Page 1

Publicação com informação e análise das realidades e aspirações comunitárias

Campinarte Dicas & Fatos A ABRIL BRIL / / 2017 2017

DISTRIBUIÇÃO DISTRIBUIÇÃO GRATUITA GRATUITA

Um Informativo Digno de Você! MENSAL

Ano XX - N.º 236 - Duque de Caxias - RJ - Fundado em 27/09/1996 - Contato / E-mail - campinarte@gmail.com - Telefone - Claro (9)9116-5147

Projeto de Oscar Niemeyer e José Camilo Zito dos Santos Filho, com apoio da Petrobrás. Foi projetado para servir de referência à entrada da Cidade para os visitantes que vem pela Rodovia Washington Luiz. Suas formas e estrutura lembram muito as principais obras do autor. Foi a primeira construção projetada por Niemeyer para Duque de Caxias.

Portal de Entrada do Município de Duque de Caxias Rodovia Washington Luiz, s/nº - Jardim 25 de Agosto; Imóvel de importância histórica; Protegido por lei de tombamento: municipal; Localização: em propriedade pública; Pontos de referência: Entrada de Duque de Caxias, Rodovia Washington Luis ao lado concessionária Renault.


Página 02

Dicas & Fatos

Campinarte Dicas & Fatos

Campinarte

Escritores Brasileiros / Resumos e Contos

HISTÓRIA, ARTE E CULTURA

As histórias de amor mais tristes da literatura mundial

ESTILOS MUSICAIS

A literatura está cheia de histórias de amor inesquecíveis. Mas nem todas terminam com “e viveram felizes para sempre”. Veja as histórias de amor mais tristes da literatura.

FORRÓ (Final) utros grupos bastante im portantes desse movimen to foram Forroçacana, Circuladô de Fulô, Rastapé, Arriba a Saia e Falamansa. Este último vendeu cerca de 1 milhão de cópias de seu primeiro CD.Tal movimento, permitiu a volta a atividades de artistas afastados ou com pouco espaço, como foi o caso do Trio Nordestino, que retomou as atividades musicais com uma nova formação. Outro elemento que ajudou na propagação da nova onda do forró foi o filme "Eu Tu Eles", cuja música título "Esperando na janela", de Targino e Raimundinho do Acordeon tornou-se um hit nacional, ajudando a propagar a figura do sanfoneiro Targino, que gravou a composição. No mesmo período o cantor e compositor pernambucano Alceu Valença lançou o CD "Forró lunar", no qual gravou uma série de composições no gênero "forró pé-de-serra". O ritmo, que é cultuado fervorosamente em cidades nordestinas como Recife, Caruaru e Campina Grande, teve, em sua homenagem, nos festejos juninos da cidade de Recife, em 2005, um memorável encontro de 40 sanfoneiros tradicionais, que, juntos, puxaram um cordão pelas ruas, arrastando uma multidão, que dançava euforicamente. Entre os sanfoneiros, encontrava-se Terezinha do acordeom, Xico Bezerra e Chiquinha Gonzaga, irmã de Luiz Gonzaga. Esta última declarou, em entrevista ao jornal "O Globo", durante o evento, "O Forró é para sempre, não acaba nunca". A artista, com quase oitenta anos, aproveitou a ocasião para defender o forró autêntico, segundo seu entendimento, executado apenas com zabumba, triângulo e sanfona. Nos anos 2000, desenvolveu-se também uma outra vertente do Forró, que já vinha se desenvolvendo desde os anos 1990, e que apresentou misturas com outros gêneros, como, por exemplo, o Calypso e o Axé. Foram introduzidas batidas mais aceleradas (em alguns casos até batidas eletrônicas) e outros instrumentos que tradicionalmente não faziam parte, como o teclado e a guitarra. Os nomes que mais se destacaram nesse segmento foram grupos como Aviões do Forró, Garota Safada e Mastruz com Leite.

O

Publicação com informação e análise das realidades e aspirações comunitárias Nova Campinas / Cep: 25040250 Duque de Caxias - RJ Telefone - Vivo (9)9641-5066 BLOG CAMPINARTEDICASEFATOS.BLOGSPOT .COM

e-mail: campinarte@gmail.com Fundado em 27/09/1996 por Huayrãn Ribeiro Fotos: Arquivo Campinarte Diagramação, Arte Final e Pesquisa: Equipe Campinarte Relações Públicas: Huayrãn Ribeiro

Colaboram: Dra. Sandra Borges (Cirurgiã Dentista), Dr. Máximo G. Costa (Direito), Miss.Maria da Gloria (Religião - Assembléia de Deus), AVLADUC - (Associação de Vôo Livre e Amigos de Duque de Caxias - Instrutor: Jaú - Transporte), Carlito do Sal (Radialista Comunitário), Giselle Miranda (Espaço Saúde), Professor Joacil (Esporte), Danilo Alves (Espiritismo). Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus autores, onde nem sempre refletem o pensamento do Campinarte Dicas e Fatos, O Informativo. Tiragem: 2.000 exemplares.

ESCRITÓRIO VIRTUAL Para Enviar TEXTOS, CONTOS, CRÔNICAS, POESIAS, PESQUISAS... GOSTARIA DE SER UMA ESPÉCIE DE CORRESPONDENTE DO CAMPINARTE DICAS E FATOS? Você deverá se utilizar do e-mail campinarte@gmail.com No cabeçalho escreva o seu nome / idade / formação / bairro, cidade e país... Nos casos (por exemplo), de pesquisas, crônicas ou qualquer outro artigo – não deixe de citar as fontes... Caso o material seja de terceiros, exija (por escrito) a autorização dos mesmos... Fotos e vídeos... No cabeçalho escreva o seu nome / idade / formação / bairro, cidade e país... Os mesmo cuidados em relação aos direitos autorais devem ser tomados no que diz respeito ao envio de vídeos e/ou fotos... Não se esqueça de dar os devidos créditos e/ou citar as respectivas fontes... Obs.: caso os vídeos estejam no You Tube, etc., basta enviar apenas o link...

Diário de uma Paixão - Um amor que ultrapassa obstáculos / Diário de uma Paixão, de Nicholas Sparks, conta a história de Noah, um homem idoso que está lendo uma história de amor a uma mulher num lar. Ao longo da leitura do livro o leitor se apercebe que a mulher idosa é Allie, a mulher para quem o idoso está lendo o livro e que é na verdade esposa de Noah e o amor da sua vida, que sofre atualmente de Alzheimer. Allie ouve atentamente a história que o seu marido lhe conta sem saber quem ele é. Noah conta então como os dois se apaixonaram na adolescência e como resolveram casar contra a vontade da família de Allie. No final da história, apesar do Alzheimer, Allie consegue reconhecer o seu marido. Os dois terminam abraçados, acreditando que irão morrer juntos.

Morre Luiz Carlos (O Seu Luizinho)

P.S. Eu te amo - Nunca é tarde para dizer que ama alguém / Este livro conta a história de Gerry, um homem que ao descobrir que está doente prepara uma série de cartas e outras surpresas para a sua esposa Holly que se encontra devastada com a perda do marido. Com a ajuda das cartas, conselhos e presentes que o seu marido planejou para a sua esposa receber durante um ano, Holly consegue ultrapassar a dor, voltar a sorrir e descobrir um novo rumo para a sua vida, incluindo a sua verdadeira vocação profissional. Este livro mostra que o amor verdadeiro nunca morre.

(Fonte / dicionariompb.com.br)


Campinarte

Editorial ada vez mais calou ros universitários têm deficiências na habilidade de ler e escrever. Por exemplo, quase metade dos que entraram para a Universidade não passaram nos exames de seleção, na parte que tinha que ver com leitura e escrita. De 30 a 50 por cento dos que fizeram vestibulares para programas de jornalismo, em várias universidades, não passaram nos testes básicos de soletração, pontuação e de emprego de palavras. A evidência é persuasiva de que os calouros universitários realmente lêem segundo o que costumava ser considerado um nível dos calouros do ginásio. Tentarão as universidades compensar tais deficiências? Ensinar estudantes de per si a ler, escrever e a pensar não é certamente a finalidade da universidade. Até mesmo muitos estudantes brilhantes são incapazes de declarar, por escrito, de forma simples e clara, o que ele pretende dizer. Outro dado importante: aproximadamente 70% dos desempregados não sabem ler e escrever bem. Uma pesquisa para avaliar a capacidade de redação e compreensão de texto, de preencher formulários e de leitura de números, revelou que 36% tinham problema nas três áreas. Nas indústrias mais antigas, como agricultura, mineração, manufatura e construção, . . . o nível de alfabetização tende a ser mais baixo. Com empregos escasseando nesses setores, os trabalhadores que têm dificuldade em ler e escrever são especialmente vulneráveis a serem dispensados ou mandados embora. Ser semianalfabeto hoje em dia significa ser cortado de um amplo leque de oportunidades de ascensão pessoal e profissional.

Dicas Dicas && Fatos Fatos

Campinarte Animal

Página 03

TENHO CARA DE PALHAÇO?

C

Huayrãn Ribeiro

DICAS, FATOS E FOTOS / LEIA, COMENTE E EECOMENDE

presidente da Asso ciação de Moradores do seu bairro costuma convocar a comunidade para de maneira organizada exigir os seus direitos? O presidente da Associação de Moradores do seu bairro permite que a comunidade use a entidade como um instrumento de solidariedade? O presidente da Associação de Moradores do seu bairro permite que a entidade seja um espaço comunitário do povo na base, para trabalhar juntos e unidos por melhores condições de vida? O presidente da Associação de Moradores do seu bairro define junto com a comunidade as necessidades mais prioritárias, como por exemplo: transporte, água, coleta de lixo, posto de saúde, luz, etc.? As prioridades e lutas são determinadas em discussão democrática e em assembléia com os moradores? O presidente da Associação de Moradores do seu bairro exige das autoridades a satisfação das necessidades discutidas e acordadas? Você sabia que a Associação de Moradores é um instrumento de todos os moradores do bairro e tem o dever de exigir e reivindicar junto ao poder público e órgãos competentes os direitos do povo que paga seus impostos? O maior patrimônio de uma Associação de Moradores é o seu quadro social. A competência de um presidente de Associação de Moradores também pode ser aferida pelo quadro social da entidade. Quanto maior o número de sócios maior a constatação de que a entidade está sendo bem dirigida. Mas, infelizmente os quadros sociais das Associações de Moradores (salvo raríssimas exceções) indicam que as mesmas estão sendo muito mal trabalhadas.

O

15 fatos sobre gatos que você talvez não soubesse 1. Em média, os gatos passam 2/3 do seu dia dormindo. Isto significa que um gato com nove anos esteve acordado apenas três anos da sua vida. 2. Gatos são capazes de reconhecer a voz de seus donos e até compreender o que eles falam, porém optam por ignorá-los. 3. Gatos produzem cerca de 100 sons diferentes. Cães fazem apenas 1. 4. Gatos sonham igual aos humanos. 5. Gatos usam o bigode para determinar se cabem em um espaço. 6. Gatos podem prever terremotos. 7. Um gato tem um cargo importante no governo britânico / Sim, um gato tem um título importante de “Chief Mouser to the Cabinet Office” (Grão-Caçador de Ratos do Gabinete Oficial) no Reino Unido. 8. Gatos possuem um cérebro muito complexo, porém, o cérebro deles é 90% parecido com o nosso. 9. Em 1963, a frança mandou o primeiro gato para o espaço. 10. Os gatos usam cerca de 30 a 50% do tempo diário limpando a si mesmo. 11. Por serem caçadores, os gatos tendem a buscar um lugar seguro para vigiar suas presas. E para eles, as caixas são ótimos esconderijos. 12. Para o seu gato, você é um gato gigante e dócil. 13. A maioria dos gatos com olhos azuis são surdos. 14. Os gatos não vêm muito bem ao perto. Qualquer coisa num raio inferior a 15 cm torna-se muito desfocada. 15. O gato possuí na ponta do nariz uma impressão digital semelhante às dos humanos nos dedos. Esta impressão digital é única em cada gato.

Será que eles pensam realmente que todo mundo tem cara de palhaço, assim como eu?

Huayrãn Ribeiro


Página 04

Dicas & Fatos

Campinarte Memória

Geraldo Pereira Geraldo Theodoro Pereira * 23/4/1918 Juiz de Fora, MG + 8/5/1955 Rio de Janeiro, RJ Compositor. Cantor. Filho de Sebastão Maria e de Clementina Maria Teodoro. Tinha três irmãos. Em 1930, mudou-se para o Rio de Janeiro para morar com o irmão mais velho, Manoel Araújo, conhecido como Mané-Mané e que morava no Santo Antônio, Morro de Mangueira. Passou a trabalhar como ajudante do irmão no balcão de uma tendinha mantida por ele no Buraco Quente, localidade do Morro da Mangueira. Em 1931, passou a estudar na Escola Pará, em Vila Isabel, posteriormente Escola Olímpia do Couto, onde fez o curso primário. Nessa época, conheceu Buci Moreira, Padeirinho e Fernando Pimenta, que tinham idade semelhante a sua e que se tornariam futuros sambistas.

Campinarte

Olha gente, o Coelhinho do Campinarte está trabalhando...! Ele agora está dando uma "organizada" no Blog TV Campinarte... E vale a pena dar uma conferida.... Notícias em geral do Brasil e do Mundo... Um canal com vídeos só sobre Nova Campinas... Um canal com vídeos só sobre Sta. Cruz da Serra...

Um canal com vídeos sobre tudo o que acontece no restante do município...

É muito simples...Basta acessar tvcampinarte.blogspot.com.br/ E mais: Os gols do Campeonato Carioca Arte, cultura, educação, política, criança, mulher, etc.

Pouco tempo depois, deixou de trabalhar na tendinha o irmão e empregou-se como soprador de vidro na fábrica de vidro José Scaroni, na Rua Gonzaga Bastos, lá permanecendo por pouco tempo. Já nessa época, participava de rodas de samba no Morro da Mangueira na casa de Alfredo Português. Aos 18 anos de idade, tirou sua carteira de motorista, empregando-se na Prefeitura do Rio de Janeiro, no volante do caminhão de limpeza urbana, emprego que manteve por toda a vida. Aprendeu a tocar violão com Aluísio Dias e Cartola. Por volta de 1940, conheceu Isabel, grande amor de sua vida, musa inspiradora de sambas como "Acabou a sopa", gravado em 1940 por Ciro Monteiro e "Liberta meu coração", gravada em 1947 por Abílio Lessa. Morreu de hemorragia intestinal, aos 37 anos, em conseqüência de uma briga num bar da Lapa com o lendário malandro "Madame Satã".


Campinarte

Dicas Dicas && Fatos Fatos

Página 05

Teatro do Oprimido

Glauber Rocha

étodo teatral e modelo de prática cênico-pedagógica sistematizados e desenvolvidos por Augusto Boal (1931-2009) nos anos 1970. Pos sui características de militância e destina-se à mobilização do público, vinculando-se ao tearo de resistência. Para fazer frente à censura e à repressão desencadeadas pelo AI-5, Boal incrementa sua aproximação com as propostas de Bertolt Brecht (1898-1956). Inspirado na peça didática, monta Teatro Jornal, 1971, com o Núcleo 2 do Teatro de Arena. A encenação, aberta ao improviso, utiliza notícias do dia, comentadas pelos atores sob diversos modos. Outros textos também são utilizados para polemizar, extrair contradições e pontos de vista divergentes contidos num mesmo relato. Chega, desse modo, a uma crítica global das formas narrativas tradicionais, exposta no texto O Sistema Trágico Coercitivo de Aristóteles, no qual tece as bases de sua proposta e faz críticas à Poética. Em exílio, iniciado em 1971, percorre diversos países da América Latina. No Peru, em 1973, participa de uma campanha de alfabetização, ocasião para novas experiências e aprofundamento conceitual. Seguindo o educador Paulo Freire (1921-1997), que propunha uma pedagogia elaborada pelos e não para os oprimidos, Boal aspira criar uma prática teatral revolucionária, que incite os oprimidos a lutarem pela sua libertação. Chega então às formas do teatro invisível e do teatro foro, cujo esquema dramatúrgico é basicamente o mesmo: uma cena curta contendo uma situação de opressão é apresentada para, num momento seguinte, o ator que desempenha o papel de oprimido ser substituído por um voluntário da platéia. Este deverá, improvisando, trazer saídas válidas que contornem ou destruam a fonte opressora. Em países europeus, onde a repressão dá-se em níveis mais sutis, Augusto Boal desenvolve o teatro imagem e o arco íris do desejo, variantes que enfocam aspectos subjetivos e interpessoais da sociedade (preconceitos raciais ou a opressão machista, por exemplo), ampliando o perfil psicoterapêutico do teatro do oprimido e vinculando-o às lutas das minorias. Nas décadas de 1970 e 1980 o diretor reside na França e cria centros de difusão do oprimido em muitos países da Europa e de outros continentes. Ao voltar para o Brasil, em 1983, difunde o movimento do oprimido e funda o Centro do Teatro do Oprimido em 1986. Eleito vereador do Rio de Janeiro em 1992, cria o teatro legislativo, outra variante de suas propostas. Entre 1993 e 1996 são trabalhados perto de quarenta projetos, dos quais treze são promulgados e se transformam em leis. O Teatro do Oprimido congrega hoje grupos em todo o Brasil, com ênfase no Estado do Rio de Janeiro, especialmente vinculados às ações pela cidadania. Difundido em todo o mundo, estudado por teóricos de áreas variadas, foi comemorado com a grande exposição Augusto Boal: Os Próximos 70 Anos, em março de 2001, no Rio de Janeiro. Do ponto de vista artístico, o oprimido pode ser alinhado às experiências militantes das vanguardas russa e alemã dos anos 30 (a proletkult, o agit-prop e os blusões azuis), e à atuação da San Francisco Mime Troup e do Teatro Campesino, nos Estados Unidos dos anos 1960. Sociologicamente, representa uma variação politizada do sociodrama, vertente que nos anos 60 desenvolve-se como o equacionamento cênico dos conteúdos sociais, a partir do psicodrama de Moreno, de 1930. Do ponto de vista ético, como uma variante mais restrita da peça-didática brechtiana, uma proposta que une o teatro à pedagogia de ação direta.

lauber Pedro de Andrade Rocha (Vitória da Conquista, Bahia, 1939 – Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1981). Cineasta, escritor. Passa a infância em Vitória da Conquista, onde recebe educação presbiteriana. Durante o ensino médio, em Salvador, frequenta o Clube de Cinema da Bahia, dirigido pelo crítico Walter da Silveira (1915-1970), e assiste a clássicos do cinema mundial e produções do neorrealismo italiano. Entre 1956 e 1957, organiza no colégio as Jogralescas, espetáculos com dramatização de poemas modernistas; colabora como crítico em jornais; apresenta um programa de rádio sobre cinema; funda a produtora Yemanjá Filme e elabora os primeiros projetos como produtor e realizador de cinema. Em 1958, viaja pelo sertão nordestino, entra em contato com a cultura popular e conhece a penúria da região, realidade que revisita em seus filmes. No mesmo ano, ingressa na faculdade de direito da Bahia e frequenta a escola de teatro da instituição. Em 1959, lança o curta experimental Pátio, com a atriz Helena Ignez (1942), e filma Cruz na Praça, obra inacabada. Em 1961, inicia as gravações de Barravento, exibido no Brasil apenas em 1967. Com o livro Revisão Crítica do Cinema Brasileiro (1963), e o filme Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964), Glauber consolida-se como maior liderança do cinema novo. A estreia do filme acontece alguns meses após o golpe de Estado, em abril de 1964. Irritados, os militares proíbem a exibição da película. Entretanto, com o êxito internacional do filme no Festival de Cannes, o longa é liberado para maiores de 18 anos. Nesse período, o diretor viaja pela Europa e América, permanecendo fora do país até 1965, ano em que apresenta em Gênova, Itália, o manifesto Estética da Fome. Quando retorna ao Brasil, é preso com outros sete intelectuais – entre eles, Antonio Callado (1917-1997), Mário Carneiro (1930-2007) e Joaquim Pedro de Andrade (1932-1988) –, por protestar contra o regime militar em reunião da Organização dos Estados Americanos (OEA). O episódio ganha repercussão nacional e internacional. Em 1966, realiza os documentários Amazonas, Amazonas e Maranhão 66. Em 1967, lança Terra em Transe, marco na produção cultural brasileira. Proibido em todo território nacional durante meses, o filme conquista vários prêmios, como o de melhor filme no Festival de Havana, Cuba. Em 1968, ano de agitação política no mundo, grava o documentário 1968, inacabado, e o filme experimental Câncer. Em 1969, lança O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro, longa que recebe o prêmio de melhor direção no festival de Cannes. Em 1970, a convite do cineasta francês Jean-Luc Godard (1930), participa como ator do filme Vent d’Est. Com prestígio na Europa, em 1970, obtém recursos para gravar Cabezas Cortadas, na Espanha, e Der Leone Have Sept Cabezas, no Congo. Em 1971, lança o manifesto Estética do Sonho. Permanece no exílio entre 1972 a 1976, mas continua produzindo no exterior. Em 1974, em Havana, realiza História do Brasil. Em 1975, na Itália, filma Claro. De volta ao país, em 1977, grava os documentários Di Cavalcanti Di Glauber e Jorje Amado no Cinema. Em 1980, realiza seu último filme, Idade da Terra, que participa do Festival de Veneza com repercussão e polêmica.

TEATRO do Oprimido. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http:// enciclopedia.itaucultural.org.br/termo616/teatro-do-oprimido>. Acesso em: 13 de Mar. 2017. Verbete da Enciclopédia. ISBN: 978-85-7979-060-7

GLAUBER Rocha. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/ pessoa10814/glauber-rocha>. Acesso em: 13 de Mar. 2017. Verbete da Enciclopédia. ISBN: 978-85-7979-060-7

M

G


Página 08

Dicas & Fatos

Campinarte

Muito Prazer...

Antiga Igreja de São João Batista de Trairaponga, construída em 1647. Ao redor da primeira capela, erguida em homenagem a São João Batista, da-se a formação dos municípios de São João do Meriti e Duque de Caxias. Após um desabamento ocorrido em 1857 e a consequente transferência do orago para a Igreja Matriz de São João, a capela ficou praticamente esquecida e entregue ao abandono até o início do século XX, quando Dom Guilherme Muller, então Bispo Diocesano de Barra do Piraí, incentiva sua reconstrução. Em setembro de 1930 após campanha para arrecadação de fundos, a Igreja é reaberta ao público e a Irmandade de Santa Terezinha assume a custódia do lugar. Com a criação da Diocese de Petrópolis, a igreja passa então a ser dedicada à Santa Terezinha sendo alçada a "Paróquia" em 1952. Fonte: Acervo do Instituto Histórico da Câmara Municipal de Duque de Caxias.

Prédio da Igreja Matriz Sta. Terezinha Rua: Joaquim Peçanha, 80 / Parque Lafaiete; Imóvel de importância histórica; Localização: em propriedade privada, com visitação agendada; Pontos de referência: Posto de gasolina da Av. Nilo Peçanha; Localidade mais próxima: Centro; A visitação é permitida em dias normais nos horários das missas e enquanto a igreja estiver aberta, porém para grupos de estudantes ou romeiros, deve-se agendar diretamente na secretaria ou por telefone com os responsáveis.


Campinarte

Dicas & Fatos

Sou de Duque de Caxias!

A Capela Nossa Senhora dos Homens de Cor é um prédio em estilo barroco, de linhas harmoniosas, interior simples, porém com arquitetura requintada. Em 1742, teve início a construção de uma pequena capela. Nos fundos da edificação, havia um cemitério, onde eram enterrados os escravos que trabalhavam na Fazenda Santiago (foram eles mesmos que construíram a capela). No interior da capela, havia uma imagem de madeira de Nossa Senhora do Rosário, incluindo um sino.

Capela Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos Rua: Benjamin da Rocha Junior, 06 (São Bento); Imóvel de importância histórica; Protegido por lei de tombamento: federal; Data de tombamento: 23/09/1991; Instituição responsável pelo tombamento: IPHAN; Localização: em propriedade privada, com visitação livre; Pontos de referência: Próximo à Feuduc.

Página 07


Página 08

Dicas & Fatos

Saúde é Vital

Dra. Dra. Sandra Sandra Borges Borges Cirurgiã Dentista, Odontopediatra, Homeopata

Campinarte

Saúde

Acordo com Ministério da Saúde torna ligações para o CVV gratuitas | Agência Brasil Ministério da Saúde e o Cen tro de Va lorização à Vida (CVV) assinaram hoje (10), na capital paulista, um acordo de cooperação técnica que permitirá o acesso gratuito ao serviço prestado pelo número de telefone 188. Por meio desse número, pessoas que sofrem de ansiedade, depressão ou aquelas que estão correndo risco de cometerem suicídio conversam com voluntários da instituição e são aconselhados. Antes, o serviço era cobrado e prestado por meio do 141. Com o acordo, o CVV vai alterar ou implantar o 188 em todos os estados brasileiros até abril de 2020. Entretanto, o 141 continuará sendo usado até que a implantação esteja completa, de acordo com anúncio feito pelo ministro da

O

Saúde, Ricardo Barros “O trabalho dos 2 mil voluntários que dedicam seu tempo na instituição é muito importante. É um voluntariado muito efetivo, com resultados muito positivos. O Ministério da Saúde vai continuar apoiando o CVV para que possa ampliar de forma significativa o acesso de pessoas a esse apoio emocional em momentos de angústias”, disse Barros, na sede do CVV. A ligação gratuita para o CVV começou a ser implantada em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, em parceria com o Ministério da Saúde, há quatro anos, após o incêndio da boate Kiss, no qual 242 jovens morreram. O CVV existe há 55 anos e tem mais de 2 mil voluntários atuando na prevenção ao suicí-

dio. Os únicos estados onde não há postos de atendimento são Roraima, Amazonas, Mato Grosso do Sul, Maranhão e Rondônia. A assistência também é prestada pessoalmente, por e-mail ou chat. O Brasil está entre os 28 países, de 160 analisados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que têm estratégias para prevenção ao suicídio. No país foram registrados no Sistema de Informação de Mortalidade em 2014, 10.653 óbitos por suicídio, o que corresponde à taxa média de 5,2 por 100 mil habitantes. O índice de suicídios entre os homens (8,8) foi quatro vezes maior do que entre as mulheres (2,2). A faixa com maior incidência é a de 30 a 39 anos para os dois sexos. A meta global da OMS é reduzir as taxas em 10% até 2020.


Campinarte

Dicas Dicas && Fatos Fatos

CAMPINARTE DICAS E FATOS E OS DIREITOS DAS PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS

Página 09

Campinarte só para Mulheres COLOCAMOS

AO SEU DISPOR TUDO O QUE VOCÊ

[ MULHER ]

PRECISA SABER , E

QUANDO FALAMOS TUDO É PORQUE ESTAMOS LITERALMENTE COLOCANDO OS ARTIGOS MAIS INTERESSANTES !

CONTAMOS COM GRANDES

COLABORADORES E PARCEIROS PARA

TORNAR ESTA SEÇÃO UMA SEÇÃO NO MÍNIMO ÚTIL .


Página 10

Dicas & Fatos

Minha Pátria é Minha Língua

Herberto Helder Poeta

Herberto Helder de Oliveira foi um poeta português, considerado o "maior poeta português da segunda metade do século XX". Nascimento: 23 de novembro de 1930, Funchal, Portugal Falecimento: 23 de março de 2015, Cascais, Portugal

Diamantino’s Bar Chopp / Porções / Frango Assado Tradição de Qualidade No Coração de Sta. Cruz da Serra

Minha Pátria é Minha Língua

MARCELINO MARQUES DE BARROS Marcelino Marques de Barros - Nasceu na Guiné-Bissau, em 1843. Faleceu em Lisboa, em 1929. Padre, exerceu o sacerdó cio na GuinéBissau. Foi o precursor dos estudos e de recolhas da literatura oral na Guiné-Bissau. 0 canto acima, de uma escrava mandinga, foi recolhido e traduzido pelo padre Barros do "crioulo" da Guiné-Bissau.

MALAN (Canto de uma escrava)

Eu era uma triste escrava, ai! e que triste escrava, que vinha para embarcar. 0 meu senhor vestiu-me e zangado batia-me com ramo de coral; e pensava-me as chagas co'o o mais doce licor; E limpava-me as f'ridas com lenço de cambraia. E eu era triste escrava que vinha para embarcar — que ben ba par bàe. Página publicada em janeiro de 2016.

Campinarte

Todo Dia é Dia de Índio

Dicionário de TupI-guarani


Campinarte

Dicas Dicas && Fatos Fatos

Página 11

ATUALIDADES

À LUZ DO ESPIRITISMO

No Caminho da Verdade

Estudo mostra que 40% das crianças até 14 anos no Brasil vivem na pobreza

“Há muitas moradas na casa do Pai” descoberta de mais sete planetas que podem se assemelhar a Terra reforça ainda mais esta afirmativa dentre tantas outras nas mensagens de Jesus, sabemos que Deus trabalha incessantemente, hoje século 21, já possuímos alguma “bagagem” para discorrer sobre fatos que hoje já não causam tanta estranheza, a capacidade evolutiva do ser está atrelada ao seu desenvolvimento moral e seu comprometimento com as atribuições assumidas no plano espiritual quando ainda desencarnado, é fato também que mesmo pareça imperceptível o planeta esta mudando e esta mudança deve-se a tantos fatores como outros tantos que são necessários para nossa própria mudança, sabem-se lá para que estes planetas estejam destinados, será para seres evoluídos ou para aqueles que persistem em não querer evoluir? Até perece que temos esta escolha, querendo ou não de uma maneira ou outra teremos que evoluir, Deus não nos cria para o ócio, nos cria para o trabalho e como Pai justo e misericordioso está sempre preparando novas moradas para seus filhos, agora cabe a mim a você, a todos escolher para qual casa quer ir, então para qual morada você deseja ir?

A

Marcos Valerio

erca de 17 milhões de crianças até 14 anos – o que equivale a 40,2% da população brasileira nessa faixa etária – vivem em domicílios de baixa renda. No Norte e no Nordestes, regiões que apresentam as piores situações, mais da metade das crianças [60,6% e 54%, respectivamente] vivem com renda domiciliar per capita mensal igual ou inferior a meio salário mínimo. Desse total, 5,8 milhões vivem em situação de extrema pobreza, caracterizada quando a renda per capita é inferior a 25% do salário mínimo. Os dados fazem parte do relatório Cenário da Infância e Adolescência no Brasil, documento que faz um panorama da situação infantil no país , divulgado pela Fundação Abrinq. O estudo foi feito utilizando dados de fontes públicas, entre elas o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Nesta quarta edição, a publicação reúne 23 indicadores sociais, divididos em temas como trabalho infantil, saneamento básico, mortalidade e educação. A publicação também apresenta uma série de propostas referentes às crianças e que estão em tramitação no Congresso Nacional. “Nesta edição, além de retratar a situação das crianças no

C

Brasil, também apresentamos a Pauta Prioritária da Infância e Adolescência no Congresso Nacional. O conteúdo revela as principais proposições legislativas em trâmite no Senado e na Câmara dos Deputados, com os respectivos posicionamentos da Fundação Abrinq baseados na efetivação e proteção de direitos da criança e do adolescente no Brasil”, disse Heloisa Oliveira, administradora executiva da Fundação Abrinq.

Violência Um dos temas abordados no documento é a violência contra as crianças e adolescentes. Segundo o estudo, 10.465 crianças e jovens até 19 anos foram assassinados no Brasil em 2015, o que corresponde a 18,4% dos homicídios cometidos no país nesse ano. Em mais de 80% dos casos, a morte ocorreu por uso de armas de fogo. A Região Nordeste concentra a maior parte desses homicídios (4.564 casos), sendo 3.904 por arma de fogo. A publicação também mostra que 153 mil denúncias de violações de direitos de crianças e adolescentes chegaram ao Disque 100 em 2015, sendo que em 72,8% das ligações a denúncia se referia a casos de negligência, seguida por relatos de vio-

lência psicológica (45,7%), violência física (42,4%) e violência sexual (21,3%).

Dia de Santo Expedito Padroeiro das causas Urgentes ristãos de todo mundo unem-se hoje (19 DE ABRIL), em oração, para celebrar o Dia de Santo Expedito, o padroeiro das causas urgentes, mais conhecido dos brasileiros a partir de 1942, quando foi construída sua primeira Igreja, em São Paulo. Vestido como soldado romano, ele carrega com sua mão direita uma cruz e esmaga um corvo com seu pé direito. Graças alcançadas e soluções imediatas a inúmeros problemas, aparentemente insolúveis, têm levado a legião de devotos a crescer ano a ano no Brasil. Santo Expedito foi comandante de uma legião de soldados romanos encarregados de proteger o império dos ataques do Oriente. Por ordem do imperador Diocleciano, foi sacrificado, com os companheiros de armas, no dia 19 de abril de 303, e foi martirizado. Depois teve a cabeça decepada por uma espada. Apesar de ser oficial romano, recebeu uma luz divina que mudou sua vida, convertendo-o ao cristianismo. No momento da conversão, apareceu um corvo, ave que simboliza o espírito do mal, e disse-lhe “cráss, , …”, que significa em latim “amanhã, , …”. O corvo queria que ele deixasse a conversão paraoutro dia. Ele não aceitou e esmagou o corvo com o pé direito, afirmando “hodie, , … (que significa hoje em latim) não adiarei nada. Não vou deixar nada para amanhã”. Ficou conhecido, então, como o santo que resolve as coisas com rapidez.

C

Trabalho infantil Com base em dados oficiais, o documento revelou que as condições do trabalho infantil estão mais precárias. Embora tenha diminuído o número de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil na faixa de 10 a 17 anos [redução de cerca de 659 mil crianças e adolescentes ocupados em 2015 em comparação a 2014], houve aumento de 8,5 mil crianças de 5 a 9 anos ocupadas. O universo de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos que trabalhavam n somou 2,67 milhões em 2015. Mais de 60% delas são do Nordeste e do Sudeste, mas a maior concentração ocorre na Região Sul. O estudo mostrou também dados mais positivos, como a taxa de cobertura em creches do país, que passou de 28,4% em 2014 para 30,4% em 2015 - ainda distante, no entanto, da meta estabelecida pelo Plano Nacional de Educação, de chegar a 50% até 2024. Os dados completos podem ser vistos no site www.observatoriocrianca.org.br

ORAÇÃO A SANTO EXPEDITO Meu Santo Expedito das causas justas e urgentes, interceda por mim junto ao nosso Senhor Jesus Cristo, socorre-me nesta hora de aflição e desespero. Vós que sois o Santo dos desesperados, Vós que sois o Santo das causas urgentes, proteja-me, ajuda-me, dai-me força, coragem e serenidade. Atenda ao meu pedido. Meu Santo Expedito! Ajuda-me a superar estas horas difíceis, protejame de todos que possam me prejudicar, proteja a minha família, atenda ao meu pedido com urgência. Devolva-me a Paz e a tranquilidade. Meu Santo Expedito! Serei grato pelo resto de minha vida e levarei seu nome a todos que têm fé. Muito obrigado. Amém.


Página 12

Dicas & Fatos

Rio que divide os municípios de São João de Meriti e Duque de Caxias. Com quase 66km de extensão, deságua na Baía de Guanabara. Foi navegável até meados do século XIX, tendo participação importante no desenvolvimento da região.

Rio Meriti Latitude: -22.801005; Longitude: -43.304858; Localização: em propriedade pública; Pontos de referência: Começa em São João de Meriti e deságua na Baía de Guanabara, margeia a Linha Vermelha; Localidade mais próxima: Centro; Distância até a localidade: 1 km; Distância do Centro (Ponto zero) do município: 1 km; Nome da principal via de acesso: Avenida Governador Leonel de Moura Brizola

Campinarte

Campinarte Dicas e Fatos - Edição de Abr. / 2017  

Informação e análise das realidades e aspirações comunitárias

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you