Page 1


Índice Páginas

3a6

1. Central de Atendimento Acadêmico _ caa

1

Em Joinville: Prédio da Reitoria _ Térreo Informações: (47) 3461-9030 caa@univille.br

Em São Bento do Sul: (47) 3631-9120 secsbs@univille.br

Páginas

7e8

2. Área de extensão

2

Em Joinville: Bloco B - 17 Informações: (47) 3461-9121 extensaouniversitaria@univille.br

Em São Bento do Sul: (47) 3631-9128 proexsbs@univille.br

Páginas

9 a 12

3. Área de pesquisa

3

Em Joinville: Bloco B - 17 Informações: (47) 3461-9039 pesquisa@univille.br

Em São Bento do Sul: (47) 3631-9135 pesquisasbs@univille.br

Páginas

13 a 15

4. escritório de empregabilidade e estágio

4

Em Joinville: Bloco B - 1 Informações: (47) 3461-9043 estagio@univille.br

Em São Bento do Sul: (47) 3631-9128 proexsbs@univille.br

Apresentação Aqui você, acadêmico da Univille, vai encontrar informações sobre modalidades de bolsa, financiamento e oportunidades que podem auxiliá-lo e ao mesmo tempo envolvê-lo em outras experiências que só uma Universidade pode oferecer.


1

centrAL de AtendiMento AcAdÊMico _ cAA

o que É Central de atendimento aCadêmiCo A Central de Atendimento Acadêmico (CAA) tem como objetivo facilitar o atendimento aos discentes englobando as informações relevantes à vivência acadêmica. Nela o acadêmico terá, entre outros serviços disponíveis, informações financeiras, acadêmicas, de bolsas de estudo e financiamentos.

bolsas de estudo cAA

artigo 170 da Constituição estadual o que é? O processo de bolsa de estudo com recursos do Artigo 170 _ Constituição do Estado de Santa Catarina destina-se a estudantes dos cursos de graduação da Univille. São concedidas bolsas a partir de 25%, dependendo da condição socioeconômica apresentada e comprovada pelo estudante. Há também a modalidade de Pesquisa, voltada a estudantes dos cursos de graduação interessados em desenvolver pesquisa ou participar de determinado programa ou projeto na Univille. pesquisa: vide página 10

bolsa de estudo Quando solicitar: o prazo para os estudantes solicitarem bolsa de estudo é especificado em Edital. Para os ingressantes, o prazo de inscrição inicia-se nas mesmas datas de inscrição para o vestibular, e a entrega dos documentos ocorre junto com a matrícula. Para veteranos o processo acontece no início de cada ano. contrapartida: o acadêmico contemplado deve ler atentamente o Edital, pois, para ter direito ao benefício, deve participar de programas e projetos desenvolvidos pela Univille. Ele terá de apresentar um Termo de Adesão no início e um relatório de 20 horas de atividades desenvolvidas a cada semestre, totalizando 40 horas.

3

Quem pode solicitar: estudantes matriculados nos cursos de graduação da Univille (veteranos) e candidatos aprovados no vestibular ou outras formas de ingresso na Universidade (ingressantes). Quem não pode solicitar: estudantes que já concluíram ensino superior.


Demais convênios com o governo do Estado O que é? Trata-se de bolsas de estudo, de pesquisa ou de extensão que dependem de convênio estabelecido entre a Universidade e o governo do Estado de Santa Catarina. São bolsas de até 100% para alunos matriculados nos cursos de graduação da Univille que atendam aos critérios estabelecidos na legislação e nos editais específicos. As bolsas são cadastradas em forma de desconto nas mensalidades, conforme repasse de cada benefício. Esta modalidade contempla os recursos do Artigo 171, Fundo Social e Programa de Desenvolvimento Regional. As inscrições e as demais informações dependem da formalização do convênio a cada ano.

Programa Universidade para Todos – ProUni O que é?

CAA

O Programa Universidade para Todos (ProUni) tem como finalidade a concessão de bolsas de 100% e 50% em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de ensino superior privadas. Destinado aos candidatos que realizaram o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em ano anterior e não têm nenhum diploma de curso superior. A pontuação mínima estabelecida pelo

MEC para participação no processo seletivo do Prouni é de 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos na média e nota superior a zero na redação do Enem. Para receber bolsa de 100% o candidato deve apresentar renda de um salário mínimo e meio por pessoa da família. Para bolsas de 50% o candidato deve apresentar renda de até três salários mínimos por pessoa da família.

Quem pode se inscrever? Além das exigências acima o candidato deve atender a um dos seguintes critérios: ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública;

ter cursado o ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;

ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, e integrar o quadro de pessoal permanente da instituição pública;

ter cursado todo o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral na instituição privada; ser portador de deficiência.

4


FINANCIAMENTOS ESTUDANTIS Fies O que é? O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições não gratuitas. O Fies tem fluxo contínuo de inscrição, ou seja, o estudante pode solicitar o financiamento em qualquer período do ano, de acordo com a verba disponível. As inscrições são feitas pelo Sistema Informatizado do Fies (SisFies).

Fases do financiamento Durante o curso: O estudante pagará, a cada três meses, o valor máximo de R$50,00, referente ao abatimento dos juros incidentes sobre o financiamento.

Fase de amortização: Encerrado o período de carência, o saldo devedor do estudante

será parcelado em até três vezes o período financiado do curso, acrescido de 12 meses.

Quem pode solicitar o financiamento? Podem solicitar o financiamento pelo Fies os estudantes regularmente matriculados em cursos de graduação não gratuitos.

Quem não pode solicitar o financiamento? Os estudantes: cuja matrícula acadêmica esteja em situação de trancamento geral de disciplinas no momento da inscrição; que já tenham sido beneficiados com o financiamento do Fies; cujo percentual de comprometimento de renda familiar mensal bruta per capita com o pagamento da mensalidade seja inferior a 20%; cuja renda familiar bruta mensal seja superior a 20 salários mínimos.

5

CAA

Carência: Após a conclusão do curso, o estudante terá 18 meses de carência para recompor seu orçamento. Nesse período, o estudante continuará pagando a cada três meses o valor máximo de R$50,00.


Crédito Pravaler o que é? O Pravaler é um programa de financiamento privado que oferece facilidade de pagamento aos alunos de graduação. Com ele as mensalidades do semestre são parceladas para caber no bolso. De forma rápida e simples ele pode ser contratado para facilitar a vida do estudante e ser a solução para ajudá-lo a bancar a faculdade.

Para preencher a proposta é simples. É preciso:

cAA

indicar um garantidor. Por exemplo: pai, mãe e familiares. O estudante não pode ser seu próprio garantidor;

ter CPF regular: o estudante e seu garantidor devem ter o CPF regularizado na Receita Federal;

não ter restrições de crédito no SPC e no Serasa: o estudante e seu garantidor não podem ter pendências cadastrais;

comprovar renda mínima: a renda do estudante (caso possua) e a renda do garantidor somadas devem ser no mínimo duas vezes o valor da mensalidade escolhida;

ter um e-mail válido e de uso frequente.

PARA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE BOLSAS DE ESTUDO E FORMAS DE FINANCIAMENTO, CONTATE A CAA

6


2

ÁreA de extensão

o que É extensão universitária? Nossa missão é ampliar a formação do ser humano para a melhoria do exercício profissional, com vistas a construir uma sociedade mais justa, democrática e engrandecer a riqueza das ações da nossa Universidade, produzindo, sistematizando e socializando os saberes científico, artístico, tecnológico e filosófico em programas, projetos e eventos.

programas de extensão: são núcleos permanentes de planejamento, execução, assessoria, consultoria e viabilização de projetos ligados ao ensino e à pesquisa e vinculados aos departamentos que podem agregar projetos que privilegiem, em seus objetivos, atividades afins;

projetos de extensão: são atividades, com tempo limitado, que objetivam promover conhecimentos específicos em uma determinada área e que podem ou não estar ligados aos programas institucionais;

Atividades culturais: ligadas à arte e à cultura, compreendem ações para a promoção e o desenvolvimento de um conjunto de atividades diversificadas nas áreas afins. Atualmente são desenvolvidas no Coral e na Companhia de Teatro da Univille.

7

extensão

quais são as ações de extensão que podem envolver alunos?


Como o estudante pode participar das ações de extensão universitária? Por meio do Programa Institucional de Bolsa de Extensão, conhecido como Pibex.

Como ter acesso às bolsas de extensão da modalidade Pibex? É necessário que o aluno procure pelas ações de extensão no site da Univille, link Área de Extensão, e na sequência entre em contato com o coordenador do programa/projeto para verificar disponibilidade de vaga para bolsa nas ações previamente mencionadas. Também é possível ingressar nos programas/projetos de extensão de forma voluntária, ou seja, sem recebimento de bolsa.

As horas executadas nos programas/ projetos de extensão podem ser validadas como horas complementares.

Quais são as modalidades e respectivas formas de financiamento das bolsas de extensão universitária? extensão

Pibex: o aluno contemplado por mérito participa do programa/projeto de extensão desenvolvendo atividades referentes a 10 ou 20 horas semanais; Artigo 170 da Constituição Estadual (governo do Estado de Santa Catarina): a concessão

de bolsas para essa modalidade é realizada por meio de cadastro socioeconômico. A Lei Complementar n.º 281, de 20 de janeiro de 2005, exige que o aluno realize 40 horas anuais em atividades de extensão ou em escolas estaduais. Para cumprimento em programas e projetos de extensão, o estudante deve assinar termo de adesão e preencher relatório de atividades conforme prevê edital; Artigo 171 da Constituição Estadual (governo do Estado de Santa Catarina): por meio

de edital específico, lançado pela Área de Extensão. O candidato deverá ter cursado todo o ensino médio em unidade escolar da rede pública ou em instituição privada com bolsa integral ou parcial e residir há dois anos em Santa Catarina; Atividades culturais: o aluno deve estar regularmente matriculado na graduação e

dispor de no mínimo 10 horas semanais para desenvolver ações, conforme solicitação do coordenador da atividade da qual fará parte. As bolsas do Pibex acessadas pela Área de Extensão somente podem ser acumuladas com as bolsas recebidas pelo cadastro socioeconômico.

No caso de acúmulo de bolsas, o valor final não poderá exceder o valor da mensalidade.

8


3

ÁreA de pesQuisA

o que É Pesquisa CientíFiCa? A pesquisa científica consiste em um processo metódico de investigação, recorrendo a procedimentos científicos para encontrar respostas para um problema. Nesse tipo de pesquisa, é obrigatório avaliar se o problema apresenta interesse para a comunidade científica e se constitui um trabalho que vai produzir resultados novos e relevantes para o interesse social.

Por meio do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica, conhecido como Pibic.

Por que é denominado iniciação Científica? O Pibic oportuniza ao aluno de graduação o desenvolvimento de um projeto de pesquisa juntamente com um professor orientador, que o iniciará na aplicação do método científico, daí o nome Projeto de Iniciação Científica (IC).

qual a diferença entre as modalidades previstas no Programa de iniciação Científica? Modalidade

individual

Vinculado

A apresentação do projeto é feita pelo próprio aluno em conjunto com um professor orientador.

O aluno atua nas atividades do projeto de pesquisa do professor orientador.

9

pesQuisA

Como o estudante pode participar de pesquisas científicas?


Como acessar a modalidade individual? Por meio de edital específico, lançado pela Área de Pesquisa, normalmente em agosto, o qual fica disponível e pode ser acessado no site da Univille, link Área de Pesquisa.

Quando ocorre o acesso na modalidade vinculado? A partir do momento da implementação do projeto de pesquisa coordenado pelo professor e mediante a entrega do plano de trabalho do aluno.

Quais as formas de financiamento das bolsas de pesquisa? Modalidade

Pesquisa

1

2

Individual

Vinculado

1

FAP

FAP

4

CNPq

CNPq

FAP (Fundo de Apoio à Pesquisa) – o projeto de pesquisa do professor prevê a respectiva bolsa no orçamento do projeto.

2

Art. 170

3

Art. 171

Artigo 170 da Constituição Estadual (governo do Estado de Santa Catarina) – por meio de edital específico lançado pela Área de Pesquisa, normalmente no primeiro trimestre do ano, o qual fica disponível e pode ser acessado no site da Univille, link Área de Pesquisa. Para acessar a bolsa de Iniciação Científica por meio do Artigo 170 é necessário comprovar índice socioeconômico.

3

Artigo 171 da Constituição Estadual (governo do Estado de Santa Catarina) – por meio de edital específico lançado pela Área de Pesquisa, em que o candidato deverá ter cursado todo o ensino médio em unidade escolar da rede pública ou em instituição privada com bolsa integral ou parcial e residir no mínimo há dois anos no Estado de Santa Catarina. Independentemente da forma de financiamento, todos os alunos de Iniciação Científica, para acessar o Programa Pibic, devem elaborar um Plano de Trabalho, cujo documento é disponibilizado e acessado no site da Univille, link Área de Pesquisa > Formulários.

10


4

CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) – por meio de edital específico lançado pela Área de Pesquisa, em que o candidato não poderá ter vínculo empregatício.

Lembre-se: É possível participar desse programa de forma voluntária, ou seja, sem recebimento de bolsa.

Por quê? Porque você terá um diferencial na sua formação acadêmica.

A bolsa mérito acessada com recurso FAP, por meio da Área de Pesquisa, pode ser acumulada com bolsa recebida pelo cadastro socioeconômico, porém não deverá exceder o valor da mensalidade.

Quais os requisitos para ser aluno de Iniciação Científica? 1 Estar regularmente matriculado em curso de graduação da Univille; 2 Possuir média mínima 7,0 (sete) na série anteriormente cursada; 3 Dispor de 20 horas semanais para desenvolver a pesquisa; 4 Alunos matriculados na 1ª série do curso também poderão pleitear a bolsa de Iniciação

Científica, desde que já tenham concluído, pelo menos, um bimestre. Para ser um aluno de Iniciação Científica o tempo de duração da bolsa não pode ser inferior a 6 meses.

11

Pesquisa

Exceto a bolsa CNPq, todas as demais modalidades de financiamento são concedidas sob a forma de desconto na mensalidade.


Quais as obrigações para o aluno que participa da Iniciação Científica? Apresentar os resultados finais ou parciais do trabalho no Seminário de Iniciação Científica da Univille (SIC) e entregar um artigo na Área de Pesquisa em parceria com seu professor orientador.

Os projetos de Iniciação Científica, modalidade individual, que envolvam na metodologia seres humanos ou animais deverão ter parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa antes de realizar estudo com seres humanos ou animais.

O que é SIC? Qual seu objetivo? O SIC é o Seminário de Iniciação Científica, que tem como objetivo oportunizar ao estudante o exercício da divulgação no formato científico, permitindo o intercâmbio de conhecimentos e a possibilidade de estabelecer novas parcerias para desenvolver outros projetos.

Pesquisa

Você merece saber: As horas executadas nos projetos de Iniciação Científica podem ser validadas como horas complementares, desde que esse aspecto esteja contemplado no projeto pedagógico do curso; Um dos critérios para a participação do estudante no Programa Ciência sem Fronteiras é a atuação em programa de Iniciação Científica na universidade.

12


4

escritÓrio de eMpregAbiLidAde e estÁgio

o que É emPregabilidade?

qual a finalidade do escritório de empregabilidade e estágio (eee)? O EEE é uma Área da Univille responsável pela divulgação de empregos, estágios, programas Trainee e outras oportunidades oferecidas por empresas de Joinville e região.

o que é o estágio? A Lei n.º 11.788, de 25 de setembro de 2008, define o estágio como o ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo do estudante. O estágio integra o itinerário formativo do educando e faz parte do projeto pedagógico do curso.

qual é a missão do eee? Gerar oportunidades que contribuam para diferenciar os estudantes e egressos da Univille, apoiando a complementação de sua formação acadêmica e a inserção no mercado de trabalho.

quais são os compromissos do eee? Fortalecer a imagem e a presença da Univille perante as empresas de Joinville e região;

espaço para foto Estender o compromisso da formação acadêmica para além do ensino no Campus Universitário.

13

eMpregAbiLidAde

A empregabilidade vai além do aprender e saber fazer; considera a escolha de uma carreira e não apenas de uma profissão, fator determinante de felicidade e sucesso. Ser empregável é tornarse foco do interesse das organizações pelo reconhecimento de competências e habilidades indispensáveis à sustentação dos negócios. Com o objetivo de viabilizar meios que aumentem as condições de empregabilidade de estudantes e egressos, a Univille criou o Escritório de Empregabilidade e Estágio.


Quais são os compromissos do EEE com os estudantes? Fortalecer a visão empreendedora e as competências diferenciais valorizadas. Apoiar na identificação de oportunidades de carreira e no reconhecimento das próprias competências;

Viabilizar acesso às oportunidades de estágio e vagas efetivas nas instituições/empresas de Joinville e região.

Quais são os compromissos do EEE com as empresas? Prover capital humano qualificado e motivado para aproveitamento de oportunidades de estágio e vagas efetivas; Contribuir com a otimização dos negócios, identificando oportunidades e alinhando a formação acadêmica com as exigências do mercado de trabalho.

O que é estágio não obrigatório? É uma atividade opcional, acrescida à carga horária regular e obrigatória (§ 1.º do artigo 2.º da Lei n.º 11.788/2008), em que o estudante vai ter a oportunidade de praticar conceitos e técnicas com os quais teve ou tem contato em sua formação.

Quem pode ser estagiário? empregabilidade

Todo estudante que estiver frequentando o ensino regular, em instituição de educação superior, de educação profissional de ensino médio, de educação especial e dos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional da educação de jovens e adultos (artigo 1.º da Lei n.º 11.788/2008).

Estágio é uma relação de emprego? Não. O estágio não caracteriza vínculo de emprego de qualquer natureza (artigos 3.º e 15 da Lei n.º 11.788/2008).

Qual a duração permitida para a jornada diária de estágio? A jornada de atividade em estágio será definida em comum acordo entre a instituição de ensino, a parte concedente e o aluno estagiário ou seu representante legal, devendo constar do termo de compromisso, ser compatível com as atividades escolares e não ultrapassar 6 horas diárias, totalizando 30 horas semanais.

Qual o prazo de duração do estágio? Não pode durar mais que 2 (dois) anos, exceto quando se tratar de estagiário portador de deficiência (artigo 11 da Lei n.º 11.788/2008).

Há acompanhamento e orientação durante o período fixado para o estágio não obrigatório? Sim. Conforme Lei de Estágio, a instituição de ensino precisa assegurar uma avaliação semestral de todos os estudantes na condição de estágio não obrigatório. A avaliação é realizada entre o concedente do estágio e o acadêmico e reportada à Univille, que acompanha os resultados e intervém quando necessário.

14


Quais são os serviços prestados pelo EEE aos seus parceiros? Acompanhamento dos estudantes nas empresas;

Cadastro de estudantes e egressos;

Cadastro de vagas de emprego e estágio;

Divulgação de vagas para estágio (internas e externas);

Divulgação de oportunidades para projetos especiais;

Divulgação de vagas efetivas (internas e externas);

Regularização do vínculo de estágio.

Cursos de aperfeiçoamento profissional;

Que outros serviços o EEE presta aos acadêmicos e egressos? Acompanhamento dos estudantes nas empresas; Cursos de aperfeiçoamento profissional; Minipalestras; Regularização do vínculo de estágio.

Benefícios Univille Bolsa Mérito Pibex | Pibic | Pibid | Pesquisa Artigo 170 | Pesquisa Artigo 171 | Estágio Interno

Bolsa de Estudo Pesquisa Artigo 170 | Pesquisa Artigo 171 | Fundo Social | ProUni

Financiamento Estudantil Fies | Pravaler | Fundo Social

Como posso acumular benefícios? Conforme prevê a Resolução Interna 29/08 do Conselho de Administração da Univille, os benefícios só podem ser somados quando não são da mesma categoria. No máximo é possível acumular apenas dois benefícios.

Exemplos: Bolsa Mérito Financiamento Bolsa de Estudo

+ Bolsa de Estudo + Bolsa Mérito + Financiamento

Resumindo: Você pode, durante a realização do seu curso, participar de atividades de extensão universitária, pesquisa científica ou estagiar em áreas relacionadas à sua formação.

15


Campus Joinville Campus Universitário _ Rua Paulo Malschitzki, 10 Zona Industrial Norte _ Joinville/SC CEP 89219-710 Tel.: (47) 3461-9000 E-mail: univille@univille.br Unidade Centro/Bucarein _ Joinville Rua Ministro Calógeras, 439 Centro _ Joinville/SC CEP 89202-207 Tel.: (47) 3422-3021 E-mail: unidadecentro@univille.br Campus São Bento do Sul Rua Norberto Eduardo Weihermann, 230 Bairro Colonial _ São Bento do Sul/SC CEP 89288-385 Tel.: (47) 3631-9100 E-mail: univillesbs@univille.br Unidade São Francisco do Sul Rodovia Duque de Caxias, km 8, poste 128 Iperoba _ São Francisco do Sul/SC CEP 89240-000 Tel.: (47) 3471-3800 E-mail: univille.sfs@univille.br www.univille.br facebook.com/univille @univille

Informativo Bolsas, Estágios e Financiamentos  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you