__MAIN_TEXT__

Page 1

EXERÇA SUA CIDADANIA

VOTE

Escolha quem merece dirigir nossa cidade nos próximos 4 anos

FeLiPe ManassÉs

MarceLo santana

Mauro carDiM

MireLa MaceDo

MoeMa GraMacHo

teobaLDo costa

DePositPHotos

550 candidatos disputam 21 vagas na Câmara de Vereadores, que tem o dever de fiscalizar a administração

R

A Revista de Lauro de Freitas e Região

Ano 22 Edição 262 | Novembro 2020


Registros & Notas Do is ano s de u m so nh o realizado O salã o belí ssim a beau t y st u dio nasceu do sonho de andrey cesar da silv a, cabeleleiro com 20 anos de atu ação e Mo naliza Medeiro s bah ia bu lh õ es, enfermeira profissional há 16 anos. “Tudo começou em meados de junho de 2018, com a idéia de Diogo, meu marido, de abrir um salão. Para solidificar a proposta, convidou César para entrar como sócio no empreendimento. Convite aceito, passamos a procurar u m local apropriado para implantar nosso sonho e encontramos no Mais Empresarial, q u e atendeu nossas às expectativas, oferecendo facilidades de acesso, inclusive para cadeirante, e estacionamento gratuito. No dia 1º de novembro daquele ano o sonho aconteceu. E estamos muito felizes por completarmos dois anos de f u ncionamento, com absolu ta pref erê ncia de nossos clientes”, relata Monaliza.

O saudável amanhecer em Vilas do Atlântico cesar e Mo naliza

boDas De Prata De uM GruPo Muito atuante C ompanheiras q u e compõ em o nú c leo de senh o ras do ro t ary , formado pelas esposas dos integrantes do ro t ary clu b de Lau ro de Freit as, brindaram os 25 anos de fundação do grupo, em uma reunião-almoço, no dia 24 de outubro, em Vilas do Atlântico. Lideradas por Ana Sesti, esposa do presidente do clube, Gilberto Almeida, o Núcleo é um entusiasmado e atu ante parceiro das açõ es sociais do Rotary C lu b de Lauro de Freitas, sendo responsável, dentre outras atribuições, pela administração da Escola Rotary de Quingoma, beneficiando quase uma centena de famílias, além da Feira da Pechincha e Feira do Livro. 4 | Vilas Magazine | Novembro de 2020

O espetáculo do amanhecer em Vilas do Atlântico brinda, generosamente, os moradores desse lugar privilegiado pela natureza. As ruas do bairro, principalmente as que margeiam a orla da praia, são utilizadas para saudáveis atividades físicas ao ar livre, sejam caminhadas, pedaladas, corridas ou até mesmo ao simples contemplar e saudar o nascer de um novo dia. Na av. Praia de Copacabana, o professor Éder Martins (Cref 4526 - G/Ba), promove há 11 anos, trabalhos dirigidos de atividades físicas, como o proj eto cross ou tdoor, iniciado em novembro do ano passado, pau sado apenas pela quarentena. A metodologia aplicada, a cross training, envolve mistura de atividades e atende a necessidade de grupos de todas as idades. A importância a saúde e o respeito à individualidade biológica, são alguns dos valores trabalhados pelo profissional.


HoMenaGeM Mais que MereciDa Morador pioneiro de Vilas do Atlântico, o esportista ro b ert o K o c h , aos 81 anos ainda pratica todo final de semana vôlei de dupla nas areias da praia, em rede fundada por ele, em 1982. Seus companheiros lhe homenagearam, batizando com seu nome o espaço esportivo. Roberto é um grande incentivador do esporte amador na Bahia, promovendo diversos torneios na praia.

Após sete meses de distanciamento, sem poderem se visitar, o grupo de amigas que se batizaram como irm andade, resolveu abraçar a amiga so lange rab elo to rres na data de seu aniversário, 22 de outubro. Cuidadosas, apenas no momento da foto para o registro, removeram as máscaras (a partir da esq. de pé): Fátima, Lúcia, Graça, Meire, Diva e J acq u eline; (sentadas) a aniversariante, Irene, Tânia e Iris.

O Parq u e sh o p p ing bah ia está funcionado das 10h às 22h de segunda a sábado. Aos domingos, atividades seguem das 12h às 21h. “Estamos trabalhando para seguir garantindo a segurança e o conforto de quem u su f ru i do nosso espaço” , inf orma o su perintendente th iago cu nh a (dir.).

nah an Marq u es co u t o ganhou mimos e afagos redobrados dos pais, Neinan C ou to e Taciana Marques, pela celebração dos seus 10 anos, em 17 de outubro. Generoso, reu niu os primos e alguns amigos mais chegados e curtiram u ma tarde de cinema, todos devidamente protegidos. Ao lado, o aniversariante com os primos, Davi e Eva.

Novembro de 2020 | Vilas Magazine | 5


q ELEIÇÕES 2020

o q u e esp erar p ara Lau ro de Freit as no s p ró x im o s 4 ano s tHiara reGes | F reelance para a Vilas Magazine

C

om população estimada de 201 mil pessoas, segundo o IBGE, Lauro de Freitas é uma cidade que, como tantas outras, colhe os bônus e também os ônus do crescimento urbano. Se por um lado o município se destaca entre os 10 maiores PIB per capita do Estado, com R$ 31.809,81, por outro lado apresenta a segunda maior densidade demográfica, com 2.833 hab./km² e as consequências disso são visíveis, por exemplo, nas condições habitacionais. Segundo dados do último Censo, realizado em 2010, 11,38% dos domicílios de Lauro de Freitas apresentavam três ou mais moradores por dormitório. Já o mapeamento de 2019, destacava que 12,79% dos domicílios estavam em áreas de aglomerados subnormais (uma forma de ocupação irregular de terrenos de

propriedade alheia, sejam públicos ou privados, para fins de habitação em áreas urbanas e, em geral, caracterizados por um padrão urbanístico irregular, carência de serviços públicos essenciais e/ou localização em áreas de risco). O ndice de Desenvolvimento Humano (IDH), indicador formado pela análise de eixos como educação, saúde e renda, apresenta curva de crescimento de 1991 a 2010, ano da última análise, saindo de 0,474 para 0,745. E na economia, de janeiro a julho de 2020, apesar da pandemia, foram movimentados cerca de US$ 26 milhões em importações e US$ 4 milhões em exportações na economia local, segundo dados do Ministério da Economia.

VaLor Da VeicuLaÇÃo: r$1.9 00,00 / PosiÇÃo DeterMinaDa

6 | Vilas Magazine | Novembro de 2020


e Fausto Franco (PSD/PMB), Moema Gramacho e Dr. Vidigal (PT/Republicanos - Reeleição) e Teobaldo Costa e Mateus Reis (DEM/PSDB). O Tribunal Superior Eleitoral disponibiliza, pelo portal http:// divulgacandcontas.tse.jus.br/ informações detalhadas sobre cada candidato, inclusive quanto aos gastos de cada campanha. No caso dos seis candidatos à prefeito e vice-prefeito, é possível também conhecer as propostas de governo das chapas. Este ano, sobretu do por conta do distanciamento social necessário por conta da Covid-19, a campanha pelas redes sociais ganha mais destaque. As estratégias para atrair os eleitores vão desde conteúdo exclusivo sobre a campanha, depoimentos de apoio, vídeos e lives ao vivo, e também fotos pessoais mostrando detalhes da vida íntima com a família, amigos e animais de estimação. No registro da candidatura no TSE, apenas os candidatos Mirela Macedo ( mirelaprefeita.55 - 31,7mil seguidores), Moema Gramacho ( moemagramachooficial - 38,9mil seguidores) e Teobaldo Costa ( teobaldocostaoficial - 63,1mil seguidores) informaram site e perfis oficiais nas redes sociais. Na busca diretamente no aplicativo Instagram localizamos os perfis de FeContinua na página u taDeu MiranDa

conHecenDo os canDiDatos C om a promessa de transf ormar a realidade de Lau ro de Freitas, 550 pessoas estão se colocando à disposição para assumir um cargo na administração pública, seja na condição de prefeito, vice-prefeito ou vereador. Através da propaganda eleitoral, que começou em 27 de setembro e segue até 14 de novembro, os eleitores podem conhecer os candidato, fazendo suas escolhas para o pleito de 15 de novembro. Concorrem ao Executivo Municipal Felipe Manassés e Vander Cadeirante (PROS), Marcello Santana e Luiz Bacelar (MDB), Mauro Cardim e Sargento Figueiredo (PTB), Mirela Macedo

VaLor Da VeicuLaÇÃo: r$1.9 00,00 / PosiÇÃo DeterMinaDa

Mas não é de hoje que a cidade acumula queixas consistentes quanto a mobilidade urbana e o trânsito, cada vez mais caótico. Transporte público com frota ultrapassada, abrindo espaço inclusive para serviços de transporte não regulamentados, qualidade da malha viária, pouca oferta de estacionamentos, ciclofaixas, faixas de pedestres ou passarelas, e grandes engarrafamentos, são alguns dos ítens mais relatados pelos moradores da cidade. Esses problemas, de f orma bem acentu ada, são sempre elencados q u ando o assu nto aborda a q u alidade de vida no município. Confira na página 62 alguns depoimentos colhidos em poucas horas de consulta em nosso Instagram ( vilasmagazine) sobre quais mudanças o morador de Lauro de Freitas, deseja para a cidade nos próximos quatro anos.

Novembro de 2020 | Vilas Magazine | 7


q ELEIÇÕES 2020

u Continuação da página

lipe Manásses ( felipe manasses oficial - 150mil seguidores), Marcello Santana ( marcellosantanaadv - 2.105mil seguidores) e Mauro Cardim ( maurocardimoficial - 42,3mil seguidores). no coMbate À s FaK e neW s No Brasil, as eleições de 2018 evidenciaram o poder do ativismo digital e do engajamento social através das mídias digitais, bem como das fake ne s, o que aumentou a atenção do TSE quanto ao cumprimeto das regras para a campanha eleitoral na internet. Dentre as regras não é permitido propaganda em sites de empresas ou órgãos públicos. O impulsionamento de propaganda eleitoral só pode ser feito através da conta oficial de candidato, partido ou coligação, diretamente com o Facebook ou o Google. O envio de mensagens através de aplicativos como WhatsApp, Telegram, Confide, entre outros, além de SMS, é permitido desde que o contato faça parte da lista do candidato ou partido, e sendo obrigatório uma opção fácil de descadastramento para os eleitores q u e não q u iserem mais receber o conteúdo. Também é proibida a propaganda de forma anônima, sob pena de multa de R$ 5 mil a R$ 30 mil, e campanhas de ataques contra adversários (marketing negativo de guerrilha ou uso de milícias digitais). Nesse caso, tanto quem contratou como quem fez os ataques respondem pelo crime, sujeitos a penas de dois a quatro anos de prisão. Caso receba mensagens com característica de envio em massa, caracterizado por linguagem impessoal, podendo conter links e conteúdos suspeitos, alarmistas ou acusatórios, o eleitor pode denunciar pelo link https://denuncia- hatsapp.tse.jus.br/ de /rest/denuncia/ th iara reges, f reelanc e p ara a Vilas Magazine.

a Lei De ProteÇÃo De DaDos e as eLeiÇÕ es ro naldo Lem o s

D

epois de um dos mais conturbados processos legislativos da história, a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais) entrou finalmente em vigência, em 18 de setembro. Para quem não acompanha o assunto, trata-se de uma lei abrangente que cria novos direitos e deveres relacionados a qualquer tipo de uso de dados. É uma lei tão importante quanto foi o Código de Defesa do Consumidor no início dos anos 1990. Hoje, para a maioria das pessoas, é impensável comprar um produto defeituoso e a loja se recusar a trocar. Pois bem, a LGPD terá um impacto similar. Ela permite que

FAZ! NALDINHODASAUDE

NALDINHODASAÚDE55

CNPJ 38.586.365/0001-12

55.677

Coligação: Uma nova esperança para Lauro de Freitas PSD, PMB, PSL

VaLor Da VeicuLaÇÃo: r$1.250,00

8 | Vilas Magazine | Novembro de 2020


isso é um dado pessoal. Para usar esse dado mandando uma mensagem, vale a regra acima: consentimento prévio. O eleitor pode pedir aos partidos e candidatos que revelem as inf ormaçõ es q u e tê m sobre eles e solicitar q u e seu s dados sejam deletados. Qualquer uso indevido abre as portas para punições como a mencionada acima. É verdade que a lei 13.709 adiou para agosto de 2021 a aplicação das sanções administrativas da LGPD. No entanto, esse adiamento diz respeito especificamente a sanções realizadas pela Autoridade Nacional de Proteção de Dados, que ainda nem sequer foi criada. Nada impede hoje que o Poder Judiciário aplique ele mesmo as sanções previstas na lei. Desse modo, partidos, candidatos e empresas por eles contratadas terão de repensar cu idadosamente sua política de dados. O uso e abuso da distribuição de mensagens por WhatsApp que caracterizou as eleições passadas, neste ciclo eleitoral, poderá configurar-se não só como infração eleitoral mas também infração à LGPD.

o u so e ab u so de m ensagens p o r W h at sap p poderá configurar-se inf raç ã o à LGPD

Ronaldo Lemos é advogado e diretor do Instituto de tec no lo gia e so c iedade do rio de Janeiro . co nt eú do Fo lh ap ress. GABRIEL CABRAL/FOLHAPRESS

# SOUMAIS MIRELA

VaLor Da VeicuLaÇÃo: r$1.9 00,00 / PosiÇÃo DeterMinaDa

os titulares de dados (todos nós) possam pedir para retificá-los, revelar quais informações existem a seu respeito e também solicitar que a análise deles pare de ser realizada. O termo geral não está no nome da lei por acaso. Toda e qualquer pessoa física e jurídica que utilize dados pessoais de alguma forma deve obedecer. Isso inclui não só empresas mas também governos, órgãos públicos, partidos políticos e os próprios candidatos. O impacto para as eleições de 2021 no Brasil será imediato e relevante. Nos últimos anos, muitos foram os escândalos relacionados ao u so indevido e abu so de dados de eleitores no processo eleitoral. Com a entrada em vigência da LGPD no Brasil, há a possibilidade de mudanças significativas nas campanhas. Pelos termos da lei, o candidato e seu partido são considerados controladores com relação a q u aisq u er dados q u e utilizarem. As empresas contratadas pelos partidos e candidatos que usam dados em nome deles são consideradas operadoras. Todos têm um ponto em comum: respondem com multas de até R$ 50 milhões por infração à lei. Por exemplo, para que partidos, candidatos ou empresas contratadas possam usar dados pessoais de eleitores, será necessário haver o consentimento livre, prévio e informado por parte de cada pessoa. Esse consentimento não pode ser implícito nem se pressupõe. É necessário que o eleitor efetivamente manifeste sua vontade (e haja prova disso) para que o dado seja usado. Um exemplo prático são as listas de distribuição de WhatsApp. Se um partido possui o número de celular de um eleitor,

Novembro de 2020 | Vilas Magazine | 9


q ELEIÇÕES 2020

o q u e o s c andidat o s p ro m et em p ara Lau ro de Freit as no s p ró x im o s q u at ro ano s

FeLiPe ManassÉs Com 35 anos, o candidato concorre ao cargo de prefeito pelo PROS. O vice na chapa é Vander Cadeirante, também do PROS. Não houve formação de coligação para a disputa eleitoral. Em sua proposta de governo Felipe Manassés fala sobre proporcionar à Lauro de F reitas u m crescimento de f orma su s-

tentável, onde a cidade seja socialmente justa, economicamente viável e ambientalmente correta. Socialmente justa através da melhoria da q u alidade de vida, diminu ição das diferenças sociais e políticas públicas voltadas à questão social. Economicamente viável proporcionando acesso à ciência e tecnologia. E ambientalmente correta, com fiscalização e regras de proteção ambiental, sobretu do q u anto ao u so controlado dos recursos naturais. Para alcançar esses resultado, a proposta de governo apresenta soluções como universalizar o saneamento básico para toda a popu lação de Lau ro de F reitas e Região Metropolitana; estabelecer uma política de geração de emprego e renda com atenção para população negra; fomentar a cultura de paz nas escolas, com referência da qualidade pedagógica e disciplina do Colégio Militar; criar ruas digitais (100-800m) com acesso livre à

Internet nas vias dos bairros q u e apresentem maior carência de conectividade. No que tange à mobilidade urbana e trânsito, as propostas de Manassés são pau tadas no conceito de cidades inteligentes, como a humanização do trânsito através de programas educativos. Quanto à segurança, a chapa propõe a implantação do Programa “Guarda Municipal Amiga dos Bairros”, em conjunto com os órgãos de segurança dos governos estadual e federal, além de sistema de vídeo monitoramento.

MarceLLo santana O advogado Marcello Santana, 62 anos, concorre ao cargo de prefeito pelo MDB.

VaLor Da VeicuLaÇÃo: r$1.250,00

10 | Vilas Magazine | Novembro de 2020


O vice na chapa é Luiz Bacelar, também do MDB. Não houve formação de coligação para a disputa eleitoral. Em sua proposta de governo, Marcello Santana defende que o caminho a ser seguido passa pelo comprometimento, eficiência e um novo olhar sobre a coisa pública. Dessa forma, a proposta está dividida em eixos, como Cidade Cuidadora (serviços públicos e direitos sociais), Cidade Dinâmica (fluidez urbana, infraestrutura e sustentabilidade), Cidade Transparente (aperfeiçoamento institucional e mecanismos de promoção da participação), Cidade Digital (infraestrutura, serviços e acesso público às novas tecnologias e redes telemáticas) e Sinergia e Integração (estímulo à economia criativa). No pós-pandemia a proposta é estabelecer políticas públicas para a população mais vulnerável, como saneamento básico para áreas irregulares, comunida-

des de favelas e invasões. Ainda neste contex to, Marcello def ende a revisão na Lei da Contrapartida Social, adequando a essa realidade e desburocratizando a emissão de alvarás de funcionamento, como forma de atrair novos investimentos para o município e em consequência mais empregos. Para a segurança pública, sua proposta é reorientar a política de segurança através de ações que vão desde a requalificação urbana à prevenção à violência, com f oco na j u ventu de, açõ es edu cacionais e melhoria das condiçõ es de trabalho da Guarda Municipal. O docu mento prevê ainda obras estru tu rantes, como a implantação de viadutos ou passagem subterrânea cruzando a Estrada do Coco, fazendo a interligação entre os bairros, que além de fluidez, criaria u m novo vetor de desenvolvimento sentido leste-oeste.

Mauro carDiM Mauro Cardim, 50 anos, concorre ao cargo de prefeito pelo PTB. O vice na chapa é Sargento Figueiredo, também do PTB. Não houve formação de coligação para a disputa eleitoral. Em sua proposta de governo, Mauro Continua na página 12 u

Novembro de 2020 | Vilas Magazine | 11


q ELEIÇÕES 2020

u Continuação da página 11

Cardim defende a implantação de políticas públicas inovadoras e eficazes na gestão do município de Lauro de Freitas, passando por áreas como educação, saúde, planejamento econômico e desenvolvimento social. Dentre as soluções apresentadas estão implantação de campanha de conscientização e humanização “Lauro de Freitas em Paz”, com a participação das diversas instituições da sociedade civil; criar o Cadastro nico do Cidadão (banco de dados) para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria da qualidade de vida; adotar a Economia Criativa como uma das estratégias de desenvolvimento para a cidade; e criar o Mapa Estratégico Turístico do Município. As propostas para a segurança pública incluem campanhas educativas, fortalecimento da Guarda Municipal e instalação de sistemas de monitoramento eletrônico, além de implantação de rede de iluminação pública nos bairros, com lâmpadas de LED e painel solar. O tópico transporte e mobilidade urbana prevê, entre outras

VaLor Da VeicuLaÇÃo: r$1.250,00

12 | Vilas Magazine | Novembro de 2020

propostas, a modernização dos semáforos, bolsões de estacionamento nas áreas adjacentes ao centro histórico e comercial da cidade; instalação de bicicletários; execução de intervenções viárias, a exemplo da Estrada do Coco, para melhorar o fluxo de veículos e pedestres; e a implantação do modal de transporte de massa Aeromóvel na Estrada do Coco, ligando o Aeroporto Luiz Eduardo Magalhães aos bairros de Portão, Itinga, Praia de Ipitanga e ao Hospital Metropolitano.

MireLa MaceDo A fisioterapeuta Mirela Macedo, 41 anos, concorre ao cargo de prefeita pelo PSD. O vice na chapa é o vereador F au sto F ranco (PMB). Eles integram a coligação “Uma nova esperança para Lau ro de Freitas”, formada pelos partidos PSL, PSD e PMB. Em sua proposta de governo, Mirela Macedo estabelece três diretrizes principais: União da Cidade, Desenvolvimento Inteligente e Proteção para Todos. Para a união da cidade ela apresenta propostas para mobilidade urbana, requalificação dos espaços públicos, valorização da cultura e políticas de combate ao preconceito e às desigualdades socioeconômicas. No desenvolvimento inteligente, as propostas incluem toda a cidade no processo educacional. Por fim, o tópico de proteção para todos integra ações nas áreas de saúde, segurança pública, sustentabilidade e proteção ambiental. Entre as solu çõ es apresentadas estão a criação da Rede Educar, com unidades de educação integral que possam também ser espaços para práticas educativas e socioesportivas das comunidades nos finais de semana; implantar o prontuário eletrônico dos pacientes do Sistema nico de Saúde; adequação dos prédios públicos com soluções sustentáveis, aumentar a arborização e ocupar espaços urbanos vazios com hortas comunitárias; e criação do Centro de Apoio à Economia Solidária. Na segurança pública as propostas de Mirela Macedo, além do fortalecimento da Guarda Municipal, visam a implantação de um sistema de parceria com o governo do Estado, núcleos especializados para atendimento do menor infrator e proteção à mulher, videomonitoramento e mapeamento de áreas críticas da cidade.


No pacote de mobilidade u rbana e transporte constam a regulamentação do sistema ‘ligeirinho’, a transformação de ruas em zonas exclusivas para pedestres, além do reordenamento do trânsito.

apresentadas solu çõ es para as prioridades elencadas pela própria população e levando em consideração os impactos da pandemia do novo coronavírus. Neste contexto algumas propostas versam sobre a ampliação de açõ es voltadas à garantia das políticas de segurança alimentar, aq u ecimento da economia, atendimento às famílias vulneráveis e ampliação da rede de proteção social, através do Sistema nico da Assistência Social. Sobre segurança pública, além do fortalecimento da Guarda Municipal, constam a construção da cultura da paz, políticas de prevenção, uso das tecnologias para o monitoramento da cidade, e continuidade do programa de iluminação pública. No que tange ao eixo mobilidade

MoeMa GraMacHo

teobaLDo costa

A atual prefeita do município, Moema Gramacho, 62 anos, concorre pelo PT. O vice na chapa é o médico Dr. Vidigal (Republicanos). Eles integram a coligação “Juntos trabalhando por amor a Lauro”, que é formada por 18 partidos: PP, Podemos, Republicanos, PDT, PL, Cidadania, DC, PRTB, PMN, PSB, Patriota, PC do B, Avante, PTC, PT, Rede, PSC e Solidariedade. A proposta de governo de Moema Gramacho está dividida em 13 eixos temáticos onde, segundo a Coligação, são

Teobaldo, 66 anos, concorre ao cargo de prefeito pelo DEM. O vice na chapa é Mateus Reis (PSDB). Eles integram a coligação “Renova Lauro”, que é formada por três partidos: DEM, PSDB e PV. Em sua proposta de governo, Teobaldo defende que todas as áreas da gestão municipal precisam ser revistas, auditadas e reorganizadas. Dessa forma, no pacote que a Coligação apresenta como propostas gerais, estão a auditoria,

u rbana e transporte, constam a integração do transporte coletivo da Região Metropolitana, revitalização completa da Estrada do C oco, a conclu são das obras da estrada do Quingoma e a garantia da extensão da Linha 2 do metrô, ou outro modal de transporte equivalente, até o bairro de Portão. O documento traz ainda um pacote de açõ es para transf ormar Lau ro de F reitas em uma cidade sustentável, que passa pela conservação dos mananciais, da promoção de energia limpa através da instalação de energia solar nas unidades da prefeitura; e mitigação dos riscos de desastres ambientais: enchentes, deslizamentos de encostas, rompimentos de barragens.

Continua na página 1 u

VaLor Da VeicuLaÇÃo: r$1.250,00

Novembro de 2020 | Vilas Magazine | 13


q ELEIÇÕES 2020

u Continuação da página 1

fiscalização e modernização da arrecadação tributária; incrementar práticas de gestão modernas; apoio e incentivo ao desenvolvimento científico e tecnológico; e ampliação e fiscalização de programas sociais. Para a mobilidade urbana e o trânsito o candidato propõ e melhorar o sistema de monitoramento do trânsito por câmeras, integrando com o sistema da guarda municipal; implantação do “Pernoitão” garantindo transporte eficiente durante a madrugada; estudo de viabilidade para construção de passarelas e/ ou viadutos em pontos estratégicos da cidade. No eixo segurança consta a integração da central de monitoramento da guarda municipal, com a central de trânsito; pleitear junto ao governo estadual a implantação de delegacias especializadas, a exemplo do atendimento à mu lher, idosos e animais; criação do grupamento ambiental dentro da Guarda Municipal com vistas à proteção das áreas verdes da cidade. A proposta de governo apresentada prevê ainda a criação de u m C entro Mu nicipal de Referência LGBTQI ; ensino de história e cultu ra af ro- brasileira nas escolas; promoção de obras de adequação dentro dos critérios de acessibilidade nas vias e calçadas da cidade; e implantação de hortas u rbanas em espaços públicos, terrenos baldios ou abandonados, com incentivo à economia criativa. th iara reges, f reelanc e p ara a Vilas Magazine.

carÁter, coMPetÊ ncia e coMProMisso p ara a rec o nst ru ç ã o de no v o s ru m o s do brasiL alderic o sena

D

ecidi escrever este artigo, visto a escassez de caráter, competência e compromisso no seio político, ficando na decisão dos eleitores as escolhas dos representantes a partir das próximas eleiçõ es, levando em consideração q u e as condiçõ es de vida da população e o crescimento do país, dependem de decisões políticas. Enquanto o governo não priorizar e investir em Educação não teremos o retorno de políticos livres e de bons costumes para contribuirem com ideias e projetos, visando o desenvolvimento do Brasil. A desigualdade social, a fome, a miséria, o desemprego, a má distribuição de renda e o enriq u ecimento de pou cos em detrimento de mu itos brasileiros é muito cruel. Nesta pandemia do coronavirus, enquanto nove milhões de trabalhadores tiveram salários cortados e 9,3 milhões da iniciativa privada também tiveram seus salários suspensos ou reduzidos em até 75%, deputados e senadores receberam antecipação de metade do 13º. Outra desigualdade gritante no País: enquanto milhões de pessoas ca-

VaLor Da VeicuLaÇÃo: r$1.250,00

14 | Vilas Magazine | Novembro de 2020


DePositPHotos

rentes receberam R$ 600, de auxílio para ‘matarem a fome’ e milhões de trabalhadores recebem apenas R$ 1.045, de salário mínimo, os magnatas dos três poderes estão tendo direitos que 95% da população não usufruem. Isto pode ser legal regimentalmente, mas é imoral com tantas crianças e cidadãos morrendo de fome. Só podemos reverter este quadro elegendo governantes e políticos honestos, com capacidade de gestão, coerentes, éticos, leais, autônomos e confiáveis, para que conduzam os três poderes constituídos Executivo, Legislativo e Judiciário , que defendam interesses da nação e do País e não de grupos políticos e econômicos, como é o caso do centrão no Congresso Nacional. No entanto, a decisão e a responsabilidade da transf ormação está na consciência política do eleitor de eleger em novembro,

vereadores e prefeitos dos 5.570 municípios brasileiros e em 2022 o presidente, governadores, senadores, deputados federais e estaduais, conhecendo a história familiar, política e profissional dos candidatos para reconstruir o Brasil e moralizar os três poderes. Todo e qualquer político é um servidor público, seu salário é pago pela sociedade, e ele tem o dever de honrar e cumprir o que está escrito no artigo 37 da Constituição Federal: “obedecendo aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade” e o Artigo 1º, parágrafo único: “Todo poder emana do povo, q u e ex erce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição”. o q u e é c ará t er? Caráter se define como o conjunto de peças inerentes a uma pessoa que formula a sua moralidade. Trata-se de um complexo sistema composto por nossas virtudes a respeito do que é certo ou errado. Em geral, é associado a quem possui uma postura mais positiva e aceitável perante a sociedade. Caráter é amparado em princípios e valores da honestidade, ética, disciplina, responsabilidade, dignidade, compromisso, dentre outros valores do servir ao próximo e ao País. medida em que crescemos, temos contato com o que é certo ou errado, orientados por nossos pais e escolas. A c o m p et ê nc ia indica aptidão, conhecimento ou capacidade em alguma área específica. A palavra competência está associada à qualidade de quem é capaz de apreciar e resolver determinado assunto ou realizar determinada tarefa. Na prática, a competência diz respeito à aptidão, habilidade e capacidade de resolver problemas e propor soluções com ideias, projetos e gestão. co m p ro m isso é um acordo firmado entre duas partes, de que algo será realizado. Quando diz que uma pessoa está compromissada é porque ela estabeleceu um compromisso de fidelidade e honradez de servir à sociedade, à sua cidade, ao estado e ao País, o que não ocorre na esfera política no Brasil. A palavra compromisso é prometer e honrar. Compromisso Continua na página 1 u

V

Dr. VEREADOR Emanuel

25 VICE: MATEUS REIS

PREFEITO

VaLor Da VeicuLaÇÃo: r$1.250,00

Novembro de 2020 | Vilas Magazine | 15


q ELEIÇÕES 2020

u Continuação da página 1

moral significa que a pessoa deve respeitar determinados princípios de moralidade e comportamento ético estabelecidos no meio onde vive, e que deve seguir esses preceitos, pois está comprometida com a sociedade e o País. A expressão é utilizada principalmente em termos de denúncia de crimes contra o erário público, à natureza, aos animais, à mulher, ao idoso, dentre outros. As leis de acesso à informação, 12.618/2012, estadual e 12.527/2011, federal, garantem ao cidadão o direito de denunciar, até anonimamente, basta exercer a cidadania e denunciar. Só com o exercício de cidadania iremos coibir a violência contra a mulher, ao índio, ao negro, ao mendigo, ao idoso, à criança, ao jovem, aos animais e ao meio ambiente. Deus criou riquezas naturais para a humanidade e animais preservarem, usufruírem e terem vida. No entanto, é preciso consciência e responsabilidade do eleitor em saber escolher e eleger políticos e governantes com caráter, competência e compromissos, para conduzirem as condições de vida da população e reconstruirem um Brasil melhor para todos. O que falta ao Brasil é um projeto de Estado, por esta razão, sugiro a leitura do Livro “Ciro Gomes Projeto Nacional: Dever da Esperança”! Eleitor, é hora de ação e não de omissão. O voto é a única arma que temos para transformar. Eleitor que quer respeito se respeita! Lembrando a todos que a CPI do eleitor é o voto consciente e que nem todos os políticos são iguais. Querer é poder! Eleitor, seja a mudança! Alderico Sena é bacharel em Teologia, Sociedade e Pol tica, especialista em gest ã o de p esso as, c o o rdenado r de p esso al da assem b leia est adu al Constituinte 1989, ex-assessor parlamentar do deputado estadual ezito Pena, ex-vice presidente da Comissão Provisória da Executiva Municipal do PDT de Salvador e ex-vice-presidente nacional e estadual do MAPI Mo v im ent o do s ap o sent ado s, Pensio nist as e ido so s do PDt/ bah ia. w w w .alderic o sena.c o m alderic o sena@ gm ail.c o m

‘o que acontece se eu nÃo Votar’ Há p o u c o s dias da v o t aç ã o , o t erm o ap arec e c o m o o m ais b u sc ado no Go o gle

O

site de buscas Google divulgou, em 21 de outubro, os termos mais pesq u isados na plataf orma q u ando o assunto é Eleições 2020. Entre as perguntas mais f req u entes estão ‘ o q u e acontece se não votar, ‘ o q u e pode e não pode nas eleições 2020’ e ‘como justificar o voto’. As informações estão disponíveis através do Google Trends (Central de Insights), e apresenta os dados relativos a última semana de busca. A página também conta com tendências de busca em tempo real e as principais dúvidas sobre candidatos. Na Bahia, quando o tema é ‘Votação’, os termos mais buscados são ‘onde votar’, seguido por ‘em quem votar’ e ‘por que votar’. Já quanto aos temas políticos, o tópico saúde é o mais buscado, seguido por educação, bolsa família, impostos e desemprego. Esses dados podem representar um indicativo de que as pessoas estão com receio de comparecer no dia da votação, em virtude dos riscos de contágio do novo coronavírus, e resultar um novo recorde de abstenções no Brasil, que atualmente é de 20,3%, em 2018. Em Lauro de Freitas, 72% da população, estimada pelo IBGE em 201.635 mil pessoas, é considerada apta para votar, um crescimento quantitativo de 22% em relação às eleições

VaLor Da VeicuLaÇÃo: r$1.250,00

16 | Vilas Magazine | Novembro de 2020


saiba Mais usar MÁscara É obriGatÓrio O mesário poderá pedir que o eleitor abaixe a máscara rapidamente para identificação MantenHa DistÂncia MÍniMa De 1 Metro Respeite a marca de distanciamento nas filas eVite LeVar as MÃos ao rosto Se for tossir ou espirrar, use um lenço ou a parte interna do cotovelo eVite contato coM outras Pessoas Apertos de mão, beijos e abraços devem ser evitados. Entre na seção eleitoral sozinho, se possível

de 2016. Deste total, apenas 6,5% não são obrigados a votar (menores de 18 e maiores de 70 anos). Na cidade, o índice de abstenção ficou em 16,28% e 18,38% nos anos de 2012 e 2016, respectivamente. DesburocratizanDo Quem não puder, ou optar em não comparecer no dia 15 de novembro, para a votação, terá uma opção de justificar o voto sem precisar de casa. O TSE liberou, em 16 de outubro, uma atualização para o aplicativo e-Título, que permite realizar a justificativa, pelo celular ou tablet, evitando assim pendências com a justiça eleitoral. A justificativa pode ser feita até 60 dias após cada turno de votação, e pelo app e-Título o formulário já poderá ser preenchido durante o horário de votação. De acordo com a legislação eleitoral no Brasil, não votar ou justificar pode implicar na perda do título eleitoral, o que gera impedimentos como, emissão de documentos a exemplo do passaporte, e inscrições em concursos e concorrências públicas. O App, disponível gratuitamente nos sistemas Android e iOs, também pode ser útil para quem for votar. Caso já tenha realizado a biometria, o aplicativo reúne informações e a foto do eleitor, podendo ser apresentado como documento no dia de votação. Além disso, permite ainda gerar certidões de quitação eleitoral e de nada consta de crimes eleitorais, e autenticação de documentos da justiça eleitoral.

use ÁLcooL GeL antes e DePois De Votar Aplique quantidade suficiente para toda a superfície das mãos. Esfregue nas mãos e entre os dedos até o álcool secar JustiFicatiVa Em razão da pandemia e da necessidade de evitar aglomerações nos locais de votação, a Justiça Eleitoral desenvolveu no aplicativo e-Título, que pode ser utilizado em qualquer smartphone, a funcionalidade “Justificativa Eleitoral”. Essa funcionalidade permite que o eleitor justifique sua ausência sem sair de casa, quando estiver fora do seu domicílio eleitoral (isto é, do município em que o eleitor é registrado para votar), por meio de sistema de georreferenciamento. Apenas excepcionalmente, o eleitor que não tiver acesso a smartphone e internet poderá justificar em qualquer seção eleitoral. e-tÍtuLo O e-Título é um aplicativo móvel para obtenção da via digital do título de eleitor. Permite o acesso rápido e fácil às informações do eleitor cadastradas na Justiça Eleitoral e nele também é possível verificar o local de votação. cabina O eleitor não pode entrar na cabina de votação portando aparelhos eletrônicos, como celular ou máquina fotográfica. É permitido levar para a cabina somente uma ‘cola’ (lembrete) com os números dos candidatos escolhidos. Fiscais Para os fiscais partidários, nos trabalhos de votação, só é permitido constar, em seus crachás, o nome e a sigla do partido político ou da coligação que representam, sendo proibida a padronização do vestuário. Febre Eleitores que apresentem febre ou tenham sido diagnosticados com Covid-19 nos 14 dias anteriores à data da eleição, não devem comparecer à votação, permitindo a posterior justificativa da ausência de voto por esse motivo. Não será utilizada a medição de temperatura dos eleitores, tendo em vista que a medida poderia provocar filas e maior risco de aglomerações.

CNPJ 01.435.157/000102  R$ 3.000,00

CHEGANDO A HORA DA DIREITA! DA GESTÃO CORRETA!

VaLor Da VeicuLaÇÃo: r$1.250,00

Novembro de 2020 | Vilas Magazine | 17


q CIDADE

o PeriGo nÃo acabou Apesar da flexibilização das atividades, é necessário manter medidas de combate à Covid-19

D

esde o início do ano estamos tendo que aprender novas formas de comportamento e relacionamento em sociedade, na tentativa de combater o contágio do novo coronavírus. Espelhados nos bons resultados alcançados em outros países, onde o vírus chegou primeiro, ficou evidente a importância do distanciamento social, que passou portanto a ser o norte de uma boa conduta. Porém a economia precisava ser reaquecida, até para garantir a manutenção da qualidade de vida das pessoas. Então começou o plano de reabertura gradual das atividades à medida que os governos estadual e municipal conseguiram equilibrar a oferta de atendimento médico, garantindo um mínimo de disponibilidade de leitos de UTI. Mas o que parece uma boa notícia pode se transformar em um novo problema por conta da falta de informação e de bom senso. É que o bom desempenho do isolamento social gerou uma falsa sensação de que ele é desnecessário, e agora, com o comércio aberto, restaurantes,

VaLor Da VeicuLaÇÃo: r$ 800,00

18 | Vilas Magazine | Novembro de 2020

bares e demais opções de entretenimento, assim como as praias, oficialmente liberadas para o uso, o que se vê são aglomerações e um grande número de pessoas sem máscara. A médica infectologista Pollyanna Azevedo (foto abaixo), observa que a flexibilização das medidas restritivas segue um fluxo normal, que vai acontecendo à medida em que é possível oferecer maior acesso aos serviços de saúde e garantir o atendimento adequado para a população, usando como termômetro as taxas de ocupação de leitos clínicos e de UTI de cada região. O que é preciso deixar claro é que ainda não estamos livres do risco. “É preciso deixar claro para a população que essa flexibilização não significa que a pandemia acabou nem que o novo coronavírus está sob controle. Ela é fruto de uma combinação de medidas assistenciais dos estados e municípios, somadas à medidas individuais da própria população, baseadas na empatia e no bom senso


DePositPHotos

comum, onde cada um que faz sua parte, se protege e protege também o próximo”. Quanto à declaração da Organização Mundial da Saúde que alerta sobre a chegada da ‘segunda onda’, Pollyanna destaca que essa possibilidade não se enquadra neste momento ao Brasil, visto que para ter uma ‘segunda onda’ é preciso antes vencer a primeira, o que não é o nosso caso. “A expressão ‘segunda onda’ pode ser atribuída a um novo aumento do número de casos da Covid-19 e consequentemente, do número de óbitos, após um determinado país ou região ter apresentado queda significativa e sustentada nos seus números. Apesar do Brasil se encontrar em um período de estabilidade nas últimas semanas, ainda não podemos falar que já superamos a nossa ‘primeira onda’”. Em Lauro de Freitas, desde o primeiro caso confirmado, em março, 6.724 pessoas testaram positivo. O mês de junho foi o período que apresentou o maior número de casos, mas segundo informações disponibilizadas pela Prefeitura, à época, tratava-se de um reflexo de uma nova estratégia de testagem. Além de toda a movimentação vista pelas ruas, a proximidade do Natal, momento em que as famílias se reúnem, acende também o alerta quanto aos encontros que parecem inofensivos e estão cada vez mais regulares, como o churrasquinho entre amigos. “Para fins de adoção de medidas de precaução, são classificados como ‘contatos domiciliares’ pessoas que residem na mesma casa. Demais formas de contato ocasionais podem ser classificados como ‘contato próximo’. Essas definições são importantes para lembrar em quais situações as medidas de distanciamento e de proteção individual poderiam ser ‘momentaneamente’ esquecidas. Pessoas que já compartilham diariamente de momentos considerados de risco, estariam ‘autorizados’ a confraternizar em um churrasquinho composto apenas por este grupo, mas precisam manter todas as medidas de segurança no caso da presença de um convidado, por mais que este seja considerado um ‘contato próximo’”. “É importante lembrar que a flexibilização é resultado de uma série de medidas que permite a oferta de leitos para internamentos clínicos e de UTI em mais de 50% da sua capacidade local. Entretanto, uma vez alcançado, esse número não é fixo

nem permanente! Ele pode aumentar ou diminuir a medida em que novos casos são notificados ou leitos de internamento são criados ou desativados. Por isso, continua sendo importante manter as medidas de precaução, evitando aglomerações, saindo de casa apenas se necessário, mantendo distanciamento mínimo entre as pessoas, higienizando constantemente as mãos, evitando tocar o rosto e mantendo o uso correto da máscara de proteção”, concluiu. Thiara Reges, freelance para a Vilas Magazine.

Meus amigos e minhas amigas, Sou César, casado, pai de três filhos, evangélico, Contador, pós graduando em Controladoria e Perícia Contábil. Iniciei minha vida pública como fiscal municipal em 1989 e desde então continuo desenvolvendo um belíssimo trabalho em nosso município. Vereador de quatro Mandatos, Vice Presidente da Câmara Municipal, Presidente da Comissão de Orça mento e Contas e Líder do Governo, apresentei inúmeros projetos, dentre eles a Indicação 206/2017 solicitando a implementação do SAMU VET (serviço de emergência para animais de ruas) e a Indicação 321/2017, criando o dia Municipal da adoção, proteção e bem estar dos animais, nosso 25 de setembro. Sou o Vereador autor da indicação para con strução do calçadão de acesso Villas Buraquinho dentre outros. Sinto –me na obrigação de continuar nossa luta e defender a nossa gente.

VaLor Da VeicuLaÇÃo: r$1.250,00

Novembro de 2020 | Vilas Magazine | 19


q VIVA BEM

o PoDer Das erVas Pandemia faz crescer a busca por chás e óleos essenciais tHiara reGes Freelance para a Vilas Magazine

Q

uem nunca recebeu, de uma tia ou avó que moram no interior, uma receita de chá que é “bom para isso ou aquilo”? Isso sem falar nas pequenas hortas caseiras que sempre tem ervas como manjericão, hortelã e boldo, prontos para oferecer a quem precisar. A pandemia do novo coronavírus fez crescer a busca por um estilo de vida mais saudável e junto com ela o uso de fitoterápicos, como florais, óleos essenciais e chás, para tratar, sobretudo, os transtornos relacionados a mente, como estresse, insônia e ansiedade. Pesquisa realizada pelo Google e divulgada pelo jornal O Estado de São Paulo, destaca um crescimento de 98% na busca por termos relacionados a transtornos mentais em 2020, se comparado com a média dos últimos 10 anos. Perguntas como ‘o que é a felicidade’ e ‘como lidar com a ansiedade’, bateram o recorde de busca. “Muitas pessoas, que nem imaginavam passar por essas questões de saúde, perceberam significativas mudanças de comportamento e começaram a buscar uma abordagem de tratamento mais integrativa, onde o ser humano é visto por completo. Entre diversas abordagens possíveis, os fitoterápicos são de grande valia por serem mais baratos e de fácil 20 | Vilas Magazine | Novembro de 2020

acesso, sejam em forma de chás, cápsulas, florais e óleos essenciais’, destaca Clarissa Azevêdo, fisioterapeuta especializada em fitoterapia chinesa. A profissional destaca que muitas desordens de saúde podem ser tratadas com os fitoterápicos, lembrando que estamos falando das primeiras substâncias usadas pelo homem, desde os primórdios da sociedade, na busca por uma vida saudável. “Existem estudos sérios em todo o mundo comprovando a eficácia das ervas no controle e cura de diversas patologias, como é o caso, por exemplo, da cúrcuma, que tem sido apontada como uma grande esperança contra doenças crônicas e inflamatórias como cardiopatias, diabetes e Alzheimer. Obviamente que existem limites para qualquer tipo de terapia, mas são enormes os benefícios de uma abordagem fitoterápica quando bem indicada, seja para prevenir, tratar ou apenas controlar problemas de saúde”, concluiu. Hora Do cHÁ O hábito de beber chá é antigo e em cada país tem um sentido. Os ingleses, por exemplo, começaram a consumir chás ainda no século 17, quando a princesa portuguesa Cata-

rina de Bragança, casada com o rei dom Carlos 2º, introduziu o chá ao pequeno almoço. Anos mais tarde, para diminuir a fome entre as refeições, a duquesa de Bedford lançou a moda de fazer uma pequena refeição no final da tarde, com bolos e sanduíches acompanhada de uma chávena de chá, o que logo virou uma tendência em toda corte e alta sociedade inglesa. Nascia assim o Chá das Cinco. No Brasil, chás e infusões receberam a influência da cultura europeia, chinesa, africana e indígena, sendo consumido, tanto em substituição ao cafezinho, como para o objetivo de cura. Segundo pesquisa da consultoria Europass Monitor, o consumo per capita de chás no Brasil cresceu 53% entre 2010 e 2019. Os benefícios são os mais variados. Na “Mesmo que as ervas pareçam inocentes, podem levar a intoxicação, caso sejam de uso prolongado”. Clarissa Azevêdo, fisioterapeuta.


lista dos mais pedidos no mundo estão o chá preto e chá verde, geralmente associados ao emagrecimento. Nos restaurantes, comumente vemos chá de hortelã ou abacaxi, para auxiliar a digestão. Ervas com menor grau de toxicidade, como melissa, camomila, capim-santo e erva cidreira, que muitas pessoas plantam em casa, podem ser consumidos, com moderação e de forma alternada, ao anoitecer, para garantir um sono reparador. “O hábito de tomar chá pode ser interessante para ajudar no equilíbrio da saúde. Este é um conhecimento muito valioso que os mais idosos sabem como utilizar e geralmente não recomendam que se use chás todos os dias, por exemplo, ou sem que haja uma necessidade

específica. Como orientações, eu diria: não beba sempre o mesmo chá, existe uma variedade de sabores; se o sintoma persistir, procure a causa para tratar corretamente; se fizer algum tratamento para doença, busque orientação ou pesquise sobre efeitos adversos; cuidado em dobro com gestantes, crianças e idosos. E, acima de tudo, lembre-se que cada corpo tem suas particularidades. O mesmo tratamento que fez bem para um parente pode não ser o indicado para você”, frisa Letícia Falleiro, fisioterapeita especializada em aromaterapia. nÃo É Por ser uM trataMento ‘naturaL’ que É inoFensiVo Letícia observa que desde o início da

pandemia os fitoterápicos ganharam mais destaque, sobretudo os chás, pela praticidade, já que é possível comprar as ervas em feiras ou lojas especializadas e fazer o chá em casa. Segundo ela, dificilmente alguém terá um efeito adverso por utilizar um chá, mas é importante ter cuidado com o uso indiscriminado. “O que acontece é que este conhecimento está sendo banalizado, como se as plantas não tivessem características específicas e por isso as pessoas usam de forma indiscriminada. O risco de um efeito adverso no consumo do chá é menor que na utilização de óleos essenciais, por exemplo, pois no chá a concentração dos princípios ativos é bem menor. Mas Continua na página 22 u

Novembro de 2020 | Vilas Magazine | 21


q VIVA BEM

u Continuação da página 21

os riscos existem e é importante sempre reforçar que ao utilizar um chá, por exemplo para azia, e os sintomas persistirem, se procure um profissional para que ele auxilie a encontrar a causa daquele sintoma e tratá-lo corretamente. Quanto mais cedo identificamos as causas do sintoma, mais eficaz será o tratamento”, aconselha Letícia. Clarissa Azevêdo complementa que mesmo as que ervas pareçam inocentes podem levar a uma intoxicação no caso de uso prolongado. “Algumas ervas podem sobrecarregar o fígado, outras podem prejudicar o funcionamento dos rins, existe também a questão da interação medicamentosa, ou seja, se o indivíduo faz uso de alguma substância, pode haver uma alteração na absorção desta, isso pode acontecer com apenas uma xícara de chá. Vai desde uma anulação do efeito de um anticoncepcional até a potencialização de um medicamento e assim trazer muitos riscos à saúde”. Em relação aos óleos essenciais, podemos usar no difusor de ambiente, no difusor pessoal (colar) ou passar na sola dos pés, sempre de forma diluída e em pouca quantidade. Quanto aos florais, para uma indicação de uso com precisão o ideal é fazer uma avaliação individual. sintoMas Da PanDeMia Letícia Falleiro percebeu que nos últimos meses aumentou o número de pessoas que entram em contato perguntando sobre a utilização dos óleos essenciais, por exemplo, e a eficácia dos resultados no combate de sintomas de ansiedade e estresse.

22 | Vilas Magazine | Novembro de 2020

A profissional destaca que apesar dos benefícios das ervas já serem conhecidos, é sempre importante lembrar que a mesma patologia pode aparecer com sintomas diferentes em cada pessoa. “Cada pessoa deve observar e buscar entender o que está acontecendo, mas de uma forma geral podemos incluir em nossas rotinas alguns hábitos que gerem mais qualidade de vida, como por exemplo, tomar uma xícara de chá de erva cidreira ou camomila para relaxar após um dia intenso de trabalho ou de estudos, ou mesmo antes de dormir, para melhorar a qualidade do sono, assim como podemos tomar um chá de hortelã após as refeições para auxiliar na digestão. Entretanto, se houver algum desconforto ou sintoma persistente, é preciso procurar ajuda profissional”. Quanto aos óleos essenciais, ela reforça que por serem compostos muito concentrados, o cuidado deve ser ainda maior: os óleos essenciais devem ser usados diluídos em óleo vegetal, nunca direto sobre a pele e nem ingeridos sem a orientação de um aromaterapeuta. “De forma geral, precisamos manter nosso corpo saudável para lidar com as diferentes situações da vida. Por isso, o mais importante é ter hábitos de vida que conservem o equilíbrio do nosso corpo: meditação, atividade física regular e prazerosa, sono reparador, alimentação adequada e relações solidárias e amorosas, tanto interpessoais quanto consigo mesmo. E, se algum destes aspectos estiver em desequilíbrio, não hesite em buscar um profissional que possa lhe orientar a encontrar seu equilíbrio interno novamente”, conclui a profissional. Thiara Reges, freelance para a Vilas Magazine.


q COMPORTAMENTO

boas PrÁticas Morador de Buraquinho disponibiliza saquinhos para recolher o cocô de pets

P

ela seção Tribuna do Leitor, recebemos em outubro a seguinte mensagem: “Lauro de Freitas tem muitos cães. Diariamente seus donos saem a passear e por vezes esquecem o saquinho para recolher as fezes. Coloquei em frente a minha casa um dispenser com saquinhos para os esquecidos. De um modo geral tem diminuído as fezes na calçada. Porque o Vilas Magazine não faz uma campanha para que mais rad res parti ipe desta ideia idade, o meio ambiente e a própria saúde dos cãezinhos podem melhorar se menos s as e parasitas are pr i erand pelas nossas calçadas”. O autor da mensagem foi Rubens Ramone, 71 anos, morador de Buraquinho há mais de 20 anos. Cansado de recolher as fezes de animais todos os dias em sua calçada, ao longo dos anos, ele fez diferentes tentativas de resolver o problema: “primeiro tentei colocar repelentes na parte que é gramada, mas os pets então faziam suas necessidades nas proximidades. Nada adiantava”. Este ano, pesquisando pela internet, achou algumas iniciativas de condomínios que estavam disponibilizando aos moradores os saquinhos para colher as fezes. Em julho Rubens adquiriu um dispenser, para instalar em sua calçada, e uma placa, para chamar a atenção dos donos dos animais, e já consegue ver os resultados. “Tive um custo de R$ 150,00 no suporte e mais R$ 60,00 no rolo de saquinhos, que vem com mil unidades. No início eu temia por vandalismo, por ser rua aberta e não um condomínio. Mas funcionou bem os

pedestres respeitam e as fezes diminuíram”. A Lei Municipal nº 1618 / 2016, de Proteção Animal, mais conhecida como Lei Remca, estabelece, dentre outras coisas, que é de responsabilidade do guardião recolher as fezes dos seus animais nas vias públicas. As sanções previstas em lei vão de advertência à aplicação de multas, que depende da análise do agente fiscalizador quanto à gravidade dos fatos. Rubens acredita que a presença de mais dispensers pela cidade ajudaria a educar os guardiões durante o passeio com os pets. “Acho que se a Vilas Magazine difundir a ideia, outros moradores poderão fazer o mesmo. Os anunciantes da revista poderiam colocar suas propagandas nas plaquinhas, como forma de ajudar a custear o dispenser. Já a Prefeitura de Lauro de Freitas poderia ajudar colocando dispensers nas praças e no calçadão, convidando os moradores a ‘adotar’ um dispenser e cuidar dele, provendo os saquinhos. Enfim, acho que

Giullyanno, Michelle e Kauã

ATITUDE CIDADÃ: Dispenser instalado pelo seu Rubens, em Buraquinho funcionou e a minha rua ficou um pouco mais limpa”, concluiu. usanDo a criatiViDaDe A situação vivida por Rubens é muito comum em todo país, e infelizmente, em alguns casos, já levou até a brigas entre vizinhos e outras fatalidades. Mas em Vila Velha (ES), uma família, cansada de ver tanto cocô pelas ruas de seu bairro, decidiu agir de forma criativa: donos de um pet shop, Michelle Wilke, o esposo Giullyanno e o filho Kauã, construíram o dispenser aproveitando galões vazios de shampoo. Amarrados nos postes de energia, os galões são instalados com uma quantidade inicial de sacos e uma comunicação simples, convidando os donos de animais a usar o saco e recolher o cocô, e repor o dispenser, para que outras pessoas também possam utilizá-lo. “Já instalamos 20 unidades e temos mais 30 prontas. De uma forma geral a aceitação foi muito boa, sentimos apenas que falta maior participação no ato de repor os dispensers. Regularmente conferimos cada dispenser para verificar se está abastecido, e usamos as redes sociais do pet shop para fazer campanhas, estimulando a participação das pessoas que residem próximos”, conta Michele. Thiara Reges, freelance para a Vilas Magazine.

Novembro de 2020 | Vilas Magazine | 23


q ENERGIA SOLAR

Brasil vive ano histórico em instalação de energia solar tHiara reGes Freelance para a Vilas Magazine

P

assar mais tempo em casa tem ajudado os brasileiros a repensarem suas escolhas e adotarem medidas mais sustentáveis. Um exemplo é o crescimento da energia solar no país. Levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) mostra que de setembro de 2019 a setembro de 2020 foram adicionados cerca de 162 mil novos sistemas de geração solar distribuída no país, um crescimento superior a 130% em relação ao período anterior. Mesmo 2020 sendo um ano histórico em expansão da energia solar, com sistemas solares fotovoltaicos instalados em mais de cinco mil municípios e em todos os estados brasileiros, estamos falando de economia e sustentabilidade para 374,4 mil unidades consumidoras, o que representa apenas 0,4% do total de 84 bilhões de consumidores de energia no país. A Bahia, apesar do reconhecido potencial em geração de energia renovável, onde além da energia solar podemos destacar também a energia eólica, com 171 parques em funcionamento, no que tange a potência instalada (MW) o estado está em 10º lugar no ranking do país, que é liderado por Minas Gerais, Rio Grande do Sul e São Paulo.

24 | Vilas Magazine | Novembro de 2020

Everton Tiago Fornari, engenheiro eletricista especialista em energia solar fotovoltaica e sócio proprietário da Multi Energia e Construção, destaca que a Região Metropolitana de Salvador tem contribuído para as estatísticas de crescimento do país. “A energia solar está em sua melhor fase nestes últimos três anos, pois os preços de equipamentos estabilizaram, as instituições financeiras estão oferecendo linhas bem atrativas para financiamento e a legislação está mais favorável ao consumidor. Estamos em uma região onde a incidência de radiação solar é constante durante o ano todo e a parte tributária também ajuda, se comparado com outros estados. Além disso a Região Metropolitana se destaca devido à facilidade logística e ao grande consumo dos imóveis devido ao turismo”. Projetos de incentivo a adoção de medidas mais sustentáveis, a exemplo do IPTU Verde, implantado, por exemplo pela Prefeitura de Salvador, ajudam a aumentar o interesse da população. Outro exemplo é o projeto da Compa-

Acima, modelos do sistema fotovoltaico residencial nhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), que oferece desconto de 50% na compra de placas de energia solar. O primeiro lote de inscrições foi aberto em setembro de 2019, e até março deste ano, no quarto lote, 795 consumidores residenciais concluíram a inscrição. Podem participar moradores de Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, Salvador, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Simões Filho e Vera Cruz. No site http://coelba. neoenergiasolar.com/ é possível conferir todo o regulamento. sustentabiLiDaDe que Gera econoMia Adriano Oliveira, morador de Vilas do Atlântico, implantou as placas fotovoltaicas em 2019. Apesar de ainda estar pagando o investimento, com a redução em sua conta de energia e o conforto gerado, ele garante que está satisfeito com a decisão e indica que mais pessoas façam o mesmo. “Antes a nossa conta de energia era pouco menos de R$ 500, e olha que em casa sempre fomos muito controlados. Hoje, não pagamos mais de R$ 50, além de termos os créditos pela geração de energia. Podemos usufruir de todos os nossos equipamentos eletrônicos sem preocupação. No nosso condomínio, outras quatro casas também já instalaram e eu indico que mais pessoas busquem Adriano Oliveira, morador de Vilas do Atlântico, instalou o sistema há pouco mais de um ano


informações e façam o mesmo”, conclui. A informação, por sinal, tem sido uma ótima aliada da energia solar. Com maior procura pelos consumidores e maior oferta do serviço, a aquisição de sistemas de energia solar fotovoltaica teve seus valores reduzidos significativamente, uma média de 85% nos últimos dez anos, mesmo ainda adquirindo produtos importados, com os altos valores do dólar. “O sistema de energia solar fotovoltaica gera a energia elétrica para o imóvel (ou mais de um imóvel), reduzindo o consumo da energia comprada da rede da concessionária (em até 95%). É semelhante a sair do aluguel e investir em imóvel próprio, mas com custo muito menor e que traz qualidade de vida e comodidade, sem alterar o planejamento financeiro de forma brusca e ainda possibilita estabilidade quanto aos reajustes anuais futuros de energia elétrica”, ressalta Everton Fornari. David Elbachá Marnet, engenheiro civil especialista em sistemas de geração fotovoltaica, coordenador da Macrosol Energia

Sustentável, complementa que outro atrativo é a taxa de retorno do investimento. Na média, o retorno que em 2012 estava avaliado em 12 anos, caiu para 4,5 anos, com uma vida útil das placas de 25 anos. “Em média o tempo de retorno pode ficar entre três a sete anos, depende da classificação tarifária do cliente. Para termos um exemplo, para uma casa de 200m², abrigando uma família de quatro pessoas, com um consumo médio de 500kWh/mês, corresponde à um sistema fotovoltaico de 12 a 15 painéis solares, que gera economia próximo de R$500,/ mês ou economia de até R$6.000, por ano. O que com as correções de reajuste de energia e inflação, pode ter um tempo de retorno tranquilo de 40 meses”, explica. O engenheiro completa que desde o início deste ano, com a pandemia, a busca por mais conforto no ambiente de casa, a nova rotina de home office e até as estratégias de economia para manter empresas e indústrias abertas, a equipe registrou um aumento de demanda de implantação de novas unidades geradoras, de algo próximo a 300%, em relação ao mesmo período do ano passado. “Apesar de muitas pessoas ainda precisarem ‘ver para crer’, como diz o ditado, a energia solar chegou para trazer uma proposta de investimento alternativo ao cidadão brasileiro. O maior benefício é entregar liberdade energética e financeira., ou seja, o consumidor passou a ter o direito de gerar a própria energia que consome, e não mais dependente de uma única fornecedora, no caso, a concessionária. É mais uma disrupção que chegou

David Elbachá Marnet, engenheiro civil especialista em sistemas de geração fotovoltaica, coordenador da Macrosol Energia Sustentável para mudar o monopólio da energia, além de contribuir com a tendência mundial de fontes renováveis. Nossa orientação é que as pessoas tenham o cuidado de pesquisar sobre a empresa que está contratando para não terem prejuízos ou surpresas desagradáveis”, conclui. 10 beneFÍcios Da enerGia soLar 1 - Redução no valor da conta de energia elétrica (até 95%); 2 - Valorização do imóvel; 3 - Retorno do investimento em 4,5 (média); 4 - Conta de energia sem os impactos da inflação energética; 5 - Vida útil longa (25 anos ou mais); 6 - Energia silenciosa e ocupa pouco espaço; 7 - Contribuição com a sustentabilidade do planeta; 8 - Possibilidade de compartilhar com outros imóveis; 9 - Rápida aquisição, instalação e homologação; 10 - Oferta de linhas para financiamento.

Everton Fornari, engenheiro eletricista especialista em energia solar fotovoltaica e sócio proprietário da Multi Energia e Construção

Novembro de 2020 | Vilas Magazine | 25


antonio Vieira FotoGraFia

q REGIÃO

C

amaçari passa a ter duas praias de seu belo litoral certificadas com o Selo Bandeira Azul, considerado um dos mais importantes prêmios ecológicos do mundo. Além de renovar o selo da praia de Guarajuba, uma comissão internacional validou as informações do júri nacional e autorizou a prefeitura a instalar uma bandeira na praia de Itacimirim. O município é o único da região Nordeste a ter duas praias certificadas com o selo. Para conseguir a certificação, são avaliadas a qualidade da água, segurança, serviços, turismo sustentável e responsabilidade social. O programa Bandeira Azul é desenvolvido pela organização internacional não-governamental e sem fins lucrativos Foundation for Environmental Education (FEE). No Brasil, desde 2005, ele é representado pelo Instituto Ambientes

26 | Vilas Magazine | Novembro de 2020

Praia de Itacimirim recebe selo Bandeira Azul, de preservação ambiental em Rede (IAR), membro da FEE. A secretária de Turismo de Camaçari, Lúcia Bichara disse que os processos de certificações das duas praias começaram em 2017 e que todos os 32 requisitos estabelecidos pela organização foram cumpridos. “Com essas duas certificações, as praias de Camaçari se transformam em vitrine nacional e internacional e, com certeza, vamos atrair ainda mais turistas e investidores para a nossa cidade”. Lúcia Bichara ressaltou que o plane“Com essas duas certificações, as praias de Camaçari se transformam em vitrine nacional e internacional e, com certeza, vamos atrair ainda mais turistas e investidores para a nossa cidade”. Lúcia Bichara, secretária de Turismo de Camaçari.

jamento elaborado pela prefeitura foi fundamental para a conquista dos selos. “Criamos um projeto, o Costa de Camaçari, que envolveu toda a comunidade e deu identidade às nossas praias. Através do projeto, conscientizamos a população sobre a importância histórica, ecológica e econômica das praias para o desenvolvimento do nosso município, além da geração de emprego e renda. Afinal, toda a cadeia turística ganha com as certificações”. Segundo a secretária de Turismo, em todo o Brasil, há apenas 18 praias que podem ostentar o Selo Bandeira Azul. “Do total, duas estão em Camaçari, o que dá ainda mais importância às ações realizadas pela Prefeitura”. A secretária disse ainda que a administração municipal já iniciou os trabalhos para tentar certificar mais uma praia de Camaçari. “Iniciamos o levantamento da Praia Aldeia Hippie, em Arembepe, que, ao nosso ver, preenche os requisitos para ser contemplada também”, afirmou Lúcia Bichara. Thiara Reges, freelance para a Vilas Magazine.


Raymundo Dantas

Escritor e palestrante, especializado em Marketing no Varejo, com Mestrado na Espanha. raymundo_dantas@uol.com.br

Formando um time para vencer

A

‘guerra’ da venda não se decide apenas no salão de vendas ou no caixa. Ela é preparada, e às vezes até perdida, também atrás das paredes da loja, naquilo que chamamos de retaguarda, ou infraestrutura da empresa. Trata-se do apoio que precisa existir, em dimensões e competência adequadas, para dar suporte às operações de venda. E aí não falamos apenas do comprador, ou do pessoal de depósito, mas de todos os que cuidam da administração, das finanças, dos recursos humanos, da segurança, da manutenção, da limpeza, enfim, de todas as demais atividades que não são diretamente ligadas à venda. Essa infraestrutura pode ser maior ou menor, conforme as dimensões do negócio, mas o importante é que ela esteja trabalhando inteiramente para o sucesso das vendas, como um time bem azeitado e voltado para ajudar a linha de frente a fazer gol. Com muita frequência acontece que se forma uma certa distância, uma separação entre o pessoal de vendas

e a turma da retaguarda, criando-se subculturas diferenciadas. O pessoal de vendas, voltado agressivamente para o cliente, reclama velocidade nas ações da retaguarda, comete ‘infrações’ de ordem normativa, quer levar o barco, às vezes, no peito e na raça. A turma do escritório, exigente na sua rotina burocrática, queixa-se da indisciplina dos colegas da venda. E vai-se abrindo um fosso cada vez maior entre os comportamento dos dois grupos, que precisa ser imediata e severamente atacado. Estamos cansados de saber que é preciso que tudo se realize com interação e flexibilidade, pois a administração deve se sentir parte da venda e estar a seu serviço. Por outro lado, a rapidez que se exige na ponta, não pode atropelar um mínimo de organização estabelecida, sem a qual tudo vai para o brejo. Assim, é preciso trabalhar essas diferenças de modo definitivo e integrador. É necessário, em primeiro lugar, criar uma consciência de clientela interna, de modo que cada setor entenda que é sempre fornecedor ou cliente dos outros setores da própria empresa, e assim se

relacionem entre si, do mesmo modo como a empresa espera se relacionar com seu cliente externo: o consumidor. É o comprador entendendo que o pessoal de vendas é seu cliente, e por isso deve ouvi-lo, interagir, trabalhar de comum acordo com ele, com as informações que ele passa, etc. O mesmo se dará com os setores financeiro, contábil, administrativo, depósito, etc. Um deve estar sempre trabalhando para o outro, e é bom que o façam com o mesmo conceito de qualidade de serviço que está sendo usado para o cliente externo, ou seja, rapidez, economia, criatividade, simpatia, empatia e acolhimento. No fundo, trata-se de gerar consciência quanto ao objetivo final da própria empresa. É para lá que todos precisam estar olhando, como um verdadeiro time, onde goleiro, defesa e ataque estejam todos preocupados com o resultado da partida, e para isso joguem com bravura e conjunto. Para isso você, que é proprietário ou gerente, precisa estar atento e funcionar como um bom técnico do time, ou como dizem agora, um ‘coach’, sempre atento, vigilante e educador do seu pessoal. E vamos ver bola na rede!

Anuncie onde todos procuram Comprovadamente EFICIENTE. Faça o teste. Peça referência. Consulte quem anuncia. 3379-2439 (tel./zap) / 3379-2206 comercial@vilasmagazine.com.br Novembro de 2020 | Vilas Magazine | 27


MAIS DIGITAL OU

MAIS HUMANO?

Como será o novo normal? Mais digital ou mais humano? Mais livre ou mais live? Mais ativo ou mais interativo? Uma coisa ou outra ou tudo junto? O certo é que o novo normal vai trazer novos aprendizados. Nós, que adoramos aprender, já estamos preparados. E você?

Sartre Escola SEB. Prontos para o novo.

Matrículas Abertas. ANR VILAS MAGAZINE 182x241cm.indd 1

23/10/2020 09:39

Profile for Vilas Magazine

Vilas Magazine | Ed 262 | Novembro de 2020 | 25 mil exemplares  

Vilas Magazine | Ed 262 | Novembro de 2020 | 25 mil exemplares

Vilas Magazine | Ed 262 | Novembro de 2020 | 25 mil exemplares  

Vilas Magazine | Ed 262 | Novembro de 2020 | 25 mil exemplares

Advertisement