Page 1

e m

re v i s t a

MARÍLIA GABRIELA “O que sou, não sei, mas sou um monte de coisas!”

México Conheça a península do Pacífico que tem praia, montanha e tacos de verdade • Ilhéus Litoral baiano inspirou o escritor Jorge Amado e segue arrancando suspiros • Lenny Niemeyer A história da arquiteta que virou rainha da moda praia


xxxxxx do presidente presidente palavra

Modernizing at full speed ahead

Modernizar a toda velocidade

We are currently living in an era of innovation, where never-ending technological advances allow for the renovation and continual updating of machines and equipment at jet-like speed. At Avianca Brasil we fully embrace this new era and one of our main steps in this sense was to completely renew our fleet, updating it with aircraft with proven efficiency. The arrival of eight new Airbus A320 during 2015 is the consecration of this strategy that, along with the new technology acquired, will offer other benefits to our passengers, like the strengthening of our air network.

Vivemos atualmente a era da inovação, em que os constantes avanços tecnológicos permitem a renovação e a atualização contínua de máquinas e equipamentos, e à velocidade de jato. Nós, da Avianca Brasil, aderimos de corpo e alma aos novos tempos e um dos nossos principais passos nesse sentido foi renovar integralmente nossa frota, atualizando-a com aeronaves de comprovada eficiência. A chegada de oito novos Airbus A320 ao longo de 2015 é a consagração dessa estratégia, que, além da nova tecnologia adquirida, trará vários outros benefícios aos nossos passageiros, como o reforço da malha aérea.

The Airbus A320 has the capacity for transporting 162 passengers, with efficient and silent equipment, respecting the environment by emitting fewer pollutants. Also, thanks to its technological innovations, it consumes less fuel and has maintenance costs that are 20% lower than those of the older fleets. The individual entertainment system allows passengers to choose their preferred channel to watch, making the trip a unique and customized experience. With the fleet’s complete renewal, currently with 41 aircraft, operating in 23 destinations and 25 airports, with the goal of transporting over 8 million passengers in 2015.

O Airbus A320 tem capacidade para transportar 162 passageiros, com equipamentos eficientes e silenciosos, que respeitam o meio ambiente ao emitir muito menos poluentes. Além disso, graças às suas inovações tecnológicas, consome menos combustível e tem custo de manutenção 20% mais baixo do que frotas mais antigas. Seu sistema de entretenimento individual permite que cada passageiro escolha o canal preferido para se distrair, tornando a viagem uma experiência individualizada e única. Com a renovação integral da frota, hoje com 41 aeronaves, operamos em 23 destinos e 25 aeroportos, com a meta de transportar mais de oito milhões de passageiros em 2015.

The month of June will signal the beginning of the definitive substitution of the last eight Fokker MK-28 in our fleet, which once totaled 14 of these aircrafts, playing an important role in the expansion of Avianca Brasil, who began using the planes in 2006, when the company was still called OceanAir. The full renewal of the fleet makes Avianca Brasil even more competitive and in tune with innovation, with the ability of offering its clients an even better product. The company now has a standardized Airbus family fleet, with A318, A319 and A320 models – each one with the capacity for transporting 120, 132 and 162 passengers, respectively. This enables us to forge ahead with the main business strategy we have adopted: to be Brazil’s best loved airline, making passengers’ satisfaction a priority by offering roomier and more comfortable seats, hot and tasty meals and better service on board and in general. Happy reading and have an excellent trip!

O mês de junho marcará o início da substituição definitiva dos últimos oito aparelhos Fokker MK-28 de nossa frota, que já contou com 14 unidades deste modelo. As aeronaves tiveram um papel importante na expansão da Avianca Brasil, que começou a utilizá-las em 2006, quando ainda se chamava OceanAir. A renovação integral da frota torna a Avianca Brasil uma empresa ainda mais competitiva e sintonizada com a inovação, capaz de oferecer aos seus clientes um produto ainda melhor. A empresa passa a contar agora com uma frota padronizada da família Airbus, com aeronaves dos modelos A318, A319 e A320 – cada uma delas com capacidade para transportar 120, 132 e 162 passageiros, respectivamente. Assim, seguiremos a estratégia central de negócios adotada: ser a empresa aérea mais querida do Brasil, priorizando a satisfação dos passageiros, com poltronas mais confortáveis e separadas com maior espaço, refeições quentes e diferenciadas e melhores serviços de bordo e de atendimento. Ótima leitura e excelente viagem!

José Efromovich President

8 · jun.15

avianca em revista

José Efromovich Presidente avianca.com.br


sumário junho de 2015 • edição #59

16

Economia

20

Família a bordo

62

Hot Spot

80

Pet Style

Parece que nosso dinheirinho voltou a render

Como deixar as crianças com os avós e relaxar 100% nas férias

Dicas para curtir o eterno verão de Fortaleza

Regras de etiqueta social para levar seu bichinho a locais públicos

48

front

Marília Gabriela

42 biografia

54

Turismo internacional

66 Especial

74

Osvaldo Leivas

México

VOLTA AO MUNDO

Ilhéus

Trajetória de sucesso do varejo alimentar ao varejo de material de construção

10 · JUN.15

avianca em revista

Tem um “quê” de magia na península que reúne Puerto Vallarta e Riviera Nayarit

Conheça casais que largaram tudo para viajar

Turismo nacional Livros de Jorge Amado, muito chocolate e praias paradisíacas. Precisa mais? avianca.com.br


EDITORIAL bio

As boas surpresas da vida

M

arília Gabriela impressiona. Ela escreve, atua e canta, além de ser conhecida como uma das melhores entrevistadoras do país. No hotel Tivoli São Paulo, onde toda a equipe reuniu-se para a produção de fotos da capa, ela conquistou cada um com sorrisos verdadeiros, inteligência e humildade. Esqueça qualquer rótulo. A multiartista não se define e gosta dessa eterna busca pelas questões existenciais e quase filosóficas do “por que vim? de onde vim? e pra onde vou?”. A complexidade das três perguntas mantém sua curiosidade a mil, procurando no outro e nela mesma o enigmático sentido da vida.

Nosso destino internacional do mês surpreendeu tanto quanto Gabi. A Baía das Bandeiras, no litoral Pacífico, tem um bom mix de tudo que há pelo México. Praias paradisíacas que vão do hippie-chic ao luxo, montanhas da Sierra Madre rodeando o mar, cultura mexicana de verdade – e não as famosas imitações pra “gringo” ver –, campos de golfe incríveis e uma das paisagens mais lindas da vida. Sério. Depois de vários dias por lá, ainda tivemos a surpresa de viajar uma hora de barco até as formações vulcânicas de Islas Marietas. A reserva ecológica tem uma das praias mais surreais e cinematográficas do mundo: a Playa Escondida, também conhecida como Playa del Amor. Pra matar a curiosidade, dá uma espiada na foto da página 54. O Brasil também tem seus bons cantinhos de sombra e água fresca. Partimos para uma viagem baiana com o objetivo de descobrir o que tanto inspirou nosso escritor Jorge Amado. A uns 460 quilômetros ao sul de Salvador, Ilhéus reserva todos os ingredientes necessários para uma boa história. Além de ter servido de cenário para muitos romances do autor, a cidade esteve, por muitos anos, entre os principais produtores de cacau do mundo. Depois de ler um bom livro acompanhado de um chocolate em uma das fazendas da região, todo mundo precisa perder-se pelo centro histórico e deixar-se levar pelas estradas cercadas de palmeiras e de plantações de cacau, óbvio, até chegar às praias paradisíacas do lugar. Mas se tem algo que até hoje me inspira são as histórias de viagens com bilhete apenas de ida. Todo mundo já ouviu alguém que deixou emprego e amigos pra trás pra se jogar em uma volta ao mundo. Nessa edição, contamos a história de dois casais que tiveram coragem para recomeçar do zero. Depois de muitos quilômetros percorridos, algumas conclusões vem à tona. Uma delas é que não existe o melhor lugar do mundo, mas, sim, o destino em que se está de peito aberto para vivê-lo. Tudo depende da nossa entrega. Outro ensinamento dos nossos casais viajantes é buscar que a jornada faça a diferença na vida das pessoas. Pensando bem, as duas conclusões fazem sentido pra vida – seja viajando eternamente ou mergulhando de cabeça na rotina profissional e pessoal. Basta abrir os olhos. ALGUNS MINUTOS ANTES DO COMBINADO, NA SUÍTE 7016 DO HOTEL TIVOLI MOFARREJ, EM SÃO PAULO, CHEGA MARÍLIA GABRIELA PARA A ENTREVISTA E ENSAIO DE FOTOS DA NOSSA CAPA DESSE MÊS. SIMPÁTICA E MUITO ATENCIOSA, GABI CUMPRIMENTOU CADA PESSOA E DEIXOU TODOS EM UM CLIMA ABSOLUTAMENTE FAMILIAR. AFINAL, ERA MESMO. SEU FILHO, THEODORO COCHRANE, ASSINOU O STYLIST DA PRODUÇÃO, ENQUANTO DUDA MOLINOS CUIDOU DO CABELO E MAQUIAGEM DA ARTISTA, QUE POSOU COM BOM HUMOR E PROPRIEDADE PARA AS LENTES DO FOTÓGRAFO ANDRÉ PASSOS.

12 · JUN.15

avianca em revista

Boa viagem e até a próxima! Frederico Campos redacao@aviancaemrevista.com.br Foto André Passos AssistENTE Foto Rodolfo Beauty Duda Molinos AssistENTE Beauty Renato Paz Stylist Theodoro Cochrane MARíLIA GABRIELAVESTE Blazer e Anel Alexandre Herchcovitch

avianca.com.br


we

avianca

envie sua foto para redacao@aviancaemrevista.com.br

ou utilize o Instagram #aviancaemrevista

Marcelo Tito São Paulo para Rio de Janeiro

Grupo PROCAP AVIANCA/GAPNET SSA Rio de Janeiro para Salvador

Thaise Calmon Salvador para Rio de Janeiro

Lucas de Franceschi Rossetto Florianópolis para Chapecó

Raquel, Alexandre e Benício Fortaleza para Brasilia

Cecilia e Heitor Meurer São Paulo para Porto Alegre

14 · jun.15

Helena Angela avianca em revista Brasília para Aracaju

Pedro Henrique Santini Soares Salvador para São Paulo

Celso e Antonia Giulito Porto Alegre para Rio de Janeiro

avianca.com.br


Andrea e Frederico Rio de Janeiro para São Paulo

Messina Palmeira São Paulo para João Pessoa

Clarissa Braz e João Henrique Braz Petrolina para Recife

Amanda Moreno Salvador para Petrolina

Katarina Foto Eustaquio Aguiar Gustavo Cristo de França Petrolina para Recife

Geisa e Noto Alves Alencar São Paulo para Cuiabá

Padre Evaldo Souza São Paulo para Recife

Claudia Carvalho Rio de Janeiro para Recife Ana Izabel Santos e Michelle Correia Fortaleza para Juazeiro do Norte Renato Watanabe São Paulo para Rio de Janeiro

Erick Moraes e Carolina Moraes Petrolina para Recife

VOOS SAZONAIS DE SÃO PAULO PARA RECIFE Início

fim

origem

destino

dep

arr

30/06

03/08

GRU

REC

00:15

03:02

30/06

03/08

REC

GRU

03:02

06:20

02/07

30/07

GRU

REC

00:15

03:02

02/07

30/07

REC

GRU

03:02

06:20


economia

Meu dinheirinho voltou a render Os rentistas brasileiros tiveram uma fase difícil nos últimos anos, quando o juro nem dava direito para compensar a inflação. Parecia que aquela poupança não seria suficiente para prover uma aposentadoria confortável. Mas isso ficou para trás. Será? POR FABIO KANCZUK

shutterstock

Tio Isaque: Fabinho, mais uma vez você estava errado. Há dois anos e meio, você disse que eu estava ferrado, que agora os juros seriam baixos, que minha poupança não ia render como antes, que eu tinha que reduzir minha despesa. Olhei meu extrato bancário esse mês e fui surpreendido por uma ótima notícia. Estou ganhando uma grana até que boa. E agora? Qual a sua desculpa? Não é fácil aguentar meu tio Isaque. Mesmo quando acerto, eu erro. Eu: Puxa, tio... Desta vez acertei o dólar. É isso que seu extrato bancário está mostrando. Mas você está certo que os tempos agora são bem melhores para aqueles que têm uma boa poupança do que há dois anos. O governo subiu bastante os juros e, ano que vem, a inflação vai ser mais baixa. Vai dar para você ganhar um rendimento razoável. Tio Isaque: Como sempre, você não respondeu nada. O que eu quero saber é: por que você errou? Na verdade, quero saber se esses juros vão ficar altos por muito tempo ou não. Claro que eu não confio nas suas conclusões. Mas quero saber o que está rolando no tal mercado financeiro.

Fabio Kanczuk é engenheiro pelo ITA, PhD em Economia pela UCLA com pós-doutorado em Harvard, além de professor titular do departamento de Economia da USP

16 · jun.15

avianca em revista

Eu: Há duas mudanças importantes acontecendo, que vão determinar se os juros vão ficar elevados ou não. Uma é aqui no Brasil, outra no mundo, em particular nos Estados Unidos. Aqui no Brasil, há essa questão de ajuste fiscal, do superávit prometido pelo ministro Levy, que você lê nos jornais. Quando te falei aquilo, há dois anos, a situação fiscal brasileira estava deteriorando rapidamente, mas a dívida era estável como percentagem do PIB. Hoje, a fotografia é bem pior: a dívida está aumentando. A menos que o ministro Levy consiga implementar o ajuste e faça sistematicamente um superávit de cerca de 2,5% do PIB, que é mais do que ele pretende esse ano, a dívida vai continuar subindo. Se isso realmente acontecer, o “risco

Brasil”, que está associado à probabilidade de não conseguirmos pagar os juros sobre a nossa dívida, vai piorar. As agências de rating, mesmo meio lentas, vão acabar nos dando um downgrade. E os juros brasileiros refletirão essa dificuldade de se financiar, recompensando os credores pelo risco. Isto é, os juros vão ficar mais elevados, como eram no tempo em que o Brasil tinha a situação fiscal destrambelhada. Tio Isaque: Oba! Vou torcer contra o Levy. Já não gostava dele – muito chato, quase tanto quanto você. Mas e a outra razão? O que os Estados Unidos têm a ver comigo? Eu: Um outro componente dos juros brasileiros, além das variações cíclicas da política monetária, são os juros internacionais. Embora sejamos uma economia muito fechada, os juros americanos afetam bastante os juros de equilíbrio daqui. Na verdade, algumas análises econométricas que eu fiz surpreendem nessa direção. Então, os juros americanos vão começar a subir esse ano. Vão sair de zero e vão, lentamente, se normalizar. Não sei se vão até quatro, como eram antigamente, ou somente até dois e meio. Essa é uma bela discussão. Mas é certo que vão subir, e isso terá efeitos sobre os juros brasileiros. Um efeito direto é que maiores juros americanos implicam em maiores juros brasileiros. Outro efeito, indireto, é que a volta dos recursos financeiros para os EUA talvez impliquem numa reavaliação do risco nos países emergentes. Na falta de opção, os investidores estavam sendo meio condescendentes com o risco. Mas vão passar a pensar com mais cuidado. Isso pode fazer o “risco Brasil” subir, fazendo com que os juros aqui sejam maiores ainda. Tio Isaque: Então sua conclusão é que os próximos anos vão ser bons para mim. Eu bem que gostaria que você fosse um bom economista e acertasse suas previsões. kanczuk@gmail.com avianca.com.br


marketing e publicidade

CIDADE LIMPA, MODERNA E COLORIDA PORAdonisAlonso

shutterstock

H

á oito anos, cartaz virou mídia exterior e outdoor ganhou o elegante nome de mídia Out Of Home, ou OOH, na linguagem publicitária. Em janeiro de 2007, a primeira Lei Cidade Limpa brasileira, assinada em São Paulo, deu início a um processo nacional de eliminação da propaganda de folhas coladas em grandes painéis urbanos. De início, a preocupação era com o emprego de quase 20 mil trabalhadores que a cada manhã deixavam suas empresas com escadas, latas de cola e pincéis gigantes. Embora polêmica, a lei recebeu amplo apoio popular. Eliminar a poluição visual de metrópoles, como a capital paulista, era o mais forte argumento. Empresas do setor tiveram sua parcela de culpa por empurrarem sempre para depois uma autorregulamentação capaz de disciplinar o crescimento de painéis clandestinos pela cidade. Ao mesmo tempo, o conceito “outdoor” mudava em todo o mundo. O Festival Internacional de Criatividade de Cannes, o mais importante da comunicação publicitária, já não premiava mais simples cartazes com o Grand Prix da categoria. Iniciou-se uma valorização de toda e qualquer ação realizada fora de casa, ou Out Of Home. Do carro invisível da MercedesBenz, cujo contorno transparente deixava livre a imagem ao fundo, ao “Magic Of Flying” da British Airways, painel interativo com crianças apontando para o céu, onde, propositalmente, passavam aviões em altitudes visíveis ao público.

Adonis Alonso é jornalista, coordenador de Conteúdo do Fórum de Marketing Empresarial e Prêmio Lide e autor do livro “Meus Amigos Publicitários”

18 · jun.15

avianca em revista

Um case brasileiro premiadíssimo foi o “Sprite Shower”, instalado em praias cariocas para banhos refrescantes, com a água saindo de máquinas instantâneas gigantes de refrigerante. Além disso, a mídia exterior ganhou cores e tecnologia. Cartazes

de papel foram sendo substituídos ao longo desses oito anos por painéis tecnológicos de alta resolução, além de interativos. Com isso, ganhou também a criatividade de publicitários que extrapolaram o papel e dirigiram suas ideias para as telas de muitos pixels. Hoje é possível carregar celular, interagir com painéis touch screen e assistir imagens claríssimas em ônibus, metrô, na rua, em edifícios e aeroportos. Painéis de LED tomaram conta das grandes cidades, sem deixar saudade dos imensos cartazes colados. Shows e eventos utilizam a tecnologia para enriquecer seu conteúdo. A imagem estática ganhou movimento, as cores chapadas se encheram de brilho. O olhar do público ficou mais atento. Em 2013, seis anos depois da lei, São Paulo finalmente regulamentou a publicidade no mobiliário urbano para substituir os antigos cartazes. A empresa responsável pela operação dessa mídia nos abrigos de transporte público, Ótima Publicidade, imediatamente usou suas próprias armas para valorizar a atividade. Em parceria com a agência PS10, lançou a campanha “Volta Mari”, sugerindo a ação de um apaixonado arrependido, sob o pseudônimo de Môzi, pedindo perdão à sua amada. E o que era apenas uma forma de comprovar a eficiência da mídia exterior acabou se tornando um grande case de marketing, envolvendo 12 milhões de pessoas e suas páginas no Facebook e Instagram, reforçando o pedido. A Mari não existia, mas a eficiência dessa mídia despertou a curiosidade do mercado publicitário. O setor, enfim, se modernizou, se equipou, treinou seus times para acompanhar a evolução e já sonha em tornar São Paulo uma nova Broadway. alonso.adonis@gmail.com avianca.com.br


família a bordo

Ficar com os avós é demais

shutterstock

POR Patrícia Maldonado

T

em coisa mais gostosa do que ter avô e avó? Tem! Ir à casa deles sem os pais, ser mimado e fazer tudo que tiver vontade. Quando eu era pequena, era assim – e continua sendo porque minhas avós, Josephina e Lorena, ainda me enchem de carinho, como seu eu tivesse 10 anos. Também é assim com minhas filhas, meus pais e sogros. Acho ótimo, tanto que sempre que eu e meu marido viajamos, deixamos as nossas filhas na casa deles, numa boa. Elas amam e eles mais ainda. Quando voltamos, confesso, precisamos colocar algumas coisinhas de volta nos eixos, mas sem estresse. Algumas “regrinhas” são mesmo feitas para serem quebradas nessas situações, na minha opinião. A psicóloga, pedagoga e escritora, Betty Monteiro, concorda. “Muitas vezes, os avós se sentem obrigados a quebrar certas regras, até para não entrar em confronto com a criança. Além disso, quando os pais viajam e as crianças ficam tristes, é necessário deixar de lado algumas imposições para que os avós continuem mantendo um bom vínculo com os netos”, explica. Para a especialista, os avós devem respeitar apenas as regras que não modifiquem a rotina e a dinâmica de sua própria casa. “Eles não devem aceitar regras que venham a incomodá-los ou a dificultar muito a sua vida. Quando os pais viajam, passam a vigorar as regras dos avós, mas, claro, desde que elas não sejam prejudiciais à vida e à saúde dos netos”, alerta.

Patrícia Maldonado é jornalista (apresentadora da TV Bandeirantes) e tem, no portal Yahoo, um blog e um programa sobre os desafios da mãe contemporânea

20 · jun.15

avianca em revista

Mas e se os pais forem muito controladores? Se tiverem vontade de ligar muitas vezes ao dia para saber se os filhos comeram, foram à escola, dormiram bem? Ela é

prática na resposta. “Os pais devem evitar ligar, principalmente se for para controlar a rotina da casa dos avós. E tem outro detalhe: quando ligam para falar com os filhos, as crianças reavivam as lembranças e a saudade. Pode fazer mal pros pequenos. Falando dos pais, é bom que eles aprendam a relaxar e a investir no casal quando estão a sós. Devem aproveitar o momento para curtir um ao outro, como quando não tinham filhos. É óbvio que se algo acontecer eles serão avisados”. Parece fácil. No entanto, muitos casais simplesmente não conseguem relaxar. Alguns se arrepiam só de pensar na possibilidade dos avós estenderem o horário das crianças irem para a cama (conquistado, eu sei, a duras penas), ou liberarem mais um chocolate depois do jantar (como vai ser depois, na retomada da rotina, quando eles só puderem comer doce nos finais de semana?). Dra. Betty não hesita. “É muito fácil retomar as regras quando os pais voltam. É só dizer que na casa dos avós as coisas são diferentes e pronto. As crianças são espertas, conseguem entender”, diz. Fica claro que o ideal mesmo é sempre conversar. Antes da viagem, pais e avós podem chegar a alguns acordos para que não seja penoso para nenhum dos lados. Na minha opinião, quem é muito radical com rotina e alimentação não deve viajar sem as crianças. Os demais devem fazer saudáveis parcerias com os mais velhos, para que todos lucrem com a experiência. De minha parte, posso dizer que tenho maravilhosas lembranças de férias com vó Fina e vó Ena. E espero que Nina e Maitê tenham doces recordações também, no futuro, de seus avós.

avianca.com.br


saúde

Cabelo não é planta

shutterstock

por Dra.Andrea Godoy

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, cortar ou raspar os cabelos não faz com que cresçam com maior velocidade ou fiquem mais fortes. Aqui vão algumas dicas para cuidar bem deles e ter uma cabeleira bonita e saudável.

T

enha em mente que uma queda diária de 100 a 120 fios é normal, saudável e garante espaço para os cabelos novos crescerem. Se o volume de queda for maior que isso, ou ocorrer o surgimento de falhas (alopecia areata), existe a necessidade de visitar o seu dermatologista, já que isso pode ser um sinal de alguma doença sistêmica, alterações na tireoide, anemia ou outro desequilíbrio orgânico.

Fios secos e quebradiços – Relacionado à carência de ácido linoleico, iodo, vitamina A, vitamina C, proteínas, cobre e zinco. No cardápio, acrescente feijão de soja, queijos, leite integral, manteiga, gema de ovo, cebola, levedura de cerveja, germe de trigo, castanha-do-pará, amendoim, ervilha, trigo integral, frango, frutos do mar, carnes magras, peixes variados, frutas cítricas e hortaliças cruas.

Cortar as pontas pode conferir melhor aspecto, mas não os faz crescer em quantidade nem em comprimento. Aparar só fortalece os fios quando as pontinhas estão duplas ou muito secas, portanto, se você quer que seu cabelo cresça forte e saudável, corte apenas o necessário. Quem se alimenta adequadamente e tem exames em ordem, pode ter cabelos incríveis sem precisar de artifícios químicos de uso tópico ou fazer ingestão de medicamentos. Basta ter disciplina e alimentação saudável.

Queda da raiz (fio com uma bolinha branca na ponta) – Diretamente ligado à falta de cálcio, ácido pantotênico, biotina, zinco, proteínas e selênio. Inclua os alimentos já citados acima e adicione couve, espinafre, brócolis, ervilha, tomate, milho, carne magra, fígado, frango, ostra e peixes variados.

Identifique em qual das características abaixo seus cabelos se encaixam e dê um up na manutenção:

Dra. Andrea Godoy é médica dermatologista, membro efetivo da SBD - CRM 97673

22 · jun.15

avianca em revista

Crescimento lento – Indicativo de deficiência de manganês, ácidos graxos e ômega 6. Uma possibilidade de solucionar o problema está na ingestão de alimentos ricos em óleos vegetais, tais como semente de linhaça, feijão de soja, cereais integrais, gema de ovo, verduras, nozes, abacaxi e cenoura.

Fios finos, sem brilho e sem vida – Sugestivo de deficiência de cobre, zinco e proteínas. Ingira carnes magras, peixes variados, frango, ovo, trigo integral, levedura de cerveja, germe de trigo, castanha-do-pará, amendoim e ervilha. Tomar suplementos e usar xampus e tônicos capilares somente deve acontecer no caso de uma rotina de tratamento, ou seja, na solução de problemas de saúde. Para tanto, é importante fazer visitas periódicas ao dermatologista de sua confiança para uma avaliação e realizar a manutenção adequada a cada caso.

avianca.com.br


hospitalidade

shutterstock

por Carolina Sass de Haro

Como construir bagagem de vida na sua próxima hospedagem?

V

ivemos numa correria danada, tentando encaixar o maior número de atividades em 24 horas e equilibrar vida pessoal e profissional. Não à toa, desejamos que nossos momentos de consumo sejam ricos, cheios de experiência, autênticos, que desenvolvam novos talentos e contribuam para aumentar nossa bagagem de vida. Hotéis e outros meios de hospedagem nos permitem desfrutar de experiências diferentes e únicas, o que pode acontecer não apenas em viagens de férias, mas também em viagens a trabalho. Afinal, não há problema nenhum em curtir um pouco nas horas vagas. Inclusive, essa tendência tem nome e está cada vez mais forte: bleisure, a mistura de trabalho (business) com lazer (leisure). Para aproveitar ao máximo sua próxima estada, pesquise sobre o hotel onde ficará hospedado e descubra que novidades ele oferece. Seguem algumas dicas baseadas em exemplos reais do que procurar para aumentar sua bagagem de vida:

Carolina Sass de Haro é sócia-diretora da Mapie, consultoria especializada no segmento de hospitalidade, e editora do blog Disque9.

24 · jun.15

avianca em revista

Gastronomia - Aproveite para conhecer novos sabores e comidas. Muitos hotéis possuem opções de menus diferenciados, que valorizam a cultura de um país ou da região. Sempre pergunte qual é a especialidade da casa e preste atenção no buffet de café da manhã. É comum ter um cantinho típico. Também podem acontecer festivais gastronômicos e, com a moda do food truck, pode ser que tenha um estacionado na área. Finalmente, fique de olho no frigobar, pois cada vez mais ele é formado por delícias de produtores locais.

e bem-estar. Descubra se o hotel oferece um roteiro de corrida de rua na vizinhança, aluguel de bicicletas com cesta de piquenique, empréstimo de kit ginástica, aulas de yoga no terraço com vista para a cidade ou até a possibilidade de passear com um cachorro emprestado. O que não vale é usar a viagem como desculpa para sair da rotina de exercícios. Para o seu bem-estar, que tal uma massagem? As terapias disponíveis são variadas. Escolha algo novo! Conforto - Descanse bem. Que tal experimentar um novo travesseiro ou ser acordado ao som da sua música favorita? Investigue as opções existentes para aumentar o seu conforto. Menus de travesseiros, xampus e condicionadores específicos para seu tipo de cabelo, escalda pés relaxante, pulseira tecnológica que monitora a qualidade do seu sono são apenas alguns exemplos do que você pode conseguir. Perguntar não custa nada. Cultura - Conheça mais sobre o local. Muitos hotéis privilegiam artistas e iniciativas culturais locais. Pergunte na recepção se há algum desconto ou benefício especial para espetáculos ocorrendo na cidade. Fique de olho nas paredes, pois elas costumam trazer exposições de artistas regionais e que mudam com certa frequência. Quer dar um passeio? Peça dicas ao concierge. Eles costumam ter boas opções e conhecem o destino como ninguém. Desperte sua curiosidade! Que tal começar assim que desembarcar? Aproveite cada uma de suas viagens para viver experiências prazerosas e únicas. Você merece.

Saúde - Mantenha o foco nos exercícios avianca.com.br


RADAR

SELEÇÃO Na Iminência do Extermínio Bernard Wasserstein Um dos principais especialistas do mundo em história judaica, o inglês Bernard Wasserstein investiga profundamente como os judeus foram, ao longo dos anos que antecederam à Segunda Guerra Mundial, tomando consciência de que estavam à beira de um abismo. E como tentaram manter seus valores, suas relações sociais e a criatividade intelectual no período.

Brasil: Uma Biografia Lilia Moritz Schwarcz e Heloísa Starling Antropóloga e historiadora, respectivamente, Lilia e Heloísa se debruçaram na pesquisa para propor uma nova maneira de contar a história do Brasil. Com vasta documentação original, a publicação discute o cotidiano do país, a rica expressão artística e cultural, bem como mostra a posição das minorias, os aspectos econômicos e os conflitos sociais.

Paris Zaz Em seu terceiro disco, Zaz se une ao panteão de outros cantores que celebraram Paris em suas músicas. No álbum, a artista revisita, com arranjos cativantes, 13 canções, boa parte delas composta durante a ocupação nazista da capital francesa durante a Segunda Guerra Mundial. Destaques para Paris sera toujours Paris, A Paris e J’ai deux amours.

Carbono Lenine Da viola pantaneira ao afro jazz, da valsa moderna ao frevo’n roll: eis aí Carbono, novo projeto autoral de Lenine. Embora pretexto, embora elemento, o título faz jus ao seu lugar na química: é liga pra tudo, e suas conexões com outros átomos podem gerar uma infinidade de resultados.

26 · JUN.15

avianca em revista

Submissão Michel Houellebecq França, 2022. As eleições presidenciais são vencidas por Ben Abbes, o candidato da Fraternidade Muçulmana. François é um acadêmico solitário e desencantado. Tomado de surpresa pelo regime islâmico, ele se vê obrigado a lidar com essa nova realidade, cujas consequências – ao contrário do que ele poderia esperar – não serão necessariamente desastrosas.

Detox de 10 Dias JJ Smith Proposta simples e eficiente para perder peso e desintoxicar com sucos verdes. Em 10 dias, este detox eleva níveis de energia e disposição e traz melhora da disposição física e psicológica. Com o uso dos supernutrientes das folhas verde-escuras, os sucos verdes satisfazem necessidades nutricionais de forma saudável e agradam ao paladar.

Os Afro-Sambas Baden Powell e Vinicius de Moraes Em 1962, Baden Powell e Vinicius de Moraes deram início a uma das mais importantes parcerias da MPB. Encantada com o LP Sambas de Roda e Candomblés da Bahia, a dupla começou a escrever canções inspiradas no tema, originando o LP Os AfroSambas, lançado em 1966.

Dancê Tulipa Ruiz Intitulado Dancê e sendo o terceiro de sua carreira, o disco foi produzido por Gustavo Ruiz, irmão da artista, no isolamento do interior de São Paulo, contando com a participação do pai dos músicos, o guitarrista Luiz Chagas, além de João Donato e do grupo Metá Metá. Segundo a própria cantora, Dancê foi pensado “para se ouvir com o corpo”.

avianca.com.br


radar

cinema

Por vitor cardoso

Qualquer Gato Vira-lata 2

O Mistério da Felicidade El Misterio de la Felicidad Santiago e Eugenio são sócios e amigos de longa data. Um dia, Eugenio desaparece sem deixar pistas. Santiago logo percebe sua ausência, mas só se dá conta da gravidade do problema quando Laura, esposa do amigo, lhe conta que Eugenio a deixou. Juntos, eles partem para o Brasil a fim de reunir as peças que explicam o seu desaparecimento. Mas, aos poucos, os sentimentos entre eles se confundem. Direção: Daniel Burman Com: Guillermo Francella, Inés Estévez, Alejandro Awada, Sergio Boris Comédia romântica, 92 minutos – Argentina/Brasil Estreia: 11/06/2015

Maria Dolores Designer de Joias

Os detetives e amigos Andreas e Simon levam vidas diferentes: o primeiro é casado e pai de uma criança, enquanto o segundo acabou de se divorciar e passa os dias se embriagando. Tudo muda quando eles são chamados para lidar com um casal de viciados em drogas e Andreas encontra o filho dos dois chorando dentro de um armário. Direção: Susanne Bier Com: Nikolaj CosterWaldau, Ulrich Thomsen, Maria Bonnevie, Nikolaj Lie Kaas Drama, 104 minutos – Dinamarca Estreia: 04/06/2015

A Lição The Lesson/ Urok Uma professora de ensino médio descobre que um dos seus alunos foi roubado dentro da sala de aula. Por ser muito rígida em seus princípios, ela inicia uma jornada para descobrir e punir o responsável, de qualquer maneira. Direção e Roteiro: Kristina Krozeva e Petar Valchanov Com: Margita Gosheva, Ivan Barnev e Ivanka Bratoeva Drama, 105 minutos – Bulgária Estreia: 11/06/2015

28 · jun.15

avianca em revista

1. Pumped Up Kicks Foster The People 2. Four Five Seconds Rihanna/Kanye West & Paul McCartney 3. Walking On A Dream Empire Of The Sun 4. Dancing With Myself Nouvelle Vague 5. Doo Wop (That Thing) Lauryn Hill

Segunda Chance En Chance Til

Prime Foto Cinema

Tati e Conrado, que terminam juntos o primeiro filme, viajam a Cancun, onde ele participa de uma conferência para o lançamento de seu livro. Pronta para dar o próximo passo, ela aproveita a ocasião para pedi-lo em casamento, com transmissão via internet para todos os amigos no Brasil. Mas, ao responder, Conrado solta apenas um “Posso pensar?”. Direção: Roberto Santucci Com: Cleo Pires, Dudu Azevedo Comédia romântica, 95 minutos – Brasil Estreia: 04/06/2015

Camilla Camargo Atriz

1. Just a Fool Christina Aguilera 2. Acabou Chorare Novos Baianos 3. Paciência Lenine 4. Let Her Go Passenger 5. Make You Feel My Love Adele Instagram - @camilla_camargo Fanpage Facebook - www.facebook.com/ camillacamargooficial avianca.com.br


radar

teatro

Por vitor cardoso

Chaplin – O Musical O espetáculo percorre toda a carreira de Sir Charles Spencer Chaplin, ou simplesmente Charlie Chaplin, um dos maiores artistas cinematográficos de todos os tempos. Desde a primeira performance, quando ainda era uma criança pobre em plena Londres do século XIX, à consagração e fama mundial como ator, diretor, produtor, comediante e humorista. Musical| Texto Original: Christopher Curtis e Thomas Meehan. Versão Brasileira: Miguel Falabella. Direção: Mariano Detry. Com Jarbas Homem de Mello, Marcello Antony, Paulo Goulart Filho, Naíma, Paula Capovilla, Giulia Nadruz, Leandro Luna e grande elenco. Theatro NET SP - Shopping Vila Olímpia - São Paulo/SP - Quintas e sextas, às 21h; sábados, às 18h e 21h30; domingos, às 18h. www.theatronetsaopaulo.com.br

Vanya e Sonia e Masha e Spike A peça foi considerada a comédia de maior sucesso de 2014 na Broadway, vencendo o Tony Award de melhor peça de 2013. O espetáculo transcorre nos tempos atuais em uma tranquila cidadezinha, no verão da Pensilvânia. A irmã famosa, Masha, grande estrela de cinema de Hollywood, com cinco casamentos no currículo, decide visitar seus irmãos acompanhada do namorado, o jovem sensual Spike, ator iniciante, que ambiciona a fama. Comédia| Texto Original: Christopher Durang. Versão Brasileira: Bianca Tadini e Luciano Andrey. Direção: Jorge Takla. Com Marília Gabriela, Elias Andreato, Patrícia Gasppar, Bruno Narchi, Bianca Tadini e Teca Pereira.

Pulsões Um compositor e uma bailarina convivem em um espaço indefinido, amplo e lúdico, alternando momentos de amor, loucura, delírio, harmonia, rejeição, alegria, descontroles, brincadeiras, mas, sobretudo, acreditando no poder da arte e na cura através do amor. O casal sabe que há segredos que os unem - só que paira entre eles a ameaça constante da perda de memória. Apenas a música e a dança podem salvá-los. Expressão Corporal| Texto: Dib Carneiro. Direção: Kika Freire. Com Fernanda de Freitas, Cadu Fávero, João Bitencourt e Maria Clara.

Teatro FAAP - São Paulo/SP - Sextas, às 21h;

Teatro Poeira - Rio de Janeiro/RJ - Quintas a

220 Volts Segue em cartaz o estrondoso sucesso de Paulo Gustavo. O espetáculo é a versão teatral de 220 Volts. No palco, o humorista interpreta somente personagens femininas em seis esquetes. Paulo vive os dilemas e aventuras do universo da mulher através da Ivonete, Senhora dos Absurdos, Mulher Feia, Maria Alice, entre outras. Imperdível! Comédia| Texto: Fill Bráz e Paulo Gustavo. Direção: Paulo Gustavo. Com Paulo Gustavo, Gil Coelho, Christian Monassa e participação especial de Marcus Majella.

sábados, às 17h e 21h; domingos, às 17h

sábados, às 21h; domingos, às 19h

www.faap.br/teatro

www.teatropoeira.com.br

domingos, às 19h

A Atriz A peça se passa no camarim da atriz Lydia Martin, no dia em que ela vai entrar no palco pela última vez, no espetáculo O Jardim das Cerejeiras, de Tchekhov. Drama| Texto: Peter Quilter. Direção: Bibi Ferreira. Com Betty Faria, Giuseppe Oristanio, Bemvindo Siqueira, Stella Freitas, Gabriel Gracindo, Cacau Hygino e Pedro Gracindo.

Teatro Procópio Ferreira - São Paulo/SP - Sextas,

www.teatroaugusta.

Teatro do Leblon - Rio de Janeiro/RJ – Quintas a

às 21h; sábados, às 18h e 20h30; domingos, às 16h

com.br

Sábados, às 21h e Domingos, às 20h

e 18h30 | www.ingressorapido.com.br

30 · jun.15

avianca em revista

Memórias Póstumas de Brás Cubas Lançado em 1881, o livro Memórias Póstumas é considerado um divisor de águas, inaugurando o estilo realista no Brasil. Na história, Brás Cubas, após ter morrido, decide narrar sua vida e revisitar os fatos mais importantes, a fim de se distrair na eternidade. A versão de “Das Duas Cia. de Teatro” tem como objetivo salientar o que ainda hoje exala de modernidade na obra de Machado de Assis. Tragicomédia| Direção e Elenco: Renata Mazzei e Christiane Lopes. Teatro Augusta - São Paulo/ SP - Sextas, às 21h30, sábados, às 21h;

www.teatros.art.br/teatro-do-leblon-rj avianca.com.br


RADAR

agenda junho E JULHO

oferecida por

Show America Show Oswaldo Montenegro

O duo America, formado por Gerry Beckley e Dewey Bunnell, faz apresentações no Brasil com os maiores sucessos da carreira. 18 de junho - Local: Chevrolet Hall Belo Horizonte - Belo Horizonte/MG 19 de junho - Local: Citibank Hall Rio de Janeiro - Rio de janeiro/RJ 21 de junho - Local: Citibank Hall São Paulo - São Paulo/SP

O cantor mergulha em seu lado trovador e apresenta seu novo show, “A Porta da Alegria”. 27 de junho Local: HSBC Brasil - São Paulo/SP

Winter Play 2015

www.ingressorapido.com.br

www.ticketsforfun.com.br

www.winterplay.com.br

EMP Museum

A 11ª edição do weekend party mais badalado do inverno brasileiro prepara um fim de semana que alia entretenimento de qualidade e turismo de luxo. De 19 a 21 de junho Locais: Music Park e Cafe de La Musique, Jurerê Internacional - Florianópolis/SC

Exposição Hear my Train a Comin’: Hendrix Hits London

Arraiá na Acadimia 2015

Sob curadoria de Jacob McMurray, a mostra apresentará detalhes sobre o período em que Jimi Hendrix atravessou o Atlântico e iniciou carreira em Londres. De 10 de junho a 30 de Julho Local: Shopping JK Iguatemi - São Paulo/SP

A festa promete agitar Brasília com atrações musicais, apresentações de quadrilha e comidas típicas. 12 e 13 de junho, a partir das 19h Local: Academia de Polícia Militar - Setor Policial Sul - Brasília/DF

www.jkiguatemi.com.br

www.brasilia.deboa.com

Casa Cor São Paulo A mais completa mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas traz renomados profissionais que apresentam soluções voltadas para casas, apartamentos, lofts e estúdios. Até 12 de julho - Jockey Club de São Paulo

Festival Gastronômico de Búzios A 14ª edição do evento tem como temática a gastronomia gourmet. Participam cerca de 45 restaurantes com suas tradicionais mesas montadas em diferentes pontos da cidade. 3, 4, 10 e 11 de julho Locais: Orla Bardot, Rua das Pedras, Rua Manoel Turíbio de Farias, Porto da Barra e Espaço Domme, em Manguinhos.

A mostra de performance de arte contará com ações de mais de 30 artistas brasileiros e estrangeiros, com a quinta edição do seminário Verbo Conjugado, além de ações criadas para câmeras de foto e vídeo. De 17 de junho a 11 de julho Local: Galeria Vermelho - Rua Minas Gerais, 350 - São Paulo/SP

www.festbuzios.com.br

www.galeriavermelho.com.br/pt/verbo

32 · JUN.15

avianca em revista

Verbo

www.casacor.com.br/saopaulo

avianca.com.br


São João de Campina Grande Considerada uma das maiores festas de São João do mundo, o evento traz mais de 80 atrações musicais. De 5 de junho a 5 de julho Principais atrações: Aviões do Forró, Elba Ramalho, Gabriel Diniz, Magníficos, Lucy Alves, Coleguinhas e Zé Ramalho. Local: Parque do Povo

São João de Caruaru A maior festa de São João de Pernambuco promete agitar os visitantes com muita música e comidas típicas. 6, 12, 13, 19, 20, 22, 23, 27 e 28 de junho Local: Caruaru/PE www.caruaru.com.br

shutterstock

www.saojoaodecampina.com.br

São João 2015 Bahia

São João Elétrico

São João Santo Antônio de Jesus

De 20 a 23 de junho Principais a trações: Aviões do Forró, Michel Teló, Leonardo e Daniel Local: Passarela do Descobrimento - Porto Seguro/BA

De 19 a 24 de junho Principais a trações: Thaeme & Thiago, Falamansa, Raça Negra e Magníficos Local: Santo Antônio de Jesus/BA

www.facebook.com/oxaropecom

www.omelhorsaojoao.com

São João Ibicuí Brega Light

São João Amargosa

De 19 a 23 de junho Principais a trações: Psirico, Aviões do Forró, Ivete Sangalo e Pablo Local: Ibicuí /BA

De 19 a 24 de junho Principais atrações: Lucy Alves, Zezé Di Camargo e Luciano e Wesley Safadão Local: Vale do Jiquiriçá - Amargosa/BA

www.bregalight.com.br

www.amargosa.ba.gov.br/saojoaoamargosa


shopping

PARA O NAMORADO shopping@aviancaemrevista.com.br

Jogo de Xadrez Xalingo R$ 96,90 www.xalingo.com.br

Patins FilaPrimo R$ 999,00 www.inovaesportes.com.br Sandwich Cooler R$ 95,00 www.bentostore.com.br

Tênis Globe ROAM LYTE HERO R$499,00 www.youridstore.com.br

Garrafa Térmica SWeel 750 ml R$ 275,00 www.bentostore.com.br

Amplificador de Som Multi Speaker R$ 199,90 www.uatt.com.br

Óculos Cazu de madeira imbuia Notiluca R$450,00 www.notiluca.com.br Revisteiro Rádio R$ 99,00 www.printas.com.br

34 · JUN.15

avianca em revista

avianca.com.br


shopping

PARA A NAMORADA shopping@aviancaemrevista.com.br

Rosa Atelier das Meninas R$250,00 www.atelierdasmeninas.art.br

Colar de Coração Dryzun R$ 3.220,00 www.dryzun.com.br

Almofofa Metamorfose Urso Sempre com Você R$ 149,90 www.uatt.com.br

Scream Your Love VEUVE Clicquot Rosé e 2 taças Preço sugerido R$ 540,00 
SAC LVMH: (11) 3062.8388

TRATAMENTO NOTURNO PROLONGA O LISO R$ 30,99 www.eudora.com.br

Havaianas Slim Fresh R$26,90

Relogio Mickael Kors R$ 1.330,00 www.timecenter.com.br

Body Tie Dye Blue Beach R$ 179,00 www.bluebeach.com.br

36 · JUN.15

avianca em revista

Óculos de madeira IMBUIA Notiluca R$ 450,00 www.notiluca.com.br

avianca.com.br


fashion

Abram alas que Lenny vai passar Por Rozze Angel Foto Claudia Garcia/divulgação

L

enny Niemeyer é a personificação da moda praia que cria. Santista de nascimento e carioca de coração, ela confessa que é apaixonada pelo verão e, se for preciso, vai buscá-lo onde estiver. Essa predileção está claramente representada em suas coleções, que trazem aqueles biquínis e maiôs que estão sempre nas listas dos mais desejados pelas consumidoras do Brasil e do mundo. Isso porque, além do e-commerce, que rompeu as fronteiras e leva Lenny para os quatro cantos do planeta, a marca também exporta para lojas em Londres, Estados Unidos e até Emirados Árabes. Lenny nunca planejou trabalhar com moda. No início de carreira, optou pela arquitetura e paisagismo. Nos anos 1970, depois que se casou e mudou para o Rio de Janeiro, começou a produzir moda praia. “Achei muito desafiador, em um espaço tão pequeno quanto o biquíni, tentar fazer uma arquitetura, entre aspas, do corpo das mulheres”, recorda-se. Primeiro, criava para as marcas mais famosas da época, entre elas a Fiorucci. Sem pretensões, batizou a marca com seu nome para que as clientes soubessem que era ela quem fazia. “Tive que aprender tudo fazendo”, conta. Hoje, ela ocupa um lugar de destaque nas passarelas da São Paulo Fashion Week, depois de ter desfilado por anos no Rio de Janeiro. Seus desfiles são um show à parte. No mais recente, Lenny colocou integrantes de uma orquestra para tocar marchinhas de carnaval e embalar o tema de sua coleção Verão 2016. Pela sua própria carreira, a moda praia que você cria acaba tendo uma influência da arquitetura? Acho que acaba tendo um pouco, sim. A gente trabalha com proporção, com linhas. Acho isso desafiador: moldar uma forma geométrica em cima de um corpo com curvas - e que isso faça sentido, fique bonito, proporcional, estético. É um desafio de linhas, como a gente vê muito na arquitetura. A marca Lenny foi uma das primeiras a fazer desfiles de moda praia. Como foi essa trajetória? O que mudou nesses anos? Comecei a fazer desfile há tempos. Nem me lembro do primeiro. Mas quando eu olho o começo, penso: Nossa Senhora (risos). Não tinha impacto, nem nada. Custei para entender e tive que aprender muito. Sou capricorniana,

38 · jun.15

avianca em revista

tinhosa. Se é para colocar um desfile na passarela, a gente tem que fazer direito, porque tem 500, mil pessoas ali, sentadas, que precisam entender o seu conceito em sete minutos. Como você escolhe seus temas? Acho que os temas acontecem. Na coleção passada, o Daniel Ueda (stylist da marca) veio falar comigo e eu estava perdida. Ele sugeriu: faça um tema que você nunca faria, como botânica. Eu disse ‘não’. Botânica é um tema muito explorado. Fiquei quebrando a cabeça. E aí fui assistir ao filme “12 Anos de Escravidão”. Amei o figurino todo bege, terroso. Olhando aquilo, pensei: queria que a minha botânica nascesse da terra e meu foco ficou no nascimento de uma flor, desde quando ela é semente até se transformar em uma planta. Fluiu. O importante de um conceito é que se conte uma história que tenha começo, meio e fim. Nesses anos, você consegue listar os momentos mais marcantes? Tem alguns momentos que ficaram na memória. Por exemplo, a Gisele Bündchen desfilando para mim em um desfile que fiz com peças indianas. Um outro desfile que fiz, inspirado na Polinésia, que a Naomi Campbell desfilou. Mas o que mais me marcou foi o desfile dos 20 anos da marca. Foi feito na Lagoa, no Rio de Janeiro, que era um sonho que eu tinha: fazer um desfile ao ar livre. Não tinha um tema porque era um pouco de tudo que eu já tinha feito. Foi o que eu mais me emocionei. O que você achou do Fashion Rio não acontecer? O estilista não tem esse poder de decisão, né? É um grupo, com prefeitura e muita gente envolvida, que achou que era necessário se repensar o formato porque estava muito próximo do de São Paulo. Teve uma série de fatores. Por isso você desfilou em São Paulo? Desfilei em São Paulo porque, para mim e para outros estilistas, fazer um desfile é muito importante. Mas, independentemente do lugar, São Paulo ou Rio de Janeiro, a gente está falando de uma moda Brasil. A consumidora Lenny é mais elitizada? Não considero meu público elitizado, mas minhas peças não são descartáveis. Sou muito cuidadosa com o tecido que uso. avianca.com.br


Gosto que o biquíni, do lado avesso, fique quase tão bom quanto o lado direito. Não tem nada que eu goste mais do que quando eu encontro uma cliente e ela diz: Lenny, tenho um biquíni seu de uns 10 anos atrás e ainda uso e adoro. Como a marca Lenny está sentindo esse período de crise? Acho que a gente, depois de tantos anos no mercado, tem que ter um jogo de cintura. O momento é delicado, mas tem que seguir em frente. Não é a hora de fazer grandes investimentos, mas você não pode deixar de apostar. Os clientes estão aí, as pessoas ainda compram. Não pode parar, senão depois você perde o time. Não é a primeira crise que o país tem, né? E como é o estilo de vida da Lenny? Tudo na vida é equilíbrio. Procuro ter uma alimentação saudável, mas não sou vegetariana. Trabalho o dia inteiro. Vou para o escritório às nove horas da manhã e saio às sete da noite, todos os dias. Procuro sempre fazer um exercício. Faço Muay Thai, Yoga Ashtanga, gosto de caminhar na Lagoa, só não gosto de correr. Gosto de esportes mais fortes e sempre no começo da manhã. Adoro ficar em casa, amo cozinhar. Durante a semana, é difícil eu sair. Gosto de encontrar meus filhos, que moram no mesmo prédio que eu. Gosto de ter família e amigos por perto. Viaja para onde? Amo o Sul da Bahia. Vou sempre em busca do sol, do verão. Para a Europa eu vou muito a Paris e Londres, quando viajo para as feiras, para trabalhar. Mas vou para o Sul da França em julho, sempre para a praia. Tem muitos lugares no Brasil que ainda quero conhecer. Acabo viajando muito a trabalho. Quando penso em viajar a lazer, penso sempre em me largar em uma praia (risos). Não tem nada que eu ame mais que o mar. E quando vai à praia, vai vestindo Lenny? Eu vou sempre vestindo Lenny (risos). Mas tenho umas peças que sismo que eu gosto. Minha filha falou: mãe, essa peça você tem há muito tempo. Como em casa de ferreiro o espeto é de pau, outro dia fui ver e só tinha três biquínis, e antigos. Acho que trabalho com estampa e cor o dia inteiro e acabo usando uma coisa muito básica no meu dia a dia. Branco, preto, bege. Não uso tanto o estampado, apesar de eu amar. É que quando pego uma peça nova, já venho trabalhando nela durante meses. O que é novidade pra cliente, já é da coleção passada para mim. www.lennyniemeyer.com www.instagram.com/lennyniemeyer

avianca em revista

jun.15

· 39


xxxxxxred think

Foto Rodrigo P. Cavalcanti

Panqueca Foto Ana Regina Graner Times Square - Nova York Foto Amanda Pereira

Parque Ibirapuera - São Paulo Foto Lisi Dressler

Zeus Foto Francisco Lazaro

think

RED envie sua foto para redacao@aviancaemrevista.com.br ou publique no instagram #thinkredavianca #aviancaemrevista e fique atento à próxima edição. 40 · jun.15

avianca em revista

Carlos Velasso e Elizabete Melo Aeroporto de Fortaleza avianca.com.br


xxxxxx bio biografia

José Osvaldo Leivas

Presidente da arte de vender

Por Camila Balthazar foto C. KOGA

42 · jun.15

A carreira corporativa de Osvaldo Leivas começou na sua cidade natal, Porto Alegre, em uma empresa de seguros de previdência e saúde. Cursando a faculdade de direito e sonhando com a carreira de juiz, teve a aptidão comercial falando mais alto. Da capital gaúcha, ele mudou-se para Atibaia, no interior de São Paulo, depois Rio de Janeiro, Uberlândia, Brasília e Salvador. As transições profissionais o levaram de volta a Porto Alegre, em 1996, até São Paulo o chamar de vez, em 2010. “Sempre gostei dessas mudanças, ainda mais porque minha esposa sempre me acompanhou”, afirma Leivas, que concretizou recentemente mais uma grande etapa profissional. Após 25 anos dedicados ao varejo alimentar, ele migrou para o varejo de materiais para construção, reforma e decoração. Presidente da C&C desde 2013, Osvaldo trocou carnes e cervejas por tintas e porcelanato. E está muito feliz com o novo momento.

avianca em revista

avianca.com.br


avianca em revista

jun.15

路 43


xxxxxx biografia bio

A

o redor da mesa de jantar, o executivo Osvaldo Leivas recorda sua infância. Os filhos gêmeos, de 12 anos, querem saber do que o pai brincava quando tinha a mesma idade que eles. A cena da rua sem saída em Porto Alegre vem à mente, com os amigos ao redor do carrinho de rolimã, bicicleta e futebol. Algumas brincadeiras eram um pouco menos tranquilas, como colocar fogo na rua e passar com o carrinho de rolimã por cima ou botar fogo na ponta do avião de papel e atirá-lo pra longe, assistindo a fumaça crescer. “Claro que eu disse que não era para imitar essas”, comenta Osvaldo, com um sorriso. “Eles ficaram rindo e responderam: ‘que legal, pai! Imagina fazer isso no condomínio. O segurança vai pra cima da gente’”. De volta aos anos 1960, havia também a reunião dançante – nome estranho para as festinhas – e o tecnológico autorama.

No final de 1991, Osvaldo completava dez meses de Carrefour, atuando principalmente com processos burocráticos. A experiência mais próxima com o operacional de uma loja havia sido nos primeiros meses de trabalho, quando cuidou de uma encomenda errada de calcinhas e sutiãs. Para solucionar o problema, isolou-se no depósito, dobrando as peças e remontando as caixas para efetuar a devolução. “O espaço ficava embaixo do forno da uma padaria da loja do Carrefour Norte Shopping. Era um calor infernal”, lembra o executivo, rindo. Ainda sem muito conhecimento prático de varejo, ele foi transferido para Uberlândia, na função de gerente do setor de roupas masculinas e femininas. Ao chegar lá, ao invés de ser recepcionado com bombons e abraços, sua nova chefe foi logo dizendo: “Fiz de tudo para você não vir. Tenho duas pessoas preparadas para assumirem como gerente. Mas, já que você veio, vamos trabalhar”.

As novas gerações conectaram-se e aceleraram o passo. Osvaldo acompanha os gêmeos e a filha mais velha, de 21 anos, que fazem mil coisas ao mesmo tempo. Estudam enquanto ouvem música, assistem televisão e conversam com os 50 grupos do aplicativo WhatsApp. “E eles estão concentrados. Brigo que não os vejo estudando, mas as notas na escola são excelentes. Acho que na minha época era mais difícil!”, afirma o executivo, que também tinha outras ambições além de ver fogo queimando. Nascido na capital gaúcha, em 1961, ele admirava os juízes e desembargadores da família. Pensando em seguir o mesmo caminho, optou pelo curso de direito na PUC do Rio de Grande do Sul. No final da faculdade e a procura de um emprego, entrou para a Sabemi Seguradora. “Fui direcionado para o departamento comercial e comecei a ter sucesso nessa área”, expõe.

Evidente que tamanha animosidade atrapalhou seu dia a dia. Sem o apoio da equipe, dos pares e da chefe, a mais simples tarefa exigia doses extras de trabalho, coragem e paciência. Abaixo dele, uma dupla experiente, composta por um colaborador com forte conhecimento matemático e uma que entendia tudo de loja. Nenhum dos dois falava com ele, mas, como pode-se imaginar, cochichavam bastante entre si. Até o dia em que Osvaldo conseguiu reverter o jogo. “Eu disse que não tinha culpa por ter ido para Uberlândia. Além disso, sabia que os dois queriam assumir como gerente de setor, que era o meu cargo. Logo, a única coisa que eu poderia fazer era dividir com eles o prêmio que receberia no ano seguinte”, lembra. Com a atitude um tanto quanto ousada, o executivo comprometeu-se a mostrar seu contracheque e dividir o bônus em três partes iguais. “A partir dali, viramos um time”, diz.

O diploma de direito chegou, mas a carreira comercial já havia deslanchado. Ao longo dos seis anos em que ficou na empresa, Osvaldo alcançou a gerência de Porto Alegre e do Rio de Janeiro. No organograma, acima dele estavam apenas o dono e a filha do dono, o que claramente significava o fim da linha de sua ascensão. Assim, o executivo deixou essa etapa profissional para trás e abriu uma empresa de plano de saúde com outros dois colegas de trabalho, em Atibaia, no interior de São Paulo. “Nos associamos com médicos de lá. Eu era responsável pela parte operacional, mas não me identifiquei com o negócio. Vendi minha parte para retornar ao mercado”, comenta. Depois da rápida aventura como empresário, ele decidiu que seu objetivo seria entrar em uma multinacional de varejo alimentar. Leivas contatou um amigo, cujo pai possuía uma empresa de fornecimento de alimentos, no Rio de Janeiro. Esse foi seu primeiro contato com o varejo. Depois de seis meses da nova vida carioca, a tão sonhada oportunidade no Carrefour apareceu. “Eu queria uma empresa grande, multinacional, na qual pudesse ter uma boa evolução”, aponta.

44 · jun.15

avianca em revista

Vivendo o auge da inflação brasileira em tempos nada digitais, o trio encontrava-se todos os dias após o expediente para fazer manualmente os cálculos orçamentários e chegar com tudo pronto na manhã seguinte. A chefe não entendia nada. Enquanto as demais equipes estavam no escritório, focadas em números, eles circulavam pela loja, faziam inventários caseiros e organizavam promoções relâmpagos para fechar o mês com a margem de lucro proposta pela empresa. Com menos de um ano depois de sua chegada a Uberlândia, ele foi promovido a gerente de Departamento do Têxtil. Seus funcionários também subiram na carreira, a chefe já estava longe e as últimas pedras no sapato eram seus antigos pares, agora subordinados. Durante uma visita do diretor regional, Leivas foi questionado sobre seu novo momento profissional. “Respondi que tudo estava caminhando bem, mas que simplificaria bastante a minha vida se os dois gerentes fossem transferidos”, conta. Seu diretor estranhou a solicitação e perguntou se esse avianca.com.br


não era um movimento muito arriscado, talvez até um pouco petulante. Afinal, os dois gerentes tinham mais de uma década de casa, o que contrastava bastante com seu histórico ainda recente de varejo. Além disso, dois colaboradores antigos dariam espaço para dois novatos. “Mas era aquilo que eu queria. Um mês depois, os dois saíram. Consegui estender para todos os setores o que eu já fazia na área de roupas masculinas e femininas”, comenta. Ao olhar pra trás, Osvaldo vê essa passagem como uma das mais críticas da carreira. “Meu maior desafio foi essa chegada ao varejo. Hoje, tudo isso é muito básico para mim, mas na época representava uma grande dificuldade”, expõe. Passados três anos, outra transferência o levou para Brasília. “Fiquei pouco tempo na capital federal porque meu antigo chefe me chamou para trabalhar como diretor comercial de uma rede de varejo recém adquirida pelo Banco Garantia, em Salvador. Na época, eles estavam trazendo o Walmart para o Brasil”, explica. Até o dia em que o burburinho de estrangeiros começou a ficar mais intenso pela empresa. “Percebi que seríamos vendidos. Foi quando o Sonae, empresa de varejo portuguesa que havia adquirido a Cia Real no Rio Grande do Sul, me chamou para uma entrevista”, lembra. Osvaldo voltou para casa em 1996, com a missão de assumir a gerência geral do hipermercado Big Sertório, a maior loja gaúcha de varejo na época, com 12 mil metros quadrados de área de vendas. O executivo já conhecia cada cantinho da loja quando foi promovido a diretor de hipermercados, o que representava 25 lojas do Big em toda a região Sul. Não demorou para ele assumir também os supermercados Nacional, ganhando mais 70 lojas sob sua gestão. “Esse é outro grande momento da carreira: passar a coordenar um grupo de lojas. Isso significa que agora você tem que influenciar líderes e fazer com que as estratégias da empresa aconteçam na sua região”, afirma. Em 2004, a imprensa começou a noticiar um novo burburinho: o Walmart compraria o Sonae? Não é fácil administrar os ânimos dos colaboradores diante desse cenário duvidoso. “Fiz muitos encontros com gerentes para conversar sobre promoções e competições entre as equipes como forma de motivação. Havia muita informação sobre a venda. Eu dizia que o Walmart não teria substitutos para essas vagas. Na verdade, o mais vulnerável era eu. Como diretor de operações do Sul, eu era apenas um líder para ser substituído”, conta. Por fim, o Sonae foi comprado em dezembro de 2005. Ninguém saiu. Após dois anos, Osvaldo assumiu a vice-presidência da região Sul, o que, de fato, significava o antigo Sonae. Em 2010, o Walmart mudou seu modelo de gestão. Ao invés de dividir por regionais, passou a organizar por formatos nacionais. Leivas assumiu a vice-presidência de hipermercados do Brasil, enquanto outros executivos respondiam por supermercados, Maxxi Atacado, Sam’s

Club e Todo Dia. Tal configuração pedia uma nova mudança de endereço, dessa vez para São Paulo. Osvaldo já estava com sete anos de casa quando foi surpreendido novamente. O telefonema inesperado de um head hunter mexeu as peças do tabuleiro outra vez. “Eu não esperava, nem procurava nada. Estava feliz no Walmart. Foi onde eu mais cresci e tive uma carreira interessante”, diz. Entre uma viagem a trabalho e outra, o executivo marcou um café no aeroporto de Congonhas para ouvir a proposta. O que parecia uma conversa descompromissada virou um compromisso de “pode levar o assunto adiante e ver no que dá”. Na semana seguinte, Leivas já estava sendo entrevistado por dois vice-presidentes do Conglomerado Alfa para assumir um posto de liderança na C&C – Casa e Construção. “O processo foi muito rápido. Pedi um mês para concluir minhas pendências no Walmart”, lembra. Primeiramente, o executivo assumiu a direção geral de recursos humanos, tecnologia da informação, logística, controladoria, auditoria e manutenção. Eram áreas de retaguarda, o que nunca havia feito parte do seu dia a dia. Após um ano de muito aprendizado, ele foi promovido ao cargo de presidente. Não dá para dizer que sua rotina seja tranquila, mas o varejo de materiais de construção, reforma e decoração anda em um ritmo um pouco menos frenético que o alimentar. “Em supermercados, há um volume de produtos que giram muito rápido. Além disso, é só baixar o preço de uma cerveja, por exemplo, e todo mundo compra pra deixar em casa. Se eu faço uma promoção de porcelanato, ninguém sai correndo para comprar”, brinca Osvaldo. Trabalhando com um público muito mais específico, ele está sempre munido de informações de seus possíveis consumidores. “Tem que visitar obra, participar de lançamento de prédio, manter contato com arquitetos”, esclarece o executivo, cujo modelo de gestão é ágil, sem burocracia e próximo dos colaboradores. No seu WhatsApp, há vários grupos de trabalho. Um apenas de gerentes, outro dos melhores vendedores de loja, um terceiro de diretores e por aí vai. “Há líderes que reclamam do isolamento, do fato de não ter com quem dividir as questões diárias. Por isso, procuro estar próximo das pessoas e ouvi-las”, afirma. O mesmo vale para sua família. Após anos de atenção quase exclusiva à carreira, ele volta sua atenção à casa. “Estamos vivendo um momento muito legal. Estar mais presente dependia muito mais de mim do que deles. Minha aproximação com Deus também está muito forte. Nos reencontramos. A paz e a tranquilidade que tenho hoje é resultado disso”, comenta Osvaldo, com brilho nos olhos. Ao ser questionado sobre os próximos passos da carreira, o executivo não pensa duas vezes. É certo que o futuro a Ele pertence – e não há como interferir na orientação que virá lá de cima. avianca em revista

jun.15

· 45


CORPORATE

Você é um viajante engajado? PorViviânne G. Martins

Se você está viajando a negócios, deve estar se perguntando se sua resposta é sim ou não

Viviânne G. Martins é diretora da Academia de Viagens Corporativas, escritora, palestrante e presidente do conselho da ALAGEV - Associação Latino-Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas

D

iscute-se muito sobre como ter um viajante satisfeito e, ao mesmo tempo, comprometido com a política de viagens da empresa. Diferentemente do viajante a lazer, que pode fazer suas próprias escolhas, o corporativo precisa seguir as normas designadas pela sua empresa, visando segurança, conforto e controle do orçamento das viagens. As empresas que possuem muitos executivos que viajam estão sempre procurando uma maneira de fazer a gestão e controle dos seus gastos e, ao mesmo tempo, proporcionar conforto para seus viajantes. Aos olhos do passageiro, essa equação nem sempre parece correta. Quando recebe seu bilhete, ele normalmente não enxerga todas as razões que levaram o CNPJ pagante a escolher aquele fornecedor ou tipo de tarifa, percebendo somente o preço. Isso pode trazer insatisfação, que pode gerar um menor engajamento no programa de viagens desenhado pela empresa. Considerando os diferentes tipos de viajantes que voam a negócios (executivos, técnicos, área comercial, consultores, celebridades, participantes de eventos, linha de produção etc.), é muito importante que haja um plano de comunicação estruturado dentro da empresa, demonstrando os benefícios do programa de parcerias estabelecido pela área que negocia com as companhias aéreas, hotéis, locadoras, assistência de viagem, cartão corporativo, entre outros, para informar seus colaboradores sobre como funciona este mercado.

46 · jun.15

avianca em revista

Otimizar a mobilidade e a experiência em viagens e garantir o rastreamento e segurança dos executivos é o grande objetivo. Novidades, como gamification, que vem de games, tecnologia e entretenimento, muito usados pelas novas gerações, entram neste negócio como uma tendência, na qual a ideia principal é incentivar a competição saudável entre os viajantes para mensurar qual deles segue mais a política, a utilização dos fornecedores preferenciais e assim sucessivamente. Não necessariamente os primeiros colocados são premiados, mas o fato de serem reconhecidos colabora com o seu engajamento em relação às metas da empresa. Fazer gestão e compras deste negócio, viagens e eventos corporativos não é uma ciência exata. Não é como comprar um pacote de férias ou uma passagem online, pois requer especialistas, chamados de gestores de viagens, que, com muita técnica e análise de dados de mercado, consideram o perfil da empresa e de seus viajantes. Gestão de risco é outro item que está cada dia mais no radar dos gestores para proteger e tranquilizar seus viajantes. Tecnologia aplicada e aplicativos inteligentes chegam ao mercado para facilitar o dia a dia e trazer maior tranquilidade e experiências novas para o passageiro corporativo. avianca.com.br


xxxxxx FRONT

MARÍLIA GABRIELA

A busca por respostas da maior entrevistadora do Brasil PorVitor Cardoso Fotos ANDRÉ PASSOS

48 · jun.15

avianca em revista

avianca.com.br


Pelerine Reinaldo Lourenço Vestido Reinaldo Lourenço Segunda Pele Giuliana Romanno Braceletes Alexandre Herchcovitch Cinto Herve Leger Sandália Huis Clos

avianca em revista

jun.15

· 49


FRONT

A

jornalista, a atriz, a cantora, a maior entrevistadora do país. É tão complexo definir Marília Gabriela que ela mesma, quando questionada, responde à queima-roupa: “Eu não me defino! Sou esse híbrido mesmo, ainda não sei bem quem sou. Só sei que sou uma pessoa interessada em tudo e extremamente curiosa”, afirma. Essa inquietude a acompanha desde sempre. Natural de Campinas, interior de São Paulo, Gabi estudou em Ribeirão Preto, também no interior paulista. No seu quarto, pôsteres de Paris, Berlim e outras grandes cidades do mundo recheavam sua parede. “Tinha de tudo um pouco. Eu estava em Ribeirão, mas queria ir para o mundo!”, completa. Ela fez vários exames de vestibular, pensava em seguir a psiquiatria quando prestou medicina, depois filosofia, cinema e publicidade, mas acabou no jornalismo sem ter feito essa faculdade. “Foi uma coisa que gritou ali na minha frente, na televisão. Eu pensei: acho que é isso que eu quero! Vou correr o mundo, conhecer outras culturas, falar outros idiomas, conhecer outras pessoas e ser paga pra isso!”, explica. Mas ela não parou por aí – e parece que não vai parar nunca. Para Gabi, é muito cruel definir no final da adolescência o que você vai ser para o resto da vida. “O ser humano é muito complexo em todas as suas sinapses e sinopses de vida. Acredito que temos inúmeras possibilidades e, devido a regras de jogo, ficou estabelecido escolher uma profissão. Existe uma pressão por essa escolha do que fazer até o fim dos seus dias. Se você estiver infeliz, que pague um analista. Prefiro ir me testando e tentando até o meu último suspiro nesta vida. Por isso, se você me pergunta o que sou, eu não sei, mas sou um monte de coisas!”, conclui. Gabi sempre quis alguma coisa que não estivesse de imediato ao seu alcance. Hoje, resume esse anseio na resposta pelas questões essenciais de sua existência. “Quero o entendimento do ‘por que vim? de onde vim? e pra onde vou?’. É simples!”, ironiza. Com tantas perguntas por responder, ela encontra algumas respostas nos rituais, seja nos hábitos diários ou em práticas, como a astrologia. Ela gosta de pertencer a algo, sentir que está em algum lugar. Essa é a forma que entende de ser aceita. “Gosto de rituais, não acredito neles, necessariamente, mas isso não me impede de achar muito bonito, principalmente porque tem o humano por trás, pessoas buscando respostas, se decifrando através de cifras criadas”, explica. Entre seus hábitos diários, ao acordar, ela toma 1,5 litro de água e espera uma hora para o café da manhã. Depois vem o Pilates e, entre um intervalo e outro, lê jornais e algumas revistas, além dos livros. Ela sempre carrega algo para ler em sua bolsa, já que nunca assiste televisão aberta, nem mesmo os seus programas. Gabi lembra uma história em que se envolveu em um ritual muito peculiar quando foi à Tunísia para entrevistar o então líder da autoridade palestina, Yasser Arafat. Enquanto aguardava a definição

do dia da entrevista, decidiu-se que sua sorte seria lida. Ela foi levada até um grupo de mulheres. “Eram várias mulheres decidindo o meu destino. Sabe como? Uma delas lia as previsões no chumbo. Me deram um pedaço de chumbo, botei na mão e pediram para eu pensar numa coisa que quisesse saber. A mulher derreteu aquele chumbo e jogou-o na água. Quando caía na água, aquilo petrificava e virava uma árvore com ramos e ela lia. O diretor do meu programa na época estava comigo, muito nervoso, e ficou me perguntando sobre as revelações que elas fizeram a ele também, se tinha a ver com fulano ou beltrano que ele conhecia. Eu falava: esquece. Não importa se é verdade ou não. Olha que maravilha! Estamos do outro lado do mundo e tem gente olhando a nossa sorte no chumbo!”, se entusiasma. A indivisibilidade de um ser humano pro outro é o que fascina Gabi. Talvez seja esse o segredo do seu sucesso profissional. Para ela, todo mundo carrega um pouco do outro. Basta ter a generosidade e a atenção de parar, ouvir e perceber. “É o que faço sentada na frente de uma pessoa quando a entrevisto. Ouço e tento pensar como ela. Naquela fração de tempo, tento me tornar o que aquela pessoa é para tentar compreendê-la e tentar me compreender. Quando estou entrevistando, também estou colocando pra fora o que quero dizer, estou buscando minhas respostas nas respostas dos entrevistados”, teoriza. Essa paixão latente pelo ser humano faz Gabi enxergar muitas semelhanças entre seu ofício como entrevistadora e seu trabalho como atriz no espetáculo “Vanya e Sonya e Masha e Spike”. “Assim como em uma entrevista, acho que, no palco, de fato discutimos a vida, sempre! Por isso sou fascinada pelo teatro. Quando estamos em cena, estamos ouvindo o diretor, ouvindo o autor, ouvindo os outros atores e ouvindo a plateia. Pela reação, você consegue perceber onde as pessoas estão sendo tocadas e por que”, explica. O espetáculo é uma comédia que transcorre nos tempos atuais em uma tranquila cidadezinha, no verão da Pensilvânia. O texto, com referências aos personagens do escritor russo Tchekhov, apresenta a glamorosa estrela de Hollywood, Masha, personagem de Gabi, com seu namorado, 30 anos mais jovem. Eles passam o final de semana na linda casa de campo de sua família, onde vivem seu irmão e irmã solteirões, resignados por suas vidas pacatas. A relação simples entre as personagens deixa revelar a complexidade de cada ser humano e transforma a peça em uma discussão divertida e absolutamente interessante sobre os verdadeiros valores da vida. “Eu enlouqueci pela peça toda. É um engraçado tão humano. Nós somos aquilo. É o ridículo de todas as nossas emoções. Adoro”, empolga-se. A montagem tem direção de Jorge Takla, que soube adaptar o espetáculo de maneira magistral, sem que a peça perdesse seu DNA. “Ele é um diretor meticuloso, específico, cirúrgico na direção. Acho ele genial!”, elogia. O espetáculo ficou quase um ano a procura de patrocínio. “Já estávamos perdendo as esperanças quando o Bradesco nos salvou e nos permitiu realizar essa belíssima temporada aqui em São Paulo, no Teatro Faap”, finaliza.


Blazer Alexandre Herchcovitch


FRONT

No palco, na televisão e fora dela, Gabi se interessa muito pelas relações humanas, mas isso não quer dizer que ela se considere uma expert nisso, principalmente quando o assunto é família. “Fui, ou ainda sou, uma mãe muito permissiva, talvez porque tive uma mãe muito controladora”, explica. Para Gabi, os dois filhos, Christiano e Theodoro, são as pessoas mais importantes de sua vida. Ela descreve a convivência com eles como absolutamente afetuosa e selvagem também. “A gente briga muito, a gente perde a razão, mas a gente continua e se ama muito. Sou muito apaixonada pelos meus filhos”. A fim de investigar a natureza humana e se compreender um pouco mais, Gabi trabalha atualmente na reedição de seu livro, “Eu que amo tanto”, sobre pessoas que perdem a compostura quando amam demais. “Peguei gente de várias orientações sexuais”, explica. O livro, que originou um quadro no “Fantástico”, irá se tornar uma série mais completa, com direção de Bruno Barreto, na TV fechada. Para o ano que vem, Gabi pretende passar quatro meses fora do Brasil para se dedicar a outro projeto literário que pode ser definido como uma ficção com aromas verídicos sobre uma mulher em busca de sua identidade. Para isso, um trabalho de pesquisa está sendo feito pela jornalista

52 · JUN.15

avianca em revista

Sibelle Pedral, com fontes apontadas por Gabi. “Ela está buscando as minhas memórias e depois vou lidar com isso e fazer um livro que não será de memórias, mas de uma mulher procurando saber quem ela é. Vou encarar meus demônios porque fiz questão que ela insistisse para ter, de todas as pessoas ouvidas, tudo o que acham de melhor e o que de pior eu tive ao longo da minha vida”, confidencia. Autocrítica, complexa e com tantas perguntas sem respostas, como todo o ser humano. Essa é Marília Gabriela. “Sou essa identidade pulverizada, vivo procurando, na entrevista, no palco e em tudo o que eu faço, um pouco de mim!”. Viciada em séries de TV, como “Mad Men”, “The Good Wife” e “Vikings”, e desconectada das redes sociais, ela se descreve como uma pessoa comum, com a única diferença de não esconder o que sente. “As pessoas geralmente escondem os sentimentos e o que pensam. Eu não escondo!”. Para ela, o percurso é sempre mais interessante do que o fim e, já que o fim é tão incerto, continua em busca da resposta para o sentido da vida. Desta vez, em uma citação de Mário Quintana: “Só o desejo inquieto, que não passa, faz o encanto da coisa desejada... E terminamos desdenhando a caça pela doida aventura da caçada!”.

avianca.com.br


Playa Escondida, localizada nas Islas Marietas


TEXTO E FOTOS Camila Balthazar

Divulgação

PRAIA SECRETA

Depois de nadar 30 metros por um caminho estreito entre rochas, a luz no fim do túnel dá nessa praia surreal, escondida dentro de uma caverna no arquipélago de Islas Marietas. Esse pedaço de paraíso fica na região de Puerto Vallarta e Riviera Nayarit, dois “must-go” mexicanos – já!


around

1

U

2

m entardecer mágico tinge o céu com tons vibrantes de rosa, roxo, laranja, amarelo e azul, espelhando todas as cores no mar do Pacífico. Tem muito pôr do sol incrível mundo afora, mas esse fim de tarde de verão, que se arrasta até mais de oito horas da noite, levará um bom tempo para deixar o pódio. O crepúsculo é contornado pelas palmeiras do calçadão da orla da cidade de Puerto Vallarta, conhecido, em espanhol, como “malecón”. Moradores e turistas caminham sem compromisso por charmosas ruas de pedra, observando a exposição itinerante de artesãos, esculturas de bronze feitas por prestigiados artistas locais, bares, restaurantes, lojas de artesanato de bom gosto e apresentações de música e dança típica, realizadas embaixo de grandes arcos de pedra, em frente à praça principal.

Localizada na Baía de Banderas, Puerto Vallarta fica do lado esquerdo da península, enquanto sua vizinha, Riviera Nayarit, ocupa a parte direita e sobe rumo ao norte da costa pacífica. As duas misturam todos os elementos para uma das melhores férias da vida. Combinando praias de azul à la Pacífico e outras de água azul turquesa, quase caribenho, as enormes montanhas verdes da Sierra Madre emolduram a paisagem de floresta com sua vegetação exótica. Ou seja, tem muito passeio aquático, mas também infinitas opções de ecoturismo e aventura. Tudo isso com o toque da autêntica cultura mexicana – e não aquela um tanto fabricada para turista ver, como acontece lá pros lados de Cancun. Não à toa, a cidade reúne a maior comunidade estrangeira do México. Canadenses e estadunidenses morrem de amor por essa baía.

Antes do sol ir embora de vez, uma caminhada pelas ruelas morro acima leva ao Faro de Matamoros, construído em 1932. O antigo farol abandonou seu posto de guia das embarcações, mas proporciona uma das melhores vistas panorâmicas da praia, da emblemática coroa no topo da Igreja Nossa Senhora de Guadalupe e das casas de adobe pintadas de branco, com tetos de telha vermelha. O estilo colonial mexicano está por todos os lados e embala bons tragos no tradicional bar cubano La Bodeguita del Medio, cujos mojitos inspiravam o escritor Hemingway, noite após noite, em Cuba. Mas o melhor agito noturno acontece na Zona Romantica, também à beira-mar e conectada à cidade pelo malecón. Reduto de moderninhos e boa gastronomia, a região fica em frente ao Muelle de los Muertos, uma doca de arquitetura high tech, inaugurada há apenas três anos.

Gary Thompson é um deles. Natural de uma cidade pertinho de Seattle, ele colocou os pés em Puerto Vallarta pela primeira vez em 1974. Voltou todos os anos seguintes pra fugir das temperaturas frias do norte dos Estados Unidos. Até o dia em que não embarcou de volta pra casa. Com um espanhol ainda carregado de sotaque, ele conta que entrou no mundo da arte em 1979. Proprietário da Galeria Pacífico, localizada no burburinho do centro histórico, seu espaço tem uma amostra eclética de quadros e esculturas da arte contemporânea mexicana. “Meus artistas preferidos são Hugo Barajas, Brewster Brockmann e Ramiz Barquet. Muitos turistas vêm aqui para levar algo de volta. Afinal, a memória de um lugar não precisa ser uma paisagem, mas, sim, arte”, afirma. No entorno, há outras nove galerias que valem a visita, entre as quais a Sirena e a Corsica.

56 · jun.15

avianca em revista

1

Pôr do sol incrível em Puerto Vallarta

2

Igreja Nossa Senhora de Guadalupe

3

Entardecer visto do alto do Faro de Matamoros

4

A orla do Malecón reúne bares, restaurantes e lojas

avianca.com.br


3

4

avianca em revista

JUN.15

路 57


AROUND

1 A culinária também arranca suspiros. A dupla mar e montanha garante produtos frescos todos os dias. Atum, marlim, polvo, leite, queijo, ovos, além de frutas e verduras – tudo abastecido por produtores locais. Tal conjuntura atrai chefs do mundo todo e, como consequência, garante o título de segunda cidade do México com a melhor oferta gastronômica, atrás apenas da capital do país. Tem de tudo e pra todos: de bistrôs sofisticados a casas de família que servem comida tradicional há anos, como o Lolitas, fundado em 1950. O ambiente simples, com toalha xadrez sobre as mesas, oferece os clássicos sopes (tortilla de milho frita com feijão, queijo e sour cream) e pozole (sopa de grãos de milho com carne de frango ou porco, misturada com vários vegetais). Mas se a ideia é uma imersão na gastronomia mexicana, um tour de tacos de rua te joga direto nos melhores sabores. Barraquinhas que um turista nunca pararia por conta própria servem os melhores tacos da vida, desbancando muito restaurante gourmet. Sem esquecer a joia da agricultura mexicana: a planta de agave, matéria-prima para noites de mezcal. A regra de ouro é saber que toda tequila é mezcal, mas nem todo mezcal é tequila. O biólogo e fundador do mezcal artesanal de Montelobos, Iván Saldaña, explica: “a tequila é feita exclusivamente do açúcar do agave azul. Já o que se conhece pelo termo mezcal utiliza outros tipos de agave, principalmente o espadín. O método de preparo também difere. Enquanto a tequila vai ao fogo, o mezcal cozinha em um buraco embaixo da terra”. Ainda segundo o especialista, o destilado vai muito bem em drinks, como margarita

58 · JUN.15

avianca em revista

e bloody mary, além de puro, claro. Inclusive, o mezcal é a bebida da vez da coquetelaria mundial, conquistando fãs em bares de Londres e Nova York. A raicilla é outro tipo de mezcal, típico da região de Puerto Vallarta, porém ainda não reconhecido formalmente. Os bastidores do cultivo e produção da bebida podem ser vistos de perto na Hacienda El Divisadero, que fica a 45 minutos de carro do litoral. O clima de praia fica pra trás. O trajeto sobe a montanha de Sierra Madre, passando por uma padaria de beira de estrada que vende pães caseiros feitos no forno a lenha e até mesmo por uma bizarra granja de criação de galos de brigas, que entram no ringue para matar ou morrer. No vilarejo de El Tuito, o tempo passa sem pressa, assim como na Hacienda El Divisadero. Depois de um banquete de cultura mexicana e café orgânico com queijos produzidos na própria fazenda, o tour segue para a destilaria e fecha com uma cavalgada por plantações de agave, fauna e flora locais, até chegar a um riacho que corre entre enormes pedras – algumas com inscrições rupestres encontradas no final dos anos 1980. A tranquilidade da montanha também habita o mar. Essa paz estampa o rosto de Ignacio Hernandez, carinhosamente chamado de Nacho. Morador de Quimixto há 20 anos, o senhor de bigode, moreno do sol, mesmo com seu habitual chapéu de palha, está sempre cantando pela trilha do povoado de 300 habitantes que leva até a cachoeira. Dá pra ir a cavalo, em um passeio que leva meia hora para chegar

avianca.com.br


2 3

Sebastián com as mudas de agave na Hacienda El Divisadero

1

Ponto de parada para snorkeling

2

Vila de pescadores Pizota

3

Cascada de Quimixto

4

4

VOos para PUERTO VALLARTA (PVR) Saída Chegada

São Paulo (GRU)

01:25 18:18

Para mais opções de voos consulte www.avianca.com ou 4004 4040 ou seu agente de viagens

avianca em revista

jun.15

· 59


around

1

ao ti-bum na água fria. Essa é a primeira parada do tour de barco da Vallarta Adventures. Ao ver a praia e o pequeno povoado, cercados por montanhas e florestas densas, vem o pensamento óbvio da quantidade de lugares mundo afora que somos alheios à existência. Uma segunda parada para snorkel em um cantinho da baía e a terceira parada reforçam a ideia da imensidão do mundo. A vila de pescadores Pizota é daqueles lugares secretos que só se chega de barco, não têm energia elétrica, moram umas 85 pessoas e mais ou menos 100 pelicanos. Quem der sorte, ganha a companhia de golfinhos durante o trajeto de barco. Se Puerto Vallarta pede vários dias para conhecer seus cantinhos do mar ao céu, Riviera Nayarit implora pelo dobro. São 307 quilômetros de costa e oito povoados incríveis – alguns que despertam o desejo de ficar por ali pra sempre. Sayulita tem essa vibe. A atmosfera da praia hippie-chic com uma vila de oito mil habitantes encanta com suas cores por todos os lados e surfistas e viajantes andando pra lá e pra cá, numa boa. Na rua de pedra coberta da areia que vem da praia, tem lojinhas, restaurantes e bares, sempre com um reggae vindo da vitrola de algum lugar. O mundo está descobrindo esse destino, que já fica amontoado aos fins de semana. Pra fugir da muvuca, o vizinho vilarejo praieiro de San Pancho preserva o clima de calmaria.

60 · JUN.15

avianca em revista

Rua principal da praia de Sayulita

2

A praia atrai os melhores surfistas da região

3

Campo de golfe de Punta Mita, desenhado por Jack Nicklaus

2

3

A vizinha mais linda: Riviera Nayarit

1

A pontinha da península que se joga no mar de água azul turquesa decorado com pedras vulcânicas e areia branca recebe o nome de Punta Mita. Por lá, circulam apenas pessoas com o refinado dom de curtir os bons luxos da vida. A praia particular pode ser acessada apenas por proprietários das casas de condomínios sofisticados construídos ali ou dos dois resorts que merecem o título de mais incríveis do mundo: o Four Seasons e o St. Regis. Esse pedacinho privé também conta com campos de golfe de primeira linha, sendo dois deles desenhados pelo top Jack Nicklaus. De dezembro a abril, dá pra jogar golfe vendo as baleias passarem. Além da vista beira-mar que inspira tacadas elegantes, esse é o único lugar do mundo com um buraco par 3 em uma ilha natural, acessível apenas de carrinho de golfe anfíbio. Muitos tours para Islas Marietas partem daqui. Essa é a pérola do destino, que precisa, sim ou sim, entrar no roteiro. Tem gente que diz que é o lugar mais lindo do México – poucos ousam discordar. O barco leva uma hora pra chegar ao arquipélago. Ali, no meio do Oceano Pacífico, todos desembarcam com seus coletes salva-vidas para nadar por um túnel de pedras que leva até a Playa Escondida, também conhecida como Playa del Amor ou como o lugar mais incrível do mundo. Com acesso apenas a nado, lembre-se de levar uma câmera à prova d’água, item indispensável pra eternizar o visual da praia dentro de uma caverna gigante com uma cratera no teto que vasa a luz do céu azul. Declarada parque nacional em 2005, tem várias ilhas e muitas praias, mas a secreta rouba a cena. Os passeios também saem de Puerto Vallarta, de San Pancho e da maioria das praias da região. Mesmo depois de coroar com as Islas Marietas, a viagem segue impressionando. O segredo é simples. Escolha qualquer cantinho à beira-mar e espere diariamente pelo melhor entardecer da história, colorindo a memória de boas lembranças.

avianca.com.br


ONDE FICAR Casa Velas Um hotel boutique de luxo all inclusive, só para adultos. A definição já diz muito do lugar, mas há espaço para superar as expectativas ao chegar lá. Suítes com piscina ou jacuzzi particular e vista para o campo de golfe, fitness center, spa e piscina rodeada de palmeiras e espreguiçadeiras confortáveis dão charme ao empreendimento de estilo colonial. Ambiente tranquilo, staff atencioso e clube de praia privativo a cinco minutos do hotel. www.hotelcasavelas.com

Four Seasons

ONDE COMER

Na pontinha da península da Baía das Banderas, um paraíso luxuoso com praia particular de água azul turquesa, areia branca e pedras vulcânicas, além de campos de golfe desenhados pelo Jack Nicklaus. O Four Seasons Punta Mita oferece espaçosas e elegantes acomodações com varanda, camas que abraçam e banheiro amplo. O resort conta com fitness center, spa, restaurantes e piscinas surreais, uma delas com borda infinita, além de várias opções de esportes aquáticos e passeios de helicóptero e barco. www.fourseasons.com/puntamita

La Leche O lugar entrega uma daquelas experiências inesquecíveis. Pé direito alto, decoração monocromática tão branca quando leite – como o próprio nome diz –, produtos frescos, boa música e menu novo todos os dias. Exibido em um quadro negro, o cardápio é explicado pelo garçom com um senso de humor na medida certa. A cozinha do chef Alfonso Cadena inova a culinária tradicional e garante uma apresentação impecável. www.lalecherestaurant.com

Café des Artistes

Uma mistura de gastronomia francesa com mexicana em uma floresta mágica de conto de fadas. Com ambiente intimista perfeito para um jantar a dois, a casa tem um jardim externo com muita natureza, além de outras quatro áreas internas com decorações distintas, que vão de enormes murais nas paredes a lustres com gotas de cristal. A música ambiente dá o tom perfeito para embalar a noite com um Martini de maçã. www.cafedesartistes.com

avianca em revista

JUN.15

· 61


HOT SPOT

Verão o ano todo Por Camila Neves VOos para FORTALEZA (FOR)

São Paulo (GRU) Brasília (BSB)

Saída Chegada 11:15 14:50 11:56 14:39

Para mais opções de voos consulte www.avianca.com.br ou 4004 4040 ou seu agente de viagens

Bons drinks

Atmosfera aconchegante, decoração cool, música boa e preço justo dão tom ao bem frequentado Moleskine Gastrobar. Em apenas um ano de existência, o espaço se tornou ponto de encontro de uma turma de bacanas da cidade e, de tempos em tempos, organiza eventos pra lá de disputados. A localização ajuda: o famoso corredor gastronômico da rua Professor Dias da Rocha, que fica em uma região nobre da capital cearense. O destaque aqui são drinks, como o Aperol Spritz, e a carta de cervejas com 60 rótulos nacionais e internacionais, como a belga La Chouffe. A cozinha, comandada pelo chef Rafael Iori, também merece atenção. Peça mesa no terraço e uma porção de coxinha de marreco com molho de frutas cítricas. Você não vai se arrepender! www.moleskinegastrobar.com.br

Point da praia

Restaurante mais famoso

Se você gosta de frutos do mar, o Coco Bambu é o seu lugar. Com cardápio tentador e pratos fartos, todos para dividir, o restaurante é tão bem cotado que já conta com 13 unidades em seis estados brasileiros - só em Fortaleza, são três. Charmoso, o da Beira-Mar foi o primeiro a inaugurar, há sete anos. Entre as receitas mais procuradas está a do Camarão Internacional, feito com arroz cremoso e batata palha. Pescados, mariscos e lagostas também saem bem. Das sobremesas, o petit gateau de doce de leite é invencível.

Sol, mar, coco geladíssimo e gente linda: esse é o combo infalível que faz da Guarderia a barraca mais pop da Praia do Futuro, a 15 minutos do centro. É o local certo para ver e ser visto, colocar o bronze em dia ou apenas se jogar em uma das espreguiçadeiras disponíveis por lá. Esportistas e aventureiros também podem contar com equipamentos de windsurf, esporte praticado aos montes no Ceará. E se a estrutura do lugar é incrível, o atendimento não fica para trás - todos os aperitivos com frutos do mar são frescos e deliciosos. Dica: vá de caranguejo. Se paciência não for seu ponto forte, pode apostar no ceviche da casa ou no crepe de camarão. www.guarderiabrasil. com.br

www.restaurantecocobambu.com.br

62 · JUN.15

avianca em revista

avianca.com.br


FIQUE AQUI

Luxo na capital gaúcha

VOos para PORTO ALEGRE (POR)

Por Natália P. Machado Florianópolis (FLN) Rio de Janeiro (GIG)

Saída Chegada 23:15 00:18 10:51 13:07

Para mais opções de voos consulte www.avianca.com.br ou 4004 4040 ou seu agente de viagens

L

ocalizado em um dos bairros mais elegantes de Porto Alegre, o Radisson Hotel destaca-se na arborizada Avenida Coronel Lucas de Oliveira. O elevador panorâmico com vista para um enorme gramado verde e casas de alto padrão residencial leva aos 131 apartamentos, divididos entre categorias Superior, Luxo, Suíte Superior, Suíte Luxo, Suíte Business Class e Suíte Royal. Essa última conta com 88 metros quadrados, sendo possível assistir, lá do alto, ao famoso pôr do sol do Rio Guaíba. O hotel está estrategicamente situado a oito quilômetros do aeroporto, seis quilômetros do centro de convenções da FIERGS, dois quilômetros do Parque Moinhos de Vento e da movimentada Avenida Carlos Gomes, centro de negócios da cidade e sede das principais multinacionais. Com a tranquilidade de uma região residencial, o bairro ainda possui universidade, supermercados, lojas e boa vida noturna, com bares, restaurantes e baladas. Em 2014, o lobby passou por um retrofit e os hóspedes são recepcionados em um moderno espaço com água saborizada, café expresso, maçãs verdes e toalhas umedecidas. As acomodações também seguem os padrões da bandeira Radisson, marca considerada uma das líderes mundiais no segmento de hospedagem na categoria luxo. Decorados com arte contemporânea, os quartos contam com espaçoso banheiro, amenidades L’Occitane e cama king size, daquelas que abraçam. Hóspedes também têm café da manhã completo e wi-fi cortesia. Além disso, o empreendimento oferece serviços de restaurante, bar, room service 24 horas, lavanderia, estacionamento, salão de beleza, além de centro de convenções com capacidade para atender até 100 pessoas. Diárias a partir de R$ 250,00, aos fins de semana. Radisson Porto Alegre Av. Cel. Lucas de Oliveira, 995 – Bela Vista www.atlanticahotels.com.br


HOT SPOT

Paraíso paraibano Por Simone Farret

João Pessoa é uma cidade que sempre deixa saudades. Passeios incríveis, povo acolhedor, ampla oferta hoteleira e gastronômica transformam a capital paraibana em um destino encantador.

Hotel Luxxor João Pessoa Hospedar-se à beira-mar é praticamente uma obrigação, pois não dá para perder a vista paradisíaca da praia e a brisa constante que sopra o ano inteiro. O Hotel Luxxor João Pessoa está localizado no coração da Praia de Cabo Branco, pertinho dos melhores restaurantes e centros de lazer e artesanatos. Com padrão executivo da Rede Nord, a primeira unidade da categoria Luxxor ganhou atrativos de luxo, com mimos surpreendentes e belas e confortáveis instalações para turismo de lazer, eventos e negócios. www.nordhoteis.com.br

Roccia Cozinha Contemporânea

Prepare-se para se surpreender com a comida do chef Onildo Rocha no Roccia Cozinha Contemporânea. Com maestria, ele transforma ingredientes locais em pratos lindos e saborosos, que são servidos num ambiente sofisticado, na medida certa e com alto padrão de atendimento. Instalado dentro do Hotel Cabo Branco Atlântico, na Orla de Cabo Branco, o restaurante é frequentado por turistas e por muitos moradores da cidade. www.cozinharoccia.com.br

64 · JUN.15

avianca em revista

Praia de Coqueirinho Localizada no município de Conde, 25 quilômetros ao sul de João Pessoa, a Praia de Coqueirinho está entre as mais belas do país. Seus coqueiros à beira-mar emolduram a cena tropical na enseada. Além de bela, a praia é limpa e excelente para banho em águas cristalinas. O lado sul tem ondas para surfe. O Canyon de Coqueirinho é muito procurado para passeio entre as escarpas coloridas, além da argila medicinal utilizada para tratamento da pele. Especializado em drinks tropicais e frutos do mar, o restaurante Canyon do Coqueirinho oferece estrutura para curtir a praia com conforto, diariamente, das 9h às 17h. www.restaurantecanyon.com

VOos para joão pessoa (JPA) Saída Chegada

Rio de Janeiro (GIG) Brasília (BSB)

20:53 23:53 11:58 14:50

Para mais opções de voos consulte www.avianca.com.br ou 4004 4040 ou seu agente de viagens

avianca.com.br


ESPECIAL

VOLTA AO MUNDO Travel and Share

Por Renata Maranhão

1

Q

uantas histórias você já ouviu de pessoas que largaram suas profissões e recomeçaram do zero? Ou aquelas que largaram casa e trabalho e foram viajar o mundo? E quantas vezes, lá no fundinho, você também desejou fazer algo similar, mas não teve coragem? Para desafiar o que a sociedade imagina ser o correto, dois casais deixaram suas casas, trabalhos, família e amigos para dar a volta ao mundo em busca de si mesmos – e de algo que possam oferecer em troca ao mundo.

São Pedro de Atacama

1

Mirella Rabelo e Rômulo Wolff no glaciar Viedma em El Chatén Glaciar. Para caminhar no glaciar precisamos usar grampos nas botas e nos agachar para não cair com o vento forte

2

Luah Galvão e Danilo España em estação de trem na Tailândia

3

66 · JUN.15

Mirella Rabelo e Rômulo Wolff estão apenas no início desta busca. Travel and Share é o nome do projeto que os fez largar carreiras em multinacionais para iniciar, em janeiro deste ano, uma volta ao mundo que durará dois anos e passará por 50 países. “O maior desafio já foi superado: largar tudo!”, conta Mirella. Com verba limitada, eles encontram hospedagem pelo Couchsurfing – rede social de pessoas que recebem visitantes em suas casas e turistas que buscam hospedagem grátis. Até o momento, já foram 84 dias de acomodação gratuita. Mirella e Rômulo pretendem ficar cinco meses na América do Sul, três na América do Norte, dois na Oceania, oito na Ásia, três na Europa e, por fim, outros três meses na África. Na famosa lista de coisas que gostariam de fazer antes de morrer, estavam itens como conhecer um

avianca em revista

aborígene, ver um iceberg e um vulcão. Uma lista que, com certeza, irá mudar muito à medida que a viagem avançar. “Queremos enxergar a felicidade nas coisas simples, aprender mais sobre nós mesmos, a cultura das pessoas que nos hospedam, a levar uma vida mais tranquila e desapegada”, diz Mirella. Desde o dia da partida, cinco países já foram visitados na América do Sul, muitas aventuras vividas e alguns itens riscados da bucket list. A rotina, se é que podemos chamar de rotina, é contada por Mirella: caminhadas de 18 quilômetros para chegar ao mirador de Las Torres, em Torres del Paine, outras para conhecer um glaciar em El Chaltén, mais de 16 horas de estrada para chegar ao Salar de Uyuni e se hospedar em um hotel de sal. “Essas foram as paisagens mais impressionantes que já vimos até hoje”, afirma Rômulo. Mirella se surpreende com a própria capacidade de adaptação: “Não tínhamos onde ficar quando chegamos em Puerto Porvenir , no Chile, e decidimos dormir no carro em um posto de gasolina. Fazia muito frio e o vento forte não nos permitia nem acampar. Era aniversário do Rômulo e festejamos ali, com o que tínhamos: uma garrafa de vinho e um pacote de batatas fritas. São momentos simples que nos marcaram de forma especial. Hoje, percebemos que cada dia precisamos de menos coisas. Em cada lugar que passamos, fazemos uma doação e vivemos melhor, carregando menos coisas”, aponta Mirella.

avianca.com.br


O que te motiva?

A necessidade de reciclagem uniu o casal Luah Galvão e Danilo España na expedição Walt and Talk - uma volta ao mundo em busca do que “move, inspira e motiva”. Quando se conheceram, já haviam perdido o brilho de executar suas profissões e agiam mecanicamente. A ideia de dar a volta ao mundo surgiu das aulas de filosofia mítica, onde conheceram a Paideia, sistema de educação helênico, no qual se acreditava que aqueles que encontrassem seus talentos e os desenvolvessem ao máximo seriam mais motivados. Decidiram comprovar a tese. Foram, por mais de dois anos, visitando 160 destinos em 28 países dos cinco continentes. A primeira volta ao mundo tinha o tema “Motivação” e foi tão profunda que mudou suas vidas para sempre. Logo veio a segunda expedição: “Superação”, quando percorreram, a pé, mais de 800 quilômetros do Caminho de Santiago de Compostela. Eles já se preparam para a terceira, desta vez pela América do Sul, com o tema “Resiliência”. Suas viagens são sempre compartilhadas no site e mídias sociais do projeto, além de portais, revistas e muitas palestras motivacionais.

2

3


ESPECIAL

O melhor lugar do mundo

Depois de milhões de quilômetros percorridos, ficou impossível eleger o melhor lugar do mundo. Luah ensina que os melhores lugares são aqueles nos quais se está de peito aberto para vivê-los. “O lugar só se revela, de fato, quando estamos dispostos a experimentálo com os nossos cinco sentidos. O melhor lugar do mundo pode passar despercebido e o pior pode virar um verdadeiro romance. Tudo depende um pouco da sorte, da entrega e do respeito que cada viajante tem pela própria jornada”, completa Luah. Danilo revela ter um afeto especial pelo Camboja, pátria do reino Khmer, e suas construções, palco de uma das maiores civilizações da Idade Média, ocupando regiões que fazem parte da Tailândia, Laos e sul do Vietnam - algo entre o tamanho atual de Nova York e São Paulo -, com 94 templos, baixos-relevos (que representam acontecimentos históricos e do dia a dia da época), estátuas e galerias. Um dos templos, dedicado a Buda, tem cerca de 200 enormes faces humanas de pedra decorando as torres. “Encarar Angkor Wat de frente pela primeira vez é mesmo de entorpecer. Divino. Mágico, soberbo”, derrete-se Danilo.

O casal conta que, em todas essas viagens, ninguém disse que o dinheiro ou bens materiais eram a maior fonte de motivação, mas ficou claro que ninguém motiva ninguém. “Fatores externos influenciam, como cultura, religião, tradições e família. Mas, quando descobrimos o que viemos fazer nessa existência e agimos de acordo com esse propósito, passamos a compreender o que nos faz acordar todos os dias e seguir adiante”, diz Danilo. Para a dupla, a viagem interna foi muito maior que a volta ao mundo. “Todo mundo tem uma história e todas as histórias são carregadas de ensinamento e inspiração. Hoje, compartilhar tudo o que vimos, ouvimos e vivemos é o que nos move adiante”, revela Luah. Mirella e Rômulo, do Travel and Share, viajam recheados com a expectativa de que sua jornada faça a diferença na vida das pessoas. “ Esperamos que nossa experiência inspire outras pessoas a irem em busca de seus sonhos e a fazer coisas que os façam felizes”, declara o casal, que reparte suas aventuras nas redes sociais da expedição e no canal do YouTube.

Walk and Talk

Já Luah se apaixonou por Laos. “A Cerimônia das Almas nos mostrou o poder da colaboração. Todas as manhãs, nativos e turistas participam de um ritual praticado pelos monges para coletar esmolas

e alimentos, pois eles vivem apenas de doações. Grande parte é separada para alimentar também as inúmeras crianças carentes da região. Luang Prabang vive, todos os dias, o amor em amplo sentido. Mudou minha cabeça e meu jeito de encarar a vida”, conta.

Viver ou Existir

Como tudo na vida, viver ou existir são escolhas. Alguns vivem e tornam-se protagonistas de suas histórias, outros apenas existem. “Viver motivado é viver o momento, transcender as manias, a vergonha, livrar-se do apego e buscar a magia de viver em meio à turbulência com alegria”, diz um texto de Bernardino Nilton Nascimento, um filósofo da internet. Todos nós precisamos de um pouco de magia para quebrar a rotina e plantar sonhos no horizonte. O fato é que ninguém pode fazer isso por você. É uma decisão pessoal, que parece ser a grande questão do século na humanidade. William Wallace declarava que todo homem morre, nem todos realmente vivem. Já Win Borden ensinava que se você esperar para fazer tudo até ter certeza de que está certo, você provavelmente nunca irá fazer muita coisa. Muitos são os estudiosos do tema. Ninguém sai ileso ao aprendizado.

Santiago de Compostela

68 · JUN.15

avianca em revista

www.walkandtalk.com.br www.travelandshare.com.br

avianca.com.br


sabores

Vida de chef por Carla Palmieri

F

omos conhecer o simpático chef de cozinha e restaurateur Roberto Ravioli, indiscutivelmente um dos grandes defensores da cozinha italiana tradicional no Brasil. Filho de imigrantes, este brasileiro de alma italiana está há 25 anos no mundo da culinária. Antes disso, estudou arquitetura, profissão que exerceu com maestria por alguns anos. A mudança radical aconteceu no final dos anos de 1980, quando seu irmão, o também chef de cozinha Franco Ravioli, o convidou para ser sócio da famosa Pizzaria Bros. “Aceitei na hora. De certa forma, já estava envolvido com tudo aquilo. Logo depois ingressei nos eventos gastronômicos da Fórmula 1 e não parei mais a minha escalada. Costumo dizer que isso foi a Mão de Deus”, justifica-se, com um largo sorriso. Roberto considera sua cozinha bastante rica e criativa. “Minha comida sempre foi comportada, simples, com um toque moderno. Meus clientes saberão o que irão comer. Uma comida afetiva e que te abraça”, revela. Toda esta linguagem poética quando se refere ao seu menu pode ser conferida em seus dois restaurantes em São Paulo: o Empório Ravioli, frequentado por importantes empresários, intelectuais e artistas, e o Restaurante La Madonnina Ravioli, versão mais sofisticada, inaugurada em abril de 2012, na badalada região da Vila Nova Conceição, que tem sempre suas mesas disputadas por uma elegante clientela. “Adoro estar nos dois lugares. Este ano, ainda irei abrir uma terceira casa. A ideia é que meus restaurantes sejam a extensão da casa de meus clientes. Em torno da mesa mencionávamos nossas tristezas, mas, sobretudo, compartilhávamos nossas alegrias”, diz Ravioli. Além de cuidar pessoalmente de seus negócios, Ravioli leva aos quatro cantos do país o sabor

70 · jun.15

avianca em revista

de seus pratos, inspirados na culinária Toscana. Ele também faz parte da Federazione Italiana Cuochi, da Associação da Boa Lembrança, e ainda é curador do Programa Sabor São Paulo, do Mercado Municipal da cidade. “Para mim, a gastronomia brasileira é o máximo. Os chefs são criativos nos pratos e se importam com o sabor da comida. Adoro contribuir com a gastronomia do país, principalmente a italiana, que é a minha história”. Entre as boas lembranças de sua trajetória gastronômica, o chef cita um Grande Prêmio de Fórmula 1 do Brasil, quando preparou um jantar em homenagem a Rubinho Barrichello e Michael Schumacher. “Esse período, em que contribuí para a gastronomia deste grande evento, foi uma escola para mim. Aprendi a cozinhar até com as mulheres dos pilotos”, revela. Outra história que o acompanha sempre foi quando, a pedido de um amigo que conheceu na região da Toscana, na Itália, cozinhou para o cantor Luciano Pavarotti um jantar com o autêntico ravioli, uma das massas preferidas do tenor. Em visita ao Brasil, Pavarotti fez questão de experimentar o prato que o amigo criou em sua homenagem, o criativo “Gnocchi Per Pavarotti”, que está no cardápio de seus restaurantes. Inspirado pelo tenor, o chef teve a ideia de unir a massa da focaccia italiana ao feijão branco e o tomate. “Minha inspiração vem da mesa Toscana e gosto de reinventar os pratos clássicos com meus toques pessoais, utilizando ingredientes e temperos brasileiros”, completa. Em meio a várias histórias fantásticas e fascinantes, perguntei a ele qual era o segredo deste delicioso sucesso. “Sou um cara de muita aceitação. Trabalho muito, tenho humildade, aceito bem as críticas e sou muito exigente com minha equipe. Por fim, sou feliz assim”, finaliza, com mais um sorriso contagiante. avianca.com.br


Restaurante La Madonnina Ravioli Gastronomia: Italiana Preço médio: R$70,00 Prato destaque: Tortelli di Zucca al Burro e Mandorle Massa recheada com creme de abóbora, Amaretto e mostarda de Cremona (R$ 48,00). Massa levemente adocicada, delicada, aromática, recheio elegante e na medida. www.ravioli.com.br

avianca em revista

jun.15

· 71


COMER E BEBER

Bistronomia paulistana Por Paulo Greca

O termo “bistronomia” refere-se à cozinha de excelência e autoria, com preços competitivos. Para você que gosta de comer o que é bom, sem ter que pagar a mais por isso, selecionamos quatro restaurantes com excelência em atendimento e gastronomia perfeita.

Le Bilboquet

Felix Bistrot

Francês contemporâneo, muito charmoso e badalado, na região dos Jardins, em São Paulo. O local é lindo, com música ambiente agradável e o staff atende com extrema simpatia. As porções são muito bem servidas, o que permite que duas pessoas dividam tranquilamente um prato se optarem por degustar uma entrada. A boa pedida é sentar na área externa para experimentar o Linguine com Frutos do Mar ao Molho Pesto (R$ 86). Diariamente, no almoço, a casa disponibiliza um menu executivo (R$ 49) com entrada, três opções de principal e sobremesa. Confira a programação para o fim de semana. Em alguns domingos, o restaurante tem DJ para animar o happy hour. Wi-fi grátis, vallet (R$ 22). Não possui banheiro para portadores de necessidades especiais.

Inaugurado em 1998, no coração da Granja Viana, esse tradicionalíssimo francês fica sob o comando do restaurateur Vinícius Rioli, que busca remeter a gastronomia europeia aos tempos da vovó. A adega abriga cerca de 140 rótulos de vinhos variados para harmonizar com uma das iguarias elaboradas pelo chef Luiz Emanuel Lima. Peça a imperdível entrada Oyster Gratin (R$ 42), carro chefe da casa, seguida pelo prato principal, Bisque Aux Fruits de Mer (R$ 88), suculenta porção de frutos do mar, regada ao molho de crustáceos e legumes, que pode ser tranquilamente dividida para duas pessoas. Você ainda pode optar pelo menu executivo (R$ 44), com entrada, principal e sobremesa. Aberto diariamente, wi-fi e manobrista grátis. Possui acesso e banheiro adaptado, além de cadeira de rodas e equipe especializada no transporte de portadores de necessidades especiais.

www.lebilboquet.com.br

www.felixbistrot.com.br

Jui

COSÌ

Os amantes da boa comida já podem se deliciar nessa casa, situada no bairro paulistano de Santa Cecília e comandada pelo chef Renato Carioni. Os pratos têm um toque despojado, fruto da criatividade do chef, que agrada ao público com suas receitas exclusivas, como a Insalata al Mare (R$ 37), camarão, lula, polvo e vieiras com vinagrete de gengibre e torrada ao alho, ou o Risotto Al Polpo (R$ 57), com farta porção de polvo e azeitonas verdes. Se quiser acompanhar bebericando um bom vinho, você pode optar por um dos rótulos da adega, disponíveis também em meia garrafa.

www.juirestaurante.com.br

www.restaurantecosi.com.br

72 · jun.15

avianca em revista

Tadeu Brunelli

O pequeno restaurante asiático, inaugurado há um ano no bairro Chácara Santo Antonio, em São Paulo, está sob os cuidados do chef malaio Tan Tjui Tseng, que abusa da criatividade e oferece delícias ímpares com influências do sudeste asiático. Destaque para o Beef Wok (R$ 26), finas fatias de carne bovina fatiadas com legumes, alho frito, cebolinha e arroz. Além do cardápio À La Carte, de segunda a sexta-feira é servido um delicioso menu executivo (R$ 24 a R$ 32), com comidinhas variadas e sobremesa à parte (R$ 12). Abre apenas para o almoço. Wi-fi grátis, não tem serviço de manobrista. Possui rampa de acesso para cadeirantes, porém o banheiro fica no andar superior e o acesso é por escada.

avianca.com.br


SÓ BLENDS Em um teste cego, provamos diversos vinhos elaborados com cortes (mistura de uvas diferentes) e selecionamos quatro amostras bastante expressivas, com foco na melhor relação entre custo e benefício. Anote!

DECERO AMANO (R$ 224)

Belo exemplar da Remolinos Vineyard, localizada em Mendoza, na Argentina, que reúne quatro variedades tintas: 64% Malbec, 30% Cabernet Sauvignon, 4% Petit Verdot e 2% Tannat. O resultado é um vinho bastante encorpado e com bom potencial de guarda, de coloração rubi escura, com aromas intensos de frutas vermelhas, violetas e jasmim. A potência dos taninos é revelada pela robustez do Tannat, em final longo e persistente.

QUINTA DA HERDADE (R$ 68)

Vinho verde, produzido na região de Amarante, em Portugal, com as castas Avesso, Trajadura, Loureiro e Alvarinho. Para os que gostam de vinhos leves, esta é a escolha ideal. Apresenta aroma suave de frutas brancas e toques florais. É bastante fresco e muito agradável na boca devido à sua baixa graduação alcoólica (11,5%). Tem final não muito expressivo e persistência mediana, porém é gostoso de beber. www.portusimportadora.com.br

www.winesoulstore.com.br MONTE VELHO 2012 (R$ 57) QUINTA DA ROMANEIRA RESERVA 2008 (R$ 220)

Português do Douro, tem cor vermelha púrpura e aromas frutados com cereja intensa, além dos perfumes da baunilha e canela. A composição do corte de Touriga Nacional (50%), Touriga Franca (40%) e Tinto Cão (10%), provenientes de vinhas com mais de 25 anos de idade, confere agradáveis sensações olfativas e taninos elegantes, com boca macia e plena. Final longo.

Português do Alentejo, elaborado pela vinícola Herdade do Esporão. Mistura uvas do tipo Aragonês, Trincadeira, Touriga Nacional e Syrah, com fermentação alcoólica em cubas de inox e estágio de seis meses em cubas de madeira de carvalho americano. Coloração rubi brilhante, notas aromáticas de vegetais secos e toques de baunilha. Na boca, apresenta corpo médio e taninos macios. Final persistente.

www.portusimportadora.com.br

www.qualimpor.com.br


around

Amanhcer na praia de Canabrava

74 路 jun.15

avianca em revista

avianca.com.br


Terra do cacau e da poesia PorTalita Paes Fotos C.Koga

Uma pequena cidade, com aproximadamente 250 mil habitantes, reserva todos os ingredientes necessários para um bom enredo. Ilhéus é mais do que as belezas naturais de suas praias. A cidade serviu de inspiração para os romances do escritor Jorge Amado e, por muitos anos, esteve entre as principais produtoras de cacau do mundo.

F

oi na cidade de Ilhéus, aproximadamente 460 quilômetros ao sul de Salvador, na Bahia, que o famoso escritor Jorge Amado compôs a primeira obra e criou diversos personagens que viraram ícones da literatura brasileira. Moradores locais dizem que a cidade foi fonte de inspiração das suas melhores histórias. “Jorge Amado representa muito para Ilhéus. Foi aqui que o escritor criou grandes romances, como ‘Gabriela, Cravo e Canela’ e ‘Terras do Sem Fim’”, conta Felipe Castro, coordenador da Casa de Jorge Amado. O lugar foi moradia do escritor baiano durante anos e reúne seus antigos artefatos. Em cada ambiente, há um pouco de suas histórias, seus livros e até mesmo suas crenças. A casa amarela fica bem no centro da cidade e tem uma estátua de Jorge Amado dando as boas vindas. “Todo turista que vem a Ilhéus deve conhecer a Casa de Jorge Amado”, ressalta Felipe. A influência de Jorge Amado está por todos os lados. As histórias dos livros ganham vida nas ruas da cidade, no Bar do Vesúvio e no Bataclan. As fachadas das construções do fim do século XIX permanecem por lá, mantendo o cenário que inspirou o escritor. Vale a pena fazer o passeio pelo quarteirão Jorge Amado e conhecer cada cantinho dessa história. avianca em revista

jun.15

· 75


around

Dica: Durante a semana, a Casa de Jorge Amado abre às 9h e fecha para o almoço, às 12h. O local reabre às 14h e encerra as atividades às 18h. Aos sábados, funciona das 9h às 13h. O valor da entrada é de R$ 5 a inteira e R$ 2,50 a meia. A Fazenda Yreré cobra entre R$ 25 e R$ 30 para realizar o passeio completo. É necessário agendar com antecedência a visita.

1

2

1

Estátua de Jorge Amado

2

Catedral de São Sebastião

3

Fermentação e secagem de amêndoas de cacau

4

Praia de Backdoor

VOos para ILHÉUS (IOS)

Salvador (SSA) Brasília (BSB)

Saída Chegada 15:35 16:14 11:48 14:07

Para mais opções de voos consulte www.avianca.com.br ou 4004 4040 ou seu agente de viagens

76 · jun.15

avianca em revista

avianca.com.br


4 Ainda no centro histórico, a arquitetura chama a atenção, como o Palácio Paranaguá, sede da Prefeitura de Ilhéus. O prédio, de 1907, foi construído pelo Coronel Adami de Sá e representou a riqueza que existiu na região durante a época áurea do cacau. Outra construção imponente é o Palacete Misael Tavares, inaugurado em 1922. O edifício pertenceu ao maior coronel de cacau da cidade e hoje é sede da maçonaria. As igrejas de Ilhéus, patrimônio religioso da cidade, também são símbolos arquitetônicos. Conheça a Catedral de São Sebastião, importante templo da religião católica na cidade. Sua construção gerou muita discussão na época, mas agregou um enorme valor cultural para Ilhéus. Vale destacar que a iluminação da igreja é totalmente natural. Aproveite e inclua no roteiro a visita à majestosa Igreja Nossa Senhora da Piedade, à Capela Nossa Senhora de Lourdes e à Igreja Matriz de São Jorge, que abriga um Museu de Arte Sacra.

Rota do chocolate

Nas primeiras décadas do século XX, Ilhéus se tornou a terra do cacau. A cidade foi considerada uma das principais produtoras de cacau do mundo, ficando atrás apenas de Costa do Marfim. No entanto, nos anos de 1990, uma terrível praga, conhecida como vassoura-de-bruxa, infestou as plantações e reduziu a produção pela metade. Apesar da queda acelerada da safra, a região continuou a plantar o pé de cacau e, hoje, colhe outros frutos.

3

Muitas fazendas abriram as portas para receber visitantes e mostrar o ciclo da fruta, o processo de plantação e colheita, com direito a degustação, além

de oferecer trilhas para caminhadas ecológicas. É fácil encontrá-las. Basta seguir em direção ao município de Itabuna, a cerca de 13 quilômetros de Ilhéus, local com uma vasta opção de fazendas para visitar. A Fazenda Yreré é umas delas. A propriedade é dedicada totalmente ao turismo rural. O dono, Gerson Marques, está há 18 anos à frente do negócio e destaca que o passeio é enriquecedor. “Nós explicamos a história do cacau, levamos todos a uma trilha para ver de perto a plantação e ter contato direto com todo o processo. A experiência é única”, conta. No final do tour, são servidos quitutes feitos de cacau para a degustação.

Litoral de Ilhéus

Situado na região norte do Brasil, o município ainda oferece belas praias e cenários paradisíacos. Existem duas zonas litorâneas na cidade: as chamadas praias do Sul e as praias do Norte. A cerca de 14 quilômetros do centro, ao sul, estão as praias do distrito de Olivença, as mais procuradas da região. O acesso é fácil, pela Rodovia Ilhéus-Olivença, uma estrada boa, com vista para a orla marítima da cidade. A praia de Milionários é a primeira da costa sul de Ilhéus, mas as preferidas por turistas são as de Backdoor, de Batuba e de Canabrava. A boa estrutura com barzinhos à beira-mar garante a agitação. Saindo da cidade, em direção a Itacaré, ficam as praias do Norte. A estrada é cercada por palmeiras e lavouras de cacau, o que torna o passeio ainda mais agradável. Ao contrário do sul, as praias são mais reservadas, ideais para quem procura tranquilidade e um ótimo lugar para descansar. A areia branca e a água do mar de tom esverdeado deixam o clima paradisíaco.

avianca em revista

JUN.15

· 77


around

1

Onde comer 1 Bar Vesúvio

Cenário para uma das obras do escritor Jorge Amado, o Bar Vesúvio se tornou referência e parada obrigatória para quem está na cidade. Na ficção, o árabe Nacib era seu proprietário e se apaixonou pela mulata Gabriela. Na vida real, o boteco é o lugar perfeito para reunir os amigos e curtir um clima agradável. Perto da praça principal de Ilhéus, o Vesúvio serve moqueca e outros pratos regionais, além de ter a disposição uma variedade de cachaças. www.barvesuvio.com

2 Bataclan

Antigo Cabaré, o Bataclan foi um espaço de diversão para os homens poderosos de Ilhéus entre o século XIX e XX. Hoje, o local virou um restaurante, com decoração e estilo que relembram a época de ouro dos anos de 1920. No piso superior, a réplica de um dos quartos mantém viva a história de Maria Machadão. O espaço ainda oferece uma loja de souvenires. O Bataclan serve

78 · jun.15

avianca em revista

2

comida a quilo no almoço e pratos à la carte à noite. Toda quarta-feira acontece uma apresentação teatral que recria o clima de cabaré da época.

Onde ficar

www.bataclan.com.br

Cabana da Empada

O local é uma delícia, cheio de flores nativas, com muito verde em um ambiente decorado com estilo rústico. O cardápio oferece uma variedade de sabores de empada, desde de um simples recheio de palmito até o queijo coalho com linguiça. Na sobremesa, você pode escolher uma empada de doce de leite com nozes, banana com canela, paçoquinha, brigadeiro, entre tantas outras combinações. Rod. Ilhéus/ Itacaré, Km 58

Cana Brava Resort Com conceito all inclusive, o Cana Brava Resort oferece uma infraestrutura completa, com piscinas, quadra de tênis, spa e tantos outros espaços de lazer espalhados nos 70 mil metros quadrados de área total. São mais de 94 apartamentos, 54 chalés standard, 24 chalés master e quatro suítes presidenciais. Tudo isso à beira-mar, proporcionando comodidade e uma estadia ainda mais proveitosa. Diárias a partir de R$ 690,00 para duas pessoas. www.canabravaresort.com.br avianca.com.br


pet style

Passear agora

eu vou Por Rozze Angel Fotos Divulgação

Quer ir ao shopping, passear no parque ou até mesmo visitar um amigo e levar seu cachorro junto? Saiba quais são as regras de etiqueta social para que a aventura não se transforme em um desastre.

1 Em ambientes fechados, cães de pequeno porte devem ser carregados no colo 2 Cães de grande porte precisam usar focinheira até mesmo em locais abertos, como parques 3 Cabe ao dono saber o momento de ir e vir com seu cãozinho

1

2

3 80 · JUN.15

4 Bikes e cachorros: diversão em dobro

4 avianca em revista

avianca.com.br


H

oje, praticamente em todas as cidades brasileiras existem shoppings que permitem a entrada de cachorros. Mais do que aceitar a presença dos amigos de quatro patas, promovem ações que incentivam os visitantes a trazerem seus bichos de estimação. Claro, neste caso, tal presença está relacionada com consumo. É bem comum, especialmente em shoppings de luxo, existirem boutiques caninas ou pet shops. Além disso, um cachorro feliz pode significar um dono à vontade para fazer compras. No Shopping Pátio Higienópolis, localizado em uma região nobre da cidade de São Paulo, os cachorros já dispõem de serviço para eles: o Dog’s Bar, um charmoso bebedouro que fica instalado nas duas entradas principais. Por conceito, um espaço pet friendly é justamente assim: vai além do simples ato de permitir a presença de animais e oferece condições para sua permanência. Por convenção, os cachorros de pequeno porte são os mais aceitos em lugares públicos, sempre conduzidos em coleiras ou no colo, principalmente em escadas rolantes e elevadores. Cachorros das raças Mastim Napolitano, Pit Bull, Rottweiler, American Staffordshire Terrier e outros de mesmo porte se enquadram na Lei No. 11.531/SP (ver similares em outros Estados), que obriga o uso de focinheiras, mesmo para aqueles mais dóceis. E, claro, independentemente do local, é responsabilidade do dono limpar qualquer sujeira feita pelo seu cão. Também é preciso levar em consideração que nem todas as pessoas se sentem confortáveis na presença de um cão. “Quando as

pessoas começam a tratar cães como cães, elas entendem que eles poderão ter comportamentos que nem sempre queremos que tenham”, alerta Adriana de Oliveira, cinóloga e etóloga. Em parques, por exemplo, animais não castrados se tornam mais indisciplinados quando colocados em grupos. Mesmo que o dono conheça muito bem o comportamento de seu cachorro, é preciso considerar que, por instinto, ele pode ter uma atitude que nunca tenha manifestado antes, como agressividade ou agitação. “Até mesmo os cachorros mais dóceis, em situações de estresse ou territoriais, podem esquecer tudo o que aprenderam e agir apenas por instinto”, explica a especialista em caninos. Para quem tem que se deslocar com o animal, existem algumas alternativas, além do próprio veículo. Ao utilizar o serviço de um táxi, por exemplo, a decisão é do motorista, por isso não deixe de perguntar se ele aceita ou não levar seu cachorro. Com a implantação de ciclovias, tem aumentado o transporte de cães de pequeno porte em cestas fixadas a bicicletas. Neste caso, é preciso considerar a segurança do animal. Embora ainda continue proibida a presença de animais domésticos no metrô, com exceção de Cão-Guia, a Lei No. 16.125/SP entrou em vigor em São Paulo, permitindo que cachorros sejam levados em ônibus municipais. “Se o cão não se sente seguro em lugares públicos, é preciso começar aos poucos, com passeios curtos, em horários sem muito movimento, além de usar de estímulos positivos, como petiscos, sempre que ele tiver bom comportamento”, conclui Adriana.

Lei No. 16.125/SP. Conheça as regras: • Não se pode transportar animais, em dias úteis, entre 6h às 10h e 16h às 19h; • É obrigatório ter Certificado de Vacina;

• O animal deve ter, no máximo, dez quilos e deverá estar na caixa de transporte apropriada; • O transporte do animal não deve prejudicar a comodidade dos outros passageiros.


performance

Rumos da atividade física Por Eric Pomi Sousa

P

ilates, Funcional, Crossfit, modalidades aquáticas, lutas, corrida. Inúmeras atividades para escolher, porém alguns dados devem ser avaliados. Numa projeção do Ministério da Saúde, o número de doenças musculoesqueléticas aumenta de maneira que, entre 2020 e 2025, os casos devem chegar ao mesmo patamar das doenças infecciosas. Além disso, o Brasil é o segundo maior país em número de academias, atrás apenas dos Estados Unidos.

Outro fator importante é o volume, quantidade de treino (diário/semanal/mensal) que, se aumentado de maneira desordenada, pode aumentar o risco de lesões. Devemos compreender que, independentemente da atividade, se usamos o peso do corpo, barras ou aparelhos, seja qual for o esporte ou a sequência de exercícios, tudo é considerado movimento humano. Em qualquer idade, sedentário ou atleta, o profissional de Educação Física capacitado em teoria e prática pode criar estratégias individuais e progressivas para que haja prevenção de lesões e aumento de desempenho, proporcionando saúde e felicidade. Sem dúvida, devemos procurar autonomia, sermos capazes de desempenhar atividades essenciais, como trabalhar, descer de um ônibus, carregar compras, bagagem, e sermos autossuficientes em uma situação de emergência. O impacto e a sobrecarga, muitas vezes considerados vilões, nos ajudam, se utilizados de maneira correta e gradual. Deve-se começar com movimentos simples e depois ir aumentando sua complexidade, sempre procurando a perfeição. Alternar atividades diferentes em seu objetivo e intensidade, saber utilizar a ciência e parar, descansar, reorganizar.

82 · JUN.15

avianca em revista

shutterstock

A atividade física vem sendo utilizada como mecanismo de combate a doenças e gatilho para uma revisão dos hábitos das pessoas, mas também está gerando uma exposição perigosa na mídia de uma mão de obra não qualificada para prescrição de exercícios. Talvez a procura da beleza estética como ponto principal obscureça nossa visão, a desviando de questões fundamentais, como a quantidade e qualidade de sono e alimentação, além do consumo de álcool, fumo, drogas e consequências desastrosas de abusos cometidos. Essa mesma ciência tem nos mostrado mecanismos complexos que atuam na estabilização da coluna, envolvendo toda a musculatura posterior (costas), abdômen (transverso), músculos do sistema excretor (assoalho pélvico) e respiração. Sem a região da coluna forte, não teremos condições de ter pernas eficientes - sem esquecer que a dor lombar é um problema de saúde pública mundial. Outra descoberta é a do treinamento com velocidade (potência), pois movimentos inesperados e gestos esportivos acontecem em frações de segundo. Tudo isso nos leva a compreender a necessidade da aprendizagem técnica, para depois aumentar a velocidade, procurando a coordenação dos músculos e entre os músculos. Com o cansaço da musculatura, perde-se sua proteção, aumentando a possibilidade de lesões. Para se ter uma ideia, um corredor pode sofrer uma fratura por estresse em apenas três quilômetros se a musculatura falhar. Podemos ter um corpo definido, aprender exercícios complexos, completar uma prova de longa distância. Basta assumir que o caminho pode ser um pouco mais longo e trabalhoso, mas os resultados não nos custarão saúde e serão duradouros.

Eric Pomi Sousa é graduado pela USP, especialista em Biomecânica, pesquisador do Laboratório de Biomecânica - EEFEUSP, membro do Asics Training Team e voluntário da ONG TETO

avianca.com.br


social

Fabrizio para Lethicia Fotos CleibyTrevisan

O designer italiano Fabrizio Giannone recebeu convidados em sua loja, na Rua Oscar Freire, em São Paulo, para comemorar o lançamento de sua coleção em parceria com a estilista Lethicia Bronstein. Lethicia Bronstein

Fabrizio Giannone e Luciana Vendramini

Beta Whately

Carol Castelo Branco

Gabi Lopes

Kelly Barcellos

Stella Jacintho

Thaylise Ferreira

Andressa Scheibler

Anna Kath

João Felipe Justo

Fernanda Mansur

Paola Möller

SHOWCASE Winter Play Fotos Fernando Conrado

Marcos Paulo Magalhães e Sebastian Arevalo

Tiele Ferreira

84 · jun.15

avianca em revista

O club Provocateur recebeu muita gente bonita para o esquenta do weekend party mais badalado do Brasil, conhecido por unir diversão e sofisticação na estação mais fria do ano, no bairro Jurerê Internacional, em Florianópolis. avianca.com.br


social

sampa city rocks Fotos Augusto Mestieri

A agência #HoytTiene armou a segunda edição do sunset Sampa City Rocks. A cantora Anitta comandou a discotecagem da festa, que ainda contou com o trio 3Peat e o DJ Paulo Velloso. Carolina De Marqui

Pathy De Jesus

Anitta

Isadora Cruz

Giovanna Ewbank

Kleber Toledo

Eduardo Scarpa e Ana Cecilia Cunha

Bruno Gissoni

Paulinho Velloso

Giovanna Lancellotti

Felipe Titto

Tomorrowland Fotos AG News eTomorrowland/ Divulgação

Mateus Verdelho

86 · jun.15

Taina Muller avianca em revista

A primeira edição do festival europeu no Brasil reuniu VIPs e muita gente bonita para curtir três dias com grandes nomes da música eletrônica nacional e internacional. avianca.com.br


social

Dragão Fashion 2015 Fotos Divulgação/Davi Magalhães

O maior evento de moda autoral do país reuniu personalidades cearenses e nomes do circuito fashion para conferir as tendências da temporada. Nicole Pinheiro e Camila Coutinho

Jeferson Ribeiro, Aladio Marques e Vitorino

Paula Pinto

Natalia Marques e Larissa Coelho

Guilherme Sampaio e Lino Vila Ventura

Ivanildo Nunes

João Gifoni, Maria Julia Giffoni, Helena e Claudio Silveira

New watches CARTIER Fotos Marina Malheiros

A Cartier recebeu convidados para o lançamento dos modelos de relógios Clé de Cartier, na boutique da marca, no Shopping Cidade Jardim, em São Paulo. Cristiana Neves da Rocha

Paula Azizx

88 · jun.15

Laly Mansur avianca em revista

Tania Derani

Titiza Nogueira e Tereza Lara Campos

Mariana Auriemo

Kika Rivetti, Maxime Tarneaud, Bruno Astuto e Daniela Morganti avianca.com.br


SOCIAL

Fernando Peixe e Helinho Calfat

Eduardo Poppo

Dado Ribeiro

Marcos Campos

Baile da Favorita

Mc Leozinho

Fotos Ali Karakas

O funk carioca queridinho dos famosos reuniu muita gente bonita no Clube Pinheiros, em São Paulo, para os shows de DJ Tubarão, DJ Helen Sancho, MC Leozinho, MC Sapão e Naldo.

Gominho

Irene Ravache e Edison Paes de Melo Filho

Cassio Scapin

Dj Tartaruga e Marcelo Riccioppo

Victoria Gavioli e Carolina Otero

Edu Moscovis

Ellen Rocha

Pré-estreia Galileu Galilei Fotos GRAZIVENTURA

Maria Luiza Mendonça

90 · JUN.15

Taumaturgo Ferreira

avianca em revista

Carlos Alberto Richelli e Bruna Lombardi

O espetáculo, que conta com o apoio da Avianca, recebeu VIPs para sua préestreia em São Paulo, no Teatro Tuca. A peça tem direção de Cibele Forjaz e traz Denise Fraga no papel de Galileu Galilei.

avianca.com.br


SOCIAL

Premiere Carlitos Fotos GRAZIVENTURA

Muitos VIPs se reuniram para a estreia de “Chaplin, o Musical”, no Theatro Net, em São Paulo. O espetáculo, que conta com o apoio da Avianca, é produzido por Claudia Raia e conta a trajetória do artista mais memorável da dramaturgia.

Marianna Armellini e Conrado Caputo

Fernanda Paes Leme

Equipe mkt Avianca

Salete Campari

Isabella Fiorentino

Laura Cardoso

Chaim, Claudia raia, Rita e Tarcisio Gargioni

João Camargo

Claudio Fontana e Tuna Dwek

92 · jun.15

avianca em revista

Ellen Rocha

Leonardo Miggiorin

Helô Pinheiro

Ryu Paz

Simone Zucato avianca.com.br


Livro da vovó Fotos GRAZIVENTURA

O lançamento do terceiro livro da série “Vovó, socorro!”, escrito por Rita Gargioni, reuniu muitos fãs de receitas para crianças na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi, em São Paulo. Rita Gargioni

Marcos Gurgel, Rita Gargioni e Tarcísio Gargioni

Michel Tuma Ness

Anelise Longo, Toni Sando, Sara Souza

Ian Gillespie e Aldo Leone

Isabela, João Pedro e Sophia

Juliana e Cyro Lavarello

Marina, Tereza, Monica e Vera

Antonio Jorge e Pedro Luiz Sorrentino


B e m -v i n d o w e lco m e

Duas formas diferentes pa r a o s e u entretenimento

Two different ways for your entertainment  Para proporcionar a você uma experiência inesquecível a bordo, selecionamos o melhor do entretenimento adulto e infantil. Você vai encontrar filmes, séries populares de TV, desenhos animados, documentários, esportes e música. For an unforgettable on-board experience, we have chosen the best in adult and children entertainment, featuring films, popular TV series, cartoons, documentaries, sports and music.

Guia de entretenimento de bordo nossos serviços

avianca em revista

jun.15

· 95


sistema - a319 e a320

Sistema individual Individual System

Se você estiver a bordo de uma aeronave equipada com monitores individuais, selecione o conteúdo de sua preferência. Nesse sistema, você pode controlar toda a programação e, para iniciá-la, conecte os fones de ouvido no descanso de braço de seu assento. If the aircraft is equipped with individual screens, you will be able to select the content of your choice. If you use this system, you will be able to control your programming. To start using it, connect the earphones to the armrest console of your seat.

Conexão para USB USB port

Tela LCD de 9” 9” LCD Screen

Conexão para fones de ouvido Headphones port

Porta-copos Cup holder

Descanso ajustável para cabeça Adjustable head rest

Descanso retrátil para braços Retractable armrest

Controle remoto Remote control

Tomada Power socket

Você pode utilizar fones de ouvido pessoais You can use your own headphones

Mesa individual Individual tray

Botão para reclinar o assento Seat recline button

Verifique a classificação etária da programação*

L - Livre 10 - Não recomendado para menores de 10 anos 12 - Não recomendado para menores de 12 anos 14 - Não recomendado para menores de 14 anos 16 - Não recomendado para menores de 16 anos 18 - Não recomendado para menores de 18 anos Leg - Programação legendada * A programação presente no entretenimento a bordo está de acordo com as normas vigentes acerca da Classificação Etária Indicativa e legislação civil. O conteúdo selecionado é de inteira responsabilidade do passageiro. Na hipótese de não enquadramento na classificação indicada no Guia de Entretenimento, requeira o bloqueio da programação perante nossos comissários de bordo. 96 · jun.15

avianca em revista


avianca em revista

jun.15

路 97


Somente em voos internacionais / only in international flights

Entretenimento - a319 e a320

Filmes Movies Lançamentos Premieres 10

Avianca kids

16

16 Chappie Chappie

Chappie é extraordinariamente talentoso, do tipo prodígio.| After being kidnapped by two criminals during Ação | Action 120 Min

14 The Rewrite The Rewrite Um escritor se apaixona por uma mãe solteira.| A writer finds himself falling for a single mom. Comédia | Comedy 107 Min

16 Cinderela

Golpe Duplo

Cinquenta Tons de Cinza

Cinderella

Focus

Cinderela traz a imagem animada e atemporal

Os planos de Nicky são alterados quando ele se

Fifty Shades of Grey

com o máximo de realismo possível.

envolve com uma mulher fatal.

Cinderella brings to life the timeless images as

Nicky’s plans are changed when he gets involved

fully-realized characters.

with a femme fatale.

Fantasia | Fantasy

Comédia | Comedy

105 Min

105 Min

A vida de Anastasia muda ao conhecer o bonito, porém atormentado, Christian Grey.| Anastasia’s life takes a turn meeting handsome, yet tormented, Christian Grey. Drama | Drama 125 Min

cinema mundial internatiomal cinema 16

14 No Limite do Amanhã Edge of Tomorrow Um policial encontra-se preso no tempo, em uma guerra com uma raça alienígena.| An officer finds himself caught in a time loop in a war with an alien race. Ação | Action 113 Min

98 · jun.15

avianca em revista

Elysium Elysium Um homem assume uma missão que pode trazer a igualdade a dois mundos diferentes. | A man takes on a mission that could bring equality to two different worlds. Ação | Action 109 Min

avianca.com.br


sÉries E DOCUMENTÁRIOS series AND DOCUMENTARIES 16

14

Criminal Minds

Arrow

Criminal Minds

Arrow

Temporado 2| Season 2

Temporada 2 | Season 2

Drama | Drama

Drama | Drama

60 Min

60 Min

14

14 Modern Family

Grey’s Anatomy

Modern Family

Grey’s Anatomy

Temporada 3| Season 3

Sorry Seems To be the Hardest

Comédia | Comedy

Word

30 Min

Drama | Drama 60 Min

14

14 the mentalist

Mike & Molly

The Mentalist

Mike & Molly

Red Rum

School Recital

Crime | Crime

Comédia | Comedy

60 Min

30 Min

14

10

Revenge

The Middle

Revenge

The Middle

Intuition

The Prom

Drama | Drama

Comédia | Comedy

60 Min

30 Min

14

16

Glee

2 Broke Girls

Glee

2 Broke Girls

Dynamic Duets

And the Cupcake War

Musical | Musical

Comédia | Comedy

60 Min

30 Min

14 The Big Bang Theory The Big Bang Theory Temporada 7 | Season 7 Comédia | Comedy 30 Min

avianca em revista

jun.15

· 99


Entretenimento - a319 e a320

negócios, tecnologia e vAriedades Business, Technology & Variety 14

L

Cosmos

Bastidores Sinfônica

Cosmos

Brazilian Symphony

The Clean

“O Contrabaixo; O Tímpano; O

60 Min

Fagote” 30 Min

14 CQC

14

CQC Band 70 Min

National Geographic Photographers National Geographic Photographers The Best Job in the World 60 Min

14 Desafios Mortais Dangerous Encounters Backyard Monsters 60 Min

14 O Davinci perdido Finding the Lost Da Vinci Episode 1 60 Min

10

100 · JUN.15

avianca em revista

L

Bandnews

BandSPORT

Bandnews

Bandsport

Notícias | News

Eportes | Sports

20 Min

20 Min

avianca.com.br


Crianças Kids L

L Turma da Mônica

Turma da Mônica

Monicas’s Crew

Monicas’s Crew

... E Assim Se Passaram 30

A Máquina De Lavar

Anos

Assombrada

...30 Years Later

The Noise Of Washing

3:30 Min

7 Min

L

L

Turma da Mônica

Ben 10 Força Alienígena

Monicas’s Crew

Ben 10 Alien Force

Cor-De-Rosa

Duped

She Wears Pink

30 Min

3:30 Min

L

L O Incrível Mundo de Gumball

Apenas um show

The Amazing World of Gumball

Mordecai And The Rigbys

The Knights

30 Min

Regular Show

15 Min

L

L

Peppa Pig

Ultimate Spider-Man

Peppa Pig

Ultimate Spider-Man

Episodio 1

Back in Black

30 Min

30 Min

L

L

Phineas e Ferb

Boa Sorte, Charlie!

Phineas e Ferb

Good Lucky, Charlie!

Road Trip / Mommy Can You

Go Teddy!

Hear Me?

30 Min

30 Min

avianca em revista

jun.15

· 101


Entretenimento - a319 e a320

Vídeos musicais music videos

músicas music Artistas convidados Guest artists Calvin Harris - Summer

Mais de sete horas de música a bordo. Confira algumas faixas que você pode ouvir durante a sua viagem. More than seven hours of on-board music. Check out some tracks you can listen to while traveling.

Calvin Harris - Feel So

Close

Calvin Harris & Alesso ft. Hurts - Under Control

Suave Easy listening

Clássica Classical

Rock, Pop e Techno

Calvin Harris ft. Ellie Goulding - I Need Your Love

Johnny Logan

Voces8

Sia

Miserere Mei

Chandelier

Elvis Presley

David Fray

Kongos

Calvin Harris ft. John Newman - Blame Hits Hits Sam Smith - Stay With Me Ellie Goulding - Love Me

Like You Do

Robin Schulz - Prayer in C

Hold Me Now

Come With Me Now

No One

Piano Sonata No. 18 in G Major, D. 894, “Fantasie”: IV. Allegretto

Dido

Lavinia Meijer

One Republic

Stuck on You

Alicia Keys

Thank You

George Ezra

Comptine d’un autre été: L’après-midi

I’m Not The Only One

Love Runs Out

Magic Rude

Budapest

Rihanna & Kanye West & Paul McCartney -

Sam Smith

Hozier - Take Me To Church

MPB Brazilian music

Ritmos Latinos Latin beats

Para Recordar Oldies

Sam Smith ft. John Legend - Lay Me Down

Tiê

Nicky Jam El perdón

The Cars

Piscar o olho

Jota Quest

Carlos Vives

Prince

FourFiveSeconds

Foo Fighters - Something

from Nothing

Shows Concerts Jazz & The Philharmonic

- Jazz & The Philharmonic Scorpions -

Session

Play Avo

Dentro de um Abraço

Ella es mi fiesta

Maná ft. Shakira

Elis Regina

Mi verdad

Johnny Nash

Capital Inicial

Bunbury ft. Andres Calamaro

Commodores

Como nossos Pais

Eu Nunca disse Adeus

Festival Nancy Jazz Pulsations 2011 - Mulatu Astatke

The Rolling Stones - Sweet Summer Sun

Tiê - Esmeraldas

Drive

Crimen

Cream

Tears On My Pillow

Still

Dr. Hook Sexy Eyes

Infantil Kids Universally Blunt

Moments in the Woods

Susan Egan

I Won’t Say (I’m In Love)

Jocelyn Brown A Star Is Born

Canticuentos El Pirata Feroz

102 · jun.15

avianca em revista

avianca.com.br


estaÇÕES de RÁDIO radio stations Canal 1

Suave / Easy Listening

Canal 4

MPB / Brazilian music

Canal 7

Infantil / Kids

Canal 10

Tomorrowland

Canal 2

Clássica / Classical

Canal 5

Ritmos Latinos / Latin beats

Canal 8

Top 20 / Top 20

Canal 11

Music for flying

Channel 2

Canal 3

Rock, Pop e Techno

Canal 6

Para Recordar / Oldies

Canal 9

Smooth Jazz Sounds

Channel 1

Channel 3

Channel 4 Channel 5 Channel 6

JOGOS games Utilize o controle remoto para curtir os jogos Use the remote control to enjoy the games

Desligue o volume do jogo Turn off game sound

Mover Move John, o camaleão, tem uma máquina que fabrica animais. Você pode fazer o animal que quiser com ela: copiá-los ou testar sua memória com um jogo de adivinhação. | John, the chameleon, owns a machine that makes animals you can make any animals you want with it: copy them or test your memory with a guessing game.

Saída Exit

Selecionar Select O mundo imaginário de Disney éa maneira perfeita para que as crianças aprendam. Este jogo consiste em três atividades, todas relativas ao mundo do Pato Donald, seus sobrinhos e amigos. | The imaginary world of Disney is the perfect way for kids to learn. This game consists of three activities, all of which are set in Donald Duck’s world, with his nephews and friends.

O jogo oferece uma combinação de modos de ataque e treino, mas é sua autenticidade intrínseca que dá aos jogadores uma experiência de jogar com a ação e movimentos do verdadeiro jogo de futebol. | The game combines attack and practice modes, but its intrinsic authenticity that gives the players a real gaming experience with the actions and movements of a real football game.

Channel 7 Channel 8 Channel 9

Channel 10 Channel 11

Seja você um principiante ou um expert, de qualquer maneira irá curtir este jogo. Mexa seus peões, cavalos e bispos, enquanto protege seu rei ou corra o risco de receber um cheque-mate. | Whether you are a beginner or an expert, you will love this game. Move your pawns, knights and bishops while protecting your king or run the risk of being checkmated.

A paciência éa estratégia para matar a charada nesse jogo de lógica e raciocínio. Coloque um número dentro do quadrado, sendo que as fileiras e as colunas não podem conter o mesmo número repetido. Patience is the strategy for solving the puzzle. Place a number inside a square grid and ensure that all rows and columns do not contain the savme number twice.

Entre você e um prêmio de 1 milhão de dólares há 15 perguntas que devem ser respondidas corretamente. Você terá condições de respondê-las facilmente ou terá de contar com ajuda? | Between you and a onemillion-dollar prize, there are fifteen questions that must be answered correctly. Will you be able to answer them easily or will you need some help?

Esperamos que você tenha bastante tempo, porque este jogo é viciante. Pode parecer simples, mas o sucesso de seu jogo depende das cartas que lhes são reveladas e de como você finalmente decide jogar. | We hope you have a lot of time as this is an addictive game. it may seem simple, but your success depends on the deal and, ultimately, how you decide to play.

Você pode competir contra outros passageiros num campeonato de golfe na cabine. Escolha um campo de 9 ou 18 buracos e curta os sons realistas e comentários profissionais num jogo que irá fascinar os amantes deste esporte. | You can compete against other passengers in a cabin golf tournament. Choose a 9 or 18-hole course and enjoy the real sounds and professional commentary in a game that will delight the fans of this sport.

avianca em revista

jun.15

· 103


sistema - a318

sistema coletivo broadcast

bem-vindo

w e lco m e

O sistema de entretenimento é oferecido assim que o voo se inicia e, para seu melhor conforto, toda a programação de bordo é pensada no tempo de duração do mesmo. Ao se iniciar o voo, a tela se acenderá automaticamente. A partir deste momento, você poderá usufruir os conteúdos que a Avianca lhe oferece. The entertainment system will be available once the flight begins. For your best comfort the programming is base on the duration of the flight. At the beggining of the flight the screen will turn on automatically. From this moment on you may enjoy the contents offered by Avianca.

Escolha no controle localizado no descanso de braço de seu acento, as funções: Canal 1 Conteúdo em Português; Canal 2 Conteúdo em Inglês; Canal 3 Conteúdo em Espanhol; Canal 4 ao 12 Seleção de músicas classificadas por gêneros. Ajuste o volume através do controle (4), conforme sua preferência, e aproveite nossa programação. Choose in the control located in your armrests functions: Channel 1 Content in Portuguese; Channel 2 Content in English; Channel 3 Content in Spanish; Channel 4 to 12 Selection of songs sorted by genre. Adjust the volume to your preference use the control (4) to adjust the volume according to your preference and enjoy our programming. 104 · jun.15

avianca em revista

01

Botão para reclinar a poltrona Seat Recline Button

02

Entrada do Fone Earphone

03

Canais Channels

04

Volume Volume

avianca.com.br


10

Avianca kids

14 The Rewrite

Cinderela

The Rewrite

Cinderella

Comédia | Comedy

Fantasia | Fantasy

107 Min

105 Min

14

14

14

Mike & Molly

Modern Family

The Big Bang Theory

Mike & Molly

Modern Family

The Big Bang Theory

School Recital

Me? Jealous?

The Deception Verification

30 Min

30 Min

30 Min

10

L

14

The Middle

glee

Bastidores Sinfônica

The Middle

Glee

Brazilian Symphony

The Prom

Dynamic Duets

“O Contrabaixo; O Tímpano; O Fagote”

30 Min

60 Min

30 Min

14

14

L

National Geographic Photographers

Cosmos

Tiê

Cosmos

Tiê

National Geographic

The Clean Room

Esmeraldas

Photographers

60 Min

30 Min

The Best Job in the Worl 60 Min

Músicas m u si c MPB / Brazilian music Canal 4

Channel 4

Músicas do Mundo / World Music Canal 5

Channel 5

Canal Avianca / Avianca Channel Canal 6

Channel 6

Infantil / Kids Canal 7

Channel 7

Suave / Easy Listening

Canal 8

Channel 8

Clássica / Classical Canal 9

Channel 9

Rock, Pop e Ritmos Techno / Rock, Latinos / Pop andTechno Latin Beats Canal 10

Channel 10

Canal 11

Channel 11

avianca em revista

Pra Recordar/ Oldies Canal 12

Channel 12

jun.15

· 105


INSTITUCIONAL C

O

R

P

O

R

A

T

Central de Reservas

Reservations Desk

TRECHOS NACIONAIS NO BRASIL

TRECHOS INTERNACIONAIS

As passagens Avianca podem ser compradas pelos telefones: To purchase Avianca flight tickets via phone, dial:

Para comprar passagens Avianca, basta entrar em contato com a Central de reservas pelos telefones: To purchase Avianca flight tickets, call our reservations desk, dial:

Domestic legs in Brazil

CAPITAIS state capitals

4004.4040

DEMAIS LOCALIDADES other cities

0300 789 8160

ou pelo SITE or access our website

www.avianca.com.br

International legs

0800 891 8668

DEFICIENTES AUDITIVOS hearing impaired

0800 891 1684

ou pelo SITE or access our website

www.avianca.com.br

Siga a Avianca no Brasil: sac Avianca 0800 286 6543

106 路 jun.15

avianca em revista

avianca.com.br


Programa Amigo

Pensando em você, passageiro frequente da Avianca no Brasil, e na relação próxima que desenvolvemos ao longo do tempo, criamos o AMIGO – nosso programa de fidelização. Acreditamos que você, nosso AMIGO que viaja sempre conosco, merece nossa atenção diferenciada e reconhecimento. Acumule Pontos Acumular pontos é muito simples. É só informar o seu número AMIGO no momento da reserva ou check-in em todas as suas viagens realizadas pela Avianca ou com nossos Parceiros aéreos. Para saber mais, navegue pelo nosso site ou entre em contato com a nossa Central de Atendimento AMIGO.

Resgate Pontos Você pode resgatar passagens em qualquer trecho operado pela Avianca no Brasil ou em toda a rede de nossos Parceiros aéreos com pontos AMIGO. São mais de 120 destinos em 26 países. Você pode resgatar seus pontos AMIGO em nosso site ou em qualquer uma de nossas lojas. Confira as regras de resgate e tabelas de pontos necessários em nosso site.

Central de vendas:

4004-4040 0300-789-8160 Sac:

0800-286-6543(Telefone de atendimento) 0800-286-5445 (Deficientes Auditivos)

www.avianca.com.br

Informe seu Número Amigo na compra ou no check-in.

Acumule seus pontos.

Resgate viagens para qualquer destino da Avianca.

Acesse: www.avianca.com.br/amigo

Parceiros Não-Aéreos Acumule pontos com os nossos Parceiros não-aéreos Você pode juntar pontos mais rapidamente com os nossos Parceiros não-aéreos, como cartões de crédito, por exemplo. Transfira os seus pontos para o AMIGO e aproveite.

avianca em revista

jun.15

· 107


INSTITUCIONAL C

O

R

P

O

R

A

T

Aviões

aircraft

Airbus a320

162

Airbus a319

132

Comprimento / Lenght (M): 37,57 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 11,75 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 CFM 56-5B4 (27.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 77.000LB Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 6.110 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4

Comprimento / Lenght (M): 33,84 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 11,80 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 CFM 56-5B7 (27.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 75.500 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 6.850 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4

Airbus a318

120

Comprimento / Lenght (M): 31,45 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 12,88 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 PW6124A(24.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 68.000 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 5.800 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4

Mk 28

100

108 · jun.15

avianca em revista

Comprimento / Lenght (M): 35,53 Envergadura / Wingspan (M): 28,08 Altura / Height (M): 8,49 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 RR TAY650 (15.100 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 44.450 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 821 km/h Alcance / Range (km): 3.167 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 35.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 3

avianca.com.br


Rotas operadas pela avianca brasil COLOMBIA Bogotá

Fortaleza

Natal

Juazeiro do Norte

BRASIL

João Pessoa Recife Petrolina

Maceió Aracaju Salvador Ilhéus

Cuiabá

Brasília Goiânia

Campo Grande

Rio de Janeiro (SDU e GIG) São Paulo (CGH e GRU) Curitiba

Rotas operadas pela avianca INTERNacional VENEZUELA COLOMBIA ECUADOR BRASIL

LIMA

BOLIVIA PARAGUAY Rio de Janeiro São Paulo

CHILE

ARGENTINA

Florianópolis

Passo Fundo Porto Alegre

BOGOTÁ

PERU

Chapecó

Porto Alegre

URUGUAY

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

Aracaju Bogotá Brasília Campo Grande Chapecó Cuiabá Curitiba Florianópolis Fortaleza Goiânia Ilhéus João Pessoa Juazeiro do Norte Maceió Natal Passo Fundo Petrolina Porto Alegre Recife Rio de Janeiro Salvador São Paulo


Tijuana

Rotas internacionais

international Routes MÉXICO

PORT OF SPAIN

Monterrey

LA HABANA Cancún

Mérida

León Guadalajara Puerto Vallarta CIUDAD DE MÉXICO

PORT-AU-PRINCE

Veracruz

Villahermosa BELICE

Flores

Roatán La Ceiba San Pedro Sula

Acapulco

GUATEMALA

HONDURAS

CIUDAD DE GUATEMALA

TEGUCIGALPA

EL SALVADOR

NICARAGUA

SAN SALVADOR Tamarindo T am mar ma a ar Liberia

San Andrés Santa Marta Barranquilla Cartagena Corozal Montería

Valencia

Fortuna SAN JOSÉ

Tambor Quepos Drake Golfito

Riohacha Valledupar CARACAS

Palma Sur

CARACAS

PANAMÁ CIUDAD DE PANAMÁ

VENEZUELA

Cúcuta

Apartadó

Medellín

Bucaramanga

Medellín Quibdó Manizales Pereira Armenia Buenaventura Ibagué Cali Neiva Guapi Popayán Tumaco Pasto Florencia Baltra Island San Cristóbal Santa Cruz Manta

MANAGUA

Arauca Puerto Carreño

Barrancabermeja

COLOMBIA

BOGOTÁ Cali

Yopal BOGOTÁ Villavicencio

COLOMBIA

Puerto Inírida

San José del Guaviare

QUITO

QUITO

Guayaquil

Coca

GALÁPAGOS

ECUADOR

Guayaquil Cuenca

PERÚ Piura

Leticia

Tarapoto

Chiclayo Trujillo

LIMA

LIMA Puerto Maldonado

PERÚ

Cuzco Juliaca

BOLIVIA

110 · jun.15

avianca em revista

Arequipa

LA PAZ

Santa Cruz

avianca.com.br


​A partir de 8 de junho de 2014, oito de nossas rotas que chegam e saem da cidade Bogotá serão deslocadas para a Terminal 1 El Dorado. O resto da operação continuará funcionando na Terminal 2 Puente Aéreo.​

CANADÁ

Edmonton Vancouver

Calgary

Seattle Portland Eugene

Minneapolis

Arcata Medford

Denver Sacramento

Portland

Toronto Manchester Rochester Buffalo Syracuse Boston Detroit Chicago Hartford Cleveland Columbus York (JFK) Pittsurgh NewLa Guardia Indianapolis Dayton Newark Harrisburg Cincinnati Philadelphia

ESTADOS UNIDOS

Fresno

Montreal

OTAWA

Kansas City

WASHINGTON

San Francisco Monterrey San José San Luis Obispo Reno Santa María las Vegas Santa Bárbara Los Ángeles Phoenix San Diego

Richmond Roanoke Greensboro

Norfolk Raleigh Durham

Charlotte

Dallas

Kaui

Kona Honolulu

Houston

HAWÁI

Tampa

Orlando Fort Lauderdale Miami

Cancún

CIUDAD DE MÉXICO

MÉXICO CIUDAD DE GUATEMALA

San Pedro Sula

SAN SALVADOR

MANAGUA Liberia

Barranquilla Cartagena

SAN JOSÉ Frankfurt

EUROPA

Medellín Múnich

Cali

PARÍS

BOGOTÁ

COLOMBIA

La Coruña Bilbao San Sebastián Oviedo Pamplona Valladolid Zaragoza

Santiago Vigo

Barcelona MADRID Sevilla Cádiz

Jerez Córdoba Málaga

PERÚ

Valencia Palma de Mallorca Alicante

LIMA

Canarias Gran Canaria

Tenerife

avianca em revista

jun.15

· 111


INSTITUCIONAL C

O

R

P

O

R

A

T

Lojas avianca no brasil

avianca sales desks in brazil

ARACAJU

Aeroporto Santa Maria Av. Senador Júlio C. Leite, s/nºCEP: 49037-580 - Aracaju - SE Tel.: (79) 3243-1041

BRASÍLIA

Aeroporto Int. Juscelino Kubitschek Lago Sul, s/nºCEP: 71608-900 - Brasília - DF Tel.: (61) 3364-9358 Câmara dos Deputados Esplanada dos Ministérios Câmara dos Deputados - Anexo IV - Térreo - Centro CEP: 70160-900 - Brasília - DF Tel.: (61) 3216-9946

CAMPO GRANDE

Aeroporto Internacional de Campo Grande Av. Duque de Caxias, s/nº- - Vila Serradinho CEP: 79101-901 - Campo Grande - MS Tel.: (67) 3368-6171

CHAPECÓ

Aeroporto Serafim Enoss Bertaso Acesso Florestal Ribeiro, 4.535 Quedas do Palmital CEP: 89805-720 - Chapecó - SC Tel.: (49) 3323-0444

CUIABÁ

Aeroporto Internacional Marechal Rondon Av. Governador João Ponce de Arruda, s/nºJardim Aeroporto CEP: 78110-900 - Várzea Grande - MT Tel.: (65) 3614-2550

CURITIBA

Aeroporto Internacional Afonso Pena Saguão Principal , Av. Rocha Pombo, s/nº- - Águas Belas CEP: 83010-900 - São José dos Pinhais - PR Tel.: (41) 3381-1354

FLORIANÓPOLIS

Aeroporto Internacional Hercilio Luz Av. Diomício Freitas, 3.393 - Carianos CEP: 88047-900 - Florianópolis - SC Tel.: (48) 3331-4233

FORTALEZA

Aeroporto Internacional Pinto Martins Av. Senador Carlos Jereissatti, 3.000 Serrinha - CEP: 60741-900 - Fortaleza - CE Tel.: (85) 3392-1525

112 · jun.15

avianca em revista

Goiânia

Aeroporto de Goiânia Praça Capitão Frazão, s/nºSetor Santa Genoveva - Goiânia - GO

ilhéus

Aeroporto de Ilhéus R. Brigadeiro Eduardo Gomes, s/nºPonta Ilhéus - CEP: 45654-070 (Nova Base 1º- Setembro) - Ilhéus - BA Tel.: (73) 3231-7957

João pessoa

Aeroporto Int. Pres. Castro Pinto, s/nºBayeux - CEP: 58308-901 - João Pessoa - PB Tel.: (83) 3232-721

JUAZEIRO DO NORTE

Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes Av. Virgílio Távora, 4.000 - Aeroporto CEP: 63020-470 - Juazeiro do Norte - CE Tel.: (88) 3572-1050

MACEIÓ

Aeroporto Internacional de Maceió Zumbi dos Palmares Rodovia BR 104 Km 91. CEP: 57110-100 - Tabuleiro Maceió - AL Tel.: (82) 3036 5409

natal

RECIFE

Aeroporto Internacional de Guararapes Gilberto Freyre - Praça Salgado Filho, s/nºImbiribeira - CEP: 51210-902 - Recife - PE Tel.: (81) 3322-4841

ww RIO DE JANEIRO GALEÃO

Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim Av. 20 de Janeiro, s/nºTerminal I - Setor B - 2º- Andar CEP: 21941-570 - Ilha do Governador Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3398-4648

RIO DE JANEIRO SANTOS DUMONT

Aeroporto Santos Dumont Praça Senador Salgado Filho, s/nºCEP: 20021-340 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3814-7329

SALVADOR

Aeroporto Internacional Deputado Luiz Eduardo Magalhães Praça Gago Coutinho, s/nºSão Cristovão - CEP: 41510-045 Salvador - BA - Tel.: (71) 3204-1586

Aeroporto São Gonçalo do Amarante Avenida Ruy Pereira dos Santos, 3.100 CEP: 59290-000 São Gonçalo do Amarante - RN Tel.: (84) 3343-6422

SÃO PAULO

PASSO FUNDO

SÃO PAULO CONGONHAS

Aeroporto Lauro Kourtz BR 285 - km 287 - Zona Rural CEP: 99050-970 - Passo Fundo - RS Tel.: (54) 3045-3008

PETROLINA

Aeroporto Senador Nilo Coelho BR 235 - km 11 - Zona Rural CEP: 56313-900 - Caixa Postal 403 Petrolina - PE Tel.: (87) 3863-0808

PORTO ALEGRE

Aeroporto Internacional Salgado Filho Saguão Principal Av. Severo Dullius, 90.010 - Anchieta CEP: 90200-310 - Porto Alegre - RS Tel.: (51) 3358-2393

Av. Washington Luis, 7.059 CEP: 04627-006 - Campo Belo - São Paulo - SP Tels.: (11) 2176-1111 / 1110

Aeroporto Internacional de Congonhas Praça Comandante Lineu Gomes, s/nºSaguão Principal (Embarque) CEP: 04626-911 - São Paulo - SP Tel.: (11) 5090-9728

SÃO PAULO GUARULHOS

Aeroporto Internacional Governador André Franco Montoro Rodovia Hélio Smidt, s/nº- - Ed. Interligação Balcão Avianca - Terminal I - ASA A CEP: 07143-970 - Guarulhos - SP Tels.: (11) 2445-3576 / 3759

avianca.com.br


O serviço de cargas nacional da Avianca se consolida como alternativa de transporte para sua carga ou encomenda, proporcionando uma ampliação na sua rede de atendimento a seus clientes.

Avianca’s domestic freight service has become a reliable transportation alternative for your freight or small parcels, ensuring the expansion of its client checking desk network. • Utilização de voos comerciais da Avianca.• Utilização de voos regionais exclusivos. • Rastreamento da encomenda on-line. • Opção de seguro para transporte. • Sistema simplificado de tarifas. • Flexibilidade no atendimento. • Atendimento nas principais capitais, com coleta e entrega. • Use of Avianca commercial flights. • Use of exclusive regional flights. • On-line tracking of all orders. • Transportation insurance options. • Simplified airfare system. • Flexible services. • Pick-up and delivery services in the main capital cities.

Aracaju - AJU

Avenida Senador Julio Leite, nº 150 A CEP: 49037-580 - Aracaju - SE Tel.: (79) 3251-6192 E-mail: ops.aju@aviancacargo.com.br

Brasília – BSB

Aeroporto Internacional de Brasília Terminal de Logística de Carga Nacional salas 06 e 08 - Térreo CEP: 71608-900 – Brasília - DF Tel.: (61) 3364-9674 / 3364-9673 E-mail: ops.bsb@aviancacargo.com.br

Campo Grande – CGR

Aeroporto de Campo Grande Hangar Infraero Cargo - Entrada lateral, fundos - Jardim Aeroporto CEP: 79101-901 - Campo Grande - MS Tel.: (67) 3363-0444 E-mail: ops.cgr@aviancacargo.com.br

Chapecó - XAP

Acesso Florenal Ribeiro, s/nº – Aeroporto CEP: 89800-000 – Chapecó - SC Tel.: (49) 3328-3747 E-mail: ops.xap@aviancacargo.com.br

Cuiabá - CGB

Aeroporto Internacional Marechal Rondon Av. Gov. João Ponce Arruda, s/nº - Jardim Aeroporto CEP: 78110-100 - Várzea Grande - MT Tel.: (65) 3029-7001 E-mail: ops.cgb@aviancacargo.com.br

Curitiba – CWB

Aeroporto Internacional Afonso Pena Teca Infraero – Carga Doméstica Av. Rocha Pombo, s/nº CEP: 83010-900 – Curitiba - PR Tel.: (41) 3381-1350 / 3381-1364 E-mail: ops.cwb@aviancacargo.com.br

Florianópolis - FLN

Av. Deputado Diomício de Freitas, nº3393 CEP: 88047-400 - Florianópolis - SC Tel.: (48) 3331-4201 E-mail: ops.fln@aviancacargo.com.br

Fortaleza – FOR

Av. Senador Carlos Jereissatti, nº 3000 - Serrinha CEP: 60740-900 – Fortaleza - CE Tel.: (85) 3392-1717 E-mail: ops.for@aviancacargo.com.br

GOIÂNIA - GYN​

Av.Vera Cruz,nº463​ Qd 34A, Lote SI 02​ CEP:74675-830 - ​Goiânia - GO​ Tel.: (62) 3434 6364 / 6369 E-mail: ops.​gyn​@aviancacargo.com.br

ILHÉUS - IOS

Rua Bonfim, s/nº, Bairro Pontal CEP: 45654-050 - Ilhéus - BA Tel.: (73) 3633 4837 E-mail: ops.ios@aviancacargo.com.br

João Pessoa - JPA

Aeroporto Internacional de João Pessoa Terminal de Cargas Nacional Av. Marechal Rondon, s/nº CEP: 58308-000 - Bayeux - PB Tel.: (83) 3232 7674 / 3232 1637 E-mail: ops.jpa@aviancacargo.com.br

JUAZEIRO DO NORTE - JDO Rua: São Francisco, nº 821 - Centro CEP: 63010-215 - Juazeiro do Norte - CE Tel.: (88) 3512-2648 E-mail: ops.jdo@aviancacargo.com.br

Natal - NAT

Av. Rui Pereira dos Santos, nº 3100, loja 03 CEP: 59290-000 - São Gonçalo do Amarante - RN Tel.: (84) 3645-6896 / 3201-1439 E-mail: ops.nat@aviancacargo.com.br

MACEIÓ - MCZ

Conjunto Parque dos Palmares, 02 Qd I CEP: 57100-000 - Rio Largo - AL Tel.: (82) 3342-3554 E-mail: ops.mcz@aviancacargo.com.br

Passo Fundo - PFB

Aeroporto Regional de Passo Fundo BR 285 - KM 287 – Zona Rural de Passo Fundo CEP: 99050-970 – Passo Fundo - RS Tel.: (54) 3311-4993 E-mail: ops.pfb@aviancacargo.com.br

Petrolina - PNZ

Rua Ana Nery, 40 - Vila Mocó CEP: 56304-500 - Petrolina - PE Tel.: (87) 3031-6585 E-mail: ops.pnz@aviancacargo.com.br

Porto Alegre - POA

Av. Severo Dullius, s/nº, Portão 06 Infraero – São João CEP: 90200-310 – Porto Alegre - RS Tel.: (51) 3358 2399 E-mail: ops.poa@aviancacargo.com.br

Recife – REC

Aeroporto Internacional de Guararapes Praça Ministro Salgado Filho, s/nº, Teca 2 Infraero CEP: 51210-010 – Recife - PE Tel.: (81) 3322-4724 E-mail: ops.rec@aviancacargo.com.br

Rio de Janeiro - Santos Dumont - SDU Aeroporto Santos Dumont Av. Almirante Sílvio de Noronha, nº 399, Cabeceira Sul CEP: 20231-030 – Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3814-7577 E-mail: ops.sdu@aviancacargo.com.br

RIO DE JANEIRO - GALEÃO - GIG

Estrada do Galeão, s/nº - Terminal de Cargas - Aeroporto Velho do Galeão CEP: 21941-510 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3398-7031 E-mail: ops.gig@aviancacargo.com.br

Salvador – SSA

Área Industrial, nº 15A, Teca Infraero Doméstico Aeroporto CEP: 41500-570 – Salvador - BA Tels.: (71) 3204-1129 E-mail: ops.ssa@aviancacargo.com.br

São Paulo - CongonhasCGH Av. Pedro Bueno, 1382 - Jardim Aeroporto CEP: 04342-001 – São Paulo - SP Tel.: (11) 4020 2021 / 0300 313 2021 E-mail: cerca@aviancacargo.com.br

São Paulo - Guarulhos GRU

Aeroporto Internacional de Guarulhos Rodovia Helio Smidt, s/n – Terminal de Cargas Nacional CEP: 07141-970 – Guarulhos - SP Tel.: (11) 4020 2021 / 0300 313 2021

www.aviancacargo.com.br avianca em revista

jun.15

· 113


expediente

Colaboradores Presidente: José Efromovich Vice-presidente de Marketing e Comercial: Tarcisio Gargioni Conselho Editorial: Flavia Zulzke – Gerente geral de Marketing Fernanda Coelho – Analista de Marketing Aline Novaes – Coordenadora de Comunicação

carla palmieri

DUDA MOLINOS

Jornalista de moda, colunista gastronômica e crítica de moda, cinema e outros assuntos que vivencia em seu blog myfashionlife.com.br

30 anos de experiência realizando quase tudo o que um beauty artist pode fazer, sendo pioneiro em um dos mais reconhecidos eventos de moda brasileiro – o São Paulo Fashion Week (SPFW)

rozze ANGEL

renata maranhÃo Jornalista e apresentadora

Jornalista, especializada em moda e entrevistas, atua também como pesquisadora de tendências, cool hunter e compartilha suas experiências em www.iangel.com.br

Fundada em 2002 avianca.com.br AviancaBrasil AviancaBrasil AviancaBrasil Avianca

blog.avianca.com.br AviancaBr

central de reserva 4004-4040 outras cidades 0300-7898160 SAC – Serviço de Atendimento ao Consumidor SAC 0800-286-6543 Atendimento ao deficiente auditivo: 0800-286-5445

e m

re v is t a

Diretor Executivo Carlos Koga - c.koga@midiaonboard.com.br Editor Frederico Campos - redacao@aviancaemrevista.com.br Jornalista Responsável Camila Balthazar - camila.balthazar@aviancaemrevista.com.br Marketing Priscila Soares -priscila@aviancaemrevista.com.br Publicidade Marcelo Simões - marcelo@aviancaemrevista.com.br Departamento Financeiro Jane Elaine - jane@midiaonboard.com.br Produção Talita Paes Projeto Gráfico Agência Sampling Designer Alexandre Moraes Edição de Imagem Grazi Ventura Revisão TGA Idiomas PARA ANUNCIAR comercial@aviancaemrevista.com.br +55 11 5505-0078 Colaboraram nesta edição André Passos, Duda Molinos, Theodoro Cochrane, Renato Paz, Vitor Cardoso, Fabio Kanczuk, Adonis Alonso, Paulo Greca, Patricia Maldonado, Andrea Godoy, Carolina Sass de Haro, Tatiane Greco, Vivianne Martins, Camila Neves, Simone Farret, Renata Maranhão, Carla Palmieri, Talita Paes, Rozze Angel, Eric Pomi Agradecimentos Marília Gabriela, Tivoli São Paulo Mofarrej, Lenny Niemeyer, Osvaldo Leivas, Convention Visitors Bureau Riviera Nayarit, Roberto Ravioli

SELO

A Avianca em Revista é uma publicação da Editora Drops, sob a licença da empresa aérea Avianca, distribuida exclusivamente a bordo das aeronaves nos voos nacionais. As pessoas que não constam do expediente da revista não tem autorização para falar em nome da revista. É necessário uma carta de autorização, atualizada e datada em papel timbrado assinada pelos editores. Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade dos autores e fica expressamente proibido a reprodução total ou parcial sem autorização prévia.

Editora Drops (55 11)5505-0078 aviancaemrevista.com.br

Confira as edições anteriores em www.aviancaemrevista.com.br

114 · jun.15

avianca em revista

Tiragem 35.000 exemplares. Todos os direitos reservados. Auditado pela

Impressão Log & Print Gráfica e Logística avianca.com.br


#59 - Marília Gabriela  

Marília Gabriela impressiona. Ela escreve, atua e canta, além de ser conhecida como uma das melhores entrevistadoras do país.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you