Page 1

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ

ALINE BELLEI MARCHESE

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA YO PROPAGANDA

ITAJAÍ


2

2009 ALINE BELLEI MARCHESE

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA YO PROPAGANDA

Relatório apresentado como requisito parcial para a aprovação na disciplina de Estágio Supervisionado em Publicidade e Propaganda do Oitavo Período do Curso de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda da Universidade do Vale do Itajaí, Centro de Ciências Sociais Aplicadas – Comunicação, Turismo e Lazer. Orientador: Prof. MSc. Rafael Jose Bona

ITAJAÍ


3

2009/2


4

Agradecimentos Ao meu Orientador do Estágio Prof. Msc. Rafael José Bona pela simpatia, paciência e atenção no andamento deste relatório, a Yo Propaganda por me receber e proporcionar esta experiência, ao meu supervisor do campo de estágio Ricardo José Sékula pela gentileza e dedicação ao me fornecer todas as informações necessárias e a todos os


5

demais funcionários e sócios da agência Yo, pelo auxílio e receptividade. RESUMO

Autora: Aline Bellei Marchese Orientador: Prof. Msc. Rafael José Bona Título: Yo Propaganda O conteúdo aqui retratado apresenta o relatório de estágio supervisionado realizado na empresa Yo Propaganda de Chapecó, Santa Catarina. Este documento é pré - requisito para a aprovação na disciplina de Estágio Supervisionado Obrigatório do Oitavo Período do curso de Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda da UNIVALI, Universidade do Vale do Itajaí, Campus Itajaí. O conteúdo foi desenvolvido pela acadêmica Aline Bellei Marchese e a atuação prática em campo de estágio compreendeu o período de 13/07/2009 a 07/08/2009, totalizando 120 horas de estágio. A agência Yo Propaganda atua há seis anos no mercado chapecoense e há dois anos em São Paulo e atende clientes que têm tradição em suas cidades e segmento. O texto seguinte descreve o perfil da empresa, a partir de seu histórico e análise de mercado, traz um levantamento de dados sobre os processos de comunicação por ela realizados, o diagnóstico da comunicação e a proposta de um plano de ação sugerido pela autora. Palavras-Chave: Yo Propaganda; Agência; Publicidade.


6

LISTA DE FIGURAS

Figura 1: Fachada da Agência ...................................................................................................... 38 Figura 2: Escada de acesso à Agência .......................................................................................... 38 Figura 3: Recepção da Agência vista de fora para dentro ............................................................ 38 Figura 4: Recepção da Agência vista de dentro para fora ............................................................ 39 Figura 5: Sala de Reunião principal ............................................................................................. 39 Figura 6: Sala de Reunião secundária ........................................................................................... 39 Figura 7: Ambiente de Trabalho visto pelo acesso 1 .................................................................... 39 Figura 8: Ambiente de Trabalho visto pelo acesso 2 .................................................................... 40 Figura 9: Ilustração da parede, feita por Douglas Téo ................................................................. 40 Figura 10: Vista da entrada da sala de recreação .......................................................................... 40 Figura 11: Sala de recreação ......................................................................................................... 40 Figura 12: Mesa do Administrativo/Financeiro e Auxiliar administrativo .................................. 41 Figura 13: Cozinha da agência ..................................................................................................... 41 Figura 14: Personagem Digão ...................................................................................................... 51 Figura 15: Wallpaper Sementinha Henn ...................................................................................... 53 Figura 16: Anúncio Rouba Página ................................................................................................ 55 Figura 17: Minidoor 1 - Sua cabeça nosso mundo ....................................................................... 56 Figura 18: Minidoor 2 - Sua cabeça nosso mundo ....................................................................... 56 Figura 19: Anúncio Intermarine para revista ................................................................................ 58 Figura 20: Logo da Agência ......................................................................................................... 61 Figura 21: Cartões de visita .......................................................................................................... 62 Figura 22: Envelopes personalizados da Yo ................................................................................. 62 Figura 23: Folha timbrada da Yo .................................................................................................. 63 Figura 24: Pasta personalizada da Yo ........................................................................................... 63 Figura 25: Print screen da pauta online da Agência Yo ............................................................... 71


7

Figura 26: Print Screen do Blog da Agência 72 ........................................................................... 72 Figura 27: Exemplo de E-mail Marketing da Agência Yo ........................................................... 73 Figura 28: Anúncio Institucional da Agência Yo ......................................................................... 74 Figura 29: Logomarca desenvolvida para o Programa Viver ....................................................... 76 Figura 30: Cartazes desenvolvidos para iniciativas do Programa Viver ...................................... 76 Figura 31: Logo Cinelo - criada pela agência Yo para a associação ............................................ 77 Figura 32: Cartazes das mostras de filmes – Criações cedidas pela agência Yo .......................... 78 Figura 33: Anúncio Institucional da Agência Yo ......................................................................... 78 Figura 34: Foto 1 representativa dos fichários ............................................................................. 81 Figura 35: Foto 2 representativa dos fichários ............................................................................. 81 Figura 32: Foto ilustrativa do ponto de outdoor 1 ...................................................................... 100 Figura 33: Foto ilustrativa do ponto de outdoor 2 ...................................................................... 100 Figura 34: Foto ilustrativa do ponto de outdoor 3 ...................................................................... 101 Figura 35: Foto ilustrativa do ponto de outdoor 4 ...................................................................... 101


8

LISTA DE ILUSTRAÇÕES

Ilustração 1: Planta Baixa ............................................................................................................. 43 Ilustração 2: Organograma ........................................................................................................... 44 Ilustração 3: Fluxograma .............................................................................................................. 45


9

LISTA DE QUADROS

Quadro 1: Equipe de Trabalho (Sócios) ....................................................................................... 29 Quadro 2: Equipe de Trabalho (Funcionários) ............................................................................. 33 Quadro 3: Estrutura Técnica ......................................................................................................... 41 Quadro 4: Relação dos Fornecedores ........................................................................................... 47 Quadro 5: Concorrentes Diretos ................................................................................................... 58 Quadro 6: Análise SWOT ............................................................................................................. 84 Quadro 7: Orçamento das Ações ................................................................................................ 107


10

SUMÁRIO INTRODUÇÃO .......................................................................................................................... 13 1 DESCRIÇÃO ........................................................................................................................... 15 1.1 DADOS DA EMPRESA ........................................................................................................ 15 1.2 APRESENTAÇÃO DA EMPRESA ...................................................................................... 16 1.3 HISTÓRICO ........................................................................................................................... 16 1.3.1 Missão, Visão e Valores ...................................................................................................... 19 1.4 O MERCADO DE SANTA CATARINA .............................................................................. 19 1.4.1 O Mercado Chapecoense ..................................................................................................... 20 1.5 AGÊNCIA DE PROPAGANDA ............................................................................................ 23 1.6 PROPAGANDA EM SANTA CATARINA .......................................................................... 24 1.7 ÁREA DE ATUAÇÃO .......................................................................................................... 27 1.7.1 Posicionamento .................................................................................................................... 27 1.7.2 Serviços Oferecidos ............................................................................................................. 28 1.7.3 Preços Praticados ................................................................................................................. 28 1.8 EQUIPE DE TRABALHO ..................................................................................................... 29 1.8.1 Sócios ................................................................................................................................... 29 1.8.1.1 Descrição das funções de cada um ................................................................................... 30 1.8.2 Funcionários ........................................................................................................................ 33 1.8.2.1 Descrição das funções de cada um ................................................................................... 34 1.9 ESTRUTURA FÍSICA (CHAPECÓ – SC.) ........................................................................... 38 1.10 ESTRUTURA TÉCNICA (CHAPECÓ – SC) ..................................................................... 41 1.11 PLANTA BAIXA ................................................................................................................ 43 1.12 ORGANOGRAMA .............................................................................................................. 44 1.13 FLUXOGRAMA .................................................................................................................. 45 1.14 FORNECEDORES ............................................................................................................... 46 1.15 CLIENTES ........................................................................................................................... 50


11

1.16 CONCORRÊNCIA ............................................................................................................... 58 1.16.1 Concorrentes Diretos ......................................................................................................... 58 1.16.2 Concorrentes Indiretos ....................................................................................................... 60 1.17 IDENTIDADE VISUAL DA AGÊNCIA ............................................................................ 60 2. DIAGNÓSTICO DE COMUNICAÇÃO .............................................................................. 65 2.1 COMUNICAÇÃO DA AGÊNCIA ........................................................................................ 66 2.2 ANÁLISE DA COMUNICAÇÃO INTERNA ....................................................................... 67 2.2.1 Call . .....................................................................................................................................68 2.2.2 Skype ................................................................................................................................... 68 2.2.3 MSN ..................................................................................................................................... 68 2.2.4 E-mail .................................................................................................................................. 68 2.2.5 Mesas Juntas ........................................................................................................................ 69 2.2.6 Quadro Branco...................................................................................................................... 69 2.2.7 Mural ................................................................................................................................... 69 2.2.8 Pauta online ..........................................................................................................................69 2.2.9 Reuniões de Pauta ................................................................................................................ 70 2.2.10 Reuniões Esporádicas ........................................................................................................ 70 2.2.11 Coffee Break ...................................................................................................................... 70 2.3 ANÁLISE DA COMUNICAÇÃO ENTERNA ..................................................................... 71 2.3.1 Placas Externas .................................................................................................................... 71 2.3.2 YOCULT ............................................................................................................................. 71 2.3.3 YO NEWS: E-mail Marketing ............................................................................................ 72 2.3.4 Site ....................................................................................................................................... 75 2.3.5 Flickr .................................................................................................................................... 75 2.3.6 Youtube ............................................................................................................................... 75 2.3.7 Responsabilidade Social ...................................................................................................... 75 2.3.7.1 Programa Viver ................................................................................................................. 75 2.3.7.2 Cinelo ................................................................................................................................ 77 2.3.8 E-mail marketing para datas comemorativas ........................................................................78 2.4 ANÁLISE SWOT ................................................................................................................... 79


12

2.4.1 Forças ................................................................................................................................... 79 2.4.2 Fraquezas ............................................................................................................................. 81 2.4.3 Oportunidades ...................................................................................................................... 82 2.4.4 Ameaças ............................................................................................................................... 83 2.4.5 Quadro da análise SWOT .................................................................................................... 84 3. PLANO DE AÇÃO ..................................................................................................................86 3.1 ESTRATÉGIAS E AÇÕES..................................................................................................... 86 3.1.1 Comunicação Interna ........................................................................................................... 87 3.1.1.1 AÇÃO 1: 5S’S .................................................................................................................. 87 3.1.2 Comunicação Externa .......................................................................................................... 92 3.1.2.1 AÇÃO 2: Campanha Publicitária ..................................................................................... 92 3.1.2.2 AÇÃO 3: Novas Mídias ..................................................................................................105 3.1.3 Orçamento Total ................................................................................................................ 107 3.2 SUGESTÕES DA AUTORA ............................................................................................... 108 CONSIDERAÇÕES FINAIS ................................................................................................... 109 REFERÊNCIAS ........................................................................................................................ 111 ANEXOS..................................................................................................................................... 113 ANEXO 1: Camiseta Frente ....................................................................................................... 113 ANEXO 2: Camiseta Atrás ......................................................................................................... 113 ANEXO 3: Ioiô da Yo ................................................................................................................ 114 ANEXO 2: Detalhe do ioiô ........................................................................................................ 114 ANEXO 5: Outdoor 1 ................................................................................................................. 115 ANEXO 6: Outdoor 2 ................................................................................................................. 115 ANEXO 7: Outdoor 3 ................................................................................................................. 116 ANEXO 8: Outdoor 4 ................................................................................................................. 116 ANEXO 9: Caixinha Portifólio .................................................................................................. 117 ANEXO 10: Exemplo de Folhas do Miniportifólio ................................................................... 118


13

INTRODUÇÃO O relatório de estágio aqui presente é pré-requisito para a aprovação na disciplina de Estágio Supervisionado do oitavo período do curso de Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda da Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI, Campus de Itajaí. Neste estágio, o aluno deve cumprir uma carga horária de 120 horas em campo, seja em agências de publicidade e propaganda ou em qualquer empresa que tenha departamento de comunicação ativo e estruturado. Este exercício é, além de um requisito da universidade, uma vivência fundamental para o acadêmico em fase de formação, que tem por meio dessa disciplina a oportunidade de comparar a teoria estudada em sala de aula com a prática vivenciada no mercado, e sentir-se preparado desta forma para atuação no período pós-graduação. O principal objetivo da disciplina é apresentar ao aluno a realidade do cotidiano profissional, proporcionando-o experiências em torno do funcionamento de uma empresa. O local de estágio escolhido pela autora deste relatório foi a agência Yo Propaganda, localizada na cidade de Chapecó, Santa Catarina. A agência Yo está há seis anos no mercado, sendo uma das principais agências de propaganda da cidade. Tem em sua carta de clientes empresas de pequeno, médio e grande porte e atua nos mercados de Chapecó, Santa Catarina e em São Paulo Capital. As páginas seguintes estão organizadas em três grandes etapas, cuja primeira é a descrição da agência Yo Propaganda, a segunda é o diagnóstico da comunicação e a terceira um plano de ação sugerido pela autora, a partir do que foi diagnosticado. A primeira etapa consiste em um levantamento de dados que tem como objetivo esclarecer informações com estrutura e funcionamento da agência para melhor entendimento da sua realidade. É nesta etapa também que será explicado que a Yo é uma única agência, mas que tem seus departamentos separados fisicamente e que este relatório diz respeito apenas à análise do mercado Chapecoense.


14

A segunda etapa, o diagnóstico, diz respeito à comparação da descrição com conteúdo teórico sugerido por autores, tendo como resultado o apontamento dos pontos fortes e fracos do microambiente da empresa e uma análise das oportunidades e ameaças que o mercado em que ela está inserida apresenta. A terceira etapa é o plano de ação, onde a autora apresenta sugestões com o objetivo de auxiliar a empresa a solucionar possíveis carências encontradas no diagnóstico, com base em sua visão externa ao negócio além de fornecer um plano de aproveitamento para a empresa, que poderá ou não implementar o que for sugerido. O estágio é um momento de troca de conhecimentos. As empresas que fornecem o campo de estágio dão ao acadêmico a oportunidade de cumprir sua carga horária no estabelecimento, e recebem em troca sugestões por meio do diagnóstico de comunicação e do plano de ação, o que torna essa atividade uma experiência de ganho e troca de conhecimento entre ambos.


15

1. DESCRIÇÃO DO PERFIL DA EMPRESA A Yo Propaganda é uma agência de publicidade e propaganda localizada em Chapecó, Santa Catarina e que está expandindo sua abrangência de mercado para São Paulo Capital. É uma agência que funciona em duas estruturas físicas diferentes. Em São Paulo ficam o Diretor de Criação e os Diretores de Arte, além de um profissional responsável pelo Atendimento das contas locais, sendo que estes trabalham em um home-office. Os demais departamentos e profissionais encontram-se na sede em Chapecó. 1.1 DADOS DA EMPRESA

Nome Fantasia: Yo Propaganda Razão Social: Yo Propaganda Ltda. CNPJ: 05.826.957/0001-05 Tipo: Agência de Propaganda Endereço 1: Quintino Bocaiúva, Nº 59 D, 2º Piso. Bairro: Centro CEP: 89801-080 Cidade: Chapecó – SC Telefone: (49) 3329-5959 Endereço 2: Rua do Rocio, 59, 63B/74B Bairro: Vila Olímpia CEP: 04552-000 Cidade: São Paulo - SP


16

Telefone: (11) 3628-1217 E-mail: ola@agenciayo.com.br Site: www.agenciayo.com.br Horário de Atendimento: De segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13:30h às 19:30h Entidades Associadas: CENP (Conselho Executivo de Normas Padrão). 1.2 APRESENTAÇÃO DA EMPRESA1 A Yo é uma agência de comunicação multidisciplinar com foco em branding, que utiliza do design e de princípios da antropologia para buscar novas percepções e olhares sobre as marcas e suas relações. Como filosofia de trabalho, a Yo acredita que Propaganda é verdade. Considera que criar um ambiente propício para o amplo entendimento das verdades contidas no negócio de seus clientes é a base a ser traduzida para todos os níveis da comunicação que realiza. Sua atuação é fundamentada na troca de experiências que realiza com os clientes e o público. Isto para gerar reflexões profundas e transformações efetivas que resultam em uma relação duradoura e sincera com a marca, bem como no sucesso de ambas as empresas. 1.3 HISTÓRICO2 A Yo Propaganda Ltda. foi fundada em 19 de agosto de 2003 e iniciou suas atividades dia 1º de setembro de 2003. Mais precisamente no dia 31 de Agosto de 2003 foi realizada a mudança e montagem da estrutura do que viria a ser a agência, inaugurada no mesmo endereço em que funciona hoje. O local de trabalho da Yo de Chapecó, Santa Catarina, é uma sala aberta onde todos trabalham em uma mesa conjunta, o que propicia um contato pessoal e trânsito livre entre os departamentos da agência. A formação societária inicial da empresa era composta por quatro sócios: Kléber Portes, Carla Castro, Douglas Téo e Tatiana Lang. Os três primeiros já sócios na agência Zero Com de 1

Informações cedidas do arquivo da agência Yo. Informações coletadas com os sócios da agência, site TudoCom (2009) e Lang (2008). A referência completa segue no item Referências deste relatório. 2


17

Chapecó. Quando a Yo Propaganda foi fundada, Douglas saiu da sociedade da Zero Com e Kléber e Carla ficaram sócios em ambas as agências.3 A administração da Yo Propaganda era de responsabilidade de Douglas e Tatiana e a equipe da agência formada por oito pessoas incluindo os sócios. De acordo com Douglas Téo, a Yo surgiu a partir do desejo que ele tinha de construir uma nova agência, mais ágil, jovem, baseada em relacionamento com os clientes e criatividade. “Fizemos um longo planejamento, levantamos custos e formamos uma equipe enxuta, mas com muito poder de fogo. Quando a Yo nasceu já tínhamos três clientes, uma boa estrutura e uma equipe completamente sincronizada na nossa ideologia.” (TUDOCOM, 2009). Inicialmente a Yo atendeu clientes que migraram da Zero Com, como Rüdiger Automóveis de Chapecó – SC (concessionária Renault e Nissan), Agroeste Sementes de Xanxerê - SC (a maior produtora nacional de híbridos de milho da época) e também prestou serviços a outros clientes da Zero Com. A partir do terceiro mês começou a conquistar clientes importantes como a Indústria de Móveis Henn de Mondaí - SC, fabricante de dormitórios para todo o Brasil e exportadora para mais de dez países, com quem mantém conta fixa ainda hoje. Após sete meses a sociedade da Yo se dividiu e permaneceram como sócios somente Douglas e Tatiana. A agência continuou crescendo e conquistando novos clientes como Caslar Móveis e Eletro de Mondai - SC, Berlanda Móveis e Eletrodomésticos de Curitibanos - SC, alguns trabalhos para a Prefeitura Municipal de Chapecó, entre outros, como o Supermercados Celeiro de Chapecó-SC conta ativa até hoje. Em agosto de 2004 o sócio Douglas Téo aceitou uma proposta de trabalho em outra empresa (AG2 Inteligência Digital) em São Paulo Capital. Dividido entre a recém sociedade e um emprego que desejava muito, optou por não deixar nem um nem outro e começar uma dupla jornada. Durante o período que Douglas trabalhou em São Paulo-SP esteve afastado da rotina da agência, participando somente em momentos estratégicos, porém se aprofundou no universo digital e ampliou seu conhecimento em networking profissional. Neste mesmo período Ricardo José Sékula do Planejamento, e Débora Pelisser do Atendimento que já trabalhavam na Yo, entraram como sócios da agência em Chapecó. 3

Informações extraídas do Trabalho de Conclusão de Curso da Sócia Tatiana Lang (2008).


18

A Yo Propaganda sempre trabalhou com mídias tradicionais, que são todas as peças que uma agência pode criar para um cliente com exceção de mídia digital, como logomarcas, roteiros para VT (peça publicitária que veicula nas emissoras de televisão), spot (peça publicitária que veicula nas rádios), audiovisual (vídeo publicitário desenvolvido com o objetivo de ser utilizado internamente pelas empresas) e layouts para placa, folder, papelaria, entre outros. Na AG2, entretanto, Douglas desenvolveu a criação de sites e peças voltados para internet para grandes marcas como: C&A, Soya, Unilever e Santista. Estar em uma agência de grande porte também o ajudou a trazer mudanças positivas para acrescentar à Yo. A equipe da Yo foi aumentando e a relação de clientes atendidos pela agência também. Em Outubro de 2007, Douglas encerrou o contrato com a AG2 e voltou a dedicar-se integralmente para a Yo. Após tomar esta decisão, preferiu permanecer em São Paulo e abrir uma extensão da agência para atuar também neste mercado. Dois meses depois ocorreu a entrada do último e mais recente sócio, Sávio Bertolani que também trabalhava na AG2, no setor de atendimento, e que deixou a empresa para trabalhar com Douglas. Esta formação societária em São Paulo proporcionou conquistar o primeiro cliente de conta nacional, Intermarine (barcos de luxo) e fechar projetos com a Santa Cruz, dentro de uma nova metodologia de trabalho, de ir mais a fundo no negócio e pensar a marca a longo prazo, metodologia nova adotada pela Yo a partir do que Douglas trouxe de referência da AG2. Desde que nasceu a YO Propaganda posiciona-se no mercado em que atua como uma agência focada em resultados, porém com um diferencial criativo muito forte. Além da criação de cases de sucesso para a agência, isso permitiu um crescimento para seus clientes. Hoje atende Móveis Henn, Supermercados Celeiro, Santa Maria Imóveis, a Universidade de Chapecó UNOCHAPECÓ por fee mensal em Santa Catarina, e em São Paulo mantém a conta da Intermarine. Atualmente o foco da Yo Propaganda é prospectar clientes grandes de São Paulo e estruturar-se lá com filial e equipe capacitada, continuando com a sede em Chapecó.

1.3.1 Missão, Visão e Valores4 4

Dados fornecidos pela agência Yo Propaganda, por isso estão escritos na primeira pessoa do plural.


19

Missão Construir marcas altamente desejadas e de grande valor agregado a partir da exploração máxima de suas verdades e potencialidades, gerando um diferencial de mercado para os clientes e para a agência, permitindo o sucesso de ambos os negócios. Visão Construir marcas baseadas no entendimento profundo de sua essência e no estabelecimento de um diálogo verdadeiro e eficaz com o público, sendo referência em criatividade e inteligência. Valores Nosso primeiro compromisso é com a ética e a transparência. Nosso crescimento deve ser resultado de um trabalho honesto, criativo e de qualidade. Trabalhamos para que nossos clientes atinjam seu máximo potencial lucrativo, com crescimento responsável para ambas as empresas. Isso se dá pelo entendimento claro e amplo de quem são nossos clientes, seus públicos e os mercados nos quais atuam, gerando reflexões profundas acerca do negócio. Buscamos estabelecer relações em que nossos fornecedores sejam nossos parceiros e que a nossa equipe seja feita de profissionais reconhecidos, realizados e sincronizados com os valores e objetivos da agência. Nosso objetivo é transformar positivamente a realidade a nossa volta, entendendo nosso papel sócio-ambiental e mantendo a coerência entre o que acreditamos e as nossas atitudes, atendendo clientes com pensamentos similares. 1.4 O MERCADO DE SANTA CATARINA Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) 5 de 2008, Santa Catarina é considerado um dos estados mais ricos do Brasil. Possui uma área de 95.346,181 km², distribuída entre 293 municípios e cerca de 5.866.252 habitantes. Ainda com base nos dados do IBGE de 2007, as pesquisas revelam que Santa Catarina é um dos estados onde se vive mais e melhor do país. Seu IDH (Índice de Desenvolvimento 5

Fonte IBGE (2009) site www.ibge.com.br , acesso em 09 de Setembro de 2009 .


20

Humano) é de 0,844, bastante elevado. Entre as 33 Regiões Metropolitanas reconhecidas pelo IBGE, as três primeiras colocadas no ranking do IDH-M são catarinenses: Florianópolis (0,86), Joinville e Blumenau, ambas com 0,85. A capital do estado, Florianópolis, apresenta um crescimento dos setores produtivo e demográfico. Empresas de grande porte e profissionais de diversas áreas tem escolhido a Ilha Catarinense para morar e trabalhar. Quanto à qualificação dos futuros profissionais do mercado, pesquisas revelam que o Estado ostenta o melhor Índice de Desenvolvimento Juvenil (IDJ) do Brasil. Santa Catarina aparece como a segunda melhor colocada na categoria Educação, e como terceira em Saúde e Renda. Apenas 13,7% dos jovens do Estado não estudam nem trabalham, sendo essa a menor taxa do país. O mercado catarinense em geral é bastante atrativo por ser sede de grandes empresas reconhecidas. 1.4.1 O Mercado Chapecoense A Região Oeste de Santa Catarina representou o último reduto de povoamento e colonização das terras catarinenses. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) define a região onde foi criado o Município de Chapecó como "Colonial do Oeste Catarinense", pois a Região Oeste Catarinense é o espaço constituído pelo território do primitivo Município de Chapecó. Dos aproximadamente 14 mil km² de seu território original, Chapecó hoje, em função dos desmembramentos municipais, possui uma área de 625,6 km², cuja sede urbana apresenta 113,24 km². O Município ficou conhecido como "Município Mãe", pois foi a partir dele que se deu origem às divisões político-administrativas que compõem atualmente as microrregiões catarinenses. O município de Chapecó exerce, de fato, a função de Capital do Oeste Catarinense 6. É pólo de uma região com cerca de 200 municípios e com mais de 2 milhões de habitantes, onde se encontram as sedes das principais empresas processadoras e exportadoras de carnes de suínos, aves e derivados do Brasil. Sua população cresce aceleradamente, assim como sua economia. Estima-se uma população atual de quase 180 mil habitantes, sendo 93% urbana e 7% rural. 6

Dados extraídos do site da Prefeitura Municipal de Chapecó www.chapeco.sc.gov.br acesso em 09 de Setembro de 2009.


21

O dinamismo de Chapecó reflete-se na demografia e também em aspectos da vida sócioeconômica7. O número de empreendimentos ativos cresceu em 1.331 iniciativas em 2.007, o que indica uma média de 26 novos registros por semana. O acompanhamento e análise mensal dos dados relativos à evolução do emprego formal evidenciaram-se, visto que no comparativo entre os municípios catarinenses com mais de 100.000 habitantes, Chapecó obteve o melhor desempenho na Variação de Empregos, com 12,63% no ano de 2007. Os dados apontaram que o município está com índices de crescimento acima das médias estadual (6,11%) e nacional (3,96%). Este índice é obtido a partir da evolução na geração de novos postos de trabalho nos cinco principais setores da atividade produtiva. A flutuação do emprego em nível setorial foi a seguinte: construção civil (27,04%), indústria (18,47%), agropecuária (13,19%), comércio (10,81%) e prestadores de serviços (6,28%). A infraestrutura de Chapecó inclui ainda um setor hoteleiro bem desenvolvido com 39 empreendimentos, um aeroporto em vias de federalização, dois hospitais regionais, duas emissoras de televisão, quatro rádios FM e duas rádios AM, quatro jornais diários locais e muitos outros itens que caracterizam a responsabilidade regional de Chapecó, também presente nos serviços especializados que a cidade oferece a toda a região, nas mais diversas áreas. O município abriga mais de 10 instituições de ensino superior, entre as quais, três Universidades. São mais de 14 mil estudantes distribuídos em mais de 40 cursos de graduação, além dos cursos pós-graduação latu e strictu-sensu em várias áreas de conhecimento. Do ponto de vista dos investidores, prêmios e índices obtidos por Chapecó indicam a qualidade do município como área prioritária para investimentos. Exemplos: •

Conforme pesquisa realizada pela Fundação Getulio Vargas, Chapecó foi considerada a 83ª melhor cidade para se trabalhar do Brasil, a 18ª da Região Sul e a 6ª no Estado.

Conforme dados do CAGED de 2007, Chapecó é considerada a 46º. Cidade mais empregadora do Brasil, 5º no estado em número de empregados no ano e 1ª no Estado em crescimento relativo com 12,63%.

7

Projeções retiradas do Banco de Dados da Prefeitura Municipal de Chapecó no site www.chapeco.sc.gov.br acesso em 09 de Setembro de 2009.


22

Conforme índice Firjan de Desenvolvimento Municipal, Chapecó passou de 81º colocada no ano de 2000 para 15º colocada no Estado de Santa Catarina em 2005. A nível Brasil, Chapecó passou da posição 1.148º em 2000 para a posição 162º em 2005.

Segundo o Atlas do Mercado Brasileiro publicado em março de 2006, pela Gazeta Mercantil, Chapecó é o 13ª Melhor Cidade Para se Investir do Brasil, e a 4ª da Região Sul.

Chapecó foi classificada como a 55ª entre as 100 melhores cidades do país, para investimentos, em uma pesquisa realizada pela Revista Exame, em 2000. Entre os critérios de classificação foram considerados o potencial de consumo, qualidade de vida, serviços de qualidade nas áreas de saúde e educação e distribuição de renda.

Segundo o PNUD/ONU, Chapecó ocupa o 39º lugar no Brasil e o 14º no Estado quanto ao Índice de Desenvolvimento Humano, 19º quanto à Educação e o 5º em freqüência escolar, superando muitas das maiores cidades do País e do Mundo.

O alto investimento municipal na área social (educação, saúde, habitação, alimentos), tem também imensas repercussões de ordem econômica, preparando as pessoas para um mercado de trabalho crescentemente exigente e competitivo.

Selo de Ouro do Turismo - Brasília - concedido a municípios que têm políticas públicas na área do Turismo. Chapecó tem como principal característica o turismo de eventos e negócios, que atrai visitantes com a realização de eventos setoriais ou multissetoriais, de âmbito nacional e internacional. Recebeu o título da Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina de Capital Estadual do Turismo e Eventos de Negócios, através da Lei 14.071/2007 e atrai milhares de visitantes anualmente.

Chapecó conquistou recentemente esta posição de pólo turístico de uma região que compreende o Oeste Catarinense, Norte do Rio Grande do Sul e Sudoeste do Paraná. Nos últimos anos, vem consolidando esta posição graças ao crescimento de sua infraestrutura hoteleira, aeroporto como ponte de ligação aos principais centros urbanos, proximidade com balneários de Águas Termais, sua localização geográfica em relação ao Mercosul, centro produtor de alimentos e a diversificação dos eventos realizados. Com o objetivo de fortalecer esse segmento, em junho de 2008 foi inaugurado o Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nês, com 12.920m2.


23

Com a conclusão das obras Chapecó passou a oferecer mais um espaço, incentivando a realização de diferentes eventos, proporcionando lazer, negócios e impulsionando o segmento cultural. Estas condições permitem o uso do termo desenvolvimento econômico, que caracteriza-se por uma melhoria contínua na qualidade de vida da população local, refletindo também no aspecto regional. 1.5 AGÊNCIA DE PROPAGANDA A Lei Federal 4.680 de 1965 regulamenta a profissão de Publicitário e diz que uma agência de propaganda é a pessoa jurídica especializada na arte e técnica publicitária que estuda, concebe, executa e distribui propaganda aos veículos de comunicação de divulgação, por ordem e conta de clientes-anunciantes, visando promover a venda de seus produtos e serviços, difundindo idéias ou informando o público a respeito de organizações ou instituições colocadas a serviço deste mesmo público8. A agência de propaganda é a organização especializada na arte e técnica da propaganda que se estrutura especialmente para esse fim, aglutinando profissionais especializados de diversas áreas, acumulando experiências desenvolvendo e adquirindo tecnologia específica, e prestando serviço para anunciantes de vários setores, que formam sua carteira de clientes. (SAMPAIO, 1999, p.50)

Uma agência de propaganda se estrutura essencialmente em função das três principais etapas do trabalho que desenvolve: atendimento/planejamento, criação e mídia. Ainda de acordo com Sampaio (1999), o profissional do atendimento é responsável pela ligação entre anunciante e agência, e por trazer todas as informações (briefing) do cliente. Também é ele quem apresenta o resultado final do trabalho ao cliente. O Planejamento é quem desenvolve os planos de marketing, de comunicação, distribui a utilização da verba, entre outros fatores determinantes para a realização do trabalho a agência. A Criação é responsável por desenvolver as peças e, junto com o mídia, estudar os melhores meios, veículos e formatos para veicular o que foi criado, visando transmitir e alcançar os objetivos de comunicação do cliente. É de responsabilidade da agência gerenciar todos os processos relacionados à propaganda. Desde assessorar o anunciante em suas necessidades executando trabalhos para a sua realização, 8

Texto extraído do site Vitrine Publicitária em www.vitrinepublicitaria.net, acesso em 07 de Outubro de 2009.


24

coordenando o trabalho dos fornecedores e produtores, até intermediando as relações entre o cliente e o veículo de comunicação. 1.6 PROPAGANDA EM SANTA CATARINA De acordo com Severo (1990), as agências catarinenses apostaram na indústria e no comércio com espírito aventureiro de empreendedorismo, e a partir disso desenvolveram sua credibilidade a nível nacional. No final da década de 1950 o Brasil viveu um grande momento econômico, diversos veículos de comunicação foram criados e este processo de crescimento ocasionou o surgimento das primeiras agências de comunicação especializadas em propaganda. Inspirado pelas inovações da TAC (Transportes Aéreos Catarinenses), a primeira empresa catarinense a trabalhar com a formação de imagens por meio de um departamento de publicidade da própria empresa, residente em Florianópolis, o então governador do Estado, Irineu Bornhausen, criou na metade da década de 1950 um departamento de assessoria de imprensa oficial do estado. O sucessor Celso Ramos ampliou ainda mais, montando um grande gabinete de relações públicas. Neste momento, onde a publicidade causava grande ebulição devido ao seu crescimento, muitas pessoas, profissionais e artistas, conseguiram espaço: desenhistas se especializaram em publicidade; empresas divulgaram serviços em alto-falantes; radialistas experientes dirigiram gravadoras; as rádios produziram todo tipo de comerciais; e todos formavam um plantel que antecedeu às primeiras agências. Em 1957 nasceu, em Joinville, a primeira agência de publicidade de Santa Catarina: a Walro. Nome que trazia as iniciais de seu fundador, desenhista, técnico e decorador de vitrinas Waldir Ribeiro (vinte anos mais tarde, esta foi adquirida pela Propague). Um ano mais tarde, a capital do estado também ganhou a sua primeira agência: Walter Linhares Publicidade. No início da década de 1960 ainda, Walter redirecionou o negócio para ser a primeira produtora e exibidora de painéis do estado. Foi assim que tudo começou. Com as mutações do mercado e uma constante profissionalização de todo o setor, clientes, veículos e fornecedores ganharam a companhia e o


25

esforço de novas empresas que se equiparam ao que de melhor existe no mercado nacional em termos de criatividade, arte e tecnologia. Hoje uma agência de publicidade pode ser de grande ou pequeno porte e ainda assim atender à demanda do mercado. A oferta deste tipo de serviço é grande e aumenta a cada ano. A quantidade de profissionais formados na área também é enorme. No Brasil, esta profissão ainda não é devidamente reconhecida pelas pequenas empresas, já que estas não encaram a contratação de uma agência, por considerarem o investimento bastante alto. Mesmo assim, quem se diferencia, seja nas propostas e na criatividade ou mesmo na maneira de oferecer formas de pagamento adaptadas à realidade das pequenas empresas, se mantém ativo e crescente no mercado. Muitos publicitários que, oriundos de outros estados, estabeleceram-se em Florianópolis e hoje ocupam posições de destaque em importantes agências de comunicação. É o caso do diretor de criação da agência Quadra, Alexandre Guedes 9. Carioca, chegou à cidade para um freela de dez dias e acabou ficando, e já reside na capital catarinense há três anos. “Parece mentira, mas nada foi programado. Tinha acabado de retornar ao Rio, vindo de São Paulo, quando surgiu o convite da Quadra para um job. Mas não demorou muito, surgiu o convite de assumir a direção de criação da agência”, contou ele em entrevista cedida ao Portal TudoCom (2009) “Já conhecia Floripa e sabia que era uma cidade especial e única”. Rogério Alves, diretor de criação da Propague, é mais um exemplo de quem veio de fora a convite de uma agência local. Paranaense, morando em Brusque, recebeu a oportunidade de trabalhar na cidade. “Ao contrário de muita gente que escolhe Florianópolis para viver, comigo foi diferente. A cidade é que me deu a oportunidade que eu estava procurando no mercado publicitário”, conta ele, sobre quando chegou à Ilha em 1994, para trabalhar na agência D/Araújo. Apesar de residirem na cidade por período diferenciado, ambos têm a mesma visão sobre o mercado publicitário de Florianópolis: está em expansão. “O mercado aqui não cresceu tanto quanto deveria, mas as agências ficaram mais preparadas, trouxeram profissionais mais qualificados e esta melhora refletiu nos prêmios que as agências conquistaram, nacionais e internacionais”, enfatiza Rogério. De acordo com ele, essa preparação permitiu que algumas

9

Dados retirados de entrevista fornecida ao Portal TudoCom site www.tudocom.com.br acesso 09 de Setembro de 2009.


26

agências atendessem clientes de renome e catarinenses, que antes só buscavam agências fora do estado, sem acreditar muito no potencial local. Quanto ao crescimento do mercado publicitário regional, pesquisas revelam que o mercado catarinense vem atingindo padrões de qualidade semelhantes aos encontrados nas grandes agências nacionais. De acordo com o site da ACAERT10, Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão, o investimento em veiculação publicitária no estado de Santa Catarina em 2007 foi de R$ 716,4 milhões, o que representa um crescimento de 19,5% em relação ao ano de 2006, e em 2008 foi de R$ 816,4 milhões, um aumento de 12,3% em relação ao ano anterior. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Mapa em 200811, de Florianópolis, encomendada pela ACAERT, SAPESC (Sindicato das Agências de Propaganda de Santa Catarina) e ADJORI (Associação dos Jornais do Interior), divulgada no site da ACAERT, mostrou que mesmo com as turbulências causadas pela crise global na economia, o segmento ampliou em 10% o número de empregos e 72% dos entrevistados disseram que aumentarão o faturamento em 2009. A pesquisa revelou ainda que 88% do investimento publicitário no mercado catarinense foi feito pela iniciativa privada. “O levantamento é fundamental para se fazer um diagnóstico da área de comunicação em Santa Catarina”, afirmou a presidente da ACAERT, Marise Westphal Hartke. O mercado catarinense vem se aprimorando rapidamente devido ao crescimento de cursos profissionalizantes que estão surgindo e se aprimorando por todo o estado. Muitos anunciantes de nível nacional e com a base de seus negócios em Santa Catarina passaram a contratar os serviços das agências locais. Muitas agências catarinenses estão se filiando com agências nacionais e internacionais, o que acaba mudando a forma de pensar propaganda dos profissionais do estado. De acordo com o site Portal da Propaganda12 (2009) “Fruto disso é a conquista por agências catarinenses de contas expressivas, como Tigre, Hering, Colcci, Karsten, Eliane, Dohler, etc.”. 1.7 ÁREA DE ATUAÇÃO

10

Informações retiradas do site ACAERT disponível em: www.acaert.com.br, acesso em 04 de Outubro de 2009. Informações retiradas do site ACAERT disponível em: www.acaert.com.br, acesso em 04 de Outubro de 2009. 12 Informações retiradas do Relatório de Estágio de PICCOLI (2009) apud Portal da Propaganda. 11


27

Publicidade e propaganda com foco em branding. Core business: reposicionamento e revitalização de marcas a partir de ações de comunicação em multiplataformas, buscando a convergência para o meio-digital e propiciar uma relação mais interativa e profunda de troca com as pessoas. 1.7.1 Posicionamento Ricardo José Sékula, sócio responsável pelo setor de Inteligência da Informação da agência Yo, afirma13 que esta é considerada pelos moradores da região e inclusive por seus clientes, como a “agência mais criativa”. Isto porque está sempre ligada a soluções criativas em que apresenta um design diferenciado em suas peças, principalmente em relação ao que é criado pelas demais agências da região. Os profissionais da Yo concordam com esta opinião a respeito do resultado dos seus trabalhos, entretanto, acreditam que as pessoas não percebem o que está por traz de uma criação de sucesso: planejamento e estratégia. O que a Yo considera como seu principal diferencial hoje é a capacidade de conseguir pensar a marca do cliente a longo prazo, em termos de comportamento de marca e da percepção do público da sua trajetória. Este é o posicionamento almejado. O que não anula a questão da criatividade, mas é para deixar claro que defende um discurso mais voltado para construção de marca e um posicionamento mais estratégico. Algumas metodologias de trabalho foram inseridas para ajudar a pensar estrategicamente, e não apenas resolver peças. É o exercício de se pensar como se quer que a marca esteja daqui um ano. Buscar traçar os pilares da marca, essência do negócio, para gerar possíveis diferenciais. 1.7.2 Serviços Oferecidos A Yo Propaganda oferece todos os serviços padrão de uma agência, feitos para os clientes por negociação de job ou fee mensal. Oferece Comunicação em multiplataformas: peças tradicionais de publicidade e propaganda (impressos, comerciais para TV e rádio, identidade visual, etc.), planos de mídia on e off-line, gerenciamento de projetos com parceiros (produtoras 13

Informações coletas através de entrevista realizada com o sócio durante o período em campo de estágio.


28

de áudio e vídeo, gráficas, veículos de comunicação, internet, etc.), diagnóstico e consultoria de presença digital, concepção e gerenciamento de projetos digitais (e-commerce, blog, site, hotsite, e-mail marketing, web advertising, etc.), planejamento de presença digital. Entretanto, seu foco está em trabalhar com Posicionamento e Revitalização de marcas: entendimento profundo das marcas por meio de um mergulho na realidade do cliente, gerando planejamento de comunicação e de marca, com base em análise de comportamento humano (antropológico). Trabalho que pode servir como matéria-prima para ações de comunicação ou mesmo de outros departamentos da empresa, como Marketing, Recurso Humanos, Relações Públicas, entre outros. 1.7.3 Preços Praticados Para questões orçamentárias a Yo segue a tabela padrão com valores estipulados pelo SINAPRO/SC (Sindicato das Agências de Propaganda de Santa Catarina). Mas, como é uma tabela pensada como referencial, nem sempre os valores que essa apresenta condizem com a realidade do mercado de Chapecó e Região. A algumas coisas cabem os valores de tabela, mas para da grande maioria a Yo discorda. Um exemplo citado por Débora Pelisser14, responsável pelo setor de Atendimento e Novos Negócios da agência em Chapecó, é a criação de logomarca. Uma logomarca precisa durar por pelo menos cinco anos, por causa do tempo necessário para divulgá-la por meio de ações de comunicação além de firmar um posicionamento no mercado. Entretanto, os valores trazidos pela tabela não se enquadram à realidade chapecoense. Mesmo atribuindo a essa criação a devida importância, pois não condiz com a realidade de investimento que os clientes locais têm em comunicação. A Yo trabalha, portanto, como um cálculo próprio para chegar ao valor passado ao cliente. Uma mensuração da qualidade de entrega de seus trabalhos e dos profissionais que emprega, somada ao tempo que esses levam para criar. O cálculo é feito em cima disso. É como se cada um dos integrantes da equipe Yo envolvidos no job, seja ele funcionário ou sócio, tivesse um preço por hora de trabalho. Custo por hora é a forma de trabalho e os preços variam por job e situação.

14

Informação obtida em entrevista realizada pela autora durante o período em campo de estágio.


29

1.8 EQUIPE DE TRABALHO Atualmente a equipe da Yo Propaganda é formada por 14 pessoas, sendo elas sócios e funcionários. Para entender melhor a estrutura humana da agência, há a seguir um quadro ilustrativo com o cargo, funções de cada um e sua formação acadêmica, seguido por uma explicação mais detalhada. 1.8.1 Sócios QUADRO 1: EQUIPE DE TRABALHO (SÓCIOS) NOME CARGO/FUNÇÃO Tatiana Lang Administrativo/Financeiro e

FORMAÇÃO Bacharel em Administração

Douglas Téo Débora Pelisser

Produção Gráfica Diretor de Estratégia Criativa Pós-Graduado em Design Estratégico Atendimento e Diretora de

Ricardo José Sékula

Novos Negócios em SC Administração (não concluído) Diretor de Inteligência da Comunicação Social com Habilitação Informação

em Jornalismo, pós-graduando em

Sávio Trevisan

Cinema Atendimento e Diretor de Bacharel em Administração

Bertolani

Novos Negócios em SP

Fonte: Quadro elaborado pela autora.

1.8.1.1 Descrição das funções de cada um15 Tatiana Lang, como sócia fundadora da agência, é a responsável fixa pelo financeiro e administrativo, e atualmente desempenha a função de produtora gráfica, em função de uma redução da equipe da agência. Como Administrativo/financeiro, suas funções basicamente se resumem em: gerenciar as contas a pagar (munindo sempre os demais sócios com relatórios que demonstram a situação financeira da agência para a tomada de decisões), responsável por questões de recursos humanos (como folhas de pagamento, rescisões, contratações) e também por resolver assuntos jurídicos 15

Informações fornecidas pelos próprios funcionários da empresa e também fruto de observação feita pela autora durante o período em campo de estágio.


30

(ações, contratos de clientes), entre outros. Também dá suporte aos atendimentos (de Chapecó e de São Paulo), fazendo levantamentos de tempos e valores dos orçamentos de criação. Como produtora gráfica é responsável por orçar jobs já desenvolvidos ou fazer estimativa de valores junto aos fornecedores para os que ainda serão executados (esse segundo caso normalmente é para o cliente ter uma ideia do investimento que fará). Para isso, primeiramente é necessário entender o que é ou será o trabalho desenvolvido pela agência, para na sequência definir os fornecedores e orçar. Informações como quantidade e prazo de entrega são necessárias para esta definição. Tatiana concluiu recentemente sua monografia, cujo tema foi aplicado à realidade da Yo. “Gestão da qualidade”, que visa a implantação de um sistema de gestão da qualidade para a agência. O objetivo maior deste, que é baseado na norma ISO 9001, é rever os processos de organização interna visando aumentar a produtividade e reduzir as refações e prejuízos. A equipe está buscando colocá-lo em prática, mas devido à recente redução do pessoal, tem ficado em stand by. Tatiana conta com o auxílio do sócio Ricardo J. Sékula nesta função e dos funcionários Cristiano Cella e Nicole M. Bieger para lhe ajudar a tornar o projeto realidade. Até o momento, com a execução do projeto, já foi possível definir algumas etapas como missão, visão e valores da agência, política da qualidade e organograma. Douglas Téo, também sócio fundador da agência, é Diretor de Estratégia Criativa da agência e responsável pela criação da Yo como um todo. Seu trabalho consiste em desenvolver estratégias criativas para os clientes, começando na identificação de cenários, oportunidades e comportamentos que, consequentemente, direcionam o posicionamento e as ideias. É o responsável pelo departamento de criação, dá suporte à diretoria de novos negócios e à diretoria de inteligência da informação, responsável pelos projetos interativos de comunicação, treinamento e avaliação da equipe de criação, co-responsável em disseminar tendências dentro da estrutura, co-responsável pela área digital e sua estruturação dentro da agência e pela imagem institucional da Yo. Seu envolvimento com os demais setores é bastante amplo, visto que a criação acaba sendo uma extensão/reflexo do atendimento, planejamento, mídia e produção gráfica.


31

Está sempre presente em reuniões estratégicas com clientes específicos, nos movimentos de prospecção (e algumas reuniões que visam gerar negócios), faz “filtragens” que contribuem com o controle de qualidade de processos internos relacionados à criação e construção de apresentações, planejamentos de marca, análises situacionais e tudo mais que possa ser relacionado à percepção da marca do cliente. Além de responsável pelo direcionamento de todos os jobs em andamento na agência, também executa alguns, tomando a frente da direção de arte dependendo dos objetivos e do cliente em questão. Em seu processo criativo sempre busca foco em estilos de vida ou estados de espírito. A partir destes, procura sintetizar as ideias em sentimentos, e nelas encontrar elementos que os expressem de maneira simples e original. Trabalha inicialmente fazendo um esboço de suas ideias à mão e em seguida utiliza softwares como Illustrator, Photoshop, Fireworks, CorelDraw e o pacote iWork da Apple para viabilizá-las. O que mais facilita seu processo de trabalho é o fato de ser ilustrador, pois consegue assim colocar um aspecto bastante analógico, o que agrega valor em meio a composições digitais, otimizando assim o processo de aprovação de conceitos. Débora Pelisser e Sávio T. Bertolani, são os sócios responsáveis pelo Atendimento da agência e também pelo que eles caracterizam como direção de novos negócios. São eles que tomam a frente na hora de conquistar as contas. Débora representa a agência em SC e Sávio faz o mesmo em SP. Débora está na Yo desde que esta inaugurou, final de agosto de 2003, vindo a tornar-se sócia um ano depois. Enquanto Sávio ingressou na empresa diretamente como sócio em 2008. Além de atendimento, participam também das decisões e planejamentos de mídia e todas as negociações que envolvem valores, independente de ser cliente de conta ou cliente novo. Orçamentos e negociações são suas responsabilidades. A conquista de uma conta pode depender de duas situações: clientes que buscam a Yo versus clientes que a Yo quer buscar. Ambas as situações são de responsabilidade dos Atendimentos Diretores de Novos Negócios. Quando o cliente vem até a Yo, fica mais fácil, mas tem toda a questão de entender a necessidade, a disponibilidade de verba, levantar a demanda, a intenção de investimento, formatação de orçamento, negociação e acerto. Só depois disso tudo que entra o job. Esse


32

briefing de contato inicial, normalmente é resolvido por Débora em SC e por Sávio em SP, pois representa o momento mais delicado de um novo projeto. A partir daí, o atendimento conta com um auxiliar responsável por ajudar na parte operacional e conseguir dar sequência aos trabalhos que são feitos fora da agência, como reuniões com clientes e prospecções. Na prospecção, partindo da YO, primeiro o atendimento gera e qualifica uma lista, ou seja, busca uma relação de empresas alvo. A partir daí, tem o trabalho de buscar contato e aproximação com o cliente em potencial. Ricardo José Sékula começou com a Yo desde a sua criação, antes como redator, hoje como responsável pelo setor de Planejamento e Inteligência da Informação. Entrou como sócio na mesma época que Débora Pelisser. Em Planejamento, nem a agência e nem Ricardo possuem um modelo definitivo de trabalho. Para tanto, este segue um roteiro que varia de acordo com a necessidade e objetivo de cada cliente. A partir das informações que pontua, como a síntese do negócio e os pilares da marca, procura repassar para o público o posicionamento através das ações de comunicação resultantes. Ricardo também trabalha com uma técnica de personificação da marca, onde esta passa a ser tratada como pessoa, com alma, corpo e guarda-roupa, para manter uma identidade entre as campanhas e ações que realizam para os clientes. A coleta das informações acontece desde conversas/entrevistas com pessoas-chave dentro da empresa, análises de posicionamento e materiais de comunicação, pesquisas de mercado (terceirizadas, pois a agência não possui), pesquisas de tendências e comportamentais, estudos de público (esse tipo de material é bastante acessível pela internet) e literatura antropológica (artigos, livros, monografias, etc.). O momento final é apresentar esse planejamento que desenvolve de maneira concisa e prática, para que se torne um documento que gere de fatos ações. Ou seja, na hora da coleta de dados e análises, tem-se uma concentração grande de conteúdo. A versão final do planejamento, entretanto, aparece em um documento mais conciso. Para apresentar ao cliente, Ricardo vai acompanhado do Atendimento (ou por vezes vai apenas o atendimento) e utilizam recursos visuais, como gráficos, power points, moodboards, etc.


33

1.8.2 Funcionários QUADRO 2: EQUIPE DE TRABALHO (FUNCIONÁRIOS) NOME Eveline Borges

CARGO/FUNÇÃO Redatora Júnior e auxiliar de

FORMAÇÃO Comunicação Social com Habilitação

André Timm

planejamento Redator

em Publicidade e Propaganda Formado pela Escola de Criação da ESPM de Porto Alegre, cursado de 2001 a 2003. E licenciado em Letras – Língua portuguesa e suas respectivas

Elisangela Iltchenco

Auxiliar Administrativo e

literaturas. Cursando Direito (8ª Fase)

Cristiano Cella Nicole Marina Bieger

Financeiro Mídia / RTV Coordenadora de Produção,

Administração (em fase de conclusão) Comunicação Social com Habilitação

Assistente de arte e responsável

em Publicidade e Propaganda

pela Coordenação de Pauta. Arte finalista Diretor de arte Diretor de arte Atendimento

Ensino médio incompleto Cursando Publicidade e Propaganda Ensino médio Comunicação Social com Habilitação

Adilson José Pimmel Ivan da Rosa Cristiano Barros Karine Spadotto

em Publicidade e Propaganda Fonte: Quadro elaborado pela autora.

1.8.2.1 Descrição das funções de cada um Os Redatores da agência são André Timm e Eveline Borges. André é o redator-chefe e está na Yo há aproximadamente cinco anos. Eveline é redatora júnior, também auxiliar de planejamento, trabalha na Yo desde Outubro de 2007, onde começou sendo assistente de redação. Quanto ao processo de criação, teoricamente, funciona como nas outras agências, apenas o método que utilizam é diferenciado em função da distância física que separa o departamento de redação, que fica em Chapecó, do de criação que está em São Paulo. Os brainstorms se dão através de meios digitais e busca-se sempre tentar conceber as ideias em dupla. Basicamente, todas as tarefas que executam estão ligadas, direta ou indiretamente, com criação. Pode-se redigir uma defesa, criar um texto em qualquer formato,


34

brifar produtoras de áudio e vídeo para a execução de peças que tenham criado, entre outros. Tudo é definido entre a dupla de criação do job, depois com Douglas Téo, Diretor de Estratégia Criativa e, finalmente, com o restante dos envolvidos. Em seguida apresenta-se ao cliente. Quando o job está resolvido, encaminha-se a todos os envolvidos para uma primeira aprovação interna e só então o atendimento aprova com o cliente. Elisangela Iltchenco, acadêmica da oitava fase de Direito, é auxiliar do departamento Administrativo e Financeiro da Yo Propaganda. Suas atividades compreendem basicamente tudo o que diz respeito e envolve dinheiro. Desde cobranças, compras, consertos, pagamento de salários, até administrativo, controle de exames de saúde dos funcionários. Além de manutenção de programas exigidos pelo Ministério do Trabalho (LTCAT/PPRA/PCMSO), o contato com o contador da Yo, que envolve caixa, tributação, notas fiscais, entre outros. Cristiano Cella faz parte da equipe da Yo desde dezembro de 2005. Como Mídia, é responsável por fazer a negociação e fechamento de valores e espaços de veiculação. Emite a autorização de faturamento, determina os títulos, cuida do tráfego/andamento das peças e envia os materiais para cada veículo. Depois disso, a próxima etapa é verificar e controlar se tudo sairá nos conformes, com qualidade de impressão, no caso do meio impresso, no melhores breaks quando se trata de filme, e se por ventura não sair como o combinado, pedir compensação e resolver a situação. Além disso, para cada cliente de conta fixa da agência, o Mídia já possui uma rotina prédeterminada de tarefas. Rotina do mídia: Cliente: Celeiro Supermercados Encaixe, determinação, mudança de determinação, controle das obrigações contratuais. Ex.: nº de encaixes, descontos, vencimentos. Cadastro dos títulos e condecine dos VTs junto às produtoras, tráfego e confirmação de recebimento dos VTs. Encaixe, envio e controle das veiculações dos spots. Acompanhamento do calendário, datas promocionais e fechamento de roteiros de TV e edições do jornal e resultando na definição das ações e respectivas veiculações de VTs, spots e anúncios. Cliente: Santa Maria Imóveis


35

Encaixe, determinação, mudança de determinação, controle das obrigações contratuais. Ex.: nº de encaixes, descontos, vencimentos. Cadastro dos títulos e condecine dos VTs junto às produtoras, tráfego e confirmação de recebimento dos VTs. Apresentação e defesa de novas propostas de mídia em conjunto com o atendimento. Negociação de valores e aproveitamento das novas propostas recebidas quando há interesse do cliente. Cliente: Móveis Henn Elaboração do cronograma de envio dos anúncios. Negociação de prazo quando necessário. Emissão do orçamento da comissão de veiculação de cada anúncio. Envio e confirmação de recebimento dos anúncios e controle e acompanhamento da veiculação dos mesmos. Cliente: Intermarine (SP) Elaboração do cronograma de envio de anúncios nos respectivos formatos. Negociação de prazos de envio quando necessário. Recebimento e análise de novas propostas de mídia. Prospecção de novos veículos e propostas adequadas para a Intermarine anunciar. Novos Clientes: Pesquisa e prospecções de canais de mídia. Compreensão da necessidade do cliente quanto à comunicação. Levantamento de propostas, apresentação, defesa, esclarecimento de dúvidas e verificação de novas possibilidades, em conjunto com o atendimento. Análise da comunicação dos concorrentes (quando possível). Geral: Arquivamento e controle dos anúncios, VTs e spots. Elaboração, emissão, controle e arquivamento das autorizações de faturamento. Atendimento dos veículos, recebimento de propostas, levantamento de possibilidades, projetos, entre outros. “Tempo livre”: Buscar informações a respeito de mídia, mercado, inovações, tendências, filmes, músicas, assuntos em geral e tudo que possa aplicar de alguma forma para a agência com seu trabalho. Ler e pesquisar sites relacionados à comunicação e propaganda. Analisar os jornais da cidade e os anunciantes. Nicole Marina Bieger, Publicitária responsável pela Coordenação de Produção, Assistência de arte e Coordenação de Pauta, está na Yo desde sua fundação. A função de coordenação de pauta envolve o controle dos prazos de cada job e também seu fluxo pelos setores da agência. Com a redução recente da equipe, assumiu provisoriamente a assistência de arte,


36

cargo que já havia exercido anteriormente. Também auxilia no tráfego de arquivos a repassar para o pessoal de São Paulo quando necessário. Adilson Pimentel é o Arte Finalista da Yo e trabalha na empresa desde agosto de 2005. É ele quem finaliza tecnicamente uma peça gráfica e para o que se destinar (impressão digital, offset, serigrafia, jornal, revista, etc.), pois o seu suporte e execução influenciam tecnicamente no resultado final. Suas funções basicamente são: executar Arte Final, colaborar na manutenção de máquinas e equipamentos de trabalho para conservá-los em bom estado de funcionamento, auxiliar Tatiana, produtora gráfica, na parte técnica, sugerindo papéis, acabamentos e acompanhando os materiais nos fornecedores, além do processo de impressão nas gráficas. Executa demais tarefas correlatas, conforme necessidades ou a critério do superior. Possui experiência com hardwares, impressoras de prova digital, fotolitos, calibradores de monitor e de filmes e trabalha com plataforma PC e MAC. Em softwares trabalha com Corel Draw, Adobe Photoshop e Illustrator, ColorShop, 3d Studio Max, Flash, Best Color, Rip Harlequin, entre outros. Sua carga horária na agência é diferenciada dos demais, pois sua frenquência depende da quantidade de fluxo de trabalho. Atualmente, tem trabalhado apenas três dias por semana. Cristiano Barros é um dos Diretores de Arte da agência, assim como Ivan da Rosa. Em sua rotina de trabalho criam soluções visuais para anúncios, embalagens, cartazes, filmes publicitários, entre outras peças. Suas ferramentas de trabalho mais importantes são os softwares da Adobe, Illustrator e Photoshop. Quando recebem um briefing do atendimento/planejamento, o primeiro passo é discutir com os demais envolvidos: redator(es) envolvido(s) no job e o diretor de criação, e a partir daí desenvolver uma linha conceitual do que será feito na(s) peça(s) em questão. Não existe um processo padrão para seu trabalho de criação, mas o que seguem é um caminho que começa na convergência das informações relevantes ao job. Depois é somar essas informações às ideias, experiências de vida e referências e confrontar os resultados de brainstorms com o briefing e com o posicionamento da empresa, entre outros fatores. Isso dá a certeza que está dentro do que o cliente espera e do que a agência propõe.


37

Terminada a criação, os layouts são apresentados para o diretor de criação, que repassa para atendimento e o processo da agência segue, com os demais envolvidos, nas próximas etapas. Karine Spadotto começou na Yo como assistente de atendimento, em dezembro de 2007 e auxiliando em algumas funções de mídia. Como a demanda de assistência de atendimento foi crescendo, com o tempo passou a trabalhar apenas com esta função. Como atendimento, faz a ponte entre cliente e agência, em que precisa entender a necessidade do contratante, discutir essas necessidades (muitas vezes jobs individuais ou campanhas completas) com todos os envolvidos, colher opiniões, fazer esta troca com cliente, além de apresentar e defender as sugestões opiniões e peças desenvolvidas pela agência. Estar sempre por dentro do processo interno de desenvolvimento das peças/campanhas, verificar prazos de entrega de acordo com a pauta e com a necessidade do cliente. Além disso, estar sempre por dentro das novidades e notícias, que envolvem os segmentos dos clientes da Yo.

1.9 ESTRUTURA FÍSICA (CHAPECÓ – SC) A Yo funciona em uma sala sem muitas divisórias, na qual todos os departamentos podem se relacionar sem paredes que os separe. As divisórias só estão presentes entre as salas de reunião, para facilitar o atendimento ao cliente. Está localizada no primeiro e último andar de um prédio, numa avenida movimentada do centro da cidade, acima de uma boutique e ao lado de uma loja com café.


38

Figura 1: Fachada da Agência Fonte: Arquivo pessoal da autora

Para ser recebido pela agência é preciso se anunciar tocando o interfone ao lado da porta de entrada. O acesso se dá por uma escada.

Figura 2: Escada de acesso à Agência Fonte: Arquivo pessoal da autora

Figura 3: Recepção da Agência vista de fora para dentro Fonte: Arquivo pessoal da autora

A partir da recepção, tem-se acesso, à direita para as salas de reunião, à esquerda para a sala de recreação e no sentido reto, chega-se aos setores de trabalho da agência, onde há mesas e a equipe trabalhando.


39

Figura 4: Recepção da Agência vista de dentro para fora Fonte: Arquivo pessoal da autora

Figura 5: Sala de Reunião principal Fonte: Arquivo pessoal da autora

Figura 7: Sala de Reunião secundária Fonte: Arquivo pessoal da autora

Figura 6: Vista da entrada da sala de recreação Fonte: Arquivo pessoal da autora

O ambiente da agência é todo em tons claros, com algumas paredes coloridas, verde e roxas, cores que foram utilizadas para o lançamento da logo da agência. Em uma das paredes há uma ilustração realizada pelo pessoal da agência, desenho de Douglas Téo.


40

Figura 8: Ambiente de Trabalho visto pelo acesso 1 Fonte: Arquivo pessoal da autora

Figura 10: Ilustração da parede, feita por Douglas Téo Fonte: Arquivo pessoal da autora

Figura 9: Ambiente de Trabalho visto pelo acesso 2 Fonte: Arquivo pessoal da autora

Figura 11: Sala de recreação Fonte: Arquivo pessoal da autora

Todos os representantes dos departamentos da agência (dos que estão em Chapecó) ficam sentados ao redor de uma única mesa, subdividida para cada pessoa. Apenas o setor financeiro está separado, mais ao lado, sem divisórias físicas, por questão de falta de espaço para todos na mesma mesa comunitária.


41

Figura 12: Mesa do Administrativo/Financeiro e Auxiliar Fonte: Arquivo pessoal da autora

Figura 13: Cozinha da agência Fonte: Arquivo pessoal da autora

A agência ainda possui um ambiente de cozinha com microondas, cafeteira, louças, geladeira, entre outros utensílios em geral para uso pessoal dos funcionários, e onde também se prepara chá e café para levar às reuniões com os clientes. 1.10 ESTRUTURA TÉCNICA (CHAPECÓ – SC) A estrutura técnica da Yo atende ao fluxo de trabalhos que recebe. A agência é bastante equipada, contém vários computadores, cada um na configuração necessária para o tipo de trabalho que é usado, além de impressoras profissionais, mesa de luz, e outros acessórios que facilitam o trabalho. A agência possui também um automóvel que fica à disposição da equipe para a realização do trabalho externo quando necessário. O que foi observado com mais detalhe, segue no quadro abaixo: QUADRO 3: ESTRUTURA TÉCNICA ESTRUTURA Computadores Computadores Notebooks Mesas de trabalho Mesas de trabalho Mesas redondas/convivência Mesa de Luz Mapoteca Ventiladores

DESCRIÇÃO Tela full screen Tela LCD 1 Macintosh, 1 Sony Vayo e 1 HP Madeira Alumínio com tampa de mármore Alumínio com tampa de mármore Mais móvel com gavetas Para guardar impressões Portáteis

QUANTIDADE 11 3 3 4 12 2 1 1 2


42

Ar condicionados Geladeira Microondas Purificador de água Aspirador de pó Cafeteira Televisão Vídeo Game Extintor de incêndio Fichários Caixas de Arquivo Porta-CDs móveis Lixeiros Lixeiras Aparelho de som No Breaks Cadeiras Poltronas Mesa reunião média Mesa reunião grande Quadro Branco Mural Mesinha Telefones Celulares Scanner Impressora Impressora Carro Fonte: Quadro elaborado pela autora.

1.11 PLANTA BAIXA

Para guardar amostras da gráfica e

4 1 1 1 1 2 1 1 2 4 12

impressos Para armazenar o back-up dos clientes Grandes para separar lixo reciclável de

2 2

28 polegadas Play Station 2

orgânico Individuais/ Por mesa Estofadas azuis Na Recepção da agência Com 4 lugares Com 6 lugares De rolha Aparelhos de Aparelhos Hp Color Laser Jet CP1215 Hp Color Laser Jet 8550DN Automóvel

14 1 4 19 3 1 1 1 1 1 7 10 1 1 1 1


43

Ilustração 1: Planta Baixa Fonte: Arquivo da agência Yo

Legenda: 1 – Recepção 2 – Sala de Reunião Secundária 3 – Sala de Reunião Principal 4 – Corredor de acesso aos departamentos 5 – Área de Trabalho 1.12 ORGANOGRAMA

6 – WC 7 – Poço de Luz 8 – Sala de Recreação 9 – Mesa Redonda central 10 – Cozinha 11 – Fachada


44

Ilustração 2: Organograma Fonte: Arquivo da Agência

1.13 FLUXOGRAMA


45

Ilustração 3: Fluxograma Fonte: Desenvolvido pela autora

1.14 FORNECEDORES


46

A agência tem duas necessidades para a contratação de fornecedores, uma é para atender internamente a empresa como, por exemplo, a compra de material de expediente, e a outra é para fornecer os serviços para o cliente, como por exemplo, veículos de comunicação e gráficas. Para a compra de materiais de uso interno a empresa realiza pesquisa de preços. Para os que prestarão serviços para os clientes, geralmente a agência orça com três fornecedores e compara os preços. A decisão fica por conta do cliente, sendo que alguns dão abertura para a agência sugerir o mais adequado e capacitado para executar os materiais. Outros preferem trabalhar com fornecedores próprios, já conhecidos. A negociação com os fornecedores fica por conta da agência quando o cliente autoriza. Conforme a negociação, se autorizado, a agência recebe honorários sobre a confecção dos materiais e fica responsável pela negociação de orçamentos, prazos e acompanha a confecção/produção dos materiais junto aos fornecedores para garantir que o cliente receba o material com qualidade e no tempo determinado. Nos acordos com os clientes onde a agência não recebe honorários pela confecção dos materiais, esta encaminha as peças para o cliente juntamente com as sugestões de fornecedores capacitados para produzir o material e o cliente se responsabiliza pela negociação. A agência tem uma relação estreita com os veículos de comunicação como TVs, rádios, exibidoras de outdoor, jornais, revistas, entre outros. Pela veiculação das peças criadas pela agência para seus clientes, a Yo recebe uma remuneração que equivale a 20% sobre o valor da mídia negociada. O diretor de mídia está em contato constante com os veículos, pois necessita estar bem informado para sugerir os melhores horários e programas para inserção das mídias dos clientes para que os mesmos alcancem o resultado esperado. Alguns fornecedores da agência são: gráficas, estúdios fotográficos, produtoras de vídeo, produtoras de áudio, empresas de impressão digital, empresas que produzem brindes, confecções, entre outros. Segue abaixo uma lista com os principais fornecedores, ou seja, alguns com quem a empresa já trabalhou ou costuma trabalhar:

QUADRO 4: RELAÇÃO DOS FORNECEDORES EMPRESA

SERVIÇO

TELEFONE

SITE

CIDADE


47

Abruzzo

3D

(41)3276 3775

ACISLO

Sacola

(49)3344 1315

www.abruzzorevolux.com.

Curitiba

br São

retornável

Lourenço do Oeste São Paulo

Aro 12

Duplicação de

(11)3816 0459

Art pins Balões Sul

CD e DVD Pins e Bótons Balões para

(11)3846 7391 (47)3338 1286

São Paulo

Battiston

festa Impressão de

(49)3361 9000

Chapecó

Boniflor Camisetas

outdoor Bonés Confecção

(43) 3426 3434 47 3397 3014

www.bonifor.com.br

Londrina

Hoffmann Canetas Tec Brindes

3324-6811/ 9111-

graf Confecção

Camisa pólo

3812 / 3323-2576

Diretoria CP Paineis

Comunicação

49| 3226 0532

Crachá Ekset Cromafilme

visual Crachás Fotolitos

47| 3321 2828 3331 4373/ 3329

Chapecó

Damien

Tradutor ingles

7308 3311 8523 - Res/

Chapecó

e espanhol

3324

Davaplast Delta

Embalagens Impressão

CCAA 3322 5697 3322 0023/3323

Chapecó

publicidade Derli

digital Impressão

2929 3323 9332/3322

Chapecó

Digipel

digital Impressão em

4762 3324 6654

Chapecó

Eliane Goulart

ploter Tradutora

8814 7426

Chapecó

6501

inglês e Embalagens indestel

espanhol Embalagens

3324 2702

Chapecó


48

Estúdio Nery Estúdio

(45) 3222-0808 /

Cardoso fotográfico Eventos Oeste Organização

(45) 9972-2266 3328-6876 /

Capital evento Fabiano Cartazista Faca de corte Facas de corte

9912-4997 84041195 3328-3513

Chapecó Chapecó

Kiko facas Facchin

Fotos

3323 1212

Chapecó

Fotografias fontana

Comunicação

3322 5054

Chapecó

Luminosos Gráfica Arcus Gráfica Coan

visual Gráfica Gráfica

49|3329 3304 47| 3521 1701/

Gráfica

Gráfica

48| 3631 9000 (46) 3263-8777 /

Kaigangue

www.coan.com.br

Chapecó Tubarão

www.serafinense.com.br

Serafina

www.grafopel-sc.com.br

Corrêa Pato Branco Seara Porto Alegre Xaxim

(49) 9969-

Gráfica

Gráfica

5989/3324-6963 54|3444 1013

Serafinense Gráfica Xingú Grafopel Impresul Imprimax Litokromia

Gráfica Gráfica Gráfica Gráfica Gráfica

46| 3225 2266 49| 3452 2369 51| 3334 1010 49| 3433 0294 11| 4166 7700 /

Luminosos

Comunicação

(11) 4166-7750 3322 3780

Chapecó

Oeste Luminosos

visual Comunicação

3323 4905

Chapecó

saturno Malhas

visual Confecção

3322 3136

Chapecó

guarujá Móveis

Móveis

3323 2687

Chapecó

Catarinense No limits Nodhice

Confecção Confecção

49| 3647 1293 3323 1623 loja /

Palmitos Chapecó

Palotti Pancron

Gráfica

7552 fábrica 55| 3222 3050

Santa Maria/

Gráfica

32204500 11| 3340 6881 -

Porto Alegre São Paulo

consultor gráfico

www.pancrom.com.br


49

Pegepel

Impressão em

3322 4357

Chapecó

Pena

ploter Comunicação

3329 8294

Chapecó

luminosos Pingo arte

visual Impressão

3329 8171

Chapecó

Plotto Oeste

digital Comunicação

Portobelo

visual Marcas e

Raffer Raizler

patentes Uniformes Brindes

9966 3329 5465 51| 3489 9000

promocional Serigraf Serivan

magnetos Impressão Impressão

3322 5349 49| 3323 1572/

digital e

49| 3329 8139

Stern Ghanz Tec print

brindes Bordados Impressão

49| 3322 5744 49| 3322 6163

Tuicial

digital Gráfica

45| 3227 2020/

Weikki

Confecção

49| 3331 3219 (49) 3322-2593

49| 3353 5504

Xaxim

3311 8125/ 3323

Chapecó www.raffer.com.br www.raizler.com.br

Chapecó Gravataí Chapecó Chapecó

Chapecó Chapecó www.tuicial.com.br

Cascavel Chapecó Chapecó

Fonte: Adaptado de informações do relatório da empresa

1.15 CLIENTES16 A maior parte dos clientes da Yo Propaganda estão na região de Chapecó - SC. Em São Paulo - SP, atualmente, há apenas uma conta por fee mensal. Lidar com cliente de São Paulo é diferente de lidar com clientes chapecoenses e da região, cujas empresas estão começando agora a criar um departamento de marketing e afins. Em Chapecó tem que haver um maior esforço. Chapecó ainda precisa aguçar algumas percepções com relação à comunicação. Para se fazer uma boa campanha é preciso ter um bom briefing, uma verba razoável e muita conversa entre a agência e o cliente para mostrar que não existem milagres neste campo. Mesmo assim Chapecó já se coloca à frente de muitas regiões do estado quando se trata de 16

Informações captadas com os sócios da agência por meio de entrevista. Dados retirados do site TudoCom (2009) www.tudocom.com.br acesso em 09 de Setembro de 2009.


50

propaganda. O mercado chapecoense tem muito potencial, mas para a agência cabe fazer um duro trabalho de catequização de seus clientes. É preciso fundamento em todas as ações para que o cliente tenha sempre a certeza de que propaganda é um investimento e só custa caro quando não funciona. A maioria dos clientes se guia pela realidade, pela análise das atitudes de seus concorrentes. Esperam o concorrente tomar a frente para buscar providências, e querem sempre algo diferenciado, mas dentro do que é real a agência precisa lidar com as verbas ideais. Baseada em relacionamento, que respeita o know-how dos clientes e prioriza a transparência nas relações que estabelece, para o sócio e responsável pelo setor de planejamento, Ricardo J. Sékula, pode-se dizer que a Yo tem um planejamento criativo e uma criação planejada, o que resume o perfil de trabalhar a propaganda de maneira muito mais abrangente, entendendo as necessidades do cliente e seu público e as situações de mercado. Os primeiros clientes consideráveis da Yo Propaganda, em função da demanda de serviços realizados durante uma conta de fee mensal e por também propiciaram crescimento aos profissionais da agência no sentido de aplicar uma metodologia específica e planejada para desenvolver seu trabalho, visando transmitir o posicionamento esperado, foram os seguintes: •

Rüdiger Automóveis (www.rudiger.com.br) Primeiro case nesse sentido de pode aplicar uma metodologia específica de trabalho

ocorreu em 2004 com a Rüdiger Automóveis de Chapecó – SC (concessionária Renault e Nissan), quando criaram um personagem em desenho chamado “Digão” que queria um carro de verdade. Conseguiram desenvolver uma campanha por um ano, período considerável para firmar o posicionamento da empresa, mantendo assim uma coerência para a marca. Até então, enquanto cliente da Zero Com, a Rüdiger desenvolvia sua demanda de comerciais em cima de necessidades pontuais, sem muita visão de marca a longo prazo. “Digão” veio como o reposicionamento da marca para Chapecó e Região.


51

Figura 14: Personagem Digão Fonte: Arquivo Yo Propaganda

Agroeste (www.agroeste.com.br) Outro cliente importante desta fase inicial da agência foi a Agroeste. Nesta época a maior

produtora de híbridos de milho do Brasil, com foco em pesquisa, que vendiam sementes para todo o país (hoje pertencem ao grupo Monsanto). Sede em Xanxerê, Santa Catarina, e em Campo Verde, no Mato Grosso, ênfase em pesquisa de laboratório e em campo aberto, plantações, de tecnologia genética para milho. Para este cliente a Yo desenvolveu informativos, catálogos, materiais para representantes, feiras, placas para cidades, outdoors, enfim, uma demanda considerável de materiais de divulgação. A cada época do ano existia um ou dois híbridos mais adequados para o plantio e era necessário produzir materiais para divulgar as características destes. Mesmo com uma grande demanda conseguiram manter uma identidade de marca. Atualmente a Yo Propaganda possui sua cartela de clientes divididos em fixos e de oportunidade. Os clientes fixos são aqueles que têm contrato com a agência e trabalham com fee mensal (pagam um valor específico por mês por um número determinado de jobs) ou trabalham por job (peça individual) com uma tabela de preços pré-determinados, porém adaptáveis à realidade do serviço. Os atuais clientes fixos são: Supermercados Celeiro, Móveis Henn, Santa Maria Imóveis, Unochapecó e Intermarine. Com este tipo de conta a agência tem a oportunidade


52

de trabalhar toda a comunicação do cliente e participar mais de perto da construção da marca do cliente junto ao mercado. •

Móveis Henn (www.henn.com.br) Móveis Henn é uma indústria de móveis. Fabrica dormitórios de várias linhas: padrão,

modulada, juvenil e infantil, sendo que também oferece linha para escritórios. A Henn é uma empresa que começou com perfil familiar e que hoje tem departamento de marketing próprio e está buscando uma profissionalização cada vez maior. Um dos clientes mais antigos da agência, sendo o primeiro conquistado desvinculado da Zero Com, desde o final de 2003. O primeiro job realizado pela Yo foi o catálogo dos produtos da marca, que é renovado a cada ano. A Yo lançou ainda a sua linha modulada e um conceito para estes produtos. Trabalharam com linha infantil que virou a Sementinha Henn, desde a criação do nome, logo e conceito. A marca já ganhou top of móbile (entre lojistas, as marcas mais lembradas) com Sementinha três vezes e uma vez com a linha de modulados.

Figura 15: Wallpaper Sementinha Henn Fonte: Portfólio da Yo

Antes da Yo, a empresa não possuía uma estratégia própria definida, se pautava muito no que a concorrência fazia. A principal dificuldade da agência foi resgatar a origem e implantar um posicionamento, uma linha de comunicação para o cliente. Antes a Henn utilizava estratégias


53

muito diferentes umas das outras. Personificar da Marca, técnica utilizada no processo de Planejamento, ajudou a esclarecer para os clientes a importância de uma unidade de comunicação. A Móveis Henn trabalha diretamente com lojistas, anuncia em revistas segmentadas e pouco para o público final. Busca ter preço acessível e agregando valores de design e inovação. Não é uma marca de público classe A, mas é bastante respeitada na Região Sul, no mercado de Mondaí onde atua e também exporta. O canal de comunicação que a empresa tem com publico final é apenas o PDV, também desenvolvido pela Yo. Já foi levantado em planejamento a necessidade de levar mais informações ao publico final. A Henn tem um planejamento comercial e de marketing e um de comunicação que é desenvolvido em cima de uns pontos levantados por empresa e agência em reunião. •

Celeiro Supermercados (www.celeiro.com.br) São três lojas em Chapecó. Celeiro está com a Yo desde o primeiro ano da agência.

Cliente de varejo, dotado de um dinamismo bastante grande, com um peso visual maior ainda. Não possuía um departamento de marketing interno até alguns anos e a agência tratava diretamente com o proprietário e o setor comercial. Era uma empresa com uma estrutura familiar, onde os parentes do proprietário ficavam responsáveis por alguns setores, sem possuir especialização no ramo de trabalho. Hoje, Celeiro possui dois profissionais de marketing que lidam diretamente com a agência e um departamento em ascensão. A primeira campanha realizada pela agência Yo para o Celeiro foi aniversário de 33 anos. Em seguida criou promoções como a “Boa viagem”, promoção do mês de agosto (mês em que seu principal concorrente comemora o aniversário), no qual a pessoa sorteada podia escolher para onde viajar entre as duas opções de destino fornecidas. Esta promoção durou por quatro anos e agora foi substituída por uma nova. Devido ao novo modelo econômico, em função da crise de mercado, a viagem não era mais tão atrativa e foi substituída. Também desenvolveu a proposta da Segunda Saudável e Super Finde. Em seguida uma reforma, criação de um novo PDV, e o posicionamento “O Celeiro é o super” deu lugar ao “Sua vida mais super”, que traduz a experiência de compra prazerosa e mais


54

ampla. Para a Yo, Celeiro é referência em economia, qualidade de produto, experiência de compra, sustentabilidade, futuro, saúde. Valores que não têm preço. Por esta razão suas peças possuem um apelo lúdico, com realidade fantástica, estabelece relação com as crianças, pois também existe a preocupação com as crianças (futuro) e como grandes influenciadores de compra. Feirão é uma campanha que representa esse lúdico claramente. A tendência do cenário do varejo Chapecoense é mudar significativamente nos próximos anos, pois novos supermercados estão sendo construídos. O proprietário é bastante preocupado com propaganda. Dá uma grande importância às decisões do departamento de marketing, além de se envolver bastante, ter espírito empreendedor e visão de mercado. Sempre avaliando concorrência, de olho nas novidades das grandes marcas, européias, inclusive, tendências do segmento. Preocupa-se em inovar, sair na frente: sempre. Isso se reflete na comunicação. Mantém um diálogo constante com a agência e dá liberdade de criação. •

Santa Maria Imóveis (www.stmaria.com.br) Cliente há quase dois anos. Com a Santa Maria o processo é diferente dos demais. A

empresa traz necessidades pontuais: lançamentos, empreendimentos, campanha de locação, divulgação, peças específicas como calendários e chaveiros. A partir deste modelo que por vezes traz peças diferenciadas, com conceitos próprios, como o lançamento de um edifício por exemplo, há a importância de um posicionamento mais específico, uma análise da imagem que reflita a marca corretamente. Reformulando a marca surgiu um novo posicionamento “Construindo projetos de vida”, uma nova marca e uma campanha de lançamento que está em veiculação.


55

Figura 16: Anúncio Rouba Página Fonte: Portifólio da Yo

Unochapecó (www.unochapeco.edu.br) Cliente desde agosto de 2008. Campus Chapecó, Xaxim e são Lourenço do Oeste. A Yo conquistou a conta por licitação. Esta licitação ocorreu em três etapas e na terceira

ofereceu um novo posicionamento. “Sua cabeça nosso mundo” foi a campanha sugerida. Reposicionamento de “A nossa universidade” anterior.

Figura 17: Minidoor 1 - Sua cabeça nosso mundo Fonte: Portifólio da Yo

Figura 18: Minidoor 2 - Sua cabeça nosso mundo Fonte: Portifólio da Yo

A universidade possui uma agência interna coordenada pelo departamento de marketing, responsável pela comunicação interna institucional. Também faz trabalhos com um estúdio de design de Chapecó que desenvolve mochilas, camisetas, estojos, entre outros produtos que trazem a marca estampada e são vendidos no Campus. A Yo já realizou para a Unochapecó as campanhas de vestibular e seletivos de verão e inverno. Desenvolveu o planejamento estratégico, com ações não só de publicidade e propaganda, mas de experiência com a marca que gere aprendizado, mantendo o posicionamento conquistado. •

Intermarine (http://www.intermarine.com.br/)


56

Estaleiro líder em embarcações de luxo no Brasil, a Intermarine é licenciada exclusiva da marca italiana Azimut no país. Desde sua fundação em 1973 já produziu e comercializou mais de 5.000 embarcações, estabelecendo-se como uma das marcas mais importantes em seu universo de atuação. Conta fixa, há mais de um ano da agência com objetivo de reposicionamento da marca no mercado. Já era conhecida, uma das maiores representante de uma marca italiana. Yo realizou um estudo de mercado, concorrência, público, traçou os pilares da marca, em seguida o posicionamento, para traduzir em comunicação.

Figura 19: Anúncio Intermarine para revista Fonte: Portifólio da Yo

Direcionados para público A, anuncia em revistas segmentadas, materiais específicos, técnicos, catálogos de lançamentos, convites de eventos, conceito de eventos. Mudou o cenário interno recentemente após o falecimento do dono. A marca Zimuti que a Intermarine vendia, comprou a empresa e assumiu oficialmente, mas continuou a seguir a mesma linha, mesmo posicionamento, mas dando continuidade e melhoria ao que foi feito até agora. A Yo produziu materiais ainda para o São Paulo Boat Show, lançamentos de novas embarcações, feiras, com o conceito: “Viva o melhor do mar”. Esta é uma das empresas exemplo, com quem a Yo já começou a trabalhando diretamente em contato com um departamento de marketing estruturado.


57

Clientes Pontuais e significativos: Os clientes de oportunidade são aqueles que contratam a agência quando necessitam determinados jobs em períodos sazonais. Alguns clientes de oportunidade da agência são: Anjos Colchões, Banco Panamericano, Estofados D´Angelis, Farmácias São Rafael, Havan de Chapecó (loja de departamentos), Ilúmini (treinamento de coaching), Indústria de Portas Faqueadas, On fit (fábrica de meias), Porto Seguro (companhia de seguros), RBS TV, Sanduba (Lanches) e Santa Cruz (distribuidora de medicamentos).

Clientes Antigos: Trabalhos pontuais para Prefeitura Municipal de Chapecó e Berlanda reposicionamento de marca com o conceito “Você quer, tá aqui” ganhou dois anos consecutivos prêmio da Revista Isto É Dinheiro, com duas grandes campanhas.

1.16 CONCORRÊNCIA De acordo com Philip Kotler (1998), concorrência de mercado abrange não só as empresas que fabricam ou oferecem o mesmo produto ou serviço, mas sim as que satisfaçam as mesmas necessidades do nosso consumidor. Para tanto os concorrentes se dividem em diretos e indiretos. 1.16.1 Concorrentes Diretos Pode-se considerar concorrentes diretos da Yo Propaganda, as agências com quem divide o mercado de atuação, que assim como ela, estão cadastradas e registradas no portal no CENP – Conselho Executivo das Normas-Padrão, órgão que regulamenta e credibiliza a profissão. O Conselho Executivo das Normas-Padrão é uma entidade criada pelo mercado publicitário para fazer cumprir as Normas-Padrão da Atividade Publicitária, documento básico que define as condutas e regras das melhores práticas éticas e comerciais entre os principais agentes da publicidade brasileira. São estas: QUADRO 5: CONCORRENTES DIRETOS


58

AGÊNCIA DOX PROPAGANDA

SITE http://blog.doxpropaganda.com.br/

LTDA

F6 PUBLICIDADE LTDA

KSULO

http://www.ksulo.com.br/

PUBLICIDADE LTDA

NOVA

http://www.novacomunicacao.com.br

COMUNICAÇÃO INTEGRADA LTDA

SPO

http://www.agenciaspo.com/

COMIUNICAÇÃO LTDA T12 MARKETING E

http://www.t12.com.br/

COMUNICAÇÃO LTDA AGÊNCIA TRILHA

http://www.trilhaonline.com.br

PRODUÇÕES E PUBLICIDADE LTDA VIRTUAL DESIGNS

http://www.virtualdsg.com.br/

LTDA – ME Fonte: Desenvolvido pela autora.

LOGO


59

Sendo que destas, as mais significativas, em função de qualidade e semelhança de trabalhos realizados, são a T12, Virtual Designs e Dox Propaganda, pois também já possuem um histórico na propaganda local, e a Nova Comunicação Integrada por possuir em sua grade de clientes a Aquário Móveis, empresa que investe significativamente em comunicação. A concorrente mais recente e pertinente pela qualidade que vem apresentando em seus trabalhos, mas que se vende como um estúdio de design é a Estúdio Alice. Estes, entretanto, fazem trabalhos que a Yo também oferece, como identidade visual, embalagens, estampas para uniformes e mochilas. As demais, não possuem um trabalho na mesma linha da Yo, mas acabam sendo concorrentes em função de dividir o mercado. Ou seja, muitas delas, embora não tenham um trabalho tão representativo em profundidade, planejamento, projetos a longo prazo, acabam captando clientes devido a fatores como: influências por relações pessoais, preços irrisórios; e todas acabam sendo concorrentes diretas, uma vez que captam clientes que a agência Yo poderia atender. 1.16.2 Concorrentes Indiretos De acordo com a realidade do mercado Chapecoense e da região, pode-se considerar todos os fornecedores que fazem trabalhos diretamente para o cliente como concorrentes indiretos, sejam eles: gráficas, produtoras de áudio e vídeo, rádios, empresa de outdoor, etc. Além de free lancers e as empresas que possuem uma house (departamento de criação interno, agregado ao de marketing), caso da Rudiguer e Berlanda, por exemplo, que implantaram houses devido a estratégias internas e que por este motivo deixaram de ser clientes da Yo. Os próprios clientes da Yo, como a exemplo da Unochapecó, dividem seus trabalhos de comunicação entre outras agências: possuem uma agência Interna que faz pequenos trabalhos pontuais internamente na universidade, a Yo que faz suas campanhas e o Estúdio Alice que é responsável por peças mais focadas em design, como mochilas e aplicações em geral da marca. 1.17 IDENTIDADE VISUAL DA AGÊNCIA


60

Para que uma empresa seja conhecida e reconhecida no mercado, o primeiro passo necessário é ter uma identidade. Uma identidade, que também é visual, precisa passar uma mensagem de qualidade e segurança aos seus clientes, o que é fundamental para o sucesso da empresa. A identidade é tão importante quanto o posicionamento, pois também é por meio dela que o posicionamento é transmitido. De acordo com Marcélia Lupetti (2007), o posicionamento é aquilo que as pessoas retêm na mente a respeito da marca. É mais fácil para um cliente ou consumidor lembrar a logomarca de uma empresa, suas cores, formas, posicionamento que apresenta para o mercado, se receber e assimilar as ações de comunicação da marca a ponto desta ocupar um espaço de atenção em sua mente e assim fazê-lo lembrar de suas características. Para que as pessoas percebam o posicionamento sobre determinada organização, é preciso que haja divulgação, e a propaganda institucional auxiliará na construção da identidade e da imagem corporativa, bem como tentará conquistar a confiança, a credibilidade e a simpatia de seus públicos de interesse. (LUPETTI, 2007, p.18).

A identidade visual é a imagem de sua empresa, ou em outras palavras, de acordo com uma das técnicas que a própria Yo usa para aplicar aos seus clientes: é a roupa de sua empresa. Personificando a marca, é claro que temos que vesti-la com um serviço de qualidade. Uma roupa ruim, velha, desbotada e fora de moda, não é uma imagem que se deseja transmitir quando se busca vender um serviço. É de extrema importância uma empresa ter um logotipo, uma folha timbrada, um cartão de visita de qualidade, que passe segurança e confiabilidade ao cliente.

Figura 20: Logo da Agência Fonte: Arquivo da Agência Yo Propaganda

O logo da Yo Propaganda é aplicado em cores variadas, mas mantendo sempre o mesmo volume e proporção. A proposta é variar e adaptar, inovar nas combinações. As cores mais utilizadas ainda são a roxa e a verde, por terem sido as trabalhadas nas placas de comunicação


61

externa desde o lançamento da agência, além da versão branca (negativo) quando os anúncios são bastante coloridos. A Yo ainda conta com um material de papelaria que apresenta sua identidade visual. São eles os cartões de visita, em variadas combinações:

Figura 21: Cartões de visita Fonte: Arquivo da papelaria da Agência Yo

As cores que utiliza em sua papelaria varia de acordo com o interesse da agência. Os primeiros cartões eram em verde claro, quase limão, de um lado com a logo aplicada na cor roxa e o verso era branco, com a logo espelhada ainda no mesmo tom de roxo. Hoje em dia a Yo está trabalhando com estas opções em tons de verde bem claros e um marrom que puxa para o violeta. Uma variação das cores anteriores, mas em tons mais sóbrios. Os envelopes personalizados seguem o mesmo estilo:


62

Figura 22: Envelopes personalizados da Yo Fonte: Arquivo da papelaria da Agência Yo

A folha oficial timbrada com a marca a agência também seguindo a mesma combinação de cores, mas com os tons mais claros para poder receber a escrita:

Figura 23: Folha timbrada da Yo Fonte: Arquivo da papelaria da Agência Yo

A Yo ainda conta com uma pasta personalizada para enviar documentos aos seus clientes.


63

Figura 24: Pasta personalizada da Yo Fonte: Arquivo da papelaria da Agência Yo

É aquela “velha história”, um bom vendedor para oferecer um produto, precisa ter feito uso dele antes, conhecer para demonstrar e defender sua utilidade e necessidade. Quando a Yo envia um orçamento, por exemplo, este vai em sua pasta personalizada e impresso com sua folha timbrada. Já surpreende o cliente mostrando o uso da peça antes mesmo de sugerir que este também a utilize. Esta pasta também é usada para armazenar os trabalhos impressos em reuniões de aprovação. A empresa possui ainda documentos padronizados, como orçamento, ordem de compra, autorização de faturamento, planilha de encaixe de mídia, apresentação de portifólio da agência junto com proposta para novo cliente, contrato de prestação de serviço e folha de job (peça individual).


64

2. DIAGNÓSTICO DE COMUNICAÇÃO “Diagnóstico não é só coisa de médico. É coisa de quem pensa.” (PÚBLIO, 2008, p.19). A Yo é uma agência relativamente nova, em um mercado em ascensão. Durante os seis anos de atuação da agência, aconteceram algumas mudanças na estrutura física, humana e administrativa, e também na metodologia de trabalho. Neste período de mudanças e adaptações, sempre houve uma grande preocupação com a qualidade no desenvolvimento dos trabalhos e para com o atendimento ao cliente. A Yo não se limita em apenas cumprir os jobs que são solicitados pelos clientes, mesmo quando pontuais. Estão sempre buscando oferecer alternativas e soluções além do que lhes é solicitado. Cada integrante de cada departamento procura dar o seu melhor, para que o trabalho final da agência tenha um resultado positivo, de maneira a atingir o seu objetivo e surpreender o cliente. O diagnóstico de comunicação vem para caracterizar a agência a partir da observação feita pela autora durante as 120 horas do período de estágio realizado. Este diagnóstico traz ainda uma comparação da descrição da empresa e de seu funcionamento, com conteúdo teórico sugerido por autores e estudos.


65

De acordo com a leitura feita por Públio (2008), um diagnóstico de comunicação tem como objetivo identificar problemas. A partir destes problemas é que se pode apontar os passos que uma empresa ou organização deve seguir. No caso da Yo Propaganda, por meio das informações coletadas no briefing, é possível definir com mais clareza um diagnóstico das variáveis externas e internas associadas, não só da empresa, mas também do meio onde esta está inserida. De acordo com Basta et al (2006), é a partir de uma análise do ambiente de marketing, ou seja, ambiente organizacional, ambiente interno e ambientes externos ao negócio, que se pode chegar a um diagnóstico. O diagnóstico de comunicação apontará os principais pontos revelados pelo estudo, comparando-os aos concorrentes de mercado. Ele servirá para detectar um diferencial sobre os concorrentes e posteriormente traçar estratégias para ter vantagens competitivas. O primeiro passo para realizar o diagnóstico de comunicação é a definição de indicadores de sucesso, que dizem respeito às vantagens competitivas consideradas no mercado e auxiliam a organização a se posicionar perante os concorrentes. (LUPETTI, 2007, p.45).

Por meio do diagnóstico do micro e macro ambiente, os resultados desta análise consistirão na identificação dos pontos fortes, pontos fracos, oportunidades e ameaças que torneiam a realidade da agência, e que servirão de subsídio para a elaboração de um plano de ação para a Yo Propaganda. 2.1 COMUNICAÇÃO DA AGÊNCIA A Yo Propaganda, por ser uma empresa que oferece um serviço ou produto para seus clientes, tem seu foco voltado em atender aos objetivos do cliente em primeira instância. O fato de vender comunicação faz com que essa, por vezes espere que a comunicação que desenvolve para seus clientes, venda também a sua marca. Mas nem sempre se pode contar que os clientes procurem por você ou por sua logomarca assinando uma peça em um canto de pouco destaque. Geralmente quem tem esse hábito de procurar a marca da agência que desenvolve os materiais de comunicação são as próprias agências donas das contas das marcas concorrentes à do seu cliente. Tão importante quanto desenvolver e manter o posicionamento conquistado para os clientes, também é necessário que a própria agência conquiste e mantenha o seu. Ela precisa de


66

propaganda, de um roteiro, um plano de comunicação com ações para organizar e manter um fluxo de atividades de comunicação interna e externa. A comunicação interna da empresa é responsável pela criação da cultura colaborativa. A interação entre todos da organização é a própria essência do fluxo que deve ter suas informações levadas a todos os envolvidos. Considera-se boa a comunicação em uma empresa, quando se define objetivos claros, busca recursos humanos adequados às tarefas a serem executadas, empenha-se na motivação das pessoas, sabe buscar e compartilhar as estratégias mais adequadas para atingir os fins visados e, ainda, avalia e divide resultados. (BORTOLOTTI, 2008) 17

Não menos útil do que para divulgar os produtos e serviços, a comunicação externa é também uma poderosa ferramenta para a empresa dialogar com a sociedade, um instrumento fundamental para construir e solidificar a imagem empresarial. Ainda de acordo com Suely Bortolotti (2008), “uma política de comunicação externa clara e definida é reconhecida como fator estratégico para o sucesso da corporação”. Já faz muito tempo que as marcas precisam dividir e competir por um espaço de destaque nas prateleiras e aos olhos do consumidor. A partir destas considerações é que se faz necessário analisar como a agência vem se comunicando com seu público. Seja ele cliente, fornecedor ou funcionário, a comunicação interna assim como a externa é que vão expressar a identidade da marca e determinar a posição que esta assume no cenário em que atua, destacando-a da concorrência. 2.2 ANÁLISE DA COMUNICAÇÃO INTERNA A Yo Propaganda é uma agência que conta com uma metodologia um tanto diferenciada, podendo ser classificada simplesmente como própria. Por funcionar em dois diferentes núcleos físicos, essa trabalha de maneira dividida. A distância é imprescindível em função das contas e do espaço conquistado em ambos os mercados de atuação. Como o Diretor de Criação, assim como seus Diretores de Arte, trabalham em São Paulo e os demais departamentos da agência estão em Chapecó, há momentos que em os 17

Citação retirada do artigo publicado no site www.profissionalizando.org, escrito por Suely Bortolotti (2008). A referência completa segue no item Referências deste relatório.


67

departamentos podem fazer-se presentes fisicamente, levando os profissionais da agência a visitarem-se uns aos outros, mas na maior parte do tempo, esses precisam arrumar uma outra forma de se comunicar. Todos participam e se envolvem de alguma forma com os jobs da agência e o trabalho realizado pela criação precisa ser intermediado pela internet. Por isso a Yo adotou algumas ferramentas online como chave para sua comunicação. A princípio, a primeira ferramenta de comunicação à distância criada pelo homem ainda é a que melhor resolve os problemas: o telefone. É claro que com o advento da tecnologia que veio para otimizar o seu uso, hoje em dia é possível conversar em um call com quantas pessoas se quiser convidar para participar.

2.2.1 Call O Call é realizado todas as manhãs, mais especificamente às 9 horas da manhã de todos os dias, e envolve a participação de todos os sócios. É um telefonema onde cada um fica em seu aparelho celular e todos conversam na mesma linha visando organizar a pauta e discutir o andamento dos jobs. 2.2.2 Skype O Skipe é a ferramenta mais utilizada durante o dia de trabalho, por todos da agência. Seja com skype via texto, skype com áudio, com vídeo (webcam) ou ainda pelo formato de ligação por telefone. Costuma ser principalmente utilizado para brainstorms entre os redatores e os criadores, pois facilita a comunicação através do uso da imagem e não somente da voz, como no telefone. 2.2.3 MSN


68

O MSN, assim como o Skype, é utilizado para manter uma conversa por meio de texto entre o pessoal da agência. Não apenas com os que estão em São Paulo, mas também pelos que estão no mesmo ambiente, para não atrapalhar a concentração dos demais. Também serve como uma maneira mais simplificada para trocar e enviar arquivos. 2.2.4 E-mail O e-mail é utilizado para o repasse e controle do andamentos dos jobs. É por meio dele, por exemplo, que o atendimento envia as informações do briefing para todos os demais da agência. Também é assim que a criação envia suas ideia para discussão e aprovação do resto do pessoal da agência. Avisos como horário de reuniões internas, reuniões agendadas com os clientes e demais necessidades, também são enviadas por e-mail. A equipe da Yo também costuma enviar e-mails sobre assuntos diversos e matérias/propagandas polêmicas, e transformar em um fórum, onde por meio da troca de e-mail entre todos, discutem suas opiniões por escrito. 2.2.5 Mesas Juntas Os ambientes possuem mesas conjuntas, sem divisórias, para que haja uma troca constante de ideias e possibilite uma melhor comunicação pessoal quando necessário. 2.2.6 Quadro Branco O quadro branco fica na mesma sala onde está todo o pessoal e é utilizado para anotar informações importantes, como prazos limites para os jobs, entre outros. 2.2.7 Mural O mural não é muito atualizado, mas tem como objetivo socializar algumas propagandas impressas e criações geniais para haver um conhecimento de todos, além de informações como a


69

data de aniversário do pessoal, como realizar um call com os números dos telefones de cada um e possíveis eventos para freqüentar também são divulgados. 2.2.8 Pauta online A pauta da agência é controlada online através de um documento do Google Docs criado e administrado pela agência, onde é possível controlar o andamento de todos os jobs.

Figura 25: Print screen da pauta online da Agência Yo Fonte: Yo Propaganda

2.2.9 Reuniões de Pauta As reuniões de pauta ocorrem sempre que necessário conversar pessoalmente sobre o andamento dos jobs. Dela participam dos setores de Atendimento, Planejamento e também o profissional encarregado do controle da pauta. 2.2.10 Reuniões Esporádicas


70

Reuniões são realizadas entre os diretores de cada setor e funcionários separadamente, de acordo com a necessidade. 2.2.11 Coffee Break O momento de tomar café também serve como uma maneira de fazer reuniões mais “descoladas”. No prédio vizinho onde funciona a Yo, há uma boutique com cafeteria, que às vezes é frequentada pelo pessoal para discutir um job enquanto fazem um lanche. A própria agência conta também com uma cozinha bem equipada onde eles tiram uns minutinhos para respirar durante a tarde e tomar um café enquanto conversam sobre os jobs e também sobre assuntos pessoais para descontrair. 2.3 ANÁLISE DA COMUNICAÇÃO EXTERNA Hoje a Yo trabalha com bastantes mídias virtuais na divulgação de sua marca, justamente por ser o novo segmento em que está se especializando. É praticamente tudo digital, além de ações de apoio a outras empresas. Na sede da agência, a comunicação externa está voltada para as placas da fachada, como pode ser visto na “Figura 1” do item 1.9 deste relatório. A agência conta ainda com um portifólio digital, site, blog, e-mail marketing quinzenal (yo news), com assuntos gerais e ultimas novidades da agência, reel anual (vídeo conceito da marca) e e-mails institucionais para prospects. 2.3.1 Placas Externas Servem para indicar a localização da agência. A Yo tem duas, uma com a função de sinalizar a porta de entrada da agência e outra na altura do andar da agência demonstrando a localização exata. 2.3.2 YOCULT – (www.agenciayo.wordpress.com)


71

Blog oficial da agência Yo. Todos os funcionários escrevem para o blog, cada um com um nick name fictício, sobre temas e interesses diversos. Em torno de divulgar seu posicionamento, a Yo está criando alguns movimentos para ser vista como uma agência diferente das demais, como por exemplo este blog e um e-mail marketing que traz não apenas propaganda da agência, mas também atualidades de diversos segmentos.

Figura 26: Print Screen do Blog da Agência Fonte: Arquivo de Yo Propaganda

2.3.3 Yo News: e-mail marketing A Yo está organizando emails marketing que serão enviados a prospects a cada 15 dias. O objetivo é enviar notícias bem sucintas, mas que informem sobre o que está ocorrendo pelo mundo afora. Nesse sentido haverão notícias das mais variadas, entre elas: arte, música, cinema, arquitetura, design, moda, entre outros. Tudo que possa contemplar o meio em que atua. Junto a essas notícias, acompanhará algum anúncio ou trabalho realizado agência. O primeiro que vai


72

sair, por exemplo, uma das notícias é da Yes Delivery, o primeiro cliente internacional da Yo. Eles estão no ranking de melhor design graças ao serviço desenvolvido pela agência.


73

Figura 27: Exemplo de E-mail Marketing da AgĂŞncia Yo Fonte: Arquivo de Yo Propaganda


74

Outro exemplo de prospect enviado pela agência para clientes em potencial, já era enviado anteriormente à criação do Yo News. Funcionava como uma propaganda institucional, como este exemplo:

Figura 28: Anúncio Institucional da Agência Yo Fonte: Arquivo de Yo Propaganda


75

2.3.4 Site O site da Yo Propaganda “www.agenciayo.com.br” funciona como um portifólio online. Tem imagens de campanhas realizadas para os clientes atuais e de job da agência, além de informações para contato. 2.3.5 Flickr A Yo utiliza o site Flickr como uma mídia de apoio para divulgar suas criações. Neste site são postadas fotos de campanhas já aprovadas e veiculadas, além de propagandas experimentais. As fotos ficam, portanto, separadas por categorias. 2.3.6 Youtube Os filmes, comerciais em vídeo, são postados no Youtube pelo pessoal da agência, mas não há ainda um profile próprio registrado com o nome da Yo. 2.3.7 Responsabilidade Social A Yo é parceira de duas fundações sem fins lucrativos. Patrocina e apóia aos programas: Programa Viver e Cinelo – Associação de cinema e vídeo de Chapecó e Região, do qual dois integrantes da equipe também fazem parte da organização. A agência contribui desenvolvendo para elas cartazes para divulgar seus eventos sempre que necessário, criaram suas logomarcas e também seus site. 2.3.7.1 Programa Viver Programa Viver é uma ONG, associação sem fins lucrativos. Um projeto de ações educativas e profissionalizantes, que visa proporcionar uma infância mais digna e um futuro mais


76

justo para crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e/ou social, vindos de famílias fragilizadas economicamente, muitas inclusive com pais alcoólatras e violentos.

Figura 29: Logomarca desenvolvida para o Programa Viver Fonte: Arquivo de Yo Propaganda

A Yo acredita que a triste realidade destas crianças pode ser mudada através da ajuda que o Programa Viver oferece. O Programa tem como principal meta o apoio sócioeducativo em meio aberto, com capacitações para enfrentar as desigualdades sociais por meio de recreação, esporte, cultura, lazer e cursos profissionalizantes, dentre outras formas educativas, além de garantir três refeições diárias.

Figura 30: Cartazes desenvolvidos para iniciativas do Programa Viver Fonte: Arquivo de Yo Propaganda


77

2.3.7.2 Cinelo Para a Cinelo - Associação de Cinema e Vídeo de Chapecó e Região, a Yo criou a marca e desenvolve peças de comunicação. Por ser uma associação sem fins lucrativos, a Cinelo funciona como uma espécie de "conta solidária" dentro da YO, ou seja, assim como para o “Programa Viver”, a agência cria as peças sem custos, mas neste caso, visando implementar a difusão da sétima arte em Chapecó e Região. Além disso, Ricardo J. Sékula do Planejamento e Cristiano Cella, mídia, fazem parte da Cinelo.

Figura 31: Cartazes das mostras de filmes – Criações cedidas pela agência Yo Fonte: Arquivo de Yo Propaganda


78

Figura 32: Logo Cinelo - criada pela agência Yo para a associação Fonte: Arquivo de Yo Propaganda

2.3.8 E-mail marketing para datas comemorativas A Yo sempre busca dar uma atenção especial para seus clientes e stakeholderes, enviando cartões de felicitações em datas comemorativas como o Natal, Páscoa, Revellion, etc. São anúncios bem originais que expressam toda a personalidade da marca Yo.

Figura 33: Anúncio Institucional da Agência Yo Fonte: Arquivo de Yo Propaganda


79

2.4 ANÁLISE SWOT A Análise Swot é uma técnica que foi desenvolvida por professores de Harvard nos anos 1960. De acordo com Públio (2008) ela serve para estudar a competitividades de uma empresa ou organização, a partir de quatro variáveis, que juntando suas inicias em inglês formam a sigla SWOT. Seriam elas: forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. É adotando esta metodologia que se pode fazer uma análise situacional atual de uma empresa e suas potencialidades. Os dois primeiros itens – forças e fraquezas – estão relacionados à análise dos recursos internos da empresa comparados principalmente a seu microambiente, enquanto que os dois últimos itens – ameaças e oportunidades – estão relacionados ao meio no qual a empresa está inserida. (PUBLIO, 2008, p.112)

A partir deste conceito defendido por Públio (2008), pode-se realizar a análise SWOT da Agência Yo Propaganda. 2.4.1 Forças A partir da análise do microambiente da empresa foi possível reconhecer e traçar seus pontos fortes. São eles: Credibilidade da Marca: A Yo é uma agência relativamente recente no mercado Chapecoense, mas conta com uma equipe de profissionais qualificada que já atuava no mercado da região em outras agências antes da Yo. Mesmo com um curto período de existência, já foi capaz de expandir sua atuação para o mercado de São Paulo, onde vem crescendo e conquistando seu espaço. Clientes como Berlanda e Rüdiger de Chapecó já receberam prêmios pelos comerciais que a Yo criou. Cada matéria ou notícia publicada sobre um case de sucesso realizado pela empresa, prêmio conquistado e/ou satisfação declarada por algum cliente, seja no boca a boca ou através de dados do mercado, é um atestado de qualidade que adiciona um ponto positivo na imagem da marca. Profissionais capacitados: Os jobs fluem facilmente, pois todos tem o conhecimento necessário para desenvolver suas funções e a maioria possui formação superior. São formados em áreas diferentes e esta interdisciplinaridade propicia agregar valores positivos, ao exemplo do que


80

ocorre com os redatores: um deles, Eveline Borges, é formada em Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda e o outro, Andre Timm, é formado em Letras e Literaturas da Língua portuguesa, sendo que cursou também a Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) por dois anos. Ambos têm conhecimentos, de certa forma diferentes, mas voltados para o mesmo objetivo, que é o texto publicitário, pois estudaram como escrever corretamente e na função de redatores estão aplicando seu aprendizado. Criação inovadora e diferenciada: A equipe de criação da Yo apresenta um trabalho diferenciado das demais agências de Chapecó e região. Isso se deve em função da criatividade e da capacidade destes em colocar em prática as idéias, apresentando assim propostas e layouts inusitados. Este posicionamento foi conquistado e reconhecido pelos clientes. Isso se deve principalmente ao fato da agência estar dividida e os profissionais de criação morarem em São Paulo, um local onde as tendências e novidades são lançadas. Fica mais fácil assim para a agência conhecer e aplicar essas novidades ao seu dia a dia e esquema de trabalho. A Yo segue ainda uma linha artística onde busca resgatar elementos mais lúdicos, trabalha com bastantes ilustrações feitas a mão, coisa que as outras agências não costumam fazer. Preocupação com a marca do cliente: Preocupa-se em pensar a marca a longo prazo e por esta razão, busca sempre oferecer além do que é solicitado pelo cliente, o que acaba resultando em fidelização por parte do cliente, que sente que a agência está cuidando da sua marca tão bem quanto ele o faria. Estrutura Física: A estrutura em que funciona a agência em Chapecó proporciona a interação dos profissionais. Além de suprir as necessidades básicas, há também uma busca por otimizar a relação entre os funcionários com a criação de um espaço reservado para momentos de descontração durante os breaks. Bom relacionamento entre os funcionários: Há um bom relacionamento entre todos, seja ele profissional ou pessoal. O coleguismo propicia um clima de comunicação aberta, sendo que os funcionários estão a vontade para expressar e discutir pensamentos e opiniões entre si. Filiação ao CENP: Ser filiado a um órgão que regulamenta a profissão é um ponto forte, pois gera confiança e credibilidade no trabalho realizado pela agência. Responsabilidade Social: As ações sociais prestadas são de ótimo caráter. A agência apóia a duas associações sem fins lucrativos e não divulga essa iniciativa na mídia. Apenas assina


81

as peças, sem grande exposição, deixando claro que a empresa não pratica este gênero de serviço por interesse institucional. Vale a pena para uma empresa fazer o bem? Certamente sim, e a recompensa pode ir bem além do sorriso de um garoto carente. A empresa que tem uma participação comunitária consciente e generosa produz um sentimento de orgulho muito grande em seus funcionários (BRUM, 1998, p. 161).

Organização e modo operacional: Mesmo trabalhando em sedes separadas, o processo de criação funciona muito bem, pois o briefing traz todas as informações necessárias e a internet intermédia o processo de criação entre a dupla que realiza o job. Outro ponto positivo que contribui para essa organização é o controle diário de pauta e as reuniões que realizam com freqüência. 2.4.2 Fraquezas Assim como as Forças, as Fraquezas também dizem respeito ao microambiente da organização e foram identificadas a partir do período em campo de estágio. Sendo elas: Má organização do ambiente de trabalho: No ambiente de trabalho a Yo conta com ficheiros onde armazena os jobs já finalizados e também grandes caixas de plástico onde guardam as provas de impressão que foram feitas antes da realização dos trabalhos já veiculados. Entretanto, os jobs que estão em andamento ficam em uma espécie de ficheiros sem gaveta, formado apenas por uma armação montável de alumínio, mas sem um local específico para seu armazenamento.

Figura 34: Foto 1 representativa dos fichários Fonte: Arquivo pessoal da autora

Figura 35: Foto 2 representativa dos fichários Fonte: Arquivo pessoal da autora


82

São mais de cinco locais diferentes com ficheiros destes espalhados pela agência, sem que haja uma unidade, um único local para concentrar todos. Sem contar a quantidade de pastas, papéis, folhas, sobre as mesas, sem que estejam sendo utilizadas. Entretanto, a agência está providenciando resolver alguns problemas como estes a partir da aplicação de um modelo próprio de organização interna baseado na norma ISO 9001, objeto de estudo de Tatiana Lang em seu Trabalho de Conclusão de Curso. Não se encontra informações da agência na internet, seu site possui apenas um portfólio virtual com alguns jobs: Praticamente todas as informações captadas para a construção deste relatório foram fornecidas pelo próprio pessoal da agência por meio de reuniões do tipo “entrevista” realizadas por parte da autora. Isso toma muito tempo dos funcionários, que precisam largar seu trabalho para responder às perguntas. Mas, e quando alguém de fora quiser saber sobre a agência? Terá que se deslocar até lá para perguntar ou então telefonar, agendar uma entrevista? Fica bastante trabalhoso. A agência nunca fez uma ação de impacto para promover a marca: Apesar de já atuar há seis anos no mercado, a Yo nunca realizou uma ação de impacto para promover a marca e conquistar novos clientes, informar sobre os serviços que oferece e sobre a importância de seu trabalho.

Equipe enxuta e bastante atarefada: A Yo reduziu o número de funcionários, pois necessitou fazer alguns cortes nas despesas. Hoje muitos dos funcionários da equipe estão desempenhando mais de uma função cada, o que acabou sobrecarregando-os de tarefas. Quando algum deles chega a faltar, ou precisa se ausentar, a situação fica frenética, pois como já executam pelo menos duas funções, realizar uma terceira fica muito difícil. 2.4.3 Oportunidades A partir da análise do meio no qual a empresa está inserida, macroambiente, foi possível apontar e traçar algumas oportunidades para o negócio. São elas: Desenvolvimento da economia e do comércio Chapecoense: Chapecó está para receber a sede de duas universidades federais, uma vinda do MERCOSUL e outra, filial da UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina. Também estão sendo construídos na cidade um novo


83

Shopping Center e uma filial da rede de supermercados WALL MART, o Maxxi Atacado. A cidade só tende a crescer. Serão muito mais pessoas morando na cidade para estudar e outras vindas da região para fazer compras. Além do grande investimento já realizado pela prefeitura municipal para a construção de um Centro de Eventos que atrai para a cidade pessoas que estão em busca de programas culturais. Com o aumento da população ou pelo menos da procura por Chapecó para estudar, lazer ou para fazer compras, o comércio local precisará investir em comunicação e o número de prospects aumentará e também o investimento dos atuais clientes da agência, como o Celeiro Supermercados e Unochapecó, universidade particular da cidade, pois estes terão fortes concorrentes para enfrentar. Expansão do Mercado publicitário: Como a Universidade de Chapecó já vem formando profissionais de propaganda, o mercado da propaganda em Chapecó é beneficiado com o aumento da concorrência entre negócios de mesmo ramo, o que ocasiona a necessidade de propaganda profissional. A agência Yo atua há seis anos nesse mercado e vem acompanhando a sua evolução, o que a proporcionou um grande conhecimento, tendo isso como oportunidade para seus negócios.

Necessidade de serviços diferenciados de comunicação: O mercado está mais competitivo, a diferenciação entre os produtos/serviços/marcas é cada vez mais necessária, devido às constantes mudanças no mercado. As agências precisam se atualizar e oferecer opções diferenciadas para atender às necessidades de seus clientes. A Yo traz em seu slogan essa idéia de que inovar é preciso quando diz ao fim de cada apresentação de trabalho que “O novo muda a maneira de pensar. Bem vindo ao novo.” 2.4.4 Ameaças Profissionalização da Concorrência: Os cursos de Publicidade e Propaganda surgiram em grande escala nos últimos dez anos, o que favoreceu a capacitação de todo mercado, mas também oferece à concorrência oportunidades de melhorar seu leque de funcionário e serviços18. Aumento da concorrência: Como fundamentado anteriormente através de pesquisas, o mercado publicitário de Santa Catarina e no Brasil estão em plena expansão, permitindo que

18

Informações retiradas a partir de entrevista cedida por Hector Valente Franco, Diretor de Planejamento da D’araújo, de Florianópolis –SC (2009) ao site TudoCom, www.tudocom.com.br, acesso em 09 de Setembro de 2009.


84

agências de pequeno e médio porte cresçam potencialmente a ponto de concorrer contas com a Yo. Procura direta do cliente pelo veículo ou fornecedor, sem intermédio de Agência: É bastante comum na área da propaganda em mercados pequenos, a procura do anunciante pelo veículo para criação de suas propagandas. Representa uma ameaça, pois essa aceitação do veículo em realizar o trabalho sem antes passar por uma agência diminui as oportunidades de negócio da agência. 2.4.5 Quadro da Análise SWOT Com base nessas informações, o quadro construído a seguir vem para ilustrar e para facilitar a visualização das variáveis da Agência Yo: QUADRO 6: ANÁLISE SWOT FORÇAS

FRAQUEZAS

- Credibilidade da Marca;

- Má organização do ambiente de trabalho;

- Profissionais capacitados;

- Não se encontra informações da agência na

- Criação inovadora e diferenciada;

internet, seu site possui apenas um portfólio virtual

- Preocupação com a marca do cliente;

com alguns jobs;

- Estrutura Física;

- A agência nunca fez uma ação de impacto para

- Bom relacionamento entre os funcionários;

promover a marca;

- Filiação ao CENP;

- Equipe enxuta e bastante atarefada.

- Responsabilidade Social; - Organização e modo operacional. OPORTUNIDADES

AMEAÇAS

- Desenvolvimento da economia e do comércio

- Profissionalização da Concorrência;

Chapecoense;

- Aumento da concorrência;

- Expansão do Mercado publicitário;

- Procura direta do cliente pelo veículo ou

- Necessidade de serviços diferenciados de

fornecedor, sem intermédio de Agência.

comunicação.


85

Fonte: Quadro elaborado pela autora a partir de conceitos de Públio (2008).

A partir da pesquisa e da análise desenvolvida, apontados os pontos fortes, fracos, as oportunidades e as ameaças, a próxima etapa propõe um Plano de Ações para a Yo Propaganda buscando resolver os problemas e limitações atuais, apresentado a seguir.

3. PLANO DE AÇÃO


86

O plano de ação é uma ferramenta que permite visualização rápida das etapas de um todo e facilita o acompanhamento de ações que serão implementadas. Segundo Sidney T. Oliveira (1996), o plano de ação pode ser elaborado através de elementos básicos conhecidos como “5W2H” que do inglês significam: Why, What, How, Where, When Who e How Much. Traduzindo em ação: Por que deve ser executada a tarefa ou o projeto, qual a justificativa, O que será feito, solução proposta, Como deverá ser realizada cada tarefa/etapa, o método, implementação, Onde cada tarefa será executada, Quando cada serão executada, tempo e duração, Quem realizará as tarefas, responsabilidades, e Quanto custará cada etapa do projeto. A pretensão deste plano realizado para a Yo Propaganda é apresentar soluções e propostas, tomando como base o resultado observado a partir do diagnóstico apresentado. Se a agência irá acatar ou utilizar as sugestões deste material, fica a critério da mesma. A aplicação deste plano reflete decisões provenientes dos aspectos de micro e macroambiente observados, com base em referências teóricas e práticas aplicadas em outras empresas. “Uma organização não precisa corrigir todos os seus pontos fracos nem se glorificar dos pontos fortes. O interessante é observar que uma oportunidade pode ser aproveitada pela empresa em função do desempenho que ela apresenta.” (LUPETTI, 2007, p.42) As sugestões aqui contidas têm como objetivo principal solidificar a presença da agência Yo dentro do seu mercado de atuação. Como objetivos secundários, criar condições para que a agência aumente sua participação no mercado e estreite os laços com os clientes, profissionais e pessoas interessadas no ramo publicitário, assim como estudantes da área, além de tornar reconhecida pelo mercado chapecoense a importância de se investir em propaganda. 3.1 ESTRATÉGIAS E AÇÕES As estratégias e ações aqui retratadas buscam fornecer soluções, aproveitando um ou outro aspecto mais oportuno destacado no Diagnóstico, de acordo com a visão de Marcélia Lupetti citada no item anterior. Neste capítulo, o rótulo “problema” procura definir apenas o motivo pelo qual se oferece a ação, não necessariamente conceituando um problema de caráter negativo.


87

3.1.1 Comunicação Interna As ações de comunicação interna foram pensadas para amenizar alguns problemas de organização do ambiente de trabalho que podem fornecer subsídios para a implantação do Plano de Gestão de Qualidade. 3.1.1.1 Ação 1: 5S’S Problema Fraqueza: Má organização do ambiente de trabalho. Solução Proposta O “5S” é uma ferramenta administrativa que auxilia na implantação da qualidade, organização e otimização nas empresas. Foi criado no Japão, logo após a Segunda Guerra Mundial com o objetivo de auxiliar na reestruturação do País, que necessitava reorganizar suas industrias, de modo a otimizar a produção em função da alta competitividade do pós-guerra. O 5S trata–se de uma sigla formada pelas iniciais de cinco palavras japonesas: Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke.19 É o bom-senso que pode ser ensinado, aperfeiçoado, praticado para o crescimento humano e profissional. É baseado na natureza e na forma como tudo ocorre naturalmente no meio ambiente. Deve-se ensinar o 5S, portanto, exatamente porque a vida do ser humano não é mais assim tão natural. Com tanta tecnologia, conhecimentos, cultura, valores, recursos artificiais descobertos, aperfeiçoados ou inventados pela humanidade, não é mais possível utilizá-los sem aprendizado e treinamento20. Entretanto, muitos recursos de nada adiantam se não se souber utilizá-los, ordenálos, limpá-los, conservá-los e, finalmente, descartá-los ou reciclá-los quando chegar a hora. 19

Informações retiradas do site www.portaldomarketing.com.br em artigo escrito por Márcia Nana, acesso em 06 de Novembro de 2009. 20 Informações retiradas do site 5s, em www.5s.com.br acesso em 06 de Novembro de 2009.


88

Nesta vida tão cheia de novidades e oportunidades, o 5S mostrar como melhor aproveitálas para a Qualidade de Vida. 1.º S – Seiri - Senso de Utilização e Descarte. Conceito: "Separar o útil do inútil, eliminando o desnecessário". Desenvolver a noção da utilidade dos recursos disponíveis e separar o que é útil de o que não é. Destinar cada coisa para onde possa ser útil. Na Natureza: O organismo de qualquer ser vivo faz isso. É a planta sugando do solo os nutrientes de que precisa, é o sistema digestivo dos animais absorvendo o que o organismo precisa, separando do que não precisa. 2.º S - Seiton - Senso de Arrumação e Ordenação Conceito: "Identificar e arrumar tudo, para que qualquer pessoa possa localizar facilmente". Colocar as coisas no lugar certo; realizar as atividades na ordem certa. Na Natureza: As plantas mandam os nutrientes para os galhos, as folhas, flores, frutos, do mesmo modo que nosso sistema vascular alimenta todo nosso corpo. 3.º S – Seiso - Senso De Limpeza Conceito: "Manter um ambiente sempre limpo, eliminando as causas da sujeira e aprendendo a não sujar". É tirar o lixo, a poluição; evitar sujar, evitar poluir. Na Natureza: Cascas e folhas são eliminadas pela planta quando já cumpriram sua função. Nosso organismo se limpa no suor, na respiração, nas fezes e na urina e em muitas outras formas de se manter, de se livrar das toxinas e excessos. 4.º S - Seiketsu - Senso de Saúde e Higiene Conceito: "Manter um ambiente de trabalho sempre favorável à saúde e higiene". Padronizar comportamento, valores e práticas favoráveis à saúde física, mental e ambiental. Na Natureza: A cada segundo, todo os organismos das plantas e dos animais se dedicam para manter sua integridade, sua saúde. 5.º S - Shitsuke - Senso de Autodisciplina Conceito: "Fazer dessas atitudes, ou seja, da metodologia, um hábito, transformando os 5s's num modo de vida". Autogestão, cada um se cuidando, adaptando-se às novas realidades de modo que as relações com o ambiente e pessoais sejam recicláveis e sustentáveis de forma saudável.


89

Na Natureza: Plantas e animais se cuidam de forma natural. Nascem, crescem, se reproduzem, morrem. Não precisamos mandar uma planta praticar sua fotossíntese e nem a um gato que cuide de seu pelo. O programa 5S visa conscientizar a todos da importância da qualidade no ambiente de trabalho. É a implantação de uma nova cultura que necessita contar com o comprometimento das equipes de trabalho para gerar os resultados esperados, ambientes limpos, organizados e bem estar que proporcionam condições para uma maior produtividade. Objetivos •

Organizar o ambiente de trabalho, evitando bagunça e facilitando o encontro dos objetos e documentos no ambiente;

Preparar a empresa para controle de desperdícios e certificações sobre qualidade, meio ambiente, responsabilidade social, entre outros.

Justificativa Buscar uma ferramenta que auxilie na organização do ambiente de trabalho enquanto não se executa o projeto de Certificação de Qualidade proposto pela sócia Tatiana Lang. O 5S é apenas um modelo indicado para ser aplicado em empresas. Para a realidade da agência Yo este precisa ainda ser adaptado. O 4º passo, por exemplo, não precisa ser implantado na agência. Toda a equipe da Yo preza pela boa aparência e higiene e já demonstra cuidado com suas vestimentas. Ninguém fuma no ambiente de trabalho e para comer possuem uma cozinha a qual todos se dirigem quando desejam lanchar. No caso da Agência Yo, o modelo 5S vem como ferramenta necessária para organizar o ambiente de trabalho, onde as coisas, objetos e documentos não possuem um local certo ou único, específico, de armazenamento. Praticar o 5S contribui desde a liberação da área e melhoria do visual da empresa até na melhoria geral do jeito de ser e de agir das pessoas.


90

Implementação O 5S precisa partir de uma reunião com os envolvidos onde o modelo é apresentado e explicado a todos e o comprometimento é firmado. Feito isso, faz-se necessário, para a primeira etapa, reservar um tempo que seria de atendimento às contas dos clientes para organizar o ambiente da agência. O 1º passo, Seiri é o momento de eliminar. Esta é a hora de separar o que realmente é utilizado nas tarefas diárias daquilo que raramente ou nunca mais se usou. Essa é a arrumação que começa a dar sentido à filosofia de uma nova cultura organizacional. O que não é necessário pode e deve ser descartado, transferido para outro departamento, doado, enviado para reciclagem, reaproveitado ou simplesmente jogado fora. Seja um dia inteiro ou algumas horas por dia reservadas para esta etapa, o ideal é que todos parem suas tarefas para trabalhar juntos nesta organização, pois assim todos ficam conhecendo o que está sendo eliminado e o fazem de acordo. Ao iniciar este trabalho as pessoas percebem que a maioria dos objetos ou papeis guardados realmente são sem importância, que estavam simplesmente tumultuando o local de trabalho ou ocupando espaço que poderia organizar objetos utilizados constantemente. Limpar não apenas o ambiente físico, mas também fazer back up dos computadores do que não se utiliza com freqüência também é necessário. O 2º passo, Seiton, é o momento de arrumar e ordenar todo o material que se optou por conservar. A partir da eliminação feita, nesta etapa é importante classificar todos os objetos conforme sua necessidade de uso. Aqueles usados constantemente devem ficar sempre mais acessíveis do que os objetos usados raramente. Também é necessário que os objetos sejam identificados, rotulados para que qualquer pessoa que necessite possa encontrá-los com facilidade e rapidez e segmentados de acordo com a situação de uso, unindo os que geralmente trabalham juntos e separando dos demais. Esta etapa auxilia ainda à administração do estoque, pois os materiais são identificados com facilidade e se torna mais prático saber quando está acabando determinado item e evita também a compra em duplicidade.


91

O período para o cumprimento destas duas etapas inicias fica em torno de um mês. Pode ser feito em uma semana se o fluxo de trabalho não estiver muito intenso, mas se o ritmo andar meio puxado, um mês é um tempo considerável. Cumpridos estes dois passos iniciais, a empresa estará pronta para voltar às atividades normais. 3º passo, Seiso, é o momento da limpeza: "Usou, limpe e guarde". Um ambiente limpo proporciona conforto às pessoas que nele trabalham. Esta etapa consiste na conscientização dos funcionários para que, primeiramente não sujem, ou se sujarem, que limpem. O objetivo é eliminar as causas da sujeira e aprender a não sujar. Sujar também no sentido de organizar. Se cada um contribuir com a limpeza e organização do local de trabalho muitos desperdícios de tempo e dinheiro podem ser evitados. 4.º passo, Seiketsu, cada pessoa tem que cuidar da sua aparência e higiene pessoal, justamente porque são a imagem da empresa. Não significa que todos precisam passar a usar roupas de grife, mas sim que necessitam ter cuidado com suas vestimentas. Procurando também sempre ter cuidado com o básico: ambiente limpo e asseio próprio, coisa que a agência já pratica, mas que é necessário frisar para criar uma consciência de que é certo e que deve ser mantido. 5.º passo, Shitsuke, é a ultima fase é a fase da aceitação e comprometimento da equipe de trabalho. Apesar de ser um programa implantado para beneficio conjunto, tanto a empresa como os funcionários terão melhorias, redução de tempo na execução das tarefas, rapidez, facilidade e maior organização, ainda assim existem algumas resistências. Por isso, nesta etapa, elege-se alguns líderes para ajudar na avaliação dos resultados e verificação da implantação das etapas do 5S. O ideal é fazer um rodízio de líderes, o que ajuda a criar um elo maior com a implantação do programa. Motiva o grupo a participar e agir para manter o ambiente limpo e organizado. Reuniões periódicas apresentando os resultados, parabenizando os mais atuantes e comprometidos são indicadas. O programa tem como pontos principais eliminar o desperdício, o custo extra, o cansaço em excesso, os problemas de saúde e a falta de produtividade. É uma das etapas do Sistema da Qualidade que serão complementadas com outros aspectos como a excelência no atendimento, a qualidade dos serviços e produtos, a imagem e reputação da empresa no mercado, e a eficiência e eficácia na realização das tarefas.


92

Período Sua implementação leva em torno de dois meses para gerar aceitação e tornar-se costume para toda a equipe, mas deve ser mantida para sempre na trajetória da empresa. Público Público interno: funcionários e associados da Agência Yo. Investimento Somente custos internos da agência. Valor referente a 4 horas de trabalho por semana dos funcionários e associados. 3.1.2 Comunicação Externa Foi constatado no diagnóstico apresentado, que a comunicação externa da agência é uma fraqueza. Para reverter este quadro, algumas ações foram pensadas visando divulgar melhor a marca no mercado Chapecoense. 3.1.2.1 Ação 2: Campanha Publicitária A Yo Propaganda nunca fez uma ação de impacto para promover a marca, por isso a sugestão aqui presente é que se faça uma campanha publicitária, utilizando mídias diferenciadas de abordagem. Para esta campanha foram pensadas quatro ações: A primeira é uma ação de marketing de guerrilha para gerar vantagem sob a concorrência e chamar atenção nas ruas. Através desta ação será possível divulgar a marca da agência e os serviços que esta oferece, além de aumentar o share of mind da Yo. A ação será filmada pelo próprio pessoal da agência e postada no site Youtube como um viral. Além de fazer guerrilha nas ruas, entra aqui uma segunda ação, que será levar essa prática


93

das ruas para dentro dos escritórios dos prospects como uma maneira inusitada de conquistar e abordar os clientes. Como ação complementar, a terceira peça sugerida é um outdoor com aplique, para ajudar a resgatar a lembrança das ações vistas na rua. A quarta ação será de relacionamento, pois contará com o envio de um portifólio para os clientes já conquistados pela agência, desenvolvido apenas sobre a evolução da sua marca. Um miniportifólio que ilustre o quanto a marca cresceu após o investimento em propaganda realizado. Esse virá em uma caixinha personalizada da agência, acompanhado de um brinde que será um ioiô, o mesmo objeto em torno do qual irá ocorrer toda a ação de guerrilha, para manter a identidade. Também serão criados flyers e folderes para entregar às pessoas na rua e para as empresas que a agência desejar prospectar com o objetivo de reforçar a campanha. •

PROSPECÇÃO E MARKETING DE GUERRILHA

Problema Fraqueza: A agência nunca fez uma ação de impacto para promover a marca. Solução Proposta 1

A principal mídia pensada para a campanha foi uma ação de guerrilha. Esta ação irá

contar com pelo menos três profissionais de ioiô para fazer demonstrações de suas habilidades na rua. Junto destes estarão mais outras duas pessoas que saibam jogar ioiô, mas que não sejam profissionais. 2

Será armada uma estrutura com uma bancada para os profissionais subirem, em algum

ponto da Avenida principal de Chapecó, a Getúlio Vargas, e fazerem demonstrações. O local onde eles ficarão parados na rua vai contar apenas com distribuição de flyers para as pessoas interessadas. Não haverá banner da agência e nada muito escancarado mostrando a marca, apenas


94

a logo da Yo Propaganda estará estampada nas costas das camisetas e na frente a estampa será o slogan da agência “O novo muda a maneira de pensar, bem-vindo ao novo” (Ver ANEXO 1 e 2). 3

A demonstração das ruas estará sendo filmada para depois virará um viral postado no site

Youtube. Estes profissionais ainda vão passar em empresas pelo centro de Chapecó e apresentar seu trabalho para o responsável pela loja/marca com o objetivo de prospectar novas contas. 4

Eles estarão devidamente uniformizados com as camisetas diferenciadas da agência, e

nessas empresas onde farão demonstrações deixarão um ioiô de brinde (Ver ANEXO 3 e 4) e um folder com informações que justifiquem o investimento em propaganda. 5

Durante toda a demonstração de ioiô os profissionais irão falar um texto (que será escrito

pelo redator da agência), onde este fará uma analogia, comparando o ioiô com o mercado do anunciante em propaganda. O texto vai dizer algo do tipo: “Assim como o ioiô sobe e desce também ocorre com as inflações e refrações do mercado. Os preços sobem e descem. As vendas sobem e descem (enquanto joga o ioiô com movimentos para cima e para baixo) não é mesmo? Isso qualquer pessoa sabe. Quer ver? (os “não profissionais” de ioiô, que estarão junto para entregar os flyers, folderes e brindes demonstram aqui que eles também sabem jogar desta forma) E a maioria das pessoas leva a vida toda assim, remando conforme a maré. Os comerciantes então! Precisam sempre fazer manobras para tentar desviar a baixa nas vendas, fazer acrobacias para atrair o consumidor para sua loja e se destacar da concorrência (enquanto os profissionais fazem manobras radicais com o ioiô). Mas a gente está aqui para lhe dizer que se você não sabe jogar bem o seu “ioiô”, você pode contratar quem faça as acrobacias para você! Por isso a Yo está aqui, para ser o Yoyo da sua empresa.” 6

Entregam o ioiô personalizado da Yo (Yoyo) para o responsável da loja acompanhado do

folder e o profissional de atendimento finaliza o discurso justificando o uso do ioiô: “Quando você investe em comunicação, você obtêm retorno. Pode não ser de imediato, na primeira tentativa, (enquanto os profissionais jogam o ioiô) assim como quando você jogou ioiô pela primeira vez. Mas a partir do momento em que você insistiu nas suas investidas ele retornou para você. Assim é o que acontece quando você investe em comunicação, quando menos perceber você vai ser a marca TOP, a mais lembrada pelas pessoas, e na hora em que elas precisarem comprar um produto ou usar um serviço, elas vão lembrar de você primeiro para procurar (acrescentam aqui também trechos do discurso da Filosofia da empresa).


95

7

A gente vai deixar um Yoyo para vocês jogarem e se estiver difícil fazer acrobacias, o

nosso telefone está nele. Este folder explica melhor o que é a Yo e o que podemos fazer por vocês.” Agradecem a atenção, os profissionais de ioiô se apresentam como tal e partem para uma próxima prospecção. 8 Objetivos •

Executar uma ação diferenciada para gerar vantagem perante a concorrência;

Divulgar a marca da agência e os serviços que esta oferece para o mercado;

Aumentar o share of mind da Yo Propaganda;

Conquistar novas contas.

Justificativa Esta seria uma ação diferenciada de qualquer outra já feita na cidade. Chapecó é um mercado em ascensão, mas que ainda possui costumes de cidade pequena. A melhor forma das pessoas ficarem sabendo o que acontece nos arredores é através do boca a boca, o que consequentemente irá aumentar o share of mind da Yo e o interesse das pessoas em conhecer quem é que está promovendo a ação, o que esta agência faz, que serviços ela oferece e o porquê daquilo tudo. O ioiô foi escolhido como objeto brinde desta ação, pois além de fazer analogia com as oscilações do mercado e com o retorno obtido quando se investe em propaganda, também é um brinquedo conhecido pelas gerações público-alvo da ação de prospecção.

Implementação Esta ação de guerrilha deverá durar por um período de três dias. Tempo suficiente para chamar a atenção da população na rua, estimular boca-boca e passar nas lojas para prospectar.


96

Os profissionais de ioiô deverão ser contratados por esse período de tempo, bem como as outras duas pessoas que saibam jogar ioiô para auxiliar na apresentação. Um representante da agência acompanhará o trabalho deles para fazer a abordagem nas empresas e também qualquer modificação no texto que achar necessária. O ideal seria o profissional de atendimento por já ter mais experiência para lidar com as pessoas e os clientes em potencial, assim se alguém optar por fechar uma conta na hora já saberá como proceder. Algum outro membro da agência também precisará acompanhar o grupo para filmar a ação das ruas. Quanto o atendimento abordar o prospect em seu estabelecimento, este o fará de maneira discreta, sem a presença dos profissionais de ioiô. Após um período de conversa, o atendimento irá chamar o pessoal para fazer a demonstração. Isso tudo para não causar espanto e nem rejeição por parte do cliente. O folder será entregue apenas para as empresas, e nele estarão informações que explicam o que é a Yo, que serviços oferece, nomes de alguns clientes da agência e dados sobre o mercado chapecoense justificando o porquê de investir. O horário escolhido para prospectar os clientes também vai variar de acordo com o segmento. Será necessário fazer uma pesquisa antes, para conhecer o dia em que as lojas que serão prospectadas têm um menor fluxo de clientes, justamente para não atrapalhar o andamento da empresa e também aproveitar desta sensação de “não ter ninguém na loja” para justificar o investimento. Período Duração de três dias. Tempo ideal para atingir a atenção necessária e não tornar a ação manjada. Deverá ser veiculada no começo do outono de 2010, quando já não faz tanto calor em Chapecó, pois a ação precisa ocorrer nas ruas e é necessário que as pessoas responsáveis estejam apresentáveis, com a maquiagem de acordo e sem suar muito, até o fim do dia. Público Temos vários públicos nesta ação inicial. Os empresários, donos de lojas, gerentes, que serão abordados em seus estabelecimentos, serão escolhidos pela agência, por isso pode-se dizer


97

que serão empresários, homens e/ou mulheres numa faixa de 30 a 60 anos de idade, classe A ou B. Serão prospectados visando aumentar o share of market da Yo. O segundo público será as pessoas que estiverem passando no local no momento da ação e podem ser tanto homens quanto mulheres, de todas as classes e faixas etárias. Para esse caso o objetivo é atingir todos os públicos e aumentar o share of mind. Com os vídeos resultantes da filmagem desta ação será criado um viral que também tem como objetivo aumentar o share of mind, gerando buzz marketing pela internet. O público aqui são jovens, classe A ou B, que acessam a internet diariamente e estão por dentro de tudo que há neste universo e que costumam encaminhar virais e coisas do gênero para seus contatos, postar em seus blogs e twitter. Investimento Como a ação necessitará de profissionais de ioiô, sendo que os mais próximos conhecidos residem em Florianópolis e Itajaí, litoral do estado, será necessário pagar não apenas um cachê, mas também sua estadia e locomoção. Além deste investimento, há também o das mídias de apoio e o de produção: •

Profissionais de ioiô: R$: 2370,00. São R$: 790,00 para cada um, com transporte e hospedagem já inclusos;

Ajudantes: R$: 300,00. São R$:50,00 por dia para cada um dos dois ajudantes;

Filmagem: R$: 0,00 (apenas custos internos da agência)

Camisetas: R$:100,00. As camisetas custam R$: 10,00 cada, serão 2 camisetas para cada uma das 5 pessoas que participarão da ação.

Estampa da camiseta: R$: 200,00. São 10 camisetas por R$:20,00 para estampar cada.

Maquiagem especial: R$: 20,00.

Folderes: R$: 418,00. São 500 unidades, Tamanho A4, Cor: 4x4, Papel: Couché 170g, 1 Vinco, Refilado reto.

Flyer: R$: 125,00. Sendo 300 unidades, Tamanho A5, Cor: 4 x 0, Papel: Couché 120g.


98

Ioiôs com estampa personalizada da agência: R$: 412,00. São 150 de acrílico transparente custando R$:1,90 cada = R$: 285,00, com desconto fica R$: 250,00. Mais custo de personalização com a logo e telefone R$: 0,85 cada = R$: 127,50, com desconto fica por R$: 115,00. Total geral: R$: 365,00

As estampas foram orçadas com a Visual Company, de Itajaí, e as camisetas com a Simon Malhas de Balneário Camboriú. Folderes e flyers com a Cópia & Cia de Itajaí. O critério de escolha das empresas para produção esse material foi a rapidez na resposta do orçamento solicitado, a promessa de agilidade na entrega e seu custo mais barato em relação às demais empresas do ramo. Ioiôs orçados com a empresa Coespa - Casa das embalagens de Balneário Camboriú e impressão/personalização com Ilhas Plast de São Paulo Capital. Custos de Criação R$ 0,00 (Somente custos internos da agência). Subtotal: R$: 3.878,00 •

OUTDOORS

Problema Fraqueza: A agência nunca fez uma ação de impacto para promover a marca. Solução Proposta 9

Outdoor com aplique seguindo a identidade da campanha de guerrilha, prospecção e viral,

será a mídia de apoio. Objetivo


99

O objetivo desta mídia é reforçar a comunicação da agência e causar lembrança das ações realizadas anteriormente nesta campanha. A arte do outdoor pode contar com a presença do ioiô para resgatar a lembrança da campanha e o slogan da agência, como sugerido nos ANEXOS 5, 6 7 e 8 deste relatório. Justificativa Como a agência nunca fez nenhuma ação, esta campanha sugerida conta com várias peças para conseguir atingir os objetivos propostos. Esta ação do outdoor visa fortalecer a campanha do ioiô que a agência irá realizar por apenas três dias. O uso do outdoor é indispensável na campanha porque esse meio dá mais visibilidade e atinge um número maior de pessoas, podendo aumentar consideravelmente o share of mind da agência, e consequentemente seu share of market. O meio outdoor na campanha do “Yoyo” tem o intuito de propagar seu mote e mostrar a preocupação da agência com a situação que muitas empresas passam atualmente, em função da recente crise econômica, transmitindo a importância do investimento em propaganda. Implementação O outdoors serão veiculados em quatro pontos diferentes da cidade, durante duas bisemanas. Para a operacionalização desta ação, foi pensada a veiculação de dois outdoors por uma bi-semana e ao término deste prazo, a veiculação de outros dois, em pontos diferenciados, por mais uma bi-semana. Os pontos foram escolhidos estrategicamente focando diferentes regiões da cidade de Chapecó, que dão acesso a diferentes bairros, mas que estão no centro, onde o comércio é mais intenso e poderão ser visto pelos prospects. Além de um ponto na entrada da cidade com a função de aumentar o share of mind na região. Foram selecionados os seguintes pontos de outdoor disponibilizados pela empresa Battiston Outdoor, que é um dos fornecedores e parceiros da Yo Propaganda:


100

Na Entrada da Cidade Avenida Fernando Machado, acesso à BR 282, Próximo a Macropampa:

Figura 36: Foto ilustrativa do ponto de outdoor 1 Fonte: Battiston Outdoor

No Centro Rua Pio XII, esquina com Rui Barbosa, próximo ao Celeiro Supermercados, do lado direito:

Figura 37: Foto ilustrativa do ponto de outdoor 2 Fonte: Battiston Outdoor

Avenida Porto Alegre, esquina com Barão do Rio Branco, em frente ao hospital Unimed Unclínicas, lado direito:


101

Figura 38: Foto ilustrativa do ponto de outdoor 3 Fonte: Battiston Outdoor

Avenida Getúlio Vargas, Esquina com Clevelândia, próximo ao Hotel Bertaso, lado direito:

Figura 39: Foto ilustrativa do ponto de outdoor 4 Fonte: Battiston Outdoor

Período Uma bi-semana para cada dois outdoors. Duas bissemanas e quatro outdoors no total. Público


102

O público-alvo desta ação corresponde a todas as pessoas que de alguma forma já estão envolvidas com a agência (inclusive as que foram atingidas com a ação de relacionamento) como também as que ainda não tiveram contato com esta campanha ou com a Yo. Portanto, o públicoalvo desta ação são os clientes fixos e esporádicos, prospects, fornecedores, colaboradores e pessoas envolvidas no meio. Investimento Orçamento foi realizado com a Battiston Outdoors de Chapecó que é dona de alguns pontos de outdoor da cidade e, como já citado anteriormente, empresa parceira da Yo Propaganda. Veiculação Dos 4 Outdoors: R$: 1.240,00 (Cada outdoor: R$ 310,00). Impressão Dos 4 outdoors: 400,00 (R$ 100,00 a impressão de cada um). Aplique: R$: 400,00 (R$:100,00 para cada aplique). Subtotal: R$:2.040,00 •

PORTIFÓLIO COM BRINDE

Problema Fraqueza: A agência nunca fez uma ação de impacto para promover a marca. Solução Proposta 10


103

11

O ioiô da Yo será a base de toda a campanha. Este irá transmitir o conceito e o a

importância de se investir em propaganda. Para os clientes fixos da agência e os de job que já tenham realizado uma quantia considerável de trabalhos, será enviada uma caixinha personalizada contendo um livreto com todas as campanhas/peças e trabalhos que a agência já desenvolveu para o cliente. Será o portfólio da evolução da marca do cliente, com breves explicações e justificativas da importância de se ter feito cada trabalho. Junto desta caixinha com o portfólio do cliente será enviado um folder da nova campanha da Yo e um ioiô como brinde. 12

É ao mesmo tempo uma maneira de divulgar a nova campanha para os clientes e

promover uma ação de relacionamento diferenciada das anteriores já feitas pela agência em datas comemorativas, por exemplo. Objetivos •

Estimular os clientes a investir em comunicação;

Estreitar relacionamento com os clientes atuais;

Retomar antigos clientes.

Justificativa Uma das mais importantes ramificações do marketing atual é o aspecto do relacionamento, ou em termos técnicos o chamado CRM (Customer Relationship Management), um conjunto de oportunidades estratégicas, no qual o cliente torna-se o centro de toda atenção da organização em tempo integral. É através do marketing de relacionamento, que as organizações podem projetar e lançar ações voltadas aos clientes, buscando sempre que estes tornem-se cada vez mais próximos de seus produtos e/ou serviços, de forma a recomendá-los a inúmeras pessoas, pois indiretamente e imperceptivelmente, reconhecem o valor e o esforço a eles disponibilizado por aquela empresa. Na situação em que o mercado se encontra hoje, ganha a preferência do cliente quem encontrar formas inteligentes e criativas de manter um relacionamento próximo com ele. Esta ação de enviar um portifólio personalizado (Ver ANEXO 9) junto do brinde da nova campanha,


104

vem para mostrar que mesmo a Yo estando preocupada em buscar novos clientes, continua dando uma enorme importância às contas já conquistadas. Após receber o portifólio que será entregue pessoalmente pelo Atendimento da agência e ver a evolução de sua marca (Ver Anexo 10), essas empresas entenderão a importância do investimento em comunicação assim como a importância que a agência dá a elas. Implementação A agência Yo irá desenvolver as artes dos miniportifólios e da caixinha onde ele será armazenado. O profissional do atendimento responsável pelas contas de Chapecó e região irá entregar pessoalmente para os clientes o presente, surpreendendo-os com uma visita inesperada. Período O período desta ação é indeterminado. Ela deve ocorrer simultânea à veiculação dos outdoors, mas a agência continuará enviando para os clientes as fichinhas para anexar ao miniportifólio ao final de cada campanha ou job considerável que realizar para eles. Público Esta ação do portifólio será direcionada tanto às empresas que já estão trabalhando com a agência Yo, clientes fixos e de job, quanto àquelas que já trabalharam e que por algum motivo pararam de investir em comunicação.

Investimento Criação


105

R$ 0,00 (Somente custos internos da agência). Produção •

Caixa Portifólio: R$: 57,00. Valor referente a cada 15 unidades dessas caixas para montar quando necessário, em Papel couché 250g, Cor: 4x0, sem acabamento, com arte personalizada da Yo Propaganda.

Miniportifólio: R$: 2,50 para cada folha A3 impressa com o conteúdo do portifólio, que depois será cortada resultando nas fichas que irão para a caixa com um grampo especial que permita adicionar mais folhas conforme mais peças sejam feitas para o cliente.

Subtotal: R$: 59,50 (exceto custo de impressão das demais folhas em A3 que não há como orçar antes de criar a arte, pois para cada cliente há uma quantidade diferente de trabalho a ser impresso) 3.1.2.2 AÇÃO 3: Novas Mídias Problema Fraqueza: Não se encontra informações da agência na internet, seu site possui apenas um portfólio virtual com alguns Jobs. Solução Proposta Aproveitar a disponibilidade de plataformas gratuitas na web como Orkut e Facebook (e o blog que já foi recentemente criado pela agência), para divulgar a marca, posicionamento e os serviços oferecidos pela agência. Criar ainda um profile nos sites Youtube e Flickr para a agência postar os trabalhos desenvolvidos e também disponibilizar no site informações como breve histórico e apresentação dos funcionários para consulta. Objetivo


106

O objetivo maior é o de tornar a agência mais conhecida e assim aumentar o share of mind. Também ampliar a comunicação entre profissionais e curiosos do meio publicitário. Assim, quem quiser saber um pouco mais sobre a Yo vai ter acesso fácil. Justificativa Grandes agências vêm apostando em estratégias on-line e estão crescendo com as redes sociais, ganhando mais destaque e importância no mercado. Prova disso foi o resultado de uma pesquisa realizada pelo site Estagiaridade (2009), que resolveu investigar como é a atuação das principais agências de publicidade do Brasil em uma das plataformas mais popular: Orkut. Os resultados apresentados geraram um gráfico que representa que 60% das agências possui comunidade no Orkut e 40% não. Nota-se que nesta rede social uma grande parte das agências está presente. Vale lembrar que as comunidades são geralmente criadas e moderadas por funcionários ou quem tem alguma relação com as agências. Estar presente em redes sociais é uma oportunidade de fazer bom uso delas para ampliar a comunicação entre profissionais e curiosos do meio publicitário, comentar sobre campanhas e interagir com pessoas interessadas na área, expressar idéias, pensamentos do pessoal da agência e com isso contribuir para firmar seu posicionamento. Estas são algumas das razões para se investir em novas mídias que vêm para estreitar o relacionamento com os clientes atuais e usuários destas plataformas, além de sair na frente da concorrência na utilização das mesmas, o que contribui para o aumento do share of mind. É interessante que a empresa esteja constantemente presente nas novas mídias, não apenas nessas sugeridas, mas também nas próximas que surgirem e se solidificarem, para sempre estar em contato com potenciais clientes e usuários. Implementação O funcionário responsável por serviços voltados à programação e web poderá criar a comunidade. A descrição deve ser feita por um dos redatores e a imagem de exibição deverá


107

seguir a unidade da agência. A cada mês poderá ser enviado para os membros da comunidade da agência scraps como ação de relacionamento, estimulando-os a visitar o site, o blog, Youtube, Flickr e também a vir até a agência conversar, tomar um cafezinho e quem sabe fechar um contrato. Período Período indefinido ou enquanto durarem as novas mídias. Público Clientes, colaboradores da Yo e estudantes da área de comunicação que estão à procura de informações, campo de estágio ou oportunidade de trabalho. Investimento Serão somente custos internos, ou seja, já pagos em folha (salário) ao funcionário que irá criar a comunidade assim como aos funcionários que irão moderar a comunidade. 3.1.3 Orçamento total QUADRO 7: ORÇAMENTO DAS AÇÕES INVESTIMENTO

SUBTOTAL

5S’S

R$: 00,00 (Custo de hora de trabalho dos funcionários)

Guerrilhas, Prospecção e de Relacionamento

R$: 3.878,00

Outdoors

R$:2.040,00


108

Caixinha Portifólio

R$: 59,50

Novas Mídias

R$: 00,00 (Custo de hora de trabalho dos funcionários)

Fonte: Desenvolvido pela autora

Valor total do investimento: 5.977,50 3.2 SUGESTÕES DA AUTORA O ideal seria que a Yo Propaganda mantivesse sempre um Plano de Comunicação completo para a agência, para cuidar da sua marca tão bem quanto cuida da dos seus clientes. Este plano de comunicação poderia ser feito a partir do estudo dos dois mercados de atuação da agência, a região da grande São Paulo e a região de Chapecó em Santa Catarina, visando utilizar o mesmo mote, as mesmas ações, mas adaptando-as na escolha das mídias, maneira de implantação, período de veiculação, dentre outros fatores determinantes de uma boa campanha, de acordo com o mercado em questão. O ideal seria veicular pelo menos uma ou duas campanhas por ano para manter a marca sempre em evidência. Cabe, portanto, à agência tirar um tempo para pensar estratégias para si mesma e abrir um job interno. Sugere-se também que o Plano de Gestão da Qualidade seja colocado em prática a partir da iniciativa de aplicar o 5S’s, pois este irá auxiliar no processo sendo o passo inicial.

CONSIDERAÇÕES FINAIS


109

Como consideração final deste processo, pode-se dizer que a escolha por uma agência de propaganda para realizar o estágio curricular é uma maneira recomendada para se conhecer algumas das diversas áreas de atuação em Publicidade e Propaganda. O estágio supervisionado é uma oportunidade que os acadêmicos de Publicidade e Propaganda têm para integrar a teoria à prática, exercitar conhecimentos técnicos e teóricos obtidos ao longo do curso e conhecer a realidade e a rotina da profissão. Este estágio obrigatório foi realizado na agência Yo Propaganda de Chapecó, Santa Catarina, e a escolha do local partiu da iniciativa da autora em buscar conhecer melhor o mercado de propaganda catarinense do oeste do estado. O plano final aqui apresentado contém informações obtidas a respeito da realidade de uma agência que possui experiência e reconhecimento no mercado em que atua. Fornece ainda um diagnóstico que aponta as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças da mesma, que resultou em um plano de ação para a empresa aplicar ou não (fica a seu critério aderir às sugestões) e buscar resolver alguns problemas diagnosticados. O tempo em campo de estágio é um período de desenvolvimento e esclarecimento que traz enriquecimento pessoal e profissional, pois o acadêmico sente-se incluído em um ambiente de profissionais engajados e dedicados por seus trabalhos, e consegue ainda conhecer os departamentos e as funções exercidas por cada um mais de perto. Esta experiência também proporciona conhecimentos a cerca de conteúdos relacionados à comunicação social em geral, como marketing em diversas de suas abordagens, planejamento e estudo de mercado. Acompanhar o fluxo dos jobs, perceber eles transitarem por cada setor e observar que vão se resolvendo na medida em que cada um realiza a sua parte com comprometimento com o resultado final, é ver que o esforço e o estudo dedicado vale a pena e gera resultado. Após o término deste documento considera-se que a Yo Propaganda é uma empresa de muita credibilidade e competência, com funcionários dedicados e que já conquistou seu espaço em Chapecó. Porém, alguns problemas detectados no diagnóstico a respeito da comunicação externa da empresa, principalmente, precisam ser resolvidos. O plano de ação foi elaborado a fim de que as fragilidades sejam atenuadas. A proposta principal é a realização de uma campanha para tornar a agência mais conhecida, divulgar os


110

serviços que oferece, prospectar novas contas e aumentar o share of mind. Esta campanha conta com várias peças e mídias complementares para que a ação gere o resultado esperado. Por ser uma agência de publicidade e os sócios proprietários responsáveis pelo atendimento da agência estarem sempre incentivando seus clientes a realizar serviços de comunicação, seria muito válido se a agência desenvolvesse pelo menos duas campanhas por ano, assim a empresa estaria sempre em evidência no mercado, conforme fica em sugestão ao final do relatório. Outras ações também foram sugeridas para estreitar o relacionamento com os clientes e pessoas interessadas em conhecer melhor a Yo. A maioria das informações sobre a agência apresentadas neste relatório só foram possíveis de ser conseguidas graças à colaboração da equipe que gentilmente cedeu vários minutos para auxiliar e responder às perguntas da autora. Por esta razão, fica também a sugestão de acrescentar ao site da Yo um breve histórico, trajetória e nome da equipe que compõe a agência. É importante registrar nas considerações finais deste relatório que a Yo Propaganda produz um trabalho de altíssima qualidade, além dos padrões das demais agências Chapecoenses e que este documento poderá ser útil aos profissionais de propaganda e futuros profissionais inclusive, que precisem de subsídios para pesquisas ou que tenham interesse em realizar o estágio obrigatório em alguma agência de propaganda. Para a autora ficam o mérito do conhecimento e experiência adquiridos e a gratidão por todos que contribuíram para que este projeto pudesse ser realizado com sucesso.

REFERÊNCIAS


111

ACERPLAN. Disponível em: http://www.acerplan.com.br/arquivos/estrategiacomunicacao.pdf acesso em 04 de Outubro de 2009 às 18 horas. ACAERT. Disponível em: http://www.acaert.com.br/index.php? option=content&task=view&id=705&Itemid acesso em 04 de Outubro de 2009 às 19 horas. ACONTECENDOAQUI. Disponível em: http://www.acontecendoaqui.com.br/index.asp? dep=2&pg=20854 acesso em 04 de Outubro de 2009 às 19 horas. ALAVIP. Disponível em: http://www.alavip.com.br/tanamidia_arquivo_14.htm acesso em 08 de Outubro de 2009, às 23 horas. BATTISTONOUTDOORS, Disponível em: http://www.battistonoutdoor.com.br/pontos/chapeco Acesso em 08 de Novembro de 2009 às 22 horas. BRUM, Analisa de Medeiros. Endomarketing como estratégia de gestão: Encante seu cliente interno. Porto Alegre: Editora L&PM, 1998. CHAPECÓ, Disponível em http://www.chapeco.sc.gov.br/ acesso em 09 de Setembro de 2009 às 20 horas. CINELO. Disponível em http://blogblogs.com.br/usuario/cinelo acesso em 20 de Agosto de 2009, às 14 horas. CINELO. http://www.cinelo.com.br/?feed=rss2 , acesso em 07 de Outubro de 2009, às 23 e 30 horas. FLICKR. Disponível em: http://www.flickr.com/photos/agenciayo/ acesso em 06 de Outubro de 2009, às 21 horas. IBGE. Disponível em www.ibge.com.br acesso em 09 de Setembro de 2009 às 23 horas. LUPETTI, Marcélia. Administração em Publicidade: A verdadeira alma do Negócio. São Paulo: Thomson Learning. 2006. LUPETTI, Marcélia. Gestão estratégica da comunicação mercadológica. São Paulo: Thomson Learning. 2007. OLIVEIRA, Sidney Taylor. Ferramentas para o aprimoramento da qualidade. 2ª ed. São Paulo: Pioneira, 1996. PICCOLI, Isabela. Peretta Comunicação e Marketing. 2009. 96 f. Relatório de Estágio – Curso de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí - SC, 2009.


112

PROFISSIONALIZANDO. Disponível em: http://www.profissionalizando.org/carreira-eemprego/60-dicas-para-seu-sucesso-profissional/178-comunicacao-empresarial-interna-e-externa acesso em 06 de Outubro de 2009, às 13 horas. PROGRAMAVIVER. Disponível em: www.programaviver.blogspot.com acesso em 06 de Outubro de 2009, às 20 horas. QUEIROZ, T. A. História da propaganda no Brasil. São Paulo: Ibraco, 1990. SAMPAIO, Rafael. Propaganda de A a Z: como usar a propaganda para construir marcas e empresas de sucesso. 2. ed. Rio de Janeiro: ABP, 1999. SEVERO, Antunes E. apud Org : PAULA, Christiane Jalles de, et al. Dicionario Historicobiografico Da Propaganda No Brasil, São Paulo: FVG, 2006. TUDOCOM. Disponível em: http://www.tudocom.com.br/entrev0007.html acesso em 13 de Julho de 2009 [2006], às 10 e 45 horas. TUDOCOM. Disponível em: http://www.tudocom.com.br/ci_tudocom/materia/titulo/publicitarios-de-outros-estados-elegem-omercado-de-florianopolis-para-propagar-suas-ideias acesso em 09 de Setembro de 2009 [2004], às 13 e 30 horas. VITRINEPUBLICITÁRIA. Disponível em http://www.vitrinepublicitaria.net/aProfissaoPublicitario.asp, acesso em 07 de Outubro de 2009 às 20 horas. YOPROPAGANDA. Disponível em: http://www.yopropaganda.com.br/2009/, acesso em 15 de Julho de 2009, às 11 e 15 horas.

ANEXOS ANEXO 1: Camiseta Frente


113

Frente ANEXO 2: Camiseta Atr谩s

ANEXO 3: Ioi么 da Yo


114

ANEXO 4: Detalhe do ioi么

ANEXO 5: Outdoor 1


115

ANEXO 6: Outdoor 2

ANEXO 7: Outdoor 3


116

ANEXO 8: Outdoor 4

ANEXO 9: Caixinha Portif贸lio


117

ANEXO 10: Exemplo de Folhas do Miniportif贸lio


118

Plano de Marketing e de Comunicação para a Yo Propaganda  

Relatório desenvolvido a partir de estágio observatório realizado na agência Yo Propaganda de Chapecó - SC.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you