Page 1

Agrupamento de Escolas

Escultor Francisco dos Santos

Jornal das EB1/JI de Fitares e EB1/JI da Rinchoa Ano - 2014/2015 3.º período

Ficha técnica Coordenação do jornal Manuela Silveira

1 amigo

No dia 22 de maio celebrámos o dia ecoescolas, o dia da reciclagem e o dia Internacional da Biodiversidade. Logo pela manhã, começámos por ir para a horta da escola cantar o hino ecoescolas. Ao mesmo tempo que cantávamos o hino começaram a içar a bandeira. Os meninos do jardim-de-infância iniciaram a canção e depois os outros alunos continuaram a cantar. Pintámos uma peça de um puzzle, que depois foi colocada no pátio de entrada da escola, juntamente com peças pintadas por outras turmas, e no fim ficou um puzzle montado. Matilde Silva e Patrícia Evaristo 4.º B – da EB1/JI de Fitares


ACONTECEU NA BIBLIOTECA ESCOLAR… PALAVRAS DO MUNDO... RECITAL DE POESIAS - 20 DE MARÇO Os alunos recitaram e ouviram poesias dos poetas: Luísa Ducla Soares: "Poemas da mentira e da verdade" Matilde Rosa Araújo: "Mistérios" José Jorge Letria: " Quero ser...", "Livro dos dias"

SEMANA DO LIVRO E DA LEITURA - 16 a 20 de março

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

SEMANA DA PRIMAVERA 11 a 15 de maio Cada turma do 1ºciclo e Jardim de Infância, construiu uma flor gigante com materiais recicláveis...

Algumas das flores foram "plantadas" no espaço exterior da biblioteca. Como ficou florido e bonito! Parece um jardim! :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


No âmbito da Educação Literária, em abordagem à obra poética de Matilde Rosa Araújo "Mistérios“, os alunos do 4º ano escreveram poemas. Inserido no tema da Paz e Amizade, os alunos do 3º ano foram motivados a escrever poemas à maneira da escritora Luísa Ducla Soares, como “O poema do P", do seu livro "Poemas da Mentira e da Verdade".

O JARDINEIRO O jardineiro veio do jardim Chegou de tarde Trouxe um cesto Cheio de sementes Que plantava à tarde Veio na sua carrinha Sozinho com as plantas dentro dos sacos e as aves no céu No ninho comiam Na luz da manhã Quem dorme bem Sonha estes mistérios. Duarte Leite – 4.º B da EB1/JI de Fitares


No dia 15 de maio os alunos do 1º Ano, receberam a escritora/ilustradora Rita Correia, que nos apresentou o seu novo livro:

"O MEU NOME É..."

Tentámos descobrir o nome começado por "E" e a rima com "Criança" Também havia uma pista que tinha de ser lida através do espelho... E assim conseguimos todos juntos descobrir o nome!

Rita Correia explicou-nos como construiu o livro e como teve tantas ideias fantásticas! A Rita autografou o nosso livro. ...E FICAMOS COM A ESPERANÇA QUE VOLTE COM UM NOVO LIVRO! Este é o link para saberes mais sobre a escritora/ilustradora E sobre o seu livro: http://ritacorreia-ilustra.blogspot.com/2014/07/novo-livro-o-meu-nome-e.html?spref=bl


PASSATEMPO - UM OVO POR INVENTAR O ovo tem poderes que vale a pena descobrir: ajuda a crescer, é saboroso, nutritivo, económico e fácil de cozinhar. O ovo é muito versátil - esse é o PODER DO OVO!

Tal como o OVO, a nossa escola também tem muito potencial! A partir do OVO que vinha na caixa do SOBE, criámos com esferovite e tecidos coloridos, e demos forma a esta escultura, em que o OVO é a peça central. Este é o NOSSO PODER!

Este passatempo foi promovido pela DEROVO GROUP. Integra a campanha nacional SOBE - Saúde Oral Biblioteca Escolar. Neste âmbito o grupo do 4ºAno B, professora Raquel Antunes, participou neste passatempo, com esta escultura, tendo como objeto central do ato criativo o OVO.

Adelaide Machado – Professora Bibliotecária


No dia 2 de fevereiro as crianças, docentes e não docentes fizeram um cordão humano pela paz.

E também demos muitos abraços, uns aos outros e manifestámos os nossos sentimentos de amizade e carinho.

De seguida, as crianças colocaram as suas mensagens sobre a não violência, tolerância, Paz, escritas no post-it, nos murais do recinto interior da escola

Adelaide Machado – Professora Bibliotecária


Espetáculo e Oficina de Arte que todas as crianças deveriam ter a possibilidade de experimentar, foi o que proporcionámos a todos os grupos da Educação Pré-Escolar do nosso Agrupamento. Verdadeiramente maravilhoso. Adorámos.

Entrar num mundo imaginário... descobrir o mundo das formas, o mundo dos ritmos e sons, o mundo das cores e das texturas, o mundo das emoções… Descobrir o mundo do movimento!

Jardim de Infância de Fitares & Jardim de Infância da Rinchoa


Torneio de xadrez Este torneio aconteceu no dia 2 de junho de 2015 às 14 horas e 20 minutos e acabou às 17 horas e 20 minutos durando 3 horas. O torneio decorreu no refeitório da escola sede do Agrupamento de Escolas Escultor Francisco dos Santos. Estavam alunos desde o 4º ano até ao 9º ano e o professor António Courela. Este torneio está inserido no Desporto Escolar. Este torneio é feito com seis jogos, cada jogo tem 12 minutos para cada um dos jogadores tendo por isso 24 minutos e quem tiver a maior pontuação ganha. No torneio de xadrez houve vários participantes da escola básica de Fitares: o Nuno Paradela, o Mário Fonseca, o Tiago Galaio, o Diogo Quadé, o Morbein Nanque, a Filipa Martins, o Duarte Leite, o Gonçalo Magalhães e o Rafael Gil. E ainda os alunos mais velhos da escola sede. Da turma do 4ºBF o Duarte, o Rafael e o Morbein receberam medalhas; o Duarte recebeu uma de 2º lugar, o Rafael de 3º lugar e o Morbein de 5º lugar.

Mário Fonseca e Tiago Galaio

4.º B – da EB1/JI de Fitares


A viagem de finalistas foi muito divertida! Aconteceu no dia 5 de junho de 2015. Todas as turmas do 4º ano foram de autocarro até Bucelas. A viagem ainda demorou quase 1h. Depois andamos 15min. a pé até ao Parque Aventura Sniper. Quando lá chegamos os monitores apresentaram-se. A seguir fomos fazer escalada numa parede com 10 metros de altura. Houve alunos que não quiseram subir a parede toda e outras pessoas ficaram felizes por chegar ao topo, não só os alunos, como também a professora Raquel Antunes. Depois fomos fazer Slide, onde eramos levados por uma corda muito segura de 200 metros de comprimento. Tínhamos de ir 2 a 2 e tínhamos de fazer várias posições. Foi uma sensação muito boa e todos adorámos. Quando acabou o Slide fomos almoçar. Todos tínhamos almoços deliciosos. Alguns partilharam o almoço. A seguir fomo-nos equipar para jogar matraquilhos humanos. Houve 5 jogos e a equipa dos amarelos venceu contra a equipa dos laranjas. A última atividade que fizemos foi Ponte de Cordas. Antes de iniciarmos a atividade fomos fazer um pequeno treino onde tínhamos um fio que estava preso a uma corda para não cairmos. Quando acabamos todas as atividades fomos lanchar e depois ficamos a brincar um pouco. Chegamos à escola já eram 20h.

Carla Bumbar e Francisco Abrantes Ilustração: Morbein Nanque - 4.º B – da EB1/JI de Fitares


Exposição Interativa "Somos Crianças" - biblioteca escolar Os alunos do 1º Ano participaram na Exposição interativa "Somos Crianças" Dinamizada pela equipa dos Centros Lúdicos de Sintra, nos dias 15 e 30 de abril na biblioteca escolar de Fitares e no espaço aberto da escola da Rinchoa.

Deficiência Mental Experimentaram desenhar olhando para o espelho... Deficiência Visual

Deficiência motora

Experimentaram andar de cadeira de rodas

Deficiência auditiva - Língua gestual


Quando falamos em fósseis, todas as crianças levam a imaginação aos famosos filmes da “Idade do Gelo” e aos animais que povoam as estórias fantásticas que ali se contam. Desde os mais pequenos aos maiores, todos se recordam do tigre dentes-de-sabre, do mamute, e do esquilo com grandes dentes. Outro favorito é, sem dúvida, o grande carnívoro Tyrannosaurus rex (ou, para os que o conhecem bem, T-rex), um dinossauro de apetite voraz e ameaçador e com um pescoço em forma de “S”. Mas se é verdade que há crianças absolutamente apaixonadas por este ramo da Ciência que estuda os fósseis – a Paleontologia, como tão bem me disseram -, também há muita confusão sobre o que são, na verdade, os fósseis, e de que maneira se formam. Depois de muitas perguntas e respostas-tentativa, chegámos a algumas conclusões em conjunto: - que há vários tipos de fósseis, desde vestígios (partes de animais e plantas, pegadas, dentes…) a ossos totalmente preservados, e que nos contam a história de vida daquele ser no seu ambiente; - que o processo de fossilização pode levar milhões de anos a acontecer e precisa das condições naturais certas; - que existem fósseis “vivos” (!!!), organismos que não se modificaram ao longo do tempo e são considerados muito antigos, como alguns peixes e plantas. Para ajudar a conhecer alguns tipos de fósseis, os cientistas das aulas fizeram um jogo de adivinhas com pistas que levaram a muita diversão e novas descobertas. E uma vez que nos era impossível, no nosso tempo de vida, criar um fóssil, resolvemos fazer aquilo em que as crianças são experts: brincar. Pegámos em argila, recolhemos folhas, galhos, frutos da Mãe Natureza e modelámos os nossos próprios “fósseis”, deixando-os secar ao ar para ganharem a dureza simulada da pedra em que tantas vezes são encontrados, pelos paleontólogos, estes espécimes. E depois foi só decorar utilizando a imaginação… que não falta a estes pequenos cientistas-criativos! Os nossos trabalhos foram expostos junto das Bibliotecas no início do 3º período, para que todos os pudessem ver.

Margarida Monarca - AEC – Ciência Divertida


Uma das atividades mais (ansiosamente) aguardadas neste período foi, sem dúvida, a explosão do vulcão. As crianças estavam divididas nas suas suposições imaginativas desta atividade: enquanto algumas temiam que toda a escola fosse afetada pela explosão (imagine-se o tamanho da criatividade destes pequenos cientistas!), outras havia que estavam seguras de ser impossível realizar qualquer explosão que fosse… pois a proximidade da lava queimaria tudo em redor! Para desmistificar medos e sossegar receios, começámos por falar sobre os vulcões e a possível réplica de explosão que iríamos fazer, utilizando, como de costume, os nossos materiais caseiros. Os mais curiosos tiveram a oportunidade de colocar algumas perguntas e os mais criativos ainda quiseram e puderam realizar e colorir a gosto um puzzle de vulcões. Trabalhámos depois em grupos, sendo que cada grupo criou de raíz o seu próprio vulcão, utilizando garrafas de plástico como cone, cartolina castanha para a base, e decorando com argila e desenhos. Deixámos depois secar os trabalhos, esperando a fase seguinte. Que, depois de uma semana intervalada com o dia da Mãe e os presentes caseiros que elaborámos para elas, finalmente chegou! Misturando ingredientes simples – alguns dos quais já tão sobejamente conhecidos dos nossos mini-cientistas que os adivinham à medida que os escrevo em lista no quadro -, e com uma ansiedade que se ia tornando quase palpável à medida que nos íamos aproximando do final que muitos previam apoteótico para esta experiência, chegámos ao ponto de colocar o último “líquido mágico”: o vinagre, amigo de muitas ocasiões (embora não de muitos narizes!). Quando a lava começou a crescer e a descer sobre as “encostas” do vulcão de imitação, soltaram-se os risos de satisfação e os costumados “ah” de surpresa e pasmo. Resultado cumprido, explosão controlada, sem danos colaterais

Margarida Monarca - AEC – Ciência Divertida


“Uma vida não examinada não merece ser vivida.” (Platão, Apologia de Sócrates, 38 a).

“A 1.ª coisa a existir foi a imaginação de Deus.” (Tiago, 6 anos).

“Todos nós temos dois lados, o lado da luz e o lado da matéria. O lado da matéria faz violência e o lado da luz procura harmonia e cumpre as regras. Para que o lado da luz cresça temos que fazer boas ações.” (Bruno, 3CR)

“O tempo tem uma alma, uma escolha, um amor e um vento.” (Leonor P., 2AF)

“Professora, eu pensei uma coisa para a filosofia: - Como é que as palavras vêm parar à nossa cabeça?” (Tiara, 7 anos)

“Quando estamos em sociedade não podemos pensar só em nós, também temos que pensar nos outros.” (Alícia, 4AR)

“Em todos os locais haverá sempre uma regra que temos que cumprir.” (Cássia, 4AR)

AEC Filosofia para Crianças


“A função da alma é ajudar-nos a ter boas ações.” (Daniela, 4AR)

“Há leis que não nos prejudicam e há leis que nos prejudicam.” (Mariana, 4AR)

“Se para haver vida tem que haver vida, então qual foi a primeira vida?” (Guilherme)

“Eu sou uma vida que estou dentro de outra vida, essa vida está dentro de outra vida e assim infinitamente.” (João A.)

“A coragem é muito importante para enfrentar a mentira.” (Leonardo)

“Quando temos coragem assumimos as coisas que fazemos.” (Ricardo A.)

“Ser o nosso próprio ser é encontrar a Harmonia.” (Bruno)

“A primeira coisa a surgir no Universo foi o ninguém.” (Maurício, 2AR)

“O Planeta Terra é como se fosse filho do Universo.” (Mara, 7 anos)

AEC Filosofia para Crianças


NEWTON GOSTAVA DE LER As palavras também têm PH Nos dias 12 de março e 25 de maio fizemos duas atividades do projeto Newton Gostava de Ler, com a professora Adelaide Machado. No dia 12 de março fizemos a atividade “As palavras também têm PH”, na qual misturamos: azeite, vinagre, ácido bórico, sal de cozinha, bicarbonato de sódio, limpa vidros com amoníaco, água e álcool etílico, distribuídos por sete tubos de ensaio. Cada tubo tinha um líquido que provinha das pétalas da rosa. Misturou-se cada ingrediente em cada tubo. Depois, os líquidos mudaram de cor: o 1.º ficou vermelho, o 2.º vermelho claro, o 3.º corde-rosa, o 4.º rosa pálido, o 5.º azul esverdeado, o 6.º verde e o 7.º amarelo.

Nós identificámos os seguintes componentes da rosa: recetáculo, sépalas, pétalas, estames e carpelos. Dois meses e treze dias depois fizemos outra atividade do Newton, “Ciência a motor”. Nesta atividade fizemos dois aparelhos movidos a motor: uma escova que andava a motor e um copo com canetas que pintavam automaticamente. Aprendemos a usar pilhas, e cada pilha tem um lado negativo e um lado positivo. Alguns grupos conseguiram montar os circuitos e outros não. Estas experiências valeram muito a pena fazer para termos mais conhecimento sobre a ciência. Gabriel Silva e Gonçalo Magalhães 4.º B – da EB1/JI de Fitares

Gelado Cientifico Hoje a turma 1/2BR fez mais uma experiência, com o apoio da Professora Adelaide Machado da BECRE: aprendemos a fazer gelado de uma forma científica. A experiência foi superinteressante, deliciosa de fazer e, claro está, de comer.

1/2 B – da EB1/JI da Rinchoa


EDUCAÇÃO LITERÁRIA – “O Beijo da Palavrinha” - Mia Couto Inspirados no livro, escrevemos sobre o MAR – POEMAS SOLTOS do 4.º BR

O MAR é infinito O MAR dá liberdade O MAR tem um passo lento E transmite felicidade.

Eu quero sonhar Nele quero brincar Quero ter liberdade Mas claro, sem exagerar!

O MAR agita-se emocionado Como se estivesse a dançar Por ele olho encantada Com vontade de cantar.

O MAR transmite calma E também tranquilidade O MAR dá alegria E sente-se felicidade. Bianca Lino, 4.º BR

Eu passo até lá, Eu posso tentar, Aventurar-me até dizer chega! O nome desse lugar é MAR. Madalena Dias, 4.º BR

Pelo MAR eu me escondo E nele gosto de nadar Como gosto de o olhar! Nado no seu encanto! Sara Jaura, 4.º BR

MAR, eu gosto de nadar Canto sobre o MAR a caminhar. Sempre que penso no MAR Oiço a sua calma.

O MAR é meu amigo Está sempre comigo. Quando eu vou brincar Ele vai lá estar.

Marinheira só do MAR Não resulta saltar do barco Nadar, navegar Para nele dançar. Carolina Guerreiro, 4.º BR

No MAR vemos peixes No MAR vemos conchas Peixes para ver! Conchas para colher! Carolina Mateus, 4.º BR

O MAR azul Dá a todos liberdade Muita diversão Mas também tranquilidade

As ondas do MAR São bonitas. É de admirar! Lá eu me acalmo!

Parece o infinito Nunca mais acaba A água não faz mal Faz muitas ondas, parece um musical Clara Páscoa, 4.º BR

Sinto confiança, Paz e liberdade; Tranquilidade e segurança. Pra mim isto tudo é muito importante! Luzia Mateus, 4.º BR

O MAR é profundo, Suas águas são calmas e belas, Batem bem no fundo. Os meninos pintam-nas com aguarelas. Gosto de ir, à noite, ver o MAR Os grãos de areia brilhar, Gosto de observar o luar, E na areia descansar. João Oliveira, 4.º BR


No dia 25 de abril de 2015 foi feriado. Então, no dia 24 de abril ocorreram várias atividades na biblioteca da nossa escola. Uma delas foi ver um vídeo com um senhor jornalista a relatar notícias sobre o dia 25 de abril de 1974. Também estivemos a falar sobre o 25 de abril com a nossa professora na sala de aula. “Antigamente o Estado Novo retirou todos os direitos e a liberdade dos cidadãos, como o de expressar livremente a opinião. Um milhão de portugueses tiveram de emigrar para outros países em busca de melhores condições de vida. Na madrugada de 25 de abril de 1974 um grupo de militares, do Movimento das Forças Armadas, levou a cabo um golpe militar que originou uma revolução, a revolução dos cravos que pôs fim ao regime do Estado Novo. Com o 25 de abril foi possível, então, instituir a democracia, regime político em que a população escolhe os seus representantes através de eleições livres e que se baseia nos princípios da liberdade e igualdade de todos os cidadãos perante a lei.”

Cristiana Cabral; Gustavo Pedroso; Inês Machado – 4.º B – da EB1/JI de Fitares


AQUATLO O Aquatlo realizou-se no dia 6.05.2015 O Frederico, o Duarte e o Mário do 4ºBF foram à prova, sendo os únicos das escolas do 1º ciclo. Foram acompanhados pelo professor Nuno Brito de A.F.D. até ao Complexo Desportivo de Fitares. A prova consistia numa corrida de natação de 25 metros, mais 400 metros a correr em terra batida. O Mário foi o 3º classificado, o Duarte ficou em 6º lugar e o Frederico ficou em penúltimo lugar. Em média eram cerca de 25 a 30 concorrentes do escalão Infantis A masculinos (nascidos em 2004 ou 2005). Havia mais escalões: Infantis B M/F, os Iniciados M/F e os Juvenis. A prova foi cansativa para todos, mas muito divertida e valeu a pena. No final houve uma entrega de prémios, na qual o Mário recebeu uma medalha de bronze. Acabamos esta notícia com muitos cumprimentos desportivos aos leitores das notícias. Duarte Leite; Frederico Gomes e Mário Fonseca 4ºB – EB1/JI de Fitares


Estivemos no Sintra Viva, onde apresentámos o nosso teatro: “ A Menina Gotinha de Água”.

Todos gostaram muito e correu muito bem, até porque temos uma música no final bem animada…


Tivemos algum tempo para experimentarmos coisas novas…

Foi uma experiência muito boa e muito divertida! Todos adoraram. 2.º A - da EB1/JI de Fitares


O 2.º A e o 2.º B da EB1/JI da Rinchoa foram ao SintraViva cantar “Gosto de flores…”. Correu muito bem e divertimo-nos muito. Além de cantar também fizemos muitas atividades: escalada, pinturas faciais, pintura de azulejos, andar de mini carros, visitar o elétrico da Praia das Maçãs assim como a ambulância e o carro dos bombeiros, aula de zumba, gincana de ginástica…. Adorámos e queremos voltar para o ano!!!

Projeto Primavera Flor realizada pelos alunos da turma 1º/2º BR Foto da turma após a realização do trabalho de Projeto “Trocamos a zanga por um abraço” – Construção de uma mensagem coletiva/ desenho da mensagem no coração individual que cada aluno fez/ elaboração de um cartaz no espaço do ginásio em conjunto com a turma do 1º A “Paz é Amor, Verdade e Amizade”.

“Caça ao tesouro” Entusiasmo na descoberta do tesouro escondido.


Na semana da primavera fomos à biblioteca ver um filme com os meninos do jardim-de-infância e com eles partilhamos pipocas. O filme chamava-se “A maior flor do Mundo”. A nossa turma fez umas sementeiras utilizando garrafões que trouxemos de casa. Usamos caricas, rolhas, tampas e outros materiais reutilizáveis para enfeitar os garrafões. Quando terminamos, enchemo-los de terra, colocamos sementes de várias qualidades e regamos com água, por fim colocamos os nossos garrafões perto da entrada da escola. Para colocarmos nas sementeiras fizemos placas a identificar o que tínhamos semeado em cada garrafão – alface, feijão e curgete. Durante a semana da primavera também construímos a “maior flor do mundo”. Para isso utilizamos vários materiais: cartão; tampas; rolhas; fitas;…. Primeiro cortamos os cartões e colamos o centro da flor. De seguida combinamos como íamos enfeitar a flor para ficar gira. Usamos todos os materiais que tínhamos trazido de casa e colamos. Ainda usamos dois balões verdes para fazer de folhas. No final ficou muito decorada.

Para terminar a semana da primavera houve uma caça ao tesouro!

Joana Silva e Paulo Tomaz – 4.º B – da EB1/JI de Fitares


No âmbito da disciplina de português, os alunos do 3º/2º C da Rinchoa, no dia do Pai elaboraram uma receita intitulada “ Receita para Pais Fantásticos”.

“ Receita para Pais Fantásticos” Ingredientes 2 ovos de beijinhos 200 g de leite de abraços 40 g de açúcar de amor 1 pitada de sal de carinho 230 g de farinha de trigo com fermento de amizade 150 g de manteiga de simpatia 1 colher de essência de baunilha de compreensão

Preparação Na panela coloque todos dos ingredientes com muito amor e carinho. De seguida mexa tudo muito bem, depois leve ao lume durante um minuto. Aqueça a máquina dos waffles e com uma colher de sopa deite a massa para que coza. Sirva com recheio a gosto e leve o calor do amor a todos. Bom apetite !!! Baseado na receita das famosas “Waffles” da Rinchoa


Eis os nossos Relvinhas! O que sentimos com a vinda do Pai à escola: 

“Foi bom fazer o relvinhas com o pai”. Íara (3ºA) “Enquanto esperei pelo meu pai estava ansioso, mas quando ele chegou fiquei muito feliz”. Tiago (3ºB)  “Adorei que a minha avó se tivesse sentado no meu lugar a fazer o relvinhas”! Madalena (3ºA)  “Foi fantástico o meu mano ter vindo à escola com apenas um mês de idade, esteve tão sossegadinho e nem chorou”! Rosa (3ºB)

Na opinião geral dos alunos foi um dia muito especial, que se deverá repetir. É bom ter os pais na escola…


Trabalho realizado durante a semana de Carnaval, pela turma 1º/2º BR, partindo da história “O palhaço Tristoleto”: os alunos decoraram o painel do 1º ano, com as personagens principais da história trabalhada e com as mascarilhas que realizaram na sala de aula. Os alunos aprenderam a moral da história: “Ficaram amigos para sempre”.

No Carnaval nós trouxemos fatos e cada um tinha que trazer comida para partilhar com os colegas. Alguns alunos da nossa turma vieram de zombies, vampiros, meninas, personagens do Dragon Ball, princesas, entre outros disfarces. O desfile foi dividido em duas partes e no intervalo tivemos num lanche convívio com a turma do 3.º/4.ºCF. Também treinamos uma coreografia para desfilar na festa. Durante o desfile o DJ Zé esteve a meter música. Quando acabou o desfile, nós fomos pedir para ele continuar a meter música ao nosso gosto e ele fazia-nos a vontade; dançámos e brincámos até não conseguirmos mais. Quando chegou a hora fomos almoçar e depois fomos para casa. Foi um dia muito divertido e esperamos repetir um dia destes!

David Veiga e Gonçalo Varela 4.º B – da EB1/JI de Fitares


NÓS RECICLAMOS - 2015 As turmas 3ºA e 3º/2ºB da EB1/JI da Rinchoa e a turma 4º A da EB1/JI de Fitares participaram no CONCURSO "NÓS RECICLAMOS". É um concurso promovido pela PSP – Polícia de Segurança Pública, onde participaram 159 instituições. Para participarmos construímos um carro da polícia com materiais reciclados.

Carro da polícia elaborado pelo 3ºA e pelo 3ºB da EB1/JI da Rinchoa

Carro da polícia elaborado pelo 4ºA da EB1/JI de Fitares

Este concurso teve 4 fases: 1ª Fase – Construção de um carro da polícia com materiais reciclados. 2ª Fase – Conclusão e Recolha dos trabalhos. 3ª Fase – Exposição As viaturas estiveram patentes, em exposição, na Fundação Champalimaud, situado na Avenida de Brasília – Lisboa, entre o dia 28ABR2015 e 22MAI2015. 4ª Fase – Votação/Atribuição de Prémios/Encerramento do Evento

A Cerimónia de avaliação da entrega dos prémios realizou-se no dia 22 de Maio de 2015 no auditório da Fundação Champalimaud.

O júri apreciou os trabalhos.

E eis o 1.º classificado.


Visita de estudo à Kidzania No dia 18 de março as turmas do 2º ano, das escolas da Rinchoa e Fitares, fizeram uma visita de estudo à Kidzania. Quando chegámos fizemos uma fila para entrarmos, pois estavam muitas crianças de outras escolas para realizarem a mesma atividade. À entrada recolheram os nossos casacos e lancheiras e colocaramnos uma pulseira eletrónica para segurança de todos, professores e alunos. Recebemos dinheiro de brincar para pagarmos coisas nas lojas. Dentro da Kidzania, podíamos andar livremente e experimentar as profissões nos espaços existentes. Fomos à discoteca e dançámos muito. Fomos à esquadra da polícia onde uns alunos foram agentes da autoridade que perseguiam outros alunos que faziam de ladrões. Foi muito giro prendermos os ladrões. Fizemos parte da equipa do INEM, fomos bombeiros e médicos e andámos de ambulância. Tivemos a oportunidade de ter aulas de código e os bons alunos receberam a carta de condução e puderam conduzir os carros. Trabalhámos em várias lojas e fábricas de comida onde fizemos e comemos a nossa comida: Pizza Hut, Mc Donalds, Compal, Chocapic, Sala de Culinária e fábrica de gelados. As meninas foram ao Salão de Beleza tratar das unhas e cabelo e experimentaram roupas e fizeram desfiles de moda nas lojas de roupa. Este dia foi muito divertido e diferente dos outros. Adorámos ter experimentado tantas profissões diferentes.


Os alunos do 1º ano deslocaram-se de autocarro ao Teatro Infantil de Lisboa para assistirem à peça de teatro - Romeu e Julieta, uma história de gatos. Este musical conta-nos a história de duas famílias de gatos inimigas que, por razões perdidas no tempo, vão dificultar o namoro dos jovens gatos oriundos de cada uma das famílias. Nesta versão, Romeu e Julieta vencem o grande momento trágico da história, para acabarem juntos a celebrar o amor que unirá as duas famílias para sempre. Todos os alunos gostaram de assistir a esta peça de teatro. Foi tão divertido!

Alexandre Marques - 1º/2ºBF

Kevin Manuel - 1º/2ºBF

O que os alunos do 1º/2ºBF gostaram mais nesta peça de teatro: Eu gostei quando o Romeu e a Julieta deram um beijinho no final. (Maira e Miguel)

Eu gostei quando o gato de pelo verde assustou os meninos. (Joel e Alexandre) Luana Moreira - 1º/2ºBF

Gostei quando o Romeu e a Julieta se casaram. (Sónia)

Eu gostei de tudo. (Rebeca Rodrigues)

Gostei quando apareceu o Romeu. (David) Beatriz Tavares - 1º/2ºBF Tainara Langa - 1º/2ºBF


No dia 11 de março os alunos do 4º ano de Fitares e da Rinchoa realizaram a visita ao grande Palácio da Vila, em Sintra. Para esta visita fomos a pé e de comboio. Esta visita foi muito interessante para nós, pois assim ficamos a conhecer um monumento muito importante e ficamos a saber mais um bocadinho de como era a vida antigamente. Quando nós chegámos ao Palácio houve uma senhora que fez de guia e vimos azulejos em três dimensões. Havia muitas salas e cada uma delas tinha um tema. Também havia muitos pátios. Havia uma cozinha grande, com um forno a lenha, panelas enormes que davam para cozinhar para muitas pessoas. A paisagem à volta do Palácio era muito bonita. A guia contou-nos que antigamente não havia casas de banho e por isso as pessoas usavam penico. Quando o penico estava cheio, eles diziam “água vai” e atiravam pela janela, quem ia a passar na rua, se não fugisse, levava com o que estava lá dentro. A visita foi muito interessante e tanto alunos como professores gostaram.

Francisco Abrantes e Morbein Nanque - 4.º B – da EB1/JI de Fitares Imagem: Filipe Costa in http://www.sentirsintra.com


Tinha chegado finalmente o dia da prova final de Português do 4.º ano e todos os alunos foram para a escola dos crescidos, a EB Escultor Francisco dos Santos. Antes de entrarmos para as salas, os alunos foram para o bar guardar as suas lancheiras. As assistentes operacionais disseram para fazermos uma fila por ordem alfabética e quem quisesse ir à casa de banho, podia ir. Subimos três andares até chegarmos às salas. Metade da turma ficou na sala C.308 e a outra metade ficou na sala C.309. Estavam duas professoras em cada sala. Uma delas deu-nos as instruções e nós ouvimo-las com atenção e respeitamo-las. A professora distribuiu as provas. Fizemos a 1.ª parte da prova de Português e saímos às 10h35 para o intervalo, e quase todos os alunos da nossa turma disseram que a 1.ª parte tinha sido fácil. Tocou às 11h05 e regressamos às salas para fazer a 2.ª parte. Quando terminamos, às 11h45, as assistentes conduziram-nos até ao portão da escola para os nossos pais nos receberem. A prova, finalmente, tinha acabado! Na 4.ª feira seguinte realizamos a prova de Matemática. Foi quase a mesma coisa, só que a matéria é diferente, e os horários também foram diferentes. Se calhar, a prova foi um pouco mais difícil para os alunos, mas achamos que vamos conseguir ter uma boa nota.

Daniel Baralha e Diogo Mendes - 4.º B – da EB1/JI de Fitares


1. Descobre na sopa de letras sete ações que deves ter para seres um Amigo Solidário.

2. Pinta e preenche o diagrama com outras palavras relacionadas com a Amizade.

3. Pinta a imagem e descobre a palavra que une os meninos.

Celeste Leal e Patrícia Silva – Coordenadoras do Projeto

Jornal 3 º período 2014 2015 cores versão 2  

Jornal Escolar: "Um jornal um amigo" Escola/Agrupamento: EB1 JI de Fitares - Agrupamento de escola Escultor Francisco dos Santos Localidad...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you