Page 1

18 de maio E as novas tecnologias da informação e da comunicação (TIC’s)

Por Lídia Rodrigues, Coordenação da Campanha ANA

As novas tecnologias da informação e da comunicação (TIC's) vêm mudando aos poucos nosso estilo de vida. Há quem se questionem como nossos pais e avós conseguiam viver sem as comodidades e facilidades que as TIC's agregam ao nosso cotidiano, mas, era sim possível e da mesma forma que as TIC's vieram nos facilitar a vida, elas podem nos atrapalhar. Poderíamos ficar horas dizendo dos benefícios e malefícios que o mau uso das TIC's nos traz nas diversas áreas da vida, entretanto, falaremos apenas de um aspecto: O DESENVOLVIMENTO DA S E X UA L I DA D E D E F O R M A SAUDÁVEL. Já parou para pensar o quanto as “TIC's” podem interferir nos nossos comportamentos, relacionamentos familiares e sociais, a saúde afetiva e sexual de todxs? Atualmente as crianças e os adolescentes vivem em dois mundos: aquele que todos conhecemos, o mundo real, e o mundo virtual. O segundo parece muito mais interessante e surpreendente, oferecendo aventuras e oportunidades à busca pela autonomia, mas também, perigo e riscos. “O espaço cibernético, o mundo da internet e a velocidade da comunicação se tornaram o "lugar vivo de verdade" onde todos se encontram, aprendem, jogam, brincam, brigam, trocam fotos, ganham dinheiro, começam e terminam amizades e namoros”. E sendo esse o lugar tão vivo, exerce uma

ANA

da

Ano III - Nº 47 - Maio de 2016

ANA

a d

grande influência ao desenvolvimento. Ao ponto de sofrermos violência graves que prejudicam e muito sua saúde física e psíquica. Quem nunca recebeu ou compartilhou um nude que libere a senha do telefone! Brincadeiras à parte, o fato é que o problema não esta na ferramenta, mas sim em quem não a utiliza de uma forma adequada. O mais preocupante são as redes de pornografia, de pedofilia e de exploração sexual digital, com aliciamento de crianças e adolescentes e a produção de material com cenas de sexo explícito envolvendo menores de 18 anos. No Brasil, o artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A.), que trata do crime que diz respeito à exploração sexual de crianças e adolescentes pela internet, prevê a responsabilização desses atos. Entretanto, esses crimes continuam sendo cometidos contra meninas e meninos, inclusive pelos usuários terem em mente que a Internet é terra de ninguém, esquecendo que existe um marco civil regulatório do uso das TIC's.

Artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente LEI Nº 11.829, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2008. "Apresentar, produzir, vender, fornecer, divulgar ou publicar, por quaisquer meios de comunicação, inclusive a rede mundial de computadores ou internet, fotografias ou imagens com pornografia ou cenas de sexo explícito envolvendo criança ou adolescente".

As grandes empresas de comunicação também devem fazer seu papel no combate às violências, podendo ser também responsabilizadas. O cidadão pode se valer ainda de importantes canais para cercear esse e outros tipos de violência como o serviço Disque 100 (www.denuncia.org.br) ou o sistema SaferNet Brasil (www.safernet.com.br). Artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente LEI Nº 11.829, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2008.

«Apresentar, produzir, vender, fornecer, divulgar ou publicar, por quaisquer meios de comunicação, inclusive a rede mundial de computadores ou internet, fotografias ou imagens com pornografia ou cenas de sexo explícito envolvendo criança ou adolescente". Nesse cenário, Infelizmente, crianças e adolescentes não são mais apenas vítimas, mas também têm figurado como agentes de violência, numa lista cada vez maior de delitos cibernéticos, como ameaça, instigação ao suicídio, cyberbullying e a pornografia. Cabe a nós ainda orientar meninas e meninos sobre esses comportamentos que não contribui em nada no processo de desenvolvimento saudável, apresentando-lhes novas possibilidades de atitudes respeitosas nas relações que estabelece. Por fim, para saber como lidar nessa proteção acesse o link disponibilizado pelo CEDECA-BA em: http://www.cedeca.org.br/tira_duvida.cf m#td1 .

Expediente Coordenação Lídia Rodrigues Técnica em Comunicação Tatiana Araújo Assessores de Conteúdo Rosana França Rodrigo Correa

1


Conhecendo

a Rede

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) A Polícia Rodoviária Federal (PRF) é um órgão do Ministério da Justiça e faz parte do Poder Executivo Federal. Sua principal atribuição é realizar a fiscalização e o policiamento ostensivo das rodovias federais, mais conhecidas como BRs. A cada dois anos, a PRF realiza em todo o País o mapeamento dos pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias e estradas federais. O objetivo desse trabalho é criar dados e indicadores que possam ser estudados e monitorados, a fim de que sejam desenvolvidas estratégias, de vários setores da s o c i e d a d e , v i s a n d o a p r e ve n ç ã o , o enfrentamento e a efetiva proteção de crianças e adolescentes vítimas desse crime. Sabia mais em: https://www.prf.gov.br/portal/policiamento -e-fiscalizacao/paginas-anteriores/atuacaoem-direitos-humanos/denuncia-de-pontode-exploracao-sexual

Giro

DE NOTÍCIAS

Durante os dias 18 e 19 de Maio de 2016, acontecerá em Brasília o Seminário Nacional “A Promoção e Proteção dos Direitos Sexuais de Crianças e Adolescentes e os desafios para o Enfrentamento da Violência Sexual no contexto das Novas Tecnologias de Comunicação e Informação”, o evento que comporá a agenda do 18 de maio acontecerá no Auditório Nereu Ramos na Câmara dos Deputados.

Fique por DENTRO Você sabia que é possível divulgar sua programação do 18 de Maio no blog da Campanha Faça Bonito? Aqueles que quiserem ter sua programação divulgada no blog, é só envie em formato PDF para 18demaiobrasil@gmail.com que suas ações serão compartilhadas. Por lá também é possível saber a programação dos outros estados e baixar as artes da campanha do 18 de Maio. Para saber mais acesse: http://facabonitocampanha.blogspot.com.br/

Gente! Sei que tô um pouco sumida, mas em breve teremos novidades quentinhas! Prometo atualizar vocês de tudo! Enquanto isso aproveita aí nosso boletim.

ANA

da

2


Instagram da ANA Envie suas fotos para o Boletim da Campanha ANA Para enviar as fotos é simples. Basta marcar a Campanha ANA nas suas fotos com a frase #ANA_INSTAGRAM com uma pequena legenda que iremos publicar em nossas redes e no Boletim mensal da campanha. Para seguir o perfil da ANA Acesse: http://instagram.com/anamovimento

ANA

da

ano e o Pl r b o s ina . Ofic foto 1e2 atal e N m de nal e ional Nacio c a n ia ferênc da con os; uman H s o t i do Dire ional g e R ontro l 3. Enc aciona n r e t T In ECPA ; atina) L a c i de (Amér panha m a C ia e da iolênc 4. Art V a o ent ntam sa Enfre CA Ca E D E l do C Sexua cer. Renas


a

Fica dica Filmes

Livros Manual de Relacionamento Virtual o Limite Entre o Uso e o Abuso! O Manual de Relacionamento Virtual é um produto da percepção de dois especialistas da área da Psicologia e Neurociência em suas práticas clínicas e acadêmicas, mostrando uma visão bem atualizada e realista sobre o impacto positivo e negativo dos relacionamentos virtuais nos dias de hoje na vida das pessoas. Refere-se, sobretudo, da obser vação cotidiana do processo de virtualização das relações interpessoais. Além de apresentarem suas visões sobre o assunto os autores apresentam casos reais relatados por seus clientes (que autorizaram a publicação) que deixa claro os perigos que se pode encontrar na rede além de dicas simples de como se colocar de forma segura nas redes sociais e assim usar a

CONFIAR Confiar trata de um assunto extremamente atual e, sem fazer rodeios, esse suspense familiar tem tudo para deixar o espectador com a pulga atrás da orelha. Annie apresenta os sintomas comuns da puberdade, acha que ninguém em casa a entende e todos a julgam. Filha do meio do casal Will e Lynn, ela começa a se relacionar virtualmente com um jovem de 16 anos que conheceu num chat da internet. O "romance" extrapola o meio, migrando para o telefone celular e num dia, sem que seus pais soubessem, ela aceita o convite para um encontro. Só que a surpresa do primeiro momento é apenas o começo de um pesadelo que marcará a vida de todos para sempre.

internet de forma positiva. Com exemplos para leitores, pais e educadores de como lidar com este recurso maravilhoso que é a internet.

Acompanhe e compartilhe a Campanha ANA em nossas redes sociais

ana.movimento@gmail.com

Realização

Brasil

Apoio

ANA

da

4

Boletim ana edição nº 47 18 de maio e as novas tecnologias da informação e da comunicação  

O que as novas tecnologias da informação e da comunicação (TIC’s) podem influenciar no DESENVOLVIMENTO DA SEXUALIDADE DE CRIAÇAS E ADOLESCEN...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you