Page 202

Marx & Engels David Riazanov

“mas não é com as cooperativas, quaisquer que sejam – agrega – que se pode suprimir o regime capitalista. Para isto é necessária uma mudança mais vasta, mais radical, que se estenda a sociedade inteira. Modificações tais que só podem se produzir por meio de uma força social organizada, o poder estatal, que passarão das mãos dos capitalistas e latifundiários as da classe operária”. Assim, pois, proclamou Marx a necessidade da conquista do poder político pelo proletariado. O projeto de estatuto que vocês já conhecem foi adotado sem nenhuma modificação. A tentativa dos franceses (que já haviam suscitado esta questão na conferência de Londres) de não entender por “operário” mais do que as pessoas ocupadas em um trabalho manual e excluir os representantes do trabalho intelectual, foi fortemente combatida. Os delegados ingleses declararam que para aceitar a proposição dos franceses seria necessário excluir o próprio Marx, que tanto havia feito pela Internacional. O congresso de Genebra desempenhou um papel importante como instrumento de propaganda: todas suas resoluções para estabelecer as reivindicações primordiais da classe operária, escritas quase exclusivamente por Marx, entraram no programa mínimo prático de todos os partidos operários. O congresso teve uma imensa repercussão em todos os países, compreendida a Rússia, onde já, em 1865, o Sovremenny reproduziu grande parte do Manifesto Inaugural, apresentando-o como escrito de Marx. Após o congresso de Genebra, que deu forte impulso ao movimento operário internacional, a Internacional adquiriu grande popularidade e chamou a atenção de algumas organizações democráticas burguesas que tentaram utilizá-la para seus propósitos. No congresso seguinte, realizado em Lausanne, a luta se deu ao redor da participação no congresso de uma nova

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement