Page 1

www.avianca.com.br

e m

r e v i s t a

PAULO GUSTAVO A SIMPLICIDADE E O TALENTO DO HUMORISTA QUE LEVOU 4,5 MILHÕES DE PESSOAS AO CINEMA

INTERNACIONAL COSTA RICA SURPREENDE COM 12 VULCÕES, FLORESTAS TROPICAIS E PRAIAS DO PACÍFICO E CARIBE NACIONAL DUAS VERSÕES MINEIRAS: A ARTE CONTEMPORÂNEA DO INHOTIM E A HISTÓRICA OURO PRETO ENTREVISTA DAN STULBACH DETALHA SEU PROCESSO CRIATIVO NA DIREÇÃO DE UMA PEÇA DE TEATRO


Coloque mais experiência em sua bagagem.

Caverna Aroe JarI, Chapada dos Guimarães – MT, a 60 km de Cuiabá.


A melhor parte da viagem é quando você compartilha.

Uma viagem é algo que muda você. Ao regressar, nem você nem o lugar são os mesmos. Uma viagem oferece a perspectiva que você não tinha antes. É assim que várias pessoas voltam: cada uma com sua visão; cada uma com sua experiência. Todas essas perspectivas são guardadas para si mesmo. Tantas histórias jamais ouvidas ou eternamente caladas. E se você pudesse saber o que os outros fizeram? Se pudesse sugerir experiências que darão frutos a nossa história? #MeuDestinoAvianca dá a todos os viajantes uma chance de trocar experiências, podendo dar e receber dicas e informações sobre os lugares que você quer conhecer. Porque uma viagem que você compartilha é uma viagem melhor.

Coloque #MeuDestinoAvianca em suas fotos no Instagram e compartilhe os melhores momentos de sua viagem.


presidente

The Hope and Pride of Being the Best What gives us hope? The arrival of October suggests one of the possible answers: children. Childhood is a strong symbol of future possibilities, of new paths to tred, of knowledge to be acquired. Hope becomes a fundamental emotion to accomplish these objectives, without it our motivation weakens, our attitudes lose their senses and nothing is achieved. We at Avianca use the example of children to reinforce our hope of obtaining more and more positive results regardless of the eventual difficulties. Our stance has rendered fruits that make us deeply proud. Avianca has just been elected the “Best Domestic Airline Company” by the magazines Viagem e Turismo (Trip and Tourism) and Guia Quatro Rodas (Four Wheel Guide), both from the publishing house Abril. The “Best Trip and Tourism 2013-2014” award, one of the most decorated awards in Brazil, evaluates aspects like innovation, contemporaneity, punctuality, customer assistance and the age of the fleet. Criteria such as releases, news, number of clients, user satisfaction, sources and research was also adopted by journalists and specialized consultants that made up the panel of judges. This important award represents the consolidation of the Avianca strategy to offer the clients a differentiated product – with more spacious aircrafts, quality meals in every flight, in-flight entertainment, good assistance and competitive prices. Our airplanes are equipped with games and programming especially dedicated for kids in order to entertain them and guarantee a fun, relaxed and comfortable trip. Adding to this award, Avianca was elected the “Best Airline Company” in the 2013 issue of the Modern Consumer of Excellence and Customer Services Award as well as being chosen as the “Airline Company with the Best Customer Service” for the third time in the 4th rankingExame/IBRC – Instituto Ibero-Brasileiro de Relacionamento com o Cliente (Ibero-Brazilian Institute of Customer Relations), or shall we say just one more reason to be proud of the community of almost 4 thousand members that make up Avianca and they are who really deserve these honors. Our October edition touches on must read topics like Costa Rica – a pleasant Central-American country that is highlighted by a strong sense of environmental preservation by holding 5% of the world’s biodiversity despite its relatively small area. It wasn’t by chance that its gorgeous forests, which occupy 26% of the territory, were chosen as the scene of the film Jurassic Park. Costa Rica offers visitors parks, volcanos and beaches with a variety of landscapes for all tastes, not to mention it’s possible to go from the Pacific to Atlantic Oceans within only five hours of driving. Minas Gerais is also a topic of our magazine this month. Beyond the strength of Belo Horizonte, today one of the main business capitals of the country, and the beauty of its historical cities, October in Minas offers a varied schedule of parties and events like the OktoberBeco (a mineira version of OktoberFest) in Joao Monlevade; the festival of the 12th of October in Ouro Preto and the Di Latti, an interactive show of electronic music, cinematography and lights in BH. What gives us hope? We believe to have answered that question by receiving your acknowledgement and your presence on our flights. Like children that naturally face the future with enthusiasm and admiration, Avianca intends to increasingly match your hope by being the most sought after airline company in Brazil. Have an excellent read and a great trip! José Efromovich CEO Avianca Brazil


ESPERANÇA E ORGULHO DE SER A MELHOR! O que nos dá esperança? A chegada de outubro sugere uma das respostas possíveis: as crianças. A infância é um forte símbolo das possibilidades futuras, de caminhos a desbravar, de conhecimento a ser adquirido. A esperança torna-se uma emoção fundamental, para realizar esses objetivos, sem ela, nossa motivação enfraquece-se, nossas atitudes perdem o sentido e nada se conquista. Nós, da Avianca, tomamos o exemplo das crianças, para reforçar nossa esperança de obter resultados cada vez mais positivos; não importam as eventuais dificuldades. Nossa postura tem rendido frutos que nos orgulham profundamente. A Avianca acaba de ser eleita a “Melhor Companhia Aérea Nacional” pela revista Viagem e Turismo e pelo Guia Quatro Rodas, ambos da Editora Abril. Um dos mais conceituados do Brasil, o prêmio “O Melhor de Viagem e Turismo 2013/2014” avaliou aspectos como inovação, contemporaneidade, pontualidade, atendimento ao cliente e idade da frota. Critérios como lançamentos, novidades, número de clientes, satisfação do usuário, fontes e pesquisas, também foram avaliados pelos jornalistas e consultores especializados que participaram do júri. Esse importante prêmio representa a consolidação da estratégia da Avianca em oferecer aos clientes um produto diferenciado – com aeronaves mais espaçosas, alimentação de qualidade em todos os voos, entretenimento de bordo, bom atendimento e preços competitivos. Para as crianças, nossos aviões dispõem de jogos e programação especialmente dedicados a elas, para entretê-las e garantir uma viagem divertida, tranquila e confortável. Somando-se a esse prêmio, a Avianca foi eleita a “Melhor Companhia Aérea” na edição 2013 do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente e, também, escolhida a “Companhia Aérea com Melhor Atendimento ao Cliente” pela terceira vez no 4º ranking Exame/IBRC – Instituto Ibero-Brasileiro de Relacionamento com o Cliente, ou seja, mais um motivo de orgulho para a comunidade de quase 4 mil colaboradores, que formam a Avianca e são os reais merecedores dessas honrarias. Nossa edição de outubro traz temas imperdíveis, como Costa Rica – agradável país centro-americano, que se destaca pelo forte senso de preservação ambiental por guardar 5% da biodiversidade mundial, apesar de sua pequena área. Não por acaso, suas matas deslumbrantes, que ocupam 26% do território, foram escolhidas como cenário do filme Jurassic Park. Costa Rica oferece aos visitantes parques, vulcões e praias com paisagens variadas, para todos os gostos e permite ir do Pacífico ao Atlântico em apenas cinco horas de estrada. Minas Gerais, também é tema de nossa revista. Além da pujança de Belo Horizonte, hoje uma das principais capitais de negócios do país, e da beleza das cidades históricas, Minas oferece, em outubro, um variado calendário de festas e eventos, como a OktoberBeco (uma versão mineira da OktoberFest) em João Monlevade, a festa de 12 de Outubro em Ouro Preto e o Di Latti, espetáculo interativo de música eletrônica, cenografia e luz, em BH. O que nos dá esperança? Acreditamos ter respondido a pergunta ao receber o seu reconhecimento e sua presença em nossos voos. Como as crianças, que naturalmente encaram o futuro com entusiasmo e admiração, a Avianca pretende, cada vez mais, corresponder às suas esperanças, sendo a companhia aérea mais querida do Brasil!

Excelente leitura e ótima viagem! JOSÉ EFROMOVICH CEO Avianca Brazil


SUMÁRIO OUTUBRO DE 2013 • EDIÇÃO 39

24

MÚSICA

40

ECONOMIA

O músico Thiago França é estrela fora do circuito comercial

72

Previsões quase astrológicas sobre a oscilação do Dólar

50 84

SONHAR ALTO

Por dentro da moda do café gourmet

FRONT

PAULO GUSTAVO

SABORES

O chef Edinho dá vida ao famoso Amado Restaurante, em Salvador

32

36

52

70

DAN STULBACH

SÔNIA HESS

COSTA RICA

MINAS GERAIS

ENTREVISTA

O ator relata a experiência de dirigir espetáculo teatral em São Paulo

BIOGRAFIA

A filha do Seu Duda e da Dona Adelina conta a trajetória da famosa camisaria

TURISMO INTERNACIONAL

O pequeno país do tamanho da Paraíba reserva grande diversidade biológica

TURISMO NACIONAL

A mistura da história de Ouro Preto com a modernidade em Brumadinho


Conte com quem mais entende de aluguel de carros na América Latina para viajar com mais liberdade e tranquilidade. Tarifas de acordo com a sua necessidade, em até 10X sem juros*.

RESERVAS 24H: 0800 979 2000 www.localiza.com *Pagamento à vista ou em até 10x sem juros nos cartões de crédito American Express, Visa, Mastercard, Diners Club International e Elo emitidos no Brasil, exceto cartões Corporate.

solution

Uma das coisas mais importantes da sua viagem: com quem você vai.


BASTIDORES

PAULO GUSTAVO VIROU DONA HERMÍNIA MAIS UMA VEZ. PARA DAR VIDA À FAMOSA PERSONAGEM DA PEÇA DE TEATRO E TAMBÉM DO FILME “MINHA MÃE É UMA PEÇA”, O ATOR E HUMORISTA PASSA POR UM PROCESSO DE MAQUIAGEM E CARACTERIZAÇÃO QUE DURA MAIS DE UMA HORA. A EQUIPE DE PRODUÇÃO DAS FOTOS DESTA CAPA DIVERTIUƒSE ƒ E NÃO FOI POUCO ƒ COM PAULO, QUE JÁ CHEGOU AO HOTEL LA SUITE, NO RIO DE JANEIRO, FAZENDO PIADA.

Marcos Ribeiro, Vitor Cardoso, Liane Banca, Tatiane Greco, Paulo Gustavo, Marco Antônio Ferraz, Eliane Medeiros e Paulo Zelenka


#39 P

aulo Gustavo é cheio de graça. O ator e humorista comemora o sucesso de sua carreira, cujo grande troféu é o filme “Minha mãe é uma peça”, levando mais de 4,5 milhões de telespectadores aos cinemas. Para o ensaio fotográfico desta capa, Paulo incorporou o papel da famosa da Dona Hermínia – personagem principal do longa – e divertiu a equipe de produção reunida no Hotel La Suite, na capital carioca. Outras importantes personalidades participam desta edição da revista. O ator e diretor Dan Stulbach conta os detalhes de seu processo criativo na direção da peça A Toca do Coelho, que estreou no final de setembro em São Paulo, e recomenda dois destinos turísticos que devem fazer parte da lista de “viagens a fazer”. No ambiente empresarial, a presidente da Dudalina Sônia Hess lembra a história da maior camisaria da América Latina e revela suas estratégias para alcançar os últimos impressionantes resultados financeiros. Como no dia 27 de outubro a Avianca inaugura o voo direto ligando São Paulo a Maceió, fomos até Alagoas conferir porquê as piscinas naturais de Maragogi são o segundo destino mais visitado no Estado, ficando atrás apenas da capital. Distante 130 km do aeroporto de Maceió, encontramos outros tantos motivos para viajar até a Costa dos Corais – os arrecifes visíveis através do mar cristalino são apenas um deles. Em um contraponto à sombra e água fresca, a histórica Ouro Preto convida turistas a irem além das lembranças do passado. A cidade mineira revela seu potencial para o ecoturismo nas trilhas que cruzam a montanha, repletas de afloramentos rochosos, vales e cachoeiras. Ali pertinho, em uma viagem de duas horas de carro, um dos melhores lugares para visitar e vivenciar: o Instituto Inhotim. Um museu de arte contemporânea a céu aberto, com obras instaladas pelos jardins, no topo da montanha, à beira de lagos e também nos pavilhões espalhados pelo parque. Um programa turístico, cultural e ambiental para ir, voltar, e lembrar para sempre. Se as mil viagens cansarem, só tenho um conselho: o Unique Garden Hotel & Spa, a apenas 50 minutos de São Paulo, transforma qualquer cansaço em energia renovada. Agora relaxe e viaje por todas as viagens e conteúdos diversos que preparamos pensando nesse momento de transição do seu voo, que o leva de um destino a outro. Até a próxima!

Fredy Campos redacao@aviancaemrevista.com.br

Paulo Gustavo Photo: Jorge Bispo Direção Criativa: Marco Antonio Ferraz Beauty: Marcos Ribeiro Stylist: Paulo Zelenka Photo Assistant: Ana Lohr e Manuela Galindo Stylist Assistant: Amanda Oliveira Paulo Gustavo veste: blaser e colete Ermenegildo Zegna, camisa Empório Armani, gravata Gucci, relógio Rolex. maragogi Foto: Guillermo Novolisio

Dona Hermínia veste: acervo pessoal

avianca.com.br


PONTO DE VISTA

PORRENATAMARANHÃO

O FAMIGERADO SMARTPHONE E A AUTOCONFIANÇA

V

ocê já deve ter ouvido falar que a diferença entre a vacina e o veneno está na dose. Se para uns, os smartphones são a solução, para muitos, são um problema. Principalmente se estiver sem bateria! Já existe até uma síndrome chamada Nomofobia, cujos sintomas são angústia, palpitação e desconforto. O nome tem origem do inglês “No Mobile” ou “sem celular”. Em uma pesquisa realizada na Grã-Bretanha, 53% dos entrevistados que possuíam telefone celular estavam com a tal da síndrome. Estamos cada vez mais conectados com o mundo, com amigos, com o trabalho. Como a gente vivia tão bem antes dessa tecnologia? Quase impossível de imaginar. Trabalhamos a qualquer hora do dia por causa deles, dormimos com ele ligado, acordamos e, antes mesmo de levantar da cama, já estamos lá, checando tudo! E esperar por algo, então? Um voo, por exemplo? O smartphone ou tablet é um grande conforto. Pois saiba que o famigerado aparelhinho pode também fazer você 16 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

se sentir menos confiante. E isso não sou eu quem falo. A informação vem de ninguém menos que a Harvard Business School. Comparando pessoas que passaram alguns minutos trabalhando através de celulares e aparelhos pequenos, com outras que fizeram seus trabalhos em um computador de mesa (não de colo); este último grupo se mostrou mais seguro para participar de uma experiência que testava justamente... a autoconfiança. E ainda, gastaram 30% a menos do seu tempo esperando submissamente a resposta do teste. Enquanto os smartphones e tablets exigem que você se curve para frente, olhe para baixo todo o tempo e fazem o seu corpo ocupar menos espaço, essa postura o leva à queda de energia, cansaço e até à depressão, de acordo com o jornal americano Biofeedback. Já os computadores “obrigam” você a abrir a sua posição, olhar para frente (quando não está no teclado), esticar os braços para o mouse, enfim, ocupar mais espaço e assim, aumentam a confiança e

diminuem os hormônios ligados ao estresse, como o cortisol. Mas afinal, por que isso seria importante? Procure não ficar muito conectado a pequeninos aparelhos tecnológicos antes de uma reunião importante, entrevista ou até de um encontro com alguém. Você parecerá menos confiante e seguro. Os autores do estudo explicam que a postura ereta e o queixo para cima trouxeram aos entrevistados um ganho de energia e pensamentos mais positivos. O autor do estudo, o Ph.D Erik Peper, professor na Universidade de São Francisco, nos Estados Unidos, afirma que a depressão não é causada apenas por questões químicas ou biológicas. Está condicionada a vários aspectos da vida, incluindo postura e maneira de se movimentar. Obviamente a maneira que você se senta não vai “causar” ou “piorar” uma depressão, mas são as pequenas mudanças na sua rotina que irão te colocar no caminho certo. Então, que tal se ajeitar melhor na sua poltrona enquanto você lê esta revista? AVIANCA.COM.BR


O Brasil inteiro ao seu alcance

Estação da Luz | São Paulo | SP

Pão de Açúcar | Rio de Janeiro | RJ

8 hotéis em São Paulo

5 hotéis no Rio de Janeiro

Angra dos Reis, Brasília, Belém, Campo Largo, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Foz do Iguaçu, Goiânia, Itacaré, Lençóis Maranhenses, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São José dos Pinhais, São Paulo, São Luís, Uberlândia, Vitória e mais

20 hotéis em desenvolvimento.

47

hotéis

por todo

Brasil

www.bhg.net/hoteis | www.goldentulip.com


PONTE RIO

ROTA DA PIZZA POR VIVIANE PESSOA FOTOS DIVULGAÇÃO

CAPRICCIOSA

Na icônica esquina da Rua Vinícius de Moraes fica a casa preferida de muitos – inclusive famosos que batem ponto lá. No menu, as pizzas D.O.C. que, assim como os vinhos de “origem controlada”, seguem um rigoroso padrão de qualidade e respeitam um processo criado pelos próprios italianos: feitas em forno a lenha, com fermentação natural, farinha e tomate específicos, mozzarella di bufala e, como a própria pizzaria declara, “com amor”. O ambiente é moderninho e supercharmoso. O dress code é “ipanemense” – vá como bem entender! capricciosa.com.br

FIAMMETTA

A primeira pizzaria gourmet do Rio também oferece as pizzas D.O.C e algumas filiais servem pizza no almoço, uma delícia a parte. A filial do Rio Design Barra é linda (tijolos aparentes, madeira de demolição, iluminação indireta e vários ambientes), aconchegante e espaçosa. Mesmo que haja fila, o tempo de espera pode ser acompanhado de um drink no bar ou um petisco na varanda. No menu, além de saladas, risotos e carnes, as pizzas têm tanta variedade que é difícil escolher. Algumas dicas gourmand são a Stella Fiamma (molho de tomate italiano e mozarela, finalizada ao sair do forno com queijo Serra da Estrela e acompanha geleia de pimenta) e a Shimeji Trufado (molho de tomate italiano, mozarela de búfala e shimeji salteado na manteiga trufada e finalizada, ao sair do forno, com queijo Grana Padano). Está esperando o quê? fiammetta.com

PIZZA PARK

Imperdível! Situada na Cobal do Leblon e do Humaitá, ambas as unidades são superanimadas entre quarta-feira e sábado. Com ambiente descontraído e serviço que vai te conquistar, a pizzaria do Humaitá tem vista para o Cristo. A pizzaria tem massa fininha e crocante, os ingredientes são de primeira e alguns deles vêm de produtos orgânicos. Obrigatório combinar com um chopp e pedir a pizza à francesa, pra dividir com os amigos. O clima é pé no chão mesmo, por isso pode apostar nos chinelos de dedo sem medo. Sugestão: pizzas de rúcula com tomate seco, champignon (levíssima) e queijo brie com damasco. pizzapark.com.br


FIQUE AQUI

EXCLUSIVIDADE NO INTERIOR DE SÃO PAULO POR CARLA PALMIERI FOTO ROBERTO SALGADO

U

m verdadeiro oásis entre São Paulo e Rio de Janeiro. Este é o 500 Hotel e Golfe, localizado em Guaratinguetá, no Vale do Paraíba. A proposta é que os hóspedes desfrutem da infraestrutura de um hotel grande e a exclusividade de um hotel boutique. Na década de 1950, o banqueiro Orozimbo Roxo Loreiro criou um espaço para receber seus 500 melhores amigos para jogar golfe. Assim nasceu o Clube dos 500, projetado com a maior sofisticação da época. O hotel já hospedou ilustres como Juscelino Kubitschek, Getúlio Vargas, Jânio Quadros e João Goulart. Tombado pelo Patrimônio Histórico, o hotel tem jardins assinados por Burle Marx (1909-1994), paisagista brasileiro renomado internacionalmente. Na sala de café, os hóspedes encontram um painel de Di Cavalcanti. Na capela, há um afresco de Ricardo Menescal. A arquitetura é marcada por ambientes contemporâneos, utilização de materiais naturais, muita transparência e luz, aliando elegância e inteligência. As acomodações incluem 74 apartamentos e uma casa com duas suítes, com vista para um amplo lago. Alguns quartos históricos foram projetados por Oscar Niemeyer, com linhas retas e minimalistas. Todas as acomodações foram adaptadas aos novos tempos, com ar-condicionado, telas de LCD, frigobar e internet de banda larga. 20 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

Para as atividades de lazer e negócio, o hotel possui várias •Piscina •Spa•FreeWi-Fi•Academia•CampodeGolfe final de semana que estive lá, não consegui opções, como campo de golfe meNoconectar à internet do hotel (nove buracos), piscinas Tarifas a partir de R$ 295,00 (casal) h500.com.br aquecida e natural, quadras poliesportivas, campo de futebol, fitness center, spa, espaço Zen, brinquedoteca, boate, auditórios para eventos, salões de jogos, cinema e saunas seca e a vapor. O excelente campo de golfe é um capítulo à parte. O Club House pode ser utilizado tanto por jogadores profissionais quanto por amadores, já que o hotel oferece professores que dão instruções para quem deseja iniciar na prática desse esporte. Os restaurantes apresentam uma culinária de referências internacionais contemporâneas com ingredientes nacionais. O Flamboyant e o Di Cavalcanti são mais intimistas e mesclam referências italianas e francesas. O La Cave é ideal para a degustação de fondues e vinhos, e possui uma adega, ambiente perfeito para harmonizações. Para os mais jovens ou para os dias de encontros com os amigos, há a opção do bar e da churrascaria, ambientes mais informais. Mas o serviço exclusivo não está limitado somente aos hóspedes: o hotel abre as portas de seu restaurante para os apreciadores da boa gastronomia, e a pizzaria do hotel também é aberta ao público. AVIANCA.COM.BR


RADAR

NA LIVRARIA

POR TATIANE GRECO

RIN TIN TIN: A VIDA E A LENDA AUTORA: SUSAN ORLEAN

A jornalista retrata, na obra, a vida do cachorro que virou astro de cinema. Baseado em registros documentais e jornalísticos, o livro relata o surgimento de Rin Tin Tin na Primeira Guerra Mundial, o uso de sua imagem no reforço do patriotismo norteamericano, a atuação dele em todas as plataformas de comunicação e a incorporação dos animais domésticos aos lares.

TURMA DA MÔNICA: UMA VIAGEM A PORTUGAL

O RINOCERONTE QUE QUERIA VOAR

O GAROTO DA CAMISA VERMELHA

AUTORA: NADIA ADINA ROSE

AUTOR: OTÁVIO JÚNIOR

AUTORES: JOSÉ SANTOS E MAURÍCIO DE SOUSA

Histórias de animais que deixam seu território para descobrir seus sonhos. A partir de cenários feitos com colagem de papel machê e elementos da natureza, a autora e ilustradora russa conta a jornada não apenas do rinoceronte, mas também da tartaruga míope que queria enxergar o horizonte e da iguana que sonha conhecer a neve. O livro estimula a imaginação. Cada animal vivencia a experiência de mudar de ambiente e realizar seu sonho.

Livros encontrados no meio do lixo fizeram Otávio Júnior seguir novos caminhos. O escritor estreia na literatura infantil contando a história de um menino que soltava pipas, jogava bola de gude e corria nos campinhos esburacados de futebol. Alguém muito parecido com ele: encantado e transformado pela magia das palavras.

Que tal conhecer lugares e curiosidades na companhia da Turma da Mônica e sem sair de casa? Nesta aventura o leitor faz uma divertida viagem a Portugal e descobre mais de 250 palavras que fazem parte do idioma português, mas que nós brasileiros não sabemos o significado. Além disso, Antonio Alfacinha, o amigo português, vai apresentar lugares interessantes e mostrar como é a vida das pessoas que moram por lá. 22 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


NA AGENDA PLANETA TERRA

Rock alternativo, eletrônico, punk, blues e hip hop. Uma mistura de ritmos faz parte do festival que traz atrações nacionais e internacionais. 9 de novembro, a partir das 12h Principais atrações: Blur, Lana Del Rey, Beck, The Roots, Travis e Palma Violets. Campo de Marte Av. Santos Dumont, 2.241 – São Paulo/SP ticketsforfun.com.br

FESTIVAL SUD DE FRANCE

Quem quer economia, conforto e praticidade

VEM PARA O

SOFT INN. Um hotel tão dinâmico quanto você.

Os restaurantes participantes do festival, que está em sua 3a edição, criam menus harmonizados com vinhos Languedoc-Roussillon, enquanto lojas de vinhos promovem degustações e venda especial de produtores da região do sul da França. 2 a 12 de outubro facebook.com/festivalsudfrancesao

FESTIVAL GASTRONÔMICO DA PIPA Em sua 9a edição, o festival conta com degustações, workshops, oficinas, aulas e exibições cinematográficas – tudo sobre comida 4 a 12 de outubro Praia da Pipa - RN festivaldapipa.com.br EXPOSIÇÃO

GUERRA E PAZ, DE PORTINARI A exposição traz obras de coleções internacionais particulares, desde pequenos esboços feitos a lápis sobre papel até grandes estudos a óleo sobre madeira. Documentos históricos que contam toda a trajetória de criação dos painéis também fazem parte da mostra. 9 de outubro a 24 de novembro Sessões a cada hora, entre 10h e 19h Cine Theatro Brasil Vallourec Praça Sete – Belo Horizonte/MG

OBSESSÃO INFINITA A mostra conta com aproximadamente 100 obras entre pinturas, esculturas, trabalhos em papel, vídeos, apresentações em slides e instalações de uma das artistas mais originais e inventivas do pós-gerra, Yayoi Kusama. 12 de outubro de 2013 a 26 de janeiro de 2014 De quarta a segunda-feira, das 9h às 21h Centro Cultural do Branco do Brasil – CCBB Av. Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro/RJ bb.com.br/cultura

Hospede-se em um hotel novo, moderno e perto de tudo o que você precisa. Aproveite a hospedagem que é SOFT até no preço.

Hotéis: Soft Inn São Luís | São Luís | MA Soft Inn Batista Campos | Belém | PA Soft Inn Hangar | Belém | PA

· 23 www. softinn .com.br AVIANCA EM REVISTA

OUT.13


MÚSICA

QUANDO ÁGUA E VINHO COMBINAM

PLAYLIST POR TATIANE GRECO

POR PEDRO HENRIQUE ARAÚJO

DJ MARIA EUGÊNIA SUCONIC 1 Reverse Skydiving (feat. Anabel Englund) -Hot Narured 2 Around (Solomun Vox)-Noir & Haze 3 Crave You (feat. Giselle)- Flight Facilities 4 I Want Her But I Don’t Want Her - Zahed Sultan 5 So Weit Wie Noch Nie- Jürgen Paape armariodamaria.com.br

Em setembro deste ano, Caetano Veloso subiu ao palco do Prêmio Multishow trajando uma jaqueta camuflada e um moletom ostentando os dizeres “A Rua é Noiz”. Junto dele, recheando um terno assinado por João Pimenta, Emicida solta verbos sobre reforma agrária e o desaparecimento do pedreiro Amarildo. Os dois costuram canções do repertório de Caetano como “Tropicália” e “Abraçaço”, com rimas e improvisos do rapper. Os discos abaixo não conversam, mas da mais inesperada parceria saiu uma bela apresentação.

CAETANO VELOSO - CINEMA TRANSCENDENTAL (1979) Este disco tem toda a manha e a tranquilidade baiana, o batuque nagô, a leveza e a suavidade de acompanhar as ondas do mar, assim como Caê faz em sua capa. As longas madeixas ao vento estão há 34 anos observando o vaivém das águas sem pressa. Canções de inspiração ímpar como “Lua de São Jorge”, “Beleza Pura”, “Badauê” e “Oração ao Tempo” competem ao protagonismo do álbum que exalta meninos cariocas, vampiros e goles refrescantes de cajuína. É um discão, desses que você não se cansa de ouvir, conhece praticamente todas as músicas de cor e salteado e, quando menos, espera está lá de novo cantarolando uma melodia deste cinema/circo transcendental.

EMICIDA (2013) O GLORIOSO RETORNO DE QUEM NUNCA ESTEVE AQUI

djmarinadiniz.com

DJ MARINA DINIZ 1 Wake Me Up (Feat. Aloe Blacc) - AVICII 2 My Head Is A Jungle (MK Remix) - Wankelmut, Emma Louise 3 Surround Me With Your Love (Pic Schmitz Remix) - Porter 4 Heart Of Glass (Oliver & Thee Mike B Remix) - Blondie 5 I Wanna Dance With Somebody (The Cube Guys Mix) Barbara Tucker, The Cube Guys

Leandro Roque de Oliveira é o principal nome da nova geração do rap nacional. Criou um império vendendo camisetas, blusas, bonés, canecas, CDs seus e de outros artistas. Sua música “Zóião” está na novela “Sangue Bom”, da Rede Globo, e seu nome virou sinônimo de sucesso. Em agosto, lançou o esperado “O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui”, seu primeiro disco. Urbano, direto e bem produzido, o álbum carrega canções densas como “Crisântemo”, que conta a história do pai do MC, e também músicas leves como “Sol de Giz de Cera”, que tem a participação de sua filha Estela e a cantora Tulipa Ruiz. A malandragem está presente em “Trepadeira”, cantada ao lado do bamba Wilson das Neves, e a mistura com o funk de ostentação está em “Gueto”, batidão rimado em parceria com MC Guimê. Um disco feito com calma e carinho. Um ponto importante para o rap nacional.


HOMEM DO SAX POR PEDRO HENRIQUE ARAÚJO

COM VIRTUOSISMO, MAS SEM VAIDADE, THIAGO FRANÇA SEGUE SUA VIDA ENTRE UM SHOW E OUTRO, UM DISCO E OUTRO, E MUITAS IDEIAS

O

mineiro Thiago França, de 33 anos, é dessa turma de músicos workaholics. Já lançou 11 álbuns e participou de mais uma penca de outros. Seja como figura principal ou orbitando com seu saxofone em conjuntos numerosos, duetos, trios, quartetos e uma infinidade de formatos, o artista mostra seu virtuosismo e forte presença. Em 2013, foram cinco CDs, dois em parceria com o talentoso Kiko Dinucci e três com o trio instrumental Marginals. Este ano o músico ainda prevê mais duas estreias. “A Espetacular Charanga do França”, com repertório de cumbia, e um trabalho de samba em homenagem ao livro “Malagueta, Perus e Bacanaço”, do escritor paulistano João Antônio. Nascido em Belo Horizonte, aos 8 anos mudou-se com a família para São Paulo. Aos 18 passou na Faculdade de Música da Universidade de Campinas (Unicamp), mas desistiu do curso depois de um ano e meio. Voltou para BH para ficar mais próximo dos avós, entrou novamente na Faculdade de Música, desta vez na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e também desistiu. “Eu larguei duas faculdades de música para virar músico”, explica rindo. Na época, mergulhou no grupo de samba mineiro Copo Lagoinha e dedicava também parte de seu tempo para ir ao estádio ver o Atlético Mineiro. “Estudar música é um negócio muito complexo. A faculdade vira um caldeirão de ressentimentos.

É uma energia estagnada muito grande, você pode estudar o instrumento o quanto você quiser, mas se o negócio não partir de uma inspiração, vai fazer o quê?”, comenta. Os estudos começaram aos 11 anos, quando o saxofone chegou em sua vida. “Não sei como eu sabia o que era um saxofone, nem porque queria tocar, mas era a minha ideia fixa”. Aos 16, já rodava por aí com as bandas da escola. “Eu era tão fissurado por tocar que tocava qualquer coisa. Domingo eu tocava na missa do Colégio São Luís, eu tinha um grupo de pop rock com um professor de redação e também tocava com uma dupla sertaneja”. A primeira gravação em um disco veio de forma inusitada para seu instrumento de sopro, na banda de hardcore paulistana Holly Tree. De lá para cá se passaram longos anos, shows com vários artistas como Rodrigo Campos, Criolo, Verônica Ferriani, Rafa Barreto, com vários de seus projetos como o Metá Metá e o Sambanzo. Mas uma coisa continua: Thiago França não tem medo de se misturar, não tem medo de ser coadjuvante, mas sabe transformar seu saxofone, sua flauta e todos os outros instrumentos em protagonistas. Quando ele faz isso, dá gosto de estar presente. Em seu site dá para baixar, de graça, todos os seus trabalhos thiagofrancaoficial.blogspot.com.br. AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 25


POR VITOR CARDOSO

TEATRO

CULT

SÃO PAULO

SHREK – O Musical conta a história do carismático ogro que luta contra um nobre trapalhão pelo amor de sua princesa Fiona. Tudo com a espirituosa e perspicaz ajuda de seu amigo Burro. Um elenco talentoso, encabeçado por Diego Luri e Giulia Nadruz, Shrek e Fiona, cantam e contam as peripécias dessa saga. Destaques para o ator Rodrigo Sant’Anna, do humorístico global Zorra Total, que personifica o Burro, e Felipe Tavolaro, que traz sua experiência em espetáculos musicais na Broadway e no Brasil, como Lord Farquaad.

RIO DE JANEIRO

Musical Direção: Diego Ramiro. Versão Brasileira: Cláudio Botelho. Com Diego Luri, Giulia Nadruz, Rodrigo Sant’anna, Felipe Tavolaro e grande elenco. Teatro Bradesco – Shopping Bourbon São Paulo - Rua Turiassu, 2100 – Piso Perdizes, Perdizes – São Paulo/SP – Sex. 20h30, sáb. e dom. 15h e 19h shrekomusical.com.br

SÃO PAULO

O REI LEÃO Musical Direção: Julie Taymor. Músicas: Elton John. Letras: Tim Rice. Com Tiago Barbosa, Osvaldo Mil, Felippe Moraes e grande elenco. Teatro Renault – Avenida Brigadeiro Luis Antônio, 411, Bela Vista – São Paulo/SP. Qua a sex. 21h, sáb. 16h30 e 21h, dom. 15h30 e 20h ticketsforfun.com.br

A PORTA DA FRENTE Comédia Dramática Autora: Julia Spadaccini. Direção: Jorge Caetano e Marcos André Nunes. Com Jorge Caetano, Malu Vale, Maria Esmeralda Forte, Rogério Freitas, Nina Reis e Felipe Haiut. Oi Futuro Flamengo – Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo, Rio de Janeiro – RJ – Qui. a dom. 20h. oifuturo.org.br/evento/a-porta-da-frente

MÔNICA E CEBOLINHA NO MUNDO DE ROMEU E JULIETA Musical Direção: Mauro Sousa. Com Andrio Albuquerque, Charles Damasio, Cíntia Toma Kawahara e grande elenco. Teatro Geo – Complexo Ohtake Cultural - Rua Coropés, 88, Pinheiros – São Paulo/SP – Sáb. e dom. 11h e 15h. teatrogeo.com.br

26 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

TRIBOS

CORAÇÃO BANDOLEIRO

Comédia Autora: Nina Raine. Tradução: Rachel Ripani. Direção: Ulysses Cruz. Com Bruno Fagundes, Arieta Correa, Eliete Cigaarini, Guilherme Magon, Maíra Dvorek e Antonio Fagundes. Teatro TUCA – Rua Monte Alegre 835, Perdizes – São Paulo/SP. Sex e sáb. 21h30 e dom. 18h teatrotuca.com.br

Drama Texto: José Antônio de Souza; Direção: Roberto Lage. Com: Calixto de Inhamuns, Fabiano Geuli, Felipe Ramos, Luciana Ramanzini, Marco Aurélio Campos e Maria do Carmo Soares. Teatro Cacilda Becker – Rua Tito, 295 – Lapa, Rio de Janeiro – RJ – Sex. e sáb. 21h e dom. 19h facebook.com/coracaobandoleiro AVIANCA.COM.BR


Fusões e aquisições podem ser decisivas para o futuro de uma corporação. Para ter sucesso em um novo cenário, escolha uma nova empresa de consultoria. Para que sua empresa se diferencie no mercado, você precisa buscar soluções diferentes. TOTVS | Consulting é uma consultoria de gestão empresarial com ampla experiência em fusões e aquisições, adquirida em mais de 40 movimentos de M&A. Com abordagem inovadora, TOTVS | Consulting conduz as empresas envolvidas desde as primeiras análises de target e valuation até a tomada de controle e integração completa, garantindo e acelerando a geração de valor nesses movimentos, ajudando você a pensar o novo.

Business & Technology Consulting CSC | M&A | Operations | System Integration

TOTVS Consulting. Uma escolha muda tudo.

0800 70 98 100

w w w.to t vs.co m / co n s u lt i n g


ESTREIA NACIONAL

100%BRASILEIRO POR CAMILA BALTHAZAR FOTOS DIVULGAÇÃO

DUAS PRODUÇÕES BRASILEIRAS ESTREIAM ESTE MÊS: “MATO SEM CACHORRO” TRAZ A LEVEZA DA COMÉDIA ROMÂNTICA, ENQUANTO “O INVENTOR DE SONHOS” RECONSTRÓI O PERÍODO COLONIAL EM UM DRAMA QUE ABORDA FATOS REAIS DO BRASIL DE 1808.

CÃOMÉDIA ROMÂNTICA

No dia 4 de outubro, estreia nos cinemas o longa brasileiro “Mato sem Cachorro”, de Pedro Amorim. O elenco conta com Bruno Gagliasso, Leandra Leal e Danilo Gentili, que faz sua primeira aparição nas telonas. De tão infame, o trocadilho “cãomédia” ficou engraçado e foi adotado para descrever o gênero do filme. Para encurtar a história, Bruno Gagliasso é Deco. E a atriz Leandra Leal é Zoé. Os dois se conhecem quando Deco quase atropela Guto, um cachorro com narcolepsia, que por isso desmaia sempre que sofre uma forte emoção. Eles viram um trio (casal mais cachorro), porém depois de dois anos Zoé dá um pé na bunda. Mais do que sentir falta da ex-namorada, Deco sofre pela distância de Guto. Danilo Gentili entra em cena como o primo Leléo, que ajuda Deco no sequestro do cachorro.

FOREST GUMP DA ERA COLONIAL

O cenário da história são os 13 anos de permanência da família real portuguesa no Brasil. Com direção e roteiro de Ricardo Nauemberg, chega aos cinemas o filme “O Inventor de Sonhos”, com grandes nomes no elenco, como Guilhermina Guinle, Letícia Spiller e Stênio Garcia. Com estreia marcada para 11 de outubro, o longa se autodenomina um “Forest Gump” do século XIV, uma vez que trama e personagens sofrem constantes reviravoltas no Rio de Janeiro de 1808. A história é narrada sob a ótica de um garoto mestiço que procura seu pai europeu, e acredita que um jovem português filho de um duque poderá ajudá-lo nessa busca – até que eles entram em uma disputa pelo amor de uma escrava. Com produção da Indústria Imaginária e distribuição da Europa Filmes, o longa foi rodado na cidade de Paraty (RJ) e aborda fatos reais do Brasil colônia. 28 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


MUNDO DIGITAL

QUEM É REI NUNCA PERDE A MAJESTADE

É

o que vamos ver quando se fala em Microsoft – a majestade absoluta no reino dos softwares pelas últimas décadas, chegando a sofrer acusações e processos nos Estados Unidos e na Europa por práticas monopolísticas nos anos 90. Mas em relação ao novo e frenético universo mobile, este rei precisou desembolsar US$ 7,17 bilhões para comprar a fabricante finlandesa de aparelhos celulares Nokia e garantir a sua permanência neste campo de batalha. A Microsoft passou quase que toda a sua vida sem apertar um parafuso ou soldar um único circuito, salvo exceções mais recentes como o Zune, um player digital totalmente desconhecido por aqui, e o seu console de games, este sim muito bem sucedido, o Xbox. Seu domínio quase que total foi construído através de uma estratégia simples, que se provou bastante eficiente ao longo dos anos: se aliar aos fabricantes. Tudo começou nos anos 80 com a IBM, em que passou a vender o seu sistema operacional em um modelo chamado bundle, algo que chamaríamos de pacote fechado. Você comprava - e ainda compra, pois nada mudou - o seu computador e o sistema operacional já vem com ele. Não deixando muita escolha para o consumidor. E não que tivéssemos muita escolha, é importante dizer. A compra da Nokia, no início de setembro, significa muita munição e reforço para sua guerra contra a Apple e o Google no campo de batalha dos smartphones. Há um ano a Microsoft havia lançado o seus Windows Phone justamente em parceria com a Nokia, de quem acabou ficando refém. A guerra das plataformas acaba de ficar mais claramente

POR SILVIA CAMARGO

definida. Apple, Google e agora Microsoft controlam diretamente seus esforços em software e hardware. Isto possibilita que eles imponham seus próprios serviços (mapas, comunicação instantânea, canais de vídeo etc.) aos usuários. Terreno onde, na minha opinião, reside a verdadeira batalha já em curso. O cenário fica assim: aqueles que detêm a sua própria plataforma e aqueles que têm que se associar a plataforma de outros. Diante disto tudo, a solução não era outra se não comprá-la e, junto, ou seja em bundle, muito provavelmente a Microsoft comprou de volta seu próximo presidente, Stephen Elop. Steve Ballmer, atual CEO, já anunciou sua aposentadoria e Elop até setembro de 2010 era um importante executivo da Microsoft que deixou a companhia para assumir a presidência da Nokia. O resumo disto tudo é que vemos hoje uma empresa que já foi soberana no mundo digital esperneando para se reinventar diante de tantos novos desafios ameaçando o seu reinado. Analistas do mercado estão em acordo de que esta era realmente a melhor saída para a Microsoft em um mundo que está se movendo tão rapidamente dos desktops e laptops - seu tradicional e inabalável reinado -, para smartphones, tablets e suas variações mobile. Você já escolheu o seu lado nesta batalha? Não está nem aí para isto tudo? Daqui para frente ao escolher a marca do seu próximo celular, mesmo que involuntariamente, você estará se alistando como soldado em um destes exércitos. Difícil ficar indiferente. Se você já é um adicto e não vive sem o seu smartphone, você já foi convocado.

Silvia Camargo é diretora de marketing da empresa de entretenimento Time For Fun e apaixonada pelas transformações de um mundo cada vez mais digital

30 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA


Os bons tempos voltaram.

antec ipe-se ao l ança mento

Concepção art íst ica d as fac hadas de c as as t ip o 1

Casas de 91 a 95m2

Foto ilus trat iva

3 dorms. (1 Suíte) • 2 vagas O charme e a tranquilidade de uma vila, com as facilidades de um bairro planejado. bos que pr ivativo • l a ze r com m a i s de 1 0 0 í t e n s Mall na porta do condomío com: Padaria • Pizzaria • Farmácia • Temakeria • Lavanderia • Salão de beleza

AV. INTERLAGOS, 4.455 - ESQUINA COM AV. MIGUEL YUNES Saiba mais:

Tel.: (11) 5523.1505

Realização e Incorporação:

Construção:

www.tiner.com.br

www.tbrconstrutora.com.br

Exclusividade de Vendas:

Apoio:

villaterrara.com.br LPS Brasil - Consultoria de Imóveis S/A - Rua Estados Unidos, 1.971 - Jd. América - CEP 01427-002 - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3067-0000 - CRECI SP nº J-19585 - www.lopes.com.br. Registro de Incorporação nº R.99/32.541 - Incorporação Parcial Fase IV-A (Manacás) - R.100/32.541 - Incorporação Parcial - Fase VI-A (Rouxinol), registrada em 16 de julho de 2013, junto ao 11º Oficial de Registro de Imóveis da Capital do Estado de São Paulo.


ENTREVISTA

O DIRETOR DAN STULBACH POR VITOR CARDOSO FOTO JAIRO GOLDFLUS


N

o começo de sua vida profissional, Dan Stulbach passou por um momento de indecisão sobre o que gostaria de fazer. Prestou vestibular – e foi aprovado – em Medicina, Administração e Engenharia. Cursou a faculdade de Engenharia durante um ano, mas acabou se formando em Comunicação Social na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM). Também frequentou a Escola de Arte Dramática da USP. Na ESPM, criou o grupo de teatro Tangerina, que existe até hoje. Durante 8 anos dirigiu espetáculos do grupo, vencendo diversos festivais de teatro amador. O ator, reconhecido por seus trabalhos no teatro, cinema e televisão, resgata esta paixão pela direção e assume o posto no espetáculo “A Toca do Coelho”. Entre os protagonistas estão Reynaldo Gianecchini e Maria Fernanda Cândido. A peça, em cartaz no Teatro Faap em São Paulo, é uma versão do grande sucesso da Broadway Rabbit Hole. A tradução também ficou a cargo de Dan, primeiro membro de uma pequena família de imigrantes judeus poloneses a nascer no Brasil. O ator, diretor, comentarista de esportes e apaixonado por futebol traz em seu DNA esta versatilidade de cultura, línguas, múltiplos talentos e profissões.

Como está sendo esta experiência de dirigir um espetáculo? Minha história com direção de espetáculos começou há muitos anos, ainda com teatro amador. Dirigi mais de 35 peças e todos me diziam que eu devia seguir esta carreira. Tenho um processo próprio de direção que parte do ator através de um estímulo meu e o deixo propor o entendimento da cena. Mas depois foquei em minha carreira como ator e o diretor ficou adormecido. Estou muito empolgado com esta oportunidade. Como é este processo próprio de direção? Acredito que o ponto principal é o entendimento da peça. Não sou muito daquele processo de leitura de mesa em que os atores e o diretor ficam sentados lendo e relendo o texto e decidindo com qual entonação vai ser falar tal palavra ou dizer uma frase. Para mim o importante é entender profundamente o que se passa naquela história e depois decidir como colocar isso em cena. Qual é a sua maior influência como diretor? Sou observador em meu processo de direção. Brinco que a minha maior influência é o Josep Guardiola, técnico do Bayern de Munique, que acredita que a melhor tática é mudar sempre e se divertir, ser sempre diferente de maneira empolgante. Até porque acredito que o futebol e o teatro se assemelham em muitos pontos. O jogo, a dinâmica e o improviso que tem que ter para dominar ambas as artes é o mesmo. Quais são as maiores diferenças entre o trabalho de ator e de diretor? É bem diferente! O ator está preocupado com ele na cena, como

o personagem vai se desenvolver durante o espetáculo. Ele está certo de pensar assim e ter isso como foco, pois será cobrado por isso. Já o diretor preocupa-se com o todo, com o espetáculo por completo, desenho de cena, luz, atores e desenvolvimento da história. A parte mais gostosa da direção é exatamente esta orquestração. A saída do violino, transição de cena, entrada dos atores, vídeos, músicas – estes timings de como fazer e por quanto tempo, causar os sentimentos que você quer na plateia. Falando sobre “A Toca do Coelho”, o que te levou a fazer este espetáculo? Este texto tem o dom de falar sobre sentimentos e relações humanas de maneira muito elegante, muito diferente e pertinente. A linha tênue entre o trágico e o cômico, assim como é a vida, é retratada com muita propriedade. Os personagens são como a gente, como a vida real, têm pontos positivos e negativos, erram e acertam. Além disso, passam por conflitos internos e não sabem lidar com todas as situações que atravessam em sua trajetória. Para você é importante esta aproximação da arte com a vida para te despertar o interesse sobre um novo trabalho? Ultimamente temos muitos produtos que são ou muito engraçado ou muito trágico. Tudo beirando o exagero. Gosto da dualidade deste texto, pois representa bem o que é a vida. Aliás, atualmente, vivemos em um mundo em que acontecem fatos que às vezes, a gente como artista, se pergunta: - Nossa! Se isso fosse uma peça de teatro ou uma novela ninguém nunca iria acreditar! De tão absurdo que se parece o fato. Mas é

real! Aconteceu de verdade, é uma inversão daquela expressão “a arte imita a vida”. Quando você tiver um espaço na agenda para viajar, para onde planeja ir? Pretendo voltar a Roma. Lá não precisa fazer muito um roteiro porque tudo é muito interessante. Cada canto, cada rua, você sai andando e dificilmente não vai achar um bom lugar para comer, uma arquitetura deslumbrante, uma bela paisagem, uma fonte no meio de uma praça. Tudo por lá é encantador e inspirador. Você acredita que a viagem tem este poder de inspirar? Absolutamente! Tive a ideia do Teatro Eva Herz, por exemplo, em uma viagem a Londres onde fiz um curso, e quando voltei coloquei em prática. Montei o teatro que fica dentro de uma grande livraria na Avenida Paulista como uma opção de cultura dentro de um espaço onde já se procura cultura e o projeto já dura seis anos. Sugere algum destino obrigatório para os leitores? Um destino que eu classificaria como óbvio, porque todo mundo deve conhecer é Nova York! Já no Brasil, para refletir, descansar e pensar nos próximos passos de sua vida indico a Chapada dos Guimarães. Aquela paisagem, aquele visual e atmosfera é literalmente uma viagem! A TOCA DO COELHO Direção: Dan Stulbach; Com: Maria Fernanda Cândido, Reynaldo Gianecchini, Simone Zucato, Selma Egrei e Felipe Hintze Teatro Faap – Rua Alagoas, 903 – Perdizes – São Paulo – SP – Sex. 21h30, sáb. 21h e dom. 18h – Até 15/12 faap.br/teatro AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 33


ÁLBUM

CARIBE FRANCÊS POR CAIO FISCHER FOTOS ACERVO DO ARTISTA

O ATOR RICARDO TOZZI, QUE ATUALMENTE VIVE O ESCRITOR THALES NA NOVELA AMOR À VIDA, DA REDE GLOBO, DEU UMA PAUSA NAS GRAVAÇÕES PARA NOS CONTAR SUAS EXPERIÊNCIAS DE QUANDO VIAJOU PARA ST. BARTH, NA FRANÇA. Quando esteve em Saint-Barth? Estive há dois réveillons, o último que consegui viajar sem estar trabalhando. St. Barth é conhecida por ser o destino de personalidades da música internacional, como Madonna, e bilionários, entre eles o russo Roman Abramovitch. Por que acha que a ilha se tornou o principal ponto turístico das personalidades? Em primeiro lugar, devido à beleza do lugar e à cor do mar do Caribe, mas também porque a ilha não tem um apelo muito turístico. A maioria das pessoas que frequenta tem casa lá, isso torna o clima mais familiar, sossegado, mesmo nas altas temporadas. Saint-Barth pertence a França, mas está localizada no Caribe. Dá para ter a sensação de estar em Paris com praia? O maior charme é exatamente esse: é Caribe, mas com jeito de Europa. Isso faz toda a diferença. Quais as dicas para quem pretende visitar? Eu alugo um triciclo e fico de uma praia para outra. São muitas e cada uma tem uma coisa legal para fazer. No final da tarde é legal ir à Shell Beach, tem um bar brasileiro lá e uma galera linda para assistir o pôr-do-sol mais bonito de St. Barth. O que não pode faltar na bagagem? Bermuda, sunga e protetor solar. Qual o principal motivo para voltar a Saint-Barth? Até hoje não conheci lugar mais gostoso para descansar da correria.


BIOGRAFIA

Sônia Hess,

EMPREENDEDORA DA FLOR DE LIS POR CAMILA BALTHAZAR

A CAMISARIA DUDALINA NASCEU EM 1957 NA PEQUENA CIDADE CATARINENSE, LUIZ ALVES. SE AINDA HOJE 75% DOS 10 MIL HABITANTES DO MUNICÍPIO TRABALHAM NA LAVOURA, NÃO FICA DIFÍCIL IMAGINAR QUE HÁ MAIS DE 50 ANOS O CENÁRIO DA REGIÃO ERA DE ENERGIA ELÉTRICA ESCASSA, RÁDIO QUE TRANSMITIA APENAS CHIADO E COMIDA NO FOGÃO A LENHA. SEU RODOLFO (O DUDA) E DONA ADELINA ADMINISTRAVAM A VENDINHA DA CIDADE, ATÉ O DIA EM QUE APARECEU A OPORTUNIDADE DE FABRICAR CAMISAS. SÔNIA REGINA HESS DE SOUZA É A SEXTA FILHA DO CASAL. DEPOIS AINDA NASCERAM MAIS DEZ. HOJE PRESIDENTE DA EMPRESA, A EMPRESÁRIA REVOLUCIONOU A MARCA COM O LANÇAMENTO DA LINHA FEMININA EM 2010 – E DESDE ENTÃO O FATURAMENTO CRESCE EXPONENCIALMENTE.

36 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


BIOGRAFIA

D

ona Adelina aguardava o nascimento do sétimo filho quando seu marido Duda viajou de Luiz Alves, cidade rural e interiorana de Santa Catarina, à capital paulista, para comprar mercadorias para o pequeno comércio que administravam no sobrado da família. O casal vendia de tudo: alimento a granel, roupa, tecido, sabonete, panela, chapéu. Durante a visita a São Paulo, um comerciante árabe da rua 25 de Março convenceu Seu Duda a levar uma suposta seda. “O tecido não era adequado para venda, mas possibilitou que minha mãe visse a oportunidade de fabricar camisas”, lembra Sônia Hess, sexta filha do casal e atual presidente da camisaria Dudalina. Assim Dona Adelina fez – e rapidamente as unidades foram vendidas. Esse episódio aconteceu em 1957, dando início a história da Dudalina. A mãe alugou a casa da frente, contratou algumas moças para trabalhar e, sempre grávida – ao todo são 16 filhos –, gerenciou a prole e os negócios. “Minha mãe era muito visionária. A energia elétrica da cidade caía muito. Ela foi lá e comprou um gerador. Já meu pai era um poeta maravilhoso, que cuidava das pessoas e era querido por todos”, descreve Sônia. O equilíbrio entre a razão da mãe e a emoção do pai viabilizou o crescimento da empresa, que hoje conta com 80 lojas por todo o Brasil, um showroom na Itália, seis fábricas, 2370 colaboradores e meta de faturamento de R$ 1 bilhão para 2016. Mas a construção desse império da moda não ocorreu do dia para a noite. “Tenho a lembrança clara de toda essa época, quando eu ainda era menina. O crescimento aconteceu devagarinho”, comenta Sônia. Durante muitos anos, todos os filhos trabalharam no comércio da família, acompanhando e contribuindo para a expansão. Em 1964, Dona Adelina chegou com a novidade de que tinha concluído a construção de uma casa na praia de Balneário Camboriú – tudo feito na surdina. O segundo ano de veraneio já virou negócio. O pai e a mãe compraram uma loja – os dois na mesma rua –, mais uma vez vendendo de tudo: guarda-sol, chinelo, toalha, camisa. “Eu era a melhor vendedora. Desde criança sempre gostei de trabalhar. Mas claro que ganhava comissão”, diverte-se Sônia. A fábrica sai de Luiz Alves em 1969, ganhando novo endereço em Blumenau. A mudança priorizou os estudos dos filhos mais velhos, que já estavam na época da faculdade. E Sônia, com 13 anos e um currículo de vendedora invejável, foi transferida para o melhor colégio da cidade, frequentado por toda a elite catarinense. “No primeiro dia de aula, fui com um uniforme todo arrumadinho dentro de uma Veraneio com todos os irmãos. Claro que cheguei tarde e mais desarrumada impossível. Eu era muito magra e desengonçada. Sempre fui trabalhadora, nunca vaidosa. No recreio fui chamada de colona de Luiz Alves, equivalente a ser chamada de caipira. Aquilo doeu profundamente. Não por ser colona, mas por ser uma forma de me diminuir”, conta. Sônia priorizou sua paixão: matriculou-se em um colégio noturno para trabalhar durante o dia. Cinco anos depois, entrou pela primeira vez em um avião para morar três meses na Espanha com o objetivo de aprender sobre uma nova tecnologia de costura, e depois repassar às costureiras da fábrica no Brasil. Tudo isso sem falar espanhol e sem saber costurar. “Sempre aproveitei as oportunidades sem medo. Se abria uma porta eu já estava lá dentro. Mesmo com frio na barriga. Esse é um diferencial meu”, diz a empresária. Em 1977, ela recebeu o convite desses executivos espanhóis para trabalhar em uma empresa em Montes Claros, Norte de Minas Gerais, chefiando 18 instrutoras de uma fábrica com mil costureiras. “Todos os irmãos ainda moravam em casa. Eu estava louca para sair”, lembra.


A notícia pegou a família de surpresa. O pai, como fazia em todos os momentos da vida, transformou o acontecimento em poesia: “No dia em que tu partistes, tudo aqui mudou. A lua não apareceu, e nenhuma estrela brilhou. A turma toda com saudade muito chorou” Versos escritos pelo Seu Duda em abril de 1977.

Sônia seguiu sua carreira independente da família até 1983. Ao mudar-se para São Paulo, os irmãos a chamaram para voltar para a Dudalina. “Como eu não queria morar em Blumenau, abri o mercado paulista, vendendo as camisas para C&A, Mesbla, Casas Pernambucanas etc. Sempre morando em São Paulo e indo a Blumenau. Faço isso há 30 anos”, expõe a executiva, passando por diversas áreas ao longo dos anos, entre as quais produção, comercial, marketing e desenvolvimento de produto. Em 2003, o irmão que presidia a Dudalina deixou o cargo. O Conselho de Administração convidou a sexta filha para assumir a posição. “Não fiz carreira para ser presidente. Aconteceu. Minha mãe sempre me apoiou, me orientando até emocionalmente. São 15 irmãos. Não é fácil”, revela Sônia, que até 2009 ainda estava muito focada no comercial. “Comecei a presidir de fato em 2010, quando consegui administrar a empresa toda”, conta a empresária – até então à frente de uma marca exclusivamente masculina. A revolução que fez com que o símbolo da flor de lis virasse desejo de consumo das mulheres começou apenas no final de 2010, com o lançamento da linha feminina. “A partir daí começamos a crescer muito. A mulher é muito mais consumista. Acredito que 50% dos homens sejam vestidos pelas mulheres”, explica Sônia, esclarecendo que o grande diferencial de suas camisas é considerar a anatomia, a modelagem, os tecidos e a tecnologia. Tudo produzido por mãos brasileiras. Desde então, a empresa mais que dobrou de tamanho. Um dos segredos da presidente está no seu cuidado com as pessoas, valor

que herdou do pai. Na Dudalina, todos fazem parte da construção da marca. Da faxineira ao diretor, há 6 anos o Programa de Participação nos Resultados (PPR) divide 12% do lucro entre todos. Para que haja comprometimento e meritocracia, 70% do lucro total é distribuído igualmente. Os outros 30% dependem de resultados em qualidade, produção e faturamento. Duas vezes por ano, a empresa organiza o Dia Feliz, momento de divulgação do PPR. “Isso muda a atitude das pessoas”, comenta. Certo dia, depois da divulgação do PPR, a faxineira da fábrica de Luiz Alves, Dona Gessy, perguntou se podia plantar uns pés de arruda e pimenta ao redor do edifício. “Pode, mas por quê?”, questionou Sônia. “Esse PPR é tão bom, mas tão bom, que precisamos proteger nossa empresa”, explicou Dona Gessy. Além disso, funcionário que completa 20 anos de casa ganha uma viagem com acompanhante para Gramado. Se fizer 25, vai para Buenos Aires. Bodas de pérola, ou 30 anos, embarca para Paris. “Esse ano foram a Paris o nosso motorista Sr. Pedro e nosso mecânico da fábrica de Luiz Alves, Sr. Antonio, com suas esposas”, diz. Não à toa a empresa é a 53a das 70 melhores empresas para trabalhar no Brasil, de acordo com o Great Place to Work, além de ter recebido diversos outros prêmios que valorizam o crescimento, empreendedorismo e relações humanas no trabalho. “Meus pais conseguiram construir essa história. Isso me motiva muito a deixar um legado e perenizar a empresa”, declara a empresária, que já trabalha na preparação de um sucessor. Seu objetivo é deixar a presidência daqui a 3 anos, e continuar no conselho. Enquanto isso, seu dia a dia é frenético. Nesses 30 anos, nunca existiu rotina. Folheando as páginas da agenda de papel, a presidente mostra todos os compromissos que ocupam as datas futuras. São muitos – e todos em cidades ou países diferentes. Casada há 22 anos, o marido mora em Campinas. Os dois se veem aos finais de semana, de preferência onde estiverem os filhos e netos – sua paixão. “É uma vida muito completa. Penso em fazer um ano sabático, mas tenho que trabalhar minha cabeça. Vivo sempre ligada”, conclui Sônia, que mesmo na correria sempre tem tempo para cuidar do que ama.


ECONOMIA

O DÓLAR E O MEU TIO ISAQUE

T

oda vez que o Dólar faz um movimento brusco recebo uma ligação telefônica. É meu tio-avô Isaque, que sob algum pretexto qualquer, quer saber minha opinião sobre o assunto, ou ao menos me irritar. Essa foi nossa conversa na semana passada: Tio Isaque: Oi, Fabinho, como você está? Faz tanto tempo que não nos falamos, uns dois anos, não? Eu estava com muitas saudades. Você tem visto os jogos de tênis? Esse Federer já foi bom, mas sua paralela deixou de entrar... É duro ficar velho. Minhas costas estão doendo. Meu joelho também. E por falar nisso, e o Dólar, hein? Eu: Oi, tio, tudo bom? Dessa vez você não vai poder reclamar. Da última vez em que nos falamos, em 2011, eu disse que o Dólar de equilíbrio era R$ 2,40. Que a moeda ia valorizar alguma hora, mas não sabia quando. Até que eu acertei, não? Tio Isaque: Acertou? Você disse que o Dólar ia valorizar, eu comprei um monte, esperei vários meses, e nada! Ele ficou parado por mais de um ano! Meus amigos ganhando dinheiro na bolsa e eu chupando o dedo! Claro que eu desisti e vendi meus Dólares. O que você pensa, que eu vou viver para sempre? Essa é boa, e ainda diz que acertou. Eu: Tio, eu sempre lhe digo que não tenho a menor ideia do que vai acontecer com o Dólar no curto prazo. Parece paradoxal, mas os modelos econômicos sobre moedas só têm poder preditivo no longo prazo, períodos de três anos, ou algo assim. Tio Isaque: Está bem, não quero falar disso. O que eu quero saber é se esse Dólar forte vai ser bom para mim. O moço da TV falou que é bom para nossa economia, que vai gerar muito emprego, que agora o país vai crescer. É verdade isso? Eu: Infelizmente não. Dólar forte (e o Real fraco) é

POR FABIO KANCZUK

bom para o exportador, já que o preço dos seus produtos fica relativamente baixo no exterior. Ao mesmo tempo, é ruim para o importador, já que os produtos importados ficam caros aqui. Para o setor de serviços (por exemplo, comércio) o Dólar não faz muita diferença, pois a atividade não está diretamente ligada ao setor externo e assim ao valor do câmbio. Como o setor de serviços é, de longe, o principal demandante de empregados, não há porque câmbio depreciado levar a aumento de emprego. Há ainda outro fator nessa análise, que é transitório, mas muito importante. A depreciação do Real (valorização do Dólar) faz com que haja pressão inflacionária (já que os importados ficaram mais caros), e o Banco Central tem que reagir a isso, subindo juros, para conter o aumento generalizado de preços. Isso faz com que a atividade econômica desacelere, e o desemprego aumente, ainda que temporariamente. No fim, para você, tio, que não é exportador, a desvalorização do Real é uma droga. Menos emprego, viagens bem mais caras. Acabou a festa de ir para Disney todo ano. Voltamos a ser pobres, como éramos antes. Pense bem. Não era estranho ir para Miami e encontrar tudo barato, até comida? Na verdade, ficamos artificialmente ricos por tanto tempo que nos acostumamos. Agora a festa acabou, voltamos à normalidade. Tio Isaque: Fabinho, por isso que eu não gosto de falar com você. Você sempre me desanima. E suas previsões são como o relógio quebrado da sua tia - uma vez por dia ele marca a hora certa... Para que você estudou tanto? Não serve para nada! Eu: (silêncio, longo suspiro, novo silêncio) Tio Isaque: E agora, na próxima semana, para quanto vai o Dólar?

Fabio Kanczuk é engenheiro pelo ITA, PhD em Economia pela UCLA com pós-doutorado em Harvard, além de professor titular do departamento de Economia da USP

40 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


RED

THINK

FOTOGRAFE O VERMELHO DO SEU DIA A DIA, PUBLIQUE NAS REDES SOCIAIS COM #THINKREDAVIANCA E FIQUE ATENTO À PRÓXIMA EDIÇÃO Ou envie sua foto para redacao@aviancaemrevista.com.br

Foto: Josué Oliveira

SANTA CATARINA

Foto: Paula Brenha

ILHA DO MEL - PR

Foto: Renato Adur

NEO - SÃO PAULO

Foto: Rozze Angel

42 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


GRAMADO

foto: @waldirmac

SANTA CATARINA

Foto: Paula Brenha

AVIANCA EM REVISTA


SHOPPING

O QUE AS CRIANÇAS QUEREM

FOTOS DIVULGAÇÃO

shopping@aviancaemrevista.com.br

FOM R$ 115,00 fom.com.br

PORQUINHA AMELIE R$ 240,00 enfance.com.br BABADOR PIG R$ 65,80 trousseau.com.br

VESTIDO COTELE CORINA R$ 249,60 trousseau.com.br

PINGENTE GRACE R$ 425,00 thegraces.com.br

ALMOFADA GIRAFFE R$ 29,90 riachuelo.com.br

44 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

CACHORRO EM TRICÔT PARCERIA COM A ONG ORIENTAVIDA R$ 120,00 jrj-collection.com.br

AVIANCA.COM.BR


MINI CARRO MOTORIZADO R$ 1823,84 bbtrends.com.br

BALANÇOTTE R$ 689,98 butzke.com.br

BOSS, O DINOSSAURO PISCINA DE BOLINHAS R$ 428,83 bbtrends.com.br

BANCADA DE FERRAMENTAS R$ 621,38 bbtrends.com.br BANCO JULIAN R$ 690,00 alotof.com.br

SUPER RACE CAR R$ 62,99 creativityforkids.com.br

AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 45


RESPONSABILIDADE SOCIAL

VOANDO COM UMA CAUSA POR CAMILA BALTHAZAR FOTOS DIVULGAÇÃO

DESDE 1999, O INSTITUTO RONALD MCDONALD PROMOVE A SAÚDE E A QUALIDADE DE VIDA DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM CÂNCER. O MC DONALD’S É O PRINCIPAL PARCEIRO DO INSTITUTO, MAS NÃO É O ÚNICO. EMPRESAS COMO COCA-COLA, TIM, SADIA E GOOGLE INTEGRAM A LISTA, ALÉM DE INSTITUIÇÕES COMO MINISTÉRIO DA SAÚDE, INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER (INCA) E SOCIEDADE BRASILEIRA DE ONCOLOGIA PEDIÁTRICA.

O

Instituto Ronald McDonald começou no Brasil em 1999. Como muitas outras ONG’s, a motivação para sua criação partiu de uma experiência pessoal. Nesse caso, Francisco Neves, fundador e superintendente do Instituto Ronald McDonald, é quem conta essa história. Ele e a esposa Sônia envolveram-se na causa do câncer infantojuvenil após passarem 6 anos combatendo a leucemia linfoide aguda do filho Marcos. Na última tentativa de tratamento, no Memorial Hospital, em Nova York, a família hospedou-se gratuitamente em uma Casa Ronald McDonald. A luta terminou em janeiro de 1990. “O Marquinhos foi a grande inspiração para todos nós. Nós tínhamos que vivenciar isso. Depois que ele faleceu, voltamos para o Brasil com a ideia de fazer alguma coisa”, afirma Neves. O projeto começou com um banco de medula, evoluiu para uma casa de apoio e, em 1999, virou o Instituto, que atualmente coordena quatro programas que acolhem crianças e adolescente antes, durante e após o tratamento oncológico. O primeiro deles é o Programa Diagnóstico Precoce, implantado em 2008 com o apoio do Ministério da Saúde, cujo objetivo é capacitar profissionais da saúde para detectarem sintomas de que a criança pode ter câncer. O resultado dessa ação pode ser conferido em números. Segundo Neves, desde o início do programa, os nove Estados que participam da ação registraram um aumento de 23% nos novos casos de câncer. Ou seja, mais crianças estão sendo diagnosticadas e, consequentemente, o tempo de tratamento diminui 61%. “Diminuímos de 13 para 5 semanas o tempo entre a suspeita da doença e o início do tratamento. É um fato a ser 46 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

comemorado e com potencial de reduzir ainda mais”, anima-se o fundador da ONG. Hoje, no país, surgem 11 mil novos casos de câncer infantojuvenil, sendo que essa é primeira causa de morte por doença na faixa etária de 5 a 19 anos. Cerca de 80% das crianças e adolescentes em tratamento na rede pública são atendidas por instituições parceiras da ONG Ronald McDonald. Os outros três programas, divididos entre Programa Atenção Integral, Casa Ronald McDonald e Espaço da Família, focam nesse público. Entre as ações, está a identificação de regiões do Brasil com demandas prioritárias na área de oncologia pediátrica. Esses locais recebem recursos para aprimorar a qualidade do atendimento por meio da compra de equipamentos e melhoria na infraestrutura. Já a hospedagem nas casas Ronald McDonald destinase às crianças, adolescentes e seus familiares que viajam grandes distâncias para receber atendimento. Em vez de ficarem internadas no hospital por falta de opção, elas ganham uma “casa longe de casa” com alimentação e transporte gratuito de ida e volta para o hospital. No total, são seis estabelecimentos em operação, distribuídos em São Paulo, Santo André, Campinas, Jahu, Rio de Janeiro e Belém. Para as crianças que voltam para casa no mesmo dia, o Espaço da Família acolhe durante o período de espera pelo atendimento e pela volta para a casa. “A maioria desloca-se com as vans da prefeitura de seus municípios. Antes elas esperavam o atendimento, ou a hora de voltar pra casa, no corredor do hospital, no banco da praça ou até em botequins. O Espaço da Família fica dentro do hospital e oferece AVIANCA.COM.BR


Acima, Rodrigo e Emily na Casa Ronald Mcdonald

condições mais humanas para a espera”, afirma o fundador e superintendente. O Instituto ainda oferece suporte psicossocial com capacitação profissional, e apoio estratégico para pesquisas científicas, eventos e seminários. Entre as fontes de recursos estão eventos, campanhas e parcerias, como os cofrinhos, McDia Feliz, McLanche Feliz, licenciamento de marcas, Jantar de Gala, Invitational Golf Cup, Programa Coleta de Óleo, membros contribuintes e troco premiado. Uma causa Avianca A partir deste mês, a Avianca entra para a rede de parceiros, ajudando na captação de recursos que serão destinados para projetos oncológicos em todo o Brasil. A ação divide-se em duas frentes: aeronaves e lojas. Durante o mês de outubro, os voos da ponte aérea entre Congonhas e Santos Dumont, bem

como as aeronaves que ligam Congonhas a Brasília, contam com a distribuição de envelopes cedidos pelo Instituto. Os passageiros que quiserem contribuir podem depositar a quantia desejada, sendo que os envelopes serão lacrados e recolhidos pelo Instituto diariamente. Ainda integra a parceria a presença do famoso cofrinho da ONG, que ficará nas 24 lojas da Avianca em todo o Brasil durante o período de um ano. “O fato de a Avianca estar abrindo um espaço para divulgarmos o que é feito na área da oncologia pediátrica já é muito relevante para que as pessoas entendam um pouco mais dessa realidade”, expõe Neves. De moedinha em moedinha, os cofrinhos arrecadaram R$ 3.736.569,00 em 2012. O fundador do Instituto enfatiza que todos os projetos que o Instituto apoia são auditados por uma empresa externa. “Assim temos a certeza de que o dinheiro foi realmente aportado em um projeto”, garante. AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 47


POR CAMILA BALTHAZAR

EMBARQUE IMEDIATO

O VOO DA STARBUCKS

A rede de cafeterias mais famosa do mundo finalmente aterrissou em um aeroporto brasileiro. E chegou em peso. Com duas lojas e um quiosque inaugurados no final de setembro no aeroporto de Guarulhos, a notícia tem alguns motivos a serem comemorados. Em primeiro lugar, os cafés da Starbucks agora estão disponíveis na nova praça de alimentação, no mezanino e no embarque – todos no Terminal 2. Mas outro item que certamente agradará aos passageiros é o wi-fi gratuito, marca registrada da rede.

BRASIL INVISÍVEL

A galeria Nara Roesler, em São Paulo, recebe mais uma exposição de arte contemporânea provocativa. Com curadoria de Moacir dos Anjos, a mostra “Cães sem Plumas [prólogo]” reúne fotos assinadas por artistas brasileiros de diversas gerações sob o mesmo propósito: pessoas que vivem à margem de quase tudo que outros já alcançaram no Brasil. Assim definiu o próprio Moacir, que já foi curador da 29a Bienal de São Paulo, em 2010, e desenvolve pesquisas e textos sobre arte e política. A mostra fica em cartaz até 9 de novembro.

MUITAS CORES NO HOME HOTEL

ASTROS NBA NO RIO

O hotel boutique de Palermo, em Buenos Aires, abre suas portas para os artistas locais. Ilustradores, grafiteiros, designers e até mesmo artistas que trabalham com crochê utilizarão paredes, árvores e o que mais lhes parecerem um bom cenário para a arte. Com uma proposta cool e chic, o hotel já possui uma enorme árvore no jardim envolta em crochê, além de graffiti no banheiro. A exposição acontece até o final de dezembro e será aberta aos hóspedes e ao público, que também podem aproveitar o restaurante-bar.

No dia 12 de outubro, o HSBC Arena do Rio de Janeiro recebe o primeiro jogo oficial da NBA no Brasil. Os apaixonados por basquete não apenas acompanharão de perto a disputa entre Chicago Bulls e Washington Wizards, como entrarão no clima NBA com o show das cheerleaders e dos mascotes gigantes. O pivô brasileiro Nenê Hilário, que joga pelos Wizards, fará sua primeira performance em casa. Os ingressos vão de R$ 90,00 a R$ 2.000,00 (cadeira VIP). 48 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


SONHAR ALTO

A moda do café

Gourmet POR RICARDO OLIVEROS FOTO DIVULGAÇÃO

O

hábito brasileiro do “cafezinho” tem passado por mudanças há pelo menos dez anos, com o aumento do setor de cafés especiais e gourmet, impulsionado pelo crescimento das cafeterias e de um público apreciador do grão e da experiência que o consumo de uma xícara desta bebida pode oferecer. Isabel Raposeiras, criadora do Coffee Lab e referência no Brasil quando o assunto são cafés de alta qualidade, comenta sobre a profissão de barista e dá dicas sobre a preparação de um café perfeito. Em 2012, a produção de café no mundo, segundo a Organização Internacional do Café (OIC), foi cerca de 144,5 milhões de sacas de 60 kg. Desse total, o Brasil produziu mais de 50,8 milhões, seguido pelo Vietnã (22 milhões), Indonésia (10,9 milhões) e Colômbia (8 milhões). Pode-se dizer que de cada três xícaras de café consumidas no mundo, uma é de origem brasileira. O país é também o segundo maior consumidor, atrás apenas dos EUA. O setor de café gourmet e especiais cresce em média 20% por ano, contra 1,5% do café tradicional. No mundo, esse tipo de café representa 30% do mercado, sendo que a participação brasileira é de 10%. Há dez anos, o barista, especialista em café, era uma profissão desconhecida no Brasil. Hoje, com o “boom” das cafeterias, virou peça fundamental na mudança de hábitos do consumidor. “O barista tem um papel essencial na educação do consumidor que está começando agora a entender o café de qualidade”, explica Isabela Raposeiras. A trajetória de Isabela confunde-se com o crescimento do mercado de cafés de alta qualidade no Brasil. Em 2001, ela foi “irremediavelmente fisgada”, como gosta de


dizer, pelo complexo universo da bebida. Quase por acaso, para ajudar uma amiga a implantar uma cafeteria, ela começou a estudar e tomou gosto pela coisa. Já trabalhou em uma grande exportadora de cafés especiais, foi a primeira barista a receber o título de campeã brasileira, em 2002, e representar o país em competições no exterior, um acontecimento inédito até então. “Um barista deve aprender todos os elementos que interferem na qualidade da bebida. Ele deve entender dos processos na lavoura, saber provar café profissionalmente, conhecer os elementos fundamentais de torra e dominar as técnicas de preparo da bebida”, comenta sobre a profissão que está em alta. Para quem quer apostar numa mudança de carreira, Isabela diz que disciplina, método, prática e estudo constantes, empatia, gentileza e paixão são características importantes para um barista ser bem sucedido. “O tempo de formação é o resto da vida. O café de qualidade é uma área com menos de 50 anos de desenvolvimento no mundo todo e estamos construindo a história. Há novos estudos todos os dias e o conhecimento se renova muito rapidamente nos dias de hoje”. “Um café bem preparado depende de água fresca e sem cloro, grãos de alta qualidade, equipamentos bons e o conhecimento de preparo. Cada método tem sua peculiaridade e exige coisas diferentes, dos mais simples aos mais complexos. Um café de qualidade não pode ser amargo. Amargor é um elemento defeituoso em café. Além disso, cafés de boa qualidade têm aromas complexos, doçura natural e um leve azedinho que lembra laranja ou morango, por exemplo”, ensina Isabela.

Conheça as técnicas de preparo do café

Filtragem Mais comum entre os brasileiros, o pó é colocado em um filtro, de papel ou de pano, com adição de água (filtrada ou mineral) fervente. Escalde bules e xícaras.

Pressão Conhecido como café expresso, ou “espresso” (em italiano), o grão é moído na hora e colocado em um filtro que sofre uma pressão de água a 90oC e 9 Kg de pressão durante 30 segundos em média, gerando uma bebida cremosa e aromática. É considerado o método mais apropriado para apreciação de todas as nuances desta bebida.

Percolação O pó de café é colocado no centro de uma cafeteira italiana (moka), que quando colocada no fogo, faz a água entrar em ebulição e pressionar café líquido para um recipiente. Prensagem Em um recipiente de vidro coloca-se o pó de café misturado com água quente e em seguida introduzse um filtro que é pressionado por um êmbolo que separa o pó do café já pronto para consumo.

AVIANCA EM REVISTA

OUT.13 SET.13

· 51


AROUND

COSTA VERDE E RICA POR CAMILA BALTHAZAR FOTOS GRAZI VENTURA

NO “PAÍS DAS TRÊS HORAS”, COMO DIZEM OS COSTARRIQUENHOS, CHEGA-SE A MUITOS LUGARES DE CARRO NESSE TEMPO: MONTANHAS, VULCÕES, FLORESTAS TROPICAIS, PRAIAS DO PACÍFICO E CARIBE, E ATÉ OS VIZINHOS PANAMÁ E NICARÁGUA. TODA ESSA DIVERSIDADE OCUPA UM TERRITÓRIO COM ÁREA TOTAL EQUIVALENTE AO ESTADO DA PARAÍBA – OU METADE DE SANTA CATARINA. NÃO À TOA TUDO ESTÁ TÃO PRÓXIMO NA COSTA RICA.

Vulcão Poás

52 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

路 53


AROUND

Cachoeira nas termas vulcânicas do Tabacón Grand Spa

A

Costa Rica é sinônimo de “pura vida”. A expressão pode ser utilizada como forma de perguntar “tudo bem?,” para responder “sim, tudo bem”, além de significar que uma situação “vai muito bem” ou até mesmo um agradecimento. No país da “pura vida”, o clima dos ticos – apelido dos costarriquenhos – reflete exatamente essa sensação. Seus 4 milhões de habitantes sabem receber turistas e orgulham-se dessa maneira tranquila de viver. Por isso os ticos gostam de enfatizar que o país aboliu o exército em 1948 e que o expresidente Óscar Sánchez ganhou o Nobel da Paz em 1987. Alugar um carro facilita os deslocamentos pelo pequeno país do tamanho do Estado da Paraíba que reúne 5% da biodiversidade do mundo inteiro. O trânsito também pede um clima relax, sem estresse. A velocidade máxima permitida nas estradas é 80 km/h, sendo que muitas são asfaltadas, porém poucas duplicadas. Apesar de atrair principalmente surfistas, a Costa Rica surpreende 54 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

por reunir 12 vulcões (alguns ativos), mais de 1000 km na costa pacífica e 200 km de litoral caribenho, florestas tropicais e montanhas de até 3300 metros de altitude – tudo sempre rodeado por muito verde e animais. “A Costa Rica é a Disney de verdade”, brinca Alejandro Villalobos, gerente geral da agência Eco Tours Express de Costa Rica. A afirmação expressa o fato do turista viver a real experiência junto com os animais. “A natureza está perto de você. Dá para encostar”, comenta. O viajante logo entende que Alejandro tem razão. A caminho da praia de Quepos, no Pacífico Sul, alguns carros param no acostamento depois de passar pela ponte que cruza o Rio Tarcoles. Andando pela estreita calçada de pedestre em cima da construção de concreto, a surpresa: 30 jacarés de até 5 metros de comprimento tomam sol tranquilamente embaixo da ponte e refrescam-se no rio. Já em Quepos, o Parque Nacional Manuel Antonio rouba a cena. Rodeada por quatro praias de areia branca com

corais de recife, a floresta abriga 109 espécies de mamíferos, 184 tipos de pássaros e 400 classes de répteis. Um tour guiado percorre a trilha do parque, revelando animais por todos os cantos. Ricardo Rodriguez, guia da agência Manuel Antonio Tico Tour, trabalha há 5 anos desbravando a floresta e tem olhos de lince para encontrar bichos camuflados nas árvores e no mangue. Junto com seu telescópio, ele aproxima o sapo branco que parece albino, a cobra bocaracan – ou beijo da morte –, o caimán negro da família do jacaré, a cigarra, a iguana verde, o morcego, o bicho preguiça e sua eterna cara de sono, além dos diversos guaxinins que estão por todos os lados. A cada dia a experiência no parque muda, pois nunca se sabe o que será encontrado pelo caminho. Para fechar o dia, a atmosfera descontraída e roots do bar e restaurante Ronny’s Place oferece a melhor vista para o sol que se põe no mar emoldurado pela mata verde. Do alto do morro, o reggae embala o drink de cacique – clássica bebida da Costa AVIANCA.COM.BR


Rica feita à base de cana de açúcar – com ginger ale e limão até o anoitecer. As mesas na rua estão posicionadas para o espetáculo do pôr-sol-sol, que pode virar tragédia se faltar repelente (não esqueça!). “Os lugares com vista incrível costumam ser formais, mas aqui é como a sua casa”, diz o proprietário do lugar, Ronny Alpizar, que também prepara um dos melhores ceviches frescos do país. “Manuel Antonio tem quase tudo que tem no resto do país. Só falta museu e vulcão”, afirma o diretor da Iguana Tours, Adrián Martinez. No entorno da região, há diversas opções de passeio: rafting no Rio Savegre –

considerado o mais limpo do continente americano –, além de cavalgada, pesca, quadriciclo e tirolesa. A uma hora de Manuel Antonio está a Playa Hermosa, onde acontecem os principais campeonatos de surf da Costa Rica. Para quem quiser arriscar-se no esporte e estrear em grande estilo costarriquenho, a vizinha Jacó tem ondas mais tranquilas e até mesmo um hotel com pacote de aulas diárias inclusas. O coordenador do Del Mar Surf Camp, Paco Montes, garante que todos ficam em pé na prancha na primeira aula. “Se não conseguir, devolvemos o dinheiro”, assegura Paco, que rodou o mundo atrás das melhores ondas e parou em No sentido horário, teleférico da Sky Adventures; rafting no Rio Savedre; instrutores de surf na Playa Jacó; e sapo albino no Parque Nacional Manuel Antonio

AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 55


AROUND

Vista do Lago Arenal

Jacó porque o mar nunca “acorda” liso. Da praia, chega-se ao vulcão Irazú, a 3300 metros do nível do mar, em pouco mais de duas horas de carro – particularidades incríveis do pequeno país. A última erupção aconteceu em 1963, sendo que as explosões ocorrem de 50 em 50 anos. A lagoa do vulcão secou faz três meses e geólogos acreditam que seja devido ao aumento da temperatura interna. A próxima erupção pode estar chegando. Mais duas horas na estrada levam ao vulcão Poás, um dos mais bonitos e visitados da região. Com duas crateras principais, uma delas tem o diâmetro de 1,7 km e 300 metros de profundidade, sendo considerada a maior do mundo. Na segunda cratera, uma lagoa de cor verde, devido ao ácido 56 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

sulfúrico, deixa a vista ainda mais impressionante. Situado dentro do Parque Nacional Vulcão Poás, uma trilha cimentada de 10 minutos conduz à cachoeira La Paz e todo o complexo que reúne viveiro de pássaros, tucanos, beija-flores, borboletas e outros espaços com sapos, cobras e felinos, entre os quais leopardo e jaguar. Outra vez são mais duas horas de carro para o terceiro vulcão. Diferente dos outros dois, o Arenal é visto de baixo. A montanha de 1633 metros de altitude com formato cônico entrou em erupção a última vez em 1968. Rodeado por um enorme lago artificial de 85 km2, cujas águas produzem de 30% a 40% da energia elétrica do país, o melhor ângulo da vista do lago com o vulcão é do alto do teleférico, das pontes suspensas ou dos cabos AVIANCA.COM.BR


anc lemans_rev aviaca_683x266.ai

1

A passeio ou a trabalho você aproveita muito mais

de aço da tirolesa da empresa Sky Adventures. Toda essa natureza está inserida dentro de uma enorme floresta úmida habitada por muitos animais. Dos três passeios oferecidos, a tirolesa literalmente tira o fôlego. Pelos cinco cabos que chegam a 200 metros de altura e até 700 metros de distância entre as plataformas, a velocidade alcança 70 km/h – atravessando árvores e “flutuando” pelo céu com o vulcão e o lago de fundo. Para voltar à capital San José, não fica difícil adivinhar quanto tempo levará a viagem: duas horas. A cidade também tem seus atrativos e merece no mínimo, um dia de turismo antes de retornar ao Brasil. No centro, o Museu de Arte Costarricense ocupa a construção do primeiro aeroporto da cidade. São 200 anos de história e a torre de controle ainda está lá. Ao lado também estão o maior parque da cidade, chamado La Sabana, e o maior estádio do país – construído há 3 anos pelos chineses que buscam melhorar as relações comerciais com a Costa Rica. A melhor pedida para uma pausa é o tradicional café dentro do Teatro Municipal, acompanhado da famosa torta de maçã. Feito isso é hora de embarcar para o Brasil, na certeza de retornar em breve para matar a saudade do clima relax paz e amor dos costarriquenhos. C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Museu de Arte Costarricense

VACINA CONTRA FEBRE AMARELA Ninguém embarca para a Costa Rica sem o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) contra febre amarela emitido pela Anvisa. Sem esse documento o passageiro é barrado pelo atendente de check in no aeroporto ainda no Brasil. Um detalhe importante: a vacina precisa ser tomada com 10 dias de antecedência. E não confunda a carteira de vacinação do posto municipal ou estadual com o certificado internacional. Depois de tomar a vacina, vá a um Centro de Orientação para a Saúde do Viajante para emitir o CIVP. No site da Anvisa tem uma lista com os endereços desses locais em todos os Estados brasileiros.

0800 970 5100 www.lemansbrasil.com.br espeite a sinalização de trânsito.

*Ao alugar um veículo pela primeira vez na Le Mans, no pacote de 3 dias, você só paga R$ 1,00 pelo terceiro dia de locação. Promoção válida para todos os veículos com base na categoria 100 km livres do tarifário (não incluso proteção e taxas de serviço). Consulte condições de locação nos balcões da companhia. OUT.13 AVIANCA EM REVISTACadastro sujeito a aprovação.

· 57

20/09/


AROUND

Pôr-do-sol no Ronny’s Place; abaixo, mirante do vulcão Irazú

58 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

路 59


AROUND

QUANTO CUSTA ESSA VIAGEM?

ONDE FICAR

Uma viagem de uma semana para a Costa Rica custa, em média, US$ 3.300,00. Esse valor inclui passagem aérea da Avianca, hospedagem, alimentação, aluguel de carro e todos os passeios citados no texto. Apesar de ser uma estimativa, é um ponto de partida para começar a planejar a viagem.

TABACÓN GRAND SPA Termas vulcânicas naturalmente aquecidas a 38VC. O banho na cachoeira quente na base do vulcão Arenal, localizado no município La Fortuna, é inesquecível. O Spa já ganhou diversos prêmios nas categorias luxo e sustentabilidade, e os quartos são inseridos no meio da mata. Enormes janelas com vista para a floresta, cama king size que “abraça” e suítes com até 362m2. Há opção de day use. Diárias a partir de US$ 325,00. tabacon.com

LA MANSION INN A vista do Oceano Pacífico e do Parque Nacional de Manual Antonio são o ponto forte desse hotel boutique situado na montanha. Os quartos são amplos e o café da manhã servido no terraço, tem opções no menu que vão de omelete de claras ao típico costarriquenho gallo pinto (arroz com feijão). Diárias a partir de US$ 175,00. lamansioninn.com HOTEL TRYP SABANA Boa opção para ficar no centro de San José. Fica ao lado do maior parque da cidade, do maior estádio do país e do Museu de Arte Costarricense. Os quartos são modernos, com amplas janelas e camas king size confortáveis. Tem fitness center e free wifi. Diárias a partir de US$ 97,00. trypsabana.com HOTEL AUROLA HOLIDAY INN Também no centro de San José, porém um pouco mais afastado dos pontos turísticos principais. Hotel moderno e voltado para o público corporativo, mas atende perfeitamente quem está de férias ou de passagem pela cidade. Diárias a partir de US$ 90,00. holidayinn.com AGRADECIMENTOS ESPECIAIS INSTITUTO COSTARRICENSE DE TURISMO (ICT) E ECO TOURS EXPRESS DE COSTA RICA.

60 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


ARTIGO

PEDINDO AUMENTO COM JEITINHO POR ELIANA DUTRA ILUSTRAÇÃO SHUTTER STOCK

O

mundo vê homens e mulheres de forma desigual. Em seu livro “Faça Acontecer”, a autora Sheryl Sandberg aponta estas diferenças com dados de pesquisas científicas. Na hora de pedir aumento é sempre a mesma coisa: o homem é visto como aquele que conhece seu valor, e a mulher como a que não conhece o seu lugar. Como Coach, tenho trabalhado com muitos executivos, mulheres e homens talentosos, cujas empresas percebem valor e se prontificam a investir. Percebo que as executivas se inibem quando falamos de salário. Isto em geral decorre do fato de que a maioria acredita firmemente que não precisa pedir aumento – basta trabalhar duro e será reconhecida naturalmente. Quase ninguém ganha aumento salarial sem pedir. A diferença é que os homens aparentemente sabem disso e, com maior frequência, batalham pelo aumento. Frente à dificuldade, vão aqui alguns pontos a considerar de acordo com Sheryl e com minha própria experiência:

2) Sheryl também cita a professora Hannah Riley Bowles, de Harvard: “outra coisa que as mulheres devem fazer é apresentar uma explicação legítima para a negociação”. E ela explica: dos homens espera-se que eles batalhem, das mulheres que sejam agradáveis. Pedir mais dinheiro não é “ser agradável”. Aqui um cuidado: uma explicação legítima não é se comparar com um colega. 3) Sheryl também alerta: não conte com o apoio incondicional de todas as mulheres. Mulheres também têm atitudes machistas e algumas serão competitivas por causa da “síndrome de highlander”: só pode existir um. Naturalmente não basta saber pedir aumento. Você também precisa merecer. Afinal, no Brasil, faz mais de 10 anos que 45% da força de trabalho são mulheres, mas elas só ocupam cerca de 7% dos cargos no alto da pirâmide*.

1) Sheryl coloca: “pense em você, aja pelos outros”. Sempre que possível, quando for pedir aumento fale “nós”. De fato, uma mulher soa melhor se disser “nós” no lugar de “eu”, tendo assim maior chance de sucesso. Tenho visto algumas executivas serem bem sucedidas, conseguindo primeiro um aumento para seus subordinados e depois para si mesma. (*) Dados do Núcleo de Direito e Gênero da escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas (SP) Dez de 2011.

64 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


Todas as nossas obras têm um único objetivo: oferecer aeroportos cada vez melhores para você.

Imagem merament

e ilustrativa

infraero.gov.br

Hoje, são 27 obras em andamento nos aeroportos brasileiros e outras dezesseis já foram concluídas. Novos guichês de check-in, mais conforto nas salas de embarque, novas escadas rolantes e elevadores, mais opções de alimentação, Wi-Fi grátis, ar condicionado, acessibilidade e estacionamentos mais amplos. Tudo para oferecer a você aeroportos melhores, mais confortáveis e mais seguros.


AROUND - MG

NHÔ TIM

POR GERMAN CARMONA FOTOS GERMAN CARMONA | PEDRO MOTTA | EDUARDO ECKENFELS

Galeria True Rouge

DESTINO TURÍSTICO, CULTURAL, AMBIENTAL. MELHOR NÃO CLASSIFICAR, POIS INHOTIM É SIMPLESMENTE UMA DAS ATRAÇÕES MAIS INTERESSANTES PARA VISITAR NO BRASIL.

O

Senhor Timothy, ou melhor, o Nhô Tim, nunca poderia imaginar que esta antiga fazenda se transformaria em um dos centros de arte contemporânea e um dos jardins botânicos mais relevantes do mundo. Localizado em Brumadinho, a 60 km de Belo Horizonte, o Instituto Inhotim é um daqueles lugares que deixa o visitante de queixo caído – seja pela coleção de obras, pela proposta de exposição e arquitetura de seus pavilhões, por seus jardins e lagos, ou por seus projetos educativo e social. Tudo é bem cuidado e bem pensado. Idealizado pelo empresário mineiro Bernardo Paz e aberto ao público em 2006, Inhotim não se visita, se vivencia. São 110 hectares de área para um acervo com mais de 500 trabalhos de cerca de 100 artistas contemporâneos brasileiros e internacionais, produzidos desde os anos 1960 até os dias de hoje, expostos pelos jardins, em pavilhões ou em galerias exclusivas. São pinturas, esculturas, desenhos, fotografias, vídeos e instalações – muitas criadas especificamente para Inhotim –, de nomes consagrados como Adriana Varejão, Cildo Meireles, Hélio Oiticia, Olafur Eliasson, Chris Burden, Doris Salcedo, e Yayoi Kusama 66 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

Inevitável não pensar em um parque de diversões para os entusiastas das artes. Mas na verdade é um parque para todos que buscam apreciar os trabalhos de alguns dos mais importantes artistas contemporâneos de uma forma diferente: em plena natureza. Para todos mesmo, pois o que não faltam por lá são grupos de estudantes, famílias com crianças, jovens, adultos, visitantes de todas as idades. Inhotim oferece diversão garantida e com boa infraestrutura para todos. Logo na chegada, o sorriso e a atenção dos funcionários já dão as boas-vindas. Não importa se sua visita será de um, dois ou mais dias (recomendado). Retire suas entradas - não se esqueça do mapa com os roteiros sugeridos –, coloque o boné, garanta-se com protetor solar e prepare-se para uma experiência memorável. Deixe de lado o tradicional formato de exposições que você conhece, sejam as muitas salas dos museus ou as galerias comerciais. Em Inhotim, ao caminhar pela natureza, você se depara com obras minuciosamente instaladas pelos jardins, no topo de uma montanha, à beira de lagos, ou então nos 21 pavilhões espalhados pelo parque. Destes, quatro são galerias dedicadas a exposições temporárias, AVIANCA.COM.BR


Em sentido horário: Galeria True Rouge, interior da Galeria Adriana Varejão. detalhe da obra de Tunga e Galeria Adriana Varejão

renovadas a cada dois anos, e 17 construídas para abrigar obras de artistas específicos. E eis uma proposta marcante de Inhotim: cada uma destas 17 galerias abriga permanentemente obras de apenas um artista. E cada uma com projetos arquitetônicos incríveis. Ao visitá-las você até se pergunta o que veio primeiro, se a concepção da obra ou a do prédio, como na galeria desenvolvida pelo arquiteto Rodrigo Cervino para Adriana Varejão. Imperdível. Deixe-se guiar pelos caminhos do parque e desfrute tranquilamente de cada uma das obras. Divirta-se e brinque nos ambientes sensoriais das cinco Cosmococas do Hélio Oiticica e Neville d’Almeida, referência da arte contemporânea. Dance a doce canção The Look of Love na fantasmagórica obra Folly de Valeska Soares. Medite ouvindo o som da terra no Sonic Pavillion do americano Doug Aitken. Mergulhe, literalmente, na Piscina de Jorge Macchi. Ou ainda sonhe com Janet Cardiff & George Miller em The Murder of Crows. A lista é longa, pois a cada caminhada você descobre uma nova obra. Inhotim é assim: se você ainda não foi, vale ir, e se você já foi, vale voltar. AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 67


AROUND - MG

Jardins Inhotim

“Beam Drop Inhotim” , Chris Burden

COMO CHEGAR Inhotim está localizado no município de Brumadinho, a 60 km de Belo Horizonte (aproximadamente 1h15 de viagem). Acesso pelo km 500 da BR-381 (sentido BH-SP) ou pela BR-040 (sentido BH-Rio, na altura da entrada para o Retiro do Chalé).

TRANSPORTE INTERNO

Janet Cardiff e George Bures Miller

Quando as pernas cansarem, Inhotim oferece um sistema de transporte interno em carrinhos elétricos, aqueles dos campos de golfe, para facilitar a visitação às obras e pavilhões mais distantes. Com um custo extra de R$ 20,00 por pessoa, o visitante pode usá-lo quantas vezes quiser ao longo do dia de visitação.

ONDE COMER

Nem só de natureza ou de arte se alimenta o homem, por isso Inhotim oferece diversas opções de alimentação dentro do parque. O visitante pode escolher entre pratos rápidos e sanduíches nas cafeterias e lanchonetes localizadas nos pavilhões, ou então um almoço mais tranquilo nos dois restaurantes do parque, o Inhotim com pratos à la carte ou o buffet do Oiticica. SAIBA MAIS inhotim.org.br | (31) 3254-5440 ou (31) 3571-9700

68 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

Sonic Pavilion AVIANCA.COM.BR


AROUND - MG

OUTRAS FACES DE OURO PRETO POR CAROLINA PINHEIRO FOTOS TOM ALVES

A CIDADE QUE ABRIGA O MAIOR CONJUNTO BARROCO DO MUNDO POSSUI UM LADO POUCO CONHECIDO PELOS MILHARES DE TURISTAS QUE CHEGAM EM BUSCA DE VESTÍGIOS DO PASSADO. ACOSTUMADA AO BURBURINHO DO CENTRO HISTÓRICO, A MAIORIA DAS PESSOAS NÃO OLHA O HORIZONTE. DEVERIA, POIS SÃO OS CONTORNOS DAS MONTANHAS QUE REVELAM UMA REGIÃO DE NATUREZA IDEAL PARA A PRÁTICA DA VIDA AO AR LIVRE.

Parque Estadual do Itacolomi

À

primeira vista, a cidade estende a sua forma original sobre o vale, emoldurado por ladeiras, alamedas, ruelas, pontes e casario. Pedra sobre pedra, o homem ergueu, com as próprias mãos, o vilarejo – tombado pela UNESCO em 1980, como Patrimônio Cultural da Humanidade. Há três séculos, expedicionários portugueses avistaram, de cima da serra, a região perfeita para a construção do maior eldorado brasileiro. Em busca do ouro encontrado nas cercanias de Ouro Preto, bandeirantes partiram da cidade rumo aos sertões das gerais. Eis o ponto a partir do qual os livros remontam a um período esplendoroso da história. O princípio, entretanto, pertence a um tempo em que o olhar dos viajantes pairava primeiro sobre a montanha: Itacolomi. A percepção dos índios que habitavam o lugar nada tinha a ver com pedras preciosas, poder e riqueza. Para as populações mais antigas, a força da natureza transformava o terreno de mata virgem em um espaço sagrado. Itacolomi, da língua Cataguá, quer dizer criança de pedra. Não é difícil entender o porquê do nome dado ao pico de 1.772 metros que sorri para a cidade de Ouro Preto. 70 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


De cima para baixo: Vista Pico do Itacolomi, Mountain bike - Trilha do Chafariz, Museu da Inconfidência

TURISMO DE NATUREZA

Situada entre Unidades de Conservação, como os Parques Estadual do Itacolomi e Natural Municipal das Andorinhas, a cidade conta com um vasto potencial ecoturístico. Segundo Emerson Assis, proprietário da operadora Tomba Expedições Ecológicas e Culturais, a região abriga paisagens de beleza singular, ainda pouco exploradas por quem chega. “São inúmeras as trilhas históricas que cruzam a serra de relevo acidentado, repleta de afloramentos rochosos, vales e cachoeiras. É um cenário fantástico e que merece atenção. Acredito que o principal objetivo de trabalhar com atividades ao ar livre é integrar as pessoas com o meio de forma sustentável”, afirma. Nos arredores da cidade e por seus 12 distritos – entre eles Lavras Novas, São Bartolomeu e Santo Antônio do Salto –, pode-se praticar trekking, montanhismo, rapel, cicloturismo, canoagem e escalada. Assis conta que o processo de criação dos roteiros tem como base os pontos que não sofrem intervenção humana. “As pessoas que nos procuram estão em busca de uma vivência diferenciada, que propicie um contato maior com a natureza”, diz. Entre as expedições realizadas pela Tomba estão a da Mina de Ouro, na qual o visitante percorre as galerias abertas pelos escravos, e a do Pico do Itacolomi, cuja abordagem leva o viajante a um retorno ao tempo dos bandeirantes. A região possui uma dinâmica extraordinária. O Rio das Velhas, um dos mais importantes do estado, nasce em Ouro Preto, na cachoeira das Andorinhas. Ele é o maior afluente em extensão do Rio São Francisco, dado que amplia as opções de desenvolvimento do turismo de aventura no local. “Trata-se de um espaço de muita riqueza natural. Trabalhar o ecoturismo em um lugar tão diverso estimula a sensibilização ecológica, a reflexão sobre a importância de preservar a vida e a geração de renda para a comunidade sem impacto ao meio ambiente”, comenta Assis. O município recebe dois eventos de ciclismo por ano – o Iron Biker Brasil e a Copa Ouro Preto de Mountain Bike –, além de integrar um dos roteiros mais conhecidos de cicloturismo, a Estrada Real. Desde 2006, acontece t ambém o Festival de Boulder. A escaladora Anne Louise, de 31 anos, relata que a cidade é um dos points de escalada em boulder – modalidade que dispensa o uso de cordas, uma vez que o esportista faz ascensões em blocos que costumam variar de 2 a 5 metros de altura. “Além da beleza natural do lugar, o potencial para a prática é imenso. A qualidade, imponência e negatividade das pedras atrai adeptos do mundo todo, pois há muitas linhas alucinantes abertas e muitas ainda a serem descobertas”, expõe Anne.

MUSEU A CÉU ABERTO A terra de Tomás Antônio Gonzaga e Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, possui um contexto histórico e cultural sem precedentes. Ouro Preto reúne o mais representativo conjunto de arquitetura e arte barroca do mundo. São 13 igrejas, entre as quais se destaca a Matriz de Nossa Senhora do Pilar, adornada com 400 kg de ouro; a de São Francisco de Assis; e a de Nossa AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 71


AROUND - MG De cima para baixo: Teatro Municipal Casa da Ópera, Fernando artesão de pedra sabão - Largo do Coimbra, Rua Cláudio Manoel, Escalada Boulder - Maíra Vilas Boas, Igreja São Francisco de Assis

Senhora da Conceição. Os museus da Inconfidência, de Mineralogia e do Oratório estão entre os mais visitados. Ao longo das ruas, o turista também pode contemplar mais de uma centena de casas que ostentam uma placa interpretativa na fachada, com dados históricos importantes sobre o imóvel. O complexo compõe o acervo do Museu Aberto Cidade Viva.

ENCONTRO NO TEMPO Os ares de Ouro Preto, sempre tomados pela bruma no alvorecer, revelam as facetas de uma época de fausto. Por entre o casario colonial e as minas de ouro, causos e lendas se misturam ao movimento urbano. “O principal atrativo é a cidade em si, que conserva integralmente as suas características originais. Andar pelas ruas de Ouro Preto já é um passeio pela história”, diz o empresário Márcio Abdo de Freitas. Há décadas, a atmosfera colonial ganhou um frescor juvenil – boa parte dos sobrados da cidade, transformada em polo universitário, tornou-se morada de estudantes. Esse público faz com que o carnaval seja um dos mais animados do estado. Outros eventos são a Mostra de Cinema e os Festivais de Inverno, de Música e de Jazz. Aos poucos, a modernidade se instala no local onde outrora perambulava gente que matava e morria por uma pepita de ouro. Hoje, passado e presente convivem harmonicamente em um recanto que uniu, ao longo de séculos, o jeito simples e o traço forte da personalidade mineira.

QUEM RECEBE

Tomba Expedições Ecológicas e Culturais tombaecotur.com

72 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

ONDE FICAR

ONDE COMER

Hotel Pousada do Arcanjo arcanjohotel.com.br Sesc Estalagem Ouro Preto sescmg.com.br Pousada Ouro Preto pousadaouropreto.com.br Luxor Pousada luxorhoteis.com.br

Restaurante Contos de Réis restaurantecontosdereis.com.br O Passo Pizza Jazz escadabaixo.com.br Restaurante do Grande Hotel grandehotelouropreto.com.br Café Geraes escadabaixo.com.br AVIANCA.COM.BR


FRONT

COMO NÃO RIR COM

PAULO GUSTAVO POR VITOR CARDOSO FOTOS JORGE BISPO

O ATOR E HUMORISTA COMPLETA 35 ANOS ESTE MÊS COM UMA CARREIRA REPLETA DE NÚMEROS E RECORDES DE DEIXAR QUALQUER PESSOA COM SORRISO NO ROSTO

Casaco e camiseta: Reserva, Calça: Auslander. Tênis: Calvin Klein.

74 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

路 75


FRONT

Minha mãe sempre foi assim de falar alto, gritar, dar bronca e ao mesmo tempo amar tanto

D

e bermuda, camiseta básica e um minuto antes do previsto, eis que surge Paulo Gustavo no aconchegante Hotel La Suite, no Rio de Janeiro, já soltando a primeira piada do dia: “Fala que você nunca viu um ator tão pontual em toda sua vida. E olha que eu vim de Niterói!”. O jeito engraçado acompanha o ator e humorista desde pequeno. Em casa, bastava ter um pouco de silêncio para ele começar o seu show. “Imitava a minha vó e tios o tempo todo. Tinha certeza que iria trabalhar com artes um dia”, lembra. Essa certeza o fez mudar-se para Nova York após completar 20 anos. A ideia era estudar sapateado na Broadway e começar a carreia de maneira grandiosa. “Sempre fui assim, de pensar grande. Sou muito corajoso”, completa. Mas, na prática, não foi exatamente o que aconteceu. Para pagar as aulas, Paulo trabalhava como garçom em Nova Jersey, cidade ao lado de Nova York, mas morava no Queens, bairro que fica do lado oposto da cidade. Trabalhava o dia todo e mal sobrava tempo para se dedicar aos estudos. “Resolvi voltar porque senti que aquilo não iria dar certo, foi quando eu entrei na CAL e tudo mudou”. Paulo entrou para a Casa de Artes de Laranjeiras – uma das mais conceituadas escolas de artes do Rio. Lá conheceu Fábio Porchat, que escreveu o espetáculo “Infraturas”, com direção de Malu Valle, primeira peça a lhe dar uma certa visibilidade. Foi então que resolveu escrever o monólogo “Minha Mãe é uma peça”. Na época, seu pai ofereceu a venda do carro da família para que o sonho do filho fosse realizado. Não foi preciso, mas os pais ajudaram com algumas folhas de cheque e, em 2005, ele estreou o espetáculo em um teatro de 100 lugares no Rio. Já na segunda semana, os ingressos começaram a se esgotar rapidamente e ele precisou abrir sessões de terça a domingo. Depois da primeira temporada de 9 meses, o ator estreou em um teatro de 400 lugares,

ficando em cartaz por dois anos até se apresentar para 3 mil pessoas em uma casa de shows ainda no Rio de Janeiro. A peça, que está em seu sétimo ano, já esteve em cartaz em São Paulo, nas principais capitais e agora está em turnê pelo Brasil, levando em média 5 mil pessoas por final de semana ao teatro. Devido ao enorme sucesso, o espetáculo ganhou este ano uma versão para o cinema e os números são ainda mais expressivos. “Minha Mãe é uma peça – o filme” ultrapassou a marca de 4,5 milhões de espectadores e arrecadou cerca de R$ 50 milhões contra os R$ 5 milhões gastos para produzi-lo. O filme entrou para um seleto ranking com apenas cinco filmes brasileiros que conseguiram atrair este número de pessoas às telonas desde a retomada do cinema brasileiro, em 1995. Além do espetáculo e do filme, Paulo Gustavo pode ser visto no programa semanal “220 volts”, e de segunda a sexta-feira em “Vai que Cola” – ambos no Multishow, canal pelo qual possui total amor e dedicação. “Sou extremamente grato ao Multishow, eles acreditaram realmente em mim”, fala. Mesmo com o indiscutível sucesso e superexposição, Paulo não leva a fama muito a sério. “Não acredito muito nesta loucura toda, é só um trabalho. Tenho a sorte de me realizar fazendo o que gosto, mas é só isso. Não sou gênio, a gente não é nada”, completa. Para ele, o sucesso veio gradativamente, não foi da noite para o dia. Deu tempo de ir se acostumando com a ideia sem deixar que isso afetasse seus valores. “Até um tempo atrás, eu estava naquele momento da carreira em que as pessoas olhavam para mim e se perguntavam: esse cara aí é o Paulo Gustavo ou o porteiro do meu prédio?”, ironiza. Ele atribui à criação dos seus pais, os valores que aprendeu e leva para sua vida. “Foram eles que me ensinaram a ser íntegro e honesto. Minha mãe apontava quando eu estava errado na frente dos outros, se eu não dividisse o brinquedo com meus amigos,


ninguém brincava”, explica Paulo, que tem em sua mãe a maior inspiração para o seu trabalho. Embora “Minha Mãe é uma peça” não seja uma biografia, a Dona Hermínia do espetáculo muito se parece com sua mãe, principalmente nas relações com os filhos. “Minha mãe sempre foi assim de falar alto, gritar, dar bronca e ao mesmo tempo amar tanto”, conclui. Paulo Gustavo não se aproveita da fama para fazer pedidos dignos de um astro do humor. “No meu camarim não peço nada, primeiro porque sou careca, não preciso de cabeleireiro. A minha roupa eu mesmo levo porque sei o que fica bom em mim. Para comer, somente café, chá e uva. Até porque se eu comer antes do espetáculo minha barriga sobe até a cabeça, fico mais gordo do que eu já sou e nunca mais consigo fazer o espetáculo”, brinca ele, admitindo estar sempre insatisfeito com o corpo. “Não tenho tempo de malhar muito e já fiz até lipo. Mas tenho certeza que a gordurinha da barriga se escondeu na hora da cirurgia e só voltou ao seu lugar de origem quando terminou. Ela deve ter comemorado: ufa, essa foi por pouco!”, teoriza. Quando não está em seu ritmo frenético de trabalho, Paulo Gustavo gosta de viajar de volta para sua casa em Niterói e curtir a Praia de Itacoatiara. O ator mora com os pais em uma casa recém adquirida com espaço suficiente para reunir a família e os amigos. “Gosto de fazer viagens curtas. A maior de todas foi para Nova York onde fiquei 11 dias, mas prefiro viagens de até cinco dias e em lugares agitados, adoro gente” completa. Mas agora ele estará sem tempo para descansar, pois está em turnê com “Hiperativo” e “Minha Mãe é uma peça” por todo o Brasil até o final do ano. Em paralelo, grava um novo programa para o Multishow, que estreia em abril do ano que vem, e ainda arranja tempo para escrever, em parceria com Fil Braz, o roteiro da continuação de “Minha Mãe é uma peça – o filme”. Paulo começa a rodar o segundo filme também em abril junto com a gravação da segunda temporada de “Vai que cola”. Em junho, estreia um novo espetáculo na capital carioca em que vai interpretar suas mais famosas personagens femininas. “220 volts - só mulheres” contará com Marcus Majella no elenco. “Para mim, ele é uma das maiores revelações do humor, ele e Flávia Reis que eu também amo”, cita. AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 77


FRONT

O espetáculo contará com seis bailarinos em uma produção audaciosa que começará com um número de sua personagem popstar bem aos moldes de Beyoncé. Por falar na grande diva do pop, se existe um sonho que o escorpiano destemido está disposto em realizar é conhecê-la. Paulo foi para Nova York apenas para assistir um de seus shows, além de ter curtido o show em Brasília na recente passagem de Beyoncé pelo Brasil. Na ocasião, conheceu e saiu para curtir a noite da capital do país ao lado dos bailarinos da popstar. “Sou viciado em Beyoncé. Estou chegando nela, falta pouco, me aguarde!”, empolga-se. Outro sonho quase possível é trabalhar em um filme do diretor espanhol Pedro Almodóvar. Para que esta vontade saia do campo das ideias, Paulo conseguiu enviar uma cópia de seu filme para a casa do diretor. “A produtora dele me confirmou que o filme já está lá na casa dele. Ele está viajando e deve assistir na volta. Vamos ver se vai gostar!”, finaliza um dos atores e comediantes mais requisitados do país, com a simplicidade e humildade de uma pessoa comum que poderia realmente ser aquele porteiro alegre de um prédio qualquer – não fosse o carisma e talento absolutamente incomuns .

PAULO GUSTAVO EM TURNÊ OUTUBRO 05 E 06 – TEATRO SESI MINAS – BELO HORIZONTE 12 E 13 – TEATRO GOVERNADOR PEDRO IVO – FLORIANÓPOLIS 19 E 20 – TEATRO NACIONAL – BRASÍLIA 26 E 27 – TEATRO GUAIRÃO – CURITIBA

78 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

NOVEMBRO

09 E 10 – TEATRO MADRE ESPERANÇA GARRIDO – GOIÂNIA 16 – TEATRO FEVALLE – NOVO HAMBURGO 17 – TEATRO BOURBON COUNTRY – PORTO ALEGRE 23 – TETRO MENDES CONVETION CENTER – SANTOS 24 – HSBC BRASIL – SÃO PAULO

AGRADECIMENTOS ESPECIAIS PAULO GUSTAVO HOTEL LA SUITE RIO NOÉMIE DU CHAFFAUT

AVIANCA.COM.BR


João curtiu Porto Velho, Flávia comentou em Recife, e você sabe de tudo de onde estiver.

Siga a Avianca nas Redes Sociais:

youtube.com/user/AviancaBr flickr.com/photos/avianca facebook.com/AviancaBrasil twitter.com/AviancaBrasil linkedin.com/company/avianca-brasil instagram.com/aviancabrasil blog.avianca.com.br plus.google.com/+aviancalinhasaereas


AROUND - AL

1

4

2 3 5

DUPLA DINÂMICA NA COSTA DOS CORAIS POR CAMILA BALTHAZAR FOTO GUILLERMO NOVOLISTO E MARCOS TRINCA

80 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


1

PISCINAS NATURAIS

Maragogi atrai principalmente pelos passeios às piscinas naturais. O mais famoso é o das Galés, que fica 6 km mar adentro. Acessível de catamarã e lancha, o conjunto de piscinas impressiona pela água cristalina rodeada pelos arrecifes e bancos de corais, com peixinhos nadando tranquilamente. Há outras duas piscinas abertas para visitação: Taocas e Barra Grande. Mas ao longo de Maragogi e Japaratinga formam-se diversas piscinas próximas da costa, sendo que o viajante pode caminhar tranquilamente até os arrecifes. Esse fenômeno acontece apenas na maré baixa, por isso é imprescindível conferir a tábua de marés na internet antes de programar a viagem.

3

ALTA GASTRONOMIA

A culinária típica à base de frutos do mar ganha toques de requinte. Cada vez mais restaurantes juntam-se à alta gastronomia, principalmente aqueles estabelecidos dentro das pousadas de charme e abertos ao público. Lagosta, polvo, badejo e camarão são itens comuns nos cardápios, sempre temperados com ingredientes locais misturados com referências gastronômicas de outros países. Entre uma boa refeição e outra, não deixe de provar as iguarias mais simples, porém tradicionais das comunidades da região: o bolinho de goma (espécie de sequilho) da tia Marlene e as polpas de frutas produzidas pela COOPEAGRO.

5

A PEQUENA JAPARATINGA

Maragogi tem apenas 28 mil habitantes e clima de férias e tranquilidade. Mas a vizinha Japaratinga é ainda mais relax. Toda a riqueza da fauna e flora também estão presentes, porém as piscinas naturais são mais ocupadas por pescadores – e menos turistas. A região oferece opções de pousadas de charme que beiram o litoral recortado. Perfeito para quem busca sossego e privacidade.

DESCUBRA CINCO MOTIVOS PARA VISITAR A FAMOSA MARAGOGI E A QUASE INEXPLORADA JAPARATINGA. NO LITORAL NORTE ALAGOANO, AS DUAS PRAIAS VIZINHAS ATRAEM TURISTAS EM BUSCA DE ÁGUA MORNA E CRISTALINA COM ARRECIFES DE CORAIS E PISCINAS NATURAIS.

2

MERGULHO

Com a segunda melhor visibilidade do Brasil, atrás apenas de Fernando de Noronha, Maragogi e Japaratinga precisam ser vistas também debaixo d’água. As duas cidades fazem parte da maior Área de Proteção Ambiental (APA) marinha da América Latina, chamada de Costa dos Corais, com um impressionante mundo aquático. Há várias operadoras, sendo que iniciantes e crianças podem optar pelo mergulho com cilindro conduzido. Outras opções são o batismo e o snorkel. Os mais experientes podem chegar a 33 metros e ver os naufrágios de perto.

4

NASCER DO SOL E DA LUA

Vale a pena acordar entre 4h30 e 5h30 (o horário depende da época do ano) para ver o sol nascer no mar. Quem vê as fotos lembra do pôr-do-sol, porém aqueles que vivenciam o espetáculo sentem a energia que acompanha o restante do dia. Ainda mais bonito é o nascer da lua cheia, que desponta do mar como uma bola de fogo laranja, iluminando a praia durante toda a noite.

AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 81


AROUND - AL

QUANDO IR Entre os dias 9 e 17 de novembro, acontece a 4a edição do Festival da Lagosta de Maragogi e Japaratinga. Os 20 restaurantes participantes criam receitas inéditas para lançar durante o evento, oferecendo de 20% a 40% de desconto nos pratos. festivaldalagosta.com.br

ONDE FICAR

MARAGOGI POUSADA CAMURIM GRANDE Em uma área de 5 hectares de muito verde à beira mar, apenas 20 apartamentos são distribuídos pela propriedade. A decoração dos amplos bangalôs tem clima rústico luxuoso com banheira integrada ao quarto e amenidades L’Occitane. O restaurante oferece alta gastronomia e está aberto ao público. Diárias a partir de R$ 900,00 com café da manhã e jantar. camurimgrande.com.br PRAIAGOGI BOUTIQUE POUSADA Com apenas 5 quartos, os hóspedes são recebidos em uma estrutura rústica, porém com todo o conforto. O restaurante Tuyn é aberto ao público e oferece alta gastronomia com ingredientes nordestinos produzidos na região. Diárias a partir de R$ 450,00 com café da manhã e jantar. restaurante-tuyn.com.br pousadapraiagogi.com

GRAND OCA O mais recente resort all inclusive da região foi inaugurado em 2007 com 229 apartamentos divididos em quatro categorias. Localizado na praia de Ponta de Mangue com vista para o mar mais azul turquesa da região, o ponto forte do estabelecimento é sua piscina de 350 metros de comprimento. Diárias a partir de R$ 590,00. grandocamaragogiresort.com SALINAS O resort pioneiro de Maragogi está na cidade há 23 anos, porém há 5 aderiuosistemaallinclusive.Oempreendimentotemocupaçãomédia anual de 90% - número impressionante para o setor. São 236 quartos distribuídos em 250 mil m2 de área. Destaque para a comida de ótima qualidade. Diárias a partir de R$ 717,00. salinas.com.br/salinas-do-maragogi/

JAPARATINGA ESTALAGEM CAIUIA A pousada tem um astral gostoso e aconchegante. Os seis quartos estão a pouquíssimos metros da água, sendo que a varanda cria o cenário perfeito para contemplar o nascer do sol e da lua no mar. O restaurante, aberto ao público, leva a assinatura de um dos mais tradicionais de Maceió, o Divina Gula. Diárias a partir de R$ 350,00 com café da manhã e jantar. estalagemcaiuia.com.br POUSADA DO ALTO De um morro à beira mar com 120 metros de altitude, a pousada tem uma das melhores vistas da região. A piscina com “borda infinita” cria uma sensação ainda maior de integração com a natureza. A decoração do estabelecimento conta com móveis da fazenda da família, além de outros adquiridos em antiquários. Diárias a partir de R$ 665,00 com café da manhã e jantar. pousadadoalto.com.br

NOVOS VOOS PARA MACEIÓ

A partir do dia 27 de outubro, a Avianca oferece voos diários ligando São Paulo e Maceió. Confira os horários: Maceió (MCZ) Guarulhos (GRU)

SAÍDA CHEGADA 6h10 9h20 18h50 21h50

avianca.com.br

AGRADECIMENTOS DANIELLE NOVIS - SECRETÁRIA DO ESTADO DO TURISMO PAULO KUGELMAS - SUPERINTENDENTE DE MARKETING COSTA DOS CORAIS CONVENTION & VISITORS BUREAU E COSTAZUL RECEPTIVO


EZ ACLIMAÇÃO HOTEL

COM CONFORTO • REQUINTE • LOCALIZAÇÃO PRIVILEGIADA A MENOS DE 5 MINUTOS DA AVENIDA PAULISTA

FOTO ILUSTRATIVA

INCLUSO NA DIÁRIA O MELHOR FITNESS HOTELEIRO DE SP. • MENSAGEIROS • RESTAURANTE 24 HORAS • FRIGOBAR • AR CONDICIONADO • TRANSFERS PARA O SHOPPING PAULISTA E ESTAÇÃO PARAÍSO • PISCINAS / SAUNAS

Diária a partir de

R$ 170,00

*

FOTO dO LOcAL

FOTO dO LOcAL

FOTO dO LOcAL

FOTO dO LOcAL

com serviços + taxa para até 2 pessoas Tarifa em apto. luxo 1 dormitório sujeito a disponibilidade. (Consulte a central de reservas)

Eventos e convenções a partir de

R$ 67,00

6 salas com capacidade de até 250 pessoas em auditório. Estrutura completa em restaurantes, equipamentos e business center. por pessoa - incluso diária da sala, 2 coffee breaks e almoço (mínimo 50 pessoas).

Av. Armando Ferrentini, 668 www.ezhoteis.com.br reservas@ezhoteis.com.br

RESERVAS (11) 3346-7799

*Tarifas promocionais sujeitas a alteração sem prévio aviso. Não incluso café da manhã, estacionamento e taxa administrativa.


SABORES

A ALMA DO CHEF EDINHO ENGEL POR CARLA PALMIERI FOTOS ROBERTO SALGADO

E

m frente à magnífica Baía de Todos os Santos, conhecemos um pouco mais da história de Edinho Engel – mineiro de alma baiana que nos últimos anos tem agitado a gastronomia da apimentada Salvador. Além de premiado chef de cozinha, Edinho é dono do icônico restaurante Manacá, em Cambury (SP), e do contemporâneo Amado Restaurante, em Salvador (BA). Mineiro de Uberlândia, Edinho Engel enveredou pela gastronomia desde moleque, já que, crescendo em um Brasil rural, ele e seus irmãos faziam tudo em volta do fogão à lenha. Era de lá que saiam muitos pratos saborosos feitos pela mãe e por suas tias. “Sempre gostei de comida, é paixão mesmo. Fazíamos tudo em volta do fogão. Adorava, tomei gosto”, conta. Nos anos seguintes, o futuro chef estudou Ciências Sociais em São Paulo, e trabalhou durante anos como planejador de transporte urbano no Metrô – até o momento em que o amor pela comida falou mais alto. “Larguei tudo e fui vender comidinhas mineiras de porta em porta. Vendia pão de queijo, rosquinha, pão húngaro, entre outras delícias”, lembra. Mesmo sem formação acadêmica na área, Edinho abriu o boteco Fazenda Mineira na capital paulista, em 1981. Foi ali que descobriu sua paixão por restaurantes. “O lugar virou point da vanguarda artística. Numa mesa poderia estar Arrigo Barnabé e Itamar Assumpção”. Cansado da metrópole, ele vendeu o restaurante e resolveu dar um tempo, viajando por vários lugares em busca de referências. De volta ao Brasil, se instalou no litoral norte e, em 1988, abriu o renomado restaurante Manacá, onde ampliou seu leque gastronômico. “Minha vontade nesta época era viver alternativamente e me ligar às melhores cabeças para desenvolver meu trabalho”. Uma decisão muito acertada, pois o lugar, que já existe há 25 anos, é um dos 84 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

restaurantes mais respeitados do litoral paulista quando se trata de criações gastronômicas com frutos do mar. “Aqui, entre palafitas, bananeiras e rasantes de beija-flores, os visitantes poderão ter uma ótima experiência em nossa casa”, afirma o chef. Em 2005, nasce seu terceiro espaço, o Amado Restaurante, que surgiu de um convite inesperado de um amigo de Salvador. ”Minha família adora a cidade. No momento em que vi o local e olhei a Baía de Todos os Santos, topei na hora!”, diz Edinho. “O restaurante trouxe para Salvador o conceito de gastronomia: o mediterrâneo com alma brasileira. Um espaço moderno, mas com a cara da Bahia, e que proporciona às pessoas uma comida com equilíbrio, casando o leve e aromático do mediterrâneo com matérias-primas brasileiras”. Edinho confessa ser um eterno admirador da gastronomia brasileira. “O Brasil vem crescendo em qualidade. Já temos uma tradicional culinária muito forte e nossos sabores caíram no gosto popular, trazendo o conceito de brasilidade, o que é bom para todos nós”. Para o futuro, o chef planeja abrir uma casa de eventos e um Buffet. “Novos desafios sempre são fascinantes, e pretendo seguir em frente, buscando sempre manter o padrão de qualidade de minhas receitas, dar um bom atendimento em ambientes agradáveis. E viajar o mundo todo, se der!”, finalizando o bate-papo com uma grande gargalhada.

AMADO Av. Lafayete Coutinho, 660 - Comércio - Salvador, BA (71) 3322-3520 Estacionamento com manobrista, acesso Wi-Fi, rolha, acessibilidade Faixa de preço: acima de R$100,00 amadobahia.com.br

AVIANCA.COM.BR


LINGUADO AO CREME DE LARANJA E RISOTO DE PUPUNHA

(4 PESSOAS) Ingredientes

Modo de preparo

8 bananas-da-terra cozidas 4 filés de linguado de 160 gr sal e pimenta do reino 1 litro de suco de laranja 4 colheres (sopa) de cebola ralada 3 colheres (sopa) de manteiga 2 colheres (sopa) de azeite de oliva 150 g de arroz carnaroli 150 ml de vinho branco seco 1 litro de caldo de legumes ou peixe 1 vidro de palmito pupunha 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado

Ferva o suco de laranja coado em uma panela larga e deixe reduzir até que adquira uma consistência de calda leve. Reserve Tempere os filés com sal e pimenta do reino e grelhe-os em frigideira anti aderente com um pouco de manteiga. Reserve. À parte, em uma panela, refogue a cebola em 2 colheres de azeite e 2 colheress de manteiga. Acrescente o arroz e refogue. Aumente a chama, junte o vinho branco e deixe evaporar. Reduza o fogo, acrescente aos poucos o fundo de legumes ou peixe. Junte a pupunha picada até que o risoto esteja no ponto. Corrija o sal. Junte o restante da manteiga e o queijo parmesão. Sirva o peixe coberto pelo molho de laranja e guarnecido com este risoto de pupunha. AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 85


DRINKS

CERVEJEIROS DE PLANTÃO POR PAULO GRECA

PARTIMOS DO PRINCÍPIO QUE A MELHOR CERVEJA DO MUNDO É AQUELA QUE MAIS SE ADAPTA AO PALADAR DE CADA UM. NOS VALENDO DA MÁXIMA “GOSTO NÃO SE DISCUTE”, SELECIONAMOS ALGUMAS CERVEJAS COM CARACTERÍSTICAS DISTINTAS PARA VOCÊ SABOREAR E ELEGER A SUA PREFERIDA. MÃOS À OBRA!

SPEAKEASY PROHIBITION ALE

Ale (Alta Fermentação) Estilo: American Amber/Red Ale Teor Alcoólico: 6,1% IBU: 45 Garrafa: 355 ml São Francisco, Califórnia - EUA

Muito cremosa, com corpo médio, sedoso e carbonatação modesta, esta cerveja é produzida com os lúpulos Chinook, Cascade e Centennial. De cor âmbar avermelhada, com colarinho bronzeado e aroma intenso, é bastante complexa, com notas de grapefruit, frutas cítricas, pinho, especiarias e bala de caramelo. O contraponto doce-maltado diminui a percepção da lupulagem intensa e cria um bom equilíbrio para ser uma opção para acompanhar pratos à base de abóbora e queijo tipo cheddar, churrascos e tomate assado.

TIMOTHY TAYLOR LANDLORD

Alta Fermentação Cerveja English Pale Ale Teor Alcoólico 4,1% Garrafa 500ml - Cor: Cobre Inglaterra

Esta é a versão engarrafada da clássica cerveja em barril Landlord. Tem aromas complexos lupulado e frutado. Muito encorpada, descreve um bom equilíbrio entre amargor, fruta, notas adocicadas e carameladas do malte. Acompanha peixes, frutos do mar, p ratos das culinárias tailandesa e indiana, além de queijos de média intensidade e sobremesas à base de frutas. 86 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

CORONADO BLUE BRIDGE COFFEE STOUT

Ale (Alta Fermentação) Estilo: American Coffee Stout Teor Alcoólico: 5,4% - IBU: 30 Garrafa: 650 ml Coronado, Califórnia - EUA

Cerveja preta do tipo Dry Stout produzida com adição de grãos de café tostados provenientes de uma produção local e artesanal de San Diego - a Café Moto. Apresenta intenso aroma de café com notas de chocolate e um suave toque de baunilha. Na boca revela corpo leve, cremoso, com certa adstringência proveniente da torrefação e final amargo. Indicada para churrascos e carnes em geral, queijos amanteigados como Gouda e Suíço, além de sobremesas à base de chocolate ou leite.

BEAR REPUBLIC HOP ROD RYE

Ale (Alta Fermentação) Estilo: Rye IPA (IPA de centeio) Teor Alcoólico: 8,0% - IBU: 80 Garrafa:l 355 m - Cor: âmbar Healdsburg, Califórnia - EUA

Esta wé uma cerveja de alta performance, turbinada, bastante alcoólica e com uma injeção extra de lúpulo. Foi a primeira American IPA com centeio a ser produzida nos EUA. Para melhorar a performance, uma boa dose de centeio e malte caramelo garantem um chassis robusto, expressado em seu sabor. O malte de centeio cria um caráter com amargor potente e persistente. No nariz, revela caramelo tostado e pão integral. Ideal para acompanhar carnes defumadas ou de caça e queijos pungentes. AVIANCA.COM.BR


MAPA GASTRONÔMICO

SAMPA LIGEIRA POR PAULO GRECA

UM GIRO RÁPIDO REVELA LOCAIS DELICIOSOS PARA QUEM RESIDE OU ESTÁ APENAS DE PASSAGEM PELA SÃO PAULO DESVAIRADA. APROVEITE AS DICAS DESTA EDIÇÃO E DELICIE-SE COM O QUE SELECIONAMOS PARA VOCÊ!

CAFÉ DASLU

A boa pedida para o almoço é fazer um pit stop no Café Daslu (SP) para experimentar algumas das delícias do dia criadas pela proprietária Cinthia Morales, como o Picadinho ou o Strogonoff de Filé. No caso de você estar acompanhado e desejar experimentar duas opções diferentes, peça à simpática Gisele Andrade - chef do local - para montar os pratos com meias porções e delicie-se a valer. Imperdíveis também são os mais variados sabores de biscoitinhos para acompanhar o cafezinho ao final da comilança. +55 11 3198-9385

MOMOTARO

Gastronomia japonesa com toque de arte: essa é uma das especialidades do talentoso chef Adriano Kanashiro, que apresenta variedades deliciosas no menu degustação do restaurante Momotaro. O nome do restaurante é inspirado num tomate japonês, um dos ingredientes curingas adotado por Kanashiro para executar seus pratos. O ambiente é aconchegante, descontraído e você ainda pode desfrutar de uma degustação no andar superior com total exclusividade e a oportunidade de observar o chef em atividade. É onde Kanashiro exercita sua cozinha autoral, fora do cardápio. restaurantemomotaro.com.br

A BELA SINTRA

Para os amantes da boa culinária portuguesa, o restaurante A Bela Sintra – comandado por Carlos Bettencourt e localizado no coração do bairro dos Jardins - é uma das opções imperdíveis da capital paulista. Vale conferir os pratos à base de camarão ou o tradicionalíssimo Bacalhau a Lagareiro, carro chefe da casa. Harmonize sua escolha com um dos 200 rótulos disponíveis na adega e finalize com a sobremesa Toucinho do Céu ao Vinho do Porto. Sem sombra de dúvidas, uma experiência gastronômica inesquecível. abelasintra.com.br

CANTINA DO PIERO IL VERO

O clima descontraído em meio a músicas alegres é uma das marcas registradas da tradicional Cantina do Piero, localizada na região dos Jardins. O local sem muita formalidade tem, como praxe, servir porções generosas que atendem tranquilamente de 2 a 3 pessoas. O responsável pela casa – Piero Neto - segue a tradição italiana no melhor estilo de seu fundador, o velho Piero, falecido em abril de 2012. “Meu legado é perpetuar o que meu nonno deixou”, afirma o neto encorajado e com grandes determinações. cantinadopiero.com.br 88 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


ESPECIAL SPA

CONFORTO NO MEIO DA MATA POR VIVIANE PESSOA FOTOS GUILHERME CALISSI E DIVULGAÇÃO

CRIADO PELO SAUDOSO VICTOR SIAULYS, FUNDADOR DE UM DOS MAIORES LABORATÓRIOS DO PAÍS E TAMBÉM DO INSTITUTO LARAMARA (APOIO A DEFICIENTES VISUAIS), O UNIQUE GARDEN HOTEL & SPA FOI IDEALIZADO PARA SER UM REFÚGIO DA FAMÍLIA E AMIGOS. O EMPREENDIMENTO ACABOU TOMANDO OUTRAS PROPORÇÕES E TRANSFORMOU-SE EM UM MARAVILHOSO HOTEL & SPA. SORTE A NOSSA!

90 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA


A

belíssima propriedade de 330 mil m² foi minuciosamente planejada. O resultado salta aos olhos: elegantes construções em perfeita integração com as paisagens naturais, jardins exuberantes, viveiros de animais de todos os tipos (muitos dos quais resgatados e recuperados por iniciativa própria), recantos irresistíveis e sofisticação em todos os detalhes. Tudo isso na cidade de Mairiporã, a apenas 50 minutos de São Paulo e do lado da Mata Atlântica. As acomodações são refinadas e acolhedoras; sendo que o arquiteto Ruy Othake assina alguns dos chalés. Predominância das cores claras e estilo ultra clean, com lareira, roupas de cama de algodão egípcio nas camas king size e área molhada individual “dele” e “dela”. Além da varanda com vista espetacular, prepare-se para muitas surpresas agradáveis, como receber um précafé da manhã na varanda acompanhado de seu jornal favorito, encontrar toilletries da Bvlgari no banheiro e muitos outros mimos que são pura indulgência. Um dos pontos altos do Garden é a culinária. Comandada pelo talentoso chef Daniel Aquino, a cozinha apresenta uma infinidade de delícias que são uma festa para o paladar e os olhos. Muitos dos produtos são cultivados no hotel. Inclusive, não deixe de visitar a horta – um agradável passeio AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 91


ESPECIAL SPA

onde se podem provar frutas colhidas do pé e escolher os vegetais a serem usados em sua próxima refeição. Prove pães, geleias, iogurtes e sucos funcionais de fabricação própria pela manhã, e maravilhas como vieiras, cordeiro e sorbet feito na frente do hóspede nas outras refeições. Aqui, aliás, os mimos continuam. Tudo é possível, desde customizar algum prato ou solicitar um vinho especial, a pedir alguma dieta específica. A parte do SPA fica em uma área reservada e oferece todo o conforto e privacidade, como salas de repouso, duchas e ofurôs, vestiários, roupões e chinelos, sendo que os tratamentos são transformadores. Em um conversa com os profissionais, eles podem traçar juntos um plano, seja de relaxamento, revigoramento ou estético, e o farto menu é garantia de excelentes resultados. O lema do Garden é sem dúvida, o bemestar. Por isso, independente de qual seja o objetivo do hóspede, a equipe irá certificarse de tomar absolutamente todas as providências para atendê-lo. Na verdade, é bem provável que você volte para casa no seu “melhor estar”. 92 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

AVIANCA.COM.BR


PERFORMANCE

PRÁTICA ESPORTIVA NA INFÂNCIA POR ERIC POMI SOUSA FOTOS SHUTTER STOCK.COM

Q

uando pensamos em atividade física e esportiva para crianças, devemos pensar num aspecto multidisciplinar, em que há necessidade de conhecimentos em desenvolvimento e aprendizagem motora, fisiologia, biomecânica, além de incluir os não menos importantes aspectos socioculturais. Estamos em uma época em que, se por um lado existem uma variedade de estudos científicos sérios, por outro existe muito pouco uso dessas pesquisas, limitando a exploração desse universo que possui ferramentas eficientes para a lapidação do indivíduo. Temos que dividir a responsabilidade, analisando fatores importantíssimos: como está a quantidade e a qualidade do sono da criança? Sua alimentação? Pratica horas suficientes de atividade física por semana? Qual a qualidade do ambiente e estímulos que são dados? Realmente precisamos rever hábitos alimentares e de prática esportiva, pois a obesidade infantil hoje é uma realidade brasileira. O profissional de educação física pode e deve ajudar no contexto global, mas primeiro a criança precisa chegar ao ambiente de prática.

94 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

Há uma grande tendência em o filho seguir os hábitos ou expectativas dos pais, sendo que muitos jovens gastam muitas horas por dia em televisão, computadores e jogos eletrônicos (nesses ainda existem aqueles promovem o esforço físico), adquirindo hábitos que podem afetar negativamente seu futuro como o sedentarismo ou a prática de esportes visando formação de um atleta antes da hora. A educação física e a atividade esportiva estimulam a autoestima, a saúde, a persistência, o trabalho em equipe, a construção do caráter, a confiança, a socialização, o bem-estar físico e a diversão. Infelizmente, nem todas as escolas, nem todos os pais, nem o nosso país têm essa noção. Lembremos do modelo americano, que tem como base o desenvolvimento do esporte nas escolas. Lá, o indivíduo desde cedo, consegue ter uma vivência em atividades esportivas diversas. Como objetivo, temos que tornar os indivíduos mais felizes e mais saudáveis. Devemos parar de considerar as crianças como adultos em miniatura que podem ser

AVIANCA.COM.BR


programadas para desempenhar atividades fisiológicas e psicológicas potencialmente questionáveis. E isso acontece com frequência. Utilizar métodos de treinamento com volumes (quantidade de treino), intensidade (carga e material de adultos) e pressão psicológica pode custar sobrecargas mecânicas indesejadas (lesões e/ou problemas de crescimento) nas estruturas frágeis, além de afastar por completo o indivíduo de uma prática esportiva. Devemos evitar a especialização esportiva precoce, que é entendida quando a criança é introduzida no meio de competições e treinamentos visando um aumento do rendimento gradual antes da fase pubertária. As crianças são, quanto ao seu desenvolvimento, imaturas e, por isso, faz-se necessário estruturar experiências motoras significativas apropriadas para seus níveis particulares. Seja bebê, criança ou adolescente, quem receber oportunidades adicionais para a prática, o encorajamento

e a instrução em um ambiente propício ao aprendizado terá a possibilidade de adquirir as habilidades motoras. Pensando em exemplos práticos, lógico que podemos falar sobre a natação, pois muitos locais frequentados possuem piscinas, lagos, rios ou praias. Destacar os esportes coletivos, visando situações inesperadas, que podem reproduzir dificuldades do dia a dia como a convivência/ dependência de outras pessoas em atividades de equipe. O importante é a atuação do profissional em promover os estímulos necessários para os nossos pequenos independentemente da modalidade ou local, sem esquecer da história, cultura, ética e moral. É necessário ensinar mais do que esporte.

Eric Pomi Sousa é graduado pela USP, especialista em Biomecânica pela Universidade Gama Filho, membro do Asics Personal Team e voluntário da ONG TETO AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 95


SOCIAL

SÃO PAULO

DESFILE

CAMARGO ALFAIATARIA FOTOS JUAN GUERRA

A Camargo Alfaiataria, de João Camargo, reuniu um grupo de vips para um desfile exclusivo de encerramento do Bride Style, maior semana de moda noiva do país.

AFONSO NIGRO, JOÃO CAMARGO E RENATO BISONI

ADRIANA COLIN

CARLOS TRAMONTINA

AMANDA FRANÇOSO

VALDEMAR IODICE

LUCIANA VENDRAMINI

MIRO MOREIRA

PAULO ZULU

CAROL MONTENEGRO E CARLOS MACHADO

FASHION WEEKEND KIDS FOTOS DIVULGAÇÃO

Com o tema Circus, a 17ª edição do Fashion Weekend Kids aconteceu em São Paulo, no Shopping JK Iguatemi. Celebridades e convidados se reuniram para conferir as coleções primavera-verão 2014.

ANA BANDLE, RONALDO FRAGA E LETÍCIA SPILLER

ANA CURY

FIUK

CLARA, VERA VIEL, MARIA, HELENA E RODRIGO FARO

DANILO FARO

JULIANO CAZZARE E KLARA CASTANHO

CATARINA E ISABELLA GIOBBI

HENRI CASTELLI

IARA E MARIA CLARA JEREISSATI E MARIANA KUPFER

TATU GABUS


FASHIONABLE FOTOS MARCOS ROSA

Veuve Clicquot e Lethicia Bronstein lançaram a coleção Fashionable, no lobby do Hotel Unique, em São Paulo. A marca convidou a estilista carioca para criar, dentro de seu primeiro desfile prêt-à-porter, alguns modelos inspirados na nova embalagem do champagne. ADRIANA BIROLLI

DANIELLE CONTI

CHRIS AYROSA

ALESSANDRA CAMPIGLIA

TICIANA VILAS BOAS

ANGELICA SULZBACH

LETHICIA BRONSTEIN

SERGIO DEGESE

LIFE BY

VIVARA

FOTOS WALDEMIR FILETTI TACIANA VELOSO

A Vivara reuniu a nata da sociedade paulistana e celebridades no evento de lançamento da campanha Life by Vivara, que aconteceu no Shopping Iguatemi, em São Paulo.

DANIEL HERNANDEZ

SOPHIA ALCKMINT

SABRINA SATO

CRIS TAMER

RODRIGO ANDRADE

GABRIELA PUBLIESET

CAIO CASTRO

AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 97


SOCIAL

OPENNING

LA ROUGE BELLE FOTOS IARA MORSELLI

ROMEU E MARICY TRUSSARDI CAROL BITTENCOURT E PAULINHO VELLOSO

A blogueira Lalá Rudge reuniu amigos e convidados para o coquetel de inauguração de sua primeira loja da marca La Rouge Belle, no Shopping Iguatemi, em São Paulo. GISELA E ZECA RUDGE

LOLITA RANUDI

PATRICIA BONALDI

LALÁ RUDGE

HELENA BORDON

JULIANA CARVALHO

MARCELA CIMINO

RUTH MALZONI

ALEXIA RODRIGUES

BDAY

DORI NETO FOTOS EDDU FERRACCIOLI

Para comemorar seu aniversário, o RP Dori Neto recebeu convidados na Festa Mais, projeto que comanda ao lado dos sócios Sérgio Amorim e Paola de Orleans. A sétima edição da festa lotou mais uma vez a cobertura do Hotel Tivoli São Paulo Mofarrej.

HELENA BORDON

98 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

PAOLA DE ORLEANS, DORI NETO E SERGIO AMORIM

BRUNO QUEIROZ E LUARA RUSSOMANO

PAULA PROUSHAN

CAROL MAGALHÃES

FELIPE VENANCIO, MARCELA ANDRADE E EDU CORELI

MATHEUS MAZZAFERA

CAROL BITTENCOURT

VICTOR FASANO

AVIANCA.COM.BR


GRAMADO

PREMIERE

GRAMADO2013 FOTOS DAVID COLLAÇO

A mistura do clima frio de Gramado com os ares cinematográficos da Serra Gaúcha emoldurou a Premiere Gramado, evento que recebeu muitos VIP’s durante o primeiro final de semana do Festival de Cinema. O público se divertiu ao som dos DJs Edu Lopes, Pedro Freitas, Edo Krause, Rico Mansur, Pic Schmitz e Tito, além do projeto Jetlag Live, formado por Paulo Velloso e Thiago Mansur, com a participação de Mario Velloso.

ELAINE VITAL

LILIAN CALEGARI

MARIO VELLOSOT

TITO

CAMILA GRISA

FERNANDA MOTTA

ANTONELA TAH, JUAN MORAES E LAURA KUBRUSLY

PRAIA DO FORTE

ABERTURA DO VERÃO FOTOS MARCOS TRINCA

O Tivoli Ecoresort Praia do Forte promoveu mais uma edição da festa Summer Season, marcando o início do verão e o aniversário de 28 anos do hotel. O evento contou com show da Banda Eva, seguido dos DJ’s Paola Orleans e Bragança, e Sergio Amorim. A Avianca foi a transportadora oficial da festa e ainda recebeu o prêmio Golden Friends, que reconhece os grandes parceiros do resort.

FELIPE PEZZONI

DANIELA MENEZES E SANDRO MACEDO

PAOLA DE ORLEANS E SERGIO AMORIM

FLAVIA ZULZKE, KAMILA FEHER E FERNANDA COELHO

JOÃO EÇA PINHEIRO, MARIA HELENA SANTANA E TARCÍSIO GARGIONI

CHRISTIAN BERNARD E CAIO FISCHER

PAULO E CÉLIA MIRANDA

CARLA MOTT ANCONA LOPEZ E PEDRO LUIZ SORRENTINO

RITA E TARCÍSIO GARGIONI

AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

· 99


INSIDE

AVIANCA CONFIRMA EXPANSÃO DURANTE A ABAV POR CAMILA BALTHAZAR

M

ais de 50 mil pessoas conferiram as novidades da 41ª edição da ABAV – Feira de Turismo das Américas, maior evento do setor de turismo do Hemisfério Sul. Realizada entre os dias 4 e 8 de setembro no Pavilhão de Exposições do Anhembi, na capital paulista, um dos primeiros estandes que os participantes viam era o da Avianca – localizado logo na entrada. Durante os cinco dias de feira, diversas ações envolveram as redes sociais e o Amigo – programa de fidelidade da Avianca. A brincadeira que mais fez sucesso foi a cabine do “sim ou não”. Após o cadastro no Amigo, as pessoas entravam na cabine à prova de som para concorrer a uma passagem aérea. No total, foram entregues 19

102 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

tickets com acompanhante para qualquer lugar do Brasil. Aqueles que não respondiam sim para a passagem, receberam outros brindes, entre os quais guarda-chuva, boné, squeeze e mousepad – todos personalizados com o logo da companhia. Os executivos da empresa participaram do evento, reforçando os diferenciais de serviços oferecidos pela Avianca, bem como os planos de expansão. Em julho de 2013, a companhia registrou a taxa de ocupação de 85,40% - número expressivo para o setor. Até o fim do ano, estima-se que serão transportados 6,2 milhões de passageiros, o que significa um crescimento de 30% em relação ao ano anterior.

AVIANCA.COM.BR


EU SOU AVIANCA

BASTIDORES DE QUATRO AEROPORTOS T POR CAMILA BALTHAZAR FOTO ACERVO PESSOAL

odos os dias, a Avianca realiza 126 pousos e decolagens entre os aeroportos de São Paulo (Congonhas e Guarulhos) e Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão). Nos bastidores dessas operações da ponte aérea, há uma equipe enorme envolvida. Uma dessas pessoas é Regina Nascimento, gerente regional de Aeroportos Sudeste e responsável por tudo o que acontece nos quatro aeroportos das duas grandes metrópoles brasileiras: a carioca e a paulistana. Desde 2006, Regina coordena as questões envolvidas com esses aeroportos. Check in, loja da Avianca, sala de embarque, aeronaves, funcionários, contato com Infraero, ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), administradoras dos aeroportos e, claro, os passageiros que estão em trânsito – todos esses assuntos exigem sua atenção diária. Enquanto tudo flui tranquilamente, os passageiros fazem check in e seguem para seu portão de embarque alheios à rotina de Regina. Mas no momento em que um voo que decolaria ou aterrissaria em um dos aeroportos de São Paulo ou Rio de Janeiro apresenta um problema, não há dúvidas de que a gerente foi acionada e já está buscando a melhor solução. “É preciso tomar decisões rápidas”, comenta Regina. “Às vezes, acontece de um voo estar pronto para partir de Congonhas para Santos Dumont, às 6h da manhã, todos os passageiros a bordo, e recebemos a informação meteorológica de que não há condições de pouso no Rio de Janeiro. Com certeza essas 132 pessoas não ficarão contentes. Cada uma delas tem um motivo para precisar estar no destino do voo”, afirma a gerente. Regina acumula muitas histórias nesses 7 anos de Avianca, entre as quais o caso de um executivo que precisava estar no Rio para fechar um contrato de R$ 1 milhão, outro que a mãe havia acabado de falecer, um padre que participaria, ao vivo, de um programa de uma rede de televisão de Brasília – e todos não embarcaram a tempo. “Como aparentemente é você quem está lá impedindo ele de viajar, o passageiro não entende que o problema é com o aeroporto; não com a companhia aérea”, explica Regina. Mas ela faz questão de analisar cada caso separadamente para encontrar formas de amenizar os problemas. Paciência e diálogo são habilidades desenvolvidas diariamente. A sensação de dever cumprido vem da transformação da irritação

104 · OUT.13

AVIANCA EM REVISTA

de um passageiro para demonstrações de gratidão pelo seu trabalho. “Muitos passageiros chegam depois do horário. Há adrenalina envolvida. Uma vez um casal de idosos chegou atrasado. O senhor tinha 86 anos e pulava com uma energia que parecia uma criança de 5 anos”, lembra Regina. Ele corria de um lado para o outro, falando que pararia o avião. No meio dessa turbulência terrestre, a esposa tentava acalmá-lo, mas não tinha jeito – era a festa de aniversário da neta que eles estavam perdendo. Infelizmente, aquele voo havia partido. Mas Regina os acompanhou durante todo o tempo, tomou café com eles, preparou o cartão de embarque para o próximo voo, e tranquilizou o casal. No final, o senhor era só agradecimentos. “Ele beijou minha mão e a senhora me abraçou. Depois disso, eles já embarcaram muitas vezes conosco e até a netinha embarca desacompanhada. O primeiro momento pode ser de fúria, mas depois o passageiro vira amigo”, afirma a gerente, realizada com seu trabalho. “Aqui não existe rotina. É gratificante saber que você está sendo útil”, completa.

Regina em Orlando durante as férias de 2012

AVIANCA.COM.BR


I

N

F

O

INSTITUCIONAL C

O

R

P

O

R

A

T

E

Siga a Avianca no Brasil:

AVIANCA EM REVISTA

OUT.13

路 105


A

V

I

Õ

E

S

A

I

R

C

R

A

F

T

FROTA F

L

E

E

T

A I R B U S

A320

A I R B U S

A319

Comprimento / Lenght (M): 33,84 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 11,80 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 CFM 56-5B7 (27.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 75.500 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 6.850 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4 Passageiros / Passengers: 132

Comprimento / Lenght (M): 37,57 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 11,75 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 CFM 56-5B4 (27.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 77.000LB Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 6.110 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4 Passageiros / Passengers: 162

A I R B U S

A318

M K 2 8 Comprimento / Lenght (M): 35,53 Envergadura / Wingspan (M): 28,08 Altura / Height (M): 8,49 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 RR TAY650 (15.100 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 44.450 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 821 km/h Alcance / Range (km): 3.167 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 35.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 3 Passageiros / Passengers: 100

Comprimento / Lenght (M): 31,45 Envergadura / Wingspan (M): 34,00 Altura / Height (M): 12,88 Motores / Empuxo / Engines / Thrust: 2 PW6124A(24.000 LB) Peso Max Decolagem / Max Weight At Take-Off (kg): 68.000 Velocidade de Cruzeiro / Crusing Speed: 875 km/h Alcance / Range (km): 5.800 Altitude de Cruzeiro / Crusing Altitude: 39.000 FT Tripulação Técnica / Technical Crew: 2 Tripulação Comercial / Commercial Crew: 4 Passageiros / Passengers: 120


R O T A S

N A C I O N A I S

N A T I O N A L

R O U T E S


R

O

T

A

S

I

N

T

E

R

CANADÁ

Vancouver S ttl Seattle

N

A

C

I

O

N

A

I

S

Columbus Cincinnati Montreal Toronto

ESTADOS UNIDOS San Francisco

Detroid Chicago

Kansas

Denver

Was g Washington

Indianapolis

Dallas / FT. Worth

Los Angeles

Raleigh-Durham Charlotte

Phoenix Tijuana

Tampa

New Orleans

Houston

San Antonio

Fort Lauderdale

MÉXICO

Villahermosa

San Andrés

Santa Marta Barranquilla Cartagena

Montería

Panamá

Buenaventura

Cali

Guapi Tumaco Baltra San Cristobal Galápagos

QUITO Manta

Aruba

PANAMÁ

Santa Marta

Medellín

Barrancabermeja

Puerto Carreño

Ibagué

Neiva Popayán

EQUADOR Guayaquil

Yopal

BOGOTÁ Villavicencio

Puerto Inírida

PERU

Colombia San José del Guaviare

Lima

B

Florencia

Colombia

Ecuador

Piura Chiclayo Cuenca

VENEZUELA

Quito

Arauca

La Paz

Ecuador

Guayaquil

Caracas Valencia

Cali Cúcuta

Medellín

Pasto

Tegucigalpa

Valledupar

Bucaramanga

Manizales Pereira Armenia

Punta Cana

Roatán Santo Domingo

Corozal

Apartadó

Quibdó

Managua

Liberia

Riohacha

CUBA

Cancún

San Pedro de Sula

GUATEMALA San Salvador

REPÚBLICA DOMINICANA

Havana

Vera Cruz Mérida León Puerto Vallarta A Acapulco Ciudad d de Guatemala G atem

Mar Caribe

Miami

Monterrey

Oceano Pacífico

Newark New York - JFK Philadelphia

Cleveland

Iquiqe Tarapoto

BOLÍVIA

Brasil

Trujillo

Antofagasta

Perú LIMA Cusco

Puerto Maldonado BrasilJuliaca Bolivia LA PAZ Santa Cruz de la Sierra Arequipa

Calama

CHILE

PARAGUAY

Copiapó

Asunción

ARGENTINA Santiago Buenos Aires

Paraguay

Concepción Temuco Puerto Montt

URUGUA

Montevid


I

N

T

E

R

N

A

T

I

O

N

A

L

R

O

U

T

E

S

Frankfurt

ALEMANHA MANHA Paris

ESPANHA

Barcelona

Madrid

Oceano Atlântico

Santiago de Compostela

La Coruña

Oviedo

Bilbao

San Sebastián Pamplona

Vigo Valladolid

Zaragoza Barcelona

MADRID

ESPANHA Valencia

Alicante Córdoba Sevilla Jerez Cádiz Tenerife

BRASIL

Brasília

(BSB)

Rio de Janeiro São Paulo

AY

deo

(GRU)

Porto Alegre

(GIG)

Las Palmas

Málaga

Palma de Mallorca


CENTRAL

DE

RESERVAS

RESERVATIONS

DESK

SAC AVIANCA

0800 286 6543

TRECHOS NACIONAIS NO BRASIL

DOMESTIC LEGS IN BRAZIL

As passagens Avianca podem ser compradas pelos telefones: To purchase Avianca flight tickets via phone, dial:

CAPITAIS State capitals

4004.4040

DEMAIS LOCALIDADES Other cities

0300 789 8160

ou pelo SITE or access our website

www.avianca.com.br

TRECHOS INTERNACIONAIS

INTERNATIONAL LEGS

Para comprar passagens Avianca, basta entrar em contato com a Central de reservas pelos telefones: To purchase Avianca flight tickets, call our reservations desk, dial:

0800 891 8668 DEFICIENTES AUDITIVOS Hearing impaired

0800 891 1684

ou pelo SITE or access our website

www.avianca.com.br


L o j a s A v i a n c a n o Br a s i l A v i a n c a S a l e s D e s k s i n Br a z i l

ARACAJU

Aeroporto Santa Maria Av. Senador Júlio C. Leite, s/nºCEP: 49037-580 - Aracaju - SE Tel.: (79) 3243-1041

BRASÍLIA

Aeroporto Int. Juscelino Kubitschek Lago Sul, s/nºCEP: 71608-900 - Brasília - DF Tel.: (61) 3364-9358 Câmara dos Deputados Esplanada dos Ministérios Câmara dos Deputados - Anexo IV - Térreo - Centro CEP: 70160-900 - Brasília - DF Tel.: (61) 3216-9946

BELO HORIZONTE - CONFINS

Aeroporto Internacional Tancredo Neves LMG 800 - km 7,9 - s/nºCEP: 33500-900 - Belo Horizonte - MG Tel.: (31) 3689-2685

CAMPO GRANDE

Aeroporto Internacional de Campo Grande Av. Duque de Caxias, s/nº- - Vila Serradinho CEP: 79101-901 - Campo Grande - MS Tel.: (67) 3368-6171

CHAPECÓ

Aeroporto Serafim Enoss Bertaso Acesso Florestal Ribeiro, 4.535 Quedas do Palmital CEP: 89805-720 - Chapecó - SC Tel.: (49) 3323-0444

CUIABÁ

FORTALEZA

PORTO VELHO

ilhéus

RECIFE

Aeroporto Internacional Pinto Martins Av. Senador Carlos Jereissatti, 3.000 Serrinha - CEP: 60741-900 - Fortaleza - CE Tel.: (85) 3392-1525 Aeroporto de Ilhéus R. Brigadeiro Eduardo Gomes, s/nºPonta Ilhéus - CEP: 45654-070 (Nova Base 1º- Setembro) - Ilhéus - BA (73) 3231-7957

João pessoa

Aeroporto Int. Pres. Castro Pinto, s/nºBayeux - CEP: 58308-901 - João Pessoa PB Tel.: (83) 3232-721

JUAZEIRO DO NORTE

Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes Av. Virgílio Távora, 4.000 - Aeroporto CEP: 63020-470 - Juazeiro do Norte - CE Tel.: (88) 3572-1050

MACEIÓ

Aeroporto Internacional de Maceió Zumbi dos Palmares Rodovia BR 104 Km 91. CEP: 57110-100 - Tabuleiro Maceió - AL Tel.: (82) 3036 5409

natal

Aeroporto Internacional Augusto Severo R. Rio Xingú, s/nº- - Emaús CEP: 59148-902 - Natal - RN Tels.: (84) 3087-1395 / 1302

Aeroporto Internacional Marechal Rondon Av. Governador João Ponce de Arruda, s/nºJardim Aeroporto CEP: 78110-900 - Várzea Grande - MT Tel.: (65) 3614-2550

PASSO FUNDO

CURITIBA

PETROLINA

Aeroporto Lauro Kourtz BR 285 - km 287 - Zona Rural CEP: 99050-970 - Passo Fundo - RS Tel.: (54) 3045-3008

Aeroporto Internacional Afonso Pena Saguão Principal Av. Rocha Pombo, s/nº- - Águas Belas CEP: 83010-900 - São José dos Pinhais - PR Tel.: (41) 3381-1354

Aeroporto Senador Nilo Coelho BR 235 - km 11 - Zona Rural CEP: 56313-900 - Caixa Postal 403 Petrolina - PE Tel.: (87) 3863-0808

FLORIANÓPOLIS

PORTO ALEGRE

Aeroporto Internacional Hercilio Luz Av. Diomício Freitas, 3.393 - Carianos CEP: 88047-900 - Florianópolis - SC Tel.: (48) 3331-4233

Aeroporto Internacional Salgado Filho Saguão Principal Av. Severo Dullius, 90.010 - Anchieta CEP: 90200-310 - Porto Alegre - RS Tel.: (51) 3358-2393

Aeroporto Gov. Jorge Teixeira de Oliveira Av. Gov. Jorge Teixeira, s/nº- - Belmont CEP: 76803-250 - Porto Velho - RO Tel.: (69) 3219-7472

Aeroporto Internacional de Guararapes Gilberto Freyre - Praça Salgado Filho, s/nºImbiribeira - CEP: 51210-902 - Recife - PE Tel.: (81) 3322-4841

RIO DE JANEIRO - GALEÃO

Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim Av. 20 de Janeiro, s/nºTerminal I - Setor B - 2º- Andar CEP: 21941-570 - Ilha do Governador Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3398-4648

RIO DE JANEIRO - SANTOS DUMONT Aeroporto Santos Dumont Praça Senador Salgado Filho, s/nºCEP: 20021-340 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3814-7329

SALVADOR

Aeroporto Internacional Deputado Luiz Eduardo Magalhães Praça Gago Coutinho, s/nºSão Cristovão - CEP: 41510-045 Salvador - BA - Tel.: (71) 3204-1586

SÃO PAULO

Av. Washington Luis, 7.059 CEP: 04627-006 - Campo Belo - São Paulo - SP Tels.: (11) 2176-1111 / 1110

SÃO PAULO - CONGONHAS

Aeroporto Internacional de Congonhas Praça Comandante Lineu Gomes, s/nºSaguão Principal (Embarque) CEP: 04626-911 - São Paulo - SP Tel.: (11) 5090-9728

SÃO PAULO - GUARULHOS

Aeroporto Internacional Governador André Franco Montoro Rodovia Hélio Smidt, s/nº- - Ed. Interligação Balcão Avianca - Terminal I - ASA A CEP: 07143-970 - Guarulhos - SP Tels.: (11) 2445-3576 / 3759


www.aviancacargo.com.br

O serviço de cargas nacional da Avianca se consolida como alternativa de transporte para sua carga ou encomenda, proporcionando uma ampliação na sua rede de atendimento a seus clientes. Avianca’s domestic freight service has become a reliable transportation alternative for your freight or small parcels, ensuring the expansion of its client checking desk network. • Utilização de voos comerciais da Avianca.• Utilização de voos regionais exclusivos. • Rastreamento da encomenda online. • Opção de seguro para transporte. • Sistema simplificado de tarifas. • Flexibilidade no atendimento. • Atendimento nas principais capitais, com coleta e entrega. • Use of Avianca commercial flights. • Use of exclusive regional flights. • On-line tracking of all orders. • Transportation insurance options. • Simplified airfare system. • Flexible services. • Pick-up and delivery services in the main capital cities. ARACAJU - AJU Rua José de Araújo Neto, nº 325 Orlando Dantas CEP: 49042-250 - Aracaju - SE Tel: (79) 3251-6192 Email: ops.aju@aviancacargo.com.br BRASÍLIA – BSB Aeroporto Internacional de Brasília Terminal de Logística de Carga Nacional, salas 06 e 08 - Térreo CEP: 71608-900 – Brasília - DF Tel.: (61) 3364-9674 / 3364-9673 E-mail: ops.bsb@aviancacargo.com.br CAMPO GRANDE – CGR Aeroporto de Campo Grande Hangar Infraero Cargo - Entrada lateral, fundos Jardim Aeroporto CEP: 79101-901 - Campo Grande - MS Tel.: (67) 3363-0444 E-mail: ops.cgr@aviancacargo.com.br CHAPECÓ - XAP Acesso Florenal Ribeiro, s/nº – Aeroporto CEP: 89800-000 – Chapecó - SC Tel.: (49) 3328-3747 E-mail: ops.xap@aviancacargo.com.br CONFINS - CNF Aeroporto Internacional Tancredo Neves Terminal de Cargas Rodovia MG 10 – Km 39 CEP: 33400-000 - Confins - MG Tel.: (31) 3689-2683 E-mail: ops.cnf@aviancacargo.com.br CUIABÁ - CGB Aeroporto Internacional Marechal Rondon Av. Gov. João Ponce Arruda, s/nº - Jardim Aeroporto CEP: 78110-100 - Várzea Grande - MT Tel.: (65) 3029-7001 E-mail: ops.cgb@aviancacargo.com.br CURITIBA – CWB Aeroporto Internacional Afonso Pena Teca Infraero – Carga Doméstica Av. Rocha Pombo, s/nº CEP: 83010-900 – Curitiba - PR Tel.: (41) 3381-1350 / 3381-1364 E-mail: ops.cwb@aviancacargo.com.br

FLORIANÓPOLIS - FLN Av. Deputado Diomício de Freitas, nº3393 CEP: 88047-400 - Florianópolis - SC Tel.: (48) 3331-4201 E-mail: ops.fln@aviancacargo.com.br FORTALEZA – FOR Av. Senador Carlos Jereissatti, nº 3000 - Serrinha CEP: 60740-900 – Fortaleza - CE Tel.: (85) 3392-1717 E-mail: ops.for@aviancacargo.com.br JOÃO PESSOA - JPA Aeroporto Internacional de João Pessoa Terminal de Cargas Nacional Av. Marechal Rondon, s/nº CEP: 58308-000 - Bayeux - PB Tel.: (83) 3232 7674 / 3232 1637 E-mail: ops.jpa@aviancacargo.com.br JUAZEIRO DO NORTE - JDO Rua: São Francisco, nº 821 - Centro CEP: 63010-215 - Juazeiro do Norte - CE Tel.: (88) 3512-2648 E-mail: ops.jdo@aviancacargo.com.br NATAL - NAT Avenida Piloto Pereira Tim, nº 617, Galpão 09 CEP: 59140-248 - Parnamirim – RN Tel.: (84) 3645-6896 E-mail: ops.nat@aviancacargo.com.br MACEIÓ - MCZ Rodovia BR 104 km 92, nº 04 - galpão 04 - Aeroporto CEP: 57100-000 - Rio Largo - AL Tel.: (82) 3342-3554 E-mail: ops.mcz@aviancacargo.com.br PASSO FUNDO - PFB Aeroporto Regional de Passo Fundo BR 285 - KM 287 – Zona Rural de Passo Fundo CEP: 99050-970 – Passo Fundo - RS Tel.: (54) 3311-4993 E-mail: ops.pfb@aviancacargo.com.br PETROLINA - PNZ Rua Ana Nery, 40 - Vila Mocó CEP: 56304-500 - Petrolina - PE Tel.: (87) 3031-6585 E-mail: ops.pnz@aviancacargo.com.br

PORTO ALEGRE - POA Av. Severo Dullius, s/nº, Portão 06 Infraero – São João CEP: 90200-310 – Porto Alegre - RS Tel.: (51) 3358 2399 E-mail: ops.poa@aviancacargo.com.br PORTO VELHO - PVH Rua Rafael Vaz e Silva, 2645 - Liberdade CEP: 76803-890 - Porto Velho - RO Tel.: (69) 3223-8421 E-mail: ops.pvh@aviancacargo.com.br RECIFE – REC Aeroporto Internacional de Guararapes Praça Ministro Salgado Filho, s/nº, Teca 2 Infraero CEP: 51210-010 – Recife - PE Tel.: (81) 3322-4724 E-mail: ops.rec@aviancacargo.com.br RIO DE JANEIRO - SANTOS DUMONT - SDU Aeroporto Santos Dumont Av. Almirante Sílvio de Noronha, nº 399, Cabeceira Sul CEP: 20231-030 – Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3814-7577 E-mail: ops.sdu@aviancacargo.com.br RIO DE JANEIRO - GALEÃO - GIG Estrada do Galeão, s/nº - Terminal de Cargas Aeroporto Velho do Galeão CEP: 21941-510 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 3398-7031 E-mail: ops.gig@aviancacargo.com.br SALVADOR – SSA Área Industrial, nº 15A, Teca Infraero Doméstico Aeroporto CEP: 41500-570 – Salvador - BA Tels.: (71) 3204-1129 E-mail: ops.ssa@aviancacargo.com.br SÃO PAULO - CONGONHAS - CGH Av. Pedro Bueno, 1382 - Jardim Aeroporto CEP: 04342-001 – São Paulo - SP Tel.: (11) 4020 2021 / 0300 313 2021 E-mail: cerca@aviancacargo.com.br SÃO PAULO - GUARULHOS - GRU Aeroporto Internacional de Guarulhos Rodovia Helio Smidt, s/n – Terminal de Cargas Nacional CEP: 07141-970 – Guarulhos - SP Tel.: (11) 4020 2021 / 0300 313 2021


S E G U R A N Ç A O P E R A C I O N A L O P E R AT I O N A L S A F E T Y

O AVISO DE ATAR CINTOS

THE FASTEN YOUR SEATBELT WARNING LIGHT

Recentemente, foram divulgados na imprensa, eventos onde pessoas se feriram quando o avião entrou em região de turbulência. Mas por que isso pode ter acontecido? As aeronaves que operamos são dotadas de modernos e possantes radares meteorológicos, que conseguem ver nuvens e turbulência muito além do que os olhos de nossos aviadores conseguem enxergar. Essas informações permitem aos pilotos realizar desvios de rota, ajustes de velocidade, ou então acionar o aviso de atar cintos, sempre prezando pelo conforto e segurança de todas as pessoas a bordo da aeronave. Entretanto, existe uma espécie de turbulência que não consegue ser detectada nem por pilotos e nem por radares. É a turbulência de céu claro, ou CAT, que é a sigla em inglês para Clear Air Turbulence. Estudos apontam que uma das áreas principais que dão origem à turbulência de céu claro é a vizinhança de uma corrente de jato, conforme variação atmosférica nas grandes altitudes, com velocidades a partir de 90 km/h. No Brasil, a maior quantidade de ocorrências é nos meses de inverno, entre 30 e 45 mil pés. Dessa forma, senhores passageiros, nossa melhor opção é estar sempre atento aos avisos de atar cintos e a instrução de nossos comissários, pois em sinergia com os pilotos, estão sempre buscando seu conforto e sua segurança. Apertem os cintos e tenham uma excelente viagem!

Events were revealed recently in the news about people who were injured during a flight when the airplane entered into a region of turbulence. Why could this have happened though? The aircrafts that we operate are doted with modern and powerful meteorological radar devices that are able to see clouds and turbulence far beyond that which the eyes of our aviators are capable of seeing. This information allows the pilots to make detours in the route, speed adjustments and if necessary hit the fasten your seatbelt light to ensure the comfort and safety of everyone aboard the aircraft. However, there is a type of turbulence that cannot be detected neither by the pilots nor by radar. It is clear air turbulence or CAT. Studies point out that one of the main areas that clear air turbulence originates is in the proximity of a jet stream according to the atmospheric variation at high altitudes with speeds starting at 90km/h. In Brazil, the highest number of occurrences is in the winter months at altitudes in the range of 30 and 45 thousand feet. Thus for you the passenger, our best option is for you to always pay attention to the warning lights to fasten your seatbelt and to the instructions from our flight attendants who together with the pilots are always looking after your comfort and safety.

Apertem os cintos e tenham uma excelente viagem!

Tighten your seatbelts and have an excellent trip!

Diretor de Segurança Operacional

Board of Directors of Operational Safety


EXPEDIENTE

COLABORADORES Graziela Ventura Formada em Fotografia e Imagem Digital pela Concordia University de Montreal, especializada em tratamento digital e pós-graduada em Pós-Produção Fotográfica. Viviane Pessoa Carioca, executiva de Marketing, jornalista, pós graduada em Comunicação Corporativa e mestre em Relações Públicas Internacionais. Ricardo Oliveros Jornalista, arquiteto, urbanista especializado em meio ambiente. Silvia Camargo Profissional de marketing com 20 anos de experiencia em indústrias, empresas de serviços e varejo com foco na área digital.

Fundada em 1998 avianca.com.br AviancaBrasil AviancaBrasil AviancaBrasil Avianca

blog.avianca.com.br AviancaBr

central de reserva 4004-4040 outras cidades 0300-7898160 SAC – Serviço de Atendimento ao Consumidor SAC 0800-286-6543 Atendimento ao deficiente auditivo: 0800-286-5445

Diretor Executivo Carlos Koga - c.koga@midiaonboard.com.br Editor Fredy Campos - redacao@aviancaemrevista.com.br Jornalista Responsável Camila Balthazar - camila.balthazar@aviancaemrevista.com.br Marketing Priscila Soares - priscila@midiaonboard.com.br Flavia Cunha - flavia@midiaonboard.com.br Publicidade Marcelo Simões - marcelo@aviancaemrevista.com.br Rio de Janeiro: Zeiry Dias - zeirydias@xaoquadrado.com.br Departamento Financeiro Jane Elaine - jane@midiaonboard.com.br Produção Salvador Nazarre e Otávio Yamasaki Projeto Gráfico Ari Maia Rodrigo Figueiredo Design / Diagramação Leonardo Bussolo - leonardo@aviancaemrevista.com.br Alinne Anno Edição de Imagem Graziela Ventura Revisão Just Layout PARA ANUNCIAR comercial@aviancaemrevista.com.br +55 11 5505-0078 Colaboraram nesta edição Renata Maranhão, Viviane Pessoa, Carla Palmieri, Roberto Salgado, Tatiane Greco, Pedro Henrique Araújo, Vitor Cardoso, Silvia Camargo, Jairo Goldflus, Caio Fischer, Fabio Kanczuk, Ricardo Oliveros, Grazi Ventura, Eliana Dutra, German Carmona, Carolina Pinheiro, Tom Alves, Jorge Bispo, Marco Antonio Ferraz, Paulo Zelenka, Marcos Ribeiro, Marcos Trinca, Paulo Greca, Eric Pume. Agradecimentos

SELO

www.avianca.com.br

Presidente: José Efromovich Presidente Executivo: Santiago Diago Vice-presidente de Marketing e Comercial: Tarcisio Gargioni Conselho Editorial: Flavia Zulzke – Gerente de Marketing Fernanda Coelho – Analista de Marketing Felipe Coutinho – Assistente de Marketing Marketing Avianca: Gabriel Lago - Coordenador de Marketing

Dan Stulbach, Ricardo Tozzi, Sônia Hess, Isabela Raposeiras, Instituto Costarricense de Turismo, Edo Tours Express de Costa Rica, Inhotim, Tomba Expedições Ecológicas e Culturais, Paulo Gustavo, Hotel La Suite, Edinho Engel, Unique Garden Hotel & Spa, Tivoli Ecoresort.

e m

r e v i s t a

MAX

FERCONDINI APAIXONADO PELA AVIAÇÃO NA VIDA REAL, O ATOR ESTREIA NA TV COMO PILOTO DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA INTERNACIONAL O PERU DA ALTA GASTRONOMIA LIMENHA ÀS TRADIÇÕES ANDINAS DO VALE SAGRADO DOS INCAS BAHIA LÍCIA FÁBIO, PROMOTER MAIS DESCOLADA DE SALVADOR, REVELA SEUS AMORES PELA CAPITAL ENTREVISTA O CINEASTA MARCELO GALVÃO CONTA OS BASTIDORES DO FILME COLEGAS

Confira as edições anteriores em www.aviancaemrevista.com.br

A Avianca em Revista é uma publicação da Editora Drops, sob a licença da empresa aérea Avianca, distribuida exclusivamente a bordo das aeronaves nos voos nacionais. As pessoas que não constam do expediente da revista não tem autorização para falar em nome da revista. É necessário uma carta de autorização, atualizada e datada em papel timbrado assinada pelos editores. Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade dos autores e fica expressamente proibido a reprodução total ou parcial sem autorização prévia. Editora Drops (55 11)5505-0078 aviancaemrevista.com.br Impressão IBEP Gráfica

Tiragem: 30.000 exemplares. Todos os direitos reservados. Auditado pela


São Paulo + 55 11 3524-4500

MAZARS: A ALTERNATIVA CAPAZ DE DIRECIONAR SEU NEGÓCIO AO SUCESSO. A MAZARS é uma organização internacional, integrada e independente, especializada em

Rio de Janeiro +55 21 22 62-39 0 0

Campinas +55 19 3368-7811

Auditoria, Financial Advisory Services, Consultoria Empresarial, Consultoria Tributária e Terceirização de Processos e Serviços Contábeis.

Nosso modelo de integração é dedicado para garantir agilidade e consistência na qualidade de nossos serviços. Somos uma empresa global que compartilha os mesmos valores.

Curitiba +55 41 3262-1214

www.mazars.com.br

Uma cultura corporativa moldada pela diversidade, pensamento independente e forte compromisso com nossos clientes.

relacionamento@mazars.com.br


#39 - Paulo Gustavo  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you