Page 1

Publicação com informação e análise das realidades e aspirações comunitárias

Campinarte Dicas & Fatos JJANEIRO ANEIRO / / 2018 2018

DISTRIBUIÇÃO DISTRIBUIÇÃO GRATUITA GRATUITA

Um Informativo Digno de Você! MENSAL

Ano XXI - N.º 245 - Duque de Caxias - RJ - Fundado em 27/09/1996 / E-mail - campinarte@gmail.com - Tel.: - Claro (9)9116-5147 (WhatsApp)

A miséria humana O

homem é habitualmente apontado como o rei da Cria ção. Ele sobrepuja o restante dos habitantes do planeta. Animais muito fortes e perigosos são domados e vencidos pelo engenho humano. Inteligente e dotado de múltiplos talentos, o homem moderno constitui o ápice de uma longa jornada evolutiva. Uma retrospectiva histórica revela o quanto a raça humana se aprimorou no curso dos séculos. Doenças que no passado dizimaram populações inteiras, hoje não mais assustam. Meios relativamente modernos de comunicação, como Rádio, TV e Internet, revolucionam os costumes. Mas os recursos da modernidade são freqüentemente mal utilizados. Na TV, preponderam programas com conteúdo vulgar e sensacionalista. A violência e a sexualidade desregrada são endeusadas em filmes e novelas. São freqüentes as notícias sobre corrupção e crueldades. A rigor, permanece angustiante o estágio moral da Humanidade. As enfermidades e as dores são inerentes à vida material. Todo corpo humano mais cedo ou mais tarde se desgasta e se extingue. A ciência avança e torna menos atrozes as dores, mas não logrará converter em imortal nenhum organismo material. É compreensível a tristeza que suscita a morte de alguém querido. Mas isso está de acordo com as leis da natureza e em geral não causa escândalo. O que realmente gera tristeza são as crueldades e baixezas que os seres humanos freqüentemente se permitem. Quem poderá aquilatar a desolação de um pai ao saber que seu filho tornou-se criminoso? Assim, embora a evolução intelectual e científica dos últimos tempos, a Humanidade continua miserável em muitos aspectos. A genuína nobreza é bastante rara. Bondade, generosidade e pureza são características bem pouco usuais. A ampla maioria dos homens chafurda em vícios e paixões. Preocupados com seus gozos e interesses, pouco se importam com os estragos que causam na vida do próximo. Não falta quem afirme que a raça humana desmente a bondade de Deus. Se Deus é infinitamente bondoso, tudo pode e sabe, por que fez o homem tão miserável, sob o prisma moral? Contudo, é preciso ter em mente que a Humanidade toda não se acha representada na Terra. Não é possível aferir o caráter de um povo a partir da população de uma penitenciária. A análise da saúde de uma comunidade também não pode ser aquilatada a partir dos internados em um hospital. Quem fizesse tal análise, concluiria que todos os habitantes do país são doentes ou criminosos. O mesmo ocorre quando se toma por padrão a conduta dos habitantes da Terra em relação à totalidade da Criação. Os Espíritos ensinam serem infinitos os mundos habitados.

A TERRA É DOS MUNDOS MENOS EVOLUÍDOS E POR ISSO CONSTITUI MORADA DE SERES MORALMENTE ATRASADOS. ELA FUNCIONA À SEMELHANÇA DE UM HOSPITAL E DE UM PRESÍDIO E ABRIGA ESPÍRITOS REBELDES E VICIOSOS. Os seres altamente moralizados que, por vezes, aqui aportam estão em missão, à semelhança de médicos em um hospital. Quem consegue libertar-se de vícios e paixões e se acerta com as Leis Divinas segue para mundos de paz e regeneração. Saiba que está em suas mãos conquistar sua libertação. Dedique-se a domar seu egoísmo e suas paixões. Experimente a ventura de agir com honestidade, pureza e bondade e incorpore esse modo de vida em seu caráter. A Justiça Divina é infalível e logo o conduzirá a locais compatíveis com a sua realidade íntima. Então, você mudará de idéia a respeito da miséria humana. Compreenderá que ela é como uma enfermidade. Causa algumas dores, mas passa, quando corajosamente combatida. Redação do Momento Espírita.


Página 02

Dicas & Fatos

Campinarte Dicas & Fatos

Escritores Brasileiros / Resumos e Contos

Campinarte

HISTÓRIA, ARTE E CULTURA

A nova Califórnia (Lima Barreto) É uma crítica à ganância. Neste conto, um químico misterioso chamado Raimundo Flamel aparece na cidade de Tubiacanga.

Publicação com informação e análise das realidades e aspirações comunitárias Nova Campinas / Cep: 25040250 - Duque de Caxias - RJ Telefone - Claro (9)9116-5147 - WatssApp BLOG / CAMPINARTEDICASEFATOS.BLOGSPOT.COM e-mail: campinarte@gmail.com Fundado em 27/09/1996 por Huayrãn Ribeiro Fotos: Arquivo Campinarte Diagramação, Arte Final e Pesquisa: Equipe Campinarte Relações Públicas: Huayrãn Ribeiro Colaboram: Dra. Sandra Borges (Cirurgiã Dentista), Dr. Máximo G. Costa (Direito), AVLADUC - (Associação de Vôo Livre e Amigos de Duque de Caxias - Instrutor: Jaú - Transporte), Carlito do Sal (Radialista Comunitário), Marcos Valério (Espiritismo). O S ARTIGOS ASSINADOS SÃO D E EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE D E SEUS AU TORES , ONDE NEM SEMPRE REFLETEM O PENSAMENTO D O C AMPINARTE D ICAS E F ATOS , O I NFORMATIVO . Tiragem: 2.000 exemplares.

ESCRITÓRIO VIRTUAL Para Enviar TEXTOS, CONTOS, CRÔNICAS, POESIAS, PESQUISAS... GOSTARIA DE SER UMA ESPÉCIE DE CORRESPONDENTE DO CAMPINARTE DICAS E FATOS? Você deverá se utilizar do e-mail campinarte@gmail.com No cabeçalho escreva o seu nome / idade / formação / bairro, cidade e país... Nos casos (por exemplo), de pesquisas, crônicas ou qualquer outro artigo – não deixe de citar as fontes... Caso o material seja de terceiros, exija (por escrito) a autorização dos mesmos...

Fotos e vídeos... No cabeçalho escreva o seu nome / idade / formação / bairro, cidade e país... Os mesmo cuidados em relação aos direitos autorais devem ser tomados no que diz respeito ao envio de vídeos e/ou fotos... Não se esqueça de dar os devidos créditos e/ou citar as respectivas fontes... Obs.: caso os vídeos estejam no You Tube, etc., basta enviar apenas o link...

Anos depois de sua chegada, faz uma experiência na qual transforma ossos humanos em ouro. Ele convida três testemunhas (o farmacêutico, um fazendeiro e o coletor) para o ato, o realiza e depois desaparece da cidade. Então, os túmulos do cemitério da cidade, o "Sossego", começam a ser violados. Quando depois de um escândalo prendem dois violadores, eles eram o fazendeiro e o coletor, duas das testemunhas da experiência alquímica. Os dois revelam que havia um terceiro violador: era o farmacêutico. Quando a população descobre, vai até a casa do farmacêutico que promete divulgar a fórmula para transformar ossos humanos em ouro no dia seguinte. Assim, naquela madrugada a população inteira se esgueira para o cemitério para violar tantos túmulos quanto puderem (e ter tanto ouro quanto puderem depois). O que acontece é uma carnificina que deixa no cemitério em uma noite mais mortos que nos 30 anos anteriores. O único que não se mete na confusão é um bêbado da cidade, que calmamente anda na cidade-fantasma.

Dentro da noite (João do Rio)

Um homem no metrô ouve o diálogo entre Rodolfo e Justino. O segundo pergunta ao primeiro porque andava sumido. Perguntava-se na cidade o motivo do rompimento do noivado de Rodolfo com Clotilde, jovem bela que então vivia chorando, ela e a família que estavam antes tão felizes com o noivado. Rodolfo então explica que fora obrigado a terminar o compromisso com a moça depois de os pais descobrirem suas tendências sádicas. Rodolfo conta que sentia prazer em enfiar alfinetes nos braços de Clotilde e ela vendo que a perturbação mental do rapaz só diminuía com a satisfação daquela tara, resignada consentia. Depois de descoberto, Rodolfo é obrigado a terminar o noivado e passa a pagar prostitutas para satisfazer seu sadismo e ainda conversando com Justino no metrô revela que ultimamente andava a escolher suas vítimas na rua, e quando uma loura embarcou noutro vagão, Rodolfo deixa-o para persegui-la.

A HISTÓRIA DA HARPA De forma triangular, semelhante a um arco de caça, a harpa é um dos instrumentos mais antigos que se tem notícia. Os mais remotos registros de sua utilização foram encontrados em representações contidas em fragmentos de vasos sumérios de 3500 a.C. Acredita-se que a harpa tenha surgido após o homem perceber o barulho que as cordas faziam quando se enroscavam nos arcos. De fato, a antiga história do instrumento é comprovada pelos indícios de seu uso em praticamente todas as civilizações da Antiguidade: hebraicos, mesopotâmicos, egípcios, gregos, entre outros povos. A harpa chegou à Espanha durante o século VIII, com as invasões islâmicas da Península Ibérica e de lá se espalhou por toda a Europa. Durante a Idade Média, acabou se tornando um instrumento obrigatório em todos os jograis, danças e festividades populares da época. Durante o século XV, até a própria nobreza se rendeu ao som das harpas e os membros das cortes reais começaram a estudar o instrumento. Até então sua base continuava a mesma desde a antiguidade. Foi a partir do século XVI que o instrumento começou a sofrer seus iniciais aprimoramentos, resultando na criação dos primeiros pedais em 1720, por Celestin Hochbrücker. Tal evolução, aperfeiçoada mais tarde pelo francês Érard, em 1810, foi importante para tornar possível a realização dos cromatismos.


Campinarte

Dicas Dicas && Fatos Fatos

Editorial

Campinarte Animal

á poucos dias uma pessoa queria saber qual era a minha fórmula secreta para resistir a todos os em bates e tempestades e realizar o meu trabalho. - Sim, porque fundar um informativo comunitário e mantê-lo em circulação por 21 anos sem recursos municipal, estadual ou federal, sem ser uma ONG, fundação, associação, só dependendo da boa vontade das pessoas nas comunidades eu diria que é pra lá de embates e tempestades. Olhei bem para a tal pessoa e a primeira coisa que me veio à cabeça foi o seguinte: primeiro eu trabalho para conquistar a boa vontade das pessoas e para isso eu tenho uma fortaleza de ânimo e a partir daí tudo é possível, tudo fica mais facilitado. A tal pessoa insistiu: - Mesmo contando com a boa vontade das pessoas, mesmo assim, é uma estrada cheia de tropeços e dificuldades, como você consegue? Eu respondi que diante das dificuldades eu nunca olho para ontem, sempre olho para o hoje, eu disse para o hoje, nem ontem nem amanhã - HOJE. Até porque eu aprendi ao longo desses anos trabalhando pelas comunidades a não dar ouvidos “às pedras colocadas pela inveja, pelo ciúme ou pela intriga”. Essa minha tranqüilidade vem da consciência de encarar os fatos de frente. Fatos são fatos. (Diz o ditado que contra fatos na há argumentos). Aliás, por isso o nome do informativo – Campinarte Dicas e Fatos. O grande lance é observar os fatos com os olhos do observador – sem criticar, sem se queixar e sem condenar. Eu aprendi (e ainda tenho muito que aprender) a observar os fatos, e se você for um bom observador, com certeza, vai encontrar as soluções dentro dos próprios problemas. Todo problema tem solução e a solução está dentro do próprio problema. A tal pessoa (que já estava ficando chata) ainda inconformada queria saber “qual era a explicação para as minhas feridas e cicatrizes já que eu argumentava com tanta segurança com tanta confiança e sempre de cabeça erguida”? Quando eu comecei a falar que não eram cicatrizes e sim luzes, sinais, medalhas das minhas vitórias procurei daqui e dali e o meu chato de plantão tinha desaparecido e me deixou falando sozinho. É mole ou quer molho?

Página 03

TENHO CARA DE PALHAÇO?

H

DICAS, FATOS E FOTOS / LEIA, COMENTE E EECOMENDE

Homem enfrenta incêndio gigantesco para salvar um coelho / Um rapaz que passava por uma rodovia da Califórnia, nos Estados Unidos, parou o carro ao ver que um coelho corria em direção às chamas. Cerca de 200 mil pessoas tiveram que abandonar suas casas devido aos incêndios florestais da Califórnia. O trabalho de combate às chamas é dificultado por ventos que chegam a 130 km/h.

Huayrãn Ribeiro

Homem é preso por roubar jacaré no interior de São Paulo /O caso aconteceu na cidade de Americana - um homem de 24 anos foi preso após furtar o réptil de 1,5 metro de um zoológico. Um morador da região flagrou o suspeito com o animal nas costas, achou a cena suspeita e chamou a polícia.

E quando seu animal de estimação é um tigre? / Um homem resolveu passear com seu tigre de estimação pelas ruas da cidade de Aguascalientes, no México. Vizinhos denunciaram o dono do animal às autoridades, que estão investigando as condições do felino.

* Em 15 anos, Brasil mata mais do que guerras da Síria e do Iraque / números de mortes registradas pelo Datasus são base do levantamento exclusivo produzido pela equipe do GLOBO. * Ex-deputado Rocha Loures vira réu por mala da JBS / A Justiça Federal aceitou a denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o exparlamentar, flagrado em abril de 2017 carregando uma mala com R$ 500 mil. De acordo com a PGR, Loures era o operador do presidente Michel Temer para assuntos relacionados ao grupo J&F. Ele responderá por corrupção passiva. * Operação investiga propina em créditos tributários / Um desdobramento da Lava Jato foi deflagrado em São Paulo - foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão baseados nas delações da JBS. * Operação investiga torcidas organizadas cariocas / Artur Mahmoud, assessor do Fluminense, foi detido pela Polícia Civil em dezembro na segunda fase da Operação Limpidus, deflagrada em 11/12/2017. A INVESTIGAÇÃO APURA REPASSES IRREGULARES DE INGRESSOS PARA OS JOGOS NO RIO DE JANEIRO. Será que eles pensam realmente que todo mundo tem cara de palhaço, assim como eu?

Huayrãn Ribeiro


Página 04

Dicas & Fatos

Campinarte

Rafael da Portela Hélio Rafael L. dos Santos / Compositor e percussionista Nasceu na Praça Mauá (RJ) em 19/01/1989. Tem uma trajetória muito parecida com a do seu irmão (Cezinha 7 Cordas), com cinco anos começou a tocar Tan-Tan, influenciado pelo mano e também começou no mundo do samba desfilando nos Aprendizes do Salgueiro. Rafael da Portela hoje é integrante da ala de compositores do Esperança de Nova Capinas, é casado e tem uma filha.

Jorge Mautner Jorge Henrique Mautner 17/1/1941 Rio de Janeiro, RJ Em 1958, compôs sua primeira música, "Olhar bestial". Em 1962, publicou seu primeiro livro, "Deus da chuva e da morte". No ano seguinte, assinou, no jornal “Última Hora”, a coluna "Bilhete do Kaos". Também em 1963, lançou seu segundo livro, “Kaos” (Martins Fontes). Em 1965, gravou um compacto simples contendo suas canções "Radioatividade" e "Não, não, não". Nesse mesmo ano, publicou os livros "Narciso em tarde cinza" (Exposição do Livro) e “O vigarista Jorge”.

Canal Santa Cruz da Serra

Acesse, assista, comente e recomende


Campinarte

Dicas Dicas && Fatos Fatos

Página 05

Depois Daquela Montanha

Atriz Eva Todor morre aos 98 anos O falecimento foi comunicado na manhã do domingo (10/12/2017). Eva sofria com Mal de Parkinson. Sua última participação na TV foi na novela 'Salve Jorge'.

Perdidos após um trágico acidente de avião, dois estranhos precisam forjar uma conexão para sobreviver aos elementos extremos de uma remota montanha coberta de neve. Quando percebem que a ajuda não está vindo, eles embarcam em uma terrível viagem através de centenas de quilômetros de deserto, empurrando um ao outro para suportar essas condições, e uma atração inesperada surge entre eles. Elenco de Depois Daquela Montanha Beau Bridges Walter Dermot Mulroney Mark Idris Elba Ben Payne Kate Winslet Ashley Knox Adam Lolacher Joel Andres Joseph Convidado do jantar Lee Majdoub Tradutor Linda Sorensen Pamela Marci T. House Airline rep Nancy Sivak Enfermeira Vincent Gale (I) Airline costumer service

va Todor chama-se Eva Todor Nolding. Nascida na Hungria em 1921, foi filha única de Alexandre e Gisela. Alexandre era comerciante, mas toda a família era de doutores; um tio de Eva dedicou-se ao teatro e quando foi para a América do Norte escreveu para o cinema, entre outros sucessos, “A vida começa aos 40” e “Tampico”. Eva acha que essa é a veia artística que lhe foi doada. Ainda na Hungria, com apenas quatro anos de idade, seu pai a matriculou na Opera Real da Hungria. Depois a família se mudou para o Brasil e foram morar em São Paulo. Logo Eva começou a estudar balé e, como a colonia húngara era muito grande, com oito ou nove anos, a garota era uma coqueluche. Loura, linda e muito graciosa, foi assim que a viu o diretor de teatro e cinema, Oduvaldo Viana. Ele a convidou para uma apresentação no Teatro Municipal de São Paulo, que foi um sucesso. Depois a menina foi contratada por Francisco Serrador, e fazia aparições ao vivo, nos cinemas, depois das sessões. Era uma atração máxima. Assim fez em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Já no Rio, para onde a família se transferiu, Eva Todor foi matriculada no Teatro Municipal, e foi aluna da famosa professora Maria Oleneva. Foi na Companhia Dulcina de Morais que a garota foi fazer teste para teatro. Teve, porém, uma grande barreira: o idioma. E, após chorar muito, pois só tinha 12, 13 anos, e ficou desesperada, aceitou participar de uma “burleta”, teatro musicado, no Teatro Recreio. Aí se deu sua estréia como profissional. Logo conheceu Luiz Iglesias, escritor de peças teatrais, que se encantou com a menina. E, após alguma recusa, Eva acabou gostando dele e casando-se. Estava com catorze anos de idade. Fez também peças de Cesar Ladeira, Mario Lago, e todos os jovens escritores da época. E era sempre sucesso. Mas seu maior momento foi em “Feia” de Paulo Magalhães. Era a Companhia Luiz Iglesias. Um ano depois já foi instituida a “Companhia Eva e Seus Artistas”. Sucesso atrás de sucesso. Casas cheias sempre. E Eva conseguiu lançar muitos atores, que depois vieram a ser estrelas nacionais, como Daniel Filho, Herval Rossano, Jardel Filho, Jorge Dória, Elza Gomes, e muitos outros. E, naquele tempo os teatros viviam só de suas bilheterias, não tinham subvenções ou apoio de ninguém. O casamento de Eva e Luiz Iglesias foi perfeito por vinte e dois anos, quando ele veio a falecer. A moça muito sofreu, mas continuou seu trabalho e dois anos depois casou-se com o engenheiro químico Paulo Nolding, que largou tudo para ser seu empresário. Com ele Eva foi casada vinte e cinco anos, mas ele também morreu. E mais uma vez Eva Todor ficou sozinha. Era ainda muito nova, mas não voltou a se casar ou se envolver com ninguém, agora para sempre. Sua carreira de eternos sucessos, em que esteve por vinte anos apenas no Teatro Senador, no Rio, teve também várias temporadas no exterior. Eva fez muito sucesso em Portugal, onde esteve por várias vezes, numa das quais, ficou quase três anos em cartaz, sempre com casas lotadas. E para lá Eva Todor levou seu elenco, tudo por sua conta. Havia, há muito tempo, criado o “gênero Eva Todor”, um misto de graça, música, piada, e muita doçura, que agradava sempre. Na televisão Eva começou em 1957, quando ainda era casada com Luiz Iglesias, que para ela criou o seriado “Aventuras de Eva”, que aconteceu antes de “Alô Doçura”, mas que tinha mais ou menos a mesma linha. Depois, por orientação de seu marido Paulo Nolding, fez papéis mais fortes, de personagens mais velhos. Fez: Ä Carta”, fez “Senhora da Boca do Lixo”, fez “Em Família”, sempre com casas lotadas. E na televisão, após a TV Tupi, só bem mais tarde voltou a trabalhar. E isso aconteceu na TV Globo. Começou em “Locomotivas”, mas ainda continuava em teatro. Fez “Top Model”. Até que o muito querido diretor geral Boni a chamou e a registrou como funcionária. Eva ficou feliz demais, pois estava sozinha, sem marido, sem filhos, sem ninguém. “Agora você é a nossa Eva”, disse-lhe ele. E dali nunca mais Eva saiu. Faz todos os papéis, em que é escalada, e quer bem a todos, pois todos a amam também. Respeito, integridade, profissionalismo, arte, muita arte, é o que mantém Eva Todor eternamente no topo do cenário artístico nacional. Se aos quatro estava num palco, se aos catorze se casou, agora que é uma mulher madura, nada se modificou para ela. Sua personalidade a faz ímpar, “empelicada”, diferente, acima do bem e do mal. Ela é a mesma de sempre. Eva Todor, sua maneira de representar, seu leve sotaque, sua beleza eterna são, realmente, uma dádiva divina. E falar com ela é estar por um instante no céu. Recentemente, esteve no filme “Meu Nome não é Johnny”, de 2007 e na novela “Caminho das Índias”, de 2009, na TV Globo. Depois, fez ainda participações especiais na novela “Ti ti ti” (2010) e na série “As Brasileiras” (2012), além de atuar na novela “Salve Jorge”, também de 2012. (Por Vida Alves)

E


Página 06

Dicas & Fatos

Campinarte

Mensagem para o Ano Novo o Ano Novo que chega, repleto do amor de Deus, desejamos muitas bênçãos para ti e para os teus. Que tenhas boa saúde, mesmo que estejas doente, com o pensamento em Jesus levando a vida p'ra frente. Que possas manter acesa a chama azul da bonança, semeando a fraternidade, a caridade e a esperança. No ano que chega agora, cheio de oportunidades, que transformes desafetos em felizes amizades. Tem cuidados pela rota do ano agora nascente, nos esforços p'ra que possas viver bem com toda gente. Não deixes nunca passar as chances de progredir, sem corromper bons costumes e sem a ninguém ferir. Estuda firme e trabalha p'ro bem do mundo, onde estejas, pois só gozarás as bênçãos dos valores que projetas. Pensa melhor na vivência junto aos teus familiares. Educa, ama e orienta, para te felicitares. Pais, irmãos, esposos, filhos, afins da esfera do ar são-te as preciosas gemas que te cabe resguardar. Nesse Ano Novo promete a ti mesmo, de verdade, exercitar na família mais atenção e bondade. Procura passar distante, no tempo que Deus te oferta, das dissipações, dos vícios, na busca da estrada certa. Cuida melhor do corpinho com que nasceste na Terra, p'ra que não te sintas presa do suicídio que a alma emperra. Saúda esse novo tempo com paz no teu coração, envolvendo os teus afetos na mais sentida oração. E se plantares, com fé, as sementes de alegria, teu Novo Ano, então, será de belezas, dia-a-dia.

N

Redação do Momento Espírita, com base na mensagem Ano Novo, pelo Espírito Sebastião Lasneau, psicografia de Raul Teixeira, em 5.1.1998, na Sociedade Espírita Fraternidade, em Niterói, RJ. (Em 02.01.2012).


Campinarte

Dicas & Fatos

Receita de Ano Novo á muitos anos, num pequeno e distante vilarejo, havia um lugar conhecido como a Casa dos mil espelhos. Certo dia, um senhor muito amável, gentil e risonho tomou conhecimento dela e, curioso, decidiu visitá-la. Adentrou a Casa dos mil espelhos e viu-se refletido naquele sem fim de imagens. Para sua surpresa, deparou com centenas de olhares gentis sobre si. Abriu um enorme sorriso e, assim, foi correspondido com mil enormes sorrisos. Ao sair da casa, pensou: Que lugar maravilhoso! Desejo voltar aqui várias vezes! Outro senhor, que não era tão amável e gentil quanto o primeiro, também foi conhecer essa casa excepcional. Ele raramente sorria, reclamava muito diante das circunstâncias da vida e sempre que uma oportunidade lhe aparecia, lamentava-se de seus problemas, tornando-os muito maiores do que realmente eram. As outras pessoas não lhe eram importantes e pouco valor dava a elas. Por isso, isolava-se e não se preocupava com as dificuldades alheias. Adentrou a casa e foi enorme o seu espanto quando contemplou mil olhares hostis que o fitavam. A eles, destinou o semblante carregado, desprezando-os. Virou-lhes as costas e deixou a casa, pensando: Que lugar horrível! Jamais voltarei aqui!

H

* * * Um novo ano se inicia. É momento propício para estabelecermos objetivos, traçarmos metas, renovarmos propósitos. É momento ideal para avaliarmos os passos que nos trouxeram ao caminho que hoje percorremos. Quantas são as alegrias, os motivos para estarmos gratos, as razões para comemorarmos? Quantos são os arrependimentos? Todos os rostos que diariamente fitamos são espelhos a refletir nossos sentimentos, nossas perspectivas de vida, nossos valores, crenças e esperanças. Por um instante, prestemos atenção e os contemplemos: o que enxergamos? Encontramos sorrisos sinceros, amistosos e fraternos? Encontramos rostos amigáveis, gentis e felizes? Ou, pelo contrário, deparamo-nos com a tristeza, a melancolia, a indiferença? No ano que desponta, muitos outros espelhos iremos contemplar. Que imagens veremos neles? Em meio a tantas possibilidades, uma certeza: se sorrirmos, veremos sorrisos. Portanto, que nossa maior meta para o ano nascente seja sorrir, com os lábios e com o Espírito. Sorrisos de caridade, de bondade, de gentileza, de compreensão, de humildade. Sorrisos de acolhimento, de dedicação, de esforço, de disciplina, de generosidade, de fé, de gratidão. Sorrisos de amor! * * * Um ano só é realmente novo quando nos renovamos, tornando-nos novos também. Recordemos as palavras do poeta: Para ganhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo. Eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o ano novo cochila e espera desde sempre. Pensemos nisso! Feliz Ano Novo!

Redação do Momento Espírita, com base em conto de autoria ignorada e com citação final do poema Receita de Ano Novo, do livro homônimo de Carlos Drummond de Andrade, ed. Companhia das Letras. Em 30.12.2017.

Página 07


Página 08

Dicas & Fatos

Saúde é Vital

Campinarte

Saúde

Dra. Dra. Sandra Sandra Borges Borges Cirurgiã Dentista, Odontopediatra, Homeopata

Dr. Sabe tudo * Um mecânico está desmontando o cabeçote de uma moto, quando ele vê na oficina um cirurgião cardiologista muito conhecido. Ele está olhando o mecânico trabalhar. O mecânico pára e pergunta: - Hei, doutor, posso lhe fazer uma pergunta? O cirurgião, um tanto surpreso, concorda e vai até a moto na qual o mecânico está trabalhando. O mecânico se levanta e começa: - Doutor, olhe este motor. Eu abro seu coração, tiro válvulas, conserto-as, ponho-as de volta e fecho novamente, e, quando termino, ele volta a trabalhar como se fosse novo. Como é então que eu ganho tão pouco e o senhor tanto, quando nosso trabalho é praticamente o mesmo? O cirurgião dá um sorriso, se inclina e fala baixinho ao mecânico: - Tente fazer isso com o motor funcionando! * No consultório, o médico tenta tranqüilizar o paciente: - Não se preocupe com essa doença! Eu mesmo a tive há muito tempo atrás e fiquei completamente curado! - Eu sei, doutor! Mas o seu médico era outro! * O médico batendo no peito do paciente: - Pode ficar tranqüilo, vou te tirar essa inchação em uma semana... - Essa não, doutor! É a minha carteira!


Campinarte

Dicas Dicas && Fatos Fatos

Página 09

Vereadores pedem mais diálogo sobre projeto em trâmite na Casa / Uma mensagem do Executivo Municipal de Duque de Caxias em trâmite na Casa de Leis, que trata sobre a redução do número de licenças sindicais, foi pauta de discussão nesta terça-feira, dia 12, durante sessão plenária. “O projeto em trâmite altera a Lei n° 1506, de 2000, que garante licença para até dez servidores por entidade eleito para cargo de direção sindical. O Executivo está solicitando alteração para até três servidores. Uma vez concedida licença, essa mensagem se choca com a segurança jurídica. Não se pode nesse momento, em que o profissional já está exercendo sua função no sindicato, tirar sua licença”, destacou o vereador Eduardo Moreira (PT). “Concordo com a mensagem, está na hora do sindicato dar sua parcela de contribuição. Estamos enfrentando uma crise econômica, ética e moral, cada um precisa dar sua colaboração”, defendeu o vereador Beto Gabriel (PV). “Essa Casa é democrática, é legítimo divergir. O Parlamento não pode aceitar tudo o que vier do Executivo, como esta mensagem para cassar licença sindical”, disse o vereador Marcos Tavares (PSDC). Líder do governo na Câmara, o vereador Nivan Almeida (PRP) também se pronunciou. “Estarei amanhã junto ao governo para rediscutir essa mensagem. Sobre o direito adquirido, no meu entendimento, a gestão que se encontra hoje no Sepe não pode ser impedida de legitimar sua função.” Presidente do Legislativo, o vereador Sandro Lelis (PSL) também se propôs a debater com o prefeito. “Conversei com o prefeito e me comprometo a discutir a matéria novamente com ele.

”Câmara de Caxias debate municipalização do ensino fundamental CMDC / A municipalização do ensino fundamental, seu impacto orçamentário e o possível comprometimento na qualidade de ensino da rede municipal de educação foram as principais pautas de discussão em audiência pública realizada nesta quarta-feira, dia 6, na Câmara de Vereadores de Duque de Caxias. “O objetivo principal é discutir a Resolução 5549, de 23 de agosto de 2017, da Secretaria de Estado da Educação, que dita a municipalização do ensino. Estamos preocupados com a situação difícil que o Município está passando, a rede municipal está fragilizada para receber essa demanda neste momento. Nossa maior preocupação é o aluno que vai ficar sem estudar e nossa intenção é garantir a qualidade do ensino”, disse o vereador Eduardo Moreira (PT), propositor da audiência. A promotora de Justiça de Tutela Coletiva de Proteção à Educação do Núcleo Duque de Caxias, Elayne Cristina Silva Rodrigues, fez uma exposição sobre dados disponibilizados pelo INEP referente à oferta de vagas nos últimos dez anos e concluiu: “O esforço de Caxias é maior que do Estado, a atuação não está equilibrada. O Estado alega que está decrescendo o ensino fundamental para reforçar o ensino médio, mas ele só decresceu o número de vagas. A municipalização de unidades estaduais e o processo de terminalidade vêm causando verdadeiro desastre na educação pública.” Presidente do Conselho do Fundeb, Leonardo Egito se posicionou contrário à municipalização. “O Município não tem suprido sua demanda. Se não consegue contemplar nem as creches, como vai absorver demanda do Estado? A Prefeitura deve se preocupar com a estrutura que já possui.” Líder do governo na Câmara, o vereador Nivan Almeida (PRP) propôs a criação de um grupo de trabalho entre parlamentares, pais e Sepe para fiscalizar os investimentos na Educação. “Foi muito oportuno rever a situação da municipalização e sensibilizar o governo do Estado. Temos muitas questões para discutir, precisamos saber como estão sendo aplicados os recursos do Fundeb, examinar a qualidade da merenda, uniforme, transporte.” Representando a Secretaria de Estado da Educação, Demósthenes Barcellos explicou que o Programa Estadual de Municipalização do Ensino Fundamental (PROMURJ) acontece desde 1987 e que a Resolução editada neste ano apenas estabeleceu critérios para tal processo. “Se o Município não tem condições de assumir a responsabilidade, precisa informar ao Estado. A Secretaria Estadual enviou ofício para saber se o Município tinha interesse em absorver a demanda e houve sim o interesse para algumas unidades de Caxias, isso foi acordado com a Secretaria Municipal de Educação.” Rebatendo a informação, a subsecretária municipal de Educação Cláudia Viana afirmou: “Em momento nenhum a Secretaria solicitou absorção de alunos do 6º ano ao Estado porque sabemos da nossa responsabilidade da universalização do ensino que nos cabe. A Secretaria tem posicionamento contrário à municipalização e isso foi oficiado ao Estado.” Ao final da audiência, o vereador Eduardo Moreira esclareceu: “O processo de municipalização foi desfeito em 29 de novembro. Se não fosse o empenho do Ministério Público e a mobilização do Sepe, dos diretores, da comunidade escolar e dessa Câmara, isso ia acontecer, pois estava firmado um convênio entre as secretarias municipal e estadual.”

Piadas & Piadas

COLOCAMOS AO SEU CISA SABER , E QUANDO

DISPOR TUDO O QUE VOCÊ

[ MULHER ]

PRE -

FALAMOS TUDO É PORQUE ESTAMOS LITE -

RALMENTE COLOCANDO OS ARTIGOS MAIS INTERESSANTES !

C ONTA -

MOS COM GRANDES COLABORADORES E PARCEIROS PARA TORNAR ESTA SEÇÃO UMA SEÇÃO NO MÍNIMO ÚTIL .

Campinarte só para Mulheres * Entre um homem moço e uma mulher bonita, a amizade pura, a amizade intelectual é impossível. O homem e a mulher são, fundamentalmente, irredutivelmente, inimigos. Só se aproximam para se amar - ou para se devorar. (Júlio Dantas) * Uma mulher bonita e fiel é tão rara como a tradução perfeita de um poema. Geralmente, a tradução não é bonita se é fiel e não é fiel se é bonita. (W. Somerset Maugham) * Quanto mais bonita for a mulher, tanto mais tem de ser sincera, pois somente com a sinceridade pode corrigir os prejuízos que a sua beleza pode culpar. (Gotthold Lessing) * A mulher é uma criatura normal sobre a qual fizeste uma bonita imaginação. (Gustave Flaubert) * Mulher quando está amando alguém faz de tudo pra ficar mais bonita. Mulher que é bem amada, todos podem notar, muito mais linda fica. Mas a mulher que se ama de verdade, ah, esta é a mais linda de todas, sempre e sempre! (Augusto Branco) * A roupa mais bonita para vestir uma mulher são os braços do homem que ela ama. Para as que não tiveram essa felicidade, eu estou aqui. (Yves Saint Laurent )

* O turco Salim, muito rico, chega ao banco e fala com o gerente: - Eu quere faze um embréstimo! O gerente, surpreso, pergunta ao Salim: - O Sr. Salim, querendo um empréstimo? De quanto? - Um real. - Um real? Ah, isso eu mesmo lhe dou, Sr. Salim...!!! - Nao, eu quere embrestado do Banco, só um real! - Tudo bem, mas tem 12% de juros, para 30 dias, o Sr. sabe, né? - Dudo bem, dá um real e doze cendavos... onde eu azina? - Só que o banco vai pedir uma garantia, sabe como é? São normas internas... - Bem, pode bega minha Mercedes zerinha, que tá aí fora e deixa guardada aí no garagem do banco, até eu bagá o embréstimo, tá bom assim? Feito isso, Sr. Salim foi pra casa e disse pra Sara: - Bronto, rabibe, nóis já bode viajá bra Oropa sem brocupação. Consegui deixar nossa carrinho num garagem, por 30 dias, e eu só vai bagá um real e doze centavos... * Dois amigos se encontram e começam a converssar, o amigo pergunta: - Cara fiquei sabendo que japonês tem o pinto do tamanho de uma minhoca né? O japonês com uma cara responde: - Nossa mais sua mulher é fofoqueira né? eu disse para ela não te falar!


Página 10

Dicas & Fatos

Minha Pátria é Minha Língua

Campinarte

Todo Dia é Dia de Índio / Lendas Amazônicas

Curiosidades

Escritores Portugueses José Saramago / Saramago escrevia numa língua viva. Mais que correção ortográfica ou estruturas formais, ele usava a espontaneidade da tradição oral para contar, através de dialetos e coloquialismos, suas histórias universais. Seu estilo único tomou o mundo da literatura de assalto. Em 2003, o crítico norte-americano Harold Bloom declarou que José Saramago era “um dos últimos titãs de um gênero literário que se está a desvanecer” e o chamou de “O Mestre”. O autor nasceu em 1922 na província do Ribatejo em Portugal. Seu primeiro livro, Terra do pecado, foi publicado em 1947. A partir de 1976, passou a viver exclusivamente da literatura, primeiro como tradutor, depois como autor. Romancista, teatrólogo e poeta, em 1998 tornou-se o primeiro autor de língua portuguesa a receber o Prêmio Nobel de Literatura. Saramago faleceu em Lanzarote, nas Ilhas Canárias, em 2010. Entres suas mais famosos livros estão Memorial do convento, Ensaio sobre a cegueira e O evangelho segundo Jesus Cristo.

Pedro Chagas Freitas /

Nascido em Azurém, Pedro Chagas Freitas tem publicados, em Portugal, romances, contos, crônicas, letras de música e textos publicitários. Presença constante nas listas de mais vendidos de seu país natal. No Brasil, lançou Prometo falhar, um livro que fala do amor dos amantes, do amor dos amigos, do amor da mãe pelo filho, do filho pela mãe, pelo pai, do amor que abala, que toca, que arrebata, que emociona, que descobre e encobre, que fere e cura, que prende e liberta.

Diamantino’s Bar Chopp / Porções / Frango Assado Tradição de Qualidade No Coração de Sta. Cruz da Serra

Minha Pátria é Minha Língua

MANUELA MARGARIDO (1925-2007) / Maria Manuela Conceição Carvalho Margarido (roça Olímpia, Ilha do Príncipe, 1925 - Lisboa, 10 de Março de 2007) foi uma poetisa são-tomense. Manuela Margarido cedo abraçou a causa do combate anticolonialista, que a partir da década de 1950 se afirmou em África, e da independência do arquipélago. Em 1953, levanta a voz contra o massacre de Batepá, perpetrado pela repressão colonial portuguesa. Denunciou com a sua poesia a repressão colonialista e a miséria em que viviam os são-tomenses nas roças do café e do cacau. Estudou ciências religiosas, sociologia, etnologia e cinema na Sorbonne de Paris, onde esteve exilada. Foi embaixadora do seu país em Bruxelas e junto de várias organizações internacionais. Em Lisboa, onde viveu, Manuela Margarido empenhouse na divulgação da cultura do seu país, sendo considerada, a par de Alda Espírito Santo, Caetano da Costa Alegre e Francisco José Tenreiro, um dos principais nomes da poesia de São Tomé e Príncipe.

A Lenda do Uirapuru

/ O pássaro de pluma

vermelha e canto maravilhoso é atingido pela flecha de uma donzela apaixonada, transformando-se num belo e forte guerreiro. Porém, um feio e aleijado feiticeiro enciumado, possuidor de uma flauta encantada, através de sua linda música faz com que o jovem desapareça, restando somente sua bela voz na mata. Dificilmente vemos o uirapuru, mas ouvimos com freqüência seu canto inédito. Único do mundo, misteriosa ave de canto lendário, quando o Uirapuru canta, todas as outras aves ao redor se calam e quem ouvir sentirá muita paz. Poucos dizem ter conseguido ver e ouvi-lo cantando, porém descrevem sua plumagem de formas diferentes, confirmando assim uma Lenda que diz, “quando ele permite que o vejam”, aparece sempre disfarçado para confundir com outras aves.

* A maior prova da falta de amor verdadeiro no mundo é o fato de que milhares de crianças sofrem e morrem de fome diariamente. / A fome e a guerra não obedecem a qualquer lei natural. São, na realidade, criações humanas. / Se pensássemos cada um de nós por um momento que a felicidade é obra de nós mesmos, terminaríamos com a miséria humana. / Quem está com fome não escuta conselhos. / É preciso resolver, primeiro, a questão da fome para que a história da liberdade comece. / A fome é mais forte, relega a plano inferior qualquer resquício de amor próprio, de escrúpulo ou de preconceito. / Toda a terra dos homens tem sido também até hoje terra da fome. * Uma das mais graves conseqüências que observamos é a criação de uma imagem do mundo onde a violência é uma coisa normal, ou pior, onde a violência é recompensada e inevitável. / A lei considera crime inafiançável e insuscetível de anistia: prática de tortura, tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, terrorismo e crimes hediondos, por eles respondendo os mandantes, os executores e os que, podendo evitá-los, se omitirem. / Nos períodos de exaltação e de luta não é raro vermos a democracia matando em nome da liberdade e a fé religiosa trucidando em nome de Deus.


Campinarte

Dicas Dicas && Fatos Fatos

COMUNIDADE

À LUZ DO ESPIRITISMO

Não somos Kardecistas, somos Espíritas...

Página 11

Capoeira Festa de encerramento das atividades de 2017

QUAL A DIFERENÇA AFINAL DE UMA COISA PARA OUTRA?

Mestre Serginho

No Caminho da Verdade

São Berardo e companheiros mártires, rogai por nós!

O

O primeiro ponto a ser levantado é o fato de que Allan Kardec em nenhum momento trouxe para si como se estivesse construído ou criado uma nova religião e assim a batizando de kardecismo, a doutrina foi passada a ele pelos espíritos venerandos e, diga-se de passagem, não foi de uma hora para outra, dedicou-se dos 51 anos até seu desencarne com 64 ao trabalho incessante em codificar o Espiritismo, palavra esta que foi criada por Kardec, ou seja, um neologismo, e Espírita é quem ou o que é adepto do espiritismo. Toda religião que admite a existência da alma e acreditam na influência deste mundo invisível que é o mundo espiritual, são espiritualistas, e assim, como temos religiões como a Umbanda e o Candomblé, nossos irmãos, por questões pessoais, não me cabe aqui o tom de questionamento, quando é perguntado qual a sua religião, respondem, espíritas, e assim quando alguém que estuda o espiritismo é perguntado sobre sua religião e responde ser espírita, há então você é do candomblé? Ou você é umbandista? Daí para desassociar o espiritismo com outras religiões espiritualistas usa-se o termo kardecismo, o que é incorreto. O detalhe a ser levantado aqui é o fato de que esse termo cresce dentro das casas espíritas e isso trás, infelizmente, desconforto entre os membros, e até, divisões por parte daqueles que estudam a doutrina e os que se dizem conhecedores do espiritismo, o problema é maior quando seus dirigentes começam a usar o termo kardecismo abertamente em seus estudos públicos ajudando ainda mais a difundir este erro. (A propósito sobre a frase acima que intitula este artigo foi dita pelo médium Divaldo Franco). Muita paz para todos / Marcos Valerio

S

A

conteceu nesse domingo, 17/12/2017, em Nova Cam pinas, a festa de encerramento das atividades de um ano bastante positivo para a capoeira comandada pelo Mestre Serginho. A festa foi bastante concorrida e tivemos a presença de várias personalidades da capoeira em Duque de Caxias e demais cidades do Estado do Rio de Janeiro. Alunos e seus familiares, parentes e amigos se confraternizando com instrutores, contramestres, mestres, enfim - uma festa muito bonita, honrando e dignificando a capoeira no nosso município, veja abaixo algumas imagens:

ão Berardo e compa nheiros mártires evangelizavam pregando sobre o Reino de Deus Em 1219, São Francisco enviou esses missionários para a Espanha, que estava tomada por mouros. Passaram por Portugal a pé, com dificuldades. Dependendo da Divina Providência, chegaram a Sevilha. Ali começaram a pregar, principalmente como testemunho de vida. Eram 3 sacerdotes e dois irmãos religiosos que incomodaram muitas pessoas ao anunciar o Evangelho. Acompanhado pelo testemunho, teve quem abrisse o coração para Cristo e as conversões começaram a acontecer. Pregaram até para o rei mouro, porque, também ele merecia conhecer a beleza do Santo Evangelho. Porém, anunciar o Evangelho naquele tempo, como nos dias de hoje, envolve riscos e eles foram presos por isso. Por influência do rei mouro, eles foram deportados para Marrocos e, ao chegarem lá, continuaram evangelizando; uma pregação sobre o reino de Deus, sobre o único amor que pode converter. Graças a Deus, devido aos sinais, principalmente àquele tão concreto de Deus, que é a conversão e a mudança da mentalidade, as pessoas começaram a seguir Cristo e a querer o batismo. Mas isso incomodou também o rei mouro que, influenciado por fanáticos, prendeu os cinco franciscanos, depois os açoitou e decapitou. Os santos mártires que, em 1220, foram mortos por causa da verdade, hoje, intercedem por nós. São Francisco, ao saber da morte dos seus filhos espirituais, exultou de alegria, pois eles tinham morrido por amor a Jesus Cristo.


Pรกgina 12

Dicas & Fatos

Campinarte

Campinarte Dicas e Fatos - Edição - Jan. / 2018  

Publicação com informação e análise das realidades e aspirações comunitárias.

Campinarte Dicas e Fatos - Edição - Jan. / 2018  

Publicação com informação e análise das realidades e aspirações comunitárias.

Advertisement