a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade

Page 1

ASSINANTES 1ª EDIÇÃO RJ

ASSINANTE - VENDA PROIBIDA

Sul Fluminense, quarta-feira, 25 de março de 2020 Ano 27 • Edição nº 9347

Presidente: Aurélio José Fernandes de Paiva

diariodovale.com.br | Preço: R$ 1,50

Sobe para cinco o número de casos confirmados do Covid-19 em VR Resende tem o primeiro caso do novo coronavírus e Piraí investiga morte de paciente com sintomas da doença Secom

O número de casos confirmados do novo coronavírus em Volta Redonda subiu ontem para cinco. Também aumentou os casos de pacientes que morreram com sintomas da doença no município. Três casos são investigados. Os resultados dos exames para confirmar as causas das mortes estão sendo aguardados e devem sair em dez dias. Em Resende foi confirmado ontem o primeiro caso da doença.

Trata-se de um morador do Rio que foi atendido em um hospital da rede privada e teve resultado positivo para o coronavírus. Em Piraí, um homem de 60 anos morreu com sintomas do Covid19. Ele estava internado no Hospital Flávio Leal, com sintomas respiratórios e morreu na manhã de ontem. A prefeitura também aguarda o resultado do exame para confirmar a causa da morte. 

CIDADES | Página 5

CSN vai colocar dois mil em férias temporárias A CSN informou, por nota, que dispensará todos os estagiários, menores de 18 anos, e jovens aprendizes, por 15 dias, para impedir a proliferação do novo coronavírus (Covid19). Os jovens se juntarão aos grupos de trabalhado-

res acima dos 60 anos e funcionários que tenham doenças crônicas, oncológicos e diabéticos, que já estão de quarentena. Ao todo cerca de dois mil serão dispensados por 15 dias. 

ECONOMIA | Página 9

Expectativa é que Hospital de Campanha que vai funcionar no Raulino de Oliveira esteja pronto para operar na semana que vem

VOLTA REDONDA

Hospital de campanha será construído no Estádio Raulino de Oliveira O prefeito Samuca Silva anunciou que está sendo construído um hospital de campanha no Estádio Raulino de Oliveira. O prefeito destacou que é uma ação preventiva para caso o município precise atender uma grande demanda de pessoas infectadas pelo novo Coronavírus (Covid-19). Serão 114 leitos que

atenderão pacientes da média complexidade, contando com sala de imagem e equipamentos de oxigênio. A expectativa é que a unidade esteja pronta para operar na semana que vem. A CSN informou que irá financiar parte da estrutura do hospital de campanha. 

POLÍTICA | Página 3

Rede estadual de ensino pode ficar parada por 90 dias A volta às aulas na rede pública estadual, previstas para retornarem no dia 30 de março, serão adiadas. Durante este período sem atividades presenciais nas escolas, a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) disponibilizará, a partir de segundafeira (30), aulas no formato online, por meio de um

convênio firmado com o Google, na platafor ma Google Classroom. A paralisação das aulas nos colégios públicos e privados pode chegar a três meses. Os professores ministrarão as atividades na plataforma online respeitando o quadro de horários das suas aulas presenciais. 

POLÍCIA | Página 5

BARRA MANSA

Idosos e pacientes acamados vão ser vacinados em casa A vacinação contra a gripe em Barra Mansa continua e na primeira fase da campanha os idosos a partir de 80 anos e pacientes acamados estão sendo imunizados em casa pela Secretaria de Saúde, através da vacinação domiciliar. A estratégia foi esquematizada pelas equipes do SAD (Serviço de Atendimento Domiciliar). Além do SAD, que já tem o cadastro dessas

pessoas, o Centro do Idoso é um canal de comunicação para receber as demandas de agendamento da vacinação, através do telefone: (24) 3328-6516, de 7h às 12h. O SAD aplica as doses da vacina de 8h às 17h. O primeiro dia de vacinação, começou na segunda-feira (23), o SAD imunizou cerca de 700 idosos e a Santa Casa, 350. 

CIDADES | Página 6

Polícia apura suposto toque de recolher imposto pelo tráfico Políciais Civis da 93ª DP estão analisando um comunicado, supostamente assinado por uma facção criminosa, que está circulado pelas redes sociais. Trecho do texto determina toque de recolher aos moradores dos bairros Açude 1, 2, 3 e 4, a partir das 22h. O comunicado alega que a medida é para “proteger a comunidade da pandemia do coronavírus”. Além disso, os cri-

minosos ameaçam punir quem desrespeitar as determinações. Pela “lei” do tráfico, as pessoas só devem sair de suas casas para fazer coisas essências. No comunicado, os supostos bandidos informam que não vão permitir carros de som circulando pelo bairro, aglomerações e festas de rua na comunidade. 

POLÍCIA | Página 4

Atendimento ao cliente

De segunda a sexta-feira das 9:00 às 17:30h

Pacientes idosos serão imunizados sem precisar sair de casa

3347-4477 | 99234-8846

classificados.diariodovale.com.br


2 DIÁRIO DO VALE

OPINIÃO/ POLÍTICA



QUARTA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2020

Rodrigo Drable pede aumento da disponibilidade de ônibus

MOSAICO

Sem corte de energia ou água

Prefeito destaca estabilidade em casos confirmados e reforça a necessidade dos cidadãos se manterem em suas residências Arquivo

No dia em que a Prefeitura de Resende confirmou o registro do primeiro caso de Covid-19 no município, a Câmara Municipal aprovou – por meio de sessões extraordinárias e votações em regime de Urgência Especial realizadas na noite desta terça-feira (24/03) – dois projetos relacionados à pandemia.

Barra Mansa Em ‘live’ transmitida na noite da segunda-feira, 23, por suas redes sociais, o prefeito de barra mansa, Rodrigo Drable, disse que foi registrada concentração de barramansenses nos ônibus, em horários de deslocamento para a CSN, em Volta Redonda, causada pela redução do número de coletivos em circulação. Para evitar que a situação se repetisse, o prefeito entrou em contato com os empresários do transporte coletivo e combinou o aumento e disponibilidade de veículos no horário de pico. “A idéia é ter mais veículos nos horários em que for identificada a necessidade de atender a demanda específica desses trabalhadores. Vale dizer que as empresas estão rodando com 80% a menos de passageiros que o normal. Isso para a gente é muito bom. Menos pessoas nas ruas significa menos cidadãos em risco de serem contaminados pelo coronavírus. Esse quadro pode parecer terrível para a empresa, mas para evitarmos o contágio é positivo”, disse. Rodrigo confirmou que a cidade segue sem nenhum novo caso confirmado da doença.

Informações Ele disse que no decorrer do dia, viu algumas postagens na própria rede social relatando casos de pessoas que afirmavam sobre casos positivos da doença no município e sobre ocultação de informações. As postagens diziam coisas como “o meu irmão está contaminado” e “estão escondendo informações”. Rodrigo Drable esclareceu, mais uma vez, que o material coletado para o exame do coronavírus é encaminhado ao Laboratório Central Noel Nutels, no Rio de Janeiro, que pertence ao Gover no Federal, o que traz transparência na divulgação dos casos. A respeito dos casos suspeitos, Rodrigo Drable disse que a cada dia essa situação vem sendo reduzida. “Ainda não recebemos os resultados dos últimos quatro pacientes e a isso se limita a realidade de Barra Mansa hoje”.

Reivindicações Rodrigo Drable fez uma análise das principais reivindicações e mensagens que recebeu ao longo da segunda-feira. TRABALHADORES - O prefeito ainda relatou ter recebido muitas mensagens sobre a atuação de uma empresa instalada na Cicuta, em uma área pertencente à Barra Mansa. A unidade empresarial tem aproximadamente três mil funcionários, que estão preocupados com os riscos de contaminação em função da aglomeração no ambiente de trabalho. “Fizemos um acordo com a empresa, que é prestadora de serviços a operadoras de telefonia, que reduza a equipe e passe a trabalhar no sistema de Home Office. A unidade vai concentrar apenas o setor administrativo e as pes-



O Projeto de Lei nº 005/2020 e o Projeto de Resolução nº 002/2020 – ambos de autoria de todos os vereadores – têm o objetivo, respectivamente, de impedir a interrupção de serviços essenciais por falta de pagamento e de instituir a Comissão de Assuntos Especiais – COVID-19. O projeto de lei prevê a garantia do fornecimento de esgoto, gás, energia elétrica e internet pelo período de 60 dias, a partir da publicação da norma. 

Após esse período, de acordo com a proposta, antes de interromper o fornecimento do serviço em razão da inadimplência, as concessionárias de serviço público devem cobrar o valor em aberto em até seis parcelas, que poderão ser incluídas nas faturas seguintes. Além disso, o projeto proíbe a cobrança de juros e multa nesses casos.

Carentes

Rodrigo Drable falou sobre a divulgação de casos suspeitos e confirmados soas que dão suporte de inter net e sistemas. Dessa maneira, não teremos mais concentração de pessoas. Caso o acordo não for cumprido, tomaremos as medidas cabíveis para defender a integridade e a saúde de quem trabalha lá”. ABRIGO TEMPORÁRIO - Sobre o abrigo temporário, Rodrigo disse que conseguiu, juntamente com o Grupo Acolher, a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, o Programa Consultório na Rua e a Coordenadoria de Juventude, Esporte e Lazer, colocar a unidade em funcionamento no Centro de Lazer Feliz da Vida. “A meta é atender aos moradores em situação de rua, que ficam vulneráveis aos riscos de contaminação. Essas pessoas não podem ser obrigadas a per manecerem no Abrigo. Temos que dar a elas o direito de ir para lá. Preparamos um abrigo para 50 pessoas. Hoje (ontem), nós conseguimos levar 21 cidadãos. Também faço o convite a todos que puderem se voluntariar , inclusive para agora à noite que é o pior horário, para auxiliar no serviço de acolhimento. Colocamos um efetivo da Guarda Municipal no local, com três agentes e uma viatura, porém precisamos do suporte afetivo. Os grupos de acolhimento são fundamentais para que aquelas pessoas permaneçam no Abrigo. Temos que dar uma atenção diferenciada para aquelas pessoas”. O Abrigo Temporário tem 50 lugares, com acomodações individuais. A Prefeitura recebeu doações de roupa de cama e banho. “Amanhã (hoje), talvez a gente precise de mantimentos, então se houverem doações, a prefeitura vai até o local para buscar. Se houver sobra desse período será distribuído para as entidades que fazem esse trabalho na cidade. Meu muito obrigada as pessoas que doaram, as que eu visitei e nos receberam com um sorriso no rosto, animadas de fazerem esse trabalho.Vocês foram importantes hoje e serão muito importantes no atendimento àquelas pessoas.

DIÁRIO DO VALE Fundado em 5 de outubro de 1992

Empresa Jornalística Diário do Vale Ltda. CNPJ: 39.555.503/0001-69

Diretor-Presidente: Aurélio José F. de Paiva Editora - Responsável: Sônia Paes www.diariodovale.com.br Site ativo desde 1996

Tem um item que não recebemos, desodorante, quem puder doar amanhã, vou levar para eles junto com os mantimentos”. LIMPEZA DOS PONTOS DE ÔNIBUS - Logo nas primeiras horas da manhã, a equipe do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) realizou a limpeza e desinfecção dos principais ter minais de ônibus do município. Segundo o prefeito, não há como fazer o procedimento em todos os pontos de ônibus, mas aqueles mais preocupantes devido à grande circulação de pessoas receberam o serviço. SINDICATO DOS BANCÁRIOS - A direção do Sindicato dos Bancários solicitou ao prefeito que fizesse uma intervenção junto às agências bancárias para que fossem fechadas com a justificativa de que bancos estão cheios, com uma equipe diminuída e atendimento limitado, provocando a aglomeração de pessoas do lado de fora. “Pedi para levantar o que nós poderíamos fazer e identificamos a seguinte situação: muita gente que recebe benefício não tem acesso ao caixa eletrônico, tem que ir a boca do caixa, então eu fiz um decreto hoje (ontem) limitando o funcionamento do banco, com atendimento no caixa presencial apenas aqueles que têm necessidade de receber aposentadoria ou algum benefício e que não consiga operacionalizar o caixa eletrônico. Quem tem acesso ao caixa eletrônico não será atendido dentro da agência, então logo não tem necessidade de fazer aglomeração na porta. Sugiro os horário alternativos para evitar o risco de contágio”. VÍDEO DE EXERCÍCIOS FÍSICOS - Na ‘ live’, o prefeito disse que havia combinado um vídeo de exercícios físicos, com o professor Fábio Leal, da Secretaria de Educação, na Coordenação de Esporte. “O vídeo já foi compartilhado e ajuda nas atividades físicas que cada um pode fazer em sua própria casa, sem sair às ruas. Vou pos-

tar vídeos de outros profissionais que não são da prefeitura, mas que se dispuseram a fazer e gravar. VACINA - Sobre a vacinação contra a gripe, Drable afirmou que muita gente estava perguntando sobre a vacinação. “Nós determinamos que a vacina nessa primeira semana seja destinada apenas para os idosos, com mais de 80 anos, os acamados e os funcionários da saúde que estão em uma exposição tremenda. O SAD está prestando um serviço de excelência, vacinando as pessoas em casa. Toda a vacinação será domiciliar. O agente comunitário de saúde irá até a rua, fará o agendamento de todos que têm que ser vacinados e vai agendar a data. Aí a equipe vai naquela rua e vacina todo mundo. No fim de semana a gente vai criar um Drive Thru para que as pessoas sejam vacinadas dentro do próprio carro, em uma situação específica. Agradeço a equipe da saúde que está fazendo um ótimo trabalho de vacinação, sem nenhuma fila e sem risco de contaminação”. MERCADOS - Por determinação da Prefeitura, os mercados, a partir desta terça-feira, estão com horário de funcionamento diferenciado, de 7 às 8 horas, somente para atendimento ao idoso. “Quem tem menos de 60 anos não vai entrar. A recomendação, se você tem mais de 60 anos ,não vá fora desse horário para você não ter contato com outras pessoas desnecessariamente, pois o risco é muito mais grave. Além disso, quem é menor de 12 anos não trabalha, não ganha dinheiro e não faz compra, ele fica em casa e está proibido. Não é recomendação é proibição. Se você chegar com um menor de 12 anos, o mercado está orientado a não te deixar entrar, pois está expondo a criança sem motivo. Combinamos com os mercados de estarem com as marcações no chão para manter a distância de um metro e meio para as outras pessoas’.

Redação: redacao@diariodovale.com.br Comercial: anuncio@diariodovale.com.br Assinatura: assinatura@diariodovale.com.br Diagramação: composicao@diariodovale.com.br Esporte: esporte@diariodovale.com.br Caderno Lazer & Cia: lazer@diariodovale.com.br 

O noticiário nacional é fornecido pela Agência Brasil e Folha Press

Segundo o presidente da Casa, vereador Peroba (Cidadania), a proposta é voltada para a parcela mais carente da população. “Estamos passando por uma situação extrema e sabemos que atravessaremos tempos extremamente difíceis. Muitas pessoas perderão o emprego e outras tantas, por serem autônomas, não conseguirão mais se sustentar, o que vai dificultar muito o pagamento das contas em dia. Diante disso, a Câmara Municipal se mobilizou para evitar que essas pessoas fiquem ainda mais desassistidas”, explica o parlamentar.

Comissão Foi aprovado também o projeto de resolução que cria a Comissão de Assuntos Especiais – COVID-19, tem a finalidade de elaborar estudos, levantar informações e discutir questões relacionadas ao coronavírus. Com duração inicial de 60 dias, a comissão será composta por cinco vereadores indicados pelo presidente da Câmara, respeitando a representação proporcional partidária.

Prorroga Em caso de necessidade, porém, a duração dos trabalhos do grupo poderá ser prorrogada. “Acreditamos que a existência da comissão vai facilitar o acesso da Câmara às informações relacionadas à pandemia e também dar mais embasamento ao Poder Legislativo Municipal para tomar as medidas necessárias em resposta à pandemia”, comenta o presidente da Câmara.

Emendas O deputado federal Delegado Antonio Furtado aproveitou a medida que permite a possibilidade de remanejamento das emendas parlamentares para destinar, inicialmente, quase R$2 milhões para as cidades do Sul F luminense, como forma de colaborar no enfrentamento da pandemia de Covid19. A medida visa minimizar os impactos previstos e preparar os municípios para os próximos dias, quando o estágio da proliferação da doença deve atingir o pico.

Conversas “O que estamos buscando fazer é levantar as necessidades dos municípios, especialmente

Sede: Av. Nossa Senhora do Amparo, nº 160 Loja 1 - Niterói - Volta Redonda - RJ - Cep 27283-370 Telefone geral (24) 3212-1812 Whatsapp do jornalismo (24)

Atendidos A princípio, Bar ra Mansa, Pinheiral e Volta Redonda serão atendidas com as novas destinações que visam aumentar a capacidade de atendimento médico a população e combater o avanço da pandemia. As verbas para os municípios foram pensadas levando em consideração a necessidade de cada localidade.

Prioridades “Em Barra Mansa, neste momento, a prioridade é inaugurar o hospital de triagem, que vai ser aberto na antiga Upa no bairro Boa Vista, na Região Leste. Já consegui destinar R$500 mil, encaminhado ao Fundo Municipal de Saúde, além dos R$500 mil que já havia destinado para a Santa Casa da Cidade. Em Pinheiral, a grande dificuldade são os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) como máscaras, luvas e aventais. Estou mandando mais R$200 mil para a compra desses equipamentos. Em Volta Redonda, estamos acompanhando a construção do hospital de campanha no estádio Raulino de Oliveira e entendemos a necessidade de recursos para custear essa ação, que é preventiva, ou outras eventualmente necessárias. Ciente disso, estou colocando em caráter emergencial mais R$1,62 milhão para ser usado em ações de enfrentamento do Coronavírius. Também estamos à disposição das outras cidades e ajudaremos no que pudermos”, declarou o deputado.

Conscientização Além das ações de investimento e envio de recursos, o deputado federal Delegado Antonio Furtado vai intensificar uma campanha de conscientização nas redes sociais. Uma maneira de orientar a população quanto aos cuidados de higiene e incentivar que fiquem em casa.

Atendimento ao cliente

99818-3199

Gráfica: Rua Geraldo Di Biase, 485 - Aterrado Volta Redonda - Cep 27.213-080 - Telefone 3346-2275 Filiado

do Sul F luminense, para remanejar as verbas e melhorar o atendimento aos pacientes com Coronavírus e promover ações preventivas. Já consegui falar com alguns prefeitos como é o caso do Rodrigo Drable, em Bar ra Mansa, e do Ednardo Barbosa, prefeito de Pinheiral, e vou também oferecer ajuda às demais cidades”, explicou o parlamentar.

Auditado

Segunda a sexta-feira das 9:00 às 17:30h

3347-4477 | 99234-8846 classificados.diariodovale.com.br

© Copyright 2019 Empresa Jornalística Diário do Vale Ltda. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo do Diário do Vale em quaisquer meios de comunicação, eletrônicos ou impressos, assim como em sites comerciais, sem a autorização por escrito do detentor dos direitos autorais. A proibição se aplica tanto ao conteúdo da edição impressa, quanto da edição online do Diário do Vale. É permitido, porém, o uso de links direcionados ao site do Diário do Vale ou a páginas do seu conteúdo.


QUARTA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2020

POLÍTICA

DIÁRIO DO VALE 3 

Volta Redonda construirá hospital de campanha no Raulino de Oliveira Estabelecimento de saúde deve estar pronto para funcionar já na próxima semana; CSN ajuda na manutenção Arquivo

Volta Redonda

Ajuda da CSN

O prefeito Samuca Silva anunciou durante uma live, nas suas rede sociais, que está sendo construído um hospital de campanha no Estádio Raulino de Oliveira. O prefeito destacou que é uma ação preventiva para caso o município precise atender uma grande demanda de pessoas infectadas pelo novo Coronavírus (Covid-19). Serão 114 leitos que atenderão pacientes da média complexidade, contando com sala de imagem e equipamentos de oxigênio. A expectativa é que a unidade esteja pronta para operar na semana que vem. – Estamos antecipando um atendimento prévio. A gente não pode esperar o pior acontecer para tomar uma decisão. Volta Redonda precisa de ter um lugar específico para receber possíveis pacientes com o Covid-19. Queremos preservar nossa rede de atendimento. Coloquei a disposição o Hospital do Idoso e o antigo Hospital Santa Margarida para quem precisa de um atendimento mais especializado com estados mais graves – explicou Samuca Silva. O secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, disse que os pacientes que serão hospitalizados, mas sem necessidade de ficarem entubados, deverão ser enviados para esta unidade. Na tarde desta terça-feira (24), o secretário estadual de Saúde, Edmar Matos, vai visitar o Hospital Regional, no bairro Roma, onde foram reservados 200 leitos para pacientes com suspeita de coronavírus.

A Companhia Siderúrgica Nacional informou na tarde desta terça-feira, dia 24, que irá financiar parte da estrutura do hospital de campanha que está sendo montado em Volta Redonda, no Estádio Raulino de Oliveira, para tratar possíveis contaminados com a Convid-19, o Novo Coronavírus. A informação foi passada ao prefeito Samuca Silva. A expectativa é que a CSN ajude com meio milhão de reais a manter a estrutura física do local, que vai abrigar 114 leitos, em quatro meses. – Sabemos do momento delicado que nosso País está passando e a importância da prevenção. Ficamos contentes com a maior empresa da cidade estar disposta a nos ajudar financeiramente a manter essa estrutura, que poderá ajudar a salvar muitas vidas – disse Samuca.

Estádio Raulino de Oliveira vai abrigar hospital de campanha

Hospital Regional é liberado para atender pacientes com o Covid-19 O secretário estadual de Saúde, Edmar Matos, e o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, além do deputado estadual Marcelo Cabeleireiro, visitaram ontem o Hospital Re gional, no bair ro Roma em Volta Redonda. No local, os leitos que vão atender pacientes com o novo coronavírus já estão liberados. Cerca de 80 pacientes foram retirados dos leitos do hospital e transferidos para o Himja, Hospital das

Clínicas e da Unimed. A deter minação para evacuar o hospital e transformá-lo em mais uma das unidades do Estado que vão atender pacientes que precisarem de internação por causa do novo coronavírus foi dada pelo secretário estadual de Saúde, Edmar Santos. De acordo com protocolo de atendimento do novo coronavírus, eventuais pacientes com casos graves serão encaminhados aos hospitais de referência definidos pelos estados para isolamento e tratamento. Os

casos suspeitos leves podem não necessitar de hospitalização e serão acompanhados pela Atenção Primária e instituídas medidas de precaução domiciliar. Os pacientes com sintomas leves ficam em isolamento domiciliar, conforme o protocolo do Ministério da Saúde. De acordo com o deputado estadual Gustavo Tutuca, a unidade terá 180 leitos inicialmente e a expectativa é que nas próximas semanas o número de leitos seja ampliado para 209. – Levamos ao secretário

Edmar que a nossa região dispunha de duas unidades de saúde com capacidade de expansão de leitos: o Hospital Regional e a Upa da Região Leste. Hoje, estamos entregando 180 leitos totalmente equipados para o tratamento do Covid-19 e, em breve, vamos chegar a 209 aqui no Zilda Arns, garantindo o atendimento de mais pacientes – destacou o deputado. O Hospital Re gional passa a ser o hospital de referência na região para casos de pacientes infectados pelo Coronavírus

que precisarem de internação. – Importante ressaltar à população que o Hospital Regional não é o hospital que chamamos de porta aberta. Reforçamos para a população ficar em casa e, caso apresente sintomas, que procure a unidade de saúde mais próxima da sua casa. Os casos atendidos no Hospital Regional serão os encaminhados pelas unidades e hospitais das cidades – finalizou Tutuca.

Serfiotis dá recomendações médicas sobre o Covid-19 Foto: Arquivo

Sul Fluminense O deputado federal Alexandre Serfiotis, que é médico, publicou um vídeo em suas redes sociais nesta segunda-feira (23), onde comentou sobre a importância do isolamento social para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus. - Sabemos que esses dias são os mais importantes para conter a disseminação do vírus, por isso, é tão importante que as pessoas fiquem em casa e evitem ao máximo aglomerações. Isso fará com que o sistema de saúde não entre em colapso- disse o parlamentar. Ele também destacou a preparação de 188 leitos do Hospital Zilda Ar ns, em Volta Redonda, que atende

treze cidades da região Médio Paraíba para receber pacientes com a doença. - Estou sempre em contato com a equipe do Ministério da Saúde e do governo do estado do Rio de Janeiro e estamos nos mobilizando e preparando para um momento de caos. Sabemos que no Brasil a doença não atingiu seu pico e que ela pode ter um avanço muito rápido no número de casos. Com isso, muitas pessoas poderão precisar ao mesmo tempo de um leito hospitalar e CTI para ventilação mecânica - disse preocupado. Para evitar o caos no sistema de saúde, as autoridades pedem que as pessoas fiquem em casa e saiam apenas para necessidades

essenciais. - Além de lavar sempre as mãos, é importante também que as pessoas se lembrem de higienizar superfícies de objetos e ambientes - destacou Serfiotis. Ao final do vídeo, o deputado agradeceu e parabenizou os profissionais de saúde que estão na frente de batalha contra a pandemia. - Todos estão fazendo um esforço enorme em prol dessa causa. Os profissionais de saúde estão trabalhando incansavelmente. A nossa união neste momento para conter essa doença é fundamental, pois o poder de contágio é altíssimo. Vamos ficar juntos nessa batalha e tenho certeza que venceremos - finalizou Serfiotis.

Serfiotis recomenda que as pessoas mantenham isolamento e lavem as mãos com frequência

Marcelo Cabeleireiro consegue manter bolsa-auxílio para alunos da rede pública Barra Mansa Dois projetos de lei em que o deputado estadual Marcelo Cabeleireiro foi coautor estavam entre os sancionados ontem pelo governado Wilson Witzel: o primeiro autoriza a concessão de bolsas-auxílio para famílias responsáveis por alunos na rede pública com aulas suspensas. O documento também autoriza a concessão de cestas básicas para elas. Os recursos virão do Fundo Estadual de Combate à Pobreza. O outro projeto

autoriza o cancelamento e reagendamento de passagens aéreas e pacotes de viagem sem taxas extras ou multas, de acordo com as condições da Agência Nacional de Aviação Civil. A medida cria também as mesmas normas em relação a locação de casas de festas e buffets. Pela lei, os locadores terão que devolver o dinheiro aos contratantes em até 90 dias, ou parcelado dentro do mesmo prazo. Além disso, Marcelo Cabeleireiro votou a favor do

PL 1999/20, que garante que os serviços essenciais, como água, gás e luz não sejam cortados em caso de inadimplência enquanto durar a crise. Marcelo afir mou que esse é o único caminho a seguir, em meio à crise provada pela pandemia do novo coronavírus: — Diante da pandemia do coronavírus e das consequências econômicas e de saúde pública iminentes, temos que atuar para amenizar o sofrimento da população fluminense — declarou.

Marcelo Cabeleireiro tenta amenizar consequências da crise resultante do Covid-19


4 DIÁRIO DO VALE

POLÍCIA



QUARTA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2020

Polícia Civil apura suposto toque de recolher imposto pelo tráfico Comunicado alega que a medida é para ‘proteger a comunidade da pandemia do coronavírus’ Volta Redonda Polícias Civis da 93ª DP estão analisando um comunicado, supostamente assinado por uma facção criminosa, que está circulado pelas redes sociais. Trecho do texto determina toque de recolher aos moradores dos bairros Açude 1, 2, 3 e 4, a partir das 22h. O comunicado alega que a medida é para “proteger a comunidade da pandemia do coronavírus”. Além disso, os criminosos ameaçam punir quem desrespeitar as deter-

minações. Pela “lei” do tráfico, as pessoas só devem sair de suas casas para fazer coisas essências. No comunicado, os supostos bandidos informam que não vão permitir carros de som circulando pelo bairro, aglomerações e festas de rua na comunidade. O delegado Wellington Vieira analisa o comunicado e vai ouvir depoimentos de moradores do Açude, para descobrir se há realmente toque de recolher a partir das 22h ou se é “fake news”.

Carreta tomba na Serra das Araras

Férias de PMs estão suspensas devido a crise provocada pelo coronavírus Cedida pela PM

Rio A Secretaria Estadual da Polícia Militar suspendeu as férias dos policiais por tempo indeterminado. A informação consta em um boletim do 28º Batalhão da PM divulgado ontem (24) pela corporação nas redes sociais. O 28º BPM ê responsável pelo policiamento ostensivo e preventivo de Volta Redonda, Barra Mansa, Pinheiral e Rio Claro.

O comunicado informa ainda que o batalhão segue ordens específicas que é a do comboio aos centros comerciais e supermercado. Além disso, o 28º BPM dá apoio às prefeituras das quatro cidades, na fiscalização do decreto no que tange a entrada e funcionamento dos estabelecimentos comerciais. A orientação da PM é para que às pessoas apenas saiam de casa em caso de necessidade.

Nas ruas: Férias de policiais foram suspensas

Redes Sociais

Força-tarefa fiscaliza obediência a decretos sobre Covid-19 Volta Redonda

Sem feridos: Polícias rodoviários federais evitaram saques por parte de populares Piraí Uma carreta tombou na manhã de ontem (24), fazendo com que parte da carga de leite caísse na pista na Via Dutra, em Piraí. O acidente foi no Km 220, pista de descida da Serra das Araras, sentido Rio. Não houve feridos. Polí-

cias rodoviários federais, que foram ao local do acidente, evitaram saques por parte de populares. Segundo a PRF, o congestionamento não ficou grande, devido ao fluxo reduzido de veículos circulando na rodovia por conta das medidas preventivas contra o coronavírus.

A Po l í c i a C iv i l d e Volta Redonda criou na segunda-feira (23) uma força-tarefa para aplicar sanções punitivas contra quem descumprir o isolamento social. A medida foi tomada mundialmente devido a pandemia do coronavír u s, e f o i i m p l a n t a d a e m Vo l t a Re d o n d a a partir da criação de seguidos decretos municipais. A fo r ç a - t a r ef a s e r á

SERVIÇO SOCIAL DO TRANSPORTE – SEST AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº 0004/2020 O SEST – Serviço Social do Transporte, Unidade B nº 53, situado na Rua João Brabo, N º 01 Barbará, Barra Mansa/RJ, torna público para conhecimento dos interessados que devido a pandemia do novo Coronavírus prorrogará a concorrência que visa a contratação de empresa especializada para compra de materiais odontológicos, cujo recebimento de envelopes contendo documentação e a proposta de preços, passará ser no dia 14/04/2020, às 09h00. Para retirada do edital e acesso às demais informações, os interessados deverão dirigir-se à Unidade B 53 SEST, em até 03 (três) dias antes da data acima mencionada, das 08h00 às 12h00 e das 13h30 às 17h00 ou por e-mail: licitacao.b053@sestsenat.org.br Comissão Permanente de Licitação

cia Civil vai ajudar a orientar a população e a monitorar o descumprimento do isolamento social que foi estipulado às pessoas infectadas ou suspeitas d e i n f e c ç ã o. E , s e f or necessário ampliar sanções penais nas pessoas que descumprirem ordens expressas de isolamento social e ainda, descumprirem determinação para manter o comércio fechado, causando risco a população e deixando

as pessoas expostas ao vírus – disse o delegado. O p o l i c i a l l e m b r ou que toda iniciativa será feita com bastante cautela e sempre acompanhada de perto por ele próprio. Vieira voltou a solicitar às pessoas que não saiam de casa e que a delegacia está at e n d e n d o, p r i n c i p a l mente, online. Segundo ele, o atendimento presencial é apenas para casos de urgência.

Homem é baleado na perna em Barra Mansa Barra Mansa

A Companhia Siderúrgica Nacional, inscrita no CNPJ n.º 33.042.730.0017-71, situada na Rodovia Lúcio Meira, s/nº, BR 393, Km 5,001, Vila Santa Cecília, Volta Redonda/RJ, vem por meio deste solicitar ao Sr. GERSON ALVES DO NASCIMENTO JUNIOR – ID 40023173, o comparecimento em 48 horas à Empresa, para tratar assuntos de seu interesse.

comandada pelo delegado titular da 93ª DP ( Vo l t a Re d o n d a ) , Wellington Vieira. A investida será formada ainda pela Polícia Militar, Ministério Público, Guarda Municipal e pelas secretarias municipais de Saúde e Fazenda. Também par ticipou da reunião o dele gado assistente da 93ª DP, Rodolfo Atala. – Fo r a m a d o t a d a s medidas para manter o isolamento social em Volta Redonda. A Polí-

Um homem, identificado pela Polícia Militar apenas como Wallace, foi baleado na perna na tarde de ontem (24), após

uma discussão com outro homem, não identificado, na Rua Luis Ponce, no Centro de Bar ra Mansa. Segundo a ocorrência da PM, a vítima, que é

motoboy de um estabelecimento comercial no endereço citado, foi baleada após uma discussão com o suspeito, cliente da loja. Populares que ouviram os disparos entraram em contato com a PM, afirmando terem ouvido barulho de disparos de arma de fogo. Ainda de acordo com

a ocorrência, os policiais foram ao endereço, entraram em contato com uma mulher, que se identificou como gerente do estabelecimento comercial. Ela relatou que o cliente foi o responsável pelos disparos. A vítima foi encaminhada para a Santa Casa. Ninguém foi preso.

Prefeitura Municipal de Barra Mansa/ RJ Secretaria Municipal de Administração COORDENAÇÃO DE COMPRAS E LICITAÇÕES JUSTIFICATIVA DE DISPENSA AO Ilmo Sr. Secretário Municipal de Saúde Através dos procedimentos efetuados no Processo Administrativo nº03649/ 2020, verificou-se que a presente contratação, configura a hipótese prevista no artigo 4º da Lei 13.979/2020 e suas alterações, conforme Parecer Jurídico às folhas 06/09 do Processo Administrativo em tela. A referida contratação é para atender a instalação do sistema concentrador de oxigênio e manutenção da tubulação para UPA REGIÃO LESTE que encontra-se desativada desde 2016 para atender a situação de pandemia internacional do COVID-19 de forma imediata. Empresa: LUK INDUSTRIA E COMÉRCIO DE USINAS GERADORAS DE OXIGENCIO LTDA, CNPJ 22.677.012/0001/ 98 no valor de R$ 140.000,00 (cento e quarenta mil reais) .Isto posto, opino, com base no que foi apurado no Processo Administrativo já mencionado, pela efetivação da contratação por DISPENSA EXTRAORDINÁRIA de licitação. A consideração de V. Exa. Barra Mansa/RJ, 24 de março de 2020. Érika Ribeiro Barbosa Coordenadoria de Compras e Licitações A CPL Tendo em vista o disposto no artigo 4º da Lei 13.979/2020 e suas alterações e face a justificativa apresentada, AUTORIZO E RATIFICO a efetivação da contratação com DISPENSA de licitação. Barra Mansa/RJ, 24 de março de 2020. Sérgio Gomes da Silva Secretário Municipal de Saúde


DIÁRIO DO VALE 5

CIDADES

QUARTA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2020



NOVO CORONAVÍRUS

Volta Redonda tem cinco casos confirmados de Covid-19 Município também tem três mortes com sintomas do vírus, que aguardam confirmação Divulgação

Volta Redonda

O prefeito Samuca Silva informou que Volta Redonda tem cinco casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). A quinta confirmação é de um paciente, que mora na cidade, mas está no Rio de Janeiro. Ele segue em isolamento domiciliar, assim como os outros quatro casos. Segundo o prefeito, todos os pacientes confirmados passam bem e os familiares estão sendo monitorados. Também há três casos de pessoas que morreram com sintomas semelhantes aos do vírus, e que aguardam confirmação laboratorial. A morte do terceiro caso que está sendo investigada por suspeita do Covid-19 ocorreu no Hospital do Retiro. Os outros dois pacientes idosos

que morreram com sintomas da doença estavam internados no Hospital São João Batista. Eles eram irmãos e estavam em isolamento.

Em investigação No início da noite de anteontem (23) foi divulgado que uma idosa, de 67 anos, morreu no Hospital São João Batista, com sintomas do novo coronavírus. A idosa é irmã de um paciente, de 66 anos, que morreu no sábado (21), também com sintomas do Covid-19. Ainda precisam sair os resultados dos exames enviados ao Lacen (Laboratório Central Noel Nutels), no Rio, para comprovar a causa da morte. Os exames demoram cerca de dez dias para ficarem prontos.

Resende tem primeiro caso confirmado Idoso morre em Piraí com sintomas de coronavírus Familiares dos pacientes confirmados com o novo coronavírus recebem monitoramento

Resende

A Secretaria Municipal de Saúde informou, que um paciente, morador do Rio de Janeiro, foi atendido em um hospital particular de Resende com sintomas de doença respiratória e teve o primeiro resultado laboratorial positivo para o novo coronavírus (Covid-19). - A confirmação final do diagnóstico ainda deve aguardar o exame da contraprova enviada ao Lacen, laboratório oficial do Ministério da Saúde, cujo resultado é esperado para os próxi-

mos dias - disse o comunicado. A secretaria informou que o paciente teve contato com caso confirmado de Covid-19 no município do Rio, mas está “em bom estado geral, sendo acompanhado pela equipe médica durante o isolamento social em sua residência local”. A Vigilância Epidemiológica notificou a Secretaria de Saúde do Rio e já fez o monitoramento dos possíveis contactantes em Resende, que estão sem sintomas e também em isolamento domiciliar.

semelhantes aos do Covid-19

Piraí Um idoso, de 60 anos, morreu na manhã de ontem (24), com sintomas semelhantes ao do novo coronavírus (Covid-19), porém a prefeitura informou em nota, que ainda não existe a comprovação

laboratorial. O paciente estava internado no Hospital Flávio Leal, em Piraí, desde segunda-feira (23) com queixas de falta de ar, um dos sintomas do vírus. Durante o período de internação, ele ficou isolado dos demais pacientes.

- A prefeitura informa que todos os atendimentos feitos na emergência do hospital seguem o protocolo de manejo clínico do Covid-19 e quando indicada a coleta de amostra para diagnóstico, seguindo os critérios do Ministério da Saúde, os exa-

mes são encaminhados para o Lacen-RJ, que atende aos 92 municípios do estado. Somente após o resultado desses exames que podemos dizer se o paciente teve ou não o coronavírus, e isso se aplica para todos os casos suspeitos – disse em nota.

Rede estadual adia volta às aulas e paralisação pode chegar a 90 dias Arquivo

Estado do Rio confirma 306 casos e seis mortes por coronavírus Estado do Rio

Subiu para 306 casos confirmados do novo coronavírus no Estado do Rio, além dos confirmados, foram registradas seis mortes pela doença no estado. Os casos confirmados estão distribuídos da seguinte maneira: Rio de Janeiro tem 276, Niterói-12, Volta Redonda- 5, Petrópolis – 3, São Gonçalo- 3, Barra Mansa- 1, Campos dos Goytacazes- 1, Duque de Caxias- 1, Guapimirim1, Miguel Pereira- 1 e Exterior- 2.

As recentes mortes por coronavírus no Estado foram confir madas pela Secretaria Estadual de Saúde. As vítimas são dois idosos: uma mulher, de 71 anos, e um homem, de 74 anos. Os dois eram residentes da cidade do Rio. Os outros quatro óbitos foram registrados em Miguel Pereira, Niterói, Petrópolis e Rio de Janeiro. Todas as vítimas eram idosas e apresentavam comorbidades, sendo classificadas como grupo de risco para a Covid-19.

Medidas de prevenção - Proteger nariz e boca ao espirrar ou tossir; - Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres e copos; - Lavar frequentemente as mãos, especialmente após espirrar ou tossir; - Utilizar álcool em gel nas mãos; - Evitar tocar o rosto.

Estado do Rio A volta às aulas na rede pública estadual, previstas para retornarem no dia 30 de março, serão adiadas. A medida atende ao protocolo estabelecido pelo Gabinete de Crise de prevenção ao novo coronavírus e pela Secretaria Estadual de Saúde. Durante este período sem atividades presenciais nas escolas, a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) disponibilizará, a partir de segunda-feira (30), aulas no formato online, por meio de um convênio firmado com o Google, na plataforma Google Classroom. A paralisação das aulas nos colégios públicos e privados pode chegar a três meses. Os professores da rede pública estadual, nos seus horários de trabalho, ministrarão as atividades na plataforma online respeitando o quadro de horários das suas aulas presenciais. As Gratificações por Lotação Temporária (GLPs) dos docentes serão mantidas. Os alunos que não tiverem acesso à internet receberão o material impresso em suas casas e, após o retorno das atividades presenciais, caso tenham necessidade, terão aulas de reforço. O método de avaliação e provas bimestrais dependerá do período de interrupção das atividades presenciais. - A ideia é manter os 200 dias letivos, mesmo que a Lei de Diretrizes e Base da Educação (LBD) permita que diante da pandemia do

Seeduc vai oferecer modalidade de ensino online para os estudantes coronavírus os estados terminem o ano letivo de 2020 com menos dias. O objetivo da Seeduc é não prejudicar nem desestimular os alunos durante o período de quarentena. As horas de aulas à distância serão contadas como horas-aula normais disse o secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes. As escolas particulares que não tiverem a própria plataforma, a Secretaria de Educação buscará a viabilização deste serviço junto a Google. A Seeduc também fornecerá o conteúdo didático para os colégios privados, caso necessário.

As escolas da rede pública estadual com cursos técnicos ar ticulados ao Ensino Médio; no modelo de educação integral; que ofer tam Curso Nor mal (Formação de Professores) e vocacionadas ao Ensino Cívico-Militar terão inicialmente as disciplinas básicas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) no formato online e, posteriormente, a parte teórica das matérias específicas será disponibilizada na plataforma. Após o retorno das aulas presenciais serão aplicadas as disciplinas práticas. O estágio dos alunos do Curso Normal

retornará após a normalização das aulas presenciais. Em relação à merenda, o secretário de Estado de Educação também ressalta que os estudantes cujas famílias são beneficiárias do Bolsa Família receberão uma assistência quanto à alimentação. - As direções dos colégios relacionarão esses estudantes para que a Seeduc viabilize recurso junto ao Governo do Estado para a alimentação dos jovens, uma vez que muitos têm como refeição principal a merenda servida nos colégios - declarou Pedro Fernandes.


6 DIÁRIO DO VALE

CIDADES



QUARTA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2020

Barra Mansa promove vacinação em casa para idosos e pacientes acamados Serviço de Atendimento Domiciliar atende de 8h às 17h; mais de mil idosos foram imunizados Divulgação

Barra Mansa A vacinação contra a gripe em Barra Mansa continua e na primeira fase da campanha os idosos a partir de 80 anos e pacientes acamados estão sendo imunizados em casa pela Secretaria de Saúde, através da vacinação domiciliar. A estratégia foi esquematizada pelas equipes do SAD (Serviço de Atendimento Domiciliar). Além do SAD, que já tem o cadastro dessas pessoas, o Centro do Idoso é um canal de comunicação para receber as demandas de agendamento da vacinação, através do telefone: (24) 3328-6516, de 7h às 12h. O SAD aplica as doses da vacina de 8h às 17h. O primeiro dia de vacinação, começou na segunda-feira (23), o SAD imunizou cerca de 700 idosos e a Santa Casa, 350.

Fases da campanha A vacinação foi dividida em três fases com a finalidade de evitar aglomerações e prevenir contágio do novo coronavírus (Covid19). A primeira acontece em dois momentos distintos: até sexta-feira (27), somente idosos acima de 80 anos, e acamados receberão a dosagem. De 30 de março a 15 de

abril, o público entre 60 e 79 anos será imunizado nos Postos de Saúde de cada bairro através de agendamentos feitos pelos agentes da saúde. As imunizações ocorrerão na parte externa das unidades, entre 14h às 17h. A segunda fase será do dia 16 de abril a 08 de maio e imunizará professores da rede pública e privada de ensino, profissionais das forças de segurança, portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais. A ação entrará em fase final entre os dias 09 e 22 de maio, com imunização de crianças de seis meses a cinco anos, gestantes, puérperas, adultos de 55 a 59 anos, população privada de liberdade e funcionários de sistemas prisionais.

Cidades da região esgotam estoque de vacina contra a gripe

Vacinação O Hospital Santa Maria, situado no bairro Ano Bom, começou com a vacinação contra a Influenza na manhã de ontem (24). As UBSs (Unidades Básicas de Saúde) estão imunizando trabalhadores da área da Saúde. Sérgio Gomes, secretário de Saúde, disse que a meta é imunizar 90% do público alvo for mado por 58.936 pessoas. Com isso, serão aplicadas pelo menos 53.042

Volta Redonda retoma vacinação drive-thru na sexta-feira

Idosos recebem vacinação contra a gripe em casa através da Secretaria de Saúde doses da vacina contra a gripe. – Neste contexto, pretendemos vacinar 21.872 idosos; 9.674 pessoas na faixa etária entre 55 e 59 anos de idade; 2.997 bebês de seis meses a dois anos de idade; 6.334 crianças com idade entre dois e quatro anos; 2.173 crianças de cinco anos; 1.499 gestan-

tes; 3.502 trabalhadores da área da saúde; 246 puérperas (período pós-parto); 8.781 acamados; 1.096 professores; 728 agentes das forças de segurança e salvamento de jovens de 12 a 21 anos em cumprimento de medidas socioeducativas e funcionários do sistema prisional – explicou o secretário.

Cinco cidades do Sul Fluminense tiveram o estoque de vacina contra a gripe esgotado no primeiro dia da Campanha de Imunização contra Influenza: Barra do Piraí, Piraí, Porto Real, Quatis e Volta Redonda já utilizaram todo o estoque e aguardam a chegada de novo lote previsto para hoje (25). Em Volta Redonda, a vacinação foi interrompida depois que as 11 mil vacinas que foram enviadas para a cidade acabaram. Segundo a prefeitura, com esse contingente, 14% do público-alvo já foi vacinado. Para Barra do Piraí foram destinadas mil vacinas. Em Piraí as 1,2 mil vacinas imunizaram cerca de 30% da população idosa do município. Já em Porto Real, o município recebeu 800 vacinas e imunizou 52% do público alvo em seus domicílios. Em Quatis, o estoque de 500 vacinas imunizou 18% do público-alvo. Não há previsão de quando uma nova remessa da vacina vai chegar na cidade. Em Pinheiral alguns

postos de saúde tiveram seu estoque esgotado. As unidades do Ipê, Centro, Bela Vista e São Jorge estão sem vacina.

Secretaria Estadual de Saúde Em nota a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou ter recebido do Ministério da Saúde, na segunda-feira (23), a segunda remessa de vacina contra a gripe, que já está disponível para retirada dos municípios. No total das duas remessas, o estado do Rio de Janeiro recebeu 1,3 milhões de doses da vacina, metade das doses necessárias para atender ao público alvo nos 92 municípios do estado, que nesta primeira etapa da atual campanha de vacinação contra gripe, soma 2,6 milhões de pessoas. A SES esclarece ainda que a competência de entrega de vacinas aos estados é do Ministério da Saúde; e que aos estados, por sua vez, compete distribuir aos municípios.

Detran fecha unidades no Estado como medida de prevenção ao coronavírus Paulo Dimas

Estado do Rio Arquivo

Praça Brasil na Vila Santa Cecília é um ponto de vacinação em drive-thru Volta Redonda A partir desta sexta-feira (27), a prefeitura de Volta Redonda deve retomar a vacinação em drive-thru, em postos na Avenida Sávio Gama, no Retiro, na Avenida Beira-Rio, também

no Retiro, no Detran, do bairro São Luís, e na Praça Brasil, na Vila Santa Cecília. A retomada da vacinação depende da liberação de vacinas pelo governo estadual, que está prevista para a próxima quinta-feira (26).

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE EXTRATO DE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO A Prefeitura Municipal de Quatis, torna público que será realizado Processo Seletivo Simplificado, Edital nº.:01/2020, visando a contratação de Médico Clínico, Enfermeiro, Técnico de Enfermagem, Cuidador, Servente. A medida visa constituir lista de profissionais de saúde que poderão ser contratados para o enfrentamento do COVID – 19, visando a manutenção regular dos serviços essenciais de saúde. As inscrições iniciam em 26/03/2020, das 10h às 14h no Centro Administrativo, sito a rua Ana Ferreira Oliveira nº.:47, Bondarovsky, Quatis/RJ A integra do Edital nº.:01/2020 deve ser acessada no endereço eletrônico https:// quatis.rj.gov.br/ a partir das 13h do dia 25/03/2020.

O Detran-RJ decidiu suspender por tempo indeterminado todas as atividades a partir de hoje (25), no Estado. O Detran-RJ disse em nota que o fechamento das unidades também é uma for ma de reforçar o compromisso do departamento com a preservação das vidas, evitando a propagação do coronavírus entre funcionários e clientes. O presidente do Detran, Antonio Carlos dos Santos, disse que evitar a propagação maciça do coronavírus é o principal objetivo de todas as autoridades responsáveis. – A prioridade de todos neste momento é preservação da vida. As determinações adotadas abrem espaço para mais locais de vacinação, mais ações sociais, e evitam a aglomeração de pessoas que, infelizmente, ainda estava acontecendo nas unidades que permaneciam abertas. Reafir mo o nosso compromisso com a população. Ninguém será prejudicado pela suspensão temporária dos serviços. Já determinamos a prorrogação de todos os prazos, inclusive de CNHs vencidas a partir do dia 19 de fevereiro passado. Estamos atentos à necessidade da população, aí listadas as emergências. Todos podem ficar tranquilos – afirmou o presidente.

Atendimento Os casos considerados de urgência são as 2ª vias da identidade e habilitação para profissionais com atividades remuneradas, funcionários das áreas de saúde e segurança. Eles só poderão obter o novo documento em caso de perda, roubo ou furto.

Marcações para as urgências da Habilitação e Identificação Civil serão feitas por telefone As marcações para as urgências da Habilitação e Identificação Civil serão feitas de segunda a sexta, das 8h às 18h, nos telefones: 3460-4040 e 3460-4041, na capital. No interior ligar para os números 0800 0204040 ou 0800 0204041. As emergências devem ser comprovadas com boletins de ocorrência, passagens ou outra documentação. No caso de as habilitações também comprovar a necessidade com vínculo empregatício.

Novas medidas Entre as principais medidas adotadas a partir desta quarta-feira (25) está a prorrogação de 12 para 18 meses dos processos de primeira habilitação. Ou seja, quem deu entrada ao processo para primeira habilitação a partir de 21 de março de 2019 terá mais seis meses de prazo. As novas regras também permitem que os con-

dutores possam dirigir com a carteira de habilitação ou a Permissão Para Dirigir (PPD) vencidas a partir de 19 de fevereiro último. Eles não serão penalizados, caso sejam flagrados em fiscalizações. Os proprietários de veículos novos poderão dirigir automóveis sem placa. A medida se aplica a veículos adquiridos a partir do último dia 19 de fevereiro e, neste momento de crise não há prazo para terminar. Nesses casos, é prudente que os proprietários andem com a Nota Fiscal de compra do veículo e a identidade. A medida também abrange compras de veículos usados, cujos novos proprietários precisariam fazer o novo registro do veículo (CRV). Por ora, eles ficam desobrigados de iniciar este processo no Detran. O Detran já havia suspendido todos os prazos para recurso de multas,

assim como os processos de questionamento e penalização de infratores. Também estão interrompidos os serviços de identificação civil (emissão de carteira de identidade), exceto para casos emergenciais, respeitando as priorizações deter minadas no combate ao coronavírus. O Detran-RJ frisa que o prazo de licenciamento anual está prorrogado e poderá ser novamente postergado, conforme a necessidade. O Departamento reforça que nenhum usuário será prejudicado. Também está temporariamente suspensa a edição do Dia D que aconteceria no próximo dia 02 de abril. O Dia D é uma ação do Detran de reconhecimento à prioridade que Pessoas com Deficiência devem ter em qualquer circunstância. Na ação, os PCDs têm prioridade de atendimento em todos os serviços oferecidos nos postos do Detran.


QUARTA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2020

DIÁRIO DO VALE 7

CIDADES



NOVO CORONAVÍRUS

Bispo recomenda cautela aos fiéis e aconselha que todos fiquem em casa Celebrações litúrgicas podem ser acompanhadas nas redes sociais pelos religiosos Paulo Dimas/Arquivo

Júlio Amaral Volta Redonda Diante do cenário de pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o bispo da diocese Barra do Piraí-Volta Redonda, dom Luiz Henrique da Silva Brito, afirma que não há lugar mais seguro do que a própria casa, nesse momento, e recomenda que os fiéis permaneçam em isolamento voluntário. Dom Luiz explicou que as celebrações litúrgicas estão sendo publicadas nas redes sociais para o público acompanhar. - Há um bom tempo estamos com orientações pastorais pedindo para as pessoas não circularem e seguimos reforçando para que fiquem em suas casas. Mas não estão sozinhos! As missas, celebrações e encontros estão sendo transmitidos pelas redes sociais de nossa diocese e das paróquias. Assim, iremos até os fiéis enquanto eles não puderem vir a nós. E ao cumprir orientações de isolamento social, estamos motivando as ora-

ções em família, momentos de reflexão com quem vive dentro de casa. Então, reitero, rezemos juntos, cada um na sua casa, o que chamamos de igreja domiciliar, pedindo pelo Brasil e pelo mundo – ressalta. O padre Juarez Carvalho Sampaio, da Paróquia de Barra do Piraí, também está preocupado com o aumento dos casos de coronavírus na região e afirma que a sua recomendação para os seus fiéis é que mantenham resguardados dentro de suas casas, não saiam às ruas e não se aglomerem. Além disso, o padre faz um alerta aos fiéis sobre as ‘Fake News’, que segundo ele, tiram a paz e o sossego. - A gente deve dar atenção às autoridades quando pronunciarem a respeito dessa pandemia que está assustando o mundo inteiro. Nós também temos gravado muitas orações ao longo do dia como mensagens de fé, otimismo e esperança, e de bênçãos a todas as pessoas - disse. Segundo Juarez, por causa da pandemia do Co-

Dom Luiz Henrique Brito recomenda que os fiéis se mantenham em casa vid-19, a rotina das comunidades mudou por completo. - Para começar pelo essencial que foi às celebrações das missas, pois as

Igrejas estão todas fechadas. Os padres adotaram estas mudanças antes mesmo do poder público ter restringido os espaços de cultos. Restringimos tam-

bém as procissões e reuniões, nada de aglomerações de pessoas nestes tempos. Nós padres estamos rezando missas restritas e sendo transmitidas pelo Face-

book e outros meios de comunicação. Então a igreja se recolhe e ao mesmo tempo convida os seus fiéis a rezarem e estarem em comunhão – conclui.

Covid-19 muda a rotina de alguns Novas medidas da AAP-VR profissionais em Volta Redonda visam proteger os associados contra o novo coronavírus Volta Redonda

Desde que o país e a população passaram a encarar as recomendações do Ministério da Saúde de permanecer mais tempo em casa por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), alguns profissionais tiveram que mudar a rotina de seus trabalhos se adequando as exigências e normas do governo. De acordo com a diretora Elaine Aparecida Pereira, que trabalha em uma escola particular no Jardim Amália II, assim que o gover no impôs o suspensão das aulas, a sua escola criou grupos de WhatsApp por tur ma, onde todos os dias os professores colocam atividades que sejam pertinentes a faixa etária de cada um. - No meu caso eu continuo trabalhando em casa dando suporte a minha equipe e familiares quando necessário - explica. Para a psicóloga Bruna Buarque da Silva, a mudança na rotina foi bem radical. - Nos serviços de hospital tenho trabalhado em modalidade home office, fazendo contato telefônico com os pacientes para orientar e acolher as demandas destes. Já em consultório estou fazendo atendimento online para não deixar os meus clientes desassistidos - ressalta. De acordo com Bruna, a rotina mudou e o trabalho aumentou, percebendo alguns pacientes amedrontados, angustiados, com isso os casos de pânico, TOC (Transtor no

Obsessivo Compulsivo) e ansiedade generalizada agravaram sendo indispensável o suporte psicológico. Já a rotina dentro de casa é segundo Bruna, de trabalho e cuidados com a higiene. - E como não moro sozinha e resido com meus pais, ambos hipertensos. Mãe diabética, pai idoso, irmão adolescente de 15 anos e diabético, irmã de 36 anos grávida. Ou seja, todos eles em grupo de risco, me deixa bem preocupada – afirma. Apesar de evitar sair de casa, a psicóloga ressalta que algumas vezes na semana ainda precisa ir ao hospital, onde nestes dias, ao chegar ela deixa sapatos e roupas na porta da residência para evitar contaminação. - Meu tempo livre é vendo sobre a tragédia que se instala no país e quando me sinto saturada busco atividades que me propiciam saúde mental e lazer, como filmes e bate papo em família, internet, papo entre amigos e até mesmo estudo – disse. Já a enfermeira obstétrica, Raphaela Casemiro dos Santos Figueiredo, que fa parto domiciliar, afirma que nesse período de pandemia, foi obrigada a dar uma cessada nos partos domiciliares por conta dos riscos com essa precaução de contato. Financeiramente falando, as pacientes estão preocupadas com o que está por vir e preferem não se comprometerem com o procedimento por enquanto. - Respeito e compreendo, mas deixei o meu con-

tato para que estas pacientes que passaram por esta experiência, possam estar tirando dúvidas quanto à saúde delas e de seus bebês. Também trabalho em outros locais como em hospital e como docente e nestes locais, estamos aumentando o cuidado com as medidas de prevenção e precauções, sempre atendendo as recomendações do Ministério da Saúde, juntamente com medidas internas de controle e atendimento - comenta. A enfermeira destaca que devido ao novo coronavírus, ela aumentou a sua demanda por estudos. - Constantemente estou sentindo a necessidade de atualizar-me para poder contribuir efetivamente nas ações de promoção, prevenção e tratamento, se for o caso, pois a atualização fundamentada é a peça chave neste momento - cita. Em relação a sua casa, Raphaela explica que aumentou as medidas de prevenção, pois segundo ela, não se pode descuidar. - Sempre que chegamos em casa, lavamos bem as mãos e passamos álcool gel a 70%. Deixamos a casa bem arejada e aumentamos o consumo de alimentos ricos em vitamina C. Saímos só quando necessário e, as roupas que volto do trabalho, já tiro imediatamente e as coloco pra lavar. Já nas horas vagas me distraio brincando com minha filha, vendo filmes, lendo livros e conversando com os mais próximos – desabafa.

Júlio Amaral Volta Redonda A preocupação com o constante aumento dos casos de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus (Covid-19) no país e no mundo chamou a atenção dos profissionais de diversos setores da AAP-VR (Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda). Com o objetivo de dar mais segurança aos seus associados e funcionários, a equipe se reuniu no dia 16 de março para elaborar estratégias para o enfrentamento do novo vírus. De acordo com a médica geriatra e responsável técnica, Maria Stela Motta Santos, a AAP-VR apresenta uma g rande responsabilidade social e como seu público alvo é a pessoa idosa, foi decidido a realização de algumas medidas no sentido de proteger esta população, para atuar de acordo com as orientações do Ministério da Saúde e dos conselhos profissionais. Segundo a geriatra, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), orienta que consultas, exames e cirurgias que não se enquadrem em casos de urgência sejam adiados, para evitar que pessoas saudáveis frequentem unidades de saúde e possam a vir se contaminar. Lembrando que um dos pilares para a contenção desta pandemia é evitar aglomerações e restringir o contato social. - Não temos dúvidas

que a paralização temporária dos atendimentos é a melhor solução para proteger os idosos. No edifício CBS, onde trabalhamos com consultas eletivas, ou seja, são consultas agendadas previamente. Estamos dando suporte por telefone, fazendo receitas, avaliando exames que sejam necessários para o estabelecimento de conduta terapêutica, e orientando no que for necessário – esclarece. Já no CPSI (Centro de Prevenção à Saúde do Idoso) onde quase todas as atividades são em grupo, muitos usuários já estavam avisando que não viriam e estavam cobrando uma posição da AAP-VR. - Novamente baseados na importância do isolamento social para a contenção da doença, a interrupção das atividades é a melhor medida no sentido de evitar possível contaminação. É importante ressaltar, que os funcionários e os profissionais de saúde, também precisam se proteger, e participar das medidas para prevenção e contenção do Covid-19. Por isso acredito que a interrupção desses serviços não vai comprometer a saúde física e mental dos idosos, muito pelo contrário, vai favorecer que eles se previnam desta doença – afirmou. Se gundo a geriatra Stela Santos, a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) destaca a importância dos cuidados com a saúde do

idoso relacionados ao Covid-19. Pesquisas têm demonstrado maior vulnerabilidade entre idosos quanto à incidência da nova pandemia. - Existe a imunosenescência, que é um processo natural do envelhecimento que diminui a capacidade do sistema imunológico e pode deixar a pessoa idosa mais suscetível às infecções em geral. Já os idosos que apresentam comorbidades (associação de duas ou mais doenças), por exemplo, diabetes, hipertensão arterial, problemas pulmonares, apresentam mais riscos de desenvolver o Covid-19 nas formas graves alerta. De acordo com a geriatra, os familiares estão recebendo as orientações necessárias por telefone, e em caso de emergência, devem procurar o Serviço de Pronto Atendimento. É importante ressaltar que os funcionários e profissionais da saúde, também precisam se proteger realizando principalmente a redução do contato social e evitar as aglomerações. - A pandemia do coronavírus está provocando inúmeras mudanças na sociedade e o fato do isolamento social vai fazer que as pessoas se aproximem mais em termos de convivência, de trocas. Che gou o momento de cuidarmos de nossos idosos, sem estresse, oferecendo opções de lazer dentro da família, conversando mais e buscando o equilíbrio destes novos desafios – finaliza.


Mário Sérgio

8 DIÁRIO DO VALE 

LAZER

QUARTA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2020

www.diariodovale.com.br/noticias/mario-sergio mariosergio@diariodovale.com.br

Arquivo

Fotos: Divulgação

A aniversariante do dia, Marízia Braga, entre seus amores: O engenheiro Celso Braga, os médicos Christiane Roma e Waldir Roma Júnior e Rafael Roma Thatiane Hayashi (aniversariante do dia) entre as amigas Livia Chokyu, Paulinha Baptista, Karolina Chokyu e Raquel Assis

Zig-Zag *Fazendo sete anos, que a Organização Mundial da Saúde (OMS) chamava a atenção, durante o “Dia Mundial de Combate à Tuberculose” (que sempre acontece no dia 24 de março), de como anda a doença ao redor do planeta. *Muito embora a mortalidade tenha caído além de 40%, desde o ano de 1990, ainda existe muitos desafios para se vencer. *Pasmem. Em suas estatísticas no ano de 2017, estima-se que 10 milhões de pessoas adoeceram por tuberculose e que a doença tenha causado 1,3 milhão de óbitos, o que a mantém entre as 10 principais causas de morte no planeta. *Comunidades pobres e grupos vulneráveis são os mais afetados pela tuberculose a OMS declara que 95% das mortes ocorrem em países de baixa e média rendas. *Porém, por se tratar de uma doença transmitida pelo ar, o risco é para todos. *Outra barreira importante que mereceu ser destacada pela OMS é a lentidão do progresso no combate à tuberculose resistente a medicamentos. *A diretora-geral da organização, Margaret Chan disse que aproximadamente 4% das pessoas com a doença mostraram resistência ao medicamento. *Outro alerta, importante a destacar e que publiquei nesta coluna e volto lembrar, está diretamente ligada à cidade de Volta Redonda. *Ao contrário do passado, onde a população alvo, era originada de bairros carentes e residências humildes, na atualidade, tem sido monitorada a abrangência da doença também em bairros nobres da cidade. *A Secretaria Municipal de Saúde de Volta Redonda, ano passado, através de seu Centro de Doenças Infecciosas (CDI), localizado no bairro Aterrado, tem a disposição da população a realização dos testes de PPD e nos casos positivos o tratamento. *Até março do ano passado, o CDI havia notificou em torno de 253 casos de Tuberculose. *Para a grande quantidade de pessoas que não sabem: O que é a tuberculose? *Uma doença causada por uma bactéria que atinge principalmente os pulmões, mas também pode aparecer em outras partes do corpo como ossos, rins e outros. *Como se pega a tuberculose? É transmitida de uma pessoa para outra pelo AR. *Quando o doente com tuberculose no pulmão tosse, espirra ou fala, espalha bacilos no ambiente que podem ser aspiradas por outras pessoas. *O que sente um doente com tuberculose no pulmão? O sintoma mais frequente da TB pulmonar no adulto é a tosse com ou sem catarro. *Outros sintomas são: febre (mais frequente ao entardecer), suores noturnos, falta de apetite, emagrecimento rápido e cansaço fácil. *O que pode ser feito para evitar a transmissão? A melhor forma para evitar a transmissão é descobrir a doença o mais cedo possível e fazer o tratamento correto. Também ajuda se o doente cobrir a boca e o nariz, ao tossir ou espirrar e manter a casa bem ventilada, abrindo a janela para permitir a entrada de ar e sol. *Como é feito o tratamento? Através de medicamentos distribuídos pela rede pública de saúde, sem custo para o paciente. *A tuberculose tem cura, desde que tratada o mais rápido possível, adequadamente e por um período mínimo de seis meses (sem interrupção). *O tratamento não deve ser abandonado mesmo com o desaparecimento dos sintomas. *Não esqueça: Tosse por mais de 3 semanas, com ou sem catarro pode ser tuberculose. *O tratamento só termina quando o profissional de saúde confirmar a cura por meio de exames. *Compartilhar talheres, copos ou toalhas não transmite tuberculose, beijos e abraços também não. *Qualquer unidade de saúde do SUS pode diagnosticar a tuberculose. *Informe-se, acesse riocomsaude.com.br. *Existe na cidade um surto de Tuberculose. *A doença não está escolhendo classe social. *Vem acontecendo nas populações dos bairros mais pobres aos de pessoas de maior poder aquisitivo. *Bairros como Laranjal, Jardim Amália, Conforto, tem registros no Centro de Doenças Infecciosas de Volta Redonda. *Agora, a população no mundo vem sofrendo com o aparecimento do corona vírus. *Mais um enorme desafio para a ciência. Existe possibilidade de que a vacina para a Tuberculose possa servir para o combate ao COVID – 19. Vamos aguardar mais esta ‘luz no fim do túnel’.*Outros aniversariantes do dia: Maria Rita Yacoub; Thatiane Hayashi; o promoter Jean Fragoso; Elena Moreira; Jéssica Muniz; Paola Franklin; Luciana Oliveira; Marina Miller.

Um ‘revival’ da bonita Sabrina Menchise, nos seus 15 anos

Homenagem Póstuma *O meio médico e social, ainda muito triste com a morte do oftalmologista Marcus Marassi. *Ocorrido na sexta-feira, em consequência de um grave acidente automobilístico, nas proximidades de um cruzamento na BR 393, na altura do bairro Jardim Amália II. *Considerado uma grande figura humana, excelente profissional, deixa uma enorme saudade nos familiares e da grande legião de amigos.

Homenagem póstuma ao médico Marcus Marassi

Sala Vip *Despertando hoje com sua mais nova idade, Marízia Braga. *Ganha os primeiros abraços e beijos de seu bem amado, o engenheiro Celso Braga, da filha Christiane Roma, do genro Waldir Roma e do neto Rafael Roma. *Depois serão inúmeras homenagens à distância.

Dr. José Antônio Siqueira Psicólogo - Fonoaudiologo CRP 10148

CRFa. 8807

"Dê um novo sentido à sua vida" CONVÊNIOS:

Psicoterapia Reichiana Integração Mente & Corpo

CAPS, Banco do Brasil, Petrobrás, CAARJ, Saúde Bradesco e Medservice

Maria Isabel A. Soares

Novo Endereço

CRP 05/21711

BARRA MANSA

VOLTA REDONDA

Av. Domingos Mariano, nº83 Sl 804 Ed. Vila Lobos - Centro

Rua 25 A, nº23 - Sala 615, Ed. CBS - Centro

Tel: (24) 98803-1243

Av. Paulo de Frotim, 590 sl 901 - Ed. Plaza Business Center Aterrado - Volta Redonda

Tel: (24) 3344-0375


DIÁRIO DO VALE 9

ECONOMIA

QUARTA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2020



CSN vai colocar em férias a partir de quinta-feira 1,4 mil empregados Trabalhadores do grupo de risco, estagiários e Jovem Aprendiz vão parar por 15 dias em quarentena, mas divulgou que a UPV (Usina PreA CSN (Companhia Si- sidente Vargas) segue norderúrgica Nacional) infor- malmente, tomando medimou, por nota, que dispen- das de prevenção para prosará todos os estagiários, teger seus colaboradores. menores de 18 anos, e jo– Acreditamos que estavens aprendizes,por 15 dias, mos dando nossa contripara impedir a proliferação buição para a preservação do novo coronavírus (Co- dos empregos e da econovid-19). O anúncio foi feito mia local e nacional. Estapela emprebelecemos sa na segunum Comitê da-feira (23) de Crise e foi confir- CSN não divulgou os para monitomado pelo ramento dos números de prefeito de acontecimentrabalhadores em Volta Redontos em temda Samuca po real e quarentena, mas Silva, nas poderdivulgou que a Usina para redes socimos atuar ais. Presidente Vargas com maior Os jovens eficiência e segue normalmente se juntarão eficácia. aos grupos Acreditamos de trabalhaque a medores acima dos 60 anos e lhor maneira de enfrentar funcionários que tenham o problema é, além das doenças crônicas, oncológi- medidas citadas, trabalhar cos e diabéticos, que totali- com informação e transpazam 1,4 mil. Ao todo serão rência. Precisamos fazer colocados em férias cerca todos o esforço para que de dois mil funcionários. essa segurança seja mantiA CSN não divulgou os da o máximo possível – números de trabalhadores concluiu. Volta Redonda

CSN e transportadoras são essenciais para o suprimento de alimentos Siderúrgica é a única no Brasil a produzir folhas de flandres, que servem para embalar todos os alimentos enlatados Arquivo

Um dos motivos de a CSN não poder parar sua produção durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) é o fato de a siderúrgica ser a única no Brasil a fazer folhas de flandres, que são a matéria-prima para fazer as latas que embalam uma grande variedade de produtos – especialmente alimentos. Sem esse material, em questão de poucos dias haveria um grave desabastecimento no país, principalmente de alimentos enlatados. Junto com os trabalhadores da CSN, que está fazendo esforços para deixar em casa o maior número possível de pessoas, os caminhoneiros também estão fa-

SindPass informa queda de 80% no número de passageiros Paulo Dimas

Sul Fluminense As medidas determinadas pelas autoridades a fim de evitar a propagação do Covid-19 já causam reflexos nas partes sociais e econômicas. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (SindPass) informou que registrou queda no número de passageiros na ordem de 80%. As empresas de ônibus, segundo o sindicato, aderiram às determinações das autoridades de saúde e reduziram o número de ônibus em circulação no Sul Fluminense. -As empresas se veem na obrigação de zelar pela saúde de seus colaboradores, orientando àqueles que compõem o grupo de risco a ficar em suas casas – informou a entidade. Entre as medidas tomadas para evitar não só o contágio dos trabalhadores rodoviários, como também o colapso do sistema, o SindPass estabeleceu aos associados que fosse feita

Ruas vazias reduzem número de passageiros de ônibus a redução dos horários e da frota em circulação. -Certamente, tal redução se dará de for ma a não prejudicar a população usuária, principalmente os trabalhadores dos serviços essenciais à sociedade, que não serão privados do transporte público, tampouco submetidos a aglomerações nos terminais ou nos próprios ônibus – destaca o sindicato. Os empresários, no entanto, esperam a colabora-

ção do Poder Público, na adoção de medidas a fim de evitar a descontinuidade do serviço de transporte de passageiros, que também é de caráter essencial. -A luta é de toda a humanidade, e somente juntos poderemos superar tamanho desafio -, conclui o comunicado do sindicato, alertando ainda para que as pessoas fiquem em casa e assim evitem o risco de contaminação.

zendo um esforço para manter o fluxo de material, de forma a evitar falta de comida nas prateleiras dos supermercados. O empresário Rogério Loureiro, que dirige uma das transportadoras que mais prestam serviços à CSN, disse que está adotando medidas para proteger seus profissionais da estrada: – Distribuímos a todos um kit contendo álcool gel e máscara. Estamos ressaltando a importância de eles lavarem as mãos com frequência e também de higienizarem a cabine do caminhão pelo menos uma vez por dia, pelo menos – disse Loureiro. Sobre a rotina diária do caminhoneiro, Loureiro lembrou que esses profissionais

Folhas de flandres produzidas pela CSN são essenciais para embalar alimentos mantêm contato com poucas segundo ele. – O aspecto mais difípessoas no trabalho: “a maior parte do tempo estão sozi- cil é o psicológico. Eles nhos na cabine”. A alimen- passam muitos dias longe tação geralmente é feita pe- das famílias e, nesse molos próprios profissionais, so- mento de preocupação gezinhos ou em comboio, en- ral com a pandemia, eles tão, mesmo o fechamento de nem sempre podem estar restaurantes em beira de es- perto das pessoas que trada pode ser contornado, amam – concluiu.

Bolsa sobe quase 10%, e dólar cai para R$ 5,08 em dia de recuperação Brasília Em meio ao anúncio de medidas emergenciais no Brasil e no exterior, o mercado financeiro teve um dia de trégua. A bolsa de valores, que ontem (23) caiu 5,22%, subiu quase 10% nesta terça (24). O dólar, que ontem tinha encostado em R$ 5,14, fechou abaixo de R$ 5,10. O índice Ibovespa, da B3, a Bolsa de Valores brasileira, fechou esta terça-feira aos 69.729 pontos, com alta de 9,66%. O índice, que alcançou o maior nível em uma semana, operou com alta acima de 10% durante quase toda a sessão, acompanhando as bolsas no exterior. O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 5,081, com recuo de R$ 0,058 (-1,12%). A cotação registrou queda durante toda a sessão. Na mínima do dia, por volta das 12h30, a moeda chegou a ser vendida a R$ 5,05. A divisa acumula alta de 26,6% em 2020. Diferentemente dos últimos dias, o Banco Central (BC) não interveio no mercado. A autoridade monetária não ven-

deu dólares das reservas internacionais nem fez leilões de swap cambial, que equivalem à venda de divisas no mercado futuro.

das provisórias para flexibilizar a legislação trabalhista durante a crise aliviam a perda do valor de ações de diversas empresas.

Estados Unidos

Petróleo

Hoje, o Federal Reserve, Banco Central norte-americano, anunciou que comprará indefinidamente dívidas de empresas e emprestar recursos diretamente a empresas pelo tempo necessário. As perspectivas de fechamento de um acordo para o Congresso norteamericano aprovar o pacote de estímulos proposto pelo gover no de Donald Trump também ajudaram o mercado. O índice Dow Jones, da Bolsa de Nova York, fechou o dia com alta de 11,37%, com o melhor desempenho diário desde 1933.

A intensificação da guerra de preços do petróleo entre Arábia Saudita e Rússia deu uma trégua hoje. Os dois países estão aumentando a produção de barris, o que tem provocado uma redução na cotação do produto. O barril do tipo Brent, que na semana passada atingiu o menor nível em 18 anos, voltou a subir hoje. Por volta das 18h, a cotação estava em US$ 27,71, com alta de 2,52%. As ações da Petrobras, as mais negociadas na bolsa, que ontem tinham caído cerca de 4%, dispararam. Os papéis ordinários (com direito a voto em assembleia de acionistas) valorizaram-se 15,92% nesta quinta. Os papéis preferenciais (com preferência na distribuição de dividendos) subiram 15,22%.

Pacote de medidas No Brasil, o mercado continua a reagir à ajuda emergencial de R$ 88,2 bilhões para estados e municípios e à injeção de R$ 1,2 trilhão na economia anunciada ontem pelo Banco Central. A edição de medi-

Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil Edição: Aline Leal


10 DIÁRIO DO VALE

GERAL



QUARTA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2020

COVID-19

Brasil tem 46 mortes e mais de 2 mil casos confirmados São Paulo registra maior número de óbitos, 40 no total Narvikk/istock

Brasília O número de mortes decorrentes do novo coronavírus (covid-19) chegou a 46, conforme atualização do Ministério da Saúde publicada ontem (24). Até segunda-feira (23), o número de pessoas que vieram a óbito estava em 34. No domingo (22), era de 25, um aumento de quase 20 casos em apenas dois dias. O total de casos confirmados saiu de 1.891 na segunda-feira para 2.201 nesta terça-feira (24), um acréscimo proporcional de 16% e de 310 em números absolutos. Este último boletim marcou um aumento de 42% nos casos em relação a domingo, quando foram registradas 1.546 pessoas infectadas. As mortes continuam restritas a São Paulo, com 40 óbitos, e Rio de Janeiro, com 6 falecimentos. A taxa de letalidade saiu de 1,8% anteontem (23) para 2,1% ontem.

Como local de maior circulação do vír us no país, São Paulo também lidera o número de pessoas infectadas, com 810 casos confir mados. Em seguida vêm Rio de Janeiro (305), Ceará (182), Distrito Federal (160), Minas Gerais (130) e Santa Catarina (107). Também registram casos confir mados Rio Grande do Sul (98), Bahia (76), Paraná (65), Amazonas (47), Pernambuco (42), Espírito Santo (33), Goiás (27), Mato Grosso do Sul (23), Acre (17), Sergipe (15), Rio Grande do Norte (13), Alagoas (nove), Maranhão (oito), Tocantins (sete), Mato Grosso (sete), Piauí (seis), Pará (cinco), Rondônia (três), Paraíba (três), Roraima (dois) e Amapá (um).

Medidas de socorro O presidente Jair Bolsonaro realizou nesta terçafeira (24) mais duas videoconferências com governa-

dores dos estados do Sul e Centro-Oeste para atualizálos sobre as medidas de socorro aos estados que o governo federal está adotando para enfrentamento dos efeitos da pandemia de covid-19 no país. Bolsonaro e a equipe do governo federal também ouviram os pedidos e alinharam as demandas dos estados.

Fundo Nacional de Segurança Pública Portaria publicada no Diário Oficial da União, assinada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, autoriza estados a utilizarem R$ 202 milhões do Fundo Nacional de Segurança Pública e mais R$ 18 milhões do Fundo de Defesa dos Direitos Difusos em ações de controle ao novo coronavírus. Apesar da possibilidade de realocação dos recursos, a portaria ressalta que devem ser respeitados os percentuais destinados ao custeio e ao investimento.

Total de casos confirmados saiu de 1.891 na segunda-feira para 2.201 nesta terça-feira (24),

Vacinação contra a gripe O Ministério da Saúde recomendou às secretarias estaduais e municipais de Saúde que adiem a vacinação de

crianças nesta primeira etapa da campanha de imunização contra a gripe, como forma de prevenção à contaminação pelo novo coronavírus (covid-19). A campanha teve

início nesse fim de semana em alguns estados e ontem em outros, para idosos acima de 60 anos. * As informações são da Agência Brasil

‘Esse travamento do país é Estados e Municípios podem decidir sobre restrições em locomoção, decide STF péssimo para saúde’, diz Mandetta : Isac Nóbrega/PR

Nelson Jr./SCO/STF

Brasília O ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello decidiu, nesta terça-feira, 24, que a Medida Provisória do presidente Jair Bolsonaro que dá ao Planalto poder sobre restrições de transportes “não afasta a tomada de providências normativas e administrativas” pelos governos estaduais e as Prefeituras. A decisão acolhe parcialmente um pedido do PDT contra trechos da MP. Editada na sexta-feira, dia 20, a MP 926 dá poder de controle ao governo federal sobre as limitações impostas ao deslocamento intermunicipal e interestadual, como o fechamento de portos, rodovias ou aeroportos, quando afetarem serviços públicos e atividade essenciais. Deputados da oposição decidiram solicitar à cúpula do Congresso Nacional a devolução da MP por entenderam que ela se sobrepôs a restrições ao transporte feitas por gover nadores, como o do Rio, Wilson Witzel (PSC), e o de São Paulo, João Doria (PSDB). O PDT afirma que a medida esbarra na autonomia dos entes federativos. Para o partido, é inconstitucional interpretar que a ‘prerrogativa da União derroga

Em sua decisão, Marco Aurélio não decidiu que a Medida Provisória é inconstitucional a autonomia dos outros entes federativos para imprimir as mesmas ações (dispor e adotar), relacionadas a serviços públicos, atividades essenciais, isolamento, quarentena e restrições de locomoção, mas com esteio nas peculiaridades do enfrentamento à pandemia de acordo com as realidades regionais e locais’. Em sua decisão, Marco Aurélio não decidiu que a Medida Provisória é inconstitucional, e reforçou que seu terceiro artigo ‘remete às atribuições, das autoridades, quanto às medidas a serem implementadas’. “Não se pode ver transgressão a preceito da Constituição Federal. As

providências não afastam atos a serem praticados por Estado, o Distrito Federal e Município considerada a competência concorrente na forma do artigo 23, inciso II, da Lei Maior”. “Presentes urgência e necessidade de ter-se disciplina geral de abrangência nacional, há de concluir-se que, a tempo e modo, atuou o Presidente da República Jair Bolsonaro - ao editar a Medida Provisória. O que nela se contém - repita-se à exaustão - não afasta a competência concorrente, em termos de saúde, dos Estados e Municípios”, escreveu o ministro. Por Rafael Moraes Moura e Luiz Vassallo

Após crise com China, Jair Bolsonaro faz ligação para Xi Jinping Brasília O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o presidente da China, Xi Jinping, estão em uma ligação telefônica na manhã desta terçafeira, 24, informou o embaixador do país no Brasil, Yan Wanming. O contato ocorre seis dias depois de uma crise diplomática causada pelo deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). O filho do presidente brasileiro fez uma publicação, na quartafeira, 18, acusando a China de ter escondido informações sobre o início da pandemia do coronavírus. “Agora, o presidente da China Sr. Xi Jinping e o Presidente do Brasil Sr. Jair Bolsonaro estão na ligação telefônica para trocar opiniões

importantes tema de interesse comum”, escreveu o embaixador chinês no Twitter. Bolsonaro também usou a rede social para falar do contato. “Nesta manhã , em ligação telefônica com o Presidente da China, Xi Jinping, reafirmamos nossos laços de amizade, troca de informações e ações sobre o covid-19 e ampliação de nossos laços comerciais”, diz publicação na rede social do presidente. Na foto divulgada, Bolsonaro aparece ao lado do ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Tereza Cristina (Agricultura) e Ricardo Salles (Meio Ambiente). Também participa o secretário especial de Assuntos Estratégicos, Flávio Rocha.

Na semana passada, apesar da reação dura do embaixador chinês à publicação do filho e deputado federal, Bolsonaro negou que problemas com a China. “Não existe uma palavra contra a China desde que assumi o governo. Nosso relacionamento com Xi Jinping está excepcional, talvez até ligue para ele”, afirmou o presidente. A China é o principal parceiro comercial do Brasil. Só em 2019, o país asiático comprou US$ 65,4 bilhões em produtos brasileiros Com a crise com Eduardo Bolsonaro, governadores brasileiros passaram a pedir socorro individualmente por meio da Embaixada da China no Brasil. Por Jussara Soares

Segundo ministro a evolução da doença está dentro da previsão do governo Brasília Em linha com o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que as restrições impostas nos Estados, como fechamento de comércios, são “péssimas” para o setor de saúde. Apesar de afirmar que não irá pedir aos governadores para afrouxarem as medidas, ele disse que alguns estão percebendo que aceleram nas decisões e que será necessário fazer ajustes. - Tem médicos fechando consultórios. Daqui a pouco estou lá cuidando de um vírus, mas cadê o pré-natal? Cadê o cara que está fazendo a quimioterapia?. Não dá para chegar e dizer o que é essencial. Se precisar de um mecânico para consertar uma ambulância, ele é o mais essencial naquele

momento - disse ao sair do Palácio do Planalto, após conferência com governadores do Centro-Oeste e Sudeste. O ministro disse ainda que medidas restritivas, como fechamento de aeroportos e rodovias, podem atrapalhar, por exemplo o funcionamento de fábricas de equipamentos médicos e suprimento de materiais, como máscaras. Segundo o ministro, as ações precisam ser sincronizadas e não devem atender motivações políticas, como ele tem visto em alguns casos. - Tenho visto prefeitos com eleições na frente. Teve um que me ligou e falou que já tinha fechado mercearia, borracharia e açougue. Eu perguntei o porquê e ele me disse que o cara da oposição tinha dito na rádio que, se ele não fe-

chasse, estava errado – disse.

Sistema de saúde Luiz Henrique Mandetta afirmou que a evolução de casos de covid-19, doença transmitida pelo novo coronavírus, está dentro da previsão do governo. Também ressaltou que o País é autossuficiente na produção de cloroquina, medicamento que tem sido usado em casos mais graves, e que alguns países até solicitaram o remédio para o Brasil. O ministro também voltou a defender o sigilo dos exames do presidente Jair Bolsonaro. Disse que os resultados cabem ao paciente e ao médico. O Estado pediu, oficialmente, cópia do resultado à Presidência, que ainda não foi enviada. Por Marlla Sabino e Emilly Behnke


QUARTA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2020

DIÁRIO DO VALE 11

GERAL



Fornecimento de luz, água e gás não pode ser interrompido no estado Medida faz parte de leis sancionadas para conter impacto da crise Marcelo Camargo

Rio de Janeiro O governo do Rio sancionou nove leis aprovadas pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro para reduzir o impacto da crise causada pela pandemia de coronavírus. Entre as determinações, está a proibição do corte de serviços de água, gás e energia elétrica por falta de pagamento, previsto pela Lei nº 8769, de 23 de março deste ano. A nova lei em vigor prevê ainda que as concessionárias deverão permitir o parcelamento do pagamento das dívidas após o período de restrições impostas pelo combate à doença. Não será permitida a cobrança de juros e multa, e a lei vale também para microempreendedores individuais, micro e pequenas empresas e estabelecimentos que optaram pelo Simples, o sistema de tributação simplificada nacional. Outra medida prevista no projeto sancionado segunda-feira (23) pelo governador Wilson Witzel é a proibição da “majoração de preços sem justa causa”. A regra toma como base os preços praticados em 1º de março de 2020. A requisição de estabelecimentos privados de hospedagem para o cumprimento de quarentenas, isolamentos e procedimentos

médicos não invasivos também passa a valer a partir da nova Lei Nº 8770. O Poder Executivo estadual poderá pedir esses espaços a hotéis, pousadas, motéis e outras hospedarias, mas deverá indenizar os proprietários posteriormente. O governo também poderá prover renda mínima de meio salário mínimo a empreendedores da economia popular solidária e da cultura (Lei Nº 8772 de 23 de março de 2020) e conceder bolsa auxílio e cesta básica para famílias responsáveis por alunos da rede pública com aulas suspensas (Lei Nº 8768 de 23 de março de 2020). Com a publicação da Lei Nº 8773 de 23 de março de 2020, fica limitada a compra de álcool gel, luvas, mascaras, papel higiênico, papel toalha e sacos de lixo a quatro unidades por pessoa. A multa para o descumprimento da restrição é de 5 mil UFIR, que será duplicada em caso de reincidência.

Álcool em gel Para reforçar a prevenção contra a doença, o álcool gel 70% foi incluído na cesta básica pela Lei Nº 8771 de 23 de março de 2020. O gover no do estado também fica autorizado a postergar a cobrança de Imposto sobre Operações

Concessionárias deverão permitir o parcelamento do pagamento das dívidas após o período de restrições Relativas à Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nas contas de energia elétrica e serviços de telecomunicações. Prevista na Lei Nº 8766, a medida tem prazo de 180 dias e vale para os consumidores afetados diretamente por desastres causados pelas chuvas de janeiro a março de 2020 e pelo coronavírus. Já a Lei N º 8767 de 23

Secretaria de Saúde do Rio monitora passageiros que desembarcam no Galeão Rio de Janeiro A Secretaria de Estado de Saúde do Rio iniciou na segunda-feira (23), uma ação de combate ao novo coronavírus no Aeroporto Galeão. Técnicos da Vigilância Sanitária do Estado estão no Terminal 2 do aeroporto abordando os passageiros e tripulações que desembarcam de voos internacionais para dar orientações sobre o novo vírus, além de medir a temperatura corporal para identificar pessoas que estejam com febre, um dos sintomas da covid-19, e informar sobre quando os pacientes devem procurar o serviço de saúde. - O Galeão é porta de entrada para o estado. Com a triagem ainda no terminal

de desembarque internacional, fazemos dois bloqueios: contra a pandemia do vírus e contra a infodemia, as informações falsas que são compartilhadas - diz em comunicado o secretário de Estado de Saúde do Rio, Edmar Santos. Somente no primeiro dia de atuação 228 viajantes, vindos de quatro voos, foram abordados. A iniciativa da SES é complementar às ações que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tem realizado em portos e aeroportos, de jurisdição federal. O objetivo é reduzir a propagação do coronavírus no Rio de Janeiro - Estamos identificando turistas que apresentem sinais da covid-19 assim que

chegam no Rio e, com os assintomáticos, esclarecemos dúvidas sobre a doença e orientamos as precauções de higiene. O público tem nos respondido com boa receptividade - explica Santos. A Vigilância Sanitária estadual do Rio de Janeiro vai permanecer no Terminal 2 do Aeroporto Galeão todos os dias até o fim de março, de 5h da manhã até o último desembarque internacional do dia. Os profissionais consideram febre temperaturas acima de 37,8 ºC. Passageiros apresentando o sintoma são recomendados a, caso o quadro clínico piore, procurarem uma unidade de saúde de emergência. Por Mariana Durão

Festivais online levam diversão à população no período da quarentena Reprodução Rede social

Rio de Janeiro As redes sociais estão sendo ferramentas de divulgação e entretenimento durante o período de quarentena contra o novo coronavírus. Com eventos e shows suspensos no Brasil e no mundo, músicos estão criando festivais online para levar diversão a população e também para manter ativo os seus contatos. Através das suas redes sociais, a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa está apoiando a divulgação das iniciativas espontâneas desses artistas. Até domingo, o #Euficoemcasa festival promete reunir 78 artistas, com mais de 40 horas de música. Na mesma pegada, o Festival Música em Casa vai apresentar lives de artistas consagrados – como Sandy, Mi-

Festival promete reunir 78 artistas, com mais de 40 horas de música chel Teló e outros – até o próximo dia 29. Desta terça (24) a sextafeira (27), inspirado numa ação coletiva de Portugal, o

Festival Fico em Casa vai apresentar atrações nacionais como Daniela Mercury, Adriana Calcanhoto e Dudu Nobre.

de março de 2020 prevê que fica proibida a cobrança de taxa extra ou multa aos consumidores que optarem pelo cancelamento ou remarcação de viagens adquiridas no estado do Rio de Janeiro. Caso opte pelo cancelamento, o consumidor deverá ser integralmente ressarcido. A lei também prevê que quem contratou casas de

festas e buffets poderá remarcar ou cancelar os pedidos. Os estabelecimentos terão 90 dias para realizar a devolução, que poderá ser parcelada dentro do mesmo prazo. Os cancelamentos deverão ocorrer em até 30 dias. Após esse período, os contratantes só poderão requerer a remarcação. A nona lei sancionada na segunda-feira pelo go-

vernador foi a Lei Nº 8765, que autoriza o executivo a reescalonar os horários de funcionamento das instituições estaduais e municipais e das diversas atividades laborais realizadas na região metropolitana da capital. O objetivo é evitar a concentração de veículos e passageiros em horários de pico. * As informações são da Agência Brasil

Petrobras doa 20 mil itens de segurança e higiene a hospital da UFRJ REUTERS/Umit Bektas

Materiais serão utilizados no atendimento de pacientes com covid-19 Rio de Janeiro A Petrobras anunciou nesta terça-feira (24) a doação de cerca de 20 mil equipamentos de segurança e produtos de higiene para o Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que pertencem ao estoque do Centro de Pesquisas da companhia (Cenpes). Os materiais englobam luvas de laboratório, óculos de segurança, máscaras purificadoras de ar, frascos, álcool e detergente e serão

utilizados no atendimento de pacientes com coronavírus e também na proteção das equipes de saúde, informou a companhia, por meio de sua assessoria de imprensa.. O Hospital Universitário da UFRJ foi escolhido para receber a doação pela proximidade geográfica com o Cenpes e por conta das restrições de mobilidade na cidade. Os dois estabelecimentos estão localizados na Ilha do Fundão, zona norte do Rio de Janeiro, o que facilita o transporte e a entrega dos equipamentos, disse a Petrobras.

A segunda-feira (23), a empresa anunciou que vai doar ao Sistema Único de Saúde (SUS) 600 mil testes para diagnóstico de covid19. Desse total, 400 mil serão entregues ao Ministério da Saúde e 200 mil à Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro. A Petrobras comunicou que está estudando outras iniciativas em parceria com universidades, empresas e organizações sociais, para ajudar no combate ao novo coronavírus. * As informações são da Agência Brasil


12 DIÁRIO DO VALE

ESPORTES



QUARTA-FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2020

Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio são adiados Comitê Olímpico Brasileiro também engrossou o coro para a mudança do cronograma ABr

Tóquio O Comitê Olímpico Inter nacional (COI) anunciou ontem (24) o adiamento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 para 2021. O entendimento sobre a impossibilidade do início das competições no dia 24 de julho, por conta da pandemia do novo coronavírus, aconteceu após conversa por teleconferência entre o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e o presidente do COI, Thomas Bach. As informações são da Agência Brasil. “Nas atuais circunstâncias, e com base nas informações for necidas pela OMS, o presidente do COI e o primeiro-ministro do Japão concluíram que os Jogos da XXXII Olimpíada

de Tóquio devem ser remarcados para uma data posterior a 2020, mas o mais tardar no verão de 2021, para proteger a saúde dos atletas, todos os envolvidos nos Jogos Olímpicos e da comunidade internacional”, informa nota publicada no site da instituição,

mundo todo criticarem a manutenção do calendário em meio a pandemia do novo coronavírus. Canadá, por exemplo, havia decidido que não mandaria competidores, caso os Jogos ocorressem na data prevista. O Comitê Olímpico Brasileiro também engrossou o coro para a mudança do cronograma.

Tocha olímpica Guerra mundial A publicação ainda confirma que a chama olímpica vai permanecer no país. A tocha chegou ao Japão na última sexta-feira (20), após cerimônia de acendimento, no Estádio Panatenaico, em Atenas, na Grécia. A medida foi tomada após pressão de atletas e comitês nacionais pelo

Em 1940, as Olimpíadas, que também ocorreriam em Tóquio, no Japão, foram canceladas. Mas há 80 anos o motivo foi diferente: a 2ª Guerra Mundial. Este havia sido o segundo cancelamento das Olimpíadas. Os Jogos também foram cancelados em Berlim (1916) e em Londres (1944).

Japão: Chama olímpica vai permanecer no país

Atletas brasileiros festejam decisão pelo adiamento dos Jogos de Tóquio para 2021 No início deste mês, diversas competições ao redor do mundo foram canceladas e a aplicação da quarentena, para evitar a propagação da nova doença, interferiu na rotina de treinamentos dos atletas. Desta for ma, os Comitês Olímpicos Nacionais se manifestaram a favor do adiamento dos Jogos e, pressionado, o COI adiou a realização da Olimpíada para 2021. A decisão repercutiu de for ma positiva entre atletas e confederações brasileiras, que se manifestaram em suas redes sociais. Presente em seis edições de Olimpíada, Ro-

bert Scheidt, que é bicampeão olímpico e 15 vezes campeão mundial de vela, disse se tratar da “decisão cor reta”. “A decisão do COI em adiar os Jogos Olímpicos para 2021 é a decisão correta. E eu que participei de seis Jogos Olímpicos sei que a Olimpíada é a maior celebração da humanidade. É uma grande festa. É o momento em que os atletas estão em seu auge. Mostram o máximo do seu talento uns contra os outros”, afirmou em um vídeo divulgado em suas redes sociais. “Infelizmente, o mundo está vivendo um momento muito triste e eu acho que a prioridade hoje é a saú-

de. Considerando a saúde movimento pedindo o adiamento dos dos atletas, Jogos Olímde todos que picos nos estão envolviúltimos dos na orga‘Vamos voltar mais dias, o nanização da fortes e prontos para dador BruOlimpíada, a Fratus possibilidade celebrar a excelência no comemode se preparar de uma humana e a resiliência rou. “Vamos voltar maneira iguaem 2021’ mais fortes litária, já que e prontos em alguns paBRUNO FRATUS para celeíses se pode brar a extreinar e em celência outros não, e considerando outras impli- humana e a resiliência em cações, como processos se- 2021”, publicou em sua letivos para a Olimpíada, conta no Instagram. Gabriel Medina, que é eu acredito que o caminho do adiamento é o correto”, bicampeão mundial de surfe e está com vaga garanticompletou o velejador. Um dos primeiros atle- da nos Jogos de Tóquio, tas do Brasil a fazer um ressaltou a questão de que

os atletas agora poderão ter as mesmas chances de se preparar assim que tudo passar. “Acordei com essa notícia e acredito que foi uma decisão correta por parte do COI e os organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A saúde e o bem-estar da população mundial é a maior prioridade do momento. Sigo focado com meus objetivos. E assim que tudo isso passar e a vida voltar ao normal quero retomar minha rotina de treinos como milhares de atletas também”, comentou. Maior atleta paralímpico do país, o nadador Daniel Dias foi outro que festejou bastante o adiamento dos Jogos. “Japão, te vejo

em 2021! Obrigado COI pela sábia e sensata decisão. Fico mais tranquilo e motivado para participar destes Jogos em Tóquio!”, escreveu. A Confederação Brasileira de Ginástica destacou a importância do tempo de treinamento para os atletas. “O Primeiro Ministro do Japão pediu oficialmente ao Comitê Olímpico Internacional o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021! Com isso os atletas de todo mundo poderão ter uma preparação mais adequada para este mega evento. Nos vemos em #Tokyo2021”, afirmou a entidade.

Após ajustes, clubes formulam novo plano de renegociação salarial para a pandemia Rio

Os clubes brasileiros aguardam a resposta da segunda rodada de negociações salariais para definir como ficará o acerto com os atletas durante a paralisação do calendário pela pandemia do novo coronavírus. Na se gunda-feira (23), os jogadores e a Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf) solicitaram ajustes na primeira proposta feita pela Comissão Nacional de Clubes (CNC) e agora terão mais dois dias de prazo para dizerem se aceitam a nova oferta. A CNC, que representa times das Séries A até a D do futebol nacional, pretende implementar mudanças para diminuir os impactos financeiros causados pela falta de jogos. Após a entidade ter uma primeira reunião na sexta-feira, na segunda houve uma videoconferência com representantes de 46 times para refor mular uma nova proposta aos jogadores e à Fenapaf após a primeira ter sido recusada. As novas diretriz es foram obtidas pelo Estado e trazem como principais pontos as férias coletivas de 20 dias em vez de 30, como proposto an-

teriormente pelos clubes, e a manutenção de 10 dias de férias na virada para o ano de 2021. A principal novidade da última proposta está na redução salarial. Em vez de as equipes pagarem 50% a menos caso a suspensão do calendário durar mais de um mês, agora foi oferecido aos jogadores uma diminuição de 25% (inclui direitos de imagem e contrato CLT). Porta-voz da Comissão Nacional de Clubes, o presidente do Fluminense, Mario Bittencour t, afir mou que as medidas são necessárias para evitar problemas financeiros. “O Fluminense já está sofrendo as consequências, como outros clubes. Tivemos patrocinadores cancelando contratos, estamos sem as receitas, obviamente, de bilheteria, venda de camisas, atrasamos o lançamento da nova camisa que seria hoje (segunda-feira) até. Estamos reduzindo muitas receitas, não tem como vender atletas”, disse ao canal SporTV. Além do Fluminense, representam a Série A nesta comissão o Palmeiras, o Bahia e o AtléticoMG. Presidente do time alvinegro, Sérgio Sette Câmara disse em trans-

missão ao vivo no YouTube na se gunda-feira que os clubes estão unidos para renegociar os salários dos jogadores. “Nós todos sabemos que a maioria esmagadora dos clubes no Brasil passa por dificuldades financeiras. Deixar de ter receita e continuando a ter a despesa que é gerada todo mês acaba de inviabilizar tudo. Temos que nos unir para tentar salvar o futebol brasileiro, que corre risco”, afirmou. No comunicado enviado à Fenapaf, a CNC afirma que não se houver resposta dentro do prazo de dois dias, todos os jogadores terão o início das férias coletivas declarada, como autorizado segunda-feira por Medida Provisória (MP) do governo federal. Desde a última semana, todos os times da Série A dispensaram os jogadores dos treinos para evitar o contágio pelo novo coronavírus. Outra medida formulada pelos clubes para diminuir os gastos nesse período de quarentena foi de acionar o Ministério da Economia para pedir a interrupção do pagamento das parcelas do Profut, programa de refinanciamento de dívidas fiscais do futebol.

Confira as propostas: - Sobre férias Primeira versão: Conceder imediatamente a todos os atletas o gozo de 30 (trinta) dias de férias coletivas com início em 23/03 e término em 21/04, antecipando qualquer período de férias proporcionais que os atletas venham a adquirir durante o restante de 2020, em qualquer clube que venha a jogar ainda em 2020. Todavia apesar de antecipar para agora os 30 dias de gozo, o pagamento das férias seria diferido, sendo 50% do valor agora, a ser pago pelo atual empregador e os outros 50%, com o 1/3 integral, a ser pago até 31/12/2020. Segunda versão: Fé-

Pouco efetivo Para o presidente do Sindicato de Atletas se São Paulo (Sapesp), Rinaldo Martorelli, a negociação é precoce, pois se deve considerar que não há uma estimativa concreta para quando o calendário das competições será restabelecido nem como poderá ser resolvi-

rias Coletivas de 20 dias a todos os atletas, no período compreendido entre os dias 1 de abril e 20 de abril de 2020, com pagamento integral no quinto dia útil do mês subsequente ao gozo das férias e o 1/3 constitucional a ser pago no mês de dezembro de 2020, de modo que os clubes - e somente eles - arcarão integralmente com a manutenção das atividades futebolísticas durante tal período.

de 2020 ou no início de 2021, adequadas ao calendário que se desenhará após o retorno da paralisação.

- Sobre redução salarial

Primeira versão: Férias de final de ano de 24/12 a 02/01/2021. Segunda versão: Garantia aos atletas do período de 10 dias restantes de férias no final do ano

Primeira versão: Após férias coletivas não sendo possível volta campeonatos, redução da remuneração (CLT e imagem) em 50% por 30 dias, com treinamento em casa. Segunda versão: Redução da remuneração dos atletas em 25% durante o período da paralisação, como preceitua o artigo 503 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) em casos extremos e de força maior.

do o problema nos Estaduais, torneios em que boa parte dos jogadores disputam sob contratos temporários e de curta duração. “Não se pode discutir as Séries A e B antes de resolver os Estaduais”, disse. Na opinião dele, criar um pacote nacional de medidas é complexo.

“Dentro do clube, um mesmo tipo de negociação talvez você consiga estender para dois ou três jogadores. Nem no próprio elenco você consegue fazer uma negociação única, porque as condições são heterogênias. Agora, no cenário brasileiro é ainda mais difícil”, comentou.

- Sobre fim de ano

Profile for Diário do Vale

9347 - Diario - Quarta-feira - 25.03.2020  

9347 - Diario - Quarta-feira - 25.03.2020  

Advertisement