispositivos que funcionam como monitores pessoais de saúde e aplicativos de saúde mental. Até as viagens serão repensadas, pois precisam se adequar à ética e à justiça ambiental exigidas por essas gerações enquanto brincam com o escapismo por meio de experiências imersi-

SEGUNDO O FUTURIST GROUP STUDY, QUASE 40% DOS CONSUMIDORES JÁ CONSIDERAM A AUSÊNCIA DE CONTATO UMA FUNCIONALIDADE BÁSICA DOS PAGAMENTOS. vas e estimulantes aprimoradas por tecnologia. A missão da Visa é ser a melhor forma de pagar e ser pago em todos os lugares - agora e no futuro. Para ver o futuro, não é preciso ter uma bola de cristal e, sim, estar comprometido em entender as pessoas e suas motivações e saber usar a tecnologia, os dados e os pagamentos para prever e atender aos interesses delas. Mas nunca é demais enfatizar que, no futuro, as soluções vitoriosas serão as que criarem as experiências de usuário mais convenientes, seguras, ágeis e confiáveis para ​​ quem paga e para quem recebe. Colaboramos, pesquisamos e criamos soluções de pagamento para o futuro. Fique ligado, pois em breve traremos mais insights. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 9191 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


to Go e i St

92 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


SAIDA ORTIZ SEDANO

Diretora de Canais para a Vertiv América Latina

Inteligência Artificial: ameaça ou oportunidade para os profissionais do Data Center?

A

pandemia da Covid-19 estimulou muitas empresas a acelerar seus processos de digitalização. O Brasil é um destaque nesse quesito. Segundo pesquisa divulgada pelo Cetic.br (Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação) em agosto de 2021, 152 milhões de pessoas acessam a Internet, um total de 81% da população brasileira. As organizações que abraçam a inovação digital conquistam ganhos sólidos – estudo realizado pela consultoria BCG (Boston Consulting Group) em setembro de 2021 mostra que, no Brasil, a diferença de lucratividade entre empresas muito digitalizadas e companhias mais tradicionais é de 18%. Em todo o mundo, essa marca fica na faixa dos 3,2%. Onde há serviços digitais, há um data center dando conta de funções de comunicação e processamento de dados. A revolução pela qual o Brasil está passando colocou os data centers sob o foco – sua eficácia e seu uptime passaram a

www.informationmanagement.com.br

afetar profundamente pessoas, empresas, países. É nesse contexto que vemos o renascimento de uma velha questão: se a Inteligência Artificial (IA), necessária para atender os desafios das novas demandas digitais, substituirá as equipes humanas. Acredito que as Inteligências Artificial e Humana não são mutualmente excludentes. Na verdade, elas são complementares e essenciais para a sustentação

da economia digital do Brasil. Em 2019, o IDC já previu que, até 2023, 50% dos Data Centers centrais empresariais e 75% dos principais sites de edge de TI alavancariam o Aprendizado de Máquina (ML) e os controles habilitados pela IA. A adoção dessas tecnologias, afirma o IDC, serviria para transformar os processos de manutenção e melhorar a eficiência na utilização dos recursos energéticos do data center, entre outros benefícios. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 93


O

O

EVOLUINDOAAMANEIRA MANEIRACOMO COMOOO MUNDO MUNDO EVOLUINDO GERENCIAAAINFORMAÇÃO INFORMAÇÃO GERENCIA

PRESTANDOOOMELHOR MELHOR SERVIÇO SERVIÇO PRESTANDO

Soluções Access, para empresas que Soluções Access, para empresas que precisam fazer a gestão de documentos precisam fazer a gestão de documentos físicos ou digitais, com segurança e físicos ou digitais, com segurança e e ciência. e ciência.

Soluções Access: Soluções Access:

to Go e Sit

Estamos esperando o seu contato

Estamos esperando o seu contato

São Paulo Itupeva Rio de Janeiro Curitiba 11 3612.6070 | 21 3541.3100 | 41 4063.8667 São Paulo Itupeva Rio de Janeiro Curitiba

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 94 94 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.accesscorp.com.br 11 3612.6070 | 21 3541.3100 | 41 4063.8667

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

A IA vem revolucionando as operações dos data centers, introduzindo maior eficiência, melhorando as ofertas de serviços e reduzindo os impactos no meio-ambiente. A pandemia intensificou a necessidade de a infraestrutura crítica trabalhar de forma otimizada dentro de um ecossistema inteligente que pode atender às crescentes demandas por estes serviços. Altíssimas cargas de trabalho Mais empresas estão analisando soluções de IA para enfrentar as altíssimas cargas de trabalho do data center. Tais soluções podem não apenas ajudar a reduzir a crescente sobrecarga das equipes de gestão de TI, mas, também, ajudar a reduzir custos operacionais e amplificar a eficiência. Há tecnologias de IA que fornecem as ferramentas essenciais para que as equipes de data centers recebam alertas sobre problemas que, de outra forma, teriam que ser resolvidos manualmente pelos administradores de sistemas. Essas soluções podem monitorar equipamentos e sistemas em tempo real, proporcionando soluções ou sugerindo medidas preventivas. Elas podem, também, bloquear ataques contra a segurança, criar interações mais fluidas com clientes e reduzir o consumo de energia. Fica claro que as soluções de IA são aliadas das equipes dos data centers, permitindo que esses profissionais se dediquem a tarefas que realmente precisem de sua contribuição. O estudo IDC Worldwide Semiannual Artificial Intelligence Tracker, publicado em fevereiro de

www.informationmanagement.com.br

O ESTUDO IDC WORLDWIDE SEMIANNUAL ARTIFICIAL INTELLIGENCE TRACKER, PUBLICADO EM FEVEREIRO DE 2021, INDICA QUE A PANDEMIA GLOBAL LEVOU A IA PARA O TOPO DAS PAUTAS CORPORATIVAS. 2021, indica que a pandemia global levou a IA para o topo das pautas corporativas. Os analistas do IDC mostram que avanços em Aprendizado de Máquina, IA Conversacional e a Visão Computacional da IA estão na vanguarda das inovações de software de IA. Isso serve para estruturar a arquitetura dos negócios convergentes e a otimização, previsões e recomendações sobre processos de TI, possibilitando experiências transformadoras para clientes e colaboradores. O mercado brasileiro conta com fornecedores que usam soluções de IA para que clientes de data centers monitorem suas operações em diversos locais, evitem a disrupção dos serviços, reduzam o tempo de resolução quando ocorre um problema e melhorem a eficiência geral da infraestrutura crítica. No Chile, por exemplo, onde em-

presas de mineração muitas vezes operam sob condições climáticas extremas, como grandes altitudes ou territórios desérticos, a infraestrutura e os sistemas de TI são postos à prova. Nesse contexto, é essencial utilizar uma ampla variedade de soluções para missão crítica, projetadas para resistir a condições climáticas extremas. Isso inclui aplicações de IA que integram recursos de TI e que podem tanto avisar sobre problemas iminentes quanto dar suporte às empresas para lidar com esses problemas de forma ágil. Sistemas de monitoramento integrados fornecem ao gestor do data center uma visibilidade de 360° do ambiente – para isso, entram em cena desde câmeras para o monitoramento visual até sensores automatizados de temperatura, umidade, fluxo de ar e vazamentos que trabalham de forma autônoma. Não há dúvida de que as empresas continuarão a precisar dos serviços de engenheiros de sistemas para tomar medidas preventivas ou corretivas quando alertados por esse tipo de solução. Esses profissionais utilizam a IA como uma ferramenta para rapidamente identificar e localizar problemas. Conforme os data centers aumentam seus investimentos em IA para ajudá-los a atender as demandas adicionais trazidas pelo atual boom da digitalização, essas ferramentas ajudarão as equipes a operar de forma mais eficiente e inteligente. No final, a questão não será se veremos uma batalha entre humanos e a IA mas, sim, se abraçaremos a fórmula humanos + IA. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 9595 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


Trabalhe de forma inteligente com o Ábaris Solução de gestão de conteúdo e automação de fluxos Com o Ábaris você faz a gestão de toda informação corporativa por meio de uma plataforma 100% digital

Captura Multicanal

Gestão de Documentos

Gestão de Processos

Certificação Digital

Saiba mais em abaris.com.br

by

INFORMATION MANAGEMENT | 2021 96 96 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

to Go e Sit www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

POR SHIRLEY FERNANDES

Sócia-diretora Comercial e de Marketing da N1 IT Stefanini

Preparação é peça-chave para o mercado de inovação e tecnologia

A

aceleração do mundo e a sensação do relógio ser cada vez mais rápido parece indicar a emergência da falta de tempo para realizar as tarefas do dia a dia e entregar os resultados esperados. Essa é uma realidade cada vez mais vivenciada por www.informationmanagement.com.br

milhares de pessoas ao redor do mundo. Contudo, é possível virar a página e seguir um novo caminho quando adotamos o melhor recurso: o da preparação. De acordo com grandes personalidades do mundo da inovação

e tecnologia, a preparação é uma peça fundamental para uma nova guinada na carreira. O mercado de trabalho busca pessoas preparadas para enfrentar as mais diversas situações. É preciso sair da “caixinha”, expandir a viINFORMATION MANAGEMENT | 2021 9797 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


A TAREFA REPETITIVA FICA COM A GENTE

to Go e Sit

ENQUANTO SUA EQUIPE FOCA NOS RESULTADOS

COMERCIAL@AUTOMATE.COM.BR

(11) 9 9977-8578 @AUTOMATEBRASIL INFORMATION MANAGEMENT | 2021 98 98 INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


ARTIGO

são e conseguir encontrar a melhor solução dentro do que foi proposto. Esse é um cenário atual vivenciado pelas organizações que visam profissionais que saibam lidar de forma estratégia e inovadora com as demandas do cotidiano. Por isso, estar preparado é mais do que uma opção, é uma exigência do mundo contemporâneo. Afinal, a preparação é contínua e gradativa e faz parte da rotação certeira das competências para o profissional do futuro. Hoje, um profissional tem que se preparar muito mais do que acontecia há 30 anos. E a forma de se preparar também mudou. Métodos, técnicas, ferramentas e tecnologia usados estão completamente diferentes. A sala de aula tem outra contextualização e o professor é o mediador e estimulador de conhecimento, porque o protagonista é o próprio aluno. Neste viés de mudanças abruptas, empresas onde os gestores já internalizaram esta mudança de mindset estão investindo fortemente na preparação e treinamento das pessoas, para se diferenciarem no mercado e crescerem ainda mais. Mas esse treinamento em tecnologia só é possível alinhado com as mudanças humanas de inteligência intrapessoal e interpessoal. Hoje, é essencial que essa mudança de mindset se torne realidade. Para tanto, é necessário executar um trabalho de entrega de tecnologia, aprimorar proceswww.informationmanagement.com.br

sos em seus clientes e treinamento de produtos, além de praticar o desenvolvimento pessoal. Já há disponível no mercado programas de treinamento para empresas, que levam em conta a transformação digital acoplada a técnicas e desenvolvimento de habilidades importantes, uma vez que o mundo corporativo exige flexibilidade, empatia, trabalho em equipe, criatividade, gestão emocional e de conflitos, entre tantos outros que pairam no cotidiano empresarial. Com este foco, é que empresas com grande visão de mercado como a Ingram Micro, Microsoft, Scansource e Kaspersky têm realizado investimentos dedicados para treinar e levar conhecimento aos seus colaboradores e parceiros de negócios, incorporando parte estratégica nesta engrenagem da preparação. O segredo da inovação está na preparação de pessoas sendo estimuladas, que podem trazer contribuições extraordinárias para a empresas, clientes e parceiros. José Furst, Diretor Cloud Vendor Management da Ingram Micro para a América Latina, por exemplo, enfatiza que “Para todas as empresas que participam da cadeia de valor do mercado de tecnologia, ou seja, fornecedores, distribuidores e revendas, dentre outros, é essencial que aqueles que representam estas companhias demonstrem ter conteúdo. Não basta ter conhecimento superficial sobre os temas gerais, mas, sim, é preciso ser relevante. Este conteúdo e técnica vem como resultado da preparação e

da capacitação de profissionais. Já Luciana Lovato, diretora comercial da Kaspersky, observa que “Quando você tem esse apoio diferenciado de ferramentas, de como vender e não só de produto, isso vai te ajudar muito no dia a dia”. Dessa forma, visando a preparação e a transformação no mindset, o time estará mais preparado e conseguirá apresentar melhores resultados. A preparação é o passo inicial para a transformação, ela é o motor que desperta os sentidos da ação e da mudança. E quando se trata do mercado de trabalho, estar preparado é mais que um diferencial, é uma peça-chave importante para se destacar e obter reconhecimento.

HOJE, UM PROFISSIONAL TEM QUE SE PREPARAR MUITO MAIS DO QUE ACONTECIA HÁ 30 ANOS. E A FORMA DE SE PREPARAR TAMBÉM MUDOU. MÉTODOS, TÉCNICAS, FERRAMENTAS E TECNOLOGIA USADOS ESTÃO COMPLETAMENTE DIFERENTES. INFORMATION MANAGEMENT | 2021 9999 2021 | INFORMATION MANAGEMENT


Sua equipe hoje é estratégica ou passa o dia fazendo atividades repetitivas?

Atualizações de sistemas, conferência de documentos, envio de e-mails padronizados, atualização de planilhas, análises de quantidade massiva de dados e tantas outras atividades são repetidas diariamente por centenas de profissionais ao redor do mundo. Já parou para pensar como esses profissionais podem estar sendo utilizados de maneira pouco estratégica? Tarefas repetidas e com regras bem definidas não deveriam ser feitas por seres humanos. Mas talvez possam ser feitas por robôs. 100INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br


Automação robótica de processos (Robotic Process Automation, RPA) é uma tecnologia de software fácil de usar para automatizar tarefas digitais. Com RPA, os usuários de software criam robôs de software, ou “bots”, que podem aprender, simular e executar processos de negócios baseados em regras. A automação RPA permite que os usuários criem bots observando as ações digitais humanas. Os bots de software de automação de processos robóticos podem interagir com qualquer aplicativo ou sistema da mesma forma que as pessoas, exceto que os bots RPA podem operar ininterruptamente, sem parar, muito mais rápido e com 100% de confiabilidade e precisão.

Características e benefícios do RPA: • Automatizar qualquer processo de negócio, de ponta a ponta; • Reduzir os obstáculos operacionais; • Organizar processos e dados complexos; • Fácil de usar; • Dimensionamento quase infinito; • Seguro; • Sem necessidade de suporte de TI; • ROI rápido e agilidade de implantação; • E muitos outros!

to Go e i St

Saiba mais sobre os serviços especializados de RPA da AX4B e sobre a plataforma Automation Anywhere, principal solução de RPA do mundo.

AX4B.COM

CONTATO@AX4B.COM

www.informationmanagement.com.br

(11) 3230-2760

Siga @ax4bgroup nas redes sociais INFORMATION MANAGEMENT | 2021101


to Go e Sit

INFORMATIONMANAGEMENT MANAGEMENT| 2021 | 2021 102 102 INFORMATION

www.informationmanagement.com.br


WEBNEWS

Trabalho híbrido: modelo de transição ganha ares de definitivo Não é de hoje que as empresas vêm sofrendo uma profunda transformação nas relações de trabalho, mas a pandemia acelerou bastante esse processo. Não há um consenso sobre o tamanho do salto provocado pela Covid-19, mas acredita-se que o mercado avançou de cinco a dez anos desde março de 2020, quando o mundo se viu obrigado a reprogramar suas ações diante de um vírus invisível e perigoso. O fato é que vivemos agora o que seria um inevitável futuro próximo. Só que esse futuro chegou antes do esperado.

Assinatura Eletrônica colaborou para recorde em novas empresas no 2º quadrimestre Segundo dados recentes do Boletim do Mapa de Empresas, do Ministério da Economia, o Brasil alcançou um aumento de 26,5% na abertura de empresas no período de maio e agosto deste ano, chegando ao número de 1,4 milhões de novos negócios, comparando-se ao mesmo período de 2020. Vale ressaltar que esse crescimento foi possível pelas ações de transformação digital de serviços públicos, promovidas pelo Governo Federal.

Mais de 65 mil pessoas já acessaram a carteira de identidade digital do Detran-RJ, desde seu lançamento Cerca de 65.212 pessoas baixaram a carteira de identidade digital do Detran-RJ, por meio do aplicativo lançado no dia 20 deste mês pelo órgão. Os dados foram coletados até dia 27. Desse total, 43.039 são homens e 22.173, mulheres. A novidade permite que o cidadão — portador do documento emitido no Rio de Janeiro a partir de 05 de abril de 2019 — possa fazer o download de sua carteira, criando um arquivo digital que fica armazenado no celular do próprio usuário.

94% das empresas apostam no Marketing Digital, aponta pesquisa O marketing digital tem alta demanda no mercado de trabalho e a atuação dos especialistas da área é essencial para aproximar as empresas e o público. De acordo com a Pesquisa Maturidade do Marketing Digital e Vendas do Brasil, 94% das empresas escolheram o Marketing Digital como estratégia de crescimento. Apenas 5,5% das empresas participantes afirmaram que divulgam as marcas por meio de publicidade tradicional, como revistas e jornais.

Como A MyHive.Global traz o “elemento humano” de volta ao local de trabalho híbrido digital Com o fechamento abrupto de locais de trabalho em resposta à pandemia de 2020, os funcionários de escritório tradicionais lutaram para navegar em um novo tipo de purgatório corporativo: o dia de trabalho remoto. Brainstorms tornaram-se chamadas de Zoom problemáticas; os bate-papos tornaram-se dial-ins; a formação de equipes se tornou uma coleção de GIFs rebeldes em um canal do Whatsapp.

www.informationmanagement.com.br

INFORMATION MANAGEMENT | 2021103 2021 | INFORMATION MANAGEMENT 103


to Go e Sit

INFORMATIONMANAGEMENT MANAGEMENT| 2021 | 2021 104 104 INFORMATION

www.informationmanagement.com.br


WEBNEWS

Hiperautomação transforma processos e tomada de decisões no mercado financeiro Considerada uma das principais tendências em tecnologia para os próximos anos pela consultoria Gartner, a hiperautomação vem modificando a forma como as empresas realizam seus processos, pensando na melhoria da eficiência operacional e experiência do consumidor. Ela integra diversas ferramentas tecnológicas avançadas, como Inteligência Artificial (IA), Machine Learning e automação de processos robóticos (RPA), para executar atividades rotineiras sem intervenção humana.

Digitalização no Brasil: mais de 40% das lideranças acreditam que estão ficando para trás Uma pesquisa realizada no Brasil pela Alteryx, Inc. (NYSE: AYX), empresa de automação analítica, detectou uma grande discrepância entre o ritmo acelerado da transformação digital no país e a disponibilidade das habilidades necessárias para efetivar essa mudança. Apesar da confiança dos trabalhadores na possibilidade de oferecer valor ao negócio por meio de suas habilidades de dados, a pesquisa mostra que o futuro da competitividade digital está em risco, com os treinamentos na área estagnados nos últimos meses.

Descarte de equipamentos de TI: um problema de ESG Cerca de 2 milhões de toneladas de lixo eletrônicos são produzidas anualmente no Brasil, um recorde entre países da América Latina. Desse total, segundo dados da ABES (Associação Brasileira de Empresas de Software), 70% teriam condições de ser reciclado e 30% de ser recondicionados e reinseridos na economia, mas apenas 3% do total é reciclado.

Soluti anuncia Edival Lourenço Júnior como novo diretor de Negócios Internacionais A Soluti, ID Tech especializada em Identificação Digital e Assinaturas Eletrônicas, anuncia a contratação de Edival Lourenço Júnior como diretor de Negócios Internacionais. Com mais de 15 anos de experiência mediando negócios internacionais, principalmente na Ásia e América Latina, o executivo chega para atuar no processo de expansão da empresa, para atingir novos mercados e alcançar clientes de fora do país.

Gastos com adequação à LGPD podem ser otimizados Em vigor desde agosto, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) estabelece uma série de diretrizes, requisitos e obrigações a serem observadas por órgãos públicos e entidades privadas que mantêm e tratam dados pessoais, para que não sejam utilizados para fins não autorizados. As sanções para as empresas que não cumprirem os requisitos podem ser de até 2% do faturamento, com um teto de R$ 50 milhões por infração.

www.informationmanagement.com.br

INFORMATION MANAGEMENT | 2021105 2021 | INFORMATION MANAGEMENT 105


to Go e Sit

106INFORMATION MANAGEMENT | 2021

www.informationmanagement.com.br