Page 1

Saúde & Bem-Estar Gastronomia Festas

Classificados

Educação

 Casa & Decoração Saúde & Bem-Estar Serviços ............................... págs.: 110 e 123 .... págs.: 50 à 74 Saúde & Bem-Estar Esportes......................................94 Psicoterapia.................................77 Saúde & Bem-Estar Psiquiatria...................................77 Idiomas................................94 / 95 Serviços Gastronomia págs.: 75 à 83 Gastronomia............... Auto & Cia.......................... págs.: 124 à 125 Academia....................................54 Terapia........................................77 Livraria........................................95 Administração Gastronomia Autode&Condomínios.108 Cia Acupuntura.................................55 Urologia......................................77 Música........................................95 Saúde & Bem-Estar Festas Advocacia.................................. 108 Angiologia...................................55 ................................. pág.: 126 Reforço Imóveis Escolar............................95 Festas............................ págs.: 84 à 88 Água.......................................... 108 Festas Imóveis Cardiologia..................................56 Educação Água / Purificação.....................108 Gastronomia Cirurgia Plástica. . .........................56 ......................... págs.: 127 à 128 Educação .................... págs.: 89 à 94 Tribuna do Leitor Andaimes..................................108 ClínicaEducação Geral................................56 Açougue......................................80 & Decoração Antenas............................ 108 / 109  Casa Festas Clínica Médica......................57 / 58 Alimentos. ...................................80 ... págs.: 95 à 109 Casa & Decoração pág.: 130 Luas & Marés..................................  Ar Condicionado........................109 Dermatologia..............................59 Casa & Decoração Bebidas.......................................80 Arquitetura.................................98 Artigos Esportivos......................109  Educação Diagnóstico por Imagem..............59 Construção & Reforma.........98 / 99 Bolos & Tortas.............................80 Serviços



Endocrinologia............................59 Serviços Enfermagem Domiciliar...............59 Espaço Terapêutico......................59 Auto & Cia Estética. .......................................60 Farmácia.....................................60 Fisioterapia..........................60 / 62 Imóveis Fisioterapia Domiciliar.................62 Fisioterapia Pediátrica.................62 Gastroenterologia................63 / 64 Geriatria......................................64 Ginecologia.................................64 Laboratório.................................64 Massoterapia..............................64 Material Hospitalar..............64 / 65 Nefrologia...................................65 Nutrição......................................65 Odontologia.........................65 / 70 Oftalmologia........................70 / 72 Oncologia....................................72 Otorrinolaringologia.............72 / 75 Pediatria......................................75 Planos de Saúde..........................75 Podologia.............................75 / 76 Produtos Naturais.......................76 Psicanálise...................................76 Psicologia.............................76 / 77 Psicopedagogia............................77

Culinária Oriental.................80 / 81 Cortinas..............................99 / 100 Casa & DecoraçãoDecoração.................................100 Delicatessen................................81 Auto & Cia Doces & Salgados........................81 Designer de Interiores...............100 Lanches.......................................81 Divisórias..................................100 Imóveis Serviços Picolés. ........................................81 Saúde & Bem-Estar Eletricista.................................. 100 Pizzarias...............................82 / 83 Estofados..................................101 Auto & Cia Forros........................................ 101 Restaurantes........................83 / 84 Gastronomia Horto......................................... 101 Imóveis Jardinagem & Paisagismo..........101 Festas Madeira Tratada........................101 Madeireira................................102 Aluguel de Brinquedos................87 Educação Aluguel de Material.....................87 Márnores & Granitos.................102 Aluguel de Móveis.......................88 Material de Construção.............102 Casa & Decoração Móveis Planejados....................102 Bolos & Tortas.............................88 Bufê............................................88 Películas.................................... 103 Bufê de Roskas............................88 Persianas................................... 103 Serviços DJ................................................88 Piscinas..................................... 103 Espaços para Eventos. Portões...................................... 103 . ..........88 / 89 Saúde & Bem-Estar Auto & Cia Eventos.......................................89 Redes........................................ 103 Fotografias..................................89 Redes de Proteção.....................103 Gastronomia Imóveis Garçons.......................................89 Segurança Eletrônica........103 / 104 Mesas & Cadeiras........................89 Serviços..................................... 104 Festas Serviços Gerais..........................105 Telas Mosquiteiras.....................105 Educação Toldos............................... 105 / 106 Utensílios de Cozinha................106 Cursos.........................................91 Casa & Decoração Escola...................................91 Vidraçaria..................................106 / 94







Assistência Técnica...........110 / 111 Autoescola................................111 Carretos....................................111 Chaveiros.................................. 111 Contabilidade................... 111 / 112 Desinsetização..................112 / 113 Entulhos & Podas.............113 / 114 Estofados......................... 114 / 115 Fogões....................................... 115 Gás............................................ 115 Gráfica.......................................115 Saúde & Bem-Estar Hospedagem.............................115 Informática....................... 115 / 116 Gastronomia Lavagens...................................116 Limpa Fossa......................117 / 118 Festas Moda........................................ 118 Mudanças................................. 118 Educação Pet Shop.................................... 118 Poços........................................ 118 Casa & Decoração Táxi........................................... 119 Transportes...............................119 Veterinários. ..............................119 Serviços



Auto & Cia Serviços............................ 122 / 123

Imóveis

Serviços ORIENTAÇÃO AOS LEITORES A revista Vilas Magazine não tem qualquer responsabilidade pelos serviços e produtos das empresas anunciados em suas edições, nem assegura que promessas divulgadas como publicidade serão cumpridas. Pessoas físicas e Auto & Cia jurídicas de má fé podem utilizar um veículo de comunicação para fraudar e ludibriar os leitores, ou induzi-los em erro. A fim de evitar prejuízos, recomendamos que os leitores avaliem e busquem informações sobre os produtos e serviços anunciados, que estão sujeitos Imóveis às normas do mercado, do Código de Defesa do Consumidor e do CO­NAR – Conselho Nacional de Auto-regulamentação Publicitária. A revista não se enquadra no conceito de fornecedor, nos termos do art. 3º do Código de Defesa do Consumidor e não pode ser responsabilizada pelos produtos e serviços oferecidos pelos anunciantes, sobretudo quando não se pode deduzir qualquer ilegalidade no ato da leitura de um anúncio. A revista Vilas Magazine, com o objetivo de zelar pela integridade e cre­di­bilidade das mensagens pu­ blicitárias publicadas em suas edições se reserva o direito de recusar ou suspender a vei­culação de anúncios enganosos ou abusivos que causem constrangimentos ao consumidor ou a empresas.

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 51


Peru e lasanha de vegetais são boas opções para ceia de Natal Carnes magras e sem pele, salada e suco garantem um jantar rico em vitaminas sem perder o sabor

F

ugir dos alimentos gordurosos na ceia de Natal não é uma tarefa fácil, mas, com força de vontade, é possível. O segredo de uma ceia com alimentos saborosos, ricos em vitaminas e saudáveis é o equilíbrio e a moderação na hora de cozinhar e de comer. “É a época do ano em que as pessoas aproveitam para comer o que for possível, mas não é bem assim. É importante manter o equilíbrio no prato, trocar alimentos que são mais ricos e vão deixar a ceia saborosa”, explica a nutricionista Mirian Martinez. Para uma ceia saudável, a escolha da carne também é im­ portante. O ideal é optar por carnes magras, como peru, lombo

52 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

e bacalhau. A carne do peru ajuda na redução do colesterol. Porém, a pele é gordurosa – o indicado é retirá-la e comer preferencialmente a parte do peito. Já em relação ao chester, uma das tradições das festas natalinas, é preciso ter cuidado por cau­ sa dos hormônios. “O indicado é comer somente quando a embalagem mostra que o produto foi tratado de maneira orgânica”, afirma a especialista. Também é preciso prestar atenção aos acompanhamentos. Fuja das frituras e abuse das saladas. Os legumes e a lasanha de vegetais podem ser uma boa e saborosa combinação. O arroz branco pode ser substituído pelo integral, por ser mais rico em fibras. É possível acrescentar sementes, como castanhas, nozes e frutas secas. Para a sobremesa, frutas, como pêssego, ameixas e figo. E prefira os sucos aos refrigerantes e bebidas alcoólicas. FORA DE CASA O equilíbrio no prato também vale quando a refeição for feita fora de casa. Para isso, escolha salada, legumes, somente um carboidrato (arroz ou massa) e lembre-se de também tirar a pele da carne de peru. “ O ideal é ter uma alimentação leve durante o dia e comer a cada três horas para não ter muita fome no momento da ceia”, diz Mirian. Amanda Gomes / Folhapress.


Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 53


ACADEMIA

ACADEMIA

ACADEMIA

ACADEMIA

54 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


ACUPUNTURA

ANGIOLOGIA

ANGIOLOGIA

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 55


CARDIOLOGIA

CARDIOLOGIA

ANOS LAURO DE FREITAS

Corpo Clínico:

Serviços:

- Consultas - Ecocardiograma Transtorácico Colorido - Eletrocardiograma - Holter - Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial - Teste Ergométrico Computadorizado - Nutricionista - Reabilitação Cardíaca (CORDIS)

71 3024-5500/3379-7803

Amâncio Valois Mendez | CRM 6597 Antonio Carlos Fonseca de Queiroz | CRM 8206 Carolina Guimarães Bandeira Machado | CRM 15232 Carolina Kilpp Leiria | CRM 21154 David Vasquez Jacob | CRM15753 Fernanda Baptista Lins | CRM 13298 Iracema Santos Oliveira | CRM 6246 Maria do Carmo Orge Rodrigues | CRM 13172 Nelmacy Ribeiro de Freitas | CRM 6316 Oseas Valença Baptista Neto | CRM 5949 JJlandia Rodrigues dos Santos | CRN 2485 (Nutricionista)

UNIDADE LAURO DE FREITAS

SHOPPING ESTRADA DO COCO, SALA 315

CARDIOLOGIA

PITUBA PARQUE CENTER, SALA 134 - ALA B

CIRURGIA PLÁSTICA

CLÍNICA GERAL

56 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

UNIDADE PITUBA

RESPONSÁVEL TÉCNICO: CAROLINA MACHADO (CRM: 15232)

A CLÍNICA DO SEU CORAÇÃO. PORQUE O NOSSO, BATE POR VOCÊ!


CLÍNICA MÉDICA

CLÍNICA MÉDICA

CLÍNICA MÉDICA

CLÍNICA MÉDICA

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 57


CLÍNICA MÉDICA

CLÍNICA MÉDICA

CLÍNICA MÉDICA

58 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


DERMATOLOGIA

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

ENDOCRINOLOGIA

ENFERMAGEM DOMICILIAR

ESPAÇO TERAPÊUTICO

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 59


ESTÉTICA

ESTÉTICA

ESTÉTICA

Av. Praia de Itapoan, 381 • Vilas do Atlântico • Lauro de Freitas Av. Praia de Itapoan, 381 • Vilas do Atlântico • Lauro de Freitas 3508•0976 /Av. 3024•3935/ Praiarevitalleclinic.com.br de99955•8805 Itapoan, 381revitalleclinic.com.br • Vilas do Atlântico • Lauro de Freitas 3508•0976 / 3024•3935/ 99955•8805 Av. Praia de Itapoan, 381 • Vilas do Atlântico • 99955•8805 Lauro de Freitasrevitalleclinic.com.br 3508•0976 / 3024•3935/ revitalleclinic Praia de Itapoan, 381 • Vilasrevitalleclinic do Atlântico • Lauro de Freitas revitalleclinic revitalleclinic 3508•0976 /Av.3024•3935/ 99955•8805 revitalleclinic.com.br 3508•0976 / 3024•3935/ 99955•8805 revitalleclinic.com.br

revitalleclinic revitalleclinic revitalleclinicrevitalleclinic revitalleclinic

ESTÉTICA

60 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

FARMÁCIA

FISIOTERAPIA

revitalleclinic


FISIOTERAPIA

FISIOTERAPIA

FISIOTERAPIA

FISIOTERAPIA

FISIOTERAPIA

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 61


FISIOTERAPIA

Fisioterapia Fisioterapia Estética Reabilitação Vestibular RPG Drenagem Linfática Disfunções da ATM Massoterapia Estimulação Precoce Avaliação Nutricional

FISIOTERAPIA

FISIOTERAPIA DOMICILIAR

FISIOTERAPIA

Fisio

OME

99990-9230 (vivo) 99317-1460 (TIM)

FISIOTERAPIA DOMICILIAR

62 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

Fisioterapia

Neurológica Cardiorrespiratória Ortopédica Geriátrica

www.fisiohome.com.br

FISIOTERAPIA PEDIÁTRICA


䐀爀愀⸀ 䄀搀爀椀愀渀愀 䌀⸀ 䄀渀搀爀愀搀攀 刀椀戀攀椀爀漀 䌀刀䴀 ㄀㌀㌀㜀㐀 ⴀ 䐀椀爀攀琀漀爀愀 吀挀渀椀挀愀

匀攀爀椀攀搀愀搀攀 攀 刀攀猀瀀攀椀琀漀

倀攀氀愀 嘀䤀䐀䄀

挀漀渀琀椀渀甀愀爀攀洀漀猀 挀漀洀 攀猀猀愀 洀椀猀猀漀 攀洀 ㈀ ㄀㠀

䄀最爀愀搀攀挀攀洀漀猀 愀 挀漀渀昀椀愀渀愀

 䈀䄀䰀쌀伀 䤀一吀刀䄀䜀섀匀吀刀䤀䌀伀  䔀一䐀伀匀䌀伀倀䤀䄀 䌀伀䰀伀一伀匀䌀伀倀䤀䄀

䌀氀渀椀挀愀

䘀䄀윀䄀 匀唀䄀 䴀䄀刀䌀䄀윀쌀伀 伀一䰀䤀一䔀

䜀愀猀琀爀漀攀渀琀攀爀漀氀漀最椀愀

䌀漀氀漀瀀爀漀挀琀漀氀漀最椀愀

䔀渀搀漀挀爀椀渀漀氀漀最椀愀

倀猀椀挀漀琀攀爀愀瀀椀愀

一甀琀爀椀漀

䌀椀爀甀爀最椀愀 最攀爀愀氀  嘀椀搀攀漀氀愀瀀愀爀漀猀挀漀瀀椀挀愀 攀 戀愀爀椀愀琀爀椀挀愀

最愀猀琀爀漀挀攀渀琀爀漀⸀渀攀琀

䰀漀琀攀愀洀攀渀琀漀 嘀愀爀愀渀搀愀猀 吀爀漀瀀椀挀愀椀猀⸀ 刀甀愀 䈀Ⰰ 儀甀愀搀爀愀 㐀 ⴀ 䰀漀琀攀 ㄀㘀  倀椀琀愀渀最甀攀椀爀愀猀Ⰰ 䰀愀甀爀漀 搀攀 䘀爀攀椀琀愀猀 ⴀ 䈀䄀⸀

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 63


GERIATRIA

GASTROENTEROLOGIA

GERIATRIA

AF_LBA-0085-17 - ANÚNCIO REVISTA VILAS MAGAZINE--8,8x8,4cm.pdf

LABORATÓRIO vmp8.com

GINECOLOGIA

Ginecologia e Obstetrícia Atendimento particular e convênios

Shopping Estrada do Coco, Sl. 423 Tel. 71 3026-3831 / 3024-2658 E-mail: atendimento@clinicafeminita.com.br

www.clinicafeminita.com.br /feminitasaudedamulher

/clinicafeminita

Diretor técnico: Dr. Robert Pedrosa CRM-BA 12639

MASSOTERAPIA

64 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

MATERIAL HOSPITALAR

1

07/11/


MATERIAL HOSPITALAR

NEFROLOGIA

NUTRIÇÃO

NUTRIÇÃO

ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 65


ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

Prótese - Estética - Harmonização Facial - Clínica Geral - Implantes - Ortodontia Laserterapia - Endodontia (canal) - Bichectomia - Preenchimento Facial - Botox - Lente de Contato Dr. Edger Bitencourt

Dra. Dayviane Sales

Implantes e Harmonização Facial

Especialista em Prótese e Estética

CRO/BA: 14747

CRO/BA: 7044

Dra. Maria Fernanda Bastos Especialista em Endodontia CRO/BA: 8482

Particular e Convênios: REDE UNNA - AMIL - BRADESCO - AMS PETROBRAS - SULAMERICA

71

3369.3695 / 3508.6736

66 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

98787.9269

MAIS EMPRESARIAL - Salas 1205/1206 - Buraquinho - Lauro de Freitas/Bahia


ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

NOVIDADES | Harmonização facial | Botox | Bichectomia | Volumização dos lábios | Preenchimento com ácido hialurônico | Remoção de papada Drª Alessandra A. Queiroz Especialista em Ortodontia, DTM e Dor OroFacial

Dr João Eduardo Queiroz Especialista em Implantes - Clínica Geral Prótese - Estética

3082-3231 | 3287-2243

99901-7101

Avenida Luis Tarquínio Pontes, nº 2580, bloco 4, sala 601 a 603, Vilas do Atlântico.

ODONTOLOGIA

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 67


ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

68 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 69


ODONTOLOGIA

Odontopediatria Ortodontia

OFTALMOLOGIA

OFTALMOLOGIA

70 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


OFTALMOLOGIA

OFTALMOLOGIA

OFTALMOLOGIA

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 71


OFTALMOLOGIA

OFTALMOLOGIA

刀攀猀瀀⸀ 吀挀渀椀挀漀 䐀爀⸀ 䘀戀椀漀 䰀攀瘀礀Ⰰ 䌀刀䴀 ㄀㐀㄀㤀㤀

ONCOLOGIA

OTORRINO

72 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 73


OTORRINO

OTORRINO

74 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


OTORRINO

PEDIATRIA

PEDIATRIA

PLANOS DE SAÚDE

PODOLOGIA

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 75


PODOLOGIA

PRODUTOS NATURAIS

De Seg. à Sáb. das 9:00 às 18:00h

bluefeetpodologia@gmail.com

Av. Luiz Tarquínio - Lauro de Freitas Estacionamento

PSICANÁLISE

PSICOLOGIA

PSICOLOGIA

PSICOLOGIA

PSICOLOGIA

PSICOLOGIA

76 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


PSICOLOGIA

PSICOTERAPIA

PSICOLOGIA

PSICOPEDAGOGIA

PSICOTERAPIA

PSIQUIATRIA

TERAPIA

UROLOGIA

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 77


CEIA COMPLETA Receitas natalinas são saborosas e podem ser consumidas sem culpa, seguindo dicas de nutricionistas; veja algumas sugestões de preparo

É

possível saborear a ceia de Natal sem ficar com a sensação de inchaço? Nutricionistas dizem que sim, bastando tomar cuidados. Além disso, as frutas secas, os sucos naturais e as saladas verdes são acompanhamentos saudáveis que têm tudo a ver com a data. A primeira dica é não pular o café da manhã ou o almoço. Segundo a nutricionista Regina Carrijo tentar compensar uma refeição anulando outra faz com que o metabolismo do corpo fique mais lento, reservando calorias. “E quando chegar a hora da ceia, a fome induzirá aos excessos”, afirma. Beber bastante água também é importante, especialmente a quem consome alcoólicos, que desidratam o organismo mais facilmente. A também nutricionista Juliana Simões reforça que frutas oleaginosas, como castanhas, nozes e amêndoas, são ótimos petiscos, pois têm gorduras boas, vitaminas e minerais que protegem o coração. Mas, por serem calóricas, devem ser ingeridas com moderação – se estiverem nos pratos principais, não é aconselhável servi-las como aperitivo. Para as carnes da mesa, ela indica peru, tender e lombo. “Elas têm teor reduzido de gorduras. No entanto, merecem atenção por conter grande quantidade de sódio, principalmente em produtos industrializados”, explica. Para a sobremesa, o ideal são as frutas frescas, como ameixa, pêssego, cereja, melão e figo, comuns nesta época do ano. Mas para quem não resiste aos doces, a dica é preparar uma única opção. “Assim, evita-se um consumo muito maior de calorias”, comenta Juliana. Após as festas, a orientação é manter o consumo de água reforçado e optar por alimentos leves e por caminhadas. “Exercícios exaustivos podem comprometer a hidratação e sobrecarregar”, adverte Regina. Confira algumas sugestões de receitas para a sua ceia de Natal. Karina Martins / Folhapress.

78 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

qPERU COM ERVAS INGREDIENTES 1 peru (cerca de 4 kg); 1 xícara (chá) de vinho branco; ½ xícara (chá) de suco de maracujá concentrado; 2 cebolas raladas; 4 dentes de alho amassados; 2 colheres (sopa) de orégano fresco; 2 colheres (sopa) de manjerona fresca picada; 2 tabletes de caldo de galinha esfarelados; 2 xícaras de frutas frescas picadas para decorar. MODO DE PREPARO Em um recipiente, coloque o peru com o vinho, o suco de maracujá e meia xícara (chá) de água. Cubra e leve à geladeira, para pegar gosto, por cerca de 30 minutos. Transfira-o, então, a uma assadeira e misture nele o restante dos ingredientes. Coloque o peito virado para baixo, cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (180º C), preaquecido, por cerca de uma hora. Retire o papel, vire o peru e regue com uma xícara (chá) de água. Asse por mais cerca de uma hora ou até dourar Dicas: Enquanto o peru estiver no forno, regue-o como molho formado na assadeira. Isso deixará sua carne mais macia e úmida. Para servi-lo, você pode decorá-lo com frutas da estação SHEILA OLIVEIRA / DIVULGAÇÃO


qMUSSE DE CHOCOLATE COM NOZES

pARROZ A GREGA COM TENDER

DIVULGAÇÃO

INGREDIENTES Arroz: 1 colher (sopa) de óleo de soja; 1 dente de alho picado; 3 xícara (chá) de arroz; 6 xícaras (chá) de água fervente; 2 colheres (chá) de sal. Refogado: 2 colheres (sopa) de azeite de oliva; 1 cebola média picada; 1 cenoura pequena cortada em cubos pequenos; 1 pimentão vermelho cortado em cubos pequenos; 1 pimentão amarelo cortado em cubos pequenos; 1 pimentão verde cortado em cubos pequenos; 2 xícaras (chá) de tender cozido e cortado em cubos pequenos; ½ xícara (chá) de uvas-passas pretas sem sementes; ½ xicara (chá) de uvas-passas brancas sem sementes. MODO DE PREPARO Em uma panela, aqueça o óleo de soja em fogo médio e refogue o alho. Junte o arroz e mexa por alguns minutos. Acrescente a água e o sal. Tampe parcialmente a panela e cozinhe por 10 a 15 minutos ou até o líquido secar e os grãos ficarem cozidos. Desligue o fogo, tampe a panela e reserve. Em uma outra panela, aqueça o azeite em fogo médio e refogue a cebola e a cenoura até ficarem macias. Junte os pimentões e o tender e refogue por mais alguns minutos. Acrescente o arroz cozido e as uvas-passas. Misture bem e sirva em seguida

INGREDIENTES Musse de nozes: 1 ½ xícara (chá) de creme de leite fresco; 2 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro; 1 colher (chá) de gelatina em pó sem sabor; Água para hidratar a gelatina; 250 g de chocolate branco; ½ xícara (chá) de creme de leite em caixinha; 100 g de nozes picadas. Musse de chocolate: 1 ½ xícara (chá) de creme de leite fresco; 2 colher (sopa) de açúcar de confeiteiro; 1 colher (chá) de gelatina em pó sem sabor; Água para hidratar a gelatina; 250 g de chocolate meio amargo; ½ xícara (chá) de creme de leite em caixinha. Decoração: Raspas de chocolate meio amargo; Raspas de chocolate branco; Nozes. MODO DE PREPARO Musse de nozes: Bata o creme de leite fresco com o açúcar até formar um chantilly com picos firmes. Reserve. Hidrate a gelatina seguindo instruções da embalagem. Reserve. Em um recipiente, coloque o chocolate branco e o creme de leite de caixinha. Leve ao micro-ondas para derreter. Acrescente as nozes a esse creme e misture. Adicione a gelatina dissolvida e fria no chantilly batido. Junte lentamente o chantilly ao chocolate com nozes e reserve Musse de chocolate: Com os ingredientes deste creme, repita o processo anterior – com exceção do acréscimo das nozes. MONTAGEM Em um refratário, alterne as camadas de musse de nozes e de de chocolate, até acabarem os ingredientes. Finalize com raspas de chocolate branco, de chocolate meio amargo e nozes. Leve à geladeira por quatro horas e sirva em seguida. DIVULGAÇÃO

qFAROFA DE BANANA INGREDIENTES 2 ½ xícara (chá) de farinha de mandioca torrada; 2 sachês de tempero em pó para legumes, verduras e arroz; ½xícara de óleo de soja; 1 cebola média ralada; 3 bananas-nanicas cortadas em rodelas grossas; 1 colher (sopa) de cebolinha picada. MODO DE PREPARO Em uma tigela grande, misture a farinha de mandioca e o tempero em pó. Reserve. Em uma panela DIVULGAÇÃO

média, aqueça o óleo em fogo médio e doure a cebola. Junte as bananas e refogue por mais dois minutos. Adicione aos poucos a farinha temperada e a cebolinha. Misture e sirva em seguida. Dica: Adicione meia xícara (chá) de castanha de caju picada. Crédito: Leonardo Carvalho, chef da Unilever.

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 79


ALIMENTOS

AÇOUGUE

BEBIDAS

BOLOS & TORTAS

CULINÁRIA ORIENTAL

CULINÁRIA ORIENTAL

80 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

BOLOS & TORTAS


DELICATESSEN

CULINÁRIA ORIENTAL

DOCES & SALGADOS

DOCES & SALGADOS

LANCHES

LANCHES

LANCHES

DELIVERY: 3123-0802 PREMIUM HOT DOGS!

THE DOGFATHER - VILAS DO ATLÂNTICO Avenida Praia de Pajussara, 656 | Lauro de Freitas

PICOLÉ

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 81


PIZZARIA

PIZZARIA

PIZZA GRANDE DO DIA

FORNO A LENHA

R$

2 PIZZAS GRANDES DO DIA

33,90

R$

Todos os dias

59,90

BORDA RECHEADA

GRÁTIS NA PIZZA GRANDE (CHEDDAR OU MUSSARELA)

Seg a Qui

COMPRE PIZZA GRANDE, GANHE UMA PEQUENA DE BRIGADEIRO Terça

Quarta

REFRI GRÁTIS NO DELIVERY Consulte regras

3289-5050 | 3379-3230

Delivery pelo WhatsApp - (71) 99274-4404 Rua Priscila Dutra, 268, Vilas do Atlântico - Lauro de Freitas 82 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

Promoções não cumulativas válidas somente para os meses de outubro e novembro de 2017.

PIZZARIA


PIZZARIA

PIZZARIA

O VE RDAD EI RO SA

BO R DA PI ZZA

DA S E R R A G A Ú C H PIZZARIA

A

RESTAURANTE

RESTAURANTE

u

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 83


RESTAURANTE

Vinhos que combinam com os pratos típicos de fim de ano

O

sommelier André Zangerolamo, da World Wine, uma das três maiores importadoras de vinhos premium do Brasil, dá dicas de vinhos que combinam com as tradicionais receitas da época de Natal:

PERU ASSADO - Carne geralmente leve e com intensidade de sabor bastante delicada, o peru assado, típico de natal se torna mais saboroso acompanhado de um leve e refrescante Pinot Noir. A sugestão do sommelier é o Garzón Estate Pinot Noir Rosé 2017 (preço variando a partir de R$ 70) com médio corpo, excelente frescor e delicadeza, onde destacam as notas de cereja e morango. QUICHE DE BACALHAU - Este prato rico em sabor e de corpo leve pode ficar sensacional se combinado com um branco fresco. A sugestão é o Fantini Pinot Grigio IGP 2016, feito a partir de frutas cítricas e frutas brancas, como limão siciliano, pera e maça, esse vinho possui boa acidez com toques florais e minerais. PANETTONE - Não tem nada mais natalino e famoso no mês de dezembro. Com sabores delicados, esta sobremesa fica ainda mais saborosa, um acompanhamento ideal é o Vin Santo del Chianti “Il Nostro” DOC 2003, que traz notas de frutas brancas, como pêssegos, flores brancas e toques de mel e damascos. RABANADA - Essa sobremesa tipicamente natalina não pode faltar nas comemorações. Para a combinação a sugestão é o Lions de Suduiraut 2011, que traz notas de damascos, mel, além de toques de especiarias doces, como canela, que também são saboreadas na cobertura das rabanadas. TENDER - O prato natalino geralmente temperado com cravos e acompanhado por molhos agridoces, o tender pode casar muito bem com vinhos de médio corpo que carreguem acidez equilibrada. Para esse prato a indicação é o Armador Carmenère Orgânico 2015 (preço variando a partir de R$70), com aromas e especiarias como pimenta negra e cravos, seu paladar refrescante é equilibrado entre taninos e acidez. PERNIL SUÍNO – Um simples pernil marinado se torna um evento por incrível, mas acompanhar esse prato com um tinto toscano torna o evento mais saboroso. Para esse prato a indicação é o Vivanco Crianza 2012 (preço variando a partir de R$120), elaborado a partir da frutada Tempranillo, possui notas de frutas vermelhas, especiarias e toques defumados, que casarão muito bem com um delicioso pernil assado.

84 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


qTENDER COM MOLHO DOCE E APIMENTADO

MODO DE PREPARO Faça cortes quadriculares no tender e coloque os cravos-da-índia nas junções. Misture os outros ingredientes do molho, menos a água e o amido de milho. Leve ao fogo alto e deixe ferver. Diminua o fogo e acrescente os dois ingredientes que faltam, mexendo até engrossar. Pincele o tender com essa mistura e leve ao forno, com fogo moderado, por cerca de 40 minutos. Sirva acompanhado do restante da calda.

JULIA CHEQUER / FOLHAPRESS

INGREDIENTES 1 tender de 1,2 kg 3 dentes de alho descascados 2 pimentas-dedo-de-moça sem semente 1/4 de xícara (chá) de vinagre de vinho branco 1/2 xícara (chá) de açúcar 1 colher (sopa) rasa de amido 3/4 de xícara (chá) de água 1/2 colher (sobremesa) de sal Cravos-da-índia

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 85


bilizadas para as festas de fim de ano. Se o número de interessados for grande, o recomendável é organizar uma lista de condôminos e promover um sorteio, para que ninguém se sinta lesado.

A

Para um fim de ano de paz no condomínio, questões relativas à decoração de Natal e às festas devem ser negociadas; confira dicas de etiqueta para o período

gradar a todos na decoração de Natal das áreas comuns do condomínio é uma tarefa quase que impossível para os síndicos. Segundo especialistas no tema, a mistura de estilos e materiais e o excesso de elementos é o principal fator da frustração dos condôminos. Em relação ao que pode e o que não pode na promoção das festas nas unidades e nas áreas de lazer, cada condomínio costuma ter suas regras, estabelecidas na convenção ou regimento interno. Caso não tenham regras específicas para as datas de final de ano, no uso do salão de festa, por exemplo, vale a norma geral do prédio. A tolerância costuma ser maior quanto à promoção de festas nesta época, mas excessos continuam vetados; veja algumas dicas de como proceder na organização da sua comemoração e em relação às promovidas pelo condomínio DECORAÇÃO DO BEM Na decoração das áreas comuns do prédio e fachada, é possível uma ação coletiva ou individual. O mais comum, no entanto, é a decoração individual, em que cada condômino decide os adereços e os coloca. A liberdade de escolha também se estende para o síndico, nas áreas comuns. MENOS É MAIS O bom senso não deve ser deixado de lado, mesmo em meio ao clima festivo que, em geral, acompanha o fim de ano. É comum que a tolerância em relação ao barulho aumente nessa época, sem isentar o morador de ficar atento aos limites. Mesmo que não existam regras gerais de convivência e que cada condomínio tenha sua dinâmica própria, o lema “sua liberdade acaba quando começa a minha” vale independentemente da data, afinal, educação e bom senso não têm época. As festas devem ser comemoradas e não transformadas em tragédias. SALÃO DE FESTAS PARA A CEIA As áreas do condomínio destinadas às festas, como salões e churrasqueiras, podem ser disponi-

86 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

BONDADES NATALINAS Para a caixinha de Natal do prédio não virar motivo de discórdia e constrangimento, é recomendável que os funcionários não tenham acesso à relação de doadores e valor da gratificação.

D

entro de casa, a decoração natalina costuma ser menos polêmica em relação à do prédio, mas a dica de elegância prevalece: evitar excessos. Nessa linha, a sugestão é apostar em enfeites proporcionais ao espaço onde ficarão – inclusive para o ícone da época, a árvore de Natal, que deve ser proporcional ao espaço onde ela será exposta. Antes de comprar é preciso verificar a altura e a largura. Quanto à posição na casa, o ideal é evitar lugares com muitos objetos. A mistura de estilos é outra prática que polui e confunde. Releituras de clássicos, por exemplo, criam uma unidade e dão ar vintage ao ambiente. Par a coordenadora da pós-graduação em design de interiores do Instituto Europeo di Design, Cintia Lie, ornamentar todos os ambientes pode deixar a decoração exagerada. Segundo ela, banheiros, lavabos e corredores não devem receber adereços. “Pequenas velas deixam os ambientes molhados aconchegantes. Enfeites grandes e penduricalhos que atrapalham a circulação devem ser evitados”, diz Cintia. Para espaços pequenos, como corredores, ela recomenda o uso de guirlandas. Devido ao grande volume de itens disponíveis, é preciso ficar atento à procedência. No caso da instalação de luzes na rua é preciso que a estrutura seja emborrachada para evitar o contato com a umidade. Caroline Apple / Folhapress.


ALUGUEL DE BRINQUEDOS

ALUG. DE BRINQUEDOS

ALUGUEL DE BRINQUEDOS

ALUGUEL DE BRINQUEDOS

ALUGUEL DE MATERIAL

ALUGUEL DE MATERIAL Tudo para sua festa.

Venha conferir!

+55 71 99209-5606 | +55 71 99128-5558 locstopdecor@hotmail.com LocStop_Decor

/locstopdecor

Av. Luiz Tarquinio Pontes, 1891 Galeria Joanna Marques - Sala 101 - Lauro de Freitas

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 87


ALUGUEL DE MÓVEIS

BOLOS & TORTAS

BUFFET

BUFFET

BUFFET

DJ

DJ

ESPAÇO PARA EVENTOS

CASAMENTOS, ANIVERSÁRIOS, 15 ANOS, BODAS E OUTROS.

88 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

BUFFET DE ROSKAS


ESPAÇO PARA EVENTOS

EVENTOS

ESPAÇO PARA EVENTOS

FOTOGRAFIAS

GARÇON

FOTOGRAFIAS

MESAS & CADEIRAS

Imagens aéreas

Homologado pela ANATEL (71) 99923-4304 99675-5309 @target.drone

MESAS & CADEIRAS

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 89


Mensalidade e material escolar: 5 passos para organizar as finanças

M

uitas famílias se perguntam como lidar com o reajuste da mensalidade e a compra do material escolar para o próximo ano letivo dos filhos. Reinaldo Domingos, do canal Dinheiro à Vista, orienta que essas não devem ser consideradas despesas, e sim investimentos para o futuro. “Mesmo que altos, esses valores devem ser priorizados no orçamento. A família pode diminuir ou cortar outras despesas, menos importantes e muitas vezes supérfluas, para garantir a continuidade dos estudos de qualidade”, diz. Veja orientações para se organizar: 1- Faça um diagnóstico financeiro É importante que a família faça um diagnóstico financeiro para saber em qual situação se encontram. Se for de endividamento ou inadimplência, é hora de rever todos os gastos para priorizar a continuidade dos filhos na escola.

com o diretor, explicando a situação para negociar o aumento na matrícula. Pode ser que consiga uma bolsa, um desconto, mesmo que temporário, a isenção da matrícula ou mesmo uma condição especial para pagar as mensalidades. Tudo para garantir um estudo de qualidade às crianças. Considere também os diferenciais que a escola oferece para a educação de seus filhos, como por exemplo a educação financeira em sala de aula. Este tem sido considerado o melhor caminho para que esta nova geração tenha um comportamento sustentável em relação às finanças, sendo menos endividada e inadimplente. 5- Compre com planejamento Antes ir às compras, a família pode analisar itens do ano passado e selecionar tudo o que pode ser usado novamente este ano, como tesoura, régua e mochila, por exemplo. Algo interessante é reunir alguns pais e comprar itens em atacado, como caixas de lápis, cadernos e agendas. No dia das compras, converse com o(s) filho(s) sobre o orçamento, para que não corram o risco de se deixar levar pelo impulso e gastar mais do que o planejado. Lembre-se que não é preciso comprar todos os itens na mesma loja, mas se for fazer dessa forma, peça um bom desconto.

2- Reduza gastos Com o diagnóstico financeiro em mãos, veja quais gastos pode reduzir ou eliminar para priorizar o pagamento da mensalidade escolar e a compra do material sem comprometer as finanças da família. O diagnóstico financeiro irá gerar consciência de seu estilo de vida e padrão de consumo, para que possa mudar o comportamento e cortar gastos desnecessários. 3- Saiba o quanto irá pagar Conheça o valor mensal exato a ser pago no próximo ano. Assim pode traçar um planejamento financeiro para 2018, considerando o valor reajustado da matrícula. Neste planejamento, é importante considerar também as despesas intrínsecas à rotina escolar, como lanche, transporte, eventuais passeios, etc. Em relação ao material escolar, é válido fazer pesquisas de orçamento desde já. Envie a lista para pelo menos três estabelecimentos diferentes, negocie o pagamento e opte pelo que oferece melhores preços e condições de pagamento. 4- Não tenha medo de negociar Se preciso, é recomendável marcar uma reunião 90 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

VIRINA FLORA / DEPOSITPHOTOS


CURSOS

ESCOLA

ESCOLA

ESCOLA

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 91


ESCOLA

ESCOLA

92 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


ESCOLA

ESCOLA

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 93


ESCOLA

ESPORTES

IDIOMAS

IDIOMAS

Programa de Imersão em Inglês

Semeanddoe valores

Play, Learn

Era uma vez...

and

Grow...

T gether! Arte/Arts

IDIOMAS

Culinária/Cooking Jardinagem/Gardening E muito mais!

E viveram felizes para sempre!� Seu Filho vai aprender inglês brincando! MATRICULE SEU FILHO JÁ - 3 À 9 ANOS

94 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

Contato: Ana Maria 71 3379-6684 Silvia Martins 71 9123-7447

brinkandplay


IDIOMAS

IDIOMAS

LIVRARIA

MÚSICA

MÚSICA

REFORÇO ESCOLAR

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 95


Na hora de decorar espaços pequenos dentro de um ambiente maior – como os cantos de uma sala ou a área sob uma escada –, a harmonia nas peças é essencial. A arquiteta Ana Paula Guimarães, do escritório Manarelli Guimarães Arquitetura, em Salvador, recomenda combinar tons, para criar uma esfera limpa. EM EXPOSIÇÃO Havendo um espaço entre Antes de decorar o local, Rebecca sugere verificar se a área portas, por exemplo, a ideia de pode ter alguma funcionalidade, como um escritório ou canto Ana Paula é estilizar o ambiende leitura. “Caso não seja possível, a ideia é dar uma finalidade te, colocando uma cômoda, com livros e abajur em cima, decorativa ao espaço. Para isso, pode-se usar lembranças de um banquinho ou até poltroviagem ou de família”, sugere. nas coloridas. Já a arquiteta Foi esse o projeto da arquiteta para o loft de um cliente que era soteropolitana Rebecca de piloto de rally e guardava uma coleção de objetos e garrafas traziGonzaga vê as luminárias verdos de viagens a diversos países. “Era um cantinho meio perdido, ticaisvãos comode uma boa pedida Cantos estreitos, escadas e embaixo de uma escada. A gente criou um espaço para o aparador para os cantos. até alto de armários podem entrar e arrumou a coleção ali, para ficar mais harmônico e não interferir Outra opção é construir uma tanto na decoração do apartamento como um todo”, diz Rebecca. estante uma horta ou criar em harmonia comcom o ambiente, A profissional aplicou o mesmo princípio ao utilizar objetos um jardim. “Vasos com vegequando decorados com móveis da coleção pessoal de outra cliente em uma varanda, pendurantação são sempre uma boa. e objetos adequados Harmonizam o ambiente e do os itens na parede acima do sofá. “Como não cabiam muitos preenchem o canto”, opina Remóveis, coloquei o sofá para servir de apoio. E, para dar um becca, que também considera do Manarelli Guimarães transforma canto emorganizada”, escritório charme, expus objetos da coleção dela, de forma a hora de decorar espaços pequenos dentro de um Projeto essencial enxergar o ambiente explica a arquiteta. ambiente maior – como os cantos de uma sala ou como um todo. “É importante Lara Pinheiro / Ag. A Tarde. a área sob uma escada –, a harmonia nas peças é que o canto faça parte do resto Lucas Divulgação LUCAS Silva SILVA / / DIVULGAÇÃO essencial. A arquiteta AnadoPaula Guimarães, recomenda espaço”, diz. combinar tons, para criar uma limpa. Havendo um Poresfera outro lado, Rebecca espaço entre portas, por exemplo, a ideia de Paula é também pontua queAna é possível estilizar o ambiente, colocando uma cômoda,para comolivros dar um destaque “can-e tinho ou excluído”, inserindo eleabajur em cima, um banquinho até poltronas coloridas. mentos que fujam do que Já a arquiteta soteropolitana Rebecca de Gonzaga vê já as está boa sendo usado noosresto do luminárias verticais como uma pedida para cantos. ambiente. Ana com Paula concorOutra opção é construir uma estante uma horta Objetos da: “Os materiais podem ser ou criar um jardim. “Vasos com vegetação são sempre de completamente diferentes, uma boa. Harmonizam o ambiente e preenchem o canto”, coleção até pela diferença do ambienopina Rebecca, que também considera essencial enxergar dão um te”, ressalta. “Em varandas, o ambiente como um todo.por “É importante que o cantousar faça toque exemplo, costuma-se parte do resto do espaço”,madeira diz. especial e alumínio. Já na sala Por outro lado, a profissional também pontua que é no canto são usados outros produtos, explica. possível dar um destaque como para o vime”, “cantinho excluído”, inseda sala Já que os quadros apoiados rindo elementos que fujam do já está sendo usadona no parede são uma opção para resto do ambiente. de arocupar espaços Ana Paula concorda: “Os materiais podemacima ser completamários – assim como vasos, mente diferentes, até pela diferença do ambiente”, ressalta. totens ou esculturas. “Depen“Em varandas, por exemplo, costuma-se usar madeira de muito do lugar onde estejae alumínio. Já na sala são o usados outros produtos, canto, e da solicitaçãocomo do vime”, explica. cliente”, diz Ana Paula. “Na vaJá os quadros apoiadosranda, na parede são uma opção para se for estreito, dá para um deck com tatame e ocupar espaços acima defazer armários – assim como vasos, almofadas. Já lugar no quarto totens ou esculturas. “Depende muito do onde pode esteja uma escrivaninha”, o canto, e da solicitação doser cliente”, diz Ana Paula. ensina “Na vaa arquiteta. randa, se for estreito, dá para fazer um deck com tatame e almofadas. Já no quarto pode ser uma escrivaninha”, ensina Em exposição a arquiteta. Antes de decorar o local, Rebecca sugere verificar se a área pode ter alguma funcionalida96 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017um escritório ou cande, como to de leitura. “Caso não seja possível, a ideia é dar uma finalidade decorativa ao espaço. Para isso, pode-se usar lem- Objetos de coleção dão um toque especial no canto da sala

Aproveite os espaços ociosos e integre com a decoração da casa

N

mília”, sug Foi esse teta para o que era pil dava uma c garrafas tr diversos pa tinho meio de uma es um espaço arrumou a car mais h terferir tan apartamen diz Rebecc A profiss mo princíp da coleção cliente em durando o acima do s biam muito o sofá para para dar u objetos da ma organi quiteta.

*SOB SUPERVIS

CASSANDRA BA

OTIMI OCIOS

FUNCI de de intere se o e algum como canto

COLEÇÕ de via famíli utiliza o cant

VEGET planta com h preen

HARM combi criar u limpo mas n utiliza mater

AMBIE na va preen deck e para u portas nas po


nstruir uma rta ou criar com vegeuma boa. mbiente e , opina Reconsidera o ambiente mportante te do resto

, Rebecca e é possível ara o “canerindo eledo que já o resto do ula concorpodem ser diferentes, o ambienvarandas, ma-se usar . Já na sala produtos, a. poiados na pção para ma de armo vasos, s. “Depennde esteja citação do la. “Na vao, dá para tatame e uarto pode ha”, ensina

local, Rear se a área ncionalidario ou cano não seja dar uma fia ao espae usar lem-

RUI FONSECA / DIVULGAÇÃO

ar espaços e um amo os cantos ea sob uma nia nas pequiteta Ana o escritório es Arquiteecomenda a criar uma

paço entre o, a ideia de o ambiena cômoda, em cima, até poltroarquiteta becca de nárias veroa pedida

excelente para o mercado imobiliário –

Raul Fonseca / Divulgação

SALVADOR SÁBADO 5/8/2017

Projeto do Manarelli Guimarães transforma canto em escritório Projeto do Manarelli Guimarães transforma canto em escritório

No projeto criado por Rebecca de Gonzaga, itens de acervo pessoal do dono da casa otimizam o espaço embaixo da escada

branças de viagem ou de fao ano se encerre com uma taxa de 7%. mília”, sugere. Foi esse o projeto da arquiNas últimas semanas, o nosso setor tem teta para o loft de um cliente atratibilidade. As pessoas estão buscan que era piloto de rally e guarde fazer com que seu capital se torne um dava uma coleção de objetos e uma das melhores maneiras de fazer is garrafas trazidos de viagens a aquisição de imóveis. diversos países. “Era um canAssim, quem compreende mais cla tinho meio perdido, embaixo representa a redução da taxa de juro de uma escada. A gente criou quanto o setor tem a oferecer. um espaço para o aparador e OTIMIZE O CANTO OCIOSO DA CASA arrumou a coleção ali, para fiNós, da Associação de Dirigentes do Me car mais harmônico e não inda Bahia (ADEMI-BA), percebemos o quã terferir tanto na decoração do FUNCIONALIDADE Antes de decorar, é interessante momento para a nossa economia. E o q apartamento como um todo”, investigar se o espaço pode ter alguma finalidade útil, continuar a estimulá-lo. diz Rebecca. como um escritório ou canto de leitura A profissional aplicou o mesainda se enquadra enquant Lembranças de viagemOouBrasil de família podem moCOLEÇÕES princípio ao utilizar objetos déficits habitacionais. Logo, a deman da ser coleção pessoal outrao canto ou a parede utilizadas para de decorar é grande. Neste momento pós-rece cliente em uma varanda, penVEGETAÇÃO Vasos com plantas ou uma também estante com haverá uma retomada na m durando os itens na parede setor, ainda que com um início lento. horta ajudam a preencher espaços acima do sofá. “Como não caHARMONIA É essencial combinarMuito tons temos para criar um sobre as propos biam muitos móveis, coloquei debatido o sofá para servir apoio. E, masdonão ambiente limpode e harmonioso, é preciso utilizar Brasil. Ações como a Lei da Terceiriz para um charme, no sistema previdenciário e a emenda c os dar mesmos materiais expus objetos da coleção dela, de forlimita os gastos públicos são medidas espaçoa na pode ser preenchido maAMBI‑ENTES organizada”,Um explica ar-varandapositivamente para a guinada da econo com um deck e um tatame. Já para um vão entre portas, quiteta. a dica é apostar nas poltronas *SOB SUPERVISÃO DA EDITORA CASSANDRA BARTELÓ

Lucas Silva / Divulgação

LUCAS SILVA / DIVULGAÇÃO

Lucas Silva / Divulgação

OTIMIZE O CANTO OCIOSO DA CASA FUNCIONALIDADE Antes de decorar, é interessante investigar se o espaço pode ter alguma finalidade útil, como um escritório ou canto de leitura COLEÇÕES Lembranças de viagem ou de família podem ser utilizadas para decorar o canto ou a parede VEGETAÇÃO Vasos com plantas ou uma estante com horta ajudam a preencher espaços HARMONIA É essencial combinar tons para criar um ambiente limpo e harmonioso, mas não é preciso utilizar os mesmos materiais

A

Crédito: Pe

Os especialistas esperam que as not confirmem o tão esperado fim da re Na últim iniciando agora um processo de recup redução mercado quanto dos preços. É um ótim modo ge investimentos e negociações. o índice do merc A ADEMI-BA tem mantido um cale

eventos e projetos que visam justamen O seto do mercado baiano. Depois do essasuce re M², estamos às vésperas da realizaç apresen Imobiliário da associação, em passa que ap a público excelentes oportunidades em im possibil

que traz De um modo geral, é a hora de trabalh com que a economia local e nacional Esse pr BA continuará sempre a investir em a dessa q benefício para o nosso setor. Banco S financia o sigam Alguns

Claudio Cunha,esperan Presiden ademi@ademi-b para o

tempos

AMBIENTES Um espaço que dep na varanda pode ser tem mu preenchido com um positivo Alceu Amoroso Lima, de 2017 |RuaVilas Magazine | 97470, Sala 901 - Empr deck e um tatame. Dezembro Já Caminho das Árvores Salvador para um vão entre Tel.: 3273-8130 | E-mail: ademi@ademiportas, a dica é apostar Objetos de coleção dão um toque especial no canto da sala nas poltronas No projeto criado por Rebecca de Gonzaga, itens de acervo pessoal do dono da casa otimizam o espaço embaixo da escada


ARQUITETURA

ARQUITETURA

CONSTRUÇÃO & REFORMA

CONSTRUÇÃO & REFORMA

CONSTRUÇÃO & REFORMA

CONSTRUÇÃO & REFORMA

98 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


CONSTRUÇÃO & REFORMA

CONSTRUÇÃO & REFORMA

CONSTRUÇÃO & REFORMA

CONSTRUÇÃO & REFORMA

CORTINAS

CORTINAS

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 99


CORTINAS

CORTINAS

CORTINAS

DECORAÇÃO

DESIGNER DE INTERIORES

DIVISÓRIAS

DIVISÓRIAS

ELETRICISTA

100 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


ESTOFADOS

FORROS

FORROS

HORTO

JARD. & PAISAGISMO

MADEIRA TRATADA

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 101


MADEIREIRA

MADEIREIRA

MÁRMORES & GRANITOS

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

MÓVEIS PLANEJADOS

MÓVEIS PLANEJADOS

102 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


PELÍCULAS

PERSIANAS

PERSIANAS

PISCINAS

PORTÕES

PORTÕES

REDES

REDES DE PROTEÇÃO

SEGURANÇA ELETRÔNICA

SEGURANÇA ELETRÔNICA

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 103


SEGURANÇA ELETRÔNICA

SEGURANÇA ELETRÔNICA

SEGURANÇA ELETRÔNICA

SERVIÇOS

SERVIÇOS

104 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


SERVIÇOS GERAIS

SERVIÇOS GERAIS

TELAS MOSQUITEIRAS

TOLDOS

TOLDOS

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 105


TOLDOS

TOLDOS

TOLDOS

UTENSÍLIOS DE COZINHA

VIDRAÇARIA

VIDRAÇARIA

VIDRAÇARIA

106 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

VIDRAÇARIA


Consul lança micro-ondas com funções diferenciadas

Eucatex oferece sugestões para renovar a casa no Ano Novo A Eucatex oferece opções para reformar ambientes, da troca do piso a uma nova cor para renovar as paredes. A nova linha Gran Elegance dos pisos laminados Eucafloor, com o sistema de encaixe click, forma fácil e prática de instalar o novo piso. Seus padrões remetem à tendência vintage, em harmonia com o estilo contemporâneo. New York, London e Concreto trazem ainda um outro diferencial: o tamanho das réguas, com 44,5 cm de largura, a maior do segmento disponível no mercado. E para combinar com o piso novo, as Tintas Eucatex oferecem uma linha completa de tintas acrílicas, esmaltes, sprays, impermeabilizantes, vernizes, seladoras e complementos.

A Consul apresenta em seu portfólio um novo modelo de microondas com funções criadas para otimizar o tempo do consumidor e facilitar o preparo dos alimentos. O produto conta com capacidade para 32 litros e chega ao mercado com o diferencial “tira-odor”, além de menu descongelar e diversos níveis de potência. Com a função “tira-odor”, o cheiro de comida que costuma ficar no interior do produto é totalmente eliminado com apenas um toque. Basta pressionar a tecla indicativa no menu com o micro-ondas vazio e aguardar o término da operação. A ventilação interna faz com que o ar circule e o odor saia, um jeito bem pensado de manter a cozinha limpa e organizada. Para facilitar o preparo rápido das refeições, o micro-ondas é capaz de descongelar alimentos de forma prática, oferecendo opções de aquecimento para feijão, e para carnes bovina e de frango ao toque de um botão. Após inserir o peso (em gramas), o produto calcula o tempo ideal automaticamente e descongela a comida entre 4 e 32 minutos. O consumidor pode escolher o nível de potência que preferir – nível 1 (90 W) ao nível 100 (900 W) –, de acordo com o tipo de alimento.

Cerâmica Portinari lança porcelanato com forma de trapézio A Cerâmica Portinari lançou em outubro, 20 novas coleções de revestimentos cerâmicos que unem a beleza, o design e a tecnologia em peças únicas e inovadoras. Uma das coleções apresentadas, a Explore, foi desenvolvida em forma de trapézio, reforçando a tendência da customização, com peças que possibilitam diferentes combinações. Encontradas no for-

mato 20x8,5 cm, as peças trazem diferentes cores e texturas, que proporcionam desenhos únicos e efeitos exclusivos para criar espaços impactantes. Cores disponíveis: White, Black, Brown, Gold, Dark Grey, Steel.

Iluminação: como usar spot de trilho Famoso entre os influenciadores digitais que amam decoração e design, o spot de trilho é uma solução prática, barata e bacana de distribuir pontos de luz pelo teto, sem gastar muito ou perder espaço com rebaixo de gesso. Em um projeto de interiores, a iluminação deve ser designada após o layout dos móveis. Isso quer dizer que é preciso definir a posição dos objetos antes de pensar em pontos de luz. Vantagens da iluminação com spot de trilho l Requer ape-

nas um ponto de luz no teto l Não diminui a altura do pé-direito l Permite distribuir pontos de luz sem obra e sem sujeira l A iluminação pode ser instalada após a mudança l A iluminação fica flexível, permitindo mover e apontar o ponto de luz para onde desejar, ou seja, se houver mudanças no layout do espaço à iluminação acompanha essas mudanças. PROJETO: JULIANA SOUTO

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 107


ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMÍNIOS

ADVOCACIA

ADVOCACIA

ÁGUA

ÁGUA / PURIFICAÇÃO

ANDAIMES

ANTENAS

ANDAIMES

www.amesandaimes.com.br ANDAIMES

108 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


ANTENAS

AR CONDICIONADO

AR CONDICIONADO

AR CONDICIONADO

AR CONDICIONADO

ARTIGOS ESPORTIVOS

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 109


ASSISTÊNCIA TÉCNICA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA

110 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


ASSISTÊNCIA TÉCNICA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA

AUTOESCOLA

CARRETOS

CARRETOS

CHAVEIROS

CONTABILIDADE

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 111


CONTABILIDADE

CONTABILIDADE

DESINSETIZAÇÃO

DESINSETIZAÇÃO

112 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


DESINSETIZAÇÃO

DESINSETIZAÇÃO

DESINSETIZAÇÃO

DESINSETIZAÇÃO

ENTULHOS & PODAS

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 113


ENTULHOS & PODAS

ENTULHOS & PODAS

ESTOFADOS

114 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


ESTOFADOS

FOGÕES

FOGÕES

GÁS

GÁS

GRÁFICA

HOSPEDAGEM

CAMISAS 7, R $

EMPRESAS EVENTOS IGREJAS ESCOLAS

99

PERSONALIZADAS

PROMOÇÃO PARA QUANTIDADE DE 40 CAMISAS POLIÉSTER

71 99147-4457

INFORMÁTICA

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 115


INFORMÁTICA www.lojai.com.br atendimento@lojai.com.br

9 9677-0846

3379-1764

Especializada em

Manutenção &

Villas do Atlântico

(Primeira Portaria de Villas )

Recarga

INFORMÁTICA

LAVAGEM

INFORMÁTICA

116 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


LIMPA FOSSA

LIMPA FOSSA

LIMPA FOSSA

LIMPA FOSSA

u Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 117


LIMPA FOSSA

LIMPA FOSSA

MODA

PET SHOP

118 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

MUDANÇAS

POÇOS


TÁXI

TRANSPORTE

VETERINÁRIO

VETERINÁRIO

VETERINÁRIO

CONTRATE COM SEGURANÇA

l Confira sempre a qualidade do serviço antes de contratá-lo. l Certifique-se de que o anunciante possua referências confiáveis. l Requeira sempre nota fiscal do serviço contratado, é um direito seu. l Os textos e responsabilidades de fornecimento desses serviços são única e exclusivamente do anunciante. Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 119


Mercedes Classe X: DNA Nissan em picape premium

A

Mercedes-Benz deu um novo passo no rumo do compartilhamento de plataformas e criou a primeira picape da marca – a Classe X – baseada na Nissan Frontier, o terceiro modelo mais vendido no segmento das picapes “pequenas” nos Estados Unidos. A expectativa é que o mercado mundial de picapes desse porte cresça 43% nos próximos dez anos. No Brasil, a participação de mercado é de menos de 5%, mas vem aumentando. O volume de vendas do segmento, na categoria dos comerciais leves, cresceu quase 30% em 2016, de acordo com dados da Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). A Classe X é resultado da parceria da Mercedes com a aliança Renault-Nissan, que partilha plataformas entre si há cerca de 18 anos. A marca alemã justifica a escolha da plataforma: a Nissan é o nº 2 mundial entre os fabricantes de picapes para uma tonelada de carga e tem mais de 80 anos de experiência na produção e venda nesse segmento. Também decalcada da Nissan Frontier, a Renault já apresentou a sua Alaskan, ainda mais semelhante ao projeto japonês, mas que deve chegar ao mercado, em 2018, sem o sobrepreço inspirado pela marca Mercedes-Benz – e pelo refinamento e conforto que a Classe X promete. Desta vez, para justificar a estrela de três pontas na grade dianteira, a Mercedes-Benz embarcou a sofisticação que caracteriza os seus veículos de passageiros e retrabalhou a suspensão, que na traseira leva o sistema multilink da Frontier, já o mais confortável entre as picapes do segmento, além de outros ajustes que também melhoraram a estabilidade, como a largura ampliada em 70mm. A Classe X também é 85mm mais longa e 11mm mais alta – embora as dimensões ainda não tenham sido oficialmente reveladas. O resultado, promete a marca, é uma picape que, na estrada, terá o comportamento dinâmico de um automóvel de passageiros. A cabine, painel incluído, passa a sensação de que se trata de um SUV e não de uma picape. A tela touchscreen de oito DAIMLER BENZ

DAIMLER BENZ

polegadas que equipa outros Mercedes-Benz promete a modelos da Mercedes está primeira picape premium presente e com uma câmera do mercado mundial de 360 graus acoplada. O DNA da Nissan é perceptível até mesmo em detalhes da carroceria, mas a Mercedes-Benz investiu também no design, garantindo um visual claro de marca. Tudo reunido, a Classe X seria a primeira picape premium do mundo, abrindo o segmento a uma nova faixa de consumidores. Desta vez, parece que o mercado realmente contará com uma picape com características de um sedã de luxo. Ao contrário da marca japonesa, pelo menos por enquanto Mercedes-Benz e Renault não pretendem arriscar os novos modelos no competitivo mercado norte-americano, onde as picapes são o veículo mais vendido, todos os anos, há 35 anos. No topo do mercado automobilístico dos Estados Unidos, em 2016 havia três picapes grandes: a F-150 da Ford, que domina o segmento há 40 anos, a Silverado da General Motors e a Dodge RAM da Chrysler. No segmento inferior, além da Nissan Frontier, o mercado americano prefere a Toyota Tacoma – Hilux no Brasil – e a Chevrolet Colorado, deixando pouco espaço para os sucedâneos de plataforma compartilhada, especialmente quando o principal argumento u de venda, no caso da Mercedes-Benz, é o prestígio da marca. Interior da Classe X: conforto e sofisticação de sedã de luxo

120 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 121


u

A Renault já oferece a Oroch no Brasil – uma picape menor, com carga útil de 650 kg, igual à da Fiat Toro – e derivada do Duster, um modelo original da Dacia, a subsidiária romena da Renault. O segmento de mercado da Alaskan no Brasil é bem outro, embora admita a participação da Oroch e da Fiat Toro, que habitam uma faixa inferior, inclusive de preço. Além de competir com a Frontier, aqui a nova Renault terá pela frente Toyota Hilux, líder de mercado, Chevrolet S10, Ford Ranger, Mitsubishi L200, Volkswagen Amarok e Dodge RAM. ESTREIA O modelo da Mercedes foi apresentado em julho

NISSAN BRASIL

Nissan Frontier: 80 anos de mercado convenceram a Mercedes

deste ano na Cidade do Cabo, África do Sul, um dos maiores mercados para picapes no mundo, depois dos Estados Unidos e ao lado da Austrália. As primeiras unidades da Classe X sairão da fábrica da Nissan na Espanha, ainda este ano, para esses dois países e para a Nova Zelândia. São os mercados prioritários do segmento, fora os Estados Unidos. Números da Mercedes indicam que o maior mercado para picapes médias é a Austrália (14% da frota de veículos), seguida pela Argentina, com quase 12%. Nos dois países, cerca de um em cada oito veículos licenciados é uma picape na classe de uma tonelada. Na Alemanha a participação é de 0,5%, no Reino Renault Alaskan: plataforma compartilhada, design diferenciado

Mais rápida que o seguro!

Pr

da

RENAULT

inc

sB

at

es

er

ia

a

s

Baterias entrega e instalação

Serviços completos de oficina »»» Atendemos os clientes mais rápido que a seguradora. Consulte-nos www. 71 3369 3996 princesadasbaterias 71 3243 1544 .com.br

122 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017


Unido 1,3%, na Turquia 1,4% e na Rússia 0,8%. Não por acaso, a Classe X será produzida na fábrica da Renault em Cordoba, na Argentina, a partir de 2018. A estreia no mercado brasileiro está prevista para 2019. A Alaskan chega antes. Também produzida em Cordoba, no ano que vem já estará nas concessionárias brasileiras. A nova versão da Frontier, que será fabricada na mesma planta, foi anunciada em março de 2017. As primeiras unidades já chegaram ao mercado, importadas do México. Estudos de mercado da Mercedes-Benz identificaram cinco grupos de clientes para a picape premium, com relevância diferente em cada país. O Brasil só não tem mercado para o grupo que usa a picape para trabalhar nas cidades. No Brasil, Argentina, Austrália e África do Sul, praças prioritárias do modelo, o primeiro grupo-alvo importante são as famílias que se identificam com o segmento premium. De acordo com a Mercedes, “elas usam sua picape sobretudo para ir para o trabalho, às compras, levar as crianças à escola

ou a atividades esportivas, assim como para viagens de fim de semana e para férias”. No Brasil a marca identificou ainda o grupo que vive em ambiente urbano, mas pratica esporte outdoor, os “individualistas modernos”, pessoas que se identificam com o segmento premium e querem um veículo fora do “mainstream”, que sublinhe status e personalidade – e os fazendeiros, provavelmente os responsáveis pelo recente crescimento do segmento no país.

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 123


TRIBUNA DO LEITOR

Neste espaço o leitor pode sugerir pautas, criticar matérias abordadas pela revista, fazer denúncias de problemas e irregularidades que atingem a comunidade. Envie email para redacao@vilasmagazine.com.br com seus dados pessoais e contatos

Observatório Social de Lauro de Freitas Sr. Carlos Accioli Ramos, Diretor-editor da revista Vilas Magazine. Ao longo dos últimos seis meses, a Comissão Organizadora do Observatório Social de Lauro de Freitas tem tido uma árdua batalha para tornar realidade um projeto que, seguramente, tem a capacidade de derrubar todos paradigmas que atualmente norteiam a forma como o dinheiro público é aplicado em nossa cidade e, mais ainda, mudar os rumos da administração pública em Lauro de Freitas e ajudar na correta aplicação dos recursos públicos. Nesse tempo, o projeto Observatório Social de Lauro de Freitas, que iniciou com apenas três pessoas, ganhou corpo e robustez, deixando de ser um sonho para se tornar um empreendimento factível. Hoje, contamos com o apoio de quase todas as entidades representativas da sociedade civil de Lauro de Freitas e um número de voluntários que não para de crescer... especialmente após a reportagem publicada pela revista Vilas Magazine. Muitos foram os “sim” e em igual número foram os “não”, mas apenas uma vez nos deparamos com alguém que, de fato, “comprou” a ideia e vislumbrou a magnitude do projeto. Apenas uma vez encontramos alguém que muito provavelmente tenha visto o Observatório Social da mesma forma que nós vemos. Mesmo tendo ouvido sobre o Observatório Social de forma breve e resumida, o senhor empenhou esforços e recursos para que a segunda Palestra de Sensibilização, realizada apenas uma semana após aquela curta apresentação no Rotary Club Lauro de Freitas, fosse coberta por um jornalista da Vilas Magazine. Mais ainda. Mesmo estando no limite do prazo para fechamento da edição, disponibilizou um espaço que vai muito além de uma nota jornalística. Trata-se verdadeiramente de uma reportagem completa sobre o Observatório Social. A divulgação do Observatório Social de Lauro de Freitas na revista Vilas Magazine fez pelo projeto o que temos lutado há meses para conseguir: divulgação. Nunca tivemos à nossa procura tantos interessados como na última semana. Acima de tudo, nunca nos sentimos tão próximos da criação do Observatório Social de Lauro de Freitas como hoje. Hoje, o Observatório Social de Lauro de Freitas não é mais um sonho, é uma realidade, e grande parte disso se deve à reportagem veiculada na revista Vilas Magazine. Tudo começou com cinco minutos de apresentação, mas para um verdadeiro visionário, cinco minutos é tudo o que basta. Sempre seremos eternamente gratos e jamais nos esqueceremos como o apoio da revista Vilas Magazine foi fundamental para criação do Observatório Social de Lauro de Freitas. Muito obrigado. Iara Dórea Vaz, Diego Sued A Araújo e Marcus V. Bispo.

Horta comunitária de Portão Caro Accioli, Ficamos imensamente agradecidos pela nota publicada na edição de novembro da Vilas Magazine. Levei a revista para os alunos e professores e comemoramos a repercussão positiva da matéria, que circulou também nas redes sociais. Alguém fotografou a página da revista onde a nota foi publicada e divulgou nos grupos do zap. Nossa horta comunitária está crescendo. O interessante é que nós,

124 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

professores, inicialmente ficamos com receio de pessoas mal intencionadas da própria comunidade destruírem aquilo que construímos com muito empenho e dedicação. Como trata-se de um ambiente aberto, não descartamos essa possibilidade. Contudo, criamos um sistema de rodízio entre os alunos para viabilizar o processo de irrigação (estamos usando a água da Secult, uma vez que a água do rio está contaminada) e no primeiro dia de irrigação pós construção meus alunos tiveram uma grande surpresa! Quando eles chegaram no local a horta estava um pouco ampliada e o entorno capinado. Ou seja, um grupo de moradores entendeu que essa horta é da comunidade e a manutenção dela deve ser responsabilidade de todos. Esse grupo foi incluído no projeto e está sendo bem colaborativo. Ainda esse mês (novembro) faremos mais uma rodada de plantio e estamos pensando em criar uma cédula social para no futuro organizar melhor o sistema de distribuição para as famílias mais carentes da região. Estamos também pensando em desenvolver no espaço mutirões de limpeza e processos de ocupação cultural, com aulas públicas, apresentações artísticas e rodas de diálogos. Continuaremos plantando sementes e sonhos. Gratidão da comunidade escolar do Kleber Pacheco. Tássio Simões Cardoso.

Delações apontam caminhos A Operação Lava Jato foi e tem sido uma conquista da maior valia para a nossa democracia, tão denegrida e usada ao gosto oportunista de muitos políticos. A democracia, em seu sentido verdadeiro, natural, não pode ser prejudicada pelos supostos e eternos “detentores” do poder político, acobertados por “imunidades”, “prerrogativas” e outras “coberturas” judiciais, de duvidosos resultados. Isso sim, é que denigre, deprecia, subestima os valores democráticos, desrespeita o cidadão correto e que cumpre o seu dever, e que parece, às vezes, sentir “vergonha em ser honesto”, como disse Ruy Barbosa! Até o mais o humilde dos cidadãos percebe que os argumentos usados por esses políticos atingidos por delações e investigados, de que “delatores são mentirosos”, “inventam” fatos “inexistentes”, para se livrarem, ou reduzirem penas de prisão, ou que existe “campanha” para “criminalizar” a política,” isso são meras dissimulações dos acusados de corrupção! Na verdade, delatores são os corruptores, que jamais estariam nas garras da justiça, se não existissem os corruptos, que com eles partilharam por altas propinas, superfaturamento de obras públicas e outros tantos delitos! Não é de difícil entendimento, porém, que delação, não sendo prova documental definitiva, trata-se, no mínimo, de caminhos apontados para buscas dessas provas, quer sejam testemunhais, documentais, gravações, digitais, etc. Delações são sinalizações desses prováveis caminhos. Ninguém, se envolve em atos corruptos, “assinando” recibos, nem “contratos”, evidente que não! Não deixariam provas! A Operação Lava Jato, deveria ser transformada em um departamento de permanente investigação de atos de corrupção, à exemplo do SNI, da situação que vivíamos com os militares, ditadores de então, para combater os subversivos dos idos 1964. A diferença era que os chamados subversivos eram os supostos comunistas destruidores da ordem social, e hoje os corruptos, talvez piores que os comunistas de outrora, são os destruidores da justiça social e da democracia! Estou errado? Valdique Alves.alveserv@hotmail.com


Rua de buracos

Há anos essa rua está nesse estado contribuindo para quebrar os inúmeros carros que passam por lá todos os dias. É cada cratera de buraco inaceitável. Lamentável!. Até quando deixarão essa rua tão movimentada nesse estado? Moradores da rua Amarílio Thiago e milhares de pessoas que transitam por lá diariamente, a pé ou de carro, pedem, por favor, asfaltamento urgente. Maíra Cavalcante. Lauro de Freitas. NOTA DA REDAÇÃO: A recuperação do asfalto que a leitora pede, estava sendo feita no final de novembro (foto abaixo).

FLAGRANTE – Av. Mario Epingaus (entre a av. Amarilio Tiago dos Santos e rua Abelardo Andréa), Centro de Lauro de Freitas, domingo, 5 de novembro, 9h30: O “cidadão” interrompeu o tráfego de uma faixa da via pública, para fazer dela o ‘centro de produção de massa’ para sua obra, em frente, certo que não seria incomodado. E não foi.

q

SALVA responde questionamento de leitora Prezada sra. Flávia, Apesar da SALVA representar os moradores de Vilas do Atlântico há 15 anos, muitos ainda desconhecem as suas ações, por falta de conhecimento e muitas vezes falta de divulgação, pois não divulgamos tudo o que fazemos, por exemplo: ao longo deste ano foram realizadas 24 reuniões e enviados 20 ofícios às diversas Secretarias da Prefeitura de Lauro de Freitas, reivindicando soluções para problemas do nosso loteamento. Caso a senhora tivesse lido a edição de outubro da revista Vilas Magazine, nas páginas 22 e 23 a matéria “SALVA reivindica à Prefeitura ações para o verão de Vilas do Atlântico”, teria percebido que não estamos parados. Diante da repercussão daquela reportagem, acreditamos que pelo menos algumas ações serão atendidas, uma vez que já fomos convidados para participar de reuniões com diversas secretarias envolvidas no assunto, para tratarmos sobre a referida pauta. Como a senhora colocou muito bem que “uma andorinha só não faz verão”, queremos lhe convidar para fazer parte da SALVA, pois acreditamos que somente com a união dos moradores conseguiremos alcançar resultados muito mais significativos. Para deixar transparente para a senhora e demais moradores de Vilas do Atlântico, listamos a seguir algumas das principais ações desenvolvidas pela SALVA ao longo deste ano, pela atual Coordenação: lParticipações nas reuniões da APA Joanes/Ipitanga (área de proteção ambiental do Rio Joanes e Rio Ipitanga); lParticipação e parceria com as entidades Movimento Rios Vivos e OSCIP Rio Limpo; lAcompanhamento da obra da CONDER de drenagem pluvial da Lagoa de Base / Rua da Irmandade, que pode contaminar o Rio Sapato; lParticipação nas audiências públicas na SPU sobre a permanência das barracas na praia de Vilas do Atlântico; lParticipação no PPA de Lauro de Freitas apresentando documento com as sugestões da SALVA; lParticipação na 7ª Conferência Estadual de Saúde; lAdesão Oficial da SALVA ao Observatório Social do Brasil (leia matéria nas páginas 21 a 23 da edição de novembro da revista Vilas Magazine); lApoio ao Projeto de coleta Seletiva de Lixo Eletrônico – Projeto Ilhas; lImpedimento da derrubada do muro da Alameda Praia de Guadalupe, com uma ação de Interdito Proibitório na 1ª Vara de Fazenda Pública de Lauro de Freitas; lMudança do Escritório da SALVA para a entrada do Parque Ecológico, em parceria com a Prefeitura de Lauro de Freitas; lApoio e participação na implantação do Parque Ecológico de Vilas do Atlântico; lCriação de comissão interna para acompanhamento do Projeto da Orla de Lauro de Freitas e consequente elaboração do Projeto Verão Vilas do Atlântico – 2017/2018; lParcerias com a Prefeitura de Lauro de Freitas com doação de livros para o Projeto Trilha das Artes e manutenção de veículo da Secretaria Municipal de Segurança, para ficarem atuando integralmente em Vilas do Atlântico; Além de realização de 5 Assembleias Gerais com os associados, 24 reuniões e envio de 20 ofícios para diversos órgãos institucionais. Apesar das dificuldades encontradas, esperamos através das ações realizadas e trabalhos desenvolvidos, ganhos mais significativos para os moradores em 2018. Junte-se a nós. Vilas do Atlântico precisa de todos nós. Márcio Costa, Coordenador Geral - SALVA.

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 125


TRIBUNA DO LEITOR Orla de Ipitanga: Canteiro ocupado por cabana

Quando a população reclama que a orla de Lauro de Freitas está abandonada, quem não conhece a realidade não faz ideia da gravidade. Vejam o registro que fiz hoje (24/11/2017), no canteiro da rotatória da orla de Ipitanga, onde pessoas montaram uma casa improvisada com lona, madeira, palhas e papelões. Há quase uma semana e bem próxima ao kartódromo Ayrton Senna – onde está sendo realizado um evento musical com a participação de Gabriel Pensador, Raimundos e outros –, a “instalação” parece ainda não ter sido notada pela Prefeitura de Lauro de Freitas ou, se notou, não tomou nenhuma providência. Cadê a secretaria de assistência social e as demais que deveriam tratar do assunto? Hendrik Aquino. Ipitanga.

Placa com CEP errado

OBITUÁRIO Sonia Maria Pereira do Nascimento (1943 - 2017)

Mulher, esposa, mãe. Para muitos, simplesmente Dona Sônia da Itinga, muitos anos antes do bairro se tornar uma verdadeira cidade, de tanta gente. E ela se destacava entre tantos, servindo a todos, com conselhos, exemplos, cuidados. Dona Sônia morreu em 7 de novembro. Seu filho primogênito, o vereador Augusto Cesar, comovido, registrou nas redes sociais o seu sentimento: “Meu grande amor partiu. Minha princesa mãe. Deus colheu a minha rosa perfumada, meu bebê. Ela só queria um pouco de carinho e atenção. Nunca se preocupou com luxo ou riqueza, só em ser gentil e prestativa com todos, sem querer nada em troca. Minha guerreira, minha inspiração, meu modelo de mulher como esposa, amiga e serva de Deus. Meu anjo, minha melhor amiga, minha vida. Mãe, me perdoe por não ter feito mais, por não ter te protegido mais. A senhora era a minha bênção. Meu coração está desolado. Tanta dor que não consigo descrever. Como gostaria de ter aplacado o seu sofrimento. Adeus meu anjo, até logo meu amor. Obrigado Deus, por ter me dado a melhor māe do mundo. Sou grato a Ti pelo privilégio que tive em ser seu filho. Mãe, a senhora vai, mas seu amor fica para sempre dentro de mim. Te amo, minha vida”.

Messias Andrade de Jesus (1931-2017) Considerando a Vilas Magazine, um dos meios de comunicação mais eficientes da nossa cidade, afirmo que a legalização dos códigos de Endereçamentos Postais é um avanço importante para nossa Lauro de Freitas, sei que vai levar um tempo para as pessoas se habituarem com os novos nomes de ruas e número de CEP’s. O que irá contribuir para isso são as placas que estão sendo instaladas, por isso elas deverão obedecer a legislação para não gerar mais dúvidas. Moro na Avenida Brigadeiro Alberto Costa Matos, segundo o Diário Oficial essa rua corta 3 bairros, do lado do novo Shopping ela está no bairro Centro, no outro lado da rua é o bairro de Pitangueiras e depois de atravessar a avenida Luis Tarquínio ela se encontra no bairro do Aracuí. Só que a placa que foi instalada estes dias na rua está errada, segundo a legislação e mapas, aqui é o bairro de Pitangueiras, com o CEP 42701-250 e foi colocado como bairro Aracuí, CEP 42702-010. Torço para que o erro tenha sido só aqui e que pelo menos os carnês de IPTU venham certos para que possamos legalizar nossos endereços junto aos nosso cadastros nas empresas e instituições e cartórios. Márcio Carvalho Fernandes.

126 | Vilas Magazine | Dezembro de 2017

Dona Messias faleceu em 5 de novembro, aos 86 anos. Completaria 87 em 25 de dezembro. Nascida em Curaçá, junto à divisa com Pernambuco, à margem do São Francisco, veio para Santo Amaro de Ipitanga trazida pelo marido, casada aos 18 anos de idade. Aqui presidiu a Associação de Lavadeiras de Lauro de Freitas: “Lavei 52 anos dentro do Rio da Pitanga”, contou em 2014, em depoimento ao Museu da Pessoa.


TELEFONES ÚTEIS ATENDIMENTO MÉDICO SAMU.............................................................................................. 192 Hospital Aeroporto (24h).....................................................3288-8100 Hospital COF - Centro Médico (24h)......................... 3206-4444 / 4440 Hospital Jorge Novis (24h)....................................................3251-8149 Hospital Menandro de Farias (24h).......................... 3379-1799 / 0099 Unidade de Saúde Nelson Barros (24h)................................3288-8801 SERVIÇOS Correios (Vilas do Atlântico )................................................3369-3088 Coelba........................................................................... 0800 071 0800 Embasa (24h)................................................................. 0800 0555 195 Iluminação Pública - Citéluz (24h).................................0800-2848 181 SAC................................................................................ 0800 071 5353 SEGURANÇA Polícia Militar................................................................................... 190 Polícia Civil 23ª Delegacia (Centro)............... 3288-8920 / 8762 / 8373 Polícia Civil 27ª Delegacia (Itinga)........................................3116-1610 Gabinete do Delegado Geral do Estado...............................3116-6500 Plantão 24 horas...................................................................3378-3302 Denúncia (drogas, assaltos e roubos)...................................3235-0000

Polícia Federal (24 h)............................................................3319-6000 Furtos e Roubos de Veículos................................................3116-4623 Viatura de Vilas do Atlântico..............................................99609-7879 Polícia Rodoviária Estadual....................................... 3117-8317 / 8319 Guarda Municipal............................................................................ 153 SALVA....................................................................................3504-0356 Juizado de Pequenas Causas................................................3283-1905 Juizado de Menores.............................................................3283-3602 Ministério Público................................................................3378-4975 MEIO AMBIENTE Polícia Ambiental............................................................................. 153 Denúncia Ambiental.............................................................3369-9168 Licenciamento Ambiental.....................................................3369-2156 PREFEITURA DE LAURO DE FREITAS Gabinete do Prefeito............................................................3288-8621 Alvará de Obras e Funcionamento (Seplan)............. 3369-9196 / 9800 Centro de Controle de Zoonoses........................................ 3288-8912 Secretaria de Serviços Públicos (SESP)............ 3378-8500 / 3378-8502 u Limpeza urbana, coleta de lixo e varrição............ 0800 284 88 33 Vigilância Epidemiológica.....................................................3288-8911 Procuradoria Jurídica............................................................3369-3722

TÁBUA DAS MARÉS – Dezembro 2017 / Janeiro 2018 1º/12 - Sexta-feira 1h43....... Alta....... 2,4m 7h56....... Baixa.....0,2M 14h11..... Alta....... 2,4m 20h19..... Baixa..... 0,2m 2/12 - Sábado 2h32....... Alta....... 2,5m 8h41....... Baixa..... 0,1m 14h56..... Alta....... 2,5m 21h04..... Baixa.....0,1M 3/12 - Domingo 3h21....... Alta....... 2,6m 9h24....... Baixa..... 0,1m 15h41..... Alta....... 2,6m 21h51..... Baixa..... 0,0m 4/12 - Segunda-feira 4h08....... Alta....... 2,6m 10h09..... Baixa..... 0,1m 16h26..... Alta....... 2,6m 22h39..... Baixa..... 0,0m 5/12 - Terça-feira 4h58....... Alta....... 2,5m 10h56..... Baixa..... 0,2m 17h13..... Alta....... 2,5m 23h26..... Baixa..... 0,1m 6/12 - Quarta-feira 5h49....... Alta....... 2,4m 11h43..... Baixa..... 0,3m 18h04..... Alta....... 2,4m 7/12 - Quinta-feira 0h15....... Baixa..... 0,2m 6h39....... Alta....... 2,3m 12h30..... Baixa..... 0,5m 18h56..... Alta....... 2,2m

8/12 - Sexta-feira 1h08....... Baixa..... 0,4m 7h34....... Alta....... 2,1m 13h24..... Baixa..... 0,7m 19h54..... Alta....... 2,1m 9/12 - Sábado 2h08....... Baixa..... 0,5m 8h36....... Alta....... 2,0m 14h30..... Baixa..... 0,8m 20h58..... Alta....... 2,0m 10/12 - Domingo 3h19....... Baixa..... 0,6m 9h45....... Alta....... 1,9m 15h51..... Baixa..... 0,9m 22h08..... Alta....... 1,9m 11/12 - Segunda-feira 4h39....... Baixa..... 0,7m 10h56..... Alta....... 1,9m 17h09..... Baixa..... 0,8m 23h19..... Alta....... 1,9m 12/12 - Terça-feira 5h51....... Baixa..... 0,7m 11h58..... Alta....... 1,9m 18h11..... Baixa..... 0,8m 13/12 - Quarta-feira 0h21....... Alta....... 2,0m 6h45....... Baixa..... 0,6m 12h53..... Alta....... 2,0m 19h02..... Baixa..... 0,6m 14/12 - Quinta-feira 1h15....... Alta....... 2,1m 7h30....... Baixa..... 0,5m 13h36..... Alta....... 2,1m 19h47..... Baixa..... 0,5m

15/12 - Sexta-feira 2h02....... Alta....... 2,1m 8h08....... Baixa..... 0,5m 14h13..... Alta....... 2,2m 20h23..... Baixa..... 0,4m 16/12 - Sábado 2h43....... Alta....... 2,2m 8h45....... Baixa..... 0,4m 14h53..... Alta....... 2,2m 21h......... Baixa..... 0,4m 17/12 - Domingo 3h19....... Alta....... 2,2m 9h17....... Baixa..... 0,4m 15h24..... Alta....... 2,3m 21h34..... Baixa..... 0,3m 18/12 - Segunda-feira 3h56....... Alta....... 2,2m 9h51....... Baixa..... 0,4m 15h58..... Alta....... 2,3m 22h06..... Baixa..... 0,3m 19/12 - Terça-feira 4h28....... Alta....... 2,2m 10h19..... Baixa..... 0,4m 16h30..... Alta....... 2,3m 22h38..... Baixa..... 0,3m 20/12 - Quarta-feira 5h........... Alta....... 2,2m 10h53..... Baixa..... 0,4m 17h04..... Alta....... 2,3m 23h09..... Baixa..... 0,3m 21/12 - Quinta-feira 5h34....... Alta....... 2,2m 11h23..... Baixa..... 0,5m 17h39..... Alta....... 2,2m 23h45..... Baixa..... 0,4m

22/12 - Sexta-feira 6h08....... Alta....... 2,1m 12h......... Baixa..... 0,6m 18h15..... Alta....... 2,1m 23/12 - Sábado 0h21....... Baixa..... 0,5m 6h49....... Alta....... 2,0m 12h41..... Baixa..... 0,7m 19h......... Alta....... 2,0m 24/12 - Domingo 1h06....... Baixa..... 0,6m 7h38....... Alta....... 1,9m 13h30..... Baixa..... 0,8m 19h54..... Alta....... 2,0m 25/12 - Segunda-feira 1h58....... Baixa..... 0,7m 8h38....... Alta....... 1,8m 14h34..... Baixa..... 0,9m 20h56..... Alta....... 1,9m 26/12 - Terça-feira 3h06....... Baixa..... 0,7m 9h49....... Alta....... 1,8m 15h53..... Baixa..... 0,8m 22h04..... Alta....... 1,9m 27/12 - Quarta-feira 4h23....... Baixa..... 0,7m 10h58..... Alta....... 1,9m 17h06..... Baixa..... 0,8m 23h13..... Alta....... 2,0m 28/12 - Quinta-feira 5h38....... Baixa..... 0,6m 12h02..... Alta....... 2,0m 18h11..... Baixa..... 0,6m

29/12 - Sexta-feira 0h19....... Alta....... 2,1m 6h41....... Baixa..... 0,5m 12h58..... Alta....... 2,2m 19h08..... Baixa..... 0,4m 30/12 - Sábado 1h21....... Alta....... 2,2m 7h36....... Baixa..... 0,4m 13h51..... Alta....... 2,3m 20h02..... Baixa..... 0,3m 31/12 - Domingo 2h17....... Alta....... 2,4m 8h24....... Baixa..... 0,3m 14h41..... Alta....... 2,4m 20h54..... Baixa..... 0,1m

JANEIRO 2018 1º/1 - Segunda-feira 3h11....... Alta....... 2,5m 9h15....... Baixa..... 0,2m 15h30..... Alta....... 2,5m 21h45..... Baixa..... 0,0m 2/1 - Terça-feira 4h02....... Alta....... 2,5m 10h02..... Baixa..... 0,2m 16h19..... Alta....... 2,6m 22h32..... Baixa..... 0,0m 3/1 - Quarta-feira 4h53....... Alta....... 2,5m 10h49..... Baixa..... 0,2m 17h06..... Alta....... 2,5m 23h17..... Baixa..... 0,0m

4/1 - Quinta-feira 5h39....... Alta....... 2,5m 11h32..... Baixa..... 0,3m 17h54..... Alta....... 2,5m 5/1 - Sexta-feira 0h04....... Baixa..... 0,1m 6h24....... Alta....... 2,3m 12h15..... Baixa..... 0,4m 18h39..... Alta....... 2,4m 6/1 - Sábado 0h51....... Baixa..... 0,3m 7h09....... Alta....... 2,2m 13h......... Baixa..... 0,6m 19h26..... Alta....... 2,2m 7/1 - Domingo 1h39....... Baixa..... 0,4m 8h........... Alta....... 2,0m 13h51..... Baixa..... 0,7m 20h19..... Alta....... 2,1m 8/1 - Segunda-feira 2h32....... Baixa..... 0,6m 8h56....... Alta....... 1,9m 14h51..... Baixa..... 0,8m 21h17..... Alta....... 1,9m 9/1 - Terça-feira 3h39....... Baixa..... 0,8m 10h......... Alta....... 1,8m 16h06..... Baixa..... 0,9m 22h28..... Alta....... 1,9m Fonte: Banco Nacional de Da­­dos Oceanográficos da Di­re­toria de Hidrografia e Navegação da Marinha do Brasil.

Dezembro de 2017 | Vilas Magazine | 127


Classificados Vilas Magazine | Ed 227 | Dezembro de 2017 | 32 mil exemplares  

Classificados Vilas Magazine | Ed 227 | Dezembro de 2017 | 32 mil exemplares

Advertisement