Page 1

Ano II - Nº 27 - Julho de 2014

Boletim 27 x 0

Violência

O Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha Vocês sabiam da importância e da existência dessa data? Pois é, eu também não conhecia, mas ela existe desde 1992 e foi criada no I Encontro de Mulheres AfroLatino-Americanas e AfroCaribenhas em Santo Domingos, na República Dominicana. Mas por que isso? O motivo da criação desta data foi a ideia de fortalecer as organizações e os movimentos de mulheres negras estabelecendo estratégias para enfrentar racismo, sexismo, p re c o n c e i t o e d e m a i s discriminações vivenciadas cotidianamente pelas mulheres negras. É necessário dar visibilidade à luta protagonizada pelas mulheres negras, por meio de ações, da promoção da igualdade e da valorização do debate sobre o reconhecimento e a construção da identidade da mulher negra no Brasil. O dia da mulher negra marca uma grande conquista na discussão relacionada às mulheres negras, historicamente silenciadas, invisibilizadas e inferiorizadas p e r a n t e o r a c i s m o, o machismo e o sexismo. É necessário compreender as especificidades da luta dos movimentos de mulheres

negras para avançar no reconhecimento das diferenças. São as mulheres negras que ocupam o lugar de maior miséria na sociedade, que compõem a maioria das mulheres em privação de liberdade, obrigadas a ver seus filhos terem seus direitos negados, no acesso à educação, cultura e lazer ao cumprirem medidas socioeducativas, em casa de semi-liberdade. São as mais prejudicadas pela exploração sexual e pelas péssimas condições nas quais se encontram as mulheres em situação de prostituição, são as que encontram mais dificuldades ao acessar o sistema de saúde, são as mais agredidas pela imposição dos padrões estéticos, são as que mais sofrem com a alienação do trabalho e a mercantilização do corpo. Sempre enfrentam os desafios, nascem na rua. São negras, faveladas, estudantes, trabalhadoras, mães solteiras, lésbicas, bissexuais, que além de desafiar seu lugar de subalternidade, desafiam a sociedade etnocêntrica e burguesa.

Fique por

dentro Gente a copa acabou né?? E ai vocês estão acompanhado tudo o que aconteceu nesse período?? Tá rolando vários textos, balanços, artigos, sobre o "legado" da copa. Tá valendo, vocês darem pesquisada sobre o assunto, principalmente no que se refere à criança e ao adolescente em meio a tudo isso. Fiquem por dentro. Em breve postaremos mais sobre este assunto.

Giro

DE NOTÍCIAS Então galera, aproveitando as reflexões sobre o 25 de julho – Dia da Mulher Negra Latina Americana e Caribenha, vamos fazer bombar o manifesto da galera do movimento negro e negra!? Então, a galera está postando nas redes sociais o manifesto sobre esse tema.Vamos ler e vamos compartilhar?

Leia o texto na íntegra aqui: http://zip.net/bjn3GF

1


Jovens multiplicadores, realizam ações de prevenção a exploração sexual de criança e adolescentes em Pernambuco, nos municípios de Olinda, Paulista e São Lourenço da Mata, durantes os jogos da Copa no Estado.

Instagram da ANA Envie suas fotos para o Boletim da Campanha ANA Para enviar as fotos é simples. Basta marcar a Campanha ANA nas suas fotos com a frase #ANA_INSTAGRAM com uma pequena legenda que iremos publicar em nossas redes e no Boletim mensal da campanha.

Para seguir o perfil da ANA Acesse: http://instagram.com/anamovimento

Conhecendo

a Rede

Você sabia que existe um movimento social na sociedade chamado Movimento Negro? Os movimentos negros são uma série de movimentos realizados por pessoas que lutam contra os preconceitos e a escravidão. Eles têm o objetivo de resgatar a memória de uma população que batalhou por sua liberdade. Este movimento geralmente é composto por entidades não governamentais, povos de terreiros, feministas negras e outras representações, que lutam cotidianamente, contra repressões, preconceitos, racismo e violações sofridas pelo povo negro.

Gente, vocês sabem quem está de parabéns este mês??? O ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente. Dia 13 de julho ele fez 24 anos. São 24 anos de luta pelos nossos direitos. O ECA nasceu em 1990, de lá pra cá são muitas lutas travadas para garantir nossos direitos. Se você ainda não o conhece, tá valendo dar uma lidinha. Para conhecer um pouco mais da historias da criação do ECA veja esse vídeo. http://zip.net/bnn2J7

Acompanhe e compartilhe a Campanha ANA em nossas redes sociais

@Campanhaana

ana.movimento@gmail.com

Realização

Brasil

Apoio

Parceria

2

Boletim ana edição 27 dia internacional da mulher negra latino americana e caribenha  

dia internacional da mulher negra latino americana e caribenha, Movimento Negro, Legado da copa, aniversário do eca.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you