Page 1

Ano 11 . Nº 9 . Fevereiro | 2014 . R$ 8,00

Clube Um e Davanti apresentam

NICOLAS GEHM Modelo da Capa em fotos do Click Estúdio

perfil Mariana Marques, a nova voz do nativismo

Bebês na água: benefícios, prazer e diversão

viagem Ijuiense cria blog com dicas da Europa

A chefe do IBGE na Entrevista Portugueses em Ijuí ensinam a apreciar o azeite de oliva


LE MOND

Para quem adora se vestir bem e ama Promoção toda a loja le moNd com até 40% de descoNto.


índice SAÚdE

Hospital de Caridade apresenta mais uma novidade tecnológica

NATAção

Bebês aprendem a lidar com a água, se divertem e usufruem de muitos benefícios

EduCAção

Crianças da rede municipal aprendem francês no projeto voluntário La Vie

ENTREVISTA

Chefe do IBGE em Ijuí comenta sobre o trabalho de coletar e analalisar dados

pERfIl

Mariana Marques, de Ajuricaba, é a nova voz que desponta no nativismo CApA

A apresentação de Nicolas Gehm, o Modelo da Capa, em um editorial de moda

SAboR

Especialistas de Portugal mostram em Ijuí como apreciar o azeite de oliva

SobRENoMES

Laís Betinelli, a Garota Verão de Ijuí, vai à Capão da Canoa na disputa estadual

MÚSICA

O movimento de culto e promoção do rock em Ijuí está fazendo quatro anos

VIAgENS

Ijuiense que vive em Portugal cria blog; e mais ijuienses em roteiros pelo mundo

7 9 12 13 15 17 20 29 30

A

Modelos

começar por Nicolas Gehm - o Modelo da Capa que apresentamos em um belo editorial de moda, resultado de um trabalho competente de vários profissionais -, esta é uma edição de muitos ‘modelos’: de profissionalismo, de criatividade, de boa vontade, de dedicação, de talentos artísticos, de empreendedorismo, de comemoração. Tanto quanto você vai gostar de ler, nós gostamos muito de fazer, e saber que: - a jovem Mariana Marques, de Ajuricaba, está começando carreira e é uma promessa de sucesso na música nativista, assegurado por seu padrinho musical, Luiz Carlos Borges - as professoras Neiva Brum e Elisângela Pires se uniram em um projeto voluntário de ensinar francês à crianças da rede municipal; - o HCI qualifica atendimento com um novo tomógrafo de última geração - bebês aprendem a nadar e se divertem dentro d’água com a professora Patrícia Lazzarotto - Lais Bettinelli acende as esperanças de uma nova conquista de Ijuí no Garota Verão - o atleta Filipe Cargnelutti está correndo muito para tentar chegar à Olimpíada brasileira - a ijuiense Naiara Back, de Portugal, colocou na internet um blog com dicas da Europa - Amen e Sepam, associações de médicos, promoveram o sabor e as qualidades do azeite de oliva com produtores portugueses - Elis Regina Allegranzzi esclarece sobre os fundamentos de seu trabalho como chefe do IBGE em Ijuí - a ijuiense Carla Didoné manda notícias de Sapezal, Mato Grosso, para onde se mudou com a família em 1999 Agora, é com você: aproveite sua revista. Abraço, Iara Soares

stampa@jornaldamanhaijui.com Ano 11 - Nº 9 | Fevereiro | 2014

PublicAção GráFicA e editorA JorNAlísticA seNtiNelA ltdA cNPJ: 87.657.854/0001-23 ruA AlbiNo breNdler, 122 - FoNe: (55) 3331-0300 98.700-000 iJuí/rs diretor edmuNdo HeNrique PocHmANN edição iArA soAres iara@jornaldamanhaijui.com

34

colAborAdores cArlos Alberto PAdilHA, mAristelA mArtiNs, clAudiA AlmeidA, mAriliA muNAretto, deise morAis, leilANe oliveirA, ceciliA mAtHioNi, serGio correA (revisão) imPressão ciA de Arte (55 3331-0319)

Assinatura semestral: r$ 45,00 - ligue 3331-0300 Informações contidas em matérias comercializadas são responsabilidade integral das empresas e/ou dos profissionais.

4 | STAMPA


Residencial Du Valle une tranquilidade e segurança

A

Athos Engenharia e Construções completou 10 anos de atuação no município de Ijuí no mês de janeiro, sempre primando pela seriedade, segurança e qualidade na execução de obras para quem deseja viver com conforto ou investir em um ótimo negócio. Em 2014, a empresa está com grandes projetos. Entre eles, a entrega do Residencial Via Áppia, que ocorrerá no mês de abril, além do desenvolvimento de um prédio comercial/residencial de 8 pavimentos que está em fase de construção, e o lançamento de um novo empreendimento. Este mês, a Athos iniciou as vendas do Residencial Du Valle, um edifício residencial com 30 unidades, situado em zona nobre de Ijuí, na esquina das Ruas São Cristóvão e Roberto Roeber, próximo aos hospitais Unimed e HCI. Com apartamentos de 1 e 2 dormitórios, alguns com suíte, todos com garagem, o Residencial Du Valle é o imóvel certo para quem quer tranquilidade, conforto e segurança. Excelente também para quem já tem um imóvel e quer investir em um ótimo negócio. Após a fase de vendas, terá início a obra, com cronograma de construção de 30 meses aprovado pela CEF. Financiado pela Caixa Econômica Federal na modalidade SBPE, o empreendimento aceita financiamento de até 90% do valor do imóvel e possibilita o uso do FGTS. O Residencial Du Valle será incorporado e construído pela Athos Engenharia e Construções, de propriedade de Cristiano Viecili, localizada na Rua Albino Brendler, 221, centro, Ijuí-RS. Telefone: 55 3332-8783. As unidades serão comercializadas em parceria com a Mega Imóveis, Cristiano Viecili com o corretor Enri Viecili, que tem mais de 30 anos de experiência no ramo imobiliário. Interessados poderão entrar em contato diretamente na imobiliária localizada na Rua 13 de Maio, 180, ou pelos telefones (55) 3332.1797, 9163.2919.

Características do edifício: ►elevador para 8 pessoas ►medidor individual de água ►medidor individual de luz ►medidor individual de gás ►iluminação com sensor de presença nas áreas comuns ►tubulação para climatizadores ►sistema multi-split ou individual

Características dos apartamentos: ► acabamento interno com massa corrida ► esquadrias de alumínio na cor branca ► persiana integrada nos dormitórios ► churrasqueiras préfabricadas na sacada ► chaminés com sistema de exaustão elétrica ► forros em gesso liso


PROFISSIONAIS

Você sabe a diferença estética que uma prótese de zircônia pode fazer no seu sorriso em relação às tradicionais próteses metalocerâmicas? Dra. Bianca Valentini Schuh

A

liada sempre às novas tecnologias e novas tendências, para garantir a satisfação e o nível de exigência de nossos pacientes podemos enumerar aqui as muitas vantagens da zircônia sobre o metalocerâmica. A começar pela coloração e translucidez natural, ausência de linhas escuras nas gengivas, alta resistência e longevidade, facilidade de higiene e grande capacidade de evitar a absorção de fluídos orais. Além de todas estas vantagens, temos várias aplicações para este material, como a confecção de próteses adesivas, próteses tipo protocolo sobre implantes, coroas individuais, tanto sobre dentes como sobre implantes. Frente às muitas necessidade clínicas, as soluções para garantir estética com naturalidade, prevalecendo a saúde bucal, está já é uma escolha da maioria dos pacientes. Sem dúvidas, uma excelente escolha!

Exame de Termografia Cutânea por Infravermelho, um novo aliado no diagnóstico diferencial da dor Dra. Fernanda Plentz El Ammar

O

Estudo Termográfico é uma técnica de registro gráfico das temperaturas da pele, utilizando uma câmera infravermelha de alto desempenho, que fornece um mapa digital do corpo em que os padrões de calor são mostrados. É capaz de detectar inúmeras doenças, muitas vezes não detectadas por outros métodos, e de forma ainda mais precoce. A Imagem Infravermelha é um método que complementa ainda mais os achados anatômicos das atuais técnicas radiológicas (radiografia, ultrassonografia, tomografia, ressonância magnética), pois avalia a função do organismo e da área de interesse, independente se há uma alteração de estrutura ou tecido detectável por esses exames. A Imagem Infravermelha é especialmente útil em pacientes com dor crônica que já foram submetidas a outros tipos de exames ou múltiplos procedimentos dolorosos, e que, portanto, mostram alguma resistência na realização de mais exames ou provas diagnósticas. A Termografia pode ser repetida tantas vezes quanto necessário sem risco ou dor para o paciente, e apresenta diversos benefícios: - É um exame totalmente indolor, não invasivo e sem radiação - Permite que se faça um diagnóstico precoce - Possibilita o acompanhamento mais seguro das doenças crônicas - Favorece detecção de doenças em fases iniciais como: sobrecargas músculoesqueléticas e alterações neurológicas, entre outras - Permite avaliação da recuperação do organismo aos diversos tipos de tratamentos (medicação, fisioterapia, cirurgias, acupuntura, eletro-estimulação) - Mostra evidências de lesão permanente através da documentação por imagem da resposta aos tratamentos: favorável, desfavorável ou sem mudança significativa O que a Termografia Cutânea por Infravermelho pode diagnosticar? - Dor: inflamações como Tendinites e tenossinovites( LER/ DORT), Epicondilite, Fasceíte Plantar, entre outros - Cervicalgias e Lombalgias - Fibromialgia: é um exame que identifica esta Síndrome Dolorosa e documenta os pontos acometidos - Neuropatias em fases iniciais: neuropatias de fibras finas como em “pés queimantes” de pacientes diabéticos e pré diabéticos, neuropatias de outra natureza, como as traumáticas - Avaliação do pé diabético: risco de úlceras plantares - Radiculopatias sensitivas - Sindrome Dolorosa Complexa Regional: a termografia confirma e documenta esta Síndrome dolorosa de manutenção do sistema neurovegetativo simpático - Dor de difícil diagnóstico, auxiliando no diagnóstico diferencial - Artrites - Sindrome Miofascial : identifica pontos-gatilhos miofasciais com precisão - Disfunção de ATM (Articulação Temporo -Mandibular) - Avaliação de cefaleias crônicas - Avaliação Postural (sobrecargas biomecânicas mostram aumento de metabolismo e temperatura de grupos musculares específicos)


Ijuiense cria blog de dicas de viagem

HCI apresenta

novo tomógrafo de última geração

Quem tem planos de ir à Europa,

A sala pode que abrigacontar o tomógrafo foi totalmente planejada para que os pacientes tenham com a ajuda da ijuiense um ambiente mais acolhedor, com paisagens nas paredes e no teto Naiara Back, que de Portugal, onde Naiara na boca do vulcão na vive, criou o blog com dicas para ilha grega de Santorini: feliz O ano de 2014 começou com mais uma o sucesso do projeto na instituição hospiviajar bem naquele continentenovidade tecnológica com

ficam mais claras e objetivas para melhor interpretação e diagnóstico do médico ratalar macrorregional. O Hospital de Cari- diologista e do médico assistente. Outra novidade é a sala que abriga o todade de Ijuí(HCI) conta com um tomógrafo Fotografias o que não falta, assim como informações. Mas, de ivendo na cidade de Braga, em Portugal, desde mógrafo, que foi totalmente planejada, multi-slice que junho produz 128 imagens aé cada tudo é do sóequiturismo,forma a cadaque viagem os blogueiros realizam de 2012, Naiara compõe o grupo de três produtores de asnem os pacientes tenham um amrotação do tubo. Entre vantagens pesquisas, o apoio outros sites até paisagens conversas nas conteúdo do blog www.viajarpelaeuropa.eu, nado Japão biente maisemacolhedor, com pamentodisponível importado é queque ele vão per-desde com amigos quecom já foram para oe mesmo “Mas sempre rede desde o início de 2012. A ideia tomou mite formaestudar quandopequenos Naiara vasos paredes no teto.destino. A encarregada do setor do corpo procuramos algo do de diferente que possamos falarCleci parada nossos conheceu a mineira Gisele Almeida, em Portugal 2008, como de imagenologia do HCI Cruz exprecisão desde milimétrica, as artérias viajantes, baseados nossas independente de e hoje residente de Estocolmo. As duas coração foram apresentadas que experiências, esta tecnologia de ponta, beneficia (coronárias), evitando muitas vezes emplica ou más.” Outro diferencial são as informações deem 2010, quando a ijuiense realizava intercâmbio em Portugal, os principais convênios que o HCI mantém que o paciente tenha queserem fazer oboas cateterismo das atrações, de restaurantes a hotéis de cada local, por meio da Unijuí. Em junho passado, as para amigas viajavam por “É considerado pelos especialistas diagnóstico. Com otalhadas funcionamento do parcerias. endereço, horário, preço, como melhorum forma chegar.de “Uma Roma, quando conheceram o sueco Daniel Kifarks, que se tor- comotodas médicos dos de métodos exames equipamento, praticamente as espevantagem, por exemplo, é saber onde comprar ingresso onlinou não só o namorado de Gisele, mas também ummédicas dos criamais confiáveis e seguroso disponíveis atualcialidades são contempladas. essas informações pontuais o viajante pode programar dores do blog. “A parte técnica foi desenvolvida Daniel,profissionais e ne. Comespecializamente. A Tomografia é rápida, simples e toApós pelo o exame, melhor das o seuimagens roteiro e prever custos, podendo imaginarresume que tipoCleci além de compartilhar suas fotos e dicas,dos ele realizam nos auxiliaa com talmente indolor ao paciente”, reconstrução de viagem toda a parte de informática”, conta.O diferencial deste blog, obtidas. Com estaemtecnologia, as ter.” imagens da Cruz. Formada em Publicidade e Propaganda pela Unijuí em 2011, relação a tantos outros é que relata as experiências sob a ótica de seus criadores. “Todas as cidades já foram visitadas, por com pós em Gestão de Marketing Digital pela Uniara, em 2012, pelo menos um de nós”, explica a ijuiense. Todas as matérias e atualmente mestranda em Ciências da Comunicação: Publicisão escritas de maneira subjetiva, o que segundo Naiara, enri- dade e Relações Públicas, na Universidade do Minho, em Braquece e dá personalidade ao conteúdo. “Ainda está no início, a ga, Naiara vê no blog a possibilidade de construção de uma linha editorial foi definida recentemente e estamos com muitos carreira. Sem data marcada para retornar ao Brasil, ela conta que já projetos para 2014.” No blog, as cidades visitadas são dividas por editorias. Ao tem tido retorno financeiro com o diário virtual. “O blog já estaabrir, o viajante encontra de tudo. Construído e mantido para fa- beleceu parcerias com empresas de reservas de hospedagem lar a linguagem do viajante que busca além do turismo, conhe- como o Booking, Airbnb e Hoteis.com. Também realizamos cimento e aventura na Europa, as dicas vão desde sugestões posts pagos (publieditorial. O trabalho com o Google AdSende de lugares incríveis para visitar até observações pessoais sobre também ajuda o blog no retorno financeiro, já que temos custos atrações e atendimento ao cliente. “As pessoas gostam de se de manutenção e da Associação Brasileira de Blogs de Viagens (ABBV) da qual fazemos parte”, conta. enxergar na história de outro viajante.”

V

Com Daniel e Gisele, em Roma, onde começou o namoro e a ideia do blog

Maiara levou a mãe, Melania, ao Jardim de Luxemburgo, em Paris

ro,Tecnologia com de ponta performance para exames gerais e de corpoavançada inteiro, com performance avançada na na imagem, permitindo nto precoce de a identificação doenças. e tratamento precoce de doenças.

Informações e agendamento: 55 3332-8605. Atendimento a Convênios e Particulares.

STAMPA | 35


Sonhando com a Olimpíada

Heder em seu local de trabalho

Personagem dos bastidores Ele não entra em campo, mas tem papel fundamental em um time de futebol. O roupeiro - ou mordomo -, como Heder Lopes da Silva, no Esporte Clube São Luiz, cuida do fardamento dos jogadores

C

amisas e calções precisam estar dobrados a exemplo das meias. As chuteiras alinhadas, limpas e as luvas estão sempre à disposição dos goleiros.O roupeiro Heder Lopes da Silva, 40 anos, natural de Catuípe, tem muitas histórias para contar no mundo do futebol, já que é um espectador privilegiado do que acontece nos bastidores. Do fardamento de treino à capa de chuva nos dias em que os integrantes da comissão técnica precisam se proteger da instabilidade climática, nada pode faltar. No São Luiz desde 2013, trazido pelo gerente de futebol Sandro Palharini, Hleder diz que está muito feliz no clube ijuiense. “Gosto de todos, sou bem tratado aqui. Vim para cá em um momento em que estava pensando em abandonar a carreira”. Ele concorda que na maioria das vezes o trabalho dos profissionais desta área não é muito divulgado, pouco notado pelo torcedor, mas é essencial no concorrido mundo dos gramados. Heder começou na profissão em 1995 no Santo Ângelo. Viveu os altos e baixos do clube missioneiro na Segundona, e depois na Série A do Gauchão. Em 2004 a equipe foi rebaixada. Na temporada de 2008, Heder se transferiu para a equipe do Laboratório Tiaraju, integrando o grupo do time santo-angelense, campeão estadual de futsal da Série Prata. Sobre o dia a dia no São Luiz, Helder revela que cada jogador tem uma mania. “A gente vai conhecendo eles aos poucos. Procuro sempre fazer o melhor para que o atleta entre em campo sem preocupação com o seu material.” Em dias de jogos, o trabalho é mais movimentado. A concentração precisa ser permanente. “Tem aquela expectativa da partida e tudo mais”. Durante a semana, os treinos começam às 9h, e Helder inicia seu trabalho com até duas horas de antecedência, e nos dias de jogos, sempre duas ou três horas antes. Heder não assiste ao primeiro tempo de um jogo. “Preparo tudo para o intervalo dos atletas. No segundo tempo assisto um pouco os minutos finais e só. Estou acostumado, é assim mesmo”. Dentre tantas histórias, Helder conta uma que exigiu jogo de cintura. Em uma partida do Santo Ângelo na Segundona de 2007 contra o Rio Grande fora de casa, ele esqueceu de levar o fardamento, mas a falha acabou contornada. Os jogadores tiveram que vestir os coletes de treinos no lugar das camisetas e a numeração foi feita toda com esparadrapos. “O árbitro foi legal, permitiu, e acabou tirando a nossa equipe do sufoco. Foi um vacilo meu, claro, sem intenção alguma, acontece”. Campeão do interior com o São Luiz em 2013, o roupeiro não esquece a final do primeiro turno do Gauchão, quando o rubro levou 5 a 0 do Internacional em pleno Estádio 19 de Outubro. “O gramado estava embarrado, choveu muito antes do jogo e o São Luiz atuou todo de branco. O fardamento sujou tanto que não conseguimos utilizá-lo em outras partidas.” Os fardamentos são lavados no próprio clube. Pensando sempre em crescer na profissão, está atento a tudo que acontece no mundo do futebol. Torce para uma campanha do São Luiz parecida à de 2013. O seu maior título foi com o rubro na conquista de campeão do interior no ano passado. 8 | STAMPA

O

atleta de Ijuí Filipe Matter Cargnelutti, 22 anos, disputou pela terceira vez a Corrida Internacional de São Silvestre, em São Paulo. Correu em 31 de dezembro de 2013 com mais de 27,5 mil atletas brasileiros e estrangeiros chegando na quinquagésima quinta posição na classificação geral, e foi o primeiro atleta gaúcho a concluir o percurso de 15 quilômetros. “Fiquei na fila por 5 horas aguardando para competir e alcancei o tempo de 50min, 36seg. Foi o meu melhor resultado na São Silvestre. Estava mais preparado, treinei intensamente”, disse Filipe. O atleta cursa Educação Física na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), e treina sob o comando do professor Jorge Peçanha, pai do atleta olímpico Fabiano Peçanha, e também seu colega no atletismo. Ex-integrante do Clube de Corredores de Ijuí (CCI), o bicampeão da Maratona do Serviço Social do Comércio (Sesc), foi o segundo colocado na Corrida para Um Novo Ano Paul da Rosa Mello, em 2013. Filipe, que passou a infância em Bozano, sonhava em ser jogador de futebol e chegou a atuar nas categorias de base do Esporte Clube São Luiz, aos 16 anos, jogando na zaga. Agora, ele sonha com os Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil. “Sei que é muito difícil, mas trabalho para que isso se transforme em realidade. Em cada treino dou o meu máximo para chegar a um patamar de atleta olímpico no atletismo”, finalizou Filipe, que não esquece de lembrar o apoio dos pais Vitélio e Nadir.


NATAÇÃO

Treinando para

peixinho Com Patrícia Lazzarotto, crianças desde a mais tenra idade aprendem a lidar com a água e a usufruir dos benefícios e dos prazeres da natação

J

á nas primeiras disciplinas da faculdade de Educação Física, Patrícia Lazzarotto teve interesse pela natação. Mas foi depois de trabalhar com crianças que ela decidiu que seria professora de natação para bebês. O projeto deu certo, e há cinco anos ela trabalha com crianças a partir de seis meses. “Meu trabalho consiste em explorar suas habilidades, bem como dar autonomia aos bebês, com a intervenção necessária, incentivar a motivação, além de estimular os pequenos a gostarem do meio líquido, promovendo prazer na atividade que estão executando”, explica. São inúmeros os benefícios da natação para bebês, que vão desde a melhora na coordenação motora, proporcionando noções de espaço e tempo, até o preparo da criança para o autossalvamento. Também previne doenças respiratórias, estimula o apetite, tranquiliza o sono, aumenta a resistência muscular e favorece o equilíbrio emocional. “A adaptação dos bebês ao meio líquido começa em casa durante o banho. Oriento os pais para que deixem a água escorrer no rosto dos bebês, usem brinquedos durante o banho, treinem as pegadas feitas nas aulas, os estimule a brincar na água, como dar tapas para que a água vá ao rosto”, explica a professora. Ao fazer isso, as crianças ficam mais tranquilas durante as aulas. “Utilizo músicas, brinquedos coloridos de personagens que eles se identificam e animais que conheçam, sempre tomando cuidado para que sejam seguros”. Patrícia conta que é possível submergir os bebês a partir de qualquer idade, desde que respeitando sua individualidade. “Certos bebês aceitam o mergulho com mais facilidade que os outros.” As aulas acontecem em piscina térmica, principalmente na Sociedade Recreativa, podendo ser em casa, no período de 45 minutos a uma hora, dependendo do humor do aluno. “Alguns sentem fome, sono e começam a se sentir incomodados, então, encerro a aula e deixo os pais ou babás atendê-los. A aula tem que ser prazerosa do início ao fim, não podemos forçar os bebês.” Conforme Patrícia, a maioria dos pais opta por aulas individuais, mas mesmo em grupo, ela costuma limitar o atendimento de até no máximo três bebês por turma, por considerar importante a interação entre eles. “A procura das aulas é maior no verão, mas tem pais que seguem com as aulas durante todo o ano, podendo contar com a piscina térmica.” Por dia, a professora atende até três bebês, combinando com as suas outras atividades. Ela também faz o trabalho de natação com adultos e é personal trainer em academias. STAMPA | 9


Caninos e felinos

monitorados

N

Bom pra cachorro! Novidades no mundo pet para satisfazer donos e os seus amigos peludos

N

ão é de hoje que os pets têm conquistado tratamento vip dentro e fora de casa. Em um mercado que não para de crescer, é banho de ofurô para lá, roupa de grife para cá, petiscos de chocolate e banana, atividades culturais, “doga” ou yoga para cães. Agora, até uma Dog Beer, a cerveja para os amigos peludos, que é produzida no Rio de Janeiro, à base de cevada com sabor de carne e que não possui álcool e gás carbônico, ingredientes que causam a embriaguez. De acordo com levantamento da Associação Gaúcha de Pet Shops (Agapet), somente no Rio Grande do Sul são mais de 1,2 mil pet shops, confirmando a posição do país como o segundo maior mercado pet do mundo. Para contemplar o vínculo afetivo entre os tutores e seus pets que muitas vezes são vistos como verdadeiros filhos, há até a possibilidade de “oficializar” essa relação, e para isso, alguns sites surgem com a proposta de registrar os animais com o sobrenome do dono. Os documentos mais oferecidos são certidões de nascimento, batismo, casamento, óbito e até mesmo testamento. O serviço pode ser feito virtualmente e a entrega é através de frete. Os registros podem custar de R$ 68 a R$ 150, sem o valor do serviço de entrega incluso. Um dos sites mais acessados, que chega a ter uma demanda de 60 certificados por mês, é o Seu Pet com Sobrenome. Para emitir o documento é necessário preencher uma ficha com informações sobre o animal, como cor, espécie, raça e sobre os “pais adotivos”. No entanto, o documento não tem validade legal, mesmo que seja registrado em cartório. O único documento realmente válido para os animais é o pedigree, emitido pela Confederação Brasileira de Cinofilia. Outra novidade válida para todo o país, e que surge na tentativa de facilitar a vida dos donos, é o passaporte animal para trânsito nacional e internacional que será emitido a partir de fevereiro pelo Ministério da Agricultura. De acordo com portaria publicada em novembro passado, este passaporte será gratuito. Será obrigatória a implantação de um microchip de identificação eletrônica, que funciona como uma carteira de identidade, cujos dados são acessados por meio de uma leitora digital. O veterinário deverá registrar as informações sanitárias, como dados de vacinação, tratamentos, exames laboratoriais e todas as análises exigidas pelo país de destino. Com tanta inovação no mundo pet, mais do que animais de estimação, cães e gatos ganham título de integrantes da família e passam a desfrutar de regalias que antes eram prerrogativas apenas dos humanos. Assim estabelece-se não só um novo nicho de mercado, mas também uma cultura onde respeitar os direitos dos animais e enquadrar-se no novo movimento social é a regra.

a onda dos cuidados com os animais, algumas novidades já chegaram a Ijuí, como é o caso dos chips nos cães e gatos. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) iniciou em agosto de 2013 o processo de identificação eletrônica de cães, através da implantação de micro-chips. Nessa primeira fase estão sendo colocados chips nos cachorros que estão abrigados no canil municipal. A iniciativa visa cumprir uma lei municipal que disciplina a criação, propriedade, posse, guarda, uso e transporte de animais caninos e felinos, bem como estabelece as diretrizes do programa de controle reprodutivo desses animais no município. O chip deve ajudar a identificar os animais em caso de perda ou a responsabilizar o dono em caso de abandono. Os equipamentos eletrônicos são instalados embaixo da pele do cão, na altura do pescoço. O procedimento é feito com uma seringa e com os microchips os animais podem ser monitorados em qualquer parte do mundo através da internet, pois no chip consta um número de código de barras. As informações que constam nos números poderão ser consultadas no site www.siraa. net. O código é a chave para verificar o histórico de sanidade, a idade, e a identificação dos proprietários dos animais. Posteriormente, os chips serão disponibilizados para pet shops e clínicas, que serão autorizadas a implantar os dispositivos nos animais de particulares.


EDUCAÇÃO

La Vie

é aprender Pela iniciativa e disposição de duas professoras, crianças da rede municipal têm a chance de aprender francês

O

projeto é da professora de francês Neiva Brum, socióloga por formação, com gradução, pós e mestrado realizados na França. Na companhia do marido Argemiro Luis Brum, também dedicado aos estudos, ela viveu em Montpellier de 1983 a 1992. Ações voluntárias dedicadas à educação sempre foram de seu interesse e nela sempre tiveram respaldo. Assim nasceu o projeto La Vie (A vida) desenvolvido na Escola Municipal Infantil Cândida Iora Turra, no bairro Getúlio Vargas, onde foi ensinar o básico da língua francesa a crianças com idade entre 4 e 6 anos. “As crianças até 12 anos de idade funcionam como uma esponja, absorvem a língua sem sotaque e aprendem rápido”, diz Neiva. A primeira edição do La Vie foi desenvolvida no ano passado com 23 alunos do Pré 2, e após, estendendo para as crianças do Pré 1. As aulas aconteceram de abril a dezembro. O projeto é desenvolvido sem nenhum tipo de incentivo governamental ou remuneração. Além do aprendizado da língua, especialmente por meio da música, os pequenos fazem apresentações em outras escolas da rede municipal. Com o decorrer das aulas, a professora percebeu que a música contribui para a fixação do aprendizado. Iniciou o trabalho com músicas de uma estrofe,

Francês com música: as crianças gostam e têm facilidade de aprender

com quatro linhas, aumentando gradativamente, até chegar a músicas com oito estrofes. A ideia inicial partiu da professora Elisângela Pires, da Escola Cândida Turra, que viu na disposição da professora Neiva a oportunidade dos pequenos terem contato com uma língua estrangeira, além do inglês e português ministrado regularmente nas escolas. Após exposta a ideia, o pedido veio por intermédio do secretário do educandário no ano passado, Vilmar Matter. Projeto concretizado, Neiva comenta com entusiasmo que seu plano para 2014, além de seguir ensinando os pequenos na escola municipal, é de ampliar o projeto, abrindo uma nova janela na escola regular. “As crianças que participaram do projeto em 2013 frequentarão o 1º ano do Ensino Fundamental na Escola Emil Glitz, e, se for do interesse da diretoria daquela escola, eu gostaria de seguir com as aulas de francês com esses alunos”, revela. Sobre o La Vie na Escola Cândida Turra, Neiva aguarda posicionamento da nova direção. “Eu estou à disposição. Sempre voluntariamente.” Neiva é professora de francês nos três turnos e atende particular e grupos de alunos. “O francês e o trabalho voluntário fazem parte de mim.”

Neiva e Elisângela: dedicação e entusiasmo com o projeto

Valorização do aprendizado: apresentações em outras escolas da rede municipal


Elis Regina Allegranzzi

Chefe do IBGE

A

sigla IBGE tem visibilidade constante na vida dos cidadãos. É de onde saem os dados sobre a população e todos os demais índices que demonstram a realidade brasileira em seus múltiplos aspectos. Um trabalho que demanda constante pesquisa de campo e avaliação de resultados. Em Ijuí - e na região, a chefia deste trabalho está confiada a Elis Regina Manhabosco Allegranzzi. Formada em administração e pós-graduanda em gestão de pessoas pela Unijuí, Elis é casada com Dirceu Allegranzzi e mãe de Dirceu Júnior, 22 anos, e Nicole, 17 anos. Considera a percepção e a visão humanista como pontos fortes de sua personalidade, sempre preocupada com o desenvolvimento do servidor dentro de um contexto maior. Iniciou suas atividades profissionais na Fundação IBGE em agosto de 1986, na função de pesquisadora. Desde 1989, exerce função gratificada de chefe da agência de Ijuí. Neste período, foi coordenadora de subárea nos Censos Demográficos de 1991, Contagem da População de 1996 e Censo Demográfico de 2000. Também foi nomeada coordenadora de Área na Contagem da População de 2007, Censo Agropecuário de 2006 e Censo Demográfico de 2010, sendo responsável pela operação censitária nos 70 municípios da região Noroeste do Rio Grande do Sul. Atuou como instrutora estadual em diversas pesquisas. Aqui, Elis Regina fala sobre a portentosa estrutura do IBGE e sua rotina profissional em meio aos milhares de dados e estatísticas. A atuação do IBGE que abrange todo o território nacional exige uma estrutura condizente. Como se organiza o instituto? O IBGE é uma Fundação Pública Federal, criada em 1936, a sua estrutura permanente é composta por quatro diretorias e dois outros órgãos centrais. Para que suas atividades possam cobrir todo o território nacional, o IBGE possui a rede nacional de pesquisa e disseminação, composta por 27 Unidades Estaduais - 26 nas capitais dos Estados e uma no Distrito Federal -, 27 Setores de Documentação e Disseminação de Informações - 26 nas capitais e uma no Distrito Federal -, 533 Agências de Coleta de dados nos principais municípios. Mantém, ainda, a Reserva Ecológica do Roncador, em Brasília. Tem atualmente um quadro de aproximadamente seis mil servidores permanentes e quatro mil contratados. Em Ijuí, temos três servidores permanentes e um servidor contratado para atender uma área de abrangência de doze municípios. Quais são as áreas pesquisadas? São três grandes áreas de informação: Informações Sociais, Demográficas e Econômicas, Informações Geográficas e a Disseminação de Informações. Na área das Informações Sociais, Demográficas e Econômicas, citamos as estatísticas de âmbito social e demográfico, que têm como base a coleta de informações junto aos domicílios: Censo

Demográfico, Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar – PNAD, Pesquisa de Economia Informal Urbana - ECINF, Pesquisa Mensal de Empreso – PME, Pesquisa de Orçamentos familiares – POF. Ainda pesquisas fundamentadas em registros administrativos, como o Registro Civil, a Pesquisa de Assistência Médico Sanitária e a Pesquisa Nacional de Saneamento Básico. As Estatísticas da Agropecuária têm como núcleo o Censo Agropecuário, a Pesquisa Agrícola Municipal e a Pesquisa da Pecuária Municipal. As Estatísticas Econômicas trazem informações sobre comércio, indústria, construção civil e serviços, a partir do levantamento, por amostra, em estabelecimentos de cada setor. Cabe mencionar que o acompanhamento conjuntural da economia é possível através do conjunto de pesquisas mensais do comércio, da indústria e da agricultura. Os Índices de Preços produzidos contínua e sistematicamente permitem acompanhar mensalmente o comportamento dos preços dos principais produtos e serviços consumidos pela população. Esta área engloba o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Nesta categoria ainda temos o Sistema de Contas Nacionais, que oferece uma visão de conjunto da economia, incluindo o cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) e a Matriz de Insumo-Produto. A área das Informações Geográficas, o Sistema Geodésico Brasileiro constitui-

se de um conjunto de estações, ou Elis Regina ingressou no IBGE como pesquisadora marcos, materializadas no terreno, em 1986, e três anos implantadas e mantidas pelo IBGE, depois, assumiu a chefia cuja posição serve como referência precisa a diversos projetos de engenharia, o Mapeamento Geográfico, Topográfico e Municipal, abrange as cartas topográficas e mapas delas derivados. As Estruturas Territoriais acompanha a evolução da divisão político-administrativa e das divisões regionais e setoriais do território, delimitando e representando áreas legais e bases operacionais para pesquisas estatísticas e geográficas O Censo e na área de Recursos Naturais e Demográfico Meio Ambiente. Realiza mapeamentos, estudos e pesquisas de temas é uma operação relativos ao meio físico (relevo, solo, gigantesca, clima, geologia) e ao meio biótico que exige (fauna e flora). E por fim, na Área da Disseminação, o provimento de uma grande informações pelo IBGE é realizado infraestrutura através da sua rede nacional de dis- de pessoal, de seminação, por meio de publicações tecnologia e de impressas e eletrônicas, como também de bases de dados. Através da logística. internet, estabelece seu principal canal de comunicação com o usuário, disponibilizando os resultados das pesquisas em páginas dinâmicas e arquivos para download e banco de dados. Oferece, também, atendimento especializado via e-mail webmaster@ibge.gov.br ou ibge@ ibge.gov.br, e de informações rápidas através de um call center - 0800721-8181. Os produtos do IBGE são comercializados nas principais livrarias do país e também na internet. >>>

STAMPA | 13


Existe ainda desinformação e medo em prestar informações ao IBGE. Mas saliento que são de caráter sigiloso, e a qualidade da pesquisa depende da veracidade dessas informações.

Em Ijuí, Elis Regina gerencia dados de 12 municípios da região

Como acontece a contagem da população e como será próximo processo em Ijuí e região? O Censo Demográfico é uma das principais atividades do IBGE, porque pesquisa e divulga informação da menor divisão geográfica, que é o setor censitário, respeitando a legislação vigente como bairros, distritos. São levantados dados socioeconômicos da população que podem ser comparados com outras edições da pesquisa no intuito de se conhecer a realidade local. Trata-se de uma operação gigantesca que exige uma grande infraestrutura de pessoal, de tecnologia e de logística. Em agosto de 2015, o IBGE se prepara para realizar a Contagem da População, que é uma versão enxuta do Censo Demográfico, e em 2016, está prevista a realização do Censo Agropecuário. Para isso, estamos iniciando neste ano as atividades relativas à base cartográfica, e no segundo semestre deveremos instalar as Comissões Censitárias Municipais. No início do próximo ano, deveremos realizar processo seletivo para atender as funções censitárias, e posteriormente, realizaremos um período de capacitação. Qual a maior dificuldade nesta pesquisa local? São muitas as dificuldades. Em Ijuí, vamos visitar mais de vinte e seis mil domicílios e levantar informações de cerca de oitenta mil moradores, distribuídos entre zona urbana e rural. Para isso, vamos contratar e capacitar os recenseadores que farão as visitas domiciliares. Hoje, considerando um município do porte de Ijuí, já temos dificuldades em encontrar as pessoas em casa. A incidência de domicílios fechados já é um fator de preocupação. Outra questão importante é esclarecer a população sobre a importância de responder corretamente as perguntas do recenseador. Além disso, o período de coleta varia entre 90 e 120 dias, de acordo com o porte do município. Por isso, toda a logística de equipamentos, recursos, tecnologia da informação, tem que funcionar no tempo exato.

O IBGE está mostrando no decorrer dos anos que a população cresce a um ritmo cada vez menor. A pirâmide etária brasileira sofreu profunda alteração nas últimas décadas com um significativo estreitamento na sua base em função da redução da taxa de natalidade. Por isso, a população, com o passar dos anos, vai se concentrando em faixas superiores. Na contrapartida da redução das taxas de fecundidade temos outro fator, que é o aumento da longevidade, sendo a dos gaúchos uma das maiores do Brasil, e os índices por morte violenta de jovens entre 17 e 24 anos. A principal consequência destes fatores é uma população envelhecida, havendo maior necessidade de serviços públicos, como saúde e benefícios sociais. Que fatores o IBGE percebe que influenciam na acentuada queda da média de filhos? A taxa de fecundidade feminina caiu significativamente nas últimas décadas. Segundo indicador de 2010, no Rio Gande do Sul, a taxa de fecundidade era de 1,70 filhos por mulher. Em Ijuí este índice era de 1,74 filhos por mulher. Estes índices são decorrentes, principalmente, do comportamento demográfico. As mulheres buscaram uma nova dimensão educacional, social e profissional, por isso têm menos filhos, e numa faixa etária mais alta. Cabe também salientar, que segundo este mesmo indicador, nos grupos de mulheres de maior grau de instrução, a taxa de fecundidade foi menor. Atualmente, seu trabalho está centralizado na análise de dados, como a PNAD. Como funciona? A PNAD ocupa uma posição estratégica no nosso planejamento, principalmente desde 2012, com a característica de pesquisa contínua. Todo o planejamento de trabalho leva em conta, em primeiro lugar, o volume de questionários que devemos pesquisar na semana, no mês e no trimestre. De certa forma, isso tem sobrecarregado a nossa rotina. Por ser uma pesquisa amostral, os dados coletados localmente são condensados aos dados relativos ao Universo da Federação, que é a menor informação disponível. Quais pesquisas tiveram destaque nos estudos do IBGE em 2013? Duas se destacaram a Pesquisa Nacional de Saúde - PNS, e a Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar contínua - PNAD Contínua. A PNS foi realizada em 80 mil domicílios e em 1.600 municípios em todo o país, para conhecer a saúde e o estilo de vida da população. A pesquisa também teve como objetivo produzir dados sobre acesso e uso dos serviços de saúde, ações preventivas, continuidade dos cuidados e finan-

14 | STAMPA

ciamento da assistência de saúde. A PNAD Contínua vai substituir as atuais Pesquisa Mensal de Emprego (PME) e Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), potencializando os resultados produzidos por ambas. A partir da PNAD Contínua serão produzidas informações sobre a inserção da população no mercado de trabalho, segundo características como idade, sexo e nível de instrução. Para retratar a realidade, sempre em transformação, é preciso constante atualização. Como o IBGE faz? Uma das formas de acompanhar as constantes mudanças de comportamento da sociedade é através da atualização das pesquisas, como é o caso da PNAD contínua, ou ainda com alterações em quesitos investigados. Por exemplo: a partir do Censo de 2010, o IBGE passou a perguntar se o cônjuge ou companheiro é do mesmo sexo ou de sexo diferente. Na área econômica estamos atualizando constantemente os cadastros das empresas. Na área agropecuária, a partir de 2016, deveremos trabalhar com grupos de produtores e não mais com estimativas. Além disso, a internet garante maior velocidade durante o processo de pesquisa e divulgação. Existe sempre uma preocupação de inclusão de quesitos que traduzam um contexto atual. Quais são os obstáculos que dificultam o trabalho? São muitos. Os pesquisadores precisam chegar até cada morador do país. Há dificuldades de locomoção, distância e difícil acesso. No caso das pesquisas domiciliares, é cada vez mais difícil encontrar os moradores em casa. Existe ainda desinformação e medo em prestar informações ao IBGE, mas, saliento que as informações são de caráter sigiloso e a qualidade do resultado da pesquisa depende da veracidade das informações prestadas pelo informante e que mais tarde servirá de subsídio para toda a sociedade. Nenhuma informação será divulgada de forma isolada, todas as informações são divulgadas em bloco. A coleta de amostra de sangue da população que será feita na pesquisa de saúde, é uma novidade. Como o IBGE vai agir? A Pesquisa Nacional de Saúde PNS foi realizada em convênio com o Ministério da Saúde, cabendo ao conveniado fazer as análises laboratoriais, que é a última etapa da pesquisa. Os pesquisadores do IBGE já realizaram em todo o Brasil a etapa da entrevista, cabendo agora ao Ministério da Saúde a etapa de coleta das amostras de material sanguíneo, através dos laboratórios conveniados.


PERFIL

Uma nova voz desponta no Sul Mariana Marques tem uma linda voz e uma marcante presença de palco. Somado a isso, talento avalizado por Luiz Carlos Borges, seu padrinho musical. Portanto, prepare-se: ela ainda vai (en)cantar você

A

Foto: Andressa Camargo

Foto: Eduardo Rocha

história musical de Mariana, 22 anos, começou no berço. “Cantar para mim nunca foi uma opção, foi um dom que recebi, e apenas sigo meu coração fazendo o que mais amo”. Embalada em berço tradicionalista, cresceu ouvindo o pai cantar cancioneiros gaúchos, como os quatro troncos Missioneiros - Jayme Caetano Braun, Noel Guarany, Cenair Maicá e Pedro Ortaça. O marco principal foi aos três aninhos, quando sem perceber, aprendeu e começou a cantar “João Balaio”, de Mano Lima. É filha de Vilson de Moura Marques e Lenir Maria Damian Marques, natural de Ajuricaba, onde residiu até os 16 anos, mas tem laços fortes com Ijuí, que se estabeleceram especialmente quando estudou da 7ª série ao 3º ano do Ensino Médio no Ceap. Hoje reside em Porto Alegre, onde estuda música e faz acompanhamento fonoaudiólogo. Também está vinculada ao curso de Agronomia da Universidade Federal de Pelotas. Tem dois irmãos mais velhos - Aline Damian Marques, 31 anos, e Gabriel Damian Marques, 32 anos, e valoriza muito a família: “Minha família é a base da minha vida. É nela que encontro meus melhores amigos, o ombro pra chorar, e também o sorriso pra dividir as alegrias.” Mariana passou a encarar a música profissionalmente só em 2012, embora as muitas vezes em que subiu ao palco de festivais e dos vários anos em que No palco com Luiz Carlos Borges participou do Enart, o Encontro Nacional de Arte e Tradição. Com o passar do tempo, e o consequente amadurecimento vocal e pessoal, se sentiu segura em assumir a música como profissão. Sua carreira está tomando forma, ganhando visibilidade. Em sua trajetória, conta com o apoio de muitos do meio, mas é Luiz Carlos Borges, que ela chama de maestro e se diz fã desde a mais tenra idade, seu grande incentivador. “Sempre admirei o seu trabalho e, principalmente, o ser humano que está atrás da música. Borges é amigo do meu pai de longa data, e por algumas vezes eu tive a oportunidade de estar ao palco ao lado dele”. Uma dessas oportunidades foi no encerramento da Expo-Ijuí/Fenadi 2013, em que foi apresentada e elogiada por Borges, e muito aplaudida pelos fãs do nativismo. Além da amizade, Mariana desfruta do convívio musical com Borges, que segundo ela, delimitou sua carreira e formação como profissional, direcionando conhecimentos e estudos musicais. “Palavras seriam poucas pra descrever o imenso carinho e gratidão que tenho por este músico e pela pessoa fantástica que ele é”. Luiz carlos Borges retribui: “Ela promete, pode ir longe. Eu acredito.” Sobre sua opção pela música, Mariana cita Cenair Maicá - “Se meu destino é cantar, eu canto” -, para explicar que esta não foi uma decisão tomada friamente. “A música faz parte da minha vida, assim como o alimento de todos os dias. Se não estou em contato com ela, é como se faltasse o alimento pra alma. Ela ainda não tem banda fixa, mas amigos músicos que fazem parceria musical, como o Grupo Missões (Jarbas Nadal, Halber Lopez e Xuxu Nunes), Glauco Viera, Yuri Menezes e Cristóvão Guedes. Com eles, ela tem soltado sua voz em palcos por toda a região, e também em Porto Alegre. O ano de 2013 foi um ano de muitas conquistas para Mariana, e foi quando realizou um sonho de menina: cantar dentro do templo das Ruínas de São Miguel. Aconteceu em dezembro, na comemoração dos 30 anos da declaração das Ruínas como Patrimônio da Humanidade. “A emoção do momento em que subi ao palco, diante do céu iluminado, com a igreja à minha direita, dividindo o palco com grandes músicos e amigos, todos estes fatores fizeram esta noite ser imensamente especial.” Para este ano, seu plano musical é a gravação de um CD, mais um passo em direção da consolidação de sua carreira e da confirmação de seu talento.

STAMPA | 15


TURISMO

Made in

Missões Tradição, história, bom vinho - atrativos que levam os turistas até a hospitaleira Vinícola Fin, em Entre-Ijuis

O

turista que passar pela Rota das Missões, além de se deparar com mais de 300 anos de história, contados através da arquitetura, também têm como opção conhecer a propriedade e o trabalho da Família Fin, produtora artesanal de vinhos, espumantes e sucos de uvas. Além de degustar os produtos, os visitantes podem percorrer os parreirais e almoçar na propriedade. O cardápio colonial é servido com agendamento, para até 10 pessoas. Localizada na BR-285, km 509, em Entre-Ijuís, a vinícola é comandada pelo casal de proprietários Jorge e Eleana Fin. Eles contam com a colaboração de dois filhos e mais três funcionários. Descendente de família de produtores de vinho há mais de um século, e bisneto de Patrício Fin - pioneiro na produção de vinho na região de Três de Maio, Jorge comenta que o sucesso de uma vinícola está ligado diretamente à paixão por vinhos. “Tem que ter o dom, tem que estar no sangue e gostar do que faz. Assim como em qualquer outra atividade”, ressalta. A família produz oito variedades de vinhos, além de suco de uva natural e o vinho moscatel espumante, ganhador da medalha de prata no consagrado concurso de vinhos Mondial Bruxelas Com um sorriso e cheio de histórias para contar, Jorge recepciona pessoalmente os mais de 300 clientes que vão à vinícola a cada fim de semana, dividindo a tarefa com a esposa Eleana. “O convite é para família inteira, mas principalmente para crianças e idosos, que são grupos que dão muito valor às tradições.” Empreendedor e com olhos no futuro,

16 | STAMPA

Turistas vêm de todos os lugares, conhecem e experimentam os produtos na sua origem

Jorge conta com orgulho que recebem turistas de todos os cantos do País, além de estudantes universitários que realizam trabalho de campo nos parreirais. Jorge também leva um pouco de sua história para as universidades, onde é convidado a palestrar sobre os desafios de ser um empreendedor. “Abri as portas do meu negócio para mostrar aos jovens as oportunidades”, acrescenta. Completando dez anos de fundação em 2014, os planos do casal Fin não se restringem à vinícola e à comercialização direta de seus produtos ao consumidor. O próximo passo, marcado para março, é abrir uma loja piloto em Santo Ângelo. Se tudo der certo, e Jorge nem cogita ideia contrária, a expansão da marca para outras cidades é inevitável. “O problema do mercado é que ocorre uma briga de foice com os produtos que vêm de fora. Precisamos mudar a cabeça do brasileiro, para que dê mais valor ao que é nosso.” Por outro lado, ele ressalva que há limites em seus planos, porque a ideia é manter a fabricação artesanal. Os visitantes vêm de todos os lugares, mas têm a mesma reação ao provar o produto gaúcho, feito artesanalmente e conservado em barricas de carvalho francês - todos aprovam. “Os melhores vinhos brancos e espumantes são do Rio Grande do Sul”, declara Jorge, satisfeito com os rumos que está tomando sua agroindústria, que iniciou com 200 pés de videira e hoje passam de 25 mil. “Recebemos turistas de diferentes Estados. Quem vem, sempre volta. O nosso diferencial é oferecer um bom produto e conhecê-lo. Se não souber explicar teu produto, então feche as portas” - resume Eleana.

Jorge e o espumente premiado em Bruxelas

Casal cuida de todo processo produtivo

Percorrer os vinhedos é uma opção para os visitantes


Modelo da Capa

Nicolas Gehm

Costume Spirito Santo

Sorriso largo num rosto de contornos marcantes são os pontos fortes de Nicolas de Carvalho Gehm, vencedor do nosso concurso anual Modelo da Capa. Realizado em setembro, no Clube Ijuí, teve testes de passarela e de estúdio para escolher um rosto masculino e outro feminino. Seu desempenho agradou ao juri que deu a ele o título e a possibilidade de estar aqui, neste editorial de moda, com produção fotográfica de Ane Elise, do Estudio Click. Fotografado nos cenários externos da Estação da Mata, Nicolas exibe looks selecionados por Jocélia da Silva, da loja masculina Clube Um, e óculos e relógios da Davanti, de Joel Leone. Nícolas, 22 anos, é filho de Vili Luiz Gehm, dono da Autopeças Ijuí, e de Tereza de Carvalho. Hoje ele se dedica aos estudos - cursa o oitavo semestre de Engenharia de Computação, na Universidade Federal de Santa Maria, mas não é inexperiente em passarela. Aos 15 anos, fez o curso de Dilson Stein e desfilou algumas vezes. “Embora não tenha me dedicado à carreira de modelo, gosto de passarelas, de fotos. Por isso participei do concurso Modelo da Capa, e foi uma experiência muito legal”, comentou. STAMPA | 17


Camiseta e calça de sarja Poggio, paletó de sarja com elastano Uomini; solar Ray Ban, relógio Garrido e Guzmann

Polo Ellus Second Floor, bermuda Spirito Santo, tênis New Balance; relógio Fossil, solar Carrera

Camisa e bermuda jeans Ellus Second Floor; solar Ray Ban, relógio Garrido Guzmann

Polo Ellus Second Floor, calça jeans Guess; relógio Technos

18 | STAMPA


Terno S120 Spirito Santo, camisa de algodão egípcio Carlos Brusman, gravata 100% seda Spirito Santo, bolsa de couro Parafernália; relógio Fossil

Camisa e bermuda jeans Ellus Second Floor; solar Carrera, relógio Garrido Guzmann

Camisa com elastano Poggio, calça jeans Guess; relógio Technos

Paletó de sarja Spirito Santo, camisa, calça de sarja e cinto Ellus Second Floor

Solar Carrera, relógioTechnos

Camisa jeans Spirito Santo, camiseta Von der Völke, calça jeans Guess e sapato Ellus; relógio Fossil, armação Tommy Hilfiger STAMPA | 19


cenas

2

1

5

6

1. Taciana Denque e Ana Claudia Mello na Lotus 2. Larissa e Vivian, na noite em que inauguraram a esmalteria, o novo espaço na sua Clínica Farias 3. Hercules Morais e Salester Ruver com as filhas Victoria e Nathália, na festa de encerramento de ano na escola de idiomas CCAA

10

11

4. Julieta Sandri, o aniversariante Marco, Graciela e João Pedro Ferreira, e Carmem Lucchese comemorando na Casa de Dança 5. Diretora Stela Maris, fala na comemoração do aniversário da Associação de Amigos do Museu Antropológico Diretor Pestana 20 | STAMPA

14

15


6. Marília Thomé da Cruz com a neta Valentina em jantar da Associação Médica Noroeste (Amen)

3

4

7. Na festa de final de ano da BPW Ijuí: Tânia Conrad, Maria Deckert, Joice de Jesus, Juçara Rotilli, Anelise Erig e Elaine Arais 8. Karine de Bem e Gabriela dos Santos na inauguração da Nutriox Suplementos 9. Na Estação da Mata, Ane Poli e Robson Petersen 10. Ligia Meiger, Simone, Vanessa, Marilei e Iris na posse da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, no salão comunitário de Distrito Santana

7 8

9

11. Érica Gindri e Carla Kremin no Absoluto 12. Samir e Elizabete Sartori El Ammar em jantar na Sociedade Recreativa 13. Narda Pissinin (no centro) com os integrantes de sua diretoria, foi mantida no cargo de presidente do Clube Ijuí para mais uma gestão de dois anos

13

12

14. Curtindo a noite no Absoluto: Gilmar, Bruna, Mariana, Rafael, Darlize e Rafaela 15. Fabio e Luciana Schneider em jantar dos contabilistas na Affi 16. Charles Lucchese e Aline Bilibio prestigiando a inauguração da nova academia Bio Ritmo

16

17

17. Prendas e peões que participaram do primeiro encontro do ano da 9ª Região Tradicionalista, em Ijuí, que teve a presença do presidente do MTG Manoelito Savaris STAMPA | 21


SABOR

Azeitando o paladar U

Técnico Henrique: demonstração

ma palestra que abordou os benefícios do azeite de oliva, e técnicas de cultivo e manejo das oliveiras, atraiu muitos apreciadores e interessados no tema. A programação foi organizada pela Associação Rio-grandense de Olivicultores (Argos), Associação Médica do Noroeste (Amen), e Sociedade de Estudos, Pesquisas e Assistência Médica (Sepam), e contou com a presença dos diretores do Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo de Portugal (Cepaal), Henrique de Palma Herculano e Gonçalo Tristão de Morais. A noite teve degustação e prova de azeites de Portugal e do azeite Cerro dos Olivais, produzido pelo casal de Ijuí Guajará e Olvânia Oliveira, e foi uma preparação para a Finooliva 2014, feira internacional de azeites de oliva que acontecerá no mês de setembro, em Porto Alegre. “O Cepaal será o responsável pelo concurso internacional de azeites que ocorrerá dentro da Feira, e essa palestra serviu para as pessoas entenderem um pouco mais do azeite de oliva, conhecerem seus benefícios e como diferenciálos, podendo assim escolher pela qualidade”, comentaram Guajará e Olvânia, produtores pioneiros da olivicultura no Estado e anfitriões dos portugueses em Ijuí.

Guajará Oliveira (no centro) e os visitantes Gonçalo de Moraes e Henrique Herculano

Olvânia e Guajará Oliveira: dedicados à produção

Marcio e Michele Bortolini

Beti e Adonis Dei Ricardi

Daltro e Carmen Pasqualini

Presidente da Amen Marcia Eifler e Diego Coimbra

Vilja e Wener Wagner

Alcindo Gomes, Nilton e Marlene da Silva, Eliana e Alexandre Paludo e Alexandre Tressi

22 | STAMPA

Gisele e Fabricio Wild


Sogi convida para a folia

D

ia 21 de fevereiro começam os festejos momescos na Sociedade Ginástica com um baile de précarnaval. A proposta da diretoria comandada pelo casal presidente Clovis e Joice de Jesus, é esquentar o clima e dar uma amostra do que será o baile oficial de Carnaval deste ano, em 3 de março. O précarnaval terá como principais atrações a coroação da rainha e princesas do Carnaval do clube e um workshop com o estilista Lauro Lohmann, de customização dos abadás. Os abadás, em forma de camiseta, foram adotados no Carnaval passado pelo clube e mantidos para este ano, como forma de democratizar e facilitar a participação de todos, já que podem ser customizados ao gosto de cada um. No pré-carnaval, haverá comercialização dos abadás, que valem como ingresso, e um desfile de abadás customizados, para inspirar os foliões na criação de seus figurinos. A diretoria do clube pretende fazer um Carnaval 2014 tradicional, com as marchinhas, muito confete e serpentina. Além do baile oficial, haverá a oportunidade para as crianças se divertirem, no domingo, dia 2. Modelos de abadás já customizados estão expostos no hall do clube (foto), e podem ser adquiridos na secretaria, onde também há outras opções de convites.


No Confraria Sob o comando de Naiara Casarin, o Restaurante Confraria, na Sogi, é opção muito prestigiada pelos ijuienses para jantar e encontrar amigos

Simone Carvalho e André Rodrigo

Despedida no 27º GAC Lideranças e amigos reuniram-se dia 13 de janeiro em dependências do 27º GAC para a despedida do coronel Carlos Rocha Thomaz. Ao lado da esposa Marcia, o comandante recebeu agradecimentos pelos

Comandante Carlos Rocha com a esposa Marcia Thomaz Rocha Ricardo Reimann e Gerusa Hocevar

Prefeito Ballin e primeira-dama Gessy

Flavio Martins e Liane Guiotto

Airton Batista e Ana Rolim

Cíntia e Bernardo Pydd

três anos de serviços prestados em Ijuí e votos de sucesso em sua nova missão, no Rio de Janeiro. Em seu lugar assumiu o tenente-coronel Wagner Sarmento Lecomte, vindo de Santa Maria.

Juizes Vinicius Borba Leão e Eduardo Giovelli

Romeu Etgeton e Silvia Busnello


Willian, Noah, Joane e Guilherme Paula e RĂşbia

Rityele, Leticia, Carina e Uly

Mateus, Carolina, Elis e Eduarda

JĂŠssica e Guilherme Renan, Vinicius e Roger

Daniele e Augusto

Mateus, Fabiana e Renan

Marcieli e Davi

Samili, Carolina e Liege

Thalyta, Guilherme Rosa, Guilherme, Bruno, Felipe e Ana Carolina

Danieli e Luciomar STAMPA | 25


Fotos: Schmalz

Com os pais no ambiente da festa

Carlos Cezar e Gisele Caio e Laurano Rio de Janeiro Momentos inesquecíveis

O O

primeiro tenente Caio Leonardo Müller Leske e Laura Soares Samersla receberam a bênção dia 11 de janeiro, uando terminou o Ensino Médio,matrimonial em 2006, Carlos Cezar Muxfeldt Ferreira foi na Igreja sobde osseu olhares emocionados pais caminho de seu pai, ao RiodadeNatividade, Janeiro atrás sonho, trilhando o nos mesmo JoséCarlos e Maria RosaFerreira. Samersla, e Itamar Leske Gislaine Müller,aqui, há 30 anos, oJulio tenente Cezar E assim como seue pai encontrou padrinhos e amigos. A comemoração foi no-, Salão Nobre da lá o coração da odos amor de sua vida - Eliana Muxfeldt, a Branca ele conquistou Sociedade que recebeu belaE decoração de Inês Meiger. bela Giselle Ginástica, Lima Nigueira Fernandes. em dezembro, no Rio de Janeiro, as duas Os convidados poredistintos ambientes, conquistas foramcircularam celebradas comemoradas. Em incluindo Resende,oCarlos Cezar recebeu a espaçode criativo cachaçaria, e uma pista ponto de em Petrópolis, espada oficialdedauma prestigiada Academia Militardededança, Agulhas Negras; convergência da festa depois do jantar, cerimônia com música, e luzes disse sim à Giselle, numa emocionante na som catedral da histórica cidade de Cassiano Scheer. Laura vestiu criação Clovis Boufleur e exibiu serrana. Visivelmente emocionado, Carlosde Cezar entrou na Igreja de braços com No altar, recebe Giselle de seu pai José Antonio Salão Belezaexecutado Humana; Caio trajou o uniforme gala no altar a sua amake mãe,up aodo som do violino por seu irmão Guto, ede recebeu do Exército. em Agulhas Negras, eleefoi designado paraFernandes. o eleita, filha doFormado casal fluminense José Antonio Valeria Nogueira Os um dos ambientes criados pela decoradora Inês Meiger quartel aconteceram de Marabá, nono Pará, onde o casalcom teráfamiliares sua primeira residência. brindes Solar Portugal, e amigos. E paraCachaçaria: felicidade na casa dos Muxfeldt Ferreira, Carlos Cezar conseguiu ter atendido seu pedido de iniciar sua carreira em Ijuí, e já está a postos no 27º GAC.

No altar da Natividade, com os pais e padrinhos; à saída, sob as espadas dos colegas

Com adereços, os noivos comandaram a animação na pista de dança


Fotos: Giovani Garcia

Carlos Cezar e Giselle

Acontecimentos inesquecíveis no Rio de Janeiro

O

uando terminou o Ensino Médio, em 2006, Carlos Cezar Muxfeldt Ferreira foi ao Rio de Janeiro atrás de seu sonho, trilhando o mesmo caminho de seu pai, o tenente Carlos Cezar Ferreira. E assim como seu pai encontrou aqui, há 29 anos, o amor de sua vida - Eliana Muxfeldt, a Branca -, ele conquistou lá o coração da bela Giselle Lima Nigueira Fernandes. E em dezembro, no Rio de Janeiro, as duas conquistas foram celebradas e comemoradas. Em Resende, Carlos Cezar recebeu a espada de oficial da prestigiada Academia Militar de Agulhas Negras; em Petrópolis, disse sim à Giselle, numa emocionante cerimônia na catedral da histórica cidade serrana. Visivelmente emocionado, o noivo Carlos Cezar entrou na Igreja de braços No altar, recebe Giselle e cumprimenta seu pai, José Antonio com a mãe, ao som do violino executado por seu irmão Guto, e recebeu no altar a sua eleita, filha do casal fluminense José Antonio e Valeria Nogueira Fernandes. Os brindes aconteceram no Solar Portugal, com familiares e amigos. E para felicidade na casa dos Muxfeldt Ferreira, Carlos Cezar conseguiu ter atendido seu pedido de iniciar sua carreira em Ijuí, e já está a postos no 27º GAC.

Pela semelhança com Carlos Cezar, Giselle muitas vezes passa por sua irmã. À saída da igreja, chuva de bolinhas de sabão

A entrada de Carlos Cezar na Igreja com sua mãe teve trilha sonora de seu irmão Guto, ao violino

Em Agulhas Negras, recebeu do pai a espada de oficial

Com a mãe, na formatura STAMPA | 27


Fernando Burtet Marin

Comemoração de seu diploma em Medicina Veterinária foi mais um grande momento na Família Burtet Marin Sendo filho de quem é, a comemoração do diploma do jovem médico veterinário Fernando Burtet Marin era aguardada como um grande momento social. E assim foi a noite de 1º de fevereiro, do início ao fim, e para cada um dos convidados amigos e colegas de Fernando, e o círculo de relações dos pais Vinicius e Líbera Burtet Marin. Filho caçula e temporão, a conquista de Fernando foi um momento de especial satisfação para os pais, e dessa forma foi vivida e sentida por todos os que se reuniram no Valle Verde, o palco onde Líbera e sua equipe especialista em produções de eventos, mais uma vez exercitaram os dons de encantar: ao olhar, com a decoração charmosa em vários ambientes; ao paladar - desde os brindes que abriram a noite ao jantar e à mesa de doces; e pela sua condição de anfitriões atenciosos e acolhedores. Com diploma em mãos, Fernando vibrou e fez vibrar a festa que se estendeu superanimada sob o comando do DJ Diego Vaz. Fotos: Cultural Fotografias

Com o diploma, Fernando chega à festa e é recebido com muita vibração pelos convidados

A família reunida em torno do formando: o cunhado João Guilherme Girardi, a irmã Camila, os pais Vinicius e Líbera, a cunhada Deise, a sobrinha Gabriela e o irmão Lorenzo

Com discurso do pai e brinde da família, começou a festa para Fernando Ambientes da comemoração: charme acolhedor

28 | STAMPA


SobreNomes

Olha que linda Não é para menos o entusiasmo de Armando e Fernanda com sua filha Laís Betinelli. Olha ela aí: linda, cheia de estilo e com muita personalidade. A eleita Garota Verão 2014 de Ijuí passou fácil, fácil pela eliminatória regional e já está confirmadíssima para disputar o título estadual nas areias de Capão da Canoa, no próximo dia 22. Ela vai tentar repetir o feito de Mariele Capssa, a ijuiense que conquistou o título estadual em 1994. Neste ensaio fotográfico, feito pela Models Day, de Curitiba, Lais mostra que tem potencial para chegar lá. E vai contando com uma grande torcida na cidade - seus muitos amigos e os muitos amigos dos bem-relacionados Armando, agronômo e paraquedista campeão, e Fernanda, a secretária adjunta de Cultura do município.

Odontóloga Manuela

A

nossa Garota da Copa agora é odontóloga. Manuela Scarton Padilha recebeu o diploma dia 24 de janeiro, no Salão de Atos da PUC, e festejou com uma bela e animada festa no clube Caixeiros Viajantes. Familiares e muitos amigos de Ijuí foram abraçar a formanda e imprimiram à festa um clima de muita alegria, diversão e humor. A turma providenciou em cartazes divertidos em que se liam “Quebrei meu pai, mas me formei”, e “Ijui vai dominar o mundo”. Linda num modelo branco com apliques, recortes e fenda lateral, Manuela estava radiante, fazendo par com o namorado (sim, ela está comprometida!), o personal trainer portoalegrense Frederico Gonçalves. Manuela passou na prova de especialização em Implantodologia na PUC, que vai fazer nos próximos dois anos, combinando com trabalho em consultório. Saionara Bandeira, que fotografa a família desde sempre, foi lá fazer estes registros para a Stampa. Com o namorado e os amigos que foram daqui

STAMPA | 29


MÚSICA

Unidos pelo rock’n’roll Há quatro anos eles se dedicam a mostrar e atrair mais e mais apreciadores do velho, do bom e do novo - rock’n’roll

O

A turma que faz o Rockijui acontecer e o show de aniversário na Praça: músicos, fãs e afins

Rockijuí completou quatro anos em janeiro e comemorou em grande estilo. Criado em 2010 com o objetivo de viabilizar a realização de festas e eventos alternativos ao estilo que vinha sendo oferecido na cidade, principalmente incentivando o rock’n’roll, é grupo coordenado pelo produtor e DJ Maurício Librenz da Rocha, e integrado por músicos praticantes, integrantes de bandas, fãs e simpatizantes em geral. Os quatro anos foram assinalados com uma programação especial no Anfiteatro da Praça da República, dia 2 deste mês. “O Rockijuí surgiu de uma necessidade. Eu já fazia som em festas desde 2006, e em 2008 tivemos a ideia de uma noite dedicada ao rock, pois as festas que aconteciam tinham sempre outro estilo predominante. A partir disso, e a união com Rafael Librenz, o Rockijuí foi acontecendo”, conta Maurício. Passados quatro anos das primeiras atividades, ele está satisfeito com os resultados do Rockijuí. “O objetivo sempre foi a diversão, curtir um show ou uma festa com um som legal, e isso nos dá motivos para festejar”. A festa de aniversário teve shows das bandas Decoders, composta por João Pedro Van Der Sand, Guilherme Frantz e Adrian Rigoli, e Excellence, que tem como integrantes Lucas Prauchner, Valterson Pimenta, Eduardo Perin e Guilherme da Rosa. Os fãs se reuniram e comemoraram.

Vi, li e recomendo Por Lurdes Froemming

Professora do Mestrado em Desenvolvimento da Unijui

30 | STAMPA

Casamento Silencioso

O Homem Visível

A história se desenvolve em 1953, na Romenia. Um casal, em uma vila, prepara sua festa de casamento e todos os moradores são convidados. A festividade já está toda preparada, quando, malfadadamente, recebem a notícia da morte de Stalin e a consequente proibição de toda e qualquer festividade e manifestações ruidosas.Com o dilema estabelecido, confabulam e tomam a decisão de continuar com a festividade como programada, com apenas um detalhe: tudo deverá ocorrer no mais profundo silêncio. É instigante acompanhar os festejos, a execução da orquestra, o comportamento dos convivas. Enfim, a comemoração ocorre em silêncio, proporcionando cenas imperdíveis e nos convidando a elaborar o significado do som e de sua falta – o silêncio.O filme é dirigido pelo romeno Horatiu Malaele, datado de 2008 e é uma parceria Romenia/Luxemburgo/ França. É um filme diferente, que vale a pena ser apreciado.

Em tempos em que privacidade, voyeurismo, exibicionismo, são temas recorrentes, nada mais tempestivo que esta leitura. O livro me impressionou bastante pelo enredo e pela construção narrativa do autor, sendo seu livro de estreia no Brasil; em Nova York esteve na lista dos mais vendidos. Um homem desenvolve técnica para se tornar invisível e passa a utilizar-se dela para se instalar em casas de pessoas sós, que ele escolhe, e passa a observá-las durante alguns dias. Sua assertiva é de que a pessoa só é verdadeira quando está sozinha. A estrutura narrativa é surpreendente e nos envolve totalmente. Inicia pela palavra da psicoterapeuta de Y (é como o protagonista se denomina) que fica estarrecida com a abordagem inicial do paciente, que exige ser atendido exclusivamente por telefone. E, à medida que a terapeuta se envolve com o paciente, nós também vamos sendo enredados pela excelente trama, e, lamentamos quando o livro chega a seu surpreendente fim.

Filme de Horatiu Malaele | 2008

De Chuck Klosterman.


Novo espaço da Aquarella Kids Buffet:

testado e aprovado!

Qualidade, praticidade e segurança. Estas são algumas das definições que os clientes da Aquarella Kids Buffet destacam ao mencionar o novo espaço inaugurado pela empresa no ano passado. A casa nova, localizada na Av. 21 de Abril, n° 1110 possui uma capacidade maior para comportar os convidados, estacionamento próprio, e a ela foram agregadas várias novidades e atrações em brinquedos. Faça contato pelos fones (55) 8146.8888, 9607.2500 e 9121.7222, pelo site aquarellakidsbuffet.com.br e facebook.com/aquarellakidsbuffet

Tatiane Oliveira Bertó afirma que

a Aquarella Kids já conquistou a sua confiança e é a primeira opção na hora de planejar a festa da sua filha Rafhaela. Para ela, o diferencial reúne vários fatores, desde a qualidade da comida, da variedade dos produtos, do cuidado especial com as crianças, e agora este novo espaço, que amplia a comodidade para as festas. “Não é uma única vantagem, é um conjunto de benefícios para os pais, afinal, sei que minha filha está bem, em boas mãos”, conta Tatiane, que garante que as crianças também são fãs da Aquarella Kids. Outra cliente que aprovou a mudança foi Karine Prediger, que não pensa duas vezes em contratar os serviços da Aquarella Kids Buffet, pois sabe que “não vai precisar se preocupar com nada”. Ela destaca que gosta muito de negociar com a empresa, “o atendimento é qualificado, o novo espaço ficou lindo, e além do mais, minhas filhas contam os dias para chegar na hora da sua festa na Aquarella Kids Buffet”.

Gráfica Pampa:

criatividade e exclusividade em papelaria comercial e para eventos

A

o buscar por impressos, procure por quem prima pela excelência do seu material. A fim de realizar sonhos, a Gráfica Pampa usa da criatividade e da experiência, com maquinários para impressão em off set e serigrafia. Para valorizar seus produtos, imprimimos com exclusividade em relevo americano, verniz localizado e glitter. Trabalhamos ainda com acabamentos em relevo seco, cortes especiais, hot stamp e papelaria nacional e importada diferenciada, e sempre com muitas novidades. Complementos como laços, lacre de cera e pedrarias, e os mais variados modelos, tamanhos, formas, cores e estilos de convites, visando projetos criativos e elegantes, que possam traduzir a importância e a beleza de seu evento. Materiais de papelaria comercial, da mesma forma, exigem um cuidado refinado, com o bom gosto que sua marca merece. A Gráfica Pampa produz tudo em impressos comerciais: cartões de visita, receituários, pastas, folder, etc; sempre prezando pela qualidade e excluvidade.


autorretrato Um lugar: Minha casa Uma conquista: A empresa Um sonho: Concluir minhas graduações Uma alegria: Minha família Uma tristeza: Desigualdade Uma saudade: Meu pai (já falecido) Quem é chato: Quem se julga superior O que me tira do sério: Preguiça Uma mania: Acordar cedo Marca pessoal:

N

atural de Santo Ângelo, Erasmo Carlos de Oliveira, 37 anos, divide com a esposa Noemi a direção do conceituado Olivercon Contabilidade, como diretor administrativo. Bacharel em Ciências Contábeis, está ampliando sua formação acadêmica, cursando Direito. O Olivercon tem se destacado em seu segmento pela excelência dos serviços. Em 2013, a empresa concluiu mudanças em sua identidade visual e de endereço, passando para uma nova estrutura com todas as condições para que clientes e colaboradores desenvolvam um trabalho altamente qualificado.

Erasmo Carlos de Oliveira Empreendedorismo O melhor presente: Abraço verdadeiro Quero ir para: Dubai Adoraria aprender: A tocar violão Não vivo sem: Deus Se pudesse, compraria: Um avião Gasto muito com: Apple Store Melhor hora do dia: Noite Prazer à mesa: A boa companhia Livro marcante: A Bíblia e The Fifth Discipline Som preferido:

Soul vintage e gospel Filme inesquecível: Lincoln Lazer: Futebol aos sábados com amigos É lixo: Corrupção É luxo: Carinho, respeito, cultura Mulher bonita: A minha Homem bonito: Eu Se não fosse o que sou, seria: Médico Ijuí é: Um lugar de oportunidades para quem sabe o que quer, e faz o que sabe


Perto ou longe, onde vivem ijuienses

Carla Antônia Wielens Didoné

No local de trabalho, a sua Imobiliária Real; ao lado, com a família em viagem de férias, em dezembro de 2013

O

município de Sapezal, no Mato Grosso, tinha apenas quatro anos de emancipação quando o casal de ijuienses Rodrigo Didoné e Carla Antônia Wielens Didoné, resolveu se mudar para lá, em busca de novas oportunidades. Sapezal, hoje com 18 anos de emancipação, em franco desenvolvimento, recebe migração de todo o País. Possui uma grande diversidade cultural, e grande necessidade de investimentos para acompanhar e incentivar seu desenvolvimento. Por essa razão, Rodrigo e Carla decidiram mudar-se para lá. Pegaram a estrada em 14 de fevereiro de 1999. Carla lembra que, ao chegar, se deparou com uma cidade diferente do que conhecia, e realmente com possibilidades de crescimento, embora as dificuldades de alcançá-la. “Para chegar à cidade, passávamos por uma reserva indígena, e o acesso não era asfaltado. Percorríamos 150 km de estrada de chão”. Carla é filha de Carlos Luiz Wielens e Nilza Antônia Mazzarollo Wielens, que vivem em Ijuí. Ela passou a infância na comunidade de Arroio das Antas, interior do município. Rodrigo também é daqui, filho de José Didoné e Elenir Maria Bieger Didoné, oriundos de Rincão dos Fabrim. O casal se conheceu em Ijuí e a união matrimonial ocorreu no dia 25 de janeiro de 1997. “Após dois anos, decidimos seguir novos rumos, ir em busca de novas oportunidades, e surgiu a ideia de ir para o Mato Grosso. Uma decisão ousada, pois nunca tínhamos saído de Ijuí, éramos muitos jovens, e ainda com a responsabilidade de cuidar do nosso filho

Beleza natural: vista aérea do Salto do Utiariti, na divisa de Campo Novo dos Parecis e Sapezal, em área pertencente a uma reserva indígena

Jeans Carlo Wielens Didoné, que na época tinha pouco mais de um ano”, relembra. Ao chegar em Sapezal, Rodrigo foi trabalhar de tratorista na Fazenda de Sérgio Mário Linck, onde permaneceu por alguns anos. Logo depois, foi gerenciar a Fazenda Globo, de propriedade do Grupo Kaeffer, de Cascavel/Paraná. Atualmente, Rodrigo é proprietário de uma empresa de prestação serviços de colheitas, chamada RD Colheitas, e atua nos Estados de Mato Grosso, Rondônia e Piauí. Carla, ao chegar em Sapezal, continuou os estudos, passou no concurso público para o cargo de assistente tributária da prefeitura em 2001, permanecendo até 2004, quando foi cedida para a Justiça do Trabalho (TRT) no cargo de assistente de juiz, secretariando as audiências dos municípios de Sapezal, Campo Novo do Parecis e Comodoro. Em 2004 a família se tornou completa com a chegada do segundo filho, Luis Augusto Wielens Didoné, e em 2006 concluiu curso superior em Administração. Atualmente Carla é proprietária da Imobiliária Real de Sapezal, que conta com cinco corretoras. Neste ano de 2014 completamse 17 anos de casamento e 15 anos residindo na naquela cidade, que atualmente tem pouco mais de 15 mil. A família vem a Ijuí todos os anos, em dezembro, visitar os pais e familiares, mas não tem planos de voltar a viver aqui. Foi em Sapezal que conquistaram tudo que têm e lá pretendem permanecer. Conquista do diploma: com a família, no dia em que recebeu diploma em Administração de Empresas na faculdade de Sapezal, em 2006

STAMPA | 33


Amigas estrada afora Cruzando a Argentina e o Chile, elas alcançaram o Peru, e conheceram muitos lugares pelo caminho

E

Eliana, Silvana, Margarete, Elda e Leda: milhares de quilômetros juntas

Sonia, Margerete, Silvana, Eliana, Leda e Elda em Machu Picchu: fascinante

las trabalharam juntas por mais de 20 anos na Caixa. Aposentadas, conservam a amizade e a convivência em encontros mensais. E sempre que possível, viajam juntas. Em janeiro, de 8 a 22, Leda Zollner, Eliana Kroth Costa, Elda Bertol e Silvana Walter, atravessaram o continente para alcançar o Peru, de ônibus. Também fizeram parte do grupo de viajantes Sonia Burtet, Sueli Nunes e Margarete Brum. “A viagem é bastante longa para se fazer de ônibus, porém, é a maneira para conhecer as diversas atrações que encontramos pelo caminho, e para viagens longas, é imprescindível as boas companhias, com longos papos, piadas, músicas, baralho”, comentou Leda Zollner. Saíram por São Borja; na Argentina foram até Corrientes, seguiram pelo Chaco, ‘pampa del inferno’, até São Salvador de Jujui. De lá, para São Pedro de Atacama, no Chile, conhecendo o cerro de las Siete Colores, as grandes salinas e a imponente Cordilheira dos Andes, a 4.800 metros. Conheceram os gêiseres Del Tatio, as piscinas de águas naturais de 33º C. Em direção a Arequipa, no Peru, passaram pela cordilheira de La Costa, Valle de los Camaronês e o impressionante deserto de Atacama, e alcançaram Cusco, onde tiveram de lidar com os desconfortos da altitude, mas se encantaram com a riqueza arqueológica. Conheceram os arredores e vários locais de vida inca, até alcançar o principal destino do passeio, Machu Picchu: “difícil descrever a grandiosidade desse lugar”. O grupo dali foi para Puno conhecer Los Uros, um povo impressionante que vive sobre as águas do Lago Titicaca, o mais alto do mundo. De lá para Iquique, e retornaram costeando o Oceano Pacífico. Uma aventura e tanto, que seguramente vai render muitas horas de conversa nos futuros encontros das amigas.

a para exames gerais e de corpo inteir permitindo a identificação e tratamen

agendamento: 55 3332-8605.

vênios e Particulares.


Ijuiense cria blog de dicas de viagem Quem tem planos de ir à Europa, pode contar com a ajuda da ijuiense Naiara Back, que de Portugal, onde vive, criou o blog com dicas para viajar bem naquele continente

Naiara na boca do vulcão na ilha grega de Santorini: feliz com o sucesso do projeto

V

ivendo na cidade de Braga, em Portugal, desde junho de 2012, Naiara compõe o grupo de três produtores de conteúdo do blog www.viajarpelaeuropa.eu, disponível na rede desde o início de 2012. A ideia tomou forma quando Naiara conheceu a mineira Gisele Almeida, em Portugal desde 2008, e hoje residente de Estocolmo. As duas foram apresentadas em 2010, quando a ijuiense realizava intercâmbio em Portugal, por meio da Unijuí. Em junho passado, as amigas viajavam por Roma, quando conheceram o sueco Daniel Kifarks, que se tornou não só o namorado de Gisele, mas também um dos criadores do blog. “A parte técnica foi desenvolvida pelo Daniel, e além de compartilhar suas fotos e dicas, ele nos auxilia com toda a parte de informática”, conta.O diferencial deste blog, em relação a tantos outros é que relata as experiências sob a ótica de seus criadores. “Todas as cidades já foram visitadas, por pelo menos um de nós”, explica a ijuiense. Todas as matérias são escritas de maneira subjetiva, o que segundo Naiara, enriquece e dá personalidade ao conteúdo. “Ainda está no início, a linha editorial foi definida recentemente e estamos com muitos projetos para 2014.” No blog, as cidades visitadas são dividas por editorias. Ao abrir, o viajante encontra de tudo. Construído e mantido para falar a linguagem do viajante que busca além do turismo, conhecimento e aventura na Europa, as dicas vão desde sugestões de lugares incríveis para visitar até observações pessoais sobre atrações e atendimento ao cliente. “As pessoas gostam de se enxergar na história de outro viajante.”

Com Daniel e Gisele, em Roma, onde começou o namoro e a ideia do blog

Fotografias é o que não falta, assim como informações. Mas, nem tudo é só turismo, a cada viagem os blogueiros realizam pesquisas, que vão desde o apoio em outros sites até conversas com amigos que já foram para o mesmo destino. “Mas sempre procuramos algo de diferente que possamos falar para nossos viajantes, baseados em nossas experiências, independente de serem boas ou más.” Outro diferencial são as informações detalhadas das atrações, de restaurantes a hotéis de cada local, como endereço, horário, preço, melhor forma de chegar. “Uma vantagem, por exemplo, é saber onde comprar o ingresso online. Com essas informações pontuais o viajante pode programar melhor o seu roteiro e prever custos, podendo imaginar que tipo de viagem ter.” Formada em Publicidade e Propaganda pela Unijuí em 2011, com pós em Gestão de Marketing Digital pela Uniara, em 2012, e atualmente mestranda em Ciências da Comunicação: Publicidade e Relações Públicas, na Universidade do Minho, em Braga, Naiara vê no blog a possibilidade de construção de uma carreira. Sem data marcada para retornar ao Brasil, ela conta que já tem tido retorno financeiro com o diário virtual. “O blog já estabeleceu parcerias com empresas de reservas de hospedagem como o Booking, Airbnb e Hoteis.com. Também realizamos posts pagos (publieditorial. O trabalho com o Google AdSende também ajuda o blog no retorno financeiro, já que temos custos de manutenção e da Associação Brasileira de Blogs de Viagens (ABBV) da qual fazemos parte”, conta. Maiara levou a mãe, Melania, ao Jardim de Luxemburgo, em Paris

STAMPA | 35


No reino de Sua Majestade A viagem que o hair designer Renan Diniz fez à Inglaterra e Irlanda foi a realização de sonho antigo, e a sua concretização superou todas as expectativas. Penhascos de Moher, na Irlanda: cenários lindos e histórias fascinantes

A viagem, realizada em setembro passado, foi inesquecível por várias razões, a começar por ter sido sua primeira grande viagem ao exterior, e pelas ricas vivências que proporcionou. A escolha do roteiro é explicada assim por Renan: “Há muito tempo eu tenho um verdadeiro fascínio pela cultura do povo celta, que tem uma história muito forte e de grande influência em vários países europeus. Há mais ou menos 10 anos, eu comecei a ler uns livros, escritos em série, que falavam sobre o antigo povo celta e seu culto à natureza e ao feminino num todo. As histórias me fascinaram, eram lindas e cheias de vida, e passei a me interessar por tudo que tinha ligação ao tema”. No ano passado, em um blog, Renan encontrou informações sobre uma viagem mística para a Inglaterra e Irlanda. Quem organizava o passeio era justamente a escritora da série de livros que havia lido, Eddie Van Feu; e ela também era a guia da viagem. Perfeito para seus planos e sonhos. Renan fez parte de grupo formado por mais quatro pessoas, do Rio e de São Paulo. O fato de não conhecê-las não foi empecilho. “Quando estávamos desembarcando no aeroporto de Heathrow, em Londres, eu percebi que já havíamos criado uma ligação e um ótimo relacionamento.” A viagem de 15 dias foi dividida entre a Irlanda, o principal objetivo, onde permaneceram por 10 dias, e Londres, “a opção mais turística”, conforme Renan. “Londres é uma cidade linda, talvez perfeita. Com certeza, eu irei todas as vezes que for possível. É grande, moderna e antiga, aconchegante e inesquecível. Conheci todos os lugares que eu pude no tempo que eu estive lá, e não achei os ingleses frios como costumam dizer”. Renan, que atua no Salão Beleza Humana com sua mãe Noeli, também aproveitou para fazer um intercâmbio em um salão de beleza londrino. “Eu pude ver de perto coisas muito lindas e diferentes, que condiziam totalmente com Londres, que é, na minha opinião, uma cidade de liberdade e respeito.” Na Irlanda, a viagem foi como uma peregrinação, com mistura de misticismo e história. “Conheci lugares mágicos como o castelo de Huntington, em Claire, com seus lindos jardins que são usados pelo templo das sacerdotizas de Isis para rituais, e o castelo de Blarney, em Killanny, com seus caminhos dos druidas e jardins das fadas.” Foram passeios permeados por muitas conversas, “praticamente uma palestra em cada lugar”, e tempo para meditação e contato com a natureza e as energias de cada lugar. O grupo também conheceu a capital Dublin e Cork, o porto no Atlântico de onde partiram milhares de irlandeses para os Estados Unidos nos anos de 1840. “Foram 15 dias dos sonhos, que eu agradeço imensamente a meu pai e minha mãe por terem me proporcionado. A vontade, agora, é de voltar para lá o quanto antes”, conclui.

Nas margens do rio Tâmisa e, ao fundo, o Big Ben e o Parlamento, em Londres

Loughcrew, Irlanda: lugares místicos, com tempo para contemplação


o boticário Óleo de baobá e tamanu - r$ 48,99

itAPEMA bolsa feminina - r$ 69,90

MAb FEMiNiNA blusa M.officer - r$ 169,00; calça M.officer - r$ 259,00

DocE EFEito Vestido de renda - r$ 135,92

DAVANti relógio Victor Hugo 10x r$ 99,00

DocE LAr toalha infantil com capuz Karsten (o,89x0,89) - r$ 86,00

StiLEtto bolsa em couro - r$ 330,00; sapatilha tressê Usaflex - r$ 129,90

LE MoND body Lança Perfume - r$ 288,80; calça index - r$ 338,80

NUtrioX Whey Gold Standard - r$ 190,00; coqueteleita Multishake - r$ 35,00; Animal Pack Universal - r$ 240,00

LitErAtUS Escândalo, livro de therese Fowler (Editora Novo conceito) - r$ 34,90 oriENtE-SE Vestido Malwee - r$ 166,00 STAMPA | 33 STAMPA | 37


Humor & Cia

Pensa que só mulher pode ser um avião? Não, mesmo. Homens é que são verdadeiros aviões: O Homem até os 20 anos: Avião de Papel. Apenas vôos rápidos, de curto alcance e duração

Colabore com este espaço. Mande temas divertidos para: stampa@jornaldamanhaijui.com

Dos 20 aos 30: Caça Militar. Sempre a postos, 7 dias por semana. Ataca qualquer objetivo. Capaz de executar várias missões, mesmo quando separadas por curtos intervalos de tempo.

Dicionário feminino

Aliança - Garantia financeira. Amante - Homem que faz tudo aquilo que o marido nunca faz. Amor impossível - Um pretendente pobre. Batom - Poderosa arma feminina que deixa marcas fatais. Bolsa - Membro essencial no funcionamento do corpo feminino. Cansaço - Vontade de ficar sozinha. Carteira - Principal órgão masculino. Certeza - Quase certeza. Confiança - Ação incompatível com os homens. Dor de cabeça - Falta de vontade. Extravasar - Galinhar. Falta de atenção - Falta de presentes. Fracasso - Perder um homem pra uma mulher mais magra. Gravidez - Investimento a longo prazo. Minutos - Horas. Principalmente antes de sair. Maquiagem - Realce da beleza natural e disfarce de feiúra original. Meia-calça - Camada de acabamento das pernas. Namorado - Desculpa usada para despistar homens indesejados. Nunca - Por enquanto não. Pílula - Medicamento usado no momento certo e suspenso no oportuno. Problemas conjugais - Ausência de orgasmo. Satisfação - Verbete desconhecido no dicionário feminino. Seios - Sinônimo de maçaneta, pois também abrem muitas portas. Talvez - Sim. Terapia de grupo - Shopping com as amigas. Valorização - Flores no dia seguinte.

3

Conclusão: Deixe sempre o seu chefe falar primeiro.

38 | STAMPA

Dos 50 aos 60: Aeronave de Carga. Preparação intensa e muito trabalho antes da decolagem. Uma vez no ar, manobra lentamente e proporciona menor conforto durante a viagem. A clientela é composta majoritariamente por malas e bagulhos diversos. Dos 60 aos 70: Asa Delta. Exige excelentes condições externas para alçar vôo. Dá um trabalho enorme para decolar e, depois, evita manobras bruscas para não cair antes da hora. Após aterrissagem, desmonta e guarda o equipamento. Dos 70 aos 80: Planador Só voa eventualmente e com auxílio. Repertório de manobras extremamente limitado. Uma vez no chão, precisa de ajuda até para voltar ao hangar. Após os 80: SÓ ENFEITE!!!

dicas de gestão empresarial:

Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo. Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um Gênio. O Gênio diz: - Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês! - Eu primeiro, eu primeiro.” grita um dos funcionários... Eu quero estar nas Bahamas dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida “ .. Pufff e ele foi ... O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido: - Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pina coladas! Puff e ele se foi ... - Agora você - diz o gênio para o gerente. - Eu quero aqueles dois palhaços de volta ao escritório logo depois do almoço para uma reunião!

‘‘

Dos 40 aos 50: Aeronave Comercial de Vôos Regionais. Mantém horários regulares. Destinos bastante conhecidos e rotineiros.Os vôos nem sempre saem no horário previsto, o que demanda mudanças e adaptações que irritam a clientela.

Na África, todas as manhãs, o veadinho acorda sabendo que deverá conseguir correr mais do que o leão, se quiser se manter vivo. Todas as manhãs o leão acorda sabendo que deverá correr mais do que o veadinho, se não quiser morrer de fome.

Conclusão: Não faz diferença se você é veadinho ou leão; quando o sol nascer, você tem que começar a correr. Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada. Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta: - "Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro?" O corvo responde, sorrindo: - "Claro, porque não?" O coelho senta no chão embaixo da árvore, e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho.

Conclusão: Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar no topo.

ENTRE ASPAS

“A infância é a idade das interrogações, a juventude a das afirmações, a velhice a das negações.” Paolo Mantegazza (1831-1910), neurologista, fisiologista e antropólogo italiano


Qualidade, desempenho, eficiência A segunda edição vem aí. Reserve lugar no palco e na plateia. Fale com a Stampa (55) 3331-0300 | stampa@jornaldamanhaijui.com


Stampa web fevereiro  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you