Page 1

Publicação com informação e análise das realidades e aspirações comunitárias

Campinarte Dicas & Fatos Distribuição Gratuita

/ 2015 2015 JJUNHO UNHO/

Mensal Um Informativo Digno de Você!

Ano XVIII - N.º 214 - Duque de Caxias - RJ - Fundado em 27/09/1996 - Contato / E-mail - campinarte@gmail.com - Telefone - Claro (9)6848-7603

Sugestões Sugestões para para aa comemoração comemoração das das Bodas Bodas de de Ouro Ouro

A

(50 (50 Anos Anos de de Casamento) Casamento)

As Bodas de Ouro, também chamado de “O aniversário de ouro”, é a mais famosa das comemorações relacionadas ao casamento. E não faltam motivos para essa fama! Passar meio século no amor com uma pessoa é uma maravilhosa declaração sobre a vida de casado. Ver um jovem casal apaixonado é uma alegria, mas ver um casal de idade no amor é uma bênção. Eles conseguiram sobreviver meio século de altos e baixos da vida juntos. Quem pensa que a vida de casado é só alegria, se engana. Um casamento duradouro é feito de muitas batalhas, e de muito esforço para superar as dificuldades. Muitas pessoas não resistem aos cinco primeiros anos, muito menos dez vezes esse número. Por isso, um aniversário de casamento é a celebração do amor, confiança, parceria, tolerância e tenacidade. E quando um casal acalenta seu casamento há 50 anos, certamente merece um grande brinde. Com um pouco de criatividade, o casal, filhos, parentes e amigos podem expressar essa alegria de forma a tornar essa ocasião memorável. Aqui estão algumas sugestões para a comemoração de um aniversário de casamento de 50 anos, junto com ideias para ajudar você a escolher um presente ao mesmo tempo pessoal e significativo. Cores e materiais: Seguindo a tradição , o ouro é o material tradicionalmente associado às Bodas de Ouro, porque otimismo e riqueza são frequentemente associados ao ouro, e não só pelo fato de ser bonito, como também por ser, ao mesmo tempo, forte, maleável e resistente à corrosão. A COR ASSOCIADA É O DOURADO, E A FLOR TRADICIONALMENTE ASSOCIADA A BODAS DE OURO É A VIOLETA.

Sugestões de presente para Bodas de Ouro Ao considerar comprar presentes, pense duas vezes antes de comprar placas comemorativas, joias ou itens decorativos. Muitos idosos estão na fase de tentar reduzir a desorganização do lar e as posses excessivas de objetos. Um presente como um jantar em um restaurante especial, uma viagem, uma ajuda em alguma tarefa de arrumação da casa, etc, poderá ser melhor apreciado que um objeto de decoração. Ou talvez ingressos para um bom filme, uma boa peça de teatro, um evento esportivo do agrado do casal, um concerto de música. Uma dica é dar o presente enfeitado com uma fita ou laço dourado. O casal pode preferir que eventuais presentes sejam revertidos em ajuda a obras assistenciais. Para isso, podem anexar nos convites para a festa um cartãozinho onde expressam essa vontade. Um exemplo de texto para o cartão é: O casal agradece a todos os convidados que, ao invés de trazerem presentes, fizerem uma contribuição em dinheiro à <entidade de caridade escolhida, informando o endereço ou conta bancária>. Faça você mesmo - Sugestões de presente que você mesmo pode fazer ou onde você pode dar um toque mais pessoal ao presente: Compre um porta-retrato dourado e coloque uma linda foto do casal ou da família. Compre um móbile, desses que permitem colocar diversas fotos. Preencha com fotos dos familiares, ou deixe para o casal escolher as fotos que mais lhe sejam significativas. Crie no computador uma apresentação ou um filme sobre o casal, do tipo “esta é sua vida”, com fotos de recordações da família (festas em família, filhos, netos, passeios, casas onde moraram). Há vários programas de computador que podem ser usados para isso, como, por exemplo, o Power Point ou o Movie Maker. Coloque uma boa música de fundo, e na festa, passe essa apresentação na forma de um filme. Costuma causar muita emoção recordar momentos significativos da história da família. Afinal, dizem que “recordar é viver”. Monte um CD com músicas da época da data do casamento, que sejam do gosto do casal. Crie um poema (ou procure algum bem bonito) sobre o casamento ou o amor, escreva em tinta dourada e o coloque em um quadro colorido dourado. Se puder ser lido em voz alta por um dos netos, bisnetos ou filhos... que emoção! Costure uma colcha de retalhos onde cada quadrado foi feito por um membro da família ou amigos íntimos. Monte uma árvore de desejos. Você pode fazer o tronco (ou um ramo grande) pintado de dourado ou decorado com fitas e ornamentos dourados. Preencha os ramos com imagens dos principais acontecimentos de sua vida, as pessoas que amam e apreciam vocês, assim como bilhetes para uma viagem, cheques de viagem, vale-presente para diferentes eventos e restaurantes e coisas assim. Monte um álbum de fotos de memória com as imagens que relembrem os 50 anos juntos. Inclua fotos do casamento, filhos, netos, amigos, viagens em conjunto, casas onde viveram, etc. Uma boa ideia é incluir histórias de filhos e amigos.

Ideias para comemorar a Bodas de Ouro Espalhe o dourado, sem exagero Se planejar uma reunião festiva, use brilho dourado (glitter) em flores, cartões, papéis de embrulho, balões, etc. Arrume a mesa com uma toalha dourada (pode ser de papel dourado), use porcelana e cristais com uma guarnição de ouro (pode até alugar essas peças), use velas votivas douradas (pode ser só o suporte dourado), forminhas douradas para doces, coloque flores em vasos dourados. Mas não exagere. Se achar que vai ficar dourado demais, opte por apenas alguns desses detalhes. Renove seus votos de casamento Que tal uma cerimônia religiosa em família? É sempre um bom momento de renovar os votos de casamento. Uma boa ideia é assistir com a família a missa, avisando antes a Igreja sobre suas bodas. De preferência na mesma Igreja em que casou, mas pode ser em qualquer paróquia. Em geral os padres costumam fazer uma breve e bonita cerimônia de renovação dos votos e de benção das alianças. Mandar polir as alianças antigas, ou mesmo trocar por novas alianças também é uma opção, simbolizando a renovação dos votos de casamento. Também é uma oportunidade para ajustar o tamanho das alianças a eventuais mudanças no tamanho e formato atual das mãos dos cônjuges. Que tal fazer um brinde com um vinho espumante ou champagne dourado? Se preferir uma comemoração mais simples ou ao ar livre, uma opção é planejar um piquenique usando pratos de papel dourado, ou taças e guardanapos com detalhes dourados. Se for comemorar num restaurante com a família e amigos, escolha, se possível, um lugar tranquilo, sem barulho excessivo, onde será possível conversar sem ter de gritar, alguém fazer um discurso, etc. Restaurantes em hotéis costumam ser uma boa opção para esse tipo de evento. É conveniente fazer reservas antecipadas para evitar surpresas desagradáveis. Se a família gosta de festas animadas, com muita música, o ideal é fazer num salão de festas ou numa chácara. Contrate um coral ou grupo de música especializado em cantar canções de época. Em algumas cidades existem grupos com repertório específico para ocasiões especiais, como aniversários e bodas. Normalmente, assistir a uma apresentação desses grupos emociona a todos. Exemplos de grupo de serenatas: Trovadoreos Urbanos, Iluminuras, Naquele Tempo e outros. (Fonte/ Publicado no Portal da Família)


Página 02

Dicas & Fatos

Campinarte

Expediente

Painel Campinarte

Campinarte

JÁ PENSOU EM MÓVEIS PLANEJADOS?

Escritores Brasileiros

Dicas & Fatos

Publicação com informação e análise das realidades e aspirações comunitárias Nova Campinas / Cep: 25040250 Duque de Caxias - RJ Telefone / 2775-9481 BLOG

Procurando uma empresa especializada na criação de móveis sob medida?

e-mail: campinarte@gmail.com Fundado em 27/09/1996 por Huayrãn Ribeiro Fotos: Arquivo Campinarte Diagramação, Arte Final e Pesquisa: Equipe Campinarte Relações Públicas: Huayrãn Ribeiro

Campinarte Dicas e Fatos

Você está procurando uma empresa cujo objetivo não seja apenas criar móveis, mas sim soluções, ambientes completos, funcionais e exclusivos que expressem o estilo e a personalidade do próprio cliente? Procurando uma empresa que garanta a qualidade de fabricação e montagem de seus produtos?

Um Informativo Digno de Você!

ESCRITÓRIO VIRTUAL Para Enviar TEXTOS, CONTOS, CRÔNICAS, POESIAS, PESQUISAS... GOSTARIA DE SER UMA ESPÉCIE DE CORRESPONDENTE DO CAMPINARTE DICAS E FATOS? Você deverá se utilizar do e-mail campinarte@gmail.com No cabeçalho escreva o seu nome / idade / formação / bairro, cidade e país... Nos casos (por exemplo), de pesquisas, crônicas ou qualquer outro artigo – não deixe de citar as fontes... Caso o material seja de terceiros, exija (por escrito) a autorização dos mesmos...

Fotos e vídeos... No cabeçalho escreva o seu nome / idade / formação / bairro, cidade e país... Os mesmo cuidados em relação aos direitos autorais devem ser tomados no que diz respeito ao envio de vídeos e/ou fotos... Não se esqueça de dar os devidos créditos e/ou citar as respectivas fontes... Obs.: caso os vídeos estejam no You Tube, etc., basta enviar apenas o link...

Nascido em 14 de junho de 1925, o curitibano Dalton Jérson Trevisan sempre foi enigmático. Antes de chegar ao grande público, quando ainda era estudante de Direito, costumava lançar seus contos em modestíssimos folhetos. Em 1945 estreou-se com um livro de qualidade incomum, Sonata ao Luar, e, no ano seguinte, publicou Sete Anos de Pastor. Dalton renega os dois. Declara não possuir um exemplar sequer dos livros e “felizmente já esqueci aquela barbaridade”. Entre 1946 e 1948, editou a revista Joaquim, “uma homenagem a todos os Joaquins do Brasil”. A publicação tornou-se porta-voz de uma geração de escritores, críticos e poetas nacionais. Reunia ensaios assinados por Antonio Cândido, Mario de Andrade e Otto Maria Carpeaux e poemas até então inéditos, como O caso do vestido, de Carlos Drummond de Andrade. Além disso, trazia traduções originais de Joyce, Proust, Kafka, Sartre e Gide e era ilustrada por artistas como Poty, Di Cavalcanti e Heitor dos Prazeres. Já nessa época, Trevisan era avesso a fotografias e jamais dava entrevistas. Em 1959, lançou o livro Novelas Nada Exemplares - que reunia uma produção de duas décadas e recebeu o Prêmio Jabuti da Câmara Brasileira do Livro - e conquistou o grande público. Acresce informar que o escritor, arisco, águia, esquivo, não foi buscar o prêmio, enviando representante. Escreveu, entre outros, Cemitério de elefantes, também ganhador do Jabuti e do Prêmio Fernando Chinaglia, da União Brasileira dos Escritores, Noites de Amor em Granada e Morte na praça, que recebeu o Prêmio Luís Cláudio de Sousa, do Pen Club do Brasil. Guerra conjugal, um de seus livros, foi transformado em filme em 1975. Suas obras foram traduzidas para diversos idiomas: espanhol, inglês, alemão, italiano, polonês e sueco. Saiba mais - acesse releituras.com

N

CAMPINARTEDICASEFATOS.BLOGSPOT .COM

Colaboram: Dra. Sandra Borges (Cirurgiã Dentista), Dr. Máximo G. Costa (Direito), Miss.Maria da Gloria (Religião - Assembléia de Deus), AVLADUC - (Associação de Vôo Livre e Amigos de Duque de Caxias - Instrutor: Jaú - Transporte), Carlito do Sal (Radialista Comunitário), Giselle Miranda (Espaço Saúde), Professor Joacil (Esporte), Danilo Alves (Espiritismo). Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus autores, onde nem sempre refletem o pensamento do Campinarte Dicas e Fatos, O Informativo. Tiragem: 2.000 exemplares.

Nome: Dalton Jérson Trevisan Nascimento: 14/06/1925 Natural: Curitiba - Pr

Procurando uma empresa que só utiliza a melhor matéria-prima e profissionais bem qualificados e que tenha a melhor garantia do mercado?

Abaixo, exatamente o que você estava procurando!


Página 16 Campinarte

Editorial

O

* O Campinarte não tem nenhum compromisso com qualquer prefeitura ou com qualquer governo de estado e muito menos com o governo federal. Não esperem que o Campinarte publique ações paliativas de entidades que ganham muito bem para desenvolver projetos de fachada (ONGs, Associações, Fundações, Igrejas, etc.) a custa do dinheiro do povo trabalhador que é quem acaba bancando toda essa farra... Até mesmo ações superficiais de governantes que no fundo só querem iludir o povão e com isso serem inscritos no clube dos politicamente corretos. O Campinarte não publicará ações que visam somente dar um jeitinho aqui, um jeitinho ali. O que interessa para o Campinarte são aquelas ações que visam resolver definitivamente uma determinada situação. O Campinarte não está interessado em ações cuja única finalidade é dar visibilidade a esse ou aquele partido político ou a esse ou aquele parlamentar e/ou religioso ou a qualquer um que queira aparecer ou se promover tendo como pano de fundo a desgraça da população. Nossa meta é trabalhar para que o nosso informativo seja no mínimo útil, um informativo cada vez mais digno de você e para tal vamos focar aqueles que primam pela seriedade, honestidade e conhecimento de causa.

Morre José Antônio (NOVA CAMPINAS) * 22/12/1959 + 14/05/2015 Com extremo pesar comunicamos o falecimento de José Antônio, amigo do Campinarte, antigo morador de Nova Campinas – na verdade Zé Antônio (como era conhecido) morou aproximadamente 10 anos no conjunto, ultimamente morava na Suíça. Zé Antônio era natural de Cajari – Maranhão e deixa dois filhos e quatro netinhas. Zé Antônio durante o período que morou em Nova Campinas conquistou uma legião de amigos. Na década de 1990 desenvolveu trabalhos voltados para o mundo da moda chegando (inclusive) a promover desfiles com modelos exclusivos formados em seu curso de capacitação. Zé Antônio, além da formação de novos modelos, se colocava à disposição (uma espécie de assessoria) de todos os interessados, independente de serem ou não capacitados em seu curso. Nessa época (década de 90), Zé Antônio também colaborou com vários grupos que promoviam eventos de arte e cultura em Nova Campinas ajudando em campanhas para a criação de bibliotecas, Festas Juninas, etc. Aos familiares manifestamos nossos pêsames e nossa solidariedade

C

Huayrãn Ribeiro

Dicas Dicas && Fatos Fatos

NÓS SOMOS JOVENS NÓS SOMOS JOVENS

Campinarte Página 03

TENHO CARA DE PALHAÇO?

ESSA SEÇÃO É NORTEADA POR ESTUDOS E PESQUISAS RELACIONADOS ÀS

INFORMAÇÕES JUVENIS NO BRASIL, AMERICA LATINA E O MUNDO, REALIZADOS PELA EQUIPE DO CAMPINARTE DICAS E FATOS. ESSA SEÇÃO OFERECE SERVIÇOS ESPECÍFICOS, DISPONIBILIZANDO LINKS

NÓS SOMOS JOVENS

PARA ORGANIZAÇÕES E PARCERIAS, ESPAÇOS DE INTERATIVIDADE, NOTÍCIAS E OPORTUNIDADES (TRABALHO, CURSOS, BOLSAS, PROGRAMAS).

LEIA, COMENTE E RECOMENDE

Lei das Domésticas: / 11 coisas que você precisa saber

A

- Após quase dois anos de tramitação no Congresso, as regras para contratar empregadas domésticas

foram aprovadas pelo Senado. Entre os assuntos tratados no texto, estão o estabelecimento de uma jornada máxima de trabalho e os benefícios para os empregados domésticos, e os impostos que serão pagos pelo patrão. Confira, a seguir, 11 coisas que você precisa saber sobre as regras que devem regularizar a situação de cerca de 8 milhões de pessoas no País. 1) Quem deve ser registrado? Qualquer pessoa que trabalhe mais de dois dias por semana em uma mesma residência. 2) Como deve ser o registro? Além do registro na Carteira de Trabalho e Previdência, patrão e empregado deverão elaborar um contrato de trabalho. Esse contrato poderá ser rompido pelos dois, em qualquer momento, desde que o aviso-prévio seja pago, conforme a CLT. 3) Qual a jornada de trabalho dos domésticos? A lei determina que a carga seja de oito horas por dia, sem ultrapassar o total de 44 horas por semana. A outra opção permitida pela lei é uma jornada de 12 horas seguidas, com 36 horas posteriores de descanso. O intervalo para almoço vai de uma a duas horas. A pausa pode ser reduzida para 30 minutos, desde que haja acordo por escrito entre patrão e empregado. 4) Como pagar as horas extras? O valor de cada hora extra deverá ser, pelo menos, 50% maior que o de uma hora normal de trabalho. Haverá duas formas de compensar o empregado. Como o limite semanal é de 44 horas, o tempo que ultrapassar essa carga será considerada hora extra. As primeiras 40 horas extras deverão ser, obrigatoriamente, pagas em dinheiro. O que passar de 40 horas extras poderá compor um banco de horas que serão compensadas em, no máximo, um ano. 5) Como ficam os impostos do patrão sobre o salário pago? O patrão pagará um total de 20% de impostos sobre o valor do salário do trabalhador doméstico. O percentual é composto por: 8% de FGTS; 8% de INSS; 0,8% de seguro contra acidente; 3,2% para uma conta aberta pelo empregador, que servirá para arcar com o eventual pagamento da demissão do funcionário, quando não houver justa causa. 6) Como o patrão poderá pagar esses impostos? A partir do momento em que Dilma assinar a lei, o governo terá um prazo de 120 dias para criar o Super Simples Doméstico. O objetivo será permitir que o patrão pague todos os impostos devidos, com um único boleto, que estará disponível pela internet. O Ministério do Trabalho será o responsável por organizar o pagamento. 7) Quanto o patrão pagará de multa, em caso de demissão? Se não for por justa causa, a demissão terá multa de 40% do FGTS. Esse valor será coberto, em parte ou no todo, pela conta aberta pelo empregador, no qual depositará, todo mês, o equivalente a 3,2% do salário do empregado. A multa não vale para casos de demissão por justa causa, licença, morte ou aposentadoria do doméstico. Nesses casos, o dinheiro da conta voltará para o empregador. 8) O que fazer, quando o empregado viaja com os patrões? As horas que ultrapassarem a carga máxima semanal de 44 horas poderão ser compensadas pelo patrão, após a viagem. O pagamento desse período terá um acréscimo de 25%, e o patrão não poderá descontar despesas de alimentação, transporte e hospedagem do empregado. 9) Que outros benefícios são obrigatórios pela lei? a) Repouso semanal: o empregado terá direito a, pelo menos, um repouso semanal de 24 horas ininterruptas, de preferência, aos domingos; b) Férias: deverão ser remuneradas com acréscimo de um terço do salário; o total de 30 dias de férias poderá ser dividido em dois períodos. Um deles deverá ter, no mínimo, 14 dias; c) Licença-maternidade: terá 120 dias; d) Auxílio-transporte: deverá ser pago por “vale” ou em dinheiro; e) Aviso-prévio: deverá ser proporcional ao tempo trabalhado; f) Salário-família: o patrão terá que pagar um valor de salário-família, para cada filho com idade até 14 anos do empregado, ou filho inválido de qualquer idade. O texto não cita o valor, mas, em empresas, quem ganha até R$ 725 por mês, recebe R$ 37,18 por filho; acima disso, até R$ 1.089, o valor cai para R$ 26,20; g) Adicional noturno: a lei determina que o trabalho noturno será aquele exercido entre as 22 horas de um dia, até as 5 horas do dia seguinte; cada hora paga terá adicional de 12,5% sobre o valor de uma hora diurna; o empregado que trabalhar à noite tem direito a 24 horas de descanso ininterruptas; h) Auxílio-creche: ainda depende de acordo ou convenção coletiva entre os sindicatos dos trabalhadores domésticos e dos patrões; 10) Quem vai fiscalizar o cumprimento dos contratos? O fiscal do Ministério do Trabalho deverá agendar previamente uma visita para avaliar as condições do doméstico. 11) O que o patrão deve fazer com contribuições atrasadas no INSS? A partir da sanção presidencial da lei, será criado o Programa de Recuperação Previdenciária dos Empregados Domésticos (Redom). A medida vai facilitar o pagamento de dívidas com a previdência vencidas em 30 de abril de 2013. Será concedido desconto de 100% no valor das multas sobre os atrasados; e desconto de 60% sobre os juros cobrados. As dívidas poderão ser parceladas em até 120 dias, com parcela mínima de R$ 100. Lei das Domésticas: 11 coisas que você precisa saber - ISTO É DINHEIRO

O PODER DOS USUÁRIOS DE DROGAS Usuários de drogas são capazes de cometer crimes hediondos como se estivessem se divertindo de férias no verão na praia com a família. Graças aos usuários de drogas, bairros, cidades e até países são submetidos a toques de recolher e toda população vira refém, famílias encarceradas em suas próprias residências. Usuários de drogas são insensíveis, desumanos, frios, calculistas. São capazes de matar qualquer pessoa com requintes de crueldade: pai, mãe, filho, avô, avó, amigos. Os usuários de drogas dão tanto lucro que muitas campanhas políticas são financiadas graças a eles. Os usuários de drogas são capazes de subverter valores morais, de ética, educação, religiosidade e tudo ao som do pancadão. Os Bairros das periferias do Estado do Rio de Janeiro estão abandonados, população entregue a própria sorte, salve-se quem puder, da maneira que puder... Periferias do Estado do Rio de Janeiro não podem contar com o executivo e nem com o legislativo, usuários de drogas estão no comando levando o terror à pessoas de bem... USUÁRIOS DE DROGAS PROVOCAM CONFRONTO ENTRE TRAFICANTES E POLICIAIS E QUEM “APARA” AS BALAS PERDIDAS SÃO OS NOSSOS FILHOS, NETOS, ETC... Usuários de drogas são os responsáveis pela narcoditadura no Estado do Rio de Janeiro apoiados pelo poder público... Para os usuários de drogas, TUDO... Para a população só desgraça: tortura, tiros, mortes... E o poder público assistindo... Até quando?

U

SERÁ

QUE ELES PENSAM REAL-

MENTE QUE TODO MUNDO TEM CARA DE PALHAÇO, ASSIM COMO EU?

Huayrãn Ribeiro


Página 04

Dicas & Fatos

CAMPINARTE MEMÓRIA - NELSON GONÇALVES -

Histórias das televisões

E

Antônio Gonçalves Sobral * 21/6/1919 Santana do Livramento, RS / + 18/4/1998 Rio de Janeiro, RJ Cantor. Compositor / Seus pais eram portugueses e, logo após seu nascimento, transferiram-se para São Paulo, passando a residir no bairro do Brás. Na adolescência, empregou-se como garçom no bar de seu irmão, situado na Avenida São João, passando a partir de então a freqüentar bares de boêmios e músicos.

Apesar de sua atividade artística ter sido iniciada em São Paulo, apresentouse no Rio de Janeiro como calouro em diversas emissoras. Numa dessas apresentações chegou a ser reprovado por Ary Barroso, no programa que este apresentava na Rádio Cruzeiro do Sul, ocasião na qual o compositor lhe sugeriu abandonar a carreira artística e voltar (...)

OBRAS · A lágrima mais triste (c/ Neném) · A mais bela emoção · A rosa que você me deu (c/ Maria Luiza) · A você (c/ Paulo Marques) · A volta do boêmio · Agüenta o galho (c/ Herivelto Martins) Saiba Mais http://www.dicionariompb.com.br/nelson-goncalves/obras

Campinarte

SBT

Em 1973, Sílvio Santos perdeu para o Jornal do Brasil a concorrência dos canais 9 de São Paulo (desocupado) e Rio de Janeiro (ex-Excelsior). No ano seguinte, foi novamente vencido, desta vez pela TV Bandeirantes, que viria a ocupar o canal 7 do Rio. Finalmente, em 23/10/75, o governo concedeu ao empresário e comunicador um canal de TV na cidade do Rio de Janeiro, que também foi disputado pela Editora Bloch, a Fundação Cásper Líbero e a Editora e Impressora de Jornais e Revistas (“O Dia” e “A Notícia”). Dias depois, Sílvio arrematou por Cr$603 mil a massa falida da TV Continental, mas ainda investiria milhões em novos equipamentos. Em 22/12/75, a concessão foi oficializada. Sílvio Santos montou a estação na rua General Padilha nº 134, no bairro de São Cristóvão, conseguindo colocar o 1º programa no ar em 144 dias – um recorde na tv brasileira! Em 14/05/76, às 20h55, estreou a TVS – TV Studios, o canal 11 carioca, exibindo uma edição do programa “Sílvio Santos Diferente”, de perguntas e respostas, simultaneamente com a TV Record de São Paulo, da qual possuia ações. Inicialmente a estação transmitia filmes em sessões contínuas, flashes jornalísticos de 3 minutos ao longo do dia, além de “Bacará-76”, com Ronald Golias e “Um Instante, Maestro!”, com Flávio Cavalcanti - programas também produzidos por Sílvio para a Record. Ao inaugurar um novo transmissor em 01/06/77, o canal carioca entrou em nova fase, com uma programação mais competitiva, incluindo a novela “O Espantalho”, que já estreara na Record paulista. Em 1981, Sílvio recebeu autorização federal para a operação do canal 5 de Porto Alegre, o canal 2 de Belém, o canal 9 do Rio de Janeiro e o canal 4 de São Paulo, formando o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), composto também por diversas emissoras afiliadas independentes. A substituição do termo “rede” por “sistema” tinha uma razão: por não possuir uma emissora líder, o SBT faria do canal paulista uma central independente de produções, cabendo às estações coligadas comprar ou não os programas, de acordo com seus interesses. A TVS paulista veio a ocupar o canal 4, fora do ar por mais de um ano desde o fim da TV Tupi. Parte dos funcionários da extinta emissora foi absorvida pelo quadro de empregados da TVS. A es-

tação utilizava os 11.000m² da extinta TV Excelsior, na Vila Guilherme, alugados da Caixa Econômica Federal pelo empresário desde 1972. A estréia foi às 9h30 do dia 19/08/81, o que significou novo recorde, pois entrou no ar no mesmo dia da oficialização da concessão do canal – fato inédito! Curiosamente, foi esta solenidade que o público viu na telinha naquele dia: a assinatura do contrato entre o Ministério das Comunicações e o SBT, em Brasília, com direito a um discurso do patrão Sílvio Santos e do Ministro Haroldo Corrrea de Matos. Às 12h30, o telespectador assistiu ao almoço de confraternização entre Oscar Bloch e Sílvio Santos, na Casa da Manchete (naquele mesmo dia Adolpho Bloch também havia recebido a concessão de seu canal de tv). Continua na próxima edição

Crédito obrigatório: Texto retirado do “Almanaque da TV - 50 Anos de Memória e Informação”, Ricardo Xavier (Ed. Objetiva, 2000), com autorização do autor.

INFOR NOVA ELETRÔNICA Telefone: Telefone: 2675-0207 2675-0207 – – Direção Direção Moacir Moacir

Compra e e Venda Venda de de Aparelhos Aparelhos Usados Usados – – TV’s, TV’s, Sons... Sons... Compra E Mais: Mais: Venda Venda de de Componentes, Componentes, Cabos Cabos e e Conexões Conexões E Av. B, 51 – Rua da Feira – Nova Campinas - Duque de Caxias


Campinarte

Dicas & Fatos

S

Página 05

ESPIRITISMO

NO CAMINHO DA VERDADE

O senhor das respostas

Dia de São João / 24 de Junho - Filho dos personagens bíblicos Isabel e Zacarias, João Batista batizou Jesus Cristo com as águas do Jordão, rio que hoje é fronteira natural entre Israel e Jordânia e entre este país e a Cisjordânia. Diz o capítulo 1 do Evangelho de São Lucas que Isabel era prima da mãe de Jesus, Maria, o que tornava João primo em segundo grau de Cristo. João Batista é descrito na Bíblia como pessoa solitária, que vivia no deserto e comia gafanhotos e mel. O caminho desse homem estranho e recluso, mas profeta de grande popularidade, cruzou com o da família real da época, a do rei Herodes Antipas, da Galiléia. João condenou publicamente o fato de o rei ser amante da própria cunhada, Herodíades, viúva de Felipe. Conta São Marcos (cap. 6, vers. 17-28) que Salomé, filha de Herodíades, dançou tão bonito diante de Herodes que este lhe prometeu o presente que quisesse. A mãe de Salomé aproveitou a oportunidade para se vingar: anunciou que o presente seria a cabeça de João Batista, que já estava preso. O presente tétrico foi trazido sobre uma bandeja. A imagem de São João Batista é geralmente apresentada como um menino com um carneirinho no colo. É que foi ele, segundo a Bíblia, que anunciou a chegada do cordeiro de Deus.

Sentou-se na antiga poltrona, ao lado da janela. Lá fora, um entardecer saudoso de outono. O jardim, que sempre lhe fora tão estimado, era por ela contemplado, vivo em cada um de seus detalhes. Em sua face, a nostalgia, um tímido sorriso, um olhar sereno envolto pelas marcas de seus bem vividos noventa e três anos. Ao seu lado, o antigo toca-discos. Com um movimento delicado, o colocou para funcionar. Recostou-se na confortável poltrona e se demorou em seus devaneios, ouvindo a famosa intérprete da música popular brasileira: Mas o tempo é como um rio que caminha para o mar. Passa como passa o passarinho, passa o vento e o desespero. Passa como passa a agonia, passa a noite, passa o dia, mesmo o dia derradeiro. Eis o tempo, pensou a senhora. Sempre a fluir, inexorável, incansável, preciso, relativo, eficaz, suave, imperceptível, duro, impiedoso, impávido. Por vezes, como melhor amigo. De outras, como pior inimigo. O tempo e suas contradições, disse para si mesma. Trouxe a mão à altura dos olhos. Demoradamente, os fixou sobre ela, como se a estivesse vendo pela primeira vez. O mesmo tempo que me trouxe essas tantas rugas, me trouxe também a sabedoria para que es-

tas mãos guiassem os filhos, os netos, os bisnetos. Foi ele quem trouxe a destreza para amassar o pão e deixá-lo macio, a desenvoltura para os afazeres da casa, a agilidade para curar feridos durante a guerra. O tempo e suas contradições, falou a si mais uma vez. Então, avistou, através da vidraça, uma de suas bisnetas, correndo pelo jardim. Silenciosa, a senhora riu consigo mesma ao contemplar a bisnetinha de seu coração. Três anos, apenas três anos, refletiu. Tão jovem, tão cheia de possibilidades. O que lhe reserva o tempo? O que lhe ensinará o tempo? No que a transformará o tempo? Nesse momento, suave mão pousou sobre o frágil ombro da senhora: No que pensa, minha mãe? Disse-lhe a filha, com sorriso no rosto. Depois de passar pela guerra, de passar fome, de criar oito filhos, com tamanha dificuldade, de ver tantas pessoas que lhe eram queridas retornarem para junto de Deus... No auge de seus noventa e três anos, quais são os seus pensamentos, minha mãe? Penso no tempo, filha, respondeu a sábia senhora. E o que é o tempo, mamãe? O tempo, minha filha, – e mais uma vez contemplou a bisneta pela

Trovas Espírita Ensinamento que vejo, Nos climas de toda idade: Quanto maior o desejo, Menor a felicidade. Felicidade real Que não sofre contradita: Aquela que vive oculta Nos males que a gente evita. (Toninho Bittencourt) Da Obra “Trovas Do Outro Mundo” – Espíritos Diversos – Psicografia: Francisco Cândido Xavier Digitado Por: Lúcia Aydir

vidraça, pensando nas possibilidades que a sequência dos anos lhe reservava, – o tempo é o senhor das respostas! *** Quem pode dizer para onde irá nosso caminho? Quando os nossos sonhos se realizarão? Quando o dia de uma vida terminará para, no nascente, recomeçar? Apenas o tempo. Quem pode nos amadurecer os ideais, curar a dor de um afeto não correspondido, nos ensinar a lidar com as perdas e ganhos? Apenas o tempo. Quem é que retira todo o valor do dinheiro acumulado a tantos sacrifícios e duramente nos ensina que nosso tesouro se encontra onde está o nosso coração? Apenas o tempo. *** O tempo é grande dádiva concedida por Deus. Lembremos: O tempo é como um rio. Um rio que deságua no grande mar de nós mesmos e nos inunda de sabedoria, experiência e serenidade... Pensemos nisso! Redação do Momento Espírita, com citação de trecho da música O tempo e o rio, de Edu Lobo, interpretada por Maria Bethânia. Em 29.4.2015.

João fogueteiro / Apesar de descrito como um sujeito solitário, o povo se encarregou de criar o mito de que São João Batista adora uma festa barulhenta. No entanto, ele costuma estar dormindo justo na noite de sua festa, 24 de junho. Se o estrondo dos fogos de artifício for alto e for forte o clarão das fogueiras, o santo acorda e, festeiro que é, desce à Terra para comemorar. Mas nesse caso, diz a tradição, existe o sério risco de o mundo acabar pelo fogo. Fonte: www.procampus.com.br

Dia de São Pedro / 29 de junho - São Pedro, cujo nome de nascimento era Simão, nasceu em Betsaida, na Galiléia. Filho de Jonas, Simão era pescador, casado, e mantinha uma pequena frota de barcos pesqueiros, juntamente com seus irmãos André, Tiago e João. Durante um período de baixa estação de pesca, André encontrou Jesus e comentou com seu irmão a respeito do Messias. Simão quis conhecer Jesus e este o elegeu como um de seus escolhidos, nomeando-o Pedro, que significa pedra, rocha. A partir deste dia, Pedro deixou de ser pescador de peixes, para se tornar pescador de homens. Pedro tinha um temperamento impulsivo, mas uma imensa generosidade e um grande amor ao mestre. E Jesus o coloca em evidência sempre, marcando-o como o futuro chefe da Igreja. Em Cesaréia de Filipe, Jesus diz a Pedro: “Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei minha igreja e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Dar-te-ei as chaves do reino dos céus e tudo que ligares sobre a terra será ligado também no céu, e tudo que desligares na terra será também desligado no céu” (Mt.16 13-20). Os primeiros 10 capítulos dos Atos dos Apóstolos descrevem a atuação marcante do apóstolo Pedro, o grande líder da comunidade cristã após a morte de Jesus. É ele quem faz o primeiro discurso no dia de Petencostes, convertendo três mil pessoas. Também é o primeiro a ser preso como responsável pela nova religião e quem convoca o primeiro concílio dos apóstolos, tomando a palavra no conclave. Segundo a tradição, mais tarde Pedro foi para Antióquia, onde permaneceu sete anos na direção da igreja e de lá seguiu para Roma, onde ficou até a morte, em 29 de junho. Foi crucificado como seu Mestre, mas pediu a seus carrascos para que fosse crucificado de cabeça para baixo, porque não se achava digno de ser tratado como Jesus. Há provas irrefutáveis de que foi sepultado onde hoje está a maior igreja do mundo: a Basílica do Vaticano. Fonte: www.infonet.com.br


Página 06

Dicas & Fatos

PROFESSOR SABE TUDO Chega de violência contra a criança! Dia quatro de junho não é data para se comemorar. Absolutamente, não. É um dia, isto sim, para refletirmos sobre algo terrível: a violência contra as crianças. Quatro de junho, por conseguinte, foi escolhido para ser o DIA INTERNACIONAL DAS CRIANÇAS VÍTIMAS DE AGRESSÃO. EM TODO O MUNDO ELA ACONTECE E, AQUI, NO BRASIL, TAMBÉM. INFELIZMENTE. Mas é preciso ficarmos atentos para o significado dessa agressão e nos perguntarmos de que tipo de agressão, afinal, estamos falando. Somente da agressão física? Naturalmente que esta é a mais dolorosa do ponto de vista biológico, mas será ela a mais absurda? Existem diversos níveis de agressão: a corporal, a psicológica, a social, a econômica... outros deve haver, com certeza, mas por ora fiquemos com esses. VIOLÊNCIA CORPORAL Segundo o Ministério da Saúde, a violência é a segunda principal causa de mortalidade global em nosso país e só fica atrás das mortes por doenças do aparelho circulatório. Os jovens são os mais atingidos. Além deles, a violência atinge ainda, em grau muito elevado, as crianças e as mulheres. Para esta situação contribuem diversos fatores, entre eles, a má distribuição de renda, a baixa escolaridade, o desemprego. Na cidade de São Paulo, por exemplo, 64% das denúncias de agressão à criança tem origem em casa, de acordo com levantamento do SOS Criança (instituição estadual que recebe denúncias de agressão contra a criança e o adolescente). Os episódios mais rotineiros são afogamento, espancamento, envenenamento, encarceramento, queimadura e abuso sexual. Não é preciso ressaltar o quanto os casos de estupro, de clausura, prejudicam o desenvolvimento afetivo e psicológico da criança, sem falar naqueles que levam à morte ou a problemas físicos irreversíveis. VIOLÊNCIA ECONÔMICO-SOCIAL Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Trabalho Infantil (PNAD/2001), realizada pelo IBGE, o trabalho infantil é exercido por cerca de 2,2 milhões de crianças brasileiras, entre 5 e 14 anos de idade. A maioria dessas crianças vem de famílias de baixa renda e trabalha no setor agrícola. Dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT) apontam que nos países em desenvolvimento mais de 250 milhões de crianças de 5 a 14 anos de idade trabalham. A maioria delas (61%) vive na Ásia - um continente de grande densidade populacional - e em seguida vem a África, com 32%. Porém, em termos relativos, é na África que a situação preocupa, pois em cada cinco crianças, duas trabalham. Na Ásia, a proporção cai para a metade: de cada cinco crianças de 5 a 14 anos, uma trabalha. Nas grandes cidades, muitas crianças são ambulantes, lavadoras e guardadoras de carros, engraxates etc., vivem de gorjetas, sem remuneração ou com, no máximo, um salário mínimo. Esta situação as afasta da sala de aula e também das brincadeiras, jogos lúdicos fundamentais para um desenvolvimento psicológico saudável rumo à vida adulta. Consequência da pobreza, uma vez que essas crianças necessitam trabalhar para ajudar no sustento familiar, o trabalho infantil é proibido pela Constituição Brasileira de 1988 e seu combate é considerado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) uma das prioridades dos países em desenvolvimento. Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

D

Campinarte

Etiqueta Social A etiqueta social pode ser definida como um conjunto de regras de comportamento dentro da sociedade. Tais regras são criadas a partir da prática e das tradições que passam de geração para geração, tornando-se regras claras a serem respeitadas.

Se você deseja aprender a portar-se melhor e criar uma boa imagem de si para os outros, confira nossas dicas de etiqueta social e aprenda a agir da maneira mais sofisticada possível.

Etiqueta social – cumprimentos Nós, latinos, temos a fama de sermos muito cordiais e simpáticos, o que se reflete na nossa etiqueta de apresentação. Tais costumes tornam o clima mais amável e propício para as conversas e amizades. Mas, apesar disso, nem toda ocasião comporta a famosa troca de beijo na bochecha. Veja abaixo uma lista de regras de etiqueta social para apresentações: · Quem chega ao local deve cumprimentar os demais. · O bom senso deverá determinar se a pessoa oferecerá um beijo ou um aperto de mão – tudo depende do grau de intimidade que se tem com o outro. Em apresentações, oferece-se a mão, sempre. · Ao dar um aperto de mão, esse deve ser firme e respeitoso: não deve ser feito com a mão flácida e nem forte ao ponto em que chegue a ser dolorido. · Sorrir e ser amável é essencial em qualquer cumprimento. · A pessoa mais jovem ou menos influente é sempre apresentada à mais velha e mais influente e nunca o contrário. · O homem é apresentado à mulher (a não ser que ele ocupe um cargo social mais elevado do que ela, em bailes de gala, premiações, etc.). · É de bom tom apresentar-se ao anfitrião logo que chegar a um evento, principalmente se você foi convidado por outro convidado. · A prática de beijar a mão de uma mulher é raramente usada e, quando for, deve ser apenas com as senhoras, nunca com senhoritas.

Peixaria da Serra PEIXE

FRESCO TODO DIA!

Av. Automóvel Club - Santa Cruz da Serra - Teles: 2672-4791 / 9403-3344

OS M TE ELO

G


Campinarte

Dicas & Fatos

ALMANAQUE CAMPINARTE AS

CULTURAS E AS MEMÓRIAS BRASILEIRAS, DESTRINCHADAS EM PERFIS, BIOGRAFIAS, CURIOSIDADES, JOGOS E BRINCADEIRAS.

EM JUNHO COMEMORA-SE Data em que você nasceu com a sua forma de agir (VEJA SE

BATE)

DIA 23 = DIA DA PERSUASÃO

S

Se quiser levar uma vida sem maiores problemas, tem de trabalhar ao máximo o seu lado compreensivo. O 23 tem grande habilidade para lidar com as pessoas, é paciente, tem capacidade investigativa e perseverança para conseguir clarear uma situação obscura ou então descobrir um caminho novo, um caminho nunca antes percorrido. Apesar de ser paciente, nunca descansa até conseguir o que quer. 23 é o número do sucesso material, do dinheiro, e o seu portador precisa aprender a seguir caminhos profissionais, de preferência os de alto nível e não enveredar para os negócios, pois sendo intelectual, pertence ao mundo sensível e não está apto a servir ninguém. Tem personalidade marcante, rara inteligência (aprende tudo com grande facilidade), inclinação social (gosta de festas e reuniões) e se dá melhor com o sexo oposto do que com o próprio. Em virtude da sua grande sensibilidade, quando lhe tolhem os objetivos ou reprimem seus ideais, pode sofrer sobremaneira do sistema nervoso. Pode ser um excelente diplomata, político, médico, psiquiatra, psicólogo, terapeuta holístico, escritor metafísico ou até viver no meio artístico, conseguindo com esta profissão fama e alta posição social.

DIA 24 = DIA DA UNIÃO

U

União, harmonia, praticidade, diplomacia, amor e alegria, fazem parte deste excelente número. O 24 é honesto, pacífico, bondoso, grande amigo, amante da verdade e tolerante com as falhas alheias. Esteja onde estiver e com quem, é quase sempre o centro das atenções, não pela beleza física ou porte, mas sim pela inteligência, calor humano e compreensão de tudo e com todos. É muito hábil em trabalhos manuais, sejam eles mecânicos, eletro-eletrônicos, de marcenaria, ou concertos rotineiros os mais variados. Tem, também, gostos gastronômicos, sendo excelente cozinheiro e nas festas que participa é sempre solicitado para fazer os aperitivos ou o churrasco. Em virtude da sua grande sensibilidade, tem tendência a proteger os fracos e oprimidos e a se deixar levar pelo sofrimento alheio. No amor, caso seja demasiadamente sonhador, ardente e romântico, dificilmente se ajustará à vida monótona do romance, pois se sentirá incompreendido e solitário. Como tem presença marcante e cativante, é sempre preferível ir pessoalmente a algum lugar, em vez de telefonar ou escrever. Pode ser grande médico ou psicólogo, pois é muito sensível e compreensível. O cuidado maior é quanto à tendência negativa para o ciúme, a preguiça, a censura e a preocupação exagerada. Estes predicados negativos podem lhe causar crises psicológicas e leválo ao fracasso e a todo tipo de doenças psicossomáticas. Para ser feliz e vencer na vida, necessita saber que é amado e querido, pois caso contrário as tendências negativas especificadas acima se acentuam.

1 - Dia Internacional da Criança / Dia Nacional da Imprensa 3 - Dia do Administrador de Pessoal 4 - Dia Internacional das Crianças Vítimas de Agressão 5 - Dia da Ecologia / Dia Mundial do Meio Ambiente 6 - Dia de São Marcelino Champagnat 7 - Dia Nacional da Liberdade de Imprensa 8 - Dia do Citricultor / Dia Mundial dos Oceanos 9 - Dia da Imunização / Dia do Porteiro / Dia Nacional de Anchieta / Dia do Tenista 10 - Dia da Língua Portuguesa / Dia do Pastor 11 - Dia da Marinha Brasileira / Dia do Educador Sanitário 12 - Dia do Correio Aéreo Nacional / Dia dos Namorados / Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil 13 - Dia de Santo Antônio 13 - Dia do Turista 14 - Dia da Manicure 15 - Dia do Idoso / Dia do Paleontólogo / Dia Mundial da Energia Eólica 16 - Dia Internacional da Tartaruga Marinha 17 - Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca 18 - Dia do Químico 18 - Dia Nacional da Imigração Japonesa 19 - Dia do Migrante 20 - Dia do Revendedor 21 - Dia da Mídia / Dia da Música / Início do Inverno / Dia Mundial do Skate / Dia Nacional do Controle da Asma 22 - Dia do Aeroviário / Dia do Orquidófilo 23 - Dia Olímpico 24 - Dia de São João / Dia do Caboclo / Dia Mundial do Disco Voador / Dia Mundial do Leite 25 - Dia do Imigrante 26 - Dia do Metrologista / Dia Internacional do Combate às Drogas 27 - Dia do Diabético / Dia Nacional do Vôlei 29 - Dia da Telefonista / Dia de São Pedro / Dia do Dublador / Dia do Pescador 30 - Dia do Caminhoneiro

Página 07

AS MELHORES PIADAS (QUE PARECEM) DE PORTUGUES:

O Campinarte adverte: NOSSAS PIADAS SÃO

MUITO ENGRAÇADAS,

CUIDADO PARA NÃO MORRER DE RIR!!!!


Página 08

Dicas & Fatos

Campinarte

Chuchu / Informações sobre o Chuchu, características, vitaminas, benefícios e propriedades, nutrientes

Dicas do Abel

CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA Reino: Plantae Divisão: Magnoliophyta Claasse: Magnoliopsida Ordem: Violales INFORMAÇÕES Família: Cucurbitaceae - Assim como o tomate, o chuchu é considerado um fruto, pois possui Género: Sechium Espécie: S. edule sementes internas envolvidas pela parte comestível. - Este vegetal, pertencente à categoria dos frutos, é um alimento rico em fibras e de fácil digestão. - Por possuir alto teor de fibras e pouquíssimas calorias, é muito utilizado em dietas. - Possui também potássio, vitamina A e vitamina C. - Pode apresentar algumas variações na casca como textura e cor. - Pode também variar com relação ao tamanho e forma. - Seu consumo não deve ocorrer em sua forma crua, é indicado que seja cozido ou refogado. - Os brotos de chuchu são ricos em nutrientes como as vitaminas C e B, e também são excelentes fontes de cálcio, fósforo e ferro.

Sacolão do Povo

Tradição de Qualidade Promoção Promoção Todo Todo Dia!!! Dia!!! Venha Venha e e Comprove!!! Comprove!!! Av. B, 411 - Nova Campinas - Duque de Caxias - RJ Aniversariantes do Mês de Maio

Markinho - 15/06

Antonio - 08/06

Joel - 16/06

Mancha - 25/06

Heliseu - 14/06

Parabéns pra vocês / Muitos anos de vida!

Miraci - 01/06

L. Carlos Jr. - 26/06

Vera - 13/06

Carlito - 27/06

Aurora - 17/06


Campinarte

Dicas & Fatos

Página 09

Campinarte / Olha eu aqui! Lojas, Produtos e Serviços Maria José (Jd. Anhangá - Sem-terra)

M

Maria José nasceu no Cariri (PB) em 03/03/1939. Ainda menina já dava duro na enxada, trabalhava na roça. Em 1971, mudou-se para o Rio de janeiro e ao longo desses anos morou em vários bairros até que em meados de 1996/7 conseguiu um terreno num loteamento no terceiro distrito de Duque de Caxias, lugar conhecido como Sem-terra no Jardim Anhangá. Maria José é casada, teve 12 filhos. Tem 9 netos e 4 bisnetos. Assim que se mudou para o loteamento, montou junto com o seu marido (Seu Manoel), uma barraquinha que acabou ficando conhecida como a “BARRACA DO SEU MANOEL”. Nesse estabelecimento você encontra bebidas em geral, balas, doces, biscoitos, etc. A dona Maria José é uma das comerciantes mais antigas do loteamento dos Sem-terra e ela está estabilizada à Rua XX, próxima a Associação de Moradores e Amigos do Jardim Anhangá (ABAJA).

Rua da Feira / Sta. Cruz da Serra


Página 10

Dicas & Fatos

Campinarte

Saúde é Vital

Após 42 anos em coma, morre indiana que gerou debate sobre eutanásia

M

Morreu no dia 18/05/2015, na Índia, a enfermeira Aruna Shanbaug, que estava em coma havia 42 anos, após ser estuprada. Seu caso gerou um intenso debate sobre eutanásia no país, com pessoas defendendo que ela continuasse a ser alimentada por tubos e outras defendendo que se colocasse um fim em sua “agonia”. Shanbaug era enfermeira do hospital King Edward Memorial de Mumbai, onde ficou internada até está segunda-feira; ela sofreu graves danos cerebrais e ficou paralisada após ser violentada, em 1973, quando tinha 25 anos. O estuprador era um faxineiro do hospital que a estrangulou usando uma corrente de metal. DEBATE Em 2001, a Suprema Corte da Índia rejeitou um pedido de eutanásia a Shanbaug, após um grupo de médico examiná-la. No entanto, o julgamento foi considerado histórico porque acabou tornando legal no país a chamada eutanásia passiva. Nessa prática, não se ministra nenhum medicamento que provoque a morte do paciente, apenas se interrompem cuidados médicos que tenham como objetivo prolongar a vida. Durante essas mais de quatro décadas, Shanbaug foi alimentada por meio de tubos colocados em seu nariz e foi transferida para a UTI diversas vezes. Na última, ela foi colocado em um ventilador após ter dificuldades de respirar. Segundo um porta-voz do hospital, ela morreu por conta de uma pneumonia. “Ela finalmente conseguiu voar para longe. Mas, antes disso, deu à Índia uma lei sobre eutanásia passiva”, disse à BBC a jornalista Pinki Virani, que escreveu o livro “Aruna’s Story”, sobre o caso. Virani foi a autora do pedido à Suprema Corte indiana para que autorizasse a eutanásia da enfermeira e colocasse um fim à sua “insuportável agonia”. Vários defensores de direitos humanos apoiaram a causa da jornalista, mas diretores, médicos e enfermeiros do hospital em que ela trabalhava se opuseram ao pedido. Segundo o jornal indiano “The Hindustan Times”, o estuprador da Shanbaug, Sohanlal Bharta Valmiki, cumpriu sete anos de prisão após ser condenado por roubo e tentativa de suicídio. No entanto, ele não foi condenado por estupro, já que autoridades apagaram partes do relatório médico que dizia que ela havia sido sodomizada. O namorado de Shanbaug na época, o médico residente Sundeep Sardesai, esperou por sua recuperação por quatro anos, mas depois foi morar no exterior e acabou casando com outra pessoa.

O QUE É DIABETES

O

Os alimentos sofrem digestão no intestino e se transformam em açúcar, chamada glicose que é absorvida para o sangue. A glicose no sangue é usada pelos tecidos como energia. A utilização da glicose depende da presença de insulina, uma substancia produzida nas células do pâncreas. Quando a glicose não é bem utilizada pelo organismo ela se eleva no sangue o que chamamos de HIPERGLICEMIA. Diabetes é a elevação da Glicose no sangue: HIPERGLICEMIA. Sintomas de Diabetes Aproximadamente metade dos portadores de diabetes tipo 2 desconhecem sua condição, uma vez que a doença é pouco sintomática. O diagnostico precoce do diabetes é importante pois o tratamento evita sua complicações. Quando presentes os sintomas mais comuns são: 1. Urinar excessivamente, inclusive acordar varias vezes a noite para urinar. 2. Sede excessiva. 3. Aumento do apetite. 4. Perda de peso – Em pessoas obesas a perda de peso ocorre mesmo estando comendo de maneira excessiva. 5. Cansaço. 6. Vista embaçada ou turvação visual 7. Infecções frequentes, sendo as mais comuns, as infecções de pele. No diabetes tipo 2 estes sintomas quando presentes se instalam de maneira gradativa e muitas vezes podem não ser percebidos pelas pessoas. Ao contrário no diabetes tipo 1 os sintomas se instalam rapidamente, especialmente, urinar de maneira excessiva, sede excessiva e emagrecimento. Quando o diagnostico não é feito aos primeiros sintomas os portadores de diabetes tipo 1, podem até entrarem em coma, ou seja perderem a consciência, uma situação de emergência e grave. Quaisquer que sejam os sintomas, um médico deve ser procurado imediatamente para realização de exames que esclarecerão o diagnostico. A maioria, próximo a 90% dos portadores de diabetes, é do tipo 2, pouco sintomática podendo passar despercebida e retardar portanto o diagnostico o tratamento e favorecer a ocorrência de complicações. A presença de uma ou mais das seguintes condições sugerem a possibilidade da presença de diabetes: 1. Familiares próximos portadores de diabetes. 2. Idade maior que 45 anos 3. Excesso de peso ou obesidade 4. Pressão Alta 5. Colesterol elevado 6. Mulheres com antecedentes de filhos nascido com mais de 4.0 Kg.

Fonte: www.diabetes.org.br


Campinarte

Dicas & Fatos

CAMPINARTE DICAS E FATOS E OS DIREITOS DAS PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS

Terceirização pode prejudicar pessoas com deficiência, alertam especialistas Flavia Villela – Repórter da Agência Brasil Edição: Aécio Amado O Projeto de Lei (PL) 4.330/2004, que regulamenta o trabalho terceirizado em todas as atividades das empresas, inclusive a atividade-fim, poderá prejudicar o acesso de pessoas com deficiência ao mercado de trabalho, segundo defensores dos direitos desse grupo da população. O PL já foi aprovado na Câmara e ainda depende de apreciação do Senado. A procuradora do Trabalho no Rio de Janeiro, Lisyane Motta, alerta que o cumprimento das cotas para pessoas com deficiência, atualmente exigidas nas contratações feitas por empresas com mais de 100 trabalhadores, poderá não ser cumprida com a nova lei. Lisyanne lembra que a deputada Mara Gabrilli (PSDBSP) conseguiu incluir na última hora emenda ao projeto final que obriga a aplicação das cotas, mas teme que ela acabe não sendo acatada. “Será computados para efeito de cotas o número total dos empregados, mas quem será a contratante, quem será o responsável pelos encargos, como será feita essa contagem? Então ainda há um panorama de bastante preocupação nessa área”, disse a especialista que é coordenadora nacional de Promoção de Igualdade de Oportunidades e Eliminação da Discriminação no Trabalho do MPT (Coordigualdade). A Lei de Cotas (Lei 8.213/1991) determina que toda empresa com 100 ou mais empregados reserve de 2% a 5%, dependendo do total de funcionários, das vagas para pessoas com deficiência. Com a possibilidade de terceirização de todas as atividades, incluído as finalísticas, as companhias podem não alcançar esse número mínimo de trabalhadores e, dessa forma, não terão obrigação de contratar o percentual definido por lei. A Superintendente do Instituto Brasileiro da Pessoa com Deficiência (IBDD), Teresa Costa D’Amaral, concorda que a nova lei, se aprovada, poderá piorar ainda mais o quadro de contratações de pessoas com deficiência que já é ruim no país. “A Lei de Cotas tem mais de 20 anos e até hoje não é devidamente cumprida. A grande maioria das empresas não cumpre a cota, algumas nem sabem que a cota é uma obrigação”, disse. “Caso aprovado o projeto de lei, se contratante puder usar os funcionários das empresas terceirizadas para cumprir sua cota, o número de pessoas com deficiência incluídas pela lei será menor ainda. Hoje uma empresa privada não pode cumprir sua cota com terceirização e a terceirizada também deve cumprir a cota. Matematicamente teremos um prejuízo”, acrescentou ao enfatizar que o principal problema para o cumprimento da lei é a fiscalização ineficaz. A procuradora Lisyanne defende o veto total por parte do Senado ao PL, que, segundo ela, retira responsabilidades e gera discriminação. “Haverá os trabalhadores de primeira e de segundaclasse, que são aqueles da contratante e os das terceirizadas, os com o vínculo efetivo e os com o vínculo precário. Nós, do Ministério Público, magistratura, pessoal da área trabalhista achamos que o projeto representa um retrocesso. Em um cenário em que a situação estará tão precarizada, é difícil visualizar o cumprimento da lei de cotas para pessoas com deficiência”, avaliou.

Página 11

Campinarte só para Mulheres COLOCAMOS

AO SEU DISPOR TUDO O QUE VOCÊ

[MULHER ]

PRECISA SABER , E

QUANDO FALAMOS TUDO É PORQUE ESTAMOS LITERALMENTE COLOCANDO OS ARTIGOS MAIS INTERESSANTES !

C ONTAMOS

COM GRANDES COLABORADORES E PARCEIROS PARA

TORNAR ESTA SEÇÃO UMA SEÇÃO NO MÍNIMO ÚTIL .

Revolucionárias que você não conheceu na escola Todo o mundo conhece homens revolucionários como Che Guevara, mas a história geralmente tende a polir as contribuições de mulheres revolucionárias que sacrificaram seu tempo e suas vidas na luta contra sistemas e ideologias burguesas. Apesar dos falsos conceitos a respeito, existiriam milhares de mulheres que participaram em revoluções ao longo da História, com muitas delas exercendo papéis cruciais. Elas podem vir de diferentes espectros políticos, algumas armadas com rifles e outras armadas com nada além da caneta, mas todas lutaram muito por algo em que acreditavam.

Kathleen Neal Cleaver Kathleen Neal Cleaver foi uma das integrantes do Partido dos Panteras Negras e a primeira mulher do partido a fazer parte do corpo de “tomadores de decisões”. Ela serviu como porta-voz e secretária de imprensa, organizando também a campanha nacional para libertar o aprisionado ministro da Defesa dos Panteras, Huey Newton. Ela e outras mulheres, como Angela Davis, chegaram em determinado momento a contabilizar dois terços do quadro dos Panteras, apesar da noção de que o partido era majoritariamente masculino.

K

Asmaa Mahfouz

A

Asmaa Mahfouz é uma revolucionária moderna, a quem repousa o crédito de ter inflamado o levante de janeiro de 2011 no Egito, por meio de um vídeo postado na internet, encorajando outros a juntar-se a ela nos protestos na Praça Tahrir. Ela é considerada uma das líderes da Revolução Egípcia e uma proeminente integrante da Coalizão de Jovens da Revolução Egípcia.


Página 12

Dicas & Fatos

Campinarte

Atualidades

Direitos Humanos - Conhecendo os seus Direitos Você sabia que.... · Toda pessoa tem o direito de ir e vir, sem ser molestada. · Toda pessoa tem o direito de ser tratada pelos agentes do Estado com respeito e dignidade. · Toda pessoa tem o direito de ser acusada dentro de um processo legal, sem torturas e maus tratos. · Toda pessoa tem o direito de exigir o cumprimento da lei. · Toda pessoa tem o direito de ter acesso ao Poder Judiciário e ao Ministério Público. · Toda pessoa tem o direito de ser, pensar, crer e manifestar-se ou amar, sem ser alvo de humilhação ou discriminação. · Toda pessoa tem o direito de ter acesso à escola. · Toda pessoa tem o direito de ter acesso à saúde. · Toda pessoa tem o direito de praticar a religião que escolher. · Toda pessoa tem o direito de ter acesso ao trabalho, sem discriminação por doença, deficiência, sexo, cor, religião. · Toda pessoa tem o direito de obter certidão de nascimento e certidão de óbito, gratuitamente. · Toda pessoa tem o direito à ampla defesa. · Toda pessoa tem o direito de não ser torturada. · Toda pessoa tem o direito de não sofrer discriminação. · Toda pessoa tem o direito de ter preservado a sua integridade física e mental. · Toda pessoa tem o direito a ter acesso ao lazer. · Toda pessoa tem o direito à previdência social. · Toda pessoa tem direito ao amparo à maternidade e à infância. · Toda pessoa tem o direito de ser tratada com igualdade, perante a lei. · Toda pessoa tem o direito de ser tratada como inocente, amenos que seja condenada judicialmente. · Toda pessoa tem o direito à propriedade. · Toda pessoa tem o direito de fazer reuniões, desde que sejam pacíficas. · Toda pessoa tem o direito de ter segurança. “Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão e consciência e devem agir em relação uma às outras com espírito de fraternidade”.(artigo I, Declaração Universal dos Direitos Humanos, proclamados pela Resolução nº217 (III) da Assembléia Geral das Nações Unidas, 10 de dezembro de 1948).

Os 10 mandamentos da negociação de salário Qual a sua pretensão salarial? Esquive-se das ‘pegadinhas’ de recrutadores e conquiste a remuneração que você tanto precisa

Por Danilo Barba Finalmente, depois de anos investidos numa especialização promissora (e alguns meses em busca de uma oportunidade que se preze) você recebe um e-mail dizendo que o seu currículo foi aprovado para a próxima etapa de um processo seletivo. Feliz? Bem, antes de estourar a champanha, é bom conhecer primeiro a oferta. Sim, porque embora não seja a primeira coisa que passe pela sua cabeça nesse momento, a remuneração é que fará você cantar (e custear) a vitória. Ok, todos podemos pedir um aumento um dia, mas esse dia pode ser hoje – e ser o crucial: o dia da negociação. De acordo com a recrutadora em entrevista à revista Time, Elizabeth Morgan, existem alguns mandamentos que todo mundo deveria ter em mente antes de ir para uma entrevista de emprego. Tome nota antes de sair: 1. Nunca aceite a primeira oferta de salário. 2. Lembre-se de que você pode negociar mais do que apenas salário. Bônus e ações também são grandes componentes da sua oferta (ou seja, podem ser negociados!). 3. Articule com o recrutador. Recrutadores são seus amigos, mas são amigos que têm um orçamento. O ideal pra eles é que você aceite a oferta que fizeram logo de cara (um teste, sim, mas que pode ser ainda uma pechincha para a empresa). Mostre dados concretos (experiência comprovada, promoções e premiações, entre outros resultados) pra justificar por que você precisa de um pacote de compensação diferente. 4. Ensaie a conversa que você vai iniciar para negociar a remuneração. O segredo é praticar, praticar e praticar. 5. Utilize o tempo como seu trunfo. Digamos que você tenha encontrado o emprego dos seus sonhos, mas ainda não está feliz com o salário que foi ofertado. Tudo bem, você pode colocar uma data de expiração na oferta após as negociações. Sugira um prazo de resposta curto (por exemplo, “vou aceitar essa oferta até às 17h de hoje se você puder alcançar a que estou fazendo”) para o seu recrutador atender aos critérios de salário que você exigiu. 6. Não seja o primeiro a abrir um número. Sempre deixe o recrutador ou gerente de RH informar primeiro as possibilidades de remuneração ou ofertas pós-entrevista. 7. Mantenha a emoção fora do processo. Lembre-se: negócio é negócio, e você não pode contar com carma ou outros pensamentos mágicos. Sinto muito! 8. Sempre prepare uma contra oferta. 9. Não se esqueça de que o processo de negociação gira em torno de dois fatores: o quanto você vale e o quanto eles estão dispostos a pagar por você. 10. Faça uma boa pesquisa sobre a companhia e a concorrência para conhecer o seu valor no mercado antes de qualquer entrevista de emprego. Saiba de cor o piso salarial da sua área pra ter uma base por onde começar e, principalmente, onde você quer chegar. Isso deve ser um mantra até você iniciar a conversa: informação é a chave numa negociação de salário. Sobre Danilo Barba Danilo Barba é músico e jornalista pós-graduado em Negócios Internacionais pelo George Brown College de Toronto. Bloga sobre Sexo Oposto no Yahoo Mulher. No Insta e Twitter: @dambarba


Campinarte

Dicas & Fatos

Olha eu aqui / Informática

Página 13

ESPORTE

Saiba como apoiar o Vôo Livre em Duque de Caxias CONTATOS / (21) 9 6471-5953 ZAP / ID 45 *15* 8950 avladucvoolivre@yahoo.com.br / jau_abreu@yahoo.com.br Dentre os esportes radicais que mais crescem em Duque de Caxias o Parapente é um dos que podemos destacar por causa do grande número de praticantes e apreciadores; tornando este esporte uma excelente vitrine não só para projetar e incluir a nossa região no mundo dos esportes radicais, como também para divulgação do comércio local. São várias as possibilidades para o seu negócio decolar. Você fazendo parte da AVLADUC, além da sua marca estar vinculada a um universo jovem com muita adrenalina, aventura, natureza, você estará com certeza direcionando a sua marca para um público de um poder aquisitivo acima da média aumentando consideravelmente as suas vendas.

AVLADUC oferece: 1) - A sua marca estampada no Parapente; 2) - A sua marca nos nossos informes em jornais ou folders e internet; 3) - A sua marca será estampada nas camisas do curso e camisetas promocionais, além de chaveiros, bonés, etc; 4) - A sua marca estará sendo exibida em nossos vídeos promocionais; 5) - A sua marca estampada com exclusividade nos equipamentos dos instrutores como por exemplo: capacete, macacão.

Escolinha de futebol do Grupo Folclórico Chico Halley Direção: Cosme José

Treino as terças e quintas no Campo do Botafoguinho Manhã – 08:00 às 10:00 / Tarde – 16:00 às 17:30 Inscrições no local dos treinos Apoio – Viana do Churrasquinho e Baiano o Churrasco


Página 14

Dicas & Fatos

Campinarte

Minha Pátria é Minha Língua

TORTURA HOJE

Todo Dia é dia de Índio

Benfica é bicampeão nacional no berço de Portugal

Preconceito contra travestis e transexuais ocorre em delegacias, diz delegado

BENFICA EMPATOU EM GUIMARÃES MAS O FC PORTO TAMBÉM SÓ CONSEGUIU UM PONTO NO RESTELO. OS ENCARNADOS SAGRAM-SE BICAMPEÕES NACIONAIS NO BERÇO DA NAÇÃO.

Flávia Villela - Repórter da Agência Brasil Edição: Fábio Massalli

Mais um decreto de morte aos povos indígenas

Por João Agre sapodesporto@sapo.pt O Benfica e o Vitória de Guimarães empataram, 17/05, sem golos, em jogo da 33.ª jornada do campeonato português, disputado no D. Afonso Henriques. O clube da Luz conseguiu renovar já esta tarde o título de campeão devido ao resultado do encontro do segundo classificado, o FC Porto, que empatou (1-1) no Restelo. O jogo começou com uma oportunidade de ouro para o Benfica, com o brasileiro Jonas a enviar a bola com estrondo à barra, isto aos dois minutos de jogo. Logo de seguida, com Lima isolado após um toque de calcanhar de Jonas, o ex-SC Braga tentou fazer o chapéu a Douglas, mas a bola saiu muito por cima. O Benfica entrou a todo gás em Guimarães, tentando de tudo para chegar cedo ao golo. Após estes lances surgiu o momento mais polémico do jogo, com o árbitro assistente a assinalar fora de jogo a Maxi Pereira quando este estava em posição regular. O LATERAL URUGUAIO VOLTOU A ESTAR EM DESTAQUE AO ENVIAR UMA BOLA AO POSTE, APÓS UMA PRIMEIRA DEFESA DO GUARDIÃO DA EQUIPA VIMARANENSE. O início do segundo foi menos frenético, mais equilibrado, e com uma substituição forçada na equipa da casa, saindo André André (lesionado) e entrando Bruno Alves. André André tinha estado, minutos antes, envolvido na confusão na grande área do Benfica, com Júlio César a intrometer-se no auxílio médico dado ao internacional português. Otávio não gostou e empurrou o guardião brasileiro. Do lado do Benfica, Jorge Jesus mexeu na equipa aos 67 minutos, entrando Talisca para o lugar de Pizzi. Até ao final do encontro, Benfica e Vitória de Guimarães não conseguiram marcar e o jogo do titulo acabou sem golos. Curiosamente, foi o grande rival que empurrou o Benfica para o bicampeonato.

O

Diamantino’s Bar Chopp / Porções / Frango Assado Tradição de Qualidade No Coração de Sta. Cruz da Serra

África, dicas e fatos

Pérola: “Somos mais do que kizomba” Pérola é um dos maiores nomes da música angolana da atualidade. O novo disco, ‘Mais de Mim’, é agora lançado.

P

Por ser “pequenino e delicado”, Pérola começou por ser o seu ‘nick’ para navegar na internet, mas não levou muito tempo a transformar-se num dos mais promissores nomes da música angolana. Com um percurso premiado, Jandira Sassingui Neto (é este o seu verdadeiro nome) foi em 2005 vencedora do maior galardão africano de música, os Kora Awards, na categoria de Melhor Artista Feminina da África Austral (“na altura não estava preparada. Acho que nem prestei atenção”, diz). Carrega ainda no currículo a sustentável leveza de prémios tão sonantes como Diva da Música ou Diva do Momento. Pérola acaba de lançar entre nós o seu terceiro disco, ‘Mais de Mim’, um registo que procura atingir novos públicos, dentro e fora de Angola, sem perder a identidade, mas com uma brisa fresca, aproveitando os ventos favoráveis que percorrem o mercado português. “Acho que é um disco mais terra a terra e jovial que se calhar tem mais de mim”, afirma a cantora, que lembra que apesar de a música angolana estar na moda em Portugal, nada garante o sucesso de quem chega. “Por vezes assusta. Acho que cada artista deve saber conquistar o seu espaço”, refere a cantora. “Claro que devemos aproveitar esta porta aberta para divulgar o nosso trabalho, mas também é preciso ter cuidado, até com a imagem que se passa. Nós somos mais do que kizomba e eu vou apresentar o lado mais sul de Angola.” O novo disco conta com a colaboração dos quase obrigatórios Matias Damásio, Anselmo Ralph e Nelson Freitas, e duetos com C4 Pedro, Djodje e Ivete Sangalo – em ‘Deus te fez Mulher’, tema que no passado dia 13 de março a fez subir ao palco do Meo Arena, em Lisboa, com a cantora brasileira. O disco ‘Mais de Mim’ será apresentado ao vivo no próximo dia 8 de agosto, no Festival Meo Sudoeste.

A transexual Lara Lincon relatou ter sofrido preconceito na delegacia, quando foi fazer uma denúncia de transfobia. “Cheguei lá e, ao ver minha identidade, o inspetor me chamou de camarada”. Ela contou que o policial civil ameaçou prendê-la por desacato à autoridade por ela insistir que ele a chamasse pelo nome social. “Ele ficou o tempo todo debochando do meu caso, insinuando que a culpa era minha, disse que não entendia o que estava fazendo ali, que não havia nada na lei que pudesse me proteger”. O depoimento foi feito durante audiência pública hoje (15/05) na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) para discutir a falta de produção de dados de crimes de transfobia no estado do Rio, o despreparo e preconceito de servidores públicos e a indiferença do Poder Público e da sociedade para com travestis, transexuais e transgêneros. Na mesma audicência, o delegado titular da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense, Fábio Cardoso, região com maior número de casos de assassinatos e agressões contra homossexuais, admitiu o preconceito dentro das delegacias. “Chegando na polícia, há 14 anos, verifiquei que as pessoas não entendem que vocês estão simplesmente querendo ser respeitados. Sei que é uma missão árdua mudar a cabeça de um monte de gente, mas a gente tenta”, argumentou ele, que defendeu a parceria de movimentos sociais e órgãos específicos com a Polícia Civil nas investigações de crimes. A audiência foi promovida pelos presidentes das comissões pelo Cumprimento das Leis, deputado Carlos Minc (PT); de Direitos Humanos, deputado Marcelo Freixo (PSOL), e de Segurança Pública, deputada Martha Rocha (PSD). Deputados e sociedade civil discutiram a regulamentação do atendimento de transexuais mulheres e travestis nas Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (Deams) como forma de solucionar emergencialmente o problema. Cláudio Nascimento, representante da Secretaria de Atendimento Social e Direitos Humanos, adiantou que há três meses o governo estuda a viabilização desse tipo de atendimento. A defensora pública do Núcleo de Defesa dos Direitos Homoafetivos e Diversidade Sexual, Lívia Casseres, disse que várias facetas de discriminação contra essa população ainda são ignoradas. “A homofobia abarca uma série de discriminações distintas que exige enfrentamento específico de natureza de crime. As agressões criminosas são apenas uma face do problema. Existem problemas no sistema de saúde, de educação, de Justiça”, disse. Ela defendeu a criação de uma rede de proteção para esse grupo. Lívia também citou casos de problemas de empregabilidade devido ao preconceito. “Recebi mulheres e homens trans que me relataram que passaram em processos seletivos, tinham mérito, técnica reconhecida, mas na hora de apresentar os documentos, não são contratados”, disse. A transexual Bruna Marx Benevides afirmou que mais de 90% das travestis vivem hoje da prostituição por falta de oportunidades de trabalho. “A única coisa que nos resta é o corpo e nós usamos esse corpo para termos o que comer. Não é uma opção, é sobrevivência”. Os três deputados que promoveram a audiência vão apresentar um projeto de lei na semana que vem que inclui os itens orientação sexual, identidade de gênero e nome social nos boletins de ocorrência. “Isso representa um grande avanço de qualificar os dados dos institutos de segurança pública, que vimos que é um problema”, disse o deputado Marcelo Freixo.

A

Mais um dia amanhece. Sobre a cabeça de quase um milhão de habitantes primeiros, nativos deste país Brasil, um novo decreto de morte. Ou melhor, covardemente se formula um novo e desavergonhado projeto de lei – PL 1216/2015 para garantir uma cova única para todos os indígenas do país. É o equivalente ao que os Guarani-Kaiowá e outros povos disseram ao serem ameaçados de expulsão de seus territórios “ordenem a morte de todos. Cavem valas comuns e enterrem a todos nós”. Tudo de pior que já se formulou contra os povos indígenas está contido nestes 28 artigos e parágrafos deste PL. Infâmia, diriam os menos exaltados. Blasfêmia contra Deus e contra a vida, diriam os mais religiosos. Absurdo inominável, diriam os mais sensíveis às causas sociais. Decreto de morte, Y Juca Pirama, o índio, aquele que deve morrer, clamariam as hostes anti-indígenas em suas trincheiras de covardia. A simples formulação e apresentação deste projeto de lei envergonha o país e o parlamento, cujos membros deveriam representar os direitos do povo brasileiro, desde seus primeiros habitantes até o cidadão dos mais recônditos espaços do país. Como brasileiro nascido no Rio Grande do Sul, sinto-me vilipendiado por uma proposta dessa natureza. Jamais poderia imaginar que da terra de Sepé Tiaraju e milhares de mortos na resistência, pudessem surgir bombas tão mortíferas. Os decretos de morte não passarão, não irão se sobrepor às forças da vida de mais de 300 povos indígenas deste país. Que Tupã e todas as forças guerreiras, dos nhanderu, dos encantados e todos os que acreditam e lutam pela justiça, possam impedir mais essa investida contra os povos indígenas. Dourados, 15 de maio de 2015 Egon Heck Cimi, Secretariado Nacional

M


Campinarte

Dicas & Fatos

Página 15

COMUNIDADE

Aniversário do Grupo de Capoeira Raimundo Filho / 34 anos O Coelhinho do Campinarte marcou presença na festa de aniversário do Grupo de Capoeira Mestre Raimundo Filho em Nova Campinas no Carícia Piscina Clube. EVENTO ACONTECEU NO SÁBADO, 16/ 05/2015. O GRUPO DE CAPOEIRA RAIMUNDO FILHO FOI FUNDADO PELO [HOJE] GRÃMESTRE RAIMUNDO FILHO. SÃO 34 ANOS TOTALMENTE DEDICADOS AO ENGRANDECIMENTO, PROMOÇÃO E DIVULGAÇÃO DA CAPOEIRA. Como sempre o evento foi prestigiado por grandes nomes da capoeira de Duque de Caxias e demais municípios do Estado do Rio de Janeiro.

O

NA PROGRAMAÇÃO TIVEMOS VÁRIOS BATIZADOS E PROMOÇÃO DE CORDÉIS... (NA FOTO AO CENTRO, DIRCE MARQUES, UMA DAS FUNDADORAS DO GRUPO HOJE PROMOVIDA A MESTRE). Foi uma grande festa que mais uma vez esteve sob a batuta dos Mestres Serginho e Jeremias encabeçando a organização que aproveitam a oportunidade para agradecerem o apoio do comércio local: Supermercados Celma, Sacolão do Povo, Magazine Fátima. Em se tratando de uma festa de aniversário não poderia faltar o tradicional bolo, cerveja, refrigerante, churrasco, etc (na foto os churrasqueiros Mosca e Chope).


Página 16

Dicas & Fatos

Campinarte

ARRAIÁ DE PROMOÇÕES DO MAGAZINE FÁTIMA O MELHOR PREÇO DA REGIÃO A MAIOR VARIEDADE DO RAMO ATENDIMENTO DIFERENCIADO ORÇAMENTO SEM COMPROMISSO

ACEITAMOS CARTÕES TUDO PARA SUA FESTA JUNINA EM DOIS ENDEREÇOS

FAÇA-NOS UMA VISITA AV. B, 320 (RUA DA FEIRA) - NOVA CAMPINAS RUA: 13 - EM FRENTE A PÇA. DE NOVA CAMPINAS

Campinarte Edição 214 - Junho / 2015  

Informação e análise das realidades e aspirações comunitárias

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you