__MAIN_TEXT__

Page 1

11

11

9 772359 112000

v.1 n.11 2016 www.telhanorte.com.br

9 772359 112000

ISSN 2359-1129

ISSN 2359-1129

revista

11

modelos

de porcelanatos para dar charme à fachada

Cozinha sustentável Novos hábitos para economizar água e energia elétrica

Lições de casa

Novo – de novo Igor e Manuela contam como renovaram uma casa antiga

Na reforma do primeiro apê, Marco Fiorenza aprendeu que, na equação para um lar perfeito, vigas e tijolos se somam a carinho e paciência GUIACO TI PRÁITENS EIS 15 ÁV

NS ISPE IND

ALÉM DA TINTA: dicas e acessórios para uma pintura perfeita

Independência já! Todas as ferramentas para reparos e projetos rápidos


A TELHANORTE TEM TUDO O QUE VOCÊ PRECISA. INCLUSIVE UMA LOJA PERTO DE VOCÊ. Com 41 lojas espalhadas por SP, MG e PR, a Telhanorte é o lugar ideal para quem quer construir, reformar ou apenas retocar a casa. Além de uma loja sempre por perto, você pode ficar em casa e comprar pelo site www.telhanorte.com.br. A gente garante o menor preço, a maior variedade de pisos e revestimentos*, entrega das suas compras com muito mais agilidade e você ainda pode pagar tudo em até 24x fixas** com o Cartão Telhanorte.

*mais de 3 milhões de m2 em estoque. ** parcela mínima de R$ 20,00


dupla 1


Diretor-Geral Manuel Corrêa Conselho Editorial Pablo Satyro e Raquelline Curvelo

O tão esperado lar Uma casa nova não surge de uma hora para outra. O processo é longo e contempla projeto, construção, instalações, acabamentos, decoração... Encare cada etapa como um passo a mais para a realização de um sonho e se inspire em uma história de sucesso: o apartamento do paulistano Marco Antônio Fiorenza ganhou amplitude e personalidade com uma reforma caprichada na escolha de acabamentos. Caso você esteja planejando comprar um imóvel antigo, vale a pena ler a reportagem especial sobre o tema: entenda os prós e os contras e anote conselhos de especialistas para não cair em ciladas. Se antes de começar o quebra-quebra você tem dúvidas sobre quem contratar para gerir a obra, em Seu dinheiro detalhamos as funções do arquiteto, do engenheiro e do empreiteiro. Você é daqueles que gosta de arregaçar as mangas e transformar a casa com as próprias mãos? Veja na matéria sobre pintura todos os itens que precisa comprar além da tinta e anote dicas para virar expert. E, claro, não deixe de conferir em Meu Canto a história da arquiteta que transformou o telhado de sua casa em escritório, ateliê e área de recreação para as crianças. Boa leitura e nos vemos na próxima edição!

Diretores Executivos Giovanni Rivetti (CEO), Roberto Feres (CCO), Edoardo Rivetti (CFO) e Raphael Alcântara (COO) Editora-chefe Juliana Veronese Repórter Catherine Debelak Diretor de Arte Wagner Oliveira Designer Bruno Tonel Diretor de Produção Fernando Contreras Projeto Gráfico Wagner Oliveira Produção Gráfica Marcos Borges Coordenadora de Atendimento Monise Novais Gestão de Ativos Digitais Alini Almeida e Iris Rutiguel Diretor Financeiro Edvaldo Almeida Gerente Jurídico Fabio Alcântara

Colaboradores Texto Júlia Bezerra Fotos Gui Gomes, Leandro Farchi, Marcelo Resende, Marco Maia e Paulo Pampolin Ilustração André Moscatelli, Davi Augusto, Denis Freitas e Guilherme Zamarioli www.newcontent.com.br Avenida Mofarrej, 619 – Vila Leopoldina – São Paulo – SP CEP 05311-000 A New Content e a Telhanorte, conscientes das questões ambientais e sociais, utilizam papéis com certificação FSC (Forest Stewardship Council) na impressão deste material. A certificação FSC garante que uma matéria-prima florestal provenha de um manejo considerado social, ambiental e economicamente adequado. Esta revista foi impressa em papel couché fosco 210 g/m2 (capa) e 90 g/m2 (miolo) na Plural Indústria Gráfica – certificada na cadeia de custódia – FSC.

Manuel Corrêa Diretor-Geral Todos os direitos reservados. A Revista Telhanorte é uma publicação da New Content Editora e Produtora Ltda., com conteúdo desenvolvido a pedido da Telhanorte. Os artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores e não representam a opinião da revista, da Editora ou da Telhanorte. A reprodução das matérias e dos artigos somente será permitida se previamente autorizada por escrito pela Editora, com crédito da fonte.

SIGA-NOS

telhanorte

4

telhanorteoficial

@telhanorte

#telhanorte

telhanorte

Todos os produtos anunciados poderão sofrer alteração de preço durante a validade da revista (de Março a Maio de 2016) de acordo com a região e os estoques locais. Produtos não disponíveis em todas as lojas. Garantimos a quantidade mínima de cinco unidades, 100 m2 ou 180 l. Reservamo-nos o direito de limitar por cliente a quantidade dos produtos anunciados. Parcelamentos no Cartão Telhanorte. 1: Os pagamentos podem ser parcelados em até 6 vezes sem juros, mediante parcela mínima de R$ 100,00, e de 7 a 10 vezes sem juros, mediante parcela mínima de R$ 250,00; 2: Os pagamentos parcelados em até 24 vezes fixas, com juros, poderão ser feitos mediante parcela mínima de R$ 20,00. A taxa de juros aplicada no parcelamento em 24 vezes é de 2,99% a.m. + IOF. Para mais informações sobre parcelamento, consulte o estande da financeira na loja. Consulte o CET (Custo Efetivo Total) no momento da contratação. Preço do frete não incluso nos preços anunciados.

carta ao leitor


o i c n ú n a

A Telhanorte cobre a oferta com mais 2% de desconto. Mas, se você já comprou com a gente, devolvemos a diferença com mais 30% em vale-compras.

Política válida somente para lojas físicas.

A TelhAnorTe gArAnTe o menor preço.

É a Telhanorte garantindo tudo, principalmente sua satisfação. Se o cliente encontrar preço menor anunciado em concorrentes da região, cobriremos o valor do produto da concorrência, ficando 2% mais baixo. Porém, se, excepcionalmente, o cliente já tiver efetuado alguma compra conosco, terá direito ao valor da diferença acrescido de 30%, por meio de bônus vale-compras a ser utilizado na mesma loja onde a compra foi realizada, dentro das seguintes condições: • A compra deve ter sido realizada nos últimos 7 dias; • O item da comparação deve ser idêntico às mesmas especificações (marca, modelo, cor, tamanho e peso), às mesmas condições de pagamento, com quantidade disponível igual ou maior à compra e com a mesma modalidade de venda (retira, entrega ou encomenda) e deve ter sido anunciado por meio de televisão, folheto ou anúncio de jornal de grande circulação; não sendo válido para produtos de saldos, pontas de estoque e televendas; • É necessária a apresentação do folheto, nota ou cupom fiscal, orçamento em papel timbrado ou anúncio do concorrente que apresentou preço menor.

simples 1


sumário

Edição 11 2016

20

40

46

A Revista Telhanorte também está disponível na versão digital, nos sistemas iOS e Android. 6

Bem-vindos Uma seleção especial de produtos para a sua casa

7

Os produtos publicados nesta edição estão disponíveis no QR Code acima.

1.

12

Pintura Veja tudo o que é preciso comprar além das latas de tinta

16

Seu dinheiro Entenda a função e o valor de cada profissional na obra

19

É fácil! O passo a passo completo para instalar uma prateleira

20

Sonho realizado As boas ideias do apartamento do paulistano Marco Fiorenza

28

Guia Saiba como comprar as tomadas ideais para seu lar

30

Showroom Todas as ferramentas básicas para você ter em casa

32

Imóvel usado Saiba quando essa é a melhor opção e como reformar

36

Meio ambiente Cozinha sustentável já! Um guia com atitudes e produtos ecológicos

39

Antes e depois A escolha do modelo do gabinete pode transformar seu banheiro

40

Meu canto Um escritório multifuncional para toda a família

43

O especialista O dia a dia e a trajetória de um funcionário da Weber Quartzolit

44

Raio X Lâmpada de LED: entenda como funciona e o quanto economiza

46

Fachadas Inspire-se em três estilos e veja como reproduzir essas ideias

50

Simples assim O fim da sujeira: ideia rápida para furar a parede sem espalhar o pó

2.

3.

Vá até sua loja de aplicativos Abra o app e siga O funcionamento é simples: (Apple, Android, Windows Phone etc.) as instruções. aponte a câmera do celular para o e baixe um leitor de QR Code. QR Code ao lado e aguarde a leitura.

4.

Pronto! O link para a página de produtos aparecerá na sua tela.


BEM-VINDOS A solução completa para reforma e construção

destaque

Cheias de charme

Revestimento mais lembrado quando o assunto é banheiro e cozinha, as pastilhas são democráticas: basta escolher o formato, a cor e o preço que mais agradar e elas vão se encaixar perfeitamente no seu projeto. Para os mais clássicos, este modelo da Vidro Real, na cor gelo, 30 x 30 cm, dá leveza e sensação de limpeza. Resistente a fungos, não absorve água – por isso também pode ser aplicado dentro do boxe. Cód. 1355260

Foto: Divulgação

R$ 18,90 a peça

7


bem-vindos

lista de compras

As escolhas certas Você busca soluções para o seu lar e nós oferecemos os melhores produtos. Acerte na compra!

PURA FUNCIONALIDADE Com design moderno, o misturador Loren Round tem bica móvel, saída independente para água filtrada e compatibilidade com fluxo frio e quente. Lorenzetti.

SEGREDO GUARDADO Para quem precisa manter documentos, joias e dinheiro em segurança, este cofre digital de aço tem trava unidirecional de 20 mm e utiliza código de três a oito dígitos. Safewell. Cód. 1417223 R$ 359,90

Cód. 1098799

SETORIZAÇÃO Uma solução para organizar seus pertences é dividi-los por categorias em cestos de diferentes tamanhos. O preto mede 28,8 x 19,1 x 12,3 cm. O vermelho e o branco, 18,6 x 14,2 cm. Coza. Cód. 1366351, 1366327 e 1366335 R$ 8, 50, R$ 13,90 e R$ 8, 50

100% CONECTADO Para não ficar sem bateria no celular quando você mais precisa, tenha sempre em mãos o carregador portátil Mult USB. Ele possui duas entradas USB, duas tomadas e é bivolt. Daneva. Cód. 1416499 R$ 72,90

8

Imagens meramente ilustrativas. Fotos: Divulgação. *Metais e cubas são vendidos separadamente.

R$ 788,40


EM QUALQUER LUGAR Sofisticado e prático para o dia a dia, o porcelanato Valência pode ser instalado em qualquer ambiente, inclusive nos úmidos. Retificado, mede 60 x 60 cm. Portinari. Cód. 1288300 R$ 88,90 o m²

NOVAS POSSIBILIDADES Alternativa às tradicionais cubas de louça, os modelos de vidro dão leveza aos banheiros. Anote a dica: as opções metalizadas são ótimas escolhas para ambientes modernos. Importado. Cód. 1256653 e 1256734 R$ 229,00 e R$ 199,00

LUZ COM ESTILO Seja sobre a bancada da cozinha, seja até em cima do criado-mudo, os pendentes sempre se destacam na decoração. Este modelo com inspiração industrial tem espaço para uma lâmpada. Jordanópolis. Cód. 1310313 R$ 145,90

BANHEIRO PRÁTICO

ACONCHEGO PARA O LAR As vantagens do porcelanato se unem à aparência da madeira no modelo Eterniwood. Retificado e na cor canela, está disponível na régua de 20 x 120 cm. Eliane.

Ideal para quem não quer investir em móveis planejados, o conjunto Blu tem espelho, bancada e gaveteiro. De MDF laqueado com puxadores de alumínio, tem largura de 60 cm.* Bumi. Cód. 1386131/1389289/1386093 R$ 1.399,70 valor total

Cód. 1300148 R$ 119,90 o m² 9


bem-vindos

3 perguntas para…

Humberto Andrade

Fechaduras são essenciais para garantir a segurança da casa. Antes da compra, tire suas dúvidas com o vendedor da loja Marginal Tietê inspiração

Sessão reforma Você acha que a saga da sua obra poderia se tornar um filme? Então, aperte o play nestes longa-metragens

O que é preciso saber antes de ir à loja? Para quem vai substituir uma fechadura já existente, é necessário saber a marca e o tamanho da caixa (parte interna da fechadura), pois a furação, a distância e o tamanho das linguetas variam. Essas dimensões podem ser diferentes inclusive em produtos do mesmo fabricante.

Como medir o tamanho da caixa?

10

Duplex (2003 / 89 min. / Dir. Danny DeVito) Um casal com orçamento apertado compra um duplex “em conta”, mas nem desconfia que o problema mora no andar de cima. A inquilina é uma velhinha astuta que não os deixa em paz e nem sonha em arredar o pé dali. Se não fosse o bastante, o apê antigo está sempre precisando de manutenção. O importante é que, no fim da empreitada, a jornalista Nancy (Drew Barrymore) e o escritor Alex (Ben Stiller) têm muita história para contar.

O amor não tira férias (2006 / 138 min. / Dir. Nancy Meyers) Iris (Kate Winslet), jornalista, mora em uma pequena cidade inglesa. Sua casa tem ares de chalé e reflete sua personalidade romântica. Distante dali, em Los Angeles, vive Amanda (Cameron Diaz), publicitária cuja vida em uma mansão é digna de Hollywood. Depois de terem o coração partido, elas tentam se alegrar com um intercâmbio temporário de casas. Os imóveis não promovem apenas a troca de lares, mas de estilos de vida.

Como é feita a manutenção das fechaduras? A manutenção é mínima, mas é importante. Use graxa na parte interna uma vez por ano e grafite em pó no cilindro a cada seis meses ou quando a chave começar a travar. (1)

Ilustração: Shutterstock. Foto: Marco Maia.

Um dia a casa cai (1986 / 91 min. / Dir. Richard Benjamin) Walter (Tom Hanks) e Anna (Shelly Long) precisam deixar o apartamento em que moram e compram uma mansão antiga. Quando o casal se muda descobre que nada funciona. O teto está se desfazendo; a parte elétrica, prestes a pegar fogo; e, para piorar, a relação também começa a ruir. No término, vemos que, quando as estruturas são sólidas, uma boa reforma trata de consertar o que não andava muito bem.

É uma tarefa difícil e costuma gerar muitos erros na hora da compra. A maneira mais indicada é levar a caixa até a loja: basta desparafusar o espelho, que fica na lateral da porta e a maçaneta. Pronto: esse componente já estará solto.


UM FILHO FAZ A GENTE REPENSAR A VIDA. SOBRETUDO A VIDA FINANCEIRA. Se você está planejando construir ou reformar um quarto para receber o novo membro da família, passe na Telhanorte. Os nossos especialistas estão preparados para ajudar em tudo o que você precisar, da escolha dos materiais até a melhor cor para o quartinho do neném. Porque bebê feliz é o nosso forte.

OS ESPECIALISTAS NA LOJA E AS NOSSAS SOLUÇÕES NÃO DEIXAM VOCÊ JOGAR DINHEIRO FORA: Compre materiais de construção pelo site a qualquer hora, sem sair de casa. Loja Marginal Tietê aberta 24 horas para resolver imprevistos na sua obra.

24x Parcele no cartão Telhanorte

em 10X sem juros ou 24X fixas.

$

A Telhanorte Garante a economia, cobrimos qualquer oferta da concorrência e ainda damos 2% de desconto.

/telhanorte

telhanorte.com.br Para parcelamentos no cartão Telhanorte consulte condições na loja. Telhanorte Garante, consulte regulamento completo nas lojas. Políticas válidas exclusivamente para lojas físicas.


pintura

U Pinte você também Preparamos um guia com todos os acessórios e materiais necessários para você pintar as paredes sozinho

12

m simples toque de cor consegue transformar um ambiente: é possível dar impressão de amplitude e até transmitir sensações como tranquilidade ou frescor. Se você decidiu ser independente e dar as próprias pinceladas, saiba que além da tinta há diversos outros produtos necessários para essa missão. Com as dicas de André Nogueira, instrutor do curso de formação em pintura imobiliária da ABRAFATI (Associação Brasileira de Fabricantes de Tintas); de Rafael Loose, coordenador de desenvolvimento de produtos da Pincéis Atlas; e de Keilla Lemes, promotora de trade marketing da Norton, você estará pronto para fazer um trabalho de mestre.


Desvendando os materiais Anote a lista completa de produtos indispensáveis

FITA ADESIVA, LONA PLÁSTICA E SALVA PISO Primeiro, cubra o chão com o protetor Salva Piso – feito com papel kraft e plástico bolha de alta resistência, ele é fácil de aplicar e evita que você transfira tinta para outras áreas. A lona plástica é usada para cobrir os móveis. Já a fita adesiva deve ser colada nos batentes das portas, ao redor das janelas, nos rodapés e rodatetos. “A versão azul é ideal para a tarefa, pois não solta resíduos e dura no mínimo sete dias sem sair do lugar”, afirma Keilla. FUNDOS Nas paredes de alvenaria, os tipos mais usados são o preparador e o selador acrílico. Use o primeiro quando houver descascamento de tinta. O selador é aplicado apenas sobre o reboco. MASSAS Corrida ou acrílica? “Só se usa a massa corrida em ambientes internos e não molháveis, como quarto e sala. Para corrigir imperfeições e nivelar a superfície das paredes de ambientes externos ou molháveis, a massa acrílica é ideal por ser mais resistente”, informa André.

Luva de algodão emborrachada Dura Plus. Balaska Cód. 857920

R$ 18,90

Fita Scotch Blue Tape, 18 mm x 50 m. 3M Cód. 424420

R$ 13,90

Lona plástica, preta, 4 x 5 m. Plasitap Cód. 685020

R$ 20,90

Selador acrílico Metalatex, branco, 18 litros. Sherwin Williams Cód. 853852

R$ 114,90

Massa acrílica Coraplus, branca, 3,6 litros. Coral Cód. 547476

R$ 39,50

Texto: Catherine Debelak. Fotos: Shutterstock e Divulgação. Ilustração: Guilherme Zamarioli.

ÓCULOS, MÁSCARA E LUVAS Itens básicos de proteção, eles garantem que nenhum respingo de tinta caia nos olhos, impedem que a poeira do lixamento seja inalada e deixam suas mãos livres dos componentes químicos dos produtos.

13


pintura

ESPÁTULAS E DESEMPENADEIRAS DE AÇO A espátula é usada para depositar massa em áreas pequenas. Em áreas maiores, a espátula passa a massa para a desempenadeira que então a transfere para a parede. LIXAS Quanto maior o número da gramatura, mais fino é o acabamento. Nas paredes, sempre serão usadas as lixas vermelhas entre 150 e 220. As mais finas são ideais para superfícies já preparadas com massa. Se você precisa desgastar mais a parede, use um modelo com numeração menor. MEXEDOR E BANDEJA Depois de abrir a tinta, use o mexedor para homogeneizá-la. Em seguida, faça a diluição de acordo com o rótulo. O próximo passo é despejar a solução pronta na parte funda da bandeja. A vantagem é poder mergulhar o rolo e deslizá-lo por uma área de rolagem, removendo o excesso e evitando, assim, manchas na parede.

Espátula de aço, 8 cm. Atlas Cód. 532428

R$ 16,90

Lixa de parede, gramatura 150. Norton Cód. 11630

R$ 0,99

Bandeja para rolo de até 15 cm, 1,3 litros. Atlas Cód. 123447

R$ 11,90

ROLO O acessório distribui a tinta uniformemente pela parede. As versões de lã de carneiro, lã sintética e lã mista são todas recomendadas para tintas PVA, látex e acrílica, sejam à base de água, sejam à base de solvente. O de lã mista tem o melhor custo-benefício, pois alia a alta capacidade de absorção da versão natural e o preço da opção sintética. TRINCHAS Ideal para fazer o contorno no teto e no rodapé, delimitando os cantos da parede. Opte pelas de 2 a 2,5 polegadas e com cerdas grisalhas, que são específicas para pintar paredes.

14

Rolo de lã mista, 23 cm. Tigre Cód. 111457

R$ 20,90

Trincha média, cerdas gris, ¾”. Tigre Cód. 67385

R$ 3,19

E O PINCEL? Se você nunca ouviu falar no termo “trincha”, é porque muita gente conhece esse acessório como pincel. A diferença entre eles está no uso: os pincéis são utilizados na pintura artística (em artesanatos, por exemplo). Já as trinchas são destinadas a sua parede.


Em busca da perfeição Dicas para conseguir paredes lisinhas e bem pintadas Ao comprar a tinta, fique de olho no rótulo, nele você encontra a especificação dos acessórios necessários, diluição, demãos indicadas e tempo de secagem.

Lave o rolo antes do uso, com água ou solvente, de acordo com a base da tinta. Isso evita que alguns pelos se soltem na parede na hora da pintura.

Ao terminar, remova o excesso de resíduos. Deslize o rolo sobre a bandeja vazia e limpe a trincha em um pedaço de papel. Depois, laveos com água e detergente neutro.

Sabia que existe uma ordem ideal para fazer a pintura? Comece pelo teto, passando para as paredes, portas, janelas e, por fim, rodapés. Assim você evita respingos.

Evite fazer o serviço em dias de calor ou frio intensos. O clima ameno é o ideal, pois essas variáveis interferem na secagem, podendo causar manchas.

Dilua apenas a quantidade de tinta que será usada, nunca a lata inteira. Dessa forma é possível guardar o resto, com a tampa bem fechada, em um ambiente seco.

Não descarte a tinta que sobrou no lixo comum. Seja sustentável e procure pelo posto de coleta seletiva mais próximo de você.

Antes de guardar as trinchas e rolos, é importante esperar que as cerdas sequem completamente, pois elas correm o risco de mofar. 15


seu dinheiro

Tocando a obra Saiba a importância de contratar um profissional para acompanhar o projeto e a execução da casa dos seus sonhos

P

or falta de informação, a maioria dos brasileiros prefere tomar as rédeas e administrar por conta própria todas as etapas de suas obras, lidando diretamente com a contratação de mão de obra e a negociação com os fornecedores. Especialistas, no entanto, alertam: nessa situação, o barato costuma sair caro. Isso porque, quando não há profissionais à frente de uma construção, alguns erros são praticamente inevitáveis e é preciso abrir o bolso para solucioná-los. Conversamos com Flavio Figueiredo, engenheiro civil especialista em avaliações e perícias, e Luiz Raymundo Freire de Carvalho, sócio da LFC & MSP Consultoria em Engenharia de Custos, ambos de São Paulo, para fazer este guia com tudo o que você precisa saber antes de procurar por um profissional para coordenar sua obra.

16


Quando é preciso contratar? Sempre que a intervenção não for manutenção básica, como troca de lâmpada ou pintura de paredes. Portanto, quando o foco forem instalações elétricas e hidráulicas, telhado, caixilharia e tudo que envolver quebra-quebra, é conveniente procurar um especialista. “É o profissional habilitado que dirá, em primeiro lugar, se é mesmo necessário fazer a intervenção”, explica Flavio.

Fique atento! Muitas vezes, grandes deteriorações ou acidentes se iniciam com pequenas modificações. Flavio cita a explosão que causou a destruição de apartamentos do Edifício Canoas, no bairro de São Conrado, no Rio de Janeiro (RJ), em maio de 2015. O desastre foi provocado pela má instalação do rabicho de gás, tipo de manutenção teoricamente simples e que as pessoas costumam fazer por conta própria.

Lembre-se de prever todos os detalhes da obra em um termo contratual assinado por ambas as partes. “Se o morador tivesse entrado em contato com um engenheiro ou arquiteto, este indicaria o profissional adequado para fazer o serviço, e a tragédia teria sido evitada”, garante.

Texto: Júlia Bezerra. Ilustração: Davi Augusto

Delimitando territórios

Arquiteto

Engenheiro

Empreiteiro

Tem o domínio das questões estéticas do projeto e conhecimentos suficientes para acompanhar uma obra residencial de pequeno porte. Assume responsabilidade sobre o processo por meio de um documento chamado Registro de Responsabilidade Técnica.

Dá conta da parte estrutural do projeto – por isso, é imprescindível no acompanhamento de construções de grande porte. Assim como o arquiteto, assume a responsabilidade da obra por meio da Anotação de Responsabilidade Técnica.

É o executor da construção. Orientado pelo arquiteto ou engenheiro, segue as determinações do projeto, garantindo o cumprimento das normas técnicas da engenharia. É quem lida diretamente com a mão de obra.

Depois de identificar em qual categoria sua obra se encaixa, veja na prática o que faz o profissional que acompanha a execução Recebe o projeto e define a melhor forma de tocar a obra.

Faz as compras dos materiais de construção.

Faz o orçamento de serviços a serem feitos na obra.

Acompanha de maneira efetiva a execução.

Responsabiliza-se pela contratação da mão de obra.

Gerencia o aluguel e a utilização de equipamentos.

17


seu dinheiro

Posso contratar só um dos profissionais? Isso vai depender da complexidade. “Obras convencionais de características simples poderão ser delegadas a apenas um desses três especialistas”, garante Luiz Raymundo. “As que requerem maior grau de detalhamento, rigor estrutural e design, por outro lado, necessitam que cada um dos profissionais atue nas respectivas especialidades”, afirma Luiz.

Perguntas frequentes Quanto custa?

Posso contratar só o projeto?

Há muitas modalidades de serviços, que variam com o tipo de projeto e o detalhamento. “A mais completa dela, a administração total da obra, sai por 10 a 15% do custo total”, diz Flavio. Em média, os valores ficam em torno de 3%, no caso de projetos “avulsos”, e de 10%, para o gerenciamento.

Sim, mas não é recomendável. “Esse é um dos erros mais comuns em obras residenciais”, diz Flavio. Segundo ele, uma construção feita sem acompanhamento técnico custa mais caro do que a que tem esse tipo de supervisão, pois é muito provável que o custo gerado pelos problemas durante a obra superem o que foi economizado ao decidir pela não contratação do profissional.

Como pagar? A negociação pode ser feita diretamente com o profissional ou a empresa à qual ele é atrelado. Tome cuidado com pagamentos feitos antes da execução. O ideal é que eles sejam

18

parcelados de acordo com o desenvolvimento da obra. Estabeleça metas por orçamento e um cronograma físico-financeiro de entregas com o profissional contratado.

Considere a possibilidade de prever em contrato uma retenção de parte do valor de cada serviço – 5%, por exemplo – até o fim da obra. “É uma forma de garantir o comprometimento com a conclusão da execução da obra”, ensina Flavio.


é fácil!

Prateleira de MDP, com suporte interno, 30 x 90 cm. Multivisão. Cód. 1375334. R$ 43,90

Santo apoio A prateleira é velha conhecida de quem precisa organizar e ao mesmo tempo decorar. Para um visual limpo, a dica é escolher um modelo com a mesma cor da parede. A seguir, veja como instalar uma prateleira flutuante – ou seja, sem mão francesa

1

4

2

5

TIRANDO MEDIDAS Defina se a peça vai ficar centralizada ou não na parede. Em seguida, marque com lápis a altura ideal.

Fotos: Gui Gomes

3

MÃOS À OBRA Com uma furadeira equipada com broca, que deve ter tamanho compatível com a bucha a ser usada, faça os furos cuidadosamente.

EXATIDÃO Posicione-a e use um nível para conferir se ela está reta. Neste momento, marque os três pontos de acordo com os furos que já vêm na prateleira.

QUASE LÁ Encaixe as buchas e os parafusos. Com uma chave combinada, gire-os em sentido horário. Caso você não tenha esta ferramenta, use um alicate universal. AJUSTES FINOS Hora de finalizar: posicione a prateleira em frente aos parafusos e encaixe a peça, empurrando com cuidado até que ela encoste na parede. Pronto! Agora é só decorar.

19


sonho realizado

A CHAVE DA

INDEPENDÊNCIA O primeiro lar a gente nunca esquece. A seguir, inspire-se neste apê contemporâneo cheio de personalidade Texto Andressa Trindade Fotos Gui Gomes

20


Q

uando Marco Antônio Fiorenza, administrador de empresas de 31 anos, comprou este apartamento de 72 m² na planta, a ansiedade era tanta que ele nem aguardou a entrega das chaves para começar a idealizar o lar perfeito – afinal, esse grande passo representou a tão sonhada independência do paulistano, que até então morava com os pais. Logo em junho de 2010, assim que fechou o negócio, ele já acionou o arquiteto e amigo Felipe Rezende para assumir o controle do projeto. Junto com o time do escritório MNBR – Ariel Bulka Bery, Marcelo Nogueira e Vinicius Marques –, começou a buscar soluções que seriam concretizadas dali a três anos. Depois de um ano de obra, o aprendizado não está relacionado apenas a vigas e tijolos. “Percebi que tudo tem seu tempo em uma reforma, pois uma etapa depende da outra”, conta. Outro detalhe importante foi conseguir se virar sozinho na etapa de acabamentos finos. “Vi que é possível um leigo como eu fazer esse tipo de compra, pois os homecenters realmente nos ensinam. Na Telhanorte, senti-me capaz de fazer boas escolhas com a ajuda dos vendedores”, conta Marco. Hoje, cada detalhe é motivo de comemoração. “Para mim, um lar significa ter carinho e zelo por tudo. Aqui, estou rodeado pelas coisas que mais amo”, diz.

21


sonho realizado

LIÇÕES APRENDIDAS As dicas de Marco para quem precisa otimizar o espaço.

1 2

3

1. O projeto ganhou traços no papel entre janeiro e julho de 2013. Após esse período, a obra começou. A primeira providência foi tirar a churrasqueira da varanda e fechá-la com vidro. Assim, a sala ganhou metros preciosos. 2. Um amplo armário foi instalado no quarto de hóspedes. Lá o morador guarda roupa de cama e banho e algumas peças de roupa. 3. O quarto de hóspedes tem uma função extra: a de ateliê de joias, onde diariamente o paulistano se dedica ao que já considera uma segunda profissão. Ao fundo, prateleiras e caixas deixam a organização em dia. 4. A cabeceira azul-marinho “abraça” o ambiente: a instalação feita de ponta a ponta, combinada aos tijolos da parede, dá aconchego ao cômodo. O criado-mudo estendido e flutuante tem gavetas e espaço para que os livros preferidos do morador sejam armazenados.

22

CONHECER SUAS PRÓPRIAS NECESSIDADES: reflita sobre o volume real de pertences que você precisa guardar e qual a área necessária para circular e conviver. PENSAR FORA DA CAIXA: esqueça dos desenhos padrões das plantas e dos modelos decorados que vemos por aí. Faça a casa ter o seu jeito. SABER FAZER ESCOLHAS: para ter um cômodo mais espaçoso, às vezes é preciso abrir mão de outras coisas. No meu quarto, por exemplo, priorizei a área para circulação e perdi um pouco de espaço útil para o guarda-roupa.


“Depois que mudei comecei a me identificar mais ainda com o apartamento e a dar toques pessoais nos detalhes.” Marco Antônio Fiorenza

4

23


sonho realizado

(A) Nos banheiros, o morador fez escolhas minimalistas: os metais e as louças têm linhas retas. (B) Para o projeto luminotécnico, os arquitetos decidiram por este modelo de plafon sobreposto. (C) Na sala, as lâmpadas foram instaladas em uma estrutura aparente. (D) No detalhe, a ducha de parede Balance 12, da Deca, possui mecanismo que economiza água.

1

(A)

(B)

(C)

(D)

ETAPA A ETAPA

Acompanhe a reforma deste apê de 72 m²

Início Janeiro/2013

janeiro a julho/2013

Arquitetando Finalização do projeto que foi tomando forma aos poucos, desde a compra do imóvel, em junho de 2010, mas que entrou no papel apenas nos seis primeiros meses de 2013. (1)

(1)

agosto e setembro/2013

Marreta em mãos Eliminação da churrasqueira e fechamento das instalações hidráulicas; derrubada das vigas entre varanda e sala e da parede da cozinha americana; deslocamento do ponto de gás da cozinha (da parede da pia para a ilha) e criação de novas tomadas. 24


2

outubro e novembro/2013

Criando forma Fechamento da varanda com vidro; criação das bases de alvenaria de apoio e do rodapé infinito; instalação do piso, das louças, do arcondicionado e dos tijolos (copa e suíte); medição para o projeto de marcenaria.

3

(1)

Fotos: Arquivo Pessoal (1)

dezembro/2013 a fevereiro/2014

Acabamentos Pintura do gesso e das paredes, com efeito que imita concreto; instalação das lâmpadas, das luminárias, dos metais, dos móveis planejados, do aquecedor e da coifa; acabamentos finais; mudança para o apê; e finalização dos detalhes decorativos.

Término Fevereiro de 2014

1. Para o banheiro social, a equipe de arquitetos teve a ideia de fechar o boxe do chão ao teto com vidro branco – assim, o cômodo também funciona como lavabo, pois o chuveiro fica escondido. 2. A integração da sala com a copa e a cozinha criou o cenário perfeito para Marco fazer o que mais gosta: cozinhar e receber os amigos. A parede da cozinha veio abaixo, possibilitando a criação de um balcão mais espaçoso, onde está instalado o cooktop e, acima, a coifa. 3. O banheiro da suíte é clean e atemporal, com armários, pedras, louças, piso e revestimento brancos. O espelho deslizante também funciona como porta do armário, aproveitando ao máximo o espaço disponível.

25


sonho realizado

1

DEPOIS

ANTES

1. Comparando o antes e depois, as modificações favoreceram a integração dos ambientes. A pedra da pia, entregue pela construtora, foi substituída por um modelo menor para que a geladeira pudesse ser encaixada desse lado do ambiente. Para compensar os centímetros perdidos, a bancada criada de frente para a sala tem espaço de sobra para o morador preparar massas e outras delícias. Na copa, os contrastes se destacam. De um lado a transparência das cadeiras dá leveza ao conjunto e do outro, a madeira do banco faz contraste com os tijolos da parede que receberam acabamento de cal branca. 2. Na sala, a alvenaria que abrigava a churrasqueira foi usada como apoio para a grande ideia deste ambiente, o painel de madeira “3 em 1”: ele faz as vezes de adega, armário para copos e, o mais importante, bar – que é o xodó do morador. Como a abertura é feita por sistema de clique, a ausência de puxadores dá ares minimalistas à decoração.

2

26

3. Localizado no 6º andar do prédio, o morador tem vista desimpedida para o tranquilo bairro Vila Clementino. Os móveis de linhas retas complementam o estilo do apartamento.

3


Lista de compras

Na etapa de acabamentos, Marco foi exigente no quesito qualidade. O total gasto nessa etapa foi de R$ 26 mil, o que representa 15% do orçamento total. Veja quais foram os principais produtos comprados na Telhanorte:

Misturador Axis C73, cozinha, bancada, bica móvel, Deca

R$ 1.109,90

Cuba CS-50, aço inox, 50 x 40 x 20 cm, Mekal

R$ 1.159,90

2 latas de tinta látex acrílica, branca, fosca, 18 litros, Suvinil

Valor unitário: R$ 259,90 Total: R$ 519,80

Tinta látex para gesso, branca, 18 litros, Suvinil

R$ 189,90

Massa corrida PVA, branca, 18 litros, Suvinil

R$ 59,90

Porcelanato Cimento Natural, 60 x 60 cm*, 9 m2, Portobello

Valor do m2: R$ 36,90 Total: R$ 332,10

Porcelanato Bianco, 43,7 x 43,7 cm**, 4m2, Portinari

Valor do m : R$ 54,90 Total: R$ 219,60

Porcelanato Diamante, 60 x 120 cm***, 16m2, Portinari

Valor do m2: R$ 219,90 Total: R$ 3.518,40

cód. 523690

cód. 75825

cód. 1759

cód. 550183

cód. 2879

cód. 1117491

2

cód. 1287672

cód. 1287192

“Para os acabamentos, priorizamos materiais mais quentes e naturais, como madeira, pedras, tijolos comuns e decorativos.” Felipe Rezende, arquiteto Além da lista acima, também foram comprados: válvula para cuba da cozinha, argamassa branca, torneira para o tanque de área de serviço e materiais básicos de construção.

* Caixa com 1,46 m2. ** Caixa com 2,10 m2. ***Caixa com 1,43m2. **** Caixa com 1,95m2.

Revestimento Miami, 61,5 x Valor do m2: R$ 25,90 31,5 cm****, 30 m2, Itagres Total: R$ 777,00 cód. 747483 Purificador de água Gioviale, Lorenzetti

R$ 199,90

Chuveiro Acqua Plus, de parede, Deca

R$ 529,90

Chuveiro Balance 12, de parede, Deca

R$ 469,90

2 cubas L830, banheiro, semiencaixe, quadrada, 42 x 42cm, Deca

Valor unitário: R$ 464,90 Total: R$ 929,80

2 prateleiras Disco, 10,5 x 35,4 x 4,4 cm, Deca

Valor unitário: R$ 299,90 Total: R$ 599,80

2 saboneteiras Disco, 10,5 x 14,6 x 4,4 cm, Deca

Valor unitário: R$ 249,90 Total: R$ 499,80

cód. 46035

cód. 289230

cód. 1197657

cód. 402052

cód. 1158708

cód. 1158651

Tanque de lavar roupa, cerâmica, gelo, 53,1 x 51 cm, Deca

R$ 319,90 cód. 548030

R$ 11.435,50 27


guia

Como comprar tomadas Com tantos modelos e especificações diferentes, veja o que levar em conta antes de ir à loja

Verifique o tamanho da caixa

Você deve escolher o módulo que melhor se encaixa na sua parede. Por isso, meça o tamanho da caixa antes de comprar o conjunto. Os tamanhos-padrão retangulares medem, em polegadas, 4 x 2 e 4 x 4. Os hexagonais têm 4 x 2, 4 x 4 e 3 x 3.

4x2

4x4

Kit completo x peças avulsas

Comprar o kit completo permite que você já leve módulo, espelho e suporte de uma vez só. Mas também é possível adquirir essas peças separadas – aqui, a vantagem é ter mais liberdade na hora de combinar os elementos.

4x2-4x4-3x3

ENCAIXAR

MÓDULO

ESPELHO

PARAFUSAR

SUPORTE

Para todos os gostos Existem muitas opções de cores, estilos e materiais, como metal e plástico, e modelos decorados e lisos. As combinações são quase infinitas e você tem a liberdade de escolher as que ficam mais harmônicas em cada ambiente.

Paralelos e intermediários ATENÇÃO! Os interruptores paralelos permitem que uma mesma lâmpada seja acionada em mais de um espelho. Quando há três ou mais dispositivos paralelos, um deles precisa ser intermediário (four-way). 28

PARALELO

INTERMEDIÁRIO

PARALELO


Quais os tipos? De acordo com a finalidade de uso, há várias opções de módulos: TOMADA

USB - REDE

Para ligar eletrodomésticos e outros aparelhos que necessitem de energia elétrica.

Ideal para ligar computadores a redes internas ou à internet banda larga.

CAMPAINHA

VENTILADOR

É equipada com o botão usado para tocar o sino.

Serve para controlar as funções e velocidades de aparelhos de teto ou parede.

TELEFONE

MINUTERIA

Para ligar todos os aparelhos que necessitem de rede telefônica.

Acende e apaga luzes automaticamente depois de um tempo determinado. Ideal para áreas comuns, como corredores de prédios.

ANTENA

SENSOR

Oferece conexão aos cabos de televisão.

Acende a luz quando capta movimento e apaga automaticamente depois de um tempo determinado. Bom para uso em áreas comuns.

MÓDULO CEGO

DIMER

Protege uma caixa que não está sendo usada, mas que pode ser reativada quando necessário.

Permite definir a intensidade do brilho das lâmpadas por meio de um botão.

INTERRUPTOR PARALELO

RÁDIO E CENÁRIOS

Ideal para áreas amplas que requerem dois interruptores controlados de maneira independente, como em corredores e salas grandes com mais de uma porta de entrada.

Cria até cinco tipos de iluminação préprogramados de acordo com a preferência do usuário.

29


showroom

O kit perfeito

Ter sempre à mão as ferramentas certas para cada reparo ou projeto que o lar pedir – como instalar um quadro ou trocar um chuveiro – é o segredo para declarar sua independência. Veja quais itens não podem faltar na sua maleta

3 4

5

1 2

9 6

10

7

8

11

12

13

30


15

16

17

18

1. Martelo de unha, 23 mm, Tramontina. Cód. 939099. R$ 24,90

11. Lanterna pequena, Sony. Cód. 1416979. R$ 20,90

21. Fita isolante Imperial, 10 mm x 5 m, 3 m. 99 12. Arco de serra, 12” , Starrett. Cód. 1291475. R$ 1, 90 2. Cartela de pregos, com 22. Nível, 400 mm, Prosteel. Cód. 482471. R$ 31, cabeça, aço galvanizado, Fixtil. 13. Micro-óleo aerosol, 300 ml, Cód. 1303490. R$ 18,10 Cód. 334448. R$ 19,90 Starrett. Cód. 272949. R$ 11,90 23. Chave ajustável 8’’, 3. Cartela de buchas sem anel, 8 mm. Fixtil. Cód. 242993. R$ 2,99

14. Chave teste B767 41900/110, Tramontina. Cód. 144010. R$ 16,90

4. Cartela de arruelas lisa, 5/32. 15. Chave de fenda, 3/16 x 3’’, Fixtil. Cód. 718572. R$ 4,99 Tramontina. Cód. 1339710. 5. Jogo de 21 parafusos, broca R$ 5,50 4,8 x 40 mm, bucha 7 mm. 16. Chave de fenda 1/4x5’’, Bemfixa. Cód. 1331418. R$ 18,30 Tramontina. Cód. 1339737.

14

6. Jogo de brocas 15557EP, aço rápido, widea. Black & Decker. Cód. 1393685. R$ 28,90 7. Estilete KUS045-S, Starrett. Cód. 1395734. R$ 11,29

20

21

19

R$ 6,90

17. Chave de fenda 1/8x4’’, Tramontina. Cód. 1339699. R$ 4,19

8. Alicate universal, 8” , Prosteel. Cód. 32409. R$ 19,90

18. Chave Philips, 1/8x3’’, Tramontina. Cód. 1339800. R$ 4,39

9. Furadeira e parafusadeira GSR 12-2, 127 V, 3/8”, Bosch. Cód. 247723. R$ 399,90

19. Chave de grifo, 10”, Prosteel. Cód. 1224140. R$ 21, 90

10. Óculos Spartan, policarbonato, Balaska. Cód. 857459. R$ 18,90

20. Fita veda-rosca, 1,8 cm x 50 m, Tigre. Cód. 24473. R$ 12,90

Tramontina. Cód. 1212508. R$ 39,90 24. Chave combinada 42246/110, 10 mm, Tramontina. Cód. 13153. R$ 11,90 25. Chave combinada 42246/111, 11 mm, Tramontina. Cód. 13226. R$ 11,90

26. Minipistola de cola quente, 15 W, bivolt, Ferrari. Cód. 134970. R$ 24,90 27. Refil para minipistola (80 unidades), Ferrari. Cód. 137944. R$ 74,90 28. Luva de algodão, Duraplus. Cód. 857858. R$ 4,89 29. Trena 13950, 5 m, Irwin. Cód. 1061780. R$ 24,90 30. Jogo de chaves Allen, 44400/505, 2,5 a 8 mm, Tramontina. Cód. 599212. R$ 22,90

22

23

28

29

24

25

Foto: Marcelo Resende

30

26 27

31


imóvel usado

A hora e a vez dos antigos Entenda as implicações de comprar ou alugar um imóvel usado, saiba como se proteger das ciladas e se inspire em uma história de sucesso

32


I

Texto: Júlia Bezerra. Fotos: Divulgação. Ilustração: André Moscatelli.

móveis antigos estão em alta. Só no primeiro semestre do ano passado, as vendas cresceram 35% em relação ao mesmo período de 2014, segundo levantamento feito pela Imobiliária Lello Imóveis. Em tempos de crise econômica, a opção, por ser mais barata, transformase em realidade para a maioria dos brasileiros. Mas há ainda outras vantagens sedutoras: “Os imóveis antigos são, geralmente, mais amplos que os novos, costumam ter o pé direito alto e estão em melhores localizações”, aponta Luis Cesar Siqueira de Luca, engenheiro civil mestre em Patologia das Construções, diretor executivo do Instituto IDD, no Paraná. “Um apartamento de dois dormitórios dos anos 1970, por exemplo, tem, no mínimo, 60 m2, enquanto hoje a mesma composição é encontrada em espaços de 42 m2”, compara José Augusto Viana Neto, presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Paulo. É preciso, no entanto, ficar atento a alguns detalhes que podem fazer desse tipo de negócio uma cilada.

Manuela e Igor investiram R$ 200 mil na reforma, sendo R$ 120 mil em materiais e R$ 80 mil em mão de obra.

Mão na massa: o casal pintou o padrão chevron na parede da cozinha integrada.

O que avaliar 2. HIDRÁULICA

1. ELÉTRICA “Antigamente as instalações eram dimensionadas para cargas de utilização menores, portanto o uso em excesso de eletrodomésticos e outros aparelhos modernos pode sobrecarregar a rede”, explica Luis Cesar. Além disso, disjuntores antigos acabam falhando no cumprimento da função, que é o de evitar sobrecargas elétricas e curtos-circuitos. Seu imóvel nunca passou por uma reforma elétrica? Então considere essa ideia; aposte no aumento de pontos, rede, cabeamento e na troca do quadro de luz.

Essa estrutura pode se desgastar bastante com o passar do tempo e a manutenção é trabalhosa. “Recuperar materiais corroídos, por exemplo, é um processo caro e demorado”, alerta Luis Cesar. É importante observar também se as tubulações são de ferro fundido. “Com o passar dos anos, esse material entra em processo de corrosão que pode causar uma obstrução total”, explica. No caso de apartamentos, deve-se também checar o material das tubulações das prumadas, de responsabilidade do condomínio.


imóvel usado

3. TELHADO E ALVENARIA Imóveis antigos têm estrutura mais robusta e sólida. “Isso é um obstáculo para quem tem a intenção de fazer alterações na planta”, alerta José Augusto. Lembre-se de que a impermeabilização das lajes de concreto tem prazo de validade. Por isso, é importante consultar a administradora do condomínio ou o proprietário da casa para saber há quanto tempo foi realizado esse procedimento.

Antes

Depois Atenção aos sinais Muitas vezes, o proprietário acaba maquiando problemas para impulsionar a venda do imóvel antigo. “Alguns truques ficam ocultos até para o profissional habilitado”, confessa José Augusto. Mas o corretor tem algumas dicas para ajudá-lo a não entrar numa cilada:

Procure por trincas na parede. Muitas vezes o proprietário esconde esses sinais de vazamento com quadros ou móveis. Verifique justamente esses pontos. Redobre a atenção ao verificar paredes que fazem fundo com ambientes frios (sala com cozinha; quarto com banheiro). Abra o quadro de luz e veja se não há alguma gambiarra ou emenda. 34

Analise também as condições do teto. Quando há rebaixamento de gesso, os problemas ficam escondidos. Repare se há fiação correndo por fora da parede e extensões elétricas que não façam parte do projeto original. Se o apartamento tiver ar-condicionado, cheque se foi feita revisão no dimensionamento do consumo e carga elétricos antes da instalação.

Reforma pesada

Depois que se casaram, os designers Igor Mourelle e Manuela Macedo ganharam uma casa, em Jacarepaguá, zona oeste do Rio de Janeiro. O casal tinha duas opções: ficar com o imóvel antigo ou vendê-lo para investir em um novo. “Por ser um espaço muito bom e ter sido a casa onde eu cresci, resolvemos transformá-la no nosso lar”, conta Manuela. Mas o imóvel não estava em boas condições: infiltrações nas paredes, vazamentos, pisos e azulejos rachados, canos quebrados. Numa obra que durou pouco mais de um ano, eles praticamente construíram uma casa nova: “derrubamos as paredes de uma suíte e da varanda e anexamos a antiga cozinha, para dar lugar à sala aberta com cozinha americana e sala de jantar. Todos os outros cômodos e a área externa foram completamente reformados e construímos um banheiro a mais, para fazer uma nova suíte. Agora, são três quartos, sendo duas suítes e o terceiro utilizado como closet. Caprichamos no reforço da estrutura, para o caso de querermos transformá-la num sobrado futuramente. Além disso, fizemos um escritório de dois andares completamente independente da casa, onde instalamos nossa empresa. Também mudamos os revestimentos, pisos, janelas, portas e metais da casa

Um dos cômodos criados na reforma foi o escritório.


toda e praticamente refizemos a parte elétrica e hidráulica.” Tudo valeu a pena: ficou a cara deles! A porta de entrada, azul-turquesa, e as de dentro, coloridas, deixaram a casa alegre. Os revestimentos dos banheiros são ladrilhos hidráulicos coloridos e a parede da sala de jantar, com padrão chevron, eles mesmos pintaram. A decoração é inspirada na grande paixão do casal: gatos. “Ficou tudo muito aconchegante, acolhedor e perfeito para receber os amigos”, orgulha-se Manuela.

Segundo o artigo 723 do Código Civil, o corretor tem a responsabilidade de informar o cliente quanto aos sinais de problemas estruturais no imóvel. A porta de entrada azulturquesa é um dos destaques da casa de Igor e Manuela.

DOR DE CABEÇA Veja o que deu mais trabalho na obra da casa da Manuela e do Igor e prepare-se para a sua reforma: 1. Quebra-quebra. Derrubar paredes, construir o reforço da estrutura, retirar o entulho. 2. Problemas escondidos. Descobrir encrencas que não estavam previstas no projeto da reforma. 3. Mão de obra. Lidar com o abandono de pedreiros no meio da obra e com a dificuldade de encontrar profissionais qualificados. 4. Construção do escritório. Subir o material para o segundo andar e fazer o emboço.

35


meio ambiente

Cozinha sustentável

Luminária AplikLED, 17 W, bivolt, Osram. Cód. 1340905. R$ 259,90

Aprenda a economizar água, energia e reutilizar resíduos no cômodo mais gostoso da casa

A

economia de água já é uma realidade na maioria das casas brasileiras. Se há um lado bom desta crise, é que ela mostrou o quão preciosos são os nossos recursos naturais e abriu os olhos para uma nova maneira de viver em sociedade. Se você ainda não entrou nesta onda, a hora de começar a mudar os hábitos é agora. Confira as dicas dos especialistas Sergio Lerrer, jornalista e autor do livro Gastronomia Sustentável, e Adriana Jazzar, sócia-diretora da consultoria Ecoação Gestão Ambiental e Sustentabilidade e faça parte de um mundo melhor.

Economize energia Troque os eletrodomésticos antigos, pois as novas tecnologias têm eficiência energética superior, reduzindo o consumo em até 30%. Na hora da compra, observe se eles têm o selo Procel, que já é uma garantia de economia de energia. Não deixe eletrodomésticos como forno elétrico, torradeira e liquidificador na tomada quando não estiver usando. Esses aparelhos costumam ficar no modo stand-by, ou seja, há um consumo mínimo – porém constante – de energia. Tire proveito da iluminação natural e evite acender as luzes durante o dia. À noite, lembre-se sempre de apagá-las ao deixar o ambiente.

36

QUAIS PRODUTOS AJUDAM? Se sua cozinha ainda está equipada com lâmpadas incandescentes, é hora de trocá-las. Os modelos de LED economizam até 85% de energia quando comparados ao convencional. Além disso, duram 15 vezes mais, não esquentam e não emitem raios ultravioleta, prejudiciais à saúde.


QUAIS PRODUTOS AJUDAM? Posicionada sob a pia, a caixa de gordura recolhe toda a oleosidade gerada no processo de lavagem e a destina para um reservatório específico – ou seja, separa os resíduos orgânicos, além de gerar água de reuso desengordurada, que pode, por exemplo, ser aproveitada para uso sanitário. Trituradores. O produto só ajuda se a pia tiver a caixa de gordura instalada, já que facilita a separação do lixo orgânico para coleta seletiva. Se o alimento for meramente descartado pela pia acaba contribuindo para a poluição gordurosa da água a ser tratada e o entupimento dos canos, sem falar que os resíduos orgânicos não poderão ser reaproveitados.

Texto: Júlia Bezerra. Fotos: Divulgação (still). Ilustração: Denis Freitas

Triturador de resíduos 12 HP, 127 V, Franke. Cód. 165034. R$ 1.289,90

Aproveite os resíduos Reutilize o óleo usado para frituras. Fritadeiras com tecnologia de remineralização permitem o reaproveitamento do óleo de cozinha em até seis vezes, por manterem sua composição saudável. Faça a coleta seletiva, separando o lixo orgânico, destinado à compostagem, dos resíduos secos, encaminhados para a reciclagem. Reduza a produção de lixo optando por produtos reutilizáveis e evitando os descartáveis. Prefira o pano de pia ao papel toalha, por exemplo.

37


meio ambiente

Pastilha de vidro Eco Iris, 30 x 30 cm, Van Gogh. Cód. 1396919. R$ 19,90

Use menos água Não coloque o prato a ser lavado sobre outro sujo. Quando você faz isso, áreas que estavam relativamente limpas impregnam-se com sujeira, demandando mais água na lavagem. Use a máquina de lavar louças: a dica vale principalmente para aqueles que têm como foco a economia de água. Lavar louça à mão com uma torneira semiaberta por 15 minutos consome 117 litros de água; as lava-louças mais modernas gastam apenas 20 litros em um ciclo de lavagem completo. Há gasto de energia, mas os modelos mais novos têm tecnologia de baixo consumo, aquecendo a água somente quando necessário. Ao lavar louças na pia, a recomendação é passar o detergente antes de acionar a torneira e, então, lavar em conjuntos (primeiro todos os pratos; depois os talheres etc.). Assim, gasta-se menos água por peça.

38

Arejador Atual, latão cromado, Blukit. Cód. 801860. R$ 11,99 Torneira Pressmatic, para bancada, aço, com arejador, Docol. Cód. 963976. R$ 389,90

QUAIS PRODUTOS AJUDAM?

Outra opção é encher uma bacia-d’água e utilizar esse volume préestabelecido em vez de deixar a torneira aberta ao enxaguar a louça. Vale também para a lavagem de verduras e legumes. Use o mesmo copo para beber água ao longo do dia. São gastos de 1 a 1,5 litros de água ao lavar um copo. Economizando de cinco a seis lavagens ao dia, são 200 a 250 litros a menos de água por mês. Numa casa com quatro pessoas, isso significa uma economia de 1.000 litros/mês.

“As saídas de água atuais foram feitas e planejadas sob a cultura do desperdício”, critica Sergio. “Os arejadores para torneiras são produtos baratos e podem diminuir em até 70% o consumo”, afirma. Torneiras temporizadas: elas cortam automaticamente o fluxo em seis segundos após o acionamento. Até as pastilhas podem ser sustentáveis. Os modelos Ecoiris Stopper, da Van Gogh, por exemplo, são enriquecidos com dióxido de titânio, que lhes confere poder antipoluição. Essa substância, em contato com o ambiente, degrada os poluentes presentes no ar – apenas 12 peças fazem o mesmo trabalho que uma árvore ao longo de 24 horas. Além do mais, são produzidas com tecnologia auto-limpante, antibacteriana e anti-odor, o que reduz a frequência de lavagens.


antes e depois

Roupa nova

Antes

Se você tem um lavatório de coluna e não quer – ou não pode – se desfazer dele, temos a solução para guardar seus acessórios e cosméticos. Instalar o gabinete é fácil: basta parafusar os rodízios, os puxadores e encaixar o módulo na pia

Depois

Fotos: Gui Gomes

Boa ideia para quem mora de aluguel. Além de dispensar a furadeira, o gabinete é leve e pode ser levado com o dono caso ele mude de imóvel.

Módulo Fit, branco, 64 x 42 x 54,5 cm. Compace. Cód. 1205765. R$ 289,90

39


meu canto

40


Terraço versátil

Claridade e uma bela vista para a cidade são grandes trunfos deste ambiente multifunção

Texto: Catherine Debelak. Fotos: Marco Maia. Stills: Divulgação.

A

teliê de arte, escritório e uma área gostosa para as crianças brincarem: assim é esse espaço de 18 m2 projetado no terraço da arquiteta Camila Bianchi, de São Paulo, que além de funções, acumula muitas histórias! Camila conheceu o marido, o empresário Marcos Furquim, projetando a reforma da casa onde moram hoje. A arquiteta sugeriu aproveitar o espaço do telhado para construir um ateliê com vista para a cidade e ele, artista plástico nas horas vagas, adorou a ideia sem nem imaginar o que o futuro lhe preparava. 41


meu canto

COPIE ESTAS IDEIAS

Veja itens inspirados neste espaço

PORCELANATO Super Deck Ibirapuera, 90 x 90 cm. Portobello. Cód. 1301128

R$ 99,90

Ao longo da obra eles começaram a namorar e, no término, decidiram morar juntos. Então, o ateliê, interligado à sala de estar por uma escada, ganhou prateleiras e mais uma função: a de escritório. Não demorou muito para a família aumentar e a casa ganhar mais alguns meses de obra. Com a chegada de Gael, o primeiro filho, foi preciso reconstruir um quarto que havia sido integrado à sala. Quando o pequeno já tinha um ano, Camila engravidou de Lina e a bagunça cresceu junto com sua barriga. “Eu precisava 42

urgentemente de um lugar para trabalhar que fosse aconchegante, funcional e seguro para meus filhos brincarem”, conta. Foi quando Ana Viana e Bárbara Ávila, do estúdio de decoração e organização Buji, entraram em cena. Elas ajudaram a paulistana a separar tudo o que não tinha mais utilidade, organizaram os acessórios de pintura e os livros em prateleiras, posicionaram nichos e caixas longe do alcance das crianças, pintaram as paredes com um alegre tom de azul e repaginaram acessórios antigos com tinta spray dourada.

TINTA SPRAY Multiuso, 400 ml, ouro. Suvinil. Cód. 1076892

R$ 24,90

NICHO Kids, MDF, 28 x 28 x 20 cm, branco. Prat-K. Cód. 693626

R$ 59,90


o especialista

Caminhos do conhecimento

A vontade de ampliar o aprendizado e continuar crescendo na linha de produção da Weber Quartzolit são os combustíveis do funcionário José Edson da Silva Maurício

Texto: Catherine Debelak. Foto: Paulo Pampolin

H

á dez anos na Weber Quartzolit, o pernambucano José Edson da Silva Maurício, 29 anos, entende como ninguém a importância do conhecimento e do aprendizado para conquistar novas oportunidades. José ingressou na fábrica como ajudante no setor de paletização, fazendo o empilhamento das sacas de rejunte e argamassa que seriam transportadas. Curioso e observador, sempre que tinha um tempo livre acompanhava o trabalho dos companheiros responsáveis pelo controle de qualidade dos produtos: “Embora eu não pudesse colocar a mão na massa, enchia os analistas de perguntas, pois queria entender como o processo acontecia”, conta. Não demorou para a proatividade ser reconhecida. Depois de realizar um

treinamento no laboratório do departamento técnico da empresa, onde se especializou em química, conquistou o cargo de analista de controle de qualidade. Atualmente, uma de suas funções é verificar a qualidade das matérias-primas que compõem a argamassa e o rejunte – areia, cimento e aditivos para a primeira; dolomita em pó, além do cimento e aditivos para o segundo – e garantir que a coloração e a espessura estejam homogêneas. Hoje, além de garantir a qualidade dos produtos Weber Quartzolit, o operário viaja pelas fábricas da companhia capacitando outros analistas. No ano que vem ele pretende retomar a faculdade de engenharia civil, interrompida a alguns anos atrás. O objetivo é o cargo de coordenador de controle de qualidade.

FICH A

DO

RE M E ST s on o sé Ed

:J No m e r ício a Mau v il le da S contro e d ta s li a n A : Cargo lidade de qua no s o: 10 a Temp

Diversas opções Você sabia que existem argamassas e rejuntes específicos para cada área da casa? Nas prateleiras da Telhanorte você encontra todas as opções da marca Weber Quartzolit.

43


raio X

A revolução

LED

Alta durabilidade, ausência de emissão de calor e sustentabilidade são as melhores características dessa lâmpada que vai transformar o nosso sistema de iluminação

Branca, amarela ou colorida

Com o passar do tempo, a tecnologia do LED evoluiu bastante. Por meio de um controle de alta precisão na corrente elétrica, surgiram componentes capazes de reproduzir milhares de cores, o que se tornou um diferencial nesse mercado. Hoje há modelos disponíveis em todas as cores do espectro.

2 mil horas

O processo que cria a luz de LED, chamado de eletroluminescência (quando você acende uma lâmpada de LED, um componente eletrônico conhecido como diodo semicondutor recebe energia e, em troca, emite uma luz intensa), foi descoberto por acaso, na década de 1960, quando Michael Bowers, estudante da Universidade Vanderbilt, nos Estados Unidos, pesquisava o crescimento dos pontos quânticos. Um de seus experimentos com nanocristais acabou emitindo uma luz branca em vez da tradicional azul. 44

O

LED (sigla para Light Emitting Diode, ou Diodo Emissor de Luz) é uma tecnologia limpa, de baixo consumo energético e alta eficiência, que chega ao mercado com o objetivo de substituir o sistema de iluminação ao qual estamos acostumados. “Essa nova fonte de luz promete, em pouco tempo, provocar uma revolução, da mesma forma como as luzes incandescentes transformaram a sociedade no início do século passado”, compara Esther Pecher Hamoui, gerente de produtos da Philips.

25 mil horas

Vida longa

Essa lâmpada ganha pontos no quesito durabilidade, que chega a 25 mil horas, gerando também economia de energia. “Além disso, o brilho permanece praticamente inalterado ao longo do uso, diferentemente do que acontece com uma fluorescente compacta, que chega a perder 84% do fluxo luminoso depois de 2 mil horas de uso”, exemplifica Esther.

Texto: Júlia Bezerra Still: Divulgação Ilustração: André Moscatelli.

Eletroluminescência: a grande descoberta


I

N

DICAS DE COMPRA E USO

CA LED

NDESCEN

O ponto mais importante a se considerar ao migrar para o LED é procurar nos rótulos dos produtos a informação relativa não mais à potência, mas ao fluxo luminoso medido em lumens, parâmetro que garante a quantidade de luz transmitida. Uma LED de 1.600 lumens equivale a uma incandescente de 100 W. Outra questão a ser levada em conta é a temperatura de cor:

TE

Quartos e ambientes de convivência pedem iluminação mais ampla, com boa distribuição de luz e que torne o ambiente aconchegante. Nossa recomendação são os LEDs de luz suave e mais amareladas.

Custo-benefício positivo Elas podem até custar um pouco mais, porém, têm o consumo mais econômico do mercado. Por se tratar de um componente eletrônico de alta potência, poupa mais de 80% de energia elétrica quando comparada à incandescente, transmitindo o mesmo fluxo luminoso.

Para destacar algum objeto, aposte nas lâmpadas de LED dicroicas GU10, que são focais e têm ótima reprodução de cores.

35 W

LEDs com luzes mais claras ou até brancas e frias contribuem para dar vitalidade a ambientes funcionais como cozinha e banheiro. Para áreas externas, como jardins, que precisam de iluminação constante, indica-se o uso de lâmpadas de LED com luz fria, por conta do baixo consumo de energia.

Mais vantagens

TIPOS

Elevada qualidade de luz com facho bem definido.

Conheça os formatos de lâmpadas de LED TUBULARES Lâmpada de LED T8, tubular, 9 W, bivolt, 6.500 K. Taschibra.

Brilho suave e confortável para os olhos.

Cód. 1377248

Tecnologia de reciclagem simples e não poluente, por não conter mercúrio ou chumbo.

R$ 56,90

BULBO Lâmpada de LED Bulb 11, 75 W, 110/130 V, 6.500 K. Philips.

SPOTS Lâmpada de LED E27, dicroica, 5 W, bivolt, 6.400 K. Bronzearte.

Lâmpada de LED PAR20, 50 W, 220 V, 2.700 K. Philips.

Cód. 1372807

Cód. 1304151

Cód. 1372696

R$ 39,90

250 lumens

R$ 37,90

R$ 119,90

Emissão de luz sem raios ultravioleta ou infravermelho. Baixa geração de calor, contribuindo para o conforto do ambiente e reduzindo custos extras. 45


fachadas

Cartão de visitas A

da casa além, claro, de estar em sintonia com o ambiente que a cerca. Para chegar a esse acordo, anote a dica: defina esses acabamentos na etapa final da obra. A seguir, veja três fachadas com identidades diversas e materiais cheios de personalidade que vão fazer a entrada da sua casa ser a atração principal.

Texto: Catherine Debelak. Foto: Divugação/Leandro Farchi.

Inspire-se nestes projetos e explore opções de acabamentos para a sua fachada

sabedoria popular diz que a primeira impressão é a que fica – no universo da arquitetura e construção, não é diferente. Um aperitivo do que será visto por trás das paredes, a fachada deve estar em harmonia com o estilo do interior

46


Ousadia equilibrada A SIMPLICIDADE das formas retas encontra nos volumes marcantes a medida perfeita para tornar a arquitetura desta residência atemporal. Localizada no interior de São Paulo, a casa tem ares atuais, mas não deixa de lado uma faceta aconchegante, criada com a combinação certeira de acabamentos rústicos. O tijolinho destaca de forma equilibrada os volumes, pois está concentrado apenas em uma das faces do imóvel. A boa ideia foi investir no aspecto desgastado, que lembra uma placa enferrujada e remete ao aço corten. Este material de aparência avermelhada é três vezes mais resistente do que o aço comum e se tornou inspiração para diversos modelos de porcelanato. Para as demais paredes, a escolha foi a textura granfino na cor Ovelha, da Suvinil.

“Aliar a arquitetura de linhas retas e modernas aos acabamentos com aparência rústica deixa o conjunto aconchegante.” Paulo Gaspar, da Pupo Gaspar Arquitetura e Interiores, que assina este projeto

É RÚSTICO, É MODERNO Se você também deseja misturar esses dois estilos na sua fachada, inspire-se nestes materiais

1

1. Porcelanato Arizona HD, retificado, 62,5 x 62,5 cm. Elizabeth. cód. 1383965 R$ 44, 50 m2 2. Porcelanato London Brick HD, retificado, 10,7 x 87,7 cm (caixa com 5 peças). Portinari. cód. 1397303 R$ 49,90 3. Porcelanato Tuttomassa Oxi Ruddy, retificado, cobre, 60 x 60 cm. Incepa. cód. 1402625 R$ 87,90 m2 4. Porcelanato Iron, retificado, 60 x 120 cm. Eliane. cód. 1414372 R$ 134,90 m2

Foto: Marcelo Resende

2

4

3

47


fachadas

JEITINHO DE VILA Confira nossas opções para reproduzir o visual natural e aconchegante na sua casa

Foto: Paulo Pampolin. Agradecimento: Casas de Vila Imobiliária.

1. Porcelanato Legno Di Versalles, retificado, amêndoa, 25 x 103 cm. Lanzi. Cód. 1369792 R$ 119,90 m2 2. Porcelanato Mosaico Slate Chiara Bianco, bold, 60 x 60 cm. Portobello. Cód. 1324977 R$ 87,90 m2 3. Porcelanato Stone Patch, retificado, 59 x 59 cm. Eliane. Cód. 1244191 R$ 76,90 m2

Toque natural

48

1

2

3

Foto: Marcelo Resende

PARA CONSTRUIR uma casa de vila com 173 m2 de área num terreno de 96 m2, foi preciso verticalizar o projeto. A escolha dos acabamentos da fachada tinha a missão de suavizar a arquitetura e se mesclar às plantas do lugar. A canjiquinha foi a opção certeira: esses filetes, além de serem resistentes às intempéries e variações de temperatura, ganham pontos pela aparência natural. Hoje já existem revestimentos inspirados nesse material, que são ainda mais práticos no quesito instalação e criam um efeito fiel. O tom de madeira, que “esquenta” o conjunto, foi explorado no guardacorpo, seguindo a mesma linha dos caixilhos já existentes antes da reforma. Aqui também é possível aplicar porcelanatos amadeirados, resistentes e indicados para uso externo.


Frescor modernista AS FORMAS e os acabamentos desta casa, localizada no litoral paulista, combinam modernidade com nuances de leveza: as linhas retas e a cor branca aliada a tons pastel criam um DNA contemporâneo com toque romântico. A escolha do tom predominante não foi por acaso, pois ele tem o poder de refletir os raios solares e, assim, iluminar o imóvel. Os ladrilhos hidráulicos estampados, aplicados em apenas uma das paredes da fachada, foram escolhidos a dedo pela família em homenagem a Athos Bulcão. O artista plástico brasileiro ficou famoso pelas estampas, que imprimiram personalidade à arquitetura de Brasília na época da construção da capital. Aqui em versão mais leve, os desenhos são pincelados com tons suaves de cinza e verde, que também são explorados na decoração dos ambientes internos.

2

Foto: Marcelo Resende

3

4

PODEROSOS TONS CLAROS

Gostou desta identidade visual? Veja quais produtos a Telhanorte selecionou para você

Foto: Divulgação

“O branco transmite leveza, modernidade e ainda valoriza os ladrilhos hidráulicos”, Selma Tammaro, arquiteta responsável pelo projeto desta fachada

1

1. Porcelanato Essence Decor, bold, 60 x 60 cm (caixa com 1,44 m²). Eliane. Cód. 1356100 R$ 64,90 2. Porcelanato Village Mix, retificado, wine, 60 x 60 cm. Portobello. Cód. 1340778 R$ 81,90 m2 3. Porcelanato Lisboa HD Mix, retificado, 58,4 x 58,4 cm (caixa com 5 peças). Portinari. Cód. 1342711 R$ 134,90 4. Porcelanato Travertino Romano, retificado, 60 x 120 cm. Eliane. Cód. 1244094 R$ 89,90 m2

49


simples assim

Sem sujeira

Furadeira e parafusadeira GSR 12-2, 127 V, 3/8” , Bosch. Cód. 247723 R$ 399,90

50

Foto: Marcelo Resende

Acredite, furar a parede é tarefa para lá de fácil. Mas, como driblar aquele pó que sai da alvenaria? A dica é colar um papel adesivo abaixo da broca – assim, é só descarregar os resíduos direto na lixeira


o i c n ú n a

A Telhanorte entende a importância do arquiteto, do engenheiro e do designer de interiores para tirar os projetos do papel e criar os melhores ambientes. Por isso, criamos um programa de relacionamento com benefícios exclusivos. Conheça o Obra Prima Telhanorte, o programa feito sob medida para vocês!

www.telhanorteobraprima.com.br

terceira-capa


PARCELE O PAGAMENTO, NÃO SEUS SONHOS. SONHE POR INTEIRO COM O CARTÃO TELHANORTE.

o i c n ú n a

Faça o seu Cartão Telhanorte1 em uma de nossas lojas e aproveite todas as vantagens.

tudo em até

10x SEM JUROS 24x FIXAS 2

OU

3

CARTÃO TELHANORTE. O CARTÃO QUE AJUDA VOCÊ A CONSTRUIR OS SEUS SONHOS. /telhanorte

telhanorte.com.br

quarta-capa

(1) Sujeito à aprovação de crédito. (2) Consulte parcela mínima no momento da compra. (3) Os pagamentos parcelados na Telhanorte poderão ser realizados em até 24 vezes com juros somente nas lojas físicas. Consulte parcela mínima e CET (Custo Efetivo Total) no momento da contratação. Para dúvidas referentes aos produtos e serviços oferecidos na Telhanorte, entre em contato com o SAC Telhanorte: 4004 2444 (São Paulo) ou 0800 729 2444 (demais localidades).

Profile for Telhanorte

Revista Telhanorte - 11ª edição  

Como comprar e reformar um imóvel usado sem ciladas, onze modelos de porcelanato para a fachada, acessórios para uma pintura perfeita e muit...

Revista Telhanorte - 11ª edição  

Como comprar e reformar um imóvel usado sem ciladas, onze modelos de porcelanato para a fachada, acessórios para uma pintura perfeita e muit...

Advertisement