Page 1

RIO DE JANEIRO

17 a 23 de maio de 2018 distribuição gratuita brasildefato.com.br

/brasildefatorj

@Brasil_de_Fato

Ano 6 | edição 267

Gilvan de Souza / Flamengo

Divulgação

»»Na última segunda-feira (14) o

crime completou 2 meses ainda sem solução. GERAL, P.4

»»Aprenda dicas de como fazer as BATERIA DE baterias dos aparelhos durarem CELULAR VICIA? mais. CULTURA & LAZER, P.10

FLAMENGO VAI ÀS OITAVAS COM DOIS GOLS DE ÉVERTON RIBEIRO SOBRE O EMELEC

»»Vitória no Maracanã

classificou o Fla com uma rodada de antecipação. ESPORTES, P.12

MORADORES RELATAM ROTINA DE TENSÃO E PAVOR NA ROCINHA

Fernando Frazão / Agência Brasil

Sair de casa para comprar pão, levar os filhos na escola e trabalhar se tornou uma tarefa nada fácil para os cerca de 70 mil moradores de uma das maiores favelas da América Latina. Desde setembro de 2017, a Rocinha vive um clima de tensão que começou com uma guerra entre duas facções e se mantém durante a intervenção federal militar que foi instalada no estado do Rio de Janeiro. GERAL, P.5

AJUDE O ACAMPAMENTO DO LEVANTE POPULAR DA JUVENTUDE »»Movimento social

que organiza jovens em todo o país lançou uma campanha de financiamento. GERAL, P.3

Levante Popular da Juventude

PARLAMENTARES CRITICAM INVESTIGAÇÃO DE EXECUÇÃO DE MARIELLE FRANCO


2

GERAL

RIO DE JANEIRO, 17 A 23 DE MAIO DE 2018

SUGESTÃO DE OUVINTE

ESCREVA PARA O BRASIL DE FATO: (21) 99373 4327

CHARGE

Julio Lacerda

Passarela de Coelho Neto não comporta fluxo de pedestres

Falta de passarela dificulta mobilidade de pedestres na zona norte do Rio JAQUELINE DEISTER

RIO DE JANEIRO (RJ)

A

falta de infraestrutura em áreas da zona norte do Rio tem sido motivo de transtornos para os moradores do bairro de Coelho Neto. A região concentra um alto fluxo de usuários dos transportes públicos por ser o único ponto da cidade de ligação entre a Avenida Brasil, uma importante via expressa do Rio que corta 26 bairros do município, com a estação de metrô. De acordo com os moradores do bairro, o fluxo de passageiros ficou muito maior após a implementação do Terminal Rodoviário em Coelho Neto. O mediador de conflitos e morador do bairro, Julio Lacerda, explica que a única passarela que liga ao metrô não comporta mais a quantida-

de de passageiros que transita diariamente pelo local. “É uma passarela que tem engarrafamentos de pessoas e são trabalhadores que muitas vezes brigam entre si. Há a necessidade de se construir um outro espaço de passagem para os carregadores da CEASA (Centrais de Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro). Muitas vezes as pessoas que transitam por ali não entendem a realidade desses trabalhadores da CEASA. Eles têm legitimidade de passar ali, mas muitas vezes acabam hostilizados”, relata Lacerda. MELHORIAS Um outro morador e usuário do metrô que prefere não se identificar destaca que já acionou a prefeitura para exigir melhorias na infraestrutura de deslocamento de passageiros na estação de Coelho Neto, con-

tudo, não obteve resposta. “Eu gostaria que fizessem mais passarelas com o objetivo de melhorar o espaçamento entre os camelôs e melhorar a organização deles também. Eu transito todos os dias e qualquer horário que você chega, ou sai é uma dificuldade muito grande”, afirma. O Brasil de Fato entrou em contato com a Secretaria Municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação para saber se providências estão sendo tomadas para resolver a situação. A assessoria de comunicação comunicou que a secretaria não recebeu nenhum pedido de nova passarela para o bairro. O órgão informou que os moradores devem fazer as sugestões e reclamações para a ouvidoria da prefeitura pelo telefone 1746 ou pelo site www.1746.rio.

www.brasildefato.com.br redacaorj@brasildefato.com.br @Brasil_de_Fato /brasildefatorj (21) 4062 7105 (21) 99373 4327 CONSELHO EDITORIAL Alexania Rossato, Antonio Neiva (in memoriam), Carolina Dias, Joaquín Piñero, Mario Augusto Jakobskind, Rodrigo Marcelino, Vito Giannotti (in memoriam) | EDIÇÃO Vivian Virissimo | SUBEDIÇÃO Eduardo Miranda | ADMINISTRAÇÃO Angela Bernardino e Marcos Araújo | DISTRIBUIÇÃO Carolina Dias | REDAÇÃO Flora Castro, Luiz Ferreira, Jaqueline Deister e Raquel Júnia | DIAGRAMAÇÃO Juliana Braga


GERAL

RIO DE JANEIRO, 17 A 23 DE MAIO DE 2018

Levante Popular da Juventude lança campanha para acampamento

Levante Popular da Juventude

colaboração deve ser feita no site da Benfeitoria: benfeitoria.com/3AcampaRJ. Os valores vão de R$10 até R$ 5 mil.

A meta de R$15 mil vai custear refeições para mais de 500 jovens por 4 dias FLORA CASTRO

RIO DE JANEIRO (RJ)

O

s movimentos populares sempre enfrentaram diversos desafios de financiamento para concretizar suas ações. Para tentar superar esse desafio, o Levante Popular da Juventude, movimento que organiza jovens em todo o país, criou uma campanha de financiamento para custear a realização do 3° Acampamento Estadual do Rio de Janeiro. A atividade aguarda mais de 500 jovens entre

os dias 31 de maio e 3 de junho, na Reserva Ambiental dos Petroleiros em Tinguá, em Nova Iguaçu. Para viabilizar o evento, além de contar com a ajuda de parceiros do campo progressista, como sindicatos, o movimento tem como meta de contribuições o valor total de R$15 mil que vai arcar com parte da alimentação dos jovens e os custos da campanha. Esse valor vai ajudar a servir 2 mil cafés da manhã durante os 4 dias de evento. Quem contribuir vai ga-

Atividade deve reunir 500 jovens em Nova Iguaçu

nhar alguns presentes do movimento, no esquema ganha-ganha. E é tudo ou nada. Se no fim do prazo a meta não for atingida, as contribuições voltam para os benfeitores. “Estamos fazendo uma vaquinha online para que a gente consiga de forma coletiva, colaborativa, construir um espaço de formação po-

LULA LIDERA PESQUISA COM 32,4% DOS VOTOS »O

pré-candidato petista, Luiz Inácio Lula da Silva, lidera com 32,4% das intenções de votos a corrida presidencial, segundo a pesquisa CNT/MDA. O ex-presidente supera com folga a soma do segundo e terceiro lugar. Em segundo lugar, na pesquisa da Confederação Nacional dos Transportes, aparece o nome de Jair Bolsonaro (16,7%), seguido por Marina Silva (7,6%). A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa, divulga-

3

lítica e organização de 500 jovens de todo o estado do Rio de Janeiro”, explicou Breno Rodrigues, militante do movimento. “É para que a gente consiga fazer um espaço amplo, de qualidade e autônomo”, concluiu. A campanha está no ar até o dia 31 de maio quando começa o acampamento e a

LANÇAMENTO No último dia 7, o Levante lançou seu terceiro acampamento estadual em um evento no Sindicato do Médicos, no centro do Rio. Com o lema “Lutar! Defender a democracia com o projeto popular”, diversos movimentos, sindicatos e mandatos do campo progressista estiveram presentes. Como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), o coordenador nacional da Federação Única dos Petroleiros (FUP) e pré-candidato a deputado federal, José Maria Rangel (PT), o vereador e pré-candidato ao governo do Rio, Tarcísio Motta (Psol) e movimentos de juventudes, como a Kizomba. “É importante essa demonstração de unidade, de construção de uma saída coletiva para as crises que a gente está vivendo”, analisou Bianca Campos, militante do Levante.

POPULAÇÃO PODE SE VACINAR EM ESTAÇÕES DO METRÔ

Rovena Rosa / Agência Brasil

da nesta segunda-feira (14), também simulou um cenário de disputa eleitoral sem o nome de Lula entre os concorrentes. O resultado, que foi massivamente explorado pela mídia hegemônica, mos-

tra Bolsonaro na frente com 18,3% dos votos. De acordo com a CNT/ MDA, foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades federativas, das cinco regiões.

GRIPE Em maio, a populaçãoalvo da campanha da gripe poderá se vacinar nas estações da Carioca, Maria da Graça, Jardim Oceânico e General Osório entre 9h e 16h. A campanha é voltada para idosos, crianças de seis meses a 4 anos, gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, trabalhadores de saúde, portadores de doenças crônicas e professores das redes pública e privada. (ABr)


4

GERAL

RIO DE JANEIRO, 17 A 23 DE MAIO DE 2018

QUEM MATOU?

Dois meses sem Marielle e Anderson EDUARDO MIRANDA RIO DE JANEIRO (RJ)

M

anifestantes lotaram nesta segunda-feira (14) as escadarias da Câmara do Rio e a praça da Cinelândia para lembrar os dois meses do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes. Durante o ato, parlamentares e representantes de movimentos populares cobraram das autoridades a solução para o crime. A vereadora de Niterói, Talíria Petrone (PSOL), lembrou que a parlamentar do Complexo da Maré encampava a luta feminista, LGBT, negra e denunciava a desigualdade social do país. “Tentaram silenciar uma voz que dava prioridade àqueles e àquelas marginali-

zados em um Brasil que não aboliu ainda a escravidão. Num Brasil em que a cada 100 mortos, 71 tem a cor da Marielle”, defendeu Talíria. UNIDADE Para a ativista do Movimento Negro Unificado (MNU), Silvia Mendonça, as esquerdas precisam se apropriar das bandeiras de Marielle e ir em direção aos espaços das periferias com o objetivo de ampliar a consciência do povo. “A gente tem que sair daqui agora e sempre para buscar essa unidade entre nós. Temos que ampliar a consciência do nosso povo que não está aqui, ir para os territórios, para as favelas e para os espaços onde nós não estamos conseguindo trazer quem não está aqui”, clamou. Clarice Lissovsky

DIREITOS HUMANOS Empresária é denunciada por trabalho escravo em Copacabana »»O Ministério Público Federal no Rio de Ja-

neiro denunciou uma empresária por trabalho escravo em Copacabana, na zona sul da capital fluminense. Segundo o MPF, entre dezembro de 2010 e fevereiro de 2011, ela submeteu uma das empregadas domésticas a condições degradantes de trabalho. A vítima foi trancada na área de serviço durante uma semana, sem direito a circular pelo restante da casa ou se alimentar. Na época, a vítima adoeceu e, segundo testemunhas, a denunciada considerou que, se ela não podia trabalhar, também não receberia salário nem se alimentaria. Além disso, a jornada era exaustiva, sem intervalo de descanso ou repouso semanal. Para evitar que a vítima fosse embora, a denunciada ainda alegava uma dívida e afirmava que descontaria do salário da empregada itens quebrados ou blusas manchadas.

AGENDA Manifestantes preencheram uma longa faixa branca com frases de homenagens e pedidos de Justiça

CONGRESSO DO POVO RJ

Já são muitas cidades fluminenses em ativa mobilização para o Congresso do Povo. Rolaram encontros no Norte Fluminense, no Sul Fluminense, na Costa Verde e Região Serrana, além da Baixada e da Região Metropolitana. VEJA AS PRÓXIMAS AGENDAS: 19/05 Sul Fluminense: Formação de Formadores

Parlamentares criticam vazamento de depoimento »»Em entrevista ao Brasil de Fato, os deputa-

dos do PSOL Chico Alencar e Marcelo Freixo criticaram o processo de investigação e o vazamento de um depoimento até então sigiloso. O conteúdo incrimina o vereador Marcello Siciliano, do PHS, e o ex-policial militar Orlando Oliveira de Araújo, apontados como mentores da execução de Marielle. Integrante da Comissão Externa da Câmara Federal que acompanha o caso, Chico Alencar apontou algumas falhas da investigação. “Nos parece falho na investigação até agora o pouco cuidado com o carro da Marielle que ficou num pátio exposto, o fato de não terem

19/05 Duque de Caxias: Congresso do Povo

feito no Instituto Médico Legal (IML) o raio-X necessário para ver a trajetória das balas nos corpos executados, o fato de as testemunhas oculares achadas pelo jornalismo investigativo não terem sido ouvidas de imediato ou até antes pelos investigadores, o fato de se fazer uma reconstituição do episódio só 56 dias depois”, pontuou. Já o deputado estadual Marcelo Freixo afirmou que o vazamento de depoimento não é compatível com a seriedade e complexidade do caso.”Tivemos um vazamento gravíssimo de uma fonte importante, de um depoimento dado à Polícia Federal e não sei com qual intenção. Sobre o ministro de Segurança, Raul Jungmann, quando ele comemora a informação baseada em vazamento, é lastimável, é um oportunismo despropositado”, criticou.

19/05 Niterói / Itaipu: Pré-Congresso do Povo na Feira de Economia Solidária 20/05 Niterói / Morro do Palácio: Pré-Congresso do Povo 21/05 Rio de Janeiro / Madureira: Reunião do Comitê - 18h - Sindicato dos Comerciários - Rua Américo Brasiliense, 158 23/05 Rio de Janeiro / Tijuca e Zona Sul: Congresso do Povo ESTÁ SABENDO DE OUTRAS?? Mande para nós a agenda (data, horário e local) do Congresso do Povo na sua cidade/comitê, através de mensagem para: 21 99496-5606 (Carolina); ou para o e-mail: congressodopovorj@gmail.com


GERAL

RIO DE JANEIRO, 17 A 23 DE MAIO DE 2018

JAQUELINE DEISTER

RIO DE JANEIRO (RJ)

S

air de casa para comprar pão, levar os filhos na escola e trabalhar se tornou uma tarefa nada fácil para os cerca de 70 mil moradores de uma das maiores favelas da América Latina. Desde setembro de 2017, a Rocinha vive um clima de tensão que começou com uma guerra entre duas facções e se mantém durante a intervenção federal militar que foi instalada no estado do Rio de Janeiro. Na última segunda-feira (14), o conflito entre policiais e criminosos fez mais duas vítimas, uma delas fatal. Francisco Nunes de França, de 75 anos, era ciclista e comerciante local. De acordo com informações dos moradores, França tentou se proteger atrás de um muro durante uma troca de tiros que ocorreu na localidade conhecida como Valão, quando foi atingido e morreu. Maria Luiza de Lima tem 22 anos e trabalha com arte urbana pela cidade do Rio. A jovem mora na Rocinha desde a pré-adolescência e relata que a situação da comunidade nunca esteve tão violenta. Segundo ela, não há paz, a preocupação é constante mesmo estando dentro de casa. A moradora conta que na semana passada, durante um confronto que matou um policial militar e deixou 3 feridos, ela foi impossibilitada de voltar para casa. “Eu estava saindo de casa no início da noite, quando no meio dos becos começou o tiroteio e eu comecei a correr. Liguei para casa e minha irmã falou para eu não voltar, por-

Como é a rotina de

PAVOR

enfrentada pelos moradores da Rocinha População vive clima de tensão com guerra entre facções que acontece desde setembro de 2017 Fernando Frazão / Agencia Brasil

Cerca de 70 mil vivem na Rocinha, uma das maiores favelas da América Latina

que estava tenso com tiroteio. Nesse dia eu fiquei impedida de vir para casa, porque estava sem luz e havia os boatos de guerra, que poderia ocorrer outro confronto. Evitei ir para casa e fiquei na praia com o pessoal que trabalha com arte na rua e dormi na casa de um amigo. Só

retornei no dia seguinte quando estava claro”, conta a moradora. ROTINA DE PAVOR A rotina de pavor enfrentada por quem mora na Rocinha e não sabe mais o que fazer para driblar a violência, tem deixado muitas pessoas com sérios trans-

tornos psicológicos, síndrome do pânico e depressão. As pessoas que têm uma condição mais favorável estão saindo da comunidade, porém, a grande maioria não tem outra alternativa, a não ser contar com a sorte. A moradora que prefere ser chamada apenas por Shirley, mora na comunidade há 5

5

anos. Ela conta que é muito difícil não poder andar pela favela, sair de casa e não saber se será possível voltar. Ela destaca que a intervenção federal militar não tem contribuído para melhorar a situação, pelo contrário. “Na Rocinha, nós não queremos ser apenas número estatístico, queremos ações efetivas dentro da favela. A Rocinha quer intervenção em educação, saúde, cultura e em políticas públicas para que a gente possa viver melhor, queremos apenas o direito de ter paz”, afirma. COMISSÃO POPULAR DA VERDADE A Comissão Popular da Verdade, que foi lançada no mês de abril e tem como objetivo acompanhar de perto as violações aos direitos humanos cometidas durante a intervenção federal militar no Rio de Janeiro, também está registrando os casos da favela da Rocinha. O grupo está tentando agendar um encontro com o interventor, o general Walter Souza Braga Netto, para relatar sobre a situação da favela que tem se agravado nos últimos 8 meses e encontrar soluções para melhorar a vida dos moradores.

Sair de casa para comprar pão, levar os filhos na escola e trabalhar se tornou uma tarefa nada fácil para moradores da Rocinha


6

GERAL

RIO DE JANEIRO, 17 A 23 DE MAIO DE 2018

NOSSOS DIREITOS | OCUPAR PRÉDIO VAZIO É UM DIREITO. POR QUÊ? »»Segundo

a Constituição, os governos federal, estadual e municipal têm obrigação de fazer programas de construção de moradia e melhoria de habitação e saneamento básico para todas as pessoas. Assim,

ter casa é um direito. Mas, no Brasil, muita gente não tem onde morar. Um grande problema é que há muitos imóveis vazios, usados apenas para especulação (ou seja, o dono espera o imóvel valorizar para fazer negócios e lucrar).

Enquanto juízes e promotores recebem auxílio-moradia de mais de R$ 4.300,00 mensais, estima-se (IBGE) que 7 milhões de famílias precisam de habitação no país. Mas veja só: há cerca de 8 milhões de imóveis vazios.

Prédios vazios não cumprem qualquer função para a sociedade, por isso, desrespeitam a Constituição, que obriga toda propriedade a ter função social. Como o governo não faz seu papel de garantir moradia digna, muitas famílias

têm que ocupar imóveis vazios para ter um teto. Essas famílias, com isso, dão uma finalidade social à propriedade. Dessa forma, ocupar é, sim, um direito. *Paula Cozero é advogada e professora

AMIGA DA SAÚDE Por Sofia Barbosa, enfermeira do Sistema Único de Saúde (SUS)

Ouvi falar da inseminação caseira. Isso pode dar certo mesmo? É seguro? É ilegal? Mara Souza, 24 anos, vendedora.

»Querida Mara, a inseminação caseira tem sido uma práti-

ca tentada por mulheres que desejam engravidar, não vivem com um homem (ou o parceiro é estéril) e não podem pagar os altos custos do procedimento nas clínicas particulares. Consiste em: 1) conseguir um homem disposto a doar o sêmen; 2) durante o período fértil da mulher injetar o sêmen recém-ejaculado (em pote esterilizado) na vagina, através de uma seringa (esterilizada). Ou seja, o procedimento em si é simples. Porém, há muitas polêmicas, apesar de não ser considerado crime a prática da inseminação caseira. A lei só proíbe vender o esperma.  As leis dizem que os doadores não podem ser responsabilizados pela paternidade. Porém, estas leis regem situações em que os doadores são desconhecidos pelas pessoas que recebem o esperma. Na informalidade da doação caseira, normalmente são feitos acordos entre os envolvidos, isentando o doador das responsabilidades e direitos de pai. Entretanto esses acordos não têm efeito legal, podendo haver problemas futuros caso alguém volte atrás. Outro risco é contrair doenças sexualmente transmissíveis. Por isso, é muito importante que o doador apresente exames recentes antes do procedimento. Importante lembrar que também existem serviços no SUS que fazem inseminação artificial.

Tire suas dúvidas com a Amiga da Saúde Esse espaço é só nosso. Aqui você pode perguntar o que quiser para a nossa Amiga da Saúde. Mande sua dúvida para amigadasaude@brasildefato. com.br, ela vai ter o maior prazer em responder.


GERAL

RIO DE JANEIRO, 17 A 23 DE MAIO DE 2018

7

MORADIA

Conheça ocupação urbana que é exemplo de luta pela moradia no Rio Ocupação em antigo prédio do INSS é formada por 42 famílias que vão organizar um restaurante e um samba Fotos Fernando Frazão / Agência Brasil

JAQUELINE DEISTER

RIO DE JANEIRO (RJ)

N

o Rio de Janeiro, segundo levantamento realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos em 2016, cerca de 15 mil pessoas não tinham onde morar. A solução encontrada por parte desta população acaba sendo ocupar imóveis abandonados na cidade com o intuito de exigir o cumprimento da função social da propriedade. Na capital fluminense, a Ocupação Manoel Congo, coordenada pelo Movimento Nacional de Luta pela Moradia (MNLM), é um exemplo de como por meio da organização e da pressão popular sobre o poder público foi possível devolver a dignidade para as 42 famílias que hoje possuem um lugar para morar. A ocupação do prédio vazio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), no centro do Rio, foi requalificada para habitação de interesse social após um longo processo de diálogo com o Estado. Lurdinha Lopes, integrante da coordenação nacional do MNLM, conta que o maior desafio hoje para a ocupação é a sustentabilidade. “A gente está executando os últimos 3% da obra. Estamos na reta final. Para a gente, o grande desafio co-

Prédio vazio do INSS, no centro do Rio, foi requalificado para habitação de interesse social

O grande desafio colocado é a sustentabilidade das 42 famílias Lurdinha Lopes, do MNLM

42 famílias moram na Ocupação Manoel Congo

locado é a sustentabilidade das 42 famílias. Temos um espaço que deixamos vazio para construir uma geração de trabalho e renda, com gestão coletiva do trabalho, para que um per-

centual desse recurso vá para abaixar a taxa de condomínio, porque uma forma de expulsar as pessoas do centro da cidade é o custo de vida”, explica. A ideia dos moradores é

abrir um restaurante e uma casa de samba no prédio para evitar que alguma família tenha que sair do espaço por não poder arcar com a manutenção do condomínio. Atualmente, os custos de contribuição estão em torno de R$ 130 pelo fato da obra ainda estar em curso. A experiência bem sucedida da Ocupação Manoel Con-

go foi capaz de transpor barreiras políticas e sociais que estão enraizadas na sociedade brasileira. Vitor Guimarães, coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) no estado, destaca que a especulação imobiliária é um dos principais empecilhos para reduzir a desigualdade social. “Garantia à moradia é o início para assegurar circulação na cidade, novos empregos e possibilidades para as pessoas se emanciparem. Portanto, não permitir que todas as pessoas tenham moradia digna e adequada é fazer com que a cidade se mantenha desigual”, destaca Guimarães.

VOCÊ SABIA

?

A tensão social envolvendo a questão da moradia ficou mais acirrada no município do Rio durante a Copa do Mundo e as Olimpíadas. Dados do relatório Megaeventos e Violações dos Direitos Humanos no Rio, desenvolvido pelo Comitê Popular da de 2015, revelou que mais de 22 mil pessoas foram removidas de suas casas por conta dos megaeventos esportivos.


8

CULTURA & LAZER

RIO DE JANEIRO, 17 A 23 DE MAIO DE 2018

Morre Roberto Farias, diretor de filme sobre a ditadura

Ana Paula Migliari /TV Brasil

D

iretor de “Pra Frente, Bra- Divulgação sil”, um dos primeiros filmes a retratar a ditadura militar no país, o cineasta e produtor Roberto Farias morreu na última segunda-feira (14), aos 86 anos. Ele estava internado para tratamento contra um câncer. Lançado em 1982, “Pra Frente, Brasil” abordou um país vibrante com a Seleção Brasileira, na Copa do Mundo de 1970, no México, mas que também sangrava com civis sendo torturados e mortos por Diretor abordou em “Pra Frente, Brasil” país festejando Copa do Mundo e sangrando com torturas e mortes agentes da repressão oficial. Presidente da Embrafilme na épozador do clássico “Assalto ao Trem Também nos anos 1960, colaboe “Roberto Carlos a 300 quilômeca, o diplomata Celso Amorim, que Pagador” (1962). O cineasta, que rou na fundação da Difilm, distritros por hora” (1971). Foi responsáfoi também ex-ministro da Defesa e começou a carreira no início dos buidora do Cinema Novo, ao lado vel também pelo sucesso  “Os tradas Relações Exteriores nos goveranos 1950 como assistente de diredo produtor Luiz Carlos Barreto. palhões e o auto da Compadecinos do presidente Lula e da presição da Atlântida, dirigiu “Rico ri à O cineasta dirigiu ainda inúmeda” (1987). denta Dilma Rousseff, foi demitido toa” (1957), “No mundo da lua” ros sucessos de público como “Os Na TV, dirigiu minisséries do cargo por liberar verba para o fil(1958) e “Toda donzela tem um pai paqueras”  (1968),  “Roberto Carlos como  “As Noivas de Copacabame, que denunciava a tortura. que é uma fera” (1966). e o diamante cor de rosa”  (1968) na” e “Memorial de Maria Moura”. Roberto Farias também foi realiDivulgação

DICAS MASTIGADAS

BISCOITO FRITO DE VINAGRE

Ingredientes: •  7 colheres de açúcar •  4 colheres de óleo •  4 colheres de vinagre •  1 pitada de sal •  1 colher de fermento em pó •  ½ quilo de farinha de trigo sem fermento

Modo de preparo:

1. Misture o açúcar, o vinagre, o fermento e o sal. Vá colocando a farinha de trigo até dar o ponto de enrolar 2. Em seguida, enrole não muito grosso 3. Frite até o ponto de dourar 4. Sirva com café

Receita da Dona Joaquina »Receita da época antiga guardada pelas mestras do quilombo Chacrinha, de Belo Vale (MG). A arte de fazer biscoitos começou com Almerinda Dias da Cunha, que era responsável pela lida com o fogão em todas as festas. “– Ao biscoitão, Sô João!’’ era a senha que fazia as crianças correrem! Essa receita é parte do livro “Sabores do Quilombo – Quitandas das Minas Gerais”, acesse completo em goo.gl/ BxKfJn.


CULTURA & LAZER

Emissora sofreu muitas críticas nas redes sociais por elenco sem representatividade

Divulgação

RIO DE JANEIRO, 17 A 23 DE MAIO DE 2018

9

HORÓSCOPO DA SEMANA ÁRIES (21/3 A 20/4) Entrada em período mais dinâmico nas finanças e na vida material. Na mesma moeda, o alerta fica para que se evite gastos sem importância. Atenção aos conflitos com amigos.

TOURO (21/4 A 20/5) A realização de projetos pessoais e até mesmo profissionais começa a aparecer no horizonte, com a chegada da Lua Nova em seu signo.

GÊMEOS (21/5 A 20/6) Enquanto aguarda pela chegada breve de planos e projetos que entrarão em ação, você vive uma semana de mais introspecção e se volta para assuntos mais subjetivos.

CÂNCER (21/6 A 22/7) Pessoas novas no seu caminho, com a possibilidade de futuras amizades, e notícias sobre mudanças no mundo do trabalho animam a semana dos cancerianos.

Globo terá que adequar elenco da novela “Segundo Sol” Ministério Público do Trabalho solicitou que 14 medidas sejam adotadas, pois só 3 atores do elenco são negros

O

Ministério Público do Trabalho recomendou que a TV Globo adote 14 medidas de adequação por causa da falta de representatividade das pessoas negras na novela “Segundo Sol”, ambientada em Salvador, na Bahia. A emissora tem sofrido críticas nas redes sociais porque, apesar de a história se passar no estado brasileiro com maior percentual de população negra ou parda declarada, de acorNovela tem apenas do com o IBGE, apenas três atores negros estariam no elenco. três atores negros A procuradora Valdirene Silva, Cono elenco em história ordenadora Nacional de Combate à que se passa no Discriminação no Trabalho do MPT, comentou a legislação sobre isso. estado com maior “Nós temos dispositivos constitupercentual de cionais, normas de âmbito internapopulação negra cional, Estatuto da Igualdade Racial, legislações específicas do estado do Rio e da Bahia que vedam a discriminação racial. Esse conjunto indica que estamos diante de uma situação vista como discriminatória”, explicou. A TV Globo afirma, em nota, que está acompanhando os comentários nas redes sociais e reconhece que ainda tem uma representatividade menor do que gostaria. A Globo disse ainda que vai trabalhar para evoluir com essa questão. A notificação é assinada pelos seis procuradores membros do grupo de trabalho do MPT de combate à discriminação, iniciado no ano passado. Valdirene Silva explica que esta é a primeira atuação do grupo e comenta o que pode ocorrer. “À medida em que a gente faz uma recomendação, a gente espera que a empresa compreenda, reveja sua postura e que, espontaneamente, corrija o que está contrário às disposições constitucionais legais. Não sendo esse o posicionamento, aí o Ministério Público atua com a lei”, disse a procuradora.(ABr)

LEÃO (23/7 A 22/8) Além de movimentação em sua vida social, a semana pode trazer surpresas no campo do trabalho, com novos projetos pessoais e reconhecimento do seu esforço.

VIRGEM (23/8 A 22/9) Além de maior envolvimento com sua espiritualidade e interior, a semana será mais favorável para você olhar para seu organismo e cuidados com a saúde.

LIBRA (23/9 A 22/10) Momento de decisão em relacionamentos, tanto para inícios quanto para reflexão sobre rompimentos. A vida financeira também deve trazer novidades.

ESCORPIÃO (23/10 A 21/11) Renovação nos relacionamentos amorosos e possibilidade de um novo amor para quem está solteiro. Discussões familiares devem ser evitadas nesse período.

SAGITÁRIO (22/11 A 21/12) Novos projetos podem resultar em mudanças na vida profissional. A tendência é que as transformações se estendam à rotina do sagitariano.

CAPRICÓRNIO (22/12 A 20/1) Atenção com gastos desnecessários e às suas finanças nesse período. Pessoas com perfil diferente do seu podem trazer novidades.

AQUÁRIO (21/1 A 19/2) Mudanças nas relações familiares e na moradia. Cuide do excesso de energias nesse período para evitar atritos e confusões nas relações.

PEIXES (20/2 A 20/3) Ansiedade e excesso de energia podem afetar suas decisões, por isso é importante exercer o autocontrole. Atenção à saúde nesse período.

Maioria dos britânicos ‘não tem interesse’ no casamento Real

»»Uma pesquisa divulgada na última terça-feira (15) pela YouGov

apontou que dois em cada três britânicos “não estão interessados” no casamento entre o príncipe Harry e a atriz norte-americana Meghan Markle. O levantamento foi feito com pouco mais de 1,6 mil pessoas, e delas, 66% afirmaram que não dão muita importância para o casamento real. Além disso, 60% dos entrevistados disseram que vão ter um final de semana normal, mesmo com a cerimônia. A Família Real irá pagar todos os gastos com a cerimônia, no entanto, os custos com a rigorosa segurança do evento serão pagos com dinheiro dos cofres públicos. O casamento entre Harry, de 33 anos, e Meghan, de 36, acontece no dia 19 de maio, no Castelo de Windsor. (Ansa)


10 CULTURA & LAZER

RIO DE JANEIRO, 17 A 23 DE MAIO DE 2018

Ricardo Stuckert

PALAVRAS CRUZADAS PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br

www.coquetel.com.br Puxar ou mover veículo pesado

© Revistas COQUETEL

A maior intérprete de Noel Rosa (MPB) Iodo James (?), (símbolo) Cordeiros ator (EUA)

(?) Bolena, rainha consorte da Inglaterra (?) Colorado, personagem de TV

Bactéria Parâmetro econômico causadora utilizado pelo Prouni da gonorpara a concessão reia (Patol.) Em + ela de bolsas

Recémnascido (bras.) Devoto

Sufixo de "londrina"

Maria (?) Machado, escritora brasileira Última bolsa do estômago das aves Cada um dos orixás das águas, de energia predominantemente feminina Porta-voz de uma celebridade

Associação Cristã de Moços (sigla)

Roupa do juiz Caixas de madeira

Centro das ações da "Ilíada" (Lit.)

1.101, em romanos Rod Telúrio Stewart, (símbolo) cantor

Saudação jovial Patrões; senhores

Leste (abrev.) Libido dos animais

Solução

C C B T

B

T A O A N H O S

X E R E T A C A A N

G A L O P I O I

G O N A R N E N E O L I N C A D O A C L I F F O R I A A C M A O I G A L M C I O I A S O R

book descarregar completamente ou carregar a noite inteira porque “vicia”. Isso realmente poderia acontecer com as baterias mais antigas. No entanto, os aparelhos modernos têm baterias que podem ser carregadas a qualquer momento e pelo tempo que você quiser, sem problemas. Uma dica para a bateria durar mais é evitar temperaturas muito baixas ou altas (menor que 0°C e maior que 40°C) e não deixar o aparelho sem uso por longos períodos. Vale lembrar que as baterias têm vida útil de cerca de dois anos.

http://www.andredahmer.com.br/

A

R S

»»Você já deve ter ouvido que não pode deixar a bateria do celular ou note-

TIRINHA | André Dahmer

T E

A bateria do celular vicia?

46

S

Divulgação

Penhasco, em inglês Ave com crista

U S

BANCO

Dia do Instrumen- (?): 9 de janeiro to musical de 1822 da Antiguidade (Hist. BR)

A R A C I D E A L M E I D A

C

om o objetivo de arrecadar fundos para o Acampamento Lula Livre em Curitiba, o Espaço Raízes do Brasil, em Santa Teresa, vai sediar no sábado (19), das 10h às 17h, mais uma edição carioca do Bazar #LulaLivre. O evento contará com DJ, roda de samba na pracinha em frente, feijoada, bebidas e tem, também, o objetivo de levantar fundos para a vigília #LulaLivre. Para que o encontro aconteça, a organização do Bazar pede doações de roupas, artesanatos, vinis, CDs e livros, entre outros objetos. As doações podem ser entregues no Espaço Raízes do Brasil (Rua Áurea, 80), no Sinttel (Rua Morais e Silva, 94, Maracanã) ou na Rua Pires de Almeida, 14, apart 102, Laranjeiras, aos cuidados de Cida. A renda arrecadada também será doada para as pessoas que estão acampadas em Curitiba e que estão lutando e resistindo em nome da liberdade do ex-presidente Lula.

Base dos ensinamentos de Lao-tse

Hiato de "voo" Intrometido (pop.)

3/tao. 4/amos — caan — iabá. 5/cliff. 7/biônica. 8/chapolin — gonococo. 9/tracionar.

Bazar arrecada doações para acampamento Lula Livre

Estudo da Biologia aplicada à Eletrônica De segunda (?): de qualidade inferior


Antoine Dellenbach / PSG

FRASE DA SEMANA

Edwin Martinez Wikimedia

NEYMAR É ELEITO O MELHOR JOGADOR DO CAMPEONATO FRANCÊS

11

ESPORTES

RIO DE JANEIRO, 17 A 23 DE MAIO DE 2018

»»Com 19 gols em 20 partidas disputadas com a camisa do Paris Saint-Germain, Neymar foi eleito no domingo (13) o melhor jogador do Campeonato Francês, em votação realizada pelo sindicato de jogadores da França (UNFP). “Agradeço a todos os meus colegas. Sem eles, não teria recebido este troféu. Estou emocionado e muito contente com a nossa temporada. É uma honra”, declarou o jogador, ao canal francês beIn Sports. Após a premiação, Ronaldo “Fenômeno”, que entregou o prêmio a Neymar, disse que não sabe se o jogador é feliz no PSG. O comentário foi um desdobramento em meio às especulações de que o craque pode deixar o clube francês. Na terça-feira (15), o argentino Lionel Messi, ex-colega de Neymar no Barcelona, afirmou que uma possível transferência do craque brasileiro para o Real Madrid “seria uma lástima, por tudo que significou para o Barcelona (...) um golpe terrível para a torcida”.

OPINIÃO

Não há nenhuma maneira de escapar do medo: medo de não voltar a ser forte como eu era, medo de não ser a melhor mãe e não voltar a ser a melhor jogadora de tênis do mundo” Serena Williams, uma das melhores tenistas de todos os tempos, comentando os desafios de desenvolver a sua carreira após a maternidade.

FABRÍCIO FARIAS

Desinteresse por futebol »»Salve, salve, meu povo! Tudo bem por aí?

Na última semana, o Instituto Datafolha divulgou uma pesquisa apontando que 41% dos brasileiros não têm interesse algum no futebol. Para os especialistas da mídia esportiva, é um absurdo que o país que sempre se orgulhou de ser “do futebol” tenha quase metade da sua população desinteressada no esporte nacional. O que pode explicar essa situação? Bem, os fatores para o desinteresse são os mais variados e vão do afastamento do grande público dos estádios até a qualidade do futebol que se pratica hoje no Brasil. Se a grande maioria das pessoas não tem condição de acompanhar a festa no estádio, como elas irão se interessar por algum clube? Com esse distanciamento, o esporte bretão passa a ser mais uma opção de entretenimento entre várias outras. E o pior: em posição desfavorável. O afastamento do povão do estádio tem a ver com a privatização da vida, que tem alcançado níveis alarmantes em nosso país. A busca pelo lucro virou justificativa para tudo. A escola pública não tem qualidade? Vamos privatizá-la. O Estado está com as contas desequilibradas? Vamos cortar gastos públicos! Na lógica atual, a participação que realmente importa para os manda-chuvas é a participação do dinheiro. Quem pode paga, quem não pode chora. Que tal pesquisarmos sobre o interesse do brasileiro pela vida?

Nova Zelândia estabelece igualdade entre seleções »»A Federação Neozelandesa de Futebol anunciou que

vai pagar premiações e direitos de imagem iguais para atletas das seleções feminina e masculina de futebol. Foi o que informou o diretor geral da entidade, Andy Martin. As mulheres também terão direito a viajar na primeira classe. Assim, a Nova Zelândia segue o exemplo da Noruega, que estabeleceu a igualdade entre feminino e masculino no ano passado.

Divulgação


12 ESPORTES 12 ESPORTES

RIO DE JANEIRO, 17 A 23 DE MAIO DE 2018 RIO DE JANEIRO,

17 A 23 DE MAIO DE 2018

PAPO ESPORTIVO PAPO ESPORTIVO

LUIZ FERREIRA LUIZ FERREIRA

FINALMENTE A ZICA DO FLAMENGO ACABOU

BRASILEIRÃO BRASILEIRÃO 2ª RODADA 6ª RODADA

x x x x x x x x x x x x x x x x x x x x

BAH SAN CAM SAB 21/04/2018CRU

Gilvan de Souza /Flamengo

Everton Ribeiro brilha com dois gols e ajuda Fla a exorcizar fantasma na Libertadores

FONTE NOVA 16:00 SAB 19/05/2018 INDEPENDÊNCIA 16:00

FLA AME FLA SAB 21/04/2018VAS MARACANÃ 19:00 SAB 19/05/2018 MARACANÃ 19:00

PAR COR PAL BAH DOM 22/04/2018

» Sim,

meu amigo. Foi duro. Foi sofrido. Foi muito mais na base da raça e da vontade do que na base do jogo coletivo. Mas a vitória sobre o Emelec veio e o Flamengo está finalmente classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores da América. É como se um fantasma tivesse sido exorcizado pelo pé esquerdo de Everton Ribeiro, autor dos dois (belos) gols da partida desta quarta-feira (16), no Maracanã. Mas não foi só o camisa sete que estava endiabrado. Cuellar, Renê (o que esse cara cresceu do início do ano pra cá é brincadeira), Réver e Rodinei também mostraram muita vontade e comandaram a vitória mais esperada pela torcida nos últimos anos. Também é preciso elogiar o trabalho feito por

DURIVAL BRITTO 11:00 SAB 19/05/2018 ARENA PALMEIRAS 21:00

CAM VIT VIT DOM 22/04/2018CEA

INDEPENDÊNCIA 16:00 DOM 20/05/2018 BARRADÃO 11:00

CHA VAS PAR DOM 22/04/2018GRE

ARENA CONDÁ 16:00 DOM 20/05/2018 DURIVAL BRITTO 16:00

Maurício Barbieri. Mesmo sofrendo com as críticas e as cobranças de torcedores e dirigentes, o treinador rubro-negro teve boas sacadas durante os noventa minutos. A melhor delas foi a mudança para o 4-4-2 no início do segundo tempo, quando o Fla amassou o Emelec e conseguiu abrir o placar

FLU CRU AME DOM 22/04/2018BOT

MARACANÃ 16:00 DOM 20/05/2018 INDEPENDÊNCIA 16:00

em belíssima jogada de Renê. A tendência é que Diego, Everton Ribeiro e companhia encontrem um clima mais tranquilo para trabalhar nessa temporada. Mas é preciso manter a mesma raça e a mesma concentração nos jogos do mata-mata da Libertadores. Qualquer erro é fatal.

CEA SAO SAO DOM 22/04/2018SAN CASTELÃO (CE) 16:00 DOM 20/05/2018 MORUMBI 16:00

PAL INT SPO DOM 22/04/2018COR

PACAEMBU 16:00 DOM 20/05/2018 ARENA DE PERNAMBUCO 16:00

GRE CAP FLU DOM 22/04/2018CAP

ARENA DO GRÊMIO 19:00 DOM 20/05/2018 MARACANÃ 19:00

Alguns pitacos sobre a seleção brasileira Lucas Figueiredo/CBF

Tite escolheu os 23 para a Copa do Mundo nesta segunda-feira (14)

SPO BOT INT SEG 23/04/2018CHA

» O grupo chamado por Tite é bom, tem quali-

dade e possui todas as condições de conquistar a sexta Copa do Mundo para a Seleção Brasileira. O time-base não deve mudar muito daquele que disputou as Eliminatórias apenas com a entrada de Danilo no lugar do lesionado Daniel Alves. Por outro lado, fico me perguntando se os gremistas Arthur e Luan não poderiam ter ganhado mais espaço com Tite ao longo dos últimos meses. Acabou que o comandante do escrete canarinho ficou refém das próprias escolhas e não faria muito sentido chamar os dois atletas citados anteriormente agora, às vésperas da estreia do Brasil na Copa do Mundo. Muita gente está cornetando. Normal. Afinal, cada brasileiro é um técnico de futebol em potencial. Foi assim em 1958, em 1962, em 1970, em 1994 e em 2010. Por que não seria agora? Há como se questionar a presença de Fred e Taison na lista. Mas não há como dizer que Tite foi incoerente.

ILHA DO RETIRO 20:00 SEG 21/05/2018 BEIRA RIO 20:00 TABELA CLASSIFICAÇÃO P TABELA

1 CLASSIFICAÇÃO Atlético-PR 2 1 América-MG Flamengo 3 2 Santos Corinthians 4 3 Internacional Atlético-MG 5 4 Corinthians Grêmio 6 5 Vasco Palmeiras 7 6 São Paulo Botafogo 8 7 Grêmio Vasco 9 8 Vitória Cruzeiro 10 9 Flamengo Fluminense 1110 Botafogo América-MG 1211 Palmeiras Sport 1312 Fluminense São Paulo 1413 Atlético-MG Santos 1514 Paraná Chapecoense 1615 Cruzeiro Atlético-PR 1716 Bahia Internacional 1817 Ceará Bahia 1918 Sport Vitória 2019 Chapecoense Ceará 20

Paraná

P 10 10 10 8 8 8 7 7 7 7 7 7 6 6 5 5 5 4 3 1

J

V J 5 5 5 5 5 5 4 5 5 5 5 5 4 5 5 5 5 5 5 5

SG V 3 3 3 2 2 2 2 2 2 2 2 1 2 1 1 1 1 1 0 0

SG 6 5 2 4 2 1 3 1 0 -1 -2 1 -1 -3 1 -1 -3 -2 -5 -8

Brasil De Fato RJ - 267  
Brasil De Fato RJ - 267  
Advertisement