Page 1

AVLADUC - (Parapente & Aventuras) CONTATOS / (21) 96471-5953 avladcvoolivre@yahoo.com.br

Bimestral / DISTRIBUIÇÃO GRATUITA 004 - Set. / Out. /2018 - INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DE VÔO LIVRE E AMIGOS DE DUQUE DE CAXIAS - RJ

O Mágico Tura Baloeiro de Coração e Alma

Se você perguntar quem é o português João Artur Gonçalves Vieira a resposta será: “não sei e nunca ouvi falar”. Mas, se você perguntar pelo TURA, a resposta será mais ou menos assim: “o gênio, o mestre, o melhor, o maior e um dos mais apaixonados baloeiros desse mundão de Deus”.

Tura nasceu em Portugal e em 14/01/1957 (com três anos) sua família veio morar no Brasil mais precisamente no bairro do Engenho Novo (Rio de Janeiro) onde permaneceu por vinte e sete anos. (Pág. 4)


PÁGINA 02

AVLADUC

A Associação de Vôo Livre e Amigos de Duque de Caxias (AVLADUC) FUNDADA EM 07 DE ABRIL DE 2010, é uma associação civil, de caráter recreativo, esportivo e cultural, sem fins lucrativos e de duração indeterminada, com sede provisória na Estrada Guaporé, n.º 8 – Loja B – Vila Nossa Senhora de Fátima – Duque de Caxias – Rio de Janeiro – com filiação à Associação Brasileira de Vôo Livre (ABVL).

OBJETIVOS INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DE VÔO LIVRE E AMIGOS DE DUQUE DE CAXIAS Telefones (21) 96471-5953 BLOG AVLADUC.BLOGSPOT.COM.BR e-mail: avladucvoolivre@yahoo.com.br jau_abreu@yahoo.com.br Fundador Jau (Instrutor) EM 07 DE ABRIL DE 2010 Fotos: AVLADUC Diagramação, Arte Final e Pesquisa: Equipe Campinarte Relações Públicas: JAU Colaboram: ASCOM (ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA DE SANTA CRUZ DA SERRA), ABVL (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE VÔO LIVRE), GUIA 4 VENTOS, Dra. Sandra Borges (Cirurgiã Dentista) Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus autores, onde nem sempre refletem o pensamento do Informativo da AVLADUC. Tiragem: 2.000 exemplares.

Projetar, promover, divulgar e coordenar as atividades de vôo livre de parapente, asa delta e demais esportes no município de Duque de Caxias, bem como no Estado do Rio de Janeiro; Promover a manutenção das rampas, dos locais dos pousos e também dos acessos as rampas, preservando sempre o meio ambiente; Promover o congraçamento de seus associados; Organizar competições esportivas; Promover eventos, palestras e cursos de natureza recreativa, esportiva, artística, cultural (em especial relacionados ao vôo livre).

Saiba como apoiar o Vôo Livre em Duque de Caxias Dentre os esportes radicais que mais crescem em Duque de Caxias o Parapente é um dos que podemos destacar por causa do grande número de praticantes e apreciadores; tornando este esporte uma excelente vitrine não só para projetar e incluir a nossa região no mundo dos esportes radicais, como também para divulgação do comércio local. São várias as possibilidades para o seu negócio decolar. Você fazendo parte da AVLADUC, além da sua marca estar vinculada a um universo jovem com muita adrenalina, aventura, natureza, você estará com certeza direcionando a sua marca para um público de um poder aquisitivo acima da média aumentando consideravelmente as suas vendas.

AVLADUC oferece: 1) - A sua marca estampada no Parapente; 2) - A sua marca nos nossos informes em jornais ou folders e internet; 3) - A sua marca será estampada nas camisas do curso e camisetas promocionais, além de chaveiros, bonés, etc; 4) - A sua marca estará sendo exibida em nossos vídeos promocionais; 5) - A sua marca estampada com exclusividade nos equipamentos dos instrutores como por exemplo: capacete, macacão.


AVLADUC

PÁGINA 03

Patrocínio Sítio Pedacinho do Céu em Santa Rita de Jacutinga MG

O Esquadrão Avladuc/Bom Voo e Amigos, recebe Patrocínio do Sítio Pedacinho do Céu em Santa Rita de Jacutinga MG. Entrega de Camisas do presidente da Avladuc, Jaudemir de Abreu (Jau) ao Proprietário do Sítio, Sr. Rodson, que abriu as portas de sua propriedade ao Esquadrão Bom Voo.


PÁGINA 04

AVLADUC

Tura / Baloeiro de Coração e Alma O aprendiz do seu Aniceto / Essa paixão pelo balão começou logo cedo. Ainda criança, por volta dos oito anos, Tura tinha um vizinho por nome Aniceto que confeccionava balões. O então futuro baloeiro, ia pra casa do seu Aniceto e ali começou a dar os primeiro passos na arte de fazer balões. Certa feita o garoto chamou a atenção de seu “professor” para um erro na confecção de um dos seus balões. Seu Aniceto confessou ter feito de propósito para testar se o seu aprendiz estava realmente atento e como prêmio lhe fora prometido que aquele balão seria solto por ele, o menino Tura. Ansioso, ainda teve que esperar por três semanas por causa do mau tempo até que num belo final de semana, Tura soltou o seu primeiro balão. Mas, naquele momento também reconhecia que era apenas um aprendiz e que ainda precisava se empenhar cada vez mais nessa arte, e lá foi ele, acertando aqui, errando ali, mas sempre avançando a caminho da evolução. Hoje, com muito orgulho, Tura afirma categoricamente: “eu nasci baloeiro”.

mando à atenção de outras turmas do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, etc. Um dos maiores golpes na vida de Tura aconteceu em 1998, com a criminalização da soltura de balões. O nosso baloeiro ficou bastante abalado, era flagrante o seu abatimento, e chegou a entrar num acordo com a sua esposa (Mônica) que só voltaria a confeccionar um balão quando tudo fosse regulamentado.

Carteira assinada aos 16 anos / Tura fez o primário, o ginásio e o científico. Começou a trabalhar de carteira assinada com 16 anos (como boy) numa indústria de armários embutidos; nessa empresa acabou se tornando chefe do departamento de pessoal. Mais tarde trabalhou no Unibanco por aproximadamente seis ou sete anos, saindo do banco, começou a vender bandeiras. Tura lembra que na Copa do Mundo de 1970, em cada jogo da seleção brasileira ele soltava três balões: um antes do jogo, um no intervalo e outro no final e relembra: “nunca vi tantos balões como naquela época”. Em 1977, entra para a Turma do Méier (fundada em 1960) e em 1978, por ocasião da Copa do Mundo na Argentina, Tura fez a sua primeira bandeira (media 15X15) com o logotipo da Copa do Mundo (Mundialito – um boneco chutando uma bola com a chibata na mão). Nessa época não era comum um balão subir carregando uma bandeira. Uma bandeira bem maior subiu num balão solto pela Turma da Bucha, media 50X75, esse fato ocorreu em 29/06/1986. Ainda em 1986, conheceu o Cláudio, da Turma da Alvarenga (SP), passou a confeccionar bandeiras que ficaram bastante conhecidas no meio dos baloeiros e, claro, cha-

“Os Balões Piratas do Rio” / Muito bem, no ano de 2000, apareceu em sua vida um Frances (Etienne Chambolle), responsável pela divulgação de um documentário que se tornou bastante conhecido no meio dos baloeiros – “Os Balões Piratas do Rio” e por causa desse docu /mentário, Tura, desde 2002, vem sendo convidado para soltar balões num dos maiores eventos esportivos da Europa, a Copa Ícaro que a cada evento atrai um público de aproximadamente 100 mil pessoas oriundas de todas as partes do mundo. O “gênio” (como também é conhecido), afirma que nesses dezesseis anos já soltou mais de 22 mil balões e que esse evento é realizado próximo as matas, morros, casas. O baloeiro Tura é o único convidado (da Copa Ícaro) a receber três troféus de participação. Tura vê com bons olhos as homenagens, mas é contra as competições de balões, e afirma que “o baloeiro tem que fazer balão para se superar e não para ganhar troféus”. Para 2018, já está com a sua agenda cheia, se não vejamos: em maio, viaja para El Salvador; em julho participará de um evento no México; em agosto evento em Açores; em setembro de volta a Copa Ícaro e ainda em 2018, grandes possibilidades do “Gênio Tura” soltar balões na China. Em outras palavras, o trabalho não para! Tura é casado, tem um filho e duas netas / Atrás de um grande baloeiro tem sempre uma grande mulher e com o Tura não poderia ser diferente e ele a todo instante faz questão de destacar o importantíssimo apoio de sua esposa (Mônica) e afirma sempre de maneira muito apaixonada que não faz nada sem ela. Juntos formam uma / que podemos traduzir como a expressão máxima da seriedade, competência, conhecimento de causa e fundamentalmente muito amor, um pelo outro e ambos pelos balões. (Huayrãn Ribeiro)


AVLADUC

PÁGINA 05

A FÁBRICA / ONIKA atualmente esta localizada na cidade do Rio de Janeiro-BR. Conta hoje com funcionários altamente capacitados e atualizados com os processos de produção e manutenção. Somado o conhecimento de todos os envolvidos com a fábrica, podemos desenvolver produtos e serviços que a cada dia são reconhecidos e comprovados por suas qualidades. Temos mão de obra 100% nacional, trabalhando com manutenção de praticamente todos os equipamentos importados. Fabricamos, importamos e exportamos uma gama de produtos para o voo livre e até outros esportes. Sabemos que o sucesso de nossa empresa esta diretamente no fato ouvirmos todos os envolvidos com a marca, aceitando sugestões e buscando colocar em pratica tudo aquilo que identificamos como seguro e prático. Também não podemos deixar de aceitar as criticas construtivas que é o ponto onde a evolução esta naturalmente ligada. Mais uma vez a ONIKA agradece a todos que estão direta ou indiretamente envolvidos com a marca, buscando sempre somar forças para que nossa segurança, prazer e evolução estejam sempre presentes em nossas vida.

Atenciosamente a presidência.

Escola desenvolvida para formação de novos pilotos e talentos do vôo livre. Contando com Profissionais formados e altamente capacitados na área, a Onika vem formando se não, um dos maiores números de pilotos da cidade do Rio de Janeiro. A escola engloba uma equipe de ensino com monitores à nível de instrução acima do recomendado, e uma metodologia de ensino na qual o aluno dedicado e atencioso, se torne um piloto responsável e prudente na prática do esporte.


PรGINA 06

Como adquirir - Tel.: (21) 964715953 - Zap

AVLADUC

Estrada Manoel de Sรก - Lote XV (centro) - Tel.: 3135 - 0552

Automรณvel Club - Santa Cruz da Serra (centro) - Duque de Caxias


AVLADUC

PÁGINA 07

Imagens da AVLADUC na Copa Ícaro Mais uma vez a AVLADUC levando e elevando o nome do Parapente de Duque de Caxias num dos maiores eventos de Vôo Livre da Europa.

COPA ÍCARO. ESTE É O MAIOR E MAIS TRADICIONAL FESTIVAL DE VOO LIVRE DO MUNDO, QUE ACONTECE HÁ MAIS DE 40 ANOS EM SAINT HILAIRE DU TOUVET, NOS ALPES FRANCESES. EM SETEMBRO, CERCA DE 60 MIL PESSOAS DO MUNDO INTEIRO PRESTIGIAM ACROBACIAS DE PARAPENTES, PARAMOTORES, ASA-DELTAS, PLANADORES, PÁRA-QUEDAS E BALÕES NO CÉU DA CIDADE. O EVENTO É UM CARNAVAL AÉREO.

S

E VOCÊ PENSA EM FAZER UM PAS

SEIO DIFERENTE, SURPREENDENTE E

COM DIVERSÃO GARANTIDA, O ENDE-

REÇO É CERTO:

COPA ÍCARO DE VOO LIVRE, ALPES FRANCESES, PRÓXIMO À CIDADE DE GRENOBLE. O EVENTO, QUE ACONTECE ANUALMENTE, ESTÁ NA SUA 39ª EDIÇÃO E ENCERRA TODOS OS ANOS O VERÃO EUROPEU, CONFIRNOS

MANDO SUA POSIÇÃO COMO A MAIOR FESTA DE ESPORTES AÉREOS DO MUNDO.

A COPA ÍCARO NASCEU HÁ QUASE 40 ANOS, SAINT HILAIRE DU TOUVET, QUANDO ALGUNS PILOTOS DE ASA-DELTA DA REGIÃO DECIDIRAM ORGANIZAR UM PEQUENO CAMPEONATO. O CAMPEONATO ACABOU SE NA PEQUENA CIDADE DE

TORNANDO A PRIMEIRA COMPETIÇÃO OFICIAL DO ESPORTE NA

EUROPA. O EVENTO FOI GANHANDO

CADA VEZ MAIS ELEMENTOS, ATÉ SE TRANSFORMAR EM UM MEGA-ACONTECIMENTO, QUE REÚNE PESSOAS DO MUNDO TODO, NUM FESTIVAL MULTIATRATIVO QUE CONTA COM APRESENTAÇÕES E ACROBACIAS EM PARAPENTES, PARAMOTORES, ASAS DELTA, PARAQUEDAS, PLANADORES, BALÕES, SKYDIVING, WINGSUIT E ATÉ PEQUENOS AVIÕES.

OS PONTOS ALTOS DO EVENTO SÃO OS FESTIVAIS DE VOO À FANTASIA, CINEMA PARA FIL MES SOBRE VOO , E A FEIRA DE FABRICANTES , IMPORTADORES E EXPORTADORES DE EQUIPA MENTOS PARA A PRÁTICA DE TODOS OS TIPOS DE ESPORTES AÉREOS E OUTDOORS.

O FESTIVAL À FANTASIA É UM VERDADEIRO DESFILE AÉREO DE CRIATIVIDADE: DRAGÕES COM CAUDAS GIGANTES , PÁSSAROS ENORMES, CARRUAGENS PSICODÉLICAS. ESTAS SÃO APENAS ALGUMAS DAS MALUQUICES QUE PODEM SER VISTAS DECOLANDO EM PARAPENTES E ASAS DELTA, CUJOS PILOTOS MUITAS VEZES COMPÕEM SUAS INDUMENTÁRIAS VOADORAS COM PERFORMANCES HILÁRIAS ANTES DA DECOLAGEM.

NA EDIÇÃO PASSADA DO EVENTO, PELA PRIMEIRA VEZ, O BRASIL PARTICIPOU COM A ARARA

AZUL – HOMENAGEM AO PERSONAGEM CENTRAL DO FILME “RIO”, DE C ARLOS SALDANHA –, E ARRANCOU APLAUSOS E GRITOS ENTUSIASMADOS DO PÚBLICO , QUE VIBROU QUANDO A BATUCADA BRASILEIRA DA TRILHA SONORA DA ANIMAÇÃO ECOOU PELAS CAIXAS DE SOM, ANUNCIANDO A DECOLAGEM DO PILOTO ZÉ MARIO, DE CARAGUATATUBA (SP), ALI VESTIDO COMO O “BLU” DO FILME.

O PEQUENO VILAREJO DE SAINT HILAIRE, QUE TEM POUCO MAIS DE MIL HABITANTES, CHEGA A RECEBER DE 50 MIL A 60 MIL PESSOAS PARA A COPA ÍCARO, E O LUGAR NÃO DEIXA A DESEJAR EM INFRAESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO, QUE PODEM SER OBSERVADAS DESDE OS PEQUENOS DETALHES ATÉ AS GRANDES TENDAS E PRAÇAS QUE FORMAM O EVENTO. UMA CURIOSIDADE É QUE AS 900 PESSOAS ENVOLVIDAS NA ORGANIZAÇÃO FAZEM ESTE TRABALHO VOLUNTARIAMENTE, DESDE OS DIRETORES ATÉ O PESSOAL DA LIMPEZA, TUDO COM MUITO ESMERO. UM EXEMPLO DE QUE AS GRANDES REALIZAÇÕES DEPENDEM MAIS DE BOA VONTADE DO QUE DE RECURSOS FINANCEIROS. INFORMAÇÕES TÉCNICAS À PARTE, O QUE VALE DIZER É QUE A COPA ÍCARO É UM GRANDE ENCONTRO DE PAIXÕES. PESSOAS APAIXONADAS PELOS ESPORTES AÉREOS, PRATICANTES OU NÃO; GENTE APAIXONADA PELA VIDA E QUE TRANSBORDA ALEGRIA; ARTISTAS, MÚSICOS E PERFORMISTAS APAIXONADOS POR REPARTIR SUA ARTE COM O PÚBLICO PRESENTE. PELOS CERCA DE 200 MIL METROS QUADRADOS QUE RECEBEM O EVENTO, CIRCULAM FAMÍLIAS COM CRIANÇAS E SEUS ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO, ATLETAS PROFISSIONAIS, AMADORES, EMPRESÁRIOS DO ESPORTE, ENTUSIASTAS, JORNALISTAS, ARTISTAS E VIAJANTES DE TODOS OS PAÍSES. O SOM FRENÉTICO DOS VÁRIOS IDIOMAS SE MISTURA ÀS MÚSICAS ESPALHADAS PELO SISTEMA SONORO, CRIANDO UMA TRILHA CARACTERÍSTICA DO FESTIVAL. PARA OS PRATICANTES DE ESPORTES AÉREOS, A COPA ÍCARO É UM EVENTO OBRIGATÓRIO; PARA OS SIMPATIZANTES DESTAS ATIVIDADES OU VIAJANTES EM GERAL, É A DICA DE PASSEIO INESQUECÍVEL. (ESPN)


PÁGINA 08

AVLADUC

Rampa de Voo Livre de Santa Cruz da Serra

(Rampa (Rampa do do Jaú) Jaú) em em Duque Duque de de Caxias Caxias -- RJ RJ Local: Rampa de Santa Cruz da Serra (Rampa do Jaú) - Duque de Caxias - RJ Altitude: 520 metros Desnível: 500 metros Quadrante: N (Norte), S (Sul), SE (Sudeste), E (Leste). WayPoint: S 22° 36' 37.4" , W 43° 15' 29.9" (-22.6104 , -43.2583)

Melhor Época: Possibilidade voo durante todo o ano. Clube Responsável: AVLADUC - Associação de Voo Livre de Duque de Caxias. (https://www.facebook.com/avladuc.voolivre?fref=ts) Prós: Voos de térmicas entre 1 a 5m/s. Decolagem fácil. Contras: Pouso oficial restrito (campo de futebol). Atenção a torres de energia a frente da rampa. Informações gerais: Infraestrutura hoteleira e de restaurantes em Duque de Caxias. Próximo a rampa a nova sede da AVLADUC junto ao espaço H2O oferece ótimas instalações. Recordes: sem registro.

Acesso: Por Santa Cruz da Serra, Rodovia Rio - Petrópolis, Av. Automóvel Clube, entrada em frente o Bairro Barro Branco, Pelo Bairro Santo Antonio, Rio Petrópolis, entrar a direita do pedágio sentido Xerém- seguir pelo Bairro Santo Antonio, subida indicada para autos 4x4 ou de tração traseira. Decolagem: Rampa natural, de tamanho médio gramada, decolagem para equipamentos (podendo ser ampliada), vários quadrantes S/SE/L/ em direção Santa Cruz e N para Santo Antonio. Pouso: Varias possibilidades de pouso, sendo alguns restritos e em área povoada. Pouso oficial é em campo de futebol a 1 km da rampa, todos localizados no Bairro Santa Cruz da Serra.

Informações por: Jaudemir de Abreu (Jaú) Tel.: (21) 96471-5953. Escola Bom Voo - escolabomvoo@yahoo.com.br

AVLADUC - Associação de Voo Livre e Amigos de Duque de Caxias  

004 - Set. / Out. / 2018 - INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DE VOO LIVRE E AMIGOS DE DUQUE DE CAXIAS - RJ

AVLADUC - Associação de Voo Livre e Amigos de Duque de Caxias  

004 - Set. / Out. / 2018 - INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DE VOO LIVRE E AMIGOS DE DUQUE DE CAXIAS - RJ

Advertisement