Page 1

DELTA SUCROENERGIA

FolhadaCana Ano VII • N°53 • FEVEREIRO 2014

I N F O R M AT I V O

SIPAT-SIPATR 2014 é realizada nas unidades Entre os dias 03 e 07 de fevereiro foi realizada simultaneamente nas unidades Delta, Volta Grande e Conquista de Minas a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho 2014. Durante toda a semana, foram apresentadas várias palestras como: prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, palestra motivacional, qualidade de vida, segurança no trânsito, além dos stands da saúde, que realizaram teste de glicemia capilar, aferição de pressão e verificação do IMC. Todos os dias os colaboradores puderam conhecer também a feira de produtos da Delta Sucroenergia e a

feira de EPIs. Foram distribuídos algodão doce, sorteio de brindes, dinâmicas e muita descontração no ambiente de trabalho, abordando os temas pertinentes a SIPAT e SIPATR. Nesta edição, tivemos duas novidades, o Show de Talentos e a ligação premiada, ação em que o SESMT ligou para diversos colaboradores para dar prêmios, mas para faturar o colaborador tinha que atender de uma forma diferente, ao invés de dizer “alô”, era necessário atender com o slogan da campanha da SIPAT-SIPATR 2014: Saúde e segurança, compromisso de todos. Os colaboradores interagiram

e ganharam muitos brindes. No dia 06, houve a simulação de evacuação de área simultaneamente nas três unidades, todos os colaboradores participaram de um treinamento em caso de emergências para abandonar a área de trabalho produtiva e administrativa com segurança e seguir os conselhos dos brigadistas. Uma semana enriquecedora, com muitos aprendizados e a oportunidade de colocar em prática não só os treinamentos de segurança, mas também interagir de forma diferente abordando temas que todos os dias precisamos lidar. Confira as fotos:

Intervenção no campo

Intervenção na indústria

Cuidados com a saúde

Feira com produtos da Delta Sucroenergia

Palestras

Ginástica Laboral

Simulação de evacuação de área

Simulação de socorro a vítima

FolhadaCana - Delta Sucroenergia

01


ACONTECE NA USINA

Exames periódicos A Delta Sucroenergia contratou a Clínica Rosseti da cidade de Americana/SP, para a realização dos exames periódicos de 2014, a clínica possui unidades móveis que realizam todos os exames complementares na própria usina, para melhor comodidade dos colaboradores.

Expediente Colaboração: Ana Paula Alves (Comunicação), Carlos Benicio (Gestão & Gente), Celso Brait (Administração), Charles Barcelos (Administração), Christiano Freitas (Sesmt), Cleonice Arruda (Departamento Pessoal), Daiana Mendes (Departamento Pessoal), Éder Miguel (Engenharia de Manutenção), Estefania Almeida (Comunicação), Eudenice Melo (Controle Automotivo), Fabiana Tomazini (Almoxarifado), Gabriel Rodrigues (Sesmt), Gleyson Ferreira (Engenharia de Manutenção), Guy Georges (Administração), Hudson Franco (Sesmt), José Orlando (Administração), Karina Borges (Gestão & Gente), Leonardo Melo (Processos), Lívio Costa (Tratos Culturais), Lourenço Sena (Comunicação), Nilmar Queiroz (Gestão da Qualidade), Rita de Cássia O. Naves (Gestão & Gente), Úrsula Lara (Consultora Interna).

Com esta contratação, não foi necessário encaminhar os colaboradores para realizar os exames em Uberaba, como eram feito nos anos anteriores. Nessa primeira etapa, foram realizados 50% dos exames previstos, a expectativa é concluir 100% dos exames na segunda etapa, que

ocorrerá a partir do dia 17 de fevereiro deste ano. Os exames são realizados de acordo com a área e função dos colaboradores, são eles: radiografia de coluna, eletrocardiograma, acuidade visual, avaliação oftalmológica, eletro encefalograma e audiometria.

Instalação de torre de telefonia de celular entra na 2º fase Instalação de torre para sinal de telefonia celular da operadora Vivo, na unidade Conquista de Mi-

nas, está em fase final de implantação. Em breve, todos os colaboradores poderão usufruir deste serviço.

Impressão: 1.500 exemplares Gráfica WS Folha da Cana é uma publicação do Departamento de Comunicação da Delta Sucroenergia Relações Públicas responsável: Lourenço Sena Projeto gráfico: Ana Paula S. Alves Fone: (34)3319-6507 comunicacao@deltasucroenergia.com.br

FolhadaCana - Delta Sucroenergia

02


GIRO PELA USINA

Novas Energias Delta O Programa Novas Energias Delta, busca novos talentos, com motivação, iniciativa e vontade de crescer. Conheça os atuais estagiários que fazem parte do nosso time nas três unidades.

Estagiários são contratados Após o período de estágio, Yasmim Silveira, foi contratada e hoje

faz parte do quadro de funcionários da Delta Sucroenergia, é com

alegria que ela agradece a oportunidade, confira:

Yasmim Fernanda Vital Silveira, Assistente de Manutenção Preditiva “O Programa Novas Energias Delta me deu a oportunidade de aprimorar, aprofundar e colocar em prática meus conhecimentos adquiridos nos quatros primeiros períodos do curso de Engenharia Química. Com um laboratório bem equipado e profissionais aptos à suas funções pude aprender e acompanhar processos com total suporte e conhecimentos com muita confiança e segurança. Após completar as etapas do estágio com apenas 6 meses, recebi a oportunidade de contração na área de Planejamento e Projetos como Assistente de Manutenção Preditiva e hoje efetivada faço parte da família Delta. Obrigado Delta Sucroenergia, é com muito orgulho que faço parte desta equipe.”

FolhadaCana - Delta Sucroenergia

03


ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL

Fique ligado nas normas da Administração de Pessoal Para sanar as dúvidas, o setor de Administração de Pessoal reforça algumas

normas sobre marcação de ponto, horário de intervalos, banco de horas e faltas .

Não marcação de ponto Em casos de não marcação de ponto por motivo de trabalho externo, viagem a trabalho, treinamento externo, atraso no transporte e outras exceções a serem avaliadas, no dia seguinte a ocorrência, o gestor deverá encaminhar um e-mail com a aprovação da gerência da área para a Administração de Pessoal fazer a correção no ponto; informando o horário e motivo da não marcação. No caso de esquecimento da marcação de ponto o colaborador irá ficar com falta nesta data.

Horário de intervalo A marcação de ponto no horário de intervalo é obrigatória em todos os turnos de trabalho, sendo o limite mínimo de 01 hora com tolerância de 05 minutos após este limite.

Banco de horas O formulário de compensação de banco de horas deverá ser entregue a Administração de Pessoal assinado pelo colaborador e seu gestor com antecedência mínima de 02 dias do início do período de gozo. Somente ocorrerá compensação de banco de horas caso o colaborador tenha saldo positivo. Ficará a critério da gerência da área a compensação de banco de horas para os colaboradores que não possuem saldo em banco ou estão negativos, bem como compensações fora do prazo acima estipulado.

Falta abonadas

Segue as faltas que serão abonadas conforme convenção coletiva: • Atestado Médico: Apresentado ao setor de Saúde Ocupacional no prazo de 72 horas, assinado pelo próprio colaborador e por sua coordenação; • Licença Paternidade: 05 dias consecutivos em caso de nascimento de filho ou adoção, o beneficio será contado a partir da data de nascimento/adoção; • Licença Maternidade: 120 dias consecutivos; • Licença Casamento: 03 dias úteis; • Licença por Falecimento: 02 dias consecutivos quando do falecimento do (a) cônjuge ou companheiro (a), ascendente (pais, avós e etc.), descendente (filhos, netos, bisnetos e etc.), sogro (a), irmão (ã) ou pessoa que viva sob sua dependência econômica declarada na CTPS e Previdência Social; • Internação Hospitalar: 01 dia quando cônjuge/companheira (o) ou filho menor, mediante apresentação de documento do hospital em que ocorreu a internação; • Doação de Sangue: 01 dia em cada 12 meses de trabalho, em caso de doação voluntária de sangue mediante a documentação comprobatório; • Poder Judiciário: mediante a documentação comprobatória informando o dia do comparecimento; • Serviço Militar: será abonado o dia do comparecimento conforme data apresentada no documento comprobatório; • Justiça Eleitoral: será abonado o dia do comparecimento conforme data apresentada no documento comprobatório; • Trabalho em Eleição: 02 dias úteis mediante a documentação comprobatória; • Treinamentos e Cursos: os dias referentes a treinamentos e cursos oferecidos pela empresa serão abonados.

Falta não abonadas

Segue os casos que a falta não será abonada e o colaborador deverá solicitar a compensação em banco de horas com antecedência de 02 dias úteis de comum acordo com a gestão da área, caso o mesmo tenha saldo positivo ou terá este dia descontado como falta. • Exame Médico; • Declarações: Médica, Escolar, Auto-Escola, Cartórios e Bancárias, etc.; • Treinamentos, cursos particulares e afins. • Falecimento de pessoas que não estão abrangidas pelo acordo coletivo; • Batizados, noivados, casamentos de terceiros e afins. Em caso de dúvidas, entre em contato com a Administração de Pessoal de sua unidade. FolhadaCana - Delta Sucroenergia

04


GENTE E OPORTUNIDADES

Parceria com o Senar Minas é sucesso

O Senar Minas (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) atua com o objetivo de promover a capacitação do trabalhador, do produtor rural e de suas famílias. Para isso, realiza gratuitamente cursos, treinamentos, seminários, palestras e uma série de outros eventos, visando aprimorar a formação profissional e a

promoção social da população rural. O SENAR oferece mais de 260 cursos e atende cerca de 140 mil pessoas por ano. Criado em 1993, o SENAR é uma entidade privada ligada à FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais). A entidade possui 10 escritórios regionais. Um deles fica em Uberaba que atende 44 municípios do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Desde 1997, a Delta Sucroenergia, é parceira do Senar e incentiva seus funcionários a se atualizarem e se capacitarem. Neste período, os cursos mais procurados foram de corte de cana e mecanização. Desde 2005, a parceria foi intensificada e os cursos, com um leque maior de modalidades passaram a serem realizados na própria Delta Sucroenergia. Em média, são promovidos por ano entre 70 e 100 cursos, beneficiando mais de mil funcionários. A mobilização dos cursos é feita através do Sindicato dos Produtores Rurais de Uberaba. De acordo com o mobilizador, Adílio Ca-

margo Júnior, a Delta é bem atuante e comprometida com o Senar. “Agradecemos a equipe da usina pela confiança e dedicação na promoção destes cursos. Em todos os treinamentos eles entram com maquinários e equipamentos necessários aos participantes”, finaliza Adílio. Para o gerente regional do Senar, Flávio Silveira, esse é um jogo onde os dois lados ganham. “O Senar tem o privilégio de trabalhar dentro de um grupo consolidado no mercado com alta produção e reconhecimento da qualidade e seriedade nos processos. Ganha a Delta Sucroenergia com o aperfeiçoamento de seus colaboradores, otimizando o trabalho e diminuindo os acidentes. Ganha também o Meio Ambiente, com trabalhadores rurais mais conscientes de suas responsabilidades ambientais. E ganha a sociedade por tudo que foi dito e com a tranquilidade de terem produtos feitos por mãos qualificadas”, ressalta Flávio.

FolhadaCana - Delta Sucroenergia

05


GIRO PELA USINA

Veja o que foi realizado no PDL em 2013 A Delta Sucroenergia vem buscando alinhar as práticas de Gestão de Pessoas aos objetivos organizacionais, e para isso, em 2013 investiu no desenvolvimento das lideranças. A programação em 2013 teve como foco o colaborador. Mostramos de várias formas como o comportamento humano bem ajustado contribui para um clima agradável na relação entre as pessoas no trabalho, melhorando o desempenho e consequentemente a entrega de resultados. O programa foi dividido em dois blocos:

1. O primeiro refere-se ao papel do líder e suas possibilidades em realizar muitas melhorias pessoais e no local de trabalho. Aqui, o ponto forte do treinamento foi o filme Bagdad Café que demonstrou claramente o quanto podemos fazer. 2. O segundo bloco refere-se à capacidade que o líder tem para desenvolver pessoas, fazer pessoas ficarem muito melhor do que elas são hoje. Aqui, o ponto forte do treinamento foi a MDI (Metodologia do Desenvolvimento Individualizado) que faz o líder olhar um a um dos colabora-

dores de sua equipe, fazendo-os se desenvolver a partir de suas potencialidades. O PDL em 2013 despertou para algo importante, conseguimos trabalhar muito bem com os talentos dos nossos colaboradores, boas dicas e novos rumos foram explorados. Outra novidade foi a formação de multiplicadores internos, colaboradores de diversas áreas que foram desenvolvidos para conduzir e disseminar por toda a organização o programa. Para este ano, muitas novidades estão sendo desenvolvidas, aguarde as novidades.

FolhadaCana - Delta Sucroenergia

06


ENTRESSAFRA

Unidades recebem investimentos na entressafra No período de 20 de dezembro de 2013 a 20 de março deste ano, as unidades da Delta Sucroenergia aproveitam o período de entressafra para realizar as manutenções necessárias nos equipamentos e a implantação de investimentos que visam a melhoria da eficiência, a redução de perdas e consequentemente uma maior competitividade da Delta Sucroenergia em um cenário de preços em queda que corrói as margens do setor. Na unidade Delta, o principal investimento é a troca do 6º terno da moenda, passando de 2200mm para 2300mm de abertura de alimentação. O antigo terno de 2200mm será transferido para Volta Grande para a primeira posição da Moenda-A. Com isso, a Moenda-A que contava com

5 ternos, passa a ter 6 ternos assim como na unidade Delta. Com esse investimento, espera-se um aumento na extração da cana tanto na unidade Delta quanto na unidade Volta Grande, ou seja, para um mesmo volume de cana moída vamos obter mais produto (açúcar ou etanol). Em Volta Grande, outro investimento relevante é a implantação da Peneira Molecular cuja função é a desidratação do etanol hidratado (usado diretamente nos veículos flex), transformando-o em etanol anidro (misturado na gasolina). Este investimento permite uma maior flexibilidade na escolha do mix de produtos de acordo com a demanda do mercado e da rentabilidade de cada produto. Já em Conquista de Minas, o prin-

cipal investimento é a readequação do sistema de descarregamento de cana picada. O projeto irá permitir o descarregamento da cana picada em paralelo com a cana inteira, permitindo ganhos de produtividade. Vale mencionar que em todas as unidades também estão sendo feitas várias melhorias de segurança, principalmente no atendimento à NR-10 (eletricidade). A parada para manutenção industrial nas três unidades envolve não só as equipes próprias de manutenção e operação mas também a contratação de 80 empresas de serviços, a mobilização de até 1.100 pessoas trabalhando dentro das unidades e o consumo de cerca de 1000 ton. de aço, tubos e perfis para dar manutenção em cerca de 15.000 equipamentos.

Novos caminhões e novas máquinas A Delta Sucroenergia recebe novos caminhões e máquinas para a Safra 2014/2015. Confira as fotos:

FolhadaCana - Delta Sucroenergia

07


SAÚDE

Perguntas e respostas sobre a Dengue Mais uma vez, chegamos ao verão e a Dengue apresenta um alto número de casos nas cidades onde temos parques industriais. Veja abaixo, perguntas e respostas sobre o assunto. Sobre a doença 1. A picada do mosquito é a única forma de transmissão da dengue? Sim, a dengue não é transmitida por pessoas, objetos ou outros animais. 2. Qual é o principal mosquito transmissor da dengue? É o mosquito Aedes aegypti. 3. É verdade que somente a fêmea do mosquito pica as pessoas? Sim, pois é a fêmea que necessita do sangue em seu organismo para amadurecer seus ovos e assim dar seqüência no seu ciclo de vida. 4. Como a pessoa reconhece o mosquito Aedes aegypti? O Aedes é parecido com o pernilongo comum, e pode ser identificado por algumas características que o diferencia como: corpo escuro e rajado de branco e possui hábito de picar durante o dia. 5. De onde veio o mosquito Aedes aegypti? É originário da África Tropical característico de países com clima tropical e úmido, introduzido nas Américas durante a colonização. Atualmente encontra-se amplamente disseminado nas Américas, Austrália, Ásia e África. 6. Qualquer inseticida mata o mosquito da Dengue? Sim, porém a aplicação dos inseticidas atua somente sobre a forma adulta do mosquito, surtindo efeito momentâneo com poder residual de pouca duração.

7. Uma pessoa infectada pode passar a doença para outra? Não há transmissão por contato direto de um doente ou de suas secreções para pessoas sadias. A pessoa também não se contamina por meio de fontes de água, alimento, ou uso de objetos pessoais do doente de dengue. 8. É possível distinguir a picada do Aedes aegypti com a de um mosquito comum? Não. A sensação de eventual coceira ou incômodo é semelhante à picada de qualquer outro mosquito. 9. Algum outro mosquito é capaz de transmitir a doença? Sim, o mosquito Aedes albopictus, que também pode ser encontrado em áreas urbanas, também pode transmitir a dengue. 10. Todo Aedes transmite a dengue? Não, apenas os infectados. O mosquito só transmite a doença se tiver contraído o vírus. 11. Todo mundo que é picado pelo mosquito Aedes aegypti fica doente? É preciso que o mosquito esteja infectado com o vírus de Dengue. Além disso, muitas pessoas picadas pelo mosquito Aedes aegypti infectado não apresentam sintomas. Outras apresentam sintomas brandos que podem passar despercebidos ou confundidos com gripe, existindo ainda, aquelas que são acometidas de forma acentuada, com sintomatologia exacerbada. 12. Por que foi possível fazer uma vacina para febre amarela e não está sendo possível fazer uma vacina contra dengue?

No caso da Febre Amarela só existe um tipo de vírus. Na dengue, são conhecidos quatro variedades de vírus – chamados den1, den2, den3, e den4. Os quatro tipos já foram registrados no Brasil (sendo que o tipo 4 só na Amazônia). A rigor, uma vacina para um tipo não dará imunização para outro. Sintomas 1. Quais são os principais sintomas da dengue? Febre alta, dor de cabeça, principalmente na região ocular, dores nas articulações, músculos e muito cansaço. Também é comum náuseas, falta de apetite, dor abdominal, podendo até ocorrer diarréia e vermelhidão na pele. 2. Em quanto tempo os sintomas aparecem? De três a quinze dias após a picada do mosquito infectado. 3. A pessoa pode estar com a doença e apresentar apenas alguns dos sintomas? Não ter febre, por exemplo? Sim. A intensidade dos sintomas varia muito de pessoa para pessoa. 4. A pessoa pode confundir a dengue com uma gripe forte? Como saber a diferença? Sim. A melhor forma de se ter certeza é procurando um médico e eventualmente realizando exames. 5. Quem teve Dengue fica com alguma complicação? Não. A recuperação costuma ser total. É comum que ocorra durante alguns dias uma sensação de cansaço, que desaparece completamente com o tempo.

FolhadaCana - Delta Sucroenergia

08


Folha da cana 53 (fevereiro)  

Folha da cana 53 (fevereiro) 2014

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you