__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

www.informationmanagement.com.br

A revista dos profissionais da informação Ano 13 - Número 91 - 2020

A automação já é uma realidade no Brasil.

Mas é preciso avançar - pag. 12 A Gestão da Informação e Processos e sua importância em tempo de Coronavirus - Pag. 26

Porque tanta demora para aprovar o projeto que dá valor ao documento digitalizado? - Pag. 30

Coronavírus e a Transformação Digital no contexto do Information Management: ‘Do Paperless ao Contactless’ - Pag. 23


Os associados da ABEINFO te soluções para o gerenci

Associação de Empresas e Profissionais da Informação

A mais importante associação para quem precisa entende A ABEINFO é um núcleo associativo do Instituto Information Management com o propósito de reunir Usuários e Fornecedores de Tecnologias para o Gerenciamento de Informações com o objetivo de Promover o Desenvolvi-

mento do Mercado, a Capacitação de sua Força de Trabalho e principalmente as Novas Tecnologias para a Gestão de Informações que estão possibilitando Melhoria de Produtividade, Otimização de Recursos e Governança.


em as melhores tecnologias e iamento de informações www.3adigitall.com.br

www.accesscorp.com.br

www.agmlogistica.com.br

www.armazemdedados.com.br

www.arktec.com.br

www.arquivar.com.br

www.asg.com

www.automate.com.br

www.cassdoc.com.br/

www.centralinf.com.br/

www.cogra.com.br

www.domore.com.br

www.dootax.com.br

www.easydrive.com.br

www.guardwell.com.br

www.hdbsystems.com.br

www.ibsdocs.com.br

www.interfy.io

www.ltigroup.com.br

www.metrofile.com.br

https://mostqi.com.br

www.mycroarq.com.br/

www.navisystem.com.br

www.paarquivos.com.br

http://www.prtidigital.

www.renova.net.br

www.rnp.br

www.rrdoc.com.br

www.scansystem.com.br

www.sicolos.com.br

www.stoque.com.br

www.tecmach.com.br

www.temposolucoes.com.br

www.validcertificadora.com.br

www.workprint.com.br

www.osas.com.br

er a importância da Gestão de Informações nos negócios

Associe sua empresa Conheça os benefícios: http://bit.ly/2GMYKgJ ABEINFO – Associação das Empresas e Profissionais da Informação. Rua Anhanguera, 627 – Barra Funda – 01135-000 – São Paulo / SP –Tel : (11) 3392-4111 - Email: contato@iima.com.br


Entrevista com Peggy Winton, CEO da AIIM

NÚMERO 90 2020 NÚMERO 79 | FEVEREIRO DE |2019

A automação já

06

M

Ipsa volupta ecerem velibustis etusdae volorro id quodit doluptae volorior re doloribus cullo tenda ipsum, occusandisci conestem iniet et odia voluptatus quas ad quam,

conteúdo do mês AIIM Conference 2020 Por Walter Koch

pág 20

pág 26

Coronavírus e a Transformação Digital no contexto do Information Management: ‘Do Paperless ao Contactless’

A Gestão da Informação e Processos e sua importância em tempo de Coronavirus

pág 23 Porque tanta demora para aprovar o projeto que dá valor ao documento digitalizado?

pág 30

pág 36 Superando Crises com a Transformação Digital


matéria de capa / pág 12

á é uma realidade no Brasil.

Mas é preciso avançar

PUBLISHER

Eduardo David eduardo@guiabusinessmedia.com.br CONSELHO EDITORIAL

Walter Koch - Wilton Tamane - José Guilherme Junqueira Dias Angelo Volpi - Cinthia Freitas - Luiz Alfredo Santoyo - Christian Ribas Marcio Teschima - Carlos Bassi ATENDIMENTO AO CLIENTE

Gicelia Azevedo

gicelia@iima.com.br

REDAÇÃO

Prado Junior

pradojr@iima.com.br

PRODUÇÃO GRÁFICA

Halan Santos

halan@iima.com.br

WEB DESIGNER

Igor de Freitas

igor@iima.com.br

ADMINISTRAÇÃO

Tadeu Nunes tadeu@iima.com.br Mariana Dantas mariana@iima.com.br CENTRAL DE ATENDIMENTO - (11) 3392-4111

De prática corriqueira à necessidade diária, home office torna-se saída para empresas funcionarem

colunas

Maria Luiz Reis pág 48 Inteligência Artificial: Mercado terá resultados multiplicados nos próximos anos

entrevistas

Camila Denículi pág 42

INFORMATION MANAGEMENT – Revista especializada no tema Gerenciamento de Informações, Documentos e Digital Business. Distribuição Nacional. Publicação oficial do INSTITUTO INFORMATION MANAGEMENT – IIMA - Rua Anhanguera, 627 Barra Funda - 01135-000 - São Paulo - SP

O INSTITUTO INFORMATION MANAGEMENT - IIMA é uma organização que reúne profissionais e empresas que trabalham com processos envolvendo o gerenciamento de documentos e informações. Sua missão é promover a capacitação profissional e o desenvolvimento do mercado por meio um amplo portfólio de serviços como Cursos, Congressos, Consultoria, Livros e Publicações, Certificações, Workshops, Programas Educacionais ao vivo, entre outros. Um corpo multidisciplinar composto por Consultores, Analistas, Professores, Jornalistas e Pesquisadores está na base da produção do conhecimento gerado diariamente pelo INSTITUTO com o objetivo de ajudar os profissionais e empresas a lidarem com o Caos da Informação e a constante evolução tecnológica. O IIMA conta hoje com 40 mil profissionais participantes. DIREÇÃO

Eduardo David eduardo@iima.com.br Tadeu Nunes tadeu@iima.com.br CONSULTORIA E CURSOS

Wilton Tamane consultoria@iima.com.br ATENDIMENTO AO ASSOCIADO

Gicelia Azevedo

gicelia@iima.com.br

CONSELHO TÉCNICO:

Cezar Taurion O novo mundo pós-pandemia. Alguns insights…

pág 72 Tadeu Cruz Gentrificação, tendência ou utopia?

Walter Kock consultor, autor, palestrante Wilton Tamane consultor, professor e palestrante Márcio Teschima empresário, palestrante Tadeu Cruz professor, autor , palestrante Angelo Volpi notário, professor, autor e palestrante Carlos Bassi consultor, professor e palestrante José Guilherme J. Dias professor, consultor e palestrante Cínthia Freitas professora, autora consultora e palestrante PARA SE ASSOCIAR LIGUE: (11) 3392-4111 ramal 29 ou acesse: www.abeinfobrasil.com.br INSTITUTO INFORMATION MANAGEMENT - IIMA Rua Anhanguera, 627 - Barra Funda 01135-000 - São Paulo - SP Tel: (11) 3392-4111

pág 78 Associação das Empresas e Profissionais da Informação

www.abeinfobrasil.com.br

www.informationmanagement.com.br www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit

Gestão de parâmetros de negócio

Centralização de gestão

Relatórios de desempenho e retorno do investimento

Integração com qualquer RPA do mercado

Governança das credenciais de acesso

Reduz o tempo de programação

Suas áreas de negócio precisam ter visibilidade dos processos automatizados, controle sobre as operações em andamento, relatórios e gráficos para justificar o investimento em automação dos seus processos e segurança na governança de credenciais e acessos aos sistemas críticos da sua empresa. Para isso a Automate Brasil criou o Smart Robotics System, um portal de governança com tudo que você mais precisa, independente da solução de automação que você esta usando. Agende uma apresentação: comercial@automate.com.br

AutoMate Brasil /automatebrasil Automate Brasil

Av. Paulista, 2006 - Cj 903 - Bela Vista - CEP: 01310-926 São Paulo - Brasil +55 11 2653-2649


CONHEÇA AS

MELHORES

FEIRAS E

CONGRESSOS PARA QUEM TRABALHA COM

INFORMAÇÃO


A MAIOR EXPOSIÇÃO no BRASIL sobre a TECNOLOGIA RPA ROBOTIC PROCESS AUTOMATION & IA - INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

RPA + AI

20

DIAS 28 E 29 DE OUTUBRO - SÃO PAULO / SP

DIAS 28 e 29 DE OUTUBRO 2020 AMCHAM BUSINESS CENTER | RUA DA PAZ 1431, SÃO PAULO - SP EVENTOS PARALELOS WORKSHOP PLATAFORMAS

AI STARTUP SHOW

RPA

28 de outubro - AMCHAM Business Center - SP

O MAIS NOVO PONTO DE ENCONTRO DA COMUNIDADE DE PROFISSIONAIS QUE TRABALHAM COM RPA & AI;

• 04 AUDITÓRIOS SIMULTÂNEOS; • 40 EXPOSITORES; • PALESTRAS e WORKSHOPS GRATUITOS;

• ESPAÇO IDEAL PARA EXPOSIÇÃO DE TECNOLOGIAS & SOLUÇÕES DE RPA & INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL;

• 400 CONGRESSISTAS; • 1 MIL VISITANTES.

GARANTA AQUI SUA PARTICIPAÇÃO COMO EXPOSITOR Informações Tel: 11 – 3392-4111 contato@iima.com.br http://iima.com.br/ 8 INFORMATION MANAGEMENT | NOV 2019

Realização

Apoio

www.informationmanagement.com.br


A MAIOR EXPOSIÇÃO DE TECNOLOGIAS E SOLUÇÕES PARA O GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES DIAS 12 E 13 DE AGOSTO 2020 AMCHAM BUSINESS CENTER | RUA DA PAZ 1431, SÃO PAULO - SP EVENTOS PARALELOS

12 e 13 de agosto

12 de agosto

Um novo ambiente de negócios para quem trabalha com tecnologia e informação;

Espaço ideal para a exposição de tecnologias de gerenciamento de informações e transformação digital;

03 auditórios simultâneos;

40 expositores;

13 de agosto

Aprendizado, networking e negócios;

Palestras e workshops gratuitos;

• 2 MIL VISITANTES; • 700 CONGRESSISTAS.

GARANTA JÁ SUA PARTICIPAÇÃO Informações Tel: 11 – 3392-4111 contato@iima.com.br http://iima.com.br/

Realização

Apoio


CONGRESSOS 2020 Fortaleza

Aracaju

12/NOV

10/NOV

Brasília 28/AGO

ROADSHOW

Rio de Janeiro 24 e 25/SET

Porto Alegre 11/SET

Joinville 09/SET

Administração Finanças e Fiscal

06/FEV RH - Recursos Humanos

03/DEZ São Paulo | Intercity Hotel

CSC - Centro de

Serviços Compartilhados

04/DEZ

13 DE NOVEMBRO | FORTALEZA - CE

24 DE NOVEMBRO | SÃO PAULO - SP

GARANTA AQUI SUA PARTICIPAÇÃO Informações Tel: 11 – 3392-4111 contato@iima.com.br http://iima.com.br/

Realização

Apoio


Eventos Paralelos

Dias

Data

Cidade

Local

1 dias

12/AGO

São Paulo

AMCHAM

2 dias

12 e 13/AGO

São Paulo

AMCHAM

1 dia

13/AGO

São Paulo

AMCHAM

2 dias

28 e 29/OUT

São Paulo

AMCHAM

2 dias

28 e 29/OUT

São Paulo

AMCHAM

1 dia

28/OUT

São Paulo

AMCHAM

1 dia

29/OUT

São Paulo

AMCHAM

2 dias

24 e 25/SET

Rio de Janeiro

HOTEL

Segmentos

Dias

Data

Cidade

Local

Todos

1 dia

09/SET

Joinville

MERCURE JOINVILLE

Todos

1 dia

11/SET

Porto Alegre

FIERGS

Todos

1 dia

28/AGO

Brasília

IESB

Todos

1 dia

10/NOV

Aracajú

A definir

Todos

1 dia

12/NOV

Fortaleza

A definir

Administração / Finanças / Fiscal

1 dia

06/FEV

São Paulo

MATSUBARA HOTEL

RH - Recursos Humanos

1 dia

03/DEZ

São Paulo

HOTEL INTERCITY

CSC - Centro de Serviços Compartilhados

1 dia

04/DEZ

São Paulo

HOTEL INTERCITY

Todos

1 dia

24/NOV

São Paulo

HOTEL INTERCITY

Todos

1 dia

13/NOV

Fortaleza

A definir

FEIRA | SÃO PAULO

RPA + AI

Auditório

FEIRA

WORKSHOP

PLATAFORMAS

RPA

20

DIAS 28 E 29 DE OUTUBRO - SÃO PAULO / SP

Auditório

Calendário de eventos 2020

Evento

Tecnologia & Negócios

FEIRA | Rio de Janeiro PRODIGY

RPA + AI

20

DIAS 24 E 25 DE SETEMBRO - RIO DE JANEIRO / RJ

Evento

ROAD-SHOW


matéria de capa

A automação já é uma realida

Mas é precis

A ideia de usar modelos virtuais para otimizar processos, p As empresas buscam tecnolo

12

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

www.informationmanagement.com.br


ade no Brasil.

so avançar

produtos ou serviços não é nova. ogias cada vez mais sofisticadas.

Por Prado Junior

Até há pouco tempo, falar em robôs revolucionando os negócios era falar de máquinas que simplificavam a rotina no chão de fábrica. Eram caros e muito pouco acessíveis para empresas de pequeno e médio porte que, consequentemente, perdiam em produtividade para os grandes players do mercado. Veio então a transformação digital. A perspectiva sobre o uso de robôs na rotina de trabalho mudou. Com ela, veio com força a automatização de processos com o RPA software. Quando falamos em automatização de processos, RPA é a sigla para Robotic Process Automation. Ou seja, uma tecnologia que tem como objetivo acelerar ainda mais a execução de atividades dentro de um processo. Nos últimos anos, a presença da tecnologia nas empresas, e mesmo no dia a dia, cresceu consideravelmente. Em vários aspectos, isso beneficiou muito o desempenho das companhias, que, agora, têm mais ferramentas para executar suas funções. “A automação já é uma realidade no Brasil. Mas ainda estamos no início do processo.” A afirmação é de Martin Seefelder, Gerente sênior e Líder de automação de processos cognitivos e robóticos da Deloitte, que conversou com o Instituto Information Management. Martin fará a palestra de abertura do RPA Congress de Joinville dia 9 de setembro e também o RPA Congress de São Paulo dias 28 e 29 de outubro.

www.informationmanagement.com.br

2020 MAR | INFORMATION MANAGEMENT

13


matéria de capa São Paulo. Então, você tem de um lado uma onda ainda acontecendo no Brasil e, ao mesmo tempo, tem algumas empresas se decepcionando um pouco com a tecnologia. Isso é natural. Faz parte do ciclo de maturidade de qualquer tecnologia. A resposta para isso, o próximo passo, dentro dessa jornada é justamente ir para automação inteligente.

IM: O que consistirá sua pa- Martin: Então a gente vai falar lestra no RPA Congress de sobre os benefícios do RPA. A diferença entre RPA e automação Joinville? inteligente. Vamos contextualizar Martin: Na palestra de Joinville o RPA no mercado brasileiro, para eu vou falar basicamente sobre os mostrar como está o momento das benefícios do RPA. E como você empresas no Brasil, de acordo com conjuga o RPA com elementos de o levantamento que a gente fez Inteligência Artificial para conse- ano passado. guir um maior retorno. É justamente o que a gente chama aqui na IM: Sobre o RPA, é possível Deloitte de automação inteligente. dizer que hoje é uma realiVamos abordar um pouco sobre dade? uma pesquisa que a empresa fez no ano passado, falando sobre o Martin: Sim é uma realidade, mas retorno que se pode obter com a a gente está num momento estraaplicação do RPA. Destaco tam- nho aqui no Brasil. Porque você bém um insight do ano passado tem a grande maioria das empresobre o mercado brasileiro que é sas ainda numa fase de experimentação. Enquanto isso, lá fora bem interessante. já tem algumas empresas saindo IM: Quais os principais pon- do círculo hype. Isso na verdade é tos que você poderia desta- um pouco do que eu vou discutir na palestra do RPA Congress em car?

14

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

IM: Em agosto entra em vigor a nova LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). Qual a relação com o RPA? Martin: A relação com a RPA é indireta. Na verdade, o RPA por si só não tem nenhum impacto da LGPD. Agora se utilizar o RPA para coleta de dados de clientes, por exemplo, quando se associa o RPA a um chatbot e coleta informações de clientes, aí sim terá algum impacto da nova Lei. Basicamente teremos uma relação do RPA com LGPD quando você utiliza para coletar dados de outras pessoas. Um ponto também que temos visto dentro da Deloitte é quando se começa a falar automação inteligente fala de Processamento Inteligente de documentos. Aí sim a coisa pega um pouco porque você tem tráfego de informações de pessoas. É preciso ter um cuidado especial com esse tráfego. Mas o RPA puro, por si só não tem relação.

www.informationmanagement.com.br


Robotic Process Automation

RPA ESTÁ NO NOSSO DNA FULL RPA SERVICES

Alocação de Profissionais Suporte & Monitoramento

Execução de Projetos Robot-As-A-Service

Treinamentos

Licenciamento de Software

Implantação de CoE

Mentoring FALE CONOSCO S ICOLOS @S ICOLOS .COM. B R

( 1 1 ) 3522-1 0 9 9

AV. PAULISTA , 575 – 19 A NDAR S ÃO PAULO – S P

W W W. S I COLOS .COM. B R

to Go e Sit


matéria de capa

IM: Como as empresas po- IM: O que é hiperautomadem se preparar para se ção? adequar a essa nova lei? Martin: Com relação à hiperautoMartin: Então como as empresas mação. Na verdade, é um conjunto podem se preparar nesse sentido de tecnologias que começam a ser justamente tomar cuidado com a utilizadas hoje dia e que viram um guarda dos dados. Garantir que ecossistema que se potencializa. esses dados estão sendo armaze- Você começa a utilizar essas tecnados de forma segura. Armazenar nologias em conjunto e o resultao mínimo de dados possível. Só o do delas passa a ser um resultado que é absolutamente essencial. E exponencial. O que está envolvido também, precisa ter autorização nesse conceito? Você tem a robotido cliente para fazer o armaze- zação ou o RPA no centro, atuando namento ou a utilização desses com tecnologia de inteligência ardados de alguma forma. Dentro tificial como por exemplo Machine da Deloitte nós criamos uma área Vision que você pode ter desde com especialistas nesse assunto. o reconhecimento de uma foto e conseguir reconhecer os elemenHiperautomação tos dentro daquela foto e tomar algumas ações em cima desses

16

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

elementos. Até uma versão mais simples que é o reconhecimento de caracteres em fotos (OCR) em que você consegue extrair de documentos escaneados informações sobre, por exemplo, CPF, CNPJ, valor de contrato e essas coisas. Você tem também o chamado NLP (Natural Language Processing) onde se tem o entendimento de linguagem natural e a geração de linguagem natural. O NLP consegue reconhecer comando de voz, ler e interpretar texto que é diferente do OCR que consegue capturar os caracteres. O NLP consegue efetivamente entender o que está escrito no texto ou numa conversa. E o NLG (Natural Language Generation) que gera a linguagem natural e consegue dar uma resposta para pessoa em lin-

www.informationmanagement.com.br


guagem natural. E aí quando você combina os dois (NLP e NLG), se obtém um chatbot inteligente. E se for combinado com o RPA, você tem, por exemplo a Bia do Bradesco. Ela interpreta o que a pessoa fala. Por trás roda um tipo de automação para conseguir fazer alguma ação e retorna para o usuário em linguagem natural. Além disso, pode também usar algoritmos de machine learning, como por exemplo redes neurais e coisas do gênero para fazer previsões. E assim, com base nessas previsões, tomar algum tipo de ação. Ou outro tipo de algoritmo de inteligência artificial como por exemplo algoritmos genéticos que podem ser utilizados para problemas de otimização. A partir dessa otimização e, de um

www.informationmanagement.com.br

novo, utiliza o RPA por traz da ro- ville por exemplo a gente mostra botização para tomar alguma ação que com o RPA puro, as empresas junto aos sistemas da companhia. têm uma expectativa de retorno de até 22 por cento em relação aos IM: Quais são os benefícios benefícios e aumento de produtida hiperautomação? vidade. Se você usar com a automação inteligente isso pode pular Martin: Com relação aos bene- de 22 por cento para 27 por cento. fícios da hiperautomação que ela Então, na verdade, a hiperautoconsegue abrir casos de negócio mação complementa os casos de muito mais profundos do que sim- negócio do RPA e consegue atingir plesmente o RPA. Porque você pas- casos de negócios mais profundos, sa a ter a possibilidade de tomada mas também com um maior retorde decisão e algumas ações cog- no e maior valor agregado. nitivas no meio do processo que o RPA puro não consegue fazer. En- IM: Quais os passos para tão você, com isso, amplia a gama implantação. Existe uma rede aplicações que você consegue gra? ter com a hiperautomação. Dentro da pesquisa da Deloitte que a gen- Martin: Não existe uma regra. te vai falar no Congresso em Join- Mas, o que a gente costuma re-

2020 MAR | INFORMATION MANAGEMENT

17


matéria de capa comendar é que as empresas comecem pelo RPA puro. Porque a automação inteligente (hiperautomação) exige uma maturidade maior da empresa. Ela exige que a empresa já tenha um conhecimento um pouco maior da tecnologia, tanto do RPA quanto da inteligência artificial, que tenha uma visão clara dos casos de negócio. Não é qualquer caso de negócio que você consegue aplicar a hiperautomação. Obviamente é uma tecnologia mais cara. Realmente ela te dá um retorno maior, mas é mais caro de implementar. Se você começar pela automação sem ter uma visão clara, sem ter um conhecimento da tecnologia, você pode acabar dando um tiro no pé. A não ser uma empresa de grande porte e que já esteja madura em termos de tecnologia, que já conheça inteligência artificial e já conheça o RPA, então aí passa a ser um passo natural juntar as duas coisas. Mas, geralmente, o que a gente recomenda que as empresas comecem pelo RPA puro e depois comecem a enxergar os processos do RPA integrados de ponta a ponta, fazendo uma junção, como por exemplo, com uma ferramenta de BPM. E por último, aí sim entrando com um elemento de inteligência artificial para fazer captura inteligente de documentos, para fazer um chatbot inteligente, para fazer um problema de otimização. A hi-

18

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

perautomação é para quem já está pouco mais maduro em termos de tecnologia. Para as empresas que estão começando o ideal e optar pelo RPA simples. IM: Qualquer empresa pode optar pela hiperautomação? Martin: Você implementar uma infraestrutura de automação de cabo a rabo é um projeto custoso. Você precisa implementar diversas tecnologias e isso demanda a infraestrutura, demanda segurança da informação e um investimento considerável. Por isso a Deloitte está criando o que a gente chama de Deloitte Smart Cloud Automation que é uma plataforma de hiperautomação onde você conjuga diversos elementos de automação inteligente sem precisar se preocupar com essas questões de infraestrutura. Então, na verdade o que a gente está tentando fazer é democratizar a automação inteligente para o maior número de empresas possível e diminuir as barreiras de entrada para esse mundo de novas tecnologias. IM: Qual o custo benefício para sua implantação? Martin: A hiperautomação tem um custo mais elevado e não é só o custo da tecnologia. Não é só a

tecnologia pela tecnologia, mas você precisa de profissionais com expertise mais profundo sobre o negócio que está sendo automatizado. É difícil você fazer uma hiperautomação numa área de logística, sem pessoas que com isso logística e que saibam falar sobre logística para discutir a fundo num detalhe do cliente os problemas de negócio. Isso também limita um pouco os implementadores tradicionais de RPA que trabalham só com RPA. Porque para você fazer uma implementação de automação inteligente vai além da tecnologia e vai afundo no problema de negócio. Agora uma vez que você consiga fazer a identificação do problema de negócio, consiga discutir com o cliente no detalhe o problema dele. E você consegue traduzir esse problema para uma solução tecnológica de ir para automação, aí os retornos são transformadores. Você tem ganhos potenciais de ordem de grandeza em termos da sua produtividade. Dentro dessa pesquisa da Deloitte, ela indica que você fazendo uma automação inteligente, pode-se esperar entre três a quatro por cento de retorno sobre a receita da empresa. Então é um resultado bastante significativo dentro de uma tecnologia como essa. ⏹

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit

Edite, converta e compare arquivos PDF e documentos digitalizados.

Ferramenta de OCR que realiza a captura completa de texto de documentos, transformando-os em PDFs editáveis e pesquisáveis de forma ágil e segura.

Software de OCR baseado em servidor para captura automatizada de documentos e conversão de PDFs.

O SDK de OCR para integrar as tecnologias de OCR, ICR, OMR, OBR, imagens de documentos e conversão de PDFs em diversas aplicações de servidor, desktop, móvel, MFP ou outros dispositivos.


AIIM Conference 2020 Por Walter Koch CEO da ImageWare

Uma certeza ao final do tradicional congresso anual da AIIM – Association for Intelligent Information Management (antiga Association for Information and Image Management) de 03 a 06 de março na cidade de Dallas, Texas, nos Estados Unidos: com a humanidade caminhando para dezenas de zetabytes de dados (e só estamos esquentando), não existe uma forma tradicional para manusear estes volumes de dados. Definitivamente, uma apropriada arquitetura da informação com seus metadados que permitam

20

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

a gestão e o uso da inteligência artificial sobre estes acervos é a única maneira de tirar proveito desta enxurrada de informações. Segundo Lars Jeppesen, fundador e CEO da TechOne Global, a comunidade da AIIM conta com bancos, seguradoras e indústrias, além de instituições governamentais que usam tecnologias digitais e a AIIM é o lugar para intercambiar e trocas experiencias, políticas, novas tecnologias, estudos de caso e lições aprendidas com a

comunidade global da transformação digital. Curiosamente foi um dos poucos eventos não cancelados por conta do COVID-19 e as preocupações relacionadas chamaram a atenção. Nas instruções do congresso constava que era um evento SEM aperto de mãos; nas sacolas dos participantes tinha álcool gel; e no app do congresso havia uma aba com informações diárias sobre a evolução do COVID-19 nos USA.

www.informationmanagement.com.br


No evento houve apresentações e mesas redondas com alguns dos principais especialistas do setor, e uma exposição onde fornecedores internacionais de produtos e serviços para gestão de informações e documentos corporativos apresentaram na prática suas soluções. Entre os principais patrocinadores deste ano citamos a Microsoft, IBM, IBML, Iron Mountain, entre outros. A estrutura do congresso foi baseada em cinco trilhas tema, a saber: • Criação e captura da informação • Implementando uma solução de gestão da informação • Digitalizando processos com informação intensiva • Automação da governança e conformidade • Extraindo inteligência da informação Entre as apresentações, chamaram a atenção principalmente as duas últimas trilhas com: Automating Governance and Compliance

Necessary Element in Customer Alan Pelz-Sharpe, fundador da consultoria Deep-Analysis que Experience Initiatives recentemente publicou estudo • Beyond Legal Risk: Making sobre o mercado brasileiro de the Information Governance ECM, foi um dos conferencisand Strategy Connection tas. Na visão dele, “o mercado de ECM está mudando rapidaExtracting Intelligence from In- mente e deverá crescer conformation sideravelmente nos próximos anos. Entretanto, este também • Let’s Geek Out on Metadata será diferente de muitas ma– and Why This is Valuable for neiras. Nos próximos 5 anos Better Business Insights Machine Learning deverá se • The Ethics of Deep Learning: tornar um componente padrão how to train your machines wi- dos processos de captura e de entrega de conteúdo, haverá thout bias or bad habits um foco menor nos repositórios Entre os brasileiros presentes, de suporte e em alguns setores Juliana Semicek, Gerente De- Blockchain será utilizado intenpartamental de Operações do sivamente. Adicionalmente, asBradesco, classificou o evento sistiremos uma aceleração da como “uma experiencia bem migração para a computação robusta sobre Gestão da Infor- na nuvem, particularmente nas mação, Gestão de Conteúdo e novas implementações”. Tecnologias. Alguns aspectos que chamaram a atenção no Neste contexto, a ImageWare congresso foram a questão de formalizou com a AIIM duranética na aplicação da inteligên- te o congresso a adoção do cia artificial e na construção de programa de certificação FIIM seus algoritmos e a importância - Fundamentos para a Gestão da arquitetura da informação. Inteligente da Informação no Neste último, a apresentação Brasil. Este programa, totaldo case do TSA com seu fra- mente alinhado com o estado mework de gestão inteligente da arte da indústria, está em da informação com suas ca- fase de tradução e deverá ser madas operacionais, táticas e disponibilizado aos profissioestratégicas foi muito elucida- nais brasileiros até o final do primeiro semestre. tivo.”

• Information Governance as a

www.informationmanagement.com.br

2020 MAR | INFORMATION MANAGEMENT

21


to Go e Sit


artigo

Coronavírus e a Transformação Digital no contexto do Information Management: ‘Do Paperless ao Contactless’ Por Christian Ribas

Fundador e CEO da Startup CERTDOX Uma considerável parte das pessoas nesta reflexão é responsável de alguma forma em proteger e prover suas Famílias e entes próximos. Em sendo desta forma, inevitável projetar como faremos todos agora, durante e após este período de ‘isolamento físico’, para manter as atividades profissionais que nos permitem manter a segurança e todos os recursos necessários para manutenção do desenvolvimento e sobrevivência dos nossos entes providos/ dependentes.

Esperamos que este ‘novo momento’ seja temporário e passe o mais rápido possível. E isto depende do engajamento de todos nós. Esperamos, mais ainda, que passe rápido e que o aprendizado seja mantido quando esta situação for superada. Que sirva, de uma vez por todas, de alerta e ensinamento que a Humanidade deve mudar a forma como se relaciona e consome de forma (errada) os recursos naturais/ de toda sorte que (ainda) temos.

Reflito eu agora na concepção deste artigo, como todos devem estar neste ‘novo momento’ da Humanidade, e também refletindo: “e agora? como serão todas as coisas, durante este período de ‘isolamento social’?? “. ‘Todas as coisas… Sem falar, nas empresas, todas Os desafios são imensos. Terelações familiares, sociais, de com sua função social de empregar e gerar ‘distribuição de mos todo o tipo de situação negócios… de ‘negócios’ para adaptar ao riqueza’.

www.informationmanagement.com.br

2020 MAR | INFORMATION MANAGEMENT

23


artigo momento Contactless, que é requerido por cada uma das diversas modalidades de negócios que a Sociedade atual pratica, sejam na modalidade ‘produto’ ou ‘serviço’. Mas, buscando fatos nesta reflexão, vamos concluir que os recursos que necessitamos para modificar/aprimorar os negócios já existem, e estão disponíveis para serem utilizados e melhorados. Se pensarmos bem, temos há mais de 15 anos, ferramentas, principalmente tecnológicas e de gestão de processos de negócios, disponíveis para suportar esta nossa agora ‘nova realidade / necessidade’. São ferramentas estruturadas, reconhecidas e suportadas por ‘Standards’ internacionais, na maioria das vezes, conhecidas por nós profissionais de Gestão de Informações. Vou listar alguns: Scanners; internet; computação distribuída; protocolos e algoritmos de segurança e criptografia; assinaturas eletrônicas ‘inter-partes’ e ‘qualificadas/

24

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

com fé pública’; ‘sistemas’ ERP, CRM, BPM, ECM; repositórios de informações e documentos ultra seguros ‘Safe Bucket’; judiciário eletrônico e-SAJs; ‘contadores eletrônicos’ praticando atos no SPED, NF-e, ‘juntas on line’; plataformas de ‘registros eletrônicos’ de transações com cartórios, entidades de registro / DLT`s / Blockchain; ‘marketplaces’ de APIs… sem exaurir a lista de ferramentas. Aliado a isto, temos de 5 anos para cá, uma nova abordagem de aplicar estas novas ferramentas, com o surgimento do modelo de inovação através das ‘startups’, que estão auxiliando na evolução, na ‘forma’ e no ‘conteúdo’. Daí decorre uma pergunta, meio óbvia: ‘porque ainda temos a necessidade de produzir tantos processos presenciais, e com isto, documentos em papel e processos redundantes, dispendiosos, por vezes irracionais?’.

ou influem no mercado/ em suas empresas, que façamos na prática e rápido, a passagem da era ‘Paperless’ para a era “Contactless’ nos ‘negócios’. Utilizando adequadamente, de forma estruturada e segura, ferramentas adequadas, para viabilizarmos uma Sociedade viável, melhor e sustentável. Destaco o uso de ferramentas que viabilizam a contratação de produtos e serviços de forma ‘Contactless’, como: marketplaces para contratação remota de produtos e serviços; serviços de assinaturas eletrônicas, formalização digital e integração de sistemas; serviços de registro e armazenamento eletrônico seguro de documentos; como exemplos, que creio que são a chave para evoluirmos.

Desejo que, passemos este ‘grande susto’ do Coronavírus, e que o ‘Contactless’ passe a ser o modelo ‘apenas’ para a consecução inteligente dos negócios, e que possamos novamente nos relacionar presenConcluo a reflexão que este cialmente, mantendo o aprenartigo propõe, conclamando a dizado que este tempo difícil todos que são de alguma for- vai e deve proporcionar. ⏹ ma, provedores de nossas Famílias e/ou atores que decidem

www.informationmanagement.com.br


AGOSTO DE 2020

Bem-vindo à nova era da privacidade das informações

Vença os desafios da LGPD e obenha muito mais: Visibilidade e controle sobre as informações coletadas e seus processos, melhorando seu planejamento e tomada de decisão

Melhoria de relacionamento com clientes e parceiros, através da confiança mútua e respeito à privacidade, criando vantagem competitiva

Redução nos riscos de multas e danos de imagem

Flexibilidade e facilidade de inovação na jornada da transformação digital, trazidas pelo melhor conhecimento de dados e processos

Mais Informações: (11) 4563-2542 ou asg.latam@asg.com

www.asg.com

to Go e Sit


artigo

A Gestão da Informação e Processos e sua importância em tempo de Coronavirus Por Winton Tamane

Diretor da ABEINFO, Business Partner na Soluarq Soluções em Gestão de Informação e Documentos e CDIA+ na WM Tamane Consultoria cita o protagonismo e importância da informação e protocolo como ferramentas essenciais no combate a disseminação do vírus. Informação correta, confiável, validada, comprovada e compartilhada no tempo certo e para diferentes públicos devidamente definidos com critérios lógicos e dentro de um contexto.

A gestão da informação e processos desde sempre tem uma Informação clara e inteligível a importância tanto operacional quem se destina. De forma a ser como gerencial e estratégico. efetiva e coerente para pessoas com perfis, escolaridade e níveis Em tempos de pandemia como sociais distintos. a atual, frequentemente a mídia

26

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

A comunicação da informação adequada ao público e a definição da mídia sem dúvida fazem toda a diferença. Profissionais com conhecimentos específicos como comunicação e marketing, tem uma larga experiência e amplo conhecimento de como efetivar a comunicação e disseminação efetiva da informação. E informação deve ser disseminada por canais confiáveis, como forma de evitar a desinformação, o excesso e a distorção e mau entendimento. Manchetes muitas vezes não traduzem seu

www.informationmanagement.com.br


to Go e i St


artigo verdadeiro significado e relevância. Temos que praticar a leitura completa do conteúdo e não somente a manchete ou título da matéria. Tuites nem sempre expressam toda importância de uma informação. Os autores da informação também devem ser analisados. Qual a formação, qualificação e experiência de quem assina uma matéria, laudo ou análise. E mais ainda, em quais dados são baseados as análises, pesquisas e laudos. De que forma os dados são coletados. Qual metodologia foi empregada na sua coleta. Como as amostragens foram definidas. A confiabilidade e precisão dos dados fazem toda a diferencia no resultado das análises.

cumentos que por sua vez geram de uma base documental onde uma base de conhecimento para esteja devidamente registrado uso imediato e futuro. todas as informações, análises e laudos além de todos os protocoE uma informação da mais alta los e processos. importância se refere aos protocolos que devem ser seguidos. Toda essa base de conhecimento Protocolos definidos e validados será disponibilizada para toda a por equipes multidisciplinares comunidade científica e organicom protagonismo de equipes zações governamentais e privamédicas de diversas áreas da me- das. dicina. Protocolos que mudam de acordo com a situação, com os Bases de conhecimento de outras dados e análises em tempo real. pandemias e epidemias que hoje Protocolos que devem ser fáceis tanto ajudam no entendimento de serem seguidos no mundo do que foi efetivo e do que não real. Protocolos que muitas vezes devemos fazer. podemos traduzir como procesConhecimento que vamos acusos. mulando ao longo do tempo e Processos que podem e devem que nos permite ser mais eficienser otimizados de forma a garan- tes e efetivos quando se trata tir uma maior produtividade. Pro- não só no enfrentamento de cricessos em plataformas digitais ses sanitárias como qualquer ou(workflows) e em nuvem com tra crise no âmbito da economia certeza podem otimizar proces- local e global. sos na produção de protocolos. Profissionais das diversas áreas Gestão de Informações, Docude conhecimento, trabalhando de mentos e Processo, embora seforma colaborativa e distribuída, jam conceitos e metodologias controlada e monitorada, remota que são ofuscados por tecnoloe virtual, compartilhando conhe- gias da transformação digital, cimento, de forma sincronizada e são e sempre serão a base para a Governança Corporativa. ⏹ documentada.

E na análise destes dados, a qualidade, formação e experiência de analistas de dados, estatísticos, matemáticos além de outros profissionais em análise de dados e suas tendências são de suma importância para que todos os profissionais que faram uso destes dados possam produzir laudos e relatórios confiáveis. Dados confiáveis produzidos por profissionais qualificados geram infor- E concluindo, informações e promações confiáveis que devem ser tocolos sempre devem ser docudevidamente registrados em do- mentados. Ou seja, a formação

28

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

www.informationmanagement.com.br


Gestão da Informação na prática, ao vivo 2010

2012

2011 2015

2013

2014 2016 2018

2019

13 e 14 de Agosto Reserve estas datas!

2017

Venha fazer parte desta história Participe do

13 e 14 de Agosto - Rooftop 5 - São Paulo/SP Informações: Tel (11)3392-4111 - contato@iima.com.br

Realização: Associação das Empresas e Profissionais da Informação

www.abeinfobrasil.com.br

Promoção:

to Go e Sit


artigo

Porque tanta demora para aprovar o projeto que dá valor ao documento digitalizado? Por José Guilherme Junqueira Dias De Souza

Diretor da ABEINFO e Presidente da Virtaus, consultoria especializada em gestão da informação e transformação digital Sem vasculhar muito o baú de antiguidades, vamos tomar como base o Projeto de Lei do Senado 146/2007 do Senador Magno Malta de março de 2007, que dispunha sobre a digitalização e arquivamento de documentos em mídia ótica ou eletrônica. Já se passaram 13 anos e muito pouco evoluímos nesse tema, que, na verdade, está ficando até Parece uma daquelas novelas ultrapassado, em um cenário que que nunca irá acabar e que nun- já mostra sinais de amadurecica sabemos, na verdade, os inte- mento de tecnologias como Inresses por trás dessa demora. teligência Artificial, RPA, dentre outras.

30

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

Em junho de 2017, ou seja, 10 anos depois, o projeto aprovado no Senado, é apresentado na Câmara dos Deputados, agora como Projeto de Lei 7920/2017, alterando a Lei nº 12.682, de 9 de julho de 2012, a Lei nº 8.159, de 8 de janeiro de 1991, o Decreto-Lei nº 3.689, de 3 de outubro de 1941 (Código de Processo Penal), a Lei nº 12.865, de 9 de outubro de 2013, e a Lei nº 13.105, de 16 de março de 2015 (Código de Processo Civil), para dispor sobre a digitalização de documentos”.

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


artigo De lá para cá, recursos, pareceres, requerimentos para apreciação com urgência e mesmo assim, quando aprovado e se aprovado, ainda dependerá de regulamentação que disporá sobre os procedimentos de segurança, armazenamento e preservação do documento digitalizado e sua interoperabilidade, independentemente da plataforma tecnológica.

2012, para estabelecer a técnica e os requisitos para a digitalização de documentos públicos ou privados, a fim de que os documentos digitalizados produzam os mesmos efeitos legais dos documentos originais.

Considere-se, ainda, recomendações do CONARQ, que se mostra preocupado quanto à inconsistências referentes à autenticidade e integridade dos documentos digitalizados, dificuldades para aplicação de análise forense ou diplomática forense, em casos de contestação de veracidade, impugnação e/ou denúncias de adulteração e falsificação de documentos originais, a preservação e o acesso de longo prazo aos documentos digitais, em função da rápida evolução da tecnoEste Decreto trás, inclusive, em logia, dentre outras. seus anexos I e II os Padrões Durante a construção desse ar- Mínimos para Digitalização de tigo, recebemos o Decreto no. Documentos e os Metadados Mí10.278 do dia 18 de março de nimos Exigidos, o que, de certa 2020, da Presidência da Repúbli- forma, garante o mínimo necesca, que regulamenta o disposto sário para preservação dos docuno inciso X do caput do art. 3º da mentos digitalizados. Lei nº 13.874, de 20 de setembro de 2019, e no art. 2º-A da Porém, ainda restam algumas dúLei nº 12.682, de 9 de julho de vidas com relação a esse Decreto,

32

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

como, por exemplo, um melhor entendimento dos documentos especificados no parágrafo único que define que o Decreto não se aplica a documentos referentes às operações e transações realizadas no sistema financeiro nacional, ou seja, cabe um esclarecimento de quais seriam exatamente esses documentos. Cabe, ainda, um melhor entendimento se o Decreto se aplica somente a documentos digitalizados a partir da sua data de publicação ou também a documentos digitalizados anteriormente, que atendam aos requisitos dispostos nos anexos I e II. A única certeza que temos, é que a falta de uma legislação específica não pode retardar, ainda mais, o processo de transformação digital, dificultando a melhoria no acesso e na difusão da informação, observados, obviamente, os princípios da arquivologia tanto nos processos de captura, como na apresentação e recuperação (metadados), armazenamento (formatos de imagem que garantam sua recuperação ao longo do tempo - PDF/A – padrão ISO 19005-1:200) e preservação das informações. Hoje, além da certificação digital, já temos outras formas

www.informationmanagement.com.br


to Go e i St


artigo Como classe dos profissionais e empresas do segmento de gestão de informações, detentores dos conhecimentos técnicos e práticos, temos pouca participação, influência e voz junto aos poderes públicos. Continuamos reféns de interesses que, na maioria das vezes, vão além da defesa das melhores práticas e Por outro lado, falta representa- do bem comum. tividade do nosso segmento na defesa desses assuntos que são A ABEINFO – Associação Brasileide interesse de todas as corpo- ra de Empresas e Profissionais da rações, públicas ou privadas. Informação, núcleo associativo Não temos nos posicionado ofi- do Instituto Information Manacialmente nesses casos, sequer gement, pode ganhar corpo para participado de maneira efetiva se tornar esse órgão representaquando eventuais consultas pú- tivo tanto dos profissionais como das empresas do segmento. blicas são realizadas. (inclusive legais) de garantir a devida segurança no processo de transformação dos acervos físicos para digital, sua preservação, autenticidade e integridade, e não podemos mais ficar reféns de interesses e de inseguranças que continuam gerando milhões de arquivos em papel.

34

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

Continuaremos, em 2020, a organizar os Comitês Técnicos, que se reunirão periodicamente para tratar de assuntos de interesse da entidade, além de representar os Associados junto a órgãos reguladores, governo, outras entidades e mercado em geral. Se você tem interesse em fazer parte dos nossos Comitês Técnicos, entre em contato através do e-mail comite@abeinfobrasil. com.br, pois, mesmo se tiver em outras regiões, podemos organizar algumas reuniões virtuais. Só assim conseguiremos ter voz e representar nossos interesses. ⏹

www.informationmanagement.com.br


SUA EMPRESA ESTÁ PRECISANDO DE SCANNERS PARA DIGITALIZAR SEU ARQUIVO? QUALQUER QUE SEJA A SUA NECESSIDADE, TEMOS O SCANNER ADEQUADO PARA SEUS DOCUMENTOS

to Go e Sit

▪ SCANNERS DE DOCUMENTOS (A4 E A3) ▪ SCANNERS DE MAPAS E PLANTAS ▪ SCANNERS DE MICROFILMES (ON DEMAND E PRODUÇÃO)

▪ SCANNER DE LIVROS (BAIXO E ALTO VOLUME)

▪ SCANNER DE CHEQUES ▪ SCANNER DE SLIDES E NEGATIVOS ▪ SCANNERS PARA JORNAIS ▪ SCANNERS PORTÁTEIS ▪ MICROFILMADORA ELETRÔNICA

ALÉM DE SUPRIMENTOS PARA MICROFILMAGEM (FILMES

www.navisystem.com.br brasil@navisystem.com.br

Tel 011 3266 4530

Foto: Freepik

ORIGINAIS, DIAZO, QUÍMICOS, ETC..)


artigo

Superando Crises com a Transformação Digital Por Carlos A. Bassi

Diretor da INFORMSYS Consultoria

Em momentos de crises de saúde pública e econômica é fundamental a conscientização e colaboração de pessoas

36

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

e organizações, principalmen- trabalho e procedimentos para te se a crise ocorre em escala garantir vidas e a saúde financeira de pessoas, empresas e global. governos. A transformação digital é uma aliada estratégica das organi- Sabemos que as organizações zações públicas e privadas na devem constantemente reavasuperação destes momentos liar seus processos de negócio sempre buscando racionalicríticos. zações, promovendo maior A situação hoje ressalta ainda automação de tarefas e, memais a importância na tomada lhorando o relacionamento e de decisões rápidas e asserti- a experiência de seus clientes, vas além, de agilidade na mo- como forma de mitigar possídificação de seus processos de veis riscos e reduzir custos.

www.informationmanagement.com.br


Jรก pensou em:

to Go e Sit

OSAS Podemos realizar! Visite nosso novo site e descubra como podemos fazer parte dos projetos de sua empresa.

11 3471.2500

contato@osas.com.br

www.osas.com.br


artigo Quando há uma orientação a processos, muitos problemas que as organizações estão ou irão passar por conta da pandemia do COVID-19 já podem ter sido pensados e, as soluções já foram implantadas ou encontram-se em implementação. Com a experiência dessa crise sanitária global temos a certeza de que os hábitos das pessoas já estão mudando e irão mudar mais ainda. A forma tradicional de realizar a produção e comercialização de produtos / serviços de modo presencial e físico terá que ser complementada com mecanismos onde o relacionamento virtual passará a ter maior relevância.

aplicativos terá maior relevância e um uso intenso, sem a necessidade de clientes se dirigirem até os estabelecimentos para adquirir produtos. Preferência e maior utilização de caixas de autoatendimento em lojas e mercados ou até mesmo a expansão de estabelecimentos como o Amazon Go, onde você pega os produtos da gondola e eles são debitados diretamente em seu cartão de crédito ao sair da loja, eliminado a utilização de carrinhos de compra não higienizados e compartilhados por muitas pessoas, minimizando aquelas enormes filas nos caixas e a manipulação dos produtos com a retirada do carrinho, colocação em esteira, passagem no leitor de código de barras pelo operador e acondicionamento em sacolas.

A transformação digital terá maior destaque no planejamento e ações nos meses seguintes a este impacto que Logística – o uso cada vez vem assolando o mundo. maior de aplicativos de logísMuitas atividades do nosso co- tica para entrega de mercadotidiano acabarão sofrendo mu- rias e alimentação diminuindo danças significativas impulsio- a necessidade de deslocamennadas pela crise do COVID-19 tos dos compradores até o em aspectos como: estabelecimento e agilizando em muito a recepção dos itens Comércio – o comércio ele- desejados, com destaque para trônico por meio de sites e

38

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

a entrega sem contato físico por meio de drones para itens pequenos e leves. Forma de pagamento – a forma de pagamento por transferência e aproximação será cada vez mais utilizada ao invés das tradicionais formas com dinheiro e cartão de débito / crédito, onde ocorre a manipulação do dinheiro, troco, cartão, maquininha, recibo e necessidade de digitação de senha. Transações bancárias – maior utilização dos canais digitais, largamente utilizados pela grande maioria da população, como aplicativos móveis e sites de bancos para realizar operações bancárias, liberando as pessoas de passar longos tempos nas filas das agências bancárias para pagamento de contas. Ensino – o aperfeiçoamento do ensino a distância disseminando conhecimento e conteúdos online para acesso no horário da conveniência do consumidor, suportando o ritmo de aprendizado individual, com uso de gamificações, grupos de estudo e dinâmicas ao

www.informationmanagement.com.br


SOLUÇÕES EM GESTÃO FÍSICA E ELETRÔNICA DE DOCUMENTOS É COM A GUARD WELL Empresa Especializada • • • • • •

Mais de 10 anos de Mercado Instalações com alto nível de segurança Rigorosos Padrões de Normas Técnicas Projetos com Atendimento Personalizado Certificação AVCB conforme Legislação CFTV e Vigilância 24 Horas

Gestão Documental Física • • • • • •

Armazenamento de Documentos Organização de seu Acervo Documental Informatização e controle de Ponta Sistema Leva e Traz Higienização e Limpeza Destruição e Descarte Regulamentado

• • • • • •

Gestão Eletrônica e BPO

Gestão Eletrônica de Documentos Digitalização Documental Transformação de Papéis em Arquivos Eletrônicos Equipe Treinada e Ágil Armazenamento dos Arquivos em Cloud Backup e Segurança

Guard Well Assessoria Documental Rua Bixira, 132 - Móoca São Paulo - SP Cep.: 03119-020 Contatos: 11 4479-9404 11 4479-9477 www.guardwell.com.br

to Go e Sit


artigo vivo deixando o aprendizado atraente, minimizando deslocamentos, reduzindo custos e evitando aglomerações. Execução de tarefas – a crescente utilização das tecnologias BPM – Business Process Management e RPA – Robotic Process Automation podem eliminar ou reduzir de forma drástica aquelas atividades manuais e repetitivas nos processos de negócio das organizações bem como, pode-se executar tarefas operacionais e a gestão do processo de forma remota independente da presença física de colaboradores em suas instalações, garantindo a qualidade e cumprimento de prazos. Reuniões e Grupos de Trabalho Virtuais – o aumento das reuniões e grupos de trabalho virtuais é uma realidade, já que são mais rápidas, produtivas e permitem o compartilhamento e edição de documentos de forma colaborativa e, reduzem os custos com deslocamentos neste mundo globalizado. Fica claro que a adoção das tecnologias atualmente dispo-

40

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

níveis como internet, celular, BPM, RPA, IIM – Intelligent Information Management, colaboração, ensino a distância, reconhecimento facial, gestão de identidades, machine learning, inteligência artificial, ferramenta de desenvolvimento de aplicações com baixo nível de programação e gestão da segurança, tem sido um dos pilares na solução de muitos dos problemas enfrentados. A adoção de forma planejada constitui um plano para a transformação digital. Entretanto, o fator essencial para se atingir níveis diferenciados será a adoção de uma cultura orientada a pensar na melhoria contínua de seus processos de negócio.

Este é o maior desafio que as organizações tem em sua jornada pela transformação digital pois, cultura não se compra e nem fica disponível de um dia para outro, ela tem que ser construída ao longo do tempo, deve ser incentiva pela alta gestão e deve ser internalizada por todos os colaboradores. Qualquer ascensão no nível de maturidade da transformação digital de uma organização passa pela orientação por processos e o uso de tecnologias de forma estratégica, permitindo a antecipação de soluções ágeis e seguras para os impactos das crises que vivemos e das que estão por vir. ⏹

www.informationmanagement.com.br


www.arquivar.com

to Go e Sit

Estamos de cara nova na internet. Muito mais intuitivo, prático e 100% adaptável para dispositivos móveis, o novo site da Arquivar apresenta um conteúdo mais direto, claro e rico em informações relevantes para que as empresas encontrem maneiras de executar uma gestão inteligente de documentos dentro das suas possibilidades.

gestão inteligente de documentos Unidades em todas as regiões do Brasil: RS: Caxias do Sul e Passo Fundo. SC: Chapecó e Florianópolis. PR: Cascavel, Curitiba e Londrina. SP: Campinas, São José dos Campos, São Carlos e São Paulo. MG: Belo Horizonte (M), Ipatinga, Montes Claros, Porteirinha e São Lourenço. RJ: Duque de Caxias, Macaé e Rio de Janeiro. ES: Vitória. BA: Salvador e Feira de Santana. SE: Aracaju. AL: Maceió. PE: Recife. PB: João Pessoa. RN: Natal e Mossoró. CE: Fortaleza. MA: São Luis. PI: Teresina. PA: Belém. AP: Macapá. AM: Manaus. MT: Cuiabá. MS: Campo Grande. Bolívia: Santa Cruz de la Sierra.


entrevista

De prática corriqueira à necessidade diária, home office torna-se saída para empresas funcionarem Um novo nicho de mercado se abriu com a necessidade das empresas terem seus colaboradores trabalhando em casa Por Prado Junior A pandemia do coronavírus mudou a rotina de empresas em todo o mundo. Medidas de contenção foram implantadas para evitar o contágio e a disseminação do Covid-19. As pessoas passaram a trabalhar em suas casas.

42

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

No Brasil, com o avanço da doença, o Home Office, prática que mostrava crescimento a passos lentos, praticamente tomou conta do dia a dia de todos os seguimentos. Porém, muitas ainda não se preocupa-

vam com isso. De repente, se viram obrigadas a adotar esse sistema e, claro, sem saber como fazer. Não é tão simples, como muitos pensam. Não basta ter

www.informationmanagement.com.br


to Go e i St


entrevista um computador em casa ou laptop. Existe o problema da organização do trabalho. Do comprometimento das pessoas, detalhes técnicos etc. O Instituto Information Management vem conversando com profissionais gabaritados para esclarecer sobre essa prática. Nós entrevistamos Camila Denículi Vila Verde, que é sócia-fundadora e responsável pela empresa Doc Expert. Camila desenvolve atividades relacionadas à criação e divulgação da identidade de marca, marketing digital, vendas, negociação, relacionamento com cliente, mediação de conflitos, customer success, relações externas (networking), parcerias, palestras, gestão de contratos, de projetos, de pessoas, recrutamento e seleção. IM: Que conselho você da-

Mas a empresa precisa entender sua estrutura organizacional, equipes, funções, responsabilidades, projetos e relações entre estes. Parece óbvio, mas muitas empresas não conseguem se representar desta forma e aí de forma remota os times não conseguem se organizar, distribuir e acompanhar tarefas para atingir um objetivo comum, até mesmo por falta de entendimento do objetivo, das funções de cada um e como que essas funções se complementam. As pessoas necessitam de ter uma visão mais ampla no negócio e de como que sua função está inserida ali para um objetivo em comum. A adoção de plataformas é essencial e viabiliza a comunicação e a cooperação remota, mas, se as equipes não têm a visão do negócio e as pessoas continuarem trabalhando de forma isolada, a coisa não funciona de forma eficiente!

ria para que não saiam por aí desesperadas atrás de plataformas que, ao invés A gestão de informação prede ajudar, podem prejudicar ainda mais o desempe- cisa estar em dia. Os recursos de informação precisam estar nho?

mapeados e as pessoas preCamila: Buscar plataformas cisam saber como localizá-los é fundamental, sem dúvidas. e acessá-los de forma remota,

44

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

pois a informação é consumida em todo o tempo nos processos de trabalho. Quando este consumo fica prejudicado para um membro da equipe, toda a equipe é impactada, pois o trabalho de cada um depende do trabalho do outro. IM: Que problemas elas

enfrentam ao adotar o home office sem um conhecimento básico?

Camila: As pessoas enfrentam desde problemas de adaptação para organizar o espaço doméstico, a vida pessoal e profissional, até problemas de execução de suas funções de forma remota. Trabalhar de casa requer estabelecimento de rotinas, adequação de espaços (mesa, cadeira, espaço mais reservado e sem interferências), estruturas (luz, internet). No atual cenário requer ainda a acomodação da família, dos filhos, que estão em casa sob a responsabilidade dos pais, que precisam trabalhar e não podem dispor de ajuda de empregados domésticos e familiares. Com relação as equipes, como estão dispersas, elas precisam se conectar digitalmente e estar em sincro-

www.informationmanagement.com.br


to Go e i St


entrevista nia, preferencialmente em horários de trabalho combinados, para que a comunicação entre as pessoas não sofra. Há ainda algumas dificuldades no uso das plataformas, conhecimento dos recursos e desempenho das redes de conexão doméstica. Essas questões precisam ser trabalhadas através de treinamento e suporte estrutural da empresa para seus empregados remotos. Os suportes de estrutura das empresas atualmente estão preparados para atender os funcionários dentro da empresa, mas não dentro de suas casas, então isso precisa ser estudado.

ço doméstico e suas rotinas, como preservar a segurança da informação da empresa em ambiente externo, como solicitar suporte de infraestrutura etc. A segunda preocupação é a escolha de uma plataforma eficaz que permita comunicação, fluxo de informação, fluxo de trabalho, controle e monitoramento de processos e produtividade. Uma única ferramenta não sobre toda esta necessidade... é preciso avaliar ferramentas de BPM, GED, Reuniões online, CRM etc. As ferramentas precisam garantir desempenho e segurança da informação.

IM: Quais os cuidados bá- IM: Hoje ocorre uma en-

sicos na hora de implantar xurrada de empresas ofeo home office? recendo serviço para implantação dessa prática. Camila: A primeira preocupa- Está surgindo um novo ção tem que ser a de treinar nicho de mercado forte na pessoas. Não somente no uso área de TI?

da plataforma remota, mas de tudo isso que citei anteriormente. Elas precisam conhecer a estrutura da empresa, onde estão inseridas, seus projetos, suas funções, seus pares, suas entregas, seus prazos, como encontrar seus recursos de informação, acessá-los e usá-los. Como organizar o espa-

46

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

Camila: Não somente na área de TI, mas de consultorias em gestão empresarial que permitam que a empresa se estruture adequadamente para mesclar o HO com o trabalho presencial.

das empresas por conta do coronavírus elas tendem a investir em plataformas e programa para a implantação do home office. Para não perder o investimento, você acredita que as empresas passem a adotar essa prática em seu dia a dia?

Camila: Eu acredito que o HO é um caminho sem volta e crescerá cada vez, mesclado ao trabalho presencial. Incorporar o HO à rotina da empresa permite que a empresa inclusive atraia talentos de outras localidades, o que pode ser bem interessante para empresas e pessoas. Teremos um longo e árduo caminho até o fim da crise desta pandemia e teremos que nos reinventar como comunidade, readaptando rotinas pessoais e profissionais. Acredito que todo investimento bem planejado em HO não será perdido e será muito bem utilizado durante e após esta crise. ⏹

IM: Com essa readequação

www.informationmanagement.com.br


NOVA DATA: 28 E 29 DE OUTUBRO

Local: AMCHAM Business Center - Rua da Paz, 1431 - Sto Amaro - SP

AUDITÓRIO 1

21-A 21

I RPA + A 0 2 DE DIAS 20 E 21

/ SP SÃO PAULO OUTUBRO -

https://bit.ly/32J2Dwc


entrevista

Inteligência Artificial: Mercado terá

resultados multiplicados nos próximos anos É preciso ter informação sobre seu negócio para ser capaz de treinar os robôs, afirma CEO da Lab 245 e presidente da Assespro-RJ, Maria Luiz Reis Por Prado Junior Uma pesquisa realizada pela consultoria americana Accenture e chamada de Technology Vision mapeou as principais tendências tecnológicas para os próximos anos. Realizado com base na resposta de mais de 6 mil executivos

48

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

de 25 países, o estudo aponta anos. Dados do IDC (International que a inteligência artificial é um Data Corporation) apontam que os dos temas que estará em alta. gastos globais com técnicas de inteligência artificial devem ser de quaDe fato, é um mercado em cresci- se 98 bilhões de dólares em 2023. mento e que deve ter seus resul- É mais de duas vezes o valor gasto tados multiplicados nos próximos em 2019, 37,5 bilhões de dólares.

www.informationmanagement.com.br


Informações Protegidas.

Evoluindo a maneira como o mundo gerencia informação, prestando o melhor serviço. Soluções Access Guarda de Documentos

BPO em Gestão Documental

Digitalização

Formalização de Contratos

Guarda na Web

Soluções Digitais

Destruição Segura

Guarda de Mídias

to Go e Sit


entrevista O Instituto Information Management conversou com Maria Luiza Reis, CEO da Lab245 Software, empresa fabricante dos produtos Folder245 especializados em Gestão de Documentos, Gestão de Processos e Inteligência de Negócios.

vê a implantação de sistema o mapeamento dos processos para: substituir atividades repetide Inteligência Artificial? tivas por robôs, substituir atividaMaria Luíza: Inicialmente, des complexas e de muito cálcupara uma empresa entrar na lo por robôs, substituir decisões “onda” da inteligência artificial baseadas na intuição em análise de verdade, a primeira coisa a preditiva e conectar atividades fazer é ter informação do seu que não estavam conectadas annegócio para ser capaz de treinar teriormente • Dispondo deste conjunto de dados, a empresa poderá adotar uma plataforma de inteligência artificial como a Magali Robot, por exemplo, para automatizar e monitorar processos e dar insights do negócio.

IM: As empresas compre-

endem a importância dessa ferramenta?

Maria Luiza: Algumas enten-

Nesta entrevista, Maria Luiza, que também é presidente da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação do Rio de Janeiro (Assespro-RJ), aponta os cuidados que as empresas devem tomar, fala sobre RPA, Lei Geral de Proteção de Dados e da importância de se criar uma rede tecnológica para disseminar informações.

dem o poder de uma plataforma de IA, outras querem somente aderir à modernidade. Compreender o que uma ferramenta os robôs. dessas é capaz de fazer é o que Para isso, começamos em várias vai fazer diferença no sucesso e no fracasso. frentes: • Registros de operações da empresa: vendas, compras, documentos como contratos, correspondências, cadastro de clientes, registros de suporte, atividades de prospecção e vendas etc.

IM: O que você destacaria como mito e verdade sobre a RPA?

Maria Luiza: Ferramentas de

automação de postos de trabalho existem desde meados dos • Depois a empresa deve ter anos 90, então o primeiro mito IM: Atualmente como você

50

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


entrevista é que RPA não é uma novidade, um segundo mito é acreditar que RPA é Inteligência Artificial. Uma verdade sobre RPA é que aumenta a produtividade de atividades já mapeadas e repetitivas em centenas de vezes

IM: Quais os benefícios que essa tecnologia pode trazer para as empresas?

Maria Luiza: Em se falando de Inteligência Artificial, o seu uso pode mudar um patamar de uma empresa tornando-a muito mais competitiva, com potencial de atender em escala e com diferencial competitivo um mercado muito maior e com mais qualidade.

IM: Qual a necessidade de

formar uma rede de tecnologia?

Maria Luiza: Formar uma rede de tecnologia é necessário porque com a rede é possível criar soluções mais sólidas e escaláveis uma vez que nem todos os recursos que você precisa para montar uma solução inovadora pode ser feito por uma única equipe. Unindo competências é possível criar uma indústria de tecnologia muito mais robusta.

IM: Como elaborar uma

52

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

rede dessas, já que o campo sas devem ter com a emida Tecnologia de Informação nente chegada dessa lei? é um universo muito diversiMaria Luiza: Inicialmenficado? te mapear os dados sensíveis e Maria Luiza: Estabelecendo pessoais que elas guardam. Em conexões, mapeando competên- seguida, garantir que todo acescias e produtos que poderão ser so aos dados será feito somente usados combinados de forma di- quando necessários e somente ferente em diferentes soluções. por quem precisa. Além disso, é preciso garantir que qualquer um IM: Você acha que even- que acessar será identificado. tos presenciais sobre tema, como feiras, palestras, ex- IM: Como os empresários posições, meetings etc., são devem proceder para se adeimportantes para o esclare- quarem às novas normas? cimento e aprendizado? Maria Luiza: A primeira coisa Maria Luiza: Não precisamos é se certificar que os dados pesde evento presenciais para ter soais que a sua empresa detém conhecimento, mas eles são mui- são realmente necessários para to importantes para estabelecer o seu funcionamento e que as conexões e para ter insights, informações estão concentradas ideias inovadoras. e facilmente rastreáveis caso alguém solicite a exclusão dos seus IM: Em agosto entra em vi- dados pessoais. A melhor e mais gor a Lei Geral de Proteção segura forma de guardar a inforde Dados (LGPD). Esse é um mação e os documentos formato novo marco na seara da TI eletrônico. no Brasil? IM: Essa rede de tecnoloMaria Luiza: É um marco, sem gia sugerida por você pode dúvida alguma, e é um grande ser uma das soluções para desafio em um mundo que não que empresas se adequem à existe mais segredos, que as in- LGPD? formações confidenciais são venMaria Luiza: A rede de tecnodidas em marketplaces. logia pode ser solução para proIM: Que cuidados as empre- blemas de diversas naturezas. ⏹

www.informationmanagement.com.br


ACELERE A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL DO SEU NEGÓCIO COM A PLATAFORMA INTERFY

Uma única plataforma com tudo o que seu negócio precisa para entrar no mundo digital 5 produtos totalmente integrados para facilitar a gestão das empresas

ECM

BPM

CRM

ERP

BI

Gestão de Conteúdo Empresarial

Gestão de Processos de Negócios

Gestão de Relacionamentos com Cliente

Software de Gestão Empresarial

Inteligência de Negócios

to Go e Sit

Conceito One-Stop Shop, que permite que qualquer empresa contrate os produtos diretamente pelo site, de forma fácil e sem burocracia, e passe a usar a tecnologia de imediato, na modalidade (SaaS - Software as a Service), sem fidelização.

interfycorp.com

USA

BRASIL

1500 Parl Center Drive The Office - Metrowest Orlando - FL

Av. Dr. Chucri Zai Conjutos 311 a 314 - Berrini São Paulo - SP

+1 786 353-5568

+55 11 5929-8900


webnews Sky.One lança dois novos produtos que viabilizam e simplificam o uso de serviços e soluções na nuvem A Sky.One, startup especializada no desenvolvimento de plataformas que automatizam e facilitam o uso da computação em nuvem, lança dois novos produtos voltados para o mercado de pequenas e médias empresas.

3 tendências tecnológicas para investir ainda em 2020 O Gartner, líder mundial em pesquisa e aconselhamento para empresas, destacou algumas tendências de mercado na área de tecnologia focadas em dados e análises. De acordo com a corporação, essas tecnologias possuem alto poder de ruptura de três a cinco anos.

Telefónica e everis unem esforços para diminuir desigualdade digital na América Latina com Internet para Todos (IpT) A everis, empresa multinacional de consultoria, junta-se à Telefónica para colaborar na iniciativa Internet para Todos Peru (IpT Peru), uma operadora atacadista de infraestruturas de telecomunicações que visa expandir a conectividade à internet nas zonas rurais da América Latina.

CEOS brasileiros se unem em campanha para combater coronavírus e conscientizar trabalhadores Até agora, mais de 620 empresas já aderiram ao movimento para conter o avanço do vírus no País, adotando medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde

54

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

www.informationmanagement.com.br


SUA EMPRESA NECESSITA DIGITALIZAR ALTOS VOLUMES DE DOCUMENTOS E GERAR ARQUIVOS COLORIDOS E COMPACTOS COM OCR? Único scanner que funciona sem régua de vidro; Sistema de Transporte dos documentos através de correias precisas; Alimentador Automático para 500 folhas com sensor de papel; Possibilidade de upgrade entre as várias versões ( 90 a 170 ppm);

Freepik

Possibilidade de locação por curto ou longo prazo.

Conversão de imagens coloridas TIFF, JPEG para PDF-A; PDF´s com tamanho equivalente a imagem P&B; PDF´s sem perda de qualidade; Instalado no Servidor com criação de “hot folders”, para Conversão automática; Possibilidade para funcionar 24 horas/dias; Licenciamento por quantidade de imagens ou anual.

Contate-nos ainda hoje e peça uma demonstração do scanner e/ou do software. to Go e i St


webnews Foco em cibersegurança aumenta no Brasil Cerca de 19.150 notificações de ataques cibernéticos foram registradas em 2019, de acordo com levantamento do Centro de Tratamento e Resposta a Incidentes Cibernéticos de Governo (CTIR-Gov), órgão vinculado ao Gabinete de Segurança Institucional (GSI). Esse número equivale a um aumento de quase quatro mil casos em relação a 2018.

Webinar gratuito apresenta solução para comunicação empresarial em tempos de trabalho remoto Em tempos onde a preocupação da disseminação com o coronavírus faz com que cada vez mais brasileiros tenham que trabalhar no modelo home office, muitos acabam tendo que se arriscar justamente pela empresa não ter um ambiente preparado para a execução das atividades

Coronavírus: Empresas buscam soluções, orientam funcionários e se adequam à nova realidade A pandemia do coronavírus mudou a rotina de empresas em todo o mundo. Aqui no Brasil, com o avanço da doença, muitas medidas de prevenção estão sendo tomadas. O Home Office, prática que mostrava um certo crescimento, praticamente tomou conta do dia a dia de todos os seguimentos.

Atenção! Eventos realizados pelo Instituto Information Management e ABEINFO têm novas data agendadas O Instituto Information Management definiu as novas datas dos eventos que, em virtude da pandemia de coronavírus e seguindo as determinações dos órgãos de saúde e dos governos federal, estaduais e municipais, foram adiados.

56

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


webnews Startups e fintechs, o começo de uma grande revolução O mercado nacional está a cada dia mais dinâmico. A movimentação em torno das startups segmentadas vem ganhando espaço, velocidade e aderência, especialmente nas áreas de finanças, seguros, indústria e varejo.

NICE convida para webinar sobre perspectivas de saúde, trabalho remoto e propósitos de vida em tempos de Coronavírus Estes são tempos sem precedentes que trazem ao mundo a possibilidade de profundas mudanças profissionais, sociais e pessoais. Informação e perspectivas são fundamentais para pavimentar as novas estradas.

Grupo Stefanini disponibiliza gratuitamente ao mercado ferramenta que auxilia no serviço de home office A ferramenta eficaz está sendo adotada por muitas empresas como um dos principais recursos para dar continuidade às atividades e manter a normalidade no atendimento aos seus clientes.

Visão computacional e o papel da percepção tecnológica Cada vez mais encara-se a chegada da Transformação Digital como uma porta de entrada para novas ferramentas e métodos de gestão operacional. Essa mudança de pensamento representa a urgência de se obter um olhar estratégico quanto à utilização de ferramentas disponíveis no mercado.

58

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

www.informationmanagement.com.br


anúncio ANÚNCIO

to Go e Sit


webnews China tem o maior crescimento em exportações de Serviços de TIC, Brasil é destaque sul-americano Novo estudo da Assespro-Paraná revela o panorama do mercado internacional de TIC. China não para de crescer e Brasil domina a América do Sul. A China é o país que mais cresce em número de exportações mundiais de serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), com um volume de crescimento de 349% em 10 anos.

Embratel lança serviço de Inteligência Artificial A Embratel anuncia o lançamento da sua solução de Inteligência Artificial, um serviço que abrange diversas tecnologias capazes de aprender e desempenhar comportamentos que se assemelham à inteligência humana, para ajudar nos mais diversos desafios empresariais. A oferta é uma alternativa inovadora para companhias de segmentos e portes variados que lidam com grande volume de dados e de interações com o público.

Robôs no varejo: como a robotização de processos fiscais, tributários e jurídicos está revolucionando o mercado varejista. A aplicação de RPA, OCR, IA, e outras tecnologias disruptivas já estão transformando os processos dentro das médias e grandes corporações do varejo, que conseguem otimizar rotinas de trabalho e melhorar resultados.

Acompanhe quais foram as 10 ameaças cibernéticas com maior relevância para negócios nos últimos tempos no Brasil Empresa monitorou mais de 43 milhões de mensagens em mais de 30 fontes diferentes, de mídias sociais a fóruns escondidos na Dark Web.

60

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

www.informationmanagement.com.br


Certificado Digital e-CNPJ A identidade digital da sua empresa em transações eletrônicas com total segurança, integridade e validade jurídica. Proteção em transações online

Redução de armazenamento de documentos

Redução de custos com impressão to Go e i St

https://www.validcertificadora.com.br


webnews Startup auxilia outras empresas a passar pelo surto de Coronavírus Com uma pandemia instalada por conta do Coronavírus ameaçando a saúde pública e afetando negócios ao redor de todo o mundo, algumas instituições agem com o objetivo de evitar a disseminação do contágio da doença. Pensando nisso, a HeroSpark atua em posição chave para contribuir na adaptação de pessoas e empresas nas mudanças que vem acontecendo.

Stefanini e Kaspersky anunciam parceria estratégica em cibersegurança A Stefanini, multinacional brasileira referência em soluções digitais, anuncia parceria com a Kaspersky, produtora de softwares de segurança para a Internet. As empresas têm como objetivo ampliar o número de serviços em cibersegurança.

Inteligência Artificial: Mercado terá resultados multiplicados nos próximos anos Uma pesquisa realizada pela consultoria americana Accenture e chamada de Technology Vision mapeou as principais tendências tecnológicas para os próximos anos. Realizado com base na resposta de mais de 6 mil executivos de 25 países, o estudo aponta que a inteligência artificial é um dos temas que estará em alta.

Moda, Calçados e Cosméticos são as categorias mais recomendadas por consumidores a parentes e amigos pela boa experiência e satisfação de compra Pesquisa realizada com base em avaliações de consumidores de 760 e-commerces brasileiros, referente a 69 categorias distintas, traça um panorama daquelas mais bem avaliadas e comentadas pelo consumidor

62

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

www.informationmanagement.com.br


to Go e i St


webnews Stefanini utiliza Inteligência Artificial para orientar colaboradores sobre a prevenção ao coronavírus Enquanto autoridades e entidades médicas trabalham mundialmente para barrar a propagação do novo coronavírus, as empresas buscam formas de conciliar suas atividades com ações que estimulem a prevenção e a segurança de seus funcionários.

NICE lança CXone@home para que as empresas façam a transição de seus contact centers para o trabalho home office Em resposta ao crescimento do COVID-19, solução é oferecida a empresas e agências governamentais, de forma gratuita, por 45 dias

GFT Brasil amplia diretorias de Negócio e também anuncia novo COO A GFT, empresa global referência em tecnologias exponenciais para transformação digital e projetos ágeis, anuncia reforços para as suas áreas de Negócios e Operações. As movimentações refletem o processo de expansão da companhia no país, que registrou crescimento de mais de 50% no último ano

Solutis adota medidas para evitar propagação do coronavírus A pandemia do coronavírus alterou a rotina de empresas em todo o mundo. Aqui no Brasil não é diferente. Diante do crescente número de casos, as companhias adotam diversos procedimentos para preservar os funcionários e, ao mesmo tempo, não parar suas atividades.

64

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit

Utilize IA para a Gestão Inteligente da Informação Inteligência Artificial - IA:

U t il i z e

A

el

ig

ap

ên ci

ivi

A rt

ut

a

d

li c a

A u m e nte sua Pr o

se

nt

e

m

aI

qu

Machine Learning Deep Learning RPA Text Analytics e PNL

l -I A p a r a

oT e

iz

c

O ti m

d e U t ili z a n d

ifi c i a

da

ar s

e

Tratamento de Imagem Classificação automática de documentos Extração inteligente de dados Indexação automática dos documentos Análise Semântica dos Documentos Processos de Formalização Automação de Processos de Cadastro de Clientes Processos de Matrículas

us

no

Pr

lo

oc

g ia

e ss

Birôs de Digitalização Intituições Educacionais Intituições Financeiras Intituições Governamentais www.3adigitall.com.br Av. Luiz Paulo Franco, 500 Sala 805 - Belo Horizonte/MG (31) 99192-1694 / (31) 99634-9320 / (31) 3657-7928

s d e p o nta

os


webnews cezar.taurion@kickgrupo.com.br

Matera abre mais de 200 vagas para o primeiro semestre de 2020 A Matera, empresa de tecnologia voltada para o mercado financeiro, fintechs e gestão de riscos, com mais de 30 anos de atuação no mercado, chegou em 2020 pronta para mostrar que tradição não é sinônimo de “parar no tempo”. Com o surgimento crescente de fintechs e bancos digitais, a empresa segue inovando os serviços oferecidos e participando da transformação do mercado

Pesquisa aponta necessidade de regulamentação urgente da telemedicina entre médico e paciente A Associação Paulista de Medicina realizou, no último mês de fevereiro, uma pesquisa com 2.258 médicos brasileiros com o objetivo de avaliar a receptividade desses profissionais com relação às tecnologias digitais na área da Saúde

UpToDate da Wolters Kluwer Health é novamente número 1 em suporte à decisão clínica em ranking mundial dos melhores da saúde Wolters Kluwer Health, líder mundial no fornecimento de soluções e informações para o momento de cuidados ao paciente para a indústria de saúde, acaba de anunciar que o UpToDate, foi classificado como o recurso número um para o suporte à decisão clínica

São Paulo ganha a primeira escola de sentimentos do mundo Segundo dados do Isma (International Stress Management Association), mais de 30% dos trabalhadores brasileiros sofrem de Burnout. Síndrome de caráter depressivo, tem como principais características esgotamento físico e mental intenso.

66

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


webnews cezar.taurion@kickgrupo.com.br

Instituto Information Management adia eventos de março e abril por conta do coronavírus O intuito é preservar público, palestrantes, colaboradores e patrocinadores de eventual contágio. Diariamente temos novas notícias sobre a pandemia do coronavírus. É fato que a doença chegou ao Brasil e o número de casos aumenta a cada dia.

Curitiba capacita mais de 300 jovens para o 1º emprego em tecnologia Mais de 300 jovens de Curitiba estão sendo capacitados no programa “Meu Primeiro Emprego em Tecnologia”. Intitulado Empregotech e desenvolvido pela Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Fundação de Ação Social (FAS) e Assespro-PR, a iniciativa é inédita na cidade.

NICE inContact CXone conquista o prêmio BIG Innovation de 2020 NICE inContact CXone, plataforma de experiência do cliente em cloud, venceu o prêmio BIG Innovation de 2020, oferecido pelo Business Intelligence Group. A premiação reconhece organizações e profissionais que impulsionam a inovação e dão vida a novas ideias e experiências em múltiplas áreas de atuação.

MP do Agro conecta financiamentos às novas tecnologias, diz especialista A Medida Provisória nº 897/2019, mais conhecida como MP do Agro, foi aprovada no Senado no dia 4 de março e aguarda a sanção presidência. O texto torna mais acessível a disponibilidade de crédito para os empreendedores rurais.

68

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

www.informationmanagement.com.br


29

28

27

26

25

24

23

22

https://bit.ly/3aeaioS


webnews cezar.taurion@kickgrupo.com.br

People+Strategy e Neomove fecham parceria para oferta de soluções baseadas em Big Data e Inteligência Artificial para RH e melhoria de performance Em parceria recente, a People+Strategy e a Neomove se aliaram para criar soluções baseadas em Big Data, Machine Learning e Inteligência Artificial que auxiliam o setor de Recursos Humanos e Estratégia de grandes empresas.

TruckPad lança aplicativo de pagamentos e se consolida como solução completa para logística O TruckPad, maior plataforma da América Latina de conexão entre cargas e caminhoneiros autônomos, está lançando uma carteira digital que vai permitir que os motoristas recebam o pagamento de seus fretes e o utilizem em produtos e serviços automotivos (ou transfiram para suas contas pessoais).

Capgemini anuncia nova Vice-Presidente de Marketing e Comunicação no Brasil A Capgemini nomeou hoje Natalia Zimerfeld como sua nova Vice-Presidente de Marketing e Comunicação no Brasil. Natalia tem 26 anos de experiência em posições de liderança com marcas globais e em uma ampla variedade de projetos dedicados ao setor de serviços nas disciplinas de marketing e comunicação e inovação estratégica.

Casio simplifica processos internos com o auxílio da Logithink Com presença recente em território nacional, a empresa japonesa encontrou na consultoria de sistemas um amplo espaço para crescimento e eficiência. Referência no ramo de produtos eletrônicos e soluções de equipamentos empresariais, a Casio tem revolucionado o mercado desde 1957, data de sua criação na cidade de Tóquio, Japão.

70

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

www.informationmanagement.com.br


Ainda encontramos instituições preocupadas com seu conteúdo informacional, mas porque se estamos na era digital? Os metadados sempre foram meios de localização, mas hoje percebemos uma massa informacional gigantesca ,e sem fonte especificas, ou dados que possibilitem uma indexação correta, é notória a transformação digital em que passamos neste momento, mas ainda sim é preciso planejamento para facilitação do dia-adia organizacional e eficacia informacional. . Mesmo com milhares de conteúdos digitais, nem sempre a informação é tratada de forma precisa e concisa. Cuide do seu conteúdo informacional, toda informação agrega valor para as organizações, devendo ser a solução. Consulte-nos e veja como a CASSDOC pode ajudar. https://bit.ly/3aeaioS to Go e Sit


opinião Cezar Taurion é Partner de Digital Transformation da Kick Corporate Ventures, Presidente do i2a2 (Instituto de Inteligência Artificial Aplicada)

O novo mundo pós-pandemia. Alguns insights… Para mim está bem claro que a crise causada pela pandemia vai provocar uma profunda reestruturação econômica, social e organizacional. Hoje, as empresas estão preocupadas om sua sobrevivência imediata. É o instinto de sobrevivência que fala mais alto. Vale para todas as espécies vivas, e claro, para as empresas. Mas, as que vencerão no pós-crise (toda crise passa!) serão as que, mesmo voando dentro de nuvem, sem instrumentos, pensam no mundo que virá depois. Como será este novo mundo e que papel poderei desempenhar nele? Como podemos classificar o ambiente de negócios em uma era antes e depois da Internet, que gerou muitos negócios e empresas, que já estão valendo na casa do trilhão de dólares, impensáveis há duas décadas atrás, devemos imaginar que o COVID-19 vai provocar esta mesma situação: teremos a era antes e depois da pandemia. O “new business as usual” pós-pandemia será bem diferente do de antes. A eclosão da pandemia e a paralisação da economia foi uma ação sem precedentes. Tivemos pandemias anteriores, mas nunca desligamos a economia global nesta escala. O grande desafio é que podemos paralisar a economia de forma fácil, através de decretos e portarias. Mas, ela não é religada por portaria. E resumo, desligar é fácil, religar não!

72

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

A retomada econômica é uma incerteza, pois nunca passamos por desligar o planeta como fizemos dessa vez. Alguns países e setores poderão ser reativados mais rapidamente que outros. Por outro lado, alguns setores não têm demanda reprimida e, portanto, o máximo que poderão chegar em determinado tempo é atingir a sua antiga capacidade de produção. Um exemplo simples são os restaurantes. Se você interrompe sua operação, quando ele for reativado, o máximo que ele poderá alcançar no futuro é seu antigo faturamento. Não tem demanda reprimida. As pessoas que não puderam almoçar nele, por estarem em quarentena em casa, não almoçarão duas vezes por dia para recuperar os almoços perdidos. Como a economia é um todo interligado e os países estão interconectados, por mais que alguns setores se reaqueçam rápido, o efeito global continua sendo crítico, pois a maioria dos setores e países vai se recuperar mais lentamente. A atividade econômica vai demorar algum tempo para se normalizar. Durante muito tempo já se ouve falar em transformação dos negócios pela tecnologia digital, muitas vezes chamada de transformação digital. Uma empresa digital é ágil, resiliente e facilmente adaptável. Muita coisa foi falada em eventos e muitas empresas subiram nos palcos

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


opinião Cezar Taurion se dizendo digital. Seus executivos usavam belos slides com figuras que mostravam a diferença entre linearidade e exponencialidade, e como tomariam decisões em um ambiente VUCA, que significa um ambiente de volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade. A questão que ao saírem do palco e enfrentaram exatamente este cenário, viu-se que a tal transformação digital era mais narrativa que realidade. Creio que esta foi a primeira grande lição que servirá de base para o mundo pós-crise: as empresas terão que ser sim, digitais. Digital implica em ser resiliente. Uma empresa digital consegue se ajustar e se adaptar a um cenário de mudanças rápida, com velocidade adequada. Vamos dar um exemplo de empresa digital na essência. A Ant Financial, empresa financeira chinesa que foi um spin off da Alibaba. Em apenas cinco anos após seu lançamento alcançou um bilhão de usuários. É um número dez vezes maior que o maior banco americano. Atua em uma grande variedade de negócios como empréstimos aos consumidores, seguro-saúde, classificação de crédito e assim por diante. Mas, ao contrário dos bancos tradicionais, a Ant é digital por excelência. Tem 10% dos funcionários dos maiores bancos do mundo e suas atividades operacionais são geridas e operadas por tecnologias digitais baseadas em IA. Não têm gerente de contas para aprovar empréstimos, analistas para prestar consultoria financeira nem auditores para auto-

74

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

rizarem as despesas médicas de um segurado. Sem as limitações operacionais das empresas tradicionais, ela pode competir de forma ágil, crescendo e diminuindo o volume de suas operações de acordo com a demanda. Muitas empresas pós-Internet atuam dessa forma, como Google, Facebook e outras. Elas não usam processos tradicionais operados por gestores, funcionários operacionais e atendentes de serviços aos clientes. Usam algoritmos de IA e todo valor que obtemos delas é entregue por estes algoritmos. Talvez a primeira grande mudança para as empresas pós-COVID seja de entenderem que o “ser digital” não é apenas o mundo do Google e Facebook, mas de todas as organizações que queiram ser resilientes. Assim, a transformação dos negócios para tecnologia digital, ser uma empresa digital, deixa de ser uma opção ou uma futura ação (“ainda não é o momento, diziam muitos executivos…) para ser a base operacional da empresa. O retorno às atividades depende da retomada da cadeia de valor no qual a empresa faz parte. Essa cadeia é composta por diversas empresas, que atuam em partes diferentes, como fornecedores ou clientes. Na crise, vimos que muitas empresas, apesar de discursos do tipo “fazemos parte de um ecossistema e nossos fornecedores são parceiros importantes” atuaram de forma completamente egoísta, asfixiando os seus fornecedores. A crise passa, mas, as consequências das atitudes tomadas, vai deixar marcas. Acredi-

to que no mundo pós-COVID serão essenciais declarações de propósito que definam não apenas a relação com os funcionários, mas como todos os stakeholders, e que deverá obrigatoriamente ser parte do DNA da organização. Se o conceito de parceria não aguentar um “stress test”, como uma crise, a empresa terá dificuldades de se integrar a um ecossistema. Assim, cada vez mais ecossistema integrados e colaborativos passarão ser o novo contexto de negócios. A colaboração passa a ser uma exigência para estar no negócio. A parada brusca da economia e atitudes restritivas à movimentação de pessoas, como quarentenas, exigiu mudança de hábitos. Trabalhar de em casa ou de qualquer lugar e não apenas no escritório foi uma dessas mudanças. Agora que vimos que é possível fazer isso, será que ainda obrigaremos as pessoas perderem várias horas por dia se deslocando de casa para escritório e retornando para casa, quando o trabalho não precisar deste deslocamento? Isso vai obrigar a repensar o conceito de escritório e local de trabalho. Local de trabalho passa a ser onde a pessoa está e não em um prédio com endereço fixo. A empresa pós-COVID será uma empresa preparada para “Anywhere working” onde as pessoas poderão trabalhar de onde for necessário, inclusive nos escritórios em determinadas situações. O presencial não morre, mas deixa de ser obrigação. Isso vai aumentar a velocidade de evolução das tecnologias de videoconferência, e

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


opinião Cezar Taurion provavelmente com adoção mais rápida de VR/AR, criarão ambientes cada vez mais próximos do escritório real. Com isso, as legislações e os processos organizacionais e de gestão vão mudar. A sociedade também acelerou o uso de acesso digital para atender suas necessidades. O comércio eletrônico, o delivery de refeições e o maior uso de transações bancárias eletrônicas expandiram o hábito de uso digital, e com isso esse processo vai de acelerar. Provavelmente veremos também aceleração de uso de tecnologias que demandem menos uso de contato humano, com veículos de entregas autônomos e drones se tornando comuns. Setores inteiros serão redesenhados. O sistema de saúde será um dos principais a serem transformados. A tecnologia vai permitir que ele seja muito mais ágil e adaptável do que é hoje. O modelo atual é muito antigo, baseado em deslocamentos físicos para consultórios, clínicas e hospitais. A tecnologia poderá transformar o setor por completo. Educação também será outro setor que deverá ser reimaginado. Também é baseado em um modelo antigo, de deslocamento para prédios onde aulas presenciais são dadas. Não deixaremos de ter médicos e hospitais, mas com uso de tecnologias wearables e IA, o setor de saúde poderá ser muito mais digital. Educação também deverá deixar de ter aulas similares a que tínhamos no século 19. Teremos que repensar

76

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

quando o presencial é necessário. Para assistir a uma aula será necessária? Creio que não. Com tecnologias como IA e assistentes virtuais, VR/AR, as aulas não precisam ser feitas salas de aula. Mas para criar, debater ideias, gerar insights, a densidade de cabeças pensantes faz diferença. Assim, talvez o modelo de educação se inverta para termos as aulas em qualquer lugar e os espaços físicos ficarão destinados para ideação e colaboração. Essas são apenas ideias preliminares. Muita coisa vai mudar. Aliás, no atual contexto as coisas têm validade de poucos dias. Será bem provável que que no mundo de negócios pós-COVID as mudanças continuem sendo rápidas. Em vez de planejamentos anuais e revisões trimestrais, faremos planejamentos trimestrais e revisões diárias. Devemos mudar as regulações. Devemos pensar em como o mercado de trabalho vai ser constituído. Que funções irão se transformar, quais deixarão de existir e quais serão criadas? Como formar talentos para um mundo em mutação constante, onde as profissões passam a ter durabilidade curta, de poucas décadas? Horários de trabalho fixos ainda terão validade? Ainda não temos respostas para a maioria das perguntas. Estamos voando dentro de nuvens, sem instrumentos. Na aviação ocorrem muitos acidentes, e dentre eles destacam-se aqueles causados pelas ilusões que os pilotos experimentam durante o voo, sem as reconhe-

cerem como tais. No voo, o problema da orientação é muito maior do que no chão, porque o corpo pode ser influenciado por urna variedade de impressões ilusórias devido às acelerações impostas sobre ele pelo movimento do avião. Estudos realizados estimaram que 14% dos acidentes fatais na aviação foram consequência direta de fenômenos ilusórios. Além disso, assinalou-se nesses estudos que todos os pilotos são susceptíveis a ilusão e as tem experimentado durante o voo. Isto é chamado de desorientação espacial. Os gestores, como pilotos de suas empresas, não podem, entretanto, ter isso. Caso contrário, suas empresas desaparecerão. Para os pilotos, o perigo de desorientação é resultado do pânico oriundo de conflitos de informação sensitiva. Assim, recomendações como “Se aquilo que você “vê” é diferente daquilo que você realmente “sente”, acredite nos instrumentos, são essenciais. No ambiente de negócios, os instrumentos serão cada vez mais digitais, a empresa cada vez mais digital e as decisões baseadas em instrumentos. Não pela intuição. Temos grandes desafios pela frente. Religar a economia, a empresa, e a cadeia de valor não será simples. Mas, acredito que se as empresas reconhecerem que a transformação digital deve sair do PPT para o mundo real, elas serão vencedoras. As empresas pós-pandemia serão essencialmente digitais. ⏹

www.informationmanagement.com.br


to Go e i St

Conheça a Tempo Soluções A Tempo é um parceiro propositivo. Nós provemos e implantamos soluções estratégicas para gestão de todo o ciclo de vida da informação e dos documentos da sua empresa. Mapeamos, implementamos e executamos soluções adequadas às suas necessidades, ao seu tamanho e ao seu budget.

Digitalização Soluções personalizadas para implantação de ambientes Paperless, incluindo digitalização de documentos legados e processos digitais (BPMN).

RPA Automação robótica Descubra a Tempo Soluções

+55 21 3993.5224 +55 21 96010.5628

Automação de processos repetitivos de forma rápida, segura e escalável, adaptável a qualquer porte e necessidade de sua empresa.

descubra@temposolucoes.com.br www.temposolucoes.com.br

LGPD/GDPR Privacidade

Rio de Janeiro - RJ Duque de Caxias - RJ

Projetos de Proteção de Dados Pessoais com aderência às legislações nacionais e internacionais, desde o mapeamento à implementação.


opinião Tadeu Cruz

tadeuj.cruz@gmail.com

Gentrificação, tendência ou utopia? Tenho, há algum tempo, me dedicado a pesquisar e a pensar sobre o tema que atende pélo nome genérico de Smart Cities. Dentro deste grupo de conceitos, métodos e tecnologias, um, em especial, tem me chamado a atenção por conter, em seu conceito uma mudança que irá impactar sobremaneira o modo como as pessoas vivem nas grandes cidades: a gentrificação. Mas o que é gentrificação? Entenda-se por gentrificação o processo de revitalização dos espaços urbanos ou a aparente substituição de paisagens de caráter popular por construções típicas de áreas nobres. Trata-se de um processo em que o espaço geográfico urbano se transforma e se ressignifica, sobretudo em função da valorização acentuada e do enobrecimento de uma área antes considerada periférica. Na maioria das vezes as áreas periféricas de uma cidade se formam de maneira não planejada por meio de invasões, de grilagens de áreas públicas, por meio de expansões descontroladas de loteamentos imobiliários ilegais em áreas afastadas. Esses locais, sem infraestrutura básica (como saneamento, asfalto e transporte público de qualidade), sofrem pela sua distância em relação aos principais centros urbanos da cidade.

78

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

Com o tempo, estas concentrações vão se adensando e, com isto, forçando o poder público a levar toda infraestrutura necessária para que aquelas áreas se tornem dignamente habitáveis. É nesse contexto que a gentrificação ocorre, pois as áreas antes desvalorizadas passam a ter um custo muito alto, ao passo em que a população residente nesse local é gradativamente substituída por um perfil comercial ou de grupos sociais mais abastados. Com isso, a paisagem modifica-se, e as zonas, que antes eram só guetos, barracos e pobreza, transformam-se em condomínios, prédios e casas de médio e alto padrão. Um exemplo nítido do processo de gentrificação no Rio de Janeiro é a favela do Vidigal. Historicamente formada a partir de invasões sem infraestrutura alguma, o Vidigal foi aos poucos se transformando, recebendo novas casas e apartamentos de luxo, dentro de condomínios horizontais e verticais, formadas por pessoas ricas que buscam a área visando à bela visão do alto do morro. Com isso, o Vidigal vai conhecendo uma maior valorização de seus espaços, com a substituição do perfil de moradores e, consequentemente, das estruturas que os cercam. É neste contexto que têm sido discutidas as tecnologias que compõem o conceito de Smart Cities, pois tais tecnologias

www.informationmanagement.com.br


SOLUÇÃO DE AUTOMAÇÃO DE PROCESSOS CADASTRAIS ACESSE E TESTE GRATUITAMENTE:

mostQI.com.br comercial@most.com.br

|

+55 (31) 2519-5353

to Go e Sit


opinião Tadeu Cruz podem ser implantadas a um custo menor do que nos grandes centros urbanos, onde a infraestrutura existente, e o adensamento urbano, elevarão os custos de implantação de tais tecnologias por precisarem ser removidos ou ajustados. O que é uma Smart City? Segundo a União Europeia, Smart Cities são sistemas de pessoas interagindo e usando energia, materiais, serviços e financiamento para catalisar o desenvolvimento econômico e a melhoria da qualidade de vida. Uma cidade inteligente (Smart City) é uma área urbana que usa tipos diferentes de sensores eletrônicos da Internet das Coisas (IoT) para coletar dados e usá-los para gerenciar recursos e ativos eficientemente. Incluindo dados coletados de cidadãos, dispositivos que são processados e analisados para monitorar e gerenciar sistemas de tráfego e transporte, usinas de energia, redes de abastecimento de água, gerenciamento de saneamento básico, detecção de crimes, sistemas de informação, escolas, livrarias, hospitais e diversos outros serviços para a comunidade. Smart é um adjetivo que hoje está presente em praticamente tudo que compramos e consumimos. Tudo é Smart. A “Smart City” é certamente um dos conceitos “smart” que mais mexem com a imaginação de todos nós.

80

INFORMATION MANAGEMENT | MAR 2020

Claro, para que alguma coisa (IoT) seja considerada smart é necessário que preencha alguns requisitos que só serão encontrados nas novas Tecnologias da Informação; modernidades tais como Bots, IA, redes neurais etc. etc. Como, por exemplo, os semáforos instalados em Roterdã, que em dias chuvosos priorizam os ciclistas em detrimento dos automóveis.

ser devidamente entendido no contexto de cada realidade, de cada cidade.

Mas, uma coisa é falarmos de Roterdã, com uma população urbana próxima dos 2 milhões de habitantes, distribuídos por 116.99 km² e de como os holandeses a transformaram numa smart city, outra é falarmos de Nova Deli, capital da Índia, com uma população de quase 50 milhões de pessoas, e que figura nas estatísticas como a maior aglomeração urbana do mundo, estendendo-se por uma área de mais de 33,5 mil km2, o que a torna a mais extensa região metropolitana do mundo. E eu nem falei do trânsito caótico de Nova Deli.

É preciso, também, levar em consideração o nível de educação e a maturidade da consciência cidadã de cada habitante em cada país e cidade.

Como podemos deduzir, por meio deste exemplo comparativo entre Roterdã e Nova Deli, “Smart City” não pode ser reduzida a uma única definição, a uma ideia simplista de implantação e utilização de novas tecnologias, tão na moda entre as elites das categorias profissionais, incluindo-se aí a Academia. Tenho defendido em vários artigos que o que se ouve nos congressos sobre novas tecnologias e novas tendências de utilização destas tecnologias em centros como São Paulo, Nova Iorque etc., tem que

Por exemplo, embora o Vidigal tenha se expandido para a Barra da Tijuca, bairro de alto poder aquisitivo, ela mesma, a favela do Vidigal, ainda continua sem o mínimo de infraestrutura e presença do poder público.

Por exemplo, na maioria das cidades brasileiras os motoristas não respeitam as faixas de pedestre, não utilizam a seta do veículo quando vão virar à direita ou a esquerda, param em vagas exclusivas para idosos e deficientes etc., etc., etc., e são os mesmos que embevecidos ouvem as palestras dos novos evangelistas nos congressos e seminários. Antes de pensarmos em adotar novas Tecnologias da Informação é preciso fazermos um esforço muito grande para nos reeducarmos. Smart Cities só serão exequíveis, desde que uma série de pré-requisitos tecnológicos sejam cumpridos, quando a humanidade, a grande maioria, pensar e se comportar como uma coletividade, pois, por incrível que pareça, ainda somos muito egoístas. ⏹

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


to Go e Sit

Profile for Guia Information Management

Revista IIMA 91  

Revista IIMA 91